Paulo Eduardo de Melo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5037715820676692
  • Última atualização do currículo em 06/09/2018


Possui graduação em Agronomia (Universidade Federal de Goiás, 1986), mestrado (Universidade Federal de Goiás, 1991) e doutorado (Wageningen University & Research, 2003, Holanda) em Genética e Melhoramento de Plantas. É pesquisador da Embrapa - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Secretaria de Pesquisa e Desenvolvimento, com trabalhos também na Embrapa Hortaliças) e editor chefe da revista Horticultura Brasileira, periódico científico oficial da Associação Brasileira de Horticultura. Tem experiência em Agronomia, com ênfase em recursos genéticos e melhoramento de batata (Solanum tuberosum subsp tuberosum) e brássicas (Brassica oleracea - repolho, couve-flor, couve-brócolos e couve-comum) para melhoramento de germoplasma e desenvolvimento de cultivares para sistemas convencionais e orgânicos (melhoramento orgânico) de produção. Tem experiência ainda em utilização de marcadores moleculares em melhoramento, construção de mapas genéticos e físicos (cariótipos utilizando GISH), estatística experimental e análise de risco ambiental, em especial fluxo gênico associado à liberação de organismos geneticamete modificados (transgênicos) no ambiente. Foi membro do Consórcio Internacional para Sequenciamento do Genoma da Batata - PGSC. Tem experiência ainda no planejamento e execução de projetos de Agricultura Urbana e Periurbana. Em 2014, foi agraciado com o prêmio Marcílio Dias, condecoração máxima auferida pela Associação Brasileira de Horticultura. Ultimamente, vem atuando no planejamento, estruturação, execução e avaliação de impacto de programas nacionais e internacionais de capacitação e cooperação em agricultura tropical e em Agricultura para o Desenvolvimento e em ações de gestão e compartilhamento de conhecimentos. Na última década, vem conduzindo também workshops em Redação Científica em diversas universidades e institutos de pesquisa no Brasil (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Paulo Eduardo de Melo
Nome em citações bibliográficas
MELO, P.E. de;MELO, PE de;MELO, P.E.;MELO, PE;de MELO, P.E.;de MELO, PE;Melo, Paulo E.;MELO, PAULO EDUARDO DE;Melo PE de

Endereço


Endereço Profissional
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Secretaria de Relações Internacionais.
Parque Estação Biológica, Av. W3 Norte Final, s/n, Ed. Embrapa Sede, Bloco D
Asa Norte
70770901 - Brasília, DF - Brasil
Telefone: (61) 34481732
URL da Homepage: www.embrapa.br/cecat


Formação acadêmica/titulação


1998 - 2003
Doutorado em Genetics And Plant Breeding.
Wageningen University And Research Center, WAGENINGEN UR, Holanda.
Título: The root systems of onion and Allium fistulosum in the context of organic farming, Ano de obtenção: 2003.
Orientador: Prof Dr. Ir. Evert Jacobsen and Dr. Chris Kik.
Bolsista do(a): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
Palavras-chave: Allium cepa; Allium roylei; Melhoramento vegetal; Agricultura orgânica; Mapa molecular; micorrizas.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Genética.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia / Especialidade: Agricultura Orgânica.
Setores de atividade: Produtos e Processos Biotecnológicos; Produção Vegetal.
1987 - 1989
Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: Influência do Citoplasma Ogura em Híbridos Macho-Estéreis de Repolho,Ano de Obtenção: 1992.
Orientador: Leonardo de Britto Giordano.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Brassica oleracea var. capitata; Incongruidade; Melhoramento vegetal; Podridão-negra; Produção de sementes.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Genética.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia / Especialidade: Produção e Beneficiamento de Sementes.
Setores de atividade: Produção Vegetal.
2001 - 2001
Especialização em Bioinformatics. (Carga Horária: 72h).
Wageningen University And Research Center, WAGENINGEN UR, Holanda.
Bolsista do(a): Experimental Plant Science Graduation School, EPS, Holanda.
1996 - 1996
Especialização em Molecular Markers In Potato Germplasm Management. (Carga Horária: 80h).
Centro Internacional de la Papa, CIP, Peru.
Bolsista do(a): Centro Internacional de la Papa, CIP, Peru.
1994 - 1994
Especialização em Marcadores Moleculares: RFLP e PCR. (Carga Horária: 80h).
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
1993 - 1993
Especialização em Métodos Multivariados em Estatística. (Carga Horária: 40h).
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
1992 - 1992
Especialização em Potato Production. (Carga Horária: 528h).
International Agricultural Center, IAC, Holanda.
Bolsista do(a): Ministery of Foreign Affairs, NUFFIC, Holanda.
1989 - 1989
Especialização em Produção de Batata. (Carga Horária: 120h).
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
Bolsista do(a): Centro Internacional de la Papa, CIP, Peru.
1982 - 1986
Graduação em Agronomia.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.




Formação Complementar


2013 - 2013
Metodologia de Prospecção Tecnológica em Feiras. (Carga horária: 8h).
Centro Nacional de Pesquisa de Agroenergia, EMBRAPA AGROENER, Brasil.
2013 - 2013
Metodologias de Prospecção Tecnológica. (Carga horária: 16h).
Centro Nacional de Pesquisa de Agroenergia, EMBRAPA AGROENER, Brasil.
2013 - 2013
Workshop de Planejamento de Capacitações. (Carga horária: 16h).
Centro de Estudos Estratégicos e Capacitação em Agricultura Tropical, EMBRAPA CECAT, Brasil.
2013 - 2013
Produção de Alimentos: CT&I, Educação e Capacitaçã. (Carga horária: 8h).
Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, CGEE, Brasil.
2008 - 2008
Desenvolvimento em Competências Estratégicas. (Carga horária: 120h).
Fundação Dom Cabral, FDC, Brasil.
2006 - 2006
Análise de Riscos de Pl. Genetic. Modificadas. (Carga horária: 45h).
Embrapa Meio Ambiente, CNPMA, Brasil.


Atuação Profissional



National Institute for Vegetables, Ornamentals, and Tea Research, NIVOT, Japão.
Vínculo institucional

1990 - 1990
Vínculo: Pesquisador Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisador Visitante, Carga horária: 40
Outras informações
Treinamento em melhoramento de Brássicas

Atividades

09/1990 - 12/1990
Estágios .

Estágio realizado
Treinamento em melhoramento de brássicas.

Faculdade de Ensino Superior de Itumbiara, FESIT, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - 1988
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 6
Outras informações
Professor de estatística e técnicas experimentais para alunos do curso de Agronomia

Atividades

07/1987 - 07/1988
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
ESTATISTICA E METODOLOGIA EXPERIMENTAL

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
Vínculo institucional

1989 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: PESQUISADOR III, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1986 - 1987
Vínculo: Bolsa de Aperfeiçoamento Cient, Enquadramento Funcional: bolsista, Carga horária: 40
Outras informações
Bolsista de aperfeiçoamento científico, tendo, nos primeiros seis meses, bolsa do USDA e, nos seis meses restantes, bolsa do CNPq

Atividades

03/2010 - Atual
Direção e administração, Centro de Estudos Estratégicos e Capacitação em Agricultura Tropical, .

Cargo ou função
Chefe Adjunto de Capacitação.
3/2004 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças, .

Cargo ou função
Membro de comitê assessor.
3/2004 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças, .

Cargo ou função
Membro de conselho editorial.
08/1989 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças, .

04/1995 - 08/2004
Treinamentos ministrados , Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças, .

Treinamentos ministrados
Módulo Produção de Brássicas do Curso Internacional de Produção de Hortaliças, Embrapa Hortaliças / JICA
08/1996 - 09/1998
Outras atividades técnico-científicas , Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças, Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças.

Atividade realizada
Presidente do CIBio Hortaliças (Comitê Interno de Biossegurança).
08/1989 - 09/1998
Outras atividades técnico-científicas , Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças, Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças.

Atividade realizada
Membro do comitê de lançamento de clones e cultivares.
3/1995 - 11/1997
Treinamentos ministrados , Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças, .

Treinamentos ministrados
Módulo Cultivo de Brássicas do curso Tecnologia de Produção de Hortaliças, Mestrado em Fitotecnia, UnB - Depto de Agricultura
05/1997 - 05/1997
Outras atividades técnico-científicas , Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças, Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças.

Atividade realizada
Coordenador do curso Tópicos em Melhoramento de Hortaliças.
03/1991 - 03/1997
Outras atividades técnico-científicas , Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças, Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças.

Atividade realizada
Membro do comitê interno de publicações.
07/1986 - 08/1987
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Nacional de Pesquisa de Arroz e Feijão, .

10/1986 - 03/1987
Estágios , Centro Nacional de Pesquisa de Arroz e Feijão, .

Estágio realizado
PESQUISA EM RESISTENCIA DE FEIJAO A DOENCAS.

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Goiás, EMATER/GO, Brasil.
Vínculo institucional

1984 - 1984
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40
Outras informações
Estágio orientado pelo Dr. Álvaro Eleutério da Silva, junto ao Programa Regional de Melhoramento de Milho e Sorgo

Atividades

07/1984 - 08/1984
Estágios , Estação Experimental de Senador Canedo, .

Estágio realizado
Treinamento junto ao Programa Regional de Pesquisa em Milho e Sorgo.


Linhas de pesquisa


1.
Melhoramento genético de brássicas (repolho), resistência a insetos (Plutella xylostella)
2.
Melhoramento genético de brássicas (repolho), desenvolvimento de híbridos, cultivo de pólen, produção de linhagens duplo-haplóides
3.
Melhoramento genético de brássicas (repolho e couve-flor), macho-esterilidade citoplasmática, produção de sementes
4.
Melhoramento genético de brássicas (repolho, couve-flor e couve-brócolos), resistência a doenças (bacterianas, podridão-negra e podridão-mole), desenvolvimento de cultivares
5.
Melhoramento genético de batata, resistência a pinta-preta (Alternaria solani) e a murcha-bacteriana (Ralstonia solanacearum)
6.
Melhoramento genético de batata, resistência a PVY, plantas transgênicas, avaliação de riscos para liberação no ambiente
7.
Melhoramento genético de batata, avaliação de clones avançados em condições reais de produção
8.
Melhoramento genético de batata, resistência a viroses (PLRV, PVY e PVX)
9.
Melhoramento de batata para adaptação às condições de cultivo da região central do Brasil
10.
Melhoramento genético de batata (Solanum tuberosum subsp. tuberosum)

Objetivo: 1. desenvolvimento de cultivares para cultivo convencional e orgânico 2. resistência a doenças 3. qualidade de tubérculos 4. transgenia e avaliação de risco (biossegurança) 5. adaptação ao cultivo em condições tropicais.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Vegetal.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia / Especialidade: Olericultura.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados; Pesquisa e desenvolvimento científico; Alimentação.
Palavras-chave: Melhoramento vegetal; Solanum tuberosum subsp tuberosum; Avaliação de genótipos; Resistência a doenças; Características de tubérculos; Desenvolvimento de cultivares.
11.
Produção Integrada de Tomate Indústria
12.
Biossegurança de batata geneticamente modificada, aspectos ambientais e aspectos alimentares
13.
Melhoramento genético de feijão, resistência ao crestamento bacteriano comum, identificação de fontes de resistência e métodos de inoculação


Projetos de pesquisa


2013 - Atual
Sovereignty: empowering farmers by strengthening capacities for organic production and commercialization of unique native potatoes
Descrição: In Bolivian Andes, native potatoes are grown by smallholders, in different farming systems. As a rule, all systems are threatened by climatic risks, which bring farmers into food insecurity. This project aims to contribute to the sustainable production of native potatoes in Bolivia, and therefore farmers? food security, by strengthening farmers' capacity to manage risks in their production systems on different altitudes and seasons, and improving farmers´ technological level and excellence without disfiguring ethnic and cultural practices. The project aims also to empower farmers with commercialization and farm administration skills, as well as to add value to the biodiversity of native potatoes. A Capacity Strengthening Participatory Program based in a diagnosis of the current scenario will be developed, validated and implemented. At the end, farmers are expected to self-manage their productive and commercial ventures. Agronomic, economic and social impact assessment is foreseen..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
Melhoramento Genético de Batata para Condições Tropicais e Subtropicais do Brasil
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Integrante / Carlos Alberto Lopes - Integrante / Arione da Silva Pereira - Coordenador / Mirtes Freitas Lima - Integrante / Caroline Marques Castro - Integrante.
2004 - 2007
Desenvolvimento de um modelo de Produção Integrada de Tomate Indústria nos Estados de Goiás e Minas Gerais
Descrição: O Sistema de Produção Integrada de Frutas (PIF) surgiu na Europa, nos anos 70, como uma resposta à necessidade de reduzir o uso de agrotóxicos e maior atenção e respeito ao meio ambiente. A Organização Internacional para Controle Biológico e Integrado contra os Animais e Plantas Nocivas (OICB), define a Produção Integrada de Frutas como sendo uma produção econômica de alta qualidade, obtida com métodos ecologicamente mais seguros, minimizando os efeitos colaterais do uso de agroquímicos, para aumentar a proteção do meio ambiente e melhorar a saúde humana. No Brasil, a Produção Integrada (Instrução Normativa n.º 20 do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento), objetiva a produção de alimentos de alta qualidade, utilizando-se de técnicas que consideram os impactos ambientais sobre o sistema solo/água/produção e que possibilitem avaliar a qualidade dos produtos levando-se em conta as características físicas, químicas e biológicas dos recursos naturais locais dos processos desenvolvidos na cadeia produtiva, pós-colheita e comercialização da produção. No Brasil, a Produção Integrada (PIF) de Maçãs foi a pioneira, iniciada em 1996. Hoje existem PIF de maçã, pêssego, manga, mamão, melão, caju e uva, mas não de hortaliças. Porém, há no Brasil tecnologias nas áreas de fitopatologia, entomologia, plantas daninhas, nutrição, solos, irrigação e pós-colheita que permitem o desenvolvimento de um sistema de Produção Integrada para Tomate Indústria (PITI). Este projeto tem como principal objetivo o desenvolvimento e a implantação de um sistema PITI nos estados de Goiás e Minas Gerais. O sistema PITI tem como metas viabilizar a organização da cadeia produtiva do tomate para processamento e, em conseqüência, permitir que se obtenha uma produção final diferenciada, de maior qualidade e valor agregado, apta a preencher um nicho no mercado nacional e também em mercados internacionais, onde a rastreabilidade do produto é um requerimento para a comercialização..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Coordenador / Waldir Aparecido Marouelli - Integrante / Leonardo Silva Boiteux - Integrante / Leonardo de Britto Giordano - Integrante / Carlos Alberto Lopes - Integrante / Marina Castelo Branco - Integrante / Ailton Reis - Integrante / Alice Kazuko Inoue Nagata - Integrante / João Maria Charchar - Integrante / Flávia Aparecida de Alcântara - Integrante / Adriana Marlene Moreno Pires - Integrante / Cecília Czepak - Integrante / Celso Luiz Moretti - Integrante / Claudini Vieira Deboni Caixeta - Integrante / Dione Melo da Silva - Integrante / Eva Cintra Duarte Caixeta - Integrante / Francisca Nemaura Duarte Haji - Integrante / Henoque Ribeiro da Silva - Integrante / Jorge Madeira Nogueira - Integrante / José de Souza Reis Filho - Integrante / Maria Esther de Noronha Fonseca Boiteux - Integrante / Maria Hosana Conceição - Integrante / Mariane Carvalho Vidal - Integrante / Massaru Yokoyama - Integrante / Nirlene Junqueira Vilela - Integrante / Osmar Alves Carrijo - Integrante / Valquíria da Rocha Santos Veloso - Integrante / Werito Fernandes de Melo - Integrante / Ronessa Bartolomeu de Souza - Integrante / Patrícia Gonçalves Baptista de Carvalho - Integrante / Paulo Marçal Fernandes - Integrante.Financiador(es): Agência Goiana de Defesa Agropecuária - Cooperação / Agência Goiana de Desenvolvimento Rural e Fundiário - Cooperação / Ângelo Auricchio Companhia Ltda - Cooperação / Dez Indústria e Comércio de Produtos Alimentícios - Cooperação / Goiás Alimentos - Cooperação / Goiás Verde Alimentos Ltda - Cooperação / Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento - Auxílio financeiro / Sotomate Indústria Comércio e Exportação Ltda - Cooperação / Unilever Bestfoods Brasil Ltda - Cooperação / Universidade Católica de Brasília - Cooperação / Universidade de Brasília - Cooperação / Universidade Federal de Goiás - Cooperação / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
2003 - Atual
Melhoramento genético de batata para ecossistemas tropicais e subtropicais do Brasil
Descrição: Exceto pela cultivar Baronesa (em decréscimo), as cultivares de batata desenvolvidas no Brasil não ganharam expressão por não atenderem às principais demandas da cadeia brasileira da batata: tubérculos de boa aparência externa e boas características culinárias. Mais recentemente, surgiu também a demanda por cultivares adaptadas ao sistema orgânico de produção. Os objetivos deste projeto são: desenvolver cultivares de batata com boas qualidades culinárias e industriais, boa aparência, alto potencial produtivo, menos dependentes de agroquímicos e adaptadas aos agroecossistemas tropicais e subtropicais brasileiros; melhorar o germoplasma quanto à resistência a doenças e pragas e em relação à qualidade; identificar raças/estirpes de agentes causadores das principais doenças da batata; melhorar os sistemas de limpeza clonal e de multiplicação de semente pré-básica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Integrante / José Amauri Buso - Integrante / Carlos Alberto Lopes - Integrante / André Nepomuceno Dusi - Integrante / Sieglinde Brune - Integrante / Ailton Reis - Integrante / Arione da Silva Pereira - Coordenador / Odone Bertoncini - Integrante / Élcio Hirano - Integrante / João Luís Vendruscolo - Integrante / Eva Choer - Integrante / Alice Maria Quezado Soares - Integrante / Alice Kazuko Inoue Nagata - Integrante / Antônio Carlos de Ávila - Integrante / Antônio Carlos Torres - Integrante / Bernardo Ueno - Integrante / César Bauer Gomes - Integrante / Eduardo Mizubuti - Integrante / Félix Humberto França - Integrante / Francisco Vilela Resende - Integrante / Isabel Cristina Bezerra - Integrante / João Maria Charchar - Integrante / Leoberto Weinert - Integrante / Nilceu Ricetti Xavier Nazareno - Integrante / Ossami Furumoto - Integrante / Roberto Pedroso Oliveira - Integrante / Rosa Lia Barbieri - Integrante / Vera Lúcia de Almeida Marinho - Integrante / Flávia Aparecida de Alcântara - Integrante.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro / Fédération Nationale Des Producteurs de Plants de Pomme de Terre - Cooperação / Hayashi Batatas - Auxílio financeiro / Instituto Agronômico do Paraná - Cooperação / Instituto Nacional de Investigación Agropecuária - Cooperação / Universidade Federal de Viçosa - Cooperação / Associação Brasileira da Batata - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 8
2002 - 2005
Avaliação de segurança alimentar e ambiental de batata geneticamente modificada para resistência ao Potato virus Y (PVY)
Descrição: Desde 1994, a Embrapa vem trabalhando em um projeto de produção de clones transgênicos de batata com resistência a vírus. A batata, como outras plantas propagadas de forma vegetativa, apresenta problemas crônicos de infecção por vírus, que causam a degenerescência da cultura ao longo dos ciclos de cultivo. Dentre os vírus que infectam a batata, o Potato virus Y (PVY) é hoje um dos vírus de maior importância econômica. Em decorrência da ação conjunta de diversas unidades da Embrapa, Universidades Nacionais e instituições de pesquisa e ensino do Mercosul e da Europa, dois clones transgênicos de batata da cultivar Achat foram selecionados em casa-de-vegetação por apresentarem alta resistência a PVY. Estes dois clones foram denominados 1P e 63P. Foram realizadas duas liberações experimentais em campo nos anos de 1999 e 2000, em conformidade com a legislação vigente. Estas liberações tiveram como objetivo confirmar a resistência do material em campo bem como avaliar a estabilidade do organismo geneticamente modificado (OGM) no ambiente. Os clones 1P e 63P confirmaram a resistência em condições de campo. Os trabalhos de liberação em campo foram interrompidos em 2001 em função de uma decisão liminar da 14a vara do TRF-1a região. Em face deste quadro legal que se configura no Brasil, a Embrapa está propondo uma rede de biossegurança, na qual o projeto de biossegurança alimentar e ambiental de batata com resistência ao PVY se insere. A Embrapa já dispõe do evento de transformação, sendo necessário que se faça a avaliação de biossegurança desse OGM. Para este projeto, apenas o clone 1P será considerado, pois apresenta características morfológicas semelhantes ao parental não transformado e têm uma maior resistência ao PVY..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Integrante / Carlos Alberto Lopes - Integrante / André Nepomuceno Dusi - Coordenador / Gilmar Paulo Henz - Integrante / Ailton Reis - Integrante / Arione da Silva Pereira - Integrante / Odone Bertoncini - Integrante / Alice Kazuko Inoue Nagata - Integrante / Antônio Carlos de Ávila - Integrante / Antônio Carlos Torres - Integrante / Ossami Furumoto - Integrante / Patrícia Gonçalves Baptista de Carvalho - Integrante / Eduardo Romano - Integrante / Ladislau Araújo Skorupa - Integrante / Welington Pereira - Integrante / Norma Gouvêa Rumjanek - Integrante / Maria Elizabeth F Correia - Integrante / Otniel Freitas Silva - Integrante / Edson Watanabe - Integrante / Cristina Maria Monteiro Machado - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
1994 - 1998
Desenvolvimento de cultivares de batata com características comerciais, qualidade culinária e resistência múltipla a doenças
Descrição: Não são utilizadas com expressão no Brasil cultivares de batata desenvolvidas no hemisfério sul, capazes de atenderem as demandas da cadeia: produtividade, qualidade aparente dos tubérculos e boas características culinárias para processamento. Neste projeto propõe-se o o desenvolvimento de clones-elite de batata que, uma vez testados em condições reias de produção, possam se transformar em novas cultivares, com qualidade superior às disponíveis hoje no mercado. O outro objetivo do projeto é gerar novos genitores, que agreguem boas características agronômicas à resistência a doenças, para que possam ser utilizados no melhoramento no futuro..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Integrante / José Amauri Buso - Integrante / Carlos Alberto Lopes - Coordenador / Lazlo Márton - Integrante / Gilmar Paulo Henz - Integrante / Sieglinde Brune - Integrante / Arione da Silva Pereira - Integrante / Odone Bertoncini - Integrante / Élcio Hirano - Integrante / Alice Maria Quezado Soares - Integrante / Antônio Carlos de Ávila - Integrante / Antônio Carlos Torres - Integrante / Félix Humberto França - Integrante / João Maria Charchar - Integrante / Nilceu Ricetti Xavier Nazareno - Integrante / Ossami Furumoto - Integrante / Zilmar Silva Souza - Integrante / Carlos Alberto Scotti - Integrante / Francisco José Becker Reifschneider - Integrante.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro / Instituto Agronômico do Paraná - Cooperação / Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina - Cooperação / Centro Internacional de la Papa - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 42
1994 - 1997
Obtenção de populações segregantes de batata para resistência a viroses (PVX, PVY e PLRV), Pseudomonas solanacearum, Phytophthora infestans e Meloidogyne spp.
Descrição: As instituições nacionais de pesquisa dos países do Cone Sul estabeleceram em 1982 um programa cooperativo de pesquisa em batata denominado PROCIPA. Em 1989 definiram-se as prioridades de pesquisa que casa instituição ficaria responsável por implementar. À Embrapa Hortaliças coube o desenvolvimento de populações segregantes para resistência múltipla a várias doenças de interesse comum, a saber: família B1 (resistência a vírus e nematóide-das-galhas), B2 (resistência a vírus, nematóide-das-galhas e murcha-bacteriana); B3 (resistência a vírus e murcha-bacteriana) e B4 (resistência a vírus e requeima)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Integrante / José Amauri Buso - Coordenador / Carlos Alberto Lopes - Integrante / André Nepomuceno Dusi - Integrante / Sieglinde Brune - Integrante / Antônio Carlos de Ávila - Integrante / Antônio Carlos Torres - Integrante / João Maria Charchar - Integrante / Nilceu Ricetti Xavier Nazareno - Integrante / Ossami Furumoto - Integrante / Carlos Alberto Scotti - Integrante.Financiador(es): Centro Internacional de la Papa - Auxílio financeiro / Instituto Agronômico do Paraná - Cooperação / Instituto Nacional de Investigación Agropecuária - Cooperação / Instituto Nacional de Investigación Agropecuária - Cooperação / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
1994 - 1997
Obtenção de plantas transgênicas de batata com resistência às viroses causadas pelo vírus PLRV, PVY e PVX
Descrição: A introdução no genoma vegetal de genes da capa proteica de partículas viróticas é uma estratégia eficiente empregada para conferir resistência a viroses em plantas que naturalmente seriam suscetíveis. Entretanto é necessário que os genes introduzidos se manifestem, garantindo não só sua expressão fenotípica, mas a possibilidade de distinção entre os indivíduos transformados e aqueles com genoma original pela sua reação aos patógenos em questão. Os objetivos deste trabalho são, mediante inoculações controladas, por via mecânica e por afídeos, (a) identificar plantas de batata que, uma vez submetidas transformadas com sucesso, mostrem-se resistentes a PVY e PLRV; (b) quantificar a resistência e; (c) avaliar a fidelidade dos indivíduos transformados aos padrões da cultivar original..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Integrante / André Nepomuceno Dusi - Integrante / Antônio Carlos de Ávila - Integrante / Antônio Carlos Torres - Integrante / Damares de Castro Monte - Coordenador / Magnólia Campos - Integrante / Maria da Imaculada Conceição Gama - Integrante / Eduardo Romano - Integrante / Diva Maria de Alencar Dusi - Integrante / Eliana Fontes - Integrante / Alejandro Mentaberry - Integrante.Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro / Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária - Cooperação / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 8
1992 - 1994
Produção de híbridos de repolho e couve-flor através de macho-esterilidade citoplasmática
Descrição: As brássicas, entre elas o repolho (Brassica oleracea var. capitata) e a couve-flor (Brassica oleracea var. botrytis) estão entre as primeiras plantas em que a produção de híbridos foi explorada comercialmente. Isto porque, no final da década de 40, o sistema genético de auto-incompatibilidade presente nesta família de plantas foi identificado e completamente compreendido. A presença de alelos S (de auto-incompatibilidade) semelhantes no pólen e no óvulo impedem a autofecundação. Com isso, foram selecionadas linhagens com alelos S distintos que, quando colocadas lado a lado em campo, produziam apenas sementes híbridas. O sistema de produção de híbridos em repolho e couve-flor através de auto-incompatibilidade é muito eficiente e até hoje largamente utilizado. Porém, o sistema é lento porque necessita que sejam desenvolvidas linhagens altamente homozigotas, o que é obtido apenas através de vários ciclos de autofecundações manuais, feitas em condições controladas que atenuem ou eliminem a auto-incompatibilidade. Com isso, as plantas sofrem forte depressão por endogamia e a quantidade de sementes produzida é sempre baixa. Uma alternativa para a produção de sementes híbridas é a utilização de macho-esterilidade citoplasmática. Na década de 70, genes de Brassica oleracea foram introgredidos no citoplasma macho-estéril Ogura, de rabanete (Raphanus sativus). Desde então, o sistema macho-estéril Ogura tem sido trabalhado nas Brassicas. O sistema é eficiente e estável na produção de plantas de Brassica oleracea macho-estéreis e permite a utilização de linhagens com menor número de autofecundações para produção dos híbridos. Com isso, diminui-se o tempo necessário para a obtenção das linhagens e reduz-se as dificuldades com a depressão por endogamia. Porém, é preciso selecionar as linhagens macho-estéreis para que não haja incongruidade entre genes e citoplasma..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Integrante / Leonardo de Britto Giordano - Coordenador / Norberto Silva - Integrante.Financiador(es): Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Cooperação / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 11
1992 - 1994
Desenvolvimento de haploides em Brassica oleracea
Descrição: Híbridos são utilizados comercialmente em Brássicas já há vários anos, graças ao sistema de auto-incompatibilidade genética presente nessa família de plantas. Para obter as sementes híbridas porém, é preciso obter primeiro linhagens com alto nível de homozigose. Para obter estas linhagens é preciso submeter as plantas a vários ciclos de autofecundação, o que torna o processo longo e caro, uma vez que as autofecundações devem ser feitas manualmente e, preferencialmente em condições controladas, para atenuar a barreira da auto-incompatibilidade. Além disso, com as autofecundações sucessivas, as plantas vão sofrendo forte depressão por endogamia e a produção de sementes homozigotas é menor a cada ciclo. Uma alternativa para obter rapidamente um grande número de linhagens homozigotas é a duplicação cromossômica de plantas haploides, obtidas pelo cultivo in vitro de microsporos ou de anteras inteiras. O cultivo de microsporos já é utilizado em várias espécies para esta finalidade, sendo que em alguns casos, já há híbridos comerciais obtidos através do cruzamento de linhagens di-haplóides..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Coordenador / Cláudia Silva da Costa Ribeiro - Integrante.Financiador(es): Japan International Cooperation Agency - Auxílio financeiro / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
1992 - 1994
Melhoramento de couve-brócolos
Descrição: A couve-brócolos (Brassica oleracea var. italica) é uma hortalica bastante apreciada no Brasil, cuja popularidade e importância tem crescido ano após ano. Há dois tipos de couve-brócolos utilizados comercialmente: a couve-brócolos do tipo ramoso e a couve-brócolos de cabeça-única. No Brasil, o tipo ramoso é o mais conhecido e representa quase a totalidade da couve-brócolos comercializada in natura. Já a couve-brócolos de cabeça-única é utilizada para congelamento, sendo comercializada em floretes branqueados e congelados. A couve-brócolos do tipo ramoso apresenta bom valor de mercado, especialmente durante a época quente e chuvosa, quando a sua produção é dificultada pela falta de cultivares adaptadas. Já a couve-brócolos de cabeça-única é comercializada diretamente para as companhias congeladoras. As cultivares utilizadas são híbridas e toda a semente é importada. Neste projeto, os objetivos são desenvolver materiais de couve-brócolos do tipo ramoso que possibilitem a normalização da oferta durante todo o ano e que apresentem qualidade superior à das cultivares existentes no mercado. Em relação à couve-brócolos de cabeça única, o objetivo é obter linhagens que apresentem boa capacidade de combinação para qualidade de cabeça (granulometria reduzida) e adaptação às condições brasileiras de cultivo para que, futuramente, possamos produzir um híbrido brasileiro..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Coordenador.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 7
1991 - 1994
Identificação de fontes de resistência à traça-das-crucíferas em Brassica oleracea
Descrição: A traça-das-crucíferas (Plutella xylostella) é seguramente a praga que causa maior dano às lavouras de couve-brócolos, couve-flor e repolho. De ciclo bastante curto e alto potencial de infestação, a traça-das-crucíferas é controlada principalmente pelo uso de inseticidas. Porém, o inseto é capaz de muito rapidamente adquirir resistência aos princípios ativos. Além disso, o custo do controle químico pode inviabilizar as lavouras de repolho, uma hortaliça de baixo valor de mercado. Em repolho há ainda o agravante de que, devido à arquitetura da planta, as larvas encontram um abrigo seguro contra a calda inseticida nas folhas centrais. Além disso, como a hortaliça é consumida crua, não é possível utilizar inseticidas nos 10 dias que precedem a colheita, o que favorece a explosão populacional da praga. Não se conhece resistência em Brassica oleracea à traça-das-crucíferas. Porém, observa-se em campo que alguns genótipos sofrem menos danos que outros. A identificação e estudo desses genótipos pode contribuir para o desenvolvimento de cultivares que possam ser incluídas em um programa eficiente de manejo da praga..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Coordenador / Marina Castelo Branco - Integrante.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 7
1991 - 1994
Avaliação de clones de batata com resistência ao vírus-do-enrolamento-das-folhas (PLRV), imunidade ao vírus Y (PVY) e X (PVX) da batata e adaptação às condições de cultivo do Centro-Oeste
Descrição: Os vírus de batata de maior importância no Brasil são os vírus do enrolamento-das-folhas da batata (PLRV) e o vírus Y da batata (PVY). Ambos têm papel importante na degenerescência da batata-semente e na redução da produtividade dos campos de batata-consumo. A degenerescência por vírus é consequência do uso continuado, em gerações sucessivas, de batata-semente obtida em plantios anteriores, sendo especialmente pronunciada quando se utiliza batata-semente oriunda de campos onde há multiplicação e disseminação de afídeos vetores durante o ano todo, como é o caso na maioria das regiões produtoras de batata-consumo no país. O uso de cultivares resistentes tem sido considerado uma das melhores e mais viáveis possibilidades para o controle de viroses em batata, especialmente quando a produção de batata-semente certificada não é suficiente para atender toda a demanda e/ou quando as condições climáticas são favoráveis à disseminação constante de viroses via afídeos vetores. Considerando-se as características da produção de batata no país, ou seja (1) o uso de apenas 33% de batata-semente certificada do volume total necessário de batata-semente; (2) a presença de afídeos virulíferos praticamente durante o ano todo; (3) a utilização de algumas cultivares com alta degenerescência e (4) o elevado custo da batata-semente no custo total de produção; torna-se necessário o desenvolvimento de cultivares que apresentem níveis adequados de resistência a PLRV e PVY. Entretanto, para que materiais resistentes a viroses tornem-se efetivos no processo produtivo, é essencial que apresentem as qualidades agronômicas e comerciais dos tubérculos que o público brasileiro se acostumou a encontrar nas cultivares hoje em uso no país. Assim, torna-se necessário que, além da avaliação da resistência a viroses, clones de programas de melhoramento sejam avaliados também para produtividade e qualidade dos tubérculos, em condições reais de produção..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Integrante / José Amauri Buso - Coordenador / Sieglinde Brune - Integrante / Antônio Carlos de Ávila - Integrante / Antônio Carlos Torres - Integrante / Fernando Antônio dos Reis Filgueira - Integrante / Nei Peixoto - Integrante.Financiador(es): Agência Goiana de Desenvolvimento Rural e Fundiário - Cooperação / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 6
1989 - 1993
Seleção de clones de batata com resistência ao vírus-do-enrolamento-das-folhas (PLRV)
Descrição: As viroses estão entre as principais dificuldades enfrentadas pelos produtores de batata em todo o mundo. Entre as viroses de maior importância no Brasil, encontra-se o enrolamento-das-folhas da batata, causado por PLRV. O enrolamento-das-folhas tem papel importante na degenerescência da batata-semente e na redução da produtividade dos campos de batata para consumo. Não existem muitas medidas eficientes de controlar as viroses em batata. Entre as poucas opções, o uso de cultivares resistentes tem sido considerado uma das melhores e mais viáveis possibilidades, especialmente quando a produção de batata-semente certificada não é suficiente para atender a toda a demanda e/ou quando as condições climáticas são favoráveis à disseminação constante das viroses via afídeos vetores. A Embrapa, através do Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças, desenvolve, em parceria com o 'Centro Internacional de la Papa', um programa de melhoramento de batata para resistência a PLRV em que fontes de resistência são cruzadas com cultivares de batata ou clones avançados de S. tuberosum. No primeiro ano são feitos cruzamentos, no segundo ano é feita uma seleção em fase de plântulas para resistência a PVY e, do terceiro ao sexto ano, sem submeter a batata-semente à limpeza de vírus, são feitas avaliações em campo, tanto de viroses quanto de outras características, como produtividade, por exemplo. Tubérculos dos clones selecionados no sexto ano são então submetidos à limpeza de vírus através de cultura de meristemas, passando-se em seguida para a produção de tubérculos pré-básicos. Esses tubérculos são posteriormente utilizados em experimentos específicos que objetivam avaliar a progressão da infecção por viroses ao longo de três anos de exposição ao campo, sob severa pressão de inóculo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Integrante / José Amauri Buso - Coordenador / André Nepomuceno Dusi - Integrante / Sieglinde Brune - Integrante / Antônio Carlos de Ávila - Integrante.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro / Centro Internacional de la Papa - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 6
1989 - 1993
Avaliação de germoplasma de batata para resistência a viroses e a pinta-preta (Alternaria solani)
Descrição: A pinta-preta em batata, doença causada pelo fungo Alternaria solani, traz bastante prejuízo aos agricultores principalmente quando no local de cultivo as condições climáticas são próprias ao desenvolvimento do fungo. Isto é o que acontece no Planalto Central durante o período chuvoso, onde a alta umidade do ar aliada a temperaturas elevadas favorecem a ocorrência da doença. Além da pinta-preta, a ocorrência de viroses é também um importante fator de pressão sobre a produtividade e a qualidade dos tubérculos. Entre as viroses, o enrolamento-das-folhas e o mosaico são as de maior importância. Ambas aceleram a degenerescência dos tubérculos-sementes, obrigando o produtor a renová-los com frequência, o que onera de forma significativa o seu custo de produção. A obtenção de genótipos resistentes à pinta-preta e às viroses é bastante interessante. No caso da pinta-preta, a utilização de cultivares resistentes elimina a necessidade de pulverizações preventivas para controle da doença. No caso das viroses, a utilização de cultivares resistentes permitem que o produtor faça um maior número de ciclos antes de voltar a renovar seus tubérculos-sementes. Em ambos os casos, resistência a pinta-preta e a viroses, há redução nos custos de produção. Além da obtenção de genótipos resistentes, é vantajoso selecionar aqueles que apresentem precocidade e tipo de tubérculo com características próprias à comercialização..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Integrante / José Amauri Buso - Integrante / Carlos Alberto Lopes - Integrante / Sieglinde Brune - Coordenador / Francisco José Becker Reifschneider - Integrante.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro / Centro Internacional de la Papa - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
1989 - 1993
Avaliação de germoplasma de batata para características comerciais e resistência a murcha-bacteriana (Pseudomonas solanacearum)
Descrição: A murcha-bacteriana, dentre todas as doenças que atacam a batata, pode ser a mais limitante ao sucesso dos plantios se as condições forem favoráveis ao desenvolvimento da bactéria. A doença é citada como a responsável pelo maior número de condenações de campos de sementes. As plantas infectadas com Pseudomonas solanacearum mostram-se inicialmente sem sintomas. Com o progredir da doença as plantas apresentam murcha nas horas mais quentes do dia, permanecendo porém verdes. Em estádios mais avançados, a murcha torna-se permanente e a planta termina por morrer, muitas vezes não apresentando produção alguma. Quando as plantas conseguem produzir tubérculos, é muito provável que estes estejam contaminados pela bactéria e passem então a funcionar como agentes disseminadores da doença, caso sejam plantados em solo não contaminado. Tubérculos infectados apresentam também, vida pós-colheita reduzida e quase sempre apodrecem durante o armazenamento. Não existem genótipos altamente resistentes, mas existe grande diferença entre a suscetibilidade dos materiais. A cultivar Achat pode ser considerada a mais resistente, ainda que não consiga sobreviver à murcha quando as condições são favoráveis à doença. Pela agressividade da doença, os genótipos de batata a serem utilizados no Brasil devem apresentar algum nível de resistência à doença. Qualquer genótipo que apresente alta suscetibilidade terá bastante dificultada a sua aceitação comercial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Integrante / José Amauri Buso - Integrante / Carlos Alberto Lopes - Coordenador / Alice Maria Quezado Soares - Integrante.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
1989 - 1993
Melhoramento de batata
Descrição: A produção brasileira de batata ultrapassa hoje a casa de dois milhões de toneladas, sendo a área plantada de 110 mil hectares. Algumas poucas cultivares, todas estrangeiras, respondem pela maioria dessa produção. Assim, existe um grande desafio aos programas nacionais de melhoramento para desenvolvimento de materiais superiores, melhor adaptados às condições de cultivo no país. Soma-se a isto, a crescente demanda do setor produtivo por cultivares com finalidades específicas, como para o processamento, por exemplo, o que é prática corrente em países com larga tradição no cultivo de batata. Prova disso é a importância que a cultivar canadense Atlantic, específica para produção de fatias fritas, apresenta na bataticultura brasileira. O programa de melhoramento de batata do Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças, da EMBRAPA, vem obtendo, ano após ano, clones avançados que sistematicamente têm sido avaliados em locais representativos para o sistema brasileiro de produção de batata..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo Eduardo de Melo - Integrante / José Amauri Buso - Coordenador / Albano Salustiano Pereira - Integrante / Carlos Alberto Lopes - Integrante / Rafael Eurides Jabuonski - Integrante / André Nepomuceno Dusi - Integrante / Sieglinde Brune - Integrante / Odone Bertoncini - Integrante / Antônio Carlos Torres - Integrante / João Maria Charchar - Integrante / Nilceu Ricetti Xavier Nazareno - Integrante / Zilmar Silva Souza - Integrante / Carlos Alberto Scotti - Integrante.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro / Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina - Cooperação / Instituto Agronômico do Paraná - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 8


Membro de corpo editorial


2006 - Atual
Periódico: Horticultura Brasileira
1991 - 1998
Periódico: Horticultura Brasileira


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Capacitação em Agricultura Tropical.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia/Especialidade: Melhoramento Vegetal.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Vegetal.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Genômica.
5.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia/Especialidade: Manejo e Tratos Culturais.
6.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia/Especialidade: Agricultura Orgânica.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2012
Avaliação e Premiação por Resultados - Premiação por Excelência, Embrapa.
1997
Indicação do governo brasileiro para concorrer ao prêmio "Galardão Interamericano de Agricultura", categoria Pesquisador Junior, Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura - IICA.
1992
Prêmio "Sociedade de Olericultura do Brasil", para o trabalho "Influência do Citoplasma Ogura em Híbridos de Repolho", Sociedade de Olericultura do Brasil.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
PEREIRA, ARIONE DA S2010PEREIRA, ARIONE DA S ; BERTONCINI, Odone ; CASTRO, CAROLINE M ; MELO, PAULO EDUARDO DE ; MEDEIROS, CARLOS ALBERTO B ; HIRANO, Élcio ; GOMES, CÉSAR B ; TREPTOW, ROSA O ; LOPES, Carlos Alberto ; NAZARENO, NILCEU XR ; MACHADO, CRISTINA MARIA M ; BUSO, José Amauri ; OLIVEIRA, ROBERTO P DE ; UENO, Bernardo . BRS Ana: cultivar de batata de duplo propósito. Horticultura Brasileira (Impresso), v. 28, p. 500-505, 2010.

2.
ÁVILA, Antônio Carlos de2009 ÁVILA, Antônio Carlos de ; MELO, P.E. de ; LEITE, L. R. ; NAGATA, Alice Kazuko Inoue . Ocorrência de vírus em batata em sete estados do Brasil. Horticultura Brasileira (Impresso), v. 27, p. 490-497, 2009.

3.
DUSI, André Nepomuceno2009DUSI, André Nepomuceno ; Oliveira CL ; MELO, P.E. de ; TORRES, Antônio Carlos . Resistance of genetically modified potatoes to the Potato Virus Y under field conditions. Pesquisa Agropecuária Brasileira (1977. Impressa), v. 44, p. 1127-1130, 2009.

4.
Visser, Richard G. F.2009 Visser, Richard G. F. ; Bachem, Christian W. B. ; Boer, Jan M. ; Bryan, Glenn J. ; Chakrabati, Swarup K. ; Feingold, Sergio ; Gromadka, Robert ; Ham, Roeland C. H. J. ; Huang, Sanwen ; Jacobs, Jeanne M. E. ; Kuznetsov, Boris ; Melo, Paulo E. ; Milbourne, Dan ; Orjeda, Gisella ; Sagredo, Boris ; Tang, Xiaomin . Sequencing the Potato Genome: Outline and First Results to Come from the Elucidation of the Sequence of the World s Third Most Important Food Crop. American Journal of Potato Research, v. 86, p. 417-429, 2009.

5.
KHRUSTALEVA, Ludmila Ivanova2005 KHRUSTALEVA, Ludmila Ivanova ; MELO, P.E. de ; HEUSDEN, Adrian W Van ; KIK, Chris . The integration of recombination and physical maps in a large-genome monocot using haploid genome analysis in a tri-hybrid Allium population. Genetics (Austin, Tex.), v. 169, n.3, p. 1673-1685, 2005.

6.
MELO, P.E. de;MELO, PE de;MELO, P.E.;MELO, PE;de MELO, P.E.;de MELO, PE;Melo, Paulo E.;MELO, PAULO EDUARDO DE;Melo PE de2002MELO, P.E. de; PEIXOTO, Nei ; FILGUEIRA, Fernando Antônio dos Reis ; BUSO, José Amauri ; MONTEIRO, Jair D ; BRAZ, Leila Trevisan ; PURQUERIO, Luís F V ; HAMASAKI, Roberto I . Seleção de clones de batata para microclimas de altitude no Planalto Central. Horticultura Brasileira, Brasília - DF, v. 20, n.3, p. 438-441, 2002.

7.
BRUNE, Sieglinde2001BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de . Método rápido de avaliação do esverdeamento em tubérculos de batata. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília - DF, v. 36, n.5, p. 809-814, 2001.

8.
ROMANO, Eduardo2001ROMANO, Eduardo ; FERREIRA, Adriana Teixeira ; DUSI, André Nepomuceno ; PROITE, Karina ; BUSO, José Amauri ; ÁVILA, Antônio Carlos de ; NISHIJIMA, Marta ; Almonacid-BRAVO, Fernando ; MENTABERRY, Alejandro ; MONTE, Damares de Castro ; CAMPOS, Magnólia de Araújo ; MELO, P.E. de ; TORRES, Antônio Carlos . Extreme resistance to two Brazilian strains of potato virus Y (PVY) in transgenic potato, cultivar Achat, expressing the PVY coat protein. Horticultura Brasileira (Impresso), Brasília - DF, v. 19, n.2, p. 118-122, 2001.

9.
MELO, P.E. de;MELO, PE de;MELO, P.E.;MELO, PE;de MELO, P.E.;de MELO, PE;Melo, Paulo E.;MELO, PAULO EDUARDO DE;Melo PE de1999MELO, P.E. de; GIORDANO, Leonardo de Britto de . Ramoso de Brasília: nova cultivar de couve-brócolos. Horticultura Brasileira, BRASILIA, DF, v. 17, n.2, p. 173-174, 1999.

10.
BRUNE, Sieglinde1999BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; ÁVILA, Antônio Carlos de . Novas progênies de batata imunes a PVY e PVX e resistentes a pinta-preta. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 17, n.2, p. 173-174, 1999.

11.
BRUNE, Sieglinde1998BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; ÁVILA, Antônio Carlos de . Embrapa/CIP-PP018 e Embrapa/CIP-PP039: novos clones de batata resistentes a pinta-preta, 1997. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 16, n.1, p. 90-91, 1998.

12.
LIMA, Mirtes Freitas1997LIMA, Mirtes Freitas ; LOPES, Carlos Alberto ; MELO, P.E. de . Utilização de folhas enraizadas para selecao de genótipos de batata com resistência à murcha-bacteriana. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 15, n.2, p. 108-111, 1997.

13.
MELO, P.E. de;MELO, PE de;MELO, P.E.;MELO, PE;de MELO, P.E.;de MELO, PE;Melo, Paulo E.;MELO, PAULO EDUARDO DE;Melo PE de1996MELO, P.E. de. Selecao de Genotipos de Batata No Estadio de Plantulas Para Resistencia A Murcha-Bacteriana. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 31, n.4, p. 249-257, 1996.

14.
MELO, P.E. de;MELO, PE de;MELO, P.E.;MELO, PE;de MELO, P.E.;de MELO, PE;Melo, Paulo E.;MELO, PAULO EDUARDO DE;Melo PE de1996MELO, P.E. de. Tratamento Quimico de Mudas de Mandioquinha-Salsa. Horticultura Brasileira, v. 14, n.2, p. 207-210, 1996.

15.
MELO, P.E. de;MELO, PE de;MELO, P.E.;MELO, PE;de MELO, P.E.;de MELO, PE;Melo, Paulo E.;MELO, PAULO EDUARDO DE;Melo PE de1995MELO, P.E. de; PESSOA, H. S. B. V. . Producao de Sementes Geneticas de Repolho (Brassica Oleracea Var. Capitata) Cv. Uniao. Informativo Abrates, v. 5, n.1, p. 74-81, 1995.

16.
MELO, P.E. de;MELO, PE de;MELO, P.E.;MELO, PE;de MELO, P.E.;de MELO, PE;Melo, Paulo E.;MELO, PAULO EDUARDO DE;Melo PE de1994MELO, P.E. de; GIORDANO, Leonardo de Britto de . Effect Of Ogura Male Sterile Cytoplasm On The Performance Of Cabbage Hybrid Variety. II. Commercial characteristics. Euphytica (Wageningen), The Netherlands, v. 78, p. 149-154, 1994.

17.
MELO, P.E. de;MELO, PE de;MELO, P.E.;MELO, PE;de MELO, P.E.;de MELO, PE;Melo, Paulo E.;MELO, PAULO EDUARDO DE;Melo PE de1994MELO, P.E. de. Resistencia A Alternaria Solani, Caracteristicas Comerciais e Caracteristicas de Fritura Em Clones de Batata. Horticultura Brasileira, v. 12, n.2, p. 125-130, 1994.

18.
MELO, P.E. de;MELO, PE de;MELO, P.E.;MELO, PE;de MELO, P.E.;de MELO, PE;Melo, Paulo E.;MELO, PAULO EDUARDO DE;Melo PE de1994MELO, P.E. de. Resistencia de Cultivares de Repolho A Xanthomonas Campestris Pv. Campestris. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 29, n.9, p. 1411-1415, 1994.

19.
MELO, P.E. de;MELO, PE de;MELO, P.E.;MELO, PE;de MELO, P.E.;de MELO, PE;Melo, Paulo E.;MELO, PAULO EDUARDO DE;Melo PE de1994MELO, P.E. de. Avaliacao de Genotipos de Repolho Para Resistencia A Traca-Das- Cruciferas. Horticultura Brasileira, v. 12, n.1, p. 19-24, 1994.

20.
MELO, P.E. de;MELO, PE de;MELO, P.E.;MELO, PE;de MELO, P.E.;de MELO, PE;Melo, Paulo E.;MELO, PAULO EDUARDO DE;Melo PE de1994MELO, P.E. de; LOPES, Carlos Alberto ; SOARES, Alice Maria Quezado . Differential Resistance Of Tomato Cultigens To Biovars I And Iii Of Pseudomonas Solanacearum. Plant Disease, USA, v. 76, n.1-2, p. 1091-1094, 1994.

21.
MELO, P.E. de;MELO, PE de;MELO, P.E.;MELO, PE;de MELO, P.E.;de MELO, PE;Melo, Paulo E.;MELO, PAULO EDUARDO DE;Melo PE de1994MELO, P.E. de; GIORDANO, Leonardo de Britto de . Effect Of Ogura Male Sterile Cytoplasm On The Performance Of Cabbage Hybrid Variety. I. Vegetative Characteristics. Euphytica (Wageningen), The Netherlands, v. 76, n.1-2, p. 117-123, 1994.

22.
BRANCO, Marina Castelo1992BRANCO, Marina Castelo ; MELO, P.E. de . Avaliacao de inseticidas e bio-inseticidas no controle da traca-das-cruciferas no Distrito Federal. Horticultura Brasileira, Brasília - DF, v. 10, n.2, p. 116-117, 1992.

23.
GIORDANO, Leonardo de Britto de1991GIORDANO, Leonardo de Britto de ; MARQUES, Mônica Rodrigues Campelo. ; MELO, P.E. de . Estimativa da taxa de cruzamento natural em ervilhas em Brasilia - DF. Horticultura Brasileira, Brasília - DF, v. 9, n.2, p. 82-83, 1991.

24.
HENZ, Gilmar Paulo1991HENZ, Gilmar Paulo ; GIORDANO, Leonardo de Britto de ; MELO, P.E. de . Reacao de genótipos de repolho a Xanthomonas campestris pv campestris. Fitopatologia Brasileira, Brasília - DF, v. 16, n.1, p. 109-111, 1991.

25.
BRANCO, Marina Castelo1991BRANCO, Marina Castelo ; MELO, P.E. de ; GUIMARÃES, André L . Controle quimico da traca-das-cruciferas em repolho - 1990. Horticultura Brasileira, Brasília - DF, v. 9, n.1, p. 23-23, 1991.

26.
MELO, P.E. de;MELO, PE de;MELO, P.E.;MELO, PE;de MELO, P.E.;de MELO, PE;Melo, Paulo E.;MELO, PAULO EDUARDO DE;Melo PE de1989MELO, P.E. de; FARIA, Josias Correia de . Inoculação de feijão (Phaseolus vulgaris) com Xanthomonas campestris pv. phaseoli, em campo. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília - DF, v. 24, n.8, p. 987-990, 1989.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CASTELO-BRANCO, M. ; ALCÂNTARA, Flávia Aparecida de ; MELO, P.E. de . Hortas Comunitárias: o projeto Horta Urbana de Santo Antônio do Descoberto. 1. ed. Brasília: Embrapa, 2007. v. 1. 160p .

2.
MELO, P.E. de. The root systems of onion and Allium fistulosum in the context of organic farming: a breeding approach. Wageningen: Wageningen UR, 2003. v. 1. 127p .

3.
MELO, P.E. de; BRUNE, Sieglinde (Org.) . Memória do I Workshop Brasileiro de Pesquisa em Melhoramento de Batata. Brasília: Embrapa Hortaliças, 2000. v. 1. 101p .

Capítulos de livros publicados
1.
CASTELO-BRANCO, M. ; MELO, P.E. de ; ALCÂNTARA, Flávia Aparecida de . Agricultura familiar nas cidades: pesquisa e inclusão social por meio de um projeto de horta urbana. In: Ivan Sérgio Freire de Souza; José Renato Figueira Cabral. (Org.). Ciência como instrumento de inclusão social. 1ed.Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2009, v. 1, p. 145-165.

2.
MELO, P.E. de; HENZ, Gilmar Paulo . Escolha das Hortaliças. In: Gilmar Paulo Henz; Flávia Aparecida de Alcântara. (Org.). Hortas. 1ed.Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2009, v. 01, p. 80-91.

3.
MELO, P.E. de; CASTELO-BRANCO, M. . O projeto Horta Urbana de Santo Antônio do Descoberto: o município, as famílias e as hortaliças. In: Castelo Branco M; Alcântara FA de; Melo PE de. (Org.). Hortas Comunitárias: o projeto Horta Urbana de Santo Antônio do Descoberto. 1ed.Brasília: Embrapa, 2007, v. 1, p. 25-41.

4.
de MELO, P.E.. Melhoramento Genético. In: Gilmar Paulo Henz; Flávia Aparecida de Alcântara; Francisco Vilela Resende. (Org.). Produção Orgânica de Hortaliças. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2007, v. , p. 247-262.

5.
VILLAS-BÔAS, Geni Litvin ; MELO, P.E. de ; CASTELO-BRANCO, M. ; GIORDANO, Leonardo de Britto de ; MELO, Werito Fernandes de . Desenvolvimento de um modelo de produção integrada de tomate-indústria - PITI. In: Zambolim L; Lopes CA; Picanço MC; Costa H.. (Org.). Manejo integrado de doenças e pragas: hortaliças. 1ed.Viçosa: UFV/Embrapa Hortaliças, 2007, v. , p. 349-362.

6.
FONTES, E. G. ; MELO, P.E. de . Avaliação de riscos na liberacao de plantas transgênicas no ambiente. In: Antônio Carlos Torres; Linda Caldas; José Amauri Buso. (Org.). Técnicas e aplicações da biologia celular e molecular em plantas. Brasília: Embrapa Serviço de Produção de Informação / Embrapa Hortaliças, 1999, v. 2, p. 815-843.

7.
LOPES, Carlos Alberto ; SOARES, Alice Maria Quezado ; BUSO, José Amauri ; MELO, P.E. de . Breeding for resistance to bacterial wilt of potatoes in Brazil. In: P Prior; C Allen; J Elphinstone. (Org.). Bacterial wilt disease. Paris: INRA, 1998, v. , p. 290-293.

8.
MELO, P.E. de; BUSO, José Amauri . Principais cultivares. In: Carlos Alberto Lopes; José Amauri Buso. (Org.). Cultivo da batata (Solanum tuberosum L.). Brasília: Embrapa Hortaliças, 1997, v. , p. 4-8.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
DUSI, André Nepomuceno ; MELO, P.E. de . Batata transgênica no Brasil e no mundo. Batata Show, Itapetininga - SP, , v. 10, p. 19 - 19, 01 nov. 2004.

2.
LOPES, Carlos Alberto ; SOARES, Alice Maria Quezado ; FURUMOTO, Ossami ; BUSO, José Amauri ; MELO, P.E. de ; SOUZA, Zilmar Silva ; DUARTE, Valmir ; LIMA NETO, Artur Ferreira . Seleção de clones de batata para resistência à murcha-bacteriana. Batata Show, Itapetininga - SP, , v. 10, p. 9 - 10, 01 nov. 2004.

3.
MELO, P.E. de; PEREIRA, Arione da Silva . Melhoramento genético de batata na Embrapa. Batata Show, Itapetininga - SP, , v. 9, p. 19 - 20, 01 set. 2004.

4.
SOARES, Alice Maria Quezado ; LOPES, Carlos Alberto ; BUSO, José Amauri ; MELO, P.E. de . Evaluation in Brazil of potato clones resistant to bacterial wilt in the Philippines. Bacterial Wilt Newsletter, Canberra, , v. 14, p. 1 - 3.

5.
TORRES, Antônio Carlos ; FERREIRA, Adriana Teixeira ; MELO, P.E. de . Liberação experimental em campo de clones transgênicos de batata com resistência a vírus. ABCTP Notícias, Brasília, , v. 30, p. 2 - 3.

6.
MELO, P.E. de. Cultivares de batata potencialmente úteis para fritura e condições de cultivo para obtenção de tubérculos adequados. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, , v. 20, p. 112 - 119.

7.
TORRES, Antônio Carlos ; FERREIRA, Adriana Teixeira ; MELO, P.E. de ; ROMANO, Eduardo ; CAMPOS, Magnólia de Araújo ; PETERS, José A ; BUSO, José Amauri ; MONTE, Damares de Castro . Batata transgênica: plantas transgênicas de batata Achat resistentes ao vírus do mosaico (PVY). BioTecnologia Ciência & Desenvolvimento, , v. 2, p. 74 - 77.

8.
MELO, P.E. de; BRUNE, Sieglinde ; LIMA, Paulo Fernando S . Batata: quanto mais seca, melhor. Cultivar Hortaliças e Frutas, Pelotas, , v. 8, p. 6 - 8.

9.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de . Produção comprometida: as viroses, um dos mais importantes grupos de doenças da batata, ocasionam, em casos mais severos, perdas superiores a 80% de produtividade. Cultivar Hortaliças e Frutas, Pelotas, , v. 13, p. 6 - 8.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MELO, P.E. de; GIORDANO, Leonardo de Britto de . Produção de sementes de couve-brócolos. In: VII Curso sobre Tecnologia de Produção de Sementes de Hortaliças, 2007, Brasília. Palestras do VII Curso sobre Tecnologia de Produção de Sementes de Hortaliças. Brasília: Embrapa Hortaliças, 2007.

2.
BUSO, José Amauri ; MELO, P.E. de ; LOPES, Carlos Alberto ; FURUMOTO, Ossami ; BRUNE, Sieglinde ; SOARES, Alice Maria Quezado ; FRANÇA, Félix Humberto ; TORRES, Antônio Carlos ; MOITA, Antônio Williams ; CHARCHAR, João Maria . Melhoramento genético de batata na Embrapa Hortaliças. In: I Workshop Brasileiro de Pesquisa em Melhoramento de Batata, 2000, Londrina. Memória. Brasília: Embrapa Hortaliças, 1996. p. 44-63.

3.
MELO, P.E. de; YORINORI, Newton . Apresentação das instituições e temas técnicos: comentários e apartes. In: I Workshop Brasileiro de Pesquisa em Melhoramento de Batata, 2000, Londrina. Memória. Brasília: Embrapa Hortaliças, 1996. p. 81-108.

4.
LOPES, Carlos Alberto ; SOARES, Alice Maria Quezado ; BUSO, José Amauri ; MELO, P.E. de . Breeding for resistance to bacterial wilt of potatoes in Brazil. In: II International Bacterial Wilt Symposium, 1997, Guadeloupe. Book of abstracts. Guadeloupe, 1997. p. 82.

5.
MELO, P.E. de. Aptidão de cultivares de batata para consumo in natura e para processamento. In: I Seminário de Atualização da Cultura da Batata, 1997, Santa Maria. Anais. Santa Maria: Universidade Federal de Santa Maria, 1997. p. 27-38.

6.
BUSO, José Amauri ; MELO, P.E. de . Produção e uso de batata-semente no Brasil: histórico e perspectivas. In: III Jornada Tecnicas de Papa Semilla, 1996, Malargue. Programa y Conferencias. Malargue: INTA/APSPM, 1996. p. 55-60.

7.
MELO, P.E. de. Analise de Crescimento de Batata Em Brasilia.. In: I SEMINARIO LATINO AMERICANO DA CULTURA DA BATATA, 1995, Curitiba. CURITIBA, PR, 1995. p. 0-0.

8.
MELO, P.E. de. Sistema de Selecao Em Campo de Clones de Batata Com Resistencia A Murcha-Bacteriana.. In: I SEMINARIO LATINO-AMERICANO DA CULTURA DA BATATA, 1995. CURITIBA, PR. p. 0-0.

9.
MELO, P.E. de. Resistencia de Genotipos de Batata A Alternaria Solani.. In: I SEMINARIO LATINO-AMERICANO DA CULTURA DA BATATA, 1995. CURITIBA, PR. p. 0-0.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ESCHEMBACK, V. ; KAWAKAMI, J. ; MELO, P.E. de . Descrição morfológica de tubérculos e desempenho produtivo de clones de batata da Embrapa Hortaliças. In: Congresso Brasileiro de Olericultura, 2012, Salvador. Horticultura Brasileira - CD ROM. Salvador: Associação Brasileira de Horticultura, 2012. v. 30. p. S4545-s4551.

2.
ESCHEMBACK, V. ; KAWAKAMI, J. ; MELO, P.E. de . Resistência ao esverdeamento de clones e cultivares de batata do programa de melhoramento da Embrapa Hortaliças. In: Congreso de La Asociación Latino Americana de la Papa (ALAP), 2012, Uberlândia. Não há, 2012.

3.
MELO, P.E. de; BRUNE, Sieglinde ; PEREIRA, Arione da Silva . Seleção simultânea em batata nos sistemas convencional e agroecológico. In: IV Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas, 2007, São Lourenço. IV Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. Lavras: Sociedade Brasileira de Melhoramento de Plantas, 2007.

4.
MELO, P.E. de; BRUNE, Sieglinde ; BUSO, José Amauri ; ÁVILA, Antônio Carlos de . Produtividade e qualidade de tubérculos de clones de batata resistentes a viroses. In: IV Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas, 2007, São Lourenço. IV Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. Lavras: Sociedade Brasileira de Melhoramento de Plantas, 2007.

5.
BRANCO, Marina Castelo ; MELO, P.E. de ; ALCÂNTARA, Flávia Aparecida de . Agricultura urbana: custos e importância das preferências familiares. In: XLVI Congresso Brasileiro de Olericultura, 2006, Goiânia, Goiás. Horticultura Brasileira - CD ROM. Goiânia: Associação Brasileira de Horticultura. v. 24. p. 330-333.

6.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; REIS, Ailton . Características de resistência à pinta-preta em genótipos de batata. In: XLVI Congresso Brasileiro de Olericultura, 2006, Goiânia, Goiás. Horticultura Brasileira - CD ROM. Goiânia: Associação Brasileira de Horticultura. v. 24. p. 688-691.

7.
PEREIRA, Arione da Silva ; BERTONCINI, Odone ; NAZARENO, Nilceu Ricetti Xavier ; HIRANO, Élcio ; MELO, P.E. de ; BUSO, José Amauri ; VENDRUSCOLO, João Luís ; CHOER, Eva ; SOUZA, Velci Q de . Avaliação regional de clones avançados de batata. In: XLIV Congresso Brasileiro de Olericultura, 2004, Campo Grande. Horticultura Brasileira (Impresso). Campo Grande: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2004. v. 22. p. 116.

8.
BRUNE, Sieglinde ; REIS, Ailton ; MELO, P.E. de . Resistência de genótipos de batata à pinta-preta em campo. In: XLIV Congresso Brasileiro de Olericultura, 2004, Campo Grande. Horticultura Brasileira (Impresso). Campo Grande: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2004. v. 22.

9.
BRUNE, Sieglinde ; REIS, Ailton ; MELO, P.E. de . Seleção de genótipos de batata com resistência a viroses e tubérculos adequados à comercialização. In: XLIV Congresso Brasileiro de Olericultura, 2004, Campo Grande. Horticultura Brasileira (Impresso). Campo Grande: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2004. v. 22.

10.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de . Seleção de genótipos de batata para resistênicia ao mosaico e ao enrolamento-das-folhas e qualidade dos tubérculos. In: XLIII Congresso Brasileiro de Olericultura, 2003, Recife. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2003. v. 21.

11.
BRUNE, Sieglinde ; REIS, Ailton ; MELO, P.E. de . Resistência de clones de batata aos vírus do mosaico e do enrolamento-das-folhas. In: XLII Congresso Brasileiro de Olericultura, 2002, Uberlândia. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2002. v. 20.

12.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; REIS, Ailton . Decréscimo da produtividade da batatateira após sucessivas exposições a viroses. In: XLII Congresso Brasileiro de Olericultura, 2002, Uberlândia. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2002. v. 20.

13.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de . Seleção de genótipos de batata com resistência a pinta-preta e tubérculos comerciais. In: XLII Congresso Brasileiro de Olericultura, 2002, Uberlândia. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2002. v. 20.

14.
MELO, P.E. de; BRUNE, Sieglinde ; LIMA, Paulo Fernando S . Correlação entre o teor de matéria seca e peso específico de tubérculos de batata. In: XLI Congresso Brasileiro de Olericultura, 2001, Brasília. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2001.

15.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; BUSO, José Amauri . Produtividade de genótipos de batata em plantios sucessivos sem renovação dos tubérculos-sementes. In: XLI Congresso Brasileiro de Olericultura, 2001, Brasília. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2001.

16.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; BUSO, José Amauri . Incidência de viroses, produtividade e qualidade de tubérculos de clones de batata. In: VII Seminário Nacional de Batata-Semente, 2001, Uberlândia. Anais: resumos expandidos. Uberlândia: ABBA/UFU, 2001. p. 5-10.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BRANCO, Marina Castelo ; MELO, P.E. de ; ALCÂNTARA, Flávia Aparecida de . Agricultura urbana: custos e importância das preferências familiares. In: XLVI Congresso Brasileiro de Olericultura, 2006, Goiânia, Goiás. Horticultura Brasileira. Brasília: Associação Brasileira de Horticultura, 2006. v. 24. p. 144-144.

2.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; REIS, Ailton . Características de resistência à pinta-preta de genótipos de batata. In: XLVI Congresso Brasileiro de Olericultura, 2006, Goiânia, Goiás. Horticultura Brasileira. Brasília: Associação Brasileira de Olericultura. v. 24. p. 158-158.

3.
MELO, P.E. de; BRUNE, Sieglinde . Avaliação de esverdeamento em pós-colheita de tubérculos de batata. In: XLV Congresso Brasileiro de Olericultura, 2005, Fortaleza, 2005.

4.
GOMES, Marcela Campos ; VILLAS-BÔAS, Geni Litvin ; BUSO, José Amauri ; MELO, P.E. de . Avaliação de genótipos de melão para resistência a mosca-branca. In: XLV Congresso Brasileiro de Olericultura, 2005, Fortaleza, 2005.

5.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; REIS, Ailton . Seleção de genótipos de batata baseada no potencial produtivo e na finalidade de uso comercial dos tubérculos. In: XLV Congresso Brasileiro de Olericultura, 2005, Fortaleza, 2005.

6.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; REIS, Ailton . Desempenho de famílias clonais de batata para infeção pela pinta-preta. In: XLV Congresso Brasileiro de Olericultura, 2005, Fortaleza, 2005.

7.
MELO, P.E. de; BRANCO, Marina Castelo ; ALCÂNTARA, Flávia Aparecida de ; SANTOS, Rodrigo C . A produção para consumo próprio intensificou a diversidade de cultivos em uma horta urbana no entorno do Distrito Federal. In: XLV Congresso Brasileiro de Olericultura, 2005, Fortaleza.

8.
MELO, P.E. de; KHRUSTALEVA, Ludmila Ivanova ; HEUSDEN, Adrian W Van ; KIK, Chris . Integração entre os mapas físico e molecular de uma população de tri-híibrida de Allium através da análise do componente haplóide. In: III Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas, 2005, Gramado. Trabalhos apresentados no III Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. Passo Fundo: Embrapa Trigo, 2005.

9.
MELO, P.E. de; BRUNE, Sieglinde ; BUSO, José Amauri ; MACHADO, Cristina Maria Monteiro . Melhoramento de batata para qualidade interna e externa dos tubérculos. In: III Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas, 2005, Gramado. Trabalhos apresentados no III Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. Passo Fundo: Embrapa Trigo, 2005.

10.
BRANCO, Marina Castelo ; NOGUEIRA, Jorge Madeira ; MELO, P.E. de ; ALCÂNTARA, Flávia Aparecida de ; SANTOS, Rodrigo C . Agricultura urbana em um município do Entorno do Distrito Federal: o caso de Santo Antônio do Descoberto (GO). In: XLV Congresso Brasileiro de Olericultura, 2005, Fortaleza, 2005.

11.
ALCÂNTARA, Flávia Aparecida de ; BRANCO, Marina Castelo ; MELO, P.E. de ; SANTOS, Rodrigo C . Consórcio de milho e mucuna-anã visando o manejo sustentável do solo em área de agricultura urbana. In: Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2005, Recife, 2005.

12.
SANTOS, Marcelo Almeida dos ; SÁVIO, Karin Eleonora Oliveira ; BRANCO, Marina Castelo ; MELO, P.E. de ; ALCÂNTARA, Flávia Aparecida de ; SANTOS, Rodrigo C . A interferência do programa de horta comunitária na alimentação em famílias de Santo Antônio do Descoberto - GO. In: Congresso Brasileiro de Alimentos e Nutrição, 2005.

13.
BRUNE, Sieglinde ; REIS, Ailton ; MELO, P.E. de . Resistência de genótipo de batata à pinta-preta em campo. In: XLIV Congresso Brasileiro de Olericultura, 2004, Campo Grande. Horticultura Brasileira (Impresso). Campo Grande: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2004. v. 22. p. 357-357.

14.
PEREIRA, Arione da Silva ; BERTONCINI, Odone ; NAZARENO, Nilceu Ricetti Xavier ; HIRANO, Élcio ; MELO, P.E. de ; BUSO, José Amauri ; VENDRUSCOLO, João Luís ; CHOER, Eva ; SOUZA, Velci Q de . Avaliação regional de clones avançados de batata. In: XLIV Congresso Brasileiro de Olericultura, 2004, Campo Grande. Horticultura Brasileira (Impresso). Campo Grande: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2004. v. 22. p. 365-365.

15.
BRUNE, Sieglinde ; REIS, Ailton ; MELO, P.E. de . Seleção de genótipos de batata com resistência a viroses e tubérculos adequados à comercialização. In: XLIV Congresso Brasileiro de Olericultura, 2004, Campo Grande. Horticultura Brasileira (Impresso). Campo Grande: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2004. v. 22. p. 436-436.

16.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de . Seleção de genótipos de batata para resistênicia ao mosaico e ao enrolamento-das-folhas e qualidade dos tubérculos. In: XLIII Congresso Brasileiro de Olericultura, 2003, Recife. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2003. v. 21. p. 350-350.

17.
BRUNE, Sieglinde ; REIS, Ailton ; MELO, P.E. de . Resistência de clones de batata aos vírus do mosaico e do enrolamento-das-folhas. In: XLII Congresso Brasileiro de Olericultura, 2002, Uberlândia. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2002. v. 20. p. 290-290.

18.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; REIS, Ailton . Progressão da incidência de viroses de batata após plantios sucessivos. In: XXXV Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2002. Fitopatologia Brasileira. Brasília: Sociedade Brasileira de Fitopatologia, 2002. v. 27. p. s200-s200.

19.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; REIS, Ailton . Decréscimo da produtividade da batatateira após sucessivas exposições a viroses. In: XLII Congresso Brasileiro de Olericultura, 2002, Uberlândia. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2002. v. 20. p. 287-287.

20.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de . Seleção de genótipos de batata com resistência a pinta-preta e tubérculos comerciais. In: XLII Congresso Brasileiro de Olericultura, 2002, Uberlância. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2002. v. 20. p. 288-288.

21.
MELO, P.E. de; HEUSDEN, Adrian W Van ; VAN-GINKEL, Ria Vrielink ; KHRUSTALEVA, Ludmila Ivanova ; JONG, Hans de ; JACOBSEN, Evert ; KIK, Chris . Desenvolvimento de um mapa genético para o cruzamento [Allium cepa x (Alliu roylei x Allium fistulosum)]. In: I Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas, 2001, Goiânia. Anais do I Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. Goiânia: UFG/Embrapa Arroz e Feijão/Agência Rural, 2001.

22.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; MOITA, Antônio Williams . Resistance to early blight in potato breeding clones. In: International symposium on timing of field production in vegetable crops, 2001, Piracicaba. Abstracts and program. Piracicaba: ISHS/SOB/ESALQ/Embrapa Milho e Sorgo/Embrapa Hortaliças, 2001. p. 24-24.

23.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; BUSO, José Amauri . Produtividade de genótipos de batata em plantios sucessivos sem renovação dos tubérculos-sementes. In: XLI Congresso Brasileiro de Olericultura, 2001, Brasília. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 2001. v. 19. p. 219-219.

24.
MELO, P.E. de; BRUNE, Sieglinde . Seleção de novo de clones de batata com resistência a pinta-preta. In: I Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas, 2001, Goiânia. Anais. Goiânia: UFG/Embrapa Arroz e Feijão/Agência Rural, 2001.

25.
MELO, P.E. de; OFFENBERG, Hildo H ; BERGERVOET, Marjan ; JONG, Hans de ; VISSER, Richard ; HEITING, Chrysta ; JACOBSEN, Evert . Optimizing FDR (first division restitution) in diploid potato clones through antisense inhibition of Rad51. In: European meiosis meeting, 1999, Obertraun. Program, abstracts, and participants. Vienna: FEBS, 1999.

26.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de . Clones de batata resistentes a pinta-preta. In: XXXIX Congresso Brasileiro de Olericultura, 1999, Tubarão. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1999. v. 17. p. 276-276.

27.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de . Caracterização dos brotos de tubérculos em clones de batata resistentes a pinta-preta. In: XXXVIII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1998, Petrolina. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1998. v. 16.

28.
PEIXOTO, Nei ; FILGUEIRA, Fernando Antônio dos Reis ; MELO, P.E. de ; BUSO, José Amauri ; MENDONÇA, José Lindorico de ; MONTEIRO, Jair D ; BRAZ, Leila Trevisan ; PURQUERIO, Luís F V . Seleção de cultivares de batata para Goiás. In: XXXVIII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1998, Petrolina. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1998. v. 16.

29.
MELO, P.E. de; BUSO, José Amauri ; FILGUEIRA, Fernando Antônio dos Reis ; PEIXOTO, Nei ; BRUNE, Sieglinde ; SOARES, Alice Maria Quezado . Breeding potato for cultivation in the uplands of Central Brazil. In: XLIV Congresso Nacional de Genética, 1998, Águas de Lindóia. Genetics and Molecular Biology. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 1998. v. 21. p. 214-214.

30.
MELO, P.E. de; BUSO, José Amauri . Avaliação e seleção e clones-elite de batata, 1997. In: XXXVIII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1998, Petrolina. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1998. v. 16.

31.
MELO, P.E. de; BRUNE, Sieglinde ; BUSO, José Amauri . Seleção de clones de batata para resistência a viroses, 1997. In: XXXVIII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1998, Petrolina. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1998. v. 16.

32.
MELO, P.E. de; BRUNE, Sieglinde . Densidade de hastes e produtividade em batata. In: XXXVIII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1998, Petrolina. Horticultura Brasileira. Brasília: Horticultura Brasileira, 1998. v. 16.

33.
MACÊDO, Leonardo Campos de ; MELO, P.E. de ; BRUNE, Sieglinde . Seleção para características de tubérculos em batata a partir da média das famílias clonais. In: XXXVIII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1998, Petrolina. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1998. v. 16.

34.
MACÊDO, Leonardo Campos de ; MELO, P.E. de ; BRUNE, Sieglinde . Eficência de seleção em batata através da média das famílias. In: L Reunião Nacional da Sociedade Brasileira para Progresso da Ciência, 1998, Natal. Resumos. Natal: SBPC, 1998.

35.
MACÊDO, Leonardo Campos de ; MELO, P.E. de ; BRUNE, Sieglinde . Eficiência do método de previsão de comportamento de cruzamentos aplicado a características qualitativas de tubérculos de batata. In: IV Congresso de Iniciação Cinetífica da UnB, 1998, Brasília. Anais. Brasília: UnB, 1998. p. 6-6.

36.
IWAKIRI, Nair Emi ; MELO, P.E. de ; BRUNE, Sieglinde . Relação peso específico / teor de matéria seca em tubérculos de batata. In: XXXVIII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1998, Petrolina. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1998. v. 16.

37.
CRUZ, César Carvalho da ; MELO, P.E. de ; ÁVILA, Antônio Carlos de ; FERREIRA, Adriana Teixeira ; TORRES, Antônio Carlos . Resitance to PVY in potato transgenic clones cultivar Achat. In: XLIV Congresso Nacional de Genética, 1998, Águas de Lindóia. Genetics and Molecular Biology. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 1998. v. 21. p. 214-214.

38.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; MOITA, Antônio Williams . Estande de colheita e produtividade em mudas de mandioquinha-salsa. In: XXXVIII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1998, Petrolina. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade Brasileira de Olericultura, 1998. v. 16.

39.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; ÁVILA, Antônio Carlos de . Genótipos de batata imunes a Potato Virus X, Potato Virus Y e resistentes a pinta-preta. In: XXXVIII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1998, Petrolina. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1998. v. 16.

40.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de . Resitência de batata a pinta-preta. In: XXXVIII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1998, Petrolina. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1998. v. 16.

41.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de . Esverdeamento em tubérculos de clones de batata resistentes a pinta-preta. In: XXXVIII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1998, Petrolina. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1998. v. 16.

42.
MELO, P.E. de. Obtencao de Batata Transgenica Cultivar Baronesa Com Resistencia A Potato Virus Y.. In: XXX CONGRESSO BRASILEIRO DE FITOPATOLOGIA, 1997. POCOS DE CALDAS, MG. p. 0-0.

43.
MELO, P.E. de. Transformation Of Potato By Agrobacterium Tumefasciens.. In: XLIII CONGRESSO NACIONAL DE GENETICA, 1997. GOIANIA, GO. p. 0-0.

44.
MELO, P.E. de. Evaluation Of Potato Germplasm For Resistance To Early Blight.. In: XLIII CONGRESSO NACIONAL DE GENETICA, 1997. GOIANIA, GO. p. 0-0.

45.
MELO, P.E. de; BRUNE, Sieglinde ; BUSO, José Amauri ; ÁVILA, Antônio Carlos de ; DUSI, André Nepomuceno . Breeding Potato Germplasm For Resistance To Viruses. In: XLIII Congresso Nacional de Genética, 1997, Goiânia. Genetics and Molecular Biology. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 1997. v. 20. p. 141-141.

46.
TORRES, Antônio Carlos ; MELO, P.E. de ; ÁVILA, Antônio Carlos de ; BUSO, José Amauri ; FERREIRA, Adriana Teixeira ; MONTE, Damares de Castro ; CAMPOS, Magnólia de Araújo ; MENTABERRY, Alejandro . Transformation Of Potato By Agrobacterium Tumefasciens. In: XLIII CONGRESSO NACIONAL DE GENETICA, 1997, Goiânia. Genetics and Molecular Biology. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 1997. v. 20. p. 198-198.

47.
MELO, P.E. de. Breeding Potato Germplasm For Resistance To Viruses.. In: XLIII CONGRESSO NACIONAL DE GENETICA, 1997. GOIANIA, GO. p. 0-0.

48.
MELO, P.E. de. Avaliacao de Clones Avancados de Batata Para Resistencia A Viroses, 1996. In: XXXVII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1997. MANAUS, AM. p. 0-0.

49.
MELO, P.E. de. Selecao de Genotipos de Batata Para Resistencia A Viroses, 1996. In: XXXVII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1997. MANAUS, AM. p. 0-0.

50.
MELO, P.E. de. Identificacao da Resistencia de Batata A Viroses Em Condicoes Controladas. In: XXXVII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1997. MANAUS, AM. p. 0-0.

51.
MELO, P.E. de. Imunidade A Potato Virus Y e Potato Virus X Em Genotipos de Batata Resistentes A Pinta-Preta. In: XXXVII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1997. MANAUS, AM. p. 0-0.

52.
MELO, P.E. de. Selecao de Genotipos de Batata Para Resistencia A Pinta-Preta.. In: XXXVII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1997. MANAUS, AM. p. 0-0.

53.
MELO, P.E. de. Descricao de Brotacao Sob Luz de Tuberculos de Clones de Batata Resistentes A Pinta-Preta.. In: XXXVII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1997. MANAUS, AM. p. 0-0.

54.
MELO, P.E. de. Avaliacao da Resistencia A Viroses Em Clones de Batata, 1996.. In: XXXVII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1997. MANAUS, AM. p. 0-0.

55.
MELO, P.E. de. Selecao de Clones de Batata Para Resistencia A Viroses, 1996.. In: XXXVII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1997. MANAUS, AM. p. 0-0.

56.
MELO, P.E. de. Identificacao Em Condicoes Controladas da Resistencia de Batata A Viroses.. In: XXXVII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1997. MANAUS, AM. p. 0-0.

57.
MELO, P.E. de. Identity Testing Of A Putative Mutated Genotype Of Potato Using Rapd Markers. In: XLII CONGRESSO NACIONAL DE GENETICA, 1996. CAXAMBU, MG. p. 0-0.

58.
MELO, P.E. de. Selecao de Clones Transgenicos de Batata Com Resistencia A Pvy.. In: XXXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1996. RIO DE JANEIRO, RJ. p. 0-0.

59.
MELO, P.E. de. Producao, Caracteristicas Agronomicas e Qualidade de Fritura de Genotipos de Batata, 1995.. In: XXXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1996. RIO DE JANEIRO, RJ. p. 0-0.

60.
MELO, P.E. de. Efeito da Hidrazida Maleica Na Dormencia de Tuberculos Remanescentes de Batata Achat.. In: XXXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1996. RIO DE JANEIRO, RJ. p. 0-0.

61.
MELO, P.E. de. Efeito da Hidrazida Maleica Na Dormencia de Batata Achat.. In: XXXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1996. RIO DE JANEIRO, RJ. p. 0-0.

62.
MELO, P.E. de. Melhoramento Genetico de Batata Para Regioes de Cerrado.. In: XXXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1996. RIO DE JANEIRO, RJ. p. 0-0.

63.
MELO, P.E. de. Produtividade, Caracteristicas Agronomicas e Qualidades Culinarias de Genotipos de Batata, 1995.. In: XXXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1996. RIO DE JANEIRO, RJ. p. 0-0.

64.
MELO, P.E. de. Avaliacao de Clones Avancados de Batata Para Resistencia A Viroses, 1995. In: XXXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1996. RIO DE JANEIRO, RJ. p. 0-0.

65.
MELO, P.E. de. Reacao de Clones Transgenicos de Batata A Pvy. In: XXXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1996. RIO DE JANEIRO, RJ. p. 0-0.

66.
MELO, P.E. de. Caracteristicas Agronomicas e Culinarias e Resistencia de Genotipos Debatata A Pinta-Preta.. In: XXXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1996. RIO DE JANEIRO, RJ. p. 0-0.

67.
MELO, P.E. de. Avaliacao da Resistencia de Clones Avancados de Batata A Viroses, 1995. In: XXXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1996. RIO DE JANEIRO, RJ. p. 0-0.

68.
MELO, P.E. de. Genetic Transformation Of Solanum Tuberosum L., Cv. Bintje, With Pvy Coat Protein (Cp) Gene And Partial Analysis Of Resistance Agaisnt Pvy.. In: XXV REUNIAO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOQUIMICA E BIOLOGIA MOLECULAR, 1996. CAXAMBU, MG. p. 0-0.

69.
MELO, P.E. de. Comparacao Entre Dois Metodos Qualitativos de Avaliacao da Resistenciaem Batata A Pinta-Preta (Alternaria Solani).. In: XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1995. FOZ DO IGUACU, PR. p. 0-0.

70.
MELO, P.E. de. Esverdeamento de Clones Experimentais de Batata, Serie Bat.. In: XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1995. FOZ DO IGUACU, PR. p. 0-0.

71.
MELO, P.E. de. Caracteristicas Agronomicas e Para Processamento de Hibridos Comerciais e Experimentais de Couve-Brocolos de Cabeca Unica.. In: XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1995. FOZ DO IGUACU, PR. p. 0-0.

72.
MELO, P.E. de. Caracteristicas de Producao de Genotipos de Couve-Brocolos Ramoso Em Brasilia.. In: XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1995. FOZ DO IGUACU, PR. p. 0-0.

73.
MELO, P.E. de. Selecao de Clones de Batata Resistentes A Viroses, 1994.. In: XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1995. FOZ DO IGUACU, PR. p. 0-0.

74.
MELO, P.E. de. Avaliacao Em Campo da Resistencia de Clones de Batata A Viroses, 1994.. In: XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1995. FOZ DO IGUACU, PR. p. 0-0.

75.
MELO, P.E. de. Caracteristicas Agronomicas e Porcentagem de Materia Seca de Clones Avancados de Batata, Serie Bat, 1994.. In: XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1995. FOZ DO IGUACU, PR. p. 0-0.

76.
MELO, P.E. de. Caracteristicas Agronomicas e Para Processamento de Clones Avancados de Batata Em Brasilia, 1994.. In: XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1995. FOZ DO IGUACU, PR. p. 0-0.

77.
MELO, P.E. de. Resistencia de Clones de Batata, Serie Bat e Terceiro e Quarto Grupos,A Alternaria Solani.. In: XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1995. FOZ DO IGUACU, PR. p. 0-0.

78.
MELO, P.E. de. Selecao de Genotipos de Batata No Estadio de Plantulas A Murcha- Bacteriana.. In: XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1995. FOZ DO IGUACU, PR. p. 0-0.

79.
MELO, P.E. de. Tratamento de Mudas de Mandioquinha-Salsa. In: XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1995. FOZ DO IGUACU, PR. p. 0-0.

80.
MELO, P.E. de. Avaliacao da Resistencia A Murcha-Bacteriana Em Clones de Batata Obtidos Por Polinizacao Aberta.. In: XXVIII CONGRESSO BRASILEIRO DE FITOPATOLOGIA, 1995. ILHEUS, BA. p. 0-0.

81.
MELO, P.E. de. Resistencia de Clones Avancados de Batata A Murcha-Bacteriana.. In: XXVIII CONGRESSO BRASILEIRO DE FITOPATOLOGIA, 1995. ILHEUS, BA. p. 0-0.

82.
MELO, P.E. de. Dois Metodos de Analise de Dados Para Selecao de Clones de Batata Com Resistencia A Murcha-Bacteriana.. In: XXVIII CONGRESSO BRASILEIRO DE FITOPATOLOGIA, 1995. ILHEUS, BA. p. 0-0.

83.
MELO, P.E. de. Selecao de Genotipos de Lycopersicon Spp Resistentes A Alternaria Solani.. In: XXVII CONGRESSO BRASILEIRO DE FITOPATOLOGIA, 1994. ITAJAI, SC. p. 0-0.

84.
MELO, P.E. de. Selecao de Clones de Batata (Solanum Tuberosum) Para Resistencia A Murcha-Bacteriana (Pseudomonas Solanacearum).. In: XXVII CONGRESSO BRASILEIRO DE FITOPATOLOGIA, 1994. ITAJAI, SC. p. 0-0.

85.
MELO, P.E. de. Reacao de Clones de Batata A Pseudomonas Solanacearum.. In: XXXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1994. AGUAS DE SAO PEDRO, SP. p. 0-0.

86.
MELO, P.E. de. Avaliacao de Hibridos Experimentais de Couve-Brocolos de Cabeca Unica.. In: XXXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1994. AGUAS DE SAO PEDRO, SP. p. 0-0.

87.
MELO, P.E. de. Avaliacao de Cultivares de Couve-Flor.. In: XXXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1994, Águas de São Pedro. Horticultura Brasileira. Águas de São Pedro: Sociedade Brasileira de Olericultura, 1994. p. 0-0.

88.
MELO, P.E. de. Avaliacao de Hibridos Experimentais e Comerciais de Repolho.. In: XXXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1994. AGUAS DE SAO PEDRO, SP. p. 0-0.

89.
MELO, P.E. de. Avaliacao Em Campo da Resistencia de Clones de Batata A Viroses.. In: XXXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1994. AGUAS DE SAO PEDRO, SP. p. 0-0.

90.
MELO, P.E. de. Avaliacao de Clones do Programa de Melhoramento de Batata Para Resistencia A Viroses do Centro Nacional de Pesquisa de Hortalicas.. In: XXXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1994. AGUAS DE SAO PEDRO, SP. p. 0-0.

91.
MELO, P.E. de. Caracteristicas Agronomicas e Culinarias de Clones Avancados de Batataserie An Em Brasilia.. In: XXXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1994. AGUAS DE SAO PEDRO, SP. p. 0-0.

92.
MELO, P.E. de. Caracteristicas Agronomicas e Culinarias de Genotipos de Batata.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1994. AGUAS DE SAO PEDRO, SP. p. 0-0.

93.
MELO, P.E. de. Avaliacao de Genotipos Comerciais e Experimentais de Repolho.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

94.
MELO, P.E. de. Avaliacao de Hibridos Experimentais de Couve-Brocolos Ramoso.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

95.
MELO, P.E. de. Avaliacao de Hibridos Experimentais de Couve-Flor.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

96.
MELO, P.E. de. Ensaio Nacional de Cultivares de Batata; 15 Anos de Pesquisa Interinstitucional.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

97.
MELO, P.E. de. Produtividade de Repolho Em Funcao do Numero e da Epoca de Capina.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

98.
MELO, P.E. de. Avaliacao da Resistencia de Hibridos de Repolho A Plutella Xylostella,1991.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

99.
MELO, P.E. de. Influencia do Local de Origem da Batata Semente Sobre A Producao de Quatro Cultivares.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

100.
MELO, P.E. de. Comportamento de Quatro Cultivares de Alface Desenvolvida Sob Hidroponia. Ensaio Preliminar.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

101.
MELO, P.E. de. Resistencia de Cultivares de Batata A Infeccao Por Plrv.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

102.
MELO, P.E. de. Degenerescencia Devido A Viroses Em Cultivares de Batata.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

103.
MELO, P.E. de. Flutuacao Populacional de Quatro Especies de Afideos Em Brasilia.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

104.
MELO, P.E. de. Sistema de Selecao Em Campo de Clones de Batata Com Resistencia A Viroses.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

105.
MELO, P.E. de. Ensaio Nacional de Cultivares de Batata (1977 - 1992): Quinze Anos de Pesquisa Interinstitucional.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

106.
MELO, P.E. de. Produtividade de Repolho Associada A Numero e Epoca de Capinas.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

107.
MELO, P.E. de. Avaliacao de Hibridos Experimentais de Couve-Flor.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

108.
MELO, P.E. de. Avaliacao de Hibridos Experimentais de Couve-Brocolos Ramoso.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

109.
MELO, P.E. de. Avaliacao de Genotipos Comerciais e Experimentais de Repolho.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

110.
MELO, P.E. de. Cultura de Microsporos Em Brassica Oleracea.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

111.
MELO, P.E. de. Efeito do Periodo de Desfrigorificacao da Batata-Semente Sobre A Produtividade Total e Comercial, Peso e Numero de Tuberculos. Primeiro Ensaio.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

112.
MELO, P.E. de. Efeito do Periodo de Desfrigorificacao da Batata-Semente Sobre A Produtividade Total e Comercial, Peso e Numero de Tuberculos. Segundo Ensaio.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

113.
MELO, P.E. de. Sistema de Identificacao Em Campo de Clones de Batata Com Resistencia A Viroses.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 1993. BRASILIA, DF. p. 0-0.

114.
HORINO, Y. ; MELO, P.E. de ; MAKISHIMA, N. ; BUSO, José Amauri . Efeito das épocas de aplicação de desfolhantes na cultura da batata cv. Achat e Baraka. In: XXXII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1992, Aracaju. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1992. p. 0-0.

115.
MARTON, L. ; HORINO, Y. ; DUSI, André Nepomuceno ; BUSO, José Amauri ; MELO, P.E. de . Efeito da degenerescência do tubérculo-semente sobre a produtividade da batata. In: XXXII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1992, Aracaju. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1992. p. 0-0.

116.
MELO, P.E. de; BUSO, José Amauri . Ensaio Nacional de Cultivares de Batata - ensaio avançado 1989 - 91.. In: XXXII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1992, Aracaju. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1992. p. 0-0.

117.
MELO, P.E. de; GIORDANO, Leonardo de Britto de . Efeito do citoplasma macho-estéril Ogu sobre características comerciais de híbridos de repolho. In: XXXII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1992, Aracaju. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1992. p. 0-0.

118.
MELO, P.E. de; GIORDANO, Leonardo de Britto de ; HENZ, Gilmar Paulo . Avaliação de linhagens de repolho do programa de melhoramento de brássicas do Centro Nacional de Pesquisa de Hortalicas. In: XXXII Congresso Brasileiro de Olericultura, 1992, Aracaju. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1992. p. 0-0.

119.
MELO, P.E. de; BUSO, José Amauri ; CAMPOS, D. L. . Avaliação agronômica de cinco cultivares de batata para processamento industrial no Distrito Federal. In: XXXI Congresso Brasileiro de Olericultura, 1991, Belo Horizonte. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1991. p. 0-0.

120.
MELO, P.E. de; BUSO, José Amauri ; JABUONSKI, Rafael Eurides ; BARACUHY, J. B. da C. . Ensaio Nacional de Cultivares de Batata - ensaio avançado 1987 - 1990. In: XXXI Congresso Brasileiro de Olericultura, 1991, Belo Horizonte. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1991. p. 0-0.

121.
BRANCO, Marina Castelo ; MELO, P.E. de ; GIORDANO, Leonardo de Britto de . Controle químico de Plutella xylostella (traça-das-crucíferas) em repolho. In: XXXI Congresso Brasileiro de Olericultura, 1991, Belo Horizonte. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1991. p. 0-0.

122.
GIORDANO, Leonardo de Britto de ; MARQUES, Mônica Rodrigues Campelo. ; MELO, P.E. de . Estimativa da taxa de cruzamento natural em ervilha com os genes Af (áfila) e St (estípula reduzida) como marcadores. In: XXXI Congresso Brasileiro de Olericultura, 1991, Belo Horizonte. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1991. p. 0-0.

123.
MELO, P.E. de; GIORDANO, Leonardo de Britto de . Avaliação de híbridos de repolho obtidos através de macho-esterilidade citoplasmática. In: XXXI Congresso Brasileiro de Olericultura, 1991, Belo Horizonte. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1991. p. 0-0.

124.
BRANCO, Marina Castelo ; MELO, P.E. de ; GUIMARÃES, André L . Controle químico de Plutella xylostella (traca-das-crucíferas) em repolho no Distrito Federal. In: XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 1991, Belo Horizonte. Anais da SEB, 1991. p. 0-0.

125.
MELO, P.E. de; BUSO, José Amauri . Resposta de cultivares de batata a dois níveis de adubação. In: XXX Congresso Brasileiro de Olericultura, 1990, Campo Grande. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1990. p. 0-0.

126.
GIORDANO, Leonardo de Britto de ; SILVA, N. ; MELO, P.E. de . CNPH89-001 e CNPH89-005: novas populações de repolho de verão resistentes a Xanthomonas campestris pv. campestris. In: XXX Congresso Brasileiro de Olericultura, 1990, Campo Grande. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1990. p. 0-0.

127.
PEREIRA, Albano Salustiano ; BUSO, José Amauri ; LOPES, Carlos Alberto ; MELO, P.E. de . Avaliação de características industriais de quatro cultivares de batata. In: XXX Congresso Brasileiro de Olericultura, 1990, Campo Grandè. Horticultura Brasileira. Brasília: Sociedade de Olericultura do Brasil, 1990. p. 0-0.

128.
SANTOS, Jorge Roland Menezes dos ; MAROUELLI, W. A. ; BOITEUX, L. S. ; GIORDANO, Leonardo de Britto de ; MELO, P.E. de . Efeito de cultivares e níveis de água na severidade de oídio em ervilha. In: XXIII Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 1990, Goiânia. Fitopatologia Brasileira. Brasília: Sociedade Brasileira de Fitopatologia, 1990. p. 0-0.

129.
SANTOS, Jorge Roland Menezes dos ; MAROUELLI, W. A. ; BOITEUX, L. S. ; GIORDANO, Leonardo de Britto de ; MELO, P.E. de . Efeito de cultivares e níveis de água na produção de escleródios de Sclerotinia sclerotiorum em ervilha. In: XXIII Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 1990, Goiânia. Fitopatologia Brasileira. Brasília: Sociedade Brasileira de Fitopatologia, 1990. p. 0-0.

130.
MELO, P.E. de; CARDOSO, J. E. ; POZZER, L. . Identificação de metodologia para avaliação da mela do feijoeiro a nível de campo. In: XXII Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 1989, Recife. Fitopatologia Brasileira. Brasília: Sociedade Brasileira de Fitopatologia, 1989. p. 0-0.

131.
MELO, P.E. de; FARIA, Josias Correia de . Utilização de jato de areia para inoculação de feijão (Phaseolus vulgaris) com Xanthomonas campestris pv. phaseoli. In: XX Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 1987, Londrina. Fitopatologia Brasileira. Brasília: Sociedade Brasileira de Fitopatologia, 1987. p. 0-0.

Artigos aceitos para publicação
1.
PEREIRA, Arione da Silva ; BERTONCINI, Odone ; Silva GO da ; Castro CM ; GOMES, César Bauer ; HIRANO, Elcio ; Bortoletto AC ; MELO, PE de ; Medeiros CAB ; Treptow R ; Dutra LF ; LOPES, Carlos Alberto ; NAZARENO, Nilceu Ricetti Xavier ; LIMA, Mirtes Freitas ; Castro LAS ; Krolow ACR ; Suinaga FA ; Reisser Jr C . BRS Clara: cultivar de batata para mercado com resistência a requeima. Horticultura Brasileira (Impresso), 2013.

Apresentações de Trabalho
1.
Almanza JL ; Rivero JA ; MELO, PE de . Sovereignty: fostering in situ conservation of unique traditional potato varieties by empowering farmers for organic production and commercialization. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
MELO, PE de; Ragassi CF . Breeding potatoes for organic farming: the promising 2014' set of clones. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
Melo PE de. Mesa Redonda 'Melhoramento Genético e Tendência de Mercado para Hortaliças. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Vendrame LP de C ; Quezado Duval AM ; Melo RA de C e ; Moita AW ; Melo PE de . Severidade da podridão-negra em populações do programa de melhoramento genético de couve-flor da Embrapa Hortaliças. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
LOPES, Carlos Alberto ; MELO, P.E. de . Avances en el mejoramiento para resistencia a marchitez bacteriana en Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
MELO, P.E. de. Revista Horticultura Brasileira. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
MELO, P.E. de; ÁVILA, Antônio Carlos de ; BRUNE, Sieglinde ; BUSO, José Amauri . BAT-EH 460-12: clon avanzado de papa para uso en mejoramiento. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
LOPES, Carlos Alberto ; MELO, P.E. de . Um método para seleção de clones de batata resistentes à murcha bacteriana pela inoculação de mudas em casa de vegetação e teste de campo. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
MELO, P.E. de; LIMA, Mirtes Freitas . Estimativa da dosagem alélica do gene Ry em cruzamentos entre clones de batata imunes e suscetíveis ao PVY. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
PEREIRA, Arione da Silva ; Silva ACF da ; Castro CM ; MEDEIROS, Carlos Alberto Barbosa de ; HIRANO, Élcio ; NAZARENO, Nilceu Ricetti Xavier ; BERTONCINI, Odone ; MELO, P.E. de ; SOUZA, Zilmar Silva . Catálogo de Cultivares de Batata. Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 2008 (Série Embrapa).

2.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de . Esverdeamento em tubérculos de batata de clones avançados da Embrapa Hortaliças. Brasília: Embrapa Hortaliças, 1998 (Publicação em Série Técnica da Embrapa).


Produção técnica
Produtos tecnológicos
1.
PEREIRA, Arione da Silva ; BERTONCINI, Odone ; MELO, P.E. de ; MEDEIROS, Carlos Alberto Barbosa de ; HIRANO, Élcio ; Castro CM ; LOPES, Carlos Alberto ; BUSO, José Amauri . BRS Ana - Cultivar de batata para fritas à francesa. 2007.

2.
MELO, P.E. de. EMBRAPA/CIP - PP018: Clone de batata resistente a pinta-preta. 1997.

3.
BRUNE, Sieglinde ; MELO, P.E. de ; ÁVILA, Antônio Carlos de . Embrapa/CIP - PP039: Clone de Batata Com Resistencia A Pinta-Preta e Imunidade Aos Virus Y e X da Batata.. 1997.

4.
MELO, P.E. de. Ramoso de Brasilia: Cultivar de Couve-Brocolos do Tipo Ramoso, de Polinizacao Aberta.. 1995.

5.
MELO, P.E. de. Cnph-001: Populacao de Repolho de Verao Com Resistencia A Podridao- Negra.. 1990.

6.
MELO, P.E. de. Cnph-005: Populacao de Repolho de Verao Com Resistencia A Podridao Negra.. 1990.

Processos ou técnicas
1.
MELO, P.E. de. Producao Natural de Sementes Hibridas de Repolho Atraves do Citoplasmamacho-Esteril Ogura.. 1992.

Trabalhos técnicos
1.
BUSO, José Amauri ; MELO, P.E. de . Ensaio nacional de cultivares de batata: teste avançado (relatório do período de 1990-1991). 1992.

2.
BUSO, José Amauri ; MELO, P.E. de ; JABUONSKI, Rafael Eurides . Ensaio nacional de cultivares de batata: teste avançado (relatório do período de 1988-1990). 1990.


Demais tipos de produção técnica
1.
MELO, P.E. de. Minicurso de Redação Científica. 2010. .

2.
MELO, P.E. de. Estratégias para o aprimoramento da redação de artigos técnico-científicos. 2010. (Palestra).

3.
MELO, P.E. de. Produção de Batata. 2010. (Palestra).

4.
MELO, P.E. de. Produção de Brássicas. 2010. (Palestra).

5.
MELO, P.E. de. Melhoramento genético da batateira. 2010. (Palestra).

6.
MELO, P.E. de. Minicurso de Redação Científica. 2009. .

7.
MELO, P.E. de. Produção sustentável de Brássicas. 2009. (Palestra).

8.
MELO, P.E. de. Cultivo de Brássicas. 2009. (Palestra).

9.
MELO, P.E. de. Repensando a Revista Horticultura Brasileira. 2009. (Palestra).

10.
MELO, P.E. de. Minicurso de Redação Científica. 2007. .

11.
MELO, P.E. de. Implantando hortas comunitárias. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

12.
MELO, P.E. de; GIORDANO, Leonardo de Britto de . Produção de sementes de couve-brócolos. 2007. (Palestra).

13.
MELO, P.E. de. Cultivo de Batata. 2007. (Palestra).

14.
MELO, P.E. de. Fluxo gênico vertical e horizontal: conceitos relacionados a biossegurança. 2006. (Palestra).

15.
MELO, P.E. de. Melhoramento Genético de Plantas e Transgenia. 2006. (Palestra).

16.
MELO, P.E. de. Cultivares de Batata. 2005. (Aula Prática).

17.
MELO, P.E. de. Cultivares de Batata. 2005. (Palestra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Teses de doutorado
1.
Faleiro FG; Buso G; RIBEIRO, Cláudia Silva da Costa; REIFSCHNEIDER, Francisco José Becker; MELO, P.E. de. Participação em banca de Sabrina Isabel Costa de Carvalho. Estudos filogenéticos e de diversidade de Capsicum e sua aplicação na conservação e uso de recursos genéticos das espécies C. frutescens e C. chinense. 2014. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade de Brasília.

2.
Souza EA de; REIS, Ailton; MELO, P.E. de; CAMPOS, Magnólia de Araújo; PINTO CABP. Participação em banca de Marciane da Silva Oliveira. Diversidade de isolados de Alternaria solani: avaliação morfológica, fisiológica e molecular. 2007. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
MELO, P.E. de. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Pesquisador Classe A. 2010. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Congreso Internacional de Investigación y Desarrollo de Papas Nativas. BAT-EH 460-12: clon avanzado de papa para uso en mejoramiento. 2010. (Congresso).

2.
II Seminário Satélite de Editores Plenos. 2010. (Seminário).

3.
L Congresso Brasileiro de Olericultura. Minicurso de Redação Científica. 2010. (Congresso).

4.
Reunião científica sobre recursos genéticos, intercâmbio de germoplasma e proteção de cultivares. 2010. (Encontro).

5.
VI Workshop de Editoração Científica. Revista Horticultura Brasileira. 2010. (Congresso).

6.
III Congresso Brasileiro de Tomate Industrial e I Seminário Nacional de Tomate de Mesa. Minicurso de Redação Científica. 2009. (Congresso).

7.
V Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. Um método para seleção de clones de batata resistentes à murcha bacteriana pela inoculação de mudas em casa de vegetação e teste de campo. 2009. (Congresso).

8.
XLIX Congresso Brasileiro de Olericultura. Repensando a Revista Horticultura Brasileira. 2009. (Congresso).

9.
IV Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. Seleção simultânea em batata nos sistemas convencional e agroecológico. 2007. (Congresso).

10.
XIII Encontro Nacional de Produção de Batata.BRS Ana - Cultivar de batata para fritas à francesa. 2007. (Encontro).

11.
XLVII Congresso Brasileiro de Olericultura. Desafios e perspectivas da produção de hortaliças nas novas fronteiras de cultivo. 2007. (Congresso).

12.
XLVI Congresso Brasileiro de Olericultura. Melhoramento de hortaliças para sistemas agroecológicos de produção. 2006. (Congresso).

13.
III Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. III Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. 2005. (Congresso).

14.
Worshop do Projeto Melhoramento de Batata para Ecossistemas Tropicais e Subtropicais do Brasil.Workshop do Projeto de Melhoramento de Batata para Ecossistemas Tropicais e Subtropicais do Brasil. 2005. (Oficina).

15.
II Seminário Brasileiro da Batata.II Seminário Brasileiro da Batata. 2004. (Seminário).

16.
XLIV Congresso Brasileiro de Olericultura. XLIV Congresso Brasileiro de Olericultura. 2004. (Congresso).

17.
Biodiversity in a mutualistic world.Biodiversity in a mutualistic world. 2002. (Simpósio).

18.
Dutch National Meeting on Plant Science.Dutch National Meeting on Plant Science. 2002. (Encontro).

19.
Experimental Plant Science PhD Day.PhD Day. 2001. (Encontro).

20.
I Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. I Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. 2001. (Congresso).

21.
Genetically modified organisms: benefits and risks, desirable or redundant?.Genetically modified organisms: benefits and risks, desirable or redundant?. 2000. (Seminário).

22.
PhD Day.PhD Day. 2000. (Encontro).

23.
Seminar Series Frontiers in Plant Development.Frontiers in Plant Development. 2000. (Seminário).

24.
IV European Meiosis Meeting.European Meiosis Meeting. 1999. (Encontro).

25.
Minisymposium on embriology and genetics of apomixis.Minisymposium on embriology and genetics of apomixis. 1999. (Simpósio).

26.
PhD Day.PhD Day. 1999. (Encontro).

27.
The use of transgenic plants in agriculture: a contribution to the public debate on the use of transgenic techniques.The use of transgenic plants in agriculture: a contribution to the public debate on the use of transgenic techniques. 1999. (Simpósio).

28.
XLIV Congresso Nacional de Genética. XLIV Congresso Nacional de Genética. 1998. (Congresso).

29.
XXXVIII Congresso Brasileiro de Olericultura. XXXVIII Congresso Brasileiro de Olericultura. 1998. (Congresso).

30.
II Workshop Brasileiro de Melhoramento de Batata.II Workshop Brasileiro de Melhoramento de Batata. 1997. (Oficina).

31.
XLIII Congresso Nacional de Genética. XLIII Congresso Nacional de Genética. 1997. (Congresso).

32.
XXXVII Congresso Brasileiro de Olericultura. XXXVII Congresso Brasileiro de Olericultura. 1997. (Congresso).

33.
I Workshop Brasileiro de Melhoramento de Batata.I Workshop Brasileiro de Melhoramento de Batata. 1996. (Oficina).

34.
XXXVI Congresso Brasileiro de Olericultura. XXXVI Congresso Brasileiro de Olericultura. 1996. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Lopes JF ; Carvalho SIC ; Bender SE ; MELO, P.E. de . Simpósio Brasileiro sobre Agregação de Valores em Recursos Genéticos Vegetais. 2010. (Outro).

2.
MELO, P.E. de. II Congresso Brasileiro de Tomate Industrial. 2008. (Congresso).

3.
GIORDANO, Leonardo de Britto de ; MELO, P.E. de ; LOPES, Carlos Alberto ; OLIVEIRA JUNIOR JP ; VILLAS-BÔAS, Geni Litvin ; BOITEUX, L. S. . Congresso Brasileiro de Tomate Industrial. 2007. (Congresso).

4.
MELO, P.E. de. XLVI Congresso Brasileiro de Olericultura. 2006. (Congresso).



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
LOPES, Carlos Alberto ; MELO, P.E. de . Avances en el mejoramiento para resistencia a marchitez bacteriana en Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).



Outras informações relevantes


Em 2009, prestou consultoria na análise de projetos de pesquisa para o Edital 2009, área do conhecimento Genética e Melhoramento de Plantas, para a Comissão Europeia, programa quadro 7.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 11/12/2018 às 3:35:21