Marcello Guimaraes Simoes

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1A

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3952163015625103
  • Última atualização do currículo em 15/01/2019


Marcello G. Simões é Paleontólogo, doutor (Doutorado Direto, 1992) em Geociências, Geologia Sedimentar, pelo IGc/USP. É Professor Titular (MS 6) de Paleontologia, do Instituto de Biociências/UNESP, Campus de Botucatu. Docente/orientador (Mestrado/Doutorado) do Programa da Pós-graduação em Geoquímica e Geotectônica, IGc/USP (Capes 7-Internacional) e Geociências e Meio Ambiente, IGCE-UNESP, Rio Claro (Capes 5). Ministrou disciplinas de Pós-graduação no exterior, Depto. Geologia da Universidad Nacional Del Sur, Bahia Blanca, Argentina e Universidade dos Açores, Arquipélago dos Açores, Portugal e no Brasil, IGCE/UNESP-Rio Claro. Foi membro Titular do Comitê de Assessoramento do CNPq (Geologia e Geofísica) e do Comitê de Avaliação dos Programas de Pós-graduação da CAPES (Ciências Biológicas I). Professor visitante do Department of Geosciences, The University of Arizona (1998-1999), Consultor da FAPESP, CNPq, CAPES, FUNDUNESP, Fundação Araucária e UERJ. Participa dos conselhos editoriais dos periódicos: Revista Brasileira de Paleontologia e The Open Paleontological Journal. Assessor ad-hoc de periódicos nacionais e internacionais, tais como: Palaios, Journal of South American Earth Sciences, Palaeo-3, GSA-Bulletin, Continental Shelf Research, Historical Biology, Ameghiniana, Rev. Bras. Geociências, Rev. Geologia/USP, Pesquisas em Geociências e Rev. Bras. Zoologia, etc. Juntamente com o Dr. Michael Holz (UFBA) foi responsável pela implantação da linha de pesquisa em Tafonomia, no Brasil, tendo conseqüentemente, publicado livros, capítulos de livros e artigos técnicos nessa área. Possui aproximadamente 100 artigos científicos publicados, maiormente no exterior. Atualmente coordena o Grupo de Pesquisa "Macroorganismal Geobiology Research Group/CNPq", cujos projetos (todos multidisciplinares) são apoiados pela FAPESP, CNPq, Fundunesp e NSF. Finalmente, foi Vice-presidente da Sociedade Brasileira de Paleontologia/SBP e atuou, por diversas vezes, como Presidente do Núcleo de São Paulo da SBP. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marcello Guimaraes Simoes
Nome em citações bibliográficas
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Biociências, Departamento de Zoologia.
AC Rubião Junior, Departamento de Zoologia
Jardim Santo Inácio (Rubião Junior)
18618970 - Botucatu, SP - Brasil - Caixa-postal: 510
Telefone: (14) 38800644
URL da Homepage: http://www.ibb.unesp.br/#!/departamentos/zoologia/


Formação acadêmica/titulação


1989 - 1992
Doutorado em Geociências (Geologia Sedimentar).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Pelecípodes da Formação Palermo (Permiano) de São Sepé, RS e Guiratinga, MT: implicações na evolução dos invertebrados da Bacia do Paraná, Brasil, Ano de obtenção: 1992.
Orientador: Prof Dr. A.C. Rocha-Campos.
Palavras-chave: Bacia do Paraná; Bivalvia (Mollusca); Evolução; Gondwana; Paleobiogeografia; Paleoecologia.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Paleozoologia.
1984 - 1988
Graduação em Geografia.
Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, FFLCH, Brasil.
Título: Bivalves da Formação Palermo (Permiano), de São Sepé, Bacia do Paraná, Brasil.
Orientador: Prof Dr. Antonio Carlos Rocha Campos.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado e Livre-docência


1998
Livre-docência.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Tafonomia, time-averaging" e resolução espacial de concentrações fossilíferas internamente complexas: um estudo de casos do Permiano, Bacia do Paraná- Brasil e suas implicações paleoecológicas., Ano de obtenção: 1998.
Palavras-chave: Bacia do Paraná; Bioestratinomia; Grupo Passa Dois; Grupo Tubarão; Tafonomia; Time-Averaging.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia / Especialidade: Paleoecologia.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia / Especialidade: Paleontologia de Invertebrados.
1998 - 1999
Pós-Doutorado.
University of Arizona, ARIZONA, Estados Unidos.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Paleozoologia.


Formação Complementar


2011
Espaço da Universidade na Sociedade. (Carga horária: 5h).
Fundação Getulio Vargas - SP, FGV-SP, Brasil.
2011 - 2011
Invista no Planejamento. (Carga horária: 3h).
Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo, SEBRAE/SP, Brasil.
2011 - 2011
Desperte Seu Potencial. (Carga horária: 3h).
Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo, SEBRAE/SP, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Conceitos Básicos de Filogenética. (Carga horária: 20h).
Sociedade Brasileira de Paleontologia, SBP, Brasil.
1994 - 1994
Os dentes de mamíferos fósseis brasileiros. (Carga horária: 8h).
Sociedade Brasileira de Paleontologia, SBP, Brasil.
1989 - 1989
Extensão universitária em Sistemática Filogenética e Biogeografia. (Carga horária: 20h).
Sociedade Brasileira de Paleontologia, SBP, Brasil.
1985 - 1985
Extensão universitária em A Conquista do Ambiente Terrestre. (Carga horária: 20h).
Fundação Parque Zoológico de São Paulo, FPZSP, Brasil.
1984 - 1984
Extensão universitária em Utilização de Técnicas de Sensoriamento Remoto. (Carga horária: 20h).
Associação dos Geógrafos Brasileiros, AGB, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto de Biociências/IBB-UNESP, IBB-UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2014
Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Estatutário, Carga horária: 8


Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Colaborador, Carga horária: 40

Atividades

01/2011 - 02/2011
Ensino, Geociências, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Topicos Especiais de Tafonomia, 60 horas/aula, para 10 alunos da área de concentração Paleontologia

Universidade dos Açores, UAç, Portugal.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador Colaborador, Carga horária: 36

Atividades

09/2010 - 09/2010
Ensino, Tafonomia: processos e produtos sedimentares, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tafonomia: processos e produtos sedimentares, para alunos do Curso de CIências Biológicas, Depto. de Biologia, Universidade dos Açores, 24 horas/aula.

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1998 - 2009
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto (Livre-Docente), Carga horária: 48, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Atividades de Ensino na graduação, em Ciêncicas Biológicas, orienteação na graduação; Atividades de Pesquisa em Paleontologia, Geociências Interdisciplinar e Multidisciplinar; Atividades de extensão relacionadas ao Lab. de Paleontologia. Atividades de Administração com a participação na Chefia de Departamento e em órgãos colegiados.

Vínculo institucional

1992 - 1998
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Assitente Doutor MS-3, Carga horária: 48, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
X

Vínculo institucional

1990 - 1992
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Auxiliar de Ensino, Carga horária: 48, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

12/2016 - Atual
Direção e administração, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Tertius da Chefia do Departamento de Zoologia.
12/2016 - Atual
Direção e administração, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro Titular do Conselho do Departamento de Zoologia.
8/2016 - Atual
Ensino, Geociências e Meio Ambiente, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais
04/2016 - Atual
Ensino, Geociências e Meio Ambiente, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tafonomia
Tópicos Especiais
01/2010 - Atual
Extensão universitária , Instituto de Biociências, .

Atividade de extensão realizada
Orientador Externo do Programa Cientista-Aprendiz do Colégio Dante Alighieri.
10/2009 - Atual
Direção e administração, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Representante Suplente da Congregação do IBB/UNESP..
01/2009 - Atual
Ensino, Geociencias - Geologia Regional(Rc), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Professor Responsável pela disciplina: "Tafonomia como ferramenta às análises paleoambientais"
8/2000 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia Noturno
Paleontologia Diurno
Geologia Noturno
Geologia Diurno
2/1999 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia Noturno
12/1997 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Biociências, Departamento de Zoologia.

2/1992 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Paleoecologia
8/1991 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia
3/1990 - Atual
Direção e administração, Instituto de Biociências, Departamento de Zoologia.

Cargo ou função
Membro de colegiado superior.
3/1990 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Biociências, Departamento de Zoologia.

Linhas de pesquisa
Tafonomia/Actuopaleontologia
3/1990 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Biociências, Departamento de Zoologia.

3/1990 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia
12/2014 - 11/2016
Direção e administração, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Tertius da Chefia do Departamento de Zoologia.
12/2010 - 12/2012
Ensino, Geologia Regional, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tafonomia como ferramenta às análises paleoambientais, para 04 alunos do Programa de PG em Geologia Regional
02/2010 - 07/2010
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Diurno, 60 horas/aula, 44 alunos
02/2010 - 06/2010
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Licenciatura, Noturno, 60 horas/aula, 40 alunos
10/2007 - 10/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro Titular da Comissão de Estágios do Curso de Ciências Biológicas..
07/2009 - 07/2009
Ensino, Geociencias - Geologia Regional(Rc), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tafonomia como ferramenta às análises paleoambientais
02/2009 - 06/2009
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 40 alunos
02/2009 - 06/2009
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Licenciatura, 60 horas/aula, 36 alunos
08/2008 - 11/2008
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Licenciatura, 60 horas/aula, 36 alunos
08/2008 - 11/2008
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 35 alunos
08/2008 - 09/2008
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia Marinha, Optativa, Responsável, 20 horas/aula, 08 alunos
08/2008 - 08/2008
Extensão universitária , Instituto de Biociências, .

Atividade de extensão realizada
Participação nas atividades do Museu Escola NADI-IBB/UNESP, com mais de 50 alunos atendidos.
02/2008 - 06/2008
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 40 alunos
02/2008 - 06/2008
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Licenciatura, 60 horas/aula, 38 alunos
10/2005 - 09/2007
Direção e administração, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Chefe de Departamento.
10/2005 - 09/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro de Colegiado Superior, Congregação do IBB/UNESP.
02/2007 - 06/2007
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 40 alunos
02/2007 - 06/2007
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Licenciatura, 60 horas/aula, 40 alunos
08/2006 - 12/2006
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Licenciatura, 60 horas/aula, 30 alunos
08/2006 - 11/2006
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 35 alunos
02/2006 - 06/2006
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia,Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 41 alunos
08/2005 - 11/2005
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Licenciatura, 60 horas/aula, 30 alunos
08/2005 - 11/2005
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Licenciatura, 60 horas/aula, 31 alunos
10/2003 - 9/2005
Direção e administração, Instituto de Biociências, Departamento de Zoologia.

Cargo ou função
Chefe de Departamento.
10/2003 - 09/2005
Direção e administração, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Representante Titular da Congregação do IBB/UNESP..
10/2003 - 09/2005
Direção e administração, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro Titular do Conselho Curador da FUNDIBIO.
02/2005 - 06/2005
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 40 alunos
02/2005 - 06/2005
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 39 alunos
05/2005 - 05/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Comissão de Pareceristas do IBB/UNESP, para análise de relatórios CPA-2005.
08/2004 - 11/2004
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Licenciatura, 60 horas/aula, 28 alunos
08/2004 - 11/2004
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Licenciatura, 60 horas/aula, 28 alunos
02/2004 - 06/2004
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 40 alunos
02/2004 - 06/2004
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 40 alunos
01/2003 - 12/2003
Extensão universitária , Instituto de Biociências, .

Atividade de extensão realizada
Projeto PROEX, Parceria entre o Laboratório de Paleozoologia e o Museu de História Natural de Taubaté, assessoria na montagem das exposições permanentes do museu. Projeto cadastrado na PROEX.
08/2003 - 11/2003
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Licenciatura, 60 horas/aula, 30 alunos
08/2003 - 11/2003
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Licenciatura, 60 horas/aula, 30 alunos
10/2001 - 10/2003
Direção e administração, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Vice-Chefe de Departamento.
10/2001 - 10/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro Titular da Comissão Permanente de Extensão Universitária.
10/2001 - 09/2003
Direção e administração, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Suplente da Congregação do IBB/UNESP..
10/1999 - 09/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro Suplente do Conselho Curador da Fundação Instituto de Biociências/FUNDIBIO.
02/2003 - 06/2003
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Diurno, 60 horas/aula, 41 alunos
02/2003 - 06/2003
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 40 alunos
08/2002 - 11/2002
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Licenciatura, 60 horas/aula, 25 alunos
02/2002 - 06/2002
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Licenciatura, 60 horas/aula, 30 alunos
02/2002 - 06/2002
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 42 alunos
02/2002 - 06/2002
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 40 alunos
01/2001 - 12/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria da UNESP, .

Cargo ou função
Membro Titular da Comissão de Implantação do Curso de Ciências Biológicas, no Campus de São Vicente, UNESP.
11/1999 - 10/2001
Direção e administração, Instituto de Biociências, Departamento de Zoologia.

Cargo ou função
Thertius do Depto. de Zoologia.
07/2000 - 07/2001
Extensão universitária , Instituto de Biociências, .

Atividade de extensão realizada
Programa Férias Jurássicas, Zoológico de Bauru/Lab. Paleozoologia, ministrando palestras e oficinas para crianças de até 10 anos de idade.
02/2001 - 06/2001
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 41 alunos
02/2001 - 06/2001
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Licenciatura, Noturno, 60 horas/aula, 26 alunos
02/2001 - 06/2001
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 40 alunos
08/2000 - 11/2000
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Paleoecologia, Optativa, Responsável, 60 horas/aula, 07 alunos
10/1999 - 09/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro Suplente do Conselho Curador da Fundação Instituto de Biociências/FUNDIBIO-UNESP.
02/2000 - 06/2000
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 40 alunos
02/2000 - 06/2000
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Licenciatura, Noturno, 60 horas/aula, 30 alunos
02/2000 - 06/2000
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 40 alunos
01/1999 - 12/1999
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria da UNESP, .

Cargo ou função
Assessor Ad Hoc da CPA.
11/1997 - 10/1999
Direção e administração, Instituto de Biociências, Departamento de Zoologia.

Cargo ou função
Vice-Chefe de Departamento.
10/1997 - 09/1999
Direção e administração, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro Titular do Conselho do Departamento de Zoologia.
10/1997 - 09/1999
Direção e administração, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Suplente da Congregação do IBB/UNESP..
08/1995 - 08/1999
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro Suplente do Conselho Curador da Fundação Instituto de Biociências/FUNDIBIO.
02/1999 - 06/1999
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 40 alunos
02/1999 - 06/1999
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Licenciatura, Noturno, 60 horas/aula, 17 alunos
02/1999 - 06/1999
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 35 alunos
01/1997 - 12/1998
Extensão universitária , Instituto de Biociências, .

Atividade de extensão realizada
Participação no Programa UNESP-Interação 97/98.
02/1998 - 06/1998
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 40 alunos
02/1998 - 06/1998
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 40 alunos
08/1997 - 12/1997
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 43 alunos
11/1995 - 10/1997
Direção e administração, Instituto de Biociências, Departamento de Zoologia.

Cargo ou função
Vice-chefe de Departamento.
10/1995 - 09/1997
Direção e administração, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro Titular do Conselho do Departamento de Zoologia.
10/1995 - 09/1997
Direção e administração, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Suplente da Congregação do IBB/UNESP..
08/1996 - 08/1997
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Vice-Presidente da Comissão de Pesquisa.
08/1995 - 08/1997
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro Suplente da Comissão de Pesquisa.
08/1995 - 08/1997
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro Titular da Comissão de Pesquisa.
02/1997 - 06/1997
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Diurno, 60 horas/aula, 40 alunos
02/1997 - 06/1997
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Diurno, 60 horas/aula, 23 alunos
08/1996 - 12/1996
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 43 alunos
8/1996 - 12/1996
Extensão universitária , Instituto de Biociências, Departamento de Zoologia.

Atividade de extensão realizada
Participação no Programa UNESP-Terceira Idade.
01/1995 - 12/1996
Extensão universitária , Instituto de Biociências, .

Atividade de extensão realizada
Participação no Programa UNESP-Interação 95/96.
09/1996 - 10/1996
Extensão universitária , Instituto de Biociências, .

Atividade de extensão realizada
Coordenador de Passeios Ecológicos ?Conhecendo a região de Botucatu?, realizados no âmbito do ?Programa UNESP Aberta à 3a Idade?, oferecido pelo Instituto de Biociências/UNESP-Campus de Botucatu.
10/1995 - 09/1996
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Vice-Presidente da Comissão de Pesquisa.
02/1996 - 06/1996
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Diurno, 60 horas/aula, 20 alunos
03/1992 - 03/1996
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão do Programa de Bolsas PAE/UNESP.
03/1992 - 03/1996
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão do Programa de Bolsas PAE/IBB/UNESP.
08/1995 - 12/1995
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 46 alunos
11/1993 - 10/1995
Direção e administração, Instituto de Biociências, Departamento de Zoologia.

Cargo ou função
Chefe de Departamento.
10/1993 - 09/1995
Direção e administração, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro Titular do Conselho do Departamento de Zoologia..
10/1993 - 09/1995
Direção e administração, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Representante Titular da Congregação do IBB/UNESP..
02/1995 - 08/1995
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Paleoecologia, Optativa, Responsável, 64 horas/aula, 07 alunos
09/1993 - 08/1995
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro Suplente da Comissão de Pesquisa..
08/1993 - 08/1995
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro Titular da Comissão de Extensão e Assuntos Comunitários.
02/1995 - 06/1995
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Diurno, 60 horas/aula, 15 alunos
08/1994 - 12/1994
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 43 alunos
02/1994 - 08/1994
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia dos Pequenos Grupos de Invertebrados, Optativa, Colaborador, 12 horas/aula, 05 alunos
02/1994 - 06/1994
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Diurno, 60 horas/aula, 22 alunos
02/1994 - 06/1994
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Paleoecologia, Optativa, Responsável, 76 horas/aula, 05 alunos
08/1993 - 12/1993
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Diurno, 60 horas/aula, 41 alunos
02/1993 - 06/1993
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Diurno, 60 horas/aula, 21 alunos
01/1990 - 01/1993
Extensão universitária , Instituto de Biociências, .

Atividade de extensão realizada
Responsável pelo ?Programa Venha nos Conhecer?, no âmbito do Departamento de Zoologia.
08/1992 - 12/1992
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 42 alunos
03/1990 - 10/1992
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro Titular do Conselho do Departamento de Zoologia.
02/1992 - 06/1992
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 23 alunos
08/1991 - 12/1991
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 43 alunos
08/1991 - 11/1991
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia e Paleontologia, Responsável, Diurno, CV-antigo, 90 horas/aula, 02 alunos
02/1991 - 06/1991
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Paleontologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 17 alunos
08/1990 - 12/1990
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geologia, Responsável, Diurno, 60 horas/aula, 41 alunos

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Orientador, Enquadramento Funcional: Orientador do Programa de Geoquímica e Geot, Carga horária: 4

Vínculo institucional

1995 - 2007
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Orientador do Programa de Geol. Sedimentar, Carga horária: 4

Atividades

04/2007 - Atual
Ensino, Geociências (Geoquímica e Geotectônica), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tafonomia e Paleoeicnologia como ferramentas a análise de bacias
01/2007 - Atual
Ensino, Geociências (Geoquímica e Geotectônica), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Professor responsável pela disciplina: "GMG-5833 - Tafonomia e paleoicnologia aplicadas à análise de ambientes e bacias sedimentares"
03/1997 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, CERT-USP, .

Cargo ou função
Assessor/Consultor da CERT-USP.
07/2017 - 07/2017
Ensino, Geociências (Geoquímica e Geotectônica), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
GMG 5833 - Tafonomia e Paleoicnologia Aplicadas à Análise de Ambientes e Bacias Sedimentares
12/2014 - 12/2014
Ensino, Geociências (Geoquímica e Geotectônica), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
GSA 5864-1 - A Geociências no contexto da internacionalização da Pesquisa Brasileira
11/2010 - 12/2010
Ensino, Geociências (Geoquímica e Geotectônica), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
GMG-5833 - Tafonomia e paleoicnologia aplicadas à análise de ambientes e bacias sedimentares - 08 créditos, para 03 alunos.
12/2007 - 12/2007
Ensino, Geociências (Geologia Sedimentar), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
GMG 5833 - Tafonomia e paleoicnologia aplicadas à análises de ambientes e bacias sedimentares
01/1997 - 12/2006
Ensino, Geociências (Geologia Sedimentar), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Professor responsável pela disciplina: "GSA-5899 - Tafonomia: processos e ambeintes de fossilização"
11/2005 - 11/2005
Ensino, Geociências (Geologia Sedimentar), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
GPE 5899 - Tafonomia: processos e ambientes de fossilização
11/2003 - 11/2003
Ensino, Geociências (Geologia Sedimentar), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
GPE 5899 - Tafonomia: processos e ambientes de fossilização
11/2003 - 11/2003
Ensino, Geociências (Geologia Sedimentar), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
GPE 5899 - Tafonomia: processos e ambientes de fossilização
11/2001 - 11/2001
Ensino, Geociências (Geologia Sedimentar), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
GPE 5899 - Tafonomia: processos e ambientes de fossilização
11/2000 - 11/2000
Ensino, Geociências (Geologia Sedimentar), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
GPE 5899 - Tafonomia: processos e ambientes de fossilização
08/1995 - 12/1996
Ensino, Geociências (Geologia Sedimentar), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Professor responsável pela disciplina: "GPE-5781 - Tafonomia: processos e ambeintes de fossilização"
11/1996 - 11/1996
Ensino, Geociências (Geologia Sedimentar), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
GPE 5781- Tafonomia: processos e ambientes de fossilização
11/1995 - 11/1995
Ensino, Geociências (Geologia Sedimentar), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
GPE 5781- Tafonomia: processos e ambientes de fossilização

University of Arizona, ARIZONA, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Visiting Scholar, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

9/1998 - 3/1999
Pesquisa e desenvolvimento , Department Of Geosciences, .


Universidade Nacional del Sur, UNS, Argentina.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor/Pesquisador Visitante, Carga horária: 40

Atividades

05/2008 - 05/2008
Ensino, Programa de Pós-graduação em Geologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tafonomia: aplicaciones y limitaciones de los datos tafonómicos

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro de Comite Assessor CAGG, Carga horária: 8

Vínculo institucional

1995 - Atual
Vínculo: Assessor Ad Hoc, Enquadramento Funcional: Assessor/parecerista, Carga horária: 8

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador de Comitê Temático, Carga horária: 40

Vínculo institucional

1988 - 1989
Vínculo: Bolsista Iniciação Científica, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 40

Atividades

09/2010 - 09/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, CNPq, .

Cargo ou função
Coordenador de Comitê Temático, Edital MCT/CNPq nº 032/2010, Fortalecimento da Paleontologia Nacional, CNPq, 2010.

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessor Ad Hoc, Carga horária: 8

Atividades

01/1993 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comite de Área de Geociências, .

Cargo ou função
Assessor Ad Hoc.

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia, FAPESB, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessor Ad Hoc, Carga horária: 8

Atividades

01/2009 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, FAPESB, .

Cargo ou função
Assessor Ad Hoc.

Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, FAADCT/PR, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessor Ad Hoc

Atividades

01/2003 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comite Assessor, .

Cargo ou função
Assessor Ad Hoc.

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro de Comite de Avaliação, Carga horária: 8


Sociedade Brasileira de Paleontologia, SBP, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador, Carga horária: 0
Outras informações
Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Paleontologia

Atividades

12/2009 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Sociedade Brasileira de Paleontologia, Núcleo São Paulo-Paraná, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Editorial da Série Monografias da Sociedade Brasileira de Paleontologia.
8/2005 - Atual
Direção e administração, Sociedade Brasileira de Paleontologia, .

Cargo ou função
Outro Vice-Presidente.
07/2004 - 07/2006
Direção e administração, Sociedade Brasileira de Paleontologia, Núcleo São Paulo-Paraná, .

Cargo ou função
Presidente do Núcleo SP-PR da SBP..
06/2002 - 06/2006
Extensão universitária , Sociedade Brasileira de Paleontologia, Núcleo São Paulo-Paraná, .

Atividade de extensão realizada
Participação no ?I Encontro Mirim de Paleontologia?, realizado pelo Núcleo de São Paulo da SBP e a Prefeitura de São Caetano do Sul e da UniABC.
01/2004 - 08/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, Sociedade Brasileira de Paleontologia, Núcleo São Paulo-Paraná, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Editorial do 19° Congresso Brasileiro de Paleontologia.
07/2002 - 07/2004
Direção e administração, Sociedade Brasileira de Paleontologia, Núcleo São Paulo-Paraná, .

Cargo ou função
Presidente do Núcleo SP-PR da SBP..
01/2002 - 08/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Sociedade Brasileira de Paleontologia, Núcleo São Paulo-Paraná, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Editorial do 18° Congresso Brasileiro de Paleontologia.
01/1996 - 08/1997
Conselhos, Comissões e Consultoria, Sociedade Brasileira de Paleontologia, Núcleo São Paulo-Paraná, .

Cargo ou função
Membro de Comissão Editorial do 15° Congresso Brasileiro de Paleontologia.
07/1994 - 07/1997
Direção e administração, Sociedade Brasileira de Paleontologia, Núcleo São Paulo-Paraná, .

Cargo ou função
Presidente do Núcleo SP-PR da SBP..
07/1992 - 07/1994
Direção e administração, Sociedade Brasileira de Paleontologia, Núcleo São Paulo-Paraná, .

Cargo ou função
Presidente do Núcleo SP-PR da SBP..
01/1991 - 08/1991
Conselhos, Comissões e Consultoria, Sociedade Brasileira de Paleontologia, Núcleo São Paulo-Paraná, .

Cargo ou função
Membro de Comissão Editorial do XII Congresso Brasileiro de Paleontologia.
07/1989 - 07/1991
Direção e administração, Sociedade Brasileira de Paleontologia, Núcleo São Paulo-Paraná, .

Cargo ou função
Secretário Nacional da SBP..
01/1988 - 01/1989
Direção e administração, Sociedade Brasileira de Paleontologia, Núcleo São Paulo-Paraná, .

Cargo ou função
Primerio Secretário do Núcleo SP-PR..
01/1987 - 12/1987
Direção e administração, Sociedade Brasileira de Paleontologia, Núcleo São Paulo-Paraná, .

Cargo ou função
Assessor da Diretoria do Núcleo SP-PR da SBP.

National Geographic Society, NGS, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1999 - 1999
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessor, Carga horária: 4

Atividades

01/1999 - 12/1999
Conselhos, Comissões e Consultoria, Committee for Research and Exploration, .

Cargo ou função
Referee Committee for Research and Exploration.

Agencia Nacional de Promoción Científica y Tecnológica, AGENCIA, Argentina.
Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessor, Carga horária: 4

Atividades

01/2001 - 12/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, FONCyT, .

Cargo ou função
Assessor/Consultor do FONCyT da ANPCT.

Comissão Brasileira de Sítios Geológicos e Paleobiológicos, SIGEP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Não há., Carga horária: 4

Atividades

01/2007 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, SIGEP, .

Cargo ou função
Membro Suplente da SBP, junto ao SIGEP..

Colégio Dante Alighieri, DANTE ALIGHIERI, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador-Tutor, Carga horária: 8

Atividades

01/2010 - Atual
Extensão universitária , Dante Alighieri, .

Atividade de extensão realizada
Tutor-Orientador de Projeto no Programa Cientista Aprendiz do Colégio Dante Alighieri.


Linhas de pesquisa


1.
Tafonomia/Actuopaleontologia
2.
Paleontologia de Invertebrados
3.
Geociências Interdisciplinar/Multidisciplinar
4.
Geociências Interdisciplinar/Multidisciplinar


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Projeto CNPq, Bolsa PQ1A - 304800/2017-1 - Tafonomia de alta resolução de coquinas, Eo-Cretáceo, Bacia do Araripe: implicações paleoambientais
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / João Guedes Bondioli - Integrante / Warren, L. V. - Integrante / Suzana Aparecida Matos - Integrante / ASSINE, MÁRIO L. - Integrante / VAREJÃO, FILIPE GIOVANINI - Integrante / Victor Ribeiro da Silva - Integrante / Mariza Gomes Rodrigues - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 3
2017 - Atual
Projeto FAPESP - 2017/20803-1 - Contexto Estratigráfico e Paleoambiental das Assembleias de Macroinvertebrados da Formação Romualdo, Cretáceo da Bacia do Araripe, e suas Implicações Paleogeográficas
Descrição: Projeto de Pós-doc, da Dra. Suzana Aparecida Matos da Silva. No Cretáceo da Bacia do Araripe (i.e., formações Crato e Romualdo) estão registrados alguns dos mais espetaculares depósitos fossilíferos (Konservat-Largestätten) do Mesozoico do Gondwana, gerados durante o desmantelamento desse supercontinente e consequente abertura do Oceano Atlântico Sul. Como resultado desse processo, as unidades estratigráficas mais superiores do Grupo Santana (i.e., Formação Romualdo) registram importante ingressão marinha aptiana. Vários aspectos desse evento (i.e., direção e extensão da transgressão) são ainda muito controversos. Essa ingressão marinha é caracterizada por um ciclo transgressivo-regressivo limitado por discordâncias regionais. Nesse projeto serão investigadas mudanças nas paleocomunidades de macroinvertebrados bentônicos, associadas às variações paleoambientais ocorridas durante o ciclo transgressivo-regressivo da Formação Romualdo. O projeto focará em extensa análise paleoecológica quantitativa de conjuntos de amostras já coletadas com grande acuracidade estratigráfica (metro a metro), precisamente posicionadas no arcabouço de estratigrafia de sequencias disponível para a Formação Romualdo. Para determinar a natureza das mudanças paleoambientais serão consideradas analises de fácies sedimentares, tafonômicas e paleoecológicas (i.e., composição faunística, abundância relativa, diversidade) de alta resolução. O objetivo principal é demonstrar como as paleocomunidades responderam às variações paleoambientais associadas às oscilações no nível do mar. A definição do caráter paleoecológico das assembleias fósseis da Formação Romualdo é tema inédito e chave para o entendimento da paleogeografia e correlação estratigráfica do intervalo Aptiano-Albiano das bacias interiores do NE brasileiro..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Warren, L. V. - Integrante / Suzana Aparecida Matos - Integrante / ASSINE, MÁRIO L. - Integrante / VAREJÃO, FILIPE GIOVANINI - Integrante / Victor Ribeiro da Silva - Integrante / Mariza Gomes Rodrigues - Integrante.
2017 - Atual
Projeto FAPESP - 2017/22036-8 - SISTEMÁTICA E PALEOECOLOGIA DOS BIVALVES DA FORMAÇÃO CRATO (EOCRETÁCEO), NE DO BRASIL: SIGNIFICADO PALEOAMBIENTAL E PALEOGEOGRÁFICO
Descrição: A Formação Crato, Aptiano, Bacia do Araripe, NE do Brasil, compreende uma sucessão carbonática-siliciclástica-evaporítica, com cerca de 65 metros de espessura, gerada durante a fragmentação do Gondwana. A unidade é reconhecida por conter um dos mais importantes depósitos de preservação excepcional (Konservat-Lagerstätten) do Cretáceo, onde numerosos fósseis de plantas, vertebrados e invertebrados estão registrados. A sucessão sedimentar inclui rochas terrígenas e carbonáticas depositadas em ambiente lacustre, seguidas de lamitos e depósitos de sabkha, gerados em ambientes de intermaré e supramaré, respectivamente. A sucessão vertical mostra aumento gradual das condições de salinidade, culminando com os evaporitos da Formação Ipubi. A despeito disso existem diversas controvérsias relativas às condições ambientais reinantes durante a deposição da Formação Crato. Em particular, a influência marinha durante certos intervalos estratigráficos necessita ainda de comprovação, especialmente nos depósitos siliciclásticos-carbonáticos situados acima do banco basal de calcários laminados, ricamente fossilíferos. Nesse contexto, o presente projeto tem por objetivo a descrição formal de uma fauna de bivalves registrada em siltitos arenosos, amarelados, com cerca de 60 centímetros de espessura, situada acima do principal banco de calcários laminados. O objetivo principal é verificar: 1- a composição taxonômica da fauna; 2- suas afinidades paleobiogeográficas, e 3- as condições deposicionais que geraram as camadas ricas em bivalves. A hipótese a ser testada é a de que pode ter ocorrido uma breve ingressão marinha na Bacia do Araripe, antes da deposição da Formação Ipubi. Essa assunção tem importantes implicações para as reconstruções paleogeográficas da Bacia do Araripe, durante a abertura do Oceano Atlântico Sul, no Eocretáceo. Para cumprir com os objetivos propostos uma grande coleção de bivalves fósseis (>150 espécimes) já está disponível para estudo imediato no IBB/UNESP, a qual será analisada através de procedimentos paleontológicos padrão. Finalmente, o projeto poderá prover também dados adicionais sobre a direção das ingressões marinhas no Eocretáceo da Bacia do Araripe, tema de extrema relevância para a geologia das bacias sedimentares do interior do nordeste brasileiro..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Warren, L. V. - Integrante / Suzana Aparecida Matos - Integrante / ASSINE, MÁRIO L. - Integrante / VAREJÃO, FILIPE GIOVANINI - Integrante / Victor Ribeiro da Silva - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de SP - Bolsa.Número de orientações: 1
2014 - Atual
Proejto FAPESP - 14/09149-0 - Faunas de braquiópodes Rhynchonelliformea do Grupo Itararé (Carbonífero-Permiano inferior) da Bacia do Paraná, Brasil: biocorrelação e paleogeografia
Descrição: Este Projeto tem por finalidade principal solicitar recursos PARA VINDA DE PESQUISADOR ESTRANGEIRO, para o paleontólogo Dr. ARTURO CÉSAR TABOADA, CONICET, Argentina, uma autoridade internacional em braquiópodes neopaleozoicos, interessado em colaborar no estudo de material brasileiro coevo. O Projeto se desenvolverá, caso aprovado, através da identificação taxonômica detalhada das formas encontradas em rochas do Grupo Itararé, formações Mafra e Taciba (=Rio do Sul), Bacia do Paraná, pertencentes à coleção do IBB/UNESP, SP, e do CENPALEO, em Mafra, SC, além dos que serão coletados em etapas de campo. Pretende-se realizar uma análise taxonômica profunda e comparação com formas já identificadas para as bacias neopaleozoicas da Argentina e Austrália. O projeto tem o intuito de refinar as identificações disponíveis (muitas apenas em listas taxonômicas publicadas há mais de 30 anos), com o objetivo de estabelecer correlações bioestratigráficas interbacinais mais seguras, como as propostas por Neves et al. (2014a, b), com base em bivalves fósseis. Pretende-se ainda revisar a sucessão faunística de braquiópodes do Grupo Itararé, na tentativa de aprimorar a bioestratigrafia (biocorrelação) das associações de macroinvertebrados bentônicos, da borda leste da Bacia do Paraná. O registro fóssil de macroinvertebrados marinhos, do Paleozoico superior, das bacias gondwânicas, da América do Sul, especialmente do Brasil e da Argentina, é tipicamente caracterizado por biotas dominadas por braquiópodes, moluscos bivalves e gastrópodes, equinodermatas, dentre outros grupos. Os braquiópodes da sucessão permiana da Bacia do Paraná, embora apresentem distribuição vertical e horizontal restrita apresentam grande potencial para estudos bioestratigráficos (biocorrelação), paleobiogeográficos e paleoecológicos. Entretanto, há mais de seis décadas, desdea descoberta das assembleias marinhas do Grupo Itararé, nas regiões de Teixeira Soares, PR, e Mafra, SC, o conhecimento dos braquiópodes está restrito à listas taxonômicas. Conforme discutido no projeto FAPESP 13/25317-7, "estudos recentes das assembleias de bivalves da Formação Taciba na região de Teixeira Soares, PR, e Mafra, SC, demonstraram o grande potencial de correlação com faunas do Gondwana da Argentina. Há importantes questões do ponto de vista geológico que os braquiópodes do Grupo Itararé podem respondem, como: estas faunas evoluíram conjuntamente com aquelas das bacias do Paleozoico superior da Argentina? Se sim, com que bacia neopaleozoica sul-americana a sucessão faunística do Grupo Itararé apresenta maior afinidade? Ou será que as condições paleoclimáticas e paleogeográficas eram tão distintas a ponto de não haver afinidade faunística entre elas? Por que algumas assembleias coevas são dominadas por braquiópodes (Mafra) e outras por moluscos bivalves (Teixeira Soares)? Estas distinções refletem diferenças de idades, afinidades paleoecológicas e paleobiogeográficas? Neste contexto, o foco da presente pesquisa é o estudo sistemático, paleoecológico, bioestratigráfico e estratigráfico (paleoambiental) das faunas de braquiópodes do Grupo Itararé, formações Mafra e Taciba, com a finalidade como ponto de partir para o entendimento de questões paleogeográficas, paleoclimáticas e bioestratigráficas dos depósitos gondwânicos da Bacia do Paraná, especialmente os associados aos eventos de deglaciação registrados no Grupo Itararé.".
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Neves, J.P. - Integrante / Arthuro Cesar Taboada - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2014 - Atual
Projeto CNPq - 401039/2014-5 - Tafonomia de alta resolução de coquinas do Cretáceo, Bacias do Araripe e Sergipe-Alagoas, como ferramenta em reconstruções paleogeográficas e análogos para reservatório de hidrocarbonetos
Descrição: HIGH RESOLUTION TAPHONOMY OF CRETACEOUS SHELL-BEDS, ARARIPE AND SERGIPE-ALAGOAS BASINS, AS TOOLS IN PALEOGEOGRAPHY RECONSTRUCTIONS AND OIL RESERVOIR ANALOGUES: In this proposal, we will analyze the Lower Cretaceous (Albian) shell beds of the Araripe and Sergipe-Alagoas basins, NE Brazil. We will apply high resolution taphonomic analyses as tools in paleogeographic studies, as well as to improve analog models of hydrocarbon reservoirs in lacustrine shell-rich carbonates. The issue is of main concern of national scientific research agenda, since coeval bioclastic deposits are key oil reservoirs of the Pre-salt interval of the Brazilian divergent marginal basins. Detailed taphonomic studies are still lacking for these deposits, particularly those emphasizing the role of taphonomic processes in the genesis of associated shell beds, and their stratigraphic meaning. In this project we will focus in the shell beds of the Santana Formation, Romualdo Member, Araripe Basin, and Morro do Chaves Formation, Sergipe-Alagoas Basin, and coeval deposits of the Coqueiros Formation, Lagoa Feia Group, Campos Basin. Two main scientific avenues will be explored. First, based on the taphonomy and stratigraphy of the shell beds of the Santana Formation, we will test the hypothesis that the Albian marine transgression into Araripe Basin - a very controversial issue of the Brazilian Mesozoic geology - occurred from the N to the NW, as previously proposed. Our plea is that the vast majority of the Romualdo Member shell beds are transgressive lag deposits. In this context, most of the shell beds of the eastern margin of the Araripe Basin are dominated by bivalve and gastropod shells with high rates of fragmentation and terrigenous content. Conversely, western margin shell beds are echinoid-rich concentrations with low rates of shell fragmentation. These data suggest that the marine ingression may have occurred from the W to the E (without a seaway between the Parnaíba and Araripe basins). Also, we will investigate the main taphonomic factors (e.g., biofabric) that control the primary porosity of the Morro do Chaves shell beds of the Sergipe-Alagoas Basin. In this context, several interesting issues must be investigated. For example, why those shell beds are devoid of oil, whereas coeval ones (Coqueiros Formation) are important oil players in the Campos Basin? In summary, in this project we will: (a) describe in details the taphonomy, sedimentology and stratigraphy of the Santana Formation shell beds, Romualdo Member of the Araripe Basin, recorded in the states of Ceará, Pernambuco and Piauí; (b) describe in detail the taphonomy, sedimentology and stratigraphy of the Morro do Chaves shell beds, Sergipe-Alagoas Basin, especially those ones recorded in the CIMPOR quarry (formerly Atol quarry), Alagoas, and at the outcrops in the margins of the São Francisco river, Propriá county, Sergipe; (c) interpret the shell bed geneses and their temporal and paleoecological resolution; (d) establishes a taphophacies model in order to explore the paleoenvironmental and paleogeographical meaning of the studied shell beds; (e) discuss the possible primary taphonomic factors controlling the oil accumulations in some of the shell beds (Morro do Chaves Formation, Sergipe-Alagoas Basin, versus Coqueiros Formation, Campos Basin). Finally, this proposal is in agreement with the research lines of the ?Center for Petroleum Applied Geosciences?, UNESPetro-Petrobras, Rio Claro, SP, including researchers of two Brazilian universities (UNESP/IBB, IGCE and USP/IGc, IEE). The collaboration with the foreign researcher, Dr. Franz Theodor Fürsich, from the Universität Erlangen-Nürnberg, Germany, is key to achieve those objectives and to achieve high impact scientific results..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Neves, J.P. - Integrante / Riccomini, C. - Integrante / Quaglio, F. - Integrante / Rohn, Rosemarie - Integrante / Warren, L. V. - Integrante / APARECIDA MATOS, SUZANA - Integrante / Mário L. Assine - Integrante / Dimas Dias Brito - Integrante / Mitsuro Arai - Integrante / Rogério Antônio de Oliveira - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2014 - Atual
Projeto FAPESP - 13/25317-7 - Braquiópodes cisuralianos do Grupo Itararé (formações Mafra e Taciba), Bacia do Paraná, Brasil, e seu significado geológico
Descrição: O registro fóssil de macroinvertebrados marinhos, do Paleozoico superior, das bacias gondwânicas, da América do Sul, especialmente do Brasil e da Argentina, é tipicamente caracterizado por biotas dominadas por braquiópodes, moluscos bivalves e gastrópodes, equinodermatas, dentre outros grupos. Os braquiópodes da sucessão permiana da Bacia do Paraná, embora apresentem distribuição vertical e horizontal restrita apresentam grande potencial para estudos bioestratigráficos (biocorrelação), paleobiogeográficos e paleoecológicos. Entretanto, há mais de seis décadas, desde a descoberta das assembleias marinhas do Grupo Itararé, nas regiões de Teixeira Soares, PR, e Mafra, SC, o conhecimento dos braquiópodes está restrito à listas taxonômicas. Estudos recentes das assembleias de bivalves da Formação Taciba na região de Teixeira Soares, PR, e Mafra, SC, demonstraram o grande potencial de correlação com faunas do Gondwana da Argentina. Há importantes questões do ponto de vista geológico que os braquiópodes do Grupo Itararé podem respondem, como: estas faunas evoluíram conjuntamente com aquelas das bacias do Paleozoico superior da Argentina? Se sim, com que bacia neopaleozoica sul-americana a sucessão faunística do Grupo Itararé apresenta maior afinidade? Ou será que as condições paleoclimáticas e paleogeográficas eram tão distintas a ponto de não haver afinidade faunística entre elas? Por que algumas assembleias coevas são dominadas por braquiópodes (Mafra) e outras por moluscos bivalves (Teixeira Soares)? Estas distinções refletem diferenças de idades, afinidades paleoecológicas e paleobiogeográficas? Neste contexto, o foco da presente pesquisa é o estudo sistemático, paleoecológico, bioestratigráfico e estratigráfico (paleoambiental) das faunas de braquiópodes do Grupo Itararé, formações Mafra e Taciba, com a finalidade como ponto de partir para o entendimento de questões paleogeográficas, paleoclimáticas e bioestratigráficas dos depósitos gondwânicos da Bacia do Paraná, especialmente os associados aos eventos de deglaciação registrados no Grupo Itararé..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Jacqueline Peixoto Neves - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.Número de orientações: 1
2013 - 2018
Projeto CNPq - 302903/12-3 - Bivalves Permianos do Gondwana Ocidental (Bacia do Paraná e Karoo) aplicações geológicas e paleontontológicas
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Jacqueline Peixoto Neves - Integrante / Juliana David - Integrante / Rohn, Rosemarie - Integrante / Warren, L. V. - Integrante / Suzana Aparecida Matos - Integrante / ASSINE, MÁRIO L. - Integrante / Vitor Bonatto Guerrini - Integrante / FÜRSICH, FRANZ THEODOR - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 12 / Número de orientações: 4
2012 - Atual
Projeto FAPESP - 12/12508-6 - Análise integrada (taxonômica, paleoecológica e evolutiva) dos bivalves da base da Formação Corumbataí (permiano) e unidades coevas e suas implicações para história geológica da malacafauna endêmica da Bacia do Paraná, Brasil
Descrição: O presente projeto de pesquisa está fundamentado na hipótese de que o progressivo processo de continentalização da Bacia do Paraná, no final do Permo e Triássico, conduziu ao aparecimento de distintas faunas de bivalves, cujo caráter paleoautoecológico e paleobiogeográfico foi, em grande parte, influenciado pelas alterações paleoambientais ocorridas na bacia. O entendimento, entretanto, da evolução in situ das malacofaunas e de fenômenos ecológicos/evolutivos envolvidos, como a grande disparidade morfológica dos elementos são enormemente prejudicados pelo conhecimento ainda precário da taxonomia e afinidades das faunas, em especial da base da Formação Corumbataí. O presente projeto de pesquisa, fundamentado em novos achados e em coleções já existentes pretende fornecer dados para o preenchimento desta lacuna de conhecimento. Em outras palavras, visa contribuir para ampliar o conhecimento taxonômico, paleoecológico e bioestratigráfico dos bivalves da parte basal da Formação Corumbataí, como fundamento para a melhor compreensão da evolução da malacofauna endêmica do Grupo Passa Dois. Neste contexto, esse projeto tem como objetivo geral o estudo taxonômico e bioestratigráfico dos bivalves fósseis encontrados na base da Formação Corumbataí, na região de Rio Claro, Piracicaba e adjacências, incluindo: (a) coleta de novos dados nas pedreiras ao longo da Rodovia Fausto Santomauro, Rio Claro-Piracicaba; (b) descrição morfológica e revisão taxonômica dos bivalves da base da Formação Corumbataí, com base nas coleções do IBB/UNESP e IGc/USP; (c) identificação, descrição e classificação dos bivalves provenientes do novo afloramento (afloramento Canavial), da base da Formação Corumbataí, nos arredores de Rio Claro, SP; (d) estudo morfofuncional das conchas dos bivalves estudados, com o intuito de interpretar o caráter paleoautoecológico da fauna; (e) correlação dos dados paleoautoecológicos, com os tafonômicos, com a finalidade de entender as condições ambientais (dinâmica sedimentar) dos estratos onde os fósseis são encontrados e (h) interpretação dos dados em termos das biozonas de bivalves, disponíveis para o Grupo Passa Dois..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Suzana Aparecida Matos - Integrante.
Número de orientações: 1
2011 - 2014
Projeto FAPESP - 11/01975-0 - Sistemática, paleoecologia e bioestratigrafia dos bivalves permianos das formações Rio do Rasto (Bacia do Paraná, Brasil) e Waterford (Bacia do Karoo, África do Sul).
Descrição: O presente projeto de pesquisa está fundamentado na hipótese de o progressivo processo de continentalização da Bacia do Paraná, no Permo-Triássico, conduziu ao aparecimento de distintas faunas de bivalves, cujo caráter paleoautoecológico e paleobiogeográfico foi, em grande parte, influenciado pelas alterações paleoambientais ocorridas na bacia (vide Rohn,1994 e Simões et al., 1998). O entendimento, entretanto, da evolução in situ das malacofaunas é enormemente prejudicado pelo conhecimento ainda incipiente da taxonomia e afinidades dessas, em especial da Formação Rio do Rasto. Paralelamente, postula-se nesse projeto que, assim como ocorre no intervalo equivalente ao Membro Serrinha, Formação Rio do Rasto e Formação Gai-As, Huab, Namíbia, deve ter existo conexão aquática entre a Bacia do Paraná e do Karoo, África do Sul (Formação Waterford, Cooper & Kensley, 1984), no intervalo correspondente às biozonas de Pinzonella illusa e Pinzonella neotropica. Assim, esse projeto tem como objetivo principal o estudo de assembléias de bivalves da Formação Rio do Rasto e Formação Waterford (Wordiano). Esse estudo constituirá a base para o refinamento do esquema bioestratigráfico proposto por Rohn (1994) e do modelo evolutivo das malacofaunas permianas, da Bacia do Paraná, de Simões et al. (1998). Serão revisadas e descritas as malacofaunas da base do Membro Serrinha, cujos melhores registros ocorrem em cortes da PR-239, sentido Cândido de Abreu-Reserva. Uma inspeção dessa malacofauna indicou a ausência de Leinzia similis e Terraia altissima, tratando-se de uma nova assembléia, aparentemente dominada por Terraia curvata. A assembléia parece ser um pouco mais antiga que a de Leinzia similis-Terraia altissima, possivelmente constituindo o registro estratigráfico de uma biozona ainda não descrita entre a biozona de Pinzonella neotropica (no topo da Formação Teresina) e a de Leinzia similis-Terraia altissima (sensu Rohn, 1994), na Formação Rio do Rasto. Será descrita também a malacouf.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Juliana David - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.Número de orientações: 1
2010 - 2013
Projeto FAPESP - 09/17555-0 - Bivalves da Formação Rio do Sul (Eopermiano), no Estado do Paraná: implicações tafonômicas, paleoecológicas e bioestratigráficas
Descrição: As faunas de bivalves e braquiópodes do ?folhelho? Passinho, ?siltito? Baitaca e arenito ?Rio da Areia?, Formação Rio do Sul, na parte superior do Subgrupo Itararé, em Teixeira Soares, PR, foram revisadas em 1969, por A.C. Rocha-Campos. Os resultados obtidos demonstram que elas são relativamente mais diversificadas, em comparação com outras de intercalações marinhas do Itararé. Várias espécies presentes mostraram afinidades com elementos das assembléias do Paleozóico Superior de outras áreas gondvânicas (e.g., Fm. Bonete, Argentina; Fm. Cerro Prieto, Peru) e Austrália. Infelizmente, em decorrência das dúvidas que ainda persistem com relação às relações estratigráficas mútuas entre as três litofacies fossilíferas do topo da Formação Rio do Sul, e, entre elas, e as rochas glaciais da área, essas faunas permanecem ainda hoje não descritas. Mais recentemente, alguns autores sugeriram que as diferenças na composição faunística notadas nas três litofacies fossilíferas de Teixeira Soares refletem, provavelmente, condições paleoecológicas distintas, mais do que diferenças temporais. Essas observações têm profundas implicações bioestratigráficas, bem como no entendimento das mudanças ambientais que ocorreram concomitantemente ao estágio final de deglaciação, o qual está associado à deposição da parte final da Formação Rio do Sul. Em decorrência dos comentários acima e dos enormes avanços ocorridos nos últimos 10 anos, com relação à tafonomia, sistemática e evolução dos bivalves permianos, e estratigrafia da Bacia do Paraná e de outras regiões gondvânicas seria importante retomar o estudo das faunas da parte superior da Formação Rio do Sul. Assim, o principal objetivo desse projeto é obter subsídios para esclarecer os problemas acima, através de: a) revisão sistemática dos bivalves das assembléias do ?arenito Rio da Areia?, ?siltito Baitaca? e ?folhelho Passinho?, Formação Rio do Sul, da região de Teixeira Soares, PR; b) revisão da posição estratigráfica dessas assembléias e.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Luiz Eduardo Anelli - Integrante / Jacqueline Peixoto Neves - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.Número de orientações: 1
2010 - 2013
Projeto FAPESP - 10/19584-4 - Tectônica e sedimentação do Grupo Itapucumi no contexto das plataformas carbonáticas ediacaranas: abordagem geoquímica, geocronológica, paleomagnética e bioestratigráfica
Descrição: Refinamento estratigráfico do Grupo Itapucumi através de técnicas geocronológicas, paleontológicas, quimioestratigráficas e paleomagnéticas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Integrante / T. R. FAIRCHILD - Integrante / Riccomini, C. - Integrante / Warren, L.V. - Coordenador / Cáceres, A.A. - Integrante / Boggiani, P. C. - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1
2010 - 2011
Projeto CNPq, Bolsa PQ - 306601/2006-0 - Braquiópodes neógenos da Bacia de Pelotas, RS e quaternários da plataforma Sul (SC/RS)
Descrição: O presente projeto de pesquisa, de natureza multidisciplinar, relacionado aos projetos CNPq (300448/03-1, 557333/2005-9) e FAPESP (00/12659, 02/13552-7, 2006/00217-6), irá tratar da (a) sistemática e evolução, (b) das afinidades paleobiogeográficas e significado paleoclimático, e (c) da distribuição temporal/espacial de braquiópodes (Brachiopoda, Rynchonelliformea) encontrados na sucessão miocênica da Bacia de Pelotas e na plataforma continental sul, ao longo dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. De grande importância é a confirmação da presença de espécies do gênero Bouchardia, tanto no Neogeno (Bacia de Pelotas), quanto na plataforma continental. Por se tratar de um braquiópode de águas quentes, Bouchardia é importante para elucidar questões relevantes, ainda pendentes (atuação da corrente das Malvinas, durante o Mioceno), referentes a paleoceanografia e paleobiogeografia do Atlântico Sul, no Cenozóico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2010 - 2011
Projeto FAPESP - 09/12484-7 - Gênese e significado paleoambiental das coquinas de crustáceos da Formação Assistência (Subgrupo Irati), Permiano, Bacia do Paraná, no Estado de São Paulo
Descrição: Famosa pela presença dos répteis mesossaurídeos, as rochas do Subgrupo Irati, Artinskiano, Eopermiano, da Bacia do Paraná, foram depositadas em condições de mar restrito, progressivamente mais salino da base para o topo e apresentando faciologia complexa, incluindo folhelhos, folhelhos betuminosos, arenitos, margas, carbonatos e anidrita. Tais depósitos são representativos de deposição em bacia com configuração complexa, envolvendo ambientes de golfos e baías de profundidades e salinidades extremamente variáveis. Nessa unidade ocorrem também, além dos mesossaurídeos, outros vertebrados, vegetais fósseis (principalmente troncos de gimnospermas), invertebrados (crustáceos malacóstracos, raros insetos e possíveis foraminíferos ainda não formalmente descritos), estromatólitos e os últimos acritarcas registrados na Bacia do Paraná. Os crustáceos malacóstracos (Paulocaris, Liocaris e "Pygaspsis") se destacam como os principais invertebrados do registro fóssil do Subgrupo Irati, sendo a muito conhecidos. As principais ocorrências bem documentadas estão na borda leste (Santa Catarina e São Paulo) e oeste (Goiás) da Bacia do Paraná. Aspecto notável e não explorado do registro fóssil desses crustáceos diz respeito ao fato de, em diversas localidades do Estado de São Paulo e Goiás existir acúmulo denso de carapaças de crustáceos, à moda de coquinas ou micro-coquinas, nos calcários da Formação Assistência e unidades coevas. Conforme discutido nessa proposta, coquinas são depósitos sedimentares extremamente importantes do ponto de vista tafonômico e estratigráfico, oferecendo exemplos diversos de situações bioestratinômicas/sedimentológicas e de relações complexas entre as rochas portadoras e outras que compõem a sucessão sedimentar da Formação Assistência. Coquinas não ocorrem aleatoriamente ao longo das sucessões sedimentares, representando, geralmente, depósitos associados a eventos episódicos, materializando tempestitos proximais a distai.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Suzana M. da Silva - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.Número de orientações: 1
2010 - 2010
Projeto FAPESP - 09/16295-4 - Participação em Evento Científico no Exterior - 6th International Brachiopod Congress, Melbourne-Austrália
Descrição: Dead-live faunal comparisons can provide insights into the fidelity of the fossil record and may also offer us powerful data to detect natural or human-induced population changes in the late Holocene. Here we document dead-live comparisons for brachiopod-rich assemblages (Bouchardia rosea) found in nearshore environments (5 to 45 meters of depth) of the coast of the State of São Paulo, Brazil. This area is part of the Southeast Brazilian Bight Marine Province, and influenced by warm waters of South Brazil Current. Collecting program (2000 to 2003) included 30 stations (14 at Ubatuba Bay/UBA, 16 at Picinguaba Bay/PIC, 23 - 24 S/44 - 46 W), both sampled via Van Veen grab sampler (1/40 m2), and dredging. Hence, the samples primarily represent the uppermost several centimeters of bay sediments (mainly sands). The fidelity estimates were obtained by direct comparisons of live biota with dead shells. Out of 30 stations, 22 (72.4%) yielded brachiopod shells, 11 from UBA, and 11 from PIC. A total of 6627 B. rosea shells were recovered, 5339 (80.6%) from UBA, and 1288 (19.4%) from PIC. Shells were found at all sampling stations in the UBA Bay, except for two stations at 15 meters of depth. In the PIC Bay shells were not found at the shallowest sites (5 meters of depth). Out of 5339 shells found in UBA, 61% (n=3259) are small shells (2mm), and the remaining are shells in 6mm (28.9%, n=1542) and 8mm (10.1%, n=538) fractions. A similar pattern is also observed in the samples from the PIC Bay, where 74% (n=953) are small (2mm) shells, and 124 (9.6%) and 211 (16.4%) are shells in the 6mm and 8mm fractions. Despite the Bouchardia-rich accumulations live specimens of B. rosea were not found in the Ubatuba Bay area throughout the entire sampling program. This absence is striking given the widespread and persistent occurrence of Bouchardia-rich death assemblages in this bay. When data are combined across both embayments, out of 6627 shells recovered, 6.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / M. KOWALEWSKI - Integrante / Juliana de Moraes Leme - Integrante / Sabrina Coelho Rodrigues - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2010 - 2010
Projeto FAPESP - 09/18382-1 - Fidelidade composicional de assembléias de braquiópodes (Rhynchonelliformea) na plataforma continental e talude: implicações paleontológicas e geológicas
Descrição: Estudos de Fidelidade Composicional em assembléias de invertebrados marinhos bentônicos podem constituir importante ferramenta geológica/paleontológica para detectar alterações ambientais (naturais ou antrópicas) nos ambientes sedimentares holocênicos. Por exemplo, Simões et al. (2009) documentaram a fidelidade composicional de assembléias de braquiópodes dominadas por Bouchardia rosea, da plataforma interna, envolvendo ambientes tipicamente siliciclásticos, entre 0 e 45 m. de prof. Esses autores amostraram 30 estações de coleta (14 na enseada de Ubatuba, 16 na Enseada de Picinguaba), das quais 22 registraram a presença de braquiópodes. As estimativas de fidelidade foram obtidas diretamente pela comparação entre a biota viva e as conchas mortas, das mesmas estações de coleta. No total 6627 conchas de braquiópodes foram coletadas, 5339 (80.6%) na Enseada de Ubatuba e 1288 (19.4%) em Picinguaba. Dessas, 6621 (99.9%) eram conchas mortas, sem sinais de tecido, enquanto apenas 6 individuos (0.1%) foram coletados vivos (!), todos em Picinguaba. Esses resultados sugerem fidelidade composicional (vivo-morto) extremamente baixa, para as tanatocenoses de B. rosea. Os dados de fidelidade apontam para um declínio recente das populações de B. rosea. Conforme demonstrado por várias linhas de evidências (e.g., dados radiomátericas, isótopos estáveis, metais pesados etc.) mudanças na temperature da água do mar, disponibilidade de nutrientes, história populacional e poluição são os principais fatores responsáveis pela baixa fidelidade composicional das assembléias de B. rosea na plataforma interna. Embora a Fidelidade Composicional das assembléias de braquiópodes da plataforma interna seja relativamente bem conhecida, não existem dados sobre as acumulações de conchas na plataforma externa e talude continental. O presente estudo tem como objetivo central estabelecer a fidelidade composicional de assembléias de braquiópodes da plafaforma externa e talude.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Sabrina Coelho Rodrigues - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
2008 - 2010
Projeto CNPq - Bivalves permianos da fase de continentalização das bacias do Gondwana ocidental: sistemática, paleogeografia e bioestratigrafia
Descrição: A fauna de bivalves do Grupo Passa Dois, Permiano da Bacia do Paraná evoluiu em um mar epicontinental, sob condições de extremo isolamento geográfico, o que resultou no seu caráter altamente endêmico, dificultando sua utilização em correlações bioestratigráficas. O estudo de bivalves da Formação Gai-As, Permiano, Bacia de Huab, Namíbia, permitiu a identificação de espécies anteriormente conhecidas apenas no Grupo Passa Dois e, por conseguinte, um aprimoramento nas correlações estratigráficas entre as duas bacias. Na Formação Gai-As, depositada sob condições lacustres, conchas de bivalves estão distribuídas em dois intervalos estratigráficos bem definidos, um na porção basal e outro na porção superior. Em ambos os casos a deposição final das conchas ocorreu sob a influência de eventos de alta energia, associados à tempetitos e turbiditos. Concentrações fósseis do intervalo basal há aproximadamente 9m da base da Formação Gai-As, contém Cowperesia emerita e Terraia altissima. Já as concentrações fósseis da porção superior, próximo ao contato com a Formação Doros, contêm alta proporção de conchas atribuídas à Huabiella compressa gen. et. sp. n. e Terraia altíssima. Leinzia similis, anteriormente mencionada na literatura não foi verificada nas amostras investigadas. Tanto Cowperesia emerita, como Terraia altissima são encontradas nas biozonas de Pinzonella neotropica, no topo da Formação Tereseina e Corumbataí, e na Biozona de Leinzia similis, na porção basal do Membro Serrinha, da Formação Rio do Rasto, da borda leste da Bacia do Paraná. A Formação Gai-As sobrepõe-se diretamente aos depósitos com mesossaurídeos (Formação Huab), os quais indicam correlação com a Formação Irati da Bacia do Paraná. Considerando-se as correlações indicadas pelos vertebrados e pelos bivalves, é provável que a sucessão permiana africana contenha uma significativa discordância erosiva, cujo respectivo hiato deve ser equivalente ao intervalo da deposição das formações Serra Alta e ao menos, em.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / R. ROHN - Integrante / L. E. ANELLI - Integrante / Juliana David - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 1
2006 - 2011
Projeto FAPESP - 06/00169-1 - Sistemática e tafonomia dos braquiópodes recentes, da plataforma continental brasileira (Estados de São Paulo e Rio Grande do Sul) e do Paleógeno da Argentina: implicações paleoecológicas e paleobiogeográficas
Descrição: O presente projeto de pesquisa, de natureza multidisciplinar e relacionado aos projetos FAPESP (00/12659, 02/13552-7) e CNPq (300448/03-1, 557333/2005-9), tratará da sistemática, tafonomia, paleoecologia e paleobiogeografia de braquiópodes recentes (viventes ou subfósseis) encontrados na plataforma brasileira, bem como no talude continental ao longo do estado de São Paulo e Rio Grande do Sul. Além disso, incluirá também o estudo de coleção de braquiópodes do Oligoceno Superior (Formação San Julián) da Patagônia, Argentina. Em decorrência de seu amplo escopo, o estudo proposto está subdividido em 04 subprojetos. O subprojeto 01 [Sistemática e (paleo)biogeografia] tem como objetivos principais: (a) estudar, do ponto de vista taxonômico, os Brachiopoda, Rynchonelliformea, ocorrentes em amostras coletadas na plataforma continental, durante o programa Geomar 06, 13, 14 e 17, nos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, (b) estabelecer as afinidades da fauna e compará-la com a fauna de braquiópodes conhecida para outras regiões do Brasil (ES, RJ, SP) e da plataforma Argentina e da região Subantártica e Antártica e (c) determinar os possíveis fatores que limitam a distribuição das espécies identificadas, tanto em termos geográficos, como batimétricos, à moda do estudo de Kowalewski et al. (2002) e Simões et al. (2004). Os subprojetos 02 e 03 (Tafonomia Aplica e Experimental, respectivamnete) têm, respectivamente, como objetivos principais: (a) descrever e categorizar as texturas superficiais das conchas de Bouchardia rosea, encontradas em acumulações superficiais da plataforma interna da região de Ubatuba e Picinguaba, SP; (b) estabelecer os processos e agentes responsáveis pela produção dos diferentes tipos de texturas superficiais; (c) acessar a utilidade da assinatura tafonômica "textura superficial da concha", como possível indicador paleoambiental e na determinação da história post-mortem e tragetória tafonômica do material e.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Sabrina C Rodrigues - Integrante / Juliana de Moraes Leme - Integrante / Marcos César Bissaro Júnior - Integrante / Jacqueline Peixoto Neves - Integrante / Juliana David - Integrante / Suzana M. da Silva - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 3
2006 - 2008
Projeto FAPESP - 05/04793-9 - Efeitos dos fatores intrínsecos no potencial de preservação e representatividade de Bouchardia davidson, 1850 (Brachiopoda): um estudo de laboratório e campo
Descrição: O estudo proposto, vinculado aos projetos FAPESP 00/12659-7 e 02/13552-7, está fundamentado na hipótese de que, a mera presença de partes duras esqueletais, organicamente secretadas, não garante a preservação de um dado invertebrado e, conseqüentemente sua representatividade no registro fóssil fanerozóico. Táxons variam amplamente em sua preservação e representação no registro fóssil, incluindo desde ocorrências raras, localizadas (estratigráfica e geograficamente) até ocorrências freqüentes e amplamente distribuídas (na vertical e horizontal). Mas, por que a preservação varia tanto entre táxons? Até que ponto esse aspecto reflete a freqüência biológica original de um dado táxon ou é um artefato de preservação, ditado pelas trajetórias tafonômicas e os fatores intrínsecos (durabilidade) e extrínsecos (ambiente deposicional)? A priori, pode ser esperado que os processos tafonômicos, per si, conduzem a uma ?super-representação? dos restos esqueletais mais duráveis (física e quimicamente). Várias são as implicações paleobiológicas dessa observação, pois se os organismos ?mais duráveis ? tafonomicamente falando? compreendem desproporcionalmente a maior parte do registro preservado, de um dado táxon qualquer, então (1) medidas da riqueza taxonômica, (2) dominância ecológica e (3) variação ecomorfológica produzirão ruído nas análises e determinação de tendências evolutivas, em larga escala (e.g., escala secular). De fato, processos físicos, químicos e biológicos podem alterar ou destruir as partes duras esqueletais, alterando assim, consideravelmente, a (1) composição, (2) diversidade e (3) representatividade de táxons de uma dada tanatocenose e, conseqüentemente, da futura tafocenose. Os processos tafonômicos geram, portanto, tendenciamentos (bias) que podem decorrer tanto de fatores intrínsecos (e.g., mineralogia das partes duras, peso, tamanho etc.), como extrínsecos (energia do ambiente deposicional). Entretanto, a importância e o papel exercidos por tais fatores no p.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Juliana de Moraes Leme - Integrante / Sabrina Coelho Rodrigues - Integrante / Jacqueline Peixoto Neves - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2006 - 2008
Projeto FAPESP - 06/00217-6 - Sistemática e afinidades da fauna de Brachiopoda Recente da Plataforma Continental do Sul do Brasil: implicações na (paleo)biogeografia do Oceano Atlântico Ocidental
Descrição: O presente projeto de pesquisa, de natureza multidisciplinar e relacionado aos projetos FAPESP (00/12659, 02/13552-7) e CNPq (300448/03-1, 557333/2005-9), tratará da sistemática e paleobiogeografia de braquiópodes recentes (viventes ou subfósseis) encontrados na plataforma brasileira, bem como no talude continental ao longo dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O projeto tem como objetivos principais: (a) estudar, do ponto de vista taxonômico, os Brachiopoda, Rynchonelliformea, ocorrentes em amostras coletadas na plataforma continental, durante o programa Geomar 06, 13, 14 e 17, nos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, (b) estabelecer as afinidades da fauna e compará-la com a fauna de braquiópodes conhecida para outras regiões do Brasil (ES, RJ, SP) e da plataforma Argentina e da região Subantártica e Antártica e (c) determinar os possíveis fatores que limitam a distribuição das espécies identificadas, tanto em termos geográficos, como batimétricos, à moda do estudo de Kowalewski et al. (2002) e Simões et al. (2004). O cumprimento desse projeto auxiliará na obtenção de dados (taxonômicos e paleobiogeográficos) que preencherão uma importante lacuna no conhecimento da história natural dos braquiópodes Rhynchonelliformea, especialmente nas regiões subtropicais e temperadas ao longo do Cenozóico. Finalmente, o projeto aqui apresentado tem aplicação prática em Biologia ou Paleobiologia da Conservação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Juliana de Moraes Leme - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1
2006 - 2008
Projeto CNPq - 557333/2005-9 - Evolução no bentos Antártico: sistemática e biogeografia em Cnidaria Medusozoa e Brachiopoda (Proantar)
Descrição: CNPq - Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento (Proantar ca. US$ 40.000,00). 557333/2005-9 O projeto está relacionado à evolução, em um sentido mais amplo, da biota Antártica, incluindo subsídios de faunística, ciclos-de-vida, distribuição e filogenia de grupos habitantes do Oceano Sul (SO), a saber, Cnidaria Medusozoa e Brachiopoda. Em seu todo, o SO constitui um laboratório biológico único para o estudo da evolução, devido ao longo isolamento a que a região está submetida devido à Corrente Circumpolar Antártica (ACC) e às condições abióticas ímpares que apresenta, indubitavelmente forçando sua biota a um rigoroso processo de seleção, secundado por isolamento genético. Os grupos selecionados neste projeto apresentam biologia variada, sendo habitantes do bentos (Brachiopoda) ou do plâncton e bentos (Medusozoa), ainda que estes últimos possam apresentar diferentes fases dominantes em seu ciclo-de-vida (i.e., uma fase planctônica dominante, ou uma fase bentônica dominante, ou ambas equivalidas em termos de existência). A relação dos ciclos-de-vida com a distribuição dos animais ocorre devido aos diferentes potenciais de dispersão apresentados, o que pode ser investigado com o estudo dos Medusozoa. Por outro lado, o contraste entre esses potenciais de dispersão (determinados pelos ciclos-de-vida) e pelos registros faunísticos apresentados pelas espécies do SO, pode ser estudado por inferências das áreas de endemismo, calculadas a partir de análise de parcimônica de endemicidade de animais com ampla distribuição no SO. Para tal, lançaremos mão de coleções representativas de hidrozoários antárticos, inclusive com a associação dessas áreas de endemismo com a evolução geológica da região, para eventual definição de padrões únicos e históricos. A complementação destes dados será realizada por estudos de taxonomia de Brachiopoda e Medusozoa, sendo que, para os últimos, estão igualmente planejados estudos sobre os ciclos-de-vida, visando a uma complementação dos pouc.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Integrante / A. C. MARQUES - Coordenador / Sabrina C Rodrigues - Integrante / Alvaro Luis Peña Cantero - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2006 - 2007
Projeto FAPESP - 06/04777-6 - Braquiópodes neogenos da Bacia de Pelotas, RS: sistematica e paleobiogeografia
Descrição: O presente projeto de pesquisa, de natureza multidisciplinar e relacionado aos projetos FAPESP (06/00169-1, 06/00217-6) e CNPq (300448/03-1, 557333/2005-9) pretende fornecer dados para a melhor compreensão da (a) sistemática, afinidades paleobiogeográficas e (b) da distribuição temporal/espacial de braquiópodes (Brachiopoda, Rynchonelliformea) encontrados na sucessão miocênica da Bacia de Pelotas, RS. De grande importância é a confirmação da presença de espécies referíveis ao gênero Bouchardia, no Neogeno (Bacia de Pelotas). Por se tratar de um braquiópode de águas quentes, Bouchardia é importante para elucidar questões relevantes, ainda pendentes (atuação da corrente das Malvinas, durante o Mioceno), referentes a paleoceanografia e paleobiogeografia do Atlântico Sul, no Cenozóico. Contudo, o entendimento do modelo de dispersão paleobiogeográfica de Bouchardia é prejudicado pelos escassos dados disponíveis para o Neogeno, referente às ocorrências ainda não confirmadas de braquiópodes em ?áreas-chave?, na plataforma continental sul e no intervalo Mio-Plioceno da Bacia de Pelotas. Portanto, o objetivo geral desse projeto de Iniciação à Pesquisa é o de ampliar os conhecimentos relativos à sistemática e paleobiogeografia dos braquiópodes articulados do Mioceno da Bacia de Pelotas (RS), a partir da identificação preliminar dos braquiópodes ocorrentes em amostras de calha dos Poços 2-PJ-1-RS (Ponta do Juncal), 2-PN-1-RS (Povo Novo) e 2-GA-1-RS (Graxaím). Lâminas contendo material bioclástico desses poços, pertencentes ao IG, UFRGS, e preliminarmente estudadas por Sanguinetti e colaboradores ao longo das décadas de 1980 e 1990, dentre outros autores, já estão disponíveis para análise. A identificação será feita a partir da análise taxonômica de detalhe (via MEV) e descrição das formas ocorrentes. Comparação entre a fauna de braquiópodes da Bacia de Pelotas e de estratos neógenos correlatos, como os do Uruguai, os quais contêm também bra.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Sabrina C Rodrigues - Integrante / Juliana David - Integrante / Suzana M. da Silva - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2006 - 2007
Projeto FAPESP - 06/06323-2 - Auxílio Financeiro à Publicação no Exterior - Comparative analysis of drilling frequencies in Recent Brachiopod-mollusk associations from the southern Brazilian shelf
Descrição: Over 14,000 specimens?5,204 brachiopods, 9,137 bivalves, and 178 gastropods?acquired from 30 collecting stations (0 to 45 m depth) in the Ubatuba and Picinguaba bays, southern Brazil, were compared for drilling frequencies. Beveled (countersunk) circular-to-subcircular borings (Oichnus-like drill holes) were found in diverse bivalves but also in the rhynchonelliform brachiopod Bouchardia rosea?a small, semi-infaunal to epifaunal, free-lying species that dominates the brachiopod fauna of the southern Brazilian shelf. Drill holes in bivalve mollusks and brachiopods are comparable in their morphology, average diameter, and diameter range, indicating attacks by a single type of drilling organism. Drill holes in brachiopods were rare (0.4%) and found only at five sampling sites. Drillings in bivalves were over 10 times as frequent as in brachiopods, but the average drilling frequency was still low (5.6%) compared to typical boring frequencies of Cenozoic mollusks. Some common bivalve species, however, were drilled at frequencies up to 50 times higher than those observed for shells of B. rosea from the same samples. Due to scarcity of drilled brachiopods, it is not possible to evaluate if the driller displayed a nonrandom (stereotyped) site, size, or valve preference. Drilled brachiopods may record (1) naticid or muricid predation, (2) predation by other drillers, (3) parasitic drillings, and (4) mistaken or opportunistic attacks. Low drilling frequency in brachiopods is consistent with recent reports on ancient and modern examples. The scarcity of drilling in brachiopods, coupled with much higher drilling frequencies observed in sympatric bivalves, suggests that drilling in brachiopods may have been due to facultative or erroneous attacks. The drilling frequencies observed here for the brachiopod-bivalve assemblages are remarkably similar to those reported for Permian brachiopod-bivalves associations. This report adds to the growing evidence for an intriguing macroecolog.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / M. KOWALEWSKI - Integrante / Sabrina Coelho Rodrigues - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2005 - 2009
Projeto FAPESP - 05/00791-1 - Revisão sistemática dos Homalonotidae (Trilobita, Phacopida), Formação Ponta Grossa (Devoniano), Sub-bacia Apucarana, Estado do Paraná
Descrição: Embora bem conhecidos desde a clássica monografia de Clarke (1913), os avanços ocorridos na sistemática dos trilobites do Devoniano da Bacia do Paraná, Formação Ponta Grossa, Sub-bacia Apucarana, estão restritos aos Calmoniidae. Nesse estudo, serão revisados, pela primeira vez, os trilobites Homalonotidae, os quais são comuns em rochas da Seqüência B (litoestratigraficamente correspondentes ao Membro Jaguariaíva). O estudo estará fundamentado no exame de espécimes já disponíveis pertencentes às coleções cientificas do Departamento de Zoologia, do IBB/UNESP, do GSA/USP, do Lab. de Geociências da UNG e do material tipo depositado no DNPM, RJ, bem como de novos achados provenientes do afloramento Francelina (PG). Tal afloramento, recentemente descoberto, é constituído por siltitos com intercalções de arenitos finos, da base da Seqüência B, sendo ricamente fossilífero em trilobites homalonotídeos. A revisão sistemática proposta é necessária face ao avanço ocorrido, nas últimas décadas, relativas à morfologia, afinidades e distribuição vertical e paleoambiental dos Homalonotidae. Porém, o conhecimento disponível para o grupo, na Bacia do Paraná, permanece fundamentado nos dados de Clarke (1913). Em outras palavras, as poucas descrições disponíveis do material paranaense são antigas, desatualizadas e incompletas. Nesse contexto, o presente estudo tem como objetivos gerais: a- revisar a sistemática dos trilobites Homalonotidae da Formação Ponta Grossa, b- verificar a diversidade da fauna desses trilobites, já que Clarke (1913) descreve apenas uma espécie [Burmeisteria notica (Clarke, 1913)] e, c- comprovar ou não a afirmação de que os Homalonotidae são importantes para a correlação, identificação de fácies neríticas, e de que podem ser bons fósseis-índice (Tomczykowa, 1975a, b). Em parte, tais afirmativas podem ser checadas, comparando-se os dados já disponíveis para as seções do município de Jaguariaíva, cuja distribuição vertical e paleo.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Juliana de Moraes Leme - Integrante / Sabrina Pereira Soares - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1
2005 - 2005
Projeto FAPESP - 05/03712-5 - Cooperação Científica, vinda de Pesquisador Visitante, Dr. Michal Kowalewski, Virginia Tech - USA
Descrição: O plano de visita de pesquisador científico do exterior (Dr. Michal KOWALEWSKI, Virginia Tech., USA), aqui proposto, está relacionado com os projetos FAPESP 99/11431-3, 00/12659-7, 00/05846-5 e 02/13552-7, tratando da ?Tafonomia e Actuopaleontologia e (Paleo)biologia? de braquiópodes (Bouchardia rosea) e moluscos bivalves -- do Recente, fósseis e subfósseis -- da plataforma brasileira, no norte do Estado de São Paulo. O plano de trabalho está inserido na linha de pesquisa em ?Tafonomia e Paleoecologia? que, há mais de 10 anos, vem sendo desenvolvida no Laboratório de Paleozoologia do Departamento de Zoologia, do Instituto de Biociências da UNESP, Campus de Botucatu, sob a coordenação do Prof. Dr. Marcello G. Simões (IBB/UNESP), em colaboração com o Programa de Pós-graduação em Geologia Sedimentar do Departamento de Geologia Sedimentar e Ambiental, Instituto de Geociências-USP e, mais recentemente, com pesquisadores do Instituto Oceanográfico da USP. Esta linha de pesquisa tem recebido constante e fundamental apoio financeiro de diversas agências de apoio à pesquisa, principalmente da FAPESP (Procs. 99/11431-3, 00/12659-7, 00/05846-5 e 02/13552-7) e do CNPq (300448/2003-1). Os esforços no contexto acima visam, fundamentalmente, propiciar condições para a formação de jovens pesquisadores, com ampla e sólida formação, para o desenvolvimento de novas linhas de pesquisa, multidisciplinares, envolvendo a Paleontologia e áreas correlatas das Geo- e Biociências. É nesse contexto científico mais amplo que a presente solicitação de visita para vinda do Dr. Michal Kowalewski (Virginia Tech.) está inserida..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / M. KOWALEWSKI - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2005 - 2005
Projeto FAPESP - 05/00818-7 - Participação em Evento Científico no Exterior - Taphos: International Meeting on Taphonomy, Barcelona, Spain
Descrição: In order to understand the effects of shell morphology on the hydrodynamic behavior and potential for sorting by hydraulic processes, the settling velocities and behaviors of Bouchardia rosea (Mawe) shells (Brachiopoda, Rhynchonelliformea) from the northern coast of São Paulo State, Brazil, were studied under laboratory and field conditions. B. rosea is a small, epifaunal, free-lying brachiopod with shells fabric similar to some forms of Paleozoic brachiopods. Bouchardiid-rich shell-beds are also common in many Tertiary rocks of South America, Antarctica and Australia. Twenty three individual valves (10 dorsal, 10 ventral and 3 articulated), encompassing the typical range of size of B. rosea shells were selected to the experiment. Shells were dried and weighed in air to the nearest 0.01g. The diameters of the three major axes of shells were measured to the nearest 1mm. Hydraulic settling velocities were recorded by releasing shells in a 35 cm wide and 56 cm deep column filled with natural salt water. Settling times were measured to the nearest 0.01 second, but falling durations were rounded to the nearest 0.1 second for calculation of settling velocities. Each shell was released just beneath the water surface for ten consecutive runs (230 releases total). The average settling velocities for ventral valves is 15.35 cm/s and 16.65 cm/s for dorsal ones. Articulated shells have average settling velocities of 26.48 cm/s. The lower average settling velocities of ventral shells indicate that they could stay for longer in the water column. Hence, they can be transported to great distances than the less convex dorsal valves. In fact, the less convex dorsal valves with their more rapid settling velocities are likely to lag behind. This pattern may be explained, in part, by the fact that ventral valves have greater cross-sectional areas than dorsal ones of the same weight. Hence, differential fragmentation of valves is not the unique process likely to produce such bias, observ.
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / M. KOWALEWSKI - Integrante / Juliana de Moraes Leme - Integrante / Sabrina Coelho Rodrigues - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 1
2003 - 2006
Projeto FAPESP - 02/12534-5 - Análise Cladística dos Conulatae (Cambriano-Triássico): caracterizando e definindo o escopo de um enigmático grupo de cnidários extintos
Descrição: Fossil taxa of uncertain phylogenetic affinities can play a crucial role in the analysis of character evolution within major extant groups. Conulariids comprise a distinctive group of marine metazoans with a fossil record that extends from perhaps the Ediacaran to the Upper Triassic. The phylogenetic affinities of conulariids have been debated for over 170 years, with arguments being marshaled in favor of their alliance with a number of widely divergent extant taxa. A steeply pyramidal, four-sided, finely lamellar apatitic skeleton characterizes most genera currently referred to the conulariids. Based on comparisons of the anatomy, morphogenesis, and paleoautecology of conulariids and extant taxa, many investigators have concluded that conulariids were scyphozoan cnidarians or close relatives of this group. Alternative interpretations of the phylogenetic relationships between conulariids and extant cnidarians had not been explicitly tested until the recent study of A.C. Marques and A.G. Collins, published in 2004, where a cladistic analysis of 87 morphological and life history characters of medusozoan cnidarians was conducted. These authors concluded that conulariids are an extinct group of medusozoan cnidarians most closely related to Stauromedusae. However, only six of the 87 characters used by these authors can be observed in conulariid fossils. Rescoring the character states of conulariids in a conservative manner yields a new hypothesis for the phylogenetic position of conulariids, namely that they are the sister group of the scyphozoan order Coronatae rather than Stauromedusae, which is revealed as the earliest diverging lineage of Medusozoa. This new hypothesis also implies several different sequences of character evolution within Cnidaria. Specifically, the presence of a periderm completely covering the polyp in conulariids and coronates appears to be derived within Scyphozoa. Strobilation appears to be a synapomorphy uniting conulariids, Coronatae, Rhizosto.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Sabrina C Rodrigues - Integrante / Juliana de Moraes Leme - Integrante / H. Van Iten - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 1
2003 - 2006
Projeto CNPq, Bolsa PQ - 300448/2003-1 - Análise tafonômica de braquiópodes e bivalves de tanatocenoses da costa norte e plataforma continental do Estado de São Paulo: implicações paleontológicas e paleoambientais.
Descrição: Nos últimos 4 anos, como resultado de vários projetos tafonômicos na costa norte do Estado de SP, foram pioneiramente estabelecidos no Brasil, estudos Actuopaleontológicos, enfocando a tafonomia de braquiópodes e bivalves. Várias publicações (veja Lattes) demonstraram o potencial e a importância da temática abordada, para às Geociências e áreas afins. É nesse contexto mais amplo, que a presente proposta insere-se. O estudo proposto fundamenta-se na hipótese de que, no geral, as assinaturas tafonômicas observadas em bioclastos marinhos não se distribuem de maneira uniforme e previsível ao longo de gradientes ambientais (batimétricos). Essa hipótese tem profundas implicações para o uso dos dados tafonômicos nas análises paleoambientais e na determinação de fáceis tafonômicas, no registro sedimentar Fanerozóico. Para testar a hipótese acima, os seguintes objetivos serão cumpridos: a- determinar as características tafonômicas das tanatocenoses de braquiópodes e moluscos bivalves em gradientes batimétricos de duas baías hidrodinamicamente distintas (Ubatuba e Picinguaba), do norte do Estado de SP e da plataforma interna adjacente. A análise envolverá amostras já coletadas no proj. FAPESP 00/12659-7; b- determinar as relações entre as assinaturas tafonômicas e modo de vida de braquiópodes e bivalves que compõem as tanatocenoses estudadas; c- verificar a fidelidade espacial dessas, comparando-as com a composição taxonômica de biocenoses da mesma área de estudo e, d- definir que assinaturas tafonômicas são úteis às análises paleoambientais e suas aplicações no registro estratigráfico. Metodologicamente, para cada baía estudada, um radial de 16 km foi feito, incluindo transectos de 2 km a profundidades que variam de 5 a 45 metros. O fundo foi amostrado com uma draga (30 x 40cm, malha de 5 mm entre-nós) e um pegador de fundo Van Veen (31 x 40cm). Para cada estação de coleta, foram obtidos até 3 conjuntos de amostras, isso é: amostra de fundo, para análise sedimentológica (peg.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / M. KOWALEWSKI - Integrante / Juliana de Moraes Leme - Integrante / Sabrina Coelho Rodrigues - Integrante / Martinez, Sergio - Integrante / DEL RIO, CLAUDIA - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 2
2002 - 2002
Projeto FAPESP - 01/12556-6 - Bivalves do Grupo Passa Dois (Neopermiano), da região de Santa Rosa de Viterbo e adjacências, noroeste do estado de São Paulo: implicações evolutivas, paleoecológicas e bioestratigráficas
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.Número de orientações: 1
2001 - 2004
Projeto CNPq - Bolsa PQ - Tafonomia paleoecologia e estratigrafia de sequências: um estudo de casos de macroinvertebrados do Devoniano (Formação Ponta Grossa), Bacia do Paraná, Brasil
Descrição: Esse projeto tem como principais objetivos o estudo tafonômico de alta resolução das acumulações fossilíferas dominadas por braquiópodes articulados, trilobitas e conulários da Formação Ponta Grossa, que ocorrem em sucessão estratigráfica, nos sedimentitos da Seqüência B (=Membro Jaguariaíva), na região homônima, no Estado do Paraná. A verificação da natureza, resolução temporal e tendenciamentos ecológicos presentes nos depósitos do tipo ?obrution? (depósitos de sufocamento), em concentrações dominadas por animais vágeis (trilobitas) e sésseis (braquiópodes e conulários)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 2
2001 - 2004
Projeto FAPESP - 00/12659-7 - Brachiopod and bivalve taphonomy in subtropical siliciclastic settings of northern coast of São Paulo state: environmental variation in taphonomic signatures, biostratinomic style and time-averaging...
Descrição: This project will focus on the present-day articulate brachiopod Bouchardia rosea (Terebratulida) from shallow shelf environments of the southwestern Atlantic coast of Brazil (Ubatuba, SP region). The two main themes of the project include: (1) paleontological and geological implications of B. rosea; (2) environmental and climatic applications of brachiopod shells. Subtheme 1. The project will fill an important gap in our current geographic and biologic understanding of modern brachiopods by focusing on a group (subfamily Bouchardiinae) and a geographic region (Southwestern Atlantic shelf of Brazil) that have been largely neglected in previous research on present-day brachiopods. Even more importantly, this study will focus on articulate brachiopods that inhabit low-latitude shelf environments and thus represent a perfect analog for their typical Paleozoic occurrences. We will study rigorously biology, ecology, and taphonomy of B. rosea. Also, phylogenetic (cladistic) analysis of the Subfamily Bouchardiinae will be performed to evaluate (1) the relationships among the subfamilies Bouchardiinae, Terebratellinae, and Magadinae; (2) the phylogenetic status of Bouchardiinae; and (3) the evolutionary relationships among genera and species within Bouchardiinae. Subtheme 2. We will use brachiopods (and other associated benthic fauna) to study environmental and climatic aspects of the Holocene history of the coastal and shelf ecosystems of the study area. By dating B. rosea shells with radiocarbon and amino-acids, we will evaluate time-averaging and temporal resolution of brachiopod shell beds and the relation between the age and shell preservation ("taphonomic clock"). By analyzing the selected live-collected and subfossil (dated) shells of B. rosea for oxygen and carbon stable isotopes (including intra-shell isotopic variation along the shells's growth axis), we will assess salinity and temperature of the ambient waters in which these shells grew (including seasonal varia.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 2
2001 - 2004
Projeto FAPESP - 00/06441-9 - Análise tafonômica das concentrações fossilíferas de macroinvertebrados do Membro Romualdo (Albiano) da Formação Santana, Bacia do Araripe, NE, Brasil: significado estratigráfico e paleoambiental
Descrição: Propõe-se um estudo tafonômico para as concreções fossilíferas formadas por macroinvertebrados bentônicos (bivalves e gastrópodes), provenientes do Membro Romualdo (Albiano), da Formação Santana, da Bacia do Araripe, Nordeste do Brasil. O projeto tem por objetivos gerais verificar se as concentrações fossilíferas ( e. g., coquinas) podem ser cronocorrelatas para o intervalo superior da Formação Santana e, num arcabouço cronoestratigráfico previamente estudado, determinar qual a posição que as coquinas do Membro Romualdo ocupam dentro da sucessão albiana, e seu significado paleoambiental em um contexto regressivo-transgressivo. Para tanto serão executados os seguintes objetivos específicos, listados abaixo: 1) estudo tafonômico comparado das concentrações coquinóides que ocorrem estratigraficamente na porção superior da Formação Santana, Membro Romualdo, envolvendo a análise das assinaturas tafonômicas, da qualidade de preservação dos bioclastos e suas feições sedimentológicas; 2) correlação das características tafonômica das concentrações fossilíferas com o arcabouço estratigráfico e bioestratigráfico disponíveis, reconhecendo a variação dos padrões de preservação ao longo destes; 3) estabelecimento de modelo de tafofácies para os níveis coquinóides analisados e, 4) análise da resolução temporal e espacial dos depósitos bioclásticos examinados, interpretados como tempestitos proximais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 1
2001 - 2002
Projeto FAPESP - 00/14903-2 - Tafonomia comparada dos
Descrição: Nesse projeto análise tafonômica de alta resolução é apresentada para os Conulatae (Cnidaria) da Formação Ponta Grossa, Devoniano (Pragiano-Emsiano), da Bacia do Paraná, no Estado do Paraná. O estudo se fundamenta nas ocorrências de conulários de siltitos da Seqüência B, estratigraficamente correspondentes ao Membro Jaguariaíva. Os dados tafonômicos obtidos no projeto indicam que os conulários [Conularia quichua Ulrich in Steinmann & Doderlein 1890 e Paraconularia africana (Sharpe 1856)] estão preservados segundo três classes tafonômicas, identificadas por 4 critérios: a- atitude em relação ao plano de acamamento; b- se indivíduos isolados ou agrupados; c- grau de bioturbação dos estratos e, d- grau e tipo de deformação apresentado pelas tecas. A classe tafonômica 1 inclui conulários isolados e agrupados, verticalmente orientados. Estão inflados e completos, em siltitos maciços ou incipientemente laminados, às vezes, com icnofósseis isolados, discretos. A classe 2 engloba conulários isolados e agrupados, preservados inclinados, inflados e completos, em siltitos com icnofósseis isolados (p. ex., Zoophycus) ou zonas com generalizada bioturbação. A classe 3 é representada por conulários isolados, horizontalmente orientados, incluindo quatro subclasses (I a IV) com histórias tafonômicas distintas. Os conulários verticais (classe 1) são interpretados como soterrados vivos (in situ), por rápida deposição de sedimentos finos, devido ao aumento brusco nas taxas de sedimentação, associado a eventos de tempestades. Os conulários inclinados (classe 2) ou horizontais, preservados em sedimentos com alto índice de bioturbação (classe 3-I) são também registros autóctones a parautóctones. Ocorrências de conulários horizontais, com tecas infladas, associados a pavimento de conchas de Australospirifer inheringi Kayser 1900 ou preservados em siltitos com micro hummockies (classe 3-II) são interpretados como registros parautóctones a alóctones. Por sua vez, os conulários horizontais,.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Sabrina C Rodrigues - Integrante / Juliana de Moraes Leme - Integrante / H. Van Iten - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2001 - 2002
Projeto FAPESP - 00/14904-9 - Revisao sistemática dos "Conulatae Collins et al.(2000)" da Formação Ponta Grossa, Devoniano (?Lochkoviano-Frasniano), Bacia do Paraná, Brasil e suas implicações paleobiogeográficas
Descrição: Uma análise sistemática dos conulários (Cnidaria) da Formação Ponta Grossa, Devoniano (?Lochkoviano-Frasniano), da Bacia do Paraná é proposta, tendo como objetivos principais: a- revisar os conulários da Formação Ponta Grossa, a partir de amostras provenientes de Jaguariaíva, Ponta Grossa e Tibagi; b- reexaminar os atributos e termos morfológicos utilizados no estudo sistemático dos Conulatae, especialmente os propostos por Babcock & Feldmann (1986); c- verificar se existe variação na composição taxonômica da fauna de conulários da Formação Ponta Grossa, segundo sua posição estratigráfica e d- comparar a fauna de conulários da Formação Ponta Grossa com outras do Domínio Malvinocáfrico, discutindo suas implicações paleobiogeográficas e geocronológicas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Sabrina C Rodrigues - Integrante / Juliana de Moraes Leme - Integrante / H. Van Iten - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 1
2001 - 2001
Projeto FAPESP - 01/12835-2 - Cooperação Científica, vinda de Pesquisador Visitante, Dr. Heyo Van Iten, Hanover College, USA
Descrição: O plano aqui apresentado, para o período de visita do Dr. Heyo Van Iten (Hanover College), visa o cumprimento de dois objetivos principais, quais sejam: (1) a aplicação do método cladístico na sistemática dos Conulatae (Cnidaria), procurando esclarecer as relações entre as espécies que compõem o grupo e a determinação de seu escopo. Para isso será utilizada a matriz de caracteres morfológicos obtida através dos projetos FAPESP-00/14904-9, 00/14903-2, em andamento, e (2) descrição de novos espécimes de Sphenothallus (Cnidaria) da Formação Ponta Grossa (Devoniano), além da redescrição e reilustração dos espécimes de Sphenothallus de Clarke (1913), atribuídos aos serpulídeos ou vegetais (Sommer, 1954). Essa atividade irá envolver o exame dos espécimes da Coleção Clarke, do DNPM, os quais já se encontram no IBB/UNESP, para estudo. Os resultados que serão obtidos contribuirão para (1) um melhor entendimento da diversidade da fauna de cnidários do Devoniano brasileiro, (2) para a compreensão das afinidades entre conulários e Sphenothallus e, mais importante, (3) possibilitarão o contato e convívio de alunos de pós-graduação do GSA-IG/USP com pesquisador de alto nível e reconhecimento internacional. Durante a visita estão programadas palestras versando sobre a evolução de cnidários paleozóicos, as quais irão ocorrer no IB/UNESP-Botucatu e na USP/São Paulo. A fim de dar ampla divulgação da presença do pesquisador no Brasil, contatos serão feitos para que tais atividades contem com o apoio do ?Núcleo de São Paulo? da Sociedade Brasileira de Paleontologia. Essa proposta está associada aos projetos FAPESP-00/14904-9, 00/14903-2..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / H. Van Iten - Integrante / Juliana de Moraes Leme - Integrante / Sabrina Coelho Rodrigues - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 3
2000 - 2004
Projeto FAPESP - 00/05846-5 - Tafonomia experimental do fóssil-vivo Bouchardia rosea (Brachiopoda, Terebratellidae) e suas implicações paleontológicas
Descrição: Através de simulações em laboratório (Tafonomia Experimental), 06 experimentos, empregando a técnica do ?Tambor Tafonômico?, verificarão 05 hipóteses relacionadas a questão da preservação diferencial e destruição post-mortem de conchas de braquiópodes articulados viventes (Bouchardia rosea, Terebratellidae) e moluscos bivalves (Veneridae, Pectinidae e Mytilidae), e seus dados serão comparados com o registro fóssil Paleozóico e Cenozóico. São as seguintes as hipóteses a serem verificadas: 1- que as conchas de braquiópodes articulados, quando expostas à interface água/sedimento, possuem baixa tolerância aos processos bioestratinômicos (e.g., retrabalhamento), comportando-se como as conchas aragoníticas dos moluscos bivalves; 2- de que a bioerosão é um fator importante na diminuição da resistência das conchas de braquiópodes articulados; 3- que nas conchas dos braquiópodes articulados há preservação diferencial, com tendenciamento para a preservação de valvas pediculares ou para as conchas de indivíduos adultos; 4- bioclastos marinhos aragoníticos, quando incrustados (algas calcárias), possuem durabilidade semelhante a dos bioclastos de composição calcítica e 5- de que a presença de organismos incrustantes sobre as conchas de braquiópodes articulados não influencia sua durabilidade. As hipóteses acima têm importantes implicações paleontológicas e estratigráficas relacionadas com a questão da destruição post-mortem e os tendenciamentos observados no registro geológico, em especial quanto a preservação diferencial de bioclastos, de grupos distintos de invertebrados, com composição química e microestrutura esquelética diferentes, que são os principais componentes das concentrações fossilíferas representadas por coquinas e arenitos bioclásticos. Estes, por sua vez, constituem a fonte primária de dados paleobiológicos e evolutivos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / M. KOWALEWSKI - Integrante / Sabrina C Rodrigues - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 1
2000 - 2004
Projeto FAPESP - 02/13552-7 - Gradientes Tafonômicos em Tanatocenoses de Moluscos Bivalves em Baías e na Plataforma Interna no norte do Estado De São Paulo: Implicações no uso de dados tafonômicos para o reconhecimento de tafofácies
Descrição: Taphonomic signatures are helpful tools for the identification of the processes that are responsible for the genesis of Modern shell-rich accumulations, as well as the shell-beds entombed in the fossil record. Here, taphonomic signatures (articulation, type of valve, abrasion, color alteration, bioerosion, encrustation, surficial texture and corrosion) of bivalve mollusks from shelly accumulations found in siliciclastic bottoms of Ubatuba bay, São Paulo State, were independently investigated. Bulk samples were obtained from a 0 to 35 meters of depth gradient via a 31 x 40cm Van Veen grab sampler. A total of 4676 shells were collected in 12 stations (here informally referred as UBA), providing enough material (~150 specimens, per sample) to statistical analyses. At the laboratory, bioclasts were wet-sieved, and portioned through 8mm, 6mm and 2mm mesh sizes. The signatures in individual shells of these three fractions were analyzed under 10, 16 and 20x of magnification. In order to identify the similarities among the taphonomic signatures in shells of distinct collecting stations, exploratory approaches (cluster analysis) were used for: a- discrete size-fractions (8mm, 6mm or 2mm), and b- broad size-fractions spectrum (total fraction). Comparisons among all stations were based on single linkage methods and mean Euclidean distance at 80%. Notably, the clusters showed different similarity degrees, according to the mesh sizes considered. For example, in the total fraction, bioclasts from UBA4 (10 meters of depth) are clustered with the greatest group, as observed in the 8mm and 6mm fractions. On the other hand, shells of this station occur isolated in the 2mm fraction. Additionally, UBA1 (beach) bioclasts are isolated in the total, 8mm and 2mm fractions, but clustered in the 6mm fraction. Thus, these distributions indicate that the taphonomic processes may act distinctly on bi.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / M. KOWALEWSKI - Integrante / Sabrina C Rodrigues - Integrante / Martinez, Sergio - Integrante / DEL RIO, CLAUDIA - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 1
2000 - 2002
Projeto FAPESP - 99/11763-6 - Tafonomia e paleoecologia dos trilobitas da Formação Ponta Grossa (Devoniano) Bacia do Paraná, Brasil
Descrição: Trilobite research in Brazil from 1870 to 2001 can be divided into three main phases of activity. The survey years (1875?1953) were marked by scientific expeditions, particularly to the Amazon Basin, that were mainly headed by American researchers. The Thayer and Morgan expeditions are hallmarks of this period. The large collections obtained during this phase are still an important repository of the trilobites of Brazil, and were the main resources for the first monographs of Brazilian trilobites. This was the period of John Mason Clarke, Karl Friedrich Katzer, and Wilhelm Kegel?s contributions. Only a few papers and small notes characterize the 1950?1980 phase. In the mid-1980s, however, Maria da Gloria Pires Carvalho, a micropaleontologist by training, changed her research agenda. She initiated the most important work on Brazilian trilobites, and provided the most consistent taxonomic framework available for this group. At the same time, another woman, Marlene Terezinha Barcellos-Popp, also made an important contribution by her detailed revisions of Clarke?s material. An important gap in trilobite research in Brazil occurred after 1991, and only a few reports were published. However, a new group of paleontologists began applying a more modern methodological and conceptual approach in 2000 that included taphonomic, paleoecologic, and sequence stratigraphic techniques to Brazilian trilobites..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2000 - 2000
Projeto FAPESP - 99/10823-5 - Tafonomia comparada dos Conulariida da Formação Ponta Grossa, Devoniano da Bacia do Paraná, Brasil: implicações paleoecológicas e paleoambientais
Descrição: O presente projeto de pesquisa está fundamentado na hipótese de que o estudo tafonômico das conulárias do Membro Jaguariaíva, Formação Ponta Grossa, poderá fornecer evidências adicionais sobre o modo de vida e o ambiente de fossilização destes invertebrados, tendo como objetivos principais: a- análise tafonômica básica (Simões & Holz, 1997), com especial atenção para a bioestratinomia de alta resolução (Simões, 1998; Simões & Kowalewski, 1998); b- correlação das feições tafonômicas obtidas, com outros aspectos sedimentares e estratigráficos dos depósitos onde as conulárias estão fossilizadas, em especial o índice de bioturbação das rochas (Miller & Smail, 1997) e as estruturas sedimentares presentes; c- comparação dos dados obtidos, com os já disponíveis para outros grupos de fósseis que ocorrem em associação (Kotzian, 1995; Anelli et al., 1997; Simões et al., 1998 a, b, 1999); e d- correlação dos dados obtidos com outros disponíveis na literatura, procurando fornecer evidências concretas para um hábito de vida bentônico para as conulárias..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2000 - 2000
Projeto FAPESP - 99/10824-1 - Sistemática dos Conulariida Babcock & Feldmann, 1986, da Formação Ponta Grossa, Devoniano (?Lockhovioano-Frasniano), da Bacia do Paraná e suas implicações paleobiogeográficas e filogenéticas
Descrição: No presente projeto são revisadas as espécies de conulários (Cnidaria) fósseis presente na Formação Ponta Grossa(Devoniano, sub-bacia Apucarana, Estado do Paraná, municípios de Jaguariaíva e Ponta Grossa), originalmente descritas em 1913, incluindo Conularia quichua Ulrich (in Steinmann & Doderlein, 1890), Paraconularia africana (Sharpe, 1856) e P. ulrichana (Clarke, 1913). O exame de 133 espécimes, provenientes de rochas litoestratigraficamente correspondentes ao Membro Jaguariaíva (Seqüência B), revela a ocorrência das espécies Conularia quichua e Paraconularia africana na Formação Ponta Grossa; P. ulrichana (Clarke, 1913), contudo, não foi encontrada no material estudado. C. quichua é a espécie mais abundante e amplamente distribuída na seção geológica de Jaguariaíva, sendo rara a ocorrência de P. africana. Os novos dados obtidos durante a realização do projeto permitem concluir que a fauna de conulários da Formação Ponta Grossa é pouco diversificada, especialmente se comparada com faunas coevas do Domínio Malvinocáfrico. Notavelmente, os espécimes de C. quichua e P. africana estudados apresentam os caracteres morfológicos internos da teca preservados e aqui descritos pela primeira vez. Conseqüentemente, as diagnoses específicas de C. quichua e P. africana devem ser emendadas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / Sabrina C Rodrigues - Integrante / Juliana de Moraes Leme - Integrante / H. Van Iten - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
1999 - 2003
Projeto FAPESP - 99/11431-3 - Análise cladistica da Subfamília Bouchardiinae Allan, 1940 (Brachiopoda, Terebratellidae): implicações para paleozoogeografica do Atlântico sul, no Cenozóico
Descrição: O projeto tem por objetivo o estudo evolutivo e cladístico dos Brachiopoda, Terebratellidae, de ocorrência comum no Cenozóioco do Brasil, Uruguai e Argentina. Ele visa: esclarecer as relações de parentesco do fóssil-vivo Bouchardia rosea (Mawe), 1823, representantes fósseis, sub-fósseis e holocênicos; avaliar o escopo da Família Terebratellidae King, 1850; testar a consistência de suas subfamílias Bouchardiinae Allan, 1940, Terebratellinae King, 1850 e Magasinae Davidson, 1886, e avaliar o escopo dos gêneros e espécies atribuídos à Subfamília Bouchardiinae Allan, 1940. A hipótese a ser verificada é a de que, mesmo com a perda das partes moles, o exame detalhado da morfologia interna e externa das conchas de braquiópodes permite a obtenção de dados morfológicos adequados à análise cladística, sendo, portanto, de grande interesse para análise do registro Paleozóico. Os resultados que serão obtidos terão importantes implicações evolutivas e paleoambientais, e no que tange à paleobiogeografia do Oceano Atlântico Sul durante o Cenozóico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
1999 - 2001
Projeto CNPq, Bolsa PQ, Mudanças paleoambientais, bioeventos e a evolução do registro fóssil neopaleozóico do Gondwana:implicações...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 13
1999 - 1999
Projeto FUNDUNESP - 331/99 - Participação em Evento Científico no Exterior - The Geological Society of America Annual Meeting, Denver, USA
Descrição: Newly discovered benthic fossils and specimens illustrated in the paleontological literature indicate that drilling predators (or parasites) were present in the Permian. New field data from southern Brazil document the first drill holes ever reported for Permian bivalve mollusks. In addition, a literature review revealed drill holes in shells of articulate brachiopods from Russia, Greece, and West Texas. Holes range in size from 0.1 to 5.8 mm and are typically round, cylindrical, singular penetrations perpendicular to the valve surface. Incomplete, healed, and multiple holes are absent. Drilling frequency, a proxy for predation intensity, is very low: less than 1 percent (this estimate may be seriously affected by taphonomic and monographic biases). Literature data suggest that frequency of drilled specimens varied significantly among higher brachiopod taxa. The geography and stratigraphy of drilled specimens indicate that drilling organisms were worldwide in their occurrence and continuously present in marine ecosystems throughout the Permian. This report is consistent with other recent studies indicating that although drillers were continuously present throughout the Phanerozoic, drilling intensity was lower in the Late Paleozoic and early Mesozoic..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador.
Financiador(es): Fundação para o Desenvolvimento da UNESP - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 6
1998 - 1998
Projeto FUNDUNESP - 109/98 - Auxílio Financeiro à Publicação no Exterior - Complex shell beds as paleoecological puzzles: a case study from the Upper Permian of the Paraná Basin, Brazil
Descrição: Microstratigraphic, sedimentological, and taphonomic features of the Ferraz Shell Bed, from the Upper Permian (Kazanian-Tatarian?) CorumbatafFormation of Rio Claro Region (the Paranfi Basin, Brazil), indicate that the bed consists of four distinct mierostratigraphic units. They include, from bottom to top, a lag concentration (Unit 1 ), a partly reworked storm deposit (Unit 2), a rapidly deposited sandstone unit with three thin horizons recording episodes of reworking (Unit 3), and a shell-rich horizon generated by reworking/winnowing that was subsequently buried by storm-induced obrution deposit (Unit 4), The bioclasts of the Ferraz Shell Bed represent exclusively bivalve mollusks. Pinzonella illusa and Terraia aequilateralis are the dominant species. Taphonomic analysis indicates that mollusks are heavily time-aveaged (except for some parts of Unit 3). Moreover, different species are time-averaged to a different degree (disharmonious time-averaging). The units differ statistically from one another in their taxonomic and ecological composition, in their taphononlic pattern, and in the size-frequency distributions of the two most common species. Other Permian shell beds of the Paran5 Basin are similar to the Ferraz Shell Bed in their faunal composition (they typically contain similar sets of 5 to 10 bivalve species) and in their taphonomic, sedimentologic, and microstratigraphic characteristics. However, rare shell beds that include 2-3 species only and are dominated by articulated shells preserved in life position also occur. Diversity levels in the Permian benthic , associations of the Parana Basin were very, low, with the point diversity of 2-3 species and with the within-habitat and basin-wide (alpha and gamma) diversities of I0 species, at most. The Paranfi Basin benthic communities may have thus been analogous to low-diversity bivalve-dominated associations of the present-day Baltic Sea. The 'Ferraz-type' shell beds of the Paranfi Basin represent genetic.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / M. KOWALEWSKI - Integrante.
Financiador(es): Fundação para o Desenvolvimento da UNESP - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
1998 - 1998
Projeto FAPESP - 98/03358-1 - Participação em Evento Científico no Exterior - Gondwana 10, Cape Town, South Africa
Descrição: Microstratigraphic, sedimentological, and taphonomic features of the Ferraz Shell Bed, from the Upper Permian (Kazanian-Tatarian?) CorumbatafFormation of Rio Claro Region (the Paranfi Basin, Brazil), indicate that the bed consists of four distinct mierostratigraphic units. They include, from bottom to top, a lag concentration (Unit 1 ), a partly reworked storm deposit (Unit 2), a rapidly deposited sandstone unit with three thin horizons recording episodes of reworking (Unit 3), and a shell-rich horizon generated by reworking/winnowing that was subsequently buried by storm-induced obrution deposit (Unit 4), The bioclasts of the Ferraz Shell Bed represent exclusively bivalve mollusks. Pinzonella illusa and Terraia aequilateralis are the dominant species. Taphonomic analysis indicates that mollusks are heavily time-averaged (except for some parts of Unit 3). Moreover, different species are time-averaged to a different degree (disharmonious time-averaging). The units differ statistically from one another in their taxonomic and ecological composition, in their taphononlic pattern, and in the size-frequency distributions of the two most common species. Other Permian shell beds of the Paran5 Basin are similar to the Ferraz Shell Bed in their faunal composition (they typically contain similar sets of 5 to 10 bivalve species) and in their taphonomic, sedimentologic, and microstratigraphic characteristics. However, rare shell beds that include 2-3 species only and are dominated by articulated shells preserved in life position also occur. Diversity levels in the Permian benthic associations of the Parana Basin were very, low, with the point diversity of 2-3 species and with the within-habitat and basin-wide (alpha and gamma) diversities of I0 species, at most. The Paranfi Basin benthic communities may have thus been analogous to low-diversity bivalve-dominated associations of the present-day Baltic Sea. The 'Ferraz-type' shell beds of the Paranfi Basin represent genetically.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / M. KOWALEWSKI - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
1997 - 1999
Projeto FAPESP - 96/09708-9 - Estudo paleoecológico dos bivalves do Grupo Passa Dois (assembléias Leinzia froesi, Pinzonella illusa e Pinzonella neotropica), Permiano Superior no Estado de São Paulo
Descrição: O projeto de pesquisa proposto envolve uma ampla análise paleoecológica dos pelecípodes do Grupo Passa Dois (Permiano Superior), fundamentada em métodos e conceitos paleoecológicos modernos, afim de esclarecer algumas questões ainda pendentes relacionadas ao modo de vida, a estrutura trófica, a paleossinecologia e evolução das assembléias de Leinzia froesi, Pinzonella illusa e Pinzonella neotropica que ocorrem em sucessão estratigráfica no Estado de São Paulo, formações Serra Alta, Terezina e Corumbataí. O projeto pretende: a- descrever a morfologia funcional dos pelecípodes das assembléias de Leinzia froesi, Pinzonella illusa e Pinzonella neotropica. Cerca de 20 espécies serão analisadas; b-compreender o modo de vida (e.g., velocidade de escavação, profundidade de escavação, orientação no substrato), das espécies presentes em cada uma das assembléias citadas. Com isso algumas questões, tais como: 1- são os pelecípodes do Grupo Passa Dois invertebrados de água doce? 2- Quais teriam sido os substratos colonizados por aqueles organismos? 3- Qual o significado da alta proporção de elementos da infauna nessas assembléias?, poderão ser esclarecidas; c- estudar a estrutura trófica das assembléias de Leinzia froesi, Pinzonella illusa e Pinzonella neotropica; d- investigar se as diferenças na composição taxonômica das três assembléias correspondem a substituições ecológicas ou evolutivas. Para isso será empregada a metodologia proposta por Aberhan (1994), envolvendo o estudo das diferentes estruturas de guildas. ; e- descrever e/ou complementar a descrição de táxons ainda não adequadamente conhecidos do ponto de vista morfológico (e.g., Coxesia mezzalirai, Naiadopsis lamellosus, Roxoa corumbataiensis, etc.) e f- correlacionar os dados paleoecológicos obtidos, com os dados tafonômicos, sedimentológicos e estratigráficos já disponíveis, visando contribuir para o melhor entendimento das condições ambientais vigentes durante a deposição de certos intervalos do Grupo Passa Dois,.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / M. KOWALEWSKI - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 11 / Número de orientações: 2
1997 - 1999
Projeto CNPq, Bolsa PQ, Tafonomia e paleoecologia dos pelecípodes do Grupo Passa Dois (Permiano superior) no Estado de São Paulo
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1
1997 - 1997
Projeto FAPESP - 96/10108-6 - Cooperação Cientítifa, vinda de Pesquisador Visitante, Dr. Michal Kowalewski, Polish Academy of Sciences - Polonia
Descrição: O Dr. Michal Kowalewski, atualmente pesquisador do Instituto de Paleobiologia da Academia de Ciências da Polônia, Varsóvia, Polônia, vem, há vários anos, dedicando-se ao estudo tafonômico de concentrações esqueletais marinhas, em especial às do Mar do Norte e do Golfo da Califórnia. Nos últimos cinco anos, o pesquisador desenvolveu suas atividades no Department of Geosciences, University of Arizona, Tucson, USA, como membro do ?Centro de Estudios de Almejas Muertas (C.E.A.M.)? dessa universidade, enfocando, principalmente, as seguintes linhas de pesquisa: ?Paleoecologia, tafonomia e icnologia de invertebrados marinhos bentônicos (e.g., bivalves, gastrópodes e braquiópodes inarticulados)?; ?Geocronologia (e.g., datação por radiocarbono e amino-ácidos, resolução temporal do registro geológico)?; ?Morfometria e análise filogenética?; ?Métodos estatísticos e numéricos e simulações computacionais em Paleontologia?. Sobre esses assuntos, o pesquisador e colaboradores publicaram já um número considerável de artigos científicos, em periódicos de grande expressão, conforme pode ser constatado no seu Curriculum Vitae, bem como nas cópias dos seus principais artigos, ambos anexados a este documento. Conforme pode ser notado, sua linha de pesquisa é, portanto, muito próxima a que vem sendo desenvolvida no Laboratório de Paleozoologia Evolutiva do Departamento de Zoologia, IBB/UNESP, pelo coordenador do presente projeto e pesquisadores associados, especialmente do IG/USP, dedicada, conforme mencionado anteriormente, ao estudo paleoecológico, tafonômico e evolutivo de invertebrados marinhos bentônicos, com ênfase para os do Paleozóico Superior da Bacia do Paraná..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / M. KOWALEWSKI - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 2
1995 - 1997
Projeto CNPq, Bolsa PQ - 301023/94-3 - Pelecípodes marinhos da parte superior da Formação Rio do Sul (Eopermiano, Subgrupo Itararé), na região de Teixeira Soares, PR
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1
1993 - 1995
Projeto FAPESP - 93/02747-0 - História evolutiva de assembléias de bivalves do Neopaleozoico (Grupos Tubarão e Passa Dois) da Bacia do Parana, Brasil
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / A. C. ROCHA-CAMPOS - Integrante / L. E. ANELLI - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 2
1990 - 1994
Projeto CNPq - 500694/92-3 - Paleobiogeografia e evolução dos pelecípodes neopáleozóicos da América do Sul
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Integrante / A. C. ROCHA-CAMPOS - Coordenador / L. E. ANELLI - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 5
1990 - 1992
Projeto FUNDUNESP - 280/90-DFP - História evolutiva das faunas de biavlevs do Grupo Passa Dois (Neopermiano) da Bacia do Paraná, Brasil
Descrição: In the present contribution we describe and discuss the found of an unusual small shelly fauna bearing mollusks bivalves, brachiopods and ostracods, preserved in micritic limestones of the upper part of the Teresina Formation, cropping-out at the kilometer 166, SP-280 (Castello Branco) highway, Bofete region, State of São Paulo. In this locality, a 50 cm thick limestone bed is intercalated with reddish siltstones with wavy structures. At the base of the limestone, there are microbialites (~ 20 cm thick), and abundant silicified shells of bivalve mollusks, ostracods, and rare brachiopods (most probably a Rhynchonellate, Athyride brachiopod). Bivalve mollusk shells are silicified and represented by Runnegariella fragilis, cf. Cowperesia sp., cf. Houdhausiella sp., Pinzonella illusa, Pinzonella liliputiana, and two possible anomalodesmatans, here named morphotypes I and II. The fauna belongs to the Pinzonella illusa Biozone. Most of the studied bivalve mollusks are found in a lower ~10 cm thick, very bioturbated interval, with biogenic stratification, a sedimentary structure generated through the interaction of specific biologic stratal activity, such as the selective ejection of fine grained sediments, during both excavation and feeding by infaunal benthos, and sedimentologic processes (low sedimentation rates)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador / A. C. ROCHA-CAMPOS - Integrante / L. E. ANELLI - Integrante.
Financiador(es): Fundação para o Desenvolvimento da UNESP - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
1988 - 1989
Project IUGS/UNESCO - 237 - Floras of the Gondwanic Continents
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) .

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Integrante / R. ROHN - Integrante / F. C. FITTIPALDI - Integrante / Oscar Rösler - Coordenador.
Financiador(es): International Union of Geological Sciences (IUGS) - Cooperação.


Outros Projetos


1995 - 1995
Projeto FAPESP - 94/05021-3 - Infraestrutura - Modernização do Laboratório de Paleozoologia evolutiva, IBB/Unesp
Situação: Concluído; Natureza: Outra.

Integrantes: Marcello Guimaraes Simoes - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.


Membro de corpo editorial


2014 - Atual
Periódico: Serie Correlación Geológica
2013 - Atual
Periódico: Ameghiniana
2012 - Atual
Periódico: Ameghiniana
2010 - Atual
Periódico: Brazilian Geographical Journal: Geosciences and Humanities research medium
2009 - Atual
Periódico: Pesquisas em Geociências (UFRGS. Impresso)
2009 - Atual
Periódico: Monografia da Sociedade Brasiliera de Paleontologia
2008 - Atual
Periódico: The Open Paleontological Journal
2007 - Atual
Periódico: Gaea (São Leopoldo. Impresso) (Cessou em 2007. Cont. 1983-3628 Gaea (São Le
2005 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Paleontologia
1996 - 1998
Periódico: Journal of Comparative Biology
1992 - 2002
Periódico: Revista do Instituto Geológico


Membro de comitê de assessoramento


2010 - 2010
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2010 - 2010
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2009 - 2011
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Revisor de periódico


2007 - Atual
Periódico: Palaios (Tulsa)
2009 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Geociências
2005 - Atual
Periódico: Pesquisas em Geociências (UFRGS. Impresso)
2009 - Atual
Periódico: Geologia USP. Série Científica
2005 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Paleontologia
2005 - Atual
Periódico: Gaea (São Leopoldo. Impresso) (Cessou em 2007. Cont. 1983-3628 Gaea (São Le
2007 - Atual
Periódico: Terr@ Plural
2005 - Atual
Periódico: Ameghiniana
2007 - Atual
Periódico: Journal of Vertebrate Paleontology
2008 - Atual
Periódico: Historical Biology, Australia
2008 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Zoologia (Impresso)
2007 - Atual
Periódico: Continental Shelf Research
2010 - Atual
Periódico: Palaeogeography, Palaeoclimatology, Palaeoecology
2007 - Atual
Periódico: Geological Society of America Bulletin
2010 - Atual
Periódico: Geodiversitas (Paris. Imprimé)
2015 - Atual
Periódico: Journal of South American Earth Sciences


Revisor de projeto de fomento


2013 - Atual
Agência de fomento: Agencia Nacional de Promoción Científica y Tecnológica
1996 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2007 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia
1993 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
1997 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul
1993 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geociências Interdisciplinar/Multidisciplinar.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia/Especialidade: Tafonomia.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia/Especialidade: Paleontologia Estratigráfica.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia/Especialidade: Paleoecologia.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia/Especialidade: Paleontologia de Invertebrados.
6.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia/Especialidade: Geocronologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2017
Paleontólogo Homenageado pela SBP por sua relevante contribuição à Paleontologia Brasileira, Sociedade Brasileira de Paleontologia.
2016
Professor Homenageado, Turma de Ciência Biológicas, Licenciatura, IBB/UNESP.
2013
Professor Homenageado, Turma de Ciências Biológicas, Integral, IBB/UNESP.
2011
Professor Homenageado, XLIII Turma de Ciências Biológicas, Licenciatura, IBB/UNESP.
2010
3 Colocação Nacional, com o trabalho de Bruno M. Tibério, Disparidade Morfológica em Trilobitas, Feira Virtual do Sistema Educacional Brasileiro.
2010
Professor Titular, Universidade Estadual Paulista/UNESP.
2009
Medalha Dr. Sérgio Mezzalira, por sua produção científica no Estado de SP, Sociedade Brasileira de Paleontologia, Núcleo de São Paulo da SBP.
2007
Paraninfo, XXXIX Turma de Ciências Biológicas, Licenciatura, IBB/UNESP..
2006
Professor Homenageado, XXXVII Turma de Ciências Biológicas, Licenciatura, IBB/UNESP.
2004
Professor Homenageado, XXXVII Turma de Ciências Biológicas, IBB/UNESP.
2002
Medalha Stereosternum tumidum Cope. Por sua copiosa e relevante produção científica na área de Paleontologia., Sociedade Brasileira de Paleontologia, Núcleo de SP..
2002
Paraninfo, XXXV Turma de Ciências Biológicas, Bacharelado, IBB/UNESP..
2002
Professor Homenageado, XXXV Turma de Ciências Biológicas, Licenciatura, IBB/UNESP..
2002
Indicado ao prêmio "Martelo de Prata" da Sociedade Brasileira de Geologia, Sociedade Brasileira de Geologia.
2000
Menção Honrosa, VIIII Simpósio Internacional de Iniciação Científica, Pró-reitoria de Pesquisa/USP.
1999
Professor Homenageado, XXXII Turma de Ciências Biológicas, IBB/UNESP.
1998
Professor Homenageado, XXXI Turma de Ciências Biológicas, IBB/UNESP.
1998
Livre-Docente, Paleontologia, UNESP, Universidade Estadual Paulista/UNESP.
1993
Professor Homenageado, XXVI Turma de Ciências Biológicas, IBB/UNESP.
1992
Distinção e Louvor em Tese de Doutoramento, IG/USP.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:33
Total de citações:579
Fator H:15
Simoes, Marcello G  Data: 15/08/2017

SCOPUS
Total de trabalhos:66
Total de citações:758
Simoes, M.G.; Simoes, Marcello G.; Simoes, M.; = Fator H:17  Data: 15/08/2017

Outras
Total de trabalhos:167
Total de citações:2076
Base: Google citation Simoes, M.G., fator h=27; índice-i10=60  Data: 16/12/2015

Artigos completos publicados em periódicos

1.
VAN ITEN, HEYO2018VAN ITEN, HEYO ; GUTIERREZ-MARCO, J. C. ; MUIR, LUCY ; LEME, JULIANA M. ; Simões, M.G. . Conulariids of the Upper Tiouririne Formation (Late Upper Ordovician, Late Upper Berounian), of the Eastern Anti-Atlas Mountains, Northern Morocco. GEOLOGICAL SOCIETY SPECIAL PUBLICATION, v. 485, p. 1-23, 2018.

2.
Warren, Lucas V.2018Warren, Lucas V. ; Cáceres, A.A. ; Sial, A. ; Freitas, B. ; Riccomini, C. ; GAUCHER, C. ; POIRE, D. G. ; Quaglio, F. ; Simoes, M.G. ; Giorgioni, M. ; BOGGIANI, PAULO C. ; Fairchild, T. R. . Sedimentary evolution and tectonic setting of the Itapucumi Group, Ediacaran, northern Paraguay: from Rodinia break-up to West Gondwana amalgamation. PRECAMBRIAN RESEARCH, v. 4, p. 1-60, 2018.

3.
FÜRSICH, FRANZ T.2018 FÜRSICH, FRANZ T. ; CUSTÓDIO, MICHELE ANDRIOLLI ; MATOS, SUZANA A. ; HETHKE, MANJA ; Quaglio, Fernanda ; WARREN, LUCAS VERÍSSIMO ; ASSINE, MARIO L. ; Simões, Marcello G. . Analysis of a Cretaceous (late Aptian) high-stress ecosystem: The Romualdo Formation of the Araripe Basin, northeastern Brazil. CRETACEOUS RESEARCH, v. 4, p. 1-85, 2018.

4.
INGLEZ, L.2018INGLEZ, L. ; Warren, L.V. ; Okubo, J. ; Simões, M.G. ; Quaglio, F. ; ARROUY, M.J. ; NETTO, R.G. . Discs and discord: The paleontological record of Ediacaran discoidal structures in the south American continent. JOURNAL OF SOUTH AMERICAN EARTH SCIENCES, v. 4, p. 1-50, 2018.

5.
MATOS, SUZANA APARECIDA2017MATOS, SUZANA APARECIDA ; WARREN, LUCAS VERISSIMO ; VAREJÃO, FILIPE GIOVANINI ; ASSINE, MARIO LUIS ; SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES . Permian endemic bivalves of the -Irati anoxic event-, Paraná Basin, Brazil: Taphonomical, paleogeographical and evolutionary implications. Palaeogeography, Palaeoclimatology, Palaeoecology, v. 469, p. 18-33, 2017.

6.
MATOS, SUZANA APARECIDA2017MATOS, SUZANA APARECIDA ; WARREN, LUCAS VERISSIMO ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; ALESSANDRETTI, LUCIANO ; ASSINE, MARIO LUIS ; Riccomini, Claudio ; SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES . Paleoecology and paleoenvironments of Permian bivalves of the Serra Alta Formation, Brazil: Ordinary suspension feeders or Late Paleozoic Gondwana seep organisms?. JOURNAL OF SOUTH AMERICAN EARTH SCIENCES, v. 77, p. 21-41, 2017.

7.
SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES2017SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES; DAVID, JULIANA MACHADO ; ANELLI, Luiz Eduardo ; KLEIN, CARLA ; MATOS, SUZANA APARECIDA ; GUERRINI, VITOR BONATTO ; WARREN, LUCAS VERÍSSIMO . The Permian Tiaraju bivalve assemblage, Passa Dois Group, southern Brazil: biostratigraphic and paleobiogeographic significance. Brazilian Journal of Geology, v. 47, p. 209-224, 2017.

8.
Custódio, M.A.2017Custódio, M.A. ; Quaglio, F. ; Warren, L. V. ; Simoes MG ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; PERINOTTO, J.A. ; ASSINE, MÁRIO L. . The transgressive-regressive cycle of the Romualdo Formation (Araripe Basin): Sedimentary archive of the Early Cretaceous marine ingression in the interior of Northeast Brazil. SEDIMENTARY GEOLOGY, v. 6, p. 1-49, 2017.

9.
WARREN, LUCAS VERÍSSIMO2017WARREN, LUCAS VERÍSSIMO ; Quaglio, Fernanda ; SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES ; GAUCHER, CLAUDIO ; Riccomini, Claudio ; POIRÉ, DANIEL G. ; FREITAS, BERNARDO TAVARES ; BOGGIANI, PAULO C. ; SIAL, ALCIDES NOBREGA . Cloudina - Corumbella - Namacalathus association from the Itapucumi Group, Paraguay: Increasing ecosystem complexity and tiering at the end of the Ediacaran. PRECAMBRIAN RESEARCH, v. 298, p. 79-87, 2017.

10.
Warren, L. V.2017Warren, L. V. ; Quaglio, F. ; Simoes, M.G. ; ASSINE, M.L. ; ALESSANDRETTI, LUCIANO ; Luvizotto, G.L. ; Riccomini, C. ; STRIKIS, N. M. . A Permian methane seep system as a paleoenvironmental analogue for the pre-metazoan carbonate platforms. Brazilian Journal of Geology, v. 47, p. 722-733, 2017.

11.
TABOADA, A. C.2016TABOADA, A. C. ; Neves, J.P. ; Weinschütz, L.C. ; PAGANI, A. ; Simões, M.G. . Eurydesma-Lyonia fauna (Early Permian) from the Itararé group, Paraná Basin (Brazil): A paleobiogeographic W-E trans-Gondwanan marine connection. Palaeogeography, Palaeoclimatology, Palaeoecology, v. 449, p. 431-454, 2016.

12.
VAN ITEN, HEYO2016VAN ITEN, HEYO ; MUIR, LUCY ; Simões, Marcello G. ; LEME, JULIANA M. ; MARQUES, ANTONIO C. ; YODER, NAOMI . Palaeobiogeography, palaeoecology and evolution of Lower Ordovician conulariids and Sphenothallus (Medusozoa, Cnidaria), with emphasis on the Fezouata Shale of southeastern Morocco. Palaeogeography, Palaeoclimatology, Palaeoecology, v. 1, p. 1-20, 2016.

13.
ARROUY, M.2016 ARROUY, M. ; Warren, L. V. ; Quaglio, F. ; Poiré, D.G. ; Simoes, M.G. ; BOSELLI, M. ; GOMEZ PERAL, L.E. . Ediacaran discs from South America: probable soft-bodied macrofossils unlock the paleogeography of the Clymene Ocean. Scientific Reports, v. 6, p. 30590, 2016.

14.
WARREN, LUCAS VERÍSSIMO2016WARREN, LUCAS VERÍSSIMO ; VAREJÃO, FILIPE GIOVANINI ; Quaglio, Fernanda ; SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; POIRÉ, DANIEL GUSTAVO ; CATTO, BRUNO ; ASSINE, MARIO LUIS . Stromatolites from the Aptian Crato Formation, a hypersaline lake system in the Araripe Basin, northeastern Brazil. Facies, v. 63, p. 3-19, 2016.

15.
CERIACO, L. M. P.2016CERIACO, L. M. P. ; GUTIERREZ, E. E. ; DUBOIS, A. ; plus 492 authors in alphabetic order ; Simões, M.G. . Photography-based taxonomy is inadequate, unnecessary, and potentially harmful for biological sciences. ZOOTAXA (ONLINE), v. 4196, p. 435-445, 2016.

16.
Simões, M.G.2016Simões, M.G.; MATOS, S.A. ; Warren, L.V. ; ASSINE, M.L. ; Riccomini, C. ; BONDIOLI, J.G. . Untold muddy tales: Paleoenvironmental dynamics of a -barren- mudrock succession from a shallow Permian epeiric sea. JOURNAL OF SOUTH AMERICAN EARTH SCIENCES, v. 71, p. 223-234, 2016.

17.
MENDOZA-BECERRIL, MARÍA A.2016MENDOZA-BECERRIL, MARÍA A. ; MARONNA, MAXIMILIANO M. ; PACHECO, MÍRIAN L. A. F. ; Simões, Marcello G. ; LEME, JULIANA M. ; MIRANDA, LUCÍLIA S. ; MORANDINI, ANDRÉ C. ; MARQUES, ANTONIO C. . An evolutionary comparative analysis of the medusozoan (Cnidaria) exoskeleton. ZOOLOGICAL JOURNAL OF THE LINNEAN SOCIETY, v. 178, p. 206-225, 2016.

18.
ASSINE, MARIO LUIS2016ASSINE, MARIO LUIS ; Quaglio, Fernanda ; WARREN, LUCAS VERÍSSIMO ; SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES . Comments on paper by M. Arai 'Aptian/Albian (Early Cretaceous) paleogeography of the South Atlantic: a paleontological perspective'. Brazilian Journal of Geology, v. 46, p. 3-7, 2016.

19.
Warren, L. V.2015Warren, L. V. ; ASSINE, MÁRIO L. ; Simoes, M.G. ; Riccomini, C. ; Anelli, Luiz E. . A Formação Serra Alta, Permiano, no centro-leste do Estado de São Paulo, Bacia do Paraná, Brasil. Brazilian Journal of Geology, v. 45, p. 109-126, 2015.

20.
Erthal, F.2015Erthal, F. ; KOTZIAN, C. B. ; Simoes, M. G. . MULTISTEP TAPHONOMIC ALTERATIONS IN FLUVIAL MOLLUSK SHELLS: A CASE STUDY IN THE TOURO PASSO FORMATION (PLEISTOCENE-HOLOCENE), SOUTHERN BRAZIL. Palaios (Tulsa), v. 30, p. 388-402, 2015.

21.
SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES2015SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES; MATOS, SUZANA APARECIDA ; ANELLI, Luiz Eduardo ; Rohn, Rosemarie ; WARREN, LUCAS VERÍSSIMO ; DAVID, JULIANA MACHADO . A new Permian bivalve-dominated assemblage in the Rio do Rasto Formation, Paraná Basin, Brazil: Faunal turnover driven by regional-scale environmental changes in a vast epeiric sea. Journal of South American Earth Sciences, v. 64, p. 14-26, 2015.

22.
BONDIOLI, JOÃO G.2015BONDIOLI, JOÃO G. ; MATOS, SUZANA A. ; Warren, Lucas V. ; ASSINE, MÁRIO L. ; RICCOMINI, CLÁUDIO ; Simões, Marcello G. . The interplay between event and background sedimentation and the origin of fossil-rich carbonate concretions: a case study in Permian rocks of the Paraná Basin, Brazil. LETHAIA, v. 48, p. n/a-n/a, 2015.

23.
RODLAND, David2014RODLAND, David ; KRAUSE, R. A., ; KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. . STOWING AWAY ON SHIPS THAT PASS IN THE NIGHT: SCLEROBIONT ASSEMBLAGES ON INDIVIDUALLY DATED BIVALVE AND BRACHIOPOD SHELLS FROM A SUBTROPICAL SHELF. Palaios (Tulsa), v. 29, p. 170-183, 2014.

24.
Neves, J.P.2014Neves, J.P. ; Anelli, Luiz E. ; PAGANI, A. ; Simoes, M. G. . Late Palaeozoic South American pectinids revised: biostratigraphical and palaeogeographical implications. Alcheringa (Sydney), v. 38, p. 281-295, 2014.

25.
DEXTER, TROY A.2014DEXTER, TROY A. ; Kaufman, Darrell S. ; Krause, Richard A. ; BARBOUR WOOD, SUSAN L. ; Simões, Marcello G. ; HUNTLEY, JOHN WARREN ; YANES, YURENA ; Romanek, Christopher S. ; KOWALEWSKI, MICHA' . A continuous multi-millennial record of surficial bivalve mollusk shells from the São Paulo Bight, Brazilian shelf. Quaternary Research (Print), v. 84, p. 274-283, 2014.

26.
Quaglio, Fernanda2014Quaglio, Fernanda ; WARREN, LUCAS VERÍSSIMO ; ANELLI, Luiz Eduardo ; DOS SANTOS, PAULO ROBERTO ; ROCHA-CAMPOS, ANTONIO CARLOS ; GA'DZICKI, ANDRZEJ ; STRIKIS, PEDRO CARLOS ; GHILARDI, RENATO PIRANI ; TIOSSI, ANDRESSA BARRAVIERA ; SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES . Shell beds from the Low Head Member (Polonez Cove Formation, early Oligocene) at King George Island, west Antarctica: new insights on facies analysis, taphonomy and environmental significance. Antarctic Science (Print), v. 26, p. 1-13, 2014.

27.
VAN ITEN, HEYO2014VAN ITEN, HEYO ; MARQUES, ANTONIO C. ; LEME, Juliana de Moraes ; PACHECO, MIRIAN L. A. FORANCELLI ; SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES . Origin and early diversification of the phylum Cnidaria Verrill: major developments in the analysis of the taxon's Proterozoic-Cambrian history. PALAEONTOLOGY, v. 57, p. n/a-n/a, 2014.

28.
NEVES, JACQUELINE PEIXOTO2014NEVES, JACQUELINE PEIXOTO ; ANELLI, Luiz Eduardo ; SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES . Early Permian post-glacial bivalve faunas of the Itararé Group, Paraná Basin, Brazil: Paleoecology and biocorrelations with South American intraplate basins. JOURNAL OF SOUTH AMERICAN EARTH SCIENCES, v. 52, p. 203-233, 2014.

29.
WARREN, L. V.2014WARREN, L. V. ; Quaglio, F. ; Riccomini, C. ; Simoes, M. G. ; POIRE, D. G. ; STRIKIS, N. M. ; ANELLI, L. E. ; STRIKIS, P. C. . The puzzle assembled: Ediacaran guide fossil Cloudina reveals an old proto-Gondwana seaway. GEOLOGY, v. 42, p. 391-394, 2014.

30.
Warren, L.V.2013 Warren, L.V. ; SIMOES, M. G. ; Fairchild, T. R. ; Riccomini, C. ; GAUCHER, C. ; ANELLI, Luiz Eduardo ; FREITAS, B. ; Boggiani, P. C. ; Quaglio, F. . Origin and impact of the oldest metazoan bioclastic sediments. Geology (Boulder, Colo.), v. 41, p. 507-510, 2013.

31.
VAN ITEN, HEYO2013VAN ITEN, HEYO ; TOLLERTON, VICTOR P. ; VER STRAETEN, CHARLES A. ; DE MORAES LEME, JULIANA ; SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES ; RODRIGUES, SABRINA COELHO . Life mode of in a Middle Devonian epibole. Palaeontology (London), v. 56, p. 29-48, 2013.

32.
APARECIDA MATOS, SUZANA2013APARECIDA MATOS, SUZANA ; AUGUSTO PRETTO, FLAVIO ; GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO . Tafonomia dos Pygocephalomorpha (Crustacea, Peracarida, Malacostraca), Permiano, bacia do Paraná, Brasil, e seu significado paleoambiental. Revista Brasileira de Paleontologia, v. 16, p. 97-114, 2013.

33.
VAN ITEN, HEYO2013VAN ITEN, HEYO ; LEME, Juliana de Moraes ; MARQUES, A. C. ; SIMOES, M. G. . Alternative interpretations of some earliest Ediacaran fossils from China.. ACTA PALAEONTOLOGICA POLONICA, v. 58, p. 111-113, 2013.

34.
Simoes, M. G.2012Simoes, M. G.; Peixoto Neves, Jacqueline ; Eduardo Anelli, Luiz ; Carlos Weinschütz, Luiz . Permian bivalves of the Taciba Formation, Itararé Group, Paraná Basin, and their biostratigraphic significance. Geologia USP. Série Científica, v. 12, p. 71-82, 2012.

35.
ANELLI, L. E.2012ANELLI, L. E. ; SIMOES, M. G. ; González, C.R. ; Souza, P.A. . A new Pennsylvanian Oriocrassatellinae from Brazil and the distribution of the genus in space and time. Geodiversitas (Paris. Imprimé), v. 34, p. 489-504, 2012.

36.
Warren, L. V.2012 Warren, L. V. ; Pacheco, M. L. A. F. ; FAIRCHILD, T. R. ; Simoes, M. G. ; Riccomini, C. ; Boggiani, P. C. ; Caceres, A. A. . The dawn of animal skeletogenesis: Ultrastructural analysis of the Ediacaran metazoan Corumbella werneri. Geology (Boulder, Colo.), v. 40, p. 691-694, 2012.

37.
SIMOES, M. G.2012SIMOES, M. G.; Quaglio, F. ; Warren, L. V. ; Anelli, Luiz ; STONE, P. ; Riccomini, C. ; GROHMANN, C. H. ; CHAMANI, M. A. C. . Permian non-marine bivalves of the Falkland Islands and their palaeoenvironmental significance. Alcheringa (Sydney), v. 3, p. 1-13, 2012.

38.
Erthal, F.2011Erthal, F. ; KOTZIAN, C. B. ; SIMOES, M. G. . Fidelity of molluscan assemblages from the Touro Passo Formation (Pleistocene?Holocene), Southern Brazil: taphonomy as a tool for discovering natural baselines for freshwater communities. Palaios (Tulsa), v. 26, p. 433-446, 2011.

39.
NEVES, J. P.2011NEVES, J. P. ; ROHN, R. ; SIMOES, M. G. . Tafonomia de tempestitos conchíferos amalgamados da Formação Teresina em Rio Preto (Estado do Paraná, Permiano Médio, Bacia do Paraná) e suas implicações paleoambientais. Geologia USP. Série Científica, v. 11, p. 131-147, 2011.

40.
DAVID, J.2011DAVID, J. ; SIMOES, M. G. ; ANELLI, L. E. ; ROHN, R. ; Holzfoerster, Frank . Permian bivalve molluscs from the Gai-As Formation, northern Namibia: systematics, taphonomy and biostratigraphy. Alcheringa (Sydney), v. 35, p. 497-516, 2011.

41.
ANELLI, L. E.2010ANELLI, L. E. ; SIMOES, M. G. ; DAVID, J. . A new Permian bivalve (Megadesmidae, Plesiocyprinellinae) from the Serrinha Member (Rio do Rasto Formation) looking for a sedimentary strata. Geologia USP. Série Científica, v. 10, p. 13-21, 2010.

42.
SIMOES, M. G.2010SIMOES, M. G.; ANELLI, L. E. ; DAVID, J. . Othonella araguaiana Mendes (Bivalvia, Megadesmidae), Corumbataí Formation (Upper Permian), eastern margin of the Paraná Basin: systematical, evolutionary and biostratigraphical significances. Geologia USP. Série Científica, v. 10, p. 45-55, 2010.

43.
RODRIGUES, S. C.2010RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. . Taphonomy of Bouchardia rosea (Rhynchonelliformea, Brachiopoda) shells from the Ubatuba Bay, Brazil: implications for the use of taphonomic signatures in (paleo)environmental analysis. Ameghiniana, v. 47, p. 373-386, 2010.

44.
NEVES, J. P.2010NEVES, J. P. ; ROHN, R. ; SIMOES, M. G. . Tafonomia de Biválvios em calcários oolíticos da Formação Teresina, (Bacia do Paraná, Permiano Médio, Prudentópolis, PR). Geologia USP. Série Científica, v. 10, p. 19-36, 2010.

45.
Krause, Richard A.2010Krause, Richard A. ; Barbour, Susan L. ; KOWALEWSKI, M. ; Kaufman, Darrell S. ; Romanek, Christopher S. ; Simões, Marcello G. ; Wehmiller, John F. . Quantitative comparisons and models of time-averaging in bivalve and brachiopod shell accumulations. Paleobiology, v. 36, p. 428-452, 2010.

46.
Quaglio, Fernanda2010Quaglio, Fernanda ; Whittle, Rowan Jane ; Ga?dzicki, Andrzej ; Simoes, M. G. . A new fossil Adamussium (Bivalvia: Pectinidae) from Antarctica. Polish Polar Research, v. 31, p. 291-302, 2010.

47.
Simoes, M. G.2010Simoes, M. G.; ANELLI, L. E. . Taxonomic position of Guiratingia mendesi (Megadesmidae) and the evolution of permian endemic bivalve fauna of the Paraná Basin, Brazil. Revista Brasileira de Paleontologia, v. 13, p. 167-174, 2010.

48.
RODRIGUES, S. C.2009RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. ; Pires-Domingues, R.A. . Viés analítico em estudos tafonômicos com macroinvertebrados: implicações (paleo)ambientais e (paleo)ecológicas. Geologia USP. Série Científica, v. 9, p. 101-114, 2009.

49.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.2009SIMOES, M. G.; LEME, Juliana de Moraes ; SOARES, S. P. . Systematics, Taphonomy, and Paleoecology of Homalnotid Trilobites (Phacopida) From the Ponta Grossa Formation (Devonian), Paraná Basin, Brazil. Revista Brasileira de Paleontologia, v. 12, p. 27-42, 2009.

50.
ANELLI, L. E.2009ANELLI, L. E. ; ROCHA-CAMPOS, A. C. ; SIMOES, M. G. ; Peck, R.L. . Pennsylvanian Heteroconchia (Mollusca, Bivalvia) from the Piauí Formation, Parnaíba Basin, Brazil. Revista Brasileira de Paleontologia, v. 12, p. 93-112, 2009.

51.
Simoes, M. G.2009Simoes, M. G.; RODRIGUES, S. C. ; KOWALEWSKI, M. . Bouchardia rosea, a vanishing brachiopod species of the Brazilian platform: taphonomy, historical ecology and conservation paleobiology. Historical Biology (Print), v. 21, p. 123-137, 2009.

52.
SIMOES, M. G.2009SIMOES, M. G.; ACENOLAZA, G. F. . Hyolith-dominated Shell Beds from the Lampazar Formation in NW Argentina: patterns and processes of origin in the Late Cambrian (Furongian) seas of Western Gondwana. AAPG Memoir, v. 37, p. 453-462, 2009.

53.
LEME, Juliana de Moraes2008LEME, Juliana de Moraes ; SIMOES, M. G. ; ITEN, H. Van ; MARQUES, A. C. . Cladistic analysis of the Suborder Conulariina Miller and Gurley, 1896 (Cnidaria, Scyphozoa; Vendian/Triassic). Palaeontology (London), v. 51, p. 649-662, 2008.

54.
SOARES, S. P.2008SOARES, S. P. ; SIMOES, M. G. ; LEME, Juliana de Moraes . Metacryphaeus rotundatus, um novo elemento da fauna de trilobites Calmoniidae (Phacopida), da Formação Ponta Grossa (Devoniano), Bacia do Paraná, Brasil. Geologia USP. Série Científica, v. 8, p. 15-24, 2008.

55.
LEME, Juliana de Moraes2008LEME, Juliana de Moraes ; SIMOES, M. G. ; RODRIGUES, S. C. ; MARQUES, A. C. ; ITEN, H. Van . Major developments in conulariid (Cnidaria) research: problemns of interpretation and future perspectives. Ameghiniana, v. 45, p. 407-420, 2008.

56.
SOARES, S. P.2008SOARES, S. P. ; SIMOES, M. G. ; LEME, Juliana de Moraes . O papel da fossilização e do intemperismo na sistemática de trilobitas Phacopida (Calmoniidae e Homalonotidae) do Devoniano da bacia do Paraná, Brasil. Revista Brasileira de Paleontologia, v. 11, p. 59-68, 2008.

57.
NEVES, J. P.2008NEVES, J. P. ; CAMPOS, L. ; SIMOES, M. G. . Jogos como recurso didático para o ensino de conceitos paleontológicos básicos aos estudantes do ensino fundamental. Terr@ Plural (UEPG. Online), v. 2, p. 103-114, 2008.

58.
RODRIGUES, S. C.2008RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. ; KOWALEWSKI, M. ; PETTI, M. A. ; NONATO, E. F. ; MARTINEZ, S. ; DEL RIO, C. . Biotic interaction between spionid polychaetes and bouchardiid brachiopods: paleoecological, taphonomic and evolutionary implications. Acta Palaeontologica Polonica, v. 53, p. 657-668, 2008.

59.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.2008SIMOES, M. G.; SILVA, S. M. DA ; RODRIGUES, S. C. ; Coimbra, J.C. . Braquiópodes (Rhynchonelliformea, Bouchardioidea) neógenos da Bacia de Pelotas (RS) e seu significado paleoambiental. Revista Brasileira de Geociências, v. 38, p. 676-685, 2008.

60.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.2007SIMOES, M. G.; RODRIGUES, Sabrina C ; KOWALEWSKI, M. . Comparative analysis of drilling frequencies in Recent Brachiopod-Mollusk associations from the Southern Brazilian Shelf.. PALAIOS, USA, v. 22, p. 142-151, 2007.

61.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.2007SIMOES, M. G.; RODRIGUES, S. C. ; LEME, Juliana de Moraes ; Pires-Domingues, R.A. . Brachiopod shells on the beach: taphonomic overprinting in a fear-weather accumulation. Journal of Taphonomy (Print), v. 5, p. 205-225, 2007.

62.
LEME, Juliana de Moraes2006LEME, Juliana de Moraes ; SIMOES, M. G. ; ITEN, H. Van . Reinterpretation of Malvinoconularia cahuanotensis (Brani?a and Vanek) from the Devonian Altiplano and Western Andean Cordillera, Bolivia, South America.. Ameghiniana, Buenos Aires, Argentina, v. 43, n.3, p. 285-292, 2006.

63.
RODRIGUES, Sabrina C2006RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; SIMOES, M. G. . Significado paleobiológico de agrupamentos (coloniais/gregários) de Conularia quichua Ulrich 1890 (Cnidaria), Formação Ponta Grossa, Devoniano (Pragiano-Emsiano), Bacia do Paraná, Brasil.. Ameghiniana, Buenos Aires, Argentina, v. 43, n.2, p. 273-284, 2006.

64.
ITEN, H. Van2006ITEN, H. Van ; LEME, Juliana de Moraes ; SIMOES, M. G. ; MARQUES, A. C. ; COLLINS, A. G. . Reassessment of the phylogenetic position of conulariids (?Ediacaran-Triassic) within the subphylum Medusozoa (phylum Cnidaria).. Journal of Systematic Palaeontology, Grãn-Bretanha, v. 4, n.2, p. 109-118, 2006.

65.
RODLAND, David2006RODLAND, David ; KOWALEWSKI, M. ; CARROLL, M. ; SIMOES, M. G. . The temporal resolution of epibiont assemblages: are they ecological snapshots or overexposures?. The Journal of Geology, USA, v. 114, p. 313-324, 2006.

66.
WOOD, S.L.B2006WOOD, S.L.B ; KRAUSE, R. A., ; KOWALEWSKI, M. ; WEHMILLER, J.F. ; SIMOES, M. G. . Aspartic acid racemization dating of Holocene brachiopods and bivalves from the Southern Brazilian Shelf, South Atlantic. Quaternary Research, USA, v. 66, p. 323-331, 2006.

67.
ITEN, H. Van2006ITEN, H. Van ; LEME, Juliana de Moraes ; SIMOES, M. G. . Additional observations on the gross morphology and microstructure of Baccaconularia Hughes, Gunderson, and Weedon, 2000, an Upper Cambrian conulariid from the north-central USA. Palaeoworld, v. 15, p. 294-306, 2006.

68.
KOTZIAN, C. B.2006KOTZIAN, C. B. ; SIMOES, M. G. . Taphonomy of Recent freshwater molluscan death assemblages, Touro Passo Stream, Southern Brazil. Revista Brasileira de Paleontologia, Porto Alegre, RS, v. 9, p. 243-260, 2006.

69.
A, Martello2006A, Martello ; KOTZIAN, C. B. ; SIMOES, M. G. . Quantitative fidelity of Recent freshwater mollusk assemblages from the Touro Passo River, RS, Brazil.. Iheringia. Série Zoologia, Porto Alegre, RS, v. 96, p. 453-465, 2006.

70.
ANELLI, L. E.2006ANELLI, L. E. ; ROCHA-CAMPOS, A. C. ; SIMOES, M. G. . Pennsylvanian Pteriomorphian (bivalvia) from the Piauí Formation, Parnaíba Basin, Brazil. Journal of Paleontology, v. 80, p. 1125-1141, 2006.

71.
VAN ITEN, HEYO2006VAN ITEN, HEYO ; LICHTENWALTER, M. ; LEME, Juliana de Moraes ; SIMOES, M. G. . Possible taphonomic bias in the preservation of phosphatic macro-invertebrates in the uppermost Maquoketa Formation (Upper Ordovician) of Northeastern Iowa (North-Central USA). Journal of Taphonomy (Print), v. 4, p. 207-221, 2006.

72.
ITEN, H. Van2005ITEN, H. Van ; LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. . REINTERPRETATION OF A CONULARIID-LIKE FOSSIL FROM THE VENDIAN OF RUSSIA. Palaeontology (London), UK, v. 48, n.3, p. 619-622, 2005.

73.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.2005SIMOES, M. G.; RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; Marcos C. Bissaro Júnior . The settling pattern of brachiopod shells: stratigraphic and taphonomic implications to shell bed formation and paleoecology.. Revista Brasileira de Geociências, Brasília, DF., v. 35, n.3, p. 383-391, 2005.

74.
ITEN, H. Van2005ITEN, H. Van ; LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. . New data on the anatomy of Conularia milwaukeensis Cleland, 1911 (Middle Devonian, Iowa and Wisconsin).. Journal of Paleontology, Tulsa, USA., v. 80, n.2, p. 392-395, 2005.

75.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.2004SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. ; MELLO, Luiz Henrique Cruz de ; RODLAND, David ; CARROLL, M. . Recent brachiopods from the Southern Brazilian shelf: palaeontological and biogeographical implications.. Palaeontology (London), Londres, v. 47, n.3, p. 515-533, 2004.

76.
RODLAND, David2004RODLAND, David ; KOWALEWSKI, M. ; CARROLL, M. ; SIMOES, M. G. . Colonization of a 'Lost World': Encrustation patterns in modern subtropical brachiopod assemblages.. Palaios (Tulsa), v. 19, p. 384-399, 2004.

77.
LEME, Juliana de Moraes2004LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. ; ITEN, H. Van . Sistemática dos Conulários (Cnidaria) da Formação Ponta Grossa (Devoniano), Estado do Paraná, Bacia do Paraná, Brasil.,. Revista Brasileira de Paleontologia, Porto Alegre, v. 7, n.2, p. 213-222, 2004.

78.
CARROLL, M.2003CARROLL, M. ; KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; RODLAND, David . Quantitative estimates of time-averaging in brachiopod shell accumulations.. Paleobiology, USA, v. 29, n.3, p. 382-403, 2003.

79.
Aceñolaza, G.F.2003Aceñolaza, G.F. ; Milana, J.P. ; Heredia, S. ; SIMOES, M. G. . Stratigraphical and biostratigraphical framework of the Angosto de la Quesera Conglomerate Complex (Cordillera Oriental of Salta): an incised valley system in the Tremadocian of NW Argentina.. INSUGEO, Serie Correlación Geológica, Argentina, v. 17, p. 365-370, 2003.

80.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.2003SIMOES, M. G.; TORELLO, F. F. . Modelo de tafofácies para os moluscos bivalves do Grupo Passa Dois (Formações Serra Alta, Teresina e Corumbataí), Permiano Superior, Bacia do Paraná, Brasil.. Revista Brasileira de Geociências, Brasília, v. 33, n.3, p. 1-10, 2003.

81.
RODRIGUES, Sabrina C2003RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. ; LEME, Juliana de Moraes . Tafonomia Comparada dos Conulatae (Cnidaria), Formação Ponta Grossa (Devoniano), Bacia do Paraná.. Revista Brasileira de Geociências, Brasília, v. 33, n.3, p. 1-10, 2003.

82.
LEME, Juliana de Moraes2003LEME, Juliana de Moraes ; HEREDIA, S. ; RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. ; ACENOLAZA, G. F. ; MILANA, J. P. . Teresconularia gen. nov. from the Lower Ordovician of the Cordillera Oriental of Salta (NW Argentina): the oldest conulariid (Cnidaria) from South America. Revista Espanola de Micropaleontologia, Espanha, v. 35, n.3, p. 265-273, 2003.

83.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.2003SIMOES, M. G.; RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; ITEN, H. Van . Some Middle Paleozoic Conulariids (Cnidaria) as Possible Examples of Taphonomic Artifacts. Journal of Taphonomy, Spain, v. 1, n.3, p. 165-186, 2003.

84.
KOWALEWSKI, M.2002KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; CARROLL, M. ; RODLAND, David . Abundant brachiopods on a tropical, upwelling-influenced shelf (Southeast Brazilian Bight, South Atlantic).. Palaios (Tulsa), Estados Unidos, v. 17, p. 277-286, 2002.

85.
Kinoshita, A.2002Kinoshita, A. ; Brunetti, A. ; Avelar, W.E.P. ; Mantelatto, F.L.M. ; SIMOES, M. G. ; Fransozo, A. ; Baffa, O. . ESR dating of a subfossil shell from Couve Island, Ubatuba, Brazil.. Applied Radiation and Isotopes, USA, v. 57, n.4, p. 35-38, 2002.

86.
ANELLI, L. E.2002ANELLI, L. E. ; ROCHA-CAMPOS, A. C. ; SIMOES, M. G. . Protobranch bivalves of the Piauí Formation (Middle Pennsylvanian), Parnaíba Basin, Brazil.. Revista Española de Paleontología, Madrid, v. 17, n.2, p. 165-176, 2002.

87.
GHILARDI, R. P.2002GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. . Foram os bivalves do Grupo Passa Dois (exclusive Formação Rio do Rasto) moluscos dulcícolas?. Pesquisas em Geociências (UFRGS), Porto Alegre, 2002.

88.
Kinoshita, A.2002Kinoshita, A. ; Brunetti, A. ; Avelar, W.E.P. ; Mantelatto, F.L.M. ; SIMOES, M. G. ; Fransozo, A. ; Baffa, O. . Dating of subfossil shell by ERS and K band spectrum for paramagnetic species assignment.. Advances in ERS Applications., Japan, v. 18, p. 27-29, 2002.

89.
MARQUES, A. C.2001MARQUES, A. C. ; ANELLI, L. E. ; SIMOES, M. G. . Hippopodius Quoy & Gaimard, 1827 (Cnidaria, Hydrozoa, Siphonophorae): proposed amendment for a new stem of the genus name in order to remove the homonymy of the family name. Bulletin of the Zoological Nomenclature, v. 58, n.3, p. 193-195, 2001.

90.
KOWALEWSKI, M.2000KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; TORELLO, F. F. ; MELLO, L. H. C. ; GHILARDI, R. P. . Drill holes in shells of Permian benthic invertebrates.. Journal of Paleontology, Tulsa, v. 74, n.3, p. 532-543, 2000.

91.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.2000SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. ; TORELLO, F. F. ; GHILARDI, R. P. ; MELLO, L. H. C. . Early onset of Modern-Style shell beds in the Permian sequences of the Parana basin: implications for the Phanerozoic trend in bioclastic accumulations.. Revista Brasileira de Geociências, Brasília, v. 30, n.3, p. 499-503, 2000.

92.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.2000SIMOES, M. G.; MELLO, L. H. C. ; RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; MARQUES, A. C. . Conulariid taphonomy as a tool in paleoenvironmental analysis.. Revista Brasileira de Geociências, Brasília, v. 30, n.4, p. 757-762, 2000.

93.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.2000SIMOES, M. G.; MARQUES, A. C. ; MELLO, L. H. C. ; GHILARDI, R. P. . The role of taphonomy in cladistic analysis: a case study in Permian bivalves.. Revista Española de Paleontología, Madrid, v. 15, n.2, p. 153-164, 2000.

94.
GHILARDI, R. P.2000GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. . Bivalves fósseis como indicadores da dinâmica sedimentar: um estudo de casos do Permiano da Bacia do Paraná, Brasil.. Acta Geológica Leopoldensia, São Leopoldo, v. 23, n.51, p. 3-20, 2000.

95.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.2000SIMOES, M. G.; GHILARDI, R. P. . Protocolo tafonômico/paleoautoecologico como ferramenta na análise paleossinecologica.. Pesquisas em Geociências (UFRGS), Porto Alegre, RS., v. 27, n.2, p. 3-13, 2000.

96.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.2000SIMOES, M. G.; MELLO, L. H. ; TORELLO, F. F. ; GHILARDI, R. P. . Tambaquyra gen.n. (Bivalvia, Anomalodesmata), Formação Serra Alta (Neopermiano), Grupo Passa Dois, Bacia do Paraná, Brasil.. Revista UNG, Serie Geociências., São Paulo, SP., v. V, n.6, p. 11-19, 2000.

97.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.2000SIMOES, M. G.; TORELLO, F. F. ; MELLO, L. H. C. ; GHILARDI, R. P. . O conteudo fossilífero de novos afloramentos do Grupo Passa Dois (Neopermiano), nas porções centro sul e nordeste do Estado de São Paulo: implicações bioestratigráficas e paleoecológicas.. Acta Geológica Leopoldensia, São Leopoldo, RS, v. 23, n.50, p. 61-90, 2000.

98.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.1998SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. . Complex Shell Beds As Paleoecological Puzzles: A Case Study From The Upper Permian Of The Paraná Basin, Brazil.. Facies (Erlangen), Germany, v. 38, p. 175-196, 1998.

99.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.1998SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. . Genetic Complexity And Geobiological Implications Of ?Simple? Shell-Beds: An Example From The Upper Permian Of The Paraná Basin, Brasil.. Journal of African Earth Sciences, South Africa, v. 27, n.1A, p. 179-180, 1998.

100.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.1998SIMOES, M. G.; KLEIN, C. . Tafonomia de pelecípodes da Formação Terezina (Permiano), Tiaraju, RS, Brasil. Anais da Academia Brasileira de Ciências, Rio de Janeiro, v. 70, n.3, p. 617-625, 1998.

101.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.1997SIMOES, M. G.; MARQUES, A. C. ; MELLO, L. H. C. ; ANELLI, L. E. . Phylogenetic analysis of the genera of the extinct Family Megadesmidae (Pelecypoda, Anomalodesmata), with remarks on Its paleoecology and taxonomy.. Journal of Comparative Biology, São Paulo, SP., v. 2, n.2, p. 75-90, 1997.

102.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.1996SIMOES, M. G.; MELLO, L. H. C. . Sistemática e Paleocologia de Casterella Gratiosa Mendes (Mollusca, Pelecypoda), Formações Terezina e Corumbataí (Permiano Superior), Bacia do Paraná, Brasil.. Acta Geológica Leopoldensia, São Leopoldo, RS, v. 43, n.XIX, p. 5-23, 1996.

103.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.1996SIMOES, M. G.; TORELLO, F. F. ; ROCHA-CAMPOS, A. C. . Gênese e Classificação da Coquina de Camaquã (Assembléia de Pinzonella Neotropica), Formação Corumbataí (Permiano Superior), Rio Claro, Sp.. Anais da Academia Brasileira de Ciências, Rio de Janeiro, RJ., v. 68, n.4, p. 545-557, 1996.

104.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.1995SIMOES, M. G.; ANELLI, L. E. . Runnegariella, Um Novo Gênero de Megadesmídeo (Mollusca, Pelecypoda) do Grupo Passa Dois (Permiano Superior), Bacia do Paraná, Brasil.. Geociências (São Paulo. Online), São Paulo, SP, v. 14, n.2, p. 161-173, 1995.

105.
CORDOBA, V. C.1995CORDOBA, V. C. ; LIMA-FILHO, F. P. ; BRITO-NEVES, B. B. ; SIMOES, M. G. ; CALDAS, E. B. ; LEHUGEUR, L. G. O. . Contribuição À Caracterização Tectono-Sedimentar da Bacia de Padre Marcos, Piauí.. Boletim da Sociedade Brasileira de Geologia, Núcleo Nordeste., Nordeste, v. 14, n.1, p. 205-211, 1995.

106.
TORELLO, F. F.1994TORELLO, F. F. ; SIMOES, M. G. . Características Tafonômicas da Assembléia de Pinzonella Illusa Reed, Formação Corumbataí (Neopermiano), Bacia do Paraná, Brasil.. Acta Geológica Leopoldensia, v. 39, n.17, p. 159-173, 1994.

107.
ROCHA-CAMPOS, A. C.1993ROCHA-CAMPOS, A. C. ; SIMOES, M. G. . Australomya sinuosa sp.n., um novo Megadesmídeo (Mollusca, Pelecypoda) da Formação Rio Bonito (Permiano), Bacia do Paraná, Brasil.. Anais da Academia Brasileira de Ciências, Rio de Janeiro, v. 65, n.1, p. 29-39, 1993.

108.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.1988SIMOES, M. G.; FITTIPALDI, F. C. . Utilização dos Moluscos dos Sambaquis de Piaçaguera e Mar Casado (Planície de Santos, Sp) Como Indicadores Paleoambientais.. Revista da Universidade Mackenzie, v. 2, p. 135-156, 1988.

109.
FITTIPALDI, F. C.1987FITTIPALDI, F. C. ; SIMOES, M. G. ; GIULIETTI, A. M. ; PIRANI, J. R. . Fossil Plants From The Itaquaquecetuba Formation (Cenozoic Of The São Paulo Basin) And Their Possible Paleoclimatic Significance.. Boletim IG/USP, Publicação Especial, São Paulo, v. 7, p. 183-203, 1987.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
LEME, Juliana de Moraes ; Simoes, M. G. ; ITEN, H. Van . Phylogenetic Systematics and Evolution of Conulariids. 1. ed. Saarbrücken: LAP LAMBERT Academic Publishing GmbH & Co., 2010. v. 1. 49p .

2.
HOLZ, M. ; SIMOES, M. G. . Elementos Fundamentais de Tafonomia.. 1. ed. Porto Alegre: Editora da Universidade - EDUFRGS, 2002. v. 1. 231p .

3.
LIORENTE-BOUSQUETES, J. ; PAPÁVERO, N. ; SIMOES, M. G. . La Distribuición de Los Seres Vivos Y La Historia de La Tierra.. 2. ed. México, D.F.: Fondo de Cultura Económica, 2002. v. 1. 122p .

4.
LIORENTE-BOUSQUETES, J. ; PAPÁVERO, N. ; SIMOES, M. G. . La Distribución de Los Seres Vivos Y La História de La Tierra. 1. ed. Mexico: . Fondo de Cultura Economica do México., 1996. v. 1. 126p .

5.
SIMOES, M. G.; FITIPALDI, F. C. . Fósseis da Região de Rio Claro, Sp.. 1. ed. Rio Claro, SP: Arquivo do Município, Rio Claro, SP., 1992. 77p .

6.
SIMOES, M. G.; FITIPALDI, F. C. . As Conchas Fósseis da Região de Rio Claro, Sp.. 1. ed. Rio Claro, SP: Arquivo do Município, Rio Claro, SP, 1988. 75p .

Capítulos de livros publicados
1.
ASSINE, MÁRIO L. ; Simoes, M.G. . Revisitando o Devoniano paranaense. In: Machado, R.; Góes, A. M.; Moraes, M. C. & Batorelli, A.. (Org.). Setembrino Petri: do Proterozoico ao Holoceno. 1ed.São Paulo, SP: Sociedade Brasileira de Geologia, 2018, v. 1, p. 135-166.

2.
Simoes, M.G.; MATOS, S.A. ; VAREJÃO, FILIPE GIOVANINI ; Warren, Lucas V. ; ASSINE, MÁRIO L. . Guiratingia mendesi: implicações paleontológicas e geológicas. In: Machado, R.; Góes, A. M.; Moraes, M. C. & Batorelli, A.. (Org.). Setembrino Petri: do Proterozoico ao Holoceno. 1ed.São Paulo, SP: Sociedade Brasileira de Geologia, 2018, v. 1, p. 193-215.

3.
Simoes, M.G.; MATOS, S. A. ; NEVES, J. P. ; Warren, L. V. ; MARONNA, M. ; MARQUES, A. C. . Introdução à Origem Basal dos Metazoa. In: Adilson Fransozo; Maria Lucia Negreiros-Fransozo. (Org.). Zoologia dos Invertebrados. 1ed.Rio de Janeiro: Roca Editoral, 2016, v. 1, p. 34-43.

4.
MARONNA, M. ; MATOS, S. A. ; NEVES, J. P. ; Simoes, M.G. ; MARQUES, A. C. . Visão Molecular da Evolução Basal dos Animais. In: Adilson Fransozo; Maria Lucia Negreiros-Fransozo. (Org.). Zoologia dos Invertebrados. 1ed.Rio de Janeiro: Roca Editora, 2016, v. 1, p. 44-53.

5.
Simoes, M.G.; Warren, L. V. ; MATOS, S. A. ; MARONNA, M. ; MARQUES, A. C. . Visão Paleontológica da Evolução Basal dos Animais. In: Adilson Fransozo; Maria Lucia Negreiros-Franzoso. (Org.). Zoologia dos Invertebrados. 1ed.Rio de Janeiro: Roca Editora, 2016, v. 1, p. 54-76.

6.
LEME, J. M. ; David, Juliana ; MATOS, S. A. ; NEVES, J. P. ; Simoes, M.G. . Brachiopoda. In: Adilson Fransozo; Maria Lucia Negreiros-Fransozo. (Org.). Zoologia dos Invertebrados. 1ed.Rio de Janeiro: Roca Editora, 2016, v. 1, p. 249-257.

7.
Simoes, M.G.; NEVES, J. P. ; MATOS, S. A. ; Anelli, Luiz E. ; LEME, J. M. . Trilobitomorpha. In: Adilson Fransozo; Maria Lucia Negreiros Fransozo. (Org.). Zoologia dos Invertebrados. 1ed.Rio de Janeiro: Roca Editora, 2016, v. 1, p. 425-434.

8.
SIMOES, M. G.; SILVA, S. M. DA ; NEVES, J. P. . Tectônica de Placas e o Ciclo dos Supercontinentes. In: SOARES, M.B.. (Org.). A Paleontologia na Sala de Aula. 1ed.Ribeirão Preto, SP: Sociedade Brasileira de Paleontologia, 2015, v. 1, p. 46-89.

9.
Warren, L. V. ; Quaglio, F. ; FREITAS, B. T. ; Simões, M.G. ; ASSINE, MÁRIO L. ; Riccomini, C. . Underneath the Pantanal Wetland: A Deep-Time History of Gondwana Assembly, Climate Change, and the Dawn of Metazoan Life. In: Bergier, Ivan/ Assine, Mario Luis. (Org.). Dynamics of the Pantanal Wetland in South America. 1ed.The Netherlands: Springer, 2015, v. 37, p. 1-21.

10.
Simões, M.G.; NEVES, J. P. ; SILVA, S. M. DA . O Ciclo das Rochas. In: SOARES, M.B.. (Org.). A Paleontologia na Sala de Aula. 1ed.Ribeirão Preto, SP: Sociedade Brasileira de Paleontologia, 2015, v. 1, p. 32-45.

11.
Simoes, M.G.; RODRIGUES, S. C. ; SOARES, M. B. . Introdução ao Estudo da Paleontologia. In: SOARES, M.B.. (Org.). A Paleontologia na Sala de Aula. 1ed.Ribeirão Preto, SP: Sociedade Brasileira de Paleontologia, 2015, v. 1, p. 17-31.

12.
NEVES, J. P. ; CAMPOS, L. L. ; Simoes, M.G. . Atividades Lúdicas (Jogos) Como Ferramentas no Ensino de Paleontologia. In: SOARES, M.B.. (Org.). A Paleontologia na Sala de Aula. 1ed.Ribeirão Preto, SP: Sociedade Brasileira de Paleontologia, 2015, v. 1, p. 455-459.

13.
DAMASCENO JUNIOR, G. A. ; Simoes, M.G. ; TREVELIN, C.C. ; MANOEL, P.S. ; GUIMARAES, E. . Pantanal. In: Elza Guimarães; César Claro Trevelin; Pedro Sartori Manoel. (Org.). Pantanal: paisagens, flora e fauna. 1ed.São Paulo: Cultura Acadêmica, 2014, v. , p. 11-14.

14.
Simoes, M.G.; TREVELIN, C.C. ; MANOEL, P.S. ; DAMASCENO JUNIOR, G. A. ; GUIMARAES, E. . Geologia. In: Elza Guimarães, César Claro Trevelin, Pedro Sartori Manoel. (Org.). Pantanal: paisagens, flora e fauna. 1ed.São Paulo: Cultura Acadêmica Editora, 2014, v. 1, p. 21-26.

15.
ANELLI, L. E. ; SIMOES, M. G. . Uma Breve História do Tempo. In: Lucia Maria Paleari; Raquel Sanzovo Pires de Campos; Helton Otsuka; Maria Begali Carvalho. (Org.). Experimentando Ciência: teorias e práticas para o ensino da BIologia. São Paulo: Cultura Acadêmica Editora, 2011, v. 1, p. 23-50.

16.
ANELLI, L. E. ; SIMOES, M. G. . Paleontologia, Fósseis e o Processo de Fossilização. In: Lucia Maria Paleari; Raquel Sanzovo Pires de Campos; Helton Otsuka; Maria Begali Carvalho. (Org.). Experimentando Ciência: teorias e práticas para o ensino da BIologia. São Paulo: Cultura Acadêmica Editora, 2011, v. 1, p. 51-88.

17.
Simoes, M. G.; RODRIGUES, S. C. ; Bertoni-Machado, C. ; HOLZ, M. . Tafonomia: Processos e Ambientes de Fossilização. In: Carvalho, I.S.. (Org.). Paleontologia. Rio de Janeiro, RJ: Interciências, 2010, v. 1, p. 19-52.

18.
HOLZ, M. ; Bertoni-Machado, C. ; Simoes, M. G. ; RODRIGUES, S. C. . A Estratigrafia de Sequências e o Registro Fóssil. In: Carvalhos, I.S.. (Org.). Paleontologia. Rio de Janeiro, RJ: Interciências, 2010, v. 1, p. 111-138.

19.
Simoes, M. G.; RODRIGUES, S. C. ; Bertoni-Machado, C. . Procedimentos Metodológicos em Tafonomia. In: Carvalhos, I.S.. (Org.). Paleontologia. Rio de Janeiro, RJ: Interciências, 2010, v. 1, p. 413-430.

20.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, S. C. . Introdução à Paleontologia. In: Marina Bento Soares. (Org.). LIVRO DIGITAL DE PALEONTOLOGIA: A PALEONTOLOGIA NA SALA DE AULA. Porto Alegre: SBP, 2009, v. 1, p. 1-8.

21.
GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. . The history of Trilobite Research in Brazil.. In: E. Landing; D.G. Milukic; J. Kluessendorf;. (Org.). Fabulous Fossils-300 Years of Worldwide Research on Trilobites.. New York: New York State Museum Bulletin, 2007, v. 507, p. 97-104.

22.
Pires-Domingues, R.A. ; Nascimento, P.M. ; SIMOES, M. G. ; Riccomini, C. ; Zaher, H. . Implicações dos Dados Geológicos, Fossilíferos e Tafonômicos nas Reconstruções da Fauna de Vertebrados da Bacia Bauru: uma abordagem integrada.. Paleontologia Cenários da Vida. Rio de Janeiro, RJ: Interciência, 2007, v. 2, p. 273-284.

23.
SIMOES, M. G.; MELLO, Luiz Henrique Cruz de . Brachiopoda. In: AMARAL, Antonia Cecília; RIZZO, Alexandra Elaine;; ARRUDA, Eliane Pintor de. (Org.). MANUAL DE IDENTIFICAÇÃO DOS INVERTEBRADOS MARINHOS DA REGIÃO SUDESTE-SUL DO BRASIL. 1ed.São Paulo: EDUSP, 2006, v. 1, p. 1-288.

24.
HOLZ, M. ; SIMOES, M. G. . Taphonomy: an Overview of Main Concepts and Applications to Sequence Stratigraphic Analysis. In: Koutsoukos, E.M.C.. (Org.). Topics in Geobiology: Apllied Stratigraphy. USA: Springer, 2005, v. 23, p. 249-279.

25.
SIMOES, M. G.; HOLZ, M. . Tafonomia: processos e ambientes de fossilização. In: Ismar de Souza Carvalho. (Org.). Paleontologia. Rio de Janeiro: Interciências, 2004, v. 1, p. 19-45.

26.
HOLZ, M. ; SIMOES, M. G. . A Estratigrafia de Sequências e o Registro Fóssil.. In: Ismar de Souza Carvalho. (Org.). Paleontologia. 2ed.Rio de Janeiro: Interciências, 2004, v. 1, p. 75-92.

27.
SIMOES, M. G.. Filo Brachiopoda. In: Antonia Cecília Z. Amaral; Carmen L. Del Bianco Rossi-Wongtschowski. (Org.). Biodiversidade Bêntica da Região Sudeste-Sul do Brasil-Plataforma Externa e Talude Superior.. 1ed.: FEMAR, 2004, v. , p. 152-154.

28.
SIMOES, M. G.; SIMOES, L. B. . A Evolução da Região de Botucatu no Tempo Geológico. In: Uieda, W.; Paleari, L.M.. (Org.). Flora e Fauna: um dossiê ambiental.. São Paulo: EDUNESP, 2003, v. , p. 21-36.

29.
Simoes, M. G.. Filo Brachiopoda. In: Amaral, A.C.Z.; Rossi-Wongtschowski, C.L.D.B.. (Org.). Biodiversidade bêntica da região sul-sudeste da costa brasileira. REVIZEE Score Sul Bentos. 1ed.São Paulo: Ulhôa Cintra Ed., 2003, v. , p. 98-100.

30.
SIMOES, M. G.; HOLZ, M. . Tafonomia: processos e ambientes de fossilização.. In: Ismar de Souza Carvalho. (Org.). Paleontologia. 1ed.Rio de Janeiro: Interciencia e Agencia Nacional do Petróleo., 2000, v. , p. 19-45.

31.
SIMOES, M. G.. Assembléias de invertebrados marinhos do Neopaleozóico da Bacia do Paraná, no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. In: HOLZ, M. ; DE HOS, L.F.. (Org.). Paleontologia do Rio Grande do Sul. 1ed.Porto Alegre, RS: Editora da UFRGS, 2000, v. 1, p. 107-125.

32.
SIMOES, M. G.; ROCHA-CAMPOS, A. C. ; ANELLI, L. E. . Paleoecology and evolution of Permian bivalve faunas (Paraná Basin) In Brazil. In: P.A., JOHNSTON; J.W., HAGGART. (Org.). Bivalves - An Eon of evolution - paleobiological studies honoring Norman D. Newell.. 1ed.Canada: Calgary University Press, 1998, v. , p. 443-452.

33.
ANELLI, L. E. ; SIMOES, M. G. ; ROCHA-CAMPOS, A. C. . Life mode of some Brazilian Upper Paleozoic anomalodesmatans.. In: P.A., JOHNSTON; J.W., HAGGART. (Org.). Bivalves - An Eon of evolution - paleobiological studies honoring Norman D. Newell.. 1ed.Canada: Calgary University Press, 1998, v. , p. 69-74.

34.
SIMOES, M. G.; FITTIPALDI, F. C. . Bivalves. In: Oscar Rösler. (Org.). Paleontologia da Bacia do Paraná.. 1ed.Curitiba, PR.: Sociedade Brasileira de Paleontologia, 1989, v. , p. 55-63.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Pivetta, Marcos ; Warren, L. V. ; SIMOES, M. G. ; Riccomini, C. . O último litoral de Minas. Revsita FAPESP, São Paulo, p. 16 - 21, 17 jun. 2014.

2.
SILVEIRA, E. ; Warren, L.V. ; SIMOES, M. G. . Ensaio de vida. Revista Unesp Ciência, São Paulo, p. 24 - 26, 05 jun. 2014.

3.
NOGUEIRA, PABLO ; SIMOES, M. G. ; Riccomini, C. ; Grohmann, C. . A Ilha Misteriosa. Revista Unesp Ciência, São Paulo, p. 28 - 35, 06 jun. 2011.

4.
SIMOES, M. G.. Histórias de conchas mortas: desaparecimento de braquiópodes e moluscos indica desequilíbrio ambiental em mares e rios. Revista FAPESP, São Paulo, SP, 01 abr. 2010.

5.
SIMOES, M. G.. A Lenda do Vulcão em Rubião Junior, Botucatu, SP. Diário da Serra de Botucatu, SP, Botucatu, SP, 20 jun. 2007.

6.
SIMOES, M. G.. Registros vivos do tempo: novas espécies de invertebrados marinhos descobertas no litoral paulista ajudam a entender a evolução dos oceanos.. Revista Pesquisa FAPESP, São Paulo, 03 nov. 2002.

7.
SIMOES, M. G.. Mergulho no Permiano: fósseis mostram como era o mar que cobria o sudeste brasileiro muito antes do tempo dos dinossauros.. Revista Pesquisa FAPESP, São Paulo, 03 ago. 1999.

8.
SIMOES, M. G.. Congresso Brasileiro de Paleontologia reacende interesse pela Tafonomia. Paleontologia em Destaque/SBP, Rio de Janeiro, , v. 20, p. 4 - 4, 05 set. 1997.

9.
SIMOES, M. G.. Tafonomia: estado da arte e perspectivas futuras.. Noticiário do Núcleo de São Paulo-Parana da SBP, São Paulo, , v. 17, p. 3 - 12, 27 ago. 1996.

10.
SIMOES, M. G.. As descobertas da Paleontologia desvendando a história do Planeta.. JORNAL DA CIDADE., Bauru, SP., 07 set. 1989.

11.
FITTIPALDI, F. C. ; SIMOES, M. G. . As conchas fósseis da região de Rio Claro..  Jornal Diário de Rio Claro., Rio Claro, SP., 03 maio 1989.

12.
FITTIPALDI, F. C. ; SIMOES, M. G. . As conchas fósseis da região de Rio Claro.. Jornal Diário de Rio Claro, Rio Claro, SP., 08 nov. 1987.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CASSETARI, B. O. ; PALEARI, L. ; Simoes, M. G. . PALEONTOLOGIA E EVOLUÇÃO EM REVISTA POPULAR DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA E SUAS IMPLICAÇÕES PARA O ENSINO DE BIOLOGIA. In: IV Encontro Nacional de Ensino de Biologia / II Encontro Regional de Ensino de Biologia, 2012, Goiânia. Revista da SBEnBIO. São Carlos: SBEnBIO, 2012.

2.
GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. ; SALES, A. M. ; RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; HOLZ, M. . Roteiro paleontológico da seção geológica na estrada de ferro (Jaguariaíva-Arapoti), PR, Formação Ponta Grossa, Devoniano, Bacia do Paraná, Brasil: variações faunísticas e tafonômicas no contexto da estratigrafia de seqüências.. In: Simpósio de Roteiros Geológicos do Paraná, 2002, Ponta Grossa. Guia. Ponta Grossa: Universidade Estadual de Ponta Grossa, 2002. p. 53-65.

3.
SIMOES, M. G.; GHILARDI, R. P. . The freshwater bivalves from Passa Dois Group (Permian); are they?. In: XVI Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1999, Crato, CE. Boletim de Resumos, 1999. p. 48-48.

4.
SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. . The importance of taphonomy in teaching Paleontology. In: XVI Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1999, Crato, CE. Boletim de Resumos, 1999. p. 108-109.

5.
SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. ; TORELLO, F. F. ; GHILARDI, R. P. . Devonian and Permian benthic marine invertebrates preserved in life position: taphonomic feedback in a Paleozoic epeiric sea. In: XVI Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1999, Crato, CE. Boletim de Resumos, 1999. p. 109-110.

6.
SIMOES, M. G.; MARQUES, A. C. ; MELLO, L. H. C. ; GHILARDI, R. P. . Does the preservational potential play a role in cladistic analysis?. In: XVI Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1999, Crato, CE. Boletim de Resumos, 1999. p. 110-111.

7.
SIMOES, M. G.. Pelecypod Taphofacies of Corumbataí Formation (Late Permian), In Central São Paulo State, Paraná Basin, Brazil.. In: 39. Congresso Brasileiro de Geologia., 1996. Anais. Salvador, BH. p. 298-300.

8.
SIMOES, M. G.; ROHN, R. . On The Significance Of A Phosphatic Concentration At Serra Alta Formation (Passa Dois Group, Late Permian), Paraná Basin, Brazil.. In: 39. Congresso Brasileiro de Geologia., 1996. Anais.. Salvador, BH. p. 295-297.

9.
SIMOES, M. G.; TORELLO, F. F. ; MELLO, L. H. C. ; PASSOS, J. R. S. ; GHILARDI, R. P. . Aplicação de Tafogramas Ternários No Estudo das Assinaturas Tafonômicas de Concentrações Fossilíferas da Formação Corumbataí (Permiano), Bacia do Paraná, Brasil.. In: 39. Congresso Brasileiro de Geologia., 1996. Anais.. Salvador, BH. p. 301-302.

10.
ROHN, R. ; PERINOTO, J. A. J. ; FÚLFARO, V. J. ; SAAD, A. R. ; SIMOES, M. G. . On The Significance Of The Pinzonella Neotropica Assemblage (Upper Permian) For The Paraná Basin-Brazil And Paraguay.. In: 6. Simpósio Sul-Brasileiro de Geologia-1. Encontro de Geologia do Cone Sul., 1995. Boletim de Resumos Expandidos. Porto Alegre, RS. p. 260-261.

11.
ANELLI, L. E. ; ROCHA-CAMPOS, A. C. ; SIMOES, M. G. . Pelecypods From The Piauí Formation (Middle Pennsylvanian), Parnaíba Basin, Brazil.. In: 38. Congresso Brasileiro de Geologia, Balneário Camboriú, SC., 1994. Boletim de Resumos Expandidos. Balneário Camboriú, SC.. p. 223-224.

12.
SIMOES, M. G.; ROCHA-CAMPOS, A. C. . An Autochthonous Late Paleozoic Pelecypod Assemblage From The Rio do Sul Formation (Permian), Paraná Basin, Brazil.. In: 38. Congresso Brasileiro de Geologia, 1994. Boletim de Resumos Expandidos.. Balneário Camboriú, SC. p. 206-207.

13.
SIMOES, M. G.; TORELLO, F. F. ; ROCHA-CAMPOS, A. C. . Proximal Storm Shell Beds Or Coquinas In The Corumbataí Formation (Pinzonella Illusa Assemblage; Late Permian), In Rio Claro, Sp, Paraná Basin, Brazil.. In: 38. Congresso Brasileiro de Geologia, 1994. Boletim de Resumos Expandidos. Balneário Camboriú, SC.. p. 226-227.

14.
FITTIPALDI, F. C. ; SIMOES, M. G. . Estado Atual do Conhecimento Sobre A Paleontologia da Bacia de São Paulo.. In: Workshop ?Geologia da Bacia de São Paulo?, 1989. Coletânea das Comunicações.. São Paulo, SP. p. 27-34.

15.
SIMOES, M. G.; FITTIPALDI, F. C. . Bivalves do Grupo Passa Dois, Permiano da Bacia do Paraná: sinopse das pesquisas. In: 6. Simpósio Regional de Geologia, SBG/SP, 1987, Rio Claro, SP. Atas. São Paulo: Sociedade Brasileira de Geologia, 1987. v. 1. p. 281-295.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Warren, L.V. ; SIMOES, M. G. ; FAIRCHILD, T. R. ; Riccomini, C. ; Quaglio, F. ; Boggiani, P.C. . THE ODEST FOSSILS FROM PARAGUAY: CLOUDINA-CORUMBELLA ASSEMBLAGE IN THE ITAPUCUMI GROUP, EDIACARAN. In: XXII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2011, Natal. Paleontologia Caminhado pelo Tempo: Atas. Natal: CBP, 2011. p. 433-435.

2.
SILVA, S. M. DA ; SIMOES, M. G. ; Pretto, F.A. . MODELO TAFONÔMICO PARA OS PYGOCEPHALOMORPHA BEURLEN , 1930, CRUSTACEA-PERACARIDA, SUBGRUPO IRATI, PERMIANO, BACIA DO PARANÁ, BRASIL. In: XXII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2011, Natal. Paleontologia Caminhado pelo Tempo: Atas. Natal: CBP, 2011. p. 472-475.

3.
Quaglio, Fernanda ; SIMOES, M. G. ; ANELLI, L. E. . PALEOECOLOGY OF FOSSILS FROM THE MELVILLE FORMATION (EARLY MIOCENE, KING GEORGE ISLAND, WEST ANTARCTICA. In: XXII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2011, Natal. Paleontologia Caminhado pelo Tempo: Atas. Natal: CBP, 2011. p. 499-501.

4.
DAVID, J. ; SIMOES, M. G. ; ANELLI, L. E. . THE PERMIAN TIARAJU BIVALVE FAUNA REVISITED AND ITS BIOSTRATIGRAPHIC SIGNIFICANCE. In: XXII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2011, Natal. Paleontologia Caminhado pelo Tempo: Atas. Natal: CBP, 2011. p. 525-527.

5.
NEVES, J. P. ; SIMOES, M. G. ; ANELLI, L. E. . SYSTEMATIC REVISION AND PROVINCIAL AFFINITIES OF THE RIO DA AREIA BIVALVE FAUNA, RIO DO SUL FORMATION (ITARARÉ GROUP, LOWR PERMIAN): SOME PRELIMINARY RESULTS. In: XXII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2011, Natal. Paleontologia Caminhado pelo Tempo: Atas. Natal: CBP, 2011. p. 517-520.

6.
Quaglio, F. ; Warren, L.V. ; Santos, P.R. ; GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. ; ANELLI, L. E. ; ROCHA-CAMPOS, A. C. . FACIES ANALYSIS OF THE POLONEZ COVE FORMATION (EARLY OLIGOCENE), KING GEORGE ISLAND, ANTARCTICA. In: XVI Simpósio Brasileiro sobre Pesquisa Antártica, 2008, São Paulo. In: XVI Simpósio Brasileiro sobre Pesquisa Antártica, 2008, São Paulo. Programa e Resumos, 2008.. São Paulo, SP: IG-USP, 2008.

7.
Quaglio, F. ; Warren, L.V. ; ANELLI, L. E. ; SIMOES, M. G. ; Santos, P.R. . GENUS RICHNESS OF CENOZOIC MOLLUSCAN BIVALVES FROM ANTARCTICA. In: Simpósio Brasileiro sobre Pesquisa Antártica, 2008, São Paulo. In: XVI Simpósio Brasileiro sobre Pesquisa Antártica, 2008, São Paulo. Programa e Resumos, 2008.. São Paulo: IG-USP, 2008.

8.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, Sabrina C ; PETTI, M. A. ; NONATO, E. F. ; KOWALEWSKI, M. ; RODLAND, David . PATTERNS OF BRACHIOPOD SHELL ENCRUSTATION: A COMPARISON OF TROPICAL (UBATUBA BAY, BRAZIL) AND POLAR (ADMIRALTY BAY, ANTARCTICA) ENVIRONMENTS.. In: 2nd International Meeting Taphos 05, 2005, Barcelona. Abstract Volume. Barcelona: Universitat de Barcelona, 2005. p. 147-148.

9.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; Marcos C. Bissaro Júnior . THE SETTLING BEHAVIOR OF BRACHIOPOD SHELLS: STRATIGRAPHICAL AND TAPHONOMICAL IMPLICATIONS TO SHELL BED FORMATION AND PALEOECOLOGY.. In: 2nd International Meeting Taphos 05, 2005, Barcelona. Abstract Volume. Barcelona: Universitat de Barcelona, 2005. p. 145-146.

10.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, Sabrina C ; KOWALEWSKI, M. . DEAD-LIVE FIDELITY OF BRACHIOPOD ASSEMBLAGES IN THE UBATUBA BAY, BRAZIL: TAPHONOMICAL AND PALEOECOLOGICAL IMPLICATIONS.. In: 2nd International Meeting Taphos 05, 2005, Barcelona. Abstract Volume. Barcelona: Universitat de Barcelona, 2005. p. 143-144.

11.
RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. ; KOWALEWSKI, M. . FRAGMENTATION AND BIOEROSION AS TAPHONOMIC RECORDS OF BIOTIC INTERACTIONS: A CASE STUDY OF EXTANT BRACHIOPODS (BOUCHARDIIDAE) FROM BRAZIL.. In: 2nd International Meeting Taphos 05, 2005, Barcelona. Abstract Volume. Barcelona: Universitat de Barcelona, 2005. p. 137-138.

12.
SIMOES, M. G.; GHILARDI, R. P. ; SALES, A. M. ; RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes . Taphonomy and paleoecology of two marine flooding surfaces in a Transgressive Systems Tract: a Devonian example from the Paraná Basin, Brazil.. In: 3rd Latinamerican Congress of Sedimentology, 2003, Belém, PA. Abstracts. Belém, PA: Museu Paraense Emílio Goeldi, 2003. p. 219-220.

13.
SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. . Modern accumulations of brachiopod shells in unconsolidated surficial beach deposits, northen coast of São Paulo State, Brazil: taphonomic implications for the genesis of skeletal concentrations.. In: 3rd Latinamerican Congress of Sedimentology, 2003, Belém, PA.. Abstracts. Belém, PA: Museu Paraense Emílio Goeldi, 2003. p. 220-223.

14.
TORELLO, F. F. ; SIMOES, M. G. . Comparative bivalve and brachiopod shell resistance to abrasion tested in a taphonomic tumbling barrel.. In: 3rd Latinamerican Congress of Sedimentology, 2003, Belém, PA. Abstracts. Belém, PA.: Museu Paraense Emílio Goeldi, 2003. p. 223-224.

15.
TORELLO, F. F. ; SIMOES, M. G. . Dorsal and ventral brachiopod shell resistance to abrasion tested under laboratory conditions: what is causing their bias in the fossil record?. In: 3rd Latinamerican Congress of Sedimentology, 2003, Belém, PA. Abstracts. Belém, PA: Museu Paraense Emílio Goeldi, 2003. p. 222-223.

16.
RAMOS, M. I. F. ; LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. . Taphonomic and stratigraphic perspectives of the new occurrences of conulariids in the Silurian-Devonian of the Amazon Basin, Brazil.. In: 3rd Latinamerican Congress of Sedimentology, 2003, Belém, PA. Abstracts. Belém, PA: Museu Paraense Emílio Goeldi, 2003. p. 215-216.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Guerrini, V.B. ; MATOS, S. A. ; Rohn, Rosemarie ; VAREJÃO, FILIPE GIOVANINI ; Warren, L. V. ; Simoes, M.G. . Freshwater bivalves of a drying Permian epeiric sea: a case study in the Rio do Rasto Formation, Paraná Basin, Brazil. In: VII SIMPOSIO ARGENTINO DEL PALEOZOICO SUPERIOR, 2018, Esquel. Resúmenes. Esquel-Chubut-Argentina: Centro de Investigación Esquel de Montaña y Estepa Patagónica (CIEMEP), 2018. v. 1. p. 11-11.

2.
Simoes, M.G.. Late Paleozoic Bivalve and Brachiopod Assemblages of the Intraplate Paraná Basin: paleoenvironmental and paleogeographic significance. In: VII SIMPOSIO ARGENTINO DEL PALEOZOICO SUPERIOR, 2018, Esquel. Resúmenes. Esquel-Chubut-Argentina: Centro de Investigación Esquel de Montaña y Estepa Patagónica (CIEMEP), 2018. v. 1. p. 4-5.

3.
BONDIOLI, J.G. ; MATOS, S.A. ; Castilho, A.L. ; VAREJAO, F. ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; ASSINE, MÁRIO L. ; Simoes, M.G. . Systematic reassessment of a caridean shrimp from the Aptian Crato Formation, Araripe Basin, NE Brazil. In: 9th International Crustacean Congress (ICC9), 2018, Washington, USA. Abstract Book, 2018. p. 8-8.

4.
MATOS, S.A. ; Castilho, A.L. ; BONDIOLI, J.G. ; Custódio, M.A. ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; ASSINE, MÁRIO L. ; Simoes, M.G. . New Aptian Necrocarcinoidea from the Early Cretaceous Romualdo Formation, Araripe Basin, Brazil. In: 9th International Crustacean Congress, 2018, Washington. Abstract Book, 2018. p. 44-44.

5.
Warren, L. V. ; ARROUY, M. ; Quaglio, F. ; POIRE, D. G. ; Simoes, M.G. . Ediacaran discoidal fossils from Argentina unlock the paleogeography of the Clymene Ocean. In: International Conference on Ediacaran and Cambrian Sciences, 2018, Xi´an. Programme Abstract. Xi´an: Northwest University Shaanxi, 2018. v. 1. p. 38-38.

6.
Custódio, M.A. ; Quaglio, F. ; Warren, L. V. ; Simoes, M.G. ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; PERINOTO, J. A. J. ; ASSINE, MARIO LUIS . THE MARINE INGRESSION IN THE NE BRAZIL DURING THE EARLY CRETACEOUS RECORDED IN THE ROMUALDO FORMATION, ARARIPE BASIN. In: 49 Congresso Brasileiro de Geologia, 2018, Rio de Janeiro, RJ. Anais. São Paulo, SP: SBG, 2018.

7.
BONDIOLI, J.G. ; MATOS, S.A. ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; Custódio, M.A. ; ASSINE, M.L. ; Warren, L. V. ; Simoes, M.G. . SHRIMP BIOSTRATINOMY (CRUSTACEA, DECAPODA) UPPER APTIAN ROMUALDO FORMATION, ARARIPE BASIN, BRAZIL, AND THEIR PALEOECOLOGIC SIGNIFICANCE. In: XXV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2017, Ribeirão Preto, SP. Boletim de Resumos. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Paleontologia, 2017. p. 47-47.

8.
Guerrini, V.B. ; MATOS, S.A. ; VAREJÃO, FILIPE GIOVANINI ; Warren, L. V. ; ROHN, R. ; Simoes, M.G. . A NEW PERMIAN SHELL-RICH DEPOSIT, RIO DO RASTO FORMATION, PARANÁ BASIN: TAPHONOMICAL AND PALEOECOLOGICAL IMPLICATIONS. In: XXV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2017, Ribeirão Preto, SP. Paleontologia em Destaque, Boletim Informativo da Sociedade Brasileira de Paleontologia. Ribeirão Preto, SP: Sociedade Brasileira de paleontologia, 2017. p. 135-135.

9.
MATOS, S.A. ; Warren, L. V. ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; ALESSANDRETTI, L. ; ASSINE, M.L. ; Riccomini, C. ; Simoes, M.G. . PERMIAN BIVALVES OF THE SERRA ALTA FORMATION, BRAZIL: ORDINARY SUSPENSION FEEDERS OR SEEP ORGANISMS?. In: XXV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2017, Ribeirão Petro, SP. Paleontologia em Destaque, Boletim Informativo da Sociedade Brasileira de Paleontologia. Ribeirão Preto, SP: Sociedade Brasileira de Paleontologia, 2017. p. 193-193.

10.
Neves, J.P. ; SCHMIDT-NETO, H. ; Simoes, M.G. . SYSTEMATIC REVIEW OF THE CAMBAÍ GRANDE BIVALVE FAUNA, EARLY PERMIAN, RIO GRANDE DO SUL STATE. In: XXV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2017, Ribeirão Petro, SP. Paleontologia em Destaque, Boletim Informativo da Sociedade Brasileira de Paleontologia. Ribeirão Preto, SP: Sociedade Brasileira de Paleotnologia, 2017. p. 221-221.

11.
Neves, J.P. ; TABOADA, A. C. ; Weinschütz, L.C. ; Simoes, M.G. . BRACHIOPODS OF THE ITARARÉ GROUP FROM MAFRA COUNTY, SOUTHERN BRAZIL, AND THEIR GEOLOGICAL SIGNIFICANCE. In: XXV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2017, Ribeirão Preto, SP. Paleontologia em Destaque, Boletim Informativo da Sociedade Brasileira de Paleontologia. Ribeirão Preto, SP: Sociedade Brasileira de Paleotnologia, 2017. p. 222-222.

12.
SILVA, V.R. ; MATOS, S.A. ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; ASSINE, M.L. ; VAREJAO, F. ; Warren, L.V. ; Custódio, M.A. ; Simoes, M.G. . FIRST RECORD OF NEITHEA FROM THE APTIAN CRATO FORMATION, ARARIPE BASIN, BRAZIL, AND IT'S SIGNIFICANCE. In: XXV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2017, Ribeirão Preto, SP. Paleontologia em Destaque, Boletim Informativo da Sociedade Brasileira de Paleontologia. Ribeirão Preto, SP: Sociedade Brasileira de Paleotnologia, 2017. p. 320-320.

13.
SILVA, V.R. ; MATOS, S.A. ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; Simoes, M.G. . DRILLING PREDATION ON RECENT CLYPEASTEROID ECHINOIDS, NORTHERN COAST OF SÃO PAULO STATE, SOUTH ATLANTIC OCEAN. In: XXV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2017, Ribeirão Preto, SP. Paleontologia em Destaque, Boletim Informativo da Sociedade Brasileira de Paleontologia. Ribeirão Preto, SP: Sociedade Brasileira de Paleotnologia, 2017. p. 321-321.

14.
Simoes, M.G.; NEVES, J. P. ; TABOADA, A. C. ; PAGANI, A. ; VAREJÃO, FILIPE GIOVANINI ; ASSINE, M.L. . THE EURYDESMA-LYONIA FAUNA OF THE CAPIVARI MARINE BEDS, LATE PALEOZOIC OF THE ITARARÉ GROUP, BRAZIL. In: XXV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2017, Ribeirão Preto, SP. Paleontologia em Destaque, Boletim Informativo da Sociedade Brasileira de Paleontologia. Ribeirão Preto, SP: Sociedade Brasileira de Paleotnologia, 2017. p. 324-324.

15.
INGLEZ, L. ; OKUBO, J. ; UHLEIN, G. J. ; Quaglio, F. ; ARROUY, M. ; Poiré, D.G. ; Simoes, M.G. ; Warren, L. V. . NEW EDIACARAN DISCOIDAL STRUCTURES FROM SOUTH AMERICA AND THE IMPLICATIONS FOR THEIR BIOGENIC ORIGIN. In: 48. Congresso Brasileiro de Geologia, 2016, Porto Alegre. Anais de Resumos. São Paulo, SP: SBG, 2016.

16.
Guerrini, V.B. ; Warren, L. V. ; Simoes, M.G. . BIVALVES DA FORMAÇÃO RIO DO RASTO, MEMBRO MORRO PELADO, PERMIANO, BACIA DO PARANÁ, BRASIL: IMPLICAÇÕES EVOLUTIVAS, BIOESTRATIGRÁFICAS E PALEOGEOGRÁFICAS. In: IX Encontro de Geociências e Meio Ambiente 2016, 2016, Rio Claro, SP. Resumos do IX Encontro de Geociências e Meio Ambiente, 2016. p. 1-1.

17.
Neves, J.P. ; Simoes, M.G. ; TABOADA, A. C. . THE BIOSTRATIGRAPHIC SIGNIFICANCE OF LIMIPECTEN GIRTY, 1904 E HETEROPECTEN, KEGEL & COSTA, 1951 IN THE ITARARÉ GROUP.. In: XXIV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2015, Crato, CE. Boletim de Resumos, 2015. v. 1. p. 156-157.

18.
Simoes, M.G.; Neves, J.P. ; TABOADA, A. C. . PERMIAN BIVALVES OF THE CAPIVARI FORMATION, ITARARÉ GROUP (STATE OF SÃO PAULO): STRATIGRAPHIC AND BIOSTRATIGRAPHIC IMPLICATIONS. In: XXIV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2015, Crato, CE. Boletim de Resumos, 2015. v. 1. p. 169-169.

19.
TABOADA, A. C. ; Neves, J.P. ; Weinschütz, L.C. ; Simoes, M.G. . THE EURYDESMA-LYONIA FAUNA (EARLY PERMIAN) FROM THE ITARARÉ GROUP: A PALEOBIOGEOGRAPHIC E-W TRANSGONDWNAN MARINE CONNECTION. In: XXIV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2015, Crato, CE. Boletim de Resumos, 2015. v. 1. p. 150-151.

20.
Warren, L. V. ; Simoes, M.G. ; Quaglio, F. ; Riccomini, C. ; Poiré, D.G. ; STRIKIS, P. C. ; BOSELLI, M. . THE INTRINSIC RELATIONSHIP OF THE FIRST BIOCLASTIC DEPOSITS AND ORGANIC-RICH MICROBIAL MATS IN THE EDIACARAN PERIOD. In: XXIV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2015, Crato, CE. Boletim de Resumos, 2015. v. 1. p. 151-151.

21.
Quaglio, F. ; WHITTLE, R. J. ; GRIFFITHS, H. J. ; NIHEI, S. S. ; LINSE, K. ; Gazdzicki, A. ; Simoes, M.G. . THE CENOZOIC COOLING EFFECT ON THE BIVALVES FROM WEST ANTARCTICA: A MIOCENE EPISODE. In: XII International Symposium on Antarctic Earth Sciences, 2015, Goa, India. Abstracts, 2015. v. 1. p. 587-588.

22.
MATOS, S. A. ; Warren, L. V. ; VAREJAO, F. ; ASSINE, M. L. ; Simoes, M.G. . IRATI FORMATION BIVALVES: TESTING THE PONTIAN-BLACK SEA ANALOG FOR THE BENTHIC DISTRIBUTION DURING AN ANOXIC INTERVAL. In: XXIV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2015, Crato, CE. Boletim de Resumos, 2015. v. 1. p. 164-164.

23.
MATOS, S. A. ; BONDIOLI, J. G. ; Warren, L.V. ; ASSINE, M. L. ; Riccomini, C. ; Simoes, M.G. . BIVALVE SHELL PAVEMENTS IN OXIGEN-DEFICIENT INTERVALS OF THE PASSA DOIS GROUP. PERMIAN, PARANÁ BASIN, BRAZIL. In: XXIV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2015, Crato, CE. Boletim de Resumos, 2015. v. 1. p. 158-158.

24.
NEVES, J. P. ; TABOADA, A. C. ; PAGANI, A. ; SIMOES, M. G. . LATE PALEOZOIC MARINE FAUNAL SUCCESSION IN THE ITARARÉ GROUP, PARANÁ BASIN, BRAZIL: TOWARD AN INTEGRATED BRACHIOPOD AND BIVALVE BIOCORRELATION SCHEME. In: Gondwana 15, North meets South, 2014, Madrid. Abstracts Book, 2014. v. 1. p. 121-121.

25.
Warren, L.V. ; Quaglio, F. ; SIMOES, M. G. ; Riccomini, C. ; Poiré, D.G. ; Strikis, N. ; ANELLI, L. E. ; STRIKIS, PEDRO CARLOS . THE EARLIEST PROTO-GONDWANA SEAWAY. In: 4th INTERNATIONAL PALAEONTOLOGICAL CONGRESS, 2014, Mendoza. ABSTRACT VOLUME - 4th INTERNATIONAL PALAEONTOLOGICAL CONGRESS. Mendoza: IPA, 2014. p. 122-122.

26.
Quaglio, F. ; GRIFFITHS, H. J. ; LINSE, K. ; WHITTLE, R. J. ; NIHEI, S. S. ; Simoes, M.G. . A NEW LOOK INTO THE ANTARCTIC COOLING AND THE DISTRIBUTION OF SOUTHERN MARINE BIVALVES. In: 4th INTERNATIONAL PALAEONTOLOGICAL CONGRESS, 2014, Mendoza. Abstract Volume - 4th INTERNATIONAL PALAEONTOLOGICAL CONGRESS. Mendoza: IPA, 2014. p. 206-206.

27.
BONDIOLI, J. G. ; MATOS, S. A. ; Warren, L. V. ; ASSINE, M. L. ; Simoes, M.G. . UNTOLD MUDDY STORIES: THE ECOLOGICAL DYNAMICS OF AN OXYGEN-DEFICIENT FACIES WITHIN A SHALLOW, ISOLATED PERMIAN EPEIRIC SEA (PARANÁ BASIN, BRAZIL). In: 4th INTERNATIONAL PALAEONTOLOGICAL CONGRESS, 2014, Mendoza. Abstract Volume - 4th INTERNATIONAL PALAEONTOLOGICAL CONGRESS, 2014. p. 655-655.

28.
BONDIOLI, J. G. ; MATOS, S. A. ; Warren, L. V. ; ASSINE, M. L. ; Riccomini, C. ; Simoes, M.G. . FOSSIL-BEARING CARBONATIC CONCRETIONS OF THE PERMIAN SERRA ALTA FORMATION, PARANÁ BASIN, BRAZIL, AND THE ?PARADOX? OF CONCRETIONARY OBRUTION BEDS. In: 4th INTERNATIONAL PALAEONTOLOGICAL CONGRESS, 2014, Mendoza. Abstract Volume - 4th INTERNATIONAL PALAEONTOLOGICAL CONGRESS. Mendoza: IPA. p. 659-659.

29.
KOWALEWSKI, MICHA' ; DEXTER, TROY A. ; Kaufman, Darrell S. ; KRAUSE, R. A., ; Romanek, Christopher S. ; Huntley, J.W. ; SIMOES, M. G. . BATHYMETRIC VARIATION IN TIME-AVERAGING ACROSS A MODERN SHELF. In: 62nd Geological Society of America, Southeastern Section, 2013, San Juan, Puerto Rico. Geological Society of America Abstracts with Programs. USA: Geological Society of America, 2013. v. 45. p. 26-26.

30.
DEXTER, TROY A. ; Kaufman, Darrell S. ; Barbour Wood, S. ; SIMOES, M. G. ; Huntley, J.W. ; YANES, Y. ; Romanek, Christopher S. ; KOWALEWSKI, M. . A CONTINUOUS MULTI-MILLENNIAL RECORD OF SURFICIAL BIVALVE MOLLUSK SHELLS FROM THE SÃO PAULO BIGHT, BRAZILIAN SHELF. In: Geological Society of America Annual Meeting, 2013, Denver, Colorado. Geological Society of America Abstracts with Programs, 2013. v. 45. p. 685-685.

31.
MATOS, S. L. F. ; BONDIOLI, J. G. ; David, Juliana ; Anelli, Luiz E. ; Warren, L. V. ; Riccomini, C. ; SIMOES, M. G. . PALEOECOLOGY OF 'GIANT' PLESIOCYPRINELLINI (TAMBAQUYRA) BIVALVES ON PERMIAN EPEIRIC SEAFLOORS IN THE PARANÁ BASIN, BRAZIL. In: Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2013, Gramado, RS. Paleontologia em Destaque - Boletim de Resumos. Porto Alegre, RS: SBP, 2013. v. 1. p. 194-195.

32.
Warren, L. V. ; Riccomini, C. ; SIMOES, M. G. ; Quaglio, F. ; Fairchild, T. R. . HOW TO BECOME A BIOCLAST: SEDIMENTOLOGY OF EDIACARAN CLOUDINA DEPOSITS. In: 6th Latin American Congress of Sedimentology, 2013, São Paulo, SP. Proceedings of the 6th Latin American Congress of Sedimentology. São Paulo: USP, 2013. v. 1. p. 111.

33.
Warren, L. V. ; Quaglio, F. ; Riccomini, C. ; STONE, P. ; CHAMANI, M. A. C. ; GROHMANN, C. H. ; SIMOES, M. G. . SEDIMENTOLOGY AND INVERTEBRATE TAPHONOMY OF THE EARLY DEVONIAN FOX BAY FORMATION, WEST FALKLAND ISLANDS. In: 6th Latin American Congress of Sedimentology, 2013, São Paulo, SP. Proceedings of the 6th Latin American Congress of Sedimentology. São Paulo: USP, 2013. v. 1. p. 53.

34.
BONDIOLI, J. G. ; MATOS, S. A. ; Warren, L. V. ; Riccomini, C. ; SIMOES, M. G. . FOSSIL-RICH TSUNAMITES FROM A STORMY EPEIRIC SEA, PERMIAN CORUMBATAÍ FORMATION, PARANÁ BASIN, BRAZIL. In: XXIII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2013, Gramado, RS. Paleontologia em Destaque, Boletim Especial, SBP. Porto Alegre, RS: SBP, 2013. v. 1. p. 298.

35.
Anelli, Luiz E. ; Quaglio, F. ; Warren, L. V. ; David, Juliana ; GIANNINI, P.C.F ; SIMOES, M. G. . DWARF BIVALVES FROM THE PERMIAN TERESINA FORMATION, PARANA BASIN, BRAZIL: TAPHONOMY, TAXONOMY AND P ALEOECOLOGY OF A RESTRICTED HIPERSALINE SHELLY ASSOCIATION. In: XXIII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2013, Gramado, RS. Paleontologia em Destaque, Boletim Especial, SBP. Porto Alegre, RS: SBP, 2013. v. 1. p. 187.

36.
David, Juliana ; Anelli, Luiz E. ; SIMOES, M. G. . THE ENDEMIC SOUTH AMERICAN PERMIAN BIVALVE MOLLUSCS FROM THE ECCA GROUP OF SOUTH AFRICA REVISITED: BIOSTRATIGRAPHIC AND EVOLUTIONARY SIGNIFICANCE. In: XXIII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2013, Gramado, RS. Paleontologia em Destaque, Boletim Especial, SBP. Porto Alegre, RS: SBP. v. 1. p. 190-191.

37.
LEME, Juliana de Moraes ; VAN ITEN, HEYO ; SIMOES, M. G. ; Fairchild, T. R. ; Rodrigues, F. ; Galante, D. ; Pacheco, M.L.A.F . A NEW EDIACARAN CONULARIID FROM THE TAMENGO FORMATION, CORUMBÁ GROUP, BRAZIL, AND THE DEEP PRECAMBRIAN EVOLUTIONARY HISTORY OF CNIDARIANS. In: The Neoproterozoic Paraguay Fold Belt (Brazil): glaciation, iron-manganese formation and biota, 2013, Campo Grande-Corumbá, MS. Abstracts. Brasília, DF: UNB, 2013. v. 1. p. 15-15.

38.
David, Juliana ; SIMOES, M. G. ; Anelli, Luiz E. ; Rohn, Rosemarie . A NEW BIVALVE ASSEMBLAGE FROM THE BASAL RIO DO RASTO FORMATION (PERMIAN, PARANÁ BASIN) AND ITS BIOSTRATIGRAPHIC SIGNIFICANCE: SOME PRELIMINARY REMARKS. In: I Simpósio Brasileiro de Paleoinvertebrados, 2012, Bauru, SP. Paleontologia em Destaque (Rio de Janeiro). Bauru, SP: SBP, 2012. p. 41-41.

39.
MATOS, S. L. F. ; BONDIOLI, J. G. ; SIMOES, M. G. ; David, Juliana ; Anelli, Luiz E. . TAMBAQUYRA CAMARGOI (MEGADESMIDAE, BIVALVIA) NAS CAMADAS BASAIS DAS FORMAÇÕES CORUMBATAÍ/SERRA ALTA, PERMIANO, BACIA DO PARANÁ. In: I Simpósio Brasileiro de Paleoinvertebrados, 2012, Bauru, SP. Paleontologia em Destaque (Rio de Janeiro). Bauru, SP: SBP, 2012. p. 51-51.

40.
SIMOES, M. G.; Neves, J.P. ; Anelli, Luiz E. ; Weinschütz, L.C. . BIOSTRATIGRAPHICAL IMPLICATIONS OF THE BIVALVE FAUNA FROM TACIBA FORMATION (BUTIÁ QUARRY), ITARARÉ GROUP, PARANÁ BASIN, LOWER PERMIAN. In: 46. Congresso Brasileiro de Geologia, 2012, Santos, SP. Anais, Proceedings. Santos, SP: SBG, 2012. p. SP-19-SP-19.

41.
Quaglio, F. ; Riccomini, C. ; SIMOES, M. G. ; Warren, L. V. ; GROHMANN, C. H. ; STONE, P. ; Anelli, Luiz E. ; CHAMANI, M. A. C. . TECTONIC DEFORMATION INDICATED BY FOSSILS: AN EXAMPLE OF THE PERMIAN BIVALVES OF THE FALKLAND ISLANDS. In: 46. Congresso Brasileiro de Geologia, 2012, Santos, SP. Anais, Proceedings. Santos, SP: SBG, 2012. p. XX-XX.

42.
Warren, L. V. ; Quaglio, F. ; SIMOES, M. G. ; Riccomini, C. ; GROHMANN, C. H. ; STONE, P. ; Anelli, Luiz E. ; CHAMANI, M. A. C. . THE MIDDLE PERMIAN BRENTON LOCH FORMATION, FALKLAND ISLANDS: MACROFOSSILS, PALEOENVIRONMENT AND STRATIGRAPHIC CORRELATION. In: 46. Congresso Brasileiro de Geologia, 2012, Santos, SP. Anais, Proceedings. Santos, SP: SBG, 2012. p. XX-XX.

43.
Warren, L. V. ; Fairchild, T. R. ; SIMOES, M. G. ; Riccomini, C. ; Boggiani, P. C. ; Quaglio, F. ; FREITAS, B. . WHEN BIOCLASTICITY BEGAN? TAPHONOMY OF CLOUDINA SHELL CONCENTRATIONS, ITAPUCUMI GROUP, EDIACARAN, PARAGUAY. In: 46. Congresso Brasileiro de Geologia, 2012, Santos, SP. Anais, Proceedings. Santos, SP: SBG, 2012. p. XX-XX.

44.
NEVES, J. P. ; SIMOES, M. G. ; Anelli, Luiz E. . BIOSTRATIGRAPHICAL MEANING OF THE PERMIAN BIVALVE FAUNA FROM THE RIO DO SUL FORMATION, ITARARÉ GROUP. In: I Simpósio Brasileiro de Paleoinvertebrados, 2012, Bauru, SP. Boletim Paleontologia em Destaque, Edição Especial. Bauru, SP: SBP, 2012. p. 55-55.

45.
Neves, J.P. ; SIMOES, M. G. ; Anelli, Luiz E. . PERMIAN AVICULOPECTINIDS OF THE RIO DO SUL FORMATION (ITARARÉ GROUP), TEIXEIRA SOARES COUNTY, REVIISED. In: I Simpósio Brasileiro de Paleoinvertebrados, 2012, Bauru, SP. Paleontologia em Destaque (Rio de Janeiro). Bauru, SP: SBP, 2012. p. 56-56.

46.
SIMOES, M. G.; David, Juliana . MEGADESMIDAE (BIVALVIA, ANOMALODESMATA) EVOLUTION WITHIN THE LONG-LIVED PARANÁ BASIN: NEW DATA REGARDING AN OLD ISSUE. In: I Simpósio Brasileiro de Paleoinvertebrados, 2012, Bauru, SP. Paleontologia em Destaque (Rio de Janeiro). Bauru, SP: SBP, 2012. p. 73-73.

47.
SIMOES, M. G.; BONDIOLI, J. G. ; MATOS, S. L. F. ; Neves, J.P. ; David, Juliana ; Warren, L. V. ; Riccomini, C. ; Anelli, Luiz . EXPLORING THE STORM WINNOWING VERSUS THE EPISODIC STARVATION MODELS FOR THE SHELL BED GENESIS IN THE PERMIAN CORUMBATAÍ FORMATION, PARANÁ BASIN. In: I Simpósio Brasileiro de Paleoinvertebrados, 2012, Bauru, SP. Paleontologia em Destaque (Rio de Janeiro). Bauru, SP: SBP, 2012. p. 78-78.

48.
KOWALEWSKI, M. ; DEXTER, T. ; D, Kauffman ; Krause, Richard A. ; Barbour, Susan L. ; Simoes, M. G. ; Huntley, J.W. ; YANES, Y. ; S, Romanek C . A MULTI-MILLENNIAL RECORD PROVIDED BY AMINO-ACID DATED BIVALVE SHELLS FROM THE SOUTHERN BRAZILIAN SHELF. In: Geological Society of America, Southeastern Section - 60th Annual Meeting, 2011, Wilmington, North Carolina. GSA, Southeastern Section Annual Meeting, Abstracts with Program. Wilmington, North Carolina: Geological Society of America, 2011. v. 43. p. 20-20.

49.
Quaglio, F. ; Warren, L.V. ; GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. ; ANELLI, L. E. ; ROCHA-CAMPOS, A. C. ; Tiossi, A.B. ; Santos, P.R. . TAPHONOMY AND SEDIMENTOLOGY OF THE SHELL BED FROM THE LOW HEAD MEMBER (POLONEZ COVE FORMATION, OLIGOCENE) AT KING GEORGE ISLAND, WEST ANTARCTICA. In: 11th International Symposium on Antarctica Earth Sciences, 2011, Edinburgh. Programme and Abstracts. Edinburgh: ISAES, 2011. p. 570-570.

50.
SIMOES, M. G.; Chiessi, C.M. ; KOTZIAN, C. B. ; PÄTZOLD, J. . LATE PLEISTOCENE (IONIAN-TARANTIAN) BRACHIOPODS FROM THE RIO GRANDE DO SUL SHELF, AS RECORDERS OF COLD CLIMATE CONDITIONS NEAR THE BRAZIL-MALVINAS CONFLUENCE ZONE. In: XIII Congresso da Associacao Brasileira de Estudos do Quaternario, 2011, Búzios. Anais. Búzios: ABQ, 2011. p. 1-5.

51.
SIMOES, M. G.; Quaglio, F. ; Warren, L.V. ; ANELLI, L. E. ; STONE, P. ; Riccomini, C. ; GROHMANN, C. H. ; CHAMANI, M. A. C. . EXTENDING THE PALEOGEOGRAPHICAL RANGE OF THE NON-MARINE PERMIAN BIVALVES: THE FALKLAND ISLANDS CONTINENTAL FOSSIL RECORD. In: Gondwana 14, 2011, Búzios. Abstracts. Rio de Janeiro, RJ: Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2011. p. 188-188.

52.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, S. C. ; KOWALEWSKI, M. . DEAD-LIVE FIDELITY OF BRACHIOPOD ASSEMBLAGES IN THE BRAZILIAN SHELF: IMPLICATIONS TO LATE HOLOCENE PALAEOECOLOGY AND CONSERVATION PALAEOBIOLOGY. In: 6th International Brachiopod Congress, 2010, Melbourne. Program & Abstracts, 6th International Brachiopod Congress, Melbourne, Geological Society of Australia, Abstracts. Melborune: Geological Society of Australia, 2010. v. 95. p. 105-105.

53.
SIMOES, M. G.; LEME, Juliana de Moraes . RECENT RHYNCHONELLIFORM BRACHIOPODS FROM THE BRAZILIAN CONTINENTAL MARGIN, WESTERN SOUTH ATLANTIC. In: 6th International Brachiopod Congress, 2010, Melbourne. Program & Abstracts, 6th International Brachiopod Congress, Melbourne, Geological Society of Australia, Abstracts. Melborune: Geological Society of Australia, 2010. v. 95. p. 104-104.

54.
RODLAND, David ; KOWALEWSKI, M. ; Simoes, M. G. . EARLY CEMENTATION OF THE BRACHIOPOD BOUCHARDIA ROSEA ON A MODERN TROPICAL SHELF. In: Geological Society of America Annual Meeting, 2010, Denver, CO. Geological Society of America Abstracts with Programs. Denver, CO: GSA, 2010. v. 42. p. 28-28.

55.
Agudo, M.M. ; Simoes, M. G. . LIVE-DEAD MISMATCH IN BRACHIOPOD ASSEMBLAGES ON A TROPICAL, UPWELLING-INFLUENCED SHELF, SOUTHEAST BRAZILIAN BIGHT, SOUTH ATLANTIC. In: VII Congreso Latinoamericano de Paleontología, 2010, La Plata. Rsúmenes. La Plata: Museo de La Plata, 2010. p. 110-111.

56.
Simoes, M. G.. ACTUALISTIC TAPHONOMY: PUTTING THE HOLOCENE SHELLS TO WORK. In: VII Congreso Latinoamericano de Paleontología, 2010, La Plata. Resúmenes. La Plata: Museo de La Plata, 2010.

57.
Simoes, M. G.; RODRIGUES, S. C. ; Harper, E.M. . COMPARATIVE ANALYSIS OF DRILLING AND CRUSHING PREDATION ON PRESENT-DAY BRACHIOPOD-RICH ASSEMBLAGES FROM TWO SUBTROPICAL BAYS ON THE SOUTHERN BRAZILIAN SHELF. In: VII Congreso Latinoamericano de Paleontología, 2010, La Plata. Resúmenes. La Plata: Museo de La Plata, 2010. p. 120-120.

58.
Quaglio, F. ; Whittle, R.J. ; Gazdzicki, A. ; Simoes, M. G. . A NEW FOSSIL ADAMUSSIUM (BIVALVIA: PECTINIDAE) FROM ANTARCTICA. In: I Workshop da Conselho Brasileiro da Associação de Pesquisadores Polares em Início de Carreira (APECS), 2010, Rio de Janeiro. Livro de Resumos do I Workshop APECS Brasil. Rio de Janeiro, RJ: APECS Brasil, 2010. p. 36-36.

59.
MATOS, S. L. F. ; Simoes, M. G. ; RICARDI BRANCO, F. . TAPHONOMY OF THE CRUSTACEAN-DOMINATED MICRO-COQUINES IN THE PERMIAN IRATI FORMATION (PASSA DOIS GROUP), PARANÁ BASIN, BRAZIL. In: 18th International Sedimentological Congress, 2010, Mendoza. 18th International Sedimentological Congress Abstracts Volume. La Plata: IAS - International Association of Sedimentologists, 2010. p. 592-592.

60.
NEVES, J. P. ; ROHN, R. ; Simoes, M. G. . SHELLY LIMESTONES OF THE TERESINA AND RIO DO RASTO FORMATIONS, PERMIAN (PARANÁ BASIN, BRAZIL): TAPHONOMIC IMPLICATIONS FOR PALEOENVIROMENTAL RECONSTRUCTIONS. In: 18th International Sedimentological Congress, 2010, Mendoza. 18th International Sedimentological Congress Abstracts Volume. La Plata: IAS International Sedimentological Association, 2010. p. 644-644.

61.
Simoes, M. G.; NEVES, J. P. ; ANELLI, L. E. . HIGH-RESOLUTION TAPHONOMY OF THE PALEOZOIC OBRUTION DEPOSITS FROM EPERIC SETTINGS OF PARANÁ BASIN, BRAZIL: THE PALEOBIOLOGICAL CONSEQUENCES AND PALEOECOLOGICAL IMPLICATIONS OF ABRUPT BURIAL. In: 18th International Sedimentological Congress, 2010, La Plata. 18th International Sedimentological Congress Abstracts Volume. La Plata: IAS International Sedimentological Association, 2010. p. 812-812.

62.
DEXTER, T. ; Huntley, J.W. ; KRAUSE, R. A., ; D, Kauffman ; S, Romanek C ; KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; Barbour Wood, S. . RECONSTRUCTING PALEO-ENVIRONMENTAL CONDITIONS USING THE BIVALVE SEMELE CASALI FROM UBATUBA BAY, BRAZIL. In: Geological Society of America Annual Meeting, 2009, Portland. Geological Society of America Abstracts with Programs,. Portland: GSA, 2009. v. 41. p. 561-561.

63.
ANELLI, L. E. ; ROCHA-CAMPOS, A. C. ; SIMOES, M. G. ; Peck, R.L. . PENNSYLVANIAN HETEROCONCHIA (MOLLUSCA, BIVALVIA) FROM THE PIAUÍ FORMATION, PARNAÍBA BASIN, BRAZIL. In: XXI Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2009, Belém. Boletim de Resumos. Belém, PA: SBP, 2009. p. 102-102.

64.
SIMOES, M. G.; ANELLI, L. E. . UNUSUAL SMALL SHELLY FAUNA (BIVALVE MOLLUSCS AND BRACHIOPODS) FROM THE PERMIAN MICRITIC LIMESTONES OF THE TERESINA FORMATION, PARANÁ BASIN, BRAZIL. In: Congresso Brasileiro de Paleontologia., 2009, Belém, PA. Boletim de Resumos. Belém, PA: SBP, 2009. v. 1. p. 135-135.

65.
DAVID, J. ; SIMOES, M. G. ; ANELLI, L. E. ; ROHN, R. . MOLUSCOS BIVALVES PERMIANO DA FORMAÇÃO GAI-AS, BACIA HUAB, NAMÍBIA. In: Paleo SP-2009, 2009, Guarulhos. Paleo SP-2009, Boletim de Resumos. Guarulhos, SP: Universidade de Guarulhos, 2009. p. 18-18.

66.
DAVID, J. ; SIMOES, M. G. ; ANELLI, L. E. ; ROHN, R. . REVISÃO SISTEMÁTICA DOS GÊNEROS ANHEMBIA E LEINZIA, GRUPO PASSA DOIS, PERMIANO DA BACIA DO PARANÁ, BRASIL. In: Paleo SP-2009, 2009, Guarulhos. Paleo SP-2009, Boletim de Resumos. Guarulhos, SP: Universidade de Guarulhos, 2009. p. 24-24.

67.
SILVA, S. M. DA ; SIMOES, M. G. ; RICARDI BRANCO, F. . TAFONOMIA DE MICRO-COQUINAS DE CRUSTÁCEOS DA FORMAÇÃO ASSISTÊNCIA, SUBGRUPO IRATI, PERMIANO, BACIA DO PARANÁ: OBSERVAÇÕES PRELIMINARES. In: Paleo SP-2009, 2009, Guarulhos. Boletim de Resumos. Guarulhos, SP: Universidade de Guarulhos, 2009. p. 57-57.

68.
NEVES, J. P. ; ROHN, R. ; SIMOES, M. G. . TAPHONOMIC RESEARCH IN BIVALVE-DOMINATED LIMESTONES OF THE TERESINA AND RIO DO RASTO FORMATIONS, PERMIAN, PARANÁ BASIN. In: Paleo SP-2009, 2009, Guarulhos. Boletim de Resumos. Guarulhos, SP: Universidade de Guarulhos, 2009. p. 58-58.

69.
SIMOES, M. G.. 20 ANOS COMO PALEONTOLÓGO: A CARA DA PALEONTOLOGIA DE INVERTEBRADOS TEM MUDADO NO BRASIL?. In: Paleo SP-2009, 2009, Guarulhos. Boletim de Resumos. Guarulhos, SP: Universidade de Guarulhos, 2009. p. 2-2.

70.
RODLAND, David ; BULLARD, Elizabeth M. ; KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. . SHELL SIZE AND SCLEROBIONT COLONIZATION: AREA EFFECTS ON ENCRUSTATION AND BORING FREQUENCY, ABUNDANCE, DIVERSITY AND RECRUITMENT IN HARD-SUBSTRATE COMMUNITIES. In: Geological Society of America Annual Meeting, 2009, Portland, Or. Geological Society of America Abstracts with Programs. Portland, Or: GSA, 2009. v. 41. p. 163-163.

71.
RODLAND, David ; KRAUSE, R. A., ; Barbour Wood, S. ; D, Kauffman ; WEHMILLER, J.F. ; KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. . USING INDIVIDUALLY DATED BIVALVE AND BRACHIOPOD SHELLS TO RECONSTRUCT EPIBIONT COLONIZAION AND TAPHONOMY OVER MILLENNIAL TIMESCALES. In: Geological Society of America, Annual Meeting, 2008, Houston, Texas. Program with Abstracts. Houston, TX: GSA, 2008. v. 40. p. 502-502.

72.
Huntley, J.W. ; KRAUSE, R. A., ; Romanek, C. ; D, Kauffman ; KOWALEWSKI, M. ; Barbour Wood, S. ; SIMOES, M. G. . UPWELLING AND FRESHWATER RUNOOF RECORDED IN THE BRAZILIAN BIVALVE Semele casali. In: Geological Society of America Annual Meeting, 2008, Houston, Texas. Program with Abstracts. Houston, TX: GSA, 2008. v. 40. p. 438-438.

73.
RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. ; NEVES, J. P. . SHELL ULTRASTRUCTURE OF RECENT BRACHIOPODS, AS A RECORD OF PRESEND-DAY AND PAST ENVIRONMENTAL CONDITIONS. In: 44 Congresso Brasileiro de Geologia, 2008, Curitiba. Anais do 44 Congreso Brasileiro de Geologia - O Planeta Terra em Nossas Mãos. Curitiba: SBG, 2008. v. 1. p. 804-804.

74.
DAVID, J. ; RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. ; MARTINEZ, S. . TRACES OF PODICHINUS CENTRIFUGALIS BROMLEY & SURLIK (1973) ON BRACHIOPOD SHELLS (BOUCHARDIOIDEA) FROM THE SOUTH AMERICA CENOZOIC: TAPHONOMIC AND PALEOECOLOGICAL IMPLICANCES. In: 44 Congreso Brasileiro de Geologia, 2008, Curitiba. Anais do 44 Congreso Brasileiro de Geologia - O Planeta Terra em Nossas Mãos. Curitiba: SBG, 2008. v. 1. p. 821-821.

75.
NEVES, J. P. ; ROHN, R. ; SIMOES, M. G. . TAFONOMIA DE ROCHAS CARBONÁTICAS CONCHÍFERAS DAS FORMAÇÕES TERESINA E RIO DO RASTO (PERMIANO, BACIA DO PARANÁ). In: 44 Congresso Brasileiro de Geologia, 2008, Curitiba. Anais do 44 Congresso Brasileiro de Geologia - O Planeta Terra em Nossas Mãos. Curitiba: SBG, 2008. v. 1. p. 1047-1047.

76.
SIMOES, M. G.; NEVES, J. P. ; ROHN, R. . SEDIMENTOLOGIC AND PALEOENVIRONMENTAL SIGNIFICANCE OF THE BIOGENIC STRATIFICATION ON PERMIAN MICRITIC LIMESTONES (TERESINA FORMATION), PARANÁ BASIN, BRAZIL. In: 44 Congresso Brasileiro de Geologia, 2008, Curitiba. Anais 44 Congresso Brasileiro de Geologia - O Planeta Terra em Nossas Mãos. Curitiba: SBG, 2008. v. 1. p. 1048-1048.

77.
NEVES, J. P. ; RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. ; KOTZIAN, C. B. . TAPHONOMIC ROLE OF PERIOSTRACUM ON THE PRESERVATIONAL POTENTIAL OF THE FRESHWATER BIVALVE MOLLUSK SHELLS: LABORATORY AND FIELD-BASED OBSERVATIONS. In: Geological Society of America Regional Meeting, at Savanath, 2007, Savanath, Georgia. Program and Abstracts, 2007. v. 39. p. 95-95.

78.
RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. ; DAVID, J. ; KOWALEWSKI, M. ; MARTINEZ, S. . THE SECONDARY EVOLUTIONARY ESCALATION HYPOTHESIS REVISITED: THE DRILLING HISTORY OF BRACHIOPODS AND BIVALVE MOLLUSKS FROM THE CENOZOIC OF SOUTH AMERICA. In: Geological Society of America Regional Meeting, 2007, Savanath, Georgia. Abstracts with Programs. Savanath: GSA, 2007. v. 39. p. 95-95.

79.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, S. C. ; NEVES, J. P. ; KOWALEWSKI, M. . EXPERIMENTAL AND FIELD OBSERVATIONS ON THE PRESERVATIONAL BIAS OF BRACHIOPOD VALVES IN PRESENT-DAY ASSEMBLAGES OF BOUCHARDIA ROSEA FROM THE BRAZILIAN SHELF: PALEOECOLOGICAL IMPLICATIONS. In: Geological Society of America Regional Meeting, 2007, Savanath, Georgia. Abstracts and Program. Savanath, Geargia: GSA, 2007. v. 39. p. 96-96.

80.
RODLAND, David ; KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. . EVEN INVERTEBRATES NEED ELBOW ROOM: SHELL SIZE AND AREA EFFECT ON ENCRUSTATION OF BIVALVES AND BRACHIOPODS FROM THE SOUTHEAST BRAZILIAN BIGHT. In: Geological Society of America Annual Meeting, 2007, Denver. Geological Society of America Annual Meeting, Abstracts with Program. Denver, Co: GSA, 2007. v. 39. p. 170-170.

81.
KRAUSE, R. A., ; Huntley, J.W. ; KOWALEWSKI, M. ; Romanek, C. ; SIMOES, M. G. . ASSESSING ENVIRONMENTAL FACTORS ASSOCIATED WITH CHANGES IN THE GROWTH RATE OF SEMELE CASALI THROUGH THE HOLOCENE. In: 1st International Sclerochronology Conference, 2007, St. Petersburg, Florida, USA. 1st International Sclerochronology Conference, Program and Abstract Book. St. Petersburg, Florida, USA: University of Florida, 2007. p. 51-51.

82.
DAVID, J. ; RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. . INTENSE DRILLING ON SHELLS OF BOUCHARDIA ZITTELI (BRACHIOPODA, RHYNCHONELLIFORMEA) FROM THE SAN JULIÁN FORMATION, OLIGOCENE OF ARGENTINA. In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE PALEONTOLOGIA, 2007, Buzios, RJ. . BOLETIM DE RESUMOS. Rio de Janeiro: SBP, 2007. p. 163-163.

83.
DAVID, J. ; RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. . IMPLICAÇÕES PALEOECOLÓGICAS E EVOLUTIVAS DOS TRAÇOS DE PREDAÇÃO EM BRAQUIÓPODES (RHYNCHONELLIFORMEA, BOUCHARDIOIDEA) DO CENOZÓICO DA ARGENTINA E URUGUAI. In: XI SEMANA DA BIO, 2007, Botucatu, SP. Boletim de Resumos. Botucatu, SP: IBB/UNESP, 2007. p. 4-4.

84.
KOTZIAN, C. B. ; Soberon, Gabriela ; Lacerda, Michelle A. ; RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. . INFLUÊNCIA DO MODO DE VIDA NA INCRUSTAÇÃO E BIOEROSÃO DE CONCHAS DE MOLUSCOS DO RECENTE, PLATAFORMA CONTINENTAL DO SUL DO BRASIL. In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE PALEONTOLOGI, 2007, Buzios, RJ. BOLETIM DE RESUMOS. Rio de Janeiro: SBP, 2007. p. 161-161.

85.
KOTZIAN, C. B. ; Soberon, Gabriela ; Lacerda, Michelle A. ; RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. . ASSINATURAS TAFONÔMICAS (COR, BRILHO E PERIÓSTRACO) EM BIVALVES MARINHOS DO RECENTE, NO EXTREMO SUL DO BRASIL.. In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE PALEONTOLOGIA, 2007, Buzios, RJ. Boletim de Resumos. Rio de Janeiro: SBP, 2007. p. 48-48.

86.
NEVES, J. P. ; RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. ; KOWALEWSKI, M. . DISSOLUTION SIGNATURES AS A TOOL FOR IDENTIFING PAST AND PRESENT ACIDIFICATION EVENTS: THE DISSOLUTION BEHAVIOR OF BOUCHARDIA ROSEA (UBATUBA BAY, BRAZIL) AND LIOTHYRELLA UVA (ADMIRALTY BAY, ANTARCTICA) SHELLS. In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE PALEONTOLOGIA, 2007, Buzios, RJ. Boletim de Resumos. Rio de Janeiro: SBP, 2007. p. 100-100.

87.
Pino, D.S. ; Pires-Domingues, R.A. ; ANELLI, L. E. ; RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. . TENDENCIAMENTOS TAFONÔMICOS EM ACUMULAÇÕES BIOGÊNICAS DE VERTEBRADOS, NA ILHA REI GEORGE, PENÍNSULA ANTÁRTICA. In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE PALEONTOLOGIA, 2007. Boletim de Resumos. Rio de Janeiro: SBP. p. 288-288.

88.
RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. ; DAVID, J. ; KOWALEWSKI, M. ; MARTINEZ, S. . DRILLING PREDATION HISTORY ON A CLADE OF CENOZOIC BRACHIOPODS: THE FOSSIL RECORD OF THE BOUCHARDIA-GROUP IN SOUTH AMERICA AND ANTARCTICA. In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE PALEONTOLOGIA, 2007, Buzios, RJ. Boletim de Resumos. Rio de Janeiro: SBP, 2007. p. 103-103.

89.
RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. ; NEVES, J. P. ; KOWALEWSKI, M. . TAPHONOMIC IMPLICATIONS OF MICROSTRUCTURE AND MICROARCHITECTURE OF RECENT BRACHIOPOD SHELLS. In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE PALEONTOLOGIA, 2007, Buzios, RJ. Boletim de Resumos. Rio de Janeiro: SBP, 2007. p. 284-284.

90.
SIMOES, M. G.; SILVA, S. M. DA ; RODRIGUES, S. C. ; Coimbra, J.C. . BRACHIOPODS OF THE LATE CENOZOIC ROCKS FROM THE PELOTAS BASIN, STATE OF RIO GRANDE DO SUL, BRAZIL. In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE PALEONTOLOGIA, 2007, Buzios, RJ. Boletim de Resumos. Rio de Janeiro: SBP, 2007. p. 59-59.

91.
LEME, Juliana de Moraes ; SIMOES, M. G. . ONTOGENENETIC DEVELOPMENT OF BOUCHARDIA ROSEA (BOUCHARDEOIDEA, BRACHIOPODA) FROM THE SOUTHERN BRAZILIAN SHELF. In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE PALEONTOLOGIA, 2007, Buzios, RJ. Boletim de Resumos. Rio de Janeiro: SBP, 2007. p. 210-210.

92.
SOARES, S. P. ; SIMOES, M. G. ; LEME, Juliana de Moraes . COULD TAPHONOMY AND WEATHERING MODIFY THE DIVERSITY OF A GIVEN TRILOBITE FAUNA? EXAMPLES FROM THE PONTA GROSSA FORMATION (DEVONIAN), PARANÁ BASIN, BRAZIL. In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE PALEONTOLOGIA, 2007, Buzios, RJ. Boletim de Resumos. Rio de Janeiro: SBP, 2007. p. 83-83.

93.
Erthal, F. ; KOTZIAN, C. B. ; SIMOES, M. G. . INFLUÊNCIA DO GRAU DE FRAGMENTAÇÃO NA ANÁLISE DE ATRIBUTOS TAFONÔMICOS EM CONCHAS DE MOLUSCOS DA FORMAÇÃO TOURO PASSO (PLEISTICENO-HOLOCENO), RS, BRASIL. In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE PALEONTOLOGIA, 2007, Buzios, RJ. Boletim de Resumos. Rio de Janeiro: SBP, 2007. p. 160-160.

94.
SIMOES, M. G.; KOTZIAN, C. B. ; BERBET, J.M. ; Kinoshita, A. ; FIGUEIREDO, A.M. ; Baffa, O. . ESTIMATES OF TEMPORAL MIXING IN CENOZOIC FRESHWATER MOLLUSK ASSEMBLAGES FROM THE TOURO PASSO STREAM, SOUTHERN BRAZIL. In: XX Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2007, Buzios, RJ. Boletim de Resumos. Rio de Janeiro: SBP, 2007. p. 116-116.

95.
SILVA, S. M. DA ; RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. . IMPLICAÇÕES PALEOBIOGEOGRÁFICAS DOS BRAQUIÓPODES NEÓGENOS, NA BACIA SEDIMENTAR DE PELOTAS, RS. In: XI SEMANA DA BIO, IBB-UNESP, 2007, Botucatu, SP. Boletim de Resumos. Botucatu, SP: IBB/UNESP, 2007. p. 23-23.

96.
FERREIRA-OLIVEIRA, L. G. ; ROHN, R. ; SIMOES, M. G. . MOLUSCOS BIVALVES, ANTERIORMENTE IDENTIFICADOS COMO CONCHOSTRÁCEOS, GRUPO PASSA DOIS, PERMIANO, BACIA DO PARANÁ, BRASIL. In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE PALEONTOLOGIA, 2007, Buzios. Boletim de Resumos. Rio de Janeiro: SBP, 2007. p. 182-183.

97.
Pires-Domingues, R.A. ; Nascimento, P.M. ; SIMOES, M. G. ; Zaher, H. ; Riccomini, C. . IMPLICAÇÕES DOS DADOS GEOLÓGICOS, FOSSILÍFEROS E TAFONÔMICOS NAS RECONSTRUÇÕES DA FAUNA DE VERTEBRADOS DA BACIA BAURU: UMA ABORDAGEM INTEGRADA. In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE PALEONTOLOGIA, 2007, Buzios. Boletim de Resumos. Rio de Janeiro: SBP, 2007. p. 155-155.

98.
KRAUSE, R. A., ; TOMASOVYCH, A. ; KOWALEWSKI, M. ; D, Kauffman ; Romanek, C. ; SIMOES, M. G. . DIFFERENTIAL TIME AVERAGING IN BRACHIOPOD ACCUMULATIONS FROM SUB-TROPICAL AND TEMPERATE LATITUDES. In: The Palaeontological Association 51st Annual Meeting, 2007, Uppsala. The Palaeontological Association 51st Annual Meeting, Uppsala University, Sweden (Budd, G.E., Streng, M., Daley A.C., and Willman, S., eds.), Programme with Abstracts. Upssala: Uppsala University, 2007. v. 51. p. 31-32.

99.
Huntley, J.W. ; KRAUSE, R. A., ; KOWALEWSKI, M. ; S, Romanek C ; D, Kauffman ; SIMOES, M. G. . RELATING PRODUCTIVITY EVENTS TO HOLOCENE BIVALVE SHELL GROWTH RATES. In: AGU Fall Meeting, 2007, San Francisco. AGUFall Meet. Suppl., Abstract. San Francisco: AGU, 2007. v. 82. p. A12.

100.
BERBET, J.M. ; Kinoshita, A. ; KOTZIAN, C. B. ; SIMOES, M. G. ; FIGUEIREDO, A.M. ; Baffa, O. . DATAÇÃO POR RESSONÂNCIA DO SPIN ELETRÔNICO (RSE) DE CONCHAS DO CÓRREGO DE TOURO PASSO - RS. In: 1o Simpósio LatinoAmericano sobre Métodos Físicos e Químicos em Arqueologia, Arte e Conservação de Patrimônio Cultural, 2007, São Paulo, SP. Boletim de Resumos. São Paulo, SP: LASMAC, 2007. v. XX. p. XX-XX.

101.
KRAUSE, R. A., ; S.L.,, Barbour Wood, ; KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; D, Kauffman ; S, Romanek C ; WEHMILLER, J.F. . AGE MIXING AMONG SYMPATRIC BIVALVES AND BRACHIOPODS FROM THE BRAZILIAN SOUTH ATLANTIC. In: Geological Society of America Annual Meeting, 2006, Philadelphia. Geological Society of America Bulletin, 2006. v. 38. p. 443-443.

102.
MARQUES, A. C. ; CANTERO, A. L. P. ; SIMOES, M. G. . ANTARCTIC AREAS OF ENDEMISM: A STUDY CASE USING HYDROZOA (CNIDARIA, MEDUSOZOA). In: Evolution 2006 Meeting, 2006, Stony Brook. Evolution 2006 Meeting, 2006., 2006.

103.
RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. ; KOWALEWSKI, M. ; PETTI, M. A. ; NONATO, E. F. . BIOTIC INTERACTIONS BETWEEN LATE HOLOCENE RHYNCHONELLIFORM BRACHIOPODS AND BORING POLYCHAETES FROM THE SOUTH BRAZILIAN BIGHT: PALEOICHNOLOGICAL IMPLICATIONS. In: 9 Congresso de Paleontología Y Bioestratigrafía, 2006, Córdoba. Resúmenes. Córdoba: Academia Nacional de Ciências, 2006. p. 292-292.

104.
RODRIGUES, S. C. ; NEVES, J. P. ; SIMOES, M. G. ; KOWALEWSKI, M. . DISSOLUTION OF BOUCHARDIA ROSEA SHELLS: IMPLICATIONS TO TAPHONOMIC BIAS IN RHYNCHONELLIFORM BRACHIOPOD ASSEMBLAGES. In: 9 Congresso de Paleontología Y Bioestratigrafía, 2006, Córdoba. Resúmenes. Córdoba: Academia Nacional de Ciências, 2006. p. 266-266.

105.
SIMOES, M. G.; SOARES, S. P. ; Bosetti, E. ; HOLZ, M. ; LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, S. C. . SEQUENCE STRATIGRAPHY AND TAPHONOMIC DATA AS INDICATORS OF NARROW WATER DEPTH RANGE FOR HOMALONOTID TRILOBITES (PHACOPIDA) IN THE DEVONIAN OF PARANÁ BASIN, BRAZIL. In: 9 Congresso de Paleontología Y Bioestratigrafía, 2006, Córdoba. Resúmenes. Córdoba: Academia Nacional de Ciências, 2006. p. 268-268.

106.
SOARES, S. P. ; SIMOES, M. G. ; LEME, Juliana de Moraes . TAXONOMY OF THE CALMONIDAE-BEARING STRATA OF THE PONTA GROSSA FORMATION (DEVONIAN), PARANÁ BASIN, BRAZIL: GEOCRONOLOGIC AND PALEOBIOGEOGRAPHIC IMPLICATIONS. In: 9 Congresso de Paleontología Y Bioestratigrafía, 2006, Córdoba. Resúmenes. Córdoba: Academia Nacional de Ciências, 2006. p. 75-75.

107.
SOARES, S. P. ; SIMOES, M. G. ; LEME, Juliana de Moraes . SYSTEMATICS OF HOMALONOTIDAE (TRILOBITA, PHACOPIDA) OF THE PONTA GROSSA FORMATION (DEVONIAN), PARANÁ STATE, BRAZIL. In: 9 Congresso de Paleontología Y Bioestratigrafía, 2006, Córdoba. Resúmenes. Córdoba: Academia Nacional de Ciências, 2006. p. 75-75.

108.
Kfouri-Cardoso, P. B. P. ; SIMOES, M. G. ; RODRIGUES, S. C. ; EICHELER, Beatriz Beck ; SOUSA, Silvia Helena de Mello e ; Eichler, P.B. ; Rubens César Lopes Figueira . TAPHONOMY OF BENTHIC FORAMINIFERAL TESTS FROM JURUJUBA SOUND, GUANABARA BAY, RIO JANEIRO, BRAZIL. In: International Symposium on Foramonifera, Forams, 2006, Natal. CD-Room. Natal, 2006.

109.
KRAUSE, R. A., ; S.L.,, Barbour Wood, ; KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; D, Kauffman ; S, Romanek C ; WEHMILLER, J.F. . EVALUATING THE HOLOCENE DYNAMICS OF OCEANOGRAPHIC PROCESSES IN THE SOUTHEAST BRAZILIAN BIGHT USING ACCUMULATIONS OF CALCITIC AND ARAGONITIC SHELLS.. In: American Geophysical Union Annual Meeting, 2006, San Francisco, CA. Abstract with Program. San Francisco, CA: AGU, 2006. v. PP43A. p. 1233-1233.

110.
Soberon, Gabriela ; Lacerda, Michelle A. ; Erthal, F. ; KOTZIAN, C. B. ; RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. . ASSINATURAS TAFONÔMICAS EM TANATOCENOSES DE BIVALVES (MOLLUSCA) RECENTES DE DUAS LOCALIDADES NA COSTA SUL (RS) DO BRASIL. In: Paleo-2006, 2006, São Leopoldo. Paleontologia em Destaque, Boletim da Sociedade Brasileira de Paleontologia. Porto Alegre, RS: SBP, 2006. v. 57. p. 24-25.

111.
KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; RODRIGUES, Sabrina C ; S.L.,, Barbour Wood, ; KRAUSE, R. A., ; WEHMILLER, J.F. ; RODLAND, David ; CARROLL, M. . HOLOCENE TEREBRATULID BRACHIOPODS FROM THE SOUTHERN BRAZILIAN SHELF (SOUTH ATLANTIC): ECOLOGY, TAPHONOMY, AND TIME-AVERAGING.. In: Fifth International Brachiopod Congress, 2005, Copenhagem. Abstracts, 2005. p. 31-32.

112.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, Sabrina C ; KOWALEWSKI, M. . DEAD-LIVE FIDELITY OF BRACHIOPOD ASSEMBLAGES FROM A SUBTROPICAL SHELF (SOUTHERN BRAZIL): IMPLICATIONS FOR PALEOECOLOGY AND CONSERVATION PALEOBIOLOGY. In: 19th Annual Meeting of the Society for Conservation Biology, 2005, Brasilia. Book of Abstracts. Brasília, DF: Universidade de Brasilia, 2005. p. 198-199.

113.
RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; Stüker, F. ; Neves, J.P. ; KOTZIAN, C. B. ; SIMOES, M. G. ; KOWALEWSKI, M. ; Correa, I.C.S. . PALEOECOLOGICAL IMPLICATIONS OF DRILLING PREDATION PATTERNS AMONG BIVALVE MOLLUSKS FROM THE BRAZILIAN SHELF.. In: XIX Congresso Brasileiro de Paleontologia and VI Congresso Latino-Americano de Paleontologia., 2005, Aracajú, SE. CD-Resumos. Aracajú: Universidade Federal de Sergipe, 2005. p. 1-1.

114.
RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; Stüker, F. ; Neves, J.P. ; KOTZIAN, C. B. ; SIMOES, M. G. ; KOWALEWSKI, M. ; Correa, I.C.S. . DRILLING PREDATION ON JUVENILE BRACHIOPODS AND BIVALVE MOLLUSKS FROM PRESENT-DAY SUB-TROPICAL WATERS OF THE BRAZILIAN SHELF.. In: XIX Congresso Brasileiro de Paleontologia and VI Congresso Latino-Americano de Paleontologia., 2005, Aracajú, SE. CD-Resumos. Aracajú: Universidade Federal de Sergipe, 2005. p. 1-1.

115.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes . SORTING PHENOMENA OF BRACHIOPOD SHELLS IN SANDY BEACHES: TAPHONOMIC AND PALEOECOLOGIC IMPLICATIONS.. In: XIX Congresso Brasileiro de Paleontologia and VI Congresso Latino-Americano de Paleontologia., 2005, Aracajú. CD-Resumos. Aracajú, SE: Universidade Federal de Sergipe, 2005. p. 1-1.

116.
SIMOES, M. G.; KOTZIAN, C. B. ; Neves, J.P. ; Stüker, F. ; RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; Correa, I.C.S. . (PALEO)BIOGEOGRAPHICAL SIGNIFICANCE OF EXTANT RHYNCHONELLIFORM BRACHIOPODS FROM THE SOUTHERN BRAZILIAN SHELF (STATES OF SANTA CATARINA AND RIO GRANDE DO SUL), WESTERN SOUTH ATLANTIC.. In: XIX Congresso Brasileiro de Paleontologia and VI Congresso Latino-Americano de Paleontologia., 2005, Aracajú, SE. CD-Resumos. Aracajú, SE: Universidade Federal de Sergipe, 2005. p. 1-1.

117.
ITEN, H. Van ; LEME, Juliana de Moraes ; SIMOES, M. G. ; MARQUES, A. C. ; COLLINS, A. G. . REASSESSMENT OF THE PHYLOGENETIC POSITION OF CONULARIIDS (EDIACARIAN-TRIASSIC) WITHIN THE SUBPHYLUM MEDUSOZOA (PHYLUM CNIDARIA).. In: XIX Congresso Brasileiro de Paleontologia and VI Congresso Latino-Americano de Paleontologia., 2005, Aracajú, SE. CD-Resumos. Aracajú, SE: Universidade Federal de Sergipe, 2005. p. 1-1.

118.
LEME, Juliana de Moraes ; ITEN, H. Van ; SIMOES, M. G. . REINTERPRETATION OF MALVINOCONULARIA CAHUANOTENSIS (BRANI?A AND VANEK; K, 1973) (CNIDARIA) FROM THE DEVONIAN ALTIPLANO AND WESTERN ANDEAN CORDILLERA, BOLIVIA, SOUTH AMERICA.. In: XIX Congresso Brasileiro de Paleontologia and VI Congresso Latino-Americano de Paleontologia., 2005, Aracajú, SE. CD-Resumos. Aracajú, SE.: Universidade Federal de Sergipe, 2005. p. 1-1.

119.
KOTZIAN, C. B. ; SIMOES, M. G. ; Da Rosa, A.A.S. ; Milder, S.E.S. . AMS RADIOCARBON DATING OF FRESHWATER MOLLUSK SHELLS FROM THE TOURO PASSO FORMATION (PLEISTOCENE-HOLOCENE), RS, BRAZIL.. In: XIX Congresso Brasileiro de Paleontologia and VI Congresso Latino-Americano de Paleontologia., 2005, Aracajú, SE. CD-Resumos. Aracajú, SE: Universidade Federal de Sergipe, 2005. p. 1-1.

120.
KOTZIAN, C. B. ; SIMOES, M. G. ; Erthal, F. ; Martello, A.R. . TAPHONOMIC SIGNATURES OF PLEISTO-HOLOCENE FRESHWATER MOLLUSKS (TOURO PASSO FM, RS, BRAZIL): SOME OBSERVATIONS CONCERNING THE PRESERVATIONAL POTENCIAL OF THE CORRESPONDING PRESENT-DAY DEAD ASSEMBLAGES.. In: XIX Congresso Brasileiro de Paleontologia and VI Congresso Latino-Americano de Paleontologia., 2005, Aracajú, SE. CD-Resumos. Aracajú, SE: Universidade Federal de Aracajú, 2005. p. 1-1.

121.
KRAUSE, R. A., ; S.L.,, Barbour Wood, ; Romanek, C. ; KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; WEHMILLER, J.F. . THE MULTI-CENTENNIAL DYNAMICS OF AN UPWELLING SYSTEM REVEALED BY STABLE ISOTOPE AND TRACE ELEMENT SCLEROCHRONOLOGY OF AMINO-ACID DATED BIVALVE AND BRACHIOPOD SHELLS. In: The Geological Society of America Annual Meeting., 2005, Salt Lacke City. Geological Society of America Abstracts with Programs., 2005. v. 37. p. 525-525.

122.
ITEN, H. Van ; LEME, Juliana de Moraes ; SIMOES, M. G. . NEW DATA ON THE GROSS MORPHOLOGY, MICROSTRUCTURE, AND TAPHONOMY OF BACCACONULARIA HUGHES, GUNDERSON AND WEEDON, 2000, A CONULARIID FROM THE UPPER CAMBRIAN OF MINNESOTA AND WISCONSIN, USA.. In: The Fourth International Symposium on the Cambrian System and The Tenth International Conference of the Cambrian Stage Subdivision Working Group, 2005, Nanjing. Acta Micropalaeontologica Sinica, 2005. v. 22. p. 92-92.

123.
SOARES, Sabrina P. ; CAMPOS, L. ; SIMOES, M. G. . Curso de Formação Continuada em Paleontologia para Professores do Ensino Fundamental e Médio: Análise de uma Proposta. In: 15. Encontro de Biólogos do Conselho Regional de Biologia CRBio-1, 2004, São Pedro, SP. Boletim de Resumos. São Paulo, SP.: CRBio-1, 2004.

124.
SIMOES, M. G.; SOARES, Sabrina P. ; CAMPOS, L. . Formação continuada em Paleontologia para Professores do Ensino Fundamental e Médio: análise de uma proposta.. In: IX EPEB: Encontro, 2004, São Paulo. Caderno de Programa e Resumos. Campinas: Gráfica FE, 2004. p. 48-49.

125.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, Sabrina C ; KOWALEWSKI, M. . Comparative analysis of drilling predation on modern brachiopods and bivalve mollusks from a subtropical bay on a southern Brazilian shelf.. In: Geological Society of America Annual Meeting, 2004, Denver. Geological Society of America Abstracts with Programs, 2004. v. 36. p. 62-62.

126.
KRAUSE, R. A., ; S.L.,, Barbour Wood, ; WEHMILLER, J.F. ; KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. . A comparative analysis of time averaging for bivalves and brachiopods from a modern Tropical shelf.. In: Geological Society of America Annual Meeting, 2004, Denver. Geological Society of America Abstracts with Programs, 2004. v. 36. p. 383-383.

127.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, Sabrina C ; KOWALEWSKI, M. . Brachiopod shell surface textures in the Ubatuba Bay, São Paulo State, Brazil: taphonomic and (paleo)environmental implications.. In: XLL Congresso Brasileiro de Geologia, 2004, Araxá. Anais, CD-Room, 2004. p. S27:-698.

128.
SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. ; CARROLL, M. ; S.L.,, Barbour Wood, ; KRAUSE, R. A., ; RODRIGUES, Sabrina C ; WEHMILLER, J.F. . Taphonomy and time averaging as a tool in (paleo)oceanography: a case study on a shallow subtropical shelf from Brazil.. In: XLII Congresso Brasileiro de Geologia, 2004, Araxá. Anais, CD-Room, 2004. p. S27-696.

129.
RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. . Taphonomy of brachiopod shells from The Ubatuba Bay, northern of Sao Paulo coast: can methodological decisions mask the (paleo)environmental inferences?. In: XLII Congresso Brasileiro de Geologia, 2004, Araxá. Anais, CD-Room, 2004. p. S27-904.

130.
LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, Sabrina C ; GIANNINI, P.C.F ; SIMOES, M. G. . Taphonomy of Devonian conulariids (Cnidarian) revisited: new perspectives from the sedimentary petrography.. In: XLII Congresso Brasileiro de Geologia, 2004, Araxá. Anais, CD-Room, 2004. p. S27-563.

131.
SOARES, Sabrina P. ; SIMOES, M. G. ; CAMPOS, L. . A Paleontologia e a formação continuada para professores do ensino fundamental e médio.. In: XLII Congresso Brasileiro de Geologia, 2004, Araxá. Anais, CD-Room, 2004. p. S06-902.

132.
LEME, Juliana de Moraes ; ITEN, H. Van ; SIMOES, M. G. ; RODRIGUES, Sabrina C . FROM PLANTAE TO ANIMALLIA: IMPLICATIONS ON THE SYSTEMATIC OF CLARKE?S DEVONIAN PROBLEMATIC FOSSIL.. In: Paleo-2004, 2004, São Carlos. Boletim da Sociedade Brasileira de Paleontologia. SãoLeopoldo, 2004. v. 49. p. 40-40.

133.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, Sabrina C ; A. C. P. de Lima . CLUSTER ANALYSIS APPLIED TO THE TAPHONOMY OF BIVALVE MOLLUSKS FROM UBATUBA BAY, SÃO PAULO STATE, BRAZIL: METHODOLOGICAL IMPLICATIONS.. In: Paleo-2004, 2004, São Carlos. Boletim da Sociedade Brasileira de Paleontologia. São Carlos, 2004. v. 49. p. 30-31.

134.
GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. ; Mendes, L. X ; Cruz, L. C. . ANÁLISES MULTIVARIADAS NO ESTUDO PALEOECOLÓGICO/TAFONÔMICO DE CONCENTRAÇÕES DE MACROFÓSSEIS DE INVERTEBRADOS DA FORMAÇÃO PONTA GROSSA (DEVONIANO, BACIA DO PARANÁ).. In: Paleo-2004, 2004, São Carlos. Boletim da Sociedade Brasileira de Paleontologia. São Leopoldo, RS, 2004. v. 49. p. 23-24.

135.
SOARES, Sabrina P. ; SIMOES, M. G. . SOBRE A SISTEMÁTICA DOS HOMALONOTIDAE (TRILOBITA), FORMAÇÃO PONTA GROSSA, SUB-BACIA APUCARANA, DEVONIANO: COMENTÁRIOS PRELIMINARES.. In: Paleo-2004, 2004, São Carlos. Boletim da Sociedade Brasileira de Paleontologia. São Leopoldo, RS., 2004. v. 49. p. 44-44.

136.
RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. ; KOWALEWSKI, M. . NEW EVIDENCES OF DRILLING PREDATION/PARASITISM IN MODERN BOUCHARDIIDAE BRACHIOPODS.. In: Paleo-2004, 2004, São Carlos. Boletim da Sociedade Brasileira de Paleontologia. São Leopoldo, RS, 2004. v. 49. p. 37-37.

137.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, Sabrina C ; KOWALEWSKI, M. ; TORELLO, F. F. ; LEME, Juliana de Moraes ; Sousa, S. H. M. ; Kfouri-Cardoso, P. B. P. ; Sorano , M. R. G. S. . VACATIONING IN THE PALEOZOIC: ACTUALISTIC TAPHONOMY IN MARINE TROPICAL/SUBTROPICAL SETTINGS OF NORTHERN COAST OF SÃO PAULO STATE, BRAZIL.. In: Paleo-2004, 2004, São Carlos. Boletim da Sociedade Brasileira de Paleontologia. São Leopoldo, RS, 2004. v. 49. p. 31-31.

138.
Barbour Wood, S. ; KRAUSE, R. A., ; KOWALEWSKI, M. ; WEHMILLER, J.F. ; SIMOES, M. G. . TIME AVERAGING ON A SHALLOW SUBTROPICAL SHELF: THE SEARCH FOR A TAPHONOMIC CLOCK. In: Northeastern Section (39th Annual) and Southeastern Section (53rd Annual) Joint Meeting (March 25?27, 2004), 2004, Washington, DC. Geological Society of America Abstracts with Programs. Washington, DC: GSA, 2004. v. 36. p. 134-134.

139.
RODLAND, David ; KOWALEWSKI, M. ; CARROLL, M. ; SIMOES, M. G. . Home on the half-shell: encrustation of brachiopods and bivalves from the subtropical shelf of the Southeast Brazilian Bight.. In: Geological Society of America Annual Meeting, Southeastern/South-Central., 2003, Memphis, USA. Geological Society of America Abstracts with Program.. Memphis: GSA, 2003. v. 35.

140.
SALES, A. M. ; SIMOES, M. G. . Análise tafonômica das concentrações fossilíferas de macroinvertebrados do Membro Romualdo (Albiano) da Formação Santana, Bacia do Araripe, NE do Brasil: significado estratigráfico, temporal e paleoambiental.. In: III Workshop Científico da Pós-Graduação, IGc-USP., 2003, São Paulo. Boletim de Resumos. São Paulo, SP.: Gráfica IG/USP, 2003. p. 8-8.

141.
TORELLO, F. F. ; SIMOES, M. G. . Tafonomia Experimental do Fóssil-Vivo Bouchardia rosea (Brachiopoda- Terebratellidae) e sua implicações paleontológicas.. In: III Workshop Científico da Pós-Graduação, IGc-USP., 2003, São Paulo. Boletim de Resumos.. São Paulo.: Gráfica IG/USP., 2003. p. 15-15.

142.
LEME, Juliana de Moraes ; SIMOES, M. G. . Análise cladística dos Conulatae (Cambriano-Triássico): caracterizando e definindo o escopo de um enigmático grupo de cnidários extintos.. In: III Workshop Científico da Pós-Graduação, IGc-USP., 2003, São Paulo. Boletim de Resumos.. Saõ Paulo.: Gráfica IG/USP., 2003. p. 16-16.

143.
MELLO, L. H. C. ; SIMOES, M. G. . Análise cladística da Subfamília Bouchardiinae Allan, 1940 (Brachiopoda- Terebratellidae): implicações para a paleozoogeografia do Atlântico Sul, no Cenozóico.. In: III Workshop Científico da Pós-Graduação, IGc-USP., 2003, São Paulo.. Boletim de Resumos.. São Paulo: Gráfica IG/USP., 2003. p. 19-19.

144.
GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. . Tafonomia comparada dos trilobitas da Formação Ponta Grossa (Devoniano), Bacia do Paraná, Brasil.. In: III Workshop Científico da Pós-Graduação, IGc-USP., 2003, São Paulo.. Boletim de Resumos.. São Paulo.: Gráfica IG/USP., 2003. p. 21-21.

145.
RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. . Gradientes tafonômicos em tanatocenoses de moluscos bivalves em baías e na plataforma interna no norte do Estado de São Paulo: implicações no uso de dados tafonômicos para o reconhecimento de tafofácies.. In: III Workshop Científico da Pós-Graduação, IGc-USP., 2003, São Paulo.. Boletim de Resumos.. São Paulo.: Gráfica IG/USP., 2003. p. 23-23.

146.
GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. ; SALES, A. M. . Taphonomic and paleoecologic signatures as tool in sequence stratigraphy: preliminary results from "two" maximum flooding surfaces of the Ponta Grossa Formation (Devonian), Paraná Basin, Brazil.. In: XVIII Congresso Brasileiro de Paleontologia., 2003, Brasília. Boletim de Resumos, 2003. p. 146-147.

147.
KAZUBEK, M. F. ; SIMOES, M. G. . Permian bivalves of the Irati Formation (Passa Dois Group, Paraná Basin) and their paleoecological significance.. In: XVIII Congresso Brasileiro de Paleontologia., 2003, Brasília. Boletim de Resumos., 2003. p. 161-161.

148.
LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, Sabrina C ; ITEN, H. Van ; SIMOES, M. G. . A preliminary philogenetic hypothesis for Conulatae (Cnidaria, Scyphozoa).. In: XVIII Congresso Brasileiro de Paleontologia., 2003, Brasília. Boletim de Resumos, 2003. p. 167-167.

149.
LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. ; ITEN, H. Van . Systematics of conulariids of the Ponta Grossa Formation (Devonian), Paraná State, Brazil.. In: XVIII Congresso Brasileiro de Paleontologia., 2003, Brasília. Boletim de Resumos, 2003. p. 169-169.

150.
MELLO, L. H. C. ; SIMOES, M. G. . A cladistic hypothesis for the articulated brachiopod superfamily Bouchardioidea.. In: XVIII Congresso Brasileiro de Paleontologia., 2003, Brasília. Boletim de Resumos., 2003. p. 189-189.

151.
RAMOS, M. I. F. ; LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. . Systematics of conulariids (Cnidaria) from the Manacapuru Formation, Amazon Basin, Brazil, and their paleozoogeographic importance.. In: XVIII Congresso Brasileiro de Paleontologia., 2003, Brasília. Boletim de Resumos, 2003. p. 229-229.

152.
RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. ; LEME, Juliana de Moraes . Conulariid (Cnidaria) taphonomy of a Devonian epeiric sea: Ponta Grossa Formation, Brazil.. In: XVIII Congresso Brasileiro de Paleontologia., 2003, Brasília. Boletim de Resumos., 2003. p. 237-237.

153.
RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. ; ITEN, H. Van ; LEME, Juliana de Moraes . Devonian conulariids as taphotaxa: some examples from the Ponta Grossa Formation (?Lochkovian-Frasnian), Paraná Basin.. In: VXIII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2003, Brasília. Boletim de Resumos., 2003. p. 239-240.

154.
SALES, A. M. ; SIMOES, M. G. ; ANDRADE, J. . Comparative taphonomy of Pygurus tinocoi an irregular echinoid of the Santana Formation (Cretaceous), Araripe Basin, Brazil.. In: XVIII Congresso Brasileiro de Paleontologia., 2003, Brasília. Boletim de Resumos., 2003. p. 246-247.

155.
SALES, A. M. ; SIMOES, M. G. ; ANDRADE, J. . Concentração coquinóide de macroinvertebrados fósseis (moluscos) da Formação Santana (Cretáceo), região de Araripina, SW da Bacia do Araripe.. In: XVIII Congresso Brasileiro de Paleontologia., 2003, Brasília. Boletim de Resumos., 2003. p. 248-249.

156.
SIMOES, M. G.; Marcos C. Bissaro Júnior ; FALASCHI, R. . New occurrences of Othonella araguaiana Mendes (Bivalvia, Megadesmidae) in the Corumbataí Formation (Permian): systematic, biostratigraphic and paleobiogeographic implicances.. In: XVIII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2003, Brasília. Boletim de Resumos, 2003. p. 278-279.

157.
S.L.,, Barbour Wood, ; KRAUSE, R. A., ; KOWALEWSKI, M. ; WEHMILLER, J.F. ; SIMOES, M. G. ; GOODFRIEND, G.A., . A comparison of rates of time averaging between the bivalve Macoma cleryana and brachiopod Bouchardia rosea on a shallow subtropical shelf.. In: The Geological Society Of America Annual Meeting, 2003, Seatle. Geological Society of America Abstracts with Programs., 2003. v. 35. p. 273-273.

158.
RODLAND, David ; KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; CARROLL, M. ; GOODFRIEND, G.A., . Using dated shells to assess the temporal resolution of epibiont assemblages: are they ecological snapshots, or overexposures?. In: The Geological Society of America Annual Meeting, 2003, Seatle. Geological Society of America Abstracts with Programs., 2003. v. 35. p. 273-273.

159.
ITEN, H. Van ; LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. . Reinterpretation of a Vendian Conulariid-like Fossil of Russia. In: Paleo-2003, 2003, Ribeirão Preto. Paleontologia em Destaque. Ribeirão Preto: USP, 2003. p. 33-34.

160.
Marcos C. Bissaro Júnior ; SIMOES, M. G. ; RODRIGUES, Sabrina C . Experimental taphonomy: the settling of brachiopod shells and their biostratinomic implications.. In: Paleo-2003, 2003, Ribeirão Preto. Boletim de Resumos. Ribeirão Preto: USP, 2003. v. 44. p. 59-59.

161.
LEME, Juliana de Moraes ; HEREDIA, S. ; RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. ; ACENOLAZA, G. F. ; MILANA, J. P. . The oldest and smallest conulariid (Cnidaria) from South America.. In: Paleo-2003, 2003, Ribeirão Preto. Paleontologia em Destaque. Ribeirão Preto: USP, 2003. v. 44. p. 34-34.

162.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, Sabrina C ; Marcos C. Bissaro Júnior ; KOWALEWSKI, M. . Predatory drill holes in shells of Bouchardia rosea (Brachiopoda) and their paleontological importance.. In: Paleo-2003, 2003, Ribeirão Preto. Boletim de Resumos. Ribeirão Preto: USP, 2003. v. 44. p. 27-27.

163.
SALES, A. M. ; SIMOES, M. G. . Aspectos diagenéticos das coquinas de macroinvertebrados fósseis da Formação Santana (Membro Romualdo), Albiano, Bacia do Araripe, NE do Brasil. In: XX Simpósio de Geologia do Nordeste, 2003, Fortaleza. Anais. Fortaleza: Sociedade Brasileira de Geologia, Núcleo do Nordeste, 2003. p. 84-84.

164.
SALES, A. M. ; SIMOES, M. G. . Dentes de Neoproscinetes em coquinas da Formação Santana (Albiano), região de Jardim, CE, Bacia do Araripe, NE do Brasil: implicações paleoambientais e sedimentológicas. In: XX Simpósio de Geologia do Nordeste, 2003, Fortaleza. Anais. Fortaleza: Sociedade Brasileira de Geologia, Núcleo do Nordeste, 2003. p. 85-85.

165.
KAZUBEK, M. F. ; SIMOES, M. G. . Feições sedimentológicas, bioestratinômicas e estratigráficas das concentrações de bivalves do Membro Taquaral (Formação Irati, Grupo Passa Dois, Bacia do Paraná) e seus significados. In: Paleo-2003, 2003, Curitiba, PR. Paleontologia em Destaque, 2003. v. 44. p. 29-29.

166.
TORELLO, F. F. ; SIMOES, M. G. ; PASSOS, J. R. S. . The taphonomic tumbling barrel - a methodological review to understand preservational biases in the fossil record. In: First International Palaeontological Congress, 2002, Sydney. The Geologucal Society of Australia, Abstracts. Sydney: McPherson´s Printing Group, 2002. v. 68. p. 285-286.

167.
SIMOES, M. G.; SALES, A. M. ; GHILARDI, R. P. ; RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; HOLZ, M. . Assinaturas tafonômicas como marcadoras de limites de parasseqüências em offshore settings: um exemplo do Devoniano, Bacia do Paraná, Brasil.. In: 41 Congresso Brasileiro de Geologia, 2002, João Pessoa, PA. Anais, 2002. p. 680-681.

168.
SIMOES, M. G.; GHILARDI, R. P. ; SALES, A. M. ; HOLZ, M. . Sequence stratigraphic controls on the pattern of vertical distribution of taphonomic signatures: the Devonian of the Paraná Basin, Brazil. In: Gondwana 11: correlations and connections, 2002, Christchurch. Programme and Abstracts, 2002. p. 78-78.

169.
SIMOES, M. G.; GHILARDI, R. P. ; SALES, A. M. ; HOLZ, M. ; RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes . Taphonomic signatures marking parasequence boundaries in offshore settings: an example from Devonian, Parana Basin, Brazil.. In: Gondwana 11: correlations and conections, 2002, Christchurch. Programs and Abstracts, 2002. p. 77-77.

170.
RODLAND, David ; KOWALEWSKI, M. ; CARROLL, M. ; SIMOES, M. G. . Colonists of a. In: The Geological Society of America Annual Meeting, 2002, Denver, CO. Geological Society of America Abstracts with Program, 2002. v. 34. p. 34-34.

171.
SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. . Taphonomy of Recent articulate brachiopods from subtropical, siliciclastic-carbonate environments of southern Brazil.. In: The Geological Society of America Annual Meeting, 2002, Denver, CO. Geological Society of America Abstracts with Program., 2002. v. 34. p. 357-357.

172.
LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, Sabrina C ; ITEN, H. Van ; SIMOES, M. G. . Internal thecal structures of conulariids: examples from the Ponta Grossa Formation (?Lochkovian-Frasnian), Paraná Basin, Brasil.. In: Reunião Paleo-2002, 2002, São Paulo. Paleontologia em Destaque, 2002. v. 40. p. 30-31.

173.
Marcos C. Bissaro Júnior ; SIMOES, M. G. . Técnica de análise e processamento de imagens em 2D e 3D, no estudo de bivalves fósseis do Permiano, Grupo Passa Dois, Bacia do Paraná, Brasil. In: Reunião Paleo-2002, 2002, São Paulo. Paleontologia em Destaque, 2002. v. 40. p. 32-32.

174.
RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; SIMOES, M. G. ; ITEN, H. Van . A schott-bearing conulariid from the Ponta Grossa Formation (Devonian) and its taphonomic and paleoecological significance.. In: Reunião Paleo-2002, 2002, São Paulo. Paleontologia em Destaque, SBP., 2002. v. 40. p. 35-36.

175.
SALES, A. M. ; SIMOES, M. G. . Bringing color to the fossil record: color pattern on the Cretaceous gastropod Natica sp., Araripe Basin, Brazil.. In: Reunião Paleo-2002, 2002, São Paulo. Paleontologia em destaque, 2002. v. 40. p. 27-27.

176.
TORELLO, F. F. ; SIMOES, M. G. . Bivalve shell resistance to abrasion tested in a taphonomic tumbling barrel.. In: Reunião Paleo-2002., 2002, São Paulo. Paleontologia em Destaque, 2002. v. 40. p. 30-30.

177.
GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. . Novas ocorrências de trilobites na Formação Ponta Grossa (Devoniano), município de Tibagi, Estado do Paraná.. In: Reunião Paleo-2002, 2002, São Paulo. Paleontologia em Destaque, 2002. v. 40. p. 34-34.

178.
KAZUBEK, M. F. ; SIMOES, M. G. . The lost fauna unearthed: Permian bivalves of the Irati Formation (Passa Dois Group), Paraná Basin, Brazil.. In: Reunião Paleo-2002, SC., 2002, Florianóplois, SC.. Paleontologia em Destaque, SBP.. Porto Alegre, RS.: SBP., 2002. v. 40. p. 31-32.

179.
GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. . Taphonomy of the Devonian Trilobites (Paraná Basin, Brazil) in a sequence stratigraphy framework: some preliminary observations.. In: Third International Conference on Trilobites and Their Relatives., 2001, Oxford, UK.. Abstracts, 2001. p. 36-36.

180.
CARROLL, M. ; KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; GOODFRIEND, G.A., . Amino acid composition and diagenesis in the shells of terebratulid brachiopod Bouchardia rosea (SW Atlantic).. In: Geological Society of America Annual Meeting, 2001, Boston. Abstracts with Programs, 2001. v. 33. p. A10-A10.

181.
CARROLL, M. ; KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; GOODFRIEND, G.A., . Time-Averaging in articulate brachiopod accumulations: A quantitative estimate of temporal resolution from a Holocene tropical shelf (Southern Brazil). In: North American Paleontologial, 2001, Berkeley, CA. Paleobios, 2001. v. 21. p. 40-40.

182.
HOLZ, M. ; SIMOES, M. G. . Taphonomy and sequency stratigraphic as sister disciplines of the Earth Sciences. In: XVII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2001, Rio Branco. Boletim de Resumos, 2001. p. 37-37.

183.
GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. . Devonian trilobites (Ponta Grossa Formation, Paraná Basin, Brazil): paleoecology, taphonomy, and sequence stratigraphy. In: XVII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2001, Rio Branco. Boletim de Resumos, 2001. p. 120-120.

184.
GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. . The manner of exuviation in holaspid calminiids and honomalotids, Ponta Grossa Formation (?Lochkovian-Frasnian), Paraná Basin, Brazil. In: Paleo-2001, Reunião Anual da SBP, 2001, Rio Claro, SP. Boletim de Resumos, 2001. p. 17-17.

185.
LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. . First occurrence of Paraconularia africana (Sharpe) 1856 in sediments of the Ponta Grossa Formation (?Lochkovia-Frasnian), Jaguariaíva region, Paraná Basin, Brazil. In: Paleo-2001, Reunião Anual da SBP, 2001, Rio Claro, SP. Boletim de Resumos, 2001. p. 13-13.

186.
L.P. Marconato ; BERTINI, Reinaldo José ; SIMOES, M. G. . On the presence of Mesosaurus tenuidens (Gervais, 1864) and Stereosternum tumidum (Cope, 1885) in the Corumbataí Formation, From Santa Rosa do Viterbo, São Paulo State. In: XVII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2001, Rio Branco, AC. Boletim de Resumos, 2001. p. 140-140.

187.
MELLO, L. H. C. ; SIMOES, M. G. . Drill holes and ?etchingtraces in Tertiary shells of Bouchardia zitteli Ihering, 1897 (Brachiopoda, Bouchardiidae). In: XVII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2001, Rio Branco, AC. Boletim de Resumos, 2001. p. 98-98.

188.
RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; SIMOES, M. G. . Conularia cf. quichua Ulrich: a solitary or clustered marine invertebrate?. In: Paleo-2001, Reunião Anual da SBP, 2001, Rio Claro, SP. Boletim de Resumos, 2001. p. 12-12.

189.
SALES, A. M. ; SIMOES, M. G. ; GHILARDI, R. P. . Ocorrência de Mytilidae (Bivalvia, Mollusca) nos calcários superiores do Membro Romualdo (Formação Santana, Albiano, Bacia do Araripe): implicações paleoecológicas e paleogeográficas. In: 19 Simpósio de Geologia do Nordeste, 2001, Natal, RN. Boletim de Resumos, 2001. p. 18-18.

190.
SALES, A. M. ; SIMOES, M. G. ; GHILARDI, R. P. . Macroinvertebrate fossil localities of the Romualdo Member (Cretaceous, Albian) from Santana Formation, Araripe Basin, and their paleogeographic significance. In: Paleo-2001, Reunião Anual da SBP, 2001, Rio Claro, SP. Boletim de Resumos, 2001. p. 16-16.

191.
SIMOES, M. G.; GHILARDI, R. P. ; SALES, A. M. ; RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes . Taphonomy and sequency stratigraphic as integrated tools in paleoenvironmental analysis: some examples from the Paraná (Devonian) and Araripe (Cretaceous) Basins, Brazil. In: XVII Congresso Barsileiro de Paleontologia, 2001, Rio Branco, AC. Boletim de Resumos, 2001. p. 31-31.

192.
SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. ; CARROLL, M. ; RODLAND, David ; MELLO, L. H. C. . Brachiopod shell taphonomy in subtropical siliciclastic environments: preliminary field results. In: Paleo-2001, Reunião Anual da SBP, 2001, Rio Claro, SP. Boletim de Resumoes, 2001. p. 15-15.

193.
SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. ; MELLO, Luiz Henrique Cruz de ; RODLAND, David ; CARROLL, M. . Articulated brachiopods (Rhynchonelliformea) from the western South Atlantic ocean and their biogeographic implications. In: XVII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2001, Rio Branco, AC. Boletim de Resumos, 2001. p. 97-97.

194.
SIMOES, M. G.; MARQUES, F.p.l. ; Fransozo, A. ; MELLO, L. H. C. . Brachyuran (Xanthidae) crab predation on Bouchardia rosea (Brachiopoda, Terebratulida) and its paleobiological and taphonomic importance. In: Paleo-2001, Reunião Anual da SBP, 2001, Rio Claro, SP. Boletim de Resumos, 2001. p. 14-14.

195.
SIMOES, M. G.; ITEN, H. Van ; LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, Sabrina C . Conulatae, an extinct group of marine cnidarians: major problems of interpretation and strategies for future research. In: XVII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2001, Rio Branco, AC. Boletim de Resumos, 2001. p. 99-99.

196.
TORELLO, F. F. ; SIMOES, M. G. ; PASSOS, J. R. S. . Taphonomic tumbling barrel: design, construction and aplications. In: XVII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2001, Rio Branco, AC.. Boletim de Resumos, 2001. p. 32-32.

197.
GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. . Taphonomy of the Homalonotid Trilobites (Phacopida), Ponta Grossa Formation (Devonian), Paraná Basin, Brazil.. In: Paleo-1999, 2001, Mafra, SC/Rio Negro, PR. Revista Brasileira de Paleontologia. Rio de Janeiro: Interciência, 1999. v. 2. p. 92-92.

198.
KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; FLESSA, K. . High-resolution records preserved in time-averaged shell assemblages: Holocene macrofauna as a tool for reconstructing recent history of coastal geosystems.. In: American Geophysical Union Spring Meeting, 2000. Eos, Transactions, American Geophysical Union Spring Meeting, 2000. v. 81. p. 89-89.

199.
KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; FLESSA, K. . Time-averaged bioclastic accumulations from modern coasts: multidisciplinary insights into ecological, environmental and climatic trends over recent millennia.. In: Geological Society of America Regional Meeting, 2000. Geological Society of America Abstracts with Programs, 2000. v. 32. p. 31-31.

200.
SIMOES, M. G.; MARQUES, A. C. ; COLLINS, A. G. . In situ preservation of conulariids from the Ponta Grossa Formation (Devonian of Brazil), with comments on the phylogenetic placement of Conulatae within Cnidaria.. In: 2000 California Paleontology Conference, 2000, Los Angeles. Paleobios (Berkeley), 2000. v. 20. p. 9-9.

201.
CARROLL, M. ; KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; GOODFRIEND, G.A., . Quantitative estimates of time-averaging in articulate brachiopod accumulations from a Holocene tropical shelf (Southern Brazil).. In: Geological Society of America Annual Meeting, 2000, Reno. Abstracts with Programs, 2000. v. 32. p. A13-A14.

202.
KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; CARROLL, M. ; RODLAND, David . Distribution of articulate brachiopods across a modern low-latitude shelf from the western South Atlantic.. In: Geological Society of America Annual Meeting, 2000, Reno. Abstracts with Programs, 2000. v. 32. p. A96-A96.

203.
SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. ; MELLO, L. H. C. ; RODLAND, David ; CARROLL, M. . Present-day terebratulid brachiopods from the southern Brazilian shelf: Paleontological and biogeographic implications.. In: Geological Society of America Annual Meeting, 2000, Reno. Abstracts with Programs, 2000. v. 32. p. A14-A14.

204.
SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. ; MELLO, L. H. C. ; Fransozo, A. . Drill holes in shells of the living fossils Bouchardia rosea (Mawe. 1823) (Brachiopoda, Terebratulida) from the southern Brazilian shelf.. In: The Millenium Brachiopod Congress, 2000, London. SIMÕES, M.G., MELLO, L.H.C., KOWALEWSKI, M. and FRANSOZO, A., 2000. p. 81-81.

205.
GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. . Permian megadesmids (Bivalvia, Anomalodesmata) as Paleozoic candidates to be chemosymbiotic bivalves.. In: 31 International Geological Congress, Rio de Janeiro, RJ, Brazil., 2000, Rio de Janeiro. Proceedings, 2000.

206.
GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. . Taphonomy and paleoautoecology of the Devonian trilobites, Ponta Grossa Formation, Parana Basin, Brazil.. In: I International Meeting on Paleoarthropodology., 2000, Ribeirão Preto. Abstracts, 2000. p. 65-66.

207.
LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. . Systematic revison of the conulariids (Cnidaria) of the Ponta Grossa Formation (Lochkovian-Frasnian), from Parana Basin, Brazil: a preliminary report.. In: 8 Simposio Internacional de Iniciacao Cientifica da USP., 2000, São Carlos. Abstracts, 2000.

208.
RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; SIMOES, M. G. . Paleoecology of the conulariids (Cnidaria) of the Ponta Grossa Formation (Lochkovian-Frasnian), from Parana Basin, Brazil.. In: 8 Simposio Internacional de Iniciacao Cientifica da Universidade de Sao Paulo., 2000, São Carlos. Abtsracts, 2000.

209.
SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. . Recent brachiopods from the Brazilian continental shelf (South Atlantic): A preliminary report.. In: The Millenium Brachiopod Congress., 2000, London. Abstracts, 2000. p. 80-80.

210.
SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. ; TORELLO, F. F. ; GHILARDI, R. P. ; MELLO, L. H. C. . "Archaic" and "Modern" shell beds in a Permian epeiric sea: implications for the long-term trends in nature and genesis of bioclastic concentrations.. In: SIMOES, M.G., KOWALEWSKI, M., TORELLO, F.F., GHILARDI, R.P., & MELLO, L.H.C. (2000), 2000, Rio de Janeiro. Abstracts, 2000.

211.
SIMOES, M. G.; MELLO, L. H. C. ; RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; MARQUES, A. C. . Conularid taphonomy as a tool in paleoenvironmental analysis.. In: 31 International Geological Congress., 2000, Rio de Janeiro. Abstracts, 2000.

212.
TORELLO, F. F. ; SIMOES, M. G. ; MELLO, L. H. C. . Intra-specific morphometric trends in Late Paleozoic bivalve shells: a case study in Permian shell beds from Parana Basin, Brazil.. In: 31 International Geological Congress., 2000, , Rio de Janeiro, RJ. Abstracts, 2000.

213.
COLLINS, A. G. ; MARQUES, A. C. ; SIMOES, M. G. . The phylogenetic placement of Conulatae within Cnidaria.. In: Geological Society of America Annual Meeting, 2000, Reno. Abstracts with Programs., 2000. v. 32.

214.
LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, Sabrina C ; SIMOES, M. G. . Systematic of the Conulatae (Cnidaria) of the Ponta Grossa Formation (?Lochkovian-Frasnian), Parana Basin, Brazil.. In: Paleo-2000/SP, SBP., 2000, Botucatu.. Boletim de Resumos, 2000. p. p.9-p.9.

215.
MELLO, L. H. C. ; SIMOES, M. G. . Comments on the nature and scope of the genus Bouchardia (Brachiopoda, Terebratellidae).. In: Paleo-2000/SP, SBP., 2000, Botucatu. Boletim de Resumos, 2000. p. 13-13.

216.
PALEARI, L. ; SIMOES, M. G. . O Parque Temático "Parada Botucatu".. In: Paleo-2000/SP, SBP., 2000, Botucatu. Boletim de Resumos, 2000. p. 4-4.

217.
RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; SIMOES, M. G. . The role of taphonomy in the taxonomic study of the Devonian Conulatae: some examples from Ponta Grossa Formation (?Lochkovian-Frasnian), Parana Basin, Brazil.. In: Paleo-2000/SP, SBP., 2000, Botucatu.. Boletim de Resumos, 2000. p. 15-15.

218.
SALES, A. M. ; SIMOES, M. G. . Tafonomia como suporte a estudos estratigráficos: exemplo das concentrações fossilíferas de invertebrados da Formação Santana (Cretáceo), Bacia do Araripe, NE do Brasil.. In: Paleo-2000/SP, SBP, 2000, Botucatru, SP.. Boletim de Resumos, 2000. p. 17-17.

219.
SIMOES, M. G.; GHILARDI, R. P. ; RODRIGUES, Sabrina C ; LEME, Juliana de Moraes ; SALES, A. M. ; MELLO, L. H. C. . Taphonomy and genesis of the "Conularia Beds" from Ponta Grossa Formations (Devonian) within a sequence stratigraphy framework.. In: Paleo-2000/SP, SBP., 2000, Botucatu, SP.. Boletim de Resumos, 2000. p. 20-20.

220.
TORELLO, F. F. ; SIMOES, M. G. . Taphonomic tumbling: destroying shells to understand the nature of fossil record.. In: Paleo-2000/SP, SBP, 2000, Botucatu, SP.. Boletim de Resumos, 2000. p. 23-23.

221.
KOWALEWSKI, M. ; SIMOES, M. G. ; TORELLO, F. F. ; MELLO, L. H. C. ; GHILARDI, R. P. . Drilling predation in the Late Paleozoic: few holes in Permian brachiopods and bivalves.. In: The Geologycal Society of America Annual Meeting., 1999, Denver. The Geologycal Society of America Annual Meeting. Program and Abstracts., 1999. v. 31. p. 173-173.

222.
MELLO, L. H. C. ; SIMOES, M. G. ; MARQUES, A. C. ; GHILARDI, R. P. . Taphonomy, paleoecology and cladistics: a case study in Permian bivalves.. In: The Geologycal Society of America Annual Meeting., 1999, Denver. Geologycal Society of America Annual Meeting, Program and Abstracts., 1999. v. 31. p. 468-468.

223.
SIMOES, M. G.; MELLO, L. H. C. ; LEME, Juliana de Moraes ; RODRIGUES, Sabrina C ; MARQUES, A. C. . Devonian conulariid taphonomy and their paleoecological implications.. In: The Geologycal Society of America Annual Meeting. Program and Abstracts., p.A468., 1999, Denver. The Geologycal Society of America Annual Meeting. Program and Abstracts., 1999. v. 31. p. 468-468.

224.
SIMOES, M. G.; KOWALEWSKI, M. ; TORELLO, F. F. ; ANELLI, L. E. . Long-Term Time-Averaging Despite Abrupt Burial: Paleozoic Obrution Deposits From Epeiric Settings Of Paraná Basin, Brazil.. In: The Geologycal Society of America Annual Meeting., 1998. Program and Abstracts. Toronto, Canada. p. 384.

225.
SIMOES, M. G.; TORELLO, F. F. ; KOWALEWSKI, M. ; KLEIN, C. ; MELLO, L. H. C. ; GHILARDI, R. P. . Are The Obrution Deposits The Most Precise And Best Resolved Beds In Event Stratigraphy? Some Paleozoic Examples From The Paraná Basin, Brazil.. In: XL Congresso Brasileiro de Geologia, 1998, Belo Horizonte. Anais. Belo Horizonte, MG, 1998. p. 444-444.

226.
LIMA, A. P. ; SIMOES, M. G. . Comparative Taphonomy Of Calmoniid And Homalonotiid Trilobites From Ponta Grossa Formation (Devonian), Jaguariaíva Member, Paraná Basin, Brazil:Paleobiological And Paleoecological Implications.. In: XL Congresso Brasileiro de Geologia, 1998. Anais.. Belo Horizonte. p. 445.

227.
MELLO, L. H. C. ; GHILARDI, R. P. ; TORELLO, F. F. ; SIMOES, M. G. . Some Biostratinomic Aspects Of Carbonate Concretions From Serra Alta Formation (Late Permian), Paraná Basin, Brazil.. In: XL Congresso Brasileiro de Geologia, 1998. Anais.. Belo Horizonte. p. 452.

228.
MELLO, L. H. C. ; MARQUES, A. C. ; GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. . Taxonomic Position Of The Bizarre Permian Genera Anhembia And Leinzia And The Phylogenetic Consistency Of The Extinct Family Megadesmidae (Bivalvia, Anomalodesmata).. In: XL Congresso Brasileiro de Geologia., 1998. Anais.. Belo Horizonte. p. 53.

229.
HOLZ, M. ; ZWETSCH, G. ; SIMOES, M. G. ; CARLUCCI, R. . Tafonomia dos Invertebrados Na Formação Palermo (Kunguriano) da Bacia do Paraná No Rio Grande: Lingulídeos Desarticulados Em Fácies de Tempestitos.. In: XL Congresso Brasileiro de Geologia, 1998. Anais.. Belo Horizonte. p. 453.

230.
GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. ; MELLO, L. H. C. ; TORELLO, F. F. . The Oldest Occurrence Of Pelecypods Shells In Corumbataí Formation (Late Permian), Paraná Basin, Brazil.. In: Congresso Brasileiro de Paleontologia., 1997. Boletim de Resumos.. São Pedro, SP. p. 64.

231.
KLEIN, C. ; SIMOES, M. G. ; LEIPNTZ, I. I. ; RICHTER, M. . Interpretação dos Dados Tafonômicos Na Deposição de Peixes e Pelecípodes da Formação Terezina (Grupo Passa Dois), Na Região de Tiaraju, Rs, Brasil.. In: 15. Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1997. Boletim de Resumos.. São Pedro, SP. p. 169.

232.
KOTZIAN, C. B. ; SIMOES, M. G. . Edmondia (?) Brasiliensis (Clarke, 1913) Nov. Comb. (Bivalvia, Edmondiidae): A New Classification And Its Evolutionary And Paleoenvironmental Significance.. In: 15. Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1997. Boletim de Resumos.. São Pedro, SP. p. 64.

233.
MELLO, L. H. C. ; SIMOES, M. G. ; GHILARDI, R. P. . On The Validity Of The Genus Favalia Mendes, 1962 And Holdhausiella Mendes, 1952 (Mollusca, Pelecypoda, Megadesmidae).. In: 15. Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1997. Boletim de Resumos.. São Pedro, SP, 1997. p. 66.

234.
ROHN, R. ; SIMOES, M. G. . Pelecypods Of The Basal Serrinha Member (Rio do Rasto Formation, Passa Dois Group, Upper Permian) At The Reserva-Cândido de Abreu Region Of The Paraná State.. In: 15. Congresso Brasileiro de Paleontologia., 1997. Boletim de Resumos.. São Pedro, SP. p. 72.

235.
TORELLO, F. F. ; SIMOES, M. G. ; MELLO, L. H. . On Addittion To The Paleobiogeographic Knowledge Of The Passa Dois Group (Late Permian) Pelecypods, Paraná Basin, Brazil.. In: 15. Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1997. Boletim de Resumos.. São Pedro, SP. p. 75.

236.
LICATTI, F. ; DINIZ, R. E. S. ; SIMOES, M. G. . Produção de Material Didático Sobre Evolução Para O Ensino de Biologia No Segundo Grau.. In: 3. Mini Congresso dos Estudantes da Área de Biologia, Instituto de Biociências/UNESP, 1997. Boletim de Resumos. Botucatu, SP. p. 4.

237.
SIMOES, M. G.; ROHN, R. . A new Megadesmid genus (Pelecypoda, MOllusca) from the Upper Permian of the Paraná Basin. In: Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1997, São Pedro, SP. Boletim de Resumos. Rio Claro, SP: SBP, 1997. p. 67-67.

238.
ANELLI, L. E. ; SIMOES, M. G. ; ROCHA-CAMPOS, A. C. . Life Mode Of Some Brazilian Late Paleozoic Anomalodesmata.. In: The Fifth Canadian Paleontology Conference and International Symposium of the Bivalvia., 1995. Program and Abstracts.. Drumheller, Canadá. p. 2.

239.
SIMOES, M. G.; ANELLI, L. E. ; ROCHA-CAMPOS, A. C. . Paleobiogeography And Evolution Of Late Paleozoic Pelecypod Faunas (Paraná Basin) From Brazil.. In: The Fifth Canadian Paleontology Conference and International Symposium of the Bivalvia., 1995. Program and Abstracts.. Drumheller, Canada. p. 31.

240.
GHILARDI, R. P. ; TORELLO, F. F. ; MELLO, L. H. C. ; SIMOES, M. G. . O Significado Paleoecológico de Naiadopsis Lamellosus Mendes, Formação Corumbataí (Neopermiano), Bacia do Paraná, Brasil.. In: In: VII Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 1995. Resumos.. Guaratingeta, SP. p. 53.

241.
MELLO, L. H. C. ; GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. . É A Família Megadesmidae Vokes, 1967, (Mollusca-Pelecypoda) Holofilética?. In: VII Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 1995. Resumos. Guaratinguetá,SP. p. 128.

242.
ROHN, R. ; MARANHÃO, M. S. A. S. ; FAIRCHILD, T. R. ; SOUSA, S. H. M. ; SIMOES, M. G. ; HIRUMA, S. T. . Lito e Biofácies, Paleoambientes e Estratigrafia da Formação Teresina (Permiano Superior) Às Margens da Represa Xavantes.. In: 4. Simpósio de Geologia do Sudeste, 1995. Boletim de Resumos. Águas de São Pedro, SP. p. 62.

243.
ROHN, R. ; SIMOES, M. G. ; FÚLFARO, V. J. ; PERINOTO, J. A. J. . Broad Paleobiogeographic And Paleocologic Significance Of The Pinzonella Neotropica Assemblage (Upper Permian) In Paraguay For The Paraná Basin.. In: XVI Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1995. Atas. Uberaba, MG. p. 110.

244.
SIMOES, M. G.; BERNARDI, N. ; MELLO, L. H. C. ; GHILARDI, R. P. . Systematic Revision Of Casterella (Pelecypoda, Megadesmidae), Corumbataí Formation (Late Permian), Paraná Basin, Brazil.. In: 14. Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1995. Atas. Uberaba. p. 124.

245.
SIMOES, M. G.; LIMA-FILHO, F. P. ; CALDAS, E. B. . Feições Bioestratinômicas de Concentrações Fossilíferas da Formação Santana (Cretáceo), Bacia do Ararípe, Brasil.. In: 14. Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1995. Atas. Uberaba, MG. p. 125.

246.
SIMOES, M. G.; TORELLO, F. F. ; ROCHA-CAMPOS, A. C. . A Storm-Generated Coquina (Pinzonella Neotropica Assemblage), Paraná Basin, Brazil.. In: XVI Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1995. Atas. Uberaba, MG. p. 126.

247.
SIMOES, M. G.; ROCHA-CAMPOS, A. C. . Epifaunal-Infaunal Pelecypods Diversity Patterns Across The Upper Paleozoic Transgressive-Regressive Cycle, Paraná Basin, Brazil.. In: 9 International Symposium on Gondwana, 1994. Abstracts. India. p. 43.

248.
SIMOES, M. G.; ROCHA-CAMPOS, A. C. . Systematics And Paleoecology Of The Pelecypods Of The Palermo Formation (Permian), Paraná Basin, Brazil.. In: Reunião Anual da Academia Brasileira de Ciências, Seção de Ciências da Terra, 1993. Anais da Academia Brasileira de Ciências. São Paulo. v. 65. p. 324.

249.
ANELLI, L. E. ; SIMOES, M. G. ; LIMA-FILHO, F. P. . Análise Tafonômica da Assembléia de Bivalves do Calcário Mocambo, Formação Piauí (Neocarbonífero) da Bacia do Parnaíba.. In: XIII Congresso Brasileiro de Paleontologia., 1993. Resumos... São Leopoldo, RS.. p. 108.

250.
SIMOES, M. G.; ROCHA-CAMPOS, A. C. . Taphonomic History Of Late Paleozoic Shell Beds, Paraná Basin, Brazil.. In: XIII Congresso Brasileiro de Paleontologia., 1993. Resumos.. São Leopoldo, RS. p. 69.

251.
TORELLO, F. F. ; SIMOES, M. G. . O Significado Paleoambiental de Pelecípodes Fósseis Preservados Com As Valvas Articuladas Abertas (?Butterflied?).. In: V Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 1993. Resumos.. Guaratinguetá, SP. p. 80.

252.
TORELLO, F. F. ; SIMOES, M. G. . Características Tafonômicas da Assembléia de Pinzonella Illusa Reed, Formação Corumbataí (Neopermiano), Bacia do Paraná, Brasil.. In: 13. Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1993. Resumos.. São Leopoldo, RS.. p. 68.

253.
SIMOES, M. G.; COSTA, P. . Morfologia Funcional e Modo de Vida de Coxesia Mezzalirai Mendes (Mollusca, Pelecypoda), Formação Corumbataí (Neopermiano), Bacia do Paraná, Brasil.. In: In: IV Congresso de Iniciação Científica da UNESP., 1992. Resumos.. Araçatuba, SP. p. 161-162.

254.
SIMOES, M. G.; ROCHA-CAMPOS, A. C. . Paleoecologia dos Pelecípodes da Formação Rio do Sul (Eopermiano), Subgrupo Itararé, Bacia do Paraná, Brasil.. In: XII Congresso Brasileiro de Paleontologia., 1991. Resumos.. São Paulo, SP.. p. 12.

255.
SIMOES, M. G.; ROCHA-CAMPOS, A. C. . Musculatura de Astartila Sp.N. (Mollusca, Pelecypoda), Formação Palermo (Permiano), Bacia do Paraná: Implicações Sistemáticas e Paleoecológicas.. In: XII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1991. Resumos.. São Paulo SP.. p. 114.

256.
SIMOES, M. G.; ROCHA-CAMPOS, A. C. ; FITTIPALDI, F. C. . Paleoecologia de Terraia Aequilateralis Mendes (Mollusca, Pelecypoda), Formação Corumbataí (Neopermiano), Bacia do Paraná.. In: XII Congresso Brasileiro de Paleontologia., 1991. Boletim de Resumos.. São Paulo. p. 13.

257.
SIMOES, M. G.; ROCHA-CAMPOS, A. C. . Evolução de pelecípodes em mares epicontinentais: exemplo do Neopaleozóico da Bacia do Paraná, Brasil.. In: 2 Simpósio de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciências Biológicas/UNESP., 1991, Água de São Pedro, SP. Boletim de Resumos.. São Paulo, SP.: UNESP, 1991. p. 96-96.

258.
SIMOES, M. G.; ROCHA-CAMPOS, A. C. . Anatomia funcional e modo de vida de pelecípodes do Neopaleozóico da Bacia do Paraná, Brasil.. In: Anatomia funcional e modo de vida de pelecípodes do Neopaleozóico da Bacia do Paraná, Brasil., 1991, Águas de São Pedro, SP.. Boletim de Resumos.. São Paulo, SP.: UNESP., 1991. p. 97-97.

259.
SIMOES, M. G.; F.D., R. ; M., S. ; DA, S. R. . Paleoecologia: prática de ensino de campo e laboratório com exemplos de bivalves do Gondvana da Bacia do Paraná, Brasil.. In: 3 Congresso de Iniciação Científica da UNESP, Jaboticabal, UNESP., 1991, Jaboticabal.. Resumos.. São Paulo, SP.: UNESP., 1991. p. 124-124.

260.
SIMOES, M. G.; DA, S. R. ; M., S. ; F.D., R. . O enfoque paleoecológico-evolutivo no ensino de Paleontologia para o curso de Ciências Biológicas.. In: : 3 Congresso de Iniciação Científica da UNESP, Jaboticabal, UNESP., 1991, Jaboticabal, SP. Resumos.. São Paulo, SP.: UNESP, 1991. p. 125-125.

261.
FITTIPALDI, F. C. ; SIMOES, M. G. . Restos Vegetais da Formação Pindamonhangaba (Cenozóico, Bacia de Taubaté).. In: Reunião de Palinólogos e Paleobotânicos, 1990. Paleobotânica Latinoamericana. São Paulo, SP. v. 9. p. 18.

262.
ROCHA-CAMPOS, A. C. ; SIMOES, M. G. ; MATOS, S. L. F. . Uma Nova Assembléia de Bivalves Silicificados, Na Parte Superior da Formação Terezina (Neopermiano), Estado de São Paulo.. In: 36. Congresso Brasileiro de Geologia, 1990. Boletim de Resumos.. Natal, RN. p. 30.

263.
FITTIPALDI, F. C. ; SIMOES, M. G. . Marcas de possíveis galhas provocadas por insetos em folhas de angiospermas fósseis da Formação Itaquaquecetuba (Cenozóico, Bacia de São Paulo).. In: XVII Congresso Brasiliero de Zoologia., 1990, Londrina, PR.. Resumos.. Sâo Paulo, SP.: Soc. Bras. Zoologia., 1990. p. 54-54.

264.
SIMOES, M. G.; FITTIPALDI, F. C. . Técnicas de impregnação de bivalves fósseis e sub-fósseis em resina sintética com vistas ao estudo da estrutura da concha.. In: XVII Congresso Brasiliero de Zoologia., 1990, Londrina, PR.. Resumos.. São Paulo.: Soc. Bras. Zoologia., 1990. p. 460-460.

265.
FITTIPALDI, F. C. ; SIMOES, M. G. . Restos de vegetais da Formação Itaquaquecetuba (Cenozóico da Bacia de São Paulo).. In: 39 Congresso Nacional de Botânica., 1989, Belém, PA.. Resumos, 1989. p. 251-251.

266.
SIMOES, M. G.; ROCHA-CAMPOS, A. C. . Paleogeografia e evolução dos bivalves Neopaleozóicos da Bacia do Paraná, Brasil.. In: XI Congresso Brasileiro de Paleontologia., 1989, Curitiba, PR.. Resumo das Comunicações. Rio de Janeiro, RJ.: Soc. Bras. Paleontologia., 1989. p. 40-41.

267.
FITTIPALDI, F. C. ; L.A., F. ; SIMOES, M. G. ; A.M., C. . Primeira ocorrência de tetrápodes na Formação Santo Anastácio (Cretáceo da Bacia do Paraná).. In: XVI Congresso Brasileiro de Zoologia, 1989, João Pessoa, PB. Resumos., 1989. p. 89-89.

268.
SIMOES, M. G.; FITTIPALDI, F. C. . A contribuição dos bivalves permianos da Bacia do Paraná ao estudo da evolução paleogeográfica.. In: XV Congresso Brasiliero de Zoologia., 1988, Curitiba, PR.. Resumos. Curitiba, PR.: Soc. Bras. Zoologia, 1988. p. 50-50.

269.
SIMOES, M. G.; FITTIPALDI, F. C. . Técnicas de preparação de bivalves silicificados, com vistas ao estudo da morfologia interna.. In: XV Congresso Brasileiro de Zoologia., 1988, Curitiba, PR.. Resumos.. São Paulo, SP.: Soc. Bras. Zoologia., 1988. p. 49-49.

270.
SIMOES, M. G.; FITTIPALDI, F. C. ; CAMPANHA, V. A. ; CANUTO, J. R. . Icnofósseis do Neopaleozóico da Bacia do Paraná, como indicadores faciológicos.. In: Reunião Anual da SBPC., 1988, São Paulo. Resumos., 1988. p. 692-692.

271.
FITTIPALDI, F. C. ; SIMOES, M. G. ; GIULIETTI, A. M. ; PIRANI, J. R. . Vegetais Fósseis da Formação Itaquaquecetuba (Cenozóico da Bacia de São Paulo) e Seu Possível Significado Paleoclimático.. In: Reunião de Paleobotânicos e Palinólogos, 1987. Paleobotânica Latinoamericana, 8(1):11.. São Paulo, SP. v. 8. p. 11.

272.
SIMOES, M. G.; FITTIPALDI, F. C. . Bivalves do Grupo Passa Dois, Permiano da Bacia do Paraná: sinopse das pesquisas.. In: 6 Simpósio Regional de Geologia., 1987, Rio Claro, SP.. Boletim de Resumos.. São Paulo, SP.: UNESP, 1987. p. 16-16.

273.
SIMOES, M. G.; FITTIPALDI, F. C. . Utilização dos moluscos dos sambaquis de Piaçaguera e Mar Casado (Planície de Santos, SP) como indicadores paleoambientais.. In: XIV Congresso Brasiliero de Zoologia., 1987, Juiz de Fora, MG.. Resumos. São Paulo, SP.: Soc. Bras. Zoologia, 1987. p. 214-214.

Resumos publicados em anais de congressos (artigos)
1.
SOARES, Sabrina P.2004SOARES, Sabrina P. ; CAMPOS, L. ; SIMOES, M. G. . Formação continuada para professores do ensino fundamental e médio e a Paleontologia. Revista Ciência e Extensão, São Paulo, v. 1, n.Suplemento, p. 112-112, 2004.

2.
ANELLI, Luiz Eduardo1997ANELLI, Luiz Eduardo ; SIMOES, M. G. ; LUCIO, M. P. . Brazilian bivalves from the Emsian Australocoelia community preserved in situ.. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 69, n.2, p. 280-281, 1997.

3.
GHILARDI, R. P.1997GHILARDI, R. P. ; SIMOES, M. G. . Muscle scars of a few Permian bivalves (Serra Alta Formation), Parana Basin.. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 69, n.2, p. 279-279, 1997.

4.
MELLO, L. H. C.1997MELLO, L. H. C. ; SIMOES, M. G. . Preliminary cladistic analysis of the bivalve family Megadesmidae Vokes, 1967.. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 69, n.2, p. 273-274, 1997.

5.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.1997SIMOES, M. G.; ANELLI, L. E. ; ROCHA-CAMPOS, A. C. . Adaptive strategies of Permian anomalodesmatan pelecypods to physical disturbance.. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 69, n.2, p. 270-270, 1997.

6.
TORELLO, F. F.1997TORELLO, F. F. ; SIMOES, M. G. . Concentrações fossilíferas da Formação Corumbatai (Permiano), Bacia do Paraná, na região de Tambaú, SP.. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 69, n.2, p. 282-282, 1997.

7.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.1993SIMOES, M. G.. Pelecípodes da Formação Palermo (Neopermiano) de São Sepé, RS e Guiratinga, MT: implicações na evolução da fauna da Bacia do Paraná.. Boletim do Instituto de Geociências/USP, p. 116-120, 1993.

8.
SIMOES, M. G.;Simoes, M. G.;Simões, Marcello G.;SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES;SIMÕES, MARCELLO GUIMARAES;Marcello G. Simões;GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO;Marcello G. Simoes;Simoes, M.G.;Simoes MG;Simões, M.G.;et al.1993SIMOES, M. G.; ROCHA-CAMPOS, A. C. . Systematics and paleoecology of the pelecypods of the Palermo Formation (Permian), Parana Basin, Brazil.. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 65, n.3, p. 324-324, 1993.

9.
FITTIPALDI, F. C.1990FITTIPALDI, F. C. ; SIMOES, M. G. . Restos vegetais da Formação Pindamonhangaba (Cenozóico, Bacia de Taubaté).. Paleobotânica Latinoamericana, v. 9, n.1, p. 18-18, 1990.

10.
LIMA, M. R.1990LIMA, M. R. ; SIMOES, M. G. . Estudo palinológico da turfa de Maraú, Terciário do Estado da Bahia, Brasil.. Paleobotânica Latinoamericana, v. 9, n.1, p. 26-26, 1990.

11.
FITTIPALDI, F. C.1987FITTIPALDI, F. C. ; SIMOES, M. G. . Vegetais fósseis da Formação Itaquaquecetuba (Cenozóico da Bacia de São Paulo) e seu possível significado paleoclimático.. Paleobotânica Latinoamericana, v. 8, n.1, p. 11-11, 1987.

Artigos aceitos para publicação
1.
VAN ITEN, HEYO ; LEME, J. M. ; Simoes, M.G. ; Cournoyer, M. . Redescription of Sphenothallus sica (Salter) (Cnidaria, Medusozoa) from the Lower Devonian Ponta Grossa Formation, Paraná State, Brazil. ACTA PALAEONTOLOGICA POLONICA, 2019.

Apresentações de Trabalho
1.
Simoes, M.G.. Late Paleozoic Bivalve and Brachiopod Assemblages of the Intraplate Paraná Basin: paleoenvironmental and paleogeographic significance. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Simoes, M.G.. Fósseis Espetaculares do Período Cretáceo do Brasil: Importância Paleobiológica e Controvérsias. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
SIMOES, M. G.. Evolutionary paleoecology of the Bivalve Mollusks in Epeiric Sea Systems: Permian and Miocene Examples from South America. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Simoes, M. G.. Exploring the storm winnowing versus the episodic starvation models for the shell bed genesis in the Permian Corumbataí Formation, Paraná Basin. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
Simoes, M. G.. Biostratigraphical implications of the bivalve fauna from the Taciba Formation (Butiá Quarry), Itararé Group, Paraná Basin, Lower Permian. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
Huntley, J.W. ; KRAUSE, R. A., ; KOWALEWSKI, M. ; S, Romanek C ; Kaufman, Darrell S. ; SIMOES, M. G. . Relating Productivity Events to Holocene Bivalve Shell Growth Rates. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
SIMOES, M. G.. O guia completo dos dinossauros do Brasil. São Paulo, SP, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
SIMOES, M. G.. Extinção é para sempre.. São Paulo, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital 32 Desenvolvimento da Paleontologia Nacional (Projeto 2), CNPq-Relatório. 2012.

2.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Cooperação Científica Intern., Edital ProBAl (Projeto 1), CAPES. 2012.

3.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital 32 Desenvolvimento da Paleontologia Nacional (Projeto 3), CNPq-Relatório. 2012.

4.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Doutorado (Projeto 1), FAPESP. 2012.

5.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Doutorado (Projeto 1), Reconsideração, FAPESP. 2012.

6.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 1), CNPq. 2012.

7.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 2), CNPq. 2012.

8.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 3), CNPq. 2012.

9.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital 32 Desenvolvimento da Paleontologia Nacional (Projeto 4), CNPq-Relatório. 2012.

10.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital 32 Desenvolvimento da Paleontologia Nacional (Projeto 5), CNPq-Relatório. 2012.

11.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital 32 Desenvolvimento da Paleontologia Nacional (Projeto 1), CNPq-Relatório. 2012.

12.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Attraction of Young Talent - only for Investigators abroad - (CAPES/CNPq/FAPs), Projeto 1. 2012.

13.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Attraction of Young Talent - only for Investigators abroad - (CAPES/CNPq/FAPs), Projeto 2. 2012.

14.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa Pesquisador Visitante Especial - CAPES/CNPq/FAPs, Projeto 1. 2012.

15.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, AEX-CNPq, Projeto CLIM-AMAZON, Autorização Expedição Cientifica. 2012.

16.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsas no Exterior - Ciência sem Fronteiras - Doutorado no Exterior - GDE (CsF), Projeto 1. 2012.

17.
Simões, Marcello G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de IC (Projeto 1), FAPESP. 2011.

18.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 1), CNPq-Relatório. 2011.

19.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 1), FAPESP-Relatório. 2010.

20.
SIMOES, M. G.. Assessoria à Editora Abril (1), Revista Recreio, São Paulo, Brasil. 2008.

21.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Mestrado (Projeto 1), Relatório de Acompanhamento (1), FAPESP. 2008.

22.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Historical Biology, Australia. 2008.

23.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Renovação contratual, RDIDP, CERT, USP. 2008.

24.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Solicitação de Credenciamento Docente, Programa de Pós-graduação, Ciências Biológicas, UNESP. 2008.

25.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de IC (Projeto 2), FAPESP. 2008.

26.
SIMOES, M. G.. Assessoria à Editora Abril (1), Revista Recreio, São Paulo, Brasil. 2007.

27.
SIMOES, M. G.. Assessoria à Editora Abril (2), Revista Recreio, São Paulo, Brasil. 2007.

28.
SIMOES, M. G.. Assessoria à Editora Abril (1), Revista Recreio, São Paulo, Brasil. 2004.

29.
Simoes, M. G.. Assessoria à Agencia Nacional de Promoción Científica y Tecnológica, Argentina. 2001.

30.
Simoes, M. G.. Assessoria à National Geographic Society, na análise de projeto científico. 1999.

31.
Simoes, M. G.. Assessoria à CERT-USP (1), FFLC-Ribeirão Preto, na análise de recontratação docente. 1998.

32.
Simoes, M. G.. Assessoria à CERT-USP (1), FFLC-Ribeirão Preto, na análise de recontratação docente. 1997.

33.
Simoes, M. G.. Assessoria à CERT-USP (2), FFLC-Ribeirão Preto, na análise de recontratação docente. 1997.

34.
Simoes, M. G.. Assessoria à CERT-USP (1), IGc-USP, na análise de recontratação docente. 1997.

35.
Simoes, M. G.. Assessoria ao IPT-SP, na elaboração da "Carta de Erosão do Município de Botucatu", SP. 1995.

Trabalhos técnicos
1.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Iniciação Científica (Relatório Final IC), FAPESP. 2019.

2.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Cientifico, Anuário do Instituto de Geociências da UFRJ. 2018.

3.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Cientifico, Marine Biodiversity, Springer. 2018.

4.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico, Journal of Marine Systems (1), Elsevier. 2018.

5.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Cientifico, Palaeo3, Elsevier. 2018.

6.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Iniciação Científica (Projeto 1), FAPESP. 2018.

7.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Projeto Organização de Reunião Científica e Tecnológica, FAPESP. 2018.

8.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico, Pesquisas em Geociências, IG-UFRGS. 2018.

9.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico, Paläontologische Zeitschrift. 2018.

10.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico, Journal of Marine Systems (2), Elsevier. 2018.

11.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Iniciação Científica (Projeto 2), FAPESP. 2018.

12.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Proposta 1), CNPq. 2018.

13.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Proposta 2), CNPq. 2018.

14.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Doutorado (Projeto 1), Programa PECPG-CAPES. 2018.

15.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa Doutorado Pleno no Exterior (1), CAPES. 2017.

16.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Agencia Nacional de Promoción Científica y Tecnológica (ANPCy). 2017.

17.
Simões, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico, Journal of South American Earth Sciences, Elsevier. 2017.

18.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Projeto Pesquisador Visitante Exterior (1), FAPESP. 2017.

19.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado Junior (Projeto 1), CNPq. 2017.

20.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado Junior, FAPESP. 2017.

21.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Cientifico, Revista Geologia/USP. 2017.

22.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado Junior (Projeto 2), CNPq. 2017.

23.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado Junior (Projeto 3), CNPq. 2017.

24.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Projeto Pesquisador Visitante Exterior (2), FAPESP. 2017.

25.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Proposta 1), CNPq. 2017.

26.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, Programa de Cooperação Brasil/Portugal, CAPES. 2017.

27.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Doutorado, Cooperação Internacional/Peci, CNPq. 2017.

28.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Proposta 2), CNPq. 2017.

29.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Proposta 3), CNPq. 2017.

30.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Doutorado no Exterior (Projeto 1), CNPq. 2017.

31.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado no Exterior (Projeto 1), CNPq. 2017.

32.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Doutorado no Exterior (Projeto 2), CNPq. 2017.

33.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado Junior (Projeto 4), CNPq. 2017.

34.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Projeto Doutorado, Ingresso no Programa de PG, IGc, UFPR. 2017.

35.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Cientifico (1), Brazilian Journal of Geology. 2017.

36.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Cientifico (2), Brazilian Journal of Geology. 2017.

37.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado Junior (Projeto 1), CNPq. 2016.

38.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Cientifico Revista Brasileira de Paleontologia. 2016.

39.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Agencia Nacional de Promoción Científica y Tecnológica (ANPCyT), Argentina. 2016.

40.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 2), CNPq. 2016.

41.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 1), CNPq. 2016.

42.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Rel. Anual-CPA, Prof. Titular (1), UNESP. 2016.

43.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico, Paläontologische Zeitschrift, Springer Journals. 2016.

44.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Rel. Anual-CPA, Reavaliação, Prof. Titular (1), UNESP. 2016.

45.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Relatório Docente CPA 01, Depto. Zoologia, IBB, UNESP. 2016.

46.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Relatório Docente CPA 02, Depto. Zoologia, IBB, UNESP. 2016.

47.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Pró-Reitoria de Pesquisa UFRN (Projeto 1), UFRN. 2016.

48.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Relatório Científico (2) de Projeto de Pesquisa, CNPq. 2016.

49.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Relatório Científico (1) de Projeto de Pesquisa, CNPq. 2016.

50.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Relatório Científico (3) de Projeto de Pesquisa, CNPq. 2016.

51.
Simões, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa PQ (Projeto 1), CNPq. 2016.

52.
Simões, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa PQ (Projeto 2), CNPq. 2016.

53.
Simões, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa PQ (Projeto 3), CNPq. 2016.

54.
Simões, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa Pos-doc Senior (Projeto 1), CNPq. 2016.

55.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Projeto Pesquisador Visitante Exterior, FAPESP. 2016.

56.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Iniciação Científica (Projeto 1), FAPESP. 2016.

57.
Simões, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico, Acta Palaeontologica Polonica. 2016.

58.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado Junior (Projeto 1), CNPq. 2015.

59.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico, Journal of Maps, Francis and Taylor. 2015.

60.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico, Journal of South American Earth Sciences, Elsevier. 2015.

61.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Parecer de Acompanhamento Relatório Projeto IC, FAPESP. 2015.

62.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Solicitação de Renovação de Bolsa de Projeto de IC, FAPESP. 2015.

63.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado Junior (Projeto 2), CNPq. 2015.

64.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Parecer de Acompanhamento Relatório de Bolsista, CNPq. 2015.

65.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Relatório Docente CPA 01, Depto. Zoologia, IBB, UNESP. 2015.

66.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Comissão Organizadora do Congr. Bras. Paleo., Abstract 1. 2015.

67.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Comissão Organizadora do Congr. Bras. Paleo., Abstract 2. 2015.

68.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Comissão Organizadora do Congr. Bras. Paleo., Abstract 3. 2015.

69.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Comissão Organizadora do Congr. Bras. Paleo., Abstract 4. 2015.

70.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Relatório Acompanhamento Projeto de Pesquisa, FAPESP. 2015.

71.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Apoio à Participação em Eventos Científicos no Exterior. 2015.

72.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado Junior (Projeto 3), CNPq. 2015.

73.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado Junior (Projeto 4), CNPq. 2015.

74.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa PQ (Projeto 1), CNPq. 2015.

75.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa PQ (Projeto 2), CNPq. 2015.

76.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa PQ (Projeto 3), CNPq. 2015.

77.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Doutorado no Exterior (Projeto 1), CNPq. 2015.

78.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado Junior (Projeto 5), CNPq. 2015.

79.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Iniciação Científica (Projeto 1), FAPESP. 2014.

80.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pesquisador Visitante (Projeto 1), CNPq. 2014.

81.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Cientifico (1), Ichnos, Taylor and Francis, UK. 2014.

82.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Programa CAPES/NOTTINGHAM-BIRMINGHAM (projeto 1), Capes. 2014.

83.
Simões, Marcello G.. Parecer Ad Hoc, Relatório Docente CPA 01, Depto. Zoologia, IBB, UNESP. 2014.

84.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Programa Ciência Sem Fronteiras, Atração de Jovens Talentos, CNPq. 2014.

85.
Marcello G. Simoes. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 5), CNPq. 2014.

86.
Marcello G. Simoes. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 2), CNPq. 2014.

87.
Marcello G. Simoes. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 3), CNPq. 2014.

88.
Marcello G. Simoes. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 4), CNPq. 2014.

89.
Marcello G. Simoes. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 1), CNPq. 2014.

90.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa PQ (Projeto 1), CNPq. 2014.

91.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Relatório Científico Auxílio Pesquisa, FAPESP. 2014.

92.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado no Exterior (Projeto 1), CNPq. 2014.

93.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pesquisa Exterior (Projeto 1), FAPESP. 2014.

94.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Cientifico (2), Ichnos, Taylor and Francis, UK. 2014.

95.
Simoes, M.G.. Parecer Ad Hoc, Projeto Jovem Pesquisador (Projeto 1), FONCyT, Argentina. 2014.

96.
Simoes, M.G.. Fondo para la Investigación Científica y Tecnológica FONCyT
 -Projeto. 2014.

97.
Simões, M.G.. Fondo para la Investigación Científica y Tecnológica FONCyT
, Projeto 2. 2014.

98.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado no Exterior (Projeto 1), CNPq. 2013.

99.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 1), CNPq. 2013.

100.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 2), CNPq. 2013.

101.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 4), CNPq. 2013.

102.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 3), CNPq. 2013.

103.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 1), CNPq. 2013.

104.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa Pesquisador Visitante Especial (Projeto 1), CNPq. 2013.

105.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Prorrogação Relatório, Edital 32 (Projeto 1), CNPq. 2013.

106.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Projeto Prohrama PROBAL (Projeto 1), CAPES. 2013.

107.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado Junior (Projeto 1), CNPq. 2013.

108.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado Júnior (Projeto 2), CNPq. 2013.

109.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Relatório Docente CPA 01, Depto. Zoologia, IBB, UNESP. 2013.

110.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Relatório Docente CPA 02, Depto. Zoologia, IBB, UNESP. 2013.

111.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Jovem Pesquisador (Projeto 1), FONCYT, Argentina. 2013.

112.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital 32 Desenvolvimento da Paleontologia Nacional (Projeto 1), CNPq-Relatório-Prorrogação. 2012.

113.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 1), CNPq. 2012.

114.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado (Projeto 1), FAPESP. 2012.

115.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 2), CNPq. 2012.

116.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 3), CNPq. 2012.

117.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 4), CNPq. 2012.

118.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado Sênior (Projeto 1), CNPq. 2012.

119.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Cooperação Científica Intern., Edital ProBAl (Projeto 2), CAPES. 2012.

120.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Cooperação Científica Intern., Edital ProBAl (Projeto 1), CAPES. 2012.

121.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Cooperação Científica Intern., CAPES/FCT - CAPES. 2012.

122.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Relatório Anual, docente (1), CPA/UNESP. 2011.

123.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Relatório Anual, docente (2), CPA/UNESP. 2011.

124.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-Doutorado Junior, CNPq. 2011.

125.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa PQ, CNPq. 2011.

126.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Edital Universal (Projeto 1), CNPq. 2011.

127.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Cientifico, Facies, Germany. 2011.

128.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Doutorado (Projeto 1), FAPESP. 2011.

129.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Cientifico Palaeogeography, Palaeoclimatology, Palaeoecology. 2010.

130.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Doutorado, CNPq, Edital MCT/CNPq - 70/2009. 2010.

131.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, AVG-Part. Eventos Cient. no Exterior (Projeto 1), CNPq. 2010.

132.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, AVG-Part. Eventos Cient. no Exterior (Projeto 2), CNPq. 2010.

133.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxília à Pesquisa (Projeto 1), Relatório de Acompanhamento, FAPESP. 2010.

134.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq, Edital ProÁfrica MCT/CNPq. 2010.

135.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Geodiversitas, Paris. 2010.

136.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico Revista Geologia USP, Série Científica. 2010.

137.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Projeto Pesquisador Visitante, FAPESP. 2009.

138.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de IC (Projeto 1), Relatório de Acompanhamento, FAPESP. 2009.

139.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Mestrado (Projeto 1), FAPESP. 2009.

140.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Projeto Pesquisador Visitante, Relatório de Acompanhamento, FAPESP. 2009.

141.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 1), FAPESP-Relatório. 2009.

142.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Convênio IBB-UNESP/EESC-USP, UNESP. 2009.

143.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Proposta Participação Reunião Científica, FAPESP. 2009.

144.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, CAPES, Programa de Cooperação Internacional, Brasil/Portugal. 2009.

145.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, CAPES, Programa de Cooperação Internacional, Brasil/Argentina. 2009.

146.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Programa de Fixação de Doutores, FAPESB, Bahia. 2009.

147.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 2), FAPESP-Relatório. 2009.

148.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Projeto de Doutoramento, PG-Biologia, UERJ. 2009.

149.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Projeto de Doutoramento, PG-Bioecologia, UFSM. 2009.

150.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa, CA-CIências Ambientais, CNPq. 2009.

151.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Exame de Qualificação Dr., UERJ, Ciências Biológicas. 2009.

152.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Projeto: CAPES MECD-DGU Brasil/Espanha 2009. 2009.

153.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Cientifico Revista Brasileira de Geociências. 2009.

154.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq, Edital Proantar MCT/CNPq. 2009.

155.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-doutoramento no país PDQ, CNPq. 2009.

156.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 01), Progr. Espec. Cooperação Intern./PECI- Brasil/India. 2008.

157.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Pesquisas em Geociências, IG-UFRGS, Porto Alegre, RS. 2008.

158.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de IC (Projeto 1), Relatório Final, FAPESP. 2008.

159.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Doutorado (SWE), CNPq (Projeto 1). 2008.

160.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Revista Brasileira de Zoologia, Brasil. 2008.

161.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 01), Edital Jovens Pesquisadores, CNPq. 2008.

162.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 02), Edital Jovens Pesquisadores, CNPq. 2008.

163.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Viagem ao Exterior (Projeto 1), CAPES. 2008.

164.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Revista Geologia USP. 2008.

165.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Gaea, UNISINOS, São Leopoldo, RS. 2008.

166.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 1), FAPESP-Relatório. 2008.

167.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Mestrado (Projeto 1), Relatório de Acompanhamento (2), FAPESP. 2008.

168.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Programa de Cooperação Científica Internacional, Brasil/Portugual, CAPES. 2008.

169.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 01), CT. Mineral. 2008.

170.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 1), FAPESP-Linha Regular. 2007.

171.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 1), FAPESP/Biota. 2007.

172.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Revista Geologia USP. 2007.

173.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa Pós-doc Jr (Projeto 1), CNPq. 2007.

174.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa Pós-doc Jr. (Projeto 2), CNPq. 2007.

175.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 1), Edital Proantar, CNPq. 2007.

176.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Dissertação de Mestrado, Programa de PG em Geociências, UFRGS. 2007.

177.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 2), Edital Proantar, CNPq. 2007.

178.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de IC (Projeto 1), FAPESP. 2007.

179.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Journal of Vertebrate Paleontology, USA. 2007.

180.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 2), FAPESP-Linha Regular. 2007.

181.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio Professor Visitante (Projeto 1), CNPq. 2007.

182.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio Professor Visitante (Projeto 2), CNPq. 2007.

183.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Continental Shelf Research, Elsevier, Europe. 2007.

184.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 1), CNPq. 2007.

185.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 2), CNPq. 2007.

186.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 3), CNPq. 2007.

187.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 4), CNPq. 2007.

188.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Ameghiniana, Argentina. 2007.

189.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 3), FAPESP-Linha Regular. 2007.

190.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 1), Edital Universal, CNPq. 2007.

191.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 2), Edital Universal, CNPq. 2007.

192.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 3), Edital Universal, CNPq. 2007.

193.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 4), Edital Universal, CNPq. 2007.

194.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 5), Edital Universal, CNPq. 2007.

195.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, FUNDUNESP.. 2006.

196.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 1), Edital Universal, CNPq. 2006.

197.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 2), Edital Universal, CNPq. 2006.

198.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 3), Edital Universal, CNPq. 2006.

199.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 4), Edital Universal, CNPq. 2006.

200.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 5), Edital Universal, CNPq. 2006.

201.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 6), Edital Universal, CNPq. 2006.

202.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 7), Edital Universal, CNPq. 2006.

203.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 1), Edital ProSul, CNPq. 2006.

204.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 1), FAPESP-Linha Regular. 2006.

205.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de IC (Projeto 1), FAPESP. 2006.

206.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-doc (Projeto 1), FAPESP. 2006.

207.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Mestrado (Projeto 1), FAPESP. 2006.

208.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Mestrado (Projeto 2), FAPESP. 2006.

209.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Mestrado (Projeto 3), FAPESP. 2006.

210.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-doc Jr. (Projeto 1), CNPq. 2006.

211.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Renovação contratual e estágio de experimentação no RDIDP, CERT, USP. 2006.

212.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Dissertação de Mestrado, Programa de PG em Geociências, UFRGS. 2006.

213.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Ameghiniana, Argentina. 2006.

214.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Revista Brasileira de Paleontologia, Brasil. 2006.

215.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Revista Geologia USP, Brasil. 2006.

216.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Tese de Doutorado, Departamento de Postgrado, Universidad Nacional de La Plata, Facultad de Ciencias Naturales y Museo. 2006.

217.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Programa ProCiência, (Projeto 1), UERJ. 2006.

218.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Programa de Pós-graduação Depto. Biologia, (Projeto Mestrado 1), UFSM. 2006.

219.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 1), CNPq. 2006.

220.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 2), CNPq. 2006.

221.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 3), CNPq. 2006.

222.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (02), Ameghiniana, Argentina. 2006.

223.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de IC (Projeto 2), FAPESP. 2006.

224.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Programa de Pós-graduação em Geoquímica e Geotectônica, IG/USP. 2006.

225.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Mestrado (Projeto 4), FAPESP. 2006.

226.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Mestrado (Projeto 5), FAPESP. 2006.

227.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Mestrado (Projeto 6), FAPESP. 2006.

228.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Doutorado (Projeto 1), FAPESP. 2005.

229.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Revista Brasileira de Paleontologia. 2005.

230.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de IC (Projeto 1), FAPESP. 2005.

231.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, Projeto Temático (Projeto 1), FAPESP. 2005.

232.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 1), CNPq. 2005.

233.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 2), CNPq. 2005.

234.
SIMOES, M. G.. Parecer Processo CNPq. 2005.

235.
SIMOES, M. G.. Parecer Processo CNPq. 2005.

236.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Ameghiniana, Argentina. 2005.

237.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 1), Edital Proantar, CNPq. 2005.

238.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 3), CNPq. 2005.

239.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 4), CNPq. 2005.

240.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Doutorado Sanduíche (Projeto 1), CAPES. 2005.

241.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (02), Ameghiniana, Argentina. 2005.

242.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (02), Revista Brasileira de Paleontologia. 2005.

243.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (03), Revista Brasileira de Paleontologia. 2005.

244.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Renovação contratual e estágio de experimentação no RDIDP, CERT, USP. 2004.

245.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Dissertação de Mestrado (1), Programa de PG em Geociências, UFRGS. 2004.

246.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (02), Ameghiniana, Argentina. 2004.

247.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Ameghiniana, Argentina. 2004.

248.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Revista Brasileira de Paleontologia, Brasil. 2004.

249.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Dissertação de Mestrado (2), Programa de PG em Geociências, UFRGS. 2004.

250.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, Viagem ao Exterior, Projeto (1), FUNDUNESP. 2004.

251.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, Viagem ao Exterior, Projeto (2), FUNDUNESP. 2004.

252.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-doutoramento (Projeto 2), CNPq. 2004.

253.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-doutoramento (Projeto 1), CNPq. 2004.

254.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 1), CNPq. 2004.

255.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (1), CNPq, Edital Universal. 2004.

256.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 1), FAPESP-Linha Regular. 2004.

257.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 2), FAPESP-Linha Regular. 2004.

258.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de IC (Projeto 2), FAPESP. 2004.

259.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de IC (Projeto 3), FAPESP. 2004.

260.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de IC (Projeto 1), FAPESP. 2004.

261.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Doutorado (Projeto 1), FAPESP. 2004.

262.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Mestrado (Projeto 2), FAPESP. 2004.

263.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Pesquisas em Geociências. 2003.

264.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Revista Brasileira de Paleontologia. 2003.

265.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Ameghiniana, Argentina. 2003.

266.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Palaios, USA. 2003.

267.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 1), FAPESP-Linha Regular. 2003.

268.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc (artigo 1), Pesquisas em Geociências. 2003.

269.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Doutoramento (Projeto 1), FAPESP. 2003.

270.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Iniciação Científica (Projeto 1), FAPESP. 2003.

271.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Iniciação Científica (Projeto 2), FAPESP. 2003.

272.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 1), Edital Universal, CNPq. 2003.

273.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 2), Edital Universal, CNPq. 2003.

274.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 1), CNPq. 2003.

275.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 5), CNPq. 2003.

276.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 3), CNPq. 2003.

277.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 4), CNPq. 2003.

278.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Recém-Doutor (Projeto 1), CNPq. 2003.

279.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-doutoramento (Projeto 1), CNPq. 2003.

280.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Recém-Doutor (Projeto 2), CNPq. 2003.

281.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pós-doutoramento (Projeto 2), CNPq. 2003.

282.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Pesquisador Visitante (Projeto 1), CNPq. 2003.

283.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio Viagem Estágios e Eventos Científicos no Exterior-AVG (Projeto 2), CNPq. 2002.

284.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 1), CNPq. 2002.

285.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 2), CNPq. 2002.

286.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 01), CNPq. 2002.

287.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 02), CNPq. 2002.

288.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 03), CNPq. 2002.

289.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 04), CNPq. 2002.

290.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 05), CNPq. 2002.

291.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 06), CNPq. 2002.

292.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa, CNPq (Projeto 06), CNPq. 2002.

293.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 1), CNPq. 2002.

294.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 2), CNPq. 2002.

295.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio Viagem Estágios e Eventos Científicos no Exterior-AVG (Projeto 1), CNPq. 2002.

296.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Programa PROFIX (Projeto 1), CNPq. 2001.

297.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Programa PROFIX (Projeto 2), CNPq. 2001.

298.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 4), CNPq. 2001.

299.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 2), CNPq. 2001.

300.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 3), CNPq. 2001.

301.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 1), CNPq. 2001.

302.
SIMOES, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Ameghiniana, Argentina. 2000.

303.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (02), Ameghiniana, Argentina. 2000.

304.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Acta Geologica Leopoldensia. 2000.

305.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Pesquisas em Geociências. 2000.

306.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Arquivos do Museu Nacional. 2000.

307.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (02), Arquivos do Museu Nacional. 2000.

308.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 1), CNPq. 2000.

309.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 2), CNPq. 2000.

310.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 3), CNPq. 2000.

311.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 4), CNPq. 2000.

312.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 5), CNPq. 2000.

313.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Bolsa de Produtividade em Pesquisa (Projeto 6), CNPq. 2000.

314.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Revista Geociências/UnG. 1999.

315.
Simoes, M. G.. Assessoria à CERT-USP (1), FFLC-Ribeirão Preto, na análise de recontratação docente. 1999.

316.
Simoes, M. G.. Assessoria à CPA-UNESP (1), UNESP-Reitoria. 1999.

317.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Revista Geociências/UnG. 1998.

318.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (02), Revista Geociências/UnG. 1998.

319.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Revista do Instituto Geológico. 1997.

320.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (02), Revista do Instituto Geológico. 1997.

321.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Revista Ciência e Natura. 1996.

322.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 1), FAPESP-Linha Regular. 1996.

323.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 2), FAPESP-Linha Regular. 1996.

324.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 3), FAPESP-Linha Regular. 1996.

325.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Auxílio à Pesquisa (Projeto 1), FAPESP-Linha Regular. 1995.

326.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Comissão Editorial do 11 Cong. Bras. Paleont.. 1993.

327.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Revista Brasileira de Geociências, SBG. 1990.

328.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (02), Revista Brasileira de Geociências, SBG. 1990.

329.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (03), Revista Brasileira de Geociências, SBG. 1990.

330.
Simoes, M. G.. Parecer Ad Hoc, Artigo Científico (01), Revista do Instituto Geológico. 1990.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Simoes, M.G.. Bactérias que preservam fósseis. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
Simões, M.G.; D'Ambrosio, O. . Estudo enfoca dulcificação de ambientes aquáticos costeiros. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

3.
Warren, L. V. ; Boggiani, P. C. ; Thomas Rich Fairchild ; SIMOES, M. G. . A vida protegida por armaduras: Norte do Paraguai pode abrigar a maior diversidade de fósseis dos primeiros animais com esqueleto. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

4.
SIMOES, M. G.. Entrevista para o Programa La Salle Legal.. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
SIMOES, M. G.. Entrevista para o Jornal Hoje. 1998. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
SIMOES, M. G.. Entrevista para o Reporter ECO.. 1998. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
SIMOES, M. G.. Entrevista para o Jornal SP-TV. 1998. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

8.
SIMOES, M. G.. Programa Tour Ecológico. 1997. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

9.
SIMOES, M. G.; NOGUEIRA, M. G. . Programa Clube Gente. 1991. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
Simoes, M.G.. Paleobiologia da Conservação. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
Simoes, M.G.. Introdução à Paleoecologia: conceitos e métodos. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
Simões, M.G.; SILVA, S. M. DA ; Guerrini, V.B. . A new Permian bivalve-dominated assemblage in the Rio do Rasto Formation, Paran a Basin, Brazil: Faunal turnover driven by regional- scale environmental changes in a vast epeiric sea. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Vídeo de Divulgação Científica/Audio Slide Presentation).

4.
Simoes, M.G.; RODRIGUES, S. C. . O tanque de fossilização. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Produção de Didático Digital).

5.
Simoes, M.G.; NEVES, J. P. ; MATOS, S. A. . Jogo o Ciclo das Rochas. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Produção de Didático Digital).

6.
Simoes, M.G.; MATOS, S. A. ; Neves, J.P. . Descobrindo os Limites de Placas. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Produção de Didático Digital).

7.
Simoes, M.G.; MATOS, S. A. ; Neves, J.P. . Placas Litosféricas: reconhecendo feições e processes. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Produção de Didático Digital).

8.
Simoes, M.G.; NEVES, J. P. ; MATOS, S. A. . Viajante Geotecônico: tectônica global via Google Earth. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Produção de Didático Digital).

9.
Simoes, M.G.; MATOS, S. A. ; Neves, J.P. . A Tectônica de Placas como Base para a construção do conhecimento.... 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Produção de Didático Digital).

10.
Neves, J.P. ; Simões, M.G. . Early Permian post-glacial bivalve faunas of the Itararé Group, Paraná Basin, Brazil: Paleoecology and biocorrelations with South American intraplate basins. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Audio Slide Presentation-Elsevier Videos).

11.
Hiruma, S. ; Fairchild, T. R. ; Simoes, M. G. . Revista do Instituto Geológico, volume 33, referente ao 46 CBG. 2014. (Editoração/Periódico).

12.
Simoes, M. G.; RODRIGUES, S. C. . Taphonomy: a process approach. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

13.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, S. C. . Tafonomia Avançada. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

14.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, S. C. . Introdução à Tafonomia e Paleoecologia. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

15.
SIMOES, M. G.. Tópicos de Tafonomia e Paleoecologia. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

16.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, S. C. . Introdução à Tafonomia. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

17.
SIMOES, M. G.. Tafonomía de Invertebrados: aplicaciones y limitaciones de los datos tafonómicos al estudio de depósitos bioclásticos en el registro fósil.. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

18.
SIMOES, M. G.. Tafonomia Avançada. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

19.
SIMOES, M. G.; HOLZ, M. ; RICARDI BRANCO, F. . "Tafonomia Atualística e Paleobiologia da Conservação". 2005. (Membro Convidado de Mesa Redonda).

20.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, Sabrina C ; TORELLO, F. F. . Tafonomia de invertebrados como ferramenta às análises paleoambientais.. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

21.
SIMOES, M. G.. Reconstituição de cenários paleoecológicos. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

22.
SIMOES, M. G.; HOLZ, M. . Introdução à Tafonomia. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

23.
SIMOES, M. G.. Boletim de Resumos e Programa da Paleo-2000. 2000. (Editoração/Anais).

24.
SIMOES, M. G.; HOLZ, M. . Introdução à Tafonomia. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

25.
SIMOES, M. G.. ?Coleções Paleontológicas do Estado de São Paulo". 1998. (Membro Convidado de Mesa Redonda).

26.
SIMOES, M. G.; HOLZ, M. . Introdução à Tafonomia. 1997. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

27.
SIMOES, M. G.. Tafonomia: conceitos e métodos. 1997. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

28.
SIMOES, L. B. ; SIMOES, M. G. . Avaliação ambiental: emprego do Idrisi na análise de uma bacia hidrográfica. 1997. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

29.
Simoes, M. G.; MARQUES, A. C. ; BERTINI, Reinaldo José ; VASCONCELOS, A. . ?Sistemática Filogenética". 1997. (Membro Convidado de Mesa Redonda).

30.
SIMOES, M. G.. Paleoecologia de pelecípodes marinhos e sedimentação de coquinas. 1994. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

31.
BERNARDI, N. ; SIMOES, M. G. . Conceitos Básicos de Filogenética.. 1994. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

32.
Simoes, M. G.; ROCHA-CAMPOS, A. C. ; PAPÁVERO, N. ; Melo, F.A.G. ; VANDERLEY, M. G. L. . ?A importância de um Museu de História Natural na UNESP?. 1993. (Membro Convidado de Mesa Redonda).

33.
SIMOES, L. B. ; SIMOES, M. G. . Curso Básico de Fotografia P&B.. 1992. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

34.
Fransozo, A. ; SIMOES, M. G. ; Cesário, M.D. ; RODELLA, R. C. S. M. ; UIEDA, V. S. . O Ecossistema Marinho. 1991. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

35.
Fransozo, A. ; SIMOES, M. G. ; Cesário, M.D. . Aspectos adaptativos dos organismos litorâneos. 1991. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

36.
SIMOES, L. B. ; SIMOES, M. G. . Maquete da Cuesta de Botucatu, SP, escala 1:10.000. 1991. (Maquete).

37.
SIMOES, M. G.. Membro da Comissão Editorial do XII Congresso Brasileiro de Paleontologia. 1991. (Membro de Comissão Editorial).

38.
SIMOES, M. G.. Paleoecologia: conceitos e métodos. 1990. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Demais trabalhos
1.
Simoes, M.G.. Palestra no país: Fósseis Espetaculares do Período Cretáceo do Brasil: Importância Paleobiológica e Controvérsias, durante o VI Congresso de Biociências. 2017 (Demais trabalhos relevantes) .

2.
Simoes, M.G.. Palestra no país: Traçando um caminho acadêmico: expectativas e desafios a serem encarados por aqueles que escolhem uma carreira acadêmica. 2017 (Demais trabalhos relevantes) .

3.
Simoes, M.G.. Palestra no país: O Desafio de Fazer Ciência no Brasil: por que continuamos caindo nos rankings?. 2015 (Demais trabalhos relevantes) .

4.
Simões, Marcello G.. Palestra no país: Paleobiologia da Conservação - empregando o Passado para manejar o Futuro. 2014 (Demais trabalhos relevantes) .

5.
Simoes, M. G.. Palestra no país: "Publicações e sua importância na carreira acadêmica do Geocientista". 2013 (Demais trabalhos relevantes) .

6.
Simoes, M. G.. Palestra no país: "Como a Ciência Funciona no Brasil: por que continuamos caindo nos rankings?". 2013 (Demais trabalhos relevantes) .

7.
Simoes, M. G.. Palestra no país: "Internacionalização da Produção Científica em Geociências: publicação de artigos em periódicos de alto impacto no exterior, desafios e tendências".. 2012 (Demais trabalhos relevantes) .

8.
Simoes, M. G.. Palestra no exterior: Actualistic taphonomy: putting the Holocene shells to work, durante o VII Congresso Latino-Americano de Paleontologia.. 2010 (Demais trabalhos relevantes) .

9.
Simoes, M. G.. Palestra no País: "20 anos como Paleontólogo: a cara da Paleontologia de Invertebrados tem mudado no Brasil?". 2009 (Demais trabalhos relevantes) .

10.
SIMOES, M. G.. Palestra no País: "A extinção do Permiano a vida marinha por fio". 2009 (Demais trabalhos relevantes) .

11.
Simoes, M. G.. Palestra no País: "O cenário atual da Paleontologia no Estado de São Paulo". 2008 (Demais trabalhos relevantes) .

12.
Simoes, M. G.; RODRIGUES, Sabrina C . Palestra no País: "Paleobiologia da Conservação". 2007 (Demais trabalhos relevantes) .

13.
Simoes, M. G.. Palestra no Exterior: "Taphonomy quo vadis". 2006 (Demais trabalhos relevantes) .

14.
SIMOES, M. G.. Palestra no País: ?Tafonomia Atualística e Paleobiologia da Conservação?, durante o XIX Congresso Brasileiro de Paleontologia, Aracaju, SE.. 2005 (Demais trabalhos relevantes) .

15.
SIMOES, M. G.. Palestra no País: ?Extinção no Permiano: a vida marinha por um fio?, durante o XIX Congresso Brasileiro de Paleontologia, Aracaju, SE.. 2005 (Demais trabalhos relevantes) .

16.
Simoes, M. G.. Palestra no País: ?O enterro do dinossauro com sotaque caipira?. 2002 (Demais trabalhos relevantes) .

17.
Simoes, M. G.. Palestra no Páis: " Reconstituição de Cenários Paleoecológicos". 2001 (Demais trabalhos relevantes) .

18.
Simoes, M. G.. Palestra no País: "Fósseis-vivos (Brachiopoda) da Plataforma Brasileira: implicações paleoecológicas e paleobiogeográficas". 2001 (Demais trabalhos relevantes) .

19.
Simoes, M. G.. Palestra no País: "O uso de isótopos estáveis nas reconstruções paleoambientais: o exemplo do Delta Colorado, Baja California". 2001 (Demais trabalhos relevantes) .

20.
Simoes, M. G.. Palestra no Exterior: "Paleoecology and evolution of the bivalve mollusks in epeiric seas: Permian examples from Paraná Basin, Brazil'. 1999 (Demais trabalhos relevantes) .

21.
Simoes, M. G.. Palestra no Exterior: "Does the Preservational Potential Play a Role in Cladistic Analysis?". 1999 (Demais trabalhos relevantes) .

22.
Simoes, M. G.. Palestra no Exterior: "Taphonomy and (Paleo)ecology of the Living-fossil Bouchardia rosea (Mawe), in the Atlantic Coast of Brazil". 1999 (Demais trabalhos relevantes) .

23.
Simoes, M. G.. Palestra no País: "A região de Botucatu através do tempo: uma transformação de seus ecossistemas nos últimos 230 milhões de anos". 1999 (Demais trabalhos relevantes) .

24.
Simoes, M. G.. Palestra no País: "Novas ocorrências fossilíferas no Paleozóico superior do Estado de São Paulo e suas implicações paleoecológicas". 1998 (Demais trabalhos relevantes) .

25.
Simoes, M. G.. Palestra no País: "Tectônica de placas e evolução". 1997 (Demais trabalhos relevantes) .

26.
Simoes, M. G.. Palestra no País: "Tafonomia de invertebrados:aquisição de dados e metodologia básica de descrição e interpretação". 1997 (Demais trabalhos relevantes) .

27.
Simoes, M. G.. Palestra no País: "Aspectos evolutivos e paleobiológicos dos Mollusca-Bivalvia". 1997 (Demais trabalhos relevantes) .

28.
Simoes, M. G.. Palestra no País: "Facies tafonômicas da Formação Corumbataí (Permiano superior-Bacia do Paraná) no Estado de São Paulo". 1996 (Demais trabalhos relevantes) .

29.
Simoes, M. G.. Palestra no País: "Pelecípodes do Grupo Passa Dois (Permiano superior/Bacia do Paraná): estágio atual do conhecimento e perspectivas futuras. 1995 (Demais trabalhos relevantes) .

30.
Simoes, M. G.. Palestra no País: "Morfologia funcional e modo de vida de bivalves marinhos fósseis: exemplos do Permiano do Brasil". 1995 (Demais trabalhos relevantes) .

31.
Simoes, M. G.. Palestra no País: "Tectônica Global e Biologia". 1995 (Demais trabalhos relevantes) .

32.
Simoes, M. G.. Palestra no País: "Evolução de pelecípodes em mares epicontinentais: exemplos do Neopermiano da Bacia do Paraná, Brasil". 1992 (Demais trabalhos relevantes) .

33.
Simoes, M. G.. Palestra no País: "Ecopaleontologia?. 1991 (Demais trabalhos relevantes) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.