Ana Tereza Pinto Filipecki

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6817820596146388
  • Última atualização do currículo em 04/10/2017


Licenciada em Física (1982) e mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996), é doutora em Meio Ambiente pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2012), tendo defendido uma tese sobre regulamentação da pesquisa biomédica com animais vertebrados não humanos e práticas científicas. Como pesquisadora em Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz/Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, atua na área de educação científica de jovens de ensino médio. Participou do grupo de pesquisa em ensino de física do Projeto Fundão Física, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1986-1999), como professora de Física da rede pública e privada de ensino, níveis médio e superior. Suas publicações em periódicos e livros mais recentes incluem temas relacionados ao arcabouço legal da experimentação animal, nacional e internacional, à orientação científica em biomedicina e à educação em ciências. Tem interesse nos estudos sobre regulamentação da pesquisa biomédica, formação científica de jovens e carreiras na pesquisa biomédica.. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ana Tereza Pinto Filipecki
Nome em citações bibliográficas
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto;FILIPECKI, A.T.P.


Formação acadêmica/titulação


2008 - 2012
Doutorado em Programa de Pós-graduação em Meio Ambiente.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: Análise do modo de apropriação do marco regulatório do uso de animais na pesquisa científica no Brasil: estudo de caso da Fundação Oswaldo Cruz, Ano de obtenção: 2012.
Orientador: CARLOS JOSÉ SALDANHA MACHADO.
1994 - 1996
Mestrado em Educação.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Progresso técnico e qualificação profissional no setor de confecção de vestuário: potencialidades e limites do processo de mudanças,Ano de Obtenção: 1996.
Orientador: Stella Cecília D Segenreich.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: qualificação profissional; confecção do vestuário; computer aid design.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação Média de Formação Técnica Ou Profissional; Outras Atividades de Assessoria e Consultoria Às Empresas.
1974 - 1979
Graduação em Licenciatura Em Fisica.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: O estudo do Movimento Ondulatório no 2 grau: uma proposta de abordagem de ensino partindo das ondas sonoras.
Orientador: Marcos Gaspar.




Formação Complementar


1995 - 1995
Desdobramento da Função Qualidade. (Carga horária: 38h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
1990 - 1990
Science Technology And Society. (Carga horária: 40h).
University of Oxford, OX, Inglaterra.


Atuação Profissional



Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisador em Saúde Pública, Carga horária: 40
Outras informações
Aposentada em junho de 2016.

Vínculo institucional

2003 - 2006
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador-visitante, Carga horária: 20

Atividades

11/2006 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Laboratório de Iniciação Científica na Educação Básica.

8/2003 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, .

Cargo ou função
avaliadora de sub-projetos de pesquisa dos estudantes.
3/2003 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Laboratório de Iniciação Científica na Educação Básica.

4/2003 - 12/2003
Serviços técnicos especializados , Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Laboratório de Iniciação Científica na Educação Básica.

Serviço realizado
Implantação do sistema informatizado de informações do Provoc.
3/2003 - 5/2003
Serviços técnicos especializados , Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Laboratório de Iniciação Científica na Educação Básica.

Serviço realizado
Elaboração e aplicação de procedimentos técnico-pedagógicos.

Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil, CETIQT, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2011
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 16

Vínculo institucional

1990 - 2006
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 40

Atividades

3/2003 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Senai, Instituto de Prospecção Tecnológica e Mercadológica.

Cargo ou função
Pesquisador.
7/1998 - Atual
Ensino, Engenharia Industrial Têxtil, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Física Teórica e Experimental I
Física Teórica e Experimental II
Geometria Analítica e Cálculo Vetorial
Mecânica I
Metodologia da Pesquisa
Mecânica II
1/1999 - 12/2002
Outras atividades técnico-científicas , Senai, Senai.

Atividade realizada
Componente da Banca de Física do Vestibular para ingresso no curso de Engenharia Industrial Têxtil.
8/2000 - 12/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Senai, Faculdade Senai Cetiqt.

Cargo ou função
Membro da Comissão Interna responsável pela elaboração do Regimento da Faculdade Senai-Cetiqt.
9/1999 - 10/2000
Direção e administração, Senai, Faculdade Senai Cetiqt.

Cargo ou função
Coordenadora Geral do Projeto de Implantação da Educação à Distância.
3/1998 - 9/2000
Direção e administração, Senai, Faculdade Senai Cetiqt.

Cargo ou função
Chefe de Departamento.
1/1998 - 9/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Senai, Faculdade Senai Cetiqt.

Cargo ou função
Membro de colegiado superior.
10/1997 - 7/1998
Outras atividades técnico-científicas , Senai, Senai.

Atividade realizada
Reestruturação do laboratório didático de física.
7/1990 - 7/1998
Ensino,

Disciplinas ministradas
Física
Matemática
Física Experimental
7/1991 - 12/1997
Direção e administração, Senai, Faculdade Senai Cetiqt.

Cargo ou função
Gerente de Processo da Coordenação de Ciências Básicas do Curso Técnico Regular e Especial.
3/1997 - 7/1997
Conselhos, Comissões e Consultoria, Senai, Faculdade Senai Cetiqt.

Cargo ou função
Membro da Comissão Interna responsável pela elaboração do Projeto de Autorização do Curso de Engenharia Industrial Têxtil.
5/1992 - 8/1992
Outras atividades técnico-científicas , Coordenadoria de Ciências Básicas, Coordenadoria de Ciências Básicas.

Atividade realizada
Tradução.
3/1986 - 12/1987
Ensino,

Disciplinas ministradas
Laboratório de física
3/1986 - 12/1987
Conselhos, Comissões e Consultoria, Coordenadoria de Ciências Básicas, Laboratório de Física.

Cargo ou função
Docente.

Governo do Estado do Rio de Janeiro, GOVERNO/RJ, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: docente, Carga horária: 16
Outras informações
Colégio Estadual Amaro Cavalcanti Solicitado exoneração em agosto de 2003

Vínculo institucional

1991 - 1994
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: docente, Carga horária: 16
Outras informações
Escola Técnica Estadual Ferreira Vianna

Atividades

2/2002 - 8/2003
Ensino,

Disciplinas ministradas
Física
3/1991 - 3/1994
Ensino,

Disciplinas ministradas
Física

Grupo Integrado Magdalena Kahn, GIMK, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 2002
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: docente, Carga horária: 6

Vínculo institucional

1987 - 1990
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: docente, Carga horária: 12

Atividades

3/1997 - 12/2002
Ensino,

Disciplinas ministradas
Física


Linhas de pesquisa


1.
Redes Cooperativas, plataformas biotecnológicas e comunidades virtuais e de práticas nas ciências da saúde

Objetivo: Analisar o funcionamento concreto das redes cooperativas, das plataformas biotecnológicas e das comunidades virtuais e de práticas, os tipos de parcerias que elas suscitam e seus efeitos sobre a construção de novos objetos técnicos e campos de pesquisa para formular recomendações em termos de governança da pesquisa e da inovação na área das ciências da saúde..
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
Setores de atividade: Desenvolvimento de Produtos Tecnológicos Voltados Para A Saúde Humana; Produtos e Processos Biotecnológicos Vinculados À Saúde Humana Ou dos Animais; Políticas, Planejamento e Gestão em Saúde.
Palavras-chave: Ciências da Saúde; Comunidades Virtuais; Plataformas Tecnológicas; Saúde Pública; Redes Cooperativas; Comunidades de Prática.
2.
Práticas Científicas, organização do trabalho e produção do conhecimento em saúde

Objetivo: Desenvolver estudos socioantropológicos da atividade tecnocientífica realizada nos laboratório das instituições públicas de pesquisa (IPP) em torno dos seguintes temas: a) os modos de organização das atividades de pesquisa tecnocientífica; b) as práticas materiais da pesquisa tecnocientífica; c) a posição dos equipamentos, artefatos e técnicas na produção dos conhecimentos tecnocientíficos. d) a análise da produção de dispositivos práticos de coordenação de trabalho em laboratórios..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Ciência.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Outras Sociologias Específicas.
Setores de atividade: Políticas, Planejamento e Gestão em Saúde; Informacao e Gestao C&T.
Palavras-chave: Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia; Instituições públicas de pesquisa em saúde; Organização material da pesquisa; Políticas Públicas de C&T em Saúde; Práticas de pesquisa em laboratórios.
3.
Dinâmica contemporânea das transformações de espaços de pesquisas em biomedicina no Brasil

Objetivo: Analisar as condições locais e globais, intelectuais e materiais, sociais e econômicas, políticas e jurídicas de produção, de circulação, de re-apropriação e de regulação dos conhecimentos científicos, de técnicas e das inovações de instituições públicas de pesquisa em biomedicina, como a Fiocruz, a fim de compreender as articulações e hierarquias que definem o processo de produção de conhecimentos científicos e de técnicas e suas relações com as políticas nacionais de C&T&I e de Saúde..
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública / Especialidade: Política de CTI em Saúde.
Setores de atividade: Cuidado À Saúde das Populações Humanas; Desenvolvimento de Produtos Tecnológicos Voltados Para A Saúde Humana; Políticas, Planejamento e Gestão em Saúde.
Palavras-chave: Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia.; Abordagem socioantropológica; Saúde Pública; Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia; Pesquisa clínica.
4.
Estudos das trajetórias, carreiras e mobilidades

Objetivo: Abordar questões relativas a carreiras, trajetórias e mobilidade científica enfatizando as dimensões concretas e subjetivas das práticas científicas. Contribuir para a formulação de políticas públicas voltadas para a educação em ciências em geral, e em particular, para a formação de novos pesquisadores e sua inserção profissional..
Palavras-chave: biografias; carreira; mobilidade.
5.
Estudos comparados sobre programas de iniciação científica e modelos de orientação e mentoria científica

Objetivo: Revisão bibliográfica da literatura nacional e internacional sobre concepções e modelos de orientação/mentoria científica, e de programas de iniciação científica. Formalização de parcerias com colaboradores estrangeiros..
Grande área: Ciências Humanas
Palavras-chave: orientação científica; mentoria científica; iniciação científica.


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Estudos Comparados sobre a Emoção e a Formação Científica na Fundação Oswaldo Cruz: o caso dos orientadores
Descrição: No estágio atual consideramos relevante identificar e melhor compreender como os aspectos emocionais se expressam nas práticas da orientação acadêmica profissional. Este projeto propõe uma revisão de investigações anteriores com orientadores do Provoc. São três estudos a serem revisitados em relação a este público. Estes estudos mencionados, a semelhança do que ocorre em outras pesquisas em educação, deram ênfase aos aspectos cognitivos. Assim, argumentamos que é preciso trazer à luz esta dimensão, articulando-a com o tema da formação científica. Sabendo que a emoção faz parte das trajetórias dos atores sociais envolvidos, propomos que este projeto investigue a dimensão da emoção dos orientadores integrando ao estudo sobre a emoção de alunos e egressos, também a ser desenvolvido no mesmo Laboratório de Iniciação Científica da Educação Básica (Lic-Provoc). Considerando que os adolescentes vivenciam momentos de transição e busca de identidades, o caso do Programa de Vocação Científica (Provoc) nos parece particularmente promissor para explorar a emoção no processo formativo. Os três estudos que propomos revisitar utilizaram a metodologia qualitativa/naturalista, inspirada pela Antropologia e pela Sociologia, aplicando a técnica de análise de conteúdo em entrevistas com atores sociais. Nosso universo é constituído de um conjunto de 43 entrevistas individuais, semiestruturadas. Propomos manter a análise de conteúdo desta vez recorrendo ao suporte do software Atlas. TI. Assim, debruçando-se sobre os projetos desenvolvidos em sete anos de pesquisa e atuando no Provoc esta proposta tem como meta do ponto de vista pedagógico, propor inovações para este programa e congêneres. E do ponto de vista científico, pretende-se analisar os relatos dos orientadores sobre os processos formativos tentando identificar emoções e se estas constituem ou não em eixos norteadores para as escolhas acadêmicas e profissionais de seus orientandos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Dinâmicas culturais locais e modelo de produção de ciência: dialogo entre ESCT o os Estudos Culturais
Descrição: Nos últimos anos instituições de pesquisa, agencias e organismos governamentais nacionais incentivam o uso de dispositivos de ordenamento da pesquisa científica, em especial redes colaborativas e plataformas tecnológicas, em geral, acompanhado pelo forte investimento em determinadas TICs. É possível inscrever este processo como tentativa de transposição do modelo de produção de ciência praticado na Europa Ocidental e América do norte para o Brasil. Partirmos do estudo dos usos de redes, plataformas e das TICs, socialmente produzidos por pesquisadores e técnicos, para analisar as relações entre as dinâmicas político-culturais locais e o modo como esse modelo é incorporado. Para tanto, o objetivo desta pesquisa é estabelecer aproximações entre os ESCT e os Estudos Culturais, notadamente dos trabalhos de Stuart Hall, Michel de Certeau, Terry Eagleton e Edward Said..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Plataformas Tecnológicas e as transformações no modo de organização e produção de conhecimentos técnico-científicos em uma instituição de pesquisa em saúde
Descrição: O objetivo desse projeto é discutir as mudanças na organização e no processo de produção de ciência nos laboratórios de pesquisa nos quais se introduziu Plataformas Tecnológicas para a prestação de serviços tecnológicos entre laboratórios, associada, ou não, à manutenção da realização de ensaios no âmbito das colaborações científicas. Adotamos duas premissas básicas para a estruturação e o desenvolvimento desse estudo: 1) o modo de organização da atividade de pesquisa está intrinsecamente relacionado com o processo de produção de conhecimentos técnico-científicos; 2) alterações em qualquer uma das duas dimensões influenciam a dinâmica da outra. O estudo sistemático dos instrumentos e das diversas dimensões do processo de (re)ordenamento de instituições geograficamente situadas é fundamental para a compreensão das diferenças e confluências entre os modelos propostos e aqueles praticados por atores submetidos a situações reais. Quanto à metodologia o estudo será realizado com base no cruzamento das informações obtidas através de entrevistas abertas não-diretivas, na análise crítica de documentos diversos e na observação etnográfica de situações particulares identificadas durante o processo de pesquisa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2010
A dinâmica contemporânea das transformações de um espaço de pesquisa em biomedicina no Brasil: uma leitura do Instituto Oswaldo Cruz em termos de regimes de produção e de regulação de conhecimento e técnica
Descrição: A Fundação Oswaldo Cruz, órgão da administração direta vinculado ao Ministério da Saúde vem, desde 2001, re-direcionando sua política institucional de pesquisa e de desenvolvimento tecnológico com vistas ao fortalecimento dos componentes tecnológicos e de inovação. O objetivo deste projeto é analisar as condições, locais e globais, intelectuais e materiais, sociais e econômicas, políticas e jurídicas, de produção, de circulação, de reapropriação e de regulação dos conhecimentos científicos, de técnicas e das inovações do Instituto Oswaldo Cruz.Trata-se de: (a) comprender as articulações e hierarquias que definem, ao longo dos últimos 15 anos, o processo de produção de conhecimentos científicos e de técnicas e suas relações com as políticas nacionais de C&T&I e de Saúde; (b) identificar e caracterizar as complementaridades técnicas, cognitivas e institucionais que dinamizam o processo de produção de conhecimentos científicos e de técnicas e (c) descrever os mecanismos de comunicação, de prospecção e compartilhamento de informações no referido processo. Para dar conta da pluralidade de modalidades de articulação entre atores dos mundos científico e socioeconômicos, a pesquisa será desenvolvida teoricamente com base numa leitura da realidade, ancorada em análises de dados empíricos, em termos de regimes de produção e de regulação de conhecimento científico e de técnica. Nossa hipótese de trabalho é que as forças sociais que animam hoje o mundo das ciências são múltiplas e, não necessariamente convergentes, segundo os países, as disciplinas, as instituições e escalas geográficas (local, regional, nacional, continental, etc.), com zonas de tensão que estão no centro das transformações dos regimes de produção e de regulação dos conhecimentos e técnicas. Empriricamente o estudo será realizado a partir do cruzamento das informações obtidas através de análise crítica de documentos e publicações as mais diversas, revisão da literatura pertinente e entr..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2012
Análise do modo de apropriação do marco regulatório do uso de animais na pesquisa científica no Brasil: estudo de caso da Fundação Oswaldo Cruz
Descrição: O objetivo desta pesquisa é investigar as implicações do processo regulatório brasileiro em experimentação animal sobre as práticas e os instrumentos científicos dos pesquisadores em biomedicina da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), decorrentes, ou não, das pressões dos defensores do bem-estar e dos direitos dos animais. Em que medida o processo regulatório atua como agente de mudança e de reorganização dos espaços, processos e relações e trabalho de produção do conhecimento científico e de qualificação de pesquisadores e técnicos em biomedicina? Trata-se de um estudo sócio-antropológico inspirado na Teoria Ancorada que não está preocupado em examinar o conflito entre ciência e ética, mas, antes, procurar demonstrar a hipótese de que os valores de uma dada ciência estão intrinsecamente ligados aos valores da sociedade da qual faz parte..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Ciência, tecnologia e inovação em biomedicina numa organização pública de pesquisa brasileira: uma abordagem sociológica da Fundação Oswaldo Cruz em termos de regimes de produção e de regulação de conhecimentos e de técnicas
Descrição: O vastíssimo campo das ciências da vida e da pesquisa biomédica há 30 anos vem sofrendo uma mudança de estatuto como decorrência da emergência da genética molecular, da engenharia genética e de sua associação com a informática resultando na proteômica, genômica, bioinformática e nanotecnologia. As ciências da vida também se beneficiaram da iniciativa do seqüenciamento do genoma humano para realizar projetos de inovação combinando pesquisa e desenvolvimento tecnológico destinado à medicina, à indústria ou à agricultura. As mudanças na base tecnocientífica foram acompanhadas e, em alguns casos, aceleradas por transformações nas maneiras de se fazer pesquisa e nos modos de organizá-la, criando nas sociedades ocidentais um continuum e tempos diferenciados de resposta entre os mundos científico, industrial e social. Cabe, então, se perguntar sobre a natureza e a extensão dessas transformações num espaço centenário de pesquisa em biomedicina no Brasil, a Fundação Oswaldo Cruz, órgão da administração direta vinculado ao Ministério da Saúde...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2008
Ciência, tecnologia e inovação em saúde uma analise socioantropológica da política de C&T&I da Fiocruz
Descrição: Desde 2001 a FIOCRUZ soma esforços ao movimento do governo federal no tocante ao fortalecimento das atividades de pesquisa tecnológica e de inovação. Entre outras iniciativas, a Fiocruz lançou-se na estruturação de Programas de Indução à Pesquisa em Insumos e em Saúde Pública, a remodelação do seu setor de Gestão Tecnológica e a criação do Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS). O presente projeto irá concentrar-se na discussão deste processo de construção e implementação de uma política institucional de pesquisa e de desenvolvimento tecnológico em saúde articulada, simultaneamente, com o sistema nacional de inovação e com o processo da reforma sanitária. Para tanto, voltaremos nossa atenção para o investimento local da Fiocruz em pesquisa tecnológica para o desenvolvimento de insumos em saúde, particularmente o Projeto CDTS, orçado em 75 milhões de reais, com 21 mil metros quadros de espaço físico no campus de Manguinhos, na Cidade do Rio de Janeiro, e um quadro de pessoal de 300 profissionais. Ao mesmo tempo, o novíssimo tema da inovação tecnológica em saúde no Brasil tem sido discutido, fundamentalmente, a partir da matriz econômica que desconsidera a dinâmica sócio-antropológica do processo inovador local. Trata-se, portanto, de compreender o processo de construção social, coletiva e local do CDTS em suas implicações para a política de inovação na Fiocruz através de um approach sócio-antropológico que valoriza, através das abordagens do interacionismo simbólico, da etnometodologia e da microssociológica da ciência e da tecnologia, o trabalho científico de construção do espaço de produção biotecnológica, o CDTS. Tal orientação parte da consideração de que os modelos de inovação, de gestão da pesquisa tecnológica, de concepção e gestão do espaço físico de produção biotecnológica co-evoluem com a dinâmica da sociedade e das micro-relações institucionais. Aprovado pelo Edital Universal de maio de 2006 do CNPQ - Comitê Assessor Saúde Coletiva..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2008
Redes Cooperativas e Inovação em Saúde Pública - estudo de caso do processo de construção social, coletivo e local da Rede Vacinas Recombinantes e DNA da Fundação Oswaldo Cruz
Descrição: Tem como objetivo compreender o processo de construção social, coletiva e local da Rede Vacinas Recombinante e DNA e suas implicações para a política de inovação na Fiocruz; trazer a tona todas as interações entre os elementos que tornam possíveis o processo de produção dos objetos técnicos "vacinas recombinantes e de DNA"; mapear as concepções práticas de inovação e de gestão da pesquisa tecnológica do PDTIS; identificar e caracterizar o modelo de redes cooperativas do PDTIS; mapear as concepções práticas de inovação, de serviços de saúde e de pesquisa em saúde dos atores da Rede Vacinas Recombinante e DNA; inventariar os elementos que integram a pesquisa tecnológica com vacinas recombinantes e de DNA, isto é, os locais de trabalho, os pesquisadores e técnicos, os demais trabalhadores, as teorias, os modelos e outras entidades de representação, os materiais de pesquisa, instrumentos, tecnologias, competências e técnicas de organização do trabalho, financiamento e suas organização, grupos intermediários, o público e os potenciais consumidores desejados ou não; escrever os mecanismos de comunicação e de prospecção e compartilhamento de informações no processo de inovação da Rede Vacinas Recombinantes e DNA; Caracterizar a cultura local que anima a Rede Vacinas Recombinantes e DNA e conceituar o tipo de rede que configura a Rede Vacinas Recombinantes e DNA. Projeto aprovado pelo CNPQ Edital MCT/CNPq 61/2005 - Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas Comitê Assessor de Sociologia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2007
Carreiras científicas: as trajetórias profissionais dos pesquisadores-orientadores do Provoc da Fiocruz/RJ e sua relação com a orientação científica dos estudantes
Descrição: Estuda as relações entre as trajetórias dos pesquisadores-orientadores e o processo de adesão ao Programa de Vocação Científica da Fiocruz. Explora as noções de gatekeeper, mentor/mentoria, modelo, conversão e rituais para entender o processo de iniciação científica de jovens do ensino médio..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2005
Representações sociais do pesquisador-orientador sobre o processo de trabalho de orientação científica de estudantes de ensino médio
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
1986 - 1987
Pesquisa em ensino de física e a reestruturação do laboratório didático
Descrição: Consiste na recuperação, reorganização e reestruturação do laboratório didático de física para alunos do ensino médio profissionalizante, tendo em vista o desenvolvimento de estratégias metodológicas inovadoras para o ensino de física..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ana Tereza Pinto Filipecki - Coordenador / Susana de Souza Barros - Integrante / José Fonseca Jr - Integrante / Flavio da Silveira Bruno - Integrante.Financiador(es): Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil - Remuneração.
Número de produções C, T & A: 5


Projetos de extensão


2014 - 2016
?Elaboração de Requisitos de Avaliação de Conformidade de Biotérios e Capacitação de Pessoal para atuar no âmbito dessas instalações e nas Comissões de Ética no Uso de Animais?-
Descrição: Faz parte do Acordo de Parceria entre o INMETRO e a FIOCRUZ (Acordo no 07/2014). Tem os seguintes objetivos: Elaborar os requisitos de avaliação da conformidade de biotérios em conjunto com especialistas e participantes do CONCEA, Fornecer capacitação a distância para profissionais que realizarão avaliação de biotérios, Estruturar estratégia de ensino à distância (EAD) para capacitação de profissionais que atuem no âmbito de biotérios ou Comissões de Ética no Uso de Animais (CEUAs)..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


2003 - 2003
Estruração curricular do curso técnico têxtil e de confecção
Descrição: Trata-se da reestruturação curricular do curso técnico têxtil e de confecção do vestuário do Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil do Senai. Em fase do implantação, o curso tem características inovadoras na medida em que: (a) utiliza resultados de pesquisas nacionais e internacionais sobre as competências gerais e específicas requeridas dos profissionais de nível técnico que atuam na cadeia têxtill; (b) utiliza resultados de pesquisa na área de ensino-aprendizagem e (c) desenvolve estratégias de ensino e avaliação consistentes com a filosofia de um curso baseado em competências..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ana Tereza Pinto Filipecki - Integrante / Lilian Nasser - Integrante / Suruapi Jorge Garcia - Coordenador / José Felisberto Cardoso da Silva - Integrante / Francisca Bruno de Souza Lopes - Integrante / Leonardo Garcia Mendes - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2
1999 - 2000
Projeto de Implantação da Educação à Distância no Cetiqt
Descrição: Projeto de desenvolvimento de estratégias de utilização das novas tecnologias de informação e comunicação para o ensino de física e dos conteúdos específicos da área têxtil à distância..
Situação: Desativado; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ana Tereza Pinto Filipecki - Coordenador / Marcos da Fonseca Elia - Integrante / Deborah Ferreira Haderich - Integrante / Flavio da Silveira Bruno - Integrante.Financiador(es): Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil - Remuneração.
Número de produções C, T & A: 1
1997 - 2000
Projeto de Desenvolvimento de Material Didático utilizando a
Descrição: Desenvolver material didático para o curso de engenharia industrial têxtil utilizando as novas tecnologias da informação e comunicação..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ana Tereza Pinto Filipecki - Integrante / Marcos da Fonseca Elia - Integrante / Lilian Nasser - Integrante / Ricardo Paschoal - Integrante / Sergio Bastos - Integrante / Edimando Cordeiro - Coordenador.Financiador(es): Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1


Membro de corpo editorial


2007 - 2009
Periódico: Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em Saúde


Revisor de periódico


2002 - Atual
Periódico: Ensaio. Avaliação e Políticas Públicas em Educação


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Iniciação científica para estudantes de ensino médio.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Outras Sociologias Específicas.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Tópicos Específicos de Educação/Especialidade: Educação Científica e Tecnológica.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Currículo/Especialidade: Currículos Específicos para Níveis e Tipos de Educação.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


1997
Termo de Reconhecimento pela participação no PROPLAN-EITEX, Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SOUSA, I. C. F.2017SOUSA, I. C. F. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Iniciação científica de estudantes de ensino médio: um olhar sobre esta formação em uma instituição de pesquisa biomédica brasileira. VISIONI LATINOAMERICANE, v. 17, p. 74-95, 2017.

2.
VALLE, S.2014VALLE, S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Uso dos animais de laboratório. Animal Business Brasil, v. 15, p. 45-49, 2014.

3.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto2014FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; VALLE, S. ; TEIXEIRA, M.O. . As sociedades protetoras na regulamentação da experimentação animal. JORNAL DA CIÊNCIA, v. 752, p. 3-3, 2014.

4.
TEIXEIRA, M. O.2012TEIXEIRA, M. O. ; MACHADO, C.J.S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Plataformas tecnológicas e a pesquisa em biomedicina caracterização de uso local de dispositivos globais. LIINC EM REVISTA, v. 8, p. 222-236, 2012.

5.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto2011FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MACHADO, C.J.S. ; VALLE, S. ; TEIXEIRA, M.O. . The Brazilian Legal Framework on the Scientific Use of Animals. Laboratory Animal Research - ILAR e-Journal, v. 55, p. e8-e15, 2011.

6.
TEIXEIRA, M.O.2011TEIXEIRA, M.O. ; MACHADO, C.J.S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; CORTES, B. A. ; KLEIN, Helena Espellet . Redes cooperativas de pesquisa em saude: descrição e análise do uso de um instrumento de coordenação em um instituto público de pesquisa em biomedicina. Ciencia & Saude Coletiva, v. 16, p. 1835-1847, 2011.

7.
TEIXEIRA, M.O.2011TEIXEIRA, M.O. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; GIL, LMB . A pesquisa científica em biomedicina: comentários sobre as transformações na política de c&t em uma instituição pública nacional. REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E SOCIEDADE, v. 2, p. 222-236, 2011.

8.
MACHADO, C.J.S.2011MACHADO, C.J.S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Socio-antropologia de um fenômeno tecno-científico-político transnacional: o uso de animais em experimentação científica e a realidade brasileira. Revista Brasileira de Ciência, Tecnologia e Sociedade, v. 2, p. 58-99, 2011.

9.
MACHADO, C. J. S.2010MACHADO, C. J. S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; TEIXEIRA, M. O. ; KLEIN, H.E . A regulação do uso de animais no Brasil do século XX e o processo de formação do atual regime aplicado à pesquisa biomédica. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), v. 17, p. 87-105, 2010.

10.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto2010FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; AMARAL, Ana Margarida Ribeiro . Uma abordagem CTS ao ensino de ciências: oficina interativa sobre a regulamentação do uso científico de animais no Brasil. Ciência em Tela, v. 3, p. 1-10, 2010.

11.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto2010FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MACHADO, C.J.S. . Lei e ordem no mundo da pesquisa biomédica brasileira: O Arcabouço legal e institucional que disciplina o uso científico de animais em experimentação. Revista Forense (Impresso), v. 410, p. 53-75, 2010.

12.
Filipecki, Ana Tereza Pinto2010Filipecki, Ana Tereza Pinto; MACHADO, C.J.S. ; TEIXEIRA, M.O. . Análise de uma experiência local de acompanhamento e controle de uso científico de animais na pesquisa biomédica. Filosofia e História da Biologia, v. 5, p. 195-215, 2010.

13.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto2010FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MACHADO, C.J.S. ; VALLE, S. ; TEIXEIRA, M.O. . Análise crítica do marco regulatório da experimentação animal na biomedicina brasileira. Revista de Informação Legislativa, v. 188, p. 293-311, 2010.

14.
MACHADO, C. J. S.2009 MACHADO, C. J. S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; TEIXEIRA, M. O. . Current Brazilian Law on Animal Experimentation. Science (New York, N.Y.), v. 324, p. 1643-1644, 2009.

15.
TEIXEIRA, M. O.2009TEIXEIRA, M. O. ; MACHADO, C. J. S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . A dinâmica da organização da pesquisa em biomedicina no Brasil: anatomia de uma experiência recente na Fundação Oswaldo Cruz. RECIIS. Revista eletrônica de comunicação, informação & inovação em saúde (Edição em português. Online), v. 3, p. 47-72, 2009.

16.
TEIXEIRA, M. O.2009TEIXEIRA, M. O. ; MACHADO, C. J. S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . The dynamics of biomedical research organization in Brazil: the anatomy of a research experience at the Oswaldo Cruz Foundation. RECIIS. Electronic journal of communication information and innovation in health. RECIIS. Electronic journal of communication information and innovation in health (English edition. Online), v. v. 3, p. 47-72, 2009.

17.
SOUSA, I. C. F.2009SOUSA, I. C. F. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Mentoring: the relationship that makes the difference in scientific research training for youth.. IEEE Professional Communication Society Newsletter, v. 53, p. 1-3, 2009.

18.
TEIXEIRA, M. O.2009TEIXEIRA, M. O. ; MACHADO, C. J. S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; HASENCLEVER, L. ; KLEIN, H.E . Considerações sobre as relações entre a análise de citação e a pesquisa científica colaborativa. Transinformação, v. 21, p. 225-234, 2009.

19.
TEIXEIRA, M.O.2009TEIXEIRA, M.O. ; MACHADO, C. J. S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; CORTES, Bianca Antunes ; KLEIN, Helena Espellet . Redes cooperativas e inovação em saúde pública: estudo de caso do processo de construção social, coletivo e local da rede vacinas recombinantes e dna da Fundação Oswaldo Cruz, relatório Final. REVISTA DE POLITICAS PUBLICAS (UFMA), v. 13, p. 115-125, 2009.

20.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto;FILIPECKI, A.T.P.2006 FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza ; ELIA, Marcos da Fonseca . Visão dos Pesquisadores-Orientadores de um Programa de Vocação Científica sobre a Iniciação Científica de Estudantes de Ensino Médio. Ciência e Educação (UNESP), v. 12, p. 199-216, 2006.

21.
BRUNO, Flavio da Silveira2006BRUNO, Flavio da Silveira ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Identificação de barreiras organizacionais ao desenvolvimento de competências intra-empreendedoras. Inteligência Empresarial (UFRJ), v. 26, p. 17-24, 2006.

22.
SEGENREICH, Stella Cecilia D1996SEGENREICH, Stella Cecilia D ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . O Vê de Gowin: apropriação e adaptação à análise de pesquisas em ciências sociais. Revista de Estudos Universitárias (Sorocaba), São Paulo, v. 22, n.1, p. 43-56, 1996.

23.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto;FILIPECKI, A.T.P.1995FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; ELLIOT, Ligia Gomes . Ensinando e avaliando o pensamento crítico. Ensaio. Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 3, n.8, p. 263-272, 1995.

Capítulos de livros publicados
1.
BARROS, F. S. ; Filipecki, A.T.P. . O aquecimento global e sua pertinência no ensino básico. In: Alexandre Maia do Bomfim; Margarete Alvarenga Viana Mota Trindade; Flora Gomes de Oliveira da Silva; Thiago da Silva Oliveira. (Org.). A Questão Ambiental na Educação Básica. 1ed.Rio de Janeiro: Publit Soluções Editoriais, 2015, v. , p. 15-33.

2.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto. Orientação Científica de Jovens de Ensino Médio: construção de uma proposta de avaliação. In: Marinilza Bruno de Carvalho; Antonio Ritto. (Org.). Avaliação em Ambientes Complexos. 1ed.Rio de Janeiro: POD Editora, 2010, v. , p. 27-53.

3.
BARROS, Susana de Souza ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Currículo e cultura científica: sociedade de risco - somos todos atores?. In: Susana de Souza Barros; Marcos Elia. (Org.). Pierrre Lucie: Educador e professor de cientistas. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2010, v. , p. -.

4.
Filipecki, Ana Tereza Pinto. Educação científica orientada para o paz: transciplinaridade e complexidade. In: Elza Neffa; Antonio Carlos de Azevedo Ritto. (Org.). Percepção Transdiciplinar uma construção coletiva. Rio de Janeiro: Editora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2010, v. , p. -.

5.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; FILIPECKI, Elizabeth . Os Varejistas Internacionais e o Consumo da Moda. In: BRUNO, Flavio da Silveira (Org.) ; TENAN, Lúcio Geraldo Taboada (Org.) ; MORACE, Francesco (Org.) ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto (Org.) ; MIRANDA, José Maria Simas de (Org.) ; ABRANCHES, Gerson Pereira (Org.). (Org.). Globalização da economia têxtil e de confecção brasileira. 1aed.Rio de Janeiro: SENAI, 2007, v. 1, p. 53-73.

6.
BARROS, Susana de Souza ; ELIA, Marcos da Fonseca ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; GEVERTZ, R. . Eric Rogers in Brazil. In: Brenda Jennison; Jon Ogborn. (Org.). Wonder and Delight: Essays in Science Education in honour of the life and work of Eric Rogers 1902-1990: Essays in Science Education in Honour of the Life and Work of Eric Rogers, 1902-90. 1aed.Bristol: Institute of Physics Publishing Bristol and Philadelphia, 1994, v. , p. 221-226.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; VALLE, S. ; TEIXEIRA, M.O. . Métodos Alternativos ao uso de animais em pesquisas: questões sobre processos e competências regulatórias. Jornal da Ciência, , v. 5252, 01 set. 2015.

2.
MACHADO, C. J. S. ; Filipecki, A.T.P. . A regulação do uso de animais na pesquisa dos EUA. Jornal da Ciência E-mail, Rio de Janeiro, , v. 3913, 17 dez. 2009.

3.
Filipecki, A.T.P.; MACHADO, C. J. S. ; TEIXEIRA, M. O. . As características do novo marco regulatório de uso de animais em experimentação científica e as questões em aberto - Parte II: o Decreto 6.899/ 2009.. Jornal da Ciência e-mail, , v. 3835, 26 ago. 2009.

4.
Filipecki, A.T.P.; MACHADO, C. J. S. ; TEIXEIRA, M. O. . Características do novo marco regulatório de uso de animais em experimentação científica e as questões em aberto - Parte I: a Lei 11.794/2008. Jornal da Ciência E-mail, Rio de Janeiro, , v. 3834, 25 ago. 2009.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
TEIXEIRA, M.O. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Dinâmicas contemporâneas da pesquisa em biomedicina: uma análise socioantropológica do processo de implementação da experimentação animal. In: XXIX Congresso Latino-americano de Sociologia, 2013, Santiago. Anais XXIX Congresso Latino-americano de Sociologia, 2013. v. 1. p. 100-112.

2.
TEIXEIRA, M.O. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Entre as necessidades públicas e as demandas privadas: aspectos da dinâmica de produção de conhecimentos científicos em biomedicina. In: XVI Congresso Brasileiro de Sociologia, 2013, Salvador. Anais XVI Congresso Brasileiro de Sociologia, 2013. v. 1. p. 100-113.

3.
TEIXEIRA, M. O. ; MACHADO, C. J. S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; KLEIN, H.E . A política nacional de C&T e os dispositivos de coordenação da atividade de P&D. In: XIV Congresso Brasileiro de Sociologia, 2009, Rio de Janeiro. XIV Congresso Brasileiro de Sociologia, 2009. v. 001. p. 100-101.

4.
RIBEIRO, J. ; FRANKLIN, S. L. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; SILVA, E. R. ; MATTOS, U. A. O. . CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS: ESTUDO DE CASO DE UMA COOPERATIVA NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO. In: V CONGRESSO NACIONAL DE EXCELENCIA EM GESTÃO, 2009, Niterói. Congresso Nacional de Excelência em Gestão, 2009. p. 1-12.

5.
TEIXEIRA, M. O. ; MACHADO, C. J. S. ; Filipecki, A.T.P. . Plataformas tecnológicas e as mudanças no processo produtivo e no modo de organização do trabalho científico na área de biomedicina. In: III Simpósio Nacional de Tecnologia e Sociedade - Desafio para a transformação social, 2009, Curitiba. Anais do III Simpósio Nacional de Tecnologia e Sociedade. Curitiba: Universidade Tecnológica Federal do Paraná, 2009.

6.
TEIXEIRA, M. O. ; MACHADO, C. J. S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; VIANA, L.C.S. ; KLEIN, H.E . Análise da utilização de Redes Cooperativas como dispositivo de uma política de desenvolvimento tecnológico de insumos em saúde: o caso do PDTIS/Fiocruz. In: VII ESOCITE - Jornadas Latino-Americanas de Estudos Sociais das Ciências e das Tecnologias, 2008, Rio de Janeiro. VII ESOCITE - Jornadas Latino-Americanas de Estudos Sociais das Ciências e das Tecnologias, 2008.

7.
TEIXEIRA, M. O. ; MACHADO, C. J. S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Redes Cooperativas e a Inovação em Saúde Pública estudo de uma estratégia local de fomento e organização da pesquisa tecnológica em saúde. In: XIII Congresso da Sociedade Brasileira de Sociologia, 2007, Recife. Anais do XIII Congresso da Sociedade Brasileira de Sociologia., 2007. p. 1-30.

8.
TEIXEIRA, M. O. ; MACHADO, C. J. S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Redes cooperativas e a pesquisa tecnológica de insumos: novas práticas de organização do trabalho em laboratórios de saúde. In: IV Congresso Brasileiro de Ciências Humanas e Sociais em Saúde, 2007, Salvador. Anais do IV Congresso Brasileiro de Ciências Humanas e Sociais em Saúde. Rio de Janeiro: ABRASCO, 2007.

9.
BRUNO, Flavio da Silveira ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . A utilização de mapas conceituais para o desenvolvimento de competências intra-empreendedoras. In: XXXIII Congresso Brasileiro de Ensino de Engenharia, 2005, Campina Grande. Cobenge 2005, 2005.

10.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza ; ELIA, Marcos . A iniciação científica de estudantes de ensino médio na visão dos pesquisadores orientadores. In: V Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2005, Bauru. V ENPEC, 2005.

11.
PEREIRA, Marcus Vinicius ; BARROS, Susana de Souza ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Confecção do roteiro de um vídeo sobre conceitos básicos de física térmica em forma de story-board. In: XV Simpósio Nacional de Ensino de Física, 2003, Curitiba. XV Simpósio Nacional de Ensino de Física, 2003.

12.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto. O currículo de física para o ensino médio e profissional na perspectiva das diretrizes curriculares nacionais (DCNs). In: XIII Simpósio Nacional de Ensino de Física, 1999, Brasília. Ensino de Física: em busca de sua identidade. São Paulo: SBF, 1999.

13.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza . A study of spontaneous concepts related to heat phenomena conducted with brasilian students. In: International Conference in Science Education, 1986, Toquio. International Conference in Science Education, 1986.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
TEIXEIRA, M.O. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Necessidades públicas e interesses privados na dinâmica local de produção de conhecimentos científicos em saúde. In: VI Congresso Brasileiro de Ciências Humanas e Sociais em Saúde, 2013, Rio de Janeiro. Anais VI Congresso Brasileiro de Ciências Humanas e Sociais em Saúde, 2013. v. 1. p. 100-102.

2.
TEIXEIRA, M.O. ; MACHADO, C.J.S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Análise sócio-antropológica do uso local de dispositivos de organização da pesquisa tecnocientífica em biomedicina: uma contribuição à discussão da política de C&T&I em saúde.. In: V Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde, 2011, São Paulo. V Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde. Rio de Janeiro: Abrasco, 2011. v. 1.

3.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MACHADO, C.J.S. ; TEIXEIRA, M.O. ; VALLE, S. . As comissões de ética no uso científico de animais e os comitês de ética em pesquisa: diferentes regimes de organização e de produção do conhecimento biomédico?. In: V Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde, 2011, São Paulo. V Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde. Rio de Janeiro: Abrasco, 2011. v. 1.

4.
MACHADO, C. J. S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . A invisibilidade da participação dos animais não-humanos na saúde das populações humanas e as relações de força e embates entre cientistas e movimentos de proteção e de direitos dos animais. In: 27 Reunião Brasileira de Antropologia, 2010, Belém. Anais da 27 Reunião Brasileira de Antropologia, 2010.

5.
MACHADO, C. J. S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; TEIXEIRA, M. O. . Configurações nacionais entre ciência e sociedade: um estudo da regulação federal do uso de animais na pesquisa biomédica nos Estados Unidos da América e no Brasil. In: VIII Jornadas Latinoamericanas de Estudios Sociales de la Ciencia y Tecnologia, 2010, Buenos Aires. VIII ESOCITE, 2010.

6.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MACHADO, C. J. S. ; TEIXEIRA, M. O. . Análise do modo de apropriação do marco regulatório do uso de animais na pesquisa em biomedicina no Brasil. In: VIII Jornadas Latinoamericanas de Estudios Sociales de la Ciencia y Tecnologia, 2010, Buenos Aires. VIII ESOCITE, 2010.

7.
TEIXEIRA, M. O. ; MACHADO, C. J. S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . O uso de plataformas tecnológicas e as mudanças no modo de organização da produção de conhecimento na área de biomedicina. In: VIII Jornadas Latinoamericanas de Estudios Sociales de la Ciencia y Tecnologia, 2010, Buenos Aires. VIII ESOCITE, 2010.

8.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MACHADO, C. J. S. ; TEIXEIRA, M. O. . Science, Law and Order: the interpretations of a regulatory regime on animal experimentation by biomedical researchers. In: Society for Social Studies of Science Meeting 2010, 2010, Japão. 4S Meeting 2010, 2010.

9.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MACHADO, C. J. S. ; TEIXEIRA, M. O. . O processo de avaliação dos protocolos de pesquisa biomédica pelas Comissões de Ética no Uso de Animais: parâmetros legais ou princípios éticos?. In: Encontro de História e Filosofia da Biologia 2010, 2010, São Paulo. Encontro de História e Filosofia da Biologia 2010, 2010.

10.
MACHADO, C. J. S. ; CORDEIRO, L.G.M ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Uma metodologia para o estudo da incorporação do regime internacional da biodiversidade noa arcabouço legal dos estados da federação: o caso da Bahia e de Minas Gerais. In: V Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade, 2010, Florianópolis. V Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade, 2010.

11.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MACHADO, C. J. S. ; TEIXEIRA, M. O. . UMA LEITURA DO PROCESSO REGULATÓRIO DA EXPERIMENTAÇÃO ANIMAL NO BRASIL - 1995-2008. In: IV SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE MEIO AMBIENTE, 2009, Rio de Janeiro. Pró-Atividade para a Sustentabilidade PAS para a PAZ, 2009. v. 1. p. 122-124.

12.
MACHADO, C. J. S. ; Filipecki, A.T.P. ; TEIXEIRA, M. O. . Anatomia da política pública brasileira para o uso biomédico de animais em experimentação e ensino. In: III Simpósio Nacional de Tecnologia e Sociedade - Desafio para a transformação social, 2009. Anais do III Simpósio Nacional de Tecnologia e Sociedade. Curitiba.

13.
TEIXEIRA, M. O. ; MACHADO, C. J. S. ; Filipecki, A.T.P. . Dinâmicas da ciência no Brasil: considerações sobre uma experiência de localização de modelos e instrumentos de organização e coordenação da pesquisa em biomedicina. In: III Simpósio Nacional de Tecnologia e Sociedade - Desafio para a transformação social, 2009, Curitiba. Anais do III Simpósio Nacional de Tecnologia e Sociedade. Curitiba: Universidade Tecnológica Federal do Paraná, 2009.

14.
BARROS, Susana de Souza ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Scientific culture, science education and the risk society. In: ESERA 2007, 2007, Malmö. ESERA 2007, 2007.

15.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; GARCIA, Suruapi Jorge . Estruturação e implantação de um curso técnico têxtil baseado em competências: potencialidades e limites de um modelo. In: XXI CONGRESSO NACIONAL DE TÉCNICOS TÊXTEIS, 2004, Natal. O homem e a consciência ambiental na cadeia têxtil, 2004.

16.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza . Uma nova estratégia para o laboratório de Física no 2 grau: elaboração de vídeos pelos estudantes. In: II Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 1999. II Encontro nacional de pesquisa em educação em ciências.

17.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza ; PASCHOAL, Ricardo ; SOUZA, A W . Resolução de problemas de aprendizagem conceitual de física. In: XI Simpósio Nacional de Ensino de Física, 1995, Niterói. XI Simpósio Nacional de Ensino de Física, 1995.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
LABARTHE, N. V. ; VALLE, S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; TEIXEIRA, M.O. . Brazilian research on human-animal interface: the crossroads of regulations, policy making and decision making. In: Second International Congress on Pathogens at the Human Animal Interface (ICOPHAI), 2013, Porto das Galinhas. In: Second International Congress on Pathogens at the Human Animal Interface (ICOPHAI), 2013. v. 1. p. 100-101.

2.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MACHADO, C.J.S. ; TEIXEIRA, M.O. . Brazil: line of flight to international research tests with nonhuman primates?. In: Annual Meeting Society for Social Studies of Science, 2012, Copenhagen. Annual Meeting Society for Social Studies of Science, 2012. v. 1. p. 100-100.

3.
VALLE, S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; TEIXEIRA, M.O. . Acreditação Internacional dos biotérios brasileiros à luz da regulamentação nacional: análise preliminar. In: First international FESSACAL/SBCAL Meeting, 2012, São Paulo. First international FESSACAL/SBCAL Meeting, 2012. v. 1. p. 100-101.

4.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MACHADO, C.J.S. ; VALLE, S. . Science, Technology and Public Policy in Brazil: implementing a new legislation on animal experimentation. In: Annual Meeting of the Society for Social Studies of Science (4S), 2011, Cleveland. Annual Meeting of the Society for Social Studies of Science (4S), 2011.

5.
MACHADO, C. J. S. ; KLEIN, H.E ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Water basin management and informal environmental education: participatory and integrative knowledge actions to reinforce sustainable development policies. In: 5th World Environmental Education Congress, 2009, Montreal. 5th World Environmental Education Congress/5o Congreso mundial de edicación ambienta. Montreal : UQAM / Lakehead Uni: Montreal : UQAM / Lakehead University, 2009. v. 1. p. 1-1.

6.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MACHADO, C. J. S. ; TEIXEIRA, M. O. . Exploring the meaning of nature embedded in a regulatory regime: The role of controversial issues in environmental education. In: 5e Congrès mondial de l'éducation relative à l'environnement/5th World Environmental Education Congress/5o Congreso mondial de educación ambiental, 2009, Montreal. . Recueil des résumés/Absract Book/Resúmenes - 5e Congrès mondial de l'éducation relative à l'environnement/5th World Environmental Education Congress/5o Congreso mondial de educación ambiental. Montreal: UQAM / Lakehead University, 2009. v. 1. p. 1-1.

7.
ARARIPE, Cristina ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; BRAGA, Cristiane Nogueira . Environmental education and scientific training program for high school student: integrative knowledge action for sustainable citizenship. In: 5e Congrès mondial de l'éducation relative à l'environnement/5th World Environmental Education Congress/5o Congreso mondial de educación ambiental, 2009, Montreal. Recueil des résumés/Absract Book/Resúmenes - 5e Congrès mondial de l'éducation relative à l'environnement/5th World Environmental Education Congress/5o Congreso mondial de educación ambiental. Montreal: UQAM / Lakehead University, 2009. v. 1. p. 1-1.

8.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MACHADO, C. J. S. ; TEIXEIRA, M. O. . A REORGANIZAÇÃO DA PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO TECNO-CIENTÍFICO: O CASO DA EXPERIMENTAÇÃO ANIMAL. In: XIV Congresso Brasileiro de Sociologia, 2009, Rio de Janeiro. XIV Congresso Brasileiro de Sociologia, 2009. v. 001. p. 100-101.

9.
TEIXEIRA, M. O. ; MACHADO, C. J. S. ; Filipecki, A.T.P. . Análise da transposição local de modelos de organização e coordenação da pesquisa em biomedicina: estudo de caso de uma instituição pública no Brasil. In: XXVII Congreso ALAS 2009, 2009, Buenos Aires. Memorias XXVII Congreso ALAS 2009. Buenos Aires: Faculdad de Ciencias Sociales - UBA, 2009. v. 1.

10.
MACHADO, C. J. S. ; Filipecki, A.T.P. ; TEIXEIRA, M. O. . Descrição e análise do atual regime regulatório brasileiro de uso de animais na pesquisa biomédica. In: XXVII Congreso ALAS 2009, 2009, Buenos Aires. Memorias XXVII Congreso ALAS 2009. Buenos Aires: Faculdad de Ciencias Sociales - UBA, 2009. v. 1.

11.
Filipecki, A.T.P.; MACHADO, C. J. S. ; TEIXEIRA, M. O. . The current regulatory regime on laboratory animals in the Brazilian biomedical research arena. In: 7th World Congress on Alternatives and Animal Use in Life Sciences, 2009, Roma. Abstracts 7th World Congress Rome 2009. Kuesnacht ZH: ALTEX, 2009. v. 26. p. 234-234.

12.
Filipecki, A.T.P.; MACHADO, C. J. S. ; TEIXEIRA, M. O. . Civil Society Participatory Turn in the Brazilian Biomedical Research Regulatory Arena: Actors Learning to Articulate Interests within an Animal Experimentation Ethics Committee. In: 2009 Annual Meeting, 2009, Washington, DC. 4S 2009 Annual Meeting, 2009.

13.
TEIXEIRA, M. O. ; MACHADO, C.J.S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Science, Technology and Health Innovation in Brazil: an Experience of Re-organization of Scientific Work in Public Research Institution in Biomedicine. In: 4S 2008 Annual Meeting, 2008, Rotterdam. SOCIETY FOR SOCIAL STUDIES OF SCIENCE (4S) - ACTING WITH SCIENCE, TECHNOLOGY AND MEDICINE, 2008.

14.
MACHADO, C.J.S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . The Regulatory Process of Brazilian Contemporary Biomedical Research Dynamics: Limits and Challenges. In: SOCIETY FOR SOCIAL STUDIES OF SCIENCE (4S) 2008 Annual Meeting, 2008, Rotterdam. Acting with Science, Technology and Medicine, 2008.

15.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto. Tropical Medicine Research Practices in Brazil Encounter the Animal Rights and the Animal Welfare Groups: the Articulation of Science and Society in Oswaldo Cruz Foundation. In: SOCIETY FOR SOCIAL STUDIES OF SCIENCE (4S) - 2008 Annual Meeting, 2008, Rotterdam. Acting with Science, Technology and Medicine, 2008.

16.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; TEIXEIRA, M. O. ; ARARIPE, Cristina . DESAFIOS PARA A FORMAÇÃO DE PESQUISADORES NA ÁREA BIOMÉDICA. In: IV Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde, 2007, Bahia. IV CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS EM SAÚDE, 2007.

17.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; ELIA, Marcos da Fonseca ; BARROS, Susana de Souza . Instrumentos de avaliação do programa de vocação científica (Provoc/Fiocruz/RJ): resultados da aplicação de um modelo. In: IV Bienal de Pesquisa, 2004, Rio de Janeiro. IV Bienal de Pesquisa, 2004.

18.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto. Laboratórios Didáticos e Mídia Eletrônica. In: III Encontro de Licenciatura de Física e Ex-alunos do IF/UFRJ, 2003, Rio de Janeiro, 2003.

19.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; FRUTUOSO, Telma de Mello ; BRAGA, Cristiane Nogueira ; FRUTUOSO, Valber da Silva . Provoc/fiocruz: ENSAIO SOBRE AS POTENCIALIDADES E LIMITES DE UM MODELO. In: IV ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 2003, BAURU, 2003.

20.
BARROS, Susana de Souza ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . A elaboração de vídeos pelos estudantes do ensino médio para substituir as atividades do laboratório de física?. In: XIV Simpósio Nacional de Ensino de Física, 2001, Natal (RN), 2001.

21.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza . Análise, uso e produção de vídeos educativos para o ensino de física no 2º grau: a tecnologia na reestruturação da sala de aula. In: VII Encontro de Pesquisa em Ensino de Física, 2000, Florianópolis. VII Encontro de Pesquisa em Ensino de Física. São Paulo: Sociedade Brasileira de Fisica, 2000. p. 103-103.

22.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza . Repensando o laboratório de Fisica no 2 grau: elaboração de vídeos pelos estudantes. In: XIII Simpósio Nacional de Ensino de Física, 1999, Brasília. Atas do XIII Simpósio Nacional de Ensino de Física. São Paulo: SBF, 1999.

23.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza ; NASCIMENTO, Carlos A ; SILVA, A M ; ALMEIDA, S H. A. . Propriedades gerais do conceito de energia na visão de estudantes secundários. In: IX Simpósio Nacional de Ensino de Física, 1992, São Paulo. IX Simpósio Nacional de Ensino de Física, 1992.

24.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza ; ALMEIDA, S H. A. ; RODRIGUES, Maria de Fátima D . Visão dos estudantes sobre ciência e tecnologia do ponto de vista do cidadão educado. In: IX Simpósio Nacional de Ensino de Física, 1992, São Paulo. IX Simpósio Nacional de Ensino de Física, 1992.

25.
BARROS, Susana de Souza ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; RODRIGUES, Maria de Fátima D . Energia: Transferência dos resultados da pesquisa em ensino para a sala de aula. In: 41 Reunião Anaul da SBPC, 1989, Fortaleza. 41 Reunião Anaul da SBPC, 1989.

26.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; ALMEIDA, Marilu ; RODRIGUES, Maria de Fátima D ; BARROS, S.S. . Laboratório didático de ensino de física no 2º grau: o que pensam os estudantes. In: 41 Reunião Anaul da SBPC, 1989, Fortaleza. 41 Reunião Anaul da SBPC, 1989.

27.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza ; MARTINS, I.G.R ; MARTORANO, José Vicente . Alguns Resultados da pesquisa educacional aplicados em sala de aula. In: 40 Reuniao Anual da SBPC, 1988, São Paulo. 40 Reuniao Anual da SBPC, 1988.

28.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza ; MARTINS, I.G.R ; BRUNO, Flavio da Silveira . Uma tentativa de aplicação da pesquisa em ensino na sala de aula. In: 39 Reunião Anual da SBPC, 1987, Brasília. 39 Reunião Anual da SBPC, 1987.

29.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza ; COLINVAUX, Dominique ; MARTINS, I.G.R . Classificação das visões de estudantes de 1º e 2º graus sobre o conceito de energia. In: 39 Reunião Anual da SBPC, 1987, São Paulo. 39 Reunião Anual da SBPC, 1987.

30.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza ; GOUVÊA, Guaracira ; COLINVAUX, Dominique ; VIANNA, Deise Miranda . As concepções de ciência e a prática do professor das ciências da natureza e matemática. In: VII Simpósio Nacional de Ensino de Física, 1987, São Paulo. Vii Encontro de Pesquisa em Ensino de Física, 1987.

31.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza . Uma proposta para implantação de laboratório de física para escola técnica do 2º grau. In: VII Simpósio Nacional de Ensino de Física, 1987, São Paulo. VII SNEF, 1987.

32.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MARTINS, I.G.R ; COLINVAUX, Dominique ; GOULART, Silvia M ; BARROS, Susana de Souza . Para uma classificação do conceito de energia em crianças de escola primária. In: VII Simpósio Nacional de Ensino de Física, 1987, São Paulo. VII Simpósio Nacional de Ensino de Física, 1987.

33.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MARTINS, I.G.R ; MARTORANO, José Vicente ; GOULART, Silvia M ; BARROS, S.S. . Conceitos espontâneos na área de física térmica. In: VII Simpósio Nacional de Ensino de Física, 1987, São Paulo. VII Simpósio Nacional de Ensino de Física, 1987.

34.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MARTINS, I.G.R ; MARTORANO, José Vicente ; GOULART, Silvia M ; BARROS, S.S. . Conceitos espontâneos na área de Física Térmica. In: 38ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, 1986, Curitiba, 1986.

Apresentações de Trabalho
1.
SANTOS, B. N. ; SOUSA, I. C. F. ; BRAGA, Cristiane Nogueira ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . A disponibilidade para as carreiras na área da saúde das egressas do Programa de Vocação Científica da Fundação Oswaldo Cruz. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
Filipecki, A.T.P.. Limites e possibilidades do ensino, pesquisa e extensão no ensino de Ciências e Saúde (ECS). 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Filipecki, A.T.P.. O viés regulatório da pesquisa biomédica com animais não humanos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
BARROS, F. S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . A questão ambiental nas disciplinas pedagógicas e na Física. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; TEIXEIRA, M.O. ; VALLE, S. ; LABARTHE, N. V. . Brazil: ?line of flight? to international research tests with nonhuman primates?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MACHADO, C. J. S. ; TEIXEIRA, M. O. . Science, Law and Order: the interpretations of a regulatory regime on animal experimentation by biomedical researchers. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; MACHADO, C. J. S. . A situação jurídica da proteção dos animais num país tropical de megadiversidade. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
TEIXEIRA, M. O. ; MACHADO, C.J.S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Redes Cooperativas e a Pesquisa Tecnológica de Insumos: novas práticas de organização de trabalho em laboratórios de saúde. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; TEIXEIRA, M. O. ; ARARIPE, Cristina . CARREIRAS CIENTÍFICAS: as trajetórias profissionais dos pesquisadores-orientadores do Programa de Vocação Científica da Fiocruz/RJ. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
MACHADO, C. J. S. ; TEIXEIRA, M. O. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . LOCAL TRANSPOSITIONS OF NTERNATIONAL MODELS: Analyzing an Experience in Health R&D Policy in Latin America. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; ARARIPE, Cristina . Desafios para a Formação de Pesquisadores na Área Biomédica. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; TEIXEIRA, M. O. . Carreiras Científicas: as trajetórias profissionais dos pesquisadores-orientadores do Programa de Vocação Científica da Fiocruz/RJ. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
PEREIRA, Marcus Vinicius ; BARROS, Susana de Souza ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Confecção do roteiro de um vídeo sobre conceitos básicos de física térmica em forma de story-board. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto. Novas tecnologias para o ensino de Física. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
BARROS, Susana de Souza ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Valor dos experimentos em Física. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
ELLIOT, Ligia ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Ensinando e avaliando o pensamento crítico. 1995. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
ESTEVES, Fabius Abrahão Torreão ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Matemática aplicada a área têxtil. Rio de Janeiro: Cetiqt, 1993. (Tradução/Livro).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
TENAN, Lúcio Geraldo Taboada ; MIRANDA, José Maria Simas de ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Estudos sobre a Indústria Têxtil e de Confecção nas Américas: análises de mercado e oportunidades de negócios. 2006.

2.
TENAN, Lúcio Geraldo Taboada ; MIRANDA, José Maria Simas de ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . India: oportunidades e ameaças para a cadeia têxtil. 2004.

3.
TENAN, Lúcio Geraldo Taboada ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; MIRANDA, José Maria Simas de ; BRUNO, Flavio da Silveira . China: oportunidades e ameaças. 2004.

Produtos tecnológicos
1.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; LABARTHE, N. V. ; COSTA, M. C. . Trabalho Legal: procedimentos e regulamentos para o uso de animais em ensino ou pesquisa. 2016.

2.
VALLE, S. ; Filipecki, Ana Tereza Pinto . Glossário e webgrafia legal da biotecnologia animal: regulamentação brasileira. 2015.

3.
ELIA, Marcos ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Curso Básico de Física I e II. 2000.

Trabalhos técnicos
1.
Filipecki, A.T.P.; LABARTHE, N. V. ; COSTA, M. C. . Trabalho Legal: procedimentos e regulamentos para o uso de animais em ensino ou pesquisa. 2016.

2.
BRUNO, Flavio da Silveira ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; MIRANDA, José Maria Simas de ; ABRANCHES, G. P. ; LUCIDO, G. L. A. . Panorama Setorial: Têxtil e Confecção. 2008.


Demais tipos de produção técnica
1.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto. Tese de Doutorado em Meio Ambiente. 2012. (Relatório de pesquisa).

2.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto. Análise de Dados Qualitativos: o uso do software Atlas ti. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
Filipecki, Ana Tereza Pinto. Carreiras Científicas: as trajetórias profissionais dos pesquisadores orientadores do Programa de Vocação Científica da Fiocruz/RJ. 2006. (Relatório de pesquisa).

4.
Filipecki, Ana Tereza Pinto. Representações Sociais do Pesquisador-Orientador sobre o Processo de Orientação Científica de Jovens de Ensino Médio. 2004. (Relatório de pesquisa).

5.
BARROS, Susana de Souza ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; PEREIRA, Marcus Vinicius . Desenvolvimento de vídeos didáticos como estratégia alternativa para o laboratório introdutório de física. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
BARROS, Susana de Souza ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Análise, uso e produção de vídeos educativos para o ensino de física no 2º grau. 1999. .

7.
BARROS, Susana de Souza ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Enfoques curriculares e aspectos de ciência, tecnologia e sociedade (CTS). 1995. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza . Resolução de problemas de Física e aprendizagem conceitual. 1994. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto. Pesquisa em sala de aula: ensino de noções básicas de eletricidade. 1993. .

10.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, Susana de Souza . Novas propostas curriculares para o ensino de Física no 2º grau. 1991. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

11.
BARROS, Susana de Souza ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Conceitos espontâneos em eletricidade e ondas. 1989. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
TEIXEIRA, M. O.; CORTES, Bianca Antunes; SILVA, C. H.; LAGUARDIA, J.; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto. Participação em banca de Vinicius Pellizzaro Klein. A pesquisa clínica no Brasil: uma análise preliminar a partir da RNPC. 2015. Dissertação (Mestrado em Informação e Comunicação em Saúde ( Ppgics )) - Fundação Oswaldo Cruz.

Teses de doutorado
1.
LABARTHE, N. V.; PAIXAO, R. L.; PRESGRAVE, O. A. F.; PINTO, M. A.; MENEZES, R. C. A. A.; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto. Participação em banca de Fernanda Rimolli de Castro Araujo. Ponto final humanitário na experimentação animal: um estudo de aplicação na área de vacinas. 2015. Tese (Doutorado em Medicina Veterinária ( Clínica e Reprodução Animal)) - Universidade Federal Fluminense.

Qualificações de Doutorado
1.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; LABARTHE, N. V.; PAIXAO, R. L.. Participação em banca de Danielle Pereira David Maritan Bueno. Comissões de Ética no Uso de Animais no Brasil. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em BIOÉTICA, ÉTICA APLICADA E SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
Filipecki, A.T.P.. Comitê Avaliador de Projetos de Pesquisa Trabalho, Ciência e Cultura. 2016. Fundação Oswaldo Cruz.

2.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto. Integrante da comissão que conduziu o processo de avaliação dos sub-projetos de pesquisa dos estudantes candidatos ao Programa de Vocação Científica - Avançado. 2007.

3.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto. Integrante da comissão que conduziu o processo de avaliação dos sub-projetos de pesquisa dos estudantes candidatos ao Programa de Vocação Científica - Avançado. 2006. Fundação Oswaldo Cruz.

4.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto. Integrante da comissão que conduziu o processo de avaliação dos sub-projetos de pesquisa dos estudantes candidatos ao Programa de Vocação Científica - Avançado. 2003. Fundação Oswaldo Cruz.

5.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; ESTEVES, Fabius Abrahão Torreão. Componente da Banca de Seleção de Docente. 1993. Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil.

6.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto. Equipe responsável pela correção das provas discursivas de Física Concurso Vestibular Unificado. 1987. Cesgranrio.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Disciplina de Animais de Laboratório.O processo regulatório do uso de animais na pesquisa científica no Brasil: a lei 11.794/2008. 2010. (Oficina).

2.
36º Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária. Processo regulatório da experimentação animal no Brasil na construção de uma relação harmônica entre ciência-sociedade: Lei Arouca (11.794/2008). 2009. (Congresso).

3.
8 Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva e 11Congresso Mundial de Saúde Pública. As contribuições das tecnologias educacionais na formação de técnicos em saúde: uma introdução à pesquisa. 2006. (Congresso).

4.
4th Science Centre World Congress. 2005. (Congresso).

5.
V Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências.Encontro nacional de pesquisa em educação em ciências. 2005. (Encontro).

6.
IV Bienal de Pesquisa.Bienal de Pesquisa. 2004. (Outra).

7.
3º Seminário Internacional de Educação. 2003. (Seminário).

8.
XV Simpósio Nacional de Ensino de Física.Simpósio nacional de ensino de física. 2003. (Simpósio).

9.
II Encontro de Ex-alunos da Licenciatura em Física do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio de Janeiro.Encontro de ex-alunos da licenciatura em Física. 2002. (Encontro).

10.
VII Encontro de Pesquisa em Ensino de Física.Encontro de pesquisa em ensino de física. 2000. (Encontro).

11.
Educação a distância: construindo comunidades de conhecimento. 1999. (Congresso).

12.
II Escola do CBPF: curso de extensão universitária.Curso para professores de nível médio: Novas Tecnologias Educacionais para o Ensino de Física. Oficina III: Análise, uso e produção de vídeos educativos para o ensino de Física no 2 grau.. 1999. (Outra).

13.
Seminário Internacional de Redes e Educação a Distância. 1998. (Seminário).

14.
Perspectivas e Estratégias para a Cooperação CNI/SENAI/DIHT. 1997. (Seminário).

15.
Política Industrial, Emprego e Formação Profissional no Brasil. 1996. (Seminário).

16.
Simpósio Internacional sobre Educação Continuada na Engenharia para o Desenvolvimento da Tecnologia. 1996. (Simpósio).

17.
Workshop com a Dra. Leda Gytahy. 1996. (Encontro).

18.
Workshop Process Control Unit. 1996. (Oficina).

19.
Jornada de Pesquisadores em Ciências Humanas.O Vê de Gowin aplicado em Pesquisas Bibliográficas. 1995. (Outra).

20.
Congresso Internacional de Educação Tecnológica. 1994. (Congresso).

21.
III Encontro de Pesquisa em Ensino de Física.Encontro de Pesquisa em Ensino de Física. 1990. (Encontro).

22.
Science-Technology-and-Society Education:developing a relevant science education for future citiziens. Science-Technology-and-Society Education: developing a relevant science education for future citiziens. 1990. (Congresso).

23.
4th International Symposium on World Trends in Science and technology Education. 1987. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ANGELIS, K. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto ; FEIJO, A. G. S. ; GARCIA, R. C. M. ; GRANJEIRO, J. M. ; LABARTHE, N. V. ; MATTARAIA, V. ; PETERS, V. ; RIVERA, E. ; STEPHANO, M. A. . II Simpósio CONCEA - Integração entre as CEUAs e CONCEA: Legislação e conhecimento. 2015. (Congresso).

2.
ARARIPE, Cristina ; BRAGA, Cristiane Nogueira ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Fórum Ciência Jovem. 2005. (Exposição).

3.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; BARROS, S.S. . Transferência dos resultados da pesquisa para a sala de aula. 1989. (Congresso).



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
VALLE, S.2014VALLE, S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Uso dos animais de laboratório. Animal Business Brasil, v. 15, p. 45-49, 2014.

2.
FILIPECKI, Ana Tereza Pinto2014FILIPECKI, Ana Tereza Pinto; VALLE, S. ; TEIXEIRA, M.O. . As sociedades protetoras na regulamentação da experimentação animal. JORNAL DA CIÊNCIA, v. 752, p. 3-3, 2014.

3.
MACHADO, C.J.S.2011MACHADO, C.J.S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . Socio-antropologia de um fenômeno tecno-científico-político transnacional: o uso de animais em experimentação científica e a realidade brasileira. Revista Brasileira de Ciência, Tecnologia e Sociedade, v. 2, p. 58-99, 2011.


Apresentações de Trabalho
1.
BARROS, F. S. ; FILIPECKI, Ana Tereza Pinto . A questão ambiental nas disciplinas pedagógicas e na Física. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Filipecki, A.T.P.. Limites e possibilidades do ensino, pesquisa e extensão no ensino de Ciências e Saúde (ECS). 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Filipecki, A.T.P.. O viés regulatório da pesquisa biomédica com animais não humanos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/12/2018 às 11:16:16