Marília Pinto de Carvalho

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1C

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1063498116202429
  • Última atualização do currículo em 27/11/2018


Possuo graduação em História pela Universidade de São Paulo (1985), mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1991) e doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (1998). Atualmente sou Professora Livre Docente (Associada Sênior) da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Pesquiso Educação e Relações de Gênero, principalmente na educação escolar, o trabalho docente nas séries iniciais do ensino fundamental e as diferenças de desempenho escolar entre meninos e meninas. Fui editora responsável pela revista Educação e Pesquisa entre 2004 e 2006 e atualmente sou sua editora assistente. Sou co-coordenadora do Grupo de Estudos de Gênero, Educação e Cultura Sexual (EdGES). Sou bolsista de produtividade em pesquisa nível 1 pelo CNPq. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marília Pinto de Carvalho
Nome em citações bibliográficas
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Educação, Departamento de Administração Escolar e Economia da Educação.
Av. da Universidade, 308
Cidade Universitária
05508-900 - Sao Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 38150232
Fax: (11) 38150232
URL da Homepage: http://


Formação acadêmica/titulação


1994 - 1998
Doutorado em Educação.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Professor, professora: um olhar sobre as práticas docentes nas séries iniciais do Ensino Fundamental, Ano de obtenção: 1998.
Orientador: Marilia Pontes Sposito.
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Fundação Ford, FCC/ FORD, Brasil.
Palavras-chave: trabalho docente; relações de gênero; ensino fundamental; cuidado; cotidiano escolar.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Outras Sociologias Específicas / Especialidade: Relações de Gênero.
Setores de atividade: Educação.
1987 - 1991
Mestrado em Educação: História, Política, Sociedade.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: Uma identidade plural: estudo de uma escola pública na região metropolitana de São Paulo,Ano de Obtenção: 1991.
Orientador: Maria Machado Malta Campos.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: identidade; gênero; trabalho docente; ensino fundamental; cotidiano escolar.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Administração Educacional / Especialidade: Administração de Unidades Educativas.
Setores de atividade: Educação.
1982 - 1985
Graduação em História.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Livre-docência


2007
Livre-docência.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Gênero e trajetórias escolares no ensino fundamental: um olhar sobre os critérios de avaliação das professoras, Ano de obtenção: 2007.


Formação Complementar


2004 - 2004
Sciences de l'Education.
Université Paris 13 - UFR LSHS, UFR LSHS, França.
2002 - 2002
Sciences de l'Ecucation.
Université Paris 13 - UFR LSHS, UFR LSHS, França.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Associado Senior

Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Associada, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1998 - 2007
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Doutora (MS -3), Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Em julho de 2000, prestou concurso de ingresso na carreira docente e, sendo aprovada, passou a efetiva.

Vínculo institucional

1991 - 1998
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Assistente (MS -2), Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1989 - 1991
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Auxiliar de Ensino (MS-1), Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

06/2011 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Membro Suplente da Comissão Coordenadora do Curso de Licenciatura.
02/2010 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Editora assistente da revista Educação e Pesquisa.
03/2009 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Representante Titular junto ao Conselho do Departamento de Administração Escolar e Economia da Educação.
03/2000 - Atual
Ensino, Educação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Educação e relações de gênero
12/1989 - Atual
Ensino, Educação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Coordenação do Trabalho na Escola I
Escola e relações de gênero
Estrutura e Funcionamento do Ensino
Organização do trabalho na escola
Política e Organização da Educação Báscia
Princípios e Métodos de Inspeção Escolar
Seminários de Administração Escolar
08/2007 - 08/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Bolsas do programa de Pós-Graduação da FEUSP.
05/2008 - 05/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Presidente do Comitê de Ética na Pesquisa da FEUSP.
08/2007 - 08/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Membro Titular da Comissão de Pesquisa.
06/2006 - 06/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Membro suplente da Comissão de Graduação.
03/2007 - 03/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Representante suplente junto ao Conselho do Departamento de Administração Escolar e Economia da Educação.
06/2005 - 06/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Membro suplente do Conselho do EDA.
03/2004 - 08/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de Publicações.
08/2003 - 08/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .

Cargo ou função
Membro Titular junto à Comissão de Credenciamento das revistas subsidiadas pelo Programa de Apoio às Publicações Científicas Periódicas da USP.
06/2003 - 06/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Representante suplente junto à Comissão de Pesquisa.
03/2003 - 03/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Representante dos Professores Doutores junto à Congregação.
09/1998 - 03/2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Publicações.
03/2003 - 06/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Representante Titular junto à Comissão de Pesquisa.
06/2002 - 03/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Representante Suplente junto à Comissão de Pesquisa.
03/2001 - 03/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Representante dos Professores Doutores junto à Congregação.
03/1999 - 03/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Representante Suplente dos Professores Doutores junto à Congregação.
03/1998 - 12/2000
Extensão universitária , Faculdade de Educação, Departamento de Administração Escolar e Economia da Educação.

Atividade de extensão realizada
Assessoria em Gênero e Educação - SOF.
03/1999 - 03/2000
Extensão universitária , Faculdade de Educação, Departamento de Administração Escolar e Economia da Educação.

Atividade de extensão realizada
Oficina de Leitura para Mulheres.
03/1997 - 03/1999
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Representante suplente dos Professores Assistentes junto ao Conselho Departamental do EDA.
06/1996 - 06/1998
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Representante Suplente junto à Comissão de Cultura e Extensão.
03/1996 - 03/1998
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Membro suplente da Comissão de Graduação.
01/1996 - 01/1998
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Membro Suplente do Conselho Diretor da Escola de Aplicação.
12/1992 - 12/1994
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Representante Titular dos Professores Assistentes junto à Congregação.
02/1992 - 02/1994
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
membro da Comissão do Projeto de Educação de Adultos da FEUSP.
06/1991 - 06/1993
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Representante Suplente junto à Comissão de Cultura e Extensão.
12/1990 - 06/1992
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Representante Suplente dos Professores Auxiliares de Ensino junto à Congregação.
06/1990 - 06/1992
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Representante Titular dos Professores Auxiliares de Enisno junto ao Conselho Departamental do EDA.
01/1990 - 06/1990
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Representante Suplente dos Professores Auxiliares de Ensino jutno ao Conselho Departamental do EDA.


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Novas formas de regulação do trabalho docente no ensino fundamental 1: um processo de masculinização?
Descrição: Tem por objetivo entender as configurações de gênero no trabalho docente junto às séries iniciais do ensino fundamental a partir da difusão de políticas de testagem padronizada e bonificação por resultados. Não se trata de mensurar a presença de mulheres e homens no trabalho docente ou entender se homens e mulheres lidam de forma diferente com as novas políticas de gestão. Trata-se de explorar os significados de gênero atribuídos pelos/as educadores/as a suas práticas e indagar se as novas formas de regulação do trabalho alteraram os modelos de docência para as séries iniciais, que historicamente foram associados à maternidade e à feminilidade. Envolverá levantamento bibliográfico e documental, seguido de realização de entrevistas com professores e professoras do ensino fundamental 1 e observações em escolas públicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (4) .
Integrantes: Marília Pinto de Carvalho - Coordenador / Ivana Gonçalves de Oliveira - Integrante / Ângela Esteves Modesto - Integrante / Adriano Souza Senkevics - Integrante / Cinthia Torres Toledo - Integrante / Claudio Marques Silva Neto - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2011 - 2014
Diferenças de desempenho escolar entre meninos e meninas de camadas populares: o papel das expectativas e práticas de socialização familiares
Descrição: Desde 1999, venho estudando a questão do melhor desempenho escolar das meninas no Brasil, inicialmente por meio de pesquisas qualitativas em escolas do primeiro ciclo do ensino fundamental e, desde 2008, de um levantamento da produção discente sobre a temática entre 1993 e 2007. Pude constatar que, tanto em minhas pesquisas quanto em outros estudos, há registros freqüentes de falas de professoras atribuindo à socialização familiar os comportamentos indisciplinados dos meninos e a disciplina e organização das meninas, que seriam as razões de seu sucesso ou fracasso na escola. No entanto, quase não temos informações sobre as expectativas e práticas de famílias das camadas populares urbanas em relação à escolarização de seus filhos conforme o sexo. Assim, esse projeto visa a responder quais são as expectativas e suportes familiares nas camadas populares urbanas frente à escolarização de meninos e meninas e se há diferenças de sexo nas práticas de socialização que influenciem o desempenho escolar. Serão investigadas dez famílias de camadas populares com pelo menos um filho e uma filha frequentando o ensino fundamental em escolas públicas, por meio de entrevistas semi-estruturadas com os responsáveis e com os jovens, em estudo qualitativo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marília Pinto de Carvalho - Coordenador / Fernanda Benedeti - Integrante / Adriano Souza Senkevics - Integrante / Tatiana Avila Loges - Integrante / Juliana Delmonte - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 2
2008 - 2011
Análise bibliográfica sobre gênero e desempenho escolar
Descrição: Refere-se, por um lado, a cerca de 80 obras estrangeiras que venho acumulando desde 1999, quando dei início aos estudos sobre o fracasso escolar de meninos. Além disso, apoio recebido do Edital Universal CNPq de 2006 incluiu recursos para a aquisição de livros estrangeiros que se encontram em processo de remessa ao Brasil. Por outro lado, entre 2006 e 2007 participei da equipe coordenada por Flavia Inês Schilling responsável por projeto que teve como objetivo organizar numa base de dados eletrônica o conhecimento acumulado na produção acadêmica brasileira sobre gênero e educação, entre 1990 e 2005, resultando em cerca de 1300 referências. Assim sendo, tornou-se possível, além de uma sistematização da bibliografia estrangeira coletada nestes oito anos de pesquisa sobre a temática, também buscar uma visão abrangente da produção nacional, tomando como ponto de partida a base de dados resultante do projeto acima referido. Já foi feita uma pré-seleção a partir dos resumos, que resultou em 54 referências, que deverão ser re-analisadas a partir do acesso às obras completas. Desta forma, a análise bibliográfica proposta na pesquisa atual visa dois objetivos: 1. organizar, fichar e tornar disponíveis ao público todas as obras estrangeiras já coletadas sobre as articulações entre relações de gênero e desempenho escolar, com ênfase para os trabalhos que consideram igualmente as discriminações raciais, sem pretensões de um levantamento exaustivo, porém visando a produção de texto analítico; 2. selecionar na ?Base de Dados sobre Gênero, Sexualidade e Educação Formal?, as obras sobre desempenho escolar, buscar acesso ao texto completo destes trabalhos, além de atualizar esse levantamento para o período 2005/2007, resultando em relatório. Paticiparam Débora Villela de oliveria e Mariana Marques dos Santos (Iniciação cCentífica); e Fábio Hoffamnn Pereira e Luciana Alves (mestrado)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Marília Pinto de Carvalho - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 2
2008 - 2010
Edital Universal; Análise bibliográfica sobre gênero e desempenho escolar
Descrição: Tem por objetivos: organizar e fichar todas as obras estrangeiras já coletadas sobre as relações entre gênero e desempenho escolar ? a ficha inicial já foi definida e encontra-se no anexo 2; - selecionar na ?Base de Dados sobre Gênero, Sexualidade e Educação formal?, as obras sobre desempenho escolar (já cumprido); - buscar acesso ao texto completo destes trabalhos; - atualizar as referências nacionais a partir dos mesmos bancos de dados eletrônicos; - no conjunto de obras nacionais e estrangeiras assim obtido, buscar-se-á delimitar: as principais questões unificadoras; os referenciais teóricos mais freqüentemente utilizados; e, em especial, os tipos de articulação teórica entre desempenho escolar, gênero, classe social e raça/ etnia. Paticiparam Débora Villela de oliveria e Mariana Marques dos Santos (Iniciação cCentífica); e Fábio Hoffamnn Pereira e Luciana Alves (mestrado)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Marília Pinto de Carvalho - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2006 - 2008
O fracasso escolar de meninos e meninas: articulações entre gênero e cor/raça - apoio Edital Universal CNPq 2006
Descrição: Hipóteses originadas nas primeiras fases da pesquisa desdobraram-se em nova questão que pretendemos investigar na próxima etapa da pesquisa empírica: - a adoção de critérios de avaliação de aprendizagem bem delimitados pode minimizar a influência das desigualdades de classe, sexo e raça na avaliação de desempenho escolar feita pelas professoras? Além deste objetivo empírico, a presente etapa deverá concluir o levantamento e sistematização da bibliografia estrangeira..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Marília Pinto de Carvalho - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 8
2006 - 2007
Democratizando o conhecimento: uma base de dados sobre mulheres, gênero e educação formal
Descrição: Tem por objetivo atualizar, organizar e difundir o conhecimento acumulado na produção acadêrmica sobre relações sociais de gênero e educação formal. Sua principal finalidade é ampliar levantamentos anteriores de modo a expandir a sistematização dos dados, organizando um banco de dados a ser disponibilizado em CD-Rom e via inteernet para fortalecer o conhecimento de especialistas e gestores no campo da educação e subsidiar a construção de agendas de pesquisa e a formulação de políticas públicas de educação voltadas para a superação das desigulades de gênero..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (8) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Marília Pinto de Carvalho - Integrante / Cláudia Pereira Vianna - Integrante / Flavia Inês Shilling - Coordenador / Maria de Fátima Salum Moreira - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 2
2003 - 2007
O fracasso escolar de meninas e meninos: articulações entre gênero e cor/raça -Bolsa produtividade em pesquisa CNPq
Descrição: Nas etapas anteriores desta pesquisa constatamos a dificuldade das equipes escolares - partilhada com o conjunto das escolas brasileiras e presente até mesmo no plano internacional - em definir com clareza objetivos de aprendizagem e critérios de avaliação. A avaliação dos alunos era uma tarefa subjetiva, na qual as professoras lançavam mão de repertórios pessoais, apenas relativamente conscientes, reproduzindo assim valores decorrentes das desigualdades socio-econômicas e das relações de gênero e raciais. Dessa forma, uma pergunta nos acompanha desde as primeiras fases da pesquisa: a adoção de critérios de avaliação de aprendizagem bem delimitados pode minimizar a influência das desigualdades de classe, sexo e raça na avaliação de desempenho escolar feita pelas professoras? Não se trata de reduzir problemas sociais e políticos a definições técnicas e supor que um método pedagógico possa reverter as relações de poder na sociedade e na escola, mas apenas de indagar se e como o domínio de uma proposta pedagógica pode atuar no sentido inverso das desigualdades sociais, minimizando seus efeitos sobre o fracasso escolar. Com esse objetivo, propomos um estudo qualitativo com professoras alfabetizadoras de diferentes escolas, que serão entrevistadas a partir de um roteiro flexível. As famílias de seus alunos responderão a questionário de caracterização socio-econômica e serão feitas observações complementares em sala de aula. Escolhemos centrar o estudo em professoras alfabetizadoras porque reconhecemos a dificuldade de circunscrever de modo preciso e consensual as finalidades da escola, sua tradução num currículo e, finalmente, em critérios de avaliação. No caso da primeira série da escola pública em São Paulo, essa dificuldade parece-nos menor, pois há um amplo consenso de que sua finalidade, do ponto de vista de conteúdos curriculares, é a alfabetização, ao lado de alguns conteúdos relativos às operações de adição e subtração. Assim, consideramos que seria mais prováve.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Marília Pinto de Carvalho - Coordenador / Patrícia Martins Pena - Integrante / Vivian vitasovic de Alencar - Integrante / Andréia Botelho de Rezende - Integrante / Fábio Hoffmann Pereira - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 20 / Número de orientações: 6
2001 - 2004
A gestão da violência e da diversidade na escola - Programa de Cooperação Internacional CAPES / COFECUB, em parceria com professores da Universidade de Paris 13
Descrição: Reúne três linhas de pesquisa - A violência no meio escolar, A diversidade na escola: gênero. fracasso escolar e indisciplina e Pesquisa-ação e formação de professores - que por meio de ênfases diferenciadas com estratégias comuns de abordagem, conduzirão de forma integrada as atividades relativas ao tema da Gestão da Violência e da diversidade na escola. Considerando a complexidsade da temática, a pesquisa recorrerá a uma multi referencialidade teórica presente tanto na equipe brasileira quanto na francesa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (8) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Marília Pinto de Carvalho - Integrante / Marília Pontes Spósito - Integrante / Helena Coharik Chamliam - Integrante / Amélia Artes - Integrante / Marina de Oliveira - Integrante / Jean Jacques Shaller - Integrante / Jean Biarnès - Coordenador.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 3
2000 - 2002
O fracasso escolar de meninos e meninas segundo suas próprias falas e de seus professores - Bolsa Produtividade em Pesquisa CNPq
Descrição: Os objetivos desta pesquisa são investigar, em caráter exploratório, os processos através dos quais se produz, no ensino fundamental, o fracasso escolar mais acentuado entre crianças do sexo masculino, conforme vêm indicando as estatísticas educacionais. Devido à escassez de estudos anteriores e à necessidade de conhecer processos de interação cotidiana e de construção de significados, optou-se por um estudo qualitativo centrado em entrevistas longas, semi-estruturadas. Serão ouvidos alunos e alunas de 1ª a 4ª séries classificados pela escola como portadores de um desempenho escolar insuficiente e seus professores/as visando a conhecer: sua interpretação sobre as causas dessas dificuldades; o significado atribuído ao sucesso e ao fracasso escolar; sua percepção das características de gênero; e as articulações que estabeleçam entre desempenho escolar, feminilidade, masculinidade e raça/etnia..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Marília Pinto de Carvalho - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 2
1999 - 2001
Escola e relações de gênero: explorando as causas do fracasso escolar de meninos e rapazes - Auxílio à Pesquisa Fapesp
Descrição: Esta pesquisa teve como objetivo inicial investigar, em caráter exploratório, os processos cotidianos através dos quais se produzem trajetórias escolares de fracasso com maior freqüência entre crianças do sexo masculino. As principais estratégias de investigação foram de natureza qualitativa, lançando mão de observações em escolas e entrevistas semi-estruturadas com crianças e professoras/es, ao lado de uma aproximação com a literatura estrangeira sobre o tema..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Marília Pinto de Carvalho - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 2
1996 - 1997
Processo de trabalho docente e relações de gênero: um estudo de caso nas primeiras séries do 1º grau - apoiado pelo II Programa de Incentivo e Fromação em Pesquisa sobre Mulher - Fundação FORD / Fundação Carlos Chagas
Descrição: A partir da constatação de que, nos estudos sobre trabalho docente nas séries iniciais no Brasil eram utilizadas obras do chamado feminismo da diferença norte americano,sem uma discussão crítica de seus pressupostos teóricos e de que o gênero, como categoria teórica, vinha sendo pouco explorado nos estudos educacionais brasileiros em geral, o estudo busca contribuir para a superação desa lacuna. Buscou construir instrumentos teóricos que auxiliassem no estudo do ttrabalho docente, por meio da leitura e análise de autoras de diferentes correntes feministas, caminhando para a construção de uma conceituação crítica do conceito de g~enero..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1992 - 1993
Educadoras e mães de alunos em escolas públicas de 1º grau: um (des) encontro - co-autoria com Claudia Pereira Vianna - apoiado pelo Pragrama de Apoio e Formação em Pesquisa sobre Mulher - Fundação FORD / Fundação Carlos Chagas
Descrição: Descreve as relações entre mães de alunos e educadoras em escolas públicas de 1º grau. Busca construir um enfoque capaz de integrar os dois polos - educadoras e mães de alunos - colocando no centro da investigação a relação entre elas como um processo estruturado a partir das determinações de gênero, particularmente: no que se refere à imbricação entre a maternagem, o trabalho doméstico e o trabalho assalariado das educadoras e das mães de alunos; e às formas de articulação entre vida pública e vida privada no interior dessas relações..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2012 - Atual
Periódico: Sociologia da Educação
2011 - Atual
Periódico: Cadernos CENPEC
2000 - Atual
Periódico: Cadernos de Pesquisa
2000 - Atual
Periódico: Linguagens educação e sociedade (1518-0743)
2009 - Atual
Periódico: Educação e Pesquisa
1998 - 2006
Periódico: Educação e Pesquisa


Revisor de projeto de fomento


1999 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
1999 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
1998 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Tópicos Específicos de Educação/Especialidade: Educação e Relações de Gênero.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Fundamentos da Educação/Especialidade: Sociologia da Educação.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Administração Educacional/Especialidade: Políticas Públicas Em Educação.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2004
Prêmio Jabuti (categoria Educação e Psicologia), pelo livro Letramento no Brasil, no qual participou como colaboradora, Câmara Brasileira do Livro.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
TOLEDO, C. T.2018TOLEDO, C. T. ; CARVALHO, Marília Pinto de . Masculinidades e desempenho escolar: a construção de hierarquias entre pares. CADERNOS DE PESQUISA, v. 48, p. 1002-1023, 2018.

2.
CARVALHO, Marília Pinto de2018CARVALHO, Marília Pinto de; TOLEDO, C. T. ; OLIVEIRA, I. G. ; MODESTO, A. E. ; SILVA NETO, C. M. . Cuidado e gerencialismo: para onde vai o trabalho das professoras. EDUCAÇÃO EM REVISTA (ONLINE), v. 34, p. e203244, 2018.

3.
DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO2017DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO; SENKEVICS, ADRIANO SOUZA . -Third World- Girls: Gender, Childhood and Colonialism. OPEN JOURNAL OF SOCIAL SCIENCES, v. 05, p. 125-138, 2017.

4.
CARVALHO, Marília Pinto de2016CARVALHO, Marília Pinto de; sENKEVICS, Adirano S. ; LOGES, T. A. . ?Famílias de setores populares e escolarização: acompanhamento escolar e planos de futuro para filhos e filhas?. Revista de Estudos Feministas, v. 24, p. 81-99, 2016.

5.
sENKEVICS, Adirano S.2016sENKEVICS, Adirano S. ; CARVALHO, Marília Pinto de . 'O que você quer ser quando crescer?'. Escolarização e gênero entre crianças de camadas populares urbanas. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos RBEP-INEP, v. 97, p. 179-194, 2016.

6.
CARVALHO, MARÍLIA2015CARVALHO, MARÍLIA. The influence of family socialisation on the success of girls from poor urban communities in Brazil at school. Gender and Education (Print), p. 1-16, 2015.

7.
SENKEVICS, ADRIANO SOUZA2015SENKEVICS, ADRIANO SOUZA ; CARVALHO, Marília Pinto de . Casa, rua, escola: gênero e escolarização em setores populares urbanos. Cadernos de Pesquisa (Fundacao Carlos Chagas), v. 45, p. 944-968, 2015.

8.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO2014CARVALHO, Marília Pinto de; SILVA, V. A. . SER DOCENTE NEGRA NA USP: GÊNERO E RAÇA NA TRAJETÓRIA DA PROFESSORA EUNICE PRUDENTE. POIÉSIS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação (Unisul), v. 8, p. 28-53, 2014.

9.
CARVALHO, MARÍLIA2014CARVALHO, MARÍLIA. : a view from Latin America. Gender and Education (Print), v. 26, p. 97-102, 2014.

10.
CARVALHO, Marília Pinto de2014CARVALHO, Marília Pinto de; SENKEVICS, ADRIANO SOUZA ; LOGES, TATIANA AVILA . O sucesso escolar de meninas de camadas populares: qual o papel da socialização familiar?. Educação e Pesquisa (USP. Impresso), v. 40, p. 717-734, 2014.

11.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO2012CARVALHO, Marília Pinto de. Teses e dissertações sobre gênero e desempenho escolar no Brasil (1993-2007): um estado da arte. Pro-Posições (UNICAMP. Impresso), v. 23, p. 220-244, 2012.

12.
REZENDE, A. B.2012REZENDE, A. B. ; CARVALHO, Marília Pinto de . MENINOS NEGROS: MÚLTIPLAS ESTRATÉGIAS PARA LIDAR COM O FRACASSO ESCOLAR. Sociologia da Educação, v. 5, p. 1, 2012.

13.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO2012CARVALHO, Marília Pinto de. O conceito de gênero no dia a dia da sala de aula. Revista de Educação Publica (UFMT), v. 21, p. 401-412, 2012.

14.
SANTOS, M. A. O.2012SANTOS, M. A. O. ; CARVALHO, Marília Pinto de . Alunos da Faculdade Zumbi dos Palmares: reinventando o pertencimento racial. Cadernos Cenpec, v. 2, p. 1-22, 2012.

15.
VIANNA, C. P.2011VIANNA, C. P. ; CARVALHO, Marília Pinto de ; SHILLING, F. I. ; MOREIRA, M. F. S. . Gênero, sexualidade e educação formal no Brasil: uma análise preliminar da produção acadêmica entre 1990 e 2006. Educação & Sociedade (Impresso), v. 32, p. 525-545, 2011.

16.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO2011CARVALHO, Marília Pinto de. O CONCEITO DE GÊNERO: UMA LEITURA A PARTIR DOS TRABALHOS DO GT SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO DA ANPED (1999-2009). Revista Brasileira de Educação (Impresso), v. 16, p. 99-117, 2011.

17.
ARTES, A.2011ARTES, A. ; CARVALHO, Marília Pinto de . Labor as a determinant of school discrepancy in Brazil: myth or reality?. Cadernos Pagu (UNICAMP. Impresso), v. 2, p. 1-20, 2011.

18.
ARTES, A.2010ARTES, A. ; CARVALHO, Marília Pinto de . O trabalho como fator determinante da defasagem escolar dos meninos no Brasil: mito ou realidade?. Cadernos Pagu (UNICAMP. Impresso), v. 34, p. 41-74, 2010.

19.
PEREIRA, F. H.2009PEREIRA, F. H. ; CARVALHO, Marília Pinto de . Meninos e meninas num projeto de recuperação paralela. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 90, p. 673-694, 2009.

20.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO2009CARVALHO, Marília Pinto de. Gênero, raça e avaliação escolar: um estudo com alfabetizadoras. Cadernos de Pesquisa (Fundação Carlos Chagas. Impresso), v. 39, p. 837-866, 2009.

21.
SABOYA, M. C. L.2007SABOYA, M. C. L. ; CARVALHO, Marília Pinto de . DIRETORES DE ESCOLAS E SUAS REPRESENTAÇÕES SOBRE SEU TRABALHO: NA INTERFACE DE MASCULINIDADES E FEMINILIDADES. Atos de Pesquisa em Educação (FURB), v. 2, n.1, p. 1-37, 2007.

22.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO2006CARVALHO, Marília Pinto de; CRUZ, T. M. . Jogos de gênero: o recreio numa escola de ensino fundamental.. Cadernos Pagu (UNICAMP), v. 26, p. 113-144, 2006.

23.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO2005CARVALHO, Marília Pinto de. Quem é negro, quem é branco: desempenho escolar e classificação racial de alunos. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 28, p. 77-95, 2005.

24.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO2005 CARVALHO, Marília Pinto de. L´échec scolaire des garçons: questions à partir du Brésil. Education et Sociétés (Imprimé), Paris, França, v. 16, n.2, p. 263-277, 2005.

25.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO2004 CARVALHO, Marília Pinto de. Quem são os meninos que fracassam na escola?. Cadernos de Pesquisa (Fundação Carlos Chagas), São Paulo, v. 34, n.121, p. 11-40, 2004.

26.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO2004CARVALHO, Marília Pinto de. O fracasso escolar de meninos e meninas: articulações entre gênero e cor/raça. Cadernos Pagu (UNICAMP), Campinas, SP, v. 22, p. 247-290, 2004.

27.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO2004CARVALHO, Marília Pinto de. Enseñanza y relaciones de género. Revista Electrónica de Educación y Psicologia, Pereira, Colômbia, v. 1, n.2, p. 1-21, 2004.

28.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO2003CARVALHO, Marília Pinto de. Sucesso e fracasso escolar: uma questão de gênero. Educação e Pesquisa (USP), São Paulo, v. 29, n.01, p. 185-193, 2003.

29.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO2001 CARVALHO, Marília Pinto de. Mau aluno, boa aluna? Como as professoras avaliam meninos e meninas. Revista Estudos Feministas, Florianópolis, SC, v. 9, n.2, p. 554-576, 2001.

30.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO2001CARVALHO, Marília Pinto de. Estatísticas de desempenho escolar: o lado avesso. Educação e Sociedade, v. 22, n.77, p. 231-252, 2001.

31.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO1999CARVALHO, Marília Pinto de. Ensino: uma atividade relacional. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, v. 1, n.11, p. 17-24, 1999.

32.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO1999CARVALHO, Marília Pinto de. A história de Alda: ensino, classe, raça e gênero. Educação e Pesquisa (USP), São Paulo, v. 25, n.1, p. 89-106, 1999.

33.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO1998CARVALHO, Marília Pinto de. Vozes masculinas numa profissão feminina. Revista Estudos Feministas, Rio de Janeiro, v. 6, n.2, p. 406-422, 1998.

34.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO1996CARVALHO, Marília Pinto de. Trabalho docente e relações de gênero: em busca de um referencial teórico. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, v. 1, n.2, p. 77-84, 1996.

35.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO1995CARVALHO, Marília Pinto de. Entre a casa e a escola: educadoras de primeiro grau na periferia de São Paulo. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 76, n.184, p. 404-444, 1995.

36.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO1995CARVALHO, Marília Pinto de; VIANNA, C. P. . Movimentos sociais por educação: a invisibilidade dos gêneros. Cadernos de Pesquisa (Fundação Carlos Chagas), São Paulo, v. 93, n.93, p. 32-39, 1995.

37.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO1994CARVALHO, Marília Pinto de. Mestra sim, tia também. Projeto História (PUCSP), São Paulo, v. 1, n.11, p. 91-100, 1994.

38.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO1993CARVALHO, Marília Pinto de. Ritmos, fragmentações: tempo e trabalho docente numa escola pública de 1o. grau. Cadernos de Pesquisa (Fundação Carlos Chagas), São Paulo, v. 84, n.84, p. 17-30, 1993.

39.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO1992CARVALHO, Marília Pinto de. A gestão democrática da escola na visão do centro do professorado paulista. Revista da Faculdade de Educação. Universidade de São Paulo, São Paulo, v. 18, n.1, p. 33-52, 1992.

40.
CARVALHO, Marília Pinto de;CARVALHO, MARÍLIA;DE CARVALHO, MARÍLIA PINTO1989CARVALHO, Marília Pinto de. Um invisível cordão de isolamento: escola e participação popular. Cadernos de Pesquisa (Fundação Carlos Chagas), São Paulo, v. 70, n.70, p. 65-73, 1989.

41.
PASSOS, I.1988PASSOS, I. ; CARVALHO, Marília Pinto de ; SILVA, Z. I. . Uma experiência de gestão colegiada. Cadernos de Pesquisa (Fundação Carlos Chagas), São Paulo, v. 66, n.66, p. 81-84, 1988.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CARVALHO, Marília Pinto de. Diferenças e desigualdades na escola. 1. ed. Campinas: Papirus, 2012. v. 1. 192p .

2.
ZAGO, N. (Org.) ; VILELA, R. A. T. (Org.) ; CARVALHO, Marília Pinto de (Org.) . Itinerários de pesquisa: perspectivas qualitativas em sociologia da educação. 2. ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2011. v. 1. 310p .

3.
CARVALHO, Marília Pinto de; SOUZA, D. T. R. (Org.) . Educação e Pesquisa Edição temática: O ensino fundamental de Nove anos. 37. ed. São Paulo: FEUSP, 2011. v. 1. 220p .

4.
CARVALHO, Marília Pinto de; Faria Filho, Luciano Mendes (Org.) . Dossiê: A educação das masculinidades. 34. ed. Campinas: Núcleo de Estudos de Gêwnero Pagu UNICAMP, 2010. v. 1. 200p .

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. Avaliação escolar, gênero e raça. 1. ed. Campinas: Papirus, 2009. v. 1. 128p .

6.
CARVALHO, Marília Pinto de; PINTO, R. P. (Org.) . Mulheres e desigualdades de gênero. 1. ed. São Paulo: Contexto, 2008. v. 1. 208p .

7.
CARVALHO, Marília Pinto de; ZAGO, N. (Org.) ; VILELA, R. A. T. (Org.) . Itinerários de pesquisa: perspectivas qualitativas em Sociologia da Educação. 1. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2003. v. 01. 309p .

8.
CARVALHO, Marília Pinto de; BUENO, B. A. B. O. (Org.) ; AQUINO, J. R. G. (Org.) . Política de publicação científica em educação no Brasil hoje. 1. ed. São Paulo: , 2002. v. 1. 110p .

9.
FARIA, N. (Org.) ; CARVALHO, Marília Pinto de (Org.) ; NOBRE, M. (Org.) ; AUAD, D. (Org.) . Gênero e Educação. São Paulo: SOF, 1999. 76p .

10.
CARVALHO, Marília Pinto de. No coração da sala de aula: gênero e trabalho docente nas séries iniciais. 1. ed. São Paulo: Xamã / FAPESP, 1999. v. 1. 247p .

Capítulos de livros publicados
1.
CARVALHO, Marília Pinto de; LOGES, T. A. ; sENKEVICS, Adirano S. . Escolarização de meninos e meninas: uma análise a partir das práticas familiares. In: Lindamir Salete Casagrande; Nanci Stancki da Luz. (Org.). Entrelaçando gênero e diversidade: enfoques para a educação. 1aed.Curitiba: UTFPR, 2016, v. 1, p. 301-342.

2.
CARVALHO, Marília Pinto de. Teses sobre gênero e desempenho escolar: a contribuição da psicologia. In: RAHME, Monica; FRANCO, Marco Antonio: DULCI, Luciana. (Org.). Formação e políticas públicas na educação: tecnologias, aprendizagem, diversidade e inclusão. 1ed.Jundiaí: Paco, 2014, v. 1, p. 109-134.

3.
CARVALHO, Marília Pinto de. Teses e dissertações sobre gênero e desempenho escolar no Brasil (1993-2007) - Qual o lugar das famílias?. In: Romanelli, Geraldo; Nogueira, Maria Alice; Zago, Nadir. (Org.). Família & escola: novas perspectivas de análise. 1ed.Petrópolis: Vozes, 2013, v. 1, p. 61-82.

4.
SABOYA, M. C. L. ; CARVALHO, Marília Pinto de . Diretores de escola e suas representações sobre seu trabalho: na interface de masculinidades e feminilidades. In: Maria Lúcia Rodrigues Muller; Lea Pinheiro Paixão. (Org.). Olhares sobre a educação: pesquisando raça, classe social, gênero e geração. 1ed.Cuiabá: EdUFMT, 2013, v. , p. 39-58.

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. Rosa, azul ou arco-íris: as relações de género na escola. In: Vieira, Maria ManueL; Resende, José; Nogueira, Maria Alice; Dayrell, Juarez; Alexandre Martins, Calha, António. (Org.). HABITAR A ESCOLA E SUAS SUAS MARGENS: Geografias Plurais em Confronto. 1ed.Portalegre: Instituto Politécnico de Portalegre, 2013, v. 1, p. 109-121.

6.
REZENDE, A. B. ; CARVALHO, Marília Pinto de . Formas de ser menino negro: articulações entre gênero, raça e educação escolar. In: Marília Pinto de Carvalho. (Org.). Diferenças e desigualdades na escola. 1ed.Campinas: Papirus, 2012, v. 1, p. 39-74.

7.
CARVALHO, Marília Pinto de. Desempenho escolar, gênero e raça: desafios teóricos de uma pesquisa. In: PAIXÃO, Lea Pinheiro; ZAGO, Nadir. (Org.). Sociologia da Educação: pesquisa e realidade brasileira. 2ed.petrópolis: Vozes, 2011, v. 1, p. 182-202.

8.
CARVALHO, Marília Pinto de. Raewyn Connell: a construção de novas identidades de gênero. In: Teresa Crtistina Rego. (Org.). Educação, escola e desigualdade. 1ed.Petrópolis: Vozes, 2011, v. , p. 151-174.

9.
PEREIRA, F. H. ; CARVALHO, Marília Pinto de . Meninos e Meninas num projeto de recuperação paralela. In: Lindamir Salete Casagrande; Nanci Stancki da Luz; Marilia Gomes de Carvalho. (Org.). Igualdade de gênero: enfrentando o sexismo e a homofobia. 1ed.Curitiba: Ed. UTFPR, 2011, v. , p. 253-280.

10.
CARVALHO, Marília Pinto de. Um lugar para o pesquisador na vida cotidiana da escola. In: ZAGO, Nadir; CARVALHO, Marília; Vilela Rita Amélia. (Org.). Itinerários de Pesquisa: perspectivas qualitativas em sociologia da educação. 2ed.Riuo de Janeiro: Lamparina, 2011, v. 1, p. 207-221.

11.
CARVALHO, Marília Pinto de. GÊNERO: PRA QUE SERVE ESSE CONCEITO NA PRÁTICA PEDAGÓGICA?. In: Angela Dalben; Júlio Diniz; Leiva Leal; Lucíola Santos. (Org.). CONVERGÊNCIAS E TENSÕES NO CAMPO DA FORMAÇÃO E DO TRABALHO DOCENTE. Belo Horizonte: Autêntica, 2010, v. , p. 512-525.

12.
CARVALHO, Marília Pinto de. Niños y niñas en la enseñanza basica de Brasil. In: Araceli Mingo. (Org.). Desasosiegos: relaciones de género en la educación. 1ed.México, DF: UNAM / Plaza y Valdés, 2010, v. 1, p. 199-236.

13.
CARVALHO, Marília Pinto de. O fracasso escolar de meninos e meninas: articulações entre gênero e cor/raça. In: PISCITELLI, Adriana; MELO, Hildete Pereira de; MALUF, Sônia Weidner; PUGA, Vera Lucia. (Org.). Olhares feministas. 1ed.Brasilia: Ministério da Educação / UNESCO, 2009, v. , p. 307-340.

14.
CARVALHO, Marília Pinto de; SOUZA, R. ; OLIVEIRA, E. . Jovens, sexualidade e gênero. In: Marilia Pontes Sposito. (Org.). O Estado da arte sobre juventude na pós-graduação brasileira: Educação, Ciências Sociais e Serviço Social (1999-2006). 1ed.Belo Horizonte: Argumentum, 2009, v. 1, p. 229-274.

15.
CARVALHO, Marília Pinto de. Gênero na sala de aula: a questão do desempenho escolar. In: Antonio Flavio Moreira; Vera Maria Candau. (Org.). Multiculturalismo: diferenças culturais e práticas pedagógicas. 1ed.Petrópolis: Vozes, 2008, v. , p. 90-124.

16.
CARVALHO, Marília Pinto de. Desempenho escolar, gênero e raça: desafios teóricos de uma pesquisa. In: Lea Pinheiro Paixão; Nadir Zago. (Org.). Sociologia da educação: pesquisa e realidade brasileira. 1ed.Petrópolis: Vozes, 2007, v. , p. 182-202.

17.
CARVALHO, Marília Pinto de. Gênero na análise sociológica do trabalho docente: um palco de imagens. In: PEIXOTO, Ana Maria Casasanta; PASSOS, Mauro. (Org.). A escola e seus atores: educação e profissão docente. 1ed.Belo Horizonte: Autêntica / CNPq, 2005, v. 1, p. 89-114.

18.
CARVALHO, Marília Pinto de. Gênero e educação no Seminário Rizoma. In: GROSSi, Miriam; BECKER, Simone; LOSSO, Juiana; PORTO Rozeli; MULLER, Rita. (Org.). Movimentos sociais, educação e sexualidades. Rio de Janeiro: Garamond;Centro latino americano de Sexualidade e Direitos Humanos, 2005, v. , p. 267-277.

19.
CARVALHO, Marília Pinto de. Sucesso e fracasso escolar: uma questão de gênero. In: SILVEIRA, M.L.; GODINHO, T.. (Org.). Educar para a igualdade: gênero e educação escolar. 1ed.São Paulo: Coordenadoria Especial da Mulher; Secretaria da Educação; Prefeitura de São Paulo, 2004, v. , p. 179-192.

20.
CARVALHO, Marília Pinto de. Entre a casa e a escola: educadoras do primeiro grau na periferia de São Paulo. PEC - Formação continuada. São Paulo: Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, 2004, v. , p. -.

21.
CARVALHO, Marília Pinto de. Um lugar para o pesquisador no cotidiano da escola. In: Zago, Nadir; Carvalho, Marília; Vilela, Rita Amélia T.. (Org.). Itinerários de pesquisa: perspectivas qualitativas em sociologia da educação. 1ed.Rio de Janeiro: DP&A, 2003, v. 1, p. 207-222.

22.
CARVALHO, Marília Pinto de; ZAGO, N. ; VILELA, R. A. T. . Introdução. In: Zago, Nadir; Carvalho, Marília; Vilela, Rita Amélia T.. (Org.). Itinerários de pesquisa: perspectivas qualitativas em sociologia da educação. 1ed.Rio de Janeiro: DP&A, 2003, v. 1, p. 7-29.

23.
CARVALHO, Marília Pinto de; MOURA, M. . Homens, mulheres e letramento: algumas questões. In: Vera Masagão Ribeiro. (Org.). Letramento no Brasil: reflexões a partir do INAF 2001. São Paulo: Global, 2003, v. , p. 177-192.

24.
CARVALHO, Marília Pinto de. Entre a casa e a escola: educadoras do ensino fundamental na periferia de São Paulo. In: HYPOLITO, Alvaro M.; VIEIRA, Jarbas S.; GARCIA, Maria M. A.. (Org.). Trabalho docente: formação e identidade. 1ed.Pelotas -RS: Seiva, 2002, v. , p. 217-238.

25.
CARVALHO, Marília Pinto de; VIDAL, D. G. . Mulheres e magistério primário: tensões, ambigüidades e deslocamentos. In: Diana Gonçalves Vidal; Maria Lúcia Spedo Hilsdorf. (Org.). Brasil 500 anos: tópicos em história da educação. 1ªed.São Paulo, SP: EDUSP, 2001, v. , p. 205-223.

26.
CARVALHO, Marília Pinto de. Gênero e política educacional em tempos de incerteza. In: Alvaro Moreira Hypolito; Luís Armando Gandin. (Org.). Educação em tempos de incertezas. 1ed.Belo horizonte: Autêntica, 2000, v. , p. 137-162.

27.
CARVALHO, Marília Pinto de. As mulheres reinventam a escola. In: Célia Linhares. (Org.). Políticas do conhecimento: velhos contos, novas contas. 1ed.Niterói: Intertexto, 1999, v. 1, p. 155-170.

28.
CARVALHO, Marília Pinto de. Um olhar de gênero sobre as políticas educacionais. In: Daniela Auad; Nalu Faria; Miriam Nobre; Marília Pinto de Carvalho. (Org.). Gênero e educação. São Paulo: SOF, 1999, v. , p. 9-24.

29.
CARVALHO, Marília Pinto de. Gênero e trabalho docente: em busca de um referencial teórico. In: Cristina Bruschini; Heloísa Buarque de Hollanda. (Org.). Horizontes plurais: novos estudos de gênero no Brasil. São Paulo: Ed. 34/ FCC, 1998, v. , p. 379-409.

30.
CARVALHO, Marília Pinto de. Between home and the school: tensions in the professional identity of teachers. In: Nelly Stromquist. (Org.). Gender dimensions in education in Latin America. Washington D.C.: Interamer/OEA, 1996, v. , p. 73-93.

31.
CARVALHO, Marília Pinto de; VIANNA, C. P. . Educadoras e mães de alunos: um (des) encontro. In: Cristina Bruschini; Bila Sorj. (Org.). Novos olhares: mulheres e relações de gênero no Brasil. São Paulo: Marco Zero / FCC, 1994, v. , p. 133-158.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CARVALHO, Marília Pinto de. Raewyn Connell: a construção de novas identidades de gênero. Pedagogia Contemporânea, São Paulo, p. 76 - 90, 01 set. 2009.

2.
CARVALHO, Marília Pinto de. A profissão docente: igualdade e diferença. Educação - série Grandes Temas: Gênero e sexualidade, São Paulo, p. 34 - 43, 01 mar. 2008.

3.
CRUZ, T. M. ; CARVALHO, Marília Pinto de . Jogos de gênero: o recreio uma escola de ensino fundamental. Educação série Grandes Temas: Gênero e sexualidade, p. 54 - 65, 01 mar. 2008.

4.
CARVALHO, Marília Pinto de. Masculino, feminino: plural - depoimento. Educação, São Paulo, p. 48 - 61, 01 maio 2006.

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. Os meninos vão ficar para trás? - depoimento. Crescer, São Paulo, p. 34 - 41, 01 maio 2006.

6.
CARVALHO, Marília Pinto de. Entre la escuela y el hogar - depoimento ao Ministério da Educação do Peru. Ciber docencia - Portal Educativo de la Dirección Nacional de Formación y Capacitación Docente del Peru, 22 nov. 2004.

7.
CARVALHO, Marília Pinto de. Professores culpam família e mídia pela indisciplina - depoimento. Folha On Line - Gilberto Dimenstein, 18 maio 2001.

8.
CARVALHO, Marília Pinto de; PIERRO, M. C. . A escola brasileira e as desigualdades de gênero. Cadernos do observatório: a educação brasileira na década de 90, São Paulo, p. 97 - 100, 01 out. 2000.

9.
CARVALHO, Marília Pinto de. Muito por fazer. Educação, São Paulo, p. 30 - 30, 01 out. 2000.

10.
CARVALHO, Marília Pinto de. Um olhar de gênero sobre as políticas educacionais. Giz, São Paulo, p. 4 - 5, 15 maio 2000.

11.
CARVALHO, Marília Pinto de. As mulheres e a escola. Folha Feminista, São Paulo, , v. 4, p. 3 - 3, 01 jul. 1999.

12.
CARVALHO, Marília Pinto de; LINO, C. . Muitos chavões nos livros didáticos. Sala de Aula, São Paulo, , v. 12, p. 12 - 13, 01 jun. 1989.

13.
CARVALHO, Marília Pinto de. O professor pode melhorar o livro didático. Leia: Primeiro Segmento, São Paulo, , v. 8, p. 12 - 12, 01 jun. 1989.

14.
CARVALHO, Marília Pinto de. A república viva. Sala de Aula, São Paulo, , v. 11, p. 6 - 6, 01 maio 1989.

15.
CARVALHO, Marília Pinto de. Os sons da história. Sala de Aula, São Paulo, , v. 8, p. 6 - 6, 01 dez. 1988.

16.
CARVALHO, Marília Pinto de. Velhas idéias em novas embalagens. Leia, São Paulo, , v. 0, p. 55 - 55, 01 jun. 1987.

17.
CARVALHO, Marília Pinto de. O índio na sala de aula: traidor e preguiçoso. Leia, São Paulo, , v. 0, p. 74 - 75, 01 abr. 1987.

18.
CARVALHO, Marília Pinto de. Sala de Aaula: entre o tédio e a descoberta. Leia, São Paulo, , v. 0, p. 4 - 4, 01 ago. 1986.

19.
CARVALHO, Marília Pinto de. Diferenças de Percepção. Boletim Informativo da Ag~encia Fapespe de Notícias.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CARVALHO, Marília Pinto de. A produção discente sobre gênero e desemepnho escolar no Brasil (1993-2007): um estado da arte. In: 34ª Reunião Anual da Anped, 2011, Natal. 34ª Reunião Anual da Anped - Trabalhos, 2011. p. 1-15.

2.
CARVALHO, Marília Pinto de; PEREIRA, F. H. ; SANTOS, M. M. . A produção discente sobre gênero e desempenho escolar no Brasil (1994-2007). In: Fazendo Gênero 9, 2010, Florianópolis. Anais Eletrônicos do Fazendo Gênero 9, 2010. p. 1-10.

3.
CARVALHO, Marília Pinto de. Gênero, raça e avaliação escolar: um estudo com alfabetizadoras. In: XXVII International Congress of the Latin American Studies Association, 2009, Rio de Janeiro. XXVII International Congress of the Latin American Studies Association, 2009. p. 1-23.

4.
CARVALHO, Marília Pinto de. Género y desempeño escolar en la enseñanza básica en Brasil. In: LASA 2007 XXVII International Congress, 2007, Montreal. LASA 2007 Montréal XXVII Interntional Congress, 2007. p. 1-19.

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. Por que tantos meninos vão mal na escola? Critérios de avaliação escolar segundo o sexo. In: 30a Reunião Anual da Anped, 2007, Caxambu - MG. 30a Reunião anual da Anped: 30 anos de pesquisa e compromisso social, 2007. p. 1-15.

6.
CARVALHO, Marília Pinto de. Boys' underachievement: questions from Brazil. In: XVI World Congress of Sociology, 2006, Durban. International Sociological Association 2006 Congress, 2006. p. 1-25.

7.
CARVALHO, Marília Pinto de. Quem é negro, quem é branco: desempenho escolar e classificação racial de alunos. In: 27a Reunião anual da ANPEd, 2004, Caxambu - MG. CD Rom da 27a Reunião Anual da Anped, 2004. p. 1-20.

8.
CARVALHO, Marília Pinto de. O fracasso escolar de meninos e meninas: articulações entre gênero e cor/raça. In: 27º Encontro Anual da ANPOCS, 2003, Caxambu. 27º encontro Anual da ANPOCS, 2003.

9.
CARVALHO, Marília Pinto de. Produção de conhecimento e experiências de gênero na escola - relatório final de GT. In: II Seminário Internacional Educação intercultural, gênero e movimentos sociais, 2003, Florianópolis. Anais do II Seminário Internacional Educação Intercultural, gênero e movimentos sociais, 2003. p. 1-10.

10.
CARVALHO, Marília Pinto de. Relações de gênero: da natureza à cultura. In: Seminário Dominação, ocultamento e resistência: desvelamento das relações de raça, classe e gênero no Brasil, 2002, São Paulo. Seminário Dominação, ocultamento e resistência: desvelamento das relações de raça, classe e gênero no Brasil. São Paulo: Universidade de São Paulo - DCE Alexandre Vanucci Leme, 2002. v. 1. p. 98-101.

11.
CARVALHO, Marília Pinto de. Ensino: uma atividade relacional. In: 22a. Reunião Anual da ANPEd, 1999, Caxambu. 22a. Reunião Anual da ANPEd - CD Rom. Caxambu: ANPEd, 1999. p. 1-25.

12.
CARVALHO, Marília Pinto de. Vozes masculinas numa profissão feminina: o que têm a dizer os professores. In: II Congresso Luso-Brasileiro de História da Educação, 1998, São Paulo. Atas do II Congresso Luso-Brasileiro de História da Educação. São Paulo: FEUSP, 1998. v. 1. p. 386-392.

13.
CARVALHO, Marília Pinto de. Vozes masculinas numa profissão feminina: o que têm a dizer os professores. In: XXI International Congress of Latin American Studies Association, 1998, Chicago. XXI International Congress of Latin American Studies Association. Pittsburg: Lasa, 1998. v. 1. p. 65.

14.
CARVALHO, Marília Pinto de. Homens professores: um estudo exploratório. In: XXI International Congress of the Latin American Studies Association, 1998, Chicago. XXI International Congress of the Latin American Studies Association, 1998.

15.
CARVALHO, Marília Pinto de. Uma disciplina sobre gênero no Curso de Pedagogia. In: 1º Seminário Docência, Memória e Gênero, 1996, São Paulo. Atas do 1º Seminário Docência, Memória e Gênero. São Paulo: PLêiade, 1996. v. 1. p. 339-345.

16.
CARVALHO, Marília Pinto de. Entre a casa e a escola: educadoras de 1º grau na periferia de São Paulo. In: Seminário Mulher e eEducação, 1992, São Paulo. Projeto História. São Paulo: EDUC, 1992. v. 11. p. 91-100.

17.
CARVALHO, Marília Pinto de. Discutindo o capitalismo com alunos trabalhadores. In: Seminário Perspectivas do Ensino de História, 1988, São Paulo. Anais do Seminário Perspectivas do Ensino de História. São Paulo: Faculdade de Educação, 1988. p. 296-301.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CARVALHO, Marília Pinto de. Boys' underachievement: questions from Brazil. In: 6th International Gender and Education Association Conference, 2007, Dublin. 6th International Gender and Education Association Conference - Conference Booklet. Dublin: Taylor and Francis / Irish Academic Press, 2007. p. 150-150.

2.
CARVALHO, Marília Pinto de. Mau aluno, boa aluna? Como as professoras avaliam meninos e meninas. In: Resumos - III Encontro Enfoques Feministas e as Tradições Disciplinares, 2001, Niterói. III Encontro Enfoques Feministas e as Ttradições disicplinares nas Ci~encias e na Academia - Anais. Niterói: Universidsade Federal Fluminense / NUTEG / REDEFEM, 2001. v. 1. p. 26-26.

3.
CARVALHO, Marília Pinto de. Enseñanza: una actividad relacional. In: IX Simposio Interamericano de Investigación Etnografica en Educación: resúmenes, 2000, Mexico. Resúmenes IX Simposio Interamericano de Investigación Etnográfica en Educación, 2000. v. 1. p. 32-32.

4.
CARVALHO, Marília Pinto de. Gênero e trabalho docente: um estudo de caso na escola pública. In: II Encontro de pesquisadores do GT Sociologia da Educação da ANPEd, 2000, São João del Rei - MG. II Encontro de pesquisadores do GT sociologia da Educação da ANPEd - Resumos, 2000. v. 1. p. 6-6.

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. Trabalho docente e relações de gênero: algumas questões para um debate que não vem ocorrendo. In: 17a. Reunião Anual da ANPEd, 1994, Caxambu. 17a. Reunião Anual da ANPEd - Resumos. Caxambu: ANPEd, 1994. p. 202-202.

6.
CARVALHO, Marília Pinto de; VIANNA, C. P. . Movimentos sociais urbanos por educação: uma questão de gênero. In: 16a. Reunião Anual da ANPEd, 1993, Caxambu. 16a. Reunião Anual da ANPEd - Resumos. São Paulo: ANPEd, 1993. p. 61-62.

7.
CARVALHO, Marília Pinto de. A escola e o bairro: dois mundos separados. In: 1o. Congresso Estadual de Conservação do Patrimônio, 1991, São Paulo. 1o. Congresso Estadual de Conservação do Patrimônio. São Paulo: Fundação para o Desenvolvimento da Educação, 1991. p. 55-59.

Artigos aceitos para publicação
1.
CARVALHO, Marília Pinto de. As professoras e o pagamento de bônus por resultado: o caso da rede estadual de São Paulo. EDUCAR EM REVISTA, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
CARVALHO, Marília Pinto de; SENKEVICS, A. S. . Does the ?developing countries girl? exist?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
CARVALHO, Marília Pinto de. Produzindo moças: educação e gênero. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
CARVALHO, Marília Pinto de. Keynote Speech: To move toward greater democracy in global production of knowledge. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
CARVALHO, Marília Pinto de. Gênero e trabalho docente: em busca de um referencial teórico. 1997. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. Para além dos muros: escola, pais, mães e alunos. 1992. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
CARVALHO, Marília Pinto de. Escola e comunidade: produtos heterogêneos da construção social. 1991. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
CARVALHO, Marília Pinto de. O ensino de história em cursos de magistério. 1988. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
CARVALHO, Marília Pinto de. Prefácio à Edição Brasileira: Gênero, uma perspectiva global. São Paulo, 2015. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
CARVALHO, Marília Pinto de. Editorial Revista Educação e Pesquisa v. 38 n.1. São Paulo: Faculdade de Educação Da Universidade de São Paulo, 2012 (Editorial).

3.
CARVALHO, Marília Pinto de; VIANNA, C. P. . Editorial da Revista Educação e Pesquisa v. 36 n.1. São Paulo: Faculdade de Educação da USP, 2010 (Editorial).

4.
CARVALHO, Marília Pinto de. Editorial Revista Educação e Pesquisa v. 32 n. 2. São Paulo 2006 (Editorial).

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. Editorial - Revista Educação e Pesquisa v.30 n.1 2004 (Editorial).

6.
CARVALHO, Marília Pinto de; ROSEMBERG, F. ; PINTO, R. P. . Em foco: desigualdades raciais na escola. São Paulo 2003 (Organização e apresentação).

7.
CARVALHO, Marília Pinto de. Relatório de Pesquisa: O fracasso escolar de meninos e meninas segundo suas falas e de suas professoras 2002 (Relatório de Pesquisa).

8.
CARVALHO, Marília Pinto de. Editorial - Revista Educação e Pesquisa v.28 n.1 2002 (Editorial).

9.
CARVALHO, Marília Pinto de. Em foco: o tempo escolar. São Paulo, SP 2001 (Organização e apresentação).

10.
CARVALHO, Marília Pinto de. Editorial - Revista Educação e Pesquisa v.26 n.1. São Paulo, SP 2001 (Editorial).

11.
CARVALHO, Marília Pinto de. Relatório de Pesquisa: O fracasso escolar de meninos e rapazes 2001 (Relatório de Pesquisa).

12.
CARVALHO, Marília Pinto de. Resenha: O corpo educado: pedagogias da sexualidade. São Paulo: Cadernos de Pesquisa v. 107, de mar. 2000, p.240-242., 2000 (Resenha).

13.
CARVALHO, Marília Pinto de. Apresentação: Tempos de escola - fontes para a presença feminina na educação, São Paulo, sec. XIX. São Paulo, 1999. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

14.
CARVALHO, Marília Pinto de. Relatório de Assessoria: As mulheres como educadoras no Brasil 1998 (Relatório de assessoria).

15.
CARVALHO, Marília Pinto de. Relatório de pesquisa: Processo de Trabalho docente e relações de gênero. São Paulo 1997 (Relatório de Pesquisa).

16.
CARVALHO, Marília Pinto de. Resenha: Constituições estaduais brasileiras e educação. Belo Horizonte, MG: Revista Brasileira de Estudos Políticos, 1993 (Resenha).

17.
CARVALHO, Marília Pinto de; VIANNA, C. P. . Relatório de Pesquisa: Relações entre educadoras e mães de alunos: um (des) encontro 1993 (Relatório de Pesquisa).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
CARVALHO, Marília Pinto de. Seleção Brasil do Programa de Bolsas de Pós-graduação da Fundação Ford (IFP). 2006.

2.
CARVALHO, Marília Pinto de. Assessoria ad hoc da Seleção Brasil 2005/2006 do programa Internacional de Bolsas da Fundação FORD. 2005.

3.
CARVALHO, Marília Pinto de. Comitê Científico da 26ª Reunião Anual da ANPEd. 2003.

4.
CARVALHO, Marília Pinto de. Programa Internacional de bolsas de Pós-graduação da Fundação Ford - Assessoria. 2002.

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. Comitê Científico da ANPEd. 2001.

6.
CARVALHO, Marília Pinto de. Comitê Científico do Concurso Negro e Educação. 1999.

7.
CARVALHO, Marília Pinto de. VIII Concurso de Dotações para Pesquisas sobre Mulher e gênero - FCC/ Fundação FORD - assessoria. 1998.

8.
CARVALHO, Marília Pinto de. Assessoria ad hoc à FAPESP de 1998 a atual. 1998.

Trabalhos técnicos
1.
CARVALHO, Marília Pinto de. Avaliação de projetos para a Comissão Bolsas do Programa de Pós-Graduação em Educação da FEUSP. 2008.

2.
CARVALHO, Marília Pinto de. Livro Sexualidade, reprodução e saúde. 2008.

3.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre artigo para a Revista Brasileira de Educação. 2008.

4.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre artigo para Educação e Pesquisa. 2008.

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq- parecer ad hoc. 2008.

6.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre Projetos de Iniciação Científica PIBIC - FEUSP. 2008.

7.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer ad hoc Edital relações de Gênero. 2008.

8.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre relatório junto à CERT da profa. Denise T. R. de Souza. 2008.

9.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer ad hoc - Programa Internacional de Bolsas da Fundação FORD. 2008.

10.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre artigo para "Educação e Pesquisa". 2008.

11.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer - Artigo para a revista Educação e Pesquisa. 2007.

12.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer ad hoc. 2007.

13.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq- parecer ad hoc. 2007.

14.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer ad hoc. 2007.

15.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer para publicação da Fundação Getúlio Vargas - RJ. 2007.

16.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer ad hoc. 2007.

17.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer ad hoc. 2007.

18.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer para a Revista Educação e Pesquisa. 2007.

19.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer para a Revista Ciencia Ergo Sum. 2007.

20.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer. 2006.

21.
CARVALHO, Marília Pinto de. Biblioteca Scielo - avaliação de periódico. 2006.

22.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer Auxílio Viagem. 2006.

23.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer ad hoc. 2006.

24.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecerad hoc. 2006.

25.
CARVALHO, Marília Pinto de. Biblioteca Scielo - parecer. 2006.

26.
CARVALHO, Marília Pinto de. Cadernos de Pesquisa - parecer sobre artigo. 2006.

27.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre o Relatório de Atividades da professora Dra. Nilce da Silva. 2006.

28.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer. 2006.

29.
CARVALHO, Marília Pinto de. Educação em Revista - UFMG - parecer sobre artigo. 2006.

30.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq- parecer. 2006.

31.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer. 2006.

32.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq- parecer. 2006.

33.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre o Currículo da Profa. Flavia Inês Schilling, para recredenciamento junto à CERT. 2006.

34.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq -parecer ad hoc. 2006.

35.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre artigo - Revista Estudos Feministas. 2006.

36.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq-parecer ad hoc. 2005.

37.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer ad hoc. 2005.

38.
CARVALHO, Marília Pinto de. Revista Cadernos de Educação - parecer ad hoc. 2005.

39.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre o Currículo do Professor Elie George Ghanem Junior. 2005.

40.
CARVALHO, Marília Pinto de. Biblioteca Scielo - parecer sobre periódicos. 2005.

41.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre o Relatório de Atividades no Regime de Trabalho da Profa. Dra. Teresa Cristina R. Rego de Moraes. 2005.

42.
CARVALHO, Marília Pinto de. Cadernos Pagu - parecer. 2005.

43.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq- parecer. 2005.

44.
CARVALHO, Marília Pinto de. Comissão de Pesquisa da FEUSP ? parecer sobre Relatório Final de Iniciação Científica, Bolsa PIBIC da aluna Penélope Eiko Aragaki Salles. 2005.

45.
CARVALHO, Marília Pinto de. Comissão de Pesquisa da FEUSP ? parecer sobre Relatório Final de Iniciação Científica, Bolsa PIBIC da aluna Ana Shitara,. 2005.

46.
CARVALHO, Marília Pinto de. Assessor ad hoc do Programa de Bolsas da Fundação Ford. 2004.

47.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer ad hoc. 2004.

48.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - Parecer ad hoc. 2004.

49.
CARVALHO, Marília Pinto de. Educação e Pesquisa - parecer ad hoc. 2004.

50.
CARVALHO, Marília Pinto de. Cadernos Pagu - parecer ad hoc. 2003.

51.
CARVALHO, Marília Pinto de. Cadernos de Pesquisa - parecer ad hoc. 2003.

52.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer ad hoc. 2003.

53.
CARVALHO, Marília Pinto de. Revista Linguagens, Educação e Sociedade - parecer sobre artigo. 2003.

54.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre as atividades desenvolvidas pela Profa. Maria da Graça Setton. 2003.

55.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre o Relatório de Atividades da profa. Flavia Inês Shilling. 2003.

56.
CARVALHO, Marília Pinto de. Programa Internacional de Bolsas de Pós-graduação da Fundação Ford - pareceres. 2003.

57.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer ad hoc. 2003.

58.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre o currículo do Prof. Roberto da Silva. 2003.

59.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer ad hoc. 2003.

60.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre o Relatório de atividades de pós-doutoradmento do prof. Julio G. Aquino. 2003.

61.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPq - parecer ad hoc. 2002.

62.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre o Relatório de Atividades da profa. Elba Siqueira de Sá Barreto. 2001.

63.
CARVALHO, Marília Pinto de. Revista Brasileira de História da Educação - parecer sobre artigo. 2001.

64.
CARVALHO, Marília Pinto de. Revista Estudos Feministas - parecer sobre artigo. 2001.

65.
CARVALHO, Marília Pinto de. Educação e Pesquisa -parecer ad hoc. 2001.

66.
CARVALHO, Marília Pinto de. Parecer sobre o Plano de Pesquisa da Profa. Sandra Maria Sawaya. 2001.

67.
CARVALHO, Marília Pinto de. CNPQ -parecer ad hoc. 2001.

68.
CARVALHO, Marília Pinto de. Cadernos de Pesquisa - parecer. 2000.

69.
CARVALHO, Marília Pinto de. Comitê Científico do Concurso Negro e Educação. 2000.

70.
CARVALHO, Marília Pinto de. Educação e Pesquisa - parecer. 2000.

71.
CARVALHO, Marília Pinto de. Educação e Pesquisa - parecer. 2000.

72.
CARVALHO, Marília Pinto de. Educação e |Pesquisa -parecer sobre artigo. 2000.

73.
CARVALHO, Marília Pinto de. Educação e Pesquisa - parecer sobre artigo. 2000.

74.
CARVALHO, Marília Pinto de. Educação e Pesquisa - parecer sobre artigo. 2000.

75.
CARVALHO, Marília Pinto de. Educação e Pesquisa - parecer. 2000.

76.
CARVALHO, Marília Pinto de. Educação e Pesquisa - parecer. 1999.

77.
CARVALHO, Marília Pinto de. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos -INEP - parecer sobre artigo. 1999.

78.
CARVALHO, Marília Pinto de. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos - parecer sobre artigo. 1999.

79.
CARVALHO, Marília Pinto de. Cadernos de Pesquisa - parecer sobre artigo. 1999.

80.
CARVALHO, Marília Pinto de. Educação e Pesquisa - parecer sobre artigo. 1998.

81.
CARVALHO, Marília Pinto de. Cadernos de Pesquisa - parecer sobre artigo. 1997.

82.
CARVALHO, Marília Pinto de. Revista Brasileira de Estudos pedagógicos - MEC/INEP parecer. 1997.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CARVALHO, Marília Pinto de. O fracasso escolar de meninos. 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
CARVALHO, Marília Pinto de. Violências nas escolas: o ?bullying? e a indisciplina. 2005. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

3.
CARVALHO, Marília Pinto de. "Quem é negro, quem é branco". 2005. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
CARVALHO, Marília Pinto de; OLIVEIRA, M. K. . Coleção Educação -Editora Hucitec. 2009. (Direção de coleção de livros).

2.
CARVALHO, Marília Pinto de. Violências nas escolas: o "bullying" e a indisciplina. 2005. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Texto didático).

3.
CARVALHO, Marília Pinto de. Escola e relações de gênero. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
CARVALHO, Marília Pinto de; MOURA, M. . Questões de Gênero: homnes e mulheres na Educação de jovens e adultos. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. Formação de multiplicadoras em gênero e educação. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
CARVALHO, Marília Pinto de. Oficina de Leitura para Mulheres. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
CARVALHO, Marília Pinto de. Educação e Pesquisa- editora responsável entre 2004 e 2006. 1998. (Editoração/Periódico).

8.
CARVALHO, Marília Pinto de. A Construção coletiva da competência técnica. 1993. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

9.
CARVALHO, Marília Pinto de. A Educação como política pública. 1993. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Juliana Neri Munhoz. Exame de Qualificação - alunos não confessionais em escolas confessionais. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

2.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Alan Augusto Moraes Ribeiro. Entre o Zaca e o Madre: ofensas raciais, processos identitários e discursos de mestiçagem em duas escolas dee Belém. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Pará.

3.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Marla Andressa de Oliveira Santos. Exame de Qualificação - O pertencimento racial de universitários negros da Faculdade Zumbi dos Palmares. 2011. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

4.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Raquel Souza dos Santos. Ser homem: percepções, significados e narrativas de rapazes negros e pobres da cidade de São Paulo. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Luanna Meriguete Santos. A quem é possível a juventude? meninas e meninos entre ser jovem e ser aluno/a. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Espírito Santo.

6.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Sandra Jeronimo do Nascimento Mattos. Cuidar e educar: concepções de educadores de um centro de educação infantil na cidade de São Paulo. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

7.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Sandra Jerônimo do Nascimento. Exame de Qualificação - Professor de desenvolvimento infantil: uma identidade profissional em construção. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

8.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Brigitte ursula Stach Haertel. Exame de Qualificação: Psicologia, gênero e ordem social: a subjetividade das diferenças entre os sexos". 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

9.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Deise Maria Santos de Aguiar. Exame de Qualificação: O olhar das crianças sobre a diferença e a desigualdade: pobreza, gênero e raça nas relações escolares. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

10.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Deise Maria dos Santos de Aguiar. O olhar das crianças sobre a diferença e a desigualdade: pobreza e raça nas relações escolares. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

11.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Patrícia Martins Penna. Exame de Qualificação: Crianças "invisíveis" na escola: um olhar de classe, raça e gênero. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

12.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Fábio Hoffmann Pereira. Exame de Qualificação: Encaminhamentos a recuperação paralela- um olhar de gênero. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

13.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Lílian Piorkowsky dos Santos. Garotas indisciplinadas numa escola de ensino médio: um estudo sob o enfoque de gênero. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

14.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Samantha Freitas Stockler das Neves. Exame de qualificação: Emoção que fecunda a razão - gênero nas pesquisas educacionais. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

15.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Lilian Piorkovsky dos Santos. Exame de qualificação: Garotas indisciplinadas numa escola de ensino médio - um estudo sob enfoque de gênero. 2006. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação da USP/SP.

16.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Rosalina Maria Soares. Classificação racial e desempenho escolar. 2006. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

17.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Paula Vanessa Pires Gonçalves. Ser punk: a narrativa de uma identidade jovem centrada no estilo e sua trajetória. 2005. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação da USP/SP.

18.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Amélia Cristina de Abreu Artes. Indicador Nacional de alfabetismo funcional - 2001: explorando as diferenças entre homens e mulheres. 2005. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação da USP/SP.

19.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Rosemeire dos Santos Brito. Significados de gênero do fracasso escolar: quando os modelos polares de sexo não são suficientes. 2004. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

20.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Paula Vanessa Pires de A. Gonçalves. Exame de qualificação: Ser punk - identidade, auto e hetero-conhecimento. 2004. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação da USP/SP.

21.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Amélia Cristina de Abreu Artes. Exame de qualificação: Desemepnho das mulheres no INAF. 2004. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação da USP/SP.

22.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Cileda dos Santos S. Perrella. Qualificação: A questão da participação das mães/famílias num Centro de Educação Infantil. 2003. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

23.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Rosemeire dos Santos Brito. Qualificação: A socialização primária e o fracassso/ sucesso escolar de meninos e meninas no ensino fundamental. 2003. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

24.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Daiane Antunes Vieira. História do magistério: experiências masculinas na carreira administrativa no estado de São Paulo. 2003. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

25.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Carin Klein. Um cartão que mudou nossas vidas: maternidades veiculadas / instituidas pelo Programa Nacional Bolsa-Escola. 2003. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

26.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Jacqueline de Jesus. Entre estratégias e táticas: relações de professoras de 1ª série com o currículo. 2003. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

27.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Daiane Antunes Vieira. Qualificação: Magistério público e profissão docente: um estudo sobre as carreiras masculinas no estado de São Paulo. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

28.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Maria Clara Lopes Saboya. Qualificação: Administração escolar na interface do masculino e feminino. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

29.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Maria Eduarda S. P. Jorge. Discursos e práticas de uma escola católica: o Colégio Santa Cruz. 2001. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

30.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Bianca Cristina Correa. Possibilidades de participação familiar e qualidade na Educação Infantil. 2001. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

31.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Dione Maria Souza Nogueira. Um olhar sobre as discriminações sexuais na literatura infanto-juvenil brasileira contemporânea. 2001. Dissertação (Mestrado em Psicologia (Psicologia Social)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

32.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Denise Carrera Soares. Viver é afinar um instrumento: capacitação em gênero e desenvolvimento. 2001. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

33.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Rosane Nunes Rodrigues. Qualificação: a representação social da mulher e a educação doméstica nas décadas de 20 e 30. 2001. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

34.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Maria Alice de Paula Santos. Qualificação: A educação de jovens e adultos e as CEBs. 2000. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

35.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Dine Maria Souza Nogueira. Qualificação: Discriminações de sexo na literatura infanto-juvenil brasileira. 2000. Dissertação (Mestrado em Psicologia (Psicologia Social)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

36.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Denise Carrera Soares. Qualificação: Da margem para o centro do poder: capacitação em gênero e desenvolvimento. 2000. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

37.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Dirce Spedo Rodrigues. Qualificação: O ensino médio como fator de empregabilidade. 2000. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

38.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Bianca Cristina Correa. Qualificação: Possibilidades de participação familiar na educação infantil. 1999. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

39.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Ione Celeste de Souza. Qualificação: uma Escola Normal em Salvador, Bahia. 1998. Dissertação (Mestrado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Maria Luciana Brandão Silva. Uma pedagogia do encontro, entre saberes bordados nas trocas - a Associação de Mulheres do Bairro Bethânia, Ipatinga, MG. 2010. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Cristiane Batista Andrade. Entre o saber e o poder: o trabalho de cuidar e educar. 2008. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Marcos Roberto Vieira Garcia. Dragões: gênero, corpo, trabalho e violência na formação da identidade entre travestis de baixa renda. 2007. Tese (Doutorado em Psicologia Social) - Universidade de São Paulo.

4.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Luciano Campos da Silva. Disciplina e indisciplina na aula: uma perspectiva sociológica. 2007. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Érica Renata de Souza. Necessidade de filhos: maternidade, família e (homo) sexualidade. 2005. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Universidade Estadual de Campinas.

6.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Graziela Serroni Perosa. Três escolas para meninas. 2005. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas.

7.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Deborah Thome Sayão. Relações de gênero e trabalho docente na educação infantil: um estudo de professores na creche. 2005. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina.

8.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Vera Lucia Pereira Alves. Receitas para a conjugalidade: uma análise da literatura de auto-ajuda. 2005. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas.

9.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Isabel de Oliveira e Silva. Profissionais de creche no coração da cidade: a luta pelo reconhecimento profissional em Belo Horizonte. 2004. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

10.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Eliane dos Santos Cavalleiro. Veredas das noites sem fim: um estudo com famílias negras de baixa renda sobre o processo de socialização e a construção do pertencimento racial. 2003. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade de São Paulo.

11.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Leni Vieria Dornelles. Meninas no papel: o significado de ser menina em revistas infantis femininas. 2002. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

12.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Flávio Caetano da Silva. A mulher que a professora revela: sujeito, gênero e educação nas práticas discursivas. 2002. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade de São Paulo.

13.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Suemy Yukisaki. Pais e mães das camadas populares na escola pública fundamental. 2002. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade de São Paulo.

14.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Terezinha Maria Cardoso. Cultura da escola e profissão docente: interrrelações. 2001. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

15.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de José Ribamar Torres Rodrigues. A prática docente leiga e a construção de saberes pedagógicos. 2001. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade de São Paulo.

16.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Maria do Carmo Bonfim. Movimento de Docentes na Educação Piauiense. 2000. Tese (Doutorado em Educação: História, Política, Sociedade) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

17.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Maria Thereza T. Montenegro. A educação moral como parte da formação para o cuidado. 1999. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Social)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Maria Clara Lopes Saboya. Alunas em cursos de engenharia e computação: uma forma de resistência. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade de São Paulo.

2.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Maria Luciana Brandão Silva. Movimento de mulheres de Ipatinga e suas dimensões educativas. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em doutorado em educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Paula Leonardi. Além dos espelhos: a atuação de congregações católicas francesas em São Paulo. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade de São Paulo.

4.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Marcos Roberto Vieira Garcia. Dragões: gênero, corpo e trabalho na constituição da identidade entre travestis de baixa renda. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade de São Paulo.

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Mayra Patrícia Moura. Letramento e educação de jovens e adultos: habilidades e práticas de leitura de alunos do ensino fundamental. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade de São Paulo.

6.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Liliane Petris Batista. Outros olhares sobre (e da) juventude: retratos e percursos de quinze jovens da periferia de São Paulo. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade de São Paulo.

7.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Luciano Campos da Silva. Disciplina e indisciplina em duas salas de aula de ensino fundamental da rede municipal de Belo Horizonte. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

8.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Cirena Calixto da Silva. Raiz - projeto étnico-racial sob um olhar multiculturalista (qualificação de mestrado). 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade de São Paulo.

9.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Tânia Mara Cruz. Meninas e meninos: a construção dos gêneros no espaço escolar. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade de São Paulo.

10.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Deborah Thomé Sayão. A educação das crianças pequenas: o masculino e o feminino na creche. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina.

11.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Eliane dos Santos Cavalleiro. Veredas da socialização: um estudo com mulheres negras sobre o processo de construção do pertencimento racial. 2002. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade de São Paulo.

12.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Flavio Caetano da Silva. A mulher escondida na professora revelada. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade de São Paulo.

13.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Suemi Yukizaki. Pais na escola de ensino fundamental: uma participação fragmentada. 2000. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade de São Paulo.

14.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Leni Vieira Dornelles. Meninas de papel: o significado de ser menina nas revistas femininas infantis. 2000. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

15.
CARVALHO, Marília Pinto de. Participação em banca de Francisca Rejane B. Andrade. Novos conceitos de produção e seus impactos na formação profissional. 1999. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade de São Paulo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
CARVALHO, Marília Pinto de. Concurso Público para Provimento de Cargo de professor Doutor na área de Psicologia da Educação. 2008. Universidade de São Paulo.

2.
CARVALHO, Marília Pinto de. Processo Seletivo para preenchimento de uma vaga de pesquisador junto ao Núcleo de Estudos de Gênero PAGU. 2003. Universidade Estadual de Campinas.

3.
CARVALHO, Marília Pinto de; AQUINO, J. R. G.; SCHMIDT, M. L. S.; OLIVEIRA, M. K.; DIETZSCH, M. J. M.. Comissão Julgadora do Processo Seletivo para provimento de cargo de Profesor Doutor - MS3 em RTP. 2001. Universidade de São Paulo.

4.
CARVALHO, Marília Pinto de. Processo seletivo pra contratação de um Auxiliar de Ensino (EDF). 2000. Universidade de São Paulo.

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. Concurso para provimento de um cargo de Professor Assistente. 2000. Universidade de São Paulo.

6.
CARVALHO, Marília Pinto de. Processo seletivo para contratação de um Auxiliar de Ensino (EDM). 2000. Universidade de São Paulo.

Outras participações
1.
CARVALHO, Marília Pinto de. Programa de Intercâmbio Internacional de alunos de graduação - Bolsa SANTANDER. 2009. Universidade de São Paulo.

2.
CARVALHO, Marília Pinto de. Programa de Intercâmbio Internacional de alunos de graduação 2º semestre- Bolsa SANTANDER. 2009. Universidade de São Paulo.

3.
CARVALHO, Marília Pinto de. Comitê de Avaliação das Inscrições para o programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC). 2008.

4.
CARVALHO, Marília Pinto de. Seleção para Doutorado em Sociologia da Educação / FEUSP. 2008. Universidade de São Paulo.

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. Seleção para Doutorado em Sociologia da Educação / FEUSP. 2005. Faculdade de Educação da USP/SP.

6.
CARVALHO, Marília Pinto de. Exame de Proficiência em Língua Estrangeira para alunos da pós-graduação. 2002. Universidade de São Paulo.

7.
CARVALHO, Marília Pinto de; MORAES, C. S. V.; VIANNA, C. P.; SETTON, M. G. J.; SPÓSITO, M. P.; JACOBI, P. R.; PRIETO, R. G.; CAMARGO, R. B.. Banca para a Seleção de Mestrado. 2001. Universidade de São Paulo.

8.
CARVALHO, Marília Pinto de; CATANI, A. M.; MORAES, C. S. V.; JACOBI, P. R.. Banca Examinadora para o Exame de Proficiência em Língua Estrangeira. 2000. Universidade de São Paulo.

9.
CARVALHO, Marília Pinto de. Banca de Seleção para o Mestrado. 2000. Universidade de São Paulo.

10.
CARVALHO, Marília Pinto de. Fase I da Seleção para os Cursos de Pós-Graduação - nível Mestrado. 1999. Universidade de São Paulo.

11.
CARVALHO, Marília Pinto de. Comitê Científico do Concurso Negro e Educação. 1999. Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação.

12.
CARVALHO, Marília Pinto de. Seleçào de Graduados de Nível Superior para cursarem habilitações. 1994. Universidade de São Paulo.

13.
CARVALHO, Marília Pinto de. Banca Examinadora do Concurso de Seleção para transferências. 1992. Universidade de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Seminário Educação.Educação, gênero e diversidade. 2011. (Seminário).

2.
33ª Reunião Anual da Anped. O conceito de gênero a partir dos Trabalhos apresentados no GT 14 da Anped - trabalho encomendado. 2010. (Congresso).

3.
Aula Inaugural do Departamento de Educação da PUC-Rio.Gênero, formação e trabalho docente. 2010. (Outra).

4.
Colóquio Gênero, raça, classe e geração na pesquisa em educação: alguns desafios.Relações de gênero no cotidiano escolar. 2010. (Seminário).

5.
Grupo Interinstitucional Queixa Escolar.Gênero e fracasso escolar. 2010. (Encontro).

6.
II Colóquio Luso Brasileiro de Sociologia da Educação.As cores da escola: mobilidades, etnicidade e multiculturalismo. 2010. (Simpósio).

7.
Seminários temáticos II multiculturalismo e práticas pedagógicas.Gênero, raça e avaliação escolar. 2010. (Seminário).

8.
XV ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Pratica de Ensino.GÊNERO E SEXUALIDADE NO COTIDIANO DO TRABALHO DOCENTE. 2010. (Encontro).

9.
32ª Reunião anual da ANPEd. Juventude e educação: multireferencialidade. 2009. (Congresso).

10.
III Colóquio Educação, cidadania e exclusão. Re-imaginando a escola: gênero. 2009. (Congresso).

11.
16º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.Ensino técnico: profissional, inclusão digital e ferramentas de ensino. 2008. (Simpósio).

12.
Seminário de estudos do Centro de Estudos e Pesquisas em Políticas Públicas de Educação.Critérios de avaliação escolar, gênero e raça nas séries iniciais. 2008. (Seminário).

13.
Seminários do Grupo de Pesquisas sobre Condição e Formação Docente (PRODOC) - Pós Graduação em Educação da UFMG.Questões de Gênero e Docência. 2008. (Outra).

14.
VI Semana de Educação - Identidade e Diversidade.Quem leva em conta feminilidades e masculinidades ao educar?. 2008. (Encontro).

15.
XV Colóquio: Gênero e Raça na Educação escolar - perspectivas teóricas e metodológicas de pesquisa.Gênero e Raça na Educação escolar - perspectivas teóricas e metodológicas de pesquisa. 2008. (Outra).

16.
14º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.Mesa Redonda: o trabalho docente. 2006. (Simpósio).

17.
13º Simpósio de Iniciação Científica da USP.Coordenação da Mesa. 2005. (Simpósio).

18.
III Semana da Educação.Cordenação de Seção de apresentação de comunicações de pesquisa. 2005. (Seminário).

19.
Palestra aos alunos da pós-graduação da FEUSP.A pesquisa em educação: perspectivas e lacunas. 2005. (Outra).

20.
Palestra aos alunos de Curso de pós-graduação.O estado da arte e a revisão de literatura: o conhecimento situado - palestra. 2005. (Outra).

21.
Relações de gênero e políticas públicas de educação na América Latina. 2005. (Seminário).

22.
Seminário Educação e Trabalho Docente: a escola e seus atores.Profissão docente: feminização e profissionalização. 2005. (Seminário).

23.
II Semana de Educação - FEUSP.Pesquisa em educação: um balanço sobre cultura escolar, participação na educação e ciclos escolares. 2004. (Simpósio).

24.
POLÍTICAS INCLUSIVAS E COMPENSATÓRIAS NA AGENDA DA EDUCAÇÃO - FCC. 2004. (Seminário).

25.
Aula Inaugural na Faculdade de Educação UFRS.Aula Inaugural: Desempenho escolar e gênero, questões para a docência. 2003. (Outra).

26.
Conferência: Formação de professores- identidade, gênero e raça.Palestra: Formação de professores, identidade, gênero e raça. 2003. (Outra).

27.
II Seminário Internacional Educação Intercultural, Gênero e Movimentos Sociais.II Seminário Internacional Educação Intercultural, Gênero e Movimentos Sociais. 2003. (Seminário).

28.
Palestra:Sucesso e fracasso escolar - uma questão de gênero.Palestra: Sucesso e fracasso escolar - uma questão de gênero. 2003. (Outra).

29.
Semana da Educação FEUSP.Direitos autorais: um desafio para os educadores. 2003. (Seminário).

30.
Seminário Internacional: Gênero e Educação - educar para a igualdade.Sucesso e fracasso escolar: uma questão de gênero?. 2003. (Seminário).

31.
Seminário Internacional A Educação e o Gênero Feminino.Conferência: As mulheres e a educação. 2003. (Seminário).

32.
Seminários do CEPPPE.A construção cotidiana de estatísticas de desempenho escolar. 2003. (Seminário).

33.
25ª reunião anual da Anped. 2002. (Congresso).

34.
Conferénce DESS:Genre et réussite scolaire au Brésil.Genre et réussite scolaire au Brésil. 2002. (Outra).

35.
Conférence maîtrise Genre et réussite scolaire au Brésil.Genre et réussite scolaire au Brésil. 2002. (Outra).

36.
Rapports sociaux de sexe et mouvemnts sociaux. 2002. (Seminário).

37.
V Seminário de Pesquisa do Instituto de Psicologia da USP Ribeirão Preto.Conferência: Cultura Escolar e Relações de Gênero. 2002. (Outra).

38.
12º Congresso Anual do SIMPEEM: Gênero no cotidiano escolar. Gênero no cotidiano escolar. 2001. (Congresso).

39.
Estudos de gênero face aos dilemas da sociedade brasileira.Estudos de gênero face ao debate sobre desigualdades sociais. 2001. (Seminário).

40.
Palestra Trabalho docente e relações de gênero - FEUSP.Palestra: Trabalho docente e relações de gênero. 2001. (Outra).

41.
Sessão Especial Educação e desigualdades de gênero - ANPEd. Educação e desigualdades de gênero : perspectivas da pesquisa no Brasil. 2001. (Congresso).

42.
23ª Reunião Anual da ANPEd. 2000. (Congresso).

43.
A questão do Método na pesquisa em Ciências Sociais. 2000. (Seminário).

44.
Ciclo de Avaliação da escola de Aplicação da FEUSP.Panorama Socio-econômico dos alunos da EA. 2000. (Encontro).

45.
Palestra aos alunos de Pós-Graduação - UFF.Palestra: Metodologias qualitativas de pesquisa em educação. 2000. (Outra).

46.
1º Seminário de Formação do Concurso Negro e Educação.avaliação. 1999. (Seminário).

47.
Faculdades de Educação: realizações e desafios. 1999. (Seminário).

48.
Palestra:O olhar de gênero sobre a educação - UNISA.Palestra: O olhar de gênero sobre a educação. 1999. (Outra).

49.
Palestra: O universo feminino - FEUSP.Palestra: O universo feminino. 1999. (Outra).

50.
VI Simpósio de Pesquisa da FEUSP.Estado Sociedade e Educação. 1999. (Simpósio).

51.
Conference pre-LASA98: Gender and Education in Latin America. 1998. (Encontro).

52.
Gênero e feminismo - Profa. Mary Castro. 1998. (Seminário).

53.
Mini-curo "A criança em Portugal na Antigo Regime". 1998. (Outra).

54.
Palestra Gênero, etnia e educação - FEUSP.Palestra: Gênero, etnia e educação. 1998. (Outra).

55.
Seminário Nacional Gênero e Educação - SOF.Um ohar de gênero sobre as políticas educacionais. 1998. (Seminário).

56.
20ª Reunião Anual da ANPEd. 1997. (Congresso).

57.
Palestra: As relações interpessoais na escola a partir do enfoque de gênero.Palestra: As relações interpessoais na escola a partir do enfoque de gênero. 1997. (Outra).

58.
Palestra: Por que educar é uma profissão feminina?.Palestra: Por que educar é uma profissão feminina?. 1997. (Outra).

59.
Palestra aos alunos do PPG da UFF: A condição feminina da professora, perspectivas dos estudos de gênero.Palestra: A condição feminina da professora, perspectivas dos estudos de gênero. 1997. (Outra).

60.
A reforma curricular do curso de Pedagogia - FEUSP. 1996. (Seminário).

61.
I Seminário de Apresentação de Projetos do II Programa Relações de Gênero na Sociedade Brasileira.Processo de trabalho docente e relações de gênero. 1996. (Seminário).

62.
I Seminário Docência, memória e gênero.Docência, gênero e pesquisas em educação. 1996. (Seminário).

63.
Palestra: A Participação na gestão da escola pública.Palestra: Participação na gestão da escola pública. 1996. (Outra).

64.
18ª Reunião Anual da ANPEd. 1995. (Congresso).

65.
II Ciclo sobre gênero, classe e raça: três categorias de análise na universidade.Gênero, classe e raça na universidade: educação, antropologia, sociologia, comunicação. 1995. (Seminário).

66.
I Encontro de Diretores de Escola e Supervisores de Esino - SINESP.Palestra: A gestão compartilhada: comunidade, escola e políticas educacionais. 1994. (Encontro).

67.
Seminário de Trabalho do Programa Relações de Gênero na sociedade Brasileira.Relações entre educadoras e mães de alunos: um (des) encontro. 1994. (Seminário).

68.
Educação básica: a construção do sucesso escolar - INEP.O cotidiano escolar e as práticas político-administrativas. 1993. (Seminário).

69.
1º Seminário do programa Relações de Gênero na Sociedade Brasileira.Educadoras e mães de alunos: um (des) encontro. 1992. (Seminário).

70.
I Encontro Regional de Preservação do Patrimônio - FDE.Palestra: O Papel dos funcionários de escola no prcesso educativo. 1992. (Outra).

71.
Palestra: A democracia na escola.A democracia na escola. 1992. (Outra).

72.
Palestra Sociedade e Educação Brasileira - PUC-SP.Palestra: Sociedade e Educação Brasileira. 1992. (Outra).

73.
Seminário : Experiências de investigação etnográfica na escola pública.Uma experiências de investigação etnográfica na escola pública. 1992. (Seminário).

74.
6ª Conferência Brasileira de Educação - CBE. 1991. (Congresso).

75.
A Escola e o Bairro.A escola e o bairro. 1991. (Outra).

76.
Encontro de diretores e assistentes de direção - APEOESP.O papel do diretor de escola e a relação com seu sindicato. 1991. (Encontro).

77.
Semana da Educação UNESP - Bauru.Palestra: A escola e sua administração. 1991. (Seminário).

78.
13ª Reunião Anual da Anped. 1990. (Congresso).

79.
Palestra: O magistério como profissão feminina - FEUSP.Palestra: O magistério como profissão feminina. 1990. (Outra).

80.
Palestra Escola de Educação Física da USP.Palestra: A participação popular na escola. 1990. (Outra).

81.
A participação popular na escola: um desafio.Curso A Participação popular na escola: um desafio. 1989. (Oficina).

82.
I Ciclo de Debates sobre a Qualidade do Livro Didático.Proposta de metodologia para análise do livro didático de história. 1987. (Seminário).

83.
XIX Congresso Nacional da Confederação de Professores do Brasil. 1986. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CARVALHO, Marília Pinto de; FERREIRA, M. . Simpósio Temático: As crianças como atores sociais: por que interessam as questões de gênero?. 2013. (Outro).

2.
CONNELL, R. ; CARVALHO, Marília Pinto de . Descolonizando o gênero: teorias de gênero ao sul do globo no século XXI. 2013. (Outro).

3.
CARVALHO, Marília Pinto de. III Colóquio Luso Brasileiro de Sociologia da educação. 2012. (Congresso).

4.
CARVALHO, Marília Pinto de. 35a Reunião Anual da ANPEd. 2012. (Congresso).

5.
CARVALHO, Marília Pinto de. 17º SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciação Científica USP. 2009. (Congresso).

6.
FERRARRO, A. R. ; ROSEMBERG, F. ; CARVALHO, Marília Pinto de . Simpósio Temático "Gênero, raça/etnia e escolarização". 2006. (Outro).

7.
CARVALHO, Marília Pinto de; VIANNA, C. P. . Seminário: Corpo, gênero e sexualidade. 2005. (Outro).

8.
CARVALHO, Marília Pinto de. Simpósio: Pesquisa em educação: um balanço sobre cultura escolar, participação na educação e ciclos escolares. 2004. (Outro).

9.
CARVALHO, Marília Pinto de; SETTON, M. G. J. . Seminário Internacional "Questões teórico-metodológicas na pesquisa qualitativa em educação". 2003. (Outro).

10.
CARVALHO, Marília Pinto de; VIANNA, C. P. . Seminário Gênero e educação: Brasil e Grã-Bretanha. 2003. (Outro).

11.
CARVALHO, Marília Pinto de; VIANNA, C. P. . Seminário Internacional: Gênero e Educação - educar para a igualdade. 2003. (Outro).

12.
CARVALHO, Marília Pinto de; VIANNA, C. P. . Seminário Divisão Sexual do trabalho e educação. 2002. (Outro).

13.
CARVALHO, Marília Pinto de. 24ª Reunião Anual da ANPEd/Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação. 2001. (Congresso).

14.
CARVALHO, Marília Pinto de. Política de Publicação Científica em Educação no Brasil Hoje. 2000. (Congresso).

15.
CARVALHO, Marília Pinto de. Seminário Gênero e educação. 1998. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Ivana Gonçalves de Oliveira. Diretoras e diretores escolares: análise de gênero nos processos de gestão. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Cinthia Torres Toledo. Desempenho escolar, gênero e raça: do ensino o fundamental para o ensino médio?. Início: 2017. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. (Orientador).

2.
Adriano Souza Senkevics. Excluídos do Ensino Superior: destinos e descaminhos de jovens egressos do Ensino Médio brasileiro. Início: 2017. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. (Orientador).

3.
Angela Esteves Modesto. CONCEPÇÕES DE GÊNERO NO ENSINO DE PSICOLOGIA. Início: 2016. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. (Orientador).

4.
Claudio Marques da Silva Neto. RELAÇÕES DE GÊNERO E INDISCIPLINA ESCOLAR: MASCULINIDADES EM JOGO. Início: 2015. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Cinthia Torres Toledo. Ser menino e "bom aluno": masculinidades e desempenho escolar. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo, fapesp. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

2.
Adriano Souza Senkevics. Gênero, família e escola: socialikzação familiar e escolarização de meninas e meninos de camadas populares do município de São Paulo. 2015. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

3.
Camila Asato Ohouan. As relações de gênero na educação infantil, sob a ótica das crianças. 2015. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, . Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

4.
Divimary Borges. Como as crianças constroem suas relações de gênero no contexto de uma escola democrática privada na cidade de São Paulo. 2015. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, . Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

5.
MARLA ANDRESSA DE OLIVEIRA SANTOS. O pertencimento racial de universitários negros da Faculdade Zumbi dos Palmares. 2012. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

6.
Luciana Alves. Significados de ser branco: a brancura no corpo e para além dele. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

7.
Patrícia Martins Pena. Cenas do cotidiano escolar: visibilidades e invisibiliddes. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação da USP/SP, . Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

8.
Samantha Freitas Stockler das Neves. Emoção que fecunda e potencializa a razão: gênero nas pesquisas educacionais. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação da USP/SP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

9.
Fábio Hoffmann Pereira. Encaminhamentos a recuperação paralela: um olhar de gênero. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação da USP/SP, . Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

10.
Lilian Piorkowsky dos Santos. Garotas indisciplinadas numa escola de ensino médio: um estudo sob enfoque de gênero. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

11.
Cirena Calixto da Silva. Caesalpina echinata: um projeto pedagógico com temática etnico-racial desenvolvido numa escola pública. 2005. 0 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

12.
Amélia Cristina Abreu Artes. Indicador Nacional de alfabetismo funcional - 2001: explorando as diferenças entre homens e mulheres. 2005. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

13.
Maria Clara Lopes Saboya. Direção escolar: na interface do masculino e do feminino. 2004. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

14.
Cileda dos Santos Sant'Anna Perrella. Doméstico, público e privilégios numa creche do município de São paulo. 2004. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

Tese de doutorado
1.
ALAN AUGUSTO MORAES RIBEIRO. JOGOS DE OFENSAS:EPÍTETOS VERBAIS ENTRE ESTUDANTES DA ESCOLA DE APLICAÇÃO DA UNIVERSIDADEFEDERAL DO PARÁ. 2016. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

2.
Viviane Angélica Silva. Uma história do debate racial na USP: configuração racial do corpo docente da Universidade de São Paulo e a partifipação dos/as docentes negros/as na construção do campo teórico sobre relações raciais na USP. 2015. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

3.
Fábio Hoffmann Pereira. Configurações do ofício de aluno: meninos e meninas na escola. 2015. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, . Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

4.
Ana Maria Capitanio. Gênero e Crenças Religiosas: a busca de sentido entre professoras do ensino fundamental I,. 2014. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

5.
Amélia Cristina Abreu Artes. O trabalho como fator determinante da defasagem escolar dos meninos no Brasil: mito ou realidade?. 2009. Tese (Doutorado em educação) - Faculdade de Educação da USP/SP, . Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

6.
Maria Clara Lopes Saboya. Alunas de engenharia elétrica e ciência da computação: estudar, inventar, resistir. 2009. Tese (Doutorado em educação) - Faculdade de Educação da USP/SP, . Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

7.
Tânia Mara Cruz. Meninos e meninas no recreio: gênero, sociabilidade e conflito. 2004. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Tânia Mara Cruz. 2016. Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, . Marília Pinto de Carvalho.

2.
Lea Pinheiro Paixão. 2007. Universidade de São Paulo, . Marília Pinto de Carvalho.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Camila Santo Lisboa. Ser menina, ser menino: definindo gênero a partir do olhar das crianças. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

2.
Joyce Nicioli Carvalho. Simone de Beauvoir: memórias de uma moça (não tão) bem comportada. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

3.
Andréia Botelho de Rezende. FORMAS DE SER MENINO NEGRO: Articulações entre gênero, raça e educação escolar na construção das masculinidades negras. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

Iniciação científica
1.
Fernanda Nistal Benedeti. Diferenças de desempenho escolar entre meninos e meninas de camadas populares: o papel das expectativas e práticas de socialização familiares. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

2.
Juliana Delmonte. Diferenças de desempenho escolar entre meninos e meninas de camadas populares: o papel das expectativas e práticas de socialização familiares. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Educação) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

3.
Mariana Marques dos Santos. Análise bibliográfica sobre gênero e desempenho escolar. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Educação) - Universidade de São Paulo, Fundação de Apoio à Faculdade de Eucação. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

4.
Débora Villela de Oliveira. Análise bibliográfica sobre gênero e desempenho escolar. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Educação) - Universidade de São Paulo, Fundação de Apoio à Faculdade de Eucação. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

5.
Karina Valdestilhas Leme de Souza. Democratizando o conhecimento: uma base de dados sobre educação formal, mulheres, gênero e sexualidade. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

6.
Carolina Lomba. Democratizando o conhecimento: uma base de dados sobre educação formal, mulheres, gênero e sexualidade. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

7.
Andréia Botelho de Rezende. O fracasso escolar de meninos e meninas: articulações entre gênero e cor/raça. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Educação) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

8.
Vivian Vitasovic de Alencar. O fracasso escolar de meninas e meninos: articulações entre gênero e cor/raça. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Educação) - Universidade de São Paulo, Fundação de Apoio à Faculdade de Eucação. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

9.
Marina Rocha Figueiredo de Oliveira. O Fracasso escolar de meninos. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

10.
Amélia Artes. O fracasso escolar de meninos e meninas segundo suas próprias falas e de seus professores. 2001. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Educação) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

11.
Patrícia Martins Penna. Causas do fracasso escolar de meninos: um estudo qualitativo. 2001. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

12.
Ricardo Costi. Explorando as causas do fracassso escolar de meninos e rapazes. 2000. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

13.
Giovana Gabriela Franzoni. Causas do fracasso escolar de crianças do sexo masculino. 2000. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

14.
Daniela Auad. Fontes alternativas em história da educação. 1994. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Universidade de São Paulo, Coordenadoria de Assitência Social - USP. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

15.
Therezinha de Fátima Perin. Situação das escolas públicas estaduais na Grande São Paulo. 1992. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Universidade de São Paulo, Coordenadoria de Assitência Social - USP. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

Orientações de outra natureza
1.
Tatiana Avila Loges. Diferenças de desempenho escolar entre meninos e meninas de camadas populares: o papel das expectativas e práticas de socialização familiares. 2014. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

2.
Adriano Souza Senkevics. Monitoria do Programa PAE. 2012. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

3.
Elaine Alves Raimundo. Monitoria do programa PAE CAPES. 2011. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

4.
Ana Maria Capitanio. Monitoria do programa PAE CAPES. 2011. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

5.
Marla Andressa de Oliveira Santos. Monitoria do Programa PAE CAPES. 2010. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

6.
Viviane Angélica Silva. Monitoria do programa PAE CAPES. 2010. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

7.
Andréia Botelho de Rezende. Monitoria do programa PAE. 2008. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

8.
Patrícia Martins Penna - monitoria do programa PAE. Disciplina POEB. 2007. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

9.
Elisabete Regina Baptista de Oliveira. Programa PAE - monitoria. 2006. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

10.
Rosemeire dos Santos Brito. Programa PAE - monitoria. 2006. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

11.
Andrea de Carvalho Zichia. Programa PAE -monitoria. 2006. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

12.
Amélia Crsitina de Abreu Artes. Moniotira PAE - POEB. 2004. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

13.
Cileda dos Santos Sant'anna Perrela. Monitoria PAE - POEB. 2003. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

14.
Liliane Petris Batista. Monitoria PAE - POEB. 2003. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

15.
Maria Clara Lopes Saboya. Monitoria PAE - Escola e relações de gênero. 2002. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

16.
Eliane dos Santos Cavalleiro. monitoria PAE Relações de Gênero e Educação II: escola e gênero. 2001. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.

17.
Maria Alice de Paula Santos. PAE monitoria - Coordenação do Trabalho na Escola. 1999. Orientação de outra natureza. (Educação) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Pinto de Carvalho.



Inovação



Projetos de pesquisa


Outras informações relevantes


Desde 2010 participa do PROGRAMA NACIONAL DE COOPERAÇÃO ACADÊMICA - NOVAS FRONTEIRAS ? PROCAD-NF, como membro da equipe da faculdade de Educação da USP. O Programa reúne os Programas de Pós-Graduação em Educação da UFF, USP e UFMT.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 11/12/2018 às 17:07:49