Maria Cristina Cardoso Pereira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6636103277046373
  • Última atualização do currículo em 04/06/2018


É doutora em Estado, Direito e Constituição (UnB-2016), Doutora em Ciências Sociais (Unicamp - 2008) e pós doutora em Sociologia (Unicamp - 2015). Professora Adjunta da Universidade Federal de Goiás, Curso de Direito (CAJ). Mestra em Sociologia pela Unicamp (fevereiro de 2002). Possui graduação em história pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1987) e graduação em direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1987). Membro do conselho Editorial da Revista Crítica Marxista, parecerista ad doc da revista "Direito FGV" desde 2011 e parecerista da plataforma Scielo para publicações jurídicas. Pesquisadora do NDD-CEBRAP. É chefe da Unidade Especial de Ciëncias Sociais Aplicadas (UAECSA-REJ-UFG) desde 2016, para um mandato de quatro anos. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maria Cristina Cardoso Pereira
Nome em citações bibliográficas
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Goiás.
Rodovia BR-364
Setor Francisco Antônio
75801615 - Jataí, GO - Brasil
Telefone: (64) 36065825
URL da Homepage: www.ufg.br


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2016
Doutorado em Doutorado em Direito.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: Direitos humanos do trabalho e sindicalismo público, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Gabriela Delgado.
Palavras-chave: direitos humanos constitucionais do trabalho.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Privado / Especialidade: Direito do Trabalho.
2003 - 2008
Doutorado em Ciências Sociais.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Servidores, sim; trabalhadores, não. Os direitos dos servidores públicos federais reescritos pelo judiciário (1995-2002), Ano de obtenção: 2008.
Orientador: Ângela Maria Carneiro Araújo.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: judiciário; judiciarização; sindicalismo; STF; 1995-2001.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Setores de atividade: Serviços Coletivos Prestados Pela Administração Pública Na Esfera da Justiça; Política Econômica e Administração Pública em Geral; Outras Atividades de Assessoria e Consultoria Às Empresas.
1988 - 2003
Mestrado em Sociologia.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Gramsci e a resistência dos conselhos operários na Itália no limiar do taylorismo (1918-1920),Ano de Obtenção: 2003.
Orientador: Edmundo Fernandes Dias.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Gramsci; Turim; 1914-1919.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História.
Setores de atividade: Organismos Internacionais e Outras Instituições Extraterritoriais; Outros Serviços Coletivos, Sociais e Pessoais.
1984 - 1987
Graduação em história.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
1982 - 1987
Graduação em direito.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.


Pós-doutorado


2011
Pós-Doutorado.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.


Formação Complementar


2011 - 2011
qualidade na educação básica. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em Operações de Manutenção de paz internacional. (Carga horária: 60h).
Secretaria de Segurança Pública do Ministério da Justiça, SSP-MJ, Brasil.
2010 - 2010
Seminário Internacional para discussão de pesquisa. (Carga horária: 16h).
Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro, IUPERJ, Brasil.
2010 - 2010
Curso aberto "Teoria Crítica de Direito'. (Carga horária: 42h).
Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, CEBRAP, Brasil.
2009 - 2009
Programa de formação inicial para docência do CAJ-. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Mestrado em Políticas públicas. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil.
2005 - 2005
Módulo 3 - periodicos eletronicos. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
2005 - 2005
Módulo 2 - Base de Dados. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
2005 - 2005
Módulo 4 - Normalização de Trabalhos Científicos. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
1998 - 1998
O trabalho no final do século XX. (Carga horária: 18h).
Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, FESPSP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora adjunta II, Carga horária: 8, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Coordenadora do curso de direito - CAJ (Portaria 3808 de 7 de outubro de 2009); Vice coordenadora do curso de direito - CAJ (de julho de 2011 a novembro de 2013)


Universidade Anhembi Morumbi, UAM, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora Assistente, Carga horária: 28
Outras informações
Professor dos cursos de Relações Internacionais (Escola de Negócios) e Aviação Civil (Escola de Turismo).

Atividades

02/2007 - Atual
Ensino, relações internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
introdução ao direito, leitura instrumental de textos

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, FESPSP, Brasil.
Vínculo institucional

1990 - 2002
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 4

Vínculo institucional

1993 - 1995
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Coordenadora de Pesquisas, Carga horária: 20
Outras informações
- Subordinada diretamente à Diretora Geral da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo - Coordenadora do projeto "Perfil dos usuários do transporte coletivo em corredores exclusivos" - PROJETO CMTC - Assessora do Projeto "Uma nova Escola de Sociologia e Política de São Paulo". Em especial coordenou a pesquisa"Perfil do aluno e do egresso da área de Ciências Sociais em São Paulo" - Coordenadora do Projeto "CIENCIA E TECNOLOGIA" - avaliação do perfil e intenção de voto dos eleitores em eleições para vereadores em Municípios de São Paulo

Atividades

08/1990 - 12/2002
Ensino, ciências sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciência Política
Sociologia do Trabalho
Sociologia Geral
Sociologia Urbana

Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2008
Vínculo: pesquisador, Enquadramento Funcional: outro participante, Carga horária: 4
Outras informações
http://servicos.capes.gov.br/arquivos/avaliacao/estudos/dados1/2005/33003017/039/2005_039_33003017017P6_ProjPesq.pdf Docente responsável: Profa. Dra. Ângela Maria Carneiro Araújo Resumo: (pág 9) Este projeto examina um aspecto da relação entre grlobalização e regulação do trabalho, explorando, através do estudo de um setor esecífico, tanto o impacto dos processos de globalização sobre as estratégias gerenciais, as relações de emprego e o trabalho organizado, quanto a influência do trabalho na dinmica da globalização. A pesquisa pretende examinar e comparar novas estratégias gerenciais e as repostas dos trabalhadores em um setor exposto às forças da internacionalização.


Centro Universitário Fundação Santo André, CUFSA, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Professor celetista, Enquadramento Funcional: assistente, Carga horária: 32
Outras informações
Atualmente licenciada

Atividades

4/2002 - 6/2003
Ensino, política, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
introdução à antropologia
política I, II, IV
sociologia

Universidade de Santo Amaro, UNISA, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 2000
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: professor Assistente PC, Carga horária: 12
Outras informações
professora do curso de direito. Disciplinas: Teoria Geral do Estado e Sociologia do Direito

Atividades

3/1996 - 1/2000
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia do Direito
Teoria Geral do Estado

Universidade Paulista, UNIP, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 2003
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: professor assistente, Carga horária: 15

Atividades

3/1997 - 12/2003
Ensino, administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
direito

Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas, FMU, Brasil.
Vínculo institucional

1990 - 1991
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: professora aulista, Carga horária: 8


Centro Universitário São Camilo - Campus Pompeia, SAO CAMILO, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 1993
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 25
Outras informações
Professora do curso de especialização em medicina do trabalho disciplinas: sociologia do trabalho e metodologia da pesquisa científica

Atividades

04/1991 - 12/1993
Ensino, especialização em medicina do trabalho, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
legislação do trabalho
sociologia do trabalho

Tribunal de Justiça de São Paulo, TJ, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - 1988
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Oficial de Justiça, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Desligamento em função do recebimento de bolsa para mestrado na UNICAMP - e pela impossibilidade de acumular dois vínculos do gênero



Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Trabalhadores no setor de frio - um panorama da indústria no Brasil e nos EUA e o tratamento pelo direito do trabalho à prevenção e reparação de danos coletivos aos trabalhadores
Descrição: A deterioração das condições de trabalho no setor de frio foi diagnosticada mundialmente como o resultado de um duplo movimento. De um lado, o desenvolvimento de novas formas de organização da produção que associam às práticas já conhecidas e típicas do trabalho parcelar com o moderno maquinário associada com padrões tayloristas-fordistas (esteira, ritmo da produção imposto pela máquina, metas, etc). Este padrão de produção, por si só, já foi vinculado à deterioração das condições de trabalho pela bibliografia clássica da economia política e sociologia do trabalho. Por outro lado, a ele associam-se também particularidades intrínsecas à forma como direitos trabalhistas e civis se articulam em diferentes Estados Nacionais. O que queremos demonstrar aqui, com demonstração pela análise comparativa entre EUA e Brasil, é que a própria forma como o Estado organiza a proteção aos trabalhadores ? ou àqueles que ele considera trabalhadores ? influencia sobremaneira o maior ou menor aprofundamento das condições precárias do trabalho, assim como favorece a burla patronal. A mobilidade da indústria (e o consequente temor da migração internacional de empregos) parece ser facilitada não apenas pelo trânsito do capital, mas pelo estabelecimento de políticas nacionais que favorecem o dumping social. Nesta pesquisa nos dedicaremos também a analisar de que forma iniciativas do Ministério Público do Trabalho e do Poder Judiciário brasileiro, tais como interpretações inovadoras acerca do caráter coletivo da burla patronal e da função social do trabalho, podem senão deter, frear um duro movimento em direção ao comprometimento humano e laboral de milhares de trabalhadores..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
VIOLADORES DOS DIREITOS HUMANOS E SEU PROJETO DE JUSTIÇA DE TRANSIÇÃO: A MEMÓRIA COMO ENTROPIA
Descrição: Nesta pesquisa trataremos de dois modelos de justiça de transição antagônicos e historicamente datados. Um, presente no discurso militar e de setores da sociedade civil, que pretende tratar a memória da ditadura como um fato passado, que deve ser esquecido. Outro, no qual aflora um tratamento conceitual para a questão da memória e sua vinculação não apenas com o perdão e a superação dos traumas, mas com a possibilidade de reconstrução do passado pelo futuro com a promessa de que as violências cometidas não serão mais perpetradas. O direito, sob esta ótima, tem um papel privilegiado pois contém a possibilidade do poder coercitivo associado com a ideia de prescrição e reparação. Assim, o discurso jurídico sobre o período militar (que envolve ações sobre dano moral e reparação) será analisado do ponto de vista do constitucionalismo, assim como seus pontos centrais serão submetidos especialmente à classificação de François Ost (Tempo do Direito)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
CONSEQUENCIALISMO ANALÍTICO DE VERMEULE E FORMALISMO DE TRANSIÇÃO: NOVA ABORDAGEM OU RETORNO AO UTILITARISMO?
Descrição: O propósito desta pesquisa é discutir como um determinado tipo de perspectiva analítica, quando aplicada ao direito, acaba por mitigar a abordagem hermenêutica e a discussão de questões éticas e morais, relegando-as a meros coadjuvantes das escolhas pessoais dos atores. Para isso, utilizaremos a abordagem construída por Adrian Vermeule, em que aspectos institucionais e jurídicos são avaliados à luz de uma vertente da teoria utilitarista. Ao final, apontaremos algumas limitações à aplicação da abordagem de Adrian Vermeule, assim como à sua concepção de formalismo, especialmente do ponto de vista da desvalorização de uma hermenêutica crítica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2010
Perfil do aluno de direito ingressante no CAJ-UFG
Descrição: Trata-se de pesquisa visando mapear o perfil do aluno do curso de direito do CAJ-UFG. Aprovado pela comissão de ética da UFG, foi concluído em fevereiro de 2010. Pesquisa empírica com aplicação de questionários com perguntas abertas e fechadas tabulados na plataforma excell..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Maria Cristina Cardoso Pereira - Coordenador.
2001 - Atual
Projeto de Pesquisa em Ciência Política e Relações Internacionais. Linha de Pesquisa: Trabalho, sociedade e ação política
Descrição: Este projeto examina um aspecto da relação entre globalização e regulação do trabalho, explorando, através do estudo de um setor específico, tanto o impacto dos processos de globalização sobre as estratégias gerenciais, as relações de emprego e o trabalho organizado, quanto a influência do trabalho na dinâmica da globalização. A pesquisa pretente examinar e comparar novas estratégias gerenciais e as respostas dos trabalhadores em um setor exposto às forças da internacionalização - a indústria de eletrodomésticos de linha branca. Onde e como os gerentes adquirem suas idéias, como eles as implementam e como os próprios gerentes, os trabalhadores eos sindicatos avaliam e respondem a estes desenvolvimentos, são questóes a serem investigadas. No Brasil a pesquisa está sendo realizada em três fábricas da região de Campinas - SP e, como parte do projeto internacional, seus resultados serão comparados com os da mesma investigação que foi replicda em outros 5 países. http://servicos.capes.gov.br/arquivos/avaliacao/estudos/dados1/2005/33003017/039/2005_039_33003017017P6_ProjPesq.pdf.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Maria Cristina Cardoso Pereira - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Projetos de extensão


2010 - 2010
Timor Leste - Dez anos de independência: contribuições brasileiras à construção de um pequeno-grande país
Descrição: Projeto de Extensão. Organização de mesas com a participação de juízes e funcionários de organizações sociais que atuaram no Timor Leste..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


Perquisa de intenção de voto para vereador
Situação: Desativado; Natureza: Outra.
Perfil do Aluno em ciências sociais no Estado de São Paulo
Situação: Desativado; Natureza: Outra.
Perfil dos usuários em transportes coletivos em corredores municipais de ônibus
Situação: Desativado; Natureza: Outra.
Avaliação do serviço de transporte oferecido pela Prefeitura do Município de São Paulo
Situação: Desativado; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2011 - Atual
Periódico: Crítica Marxista (São Paulo)
2004 - Atual
Periódico: Temáticas (UNICAMP)


Revisor de periódico


2004 - Atual
Periódico: Temáticas (UNICAMP)
2011 - Atual
Periódico: Revista Direito GV


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.


Idiomas


Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2014
concurso de poesias, Editora Negra Lilu, Estado de Goias.
2004
II Lugar no IX Salão de Artes Plásticas - Prêmio por Instalação "A Fonte", Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo e ACESC-SP.
2003
Mestre com distinção e louvor, Unicamp.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:4
Total de citações:4
maria cristina cardoso pereira  Data: 07/05/2008

Artigos completos publicados em periódicos

1.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO2013PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Revolução e história - das teses ao manifesto. Critica Marxista (São Paulo), v. VII, p. 195-197, 2013.

2.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO2011 PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. O comportamento das cortes no Brasil e nos Estados Unidos. Revista Eletrônica Direito e Política, v. 5, p. 197-210, 2011.

3.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO2003PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. História, cultura e cidadania das classes trabalhadoras em Gramsci. Revista Fundação Santo André, Santo André - SP, v. 2, n.1, p. 55-70, 2003.

4.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO2003PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. judiciarização dos conflitos de classe no Brasil. Universidade e Sociedade (Brasília), Brasilia - DF, v. 1, n.1, p. 68-73, 2003.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Associativismo e sindicalismo vol. 2. 1. ed. Brasilia: Paralelo 15, 2014. v. 1. 360p .

2.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO; DAL ROSSO, Sadi . ASSOCIATIVISMO E SINDICALISMO EM EDUCAÇÃO ? ORGANIZAÇÃO E LUTAS. 1a.. ed. Brasilia: Paralelo 15, 2011. v. 01. 366p .

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. A judiciarização dos conflitos de classe no Brasil. Universidade e Sociedade, Brasilia - DF, p. 68 - 73, 01 mar. 2003.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Braziliam Supreme Court Between Formalistic and Non-Formalistic Approaches: the case of the civil servants constitutional right to go on strike. In: Law and Society, 2013, Boston. LSA Anals 2013, 2013. v. 1. p. 349-349.

2.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. A JUDICIALIZAÇÃO DA NEGOCIAÇÃO COLETIVA: A REGULAMENTAÇÃO (des)CONSTRUÍDA PELO STF EM CONFLITOS ENVOLVENDO SERVIDORES PÚBLICOS E GOVERNO FEDERAL NO BRASIL (1995-2002) - O CASO ANDES-SN. In: Seminário Internacional da Rede de Pesquisadores sobre Associativismo e Sindicalismo dos Trabalhdores em Educação, 2010, Rio de Janeiro - RJ. Anais do Seminário Internacional da Rede de Pesquisadores sobre Associativismo e Sindicalismo dos Trabalhadores em Educação. Rio de Janeiro - RJ: IUPERJ, 2010. v. I. p. 1-5000.

3.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Ativismo judicial e sindicalismo público: observações sobre o comportamento das cortes nos EUA e Brasil. In: XVIII Congresso do CONPEDI, 2009, São Paulo - SP. Anais do XVIII Congresso Nacional do Compedi. São Pulo - SP: Fundação Boiteux, 2009. v. I. p. 1-6000.

4.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Judicialização dos conflitos no sindicalismo público: Executivo, STF e ANDES nos anos FHC. In: II Seminário de Ciência Política da UFPE, 2006, Recife. Anais do II seminário de ciência política da UFPE, 2006. v. 1.

5.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. A judiciarização dos conflitos coletivos de trabalho no Brasil durante o governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). In: IV Congresso Latino Americano de sociologia del Trabajo, 2003, La Habana. Anais do 4 congreso latinoamericano de sociología del trabajo. La Habana: CIPS, 2003. v. 1.

6.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Cultura, cotidiano e racionalização: enfoques sociológicos e antropológicos. In: VIII Congresso Estadual dos Sociólogos, 1995, São Paulo. Anais do VIII Congresso Estadual dos Sociólogos, 1995. v. 1. p. 77-77.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Federal Government, Unions and the Supreme Court in Brazil, 1995-2002. In: ISA XVI World Congress of Sociology, 2006, Durban. Program and presentations - ISA XVI World Congress of Sociology, 2006.

2.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. judiciarização no sindicalismo público no Brasil. In: XXV congresso da Associação Latino-americana de sociologia, 2005, Porto Alegre. Anias do XXCongresso da ALAS. PorTo Alegre: ALAS-UFRGS, 2005. v. I. p. 156-156.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Supreme Court in Brasil: Does Formalism favour democracy?. In: IGLP - HARVARD, 2013, Cambridge. iglp - 2013, 2013. v. 2. p. 567-569.

2.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. A judiciarização dos direitos sociais: o papel do Supremo Tribunal Federal no contexto da reforma do Estado (1995-2002). In: I Seminario Cidadania e direitos humanos: o papel das ciências sociais, 2008, Ilheus. Anais do I Seminário Cidadania e direitos humanos: o papel das ciências sociais, 2008. v. 1.

3.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Política Judiciarizada e cidadãos justiciados: os juízes-guardiões de A. Garapon. In: IV Seminário de Ciência Política da Universidade Federal de Pernambuco, 2008, Recife. Anais do IV Seminário de Ciência Política da UFPE, 2008.

4.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. civil servant's unionism and the supreme Court in Brazil: the so-called 'judiciarization' (1995-2002). In: V congresso Latino Americano de sociologia del Trabajo, 2007, montevideo. Anais do V congresso Latinoamericano de sociologia del trabajo. Montevideo: alast, 2007. p. 5-5.

5.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Judiciarização de conflitos no sindicalismo público: Executivo, STF e ANDES-SN nos anos FHC. In: XIII Congresso Brasileiro de Sociologia, 2007, Recife. Resumos dos Trabalhos apresentados em GTs e Mesas Redondas, 2007. p. 270-270.

6.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. A judicialização no sindicalismo público brasleiro - estudo de caso: o ANDES-SN entre o fim da ditadura militar e o início do Estado Neo-liberal. In: Latin American Studies Association XXVII International Congress, 2007, Montreal. LASA 2007 Montreal - after the Washington Consensus, 2007. p. 80-80.

7.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Judiciarização dos conflitos no sindicalismo público: executivo, STF e ANDES nos anos FHC. In: II Seminário de Ciência Política da UFPE, 2006, Pernambuco. Anais do II seminário de ciência política da UFPE, 2006.

8.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. A judiciarização no sindicalismo público - Estudo de caso: o ANDES-SN nos anos FHC. In: II Encontro anual de pós-graduação do IFCH, 2006, Campinas. Anais do II encontro anual de pós-graducação do IFCH, 2006.

9.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. A judiciarização no sindicalismo público brasileiro: petroleiros e ANDES (1995-2001). In: I Encontro anual de pós-graduação do IFCH, 2005, Campinas. Anais do I encontro anual de pós-graduação do IFCH. Campinas: Unicamp, 2005. v. 1.

10.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Gramsci e a revolução russa: análise da produção até 1918. In: XVII Simpósio Nacional de História - História e Utopias, 1993, São Paulo. XVII Simpósio Nacional de História, 1993. São Paulo. XVII Simpósio Nacional de História. História e Utopias. ANPUH (Associação Nacional de Professores Universitários de História), 1993., 1993. p. 53-53.

Artigos aceitos para publicação
1.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. PROJETOS BRASILEIROS DE JUSTIÇA DE TRANSIÇÃO: O DISCURSO OFICIAL E O LUGAR DO DIREITO NA RESTAURAÇÃO DA MEMÓRIA. Novos Estudos Jurídicos (UNIVALI) (Cessou em 2007. Cont. ISSN 2175-0491 Novos Estudos Jurídicos (Online)), 2014.

Apresentações de Trabalho
1.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Supre Court in Brasil and the judiciarization of civil servants rights. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO; DURAN, A. ; CABRAL, Rafael . a importância dos direitos humanos para o profissional de direito. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Justiça constitucional: entre o ativismo e a contenção judicial. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. A judicialização da negociação coletiva: a regulamentação (des)constiruída pelo STF em conflitos envolvendo servidores públicos e governo federal no Brasil (1995-2002) - o caso do ANDES-SN. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. ATIVISMO JUDICIAL E SINDICALISMO pÚBLICO: observações sobre o comportamento das cortes nos Estados Unidos e Brasil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Judiciarization of labour rights in Brazil - the civil servants case. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. O Fim da centralidade do trabalho e o papel dos Novos Movimentos Sociais. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. SERVIDORES PÚBLICOS BRASILEIROS E A ATUAÇÃO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL NO CONTEXTO DA REFORMA ADMINISTRATIVA DO GOVERNO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO (1995-2002). 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Ciclo de debates - assessoria jurídica popular. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Ativismo judicial e sindicalismo público: observação sobre os comportamentos das cortes nos EUA e Brasil. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Produtor x AssalariadoÇ análise de Gramsci sobre a organização dos conselhos operários em Turim no contexto da introdução do Taylorismo. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Economia: A guerra é benéfica, desde que seja infinita. Brasilia: ANDES, 2003. (Tradução/Artigo).

2.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Gramsci, Marx e Hegel: classes sociais, hegemonia, Estado e Revolução, 1999. (Tradução/Outra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Plataforma SCIELO. Avaliação de mérito de revistas pleiteantes a indexação, área de ciências sociais aplicadas - direito. 2014.

Trabalhos técnicos
1.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Produção de material didático para curso de pós graduação em direito imobiliário. 2013.

2.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Produção de material didático sobre direito do trabalho. 2013.

3.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Parecerista "ad hoc" Revista Direito GV. 2011.

4.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. tradução de manual de speech para pilotos - português-italiano. 2005.

5.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. tradução de manual de speeches para comissários de bordo - português-italiano. 2004.


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. A fonte. 2004. Instalação.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Souza, Keyla; Paula, Helga; PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Participação em banca de Arthur de Souza Bastos.controle de constitucionalidade no Brasil. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em direito) - Universidade Federal de Goiás.

2.
Souza, Keyla; PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO; Paula, Helga. Participação em banca de Raiane Andressa Toniazzo.Ação civil pública e resíduos sólidos, análise de caso: Jataí. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em direito) - Universidade Federal de Goiás.

3.
Paula, Helga; PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO; Freitas, G.. Participação em banca de Janaina Elias Lopes da Silva.Propaganda enganosa no CDC. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em direito) - Universidade Federal de Goiás.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO; SANTOS, C. P.; VIANA, N. S.. Presidente de banca de concurso público - área sociologia jurídica. 2014. Universidade Federal de Goiás.

2.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO; Britto, Roberto; Paula, Helga. Presidente de banca de concurso para professor efetivo. 2013. Universidade Federal de Goiás.

3.
DURAN, A.; SOUZA, E.; PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. membro de banca para concurso de docente efetivo - UFERSA. 2013. Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

4.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO; LACERDA, R. F.; CARDOSO, Argemiro. presidente da banca para concurso público para professor Assistente DE de direito público. 2010. Universidade Federal de Goiás.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Direitos Humanos no ensino jurídico.A importância dos direitos humanos para o profissional de direito. 2013. (Simpósio).

2.
Seminário Programa UFG Inclui 2011. 2011. (Seminário).

3.
I Congresso Internacional do Curso de História da UFG-JATAI. comissão científica. 2010. (Congresso).

4.
Oficina temática - cursos de graduação: sistema academico e legislaçao. 2010. (Oficina).

5.
Seminário Internacional da Rede de Pesquisadores sobre Associativismo e Sindicalismo dos Trabalhadores em Educação.A Judicialização da negociação coletiva: a regulamentaçào (des)construída pelo STF em conflitos envolvendo servidores públicos e governo federal no Brasil (1995-2002) - O caso do ANDES-SN. 2010. (Seminário).

6.
XIX Encontro Nacional de Direito Constitucional do Instituto Pimenta Bueno.Justiça constitucional: entre o ativismo e a contenção judicial. 2010. (Encontro).

7.
15o. seminário internacional do instituto brasileiro de ciências Criminais. 2009. (Seminário).

8.
Associacion Latino Americana de Sociologia do Trabajo. SERVIDORES PÚBLICOS BRASILEIROS E A ATUAÇÃO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL NO CONTEXTO DA REFORMA ADMINISTRATIVA DO GOVERNO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO (1995-2002). 2009. (Congresso).

9.
Ciclo de Debates - assessoria jurídica popular.Assessoria Jurídica Popular. 2009. (Outra).

10.
II Congresso Nacional do curso de história da UFG-JATAI. História e construção da cidadania. 2009. (Congresso).

11.
International Congress fo Latin American Studies Association (LASA). Judiciarization of labour rights in Brazil - The Civil servants case. 2009. (Congresso).

12.
I Seminário Internacional de Justiça Restaurativa. 2009. (Seminário).

13.
Programa de Direitos Humanos.Fundamentos Políticos e Jurídicos e da educação em Direitos Humanos. 2009. (Outra).

14.
Semana de Integração e Cultura da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Goiás.A judicialização dos direitos sociais. 2009. (Encontro).

15.
Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS) XIV Congresso. O Fim da centralidade do trabalho e o papel dos Novos Movimentos Sociais. 2009. (Congresso).

16.
XVIII Congresso Nacional do CONPEDI. Ativismo judicial e sindicalismo público: observações sobre o comportamento das cortes nos EUA e Brasil. 2009. (Congresso).

17.
I Seminario Cidadania e direitos humanos: o papel das ciências sociais.A judiciarização dos direitos sociais: o papel do Supremo Tribunal Federal no contexto da Reforma do estado (1995-2002)". 2008. (Seminário).

18.
Latin American Studies Association XXVII International Congress. A judiciarização no sindicalismo público brasileiro - estudo de caso: o ANDES-SN entre o fim da ditadura militar e o início do Estado Neo-Liberal. 2007. (Congresso).

19.
V congresso Latino Americano de sociologia del Trabajo. civil servant`s unionism and the Supreme Court in Brasil: The so-called `judiciarization`(1995-2002). 2007. (Congresso).

20.
XIII Congresso Brasileiro de Sociologia. Judiciarização de conflitos no sindicalismo público: Executivo, STF e ANDES-SN nos anos FHC. 2007. (Congresso).

21.
II Encontro anual de pós-graduação do IFCH.A judiciarização no sindicalismo público - Estudo de caso: o ANDES-SN nos anos FHC. 2006. (Encontro).

22.
II Seminário de Ciência Política da UFPE.Judiciarização dos conflitos no sindicalismo público: Executivo, STF e ANDES-SN nos anos FHC.. 2006. (Seminário).

23.
ISA XVI World Congress of Sociology. Federal Government, Unions and the Supreme Court in Brazil, (1995-2002). 2006. (Congresso).

24.
I Encontro anual de pós-graduação do IFCH.Judiciarização no sindicalismo brasileiro: Petroleiros e Andes. 2005. (Encontro).

25.
XXV congresso da Associação Latino-americana de sociologia. Judiciarização no sindicalismo público no Brasil. 2005. (Congresso).

26.
IV Congresso Latino Americano de sociologia del Trabajo. A judiciarização dos conflitos coletivos de trabalho no Brasil durante o governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). 2003. (Congresso).

27.
Semana de Sociologia e Política.Quais as transformações no Mundo do Trabalho e seus impactos. 2002. (Outra).

28.
Semana de Ciências Sociais.História no contexto das ciências sociais. 2001. (Outra).

29.
Jornada sobre Gramsci.Pensamento de Gramsci na contemporaneidade. 1999. (Simpósio).

30.
Jornada sobre Gramsci.Proletario X assalariado: análise de Gramsci sobre a organização dos Conselhos Operários de Turim no contexto da introdução do Taylorismo. 1999. (Simpósio).

31.
VIII Congresso Estadual dos Sociólogos. Mesa redonda: cultura, cotidiano e racionalização: enfoques sociológicos e antropológicos. 1995. (Congresso).

32.
Gramsci e a Revolução Russa: análise da produção até 1918.XVII Simpósio Nacional de História. 1993. (Simpósio).

33.
Relações capital-trabalho nos anos 90.Perspectivas sociais sob o novo ordenamento do capitalismo. 1993. (Seminário).

34.
XVII Simpósio Nacional de História - História e Utopias.Gramsci e a revolução russa: análise da produção até 1918. 1993. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Ciclo de Debates: Vidas e Carreiras Jurídicas, a memória de Jataí. 2010. (Outro).

2.
LACERDA, R. F. ; PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO . Timor Leste: 10 anos de indepenência. 2010. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Arthur de Souza Bastos. Controle de constitucionalidade no Brasil. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em direito) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Cristina Cardoso Pereira.

2.
Janaina Lopes Elias. Propaganda enganosa no CDC. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em direito) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Cristina Cardoso Pereira.

3.
Raiane Andressa Toniazzo. Ação civil pública e resíduos sólidos, análise de caso: Jataí. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em direito) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Cristina Cardoso Pereira.

4.
Luiz Alves Franco. Saber e disciplina no processo de trabalho. 1998. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em ciências sociais) - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Orientador: Maria Cristina Cardoso Pereira.

Orientações de outra natureza
1.
Larissa Carvalho de Oliveira. MP na antiguidade: atuação feminina na justiça egipcia. 2010. Orientação de outra natureza. (direito) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Maria Cristina Cardoso Pereira.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
PEREIRA, MARIA CRISTINA CARDOSO. Associativismo e sindicalismo vol. 2. 1. ed. Brasilia: Paralelo 15, 2014. v. 1. 360p .



Outras informações relevantes


Bolsista CNPq para desenvolvimento de projeto de pós-doutorado. Projeto selecionado em primeiro lugar para indicação de bolsa. Recentemente foi convidada pela plataforma Scielo para compor os quadros de pareceristas de revistas na área jurídica (para fins de classificacão no Qualis).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/12/2018 às 12:42:41