José Reginaldo Prandi

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1A

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2929349604845304
  • Última atualização do currículo em 02/01/2019


Reginaldo Prandi é Professor Emérito da Universidade de São Paulo. Graduado em ciências sociais pela Fundação Santo André (1970), obteve pela Universidade de São Paulo o título de especialista em demografia (1971) e, na área de sociologia, os de mestre (1974), doutor (1977), livre-docente (1989) e professor titular (1993). Aposentado em 2005 como professor titular do Departamento de Sociologia da USP, é atualmente professor sênior do mesmo departamento e pesquisador 1A do CNPq. Foi um dos fundadores do Instituto Datafolha, órgão de pesquisa do jornal Folha de S. Paulo, participou do Comitê de Ciências Sociais do CNPq, coordenou o Comitê de Sociologia da Capes e foi membro do Comitê Acadêmico da Anpocs. É especialista em amostragem e análise quantitativa de dados. Trabalha na área de sociologia, com ênfase em sociologia da religião, atuando principalmente nos seguintes temas: religiões afro-brasileiras (candomblé e umbanda), catolicismo, espiritismo e pentecostalismo. É autor de mais de 30 livros, incluindo obras de sociologia, mitologia, literatura infantojuvenil e ficção policial. Entre outros prêmios, recebeu em 2001 o Prêmio Érico Vannucci Mendes, outorgado pelo CNPq, SBPC e Ministério da Cultura por seu trabalho de preservação da memória cultural brasileira; em 2017, o Prêmio Cátedra 10 Unesco-PUC-Rio. Foi indicado quatro vezes ao prêmio Jabuti. Em 2018 recebeu o título de professor Emérito da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
José Reginaldo Prandi
Nome em citações bibliográficas
PRANDI, Reginaldo.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia.
Av. Prof. Luciano Gualberto, 315
Cidade Universitária
05508900 - São Paulo, SP - Brasil - Caixa-postal: 2530
Telefone: (11) 38183724
URL da Homepage: www.fflch.usp.br/sociologia/prandi


Formação acadêmica/titulação


1974 - 1977
Doutorado em Sociologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: O trabalhador por conta própria sob o capital, Ano de obtenção: 1977.
Orientador: Aparecida Joly Gouvea.
Palavras-chave: Exercito de Reserva; Forca de Trabalho; Mercado Informal de Trabalho; Trabalhadores Autonomos.
Grande área: Ciências Humanas
1971 - 1974
Mestrado em Sociologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Mensagem católica e mudança social no Brasil: 1940 a 1971,Ano de Obtenção: 1974.
Orientador: Aparecida Joly Gouveia.
Palavras-chave: Catolicismo; Igreja Catolica; Orientacao da Conduta.
Grande área: Ciências Humanas
1971 - 1971
Especialização em Demografia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
1967 - 1970
Graduação em Ciências Sociais.
Centro Universitário Fundação Santo André, CUFSA, Brasil.


Pós-doutorado e Livre-docência


1989
Livre-docência.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Os candomblés de São Paulo, Ano de obtenção: 1989.
Palavras-chave: Religiões afro-brasileiras; Candomblé.
Grande área: Ciências Humanas
1987 - 1987
Pós-Doutorado.
Southern Oregon University, SOU, Estados Unidos.
Grande área: Ciências Humanas


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Sênior, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2004 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Prof. Permanente da Pós-Graduação-Aposentado, Carga horária: 40

Vínculo institucional

1976 - 2004
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Titular a partir de 1993, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

5/2005 - Atual
Ensino, Sociologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia das Religiões Afro-Brasileiras
3/2003 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia.

5/2004 - 5/2004
Ensino, Sociologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia da Religião
3/1976 - 5/2004
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia

Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, CEBRAP, Brasil.
Vínculo institucional

1971 - 1976
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 30


Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 2000
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro do Comitê de Ciências Sociais, Carga horária: 10


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador da Área de Sociologia, Carga horária: 10


Instituto de Pesquisas Datafolha, DATAFOLHA, Brasil.
Vínculo institucional

1982 - 1989
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Projeto de Implantação e Pesquisa


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Vínculo institucional

1972 - 1976
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20



Linhas de pesquisa


1.
Sociologia das Religiões Afro-Brasileiras
2.
Sociologia da Religião: Católicos e Evangélicos
3.
Diversidade Religiosa no Brasil


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Os candomblés de São Paulo 25 anos depois
Descrição: Revisita sociológica ao candomblé de São Paulo 25 anos depois da publicação do livro "Os candomblés de Sçao Paulo", buscando analisar as mudanças ocorridas no período..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2015
Intolerância: monoteísmo versus politeísmo
Descrição: Estudo das relações entre religiões afro-brasileiras e evangélicas: monoteísmo versus politeísmo.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2009
Mito e cotidiano
Descrição: Estudo da presença do mito de origem africana nos terreiros das religiôes afro-brasileiras e no conjunto da população religiosa como elemento básico de formação da visão-de-mundo dos adeptos. Estudo da presença dos mitos dos orixás na cultura brasileira de caráter não religiosa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: José Reginaldo Prandi - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Outras Sociologias Específicas/Especialidade: Sociologia da Religião.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia das Populações Afro-Brasileiras.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Urbana.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Metodologia quantitativa em Sociologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Esperanto
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Yoruba
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2018
Professor Emérito da Universidade de São Paulo, FFLCH/USP.
2017
Prêmio Cátedra 10, por Aimó, Unesco - PUC-Rio.
2005
Menção FNLIJ Livro Altamente Recomendado, por Xangô, o Trovão, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.
2005
Prêmio White Raves, Categoria Reconto, por Xangô, o Trovão, Internationale Jugendbibliotek München, Alemanha.
2003
Indicação ao Prêmio Jabuti pelo livro Ifá, o Adivinho, Câmara Brasileira do Livro.
2003
Prêmio FNLIJ de Melhor Livro Reconto por Ifá, o Adivinho, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.
2002
Duas indicações ao Prêmio Jabuti pelos livros Mitologia dos Orixás e Os Príncipes do Destino, Câmara Brasileira do Livro.
2001
Prêmio Érico Vannucci Mendes, CNPq, SBPC e MinC.
1997
Indicação ao Prêmio Jabuti 1997, por A Realidade Social das Religiões no Brasil, Câmara Brasileira do Livro.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SCOPUS

Artigos completos publicados em periódicos

1.
PRANDI, Reginaldo.2018PRANDI, Reginaldo.; CARNEIRO, J. L. . Em nome do pai: justificativas do voto dos deputados federais evangélicos e não evangélicos na abertura do impeachment de Dilma Rousseff. REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (ONLINE), v. 33, p. 1-22, 2018.

2.
PRANDI, Reginaldo.2018PRANDI, Reginaldo.. Kirche, Tempel, Terreiro: Die Dynamik des religiosen und kulturellen Wandels in Brasilien. Lettre International, v. 123, p. 33-38, 2018.

3.
PRANDI, Reginaldo.2017PRANDI, Reginaldo.; SANTOS, Renan William . Quem tem medo da bancada evangélica? Posições sobre moralidade e política no eleitorado brasileiro, no congresso nacional e na bancada evangélica. Tempo Social, v. 29, p. 187-213, 2017.

4.
PRANDI, Reginaldo.2015PRANDI, Reginaldo.; SANTOS, Renan William . Mudança religiosa na sociedade secularizada: o Brasil 50 anos após o Concílio Vaticano II. Contemporânea - Revista de Sociologia da UFSCar, v. 5, p. 351-379, 2015.

5.
PRANDI, Reginaldo.2013PRANDI, Reginaldo.. Sobre religiões afro-brasileiras. Horizonte: Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião (Online), v. 11, p. 10-12, 2013.

6.
PRANDI, Reginaldo.2012PRANDI, Reginaldo.. Axé em movimento no mercado religioso. ANUAC Rivista dell'Associazione Nazionali Universitaria Antropologi Culturali, v. 1, p. 97, 2012.

7.
PRANDI, Reginaldo.2011PRANDI, Reginaldo.. Sincretismo afro-brasileiro, politeísmo e questões afins. Debates do NER (UFRGS. Impresso), v. 19, p. 11-28, 2011.

8.
PRANDI, Reginaldo.2010PRANDI, Reginaldo.. Coração de Pombagira. Revista Esboboços - Programa de Pós-Graduação em História da UFSC, v. 17, p. 141-149, 2010.

9.
PRANDI, Reginaldo.2008PRANDI, Reginaldo.. Religions and Cultures: Religious Dynamics in Latin America. Social Compass, v. 55(3), p. 265-275, 2008.

10.
PRANDI, Reginaldo.2008PRANDI, Reginaldo.. Converter indivíduos, mudar culturas. Tempo Social (USP. Impresso), v. 20, p. 155-172, 2008.

11.
PRANDI, Reginaldo.2007PRANDI, Reginaldo.. As religiões afro-brasileiras nas Ciências Sociais: uma conferência, uma bibliografia. BIB. Revista Brasileira de Informação Bibliográfica em Ciências Sociais, v. 63, p. 7-30, 2007.

12.
PRANDI, Reginaldo.2004PRANDI, Reginaldo.. O Brasil com axé: candomblé e umbanda no mercado religioso. Estudos Avançados, São Paulo, v. 18, n.52, p. 51-66, 2004.

13.
PRANDI, Reginaldo.2004PRANDI, Reginaldo.. Sur le traces des Orixa: les religions africaines dans le Brésil actuel. Bastidiana (Brionne), Paris, n.45-46, p. 181-206, 2004.

14.
PRANDI, Reginaldo.2003PRANDI, Reginaldo.. Candomblé and Time: Concepts of Time, Knowing and Authority, from Africa to Afro-Brazilian Religious. Brazilian Review Of Social Sciences, São Paulo, v. 1, n.1, p. 7-22, 2003.

15.
PRANDI, Reginaldo.2003PRANDI, Reginaldo.. Identité et mémoire afro-brasiliennes. Diogène Revue Internationale Des Sciences Humaines Unesco, Paris, n.201, p. 38-48, 2003.

16.
PRANDI, Reginaldo.2003PRANDI, Reginaldo.. As religiões afro-brasileiras e seus seguidores. Civitas (Porto Alegre), Porto Alegre, v. 3, n.1, p. 15-34, 2003.

17.
PRANDI, Reginaldo.2003PRANDI, Reginaldo.. Afro-Brazilian Identiy and Memory. Diogenes (English ed.), London, v. 51, n.201, p. 35-43, 2003.

18.
PRANDI, Reginaldo.2001PRANDI, Reginaldo.. Exu, de mensageiro a diabo: sincretismo católico e demonização do orixá Exu. Revista Usp, São Paulo, n.50, p. 46-65, 2001.

19.
PRANDI, Reginaldo.2001PRANDI, Reginaldo.. O candomblé e o tempo: concepções de tempo, saber e autoridade da África para as religiões afro-brasileiras. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, n.47, p. 43-58, 2001.

20.
PRANDI, Reginaldo.2000PRANDI, Reginaldo.. Hipertrofia ritual das religiões afro-brasileiras. Novos Estudos. CEBRAP, São Paulo, n.56, p. 77-88, 2000.

21.
PRANDI, Reginaldo.2000PRANDI, Reginaldo.. Religião, biografia, conversão. Tempo Presença, Rio de janeiro, n.310, p. 34-44, 2000.

22.
PRANDI, Reginaldo.2000PRANDI, Reginaldo.; PIERUCCI, A. F. . Religious Diversity in Brazil: Numbers and Perspectives in a Sociological Evaluation. International Sociology, Londres, v. 15, n.4, p. 629-639, 2000.

23.
PRANDI, Reginaldo.2000PRANDI, Reginaldo.. African Gods in Contemporary Brazil. International Sociology, Londres, v. 15, n.4, p. 641-663, 2000.

24.
PRANDI, Reginaldo.2000PRANDI, Reginaldo.. De africano a afro-brasileiro: etnia, identidade e religião. Revista Usp, São Paulo, n.46, p. 52-65, 2000.

25.
PRANDI, Reginaldo.2000PRANDI, Reginaldo.. Da africano a afro-brasiliano: etnia, identità, religione. Palaver Cultura Dell' Africa e Della Disapora, Lecce, Itália, v. 10, p. 77-90, 2000.

26.
PRANDI, Reginaldo.1998PRANDI, Reginaldo.. Referências sociais das religiões afro-brasileiras: Sincretismo, branqueamento, africanização. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, v. 4, n.8, p. 151-167, 1998.

27.
PRANDI, Reginaldo.1998PRANDI, Reginaldo.. Radici etniche e sincretismo religioso in Brasile. Studi e Materiali Di Storia Delle Religioni, Roma, v. 63, n.1/2, p. 149-169, 1998.

28.
PRANDI, Reginaldo.1998PRANDI, Reginaldo.. A Sociological Introduction to Candomblé Today. Ibero Amerikanisches Archiv, v. 24, n.3/4, p. 10-36, 1998.

29.
PRANDI, Reginaldo.1997PRANDI, Reginaldo.. Nas pegadas dos voduns. Afro-Asia (UFBA), n.19/20, p. 109-133, 1997.

30.
PRANDI, Reginaldo.1996PRANDI, Reginaldo.. As religiões negras do Brasil. Revista USP, São Paulo, n.28, p. 64-83, 1996.

31.
PRANDI, Reginaldo.1996PRANDI, Reginaldo.. Religião paga, conversão e serviço. Novos Estudos Cebrap, São paulo, n.45, p. 65-78, 1996.

32.
PRANDI, Reginaldo.1996PRANDI, Reginaldo.. Voto e raça na eleição presidencial de 1994. Estudos Afro-Asiáticos, Rio de Janeiro, n.30, p. 61-78, 1996.

33.
PRANDI, Reginaldo.1995PRANDI, Reginaldo.. Raça e religião. Novos Estudos Cebrap, São Paulo, n.42, p. 113-129, 1995.

34.
PIERUCCI, A. F.1995PIERUCCI, A. F. ; PRANDI, Reginaldo. . Religiões e voto: a eleição presidencial de 1994. Opinião Pública, Campinas, v. 3, n.1, p. 20-43, 1995.

35.
PRANDI, Reginaldo.1995PRANDI, Reginaldo.. Deuses africanos no Brasil contemporâneo: Introduçao sociológica ao candomblé de hoje. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, n.3, p. 10-30, 1995.

36.
PRANDI, Reginaldo.1994PRANDI, Reginaldo.. Pombagira dos candomblés e umbandas e as faces inconfessas do Brasil. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, n.26, p. 91-102, 1994.

37.
PRANDI, Reginaldo.1993PRANDI, Reginaldo.. O jogo dos fragmentos africanos. Revista Usp, n.18, p. 80-91, 1993.

38.
PRANDI, Reginaldo.1992PRANDI, Reginaldo.. Construcciones de espacios públicos de expressión en religiones populares. Sociedad y Religion, Buenos Aires, n.9, p. 4-14, 1992.

39.
PRANDI, Reginaldo.1992PRANDI, Reginaldo.. Perto da magia, longe da política. Novos Estudos. CEBRAP, n.34, p. 81-91, 1992.

40.
PRANDI, Reginaldo.1991PRANDI, Reginaldo.. A religião e a multiplicação do eu. Revista Usp, São Paulo, n.9, p. 133-144, 1991.

41.
PRANDI, Reginaldo.1991PRANDI, Reginaldo.. Cidade em transe: Religiões populares no fim do século da razão. Revista Usp, São Paulo, n.11, p. 65-70, 1991.

42.
PRANDI, Reginaldo.1991PRANDI, Reginaldo.. Adarrum e empanadas: Uma visita às religiões afro-brasileiras em Buenos Aires. Estudos Afro Asiáticos, Rio de Janeiro, n.21, p. 157-165, 1991.

43.
PRANDI, Reginaldo.1990PRANDI, Reginaldo.. Modernidade com feitiçaria: Candomblé e umbanda no Brasil no século XX. Tempo Social, São Paulo, v. 2, n.1, p. 49-74, 1990.

44.
PRANDI, Reginaldo.1990PRANDI, Reginaldo.. Linhagem e legitimidade no candomblé paulista. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, n.14, p. 18-31, 1990.

45.
PIERUCCI, A. F.1989PIERUCCI, A. F. ; PRANDI, Reginaldo. . Migrante vota diferente? O caso da eleicao para a prefeitura de São Paulo, 1988. Travessia a Revista do Migrante, São Paulo, v. 2, n.5, p. 5-13, 1989.

46.
PRANDI, Reginaldo.1989PRANDI, Reginaldo.; GONÇALVES, V. . Deuses tribais de São Paulo.. Ciência Hoje, São Paulo, v. 2, n.57, p. 34-44, 1989.

47.
PIERUCCI, A. F.1987PIERUCCI, A. F. ; PRANDI, Reginaldo. . Assim como não era no princípio: Religião e ruptura na obra de Procopio Camargo.. Novos Estudos. CEBRAP, São Paulo, v. 84, n.17, p. 29-35, 1987.

48.
PRANDI, Reginaldo.1986PRANDI, Reginaldo.. Vestibular do preconceito. Boletim da ABA, São Paulo, v. 2, n.3, p. 46-47, 1986.

49.
PRANDI, Reginaldo.1982PRANDI, Reginaldo.. Retrato do Brasil em carne e osso. Novos Estudos. CEBRAP, São Paulo, v. 1, n.3, p. 10-16, 1982.

50.
PRANDI, Reginaldo.1982PRANDI, Reginaldo.. A mulher e o papel de dona-de-casa.. Revista de Antropologia (USP), São Paulo, v. 2, n.24, p. 40-50, 1982.

51.
PRANDI, Reginaldo.1981PRANDI, Reginaldo.. A familia para a Igreja. Cadernos de Pesquisa (Fundação Carlos Chagas), São Paulo, v. 2, n.37, p. 90-93, 1981.

52.
BERQUÓ, E.1976BERQUÓ, E. ; PRANDI, Reginaldo. . Fecundidade em Salvador: Veredas de uma análise dicotômica. Novos Estudos. CEBRAP, São Paulo, v. 2, n.16, p. 131-154, 1976.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
PRANDI, Reginaldo.. Aimó: uma viagem pelo mundo dos orixás. 1. ed. São Paulo: Seguinte/Companhia das Letras, 2017. v. 1. 200p .

2.
PRANDI, Reginaldo.. Mitologia degli orixás: Le divinità della Natura dall'Africa al Brasile. 1. ed. Firenze: Edipress com apoio da Fundação Biblioteca Nacional, 2015. v. 1. 568p .

3.
PRANDI, Reginaldo.. Les princes du destin: Contes de la mithologie afro-brésilienne. 1. ed. Paris: Présence Africaine Editions, 2014. v. 1. 189p .

4.
PRANDI, Reginaldo.. I prìncipi del destino. 1. ed. Roma: CISU, 2013. v. 1. 120p .

5.
PRANDI, Reginaldo.. Os mortos e os vivo: uma introdução ao espiritismo. 1. ed. São Paulo: Três Estrelas, 2012. v. 1. 116p .

6.
PRANDI, Reginaldo.. Contos e lendas da Amazônia. 1. ed. São Paulo: Cia. das Letras, 2011. v. 1. 256p .

7.
PRANDI, Reginaldo.. Feliz aniversário. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2010. v. 1. 144p .

8.
PRANDI, Reginaldo.. Jogo de escolhas. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2009. v. 1. 144p .

9.
PRANDI, Reginaldo.. Contos e lendas afro-brasileiros: a criação do mundo. 1. ed. São Paulo: Cia. das Letras, 2007. v. 1. 224p .

10.
PRANDI, Reginaldo.. Morte nos búzios. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2006. v. 1. 250p .

11.
PRANDI, Reginaldo.. Segredos guardados: orixás na alma brasileira. São Paulo: Companhia das Letras, 2005. 336p .

12.
PRANDI, Reginaldo.. Oxumarê, o Arco Íris. 2. ed. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2004. v. 1. 64p .

13.
PRANDI, Reginaldo.. Xangô, o Trovão. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2003. v. 1. 64p .

14.
PRANDI, Reginaldo.. Minha querida assombração. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2003. v. 1. 144p .

15.
PRANDI, Reginaldo.. Ifá, o Adivinho. 3. ed. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2002. v. 1. 64p .

16.
PRANDI, Reginaldo.; BARBA, Bruno (Org.) ; FALDINI, Luisa (Org.) . Sincretismo o africanizzazione? Dinamiche delle religioni brasiliane. 1. ed. Gênova: Edizione ECIG, 2002. v. 1. 180p .

17.
PRANDI, Reginaldo.; ARRUDA, Maria Arminda Do Nascimento ; FLAMARION, Camilo . O livro de nomes da Anpocs: Jubileu de Prata (1977-2002). 1. ed. São Paulo: Anpocs, 2002. v. 1. 184p .

18.
PRANDI, Reginaldo.. Mitologia dos orixás. 10. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2001. v. 1. 592p .

19.
PRANDI, Reginaldo.. Os príncipes do destino: histórias da mitologia afro-brasileira. 3. ed. São Paulo: Cosac & Naify, 2001. v. 1. 116p .

20.
PRANDI, Reginaldo.. Encantaria brasileira: o livro dos mestres, caboclos e encantados. 1. ed. Rio de Janeiro: Pallas, 2001. v. 1. 384p .

21.
PRANDI, Reginaldo.. Un soffio dello Spirito. 1. ed. Roma: Bulzoni Editore, 1999. 200p .

22.
PRANDI, Reginaldo.. Caminhos de Odu: O caderno do jogo de búzios de 1924 do Oluô Agenor Miranda Rocha. 1. ed. Rio de Janeiro: Pallas, 1999. v. 1. 200p .

23.
PRANDI, Reginaldo.. Um sopro do Espírito: A renovação conservadora do catolicismo carismático. 2. ed. São Paulo: Edusp, 1998. 200p .

24.
PRANDI, Reginaldo.; PIERUCCI, A. F. . A realidade social das religiões no Brasil: Religião, sociedade e política.. 1. ed. São Paulo: Hucitec, 1996. 294p .

25.
PRANDI, Reginaldo.. Herdeiras do axé: Sociologia das religiões afro-brasileiras. São Paulo: Hucitec, 1996. 200p .

26.
PRANDI, Reginaldo.; Diniz, Ely (Org.) ; LOPES, J. S. L. (Org.) . O Brasil no rastro da crise. São Paulo: Hucitec e Anpocs, 1994. v. 1. 270p .

27.
PRANDI, Reginaldo.; LOPES, J. S. L. (Org.) ; DINIZ, Ely (Org.) . Ciências sociais hoje: 1993. São Paulo: Hucitec, 1993. 280p .

28.
PRANDI, Reginaldo.. Citta In transe: Culti dii possessione nella metropoli brasiliana. Roma: Edizione Acta, 1993. 260p .

29.
PRANDI, Reginaldo.. Os candomblés de São Paulo: A velha magia na metrópole nova. São Paulo: Hucitec e Edusp, 1991. 300p .

30.
BRANT, V. C. ; PRANDI, Reginaldo. . Produtividade e educação em meio rural. São Paulo: Editora Brasileira de Ciência, 1986. 120p .

31.
PRANDI, Reginaldo.. Os favoritos degradados: Ensino superior e profissões de nível universitário no Brasil de hoje. São Paulo: Ediçoes Loyola, 1982. v. 1. 136p .

32.
PRANDI, Reginaldo.. Os futuros cientistas sociais. São Paulo: FFLCH/USP, 1980. 80p .

33.
MARQUES, R. M. ; BERQUÓ, E. ; PRANDI, Reginaldo. ; MARCONDES, E. . Crescimento e desenvolvimento pubertário em crianças e ddolescentes brasileiros: Altura e peso. São Paulo: Editora Brasileira de Ciência, 1980. 250p .

34.
PRANDI, Reginaldo.. O trabalhador por conta própria sob o capital. São Paulo: Símbolo, 1978. 166p .

35.
PRANDI, Reginaldo.; LEME, H. G. ; HIRSHBERG, A. I. ; BORI, C. M. . Tecnica de pesquisa: Survey. São Paulo: Mec/Cenafor, 1977. v. 3. 300p .

36.
CAMARGO, C. P. F. ; SOUZA, B. M. ; PRANDI, Reginaldo. ; BEREZOVISKI, M. . Católicos, protestantes, espíritas. Petrópolis: Vozes, 1975. 184p .

37.
PRANDI, Reginaldo.. Catolicismo e família: Transformação de uma Ideologia. São Paulo: Brasiliense e Cebrap, 1975. 70p .

38.
PRANDI, Reginaldo.. História de vida computacional. São Paulo: Editora Brasileira de Ciências/ Cebrap, 1973. 86p .

Capítulos de livros publicados
1.
PRANDI, Reginaldo.. Recriações religiosas da África no Brasil. In: Fábio Baggio; Paolo Parise; Wagner Lopes Sanchez. (Org.). Diásporas Africanas e processos sociorreligiosos. 1ed.São Paulo: Paulus, 2017, v. , p. 67-93.

2.
PRANDI, Reginaldo.. Os babalaôs e sua arte da adivinhação na tradição afro-brasileira. In: Carlos Eugênio Marcondes de Moura. (Org.). A adivinhação na antiga Costa dos Escravos. 1ed.São Paulo: Edusp, 2017, v. , p. 753-772.

3.
PRANDI, Reginaldo.. Vivere a San Paulo. In: Bruno Barba. (Org.). San Paulo: Ritratto di una città. 1ed.Bologna: Casa Editrice Odoya, 2017, v. 1, p. 9-14.

4.
PRANDI, Reginaldo.. Idade de santo: tempo iniciático, transe e poder no candomblé. In: RIOS, Kênia Sousa; SILVA FILHO, Antonio Luiz Macêdo. (Org.). Tempo, cultura e memória. 1ed.Fortaleza: Escola Livre de História & Expressão Gráfica e Editora, 2016, v. 1, p. 22-39.

5.
PRANDI, Reginaldo.; AZEVEDO, Stella . Axé dos orixás. In: Lauro Henriques Jr.. (Org.). Palavras de poder. 1ed.São Paulo: Alaúde, 2014, v. 3, p. 153-178.

6.
PRANDI, Reginaldo.. As religiões afro-brasileiras em ascensão e declínio. In: Faustino Teixeira; Renata Menezes. (Org.). Religiões em movimento: o censo de 2010. 1ed.Petrópolis: Vozes, 2013, v. 1, p. 203-218.

7.
PRANDI, Reginaldo.. Axé, corpo e almas: concepção de saúde e doença segundo o candomblé. In: Paulo Bloise. (Org.). Saúde integral: a medicina do corpo, da mente e o papel da espiritualidade. 1ed.São Paulo: Editora Senac, 2011, v. 1, p. 277-294.

8.
PRANDI, Reginaldo.. De africano a afro-brasileiro: etnia, identidade, religião. In: Edimilson de Almeida Pereira; Robert Daibert Júnior. (Org.). Depois, o Atlântico: modos de pensar, crer e narrar na diáspora africana. 1ed.Juiz de Fora: Editora UFJF, 2011, v. 1, p. 19-38.

9.
PRANDI, Reginaldo.. Preconceito. In: Lilia Moritz Schwarcz; Thyago Nogueira. (Org.). Por trás daquela foto: contos e ensaios a partir de imagens. 1ed.São Paulo: Cia. das Letras, 2011, v. 1, p. 79-100.

10.
PRANDI, Reginaldo.; VALLADO, Armando . Xangô, rei de Oió. In: Aulo Barretti Filho. (Org.). Dos yorùbá ao candomblé kétu. 1ed.São Paulo: Edusp, 2010, v. 1, p. 141-161.

11.
PRANDI, Reginaldo.. Gli studi e il futuro delle religioni brasilieane:dalla superstizione alla scienza. In: Bruno Barba. (Org.). La voce degli dei. 1ed.Roma: CISU - Centro d'Informazione e Stampa Universitaria, 2010, v. 1, p. 199-224.

12.
PRANDI, Reginaldo.. Intolerância - monoteísmo versus politeísmo nas relações entre as religiões afro-brasileiras e o pentecostalismo: uma explicação adicional. In: Eurípedes Funes; Francisco Régis Lopes; Franck Ribard; Kênia Souza Rios. (Org.). África, Brasil, Portugal: História e ensino de história. 1ed.Fortaleza: Editora UFC e Expressão Gráfica e Editora, 2010, v. 1, p. 11-20.

13.
PRANDI, Reginaldo.. Música de fé, música de vida: a música sacra do candomblé e seu transbordamento na cultura popular brasileira. In: Edimilson de Almeida Pereira. (Org.). Um tigre na floresta de síbolos: estudos sobre poesia e demandas sociais no Brasil. 1ed.: , 2010, v. 1, p. 541-552.

14.
PRANDI, Reginaldo.. E foi inventado o candomblé. In: Flávio Moreira da Costa. (Org.). Os melhores contos brasileiros de todos os tempos. 1ed.Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009, v. 1, p. 31-36.

15.
PRANDI, Reginaldo.. Religião e sincretismo em Jorge Amado. In: Lilia Mortitz Schwarcz; Ilana Seltzer Goldstein. (Org.). O universo de Jorge Amado. 1ed.São Paulo: Companhia das Letras, 2009, v. 1, p. 46-61.

16.
PRANDI, Reginaldo.. Corazón de pombgira. In: Juan Batalla; Daby Barreto. (Org.). Dueños de la encrucijada: estéticas de Exú y Pomba-Gira en Río de la Plata. Buenos Aires: Arte Brujo, 2008, v. 1, p. 100-112.

17.
PRANDI, Reginaldo.. O afiador de palavras. In: Edimilson de Almeida Pereira. (Org.). Livro de falas. 1ed.Juiz de Fora: Finalfa e Massa Edições, 2008, v. 1, p. 5-8.

18.
PRANDI, Reginaldo.. Axexê Funeral Rites in Brazil's Òrisà Religion: Constitution, Significance, and Tendencies. In: Jacob K. Olupona; Terry Rey. (Org.). Órisà Devotion as World Religion: The Globalization of Yorùbá Religious Culture. 1ed.Madison: The University of Wisconsin Press, 2008, v. 1, p. 437-448.

19.
PRANDI, Reginaldo.. Entrevista. In: Elide Rugai Bastos; Fernando Abrucio; Maria Rita Loureiro; José Marcio Rego. (Org.). Conversas com sociólogos brasileiros. 1ed.São Paulo: Editora 34, 2006, v. 1, p. 291-311.

20.
PRANDI, Reginaldo.. Nas pegadas dos voduns: um terreiro de tambor-de-mina em São Paulo. In: Carlos Eugênio Marcondes de Moura. (Org.). Somavó, o amanhã nunca termina. São Paulo: Empório de Produção, 2005, v. , p. 63-94.

21.
PRANDI, Reginaldo.. Sincretismo, imbiancamento, africanizzazione. In: Reginaldo Prandi; Bruno Barba; Luisa Faldini. (Org.). Sincretismo o africanizzazione. 1ed.Gênova: Edizione ECIG, 2002, v. 1, p. 1-1.

22.
PRANDI, Reginaldo.. Religião, biografia e conversão. In: Dimas Lara Barbosa. (Org.). O itinerário da fé. 1ed.São Paulo: Paulus, 2001, v. 1, p. 51-76.

23.
PRANDI, Reginaldo.; VALLADO, Armando ; SOUZA, André Ricardo . Candomblé de caboclo em São Paulo. In: Reginaldo Prandi. (Org.). Encantaria brasileira: o livro dos mestres, caboclos e encantados. 1ed.Rio de janeiro: Pallas, 2001, v. 1, p. 120-145.

24.
PRANDI, Reginaldo.; SOUZA, Patrícia Ricardo de . Encantaria de mina em São Paulo. In: Reginaldo Prandi. (Org.). Encantaria brasileira: o livro dos mestres, caboclos e encantados. 1ed.Rio de Janeiro: Pallas, 2001, v. 1, p. 216-280.

25.
PRANDI, Reginaldo.. Popular Expressions of Faith. In: O'Hanlon, Michael. (Org.). Acts of Faith in Contemporary Brazil. Oxford, Inglaterra: Pitt Rivers Museum/ University of Oxford, 2001, v. , p. 21-25.

26.
PRANDI, Reginaldo.. Sulle tracce dei voduns. In: Luciano Gallinari. (Org.). Studi Americanistici. Cagliari: Instituto sui Raporti Italo-Iberici, 2000, v. , p. 373-404.

27.
PRANDI, Reginaldo.. Referências sociais das religiões afro-brasileiras: sincretismo, branqueamento e africanização. In: Carlos Caroso; Jeferson Bacelar. (Org.). Faces da tradição afro-brasileira. Rio de Janeiro: Pallas, 1999, v. 1, p. -.

28.
PRANDI, Reginaldo.. Conceitos de vida e morte no ritual do axexê: tradição e tendências recentes do candomblé. In: Cléo Martins; Raul Lody. (Org.). Faraimará, o caçador traz alegria. Rio de janeiro: Pallas, 1999, v. 1, p. 174-184.

29.
PRANDI, Reginaldo.; BARBA, Bruno . Le foglie sacre dell'Afro-America. In: Antonio Guerci. (Org.). Incontri tra medicine. 1ed.Gênova: Erga Edizioni, 1999, v. 1, p. 345-357.

30.
PRANDI, Reginaldo.. A religião do planeta global. In: Ari Pedro Oro e Carlos Steil. (Org.). Globalização e Religião. 1ed.Petrópolis: Vozes, 1997, v. 1, p. 66-70.

31.
PRANDI, Reginaldo.. Le arti della divinazione. In: Luisa Faldini Pizzorno. (Org.). Religione e Magia: Culti di possessione in Brasile. 1ed.Torino: Utet, 1997, v. 1, p. 190-225.

32.
PRANDI, Reginaldo.. Pombagira. In: Sonia Giusti. (Org.). Cultura planetaria o pianeta multiculturale. Roma: Domograf, 1996, v. , p. 351-372.

33.
PRANDI, Reginaldo.. Dei africani nell'odierno Brasile. In: Luisa Faldini Pizzorno. (Org.). Sotto le Acque Abissali. Firenze: Aracne, 1994, v. 1, p. -.

34.
PRANDI, Reginaldo.; GONÇALVES, V. . Axé São Paulo: Notas de pesquisa sobre o candomble na regiao metropol Itana de São Paulo. In: Carlos Eugênio Marcondes de Moura. (Org.). Meu sinal está no teu corpo. São Paulo: Edicon e Edusp, 1989, v. , p. 0220-0241.

35.
PRANDI, Reginaldo.. A USP e a pós-graduação. In: B. J. Araújo. (Org.). A crise da USP. São Paulo: Brasiliense, 1980, v. , p. 37-41.

36.
PRANDI, Reginaldo.. Trabalhadores por conta própria em Salvador. In: Vilmar Faria. (Org.). Bahia de todos os pobres. Petrópolis: Vozes, 1980, v. , p. 129-133.

37.
PRANDI, Reginaldo.. A amostra estudada. In: Elza Berquó e outros. (Org.). Crescimento e desenvolvimento pubertário: Metodologia. São Paulo: Editora Brasileira de Ciências, 1980, v. , p. 40-63.

38.
PRANDI, Reginaldo.. Números na sociologia: Usos e abusos do computador. In: Sedi Hirano. (Org.). Pesquisa social. São Paulo: T.A. Queiroz, 1978, v. , p. 119-133.

39.
BERQUÓ, E. ; PRANDI, Reginaldo. ; MILANESI, L. . Aspectos biologicos da fertilidade. In: Elza Berquó. (Org.). Fecundidade em São Paulo. São Paulo: Editora Brasileira de Ciência, 1977, v. , p. 373-442.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
PRANDI, Reginaldo.. Bastide rompe padrões ao interpretar o sonho, o transe e a loucura. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. C3 - C3, 23 mar. 2016.

2.
PRANDI, Reginaldo.; SANTOS, Renan William . Terrorismo contra o Estado laico. Folha de S, Paulo, São Paulo, p. A2 - A3, 27 nov. 2015.

3.
PRANDI, Reginaldo.; PAULINO, M. . A política evangélica: em que temas ela é mais conservadora. Folha de S. Paulo - Ilustrríssima, p. 3 - 3, 15 nov. 2015.

4.
PRANDI, Reginaldo.; SANTOS, Renan William . Livro coloca em perspectiva religião no Brasil. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. C5, 19 set. 2015.

5.
PRANDI, Reginaldo.. A conversão do pentecostalismo. Folha de S. Paulo/ Ilustríssima, São Paulo, p. 3 - 3, 21 jul. 2013.

6.
PRANDI, Reginaldo.. No candomblé, bem e mal são faces da mesma moeda. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. A6 - A6, 08 nov. 2001.

7.
PRANDI, Reginaldo.. Diálogos com a brasilidade de Bastide. Pesquisa Fapesp, São Paulo, , v. 67, p. 80 - 80, 01 ago. 2001.

8.
PRANDI, Reginaldo.. Três questões sobre racismo. Folha de S. Paulo/ Mais!, São Paulo, p. 3 - 3, 21 jan. 2001.

9.
PRANDI, Reginaldo.. Religião não é mais herança, mas opção. Folha de S. Paulo/ Caderno especial 'Busca pela fé', São Paulo, p. 4 - 5, 26 dez. 1999.

10.
PRANDI, Reginaldo.. O que há de errado com as pesquisas. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. A-3, 20 out. 1998.

11.
PRANDI, Reginaldo.. Mão de ferro. Revista Folha, São Paulo, , v. 253, p. 15, 23 fev. 1997.

12.
PRANDI, Reginaldo.; PIERUCCI, A. F. . Religião interfere em voto do eleitor. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. E-4, 28 out. 1992.

13.
PRANDI, Reginaldo.. Triste nação. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 1-3, 01 maio 1992.

14.
PRANDI, Reginaldo.. Desmanchando o Brasil. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 1-3, 09 maio 1991.

15.
PRANDI, Reginaldo.. O passado e os ossos. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. A-3, 26 out. 1990.

16.
PRANDI, Reginaldo.. Síndrome da vontade de informar errado. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. A-3, 27 dez. 1989.

17.
PRANDI, Reginaldo.. A esperança num dia de eleição presidencial. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. B-16, 27 dez. 1989.

18.
PRANDI, Reginaldo.; PIERUCCI, A. F. ; MENDES, A. M. T. . PT teve o voto da periferia. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. A8 - A8, 20 nov. 1988.

19.
PRANDI, Reginaldo.. A felicidade em suas quatro dimensões. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. C-2, 02 out. 1988.

20.
PRANDI, Reginaldo.. A arte de enterrar, ou brevíssimas lições sobre a etiqueta da morte na tradição paulista do interior. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. A-3, 02 nov. 1987.

21.
PRANDI, Reginaldo.; MENDES, A. M. T. ; PIERUCCI, A. F. . PMDB assiste retração do seu eleitorado. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. A-8, 15 mar. 1987.

22.
PRANDI, Reginaldo.. Vestyibular do preconceito. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 3, 11 dez. 1986.

23.
PRANDI, Reginaldo.. Aos petistas e aos outros. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 3, 10 ago. 1986.

24.
PRANDI, Reginaldo.. As artes da adivinhação. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 3, 06 jul. 1986.

25.
PRANDI, Reginaldo.. O jornal. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 3, 15 jun. 1986.

26.
PRANDI, Reginaldo.. A Virgem e o estudante. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 3, 16 abr. 1986.

27.
PRANDI, Reginaldo.; MENDES, A. M. T. ; PIERUCCI, A. F. . A definição social do voto. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 53, 30 nov. 1985.

28.
PRANDI, Reginaldo.. Pesquisa é instrumento para a vida democrática. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 6, 15 set. 1985.

29.
PRANDI, Reginaldo.. Para os eleitores segurança é o maior problema de São Paulo. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 32, 08 set. 1985.

30.
PRANDI, Reginaldo.. O que pinta de novo. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 3, 13 ago. 1985.

31.
PRANDI, Reginaldo.. Os professores e as lições de democracia. Folha de S. Paulo, Folha de São Paulo, p. 3, 12 abr. 1984.

32.
PRANDI, Reginaldo.. Université: du mirage à la prolétarization. Le monde Diplomatique, Paris, , v. 353, p. 18, 01 ago. 1983.

33.
PRANDI, Reginaldo.. Sol e chuva, Sertão e sol. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 3, 07 jul. 1983.

34.
PRANDI, Reginaldo.. Nem prá lá nem prá cá. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 3, 17 maio 1983.

35.
PRANDI, Reginaldo.. São Paulo, cidade saqueada. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 3, 07 abr. 1983.

36.
PRANDI, Reginaldo.. Onde estão eles?. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 3, 17 fev. 1983.

37.
PRANDI, Reginaldo.. A esfinge é o povo. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 3, 13 jun. 1982.

38.
PRANDI, Reginaldo.. Os excluídos da escola. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 3, 24 abr. 1982.

39.
PRANDI, Reginaldo.. A USP e a pós-graduação. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 3, 27 mar. 1982.

40.
PRANDI, Reginaldo.. O amostrador e o parecerista. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 7.

Outras produções bibliográficas
1.
PRANDI, Reginaldo.. O triunfo do sincretismo em Jorge Amado. São Paulo, 2012. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

2.
PRANDI, Reginaldo.. Prefácio do livro de Mundicarmo Ferretti - Encantaria de Barba Soeira. São Paulo: Siciliano, 2001 (Prefácio).

3.
PRANDI, Reginaldo.. Prefácio do livro de Teresinha Bernardo, 'Retrato de São Paulo em preto e branco'. São Paulo: Educ e Edunesp, 1998 (Prefácio).

4.
PRANDI, Reginaldo.. Prefácio do livro de Jorge Almeida, 'Como vota o brasileiro'. São Paulo: Casa Amarela, 1996 (Prefácio).

5.
PRANDI, Reginaldo.. Prefácio do livro de Sérgio Ferretti, 'Repensando o sincretismo'. São Paulo: Edusp e Fapema, 1995 (Prefácio).

6.
PRANDI, Reginaldo.. Apresentação do livro de Gilberto Mazzoleni, 'O planeta cultural'. São Paulo: Edusp, 1992 (Prefácio).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
PRANDI, Reginaldo.. Programa Fortran para aplicação do método de Sonquist e Morgan para análise de efeitos em interação. 1984.

Trabalhos técnicos
1.
PRANDI, Reginaldo.; GUIMARÃES, Antônio Sérgio A. . Raça e ingresso na USP. 2000.

2.
PRANDI, Reginaldo.. Pesquisa social por amostragem. 1999.

3.
PRANDI, Reginaldo.; VELOSO, J. . Trajetória dos pós-graduandos no Brasil. 1998.

4.
PRANDI, Reginaldo.; OLIVEIRA, F. ; CARDOSO, A. M. . Padrões de representação sindical e democracia no Brasil: Um survey entre trabalhadortes. 1996.

5.
PRANDI, Reginaldo.; MARIANO, R. . Desemprego e desempregado através das notícias de jornal: Saques e depredações em São Paulo, 1983. 1988.

6.
PRANDI, Reginaldo.; PIERUCCI, A. F. ; MENDES, A. M. T. . Uma universidade da Zona Leste. 1987.

7.
CAMARGO, C. P. F. ; PRANDI, Reginaldo. ; SOUZA, B. M. ; GAMBINI, R. . Terapias religiosas em São Paulo. 1987.

8.
PRANDI, Reginaldo.; FARIA, V. . Qualidade de vida em dois contextos urbanos. 1984.

9.
PRANDI, Reginaldo.; QUEIROZ, R. S. ; COHN, A. . A informática no complexo do Hospital das Clínicas. 1984.


Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.
PRANDI, Reginaldo.; VITORINO, Marcello . Agô, um mergulho nos terreiros de umbanda e candomblé de Diadema: fotografias de Marcello Vitorino. 2011.



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Tese de doutorado
1.
Renan William dos Santos. Orientações religiosas sobre a conduta ecológica: a adesão ambientalista nas religiões católica e evangélicas no Brasil. Início: 2018. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

2.
Luiz Vicente Justino Jácomo. O lugar dos mortos na cidade de São Paulo e suas transformações: secularização, laicidade e destradicionalização no atual uso de cemitérios paulistanos. Início: 2017. Tese (Doutorado em Sociologia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

3.
Guilherme Borges Ferreira Costa. Clericalismo ou secularização: discursos religiosos em deliberação política. Início: 2016. Tese (Doutorado em Sociologia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Monica Bernardo Schettini Marques. Literatura de autoajuda e teologia da prosperidade: Semelhaças nada gratuitas. Início: 2012. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Renan William dos Santos. A salvação agora é verde: ambientalismo e sua apropriação pela Igreja Católica. 2017. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Sociologia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: José Reginaldo Prandi.

2.
Luiz Vicente Justino Jacomo. As religiões da Polícia Militar de São Paulo. 2015. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Reginaldo Prandi.

3.
Jose Reginaldo Prandi. As religiões da polícia: religião e religiosidade na polícia militar do Estado de São Paulo. 2015. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Sociologia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, . Orientador: José Reginaldo Prandi.

4.
Mariana Magalhães Pinto Côrtes. O bandido que virou pregador. 2005. 180 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Reginaldo Prandi.

5.
Rita de Cássia Hipólito. Depois daquele carnaval. 2005. 150 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Reginaldo Prandi.

6.
Leandro Moreira. O Islã em São Paulo. 2004. 120 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Reginaldo Prandi.

7.
André Ricardo de Souza. Padres cantores, missas dançantes. 2001. 0 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: José Reginaldo Prandi.

8.
Antônio Armando Vallado Neto. Iemanjá, a grande mãe africana do Brasil: Miro, rito e representação. 2000. 0 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Reginaldo Prandi.

9.
Nilse Davanço Rizzi. Visões do transe religioso. 1995. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Reginaldo Prandi.

10.
Maria da Conceição Quinteiro. Casados não casados: Uniões consensuais nas camadas médias e populares. 1988. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: José Reginaldo Prandi.

11.
José Roberto Zan. Conflito pela terra no Vale do Ribeira. 1987. 0 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: José Reginaldo Prandi.

Tese de doutorado
1.
Thiaquelliny Teixeira. A construção social da santidade: santos populares no interior da Bahia. 2017. Tese (Doutorado em Sociologia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: José Reginaldo Prandi.

2.
Célia da Graça Arribas. ?No princípio era o verbo?: O pluralismo religioso brasileiro em sua gênese. 2012. Tese (Doutorado em Sociologia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo. Orientador: José Reginaldo Prandi.

3.
Massimo Bonato. Igreja católica e modernização social. 2012. Tese (Doutorado em Sociologia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: José Reginaldo Prandi.

4.
Renée Avigdor. Judeus, sinagogas e rabinos: o judaísmo em São Paulo em mudança. 2010. Tese (Doutorado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Reginaldo Prandi.

5.
Patrícia Ricardo de Souza. Axós e ilequês: mito, rito e a estética do candomblé. 2007. Tese (Doutorado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Reginaldo Prandi.

6.
André Ricardo de Souza. Catolicismo e Economia Solidária. 2006. 180 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: José Reginaldo Prandi.

7.
Antônio Armando Vallado Neto. Lei do santo: Poder e conflito no candomblé. 2004. 178 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Reginaldo Prandi.

8.
Vittorio Consiglio. Os jesuítas no Maranhão e Grão-Pará: Formação e escrita da missão. 2003. 237 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Reginaldo Prandi.

9.
Rosamaria Suzanna Barbara. A dança das aiabás: dança ritual, papéis sociais e cotidiano das mulheres de candomblé. 2002. 192 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Reginaldo Prandi.

10.
João Cruz Esquivel. Os bispos e a política na Argentina: uma radriografia da Igreja Católica nos tempos de Alfonsín e Menem (1983-1999). 2002. 364 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Reginaldo Prandi.

11.
Alexandre Antônio Cardoso. Os alquimistas já chegaram: A magia em Belo Horizonte. 1999. 0 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Reginaldo Prandi.

12.
Maria Inês Reuter Mancuso. Acidade na memória de seus velhos. 1998. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: José Reginaldo Prandi.

13.
Carlos Geraldo D'Andrea Espinheira. Mal-estar na racionalidade: Os limites do indivíduo na medicina e ma religião. 1997. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Reginaldo Prandi.

14.
Joao Marcos Alem. Caipira e country: A nova ruralidade brasileira. 1996. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Reginaldo Prandi.

15.
Carlos Eugenio Marcondes de Moura. O teatro que o povo cria. 1995. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Reginaldo Prandi.

16.
Inaiá Maria Moreira de Carvalho. A questao nordeste de tantas soluções: Odiscurso e a prática do planejamento regional. 1986. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Reginaldo Prandi.

17.
Antônio Flávio Pierucci. Democracia, Igreja e voto: O envolvimento dos padres de paróquia nas eleições de 1982. 1985. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Reginaldo Prandi.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Massimo Bonato. 2017. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. José Reginaldo Prandi.

Iniciação científica
1.
Renan William dos Santos. Não é o fim do "fim do mundo": Milenarismo em mudança na sociedade secularizada. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Reginaldo Prandi.



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
PRANDI, Reginaldo.. Ifá, o Adivinho. 3. ed. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2002. v. 1. 64p .

2.
PRANDI, Reginaldo.. Xangô, o Trovão. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2003. v. 1. 64p .

3.
PRANDI, Reginaldo.. Oxumarê, o Arco Íris. 2. ed. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2004. v. 1. 64p .

4.
PRANDI, Reginaldo.. Contos e lendas afro-brasileiros: a criação do mundo. 1. ed. São Paulo: Cia. das Letras, 2007. v. 1. 224p .

5.
PRANDI, Reginaldo.. Contos e lendas da Amazônia. 1. ed. São Paulo: Cia. das Letras, 2011. v. 1. 256p .

6.
PRANDI, Reginaldo.. I prìncipi del destino. 1. ed. Roma: CISU, 2013. v. 1. 120p .

7.
PRANDI, Reginaldo.. Mitologia degli orixás: Le divinità della Natura dall'Africa al Brasile. 1. ed. Firenze: Edipress com apoio da Fundação Biblioteca Nacional, 2015. v. 1. 568p .

8.
PRANDI, Reginaldo.. Les princes du destin: Contes de la mithologie afro-brésilienne. 1. ed. Paris: Présence Africaine Editions, 2014. v. 1. 189p .

9.
PRANDI, Reginaldo.. Aimó: uma viagem pelo mundo dos orixás. 1. ed. São Paulo: Seguinte/Companhia das Letras, 2017. v. 1. 200p .

1.
PRANDI, Reginaldo.; AZEVEDO, Stella . Axé dos orixás. In: Lauro Henriques Jr.. (Org.). Palavras de poder. 1ed.São Paulo: Alaúde, 2014, v. 3, p. 153-178.


Textos em jornais de notícias/revistas
1.
PRANDI, Reginaldo.; PAULINO, M. . A política evangélica: em que temas ela é mais conservadora. Folha de S. Paulo - Ilustrríssima, p. 3 - 3, 15 nov. 2015.

2.
PRANDI, Reginaldo.; SANTOS, Renan William . Terrorismo contra o Estado laico. Folha de S, Paulo, São Paulo, p. A2 - A3, 27 nov. 2015.

3.
PRANDI, Reginaldo.. Bastide rompe padrões ao interpretar o sonho, o transe e a loucura. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. C3 - C3, 23 mar. 2016.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/01/2019 às 14:18:08