Pedro Antonio Oliveira Mangabeira

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6619070478163396
  • Última atualização do currículo em 14/11/2018


PEDRO ANTONIO OLIVEIRA MANGABEIRA CONCLUIU O DOUTORADO EM BOTANICA PELA UNIVERSIDADE PARIS EST CRÉTEIL VAL DE MARNE EM 1999. PROFESSOR PLENO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ. BOLSISTA DE PRODUTIVIDADE DO CNPq. ATUA NA AREA DE BOTÂNICA APLICADA, COM ENFASE EM ANATOMIA VEGETAL E MICROANALISE. EXERCEU A FUNÇÃO DE GERENTE DE PESQUISA (2000-2004), ASSESSOR DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS (2004-2005), COORDENADOR DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BOTÂNICA, PRÓ-REITOR DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO (2007). ATUALMENTE EXERCE O CARGO DE DIRETOR DO CENTRO DE MICROSCOPIA E MICROANÁLISE DA UESC. . MINISTRA A DISCIPLINA ANATOMIA VEGETAL NA GRADUAÇÃO E FITORREMEDIAÇÃO E FUNDAMENTOS DE MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE TRANSMISSÃO E VARREDURA NO PPG EM BOTÂNICA, e GENÉTICA E BIOLOGIA MOLECULAR,SENDO ORIENTADOR DE MESTRADO DO CNPq e FAPESB . CONSULTOR CIENTÍFICO DA FAPESP, FUNDECT E CNPq. DESENVOLVE PROJETOS NA ÁREA DE BOTÂNICA APLICADA COM FINANCIAMENTO PELA FAPESB, FINEP,CAPES e CNPq. EM SEU CURRICULO LATTES OS TERMOS MAIS FREQUENTES NA CONTEXTUALIZAÇÃO DA PRODUÇÃO CIENTIFICA, TECNOLÓGICA E ARTISTICO-CULTURAL SÃO: ANATOMIA VEGETAL, MICROSCOPIA IÔNICA (SIMS), FITORREMEDIAÇÃO, METAIS TÓXICOS, CROMIO, CADMIO, CHUMBO, ECOTOXICOLOGIA, MÉTODOS FISICO-QUIMICOS (ICP-MS, ICP-OES) E MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE TRANSMISSÃO (MET), VARREDURA (MEV) E CONFOCAL. AGRACIADO EM 2013 COM O PRÊMIO DE MELHOR TRABALHO APRESENTADO NA INTERNATIONAL CONFERENCE OF BIOGEOCHEMISTRY OF TRACE ELEMENTS REALIZADO EM ATHENS - GEORGIA USA, QUE ENVOLVEU 400 TRABALHOS DE 51 PAÍSES. RESEARCH GATE: https://www.researchgate.net/profile/Pedro_Mangabeira (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Pedro Antonio Oliveira Mangabeira
Nome em citações bibliográficas
MANGABEIRA, P. A.;Mangabeira, Pedro A. O.;Mangabeira, Pedro A.;Mangabeira, Pedro A.O.;MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA;MANGABEIRA, PA;Mangabeira PAO;Mangabeira P

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual de Santa Cruz, Departamento de Ciências Biológicas.
Campus Soane Nazaré de Andrade - Rod. Jorge Amado, km 16 -
Salobrinho
45650000 - Ilhéus, BA - Brasil
Telefone: (73) 36805105
URL da Homepage: http://www.uesc.br


Formação acadêmica/titulação


1995 - 1999
Doutorado em Botânica.
Université Paris Est-créteil Val de Marne, UPEC, França.
Título: Localisation tissulaire et subcellulaire du chrome par microscopie analytique chez la tomate (Lycopericon esculentum M.), Ano de obtenção: 1999.
Orientador: Pierre Galle.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
1992 - 1994
Mestrado em Biologia (Botânica).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Eficiencia agronomica de dois fosfatos em oxisols da regiao sul da bahia,Ano de Obtenção: 1994.
Orientador: Charles Jose Leondy de Santana.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Fosfatos naturais; Eficiencia agronomica; Fertilizantes.
Setores de atividade: Produção Vegetal.
1985 - 1989
Graduação em Engenharia Agronomica.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
1984 - 1985
Ensino Médio (2º grau).
Escola Média Agropecuária Regional da CEPLAC, EMARC, Brasil.


Pós-doutorado


2005 - 2006
Pós-Doutorado.
Centre Nationale de la Recherche Scientifique, CNRS, França.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Formação Complementar


2015 - 2015
Advances and Applications in Confocal Microscopy. (Carga horária: 16h).
Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais, CNPEM, Brasil.
2013 - 2013
Cryotechniques for Electron Microscopy. (Carga horária: 40h).
Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
2009 - 2009
Microscopia eletrônica de Varredura. (Carga horária: 20h).
Sociedade Brasileira de Microscopia e Microanálise, SBMM, Brasil.
2006 - 2006
Microscopia Eletronica de Transmissao e Varredura. (Carga horária: 30h).
Erasmus University Rotterdam, ERASMUS, Holanda.
2004 - 2004
Comunicacao Cientifica. (Carga horária: 16h).
Centro de Pesquisas do Cacau, CEPEC, Brasil.
2004 - 2004
Microscopia Analitica. (Carga horária: 6h).
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
2003 - 2003
Crioultramicrotomia e Congelamento de células. (Carga horária: 40h).
Universidade Santa Úrsula, USU, Brasil.
2003 - 2003
Microanalysis Using Sims Microscopy. (Carga horária: 80h).
Universidade de Chicago, UC, Estados Unidos.


Atuação Profissional



Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor Científico


Conselho Estadual de Ciencia e Tecnologia, CONCITEC, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Conselheiro, Enquadramento Funcional: Membro Permanente


Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Pleno, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

09/2016 - Atual
Ensino, Genética e Biologia Molecular, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos de microscopia eletrônica de transmissão e varredura
03/2011 - Atual
Ensino, BOTÂNICA, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CIB 615 Seminários
6/2004 - Atual
Ensino, Sistemas Aquáticos Tropicais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estresse e Ambiente
2/2004 - Atual
Direção e administração, Reitoria, Assessoria Técnica.

Cargo ou função
ASSESSOR DE RELACOES INTERNACIONAIS.
1/2004 - Atual
Ensino, Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estresse e Ambiente
10/1991 - Atual
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Anatomia vegetal
Organografia vegetal
8/1991 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Secretaria de Educaçao, Departamento de Ciencias Biologicas.

06/2009 - 12/2009
Ensino, Ciencias Biologicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CIB 055 Morfologia Vegetal
03/2007 - 12/2007
Ensino, Ciencias Biologicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CIB 105 Organografia vegetal
3/2000 - 2/2004
Direção e administração, Reitoria, Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa.

Cargo ou função
GERENCIA DE PESQUISA.
3/2000 - 2/2004
Direção e administração, Secretaria de Educaçao, Departamento de Ciencias Biologicas.

Cargo ou função
COORDENADOR PIBIC/CNPq/UESC.

Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia, FAPESB, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: CONSULTOR, Enquadramento Funcional: CONSULTOR, Carga horária: 0

Atividades

2/2004 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia, .

Cargo ou função
CONSULTOR TECNICO CIENTIFICO.

Service Central d'Analyse - CNRS, SCA/CNRS, França.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Pesquisador Associado, Enquadramento Funcional: Pesquisador Associado (LIA)



Linhas de pesquisa


1.
Anatomia vegetal
2.
Microscopia Eletronica
3.
Anatomia de Plantas da Mata Atlântica


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Estudo dos aspectos morfológicos, ultraestruturais e fisiológicos de plantas lenhosas potencialmente fitorremediadoras de metais tóxicos
Descrição: A Mata Atlântica brasileira é considerada uma área prioritária para a conservação da biodiversidade mundial. "Hotspots", por três principais razões: sua alta riqueza de espécies, seus altos níveis de endemismo e as crescentes ameaças antropogênicas a este bioma limitado e fragmentado. Estudos demonstraram que o sul da Bahia é uma área de elevada Importância biológica devido aos seus altos níveis de riqueza de espécies e seu alto grau de endemismo. Alguns autores considerem essa região com um centro de diversidade para alguns grupos de plantas. Foram encontrados em (0,3 ha) 283 diferentes espécies arbóreas. Ações antrópicas como a mineração, o aumento da industrialização e o uso indiscriminado de fertilizantes estão entre os principais fatores responsáveis pelo aumento no teor de metais tóxicos nos solos, plantas e água. Os metais tóxicos são elementos com peso específico maior que 5 g cm-3 Dessa forma, alguns exercem função relacionada à nutrição mineral das plantas, como, zinco, ferro, cobre e cobalto, sendo relevantes como micronutrientes. Entretanto, em níveis elevados ou substituídos por outros metais, como o chumbo (Pb), o mercúrio e o cádmio, tornam-se perigosos e podem causar efeitos tóxicos ou a morte das plantas. A recuperação de áreas contaminadas, pelas atividades humanas, pode ser feita através de vários métodos, tais como escavação, incineração, extração com solvente e oxidoredução, que são bastante dispendiosos, além da matéria contaminada ser deslocada para o local de tratamento, causando riscos de contaminação secundária. Por isso, em anos recentes passou-se a dar preferência por métodos ue perturbem menos o ambiente e sejam mais econômicos. Dentro deste contexto a biotecnologia surgiu oferecendo como alternativa a fitorremediação. A região sul baiana tem uma megadiversidade apresentando entorno de 283 diferentes espécies arbóreas por 0,3 há que podem ser testadas quanto o seu uso em bioremediação. Nesse projeto pretendemos utilizar técnicas modernas de ultraestrutura celular, químicas e fisiológicas que podem nos apresentar espécies a serem usadas em sítios contaminados. As Plantas possuem mecanismos de adaptação que permitem a interação com metais tóxicos - estabilizando, extraindo, degradando ou volatilizando-os. Plantas com tais potencialidades estão sendo utilizadas em tecnologias limpas de remediação de poluentes ambientais. Entre estes mecanismos, destaca-se a tecnologia da fitorremediação, uma alternativa potencial e economicamente viável, utilizando plantas para remediar solos, lamas, sedimentos, águas subterrâneas, águas superficiais e residuais contaminadas.Escolhemos espécies arbóreas que habitam áreas alagadas e produzem grande biomassa com potencialidade de retirar metais tóxicos dos rios e lagos em grande escala. Nossa equipe já vem trabalhando nesse sentido tendo um excelente desempenho com árvores do sul da Bahia como Inga subnuda, e Calophilum brasiliense, dentre outras..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
DIAGNÓSTICO AMBIENTAL DA BAIA DO PONTAL (ILHÉUS/BA): UMA AVALIAÇÃO DA ÁGUA,
Descrição: A atividade antrópica e o risco de contaminação dos recursos hídricos tem sido uma preocupação para as agências reguladoras, órgãos públicos e privados, os profissionais que atuam na área. Os prejuízos advindos da contaminação de sistemas aquáticos não se restringem aos problemas ambientais, mas também se estendem a prejuízos econômicos e sociais, em particular a saúde das populações. A região sul da Bahia tem como principais municípios Ilhéus e Itabuna, comportando cerca de 380 mil habitantes, e possui como principais rios o Cachoeira e o Almada, que são utilizados para abastecimento de água destes dois municípios. Estes rios recebem efluentes domésticos e industriais das cidades de Ilhéus e de Itabuna, com e sem tratamento prévio,sendo o destino final a Baia do Pontal em Ilhéus. Dentro desse contexto o objetivo deste estudo é realizar um diagnóstico ambiental da Baía do Pontal (Ilhéus/BA) através da avaliação espaço temporal dos macro e micro elementos metálicos dissolvidos na coluna dágua, no sedimento e no pescado e dos nutrientes dissolvidos. Entre os resultados previstos destacam-se: formação de pessoal qualificado em nível de graduação e pós-graduação, estabelecimento de métodos analíticos aplicados à prestação de serviços na região, publicação de artigos científicos e comunicações em congressos nacionais e internacionais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2013
Estudo do efeito do cobre na nutrição, morfoanatomia e ultraestrutura dos órgãos vegetativos em Inga subnuda subsp. luschnathiana (Benth.) T. D. Penn
Descrição: O cobre (Cu), quando presente em altas concentrações na água ou no solo, é tóxico para as plantas, o que limita o crescimento vegetal. O excesso de Cu causa alterações morfológicas, fisiológicas e ultraestruturais, além de desequilibrar a absorção e translocação de nutrientes minerais nas plantas. A espécie Inga subnuda subsp. Luschnathiana é encontrada em solos ricos em cobre na região cacaueira, devido aos fungicidas cúpricos utilizados por muito tempo no controle da vassoura-de-bruxa do cacaueiro que proporcionou aumentos significativos no teor de cobre no solo. Entretanto informações científicas relativas à concentração e toxidez do Cu na espécie são desconhecidas. O presente trabalho teve como objetivos principais avaliar as alterações anatômicas e ultraestruturais em nível tissular e celular, respectivamente, em folhas e raízes e quantificar o teor de macro e micronutrientes minerais em raízes, caules e folhas em plantas jovens de I. luschnathiana. Análises anatômicas do mesofilo foliar demonstraram efeitos significativos das doses de Cu sobre a espessura da epiderme nas faces abaxial e adaxial; do mesofilo, do parênquima paliçádico e na área do espaço intercelular do parênquima lacunoso. Na raiz houve destruição da epiderme, diminuição do espaço intercelular e modificações no formato das células iniciais do córtex externo na maior dose de Cu. Verificou-se que o incremento de Cu na solução nutritiva promoveu alterações em nível ultraestrutural nas células do mesofilo foliar como desorganização das membranas tilacóides, rompimento das membranas interna e externa do cloroplasto, alterações nos mitocôndrios e deposição de material eletrodenso no vacúolo das células parenquimáticas e nas paredes celulares. Os grãos de amido desapareceram gradativamente com o aumento das concentrações de Cu em solução nutritiva, entretanto houve um aumento no número dos plastoglóbulos. Já na raiz alterações foram observadas, como material eletrodenso dentro do vacúolo da célula epi.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Coordenador / Tielle Abreu de Freitas - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia - Bolsa.
2011 - Atual
Ampliação do Centro de Microscopia Eletrônica da UESC
Descrição: Este subprojeto aprovado na FINEP - FAPESB - Chamada Pública ABRUEM, no valor de R$ 1.000.000,0, o qual sou Coordenador, tem por objetivo geral a obtenção de equipamentos multiusuários, visando o fortalecimento da infra-estrutura de pesquisa do Centro de Microscopia Eletrônica (CME) da UESC. O CME fornecerá aos Programas de Pós-Graduação os equipamentos necessários à criação e consolidação de linhas de pesquisa, ampliando qualitativa e quantitativamente a geração de resultados experimentais. Sua execução propiciará o fortalecimento da base de pesquisa científica, tecnológica e de inovação existente na Universidade com reflexos no cenário científico regional, nacional e internacional. O Centro de Microscopia Eletrônica (CME) disponibilizará os equipamentos de forma organizada, racional e democrática a instituições de ensino e pesquisa e a empresas, caracterizando o seu caráter multiusuário e multidisciplinar. Sendo um dos poucos Centros de Microscopia do norte-nordeste e centro-oeste do Brasil, como se pode verificar no sitio da Sociedade Brasileira de Microscopia e Microanálise (SBMM) http://www.sbmm.org.br/regionais.ph.,) A modernização do CME será muito importante para o desenvolvimento da microscopia na Bahia e no nordeste. A implantação deste subprojeto possibilitará a ampliação da interação Universidade-Empresa, assim como possibilitará a expansão das pesquisas multidisciplinares nos Programas de Pós-Graduação da UESC. Nesse subprojeto os equipamentos requeridos: Microscópio Eletrônico de Varredura (MEV) e Microscopio Confocal, atenderão, principalmente, as demandas dos grupos de pesquisa vinculados ao Programa recém-implantado em Ciência, Inovação e Modelagem em Materiais (Conceito 3 CAPES) e aos Programas emergentes como: Biologia e Microbiologia de Microorganismos (Conceito 3 CAPES), Zoologia (Conceito 3 CAPES), Ecologia e Conservação da Biodiversidade (Conceito 4 CAPES) e ao Programa à nível de mestrado e doutorado acadêmico em Genética e Biologia Mo.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Coordenador / Fabio Pinto Gomes - Integrante / Delmira da Costa Silva - Integrante / Jose Luiz Bezerra - Integrante / Eduardo Gross - Integrante / Larissa Bomfim Costa - Integrante / Ronan Xavier Correa - Integrante / Franco Dani Rico Amado - Integrante / Cristina Pungartinik - Integrante / Jacques Delabie - Integrante / Fabienne Florence Lucienne Michelli - Integrante / Martin Brendel - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
2009 - Atual
Estudo da biodiversidade vegetal de remanescentes florestais do estado do Rio de Janeiro e Bahia com especial ênfase a família Rubiaceae: Análise estrutural e ecofisiológica.
Descrição: O objetivo geral deste projeto é utilizar-se de um estudo estrutural comparado para auxiliar na obtenção de resultados, que possam ser utilizados na compreensão e estabelecimento de novas informações taxonômicas e ecológicas para as espécies estudadas da Floresta Atlântica, podendo fornecer bases firmes para estudos filogenéticos e de estratégias ecológicas de desenvolvimento e sobrevivência. Embora bem delimitada como família, as Rubiaceae têm sofrido algumas alterações na sua classificação no nível de subfamílias e tribos. Essas alterações podem ser detectadas através de observações anatômicas e ultraestruturais nos diversos órgãos do vegetal aliadas a caracterização de macromoléculas. Durante os últimos anos, nosso grupo vem caracterizando espécies pertencentes aos vários gêneros desta família. Esses estudos têm sido realizados em anatomia foliar, do lenho, em estruturas secretoras e na biologia reprodutiva de algumas espécies, sendo de grande importância para ampliar o conhecimento sobre as Rubiaceae dos remanescestes de Floresta Atlântica no Rio de Janeiro, além de gerar uma fonte de dados para a sistemática da família. Como exemplo, podemos citar estudos anatômicos da folha de espécies do gênero Simira e Bathysa da Floresta Atlântica do Estado do Rio de Janeiro (Moraes, 2005, Moraes et. al., 2009). Outro exemplo de estudos em espécies de Rubiaceae pelo nosso grupo têm sido estruturas envolvidas no mecanismo de defesa de plantas, com especial ênfase nos coléteres, que são estruturas secretoras comum em espécies dessa família. O ambiente encontrado em regiões de Floresta Atlântica é bastante úmido, sendo propício para o desenvolvimento de diversos microrganismos, patógenos ou não, sendo assim faz-se necessária à adaptação das plantas através de mecanismos de defesa. Os coléteres estipulares de gêneros da família Rubiaceae vem sendo estudados pelo nosso grupo também quanto a sua importância para a taxonomia e aspectos anatômicos e ultraestruturais e da biologia d.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Integrante / Maura da Cunha - Coordenador / Cecilia Gonçalves Costa - Integrante / Sebastião José da Silva Neto - Integrante / Valdirene Moreira Gomes - Integrante / Flávio Costa Miguens - Integrante / Cátia Henriques Callado - Integrante / Claudia Franca Barros - Integrante / Tarsila Maria da Silva Moraes - Integrante / Denise Espellet Klein - Integrante / Helena Regina Pinto Lima - Integrante / Angela Pierre Vitória - Integrante / Guilherme Rodrigues Rabelo - Integrante / Emilio de Castro Miguel - Integrante / Camila Ribeiro Alexandrino - Integrante / Glaziele Campbell da Silva - Integrante / Marcos Vinicios Almeida da Silva - Integrante / Maria Isabel Titonelli Pacheco - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2009 - Atual
Estudo das potencialidades fitorremediadoras de urânio de espécies vegetais nativas do município de Caetité- Ba
Descrição: No Estado da Bahia, as reservas de urânio estão localizadas entre os municípios de Caetité e Lagoa Real, na microrregião econômica de Guanambi, na Serra Geral, integrando as Bacias Hidrográficas do Rio de Contas e do Rio São Francisco (GOMIERO, 2009). Os municípios de Caetité e seus vizinhos abrangem o que se conhece como província uranífera de Caetité, o que significa que o urânio encontra-se disseminado nessa região, há mais de 500 milhões de anos e que ele ocorre sob diversas formas, dimensões e profundidades. As plantas possuem um padrão definido para o seu desenvolvimento, algumas com potencial para conviver de forma equilibrada com os metais disponíveis nos meio, por possuírem em sua estrutura mecanismos e condições fisiológicas especiais. Em geral plantas que permanecem expostas ou que recebem altas concentrações de substâncias químicas, freqüentemente desenvolvem sintomas visíveis e algumas vezes característicos. Em alguns casos, a análise das alterações anatômicas e ultraestruturais de raízes, caules e folhas, expostas ao agente poluidor, são mais úteis para a identificação do inicio do declínio da planta do que possibilita a simples observação da aparência e da morfologia externa. Neste contexto, destaca-se a fitorremediação, uma tecnologia já há muito utilizada em países desenvolvidos, que faz uso dos sistemas vegetais como agente na remoção de contaminantes do ambiente ou torna-os inofensivos, a fim de remediar água e solos contaminados por poluentes de origem orgânica (hidrocarbonetos, pesticidas, compostos clorados, nitrogenados e explosivos) e inorgânica (metais e elementos radioativos). Entretanto, a tecnologia da fitorremediação tem sido historicamente prejudicada pela falta de compreensão dos mecanismos de transporte e tolerância a estes agentes contaminantes. Dessa forma, considerando-se a inexistência de estudos sobre o comportamento das espécies vegetais nativas que se desenvolvem na região rica em urânio, na cidade de Caetité, além de se de.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Integrante / Delmira da Costa Silva - Coordenador / Alex Alan Furtado de Almeida - Integrante / Maria Célia Santana Aguiar Ribeiro - Integrante / Fermin de la Caridad Garcia Velasco - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia - Bolsa.
2008 - Atual
Compartimentalização e alterações ultraestruturais em macrófitas aquáticas do rio Cachoeira
Descrição: Elevadas concentrações de metais pesados, podem levar a sintomas de toxicidade e de inibição do crescimento de muitas plantas. Os sintomas de toxicidade visto na presença de quantidades excessiva de metais pesados pode ser devido uma extensa interação em nível celular/molecular. A pesquisa esta sendo direcionada principalmente ao estudo de plantas bioacumuladoras e bioindicadoras de metais pesados ao longo da bacia hidrográfica do rio cachoeira, visando reduzir os níveis de concentração de metais ao longo da bacia. A poluição em cobre é devida a utilização desordenada de fungicidas no tratamento das doenças do cacau (Theobroma cacao), conhecidas como "Vassoura de Bruxa" (Crinipellis perniciosa) e "Podridão Parda" (Phytophthora sp.). A poluição em cromio é conseqüência dos inúmeros curtumes clandestinos existentes em vários pontos às margens desses rios. Metais pesados podem acumular em grandes quantidades nos tecidos vegetais, com efeitos fitotóxicos não visíveis, mas que excede a tolerância animal e humana. Quando esses metais entram na cadeia alimentar e são consumidos por humanos, podem alterar o metabolismo e acumular nos rins e outros órgãos produzindo, danos irreversíveis. As plantas possuem vários mecanismos, em nível celular, que podem estar envolvidos na detoxificação e, dessa maneira, tolerar o estresse por metais pesados, a exemplo de certas espécies que conseguem sobreviver em ambientes metalíferos. A bacia hidrográfica do rio Cachoeira, cuja área de abrangência é muita extensa (4.200 km2), engloba diversos municípios dentre os quais as cidades de Itabuna e Ilhéus, BA. A referida bacia é formada pelos rios Salgado e Colônia que fundem-se na cidade de Itapé e formam o rio Cachoeira. Devido ao uso continuado de fungicidas no combate a diversas doenças nas plantações de cacau e abrigar em suas margens curtumes clandestinos, cujas descargas tóxicas contêm altas concentrações de Cr3+, tem-se encontrados concentrações elevadas de metais pesados. Projeto Fi.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Coordenador / Delmira da Costa Silva - Integrante / Alex Alan Furtado de Almeida - Integrante / Emerson Rocha de Lucena - Integrante / Valéria Ferreira Fernandes - Integrante / Alberto José Santos Júnior - Integrante / Ana Cristina Schilling - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2008 - Atual
Caracteristicas citologicas e ultraestruturais de duas variedades do cacaueiro (Theobroma cacao L.) resistente e susetivel a vassoura-de-bruxa
Descrição: O cacaueiro (Theobroma cacao L.) foi introduzido na Bahia em 1746. Em 1989, a doença vassoura-de-bruxa, causada pelo basidiomiceto Moniliophthora perniciosa Aime e Phillips-Mora (2005), foi detectada pela primeira vez na Bahia, na época, responsável por 84,5% da produção do cacau nacional. Com a expansão da doença, as perdas na produção atingiram até 90%. O controle da doença é difícil devido ao sistema de cultivo, à topografia e ao custo da mão-de-obra. Assim, grandes áreas de cultivo de cacaueiros passaram a ser substituídas por outras culturas, principalmente por pastagens. Como conseqüência, caiu a exportação do produto, ocorrendo o empobrecimento dos cacauicultores, da economia do estado e da agricultura como um todo, além de grande prejuízo ecológico com o desmatamento de grandes áreas de Mata Atlântica. Alguns materiais genéticos apresentando resistência à doença foram selecionados pela Centro de Pesquisas do Cacau (Cepec/Ceplac), o que deu novo alento à cultura. Entretanto, por ser uma doença que apresenta um sistema muito complexo de desenvolvimento, pouco se conhece sobre a patogênese da doença a nível fisiológico, histo e citológico na planta. Conhecendo-se a fisiologia da doença, as mudanças metabólicas citológicas e histológicas relacionadas com a fase de desenvolvimento da mesma, em materiais resistente e suscetível de cacaueiros, é possível determinar qual(is) a(s) fases(s) da patogênese responsável(eis) pela suscetibilidade e quais as substâncias produzidas ou impedidas de serem produzidas que determinam a resistência. Os dados obtidos poderão servir de subsídio a estudos de engenharia biotecnológica que objetivem a incorporação de gene ou genes pré-determinados que possam conferir resistência à doença, possibilitando a construção de novas e diferentes introduções que venham garantir por um período mais longo, a resistência da cultura e, talvez, a recuperação do "status" de produção e de exportação, antes detidos pelo o estado da Bahia e o Brasil. P.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Coordenador / Delmira da Costa Silva - Integrante / Claudia Alencar Vaneti - Integrante / Stela Dalva Vieira Midlej Silva - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia - Cooperação.
2006 - 2008
RECORBA - Recifes de corais do sul da Bahia: Comparação entre dois níveis de impacto
Descrição: Os recifes de coral são ecossistemas de elevada biodiversidade,formados pelo acúmulo de carbonato de cálcio produzido principalmente pelos corais escleractinídeos e pelas algas calcáreas (Bates, 2002). Estes ecossistemas têm despertado grande interesse devido ao fato de que os processos de calcificação e fotossíntese estão intimamente relacionados com as mudanças climáticas globais (Gattuso et al, 1999). Estes processos consomem carbono inorgânico dissolvido e respondem, simultaneamente, a mudanças em parâmetros ambientais tais como, luz e temperatura (Leclerq et al, 2002). Têm sido sugerido, e recentemente demonstrado (Gattuso et al, 1998; Leclercq et al, 2000), que um aumento na pressão parcial de CO2 (pCO2) tem um efeito negativo em corais e comunidades recifais calcificantes como um resultado do decréscimo do estado de saturação da aragonita. Tem sido estimado que a pCO2 atmosférica irá alcançar o dobro do nível préindustrial no ano de 2065 (Gattuso et al, 1999), podendo reduzir os níveis de saturação do carbonato na superfície dos mares tropicais a cerca de 2/3 dos valores atuais (Gattuso et al, 1998). O aumento na pCO2 atmosférica previsto para o próximo século provocará um significativo decréscimo na calcificação marinha (Kleypas et al,1999; Leclerq et al, 2002). Estes ecossistemas sobreviveram às drásticas mudanças globais nos últimos 40-50 milhões de anos. Porém nas últimas décadas têm sido sujeitos a uma variedade de estresses antropogênicos, tais como o impacto pelo fluxo turístico, a eutrofização, sedimentação, e mudanças na química e temperatura da água do mar. Em escala regional estes fatores podem ser mais importantes que as mudanças globais, especialmente em recifes costeiros. Além de constituírem uma ameaça a biodiversidade do sistema, podem afetar drasticamente o metabolismo dos corais e suas relações ecológicas (Abramovitch-Gottlib et al, 2002). Este estudo visou obter dados sobre a diversidade e metabolismo do carbono nos recifes costeiros de C.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Integrante / Marcelo Friederichs Landim de Souza - Coordenador / Erminda da Conceicao Guereiro Couto - Integrante / Mauricio Cetra - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2005 - 2007
Ampliaçao da infra-estrutura de pesquisa da UESC visando o uso sustentavel dos recursos biologicos na regiao sudeste da Bahia
Descrição: A região sudeste da Bahia passa por uma grave e longa crise sócio-econômica face a decadência da cacauicultura, o que tem interferido de forma contudente na qualidade de vida da população. A UESC comprometida com a mudança dessa realidade, projeta no seu Plano Estratégico Institucional a implementação de um conjunto de ações para modificar esse contexto. Em consonância com os interesses do Estado que elegeu a Biotecnologia como uma de suas áreas prioritárias de investimentos a Universidade tem desenvolvido ações visando formar e atrair recursos humanos altamente qualificados e modernizar suas instalações físicas adequando-os as regras de segurança laboratorial e Biossegurança estabelecidas pela legislação vigente, de modo a incorporar os novos projetos com organismos do grupo de Risco II. A construção de um prédio contendo um complexo de oito laboratórios devidamente adequados as normas de trabalho de Nível de Biossegurança I e II regulamentadas pela CTNBio, estará colocando a UESC em consonância com a mais recente Lei de Biossegurança assinada pelo Congresso Nacional em fevereiro de 2004, que estabelece rigorosas normas regulamentadoras das atividades que envolvem organismos geneticamente modificados (OGMs) e seus derivados. Os equipamentos adquiridos estão em consonância com a política de expansão das atividades de pesquisa e pós-graduação da UESC, explicitadas no plano plurianual desenvolvido pela Assessoria de Planejamento da Universidade de acordo com os objetivos estratégicos definidos pelo Comitê Gestor do CT-INFRA em parceria com os Coordenações dos Programas de pós-graduação. Desta forma, o aporte de recursos desse projeto propiciará o incremento na geração de novas tecnologias, elevando a um novo patamar de qualidade a pesquisa e a pós-graduação na UESC. Isto permitirá potencializar as competências institucionais que visam, em última instância, a a permanente busca pela melhoria da qualidade de vida humana e ambiental.Recursos aprovados R$ 1.300.000,0.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Integrante / Marcelo Schramm Mielke - Integrante / Delmira da Costa Silva - Integrante / Alex Alan Furtado de Almeida - Integrante / Konstantin Gavrilov - Integrante / Julio Cesar de Mattos Cascardo - Coordenador.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos / FINEP - Auxílio financeiro.Número de orientações: 2
2005 - Atual
Seleção de espécies aquáticas bioindicadoras e bioacumuladoras de poluição por metais pesados e de arbóreas, potencialmente tolerantes, para recomposição de parte da mata ciliar da bacia hidrográfica do rio Cachoeira
Descrição: Descargas de resíduos tóxicos nos rios, lagos, costa marítima e no ar, a exemplo de metais pesados, provenientes de atividades industriais (curtumes, mineração, fundição, refinamentos, etc.), do uso de fertilizantes e pesticidas na lavoura, da incineração de resíduos urbanos e industriais, etc., vêm provocando efeitos danosos ao ambiente e à própria vida humana. Esses poluentes são encontrados em quantidades acima dos níveis referentes a processos naturais, constituindo um risco para a vida aquática e de seres humanos. Um dos aspectos característico da poluição provocada por metais pesados é a sua grande persistência no ambiente, pois, uma vez mobilizado, sua quantidade permanece a mesma, qualquer que seja sua forma. Encontram-se associados às diversas frações geoquímicas, a exemplo da fração solúvel em água e da fração trocável que são biodisponíveis e da fração associada à rede cristalina de argilas e minerais silicatados não disponível. Constatou-se, atualmente, que parte da bacia hidrográfica do rio Cachoeira, localizada na região cacaueira do sul da Bahia, encontra-se poluída por metais, principalmente àquela associada aos centros urbanos, cuja mata ciliar foi totalmente devastada. Pretende-se, com o presente trabalho, selecionar espécies aquáticas bioacumuladoras e bioindicadoras de poluição por metais pesados, para serem utilizadas no processo de monitoramento dos níveis desses poluentes ao longo da bacia hidrográfica do rio Cachoeira ; e espécies arbóreas, potencialmente tolerantes à poluição por metais e de importância econômica, que poderão ser utilizadas para recompor parte da mata ciliar da referida bacia. Para tal, serão estudadas várias espécies aquáticas e arbóreas, submetidas a diferentes concentrações de metais ( Cu, Cr, Cd, Al e Zn)em solução nutritiva, encontrados como poluentes em parte da bacia hidrográfica, arranjados em diferentes delineamentos experimentais.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Coordenador / Pierre Galle - Integrante / Marcelo Schramm Mielke - Integrante / Fabio Pinto Gomes - Integrante / Delmira da Costa Silva - Integrante / Alex Alan Furtado de Almeida - Integrante / Kaline Benevides Santana - Integrante / Emerson Rocha de Lucena - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia - Outra.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1
2004 - 2006
Caracterizacao descritiva, dinamica e funcional dos processos quimicos e biologicos da agua e sedimento em viveiros de camaroes-Bahia.
Descrição: A Bahia é o terceiro maior produtor de camarão cultivado do Brasil, com uma produção de 7904 TM e uma área de 1710 ha (dados de 2002) representando 13,15% de todo o camarão produzido no Brasil. As duas maiores fazendas estão localizadas nos municípios de Valença, no Baixo-sul do estado e em Jandaíra, limite com Sergipe, e são responsáveis por 1,4 mil hectares de lagoas de criatório. Na região sul da Bahia encontra-se em desenvolvimento um pólo de carcinicultura no município de Canavieiras, área objeto do presente projeto. A rápida expansão do cultivo de camarão na região tem chamado a atenção para a necessidade de formulação de estratégias efetivas de manejo e gerenciamento. Essas estratégias são necessárias para aumentar as contribuições positivas que o cultivo de camarão e outras formas de aqüicultura podem realizar para o crescimento econômico, geração de empregos e a diminuição da pobreza em áreas costeiras, como também para controlar os impactos sociais e ambientais negativos que eventualmente podem acompanhar projetos mal planejados. Um dos fatores limitantes da expansão da carcinicultura tem sido a qualidade da água e solo utilizados nos cultivos. Embora as áreas de cultivo do sul da Bahia estejam próximas a Centros de Pesquisas, a exemplo do Centro de Pesquisas do Cacau e Universidades, não existem protocolos específicos voltados às análises físico-químicos e biológicas adequadas a carcinicultura, sendo freqüentes, por exemplo, o uso de protocolos de cultivo de cacau. Além disso, pouco se conhece sobre as características da água, solo e biota (plâncton e bentos) utilizados na carcinicultura regional e o conhecimento das condições ambientais locais e manejo utilizado pelas fazendas permitirão o desenvolvimento sustentável desta atividade na região. Os recursos aprovados neste projeto no ambito do edital FINEP/RECARCINE sao da ordem de quarenta mil reais (R$40.000,0)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Coordenador / Arno Heeren de Oliveira - Integrante / Maria Isabel Guimaraes Severo - Integrante / Aline Conceicao Schimidt - Integrante / Marcelo Friederichs Landim de Souza - Integrante / Erminda da Conceicao Guereiro Couto - Integrante / Tania Barth - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
2004 - Atual
Modernizacao do Laboratorio de Analises de Solos, Agua, Insumos e Microscopia Eletronica
Descrição: O desenvolvimento de novos produtos e usos possibilita a disputa e a conquista de novos mercados. O Brasil tem apresentado um desempenho externo aquém de suas potencialidades em algumas áreas em virtude do não atendimento as normas internacionais . E importante à criação e fortalecimento de instituições publicas de pesquisa e serviços tecnológicos, inclusive visando à difusão de tecnologias e a extensão tecnológica. Conforme o (PITCE) faz-se necessário reestruturar laboratórios federais e estaduais que possam, a partir da recuperação de equipamentos e quadros técnicos, reunir infra-estrutura de porte e criar sinergia de pesquisa e desenvolvimento, organizar os estágios iniciais de pesquisa empresarial e transferir tecnologia e gestão para o setor produtivo, inferindo sobre o processo de certificação de produtos. Os arranjos produtivos locais, a exemplo da Plataforma Cacau, devem ser priorizados, aproveitando-se da proximidade das empresas e da facilidade de cooperação entre elas e com instituições tecnológicas e financeiras para a geração e difusão de técnicas de produção e de gestão e ampliação dos negócios. A partir dessas condições, os programas de modernização podem se tornar mais ambiciosos, indo em direção a inovação tecnológica, ao adensamento do setor produtivo e a fabricação de produtos de maior valor agregado. Esta proposta visa contribuir para a definição de pacotes tecnológicos aplicados a cultura do cacau e fruteiras tropicais visando o incremento da produção e conseqüente melhorias na condição de vida da população. A ampliação da interação com a iniciativa privada trará resultados ainda mais expressivos na cadeia produtiva. Este projeto em parceria com a CEPLAC/CEPEC foi aprovado na chamada publica MCT/FINEP Acao Transversal - Modernizacao de Institutos no valor de Hum milhao duzentos e noventa e oito mil reais (R$ 1.298.000,0)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Coordenador / Arno Heeren Oliveira - Integrante / AlexAlan Furtado de Almeida - Integrante / Delmira da Costa Silva - Integrante / Jose Luiz Bezerra - Integrante / Edna Dora Newmam Luz - Integrante / Stela Dalva Midlej Silva - Integrante / Maria Isabel Guimareas Severo - Integrante / Aline Conceicao Schimidt - Integrante / Eduardo Gross - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 7
2003 - 2007
Implantacao do Centro de Microscopia e Microanalise
Descrição: No atual contexto do progresso científico, o surgimento da microscopia eletrônica foi determinante na elucidação de antigas questões, tornando-se assim um valioso recurso de estudo. Associado a várias técnicas bioquímicas, esse poderoso recurso de pesquisa têm fornecido um amplo conhecimento sobre as estruturas das células e seus dinâmicos processos, permitindo o desenvolvimento de novas áreas na ciências, entre elas a biologia celular. Inovador, este instrumento de estudo tornou-se indispensável para a pesquisa nas áreas biológica, toxicológica, ciência ambiental, medicina, fitossanidade, controle biológico e em certos domínios da física e da geologia. O estado da Bahia ainda não dispõe de um moderno Centro de Microscopia Eletrônica e Microanálise (Microscopia de Transmissão e Varredura) que atenda as necessidades dos pesquisadores das diversas instituições de Ensino e Pesquisa. Este Centro terá por finalidade desenvolver e incentivar a pesquisa científica de alto nível através do uso de microscopia eletrônica, de luz e de técnicas associadas, bem como apoiar atividades de ensino de pós-graduação e prestação de serviço na área de diagnósticos. A Universidade Estadual de Santa Cruz possui um quadro de professores qualificados, com experiência em microscopia eletrônica e atuação em programas de pós-graduação, credenciados pela CAPES, em Genética, Zoologia e Meio Ambiente, além de programa de Iniciação Científica. O Centro servirá de apoio aos grupos de pesquisas compreendendo a organização e a implementação de cursos intensivos de formação de pessoal, tanto em nível local, como regional. A UESC, através de convênio com a Universidade de Paris XII (França) e a Universidade da Flórida (Estados Unidos) já adquiriu um microscópio eletrônico de varredura, além de aparelhos complementares para a preparação de amostras biológicas e equipamentos de ultramicrotomia e de congelamento de células. Os recursos aprovados na FAPESB sao da ordem de duzentos e noventa mil reais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Coordenador / Marcelo Schramm Mielke - Integrante / Lise Labejof - Integrante / Delmira da Costa Silva - Integrante / Alex Alan Furtado de Almeida - Integrante / Jose Luiz Bezerra - Integrante / Edna Dora Newmam Luz - Integrante / Stela Dalva Midlej Silva - Integrante / Erminda da Conceicao Guereiro Couto - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 8
2003 - 2006
Características fotossintéticas e estrutura foliar de espécies arbóreas nativas da Mata Atlântica do sul da Bahia em ambiente de arboreto e cabruca.
Descrição: Conhecer os processos fisiológicos relacionados com a capacidade de adaptação de uma espécie arbórea particular a ambientes de clareira ou do interior de matas fechadas é um requisito básico para o seu manejo silvicultural. Isso ocorre porque a quantidade e a qualidade da radiação luminosa disponível são fatores que afetam diretamente o crescimento e o desenvolvimento das plantas. Além disso, a habilidade competitiva em diferentes níveis de irradiância está diretamente relacionada a fatores como a taxa fotossintética e a estrutura das folhas individuais, a geometria e a dinâmica da copa, e a alocação de biomassa entre os componentes das plantas. Nota-se que, embora o crescimento das plantas seja afetado por inúmeros outros fatores fisiológicos e ambientais, em última instância o acúmulo de biomassa é dependente da fotossíntese. Por outro lado, é conhecido o fato de que as florestas tropicais úmidas representam a maior proporção da produtividade primária entre os ecossistemas terrestres. Num contexto de mudanças climáticas globais, o conhecimento dos ciclos de carbono e água nesses ecossistemas é fundamental para o seu manejo sustentado, bem como para a sua valorização como potenciais drenos de carbono atmosférico. Assim, estudos sobre as características fotossintéticas e a estrutura foliar de espécies arbóreas em florestas tropicais úmidas são importantes para compreender os diversos aspectos relacionados com o manejo silvicultural e o sequestro de carbono nessas áreas, como por exemplo, para o enriquecimento de matas degradadas com espécies nativas de valor econômico, ou para parametrizar modelos de crescimento baseados em processos, utilizados como ferramentas no manejo florestal e nas estimativas do estoque de carbono fixado pela comunidade vegetal em estudo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Coordenador / Marcelo Schramm Mielke - Integrante / Delmira da Costa Silva - Integrante / Alex Alan Furtado de Almeida - Integrante / Kaline Benevides Santana - Integrante / Leandro Lopes Loguércio - Integrante / Thiago Santana Rosa - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia - Outra / Universidade Estadual de Santa Cruz - Outra.
Número de produções C, T & A: 2
1994 - 2003
Aplicação de Métodos Nucleares, Físicos e Físico-Químicos na Determinação de Poluentes Orgânicos e Inorgânicos nos Meios Primários e Secundários tendo em vista a Cadeia Alimentar (CNPq/CNRS, proc. 910145/00-8)
Descrição: O projeto tem como objetivo determinar as concentrações anormais de metais e elementos tóxicos em amostras dos meios primários: águas pluviais e fluviais, solos, sedimentos e plantas e dos meios secundários: bovinos - músculos, vísceras e ossos e o produto leite, assim como, fazer um estudo aprofundado da contaminação orgânica nos rios da região Sul da Bahia. No caso da poluição inorgânica o projeto tem como finalidade elucidar alguns tipos de doenças detectadas no rebanho bovino, das duas regiões, que são provenientes da intoxicação por certos elementos metais e/ou tóxicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Coordenador.
1994 - 2001
Estudo da Poluiçao em Aguas Naturais - Segunda Etapa/UESC
Descrição: Esta nova fase do projeto será uma continuação de estudos que estamos desenvolvendo em projetos integrados com a participação do Departamento de Engenharia Nuclear da UFMG e do Departamento de Ciências Biológicas da UESC, dentro de um acordo de cooperação entre estas duas entidades, assinado há mais de 5 anos. Estes estudos estão sendo possíveis pois desde 1994 temos um projeto de pesquisa, ? Estudo da Poluição em Águas Naturais, convênio CNPq /CNRS ,Processo :910200/96-3, com a participação destas duas entidades brasileiras ( UESC e UFMG) e o Laboratório Pierre Sue ? CEA/CNRS ?(Comissariat de l'Energie Atomique e Centre National de la Recherche Scientifique) Dentro deste acordo, entre 1994 e 1999, foram analisadas mais de 2000 amostras utilizando sofisticados métodos de análises destes laboratórios o que permitiu conclusão de duas teses de doutoramento de professores do Departamento de Ciências Biológicas da UESC e vários artigos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Coordenador / Arno Heeren de Oliveira - Integrante / Maria Isabel Guimaraes Severo - Integrante / Milena Caria Martins - Integrante / Thiago Santana Rosa - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Outra / Centre National de la Recherche Scientifique - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 1


Projetos de extensão


2016 - Atual
2th International Phytotechnology Conference
Descrição: Environmental decontamination is an integral part of bioeconomy and sustainable development. Biodiversity is being used as raw material for environmental decontamination and this field has grown phenomenally in recent years having taken birth less than 3 decades ago. On the other hand the volume of contaminated substrates (water, soil and air) is increasing due to anthropogenic and technogenic sources of organic and inorganic contaminants. Metals are the most prevalent inorganic pollutants/ contaminants and are widely used for a wide variety of needs starting with building materials to information technology. Metal contamination is a global problem. Today with growing economy extensive industrialization and extraction of natural resources have resulted in environmental contamination and pollution. Large amounts of toxic waste have been dispersed in thousands of contaminated sites spread all over the globe. These pollutants belong to two main classes viz. inorganic and organic. The challenge is to develop innovative and cost-effective solutions to decontaminate polluted environments. In this direction, bioremediation is emerging as an invaluable tool for environmental cleanup. Various strategies are being applied to reduce the levels of contamination. Cultivation of industrial and environmental crops in contaminated soils is one such option. If the contaminant concentration exceed the permissible level in edible parts, it poses serious health concerns. Therefore, in such cases non-food crop production viz. value chain and value additions appears profitable The advancement in this field is towards production of diverse biofuels (solid, liquid and gaseous). Essentially the crux is revolving around bioenergy and use of bioresources harvested from environmentally perturbed/stressed agro-ecosystems. Although bioremediation contractors must profit from the activity, the primary driver is regulatory compliance rather than manufacturing profit. It is an attractive technology in the context of bioeconomy. The bottle necks and solutions to the existing limitations in field scale and the relevant techniques will address some of these limitations. Crucial aspects of biorefinery are also covered. Globally, land and water resources are under immense pressure due to land degradation, pollution, population explosion, urbanization, and global economic development. Large amounts of toxic waste have been dispersed in thousands of contaminated sites and bioremediation is emerging as an invaluable tool for environmental clean-up. Bioremediation and Bioeconomy addresses this challenge by presenting innovative and cost-effective solutions to decontaminate polluted environments, including usage of contaminated land and waste water for bioproducts such as natural fibers, biocomposites, and fuels to boost the economy. Bioremediation and Bioeconomy provides a common platform for scientists from various backgrounds to find sustainable solutions to these environmental issues. This ?Advanced Phytotechnologies and phytoproducts? will also address all the topical issues crucial for understanding the ecosystem approaches for a sustainable development. It provides an overview of ecosystem approaches, onservation of natural resources, pollution abatement and mitigation..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2015 - Atual
Curso - Phytotechnology 2015
Descrição: Phytotechnology (the green liver concept) is an emerging as a cutting edge area of the environmental biotechnology to clean, contain and transform environmental pollutants using principles of biogeochemical interactions in the holistic environment. In recent years, the potential of plants for environmental cleanup has been widely recognized all over the world. The biodiversity and naturally operating principles of biogeochemical cycles have unequivocally demonstrated that a large number of exotic xenobiotic contaminants including nitroglycerin can be cleaned up in the environment. Phytoremediation projects have been successfully applied to soil, surface water, and groundwater and sediment and ecosystem restoration. This course would cover selected emerging phytotechnologies. Phytotechnology that is being applied currently is based on biogeochemical principles that been widely accepted for years in agriculture, silviculture, and horticulture to the disturbed ecosystems. The term phytoremediation ( phyto = plant and remediation = correct evil) is relatively new, coined in 1991. Some success stories of phytoremediation and an annotated synopsis of field studies and demonstrations, use of Populus (Poplar trees) to clean trichloroethylene in the environment, selected innovative cleanup technologies; variety of bioresources ad their significant role in for remediation and monitoring of metals in the environment; the importance of Brasicaceae in the field of bioremediation; Green energy - a preventive measures for environmental contamination and pollution are the various aspects presented in this course. Phytoremediation is the direct use of living green plants for in situ, or in place, risk reduction for contaminated soil, sludges, sediments, and ground water, through contaminant removal, degradation, or containment. Growing, and in some cases, harvesting plants on a contaminated site as a remediation method is an aesthetically pleasing, solar‑energy driven, passive technique that can be used to clean up sites with shallow, low to moderate levels of contamination. This technique can be used along with or, in some cases, in place of mechanical cleanup methods. Phytoremediation can be used to clean up metals, pesticides, solvents, explosives, crude oil, polyaromatic hydrocarbons, and landfill leachates. Bioremediation is being considered extensively in research and in small scale demonstrations, yet there are some limitations posing restrictions on wider applications of this emerging technology. Further, development and research of the underlying mechanisms of remediation would certainly lead to the acceptance and wider applications of bioremediation globally. Phytotechnologies for cleanup of inorganic and organic contaminats and pollutants in the environment (metals, metalloids, radionuclides, PAH, Pesticides and a variety of organics)..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (10) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Coordenador / Delmira da Costa Silva - Integrante / Alex Alan Furtado de Almeida - Integrante / Eduardo Gross - Integrante / M N V PRASAD - Integrante / Aline Oliveira da Conceição - Integrante / Janaina Garcia - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2012 - 2013
Métodos modernos de visualização de células e antígenos - Criotécnicas
Descrição: A UESC através do seu Centro de Microscopia Eletrônica vem promovendo cursos de curta duração visando o avanço da microscopia na Bahia. Entre as linhas de pesquisa estudadas o estudo da micropartimentalização celular vem sendo uma prioridade. A Universidade Federal do Rio de Janeiro e a Universidade Santa Ursula aceitaram o nosso convite para a realização de um curso intensivo aos pesquisadores baianos, através da UESC, nas modernas técnicas de Criofixação e Criosubstituição, além de imunocitoquímica. Os pesquisadores convidados, de renome internacional, irão colocar o Centro de Microscopia da UESC como pólo difusor dessas técnicas no Nordeste. Vale ressaltar que a UESC dispõe de um dos poucos Centros de Microscopia Eletrônica do Norte-Nordeste e Centro-Oeste do Brasil. Já tendo sido convidada para palestras e cursos no eixo Rio-São Paulo. O Curso de criotécnicas pretende habilitar os professores e pesquisadores do Estado da Bahia no que existe de mais moderno em Microscopia Eletrônica, objetivo maior do Centro. Por exemplo, sabe-se que os lipídios, diferentemente das outras biomacromoléculas têm a tendência de se agregar e formar diferentes estruturas. As membranas de uma célula delineiam compartimentos metabólicos discretos. Evidências demonstram que diferentes lipídios formam diferentes estruturas. Para formar membranas biológicas, os componentes lipídicos mais importantes parecem ser os fosfolipídios, os ácidos graxos normalmente nunca aparecem, e o colesterol, que por si só não pode se organizar em biocamadas parece funcionar como modulador da fluidez da membrana. Dentro desse microuniverso gorduroso, diferentes proteínas se ?encaixam?, incluindo proteínas intrínsecas, periféricas, porinas e lipoproteínas (preniladas, aciladas, GPI, etc). A microscopia eletrônica por criofratura fornece importantes informações sobre essas estruturas celulares, algumas dessas informações são relacionas à assimetria tanto da composição de lipídios quanto de proteínas (entre me.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (20) Doutorado: (5) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Integrante / Delmira da Costa Silva - Integrante / Eduardo Gross - Integrante / MANGABEIRA Pedro Antonio Oliveira - Coordenador / Larissa Correa do Bomfim Costa - Integrante / Marlene Benchimol - Integrante / Kildare Miranda - Integrante / Victor Midlej - Integrante / Ivone Rosa - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2012 - Atual
NOVOS TALENTOS: Da Educação Básica à Universidade. Inovação, Diversidade, Práticas e Saberes
Descrição: Este projeto é constituído pela Instituição Pública de Ensino Superior ? UESC, que disponibilizará sua infra-estrutura, instalações, grupos de docentes pesquisadores, corpo técnico e administrativo para o desenvolvimento das atividades extracurriculares propostas nos subprojetos. Os grupos de docentes-pesquisadores envolvidos nos subprojeto abaixo são profissionais vinculados à UESC, em sua maioria em Regime de Dedicação Exclusiva, de diversas áreas do conhecimento e estarão envolvidos nas atividades deste projeto de forma multidisciplinar; As Escolas Parceiras estão na abrangência das Diretorias Regionais de Educação e Cultura - DIRECs 6 e 7; acrescidas das escolas municipais em Itabuna: Escola Alberto Lessa, e Grupo Escolar Municipal Dr. Ubaldo Dantas; Escolas Municipais em Ilhéus: Escola Municipal do Salobrinho e Escola Municipal Themístocles Andrade e escolas municipais da cidade de Coaraci, conforme termos de adesão e convênios em anexo. O público alvo é formado por docentes e discentes da rede pública em nível da educação básica, que serão selecionados pelas DIRECs e escolas com baixos IDEB..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (20) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Coordenador / Delmira da Costa Silva - Integrante / Larissa Bomfim Costa - Integrante / Kátia Vinhático - Integrante / Luis Alberto Mattos Silva - Integrante / Priscila Andressa Cortez - Integrante / Alezania Silva Pereira - Integrante / José Victor dos Santos Silva - Integrante / Matheus dos Santos Reis - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.


Outros Projetos


2015 - Atual
Capacitação para o Ensino e Pesquisa em Biologia Vegetal e Biotecnologia pelo Programa de Pós-graduação em Botânica da UESC
Descrição: Projeto estruturante de apoio às atividades do PPG Botânica da UESC. Nesse projeto está sendo priorizada a linha de pesquisa em morfologia e anatomia vegetal. Aprovado na Chamada publica FAPESB Infraestrutura 2015..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (12) .
Integrantes: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira - Coordenador / Marcelo Schramm Mielke - Integrante / Fabio Pinto Gomes - Integrante / Raul ReneValle - Integrante / Delmira da Costa Silva - Integrante / ALMEIDA, ALEX-ALAN FURTADO - Integrante / Priscila Andressa Cortez - Integrante / Larissa Corrêa do Bonfim Costa - Integrante / Andrea Carla Calmolin - Integrante / Maura da Cunha - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.
2013 - 2015
AMPLIAÇÃO DOS ESTUDOS DA BIODIVERSIDADE SUL BAIANA PELO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BOTÂNICA
Descrição: Projeto de apoio da CAPES e FAPESB aos Cursos de Pós-graduação.
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Membro de comitê de assessoramento


2015 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2015 - Atual
Agência de fomento: The International Phytotechnology Society


Revisor de periódico


2006 - Atual
Periódico: Analytical and Bioanalytical Chemistry
2009 - Atual
Periódico: Aquatic Botany
2013 - Atual
Periódico: Brazilian Journal of Biology (Impresso)
2016 - Atual
Periódico: International Journal of Phytoremediation
2013 - Atual
Periódico: International Journal of Phytoremediation
2015 - Atual
Periódico: Environmental Science and Pollution Research International
2015 - Atual
Periódico: Protoplasma
2015 - Atual
Periódico: Rodriguésia (Impresso)
2016 - Atual
Periódico: Ecotoxicology and Environmental Safety
2016 - Atual
Periódico: Environmental Pollution (London)
2016 - Atual
Periódico: Soil and Sediment Contamination: An International Journal
2017 - Atual
Periódico: PHOTOSYNTHETICA


Revisor de projeto de fomento


2017 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2012 - Atual
Agência de fomento: (FAPESP) Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo
2012 - Atual
Agência de fomento: (FUNDECT/MS) Fundação de Apoio e Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecno


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Botânica Aplicada.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Anatomia vegetal.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Microanalise e Microscopia Analítica.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Morfologia Vegetal.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2015
Melhor trabalho de Iniciação Científica da UESC - Discente José Victor dos Santos Silva, Pró Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação- Gerência de Pesquisa.
2013
MELHOR TRABALHO APRESENTADO NA ICOBTE 2013, SOIL SCIENCE SOCIETY OF AMERICA - ISTEB.
2007
Moção de Congratulações pelas atividades desenvolvidas na pesquisa na UESC, Câmara Municipal de Itabuna.
1999
Tres Honorable avec Felicitations, Universite Paris XII- These de Doctorat.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:25
Total de citações:150
Fator H:10

SciELO
Total de trabalhos:4
Total de citações:20
P.A.O Mangabeira  Data: 06/03/2015

SCOPUS
Total de trabalhos:13
Total de citações:197

Outras
Total de trabalhos:12
Total de citações:90
Mangabeira P A O  Data: 18/05/2015

Artigos completos publicados em periódicos

1.
BEZERRA, L. A.2018BEZERRA, L. A. ; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA ; OLIVEIIRA, R. A. ; Costa Larissa Bomfim ; Cunha M da . Leaf blade structure of Verbesina macrophylla (Cass) F S Blake (Asteraceae): Ontogeny, duct secretion mechanism and essential oil composition. PLANT BIOLOGY, v. 1, p. 1-15, 2018.

2.
GARCIA, J.2018GARCIA, J. ; CORTEZ, P. A. ; BARBEIRA, P. ; DALMOLIN, A. C. ; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA ; FRANÇA, M. G. C. . Short-term cadmium exposure induces gas exchanges, morphological and ultrastructural disturbances in mangrove Avicennia schaueriana young plants. MARINE POLLUTION BULLETIN, v. 131, p. 122-129, 2018.

3.
NASCIMENTO, J. L.2018NASCIMENTO, J. L. ; BARROSO, J. P. ; AHNERT, D. ; SOUZA, A. G. R. ; SILVA, J. V. S. ; BALIGAR, VIRUPAX C. ; Mangabeira, Pedro A. . Physiological, ultrastructural, biochemical and molecular responses of young cocoa plants to the toxicity of Cr (III) in soil. ECOTOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL SAFETY, v. 159, p. 272-283, 2018.

4.
REIS, G. S.2018REIS, G. S. ; Mangabeira, Pedro A. O. ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; SANTOS, I. C. ; AHNERT, D. . Mechanical stress caused by wind on leaves of Theobroma cacao: Photosynthetic, molecular, antioxidative and ultrastructural responses. PLoS One, v. 13, p. e0198274, 2018.

5.
ARAUJO, R.2017ARAUJO, R. ; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA ; AHNERT, DÁRIO ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; SOUZA JUNIOR, J. O. ; BALIGAR, VIRUPAX C. . Photosynthetic, antioxidative, molecular and ultrastructural responses of young cacao plants to Cd toxicity in the soil. ECOTOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL SAFETY, v. 144, p. 148-157, 2017.

6.
SOUZA, Vania Lima2017SOUZA, Vania Lima ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; MANGABEIRA, P. A. ; SILVA, Delmira da Costa ; Jesus R M de ; RENEVALLE, R. . Use of Erythrina fusca as a bioindicator of Cu toxicity: ultrastructural, morphophysiological and nutritional analyses. International Journal of Phytoremediation, v. 1, p. 01-00, 2017.

7.
GARCIA, J.2017GARCIA, J. ; DALMOLIN, A. C. ; França MGC ; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA . Simulation of intermittent saline flow of a Brazilian mangrove and its physiological leaf effects on plants of Avicennia schaueriana Stapf & Leechm. ex Moldenke. ECOTOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL SAFETY, v. 141, p. 70-74, 2017.

8.
PEREIRA, A. S.2017PEREIRA, A. S. ; CORTEZ, P. A. ; Almeida, Alex-Alan F. ; PRASAD, M. N. V. ; FRANÇA, M. G. C. ; CUNHA, M. ; Jesus R M de ; MANGABEIRA, P. A. . Morphophy, ultrastructural and element uptake in Calophyllum brasiliense Cambess. (Calophyllaceae J. Agardh) seedlings un der cadmium exposure. Environmental Science and Pollution Research, v. 24, p. 15576-15588, 2017.

9.
JEZLER, C.2015JEZLER, C. ; SILVA, Delmira da Costa ; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA ; COSTA, L. C. B. . Effects of Pb and Cd on growth, leaf ultrastructure and essential oil yield of mint (Mentha arvensis L.)'. Ciência Rural, v. 45, p. 392-398, 2015.

10.
ALMEIDA, N.2015ALMEIDA, N. ; AHNERT, D. ; Mangabeira, Pedro A.O. ; Almeida, Alex-Alan F. . Molecular, biochemical, morphological and ultrastructural responses of cacao seedlings to aluminum (Al3+) toxicity. Acta Physiologiae Plantarum, v. 37, p. 1101-1108, 2015.

11.
CASTRO, A. V.2015CASTRO, A. V. ; PIROVANI, C. P. ; REIS, G. S. ; ALMEIDA, N. M. ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA . Morphological, biochemical, molecular and ultrastructural changes induced by Cd toxicity in seedlings of Theobroma cacao L.. Ecotoxicology and Environmental Safety, v. 115, p. 174-186, 2015.

12.
FREITAS, T. A.2015 FREITAS, T. A. ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; SILVA, J. V. S. ; França MGC ; Jesus R M de ; SOUZA, Vania Lima ; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA . Morphology, ultrastructure and mineral uptake as effected by cooper toxicity in young plants of Inga subnuda subs, luschnathiana (Benth.) T.D.Penn.. Environmental Science and Pollution Research International, v. 22, p. 15479-15494, 2015.

13.
REIS, G. S.2015REIS, G. S. ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; CASTRO, A. V. ; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA ; PIROVANI, C. P. . Molecular, Biochemical and Ultrastructural Changes Induced by Pb Toxicity in Seedlings of Theobroma cacao L.. Plos One, v. 10, p. e0129696, 2015.

14.
ALVES, LAIZE QUEIROZ2014ALVES, LAIZE QUEIROZ ; JESUS, RAILDO MOTA ; ALMEIDA, ALEX-ALAN FURTADO ; SOUZA, VÂNIA LIMA ; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA . Effects of lead on anatomy, ultrastructure and concentration of nutrients in plants Oxycaryum cubense (Poep. & Kunth) Palla: a species with phytoremediator potential in contaminated watersheds. Environmental Science and Pollution Research International, v. 21, p. 6558-6570, 2014.

15.
MANGABEIRA, P. A.2013MANGABEIRA, P. A.; Almeida, Alex-Alan F. ; SOUZA, Vania Lima ; Santos Júnior Alberto José ; SILVA, Delmira da Costa ; Jesus R M de . Ultrastructural damage in tomato plants exposed to chromium III. EPJ Web of Conferences, v. 01, p. 11010-11012, 2013.

16.
Souza, Vânia L.2013Souza, Vânia L. ; Almeida, Alex-Alan F. ; S. SOUZA, JADIEL ; Mangabeira, Pedro A. O. ; JESUS, RAILDO M. ; PIROVANI, CARLOS P. ; AHNERT, DÁRIO ; BALIGAR, VIRUPAX C. ; Loguercio, Leandro L. . Altered physiology, cell structure, and gene expression of Theobroma cacao seedlings subjected to Cu toxicity. Environmental Science and Pollution Research International, v. 2, p. 1217-1230, 2013.

17.
Santana, Kaline B.2012Santana, Kaline B. ; de Almeida, Alex-Alan F. ; Souza, Vânia L. ; Mangabeira, Pedro A.O. ; Silva, Delmira da C. ; Gomes, Fábio P. ; Dutruch, Lionel ; Loguercio, Leandro L. . Physiological analyses of Genipa americana L. reveals a tree with ability as phytostabilizer and rhizofilterer of chromium ions for phytoremediation of polluted watersheds. Environmental and Experimental Botany, v. 80, p. 35-42, 2012.

18.
Souza, Vânia L.2011Souza, Vânia L. ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; Lima, Stella G. C. ; Cascardo, J. C.M ; C. Silva, Delmira ; Mangabeira, Pedro A. O. ; GOMES, Fabio Pinto . Morphophysiological responses and programmed cell death induced by cadmium in Genipa americana L. (Rubiaceae). BioMetals (Oxford), v. 24, p. 59-71, 2011.

19.
Rehem, B. C.2011Rehem, B. C. ; Almeida, A. -A. F. ; Santos, I. C. ; Gomes, F. P. ; Pirovani, C. P. ; Mangabeira, P. A. O. ; Corrêa, R. X. ; Yamada, M. M. ; MANGABEIRA, P. A. ; Valle, R. R. . Photosynthesis, chloroplast ultrastructure, chemical composition and oxidative stress in Theobroma cacao hybrids with the lethal gene Luteus-Pa mutant. Photosynthetica (Praha), v. 49, p. 127-139, 2011.

20.
Mangabeira, Pedro A.2011Mangabeira, Pedro A.; Ferreira, Aluane S. ; Almeida, Alex-Alan F. ; Fernandes, Valéria F. ; Lucena, Emerson ; Souza, Vânia L. ; dos Santos Júnior, Alberto J. ; Oliveira, Arno H. ; Grenier-Loustalot, Marie F. ; Barbier, Fréderique ; Silva, Delmira C. . Compartmentalization and ultrastructural alterations induced by chromium in aquatic macrophytes. BioMetals (Oxford), p. 1017-1026, 2011.

21.
MANGABEIRA, PA2010MANGABEIRA, PA; DE ALMEIDA, A-AF ; SILVA, DC ; OLIVEIRA, AH ; FERNANDES, VF ; FERREIRA, AS ; DOS SANTOS JUNIOR, AJ ; GALLE, P . Bioaccumulation of Chromium in Alternanthera philoxeroides Using Ion Microscopy (SIMS). Microscopy and Microanalysis, v. 16, p. 398-399, 2010.

22.
MANGABEIRA, PA2010MANGABEIRA, PA; DE ALMEIDA, A-AF ; SILVA, DC ; OLIVEIRA, AH ; FERNANDES, VF ; DOS SANTOS JUNIOR, AJ ; GALLE, P . Ultrastructural Alterations Induced by Chromium in Polygonum ferrugineum. Microscopy and Microanalysis, v. 16, p. 1174-1175, 2010.

23.
SOUZA, Vania Lima2009SOUZA, Vania Lima ; SILVA, Delmira da Costa ; MIELKE, M. ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; MANGABEIRA, P. A. ; Rocha E A . Efeitos do cádmio na anatomia e na fotossíntese de quatro macrófitas aquáticas. Acta Botanica Brasílica (Impresso), v. 23, p. 343-354, 2009.

24.
Arantes I A2009Arantes I A ; Pinto T C ; MANGABEIRA, P. A. ; LOUSTALOT, Marie F.g. ; Veado M A R V ; OLIVEIRA, A. H. . Mercury concentration in fish from Piracicaba River (Minas Gerais, Brazil). Environmental Monitoring and Assessment (Print), v. 143, p. 223-235, 2009.

25.
BARBOSA, Rena Mirian Trindade2007BARBOSA, Rena Mirian Trindade ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; MANGABEIRA, P. A. ; LOGUÉRCIO, L. L. . A physiological analysis of Genipa americana L. : a potential phytoremediator tree for chromium pollutes watersheds. Environmental and Experimental Botany, v. 61/3, p. 264-271, 2007.

26.
MANGABEIRA, P. A.;Mangabeira, Pedro A. O.;Mangabeira, Pedro A.;Mangabeira, Pedro A.O.;MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA;MANGABEIRA, PA;Mangabeira PAO;Mangabeira P2006 MANGABEIRA, P. A.; GAVRILOV, Konstantin ; ALMEIDA, Alexalan Furtado de ; SEVERO, Maria Isabel Guimarães ; OLIVEIRA, A. H. ; ESCAIG, Françoise ; GALLE, Pierre ; MIELKE, Marcelo Schramm ; SILVA, Delmira da Costa ; LOUSTALOT, Marie F.g. . Chromium localization in plant tissues of Lycopersicum esculentum Mill. using ICP-MS and ion microscopy (SIMS).. Applied Surface Science, Holanda, v. 252, n.10, p. 3488-3501, 2006.

27.
MANGABEIRA, P. A.;Mangabeira, Pedro A. O.;Mangabeira, Pedro A.;Mangabeira, Pedro A.O.;MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA;MANGABEIRA, PA;Mangabeira PAO;Mangabeira P2006MANGABEIRA, P. A.; MIELKE, Marcelo Schramm ; SEVERO, Maria Isabel Guimaraes ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; LABEJOF, Lise ; GALLE, Pierre ; LOUSTALOT, Marie F.g. . Bioaccumulation of chromium in aquatic macrophyte Borreria scabiosoides Cham & Schltdl. Applied Surface Science, Holanda, v. 252, n.Accepted, p. 6816-6819, 2006.

28.
MIELKE, Marcelo Schramm2005MIELKE, Marcelo Schramm ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; GOMES, Fabio Pinto ; MANGABEIRA, P. A. ; SILVA, Delmira da Costa . Effects of soil flooding on leaf gas exchange and growth of two neotropical pioneer tree species. New Forests, Berlim, v. 29, p. 161-168, 2005.

29.
MIELKE, Marcelo Schramm2005MIELKE, Marcelo Schramm ; MATOS, Elyabe Monteiro ; COUTO, Virginia Bastos ; ALMEIDA, Alexalan Furtado de ; GOMES, Fabio Pinto ; MANGABEIRA, P. A. . Some photosynthetic and growth responses of Annona glabra L. seedlings to soil fooding. Acta Botanica Brasilica, Sao Paulo, v. 19, n.4, p. 907-913, 2005.

30.
MANGABEIRA, P. A.;Mangabeira, Pedro A. O.;Mangabeira, Pedro A.;Mangabeira, Pedro A.O.;MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA;MANGABEIRA, PA;Mangabeira PAO;Mangabeira P2004MANGABEIRA, P. A.; LAMPERTI, Alesio ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; ESCAIG, Françoise ; SEVERO, Maria Isabel Guimaraes ; SILVA, Delmira da Costa ; SALOES, Matheus ; LUCENA, Emerson Rocha de ; MARTINS, Milena Caria ; SANTANA, Kaline Benevides ; GAVRILOV, Konstantin ; GALLE, Pierre ; SETTI, Roberto Levi ; MIELKE, Marcelo Schramm . Accumulation of Chromium in root tissues of Eichhornia Crassipes (Mart.) Solms.in Cachoeira River - Brazil.. Applied Surface Science, Holanda, v. C, n.231-232, p. 498-501, 2004.

31.
SEVERO, Maria Isabel Guimarães2004SEVERO, Maria Isabel Guimarães ; OLIVEIRA, Arno Heeren de ; LOUSTALOT, Marie F.g. ; CARNEIRO, Clemente G. ; MANGABEIRA, P. A. ; LABEJOF, Lise ; ALMEIDA, Marilza P. ; VEADO, Maria Adelaide R.v. . Inductively Coupled Plasma-Mass Spectrometry (HR-ICP-MS)as a Tool for Environment Biomonitoring. Brazilian Journal of Physics (Impresso), v. 17, n.1, p. 07-11, 2004.

32.
Mielke, M2003Mielke, M ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; GOMES, Fabio Pinto ; AGUILAR, M. A. G. ; MANGABEIRA, P. A. . Leaf gas exchange, chlorophyll fluorescence and growth responses of Genipa americana seedlings to soil flooding. Environmental and Experimental Botany, Inglaterra, v. 50, n.3, p. 221-231, 2003.

33.
LABEJOF, Lise2002LABEJOF, Lise ; GALLE, Pierre ; MANGABEIRA, P. A. ; OLIVEIRA, Arno Heeren de ; SEVERO, Maria Isabel Guimarães . Histologial Changes in Rat Duodenum mucosa After Whole-Body Gamma Irradiation. Cellular and Molecular Biology, France, v. 48, n.5, p. 537-545, 2002.

34.
MANGABEIRA, P. A.;Mangabeira, Pedro A. O.;Mangabeira, Pedro A.;Mangabeira, Pedro A.O.;MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA;MANGABEIRA, PA;Mangabeira PAO;Mangabeira P2001MANGABEIRA, P. A.; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; MIELKE, M. ; Mushrifah, I ; ESCAIG, Françoise ; SEVERO, Maria Isabel Guimarães ; OLIVEIRA, Arno Heeren de ; GALLE, Pierre . Accumulation and Distribution ofTrivalent Chromium in Tomato Plant: Studies Using Ion Microscopy (SIMS). Acta Microscópica, Águas de Lindóia, v. 3, n.C, p. 221-223, 2001.

35.
MANGABEIRA, P. A.;Mangabeira, Pedro A. O.;Mangabeira, Pedro A.;Mangabeira, Pedro A.O.;MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA;MANGABEIRA, PA;Mangabeira PAO;Mangabeira P1999MANGABEIRA, P. A.; Mushrifah, I ; ESCAIG, Françoise ; LAFFRAY, D. ; FRANÇA, M. G. C. ; GALLE, Pierre . Use of SIMS microscopy and electron probe X-ray microanalysis to study the subcellular localization of aluminium in Vicia faba roots cells. Cellular and Molecular Biology (Print) (Cessou em 2004), Paris, v. 45, n.4, p. 413-421, 1999.

36.
MANGABEIRA, P. A.;Mangabeira, Pedro A. O.;Mangabeira, Pedro A.;Mangabeira, Pedro A.O.;MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA;MANGABEIRA, PA;Mangabeira PAO;Mangabeira P1998MANGABEIRA, P. A.; Mushrifah, I ; ESCAIG, Françoise ; LAFFRAY, D. ; GALLE, Pierre . Use of secondary ion mass spectrometry and transmission electron microscopy to image chromium uptake in tomato plant (Lycopersicon esculentum Mill.). Chinese Journal Of Vacuum Science And Technology, Pequin, v. 01, p. 26-30, 1998.

37.
MANGABEIRA, P. A.;Mangabeira, Pedro A. O.;Mangabeira, Pedro A.;Mangabeira, Pedro A.O.;MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA;MANGABEIRA, PA;Mangabeira PAO;Mangabeira P1998MANGABEIRA, P. A.; Mushrifah, I ; ESCAIG, Françoise ; LAFFRAY, D. ; FRANÇA, M. C. . Localization of cooper in leaf tissues of Bacopa aquatica Aubl. using ion and transmission electron microscopy. Malaysia Applied Biology, Malasia, v. 27, p. 155-158, 1998.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
MANGABEIRA, P. A.; PRIOVANI, Carlos Priminho (Org.) ; VASCONCELOS, Maria Jaqueline (Org.) ; DONATELLI, Marisa Carneiro de Oliveira Franco (Org.) ; PIRES, Monica Moura (Org.) . 9 Seminario de Iniciacao Cientifica. Ilheus: EDITUS, 2003. v. 01. 319p .

2.
MANGABEIRA, P. A.; PIRES, Monica Moura (Org.) ; DONATELLI, Marisa Franco (Org.) ; SACRAMENTO, Celio Kersul Do (Org.) ; PRIOVANI, Carlos Priminho (Org.) . VII Seminario de Pesquisa da UESC. Ilheus: EDITUS, 2003. v. 01. 120p .

3.
MANGABEIRA, P. A.; PIRES, Monica Moura (Org.) . 7 Seminario de Iniciacao Cientifica. Ilheus: EDITUS, 2001. v. 01. 201p .

4.
MANGABEIRA, P. A.; BITTENCOURT, Maria Aparecida Leao (Org.) . VI Seminario de Iniciacao Cientifica. Ilheus: EDITUS, 2000. v. 01. 134p .

Capítulos de livros publicados
1.
ALVES, L. J. ; NUNES, F. C. ; PRASAD, M. N. ; GROSS, E. ; LOUREIRO, D. M. ; MEDRADO, H. H. ; BOMFIM, P. S. ; MANGABEIRA, P. A. . Uranium Mine Waste Phytostabilization With Native Plants?A Case Study From Brazil. In: Majeti Narashma Vara PRASAD; Paulo Jorge de Campos Favas;Subodh Kumar Maiti. (Org.). Bio-Geotechnologies for Mine Site Rehabilitation. 01ed.Oxford: Elsevier, 2018, v. 1, p. 299-322.

2.
Ferreira Aluane Silva ; ALMEIDA, ALEX-ALAN FURTADO ; Fernandes Valéria Ferreira ; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA . National Center for Scientific Research (CNRS), Solaize: Compartimentalization and Ultrastructural Alterations induced by Chromium in Aquatic Macrophytes. In: Ashton Acton Editors. (Org.). Compartimentalization and Ultrastructural Alterations induced by Chromium in Aquatic Macrophytes. 0ed.Atlanta: Scholarly Editions, 2012, v. 00, p. 00-00.

3.
ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; MIELKE, Marcelo Schramm ; GOMES, Fabio Pinto ; Gomes LMC ; Mangabeira, Pedro A. O. ; RENEVALLE, R. . Phytoremediation of Cd, Pb and Cr by Woody Plants. In: Ivan A. Golubev. (Org.). Handbook of Phytoremediation. 1ed.Hauppauge NY: Nova Science Publishers Inc, 2011, v. 01, p. 687-698.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GAIBA, S. ; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA ; CHAVES, A. L. F. ; SACRAMENTO, C. K. ; SILVA, L. A. M. ; FERREIRA, L. M. ; FRANCA, L. P. . Avaliação do potencial antitumoral do extrato da folha de Himatanthus drasticus em células tumorais b16f10. In: I Fórum de pesquisa em cirurgia translacional - UNIFESPM, 2014, São Paulo. Anais do I Fórum de pesquisa em cirurgia translacional - UNIFESPM. São Paulo, 2014. v. 1.

2.
MANGABEIRA, P. A.; SILVA, Delmira da Costa ; Jesus R M de ; Santos Júnior Alberto José ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de . Ultrastructural damage in tomato plants exposed to chromium III. In: ICHMET 2012, 2012, Roma. Proceedings of 16 th Interantional Conference of Heavy Metals in the Environment. Roma: IST, 2012. v. 01.

3.
SOUZA, Vania Lima ; ROSA, Tiago Santana ; Rehem, B ; SANTANA, Kaline Benevides ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; MANGABEIRA, P. A. ; MIELKE, M. ; SILVA, Delmira da Costa ; LUCENA, Emerson Rocha de . Influência do cádmio na anatomia e fisiologia de Alternanthera philoxeroides (AMARANTHACEAE) e Polygonum ferrugineum (POLYGONACEAE). In: X Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal e XII Congresso Latino Americano de Fisiologia Vegetal., 2005, Recife. Anais do X Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal. Recife: Editora da UFPE, 2005. v. Unico.

4.
SANTANA, Kaline Benevides ; SILVA, Delmira da Costa ; SOUZA, Vania Lima ; MANGABEIRA, P. A. . Anatomia dos orgaos vegetativos de Alternanthera philoxeroides (Mart.) Griseb. Amaranthaceae. In: XVII Reuniao Nordestina de Botanica, 2004, Petrolina. XXVII Reuniao Nordestina de Botanica - Potencialidades e Desafios. Sao Paulo: Sociedade Botanica do Brasil, 2004. v. 01.

5.
MANGABEIRA, P. A.. Accumulation of chromium in root tissues of Eichhornia Crassipes (Mart.) Solms. in Cacheoira River - Brazil. In: Microscopy and Microanalysis 2004, 2004, Savannah. Proceedings Microscopy and Microanalysis 2004. Inglaterra: Cambridge University Press, 2004. v. 10.

6.
SOUZA, Vania Lima ; SILVA, Delmira da Costa ; SANTANA, Kaline Benevides ; MANGABEIRA, P. A. ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; MIELKE, Marcelo Schramm ; LUCENA, Emerson Rocha de . Aspectos anatomicos de Alternanthera philoxeroides (Mart.) Griseb sob tratamento com cadmio. In: 10 Seminario de Iniciacao Cientifica da UESC, 2004, Ilheus. Livro de Resumos - 10 Seminario de Iniciacao Cientifica. Ilheus: EDITUS - Editora da UESC, 2004. v. Unico. p. 169-170.

7.
MANGABEIRA, P. A.; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; OLIVEIRA, Arno Heeren de ; SILVA, Delmira da Costa ; GAVRILOV, Konstantin ; MIELKE, Marcelo Schramm ; GALLE, Pierre ; SEVERO, Maria Isabel Guimarães ; SETTI, Roberto Levi . Application of Secondary ion Mass Spectrometry (SIMS) to Localize Chromium in Plant Tissues. In: Simposio tematico sobre patogenos, plantas medicinais e tecnicas avancadas em microscopia, 2004, Salvador. Simposio tematico sobre patogenos, plantas medicinais e tecnicas avancadas em microscopia. Rio de Janeiro: SBMM, 2004. v. 1.

8.
MANGABEIRA, P. A.; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; SEVERO, Maria Isabel Guimaraes ; OLIVEIRA, Arno Heeren de ; SILVA, Delmira da Costa ; MIELKE, Marcelo Schramm ; LUCENA, Emerson Rocha de ; SANTANA, Kaline Benevides ; LAMPERTI, Alesio ; MARTINS, Milena Caria . Accumulation of Chromium in Root Tissues of Eichhornia crassipes in Cachoeira River - Brazil. In: 14 Th International Conference on Secondary Ion Mass Spectrometry, 2003, San Diego. Proceedings of 14 Th International Conference on Secondary Ion Mass Spectrometry. San Diego: San Diego University, 2003. v. 1.

9.
MANGABEIRA, P. A.; ALMEIDA, Alexalan Furtado de ; OLIVEIRA, A. H. ; ESCAIG, Françoise ; Mushrifah, I ; MIELKE, Marcelo Schramm ; SEVERO, Maria Isabel Guimarães . Ultrastructural Investigations and Electron Probe X-Ray Microanalysis of chromium Treated Plant. In: MICROMAT - Sociedade Brasileira de Microscopia e Microanálise, 2002, Curitiba. Resumos do MICROMAT - SBMM, 2002. v. 01.

10.
SEVERO, Maria Isabel Guimaraes ; OLIVEIRA, Arno Heeren de ; MANGABEIRA, P. A. ; VEADO, M. A. R. V. ; VEADO, J. C. C. . Application of Inductively Coupled Plasma-Mass Spectrometry and Instrumental Neutron Activation Analysis by Investigations of the Accumulation of Metals by Eichhornia Craspies. In: Sixth International Conference on The Biogeochemistry of Trace Elements, 2001, Guelph. ICOBTE 2001 Conference Proceedings. Guelph - Canadá: University of Guelph, 2001. v. Cd-Rom.

11.
MANGABEIRA, P. A.; ALMEIDA, Alexalan Furtado de ; MIELKE, Marcelo Schramm ; GOMES, Fabio Pinto ; Mushrifah, I ; ESCAIG, Françoise ; LAFFRAY, D. ; SEVERO, Maria Isabel Guimarães ; OLIVEIRA, Arno Heeren de ; GALLE, Pierre . Ultrastructural Investigations and Electron Probe X-Ray Microanalysis of chromium Treated Plant. In: Sixth International Conference on The Biogeochemistry of Trace Elements, 2001, Guelph. ICOBTE 2001 Conference Proceedings. Guelph: University of Guelph, 2001. v. Cd-Rom. p. 555.

12.
ALMEIDA, Alexalan Furtado de ; MANGABEIRA, P. A. ; AGUILLAR, Marco Antonio G ; MIELKE, Marcelo Schramm ; GOMES, Fabio Pinto ; PACHECO, R. G. ; MARROCOS, P. C. ; RENEVALLE, R. . Influence of Aluminium on Gas Exchange and Growth of Seedlings of Spondias Mombim L.. In: Sixth International Conference on The Biogeochemistry of Trace Elements, 2001, Guelph. ICOBTE 2001 Conference Proceedings. Guelph: University of Guelph, 2001. v. Cd-Rom. p. 598.

13.
MIELKE, Marcelo Schramm ; ALMEIDA, Alexalan Furtado de ; GOMES, Fabio Pinto ; AGUILAR, M. A. G. ; SILVA, Delmira da Costa ; MANGABEIRA, P. A. . Aspectos fisiológicos em plântulas de Genipa americana L. (Rubiaceae) sob condições de alagamento. I. Trocas gasosas e emissão de fluorescência da clorofila. In: VIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2001, Ilhéus. Anais VIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal. Viçosa: Sociedade Brasileira de Fisiologia Vegetal, 2001. v. 1.

14.
MIELKE, Marcelo Schramm ; ALMEIDA, Alexalan Furtado de ; GOMES, Fabio Pinto ; AGUILLAR, Marco Antonio G ; SILVA, Delmira da Costa ; MANGABEIRA, P. A. . Aspectos ecofisiológicos em plântulas de Genipa americana L. (Rubiaceae) sob condições de alagamento. II. Alterações anatômicas, morfológicas e na partição de biomassa. In: VIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2001, Ilhéus. Anais VIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal. Viçosa: Sociedade Brasileira de Fisiologia Vegetal, 2001. v. 1.

15.
GOMES, Fabio Pinto ; MIELKE, Marcelo Schramm ; ALMEIDA, Alexalan Furtado de ; MUNIZ, W. S. ; MANGABEIRA, P. A. ; RENEVALLE, R. . Influência do alumínio no crescimento de Spondias mombim L. , Euterpe oleraceae Mart.. In: VIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2001, Ilhéus. Anais VIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal. Viçosa: Sociedade Brasileira de Fisiologia Vegetal, 2001. v. 1.

16.
RIBEIRO, M. A. Q. ; ALMEIDA, Alexalan Furtado de ; AGUILAR, M. A. G. ; RENEVALLE, R. ; MANGABEIRA, P. A. . Influência do alumínio sobre a fluorescência da clorofila e as trocas gasosas em dois genótipos de Theobroma. In: VIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2001, Ilhéus. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal. Viçosa: Sociedade Brasileira de Fisiologia Vegetal, 2001. v. 1.

17.
ALMEIDA, Alexalan Furtado de ; MIELKE, Marcelo Schramm ; AGUILAR, M. A. G. ; GOMES, Fabio Pinto ; MARROCOS, P. C. L. ; PACHECO, R. G. ; RENEVALLE, R. ; MANGABEIRA, P. A. ; SILVA, S. S. . Influence of Cooper on Growth and Gas Exchange Parameters of two Theobroma cacao L. Genotypes. In: XXIV Reunião Brasileira de Fertilidade de Solo e Nutrição de Plantas, 2000, Santa Maria. FERTIBIO 2000 - Biodinâmica do Solo. Santa Maria: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2000. v. 01.

18.
MARROCOS, P. C. L. ; PACHECO, R. G. ; AGUILAR, M. A. G. ; ALMEIDA, Alexalan Furtado de ; MIELKE, Marcelo Schramm ; GOMES, Fabio Pinto ; RENEVALLE, R. ; MANGABEIRA, P. A. . Efeitos de Concentrações de Cobre no Crescimento e nasTrocas Gasosas de Spondias mombim L.. In: FERTIBIO 2000 - Biodinâmica do Solo, 2000, Santa Maria. FERTIBIO - BIODINÂMICA DO SOLO. Santa Maria: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2000. v. 01.

19.
AGUILAR, M. A. G. ; ALMEIDA, Alexalan Furtado de ; PACHECO, R. G. ; MARROCOS, P. C. L. ; MIELKE, Marcelo Schramm ; RENEVALLE, R. ; GOMES, Fabio Pinto ; MANGABEIRA, P. A. . Efeitos de Concentrações de Aluminio nas Trocas Gasosas e no Crescimento de Spondias mombim L.. In: FERTIBIO - BIODINÂMICA DO SOLO, 2000, SAnta Maria. FERTIBIO - 2000. Santa Maria: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2000. v. 01.

20.
MANGABEIRA, P. A.; Mushrifah, I ; ESCAIG, Françoise ; ALMEIDA, Alexalan Furtado de ; LAFFRAY, D. ; SEVERO, Maria Isabel Guimarães ; OLIVEIRA, Arno Heeren de ; GALLE, Pierre . Acumulation and distribution of chromium in tomato plants: Studies using SIMS and electro probe X-ray microanalysis.. In: International Conference On Heavy Metals In The Enviroment, 2000, Ann Arbor. International Conference On Heavy Metals In The Enviroment. Ann Arbor: Unversity of Michigan, 2000. v. 01. p. 1262.

21.
SEVERO, Maria Isabel Guimarães ; OLIVEIRA, Arno Heeren de ; MANGABEIRA, P. A. ; GALLE, Pierre ; SOUZA, R. B. . Analysis of metals in the cacheira basin-Brazil: Concentration in aquatic organisms.. In: International Conference On Heavy Metals In The Enviroment, 2000, Ann Arbor. International Conference On Heavy Metals In The Enviroment. Ann Arbor: University of Michigan, 2000. v. 01. p. 1220.

22.
Mushrifah, I ; BAKITINI, S. ; MANGABEIRA, P. A. ; GALLE, Pierre ; ESCAIG, Françoise . Bioaccumulation and chromium uptake in mangrove ecosystem os Sungai Sepang Kecil, Selangor, Malaysia.. In: International Conference On Heavy Metals In The Enviroment, 2000, Ann Arbor. International Conference On Heavy Metals In The Enviroment. Ann Arbor: University of Michigan, 2000. v. 01. p. 1216.

23.
OLIVEIRA, Arno Heeren de ; SEVERO, Maria Isabel Guimarães ; VEADO, M. A. ; MANGABEIRA, P. A. ; GALLE, Pierre ; SEVERO, G. G. ; SOUZA, R. B. . Plasma source mass spectrometry (ICP-MS) application to multi-element analysis in sediment and water samples.. In: International Conference On Heavy Metals In The Enviroment, 2000, Ann Arbor. International Conference On Heavy Metals In The Enviroment. Ann Arbor: University of Michigan, 2000. v. 01. p. 1368.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SEVERO, Maria Isabel Guimaraes ; Barbier F ; OLIVEIRA, Arno Heeren de ; LOUSTALOT, Marie F.g. ; CARNEIRO, Clemente G. ; MANGABEIRA, P. A. . Trace metals analysis in estuarine by inductively plasma mass spectrometry (ICP-MS). In: 5th International Symposium on Trace Elements ib Human, 2005, Atenas. Proceedings of 5th International Symposium on Trace Elements ib Human. Atenas: Univertsity of Greece, 2005. v. 1. p. 256.

2.
OLIVEIRA, Arno Heeren de ; Dutruch L ; SEVERO, Maria Isabel Guimarães ; LOUSTALOT, Marie F.g. ; CARNEIRO, Clemente G. ; MANGABEIRA, P. A. ; LABEJOF, Lise . High-Resoluton ICP-Mass Spectrometry to Control of Chromium and Cadmium Concentration in Aquatic Plants. In: 5th International Symposium on Trace Elemnts in Human: New Perspectives, 2005, Atenas. Proceedings of 5th International Symposium on Trace Elemnts in Human: New Perspectives. Atenas: University of Greece, 2005. v. 1. p. 289.

3.
SANTANA, Kaline Benevides ; MANGABEIRA, P. A. ; SILVA, Delmira da Costa . Efeitos do crômio na antomia de macrófitas da bacia hidrográfica do rio cachoeira. In: 9 Seminário de Iniciação Científica, 2003, Ilhéus. 9 Seminário de Iniciação Científica - Livroi de Resumos. Ilhéus: EDITUS, 2003. v. 01. p. 134-136.

4.
MARTINS, Milena Caria ; MANGABEIRA, P. A. . Estudo anatômico e de localização celular do crômio em Borreria scabiosoides Cham e Schldt, macrófita do rio Cachoeira. In: 9 Seminário de Iniciação Científica, 2003, Ilhéus. 9 Seminário de Iniciação Científica - Livro de Resumos. Ilhéus: EDITUS, 2003. v. 01. p. 145-147.

5.
SILVA, Delmira da Costa ; SANTANA, Kaline Benevides ; SOUZA, Vania Lima ; MANGABEIRA, P. A. ; LUCENA, Emerson Rocha de ; MIELKE, Marcelo Schramm ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de . Caracterização anatômica de espécies vegetais anfíbias da bacia hidrográfica do rio cachoeira submetidas ao tratamento com cromio. In: 54 Congresso Nacional de Botânica, 2003, Belém. Anias do 54 Congresso Nacional de Botânica, 2003. v. Único. p. 130.

6.
ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; SILVA, S ; MIELKE, Marcelo Schramm ; GOMES, Fabio Pinto ; AGUILLAR, Marco Antonio G ; MANGABEIRA, P. A. . Variacoes diurnas de trocas gasosas e de emissao de fluorescencia da clorofila em quatro orquideas epifiticas da mata atlantica do sul da Bahia. In: 53 Congresso Nacional de Botanica - Reuniao Nordestina de Botanica, 2003, Recife. Anais 25 Reuniao Nordestina de Botanica. Recife: UFPE, 2003. v. CD-ROM.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, J. V. S. ; YUKIO, M. ; CORTEZ, P. A. ; MANGABEIRA, PA . Potencial de plântulas de Avicennia schaueriana (Stapf & Leechm ex Moldenke) na compartimentalização e eliminação do cádmio. In: 66 Congresso Nacional de Botânica, 2015, Santos - São Paulo. Anais do 66 Congresso Nacional de Botânica. Santos: UNESP, 2015. v. 1. p. 1.

2.
YUKIO, M. ; SILVA, J. V. S. ; CORTEZ, P. A. ; Jesus R M de ; MANGABEIRA, PA . Efeito do cádmio na absorção de Ca, Fe e Zn em plântulas de Avicennia schaueriana (Stapf & Leechm. ex. Moldenke. In: 66 Congresso Nacional de Botânica, 2015, Santos - São Paulo. Anais do 66 Congresso Nacional de Botânica. Santos: Editora UNISANTA, 2015. v. 1. p. 1-3.

3.
FREITAS, T. A. ; SILVA, J. V. S. ; MANGABEIRA, PA ; Jesus R M de . 64 Congresso Nacional de Botânica. In: 64 Congresso Nacional de Botânica, 2013, Belo Horizonte. Efeitos da toxidade do cobre na nutrição mineral de plantas jovens de Inga subnuda subs. luschnathiana (Fabaceae). Belo Horizonte: UFMG, 2013. v. 1. p. 1-3.

4.
Ferreira Aluane Silva ; MANGABEIRA, P. A. . Estudos de bioacumulação de chumbo em plantas aquáticas na região sul da Bahia. In: 16 Seminário de Iniciação Científica - Ciência, formação de recursos humanos e desenvolvimento, 2010, Ilhéus. Anais do 16 Seminário de Iniciação Científica. Ilhéus: EDITUS, 2010. v. Único.

5.
MANGABEIRA, P. A.; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; SEVERO, Maria Isabel Guimareas ; SILVA, Delmira da Costa ; Levi-Setti R ; GALLE, Pierre ; OLIVEIRA, A. H. . Accumulation of chromium in aquatic plant. In: 17 International Conference on Secondary Ion Mass Spectrometry, 2009, Toronto. Proceedings of 17 International Conference on Secondary Ion Mass Spectrometry. Toronto: Wiley SIA, 2009. v. Único.

6.
MANGABEIRA, P. A.; Fernandes Valéria Ferreira ; Costa Larissa Bomfim ; SILVA, Delmira da Costa ; GROSS, Eduardo ; Alves Patricia Casaes ; SANTOS JUNIOR, A J . Comparative morpho-anatomical study of two medicinal plants: plectranthus barbatus and Plectranthus grandis. In: XXI Congresso da SBMM 2009, 2009, Belo Horizonte. Anais do XXII Congresso da Sociedade Brasileira de Microscopia e Microanálise. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Microscopia e Microanálise, 2009. v. CD-Rom.

7.
MANGABEIRA, P. A.; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; SILVA, Delmira da Costa ; LUCENA, Emerson Rocha de ; Fernandes Valéria Ferreira ; GALLE, Pierre ; Levi-Setti R . Accumulation of chromium by 2 wetland plant species in Cachoeira river - Bahia - Brasil. In: XXII Congresso da sociedade Brasileira de Microscopia e Microanálise, 2009, Belo Horizonte. Anais do XXII Congresso da Sociedade Brasileira de Microscopia e Microanálise. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Microscopia e Microanálise, 2009. v. CD-Rom.

8.
Ferreira Aluane Silva ; MANGABEIRA, P. A. ; SILVA, Delmira da Costa . Compartimentalização e alterações ultraestruturais em macrófitas aquáticas submetidas ao crômio. In: XV Seminário de Iniciação Científica e X Semana de Pesquisa e Pós-Graduação da UESC, 2009, Ilhéus. Anais do XV Seminário de Iniciação Científica e X Semana de Pesquisa e Pós-Graduação da UESC. Ilhéus: Editus, 2009. v. Único.

9.
SOUZA, Vania Lima ; SANTANA, Kaline Benevides ; MARTINS, Milena Caria ; MIELKE, Marcelo Schramm ; MANGABEIRA, P. A. ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; LUCENA, Emerson Rocha de ; SILVA, Delmira da Costa . Estudo Anatomico de Macrofitas da Bacia Hidrografica do Rio Cachoeira. In: Reuniao Anual da SBPC, 2004, Cuiaba. Resumos da 56 Reuniao Anual da SBPC. Cuiaba: SBPC, 2004. v. CD-ROM.

10.
COUTO, Virginia Bastos ; MATOS, Elyabe Monteiro ; MOTA, Lucas Mendonca ; MIELKE, Marcelo Schramm ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; SILVA, Delmira da Costa ; MANGABEIRA, P. A. . Comportamento fotossintetico de Borreria scabiosoides Chm & Schaldtl. (Rubiaceae) submetidas a diferentes concentracoes de cromio e cadmio em solucao nutritiva. In: 55 Congresso Nacional de Botanica, 2004, Vicosa. Resumos do 55 Congresso Nacional de Botanica. Vicosa: Universidade Federal de Vicosa, 2004. v. 1.

11.
SOUZA, Vania Lima ; SANTANA, Kaline Benevides ; MARTINS, Milena Caria ; SILVA, Delmira da Costa ; MANGABEIRA, P. A. ; MIELKE, Marcelo Schramm ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; LUCENA, Emerson Rocha de . Respostas Anatomicas de Macrofitas Aquaticas sob Tratamento com Cadmio. In: 55 Congresso Nacional de Botanica, 2004, Vicosa. Resumos do 55 Congresso Nacional de Botanica. Vicosa: Universidade Federal de Vicosa, 2004. v. 1.

12.
SANT`ANA, Cristiano de Souza ; MIELKE, Marcelo Schramm ; ALMEIDA, Alexalan Furtado de ; MANGABEIRA, P. A. . Comportamento fisiologico de clones de cacau (Theobroma cacao L.) em condicoes de alagamento. In: 10 Seminario de Iniciacao Cientifica da UESC, 2004, Ilheus. Livro de Resumos - 10 Seminario de Iniciacao Cientifica da UESC. Ilheus: EDITUS - UESC, 2004. v. Unico. p. 33-34.

13.
SANTOS, Elieen Azevedo ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; MIELKE, Marcelo Schramm ; SILVA, Delmira da Costa ; FARIA, Jose Claudio ; MANGABEIRA, P. A. . Aspectos Anatomicos e Fisiologicos de Cyrtopodium polyphllum (VELL) Pohet ex F. Barros. In: 10 Seminario de Iniciacao Cientifica da UESC, 2004, Ilheus. Livro de Resumos - 10 Seminario de Iniciacao Cientifica da UESC. Ilheus: EDITUS - UESC, 2004. v. Unico. p. 87-88.

14.
PIRES, Marcel Viana ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; MIELKE, Marcelo Schramm ; SILVA, Delmira da Costa ; FARIA, Jose Claudio ; MANGABEIRA, P. A. . Trocas gasosas foliares em duas orquideas epifiticas da mata atlantica do sul da Bahia. In: 10 Seminario de Iniciacao Cientifica da UESC, 2004, Ilheus. Livro de Resumos - 10 Seminario de Iniciacao Cientifica. Ilheus: EDITUS - UESC, 2004. v. Unico. p. 127-128.

15.
MARTINS, Milena Caria ; MANGABEIRA, P. A. . Estudo anatomico e morfologico de Borreria scabiosoides Cham. & Schldt macrofita do rio cacahoeira submetida a cultivo hidroponico com cadmio. In: 10 Seminario de Iniciacao Cientifica da UESC, 2004, Ilheus. Livro de Resumos - 10 Seminario de Iniciacao Cientifica da UESC. Ilheus: EDITUS - Editora da UESC, 2004. v. Unico. p. 131-132.

16.
MANGABEIRA, P. A.; ROSA, Tiago Santana . Aplicacao da microscopia ionica (SIMS) na deteccao de metais pesados em plantas. In: 10 Seminario de Iniciacao Cientifica da UESC, 2004, Ilheus. Livro de Resumos - 10 Seminario de Iniciacao Cientifica. Ilheus: EDITUS - Editora da UESC, 2004. v. Unico. p. 167-168.

17.
ROSA, Tiago Santana ; ROCHA, Deusdedit Carvalho ; Rehem, B ; MANGABEIRA, P. A. ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; MIELKE, Marcelo Schramm ; SILVA, Delmira da Costa . Estudo da compartimentalizaçao de cromio na especie Borreria scabiosoides Cham. Schltdl., utilizando microscopia ionica (SIMS). In: VII Econtro de Biologia, 2004, Feira de Santana. Livro de resumos do VII Encobio; Biosfera: O palco da Evoluçao da vida. Feira de Santana: Editora da UEFS, 2004. v. 1. p. 36-37.

18.
ROSA, Tiago Santana ; ROCHA, Deusdedit Carvalho ; MANGABEIRA, P. A. ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; MIELKE, Marcelo Schramm ; SILVA, Delmira da Costa . Bioacumulaçao de cromio Cr3 em Alternanthera philoxeroides (Mart.) GRISEB, coletadas no rio cachoeira, Ilhéus - Bahia. In: VII Encontro de Biologia da UEFS, 2004, Feira de Santana. Livro de Resumos do VII Encobio. Feira de Santana: Editora da UEFS, 2004. v. 1. p. 76-77.

19.
ROSA, Tiago Santana ; ROCHA, Deusdedit Carvalho ; Santos P. ; Mota L ; MANGABEIRA, P. A. . Analise comparativa dos sitios de acumulo de cromio em Eichhornia crassipes Mart. e Borreria scabiosoides Cham. Schltdl, macrofitas aquaticas coletadas no rio cachoeira. In: VII Simposio de Biologia do Sul da Bahia, 2004, Ilheus. Livro de Resumos do VII Simposio de Biologia do Sul da Bahia. Ilheus: Editora da UESC - Editus, 2004. v. 1.

20.
ROSA, Tiago Santana ; MANGABEIRA, P. A. ; GAVRILOV, Konstantin ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; SEVERO, Maria Isabel Guimaraes ; SILVA, Delmira da Costa ; LUCENA, Emerson Rocha de ; MARTINS, Milena Caria ; GALLE, Pierre . Acumulo de cromio nos tecidos da raiz de Eichhornia crassipes Mart. no rio cachoeira, Ilhéus - Bahia. In: 55 Congresso Nacional de Botanica, 2004, Vitoria. Livro de Resumos do 55 Congresso Nacional de Botancia. Sao Paulo: SBB, 2004. v. 1.

21.
OLIVEIRA, Arno Heeren de ; SEVERO, Maria Isabel Guimaraes ; VEADO, M. A. R. V. ; LABEJOF, Lise ; MANGABEIRA, P. A. . ICP-MS Methods for Environment Biomonitoring. In: 7Th International Conference on the Biogeochemistry of Trace Elements, 2003, Estocolmo. Proceedings of 7Th International Conference on the Biogeochemistry of Trace Elements. Estocolmo: SLU (Swedish University of Agricultural Sciences), 2003. v. 1.

22.
SANTOS JUNIOR, A J ; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; MIELKE, Marcelo Schramm ; MANGABEIRA, P. A. ; SILVA, Delmira da Costa . Efeitos do cadmio e do cromio na fotossintese de Ploygonum ferrugineum Wedd e de Alternanthera philoxeroides (MART) GROSEO. In: XXV Encontro Egional de Botanicos, 2003, Vitoria. Anais do XXV Encontro Regional de Botanicos, 2003. v. CD-ROM.

23.
SALOES, Matheus ; SILVA, Delmira da Costa ; LUCENA, Emerson Rocha de ; MANGABEIRA, P. A. ; ALMEIDA, Alexalan Furtado de ; MIELKE, Marcelo Schramm ; LOGUÉRCIO, L. L. . Anatomia de órgãos vegetativos de Pistia stratiotes. In: XXIV Encontro Nacional de Botânicos, 2002, Ilhéus. XXVI ERBOT. Ilhéus: Editora da Universidade Estadual de Santa Cruz, 2002. v. 01.

24.
SOUZA, Vania Lima ; SILVA, Delmira da Costa ; MANGABEIRA, P. A. ; LUCENA, Emerson Rocha de ; MIELKE, Marcelo Schramm ; LOGUÉRCIO, L. L. . Aspectos anatômicos de Polygonum ferrugineum Weed (Polygonaceae) da bacia hidrográfica do rio cachoeira submetidas ao tratamento com cromo. In: XXVI Encontro Regional de Botânicos, 2002, Ilhéus. XXVI ERBOT. Ilhéus: Editora da Universidade Estadual de Santa Cruz - EDITUS, 2002. v. 01.

25.
SANTANA, Kaline Benevides ; SILVA, Delmira da Costa ; MANGABEIRA, P. A. ; LUCENA, Emerson Rocha de ; MIELKE, Marcelo Schramm ; LOGUÉRCIO, L. L. . Respostas anatômicas de Alternanthera philoxeroides (Mart.) Griseb (Amaranthaceae) submetidas ao tratamento com crômio. In: XXIV Encontro Nacional de Botânicos, 2002, Ilhéus. XXVI ERBOT. Ilhéus: Editora da Universidade Estadual de Santa cruz - EDITUS, 2002. v. 01.

26.
SEVERO, Maria Isabel Guimaraes ; OLIVEIRA, Arno Heeren de ; MANGABEIRA, P. A. ; LABEJOF, Lise ; GALLE, Pierre ; SILVA, M. R. S. ; VEADO, M. A. R. V. . Trace metals pollutant in cachoeira river by inductively coupled plasma - mass spectrometry. In: International Symposium - New Trends in Biophysics, 2001, Recife. NTB 2001 International Symposium - New Trends in Biophysics - Program & Abstracts. Recife: Universidade Federal Rural de Pernanbuco, 2001. v. 01. p. 28.

27.
LABEJOF, Lise ; GALLE, Pierre ; ESCAIG, Françoise ; MANGABEIRA, P. A. ; OLIVEIRA, Arno Heeren de ; SEVERO, Maria Isabel Guimaraes . Histological changes in rat duodenum mucosa after whole-body gamma rays irradiation. In: International Symposium - New Trends in Biophysics, 2001, Recife. International Symposium - New Trends in Biophysics - Program & Abstracts. Recife: Universidade Federal Rural de Pernanbuco, 2001. v. 01.

28.
LABEJOF, Lise ; SEVERO, M. I. ; OLIVEIRA, A. H. ; MANGABEIRA, P. A. ; BERRY, J. P. ; PONCY, J. L. ; GALLE, Pierre . Ultrastructural study of early lesions induced in rat tissues by americium - 241. In: 3 rd. CMB World Congress, 2000, Jena. Cellular and Molecular Biology. Paris: Cellular and Molecular Biology, 2000. v. 46. p. 131-132.

29.
LABEJOF, Lise ; BOULAHDOUR, H. ; THANNOO, D. ; SEVERO, Maria Isabel Guimarães ; OLIVEIRA, Arno Heeren de ; MANGABEIRA, P. A. ; BERRY, J. P. ; PAQUET, F. ; GALLE, Pierre . Radioinduced apoptosis of rat cortex kidney cells: A review of ultrastructural results obtained in three studies of contamination by transuranian actinides. In: 3 rd World-Congress on Cellular and Molecular Biology, 2000, Jena. Cellular and Molecular Biology. Paris: Cellular and Molecular Biology, 2000. v. 46. p. 131-132.

30.
MANGABEIRA, P. A.; Mushrifah, I ; ESCAIG, Françoise ; SEVERO, Maria Isabel Guimarães ; OLIVEIRA, Arno Heeren de ; LAFFRAY, D. ; GALLE, Pierre . Localização tissular e sub-celular de cromo através de microscopia analítica em Lycopersicum esculentum M.. In: 51 Congresso Nacional de Botânica, 2000, Brasília. Resumos do 51 Congresso Nacional de Botânica. Brasília: Sociedade Brasileira de Botânica, 2000. v. Único. p. 62-62.

31.
MANGABEIRA, P. A.; Mushrifah, I ; ESCAIG, Françoise ; LAFFRAY, D. ; GALLE, Pierre . Distribution and localization of aluminium in Vicia faba roots using electronic microscopy and SIMS. In: 3 eme Colloque SFPV, 1997, Toulouse. Plant Sciences. Toulouse: SFPV, 1997. p. 347-348.

32.
OLIVEIRA, Arno Heeren de ; REVEL, G. ; MANGABEIRA, P. A. ; SEVERO, Maria Isabel Guimarães . Inductively coupled plasma and neutron activation analysis of rare earths in cachoeira river. In: IRPA 9 International Congress on Radiation Protection, 1996, Vienna. Proceedings of 9th International Congress on Radiation Protection, 1996. v. 2. p. 14-19.

33.
MANGABEIRA, P. A.; GUSMÃO, E. F. . Estudo preliminar sobre a anatomia das malpighiaceae das dunas de Itapoa, Salvador - Bahia. In: XLV Congresso Nacional de Botanica, 1994, São Leopoldo. Resumos - XLV Congresso Nacional de Botanica. São Leopoldo: Universidade do Vale do Rio dos Sinos, 1994. p. 413-413.

Artigos aceitos para publicação
1.
SANTANA, J. O. ; GRAMACHO, K. P. ; EDUVIRGENS, K. T. S. ; REZENDE, R. P. ; DIAS, R. P. M. ; Mangabeira, Pedro A. O. ; COUTO, F. J. M. ; PIROVANI, C. P. . Witches'broom resistant genotype CCN51 shows greater diversity in this phylloplane than susceptible genotype catongo. BMC MICROBIOLOGY, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
BEZERRA, L. A. ; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA ; COSTA, L. C. B. . Foliar anatomy and secretory structures of Verbesina macrophylla (Cass.) S.F. Blake. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
CASTELAR, J. V. ; CALLADO, C. ; SILVA NETO, S. ; CUNHA, M. ; MANGABEIRA, P. A. . Woods of Bathysa C. Presl. (Rubiaceae) in the Forest Remnnants of Rio de Janeiro and Bahia with comments on vestured pits.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
YUKIO, M. ; SILVA, J. V. S. ; Alves Patricia Casaes ; Jesus R M de ; Mangabeira, Pedro A. . Effect of cadmium on the ultrastructure of Avicernnia schaueriana Moldenke. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
Queiroz LS ; SANTOS JUNIOR, A J ; Silva AM ; Souza J de S ; Mangabeira, Pedro A. . Avaliação do potencial fitorremediador da espécie Oxycarium cubense em ambientes contaminados por chumbo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
MANGABEIRA, P. A.; ALMEIDA, Alex Alan Furtado de ; SILVA, Delmira da Costa ; LUCENA, Emerson Rocha de ; Fernandes Valéria Ferreira ; GALLE, Pierre ; Levi-Setti R . Accumulation of chromium by 2 wetland plant species in Cachoeira river - Bahia - Brazil. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
MANGABEIRA, P. A.; Fernandes Valéria Ferreira ; Costa Larissa Bomfim ; SILVA, Delmira da Costa ; GROSS, Eduardo ; Alves Patricia Casaes ; Santos Júnior Alberto José . Comparative morpho-anatomical study of two medicinal plants: Plectranthus barbatus and Plectranthus grandis. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
LABEJOF, Lise ; GALLE, Pierre ; OLIVEIRA, A. H. ; MANGABEIRA, P. A. . Ultrastructural study of radioinduced apoptosis in duodenum mucosa cells. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA. Consulto CNPq 2015 -2. 2015.

2.
Mangabeira, Pedro A.. Parecer para a revista International Journal of Phytoremediation BIJP- 03XX. 2015.

3.
MANGABEIRA, P. A.. Consultor CNPq 2015- Parecer 1. 2015.

Trabalhos técnicos


Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ALMEIDA, Alex Alan Furtado de; GOMES, L. M. C.; SOUZA, Vania Lima; Mangabeira, Pedro A. O.. Participação em banca de Andressa Vieira de Castro. Mudanças morfológicas, bioquímicas, moleculares e ultraestruturais induzidas por Cd em plântulas de Theobroma cacao L.. 2013. Dissertação (Mestrado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

2.
Costa Larissa Bomfim; Jesus R M de; MANGABEIRA, P. A.. Participação em banca de Caroline Nery Jezler. Efeitos da contaminação de do solo com chumbo e cádmio no crescimento, óleo essencial e ultraestrutura de Mentha arvensis L. (Lamiaceae).. 2012. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

3.
ALMEIDA, Alex Alan Furtado de; AGUILLAR, Marco Antonio G; MANGABEIRA, P. A.; COSTA, M. G. C.. Participação em banca de Nicolle Moreira de Andrade. Respostas moleculares, bioquímicas, morfológicas e ultraestruturais de plântulas de cacau à toxidez de alumínio (Al3+). 2012. Dissertação (Mestrado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

4.
SILVA, Delmira da Costa; Mangabeira, Pedro A.; AGUILAR, M. A. G.. Participação em banca de Maria Célia Santana Aguiar Ribeiro. Morfoanatomia de plantas nativas tolerantes à exposição ao urânio no município de Caetité-Ba.. 2011. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

5.
GROSS, Eduardo; LOGUÉRCIO, L. L.; MANGABEIRA, P. A.. Participação em banca de José Miguel Ferreira dos Santos. Diversidade de alfa e betarizóbios em Ormosia spp. (Leguminosae - Papilionoideae).. 2011. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

6.
RIBEIRO, M. A. Q.; MANGABEIRA, P. A.; ALMEIDA, Alexalan Furtado de; AGUILAR, M. A. G.. Participação em banca de Miguel Antônio Quinteiro Ribeiro. Influência do alumínio sobre parâmetros fisiológicos de dois genótipos de Theobroma cacao L.. 2001. Dissertação (Mestrado em Biologia (Botânica)) - Universidade Federal da Bahia.

Teses de doutorado
1.
ALMEIDA, ALEX-ALAN FURTADO; SOUZA, Vania Lima; COSTA, M. G. C.; SANTOS, I. C.; MANGABEIRA, P. A.. Participação em banca de Júnea Leandro do Nascimento. Respostas fisiológicas , bioquímicas , moleculares e ultraestruturais de plantas jovens de cacau à toxicidade por Cr+3 e cr+6. 2018. Tese (Doutorado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

2.
ALMEIDA, Alexalan Furtado de; Costa MGC; SANTOS, I. C.; SOUZA, V. L.; Mangabeira PAO. Participação em banca de Joedson Pinto Barroso. O papel de Mn na toxicidade de Cd em plantas jovens de cacau:respostas fisiológicas, bioquímicas, moleculares, micromorfológicas e ultraestruturais. 2018. Tese (Doutorado em Produção Vegetal) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

3.
GARCIA, D.; GESTIERA, A. S.; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA; GRAMACHO, K. P.; NICOLAS, M. F.. Participação em banca de Daniela Martins Koop. Genômica funcional e estudos histo-citológicos da interação Hevea brasiliensis - Microcyclus ulei. 2016. Tese (Doutorado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

4.
França MGC; Queiroz CG de S; Zonta E; Mangabeira, Pedro A. O.; Isaias RM dos S. Participação em banca de Janaína de Oliveira Costa e Silva. Morfofisiologia foliar sob estresse causado pelo alumínio em cultivares de arroz (Oryza sativa L.) com tolerância diferencial. 2011. Tese (Doutorado em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
LOUSTALOT, Marie F.g.; OLIVEIRA, Arno Heeren de; MANGABEIRA, P. A.. Participação em banca de Irene Albernaz Arantes. Bioaccumulation du , Methyle de mercure (Hg(CH3Hg+)),Chrome (Cr+3; Cr+6), Arsenic (AsIII e AsV) et Cadmium (Cd+2) sur la ictiofaune dans Le bassin de La rivière Das Velhas. 2008. Tese (Doutorado em Doctorat en Chimie-analytique) - Université Claude Bernard Lyon 1.

6.
Grenier-Loustalot M.F.; Dessalces G; Faure R; Fugit JC; MANGABEIRA, P. A.. Participação em banca de Deelphine DEBALYE. Analyse multi-résidus de traces de pesticides et d'antibiotiques dans les miels. 2007. Tese (Doutorado em Chimie analytique) - Université Claude Bernard Lyon 1.

Qualificações de Doutorado
1.
Mangabeira, Pedro A.; GAIOTTO, F. A.; CORREA, R. X.. Participação em banca de Polliana Silva Rodrigues. Análise citotaxonômica em dez espécies de Caesalpinia com base em citogenética clássica e molecular. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

Qualificações de Mestrado
1.
ALMEIDA, Alex Alan Furtado de; AHNERT, D.; Mangabeira, Pedro A.O.. Participação em banca de Joedson Pinto Barroso. Influência da luz na fotossíntese, ultraestrutura e composição química de folhas de genótipos clonais de cacau. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Produção Vegetal) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Mangabeira, Pedro A. O.; ALVES, V. E. S.; MARIA, C.. Participação em banca de Glaidson Santos Correa.Estudo do efeito do cádmio em plântulas de guanandi (CAlophyllum brasiliense Cambess.). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Faculdade de Tecnologia e Ciências.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
SILVA, J. C.; BRAGA, L. G. T.; Mangabeira, Pedro A. O.. Banca de promoção Prof Paulo Roberto Antunes de Melo Affonso. 2015. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

2.
MANGABEIRA, PA; SILVA, J. C.; BRAGA, L. G. T.. Promoção de carreira Profa Juliana Zina Pereira Ramos. 2015. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

3.
MANGABEIRA, P. A.; WENCESLAU, A. A.; MATOS, R. L.; REBOUCAS, T. N. H.. Promoção de Carreira Professor Titular a Pleno. 2012. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Concurso público
1.
Mangabeira, Pedro A.O.; SILVA, Delmira da Costa; F H Magalhães. Professor Adjunto. 2011. Universidade do Estado da Bahia.

2.
Poy C D; MANGABEIRA, P. A.. Professor adjunto para disciplina Bioquimica/Biofísica em enfase em biofisica. 2009. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

3.
MANGABEIRA, P. A.. Concurso Público para a classe de Professor Adjunto - Área: Anatomia Vegetal. 2002. Universidade Estadual de Santa Cruz.

Livre docência
1.
MANGABEIRA, P. A.; BRAGA, L. G. T.; WENCESLAU, A. A.; PAULA, V. F.; BARBOSA, A. A. L.. Promoção de Carreira. 2012. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

2.
Rego Neylor; MANGABEIRA, P. A.; Rebouças Tiyoko; São José Abel Rebouças; Gomes Ronaldo; Souza Luiz Humberto. Professor Pleno. 2009. Universidade Estadual de Santa Cruz.

Outras participações
1.
ALMEIDA, ALEX-ALAN FURTADO; AHNERT, D.; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA. Avaliacao de banca de qualificação discente Joedson Pinto Barroso:Mitigação da toxicidade do Cd e Mn em genótipos de cacau: respostas morfofisiológicas bioquímicas, moleculares, ultraetruturais e nutricionais. 2018. Universidade Estadual de Santa Cruz.

2.
ALMEIDA, ALEX-ALAN FURTADO; AHNERT, D.; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA. Banca de qualificação de doutorado da discente Júnea Leandra do Nascimento: Respostas fisiológicas bioquímicas e molecularese ultraestruturais de plantas jovens de cacau à toxicidade do Cr III e Cr IV no solo. 2018.

3.
COUTO, E. G.; OLIVEIRA, A. R.; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA. Biodiversidade de Polycheta do litoral do Espirito Santo. 2015. Universidade Estadual de Santa Cruz.

4.
ALMEIDA, Alex Alan Furtado de; MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA; PAIVA, A. Q.. Banca de qualificação de Doutorado da aluna Mayana Leandra Souza dos Santos. 2015. Universidade Estadual de Santa Cruz.

5.
ALMEIDA, Alex Alan Furtado de; PAIVA, A. Q.; Mangabeira, Pedro A.. Qualificação de Doutorado da discente Júnea leandro do Nascimento: Respostas fisiológicas, bioquímicas, moleculares e ultraestruturais de plantas jovens de Theobroma cacao, submetidos à toxicidade de Cr3 e Cr6. 2015. Universidade Estadual de Santa Cruz.

6.
MANGABEIRA, PEDRO ANTÔNIO OLIVEIRA; MIELKE, Marcelo Schramm; CALMOLIN, A. C.. Banca de Qualificação - Jorge Perreira Moura Título: Indução do metabolismo ácido das crassuláceas pela seca em Jatropha curcas L. (Euphorbiaceae). 2014. Universidade Estadual de Santa Cruz.

7.
Mangabeira, Pedro A.O.. 19 Seminário de Iniciação Científica da UESC. 2013. Universidade Estadual de Santa Cruz.

8.
SOUZA JUNIOR, J. O.; NASCIMENTO, M.; MANGABEIRA, P. A.. Estudo do efeito docobre na morfologia e ultraestrutura dos órgãos vegetativos em Ingaa subnuda. 2012. Universidade Estadual de Santa Cruz.

9.
Mangabeira, Pedro A. O.; Santos AC de A; Lana P da C. Promoção de carreira da Classe de Professor Titular para Pleno da Profa Erminda Guerreiro Couto. 2011. Universidade Estadual de Santa Cruz.

10.
MANGABEIRA, P. A.; SACRAMENTO, Celio Kersul Do; Osuna JTA; Gimenes M; Santos CGM. Promoção de carreira de Professor Titular para Pleno da Prof. Deborah Maria de Faria. 2011. Universidade Estadual de Santa Cruz.

11.
Almeida, Alex-Alan F.; MANGABEIRA, P. A.; Osuna JTA; Gimenes M; Silva SL da C. Promoção de Carreira da Classe de Professor Titular para Pleno Professor Neylor Alves Calasans Rego. 2011. Universidade Estadual de Santa Cruz.

12.
SEVERO, M. I.; MANGABEIRA, P. A.. Professor Pleno. 2008. Universidade Estadual de Santa Cruz.

13.
MANGABEIRA, P. A.; Correa R X. Comissão de Verificação do curso de Licenciatura Plena em Biologia - Programa de formação de Professores de 5 a 8 Séries e Ensino Médio - Modalidade Presencial. 2007. Secretaria da Educação do Estado da Bahia.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II Workshop on Recent Advances and Applications in Confocal and Widefield Microscopy.Confocal Microsopy and Widefield Microscopy. 2015. (Simpósio).

2.
II Workshop on Recent Advances and Applications in Confocal and Widefield Microscopy.Basic Principles of Light Microscopy. 2015. (Outra).

3.
Internantional Phytotecnology Conference 2015. Morphology, ultrastructure and mineral uptake is affected by copper toxicity in young plants of Inga subnuda subs. luschnathiana (Benth). 2015. (Congresso).

4.
I Fórum de Pesquisa em Cirurgia Tranlacional - UNIFESP- EPM.Avaliação do potencial antitumoral do extrato de folhas de Himatanthus drasticus em células tumorais B16-F10. 2014. (Seminário).

5.
XII Semana Acadêmica de Medicina Veterinária e I Simpósio de Saúde Pú Pública.Atividade antitumoral do extrato hidroalcoolico da folha de Himatanthus drasticus em células tumorais de melanoma murino B16-F10. 2014. (Simpósio).

6.
Biotic and Abiotic Stress Tolerance in Plants: the Challenge for the 21st Century. "Effects of metals on morphology, ultrastructure, mineral nutrition and compartimentalization in tropical plants". 2013. (Congresso).

7.
Congresso Nacional de Botânica. Efeitos da Toxicidade do cobre na nutrição mineral de Plantas jovens de Inga subnuda subsp. luschnathiana (Benth.) T. D. Penn (FABACEAE). 2013. (Congresso).

8.
Congresso Nacional de Botânica. Respostas Morfológicas á Toxicidade do cobre nos órgãos vegetativos de Inga subnuda subsp. luschnathiana (FABACEAE). 2013. (Congresso).

9.
International Conference on Biogeochemistry of Trace Eements. EFFECTS OF LEAD IN THE ANATOMY, LEAF MESOPHYLL CELL ULTRASTRUCTURE AND CONCENTRATION OF MINERAL NUTRIENTS IN Oxycaryum cubense (POEP. & KUNTH) PALLA: A SPECIES WITH POTENTIAL PHYTOREMEDIATOR IN CONTAMINATED WATERSHEDS. 2013. (Congresso).

10.
XXIV Congresso da Sociedade Brasileira de Microscopia e Microanálise.CURSO DE MICROSCOPIA CONFOCAL. 2013. (Oficina).

11.
XXIV SBMM - Congresso da Sociedade Brasileira de Microscopia e Microanálise. Effects of copper toxicity on morphology, ultrastructure and mineral nutrition of young plants Inga subnuda subsp. Luschnathiana (Benth.) T.D. Penn. 2013. (Congresso).

12.
XV Seminário de Iniciação Científica e X Semana de Pesquisa e Pós-Graduação da UESC.Compartimentalização e alterações ultraestrutrais em macrófitas aquáticas submetidas ao crômio. 2009. (Seminário).

13.
XXII Congresso da Sociedade de Microscopia e Microanálise. Comparative morpho-anatomical study of two medicinal plantas: Plectranthus barbatus and Plectrantus grandis. 2009. (Congresso).

14.
Colloque Chimie etbien etre.Chimie et bien etre. 2005. (Simpósio).

15.
I Workshop PIBIC - Regioes N/NE/CO.I Workshop PIBIC Regioes N/NE/CO. 2004. (Encontro).

16.
Simpósio temático sobre patógenos, plantas medicinais.Simpósio temático sobre patógenos, plantas medicinaise técnicas avançadas em microscopia. 2004. (Simpósio).

17.
54 Reunião Anual da SBPC. Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. 2002. (Congresso).

18.
XXVI Encontro regional de Botânicos.XXVI Encontro Regional de Botânicos. 2002. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SALIOT, P. ; Mangabeira, Pedro A.O. . Aplicações do Microscópio Iônico (SIMS) para biociências e Materiais. 2013. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Bruna Rafaela Machado Oliveira. Perfil proteômico da mitigação da toxicidade de Cd por Mn em genótipo de cacau. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. (Orientador).

2.
Maria Júlia Silva Manco. Histologia e diversidade genética de Moniliophtora roeri no Peru. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. (Coorientador).

3.
Namir Gabriely Matos Lopes. Estudo anatômico, ultraestrutural e fisiológico do efeito do cádmio em plantas jovens de Symphonia globulifera. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em BOTÂNICA) - Universidade Estadual de Santa Cruz. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Thiago Santana Rosa. Acúmulo de alumínio em espécies de cerrado em ambientes com diferentes luminosidades. Início: 2015. Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Coorientador).

2.
Lander de Jesus Alves. Uso de fungos micorrízicos arbusculares na fitoremediação por Aristida sp. L e Vetiveria zizanioides (L.) Nash (Poaceae) de solos contaminados com urânio (U). Início: 2015. Tese (Doutorado em Biologia e Biotecnologia de Microrganismos) - Universidade Estadual de Santa Cruz. (Coorientador).

Iniciação científica
1.
Carlos Alberto Carvalho Rocha. Estudo do efeito do cádmio em plântulas de Symphonia globulifera. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
NAMIR GABRIELY MATOS LOPES. TOXIDADE DE CÁDMIO EM PLANTAS JOVENS DE Inga laurina (Sw.) Willd. NO SOLO ALAGADO E NA CAPACIDADE DE CAMPO. 2018. Dissertação (Mestrado em BOTÂNICA) - Universidade Estadual de Santa Cruz, . Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

2.
Janaina dos Santos Garcia. Simulações do fluxo salino intermitente do mangue e da contaminação por cádmio em plantas jovens de Avicenna schaueriana Stapf & Leechm. ex Moldenke. 2014. Dissertação (Mestrado em BOTÂNICA) - Universidade Estadual de Santa Cruz, . Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

3.
Marcelo Yukio Barreto Mizushima. Mecanismos adaptativos induzidos pela exposição ao cádmio em Avicennia schaueriana Stapf & Leench . Ex Moldenke. 2013. Dissertação (Mestrado em BOTÂNICA) - Universidade Estadual de Santa Cruz, . Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

4.
Alezania Silva Pereira. Estudo do efeito do cádmio na absorção de nutrientes minerais, germinação, anatomia e ultraestrutura de plantas jovens de Symphonia globulifera Linn f.. 2012. Dissertação (Mestrado em BOTÂNICA) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

5.
João Victor de Souza Castelar. Anatomia Comparada do Lenho de Espécies de Bathysa C. Presl de Remanescentes Florestais dos estados da Bahia e do Rio de Janeiro. 2012. Dissertação (Mestrado em BOTÂNICA) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

6.
Tielle Abreu de Freitas. Efeitos do cobre na morfologia, ultraestrutura e nutrição mineral de plantas jovens de Inga subnuda subsp. luschnathiana (Benth.) T. D. Penn. 2011. Dissertação (Mestrado em BOTÂNICA) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

7.
Laize Silva Queiroz. Efeitos do chumbo na anatomia, ultraestrutura foliar e concentração de nutrientes minerais em plantas de Oxycaryum cubense (POEP. & KUNTH) PALLA. 2010. Dissertação (Mestrado em Sistemas Aquáticos Tropicais) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

8.
Kaline Benevides Santana. Uso do jenipapeiro como espécie fitoextratora e fitoestabilizadora de cromo III (Cr3+) e VI (Cr6+). 2005. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Coorientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

9.
Rena Mirian Trindade Barbosa. Avaliação das potencialidadesdo jenipapeiro como planta lenhosa fitoextratora e despoluidora de crômio. 2003. 0 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

Tese de doutorado
1.
LANDER DE JESUS ALVES. MICORRIZA ARBUSCULAR COMO FERRAMENTA BIOTECNOLÓGICA PARA CONTROLE DA TRANSFERÊNCIA DE URÂNIO. 2018. Tese (Doutorado em Biologia e Biotecnologia de Microrganismos) - Universidade Estadual de Santa Cruz, . Coorientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

2.
Irene Albernaz Arantes. Bioaccumulation du Methyle mercure (Hg(CH3Hg+)),Chrome (Cr+3; Cr+6), Arsenic (AsIII e AsV) et Cadmium (Cd+2) sur la ictiofaune dans Le bassin de La rivière Das Velhas. 2008. Tese (Doutorado em Chimie Analytique) - Université Claude Bernard - Lyon 1, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Silvana Gaiba de França. 2014. Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

2.
Silvana Gaiba de França. 2013. Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

Iniciação científica
1.
THOMAS DARLISSON SANTOS VALENTIM. AVALIAÇÃO MORFOLÓGICA, ANATÔMICA, ESTRUTURAL, FISIOLÓGICA, NUTRITIVA E ENZIMÁTICA DA INGA CYLINDRICA (VELL.) MART. SUBMETIDA AO CÁDMIO. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

2.
Roberta barreto dos santos. TOXIDADE DE CÁDMIO EM PLANTAS JOVENS DE Inga laurina (Sw.) Willd. NO SOLO ALAGADO E NA CAPACIDADE DE CAMPO. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

3.
Allan da Silva Rodrigues. Efeito do Cd na anatomia e ultraestrutura de Symphonia globulifera. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

4.
Matheus dos Santos Reis. Acumulação e distribuição ultraestrutural de cádmio em plantas jovens de Symphonia globulifera. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

5.
Riceline Brito Souza. Estudo anatômico de Callophylum bvrasiliensis. 2014. Iniciação Científica - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

6.
José Victor dos Santos Silva. Respostas morfológicas e ultraestruturais à toxidade do cobre nos órgãos vegetativos de Inga subnuda - subsp lushnatiana. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

7.
José Victor dos Santos Silva. Respostas morfológicas e ultraestruturais à toxidade do cádmio nos órgãos vegetativos de Symphonia globulifera Linn f. 1.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

8.
Gleidson Santos Correia. Estudo do efeito do cádmio na absorção de nutrientes minerais de plantas jovens de Symphonia globulifera Linn f.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Biologicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

9.
Jessica Fernandes. Estudo do efeito do cobre na morfologia de Inga subnuda. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

10.
Janiele Sacramento Freitas. Estudo ultraestrutural de Oxycaryum cubense (Poepp e Kunth) submetido ao chumbo. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

11.
Alberto José dos Santos Júnior. Estudos de bioacumulaçao de chumbo em macrófitas aquáticas. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Biologia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

12.
Alan Magalhães Silva. Avaliação do potencial fitoremediador do chumbo pela Eichhornia crassipes. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

13.
Aluane Silva Ferreira. Compartimentalização e alterações ultraestruturais em macrófitas aquáticas submetidas ao chumbo. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Biologicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

14.
Aluane Silva Ferreira. Compartimentalização e alterações ultraestruturais em macrófitas aquáticas do rio Cachoeira submetidas ao crômio. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Biologicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

15.
Tiago Santana Rosa. Aplicação de métodos nucleares e/ou físicos para estudos de plantas bioacumuladoras e bioindicadoras de metais na região sul da Bahia. 2004. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Biologicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

16.
Deusdedit Carvalho Rocha. Efeito do crômio VI na morfologia e fisiologia de Genipa americana L.. 2004. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Biologicas) - Universidade Estadual de Santa Cruz. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

17.
Milena Caria Martins. Seleção de espécies aquáticas bioindicadoras de poluição por metais pesados e de arbóreas, potencialmente tolerantes, para a recomposição de uma parte da mata ciliar da bacia hidrográfica do Rio Cachoeira. 2003. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

18.
Kaline Benevides Santana. Seleção de espécies aquáticas bioindicadoras de poluição por metais pesados e de arbóreas, potencialmente tolerantes, para a recomposição de uma parte da mata ciliar da bacia hidrográfica do Rio Cachoeira. 2002. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.

Orientações de outra natureza
1.
Lise Paule Labejof. Estudo do mecanismo da proteinuria humana utilizando a microscopia eletrônica de transmissão e microscopia iônica (SIMS). 2013. Orientação de outra natureza - Institute Nationale de la Santé et de la Recherche Médicale, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Pedro Antonio Oliveira Mangabeira.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão

Outros projetos


Outras informações relevantes


Coordenador do Programa de Pós-graduação em Botânica da UESC
Parecerista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)

Diretor do Centro de Microscopia Eletrônica da Universidade estadual de santa Cruz
Consultor do Conselho Estadual de Educação da Bahia
Professor Orientador de Programa de Pós-Graduação Sistemas Aquáticos Tropicais.

Estagio Instituto Pasteur - Paris - França
Centre de Microscopie Electronique
Curso de Microscopia Eletrônica
Período: 25 à 29 /Janeiro 1999

Participacao no Programa de Fixacao de Doutores no Estado da Bahia - PRODOC - FAPESB
Ano de Aprovação: 2001
Projeto: Selecao de plantas aquaticas bioindicadoras e bioacumuladoras de metal na bacia hidrografica do rio cachoeira.
Valor aprovado: R$ 11.900,00

Coordenador do Programa de Iniciacao Cientifica FAPESB/UESC
Coordenador do Programa de Iniciacao Cientifica PIBIC-CNPq
Coordenador do Programa de Iniciacao Cientifica PROIIC/UESC

Projeto: Implantação do Centro de Microscopia Eletrônica da UESC
Valor aprovado: R$ 288.024,00
Ano de Aprovação: 2003
Fonte: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia - FAPESB
Objetivo: Implantação de Centro de microscopia e microanálise da UESC para apoio as pesquisas nas áreas de ciências agrárias, biológicas e de saúde

Projeto: Modernizacao do Laboratorio de Analises de Solos, Agua, Insumos e Microscopia Eletronica
Valor aprovado: R$ 1.298.000,0
Funcao no projeto: Coordenador pela UESC
Ano de Aprovacao: 2004
Fonte: Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) -chamada publica MCT/FINEP Acao Transversal - Modernizacao de Institutos 
Objetivo: Modernizar o Laboratorio de Solos da CEPLAC e do Centro de Microscopia Eletronica da UESC

https://www.researchgate.net/profile/Pedro_Mangabeira



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/11/2018 às 16:30:55