Mara Selaibe

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3547425024876269
  • Última atualização do currículo em 21/10/2017


Psicanalista, membro do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae (S. Paulo/SP desde 1993).Pesquisadora no Diversitas - Núcleo de Estudos das Diversidades, Intolerâncias e Conflitos da FFLCH/USP. Pós doutora pelo Diversitas FFLCH/USP (2015). Doutora em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2001). Mestre em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1987). Principais áreas de atuação: clínica e pesquisa em psicanálise. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mara Selaibe
Nome em citações bibliográficas
SELAIBE, M.


Formação acadêmica/titulação


1997 - 2001
Doutorado em Psicologia (Psicologia Clínica).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: Transpassagens: um estudo diferencial entre sentido e significação na clínica psicanalítica, Ano de obtenção: 2001.
Orientador: Renato Mezan.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: sentido; significação; simbolização; sonho; transferência/contratransferência; pensamento.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Saúde humana e serviços sociais; Educação Superior.
1983 - 1987
Mestrado em Psicologia (Psicologia Social).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: Identidade:Formação e uso - um estudo a partir da produção da subjetividade capitalística e dos processos de singularização,Ano de Obtenção: 1987.
Orientador: Suely Belinha Rolnik.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: identidade; processo de singularização; produção de subjetividade; saúde psíquica.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: esquizoanálise.
Setores de atividade: Educação Superior; Outro.
1978 - 1982
Graduação em Psicologia.
Universidade de Santo Amaro, UNISA, Brasil.


Pós-doutorado


2013 - 2015
Pós-Doutorado.
Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas USP, FFLCH USP, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Tópicos Específicos de Educação / Especialidade: Educação em Periferias Urbanas.


Formação Complementar


1989 - 1992
Curso de Formação em Psicanálise. (Carga horária: 800h).
Instituto Sedes Sapientiae, ------------, Brasil.
1987 - 1989
Formação em Grupo Operativo. (Carga horária: 288h).
Hospital-dia A CASA, NÃO TEM, Brasil.


Atuação Profissional



Consultorio de Psicanálise, CP, Brasil.
Vínculo institucional

1988 - Atual
Vínculo: Psicanalista, Enquadramento Funcional: Profissional liberal, Carga horária: 20


Diversitas - Nucleo de Estudos sobre as Diversidades, as Intolerâncias e o, DIVERSITAS-USP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: pesquisadora, Carga horária: 30
Outras informações
Pesquisa de pós doutoramento sob supervisão do prof° Drº José Antonio Vasconcelos. Pesquisa de pós doutoramento incluída no projeto de pesquisa Fronteiras em Movimento sob coordenação da profª Drª Zilda G. Iokoi, Diversitas/ FFLCH/USP.


Laboratório de Estudos sobre a Intolerância da USP, LEI, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisadora
Outras informações
Desenvolvimento de uma pesquisa teórica na área de psicanálise, linha de pesquisa PSICANÁLISE e INTOLERÂNCIA. Já fram ministrados dois cursos e um novo será ministrado entre 25/10 e 10/12 2010, on line pelo Portal Rumo à Tolerância, sala Psicanálise e Intolerância.


Hospital-dia A CASA, NÃO TEM, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 1996
Vínculo: coordenadora geral, Enquadramento Funcional: coordenação geral

Vínculo institucional

1990 - 1996
Vínculo: coordenadora de grupos, Enquadramento Funcional: coordenadora de grupos

Atividades

1990 - 1996
Ensino,

Disciplinas ministradas
grupo operativo

Universidade São Judas Tadeu, USJT, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - 1989
Vínculo: professora, Enquadramento Funcional: professora de pós-graduação
Outras informações
Tratava-se de módulos bimestrais que integravam vários cursos com duração de dois anos cada e os professores eram chamados, em regime de prestação de serviço, em bimestres alternados.

Atividades

1987 - 1989
Ensino, educação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia da Educação

Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho, FUNDACENTRO, Brasil.
Vínculo institucional

1981 - 1983
Vínculo: , Enquadramento Funcional: ESTAGIARIA DE PSICOLOGIA I

Atividades

04/1981 - 03/1983
Ensino, aperfeiçoamento e treinamento, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
psicologia do trabalho
04/1981 - 03/1983
Estágios , Centro Regional do Distrito Federal, .

Estágio realizado
pesquisa na área de acidentes de trabalho.
04/1981 - 03/1983
Treinamentos ministrados .

Treinamentos ministrados
prevenção de acidentes do trabalho

Faculdades Metropolitanas Unidas, FMU, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - 1987
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 4



Projetos de pesquisa


2005 - 2008
Inolerância/Tolerância e constituição do sujeito psíquico
Descrição: Este projeto integrou o projeto temático Intolerância/ Tolerância: democracia e cidadania do programa Institutos do Milênio - CNPq. Foi feita uma pesquisa teórica a respeito do binômio tolerância/intolerância na constituição do sujeito psíquico. Em termos teóricos a pesquisa está assentada principalmente sobre conceitos engendrados pela psicanálise freudiana e retrabalhados por autores contemporâneos. O desenvolvimento da pesquisa girou em torno do eixo que circunscreve a intolerância como algo decorrente da vida pulsional humana em confronto com o processo civilizatório. Foi estabelecida e desenvolvida a relção entre a intolerância e o narcisismo que busca eliminar tudo que não reconhece como gerado e nascido no próprio eu, por sua vez idealizado no seio da onipotência infantil. Mas não contraditoriamente, a intolerância foi também abordada como um tipo de resposta violenta diante do trauma que sofre a onipotência infantil, cuja dor advém da carência do narcisismo quando entendido como o investimento necessário e positivo na constituição do eu. Uma coisa é o narcisismo alimentado a partir de um fechamento do eu sobre si mesmo. Outra coisa é o narcisismo derivado do investimento que o mundo faz no sujeito por suas criações e elaborações, dotando-o, assim, de sentido. O trabalho voltou-se para a discussão da polarização entre a natureza humana pulsional e o processo civilizatório. As políticas de tolerância dependem do melhor entendimento dessa máxima. A travessia desde o narcisismo paranóico fundante, sempre pronto a se manifestar, até as relações de objetos que implicam nas identificações, depende do atendimento que será oferecido à economia libidinal vida a fora..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de desenvolvimento


1981 - 1983
Causas de acidentes de trabalho
Descrição: Construção e aplicação de um formulário de perguntas dirigido aos trabalhadores que faziam perícia médica e psicológica na FUNDACENTRO. Objetivo de diagnosticar as causas mais freqüêntes dos acidentes mais comuns para auxiliar nas reformulações sobre as regras de prevenção de acidentes do trabalho..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Mara Selaibe - Coordenador.Financiador(es): Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - Remuneração.


Membro de corpo editorial


2012 - 2016
Periódico: Revista Diversitas
2010 - 2010
Periódico: Revista in Tolerancia
2002 - 2008
Periódico: Psyche (São Paulo)
1993 - 2006
Periódico: Percurso. Revista de Psicanálise


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: PSICANÁLISE.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Social.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
1SELAIBE, M.2014 SELAIBE, M.. Desvitimização: trabalho psíquico. Percurso (São Paulo), v. 52, p. 81-88, 2014.

2.
2SELAIBE, M.2012SELAIBE, M.. Diferença sexual e direito às diversidades sexuais. Oralidades (USP), v. 11, p. 73-88, 2012.

3.
3SELAIBE, M.2011SELAIBE, M.. De vítima a testemunha. Oralidades (USP), v. 09, p. 17-27, 2011.

4.
4SELAIBE, M.2011SELAIBE, M.. Sexualidades singulares nem sempre são perversões. Revista IMES. Direito, v. 20, p. 11, 2011.

5.
5SELAIBE, M.2009SELAIBE, M.. Intolerância e relações humanas. Revista do Tribunal Regional do Trabalho da 15. Região, v. 34, p. 131-146, 2009.

6.
6SELAIBE, M.2008 SELAIBE, M.. Enlace libidinal e tolerância. Percurso (São Paulo), v. 40, p. 33-42, 2008.

7.
7SELAIBE, M.2004SELAIBE, M.. Entre o corpo e a palavra. Psychê (São Paulo. Impresso), São Paulo, v. 13, p. 33-41, 2004.

8.
8SELAIBE, M.2001SELAIBE, M.. Sentido e significação. Percurso (São Paulo), São Paulo, v. 27, p. 59-66, 2001.

9.
9SELAIBE, M.1998SELAIBE, M.. Sentido e significação. A propósito de um aspecto identificatório. Boletim de Novidades Pulsional - centro de psicanálise, São Paulo, v. 110, p. 49-55, 1998.

10.
10SELAIBE, M.1988SELAIBE, M.. Identidade: Um Referencial de Orientacao Pessoal Ou Um Conteudo da Consciencia Imaginativa?. Cadernos PUC (São Paulo), São Paulo, v. 33, p. 153-156, 1988.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SELAIBE, M.; CARVALHO, A. (Org.) . Psicanálise entrevista. 1. ed. sao paulo: Estação Liberdade, 2015. v. 02. 751p .

2.
SELAIBE, M.; CARVALHO, A. (Org.) . Psicanálise entrevista. 1ª. ed. Sao Paulo: Estação Liberdade, 2014. v. 02.

3.
SELAIBE, M.. ENSAIO CLÍNICO SOBRE O SENTIDO - pulsões, fantasia e pensamento onírico. 1ª. ed. São Paulo: EDUSP e Casa do Psicólogo, 2003. v. 1. 228p .

Capítulos de livros publicados
1.
SELAIBE, M.. Não matarás. In: Rodrigo Medina Zagni; Andrea Borelli. (Org.). Conflitos armados, massacres e genocídios: constituição e violações do direito à existência na era contemporânea. 1ªed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2013, v. , p. 11-24.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SELAIBE, M.. Psicanálise para quem?. Psicorma - portal, http://www.psicorama.com.br, 22 abr. 2010.

2.
SELAIBE, M.. Intolerância precoce: a fome de zero a seis. Portal Rumo à Tolerância, www.rumoatolerancia.fflch.usp., 01 jan. 2005.

3.
SELAIBE, M.. A prefeitura e a psicanálise. Jornal da Tarde, São Paulo/ SP, p. 2, 23 jan. 2004.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SELAIBE, M.. Raízes da Intolerância. In: Seminário do LEI/USP Fronteiras da Intolerância, 2006, São Paulo. Site Rumo à Tolerância, 2006.

Apresentações de Trabalho
1.
SELAIBE, M.. Psicanálise: desamparo e ilusão na civilização. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SELAIBE, M.. Sublimação: a crise da psicanálise. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
SELAIBE, M.. Intolerância e Sexualidade. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
SELAIBE, M.. Intolerância e Relações Humanas. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
SELAIBE, M.. Raízes da Intolerância. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
SELAIBE, M.. O pensamento de Freud sobre a civilização. são paulo: LEI/USP, 2010 (Resenha).

2.
SELAIBE, M.. Vias e trajetos do Acompanhamento Terapêutico. São Paulo 1992 (resenha).

3.
SELAIBE, M.. O cartógrafo, a antropofagia e a psicanálise. São Paulo 1990 (Resenha).


Demais tipos de produção técnica
1.
SELAIBE, M.; HOMEM, M. L. . O espírito do mal. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
SELAIBE, M.; HOMEM, M. L. . Diferentes tipos de racinalidade. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
SELAIBE, M.; HOMEM, M. L. . Diferentes tipos de racionalidade. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
SELAIBE, M.. As vozes dos músicos da Sinfônica de Heliópolis: processos de identificação em situação de deslocamentos simbólicos. 2015. (Relatório de pesquisa).

5.
SELAIBE, M.; NUNES, S. R. C. . Nas bordas das fronteiras. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
Ilana W. Novinsky ; Luanda Francine Garcia da Costa ; SELAIBE, M. ; de OLIVEIRA, M. F.H. D. ; PEREIRA, M. L. I. E. M. ; GOLDSTAJN, M. H. ; CHINALLI, M. ; FINGER, S. S. ; Carvalho, V. L. M. de ; Susan Markushoer . Educação para a Tolerância: contribuições psicanalíticas. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
NOVINSKY, I. ; SELAIBE, M. ; de OLIVEIRA, M. F.H. D. ; GOLDSTAJN, M. H. ; FINGER, S. S. ; Susan Markushoer ; de CARVALHO . Reflexões Psicanalíticas sobre a Intolerância. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
SELAIBE, M.. Psicologia Clínica. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

9.
SELAIBE, M.. Intolerância/ Tolerância e Sujeito Psíquico. 2009. (Relatório de pesquisa).

10.
Janete Frochtengarten ; SELAIBE, M. ; Solange Maria Oliveira ; Susan Markushoer ; Thiago Porto . Pensando a intolerância:contribuições de uma compreensão psicanalítica. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

11.
Ilana W. Novinsky ; SELAIBE, M. ; de OLIVEIRA, M. F.H. D. ; GOLDSTAJN, M. H. ; CARVALHO, V. L. ; FINGER, S. S. ; Susan Markushoer . Reflexões Psicanalíticas sobre Intolerância. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

12.
SELAIBE, M.. Caminhos da Formação dos Sintomas. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

13.
SELAIBE, M.. Psicologia de Grupo e Instituição: Intervenção e Pesquisa. 1987. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

14.
SELAIBE, M.. Psicologia das Massas e Análise do Eu (Freud). 1985. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SELAIBE, M.; DELOUYA, D.; PASSOS, M. C.. Participação em banca de Alba Maria Aparecida Garcez. A agressividade e o meio ambiente emocional infantil: a contribuição de Donald Winnicott. 2003. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade São Marcos.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IX Congresso Latino americano - Psicanálise, um mundo em transformação: teoria, clínica e cultura. Elas jamais se voltam para mim. 2017. (Congresso).

2.
Entretantos II: 30 anos de Psicanálise e Política.Músicos da Orquestra Sinfônica de Heliópolis em pauta - políticas de desejo na cidade. 2016. (Seminário).

3.
Semana Inaugural do programa de Pós-Graduação Interdisciplinar Humanidades, Direitos e Outras Legitimidades.Historia oral: no movimento das fronteiras disciplinares. 2012. (Outra).

4.
Seminário Internacional NEHO 20 Anos - Historia Oral, Identidade e Compromisso.Conferência do Profº Dr. Boia Efraime Júnior. 2011. (Seminário).

5.
Sensibilidades e reflexões na contemporaneidade: o NEHO no dia internacional das Histórias de Vida.Experiências e Projeções: utilização das histórias de vida na produção do conhecimento. 2011. (Encontro).

6.
Herança e transmissão - trauma e narrativa nos epelhos da cultura. 2010. (Encontro).

7.
Seminário conhecimento, compreensão e memória: experiências em história oral e cine-documentário - 19 anos do NEHO/USP.História Oral e Saúde. 2010. (Seminário).

8.
Colóquio Internacional Tolerância e Direitos Humanos: Diversidade e Paz. 2009. (Congresso).

9.
Evento Comemorativo dos 20 anos do CTA-Henfil.Intolerância e Sexualidade. 2009. (Encontro).

10.
Declaração Universal, Constituição e Direitos Sociais.Intolerância e Relações Humanas. 2008. (Seminário).

11.
I Simpósio Nacional sobre a Intolerância.Comunicações Livres: Pesquisas Psicanalíticas sobre Intolerância. 2006. (Simpósio).

12.
Seminário Interno do LEI - Fronteiras da Intolerância.Fronteiras da Intolerância. 2005. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SELAIBE, M.; DELOUYA, D. ; Janete Frochtengarten ; Nosek, Leopoldo ; França, Maria Inês R. F. ; Renato Mezan ; KATZ, C. S.Chaim Samuel Katz ; MEYER, L. ; CHNAIDERMAN, M. ; Anna Maria Amaral ; Joel Birman ; Liana Pintpo Chaves ; Emílio Rodrigué ; Isaias Melsohn ; Mário Pablo Fuks . Acontecmento estético na clínica psicanalítica. 1996. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
SELAIBE, M.. Psicanálise: desamparo e ilusão na civilização. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
SELAIBE, M.; NUNES, S. R. C. . Nas bordas das fronteiras. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
SELAIBE, M.; HOMEM, M. L. . O espírito do mal. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
SELAIBE, M.; HOMEM, M. L. . Diferentes tipos de racionalidade. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Outras informações relevantes


2005/2006 - Coordenadora do Grupo de Psicanalistas do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae ligados ao CEPI (centro de estudos psicanalíticos sobre a intolerância) vinculado ao LEI (laboratório de estudos sobre a intolerância da USP/SP).

BOLSA MESTRADO CNPq.

BOLSA DOUTORADO FAPESP.

Atividades Editoriais:
Leitura e formulação de pareceres de textos visando publicação nas revistas de psicanálise Psychê e Percurso;

preparação e edição de entrevistas com psicanalistas de renome internacional e importantes psicanalistas brasileiros publicadas na revista Percurso, a saber: Anne Alvarez, Bernard Penot, Chaim S. Katz, Christopher Bollas, Claude Le Guen, Edmond Gilliéron, Isaías Melsohn, Ivone A. Lins, Jean Laplanche, Joyce McDougall, Juan-David Nasio, Ligia Amaral, Marcelo Viñar, Silvia L. Alonso, Otto Kemberg, Paulo César Sandler, Radmila Zygouris, Robert Storolow, Saul Peña, Monique Schneider, Joel Birman; Sérgio Paulo Rouanet; 
preparação e edição de debates entre reconhecidos psicanalistas a propósito de temas de interesse atual, publicados na revista Percurso. A saber: Jurandir Freire Costa, Carlos Augusto Nicéias e Luís Carlos Menezes; Rubia Delorenzo, Reneto Mezan e Oscar Cesarotto; Gregório F. Baremblit, Chaim S. Katz, Maria Rita Kelh e Marilúcia M. Meireles; Emílio Rodriguè e Isaías Melsohn; Anna Maria Amaral e Luiz Carlos Figueiredo; Isabel Marazina, Cristina Kupfer, Isabel Kan e Eduardo Lociser; Issa Fernando S. Mercadante, Eva Wongtschowski, Maria Elisa P. Labaki, Aline C. Gurfinkel; Alfredo Jerusalinsky.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/10/2018 às 8:58:55