Vera da Silva Telles

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1C

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6004407980129154
  • Última atualização do currículo em 18/07/2018


Professora livre-docente do Departamento de Sociologia da Universidade de São Paulo. Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo, mestrado em Ciência Política (USP) e doutorado em Sociologia (USP). Pós-Doutorado na École de Hautes Etudes en Sciences Sociales - Paris, França (1999-2000). Foi coordenadora do PPGS-USP (2013-2015) *** Pesquisador convidado (posto CNRS) nos quadros da Maison de Sciences de l'Homme Ange Guepin, Nantes, França (dezembro 2006-março 2007); na Universidade de Toulouse Le Mirail, Departamento de Sociologia, LISST, 2010-2011; na Université Paris 8, Nanterre (2014); no Institut d'Urbanisme de Grenoble, Université Pierre Mendes-France, fevereiro-março 2015 *** Como resultado de seis anos de pesquisa desenvolvida em parceria com o Institut de Recherche pour le Developpement (Acordo CNPq-IRD) publicou, em co-autoria com Robert Cabanes, "Nas tramas da cidade: trajetórias urbanas e seus territórios" (São Paulo: Humanitas, 2006). Essas pesquisas também estiveram na origem do livro ?A cidade nas fronteiras do legal e ilegal? (Belo Horizonte: Editora Fino Traço, 2011). Como resultado de pesquisas desenvolvidas nos quadros de um convênio franco-brasileiro (USP-AIRD), do qual foi igualmente coordenadora, publicou, em colaboração com Gabriel Kessler e Christian Azais, "Ilegalismos, cidade e política" (Belo Horizonte: Editora Fino Traço, 2012). *** Foi coordenadora da equipe brasileira de um programa de cooperação franco-brasileiro (Acordo Capes-Cofecub, 2007-2011), com o projeto "Trajetórias, circuitos e redes urbanas, nacionais e transnacionais e o seu impacto sobre a arquitetura institucional democrática", composto por pesquisadores da USP, da Unicamp e do Núcleo de Estudos da Violência, NEV e, pelo lado francês, do Centre Interdisciplinaire de Recherches Urbaines et Sociologiques (CIRUS-CERS, Université de Toulouse II) e do Centre d'Analyse et d'Intervention Sociologiques (CADIS-EHESS, Paris). A coordenação francesa esteve a cargo de Angelina Peralva (Toulouse II). *** Projetos atuais: Gestão do conflito na produção da cidade contemporânea, Projeto Temático Fapesp (2014-2018). Convenio Fapesp-CNRS - "Inconspicuous globalizations: compared fields (Brazil/Maghreb) / mondialisations discrètes: terrains comparés (Brésil-Maghreb) (2016-2018) Essas pesquisas estao sendo desenvolvidas nos quadros do Laboratório de Pesquisa Social do Departamento de Sociologia, da Universidade de São Paulo. Home page: www.veratelles.net https://usp-br.academia.edu/VeraTelles (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Vera da Silva Telles
Nome em citações bibliográficas
TELLES, V. S.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia.
av.Prof.Luciano Gualberto, 315
Cidade Universitártia
05508-900 - Sao Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 30313703
Fax: (11) 30312096
URL da Homepage: http://www.fflch.usp.br/sociologia/veratelles/index.html


Formação acadêmica/titulação


1989 - 1992
Doutorado em Sociologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Cidadania inexistente: incivilidade e pobreza. Um estudo sobre trabalhadores urbanos em São Paulo, Ano de obtenção: 1992.
Orientador: Maria Celia Paoli.
Palavras-chave: pobreza; cidadania; família; trabalho; direitos sociais.
Grande área: Ciências Humanas
1979 - 1984
Mestrado em Ciência Política.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Autoritarismo e práticas instituintes: movimentos sociais nos anos 70,Ano de Obtenção: 1984.
Orientador: Lucio Felix Kowarick.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: autoritarismo; movimentos sociais; espaços públicos; democracia.
Grande área: Ciências Humanas
1970 - 1975
Graduação em Ciencias Sociais.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Pós-doutorado e Livre-docência


2010
Livre-docência.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Cidade: tramas, dobras, percursos, Ano de obtenção: 2010.
1999 - 2000
Pós-Doutorado.
Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.


Atuação Profissional



Université Paris 8 - Vincennes-Saint-Denis, PARIS 8, França.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: temporário, Carga horária: 4


Laboratoire Interdisciplinaire Solidarités, Sociétés, Territoires, LIISST, França.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Colaboraçao, Carga horária: 4


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: atividades programadas: 5 sessoes de 3 hs cda, Carga horária: 6
Outras informações
Programa de Pós-Graduacao em Serviço Social PUC-SP Atividades programadas: "Cidade e práticas urbanas: desafios da crítica social"

Atividades

04/2008 - 06/2008
Ensino, Serviço Social PUC/SP, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Atividade Programada:Cidade e práticas urbanas: desafios da crítica social

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

1988 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Livre-docente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

10/2013 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Sociologia PPGS-USP.
3/2001 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia.

8/1992 - Atual
Ensino, Sociologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho e cidade: práticas, fatos e artefatos na produção do social
Igualdade, civilidade e cidadania
6/1989 - Atual
Ensino, Ciencias Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Temas Classicos de Sociologia
Introdução à Sociologia
Sociologia II
Pensamento sociológico contemporaneo
8/2005 - 08/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia.

Cargo ou função
Representante do Depto. de Sociologia na Comissao de Pesquisa da FFLCH.
5/2005 - 4/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia.

Cargo ou função
Vice-coordenacao no Programa de Pós-Graduacao de Sociologia.
3/1994 - 2/1999
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia.

8/1995 - 8/1998
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas.

Atividade realizada
Coordenaçao do Programa Especial de Treinamento - PET do Curso de Ciências Sociais - USP.

Maison de Sciences de l'Homme Ange Guepin, MSH ANGE GUEPIN, França.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: pesquisador associado, Enquadramento Funcional: pesquisador associado, Carga horária: 20


Université de Toulouse II - Le Mirail, UTM, França.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 20


Université Pierre-Mendès-France - Grenoble II, UPMF, França.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: professor visitante, Carga horária: 4



Linhas de pesquisa


1.
Mobilidades urbanas e trajetórias sociais: trabalho, moradia e mobilidade cotidiana
2.
Cidade e Trabalho: espaços, territórios e fluxos urbanos

Objetivo: Na interface da sociologia urbana e sociologia do trabalho, essa linha de pesquisa procura colocar a cidade como perspectiva e plano de referência para o estudo das redefinições recentes do trabalho nas suas interações com dinâmicas urbanas. As pesquisas desenvolvem-se sob dois eixos principais de investigação: (i) cidade e as novas ilegalidades urbanas: as relações hoje redefinidas entre o informal, o ilegal e o ilícito (os mercados ilegais de bens lícitos e ilícitos) e seus modos de inscrição nos espaços e territórios urbanos; (ii) trabalho, mediações urbanas e modos de territorialização. Temas convergentes de pesquisa: práticas ilícitas e violência urbana; formas de vida e práticas urbanas; trabalho e novas formas migratórias; trajetórias sociais e formas de mobilidade urbana.
3.
Trabalho e pobreza urbana: trajetórias ocupacionais


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Inconspicuous globalizations: compared fields (Brazil-Maghreb) / Mondialisations discrètes : terrains comparés (Brésil-Maghreb)
Descrição: Popular global marketplaces, often marked by informality, have become an inescapable part of the economic life and the urban landscapes of emerging and developing countries. These markets ?the marketplaces and the commercial circuits that structure them- are now affected by significant changes, both from the point of view of the actors who participate in them and from the way they are inscribed in space. The request for resources FAPESP and CNRS aims to create conditions for dialogue between two teams working on these changes: one of them in Brazil (focused in São Paulo and Rio de Janeiro); the other one in three countries in North Africa - Algeria, Morocco and Tunisia. The common point of the changes observed in these areas - despite the fact that they are geographically and culturally very different - is the reconfiguration of these markets. Formerly operated by actors of the so-called "globalization from below", nowadays driven by actors with increased economic capacities, these markets are also subject to new apparatus of control and management, including legal measures, urban development policies and strategies for controlling the conflicts resulting from these reconfigurations. The two teams have a common work history, with joint publications on these topics. The emergence of the same kind of markets in Europe (France and Spain) will be also covered in the dialogue that is intended..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
A gestão do conflito na produção da cidade contemporânea: a experiência paulista
Descrição: Tomando como referência empírica mudanças urbanas recentes ocorridas em São Paulo, capital e cidades do interior, este projeto pretende investigar os diferentes nexos que articulam processos de gestão dos espaços urbanos, governo das populações, instituição de dispositivos securitários e criação de novos mercados, bem como os campos de conflito que se configuram em torno dessas formas de controle e gestão dos espaços urbanos. A análise enfatiza a tendência à adoção de estratégias crescentemente militarizadas de gestão de espaços e territórios urbanos considerados de risco. Essas estratégias estão estreitamente relacionadas a uma expansiva policialização de condutas e ao desenvolvimento de dispositivos jurídicos de exceção. Ao debruçar-se sobre as mudanças que hoje redefinem o funcionamento dos mercados ilegais e informais da cidade, as operações securitárias de intervenção em espaços urbanos e os impactos decorrentes da política de encarceramento em massa, a investigação busca compreender a face atual desse processo de gestão militarizada de espaços urbanos. Sem desconhecer as práticas e as tradições que plasmaram uma concepção militarizada de segurança pública no Brasil, o que importa assinalar é o possível engate contemporâneo entre esse padrão histórico de controle social militarizado e as tendências que impulsionam um urbanismo militar de novo tipo. Desse ponto de vista, trata-se de refletir sobre os desafios que o reforço recíproco entre esses processos ? a um tempo locais e globais ? põem para a compreensão da face política das configurações urbanas recentes, bem como das modalidades de conflito e contra-condutas emergentes e que entregam os sinais de uma cartografia política da cidade, que nos interessa reconstruir ao longo das pesquisas contempladas pelo projeto..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Vera da Silva Telles - Coordenador / Rafael Godoi - Integrante / Daniel Hirata - Integrante / Gabriel Feltran - Integrante / Alessandra Teixeira - Integrante / LUIZ ANTONIO FRANCISCO DE SOUZA - Integrante / MARCOS ALVAREZ - Integrante / FERNANDO SALLA - Integrante / Fernando Rabossi - Integrante / LAURINDO MIGNOTO - Integrante / PAULO MALVAZI - Integrante / CAROLINA GRILLO - Integrante / Fabio Mallart - Integrante / Carlos Freire - Integrante / Taniele Rui - Integrante / Regis MINVIELLE - Integrante / Fabio ARAUJO - Integrante / Palloma MENEZES - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 7
2012 - 2016
Ilegalismos, jogos de poder e gestão (em disputa) da ordem
Descrição: Ilegalismos, jogos de poder e gestão (em disputa) da ordem Tomando como ponto de partida situações encontradas na cidade de São Paulo, esse projeto propõe pesquisar as relações redefinidas entre o informal, o ilegal e o ilícito, que acompanham as formas contemporâneas de produção e circulação de riquezas. Pessoas, bens, produtos e riquezas circulam nas tênues fronteiras do formal-informal, legal-ilegal, e o ilícito. No entanto, se há uma evidente transitividade entre essas dimensões, isso não quer dizer indiferenciação entre uns e outros. Tendo como referência a noção de gestão diferencial dos ilegalismos (Foucault), trata-se de interrogar o que acontece justamente nas dobras do legal-ilegal, formal-informal: jogos de poder, relações de força, campos de disputa. Essa a questão que se pretende discutir: o modo como esse feixe de ilegalismos, novos, velhos ou redefinidos redefinem tramas urbanas, ordenamentos sociais e os jogos de poder. A hipótese com a qual estamos trabalhando é que, em torno desses ilegalismos, estruturam-se campos de força e jogos de poder que deslocam, fazem e refazem a demarcação entre a lei e o extra-legal, entre a justiça e a força, entre acordos pactuados e a violência, também entre a ordem e seu avesso. No núcleo das economias e dinâmicas das nossas cidades, são campos força nos quais, talvez possamos arriscar, estão em disputa os sentidos de lei, de justiça, de ordem e seu avesso. É nessa chave que podemos entender, assim nos parece, as dinâmicas políticas implicadas nos mercados informais, também no mercado varejista de drogas ilícitas e suas capilaridades nas tramas urbanas.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (4) .
Integrantes: Vera da Silva Telles - Coordenador / Carlos Freire da Silva - Integrante / Rafael Godoi - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 15 / Número de orientações: 7
2009 - 2011
Cidade, práticas urbanas e os (novos) ilegalismos do mundo social
Descrição: Dando continuidade ao projeto anterior, trata-se de investigar a hoje expansiva trama de ilegalidades (novas e velhas) entrelaçadas nas práticas urbanas, seus circuitos e redes sociais, e que são urdidas nas relações hoje redefinidas (a serem bem compreendidas) entre o ilegal, o informal e o ilícito. Interessa compreender (e descrever) as interfaces entre as novas figuras do trabalho informal, as tramas variadas dos mercados de bens ilegais (contrabando, pirataria, etc.) e ilícitos (drogas) e, em algumas regiões da cidade, a migração clandestina (sobretudo os bolivianos) em suas relações, principalmente (mas não só), com o circuito (semi informal, semi ilegal) têxtil. Essas interfaces se dão sob formas territorializadas. Apresentam, portanto, modulações variadas conforme as regiões da cidade. Exigem, por isso mesmo, uma estratégia de pesquisa empírica com forte dimensão etnográfica. Assumimos como hipótese teórico-metodológica a exigência de uma ?etnografia experimental?, tomando como referência ?cenas descritivas? que permitam seguir o traçado dessa constelação de práticas, mediações e suas conexões em circuitos e redes de extensão variada. Cada situação/cena social é atravessada por processos transversais nas trilhas das diversas formas de interconectividade de práticas sociais, sejam as mediações sociotécnicas que compõem o mundo urbano, sejam as redes (e seus agenciamentos locais) de circulação de bens ilegais e ilícitos, em suas conexões transnacionais. Processos situados, portanto, que só podem ser bem compreendidos nos seus modos de territorialização, e é isso que pode nos abrir uma senda para prospectar ordenamentos sociais emergentes..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (3) .
Integrantes: Vera da Silva Telles - Coordenador / Carlos Freire da Silva - Integrante / Rafael Godoi - Integrante / Daniel Hirata - Integrante.
Número de produções C, T & A: 9 / Número de orientações: 4
2008 - 2011
Questoes urbanas e governanca em quatro metropoles latino-americanas: perspectivas a parttir de Sao Paulo
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (3) .
Integrantes: Vera da Silva Telles - Coordenador / Carlos Freire da Silva - Integrante / Marielle Pepin-Lehallleur - Integrante / Christian Azais - Integrante / Helene Riviere D'Arc - Integrante / Helena Mena Barreto - Integrante / Marina Montenegro - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 4
2007 - 2011
Acordo Capes-Cofecub.Trajetórias, circuitos e redes urbanas, nacionais e transnacionais e o seu impacto sobre a arquitetura institucional democrática
Descrição: Nosso objetivo é o de articular sob um olhar transversal, três níveis da análise da dinâmica social contemporânea, a partir de pesquisas que levam em conta: (i) uma modalidade fundamental de ação definida pela capacidade de indivíduos e de grupos situados em diferentes escalas territoriais (urbana, nacional, transnacional) e diversos planos de identidade civis ou sexuais, a ultrapassar fronteiras; (ii) novas modalidades de experiência do espaço, derivadas das condições atuais de comunicação à distância e da circulação de imaginários e categorias simbólicas através dos meios de comunicação; (iii) o impacto desses fenômenos, notadamente em termos de condutas violentas, na arquitetura institucional democrática Disciplina, palavras-chaves: sociologia ? espaço, mobilidade, fronteiras, violência.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Vera da Silva Telles - Coordenador / Robert Cabanes - Integrante / Angelina Peralva - Integrante / Sergio Adorno - Integrante / Marilia Sposito - Integrante / Thomas Patrick Dwyer - Integrante / Michel Wieviorka - Integrante / Alain Tarrius - Integrante / Eric Macé. - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cooperação / COFECUB - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 12 / Número de orientações: 8
2006 - 2009
Nas tramas da cidade: práticas urbanas e nova ilegalidades no mundo social
Descrição: O projeto propõe explorar e desdobrar questões de pesquisa que surgiram ao longo de una investigação iniciada em 2001 sobre trajetórias urbanas na cidade de São Paulo. Entre elas, um mundo social perpassado por uma expansiva trama de ilegalidades que se entrelaçam nas práticas urbanas e seus circuitos. Se é verdade que a produção da chamada ?cidade ilegal? não é propriamente novidade na agenda dos estudos urbanos, o que merece uma interrogação mais detida são as novas mediações e conexões pelas quais essas ilegalidades vêm sendo urdidas no cenário urbano. A rigor, o que parece estar ocorrendo é um mundo social atravessado por uma crescente e ampliada zona de indiferenciação entre o lícito e o ilícito, que passa pelas tramas da vida social e circuitos variados do mundo urbano. Essa é a questão que se pretende investigar através de uma pesquisa qualitativa em duas regiões periféricas da cidade de São Paulo. As trajetórias urbanas são pontuadas e demarcadas por situações que podem ser vistas como espaços de condensação de práticas, mediações e mediadores que armam como que micro-cenas descritivas em que esses processos podem ser flagrados. Assumimos como hipótese teórico-metodológica a exigência de uma ?etnografia experimental?, tomando como referência ?cenas descritivas? que permitam seguir o traçado dessa constelação de processos e práticas, mediações e conexões, circuitos e seus territórios. Cada situação/cena social é atravessada por processos transversais nas trilhas muito concretas das diversas formas de conexão ou interconectividade, seja pelas mediações sociotécnicas que compõem o mundo urbano, seja pelas redes sociais que atuam nesse jogo de luz e sombra do mundo social, aí incluindo a economia subterrânea, o tráfico de drogas e o chamado comércio de bens ilícitos. Esses processos vão sendo constelados sob formas variadas em situações e contextos, arenas e cenários sociais. Portanto, são como processos situados que podem ser descritos e problematizados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Vera da Silva Telles - Coordenador / Carlos Freire da Silva - Integrante / Rafael Godoi - Integrante / Daniel Hirata - Integrante / Eliane Alves - Integrante / Jose Cesar Magalhes Filho - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 5
2003 - 2006
Cidade e trabalho: mobilidades ocupacionais e seus territorios
Descrição: Projeto Integrado CNPq (2003-2006). Dá continuidade ao projeto anterior "Cidade, politica e cidadania: um estudo sobre reconfiguracoes urbanas e novas regulacoes socais". Este projeto conta com uma cooperacao franco-brasileira (convenio CNPq-IRD). Coordenacao francesa: Dr. Robert Cabanes Objetivos: Este projeto propõe um estudo sobre as mobilidades ocupacionais vistas pelo ângulo das práticas e seus circuitos, tramas e redes sociais que articulam moradia, trabalho e acessos e espaços da cidade. Assume-se como hipótese de trabalho a forte inscrição territorial dos empregos sob o duplo impacto da reestruturação produtiva e reconfigurações urbanas em curso na metrópole paulista. É essa nova condição da distribuição e oferta dos empregos que coloca a importância de se averiguar práticas, redes sociais e os circuitos que articulam moradia e mercado, família e trabalho, e tentar, nesses circuitos e campos de prática, identificar o modo como operam exclusões, segmentações e novas clivagens sociais. Certamente falar de mobilidade ocupacional supõe tratar de questões em pauta atualmente: o escolhimento dos empregos e o desemprego, a desmontagem das regulações do trabalho e os percursos do trabalho precário, o trabalho incerto e o estreitamento dos horizontes de futuro. Porém, o que importa é colocar em evidências as práticas e as mediações que articulam moradia, trabalho e os espaços da cidade. A mobilidade ocupacional entrecruza-se com as práticas sociais inscritas nos deslocamentos na cidade (a mobilidade cotidiana) e nas formas de moradia, estas trazendo as marcas dos percursos dos deslocamentos nos espaços urbanos (mobilidade habitacional). Mobilidades residenciais e mobilidades cotidianas entre trabalho e moradia expressam recomposições econômicas e espaciais ao mesmo tempo que circunscrevem campos de práticas, e diferentes e desiguais usos da cidade e seus espaços..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Vera da Silva Telles - Coordenador / Daniel Veloso Hirata - Integrante / Robert Cabanes - Integrante / Jose Cesar de Magalhaes Jr - Integrante / Carlos Freire da Silva - Integrante / Rafael Godoi - Integrante / Eliane Alves - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Institut de Recherche pour le Développement - Cooperação / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 11 / Número de orientações: 5
2001 - 2003
Cidade, política e cidadania: um estudo sobre as reconfigurações urbanas e novas regulações sociais
Descrição: Projeto desenvolvido em cooperacao com o Institut de Recherche pour le Développement - IRD - Convenio CNPq-IRD, 2001-2002. Com base em uma pesquisa exploratória, o objetivo é identificar as novas configurações urbanas que vem se desenhando nos últimos anos na convergencia de tres processos conjugados: (i) a reestruturação produtiva e modernização econômica nos circuitos globalizados da economia altera o cenário dos atores, redefine as condições da ação coletiva e os princípios de exclusão e inclusão na cena política, ao mesmo tempo que reconfigura territórios e suas hierarquias no espaço nacional; (ii) a privatização dos serviços urbanos e sua inscrição nos circuitos do capital globalizado altera a produção dos espaços urbanos capturados pela lógica privada e privatizadora de capitais que circulam no mercado global, altera os modos de intervenção política agora reduzidas à regulação dos mercados e não a intervenção no registro de políticas públicas), ao mesmo tempo em que desloca o campo dos conflitos que acompanharam os processos de urbanização e nos quais o próprio sentido de bem público, na sua dimensão de universalidade, igualdade e justiça social, era atualizado nas diversas reivindicações vocalizadas por movimentos sociais diversos; (iii) as múltiplas facetas das atuais reformas de descentralização reconfiguram o jogo dos interesses locais e políticos, acompanhando a própria recomposição territorial dos mercados, institui novos regimes de organização dos poderes públicos e suas competências, ao mesmo tempo em que transforma os níveis locais (municipais) em espaço privilegiado para a constituição de novas formas de gestão das populações , o que desativa o campo político da luta contra as desigualdades e esvazia o sentido político das formas coletivas de participação democrática local pela captura das diversas práticas associativas pela lógica de um pragmatismo gestionário de programas de "combate à pobreza"..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Vera da Silva Telles - Coordenador / Cibele Saliba Rizek - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Institut de Recherche pour le Développement - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 2
1999 - 2000
Analise comparada da questao social no Brasil e na França
Descrição: Projeto de Pós-doutorado realizado na Ecole de Hautes Etudes en Sciences Sociales, Centre de Recherche sur le Bresil Contemporain Com base em pesquisa teórica e bibliográfica sobre as atuais transformações do mundo do trabalho e as ?metamorfoses da questão social?, pretende-se (i) identificar os modos pelos quais vem se processando a erosão dos direitos (e de sua medida) e suas conseqüências societárias, (ii) as novas configurações sociais na esfera do trabalho e nas dimensões dos mundos da vida que escapam às formas conhecidas de regulação pública dos direitos; e (iii) novas formas de conflito social e de articulação societária que abrem horizontes possíveis para o engendramento de novas figuras de direitos e outros diagramas nas difíceis e sempre problemáticas relações entre Estado, economia e sociedade em um mundo globalizado. O trabalho investigativo que se pretende desenvolver tem como referência resultados de pesquisas por mim desenvolvidas nos últimos anos. Sendo assim, esse projeto tem por objetivo a construção de categorias teóricas e o aprimoramento de uma grade interpretativa capaz de responder às questões e desafios teóricos suscitados por esses anos de investigação. Para tanto, considera-se importante colocar as questões brasileiras em diálogo e em perspectiva com as questões em pauta no debate contemporâneo. É nesses termos que se pretende proceder à análise comparativa da questão social no Brasil e na França: não se trata tanto de comparar matrizes históricas e tradições políticas, mas de problematizar (e formular) os dilemas atuais por referência às especificidades de cada país de tal modo que seja possível escapar seja das insuficiências de formulações genéricas e vagas sobre os destinos de um mundo globalizado, seja dos riscos de uma particularização da realidade brasileira sem outra medida para ser avaliada que não os já conhecidos desacertos de nossa história..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Vera da Silva Telles - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 5
1998 - 1999
Problematizacoes da questao social no Brasil e na França
Descrição: Acordo USP-COFECUB O objetivo: discutir o modo como a questao social foi problematizada na França e no Brasil. A importancia do estudo comparativo se impoe para: (i) compreender, através das singularidades de cada país, os processos de globalizacao da economia e a rearticulacao da questao social em um contexto de desregulacao neoliberal; (ii) colocar em perspectiva e em dialogo os dilemas específicos de cada país, permitindo por essa via identificar e debater questoes de fronteira - nesses tempos incertos em que as nocoes e categorias com as quais nos acostumamos a pensar sobre direitos, cidadania e democracia estao sendo duramente colocados à prova, espera-se que, neste diálogo em torno de uma agenda comum de problemas e desafios, seja possivel avancar na construcao de novas categorias e novas nocoes para se pensar a questao, sempre reaberta, do contrato social palavras chaves: direios, cidadania, exclusao social, questao social O convenio resultou na publicacao: TELLES, Vera da Silva (Org.), RIZEK, Cibele Saliba (Org.), CEFAI, Daniel (Org.), CHANIAL, Philippe (Org.). Brésil-France: figures de la question sociale. Caen: Revue Mana, Université de Caen, 2000. 287p. As atividades deste convenio foram as bases a partir das quais foi elaborado o projeto de Pós-Doutorado "Analise comparada da questao social no Brasil e na França", que contou com auxilio da FAPESP. Periodo: maio de 1999 a julho de 2000..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Vera da Silva Telles - Coordenador / Cibele Saliba Rizek - Integrante / Daniel Cefai - Integrante / Philippe Chanial - Integrante.Financiador(es): Université de Paris X, Nanterre - Cooperação / Universidade de São Paulo - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 4
1998 - 1999
Direitos sociais: pobreza e destituicao
Descrição: O projeto integrou projeto temático "A construção democrática em questão", que contou com financiamento parcial da FUNDAÇÃO FORD. Esteve sob a coordenação da Profa. Dra. Maria Celia Paoli e do Prof. Francisco de Oliveira. Este projeto temático resultou na publicação: Oliveira, Francisco e PAOLI, Maria Celia. Os sentidos da democracia. políticas do dissenso e hegemonia global. Petrópolis: Vozes, Objetivos: Objetivos gerais: analisar a nova configuração da questão social sob o impacto da globalização da economia, da reestruturação produtiva e transformações tecnológicas. A questão é discutida tendo em vista três preocupações centrais: (a) os efeitos societários dos processos em curso; (b) a lógica de destituição de direitos pela qual esses processos vem se realizando; (c) a mutação no significado dos direitos que esses processos vem produzindo. Objetivos específicos: investigar os deslocamentos de sentido e lugar da questão social no cenário público nacional. Mais concretamente: interessa investigar o deslocamento da pobreza, como questão e como figuração publica de problemas nacionais, de um lugar politicamente construído - lugar da ação, da intervenção e da invenção, da crítica, da polêmica e do dissenso - para o lugar não-politica, onde é figurada como dado a ser administrado tecnicamente ou gerido pelas praticas da filantropia. Esse deslocamento interessa porque - e é essa e a questão que norteia esse estudo - e nele que se evidencia a lógica de destituição de direitos por via do esvaziamento ou neutralização dos espaços de conflito, de representação, negociações e ação E isso se dá nos três eixos por onde a destituição vem se processando: (a) a precarizacao do trabalho; (b) a reforma da Previdência Social e (c) o novo perfil proposto para as políticas sociais, entre a sua privatização e a reedição da filantropia publica travestida de políticas compensatórias..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Vera da Silva Telles - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Ford Foundation - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 4
1995 - 1997
Sociedade civil, direitos e espaço públicos: perspectivas democrática de uma redefinição das relações entre Estado e sociedade
Descrição: Pretende-se analisar as modificações nas relações entre Estado e sociedade, no âmbito das municipalidades. A investigação terá como eixo as formas de participação, representação e negociação em fóruns públicos - informais ou não, institucionalizados ou não - construídos em torno dos poderes locais. O objetivo é avaliar a relação entre municipalidades e população, procurando identificar até em que ponto a primeira é capaz (ou não) de desempenhar um papel mediador entre interesses em conflito e demandas sociais heterogêneas, consolidando (ou não) práticas públicas - e publicizadas - de discussão, negociação, deliberação e gestão política. Em um contexto no qual coexistem crise econômica, crise social e aumento das desigualdades sociais, de um lado e, de outro, democratização e reivindicações eticamente fundadas, interessa saber até em que ponto formas democráticas de gestão pública, abertas às práticas da "cidadania ativa", são capazes de transformar relações sociais no sentido de uma redução das desigualdades sociais e maior participação democrática. Para colocar em termos mais gerais, interessa saber até em que ponto - e de que forma - a constituição de espaços públicos democráticos se traduz tanto na transformação da cidade em espaço público urbano que realize (ou permita realizar) o "direito à cidade", como na construção democrática de uma noção de bem público, de interesse público e responsabilidade pública que tenham como medida o reconhecimento de direitos e a ampliação da cidadania. Relacionado com o item anterior e considerando, de um lado, a chamada crise fiscal e a escassez de recursos e, de outro, o aumento de demandas sociais em um cenário de maior complexidade da estrutura social, de heterogeneidade de interesses e de transformações econômicas que deslocam identidades coletivas tradicionais, ao mesmo tempo em que geram novas formas de pobreza e exclusão social, interessa saber até em que ponto esses espaços são capazes de instituir um novo.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Vera da Silva Telles - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1
1994 - 1995
Pobreza e cidadania: família, trabalho, direitos e os processos de pauperização na cidade de São Paulo
Descrição: O projeto tem como objetivo investigar as situações e processos de pauperização, procurando identificar tanto os fatores relacionados a uma recessão prolongada, como os decorrentes das tendências em curso de reestruturação industrial e de modificação na composição do mercado. Serão privilegiadas as situações de liminaridade entre pobreza e não-pobreza. Para isso, pretende-se realizar uma demografia da exclusão e também investigar dinâmicas societárias nas situações de pauperização. Em termos gerais, a questão será tratada a partir das relações entre mercado, família e pobreza e, mais especificamente, das relações entre instabilidade ocupacional, desemprego e condições de vida familiar. A pesquisa tomará a família como unidade de análise e, no seu interior, serão investigadas trajetórias sociais e ocupacionais de seus membros. Em termos empíricos, (a) serão processados e analisados resultados de um survey quantitativo realizado em 1990, com base em uma amostra domicilar; (b) entre essa amostra, serão selecionadas 15 famílias para realização de pesquisa qualitativa, com base em questionário semi-estruturado, para obter informações circunstanciadas de cada um dos membros familiares..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Vera da Silva Telles - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 7


Membro de corpo editorial


2009 - Atual
Periódico: Tempo Social (USP. Impresso)
2008 - Atual
Periódico: Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social
2005 - Atual
Periódico: Caderno CRH (UFBA. Impresso)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Urbana.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Outras Sociologias Específicas.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Fundamentos da Sociologia/Especialidade: Teoria Sociológica.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
TELLES, V. S.2017TELLES, V. S.. Resistências, sublevações, o 'rumor das batalhas'. DILEMAS: REVISTA DE ESTUDOS DE CONFLITO E CONTROLE SOCIAL, v. 2, p. 11-28, 2017.

2.
TELLES, V. S.2017TELLES, V. S.. Em torno da Cracolândia paulista. PONTO URBE, v. 21, p. 1-13, 2017.

3.
TELLES, V. S.2015TELLES, V. S.. Cidade: produção de espaços, formas de controle e conflitos. Revista de Ciências Sociais (UFC), v. 46, p. 15-42, 2015.

4.
TELLES, V. S.2014TELLES, V. S.. Gestion de la violence ou gestion (disputée) de l?ordre ? Interrogations à partir d?une étude sur le marché de la drogue à São Paulo. ORDA - L'Ordinaire des Amériques, v. 216, p. 00-00, 2014.

5.
TELLES, V. S.2014TELLES, V. S.; PERALVA, A. . Crime, violence et ville. ORDA L'ORDINAIRE DES AMERIQUES, v. 216, p. 1-6, 2014.

6.
TELLES, V. S.2014TELLES, V. S.; PERALVA, A. . Les chemins de la drogue. ORDA - L'ORDINAIRE DES AMERIQUES, v. 216, p. 1-4, 2014.

7.
TELLES, V. S.2013TELLES, V. S.. Jogos de poder nas dobras do legal e ilegal: anotações de um percurso de pesquisa. Serviço Social & Sociedade, v. 115, p. 443-461, 2013.

8.
TELLES, V. S.2013TELLES, V. S.. Prospectando a cidade a partir de suas margens: notas inconclusas. Contemporânea - Revista de Sociologia da UFSCar, v. 3, p. 359-376, 2013.

9.
TELLES, V. S.2010TELLES, V. S.; HIRATA, D. V. . Ilegalismos e jogos de poder em São Paulo. Tempo Social (USP. Impresso), v. 22, p. 39-59, 2010.

10.
KESSLER, G.2010KESSLER, G. ; TELLES, V. S. . Apresentação ao dossiê "Ilegalimos na América Latina". Tempo Social (USP. Impresso), v. 22, p. 9-16, 2010.

11.
TELLES, V. S.2009TELLES, V. S.. Ilegalismos urbanos e a Cidade. Novos Estudos CEBRAP (Impresso), v. 84, p. 142-173, 2009.

12.
TELLES, V. S.2009 TELLES, V. S.. Nas dobras do legal e do ilegal: ilegalismos e jogos de poder nas tramas da cidade. Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social, v. 2, p. 97-126, 2009.

13.
TELLES, V. S.2007TELLES, V. S.; HIRATA, D. V. . Cidade e práticas urbanas: nas fronteiras incertas entre o ilegal, o informal e o ilícito. Estudos Avançados, v. 61, p. 173-192, 2007.

14.
TELLES, V. S.2007TELLES, V. S.. Deslocando o ponto da critica: indagações a partir de realidades urbanas em mutação. Revista de Estudos Universitárias (Sorocaba), v. 33, p. 13-28, 2007.

15.
TELLES, V. S.2006TELLES, V. S.. Mutacoes do trabalho e experiência urbana. Tempo Social. Revista de Sociologia da USP, Sao Paulo, v. 18, n.1, p. 173-195, 2006.

16.
TELLES, V. S.2002TELLES, V. S.. Cidade e cidadania: interrogações sobre realidades urbanas emergentes. Anuário Gedim, Rio de Janeiro, v. 4, p. 8-33, 2002.

17.
TELLES, V. S.2002TELLES, V. S.; HENRY, E. . Serviços urbanos, cidade e cidadania. Anuário Gedim, Rio de Janeiro, v. 4, p. 34-53, 2002.

18.
TELLES, V. S.2001TELLES, V. S.. Operação desmanche: o espaço público em risco. Cadernos de Formação da Cut, São Paulo, v. 2, p. 157-166, 2001.

19.
TELLES, V. S.2000TELLES, V. S.. Societé civil: entre la citoyonneté et la philanthropie. Revue Mana, França, v. 00, n.00, p. 00-00, 2000.

20.
TELLES, V. S.1998TELLES, V. S.. A nova questão social brasileira. REVISTA PRAGA, São Paulo, v. 6, p. 106-117, 1998.

21.
TELLES, V. S.1998TELLES, V. S.. Direitos Sociais: afinal do que se trata?. Revista USP, SÃO PAULO, v. 37, p. 34-45, 1998.

22.
TELLES, V. S.1996TELLES, V. S.. Questão social:afinal do que se trata?. São Paulo em Perspectiva, SÃO PAULO, v. 10, n.4, p. 85-95, 1996.

23.
TELLES, V. S.1996TELLES, V. S.. La sociedad civil y los caminos inciertos de la ciudadania. REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIALES, MADRI, v. 14, p. 105-112, 1996.

24.
TELLES, V. S.1994TELLES, V. S.. As novas faces da cidadania: uma introdução. Cadernos de Pesquisa - CEBRAP, SAO PAULO, n.124, p. 1-7, 1994.

25.
TELLES, V. S.1994TELLES, V. S.. Família e trabalho: precariedade e pauperismo na Grande Sao Paulo. REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS DE POPULAÇÃO, SAO PAULO, v. 11, n.2, p. 187-224, 1994.

26.
TELLES, V. S.1994TELLES, V. S.. A Experiência da insegurança: trabalho e família nas classes trabalhadoras urbanas em São Paulo. Tempo Social. Revista de Sociologia da USP, SAO PAULO, v. 4, n.1, p. 53-95, 1994.

27.
TELLES, V. S.1994TELLES, V. S.. Cultura da dádiva, avesso da cidadania. Revista Brasileira de Ciências Sociais, SAO PAULO, v. 25, p. 45-48, 1994.

28.
TELLES, V. S.1994TELLES, V. S.. Sociedade civil, direitos e espaços públicos. Publicações Pólis, SAO PAULO, v. 14, p. 43-54, 1994.

29.
TELLES, V. S.1994TELLES, V. S.. Sociedade civil e os caminhos incertos da cidadania. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 8, n.2, p. 7-15, 1994.

30.
TELLES, V. S.1993TELLES, V. S.. Pobreza e cidadania:dilemas do Brasil Contemporâneo. CADERNOS CRH, SALVADOR, v. 19, p. 8-21, 1993.

31.
TELLES, V. S.1993TELLES, V. S.. Pauvreté et citoyenneté: dilemmes du Brésil Contemporain. Problèmes D'amérique Latine, v. 9, p. 73-86, 1993.

32.
TELLES, V. S.1990TELLES, V. S.. A Pobreza como condição de vida:família, trabalho e direitos entre as classes trabalhadoras urbanas. São Paulo em Perspectiva, SÃO PAULO, v. 4, n.2, p. 37-45, 1990.

33.
TELLES, V. S.1990TELLES, V. S.. Espaço público e privado na constituição do social: notas sobre o pensamento de Hannah Arendt. Tempo Social. Revista de Sociologia da USP, SÃO PAULO, v. 2, n.1, p. 23-48, 1990.

34.
PAOLI, M. C.1984PAOLI, M. C. ; SADER, E. ; TELLES, V. S. . Pensando a classe operária: os trabalhadores no imaginário acadêmico. Revista Brasileira de História, SÃO PAULO, v. 1, 1984.

35.
TELLES, V. S.1981TELLES, V. S.; CACCIA BAVA, S. . O movimento do önibus: a articulação de um movimento reivindicatório. Espaço & Debates, São Paulo, n.1, p. 00-00, 1981.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
TELLES, V. S.; Santiago, H (Org.) ; TIBLE, J. (Org.) . Negri no Tropico 23o 26'14". 1. ed. Sao Paulo: Autonomia Literária/N-1, 2017.

2.
TELLES, V. S.; PERALVA, A. (Org.) . Ilegalismos na globalização: trabalho, migrações, mercados. 1. ed. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 2015. v. 1. 650p .

3.
TELLES, V. S.; KESSLER, G. ; AZAIS, C. . Ilegalismos, cidade e política. 1. ed. Belo Horizonte: Fino traço, 2012. v. 1. 328p .

4.
CABANES, Robert ; RIZEK, C. S. ; GEORGES, I ; TELLES, V. S. . Saidas de emergencia. 1. ed. SAO PAULO: BOITEMPO, 2011. v. 1. 478p .

5.
TELLES, V. S.. A cidade nas fronteiras do legal e ilegal. 1. ed. Belo Horizonte: ARGVMENTVM, 2011. 272p .

6.
TELLES, V. S.; KESSLER, G. (Org.) . Ilegalismos na América Latina. Sao Paulo: USP, 2010. v. 22.

7.
TELLES, V. S.; CABANES, Robert . Nas tramas da cidade: trajetórias urbanas e seus territórios. Sao Paulo: Associacao Editorial Humanitas, 2006. 439p .

8.
TELLES, V. S.. Sociologia da Condicao Operaria. Tempo Social, Revista de Sociologia da USP. Sao Paulo: , 2006.

9.
TELLES, V. S.; HENRY, E. (Org.) . Servicos, cidade e cidadania. Anuário Gedim.. Rio de Janeiro: Editora Lumen Juris, 2002. 323p .

10.
TELLES, V. S.. Cidadania e pobreza. São Paulo: Editora 34, 2001. 167p .

11.
TELLES, V. S.; RIZEK, C. S. (Org.) ; CEFAI, D. (Org.) ; CHANIAL, P. (Org.) . Brésil-France: figures de la question sociale. Caen: Revue Mana, Université de Caen, 2000. 287p .

12.
TELLES, V. S.. Direitos sociais: afinal, do que se trata?. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1999. 194p .

13.
VILLAS BOAS, R. (Org.) ; TELLES, V. S. (Org.) . Poder Local, Participacao Popular e Construcao da Cidadania. 1. ed. SÃO PAULO: POLIS, 1995.

Capítulos de livros publicados
1.
TELLES, V. S.. O ponto de vista da critica. In: SANTIAGO, H.; TELLES, V.S.; TIBLE, J.. (Org.). Antonio Negri no Tropico. 1ed.Sao Paulo: Autonomia Literaria/N-1, 2017, v. 1, p. 31-42.

2.
TELLES, V. S.. Fronteiras da lei como campo de disputa: anotações inconclusas de um perrcurso de pesquisa. In: BIRMAN, Patricia; LEITE, Marcia Pereira; MACHADO, Carly; CARNEIRO, Sandra de Sá. (Org.). Dispositivos urbanos e a trama dos viventes: ordens e resistências.. 1ed.Rio de Janeiro: FGV Editora, 2015, v. 1, p. 55-76.

3.
TELLES, V. S.. Los ilegalismos y la ciudad de Sao Paulo. In: VEGA, Carlos Alba; RIBEIRO, Gustavo Lins; MATHEWS, Gordon. (Org.). La globaización desde abalo: la otra economia mundial. 1ed.Mexico DF: Fundo de Cultura Econmica, 2015, v. , p. 162-190.

4.
TELLES, V. S.. Fronteiras da lei como campo de disputa. In: PERALVA, Angelina; TELLES, Vera S.. (Org.). Ilegalismos na globalização: trabalho, migrações, mercados. 1ed.Rio de Janeiro: Editora da UFRJJ, 2015, v. , p. 420-435.

5.
TELLES, V. S.; FREIRE, C. . Juegos de poder y campos de disputa en los centros del comercio popular en Sao Paulo. In: VEGA Carlos Alba; LABAZÉE, Pascal. (Org.). Metropolización, transformaciones mercatiles y governar;za en los paises emergentes. 1ed.Cidade do Mexico: El Colegio de México/IRD, 2015, v. , p. 435-472.

6.
TELLES, V. S.. Jogos de poder nas dobras do legal e ilegal: anotações de um percurso de pesquisa. In: TELLES, Vera S.; KESSLER, Gabriel; AZAIS, Christian. (Org.). Ilegalismos, cidade e política. 1ed.Belo Horizonte: Fino traço, 2012, v. 1, p. 27-56.

7.
TELLES, V. S.. Illegalisms and the City of Sao Paulo. In: MATHEWS, Gordon; RIBEIRO, Gustavo Lins; VEGA, Carlos Alba. (Org.). Globalization from below: the world's other economy. 1ed.Londres: Routledege, 2012, v. 1, p. 86-100.

8.
TELLES, V. S.; HIRATA, D. V. . Cidade e práticas urbanas: nas fronteiras incertas entre o ilegal, o informal e o ilícito. In: KOWARICk, Lucio; MARQUES, Eduardo. (Org.). São Paulo: novos percursos e atores. 1ed.SAO PAULO: Editora 34, 2011, v. 1, p. 347-375.

9.
TELLES, V. S.. Movilidades urbanas. Hilos de una descripción de la cuidad. In: Lucio Kowarick; Eduardo Marques. (Org.). Sao Paulo.Miradas cruzadas: sociedad,politica y cultura. 1ed.Quito: OLACCHI, 2011, v. , p. 53-80.

10.
CABANES, Robert ; GEORGES, I ; RIZEK, C. S. ; TELLES, V. S. . Ilegalismos populares e relações de poder nas tramas da cidade. Saidas de emergencia. 1ed.SAO PAULO: BOITEMPO, 2011, v. 1, p. 155-169.

11.
TELLES, V. S.; HIRATA, Daniel . Ville et pratiques urbaines : aux frontières incertaines entre l?illégal, l?informel et l?illicite. In: CABABES, Robert; GEORGE, Isabel. (Org.). Sao Paulo, debut de siècle: la ville d'en bas. Paris: Harmattan, 2009, v. , p. 153-168.

12.
TELLES, V. S.. Illégalismes populaires et relations de pouvoir dans les trames de la ville. In: CABABES, Robert; GEORGE, Isabel. (Org.). São paulo, debut de siecle : la ville d?en bas. Paris: Harmattan, 2009, v. , p. 125-134.

13.
TELLES, V. S.. Transitando na linha de sombra, tecendo as tramas da cidade. In: Francisco de Oliveira; Cibele Saliba Rizek. (Org.). A era da indeterminacao. Sao Paulo: Boitempo, 2007, v. , p. -376.

14.
TELLES, V. S.. Trajetórias urbanas: fios de uma descrição da cidade. In: DAGNINO, Evelina; TATAGIBA, Luciana. (Org.). Democracia, sociedade civil e participação. Chapeco: Argos, 2007, v. , p. 499-536.

15.
TELLES, V. S.. Trabalho, cidade e os elos perdidos da política. In: Cibele Saliba Rizek; Wagner de Melo Romao. (Org.). Francisco de Oliveira: a tareda da crítica. Belo Horizonte: Editoria UFMG, 2006, v. , p. 181-202.

16.
TELLES, V. S.. Sociedade civil, direitos e espaços públicos. In: Sonia Fleury. (Org.). Democracia, descentralização e desenvolvimento: Brasil e Espanha. Rio de Janeiro: FGV, 2006, v. , p. 397-416.

17.
TELLES, V. S.. Igualdade: mas qual a medida?. In: Maura Pardini Bicudo Véras. (Org.). Hexápolis: desigualdades e rupturas sociais em metrópoles contemporâneas. Sao Paulo: EDUC, 2005, v. , p. 71-104.

18.
TELLES, V. S.. Derechos entre la filantropia y la cuidadania. In: Claudia Danani;. (Org.). Politica social y Economia social: debates fundamentales. Buenos Aires: Universidad Nacional de General Sarmiento/Fundacao OSDE/Editorial Altamira, 2004, v. , p. 127-142.

19.
TELLES, V. S.; PAOLI, M. C. . Derechos sociales: conflictos y negociationes en el Brasil contemporáneo. In: Escobar, Arturo; Alvarez, Sonia E.; Dagnino, Evelina. (Org.). Politica cultural y cyltura politica. Una nueva mirada sobre los movimeientos sociales latinoamericanos. Bogotá: Taurus, 2001, v. , p. 87-118.

20.
TELLES, V. S.; PAOLI, M. C. . Direitos sociais: conflitos e negociações no Brasil contemporaneo. In: ALVARES, S.E.; DAGNINO, E; ESCOBAR, A. (Org.). Cultura e política nos movimentos sociais latino-americanos. Belo Horizonte: Editoria UFMG, 2000, v. , p. 103-148.

21.
TELLES, V. S.. No fio da navalha: entre carências e direitos. Notas a propósito dos Programas de Renda Mínima no Brasil. In: CACCIA-BAVA, Silvio. (Org.). Programas de Renda Mínima no Brasil. São Paulo: Pólis, 1998, v. , p. 43-54.

22.
TELLES, V. S.. Direitos Sociais e direitos dos trabalhadores: por uma ética de justiça e de cidadania. In: BOGUS, Lucia; PAULINO, Ana Yara. (Org.). POLÍTICAS DE EMPREGO, POLÍTICAS DE POPULAÇÃO E DIREITOS SOCIAIS: BRASIL ANOS 90. SÃO PAULO: EDUC, 1996, v. , p. -.

23.
TELLES, V. S.. Pobreza e cidadania: duas categorias antinômicas. In: SPOSATI, Aldaiza. (Org.). Mínimos de cidadania: ações afirmativas e enfrentamento da exclusão social. São Paulo: Núcleo de Seguridade e Assistencia Social da PUC-SP, 1996, v. , p. 00-00.

24.
TELLES, V. S.. The 1979´S: Political Experiencies, Pratices And Spaces. In: KOWARICK, Lucio. (Org.). SOCIAL STRUGGLES AND THE CITY: THE CASE OF SAO PAULO. NEW YORK: MONTHLY REVIEW, 1994, v. , p. 174-201.

25.
TELLES, V. S.. Sociedade Civil e Construção de Espaços Públicos. In: DAGNINO, Evelina. (Org.). OS ANOS 90: POLÍTICA E SOCIEDADE NO BRASIL. SÃO PAULO: BRASILIENSE, 1994, v. , p. -.

26.
TELLES, V. S.. Pobreza, Movimentos Sociais e Cultura Política: Notas Sobre As (Difíceis) Relações Entre Pobreza, Direitos e Democracia. In: DINIZ, Eli. (Org.). O BRASIL NO RASTRO DA CRISE. SÃO PAULO: Hucitec/Anpocs, 1994, v. , p. 225-243.

27.
TELLES, V. S.. Pobreza e Cidadania: Precariedade e Condições de Vida. In: MARTINS, Helois de Souza; RAMALHO, José Ricardo. (Org.). TERCEIRIZAÇÃO, DIVERSIDADE E NEGOCIAÇÃO NO MUNDO DO TRABALHO. SÃO PAULO: HUCITEC, 1994, v. , p. 84-109.

28.
TELLES, V. S.; PAOLI, M. C. . Social rights: conflicts and negotiations in contemporary Brazil. In: DAGNINO, Evelina; ESCOBAR, Arturo; ALVAREZ, Sonia. (Org.). CULTURES OF POLITICS/POLITICS OF CULTURES. WESTVIEW PRESS. ESTADOS UNIDOS: Westviw Press, 1994, v. , p. 64-92.

29.
TELLES, V. S.. Sociedade civil, direitos e espaços públicos. In: VILLAS BOAS, Renata. (Org.). Participação popular nos governos locais. São Paulo: Polis, 1994, v. , p. 43-54.

30.
TELLES, V. S.. Cidadania e Cultura. In: COSTA, Cristiane. (Org.). ALTERNATIVAS CONTRA A FOME. 1ed.SÃO PAULO: POLIS, 1993, v. , p. 00-00.

31.
TELLES, V. S.. Anos 70: Experiências, Práticas e Espaços Políticos. In: KOWARICK, Lucio. (Org.). AS LUTAS SOCIAIS NA CIDADE. RIO DE JANEIRO: PAZ E TERRA, 1987, v. , p. 00-00.

32.
TELLES, V. S.; ABRAMO, H. . Experiencia urbana y identidad: apuntes a una investigacion sobre meninos proletarios en Sao Paulo. In: CARRION, D; VAINSTOC, A. (Org.). La ciudad y los ninos. Quito, Equador: Clacso, 1987, v. , p. 00-00.

33.
TELLES, V. S.. Movimentos Sociais: reflexoes sobre a experiência dos anos 70. In: WARREN, I.S.; KRISCHKE, P. (Org.). Uma revolução no cotidiano? Os novos movimentos sociais na América Latina. 1ed.São Paulo: Brasiliense, 1986, v. , p. 00-00.

34.
TELLES, V. S.. Anos 70: da experiência da derrota à construção de novos espaços públicos. In: KRISCHKE, P; MAINWARING, S. (Org.). A Igreja nas bases em tempo de transição. 1ed.Porto Alegre: LPM, 1985, v. , p. 00-00.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
TELLES, V. S.. A violencia do Estado em guerra contra a população civil. Le Monde Diplomatique Brasil, p. 3 - 4, 01 fev. 2016.

2.
TELLES, V. S.; HIRATA, D. V. . A gramática bélica da segurança. Jornal O Estado de São Paulo, p. j5 - J5, 18 nov. 2012.

3.
TELLES, V. S.. A conivência entre o crime e o poder. Le Monde Diplomatique Brasil, São Paulo, p. 2 - 3, 01 ago. 2011.

4.
TELLES, V. S.. Experiência urbana. Ciencia&Vida Especial Sociologia, p. 6 - 13, 01 nov. 2007.

5.
TELLES, V. S.; HIRATA, D. V. . El rostro menudo de la droga. Le Monde Diplomatique Argentina, Argentina, p. 16 - 16, 01 out. 2007.

6.
TELLES, V. S.; HIRATA, D. V. . A face miuda da droga. Le Monde Diplomatique Brasil, Sao Paulo, p. 5 - 5, 01 set. 2007.

7.
TELLES, V. S.. Os sentidos do trabalho. Jornal de Resenhas - Folha de São Paulo, São Paulo, p. 4, 09 nov. 2002.

8.
TELLES, V. S.; MALLART, F. ; NASSER, M.M ; MAGALHÃES, T. ; FROMM, D. ; Rui, Taniele . Fazer sumir: políticas de combate à Cracolândia. Le Monde Diplomatique Brasil, Sao Paulo, p. 1 - 2, 11 jul. 2002.

9.
TELLES, V. S.. A cidade e o trabalho. Cadernos Le Monde Diplomatique, São Paulo, , v. 2, p. 34 - 38, 22 jan. 2001.

10.
TELLES, V. S.. Comparer les différences. InfoBrésil, Paris, p. 6 - 6, 01 set. 2000.

11.
TELLES, V. S.. Inúteis para o mundo. Folha de São Paulo - Jornal de Resenhas, São Paulo, p. 8 - 8, 12 set. 1999.

12.
TELLES, V. S.. Repensando a assistência social e a cidadania. Jornal da Tarde - Caderno de Sábado, São Paulo, p. 6 - 6, 26 set. 1998.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
TELLES, V. S.. Famíia e trabalho: precariedade e pauperismo na cidade de São Paulo. In: VII Encontro Nacional da Associaçào de Estudos Populacionais, 1992, Brasilia, 1992.

2.
TELLES, V. S.; MONTALI, L. . Familia e modos de vida na cidade de São Paulo. In: Encontro Naciional da Associação de Estudos Populacionais, 1986, São Paulo, 1986.

Artigos aceitos para publicação
1.
TELLES, V. S.. Ilegalismos urbanos e a Cidade. Novos Estudos. CEBRAP, 2009.

Apresentações de Trabalho
1.
TELLES, V. S.. Diálogos com Antonio Negri - Imperio. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
TELLES, V. S.. Cidade, cidades, ressonancias .... 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
TELLES, V. S.. Cidade: produção de espaços, formas de controle, conflitos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
TELLES, V. S.. Cidade: produção de espaços, formas de controle e conflito. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
TELLES, V. S.. Foucault e o 'rumor das batalhas'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
TELLES, V. S.. A cidade para alem dos binarismos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
TELLES, V. S.. Cidade: plano de referencia e epistemologias de pesquisa. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
TELLES, V. S.. Cidade: produção dos espaços, formas de controle e conflitos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
TELLES, V. S.. Nas fronteiras da lei: cidade, populações e direitos em disputa. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
TELLES, V. S.. Território singular e plural. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
TELLES, V. S.. Sao Paulo: tempos da cidade e personagens urbanos: o justiceiro, o matador, o traficante. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
TELLES, V. S.. Conflitos urbanos, violencia e processos de criminalizacao no Brasil e na França: dimensoes comparativas. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
TELLES, V. S.; HIRATA, D. V. . Nas tramas da cidade: praticas urbanas e as novas ilegalidades do mundo social. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
TELLES, V. S.; HIRATA, D. V. . Cidade e práticas urbanas: nas fronteiras incertas do informa, do ilegal e do ilicito. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
TELLES, V. S.. O jogo de escalas e mediacoes nas polemicas relacoes entre violencia e pobreza. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
TELLES, V. S.. Trajetorias urbanas e seus territórios. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

17.
TELLES, V. S.. Mobilités profissionnelles et recompositions societales à Sao Paulo. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
TELLES, V. S.. Medindo coisas, produzindo fatos, construindo realidades sociais. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
TELLES, V. S.. Cidade e trabalho: os elos perdidos da política. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

20.
TELLES, V. S.. Cidadania e democracia. 1995. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
TELLES, V. S.. Prefacio ao livro de Fabio Mallart. Cadeias dominadas: a Fundação Casa, suas dinâmicas e as trajetórias de jovens internos. Sao Paulo, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
TELLES, V. S.. Sobre periferias: novos conflitos no Brasil contemporâneo. Rio de Janeiro: Lamparina, 2013 (orelha de livro).

3.
TELLES, V. S.. Prefácio ao livro de Claudia Sciré, "Consumo popular, fluxos globais". SAO PAULO, 2012. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

4.
TELLES, V. S.. Prefácio ao livro de Lucio Kowarick, Viver em risco. Sao Paulo, 2009. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

5.
TELLES, V. S.. Orelha de livro: Interlocucoes urbanas: cenários, enredos e atores. Rio de Janeiro: Rio de Janeiro: Arco-Iris, 2008 (orelha de livro).

6.
TELLES, V. S.. Favela, favelas: interrogando mitos, dogmas e representações. Resenha do livo de Licia do Prado VALLADARES. A invenção da favela: do mito de origem à favela (Rio de Janeiro, Editora FGV, 2005. 204 páginas.). In: Revista Brasileira de Ciencias Sociais, vol. 21, no. 62, out. Sao Paulo 2006 (Resenha).

7.
TELLES, V. S.. Prefácio ao livro de Henrique Nardi, "Etica, trabalho e subjetividade. Porto Alegre, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

8.
TELLES, V. S.. Prefácio in: Ferreira, Ines Caetano. Na ronda da pobreza: violencia na solidariedade. Sao Paulo, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

9.
TELLES, V. S.. Orelha de livro: Maria Vany de Oliveira. Entre ruas, lembranças e palavras: a trajetoria dos catadores de papel em Belo Horizonte. no prelo, 2005 (orelha de livro).

10.
TELLES, V. S.. Orelha do livro de Dirce Koga, Medidas de cidades. Entre territorios de vida e territórios vividos. Sao Paulo: Editoria Cortez, 2003 (orelha de livro).


Demais tipos de produção técnica
1.
TELLES, V. S.. Cidade e práticas urbanas: desafios da crítica social. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
TELLES, V. S.. Mobites urbaines: parcours de recherce. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
TELLES, V. S.. Sociologie urbaines: temes et estrategies de recherche. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

4.
TELLES, V. S.. Problematizacoes da questao social no Brasil e na França. 2000. (Relatório de pesquisa).

5.
TELLES, V. S.. Pobreza e cidadania: mulheres, trajetórias familaires, trajetórias ocupacionais. 1999. (Relatório de pesquisa).

6.
TELLES, V. S.; RIZEK, C. S. ; PAOLI, M. C. . A construçào democrática em questão. 1998. (Relatório de pesquisa).

7.
TELLES, V. S.. Sociedade civil, direitos e espaços públicos. 1997. (Relatório de pesquisa).

8.
TELLES, V. S.. Para além da cidadania formal. 1997. (Coordenação de mesa-redonda).

9.
TELLES, V. S.. Cidadania e civilidade. 1995. .

10.
TELLES, V. S.. Transformações no mundo do trabalho. 1995. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

11.
TELLES, V. S.. O cidadão enquanto empresário. 1995. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

12.
TELLES, V. S.. Pobreza e cidadania: família, trabalho, direitos e processos de pauperização na cidade de São Paulo. 1995. (Relatório de pesquisa).

13.
TELLES, V. S.. O conceito sociológico de família: histórico e mudanças. 1992. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

14.
TELLES, V. S.. Estado e as políticas sociais: repercussões no urbano. 1992. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

15.
TELLES, V. S.. Espaços públicos e privados na constituição das classes trabalhadoras em São Paulo. 1991. (Relatório de pesquisa).

16.
TELLES, V. S.; KOWARICK, L. ; MONTALI, L. ; BONDUKI, N. . Modo e condição de vida das classes trabalhadoras. 1987. (Relatório de pesquisa).

17.
TELLES, V. S.; PAOLI, M. C. ; SADER, E. . Representaçao dos trabalhadores urbanos nas Ciências Sociais: tradições e rupturas. 1985. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ALMEIDA, R.; FIORI, M.; Rui, Taniele; TELLES, V. S.. Participação em banca de Debora Fromm. O fim da Cracolândia. Etnografia de uma aporia. 2017. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Estadual de Campinas.

2.
TELLES, V. S.; NASSER, R.; PEREIRA, P. J. R.. Participação em banca de Joao Fernando Finai. A transformação da reforma do setor de segurança nos contextos de operações de paz da ONU: o caso do Haiti. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

3.
TELLES, V. S.; MACHADO, M.; MASSONO, L.F. Participação em banca de Milena de Mayo Ginjo. Pinheirinho ? dinâmicas de repressão e resistência na reconstrução dogmática do conflito. 2016. Dissertação (Mestrado em Escola de Direito) - Fundação Getúlio Vargas de São Paulo.

4.
TELLES, V. S.; LIMA, R.; Shecaira, S.S; Machado, M. Participação em banca de Anna Luiza Carvalhido. Operação policial na cracolândia em 2012: um olhar sobre o desvio. 2014. Dissertação (Mestrado em Escola de Direito) - Fundação Getúlio Vargas de São Paulo.

5.
GOMES, C. A. C.; TELLES, V. S.; MACHADO, E. P.; HITA, M.G. Participação em banca de Tiara dos Santos Oliveira. ALGUMA COISA ESTÁ FORA DA ORDEM?: RELAÇÕES DE VIZINHANÇA NO ?PISTÃO? - SALVADOR. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

6.
TELLES, V. S.; ALMEIDA, R; HIKIJI, R S. Participação em banca de Fabio Mallart Moreira. Cadeias dominadas: dinamicas de uma instituição em trajetorias dde jovens internos. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Social (Antropologia Social)) - Universidade de São Paulo.

7.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Nílton Ken Ota. A forma generalizada: a política dos direitos de crianças e adolescentes. 2005. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

8.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Yume Garcia dos Santos. A incorporação da perspectiva de gênero como política de desenvolvimento: motivações, institucionalização e desdobramentos. 2002. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

9.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Alessandra Olivato. percepção e avaliação da conduta de motoristas e pedestres no transito. Um estudo sobre espaço público e civilidade na metrópole paulista. 2002. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

10.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Mario Mendes Raucci. Meninos de rua em São Paulo: socializacao e sobrevivencia.. 2002. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

11.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Maria Vany de Oliveira.. Entre ruas, lembranças e palavras. A trajetória dos catadores de papel em Belo Horizonte.. 2001. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Teses de doutorado
1.
VIDAL, D.; PERALVA, A.; TELLES, V. S.; SAUCHAUD, S.; GROSSETI, M.. Participação em banca de Fabien Laffont. Costurando caminos. Dyanimiques de la Migration transnationale bolivienne à destination de SaoPaulo: mobilizas, trajectoires, espace et réseaux. 2017. Tese (Doutorado em Sociologie et Sciences Sociales) - Université de Toulouse II - Le Mirail.

2.
TELLES, V. S.; LEITE, M.P.; MACHADO, C.B; LACERDA, P.M.; ROCHA, L.M.. Participação em banca de Frank Andrew Davies. Deodoro: formas de governo para uma "região olímpica". 2017. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
TELLES, V. S.; NASSER, R.; MELLO, F.C.; CEPIK, M.A.C.; PEREIRA, P. J. R.. Participação em banca de Tomaz Oliveira Paoliello. Anatomia de uma empresa militar e de segurança privada: a empresa DynCorp em perspectiva global. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

4.
TELLES, V. S.; GUIMARÃES, A.S.G; FELTRAN, g; Frugoli, H.; GRUN, R.. Participação em banca de Irene Rosseto Giaccherino. Raça e nação em questão na França contemporânea. 2016. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

5.
TELLES, V. S.; Misse, M; ALBUQUERQUE, José L.; MALLMANN. Maria Izabel; ALVAREZ, M.. Participação em banca de Letícia Nunes Almeida. O Estado e os ilegalismos nas margens do Brasil e do Uruguai: um estudo de caso sobre a fronteira de Santana do Livramento e Rivera. 2015. Tese (Doutorado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA) - Universidade de São Paulo.

6.
TELLES, V. S.; SANTOS, L.G; AUGUSTO, M.H.O; SELL, C.E.; BRUNI, J.C.. Participação em banca de Alan Delazeri Mocellin. Ciência, técnica e reencantamento do mundo. 2014. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

7.
Misse, M; Rabossi, Fernando; RIBEIRO, Gustavo L; TELLES, V. S.. Participação em banca de Arthur Coelho Bezerra. Cultura ilegal o transito de bens cullturais na era da pirataria. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
TELLES, V. S.; LIMA, R.; Souza, L..A.S.; SPERXXZ, A.. Participação em banca de Adriana Alves Loche. Segurança e controle social: uma analise do policiamento comunitário. 2012. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

9.
TELLES, V. S.; ADORNO, S.; Misse, M; Salla; FELTRAN, G. Participação em banca de Camila Caldeira Nunes Dias. Da pulverização ao monopolio da violencia: expansão e consolidação do PCC no universo carcerário paulista. 2011. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

10.
TELLES, V. S.; Paes-Machado, E.; Noronha, C.V; Misse, M; LORENZO, L. C.. Participação em banca de Ana Marcia Duarte Nascimento. Baixando a guarda, levantando a guarda: um estudo sobre as defesas contra a violencia entre motoristas de taxi em Salvador. 2010. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia.

11.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Ana Clara Bellan. Territórios alisados; trajetórias fluidas; narrativas rugosas. A historia da remoção de uma favela. 2008. Tese (Doutorado em ARQUITETURA E URBANISMO) - Universidade de São Paulo.

12.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Gabriel de Santis Feltran. Fronteiras de tensão: um estudo sobre política e violência nas periferias de São Paulo. 2008. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

13.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Marco Antônio Perruso. Em busca do novo: intelectuais brasileiros e movimentos populares nos anos 1970/1980. 2008. Tese (Doutorado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Luiz Antônio de Paula Nunes. A construção da esfera pública no planejamento urbano. Um percurso histórico: Santos, 1945-2000. 2006. Tese (Doutorado em ARQUITETURA E URBANISMO) - Universidade de São Paulo.

15.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Laurent GAISSAD. Une forme notoire de sexualité secrète : chronique territoriale du désir entre hommes dans le sud de la France. 2006. Tese (Doutorado em Sociologie et Sciences Sociales) - Université de Toulouse II - Le Mirail.

16.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Mione Apolinário Sales. (In)visibilidade perversa: adolescentes infratores como metáfora da violência. 2005. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

17.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Christian Pierre Kasper. Habitar a rua. 2005. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Campinas.

18.
TELLES, V. S.. Participação em banca de André Gambier Campos. Pobreza e direitos na cidade de São Paulo. A experiência da Secretaria do Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade. 2004. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

19.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Maria Helena Vieira Nunes. Agencia do assistente social e modos de regulação social: estudo em contexto do Programa de Rendimento Mínimo em Portugal.. 2002. Tese (Doutorado em Serviço Social PUC/SP) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

20.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Sônia Pereira. A contribuição do homem simples na construção da esfera pública: os trabalhadores rurais de Baturité.. 2002. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

21.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Genauto CARVALHO DE FRANÇA FILHO. Société en mutation et nouvelles formes de solidarité : le phénomène de l?économie solidaire en question ? l?expérience des régies de quartiers au carrefour de logiques diverses. 2001. Tese (Doutorado em Sociologie) - Université Paris Diderot.

22.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Dirce Koga. Cidades territorializadas entre enclaves e potências. Tese de doutorado. 2001. Tese (Doutorado em Serviço Social PUC/SP) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

23.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Victor Augusto Meyer Nascimento. Cadeias organizatórias operárias dentro das multinacionais: um fenomeno internacional emergente. 2000. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Federal da Bahia.

24.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Raquel Raichelis Degenzajn. .... 1997. Tese (Doutorado em Serviço Social PUC/SP) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Moises Augusto Gonçalves. A tortura institucional no Brasil contemporaneo. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Alexandre Zarias. a organizacao social da justiça e o novo codigo civil. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

3.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Ana Clara Demarchi Bellan. Segregação sócio-espacial na metrópole de São Paulo: trabalho e espaço na construção identitária dos pobres na metrópole. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em ARQUITETURA E URBANISMO) - Universidade de São Paulo.

4.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Luiz Antônio de Paula Nunes. Planejamento e esfera pública: o processo politico de institucionalização dos canais de participação da sociedade civil no planejamento urbano: o caso de Santos. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em ARQUITETURA E URBANISMO) - Universidade de São Paulo.

5.
TELLES, V. S.. Participação em banca de Ademir Alves da Silva. Os sistemas de proteção social no mundo contemporâneo (tendências e perspectivas para o Brasil). 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Serviço Social PUC/SP) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Livre docência
1.
TELLES, V. S.; DALLARI, P.A; VENTURA, D.F; BOITEAXU, E. A. P.; SOLON, A. M.. O sujeito de direitos humanos: a proteção da pessoa humana no Direito Internacnional. 2017. Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Sao Paulo.

2.
TELLES, V. S.; ADORNO, S.; SANTOS, J. V. T.; SCAVONE, L.; CATANI, A. M.. Concurso Publico de Titulos e Provas para Obtencao de Titiulo de Livre-docencia. 2013. Universidade de São Paulo.

Outras participações
1.
TELLES, V. S.; Bretchneider, F; Donzon. J-P; ZUNIGA, J.; BRUHNS, H.; Carrié; DURAN, P.; SCARANTINO, L.. Programme de Bourses Fernand Braudel. 2010. Fondation Maison Sciences de l'Homme.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IV Conferencia Internacional Greves e Conflitos. Conflitos sociais: dinâmicas atuais. 2018. (Congresso).

2.
IV Oficina de estudos urbanos.Refugiados urbanos: deslocados, despossuídos, nômades urbanos na cidade de Sao Paulo. 2018. (Seminário).

3.
Migracoes e raça: diálogos possiveis.Migrações transnacionais e dinâmicas urbanas. 2018. (Seminário).

4.
Cidades - Nucleo de Pesquisa Urbana UERJ.Ilegalismos: novas questões de pesquisa?. 2017. (Oficina).

5.
Fórum ?Direito à cidade ? desafios para uma agenda metropolitana?,.Os movimentos sociais e a cidade. 2017. (Simpósio).

6.
Ciclo de debates com Christian Laval.Comentário sobre "Le grand affrontement entre la raios neoliberale et la raison commun". 2016. (Seminário).

7.
Dialogos com Antonio Negri.Imperio. 2016. (Encontro).

8.
Seminario Internacional Educacao e Migracao.Migrações internacionais e dinamicas urbanas. 2016. (Seminário).

9.
40 anos de Vigiar e Punir: histórias e destinos de um livro.A caixa de ferramentas: violencia, poder, disciplina, ilegalismos. 2015. (Seminário).

10.
40 Anos de Vigiar e Punir: o efeito Foucault nas Ciencias Sociais.O estatuto do conflito na obra de Foucault: interrogações. 2015. (Seminário).

11.
Aula Inaugural Instituto Filosofia, Sociologia e Politica da Universidade Federal de Pelotas.Cidades e espaços públicos. 2015. (Outra).

12.
Aula Inaugural - UFF, Curso de Ciencias Sociais.Direito à Cidade?. 2015. (Outra).

13.
III Oficina de Estudos Urbanos.Territorialidade. 2015. (Oficina).

14.
IV ENADIR ? Encontro Nacional de Antropologia do Direito=.Drogas, saúde, direitos. 2015. (Encontro).

15.
Conferencia. Espaços, mercados, controles: campos de tensão e cartografias políticas da cidade. 2014. (Exposição).

16.
II Oficina de Estudos Urbanos.A cidade para além dos binarismos. 2014. (Oficina).

17.
Primeiras jornadas sobre segurança pública: a polícia e as manmanifestacoes recentes da sociedade civil.Cidade e a cartografia politica dos conflitos. 2013. (Seminário).

18.
Trabalho informal e direito à cidade.Trabalho informal e direito à cidade: questões temáticas. 2013. (Seminário).

19.
XIX Semana de Planejamento Urbano e Regional. Planejamento, desigualdade e justica social: desfios para a cidades e regioes.A cidade e a política em movimento. 2013. (Encontro).

20.
Direitos Humanos e Desenvolvimento. Modulo II - Desigualdades no campo e na cidade.A pobreza como mercado e campo de disputa. 2012. (Outra).

21.
Gestão militarizada dos ilegalismos no Brasil contemporaneo.Militarização da gestão dos espaços urbanos. 2012. (Seminário).

22.
Território, crime e ordenamento social nas margens da cidade.Comentadora. 2012. (Seminário).

23.
Dispositivos urbanos e tramas dos viventes: ordens e resistências.As fronteiras da lei como campo de disputa. 2011. (Seminário).

24.
Entre le licite et l'illicite: marchés, travail, migrations.Les frontières de la loi comme champ de dispute. 2011. (Seminário).

25.
Formes de la gouvernance dans quatre métropoles latino-américaines : Buenos Aires, Caracas, Mexico et São Paulo ».Nos metropoles sont-elles latino-americaines?. 2011. (Seminário).

26.
II Seminário Internacional Cidades, Futuros Possiveis.Formal-informal, legal-ilegal: fronteiras em disputa. 2011. (Seminário).

27.
Journées transversales du LISST.São Paulo : dynamiques et échelles urbaines d´une place marchande. 2011. (Seminário).

28.
Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais - UFBA.A cidade nas fronteiras do legal e ilegal. 2011. (Outra).

29.
UFBA ? LIDES ? PPGS.Ilegalismos e a gestao da ordem. 2011. (Outra).

30.
Violence « latence » versus violence « explosive » dans les villes des Amériques.Gestion de la violence, gestion de l?ordre : le marché de drogue à Sao Paulo. 2011. (Seminário).

31.
Ciclo de Palestras Bom Retiro: sociabilidade urbana e segregacao.Cidade, praticas urbanas e ilegalismos do mundo social. 2010. (Oficina).

32.
Palestra Centro Recursos Humanos, CRH - UFBA.Nas dobras do legal e ilegal: ilegalismos e a gestao da ordem. 2010. (Seminário).

33.
Seminário CRBC.Le trafic de drogues et l'ordre public remis en question à São Paulo. Une réflexion à partir des enquêtes sur les classes populaires. 2010. (Seminário).

34.
Conflitos urbanos, violencia e processos de criminalizacao no Brasil e na França.Ilegalismos urbanos e a Cidade. 2009. (Seminário).

35.
Encontros com a Sociologia e Antropologia.Trajetorias, circuitos e redes na mundializacao. 2009. (Encontro).

36.
I Seminário Nacional de Estudos de Trabalho e Politica.Repensando as fronteiras do trabalho e do empprego na cidade. 2009. (Seminário).

37.
Seminario Internacional Metropolizacion, transformaciones mercantilles y governanza en los paises emergentes. Las grandes cuidades en las mutaciones del comercio mundial.Estrategias de los actores privados, indivuales, colectivos y publicos en las grandes metropolis latinoamericanas. 2009. (Seminário).

38.
Seminario Internacional Metropolizacion, transformaciones mercantilles y governanza en los paises emergentes. Las grandes cuidades en las mutaciones del comercio mundial.Ilegalismos urbanos, praticas sociais e jogos politicos na cidade de Sao Paulo. 2009. (Seminário).

39.
14o Seminário Internacional do IBCCRIM.Sociologias do Narcotráfico: novos cenários do ilegal. 2008. (Seminário).

40.
Mesa de Estudos e Debates do IBCCRIM.Crime Organizado e as fronteiras entre o legal e o ilegal na cidade de Sao Paulo. 2008. (Oficina).

41.
Mobilités migratoires, circulation de richesses et nouvelles frontières entre le licite et l'illicite.« Pratiques urbaines à la frontière incertaine du formel, de l?illégal et de l?illicite. 2008. (Seminário).

42.
Mobilités migratoires, circulation de richesses et nouvelles frontières entre le licite et l'illicite.Nouveaux visages de l'économie informelle à São Paulo. 2008. (Seminário).

43.
Posgrado en Sciences Sociales UNGS-IDES.Cidade e praticas urbanas: nas fronteiras incertas do informal, do ilegal e do ilícito. 2008. (Encontro).

44.
Seminário Internacional "As Multiplas faces da segregação?. Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas, UERJ.Interrogando a noção de segregação urbana. 2008. (Seminário).

45.
Seminário Internacional de Politica Urbanas, territórios e exclusao social: India-Brasil,uma perspectiva comparativa.Comparando favelas. 2008. (Seminário).

46.
Tercer Foro del Bicentenario: Brasil y Argentina, politica, cultura y integracion.Principios de justicia distributiva en Argentina y Brasil: comentário sobre exposicao de Gabril Kesller. 2008. (Encontro).

47.
31 Encontro Anual da Anpocs. Praticas urbanas: nas fronteiras incertas do informal, do ilegal e do ilicito. 2007. (Congresso).

48.
Experiências de Pesquisa: relações sociais e espaços urbanos.Pesquisa urbana: interrogacoes sobre realidades urbanas em mutacao. 2006. (Oficina).

49.
Zonas urbanas desfavorecidas: olhar cruzado França-Brasil.Nas tramas da cidade: práticas urbanas e as novas ilegalidades do mundo social. 2006. (Encontro).

50.
3º Seminário da Ouvidoria Geral do Município.República, Democracia e a Dívida Social?. 2005. (Seminário).

51.
Seminário Antropologia USP.Criminalidade e pobreza. 2005. (Seminário).

52.
ENCONTRO ESTADUAL PREPARATÓRIO AO XI CBAS:.Debatedora na mesa: Esfera pública no Brasil: o desafio de construir, afirmar e consolidar direitos. 2004. (Encontro).

53.
Modernismo e modernizacao no Brasil: arte, arquitetura e cidades.Jornadas do Programa de Pos-Graduacao em Arquitetura e Urbanismo da EESC/USP. 2004. (Outra).

54.
Programa de Seminarios do Centre de Recherche sur le Bresil Contemporain, vinculado à Ecole de Hautes Etudes en Sciences Sociales, França.Trajetectoires urbaines et reconfigurations sociatales a Sao Paulo. 2004. (Seminário).

55.
Savoir et Developement.Savoir et développement : mobilités profissionnelles et recompositions sociétales à Sao Paulo. 2004. (Seminário).

56.
Dialogos do nosso tempo.Politicas universais ou politicas focalizadas?. 2003. (Oficina).

57.
Francisco de Oliveira: a tarefa da critica.Seminario: Francisco de Oliveira: a tarefa da critica. 2003. (Seminário).

58.
Seminário Internacional sobre Indicadores Sociais para Inclusão Social.Medindo coisas, produzindo fatos, construindo realidades sociais. 2003. (Seminário).

59.
XXVII Encontro Anual da ANPOCS.República e cidadania: teorias e debates contemporâneos. 2003. (Encontro).

60.
Congresso GEDIM - "O pesquisador e o político". Privatizacao e regulacao dos servicos publicos e direitos da cidadania. 2002. (Congresso).

61.
Desafios do republicanismo. Dilemas da república brasileira. 2002. (Congresso).

62.
Hexápolis: desigualdades e rupturas sociais em metropoles contemporaneas.Desigualdade: mas qual a medida. 2001. (Seminário).

63.
Seiminário Anual do GEDIM: do projeto ao programa.As agencias reguladoras e o exercício dos direitos da cidadania. 2001. (Seminário).

64.
Seminário Anual do GEDIM.Privatização, regulacao de servicos públicos e os direitos da cidadania. 2001. (Seminário).

65.
XI Congresso Estadual de Sociólogos do Estado de Sao Paulo. Tema: Olhar sociológico para o novo milênio: o Brasil e as trajetórias políticas e sociais emergentes. Mesa Redonda Desmanche neoliberal nos limites da política. 2001. (Congresso).

66.
Anthropologie politique du travail.Trajetetoires urbaines et monde social en Sao Paulo. 2000. (Seminário).

67.
A questao social em 500 anos.Questao social: entre filantropia e cidadania. 2000. (Seminário).

68.
Mondialisation économiqiue et gouvernement des societés: l'Amerique Latine, un laboratoire?.La modernisation par le bas: violence et precarisation dans la ville de Sao Paulo. 2000. (Simpósio).

69.
Semaine Brésil 2000.Ville et citoyenneté:: relations difficiles. 2000. (Simpósio).

70.
Sociologie politique de l'Amerique Latine.Violence et modes de vie. 2000. (Seminário).

71.
Cultures civiques et démocracies.La pauvreté entre citoyenneté et la philanthropie. 1999. (Simpósio).

72.
Seminários sobre Brasil contemporaneo.Brasil: a questao social em perspectiva comparada. 1999. (Seminário).

73.
Sociologie comparée de la violence.Reciprocités morales et la violence au quotidien à Sao Paulo. 1999. (Seminário).

74.
A (des)construcao dos direitos no Brasil: historia politica de Minas Gerais e do Brasil.Os dilemas da pobreza: entre cidadania e filantropia. 1998. (Seminário).

75.
A construcao democrática em questao.Coordenacao de mesa redonda Para alem da cidadania formal. 1997. (Seminário).

76.
Direitos Humanos no limiaar do século XXI.Direitos sociais: afinal do que se trata?. 1997. (Oficina).

77.
Direitos Humanos no limiar do século XXI.Modulo: direitos sociais. 1997. (Oficina).

78.
Encontro Nacional da ANPOCS. Trabalho e direitos: notas sobre as dificeis realcoes entre o mundo do trabalho e cidadania. 1997. (Congresso).

79.
As culturas da politica e a politica das culturas.Direitos sociais: conflito e negociacao no Brasil contemporaneo. 1996. (Seminário).

80.
Encontro Nacional da ANPOCS.Direitos e justica social: conflitos e negociacao no Brasil contemporaneo. 1995. (Encontro).

81.
Fornacao para a cidadania.Transformacoes do mundo do trabalho. 1995. (Oficina).

82.
Genero e politicas publicas.Cidadania e democracia. 1995. (Outra).

83.
VII Encontro da Sociedade Brasileira de Sociologia. Fragmentacao e exclusao social: dilemas da cidadania. 1995. (Congresso).

84.
21o Encontro Nacional de Estudos Rurais e Urbanos.Familia, trabalho e modos de vida. 1994. (Encontro).

85.
46a Reuniao Anual da SBPC.Desigualdades e exclusoes no mercado de trabalho: os caminhos incertos da cidadania. 1994. (Encontro).

86.
Politica, trabalho e cidadania: a luta pelos direitos na trajetoria poltica do Brasil.Cultura politica: rupturas e continuidades. 1994. (Seminário).

87.
.Sociedade civil e a construcao dos espacos publicos. 1993. (Simpósio).

88.
.PObreza, violencia e justiça. 1993. (Encontro).

89.
Encontro Nacional da ANPOCS.Pobreza, movimentos sociais e cultura politica: notas sobre as dificeis relacoes entre pobreza, direitos e democracia. 1993. (Encontro).

90.
VII Encontro Nacional da Associacao Nacional de Estudos Populacionais.Familia e trabalho: precariedade e pobreza a Grande Sao Paulol. 1992. (Encontro).

91.
Encontro Nacional da ANPOCS.Questao social e cidadania. 1991. (Encontro).

92.
Encontro da Associacao Estadual dos Sociologos.Espacos publicos, direitos e cidadania. 1989. (Encontro).

93.
Encontro da Associacao Estadual dos Sociologos.A experiencia da inseguranca: trabalho e familia nas classes trabalhadoras urbanas em Sao Paulo. 1988. (Encontro).

94.
Encontro da Associacao Nacional de Estudos Populacionais.Modo e condicao de vida das classes trabalhadoras em Sao Paulo. 1986. (Encontro).

95.
Encontro Regional da Anpocs.Movimentos sociais e relacoes de poder. 1986. (Encontro).

96.
A Igreja em tempos de transicao.Movimentos sociais: novas praticas, novas experiencias. 1985. (Simpósio).

97.
La ciudad y los ninos.Experiencia urbana, trabalho e identidade: notas para uma investigacao sobre menores proletarizados em Sao Paulo. 1985. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
TELLES, V. S.; FREIRE-MEDEIROS, B. ; CORTES, Tiago Rangel ; SILVA, Carlos Freire da ; CHARBEL, Pedro . Mobilidades transnacionais e cidade: fronteiras analíticas, fronteiras políticas. 2018. (Outro).

2.
TELLES, V. S.; TELLES, V. S. HIRATA, Daniel FREIRE, C. RABOSSI, F. MINVIELLE, Regis MAGALHÃES, T. Rui, Taniele MALLART, F. MALVAZI, P. NASSER, M.M SALLA, F. ALVAREZ, M. LORENZO, L. C. GODOI, Rafael GRILLO, C. ARAUJO, Fabio SOUZA, l..A.F TEIXERIA, A BIRMAN, P. COMIN, Alvaro FREIRE-MEDEIROS, B. CUNHA, M.I. VIANNA, A. Machado, M BARBOSA, A. R. , et al.MACHADO, L. A. ; A gestao da (des)ordem e dinâmicas urbanas. 2016. (Outro).

3.
TELLES, V. S.; TIBLE, J. ; SANTIAGO, H. . Dialogos com Toni Negri. 2016. (Outro).

4.
LORENZO, L. C. ; SOUZA, l..A.F ; MANSO, B.P. ; SKROMOV, D. ; ARAUJO, Fabio ; GRILLO, C. ; MACHADO, M. ; TELLES, V. S. . Polícia e gestão da Violência. 2015. (Outro).

5.
TELLES, V. S.; NASSER, R. ; RODRIGUES, T. ; CARDOSO, B. ; MONTEIRO, L. . A militarizacao da gestao urbanas e a emergencia da chamada "guerra urbana". 2015. (Outro).

6.
D'ANDREA, Tiaraju ; Ramachiotti, Bruna ; HIRATA, D. V. ; GODOI, Rafael ; CORTES, Tiago Rangel ; Vainer, Carlos ; BARBOSA, A. R. ; MACHADO, L. A. ; RABOSSI, F. ; TOMMASI, L. ; TELLES, V. S. . Cidade e trabalho: questões de pesquisa. 2013. (Outro).

7.
TELLES, V. S.; KOKOREFF, M. . Banlieues, ghettos, émeutes : pour une sociologie politique des cités. 2013. (Exposição).

8.
TEIXERIA, A ; SOUZA, l..A.F ; ALVAREZ, M. ; SALLA, F. ; TELLES, V. S. ; HIRATA, Daniel . Gestão militarizada dos ilegalismos. 2012. (Outro).

9.
TELLES, V. S.; PERALVA, A. . Entre le licite et l'illicite: marchés, travail, migrations. 2011. (Outro).

10.
TELLES, V. S.; AZAIS, C. ; PEPIN-LEHALLEUR, M. ; KESSLER, G. ; ALVARADO, A. . Ilegalismos, Cidade e Política. 2010. (Outro).

11.
ADORNO, S. ; PERALVA, A. ; TELLES, V. S. . Violencia, Crime e Cidade. 2009. (Outro).

12.
TELLES, V. S.; PERALVA, A. . Pays du Nord et pays du Sud.Mobilités migratoires, circulation de richesses et nouvelles frontières entre le licite et l'illicite. 2008. (Outro).

13.
TELLES, V. S.; COMIN, Alvaro ; BRAGA, Ruy . A sociologia nas fronteiras do conhecimento. 2005. (Outro).

14.
TELLES, V. S.. Privatização, regulação de serviços públicos e os direitos da cidadania. 2001. (Outro).

15.
TELLES, V. S.; PAOLI, M. C. ; RIZEK, C. S. ; OLIVEIRA, F. ; SILVA, A. A. . A construção democrática em questão. 1997. (Outro).

16.
TELLES, V. S.. Modulo Direitos Sociais. Evento: Direitos Humanos no limiar do Seculo XXI. 1997. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Pedro Ferraracio Charbel. Imigrantes em ocupações de moradia em São Paulo. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Larissa Lacerda. Mulheres camelôs e seus percursos na cidade. Início: 2018. Tese (Doutorado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Ana Lídia de Oliveira Aguiar. Construindo Mercados: Mulheres Trabalhadoras nos Mercados Informais da Rua 25 de Março. Início: 2018. Tese (Doutorado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

3.
Tiago Rangel Cortez. A cidade e as migrações transnacionais: uma cartografia sociopolítica dos migrantes em São Paulo no século XXI. Início: 2017. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).

4.
Juliana Machado Brito. Gestao da desordem: mercado e controle na produção da sociedade contemporânea. Início: 2016. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

5.
Fábio Mallart Moreira. Punição, encarceramento e medicalização: técnicas de gestão de corpos indesejáveis e perigosos. Início: 2015. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).

6.
Andrea Soledad Vera Roca. FOGO E ASFALTO: PROTESTOS, INSURGÊNCIAS E GESTÃO DO CONFLITO EM SANTIAGO DO CHILE. Início: 2015. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Renato Abramo. Gestao de espaços e conflitos urbanos: ocupações no centro da cidade de Sao Paulo. 2017. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera da Silva Telles.

2.
Taís Rodrigues Pereira Magalhães. Campos de disputa e gestão do espaço urbano: o caso da "cracolândia" paulista. 2016. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Vera da Silva Telles.

3.
Marina Mattar Soukef Nasser. No labirinto: formas de gestao do espaço e das populacoes na Cracolândia. 2016. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

4.
Natália Rivera Hoyos. Lei e legalidade na Cidade do México: Estado e Direito como prática social. Um juzgado cívico no México, Distrito Federal. 2015. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera da Silva Telles.

5.
Juliana Gomes Machado Brito. Copa para quem? Estado de exceção e resistências em torno da Copa do Mundo FIFA 2014. 2015. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Vera da Silva Telles.

6.
BRUNA AUGUSTA MATTOS RAMACHIOTTI. ?O mercado como dispositivo de gestão da ordem em uma favela paulistana ou quando a pobreza se torna solução?.. 2014. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Vera da Silva Telles.

7.
Tiago Rangel Cortes. Os migrantes da costura em São Paulo: retalhos de trabalho, cidade e Estado. 2013. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera da Silva Telles.

8.
Andrea Soledad Vera Roca. CATÁSTROFE, VIOLÊNCIA E ESTADO DE EXCEÇÃO MEMÓRIAS DE INSEGURANÇA URBANA APÓS O TERREMOTO DE 2010 NA CIDADE DE CONCEPCIÓN, CHILE. 2013. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Vera da Silva Telles.

9.
Douglas Toledo Pizza. Tramas relacionais de migrantes chineses e comércio ?informal?: um pouco da mundialização contada a partir da região da Rua 25 de março. 2012. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera da Silva Telles.

10.
Rafael Godoi. Prisão e periferia: trajetórias que se cruzam em São Paulo. 2010. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Vera da Silva Telles.

11.
Carlos Freire da Silva. Trabalho informal e redes de subcontratação: trabalho, família e cidade em um distrito periférico de São Paulo. 2009. 0 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera da Silva Telles.

12.
Tiaraju D'Andrea. Nas tramas da segregação: o Real Panorama da Pólis. 2008. 0 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera da Silva Telles.

13.
Claudia D?Ipolitto de Oliveira Sciré. O consumo popular e suas práticas: um estudo dos impactos e sentidos da cultura de consumo entre os moradores da periferia paulistana. 2007. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

14.
Georgia Chris Sarris. Cenas urbanas e práticas de participacao. 2006. 0 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

15.
Eliane Alves da Silva. Nas tramas da cidade ilegal: atores e conflitos em ocupacoes de terra urbana. 2006. 107 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

16.
Jose Cesar de Magalhaes Jr. O mercado da dádiva: formas biopoliticas de um controle das populacoes perifericas urbanas. 2006. 126 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Vera da Silva Telles.

17.
Daniel Veloso Hirata. Futebol de varzea: um estudo sobre práticas urbanas e seus territorios. 2005. 0 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Vera da Silva Telles.

18.
Ludmila Costhek Abilio. Reinvenções políticas:Estudo da Associação de moradores Chico Mendes e de uma cooperativa de reciclagem na Zona Sul de São Paulo. 2005. 0 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Vera da Silva Telles.

19.
Sirley Marcia de Oliveira. Os trabalhadores brasileiros frente à negociação da formação profissional: armadilhas e dilemas. 2000. 0 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Vera da Silva Telles.

20.
Paula Galli de Menezes Senna. O setor filantropico e o sistema único de saúde - um estudo de caso da Santa Casa de Sao Paulo. 2000. 0 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Vera da Silva Telles.

21.
Nilde Ferreira Balcao. Terceirização e desmontagem do contrato de trabalho. 2000. 0 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Vera da Silva Telles.

22.
Carolina Moreira Marques. A cidadania como metáfora: um estudo sobre o Movimento Nacional dos Meninos e Meninas de Rua. 1999. 0 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Vera da Silva Telles.

23.
Carmem Silvia Fullin. O desafio jurídico-racial: uma análise dos casos da Delegacia Especializada de Crimes Raciais. 1999. 0 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Vera da Silva Telles.

24.
Antonio Roberto Bonato Garcez. Pobreza e Violência. Uma Interrogação Às Evidências. 1998. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

25.
Maria Inês Caetano Ferreira. Homicídios Na Periferia de Santo Amaro. Um Estudo Sobre A Sociabilidade e Os Arranjos de Vida Num Cenário de Exclusão.. 1998. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

Tese de doutorado
1.
Thiago Oliveira Lima Matiolli. PARA ALÉM DA AUSÊNCIA: CONTINUIDADES E DESCONTINUIDADES DA PRESENÇA DO ESTADO NO COMPLEXO DO ALEMÃO.. 2016. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Vera da Silva Telles.

2.
Rafael Godoi. Fluxos em cadeia: as prisões em Sao Paulo na virada dos tempos. 2015. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera da Silva Telles.

3.
Carlos Freire da Silva. Dinâmicas urbanas e mercado informal: das calçadas às lojas de galeria.. 2014. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera da Silva Telles.

4.
Tiaraju D'Andrea. A formação dos sujeitos periféricos: cultura e política na periferia de São Paulo. 2013. Tese (Doutorado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera da Silva Telles.

5.
Daniel Veloso Hirata. Sobreviver na adversidade: entre o mercado e a vida. 2012. 0 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

6.
Jose Cesar de Magalhaes Filho. A pobreza urbana e a produção do 'novo social'. 2011. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Vera da Silva Telles.

7.
Eliana Alves da Silva. Governar o ingovernável: a gestão da irregularidade urbana em áreas de mananciais em Sao Paulo. 2011. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

8.
Marcos Alexandre dos Santos Ferraz. Da cidadania salarial à agencia de desenvolvimento solidário. O sindicalismo CUT e os desafios para inventar uma nova cidadania. 2006. 0 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

9.
Isabel Cristina da Costa Cardoso. A (des) construcao da esfera publica: percursos politicos da reproducao social da forca de trabalho urbana. 2006. 0 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

10.
Paulo Lourenco Domingues. Programas de trabalho e renda na cidade de São Paulo (2001-2004): uma análise a partir do estudo das trajetórias sociais dos beneficiários e de suas famílias. 2006. 0 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

11.
Maria Inês Caetano Ferreira. Modos de vida e trajetorias urbanas em uma favela de Sao Paulo. 2004. 478 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Carolina Christoph Grillo. 2015. Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Vera da Silva Telles.

2.
Bernard Regis Minvielle. 2015. Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Vera da Silva Telles.

Iniciação científica
1.
Paula Ferreira Telles. Cartografia política dos conflitos urbanos e suas territorialidades: o ?caso Cracolândia?. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera da Silva Telles.

2.
Maria Clara Guiral Bassi. Transmigração no Cambuci: sociabilidade das novas populacoes circulantes em um bairro da cidade de Sao Paulo. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade de São Paulo. Orientador: Vera da Silva Telles.

3.
Bruna Della Torre de Carvalho Lima. Capitalismo, Modernidade e Delinquência?. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

4.
Bruno Monico Chies. Os estudos da ciência e a teoria social em Bruno Latour. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

5.
Natalia Coraza Padovani. Redes de subcontratacao e mulheres em sistema carcerário. 2006. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

6.
Messias Moreira Basques Júnior. A cidadania na era da modernidade: reconfiguração ou fim da política?. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

7.
Caroline Sampaio Rodrigues Pereira. Cidade, trabalho e seus territorios. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

8.
Carlos Freire da Silva. Trabalho informal e redes de subcontratação: trabalho, família e cidade em um distrito periférico da cidade de São Paulo. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

9.
Clauda D'Ipolitto de Oliveira Scirie. Cidade e seus territorios:trajetorias urbanas, espaços e circuitos sociais. 2004. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

10.
Rafael Godoi. Cidade, trabalho e seus territorios. 2004. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

11.
Daniel Veloso Hirata. Cidade, politica e cidadania: um estudo sobre reconfiguracoes urbanas e novas regulacoes socaiis. 2001. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

12.
Eliane Alves da Silva. Cidade, politica e cidadania. 2001. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

13.
Jose Cesar de Magalhaes Jr. Direitos sociais: pobreza e destituição - Projeto Integrado. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

14.
Ricardo Indig Teperman. Direitos sociais: pobreza e destituição. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade de São Paulo. Orientador: Vera da Silva Telles.

15.
Ana Paula Alves de Lavos. Direitos sociais:pobreza e destituição. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera da Silva Telles.

16.
Stela da Silva Ferreira. A face feminina da pobreza: um estudo sobre famílias chefiadas por mulheres em São Paulo.. 1997. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera da Silva Telles.



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
TELLES, V. S.. Nas fronteiras da lei: cidade, populações e direitos em disputa. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).



Outras informações relevantes


COOPERACAO INTERNACIONAL: 
(1) 2007 -2011. Acordo Capes-Cofecub : Trajetórias, circuitos e redes urbanas, nacionais e transnacionais e seu impacto na arquitetura institucional democrática. Coordenadora francesa: Angelina Peralva, Université de Toulose II . 

(2) 2008-2011. Acordo USP-AIRD: Questões urbanas e governança em quatro metrópoles da América Latina: o caso de São Paulo. Coordenação francesa: Marielle Pepin-Lhalleur (CNRS, Universidade Paris III, CREDA) e Christian Azais (Universidade de Picardie Jules Vernes, IRISCO, Universidade Paris Dauphine). Resultado: publicação em co-autoria com Christian Azais e Gabriel Kessler. Ilegalismos, cidade e politica. Belo Horizonte: Editora Fino Traço, 2012

(3) 2003-2006. Acordo CNPq-IRD. Projeto : Mobilidades ocupacionais e recomposições societárias em São Paulo. Coordenador francês: Robert Cabanes. Resultado: publicacao em co-autoria com Robert Cabanes. "Nas tramas da cidade:trajetórias urbanas e seus territórios". São Paulo: Humanitas, 2006 .

(4) 2001-2002. Acordo CNPq-IRD. Projeto : Cidade e Cidadania. Coordenador francês: Etienne Henry. Resultado: coletânea co-organizada com HENRY, Etienne. Serviços, cidade e cidadania. Rio de Janeiro: Editora Lumen Juris, 2002. v. 1, 323 p (2e édition 2005) .

(5). 1997-1999. Acordo USP-Cofecub: Nucleo de Estudos dos Direitos da Cidadania (USP) et Groupe d'Etude et Observations des Démocraties (Paris X, Nanterre). Projeto: Análise comparada das problematiza. Resultado: publicação em co-autoria com RIZEK, Cibele Saliba, CEFAI, Daniel, CHANIAL, Philippe. Brésil-France: figures de la question sociale. Caen: Revue Mana, Université de Caen, 2000. 287p.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/10/2018 às 11:00:21