Izabela Maria Furtado Kestler

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3626229807840517
  • Última atualização do currículo em 14/05/2009


possui mestrado em Neuere deutsche Literaturgeschichte - Albert-Ludwigs-Universität Freiburg (1986) e doutorado em Neuere Deutsche Literaturgeschichte - Albert-Ludwigs-Universität Freiburg (1991). Atualmente é membro do Programa de Mestrado Interdisciplinar em Lingüística Aplicada e Professor Associado 1 da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atua principalmente no ensino de literatura alemã. É membro- fundador da Associação Goethe do Brasil, criada em abril de 2009. Assim como membro das seguintes associações: Goethe-Gesellschaft em Weimar; Heinrich-Heine Gesellschaft em Düsseldorf; Gesellschaft für Exilforschung em Berlim; Österreichische Gesellschaft für Exilforschung em Viena; Associação Latino-Americana de Estudos Germanísticos; Internationale Vereinigung für Germanistik; e Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro.Os temas de pesquisa atuais são: periíodo da arte (Kunstperiode), classicismo de Weimar, Heinrich Heine, Friedrich Schiller, Friedrich Schlegel e Johann Wolfgang von Goethe. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Izabela Maria Furtado Kestler
Nome em citações bibliográficas
KESTLER, I. M. F.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio de Janeiro, Faculdade de Letras, Departamento de Letras Anglo-Germânica.
Av. Brigadeiro Trompowski s/n
Ilha do Fundão
21941590 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 25989791
URL da Homepage: http://letras.ufrj.br


Formação acadêmica/titulação


1988 - 1991
Doutorado em Neuere Deutsche Literaturgeschichte.
Albert-Ludwigs-Universität Freiburg.
Título: Die Exilliteratur und das Exil der deutschsprachigen Schriftsteler und Publizisten in Brasilien, Ano de obtenção: 1992.
Orientador: Hans-Peter Herrmann.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Palavras-chave: exílio de judeus alemães; literatura do exílio.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literaturas Estrangeiras Modernas.
Setores de atividade: Educação.
1982 - 1986
Mestrado em Neuere deutsche Literaturgeschichte.
Albert-Ludwigs-Universität Freiburg.
Título: Ernst Tollers publizistische Tätigkeit in der Weimarer Republik und im Exil,Ano de Obtenção: 1987.
Orientador: Hans-Peter Herrmann.
Bolsista do(a): Friedrich-Ebert-Stiftung.
Palavras-chave: literatura do exílio; Ernst Toller.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literaturas Estrangeiras Modernas.
Setores de atividade: Educação.




Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado I, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

10/1993 - Atual
Ensino, Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Literaturas de língua alemã

Programa de Mestrado Interdisciplinar em Lingüística Aplicada, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - Atual
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Membro do Programa, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2006 - Atual
Configurações discursivas do Iluminismo e da Modernidade - confluências e interação de discursos estético-filosóficos, antropológicos, historiográficos e literários
Descrição: A partir da metade do século XVIII inicia-se a configuração e o alicerçamento de diferentes discursos de ordem estético-filosófica, antropológica, historiográfica e literária, os quais em constante interação, vão constituir o que se denomina de Projeto Iluminista ou Iluminismo assim como a Modernidade. As idéias-paradigmas destes discursos são: educação/formação (Bildung), razão, liberdade, cultura, humanismo e aperfeiçoamento do homem assim como progresso e desenvolvimento histórico como categorias histórico-universais. O arcabouço formado por estes discursos começa a desmoronar ao final do século 19 com a filosofia de Nietzsche e cai por terra definitivamente no século 20. Os discursos culturais, estético-filosóficos e literários da contemporaneidade apontam em sua disparidade para uma fragmentação de discursos, os quais não compõem e nem pretendem compor uma visão totalizante do mundo. O projeto pretende portanto inicialmente investigar a gênese da configuração discursiva do Iluminismo e da Modernidade com seus diferentes discursos para em seguida ir passo a passo traçando o quadro das fissuras do arcabouço discursivo do Iluminismo e e de seu posterior colapso nas teorias da contemporaneidade. O projeto intenta contribuir não só para a investigação dos paradigmas do Iluminismo e da Modernidade, como também para o diagnóstico mais preciso dos discursos contemporâneos e de seus contextos culturais. .
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Izabela Maria Furtado Kestler - Coordenador.
2005 - Atual
A literatura em língua alemã do exílio (1933-1945): principais vertentes, temáticas e autores
Descrição: Pretendo retomar com esta pesquisa, iniciada em fins de 2002, a questão da literatura em língua alemã do exílio, já enfocada por mim em três projetos anteriores: 1)- Projeto de mestrado, concluído em 1987, sobre o tema da atividade publicística de Ernst Toller durante a República de Weimar e no exílio; 2)- Projeto de Doutoramento sobre o Exílio de Autores e Intelectuais de fala alemã e a Literatura em Língua Alemã do Exílio no Brasil, concluído em 1991 com a defesa da tese e publicação do livro Die Exilliteratur und das Exil der deutschsprachigen Schriftsteller und Publizisten in Brasilien em 1992; 3)- Projeto de Pesquisa Individual, financiado pelo CNPq, sobre a Recepção da Literatura do Exílio nos Páises de Origem dos Exilados após o Término do Regime Nacional-Socialista na Alemanha e na Áustria, concluído em 1996. Neste novo projeto pretendo abordar e analisar as principais caracteristicas desta literatura, suas temáticas e autores. Nos últimos anos tenho continuamente publicado trabalhos sobre obras do exílio, o exílio no Brasil e a literatura aqui produzida e sobre autores do exílio, dos quais destacaria os seguintes: Exílio no Brasil de escritores e intelectuais de fala alemã e a literatura do exílio de Ulrich Becher e Hugo Simon (Pandaemonium Germanicum. Revista de Estudos Germânicos. FFLCH/USP. V. 3, N. 1); O Exílio e a luta antifascista na dramaturgia de Bertolt Brecht (Cadernos de Letras. UFRJ.Vol. 12, 1997), Rivalisierende österreichische Gruppen im brasilianischen Exil (Zeitgeschichte/Viena, Vol. 27, 2000); assim como o seguinte capítulo de livro Brasilien (In: Handbuch der deutschsprachigen Emigration. Org. por Claus-Dieter Krohn & Patrik von zur Mühlen. Darmstadt/Alemanha, 1998) Além disso, tenho participado quase todos os anos do Congresso Anual da Gesellschaft für Exilforschung (Sociedade para Pesquisa do Exílio), sediada em Berlim/Alemanha. .
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Izabela Maria Furtado Kestler - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística.


Idiomas


Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
KESTLER, I. M. F.2008KESTLER, I. M. F.. O conceito de literatura universal em Goethe. Cult (São Paulo), v. 130, p. 46-49, 2008.

2.
KESTLER, I. M. F.2008KESTLER, I. M. F.. Historia e filosofia da história na obra do jovem Friedrich Schlegel. Kriterion, v. 49, p. 79-94, 2008.

3.
KESTLER, I. M. F.2008KESTLER, I. M. F.. República de Weimar (1918-1933): aspectos históricos e sociais. Forum Deustch - Revista Brasileira de Estudos Germanísticos, v. 12, p. 5-43, 2008.

4.
KESTLER, I. M. F.2007KESTLER, I. M. F.. Einige Bemerkungen zum Artikel "Rettet dem Deutsch". Projekt (Curitiba), v. 45, p. 40-42, 2007.

5.
KESTLER, I. M. F.2007KESTLER, I. M. F.. Herbert Moritz Caro: exílio e vida no Brasil. Contigentia, v. 2, p. 6-14, 2007.

6.
KESTLER, I. M. F.2007KESTLER, I. M. F.. Alfred Döblin: a tragédia do exílio. Forum Deustch - Revista Brasileira de Estudos Germanísticos, v. 11, p. 113-132, 2007.

7.
KESTLER, I. M. F.2007KESTLER, I. M. F.. Nachdenken über Christa T.: Vor dem Hintegrund der Spannung zwischen "subjetiver Authentizität" und sozialistischem Realismus. Boletim Inter-Cultural (Rio de Janeiro), v. 13, p. 25-40, 2007.

8.
KESTLER, I. M. F.2007KESTLER, I. M. F.. Recepção da literatura em língua alemã do exílio nos países de origem dos exilados após o término do regime nazista na Alemanha e na Áustria. Boletim Inter-Cultural (Rio de Janeiro), v. 13, p. 88-125, 2007.

9.
KESTLER, I. M. F.2006KESTLER, I. M. F.. Johann Wolfgang von Goethe: arte e natureza, poesia e ciência. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, v. 13, p. 35-54, 2006.

10.
KESTLER, I. M. F.2006KESTLER, I. M. F.. Friedrich Schiller e a fundação do cânone da modernidade. Forum Deustch - Revista Brasileira de Estudos Germanísticos, v. 10, p. 88-125, 2006.

11.
KESTLER, I. M. F.2005KESTLER, I. M. F.. A literatura em língua alemã e o período do exílio (1933-1945): a produção literária, a experiência do exílio e a presença dos exilados de fala alemã no Brasil. Itinerários (UNESP), Araraquara, v. 23, p. 115-135, 2005.

12.
KESTLER, I. M. F.2005KESTLER, I. M. F.. Torquato Tasso: o drama do poeta moderno. Forum Deustch - Revista Brasileira de Estudos Germanísticos, Rio de Janeiro, v. 9, p. 113-126, 2005.

13.
KESTLER, I. M. F.2005KESTLER, I. M. F.. Cronologia do III Reich: 1933-1945. Boletim Inter-Cultural (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, v. 11, p. 1-7, 2005.

14.
KESTLER, I. M. F.2005KESTLER, I. M. F.. Lernerautonomie und Lernstrategien (Autonomia do aprendiz e estratégias de aprendizagem). Boletim Inter-Cultural (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, v. 35, p. 2-8, 2005.

15.
KESTLER, I. M. F.2005KESTLER, I. M. F.. Elfriede Jelinek - Fustigando implacavelmente a Áustria e a sociedade moderna. Boletim Inter-Cultural (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, v. 35, p. 20-22, 2005.

16.
KESTLER, I. M. F.2004 KESTLER, I. M. F.. Humanismo, educação estética e ideal de formação do indivíduo: estarão mortos e enterrados atualmente estes paradigmas da virada do século 18 para o 19?. Forum Deustch - Revista Brasileira de Estudos Germanísticos, Rio de Janeiro, v. 8, p. 60-75, 2004.

17.
KESTLER, I. M. F.2003KESTLER, I. M. F.. História e filosofia da história na obra do jovem Friedrich Schlegel. Forum Deustch - Revista Brasileira de Estudos Germanísticos, v. 7, p. 69-92, 2003.

18.
KESTLER, I. M. F.2003KESTLER, I. M. F.. Überblick über die Buch-und Zeitschriftenproduktion im brasilianischen Exil. Boletim Inter-Cultural da Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro, v. 31, p. 29-43, 2003.

19.
KESTLER, I. M. F.2001KESTLER, I. M. F.. Taugt der Terminus Goethesche Kunstperiode von Heinrich Heine als Oberbegriff für die Kontinuitäten und Brüche der literarischen und reflexionsästhetischen Produktion im Zeitraum um 1800?. Forum Deustch - Revista Brasileira de Estudos Germanísticos, v. 5, p. 81-94, 2001.

20.
KESTLER, I. M. F.2001KESTLER, I. M. F.; HARTL, I. ; Maciel, Katharine Dunham . Considerações sobre o ensino/aprendizagem de língua alemã no âmbito do projeto didático-pedagógico de reformulação do programa de língua alemã da UFRJ. Forum Deustch - Revista Brasileira de Estudos Germanísticos, v. 5, p. 102-108, 2001.

21.
KESTLER, I. M. F.2000KESTLER, I. M. F.. O período da arte (Kunstperiode): convergências entre o classicismo e a primeira fase do romantismo alemão. Forum Deustch - Revista Brasileira de Estudos Germanísticos, v. 4, p. 73-86, 2000.

22.
KESTLER, I. M. F.1999KESTLER, I. M. F.. Exílio no Brasil de escritores e intelectuais de fala alemã e a literatura do exílio de Ulrich Becher e Hugo Simon. Pandaemonium Germanicum, v. 3, p. 109-126, 1999.

23.
KESTLER, I. M. F.1999KESTLER, I. M. F.. Algumas questões de periodização literária: a literatura alemã do limiar do século XIX. Cadernos de Letras (UFRJ), v. 14, p. 72-78, 1999.

24.
KESTLER, I. M. F.1998KESTLER, I. M. F.. Heinrich Heine (1797-1856) -Aspectos principais de sua obra e de sua presença no Brasil. Cadernos de Letras (UFRJ), v. 13, p. 65-74, 1998.

25.
KESTLER, I. M. F.1998KESTLER, I. M. F.; Moreira, Marisol Santos . A recepção de Heine no Brasil: o caso Castro Alves. Cadernos de Letras (UFRJ), v. 13, p. 75-80, 1998.

26.
KESTLER, I. M. F.1997KESTLER, I. M. F.. Heinrich Heine (1797-1856). Boletim Inter-Cultural (Rio de Janeiro), v. 4, p. 13-14, 1997.

27.
KESTLER, I. M. F.1997KESTLER, I. M. F.. Deutschsprachiges Exil in Brasil. Forum Deustch - Revista Brasileira de Estudos Germanísticos, v. 2, p. 55-69, 1997.

28.
KESTLER, I. M. F.1997KESTLER, I. M. F.. O exílio e a luta antifascista na dramaturgia de Bertolt Brecht. Cadernos de Letras (UFRJ), v. 12, p. 34-38, 1997.

29.
KESTLER, I. M. F.1996KESTLER, I. M. F.. Estudo sobre Bertolt Brecht. Boletim Inter-Cultural (Rio de Janeiro), v. 3, p. 8-8, 1996.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
KESTLER, I. M. F.; MELO, S. B. (Org.) ; ROCHA, R. (Org.) . Cânone e dissidências. Rio de Janeiro: Faculdade de letras/UFRJ, 2007. 308p .

2.
KESTLER, I. M. F.. Exílio e literatura. Escritores de fala alemã durante a época do nazismo. 1. ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2004. 291p .

3.
KESTLER, I. M. F.; NOGUEIRA, R. P. (Org.) ; MELO, S. B. (Org.) . Estudos Anglo-Germânicos em Perspectiva. Rio de Janeiro: Serviço de Publicações da Faculdade de Letras da UFRJ, 2002. v. 300. 268p .

4.
KESTLER, I. M. F.. Das Exil und die Exilliteratur der deutschsprachigen Schrifsteller und Publizisten in Brasilien. 1. ed. Frankfurt am Main: Peter Lang, 1992. 267p .

Capítulos de livros publicados
1.
KESTLER, I. M. F.. Johann Wolfgang von Goethe: arte e natureza, poesia e ciência. In: Marcos Cesar Danhoni Neves; Josie Agatha Parrilha da Silva. (Org.). Evoluções e revoluções: o mundo em transição. 1ed.Maringá: Massoni, 2008, v. , p. 99-118.

2.
KESTLER, I. M. F.. Der Begriff "Goethesche Kunstperiode". In: Isabel Hernandez; Miguel Vedda. (Org.). Ibero-Amerikanisches Jahrbuch für Germanistik. Berlim: Weidler-Buchverlag, 2007, v. 10, p. 19-30.

3.
KESTLER, I. M. F.. A literatura em língua alemã do exílio: ainda fora do cãnone?. In: Izabela Maria Furtado Kestler; Sílvia Boger de Melo; Roberto Rocha. (Org.). Cânone e dissidências. Rio de Janeiro: Faculdade de Letras/UFRJ, 2007, v. , p. 193-214.

4.
KESTLER, I. M. F.. THOMAS BERNHARD (1931-1989)- Arauto da volúpia sombria: Cacos e estilhaços pós-modernos. In: Cambeiro, Délia; Moura, Magali. (Org.). De rupturas e seus protagonistas. Encontros com a literatura mundial. Rio de Janeiro: Botelho Editora, 2007, v. , p. 1-23.

5.
KESTLER, I. M. F.. Taugt der Terminus Goethesche Kunstperiode (Heine) als Oberbegriff für die Kontinuitäten und Brüche der literarischen und reflexionsästhetischen Produktion um 1800?. In: Peter Wiesinger. (Org.). Akten des X. Internationalen Germanistenkongress Wien 2000. Berna; Berlim; Bruxelas; New Y: Peter Lang, 2003, v. , p. -.

6.
KESTLER, I. M. F.. Espírito e matéria em Goethe: uma outra visão da natureza. In: Izabela Maria Furtado Kestler; Ruth Persice Nogueira; Sílvia Boger de Melo. (Org.). Estudos Anglo-Germânicos em Perspectiva. 1ed.Rio de Janeiro: Serviço de Publicações da Faculdade de Letras da UFRJ, 2002, v. , p. 104-118.

7.
KESTLER, I. M. F.. Rivalisierende österreichische Gruppen im brasilianischen Exil. In: Rudolf G. Ardelt; Erika Weinzierl. (Org.). Zeitgeschichte. Innsbruck: Studien Verlag, 2000, v. 6, p. 405-414.

8.
KESTLER, I. M. F.. Robert Menasse: a trilogia da desespiritualização. In: Colin Grant. (Org.). Literatura contemporânea alemã: ensaios críticos. Rio de Janeiro: Papelaria e Copiadora A.S.Ltda., 1999, v. , p. 125-142.

9.
KESTLER, I. M. F.. Brasilien. In: Claus-Dieter Krohn; Patrik von zur Mühlen; Gerhard Paul; Lutz Winckler. (Org.). Handbuch der deutschsprachigen Emigration 1933-1945. Darmstadt: Wissenschaftliche Buchgesellschaft, 1998, v. , p. 183-192.

10.
KESTLER, I. M. F.. Der deutsche Jude Hugo Simon (1880-1950) - Bankier, Mäzen, Bildungsbürger. Seine Abrechnung mit Deutschland in dem bis heute unveröffentlichten Exilroman "Seidenraupen". In: Wolfgang Benz; Marion Neiss. (Org.). Deutsch-jüdisches Exil: das Ende der Assimilation?. Berlim: Metropol Verlag, 1994, v. , p. 125-150.

11.
KESTLER, I. M. F.. Deutschsprachige Publizisten in Brasilien. In: Karl Kohut; Patrik von zur Mühlen. (Org.). Alternative Lateinamerika. Das deutsche Exil in der Zeit des Nationalsozialismus. Frankfurt: Vervuert Verlag, 1994, v. , p. 219-236.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
KESTLER, I. M. F.. Nobel de literatura: Fúria contra a Áustria e a sociedade moderna. Ciência Hoje, Rio de Janeiro, , v. 35, p. 15 - 16, 26 dez. 2005.

2.
KESTLER, I. M. F.. Os monstros do sonho da razão. Revista 18- Centro da Cultura Judaica, São Paulo, , v. 11, p. 26 - 29, 26 mar. 2005.

3.
KESTLER, I. M. F.. Mandamentos do verdadeiro poeta. Influência primordial da geração de 45 e dos concretistas, Rainer Maria Rilke ganha reedição de dois de seus maiores clássicos. Jornal do Brasil. Caderno Idéias, Rio de Janeiro, p. 5 - 6, 09 mar. 2002.

4.
KESTLER, I. M. F.. O nascimento de Fausto. Primeira versão manuscrita da obra célebre de Goethe, até agora inédita, no Brasil, traz à luz o conteúdo de manuscrito perdido. Jornal do Brasil. Caderno Idéias, Rio de Janeiro, p. 4 - 5, 26 jan. 2002.

5.
KESTLER, I. M. F.. O exílio no paraíso perdido: intelectuais de fala alemã no Brasil. Veredas. Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro, p. 22 - 26, 05 abr. 2001.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
KESTLER, I. M. F.. Disciplinas de literatura de língua alemã no curso de graduação português-alemão na UFRJ: dificuldades e desafios. In: VI. Brasilianischer Deutschlehrerkongress; I. Lateinamerikanischer Deutschlehrerkongress, 2008, São Paulo. Tagungsakten des VI. Brasilianischen Deutschlehrerkongresses; I. Lateinamerikanischen Deutschlehrerkongresses. São Paulo: Gráfia Pontoquatro Digital LTDA., 2006. p. 4-10.

2.
KESTLER, I. M. F.. Stefan Zweig und Hugo Simon: zwei utopische Blicke auf Brasilien. In: XII Congresso da Associação Latino-Americana de Estudos Germanísticos, 2006, Havana. Akten des XII.ALEG-Kongresses. Leipzig, 2006. p. 10-18.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
KESTLER, I. M. F.. Bildung, Humanität, ästhetische Erziehung - inwieweit ist dieses anscheinende apolitische Programm der deutschen Klassik heute noch relevant?. In: XI Internationaler Germanistenkongress, 2008, Paris. Akten des XI. Internationalen Germanistenkongresses Paris 2005 - Klassiken, Klassizismen, Klassizität. Berna/Suíça: Peter Lang AG, Internationaler Verlag der Wissenschaften, 2005. v. 11. p. 105-110.

2.
KESTLER, I. M. F.. Friedrich Schiller X Friedrich Schlegel: confrontos e convergências em torno da fundamentação da modernidade. In: XI Encontro Regional da ABRALIC- Literatura, artes, saberes, 2007, São Paulo. Literatura, artes, saberes - Atas do XI Encontro Regional da ABRALIC. São Paulo: ABRALIC, 2007. v. 1. p. 1-9.

3.
KESTLER, I. M. F.. Friedrich Schiller e sua contribuição à fundamentação estético-filosófica da modernidade. In: X Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada, 2006, Rio de Janeiro. Atas do X Congresso Internacional da Abralic - Lugares dos Discursos. Rio de Janeiro, 2006. p. 24-35.

4.
KESTLER, I. M. F.. Stefan Zweig e Hugo Simon: dois autores de fala alemã exilados no Brasil durante o nazismo. In: Encontro Regional da ABRALIC, 2005, Rio de Janeiro. Sentido dos Lugares. Rio de Janeiro: ABRALIC, 2005.

5.
KESTLER, I. M. F.. Humanismo, educação estética e ideal de formação do indivíduo: estarão mortos e enterrados atualmente estes paradigmas da virada do século XVIII para o XIX?. In: XI Lateinamerikanischer Germanistenkongress, 2005, São Paulo. Blickwechsel: Akten des XI. Lateinamerikanischen Germanistenkongresses. São Paulo: Edusp, Monferrer Produções, 2003. v. 2. p. 79-84.

6.
KESTLER, I. M. F.. Kunstperiode (período da arte) 1795-1800: reflexão estética seminal da modernidade na Alemanha. In: IX Congresso Internacional ABRALIC, 2004, Porto Alegre. Travessias. Porto Alegre: ABRALIC, 2004.

Resumos publicados em anais de congressos (artigos)
1.
KESTLER, I. M. F.2003KESTLER, I. M. F.. Humanismo, educação estética e ideal de formação do indivíduo: estarão mortos e enterrados atualmente estes paradigmas da virada do século 18 para o 19?. Programm & Abstracts - Blickwechsel, v. 1, p. 113-113, 2003.

2.
KESTLER, I. M. F.2003KESTLER, I. M. F.. Os Sonetos a Orfeu e as Elegias de Duíno. Boletim Inter-Cultural da Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro, v. 32, p. 41-42, 2003.

Apresentações de Trabalho
1.
KESTLER, I. M. F.. Wozu dient Literatur im DaF-Unterricht?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
KESTLER, I. M. F.. O Fausto de Goethe e o conceito de Weltliteratur. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
KESTLER, I. M. F.. Friedrich Schiller X Friedrich Schlegel: confrontos e convergências em torno da fundamentação da modernidade. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
KESTLER, I. M. F.. Paradigmas do humanismo e da Bildung no pensamento estético de Goethe e Schiller. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
KESTLER, I. M. F.. Aspectos históricos da República de Weimar. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
KESTLER, I. M. F.. Ernst Toller e a sua análise do nacional-socialismo na Alemanha. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
KESTLER, I. M. F.. Filosofia da história na obra do jovem Friedrich Schlegel. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
KESTLER, I. M. F.. Friedrich Schiller X Friedrich Schlegel: confrontos e convergências em torno da fundamentação da modernidade. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
KESTLER, I. M. F.. Paradigmas do humanismo e da Bildung no pensamento estético de Goethe e Schiller. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
KESTLER, I. M. F.. Stefan Zweig und Hugo Simon: zwei utopische Blicke auf Brasilien. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
KESTLER, I. M. F.. Tendências da literatura alemã contemporânea após 1945. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
KESTLER, I. M. F.. O conceito de Kunstperiode em Heinrich Heine. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
KESTLER, I. M. F.. Disciplinas de Literatura Alemã no curso de graduação português-alemão da UFRJ: dificuldades e desafios. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
KESTLER, I. M. F.. Exil und Jüdische Kultur in Brasilien: Flussers intellektuelles Netzwerk. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
KESTLER, I. M. F.. A construção do classicismo por Goethe e Schiller. 2005. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

16.
KESTLER, I. M. F.. Bildung, Humanität, ästhetische Erziehung: inwieweit ist dieses anscheinend apolitische Programm der deutschen Klassik heute nocht relevant?. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
KESTLER, I. M. F.. Stefan Zweig e Hugo Simon: dois autores de fala alemã exilados no Brasil durante o nazismo. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
KESTLER, I. M. F.. Os escritores judeus alemães exilados em São Paulo durante a época nazista. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
KESTLER, I. M. F.. Kunstperiode (período da arte) 1795-1800: reflexão estética seminal da modernidade na Alemanha. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
KESTLER, I. M. F.. O complexo humanismo/formação do indivíduo (Bildung) como matriz da literatura e do pensamento estético-filosófico alemães a partir da metade do século XVIII. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
KESTLER, I. M. F.. O exílio e a literatura de exílio de escritores e intelectuais de fala alemã no Brasil durante a época do nazismo. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
KESTLER, I. M. F.. A Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro se apresenta. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
KESTLER, I. M. F.. A literatura em língua alemã do exílio: ainda fora do cânone?. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
KESTLER, I. M. F.. Humanismo, educação estética e ideal de formação do indivíduo: estarão mortos e enterrados atualmente estes paradigmas da virada do século 18 para o 19?. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
KESTLER, I. M. F.. Palestra: O exílio e a literatura do exílio de escritores e intelectuais de língua alemã no Brasil. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
KESTLER, I. M. F.. Iluminismo e modernidade na literatura alemã do século XVIII até o fim do período da arte (Kunstperiode): convergências e divergências entre o classicismo e romantismo alemães. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
KESTLER, I. M. F.. Die Buch-und Zeitschriftenproduktion im brasilianischen Exil. Ein Überblick. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
KESTLER, I. M. F.. Goethe e Schiller: A estética do Classicismo de Weimar. Uma introdução. Rio de Janeiro: Ed. da Faculdade de Letras/UFRJ, 2007. (Tradução/Artigo).

2.
KESTLER, I. M. F.. Os sonhos de Adorno. Rio de Janeiro: Ed. Faculdade de Letras/UFRJ, 2007. (Tradução/Artigo).

3.
KESTLER, I. M. F.. O Classicismo como época literária: tipologia e função do classicismo de Weimar. Rio de Janeiro: Faculdade de Letras/UFRJ, 2006. (Tradução/Artigo).

4.
KESTLER, I. M. F.. Carta a Schiller: Sobre Língua e Poesia. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2006. (Tradução/Artigo).

5.
KESTLER, I. M. F.. "El gran teatro del mundo"- A filosfia da história universal de Hegel como reflexão pensante do acontecimento humano do ponto de vista racional, liberal e cosmopolita. Rio de Janeiro: SErviços Gráficos, 2005. (Tradução/Artigo).

6.
KESTLER, I. M. F.. Identidade nacional e literatura na França e na Alemanha(ensaio). Rio de Janeiro: Faculdade de Letras-UFRJ, 2003. (Tradução/Artigo).


Demais tipos de produção técnica
1.
KESTLER, I. M. F.. Boletim Inter-Cultural da Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro - nr. 41. 2008. (Editoração/Periódico).

2.
KESTLER, I. M. F.. Boletim Inter-Cultural da Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro- nr. 42. 2008. (Editoração/Periódico).

3.
KESTLER, I. M. F.. Projekt - Revista dos Professores de Alemão no Brasil - nr. 46. 2008. (Editoração/Periódico).

4.
KESTLER, I. M. F.; Wels, Erica S. . Bauhaus- a construção de um mito. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
KESTLER, I. M. F.; Wels, Erica S. . República de Weimar - História, literatura e arte. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
KESTLER, I. M. F.. Boletim Inter-Cultural da Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro- nr. 39. 2007. (Editoração/Periódico).

7.
KESTLER, I. M. F.; MOURA, M. S. . Projekt - Revista de Professores de Alemão no Brasil. 2007. (Editoração/Periódico).

8.
KESTLER, I. M. F.. Boletim Inter-Cultural da Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro- Nr. 40. 2007. (Editoração/Periódico).

9.
KESTLER, I. M. F.. Forum Deutsch - Revista brasileira de estudos germânicos. 2007. (Editoração/Periódico).

10.
KESTLER, I. M. F.; MELO, S. B. ; ROCHA, R. . Cânone e dissidências. 2007. (Editoração/Livro).

11.
KESTLER, I. M. F.. Boletim Inter-Cultural da Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro. 2006. (Editoração/Periódico).

12.
KESTLER, I. M. F.. Boletim Inter-Cultural da Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro - nr. 38. 2006. (Editoração/Periódico).

13.
KESTLER, I. M. F.. Forum Deutsch- Revista brasileira de estudos germânicos. 2006. (Editoração/Periódico).

14.
KESTLER, I. M. F.; MARQUES, G. ; LEME, G. P. ; STANKE, R. S. F. . 60 anos da derrota nazista: aspectos históricos e culturais da Alemanha entre 1933 e 1945. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

15.
KESTLER, I. M. F.. Boeltim Inter-Cultural da Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro -Nr. 35. 2005. (Editoração/Periódico).

16.
KESTLER, I. M. F.. Boletim Inter-Cultural da Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro - Nr. 36. 2005. (Editoração/Periódico).

17.
KESTLER, I. M. F.; DURAO, F. A. . Forum Deutsch- Revista brasileira de estudos germânicos. 2005. (Editoração/Periódico).

18.
KESTLER, I. M. F.; LEME, G. P. ; MARQUES, G. ; STANKE, R. S. F. . História, literatura e arte na Alemanha entre 1918 e 1933. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

19.
KESTLER, I. M. F.. Forum Deutsch - Revista brasileira de estudos germânicos. 2004. (Editoração/Periódico).

20.
KESTLER, I. M. F.. Boletim Inter-cultural da Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro - nr. 34. 2004. (Editoração/Periódico).

21.
KESTLER, I. M. F.. Forum Deutsch - Revista brasileira de estudos germânicos. 2003. (Editoração/Periódico).

22.
KESTLER, I. M. F.. Organização do livro de poemas Erwartungslicht de Marco Lucchesi. 2003. (Editoração/Livro).

23.
KESTLER, I. M. F.. Boletim Inter-Cultural da Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro. 2003. (Editoração/Periódico).

24.
KESTLER, I. M. F.. Edição:Boletim Inter-Cultural da Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro - volume 32. 2003. (Editoração/Periódico).

25.
KESTLER, I. M. F.; NOGUEIRA, R. P. ; MELO, S. B. . Estudos anglo-germânicos em perspectiva. 2002. (Editoração/Livro).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
KESTLER, I. M. F.; KIFFER, A. P. V.; SCHOLLHAMMER, K. E.. Participação em banca de Juliana Maia Vieira. O palco como espaço de um ideal: o conceito de tragédia na obra de Friedrich Schiller. 2007. Dissertação (Mestrado em Letras) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

2.
KESTLER, I. M. F.; DURAO, F. A.; Lages, Susana K.. Participação em banca de Juliana Berlim Amorim. Tradução do alemão para o português do livro Alte Meister, de Thomas Bernhard, antecedida de ensaio introdutório. 2006. Dissertação (Mestrado em Letras (Ciência da Literatura)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
KESTLER, I. M. F.. Participação em banca de Fabio Ferreira Coutinho. Membro da banca examinadora da dissertação de mestrado, intitulada: "Das leis que regem a máquina: transcendência e imanência em Kafka". 2005. Dissertação (Mestrado em Letras (Ciência da Literatura)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
KESTLER, I. M. F.. Participação em banca de Fernando Albuquerque. Membro da banca examinadora da dissertação de mestrado, intitulada: "De títeres e humanos. Sobre o teatro de marionetes e o controle do corpo". 2004. Dissertação (Mestrado em Letras (Ciência da Literatura)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
KESTLER, I. M. F.. Participação em banca de Márcia Regina Dantas Monteiro. Membro da banca examinada da dissertação intitulada: "A visão da cidade de Berlim nas obras Berlin Alexanderplatz, Os saltadores do muro, O Dilema e o Campo Vasto". 2003. Dissertação (Mestrado em Letras (Ciência da Literatura)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
KESTLER, I. M. F.; ROCHA, J. C. C.; MORAES, M. J.; SILVA, E. R.. Participação em banca de Roberta Andrade do Nascimento. Membro da banca examinadora da dissertação de mestrado, intitulada: "Charles Baudelaire: a crítica como mecanismo de interpretação da modernidade". 2003. Dissertação (Mestrado em Letras Neolatinas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
KESTLER, I. M. F.. Participação em banca de Patrícia Peterle Rosa do Amaral Figueiredo. Membro da banca examinadora da dissertação de mestrado, intitulada Lisboa em cruzamento de escrita. 2002. Dissertação (Mestrado em Letras Neolatinas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
KESTLER, I. M. F.. Participação em banca de Adelaide Maristela Herbertz. Membro da banca examinadora da dissertação de mestrado, intitulada Xeque-Mate no país do futuro: Stefan Zweig e o exílio no Brasil. 2001. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal do Paraná.

Teses de doutorado
1.
LINS, Vera; Bueno, André Luiz de Lima; Resende, Beatriz; Pereira, Victor Hugo; KESTLER, I. M. F.. Participação em banca de Leonardo Munk Machado. Da submissão do corpo à (im)possibilidade de mudança: uma leitura da peça A Missão, Lembrança de uma Revolução, de Heiner Müller. 2007. Tese (Doutorado em Letras (Ciência da Literatura)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
KESTLER, I. M. F.; SUZUKI, M.; BOLLE, W.; MAAS, W. P.. Participação em banca de Magali dos Santos Moura. Membro da banca julgadora da tese de doutoramento, intitulada: "A poiesis orgânica de Goethe. A construção de um diálogo entre arte e ciência". 2006. Tese (Doutorado em Letras (Língua e Literatura Alemã)) - Universidade de São Paulo.

3.
KESTLER, I. M. F.; OLINTO, H. K.. Participação em banca de Marcos Fábio Campos da Rocha. Membro da banca examinadora da tese de doutorado, intitulada: Literatura de confronto e estética da recepção como instrumentos da modernidade. 2004. Tese (Doutorado em Letras (Ciência da Literatura)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
KESTLER, I. M. F.. Participação em banca de Cláudia Andréa Prata Ferreira. Membro da banca examinadora da tese de doutorada, intitulada O pacto da memória: a questão da interpretação das fontes bíblica e talmúdica na tradição judaica. 2002. Tese (Doutorado em Letras (Ciência da Literatura)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
KESTLER, I. M. F.. Participação em banca de Vinícius Bogea Câmara. Prismas do Exílio: Intermediação cultural, trajetórias intelectuais e construção do estilo em Anatol Rosenfeld e Otto Maria Carpeaux. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado sociologia) - Instituto Universitário de Pesquisas do RJ/TEC.

2.
KESTLER, I. M. F.; OLINTO, H. K.; COCO, P. M. A.. Participação em banca de Regina Maria Britto Figueiredo. Banca Examinadora do exame de qualificação do projeto de tese, intitulado "Conceitos de literatura e comunicação: relações". 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Letras) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

3.
KESTLER, I. M. F.. Participação em banca de Marcos Fábio Campos da Rocha. Membro da banca de julgamento do exame de qualificação para o Doutorado em Teoria Literária. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Letras (Ciência da Literatura)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
Lages, Susana K.; MEIRELLES, S.; KESTLER, I. M. F.. Banca examinadora do Concurso Público de Provas e Títulos para Professor Adjunto de Língua Alemã, departamento de Letras Estrangeiras Modernas do Instituto de Letras. 2009. Universidade Federal Fluminense.

2.
KESTLER, I. M. F.; MEIRELLES, S.; FISCHER, E.. Concurso Público para provimento do cargo de Professor Adjunto de Língua Alemã e Tradução em Língua Alemã. 2006. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
KESTLER, I. M. F.; GLENK, E.; DORNBUSCH, C. S.; HEIDERMANN, W.; ASSMANN, I.. Concurso Público de Provas e Titulos para Professor Adjunto de Alemão (Língua e Literatura). 2006. Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
KESTLER, I. M. F.. Concurso público de títulos e provas cargo de Professor Assistente do Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Ciências e Letras da UNESP. 2000. Universidade Estadual Paulista.

5.
KESTLER, I. M. F.. Concurso para Professor Doutor do Departamento de Letras Modernas da FFLCH. 1999. Universidade de São Paulo.

6.
KESTLER, I. M. F.. Concurso Público para Professor Doutor do departamento de Letras Modernas da FFLCH. 1999. Universidade de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Seminário de Pesquisa do Mestrado em Estética e Filosofia da Arte.O conceito de história no jovem Schlegel. 2007. (Seminário).

2.
XI. Encontro Regional da ABRALIC. Friedrich Schiller X Friedrich Schlegel: confrontos e convergências em torno da fundamentação da modernidade. 2007. (Congresso).

3.
XVIII Congresso da Associação Internacional de Literatura Comparada/Congress of the International Comparative Association. Paradigmas do humanismo e da Bildung no pensamento estético de Goethe e Schiller. 2007. (Congresso).

4.
Texto, contexto e hipertexto. XIII Semana Interdisciplinar de Estudos Anglo-Germânicos. 2005. (Congresso).

5.
Performance: Linguagens em Ação. XII Semana Interdisciplinar de Estudos Anglo-Germânicos. 2004. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
KESTLER, I. M. F.; ANDRADE, F. G. C. ; MONNERAT, M. ; MOURA, M. S. . 7ºCongresso Brasileiro de Professores de Alemão. 2008. (Congresso).

2.
KESTLER, I. M. F.; MOURA, M. S. . Simpósio Internacional Fausto de Goethe no século 21: questões fáusticas na contemporaneidade. 2008. (Congresso).

3.
KESTLER, I. M. F.; MOURA, M. S. ; HEISE, E. P. . Simpósio Literatura em Trânsito: Manifestações no âmbito da literatura de expressão alemã. 2007. (Outro).

4.
KESTLER, I. M. F.. Simpósio Literaturas de expressão alemã no século XX: discursos, linguagens e culturas. 2007. (Outro).

5.
KESTLER, I. M. F.; MOURA, M. S. ; MONNERAT, M. ; ANDRADE, F. G. C. . V Fórum APA-Rio / I Encontro de Germanistas do Estado do Rio de Janeiro: Berlim anos 20 - Da euforia ao caos - Homenagem ao jubileu de Alfred Döblin. 2007. (Congresso).

6.
KESTLER, I. M. F.; MELO, S. B. ; PEREZ, Juliana ; ROCHA, R. ; STANKE, R. S. F. . XV Semana Interdisciplinar de Estados Anglo-Germânicos - Discursos, LInguagens, Culturas. 2007. (Congresso).

7.
KESTLER, I. M. F.; ANDRADE, F. G. C. ; MONNERAT, M. ; MOURA, M. S. . IV Fórum APA-Rio Deutsch lehren: neue Wegen - neue Perspektiven. 2006. (Congresso).

8.
KESTLER, I. M. F.; MELO, S. B. ; ROCHA, R. . XIV Semana Interdisciplinar de Estudos Anglo-Germânicos. 2006. (Congresso).

9.
KESTLER, I. M. F.; FABRICIO, B. F. ; ROCHA, R. . XIII Semana de Estudos Anglo-Germânicos. 2005. (Congresso).

10.
KESTLER, I. M. F.; ANDRADE, F. G. C. ; MONNERAT, M. . III Fórum da APA.-Rio- -Formação de Professores e Mercado de Trabalho. 2005. (Congresso).

11.
KESTLER, I. M. F.; MOURA, M. S. . Simpósio Friedrich Schiller e a fundação do cânone da modernidade. 2005. (Outro).

12.
KESTLER, I. M. F.. II Fórum da APA-Rio - Perspectivas e desafios para o ensino de alemão como língua estrangeira. 2004. (Congresso).

13.
KESTLER, I. M. F.. XII Semana Interdisciplinar de Estudos Anglo-Germânicos. 2004. (Congresso).

14.
KESTLER, I. M. F.. Simpósio Performances estético-literárias em língua alemã. 2004. (Outro).

15.
KESTLER, I. M. F.. Organização da Seção Literaturas de língua alemã da XI Semana Interdisciplinar de Estudos Anglo-Germânicos. 2003. (Congresso).

16.
KESTLER, I. M. F.. Organização da XI Semana Interdisciplinar de Estudos Anglo-Germânicos. 2003. (Congresso).

17.
KESTLER, I. M. F.. I Fórum da Associação de Professores de Alemão do Rio de Janeiro. 2003. (Congresso).



Outras informações relevantes


Membro-fundador da Associação Goethe do Brasil, criada em 18/03/2009



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/12/2018 às 5:45:16