Gilvan Ventura da Silva

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1C

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0104906936908227
  • Última atualização do currículo em 04/11/2018


Gilvan Ventura da Silva é doutor em História pela Universidade de São Paulo (Usp), mestre em História Antiga e Medieval, bacharel e licenciado em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É Professor Titular de História Antiga da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e atual coordenador do Programa de Pós-Graduação em História. É editor de Romanitas, Revista de Estudos Grecolatinos e membro dos seguintes grupos de pesquisa: Laboratório de Estudos sobre o Império Romano (Usp); Arqueologia Histórica (Unicamp); Núcleo de Estudos Mediterrânicos (UFPR); Serápis - Laboratório de Estudos do Mundo Helenístico-Romano (UnB); Cultura escrita e oralidade na Antiguidade e no Medievo (Uece); Estudos de gênero, discursos, religiosidades e uso e costumes do passado da Antiguidade Clássica à Tardia (UFPA) e ATRIVM - Espaço Aberto de Estudos Clássicos (UFRJ). É coordenador da seção ES do Laboratório de Estudos sobre o Império Romano (Leir), desenvolvendo projetos de investigação acerca dos vínculos entre espaço, identidade, religião e poder na Antiguidade. Em 2014, cumpriu estágio técnico-científico na Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho, no âmbito do Projeto de Cooperação Internacional Ufes/UMinho. Em 2017, atuou como Professor Visitante junto à Università Ca'Foscari (Veneza) no âmbito do Programa Erasmus Plus de mobilidade acadêmica. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Gilvan Ventura da Silva
Nome em citações bibliográficas
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciencias Humanas e Naturais, Departamento de História.
Av. Fernando Ferrari, n. 514
Goiabeiras
29075-710 - Vitoria, ES - Brasil
Telefone: (27) 3352507
Fax: (27) 3352507
URL da Homepage: http://


Formação acadêmica/titulação


1997 - 2000
Doutorado em História Econômica.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
com período sanduíche em École Française de Rome (Orientador: Catherine Virlouvet).
Título: Reis, santos e feiticeiros: Constâncio II e os fundamentos místicos da basileia, Ano de obtenção: 2000.
Orientador: Norberto Luiz Guarinello.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Basileia; Constâncio II; Magia e adivinhação; Imaginário Político.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação Superior.
1991 - 1993
Mestrado em História Social.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: A escalada dos imperadores proscritos: Estado, conflito social e usurpação no século IV D.C.,Ano de Obtenção: 1993.
Orientador: Marilda Corrêa Ciribelli.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Império Romano; Dominato; Estado; Conflito social; Usurpação.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação.
1987 - 1990
Graduação em História.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: O primado da controvérsia: um estudo sobre o debate historiográfico acerca da desagregação do Império Romano do Ocidente.
Orientador: Norma Musco Mendes.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade Federal do Espírito Santo, UFES, Brasil.
Vínculo institucional

1992 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Protesto, trabalho e festa na cidade pós-clássica: a ocupação da rua pela população de Antioquia (séc. IV e V d.C.)
Descrição: Com o presente projeto de pesquisa, pretendemos, por um lado, investigar as distintas modalidades de ocupação das ruas de Antioquia na Antiguidade Tardia tendo como referência as atividades conectadas com o mundo do trabalho e com as esferas do lúdico e do político. Por outro lado, buscamos analisar as propostas autoritárias de enquadramento da população pelas autoridades imperiais e eclesiásticas, para quem a maneira como os antioquenos se exibiam em praça pública era um traço que denunciava a sua propensão à insolência, à licenciosidade e à indisciplina. Enfocaremos a dimensão arquitetônica da avenida das colunatas, dos seus pórticos e nodos principais (ágora de Epifânia, fórum de Valente) no contexto das relações que os antioquenos mantêm uns com os outros. Para tanto, partimos do princípio segundo o qual o espaço é um componente indispensável no desenrolar dos processos políticos, econômicos e culturais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Cotdiano, sociabilidades e usos do espaço no Império Romano
Descrição: Por meio deste Projeto de Cooperação Internacional executado pelos Programas de Pós-Graduação em História da Ufes e da Uece, pelo Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes na Amazônia, da UFPA, e pela Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho, Portugal, pretende-se investigar a natureza das relações de sociabilidade que, no contexto do Império Romano, integravam os indivíduos e grupos, com base na exploração e cotejamento de informações extraídas da documentação literária, iconográfica e arqueológica. Além disso, pretende-se também analisar as modalidades de ocupação dos espaços públicos e/ou privados, tendo como referência a disposição arquitetônica desses espaços, as atividades que aí transcorrem, a categoria social dos usuários e as representações que lhes conferem determinado sentido do ponto de vista simbólico. Como estudos de caso, serão abordados os seguintes espaços cívicos: Bracara Augusta, Roma, Corinto, Cartago, Alexandria e Antioquia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Gilvan Ventura da Silva - Coordenador / Érica Chrystiane Morais e Silva - Integrante / Belchior Monteiro de Lima Neto - Integrante / Carolline da Silva Soares - Integrante / Hariadne da Penha Soares - Integrante / Maria Manuela dos Reis Martins - Integrante / Luis Fernando Fontes - Integrante / Jorge Pinto Ribeiro - Integrante / Cristina Vilas Boas Braga - Integrante / Fernanda Puga Magalhães - Integrante / Roberta Alexandrina da Silva - Integrante / Silvia Marcia Alves Siqueira - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2015 - Atual
Paisagens urbanas e rurais no Mundo Clássico: a construção do espaço entre a política e a cultura
Descrição: Com o presente projeto, temos por finalidade investigar como, nas sociedades grega e romana, os espaços urbanos e rurais foram dominados, transformados e representados de acordo com uma lógica de produção de isotopias e de heterotopias. Para tanto, exploraremos um conjunto de "corpora" que inclui tanto a documentação textual quanto a documentação arqueológica sob a forma de monumentos, moedas, inscrições, mosaicos e pinturas. Do ponto de vista teórico, os principais conceitos que estruturam a pesquisa são os de espaço, lugar, isotopia, heterotopia e fronteira..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Gilvan Ventura da Silva - Coordenador / Nicodemo Vallim de Sena - Integrante / Lucas Cabral da Silva - Integrante / Agnes Soares Moschen - Integrante / Gabriella Torres de Oliveira - Integrante / GABRIELA CONTÃO CARVALHO - Integrante / Martinho Guilherme Fonseca e Soares - Integrante.
2013 - 2016
A cidade e os usos do corpo no Império Romano: um olhar sobre a cristianização de Antioquia
Descrição: Em Antioquia, no decorrer do processo de cristianização, as fontes nos sugerem que um dos principais motivos de divergência entre pagãos e cristãos dizia respeito aos usos do corpo no contexto urbano. A controvérsia, no entanto, não se restringe, como muitas vezes se conclui de modo apressado, à prática ou não da nudez em ambientes públicos, mas a um extenso conjunto de variáveis que constituem o "ethos" da cidade, como, por exemplo, o canto e a dança que animam os cortejos de nubentes ("komoi") nas imediações do Fórum de Valente; a multidão que se desloca noite e dia pela avenida das colunatas num vai e vem incessante; a indumentária exótica dos atores e atrizes que encenam os mimos e as pantomimas; o corpo ágil dos atletas que combatem no "Plethrion" e no "Xystos"; a algazarra dos espectadores que lotam as arquibancadas do Teatro de Dioniso e do Teatro de Dafne; as meretrizes que vagam pelas termas e pela ágora em busca de clientes; os saltimbancos que, em troca de algumas moedas, se exibem em praça pública; as mulheres que comercializam nas ruas e pórticos lado a lado com os homens; os foliões que, em algazarra, rumam para Dafne a fim de celebrar a festa da "Maiuma". Todas essas personagens mantêm com a sua cidade uma relação de natureza lúdica, religiosa ou profissional, encontrando-se, por assim dizer, integradas à paisagem urbana, da qual se apropriam de acordo com os códigos culturais próprios do paganismo. Em contrapartida, o trabalho das lideranças eclesiásticas no decorrer do processo de cristianização será justamente o de censurar, de modo enfático e rotineiro, os usuários da arquitetura cívica, produzindo-se assim uma representação que rebaixa, a um só tempo, os lugares, os monumentos e o corpo daqueles que os frequentam..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Gilvan Ventura da Silva - Coordenador / Carolline da Silva Soares - Integrante / João Carlos Furlani - Integrante / Larissa Rodrigues Sathler Dias - Integrante / Ana Lucia Santos Coelho - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2013 - 2015
Cotidiano, sociabilidades e usos do corpo no Império Romano
Descrição: Com o presente projeto, temos por finalidade investigar, no âmbito do Império Romano, as relações de sociabilidade que integram os indivíduos e grupos, com destaque para as práticas e representações em torno do corpo, de modo a discernir a maneira pela qual os corpos masculino e feminino são, no cotidiano, submetidos a redes simbólicas e físicas de poder que os disciplinam de acordo com o contexto e os interesses envolvidos. Nesse sentido, partimos da hipótese segundo a qual, no Império Romano, a cultura que floresceu nas 'civitates' e 'municipia' foi marcada por distintas modalidades de uso dos corpos masculino e feminino, forjados a partir de relações de sociabilidade que, acompanhando os ritmos da vida cotidiana, eram responsáveis por disciplinar os gestos, os comportamentos e atitudes, razão pela qual o corpo adquiriu um lugar central nos discursos de pagãos, cristãos e judeus, que o representaram de diferentes formas no decorrer da era imperial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Gilvan Ventura da Silva - Coordenador / João Carlos Furlani - Integrante / Larissa Rodrigues Sathler Dias - Integrante / Jenny Andrade - Integrante / Ana Lucia Santos Coelho - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Espírito Santo - Bolsa.
2013 - 2014
Cotidiano e sociabilidades no Império Romano
Descrição: Com o presente projeto, temos por finalidade compreender como, sob o Império Romano, as cidades eram organizadas e, mais que isso, como ocorria a dinâmica dos seus habitantes, que, ao ocuparem os lugares e monumentos da cidade (termas, teatros, anfiteatros, templos, igrejas, pórticos), estabeleciam, no cotidiano, múltiplas relações de sociabilidade. Tendo como parceira internacional a Universidade do Minho, por meio da sua Unidade de Arqueologia, estimamos que o conhecimento acumulado pela referida equipe sobre a cidade romana de Bracara Augusta nos possibilite iluminar, mediante comparação, processos semelhantes que ocorrem em outras cidades do Império, como Roma, Cartago e Antioquia. Na execução do projeto, serão exploradas fontes tanto de natureza literária quanto de natureza arqueológica..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (4) .
Integrantes: Gilvan Ventura da Silva - Coordenador / Thiago Brandão Zardini - Integrante / Érica Cristhyane Morais da Silva - Integrante / Belchior Monteiro de Lima Neto - Integrante / Carolline da Silva Soares - Integrante / Leni Ribeiro - Integrante / Natan Henrique Taveira Baptista - Integrante / Maria Manuela dos Reis Martins - Integrante / Luis Fernando Fontes - Integrante / Jorge Pinto Ribeiro - Integrante / Raquel Peñin Martínez - Integrante / Cristina Vilas Boas Braga - Integrante / Fernanda Puga Magalhães - Integrante / Virgínia Soares da Conceição - Integrante / Helena Paula Carvalho - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Espírito Santo - Auxílio financeiro.
2011 - 2013
Cidade, corpo e poder no Império Romano
Descrição: Pretendemos, com este projeto de pesquisa, investigar algumas situações nas quais o corpo é representado no Império Romano, tendo como referência, por um lado, a polarização entre pagãos e cristãos e, por outro, a polarização entre romanos e bárbaros. Para tanto, exploraremos um conjunto de fontes pagãs e cristãs que tratam da representação dos corpos de homens e mulheres no espaço urbano, uma vez que, no mundo romano, a relação dos indivíduos com os seus corpos e os de outrem era amiúde mediada pelas redes de sociabilidade urbana, que fixavam maneiras peculiares de exibição corporal..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Gilvan Ventura da Silva - Coordenador / Ana Lúcia S. Coelho - Integrante / Natan Henrique Taveira Baptista - Integrante / João Carlos Furlani - Integrante / Priscila Ylre Pereira da Silva - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Espírito Santo - Bolsa.Número de orientações: 2
2010 - 2013
Cidade, cotidiano e fronteiras religiosas no Império Romano: João Crisóstomo e a cristianização de Antioquia (séc. IV d.C.)
Descrição: Durante a execução da nossa pesquisa anterior, na qual empreendemos a análise das homilias "Adversus Iudaeos" de João Crisóstomo, duas evidências despertaram a nossa atenção. Em primeiro lugar, o fato de que, ao condenar asperamente os judeus e judaizantes, João empreende um ataque frontal à sinagoga, reputada por ele como um covil de demônios freqüentado por indivíduos desonrados. Em segundo lugar, a associação estreita que concebe entre a sinagoga e o teatro, de maneira que um é visto como prolongamento do outro, numa surpreendente equiparação entre arquiteturas próprias de sistemas culturais distintos. Ambos os ambientes deveriam, assim, ser a todo custo evitados pelos cristãos, o que resultaria numa suspensão do intercâmbio entre adeptos de credos religiosos distintos. Tendo em vista estas considerações, nos propomos a investigar, com o presente projeto, o esforço pastoral de João Crisóstomo no sentido de dissolver as relações de sociabilidade que, no cotidiano, aproximam os cristãos dos seus vizinhos judeus e pagãos, esforço este conectado com uma tentativa de fixação de fronteiras religiosas dentro de Antioquia, o que implica, por um lado, a dessacralização de todos os 'topoi" de matiz greco-romano e judaico e, por outro, o reforço da sacralidade das igrejas e túmulos dos mártires ("martyria"), de modo a produzir uma redefinição da paisagem urbana, que seria então esvaziada das suas características ancestrais para adquirir uma nova feição, uma feição visivelmente cristã dentro de um amplo processo de cristianização da cidade antiga que se desenrola entre os séculos IV e V..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Gilvan Ventura da Silva - Coordenador / Carolline da Silva Soares - Integrante / Natan Henrique Taveira Baptista - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Espírito Santo - Bolsa.Número de orientações: 1
2009 - 2011
Fronteiras e identidades no Império Romano: perspectivas étnicas, religiosas e de gênero
Descrição: Com o presente projeto de pesquisa, pretendemos analisar a problemática da formação de identidades e de fixação de fronteiras culturais no Império Romano. Em nossa avaliação, este Império representou uma experiência histórica concreta de unificação de diferentes povos e culturas, sob a égide de um poder centralizado, mas que mantiveram durante séculos múltiplas identidades em contato, gerando trocas que implicaram dinâmicas diversas de absorção ou recriação destes mesmos povos e culturas. Desse modo, o Império Romano nos oferece um caso peculiar de integração na bacia do Mediterrâneo no qual podemos observar, pelo espaço de séculos, identidades sendo criadas e destruídas, ameaçadas e manipuladas; fronteiras sendo transpostas, ampliadas ou reduzidas, com a vantagem de podermos avaliar, ao mesmo tempo, alguns resultados finais desses processos na longuíssima duração. Para tanto, exploraremos o problema tendo como referência os critérios de gênero, etnia e religião..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) .
Integrantes: Gilvan Ventura da Silva - Coordenador / Belchior Monteiro de Lima Neto - Integrante / Carolline da Silva Soares - Integrante / Ludimila Caliman - Integrante / Hariadne da Penha Soares - Integrante / Camilla Paulino da Silva - Integrante / Nicodemo Vallim de Sena - Integrante / Christiano Laurett Júnior - Integrante / Ana Lucia Santos Coelho - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Espírito Santo - Bolsa.
2007 - 2010
A construção da identidade cristã no Império Romano: João Crisóstomo e o conflito com os judeus e judaizantes de Antioquia
Descrição: Com o presente projeto de pesquisa, julgamos oportuno investigar o teor das relações mantidas entre o cristianismo e o judaísmo no Império Romano, o que implica refletir, ao mesmo tempo, sobre os mecanismos de formação das identidades e alteridades culturais a partir de um prisma eminentemente religioso. Elegemos como balizamento temporal o século IV d.C., período marcado por um nítido acirramento da polêmica religiosa no Império. De fato, é nesse momento que observamos a configuração da "basileia", uma realeza de inspiração helenístico-cristã exercida por um imperador que, de protetor da religião tradicional, assumirá a posição de árbitro em matéria de fé, implementando medidas cada vez mais restritivas e intolerantes contra aqueles que não se coadunem com o credo professado pela casa imperial. Além disso, os imperadores, eles mesmos, passam a revestir uma autêntica dignidade missionária, razão pela qual a antiga dinâmica de romanização dos ?bárbaros? é reinterpretada como um processo ativo de conversão religiosa. O caso específico a ser analisado com a pesquisa será o conflito da hierarquia eclesiástica diante dos judeus e judaizantes de Antioquia tendo como principal documentação impressa as oito homilias "Adversus Iudaeos" pronunciadas pelo presbítero João Crisóstomo entre 386 e 387 d.C..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Gilvan Ventura da Silva - Coordenador / Juan Pablo de Sena Pera - Integrante / Ludimila Caliman - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2007 - 2009
Intolerância religiosa e conflito cultural no Império Romano: a propósito de judeus, pagãos e hereges
Descrição: Especialistas contemporâneos em História de Roma, tanto do Brasil quanto do exterior, têm compartilhado um interesse crescente pelo estudo do conflito, da diversidade e da pluralidade no Mundo Antigo, refutando assim toda uma corrente historiográfica que prima pelo apego à "táxis", à "ordo", à hierarquia na construção de suas narrativas sobre o passado. Imbuídos da convicção de que uma abordagem que pretenda confrontar as explicações holísticas sobre a Antigüidade se revela, nos termos das tendências historiográficas contemporâneas, muito mais frutífera do ponto de vista teórico, temos por objetivo explorar, no presente projeto, as manifestações da intolerância religiosa e do conflito cultural no Império Romano a partir do estudo da maneira pela qual judeus, pagãos e hereges são convertidos em desviantes políticos e/ou religiosos, tanto num contexto de predomínio do politeísmo, como foi o do Alto Império, quanto num contexto monoteísta, como o do Baixo Império. Ao fazer isso, refletiremos ao mesmo tempo sobre os mecanismos de produção de identidades e alteridades a partir de uma ótica etnoreligiosa. Na realização da pesquisa, partimos da hipótese segundo a qual a intolerância religiosa e/ou étnica é um processo que se encontra presente ao longo de todo o Império Romano, encontrando-se atrelada, por um lado, a uma associação direta e explícita entre o poder imperial e a crença religiosa predominante num determinado contexto e, por outro, a uma concepção que faz dos romanos os legítimos representantes da "humanitas", com a missão de submeter os bárbaros e de integrá-los à verdadeira civilização..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (4) .
Integrantes: Gilvan Ventura da Silva - Coordenador / Fernanda Coimbra da Costa Pereira - Integrante / Giovanna Entringer - Integrante / Juan Pablo de Sena Pera - Integrante / Geciane Soares do Nascimento - Integrante / Hariadne da Penha Soares - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Espírito Santo - Bolsa.
2005 - 2007
A intolerância religiosa no Império Romano segundo os testemunhos de Apuleio, Irineu, Celso, Temístio e Fírmico Materno
Descrição: Para que tenhamos a emergência da intolerância religiosa em determinada sociedade é necessário, por um lado, a formação de um discurso consistente de menosprezo às convicções e crenças alheias e, de outro, a capacidade material de coagir os desviantes por meio da força. Ambas as condições se encontram presentes em Roma desde, pelo menos, os governos de Décio e Valeriano (meados do século III, portanto), embora já observemos, antes disso, retaliações ocasionais contra adeptos de religiões distintas por parte dos grupos sociais. Nesse embate, se confrontam amiúde pagãos e cristãos, incluindo os heréticos. É contra o pano de fundo do conflito religioso no Império Romano que pretendemos explorar as obras de Apuleio de Madaura, Irineu de Lião, Celso, Temístio de Bizâncio e Fírmico Materno. Desse modo, nos propomos a investigar, com a presente pesquisa, a maneira pela qual os autores supracitados se posicionam diante do problema da intolerância religiosa no Império Romano..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Gilvan Ventura da Silva - Coordenador / Belchior Monteiro de Lima Neto - Integrante / Carolline da Silva Soares - Integrante / Roney Marcos Pavani - Integrante.Financiador(es): Ufes Petrobras - Bolsa.
2003 - 2005
Imagens da alteridade no Baixo Império: os judeus e a construção de uma identidade romano-cristã
Descrição: A partir de Constantino, observamos o início de todo um processo de estigmatização dos seguidores do judaísmo que, ao longo dos séculos IV e V, tenderá a ser potencializado, tanto por intermédio de um conjunto de leis assimilando os judeus aos pagãos e aos heréticos, quanto por intermédio de um violento discurso antijudaico difundido por pensadores cristãos do porte de Ambrósio, Gregório de Nissa e Agostinho. No plano político, o desdobramento mais significativo das retaliações adotadas pelos soberanos do Baixo Império contra os judeus será a supressão da autoridade do Patriarcado de Israel por Teodósio II em 429, momento em que os judeus deixam de contar com qualquer liderança oficialmente reconhecida. Com o presente projeto, pretendemos investigar o modo pelo qual se forja, no Baixo Império, uma representação dos judeus que os torna inimigos da ordem constituída, dentro de uma lógica de produção de identidades e alteridades de caráter político-religioso..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Gilvan Ventura da Silva - Coordenador / Thaiz Dias de Azevedo - Integrante / Luciheberto Machado - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Espírito Santo - Bolsa.
2001 - 2003
Cristianismo, judaísmo e paganismo no Baixo Império romano: Constâncio II e a criação do Estado imperial teocrático
Descrição: A ação ostensiva de Constâncio II (337-361) com o objetivo de submeter os bispos à sua autoridade nos permite supor que o imperador desejasse converter a burocracia cristã, até então independente, em um dos sustentáculos da sua administração ao mesmo tempo em que, nos altos escalões de governo, os cristãos começam a suplantar os pagãos. Por outro lado, a compreensão de que os sacerdotes cristãos deveriam ser isentos da inscrição compulsória na cúria das suas cidades e de quaisquer outras atividades públicas a fim de que pudessem exercer livremente seus ofícios litúrgicos, fundamentais para a salvaguarda do Estado, se manifesta em uma série de leis emanadas ao longo do seu reinado. Tendo em vista estas considerações, torna-se imprescindível refletir sobre a política religiosa de Constâncio II para com os pagãos, judeus e niceianos de modo a compreender, por um lado, a natureza do processo de cristianização do mundo romano que começa a se esboçar a partir do início do século IV e, por outro, o teor das relações Estado/Igreja no Baixo Império. Nesse sentido, é importante atentarmos igualmente para a acirrada polêmica deflagrada entre cristãos e pagãos e para o grau de interferência do poder imperial nesse domínio, o que nos obriga a prestar uma atenção especial à ação de Juliano, o Apóstata, sucessor de Constâncio II e responsável por imprimir ao Estado romano uma orientação religiosa radicalmente distinta daquela pretendida por este imperador. Do mesmo modo, importa também que nos ocupemos com a análise do arcabouço institucional da Igreja e da composição social dos seus líderes espirituais, especialmente no que concerne aos monges, uma vez que o controle pretendido por Constâncio II sobre o cristianismo pressupunha o acoplamento da burocracia eclesiástica ao Estado como uma maneira de aumentar o grau de penetração do poder estatal pelos amplos territórios do Império, criando assim o Estado imperial teocrático..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Gilvan Ventura da Silva - Coordenador / Thaiz Dias de Azevedo - Integrante / Paulo Roberto Tigges - Integrante / Érica Chrystiane Morais e Silva - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Espírito Santo - Bolsa.
2000 - 2001
Magia e poder no século IV d.C.: a perseguição aos adivinhos e feiticeiros sob o reinado de Constâncio II (3337-361)
Descrição: Os processos de acusação contra os adivinhos e feiticeiros deflagrados sob o governo de Constâncio II, Valentiniano e Valente deram origem a uma corrente de interpretação desses acontecimentos segundo a qual uma das principais características da sensibilidade religiosa da época tardia do Império Romano seria um aumento considerável tanto da prática da magia quanto do pavor nutrido pela sociedade romana contra ela, o que se explicaria pelo declínio do racionalismo grego durante a crise do século III e pelo aumento consequente da superstição e do obscurantismo. Com esse projeto de pesquisa, pretendemos refutar esta tese, interpretando a perseguição aos adivinhos e feiticeiros sob o governo de Constâncio II como um problema de natureza política, uma vez que tal perseguição constituiu uma importante estratégia implementada pelo poder imperial com a finalidade de fortalecer a imagem sagrada do "basileus"..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1995 - 1997
Religião e sociedade urbana no IV século
Descrição: No decorrer do IV século, o mundo romano vivencia um conjunto de profundas e importantes transformações que modificam substancialmente as estruturas sociais, econômicas, políticas, religiosas e mentais clássicas, fazendo surgir outras que resistimos a definir como medievais e que caracterizam o momento histórico correntemente denominado de Antigüidade Tardia. Dentro dessas transformações, aquelas que se dão no domínio da religiosidade e no universo mental dos homens do mundo romano tardio apresentam uma importância crucial, pois se constituem em elementos decisivos para a compreensão do fenômeno fundamental que marca a sociedade do fim da Antigüidade, em especial no meio urbano: a expansão da religião cristã no âmbito da bacia do Mediterrâneo com a conseqüente integração, em nível cultural, dos valores pagãos e cristãos, de modo a produzir um novo contexto histórico bastante distinto daquele observado até então no Império Romano. Com a presente pesquisa pretendemos analisar a cristianização do Império a partir de duas considerações fundamentais. Em primeiro lugar, a de que tal acontecimento deve ser inserido num processo mais amplo, que é o da instituição e consolidação de um novo universo religioso dentro do mundo romano. Sendo assim, o triunfo do cristianismo apresenta-se como a manifestação de uma nova realidade que caracteriza a Antigüidade Tardia. Em segundo lugar, a de que só podemos compreender a cristianização de modo adequado se a relacionarmos ao contexto sóciocultural próprio das cidades romanas do IV século, uma vez que foi neste ambiente atravessado por múltiplas manifestações de religiosidade, quer pagã quer cristã, e apresentando uma configuração distinta sobremaneira do mundo rural, que a religião cristã se afirmou de maneira irreversível na bacia do Mediterrâneo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Gilvan Ventura da Silva - Coordenador / Jovania Zanotelli - Integrante / Marcus Silva da Cruz - Integrante / Márcia Regina Ferreira Rodrigues - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Espírito Santo - Bolsa.
1993 - 1995
Os levantes populares no Império Romano de 284 a 395 d.C.: uma visão de conjunto
Descrição: O limiar do século IV, como se sabe, inaugurou uma fase de intensas e profundas transformações no interior da Civilização Romana cujo alcance não deixa de impressionar até mesmo os mais experientes pesquisadores que se dedicam ao estudo desse período que se convencionou designar com o nome de Baixo Império. Dentre as inúmeras modalidades de expressão do caráter excepcional do Baixo Império que nos permitem qualificá-lo como um momento distinto no contexto da História de Roma, uma das mais importantes foi, sem dúvida, a consolidação definitiva de um novo sistema político - o "Dominato" - em substituição ao Principado, primeira configuração da monarquia em Roma. A instituição do "Dominato", por sua vez, implicou a reelaboração qualitativa do padrão de relações entre o Estado e a sociedade da época, tendo sido aquele obrigado, para se manter, a criar ou aperfeiçoar toda uma série de mecanismos de ação sobre esta que lhe proporcionassem um meio eficaz de angariar recursos (mão-de-obra, legionários, víveres, matérias-primas, equipamentos) em tempo hábil. Para esse processo foi sem dúvida determinante a interferência dos grupos sociais, que impõem ao Estado um conjunto de demandas, interesses e insatisfações e que interferem diretamente no jogo político. Os conflitos sociais presentes no século IV, além de se manifestarem com freqüência, assumiram as mais variadas formas. Frente a um campo de pesquisa tão estimulante como esse, optamos por centrar nossa análise num tipo específico de conflito: os levantes populares produzidos entre os anos de 284 e 395, tanto no meio urbano como no meio rural, buscando caracterizá-los do ponto de vista da sua espacialidade e temporalidade, dos interesses que motivaram os integrantes de tais movimentos, da condição social desses integrantes, dos procedimentos que adotaram ao desenvolverem a sua ação política e, por último, do resultado final de todo levante popular (sua vitória incondicional, supressão ou resolução)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Gilvan Ventura da Silva - Coordenador / Jovania Zanotelli - Integrante / Márcia Regina Ferreira Rodrigues - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Espírito Santo - Bolsa.


Membro de corpo editorial


2015 - Atual
Periódico: Hélade (Rio de Janeiro)
2014 - Atual
Periódico: Philía (UERJ)
2013 - Atual
Periódico: Revista História Hoje
2013 - Atual
Periódico: Romanitas, Revista de Estudos Grecolatinos
2013 - 2015
Periódico: Revista História Hoje
2012 - Atual
Periódico: Revista de história comparada (UFRJ)
2011 - Atual
Periódico: Diálogos Mediterrânicos (NEMED/UFPR) ISSN 2237-6585
2010 - Atual
Periódico: Mare Nostrum (2177-4218)
2010 - Atual
Periódico: Caderno Acadêmico de História (UFRRJ) (ISSN 2179-3840)
2010 - Atual
Periódico: Acta Scientiarum. Education (UEM - ISSN 2178-5201)
2008 - Atual
Periódico: Revista Jesus Histórico (UFRJ / ISSN 1983-4810)
2008 - 2013
Periódico: Alethéia (Goiânia)
2007 - 2009
Periódico: Liber Intellectus (UFG) (1981-7320)
2007 - Atual
Periódico: Agenda Social (UENF) (1981-9862)
2006 - 2009
Periódico: Revista Ágora (UFES) (1980-0096)
2005 - 2011
Periódico: Vivência (Natal) (0104-3064)
2003 - 2009
Periódico: Revista História Hoje (São Paulo) (1806-3993)
2002 - 2007
Periódico: História (São Paulo) (0101-9074)
2000 - 2012
Periódico: Revista Dimensoes (1517-2120)
1995 - Atual
Periódico: Phoinix (UFRJ) (1413-5787)


Membro de comitê de assessoramento


2014 - 2016
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval/Especialidade: História de Roma.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval/Especialidade: História das Religiões Antigas.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval/Especialidade: História das Representações na Antigüidade.


Idiomas


Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SILVA, Gilvan Ventura da2018SILVA, Gilvan Ventura da. 'Is it possible to control the crowd?' Libanius in defense of Julian and against the population of Antioch in the 4th century. Heródoto, v. 3, p. 394, 2018.

2.
SILVA, Gilvan Ventura da2018SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, É. C. M. E. . A participação feminina no Levante das Estátuas, em Antioquia (387 d.C.). Hélade, v. 4, p. 88-103, 2018.

3.
SILVA, Gilvan Ventura da2017SILVA, Gilvan Ventura da. Cultura escrita e comunicação oral no cristianismo antigo: as homilias como instrumentos de poder. ROMANITAS - REVISTA DE ESTUDOS GRECOLATINOS, p. 212, 2017.

4.
SILVA, Gilvan Ventura da2017SILVA, Gilvan Ventura da. João Crisóstomo e a censura aos festivais judaicos em Antioquia. Temas Medievales, v. 25, p. 103-118, 2017.

5.
SILVA, GILVAN VENTURA DA2016SILVA, GILVAN VENTURA DA. Artes do fazer e usos do saber no império romano: `lendo? os mosaicos de Antioquia. Acta Scientiarum. Education (Online), v. 38, p. 219-229, 2016.

6.
SILVA, GILVAN VENTURA DA2016SILVA, GILVAN VENTURA DA. RITOS FUNERÁRIOS E RELAÇÕES DE SOCIABILIDADE EM ANTIOQUIA: a propósito do Mosaico do Banquete de Mnemosyne. História (São Paulo. Online), v. 35, p. 1-19, 2016.

7.
SILVA, GILVAN VENTURA DA2016SILVA, GILVAN VENTURA DA. Lugares do sagrado na cidade pós-clássica: Libânio e a reforma do 'Plethrion' de Antioquia. Hélade (Rio de Janeiro), v. 2, p. 74-83, 2016.

8.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2015SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, Érica Cristhyane Morais da . O cinema como recurso para o ensino da História Antiga: monacato e ascetismo em 'Simón del Desierto', de Buñuel. Hélade (Rio de Janeiro), v. 1, p. 7-15, 2015.

9.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2015SILVA, Gilvan Ventura da. Os limites da 'basileia' segundo João Crisóstomo: reflexões sobre o tratado 'Uma comparação entre o rei e o monge'. Antíteses (Londrina), v. 8, p. 131-148, 2015.

10.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2014SILVA, Gilvan Ventura da. Homilia e educação cristã na Antiguidade Tardia: a relação corpo, igreja e cidade segundo João Crisóstomo. Acta Scientiarum. Education (Online), v. 36, p. 1-12, 2014.

11.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2014SILVA, Gilvan Ventura da. História e verdade para além da virada linguística: a contribuição de Frank Ankersmit (Resenha). História da Historiografia, v. 14, p. 182-186, 2014.

12.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2014SILVA, Gilvan Ventura da. A cidade representada pelo poder imperial: Juliano e a censura à população de Antioquia no 'Misopogon'. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, v. 18, p. 25-32, 2014.

13.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2014SILVA, Gilvan Ventura da. Uma comunidade em estado de alerta: João Crisóstomo e o apelo aos cristãos de Antioquia no combate aos judaizantes. Phoinix, v. 21, p. 129-151, 2014.

14.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2014SILVA, Gilvan Ventura da. Conflito religioso e simbolismo arquitetônico na Antiguidade Tardia: o ataque aos templos pagãos segundo Libânio de Antioquia. Calíope (UFRJ), v. 27, p. 45-72, 2014.

15.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2013SILVA, Gilvan Ventura da; SOARES, Carolline da Silva . O 'fim' do Mundo Antigo em debate: da 'crise' do século III à Antiguidade Tardia e além. Nearco - Revista Eletrônica de Antiguidade, v. VI, p. 138-162, 2013.

16.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2013SILVA, Gilvan Ventura da. A cristianização e seus limites: o caso de Antioquia na Antiguidade Tardia. Territórios e Fronteiras (Online), v. 6, p. 32-49, 2013.

17.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2013SILVA, Gilvan Ventura da. Cristianismo e helenismo na Antiguidade Tardia: uma abordagem à luz dos mosaicos de Antioquia. Revista Diálogos Mediterrânicos, v. 5, p. 64-80, 2013.

18.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2013SILVA, Gilvan Ventura da. Un imperatore in cerca della città perfetta: Giuliano e l'immagine di Antiochia nel 'Misopogon'. Chaos e Kosmos, v. XIV, p. 1-29, 2013.

19.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2013SILVA, Gilvan Ventura da; SOARES, Carolline da Silva . Protegendo o 'corpo' da Igreja: a representação dos 'lapsi' e judaizantes como enfermos por Cipriano e João Crisóstomo. Revista Jesus Histórico, v. 10, p. 43-61, 2013.

20.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2012SILVA, Gilvan Ventura da; SOARES, Carolline da Silva . Autoridade episcopal e conflito político na Antiguidade Tardia: a atuação de Cipriano de Cartago e de João Crisóstomo como reformadores da Igreja. Revista Brasileira de História das Religiões, v. 13, p. 141-160, 2012.

21.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2012SILVA, Gilvan Ventura da. Uma cidade em tempo de transição: a cristianização do espaço urbano de Antioquia no confronto com pagãos e judeus (séc. IV e V). Trilhas da História, v. 1, p. 1-16, 2012.

22.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2012SILVA, Gilvan Ventura da. Os apuros de um professor: Libânio e o cotidiano escolar em Antioquia. Diálogos Mediterrânicos, v. 3, p. 92-97, 2012.

23.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2012SILVA, Gilvan Ventura da. A sinagoga como heterotopia segundo João Crisóstomo. PhoiniX (UFRJ), v. 18, p. 134-156, 2012.

24.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2011SILVA, Gilvan Ventura da. Reflexões sobre a prática da caridade entre os cristãos, pagãos e judeus. Revista Jesus Histórico, v. IV, 6, p. 1-17, 2011.

25.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2011SILVA, Gilvan Ventura da; ZARDINI, Thiago Brandão . Conflito político e identidade cultural na Antiguidade Tardia: a imagem de Máximo e Eugênio segundo os testemunhos monetários. Mneme (Caicó. Online), v. 12, p. 120-136, 2011.

26.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2010SILVA, Gilvan Ventura da. Jean Chrysostome et la christianisation de la cité antique. Revue française d'histoire des idées politiques, v. 31, p. 39-56, 2010.

27.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2010SILVA, Gilvan Ventura da. A formação dos cidadãos do céu: João Crisóstomo e a 'Christon paideia'. Acta Scientiarum (UEM), v. 32, p. 1-10, 2010.

28.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2010SILVA, Gilvan Ventura da. A cartografia do sagrado no fim do Mundo Antigo: João Crisóstomo e a cristianização de Antioquia. Notandum (USP), v. 24, p. 5-20, 2010.

29.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2010SILVA, Gilvan Ventura da. As relações entre o judaísmo e o cristianismo no Império Romano: uma nova interpretação a partir do paradigma culturalista. História da Historiografia, v. 5, p. 58-70, 2010.

30.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2010SILVA, Gilvan Ventura da. Um bispo para além da crise: João Crisóstomo e a reforma da igreja de Constantinopla. Phoinix (UFRJ), v. 16, p. 109-127, 2010.

31.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2010SILVA, Gilvan Ventura da. Sementes da intolerância na Antiguidade Tardia: João Crisóstomo e o confronto com os judeus de Antioquia. Revista de História (UFES), v. 25, p. 1-18, 2010.

32.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2010SILVA, Gilvan Ventura da; SOARES, Carolline da Silva . Orígenes e a definição das fronteiras entre o cristianismo e o judaísmo no 'Contra Celso'. Caminhos da História (UNIMONTES), v. 15, p. 85-100, 2010.

33.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2009SILVA, Gilvan Ventura da. João Crisóstomo e o conflito com os judeus e judaizantes de Antioquia. Philía (UERJ), v. 23, p. 3-3, 2009.

34.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2009SILVA, Gilvan Ventura da. Prisioneiras do esquecimento: a representação das mulheres nos livros didáticos de História. Revista de História (UFES), v. 23, p. 45-66, 2009.

35.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2009SILVA, Gilvan Ventura da. Desvio social, exclusão e estigmatização: notas para o estudo da "História dos Marginais". Revista de História (UFES), v. 22, p. 13-29, 2009.

36.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2008SILVA, Gilvan Ventura da. A condenação dos judaizantes nos concílios eclesiásticos do século IV. Phoinix (UFRJ), v. 14, p. 164-188, 2008.

37.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2007SILVA, Gilvan Ventura da. Educação, filosofia e poder no século IV: Temístio de Bizâncio e a defesa da ação pública dos filósofos na 'Oratio' XXVI. Fenix: revista de historia e estudos culturais, v. 3, p. 1-15, 2007.

38.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2007SILVA, Gilvan Ventura da. Ascetismo, gênero e poder no Baixo Império Romano: Paládio de Helenópolis e o status das devotas cristãs. História (São Paulo), v. 26, p. 63-78, 2007.

39.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2006SILVA, Gilvan Ventura da. Considérations sur l'intolérance religieuse au IVe siècle: à propos de la Ve Oratio de Thémisthius de Byzance. Revue Française d'Histoire des Idées Politiques, Paris, v. 23, p. 3-20, 2006.

40.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2006SILVA, Gilvan Ventura da; MARVILLA, M. A. . "De laudibus Constantini" - O discurso de Eusébio de Cesaréia sobre a realeza. Revista de História (UFES), v. 18, p. 384-392, 2006.

41.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2006SILVA, Gilvan Ventura da. História, festa e poder no Baixo Império romano: a propósito da 'Oração à assembléia dos santos'. História Revista (UFG. Impresso), v. 11, p. 45-58, 2006.

42.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2006SILVA, Gilvan Ventura da; GABRECHT, A. . Homero e o contexto de produção da 'Ilíada' e da 'Odisséia'. Revista Ágora (Vitória), v. 3, p. 1-27, 2006.

43.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2006SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, É. C. M. E. . João Crisóstomo e o Levante das Estátuas em Antioquia: um balanço historiográfico. Revista Ágora (Vitória), v. 3, p. 1-21, 2006.

44.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2005SILVA, Gilvan Ventura da. A construção da imagem heróica de Constâncio II na 'Oratio' III de Juliano. Phoinix, Rio de Janeiro, v. 11, p. 71-89, 2005.

45.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2005SILVA, Gilvan Ventura da; MARVILLA, M. A. . Com este imperador vencerás. Revista Ágora (Vitória), v. 2, p. 1-60, 2005.

46.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2004SILVA, Gilvan Ventura da. Constâncio e os judeus. Phoinix (UFRJ), Rio de Janeiro, v. 10, n.0, p. 133-143, 2004.

47.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2004SILVA, Gilvan Ventura da; MENDES, Norma Musco . As representações do poder imperial em Roma entre o Principado e o 'Dominato'. Revista de História (UFES), Vitória, v. 16, p. 241-270, 2004.

48.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2003SILVA, Gilvan Ventura da. Violência e intolerância religiosa no Baixo Império: os levantes de Constantinopla sob o governo de Constâncio II (337-361). Phoinix (UFRJ), Rio de Janeiro, v. 9, p. 128-150, 2003.

49.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2003SILVA, Gilvan Ventura da. Constâncio II, o Anticristo: Hilário de Poitiers e a construção da imagem imperial. Revista de História (UFES), Vitória, v. 15, n.0, p. 219-235, 2003.

50.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2002SILVA, Gilvan Ventura da. 'Augurum et vatum prava confessio conticescat': Constâncio II e a legislação contra os adivinhos e feiticeiros. Justiça & História (Impresso), Porto Alegre, v. 2, p. 149-183, 2002.

51.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2002SILVA, Gilvan Ventura da. Romanização, identidade e resistência: a revolta dos isaurianos em 354. Phoinix (UFRJ), Rio de Janeiro, v. 8, n.0, p. 170-184, 2002.

52.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2001SILVA, Gilvan Ventura da. Memória, história e historiografia em torno do Baixo Império romano. Pos-Historia (UNESP. Assis), Assis, v. 9, p. 71-91, 2001.

53.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2001SILVA, Gilvan Ventura da. Política, ideologia e arte poética em Roma: Horácio e a criação do Principado. Politéia (UESB), Vitória da Conquista, v. 1, p. 29-51, 2001.

54.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2001SILVA, Gilvan Ventura da. O fim do Mundo Antigo: uma discussão historiográfica. Mirabilia, Brasil, v. 1, p. 1-10, 2001.

55.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2001SILVA, Gilvan Ventura da. Simplificações e Livro Didático: um estudo a partir dos conteúdos de História Antiga. Hélade (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, v. Esp., p. 19-24, 2001.

56.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2001SILVA, Gilvan Ventura da. A comunicação política no Baixo Império romano. Revista de História (UFES), Vitória, v. 12, p. 205-212, 2001.

57.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2001SILVA, Gilvan Ventura da. Constâncio II e os rituais da 'basileia'. Phoinix, Rio de Janeiro, v. 7, n.2001, p. 163-179, 2001.

58.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2001SILVA, Gilvan Ventura da; GONÇALVES, A. T. M. . Algumas reflexões sobre o conteúdo de História Antiga nos livros didáticos brasileiros. História & Ensino (UEL), Londrina, v. 7, p. 123-141, 2001.

59.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2001SILVA, Gilvan Ventura da. Intolerância e conflito religioso no Baixo Império romano: Constâncio II e a perseguição aos nicenos em Alexandria. Boletim do CPA (UNICAMP), Campinas, v. 11, p. 97-120, 2001.

60.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2000SILVA, Gilvan Ventura da. Os princípios de constituição de uma realeza sagrada sob o governo de Constâncio II (337-361). Phoinix (UFRJ), Rio de Janeiro, v. 2000, p. 187-196, 2000.

61.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2000SILVA, Gilvan Ventura da. Constâncio II e a construção da mística imperial no século IV. Estudos de História, Franca, v. 7, n.1, p. 173-186, 2000.

62.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2000SILVA, Gilvan Ventura da. A concepção de natureza em Lucrécio. Hélade (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, v. 1, n.2, p. 42-47, 2000.

63.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA2000SILVA, Gilvan Ventura da. História Antiga e Livro Didático: uma parceria nem sempre harmoniosa. Revista de História (UFES), Vitória, v. 11, p. 1-6, 2000.

64.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA1999SILVA, Gilvan Ventura da. Magia e poder no Império Romano: a perseguição aos mágicos e adivinhos entre a História e a Antropologia. Revista de História (UFES), Vitória, v. 8, p. 38-44, 1999.

65.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA1999SILVA, Gilvan Ventura da. A configuração do Estado Romano no Baixo Império. História (São Paulo), São Paulo, v. 17/18, p. 199-223, 1999.

66.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA1999SILVA, Gilvan Ventura da. Um exemplo de polêmica religiosa no século III d.C.: a oposição Ísis X Atargatis nas 'Metamorfoses', de Apuleio. Revista de História (UFES), Vitória, v. 9, p. 27-39, 1999.

67.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA1998SILVA, Gilvan Ventura da. A prática da astrologia e a perseguição aos 'mathematici' no IV século. Phoinix, Rio de Janeiro, v. 4, p. 195-203, 1998.

68.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA1998SILVA, Gilvan Ventura da. Política e religião no Baixo Império: a construção da mística imperial segundo a 'Apologia ao imperador Constâncio', de Atanásio de Alexandria. Revista de História (UFES), Vitória, v. 6, p. 81-90, 1998.

69.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA1997SILVA, Gilvan Ventura da. Motivações e procedimentos dos levantes populares urbanos no IV século. Phoinix (UFRJ), Rio de Janeiro, v. 3, p. 157-168, 1997.

70.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA1997SILVA, Gilvan Ventura da; CRUZ, M. S. . Religião e sociedade urbana no IV século. Revista de História (UFES), Vitória, v. 5, p. 135-136, 1997.

71.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA1997SILVA, Gilvan Ventura da; GONÇALVES, A. T. M. ; CARVALHO, M. M. . Sobre as representações femininas na Antigüidade. Estudos de História, Franca, v. 4, n.2, p. 7-18, 1997.

72.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA1996SILVA, Gilvan Ventura da. Política e propaganda no Baixo Império; um aspecto da reação imperial às usurpações. História Revista (UFG), Goiânia, v. 1, p. 71-81, 1996.

73.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA1996SILVA, Gilvan Ventura da. Interesses subjacentes e interesses manifestos no contexto das usurpações romanas (284-395 d.C.). Phoinix (UFRJ), Rio de Janeiro, v. 2, p. 91-100, 1996.

74.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA1996SILVA, Gilvan Ventura da. Política e magia no IV século. LPH (UFOP), Mariana, v. 6, p. 152-158, 1996.

75.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA1995SILVA, Gilvan Ventura da. A domus imperial e o fenômeno das usurpações no IV século. Phoinix (UFRJ), Rio de Janeiro, v. 1, p. 73-84, 1995.

76.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA1995SILVA, Gilvan Ventura da. A representação da mulher na sátira romana: amor e adultério em Horácio e Juvenal. Revista de História (UFES), Vitória, v. 4, p. 77-85, 1995.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SILVA, Gilvan Ventura da. A escalada dos imperadores proscritos: Estado, conflito e usurpação na Antiguidade Tardia (285-395). 1. ed. Vitória: GM Editora, 2018. v. 1. 166p .

2.
SILVA, GILVAN VENTURA DA; LIMA NETO, B. M. (Org.) ; SILVA, É. C. M. E. (Org.) . Usos do espaço no Mundo Antigo. 1. ed. Vitória: GM Editora, 2018. v. 1. 406p .

3.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, Érica Cristhyane Morais da (Org.) ; LIMA NETO, B. M. (Org.) . Espaços do sagrado na cidade antiga. 1. ed. Vitória: GM Editora, 2017. v. 1. 354p .

4.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, Érica Cristhyane Morais da (Org.) . Fronteiras e identidades no Império Romano. 1. ed. Vitória: GM Editora, 2015. 210p .

5.
SILVA, Gilvan Ventura da; RIBEIRO, L. (Org.) ; SILVA, Érica Cristhyane Morais da (Org.) ; LIMA NETO, Belchior Monteiro de (Org.) . Cotidiano e sociabilidades no Império Romano. 1. ed. Vitória: GM Editora, 2015. v. 1. 232p .

6.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os antigos e nós: ensaios sobre Grécia e Roma. 1. ed. Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo, 2015. v. 1. 104p .

7.
SILVA, Gilvan Ventura da. Reis, santos e feiticeiros: Constâncio II e os fundamentos místicos da 'basileia' (337-361). 2. ed. Vitória: Edufes, 2015. 371p .

8.
SILVA, Gilvan Ventura da; RIBEIRO, L. (Org.) ; CARVALHO, R. (Org.) . Fama e infâmia no Mundo Antigo. 1. ed. Vitória: PPGL, 2014. v. 1. 233p .

9.
SILVA, Gilvan Ventura da; RIBEIRO, L. (Org.) . As múltiplas faces do discurso em Roma: textos, inscrições, imagens. 1. ed. Vitória: Edufes, 2013. v. 1. 248p .

10.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira (Org.) ; GIL, Antônio Carlos Amador (Org.) ; BENTIVOGLIO, J. C. (Org.) ; NADER, Maria Beatriz (Org.) . Territórios, poderes, identidades: a ocupação do espaço entre a política e a cultura. 1. ed. Vitória; Paris; Braga: GM Editora; Université Paris-Est; Universidade do Minho, 2012. v. 1. 280p .

11.
SILVA, Gilvan Ventura da; RIBEIRO, L. (Org.) ; FRANCALANCI, C. (Org.) ; CARVALHO, R. (Org.) . Rito e celebração na Antiguidade. 1. ed. Vitória: Ed. PPGL, 2012. v. 1. 338p .

12.
SILVA, Gilvan Ventura da; RIBEIRO, L. (Org.) ; CARVALHO, R. (Org.) . Gênero, religião e poder na Antiguidade:contribuições interdisciplinares. 1. ed. Vitória: GM Editora, 2012. 211p .

13.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira (Org.) . A escola e suas cores: cidadania, educação e relações étnicorraciais. Vitória: GM Editora, 2011. v. 1. 108p .

14.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira (Org.) . Os reinos africanos na Antiguidade e Idade Média: uma história para ser (re)contada. 1. ed. Vitória: GM Editora, 2011. v. 1. 138p .

15.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira (Org.) . A escravidão atlântica do domínio sobre a África aos movimentos abolicionistas. Vitória: GM Editora, 2011. v. 1. 110p .

16.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira (Org.) . O sistema escravista lusobrasileiro e o cotidiano da escravidão. 1. ed. Vitória: GM Editora, 2011. v. 1. 102p .

17.
SILVA, Gilvan Ventura da; LIMA NETO, Belchior Monteiro de (Org.) . Identidade e fronteiras religiosas no Alto Império romano. Vitória: NPIH Publicações, 2011. v. 1. 88p .

18.
SILVA, Gilvan Ventura da; RIBEIRO, L. (Org.) ; CARVALHO, R. (Org.) ; FRANCALANCI, C. (Org.) . Figurações do masculino e do feminino na Antiguidade. 1. ed. Vitória: Ed. PPGL, 2011. v. 1. 107p .

19.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira (Org.) ; FELDMAN, S. A. (Org.) ; NADER, Maria Beatriz (Org.) ; FRANCO, Sebastião Pimentel (Org.) . A cidade à prova do tempo: vida cotidiana e relações de poder nos ambientes urbanos. Vitória/Paris: GM Editora/ Université de Paris-Est, 2010. 328p .

20.
SILVA, Gilvan Ventura da. Poder e religião na Antiguidade Tardia - Dossiê n. 25 de Dimensões, Revista de História da Ufes. 25. ed. Vitória: PPGHIS/Ufes, 2010. 285p .

21.
SILVA, Gilvan Ventura da. Grécia, Roma e o Oriente: da crise da. 1. ed. Vitória: Flor & Cultura, 2009. v. 1. 175p .

22.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira (Org.) ; NADER, Maria Beatriz (Org.) ; FRANCO, Sebastião Pimentel (Org.) ; FELDMAN, S. A. (Org.) . Cidade Cotidiano e Poder - Anais Eletrônicos do II Congresso Internacional UFES/Université Paris-Est. 1. ed. Vitória: GM Editora, 2009. v. 1.

23.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A. (Org.) . Exclusão e marginalidade no mundo Antigo e Medieval - Dossiê do v. 22 de Dimensões, Revista de História da Ufes. 22. ed. Vitória: PPGHIS/Ufes, 2009. v. 1. 223p .

24.
SILVA, Gilvan Ventura da. Conflito cultural e intolerância religiosa no Império Romano. Vitória: GM Editora, 2008. v. 1. 104p .

25.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira (Org.) ; NADER, Maria Beatriz (Org.) ; FRANCO, Sebastião Pimentel (Org.) ; FELDMAN, S. A. (Org.) . Os impérios e suas matrizes políticas e culturais. 1. ed. Vitória; Paris: Flor & Cultura; Université Paris-Est, 2008. v. 1. 208p .

26.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel (Org.) ; SIMOES, R. H. S. (Org.) . História e Educação: territórios em convergência. 1. ed. Vitória: GM Editora, 2007. 263p .

27.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira (Org.) ; NADER, Maria Beatriz (Org.) ; FRANCO, Sebastião Pimentel (Org.) ; FELDMAN, S. A. (Org.) . Impérios, religiosidades e etnias: Anais Eletrônicos do Congresso Internacional UFES/Université Paris-Est. 1. ed. Vitória: GM Editora, 2007. v. 1.

28.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira (Org.) . Da África ao Brasil: itinerários históricos da cultura negra. 1. ed. Vitória: Flor & Cultura, 2007. v. 1. 300p .

29.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel (Org.) ; NADER, Maria Beatriz (Org.) . História, mulher e poder. 1. ed. Vitória: Edufes, 2006. v. 1. 325p .

30.
SILVA, Gilvan Ventura da; MENDES, Norma Musco (Org.) . Repensando o Império Romano; perspectiva socioeconômica, política e cultural. 1. ed. Rio de Janeiro / Vitória: Mauad / Edufes, 2006. v. 1. 301p .

31.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel (Org.) ; GONTIJO, C. M. M. (Org.) ; SIMOES, R. H. S. (Org.) . I Seminário Interdisciplinar em História e Educação: História e Educação em Debate. 1. ed. Vitória: PPGHIS/UFES, 2006. v. 1.

32.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel (Org.) . Fórum de Debates Povos e Culturas das Américas. 1. ed. Vitória: PPGHIS/UFES, 2006. v. 1.

33.
SILVA, Gilvan Ventura da; NADER, Maria Beatriz (Org.) ; FRANCO, Sebastião Pimentel (Org.) . As identidades no tempo: ensaios de gênero, etnia e religião. 1. ed. Vitória: Edufes, 2006. v. 1. 372p .

34.
SILVA, Gilvan Ventura da. Religião e pensamento político no Mundo Antigo: entre a tradição clássica e a cristã. 1. ed. Vitória: PPGHIS/UFES, 2005. 92p .

35.
SILVA, Gilvan Ventura da; SOARES, Geraldo Antonio (Org.) ; NADER, Maria Beatriz (Org.) ; FRANCO, Sebastião Pimentel (Org.) . Etnia, gênero e Poder - Anais Eletrônicos do XV Simpósio de História da UFES. Vitória: PPGHIS/UFES, 2005. v. 1.

36.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel (Org.) ; LARANJA, Anselmo Laghi (Org.) . Exclusão social, violência e identidade. 1. ed. Vitória: Flor&Cultura, 2004. v. 1. 208p .

37.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira (Org.) ; FRANCO, Sebastião Pimentel (Org.) . História, violência e imaginário político. 1. ed. Vitória: PPGHIS/UFES, 2004.

38.
SILVA, Gilvan Ventura da. Reis, santos e feiticeiros: Constâncio II e os fundamentos místicos da 'basileia' (337-361). 1. ed. Vitória: Edufes, 2003. v. 1. 333p .

Capítulos de livros publicados
1.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, Érica Cristhyane Morais da . Evergetismo e a vida urbana em Antioquia: considerações à luz da epigrafia (séc. IV-V). In: BORGES, A.; SOUTELLO, R. M.. (Org.). Escrito para a eternidade: a epigrafia e os estudos da Antiguidade. 1ed.Curitiba: Appris, 2018, v. 1, p. 111-136.

2.
SILVA, Gilvan Ventura da. Memoria, storia e agiografia nella Tarda Antichità: alcuni commenti sull"Epitaphios Logos di Giovanni Crisostomo. In: Olivier Devillers; Breno Battistin Sebastiani. (Org.). Sources et modèles des historiens anciens. 1ed.Bordeaux: Ausonius Editions, 2018, v. 1, p. 335-347.

3.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Espaço, memória e festa no Império Romano: o festival das Calendas de Janeiro em Antioquia. In: Silva, G. V.; SILVA, E. C. M.; LIMA NETO, B.. (Org.). Usos do espaço no Mundo Antigo. 1ed.Vitória: GM Editora, 2018, v. 1, p. 266-285.

4.
SILVA, GILVAN VENTURA DA; SILVA, Érica Cristhyane Morais da . Quando todos os caminhos levam a Roma: a intervenção de Inocênciio I no episódio da deposição de João Crisóstomo. In: Carolina Kesser Barcellos Dias; Semíramis Corsi Silva; Carlos Eduardo da Costa Campos. (Org.). Experiências religiosas no Mundo Antigo. 1ed.Curitiba: Prismas, 2017, v. 1, p. 273-296.

5.
SILVA, Gilvan Ventura da. Territórios do profano na cidade pós-clássica: o estranhamento de João Crisóstomo com a ágroa, em Antioquia. In: SILVA, G. V.; SILVA, E. C. M.; LIMA NETO, B. M.. (Org.). Espaços do sagrado na cidade antiga. 1ed.Vitória: GM Editora, 2017, v. 1, p. 135-155.

6.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os mártires como protetores espirituais da "pólis": João Crisóstomo e a cristianização de Antioquia (séc. IV d.C.). In: CARVALHO; M. M.; FUNARI, P. P. A.; CARLAN, C. P.; PAPA, H. A.. (Org.). Religiões e religiosidades na Antiguidade Tardia. 1ed.Curitiba: Prismas, 2017, v. 1, p. 91-114.

7.
SILVA, Gilvan Ventura da. Casamento, divórcio e violência doméstica segundo João Crisóstomo: notas sobre a 'pedagogia dos corpos" na Antiguidade Tardia. In: Lyvia Vasconcelos Baptista; Marcia Severina Vasques. (Org.). Identidade no Mundo Antigo: pesquisa, diálogos e apropriações. 1ed.Curitiba: Prismas, 2017, v. 1, p. 149-181.

8.
SILVA, Gilvan Ventura da. Judeus, judaizantes e gentios cristianizados no Império Romano: o caso de Antioquia. In: Ana Paula Tavares Magalhães; Marinalva Silveira Lima. (Org.). Cotidiano, poder e relações sociais entre a Antiguidade e a Idade Média. 1ed.Maringá: Eduem, 2016, v. 1, p. 63-79.

9.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, Érica Cristhyane Morais da . As relíquias dos mártires como esteio dos bispos: Melécio e o culto de Bábilas em Antioquia (séc. IV). In: Luciane Munhoz Omena; Pedro Paulo A. Funari. (Org.). Práticas funerárias no Mediterrâneo romano. 1ed.Jundiaí: Paco Editorial, 2016, v. 1, p. 193-224.

10.
SILVA, Gilvan Ventura da. Moses Finley (1912-1986). In: BENTIVOLGIO, J. C.; AVELAR, A.. (Org.). A afirmação da história como ciência no século XX: de Arlette Farge a Robert Mandrou. 1ed.Petrópolis: Vozes, 2016, v. 1, p. 119-131.

11.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Por uma História do Corpo na cidade. In: Pedro Paulo Funari; Margarida Maria de Carvalho; Natália Frazão José. (Org.). Diversidades epistemológicas: a teoria aplicada à pesquisa histórica. 1ed.Curitiba: Prismas, 2016, v. 1, p. 199-220.

12.
SILVA, Gilvan Ventura da. Juliano e a imagem de Antioquia no 'Misopogon'. In: Gilvan Ventura da Silva; Érica Cristhyane Morais da Silva. (Org.). Fronteiras e identidades no Império Romano. 1ed.Vitória: GM Editora, 2015, v. , p. 119-140.

13.
SILVA, Gilvan Ventura da. Vida cotidiana e relações de sociabilidade no Império Romano:o status da comunidade judaica de Antioquia. In: SILVA, G.V.; LEITE, L. R.; SILVA, E. C. M.; LIMA NETO, B. M.. (Org.). Cotidiano e socibailidades no Império Romano. 1ed.Vitória: GM Editora, 2015, v. 1, p. 51-66.

14.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, Érica Cristhyane Morais da . Os bispos como heróis da 'pólis': o elogio de João Crisóstomo a Flaviano no episódio do Levante das Estátuas (Antioquia, 387). In: Adriana Zierer; Ana Lívia B. Vieira; Elizabeth S; Abrantes. (Org.). Sonhos, mitos e heróis: memória e identidade. 1ed.São Luís: Editora UEMA, 2015, v. , p. 109-124.

15.
SILVA, Gilvan Ventura da. Ordem e desordem na cidade antiga: o teatro entre a tradição clássica e a cristã. In: VIEIRA, A. L. B.; ROSA, C. B.. (Org.). Teatro grego e romano: história, cultura e sociedade. 1ed.São Luís: Editora da UEMA; Café & Lápis, 2015, v. 1, p. 251-280.

16.
SILVA, Gilvan Ventura da. Espaço, cotidiano e sociabilidade em Antioquia: uma leitura do 'Antiochikos', de Libânio. In: CERQUEIRA, F. V.; GONÇALVES, A. T.; MEDEIROS; E. B.; BRANDÃO, J. L. R.. (Org.). Saberes e poderes no Mundo Antigo: estudos ibero-latino-americanos. 1ed.Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2013, v. 1, p. 257-274.

17.
SILVA, Gilvan Ventura da. O culto aos mártires como estratégia de cristianização do espaço urbano: o caso de Antioquia (séc. IV d.C.). In: Terezinha Oliveira. (Org.). Educação, cultura e religiosidade na Antiguidade e medievo. 1ed.Maringá: Eduem, 2013, v. 1, p. 205-214.

18.
SILVA, Gilvan Ventura da. A condição social dos professores na Antiguidade Tardia: um estudo com base no 'Didaskaleion' de Libânio. In: Terezinha Oliveira. (Org.). Os clássicos da Antiguidade sob o olhar dos intelectuais contemporâneos. 1ed.Maringá: Eduem, 2013, v. 1, p. 52-68.

19.
SILVA, Gilvan Ventura da. Imagens bordadas na pedra: os mosaicos como fonte para o estudo da sociedade romana imperial. In: Gilvan Ventura da Silva; Leni Ribeiro Leite. (Org.). As múltiplas faces do discurso em Roma: textos, inscrições, imagens. 1ed.Vitória: Edufes, 2013, v. 1, p. 153-177.

20.
SILVA, Gilvan Ventura da. Monges, bispos e santos: João Crisóstomo e as tradições do ascetismo oriental. In: SIQUEIRA, S. M.; SIQUEIRA, A. M.. (Org.). Antiguidade e Medievalidade nos textos. 1ed.Fortaleza: EDUECE, 2013, v. 1, p. 78-102.

21.
SILVA, Gilvan Ventura da. Imagens da pobreza no Império Romano: João Crisóstomo e o clamor por justiça social em Antioquia. In: OLIVEIRA, J. C. M; SELVATICI, M.. (Org.). Textos e representações da Antiguidade: transmissão e interpretações. Maringá: Eduem, 2012, v. , p. 53-71.

22.
SILVA, Gilvan Ventura da. Cidade e poder no Mundo Antigo. In: SILVA; G. V.; CAMPOS, A. P.; GIL, A. C. A.; BENTIVOGLIO, J.; NADER, M. B.. (Org.). Territórios, poderes, identidades: a ocupação do espaço entre a política e a cultura. Vitória; Paris; Braga: GM Editora; Université Paris-Est; Universidade do Minho, 2012, v. 1, p. 11-34.

23.
SILVA, Gilvan Ventura da. Ritos mágicos e sociabilidades religiosas em Antioquia: João Crisóstomo e a censura aos judeus e aos judaizantes. In: SILVA, G. V.; LEITE, L. R.; FRANCALANCI, C.; CARVALHO, R. N. B.. (Org.). Rito e celebração na Antiguidade. 1ed.Vitória: Ed. PPGL, 2012, v. 1, p. 45-56.

24.
SILVA, Gilvan Ventura da. As mulheres e os perigos da cidade: casamento espiritual, virgindade e prostiuição segundo João Crisóstomo. In: Silva, Gilvan Ventura da; Leite, Leni Ribeiro; Carvalho, Raimundo. (Org.). Gênero, religião e poder na Antiguidade: contribuilções interdisciplinares. 1ed.Vitória: GM Editora, 2012, v. , p. 31-49.

25.
SILVA, Gilvan Ventura da. Construindo fronteiras religiosas em Antioquia: as homilias 'Adversus Iudaeos' e a fixação da identidade cristã. In: TACLA, A. B.; MENDES, N. M.; CARDOSO, C. F. S.; LIMA, A. C. C.. (Org.). Uma trajetória na Grécia Antiga: homenagem A Neyde Theml. 1ed.Rio de Janeiro: Apicuri, 2011, v. 1, p. 265-300.

26.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, J. G. R. . A África do Norte na Antiguidade: cartagineses, berberes, romanos. In: CAMPOS, A. P.; SILVA, G. V.. (Org.). Os reinos africanos na Antiguidade e Idade Média: uma história para ser (re)contada. Vitória: GM Editora, 2011, v. 1, p. 41-61.

27.
SILVA, Gilvan Ventura da. A sinagoga como espaço de sociabilidade entre cristãos e judeus, em Antioquia, segundo João Crisóstomo. In: Eduardo Gusmão de Quadros; Maria da Conceição Silva. (Org.). Sociabilidades religiosas: mitos, ritos e identidades. São Paulo: Paulinas, 2011, v. , p. 33-52.

28.
SILVA, Gilvan Ventura da. Confrontando o judaísmo e o paganismo: João Crisóstomo e a delimitação das fronteiras religiosas na cidade antiga. In: ROSA, C. B.; TACLA, A. B.; MARQUES, J. B.; MENDES, N. M.. (Org.). A busca do antigo. Rio de Janeiro: Nau, 2011, v. , p. 81-92.

29.
SILVA, Gilvan Ventura da. l'idea di tolleranza religiosa fra l'antichità ed il Rinascimento. In: SALAS, O. D. A.; VALENCIA, A. A.. (Org.). Cultura Clásica y su tradición: balance y perspectivas actuales. 1ed.México, Distrito Federal: Universidad Nacional Autónoma de México, 2011, v. III, p. 249-259.

30.
SILVA, Gilvan Ventura da. "Purificando" a cidade antiga: João Crisóstomo e a censura ao teatro e às atrizes. In: SOUZA, A. M.; GONÇALVES, A. T. M.; MATA, G. M.. (Org.). Dinâmicas socioculturais na Antiguidade Mediterrânica: memórias, identidades, imaginários sociais. Goiânia: Editora da PUC Goiás, 2011, v. 1, p. 293-312.

31.
SILVA, Gilvan Ventura da. Qualche riflessione sull'idea di città nell'Oratio XI di Libanio. In: LAGACHERIE, O.; MALOSSE, P. L.. (Org.). Libanios, le premier humaniste: études en hommage à Bernard Schouler. Alessandria: Edizioni dell'Orso, 2011, v. , p. 133-140.

32.
SILVA, Gilvan Ventura da. Exército, Igreja e migrações bárbaras no Império Romano: João Crisóstomo e a revolta de Gainas. In: FUNARI, P. P.; CARLAN, C. P.; SILVA, E. M.; CARVALHO, M. M.. (Org.). História Militar do Mundo Antigo: Guerras e representações. São Paulo: Annablume, 2011, v. II, p. 249-270.

33.
SILVA, Gilvan Ventura da. A cristianização do Império Romano: algumas considerações de caráter historiográfico. In: CANDIDO, M. R.; CAMPOS, C. E. C.. (Org.). Práticas religiosas no Mediterrâneo antigo. 1ed.Rio de Janeiro: Nea/Uerj, 2011, v. , p. 70-87.

34.
SILVA, Gilvan Ventura da. O sentido político da prédica cristã no Império Romano: João Crisóstomo e a reforma da cidade antiga. In: ARAUJO, S. R> R.; ROSA, C. B.; JOLY, F. D.. (Org.). Intelectuais, poder e política na Roma Antiga. Rio de Janeiro: Nau, 2010, v. , p. 235-271.

35.
SILVA, Gilvan Ventura da. A apropriação do território urbano pelos cristãos no fim do Império Romano. In: SILVA, G. V.; FRANCO, S. P.; NADER, M. B.; CAMPOS, A. P.; FELDMAN, S. A.. (Org.). A cidade à prova do tempo: vida cotidiana e relações de poder nos ambientes urbanos. 1ed.Vitória/Paris: GM Editora/ Université Paris-Est, 2010, v. , p. 63-89.

36.
SILVA, Gilvan Ventura da. Confrontando o etnocentrismo grego: Libânio e o ensino de latim e de direito no Oriente. In: Terezinha Oliveira. (Org.). História e historiografia da Educação nos clássicos: estudos sobre Antiguidade e Medievo. Dourados: Editora UEMS, 2010, v. , p. 121-144.

37.
SILVA, Gilvan Ventura da. Prosélitos e judaizantes na legislação imperial do século IV. In: Fábio de Souza Lessa; Regina Maria da Cunha Bustamante. (Org.). Dialogando com Clio. 1ed.Rio de Janeiro: Mauad X, 2009, v. 1, p. 155-173.

38.
SILVA, Gilvan Ventura da. Filipe, Alexandre e a formação dos reinos helenísticos. In: Gilvan Ventura da Silva. (Org.). Grécia, Roma e o Oriente: da crise da "pólis" à época helenística (404-31 a.C.). Vitória: Flor & Cultura, 2009, v. 1, p. 37-67.

39.
SILVA, Gilvan Ventura da. Economia, sociedade e cultura na época helenística. In: Gilvan Ventura da Silva. (Org.). Grécia, Roma e o Oriente: da crise da 'pólis' à época helenística (404-31 a.C.). 1ed.Vitória: Flor & Cultura, 2009, v. 1, p. 69-100.

40.
SILVA, Gilvan Ventura da; GONÇALVES, A. T. M. . O ensino de História Antiga nos livros didáticos brasileiros: balanço e perspectivas. In: André Leonardo Chevitarese; Gabriele Cornelli; Maria Aparecida de Oliveira Silva. (Org.). A tradição clássica e o Brasil. Brasília: Fortium, 2008, v. 1, p. 21-34.

41.
SILVA, Gilvan Ventura da. Humanismo e tolerância religiosa: é possível aprendermos com os romanos?. In: Gilvan Ventura da Silva. (Org.). Conflito cultural e intolerância religiosa no Império Romano. 1ed.Vitória: GM Editora, 2008, v. 1, p. 7-17.

42.
SILVA, Gilvan Ventura da. Religion, identity and conflict in the Later Roman Empire: Constantine and the contention for the 'dominium mundi' (312-324). In: FUNARI, P. P.; GARRAFONI, R. S..; LETALIEN, B.. (Org.). New perspectives on the Ancient World. Oxford: Archaeopress/Fapesp, 2008, v. 1, p. 227-232.

43.
SILVA, Gilvan Ventura da. A deposição de João Crisóstomo e a polêmica Império/Igreja na corte de Arcádio e Eudóxia. In: CAMPOS, A. P.; SILVA, G. V. da; NADER, M. B.; FRANCO; S. P.; FELDMAN, S. A.. (Org.). Os impérios e suas matrizes políticas e culturais. 1ed.: , 2008, v. 1, p. 53-79.

44.
SILVA, Gilvan Ventura da. História, verdade e justiça em Amiano Marcelino. In: Fabio Duarte Joly. (Org.). História e retórica, ensaios sobre historiografia antiga. 1ed.São Paulo: Alameda, 2007, v. , p. 165-182.

45.
SILVA, Gilvan Ventura da. Ascetismo e disciplina no Baixo Império Romano: a 'fabricação' do corpo do anacoreta na 'História Lausíaca'. In: Olga M. M. C. de Souza; Michael Soubbotnik. (Org.). O corpo e suas fic (xa) ções. 1ed.Vitória: PPGL/MEL, 2007, v. , p. 23-37.

46.
SILVA, Gilvan Ventura da. Exército, disciplina e barbárie no Baixo Império: Flávio Vegécio e a defesa das tradições militares romanas. In: CERQUEIRA, F. V.; GONÇALVES, A. T.; NOBRE, C. K.; SILVA. G. J.; VARGAS, A. Z.. (Org.). Guerra e paz no Mundo Antigo. 1ed.Pelotas: Lepaarq, 2007, v. , p. 75-86.

47.
SILVA, Gilvan Ventura da. Conflito, 'paideia' e magia no século IV: a concorrência entre os professores nas cidades do Oriente. In: SILVA, G. V. da; FRANCO, S. P.; SIMÕES, R. H.. (Org.). História e Educação: territórios em convergência. 1ed.Vitória: GM Editora, 2007, v. 1, p. 11-34.

48.
SILVA, Gilvan Ventura da. A África na Antiguidade. In: CAMPOS, A. P. ; SILVA, G. V.. (Org.). Da África ao Brasil: itinerários históricos da cultura negra. Vitória: Flor & Cultura, 2007, v. , p. 11-41.

49.
SILVA, Gilvan Ventura da. A masculinização das devotas no século IV d.C.: Eustácio de Sebaste e as tradições heréticas do ascetismo. In: Gilvan Ventura da Silva; Maria Beatriz Nader; Sebastião Pimentel Franco. (Org.). História, mulher e poder. 1ed.Vitória: Edufes, 2006, v. 1, p. 40-59.

50.
SILVA, Gilvan Ventura da; MENDES, Norma Musco . Diocleciano e Constantino: a construção do 'Dominato'. In: Gilvan Ventura da Silva; Norma Musco Mendes. (Org.). Repensando o Império Romano; perspectiva socioeconômica, política e cultural. 1ed.Rio de Janeiro / Vitória: Mauad / Edufes, 2006, v. 1, p. 193-221.

51.
SILVA, Gilvan Ventura da. A relação Estado/Igreja no Império Romano: séculos III e IV. In: Gilvan Ventura da Silva; Norma Musco Mendes. (Org.). Repensando o Império Romano: perspectiva socioeconômica, política e cultural. 1ed.Rio de Janeiro / Vitória: Mauad / Edufes, 2006, v. 1, p. 241-266.

52.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, É. C. M. E. . Pobreza, caridade e exclusão social no Império Romano: Gregório de Nazianzo e a representação cristã dos leprosos. In: Maria Teresa Toríbio Brittes Lemos. (Org.). Religião, violência e exclusão. 1ed.Rio de Janeiro: 7Letras, 2006, v. , p. 171-191.

53.
SILVA, Gilvan Ventura da. A redefinição do papel feminino na Igreja primitiva: virgens, viúvas, diaconisas e monjas. In: SILVA, G. V. da; NADER, M. B.; FRANCO, S. P.. (Org.). As identidades no tempo: ensaios de gênero, etnia e religião. 1ed.Vitória: Edufes, 2006, v. 1, p. 321-352.

54.
SILVA, Gilvan Ventura da. A orientalização do Império Romano: aspectos religiosos. In: Ruy de Oliveira Andrade Filho. (Org.). Relações de poder, educação e cultura na Antigüidade e Idade Média. 1ed.Santana do Parnaíba: Solis, 2005, v. 0, p. 195-208.

55.
SILVA, Gilvan Ventura da. Imagens do futuro segundo a tradição apocalíptica: o testemunho do 'Apocalipse de Tomé'. In: Gilvan Ventura da Silva. (Org.). Religião e pensamento político no Mundo Antigo: entre a tradição clássica e a cristã. 1ed.Vitória: PPGHIS/UFES, 2005, v. , p. 29-38.

56.
SILVA, Gilvan Ventura da. O nascimento de uma cidade: Constantinopla e sua herança pagã e cristã. In: Gilvan Ventura da Silva. (Org.). Religião e pensamento político no Mundo Antigo: entre a tradição clássica e a cristã. 1ed.Vitória: PPGHIS/UFES, 2005, v. , p. 59-74.

57.
SILVA, Gilvan Ventura da. Humanismo latino e tolerância religiosa. In: Maria Cristina Dadalto; Adilson Villaça. (Org.). Legado do humanismo latino. 1ed.Vitória: Fondazione Cassamarca, 2004, v. 1, p. 27-47.

58.
SILVA, Gilvan Ventura da. Representação social, identidade e estigmatização: algumas considerações de caráter teórico. In: FRANCO, Sebastião Pimentel; SILVA, Gilvan Ventura da; LARANJA, Anselmo Laghi. (Org.). Exclusão social, violência e identidade. 1ed.Vitória: Flor&Cultura, 2004, v. 1, p. 13-29.

59.
SILVA, Gilvan Ventura da. Representando a alteridade no Baixo Império: os judeus e a construção de uma identidade romano-cristã. In: Gilvan Ventura da Silva; Adriana Pereira Campos; Sebastião Pimentel Franco;. (Org.). História, Violência e Imaginário Político. 1ed.Vitória: PPGHIS/UFES, 2004, v. , p. 1-9.

60.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, Érica Cristhyane Morais da . A ação assistencialista e a representação dos judeus no imaginário cristão do século IV. In: Gilvan Ventura da Silva; Adriana Pereira Campos; Sebastião Pimentel Franco. (Org.). História, Violência e Imaginário Político. 1ed.Vitória: PPGHIS/UFES, 2004, v. , p. 10-16.

61.
SILVA, Gilvan Ventura da. A África na Antigüidade. In: CAMPOS, A. P.; SILVA, G. V.. (Org.). A África Antiga. Vitória: Flor & Cultura, 2004, v. 1, p. 1-22.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SILVA, Gilvan Ventura da. Um país em disputa. Leituras da História, São Paulo, p. 14 - 21, 07 jan. 2008.

2.
SILVA, Gilvan Ventura da. O cristianismo sob Roma. Leituras da História, São Paulo, p. 38 - 47, 01 jul. 2007.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, Gilvan Ventura da. O teatro como fonte de 'stásis': um olhar sobre a cristianização de Antioquia segundo João Crisóstomo. In: XIV Jornadas Interescuelas/Departamentos de Historia, 2013, Mendoza. Anais de la XIV Jornadas Interescuelas/Departamentos de Historia. Mendoza: Universidad de Cuyo, 2013. v. 1. p. 1-18.

2.
SILVA, Gilvan Ventura da. Uma cidade na alma: João Crisóstomo e a formação dos 'atletas' de Cristo. In: II Congresso Internacional UFES/Université Paris-Est: Cidade, cotidiano e poder, 2009, Vitória. Anais Eletrônicos do II Congresso Internacional UFES/Université Paris-Est. Vitória: GM Editora, 2009. v. 1. p. 1-9.

3.
SILVA, Gilvan Ventura da. Construindo fronteiras religiosas no Império Romano: João Crisóstomo e a polêmica com os judeus e judaizantes em Antioquia. In: XXV Simpósio Nacional de História da ANPUH, 2009, Fortaleza. Anais do XXV Simpósio Nacional de História da ANPUH. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará, 2009. v. 1. p. 1-9.

4.
SILVA, Gilvan Ventura da. Dialogando com a Antropologia e a Psicologia Social: a propósito da estigmatização dos judeus e judaizantes de Antioquia por João Crisóstomo. In: XXIV Simpósio Nacional de História da ANPUH, 2007, São Leopoldo. Anais do XXIV Simpósio Nacional de História - HIstória e multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos. São Leopoldo: Unisinos, 2007. p. 1-8.

5.
SILVA, Gilvan Ventura da. Um exemplo da polêmica Império/Igreja no fim do Mundo Antigo: João Crisóstomo e o conflito com a corte de Constantinopla. In: Congresso Internacional UFES/Université Paris-Est, 2007, Vitória. Anais Eletrônicos do Congresso Internacional UFES/Université Paris-Est - Impérios, religiosidades e etnias. Vitória: GM Editora, 2007. v. 1. p. 1-10.

6.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os desafios de se estudar História Antiga na América Latina. In: Fórum de Debates Povos e Culturas das Américas, 2006, Vitória. Anais Eletrônicos do Fórum de Debates Povos e Culturas das Américas. Vitória: PPGHIS/UFES, 2006. v. 1. p. 1-12.

7.
SILVA, Gilvan Ventura da. Guerra e disciplina no Baixo Império: a formação do soldado romano segundo o testemunho de Vegécio. In: XXIII Simpósio Nacional de História, 2005, Londrina. História: Guerra e Paz. Londrina: Mídia, 2005. v. 1. p. 1-7.

8.
SILVA, Gilvan Ventura da. Vertentes da intolerância religiosa no Império Romano: o caso dos judeus. In: V Congresso da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos, 2005, Pelotas. Anais do V Congresso da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos: Fronteiras e Etnicidade no Mundo Antigo. Pelotas: Editora da UFPEL, 2005. v. 1. p. 167-177.

9.
SILVA, Gilvan Ventura da. Matrizes teóricas contemporâneas para a compreensão dos conceitos de representação e identidade. In: IX Congreso de la Sociedad Latinoamericana de Estudios sobre America Latina y el Caribe, 2005, Rio de Janeiro. A integração da diversidade racial e cultural do Novo Mundo. Rio de Janeiro: Editora da UERJ, 2005. p. 1-12.

10.
SILVA, Gilvan Ventura da. Temístio de Bizâncio e a defesa da liberdade religiosa no 'Panegírico a Joviano'. In: XVII Encontro da ANPUH-SP, 2004, Campinas. Anais do XVII Encontro da ANPUH-SP - O lugar da História. Campinas: Editora da Unicamp, 2004. v. 1. p. 1-8.

11.
SILVA, Gilvan Ventura da. Imagens do futuro segundo a tradição apocalíptica: o testemunho do 'Apocalipse de Tomé' (séc. IV-V d.C.). In: XXII Simpósio Nacional de História, 2003, João Pessoa. Anais Eletrônicos do XII Simpósio Nacional de História, 2003. v. 1. p. 01-07.

12.
SILVA, Gilvan Ventura da. O nascimento de uma cidade: Constantinopla e sua herança pagã e cristã. In: I Encontro Regional da Associação Nacional de Professores de História (ANPUH-BA), 2002, Ilhéus. Anais Eletrônicos do I Encontro Regional de História da ANPUH-BA, 2002. v. 1. p. 12-24.

13.
SILVA, Gilvan Ventura da. História Antiga e Livro Didático: uma parceria nem sempre harmoniosa. In: III Encontro Regional da ANPUH-ES, 2001, Vitória. Anais do III Encontro Regional de História da ANPUH-ES, 2000. v. 1. p. 1-6.

14.
SILVA, Gilvan Ventura da. Limites e possibiidades da ação política popular no Baixo Império romano. In: XIX Simpósio Nacional de História da Associação Nacional de Professores de História (ANPUH), 1998, Belo Horizonte. História e Cidadania - XIX Simpósio Nacional de História - ANPUH, 1998. p. 87-99.

15.
SILVA, Gilvan Ventura da. A configuração da plebe urbana no contexto dos levantes populares do IV século. In: III Congresso Nacional de Estudos Clássicos, 1995, Rio de Janeiro. Anais do III Congresso Nacional de Estudos Clássicos, 1995. p. 53-59.

16.
SILVA, Gilvan Ventura da. Weber e Marx: duas propostas de teorização sobre a desagregação do Império Romano do Ocidente. In: II Congresso Nacional de Estudos Clássicos, 1991, São Paulo. Atas do II Congresso Nacional de Estudos Clássicos, 1990. p. 463-470.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, Gilvan Ventura da. Considerações sobre o estudo das ruas na Antiguidade: Antioquia e a avenida das colunatas. In: II Simpósio do Larp - 'Atualizando o passado romano: pesquisa, educação e as humanidades digitais', 2018, São Paulo. Caderno de Resumos do II Simpósio do Larp. São Paulo: Larp-Mae, 2018. v. 1. p. 19-19.

2.
SILVA, Gilvan Ventura da. Espaço, identidade e festa no Império Romano: o festival das Calendas de Janeiro em Antioquia (séc. IV). In: VII Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais, 2017, Franca. Caderno de Programação e Resumos do VII Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais. Franca: Gleir da Unesp/Franca, 2017. v. 1. p. 31-31.

3.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Territórios do profano na cidade pós-clássica: o estranhamento de João Crisóstomo com a ágora, em Antioquia. In: I Colóquio Internacional de Estudos Greco-Romanos, 2016, Vitória. Programa e resumos do I Colóquio Internacional e Estudos Greco-Romanos. Vitória: Leir/Ufes, 2016. v. 1. p. 15-15.

4.
SILVA, Gilvan Ventura da. Atributos e poderes da realeza segundo João Crisóstomo: um estudo com base no tratado 'Uma comparação entre o rei e o monge'. In: IV Colóquio Internacional do Leir - Imperadores e governantes da Antiguidade Clássica e Tardia: estratégias bélicas, políticas e culturais, 2015, Franca. Caderno de Resumos do IV Colóquio Internacional do Leir. Franca: Gleir/Unesp-Franca, 2015. p. 40-40.

5.
SILVA, Gilvan Ventura da. Artes do fazer e usos do saber no Império Romano: 'lendo' os mosaicos de Antioquia. In: X Ciclo de Estudos Antigos e Medievais - 'Saberes e fazeres', 2014, Londrina. Caderno de Resumos do X CIclo de Estudos Antigos e Medievais. Londrina: PPGHIS/UEL, 2014. v. 1. p. 16-16.

6.
SILVA, Gilvan Ventura da. Conflito religioso e simbolismo arquitetônico no Império Romano: o ataque aos templos pagãos de Antioquia segundo Libânio (séc. IV d.C.). In: IV Congreso Internacional de Estudios Clásicos en México, 2014, Ciudad de México. Pragrama del IV Congreso Internacional de Estudios Clásicos en México. Ciudade de México: Instittuto de Investigaciones Filológicas, 2014. p. 112-113.

7.
SILVA, Gilvan Ventura da. Homilia e formação cristã na Antiguidade Tardia: a relação corpo, igreja e cidade segundo João Crisóstomo. In: Jornada de Estudos Antigos e Medievais/IV Jornada Internacional de Estudos Antigos e Medievais, 2013, Maringá. Caderno de Resumos da IV Jornada Internacional de Estudos Antigos e Medievais. Maringá: PPGE, 2013. v. 1. p. 16-16.

8.
SILVA, Gilvan Ventura da. João Crisóstomo e a defesa do 'corpo' da igreja. In: V Colóquio Internacional do Laboratório de Estudos sobre o Império Romano, 2013, Vitória. Programa e Resumos do V Colóquio Internacional do Laboratório de Estudos sobre o Império Romano. Vitória: Leir/ES, 2013. p. 18-19.

9.
SILVA, Gilvan Ventura da. A cidade representada pelo poder imperial: Juliano e a censura à população de Antioquia no 'Misopogon'. In: I Simpósio do Laboratório de Arqueologia Romana Provincial - Representações da romanização no mundo provincial romano, 2013, São Paulo. Caderno de resumos do I Simpósio do Larp. São Paulo: MAE/USP, 2013. p. 7-8.

10.
SILVA, Gilvan Ventura da. Monges, bispos e santos: João Crisóstomo e as tradições do ascetismo oriental. In: II Encontro Internacional PEM-UFG e II Encontro Abrem Centro-Oeste, 2012, Goiânia. Caderno de Resumos do II Encontro Internacional PEM-UFG e II Encontro Abrem Centro-Oeste. Goiânia: Faculdade de História da UFG, 2012. p. 16-16.

11.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os apuros de um professor: Libânio e o cotidiano escolar em Antioquia (séc. IV). In: XI Jornada de Estudos Antigos e Medievais e IX Ciclo de Estudos Antigos e Medievais do Paraná e Santa Catarina, 2012, Maringá. Caderno de Resumos da Jornada de Estudos Antigos e Medievais - Imagens, cultura e religiosidade na Educação. Maringá: PPGE/UEM, 2012. v. 1. p. 24.

12.
SILVA, Gilvan Ventura da. Celebrando a memória dos mártires: João Crisóstomo e a produção de isotopias cristãs em Antioquia. In: II Jornada de Estudos Clássicos da Ufes - Rito e celebração na Antiguidade, 2011, Vitória. Programação e resumos da II Jornada de Estudos Clássicos da Ufes - Rito e celebração na Antiguidade. Vitória: PPGHIS/PPGHL-UFES, 2011. p. 13-13.

13.
SILVA, Gilvan Ventura da. Figuras da desordem na cidade antiga: João Crisóstomo e a censura ao teatro. In: IV Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais, 2011, Assis. Programação e resumos do IV Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais. Assis: Neam/Unesp, 2011. v. 1. p. 24-25.

14.
SILVA, Gilvan Ventura da. Uma cidade em tempo de transição: as transformações no espaço urbano de Antioquia no final do Império Romano. In: IV Colóquio Internacional do LEIR, 2011, Mariana. Caderno de resumos do IV Colóquio Internacional do LEIR. Mariana: Leir/UFOP, 2011. v. 1. p. 15-15.

15.
SILVA, Gilvan Ventura da. Ordem e desordem na cidade antiga: o teatro entre a tradição clássica e a cristã. In: III Congresso Internacional UFES/Université Paris-Est/Universidade do Minho, 2011, Vitória. Anais Eletrônicos do III Congresso Internacional Ufes/université Paris-Est/Universidade do Minho. Vitória: GM Editora, 2011. v. 1. p. 1-1.

16.
SILVA, Gilvan Ventura da. Discutindo a construção das fronteiras religiosas em Antioquia: João Crisóstomo e a cristianização do espaço urbano. In: VII Encontro Nacional do GTHA, 2010, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos do VII Encontro Nacional do GHTA - A busca do antigo. Rio de Janeiro: UniRio, 2010. v. 1. p. 34-34.

17.
SILVA, Gilvan Ventura da. Espaço, cotidiano e sociabilidade em Antioquia: uma leitura do "Antiochikos", de Libânio. In: I Encontro Internacional do Laboratório de Estudos sobre o Império Romano, 2010, Franca. Caderno de programação e resumos do I Encontro Internacional do Laboratório de Estudos sobre o Império Romano. Franca: Programa de Pós-Graduação em História da Unesp, 2010. p. 23-23.

18.
SILVA, Gilvan Ventura da. Imagens da pobreza no Império Romano: João Crísóstomo e o clamor por justiça social em Antioquia. In: VIII Ciclo de Estudos Antigos e Medievais/IX Jornada de Estudos Antigos e Medievais, 2010, Londrina. Anais da IX Jornada de Estudos Antigos e Medievais. Londrina: Editora da UEL, 2010. v. 1. p. 23-23.

19.
SILVA, Gilvan Ventura da. Aspectos da sociabilidade religiosa em Antioquia: João Crisóstomo e a acusação de magia contra os judeus. In: I Congresso Internacional de Religião, mito e magia no Mundo Antigo, 2010, Rio de Janeiro. Fórum de Debates em História Antiga. Rio de Janeiro: Nucleo de Estudos da Antiguidade, 2010. v. 1. p. 9-9.

20.
SILVA, Gilvan Ventura da. Construindo fronteiras religiosas no Império Romano: João Crisóstomo e a polêmica com os judeus e judaizantes em Antioquia. In: XXV Simpósio Nacional de História, 2009, Fortaleza. Caderno de Resumos do XXV Simpósio Nacional de História. Fortaleza: Fortaleza Editora, 2009. p. 35-35.

21.
SILVA, Gilvan Ventura da. Homilia e retórica no Império Romano: João Crisóstomo e o enfrentamento com os judeus e judaizantes em Antioquia. In: XIX Ciclo de Debates em História Antiga - Encontros e enfrentamentos, 2009, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos do XIX Ciclo de Debates em História Antiga. Rio de Janeiro: LHIA/UFRJ, 2009. v. 1. p. 31-31.

22.
SILVA, Gilvan Ventura da. Uma cidade na alma: João Crisóstomo e a formação dos 'atletas' de Cristo. In: II Congresso Internacional UFES/Université Paris-Est - Cidade, cotidiano e poder, 2009, Vitória. Anais Eletrônicos do II Congresso Internacional UFES/Université Paris-Est. Vitória: GM Editora, 2009. v. 1. p. 108-109.

23.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os judaizantes no século IV: um obstáculo à afirmação da ordem imperial cristã. In: VI Encontro Nacional de História Antiga, 2008, Pelotas. Caderno de Resumos do VI Encontro Nacional de História Antiga. Pelotas: Editora da UFPEL, 2008. v. 1. p. 15-15.

24.
SILVA, Gilvan Ventura da. Cultural hybridity and religious interaction in the Later Roman Empire: some remarks on the judaizing movement in Antioch. In: II Congreso Internacional de Estudios Clásicos en México: la Antigüedad Clásica, alcances interdisciplinarios de su estudio actual, 2008, Ciudad de México. Programa e Resumos do II Congreso Internacional de Estudios Clásicos en México: la Antigüedad Clásica, alcances interdisciplinarios de su estudio actual. Ciudad de Mexico: Instituto de Investigaciones Filologicas de la UNAM, 2008. v. 1. p. 98-99.

25.
SILVA, Gilvan Ventura da. Prosélitos e judaizantes na legislação imperial do século IV. In: XVIII Ciclo de Debates em História Antiga: Dialogando com Clio, 2008. Caderno de Resumos do XVIII Ciclo de Debates em História Antiga: Dialogando com Clio. Rio de Janeiro: IFCS/UFRJ, 2008. v. 1. p. 53-54.

26.
SILVA, Gilvan Ventura da. Dialogando com a Antropologia e a Psicologia Social: a propósito da estigmatização dos judeus e judaizantes de Antioquia por João Crisósostomo. In: XXIV Simpósio Nacional de História da ANPUH, 2007, São Leopoldo. Caderno de Resumos do XXIV Simpósio Nacional da ANPUH. São Leopoldo: Oikos, 2007. v. 1. p. 40-41.

27.
SILVA, Gilvan Ventura da. As relações de sociabilidade entre judeus e cristãos em Antioquia. In: IX Ciclo de Estudos Antigos e Medievais, 2007, Franca. Resumos do IX Ciclo de Estudos Antigos e Medievais. Franca: UNESP/Franca, 2007. v. 1. p. 15-15.

28.
SILVA, Gilvan Ventura da. Um exemplo da polêmica Império/Igreja no fim do Mundo Antigo: João Crisóstomo e o conflito com a corte de Constantinopla. In: Congresso Internacional UFES/Université Paris-Est - Impérios, religiosidades e etnias, 2007, Vitória. Programação e Resumos do Congresso Internacional UFES/Université Paris-Est. Vitória: Gm Gráfica e Editora, 2007. v. 1. p. 71-71.

29.
SILVA, Gilvan Ventura da. Paládio de Helenópolis e o status das devotas cristãs no Baixo Império romano. In: V Encontro Nacional do GT de História Antiga da ANPUH, 2006, Goiânia. Programação e Resumos do V Encontro Nacional do GT de História Antiga da ANPUH. Goiânia: Kelps, 2006. v. 1. p. 28-28.

30.
SILVA, Gilvan Ventura da. Educação, filosofia e poder no século IV: Temístio de Bizâncio e a defesa da ação pública dos filósofos na Oratio XXVI. In: I Seminário Interdisciplinar em História e Educação, 2006, Vitória. Caderno de Resumos do I Seminário Interdisciplinar em História e Educação, 2006. p. 45-45.

31.
SILVA, Gilvan Ventura da. Igreja, festa e poder no Baixo Império romano: a propósito da 'Oração à assembléia dos santos', de Constantino. In: VI Congresso da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos, 2005, Rio de Janeiro. Caderno de Programação e Resumos do VI Congresso da SBEC. Rio de Janeiro: Mauad, 2005. v. 1. p. 44-45.

32.
SILVA, Gilvan Ventura da. Guerra e disciplina no Baixo Império: a formação do soldado romano segundo o testemunho de Vegécio. In: XXIII Simpósio Nacional de História, 2005, Londrina. Programas e resumos do XXIII Simpósio Nacional de História da ANPUH. Londrina: Mídia, 2005. v. 1. p. 228-228.

33.
SILVA, Gilvan Ventura da. Formas de apropriação da cultura clássica na América Latina. In: Pré-Congresso FIEALC/SOLAR/UERJ/UFES, 2005, Rio de Janeiro e Vitória. Programa e Resumos do Pré-Congresso. Rio de Janeiro: UERJ, 2005. v. 1. p. 111-111.

34.
SILVA, Gilvan Ventura da. A idéia de tolerância religiosa entre a Antigüidade e o Renascimento. In: Primer Congreso Internacional de Estudios Clásicos en México: Cultura Clásica y su tradición, 2005, Cidade do México. Caderno de Resumos do Primer Congreso Internacional de Estudios Clásicos en México, 2005. v. 1. p. 118-118.

35.
SILVA, Gilvan Ventura da; ZARDINI, Thiago Brandão . Identidade e usurpação no IV século d.C.: a construção da imagem imperial no panegírico de Teodósio Augusto. In: XV Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2005, Vitória. Cadernos de resumos no XV Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2005. v. 1. p. 106-106.

36.
SILVA, Gilvan Ventura da; ENTRINGER, Giovanna . Intolerância e conflito religioso em Alexandria: Atanásio e sua crítica à política arianista de Constâncio II. In: XV Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2005, Vitória. Caderno de Resumos da XV Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2005. p. 106-106.

37.
SILVA, Gilvan Ventura da; PENHA, Simone Rezende da . Presságios de nascimento, destino e morte: política e religião no Principado romano. In: XV Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2005, Vitória. Caderno de Resumos da XV Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2005. p. 107-107.

38.
SILVA, Gilvan Ventura da. Temístio de Bizâncio e a defesa da liberdade religiosa no 'Panegírico a Joviano'. In: XVII Encontro da ANPUH-SP, 2004, Campinas. Programação e Resumos do XVII Encontro da ANPUH-SP. Campinas: Editora da UNICAMP, 2004. v. 1. p. 149-149.

39.
SILVA, Gilvan Ventura da. Representação social, identidade e estigmatização: algumas considerações de caráter teórico. In: IX Congreso de la Solar, 2004, Rio de Janeiro. A integração da diversidade racial e cultural do Novo Mundo. Rio de Janeiro: Editora da Uerj, 2004. v. 1. p. 92-92.

40.
SILVA, Gilvan Ventura da; PEREIRA, Fernanda Coimbra da Costa . Filosofia, religião e política no Baixo Império Romano: o testemunho de Eunápio de Sárdis em 'A vida dos sofistas'. In: XIV Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2004, Vitória. Caderno de Resumos da XIV Jornada de Iniciação Científica da UFES. Vitória: PRPPG/UFES, 2004. v. 1. p. 55-55.

41.
SILVA, Gilvan Ventura da; TIGGES JÚNIOR, Paulo Roberto . A santificação do imperador Constâncio Cloro e da imperatriz Helena na obra 'Vida de Constantino'. In: XIV Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2004, Vitória. Caderno de Resumos da XIV Jornada de Iniciação Científica da UFES. Vitória: PRPPG/Ufes, 2004. v. 1. p. 57-57.

42.
SILVA, Gilvan Ventura da; AZEVEDO, Thaiz Dias de . Política e religião no Baixo Império romano: a representação dos judeus na obra 'Contra os galileus', de Juliano (361-363). In: XIV Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2004, Vitória. Caderno de Resumos da XIV Jornada de Iniciação Científica da UFES. Vitória: PRPPG/UFES, 2004. v. 1. p. 57-58.

43.
SILVA, Gilvan Ventura da. Imagens do futuro segundo a tradição apocalíptica: o testemunho do 'Apocalipse de Tomé' (séc. IV-V d.C.). In: XXII Simpósio Nacional de História, 2003, João Pessoa. Caderno de Programação e Resumos do XXII Simpósio Nacional de História, 2003. v. 1. p. 283-283.

44.
SILVA, Gilvan Ventura da; SANTOS, M. G. . O processo estigmatizante dos principais líderes do gnosticismo, na obra 'Contra as heresias', de Irineu de Lião. In: XXII Simpósio Nacional de História, 2003, João Pessoa. Caderno de Programação e Resumos do XXII Simpósio Nacional de História, 2003. v. 1. p. 294-294.

45.
SILVA, Gilvan Ventura da; MACHADO, L. R. . Guerra e resistência hebraica contra Roma na perspectiva de Flávio Josefo (66 d.C.). In: XXII Simpósio Nacional de História, 2003, João Pessoa. Caderno de Programação e Resumos do XXII Simpósio Nacional de História, 2003. v. 1. p. 295-295.

46.
SILVA, Gilvan Ventura da. Representando a alteridade no Baixo Império: os judeus e a construção de uma identidade romano-cristã. In: V Congresso da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos, 2003, Pelotas. Caderno de Programação e Resumos do V Congresso da SBEC, 2003. v. 1. p. 26-26.

47.
SILVA, Gilvan Ventura da. Vertentes da intolerância religiosa no Baixo Império: o caso dos judeus. In: XIV Simpósio de História - História, Violência e Imaginário Político, 2003, Vitória. Caderno de Resumos do XIV Simpósio de História. Vitória: Flor & Cultura Editores, 2003. p. 74-75.

48.
SILVA, Gilvan Ventura da; CID, D. H. K. . Paládio de Helenópolis e a construção da imagem das devotas pobres na 'História Lausíaca'. In: XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003, Vitória. Caderno de Resumos da XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003. v. 1. p. 49-49.

49.
SILVA, Gilvan Ventura da; EWALD, G. S. . A prática do martírio durante a Grande Perseguição: o testemunho de Eusébio de Cesaréia. In: XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003, Vitória. Caderno de Resumos da XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003. v. 1. p. 49-50.

50.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, É. C. M. E. . Caridade, pobreza e a representação dos judeus em João Crisóstomo. In: XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003, Vitória. Caderno de Resumos da XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003. v. 1. p. 50-50.

51.
SILVA, Gilvan Ventura da; SANTOS, M. G. . O processo estigmatizante dos principais líderes do gnosticismo na obra 'Contra as heresias', de Irineu de Lião. In: XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003, Vitória. XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003. v. 1. p. 50-50.

52.
SILVA, Gilvan Ventura da; MACHADO, L. R. . Guerra e resistência hebraica contra Roma na perspectiva de Flávio Josefo. In: XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003, Vitória. Caderno de Resumos da XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003. v. 1. p. 51-51.

53.
SILVA, Gilvan Ventura da; TIGGES, P. R. . A associação entre a imagem de Jesus e a do imperador Constantino na obra 'Vida de Constantino'. In: XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003, Vitória. Caderno de Resumos da XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003. v. 1. p. 51-51.

54.
SILVA, Gilvan Ventura da; AZEVEDO, Thaiz Dias de . Um estudo acerca da intolerância presente no IV século com base nas cartas do imperador Juliano (361-363). In: XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003, Vitória. Caderno de Resumos da XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003. v. 1. p. 51-52.

55.
SILVA, Gilvan Ventura da; BARBOSA, S. N. . Adultério, sexualidade e magia na obra 'O asno de Ouro', de Apuleio de Madaura. In: XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003, Vitória. Caderno de Resumos da XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003. v. 1. p. 52-52.

56.
SILVA, Gilvan Ventura da; PEREIRA, Fernanda Coimbra da Costa . Filosofia, religião e poder na obra 'Vida dos sofistas', de Eunápio de Sárdis. In: XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003, Vitória. Caderno de Resumos XIII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2003. v. 1. p. 53-53.

57.
SILVA, Gilvan Ventura da. O nascimento de uma cidade: Constantinopla e sua herança pagã e cristã. In: I Encontro Regional da Associação Nacional de Professores de História (ANPUH-BA), 2002, Ilhéus. Livro de Resumos do I I Encontro Regional da Associação Nacional de Professores de História (ANPUH-BA), 2002. v. 1. p. 76-77.

58.
SILVA, Gilvan Ventura da; CID, D. H. K. . Paládio de Helenópolis e a construção de um novo paradigma de mulher cristã no Baixo Império romano. In: XII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2002, Vitória. Caderno de Resumos da XII Jornada de Iniciação Científica da UFES. Vitória: PRPPG/UFES, 2002. p. 88-88.

59.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, É. C. M. E. . A concepção de caridade, doença e pobreza na obra 'O amor aos pobres', de Gregório de Nazianzo. In: XII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2002, Vitória. Livro de Resumos da XII Jornada de Iniciação Científica da UFES. Vitória: PRPPG/UFES, 2002. p. 88-89.

60.
SILVA, Gilvan Ventura da; PEREIRA, Fernanda Coimbra da Costa . Filosofia, religião e magia na obra 'A vida dos sofistas', de Eunápio de Sárdis. In: XII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2002, Vitória. Caderno de Resumos. Vitória: PRPPG/UFES, 2002. p. 89-89.

61.
SILVA, Gilvan Ventura da; EWALD, G. S. . A intolerância religiosa e o martírio cristão na obra 'História Eclesiástica', de Eusébio de Cesaréia. In: XII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2002, Vitória. Caderno de Resumos da XII Jornada de Iniciação Científica da UFES. Vitória: PRPPG/UFES, 2002. p. 89-89.

62.
SILVA, Gilvan Ventura da; MACHADO, L. . Messianismo e resistência judaica no 'Apocalipse de Baruch' (século II d.C.). In: XII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2002, Vitória. Caderno de Resumos da XII Jornada de Iniciação Científica da UFES. Vitória: PRPPG/UFES, 2002. p. 90-90.

63.
SILVA, Gilvan Ventura da; SANTOS, M. G. . O processo de estigmatização dos gnósticos em 'Contra as heresias', de Irineu de Lião. In: XII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2002, Vitória. Caderno de Resumos da XII Jornada de Iniciação Científica da UFES. Vitória: PRPPG/UFES, 2002. p. 90-90.

64.
SILVA, Gilvan Ventura da; TIGGES, P. R. . A santificação do imperador Constantino na obra 'Vida de Constantino' (século V d.C.). In: XII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2002, Vitória. Caderno de Resumos da XII Jornada de Iniciação Científica da UFES. Vitória: PRPPG/UFES, 2002. p. 90-91.

65.
SILVA, Gilvan Ventura da; BARBOSA, S. N. . Mulher, magia e papel social na obra 'O Asno de Ouro', de Apuleio de Madaura. In: XII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2002, Vitória. Caderno de Resumos da XII Jornada de Iniciação Científica da UFES. Vitória: PRPPG/UFES, 2002. p. 91-91.

66.
SILVA, Gilvan Ventura da; AZEVEDO, Thaiz Dias de . A polêmica paganismo X cristianismo na obra 'Contra os galileus', de Juliano, o Apóstata. In: XII Jornada de Iniciação Científica da UFES, 2002, Vitória. Caderno de Resumos da XII Jornada de Iniciação Científica da UFES. Vitória: PRPPG/UFES, 2002. p. 91-91.

67.
SILVA, Gilvan Ventura da. Representando a alteridade religiosa no Baixo Império: Constâncio II e os judeus. In: IV Encontro Regional da ANPUH-ES, 2002, Vitória. Caderno de Resumos do IV Encontro Regional da ANPUH-ES, 2002. p. 32-32.

68.
SILVA, Gilvan Ventura da. A comunicação política no Baixo Império romano. In: XIII Simpósio de História da UFES, 2001, Vitória. Prrograma e Resumos do XIII Simpósio de História da UFES. Vitória: SPDC/UFES, 2001. v. 1. p. 57-57.

69.
SILVA, Gilvan Ventura da. A prática da magia nos papiros mágicos greco-egípcios: uma arte entre o individual e o coletivo. In: XXI Simpósio de História da ANPUH, 2001, Niterói. Livro de Resumos do XXI Simpósio Nacional de História, 2001. v. 1. p. 45-45.

70.
SILVA, Gilvan Ventura da. Simplificações e livro didático: um estudo a partir dos conteúdos de História Antiga. In: XXI Simpósio Nacional de História da ANPUH, 2001, Niterói. Livro de Resumos do XXI Simpósio Nacional de História, 2001. v. 1. p. 429-429.

71.
SILVA, Gilvan Ventura da. Romanização, identidade e resistência: os isaurianos e a revolta de 354. In: 53a. Reunião Anual da SBPC, 2001, Salvador. Anais da 53a. Reunião Anual da SBPC, 2001. v. 1. p. 1-2.

72.
SILVA, Gilvan Ventura da. Poder e religião no Baixo Império romano: Constâncio II, o. In: IV Congresso Nacional de Estudos Clássicos, 2001, Ouro Preto. Programa e Resumos do IV Congresso Nacional de Estudos Clássicos, 2001. v. 1. p. 54-56.

73.
SILVA, Gilvan Ventura da. Relação de poder no Baixo Império romano: a importância da construção da mística imperial sob o governo de Constâncio II. In: IV Congresso Nacional de Estudos Clássicos, 2001, Ouro Preto. Programa e Resumos do IV Congresso Nacional de Estudos Clássicos, 2001. v. 1. p. 26-26.

74.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os princípios da comunicação política sob o governo de Constâncio II (337-361). In: XV Encontro Regional de História, 2000, São Paulo. História 2000 - Perspectivas. São Paulo: EDUSC, 2000. p. 261-262.

75.
SILVA, Gilvan Ventura da. Constâncio II e os rituais da 'basileia' (337-361). In: X Ciclo de Debates em História Antiga, 2000, Rio de Janeiro. Programa e resumos do X Ciclo de Debates em História Antiga - Por mares nunca d'antes navegados, 2000. p. 7-7.

76.
SILVA, Gilvan Ventura da. História Antiga e livro didático: uma parceria nem sempre harmoniosa. In: III Encontro Regional da ANPUH-ES, 2000, Vitória. Caderno de Resumos do III Encontro Regional da ANPUH-ES, 2000. p. 11-11.

77.
SILVA, Gilvan Ventura da. Constâncio II: um soberano entre a memória e a história. In: I Seminário Internacional sobre Arquivos Permanentes - VII Encontro Regional da ANPUH-GO, 2000, Goiânia. Caderno de Resumos do I Seminário Internacional sobre Arquivos Permanentes, 2000. p. 15-15.

78.
SILVA, Gilvan Ventura da. Identidade e ação social no Império Romano. In: I Seminário Internacional sobre Arquivos Permanentes - VII Encontro Regional da ANPUH - GO, 2000, Goiânia. Caderno de Resumos do I Seminário Internacional sobre Arquivos Permanentes, 2000. p. 10-10.

79.
SILVA, Gilvan Ventura da. A perseguição aos adivinhos e feiticeiros sob o reinado de Constâncio II. In: II Seminário de Extensão e Pesquisa do ES, 2000, Vitória. Anais do II Seminário de Extensão e Pesquisa do ES, 2000. p. 130-130.

80.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os princípios de constituição de uma realeza sagrada sob o governo de Constâncio II (337-361). In: VIII Encontro da Associação Nacional dos Professores de História (ANPUH-RJ), 1998, Vassouras. Caderno de Resumos do VIII Encontro Regional da ANPUH-RJ, 1998. p. 53-54.

81.
SILVA, Gilvan Ventura da. Constâncio II, homem e imperador: o julgamento da historiografia contemporânea. In: XIV Encontro Regional de História da Associação Nacional dos Professores de História (ANPUH-SP), 1998, São Paulo. Caderno de Resumos do XIV Encontro Regional da ANPUH-SP, 1998. p. 188-188.

82.
SILVA, Gilvan Ventura da. Apontamentos para o estudo da mística imperial sob o governo de Constâncio II. In: X Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos, 1997, São Paulo. Caderno de Resumos da X Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos, 1997. p. 65-66.

83.
SILVA, Gilvan Ventura da. Limites e possibilidades da ação política popular sob o Baixo Império romano. In: XIX Simpósio Nacional de História da Associação Nacional de Professores de História (ANPUH), 1997, Belo Horizonte. Caderno de Resumos do XIX Simpósio Nacional de História da ANPUH, 1997. p. 3-3.

84.
SILVA, Gilvan Ventura da. Elementos de sacralização da figura imperial sob o governo de Constâncio II. In: XIX Simpósio Nacional de História da Associação Nacional dos Professores de História (ANPUH), 1997, Belo Horizonte. Caderno de Resumos do X Simpósio Nacional de História da ANPUH, 1997. p. 169-169.

85.
SILVA, Gilvan Ventura da. A perseguição aos mágicos e adivinhos no IV século: aspectos da construção do imaginário político do 'Dominato'. In: I Encontro Regional da Associação Nacional de Professores de História (ANPUH-ES), 1996, Vitória. Caderno de Resumos do I Encontro Regional da ANPUH - ES, 1996. p. 7-7.

86.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os cultos orientais na obra 'O asno de Ouro', de Apuleio de Madaura. In: XI Semana de História da UNESP - Franca, 1996, Franca. Caderno de Resumos da XI Semana de História da UNESP - Franca, 1996.

87.
SILVA, Gilvan Ventura da. O IV século entre a memória e a História. In: V Encontro Regional de História da Associação Nacional de Professores de História (ANPUH-GO), 1996, Goiânia. Caderno de Resumos do V Encontro Regional de História da ANPUH-GO, 1996. p. 7-7.

88.
SILVA, Gilvan Ventura da. A reação imperial aos levantes populares urbanos no IV século. In: XIV Seminário Interno de Pesquisa da UFES (SIPUFES), 1996, Vitória. Caderno de Resumos do XIV Seminário Interno de Pesquisa da UFES, 1996.

89.
SILVA, Gilvan Ventura da. Representações femininas na Antigüidade. In: V Encontro Regional da Associação Nacional de Professores de História (ANPUH-GO), 1996, Vitória. Caderno de Resumos do V Encontro Regional da ANPUH-GO, 1996.

90.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os levantes populares urbanos no Império Romano de 284 a 395 d.C.: considerações preliminares. In: XIII Seminário de Pesquisa da UFES (SIPUFES), 1995, Vitória. Caderno de Resumos do XIII Seminário Interno de Pesquisa da UFES, 1995. p. 133-134.

91.
SILVA, Gilvan Ventura da. A importância das usurpações para a estruturação do 'Dominato'. In: 46a. Reunião Anual da SBPC, 1994, Vitória. Cadernos de Resumos da 46. Reunião Anual da SBPC, 1994.

92.
SILVA, Gilvan Ventura da. Reflexões sobre a historiografia do Império Romano no IV século. In: IX Encontro Estadual da Associação Nacional dos Professores Universitários de História (ANPUH-MG), 1994, Juiz de Fora. Anais do IX Encontro Estadual da ANPUH-MG, 1994. p. 418-418.

93.
SILVA, Gilvan Ventura da. O 'modus operandi' das usurpações no IV século d.C.. In: XII Seminário de Pesquisa da UFES (SIPUFES), 1993, Vitória. Caderno de Resumos do XII Seminário de Pesquisa da UFES (SIPUFES), 1993. p. 144-144.

94.
SILVA, Gilvan Ventura da. A contribuição da poesia de Horácio para a estruturação do sistema político-ideológico do Principado. In: VII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos, 1992, Araraquara. Caderno de Resumos da VII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos, 1992. p. 20-20.

95.
SILVA, Gilvan Ventura da. O papel do Estado na desagregação do sistema imperial romano. In: V Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos e Seminário Internacional, 1990, Garibaldi. Caderno de Resumos da V Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos, 1990.

Resumos publicados em anais de congressos (artigos)
1.
SILVA, Gilvan Ventura da;SILVA, GILVAN VENTURA DA1997SILVA, Gilvan Ventura da; GONÇALVES, A. T. M. ; CARVALHO, M. M. . O teatro na Antigüidade. Revista de História, v. 5, p. 154-156, 1997.

Apresentações de Trabalho
1.
SILVA, Gilvan Ventura da. Considerações sobre o estudo das ruas na Antiguidade: Antioquia e a avenida das colunatas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SILVA, Gilvan Ventura da. Corpo, espaço e transgressão em Antioquia: João Crisóstomo e a censura aos ludi theatralis. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
SILVA, Gilvan Ventura da. Considerações sobre o estudo das ruas na Antiguidade: Antioquia e a Avenida das Colunatas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
SILVA, Gilvan Ventura da. É possível controlar a multidão? Libânio em defesa de Juliano e contra a população de Antioquia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Lo spatial turning e la ricerca sulla città post-classica. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Conflitto religioso e simbolismo archittetonico nella Tarda Antichità: un'analisi del 'Pro templis', di Libanio di Antiochia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Spazi del profano nella città post-classica: la polemica di Giovanni Crisostomo contro l'agorà ad Antiochia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
SILVA, Gilvan Ventura da. Processo de avaliação dos livros didáticos no Programa Nacional de Livro Didático (PNLD). 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
SILVA, Gilvan Ventura da. Espaço, identidade e festa no Império Romano: o festival das Calendas de Janeiro em Antioquia (séc. IV). 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
SILVA, Gilvan Ventura da. Territórios do profano na cidade pós-clássica: o estranhamento de João Crisóstomo com a ágora, em Antioquia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
SILVA, Gilvan Ventura da. A 'passio' de João Crisóstomo segundo o 'Epitaphios Logos': considerações sobre as narrativas hagiográficas na Antiguidade Tardia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Cidade antiga e sociedade: narrativas e diálogos interdisciplinares. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
SILVA, Gilvan Ventura da. Uma cidade em busca do sagrado: os 'martyria' como pontos focais da paisagem de Antioquia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
SILVA, Gilvan Ventura da. 'É possivel controlar a multidão?' Libânio em defesa de Juliano e contra a população de Antioquia (séc. IV). 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
SILVA, Gilvan Ventura da. Memória, história e hagiografia na Antiguidade Tardia: o 'epitaphios logos' de João Crisóstomo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
SILVA, Gilvan Ventura da. Ritos funerários e sociabilidades em Antioquia: a propósito do Mosaico do Banquete de Mnemosyne. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Espaço, memória e festa no Império Romano: o festival das Calendas de Janeiro, em Antioquia (séc. IV). 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Territórios do profano na cidade pós-clássica: o estranhamento de João Crisóstomo com a ágora, em Antioquia. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
SILVA, Gilvan Ventura da. Arquitetura, práxis religiosa e desordem social em Antioquia: a propósito da oração 'Pro templis', de Libânio. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
SILVA, Gilvan Ventura da. Ritos funerários e relações de sociabilidade em Antioquia: a propósito do Mosaico do Banquete de Mnemosyne. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

21.
SILVA, Gilvan Ventura da. Atributos e poderes da realeza segundo João Crisóstomo: um estudo com base no tratado 'Uma comparação entre o rei e o monge'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
SILVA, Gilvan Ventura da. Ritos funerários e relações de sociabilidade em Antioquia: a propósito do Mosaico banquete de Mnemosyne. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
SILVA, Gilvan Ventura da. Entre a 'pólis' e o 'óikos': João Crisóstomo e o controle do corpo feminino em Antioquia. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
SILVA, Gilvan Ventura da. A cidade entre a tradição e a mudança: Libánio e a reforma do 'Plethrion' de Antioquia. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
SILVA, Gilvan Ventura da. A cerimônia nupcial em Antioquia no século IV: um aspecto da pedagogia dos corpos segundo João Crisóstomo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

26.
SILVA, Gilvan Ventura da. Casamento, divórcio e vida familiar em Antioquia segundo João Crisóstomo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
SILVA, Gilvan Ventura da. Artes do fazer e usos do saber no Império Romano: 'lendo' os mosaicos de Antioquia. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
SILVA, Gilvan Ventura da. Conflito religioso e simbolismo arquitetônico no Império Romano: o ataque aos templos pagãos de Antioquia segundo Libânio (séc. IV d.C.). 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

29.
SILVA, Gilvan Ventura da. Los obispos como reformadores sociales. El caso de Juan Crisostomo en Constantinopla. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
SILVA, Gilvan Ventura da. Arquitetura, práxis religiosa e desordem social em Antioquia: a propósito da oração 'Pro templis', de Libânio. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os usos do corpo na cidade: o caso de Antioquia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
SILVA, Gilvan Ventura da. O culto aos mártires como estratégia de cristianização do espaço urbano: o caso de Antioquia (séc. IV). 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
SILVA, Gilvan Ventura da. João Crisóstomo e a cristianização de Antioquia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
SILVA, Gilvan Ventura da. Homilia e formação cristã na Antiguidade Tardia: a oposição corpo/cidade segundo João Crisóstomo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
SILVA, Gilvan Ventura da. Uma comunidade em estado de alerta: João Crisóstomo e o apelo aos cristãos de Antioquia no combate aos judaizantes. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
SILVA, Gilvan Ventura da. O teatro como fonte de 'stásis': um olhar sobre a cristianização de Antioquia segundo João Crisóstomo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
SILVA, Gilvan Ventura da. João Crisóstomo e a defesa do corpo da igreja. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
SILVA, Gilvan Ventura da. Cotidiano, sociabilidades e usos do corpo no Império Romano. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
SILVA, Gilvan Ventura da. A cidade representada pelo poder imperial: Juliano e a censura à população de Antioquia no 'Misopogon'. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
SILVA, Gilvan Ventura da. A sinagoga como heterotopia segundo João Crisóstomo. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os mártires como protetores espirituais da pólis: João Crisóstomo e a cristianização de Antioquia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
SILVA, Gilvan Ventura da. Monges, bispos e santos: João Crisóstomo e as tradições do ascetismo oriental. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

43.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os apuros de um professor: Libânio e o cotidiano escolar em Antioquia (séc. IV). 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

44.
SILVA, Gilvan Ventura da. Cidade, corpo e poder no Império Romano. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

45.
SILVA, Gilvan Ventura da. João Crisóstomo e a cristianização de Antioquia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

46.
SILVA, Gilvan Ventura da. Celebrando a memória dos mártires: João Crisóstomo e a produção de isotopias cristãs em Antioquia. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

47.
SILVA, Gilvan Ventura da. As mulheres e os perigos da cidade: casamento espiritual, virgindade e prostituição segundo João Crisóstomo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

48.
SILVA, Gilvan Ventura da. Figuras da desordem na cidade antiga: João Crisóstomo e a censura ao teatro. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

49.
SILVA, Gilvan Ventura da. Aspectos da cristianização do espaço urbano na Antiguidade Tardia: a sinagoga como heterotopia segundo João Crisóstomo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

50.
SILVA, Gilvan Ventura da. Uma cidade em tempo de transição: as transformações no espaço urbano de Antioquia no final do Império Romano. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

51.
SILVA, Gilvan Ventura da. Magia, religião e cotidiano em Antioquia: João Crisóstomo e a censura aos judeus e judaizantes. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

52.
SILVA, Gilvan Ventura da. Ordem e desordem na cidade antiga: o teatro entre a tradição clássica e a cristã. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

53.
SILVA, Gilvan Ventura da. O conhecimento histórico: trajetória e perspectivas. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

54.
SILVA, Gilvan Ventura da. L'idea di città nell'Oratio XI di Libanio. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

55.
SILVA, Gilvan Ventura da. Gênero e transgressão no teatro antigo: João Crisóstomo e a censura aos mimos e pantomimas. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

56.
SILVA, Gilvan Ventura da. Cidade, cotidiano e fronteiras religiosas no Império Romano: João Crisóstomo e a cristianização de Antioquia. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

57.
SILVA, Gilvan Ventura da. Discutindo a construção das fronteiras religiosas em Antioquia: João Crisóstomo e a cristianização do espaço urbano. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

58.
SILVA, Gilvan Ventura da. Espaço, cotidiano e sociabilidade em Antioquia: uma leitura do "Antiochikos", de Libânio. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

59.
SILVA, Gilvan Ventura da. Villes, pouvoirs et frontières religieuses dans L'Empire Romain. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

60.
SILVA, Gilvan Ventura da. Aspectos da sociabilidade religiosa em Antioquia: João Crisóstomo e as acusações de magia contra os judeus. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

61.
SILVA, Gilvan Ventura da. Imagens da pobreza no Império Romano: João Crisóstomo e o clamor por justiça social em Antioquia. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

62.
SILVA, Gilvan Ventura da. Construindo fronteiras religiosas no Império Romano: João Crisóstomo e a polêmica com os judeus e judaizantes em Antioquia. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

63.
SILVA, Gilvan Ventura da. Homilia e retórica no Império Romano: João Crisóstomo e o enfrentamento com os judeus e judaizantes em Antioquia. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

64.
SILVA, Gilvan Ventura da. A formação do homem romano segundo João Crisóstomo. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

65.
SILVA, Gilvan Ventura da. Considerações teóricas sobre o processo de exclusão e estigmatização. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

66.
SILVA, Gilvan Ventura da. Identidade e alteridade no Império Romano: um balanço geral. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

67.
SILVA, Gilvan Ventura da. Construindo fronteiras religiosas no Império Romano: a sinagoga como topofobia segundo João Crisóstomo. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

68.
SILVA, Gilvan Ventura da. Uma cidade na alma: João Crisóstomo e a formação dos atletas de Cristo. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

69.
SILVA, Gilvan Ventura da. Paládio de Helenópolis e o status das devotas cristãs no Baixo Império Romano. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

70.
SILVA, Gilvan Ventura da. Igreja, festa e poder no Baixo Império romano: a propósito da 'Oração à assembléia dos santos', de Constantino. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

71.
SILVA, Gilvan Ventura da. Guerra e disciplina no Baixo Império: a formação do soldado romano segundo o testemunho de Vegécio. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

72.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os desafios de se estudar a História Antiga na América Latina. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

73.
SILVA, Gilvan Ventura da. Umanesimo latino e tolleranza religiosa: un contributo del Rinascimento alla modernità. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

74.
SILVA, Gilvan Ventura da. Eusébio de Cesaréia e o 'De laudibus' a Constantino. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

75.
SILVA, Gilvan Ventura da. A idéia de tolerância religiosa entre a Antigüidade e o Renascimento. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

76.
SILVA, Gilvan Ventura da. Considerações sobre a intolerância religiosa na Antigüidade Tardia: o testemunho de Temístio de Bizâncio. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

77.
SILVA, Gilvan Ventura da. Temístio de Bizâncio e a defesa da liberdade religiosa no Panegírico a Joviano. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

78.
SILVA, Gilvan Ventura da. Em torno de Júlio César, de Stuart Burge: Cinema, história e ensino. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

79.
SILVA, Gilvan Ventura da. Identidade, alteridade e a produção de estigmas sociais: um aspecto das relações de poder. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

80.
SILVA, Gilvan Ventura da. O conceito de Antigüidade Tardia. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

81.
SILVA, Gilvan Ventura da. Representação social, identidade e estigmatização: algumas considerações de caráter teórico. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

82.
SILVA, Gilvan Ventura da. Vertentes da intolerância religiosa no Baixo Império: o caso dos judeus. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

83.
SILVA, Gilvan Ventura da; SANTOS, M. G. . O processo estigmatizantes dos principais líderes do gnosticismo na obra 'Contra as heresias', de Irineu de Lião. 2003. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

84.
SILVA, Gilvan Ventura da; MACHADO, L. . Guerra e resistência hebraica contra Roma na perpectiva de Flávio Josefo. 2003. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

85.
SILVA, Gilvan Ventura da. Imagens do futuro segundo a tradição apocalíptica: o testemunho do Apocalipse de Tomé. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

86.
SILVA, Gilvan Ventura da. Representando a alteridade no Baixo Império: os judeus e a construção de uma identidade romano-cristã. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

87.
SILVA, Gilvan Ventura da. O nascimento de uma cidade: Constantinopla e sua herança pagã e cristã. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

88.
SILVA, Gilvan Ventura da. Constâncio II, o Anticristo: Hilário e a imagem imperial. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

89.
SILVA, Gilvan Ventura da. A construção da imagem heróica de Constâncio II na 'Oratio' III de Juliano. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

90.
SILVA, Gilvan Ventura da. Representando a alteridade religiosa no Baixo Império: Constâncio II e os judeus. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

91.
SILVA, Gilvan Ventura da. Saberes esotéricos e lugares de poder no Império Romano. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

92.
SILVA, Gilvan Ventura da. A comunicação política no Baixo Império (Comunicação apresentada no XIII Simpósio de História da UFES). 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

93.
SILVA, Gilvan Ventura da. Romanização, identidade e resistência: os isaurianos e a revolta de 354 (Comunicação apresentada na 53a. Reunião Anual da SBPC). 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

94.
SILVA, Gilvan Ventura da. A prática da magia nos papiros mágicos greco-egípcios (Comunicação apresentada no XXI Simpósio Nacional da ANPUH). 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

95.
SILVA, Gilvan Ventura da. Simplificações e livro didático: um estudo a partir dos conteúdos de História Antiga (Comunicação no XXI Simpósio Nacional de História da ANPUH). 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

96.
SILVA, Gilvan Ventura da. Relação de poder no Baixo Império Romano (Comunicação apresentada no IV Congresso Nacional de Estudos Clássicos). 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

97.
SILVA, Gilvan Ventura da. Poder e religião no Baixo Império: Constâncio II, o "episcopus episcoporum" (Comunicação no IV Congresso Nacional de Estudos Clássicos). 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

98.
SILVA, Gilvan Ventura da. Intolerância religiosa e conflito político: Constâncio II e a perseguição aos nicenos (Comunicação apresentada no VI Colóquio do CPA da Unicamp). 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

99.
SILVA, Gilvan Ventura da. Constâncio II e os rituais da 'basileia' (Comunicação apresentada no X Ciclo de Debates em História Antiga do LHIA/UFRJ). 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

100.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os princípios da comunicação política sob o governo de Constâncio II (337-361) - Comunicação apresentada durante o XV Encontro Regional de História da ANPUH-SP. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

101.
SILVA, Gilvan Ventura da. História Antiga e Livro Didático: uma parceria nem sempre harmoniosa (Comunicação apresentada no III Encontro Regional da ANPUH-ES). 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

102.
SILVA, Gilvan Ventura da. Constâncio II: um soberano entre a memória e a história (Comunicação apresentada no I Seminário Internacional de Arquivos Permanentes da ANPUH-GO). 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

103.
SILVA, Gilvan Ventura da. A perseguição aos adivinhos e feiticeiros sob o reinado de Constâncio II (Comunicação apresentada no II SEPES-UFES). 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

104.
SILVA, Gilvan Ventura da. Constâncio II e a construção da mística imperial no IV século (palestra proferida no II Simpósio de História Antiga e Medieval da UESB - Vitória da Conquista). 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

105.
SILVA, Gilvan Ventura da. Limites e possibilidades da ação política popular no Baixo Império romano (Comunicação apresentada no XIX Simpósio Nacional de História da ANPUH). 1998. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

106.
SILVA, Gilvan Ventura da. Constâncio II, homem e imperador: o julgamento da historiografia contemporânea (Comunicação apresentada no XIV Encontro Regional de História da ANPUH-SP). 1998. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

107.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os princípios de constituição de uma realeza sagrada sob o governo de Constâncio II (Comunicação apresentada no VIII Encontro Regional da ANPUH-RJ). 1998. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

108.
SILVA, Gilvan Ventura da. Elementos de sacralização da figura imperial sob o governo de Constâncio II (Comunicação apresentada no XIX Simpósio Nacional de História da ANPUH). 1998. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

109.
SILVA, Gilvan Ventura da. Apontamentos para o estudo da mística imperial sob o governo de Constâncio II (Comunicação apresentada na X Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos). 1997. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

110.
SILVA, Gilvan Ventura da. A perseguição aos mágicos e adivinhos no IV século d.C.: em busca de um paradigma antropológico para a interpretação da história (Comunicação apresentada no VII Ciclo de Debates em História Antiga do LHIA/UFRJ). 1997. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

111.
SILVA, Gilvan Ventura da. Subsídios para a compreensão da relação entre política, ciência e ideologia no pensamento de Bertrand Russel (Comunicação apresentada na I Convenção USP em História da Ciência e da Tecnologia). 1997. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

112.
SILVA, Gilvan Ventura da. A perseguição aos mágicos e adivinhos no IV século (Comunicação apresentada no I Encontro Regional da ANPUH-ES). 1996. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

113.
SILVA, Gilvan Ventura da. A reação imperial aos levantes populares urbanos no IV século (Comunicação apresentada no XIV Seminário de Pesquisa e Extensão da UFES). 1996. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

114.
SILVA, Gilvan Ventura da. O IV século entre a memória e a história (Comunicação apresentada durante o V Encontro Regional de História da ANPUH-GO). 1996. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

115.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os cultos orientais na obra 'O Asno de Ouro' (Comunicação apresentada no XI Semana de História da UNESP). 1996. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

116.
SILVA, Gilvan Ventura da. A prática da astrologia e a perseguição aos 'mathematici' no IV século (Comunicação apresentada no II Simpósio Internacional de História Antiga e Medieval do Cone Sul). 1996. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

117.
SILVA, Gilvan Ventura da. A configuração da plebe urbana no contexto dos levantes populares urbanos do IV século (Comunicação apresentada no II Congresso Nacional de Estudos Clássicos). 1995. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

118.
SILVA, Gilvan Ventura da. Os levantes populares urbanos de 284 a 395 d.C.: considerações preliminares (Comunicação apresentada no XII Seminário de Pesquisa e Extensão da UFES). 1995. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

119.
SILVA, Gilvan Ventura da. A importância da usurpações para a estruturação do 'Dominato' (Comunicação apresentada na 46a. Reunião Anual da SBPC). 1994. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

120.
SILVA, Gilvan Ventura da. Reflexões sobre a historiografia do Império Romano no IV século (Comunicação apresentada no IX Encontro Regional da ANPUH-MG). 1994. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

121.
SILVA, Gilvan Ventura da. As usurpações romanas no IV século: entre o diálogo e a repressão (Comunicação apresentada no I Simpósio Internacional de História Antiga e Medieval do Cone Sul). 1994. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

122.
SILVA, Gilvan Ventura da. História e Ciência Política: a propósito das usurpações no Império Romano entre 284 e 395 d.C. (Comunicação apresentada no IV Ciclo de Debates em História Antiga do LHIA/UFRJ). 1993. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

123.
SILVA, Gilvan Ventura da. O 'modus operandi' das usurpações no IV século (Comunicação apresentada no XII Seminário de Pesquisa da UFES). 1993. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

124.
SILVA, Gilvan Ventura da. A contribuição da poesia de Horácio para a estruturação do sistema político-ideológico do Principado (Comunicação apresentada na VII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos). 1992. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

125.
SILVA, Gilvan Ventura da. O conceito de natureza em Lucrécio (Comunicação apresentada no II Ciclo de Debates em História Antiga do LHIA/UFRJ). 1992. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

126.
SILVA, Gilvan Ventura da. O riso e a produção de tipos marginais nas cantigas de escárnio e maldizer dos trovadores galego-portugueses (Comunicação apresentada no I Encontro de Estudos Medievais da UFRJ). 1991. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

127.
SILVA, Gilvan Ventura da. Weber e Marx: duas propostas de teorização sobre a desagregação do Império Romano do Ocidente (Comunicação apresentada no II Congresso Nacional de Estudos Clássicos). 1990. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

128.
SILVA, Gilvan Ventura da. O papel do Estado na desagregação do sistema imperial romano (Comunicação apresentada na V Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos). 1990. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

129.
SILVA, Gilvan Ventura da. A tipificação do processo de desagregação do sistema político imperial romano (Comunicação apresentada no I Seminário Interno de Pesquisa da UFRJ). 1990. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

130.
SILVA, Gilvan Ventura da. A revolução e o fim do Mundo Antigo (Comunicação apresentada no III Encontro Regional da ANPUH-RJ). 1989. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
SILVA, Gilvan Ventura da. Notas para o estudo da magia no Império Romano. São Paulo, 2012. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira ; BENTIVOGLIO, J. C. ; NADER, Maria Beatriz ; GIL, Antônio Carlos Amador . Anais Eletrônicos do III Congresso Internacional UFES/Université Paris-Est/Universidade do Minho. Vitória: GM Editora, 2011 (Organizador).

3.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel ; LARANJA, Anselmo Laghi . Exclusão Social, Violência e Identidade. Vitória, 2004. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

4.
SILVA, Gilvan Ventura da. Programa e Resumos do XIII Simpósio de História da UFES. Vitória: SPDC/UFES, 2001 (Organizador).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Consultoria externa para avaliação de projetos de Iniciação Científica da UFRN. 2018.

2.
SILVA, Gilvan Ventura da. Consultoria externa para avaliação de projetos do Programa de Iniciação Científica da UFRN. 2016.

3.
SILVA, Gilvan Ventura da. Consultoria externa para avaliação de projeto de pesquisa vinculado à PRPPG da Universidade Estadual de Mato Grosso. 2014.

4.
SILVA, Gilvan Ventura da. Consultoria externa para avaliação de projeto de pesquisa vinculado à PRPPG da Universidade do Estado do Mato Grosso. 2013.

5.
SILVA, Gilvan Ventura da. Consultoria externa para avaliação de projeto de pesquisa vinculado à PRPPG da Universidade do Estado do Mato Grosso. 2013.

6.
SILVA, Gilvan Ventura da. Consultoria externa para avaliação de projetos do Programa de Iniciação Científica da UFRN. 2012.

7.
SILVA, Gilvan Ventura da. Consultoria externa para avaliação de projeto de pesquisa vinculado à PPPPG da Universidade do Estado do Mato Grosso. 2012.

8.
SILVA, Gilvan Ventura da. Consultoria externa para avaliação de projeto de pesquisa vinculado à PRPPG da Universidade do Estado de Mato Grosso. 2012.

9.
SILVA, Gilvan Ventura da. Consultoria externa para avaliação de projeto de pesquisavinculado à PRPPG da Universidade do Estado do Mato Grosso. 2012.

10.
SILVA, Gilvan Ventura da. Avaliação do PIBIT CNPq/Escola Técnica Federal do ES. 2007.

11.
SILVA, Gilvan Ventura da. Consultoria 'ad hoc' para análise de projetos de pesquisa científicos da Fapes. 2006.

Trabalhos técnicos
1.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para revista Dimensões. 2018.

2.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a Revista Antíteses. 2018.

3.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Parecer sobre trabalho completo publicado em Anais. 2017.

4.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Parecer para a revista de HIstória da USP. 2017.

5.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Parecer para a revista Cadernos de História (Ufop). 2017.

6.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a Revista M.. 2017.

7.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a Revista História Hoje. 2016.

8.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Parecer para a revista Diálogos Mediterrânicos. 2016.

9.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Parecer para a revista Quaestiones Disputatae. 2016.

10.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista Tempos Históricos. 2015.

11.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista Tempo. 2015.

12.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista Cantareira. 2015.

13.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista Temporalidades. 2015.

14.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista História da Historiografia. 2014.

15.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista História, da Unesp. 2014.

16.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista História, da Unesp. 2014.

17.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista Diálogos, da UEM. 2014.

18.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista Diálogos Mediterrânicos. 2014.

19.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a Revista Classica. 2013.

20.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista Diálogos, da UEM. 2013.

21.
SILVA, Gilvan Ventura da. Avaliação de trabalhos do XVIII Seminário Acadêmico da Associació d'Investigadors i Etudiants Brasiliers a Catalunya. 2013.

22.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a Revista de História da USP. 2013.

23.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista História, da Unesp. 2013.

24.
SILVA, Gilvan Ventura da. Avaliação do Programa Nacional da Biblioteca na Escola (PNBE). 2013.

25.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista História da Historiografia. 2012.

26.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista Cadernos de História (Ufop). 2012.

27.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista História da Históriografia (Ufop). 2012.

28.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista Web Mosaica (Instituto Marc Chagall). 2012.

29.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista Estudos de Sociologia (Unesp). 2012.

30.
SILVA, Gilvan Ventura da. Avaliação de trabalhos do XVII Seminário Acadêmico da Associació d'Investigadors i Etudiants Brasiliers a Catalunya. 2012.

31.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista História da Historiografia. 2011.

32.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a Editora da Universidade Estadual de Maringá. 2011.

33.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista História da UNESP. 2011.

34.
SILVA, Gilvan Ventura da. Avaliação de trabalhos do XVI Seminário Acadêmico da Associació d'Investigadors i Etudiants Brasiliers a Catalunya. 2011.

35.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a Revista de História da USP. 2010.

36.
SILVA, Gilvan Ventura da. Avaliação de trabalhos do XV Seminário Acadêmico da Associació d'Investigadors i Etudiants Brasiliers a Cataluny. 2010.

37.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista História da Historiografia. 2009.

38.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer a revista LPH: Revista de História. 2009.

39.
SILVA, Gilvan Ventura da. Avaliação de trabalhos do XIV Seminário Acadêmico da Associació d'Investigadors i Etudiants Brasiliers a Catalunya. 2009.

40.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a Revista de História da USP. 2008.

41.
SILVA, Gilvan Ventura da. Avaliação de trabalhos do XIII Seminário Acadêmico da Associació d'Investigadors i Etudiants Brasiliers a Catalunya. 2008.

42.
SILVA, Gilvan Ventura da. Avaliação de trabalhos do XII Seminário Acadêmico da Associació d'Investigadors i Etudiants Brasiliers a Catalunya. 2007.

43.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a Revista Tempo. 2006.

44.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer para a revista Tempo. 2006.

45.
SILVA, Gilvan Ventura da. Relatórios de Avaliação do Programa Nacional do Ensino Médio (2 pareceres ao todo). 2005.

46.
SILVA, Gilvan Ventura da. Relatórios de Avaliação do Programa Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio (3 relatórios ao todo). 2005.

47.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer sobre solicitação de bolsa de Iniciação Científica (19 pareceres ao todo). 2004.

48.
SILVA, Gilvan Ventura da. Relatórios de avaliação do Programa Nacional do Livro Didático (10 relatórios ao todo). 2003.

49.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer sobre solicitação de bolsa de Iniciação Científica (16 pareceres ao todo). 2003.

50.
SILVA, Gilvan Ventura da. Relatórios de avaliação do Programa Nacional do Livro Didático (19 relatórios ao todo). 2002.

51.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer sobre solicitação de bolsa de Iniciação Científica (15 pareceres ao todo). 2002.

52.
SILVA, Gilvan Ventura da. Parecer sobre solicitação de bolsa de Iniciação Científica (17 pareceres ao todo). 2001.

53.
SILVA, Gilvan Ventura da. Relatórios de avaliação do Programa Nacional do Livro Didático (20 relatórios ao todo). 2000.


Demais tipos de produção técnica
1.
SILVA, Gilvan Ventura da. Oficina Projetos de Pesquisa em foco: reflexões teóricas e metodológicas. 2017. (Coordenação de debate em evento científico).

2.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Membro da Comissão Científica do XXIX Simpósio Nacional de História da ANPUH. 2017. (Membro de comissão científica de evento).

3.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, É. C. M. E. . Coordenação do Simpósio Temático A dimensão mítico-religiosa da escrita da História na Antiguidade e na Idade Média. 2016. (Coordenação de debate em evento científico).

4.
SILVA, Gilvan Ventura da. XXI Seminário Acadêmico Internacional da APEC. 2016. (Membro de comissão científica de evento).

5.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Membro da Comissão Científica do XXIX Simpósio Nacional de História da ANPUH. 2016. (Membro de comissão científica de evento).

6.
SILVA, Gilvan Ventura da. IV Colóquio Internacional do Leir - Imperadores e governantes da Antiguidade Clássica e Tardia: estratégias bélicas, políticas e culturais. 2015. (Membro de comissão científica de evento).

7.
SILVA, Gilvan Ventura da. IV Colóquio Internacional do Leir - Imperadores e governantes da Antiguidade Clássica e Tardia: estratégias bélicas, políticas e culturais. 2015. (Coordenação de debate em evento científico).

8.
SILVA, Gilvan Ventura da. VII Encontro Nacional do GT de Histórira Antiga da ANPUH - A busca do antigo. 2015. (Coordenação de debate em evento científico).

9.
SILVA, Gilvan Ventura da. V Encontro Regional do Gleir-UNESP/Franca. 2013. (Coordenação de debate em evento científico).

10.
SILVA, Gilvan Ventura da. II Colóquio de pesquisas em andamento do PPGL. 2013. (Coordenação de debate em evento científico).

11.
SILVA, Gilvan Ventura da. Membro da Comissão Científica da VIII Semana Acadêmica de História da Ufes - História Política em debate: questões para uma praxis interdisciplinar. 2012. (Membro de comissão científica de evento).

12.
SILVA, Gilvan Ventura da. Representação, identidade e conflito religioso no Império Romano: João Crisóstomo e a cristianização de Antioquia. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

13.
SILVA, Gilvan Ventura da. XIX Ciclo de Debates em História Antiga: Encontros e enfrentamentos. 2009. (Coordenação de debate em evento científico).

14.
SILVA, Gilvan Ventura da. Revista História Hoje V. 4. N. 12 (ISSN 1806-3993). 2007. (Editoração/Periódico).

15.
SILVA, Gilvan Ventura da. Revista História Hoje V. 3. N. 9 (ISSN 1806-3993). 2006. (Editoração/Periódico).

16.
SILVA, Gilvan Ventura da. Revista História Hoje V. 4 N. 11 (ISSN 1806-3993). 2006. (Editoração/Periódico).

17.
SILVA, Gilvan Ventura da. Revista História Hoje V. 4. N. 10 (ISSN 1806-3993). 2006. (Editoração/Periódico).

18.
SILVA, Gilvan Ventura da. Revista História Hoje V. 2. N. 6 (ISSN 1806-3993). 2005. (Editoração/Periódico).

19.
SILVA, Gilvan Ventura da. Revista História Hoje V. 3. N. 7 (ISSN 1806-3993). 2005. (Editoração/Periódico).

20.
SILVA, Gilvan Ventura da. Revista História Hoje V. 3 n. 8 (ISSN 1806-3993). 2005. (Editoração/Periódico).

21.
SILVA, Gilvan Ventura da. IV Simpósio de História Comparada. 2005. (Coordenação de debate em evento científico).

22.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira . A abolição e o tráfico ilegal de escravos na África. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

23.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira . A África antiga. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

24.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira . A África hoje. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

25.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira . A África no Brasil. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

26.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira . As cores do racismo. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

27.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira . Direito e Escravidão. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

28.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira . História da África Muçulmana. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

29.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira . Negociação e conflito: ser escravo no Brasil. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

30.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira . O comércio entre África e Brasil no Atlântico Sul. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

31.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira . Os reinos africanos. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

32.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira . Quilombos e quilombolas no contexto da escravidão. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

33.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira . Raça e democracia - mito e realidade. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

34.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira . As relações entre África e Brasil no contexto do Atlântico Sul. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

35.
SILVA, Gilvan Ventura da. IX Congreso de la Solar. 2004. (Coordenação de debate em evento científico).

36.
SILVA, Gilvan Ventura da. Autoritarismo, repressão e propaganda no Império Romano (Curso ministrado no XIII Simpósio de História da UFES). 2001. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

37.
SILVA, Gilvan Ventura da. XII Simpósio de História da UFES: Política e propaganda no Império Romano. 2001. (Coordenação de debate em evento científico).

38.
SILVA, Gilvan Ventura da. 53a. Reunião Anual da SBPC: Diversidade étnica, identidade e resistência. 2001. (Coordenação de debate em evento científico).

39.
SILVA, Gilvan Ventura da. Identidade e Ação Social no Império Romano (Curso ministrado durante o III Encontro Regional da ANPUH-ES). 2000. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

40.
SILVA, Gilvan Ventura da. Magia e poder no Império Romano (Curso ministrado durante o XIV Encontro Nacional dos Estudantes de História). 2000. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

41.
SILVA, Gilvan Ventura da. Identidade e ação social no Império Romano (Curso ministrado durante o I Seminário Internacional de Arquivos Permanentes da ANPUH-GO). 2000. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

42.
SILVA, Gilvan Ventura da. X Ciclo de Debates em História Antiga do LHIA/UFRJ). 2000. (Coordenação de debate em evento científico).

43.
SILVA, Gilvan Ventura da. Magia e poder no Império Romano (Curso ministrado durante o II Simpósio de História Antiga e Medieval da UESB-BA). 1999. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

44.
SILVA, Gilvan Ventura da. VII Ciclo de Debates do LHIA - História Antiga: novas matrizes teórico-metodológicas e novas abordagens historiográficas. 1997. (Coordenação de debate em evento científico).

45.
SILVA, Gilvan Ventura da. Simpósio Nacional de Estudos Clássicos/X Reunião da SBEC. 1997. (Coordenação de debate em evento científico).

46.
SILVA, Gilvan Ventura da; CRUZ, M. S. . A marginalidade na Antigüidade e na Idade Média (Curso ministrado durante o I Encontro Regional da ANPUH-ES). 1996. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

47.
SILVA, Gilvan Ventura da; GONÇALVES, A. T. M. ; CARVALHO, M. M. . História da mulher na Antigüidade Clássica: Egito, Grécia e Roma (Curso ministrado durante a XI Semana de História da UNESP). 1996. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

48.
SILVA, Gilvan Ventura da; GONÇALVES, A. T. M. ; GONÇALVES, A. T. M. . Representações femininas na Antigüidade (Curso ministrado durante o I Encontro Regional da ANPUH-GO). 1996. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

49.
SILVA, Gilvan Ventura da; GONÇALVES, A. T. M. ; CARVALHO, M. M. . O teatro na Antigüidade (Curso ministrado durante o X Simpósio de História da UFES). 1995. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

50.
SILVA, Gilvan Ventura da; GONÇALVES, A. T. M. . A construção da mística imperial em Roma (Curso ministrado durante o IX Simpósio de História da UFES). 1993. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Demais trabalhos
1.
SILVA, Gilvan Ventura da. Exclusão social, violência e identidade. 2004 (Debatedor em evento científico) .

2.
SILVA, Gilvan Ventura da. Arte Retórica e propaganda governamental. 1997 (Debatedor em evento científico) .

3.
SILVA, Gilvan Ventura da. A construção da memória política no mundo romano. 1996 (Debatedor em evento científico) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SILVA, GILVAN VENTURA DA; BENTIVOGLIO, J. C.; OLIVEIRA, U. J.; RANGEL, M. M.. Participação em banca de Rusley Breder Biasutti. Nietzsche contra Nietzsche: linguagem, história e política. Um estudo sobre a Segunda Consideração Intempestiva (1874). 2018. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

2.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, Érica Cristhyane Morais da; PAPA, H. A.; LIMA NETO, B. M.. Participação em banca de Melissa Moreira Melo Vieira. Exílios, identidades e redes sociais: a dinâmica do conflito entre arianos e nicenos segundo Hilário de Poitiers (343-361). 2018. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

3.
SILVA, Gilvan Ventura da; OMENA, L. M.; ARANTES JR., E.. Participação em banca de Fernando Divino Teodoro Moura. Quid sit Christianum Esse? A batalha pela memória cristã no 'Adversus Arrianos Libri', de Hilário de Poitiers (séc. IV). 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás.

4.
SILVA, Gilvan Ventura da; SIEGA, P. R.; PEREIRA, A. L. M.. Participação em banca de João Ricardo da Silva Meireles. "O pequeno príncipe" como obra da resistência: análise do romance de Sain-Exupéry à luz da estética da recepção. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Letras) - Universidade Federal do Espírito Santo.

5.
SILVA, GILVAN VENTURA DA; SIQUEIRA, S. M. A.; SOUSA, F. E. O.. Participação em banca de João Marcos Alves Marques. O exército romano e as representações do deus Mitra: possibilidades interpretativas. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História) - Universidade Estadual do Ceará.

6.
SILVA, Gilvan Ventura da; SIEGA, P. R.; PATROCINIO, P. R.. Participação em banca de Camila dos Reis Iglesias Pazolini. A colonização brasileira pelo viés da paródia: análise de textos literários que põem a história oficial ao avesso. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Letras) - Universidade Federal do Espírito Santo.

7.
SILVA, Gilvan Ventura da; RIBEIRO, L.; FRYDMAN, P. S.. Participação em banca de Kátia Regina GIesen. O epiditíco como recurso para a representação dos contemporâneos na epistolografia de Plínio, o Jovem. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Letras) - Universidade Federal do Espírito Santo.

8.
SILVA, Gilvan Ventura da; VENTURINI, R. L. B.; OLIVEIRA, T.. Participação em banca de Douglas Raphael Machado Gobato. Instituições divinas e instituições imperiais: a política religiosa de Lactâncio (séc. III-IV). 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História) - Universidade Estadual de Maringá.

9.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SODRÉ, P. R.; SANTOS, D. A.. Participação em banca de Roni Tomazelli. A representação clerical da bruxaria no século XIV: o Livro V do "Formicarius", de Johannes Nider. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

10.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SANCOVSKY, R. R.; SILVA, É. C. M. E.. Participação em banca de Jordânia Lopes de Freitas. O outro sob o olhar cristão: representação dos judeus na Disputa de Tortosa (Hispânia, 1o quarto do século XV). 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

11.
SILVA, Gilvan Ventura da; OMENA, L. M.; GONÇALVES, A. T. M.. Participação em banca de Erick Messias Costa Otto Gomes. Relações de patronato e "amicitia" no Principado romano: uma leitura das representações de Augusto na obra lírica de Horácio (século I a.C.). 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em História) - Universidade Federal de Goiás.

12.
SILVA, Gilvan Ventura da; BUSTAMANTE, Regina Maria da Cunha; FELDMAN, S. A.. Participação em banca de Joana Paula Pereira Correia. O discurso anti-maniqueu de Agostinho de Hipona na construção da identidade cristã. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

13.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira; BENTIVOGLIO, J. C.; CARVALHO, J. M.. Participação em banca de Katia Sausen da Motta. Juiz de Paz e cultura política no início do Oitocentos (Província do Espírito Santo, 1827-1842). 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

14.
SILVA, Gilvan Ventura da; SANCOVSKY, R. R.; FELDMAN, S. A.. Participação em banca de Layli Oliveira Rosado. A controvérsia em torno dos escritos de Maimônides: o fortalecimento do discurso identitário judaico no "Mishné Torá" (1180-1204). 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

15.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SILVA, A. C. L. F.; BENTIVOGLIO, J. C.. Participação em banca de Juliane Albani de Souza. A sexualidade e o controle do corpo no "Scivias" e no "Causae et Curae", de Hildegarda de Bingen (século XII). 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

16.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; ANDRADE FILHO, R.; SANTOS, F. M.. Participação em banca de Luís Eduardo Formentini. A legitimidade das realezas franca e visigótica nas obras de Gregório de Tours e Isidoro de Sevilha (séculos VI-VII). 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

17.
SILVA, Gilvan Ventura da; JOLY, F. D.; FAVERSANI, Fabio. Participação em banca de William Mancini Vieira. "Imago Claudii": as represerntações de Sêneca, Tácito e Suetônio sobre o imperador Cláudio e seu principado. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

18.
SILVA, Gilvan Ventura da; SOARES, Geraldo Antonio; RODRIGUES, Marcia Barros Ferreira; PEDROZA, M. S.. Participação em banca de Edelson Geraldo Gonçalves. O dever do sacrifício: uma reflexão sobre as motivações dos pilotos Kamikaze na Segunda Guerra Mundial. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

19.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; BENTIVOGLIO, J. C.; BASTOS, M. J. M.. Participação em banca de Rafael Hygino Meggiolaro. Identidade e alteridade no reino suevo da Galícia a partir das obras de Martinho de Braga (c. 550-579). 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

20.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; NADER, Maria Beatriz; OLIVEIRA, T.. Participação em banca de Ludimila Noeme Santos Portela. O "Malleus maleficarum" e o discurso cristão ocidental contrário à bruxaria e ao feminino no século XV. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

21.
SILVA, Gilvan Ventura da; CERQUEIRA, F. V.; POSSAMAI, P. C.. Participação em banca de Edalaura Berny Medeiros. Ser cristão no século IV: identidade cultural na História Eclesiástica de Eusébio de Cesareia. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História) - Universidade Federal de Pelotas.

22.
NADER, Maria Beatriz; SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel; OMENA, L. M.. Participação em banca de Altino Silveira Silva. O massacre de Nanking e a violência de gênero contra as mulheres, China (1937-1938). 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

23.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SANCOVSKY, R. R.. Participação em banca de Fabiano de Souza Coelho. Religião, identidade e estigmatização: Agostinho e os pagãos na obra "De civitate Dei". 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

24.
FELDMAN, S. A.; SILVA, Gilvan Ventura da; BENTIVOGLIO, J. C.; COSTA, Ricardo Luiz Silveira da; SILVA, A. C. L. F.. Participação em banca de Tatyana Nunes Lemos. Pregação e Cruzada: a conversão dos infiéis nos poemas de Ramón Lull (1232-1316). 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

25.
FELDMAN, S. A.; SOUBBOTNIK, M.; MAGALHÃES, A. P. T.; SILVA, Gilvan Ventura da. Participação em banca de José Mário Gonçalves. Religião e violência na África romana: Agostinho e os donatistas. 2009. Dissertação (Mestrado em História Social das Relações Políticas) - Universidade Federal do Espírito Santo.

26.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; BENTIVOGLIO, J. C.; FIDORA, A.. Participação em banca de Luciano José Vianna. A conquista de Maiorca (1229) como legitimidade do rei Jaime I, o Conquistador (1208-1276). 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

27.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, Leila Rodrigues da; FELDMAN, S. A.. Participação em banca de Kellen Jacobsen Follador. A construção da imagem do converso: Castela e Aragão (Séculos XIV-XV). 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

28.
SILVA, Gilvan Ventura da; ROSA, C. B.; ARAÚJO, S. R.. Participação em banca de Marcio Gonçalves dos Santos. O processo de estigmatização dos gnósticos em 'Contra as heresias', de Irineu de Lião. 2009. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em História) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

29.
SILVA, Gilvan Ventura da; CARVALHO, M. M.; MAGALHÃES, A. P. T.. Participação em banca de Helena Amália Papa. Cristianismo ortodoxo versus cristianismo heterodoxo: uma análise político-religiosa da contenda entre Basílio de Cesaréia e Eunômio de Cízico (séc. IV d.C.). 2009. Dissertação (Mestrado em Historia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

30.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira; MAMIGONIAN, B. G.. Participação em banca de Mariana de Almeida Pícoli. Ideias de liberdade na cena política capixaba: o movimento abolicionista em Vitória (1869-1888). 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História) - Universidade Federal do Espirito Santo.

31.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; BENTIVOGLIO, J. C.; CARVALHO, M. M.. Participação em banca de José Renato da Silva Marques. A construção da imagem do imperador Valente na obra de Sócrates Escolástico. 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História) - Universidade Federal do Espirito Santo.

32.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel; NADER, Maria Beatriz; BARRETO, S. R.. Participação em banca de Maria Zilma Rios. Sanatório Getúlio Vargas: medicina e relações sociais no combate da tuberculose no Espírito Santo (1942-1967). 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História) - Universidade Federal do Espirito Santo.

33.
CAMPOS, Adriana Pereira; SILVA, Gilvan Ventura da; SANTOS, M. A.. Participação em banca de Monika Mello Queiroz. Ticumbi: lembrança de uma África. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

34.
SILVA, Gilvan Ventura da; SOARES, Geraldo Antonio; FELDMAN, S. A.; PINTO, P. G. H. R.. Participação em banca de Eduardo Teixeira Gomes. A revolução iraniana na perspectiva de Khomeini: representações e paradigmas de um governo islâmico xiita (1979-1989). 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

35.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel; SILVA, L. H. P.; NADER, Maria Beatriz. Participação em banca de Penha Mara Fernandes Nader. A sutileza da discriminação de gênero na nomenclatura dos logradouros públicos de Vitória (1970-2000). 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

36.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SOARES, Geraldo Antonio; KHROLING, A.. Participação em banca de Waléria Vieira de Almeida. Igreja Universal do Reino de Deus: análise do processo de demonização na busca pela hegemonia no campo religioso neopentecostal. 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

37.
SILVA, Gilvan Ventura da; GONÇALVES, A. T. M.; SANDES, N. F.. Participação em banca de Rosane Dias de Alencar. A construção da imagem do governante: uma análise das representações do imperador Constantino (306-337 d.C.). 2007. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em História) - Universidade Federal de Goiás.

38.
CAMPOS, Adriana Pereira; SILVA, Gilvan Ventura da; PINTO, Surama Conde Sá; PEREIRA, Valter Pires. Participação em banca de Andreia Rezende Peres Janes. O PTB: entre o Estado e as massas. 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

39.
SILVA, Gilvan Ventura da; PEREIRA, Valter Pires; SIQUEIRA, Maria da Penha Smarzaro; DOIMO, A.. Participação em banca de Fabiane Machado Barbosa. Comunidades eclesiais de base na História Social da Igreja. 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

40.
SILVA, Gilvan Ventura da; RIBEIRO, Gladys Sabina; FRANCO, Sebastião Pimentel; CAMPOS, Adriana Pereira. Participação em banca de Viviani Dal Piero Betzel. O Tribunal do Júri: papel, ação, composição - Vitória/ES (1850-1870).. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

41.
SILVA, Gilvan Ventura da; RODRIGUES, Márcia Barros Ferreira; MENDONÇA, Carlos Vinícius Costa de; FERREIRA, Giovandro. Participação em banca de Lino Geraldo Resende. Mídia, ditadura e contra-hegemonia: a ação do jornal Posição no Espírito Santo. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

42.
SILVA, Gilvan Ventura da; CARVALHO, M. M.; ROCHA, I. E.. Participação em banca de Semíramis Corsi Silva. Relações de poder em um processo de magia no século II d.C. Uma análise do discurso "Apologia", de Apuleio. 2006. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

43.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel; CAMPOS, Adriana Pereira; LEMOS, Maria Teresa Brittes. Participação em banca de Anselmo Laghi Laranja. Negócios públicos, riquezas privadas: o Escândalo dos 'Anões do Orçamento'(1993-1994). 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

44.
SILVA, Gilvan Ventura da; SIQUEIRA, Maria da Penha Smarzaro; FRANCO, Sebastião Pimentel; FOERSTE, Erineu. Participação em banca de Izabel Maria da Penha Piva. Sob o estigma da pobreza: a ação da Irmandade da Misericórdia no atendimento à pobreza em Vitória - ES (1850-1889). 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

45.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira; FRANCO, Sebastião Pimentel; CAVALCANTI, Vanessa Ribeiro Simon. Participação em banca de Catarina Cecin Gazele. Estatuto das mulheres casadas: uma história dos direitos humanos das mulheres no Brasil. 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

46.
SILVA, Gilvan Ventura da; SANTOS, Estilaque Ferreira dos; COSTA, Ricardo da. Participação em banca de Davis Moreira Alvim. A colônia imaginada: Anchieta e as metamorfoses do imaginário medieval na América portuguesa (1534-1597). 2004. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

47.
SILVA, Gilvan Ventura da; SIQUEIRA, Maria da Penha Smarzaro; FRANCO, Sebastião Pimentel; PINTO, Surama Conde Sá. Participação em banca de José Cândido Rifan Sueth. Espírito Santo, um estado satélite na Primeira República: de Moniz Freire a Jerônimo Monteiro (1892-1912). 2004. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Teses de doutorado
1.
SILVA, GILVAN VENTURA DA; CARVALHO, M. M.; SILVA, É. C. M. E.; SILVA, M. P.; CARLAN, C. I.. Participação em banca de Daniel de Figueiredo. A atuação político-religiosa do imperador Teodósio II na controvérsia entre Cirilo de Alexandria e Nestório de Constatinopla (428-450 d.C.). 2018. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
SILVA, Gilvan Ventura da; CARVALHO, J. M.; FRANCO, Sebastião Pimentel; ACOSTA, C. G.; CAMPOS, Adriana Pereira. Participação em banca de Kátia Sausen da Motta. Eleições no Brasil do Oitocentos: entre a inclusão e a exclusão da patuleia na cidadela política (1822-1881). 2018. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

3.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel; DADALTO, M. C.; CAPRINI, A. B. A.; FERREIRA, G. L.. Participação em banca de Solange Faria Prado. O poder e a luta pela propriedade da terra no vale do rio Iconha / Piúma: o caso de Thomaz Dutton Junior (1870 ? 1906). 2018. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

4.
SILVA, Gilvan Ventura da; LIMA NETO, B. M.; RIBEIRO, L.; HARRISON, S.; MARTINS, P.. Participação em banca de Camilla Ferreira Paulino da Silva. A representação do lugar social do poeta no Principado de Augusto a partir das "Epístolas", de Horácio. 2018. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

5.
SILVA, GILVAN VENTURA DA; ROSA, C. B.; LIMA, A. C. C.; GAIA, D. V.; PORTO, V. C.. Participação em banca de Gisele Oliveira Ayres Barbosa. Quando o divino celebra o humano: religião, política e poder nas moedas republicanas romanas (139-83 AEC). 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

6.
SILVA, Gilvan Ventura da; ROSA, C. B.; CARVALHO, M. M.; BUSTAMANTE, Regina Maria da Cunha; DIREITO, C. G. V.. Participação em banca de Uiara Barros Otero. Os mártires latinos de Cartago: as fronteiras entre o lícito e o ilícito (202-258 E.C.). 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

7.
SILVA, GILVAN VENTURA DA; RIBEIRO, L.; ALMEIDA, J.; FORTES, F. S.; ROCHA, D. O. S.. Participação em banca de Zilda Andrade Lourenço dos Santos. O discurso constituinte como determinante no uso de tópoi e argumentos retóricos na construção das epístolas de Sêneca e Paulo. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras) - Universidade Federal do Espírito Santo.

8.
SILVA, Gilvan Ventura da; FLEMING, M. I. A.; TAL, O.; PORTO, V. C.; PASSOS, M. C. N. K.. Participação em banca de Marcio Teixeira Bastos. Análise e distribuição espacial de lucernas romanas de disco: o caso das províncias da Palestina e do Norte da África. 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo.

9.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; ANDRADE FILHO, R.; MAGALHÃES, A. P. T.; SILVA, É. C. M. E.. Participação em banca de José Mário Gonçalves. Entre táticas e estratégias: tolerância e intolerância religiosa no epistolário de Agostinho de Hipona (390-430). 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

10.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira; MERLO, P. M. S.; VASCONCELLOS, J. G.. Participação em banca de Fabíola Martins Bastos. A política na antessala do Parlamento: imprensa e sociabilidades na formação da esfera pública de opinião em Vitória/ES, nos anos de 1840 a 1889. 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

11.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel; BENTIVOGLIO, J. C.; PINTO, Surama Conde Sá; SALOMON, M. J.. Participação em banca de José Cândido Rifan Sueth. Moniz Freire e a construção de uma identidade política capixaba: entre sonhos e mágoas, o brilho da estrela "Iintrometida". 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

12.
SILVA, Gilvan Ventura da; MIGLIEVICH, A.; PAULA, M. J. A.; MADUREIRA, J. G. P.; FARIA, L. C. M.. Participação em banca de Ronis Faria de Souza. O "habitus" do leitor literário: o professor de Língua Portuguesa da Rede Estadual do Espírito Santo. 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras) - Universidade Federal do Espírito Santo.

13.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRIGHETTO, Renan; FERNANDES, F. R.; EHRHARDT, M. L.; VENDRAMINI, D. S.. Participação em banca de Thiago David Stadler. Por uma noção de História em Plínio, o Velho. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Paraná.

14.
SILVA, Gilvan Ventura da; CARVALHO, M. M.; GONÇALVES, A. T. M.; SILVA, M. P.; ROCHA, I. E.. Participação em banca de Semíramis Corsi da Silva. O Império Romano do sofista grego Filóstrato nas viagens da Vida de Apolônio de Tiana (século III d.C.). 2014. Tese (Doutorado em Historia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

15.
SILVA, Gilvan Ventura da; CARVALHO, M. M.; MAGALHAES, J. C; MAGALHÃES, A. P. T.; FRIGUETTO, R.. Participação em banca de Helena Amália Papa. A autoafirmação de um bispo: Gregório de Nissa e sua visão condenatória aos eunomianos (360-394 d.C.). 2014. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

16.
SILVA, Gilvan Ventura da; GUARINELLO, N.; FLEMING, M. I. A.; VASQUES, M. S.; MACHADO, C. A. R.. Participação em banca de Joana Campos Clímaco. A Alexandria dos antigos: entre a polêmica e o encantamento. 2013. Tese (Doutorado em Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

17.
SILVA, Gilvan Ventura da; MENDES, Norma Musco; CHEVITARESE, A. L.; SILVA, A. C. L. F.; GONÇALVES, A. T. M.. Participação em banca de Diogo Pereira da Silva. O transcrito público e as representações do poder imperial na tetrarquia (284-305): uma contribuição ao diálogo comparativo. 2013. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

18.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, Leila Rodrigues da; SILVA, A. C. L. F.; BASTOS, M. J. M.; BRAGANCA JR., A. A.. Participação em banca de Rita de Cássia Damil Diniz. Da consolidação do "regnum" à elaboração da natione: um estudo comparado dos discursos de João de Bíclaro e Isidoro de Sevilha. 2013. Tese (Doutorado em Doutorado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

19.
SILVA, Gilvan Ventura da; CARVALHO, M. M.; MACHADO, C. A. R.; FRIGHETTO, Renan. Participação em banca de Érica Christhyane Morais da Silva. Conflito político-cultural na Antiguidade Tardia: o levante das estátuas em Antioquia de Orontes (387 d.C.). 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

20.
SILVA, Gilvan Ventura da; GONÇALVES, A. T. M.; SANTOS, D. A.; OMENA, L. M.; CRUZ, M. S.. Participação em banca de Rosane Dias de Alencar. As imagens de Constantino I nos documentos textuais do século IV a VI: múltiplas faces do poder em Roma. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal de Goiás.

21.
SILVA, Gilvan Ventura da; AMORIM, W. M.; HEIDEMANN, M.; GOMES, M. L. B.; SANTOS, T. C. F.. Participação em banca de Maria Carlota de Rezende Coelho. Mesa de negociação permanente do SUS: um espaço político das relações de trabalho em saúde para enfermeiros no município de Vitória. 2011. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

22.
SILVA, Gilvan Ventura da; CHEVITARESE, A. L.; NOGUEIRA, P.; CARLAN, C. U.; FUNARI, R. S.. Participação em banca de Roberta Alexandrina da Silva. A ambiguidade da ordenação feminina: mulher e subjetividades nas comunidades paulinas dos dois primeiros séculos. 2010. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

23.
SILVA, Gilvan Ventura da; ROSA, C. B.; ARAÚJO, S. R.; BUSTAMANTE, Regina Maria da Cunha; CARDOSO, C. F.. Participação em banca de Márcia Santos Lemos. Cristãos, pagãos e cultura escrita: as representações do poder no Império Romano dos séculos IV e V d.C.. 2009. Tese (Doutorado em DOUTORADO EM HISTÓRIA) - Universidade Federal Fluminense.

24.
FAVERSANI, Fabio; SILVA, Gilvan Ventura da; GUARINELLO, Norberto Luiz; MARQUESE, R. B.; MENESES, U. B.. Participação em banca de Fabio Duarte Joly. "Libertate opus est": escravidão, manumissão e cidadania à época de Nero (54-68 d.C.). 2006. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

25.
SILVA, Gilvan Ventura da; GUARINELLO, Norberto Luiz; FAVERSANI, Fabio; FUNARI, Pedro Paulo; FLORENZANO, Maria Beatriz Borba. Participação em banca de Margarida Maria de Carvalho. "Paideia" e retórica no século IV d.C.: a construçaop da imagem do imperador Juliano segundo Gregório Nazianzeno. 2003. Tese (Doutorado em História Econômica) - Universidade de São Paulo.

26.
FAVERSANI, F.; SILVA, Gilvan Ventura da; FLORENZANO, M. B.; FUNARI, Pedro Paulo Abreu; GUARINELLO, N.. Participação em banca de Fábio Faversani. A sociedade civil em Sêneca. 2001. Tese (Doutorado em História Econômica) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
SILVA, Gilvan Ventura da; ARTHMAR, R.; FRANCO, Sebastião Pimentel; SALLES, A. O. T.. Participação em banca de Eduardo Teixeira Gomes. Representações Sociais e Políticas da Democracia Representativa: O Pensamento e a Ação Parlamentar de John Stuart Mill (1865-1868). 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

2.
SILVA, Gilvan Ventura da; GONÇALVES, A. T. M.; OMENA, L. M.. Participação em banca de Erick Messias Costa Otto Gomes. Pensar a dor na Roma Júlio-Claudiana: relação entre famílias, morte e poder a partir das Consolatórias de Sêneca (Séc. I d.C.). 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Federal de Goiás.

3.
SILVA, Gilvan Ventura da; GONÇALVES, A. T. M.; OMENA, L. M.. Participação em banca de Mariana Carrijo Medeiros. Entre a 'moderatio' e o 'furor': repensando os modelos familiares romanos na passagem da República para o Principado a partir da releitura das elegiasde Catulo e Ovídio (séc. I a.C./I d.C.). 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Federal de Goiás.

4.
SILVA, GILVAN VENTURA DA; FRANCO, Sebastião Pimentel; DADALTO, M. C.. Participação em banca de Solange Faria Prado. A assimetria do poder no vale dos rios Iconha/Piúma: o caso de Thomaz Dutton Junior e a colônia inglesa. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

5.
SILVA, GILVAN VENTURA DA; RIBEIRO, L.; MIOTTI, C. M.. Participação em banca de Camilla Paulino Ferreira da Silva. A representação do lugar social do poeta no principado de Augusto a partir das epístolas de Horácio. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

6.
SILVA, Gilvan Ventura da; MIGLIEVICH, A.; DALVI, M. A.. Participação em banca de Ronis Faria de Souza. Leitura literária, formação e prática de ensino: um inventário dos docentes de Língua Portuguesa de Ensino Médio da rede estadual do Espírito Santo. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras) - Universidade Federal do Espírito Santo.

7.
SILVA, Gilvan Ventura da; RIBEIRO, L.; ALMEIDA, J.. Participação em banca de Zilda Andrade Lourenço dos Santos. O impacto dos lugares comuns do retórico em Sêneca e Paulo. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras) - Universidade Federal do Espírito Santo.

8.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel; BENTIVOGLIO, J. C.. Participação em banca de José Cândido Rifan Sueth. Moniz Freire e a construção de uma identidade política capixaba: entre sonhos e mágoas, o brilho da estrela "intrometida". 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

9.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira; PANDOLFI, F. C.. Participação em banca de Kátia Sausen da Motta. O caminho das urnas no Império: direito de voto e participação popular nas eleições, 1822-1881. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

10.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SILVA, Érica Cristhyane Morais da. Participação em banca de Luís Eduardo Formentini. O modelo imperial romano nas monarquias germânicas tardo-antigas. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

11.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SILVA, É. C. M. E.. Participação em banca de José Mário Gonçalves. Convivência, tolerância e intolerância na África romana: identidade e alteridade no epistolário de Agostinho de Hipona (354-430). 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

12.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SILVA, Érica Cristhyane Morais da. Participação em banca de Kellen Jacobsen Follador. Uma linhagem manchada pelo pecado: a estigmatização dos conversos em meados do século XV no reino de Castela. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

13.
SILVA, Gilvan Ventura da; ROSA, C. B.; MENDES, Norma Musco. Participação em banca de Diogo Pereira da Silva. A retórica e o poder na época de Diocleciano e da Tetrarquia (284-305): uma contribuição ao diálogo comparativo. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira; SOARES, Geraldo Antonio. Participação em banca de Fabíola Martins Bastos. Imprensa, espaços públicos e política: práticas de sociabilidade em Vitória, 1840-1889. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

15.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, Leila Rodrigues da; SILVA, A. C. L. F.. Participação em banca de Rita de Cássia Damil Diniz. Perspectiva histórica e hegemonia política: a historiografia do reino visigodo. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

16.
SILVA, Gilvan Ventura da; CARVALHO, M. M.; GUARINELLO, N.. Participação em banca de Semíramis Corsi Silva. Negociações político-culturais e diplomáticas no Principado romano: as alegações de Filóstrato na "Vida de Apolônio de Tiana" (século III d.C.). 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

17.
SILVA, Gilvan Ventura da; GONÇALVES, A. T. M.; SANTOS, D. A.. Participação em banca de Rosane Dias de Alencar. As imagens imperiais de Constantino na literatura dos séculos IV e VI d.C.. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em História) - Universidade Federal de Goiás.

18.
SILVA, Gilvan Ventura da; GOMES, M. L. B.; SANTOS, T. C. F.. Participação em banca de Maria Carlota Rezende Coelho. Mesa de negociação permanente do SUS: um espaço político das relações de trabalho da saúde no município de Vitória, ES. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, Semíramis Corsi; CLIMACO, J.. Participação em banca de Vinícius de Oliveira Motta. Astrologia e fronteiras culturais na Alexandria do Principado romano. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em História) - Universidade Federal de Santa Maria.

2.
BONFIM, A. L.; ZIERER, A.; SILVA, Gilvan Ventura da. Participação em banca de Amanda Cristina Amorim Neves. Educatio romana e a formação do cidadão: memória, educação e tradição. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em História) - Universidade Estadual do Maranhão.

3.
SILVA, GILVAN VENTURA DA. Participação em banca de Melissa Moreira Melo Vieira. Identidade, poder e redes de sociabilidade na Anitguidade Tardia: a dinâmica das querelas religiosas segundo Hilário de Poitiers no contexto do conflito ariano ocidental (343-361). 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

4.
SILVA, Gilvan Ventura da; OMENA, L. M.; ARANTES JR., E.. Participação em banca de Fernando Divino Teodoro Moura. Quid sit christianus esse? A batalha pela memória cristã nos livros IV-VII do "Adversus arrianos libri", de Hilário de Poitiers (séc. IV). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás.

5.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SODRÉ, P. R.. Participação em banca de Roni Tomazelli. A representação clerical da bruxaria no século XV: o livro V do "Formicarius", de Johannes Nider. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

6.
SILVA, Gilvan Ventura da; RIBEIRO, L.; SILVEIRA, L. R.. Participação em banca de Kátia Regina Giesen. O epidítico em Plínio, o Jovem. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Letras) - Universidade Federal do Espírito Santo.

7.
SILVA, Gilvan Ventura da; VENTURINI, R. L. B.; OLIVEIRA, T.. Participação em banca de Douglas Raphael Machado Gobato. As "Instituições divinas" de Lactâncio e a construção de um Império Cristão. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em História) - Universidade Estadual de Maringá.

8.
SILVA, Gilvan Ventura da; GONÇALVES, A. T. M.; OMENA, L. M.. Participação em banca de Erick Messias Costa Otto Gomes. Representações de Augusto na obra lírica de Horácio (século I a.C.). 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em História) - Universidade Federal de Goiás.

9.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SILVA, É. C. M. E.. Participação em banca de Jordânia Lopes de Freitas. A representação e o estigma dos judeus em Aragão (1a. metade do século XV). 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

10.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SOARES, Geraldo Antonio. Participação em banca de Joana Paula Pereira Correia. Agostinho de Hipona e o discurso anti-maniqueu na construção da identidade cristã. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

11.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; BENTIVOGLIO, J. C.. Participação em banca de Juliane Albany de Souza. Em torno de Hildegarda de Bingen: a sexualidade e o controle do corpo no "Scivias" e no "Causae et curae" (Séc. XII). 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

12.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira; BENTIVOGLIO, J. C.. Participação em banca de Kátia Sausen da Motta. "Fazer política, tecer sentidos": juiz de paz e eleições no início do Oitocentos (1827-1842). 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

13.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SOUBBOTNIK, M.. Participação em banca de Layli Oliveira Rosado. O discurso maimodiano: a busca pela preservação da identidade judaica no "Mishné Torá" (séc. XII-XIII). 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

14.
SILVA, Gilvan Ventura da; SOARES, Geraldo Antonio; RODRIGUES, Marcia Barros Ferreira. Participação em banca de Edelson Geraldo Gonçalves. Sacrifício de honra: a saga dos pilotos kamikaze na Segunda Guerra Mundial. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

15.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SANTOS, F. M.. Participação em banca de Luiz Eduardo Formentini. A legitimidade da realeza germânica nas obras de Gregório de Tours e Isidoro de Sevilha. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

16.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; BENTIVOGLIO, J. C.. Participação em banca de Rafael Hygino Meggiolaro. O reino suevo da Galícia nas obras de Martinho de Braga. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

17.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; CAMPOS, Adriana Pereira. Participação em banca de Rafael Pimenta Machado. A construção da verdade e a repressão penal no processo da Inquisição: dinâmica centralizadora do poder na Península Ibérica. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

18.
SILVA, Gilvan Ventura da; RODRIGUES, Marcia Barros Ferreira; LEITE, I. C.. Participação em banca de Vanderlei Cristo Mendonça. Funk: identidade, estigma e medo social. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

19.
SILVA, Gilvan Ventura da; FAVERSANI, Fabio; JOLY, F. D.; MACHADO, C. A. R.. Participação em banca de William Mancini Vieira. Sêneca, Tácito e Suetôno: análise dos valores em uma imagem composta do Principado de Cláudio (41-54 d.C.). 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

20.
SILVA, Gilvan Ventura da; FAVERSANI, Fabio; MACHADO, C. A. R.. Participação em banca de Ygor Klain Belchior. Grupos de apoio e de oposição a Nero, nos "Anais" de Tácito. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

21.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; NADER, Maria Beatriz. Participação em banca de Ludimila Noeme Santos Portela. A construção dos aspectos representativos da bruxaria pelo Ocidente medieval cristão. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

22.
SILVA, Gilvan Ventura da; NADER, Maria Beatriz; FRANCO, Sebastião Pimentel. Participação em banca de Altino Silveira Silva. O massacre de Nanking, 1937-1938: estudo sobre a violência contra as mulheres durante a ocupação japonesa de Nanking (China). 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

23.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SOUBBOTNIK, M.. Participação em banca de Fabiano de Souza Coelho. Religião, identidade e intolerância: Agostinho e a estigmatização dos pagãos na obra "De civitate Dei". 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

24.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel; NADER, Maria Beatriz. Participação em banca de Sílvia Amaral Pimenta de Pádua. Relações de gênero, violência e crime: construção dos papéis sociais do feminino e do masculino no Espírito Santo (Primeira República). 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

25.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; BENTIVOGLIO, J. C.; COSTA, Ricardo da. Participação em banca de Tatyana Nunes Lemos. Lamentos em versos: as propostas lullianas de conversão no "Desconsolo" e no "Concílio". 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

26.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel; NADER, Maria Beatriz. Participação em banca de Thuane Elize Batista. A trajetória da instrução feminina no Espírito Santo (1835-1889). 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

27.
SILVA, Gilvan Ventura da; ROSA, C. B.; ARAÚJO, S. R.. Participação em banca de André Eduardo da Silva Soares. "Liberti": o processo de institucionalização social dos libertos no "Satyricon", de Petrônio. 2008. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em História) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

28.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; CAMPOS, Adriana Pereira. Participação em banca de José Mario Gonçalves. Religião e violência: a legitimação do uso da força no discurso antidonatista de Santo Agostinho. 2008. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

29.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SOARES, Geraldo Antonio. Participação em banca de José Renato da Silva Marques. A construção da imagem do imperador Valente na obra de Sócrates Escolástico. 2008. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

30.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SOARES, Geraldo Antonio. Participação em banca de Kellen Jacobsen Follador. Anussim, conversos e marranos: a tripla imagem do judeu espanhol convertido ao cristianismo.Séc. XIV-XV))). 2008. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

31.
SILVA, Gilvan Ventura da; ROSA, C. B.; ARAÚJO, S. R.. Participação em banca de Márcio Gonçalves dos Santos. O processo de estigmatização dos gnósticos em "Contra as heresias", de Irineu de Lião. 2008. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

32.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel; RODRIGUES, Marcia Barros Ferreira. Participação em banca de Maria Zilma Rios. O Sanatório Getúlio Vargas e a tuberculose no Espírito Santo. 2008. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

33.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira; COSTA, N. S.. Participação em banca de Mariana de Almeida Pícoli. Idéias de liberdade na cena política capixaba: o abolicionismo em debate (1869-1888). 2008. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

34.
SILVA, Gilvan Ventura da; RODRIGUES, Marcia Barros Ferreira; PEREIRA, Valter Pires. Participação em banca de Paulo Fabres. A gênese do município no Brasil na perspectiva de Oliveira Vianna e Raimundo Faoro. 2007. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

35.
SILVA, Gilvan Ventura da; MENDONÇA, Carlos Vinícius Costa de; PEREIRA, Valter Pires. Participação em banca de André Gonçalves Feital. Movimentos messiânicos rurais. 2007. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

36.
SILVA, Gilvan Ventura da; SOARES, Geraldo Antonio; FELDMAN, S. A.. Participação em banca de Eduardo Teixeira Gomes. O governo islâmico na organização do Estado Xiita: a Revolução Iraniana (1979-1989). 2006. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

37.
SILVA, Gilvan Ventura da; GONÇALVES, A. T. M.; SANTOS, D. A.. Participação em banca de Rosane Dias de Alencar. A imagem imperial de Constantino nas obras de Lactâncio e de Eusébio de Cesaréia. 2006. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás.

38.
SILVA, Gilvan Ventura da; NADER, Maria Beatriz; FRANCO, Sebastião Pimentel. Participação em banca de Penha Mara |Fernandes Nader. Feminismo e logradouros: poder e desigualdade de gênero em Vitória, ES (1970-2005). 2006. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

39.
SILVA, Gilvan Ventura da; PEREIRA, Valter Pires; RODRIGUES, Marcia Barros Ferreira. Participação em banca de Fabiana Machado Barbosa. Comunidades eclesiais de base e democracia: um estudo sobre os espaços de participação política em Cariacica, ES. 2006. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

40.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira; NADER, Maria Beatriz. Participação em banca de Monika Mello Queiroz. Ticumbi: entre o congo e o bamba - uma análise sobre a construção da identidade negra em Conceição da Barra, ES. 2006. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

41.
SILVA, Gilvan Ventura da; FELDMAN, S. A.; SOARES, Geraldo Antonio. Participação em banca de Waléria Vieira de Almeida. As representações do diabo na Igreja Universal do Reino de Deus. 2006. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

42.
SILVA, Gilvan Ventura da; RODRIGUES, Marcia Barros Ferreira; RIBEIRO, Luiz Cláudio Moisés. Participação em banca de Flávia de Souza Marchezini. A trajetória da participação popular no planejamento urbano: o caso de Vitória (1994-1991). 2005. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

43.
SILVA, Gilvan Ventura da; RIBEIRO, Luiz Cláudio Moisés; SIQUEIRA, Maria da Penha. Participação em banca de Job de Figueiredo Silvério Alves. A utilização do setor elétrico como instrumento de implementação de políticas públicas nos governos FHC e Lula. 2005. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

44.
SILVA, Gilvan Ventura da; RODRIGUES, Marcia Barros Ferreira; MENDONÇA, Carlos Vinícius Costa de; REIS, Ruth. Participação em banca de Lino Geraldo Resende. Mídia, ditadura e contra-hegemonia: a ação do Jornal Posição no Espírito Santo. 2005. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

45.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira; FRANCO, Sebastião Pimentel. Participação em banca de Viviani Dal Piero Betzel. O Tribunal do Júri: papel, ação, composição. Vitória, ES (1850-1870). 2005. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

46.
SILVA, Gilvan Ventura da; GUIMARÃES, M. P. M.; FRANCO, Sebastião Pimentel. Participação em banca de Izabel Maria da Penha Piva. Sob o estigma da pobreza: a ação da Irmandade da Misericórdia no atendimento à pobreza em Vitória - Espírito Santo (1850-1889). 2004. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

47.
SILVA, Gilvan Ventura da; RODRIGUES, Marcia Barros Ferreira; MENDONÇA, Carlos Vinícius Costa de; SPEDICATO, Paolo. Participação em banca de Jeanne Figueiredo Bilich. A Geração Pós-Guerra no ES: a trajetória política de três capixabas nos Anos 80. 2004. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

48.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel; SIQUEIRA, Maria da Penha Smarzaro. Participação em banca de José Cândido Rifan Sueth. Espírito Santo: um estado satélite nas mensagens dos presidentes do Estado ao Congresso Legislativo Estadual na Primeira República. 2004. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

49.
SILVA, Gilvan Ventura da; COSTA, Ricardo da; SANTOS, Estilaque Ferreira dos. Participação em banca de Davis Moreira Alvim. Anchieta e a permanência do imaginário medieval na América Portuguesa. 2003. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, Leila Rodrigues da; SILVA, A. C. L. F.; THIESEN, I.. Banca de Professor Titular de Claudia Beltrão da Rosa. 2018. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Concurso público
1.
GONÇALVES, A. T. M.; SILVA, Gilvan Ventura da; SANTOS, D. A.. Membro da Banca de Concurso Público para Professor Adjunto em História Antiga. 2008. Universidade Federal de Goiás.

2.
SILVA, Gilvan Ventura da; PEREIRA, André Ricardo Valle Vasco; BUSTAMANTE, Regina Maria da Cunha. Membro da Banca de Concurso Público para Professor Assistente em História Antiga e Medieval. 2005. Universidade Federal do Espírito Santo.

3.
SILVA, Gilvan Ventura da; FUNARI, Pedro Paulo Abreu; SILVA, Leila Rodrigues da; FRIGHETTO, Renan; SIQUEIRA, Márcia Dalledone. Concurso Público para Professor Adjunto na Área de História Antiga. 2004. Universidade Federal do Paraná.

Outras participações
1.
SILVA, Gilvan Ventura da; PEREIRA, Valter Pires; NADER, Maria Beatriz. Membro da banca elaboradora/corretora do Processo Seletivo de Graduação - PROGRAD/UFES. 2007. Universidade Federal do Espírito Santo.

2.
SILVA, Gilvan Ventura da; PEREIRA, Valter Pires; ALVES, Wania Malheiros Barbosa. Membro da Banca Elaboradora/Corretora do VESTUFES. 2005. Universidade Federal do Espírito Santo.

3.
SILVA, Gilvan Ventura da; SANTOS, Estilaque Ferreira dos; CAMPOS, Adriana Pereira; NADER, Maria Beatriz; COSTA, Ricardo da. Membro de banca de concurso público para ingresso no Mestrado em História Social das Relações Políticas da UFES - Processo seletivo 2005. 2004. Universidade Federal do Espírito Santo.

4.
SILVA, Gilvan Ventura da; NADER, Maria Beatriz. Membro da banca elaboradora/corretora do processo seletivo para preenchimento de vagas remanescentes para o curso de História da UFES. 2004. Universidade Federal do Espírito Santo.

5.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira; NADER, Maria Beatriz. Membro da Banca Elaboradora/Corretora do VESTUFES. 2004. Universidade Federal do Espírito Santo.

6.
SILVA, Gilvan Ventura da. Membro de Banca de concurso público para ingresso no Mestrado em História Social das Relações Políticas da UFES - Processo Seletivo 2003. 2003. Universidade Federal do Espírito Santo.

7.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira; FRANCO, Sebastião Pimentel; GIL, Antônio Carlos Amador; SIQUEIRA, Maria da Penha. Membro de banca de concurso público para ingresso no Mestrado em História Social das Relações Políticas - Processo Seletivo 2004. 2003. Universidade Federal do Espírito Santo.

8.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira; NADER, Maria Beatriz. Membro da Banca Elaboradora/Corretora do VESTUFES. 2003. Universidade Federal do Espírito Santo.

9.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira; NADER, Maria Beatriz. Membro da Banca Elaboradora/Corretora do VESTUFES. 2002. Universidade Federal do Espírito Santo.

10.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira; NADER, Maria Beatriz. Membro da Banca Elaboradora/Corretora do VESTUFES. 2001. Universidade Federal do Espírito Santo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Colóquio Internacional de Estudos Greco-Romanos. Espaços do sagrado na cidade antiga. 2016. (Congresso).

2.
IV Colóquio de Pesquisas em Andamento.Mesa de Comunicações. 2015. (Outra).

3.
II Encontro do Leir-ES: formas e imagens da exclusão social no Império Romano.Imagens da pobreza em João Crisóstomo. 2011. (Encontro).

4.
IV Jornadas Internacionais Multidisciplinares - Crise e Invenção. Um bispo para além da crise: João Crisóstomo e a reforma da igreja de Constantinopla. 2009. (Congresso).

5.
XI Simpósio Nacional da Associação Brasileira de História das Religiões.Sociabilidades relgiosas e relações de poder no Império Romano. 2009. (Simpósio).

6.
Colóquio Nacional do Laboratório de Estudos sobre o Império Romano.Hibridismo cultural, fronteiras religiosas e formação de identidades no Império Romano: considerações teóricas sobre o movimento judaizante em Antioquia. 2008. (Encontro).

7.
II Congreso Internacional de Estudios Clásicos en México: la Antigüedad Clásica, alcances interdisciplinarios de su estudio actual. Cultural hybridity and religious interaction in the Later Roman Empire: some remarks on the judaizing movement in Antioch. 2008. (Congresso).

8.
III Seminário de História - Cultura e Sociedade.O antijudaísmo cristão na Antiguidade. 2008. (Seminário).

9.
I Seminário Nacional de Pós-Graduandos em História das Instituições da Uni-Rio.João Crisóstomo e a reforma da cidade antiga. 2008. (Seminário).

10.
VI Encontro Nacional de História Antiga. Os judaizantes no século IV: um obstáculo à afirmação da ordem imperial cristã. 2008. (Congresso).

11.
XI Semana Cultural Saberes.História e Literatura: uma reflexão sobre o Principado de Augusto. 2008. (Seminário).

12.
XVIII Ciclo de Debates em História Antiga: Dialogango com Clio.Prosélitos e judaizantes na legislação imperial do século IV. 2008. (Simpósio).

13.
Congresso Internacional UFES/Université de Paris-Est - Impérios, religiosidades e etnias. As concepções de Império entre a Antigüidade e a Idade Média. 2007. (Congresso).

14.
II Jornadas Internacionais Multidisciplinares. Ascetismo e disciplina no Baixo Império romano: a fabricação do corpo do monge em Paládio de Helenópolis. 2007. (Congresso).

15.
IX Ciclo de Estudos Antigos e Medievais. As relações de sociabilidade entre judeus e cristãos em Antioquia. 2007. (Congresso).

16.
XXIV Simpósio Nacional de História da ANPUH.Dialogando com a Antropologia e a Psicologia Social: a propósito da estigmatização dos judeus e judaizantes em Antioquia por João Crisóstomo. 2007. (Simpósio).

17.
I Seminário Interdisciplinar em História e Educação.Educação, filosofia e poder no século IV: Temístio de Bizâncio e a defesa da ação pública dos filósofos na "Oratio" XXVI. 2006. (Seminário).

18.
Seminários do Programa de Pós-Graduação em Letras.Augusto e a revolução cultural romana. 2006. (Outra).

19.
V Encontro Nacional do GT de História Antiga da ANPUH. Paládio de Helenópolis. 2006. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, Érica Cristhyane Morais da ; LIMA NETO, B. M. . VII Encontro do Leir/ES - Cotidiano, sociabilidades eu usos do espaço no Mundo Antigo. 2017. (Congresso).

2.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, Érica Cristhyane Morais da ; LIMA NETO, Belchior Monteiro de . I Colóquio Internacional de Estudos Greco-Romanos. 2016. (Congresso).

3.
SILVA, Gilvan Ventura da. VI Encontro do Leir/ES - Fontes para o estudo da História Antiga e Medieval. 2015. (Congresso).

4.
SILVA, Gilvan Ventura da; RIBEIRO, L. ; CARVALHO, R. . V Jornada de Estudos Clássicos da UFES - Monstros, híbridos e bestas na Antiguidade. 2015. (Congresso).

5.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, É. C. M. E. ; SILVA, C. P. . V Encontro do Laboratório de Estudos sobre o Império Romano/ES: Cidade, cotidiano e relações de poder. 2014. (Congresso).

6.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, É. C. M. E. ; LIMA NETO, Belchior Monteiro de ; RIBEIRO, L. . I Colóquio Luso-brasileiro de Estudos Clássicos. 2014. (Congresso).

7.
SILVA, Gilvan Ventura da; SILVA, C. P. . IV Encontro do Leir/ES - Cidade, corpo e poder no Império Romano. 2013. (Congresso).

8.
SILVA, Gilvan Ventura da; RIBEIRO, L. ; CARVALHO, R. . IV Jornada de Estudos Clássicos da Ufes - Formação cultural e saberes no Mundo Antigo. 2013. (Congresso).

9.
SILVA, Gilvan Ventura da; GUARINELLO, Norberto Luiz ; ZARDINI, Thiago Brandão ; BAPTISTA, N. H. T. . V Colóquio do Laboratório de Estudos sobre o Império Romano - Fronteiras sociais e identitárias no Mediterrâneo antigo. 2013. (Congresso).

10.
SILVA, Gilvan Ventura da. III Encontro do Leir - Seção ES - Representação, identidade e práticas culturais. 2012. (Congresso).

11.
SILVA, Gilvan Ventura da; RIBEIRO, L. ; CARVALHO, R. . III Jornada de Estudos Clássicos - Fama e infâmia no Mundo Antigo. 2012. (Congresso).

12.
SILVA, Gilvan Ventura da. II Encontro do LEIR - Seção ES - Formas e imagens da exclusão social no Império Romano. 2011. (Congresso).

13.
SILVA, Gilvan Ventura da; RIBEIRO, L. ; FRANCALANCI, C. ; CARVALHO, R. . II Jornada de Estudos Clássicos: Rito e celebração na Antiguidade. 2011. (Congresso).

14.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira . Curso de Extensão "Educação para as relações étnicorraciais". 2011. (Outro).

15.
SILVA, Gilvan Ventura da; NADER, Maria Beatriz ; BENTIVOGLIO, J. C. ; CAMPOS, Adriana Pereira ; GIL, Antônio Carlos Amador . III Congresso Internacional Ufes/Université Paris-Est/Universidade do Minho. 2011. (Congresso).

16.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCALANCI, C. ; RIBEIRO, L. ; CARVALHO, R. . I Jornada de Estudos Clássicos da Ufes - Figurações do masculino e do feminino na Antiguidade. 2010. (Congresso).

17.
SILVA, Gilvan Ventura da. I Encontro do Laboratório de Estudos sobre o Império Romano/Seção ES. 2010. (Congresso).

18.
SILVA, Gilvan Ventura da; CAMPOS, Adriana Pereira ; NADER, Maria Beatriz ; FRANCO, Sebastião Pimentel ; FELDMAN, S. A. . II Congresso Internacional UFES/Université Paris-Est - Cidade, cotidiano e poder. 2009. (Congresso).

19.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel ; FELDMAN, S. A. ; CAMPOS, Adriana Pereira ; NADER, Maria Beatriz ; GIRARD, P. ; LOMNE, G. . Congresso Internacional UFES/Université de Paris-Est - Impérios, religiosidades e etnias. 2007. (Congresso).

20.
FRANCO, Sebastião Pimentel ; SILVA, Gilvan Ventura da ; GONTIJO, C. M. M. ; SIMOES, R. H. S. . I Seminário Interdisciplinar em História e Educação. 2006. (Congresso).

21.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel ; LEMOS, Maria Teresa Toríbio ; LAURIA, R. M. . Fórum de Debates Povos e Culturas das Américas. 2006. (Congresso).

22.
SILVA, Gilvan Ventura da; FRANCO, Sebastião Pimentel ; NADER, Maria Beatriz ; SOARES, Geraldo Antônio . XV Simpósio de História - Etnia, gênero e poder. 2005. (Congresso).

23.
SILVA, Gilvan Ventura da; LEMOS, Maria Teresa Toríbio ; FRANCO, Sebastião Pimentel ; ALMEIDA, Nival Nunes de . Pré-Congresso FIEALC/SOLAR/UERJ/UFES - América Latina e o Processo de Modernização. 2005. (Congresso).

24.
SILVA, Gilvan Ventura da. XIV Simpósio de História: História, Violência e Imaginário Político. 2003. (Congresso).

25.
SILVA, Gilvan Ventura da. Nacionalismo, populismo e desenvolvimento auto-sustentável (1930-1955). 2002. (Congresso).

26.
SILVA, Gilvan Ventura da. XIII Simpósio de História da UFES (Organização de evento científico). 2001. (Congresso).

27.
SILVA, Gilvan Ventura da. Seminário Uma História para Hoje - Anne Frank (Organização de evento científico). 2001. (Outro).

28.
SILVA, Gilvan Ventura da. XI Jornada de Iniciação Científica da Ufes. 2001. (Congresso).

29.
SILVA, Gilvan Ventura da. I Encontro Regional de História da ANPUH-ES (Organização de evento científico). 1996. (Congresso).

30.
SILVA, Gilvan Ventura da. XI Simpósio de História da UFES (Organização de evento científico). 1995. (Congresso).

31.
SILVA, Gilvan Ventura da. X Simpósio de História da UFES (Organização de evento científico). 1993. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Martinho Guilherme Fonseca e Soares. A representação do espaço marítimo na Odisseia, de Homero: os nautai, os deuses e as técnicas de navegação na fundação das apoikiai (séculos X-VII a. C.). Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Gabriela Contão Carvalho. Fronteiras culturais no Mediterrâneo antigo: Heródoto e a representação do território dos líbios como uma heterotopia (séc. V a.C.). Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo. (Orientador).

3.
Agnes Soares Moschen. Espaço, corpo e poder no Império Tardo-Antigo: o teatro e o ofício do palco, em Antioquia, segundo João Crisóstomo. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Jose Guilherme Rodrigues da Silva. Teatro, cotidiano e poder na civitas romana: Plauto e a representação dos cartagineses (séculos III e II a.C.). Início: 2018. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. (Orientador).

2.
João Carlos Furlani. Espaço, conflito e poder na cidade pós-clássica: João Crisóstomo e a cristianização de Constantinopla (397-404). Início: 2018. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo. (Orientador).

3.
Hariadne Soares da Penha Bocayuva. Magia e poder no Egito Greco-Romano: a formação dos mistagogos e seu domínio sobre os saberes esotéricos (séc. I-V a.C.). Início: 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Carolline da Silva Soares. Início: 2017. Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.

Iniciação científica
1.
Esdra Erlacher. A relação dos sofistas e filósofos com as cidades: um estudo com base na Oratio XXXII, Ao povo de Alexandria, de Dion de Prusa. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. (Orientador).

2.
Aylla F. de Oliveira. Movimento social e conflito urbano no último século da República: uma análise da atuação da plebe de Roma. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Jenny Barros Andrade. Corpo, espaço e disciplina na Antiguidade Tardia: um estudo sobre o convivium com base na 'Saturnalia', de Macróbio, e na cultura material. 2018. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

2.
Larissa Rodrigues Sathler Dias. Disciplinando os corpos das virgens e viúvas: Ambrósio e a formação de uma hierarquia feminina na congregação milanesa (Séc. IV). 2018. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

3.
João Carlos Furlani. Gênero, conflito e liderança feminina na cidade pós-clássica: a atuação de Eudóxia e Olímpia sob o episcopado de João Crisóstomo (397-404). 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

4.
Nicodemo Valim de Sena. Espaço, violência e identidade em Alexandria: um estudo sobre o conflito de 38 d.C.. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, . Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

5.
Natan Henrique Taveira Baptista. A glória atlética entre o desejo e a censura: "spectaculum", conflito urbano e representação corporal do auriga na África romana (séc. III-IV). 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

6.
Camilla Paulino Ferreira da Silva. A construção da imagem de Otávio, Cleópatra e Marco Antônio entre moedas e poemas (44 a 27 a.C.). 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

7.
Ana Lucia Santos Coelho. Entre o "circus" e o fórum: poder, amor e amantes na "ars amatoria" de Ovídio (séc. I a.C.-I d.C.). 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, . Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

8.
Simone Rezende da Penha Mendes. Paulo e a "ekklesia" de Corinto: conflitos sociais e disputas de autoridade no período paleocristão. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

9.
Carolline da Silva Soares. O conflito entre o paganismo, o judaísmo e o cristianismo no Principado: um estudo a partir do "Contra Celso", de Orígenes. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Apoio à Pesquisa do ES. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

10.
Ludimila Caliman Campos. Um bispo, um Deus, uma "ekklesia": a formação do episcopado monárquico no Alto Império Romano. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Apoio à Pesquisa do ES. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

11.
Belchior Monteiro de Lima Neto. Bandidos e elites citadinas na África romana: um estudo sobre a formação de estigmas com base nas "Metamorphoses", de Apuleio de Madaura (séc. II). 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História) - Universidade Federal do Espirito Santo, . Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

12.
Hariadne da Penha Soares. Os cultos de Ísis e Atargátis no Alto Império romano: conflito religioso e formação de identidades nas "Metamorphoses" e "De Dea Syria". 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História) - Universidade Federal do Espirito Santo, Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

13.
Jose Guilherme Rodrigues da Silva. Roma e a representação do domínio do mundo no contexto das Guerras Púnicas: uma leitura das "Histórias", de Políbio. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, . Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

14.
Geciane Soares do Nascimento. Suplício, martírio e o poder no Baixo Império Romano: as representações pagã e cristã sobre o corpo sentenciado. 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, . Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

15.
Giovanna Entringer. Violência e intolerância sob o governo de Constâncio II: as implicações sociopolíticas do arianismo. 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

16.
Alessandra André. A crise do sistema políade: a redefinição da identidade ateniense nos discursos de Isócrates e Demóstenes (séc. V e IV a.C.). 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, . Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

17.
Juan Pablo de Sena Pera. O antijudaísmo de Justino Mártir no "Diálogo com Trifão". 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, . Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

18.
Fernanda Coimbra da Costa Pereira. Filosofia política, resistência e identidade no Baixo Império romano: um estudo sobre a reação dos filósofos neoplatônicos ao avanço do cristianismo (361-363). 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, . Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

19.
Thiago Brandão Zardini. Usurpação, identidade e poder no século IV d.C.: a construção da imagem imperial de Teodósio no confronto com Máximo e Eugênio. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, . Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

20.
Paulo Roberto Tigges Júnior. História, memória e identidade no século IV d.C.: Lactâncio e a ação da Providência na construção de uma ordem política cristã. 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, . Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

21.
Érica Cristhyane Morais da Silva. Igreja, conflito e poder no século IV d.C.: João Crisóstomo e o levante das estátuas em Antioquia. 2006. 187 f. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

22.
Ana Penha Gabrecht. O poder e o sagrado na Idade das Trevas: a configuração simbólica da realeza homérica. 2006. 151 f. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

23.
Miguel Arcanjo Marvilla. O Império Romano e o reino dos céus - A construção da imagem sagrada do imperador em 'De laudibus Constantini', de Eusébio de Cesaréia (século IV d.C.). 2005. 160 f. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, . Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

Tese de doutorado
1.
Alessandra André. A fabricação da ?basileia? helenística: um estudo sobre o governo de Antígono Monoftalmo e Demétrio Poliorcetes (321 ? 301 a. C.). 2018. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

2.
Carolline da Silva Soares. Separando a palha do bom grão: autoridade episcopal e disciplina eclesiástica em Cartago segundo o testemunho de Cipriano (século III d.C.). 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

3.
Thiago Brandão Zardini. "Paideia" e cultura política nas Gálias: os panegíricos latinos e as moedas como vetores dos rituais da basileia. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

4.
Ludimila Caliman Campos. Da catacumba à basílica: hibridismo cultural, domesticação do sagrado e conflito religioso no contexto de emergência do marianismo (séc. III-V). 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

5.
Belchior Monteiro Lima Neto. Conflito familiar, vida urbana e estigmatização na África Proconsularis: o caso de Apuleio de Madaura (séc. II d.C.). 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, . Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

6.
Ana Penha Gabrecht. A representação do espaço na "Odisseia": definindo isotopias, heterotopias e utopias na Grécia antiga (séc. X-VIII a.C.). 2014. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Nelson de Paiva Bondioli. 2018. Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo. Gilvan Ventura da Silva.

2.
Roberta Alexandrina da Silva. 2016. Universidade Federal do Espírito Santo, . Gilvan Ventura da Silva.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Marilza Claudino. A violência doméstica do homem contra a mulher e as mudanças atuais na legislação. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso Integrado de Especialização Em Segurança Púb) - Universidade Federal do Espírito Santo, Ministério da Justiça. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

2.
Everton Venicius de Castro. O movimento gnóstico no século II d.C. e o enfrentamento com a hierarquia episcopal. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História Política) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

3.
Valvenargues Oliveira Barcelos Jr.. Os santos do deserto: o movimento monástico do século IV e a autoridade carismática de Antão. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História Política) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

4.
Karla Francisco da Silva. Linguagem, corpo e poder na obra "Antígona", de Sófocles (séc. V a.C.). 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História Política) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

5.
Selma Sampaio Celestino. A religião no contexto do Livro Didático: em busca da História. 2006. 36 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História e Ensino) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

6.
Paulo Roberto Tigges Júnior. O ensino da retórica no norte da África nos séculos III e IV a partir da análise das obras "!De ira Dei" e "De mortibus persecutorum", de Lactâncio. 2006. 29 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História e Ensino) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

7.
Viviane Azevedo Moura. As matronas e o jogo político romano no Alto Império romano. 2006. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História e Ensino) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

8.
Altino Silveira Silva. Guerra e ensino: considerações sobre os conteúdos da Segunda Guerra Mundial no Livro Didático. 2006. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História e Ensino) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

9.
Davidson Nicchio dos Santos. Livro Didático e Ideologia no Brasil: o caso dos governos militares (1964-1984). 2006. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História e Ensino) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

10.
Marco Antônio Campos Dall'Orto dos Santos. Agradável, simples e fácil: a História de São Mateus para iniciantes. 2006. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História e Ensino) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

11.
Geciane Soares do Nascimento. A linguagem presente nos livros didáticos de História e o universo conceitual como forma de apreeensão do sentido histórico. 2006. 20 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História e Ensino) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

12.
Carlyle Leite Moreira. "Idion" e "Koinon": o espaço da mulher no mundo de Homero. 2003. 35 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História Política) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

13.
Jovania Zanotelli. O papel dos jogos seculares na manutenção da ordem política no Império Romano. 2003. 37 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História Política) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

14.
Gabriela Santos Alves. O Livro Didático de História: análise sobre a reprodução de conceitos políticos abordados em História Antiga. 2003. 37 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História Política) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

15.
Carlos Alberto Mello. O professor de História, o Livro Didático e os recursos audiovisuais. 2003. 27 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em História e Geografia) - Faculdades Saberes. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

16.
Carlos Pestana Bezerra. O Livro Didático de História. 2002. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História do Brasil) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

17.
Patrícia Fernandes Patta. A identidade, a religiosidade e a resistência cultural dos negros presentes na obra "Tenda dos Milagres", de Jorge Amado. 2002. 35 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História do Brasil) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

18.
Sérgio Frossard Athayde. Domingos Martins, um mito do ES. 2002. 31 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História do Brasil) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

19.
Cristine dos Santos Modenese. A repressão dos cultos afro-brasileiros durante o Estado Novo no ES. 2002. 43 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História do Brasil) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

20.
Tomaz Antônio Falabella. Escravidão, abolição e exclusão social. 2002. 28 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História do Brasil) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

21.
Maria da Penha Mello Guimarães. Gonzaguinha e João Bosco: arte musical como forma de driblar a ditadura. 2002. 35 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em História do Brasil) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

22.
Cleusimar Carneiro. As estratégias de conversão da Igreja Universal do Reino de Deus no Espírito Santo. 1996. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em Teoria da História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Fernanda Pagungue Moraes Lebarck Caliari. A construção da imagem do escravo gladiador nas obras de Plutarco e Apiano. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

2.
Priscilla Ylre Pereira dfa Silva. O corpo do outro: o guerreiro gaulês no "De bello Gallico", de Júlio César. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

3.
Christiano Laurett Neto. O corpo disciplinado: poder e relações de gênero na obra. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

4.
Alexandre Bastos de Lima. Banditismo e terrorismo no Império Romano: a resistência judaica segundo Flávio Josefo. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

5.
Washington Phillip Spanhol Carneiro. O Pentecostalismo no Espírito Santo: relações de poder na estrutura administrativa e eclesiástica pentecostal da igreja Assembléia de Deus de Vitória (anos 1960). 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

6.
Giovanna Pereira Sutil. Mulher, carisma e poder: o cristianismo primitivo e a figura de Maria na conversão dos judeus. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

7.
Janaina Linhares Knock. O martírio feminino na Igreja primitiva: caracterização e relações de gênero a partir da "História Eclesiástica". 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

8.
Belchior Monteiro de Lima Neto. "O Asno de Ouro" e a estigmatização dos bandidos na visão de Lucio Apuleio (Século II d.C.). 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

9.
Valvenargues Oliveira Barcelos Júnior. O monacato no século IV: a construção do ideal de homem divino através da figura de Antão. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

10.
Edmilton da Silva. Donatistas e circunceliões: violência, terror e fé na África Romana. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

11.
Kelly Grace Nascimento. Representação e identidade no fim da República: romanos e berberes na obra "Guerra de Jugurta", de Salústio. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

12.
Karla Francisco da Silva. Violência, corpo e poder: Antígona como arquétipo da transgressão na tragédia grega do século V. 2006. 30 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

13.
Gladston Cunha. A desagregação do Império Romano do Ocidente na concepção pagã: o testemunho de Zózimo. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

14.
Roney Marcos Pavani. Intolerância e estigmatização social no início do cristianismo: a construção da instituição cristã a partir do combate às heresias. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

15.
Simone Rezende da Penha. Política e religião na obra de Suetônio: a influência dos presságios no Principado Romano. 2005. 49 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

16.
Alessandra André. A redefinição da identidade grega no período de desestruturação da "pólis" clássica. 2005. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

17.
Thiago Brandão Zardini. Identidade e usurpação no século IV d.C.: Pacato Drepânio e a construção da imagem imperial no "Panegírico a Teodósio Augusto". 2005. 58 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

18.
Lucihéberto Rodrigo Machado. Guerra hebraica contra Roma na perspectiva de Flávio Josefo (66 d.C.): terrorismo, identidade e resistência judaica. 2004. 24 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

19.
Soraia Neto Barbosa. Mulher, sexualidade e magia na obra "O asno de ouro", de Apuleio de Madaura. 2004. 44 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

20.
Márcio Gonçalves dos Santos. Magia, promiscuidade e gnosticismo: Irineu de Lião e sua crítica às heresias. 2004. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

21.
Fernanda Coimbra da Costa Pereira. A filosofia neoplatônica: religião e poder. 2004. 47 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

22.
Mirelly Nunes Pinto. A doutrina do Vale do Amanhecer: a instalação do Templo Magano no Espírito Santo. 2003. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

23.
Ana Penha Gabrecht. Práticas e representações em torno da morte no mundo homérico: uma análise da "Odisséia". 2003. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

24.
Milka Christine Godinho Loureiro. Diálogo dos mortos: análise e concepção de morte no Alto Império Romano. 2003. 36 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

25.
Altino Valadão Leite. A imortalidade da alma na apologia do mito da caverna segundo Platão. 2003. 71 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

26.
Érica Chrystiane Morais e Silva. Caridade e pobreza na construção da identidade cristã no Baixo Império romano: os testemunhos de Gregório de Nazianzo e João Crisóstomo. 2003. 40 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

27.
Geciane Soares Ewald. A prática do martírio em Eusébio de Cesaréia. 2003. 35 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

28.
Thaiz Dias de Azevedo. Política e religião no Baixo Império romano: a representação dos judeus na obra 'Contra os galileus', de Juliano (361-363). 2003. 59 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

29.
Helimara Moreira Lamounier Heringer. A associação Império-Igreja: Agostinho e o seu mundo. 2003. 58 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

30.
Paulo Roberto Tigges. A sacralização do poder imperial em Bizâncio: Constâncio Cloro, Helena e Constantino como 'mímesis' da Sagrada Família. 2003. 54 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

31.
Vinícius José Simões. Agostinho e a representação cristã da morte em oposição ao paganismo. 2003. 35 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

32.
Carlos Roberto Ferreira. As práticas de sincretismo no candomblé do Espírito Santo (1989-2000). 2001. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

33.
Sheila Lira Rodrigues. A intervenção norte-americana na queda do socialismo de Salvador Allende no Chile de 1973. 2001. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

34.
Cristine dos Santos Modenese. A repressão aos cultos afro-brasileiros no período do Estado Novo no Espírito Santo. 2001. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

35.
Clarice Souza. A discrepância entre a História Antiga e Medieval ensinada na Universidade e a ensinada nas escolas de nível fundamental. 2001. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

36.
Márcia Regina Rodrigues Ferreira. A configuração da plebe urbana no IV século e suas relações com o governo imperial. 1996. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

37.
Jovania Zanotelli. Pobreza e assistencialismo cristão no IV século d.C.: o ponto de vista dos Padres da Igreja. 1996. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

Iniciação científica
1.
Esdra Erlacher. A relação dos sofistas e filósofos com as cidades: um estudo com base na Oratio XXXI, Ao povo de Rodes, de Díon de Prusa. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

2.
Ícaro Felipe Barbosa Benedikt. Espaço, religião e conflito na Idade Apostólica: a reação das cidades gregas à atividade missionária de Paulo de Tarso. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

3.
Guilherme de Aquino Silva. A descrição da Turdetânia por Estrabão: Espaço, representação e identidade sob o Principado. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

4.
Gabriella Torres de Oliveira. A representação da guerra segundo os cristãos: uma leitura da História contra os pagãos, de Paulo Orósio. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

5.
João Pedro Rodrigues de Andrade. Espaço, conflito e violência em Constantinopla: a atuação popular na controvérsia entre arianos e nicenos segundo Sócrates (séc. V d.C.). 2018. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

6.
Gabriela Contão Carvalho. Espaço, identidade e heterotopia nas Histórias: o olhar grego sobre o território dos líbios (séc. V a.C.). 2017. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

7.
Gabriella Torres de Oliveira. A utopia cristã de supressão da guerra e de promoção da paz: uma leitura da História contra os pagãos, de Paulo Orósio. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

8.
Guilherme de Aquino Silva. Espaço, representação e identidade: Estrabão e o domínio romano sobre a Península Ibérica. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

9.
Lucas Cabral da Silva. Alexandre Magno e a de destruição das cidades como estratégia de domínio territorial sobre a Oikoumene. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

10.
Martinho Guilherme Fonseca Soares. As paisagens marinhas na Odisseia, de Homero: economia, religião e cultura na Grécia Arcaica. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

11.
Agnes Soares Moschen. Espaço, representação e poder no Império Romano: o teatro como um microcosmo social. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

12.
Gabriela Contão Carvalho. O outro na narrativa de Heródoto: a representação do território dos citas como um espaço degradado (séc. V a.C.). 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

13.
Gabriella Torres de Oliveira. A noção de "barbaricum" na Antiguidade Tardia: a representação do território bárbaro segundo Paulo Orósio, em História contra os pagãos (séc. V d.C.). 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

14.
Lucas Cabral da Silva. Alexandre e o domínio sobre a "oikoumene": as estratégias de controle e administração do Império Universal com base no testemunho de Diodoro Sículo. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

15.
Martinho Guilherme Fonseca e Soares. Espaços de transição e de interação homem/divindade em "A Ilíada", de Homero: a construção da identidade grega por meio das isotopias. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

16.
Jenny Barros Andrade. Festa e usos do corpo na Antiguidade Tardia: o rito do banquete nas "Saturnais", de Macróbio. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

17.
Rayanne Amorim Rody. A disciplina corporal dos anacoretas sírios na Antiguidade Tardia segundo Teodoreto de Ciro. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

18.
Larissa Rodrigues Sathler Dias. Disciplina corporal e formação das mulheres cristãs: a condição das virgens e viúvas segundo Ambrósio de Milão. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

19.
Agnes Soares Moschen. Corpo, teatro e moral na Antiguidade Tardia: a repressão aos atores e atrizes segundo João Crisóstomo. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

20.
Lucas Cabral da Silva. Estranhamento cultural entre helenos e persas: corpo, lazer e identidade no contexto de conquista da "oikoumene". 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

21.
Larissa Rodrigues Sathler Dias. Ambrósio de Milão e a disciplina corporal das viúvas na Antiguidade Tardia. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

22.
Jenny Barros Andrade. Corpo, festa e poder na Antiguidade Tardia: a representação dos convivas nas "Saturnais", de Macróbio. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

23.
João Carlos Furlani. Liderança feminina e conflito religioso na Antiguidade Tardia: uma análise com base nas "Cartas a Olímpia", de João Crisóstomo. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

24.
Agnes Soares Moschen. Justiça, religião e poder na Antiguidade Tardia: a condição sociojurídica dos atores no Código Teodosiano. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

25.
Fernanda Pagungue Moraes Caliari. A representação do corpo do escravo gladiador nas 'Vidas Paralelas', de Plutarco. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

26.
João Carlos Furlani. A atuação política de Olímpia em Constantinopla: um exemplo de liderança feminina na Antiguidade Tardia. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

27.
Larissa Rodrigues Sathler Dias. Disciplina corporal e ideal ascético na Antiguidade Tardia: a virgindade segundo Ambrósio de Milão em 'Das Virgens'. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

28.
Priscilla Ylre Pereira da Silva. Técnicas militares e uso do corpo: a representação do guerreiro gaulês segundo César. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

29.
Priscilla Ylre Pereira da Silva. A representação do corpo do guerreiro gaulês nos "Comentários à guerra das Gálias". 2012. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

30.
João Carlos Furlani. Pobreza, caridade e liderança feminina na Antiguidade Tardia: o diaconato de Olímpia em Constantinopla. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

31.
Ana Lúcia Santos Coelho. A representação das mulheres no Império Romano: a valorização das prostitutas na ?Ars Amatoria?, de Ovídio. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

32.
Natan Henrique Taveira Baptista. As "defixiones" como instrumentos de poder nas competições do circus: magia, corpo e lazer no cotidiano da cidade romana (séc. III e IV). 2012. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

33.
Nicodemo Valim de Sena. A definição de identidades etnoreligiosas no Alto Império: Filo e o conflito entre judeus e gentios em Alexandria. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

34.
Ana Lúcia Santos Coelho. As relações de gênero no espaço urbano de Roma: a dominação masculina segundo Ovídio em 'A arte de amar'. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

35.
Natan Henrique Taveira Batista. Cotidiano, magia e conflito no Império Romano: as "defixiones" como instrumentos de poder nas competições do anfiteatro e do hipódromo. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

36.
Camilla Ferreira Paulino da Silva. As contradições na consolidação da imagem imperial romana: Augusto e suas representações na transição da República para o Principado. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

37.
Christiano Laurett Neto. Representação e gênero no Alto Império: o corpo feminino sob a ótica de Tertuliano. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

38.
Camilla Ferreira Paulino da Silva. A afirmação da identidade romana no início do Principado: Horácio e a construção da imagem imperial no confronto com o Egito. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espirito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

39.
Christiano Laurett Neto. Conflito religioso e formação de identidade no Alto Império romano: Tertuliano e a construção do corpo do mártir. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

40.
Ana Lucia Santos Coelho. Fronteiras de gênero no Alto Império romano: a dominação masculina segundo Ovídio em ?A arte de amar?. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

41.
Nicodemo Valim de Sena. Identidade gentia e alteridade judaica no Alto Império: a estigmatização dos judeus alexandrinos segundo Flávio Josefo. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

42.
Alexandre Bastos de Lima. Banditismo e terrorismo no Império Romano: a resistência judaica segundo Flávio Josefo (século I d.C.). 2009. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

43.
Hariadne da Penha Soares. O culto de Atargátis no Alto Império romano: romanização, sagrado e identidade em Luciano de Samósata. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

44.
Camilla Ferreira Paulino da Silva. Representação, conflito e propaganda no fim da República: Horácio e a construção da imagem de Cleópatra VII. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

45.
Ludimila Caliman Campos. A construção do episcopado monárquico a partir de uma análise do "Adversus haereses", de Irineu de Lião (século II d.C.). 2009. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

46.
Hariadne da Penha Soares. Estigmatização e intolerância religiosa no Norte da África: bandidos e proscritos em. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

47.
Ludimila Caliman. A formação da hierarquia episcopal na Igreja Primitiva: uma análise das cartas de Inácio de Antioquia (séc. II). 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

48.
Carolline da Silva Soares. Estigmatização social e intolerância religiosa no Império Romano: o conflito entre pagãos e cristãos no "Contra Celso". 2007. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

49.
Roney Marcos Pavani. Gênero, poder e intolerância no Império Romano: Ireneu de Lião e a censura à atuação religiosa das mulheres no "Contra as heresias". 2007. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

50.
Hariadne da Penha Soares. O culto de Ísis no Império Romano: conflito religioso, estigmatização e formação de identidades em "O Asno de Ouro", de Apuleio de Madaura. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

51.
Belchior Monteiro de Lima Neto. O Asno de Ouro e a estigmatização dos bandidos na visão de Lucio Apuleio (Século II d.C.). 2006. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Ufes Petrobras. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

52.
Roney Marcos Pavani. O processo de estigmatização dos gnósticos em meados do século III: o testemunho de Irineu de Lião no 'Contra as heresias'. 2006. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

53.
Carolline da Silva Soares. Identidade e alteridade religiosas no Alto Império Romano: Atenágoras e a defesa dos cristãos no século II d.C.. 2006. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Ufes Petrobras. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

54.
Giovanna Entringer. Poder e religião no século IV: Constâncio II e a oposição entre arianos e nicenos. 2006. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

55.
Thiago Brandão Zardini. Identidade e usurpação no século IV d.C.: a construção da imagem imperial no panegírico de Teodósio Augusto. 2005. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

56.
Giovanna Entringer. Intolerância e conflito religioso em Alexandria: Atanásio e sua crítica à política arianista de Constâncio II. 2005. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

57.
Simone Rezende da Penha. Presságios de nascimento, destino e morte: política e religião no Principado romano. 2005. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

58.
Fernanda Coimbra da Costa Pereira. Filosofia, religião e política no Baixo Império romano: o testemunho de Eunápio de Sárdis em 'A vida dos sofistas'. 2004. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

59.
Paulo Roberto Tigges Júnior. A santificação do imperador Constâncio Cloro e da imperatriz Helena na obra 'Vida de Constantino'. 2004. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

60.
Thaiz Dias de Azevedo. Política e religião no Baixo Império romano: a representação dos judeus na obra 'Contra os galileus', de Juliano (361-363). 2004. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

61.
Duílio Henrique Kuster Cid. Paládio de Helenópolis e a construção da imagem das devotas pobres na "História Lausíaca". 2003. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

62.
Geciane Soares Ewald. A prática do martírio durante a Grande Perseguição: o testemunho de Eusébio de Cesaréia. 2003. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

63.
Érica Chrystiane Morais e Silva. Caridade, pobreza e a representação dos judeus em João Crisóstomo. 2003. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

64.
Márcio Gonçalves dos Santos. O processo estigmatizante dos principais líderes do gnosticismo na obra 'Contra as heresias', de Irineu de Lião. 2003. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

65.
Lucihéberto Rodrigo Machado. Guerra e resistência hebraica contra Roma na perspectiva de Flávio Josefo. 2003. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

66.
Paulo Roberto Tigges. A associação entre a imagem de Jesus e a do imperador Constantino na obra 'Vida de Constantino'. 2003. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

67.
Thaiz Dias de Azevedo. Um estudo acerca da intolerância religiosa presente no século IV com base nas cartas do imperador Juliano (361-363). 2003. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

68.
Soraia Neto Barbosa. Adultério, sexualidade e magia na obra 'O asno de ouro', de Apuleio de Madaura. 2003. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

69.
Fernanda Coimbra da Costa Pereira. Filosofia, religião e poder na obra 'A vida dos sofistas', de Eunápio de Sárdis. 2003. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

70.
Duílio Henrique Kuster Cid. Paládio de Helenópolis e a construção de um novo paradigma de mulher cristã no Baixo Império romano. 2002. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

71.
Érica Chrystiane Morais e Silva. A concepção de caridade, doença e pobreza na obra 'O amor aos pobres', de Gregório de Nazianzo. 2002. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

72.
Fernanda Coimbra da Costa Pereira. Filosofia, religião e magia na obra 'A vida dos sofistas', de Eunápio de Sárdis. 2002. 15 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

73.
Geciane Soares Ewald. A intolerância religiosa e o martírio cristão na obra 'História Eclesiástica', de Eusébio de Cesaréia. 2002. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

74.
Luciheberto Machado. Messianismo e resistência judaica no 'Apocalipse de Baruch' (século II d.C.). 2002. 15 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

75.
Márcio Gonçalves dos Santos. O processo de estigmatização dos gnósticos em 'Contra as heresias', de Irineu de Lião. 2002. 12 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

76.
Paulo Roberto Tigges. A santificação do imperador Constantino na obra 'Vida de Constantino', (século V d.C.). 2002. 15 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

77.
Soraia Neto Barbosa. Mulher, magia e papel social na obra 'O asno de ouro', de Apuleio de Madaura. 2002. 15 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

78.
Thaiz Dias de Azevedo. A polêmica paganismo X cristianismo na obra 'Contra os Galileus', de Juliano, o Apóstata. 2002. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

79.
Márcia Regina Rodrigues Ferreira. A configuração da plebe urbana em Amiano Marcelino. 1994. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.

80.
Jovania Zanotelli. Pobreza e assistencialismo cristão no IV século: o ponto de vista dos Padres da Igreja. 1994. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gilvan Ventura da Silva.



Outras informações relevantes


Coordenador nacional do GT de História Antiga da ANPUH no biênio 2001-2003;
Coordenador do Programa de Pós-Graduação em História da UFES no triênio 2005-2007;
Assessor científico da Universidade do Estado do Mato Grosso (Unemat);
Membro do Comitê Científico da Associación de los Investigadores y Estudiantes Brasileños en Cataluña - APEC desde 2007;
Correspondente estrangeiro do Centre Libanios da Université Paul Valéry - Montpellier III;
Membro do conselho editorial da Edufes;
Avaliador do Programa Nacional do Livro Didático nos anos de 2000, 2002, 2003, 2005, 2009, 2010, 2012, 2013, 2015 e 2016;
Avaliador do Prociência (UERJ), em 2011;
Coordenador de Tutoria do Curso de Aperfeiçoamento "Educação para as relações étnico-raciais", na modalidade EAD, entre 2011 e 2012;
Avaliador do Programa de Iniciação Científica da UFRN em 2012;
Membro do Comitê Externo de Avaliação da Jornada de Iniciação Científica da UniRio em 2013;
Avaliador do Programa Nacional da Biblioteca da Escola (PNBE) do MEC em 2013;
Assessor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) desde 2004.
Membro da Comissão Avaliadora do Qualis Livros, da Capes, em 2016 e 2017..
Avaliador do Programa de Iniciação Científica da Ufop em 2016.
Consultor da Avaliação Quadrienal da área de História em 2017.
Membro da Comissão de Julgamento do Prêmio Capes de Teses 2017.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/11/2018 às 9:38:28