João Paulo Cândia Veiga

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1059788774957753
  • Última atualização do currículo em 31/08/2018


Possui formação em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas - SP (1980-83, curso não concluído), e graduação em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP). Foi pesquisador do Centro de Estudos de Cultura Contemporânea (CEDEC) entre 1990 e 2000, pesquisador e coordenador técnico do Instituto Observatório Social (IOS) entre 2000 e 2007. Obteve o mestrado (1994), e o doutorado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (1999). Atualmente é pesquisador do Centro de Estudos das Negociações Internacionais (Caeni), e professor em regime de dedicação exclusiva junto à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), no Departamento de Ciência Política (DCP), e no Instituto de Relações Internacionais (IRI). Tem experiência de pesquisa em padrões sociais, trabalhistas e ambientais, monitoramento de empresas multinacionais, e nas áreas de Relações Internacionais, Economia Política Internacional e de Instituições. Atualmente realiza pesquisa sobre a cadeia global de valor de smartphones com o apoio da Organização Internacional do Trabalho (OIT) em Genebra. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
João Paulo Cândia Veiga
Nome em citações bibliográficas
VEIGA, J. P. C.;VEIGA, JOÃO PAULO CÂNDIA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas.
Av. Prof. Luciano Gualberto, 315, 2 andar
Butantã
05508-900 - Sao Paulo, SP - Brasil
Telefone: (011) 30913754
Fax: (011) 30913754
URL da Homepage: www.fflch.usp.br/dcp


Formação acadêmica/titulação


1994 - 1999
Doutorado em Ciência Política.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A Política Doméstica e a Negociação Internacional: O Caso da Indústria Automobilística no Mercosul, Ano de obtenção: 1999.
Orientador: Maria D'Alva Gil Kinzo.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Mercosul; Indústria Automobilística; Política Externa; Organização Mundial do Comércio; indústria de autopeças; Relações Internacionais.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Internacional.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Industrial.
Setores de atividade: Logística de Transporte, Armazenagem e Comunicações; Educação; Desenvolvimento Urbano.
1991 - 1994
Mestrado em Ciência Política.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Os Limites à Formulação da Política Para a Dívida Externa Brasileira - O Período da Gestão da Ministra Zélia Cardoso de Mello,Ano de Obtenção: 1994.
Orientador: Maria D'Alva Gil Kinzo.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: dívida externa; política internacional; regime internacional; bancos credores; clube de Paris; provisão reservas.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas / Especialidade: Análise do Processo Decisório.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo / Especialidade: Relações Intergovernamentais.
Setores de atividade: Outros Setores.
1997 - 1997
Especialização em Professor Visitante.
Washburn University Of Topeka, W.U.T., Estados Unidos.
Título: Mercosur and Civil Society.
Orientador: Russell Smith.
1983 - 1987
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
1980 - 1983
Graduação em Administração de Empresas.
Fundação Getulio Vargas - SP, FGV-SP, Brasil.




Formação Complementar


2006 - 2006
Monitoring Labour Standards.
International Labour Office, ILO, Suiça.


Atuação Profissional



Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Global Labour University, GLU, Alemanha.
Vínculo institucional

2008 - 2012
Vínculo: Professor convidado, Enquadramento Funcional: professor convidado, Carga horária: 1
Outras informações
Professor convidado da rede global de universidades que desenvolvem pesquisas, seminários e conferências sobre o tema "Trabalho". No Brasil, a rede é representada pela Unicamp e o professor foi convidado a dar um módulo para os estudantes de mestrado sobre Instituições e Regimes Internacionais do Trabalho


Instituto de Relações Internacionais, IRI, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor do Instituto de Relações Internacionais


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Associado, Carga horária: 40

Atividades

02/2005 - Atual
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Turismo, Dimensão Pública e Privada
Realidade Social Econômica e Política Brasileira II
Relações Internacionais e Turismo
Estado, Políticas Públicas e Turismo
Teoria de Relações Internacionais II (Política VIII)

Faculdade Trevisan, TREVISAN, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 0
Outras informações
Orientacão de monografia

Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Professor em licença, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 0
Outras informações
Em licença desde o início de 2005

Atividades

03/2003 - 01/2005
Ensino, Relacões Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introducão às Relacões Internacionais
Metodologia de Pesquisa
Teoria de Relacões Internacionais II
03/2003 - 01/2005
Outras atividades técnico-científicas .

Atividade realizada
Orientacão de monografia.

Universidade Anhembi Morumbi, ANHEMBI MORUMBI, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 0
Outras informações
O Professor está de licença da Universidade Anhembi Morumbi desde agosto de 2005

Atividades

08/2003 - 08/2005
Ensino, Relacões Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Avaliacão e estudo de caso - Simulacão em Negociacões Internacionais
Negociacões Internacionais

Fundação Armando Álvares Penteado, FAAP, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2005
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 10
Outras informações
O professor foi desligado da FAAP no final de 2004

Atividades

08/2002 - 01/2005
Ensino, Relacões Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Política Externa e Estratégia
Política Internacional II
Técnicas de Negociacão Internacional
08/2002 - 01/2005
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Economia, Faculdade de Economia.

Atividade realizada
orientação alunos para trabalho de conclusão de curso.

Instituto Observatorio Social, IOS, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2007
Vínculo: Coordenador de Pesquisa, Enquadramento Funcional: Técnico IV, Carga horária: 10

Atividades

04/2000 - Atual
Direção e administração, Sede São Paulo, .

Cargo ou função
Gestão.
04/2000 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Sede São Paulo, .

04/2000 - Atual
Estágios , Sede São Paulo, .

Estágio realizado
Avaliacão de estagiários.

Universidade Faculdades Metropolitanas Unidas, UNIFMU, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2003
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 12
Outras informações
Porfessor de Métodos e Técnicas Científicas e orientador de monografias de final de curso (graduação).

Atividades

03/2000 - 06/2003
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciência Política
Economia para Direito
Métodos e Técnicas de Pesquisa
03/2000 - 06/2003
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Direito, Faculdade de Direito.

Atividade realizada
orientação de monografias.

Universidade Paulista, UNIP, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 2004
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 0
Outras informações
O Professor foi desligado da UNIP em junho de 2004

Atividades

03/1993 - 06/2004
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciência Política
Economia

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, FFLC/USP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Professor doutor assistente, Enquadramento Funcional: Regime de dedicação exclusiva, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Assistent Professor II

Atividades

08/2010 - Atual
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria de Relações Internacionais I: Teorias Clássicas
Essa disciplina tinha como objetivo principal apresentar os fundamentos e conceitos das teorias clássicas de Relações Internacionais, distribuídos em diferentes temas e questões como 1.
a própria emergência da disciplina de Relações Internacionais a partir de uma introdução histórica às teorias clássicas; 2. os clássicos do pensamento político moderno e os fundamentos do liberalismo internacionalista;
3 a perspectiva do idealismo entre-guerras e a questão do consenso e da harmonia de interesses; 4. os fundamentos do realismo, da perspectiva clássica com Maquiavel e Hobbes até os autores modernos
como Morguenthau e Waltz; 5. o conceito fundamental de ?sociedade internacional? de Bull; 6. as abordagens funcionalistas e neofuncionalistas em Relações Internacionais; as abordagens marxistas vinculadas ao debate do desenvolvimento e da dependência
7. o conceito de Hegemonia e, por fim, 8. o fechamento do curso com o desenvolvimento de uma matriz com o cruzamento entre as abordagens teórias clássicas e os recursos metodológicos disponíveis.
08/2010 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Vice-presidente da Comissão de Pesquisa.
01/2010 - Atual
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Regimes e Organizações Internacionais -
A disciplina obrigatória tinha como objetivo apresentar o ?estado da arte? do debate teórico sobre Regimes e Organizações Internacionais
no campo das Relações Internacionais. A discussão proposta aconteceu em dois níveis de considerações, no plano teórico e conceitual,
e no plano organizacional, funcional e político, onde se analisa o papel das organizações internacionais nas relações internacionais contemporâneas. O conceito de Regime internacional no debate das teorias neo-clássicas
de Relações Internacionais é uma das grandes contribuições da área de Relações Internacionais para a discussão da cooperação. Dessa forma, foram abordados os Regimes internacionais
(princípios e conceitos), sua origem, evolução e aspectos operacionais, e processos decisórios. A diferenciação conceitual entre regimes, instituições e organizações internacionais também foi objeto de consideração.
08/2009 - Atual
Ensino, Engenharia Ambiental, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Urbanização, Desenvolvimento e Meio Ambiente -
De todos os novos temas que emergiram nas relações internacionais em meados da década de 1970, o Meio Ambiente é, sem dúvida, o mais ostensivamente global. Devido ao reconhecimento de sua natureza interdependente,
faz-se mister a necessidade de cooperação internacional entre Estados, Organizações Internacionais, empresas e o chamado ?Terceiro Setor?. Lidar com problemas ambientais a partir dessa perspectiva tornou-se parte do senso comum.
Contudo, o simples reconhecimento da necessidade de cooperação por si só não garante seu sucesso. A assimetria de poder e informação, custos distributivos, capacidade de inovação e desenvolvimento tecnológico
instituições domésticas e internacionais, marcos regulatórios locais e globais são alguns dos tópicos da disciplina que merecem consideração para a discussão dos problemas ambientais. De fato, o grande problema a ser considerado
aqui é a dificuldade de implementar políticas que exigem coordenação e articulação em diferentes níveis (global, nacional, local), e os interesses dos atores envolvidos (Estados, empresas, ONGs, comunidades, e Instituições Internacionais).
08/2008 - Atual
Ensino, Ciência Política, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Relações Internacionais e Meio Ambiente
O objetivo geral do curso é discutir a contribuição da área de Relações Internacionais e Ciência Política para o debate acerca
dos problemas e questões ambientais contemporâneas. Para tanto, o curso explora várias abordagens teóricas com ênfase sobre o recorte liberal institucionalista.
Entre os recursos teóricos e metodológicos empregados destaca-se a teoria das coalizões, o Jogo de Dois Níveis, as abordagens de negociação internacional,
e as variáveis que explicam a criação, estabilidade e efetividade dos regimes internacionais de meio ambiente. Os conceitos de governança e regulação serão explorados à luz de diferentes abordagens teóricas.
De maneira mais indireta, o papel das Organizações Internacionais será discutido, com especial atenção à Organização Mundial do Comércio e às Nações Unidas.
01/2007 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Relações Internacionais & Meio Ambiente
O objetivo do curso é discutir a problemática do Meio Ambiente à luz das abordagens teórico-metodológicas da área de Ciência Política e Relações Internacionais.
Nos últimos anos, o Meio Ambiente vem sendo alçado à categoria de questão/problema global que necessita de análise de parte das Relações Internacionais (RIs).
No entanto, trata-se de um tema absolutamente multifocal e interdisciplinar que transborda os limites teóricos e metodológicos da área de Ciência Política e RIs.
Por esse motivo, a disciplina procura dar conta de apresentar as abordagens teóricas e os instrumentos metodológicos disponíveis para a análise e, ao mesmo tempo,
abrir as possibilidades de empregá-los a novas questões/problemas: a relação entre o global e os arranjos institucionais locais, o papel do setor privado (empresas multinacionais), a influência e a participação das ONGs,
a relação com o desenvolvimento, as instituições, e o comércio internacional, a dimensão da negociação aplicada à questão ambiental, e o papel dos standards ambientais (certificados, selos, Códigos de Conduta).
09/2009 - 08/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Representante do Departamento de Ciência Política na Comissão de Cultura e Extensão.

Centro de Estudos das Negociações Internacionais, CAENI, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 0
Outras informações
Professor dos cursos de Negociação Internacional e de Metodologia de Pesquisa

Atividades

09/2004 - Atual
Outras atividades técnico-científicas .

Atividade realizada
Orientação de monografia.
07/2002 - Atual
Direção e administração, .

Cargo ou função
Diretor de Projetos.
09/2004 - 09/2004
Ensino, Metodologia para Relacões Internacionais, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia Científica para Relacões Internacionais
01/2002 - 06/2004
Ensino, Capacitacão em Negociacões Internacionais, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Capacitacão em Negociacões Internacionais
01/2002 - 06/2004
Ensino, Introducão às Negociacões Internacionais, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Introducão às Negociacoes Internacionais

Centro de Estudos de Cultura Contemporânea, CEDEC, Brasil.
Vínculo institucional

1990 - 2003
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: pesquisador, Carga horária: 30

Vínculo institucional

1990 - 2003
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: consultor, Carga horária: 30

Atividades

1/1990 - 1/2004
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Estudos de Cultura Contemporânea, .

1/1990 - 1/2004
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Estudos de Cultura Contemporânea, .

Linhas de pesquisa
Relações Internacionais


Linhas de pesquisa


1.
Teoria das Relações Internacionais
2.
Mercosul e Integração Regional
3.
Economia Política Internacional
4.
Relações Internacionais
5.
Relações de Trabalho e Responsabilidade Social Empresarial

Objetivo: Pesquisar, acompanhar, verificar o comportamento sócio-trabalhista e ambiental de empresas multinacionais no Brasil e no exterior.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia.
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.
Setores de atividade: Outro; Outras Atividades de Assessoria e Consultoria Às Empresas.
Palavras-chave: Multinacionais; Responsabilidade Social Empresarial; Monitoramento.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Avaliação do Compliance de Empresas do Segmento de Cosméticos e Fragâncias aos Padrões do UEBT (Union for Ethical Biotrade)
Descrição: A UEBT é uma organização privada transnacional que promove os padrões socioambientais para a comercialização de recursos naturais da biodiversidade mundial. O objetivo da pesquisa é promover a avaliação do compliance de empresas aderentes aos padrões UEBT em suas cadeias de fornecimento de ativos naturais da biodiversidade brasileira..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Murilo Alves Zacareli - Integrante.Financiador(es): Agência Alemã de Cooperação - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3
2017 - 2017
Avaliação de Projetos de Geração de Emprego e Renda
Descrição: No âmbito do Projeto ReDes, plataforma de projetos promovida pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Banco Interamericano de Desenvolvimento(BID) e Instituto Votorantim, o objetivo é desenvolver e aplicar ferramente de gestão denominada de Régua de Maturidade para avaliar se os projetos apoiados pela plataforma podem, de fato, ser implementados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Murilo Alves Zacareli - Integrante / Fausto Makishi - Integrante / Mariana Abreu Caixeta - Integrante / Rafael Padilha - Integrante / Thais Magalhães - Integrante.
2017 - Atual
Global supply chains in the Smart Mobile Segment
Descrição: In an increasingly globalized economy with greater impetus of technological advancement and competitiveness, a major development we have seen in the past decades is the fragmentation of production processes. Production processes have become geographically fragmented and production is divided into innumerable fragments and dispersed globally. Global supply chains have become a norm in a number of industries, in particular in textiles, automobiles, electronics, etc. and have also penetrated into some of the services sectors (medical, insurance, etc.). The new technological advancements are also said to have a significant impact on employment in the global supply chains as a number of tasks could be automated. The focus of this research would be on the smart mobile segment, one of the industries which is less researched and has observed a lot technological changes. The project will focus on the smart phone segment in four companies: Samsung, Huawei, Apple (iPhone) and Fairphone. We plan to look at these companies as they cater to the high-end, middle-end and lower-end of the market and have made inroads into Asian, African and Latin American markets catering to middle-income and lower-income households.This will allow us to have a range of consumer market segments, with Huawei covering the low end, Samsung in the middle and high end, and Apple/iPhone in the high-end..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Mark Anner - Integrante / Katiuscia Moreno Galhera - Integrante / Ana Paula Soares - Integrante / Denny Monteiro - Integrante / Uma Rani - Integrante.Financiador(es): International Labour Office - Auxílio financeiro.
2016 - Atual
O Marco Regulatório Público para a Biodiversidade em Países Megadiversos O Papel dos Atores Não Estatais no Processo de Implementação

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Alexandre de Freitas Barbosa em 27/07/2018.
Descrição: O objetivo desta proposta é analisar, de forma comparada, os marcos regulatórios públicos para a biodiversidade em diferentes países megadiversos e o processo de delegação ocorrido na implementação da regulação pública com o intuito de analisar como, e em que medida, os atores não estatais influenciam na regulação da biodiversidade. Este estudo justifica-se pela necessidade de analisar objetos que tradicionalmente foram considerados pela ótica estatal a partir de ferramentas analíticas que buscam destacar as ?novas formas de governança? introduzidas pelos atores privados, ou seja, busca-se preencher uma lacuna nos estudos de Ciência Política e Relações Internacionais no que se refere ao protagonismo de atores não estatais na agenda ambiental. A hipótese é de que ONGs e empresas atuam diretamente na implementação dos marcos regulatórios dos países megadiversos. Para testar esta hipótese, utilizar-se-á ferramentas de análise textual e estatística..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Doutorado: (1) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Integrante / Janina Onuki - Coordenador / Amancio Jorge Oliveira - Integrante / Murilo Alves Zacareli - Integrante / Fausto Makishi - Integrante / Pedro Feliu - Integrante.Financiador(es): Banco Santander Banespa - Brasil - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
2016 - Atual
AÇÃO PARA A AVALIAÇÃO E FORTALECIMENTO DA RESILIÊNCIA DA AGRICULTURA FAMILIAR NA AMAZÔNIA (MT)
Descrição: Este projeto de pesquisa baseia-se em uma visão sistêmica sobre a agricultura familiar, considerando toda a sua complexidade. Está estruturado na necessidade de reinvenção das estratégias de resiliência da agricultura familiar e nos desafios teóricos e práticos associados a esta idéia, envolvendo a articulação de pesquisa interdisciplinar com ações de formação e extensão, com ênfase em: (i) formas de ocupação da paisagem e uso de recursos naturais; (ii) interações sociais, cultura e modos de vida; (iii) governança, gestão e instituições; (iv) relações econômicas e de mercado. Inclui as relações com atores e processos - em diferentes escalas- que provocam mudanças sociais e ambientais, com vistas a um diagnóstico de como essas interações moldam o comportamento individual e as estruturas sociais, e de como afetam a paisagem e o território. O projeto abrange dez municípios, nas regiões Norte e Noroeste do estado do Mato Grosso (circunscritas à Amazônia Legal), que perfazem duas paisagens muito distintas em termos de cobertura vegetal e uso do solo. A região Norte (instituída pelo Governo Federal como Território da Cidadania Portal da Amazônia) caracteriza-se por intensa degradação e fragmentação florestal advindas de processos históricos de ocupação do solo. Já no Noroeste a matriz ainda é predominantemente florestal, com vegetação bem conservada, o que consubstancia modelos e sistemas de produção (e escolha de espécies) bastante distintos nas duas paisagens. Pensar a resiliência da agricultura familiar nessas duas regiões envolve o imenso desafio de caracterizá-las, estudá-las, e de propor estratégias de fortalecimento deste segmento em suas áreas de abrangência. Com foco na resiliência da agricultura familiar na Amazônia matogrossense, este projeto têm ênfase interdisciplinar e abrange seis linhas de pesquisa principais, relacionadas aos modos de vida nesses territórios e a distintos sistemas de produção: (i) Modos de Vida e Resiliência; (ii) Organização e bem-estar social, aprendizagens e história da agricultura familiar; (iii) Soberania alimentar; (iv) Pecuária de leite; (v) Sistemas agroflorestais e (vi) Manejo Florestal; em seis escalas: parcela, unidade de produção (propriedade rural), comunidade, município, território e Amazônia mato-grossense. O arranjo institucional para a pesquisa envolve duas organizações não governamentais (Instituto Ouro Verde e Instituto Centro de Vida), com articulação direta com grupos de agricultores, e cinco universidades (Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT, Universidade da Flórida - UF, Universidade Federal de São Carlos - UFSCar, Universidade de São Paulo - USP; e Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
Avaliação e Mensuração de Impacto - Expedição Vagalume
Descrição: Avaliação e mensuração de impacto do desempenho escolar de alunos do ensino médio e fundamental através de semi experimentos de campo, realizados em 7 comunidades rurais em três Estados brasileiros: Amazonas, Amapá e Maranhão. Foram entrevistados alunos, professores, diretores de escolas, e representantes de secretarias de educação de municípios onde localizavam-se as comunidades rurais. A comunidades rurais foram divididas em tramamento (recebiam as bibliotecas comunitárias) e controle (sem as bibliotecas comunitárias). O objetivo é conhecer a influência das bibliotecas comunitárias sobre o desempenho dos alunos, em relação às comunidades que não foram contempladas com as bibliotecas comunitárias..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Murilo Alves Zacareli - Integrante / Fausto Makishi - Integrante / Marina Barbosa e Silva - Integrante.Financiador(es): Expedição Vagalume - Cooperação.
2015 - 2016
Living Wage Methodology

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Alexandre de Freitas Barbosa em 27/07/2018.
Descrição: Living wage is high on the agenda for many ISEAL members as a critical area for promoting sustainable livelihoods and worker rights. But the concept is very complex, can be defined in multiple ways and is influenced by different factors. Five ISEAL members (plus Social Accountability International) are working in an ISEAL-facilitated group to come to a common definition of living wage, agreed processes for devising and testing living wage methodology, and an agreed longer term vision (including a project design or plan) of collaboration on living wage calculation and wage work over the next few years to benefit workers in this key area. This work will include the development of a living wage methodology manual and tools to capture the Anker living wage methodology, the training of researchers to implement the methodology, and the calculation of living wage benchmarks for the countries in which the standard systems work. In Brazil, the Anker methodology will be apply in coffee sector in the south region of Minas Gerais State..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Integrante / Alexandre de Freitas Barbosa - Coordenador / Murilo Alves Zacareli - Integrante / Marina Barbosa e Silva - Integrante.Financiador(es): ISEAL Alliance - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
2014 - 2014
Desenvolvimento, Trabalho e Meio Ambiente: Os Impactos da Atividade de Extração de Argila Branca em São Miguel do Guamá
Descrição: O objetivo do projeto é discutir o conceito de desenvolvimento sustentável à luz do impacto da atividade de extração da argila branca em um município importante para a atividade mineral na Amazônia: São Miguel do Guamá. O município é conhecido pela atividade extrativa mineral de argila vermelha e argila branca para a produção de telhas e tijolos. Essa indústria é a maior empregadora privada da região, e o município exporta tijolos e telhas para todo o Estado do Pará. O projeto desenvolve uma criteriosa metodologia de impacto social e ambiental da atividade extrativa mineral e traz uma série de inovações em termos de índices e indicadores: através da renda familiar, o projeto desenvolve um indicador de renda per capita rural; e através do cálculo da renda familiar total, o projeto prevê a avaliação de impacto através das externalidades ambientais da atividade de extração de argila. Por fim, o projeto tem como objetivo discutir aspectos de gênero ligados à divisão sexual do trabalho, uma vez que a maior parte da mão de obra empregada é composta de mulheres..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Murilo Alves Zacareli - Integrante / Fausto Makishi - Integrante.Financiador(es): BANCO DA AMAZONIAS/A - Outra.
2014 - 2014
O COMPORTAMENTO DO SETOR PRIVADO NO COMBATE AO TRABALHO ESCRAVO EM SÃO PAULO ? A QUESTÃO DO COMPLIANCE
Descrição: O objetivo é compreender as motivações para a adesão voluntária (compliance) à norma do trabalho, especificamente por parte de empresas privadas do setor de confecção e vestuário na região metropolitana de São Paulo. Trata-se de uma região com grande incidência de (non)compliance aos padrões trabalhistas que definem a condição de trabalho análogo à escravidão - consagrados por Convenções e Regulamentações internacionais da OIT e pelo marco regulatório doméstico brasileiro. Procura-se-á desenhar a rede de atores não estatais que juntamente com as autoridades públicas, promovem a chamada ?governança público-privada? para a melhoria da efetividade e da legitimidade dos direitos trabalhistas na cadeia da costura..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Murilo Alves Zacareli - Integrante / Katiuscia Moreno Galhera - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2014 - Atual
Comunidades Locais e Extrativismo de Produtos Não Madeireiros na Amazônia Brasileira

Projeto certificado pela empresa Beraca Sabará Químicos e Ingredientes em 30/06/2014.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Murilo Alves Zacareli - Integrante / Fausto Makishi - Integrante / Mariana Abreu Caixeta - Integrante / Mauricio Pacheco - Integrante / Danilo Trevisani - Integrante / Rodrigo Góes - Integrante / Lia Logarezzi - Integrante / Ítalo Espósito - Integrante.Financiador(es): Agência Alemã de Cooperação - Bolsa.
2013 - Atual
Precarious work: the case of Bolivian women workers in the apparel sector in São Paulo (Brazil)
Descrição: To present a study on gender and precarious work among migrant Bolivian apparel workers. Our proposal fits as a case study describing and analyzing the impact of employers? shifting work from direct, permanent, full-time employment to subcontracted, privatized, temporary, part-time work or similar work schemes on a community. The research will analyze the gender-disaggregated socioeconomic impact on workers, their families and the community..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Alexandre de Freitas Barbosa - Integrante / Katiuscia Esposito - Integrante.Financiador(es): Centro de Estudos das Negociações Internacionais - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1
2013 - Atual
Socially Responsible Sourcing of Brazilian Rainforest Products for the Natural Cosmetics Market

Projeto certificado pela empresa Beraca Sabará Químicos e Ingredientes em 26/12/2013.
Descrição: An 100% Brazilian-owned firm began to operate in the Amazon from an innovative approach that has consisted of combining the sale of certified natural products with socially and environmentally responsible sourcing of rainforest ingredients from an extensive network of local communities with approximately 1,600 families scattered throughout the state of Pará. It purchase mainly from local cooperatives and associations, and processes the raw materials at six Ananindeua production facilitiyes located in rainforest areas of the state of Para. The company seeks the assistance of a SIPA/Columbia/USP workshop team, working in conjunction with the Institute of International Relations and the Center of International Negotiations to assess its relationship with community producers in Pará, in order to identify potential improvements that would enable it to deepen this relationship and better facilitate the broader socio-economic development of the producer communities. The specific operational goals of this workshop project are 1) Identify what local community members perceive as their necessities with respect to technical training and contractual and informal relations between the company and local supplier communities; 2) study the stakeholder network surrounding the community-firm partnership, and identify opportunities for this network to strengthen local communities from a social, economic, and environmental point of view; and 3) identify alternative institutional arrangements that could enable these local communities to make more informed and autonomous collective decisions on the use of natural resources..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (9) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Scott B. Martin - Integrante / Murilo Alves Zacareli - Integrante / Fausto Makishi - Integrante / Mariana Abreu Caixeta - Integrante / Mauricio Pacheco - Integrante / Danilo Trevisani - Integrante / Rodrigo Góes - Integrante / Lia Logarezzi - Integrante.Financiador(es): Fundação Lehmann - Cooperação.
2012 - 2012
Promoting Environmental Sustainability and Labor Standards in Brazil?s Palm Oil Industry
Descrição: Palm oil production in Brazil has a long history, but operated on a small scale until recently. However, in 2010 the Lula administration announced a Program for Sustainable Production of Palm Oil, aiming to rapidly expand oil palm cultivation on land that has already been deforested for cattle ranching or sugar cane production. It has been argued that palm oil would provide substantially more employment than cattle ranching, soy farming or other competing uses of the same land. At the same time, by promoting sustainable palm oil production, the Brazilian government hopes that Brazilian palm oil will be more attractive to international buyers such as Unilever on sustainability grounds. ? Conduct comparative research on environmental and labor standards issues in palm oil production in Asia?which has been controversial-- and try to understand what Brazil and Agropalma potentially add as value to the Brazilian and international market in the form of higher levels of sustainability. ? Understand Agropalma?s sustainability policies, as well as the various certification and labeling schemes to which it subscribes. ? Carry out comparative research on palm oil operations by Agropalma?s direct and indirect competitors in Brazil, including those moving into the industry spurred by growth in demand for palm-oil-based biofuels. Field Study ? Visit Acará and Tailândia municipalities and interview key stakeholders, including NGOs, oil palm producers with exclusive delivery contracts with Agropalma, labor representatives and public agencies at regional level, to better understand Agropalma?s sustainable business model. ? Visit Sao Paulo in order to meet with Agropalma officials at their headquarters, and interview national stakeholders from the environmental and labor movements as well as relevant academic experts. Analysis: ? In preparation for field visits and interviews, develop a checklist of missing points or weaknesses in the certifications a.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (5) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Integrante / Scott B. Martin - Integrante / João Paulo C. Veiga - Coordenador / Pietro Rodrigues - Integrante / Marília Moreira Arantes - Integrante / Tera DeJung - Integrante / Alexa Sisk - Integrante / Kimberly Smith - Integrante / Karina Garcia - Integrante / Roberta Teixeira da Costa - Integrante / Vinicius Mantovani - Integrante.Financiador(es): School of International and Public Affairs - Columbia University - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2011 - 2012
Labour, Trade Unions and the Green Economy - A Case for Environmental Labour Studies
Descrição: Combating climate change will increasingly impact on production industries and the workers they employ as consumption is targered and production changes. Yet research has largely ignored the effect of climate change policies on workers and trade union policies. The project research aim to bend the breach between labour and nature in order to suggest the creation a new sub-field area named Environmental Labour Studies. In order to tackle the challenge scholars and practitioners around the globe to answer the question: what effect will moving to green production have on workers and unions? How can unions influence process of re-skilling, training and engage workers in the 'green economy'? Can North and South union agendas create a 'level playing field' around the globe? How can unions reconcile the protection of jobs and the protection of environment? These questions are addressed by analysing how unions and environmental movements are learning from each other through a range of different initiatives in US, Australia, South Korea, Taiwan, Brazil, Spain, Sweden, UK and South Africa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Scott B. Martin - Integrante / Nora Räthzel - Integrante / David Uzzell - Integrante.Financiador(es): Swedish International Development Cooperation Agency - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
2011 - 2011
Environmentally and Socially Sustainable Production of Bisabolol from Threatened Candeia Forests in Brazil: Adding Sustainable Value in the Global Cosmetics and Pharmaceutical Chains
Descrição: Atina Ltd., a local Brazilian medium-sized company, is a major supplier of alpha-bisabolol (or bisabolol for short), a naturally derived substance highly valued for its anti-irritant and anti-inflammatory properties for use in skincare, cosmetic, and pharmaceutical products. The most concentrated (but not exclusive) natural source for bisabolol is candeia (Eremanthus erythropappus), a native tree from Brazil?s ecologically threatened Atlantic Rain Forest (Mata Atlântica). In these forests, Atina prospects for groves dominated by this species (so-called ?candeal?), suitable for a sustainable management plan. Atina has its own farms with candeia groves and candeia plantations in Carrancas/MG, and also manages forests of about 80-100 rural producers in the candeia occurrence region. After the forest extraction, the harvested wood is transported to Atina?s industrial plant, where the essential oil is extracted and purified. The final product is sold to cosmetic industries, such as Natura Cosméticos, S.A., the giant eco-cosmetics direct-sales company headquartered in Brazil, with operations in Latin America and Western Europe. Unlike all its local competitors who also supply bisabolol, Atina operates in accordance to the sustainability standards of the Forest Stewardship Council and ILO labor standards, as well as Ecocert organic production rules. Atina?s competitors also sell bisabolol to major branded cosmetic and big pharma multinationals, but operate with illegal raw material, bought from informal loggers who engage in clear-cutting and other unsustainable practices. They also condone or promote questionable labor standards in remote forests, all with little or no external governmental or buyer oversight. Despite the commitment of Atina and its principal buyer Natura to operate only with socially and environmentally sustainable bisabolol, Atina has experienced difficulty in expanding its market beyond its one key buyer and in thus getting a fair return for its.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (4) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Pietro Rodrigues - Integrante / Ana Paula Malavazi - Integrante / Andrew Clark - Integrante / Lina Salazar - Integrante / Leona Verdadero - Integrante / Nancy Khweiss - Integrante.Financiador(es): Fundação Lehmann - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 3
2011 - Atual
Indicadores de Sustentabilidade e Mineração
Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa que indicará, dentre as municipalidades brasileiras, aquelas que podem ser caracterizadas, funcionalmente, como cidades mineiras. Classificação que será inferida a partir da relativização, em face de outras atividades, do peso da força de trabalho e da geração de renda vinculadas à mineração industrial nas municipalidades. Uma vez realizada tal classificação funcional, será feita, dentre as cidades mineiras, a seleção daquelas nas quais será realizada aferição do nível de sustentabilidade da mineração industrial. Tal aferição será realizada por meio de tratamento estatístico de indicadores, por intermédio dos quais se pretende realizar análises e comparações sobre a capacidade destas cidades em reverter estruturas causadoras de perda de ordem e gerar condições de reprodução, obtendo ganhos de ordem econômica, social, cultural e ambiental. O primeiro conjunto de análise produzirá indicador sintético de sustentabilidade. A ele se somarão outros dois conjuntos que, recorrendo a técnicas estatísticas, aferirão, respectivamente, a existência de eventuais padrões de apropriação de renda e de condições de vida, em termos intraurbanos, nas cidades mineiras. Finalmente, o quarto conjunto realizará análises adicionais utilizando-se do banco de dados produzido durante a pesquisa. Recorrendo-se a técnicas de extração de conhecimento de base de dados, serão indicados padrões válidos para as cidades mineiras. A condução dos trabalhos de investigação científica e de produção tecnológica, em cada um destes quatro conjuntos de análise, será realizada por pesquisadores seniores e bolsistas de produtividade do CNPq, vinculados a instituições com ampla expertise nas temáticas, com destaque para o Departamento de Geoquímica e 21 Petrologia, o Instituto Tecnológico-ITEC (sucessor do Centro Tecnológico da UFPA) e o Núcleo de Altos Estudos Amazônicos-NAEA, vinculados a Universidade Federal do Pará-UFPA; o Departamento de Planejamento do Departamento Nacion.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2010
Development and Sustainability in Amazon Rainforest: Alcoa Brazil´s Model for Mining
Descrição: This project is the result of a collaboration between Columbia University?s School of International and Public Affairs and the Universidade de São Paulo?s Instituto de Relações Internacionais and Centro de Estudos das Negociações Internacionais (Caeni) in an attempt to assess the design, effectiveness, and long-term institutional development of the Council for Sustainable Juruti, Conselho Juruti Sustentável (CONJUS). The Council is part of a threepronged sustainable development model created by Alcoa, a leading aluminum company, in partnership with the Center for Sustainability Studies at Fundação Getulio Vargas, a leading Brazilian business school, and Fundo Brasileiro para Biodiversidade, the Brazilian Biodiversity Fund. The model is one component of Alcoa?s corporate social responsibility strategy at its newly inaugurated bauxite mine site in Juruti, located in Brazil?s northeastern state of Pará..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (7) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Scott B. Martin - Integrante / Jessica Bartolini - Integrante / Rodrigo Brandão - Integrante / Flávia Donadelli - Integrante / Jeremy Biddle - Integrante / Erin Kang - Integrante / Tonye Ekiyor - Integrante / Raquel Serotta - Integrante / Josephine Tumaleo - Integrante / Maria Gabriela da Rocha Oliveira - Integrante / Marcelo Lomelino - Integrante.Financiador(es): Fundação Lehmann - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 3
2009 - 2011
Standards de Sustentabilidade - Entre o Mercado e a Política
Descrição: Nos últimos anos, vários setores e segmentos da agroindústria brasileira estão promovendo a criação de certificados, códigos de conduta, selos sociais e/ou ambientais (sustentabilidade), com o objetivo de acessar mercados nos países desenvolvidos e, ao mesmo tempo, conferir certa legitimidade às condições de produção e comercialização. Em todas as commodities consideradas há um processo crescente de questionamento, principalmente de países desenvolvidos, a respeito da sustentabilidade da cadeia de produção envolvida. Os objetivos são conhecer, avaliar e comparar os critérios de sustentabilidade utilizado pelos procedimentos de certificação de algumas commodities importantes para a economia brasileira..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2009
Promoting Social Dialogue in the Mining Sector in the State of Pará
Descrição: In 2006 Instituto Observatório Social (IOS) and Centro de Estudos das Negociações Internacionais (CAENI-DCP-FFLCH-USP) embarked on a research and field project to study the labor situation as well as the environmental impact of five aluminum companies in the north of Brazil. While preliminary findings indicated that companies adhered to labor laws and regulations and invested in technological improvements in order to tackle environmental issues, there remained significant resource inequalities across stakeholders in the aluminum value chain. Nevertheless, both local government and civil society often remained acquiescent to the status quo established by companies. IOS and CAENI identified a need for further research on the impact of mining and corporate social responsibility (CSR) practices on local development and sustainability issues, as well as Brazil?s role in the global aluminum value chain. They invited a team of students from Columbia University?s School of International and Public Affairs (SIPA) to research the feasibility of a ulti‐stakeholder engagement or social dialogue, by studying and analyzing the aluminum value chain and performing a stakeholder mapping in the affected areas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (5) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Integrante / Scott B. Martin - Coordenador / Noelia Cornejo - Integrante / Claire Kells - Integrante / Tania Ortiz de Zuniga - Integrante / Stacey Roen - Integrante / Brandon Thompson - Integrante.Financiador(es): Fundação Lehmann - Outra.
Número de produções C, T & A: 2
2007 - 2008
Assessment of Unilever Brasil's Corporate Social Responsibility Programs in Goiás, Brazil
Descrição: In 2003, Unilever Brasil initiated two Corporate Social Responsability (CSR) programs, Rural Responsável and Infância Protegida, in Goiás following an internal audit revealing concerns of the risk of child labor in the company' s tomato supply chain. A team of graduate students from Columbia University's School of International and Public Affairs (SIPA) were invited to patner with the CAENI - Centro de Estudos das Negociações Internacionais - DCP/FFLCH to conduct an independent assessment of Unilever Brasil's Rural Responsável and Infância Protegida programs. The assessment focuses on analyzing the processes and strategies underlying the CSR programs in order to make recommendations for potential improvements, rather than conducting a formal impact evaluation..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (7) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Daniela Sampaio - Integrante / Carissa Dizon - Integrante / Yu-Lan Duggan - Integrante / Adriana Harvey - Integrante / Katayoun Shahrokhi - Integrante / Allison Strype - Integrante / Saduf Syal - Integrante.Financiador(es): School of International and Public Affairs - Columbia University - Auxílio financeiro.
2006 - 2007
Projeto TIP - Projeto de enfrentamento ao Tráfico de Pessoas
Descrição: O objetivo deste monitoramento é elaborar um diagñóstico das ações implementadas pelas instituições signatárias do Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo, em particular, as empresas e as representações empresariais localizadas em diversos estados do país visando a subsidiar as outras instituições signatárias e demais envolvidos com informações que possam contribuir para eliminação do trabalho escravo no Brasil. As informações sistematizadas no diagnóstico deverão orientar as ações de vigilância e de repressão ao trabalho escravo existente nas cadeias produtivas das empresas com ênfase no aspecto educativo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2007
Comportamento Social e Trabalhista da Empresa C & A
Descrição: Pesquisa a respeito do comportamento social e trabalhista da empresa multinacional holandesa C & A realizada em seis capitais brasileiras, em lojas de shopping e de rua. Um questionário fechado foi aplicado e tabulado em um website junto aos trabalhadores de lojas da empresa C&A em São Paulo, Porto Alegre, Fortaleza, Recife, Vitória e Salvador..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Luciana Hachmann - Integrante / Leila Nadim Zidan - Integrante.Financiador(es): Oxfam Internacional - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
2005 - 2005
Carrefour e a Cadeia Produtiva - O segmento de Frutas, Verduras e Legumes
Descrição: O problema da pesquisa envolve a relação entre os supermercados e suas respectivas cadeia de valor de produtos hortifrutigranjeiros vendidos na da grande São Paulo. A pergunta é a seguinte: que tipo de vínculo entre o supermercado e os seus fornecedores de produtos hortifrutigranjeiros é mais positivo para a estabilidade das relações de trabalho (oferta de empregos formais, condições de trabalho, e atendimento aos demais direitos trabalhistas). Desenvolveu-se um questionário semi-estruturado para visitar e entrevistar pequenos e médios produtores de frutas e hortaliças em municípios da grande São Paulo como Cotia, Taboão da Serra e Caucaia..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Fernanda Raquel - Integrante / Clóvis Scherer - Integrante.Financiador(es): Oxfam Internacional - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2002 - 2003
B.A.S.F. - Compliance of Labor Standards
Descrição: The compliance of the international labor standards of the giant chemical company in the brazilian facilities: Mauá, São Bernardo do Campo, Guaratinguetá and São Paulo. Meetings with trade union representatives took place in all facilities visited as well interviews with management in the headquartes. The results were presented in the Learning Forum of United Nations Global Compact Program in Nova Lima city, in Minas Gerais in 2003..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Integrante / Mércia Consolação Silva - Integrante / Odilon Faccio - Coordenador.Financiador(es): Frredric Ebert - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
1996 - 1999
A INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA NAS AMÉRICAS: as perspectivas da integração Mercosul-Nafta

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Tullo Vigevani em 09/04/2015.
Descrição: O objetivo da pesquisa é discutir as perspectivas da integração da indústria automobilística nas Américas à luz da globalização por que passa o setor, impulsionada pelas estratégias das montadoras norte-americanas, europeias e japonesas no Mercosul. A questão central é delinear quais as vantagens e as dificuldades para a indústria automotiva do Mercosul, a partir do momento em que o processo de integração com o NAFTA passa a orientar as expectativas de governos e empresas transnacionais. A hipótese do estudo é a de que a perspectiva da integração hemisférica, a ser confirmada com o processo de aproximação política e econômica entre o Mercosul e o NAFTA, exerce impacto decisivo sobre o processo de modernização/reestruturação por que passa a indústria automobilística tanto no Brasil quanto na Argentina, acrescentando novos elementos às estratégias das grandes montadoras na região..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Integrante / Tullo Vigevani - Coordenador / Karina Lilia Pasquariello Mariano - Integrante / Bernardo Ricupero - Integrante / Carlos Alberto Michelin - Integrante / Laércio José dos Santos - Integrante / Pedro Augusto Scavone - Integrante / Rosângela Augusta da Silva - Integrante / Vanderlei Souza Carvalho - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
1995 - 1995
FORTALECIMENTO DAS ADMINISTRAÇÕES NACIONAIS PARA A INTEGRAÇÃO REGIONAL- GRUPO DO RIO
Descrição: O trabalho é parte de um projeto latino-americano, coordenado pelo Cefir com o apoio da União Europeia, em colaboração com o Grupo do Rio, e teve como objetivo estudar o sistema administrativo nacional, regional e local do ponto de vista de sua adequação aos processos em curso de integração regional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Integrante / Tullo Vigevani - Coordenador / Karina Lilia Pasquariello Mariano - Integrante / Bernardo Ricupero - Integrante / Fabio Abdala - Integrante.Financiador(es): Centro de Formacion para la Integracion Regional - Auxílio financeiro.
1994 - 1997
A INTERVENÇÃO DO MOVIMENTO SINDICAL NA CONSTITUIÇÃO DO MERCOSUL

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Tullo Vigevani em 17/04/2015.
Descrição: O objetivo da pesquisa é estudar a intervenção do movimento sindical no processo de integração do Mercosul (Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai). Busca-se avaliar como os sindicatos reagem ao processo de integração regional, analisando o conteúdo de suas estratégias de intervenção. Ao mesmo tempo, procura-se discutir as consequências desta intervenção no plano da formulação política do governo: se os sindicatos, de fato, têm capacidade de influenciar as esferas e mecanismos de tomada de decisão. A análise da intervenção dos sindicatos dos quatro países permite compreender se eles criam situações cooperativas, constroem laços de integração de forma supranacional ou se suas ações indicam um acirramento da competição, na qual os interesses específicos, já colocados no plano nacional, acabam prevalecendo. Esta análise visa captar a articulação entre os sindicatos e os demais atores sociais e governamentais. Permite, portanto, discutir aspectos do processo de integração, tanto no plano da discussão da estratégia geral que move cada um dos atores relevantes, como no plano das propostas setoriais que envolvem os ramos da produção e as respectivas categorias de trabalhadores. Particular relevância é dada ao estudo do setor automotivo e de laticínios..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (4) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Integrante / Tullo Vigevani - Coordenador / Carlos Augusto Gonçalves Jr. - Integrante / Karina Lilia Pasquariello Mariano - Integrante / Bernardo Ricupero - Integrante / Ronen Altman - Integrante / Carlos Alberto Michelin - Integrante / Rosângela Augusta da Silva - Integrante / Cleide Gonçalves - Integrante / Rosana Fahl - Integrante / Simone Pugin - Integrante / Vicente Marques - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Fundação Alexandre de Gusmão - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 6
1992 - 1994
Meio Ambiente e Dívida Externa

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Tullo Vigevani em 04/04/2015.
Descrição: s objetivos desta pesquisa são: a) discutir como se coloca no âmbito das relações internacionais a questão da soberania nacional e, em particular, o conceito de soberania compartilhada neste período histórico, tendo em vista sua implicação para o tema de meio ambiente e mesmo de dívida externa; b) analisar como se insere a discussão das questões ambientais, principalmente no que concerne à região amazônica, na pauta da política exterior brasileira, cabendo discutir quais as possibilidades que o Brasil dispõe para maximizar suas posições no quadro internacional; c) analisar a proposta de conversão da dívida externa em projetos ambientais, os swaps debt nature, identificando grupos, atores e interesses; d) estudar comparativamente as propostas de conversão da dívida externa em projetos ambientais brasileiros e de outros países da América Latina, como Costa Rica, Bolívia, Equador. Esta pesquisa contribui para este debate, inclusive a partir da avaliação das experiências realizadas naqueles países..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (4) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Integrante / Tullo Vigevani - Coordenador / Ricardo Ubiraci Sennes - Integrante / Shiguenoli Miyamoto - Integrante / Karina Lilia Pasquariello Mariano - Integrante / Bernardo Ricupero - Integrante / Ronen Altman - Integrante / Andréia Buendia - Integrante / Fabio Abdala - Integrante / Rosangela da Silva - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
1990 - 1992
Política Exterior Brasileira: as Questões da Dívida Externa e da Informática nas Relações com os Estados Unidos

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Tullo Vigevani em 01/04/2015.
Descrição: O projeto tem por finalidade compreender como se tomam decisões no Brasil no que se refere às políticas no campo das relações Brasil-Estados Unidos. A ênfase recai nas posições brasileiras relativas à dívida externa e à informática. Estabelecer o modo pelo qual se definem essas opções exige o estudo dos interesses, públicos e privados, que intervêm na tomada de decisões, e também das modalidades dessa intervenção. Dada a multiplicidade de interesses e de organismos envolvidos, uma descrição da policy-making decision é extremamente útil e constituiu o objetivo central da pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Integrante / Tullo Vigevani - Coordenador / Shiguenoli Miyamoto - Integrante.
1988 - 1993
GESTÃO LOCAL DE SERVIÇOS PÚBLICOS EM CIDADES MÉDIAS DA AMÉRICA LATINA
Descrição: O objetivo central da pesquisa é analisar a capacidade que têm os municípios de algumas cidades de países latino-americanos (Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Chile, Equador e Peru) para dar resposta às necessidades da população, em particular a de mais baixa renda. São os seguintes os objetivos específicos da pesquisa, que foram trabalhados no âmbito do contexto político, econômico e social vigente em cada país: a) avaliar a organização político-institucional do Estado e o papel do município; b) examinar o conjunto de atribuições legalmente indicadas ao município e verificar quais são as que ele realmente cumpre; c) examinar a vida política local no que se refere à tomada de decisões municipais e aos atores que dela participam; d) examinar a organização administrativa municipal; e) examinar as carências que a população de baixa renda enfrenta no que diz respeito aos serviços coletivos e avaliar sua magnitude; f) examinar as distintas formas através das quais a população se organiza para satisfazer essas carências e como se vinculam com os municípios; g) formular propostas visando melhorar a capacidade de resposta do município..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: João Paulo Cândia Veiga - Coordenador / Tullo Vigevani - Integrante / Alfredo Rodriguez - Integrante / Edison Nunes - Integrante.Financiador(es): International Development Research Center - Auxílio financeiro.


Outros Projetos


Elaboracão de Projetos de Pesquisa
Situação: Desativado; Natureza: Outra.


Revisor de periódico


2012 - Atual
Periódico: Revista do Instituto de Estudos Brasileiros
2011 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ciência Política (Impresso)
2013 - 2013
Periódico: Agriculture and Human Values
2014 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso)
2016 - Atual
Periódico: Organizações Rurais & Agroindustriais


Revisor de projeto de fomento


2001 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Economia Política Internacional.
2.
Grande área: Outros / Área: Ciências Ambientais.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: sociologia do trabalho.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Negociação Internacional.


Idiomas


Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Italiano
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2014
Prêmio Professor Samuel Benchimol de Empreendedorismo Consciente, Banco da Amazônia.
2014
Finalista do prémio "Práticas Exitosas de Produção e Gestão Institucional", Ministério da Integração.
2010
Prêmio Ethos-Valor Econômico de Responsabilidade Social Empresarial, Instituto Ethos e Jornal Valor Econômico - Categoria Estudantes de Pós Graduação.
2009
J. P. Leous and Neal Parry Award, School of International and Public Affairs.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:109
Total de citações:663
João Paulo Cândia Veiga  Data: 19/08/2017

Artigos completos publicados em periódicos

1.
VEIGA, J. P. C.2017VEIGA, J. P. C.; GALHERA, K. M. . Ação coletiva transnacional na cadeia de confecção do vestuário e a questão de gênero. Sociologias (UFRGS), v. 19, p. 144-178, 2017.

2.
MAKISHI, F.2017MAKISHI, F. ; ZACARELI, M. A. ; VEIGA, J. P. C. . Desenvolvimento local de comunidades rurais e suas implicações para as políticas públicas: Arranjos institucionais e diversificação da produção rural de pequena escala. REVISTA POLÍTICA E PLANEJAMENTO REGIONAL, v. 3, p. 221-244, 2017.

3.
VEIGA, J. P. C.2017VEIGA, J. P. C.; ZACARELI, M. A. . International Regimes: From Public-Intergovernmental to Public-Private Transnational Arenas. Review of History and Political Science, p. 45-53, 2017.

4.
VEIGA, JOÃO PAULO CÂNDIA2017VEIGA, JOÃO PAULO CÂNDIA; TREVISANI, DANILO MACHADO ; MAKISHI, FAUSTO ; ABREU, MARIANA GOMES CAIXETA DE ; SILVA, MAURÍCIO SARAIVA PACHECO E ; ZACARELI, MURILO ALVES . Padrões de saúde e segurança no trabalho e extrativismo: o caso de comunidades rurais da Amazônia brasileira. Saude e Sociedade, v. 26, p. 774-785, 2017.

5.
TERADA, T.2017TERADA, T. ; MAKISHI, F. ; ZACARELI, M. A. ; VEIGA, J. P. C. . Impact supply chains: a case study on sustainable use of the brazilian socio-biodiversity. HOUSEHOLD AND PERSONAL CARE TODAY (TESTO STAMPATO), v. 12, p. 64-65, 2017.

6.
ZACARELI, M. A.2016ZACARELI, M. A. ; VEIGA, J. P. C. ; MAKISHI, F. ; TERADA, T. . Multilevel Governance and Sustainable Development. Review of Social Sciences, v. 1, p. 1-10, 2016.

7.
ZACARELI, M. A.2016ZACARELI, M. A. ; MAKISHI, F. ; VEIGA, J. P. C. . Corporate Leadership, Multilevel Enforcement and Biodiversity Regulation. Journal of Business, v. 1, p. 1-11-11, 2016.

8.
VEIGA, J. P. C.;VEIGA, JOÃO PAULO CÂNDIA2016VEIGA, J. P. C.; DONADELLI, F. ; BRANDÃO, Rodrigo ; MARTIN, S. B. . Responsabilidade Social na Mineração e o Ciclo Político Local. Revista do Centro de Estudos Rurais, v. 10, p. 113-141, 2016.

9.
VEIGA, JOÃO PAULO CÂNDIA2016VEIGA, JOÃO PAULO CÂNDIA; RODRIGUES, PIETRO CARLOS . TRANSNATIONAL ARENAS, PUBLIC POLICIES AND THE ENVIRONMENT: THE CASE OF PALM IN THE AMAZON. Ambiente & Sociedade (Online), v. 19, p. 1-20, 2016.

10.
ZACARELI, M. A.2015ZACARELI, M. A. ; VEIGA, J. P. C. . Regimes Internacionais ? do Intergovernamental Público às Arenas Transnacionais Público-Privadas. História e Cultura, v. 4, p. 302-318, 2015.

11.
MAKISHI, F.2015MAKISHI, F. ; ZACARELI, M. A. ; VEIGA, J. P. C. . Impactos Socioambientais dos Produtos Florestais Não Madeireiros: Estudos de Caso da Amazônia Brasileira. Revista Eletrónica de Investigação e Desenvolvimento, v. 4, p. 1-18, 2015.

12.
VEIGA, J. P. C.;VEIGA, JOÃO PAULO CÂNDIA2011VEIGA, J. P. C.; BARBOSA, A. F. ; Vilmar . Empresas Multinacionais e Padrões Trabalhistas. Revista da ABET (Impresso), v. X, p. 65-82, 2011.

13.
VEIGA, J. P. C.;VEIGA, JOÃO PAULO CÂNDIA2009VEIGA, J. P. C.; MARTIN, S. B. . Corporate Employee Representation, Union Strategies, and Third-Party Union-Linked Monitoring: Germany?s BASF in Brazil as a Critical Case Study. Labor Studies Journal, v. 34, p. 363-384, 2009.

14.
OLIVEIRA, A. J.2008OLIVEIRA, A. J. ; ONUKI, J. ; VEIGA, J. P. C. ; AMORIM, S.N. . O licenciamento ambiental para hidrelétricas do Rio Madeira (Santo Antônio e Jirau). Cadernos ENAP, v. 1, p. 07-45, 2008.

15.
OLIVEIRA, A. J.2006OLIVEIRA, A. J. ; ONUKI, J. ; VEIGA, J. P. C. . Política Externa e Negociações Internacionais. Revista Brasileira de Comércio Exterior, v. 87, p. 29-33, 2006.

16.
VEIGA, J. P. C.;VEIGA, JOÃO PAULO CÂNDIA2005VEIGA, J. P. C.. As Negociações Comerciais no Governo Lula. Revista Brasileira de Comércio Exterior, Rio de Janeiro, p. 10-15, 2005.

17.
VEIGA, J. P. C.;VEIGA, JOÃO PAULO CÂNDIA2000VEIGA, J. P. C.. Da Carroca ao Estado da Arte. Metalurgia & Materiais, São Paulo, v. 56, p. 388-396, 2000.

18.
VIGEVANI, T.1998VIGEVANI, T. ; VEIGA, J. P. C. . La integración industrial en el Mercosur. Ciclos en la Historia, la Economía y la Sociedad, Buenos Aires, v. 8, n.14-15, p. 227-252, 1998.

19.
VIGEVANI, T.1997VIGEVANI, T. ; VEIGA, J. P. C. . Globalização e Mercosul: Política, Indústria Automobilística, Informação. Caderno CEDEC, v. 59, p. 1-55-55, 1997.

20.
MARIANO, Karina Lilia Pasquariello1996MARIANO, Karina Lilia Pasquariello ; RICUPERO, Bernardo ; GONÇALVES, Carlos Augusto ; ABDALA, Fábio de Andrade ; VEIGA, J. P. C. ; VIGEVANI, Tullo ; MARQUES, Vicente de Azevedo . Globalização e regionalização do Mercosul: a intervenção dos sindicatos no processo de integração. Caderno CEDEC, v. 53, p. 1, 1996.

21.
VIGEVANI, T.1996VIGEVANI, T. ; VEIGA, J. P. C. ; GONCALVES, C. A. ; MARIANO, K. L. . A regionalização da indústria automobilística no Mercosul. Série Carta Internacional, São Paulo, n.13, p. 1-30, 1996.

22.
VIGEVANI, T.1996VIGEVANI, T. ; VEIGA, J. P. C. . Mercosul: interesses e mobilização sindical. Revista Brasileira de Política Internacional (Impresso), Brasília, v. 39, n.1, p. 48-71, 1996.

23.
VEIGA, J. P. C.;VEIGA, JOÃO PAULO CÂNDIA1995VEIGA, J. P. C.; GONCALVES JR., C. A. . A Indústria Automotiva Brasileira no Mercosul. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 9, p. 111-127, 1995.

24.
VIGEVANI, T.1995VIGEVANI, T. ; VEIGA, J. P. C. . Mercosul: interesses e mobilização sindical. Coleção Documentos Série Assuntos Internacionais, São Paulo: IEA/USP, n.38, p. 1-29, 1995.

25.
VEIGA, J. P. C.;VEIGA, JOÃO PAULO CÂNDIA1994VEIGA, J. P. C.; BARBOSA, A. F. . Investimentos Externos e Integração Regional no Mercosul: Parâmetros de Discussão. Caderno CEDEC, v. 35, p. 1-41, 1994.

26.
VIGEVANI, Tullo1994VIGEVANI, Tullo ; MARIANO, Karina Lilia Pasquariello ; VEIGA, J. P. C. . Realismo versus globalismo nas relações internacionais. Lua Nova. Revista de Cultura e Política, São Paulo, v. 34, p. 5-26, 1994.

27.
VIGEVANI, T.1992VIGEVANI, T. ; VEIGA, J. P. C. ; PEREIRA, L. V. . A América Latina e o Brasil no novo quadro mundial. Debate Sindical, São Paulo: DESEP/CUT, n.13, p. 1-38, 1992.

28.
VIGEVANI, T.1992VIGEVANI, T. ; VEIGA, J. P. C. ; MIYAMOTO, S. . Meio ambiente e dívida externa. Informações Cedec, São Paulo: Cedec, n.11, p. 1-2, 1992.

29.
VIGEVANI, T.1991VIGEVANI, T. ; VEIGA, J. P. C. . Mercosul e os Interesses Políticos e Sociais. São Paulo em Perspectiva (Impresso), v. 5, p. 44-51, 1991.

30.
MIYAMOTO, Shiguenoli1991MIYAMOTO, Shiguenoli ; VIGEVANI, T. ; VEIGA, J. P. C. . A Politica Exterior dos Estados Unidos. CADERNO CEDEC, SÃO PAULO, v. 24, p. 1-24, 1991.

31.
VIGEVANI, T.1991VIGEVANI, T. ; MIYAMOTO, S. ; VEIGA, J. P. C. . Motivações do papel dos Estados Unidos no mundo. Primeira Versão, Campinas: IFCH/Unicamp, n.40, p. 1-24, 1991.

32.
VIGEVANI, T.1991VIGEVANI, T. ; VEIGA, J. P. C. ; MIYAMOTO, S. . Política exterior dos Estados Unidos: problemas e perspectivas. Informações Cedec, São Paulo: Cedec, n.9, p. 2-3, 1991.

33.
VIGEVANI, T.1991VIGEVANI, T. ; VEIGA, J. P. C. . Política externa brasileira: informática e dívida externa. Informações Cedec, São Paulo: Cedec, n.7, p. 1-3, 1991.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
GALHERA, K. M. (Org.) ; VEIGA, J. P. C. (Org.) ; MARTIN, S. B. (Org.) . Walmart in the Global South. 1. ed. Austin: Texas University Press, 2018. 280p .

2.
VEIGA, J. P. C.; JAKOBSEN, K. . A Cooperação Sindical Laranja e Verde-Amarela. 1. ed. São Paulo: , 2011. v. 3.000. 126p .

3.
VEIGA, J. P. C.; RAQUEL, F. . O Compromisso das Empresas com as Metas do Milênio. São Paulo: Instituto Ethos, 2004. v. 5.000. 72p .

4.
VEIGA, J. P. C.. A Questão do Trabalho Infantil. 1. ed. São Paulo: Abet, 1998. v. 10. 142p .

5.
VEIGA, J. P. C.; BARBOSA, A. F. ; PERRUCCI, A. ; GONCALVES JR., C. A. ; BATTAGLINI, E. ; SARTI, F. ; FURTADO, J. ; MATTEI, L. F. ; PEREIRA, L. V. ; SALADINI, M. . Mercosul - Integração na América Latina e Relações com a Comunidade Européia. São Paulo: Cajá, 1992. v. 1. 307p .

Capítulos de livros publicados
1.
GALHERA, K. M. ; VEIGA, J. P. C. . ?Women?s Work in Transition: The Case of Entrepreneurial Bolivian Women in Brazil?s Apparel Sector. In: Beth English, Mary E. Frederickson, Olga Sanmiguel-Valderrama. (Org.). Global Women´s Work. 1ed.New York: Routledge, 2018, v. 1, p. 76-91.

2.
MAKISHI, F. ; VEIGA, J. P. C. ; ZACARELI, M. A. . Regulating Local Environmental Standards Through Private Incentives. In: Franco Becchis; Alberto Asquer; Daniele Russolillo. (Org.). Handbook: The Political Economy of Local Regulation. 1ed.London: Palgrave Macmillan, 2017, v. , p. 287-295.

3.
GALHERA, K. M. ; VEIGA, J. P. C. . Entre o Lar e a 'Fábrica': Trabalhadoras Bolivianas na Cadeia da Costura em São Paulo. In: Adna Maria Galvão. (Org.). Discussões Contemporâneas sobre Trabalho Escravo: Teoria e Pesquisa. 1ed.Rio de Janeiro: Mauad, 2016, v. , p. 277-298.

4.
ESPOSITO, K. ; VEIGA, J. P. C. . Monitoring Precarious and Forced Labour in Brazil: Sweatshops in São Paulo from a Gender Perspective. In: Jan Wouters; Glenn Rayp; Laura Beke; Axel Marx. (Org.). Protecting Labour Rights in a Multi-polar Supply Chain and Mobile Global Economy. 1ed.Netherlands: Kluwer Law International, 2015, v. 89, p. 7-30.

5.
VEIGA, J. P. C.; Anner, M. . Employment Regulation in National Contexts - Brazil. In: Carola Frege; John Kelly. (Org.). Comparative Employment Relations in the Global Economy. 1ed.New York: Routledge, 2013, v. , p. 265-284.

6.
VEIGA, J. P. C.; MARTIN, S. B. . Rainforest Communities and Climate Change in the Brazilian Amazon. In: Heidi Moksnes; Mia Melin. (Org.). Global Civil Society - Shifting Powers in a Shifting World. Uppsala: Uppsala Universitet, 2012, v. 752 36, p. 202-207.

7.
VEIGA, J. P. C.; MARTIN, S. B. . Trade Unions and Environmental NGOs in Brazil - New Values and Identities Through the Forging of Alliances in the Amazon Rainforest: The Case of Local Communities at the Arapiuns River (Western Pará). In: David Uzzell; Nora Räthzel. (Org.). Trade Unions and the Green Economy - Working for the Environment. 1ed.London: Routledge, 2012, v. 1, p. 169-191.

8.
VEIGA, J. P. C.; SAMPAIO, D. ; MAGRI, M. S. ; DIAS, D. . Uma Avaliação das Operações da Empresa Unilever no Brasil, Colômbia e Chile. In: Torrelli, Claudia; Garcia, Ana Saggioro. (Org.). En Busca de un Nuevo 'El Dorado'?. São Paulo: Expressão Popular, 2007, v. , p. 87-115.

9.
VEIGA, J. P. C.; VEIGA, P. M. . As Negociações Comerciais no Primeiro Governo Lula. In: Pedro da Motta Veiga. (Org.). Comércio e Política comercial no Brasil. São Paulo: Editora Singular, 2007, v. , p. 47-56.

10.
VEIGA, J. P. C.. Monitoring Multinational Corporations in Brazil. In: Anya Schiffrin and Liza Featherstone. (Org.). Coverling Labor: A Reporter's Guide to Worker's Rights in a Global Economy. 1ed.Washington: Initiative for Policy Dialogue, 2006, v. , p. 45-47.

11.
VEIGA, J. P. C.; MARTIN, S. B. . Globalização dos Mercados, Localização Produtiva e Relações Interfirmas. In: Maria Regina Nabuco; Magda de Almeida Neves; Antonio Moreira de Carvalho. (Org.). Indústria Automotiva - A Nova Geografia do Setor Produtivo. Belo Horizonte: DP & A Editora/PUC de Minas, 2002, v. , p. -.

12.
VEIGA, J. P. C.. Práticas Sindicais e Acordos Preferenciais de Comércio: Um Novo Caminho para o Sindicalismo?. In: Yves Chaloult; Paulo Roberto de Almeida. (Org.). Mercosul, Nafta e Alca - A Dimensão Social. 1ed.São Paulo: LTR, 1999, v. , p. 170-196.

13.
VEIGA, J. P. C.; VIGEVANI, T. . A Integração Industrial no Mercosul. In: Glauco Arbix; Mauro Zilbovicius. (Org.). De JK a FHC, a Reinvenção dos Carros. 1ed.São Paulo: Scritta, 1997, v. 1, p. 78-96.

14.
VEIGA, J. P. C.. The Auto Industry in Mercosur. In: Organization for Economic Cooperation and Development. (Org.). Market Acess Issues in the Automobile Sector - OECD Proceedings. 1ed.Paris: OECD, 1997, v. , p. 1-.

15.
BARBOSA, A. F. ; VEIGA, J. P. C. . Impactos Sobre o Mercado de Trabalho e o Movimento Sindical no Nafta e no Mercosul. In: Antonio José Almeida. (Org.). Mercosul - Integração e Impacto Sócio-Econômico. Petrópolis: Vozes, 1997, v. 974481, p. 61-106.

16.
VEIGA, J. P. C.; VIGEVANI, T. . Mercosul: Interesses e Mobilização Sindical. In: Hélio Zylberstajn; Iram Jácome Rodrigues; Maria Silvia Portella de Castro; Tullo Vigevani. (Org.). Processos de Integração Regional e a Sociedade. 1ed.São Paulo: Paz e Terra, 1996, v. 1, p. 223-248.

17.
VEIGA, J. P. C.. Mercosul: Evolução Institucional e Intervenção Sindical. In: Elena Battaglini; Fernando Sarti; João Furtado; João Paulo Cândia Veiga; Lia Valls Pereira; Mario Ferreira Presser; Marco Saladini; Renato Maluf. (Org.). Mercosul, Integração na América Latina e Relações com a Comunidade Européia. 1ed.São Paulo: Cajá, 1993, v. , p. 197-211.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
VEIGA, J. P. C.. O Brasil é o Maior Produtor de Café Certificado do Mundo. relacoesinternacionais.com.br, Florianópolis, 13 maio 2016.

2.
VEIGA, J. P. C.; RODRIGUES, P. ; HEHS, K. . Regulação e Governança de Commodities Agrícolas: Situação e Perspectivas para as Exportações Brasileiras. Breves, Rio de Janeiro, p. 1 - 22, 04 fev. 2014.

3.
VEIGA, J. P. C.. Sustainability or Greenwashing?. Yale Center for the Study of Globalization, http://www.ycsg.yale.edu/, 28 maio 2013.

4.
VEIGA, J. P. C.. 可持续还是漂绿?. Yale Fudan Global On Line - Yale Center for the Study of Globalization, China, 28 maio 2013.

5.
VEIGA, J. P. C. ; VEIGA, J. P. C. . O Legado de Lula: 'Democratização' e Protagonismo na Política Externa. Universo on Line (UOL), São Paulo, 03 jan. 2011.

6.
VEIGA, J. P. C.; RODRIGUES, P. . Certificação Social e Ambiental: Arranjos Institucionais e Impactos Sobre as Commodities Brasileiras. Breves, Rio de Janeiro - RJ, p. 01 - 30, 01 ago. 2010.

7.
VEIGA, J. P. C.. Aquecimento Global: Copenhague é Só o Começo. Instituto Observatório Social, 05 dez. 2009.

8.
Casara, Marques ; VEIGA, J. P. C. . Que Moda é Essa?. Observatório Social Em Revista, Brazil, p. 4 - 15, 05 jan. 2006.

9.
HACHMANN, L. ; VEIGA, J. P. C. . Observatório Social Vai Estudar a Empresa C&A. Observatorio Social em Revista, Brazil, p. 11 - 15, 05 jan. 2006.

10.
ARBIX, G. A. T. ; VEIGA, J. P. C. . Para Onde Vai o Regime Automotivo do Mercosul?. Gazeta Mercantil, São Paulo, 05 out. 2000.

11.
VEIGA, J. P. C.; COVINO, M. . De Carroça ao Estado da Arte. Metalurgia e Materiais, p. 388 - 396, 01 jul. 2000.

12.
VEIGA, J. P. C.. Industrial Relations, Democracy and Social Stability. World Labour Report, Genebra, p. 1 - 283, 01 jan. 1997.

13.
VEIGA, J. P. C.. Mercosul: O Início de Uma Nova Etapa. Associação Brasileira dos Distribuidores Ford, ABRADIF, p. 14 - 14, 01 nov. 1996.

14.
VEIGA, J. P. C.. Chile e Mercosul na nova fase da integração sul-americana. Carta Internacional, São Paulo, 01 jun. 1996.

15.
VEIGA, J. P. C.. Cláusula Social e Estratégias Sindicais. Texto para Debate Internacional, São Paulo, 29 mar. 1994.

16.
VIGEVANI, T. ; PEREIRA, L. V. ; VEIGA, J. P. C. . A América Latina e o Brasil no Novo Quadro Mundial. Debate Sindical - DESEP/CUT, São Paulo, p. 1 - 38, 01 maio 1992.

17.
MIYAMOTO, S. ; VIGEVANI, T. ; VEIGA, J. P. C. . Meio Ambiente e Dívida Externa. Informações CEDEC, São Paulo, p. 1 - 2, 01 maio 1992.

18.
MIYAMOTO, S. ; VIGEVANI, T. ; VEIGA, J. P. C. . Motivações do Papel dos Estados Unidos no Mundo. Primeira Versão - IFCH, Campinas - Unicamp, p. 1 - 24, 01 ago. 1991.

19.
VIGEVANI, T. ; VEIGA, J. P. C. ; MIYAMOTO, S. . Política Exterior dos Estados Unidos: Problemas e Perspectivas. Informações CEDEC, São Paulo, p. 2 - 3, 01 mar. 1991.

20.
VIGEVANI, T. ; MIYAMOTO, S. ; VEIGA, J. P. C. . Política Externa Brasileira: Informática e Dívida Externa. Informações CEDEC, São Paulo, p. 1 - 3, 01 mar. 1991.

21.
VEIGA, J. P. C.; MARTIN, S. B. . Corporate Employee Representation Union Strategies, and Third-Party Union-Linked Monitoring - Germany's BASF in Brazil as a Critical Case Study. Labor Studies Journal, Estados Unidos.

22.
VEIGA, J. P. C.. As Relações Internacionais e os Trabalhadores. Debate Sindical, São Paulo.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
VEIGA, J. P. C.; ZACARELI, M. A. ; MAKISHI, F. . Semi-experimental research to assess social and environmental impacts in the extraction of the non-timber forest products (NTFPs) in the Amazon rainforest. In: Flare, 2016, Edimburgo. foretliveyhoods, 2016.

2.
MAKISHI, F. ; ZACARELI, M. A. ; TERADA, T. ; VEIGA, J. P. C. ; LEME, S. . Indicador de Renda Per Capita Rural e Sustentabilidade Local: O Caso das Comunidades Rurais Extrativistas. In: IV WORKSHOP INTERDISCIPLINAR DE INVESTIGACIÓN E INDICADORES DE SUSTENTABILIDAD, 2015, Concepción. IV WORKSHOP INTERDISCIPLINAR DE INVESTIGACIÓN E INDICADORES DE SUSTENTABILIDAD, 2015.

3.
VEIGA, J. P. C.; ZACARELI, M. A. . Between the Local and the International: Sustainability of Brazilian Rainforest Products for the Natural Cosmetics Market. In: Workshop on the Ostrom Workshop Conference, 2014, Bloomington. Workshop on Political Theory, 2014.

4.
ZACARELI, M. A. ; VEIGA, J. P. C. . Between the Local and the International: Sustainability of Brazilian Rainforest Products for the Natural Cosmetics Market. In: FLACSO-ISA Joint International Conference - Global and Regional Powers in a Changing World, 2014, Buenos Aires. FLACSO-ISA Joint International Conference, 2014.

5.
BRANDÃO, Rodrigo ; DONADELLI, F. ; MARTIN, S. B. ; VEIGA, J. P. C. . Responsabilidade Social Empresarial e Mineração: O Caso da Alcoa em Juruti (Pará). In: Simpósio Internacional de Responsabilidade Social das Organizações (SIRSO), 2012, Rio de Janeiro. Congresso Nacional de Excelência em Gestão, 2012.

6.
VEIGA, J. P. C.; RODRIGUES, P. ; MALAVAZI, A. P. . Sustentabilidade em Cadeias Produtivas: O Caso da Candeia. In: VII Congresso Nacional de Excelência em Gestão, 2011, Rio de Janeiro. Congresso Nacional de Excelência em Gestão, 2011.

7.
ITIKAWA, L. ; VEIGA, J. P. C. . Empoderamento dos Trabalhadores Informais: Inclusão de Trabalhadores Sub-contratados e Autônomos em Canais de Negociação Unilaterais (empresa/governo) ou Multilaterais. In: Desenvolvimento Global - Desafios às Estratégias Sindicais, 2008, Campinas. Desenvolvimento Global: Desafios às Estratégias Sindicais, 2008.

8.
VEIGA, J. P. C.. Multinationals/Corporate Social Responsability. In: Global Union Research Network 2nd Workshop Agenda, 2004, Brussels. International Labour Office - ACTRAV, 2004.

9.
VEIGA, J. P. C.. Transnational Labour Rights Networks in Comparative Perspective - Brazil and Mexico, European and USA Transnational Corporations. In: Latin American Studies Association, 2004, Las Vegas. Latin American Studies Association, 2004.

10.
VEIGA, J. P. C.. Corporate Social Responsability and International Relations - MNEs and Corporate Behavior in Labour Rights and Gender Discrimination. In: Internation Studies Association - 45 Annual Convention, 2004, Montreal. www.isanet.org, 2004.

11.
VEIGA, J. P. C.. As Subsidiárias de Multinacionais e o Interesse Nacional. In: Multinacionais Brasileiras, 2003, São Paulo. Hotel Transamérica, 2003.

12.
VEIGA, J. P. C.. B.A.S.F. case study - the Right to Organization and Collective Bargaining. In: III International Global Compact Learning Forum Meeting, 2003, Nova Lima (MG). www.unglobalcompact.org, 2003.

13.
VEIGA, J. P. C.. Labour Standards and MNCs in the Developing World. In: Latin American Studies Association (LASA), 2003, Dallas. Latin American Studies Association, 2003.

14.
VEIGA, J. P. C.. Business, Governments and Regional Integration: The Case of Mercosur. In: Competing Regionalisms in the Americas, 2002, Cidade do México. Centre for International Studies, Oxford in association with the Centre for Brazilian Studies, Oxford and El Colegio de México, 2002.

15.
VEIGA, J. P. C.. Relação Stake X stockholders. In: A Relação do Balanço Social com o Mercado de Capitais, 2002, São Paulo. Abamec, 2002.

16.
VEIGA, J. P. C.. Labour Standards of ILO Conventions. In: Private Governance in Labour Issues, 2001, Buenos Aires. FLACSO, 2001.

17.
VEIGA, J. P. C.; VIGEVANI, T. ; PASQUARIELLO, K. L. . A Burocracia na Integração Regional (e no Mercosul): influência no processo decisório. In: Reestruturação e Reforma do Estado: o Brasil e a América Latina no Processo de Globalização, 1998, São Paulo. FEA, 1998.

18.
VEIGA, J. P. C.. A Integração da Indústria Automobilística no Mercosul. In: Latin American Studies Association, 1997, Cidade do México, 1997.

19.
VEIGA, J. P. C.; MELLO, F. C. . Claúsula Social : Considerações Sobre a Posição do Brasil. In: II Encontro Nacional de Estudos Estratégicos, 1995, São Paulo. Universidade de São Paulo, 1995.

20.
VEIGA, J. P. C.. Inequality and New Forms of Representation in Latin America. In: Inequality and New Forms of Representation in Latin America (Institute of Latin America and Iberian Studies, Columbia University), 1994, Nova Iorque. Unions and Society in Mercosur Integration Process - The Role of CUT. Nova Iorque: Papers on Latin America, 1994.

21.
VEIGA, J. P. C.; BARBOSA, A. F. . The Role of Labor Unions in The Transnational World: CUT and Mercosul Integrations. In: Conference on Inequality and New Forms of Popular Representations in Latin America, 1994, Nova York. The Institute of Latin American and Iberian Studies, 1994. v. 35. p. 2-18.

22.
VEIGA, J. P. C.. Segunda Conferência do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e da Comissão Econômica para a América Ltina (Cepal) - A Participação dos Trabalhadores no Mercosul. In: Support to the Process of Hemispheric Trade, 1993, Washington. A Participação dos Trabalhadores no Mercosul, 1993.

23.
VEIGA, J. P. C.; VIGEVANI, T. . A Formação dos Megablocos. In: Encontro anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais, 1993, Caxambú. Processos de Integração Regional, 1993.

24.
VEIGA, J. P. C.. A Participação dos Trabalhadores nos Processos de Integração Regional. In: La Integracion Regional e los Trabajadores, 1991, Cidade do México. Los Trabajadores em Los Processos de Integracion Regional, 1991.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
VEIGA, J. P. C.; ONUKI, J. ; OLIVEIRA, A. J. . Diplomacia Corporativa: Diplomacia Corporativa: tendências e desafios.. In: Diplomacia Corporativa e Internacionalização de Empresas, 2008, São Paulo. Diplomacia Corporativa: tendências e desafios. São Paulo: Fundação Vanzolini, 2008.

2.
VEIGA, J. P. C.. Monitoring Multinationals in Brazil. In: Global Union Research Network, 2004, Turim. www.gurn.org, 2004.

Apresentações de Trabalho
1.
VEIGA, J. P. C.. Tendência para negociações em 2013 perante o ambiente de instabilidade econômica mundial e seus impactos no Brasil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
DONADELLI, F. ; BRANDÃO, Rodrigo ; VEIGA, J. P. C. . Alcoa Brazil´s New Sustainability Model for Mining - An Independent Review. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
DONADELLI, F. ; BRANDÃO, Rodrigo ; MARTIN, S. B. ; VEIGA, J. P. C. . Modelos de Mineração, Responsabilidade Social Empresarial, e o Ciclo da Política Local. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
VEIGA, J. P. C.; DONADELLI, F. ; BRANDÃO, Rodrigo . Responsabilidade Social e Sustentabilidade na Indústria Extrativista no Pará: o Caso da Bauxita em Juruti. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
VEIGA, J. P. C.. Sustainability Standards in Commodity Chains. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
VEIGA, J. P. C.. 'Big Business' meets Public Choice in the Brazilian Tomato Suppy Chain. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
VEIGA, J. P. C.. João Paulo Cândia Veiga. São Paulo: Abrapneus, 2001 (Entrevista).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
VEIGA, J. P. C.; ARBIX, G. A. T. . A Distribuição de Veículos sob Fogo Cruzado. 2001.

Trabalhos técnicos
1.
VEIGA, J. P. C.. Interpretação Nacional dos Altos Valores de Conservação. 2015.

2.
VEIGA, J. P. C.. Comentários, Críticas e Sugestões: Selo Origens Brasil. 2015.

3.
TERADA, T. ; MAKISHI, F. ; ZACARELI, M. A. ; VEIGA, J. P. C. . Um Novo Olhar para o Desenvolvimento Sustentável da Sociobiodiversidade Brasileira. 2015.

4.
VEIGA, J. P. C.. Parecerista ad hoc no Concurso Brasileiro ANPOCS de Teses e Dissertações Universitárias em Ciências Sociais. 2013.

5.
VEIGA, J. P. C.; FACCIO, O. ; VEIGA, P. M. . Farmworkers Union of Santarém (Pará/Brazil) - Gleba Nova Olinda and Lago Grande. 2010.

6.
VEIGA, J. P. C.. Avaliação de Questionário de Responsabilidade Social da empresa ICI Paints (Tintas Coral). 2006.

7.
FACCIO, O. ; VEIGA, J. P. C. . As Diretrizes para Empresas Multinacionais da OCDE - Como Utilizar o Guia de Usuário da TUAC. 2003.

8.
VEIGA, J. P. C.; OLIVEIRA, M. A. . World Labour Report - Industrial Relations, Democracy and Social Stability. 1997.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
BARBOSA, A. F. ; VEIGA, J. P. C. . Workshop discute remuneração recebida pelos cafeicultores das regiões Sul e Sudoeste de Minas Gerais. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
VEIGA, J. P. C.. O Brasil é o Maior Produtor de Café Certificado do Mundo. 2016; Tema: Certificação de café. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
OLIVEIRA, A. J. ; ONUKI, J. ; FELIU, P. ; VEIGA, J. P. C. . Capacitação em Negociações Internacionais. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
MAKISHI, F. ; ZACARELI, M. A. ; VEIGA, J. P. C. . IIRELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DEIMPACTO EMCADEIAS DASOCIOBIODIVERSIDADE - O CASO DE ANAJÁS (MARAJÓ). 2018. (Relatório de pesquisa).

3.
ZACARELI, M. A. ; MAKISHI, F. ; VEIGA, J. P. C. . IIRELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DEIMPACTO EMCADEIAS DASOCIOBIODIVERSIDADE - O CASO DE TOMÉ-AÇÚ. 2018. (Relatório de pesquisa).

4.
ZACARELI, M. A. ; VEIGA, J. P. C. . Adopting UEBT (Union for Ethical BioTrade) standards. Assessing the deriving changes and effects on people and biodiversity.. 2018. (Relatório de pesquisa).

5.
ZACARELI, M. A. ; MAKISHI, F. ; VEIGA, J. P. C. . IIRELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DEIMPACTO EMCADEIAS DASOCIOBIODIVERSIDADE - O CASO DE IGARAPÉ-MIRI. 2018. (Relatório de pesquisa).

6.
ONUKI, J. ; VEIGA, J. P. C. . O Marco Regulatório Público para a Biodiversidade em Países Megadiversos O Papel dos Atores Não Estatais no Processo de Implementação. 2017. (Relatório de pesquisa).

7.
BARBOSA, A. F. ; SAES, M. S. M. ; VEIGA, J. P. C. . A Cadeia Produtiva do Café no Brasil: Impactos Sociais e Trabalhistas da Certificação. 2016. (Relatório de pesquisa).

8.
BARBOSA, A. F. ; SILVA, Marina Barbosa ; VEIGA, J. P. C. ; ZACARELI, M. A. . Parâmetro Global de Salário Básico e Decente. 2016. (Relatório de pesquisa).

9.
VEIGA, J. P. C.; TERADA, T. ; ZACARELI, M. A. ; MAKISHI, F. ; VEIGA, P. M. ; TREVISANI, D. ; PACHECO, M. ; CAIXETA, M. A. ; LEME, S. ; BEGAJ, H. ; KRAMAR, A. ; FIGUEROA, L. ; ORSTAVIK, S. ; MILLER, W. . I Relatório de Mensuração de Impacto - Um Novo Olhar para o Desenvolvimento Sustentável da Sociobiodiversidade Brasileira. 2016. (Relatório de pesquisa).

10.
VEIGA, J. P. C.; SILVA, Marina Barbosa ; ZACARELI, M. A. ; MAKISHI, F. . Terceiro Relatório Parcial de Avaliação e Mensuração de Impacto: Barreirinhas (MA). 2016. (Relatório de pesquisa).

11.
VEIGA, J. P. C.; SILVA, Marina Barbosa ; ZACARELI, M. A. ; MAKISHI, F. . Relatório Final de Avaliação e Mensuração de Impacto. 2016. (Relatório de pesquisa).

12.
TERADA, T. ; MAKISHI, F. ; ZACARELI, M. A. ; VEIGA, P. M. ; VEIGA, J. P. C. ; MILLER, W. ; ORSTAVIK, S. ; BEGAJ, H. ; FIGUEROA, L. ; TREVISANI, D. ; PACHECO, M. ; CAIXETA, M. A. . First Impact Measurement Report - A New View for Sustainable Development of the Brazilian Sociobiodiversity. 2016. (Relatório de pesquisa).

13.
TERADA, T. ; MAKISHI, F. ; VEIGA, J. P. C. ; ZACARELI, M. A. . Monitoramento do Desenvolvimento Local e Avaliação de Impacto. 2016. (Publicação do Centro de Estudos de Sustentabilidade (FGV-Ces)).

14.
VEIGA, J. P. C.; ZACARELI, M. A. ; MAKISHI, F. . Primeiro Relatório Parcial: Avaliação de Impacto: Município de Barcelos. 2015. (Relatório de pesquisa).

15.
VEIGA, J. P. C.; ZACARELI, M. A. ; MAKISHI, F. ; SILVA, Marina Barbosa . Segundo Relatório Parcial de Avaliação e Mensuração de Impacto: Município de Amapá. 2015. (Relatório de pesquisa).

16.
VEIGA, J. P. C.; BARBOSA, A. F. ; ESPOSITO, K. . Precarious Work: the case of Bolivian women workers in the apparel sector in the city of São Paulo. 2014. (Relatório de pesquisa).

17.
VEIGA, J. P. C.; MAKISHI, F. ; ZACARELI, M. A. . Principles, Criteria and Indicators for the Extraction and Drying of White Clay in São Miguel do Guamá (Pará). 2014. (Relatório de pesquisa).

18.
ZACARELI, M. A. ; VEIGA, J. P. C. . Extrativismo de Produtos Não Madeireiros em Comunidades Locais da Amazônia Brasileira: Os Casos de Salvaterra e Bragança - Pará. 2013. (Relatório de pesquisa).

19.
VEIGA, J. P. C.; RODRIGUES, P. ; ORTIZ, G. P. ; MIRANDA, R. . Standards de Sustentabilidade - Entre o Mercado e a Política. 2010. (Relatório de pesquisa).

20.
VEIGA, J. P. C.. Curso de Negociação Aplicado às Relações Capital-Trabalho. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

21.
OLIVEIRA, A. J. ; ONUKI, J. ; VEIGA, J. P. C. . Capacitação em Negociação Internacional I. 2007. .

22.
OLIVEIRA, A. J. ; ONUKI, J. ; VEIGA, J. P. C. . Curso de Especialização em Negociações Internacionais. 2007. ((Curso de curta duração ministrado/Extensão)).

23.
OLIVEIRA, A. J. ; ONUKI, J. ; VEIGA, J. P. C. . Capacitação em Negociações Internacionais. 2007. ((Curso de curta duração ministrado/Extensão)).

24.
OLIVEIRA, A. J. ; ONUKI, J. ; VEIGA, J. P. C. . Capacitação em Negociações Internacionais I. 2006. .

25.
VEIGA, J. P. C.; SILVA, M. C. ; VILMAR, Maria Lucia . Company Monitor - Petros do Brasil (Pension Fund from Petrobras Workers). 2006. (Relatório de pesquisa).

26.
VEIGA, J. P. C.; ZIDAN, L. N. ; ARRUDA, L. ; HACHMANN, L. ; SANTOS, Yoná . Research Report - Banco Real ABN Brazil. 2006. (Relatório de pesquisa).

27.
VALLINA, M. ; SCHERER, C. ; VEIGA, J. P. C. . Philips da Amazônia - Supply Chain Brazil. 2006. (Relatório de pesquisa).

28.
SAMPAIO, D. ; VEIGA, J. P. C. . Comportamento Social e Trabalhista da empresa Akzo Nobel no Brasil. 2005. (Relatório de pesquisa).

29.
VEIGA, J. P. C.; MARIANO, K. L. P. . Carrefour e a Cadeia Produtiva - O segmento de Frutas, Verduras e Legumes. 2005. (Relatório de pesquisa).

30.
RAQUEL, F. ; VEIGA, J. P. C. ; SAMPAIO, D. . Comportamento Social e Trabalhista da Empresa Unilever - Relatório Geral de Observação II. 2005. (Relatório de pesquisa).

31.
VEIGA, J. P. C.. Relatório de Responsabilidade Social Empresarial - Braskem. 2005. (Relatório de pesquisa).

32.
OLIVEIRA, A. J. ; ONUKI, J. ; VEIGA, J. P. C. . Entraves e Possibilidades Institucionais e Políticos da Integração Regional Sul-americana. 2005. (Relatório de pesquisa).

33.
OLIVEIRA, A. J. ; ONUKI, J. ; VEIGA, J. P. C. . Curso de Capacitação em Negociações Internacionais. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

34.
VEIGA, J. P. C.; SCHERER, C. . O Desempenho Social e Trabalhista da Bayer, Bosch e ThyssenKrupp no Brasil. 2004. (Relatório de pesquisa).

35.
RAQUEL, F. ; VEIGA, J. P. C. ; RODRIGUES, V. . Comportamento Social e Trabalhista da Empresa Unilever - Relatório Geral de Observação. 2004. (Relatório de pesquisa).

36.
RAQUEL, F. ; VEIGA, J. P. C. . Mapa de Empresa - Unilever na América Latina. 2004. (Relatório de pesquisa).

37.
VEIGA, J. P. C.; CARNEIRO, C. ; SILVA, F. C. . Mapa Social, Trabalhista e Ambiental - Dana Corporation. 2004. (Relatório de pesquisa).

38.
VEIGA, J. P. C.. Apresentação do Modelo de Negociações da Universidade de Harvard - Modelo PON. 2003. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

39.
RAQUEL, F. ; VEIGA, J. P. C. . Company Report - Nestlé. 2003. (Relatório de pesquisa).

40.
SILVA, M. C. ; VEIGA, J. P. C. . Comportamento Social e Trabalhista da Empresa Mapol-Hartmann. 2002. (Relatório de pesquisa).

41.
VEIGA, J. P. C.; SILVA, M. C. . Comportamento Social e Trabalhista da Empresa Parmalat do Brasil SA. 2001. (Relatório de pesquisa).

42.
VEIGA, J. P. C.; BARBOSA, A. F. . Crise e Desenvolvimento na América Latina: Perspectivas de Estabilização e de Retomada do Desenvolvimento. 1993. (Editoração/Anais).

43.
VEIGA, J. P. C.; BARBOSA, A. F. . A Modernização Técnico-Produtiva e as Transformações Internacionais: Impactos sobre o Mundo do Trabalho e para as Relações Norte-Sul. 1993. (Editoração/Anais).

44.
VEIGA, J. P. C.; BARBOSA, A. F. . A Integração Regional na América Latina e as Relações com a CE. 1993. (Editoração/Anais).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
VEIGA, J. P. C.; PEREIRA, L. E. ; VEIGA, P. M. . Criação de Peixe na Comunidade Anã - Rio Arapiuns. 2012. Filme.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
VEIGA, J. P. C.; ONUKI, J.; BARBOSA, A. F.. Participação em banca de Henrique Gerken Brasil. Relações Externas Brasil-África: da Política Externa Independente ao Governo Lula. 2016. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação Instituto de Estudos Brasileiros) - Instituto de Estudos Brasileiros.

2.
VILLA, R. D.; LEHMANN, K. E.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Gustavo Carlos Macedo. Emergência Como Hipótese: Estudo sobre a Norma de Não Intervenção em Atores Emergentes - O Brasil, a Índia e a Responsabilidade de Proteger (2001-2011). 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

3.
FELIU, P.; GUIMARAES, F.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Rachel Glueck. O Impacto da Burocracia sobre os Regimes Internacionais: o Caso do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente. 2015. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais.

4.
VEIGA, J. P. C.; SCHROTER, E.. Participação em banca de Manuel Brettschneider. Mapping and Analyzing the Global Governance Arrangement Against Transnational Bribery. 2015. Dissertação (Mestrado em Department Public Management & Governance) - Zeppelin Universität.

5.
BARBOSA, A. F.; CACCIAMALI, M. C.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Magda Holan Yu Chang. O Padrão de Inserção Internacional da Economia Brasileira entre 1945-1980: Uma Análise da Interação entre Política Econômica e Política Externa. 2014. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação Instituto de Estudos Brasileiros) - Instituto de Estudos Brasileiros.

6.
ONUKI, J.; BRANCO, M. S.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Gustavo Brechesi Servilha. A Internacionalização e Ensino Básico: Suas Motivações". 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

7.
VEIGA, J. P. C.; RIGHI, R.; TANG, Y. S.. Participação em banca de Jonathas Miranda de Carvalho. Os Jogos Olímpicos, a Cooperação Descentralizada e a Aplicação de Políticas Públicas. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais.

8.
MIYAMOTO, S.; MATHIAS, S. K.; VEIGA, J. P. C.; BRAGA, C. M.. Participação em banca de Camila de Macedo Braga. A Prevenção à Escalada de Conflitos Violentos em uma Perspectiva Crítica: o Caso de Darfur. 2013. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais (Unesp/Unicamp/Puc-Sp)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

9.
REYDON, B. P.; VEIGA, J. P. C.; MAIA, A. G.. Participação em banca de Hans Awude. Climate Change and Its Effect on Agricultural Employment in Ghana: The Role of Trade Unions. 2013. Dissertação (Mestrado em Global Labour University) - Instituto de Economia - Unicamp.

10.
MARTINEZ, E. D. M.; PACIFICO, A. M. P.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Mariana de Oliveira Nóbrega. A Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) na Busca da Implementação da Convenção das Nações Unidas de Combate à Desertificação - 2007-2011. 2013. Dissertação (Mestrado em Relaçoes Internacionais) - Universidade Estadual da Paraíba.

11.
VEIGA, J. P. C.; REIS, R. R.; VIEIRA, N. R.. Participação em banca de Adriane de Sousa Camargo. Globalização e Hegemonia nas Relações Internacionais: O Caso da Via Campesina por uma Perspectiva Gramsciana. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais.

12.
VEIGA, J. P. C.; A.P.B. Saviatti; PAULANI, L.; COGGIOLA, O.. Participação em banca de Ana Paula Bonucelli Salviatti. A Financeirização do Meio Ambiente. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa Pós-graduação em História Econômica) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

13.
REIS, R. R.; VEIGA, J. P. C.; OLIVEIRA. Participação em banca de Thais Silva Menezes. Direitos Humanos e Refúgio: A Violação de Direitos Antes e Após a Determinação do Status de Refugiado. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Relações Internaciona) - Instituto de Relações Internacionais.

14.
VIGEVANI, T.; VEIGA, J. P. C.; MARCOVITCH, Jacques. Participação em banca de Adalberto Felicio Maluf Filho. A Efetividade do Regime Internacional da Mudança Climática: A Contribuição dos Governos Sub-nacionais. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Relações Internaciona) - Instituto de Relações Internacionais.

15.
OLIVEIRA, A. J.; MIYAMOTO, S.; VEIGA, J. P. C.; SARMENTO JR., C.. Participação em banca de Carlos Sarmento Jr.. Empreendedorismo Politico e Relações Internacionais. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Relações Internaciona) - Instituto de Relações Internacionais.

16.
KLEIN, J. D.; REYDON, B. P.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Jordan Joseph Thompson. A Incorporação da Consciência Ambiental no Movimento Trabalhista do Canadá: os Casos de Alberta e Ontário. 2010. Dissertação (Mestrado em Universidade Global do Trabalho) - Instituto de Economia - Unicamp.

17.
VIGEVANI, T.; REIS, R. R.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Kjeld Aagaard Jakobsen. Relações Transacionais e o Funcionamento do Regime Trabalhista Internacional. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

18.
OLIVEIRA, A. J.; VEIGA, J. P. C.; ONUKI, J.. Participação em banca de Cláudia Mancini. O agronegócio e as negociações comerciais internacionais: uma análise da ação coletiva do setor privado. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

19.
ONUKI, J.; OLIVEIRA, A. J.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Laura Thais Silva. Política Externa Brasileira para o Mercosul: Interesses Estratégicos e Crise da Integração Regional. 2006. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

20.
VEIGA, J. P. C.; Sennes, Ricardo U.; ABRUCIO. Participação em banca de Caroline Shammass Ranzani. "O Descompasso entre o Interno e o Externo Numa Era de Interdependência: O Caso do Acesso a Medicamentos para HIV/AIDS no Brasil. 2006. Dissertação (Mestrado em Administração Pública e Governo) - Fundação Getulio Vargas - SP.

Teses de doutorado
1.
OLIVEIRA, A. J.; Pfeifer Filho, A.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Marcelo Rocha e Silva Zorovich. The Propensity of the Brazilian Private Sector to Joint and to Propel International Trade Agreements with China. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação) - Instituto de Relações Internacionais.

2.
VEIGA, J. P. C.; ONUKI, J.; Sennes, Ricardo U.; MARCOVITCH, Jacques; ALMEIDA, M. H. T.. Participação em banca de Leandro Consentino. Ação Coletiva na Cadeia do Etanol - o Caso da Certificação BSI-Bonsucro. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

3.
ONUKI, J.; VEIGA, J. P. C.; LOTTA, G.; LUCENA, C.; PINHEIRO, L.. Participação em banca de Maria Isabel Meunier Ferraz. O Estado Incremental: Ação e Interação do Executivo na Política Migratória Brasileira. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

4.
SILVA, L. G. M. E.; VEIGA, J. P. C.; Rodrigues, Iram J.; Oliveira, Roberto V.; Costa, Hermes A. T. Moreira. Participação em banca de Hélio da Costa. Responsabilidade Social Empresarial e Sindicalismo no Contexto da Globalização. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Sociologia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

5.
ONUKI, J.; Hazin, Fábio; Haas, Peter; BALBACHEVSKY, E.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Leandra Regina Gonçalves Torres. Organizações Regionais para o Ordenamento Pesqueiro: o Poder está Ouvindo a Ciência?. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação) - Instituto de Relações Internacionais.

6.
VEIGA, J. P. C.; MAKISHI, F.; SAES, M. S. M.; NUNES, R.; LARA, V.; PIAO, R. C. S.. Participação em banca de Fausto Makishi. Estratégia de Diversificação e Coordenação em Cadeias da Sociobiodiversidade. 2015. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Engenharia de Alimentos) - Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos.

7.
VILLA, R. D.; VEIGA, J. P. C.; FUSER, I.; BARROSO, J. L.; SALA, J. B.. Participação em banca de Douglas de Castro. A Água como Premissa Positiva nas Relações Internacionais: a Lógica da Cooperação que Contraria a Hipótese de Conflito Violento. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

8.
VILLA, R. D.; MELLO, F. C.; LEHMANN, K. E.; SILVA, E. S. N.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Flávio Pedroso Mendes. Lakatos, O Realismo Ofensivo e o Programa de Pesquisa Científico do Realismo Estrutural. 2013. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação) - Instituto de Relações Internacionais.

9.
VEIGA, J. P. C.; LOTTA, G.; FAVARETO, A.; FUSER, I.; BEDUSCHI FILHO, L. C.. Participação em banca de Louise Nakagawa. A Arquitetura da Governança Privada e a Dinâmica das Roundtables Globais. 2013. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade Federal do ABC.

10.
OLIVEIRA, A. J.; ONUKI, J.; VIGEVANI, T.; VEIGA, J. P. C.; MARIANO, M. P.. Participação em banca de Haroldo Ramanzini Jr.. O Brasil e as Negociações no Sistema GATT/OMC: Uma Análise da Rodada Uruguai e da Rodada Doha. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

11.
VILLA, R. D.; BALBACHEVSKY, E.; VEIGA, J. P. C.; MARIANO, K. L. P.; HOLZHACKER, D. O.. Participação em banca de Regiane Nitsch Bressan. A Integração Sul-americana e a Superação da Pobreza: Uma Abordagem Pela Percepção das Elites. 2012. Tese (Doutorado em Integração da América Latina) - Universidade de São Paulo.

12.
OLIVEIRA, A. J.; ONUKI, J.; MIYAMOTO, S.; CRUZ, S. C. V. E.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Roberto Goulart Menezes. A Liderança Brasileira no Marco da Integração Sul-americana. 2010. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

13.
BALBACHEVSKY, E.; GRISI, C. C. H. E.; VEIGA, J. P. C.; ANDRADE, D.; SANTO, R. A.do E.. Participação em banca de Alexandre Hamilton Oliveira dos Santos. Regime Internacional de segurança e facilitação de aviação civil: um estudo de análise da política de transporte aéreo da América Latina pós-atentados terroristas de 11 de setembro de 2001 nos EUA. 2008. Tese (Doutorado em Prograrma de Integração da América Latina) - Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina.

14.
OLIVEIRA, A. J.; ONUKI, J.; VEIGA, J. P. C.; FILHO, J. L. N. dos S.; PASSOS, R. D. F.. Participação em banca de Cesar Augusto Lambert de Azevedo. A política externa norte-americana para a República Popular da China: cooperação ou competição?. 2008. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

15.
BALBACHEVSKY, E.; SATO, E.; ONUKI, J.; VEIGA, J. P. C.; MIYAMOTO, S.. Participação em banca de Elias David Moralez Martinez. A experiência de Tlatelolco: um estudo do regime latino-americano e caribenho de proscrição de armas nucleares. 2008. Tese (Doutorado em Prograrma de Integração da América Latina) - Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina.

16.
RESENDE, P. E. A.; ONUKI, J.; Trevisan, L. N.; PEREIRA, M. B.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Joaquim Carlos Racy. Política Externa Brasileira: Cooperação e Desenvolvimento na Primeira Metade da Década de 1990. 2007. Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

17.
VEIGA, J. P. C.; FERREIRA, O. S.; Sennes, Ricardo U.. Participação em banca de Thania Soto Lemke. A human Human Rights Watch: formas de atuação das organizações não governamentais transnacionais. 2006. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

18.
VEIGA, J. P. C.; HIRANO, S.; ARBIX, G. A. T.; ZILBOVICIUS, M.; SALLUM JR., B. J.. Participação em banca de Maria Florencia Ferrer. A Teia não Virtual - A Organização em Rede e o Capitalismo Contemporâneo. 2000. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
ONUKI, J.; C., A.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de José Luiz Pimenta junior. A Inserção do Brasil nas Cadeias Globais de Valor (CGV): A Avicultura e a Competitividade Brasileira nos Mercados Internacionais. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação) - Instituto de Relações Internacionais.

2.
VEIGA, J. P. C.; COSTA, J. A. F.; FERREIRA JR., G. M.. Participação em banca de Mauro Kiithi Arima Júnior. Padrões Privados no Comércio Internacional: Desafios Estruturais ao Sistema Multilateral de Comércio. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Direito Internacional) - Faculdade de Direito da USP.

3.
ONUKI, J.; JACOBI, P. R.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Murilo Alves Zacareli. Atores Não Estatais e o Processo de Implementação da Convenção sobre Biodiversidade Biológica nos Países da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação) - Instituto de Relações Internacionais.

4.
STUNKEL, O.; PECEQUILO, C.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Augusto Rinaldi. Aliança Não Militar e Soft Balancing. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

5.
SOARES, S.; VILLA, R. D.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Gustavo Macedo. Dinâmicas de normas transnacionais e proteção humanitária? O Brasil e o uso da força na MINUSTAH. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

6.
MARCOVITCH, Jacques; VEIGA, J. P. C.; ASSUNCAO, J.. Participação em banca de Luiz Fernando Amaral. ICT and Agricultural Development: the Impacts of Information and Communication-technology on Agriculture. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação) - Instituto de Relações Internacionais.

7.
VILLA, R. D.; MARTIN, Andre; PORTELLA, D.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Daniela Portella Sampaio. Sistema do Tratado Antártico: Dinâmicas e Implicações da Soberania e da Cooperação para a Governança da Região. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação) - Instituto de Relações Internacionais.

8.
VEIGA, J. P. C.; ONUKI, J.; OLIVEIRA, A. J.. Participação em banca de Ítalo Beltrão Espósito. Continuidade e Mudança na Política Externa: Comparando Casos Latino-americanos". 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação) - Instituto de Relações Internacionais.

9.
ALMEIDA, M. H. T.; MANCUSO, W. P.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Leandro Consentino. As Certificações Socioambientais no Mercado do Etanol. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

10.
VEIGA, J. P. C.; VILLA, R. D.; LEHMANN, K. E.. Participação em banca de Peterson Ferreira da Silva. Política Industrial de Defesa no Brasil (1999-2014): Intersetorialidade e Dinâmica de seus Principais Atores. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação) - Instituto de Relações Internacionais.

11.
RIBEIRO, W. C.; COSTA, W. M.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Helena Margarido Moreira. A Formação da Nova Geografia Política das Mudanças Climáticas: o Papel dos Estados Unidos e da China. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Pos-graduação em Geografia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

Qualificações de Mestrado
1.
OLIVEIRA, A. J.; VEIGA, J. P. C.; Weiffen, BRIGITTE. Participação em banca de Jurre Edsger Van Dijk. Pos-neoliberal or Post-hegemonic Regionalism: A New Era in Regional Integration in Latin America and South America. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais.

2.
OLIVEIRA, A. J.; BERNABEL, R. T.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de André Ziccardi Gomes Nogueira. O Papel dos Estados Hegemônicos na Provisão de Bens Públicos: Uma Abordagem em Teoria dos Jogos. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais.

3.
SCHOR, A.; MARCOVITCH, Jacques; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Vinícius Neves dos Santos. Regulação Privada e a Implementação dos Acordos Intergovernamentais Multilaterais - 0 Caso do UNFCCC. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais.

4.
SILVERMAN, Jana; FRAMIL Filho, Ricardo; SILVA, L. G. M. E.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Ricardo Framil Filho. Redes Sindicais em Empresas Transnacionais: Experiências nos Ramos Químico e Metalúrgico. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Sociologia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

5.
ONUKI, J.; MARIANO, K. L. P.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Thiago de Oliveira Meireles. Da Diplomacia Federativa à Cooperação Internacional Federativa. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

6.
VEIGA, J. P. C.; ONUKI, J.; GUIMARAES, F.. Participação em banca de Fernanda Lopes Regina. Cooperação Técnica entre Países em Desenvolvimento (CTPD): Brasil - Haiti. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

7.
REIS, R. R.; MENDONCA, D.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Guilherme Giuliano Nicolau. A Identidade da União Européia em Segurança Internacional Através da Construção Discursiva de uma Região Euromediterrânea como sua Alteridade. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

8.
VEIGA, J. P. C.; ONUKI, J.; BRANCO, M. S.. Participação em banca de Gustavo Brechesi Servilha. A Internacionalização do Ensino Básico. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

9.
BEDUSCHI FILHO, L. C.; MORETO, E.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Clara de Camargo. A Agricultura Orgânica e seus Sistemas de Garantia. 2013 - Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais.

10.
ONUKI, J.; VEIGA, J. P. C.; JACOBI, P. R.. Participação em banca de Murilo Alves Zacareli. Institutional Arrangements at local Level and Global Environmental Governance. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais.

11.
ONUKI, J.; VEIGA, J. P. C.; SCHOR, A.. Participação em banca de Celso Medina Santos. Integração Regional e Desenvolvimento: Um Estudo Sobre o CEDEAO. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais.

12.
MARCOVITCH, Jacques; RIBEIRO, W. C.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Cássia Maria Siqueira Marques da Costa. Redes de Governos Sub-nacionais e Relações Internacionais. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós Graduação em Relações Internaciona) - Instituto de Relações Internacionais.

13.
ZYLBERSZTAJN, D.; OLIVEIRA, A. J.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Pietro Carlos Rodrigues. Regulação Privada e Governança Transnacional: Limites dos Arranjos Institucionais Privados para Cadeias de Commodities. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

14.
BOBIK, M.; VILLA, R. D.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Cláudia Rios. A Segurança Alimentar no Âmbito Internacional: O Caso da Bolívia. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

15.
SCHETTINI, D. C. D.; OLIVEIRA, A. J.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de André da Cunha Michelin. Regulação, Integração e Preços de Energia Elétrica na América do Sul. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós Graduação em Relações Internaciona) - Instituto de Relações Internacionais.

16.
ALMEIDA, M. H. T.; MANCUSO, W. P.; VEIGA, J. P. C.; CONSENTINO, L.. Participação em banca de Leandro Consentino. Interesses Organizados na Cena Internacional: O Lobby do Etanol. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de Marcelo Covino. O Regime Automotivo Brasileiro. 1998. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Administração de empresas) - Escola Superior de Propaganda e Marketing.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ONUKI, J.; VEIGA, J. P. C.. Participação em banca de André Joji Sato, Fábio Muller Hirai, Mauro Seiji Fukunaga.O Mercado de Carbono e o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade de São Paulo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
COSTA, V. M. F.; VEIGA, J. P. C.; LAHUERTA, M.. Concurso de Efetivação de Professor. 2013. Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara.

2.
VEIGA, J. P. C.; SCHUTTE, G. R.; MINHOTO, L. D.. Processo Seletivo Contratação Temporária de Docente. 2013. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

3.
VEIGA, J. P. C.; RICUPERO, B.; SILVA, L. G. M. E.. Processo Seletivo Contratação Temporária de Docente. 2013. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

4.
VEIGA, J. P. C.; RODRIGUES, Marta Maria Assumção. Políticas Públicas e de Saúde, Formação Econômica e Social do Brasil, e Estudo da Política. 2008. Universidade de São Paulo.

Outras participações
1.
CEPALUNI, G.; BERCITO, D.; VEIGA, J. P. C.. Processo Seletivo. 2017. Instituto de Relações Internacionais.

2.
VEIGA, J. P. C.; DALLARI, P. B. A.; ALMEIDA, G. A.. Migrações Ambientais, Direitos Humanos, e o Caso dos Pequenos Países Insulares. 2012. Instituto de Relações Internacionais.

3.
PAULANI, L.; BARBOSA, W.; VEIGA, J. P. C.. Modo de Produção e a Natureza a Serviço da Desrazão do Capital. 2012. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

4.
VEIGA, J. P. C.; BARBOSA, A. F.; OLIVA, J. T.; CHANG, M. H. Y.. O Padrão de Inserção Externa da Economia Brasileira entre 1945-1980: Uma Avaliação da Interação entre Política Econômica e Política Externa. 2012. Instituto de Estudos Brasileiros.

5.
VEIGA, J. P. C.; MARCOVITCH, Jacques; JOHN, V. M.. A Certificação na Construção Civil como Indutora de Inovações Tecnológicas. 2012. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP.

6.
SACARDO, Danile P.; VEIGA, J. P. C.; FORTES, P. A. C.. Cooperação Internacional em Saúde: Possibilidades sob Escopo do Mercosul. 2011.

7.
DONADELLI, F.; VEIGA, J. P. C.; ONUKI, J.; ABRAMOVAY, R.. A Importância da Governança Privada Para a Elevação dos Padrões de Proteção Ambiental: Um Estudo de Caso. 2011. Instituto de Relações Internacionais.

8.
VILLA, R. D.; MARCOVITCH, Jacques; VEIGA, J. P. C.; MALUF FILHO, A. F.. Governos Sub-nacionais e as Mudanças da Mitigação Climática. 2011. Instituto de Relações Internacionais.

9.
DALLARI, P. B. A.; ALMEIDA, G. A.; VEIGA, J. P. C.; MATTAR, M. R. M.. Migrações Ambientais - A Questão da Cidadania em Pequenos Países Insulares. 2011. Instituto de Relações Internacionais.

10.
VILLA, R. D.; VEIGA, J. P. C.; CASTRO, D.. Escassez Hídrica como Premissa Positiva nas Relações Internacionais. 2011. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

11.
OLIVEIRA, A. J.; ONUKI, J.; VEIGA, J. P. C.. Empreendedorismo Político e Coalizões Internacionais: O Caso do Brasil no Governo Lula. 2011. Instituto de Relações Internacionais.

12.
ONUKI, J.; Del Tedesco Lins, M. A.; VEIGA, J. P. C.. Coalizões Internacionais e o G-20: Aspectos da Liderança Brasileira na Rodada Doha de Desenvolvimento da OMC. 2011. Instituto de Relações Internacionais.

13.
Sennes, Ricardo U.; VILLA, R. D.; VEIGA, J. P. C.. A Atuação das Tropas Brasileiras em Operações de Manutenção da Paz da ONU: Uma Análise Exploratória sob a Ótica dos Parâmetros de Excelência Identificados nos Relatórios Oficiais da Organização e na Literatura. 2011. Instituto de Relações Internacionais.

14.
ONUKI, J.; OLIVEIRA, A. J.; VEIGA, J. P. C.; TUMALEO, Josephine; MARINHEIRO, M. R.. Opinião Pública e a Política Externa do México: A Percepção Política da População e das Elites aos 16 anos do Nafta (North America Free Trade Agreement). 2011. Instituto de Relações Internacionais.

15.
BADIN, M. R. S.; VEIGA, J. P. C.; VILLA, R. D.. A Concentração Geográfica da Sociedade Civil Global: Análise da Participação de Organizações não-governamentais nas Conferências Sociais Globais da Organização das Nações Unidas, e nas Conferências Ministeriais da Organização Mundial do Comércio (1996-2005). 2010. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

16.
VEIGA, J. P. C.; ONUKI, J.; Trevisan, L. N.; RACY, J. C.; RESENDE, P. E. A.; PEREIRA, M. B.. Política externa Brasileira: Cooperação e Desenvolvimento na Primeira Metade da Década de 1990. 2007. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
?Dilemas em Unidades de Conservação com Populações Tradicionais?.?Dilemas em Unidades de Conservação com Populações Tradicionais?. 2018. (Encontro).

2.
Global Labor University. Smart mobile phones in Brazil: Industrial Policy and Labour Governance. 2018. (Congresso).

3.
International Studies Association 2018. Networks of Non-State Actors and Biodiversity Governance in the Amazon Rainforest: Implications for Access and Benefit-Sharing Among OTCA Countries. 2018. (Congresso).

4.
Programa de Seminários da disciplina 'Governança Ambiental'.?Como implementar a CND/Brasil? A Perspectiva da Ciência Política. 2018. (Seminário).

5.
II Encontro do Programa de Pesquisa e Resiliência da Agricultura Familiar - MT.Produção do Termo de Referência sobre Resiliência da Agricultura Familiar. 2017. (Encontro).

6.
International Studies Association. Mapping National Legislations on Biodiversity among OTCA Countries: Implications for Access and Benefit-Sharing. 2017. (Congresso).

7.
Protecting Rights at the End of the Line: Stakeholder Engagement in Light Manufacturing.Panel on Mapping Change, South to North. 2017. (Outra).

8.
Semana de Administração.Governança Ambiental: Sustentabilidade e Eficiência. 2017. (Outra).

9.
V Annual Conference of SISC - Italian Society for Climate Science. Connecting National and Global Indicators: the Case of the Sustainable Development Goal on Water. 2017. (Congresso).

10.
VI RI em Debate: Efeito Trump.Mesa Organizações Internacionais. 2017. (Seminário).

11.
Avaliação de Impacto - Expedição Vagalume.Resultados e Impacto da Expedição Vagalume. 2016. (Oficina).

12.
Avaliação de Parcerias Projeto ReDes.Mensuração de Resultados e Impactos das Cadeias de Valor da Sociobiodiversidade. 2016. (Oficina).

13.
Biodiversity Data Quality Symposium. 2016. (Simpósio).

14.
Certification, greenhouse gas emissions, and cattle: theories and evidence of change in Brazilian Amazonia. 2016. (Outra).

15.
CSSI 2016 Conference. Strategic Collaborative Governance in Cross-Sector Social Partnerships: Evidences and Case-Studies from the Brazilian Amazon. 2016. (Congresso).

16.
Forests & Livelihoods: Assessment, Research, and Engagement. Semi-experimental research to assess social and environmental impacts in the extraction of the non-timber forest products (NTFPs) in the Amazon rainforest. 2016. (Congresso).

17.
I Encontro do Programa de Pesquisa e Resiliência da Agricultura Familiar - MT.Mensuração de Resultados e Impactos das Cadeias de Valor da Sociobiodiversidade. 2016. (Encontro).

18.
International Studies Association. Transnational Arenas in Biodiversity Governance. 2016. (Congresso).

19.
Understanding the Diversity of hybrids: Organizational and Institutional Framing of Agriculture Transactions. 2016. (Oficina).

20.
Workshop de Validação do Salário de Bem estar (Living Wage).Cadeia de Valor do Café: Impactos Sociais e Trabalhistas da Certificação. 2016. (Oficina).

21.
10 th Annual Global Labour Union Conference.Wal-Mart in Brazil: From Global Diffusion to National Institutional Embeddedness. 2015. (Outra).

22.
Encontro Anual da Anpocs.Renda Rural e Desenvolvimento Local: Um Novo Indicador para o Índice de Desenvolvimento Humano?Municipal (IDH-M). 2015. (Encontro).

23.
II Evento Dia da Biodiversidade Brasileira.A Coleta de Sementes Oleaginosas: Mensuração de Impactos Sócioambientais na Amazônia. 2015. (Encontro).

24.
III Seminário Internacional Ruralidades, Trabalho e Meio Ambiente.Produtos Florestais Não Madeireiros (PFNMs) na Amazônia Brasileira: além do Trade Off entre o Social e o Ambiental. 2015. (Seminário).

25.
Iniciativa Desenvolvimento Local & Grandes Empreendimentos.Mensuração de Impacto Impacto Sócio-ambiental da Coleta de Sementes Oleaginosas da Biodiversidade Brasileira. 2015. (Seminário).

26.
Latin American Studies Association. Wal-Mart in Brazil: From Global Diffusion to National Institutional Embeddedness. 2015. (Congresso).

27.
Oficina Cors.Mensuração de Impacto em Cadeias da Sociobiodiversidade. 2015. (Oficina).

28.
Painel de Especialistas Internacionais - Programa de Sustentabilidade.Promoção do Desenvolvimento Sustentável. 2015. (Outra).

29.
5 Conferência UEBT - Biodiversidade e Negócios - Abastecendo com Respeito Re.ABS 2020: Drivers, Atores e Possíveis Estratégias para a Implementação do ABS no Brasil. 2014. (Simpósio).

30.
9 Research Workshop on Institutions and Organizations.Private Regulation and Public Policies on Biodiversity. 2014. (Oficina).

31.
Brazil-US Relations.Biodiversity and Corporate Social Responsability. 2014. (Seminário).

32.
FLACSO-ISA Joint International Conference. The Role of Local Institutional Arrangements in Environmental Governance Experiences from Brazil. 2014. (Congresso).

33.
Global Women´s Work in Transition.The Case of Entrepreneurial Bolivian Women in the Apparel Production. 2014. (Seminário).

34.
III Seminário de Pesquisa da Pós-Graduação do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (IRI-USP).Economia Política Internacional. 2014. (Seminário).

35.
IV Fórum sobre Ética em Pesquisa com Seres Humanos em Psicologia.A Ética na Pesquisa em Ciências Humanas e Sociais. 2014. (Outra).

36.
Movimento Empresarial pela Biodiversidade - Encontro com Saulo Ceolin. 2014. (Encontro).

37.
Organizing for Power: A New Labor Movement. Precarious work: the case of Bolivian women workers in the apparel sector in the city of São Paulo (2013). 2014. (Congresso).

38.
Programa de Aperfeiçoamento de Ensino - PAE.Ética na Pesquisa e no Ensino em Relações Internacionais. 2014. (Outra).

39.
Segundo Diálogo Nacional sobre mudança climática e crescimento verde ? Brasil. 2014. (Outra).

40.
Sétima Reunião Científica sobre Trabalho Escravo Contemporâneo.Trabalho Forçado e Gênero: As Bolivianas na Confecção do Vestuário em São Paulo. 2014. (Encontro).

41.
The Causes and Consequences of Private Governance: The Changing Roles of State and Private Actors.Transnational Private Regulation and Public Policies on Biodiversity: Market Incentives and Standard-setting in the Case of Seeds Collecting in Brazil. 2014. (Seminário).

42.
Workshop "Cenários ABS - Acesso e Repartição de Benefícios a Biodiversidade Brasileira".Acesso e Repartição de Benefícios - Biodiversidade. 2014. (Oficina).

43.
Workshop on Ostrom Conference.Between the Local and the International: Sustainability of Brazilian Rainforest Products for the Natural Cosmetics Market.. 2014. (Oficina).

44.
XII Brazilian Studies Association - BRASA. Mining Industry in the Brazilian Amazon: The Case of Alcoa Model of Sustainability. 2014. (Congresso).

45.
8 Research Workshop on Institutions and Organizations.Environmental Responsability and Private Actors: The Importance of Hybrid Regimes for the Construction of a Global Environmental Governance. 2013. (Oficina).

46.
Balance, Alianzas y Perspectivas - La Participación Sindical en El Proceso de la Rio + 20.El balance sobre el proceso oficial del la Conferencia das Naciones Unidas sobre Desarrollo Sustentable. 2013. (Seminário).

47.
Encontro Acadêmico USP - Interdisciplinaridade no Ensino, Pesquisa e Extensão.Relatoria de mesa. 2013. (Encontro).

48.
II Seminário da Pós-graduação do Instituto de Relações Internacionais (IRI).Global Governance. 2013. (Seminário).

49.
Oficina de Revisão Ética de Pesquisas em Saúde.Oficina de Revisão Ética de Pesquisas em Saúde. 2013. (Oficina).

50.
Uma Nova Política Externa - Conferência Nacional.Política Externa Brasileira e o Meio Ambiente. 2013. (Outra).

51.
VIII Research Workshop on Institutions and Organizations.Environmental Responsability and Private Actors: The Importance of Hybrid Regimes for the Construction of a Global Environmental Governance. 2013. (Oficina).

52.
XI Encontro Nacional de Estudantes de Engenharia Ambiental.A Polêmica das Sacolinhas Plásticas: Impactos, Restrição de Uso, e Alternativas. 2013. (Encontro).

53.
XXXI International Congress of the Latin American Studies Association. Governing Sustainable Agriculture Through Multi-stakeholder Initiatives: What is Brazil´s Stake?. 2013. (Congresso).

54.
Governing Sustainable Agriculture Through Multi-Stakeholder Initiatives.Governing Sustainable Agriculture Through Multi-Stakeholder Initiatives: The Brazilian Stake. 2012. (Seminário).

55.
Métricas, Certificação e Sustentabilidade Ambiental: Uma Análise Crítica. 2012. (Seminário).

56.
Simpósio Internacional de Responsabilidade Social das Organizações (SIRSO).Responsabilidade Social e Mineração: O Caso da Alcoa em Juruti (Pará). 2012. (Simpósio).

57.
Learning Center Program - Comission of Sustainable Development (United Nations).Mining Industry in XXI: Assessing Sustainability, Global and National Governance, and Participation of Local Communities. 2011. (Oficina).

58.
Mining, Communities and Sustainable Development: Evidence from the State of Pará.Mining, Communities and Sustainable Development: Evidence from the State of Pará. 2011. (Seminário).

59.
Programa de Seminários do Departamento de Ciência Política.Governança Privada e Relações Internacionais. 2011. (Seminário).

60.
Sindicalismo, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.As Agendas Sindical e Ambiental: Cooperação ou Conflito?. 2011. (Seminário).

61.
Décima Conferência 'Pesquisa e Ação Sindical'.Desenvolvimento, Trabalho e Meio Ambiente. 2010. (Encontro).

62.
Encontro Nacional de Secretários e Secretárias de Meio Ambiente.Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Sustentável: Impactos e Oportunidades. 2010. (Encontro).

63.
Workshop in Civil Society-Led Corporate Governance in Latin America: Critical Research Issues ans Opportunities for Collaboration.Private Governance in the Mining Sector: The Case of Juruti Sustainable Council (Alcoa-Pará). 2010. (Encontro).

64.
XXIX International Congress of the Latin American Studies Association. Sustainability Standards in Commodity Chains. 2010. (Congresso).

65.
16 Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas para as Mudanças Climáticas. 2009. (Outra).

66.
Latin American Studies Association. 'Big Business' in Local Politics: CSR meets Public Choice in the Brazilian Tomato Supply Chain. 2009. (Congresso).

67.
"A Indústria Respeita a Vida" - Semana CIESP-FIESP de Meio Ambiente.Certificações e Barreiras Ambientais ao Comércio. 2008. (Simpósio).

68.
Desenvolvimento Global - Desafios às Estratégias Sindicais. Empoderamento dos Trabalhadores Informais: Inclusão dos Trabalhadores Sub-contratados e Autônomos em Canais de Negociação Unilaterais (empresa/governo) ou Multilaterais. 2008. (Congresso).

69.
Diplomacia Corporativa.Diplomacia Corporativa. 2008. (Outra).

70.
Forum de Relações Trabalhistas.Perspectivas Sindicais - Globalização de Direitos. 2008. (Outra).

71.
Center for Brazilian Studies, The EPD and Human Rights Program from SIPA (School of International and Public Affairs of Columbia University.The Promotion of Labor and Environmental Standards in MNCs: Brazilian Perspectives. 2007. (Encontro).

72.
Conferência Internacional Pesquisa e Ação Sindical.Multinacionais e Meio Ambiente. 2007. (Seminário).

73.
Encontro Nacional do Setor Sucroalcooleiro.A Importância da Participação dos Trabalhadores no Processo de Certificação. 2007. (Encontro).

74.
IV Congresso Acadêmico Sobre Defesa Nacional. 2007. (Congresso).

75.
Latin American Studies Association - LASA. Labor Rights in Wal Mart and It´s Retail Competitors in Brazil and Mexico: The Influence of National Institutions and Actors. 2007. (Congresso).

76.
Primeiro Simpósio de Pesquisa na Graduação em Relações Internacionais.A Problemática da Integração na União Européia. 2007. (Simpósio).

77.
Seminário de Internacionalização de Empresas.Empresa-Estado: Relações de Poder e Processos Integrativos. 2007. (Seminário).

78.
Unicef - Estratégias de Erradicação do Trabalho Infantil no Brasil.O Caso dos Projetos de Responsabilidade Social da Unilever na Cadeia do Tomate em Goiás. 2007. (Encontro).

79.
Conferência Internacional Pesquisa e Ação Sindical.Empresas Socialmente Responsáveis - Balanço do Trabalho de Investigação do Observatório Social. 2006. (Seminário).

80.
Em Busca de um Novo Eldorado - As Empresas Transnacionais Européias na América Latina. Impactos e Alternativas.Estratégias para a Abordagem do Poder Corporativo - a Experiência do Observatório Social. 2006. (Seminário).

81.
Estrategias Y Acciones Para monitorear Y Enfrentar A Las ETNs en América Latina.O Monitoramento de Empresas Multinacionais no Brasil. 2006. (Seminário).

82.
Estrategias y Acciones para Monitorear y Enfrentar a las Transnacionales en America Latina.Caso Petrobras - Bolivia/Brasil. 2006. (Seminário).

83.
Semana de Administração - Transparência nas Organizações (PUC-SP).Transparência Social nas Organizações. 2006. (Outra).

84.
A Política Comercial do Governo Lula: Balanço e Perspectivas.As Negociações Comerciais no Governo Lula. 2005. (Seminário).

85.
Conferência Internacional Pesquisa e Ação Sindical.Multinacionais e Direitos - Experiências Sindicais. 2005. (Seminário).

86.
GURN Workshop on "Trade Unions, Globalization and Development - Strengthening Rights and Capacities of Workers".Observatorio Social Institute - Institutional Presentation. 2005. (Oficina).

87.
Normas Laborales y Fundamentos da OIT en el Ámbito de la Globalización.El Observatorio Laboral de Brasil. 2005. (Seminário).

88.
Seminário Internacional de Criação da Rede Latino-americana de Pesquisa.Pesquisa em Empresas Multinacionais. 2005. (Seminário).

89.
CRIMT - Inter-University Center on Work and Globalization (University de Montreal, Laval e HEC).Monitoring Multinationals in Brazil. 2004. (Seminário).

90.
Curso de Capacitação em Negociações Internacionais.Curso de Capacitação em Negociações Internacionais. 2004. (Seminário).

91.
Global Union Research Network Workshop.Regional Networks on Trade. 2004. (Oficina).

92.
I Seminário Internacional de Educação para o Consumo Responsável.A Experiência do Observatório Social de Empresas. 2004. (Seminário).

93.
Projeto de Apoio à Modernizacão do Sistema Fiscal Brasileiro.Multinacionais e Sindicalismo - A Globalizacão dos Sindicatos. 2004. (Seminário).

94.
III International Global Compact Learning Forum Meeting.III International Global Compact Learning Forum. 2003. (Encontro).

95.
Workshop sobre Multinacionais Brasileiras.Multinacionais Brasileiras. 2002. (Oficina).

96.
Investimentos Socialmente Responsáveis.O Desafio da Transparência das Empresas. 2001. (Seminário).

97.
Normas Trabalhistas e Comércio Internacional.O Brasil diante do debate sobre normas trabalhistas e comércio internacional. 2001. (Seminário).

98.
Seminário de Área.O Futuro do Mercosul - 'Relançamento ou Estagnação?'. 2000. (Seminário).

99.
III Encontro Preparatório da Conferência Mundial do Desenvolvimento Social.III Encontro Preparatório para a Conferência Mundial para o Desenvolvimento Social. 1995. (Outra).

100.
III Módulo de Formação e Capacitação Sindical BID/ORIT.Os Sindicatos Frente ao Processo de Integração. 1995. (Encontro).

101.
Latin American Studies Association - LASA. Brazilian Auto Industry and Mercosur Integration. 1995. (Congresso).

102.
II Encontro Preparatório.II Encontro Preparatório para a Conferência Mundial do Desenvolvimento Social (ONU). 1994. (Encontro).

103.
Latin American Studies Association. 1994. (Congresso).

104.
Economia da América Latina.Integração na América Latina: A Visão dos Trabalhadores. 1993. (Seminário).

105.
IDB/ECLAC PROJECT.Trade Liberalization - The Negotiating Agenda. 1993. (Seminário).

106.
Mercosul e os Desafios do Diálogo Social.Seminário Internacional - Mercosul e os Desafios do Diálogo Social. 1992. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BARBOSA, A. F. ; VEIGA, J. P. C. ; SAES, M. S. M. ; Eduardo Sampaio . Workshop de Validação "Living Wage" (salário de bem estar) UTZ para a Cadeia de Valor do Café. 2016. (Outro).

2.
MAKISHI, F. ; ZACARELI, M. A. ; LOGAREZZI, L. ; GOES, R. ; TREVISANI, D. ; ABREU, M. ; VEIGA, J. P. C. . Gestão de Recursos de Uso Comum na Amazônia. 2014. (Outro).

3.
VEIGA, J. P. C.. 21 Simpósio Internacional de Iniciação Científica. 2013. (Congresso).

4.
VEIGA, J. P. C.. 20 Simpósio Internacional de Iniciação Científica (SIICUSP). 2012. (Congresso).

5.
VEIGA, J. P. C.. 19 Simpósio Internacional de Iniciação Científica (SIICUSP). 2011. (Congresso).

6.
VEIGA, J. P. C.; HOFFER, F. ; JAKOBSEN, K. . GURN Workshop on "Trade Unions, Globalization and Development - Strengthning Rights and Capacities of Workers". 2005. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Ágata graziele dos Santos Brito. China-Estados Unidos na Mudança Climática: como os dois gigantes emissores alteraram suas posições.. Início: 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Vinicius Santos. Regime Internacional de Mudança do Clima: análise de eficácia da Plataforma de Durban da UNFCCC. Início: 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Thiago Meireles. Política Externa Subnacional: o que leva um governo subnacional ao exterior?. Início: 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. (Orientador).

2.
Bruno Toledo Hisamoto. Mudança do clima para além das COP: a questão climática na política externa brasileira (2009-2015). Início: 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação) - Instituto de Relações Internacionais. (Orientador).

3.
Elze Camila Ferreira Rodrigues. Política Externa Brasileira e as Mudanças Climáticas: o caso das Intended Nationally Determined Contributions. Início: 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação) - Instituto de Relações Internacionais. (Orientador).

4.
Mariana Montebugnoli. Repensando a participação da sociedade civil na governança global da água em uma era pós-natural: alternativas e possibilidades no contexto brasileiro. Início: 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação) - Instituto de Relações Internacionais. (Orientador).

5.
Augusto Leal Rinaldi. BRICS: conceito e comportamento nos temas de economia e segurança internacionais. Início: 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

6.
Murilo Alves Zacareli. Do multilateral intergovernamental ao transnacional público-privado: a influência do standard-setting sobre o enforcement do regime ambiental internacional para a biodiversidade. Início: 2015. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação) - Instituto de Relações Internacionais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Markus Fraudorfer. Início: 2015. Instituto de Relações Internacionais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Ágata Graziele dos Santos Brito. A Influência das Coalizões Domésticas da China e Estados Unidos no Resultado da COP 21 - Paris. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

2.
Vinícius Neves dos Santos. Regulação Público-privada e Mudança do Clima: a Influência dos Padrões Privados Relativos à Emissão de Gases de Efeito Estufa (GEEs). 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Relações Internaciona) - Instituto de Relações Internacionais, . Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

3.
Fernanda Lopes Regina. Cooperação Técnica entre Países em Desenvolvimento: o Caso do Ministério da Saúde Brasileiro no Haiti. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

4.
Thiago de Oliveira Meireles. Da Diplomacia Federativa à Cooperação Internacional Federativa. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

5.
Murilo Alves Zacareli. Recursos de Uso Comum, Arranjos Institucionais Locais, e Governança Ambiental Global. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

6.
Guilherme Giuliano Nicolau. A Identidade da União Européia e a Segurança Internacional. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

7.
Manuel Brettschneider. Mapping and Analyzing the Global Governance Arrangement Against Transnational Bribery. 2015. Dissertação (Mestrado em Department Public Management & Governance) - Zeppelin Universität, . Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

8.
Pietro Carlos Rodrigues. Governança e Regulação Transnacional Privada - Os Limites do Sistema Agroindustrial da Soja. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

9.
Celso Medina Santos. Integração Regional e Desenvolvimento: O Caso da Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO). 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

10.
Cássia Maria Siqueira Marques da Costa. Governos Subnacionais e Política Externa: O Caso da Agenda de Mudanças Climáticas. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Relações Internaciona) - Instituto de Relações Internacionais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

11.
Ana Paula Bonucelli Salviatti. A Financeirização do Meio Ambiente. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa Pós-graduação em História Econômica) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

12.
Adriane de Sousa Camargo. Globalização e Hegemonia nas Relações Internacionais: O Caso da Via Campesina por uma Perspectiva Gramsciana. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

13.
Adalberto Felício Maluf Filho. A Efetividade do Regime Internacional da Mudança Climática: a Contribuição dos Governos Sub-nacionais. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Relações Internaciona) - Instituto de Relações Internacionais, . Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

14.
Marina Rocchi Martins Mattar. Migrações Ambientais, Direitos Humanos, e o Caso dos Pequenos Países Insulares. 2012. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais, . Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

15.
Carlos Sarmento Jr.. Empreendedorismo Político e Relações Internacionais. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Relações Internaciona) - Instituto de Relações Internacionais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

16.
Danilo Alves Mendes Freire. Entre as Urnas e as Armas: A Competitividade do Poder Executivo e as Guerras Civis, 1976-2000. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

17.
Stefanie Tomé Schmitt. A Política Externa e o Poder Legislativo - Um Olhar Sobre a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

18.
Flávia Maria de Mattos Donadelli. A Importância da Governança Privada para a Elevação dos Padrões de Proteção Ambiental: Um Estudo de Caso. 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Relações Internaciona) - Instituto de Relações Internacionais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

19.
Sophie Le Blanc. Immigration et Défis de la Production Vestimentaire Locale: Le Cas des Bolivien à São Paulo. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo, Social Science and Humanities Research Council. Coorientador: João Paulo Cândia Veiga.

Tese de doutorado
1.
Luiz Fernando Amaral. TIC e Desenvolvimento Rural: Impactos da Tecnologia de Informação e Comunicação na Agricultura. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação) - Instituto de Relações Internacionais, . Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

2.
Ítalo Beltrão Espósito. Continuidade e Mudança na Política Externa dos Estados Latino-americanos (1945-2008). 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação) - Instituto de Relações Internacionais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

3.
Janio Rosales Alegria. Gobierno y Responsabilidad Social en Iberoamerica. 2011. Tese (Doutorado em Postgrado en America Latina) - Fundación José Ortega y Gasset, Fundacion Jose Ortega y Gasset. Coorientador: João Paulo Cândia Veiga.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Heriselda Begaj;Sara Lisa Orstavik;Andrea Kramar. Seed Collection in the Brazilian Amazon. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Master in International affairs) - School of International and Public Affairs - Columbia University, Lemann Foundation. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

2.
Adalberto Felício Maluf Filho. Building Successful Public Private Partnerships in São Paulo´s Transportation Sector. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Pós Graduação em Relações Internaciona) - Instituto de Relações Internacionais. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

3.
Gloria Coleman; Amalia Kontesi; Xuanqi Li; Alberto Masliah;. Building Successful Public Private Partnerships in São Paulo´s Transportation Sector. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Master in International affairs) - School of International and Public Affairs - Columbia University. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

4.
Nathalie Sheppe; Karina Garcia; Tera DeJong; Roberta Costa. A Model for Sustainable Palm Oil? A Case Study of Agropalma. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Master in International affairs) - School of International and Public Affairs - Columbia University, Lemann Foundation. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

5.
Pietro Carlos Rodrigues. Promoting Sustainability in the Value Chain of Natural Bisabolol, a Brazilian Rainforest Product. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Master in International affairs) - School of International and Public Affairs - Columbia University, Lemann Foundation. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

6.
Ana Paula Malavazi. Promoting Sustainability in the Value Chain of Natural Bisabolol, a Brazilian Rainforest Product. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Ciências Sociais) - School of International and Public Affairs - Columbia University. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

7.
Salazar, Lina; Clark, Andrew; Verdadero, Leona; Khweiss. Promoting Sustainability in the Value Chain of Natural Bisabolol, a Brazilian Rainforest Product. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Master in International affairs) - School of International and Public Affairs - Columbia University, Funação Jorge Paulo Lehmann. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

8.
Flavia Maria de Mattos Donadelli. Alcoa Brazil´s New Sustainability Model for Mining. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Pós Graduação em Relações Internaciona) - Instituto de Relações Internacionais. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

9.
Rodrigo Brandão de Andrade e Silva. Alcoa Brazil´s New Sustainability Model for Mining. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Pós-graduação em Ciência Política) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

10.
Jessica Bartolini et. al.. Alcoa Brazil´s New Sustainability Model for Mining. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Master in International affairs) - School of International and Public Affairs - Columbia University, Lemann Foundation. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

11.
Stacey Rohen et. al.. Promoting Social Dialogue in the Mining Sector in the State of Pará, Brazil. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Master in International affairs) - School of International and Public Affairs - Columbia University, Funação Jorge Paulo Lehmann. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

12.
Yullan-duggan et. al.. Assessment of Unilever Brasil´s Corporate Social Responsability Program in Goiás Brasil. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Master in International affairs) - School of International and Public Affairs - Columbia University, Funação Jorge Paulo Lehmann. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Gustavo Prouvot Ortiz. Atores Privados na Solução de Problemas Locais. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Oceanografia) - Instituto de Oceanografia USP. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

2.
André Joji Sato, Fábio Muller Hirai, Mauro Seiji Fukunaga. O Mercado de Carbono e o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Ambiental) - Escola Politécnica da USP. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

Iniciação científica
1.
Lia Logarezzi. A Gestão de Recursos de Uso Comum na Amazônia Brasileira. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

2.
Rodrigo Góes. A Gestão de Recursos Naturais por Comunidades Tradicionais da Amazônia. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

3.
José Roberto Baldívia Jr.. Minustah: Análise da Eficiência do Comando Brasileiro. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

4.
Vinicius Mantovani. Certificação Sócioambiental para Biocombustíveis. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

5.
Pedro Ferraracio Charbel. Diplomacia Solidária na América Latina. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

6.
Pietro Carlos Rodrigues. Arranjos Institucionais Privados Transnacionais: O Caso da Soja. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

7.
Adriana Bauducci Ottoboni Dias. As Operações de Paz nas Nações Unidas e sua Eficácia no Sistema de Segurança Coletiva. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

8.
Douglas de Toledo Piza. Regimes de Segurança Coletiva Regional: O Caso da Organização de Cooperação de Shangai. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.

9.
Ana Paula Salviatti. Regimes Internacionais de Meio Ambiente. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Paulo Cândia Veiga.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
VEIGA, J. P. C.. Tendência para negociações em 2013 perante o ambiente de instabilidade econômica mundial e seus impactos no Brasil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Redes sociais, websites e blogs
1.
VEIGA, J. P. C.. O Brasil é o Maior Produtor de Café Certificado do Mundo. 2016; Tema: Certificação de café. (Site).


Artes Visuais
1.
VEIGA, J. P. C.; PEREIRA, L. E. ; VEIGA, P. M. . Criação de Peixe na Comunidade Anã - Rio Arapiuns. 2012. Filme.



Outras informações relevantes


Parecerista da Fapesp desde 2001.
Parecerista da Editora da Uiversidade Estadual Paulista (UNESP).
Parecerista da Revista Brasileira de Ciências Sociais (RBCS).
Parecerista do BIB (Boletim de Informações Bibliográficas).
Parecerista do Brazilian Political Science Review, a journal of the Brazilian Political Science Association.
Parecerista da revista do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB).
Parecerista do Journal of Human Values.
Parecerista do Review of Social Sciences.
Vice-presidente da Comissão de Pesquisa da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (CPQ-FFLCH) da Universidade de São Paulo (dois mandatos, 2008-2012).
Vice-presidente da Comissão de Pesquisa da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (CPQ-FFLCH) da Universidade de São Paulo desde 01 de setembro de 2014 (mandato até 2016).
Presidente da Comissão de Pesquisa da FFLCH de 01 de setembro de 2012 a 31 de agosto de 2014.
Membro do Grupo de Análise da Conjuntura Internacional da USP (Gacint).
Membro da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho (ABET).
Membro da LASA (Latin American Studies Association) desde 1994.
Membro da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP).
Membro do Conselho do Centro de Estudos de Integração e Desenvolvimento (Cindes) desde 2008.
Consultor 'ad hoc' da Capes.
Membro da Coordenação do Programa de Iniciação Científica, eleito em 08 de maio de 2013 para um mandato de dois anos.
Membro da Comissão de Pareceristas do Concurso Brasileiro ANPOCS de Obras Científicas e Teses Universitárias em Ciências Sociais (2013).
Vice-presidente da Comissão de Pesquisa da FFLCH, eleito em setembro de 2014.
Vice-chefe do departamento de Ciência Política da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, eleito em novembro de 2014.
Eleito pelos professores doutores membro da Congregação da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) com mandato iniciado em agosto de 2015.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/11/2018 às 22:24:11