Maria Helena Matue Ochi Flexor

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4600166750512322
  • Última atualização do currículo em 03/10/2018


Possui graduação em História pela USP (1961) e doutoramento em História Social pela mesma Universidade (1980). É Professora Emérita da Universidade Federal da Bahia, onde exerceu várias funções, incluindo ensino de graduação e pós-graduação, de 1965 a 2005, de História da Arte, História Urbana e Documentação, - na Faculdade Arquitetura, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas e Escola de Belas Artes -,, tendo se aposentado, em 1994, como Adjunto 4. Continuou a colaborar, com Bolsa de Permanência da CAPES por 4 anos, com os Programas de Pós-Graduação das duas unidades (FA e EBA) e, gratuitamente, até 2005. Foi assessora do Cadastramento dos Bens Culturais Móveis e Agregados da Bahia (IPHAN/Fundação Vitae - 1994-2005). Professora do Curso de Design da UNIFACS e Arquitetura da UNIME. Foi professora colaboradora do Curso de História da UESB, de Letras e Artes da UFS e visitante da USP. Atualmente é Professora adjunta da Universidade Católica do Salvador, no Programa de Pós-Graduação em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social (mestrado e doutorado acadêmicos). Na graduação ministrou aulas nos cursos de Comunicação, Secretariado, Patrimônio e História. Atualmente é integrante do Curso de Arquitetura e Urbanismo, dessa mesma Universidade, como professora de Estética, História da Arte e do Design e de Métodos e Técnicas da Pesquisa em História, do Curso de História Coordena o Grupo de pesquisa Redes de Cidades na Bahia e no Brasil, no qual pesquisa sobre Reurbanização e repovoamento do Brasil no século XVIII. É líder do grupo de Pesquisa Salvador: Permanências e Transformações, junto com o professor doutor Pedro de Almeida Vasconcelos (Linha de Pesquisa: Territorialidade e Planejamento Urbano e Regional), estudando diferentes aspectos da cidade do Salvador. Orienta alunos de pós-graduação e bolsistas de Iniciação Científica. Atua nas seguintes áreas: História da Arte, Arte baiana, História do Design, Patrimônio Cultural e Industrial, História Social da Bahia e Metodologia da Pesquisa. É especialista em leitura de documentos históricos. Recebeu, em 2007, o prêmio Clarival do Prado Valladares, da Odebrecht, em 2008 o prêmio Sérgio Milliet,, em 2009 Prêmio Especial pelo conjunto de publicações do IPHAN/Brasilia, da Associação Brasileira de Críticos de Arte, em 2008 recebeu o título de Cidadã da Cidade do Salvador.. Mais recentemente, 2017, foi homenageada com o Diploma de Honra ao Mérito, pelo conjunto da obra científica no campo da História da Arte brasileira e baiana, pelo Comitê Brasileiro de História da Arte. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maria Helena Matue Ochi Flexor
Nome em citações bibliográficas
FLEXOR, M. H. M. O.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Católica do Salvador, Superintendência de Pesquisa e Pós-Graduação.
Avenida Cardeal da Silva, 205
Federação
40231902 - Salvador, BA - Brasil
Telefone: (0071) 32038989


Formação acadêmica/titulação


1976 - 1980
Doutorado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: TRABALHO LIVRE EM SAO PAULO - SECULO XVIII., Ano de obtenção: 1984.
Orientador: EDUARDO D'OLIVEIRA FRANCA.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Historia Brasil; Mao-De-Obra; Trabalho Livre.
Grande área: Ciências Humanas
1974 - 1974
Especialização em Metodologia do Ensino Superior. (Carga Horária: 360h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Programas didáticos.
Orientador: Maria Augusta Rosa Rocha.
1968 - 1969
Especialização em Arquivologia. (Carga Horária: 360h).
Arquivo do Estado da Bahia, ARQ/BA*, Brasil.
Título: Documentos manuscritos históricos.
Orientador: Luis Henrique Dias Tavares.
1957 - 1961
Graduação em História.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.




Formação Complementar


2000 - 2000
Fundação Oriente na Universidade de Verão - Arábid. (Carga horária: 72h).
Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses, CNCDP, Portugal.
1996 - 1996
Extensão universitária em Narrativa visual e criativa - Linguagem verbal e p. (Carga horária: 8h).
Escola de Belas Artes da UFBa, EBA/UFBA, Brasil.
1996 - 1996
Caminhos Luso-brasileiros do Barroco. (Carga horária: 50h).
Museu Carlos Costa Pinto, MCCP, Brasil.
1980 - 1980
Extensão universitária em As culturas mundiais e sua influências na arte mod. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
1975 - 1975
Extensão universitária em Sociologia da Arte. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
1974 - 1974
Extensão universitária em O movimento Bauhaus e as influências. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
1974 - 1974
Extensão universitária em O século XX na arte brasileira. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
1974 - 1974
Extensão universitária em Obra de Arnold Hauser. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
1974 - 1974
Extensão universitária em Técnicas de pesquisa histórica. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
1972 - 1972
Extensão universitária em Ciclo de conferência: A Semana de arte moderna de. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
1971 - 1971
Extensão universitária em Igrejas da Bahia e arte sacra. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
1971 - 1971
Ciclo de conferências Semana da Cultura. (Carga horária: 20h).
Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, PMVC, Brasil.
1969 - 1969
Extensão universitária em Aspectos da arte portuguesa no século XVIII. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
1968 - 1968
História da arte. (Carga horária: 400h).
Universidade de Toulouse, UT, França.
1967 - 1967
Arquivologista. (Carga horária: 360h).
Arquivo do Estado da Bahia, APEB, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade do Porto, U.PORTO, Portugal.
Vínculo institucional

1999 - 2003
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses, CNCDP, Portugal.
Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Centro de Estudos da Arquitetura na Bahia, CEAB, Brasil.
Vínculo institucional

1969 - 1983
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Pesqiosadpra, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Houve interrupção, entre 1976 e 1980 para a realização da Pós-Graduação, em São Paulo, na USP, com bolsa da CAPES


Universidade Católica do Salvador, UCSAL, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - Atual
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Adjunto IV, Carga horária: 40
Outras informações
Trabalhou em dois períodos distintos, sendo que o atual data de junho de 2004 até o presente. Professora Permanente do Program de Pós-Graduação: Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social e do Mestrado Profissional em Planejamento Ambiental. Professora dos Cursos de Comunicação Social, Letras, Secretariado, História, Direito (Metodologia de Pesquisa) Professora de Metodologia de Pesquisa, Graduação em História Professora de Paleografia, Graduação em História Professora de Teoria a História, Documento e Arquivo, Graduação em História Professora de Estética, História da Arte e do Design, Graduação em Arquitetura e Urbanismo Professora Permanente do Programa de Pós-Graduação: Mestrado e Doutorado do mesmo programa citado, a partir de 2014, com aprovação do Doutorado (Metodologia da Pesquisa e Tópicos Especiais (Redes de Cidades brasileiras: processo histórico; Salvador; Transformações urbanas)

Vínculo institucional

1969 - 1973
Vínculo: Ensino, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 8
Outras informações
Professora de História da Arte do Curso de Hístória

Atividades

09/2005 - Atual
Ensino, Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Rede de cidades
Metodologia de Pesquisa
03/2005 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Superintendência de Pesquisa e Pós-Graduação, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de seleção e acompanhamento de candidatos ao Programa PIBIC/UCSal (FAPESB, UCSAL, CNPq) 2005-2007.
08/2004 - Atual
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia de Pesquisa Científica
07/2004 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Superintendência de Pesquisa e Pós-Graduação, .


Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - Atual
Vínculo: Professora, Enquadramento Funcional: Professora emérita, Carga horária: 4

Vínculo institucional

1995 - 2005
Vínculo: Aposentada, Enquadramento Funcional: Colaboradora, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Atuou nos Mestrado de Artes Visuais (EBA/UFBA); Mestrado e Doutorado em Arquietura e Urbanismo (FAUFBA) e Mestrado em História de FFCH (até 1998). Lecionou Metodologia de Pesquisa, Leitura de Documentos e Monumentos, Cidades Coloniais, etc.

Vínculo institucional

1965 - 1994
Vínculo: , Enquadramento Funcional: PROFESSOR ADJUNTO
Outras informações
Aposentada por tempo de serviço em 1996. Foi professora, entre 1965 e 1969 da Faculdade de Arquitetura, disciplina História da Arte. Ingressou na Escola de Belas Artes, da UFBa, por Concurso Público, em 1970. Ministrou História da Arte I, II, III, História da Arte Brasileira, História da Arte Contemporânea, Metodologia de Pesquisa em Arte, Estudos de Cultura Baiana. Ministrou aulas no Curso de Especialização em Crítica de Arte. Planejou e implantou o Curso de Mestrado em Artes Visuais, onde ministrou várias disciplinas. Professora do Curso de Especialização em Crítica de Arte da EBA. Aposentou-se como Adjunto 4 (por falta de abertura de concurso para titular) em 1994.

Vínculo institucional

1967 - 1983
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisador CEAB, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professora de Historia da Arte foi responsável por documentação para pesquisadores do CEAB, chefiados pelo prof. Américo Simas Filho e Fernando Luis da Fonseca.

Atividades

03/1992 - 12/2005
Ensino, Artes Visuais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Técnica de Projeto e de Pesquisa
História das Artes Visuais na Bahia
Metodologia de Pesquisa em Arte
03/1987 - 12/1996
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
História Urbana
Técnica de Pesquisa em História
03/1975 - 12/1995
Ensino, Arquitetura e Urbanismo, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia do Projeto
Cidades coloniais
Leitura de Documentos e Monumentos
01/1970 - 12/1994
Ensino,

Disciplinas ministradas
História da Arte I, II e III, História da Arte Contemporânea, História da Arte Brasileira, Curso Monográfico
06/1987 - 07/1992
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia de pesquisa

Faculdade de Arquitetura, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

1965 - 1988
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20
Outras informações
Foi Professora de História da Arte da Faculdade de Arquitetura entre 1965 e 1969, permanecendo posteriormente realizando pesquisa no Centro de Estudos de Arquitetura na Bahia - CEAB, até 1988

Atividades

05/1965 - 12/1969
Ensino, Arquitetura, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Arquitetura
História da Arte

Fundação Armando Álvares Penteado, FAAP, Brasil.
Vínculo institucional

1964 - 1965
Vínculo: Professora, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 8
Outras informações
Professora de História da Arte e de História da Técnica do Curso de Professor de Desenho

Atividades

03/1964 - 02/1965
Ensino, Formação para Professores de Desenho, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Arte e História da Técnica
01/1963 - 01/1965
Direção e administração, Administração, .

Cargo ou função
Secretária Geral dos Cursos da FAAP.
06/1963 - 11/1964
Ensino,

Disciplinas ministradas
História da Arte para Cursos Livres da FAAP
03/1963 - 11/1964
Ensino,

Disciplinas ministradas
Coordenadora do Curso de Iniciação ao Desenho e Pintura - Cursos Livres da FAAP
Iniciação ao Desenho e Pintura

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Vínculo institucional

1964 - 1964
Vínculo: Professora, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 8
Outras informações
Professora de História da Arte no curso de graduação em História

Atividades

03/1964 - 12/1964
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Arte

Secretaria de Planejamento, Ciência e Tecnologia, SEPLANTEC, Brasil.
Vínculo institucional

1969 - 1970
Vínculo: Assessor Simbolo 6-C, Enquadramento Funcional: Cargo de confiança, Carga horária: 40
Outras informações
Ajudou a montar a então Secretaria Extraordinária de Ciência e Tecnologia e o CEPED

Atividades

01/1969 - 12/1970
Direção e administração, Secretaria Extraordinária para Assuntos de Ciência e Tecnologia, .

Cargo ou função
Assessora 6-C - Cargo de Confiança.

União Metropolitana de Educação e Cultura, UNIME, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: professora, Carga horária: 8
Outras informações
professora de Estética e História da ArteI, do 1º semestre do Curso de Arquitetura e Urbanismo, em conjunto com a professora doutora Maria Conceição da Costa e Silva e professora de Estética e História da Arte II, do 2º semestre do mesmo curso.

Atividades

02/2003 - 07/2004
Ensino, Arquitetura e Urbanismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estética e História da Arte I e II

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 1998
Vínculo: Visitante, Enquadramento Funcional: temporária, Carga horária: 60
Outras informações
Professora Visitante / CAPES no Curso de Pós-Graduação em História, da Universidade de São paulo de 09 março a 30 abril 1998 - Curso de Leitura de manuscritos dos séculos XVII ao XIX. Treinamento de alunos e pesquisadores na leitura e uso de manuscritos como documentos históricos

Atividades

03/1997 - 04/1997
Ensino, História Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Disciplina FLH5045 - Leitura de manuscritos dos séculos XVII ao XIX

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, UESB, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Permanente, Carga horária: 20
Outras informações
Colaborador no Mestrado em Memória: Linguagem e Sociedade Linha de Pesquisa: Memória, Cultura e Educação

Vínculo institucional

1995 - 1996
Vínculo: Professora Visitante, Enquadramento Funcional: visitante, Carga horária: 20

Atividades

06/2007 - Atual
Ensino, Mestrado em Memómia: Linguagem e Sociedade, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
ainda não ministrada
07/1997 - 07/1997
Ensino, Curso de Especialização em História Social: Brasil, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Documentação

Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2006
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 30
Outras informações
Atividades de Graduação no Departamento de Ciências Sociais Aplicadas 3: disciplinas Evolução nas Artes Visuais e História do Design Pós-Graduação no Departamento de Ciências Sociais Aplicadas 2: Desenvolvimento Regional (esta encerrada em 2003)

Atividades

03/2002 - Atual
Ensino, Design, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Evolução das Artes Visuais
História do Design


Linhas de pesquisa


1.
Territorialidade e Planejamento Urbano e Regional

Objetivo: Ampliar o entendimento da cidade e da sociedade em Salvador e Brasil; detectar as principais transformações ocorridas na cidade desde a sua formação até o presente, procurando entender as lógicas espaciais dominantes; examinar as permanências das formas construídas, que por seu carater estrutural, resistiram às transformações ocorridas; destacar os principais agentes responsáveis pelo modelamento da cidade. Estudar, por etapas, o processo histórico das mudanças urbanísticas da cidade do Salvador e no Brasil. Este grupo faz parceria com o Professor Pedro Almeida de Vasconcelos, diferindo, por estender os estudos para os limites territoriais fora de Salvador, para todo o Brasil..
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Palavras-chave: Desenvolvimento regional; Historia Urbana; Urbanismo; Meio Ambiente.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Abreviaturas de manuscritos e documentos luso-brasileiros do século XVI ao XX
Descrição: O pesquisador, ao consultar os manuscritos antigos ou, em muitos casos, documentos impressos, defronta-se com várias dificuldades, referentes, não só ao estado de conservação do papel e à qualidade da tinta, mas também quanto ao vocabulário, à grafia, à caligrafia e às abreviaturas. Pensou-se, então, que seria de bom arbítrio e útil elaborar uma obra que facilite, aos interessados, a leitura mais corrente de documentos manuscritos antigos. Na impossibilidade, até o presente de apresentar um trabalho abordando todas as dificuldades citadas, tentou-se, na medida do possível, atenuar os obstáculos relativos aos desdobramentos das abreviaturas. Como dicionários, enciclopédias, trata-se de uma obra aberta, podendo sofrer acréscimos contínuos, na medida em que novas abreviaturas sejam detectadas. Se prepara a 5a edição, a partir de revisão e acréscimos de mais abreviaturas do século XX às edições anteriores..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Cesar Romero, por Cesar Romero, por mim e pelos outros
Descrição: Biografia do artista contemporâneo, Cesar Romero, narrado pelo próprio artista, enquadrado por mim nos movimentos moderno e contemporâneo, baianos e brasileiros, e visão dos críticos de arte nacionais sobre sua obra..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Concílio de Trento, as Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia como programa da arquitetura e arte barroca na Bahia
Descrição: Este projeto tem por objetivo, utilizando a metodologia histórica de análise na longa duração, comprovar que as obras barrocas baianas foram resultado das primeiras aplicações dos cânones do Concílio de Trento, replicados e explicados em 1707, pelas Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia, como programa dos modelos arquitetônicos, escultóricos, pictóricos e decorativos reconhecidos nas obras religiosas do século XVIII, ligados à Igreja Católica Romana..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Maria Helena Matue Ochi Flexor - Coordenador.
2012 - 2014
Catálogo Webgeo do patrimônio arquitetônico da Bahia
Descrição: O Catállogo visa disponibilizar, na web, um site o patrimônio arquitetônico, tombado pelo IPAC, em formato de catálogo multimídia, com busca dinâmica, contendo fotos, descrições, datas, valor histórico, informações sobre o tombamento, localização, possibilidades de visita, horários, etc. Versão em português e inglês.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Maria Helena Matue Ochi Flexor - Coordenador / Vitor Bernardo Miranda Santos - Integrante / Wide Tecnologia da Informação - Integrante.Financiador(es): Secretaria de Cultura do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.
2006 - 2016
A antiga indústria de Itapagipe: possibilidades de sua reconversão
Descrição: O projeto tem como objetivos analisar as ruínas e espaços vazios, deixados pela antiga indústria de Itapagipe, com a pretensão de apresentar elementos que subsidiem a construção de uma política de requalificação desses espaços. Está sendo desenvolvido através de estudos que buscam, inicialmente, reconstituir a evolução histórica da indústria, que se localizou naquela Península, com destaque de duas empresas, a Empório Industrial do Norte, de Luiz Tarquínio (têxtil) e a Fratelli Vita (cristais e bebidas). Procura, ainda, levantar as ruínas e vazios industriais da área, com o intuito de discutir, posteriormente, possíveis usos dos mesmos. Tal levantamento deve estender-se a outros bens patrimoniais, entre os quais a Estação Ferroviária da Leste Brasileiro.Visa, ainda levantar práticas de artesanatos e manufaturas, existentes na área, de modo a identificar possibilidades de organização do trabalho em cooperativas, e cadastrar as instituições de apoio a micro e pequenas empresas industriais e de prestação de serviços e cadastrar os atores ligados às atividades de artesanatos e manufaturas. O Projeto está sendo desenvolvido em etapas, buscando abranger, paulatinamente, um estudo histórico mais aprofundados das indústrias de maior porte que ocuparam a Península, a partir do século XIX até a sua descentralização, nos anos de 1970. Esse histórico visa tornar pública a importância de cada uma dessas antigas indústrias e dar visibilidade ao patrimônio industrial existente na Península Itapagipana e as possibilidades de sua reconversão em centros de lazer, culturais, de cooperativas etc..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Maria Helena Matue Ochi Flexor - Coordenador / Cristina Maria Macedo de Alencar - Integrante / Marcia M. Carvalhal Brito Pimentel - Integrante / Marcello Raimundo Chamusca Pimentel - Integrante / Maria Marineide de Sousa - Integrante / Lucas dos S. Rezende - Integrante / Tiago Santos Silva - Integrante / Valdirene Pereira Melo - Integrante / Felix Souza Santos - Integrante.
2006 - Atual
Repovoamento e Reurbanização do Brasil no século XVIII
Descrição: Esta pesquisa visa estudar a aplicação do projeto pombalino no Brasil, buscando, sobretudo, identificar as vilas, freguesias, lugares, aldeias, julgados, e outras formas de povoações, que foram criadas, e as estratégias de povoamento, entre 1750 e 1777, que resultaram, sobretudo, da conversão das antigas aldeias jesuíticas, franciscanas e carmelitas em centros civis com administração que incluía a participação dos índios. O estudo da criação desses núcleos urbanos deverá contextualizá-los, através de pesquisa acerca das reformas promovidas no Brasil, a partir do Tratado de Madri (1750), sobretudo, a política adotada no período de D. José I e Marques de Pombal em relação ao Brasil, trabalhando as medidas adotadas por Portugal, e que compuseram o que se denominou projeto pombalino de reorganização do Brasil, além do estudo das estratégias de povoamento, apontando os antecedentes; das políticas adotadas em relação à civilização e integração dos índios na "sociedade civil"; da identificação dos núcleos urbanos criados; da caracterização do desenho desses núcleos e as origens da adoção dos traçados regulares no período; da tipologia arquitetônica adotada nesses núcleos; da identificação dos autores dos traçados e, finalmente, do mapeamento dos núcleos criados, analisando os resultados do projeto português..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Maria Helena Matue Ochi Flexor - Coordenador.
2005 - Atual
Salvador: transformações e permanências
Descrição: O projeto tem como objetivo estudar a evolução urbana de Salvador, a partir do século XIX, mostrando as transformações, no tempo e no espaço, a médio prazo, subdividindo-o em etapas compreendidas entre datas limites não muito longas. A somatória dos diversos estudos deverá resultar na projetada história urbana da Cidade. Um desses estudos está voltado para o período compreendido entre 1945 e 1970, especialmente alcançando a ação e reflexos dos projetos do EPUCS. O outro projeto trata da Antiga indústria da Península de Itapagipe: possibilidades de reconversão. A pesquisa, iniciada em 2003, sob a orientação do Prof. Dr. Hermes M. Tavares, do IPPUR/UFRJ, em convênio com a UCSal, foi suspenso por algum tempo por falta de pesquisador responsável em Salvador. Em 2005, a partir do mês de maio, retoma-se o projeto visando reconstituir a evolução histórica da indústria da região itapagipana, levantar os espaços industriais vazios e apontar as possibilidades de reconversão e uso pelas indústrias artesanais locais.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Maria Helena Matue Ochi Flexor - Coordenador / Pedro de Almeida Vasconcelos - Integrante.Financiador(es): Universidade Católica do Salvador - Outra.
Número de produções C, T & A: 22
1998 - 1999
Portugal/Brasil-Brasil/Portugal: duas faces de uma realidade artística
Descrição: Reunião de autores portugueses e brasileiros que sempre trabalharam com história da arte, especialmente aquela referente ao período colonial.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1995 - 1999
Projeto de Cooperação n. 172/95 CAPES/COFECUB
Descrição: "História comparada de sociedades urbanas; políticas urbanas e dimensão cultural de cidades brasileiras e francesas (1840-1945)", tendo como coordenadora geral das equipes regionais, a profa. dra. Marta Rossetti Batista, do IEB/USP e, do lado francês, o prof. dr. Guy Martiniere, do Institut des Hautes Études de l'Amérique Latine, Paris. O Programa constou de troca de docentes entre os dois países, viagens de trabalho e publicação de duas coletâneas. Esta pesquisadora realizou a viagem de trabalho, entre 6 de maio a 6 de junho de 1996, visitas técnicas ao IHEAL, onde proferiu conferência sobre o seu tema "La rue et la place dans l'imaginaire bahianais", além de visitas a laboratórios de pesquisas urbanas em Lyon e em Strasbourg. Do lado brasileiro resultaram duas publicações PROJETO DE COOPERAÇÃO CAPES/COFECUB. Cidades brasileiras: políticas urbanas e dimensão cultural. São Paulo: Instituto de Estudos Brasileiros/USP, 1998 e BATISTA, Marta Rosseti; GRAF, Márcia Elisa de Campos (Org.). Cidades brasileiras II: politicas urbanas e dimensão cultural. São Paulo: Instituto de Estudos Brasileiros/USP, 1999..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2018 - 2018
Curso de Extensão em História da Arte Sacra na Bahia
Descrição: Estabelecimento da relação entre os cânones do Concílio de Trento (1545-1563) e as Constituições do Arcebispado da Bahia, de 1707 e seus reflexos na arte sacra da Bahia: arquitetura, escultura, relíquias e relicários, pintura, azulejaria, mobiliário. Ex.: Igreja e Convento de São Francisco de Salvador (modelo tridentino).
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (16) .
Integrantes: Maria Helena Matue Ochi Flexor - Coordenador.


Outros Projetos


2011 - 2013
A luta do cavaleiro de branco
Descrição: Vida e obra do doutor José Silveira, criador do Instituto Brasileiro de Pesquisa da Tuberculose (IBIT) e do Hospital Santo Amaro..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2004 - Atual
História da Arte na Bahia
Descrição: Estudo das diversas manifestações artísticas, entre os séculos XVIII e XX, buscando identificar origens, técnicas, autorias, modalidades sempre contextualizando as informações na Bahia, no Brasil e Europa,.
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
1999 - 2003
Artistas e artífices no Brasil (Comissária Científica Brasileira)
Descrição: Projeto desenvolvido em conjunto com os professores doutores Jaime Ferreira-Alves e Natália Marinho Ferreira-Alves, da Universidade do Porto, denominado CEPESE, junto ao Departamento de Ciências e Técnicas do Patrimônio, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto..
Situação: Desativado; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2014 - 2015
Periódico: Revista Temporalidades ISSN 19846150
2011 - Atual
Periódico: Revista Ohun
2008 - 2010
Periódico: Imagem Brasileira
2008 - Atual
Periódico: Imagem Brasileira
2005 - Atual
Periódico: Anais do Museu Paulista (0101-4714)
2003 - Atual
Periódico: Publicações da Editora da UFBA
2000 - Atual
Periódico: Politéia (Vitória da Conquista) (1519-9339)


Membro de comitê de assessoramento


2012 - 2013
Agência de fomento: (UFBA) Universidade Federalda Bahia


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Fundamentos e Crítica das Artes/Especialidade: História da Arte.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Arquitetura e Urbanismo / Subárea: História Urbana.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Desenho Industrial / Subárea: História do Design.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Neografia.
6.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Crítica de Arte.


Idiomas


Alemão
Lê Pouco.
Inglês
Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2018
Cidadã Baiana, Assembleia Legislativa do Estado da Bahia.
2017
Honra ao Mérito pelo conjunto da obra científica no campo da História da Arte Brasileira e Arte Baiana, Comitê Brasileiro de História da Arte.
2013
Prêmio Mário de Andrade (indicação), Associação Brasileira de Críticos de Arte.
2010
52o Prêmio Jabuti 2010 Melhor Projeto Gráfico (A Igreja e o Convento de São Francisco da Bahia): Carina Flexor e Renata Kalid, Camara Brasileira do Livro.
2009
Prêmio Destaque 2009 (Mobiliário Baiano), ABCA - Associação Brasileira de Críticos de Arte.
2009
Prêmio Destaque 2009 (O Conjunto do Carmo de Cachoeira), ABCA - Associação Brasileira de Críticos de Arte.
2008
Cidadã da Cidade do Salvador, Câmara Municipal da Cidade do Salvador/Resolução 1.841/08/ 13.11.2008.
2008
Prêmio Sérgio Milliet (para publicação sobre arte do ano), Associação Brasileira de Críticos de Arte.
2007
Prêmio Clarival do Prado Valladares, Odebrecht S. A..
2003
Honra ao Mérito (gratidão), Academia de Letras e Artes do Salvador.
2000
Professora emérita, Universidade Federal da Bahia.
1995
Bolsista A2 (1995-1999), CNPq.
1995
Bolsa Permanência 4 anos, CAPES.
1976
Bolsa do Programa PICD - 1976-1980, CAPES.
1974
Moção de autoria do conselheiro Fernando Luiz da Fonseca, Conselho Estadual de Cultura da Secretaria de Educação e Cultura do Estado da Bahia.
1968
Bolsa de Estudos da UFBa / École des Hautes Études de l'Amerique Latine, Universidade Federal da Bahia.
1962
Medalha de bronze, Salão Feminino de Pintura - São Paulo.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:1
Total de citações:25
CAMPOS, M. Fatima Hanaque de.  Data: 01/12/2003

Artigos completos publicados em periódicos

1.
FLEXOR, M. H. M. O.2018FLEXOR, M. H. M. O.. Imagem de Cristo 'com sua cruz e calvário'. IMAGEM BRASILEIRA, v. 8, p. 60-78, 2018.

2.
FLEXOR, M. H. M. O.2016FLEXOR, M. H. M. O.. Abreviaturas e documentos. Cadernos de História (UFOP. Mariana), v. XI, p. Cadernos-15-37, 2016.

3.
MENEZES, N. M.2015MENEZES, N. M. ; FLEXOR, M. H. M. O. . Programa Bolsa Família: efeitos sobre as beneficiárias de Salinas da Margarida (BA). Bahia Analise & Dados, v. 24, p. 765-780, 2015.

4.
FLEXOR, M. H. M. O.2014FLEXOR, M. H. M. O.. Religiosidade e suas manifestações no espaço urbano de Salvador. Anais do Museu Paulista (Impresso), v. 22, p. 00-00, 2014.

5.
FLEXOR, M. H. M. O.2011FLEXOR, M. H. M. O.. Raizes da arte moderna na Bahia/Brasil. Artelogie (Online), v. 1, p. 1-29, 2011.

6.
SILVA, I. R.2010SILVA, I. R. ; FLEXOR, M. H. M. O. ; NASCIMENTO, Sérgio ; SOUZA FILHO, José Rodrigues de ; SANTANA NETO, Sergio Pinheiro de Santana ; ALVES, Jamille Evangelista . Subsídios para a gestão e o aproveitamento do espaço costeiro na península de Itapagipe, Salvador, Bahia. Revista da Gestão Costeira Integrada, v. 10, p. 505-519, 2010.

7.
FLEXOR, M. H. M. O.2009FLEXOR, M. H. M. O.. O Concílio de Trento: as Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia e a arte religiosa no Brasil. Imagem Brasileira, v. 4, p. 13-20, 2009.

8.
FLEXOR, M. H. M. O.2008FLEXOR, M. H. M. O.. Imagens de vestir e de roca, uma recriação barroca eficiente. Varia História (UFMG. Impresso), v. 25, p. 497-507, 2008.

9.
FLEXOR, M. H. M. O.2008FLEXOR, M. H. M. O.. Pedro Ferreira, um escultor baiano desconhecido (impresso). Varia História (UFMG. Impresso), v. 24, p. 497-509, 2008.

10.
FLEXOR, M. H. M. O.2007FLEXOR, M. H. M. O.. A "civilização" dos índios e a formação do território do Brasil. Revista Brasileira de História da Educação, v. 00, p. 1-10, 2007.

11.
FLEXOR, M. H. M. O.2007FLEXOR, M. H. M. O.. Inventários e testamentos como fontes de pesquisa. Revista Brasileira de História da Educação, v. 00, p. 1-8, 2007.

12.
FLEXOR, M. H. M. O.2006FLEXOR, M. H. M. O.. A rede urbana brasileira: meados do século XVIII. Revista da Cátedra Jaime Cortesão (USP), São Paulo, v. 1, p. 161-211, 2006.

13.
FLEXOR, M. H. M. O.2005FLEXOR, M. H. M. O.. Imagens de roca e de vestir na Bahia. Revista Ohun, Salvador, v. 2, n.2, p. 1-17, 2005.

14.
FLEXOR, M. H. M. O.2003FLEXOR, M. H. M. O.. As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia: intercessões na arte. Revista do Instituto Histórico e Geographico Brazileiro, Rio de Janeiro, v. 164, n.420, p. 11-52, 2003.

15.
FLEXOR, M. H. M. O.2003FLEXOR, M. H. M. O.. Repovoamento e reurbanização: as relações entre o Diretório dos Indios do Grão-Pará e Maranhão e o direito indiano. Territórios e Fronteiras (UFMT), Cuiabá-MT, v. 4, n.n. 2, p. 55-76, 2003.

16.
FLEXOR, M. H. M. O.2002FLEXOR, M. H. M. O.. Os monumentos comemorativos e sua peregrinação no espaço urbano de Salvador. Pré-textos para Discussão (UNIFACS), Salvador, v. 12, p. 69-79, 2002.

17.
FLEXOR, M. H. M. O.2002FLEXOR, M. H. M. O.. O diretório dos índios do Grão-Pará e Maranhão e o Direito Indiano. Politéia (UESB), Vitória da Conquista/BA, v. 2, n.1, p. 167-183, 2002.

18.
FLEXOR, M. H. M. O.2001FLEXOR, M. H. M. O.. Sao Francisco; a igreja mais barroca da Bahia. Cultura Visual, Salvador, v. 1, n.3, p. 47-66, 2001.

19.
FLEXOR, M. H. M. O.2001FLEXOR, M. H. M. O.. Escultura na Bahia do século XVIII. Imagem Brasileira, Belo Horizonte, v. 1º, p. 175-182, 2001.

20.
FLEXOR, M. H. M. O.2001FLEXOR, M. H. M. O.. Aprender a ler, escrever e contar no Brasil do século XVIII. Filologia e Lingüística Portuguesa, v. 4, p. 97-157, 2001.

21.
FLEXOR, M. H. M. O.2000FLEXOR, M. H. M. O.. A ociosidade, a vadiagem e a preguiça: o conceito de trabalho no século XVIII. Revista do Instituto Geográphico e Histórico da Bahia, Salvador, v. 95, p. 73-89, 2000.

22.
FLEXOR, M. H. M. O.2000FLEXOR, M. H. M. O.. Oficiais mecânicos e a vida cotidiana no Brasil - Revista Oceanos Lisboa. Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção, v. 42, p. 70-84, 2000.

23.
FLEXOR, M. H. M. O.1998FLEXOR, M. H. M. O.. Móveis antigos: nomenclatura. Arte e Cultura da América Latina, São Paulo, v. 5, p. 31-51, 1998.

24.
FLEXOR, M. H. M. O.1998FLEXOR, M. H. M. O.. O regionalismo na arte moderna brasileira. Cultura Visual (Impresso), Salvador, v. 1, p. 69-78, 1998.

25.
FLEXOR, M. H. M. O.1998FLEXOR, M. H. M. O.. Autorias e atribuições: a escultura na Bahia dos séculos XVIII e XIX. Mvsev, v. 7, p. 175-215, 1998.

26.
FLEXOR, M. H. M. O.1997FLEXOR, M. H. M. O.. A imagem de Cristo Crucificado na Bahia setecentista. Boletim do CEIB, Belo Horizonte, v. 3, p. 2-3, 1997.

27.
FLEXOR, M. H. M. O.1996FLEXOR, M. H. M. O.. Os oficiais mecânicos (artesãos) de Salvador e São Paulo no período colonial. Psicanálise & Barroco em Revista, Belo Horizonte, v. 17, p. 139-154, 1996.

28.
FLEXOR, M. H. M. O.1988FLEXOR, M. H. M. O.. As vilas planejadas do século XVIII. RUA. Revista de Arquitetura e Urbanismo, v. o, n.1, p. 89-114, 1988.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
FLEXOR, M. H. M. O.. Abreviaturas de manuscritos e documentos luso-brasileiros séculos XVI ao XX. 4a. ed. Saarbrücken - Berlim, Alemanha: Novas Edições Acadêmicas, 2017. v. 1. 660p .

2.
BORGES, E. J. S. (Org.) ; FLEXOR, M. H. M. O. (Org.) ; SEVERS, S. M. S. S. (Org.) . Poderes, identidades e sociedade na América Portuguesa: séculos XVI-XVIII. 1. ed. São Paulo: Alameda, 2017. v. 1. 200p .

3.
BORGES, E. J. S. (Org.) ; FLEXOR, M. H. M. O. (Org.) ; SEVERS, S. M. S. S. (Org.) . Caderno de resumos do 6. Encontro Internacional de História Colonial: mundos coloniais comparados, poder, fronteiras e identidades. 1. ed. Salvador: Editora da Universidade do Estado da Bahia EDUNEB, 2016. v. 1. 350p .

4.
FLEXOR, M. H. M. O.. Igrejas e conventos da Bahia 3v. 1. ed. Brasília/DF: IPHAN/PROGRAMA MONUMENTA, 2011. v. 3. 136p .

5.
FLEXOR, M. H. M. O.; SCHWEIZER, P. J. (Org.) . Península de Itapagipe: patrimônio industrial e natural. 1. ed. Salvador: EDUFBA, 2011. v. 1. 257p .

6.
FLEXOR, M. H. M. O.. Barroco nos Museus de Salvador / Roteiro Cultural (texto). 01. ed. Salvador: Fundo de Cultura Governo da Bahia, 2010. v. 01. 20p .

7.
FLEXOR, M. H. M. O.; FRAGOSO, Frei Hugo (Org.) . Igreja e Convento de São Francisco da Bahia. 1. ed. Rio de Janeiro: Versal Editores, 2009. v. 1. 467p .

8.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mobiliário baiano. 2a. ed. Brasília: IPIHAN; Programa Monumenta, 2009. v. 1. 176p .

9.
FLEXOR, M. H. M. O.. Abreviaturas: documentos manuscritos dos séculos XVI ao XIX. 3a. ed. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2008. v. '. 600p .

10.
FLEXOR, M. H. M. O.; CAMARGO, (Org.) ; LACERDA, Ana Maria (Org.) ; SILVA, Maria Conceição Barbosa da Costa (Org.) . Conjunto do Carmo de Cachoeira. 1. ed. Brasília DF: IPHAN/Programa Monumenta, 2007. v. 1. 237p .

11.
FLEXOR, M. H. M. O.. A arte no mundo português dos séculos XVI ao XIX: confrontos, permanências, mutações. Salvador: EDUFBA, 2000. v. 1. 593p .

12.
FLEXOR, M. H. M. O.. Autos da devassa da Conspiração dos Alfaiates. Salvador: Arquivo Público do Estado da Bahia, 1998. v. 2. 1272p .

13.
FLEXOR, M. H. M. O.. Abreviaturas - Manuscritos dos Seculos XVI Ao XIX. 2. ed. SAO PAULO: UNESP, 1991. 468p .

14.
FLEXOR, M. H. M. O.. Os Nucleos Urbanos Planejados do Seculo XVIII: Porto Seguro e Sao Paulo. SALVADOR: UFBA, 1989. v. 1. 39p .

15.
SIMAS FILHO, A. ; FONSECA, F. ; TARGINO, S. ; FLEXOR, M. H. M. O. . Evolução Urbana de Cachoeira - Seculos XIX e XX. Salvador: UFBA, 1979. v. 2.

16.
FLEXOR, M. H. M. O.. Abreviaturas - manuscritos dos séculos XVI ao XIX,. 1ª. ed. São Paulo: Divisão de Arquivo do Estado de São Paulo, 1979. v. 1. 391p .

17.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mobiliario Brasileiro - Bahia. SAO PAULO: ESPADE, 1978. v. 1. 144p .

18.
SIMAS FILHO, A. ; FONSECA, F. ; TARGINO, S. ; FLEXOR, M. H. M. O. . Introdução ao Estudo da Evolução Urbana - Plano Urbanistico de Cachoeira. SALVADOR: UFBA, 1976. v. 2.

19.
SIMAS FILHO, A. ; TARGINO, S. ; CAMPOS, C. A. R. ; FLEXOR, M. H. M. O. . Plano Urbanistico de Laranjeiras, Vol.1. SALVADOR: GOVERNO DO ESTADO DE SERGIPE, 1975. v. 1.

20.
FLEXOR, M. H. M. O.. Oficiais Mecanicos da Cidade do Salvador. 1. ed. SALVADOR: PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR, 1974. v. 1. 90p .

Capítulos de livros publicados
1.
FLEXOR, M. H. M. O.. Abreviaturas de manuscritos dos séculos XVI ao xx. In: Alícia Duha Lse; Arivaldo Sacramento de Souza. (Org.). Paleografia e suas interfaces. 1ed.Salvador: EDUFBA, 2018, v. 1, p. 193-209.

2.
OLIVEIRA, J. C. A. ; FLEXOR, M. H. M. O. ; AGRAZ, E. L. ; PERREE, C. . Ex-Votos no Brasil e no México - Apresentação. Ex-votos do México: tradição e transgressão. 1ed.Curitiba: CRV, 2017, v. 1, p. 13-19.

3.
FLEXOR, M. H. M. O.. Veneração de relíquias e o legítimo uso das imagens. In: Maria de Fátima Hanaque Campos Helenise Monteiro Guimarães Beatriz Ramos de Vasconcelos Coelho. (Org.). Arte e Religiosidades (re)construções de espaços, imaginários e rituais. 1ed.Salvador: EDUNEB e-book, 2017, v. 1, p. 13-30.

4.
FLEXOR, M. H. M. O.. Vilas do Brasil no século XVIII: plano escrito ou plano desenhado?. In: Fania Fridman. (Org.). Espaço urbano Latino Americano: ensaios sobre história e política territorial. 1ed.Rio de Janeiro: Garamond, 2017, v. 1, p. 37-62.

5.
FLEXOR, M. H. M. O.. História usando manuscritos: as vilas pombalinas do século XVIII,. In: Eduardo José Santos Borges; maria Helena Ochi Flexor; Suzana Maria de Sousa Santos Severs. (Org.). Poderes, identidades e sociedade na América Portuguesa: séculos XVI-XVIII. 1ed.São Paulo: Alameda, 2017, v. 1, p. 15-35.

6.
FLEXOR, M. H. M. O.. Conspiração dos Alfaiates: liberdade? Que liberdade?. In: Rodrigo Oliveira Fonseca. (Org.). A Conjuração Baiana e os desafios da igualdade no Brasil:. Col. História e Discurso. 1ed.São Carlos/São Paulo: Pedro & João Editores, 2016, v. 1, p. 77-118.

7.
FLEXOR, M. H. M. O.; TOLEDO, Benedito Lima de ; SOUZA, N. ; TIRAPELI, P. . Terreiros jesuíticos no Brasil. In: Gabriel Frade. (Org.). Antigos aldeamentos jesuíticos. 1ed.São Paulo: Loyola, 2016, v. 1, p. 83-108.

8.
FLEXOR, M. H. M. O.. O Concílio de Trento e as Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia: "programa" da arquitetura e arte sacras no Brasil. In: Maria Herminia Olivera Hernández e Eugênio de Ávila Lins. (Org.). Iconografia: pesquisa e aplicação em estudos de artes visuais, arquitetura e design. 1ed.Salvador: EDUFBA, 2016, v. 1, p. 206-251.

9.
FLEXOR, M. H. M. O.. Grafia de documentos históricos. In: Osmar Moreira. (Org.). Arquivos, testemunhos e pobreza do Brasil. 1ed.Salvador: EDUNEB, 2016, v. 1, p. 95-128.

10.
FLEXOR, M. H. M. O.. Estudo da escultura setecentista baiana: questões de autoria. In: Percival Tirapeli. (Org.). Patrimônio Sacro na América Latina: arquitetura, arte, cultura. 1ed.São Paulo: Arte Integrada; UNESP; Instituto de Artes; FAU-USP, 2015, v. 1, p. 153-188.

11.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mobiliário brasileiro dos séculos XVIII e XIX: metodologia de pesquisa. In: Percival Tirapeli. (Org.). Patrimônio Sacro na América Latina: arquitetura, arte, cultura. 1ed.São Paulo: Arte Integrada; UNESP; Instituto de Artes; FAU/USP, 2015, v. 1, p. 189-212.

12.
FLEXOR, M. H. M. O.. História da familia no Brasil (Parte I). In: Ana Cecilia de Souza Bastos, Lúcia Vaz de Campos Moreira, Giancarlo Petrini, Miriã Alves Ramos de Alcântara. (Org.). Família no Brasil: recurso para a pessoa e sociedade. 1ed.Curitiba: Juruá Editora, 2015, v. 1, p. 23-66.

13.
FLEXOR, M. H. M. O.. História da família no Brasil (Parte II). In: Ana Cecilia de Sousa Bastos, Lúcia Vaz de Campos Moreira, Giancarlo Petrini, Miriã Alves Ramos de Alcântara. (Org.). Família no Brasil: recurso para a pessoa e sociedade. 1ed.Curitiba: Juruá Editora, 2015, v. 1, p. 67-110.

14.
FLEXOR, M. H. M. O.; ARAUJO, E. ; CUNHA JUNIOR, H. ; LEITE, J. R. T. ; KATINSKY, J. ; SILVA, R. A. . Os ofícios mecânicos e os escravos. In: Emanoel Araujo curador/organizador. (Org.). Arte, adorno, design e tecnologia no tempo da escravidão. 1ed.São Paulo: Museu Afro Brasil, 2013, v. 1, p. 51-73.

15.
FLEXOR, M. H. M. O.. Os ofícios mecânicos e o negro no espaço urbano de Salvador. In: Ana Palmira B. S. Casimiro; Itamar Pereira de Aguiar. (Org.). Etnia & Educação. 1ed.Campinas?SP: Alínea, 2012, v. 1, p. 111-137.

16.
ALENCAR, C. M. M. ; FLEXOR, M. H. M. O. ; FLEXOR, M. H. M. O. . A cidade urbano-metropolitana de Lauro de Freitas. In: José Rubens Mascarenhas de Almeida; João Diógenes Ferreira dos Santos. (Org.). Estado, políticas públicas e capitalismo: múltiplas interpretações. 1ed.Campinas/SP: Alínea, 2012, v. 1, p. 181-206.

17.
FLEXOR, M. H. M. O.. Planejamento, história e memória: o caso de Vila de Abrantes/BA. In: Clovis Ramiro Jucá Neto; Maria Berthilde Moura Filha. (Org.). Vilas, cidades e territórios: o Brasil do século XVIII. 1ed.João Pessoa: UFPB/PPGAU, 2012, v. 1, p. 131-145.

18.
FLEXOR, M. H. M. O.. Planejamento, história e memória. In: Sylvio Bandeira de Mello e Silva. (Org.). Estudos sobre dinâmica territorial, ambiente e planejamento. 1aed.João Pessoa: Grafset, 2011, v. 1, p. 165-181.

19.
AGUIAR, J. ; AZEVEDO, P. O. ; BUENO, B. P. S. ; CUSTORIO, L. A. B. ; FLEXOR, M. H. M. O. ; MIRANDA, C. L. ; PESSOTI, L. ; RIBEIRO, N. P. ; TEIXEIRA, M. C. . Repovoamento e urbanização do Brasil no século XVIII. In: Luciene Pessotti; Nelson Pôrto Ribeiro. (Org.). A construção da cidade portuguesa na América. 1ed.Rio de Janeiro: PoD, 2011, v. 1, p. 69-90.

20.
FLEXOR, M. H. M. O.; ALENCAR, C. M. M. ; TAVARES, H. M. ; SILVA, I. R. ; Fontes, Maria Julieta M. F. ; SOARES, M. V. R. ; CAMARGO, ; SCHWEIZER, P. J. ; MALUF, R. B. ; FREIRE, L. M. C. ; CARREIRO, R. A. S. . Luiz Tarquinio: a Companhia Empório Industrial do Norte. In: Maria Helena Ochi Flexor; Peter José Schweizer. (Org.). Península de Itapagipe: pagrimônio industrial e natural. 1ed.Salvador: EDUFBA, 2011, v. 1, p. 147-174.

21.
FLEXOR, M. H. M. O.. Salvador e o higienismo nos séculos XIX e XX. In: Hugo Gama; Jaime Nascimento. (Org.). A urbanização de Salvador em três tempos: Colônia, Império e República. Textos críticos de História Urbana. 1ed.Salvador: IGHB, 2011, v. 1, p. 249-283.

22.
FLEXOR, M. H. M. O.. Apresentação (A administração dos bens temporais do Mosteiro de São Bento da Bahia). In: Maria Hermínia Olivera Hernández. (Org.). A administração dos bens temporais do Mosteiro de São Bento da Bahia. 1ed.Salvador: EDUFBA - Editora da Universidade Federal da Bahia, 2009, v. 1, p. 13-17.

23.
FLEXOR, M. H. M. O.. Inventários e testamentos como fontes de pesquisa. In: Ana Palmira Bittencourt S. Casimir; José Claudinet Lombardi; Lívia Diana Rocha Magalhães. (Org.). A pesquisa e a preservação de arquivos e fontes para a educação, cultura e memória. 1ed.Campinas / São Paulo: Alínea, 2009, v. 1, p. 25-35.

24.
FLEXOR, M. H. M. O.. Introdução (A Igreja e o Convento de São Francisco da Bahia). In: Maria Helena Ochi Flexor, Frei Hugo Fragoso, OFM. (Org.). A Igreja e o Convento de São Francisco da Bahia. 1ed.Rio de Janeiro: Versal, 2009, v. 1, p. 25-28.

25.
FLEXOR, M. H. M. O.. Santo Antônio de Lisboa... e da Bahia. In: Maria Helena Ochi Flexor, Frei Hugo Fragoso OFM. (Org.). Igreja e Convneto de São Francisco da Bahia. 1ed.Rio de Janeiro: Versal, 2009, v. 1, p. 125-153.

26.
FLEXOR, M. H. M. O.. Construção do monumento franciscano. In: Maria Helena Ochi Flexor, Frei Hugo Fragoso OFM. (Org.). Igreja e Convento de São Francisco da Bahia. 1ed.Rio de Janeiro: Versaç, 2009, v. 1, p. 157-211.

27.
FLEXOR, M. H. M. O.. Interior da Igreja de São Francisco nos séculos XVIII-XIX. In: Maria Helena Ochi Flexor, Frei Hugo Fragoso OFM. (Org.). Igreja e Convento de São Francisco da Bahia. 1ed.Rio de Janeiro: Versal, 2009, v. 1, p. 213-266.

28.
FLEXOR, M. H. M. O.. De povoado de Santo Amaro do Ipitanga a Municipio de Lauro de Freitas. In: Cristina Maria Macedo de Alencar e Peter José Schweizer. (Org.). Transformações territoriais: de rural a metropolitano.. 1aed.Campinas/SP: Alínea, 2008, v. 1, p. 17-48.

29.
FLEXOR, M. H. M. O.. Imaginária. In: Francisco de Assis Portugal Guimarães (coord). (Org.). Museu de Arte Sacra; Universidade Federal da Bahia (Catálogo). 1ed.Salvador: Bigraf, 2008, v. 1, p. 57-98.

30.
FLEXOR, M. H. M. O.. De oficial mecânico a operario ou artista: o Liceu de Artes e Ofícios e a Academia de Belas Artes da Bahia. In: Ana M. T. Cavalcanti, Camila Dazzi, Arthur Valle. (Org.). Oitocentos Arte brasileira do Império á Primeira República. 1ed.Rio de Janeiro: EBA-UFRJ/DezenoveVinte, 2008, v. 1, p. 145-157.

31.
FLEXOR, M. H. M. O.. A escultura e o espaço urbano de Salvador. In: Selma Passos Cardoso, Eloisa Petti Pinheiro, Elyane Lins Corrêa. (Org.). Arte e cidade; imagens, discursos e representações. 1ed.Salvador: EDUFBA, 2008, v. 1, p. 215-241.

32.
FLEXOR, M. H. M. O.. Os escravos e os ofícios mecânicos na Bahia-Brasil. In: CEPESE, Natália Marinho Ferreira-Alves. (Org.). Artistas e artífices no mundo de expressão portuguesa. 1ed.Porto / Portugal: CEPESE - Centro de Estudos da População, Economia e Sociedade, 2008, v. 1, p. 323-342.

33.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Juarez Paraiso, o desenhista e o gravador. In: Juarez Paraiso e Washington Falcão. (Org.). A obra de Juarez Paraíso. 1ed.Salvador: Juarez Paraíso, 2006, v. , p. 145-196.

34.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . A rede urbana brasileira setecentista. A afirmação da vila regular. In: Manuel C. Teixeira. (Org.). A construção da cidade brasileira. 1ed.Lisboa: Livros Horizonte, 2005, v. , p. 203-240.

35.
N. Odebrecht ; FLEXOR, M. H. M. O. . Evolução histórica do Baixo Sul na formação da economia do Recôncavo Sul da Bahia. In: Norberto Odebrecht. (Org.). Desenvolvimento sustentável: a visão e a ação de um empresário: o caso do Baixo Sul da Bahia. Salvador: CRA Centro de Recursos Ambientais, 2004, v. , p. 31-69.

36.
FLEXOR, M. H. M. O.. Bahia: raízes da arte moderna. In: J. J. Randam edit.. (Org.). Artes Visuais na Bahia. Salvador: Contexto & Arte Editorial, 2003, v. , p. 37-54.

37.
FLEXOR, M. H. M. O.; RIBEIRO, I. M. . O ensino da lingua portuguesa no Brasil, após os jesuítas: uma cartilha do século XVIII. In: Joselice Macedo, Maria José Campos Rocha, João Antonio de Santana Neto. (Org.). Discursos em Análise. Salvador: Universidade Católica do Salvador, Instituto de Letras, 2003, v. , p. 126-142.

38.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Juarez Paraiso Desenhos Depoimento. In: Cláudio Portugal. (Org.). Juarez Paraiso, desenhos e gravuras. Salvador: FCIA / COPENE, 2001, v. , p. 55-56.

39.
FLEXOR, M. H. M. O.. Artes visuais: questões de pesquisa e metodologia. In: Maria Celeste de Almeida Wanner. (Org.). Artes visuais pesquisa hoje. Salvador: ANPAGV/Mestrado em Artes Visuais, 2001, v. , p. 125-142.

40.
FLEXOR, M. H. M. O.; PARAGUASSU, M. . A Praça Municipal da cidade do Salvador. In: Manuel C. Teixeira. (Org.). A praça na cidade portuguesa. Lisboa: Livros Horizonte, 2001, v. , p. 103-120.

41.
FLEXOR, M. H. M. O.. Santo Antônio de Lisboa... e da Baia. In: Maria Beatriz Nizza da Silva. (Org.). De Cabral a D.Pedro I: aspectos da colonização portuguesa no Brasil. Porto: Universidade Portucalense Infante D. Henrique, 2001, v. 1, p. 175-191.

42.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mobiliário no Brasil. In: Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses. (Org.). Portugal Brasil / Brasil Portugal: duas faces de uma realidade artística. Lisboa: Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses, 2000, v. 1, p. 394-409.

43.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mobiliário sacro baiano. In: Katia Fraga Jordan. (Org.). Bahia: tesouros da fé. Barcelona: Bustamante, 2000, v. 1, p. 154-181.

44.
FLEXOR, M. H. M. O.. Nouvel aperçu sur la sculpture baroque brésilienne. In: Union Latine. (Org.). Brésil baroque entre ciel et terre. Paris: Union Latine, 1999, v. 1, p. 77-92.

45.
FLEXOR, M. H. M. O.. Revisitando a escultura barroca brasileira. In: União Latina. (Org.). Brasil barroco, entre céu e terra. Paris: União Latina, 1999, v. 1, p. 69-83.

46.
FLEXOR, M. H. M. O.. A mudança do desenho urbano de Salvador: principais agentes no século XIX e princípios do XX. In: Marta Rossetti Batista; Márcia Elisa de Campos Graf. (Org.). Cidades brasileirasII; políticas urbanas e dimensão cultural. São Paulo: IEB/USP, 1999, v. 2, p. 102-114.

47.
FLEXOR, M. H. M. O.. J. J. Seabra e a reforma urbana de Salvador. In: Marta Rossetti Batista; Márcia Elisa de Campos Graf; Cecília Maria Wesphalen. (Org.). Cidades brasileiras; políticas urbanas e dimensão cultural. SAO PAULO: USP, 1998, v. 1, p. 108-119.

48.
FLEXOR, M. H. M. O.. Cidades e vilas pombalinas no século XVIII. In: Walter Rossa, Helder Carita, Renata Araujo. (Org.). Universo Urbanístico Português, 1415-1822. 1ed.Lisboa: Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses, 1998, v. 1, p. 255-266.

49.
FLEXOR, M. H. M. O.. Oficios, Manufatura e Comercio. In: Tamás Szmrecsányi. (Org.). HISTORIA ECONOMICA DO PERIODO COLONIAL. SAO PAULO: HUCITEC, 1996, v. , p. 173-194.

50.
FLEXOR, M. H. M. O.. Nucleos Urbanos Planejados do Seculo XVIII e a Estrategia de Civilizacao dos Indios do Brasil. In: Maria Beatriz Nizza da Silva. (Org.). Cultura portuguesa na Terra de Santa Cruz. Lisboa: Estampa, 1995, v. 1, p. 79-88.

51.
FLEXOR, M. H. M. O.. Núcleos urbanos planejados do século XVIII. In: Annatereza Fabris e Marta Rossetti Batista. (Org.). V Congresso Brasileiro de História da Arte. São Paulo: Comitê Brasileiro de História da Arte/FAPESP/ECA-USP, 1995, v. 1, p. 75-82.

52.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mobiliário: questão de nomenclatura. In: Pedro Pires Bessa. (Org.). Integração Latino Americana. Juiz de Fora/Belo Horizonte: UFJF/FAPEMIG, 1993, v. , p. 323-327.

53.
e Outros ; FLEXOR, M. H. M. O. . Samson Flexor Mais Intimo. In: BRILL, Alice. (Org.). Samson Flexor: do figurativismo ao abstracionismo. SAO PAULO: USP, 1990, v. 1, p. 203-205.

54.
FLEXOR, M. H. M. O.. Termos de arrematação de Obras de Cachoeria (Transcricao, Organização, Indice Remissivo). In: Américo Sima Filho et. al. (Org.). TERMOS DE ARREMATACAO DE OBRAS DE CACHOEIRA: 1758-1781. Salvador: UFBA, 1973, v. 1, p. -.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Preguiça colonial. Revista de História da Biblioteca Nacional, Rio de Janeiro, p. 18 - 21, 01 fev. 2007.

2.
FLEXOR, M. H. M. O.. Barroco no mobiliário baiano. Espirito Barroco, Salvador, p. 6, 06 jul. 2003.

3.
FLEXOR, M. H. M. O.. A Semana de 1922 e a Bahia. Jornal da ABCA, São Paulo, p. 13 - 13, 01 mar. 2003.

4.
FLEXOR, M. H. M. O.. Autoria das esculturas do século XVIII. Correio da Bahia, Salvador, p. 6, 24 dez. 2000.

5.
FLEXOR, M. H. M. O.. A festa de Corpus Christi. Jornal A TARDE, Salvador, p. 16, 18 jun. 1992.

6.
FLEXOR, M. H. M. O.. Ainda Pop Arte (III). Jornal A TRIBUNA DA BAHIA, Salvador, p. 5, 10 jun. 1973.

7.
FLEXOR, M. H. M. O.. Ainda Pop Art (II). Jornal A TRIBUNA DA BAHIA, Salvador, p. 5, 03 jun. 1973.

8.
FLEXOR, M. H. M. O.. Ainda Pop Art. Jornal A TRIBUNA DA BAHIA, Salvador, p. 5, 27 maio 1973.

9.
FLEXOR, M. H. M. O.. Depoimento: Algumas considerações sobre o mobiliário baiano. Casa e Jardim, São Paulo.

10.
FLEXOR, M. H. M. O.. As relações entre o Diretório dos Indios do Grão-Pará e Maranhão e o Direito Indiano. Revista Eletrônica Mensal do Centro de Pesquisas Jurídicas, Salvador, , v. 33.

11.
FLEXOR, M. H. M. O.. As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia, devoções e arte. Revista da SBPH, Curitiba, p. 73 - 86.

12.
FLEXOR, M. H. M. O.. Oficiais mecânicos e a vida quotidiana no Brasil. Revista Oceanos, Lisboa, p. 70 - 84.

13.
FLEXOR, M. H. M. O.. A escultura na Bahia no século XVIII. Revista A Cor das Letras, Feira de Santana/Bahia, p. 129 - 135.

14.
FLEXOR, M. H. M. O.. Historiografia da arte na Bahia: Manoel R. Querino, Marieta Alves e Carlos Ott. Revista da SBPH, Curitiba, p. 77 - 100.

15.
FLEXOR, M. H. M. O.. Normas Tecnicas para Transcrição e Edição de Documentos Manuscritos. Boletim da Associação de Arquivistas Brasileiros, Rio de Janeiro, p. 2 - 3.

16.
FLEXOR, M. H. M. O.. Juarez (Marialva Tito Martins) Paraíso. Boletim do Núcleo de Estudos de História das Artes Plásticas, Salvador, p. 2 - 2.

17.
FLEXOR, M. H. M. O.. Inventários e testamentos como fontes primárias de pesquisa. Arquivo - Boletim Histórico e Informativo, São Paulo, p. 15 - 17.

18.
FLEXOR, M. H. M. O.. Os oficiais mecânicos em duas regiões brasileiras: Salvador e S. Paulo. Revista Universitas, Salvador, p. 33 - 52.

19.
FLEXOR, M. H. M. O.. Depoimento: algumas considerações sobre o mobiliário baiano. Revista Casa e Jardim, São Paulo, p. 78 - 78.

20.
FLEXOR, M. H. M. O.. A imigração e a arte moderna. Revista A Cor das Letras, Feira de Santana/Bahia, p. 173 - 180.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
VENANCIO FILHO, R. P. ; FLEXOR, M. H. M. O. . Os capuchinhos italianos nos sertão baiano e o surgimento do Santuário da Sata Cruz em Monte Santo no século XVIII. In: VI Encontro Internacional de História Colonial: Mundos coloniais comparados, poder, fronteiras e identidades, 2017, Salvador. Anais eletronicos do 6 Encontro Internacional de História Colonial: Cidade da Bahia mundos coloniais comparados, poder, fronteiras e identidades. Salvador: EDUNEB, 2017. v. 1. p. 1730-1741.

2.
VENANCIO FILHO, R. P. ; FLEXOR, M. H. M. O. . As romarias de Monte Santo e o fracasso das políticas públicas no sertão da Bahia. In: I Congresso Internacional Santuários: Cultura, Arte, Romarias, Peregrinações, Paisagens e Pessoas, 2014, Alandroal/PT. As romarias de Monte Santo e o fracasso das políticas públicas no sertão da Bahia. Lisboa: Revista Santuários, 2014. v. 1. p. 227-233.

3.
VENANCIO FILHO, R. P. ; FLEXOR, M. H. M. O. . Religiosidade e espacialidade no Sertão da Bahia/Brasil: o exemplo do Santuário da Santa Cruz de Monte Santo. In: I Congresso Internacional Santuários: Cultura, Arte, Romarias, Peregrinações, Paisagens e Pessoas, 2014, Alandroal/PT. I Congresso Internacional Santuários: Cultura, Arte, Romarias, Peregrinações, Paisagens e Pessoas. Lisboa: Revista Santuários; Ministério da Educação e Ciências, 2014. v. 2. p. 176-183.

4.
FLEXOR, M. H. M. O.. As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia, poder, religiosidade e arte. In: IV Simpósio Internacional sobre Religiosidad, Cultura y Poder, 2012, Buenos Aires. Actas Eletrônicas 2012. Buenos Aires: GERE-UBA, 2012. v. 1. p. 0-0.

5.
FLEXOR, M. H. M. O.. E o ouvidor da Comarca também planejava. In: Seminário de História da Cidade e do Urbanismo VI SHCU, 2012, Salvador. Anais do VI Seminário de História da Cidade e do Urbanismo. Salvador: Universidade Federal da Bahia, 2012. v. 1. p. 0-0.

6.
FLEXOR, M. H. M. O.. Salvador e o higienismo nos séculos XIX e XX. In: A Urbanização de Salvador em Três Tempos: Colônia, Império e República, 2011, Salvador. Textos Críticos de História Urbana. Salvador: Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, 2011. v. 1. p. 247-283.

7.
FLEXOR, M. H. M. O.. Estudo do mobiliário na Bahia (Brasil): uma outra metodologia. In: 2o Simpósio Internacional As artes decorativas e a expansão portuguesa; imaginário e viagem, 2010, Lisboa. Actas do 2o Colóquio de Artes Decorativas. Lisboa: Centro Científico e Cultural de Macau; Escola Superior de Artes Decorativas, 2010. v. 1. p. 205-222.

8.
FLEXOR, M. H. M. O.. O Diretório dos Indios do Grão Pará e Maranhão, de 1758, e o projeto pombalino. In: IIISIRCP Tercer Simposio Internacional sobre Religiosidad, Cultura y Poder, 2010, Buenos Aires. III - SIRCP - Tercer Simposio Internacional sobre Religiosidad, Cultura y Poder. Buenos Aires: Patricia Fogelman, 2010. v. 00. p. 00-00.

9.
FLEXOR, M. H. M. O.. As vilas pombalinas na região amazônica. In: XI Seminário de História da Cidade e do Urbanismo, 2010, Vitória/Espírito Santo. XI SHCU - A construção das cidades e do urbanismo... ideias têm lugar?. Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo, 2010. v. 1. p. 0-0.

10.
FLEXOR, M. H. M. O.. Cartilha para educar, fazer o índio aprender a ler e escrever no século XVIII. In: IV Seminário de Estudos Filológicos; Filologia e Estudos de Linguagem. O Léxico em Questão, 2009, Salvador. Anais IV Sef - Seminário de Estudos Filológicos. Filologia e Estudos de Linguagem. O Léxico em questão. Salvador: Quarteto, 2009. v. 1. p. 204-239.

11.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Os oficiais mecânicos da cidade notável de Salvador. In: Actas do VII Colóquio Luso-brasileiro de História da Arte Artistas e artífices e a sua mobilidade no mundo de expressão portuguesa, 2007, Porto. Artistas e artífices e a sua mobilidade no mundo de expressão portuguesa. Porto: Departamento de Ciências e Técnicas do Patrimônio, 2007. v. 1. p. 373-383.

12.
FLEXOR, M. H. M. O.. Flexor por Flexor. In: XXVI Colóquio do Comitê Brasileiro de História da Arte, 2007, São Paulo. Anais do XXVI Colóquio do Comitê Brasileiro de História da Arte. Belo Horizonte: C/Arte, 2006. p. 462-471.

13.
FLEXOR, M. H. M. O.. A escultura e o espaço urbano de Salvador. In: I Seminário Arte & Cidade, 2006, Salvador. Arte & Cidade 1o. Seminário CDRom. Salvador: PPG Arquitetura MAV EBA UFBA, 2006. p. 215-241.

14.
SANTOS, K. C. ; FLEXOR, M. H. M. O. . O EPUCS - Escritório de Planejamento da Cidade do Salvador e as intervenções na cidade, 1940-1970 (Orientadora, Resumo e Poster). In: II Seminário de Iniciação Científica UCSAL/FAOESB, 2006, Salvador. II Seminário de Iniciação Científica UCSAL/FAPESB. Salvador: UCSAL. p. 42-42.

15.
FLEXOR, M. H. M. O.. Os terreiros das aldeias indígenas jesuíticas. In: IX Seminário de História da Cidade e do Urbanismo, 2006, São Paulo. Anais do IX Seminário da História da Cidade e do Urbanismo. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2006. v. CDRom.

16.
FLEXOR, M. H. M. O.. Religiosidade baiana no século XVIII: imagens de vestir, imagens de roca. In: V Congresso de História da Bahia, 2005, Salvador. V Congresso de História da Bahia, Anais. Salvador: Instituto Geográfico e Histórico da Bahia; Bahiatursa; Fundação Gregório de Mattos, 2005. v. 1. p. 483-493.

17.
FLEXOR, M. H. M. O.. As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia, devoções e arte. In: V Congresso de História da Bahia, 2005, Salvador. Anais do V Congresso de História da Bahia. Salvador: Anais do V Congresso de História da Bahia, 2005. v. 2. p. 323-334.

18.
FLEXOR, M. H. M. O.. Escultura barroca. In: Colóquio do Comitê Brasileiro de História da Arte, 2005, Tiradentes. Anais do XXV Colóquio do Comitê Brasileiro de História da Arte. Belo Horizonte: C/arte, 2005. v. 1. p. 208-221.

19.
FLEXOR, M. H. M. O.. Salvador redesenhada pelo bonde. In: XXIII Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica, 2004, Curitiba. Anais da XXIII Reunião Anual da SBPH. Curitiba: SBPH, 2004.

20.
FLEXOR, M. H. M. O.. As reliquias e os relicários na Bahia. In: VI Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte, 2004, Rio de Janeiro. Anais do VI Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte. Rio de Janeiro: CBHA/Puc-Rio/UFRJ/UERJ, 2004. v. 2. p. 524-540.

21.
FLEXOR, M. H. M. O.. As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia, devoções e arte. In: V Congresso de História da Bahia, 2004, Salvador. V Congresso de História da Bahia, Anais. Salvador: Instituto Geográfico e Histórico Brasileiro, Bahiatursa,Fundação Gregório de Mattos, 2004. v. 1. p. 323-334.

22.
FLEXOR, M. H. M. O.. A historiogrfia da arte baiana na contemporaneidade. In: XXIV Colóquio do Comitê Brasileiro de História da Arte, 2004, Tiradentes MG. Revista do IEEE América Latina. Belo Horizonte: C/Arte, 2004.

23.
FLEXOR, M. H. M. O.. Uma memória apagada: Abrantes/Bahia. In: 8o Seminário de História da Cidade e do Urbanismo, 2004, Niterói. Anais do 8o Seminário de História da Cidade e do Urbanismo. Niterói: UFF, 2004.

24.
FLEXOR, M. H. M. O.. Escultura barroca brasileira: questões de autorias. In: III Congreso Internacional del Barroco Iberoamericano: territorio, arte, espacio y sociedad, 2003, Sevilha. Anais del III Congreso Internacional del Barroco Iberoamericano. Sevilha: Universidad Pablo de Olavide, 2003.

25.
FLEXOR, M. H. M. O.. Vilas pombalinas. In: Landi e o século XVIII na Amazônia, 2003, Belém. Anais Landi e o século XVIII na Amazônia. Belém: Universidade Federal do Pará, 2003. v. 1.

26.
FLEXOR, M. H. M. O.. As relações entre o Diretório dos Índios do Grão-Pará e Maranhão e o Direito Indiano. In: Produção corpo docente, 2003, Salvador. Publicações do corpo docente da Unifacs. Salvador: UNIFACS, 2003. v. 0. p. 0-0.

27.
ANDRADE, C.L.O.F. ; FLEXOR, M. H. M. O. . Procissões na Bahia: teatro barroco a céu aberto. In: Barroco II Congresso Internacional, 2003, Porto, Vila Real, Aveiro, Arou. Barroco Actas do II Congresso Internacional. Porto: Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2001. p. 521-534.

28.
FLEXOR, M. H. M. O.. O Diretório dos Índios do Grão-Pará e Maranhão e o Direito Indiano. In: XXI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica, 2002, Rio de Janeiro. Anais da XXI Reunião da SBPH. Curitiba: SBPH, 2002. p. 215-223.

29.
FLEXOR, M. H. M. O.. As relações entre o Diretório dos Índios do Grão-Pará e Maranhão e o Direito Indiano: sua ausência na historiografia brasileira.. In: Seminário de História da Cidade e do Urbanismo, 2002, Salvador. Anais do VII Seminário de História da Cidade e do Urbanismo. Salvador: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da UFBa, 2002.

30.
FLEXOR, M. H. M. O.. Historiografia das artes plásticas da Bahia. In: XXII Colóquio Brasileiro de História da Arte, 2002, Porto Alegre. XXII Colóquio Brasileiro de História da Arte. Porto Alegre: PUCRS, 2002.

31.
FLEXOR, M. H. M. O.. J. J. Seabra e a reforma urbana de Salvador (Bahia-Brasil). In: 49 Congresso Internacional de Americanistas, 2002, Quito. 49 ICA - Congresso Internacional de Americanistas. Quito / Equador: Pontificia Universidad Católica del Ecuador, 2002. v. 1. p. 1-10.

32.
FLEXOR, M. H. M. O.. Historiografia das artes plásticas da Bahia. In: IV Congresso de História da Bahia - mesa redonda, 2001, Salvador. Anais do IV Congresso de História da Bahia. Salvador: Instituto Geográfico e Histórico da Bahia / Fundação Gregório de Mattos, 2001. v. 1. p. 333-347.

33.
FLEXOR, M. H. M. O.. Bahia: criação de rede urbana no século XVIII. In: IV Congresso de História da Bahia, 2001, Salvador. Anais do IV Congresso de História da Bahia. Salvador: Instituto Geográfico e Histórico da Bahia / Fundação Gregório de Mattos, 2001. v. 2. p. 567-584.

34.
FLEXOR, M. H. M. O.. Imagens de vestir na Bahia. In: V Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte, 2001, Faro. V Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte. Faro: Universidade do Algarve, 2001. p. 275-293.

35.
FLEXOR, M. H. M. O.. Criação da rede urbana na Capitania da Bahia: século XVIII. In: Colóquio Internacional Universo Urbanístico Português, 1415-1822, 2001, Coimbra. Actas do Colóquio Internacional Universo Urbanístico Português, 1415-1822. Lisboa: Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses, 2001. p. 533-553.

36.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Proposta de Edição das Atas da Câmara de Salvador. In: IV Congresso Nacional de Llinguística e Filologia, 2000, Rio de Janeiro. Cadernos do CNLF. Rio de Janeiro: Circulo Fluminense de estudos Filológicos e Linguísticos/UFRJ, 2000. v. 01. p. 61-69.

37.
FLEXOR, M. H. M. O.. Salvador verde: séculos XIX-XX. In: I Colóquio Internacional de História da Arte, 2000, São Paulo. Paisagem e Arte. São Paulo: Comitê Brasileiro de História da Arte, CNPq, FAPESP, 2000. p. 335-342.

38.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Interior da Igreja de São Francisco da Bahia no século XVIII. In: IV Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte, 2000, Salvador. Atas di IV Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte. Salvador: EDUFBA, 2000. p. 251-282.

39.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . A criação de vilas e o povoamento do Brasil no século XVIII. In: IV Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte, 2000, Salvador. Atas do IV Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte. Salvador: EDUFBA, 2000. p. 559-571.

40.
FLEXOR, M. H. M. O.. Abreviaturas de documentos luso-brasileiros. In: XIII Congresso Brasileiro de Arquivologia, 2000, Salvador. Anais do XIII Congresso Brasileiro de Arquivologia. Salvador: Arquivo Público do Estado da Bahia, 2000.

41.
FLEXOR, M. H. M. O.. Da fé à dança: a procissão como síntese de manifestações artisticas (Bahia-Brasil). In: Struggle for Synthesis; The total work of art in the 17ht and 18th centuries, 1999, Braga. Actas Struggle for Synthesis; The total work of art in the 17th and 18th centuries. Lisboa: Instituto Português do Patrimônio Arquitectónico, 1999. v. 2. p. 462-470.

42.
FLEXOR, M. H. M. O.; PARAGUASSU, M. . Praça Municipal de Salvador: formas e funções em 450 anos de existência. In: XIX Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica, 1999, Curitiba. Anais da XIX Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica - SBPH. Curitiba: SBPH, 1999. p. 195-208.

43.
FLEXOR, M. H. M. O.. Nacionalismo e regionalismo na arte: a redescoberta do Brasil. In: XIX Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica - SBPH, 1999, Curitiba. Anais da XIX Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica. Curitiba: SBOG, 1999. p. 13-25.

44.
FLEXOR, M. H. M. O.. A ociosidade, a vadiagem e a preguiça no Brasil do século XVIII. In: XVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica, 1998, São Paulo. Anais da XVII Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica. Curitiba: SBPH, 1998. p. 157-164.

45.
FLEXOR, M. H. M. O.. As vilas pombalinas no século XVIII, estratégias de povoamento. In: V Seminário de História da Cidade e do Urbanismo, 1998, Campinas. Anais do V Seminário de História da Cidade e do Urbanismo. Campinas: PUC, 1998.

46.
FLEXOR, M. H. M. O.. As devoções religiosas na Bahia do século XVIII. In: XVI Reunião Anual da SBPH, 1997, Curitiba. Anais da XVI Reunião da SBPH. Curitiba: SBPH, 1996. p. 145-150.

47.
FLEXOR, M. H. M. O.. Academia Imperial de Belas Artes:. In: Seminário EBA180, 1997, Rio de Janeiro. Anais do Seminário EBA180. Rio de Janeiro: EBA/UFRJ, 1997. p. 281-306.

48.
FLEXOR, M. H. M. O.. A religiosidade popular e a imaginária na Bahia do século XVIII. In: III Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte, 1997, Évora. Actas do III Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte. Évora/Portugal: Universidade de Évora, 1997. p. 11-31.

49.
FLEXOR, M. H. M. O.. J. J. Seabra e a reforma urbana de Salvador/BA. In: 49 Congreso Internacional de Americanistas, 1997, Quito. 49CAI on line. Argentina: Naya.org.ar, 1997.

50.
FLEXOR, M. H. M. O.. Cidades e vilas pombalinas no Brasil do século XVIII. In: XV Reunião Anual da SBPH, 1996, Rio de Janeiro. Anais da XV Reunião da SBPH. Curitiba: SBPH, 1996. p. 109-115.

51.
FLEXOR, M. H. M. O.. Nucleos urbanos criados por Pombal no Brasil do século XVIII. In: IV Seminário de História da Cidade e do Urbanismo, 1996, Rio de Janeiro. Anais do IV Seminário de História da Cidade e do Urbanismo. Rio de Janeiro: PROURB, 1996. v. 2. p. 602-620.

52.
FLEXOR, M. H. M. O.. Fim do século: a dicionarização da história. In: XVI Reunião da SBPH, 1996, Curitiba. Anais da XVI Reunião da SBPH. Curitiba: SBPH, 1996. p. 29-31.

53.
FLEXOR, M. H. M. O.. A rua e a praça no imaginário baiano. In: XIV Reunião Anual da SBPH, 1995, Salvador. Anais da XIV Reunião Anual da SBPH. Curitiba: SBPH, 1995. p. 217-222.

54.
FLEXOR, M. H. M. O.. A rua e a praça no imaginário baiano (resumo). In: XIV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica, 1994, Salvador. XIV Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica. Curitiba: SBPH. p. 5-5.

55.
FLEXOR, M. H. M. O.. A iconografia e a religiosidade na Bahia do seculo XVIII. In: ENCONTRO DE HISTORIA DA ARTE DO NORTE E NORDESTE, 2, 1989, Salvador. ANAIS. SALVADOR, 1989.

56.
FLEXOR, M. H. M. O.. Recuperacao e Conservacao do Arquivo Municipal de Cachoeira. In: SEMINARIO SOBRE ESTUDOS DO NORDESTE, 1, 1974. ANAIS. SALVADOR.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
FLEXOR, M. H. M. O.. Estudo da escultura setecentista baiana: questões de autoria. In: I Seminário Internacional Patrimônio Sacro, 2013, São Paulo. Não publicado. São Paulo: Mosteiro de São Bento, 2013. v. 1. p. 20-20.

2.
FLEXOR, M. H. M. O.. Era uma vez ... a mata. In: VI Seminário Internacional Dinâmica Territorial e Desenvolvimento Socioambiental: Desafios Contemporâneos, 2011, Salvador. VI Seminário Internacional Dinâmica Territorial e Desenvolvimento Socioambiental: Desafios Contemporâneos. Salvador: Programa de Pós-Graduação da UCSal, 2011. v. 1. p. 36-36.

3.
FLEXOR, M. H. M. O.. As reliquias e os relicários na Bahia. In: VI Congresso Internacional do CEIB, 2009, Rio de Janeiro. Revista do CEIB. Belo Horizonte: CEIB, 2009. v. 1. p. 23-23.

4.
FLEXOR, M. H. M. O.; VARIOS, . De oficial mecânico a operário ou artista: o Liceu de Artes e Ofícios e a Academia de Belas Artes da Bahia. In: I Colóquio Nacional de Estudos sobre Arte Brasileira do Século XIX, 2008, Rio de Janeiro. I Clóquio Nacional de Estudos sobre Arte Brasileira do Século XIX Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2008. v. 1. p. 53-55.

5.
FLEXOR, M. H. M. O.. Friches da Península de Itapagipe: a Vila Operária. In: 26a Reunião Anual da SBPH, 2006, Rio de Janeiro. Anais da 26a Reunião Anual da SBPH. Curitiba: SBPH, 2006. v. 0. p. 27-28.

6.
FLEXOR, M. H. M. O.. Relíquias e relicários na Bahia. In: VI Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte, 2003, Rio de Janeiro. Anais do VI Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte. Rio de Janeiro: URFJ; UERJ; PUC RIO, 2003. v. 1. p. 048-48.

7.
FLEXOR, M. H. M. O.. Cidade e História: Salvador redesenhada pelo bonde. In: XXIII Reunião Anual da SBPH, 2003, Curitiba. Anais da XXIII Reunião da SBPH. Curitiba: SBPH, 2003. v. 1. p. 34-35.

8.
FLEXOR, M. H. M. O.. A rede urbana e os festejos centenários da Bahia em 1949. In: XXII Reunião Anual da SBPH, 2002, Rio de Janeiro. Anais da XXII Reunião Anual da SBPH. Curitiba: SBPH, 2002. v. 1. p. 31-31.

9.
FLEXOR, M. H. M. O.. Os monumentos comemorativos no espaço urbano de Salvador. In: XX Reunião Anual da SBPH, 2000, Rio de Janeiro. Anais da XX Reunião Anual da SBPH. Curitiba: SBPH, 2000. v. 1. p. 9-9.

10.
FLEXOR, M. H. M. O.. E o ouvidor da comarca também planejava.... In: VI Seminário de História do Urbanismo e da Cidade, 2000, Natal. Anais do VI Seminário de História do Urbanismo e da Cidade. Natal: UFRN, 2000. v. 1. p. 81-81.

11.
FLEXOR, M. H. M. O.. Historiografia da arte na Bahia: Manoel R. Querino, Marieta Alves e Carlos Ott. In: XVIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica, 1998, Rio de Janeiro. XVIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica. Curitiba: SBPH, 1998. v. 1. p. 5-5.

12.
FLEXOR, M. H. M. O.. O interior da igreja de São Francisco da Bahia no século XVIII. In: IV Colóquio Luso-brasileiro de História da arte, 1997, Salvador. Anais do IV Colóquio Luso-brasileiro de História da Arte. Salvador: EDUFBA, 1997. v. 1. p. 13-13.

13.
FLEXOR, M. H. M. O.. As devoções religiosas na Bahia do século XVIII. In: XVI Reunião Anual da SBPH, 1996, Curitiba. Anais da XVI Reunião Anual da SBPH. Curitiba: SBPH, 1996. v. 1. p. s/n-s/n.

14.
FLEXOR, M. H. M. O.. Cidades e vilas pombalinas no Brasil do século XVIII. In: XV Reunião Anual da SBPH, 1995, Rio de Janeiro. Anais da XV Reunião Anual da SBPH. Curitiba: SBPH, 1995. v. 1. p. x/n-s/n.

15.
FLEXOR, M. H. M. O.. A rua e a praça no imaginário baiano. In: Reunião Anual da SBPH, 1994, Salvador. XIV Reunião Anual da SBPH, 1994. v. 1. p. 5-5.

Apresentações de Trabalho
1.
FLEXOR, M. H. M. O.. O convento e igreja de São Francisco: origem e posteridade. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
FLEXOR, M. H. M. O.. Era uma vez .. uma mata. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
FLEXOR, M. H. M. O.. História da família no Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
FLEXOR, M. H. M. O.. Religiosidade no espaço urbano de Salvador. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
FLEXOR, M. H. M. O.; LEAL, J. E. F. ; SIQUEIRA, M. N. . Fazer história usando manuscritos: as vilas pombalinas do século XVIII. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
FLEXOR, M. H. M. O.. Palestra: A importância dos manuscritos históricos no ofício de historiador. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
FLEXOR, M. H. M. O.. Arte religiosa na Bahia do século XVIII. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
FLEXOR, M. H. M. O.. Cultura, História e Turismo: do local ao global. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
FLEXOR, M. H. M. O.. Aprender a ler, escrever e contar: cartilha de Manoel de Andrade de Figueiredo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
FLEXOR, M. H. M. O.. Vilas pombalinas: documentação manuscrita e iconográfica. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
FLEXOR, M. H. M. O.; FLEXOR, M. H. M. O. . A igualdade nos autos da devassa da 'Conspiração dos Alfaiates', de 1798. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
FLEXOR, M. H. M. O.; FLXOR, M. H. M. O. ; FLEXOR, M. H. M. O. . Os ofícios mecânicos e os escravos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
FLEXOR, M. H. M. O.. Normas para referência de documentos manuscritos: sugestões. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

14.
FLEXOR, M. H. M. O.. Leitura de documentos históricos: grafia e os gramáticos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mobiliário brasileiro dos séculos XVIII e XIX:metodologia de pesquisa. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
FLEXOR, M. H. M. O.. Estudo de escultura setecentista baiana: questões de autoria. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
FLEXOR, M. H. M. O.; SANTOS, V. B. M. . Catálogo WebGeo do Patrimônio Arquitetônico da Bahia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

18.
SOUSA, Maria Marineide de ; FLEXOR, M. H. M. O. . Peninsula de Itapagipe: Arranjo Produtivo Local de Confecções da Rua do Uruguai. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
FLEXOR, M. H. M. O.. Abreviaturas de documentos luso-brasileiros. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
FLEXOR, M. H. M. O.. A história da Igreja e Convento de São Francisco. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
FLEXOR, M. H. M. O.. Grafia de documentos históricos e gramáticas. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
FLEXOR, M. H. M. O.. Era uma vez ... uma mata. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
FLEXOR, M. H. M. O.. Historiografia da arte na Bahia;Brasil: Manuel R. Querino, Marieta Alves e Carlos Ott. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
FLEXOR, M. H. M. O.. História da família no Brasil. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

25.
FLEXOR, M. H. M. O.. UCSAL 50 anos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

26.
FLEXOR, M. H. M. O.. O Diretório dos Índios do Grão Pará e Maranhão, 1758, e o projeto pombalino. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
FLEXOR, M. H. M. O.. Salvador e o higienismo, séculos XIX-XX. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

28.
FLEXOR, M. H. M. O.. As vilas pombalinas na região amazônica. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
FLEXOR, M. H. M. O.. Abreviaturas de manuscritos dos séculos XVI e XIX: origens das publicações. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
FLEXOR, M. H. M. O.. Século XVIII: documentação e história urbana. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

31.
FLEXOR, M. H. M. O.. As relíquias e os relicários na Bahia. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
FLEXOR, M. H. M. O.. Era uma vez... uma mata. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
FLEXOR, M. H. M. O.. Inventários e testamentos como documentação histórica. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
FLEXOR, M. H. M. O.. As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia: devoções e arte. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
FLEXOR, M. H. M. O.. O Empório Industrial do Norte: a Vila Operária, nem utópica, nem visionária. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
FLEXOR, M. H. M. O.. Os territórios das aldeias indígenas jesuíticas. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
FLEXOR, M. H. M. O.. Pedro Ferreira, um escultor desconhecido. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

38.
FLEXOR, M. H. M. O.. Projeto Itapagipe: projeto de reconversão do patrimônio industrial e outros estudos. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

39.
FLEXOR, M. H. M. O.. O antigo prédio do Empório Industrial do Norte e a Vila Operária - Itapagipe. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

40.
FLEXOR, M. H. M. O.. Presidente da Comissão de Organização - Orientadora. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

41.
FLEXOR, M. H. M. O.. A escultura e o espaço urbano de Salvador. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

42.
FLEXOR, M. H. M. O.. Minicurso: Noções de leitura de documentos manuscritos antigos. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

43.
FLEXOR, M. H. M. O.. Complexidade histórica das questões raciais na Bahia - Mesa de Pesquisa. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

44.
FLEXOR, M. H. M. O.. Friches da Península de Itapagipe: a Vila Operária. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

45.
FLEXOR, M. H. M. O.. Artesanato popular. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

46.
FLEXOR, M. H. M. O.. Presidente da Comissão. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

47.
FLEXOR, M. H. M. O.. Salvador: transformações e permanências / Projeto de reconversção em Itapagipe. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

48.
FLEXOR, M. H. M. O.. Planejamento, história e memória. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

49.
FLEXOR, M. H. M. O.. A 'civilização' dos índios e a formação do território do Brasil. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

50.
FLEXOR, M. H. M. O.. Obra de arte como documento histórico: noções preliminares. 2004. (Apresentação de Trabalho/Outra).

51.
FLEXOR, M. H. M. O.. Relíquias e relicários na Bahia. 2003. (Apresentação de Trabalho/Outra).

52.
FLEXOR, M. H. M. O.. Salvador Redesnhada pelo bonde. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

53.
FLEXOR, M. H. M. O.. História e ação patrimonial. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

54.
ALII, N. M. F. E. ; FLEXOR, M. H. M. O. . Monumentos comemorativos no espaço urbano de Salvador. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

55.
FLEXOR, M. H. M. O.. As relações entre o Diretório dos Índios do Grão-Pará e Maranhão e o Direito Indiano. 2002. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

56.
FLEXOR, M. H. M. O.. Historiografia das artes plásticas da Bahia. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

57.
FLEXOR, M. H. M. O.. A rede urbana e os festejos centenário da Bahia em 1949. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

58.
FLEXOR, M. H. M. O.. Repovoamento e reurbanização do Brasil no século XVIII. 2001. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

59.
FLEXOR, M. H. M. O.. Imagens de vestir na Bahia. 2001. (Apresentação de Trabalho/Outra).

60.
FLEXOR, M. H. M. O.. Religiosidade baiana no século XVIII: imagens de vestir, imagens de roca. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

61.
FLEXOR, M. H. M. O.. Procissões na Bahia: teatro barroco a céu aberto. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

62.
FLEXOR, M. H. M. O.. As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia: devoção e arte. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

63.
FLEXOR, M. H. M. O.. Escultura barroca brasileira: questões de autorias. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

64.
FLEXOR, M. H. M. O.. A escultura setecentista na Bahia: revisão de estudos. 2001. (Apresentação de Trabalho/Outra).

65.
FLEXOR, M. H. M. O.. Santo Antônio de Lisboa... e da Bahia. 2000. (Apresentação de Trabalho/Outra).

66.
FLEXOR, M. H. M. O.; RIBEIRO, I. M. . Proposta de edição das Atas da Câmara de Salvador. 2000. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

67.
FLEXOR, M. H. M. O.. Abreviaturas de documentos luso-brasileiros. 2000. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

68.
FLEXOR, M. H. M. O.. O ouvidor da comarca também planejava.... 2000. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

69.
FLEXOR, M. H. M. O.. Os monumentos comemorativos no espaço urbano de Salvador. 2000. (Apresentação de Trabalho/Outra).

70.
FLEXOR, M. H. M. O.. Salvador verde: séculos XIX-XX. 1999. (Apresentação de Trabalho/Outra).

71.
FLEXOR, M. H. M. O.. Historiografia das artes plásticas da Bahia. 1999. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

72.
FLEXOR, M. H. M. O.. Bahia: criação da rede urbana no século XVIII. 1999. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

73.
FLEXOR, M. H. M. O.. Artes visuais: questões de pesquisa e metodologia. 1999. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

74.
FLEXOR, M. H. M. O.. A Praça Municipal de Salvador: formas e funções em seus 450 anos de existência. 1999. (Apresentação de Trabalho/Outra).

75.
FLEXOR, M. H. M. O.. Cidade e vilas pombalinas. 1998. (Apresentação de Trabalho/Outra).

76.
FLEXOR, M. H. M. O.. Religiosidade, sensualidade e sexualidade: a Bahia no século XVIII. 1998. (Apresentação de Trabalho/Outra).

77.
FLEXOR, M. H. M. O.. A escultura na Bahia do século XVIII: autorias e atribuições. 1998. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

78.
FLEXOR, M. H. M. O.. As vilas pombalinas no século XVIII, estratégias de povoamento. 1998. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

79.
FLEXOR, M. H. M. O.. Seabra e a reforma urbana de Salvador. 1998. (Apresentação de Trabalho/Outra).

80.
FLEXOR, M. H. M. O.. A ociosidade, a vadiagem e a preguiça no Brasil do século XVIII. 1998. (Apresentação de Trabalho/Outra).

81.
BACELLAR, C. A. P. ; FLEXOR, M. H. M. O. . Nacionalismo e regionalismo na arte: a redescoberta do Brasil. 1998. (Apresentação de Trabalho/Outra).

82.
FLEXOR, M. H. M. O.. Pombal e o povoamento do Brasil: criação de vilas. 1997. (Apresentação de Trabalho/Outra).

83.
FLEXOR, M. H. M. O.. O interior da Igreja de São Francisco da Bahia no século XVIII. 1997. (Apresentação de Trabalho/Outra).

84.
FLEXOR, M. H. M. O.. Ações temáticas em vários bairros de Salvador. 1997. (Apresentação de Trabalho/Outra).

85.
FLEXOR, M. H. M. O.. Academia Imperial de Belas Artes: "inspiração" da Academia de Belas Artes da Bahia. 1997. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

86.
FLEXOR, M. H. M. O.. Historiografia da Arte na Bahia: Manoel R. Querino, Marieta Alves e Carlos Ott. 1997. (Apresentação de Trabalho/Outra).

87.
FLEXOR, M. H. M. O.. O regionalismo na arte moderna brasileira: Bahia. 1997. (Apresentação de Trabalho/Outra).

88.
FLEXOR, M. H. M. O.. Da fé à dança: a procissão como síntese das manifestações artísticas (Bahia/Brasil). 1996. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

89.
FLEXOR, M. H. M. O.. Núcleos urbanos criados por Pombal no Brasil do século XVIII. 1996. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

90.
FLEXOR, M. H. M. O.. A rua: espaço da fé e da arte. 1996. (Apresentação de Trabalho/Outra).

91.
FLEXOR, M. H. M. O.. Fim de século: a dicionarização da história. 1996. (Apresentação de Trabalho/Outra).

92.
FLEXOR, M. H. M. O.. As devoções religiosas na Bahia do século XVIII. 1996. (Apresentação de Trabalho/Outra).

93.
FLEXOR, M. H. M. O.. O mobiliário civil e religioso na Bahia no século XVIII. 1995. (Apresentação de Trabalho/Outra).

94.
FLEXOR, M. H. M. O.. A religiosidade popular e a imaginária no século XVIII. 1995. (Apresentação de Trabalho/Outra).

95.
FLEXOR, M. H. M. O.. A construção final de resultados de pesquisa em arte. 1995. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

96.
FLEXOR, M. H. M. O.. A imigração e a arte moderna na Bahia. 1995. (Apresentação de Trabalho/Outra).

97.
FLEXOR, M. H. M. O.. Cidades e vilas pombalinas no Brasil do século XVIII. 1995. (Apresentação de Trabalho/Outra).

98.
FLEXOR, M. H. M. O.. A contribuição dos cursos de pós-gradução para a ciência histórica no Brasil. 1995. (Apresentação de Trabalho/Outra).

99.
FLEXOR, M. H. M. O.. A arte moderna na Bahia. 1995. (Apresentação de Trabalho/Outra).

100.
FLEXOR, M. H. M. O.. Núcleos urbanos planejados do século XVIII e estratégias de civilização. 1994. (Apresentação de Trabalho/Outra).

101.
FLEXOR, M. H. M. O.. A modernidade na Bahia, 1944-1994. 1994. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

102.
FLEXOR, M. H. M. O.. Pesquisa e metodologia em arte. 1994. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

103.
FLEXOR, M. H. M. O.. A rua e a praça no imaginário baiano. 1994. (Apresentação de Trabalho/Outra).

104.
FLEXOR, M. H. M. O.. Arte e violência: meninos de rua e de epriferia em projetos de reciclagem de lixo. o trabalho de Marco Aurélio Damasceno. 1994. (Apresentação de Trabalho/Outra).

105.
FLEXOR, M. H. M. O.. O ensino da paleografia: uma experiência na Bahia. 1993. (Apresentação de Trabalho/Outra).

106.
FLEXOR, M. H. M. O.. Seleção de bolsistas, acompanhamento de atividades, perfil e papel dos comitês assessores da Pro-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (documento básico). 1993. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

107.
FLEXOR, M. H. M. O.. Os ofícios mecânicos e a economia colonial. 1993. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

108.
FLEXOR, M. H. M. O.. Núcleos urbanos planejados do século XVIII. 1993. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

109.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mobiliário: questão de nomenclatura. 1993. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

110.
FLEXOR, M. H. M. O.. Padrões de vida, padrões de conforto: o mobiliário baiano. 1993. (Apresentação de Trabalho/Outra).

111.
FLEXOR, M. H. M. O.. Os oficiais mecânicos (artesãos) de Salvador e São Paulo no período colonial. 1992. (Apresentação de Trabalho/Outra).

112.
BERWANGER, A. R. ; FLEXOR, M. H. M. O. . Leitura de documentos históricos e sua conservação. 1990. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

113.
FLEXOR, M. H. M. O.. A iconografia e religiosidade na Bahia do século XVIII. 1989. (Apresentação de Trabalho/Outra).

114.
FLEXOR, M. H. M. O.. A ociosidade, a vadiagem e a preguiça: recuperação de um capítulo da história do trabalho livre no Brasil. 1988. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

115.
FLEXOR, M. H. M. O.. O trablaho livre em Salvador, 1828-1920. 1987. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

116.
FLEXOR, M. H. M. O.. Composição e problemas de conservação do acervo do Arquivo Municipal do Salvador. 1985. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

117.
FLEXOR, M. H. M. O.. O espaço plástico. 1980. (Apresentação de Trabalho/Outra).

118.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mobiliário baiano. 1975. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

119.
FLEXOR, M. H. M. O.. Recuperação e conservação do Arquivo Municipal de Cachoeira. 1974. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

120.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mão-de-obra artística e o processo cultural no período da Independência. 1972. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
FILHO, Raimundo. ; FLEXOR, M. H. M. O. . Apresentação. São Paulo, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

2.
FLEXOR, M. H. M. O.. A luta do cavaleiro de branco. Salvador: Fundação José Silveira, 2012 (Monografia).

3.
FLEXOR, M. H. M. O.. 50 Anos. UCSAL. Cronologia histórica 1961=2011 (banners comemorativos). Salvador: Universidade Católica do Salvador, 2011 (Memorial).

4.
FLEXOR, M. H. M. O.; CARVALHAL, Márcia . Prefácio. Salvador, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

5.
FLEXOR, M. H. M. O.. Do oficial mecânico a operário ou artista: o Liceu de Artes e Ofícios e a Academia de Belas Artes na Bahia. Rio de Janeiro: UFRJ (no prelo), 2008 (Palestra).

6.
FLEXOR, M. H. M. O.. O Concílio de Trento: as Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia e a arte religiosa no Brasil. Belo Horizonte: Não editado, 2007 (V Congresso do CEIB - Centro de Estudos da Imaginária Brasileira).

7.
FLEXOR, M. H. M. O.. Pedro Ferreira, um escultor desconhecido. Belo Horizonte: sem editora, 2007 (XXVII Colóquio do Comitê Brasileiro de História da Arte).

8.
FLEXOR, M. H. M. O.. As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia, devoções e arte. Salvador: não publicado, 2007 (Comunicação).

9.
FLEXOR, M. H. M. O.. Os escravos e os ofícios mecânicos. Porto: CEPESE, 2007 (Palestra).

10.
FLEXOR, M. H. M. O.. História dos historiadores. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional, 2007 (Memorial).

11.
FLEXOR, M. H. M. O.. Friches da Península de Itapagipe: a Vila Operária na XXVI Reunião da SBPH. Porto Alegre: no prelo, 2006 (Comunicação).

12.
FLEXOR, M. H. M. O.. Os oficiais mecânicos e o negro no espaço urbano de Salvador. Belo Horizonte: IV CIBI, 2006 (Comunicação).

13.
FLEXOR, M. H. M. O.. Friches da Península de Itapagipe: a vila operária. Rio de Janeiro 2006 (Comunicação).

14.
FLEXOR, M. H. M. O.. Inventários e testamentos como fontes de pesquisa. Vitória da Conquista: Universidade Estadual do Sudoeste da bahia, 2005 (Artigo).

15.
FLEXOR, M. H. M. O.. Obra de arte como documento histórico: noções preliminares. Vitória da Conquista: Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, 2005 (Artigo).

16.
FLEXOR, M. H. M. O.. Historiografia do Urbanismo: análise de sua produção. Rio de Janeiro 2005 (Mesa-redonda).

17.
FLEXOR, M. H. M. O.. As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia e o Barroco. Salvador 2005 (Conferência no Colóquio Internacional: o Barroco e Interfaces, 3 março).

18.
FLEXOR, M. H. M. O.. Os oficiais mecânicos na cidade notável de Salvador (séculos XVII-XVIII). Porto: Universidade do Porto, 2005 (Comunicação).

19.
FLEXOR, M. H. M. O.. Planejamento, história e memória. Salvador: Universidade Católica do Salvador, 2005 (Comunicação).

20.
FLEXOR, M. H. M. O.; ARAUJO, A. ; CARVALHO, A. M. M. ; FERNANDES, C. ; FERREIRA-ALVES, J. J. ; RODRIGUES, L. A. ; SERRAO, V. . A importância dos fundos arquivísticos para o conhecimento de artistas 2005 (Mesa-redonda).

21.
FLEXOR, M. H. M. O.. A 'civilização dos indios' e o povoamento do Brasil. Vitória da Conquista: Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, 2004 (Artigo).

22.
FLEXOR, M. H. M. O.. Salvador redesenhada pelo bonde. Curitiba: Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica, 2003 (Comunicação).

23.
FLEXOR, M. H. M. O.. O Brasil no contexto da expansão portuguesa: principais influências na formação da nação brasileira. Feira de santana: digitado, 2002 (minicurso).

24.
FLEXOR, M. H. M. O.. Fontes e fundos de documentos para pesquisa histórica. Casa do Sertão / Feira de Sant: texto digitado, 2002 (texto para estudos).

25.
FLEXOR, M. H. M. O.. A escultura na Bahia. Rio de Janeiro: no prelo, 2002 (Artigo).

26.
FLEXOR, M. H. M. O.. A rede urbana e os festejos centenários da Bahia em 1949. Rio de Janeiro 2002 (Comunicação).

27.
FLEXOR, M. H. M. O.. A Escola de Belas Artes na história. Salvador: digitado, 2001 (Aula inaugural).

28.
FLEXOR, M. H. M. O.. Repovoamento e reurbanização do Brasil no século XVIII. Salvador: texto digitado, 2001 (Comunicação).

29.
FLEXOR, M. H. M. O.. Procissões na Bahia: teatro barroco a céu aberto. Porto / Portugal: texto digitado (no prelo), 2001 (Comunicação).

30.
FLEXOR, M. H. M. O.. Os monumentos comemorativos no espaço urbano de Salvador 2000 (Comunicação).

31.
FLEXOR, M. H. M. O.. Salvador nos postais (titulo provisório). Salvador: Fundação Gregório de Mattos, 1999 (Monografia).

32.
FLEXOR, M. H. M. O.. Artes visuais: questões de pesquisa e metodologia. Salvador: digitada, 1999 (Comunicação).

33.
FLEXOR, M. H. M. O.. Nacionalismo e regionalismo na arte: a redescoberta do Brasil. Salvador: digitada, 1999 (Mesa-redonda: Descobrimento do Brasil).

34.
FLEXOR, M. H. M. O.. Autos da devassa da Conspiração dos Alfaiates. São Paulo: Revista de História, 1999 (Artigo).

35.
FLEXOR, M. H. M. O.; CARITA, R. . Santo Antonio de Arguim, o primeiro padroeiro da Bahia no século XVI. Salvador / Funchal: digitado, 1999 (Artigo).

36.
FLEXOR, M. H. M. O.. Religiosidade, sensualidade e sexualidade: Bahia no século XVIII. digitada, 1998 (Comunicação).

37.
FLEXOR, M. H. M. O.. A rua e a praça no imaginário baiano. Salvador: digitado, 1997 (Relatório).

38.
FLEXOR, M. H. M. O.. O regionalismo na arte moderna brasileira: Bahia. digitada, 1997 (Comunicação).

39.
FLEXOR, M. H. M. O.. 50 anos de arte moderna na bahia. Salvador: digitada, 1997 (Monografia).

40.
FLEXOR, M. H. M. O.. A imagem de Cristo Crucificado na Bahia Setecentista - Boletim do CEIB. Belo Horizonte: CEIB, 1997 (Artigo).

41.
FLEXOR, M. H. M. O.. La rue et la place dans l'imaginaire bahiannais. digitada, 1996 (Palestra).

42.
FLEXOR, M. H. M. O.. A rua: espaço da fé e da arte. Salvador: digitada, 1996 (Comunicação).

43.
FLEXOR, M. H. M. O.. Carnaval brasileiro/Bahia. Salvador: digitada, 1995 (Mesa-redonda).

44.
FLEXOR, M. H. M. O.. O mobiliário civil e religioso na Bahia do século XVIII. Salvador: digitada, 1995 (Mesa-redonda).

45.
FLEXOR, M. H. M. O.. A arte moderna na Bahia. Salvador: digitada, 1995 (Comunicação).

46.
FLEXOR, M. H. M. O.. A imigração e a arte moderna na Bahia. Salvador: digitada, 1995 (Mesa-redonda).

47.
FLEXOR, M. H. M. O.. Arte e violência: meninos de rua e de periferia em projetos de reciclagem de lixo, o trabalho de Marco Aurélio Damasceno. Salvador: digitada, 1994 (Mesa-redonda).

48.
FLEXOR, M. H. M. O.. Padrões de vida, padrões de conforto: o mobiliário baiano. Salvador: digitada, 1993 (Comunicação).

49.
FLEXOR, M. H. M. O.. O ensino da paleografia: uma experiência na Bahia. Salvador: digitada, 1993 (Comunicação).

50.
FLEXOR, M. H. M. O.. Normas técnicas para transcrição e edição de documentos manuscritos; revisão de proposta. Salvador: digitada, 1993 (Comunicação).

51.
FLEXOR, M. H. M. O.. Normas técnicas para transcrição e edição de documentos manuscritos (sugestões). Salvador: datilografado, 1990 (Comunicação).

52.
FLEXOR, M. H. M. O.. Leitura de documentos históricos e sua conservação. Salvador: datilografada, 1990 (Comunicação).

53.
FLEXOR, M. H. M. O.. A iconografia e a religiosidade na Bahia do século XVIII. Salvador: datilografado, 1989 (Comunicação).

54.
FLEXOR, M. H. M. O.. A ociosidade, a vadiagem e a preguiça: recuperação de um capítulo da história do trabalho livre no Brasil. Salvador: datilografado, 1988 (Comunicação).

55.
FLEXOR, M. H. M. O.. Trabalho livre em São Paulo, século XVIII. Salvadir: datilografada, 1984 (Tese).

56.
FLEXOR, M. H. M. O.. Relação de abreviaturas para o Curso Noções de Paleografia e Diplomática aplicadas à Pesquisa Histórica. Salvador: CEAB/Departamento V/Faculdade de Arquitetura/Coordenação Central de Extensão da UFBa, 1975 (Apostila).

57.
FLEXOR, M. H. M. O.. Bartira Desenhos. Salvador: A Artista, 1973 (Crítica de Arte Apresentação Bartira Desenhos 4 a 10 julho 1973).

58.
FLEXOR, M. H. M. O.. Relação de abreviatura/Paleografia. Salvador: Arquivo Municipal do Salvador, 1971 (Apostila).

59.
FLEXOR, M. H. M. O.. O mobiliário baiano, séculos XVIII e XIX. Salvador: datilografada, 1970 (Tese).

60.
FLEXOR, M. H. M. O.. Noções de paleografia. Salvador: Centro de Estudos Baianos, 1970 (Folheto).

61.
FLEXOR, M. H. M. O.. Les façades des églises a Salvador 1968 (Memorial).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultoria ad hoc FAPESP. 2018.

2.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultoria ad hoc FAPESP. 2016.

3.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora ad hoc da FAPESP. 2015.

4.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora ad hoc da FAPESP. 2014.

5.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora ad hoc do Grupo Assessor da Diretoria de Relaçãoes Internacionais da CAPES. 2014.

6.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora ad hoc da FAPESP. 2013.

7.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora ad hoc da FAPESP. 2012.

8.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora ad hoc do Grupo Assessor da Diretoria de Relações Internacionais da CAPES. 2012.

9.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora ad hoc do Grupo Assesor da Diretoria de Relações Internacionais da CAPES. 2011.

10.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora da FAPESP. 2011.

11.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora do Conselho Científico do CHAIA - Centro de História da Arte e Investigação Artística da Universidade de Évora/Portugal. 2011.

12.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora da FAPESP. 2010.

13.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora do Conselho Científico do CHAIA - Centro de História da Arte e Investigação Artística / Universidade de Évora/Portugal. 2010.

14.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora ad hoc da CAPES / Relações Internacionais. 2010.

15.
FLEXOR, M. H. M. O.. Cosultora do Conselho Científico do CHAIA - Centro de Históiria da Arte e Investigação Artística Universidade de Évora/Portugal. 2009.

16.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora da FAPESP. 2009.

17.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora da FAPESP. 2008.

18.
FLEXOR, M. H. M. O.; SILVA, I. R. . Comissão de Avaliação e Acompanhamento Programa PIBIC/FAPESB/UCSal / PIBI/UCSal / PIBIC/CNPq/UCSal. 2007.

19.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Revista eletrônica Ohun do PPG-EBAUFBa. 2007.

20.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora da FAPESP. 2007.

21.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora PAPESP. 2006.

22.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora "ad hoc" da Editora UNIDERP. 2005.

23.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora FAPESP 2005. 2005.

24.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora. 2003.

25.
FLEXOR, M. H. M. O.. Catalogação de pinturas e móveis do MAS. 2003.

26.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora ad hoc da CAPES. 2002.

27.
FLEXOR, M. H. M. O.; ALLII, E. . Jurado na Categoria Fogografia do IX Expocom. 2002.

28.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora ad hoc da CAPES. 2001.

29.
FLEXOR, M. H. M. O.. Conselho Consultivo da revista Risco. 2000.

30.
FLEXOR, M. H. M. O.. Membro do Conselho Consultivo da EDUFBa. 2000.

31.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora ad hoc CAPES. 2000.

32.
FLEXOR, M. H. M. O.; EXECUTIVA, C. ; SENA, C. P. ; SENNA, F. ; GARCEZ, A. ; BORGES, J. . Organização dos Anais do IV Congresso de História da Bahia. 1999.

33.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora ad hoc CAPES. 1999.

34.
FLEXOR, M. H. M. O.. Assessoria Técnica da Fundação Gregório de Mattos. 1998.

35.
FLEXOR, M. H. M. O.. Assessor Técnico de Pesquisa - 1998-2002. 1998.

36.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora ad hoc CAPES. 1998.

37.
FLEXOR, M. H. M. O.. Contribuições para a constituição de um banco de textos e de um banco de dados para o estudo da história do português no Brasil. 1998.

38.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora "ad hoc" da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal. 1997.

39.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora "ad hoc" da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Governo do Estado de Pernambuco. 1997.

40.
FLEXOR, M. H. M. O.. Professora consultora do Departamento de Letras e Artes da UEFS. 1997.

41.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora ad hoc CAPES. 1997.

42.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora Fundação de Amparo à Pesquisa Pernambuco. 1997.

43.
FLEXOR, M. H. M. O.; LEON, F. A. D. P. . Curso Barroco Luso-Brasileiro. 1997.

44.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora da CAPES. 1996.

45.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultoria "ad hoc" do CNPq/área de ciências humanas. 1996.

46.
FLEXOR, M. H. M. O.. Cadastramento de bens móveis e integrados. 1994.

47.
FLEXOR, M. H. M. O.. Consultora "ad hoc" da FAPEX. 1992.

48.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Comitê Assessor do PIC/UFBa/CNPq - áreas IV e V - 1985-1992. 1985.

49.
FLEXOR, M. H. M. O.. Seminário sobre preservação e Valorização do Patrimônio Cultural e Natural da Cidade de São Cristóvão. 1982.

50.
FLEXOR, M. H. M. O.. Comitê Assessor da Comissão do Programa de Iniciação Científica/UFBa 1981-1984. 1981.

51.
FLEXOR, M. H. M. O.. Secretária da Galeria Cañizares da EBA/UFBa. 1974.

52.
FLEXOR, M. H. M. O.. Secretária da Galeria Cañizares da EBA/UFBa. 1973.

53.
FLEXOR, M. H. M. O.. Secretária da Galeria Cañizares da EBA/UFBa. 1972.

54.
FLEXOR, M. H. M. O.; VIDAL, J. W. B. . Assessor Simbolo 6-C da Secretaria Extraordinária de Ciência e Tecnologia. 1969.

Processos ou técnicas
1.
FLEXOR, M. H. M. O.; SANTANA NETO, J. A. ; SILVA, M. C. B. C. E. ; CAMARGO, M. V. N. . Revisão paleográfica da documentação sobre a Revolução de 1798 (Revolução dos Alfaiates). 1997.

Trabalhos técnicos
1.
FLEXOR, M. H. M. O.. Comissão de Seleção de participantes no X Congresso Internacional do CEIB. 2017.

2.
FLEXOR, M. H. M. O.. XIX SEMOC Semana de Mobilização Cientírica. 2016.

3.
FLEXOR, M. H. M. O.. XVIII Semana de Mobilização Científico da UCSal. (História). 2015.

4.
BAIARDI, A. ; ALENCAR, C. M. M. ; FLEXOR, M. H. M. O. ; MACEDO FILHA, J. A. . Conselho Editorial do PPG em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social. 2015.

5.
FLEXOR, M. H. M. O.. XVII SEMOC - Semana de Mobilização científica. 2014.

6.
FLEXOR, M. H. M. O.. XVI Semana de Mobilização Científica - SEMOC. 2013.

7.
FLEXOR, M. H. M. O.. Comissão de Seleção da XV SEMOC. 2012.

8.
FLEXOR, M. H. M. O.; SOUZA, M. . Católica, há 50 anos formando profissionais cidadão (Linha do tempo). 2012.

9.
FLEXOR, M. H. M. O.. Comissão de Seleção da XIV SEMOC. 2011.

10.
FLEXOR, M. H. M. O.. VI Seminário Internacional Dinâmica Territorial e Desenvolvimento Sócioambiental. 2011.

11.
FLEXOR, M. H. M. O.. Membro da Câmara Técnica de Paleografia e Diplomática do CONARQ. 2011.

12.
FLEXOR, M. H. M. O.. Comissão de seleção da XIII SEMOC. 2010.

13.
FLEXOR, M. H. M. O.. Seleção da XII SEMOC - Semana de Mobilização Científica UCSal. 2009.

14.
FLEXOR, M. H. M. O.. Comissão de seleção da XI Semoc. 2008.

15.
FLEXOR, M. H. M. O.. Revisão final do livro sobre Abreviaturas dos manuscritos dos séculos XIV ao XIX. 2008.

16.
FLEXOR, M. H. M. O.. A Família Real na Bahia 1808-2008. 2008.

17.
COELHO, B. ; OLIVEIRA, M. A. R. ; QUITES, M. R. E. ; FLEXOR, M. H. M. O. ; BONNET, M. L. . VI Congresso do CEIB. 2008.

18.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Seleção X SEMOC - Semana de Mobilização Científica. 2007.

19.
FLEXOR, M. H. M. O.. Abreviaturas de manuscritos dos séculos XVI ao XIX (preparação de edição), 2005-2006. 2006.

20.
FLEXOR, M. H. M. O.. Seleção e parecer I Seminário Arte e Cidade. 2006.

21.
FLEXOR, M. H. M. O.. Seleção e parecer 7o Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design - P&D. 2006.

22.
FLEXOR, M. H. M. O.; SILVA, I. R. ; DORNELLES, D. ; ALVA,Juan . Comissão de Avaliação e Acompanhamento Programa PIBIC/FAPESB/UCSal / PIBI/UCSal / PIBIC/CNPq/UCSal. 2006.

23.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . IX SEMOC - Semana de Mobilização Científica, 2006. 2006.

24.
FLEXOR, M. H. M. O.. VIII SEMOC - Semana de Mobilização Científica. 2005.

25.
FLEXOR, M. H. M. O.. Comissão de Avaliação e Acompanhamento Programa PIBIC/FAPESB/UCSal. 2005.

26.
FLEXOR, M. H. M. O.. VII Semoc/Semana de Mobilização Científica. 2004.

27.
FLEXOR, M. H. M. O.. Membro do Comitê Científico do 8o Seminário de História da Cidade e do Urbanismo. 2004.

28.
FLEXOR, M. H. M. O.. Membro da Comissão de Julgamento de projetos de pesquisa da Fundação da Ciência e Tecnologia de Portugal. 2004.

29.
FLEXOR, M. H. M. O.. Preparação da revista Cultura Visual. 2001.

30.
FLEXOR, M. H. M. O.. Organização dos Anais do V Congresso de História da Bahia. 2001.

31.
FLEXOR, M. H. M. O.. Organizações dos Anais do IV Colóquio Luso-brasileiro de História da Arte. 1999.

32.
FLEXOR, M. H. M. O.; CAMARGO, ; SANTANA, João Antônio ; SILVA, Maria Conceição Barbosa da Costa . Autos de Devassa da Conspiração dos Alfaiates / transcrição e preparo de edição. 1998.

33.
FLEXOR, M. H. M. O.. Membro do Conselho Editorial da Revista Cultura Visual. 1998.

34.
FLEXOR, M. H. M. O.. Jovens Artistas da Bahia no Museu de Arte Contemporânea/ USP. 1995.

35.
FLEXOR, M. H. M. O.; CAMARGO, ; e Outros . Projeto de implantação do Mestrado em Artes/UFBA. 1992.

36.
FLEXOR, M. H. M. O.. Comissão Julgadora do Prêmio Pesquisador do Ano-Área de Artes. 1992.

37.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Mestrado em Artes Visuais. 1991.

38.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Inventário do mobiliário baiano. 1986.


Demais tipos de produção técnica
1.
FLEXOR, M. H. M. O.. História da Arte Sacra na Bahia. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
FLEXOR, M. H. M. O.. História da Arte Sacra na Bahia. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
FLEXOR, M. H. M. O.. Paleografia: leitura de documentos e abreviaturas. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
FLEXOR, M. H. M. O.. História da Família no Brasil. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

5.
FLEXOR, M. H. M. O.. Abreviaturas: manuscritos dos séculos XVI ao XIX (revisada e aumentada). 2016. (Editoração/Enciclopédia).

6.
FLEXOR, M. H. M. O.. Minicurso 'Dificuldades de leitura de manuscritos históricos: algumas indicações'. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
FLEXOR, M. H. M. O.. Abreviaturas de manuscritos dos séculos XVI ao XIX no II Seminário da Oficina de Paleografia. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
FLEXOR, M. H. M. O.. Universidade Católica do Salvador 50 anos. Linha do tempo. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Banner).

9.
FLEXOR, M. H. M. O.. História, Teoria e Método. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
FLEXOR, M. H. M. O.; TAVARES, H. M. ; CAMARGO, ; SILVA, I. R. ; SCHWEIZER, P. J. . A antiga indústria da Península de Itapagipe: possibilidades de sua reconversão - Companhia E´mpório Industrial do Norte e Fratelli Vita. 2007. (Relatório de pesquisa).

11.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Leitura de Manuscritos Antigos. 2002. .

12.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mini-curso O Brasil no contexto da expansão portuguesa: principais influências na formação da nação brasileira. 2002. .

13.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mini-curso (para iniciantes) Barroco: a apropriação de um patrimônio. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

14.
FLEXOR, M. H. M. O.. Oficina 'Para fazer leitura e transcrição de documentos dos séculos XVI ao XIX. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

15.
FLEXOR, M. H. M. O.. Palestra A colonização no período pombalino: a fundação de vilas na Bahia. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

16.
FLEXOR, M. H. M. O.. Aula Magna: Artistas baianos. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

17.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso Leitura de manuscritos. 2000. .

18.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso Intensivo 'Leitura de documentação original brasileira do século XVIII'. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

19.
FLEXOR, M. H. M. O.. Ciclo de palestras: Uma visita à História da Arte. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

20.
FLEXOR, M. H. M. O.. A política de repovoamento do Brasil promovida pelo Marquês de Pombal (Conferência). 1999. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

21.
FLEXOR, M. H. M. O.. Análise Documental. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

22.
FLEXOR, M. H. M. O.. Leitura de documentos manuscritos antigos: séculos XVIII e XIX. 1997. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

23.
FLEXOR, M. H. M. O.; SILVA, S. D. T. ; SILVA, A. J. M. ; OLIVEIRA, C. B. ; BATISTA, S. M. . Noções básicas para identificação e leitura de documentos. 1997. .

24.
FLEXOR, M. O. et allii ; FLEXOR, M. H. M. O. . Curso Barroco Luso-Brasileiro (Debatedora). 1995. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

25.
FLEXOR, M. H. M. O.. Paleografia. 1995. .

26.
FLEXOR, M. H. M. O.; CAMARGO, ; MARINHO, R. . Projeto de criação do Mestrado em Artes da EBA/UFBa. 1992. (Coordenação).

27.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Museu da Cidade - FUNCISA - Prefeitura Municipal do Salvador - 1982-1986. 1982. (Conselheira).

28.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso Movimentos Contemporâneos em Artes Plásticas. 1980. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

29.
FLEXOR, M. H. M. O.; ALLII, E. . Transcrição de documentos antigos para fins de publicação. 1979. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

30.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mobiliário brasileiro - nomenclatura específica. 1978. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

31.
FLEXOR, M. H. M. O.. O mobiliário baiano. 1977. .

32.
FLEXOR, M. H. M. O.. O mobiliário baiano dos séculos XVIII e XIX. 1977. .

33.
FLEXOR, M. H. M. O.. O homem e o mobiliário. 1977. .

34.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Concurso Vestibular Unificado - 1971-1976. 1976. (Coordenação).

35.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Pintura: Curso sobre Arte Contemporânea. 1975. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

36.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Seminários de Mobiliário, Ciclo do Café / Curso de História da Arte Brasileira. 1975. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

37.
FLEXOR, M. H. M. O.. Noções de Diplomática e Paleografia aplicadas à pesquisa histórica. 1975. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

38.
FLEXOR, M. H. M. O.. Sociologia da Arte. 1975. (Coordenaçao de Curso de Extensão).

39.
FLEXOR, M. H. M. O.; LUDWIG, S. C. . Curso de História da Arte Moderna. 1974. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

40.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mobiliário Curso de Guia da Cidade em função da História e do Turismo. 1974. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

41.
FLEXOR, M. H. M. O.. História da Arte Contemporânea/1a Seman de Cultura. 1974. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

42.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Tradição e História. 1972. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

43.
FLEXOR, M. H. M. O.. Noções de Paleografia. 1971. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

44.
FLEXOR, M. H. M. O.; ALMEIDA, M. E. G. . Pintura na Bahia. 1971. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

45.
FLEXOR, M. H. M. O.. História da Arte. 1971. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

46.
FLEXOR, M. H. M. O.. Artes na Bahia após a Academia Real de Belas Artes/Curso de Artes na Bahia. 1971. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

47.
FLEXOR, M. H. M. O.. Arte Moderna, Bienais/Curso de Artes na Bahia. 1971. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

48.
FLEXOR, M. H. M. O.; ALMEIDA, M. E. G. . Pintura na Bahia. 1970. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

49.
FLEXOR, M. H. M. O.. História da Arte. 1970. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

50.
FLEXOR, M. H. M. O.. História da Arte. 1970. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

51.
FLEXOR, M. H. M. O.. História da Arte. 1969. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

52.
FLEXOR, M. H. M. O.. História da Arte. 1968. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

53.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Epigrafia e noções de Paleografia. 1967. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

54.
FLEXOR, M. H. M. O.. Noções de Paleografia. 1966. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

55.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso Livre de Iniciação ao Desenho e Pintura. 1964. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

56.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso Livre de História da Arte. 1964. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
FLEXOR, M. H. M. O.. Sem título. 2007. Pintura.

2.
FLEXOR, M. H. M. O.; HERACLITO, A. ; ROMERO, C. ; MACEDO, F. ; CARDOSO, G. ; DAMACENO, M. A. ; MAREPE, M. R. P. . Curadoria Jovens Artistas da Bahia. 1995. Outra.

3.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Pintura III. 1972. Pintura.

4.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Composição IV. 1971. Pintura.

5.
FLEXOR, M. H. M. O.. Composição. 1971. Pintura.

6.
FLEXOR, M. H. M. O.. Composições. 1962. Pintura.

7.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Composição. 1961. Pintura.

8.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . III Exposição Feminina de Pintura. 1961. Pintura.

9.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Composição 1, Composição 2. 1961. Pintura.

Outras produções artísticas/culturais
1.
FLEXOR, M. H. M. O.. Joias em prata. 1973 (Crítica de Arte Apresentação de Iza Guimarães).

2.
FLEXOR, M. H. M. O.. Exposição de printuras. 1973 (Crítica de Arte).

3.
FLEXOR, M. H. M. O.. Bartira. 1973 (Crítica de Arte Apresentação Bartira Desenhos 4 a 10 julho 1973).

Demais trabalhos
1.
FLEXOR, M. H. M. O.. Abreviaturas - manujscritos dos séculos XVI a XIX: gênese da 3a edição (mesa-redonda) Paleografia e Arquivo. 2009 (Conferência) .

2.
FLEXOR, M. H. M. O.. PALEOGRAFIA: noções de leitura de documentos históricos manuscritos. 2009 (Apresentação) .

3.
FLEXOR, M. H. M. O.. Videoconferência: Participação da Cidadania na Elaboração dos Planos Diretores. 2008 (Apresentação) .

4.
FLEXOR, M. H. M. O.; LINS, Eugênio de Ávila ; e Outros . Cadastramento dos Artífices e Artistas (Brasil/Porto) 2005-2007 / CEPESE. 2007 (Assessoria) .

5.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Leitura de Documentos Manuscritos Antigos. 2007 (Curso) .

6.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Cadastramento dos bens móveis e integrados de bens tombados pelo IPHAN - 1994-2006. 2006 (Assessoria) .

7.
FLEXOR, M. H. M. O.. Membro do Museu Pedagógico da UESB. 2006 (Assessoria) .

8.
FLEXOR, M. H. M. O.; ROSA, Mercedes ; PARANHOS, Valdete . Cadastramento de bens móveis do Museu de Arte Sacra da UFBA. 2005 (Assessoria) .

9.
FLEXOR, M. H. M. O.. Leitura e Documentação do Patrimônio Arquitetônico e Urbano (Curso Especialização). 2004 (Assessoria) .

10.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Leitura de Documentos Manuscritos Antigos. 2002 (Assessoria) .

11.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Leitura de Documentos do século XVII aoXIX. 2000 (Assessoria) .

12.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Leitura de Documentos dos século XVIII e XIX / IX Encontro Sergipano de História. 2000 (Assessoria) .

13.
FLEXOR, M. H. M. O.. Portugal/Brasil - Brasil/Portugal: as duas faces de uma realidade artística. 1999 (Comissária) .

14.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso Intensivo de Leitura de Documentação Original Brasileira do século XVIII. 1999 (Assessoria) .

15.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Portugal/Brasil - Brasil-Portugal: as duas faces de uma realidade artística. 1999 (Comissária) .

16.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Leitura de Documentos dos séculos XVIII ao XIX. 1998 (Assessoria) .

17.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de leitura de documentos, tipologia, cadastramento. 1998 (Assessoria) .

18.
FLEXOR, M. H. M. O.. Leitura de documentos manuscritos dos séculos XIV ao XIX. 1997 (Curso) .

19.
FLEXOR, M. H. M. O.. Noções básicas para identificação e leitura de documentos. 1997 (Curso) .

20.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Leitura de documentos manuscritos antigos: séculos XVIII e XIX. 1997 (Curso) .

21.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Análise Documental. 1997 (Curso) .

22.
FLEXOR, M. H. M. O.. Documentação Histórica. 1996 (Assessoria) .

23.
FLEXOR, M. H. M. O.. Metodologia de pesquisa em inventários e testamentos para o estudo do mobiliário baiano dos séculos XVIII e XIX. 1996 (Apresentação) .

24.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Extensão sobre Metodologia do Projeto de Pesquisa. 1996 (Coordenadora) .

25.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Extensão sobre paleografia: leitura dos documentos dos séculos XVI ao XIX. 1996 (Apresentação) .

26.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Extensão: A obra de arte como documento histórico. 1996 (Apresentação) .

27.
FLEXOR, M. H. M. O.. História comparada das sociedades urbanas: política urbana e dimensão cultural das cidades brasileiras e francesas. 1995 (Comissária) .

28.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Curso de Especialização em História Social: Brasil - 1995-1996. 1995 (Professora Visitante) .

29.
FLEXOR, M. H. M. O.. Aula magna Núcleos urbanos planejados do século XVIII. 1994 (Apresentação) .

30.
FLEXOR, M. H. M. O.. A criação de vilas e cidades pombalinas no Brasil no século XVIII, política de povoamento e a colonização açoriana. 1994 (Apresentação) .

31.
FLEXOR, M. H. M. O.. Leitura e interpretação de documentos históricos. 1990 (Assessoria) .

32.
FLEXOR, M. H. M. O.. Paleografia e Diplimática do Ato Notarial. 1989 (Curso de Especialização em Arquivologia) .

33.
FLEXOR, M. H. M. O.; RIBEIRO, I. M. . Contribuições para a constituição de um banco de textos e de um banco de dados para a história do português no Brasil, séculos XVIII ao XX. 1988 (Assessoria) .

34.
FLEXOR, M. H. M. O.. CECRE - Curso de Especialização em Conservação e Restauração de Monumentos e Conuntos Históricos. 1988 (Coordenadora) .

35.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Documentos Afro-Brasileiros. 1988 (Curso) .

36.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso sobre Mobiliário. 1988 (Curso) .

37.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Coordenadora e fundadora do Núcleod e Estudos de História das Artes Plásticas na Bahia - 1986-1987. 1987 (Coordenadora) .

38.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Paleografia. 1987 (Curso) .

39.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Leitura de Documentos no Arquivo do Estado da Bahia. 1987 (Curso de Extensão da UFBA) .

40.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Cultura artística. 1986 (Apresentação) .

41.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Concurso Jovem Pesquisador. 1985 (Assessoria) .

42.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Técnicas de Leitura de Documentos dos séculos XVII, XVIII e XIX. 1985 (Curso) .

43.
FLEXOR, M. H. M. O.. Movimentos contemporâneos nas artes Plasticas. 1980 (3 Palestras) .

44.
FLEXOR, M. H. M. O.. O mobiliário baiano, séculos XVIII e XIX. 1977 (Conferência) .

45.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mobiliário Baiano. 1976 (Conferência) .

46.
FLEXOR, M. H. M. O.. Noções de leitura de documentos. 1975 (Assessoria) .

47.
FLEXOR, M. H. M. O.. Arte Contemporânea: pintura. 1975 (Curso de Extensão) .

48.
FLEXOR, M. H. M. O.. Mobiliário Baiano. 1974 (Conferênica) .

49.
FLEXOR, M. H. M. O.. Bartira Desenhos. 1973 (Apresentação) .

50.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Historia da Arte. 1971 (Curso) .

51.
FLEXOR, M. H. M. O.. Artes na Bahia após a Academia Real de Belas Artes, Arte Moderna na Bahia e Bienais. 1971 (Curso) .

52.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Noções de Paleografia. 1971 (Curso) .

53.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Leitura de Documentação Manuscrita. 1968 (Assessoria) .

54.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Epigrafia e Noções de Paleografia na Divisão de Arquivo da PMS. 1967 (Assessoria) .

55.
FLEXOR, M. H. M. O.. História da Arte Brasileira no Curso de Tradição e História da Bahia. 1967 (Curso) .

56.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Noções de Paleografia para os funcionários do Arquivo Municipal. 1966 (Assessoria) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
LOSE, A. D.; FLEXOR, M. H. M. O.; TELLES, C. M.. Participação em banca de Perla Andrade Peñailillo. Registros de entradas e saídas do Recolhimeto de Nossa Senhora dos Humildes: edição e estudo paleográfico. 2018. Dissertação (Mestrado em Letras e Lingüística) - Universidade Federal da Bahia.

2.
FLEXOR, M. H. M. O.; BAIARDI, A.; SOUZA, A. C. G.; ALTMICKS, A. H.. Participação em banca de Alfons Heinrich Altmicks. Rudimentos de uma epistemologia indígena: território e identidade na pesquisa docente Kaimbé. 2018. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

3.
FLEXOR, M. H. O.; BAIARDI, A.; SOUZA, A. C. G.; FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Alfons Heinrich Altmicks. Rudimentos para uma epistemologia indígena: território e identidade na pesquisa docente Kaimbé. 2018. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

4.
FLEXOR, M. H. M. O.; CARVALHO, S. S.; CLOUX, R. F.. Participação em banca de Tiago Silva Santos. Economia dos setores populares: Engenho Velho da Federação, Salvador/BA. 2017. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

5.
FLEXOR, M. H. M. O.; CARVALHO, S.; MELLO, M. M.. Participação em banca de Valdirene Pereira Melo. Popularização da moda: confecção e comércio de vestuário em Salvador. 2016. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

6.
OLIVEIRA, J. C.; SANTOS, G. M.; FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Genivalda Cândido da Silva. Abordagens e discussões sobre o espaço museal, a patrimonialização e a comunicação cultural no estudo comparativo entre Museu e sala de milagres do Santuário do Bomfim, em Salvador, Bahia. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Museologia) - Universidade Federal da Bahia.

7.
FLEXOR, M. H. M. O.; OLIVEIRA, J. C.; SANTOS, G. M.. Participação em banca de Cid José Cruz. Iconografia sacra e comunicação museológica: a retórica dos retábulos da Capela da Ordem Terceira do Carmo de Cachoeira-Bahia. 2015. Dissertação (Mestrado em Museologia) - Universidade Federal da Bahia.

8.
FLEXOR, M. H. M. O.; VASCONCELOS, P. A.; CASIMIRO, A. P. B.. Participação em banca de Raimundo Pinheiro Venâncio Filho. O sagrado e o profano no sertão da Bahia: a religiosidade em Monte Santo. 2014. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

9.
FLEXOR, M. H. M. O.; ALENCAR, C. M. M.; NASCIMENTO, V.. Participação em banca de Felix Souza Santos. Crise agrícola no Recôncavo Bahiano (1'890-1910): Municipio de São Felipe/BA. 2013. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

10.
FLEXOR, M. H. M. O.; SCHETTINI PEREIRA, Cristina; GARCIA, C. O.. Participação em banca de Edmilson Peralva Pereira. Estudo de caso: impactos do PROUNI no Centro Universitário Estácio/FIB. 2013. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

11.
FLEXOR, M. H. M. O.; ALENCAR, C. M. M.; GARCIA, C. O.. Participação em banca de Nívia Martins Menezes. Programa Bolsa Família em Salinas das Margaridas/BA. 2013. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

12.
PASSOS, E. S.; BARRETO, M. O.; FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Ana Cláudia Joege do Carmo Santos. Formação do caráter no Colégio Militar de Salvador. 2012. Dissertação (Mestrado em Ms Prof, Multidisciplincar em Desenvolvimento Huim) - Centro de Pós-Graduação e Pesquisa Visconde de Cairu.

13.
FLEXOR, M. H. M. O.; CASIMIRO, Ana Palmira B.S.; IVO, Isnara Pereira; SANTANA, João Antônio. Participação em banca de Tulio Henrique Pereira. Pele e sensibilidade: práticas de memória e identidades do negro na literatura (1909-1940. 2011. Dissertação (Mestrado em Memória:Linguagem e Sociedade) - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

14.
ALENCAR, C. M. M.; FLEXOR, M. H. M. O.; GERMANI, Guiomar Inez. Participação em banca de Paulo Rosa Torres. Terra e territorialidade das áreas de fundos de pastos no semiárido da Bahia. 2011. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

15.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Marcello Chamusca Pimentel. Midias Locativas e redes sociais: rede wi fi em Salvador. 2010. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

16.
FLEXOR, M. H. M. O.; SILVA, Sylvio Carlos Bandeira de Melo e; SCHWEIZER, P. J.. Participação em banca de Marcia Maria Carvalhal Britto Pimentel. A territorialidade e a dimensão participativa da ciberdemocracia: o caso do Fórum Social Mundial. 2010. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

17.
FLEXOR, M. H. M. O.; ALENCAR, C. M. M.; TAVARES, H. M.. Participação em banca de Maria Marineide de Sousa. Arranjo Produtivo Local de Confecções da Rua do Uruguai/Itapagipe. 2010. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

18.
SILVA, B.C.N.; SERPA, A.S.P.; FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Letísica Pedreira Diniz Gonçalves. Design sócio-territorial - uma ferramenta de transformação social. 2008. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

19.
FLEXOR, M. H. M. O.; OLIVERA HERNANDEZ, M. Hermínia; SCHWEIZER, P. J.. Participação em banca de Rosana Cruz Marques da Silva. Salvador redesenhada pelo desenvolvimento. 2008. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

20.
FLEXOR, M. H. M. O.; BALTRUSIS, Nelson; OLIVERA HERNANDEZ, M. Hermínia. Participação em banca de Ernesto Pablo da Mata Machado lara Jardim. Impactos da atividade turistica:. 2007. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

21.
FLEXOR, M. H. M. O.; OLIVERA HERNANDEZ, M. Hermínia; Kraychete, E. S.. Participação em banca de Marcos Vicente Ribeiro Soares. Responsabilidade Social e a Comunidade em Rede: a Atuação da CAMMPI e NAI na Península Itapagipana. 2007. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

22.
FLEXOR, M. H. M. O.; GOMES, C. A. C.; SILVA, J. A. S.. Participação em banca de Luciana de Oliveira Müller. Turismo ou desenvolvimento: o que vem primeiro? O caso de Siribinha no municipio do Conde no Litoral Norte da Bahia. 2006. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Urbano) - Universidade Salvador.

23.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Karine Freitas Sousa. Secretariado executivo: uma perspectiva histórica da profissão. 2006. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Urbano) - Universidade Salvador.

24.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Euriclésio Barreto Sodré. Laróiyè: uma poética de Exu em Mário Cravo Neto. 2006. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia.

25.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Nathalia Oliveira Neves. Estratégias de desenvolvimento e seus reflexos na paisagem urbana: o caso da Pituba. 2005. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Urbano) - Universidade Salvador.

26.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros. Participação em banca de Simone Trindade. Penca de balangandãs: um estudo semiótico. 2004. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia.

27.
AVILA, C. N.; FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Simone Trindade. Penca de balangandãs: um estudo semiótico. 2004. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia.

28.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros. Participação em banca de Paulo Roberto Souza Santos. Igreja e Arte, Salvador no século XVIII. 2001. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Fedral do Paraná.

29.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Maria Herminia Olivera Hernandez. Mosteiro de São Bento: propriedades e ocupação do território. 2000. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal da Bahia.

30.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Mônica Pedreira de Souza. Documentos da coleção Santo Amaro relativos a escravos: edição semidiplomática. 2000. Dissertação (Mestrado em Letras e Lingüística) - Universidade Federal da Bahia.

31.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Ana Lucia Silveira Guimarães. Edição diplomática de documentos notariais da Instrução Pública da Bahia;Manuscritos do século XIX. 2000. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Letras e Linguística) - Universidade Federal da Bahia.

32.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Arlete Silva Santos. Edição Diplomático-Interpretativa do Inventário dos Bens de Antônio Gomes de Souza. 1999. Dissertação (Mestrado em Letras e Lingüística) - Universidade Federal da Bahia.

33.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Maria Helena Franca Neves. Do maxixe ao lundu: o teatro público ou Teatro de São João. 1997. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia.

34.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Carmem Barreto Lima. A Divina Pastora: preservaçãoda pintura do teto. 1997. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal da Bahia.

35.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Avanete Pereira Sousa. O poder da câmara: o cotidiano na cidade do Salvador. 1995. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

36.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Célia Maria Barreto Gomes. Do laço ao traço: a mulher artista. 1995. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia.

37.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Malie King Matsuda. As artes plásticas em Salvador: 1968-1986. 1995. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia.

38.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de José Cláudio Alves de Oliveira. Ex-votos da sala de milagres do Santuário de Bom jesus da Lapa: sociedade, religião e arte. 1995. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia.

39.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Vânia Bezerra de Carvalho. Presépio: religião e arte no Recôncavo. 1995. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia.

40.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Livia Romanelli d'Assumpção. Preservação urbana em diamantina: aspectos teóricos e a prática institucional. 1995. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal da Bahia.

41.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Roque Felipe Oliveira Filho. Mentes insanas. 1994. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

42.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Humberto José Fonseca. O poder no período colonial. 1993. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

43.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Eugênio de Ávila Lins. A criação do IPHAN. 1990. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal da Bahia.

44.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Sofia Olszewski Filha. A fotografia e o negro na Bahia. 1985. Dissertação (Mestrado em Ciencias Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

Teses de doutorado
1.
FLEXOR, M. H. M. O.; MOURAD, L. N.; BAIARDI, A.; OLIVEIRA, M. L. S.; SOUZA, J. G.. Participação em banca de Cleber de Souza Couto. Elos da cadeia automotiva em Feira de Santana:história, interferências no espaço urbano e possibilidade de desenvolvimento. 2018. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

2.
FLEXOR, M. H. M. O.; ALENCAR, C. M. M.; VASCONCELOS, P. A.; MARTINS, L. C. A.; PEREIRA, A. S.. Participação em banca de Felix de Souza Santos. "O pão nosso de cada dia": a farinha de mandioca na cidade da Bahia e sua lavoura no Vale do Copioba no Recôncavo Bahiano. 2018. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

3.
FLEXOR, M. H. M. O.; VASCONCELOS, P. A.; ALENCAR, C. M. M.; PEREIRA, A. S.; CAMPOS, M. F. H.. Participação em banca de Raimundo Pinheiro Venâncio Filho. Caatinga e a comida do Sertão na microrregião geográfica e cultural de Euclides da Cunha/BA. 2018. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

4.
FLEXOR, M. H. M. O.; CARVALHO, S. S.; MOURAD, L. N.; LUCENA, S. A.; RIBEIRO, J. C.. Participação em banca de Marcello Raimundo Chamusca Pimentel. Dar voz e ouvir o cidadão; participação popular, rastros digitais e gestão cibernética da cidade. 2017. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

5.
FLEXOR, M. H. M. O.; TEIXEIRA, A. N.; VASCONCELOS, P. A.; RIBEIRO, J. C. S.; LUCENA FILHO, S. A.. Participação em banca de Márcia Maria Carvalhal Britto Pimentel. Ciberterritório: alargamento da dimensão participativa da democracia, novas formas de ativismo político-social e exercício da cidadania. 2017. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

6.
CARVALHO, S. S.; TEIXEIRA, A. N.; FLEXOR, M. H. M. O.; FONSECA, A. A.; PEREIRA, G. C.. Participação em banca de Josemare Pereira dos Santos Pinheiro. Mudanças socioespaciais e tendencias do desenvolvimento no Recôncavo Sul da Bahia/Brasil (1970-2016): o papel de Santo Antônio de Jesus e de Cruz das Almas. 2017. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

7.
DIAS, Pedro; FLEXOR, M. H. M. O.; ARAUJO, A.; ROSAS, Lúcia M.C.; ROCHA, Manuel J. M.. Participação em banca de Edilson Motta. Nas bocas do dragão; fisiognomia da Amazonia seiscentista a partir de representações cartográficas. 2008. Tese (Doutorado em Departamento de Ciências e Técnicas do Patrimônio) - Faculdade de Letras - Universidade do Porto.

8.
FARIA, Miguel F.F.F. de; FLEXOR, M. H. M. O.; FERREIRA-ALVES, N. M.; ROSAS, Lúcia M.C.; ROCHA, Manuel J. M.. Participação em banca de Antônio Wilson Silva de Souza. O desenho no Brasil do século XVIII; ornatos de documentos e figurinos militares. 2008. Tese (Doutorado em Departamento de Ciências e Técnicas do Patrimônio) - Faculdade de Letras - Universidade do Porto.

9.
d"AGOSTINO, Henrique Simões; TOLEDO, Benedito Lima de; MARX, Murilo; FLEXOR, M. H. M. O.; MEGIANI, A.P.T.. Participação em banca de Deusa Maria Rodrigues Boaventura. Urbanização em Goiás no século XVIII. 2007. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação da FAU-USP) - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo.

10.
TAVARES, H. M.; NATAL, Jorge Alves; KLEIMAN, M.; FLEXOR, M. H. M. O.; MESQUITA, W.A.B.. Participação em banca de Adalton de Motta Mendonça. Transformações recentes na economia fluminense: o caso de São Gonçalo/RJ. 2007. Tese (Doutorado em Doutorado PPG - IPPUR/UFRJ) - IPPUR/UFRJ.

11.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros. Participação em banca de Maria de Fátima Hanaque Campos. A pintura religiosa na Bahia, 1790-1850. 2004. Tese (Doutorado em História da Arte) - Universidade do Porto.

12.
ARAUJO, A.; FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Maria de Fatima Hanaque de Campos. A pintura religiosa na Bahia, 1790-1850. 2003. Tese (Doutorado em História da Arte) - Universidade do Porto.

13.
FLEXOR, M. H. M. O.; RIBEIRO, I. M.; rosa Virginia Mattos e Silva; Marilsa Oliveira; Charlotte Galves. Participação em banca de Eliana Sandra Pitombo Teixeira. Era uma vez você. 2002. Tese (Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Federal da Bahia.

14.
ANACLETO, M. R. D. B. T.; FLEXOR, M. H. M. O.; FERREIRA-ALVES, N. M.. Participação em banca de Luiz Alberto Ribeiro Freire. A talha neoclássica na Bahia. 2001. Tese (Doutorado em História da Arte) - Universidade do Porto.

15.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Maria Emilia Sardelich. Augusto Rodrigues, um artista educador no Brasil do século XX. 2001. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal da Bahia.

16.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Eliana Sandra Pitombo. Você no português do Brasil; o grande vilão da História?. 2000. Tese (Doutorado em Instituto de Letras) - Universidade Federal da Bahia.

Qualificações de Doutorado
1.
FLEXOR, M. H. M. O.; ALENCAR, C. M. M.; VASCONCELOS, P. A.; MARTINS, L. C. A.; PEREIRA, A. S.; FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Felix Sousa Santos. "O pão nosso de cada dia": a farinha de mandioca na cidade do Salvador e a lavoura da mandioca no Vale do Copioba, Recôncavo Baiano. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

2.
FLEXOR, M. H. M. O.; BAIARDI, A.; MOURAD, L. N.; SOUZA, J. G.; OLIVEIRA, M. L. S.. Participação em banca de Cleber de Souza Couto. Cadeia automotiva em Feira de Santana: ordenamento, mobilidade urbana e desenvolvimento local. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

3.
FLEXOR, M. H. M. O.; VASCONCELOS, P. A.; ALENCAR, C. M. M.; PEREIRA, A. S.; CAMPOS, M. F. H.. Participação em banca de Raimundo Pinheiro Venâncio Filho. Caatinga e a comida do Sertão: a microrregião geográfica e cultural de Euclides da Cunha/BA. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

4.
FLEXOR, M. H. M. O.; CARVALHO, S. S.; MOURAD, L. N.; LUCENA, S. A.; RIBEIRO, J. C.. Participação em banca de Marcello Raimundo Chamusca Pimentel. Dar voz e ouvir o cidadão: participação popular, rastros digitais e gestão cibernética da cidade. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

5.
FLEXOR, M. H. M. O.; TEIXEIRA, A. N.; VASCONCELOS, P. A.; RIBEIRO, J. C. S.; LUCENA FILHO, S. A.. Participação em banca de Márcia Maria Carvalhal Britto Pimentel. Ciberterritório: alargamento da dimensão participativa da democracia, novas formas de ativismo político-social e exercício de cidadania. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

6.
CARVALHO, S. S.; TEIXEIRA, A. N.; PEREIRA, G. C.; FONSECA, A. A. M.; FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Josemare Pereira dos Santos Pinheiro. Mudanças socioespaciais e tendências da organização e do desenvolvimento no Recôncavo Sul da Bahia (1970-2015). 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador.

7.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Eliana Sandra Pitombo. O pronome você no português do Brasil: o grande vilão da história?. 2000. Exame de qualificação (Doutorando em Letras e Lingüística) - Universidade Federal da Bahia.

8.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Paulo Roberto Silva Santos. Igreja, arte e representação em Salvador no século XVIII. 2000. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal do Paraná.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Luiz Alberto Ribeiro Freire. A talha na arte baiana. 1993. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Cultura e Arte barroca) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ANDRADE, C.L.O.F.; BITENCOURT, Elias; FLEXOR, M. H. M. O.. Participação em banca de Felipe Soares da Silva Belmonte.História em quadrinhos, o Aleijadinho. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Design) - Universidade Salvador.

2.
ANDRADE, C.L.O.F.; FLEXOR, M. H. M. O.; BITENCOURT, Elias. Participação em banca de Caroline Silva Canário e Letícia de Castro Borges.Livro "50 anos de arte moderna na Bahia". 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Design) - Universidade Salvador.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros. Progressão funcional / Luiz Magalhães. 2002. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Concurso público
1.
FLEXOR, M. H. M. O.. Concurso Público de Professor Adjunto. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
FLEXOR, M. H. M. O.; Jornandes jesus Correia; Livia Diana Rocha Magalhães. Progressão funcional. 2002. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

3.
FLEXOR, M. H. M. O.; AVILA, C. N.; BRITES, B.. Concurso Público para Professor Adjunto. 2002. Escola de Belas Artes da UFBa.

4.
FLEXOR, M. H. M. O.. Historia da Arte. 1994. Universidade Federal do Maranhão.

5.
FLEXOR, M. H. M. O.; Wanner, Maria Celeste; RIBEIRO, Robério Marcelo. Professor Auxiliar de Ensino. 1994. Universidade Federal do Maranhão.

6.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros. Concurso para Auxiliar de Ensino do Curso de Museulogia. 1974. Universidade Federal da Bahia.

Avaliação de cursos
1.
FLEXOR, M. H. M. O.. A talha na arte baiana. 1993. Universidade Federal de Ouro Preto.

Outras participações
1.
MENEZES, A. M. F.; SILVA, F. P. S.; NEVES, E. F.; FLEXOR, M. H. M. O.; SANTOS, S. M. M.. Progressão de Carreira no Magistério Superior Profa. Maria de Fátima Hanaque Campos. 2016. Universidade do Estado da Bahia.

2.
VASCONCELOS, P. A.; SILVA, B.C.N.; FLEXOR, M. H. M. O.. Seleção de candidatos ao Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social /2015. 2014. Universidade Católica do Salvador.

3.
PORTELLA, A.; FLEXOR, M. H. M. O.; PERES, M. C. L.. Seleção de candidatos ao Mestrado Profissional em Planejamento Ambiental. 2014. Universidade Católica do Salvador.

4.
ALENCAR, C. M. M.; FLEXOR, M. H. M. O.; CARVALHO, S.. Seleção de candidatos ao doutoramento em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social. 2013. Universidade Católica do Salvador.

5.
Mercuri, Liliana; Fontes, Maria Julieta M. F.; SILVA, Sylvio Carlos Bandeira de Melo e; FLEXOR, M. H. M. O.; Gomes, Wilson da Silva. Processo seletivo para professores do Mestrado Profissional em Planejamento Ambiental. 2011. Universidade Católica do Salvador.

6.
SILVA, M. C. F.; FLEXOR, M. H. M. O.; FARIA, E. S.. Seleção do Mestrado em memória: Linguagem e Sociedade. 2008. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

7.
FLEXOR, M. H. M. O.. A pintura religiosa na Bahia, 1790-1850. 2004. Universidade do Porto.

8.
FLEXOR, M. H. M. O.. Seleção Mestrado em Artes Visuais. 2002.

9.
FLEXOR, M. H. M. O.. Progressão funcional / Maria de Fátima Hanaque Campos. 2002. Universidade Estadual de Feira de Santana.

10.
FLEXOR, M. H. M. O.. Parecer no Processo de Incentivo à Produção Científica de José Carlos Barreto de Santana. 2002. Universidade Estadual de Feira de Santana.

11.
FLEXOR, M. H. M. O.; ALLII, E.. Comissão Julgadora obras baianas para o IV Salão Nacional de Arte Universitária. 1972.

12.
FLEXOR, M. H. M. O.; AZEVEDO, P. O.; LIBERATO, F.. Comissão de Julgamento da Exposição Outubro Arquitetura/Artes71. 1971. Faculdade de Arquitetura da UFBa.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IV Colóquio Regional de História Colonial.O Diretório dos Índios do Grão-Pará e Maranhão: civilização dos Índios da Capitania de Porto Seguro e a ouvidoria de José Xavier Machado Monteiro. 2018. (Outra).

2.
Seminário Questões Contemporâneas.Era uma vez ... uma mata. 2018. (Seminário).

3.
II Simpósio Internacional de Gestão da Comunicação, Cultura e Turismo (SINCULT).Planejamento, Cultura e Memória: o caso da Vila de Abrantes/SSA-BA. 2017. (Simpósio).

4.
I Seminário Nacional de Paleografia.Abreviaturas dos documentos luso-brasileiros: séculos XVI-XX. 2017. (Seminário).

5.
Reunião dos Grupos de Pesquisa em História/Curso de História.Possibilidades de relações entre Graduação e Pós-Graduação. 2017. (Seminário).

6.
V Encontro de Respeito aos Saberes: respeito aos saberes disciplinares no diálogo interdisciplinar entre o rural e o urbano.Perspectivas da História. 2017. (Encontro).

7.
X Congresso Internacional do CEIB - Centro de Estudos da Imaginária Brasileira + Comitê Científico. O Concílio de Trento e as Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia: "programa" da arte e arquitetura na Bahia. 2017. (Congresso).

8.
XXXVII Colóquio do Comité Brasileiro de História da Arte.Diploma de Honra ao Merito pelo conjunto da obra científica no campo da História da Arte Brasileira, especialmente da Arte na Bahia. 2017. (Outra).

9.
1o Congreso Iberoamericano de Historia Urbana: "Ciudades en el /tiempo; Infraestructuras, Territorios, Patrimonio"àtro. O sagrado e o profano na cidade colonial setecentista: dois casos de análise numa perspectiva comparada (com Rubenilson B. Teixeria). 2016. (Congresso).

10.
Congresso UFBA 70 anos. Homenagem aos Professores Eméritos/Representante da UCSal na sessão de Maquete dos Campi da UFBA. 2016. (Congresso).

11.
I Colóquio Arte e Folkcomunicação.Concílio de Trento e as Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia:. 2016. (Outra).

12.
II Seminário Obrigatório do PPG em PTDS.Economia dos setores populares no Engenho Velho da Federação/Salvador´BA. 2016. (Seminário).

13.
I Seminário de Arte Sacra. Mosteiro de São Bento.As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia e o programa da arte barroca na Bahia. 2016. (Seminário).

14.
Seminário: A História da Bahia através do acervo do IGHB.O rico mobiliário do IGHB: um patrimônio a ser preservado. 2016. (Seminário).

15.
Seminário Interno SDN.Grupo de Pesquisa Salvador Mudanças e Permanências. 2016. (Seminário).

16.
VI Encontro Internacional de História Colonial (VI EIHC).Mesa redonda Manuscritos, paleografia e o resgate da História Colonial. 2016. (Encontro).

17.
VI SIRCP del GERE.Concílio de Trento, as Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia e o poder eclesiástico. 2016. (Seminário).

18.
XIX SEMOC.Religiosidade na Bahia do século XVIII. 2016. (Outra).

19.
III Congresso Brasileiro de Paleografia e Diplomática. A Cartilha de Manoel Andrade Figueiredo e a caligrafia dos documentos. 2015. (Congresso).

20.
I Simpósio Internacional de Gestão da Comunicação, Cultura e Turismo.Cultura, História e Turismo: do local ao global. 2015. (Simpósio).

21.
I Simpósio Internacional de Gestão da Comunicação, Cultura e Turismo SINCULT 2015).Dar voz e ouvir o cidadão, gestão urbana competente a partir da inteligência cibernética co-autoria com Marcello Chamusca. 2015. (Simpósio).

22.
IV Encontro Internacional Cidades latino-americanas do século XVI ao XIX.Vilas do século XVIII; plano escrito ou plano desenhado?. 2015. (Encontro).

23.
IX Congresso Internacional do Centro de Estudos da Imaginária Brasileira (CEIB). Cristo Crucificado com sua cruz e calvário. 2015. (Congresso).

24.
VII Seminário Internacional Dinâmica Territorial e Desenvolvimento Socioambiental.Coordenação de Sessão de Debate sobre Filme. 2015. (Seminário).

25.
Cultura e Patrimônio Histórico. Dia do Turismo.Turismo na Bahia e no Brasil. 2014. (Outra).

26.
Mesa A arquitetura da organização arquivística: práticas e e procedimentos: Curso Conersando com a sua História.Práticas e procedimentos em arquivos: visão de pesquisadora. 2014. (Outra).

27.
Seminário Avançado. 2014. (Seminário).

28.
Seminário de lançamento do Catálogo Web do patrimônio arquitetônico da Bahia.Catálogo web do patrimônio arquitetônico da Bahia. 2014. (Seminário).

29.
Seminário de Projeto T 2014.1. 2014. (Seminário).

30.
V Encontro do GT História das Religiões e das Religiosidades: Devoções. Festas e Sociabilidadesci.Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia e o programa barroco. 2014. (Simpósio).

31.
XIV Congresso Internacional de Relações Públicas e Comunicação. Turismo na Bahia e em Salvador: Relações Públicas e Comunicação. 2014. (Congresso).

32.
XVII Semana de Mobilização Científica (SEMOC). 2014. (Outra).

33.
Arte, adorno design e tecnologia no tempo da escravidão.Os ofícios mecânicos e os escravos. 2013. (Seminário).

34.
Atividade de Extensão Curso de História UCSal.O ensino de História na contemporaneidade. 2013. (Outra).

35.
Aula Inaugural do Mestrado Ambiental da UCSal.Era uma vez... uma mata. 2013. (Outra).

36.
Conferência Setorial sobre Patrimônio Cultural. 2013. (Outra).

37.
Curso de Verão Museu de Arte Sacra de São Paulo.Terreiros jesuíticos. 2013. (Outra).

38.
II Oficina de Paleografia da UFMG.Abreviaturas em documentos antigos. 2013. (Oficina).

39.
II Semana de Integração do Curso de História.Avaliação do Filme Desmundo e sua relação com a História do Brasil Colonial. 2013. (Outra).

40.
I Seminário Internacional Patrimônio Sacro.Estudo da escultura setecentista baiana: questões de autoria. 2013. (Seminário).

41.
I Seminário Internacional Patrimônio Sacro.Mobiliário brasileiro dos séculos XVIII e XIX: metodologia de pesquisa. 2013. (Seminário).

42.
IX Seminário de Iniciação Científica da UCSal. 2013. (Seminário).

43.
IX Simpósio de História: Ensino de História; redescobrindo os caminhos da sala de aula.A Licenciatura em História (expositora e coordenadora de mesa). 2013. (Simpósio).

44.
Seminário Arquivos, testemunhos e pobreza no Brasil.Leitura de documentos históricos: grafia e os gramáticos. 2013. (Seminário).

45.
Seminário Normalização do Trabalho Científico. 2013. (Seminário).

46.
XVI SEMOC - Semana de Mobilização Científica.Catálogo WebGeo do Patrimônio Arquitetônico da Bahia. 2013. (Outra).

47.
III Encontro Internacional Cidades Latino-americanos do século XVI ao XIX. 2012. (Encontro).

48.
IV Seminário e Exposição. A urbanização de Salvador em três tempos: Colônia, Império e República.Convento de São Francisco. 2012. (Seminário).

49.
IV Simpósio Internacional sobre Religiosidad, Cultura y Poder.As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia, poder, religiosidade e arte. 2012. (Simpósio).

50.
Seminário Territorio e Desenvolvimento: um tema em debate. 2012. (Seminário).

51.
VII Encontro de Paleografia e Diplomática/V Congresso Brasileiro de Arquivologia.Abreviaturas de documentos luso-brasileiros. 2012. (Encontro).

52.
XV SEMOC - Semana de Mobilização Científica.Península de Itapagipe: Arranjo Produtivo Local de Confecções da Rua do Uruguai. 2012. (Outra).

53.
Colóquio sobre Família nas Ciências Humanas. Mesa redonda no II Congresso Teológico Internacional. História da Família no Brasil. 2011. (Congresso).

54.
I Congresso Brasileiro de Paleografia e Diplomática. Grafia de documentos históricos e gramáticas. 2011. (Congresso).

55.
I Workshop Argentino-Brasileño de Historiografia comparada.Historiografia da arte na Bahia;Brasil: Manuel R. Querino, Marieta Alves, Carlos Ott. 2011. (Outra).

56.
VI Seminário Internacional DinâmicaTerritorial e Desenvolvimento Socioambiental: Desafios Contemporâneos.Era uma vez ... a mata. 2011. (Seminário).

57.
XIV SEMOC.História Cultural. 2011. (Outra).

58.
ArqDoc Salvador 2010.Século XVIII: documentação e história urbana. 2010. (Seminário).

59.
III Simposio Internacional sobre Religiosidad, Cultura y Poder.O Diretório dos Índios do Grão-Pará e Maranhoa, de 1758, e o projeto pombalino. 2010. (Simpósio).

60.
Seminário A urbanizaçãp de Salvador em três tempos: Colônia, Império e República.Salvador e o higienismo: séculos XIX-XX. 2010. (Seminário).

61.
VI Encontro de Paleografia e Diplomática.Abreviaturas de manuscritos dos séculos XVI ao XIX: origens das publicações. 2010. (Encontro).

62.
VII Seminário Territorio e Desenvolvimento. 2010. (Seminário).

63.
XI Seminário de História da Cidade e do Urbanismo.Vilas pombalinas na região amazônica. 2010. (Seminário).

64.
II Seminário do Urbanismo Colonial.Repovoamento e urbanização do Brasil no século XVIII. 2009. (Seminário).

65.
IV Seminário de Estudos Filológicos, Filologia e Estudos de Linguagem O Léxico em questão.Cartilha para educar, fazer o índio aprender, ler e escrever no século XVIII. 2009. (Outra).

66.
VI Congresso do CEIB. As relíquias e os relicários na Bahia. 2009. (Congresso).

67.
VI Seminário Territorio e Desenvolvimento. 2009. (Seminário).

68.
V Seminário de Iniciação Científica da UCSal. 2009. (Seminário).

69.
XII SEMOC.Cidade, História e Patrimônio. 2009. (Outra).

70.
Ciclo de Conferências sobre Planejamento, Desenvolvimento Municipal e Planos Diretores.Participação da Cidadania na Elaboração dos Planos Diretores: patrimônio histórico, cultura, natural, imagerial. 2008. (Outra).

71.
Ciclo de Palestras - Museu de Arte Sacra da UFBA.Imaginaria: aspectos de sua representação. 2008. (Outra).

72.
Colóquio Internacional "As Artes Decorativas e a Expansão Portuguesa - Imaginário e Viagem".Estudos do mobiliário baiano (Brasil): uma outra metodologia. 2008. (Outra).

73.
Escola de Belas Artes da UFBA - 130 anos em histórias, em obras, em processos.Os pioneiros do modernismo baiano e a EBA. 2008. (Seminário).

74.
I Colóquio Nacional de Estudos sobre Arte Brasileira do Século XIX.Do oficial mecânico a operário ou artista: o Liceu de Artes e Ofícios e a Academia de Belas Artes da Bahia. 2008. (Outra).

75.
IV Seminário Território e Desenvolvimento: um tema em debate. 2008. (Seminário).

76.
Paleografia: a Arte de Decifrar.Documentos e histórias que a História não conta. 2008. (Seminário).

77.
Seminário Arte e Cultura Barroca no Universo Luso-Brasileiro.Imagens de vestir e de roca, uma reciração barroca eficiente. 2008. (Seminário).

78.
Seminário Internacional Administrando Imperios: Portugal e Brasil nos séculos XVIII e XIX.A administração do Brasil no período Pombalino. 2008. (Seminário).

79.
V Seminário Nacional Dinâmica Territorial e Desenvolvimento Sócioambiental. 2008. (Seminário).

80.
XI SEMOC - Agenda 21Compromisso com a Vida.Era uma vez ... uma mata. 2008. (Seminário).

81.
Colóquio Internacional: Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia - 300 anos.As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia: devoções e arte. 2007. (Outra).

82.
III Seminário de Iniciação Científica Universidade Católica do Salvador.Presidente da Comissão e Orientadora. 2007. (Seminário).

83.
III Seminário Território e Desenvolvimento: um tema em debate. 2007. (Seminário).

84.
Seminário Luso-Brasileiro: Artistas e Artífices no Norte de Portugal.Os escravos e os ofícios mecânicos. 2007. (Seminário).

85.
SPIA - Seminário Permanente de Integração Acadêmica.Os territórios das aldeias indígenas jesuíticas. 2007. (Seminário).

86.
V Congresso do CEIB - Centro de Estudos da Imaginária Brasileira. O Concilio de Trento: as Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia e a arte religiosa no Brasil. 2007. (Congresso).

87.
Workshop A antiga indústria de Itapagipe: possibilidades de sua reconversão.O antigo prédio do Empório Industrial do Norte e a Vila Operária - Itapagipe. 2007. (Outra).

88.
X SEMOC - Semana de Mobilização Científica.O Empório Industrial do Norte: a Vila Operária, nem utópica, nem visionária. 2007. (Outra).

89.
X SEMOC - Semana de Mobilização Científica.Projeto Itapagipe: projeto de reconversão do patrimônio industrial e outros estudos. 2007. (Outra).

90.
XXVII Colóquio do Comitê Brasileiro de História da Arte.Pedro Ferreira, um escultor desconhecido. 2007. (Outra).

91.
26a Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Históricav.26a Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica. 2006. (Encontro).

92.
Encontro Regional de Estudantes de Design N/Ne.Cultura popular nordestina na Bahia. 2006. (Encontro).

93.
II Seminário de Iniciação Científica Universidade Católica do Salvador.Presidente da Comissão, Orientadora. 2006. (Seminário).

94.
I Seminário Arte e Cidade.A escultura e o espaço urbano de Salvador. 2006. (Seminário).

95.
IX SEMOC - Semana de Mobilização Científica da UCSal.Complexidade histórica das questões raciais na Bahia - Mesa de Pesquisa. 2006. (Outra).

96.
IX SEMOC - Semana de Mobilização Científica da UCSal.Minicurso: Noções de leitura de documentos manuscritos antigos. 2006. (Outra).

97.
Semana Universitária da UNIFACS.Artesanato popular. 2006. (Outra).

98.
Seminário Territorio e Desenvolvimento: um tema em debate. 2006. (Seminário).

99.
Workshop Cidades Luso-Americanas do século XVI ao XIX.Cidades e vilas setecentistas (discussões). 2006. (Oficina).

100.
4o Seminário Nacional Infra-Estrutura, Organização Territorial e Desenvolvimento Local:Território e Desenvolvimento.Planejamento, história e memória. 2005. (Seminário).

101.
Colóquio Internacional O Barroco e interfaces.As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia e o barroco. 2005. (Outra).

102.
Colóquio Internacional O Barroco e Interfaces / Museu Costa Pinto.As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia e o Barroco. 2005. (Outra).

103.
I Seminário de Iniciação Científica Universidade Católica do Salvador.Presidente da Comissão, Orientadora. 2005. (Seminário).

104.
VII Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte.Os oficiais mecânicos na cidade notável de Salvador (séculos XVII-XVIII)VII Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte. 2005. (Outra).

105.
VIII SEMOC - VIII Semana de Mobilização Científica.Salvador: transformações e Permanências / Projeto de Reconversão em Itapagipe. 2005. (Outra).

106.
XXV Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica.Mesa Redonda A historiografia do urbanismo: análise de sua produção. 2005. (Outra).

107.
8o Seminário de História da Cidade e do Urbanismo.Uma memória apagada: Abrantes/Bahia. 2004. (Seminário).

108.
XXIV Colóquio do Comitê Brasileiro de História da Arte.A historiografia da arte baina na contemporaneidade. 2004. (Outra).

109.
XXIV Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa.Era uma vez... a mata. 2004. (Encontro).

110.
Landi e o século XVIII.AmazôniaAs vilas pombalinas. 2003. (Seminário).

111.
VI Colóquio Luso-Brasileiro de História da ArteAs relíquias e os relicários na Bahia.As relíquias e os relicários na Bahia. 2003. (Outra).

112.
XXIII Colóquio do Comitê Brasileiro de História da Arte.XXIII Colóquio do Comitê Brasileiro de História da Arte. 2003. (Outra).

113.
XXIII Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica.XXIII Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica Salvador redesenhada pelo bonde. 2003. (Outra).

114.
I Ciclo de Conferências e Cursos de Estudos Luso-Brasileiros.Fontes e fundos de domentos para pesquisa históricas. 2002. (Outra).

115.
II Colóquio do Museu Pedagógico: Educação, Cultura e patrimônio.História e ação patrimonial. 2002. (Outra).

116.
I Semana Universitária.Monumentos comemorativos no espaço urbano de Salvador. 2002. (Outra).

117.
VII Seminário de História da Cidade e do Urbanismo.As relações entre o Diretório dos Índios do Grão-Pará e Maranhão e o Direito Indiano. 2002. (Seminário).

118.
XXII Colóquio Brasileiro de História da Arte.Historiografia das artes plásticas da Bahia. 2002. (Outra).

119.
XXII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica.A rede urbana e os festejos centenários da Bahia em 1949. 2002. (Outra).

120.
II Congresso Internacional do BarrocoProcissões na Bahia: teatro barroco a céu aberto. Procissões na Bahia: teatro barroco a céu aberto. 2001. (Congresso).

121.
III Congreso Internacional del Baroco Iberoamericano - territorio, arte, espacio y sociedad. Escultura barroca brasileira: questões de autorias. 2001. (Congresso).

122.
I Seminário de Linha de Pesquisa: História da Cidade e do Urbanismo.Repovoamento e reurbanização do Brasil no século XVIII. 2001. (Seminário).

123.
V Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte.Imagens de vestir na Bahia. 2001. (Outra).

124.
V Congresso de História da Bahia. As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia, devoção e arte. 2001. (Congresso).

125.
V Congresso de História da Bahia. Religiosidade baiana no século XVIII: imagens de vestir, imagens de roca. 2001. (Congresso).

126.
V Congresso de História da Bahia/Exposição A Eucaristia e a Cidade. As Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia: Eucaristia e a cidade. 2001. (Congresso).

127.
XXI Colóquio do Comitê Brasileiro de História da Arte.A escultura setecentista na Bahia: revisão de estudos. 2001. (Encontro).

128.
XXI Reunião Anual da SBPH.O Diretório dos Índios do Grão-Pará e Maranhão e o Direito Indiano. 2001. (Outra).

129.
XXI Reunião Anual da SBPH.O Diretório dos Índios do Grão-Pará e Maranhão e o Direito Indiano. 2001. (Outra).

130.
Colóquio de Cabral a D. Pedro I.Santo Antônio de Lisboa ... e da Bahia. 2000. (Outra).

131.
Cursos da Arrábida.A rede urbana brasileira setecentista. A afirmação da vila regular. 2000. (Outra).

132.
IV Congresso Nacional de Linguística e Filologia. Proposta de edição das Atas da Câmara de Salvador. 2000. (Congresso).

133.
IV Encontro de Paleografia e Diplomática / XIII Congresso Brasileiro de Arquivologia. Abreviaturas de documentos luso-brasileiros. 2000. (Congresso).

134.
VI Seminário de História da Cidade e do urbanismo.O ouvidor da comarca também planejava.... 2000. (Seminário).

135.
XX Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica.Os monumentos comemorativos no espaço urbano de Salvador. 2000. (Outra).

136.
Colóquio Internacionao Universo Urbanístico Português 1415-1822.Vilas pombalinas na Bahia no século XVIII. 1999. (Outra).

137.
Colóquio Portugal-Brasil. A Praça na Cidade Portuguesa.A Praça Municipal da Cidade do Salvador da Bahia. 1999. (Outra).

138.
Cooperação CAPES/CONFECUB -Viagens de TrabalhoA mudança do desenho urbano de Salvador: principais agentes no século XIX e princípios do XX.A mudança do desenho urbano de Salvador: principais agentes no século XIX e princípios do XX. 1999. (Outra).

139.
I Colóquio Internacional de História da Arte.Salvador Verde: séculos XIX-XX. 1999. (Outra).

140.
IV Congresso de História da Bahia. Historiografia das artes plásticas da Bahia. 1999. (Congresso).

141.
IV Congresso de História da Bahia. Bahia: criação da rede urbana no século XVIII. 1999. (Congresso).

142.
Seminário Nacional: Perfil da Pesquisa em Artes Visuais.Artes Visuais: questões de pesquisa e metodologia. 1999. (Seminário).

143.
XIX Reunião Anual da SBPH.Os Descobrimentos do Brasil". 1999. (Outra).

144.
XIX Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica.A Praça Municipal de Salvador: formas e funções em seus 450 anos de existência. 1999. (Outra).

145.
Colóquio Internacional Sexualidade, Família e Religião na Colonização do Brasil.Religiosidade, sensualidade e sexualidade: a Bahia no século XVIII. 1998. (Outra).

146.
Colóquio Internacional - Universo Urbanístico Português, 1415-1822. Cidades e vilas pombalinas. 1998. (Congresso).

147.
I Congresso do Centro de Estudos da Imaginária Brasileira CEIB. A escultura na Bahia do século XVIII: autorias e atribuições. 1998. (Congresso).

148.
II Encontro Programa CAPES/CONFECUB.Seabra e a reforma urbana de Salvador. 1998. (Outra).

149.
I Seminário "A importância do Barroco em Cachoeira".A importância do Barroco em Cachoeira. 1998. (Seminário).

150.
V Seminário de História da Cidade e do Urbanismo.As vilas pombalinas no século XVIII, estratégias de povoamento. 1998. (Seminário).

151.
XVIII Reunião Anual da SBPH.Historiografia da arte na Bahia: Manoel R. Querino. 1998. (Outra).

152.
XVIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica.A ociosidade, a vadiageme a preguiça no Brasil do século XVIII. 1998. (Outra).

153.
49 Congreso International de Americanistas. J. J. Seabra e a reforma urbana de Salvador/BA. 1997. (Congresso).

154.
IV Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte.Pombal e o povoamento do Brasil: criação de vilas. 1997. (Outra).

155.
IV Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte.O interior da Igreja de São Francisco da Bahia no século XVIII. 1997. (Outra).

156.
Programa UFBA em Campo / Conhecer Salvador - Programa de Extensão da UFBA.Ações temáticas em vários bairros de Salvador. 1997. (Outra).

157.
Seminário Diáspora Negra; contribuição à arquitetura e à organização do espaço no Brasil.Formação do Território (debatedora). 1997. (Seminário).

158.
Seminário EBA180.Academia Imperial de Belas Artes: !inspiração! da Academia de Belas Artes da Bahia. 1997. (Seminário).

159.
Seminário O Significado da Informação Arquivística para a Pesquisa em Ciências Humanas e Sociais / Departamento de Ciência da Informação e Documentação - UnB.Documentação Histórica. 1997. (Seminário).

160.
XVII Reunião Anual da SBPH.A ociosidade, a vadiagem e a preguiça no século XVIII. 1997. (Outra).

161.
XVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica.Historiografia da arte na Bahia: Manoel R. Querino, Marieta Alves e Carlos Ott. 1997. (Outra).

162.
XX Colóquio do Comitê Brasileiro de História da Arte.O regionalismo na arte moderna brasileira: Bahia. 1997. (Outra).

163.
IV Seminário de História da Cidade e do Urbanismo.Núcleos urbanos criados por Pombal no Brasil do século XVIII. 1996. (Seminário).

164.
Seminaire du Centre de Recherche d'Amérique Latine (École des Hautes Études de l'Amerique Latine).La rue et la place dans l'imaginaire baiannais. 1996. (Seminário).

165.
Seminário EBA 180.Academia Imperial de Belas Artes: "inspiração" da Academia de Belas Artes da Bahia. 1996. (Seminário).

166.
Simpósio Internacional Struggle for Synthesis, The Total Work of Art in the 17th an 18th centuries.Da fé à dança: a procissão como síntese das manifestações artísticas (Bahia/Brasil). 1996. (Simpósio).

167.
XIX Colóquio do Comitê Brasileiro de História da Arte.A rua: espaço da fé e da arte. 1996. (Outra).

168.
XVI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica.As devoções religiosas na Bahia do século XVIII. 1996. (Outra).

169.
XVI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica.Fim de século: a dicionarização da história. 1996. (Outra).

170.
Brasil en Extremadura: Mesa redonda sobre La estética del carnaval brasileño.Carnaval da Bahia. 1995. (Outra).

171.
Curso Barroco Luso-Brasileiro.O mobiliário civil e religioso na Bahia no século XVIII. 1995. (Outra).

172.
I Forum Nacional de Artes Plásticas. 1995. (Outra).

173.
III Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte.O carnaval brasileiro / Bahia. 1995. (Outra).

174.
III Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte.A religiosidade popular e a imaginária no século XVIII. 1995. (Outra).

175.
Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural do Brasil - Responsabilidade de Todos.Inventário nacional de Bens Móveis e Integrados - Bahia / 1o módulo. 1995. (Seminário).

176.
Seminário de Pesquisa nas Artes.A construção final de resultados de pesquisa em arte. 1995. (Seminário).

177.
Simpósio Modernidade, Pintura e Utopia; imigrantes e seus descendentes na construção das visualidades artísticas do século XX - Argentina, Brasil e Chile.A imigração e a arte moderna na Bahia. 1995. (Simpósio).

178.
XVIII Colóquio Anual do Comitê Brasileiro de História da Arte.A arte moderna na Bahia. 1995. (Outra).

179.
XV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica.Cidades e vilas pombalinas no Brasil do século XVIII. 1995. (Outra).

180.
XV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica / Mesa redonda.A contribuição dos cursos de pós-graduação para a ciência histórica no Brasil. 1995. (Outra).

181.
46a Reunião Anual da SBPC.Questões contemporâneas das linguagens artísticas: Arte e violência: meninos de rua e de periferia em projetos de reciclagem de lixo, o trabalho de Marco Aurélio Damasceno. 1994. (Outra).

182.
Colóquio Cultura Portuguesa na Terra de Santa Cruz: controntos, mutações, sobrevivências. Núcleos urbanos planejados do século XVIII e estratégias de civilização. 1994. (Congresso).

183.
I Salão de Arte Moderna MAMB.A modernidade na Bahia, 1944-1994. 1994. (Outra).

184.
Seminário de Metodologia em Arte.Pesquisa e metodologia em arte. 1994. (Seminário).

185.
XIV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica.A rua e a praça no imaginário baiano. 1994. (Outra).

186.
45a Reunião Anual da SBPC.Padrões de vida, padrões de conforto: o mobiliário baiano. 1993. (Outra).

187.
Congresso Internacional da Universidade Federal de Juiz de Fora: Integração Latino-Americana. Mobiliário baiano: questão de nomenclatura. 1993. (Congresso).

188.
I Congresso Brasileiro de História Econõmica e II Congresso Internacional de História das Empresas. Ofícios, manufaturas e Comércio Interno, período Colonial. 1993. (Congresso).

189.
II Encontro Nacional de Normatização Paleográfica e Ensino de Paleografia.Edição de documentos manuscritos: revisão de proposta. 1993. (Encontro).

190.
II Encontro Nacional de Normatização Paleográfica e Ensino de Paleografia.O ensino da paleografia: uma experiência na Bahia. 1993. (Encontro).

191.
Semináio de Pesquisa EstudantilSeleção de bolsistas, acompanhamento de atividades, perfil e papel dos comitês assessores da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (documento básico).Seleção de bolsistas, acompanhamento de atividades, perfil e papel dos comitês assessores da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (documento básico). 1993. (Seminário).

192.
Seminário sobre Metodologia, Pesquisa e Criação Artística.Pesquisa em Arte. 1993. (Seminário).

193.
V Congresso Brasileiro de História da Arte. Núcleos urbanos planejados do século XVIII. 1993. (Congresso).

194.
VI Semana de Cultura y Literatura HispanoamericanaMobiliário: questão de nomenclatura.Mobiliário: questão de nomenclatura. 1993. (Outra).

195.
II Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte.Os oficiais mecânicos (artesãos) de Salvador e São Paulo no período colonial. 1992. (Outra).

196.
6o Seminário de Preservação e Restauração de Documentos: Obra de Arte em Papel / 8o Congresso Brasileiro de Arquivologia.Leitura de documentos históricos e sua conservação6o Seminário de Preservação e Restauração de Documentos: Obra de Arte em Papel / 8o Congresso Brasileiro de Arquivologia. 1990. (Seminário).

197.
I Encontro Nacional de Normatização Paleográfica e Ensino de Paleografia.Normas técnicas para transcrição e edição de documentos manuscritos. 1990. (Encontro).

198.
II Encontro do Norte Nordeste de História da Arte.A iconografia e a religiosidade na Bahia do século XVIII. 1989. (Encontro).

199.
IV Seminário Universitário de Pesquisas de Docentes da UFBa.A iconografia e a religiosidade na Bahia do século XVIII. 1989. (Seminário).

200.
Seminário de Pesquisa Estudantil.Pesquisa estudantil. 1989. (Seminário).

201.
III Seminário de Pesquisa Docente da Faculdade de Arquitetura da UFBa.A ociosidade, a vadiagem e a preguiça: recuperação de um capítulo da história do trabalho livre no Brasil. 1988. (Seminário).

202.
III Seminário Universitário de Pesquisas Docentes da UFBa.O trabalho livre em Salvador - 1828-1920. 1988. (Seminário).

203.
Seminário Dilemas da Modernidade / A Modernidade - expositor Nicolau SevcenkoSeminário Dilemas da Modernidade / A Modernidade - expositor Nicolau Sevcenko.Seminário Dilemas da Modernidade / A Modernidade - expositor Nicolau Sevcenko. 1988. (Seminário).

204.
II Seminário de Pesquisa d eDocentes da UFBA.O trabalho livre em Salvador, 1828-1920. 1987. (Seminário).

205.
1o Encontro da ANPUR - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano.1o Encontro da ANPUR - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional. 1986. (Encontro).

206.
Seminário sobre Teoria e Prática de Arquivos na Bahia.Composição e problemas de conservação do acervo do Arquivo Municipal do Salvador. 1985. (Seminário).

207.
Seminário sobre Preservação e Valorização do Patrimônio Cultural e Natural da Cidade de Cachoeira.Avaliação. 1982. (Seminário).

208.
Seminário sobre Preservação e Valorização do Patrimônio Cultural e Natural da Cidade de São Cristóvão.Avaliação. 1982. (Seminário).

209.
1o Projeto Integrado do Curso de Artes Plásticas - EBA/UFBA.O espaço plástico. 1980. (Outra).

210.
I Encontro de Professores de História da Arquitetura e Teorização.Representante da EBA/UFBA. 1975. (Encontro).

211.
I Encontro de Professores de História da Arquitetura e Teorização.I Encontro de Professores de História da Arquitetura e Teorização. 1975. (Encontro).

212.
Seminários de Mobiliário Brasileiro - Museu da Casa Brasileira.Seminários de Mobiliário Brasileiro. 1975. (Seminário).

213.
Seminários em Arte - Museu de Arte de São Paulo.Mobiliário baiano. 1975. (Seminário).

214.
I Seminário de estudos sobre o Nordeste.A evolução urbana de Cachoeira: sinopse dos estudos até 1973. 1974. (Seminário).

215.
I Seminário de Estudos sobre o Nordeste.Recuperação e conservação do Arquivo Municipal de Cachoeira. 1974. (Seminário).

216.
II Curso de Férias: Estudos Baianos.Mão-de-obra artistica e o processo cultural no período da Independência. 1972. (Outra).

217.
1a Semana de Cultura.História da Arte Contemporânea. 1971. (Outra).

218.
I Curso de Férias em nível de Extensão - Estudos Baianos.Mobiliário baiano. 1971. (Outra).

219.
I Curso de Férias em Nível de Extensão - Estudos Baianos.Arte popular e artesanato na Bahia. 1971. (Outra).

220.
Seminário de Atualização do Departamento Cultural da UFBa.Movimentos moderno de arte a partir de 1960. 1971. (Seminário).

221.
2o Congresso regional sobre Documentação e 9a Reunião da FID/CLA. 1969. (Congresso).

222.
Seminário de Estudos Baianos.Epigrafia como documentação histórica. 1969. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BORGES, E. J. S. ; FLEXOR, M. H. M. O. ; SEVERS, S. M. S. S. . Vi Encontro Internacional de História Colonial (VI EIHC). 2016. (Outro).

2.
FLEXOR, M. H. M. O.; SENA, C. P. . VI CONGRESSO DE HISTÓRIA DA BAHIA: Festa e comida: homenagem aos 120 anos do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB). 2014. (Congresso).

3.
FLEXOR, M. H. M. O.; SCHWEIZER, P. J. ; TAVARES, H. M. ; SILVA, I. R. ; CAMARGO, ; MALUF, R. B. ; FREIRE, L. M. C. ; VARIOS, . Workshop: A antiga indústria de Itapagipe: possibilidades de sua reconversão (29.05.2007). 2007. (Outro).

4.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . V Congresso de História da Bahia. 2001. (Congresso).

5.
FLEXOR, M. H. M. O.; ALLII, E. . Coordenadora do IX Encontro de Paleografia e Diplomática-Reunião do Comitê de Paleografia e Diplomática. 2000. (Outro).

6.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . IV Congresso de História da Bahia. 1999. (Congresso).

7.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . IV Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte. 1997. (Outro).

8.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Coordenadora da Equipe da Bahia no Projeto n. 172/95, Acordo CAPES/COFECUB História comparada das sociedades urbanas, política urbana e dimensão cultural das cidades brasileiras e francesas - 1840-1945. 1995. (Outro).

9.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Extensão: Sociologia da Arte. 1975. (Outro).

10.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Curso de Extensão: O movimento Bauhaus e as influências no desenvolvimento das artes plásticas. 1974. (Outro).

11.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Seminários sobre a obra de Arnold Hauser: História social da literatura e da arte. 1974. (Outro).

12.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . O século XX na arte brasileira. 1974. (Outro).

13.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . III Feira de Arte. 1973. (Outro).

14.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . III Feira de Arte. 1973. (Outro).

15.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . II Feira de Arte. 1972. (Outro).

16.
FLEXOR, M. H. M. O.. Curso de Verão: História da Arte. 1972. (Outro).

17.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Feira de Arte I. 1971. (Outro).

18.
FONSECA, F. ; FLEXOR, M. H. M. O. . Curso de Verão: Arte e Arquitetura. 1971. (Outro).

19.
FLEXOR, M. H. M. O.; e Outros . Comissão Organizadora da Galeria Cañizares, anexa à EBA/UFBA. 1971. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Ricardo Barros Torres. Relação entre o turismo religioso no municipio de Bom Jesus da Lapa. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador. (Orientador).

2.
Alfons Henrich Altmicks. A organização espacial da escola indigena como elemento de construção do imaginário do professor não indigena: o caso dos índios de Banzaé. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador. (Orientador).

3.
Valdirene Pereira Melo. Democratização da moda na periferia de Salvador. Início: 2014. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Cleber de Souza Couto. A cadeia automotiva, em Feira de Santana, desenvolvimento, configuração urbana e centralidade. Início: 2017. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador. (Orientador).

2.
Franklin Rami Cavalcanti Oliveira Regis. Bairro do Comércio em Salvador: do apogeu ao espaço construído vazio. Início: 2016. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador. (Orientador).

3.
Cristina Filgueiras de Araújo. A atuação dos agentes modeladores do espaço no vetor de expansão do Litoral Norte (BA 099), 1975-2015. Início: 2016. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador. (Orientador).

4.
Raimundo Pinheiro Venâncio Filho. A comida no Sertão da Bahia. Início: 2015. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador. (Orientador).

5.
Márcia Maria Carvalhal Britto Pimentel. Redes sociais como fator de alargamento da participação democrática. Início: 2013. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador. (Orientador).

6.
Marcello Raimundo Chamusca Pimentel. Gestão cibernética da cidade: o poder do cidadão-mídia na dinâmica territorial urbana. Início: 2013. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. (Orientador).

7.
Felix Souza Santos. O pão nosso de cada dia: por uma história social da mandioca. Início: 2013. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador. (Orientador).

8.
Robson Santana. Art: ecce ancilla eclesiae-iconografia e símbolos cristãos nas pinturas dos tetos de igrejas da Bahia/Brasil (séculos XVIII e XIX). Início: 2013. Tese (Doutorado em Programa de Doutoramento em História da Arte) - Universidade de Évora. (Coorientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Alfons Heinrich Altmicks. Rudimentos paa uma epistemologia indígena: território e identidade na pesquisa docente Kaimbé. 2018. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

2.
Tiago Silva Santos. Economia dos setores populares: Engenho Velho da Federação, Salvador/Bahia. 2017. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

3.
Alana Lopes Silva. Atuação do Centro Universitário Estácio da Bahia (Estácio/FIB), Campus Fratelli Vita, na Península de Itapagipe, Salvador/BA. 2015. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

4.
Felix Souza Santos. Crise agrícola no Recôncavo Bahiano (1890-1910): Município de São Felipe. 2014. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

5.
Raimundo Pinheiro Venâncio Filho. O sagrado e o profano no sertão da Baha: a religiosidade em Monte Santo. 2014. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

6.
Edmilson Peralva Pereira. Estudo de caso: impactos do PROUNI no Centro Universitário Estácio/FIB. 2013. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

7.
Nívia Martins Menezes. Programa Bolsa Família em Salinasda Margarida/BA: análise dos efeitos nos beneficiários. 2013. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

8.
José Mário de Jesus Uzêda Salves. Bolsa Família em Vera Cruz/Itaparica: Baiacu e Caxa Pregos. 2011. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

9.
Paulo Marcio Santos de Queiroz. Novas perspectivas para a educação ambiental a partir da literatura de cordel. 2011. Dissertação (Mestrado em Planejamento Ambiental) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

10.
Marcello Raimundo Chamusca Pimentel. Midias locativas e redes sociais: a rede wi-fi em Salvador. 2010. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

11.
Maria Marineide de Souza. Arranjo Produtivo Local de Confecções da Rua do Uruguai/Itapagipe. 2010. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

12.
Márcia Maria Carvalhal Britto Pimentel. A territorialidade e a dimensão participativa da ciberdemocracia? o caso do Forum Social Mundial. 2010. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

13.
Tulio Henrique Pereira. O negro na memória através da literatura (provisório). 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Memómia: Linguagem e Sociedade) - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

14.
Maria Marineide de Sousa. Programa Berimbau e o Litoral Norte da Bahia: afinando o instrumento (desistência). 2009. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

15.
José Mario de Jesus Uzêda Sales. Impactos atuais do Programa Bolsa Família na vida financeira das famiílias do Município de Vera Cruz/BA. 2009. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

16.
Leomar Borges dos Santos. O papel da mulher na liderança comunitária: a ação social em um quilombo chamado Associação dos Moradores do Conjjunto de Santa Luzia - Itapagipe. 2008. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

17.
Rosana Cruz Marques da Silva. Redesenhando Salvador pela industrialização. 2008. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

18.
Paulo Marcio Santos de Queiroz. Novas perspectivas para a educação ambiental a partir da literatura de cordel. 2008. Dissertação (Mestrado em Planejamento Ambiental) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

19.
Andrea Santos Albuquerque Melo. Reconversão de antiga fábrica da Península de Itapagipe. 2007. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

20.
Ernesto Pablo da Mata Machado Lara Jardim. Impactos da atividade turística: "o Buraco do Cachorro" (Morro de S. Paulo). 2007. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

21.
Marcos Vicente Ribeiro Soares. Responsabilidade social e a comunidade em rede: uma análise da atuação da CAMMPI e NAI na Península Itapagipana. 2007. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

22.
Sabrina Maggatti Cerqueira. O carnaval e o espaço urbano de Salvador. 2006. Dissertação (Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

23.
Robson Luiz Santana Barbosa. Os Passos da Paixão e os Milagres do Bonfim segundo Franco Velasco. 2005. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

24.
Simone Trindade Vicente da Silva. Referencialidade e representação: um resgate do modo de construção de sentido nas peças de balangandãs a partir da Coleção Museu Carlos Costa Pinto. 2005. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia, . Coorientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

25.
Suzana Alice Silva Pereira. A Pintura Baiana na Transição do Barroco ao Neoclássico. 2005. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

26.
Luiz Ney Todero. De Canudos a Veneza: o Projeto Terra do artista plástico Juraci Dórea. 2003. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

27.
Maria das Graças Dias. Os altares mores das igrejas na Bahia. 2003. Dissertação (Mestrado em Arquitetura) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

28.
Antônio Wilson Silva de Sousa. O desenho na Bahia do século XVIII. 2002. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

29.
Fátima Maria de Oliveira Fontenelle Pessôa. Um olhar para o interior: as residências de Salvador, século XIX. 2002. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

30.
Jealva Ávila Lins Fonseca. Patrimônio imobiliário urbano da Santa Casa de Misericórdia da Bahia nos séculos XVIII-XX. 2002. Dissertação (Mestrado em Arquitetura) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

31.
Roseline Vanessa Santos Oliveira. Vila Velha de Itamaracá/PE: imagens, percursos e memórias. 2002. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

32.
Ana Gomes Cordeiro. Os percursos, os fatos e os lugares: contribuição para a memória urbana do Dois de Julho na Cidade do Salvador. 2002. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

33.
Paulo Roberto de Souza Santos. Igreja e Arte, Salvador no século XVIII. 2001. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Paraná, . Coorientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

34.
Maria Hermínia O. Hernandez. Mosteiro de São Bento, propriedades e ocupação do território. 2000. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal da Bahia, . Coorientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

35.
Maria Helena Franca Neves. Do maxixe ao lundu: o teatro público ou Teatro de São João. 1997. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

36.
Carnem Barreto Lima. A Divina Pastora: preservação da pintura do teto. 1997. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

37.
Avanete Pereira Sousa. A Poder da Câmara: o cotidiano na cidade do Salvador. 1996. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

38.
Célia Maria Barreto Gomes. Do laço ao traço: a mulher artista. 1995. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

39.
José Claudio Alves de Oliveira. Ex-votos da Sala de Milagres do Santuário de Bom Jesus da Lapoa: sociedade, religião e arte. 1995. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

40.
Malie Kung Matsuda. Artes plásticas em Salvador: 1968-01986. 1995. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

41.
Vânia Bezerra de Carvalho. Presépio: religião e arte no Recôncavo. 1995. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

42.
Roque Felipe Oliveira Filho. Mentes insanas. 1994. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

43.
Humberto José da Fonseca. O poder no período colonial. 1993. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, . Coorientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

44.
Eugênio de Ávila Lins. Preservação no Brasil; a formação de uma mentalidade. 1988. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal da Bahia, . Coorientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

Tese de doutorado
1.
Felix de Souza Santos. O Pão nosso de cada dia: a farinha de mandioca na cidade da Bahia e sua lavoura no Vale do Copioba no Recôncavo Baiano. 2018. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

2.
Cleber de Souza Couto. Elos da cadeia automotiva em Feira de Santana: história, interferências no espaço urbano e possibilidade de desenvolvimento. 2018. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

3.
Raimundo Pinheiro Venâncio Filho. Caatinga e a comida do Sertão na microrregião geográfica e cultural de Euclides da Cunha. 2018. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

4.
Marcello Raimundo Chamusca Pimentel. Gestão Cibernética da cidade: o poder do cidadão mídia na dinâmica territorial urbana. 2017. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

5.
Márcia Maria Carvalhal Britto Pimentel. A territorialidade como fator preponderante para o alargamento da dimensão participativa da ciberdemocracia e o exercício da cidadania. 2017. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

6.
Raimundo Pinheiro Venâncio Filho. O clima e a culinária no sertão da Bahia. 2015. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

7.
Felix Souza Santos. O Pão nosso de cada dia: a farinha de mandioca na cidade do Salvador e a lavoura de mandioca no Vale do Copioba, Recôncavo Baiano. 2015. Tese (Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social) - Universidade Católica do Salvador, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

8.
Maria da Ajuda Santos Santana. A cultura fotográfica na Região da Chapada Diamantina, 1845-1930: análise comparativa das práticas nas cidades de Lençois e Andarai. 2009. Tese (Doutorado em História) - Université Paris 8 Vincennes-Saint-Denis, . Coorientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

9.
Maria Herminia Olivera Hernández. A administração dos bens temporais da Arquiabadia de São Sebastião da Bahia. 2005. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

10.
Luis Fernando Rhoden. A fronteira sulina do Brasil na primeira metade do século XIX: traçados urbanos e arquitetura. 2005. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

11.
Maria de Fátima Hanaque de Campos. A pintura religiosa na Bahia, 1750-1790. 2004. Tese (Doutorado em História da Arte) - Universidade do Porto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

12.
Antônio Wilson Silva de Souza. O desenho no Brasil do século XVIII; ornatos de documentos e figurinos militares. 2003. Tese (Doutorado em Departamento de Ciências e Técnicas do Patrimônio) - Faculdade de Letras - Universidade do Porto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

13.
Edilson Motta. Nas bocas do dragão; fisiognomia da Amazónia Seiscentista a partir de representações cartográficas. 2002. Tese (Doutorado em Departamento de Ciências e Técnicas do Patrimônio) - Faculdade de Letras - Universidade do Porto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

14.
Luiz Alberto Ribeiro Freire. A talha neoclássica na Bahia. 2001. Tese (Doutorado em História da Arte) - Universidade do Porto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Fabrício Cidreira Camarota. A gestão de pessoas de turismo na Copa do Mundo de 2014. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Pessoas) - Faculdade da Cidade do Salvador. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

2.
Suzane Tavares de Pinho Pepe. A atividade do escultor Manuel Ignacio da Costa na Cidade do Salvador. 1999. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Latu Sendu de Cultura e Arte Barroca) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

3.
Luiz Alberto Ribeiro Freire. A talha na arte baiana. 1993. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Latu Sendu de Cultura e Arte Barroca) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Walter Cândido do Monte Junior. Movimento social no comércio baiano: greve geral da rede de supermercados Paes Mendonça. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

2.
Iran Souza da Conceição. Obras da rua da Vala entre 1949 e 1955 e os presidentes da Província da Bahia. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

3.
Danilo Jorge Santana Macedo. Uma outra estação: análise da obra da Legião Urbana. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Historia) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

4.
Menelaide Santos Barbosa. Patrimônio arquitetônico, encostas e ações dos bombeiros de Salvador. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Historia) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

5.
Amanda de Jesus Gomes. Posturas municipais: tentativa de normatização de higiene na Cidade do Salvador - 1829-1859. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Historia) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

6.
Flávia Reis de Oliveira. Greve no Polo Petroquímico de Camaçari em 1990: empresa Nitroclor Produtos Quimicos Ltda. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Historia) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

7.
André Paulo Ferreira. O percurso judiciário dos processos da Conspiração dos Alfaiates, Bahia, 1798. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Historia) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

8.
Marília Dourado Barreto. A Cidade Baixa invade o mar... séculos XIX-XX. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História com ênfase em Patrimônio Cultural) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

9.
Rodrigo Lacerda. O design no Carnaval de Salvador. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Design) - Universidade Salvador. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

10.
Frederico Regis de Meneses. Ecodesign: aplicação do bambu. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Design) - Universidade Salvador. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

11.
Martha Mazza. Artesanato: a cerâmica de Maragogipinho. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Educação Artística) - Universidade Salvador. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

Iniciação científica
1.
Lorena dos Santos Lopes. Jusnaturalismo e suas relações com a Lei da Boa Razão. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

2.
Marivaldo Rocha de Souza. Origens da Lei da Boa Razão de 1769. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

3.
Marivaldo Rocha de Souza. Lei da Boa Razão e o programa pombalino. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade Católica do Salvador, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

4.
Valdirene Pereira Melo. Futebol em Salvador: cenário urbano e espaços de sociabilidade (levantamento de notícias de jornais). 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Historia) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

5.
José Henrique Costa Bastos. Clube de Regatas Itapagipe e atividades de futebol. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Historia) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

6.
Renata Brito de Souza. Península de Itapagipe: Clube de Regatas Itapagipe. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

7.
Tiago Rangel dos Anjos. Repovoamento e reurbanização do Brasil no século XVIII. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Historia) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

8.
Matheus de Barros Gomes Ferreira. A antiga indústria de Itapagipe: possibilidade de reconversão. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Historia) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

9.
Renata Brito e Souza. Península de Itapagipe: Clube de Regatas Itapagipe. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

10.
José Henrique Costa Bastos. Clube de Regata Itapagipe e atividades de futebol. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

11.
Filipe Mendes dos Reis. A antiga indústria de Itapagipe possibilidades de sua reconversão. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Historia) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

12.
Tiago Rangel dos Anjos. Repovoamento e reurbanização do Brasil no século XVIII. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Historia) - Universidade Católica do Salvador, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

13.
Matheus de Barros Gomes Ferreira. A antiga industria de Itapagipe: possibilidades de sua reconversão. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Historia) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

14.
José Henrique Costa Bastos. Criação de vilas no século XVIII no Brasil. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Católica do Salvador, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

15.
Filipe Mendes dos Reis. A antiga indústria de Itapagipe: possibilidades de sua reconversão. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Historia) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

16.
Joanan Marques de Mendonça. Aldeamentos indígenas na Capitania do Pará. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Historia) - Universidade Católica do Salvador, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

17.
Iury Alves Rodrigues. Mapeamento das vilas criadas no período pombalino. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade Católica do Salvador, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

18.
Tiago Alves Ferreira. Obra de Juan de Solórzano e o Diretório dos Indios, de 1758 - estudo comparativo. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

19.
Janderson César de Oliveira Teles. Cronologia das vilas pombalinas. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

20.
Iuri Alves Rodrigues. A criação de vilas, povoações e aldeamentos, julgados, arraiais no Brasil do século XVIII. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade Católica do Salvador, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

21.
Tiago Alves Ferreira. Vilas pombalinas e o direito consuetudinário. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade Católica do Salvador, Universidade Católica do Salvador. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

22.
Iury Alves Rodrigues. Viação Ferrea Federal do Leste Brasileiro: estudo histórico e possibilidades de reconversão de multi-uso. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

23.
Ana Catarina Lins de Albuquerque Sent´-Sé Martinelli Braga. A fábrica de chocolates Cladler: sua história. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em História com ênfase em Patrimônio Cultural) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

24.
Francisco Ferreira Mendes Júnior. Cadastramento das vilas criadas no século XVIII. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Historia) - Universidade Católica do Salvador, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

25.
Camila Santos de Jesus. Repovoamento e reurbanização do Brasil no século XVIII. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em História com ênfase em Patrimônio Cultural) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

26.
Gilmara Ferreira de Almeida. Cidades, vilas, freguesias, lugares, aldeias, julgados no Brasil do século XVIII. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Programa de Iniciação Científica Júnior CNPq) - Universidade Católica do Salvador, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

27.
Iury Alves Rodrigues. A antiga indústria de Itapagipe: possibilidades de sua reconversão. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

28.
Ana Catarina Lins de Albuquerque Sento-Sé Martinelli Braga. Luiz Tarquínio e a Vila Operária. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em História com ênfase em Patrimônio Cultural) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

29.
Taiane Oliveira da Silva. A comunicação visual da Feira do Japão/Salvador. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Design) - Universidade Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

30.
Kassya Cerqueira dos Santos. Luiz Tarquinio e a Vila Operária. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

31.
Vilmara dos Santos Silva. Repovoamento e reurbanização no Brasil do século XVIII. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Historia) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

32.
Kassya cerqueira dos Santos. O EPUCS e as transformações urbanas de Sakvadir. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Historia) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

33.
Kassya Cerqueira dos Santos. O EPUCS e as transformações urbanas de Salvador. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Serviço Social) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

34.
Sávio Queiróz Lima. Cronologia de vilas pombalinas. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Historia) - Universidade Católica do Salvador, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

35.
Adinailson U. F. de Oliveira. A ociosidade, a vadiagem e a preguiça. 1990. Iniciação Científica - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

36.
Marcelo Nascimento Cunha. Arte moderna na Bahia. 1989. Iniciação Científica - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

37.
Christiane Maria Freire. Ofícios artísticos. 1989. Iniciação Científica - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

38.
Helder Luiz Belo de Melo. Arte moderna na Bahia. 1989. Iniciação Científica - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

39.
Marlei Serravale. Escultura baiana. 1988. Iniciação Científica - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.

40.
Reinaldo Martins. Oxum e sua origem africana. 1988. Iniciação Científica - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Helena Matue Ochi Flexor.



Inovação



Projetos de pesquisa


Outras informações relevantes


Participação no II Seminário de Avaliação da Pesquisa na UNIFACS - II SEMAPE - 30 de novembro, Hotel Quinta Portuguesa - Lauro de Freitas
Consultora ad hoc da CAPES - 1996-2002/2010-2016
Consultora ad hoc da FAPESP - 2005-2016
Vice-presidente da SBPH - 2002-2005
Componente da Comissão de Acompanhamento do Centro de História da Arte - CHAIA - da Universidade de Évora/Portugal
Componente da Câmara Técnica de Paleografia e Diplomática do Conselho Nacional de Arquivos (CONARQ) Portaria a partir de 14.12. 2011 até o presente
2a vice-presidente do IGHB, biênio 2012-2013
Componente da Comissão Científica da EDUFBa 2013-2015
Consultor do Conselho Editorial da UFBA - 2003/2013-2014
Componente da Comissão Científica do CEIB/MG (Centro de Estudos da Imaginária Brasileira) 2010-2016
Componente da Comissão Científica da SEMOC (Semana de Mobilização Cientírica da UCSal) 2004-2015
Supervisora do Programa PIBIC/UCSAL/FAPESP 2005-2007
Sócia remida do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (1960-2000/2016)
Sócia remida do Comitê Brasiseiro de História da Arte (1990-2016)
Fundadora do Núcleo de Estudos das Artes Plásticas na Bahia, em 1987, na Escola de Belas Artes da UFBa
Componente da Comissão de Organização da Galeria Cañizares, da Escola de Belas Artes da UFBa, (1871-1972) e Feira de Arte (1971-1972)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/10/2018 às 15:44:49