Oscar Khoiti Ueno

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3497424540519618
  • Última atualização do currículo em 21/08/2014


possui graduação em Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos (1990) e mestrado em Metrologia Científica e Industrial pela Universidade Federal de Santa Catarina (1999). Trabalhei na empresa NGK e co-autor de vários lançamentos, entre eles cerâmica à base de cordierita e atuação na área de processo de fabricação de rolo refratário obtendo redução de perdas da ordem de 70 %. Industria Aluminagres C. A, empresa de cerâmica venezuelana, responsável pelo desenvolvimento de produto de cerâmica técnica e de processo de atomização, prensagem e queima na produção de esferas de alumina, permitindo a redução de gargalos e ampliação da capacidade produtiva em 50% desta unidade e em atividades de implantação e supervisão da área de controle de qualidade. No curso de Mestrado em Metrologia realizado na Universidade Federal de Santa Catarina obtive conhecimentos metrológicos e sua aplicação em trabalho técnico, que se caracterizou-se pela interdiciplinaridades do Departamento de Engenharia Mecânica/ Materiais e Metrologia da UFSC. O resultado desta pesquisa foi divulgado e debatido em Congresso Internacional na Espanha Qualicer 2000. Como engenheiro de desenvolvimento, atuei em projeto RHAE no Instituto de Pesquisas Energética e Nuclear (IPEN /SP), Desenvolvimento e Caracterização de Refratários à Base de SiC . Fui responsável pelas atividades de caracterização e análise de materiais covalentes de alta resistência abrasiva e deformação a quente, obtidos a partir de pós-metálicos (alumínio e silício), pelo processo de nitretação. Também como colaborador em trabalhos de Doutorado e Mestrado no mesmo instituto. Atuei como engenheiro de materiais na indústria Combustol - divisão de refratários, direcionado ao setor siderúrgico, mobília estrutural para alta temperatura e não ferrosos, à qual destaca-se atividades de desenvolvimento de produtos e processo, análise crítica de produtos segundo norma ISO 9000. Atualmente trabalho no SENAI Mário Amato no Núcleo de Tecnologia Cerâmica, atuando como docente em disciplinas práticas de refratários, gestão da qualidade e como orientador de trabalhos na disciplina de Projetos, sendo alguns apresentados em congressos. Colaboraodor no desenvolvimento de projetos na prestação de serviços à indústria, com destaque em projetos de Arranjo Produtivo Local (APL s) e responsável pela implantação de um Organismo de Certificação de Produtos (OCP) no SENAI/SP. Participação em comitês de estudo de normas da ABNT e de regulamentos da conformidade do INMETRO. Alem das atividades docentes atuei na coordenação de estágios e participação no projeto de implantação do sistema de gestão da inovação do SENAI/DN em SP. Atualmente leciono na Universidade Estadual de Santa Catarina como professor universitário do curso de Engenharia de Produção na unidade CEPLAN em São Bento do Sul. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Oscar Khoiti Ueno
Nome em citações bibliográficas
UENO, O. K.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Estado de Santa Catarina, Centro Educacional Planato Norte ( CEPLAN).
Rua Luiz Fernando Hastreiter, 180
Centenário
89283081 - Sao Bento do Sul, SC - Brasil
Telefone: (047) 36340988
URL da Homepage: http://www.sbs.udesc.br


Formação acadêmica/titulação


1997 - 1999
Mestrado em Metrologia Científica e Industrial.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: AVALIAÇÃO DE UM SISTEMA DE MEDIÇÃO DO COEFICIENTE DE ATRITO DINAMICO EM PISOS CERAMICOS,Ano de Obtenção: 1999.
Orientador: Armando Albertazzi Gonçalves Junior.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
2003 - 2004
Especialização em Formação Pedagógica de Docentes para a Educação Pr. (Carga Horária: 540h).
Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, Brasil.
Título: DIAGNÓSTICO ADMINISTRATIVO-PEDAGÓGICO DA UNIDADE EDUCACIONAL.
1985 - 1990
Graduação em Engenharia de Materiais.
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
1976 - 1980
Curso técnico/profissionalizante.
SENAI - Departamento Regional de São Paulo, SENAI/DR/SP, Brasil.




Formação Complementar


2011 - 2011
Combustão Industrial. (Carga horária: 40h).
Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais.
2007 - 2007
Gestão por Processos e Melhoria dos Processos. (Carga horária: 20h).
Fundação Carlos Alberto Vanzolini.
2006 - 2006
Formação de Auditores Lides de Sistemas de Gestã. (Carga horária: 40h).
MCG Qualidade em Sistemas.
2005 - 2005
MASP- Metod. para Análise e Sol. de Problemas. (Carga horária: 40h).
Estatcamp Consultoria Estatística em Qualidade.
2003 - 2003
Formação de Auditores Internos para NBR ISO/IEC 17. (Carga horária: 40h).
Fundação CERTI.
2002 - 2002
 Gestão da Qualidade Total e Certificação ISO. (Carga horária: 40h).
Universidade Estadual de SP/CECAE.


Atuação Profissional



Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Universitário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

07/2014 - Atual
Ensino, Engenharia de Producao - Habilitacao Mecanica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ( Enhenharia de Produção Hb. Mecânica)
Máquinas e Ferramentas I e II
Materiais II e III ( Cerâmicos e Polímeros)
Superior de Tecnologia em Mecânica - Modalidade: Produção Industrial de Móveis
02/2014 - Atual
Direção e administração, Centro Educacional Planato Norte ( CEPLAN), .

Cargo ou função
Membro da Comitê de Avaliação de Estágios ( DTI).
02/2014 - Atual
Extensão universitária , Centro Educacional Planato Norte ( CEPLAN), .

Atividade de extensão realizada
Coordenação de projeto de Minicursos para Engenharia de Produção para programa "Seminarios de C&T 2014".
2/2014 - 7/2014
Direção e administração, Centro Educacional Planato Norte ( CEPLAN), .

Cargo ou função
Membro do Colegiado de Ensino de Graduação do Departamento de Tecnologia Industrial - DTI.
2/2014 - 7/2014
Ensino, Engenharia de Producao - Habilitacao Mecanica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Máquinas e Ferramenta I e II
Materiais II - Cerâmicos
Materiais III -Polimeros
Estagio Curricular - Superior de Tecnologia em Mecânica - Modalidade: Produção Industrial de Móveis
07/2013 - 12/2013
Direção e administração, Centro Educacional Planato Norte ( CEPLAN), .

Cargo ou função
Membro do Colegiado de Ensino de Graduação do DTI.
07/2013 - 12/2013
Ensino, Engenharia de Producao - Habilitacao Mecanica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Máquinas e Ferramentas I
Máquinas e Ferramentas II
Materiais Cerâmicos
Materiais Poliméricos
07/2013 - 12/2013
Extensão universitária , Centro Educacional Planato Norte ( CEPLAN), .

Atividade de extensão realizada
Membro da equipe organizadora do programa "Seminario de Ciencia e Tecnologia 2013".
02/2013 - 12/2013
Direção e administração, Centro Educacional Planato Norte ( CEPLAN), .

Cargo ou função
Coordenador do Laboratório de Ensaios Mecânicos.
02/2013 - 07/2013
Ensino, Engenharia de Producao - Habilitacao Mecanica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Máquinas e Ferramentas I
Máquinas e Ferramentas II
Materiais Cerâmicos
Materiasi Poliméricos
Resistencia doa Materiais
08/2012 - 12/2012
Ensino, Engenharia de Producao - Habilitacao Mecanica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Maquinas e Ferramentas I
Fisica geral II
Maquinas e Ferramentas II
Materiais Poliméricos
Resistencia dos Materiais

SENAI - Departamento Regional de São Paulo, SENAI/DR/SP, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2012
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Tecnico de Ensino, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

07/2002 - 07/2012
Ensino,

Disciplinas ministradas
Processo Refratários
Projetos
Tecnologia Cerâmica
Gestão da Qualidade
08/2003 - 06/2006
Serviços técnicos especializados , Escola SENAI - São Bernardo I, .

Serviço realizado
Implantação de Organismo de Certificação de Produto (OCP).

Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo, FATECSP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Associado I, Carga horária: 12

Atividades

08/2011 - 8/2012
Ensino, Tecnologia em Materiais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Análise de Falhas de Fraturas
Fundamentos de Materiais Refratários
Metalurgia Mecânica
Materiais Cerâmicos Tradicionais
Cerâmcia Física
10/2011 - 10/2011
Extensão universitária , Departamento de Tecnologia em Materiais, .

Atividade de extensão realizada
Revisor Técnico.

Bolsista/Pesquisador Sem Vínculo, SEM VINCULO, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2001
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista DTI/ RHAE, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

8/2000 - 7/2002
Pesquisa e desenvolvimento .


Combustol Ind. e Comercio, COMBUSTOL, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coodenador Técnico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Grupo Lamalleto, ALUMINAGRES C.A., Venezuela.
Vínculo institucional

1992 - 1996
Vínculo: Profissional Liberal, Enquadramento Funcional: Assitende a Gerencia - Desenvolvimento, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


NGK do Brasil, NGK, Brasil.
Vínculo institucional

1990 - 1992
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Engenheiro de Desemvolvimento, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


STROMAG FRICÇÕES E ACOPLAMENTOS LTDA, STROMAG, Brasil.
Vínculo institucional

1982 - 1982
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Técnico em Mecânica de Precisão, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.



Linhas de pesquisa


1.
Materiais de Alto Desempenho ( SiC)
2.
Materiais Nitretados: Nitretos de sSilício e Aluminio


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Materiais Não-Metálicos.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Materiais Não-Metálicos/Especialidade: Cerâmicos.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
LEITE, V. B.2007LEITE, V. B. ; UENO, O. K. . AVALIAÇÃO DA INFLUENCIA DO LODO, PROVENIENTE DE ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ÁGUA, NAS PROPRIEDADES DOS MATERIAIS DE CERÂMICA VERMELHA. Revista Eletrônica de Educação e Tecnologia do Senai-SP, v. 01, p. 1, 2007.

Apresentações de Trabalho
1.
CREMA JUNIOR, N. ; Moreno, S. F. ; CAVALCANTE, D. ; Da Paixaõ, C.C.J. ; UENO, O. K. . Avaliação da Influencia de Aditivos modificadores da reologia em concretos refratário sem cimento. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
UENO, O. K. ; LEITE, V. B. . Estudo de Viabilidade Técnica de Incorporação do Lodo Proveniente do Processo de Tratamento de Água para Abastecimento na Confecção de Produtos de Cerâmica Vermelha. 2005. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
UENO, O. K. ; ALBERTAZZI, A. ; ALARCON, O. . Evaluación metrologica de un sistema de medición del coeficiente de rozamiento en pisos cerámicos. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Matsuda, S.O. ; UENO, O. K. ; Bressiani,A.H. ; BRESSIANI, J. C. . Influência do tamanho de partícula do pó de alumínio da formação do compósito refratário SiC:SiAlON. 2000. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
UENO, O. K. ; ALARCON, O. ; ALBERTAZZI, A. . Avaliação de fontes de incerteza do processo de medição do coeficiente de atrito dinâmico em pisos cerâmicos através do sistema tortus. 1999. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
UENO, O. K. ; ALBERTAZZI, A. ; ALARCON, O. . Determinação do coeficiente de atrito dinâmico em pisos cerâmicos Uma abordagem metrológica. 1998. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
UENO, O. K. ; KAWASAKI, J. . Influencia da curva de queima na propriedades termomecânicas de refratários à base de mulita. 1991. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
UENO, O. K. ; Tomasi, R. . Propriedades cerâmicas do pó de alumina alfa obtida da pirólise do C.A H. 1989. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
UENO, O. K. ; Tomasi, R. . Transformação polimórficas da alumina obtida da pirólise do cloreto de alumínio hexahidratado (C.A H). 1986. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
UENO, O. K. . Implantação de um organismo de certificação de produto em SENAI/SC. 2006.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
UENO, O. K. . AUDITORIA INTERNA DA QUALIDADE EM ORGANISMO DE CERTIFICAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC GUIA 65:1997. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
UENO, O. K. . Curso de interpretação da ISO GUIA 65. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CACHO, V. D.; SILVA, D. M.; UENO, O. K.; SERRANO, A. G. S.. Participação em banca de Antonio Guerreiro Silva Serrano.Incorporação da cinza de casca de arroz em ceramica vermeha. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Materiais) - Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo.

2.
UENO, O. K.; SILVA, D. M.; TOFFOLI, S.. Participação em banca de Marcel Yuji Mitsuda.Incorporação de Residuo de Vidro de lampada Fluorecente em Ceramica Vermelha. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Materiais) - Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo.

3.
SILVA, D. M.; MEIRA, D. M.; UENO, O. K.; CACHO, V. D.. Participação em banca de Daniel Meirelles Meira.Otimização de processos industriais e estudo de adição de resíduo em cadinhos refratários.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Materiais) - Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
53 Congresso Brasileiro de Cerâmica. Avaliação da Influencia de Aditivos modificadores da reologia em concretos refratário sem cimento. 2009. (Congresso).

2.
52 Congresso Brasileiro de Cerâmica. A certificação de produtos Um novo desafio. 2008. (Congresso).

3.
50 Congresso Brasileiro de Cerâmica. Estudo de Viabilidade Técnica de Incorporação do Lodo Proveniente do Processo de Tratamento de Água para Abastecimento na Confecção de Produtos de Cerâmica Vermelha. 2006. (Congresso).

4.
XVI Encontro Técnico AESABESP.Estudo de Viabilidade Técnica de Incorporação do Lodo Proveniente do Processo de Tratamento de Água para Abastecimento na Confecção de Produtos de Cerâmica Vermelha. 2006. (Encontro).

5.
49 Congresso Brasileiro de Cerâmica. Análise da Eflorescência em Argilas e Águas Utilizadas em uma Indústria de Cerâmica Vermelha. 2005. (Congresso).

6.
48 Congresso Brasileiro de Cerâmica. Caracterização do Resíduo de Uma ETA, para incorporação em matriz de cerâmica vermelha. 2004. (Congresso).

7.
VII QUALICER/2000 -Congreso Mundial de calidad y pavimento cerámico. Evaluación metrologica de un sistema de medición del coeficiente de rozamiento en pisos cerámicos. 2000. (Congresso).

8.
14o CBECIMAT / 7o MICROMAT. Influência do tamanho de partícula do pó de alumínio da formação do compósito refratário SiC:SiAlON. 2000. (Congresso).

9.
43 Congresso Brasileiro de Cerâmica e 4 Congresso Cerâmico do Mercosul. Avaliação de fontes de incerteza do processo de medição do coeficiente de atrito dinâmico em pisos cerâmicos através do sistema tortus. 1999. (Congresso).

10.
3 Encontro Internacional Sobre Inovação Tecnológica em Processos e Produtos da Indústria Cerâmica: Revestimentos, Sanitários, Louça de Mesa e Cerâmica Estrutural.Influência das características superficiais de pisos cerâmicos no comportamento do coeficiente de atrito dinâmico. 1998. (Encontro).

11.
36 Congresso Brasileiro de Cerâmica. Obtenção do compósito mulita /ZrO2 /AlTiO5 através da reação in-situ e suas propriedades ao choque térmico. 1992. (Congresso).

12.
35 Congresso Brasileiro de Cerâmica e 3 Ibero-Americano de Cerâmica , Vidrios y Refractarios. Influencia da curva de queima na propriedades termomecânicas de refratários à base de mulita. 1991. (Congresso).

13.
8 Congresso de Iniciação Científica de Engenharia - USP - São Carlos. Propriedades cerâmicas do pó de alumina alfa obtida da pirólise do C.A H. 1989. (Congresso).

14.
5 Congresso de Iniciação Científica de Engenharia - USP - São Carlos. Transformação polimórficas da alumina obtida da pirólise do cloreto de alumínio hexahidratado (C.A H.). 1986. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 02/09/2014 às 23:08:59