Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1C

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9276590151526541
  • Última atualização do currículo em 13/10/2018


Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron. Professor Titular de História da Universidade de São Paulo. Diretor da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (Universidade de São Paulo). Membro da Academia Ambrosiana, Classe di Studi Borromaici (Milão, Itália). Foi professor visitante da Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (1997, 2002, 2007, 2013, 2014 e 2016) e da Universidad Internacional de Andalucía (2004); foi também pesquisador convidado do Musée du Quai Branly (2009). Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1985), mestrado em História Social pela Universidade de São Paulo (1991), doutorado em Histoire et Civilisations pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales, França (1998) e livre-docência em História Moderna pela Universidade de São Paulo (2010). É pesquisador do CNPq (nível I-C) desde 2003. Realiza pesquisas sobre a escravidão indígena e africana, sobre a legislação indigenista na América de colonização portuguesa e espanhola e sobre o pensamento jurídico moderno (com ênfase nas obras produzidas pelos teólogos da Companhia de Jesus e por juristas espanhóis e portugueses). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron
Nome em citações bibliográficas
Zeron, Carlos;Zeron, Carlos Alberto;de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto;ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de História.
Avenida Professor Lineu Prestes, 338
Butantã
05508900 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 30913150
Ramal: 8601
Fax: (11) 30322314
URL da Homepage: http://www.historia.fflch.usp.br/


Formação acadêmica/titulação


1991 - 1998
Doutorado em Histoire Et Civilisations.
Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
Título: La Compagnie de Jésus et l'institution de l'esclavage au Brésil: les justifications d'ordre historique, théologique et juridique, et leur intégration par une mémoire historique (XVIe-XVIIe siècles), Ano de obtenção: 1998.
Orientador: François Hartog.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: história do Brasil; escravidão; Companhia de Jesus; legislação indigenista; pensamento teológico-jurídico moderno; historiografia colonial.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Religiões.
1986 - 1991
Mestrado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Fundamentos histórico-políticos da música nova e da música engajada no Brasil, a partir de 1962: o salto do tigre de papel,Ano de Obtenção: 1991.
Orientador: Arnaldo Daraya Contier.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: música; política; história do Brasil; herança cultural; memória histórica; Partido Comunista Brasileiro.
Grande área: Ciências Humanas
1982 - 1985
Graduação em História.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Pós-doutorado e Livre-docência


2010
Livre-docência.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A construção de uma ordem colonial nas margens americanas do império português: discussões sobre o, Ano de obtenção: 2010.
Palavras-chave: América portuguêsa; Companhia de Jesus; escravidão; legislação indigenista; pensamento teológico-jurídico moderno; projeto colonial.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea / Especialidade: História Moderna.
2007 - 2007
Pós-Doutorado.
Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
1999 - 2001
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.


Formação Complementar


1991 - 1992
Diplôme d?Etudes Approfondies (D.E.A.).
École des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris, CEMS/EHESS, França.


Atuação Profissional



Academia Ambrosiana, AA, Itália.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Membro da Academia Ambrosiana., Enquadramento Funcional: Membro e pesquisador.
Outras informações
Desde 2014 - Membro da Academia Ambrosiana. Classe di Studi Borromaici. Milão, Itália.


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Associado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor Doutor Associado, nível MS-5, em RDIDP, de História Moderna (2001-2009) e de História da América Colonial (desde 2010) do Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Vínculo institucional

1986 - 1987
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20
Outras informações
Projeto: Dicionário Musical de Mário de Andrade. Financiamento: Universidade de São Paulo e Ministério da Cultura. Pesquisador na equipe que reconstituiu e organizou o Dicionário Musical de Mário de Andrade. Coordenação: Oneyda Alvarenga e Flávia Camargo Toni.

Atividades

11/2011 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Membro suplente da Congregação da Faculdade.
2011 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Departamento de História - FFLCH/USP, Departamento de História - FFLCH/USP.

Atividade realizada
Vice-coordenador do Programa de Doutorado Interinstitucional (Dinter) entre a Universidade de São Paulo e a Universidade Federal do Acre..
10/2010 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

Atividade realizada
Coordenador do convênio entre a FFLCH-USP e a Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales, França..
01/2007 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

Atividade realizada
Coordenador do convênio entre a FFLCH-USP e a Université Paris-Sorbonne..
08/2003 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pós-Graduação em História Social, .

03/2003 - Atual
Ensino, História Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
A Companhia de Jesus e a escravidão no Brasil, séculos XVI e XVII
Evidência e escala de observação (disciplina ministrada na Universidade Federal do Acre, Dinter USP-UFAC)
02/2001 - Atual
Ensino, História moderna, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da América colonial
História das instituições
História Mmoderna I e II
História social das ideias políticas na América colonial
2000 - Atual
Ensino, História Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
vv. profs. convidados: Antonella Romano, Bernard Vincent, François Hartog, Jean-Claude Laborie, Jean-Frédéric Schaub, Luiz Felipe de Alencastro, Marcello Carastro, Pierre-Antoine Fabre, Silvia Sebastiani.
11/2010 - 11/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de História - FFLCH/USP, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Segurança e Qualidade de Vida.
07/2009 - 03/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de História - FFLCH/USP, .

Cargo ou função
Conselho da Revista de História.
11/2008 - 11/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de História - FFLCH/USP, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Segurança e Qualidade de Vida.
01/2004 - 12/2009
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, .

03/2007 - 03/2009
Direção e administração, Departamento de História - FFLCH/USP, .

Cargo ou função
Editor da Revista de História.
03/2005 - 03/2007
Direção e administração, Departamento de História - FFLCH/USP, .

Cargo ou função
Vice-editor da Revista de História.
11/2004 - 11/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de História - FFLCH/USP, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Segurança e Qualidade de Vida.
11/2004 - 10/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de História - FFLCH/USP, .

Cargo ou função
Membro do Conselho do Departamento de História.
03/2004 - 03/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Programa de Pós-Graduação em História Social, .

Cargo ou função
Membro da Comissão do Programa de Pós-Graduação em História Social.
11/2002 - 11/2004
Direção e administração, Departamento de História - FFLCH/USP, .

Cargo ou função
Vice-chefe do Departamento de História.
11/2002 - 11/2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de História - FFLCH/USP, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Segurança e Qualidade de Vida.
08/2001 - 08/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Apoio à Pesquisa Histórica Sérgio Buarque de Holanda, .

Cargo ou função
Membro do conselho do Centro de Apoio à Pesquisa Histórica Sérgio Buarque de Holanda (CAPH).
10/1986 - 03/1987
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Estudos Brasileiros, .


Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor convidado pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris. Convite válido para o triênio 2012-13/2014-15 (desdobrado para 2015-16), para desenvolvimento de atividades didático-científicas com os professores Pierre-Antoine-Fabre, Serge Gruzinski, François Hartog, Jean Hébrard, Claudia Damasceno e Jean-Frédéric Schaub.

Vínculo institucional

2010 - 2016
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
2010-2014 - Américanisation et américanité : dynamiques spatio-temporelles et enjeux multiculturels. Coordenadores : Jacques Poloni-Simard (EHESS), Charlotte de Castelnau L?Estoile (Université Paris-Ouest ? Nanterre-La Défense) e Carmen Salazar-Soler (CNRS).

Vínculo institucional

1995 - 2016
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador associado
Outras informações
Pesquisador do Groupe de recherche sur les missions religieuses ibériques modernes (Centre d?Anthropologie Religieuse Européenne e Centre de Recherches Historiques). Coordenação: Pierre-Antoine Fabre (EHESS, Centre d'Anthropologie Religieuse Européenne).

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 40
Outras informações
Professor convidado pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris. Convite válido para o triênio 2012-13/2014-15, para desenvolvimento de atividades didático-científicas com os professores Pierre-Antoine-Fabre, Serge Gruzinski, François Hartog, Jean Hébrard, Claudia Damasceno e Jean-Frédéric Schaub.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor e pesquisador convidado
Outras informações
Professor convidado pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris. Convite válido para o triênio 2012-13/2014-15, para desenvolvimento de atividades didático-científicas com os professores Pierre-Antoine-Fabre, Serge Gruzinski, François Hartog, Jean Hébrard, Claudia Damasceno e Jean-Frédéric Schaub. Em 2013: apresentação de cinco comunicações de resultados de pesquisa, como professor convidado da Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales, e atividades junto aos grupos de pesquisa dos quais faço parte: Mondes Américains, Sociétés, Circulations, Pouvoirs (XVème-XXIème siècles), do Centre de Recherche sur les Mondes Américains e Groupe de recherches sur les missions religieuses dans le monde ibérique moderne, vinculado ao Centre d?Anthropologie Religieuse Européenne.

Vínculo institucional

2004 - 2009
Vínculo: Pesquisador associado, Enquadramento Funcional: Coordenador de projeto de pesquisa
Outras informações
Pesquisador da Unité Mixte de Recherche 8168, CNRS, ?Empires, sociétés, nations: Amérique latine et Méditerranée occidentale (XVe-XXIe siècle)?, MASCIPO (Mondes Américains, Sociétés, Circulations, Pouvoirs ? XVe-XXIe siècle). Coordenação geral: Serge Gruzinski e Annick Lempérière. Coordenador do sub-projeto ?Práticos e práticas: les pratiques missionnaires, mercantiles et militaires du XVIe au XVIIIe siècle et les instruments conceptuels de leur organisation et de leur mise en oeuvre?, que reuniu os professores Janice Thedoro da Silva, Maria Cristina Cortez Wissembach, Marina de Mello e Souza e Rafael de Bivar Marquese, do Departamento de História da FFLCH-USP.

Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor e pesquisador convidado, Carga horária: 40
Outras informações
Professor convidado pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris, para um ciclo de conferências realizadas no seminário de pesquisa dirigido pelo professor Serge Gruzinski.

Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador associado
Outras informações
Pesquisador do Groupe de recherche antijésuitismes à l?époque moderne (Centre d?Anthropologie Religieuse Européenne e Centre National pour la Recherche Scientifique). Coordenação: Pierre-Antoine Fabre (EHESS) e Catherine Maire (CNRS).

Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor e pesquisador convidado
Outras informações
Professor convidado pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris, para um ciclo de conferências realizadas nos seminários de pesquisa dirigidos pelos professores Pierre-Antoine Fabre, Bernard Vincent, Antonella Romano e Afrânio Garcia. Realização, igualmente, de uma conferência na Universidade Sorbonne - Paris-IV, no seminário de pesquisa dirigido pelo professor Luiz Felipe de Alencastro.

Vínculo institucional

1999 - 1999
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador bolsista
Outras informações
fevereiro de 1999 ? Pesquisador convidado pelo Groupe de recherches sur les missions religieuses ibériques modernes no Centre d?Anthropologie Religieuse Européenne. Financiamento: Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales, Paris.

Vínculo institucional

1995 - 1999
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador, Carga horária: 4
Outras informações
Coordenação e realização do seminário dirigido pelo professor Serge Gruzinski, na Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris, todos os meses de fevereiro, nos anos indicados.

Vínculo institucional

1997 - 1997
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 40
Outras informações
Professor convidado pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris, para um ciclo de conferências realizadas no seminário de pesquisa dirigido pelo professor François Hartog.

Vínculo institucional

1995 - 1997
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador associado
Outras informações
Pesquisador do Groupe de recherche sur la maîtrise de la nature en Amérique et dans la péninsule ibérique (Centre de Recherches sur les Mondes Américains - E.H.E.S.S., Paris, em convênio com o Consejo Superior de Investigaciones Cientificas, Madrid). Coordenação: professores Carmen Salazar-Soler e Nathan Wachtel.

Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador bolsista
Outras informações
setembro a dezembro de 1994 ? Archivum Romanum Societatis Iesu, Biblioteca Archivum Romanum Societatis Iesu, Biblioteca Institutum Historicum Societatis Iesu, Biblioteca Nazionale Vittorio Emmanuele, Università Gregoriana, Archivio Generale dei Frati Predicatori, Archivio Generale dei Frati Minori, Archivio Generale dell'Ordine dei Frati Minori Cappuccini, Archivio Generale dei Carmelitani Calzati, Archivio Generale dei Frati Benedettini, Biblioteca Corsiniana, Palais Farnèse, Archivio S. Congregationis de Propaganda Fidei, Biblioteca S. Congregationis de Propaganda Fidei, Roma, e Biblioteca Apostolica Vaticana e Archivio Segreto Vaticano. Financiamento: Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales, Paris.

Atividades

01/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Mondes Américains, Sociétés, Circulations, Pouvoirs ? XVe-XXIe siècle, .

01/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centre d´Anthropologie Religieuse Européenne, .

01/1995 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centre d´Anthropologie Religieuse Européenne, .

01/2004 - 12/2009
Pesquisa e desenvolvimento , Mondes Américains, Sociétés, Circulations, Pouvoirs ? XVe-XXIe siècle, .

01/2002 - 12/2003
Pesquisa e desenvolvimento , Centre d´Anthropologie Religieuse Européenne, .

01/2002 - 02/2002
Ensino, Histoire Des Missions Jésuites Au Brésil, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Sources jésuites intéressant à l?histoire de l?Amérique Portugaise
L?économie chrétienne de la Compagnie de Jésus et la liberté indigène: tensions internes (Brésil, fin XVIIe siècle)
Continuités et discontinuités entre les pratiques missionnaires instituées au Brésil et la pensée juridico-politique des théologiens jésuites
Les aldeamentos jésuites au Brésil et l?idée moderne d?institution de la société civile
01/1995 - 12/1997
Pesquisa e desenvolvimento , Centre de Recherches sur les Mondes Américains, .

1/1997 - 2/1997
Ensino, Histoire Des Missions Jésuites Au Brésil, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
L'expérience missionnaire des jésuites au Brésil et leur participation dans le débat sur la législation coloniale sur la réglementations des formes du travail servile
L'économie des premières missions jésuites brésiliennes d'après la correspondance de l'Ordre

Musée du quai Branly, MQB, França.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Pesquisador visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40
Outras informações
Pesquisador visitante no Musée du Quai Branly, em Paris, França (janeiro-fevereiro de 2009). Bibliothèque Nationale e Bibliothèque du Musée du Quai Branly, França. Financiamento: Musée du Quai Branly.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor visitante, Carga horária: 4
Outras informações
Professor visitante no Musée du Quai Branly, em Paris, França. Ciclo de conferências relacionados à exposição ?Planète métisse?, apresentada no mesmo Musée du Quai Branly (curadoria: Serge Gruzinski, pesquisador do CNRS e Dirécteur d?études da Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris).


Universidad Internacional de Andalucía, UIA, Espanha.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor visitante, Carga horária: 20
Outras informações
Professor visitante na Universidad Internacional de Andalucía, Sede Iberoamericana Santa Maria de La Rábida, programa de pós-graduação VI Maestría en Historia Latinoamericana. Historia comparada del mundo ibérico (siglos XV al XX): estructuras, redes e intercambios. Curso ministrado: ?Los Jesuítas y el Nuevo Mundo: historia comparada de la política missionera para la América portuguesa y española?.

Atividades

02/2004 - 02/2004
Ensino, Historia Latinoamericana, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
VI Maestría en Historia Latinoamericana: historia compara del mundo ibérico (siglos XV al XX): estructuras, redes e intercambios; curso ministrado: "?Los Jesuítas y el Nuevo Mundo: historia comparada de la política missionera para la América portugue

Escuela de Estudios Hispano-Americanos, EEHA, Espanha.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor e pesquisador visitante, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Participação em mesa redonda coordenada organizada pelo Grupo de Investigación Construcción de fronteras en los mundos ibéricos e coordenada por Berta Ares Queija, sobre tema: Los jesuitas y sus bárbaros: proyectos, acomodos y resistencias, na Escuela de Estudios Hispano-Americanos, CSIC, Sevilha, Espanha. - Ley y costumbre en la Capitanía de São Paulo: interpretaciones de estos conceptos en el contexto de la discusión sobre la libertad de los indios, en la segunda mitad del siglo XVII ; conferência apresentada ao Grupo de Investigación Construcción de fronteras en los mundos ibéricos , realizada na Escuela de Estudios Hispano-Americanos, CSIC, Sevilha, Espanha.

Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Pesquisador visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40
Outras informações
Atividades de pesquisa no Archivo General de Indias e na Biblioteca de la Escuela de Estudios Hispano-Americanos


Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Grupo de pesquisa CNPq ?Jesuítas nas Américas? (ano de formação: 1999). Linha de pesquisa: Populações indígenas e missões religiosas na América Latina.

Vínculo institucional

2003 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsa de produtividade em pesquisa (PQ-I-C)
Outras informações
2003-2007: ?Briga de Padres: natureza e sociedade nas disputas da Companhia de Jesus no Brasil (século XVII)?. Projeto financiado com bolsa de produtividade em pesquisa (PQ-II), do Conselho Nacional para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Três bolsas de iniciação científica e uma bolsa de auxílio de técnico. 2007-2010: ?Bem comum e utilidade pública: o bom governo dos índios nas Américas de colonização portuguesa e espanhola?. Bolsa de produtividade em pesquisa (PQ-II), do Conselho Nacional para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). 2010-2013 ? ?Quinto Império e pertencimento nacional?. Bolsa de produtividade em pesquisa (PQ-II), do Conselho Nacional para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). 2013-2016 - "Rasteira, encruzilhada e corta-capim: usos contraditórios da autoridade de Juan de Solórzano Pereira por Antônio Vieira, Paulo da Silva Nunes e Francisco Xavier de Mendonça Furtado". Bolsa de produtividade em pesquisa (PQ-II), do Conselho Nacional para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Atividades

02/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de História da FFLCH-USP, .

01/2009 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de História da FFLCH-USP, .

02/2010 - 02/2013
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de História da FFLCH-USP, .

02/2007 - 02/2010
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de História da FFLCH-USP, .

02/2003 - 02/2007
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de História da FFLCH-USP, .


Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2009
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Pesquisador do Projeto temático "Dimensões do império português: estruturas e dinâmicas do antigo sistema colonial"

Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: bolsista - bolsa de pesquisa no exterior
Outras informações
fevereiro-junho de 2007 ? Pesquisas na Bibliothèque Nationale (França), Archivum Romanum Societatis Iesu e Biblioteca Nazionale Centrale Vittorio Emmanuele (Itália), Biblioteca Pública de Évora, Arquivo Distrital de Évora, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Biblioteca Nacional e Biblioteca da Ajuda (Portugal), Archivo General de Indias (Espanha). Financiamento: Fapesp (modalidade: bolsa de pesquisa no exterior).

Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: bolsista - bolsa de pesquisa no exterior
Outras informações
janeiro e fevereiro de 2005 ? Pesquisas na Bibliothèque Nationale, França. Financiamento: Fapesp (modalidade: bolsa de pesquisa no exterior).

Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: bolsista - bolsa de pesquisa no exterior
Outras informações
fevereiro de 2002 ? Archivum Romanum Societatis Iesu e Biblioteca Nazionale Vittorio Emmanuele, Roma. Financiamento: Fapesp (modalidade: bolsa de pesquisa no exterior).

Vínculo institucional

1999 - 2001
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Pesquisador recém-doutor, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Título do projeto: A economia cristã da Companhia de Jesus e a liberdade indígena: tensões internas (final do século XVII - início do século XVIII). Financiamento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).


Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas, CONICET, Argentina.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: pesquisador
Outras informações
desde 2012 ? Grupo de pesquisa ?Fronteras, misiones e imperios coloniales?. Red temática de investigación sobre las fronteras de las monarquías ibéricas. Coordenação: Guillermo Wilde (Universidad San Martín e Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas, CONICET, Argentina). (http://www.um.es/redcolumnaria/index.php?option=com_content&view=article&id=1371&Itemid=151)

Atividades

01/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , CONICET, .


Ecole Fraçaise de Rome, EFR, Itália.
Vínculo institucional

1998 - 1998
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador bolsista
Outras informações
maio-junho de 1998 ? Archivum Romanum Societatis Iesu e Biblioteca Nazionale Vittorio Emmanuele, Roma, e Biblioteca Apostolica Vaticana. Financiamento: Ecole Française de Rome.

Vínculo institucional

1996 - 1996
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador bolsista
Outras informações
dezembro de 1996 ? Archivum Romanum Societatis Iesu, Roma, Archivio di Stato di Firenze e Biblioteca Apostolica Vaticana. Financiamento: Ecole Française de Rome.


Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses, CNCDP, Portugal.
Vínculo institucional

1997 - 1997
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador bolsista
Outras informações
outubro de 1997 ? Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Biblioteca Nacional, Biblioteca da Ajuda, Arquivo Histórico Ultramarino, Lisboa, e Biblioteca Pública e Arquivo Distrital de Évora. Financiamento: Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses.


Ministério da Educação, MEC, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor
Outras informações
2001-2002 ? Elaborador das matrizes do Exame Nacional de Certificação de Competências do Ensino de Jovens e Adultos (ENCCEJA). 2001-2004 ? Elaborador de questões do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). agosto 2000 - julho 2002 ? Membro da Comissão de especialistas de ensino de História da Secretaria de educação superior do Ministério da Educação.

Atividades

07/2001 - 11/2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Secretaria de Educação Média e Tecnológica, .

Cargo ou função
Elaborador de questões do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).
08/2000 - 09/2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Secretaria de Educação Superior, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de especialistas de ensino de História da Secretaria de educação superior do Ministério da Educação.
08/2001 - 09/2002
Conselhos, Comissões e Consultoria, Secretaria de Educação Média e Tecnológica, .

Cargo ou função
Elaborador das matrizes do Exame Nacional de Certificação de Competências do Ensino de Jovens e Adultos (ENCCEJA).

Fundação Universia, UNIVERSIA BRASIL, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro do Conselho editorial
Outras informações
desde 2008 ? Membro do Conselho editorial da revista História Iberoamericana (editada pela Fundação Universia). ISSN: 1989-2616. (URL: http://revistahistoria.universia.cl/)


Fundação Biblioteca Nacional, FBN, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador, Carga horária: 8
Outras informações
Coordenação da Comissão de História e Geografia do Programa Livro Aberto, do Programa Nacional de Incentivo à Leitura (PROLER) e do Programa de Instalação e Modernização de Bibliotecas Públicas (SNBP), promovido pela Fundação Biblioteca Nacional e pelo Ministério da Cultura, para selecionar livros adquiridos pela Coordenadoria Geral do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, da Fundação Biblioteca Nacional, destinados a implantar bibliotecas em municípios brasileiros. Parecerista da Comissão de História e Geografia, no processo de seleção de acervo para municípios brasileiros contemplados como Programa de Implantação de Bibliotecas Públicas, Fundação Biblioteca Nacional, Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, do Ministério da Cultura.


Museu da Casa Brasileira, MCB, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 1999
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20
Outras informações
Consultoria junto à Divisão de Pesquisa para desenvolvimento e expansão do Fichário Ernâni Silva Bruno: Equipamentos, usos e costumes da Casa Brasileira. Confecção de um banco de dados (textos e imagens) sobre os equipamentos, usos e costumes da casa brasileira. Digitalização do banco de dados. Publicação do primeiro volume da coleção Equipamentos, usos e costumes da Casa Brasileira: Alimentação (seleção, organização e introdução). São Paulo: Museu da Casa Brasileira/ Imprensa Oficial do Estado, 2000.

Atividades

05/1999 - 12/1999
Pesquisa e desenvolvimento , Divisão de Pesquisa, .


Fundacão Roberto Marinho, FRM, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 4
Outras informações
Consultor da série ?Histórias de São Paulo?, produzida pela TV Globo, São Paulo.


Secretaria de Estado da Cultura, SEC-SP, Brasil.
Vínculo institucional

1984 - 1985
Vínculo: Bolsista Fundap, Enquadramento Funcional: estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Estagiário junto à Divisão de Museus da Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo.

Atividades

01/1984 - 12/1985
Estágios , Divisão de Museus, .

Estágio realizado
Divisão de museus.

Centro Cultural Anglo-Americano, CCAA, Brasil.
Vínculo institucional

1979 - 1979
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor horista, Carga horária: 20
Outras informações
Professor de língua inglesa no Centro Cultural Anglo-Americano de São Paulo.

Atividades

02/1979 - 12/1979
Ensino, Língua inglesa, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Língua inglesa

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Diretor da Biblioteca Brasiliana Mindlin, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Diretor da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin - Universidade de São Paulo.



Linhas de pesquisa


1.
Groupe de recherche sur les missions religieuses ibériques modernes
2.
Groupe de recherche sur la maîtrise de la nature en Amérique et dans la péninsule ibérique
3.
Unité Mixte de Recherche 8168, CNRS, ?Empires, sociétés, nations: Amérique latine et Méditerranée occidentale (XVe-XXIe siècle)?, MASCIPO (Mondes Américains, Sociétés, Circulations, Pouvoirs ? XVe-XXIe siècle).
4.
Grupe de recherche sur la Restauration de la Compagnie de Jésus.
5.
Groupe de recherche ?Américanisation et américanité: dynamiques spatio-temporelles et enjeux multiculturels?.
6.
Groupe de recherche antijésuitismes à l?époque moderne (Centre d?Anthropologie Religieuse Européenne e Centre National pour la Recherche Scientifique)
7.
Escravidão e história atlântica - Programa de Pós-Graduação em História Social
8.
História social das idéias políticas - Programa de Pós-Graduação em História Social
9.
Dimensões do império português: estruturas e dinâmicas do antigo sistema colonial.
10.
Dicionário Musical de Mário de Andrade.
11.
Banco de dados Ernani Silva Bruno: Equipamentos, usos e costumes da Casa Brasileira

Objetivo: Confecção de um banco de dados (textos e imagens) sobre os equipamentos, usos e costumes da casa brasileira, a partir do Fichário Ernâni Silva Bruno. Digitalização do banco de dados..
Palavras-chave: banco de dados sobre equipamentos, usos e costumes.
12.
Briga de Padres: natureza e sociedade nas disputas da Companhia de Jesus no Brasil (século XVII) (PQ-II)
13.
Bem comum e utilidade pública: o bom governo dos índios nas Américas de colonização portuguesa e espanhola (PQ-II)
14.
Grupo de pesquisa CNPq ?Jesuítas nas Américas?. Linha de pesquisa: Populações indígenas e missões religiosas na América Latina.
15.
Quinto Império e pertencimento nacional (PQ-II)
16.
Rasteira, encruzilhada e corta-capim: usos contraditórios da autoridade de Juan de Solórzano Pereira por Antônio Vieira, Paulo da Silva Nunes e Francisco Xavier de Mendonça Furtado (PQ-II)
17.
Grupo de pesquisa ?Fronteras, misiones e imperios coloniales?. Red temática de investigación sobre las fronteras de las monarquías ibéricas.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
3 vezes 22
Descrição: Descrição: O projeto 3 vezes 22 pretende promover o confronto de três 22's: o da Independência, o da Semana de Arte Moderna e aquele que nossa geração vivenciará. A reflexão crítica mediada pelos desafios do presente contemplará o legado deixado pelas narrativas sobre o movimento modernista, revisitando, portanto, o patrimônio cultural acumulado, mas também trazendo à tona as zonas de sombra dos "tempos renegados". A Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) possui um acervo valioso para auscultar territórios de pesquisa bibliográfica e documental ainda pouco mobilizados, e rever essas duas datas a partir dos desafios do tempo presente será nosso principal intento. Assim, o projeto 3 vezes 22 vale-se do rico material conservado pela BBM para encontrar nos documentos, nos livros e nos autores esquecidos e renegados pelas vertentes dominantes de nossa historiografia as evidências, as perspectivas e as interpretações que possam contribuir para a análise de nossa história, projetando questões que possam nortear a construção de um horizonte de autonomia, ao menos no plano da cultura e da ciência..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Antônio Vieira rastela o direito natural
Descrição: O direito natural ? a categoria mais universal e longeva criada pelo pensamento europeu, desde gregos e romanos ? já não dava conta das novas realidades que caracterizavam a época moderna, nem no contexto europeu marcado pela territorialização do mando político, nem nos territórios alcançados com a expansão ultramarina. O tema deste projeto de pesquisa é interrogar a mudança que a categoria do direito natural sofreu nesta nova conjuntura, especialmente na sua relação de sobredeterminação com relação ao direito civil. Mesmo que haja uma precocidade e maior visibilidade dessa mudança em contextos coloniais, escolhi um autor que se sentiu concernido também pela realidade europeia: Antônio Vieira, que atuou intensamente para fortalecer a coroa portuguesa em missões em França, nos Países Baixos e em Roma, ao mesmo tempo em que tentou viabilizar seu império colonial por meio da mobilização do capital de judeus e cristãos-novos e das companhias de comércio, além, é notório no seu caso, das missões religiosas no ultramar. Por outro lado, ler Vieira permite tirar medidas internas sobre aquela mudança, pois, se algumas de suas posições foram constantes (como, por exemplo, o projeto nobreguiano do governo espiritual e temporal dos aldeamentos de índios por missionários), outras mudaram bastante (por exemplo, sobre a escravidão ameríndia). Por fim, constitui uma evidência notável dessa mudança na compreensão do direto natural que Vieira tenha valorizado autores que tiveram uma experiência prática na América, como o jesuíta José de Acosta e o jurista Juan de Solórzano Pereira, em detrimento de Tomás de Aquino, Francisco de Vitoria e Domingo de Soto. Projeto desenvolvido com apoio da bolsa de produtividade em pesquisa (PQ-I-C), do Conselho Nacional para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron - Coordenador.
2013 - 2016
Rasteira, encruzilhada e corta-capim: usos contraditórios da autoridade de Juan de Solórzano Pereira por Antônio Vieira, Paulo da Silva Nunes e Francisco Xavier de Mendonça Furtado
Descrição: Bolsa de produtividade em pesquisa (PQ-II), do Conselho Nacional para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron - Coordenador.
2012 - Atual
Américanisation et américanité: dynamiques spatio-temporelles et enjeux multiculturels
Descrição: Groupe de recherche ?Américanisation et américanité: dynamiques spatio-temporelles et enjeux multiculturels?. Contrato quinquenal 2014-2018. Coordenação: Jacques Poloni-Simard (EHESS, França), Charlotte de Castelnau-L?Estoile (Université Paris-X, França) e Carmen Salazar-Soler (CNRS, França)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Fronteras, misiones e imperios coloniales
Descrição: Este nuevo nodo de la Red Columnaria propone congregar especialistas que investigan los antecedentes y consolidación de misiones religiosas en el mundo colonial. De acuerdo a una definición clásica, las misiones fueron instituciones de frontera claves en el proceso de expansión de las monarquías ibéricas en las Américas, Africa y Asia desde el siglo XVI hasta principios del XIX. "Convertir, civilizar y explotar" eran las proposiciones fundamentales de estos emprendimientos que, junto con las ciudades, pronto se convirtieron en núcleos organizadores fundamentales de la territorialidad y la política de la conquista en las regiones más apartadas. Desde un punto de vista simbólico las misiones contribuyeron a delinear los bordes de la pertenencia cristiana frente al mundo "infiel" en todas sus formas. Las órdenes religiosas (franciscanos, jesuitas, dominicos, mercedarios, agustinos, entre otras) ensayaron modelos de acción misional en diferentes regiones del mundo colonial, con el objeto de atraer a las poblaciones genéricamente caracterizadas como "sin ley, sin rey y sin fe" e incorporarlas a un modelo de civilidad dominante fundado en un patrón espacial uniforme (los pueblos de reducción) con su gobierno local y una rígida organización del tiempo, el trabajo y la liturgia. Home page: http://www.um.es/redcolumnaria/index.php?option=com_content&view=article&id=1371&Itemid=151.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron - Integrante / Wilde, Guillermo - Coordenador.
2010 - 2014
Restauration de la Compagnie de Jésus
Descrição: Grupe de recherche sur la Restauration de la Compagnie de Jésus. Coordenação: Pierre-Antoine Fabre (Diretor do Centre d?Anthropologie Religieuse Européenne da EHESS, França) e Martin Morales (Diretor do Arquivo da Pontificia Università Gregoriana, Itália)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2013
Quinto Império e pertencimento nacional
Descrição: O último quarto do século XVII foi vivido como um momento de dilaceramento interno da Província jesuítica do Brasil: o consenso interno, prevalecente há um século e meio, quanto à necessidade de os próprios missionários assumirem a administração temporal dos aldeamentos indígenas foi contestada pela primeira vez, de maneira organizada, por um grupo dissidente. Antonio Vieira procurou desqualificar essa disputa interna como uma conspiração de jesuítas ?estrangeiros? que, articulados aos padres ?brasilienses?, se opunham aos missionários ?portugueses? para negociar um acordo com os escravocratas ?paulistas?. Do seu ponto de vista, tal acordo, caso fosse concretizado, seria fatal para os índios (do ponto de vista da sua salvação espiritual tanto quanto de sua existência física) e, extensivamente, um entrave ao cumprimento do destino messiânico de Portugal de fundar o Quinto Império ou Reino Consumado de Cristo. Nesta pesquisa, pretendo analisar como o pertencimento nacional foi problematizado por diferentes missionários em atividade no Brasil ? e particularmente por aquele que mais ampla e enfaticamente explorou essa temática, Antonio Vieira ? tomando como base um conjunto de cartas escritas entre o final do século XVII e o início do século XVIII.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2010 - Atual
Seminários teóricos e práticos de metodologia da pesquisa histórica
Descrição: O objetivo é investigar a metodologia da pesquisa em história em temas relacionados à política e religião na primeira época moderna. Os seguintes aspectos são objeto de estudo, reflexão e debate: a) Os níveis de observação, a partir do pressuposto de que não é possível fazer uma história das ideias sem uma história das práticas sociais, e vice-versa. b) A interrogação do paradigma geral segundo o qual se estruturam os múltiplos saberes e práticas sociais, naquela época, os quais, por esta razão, compartilham determinadas formas ou características gerais, a despeito de suas especificidades e diferentes objetos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron - Coordenador / Ana Paula Gonçalves Souza - Integrante / André Loeser - Integrante / Beatriz Nowicki Galera - Integrante / Daniel Isaac Friedmann - Integrante / Fernanda Aires Bombardi - Integrante / Fernanda Elias Zaccarelli Salgueiro - Integrante / Gustavo Velloso - Integrante / Henrique Antonio Ré - Integrante / Laurent Azevedo Marques de Saes - Integrante / Lucas Ferreira de Lara - Integrante / Lucas Figueiredo Torigoe - Integrante / Luma Ribeiro Prado - Integrante / Maria Beatriz Correa Neves - Integrante / Rachel Saint Williams - Integrante / Renata Cabral Bernabé - Integrante.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 18
2007 - 2010
Bem comum e utilidade pública: o bom governo dos índios nas Américas de colonização portuguesa e espanhola
Descrição: Estudar as noções de ?bem comum? e de ?utilidade pública? na definição do ?bom governo? dos ameríndios. A pesquisa buscou compreender a dimensão jurídica destes espaços peculiares que são os aldeamentos, e a compreensão diversa que deles tiveram os conselheiros do rei, os governadores, os camaristas, os missionários, os moradores e os próprios indígenas. Se é certo que existiu uma produção teórica importante sobre a questão da incorporação dos indígenas à sociedade colonial no reino de Portugal (desenvolvida particularmente por teólogos jesuítas, nas universidades portuguesas), ela foi relativamente escassa na sua colônia americana. Por isso, desenvolvi um estudo comparativo com o processo equivalente que se desenvolveu na América de colonização espanhola, referenciando a discussão jurídica que fundamentou a montagem da sociedade colonial portuguesa na América nos conceitos equivalentes que embasaram a mesma discussão no contexto da América espanhola. Caracterizei as semelhanças e as diferenças havidas nos processos de construção da sociedade colonial, num e noutro contexto americano, apontando simultaneamente as semelhanças e as diferenças relativamente ao campo semântico dos principais conceitos que encontramos na tratadística e na documentação circunstanciada, produzida nos momentos de crise que influíram na definição da política indigenista portuguesa e espanhola.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2005 - 2009
Mondes américains: sociétés, circulations, pouvoirs (UMR 8168); coordenador de sub-projeto
Descrição: O projeto de pesquisa vinculou-se à Unidade Mista de Pesquisa 8565, coordenada pelo Prof. Serge Gruzinski (CNRS, quadriênio 2006-2009). Tratava-se, de uma investigação sobre os "práticos" modernos, e especificamente sobre as práticas missionárias, mercantis e militares dos séculos XVI ao XVIII, no que se refere aos instrumentos conceituais de sua organização e de suas realizações práticas, nos diversos terrenos onde atuaram. A hipótese de trabalho considerava que tais ?práticos? não foram apenas fiéis servidores da monarquia, mas delimitaram também espaços políticos que lhes eram próprios, onde podiam atuar com relativa autonomia. Ao intermediarem a relação entre as forças de ocupação e as lideranças políticas dos territórios ocupados com as quais os portugueses se aliaram, tais intermediários não deixaram de desenvolver pontos de vista próprios, ou mesmo de defender interesses próprios, o que parece, uma coisa e outra, ter dado condições de sustentabilidade, afinal, para a distante dominação metropolitana. Portanto, devia levar-se em consideração o contexto econômico, político, social e simbólico específico de cada lugar onde suas atividades se desenvolveram. Para além da necessidade de contextualização desta pesquisa, a caracterização de tais práticas, que traduziam os pontos de vista e/ou os interesses desses intermediários, foi feita (a) a partir da confrontação de diferentes análises sobre uma mesma situação pelos atores envolvidos, conforme pertencessem a grupos com interesses distintos, ou (b) conforme expressassem pontos de vista divergentes no interior de um mesmo grupo.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2007
Briga de Padres: natureza e sociedade nas disputas da Companhia de Jesus no Brasil (século XVII)
Descrição: Histórico dos conflitos entre moradores e jesuítas: oposição de dois modelos, o da Coroa e o da Companhia de Jesus: marcos em 1611, 1640-53, 1663, 1682-3. Objeto: polêmica entre Vieira e Antonil, e resolução 1694 (paralelo 1686). Política da Coroa implementada, e divisão no interior da Companhia, uma facção aderindo ao modelo da espanhol implementado pela Coroa e operando a retirada em direção aos colégios e fazendas, e outra facção insistindo no exercício do poder indireto. São dois modelos de sociedade civil no contexto colonial, onde além do critério da salvação intervêm os critérios do trabalho e do convívio entre sociedades originalmente distintas.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (6) .
Integrantes: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron - Coordenador / Carlos Ziller Camenietzki - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2002 - 2003
Les antijésuitismes à l'époque moderne
Descrição: Pesquisa coletiva de âmbito internacional sobre o antijesuitismo: fontes, temas, articulações políticas, espiritualidade etc. Dela resultou a obra coletiva: Pierre-Antoine Fabre et Catherine Maire (orgs.). Les Antijésuites. Discours, figures et lieux de l?antijésuitisme à l?époque moderne. Rennes: Presses universitaires de Rennes, 2010. ISBN: 978-2-7535-1016-6.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1995 - 2011
Groupe de recherche sur les missions religieuses ibériques modernes
Descrição: Investigação coletiva de âmbito internacional sobre as missões religiosas no mundo ibérico. Resultaram diversos seminários, colóquios e publicações. Dentre as publicações, destaco: Savoirs missionnaires à l?époque moderne, Madrid: Casa de Velázquez/ Paris: Centre d?Anthropologie Religieuse et Européenne (EHESS), 2011; Notre lieu est le monde. Missions religieuses modernes. Ed. Pierre-Antoine Fabre et Bernard Vincent. Rome: Ecole Française de Rome, 2007; número temático da Revue de Synthèse, 4e série, nº 2-3, avril-septembre 1999; Mélanges de l?Ecole Française de Rome. Italie et Méditerranée. Dossier ?Politiques missionnaires sous le pontificat de Paul IV. Un document interne de la Compagnie de Jésus en 1558?, Roma, Ecole Française de Rome, tome 111, 1999/1; número temático da revista Annales. Histoire, sciences sociales, 1999/4.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1995 - 1997
Groupe de recherche sur la maîtrise de la nature en Amérique et dans la péninsule ibérique
Descrição: O projeto investigou como se construíram, e segundo quais etapas, as narrativas que descrevem as singularidades da natureza americana. Essas narrativas e descrições refletem os esforços de assimilação e a ambição de controle do colono e do viajante americano diante da diversidade natural americana. O registro do maravilhoso traduziu uma tensão entre o conhecimento europeu e o que lhe pareceu "novo" na natureza americana, mas também entre os universos simbólicos e mitológicos europeu e ameríndio. Tratou-se de estudar como essas tensões produziram, em certos casos, uma confrontação obliterante e, em outros casos, constituíram um saber original. nos Interrogamos sobre: a) o papel desempenhado pela herança medieval europeia e sobre os pontos de ruptura com essa tradição na constituição dos discursos sobre as singularidades da natureza americana; b) sobre os elementos específicos da Renascença espanhola e portuguesa e sua relação com o discurso sobre a natureza americana; c) sobre as influências, nesses textos, dos mitos e lendas locais (o sagrado não-cristão); d) sobre a intersecção desses discursos com os projetos de controle da natureza, em termos de apropriação (de controle intelectual) e de utilização (de controle técnico); e) sobre a eventual função alegórica dessas aberrações ou deformações identificadas na natureza americana, nos seus diferentes aspectos: religioso, político e ideológico; f) sobre a constituição dos rudimentos de uma teratologia, a qual podia ser relacionada com o perfil sacro-político-econômico dos programas de controle da natureza americana.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: MEMORANDUM (BELO HORIZONTE)
2015 - Atual
Periódico: Cromohs
2012 - 2017
Periódico: Revista 7 Mares. Revista de pós-graduandos em História Moderna da UFF
2010 - Atual
Periódico: Nuevo Mundo-Mundos Nuevos
2010 - Atual
Periódico: Revista Angelus Novus
2008 - Atual
Periódico: História Iberoamericana
2015 - 2017
Periódico: Revista de História (USP) (0034-8309)
2009 - 2011
Periódico: Revista de História (USP) (0034-8309)
2007 - 2009
Periódico: Revista de História (USP) (0034-8309)
2004 - 2007
Periódico: Revista de História (USP) (0034-8309)


Membro de comitê de assessoramento


2007 - 2007
Agência de fomento: (MEC) Ministério da Cultura
2000 - 2005
Agência de fomento: (ME) Ministério da Educação


Revisor de periódico


2010 - Atual
Periódico: Nuevo Mundo-Mundos Nuevos
2003 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de História
2006 - Atual
Periódico: Varia História (UFMG. Impresso)
2001 - Atual
Periódico: Revista de Historia (USP)
2002 - Atual
Periódico: Memorandum (Belo Horizonte)
2011 - Atual
Periódico: Clio (Recife)
2010 - Atual
Periódico: Revista Angelus Novus
2008 - Atual
Periódico: História Unisinos
2010 - Atual
Periódico: História e perspectivas
2012 - Atual
Periódico: 7 Mares
2014 - 2014
Periódico: Ideias (UNICAMP)
2016 - 2016
Periódico: Anuario Colombiano de Historia Social y de la Cultura.
2017 - 2017
Periódico: Trashumante: revista americana de historia social
2015 - 2015
Periódico: Territórios e Fronteiras (UFMT. Impresso)
2015 - 2015
Periódico: Revista de Estudios Brasileños
2017 - 2017
Periódico: REVISTA DE ANTROPOLOGIA


Revisor de projeto de fomento


2007 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí
2004 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2000 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História social das idéias políticas.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil Colônia.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da América/Especialidade: HIstória da América colonial.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Religiões.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da Companhia de Jesus.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea/Especialidade: História Moderna.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Pouco.
Latim
Lê Razoavelmente.


Prêmios e títulos


1992
Michel de Certeau, Fondation Montcheuil.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
Zeron, Carlos2017Zeron, Carlos. Un filo que no se rompe: la esclavitud en los tiempos modernos y contemporáneos. Historía y Grafía, v. 49, p. 85-115, 2017.

2.
Zeron, Carlos Alberto2015Zeron, Carlos Alberto. Resenha de: Paulo de Assunção. A trama e o drama. O pensamento económico do Padre António Vieira. Lisbon: Esfera do Caos Editores, 2013. Pp 365.. Journal of Jesuit Studies, v. 2, p. 173-175, 2015.

3.
Zeron, Carlos2015Zeron, Carlos. Mission et espace missionnaireMission and missionary space. The material basis of conversionMisiones y espacio misionero. Las bases materiales de la conversión. Archives de Sciences Sociales des Religions, p. 307-334, 2015.

4.
Zeron, Carlos2015Zeron, Carlos; COSTA, Andriolli ; SANTOS, João Vitor . Companhia de Jesus: desafios da modernidade no Brasil colonial. IHU On-Line (UNISINOS. Impresso), v. 462, p. 14-19, 2015.

5.
Zeron, Carlos2015 Zeron, Carlos. From Farce to Tragedy. Journal of Jesuit Studies, v. 2, p. 387-420, 2015.

6.
ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO2015ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO; VELLOSO, GUSTAVO . Economia cristã e religiosa política: o -Memorial sobre o governo temporal do colégio de São Paulo-, de Luigi Vincenzo Mamiani. História Unisinos, v. 19, p. 120-137, 2015.

7.
ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO2014ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO. A ocidente do Ocidente: linhas e perspectivas em confronto. Revista de Historia (USP), v. 1, p. 77-106, 2014.

8.
Zeron, Carlos2014Zeron, Carlos. Resenha de: «Yves d?Evreux. Voyage au nord du Brésil (1615). Édition critique établie par Franz Obermeier, Kiel, Westenseeverlag-Verlag, 2012, 440 p., Col. Fontes Americanae». Nuevo Mundo-Mundos Nuevos, v. 2014, p. 67310, 2014.

9.
Zeron, Carlos2013Zeron, Carlos. Resenha de: Lucien Febvre. Martinho Lutero, um destino. Tradução de Dorothée de Bruchard. São Paulo: Três Estrelas, 2012. Revista de Historia (USP), v. 169, p. 413-420, 2013.

10.
Zeron, Carlos2012Zeron, Carlos. Formação e justificação do império português: uma síntese. Topoi (Rio de Janeiro), v. 13, p. 202-206, 2012.

11.
Zeron, Carlos2010Zeron, Carlos. Revista de História da Universidade de São Paulo: política editorial, digitalização e políticas públicas de avaliação e classificação. Nuevo Mundo-Mundos Nuevos, v. 5/2010, p. 59682, 2010.

12.
Zeron, Carlos2009Zeron, Carlos. Interpretações das relações entre cura animarum e potestas indirecta no mundo luso-americano. Clio (Recife), v. 27-1, p. 140-177, 2009.

13.
Zeron, Carlos2009Zeron, Carlos. Apologia pro paulistis (transcrição). Clio (Recife), v. 27-1, p. 362-387, 2009.

14.
Zeron, Carlos2009Zeron, Carlos; WISSENBACH, Maria Cristina Cortez . Editorial. Revista de História (USP), v. 160, p. 7-14, 2009.

15.
Zeron, Carlos2008Zeron, Carlos. Editorial. Revista de História (USP), v. 156, p. 7-10, 2008.

16.
Zeron, Carlos;Zeron, Carlos Alberto;de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto;ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO2007Zeron, Carlos. Les aldeamentos jésuites au Brésil et l?idée moderne d?institution de la société civile. Archivum Historicum Societatis Lesu, v. 151, p. 38-74, 2007.

17.
Zeron, Carlos;Zeron, Carlos Alberto;de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto;ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO2006Zeron, Carlos. Resenha de: Andréa Daher, Les singularités de la France équinoxiale. Histoire de la mission des pères capucins au Brésil (1612-1615). Annales (Paris), Paris, França, v. 2/2006, p. 443-444, 2006.

18.
Zeron, Carlos;Zeron, Carlos Alberto;de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto;ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO2006Zeron, Carlos. Resenha de: Hervé Pennec, Des Jésuites au Royaume du Prêtre Jean (Éthiopie). Stratégies, rencontre et tentatives d?implantation, 1495-1633, Paris, Fundação Calouste Gulbenkian, 2003. Archivum Historicum Societatis Lesu, v. 150, p. 531-534, 2006.

19.
Zeron, Carlos;Zeron, Carlos Alberto;de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto;ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO2003Zeron, Carlos. Siena e Monsaraz: duas representações da justiça. Tempo Brasileiro, Rio de Janeiro, v. 154, p. 91-106, 2003.

20.
Zeron, Carlos;Zeron, Carlos Alberto;de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto;ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO2002Zeron, Carlos. Resenha de: José Eisenberg, As missões jesuíticas e o pensamento político moderno. Revista de Historia (USP), São Paulo, v. 147, p. 227-234, 2002.

21.
Zeron, Carlos;Zeron, Carlos Alberto;de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto;ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO2000Zeron, Carlos; CAMENIETZKI, C. Z. . Quem conta um conto, aumenta um ponto : o mito do Ipupiara, a natureza americana e as narrativas da colonização do Brasil. Revista de Indias, Sevilha (Espanha), v. 60, n.218, p. 111-134, 2000.

22.
Zeron, Carlos;Zeron, Carlos Alberto;de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto;ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO2000Zeron, Carlos; CAMENIETZKI, C. Z. . Nas sendas de Sérgio Buarque de Holanda. Documentos sobre uma expedição florentina à Amazônia, em 1608. Revista de História (USP), São Paulo, v. 142-3, p. 123-211, 2000.

23.
Zeron, Carlos;Zeron, Carlos Alberto;de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto;ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO1999Zeron, Carlos; CASTELNAUL'ESTOILE, C. . Une mission glorieuse et profitable : réforme missionnaire et économie sucrière dans la province jésuite du Brésil au début du XVIIe siècle. Revue de Synthese (Paris), Paris (França), v. 120, n.2-3, p. 335-358, 1999.

24.
Zeron, Carlos;Zeron, Carlos Alberto;de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto;ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO1999Zeron, Carlos. Resenha de: Dauril Alden, The making of an enterprise. The Society of Jesus in Portugal, its Empire, and beyond : 1540-1750. Annales (Paris), Paris (França), v. 4/1999, n.4, p. 986-988, 1999.

25.
Zeron, Carlos1999Zeron, Carlos. Le financement de l?entreprise missionnaire. Mélanges de l?Ecole Française de Rome. Italie et Méditerranée., v. 111, p. 288-294, 1999.

26.
Zeron, Carlos;Zeron, Carlos Alberto;de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto;ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO1999Zeron, Carlos. Resenha de: Giovanni Pizzorusso, Roma nei Caraibi : l'organizzazione delle missioni cattoliche nelle Antille e in Guyana (1635-1675). Annales (Paris), Paris (França), v. 4/1999, n.4, p. 984-986, 1999.

27.
Zeron, Carlos;Zeron, Carlos Alberto;de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto;ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO1998Zeron, Carlos. A reabilitação do patrimônio artístico no novo Museu do Louvre. Tempo Brasileiro, Rio de Janeiro, v. 135, p. 51-60, 1998.

28.
Zeron, Carlos;Zeron, Carlos Alberto;de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto;ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO1996Zeron, Carlos. Les jésuites et le commerce d'esclaves entre le Brésil et l'Angola à la fin du XVIe siècle : contribution à un débat. Traverse. Zeitschrift für Geschichte, Zurique (Suiça), v. 1, n.1996/1, p. 34-50, 1996.

29.
Zeron, Carlos;Zeron, Carlos Alberto;de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto;ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO1992Zeron, Carlos. O mêdo e a relação com o Outro : Hans Staden vencido e vencedor dos canibais Tupinambá. Tempo Brasileiro, Rio de Janeiro, v. 110, p. 55-69, 1992.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO; GALERA, B. N. (Org.) ; SOALHEIRO, B. (Org.) ; SALGUEIRO, F. (Org.) ; VELLOSO, G. (Org.) ; SAES, L. (Org.) ; LARA, L. F. (Org.) ; TORIGOE, L. F. (Org.) ; BERNABE, R. C. (Org.) . Exercícios de metodologia da pesquisa histórica. 1. ed. São Paulo: Casa & Palavras, 2015. v. 1. 192p .

2.
Zeron, Carlos Alberto; ORTEGA, F. ; HARARI, I. ; NAKAMURA, R. ; ARBEX JR., J. . Revoltas populares no Brasil: Missões Guarani e Índios Sateré-Mawé. 1. ed. São Paulo: Caros Amigos, 2014.

3.
Zeron, Carlos Alberto. Linha de fé. A Companhia de Jesus e a escravidão no processo de formação da sociedade colonial (Brasil, séculos XVI e XVII). São Paulo: Edusp, 2011. v. 1. 611p .

4.
Agnolin, Adone (Org.) ; Zeron, Carlos (Org.) ; WISSENBACH, Maria Cristina Cortez (Org.) ; Sousa, Marina de Mello e (Org.) . Contextos missionários: religião e poder no Império português.. 1. ed. São Paulo: Hucitec-Fapesp, 2011. v. 1. 360p .

5.
Zeron, Carlos; Murari, Francisco (Francisco Murari Pires) (Org.) . Antigos, Modernos, Selvagens: diálogos franco-brasileiros.. São Paulo: CAPES e Revista de História/ PPGHS/ PPGHE, 2010. 302p .

6.
de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto. Ligne de foi: la Compagnie de Jésus et l?esclavage (Brésil, XVIe-XVIIe siècles). 1a.. ed. Paris: Honoré Champion e Classiques Garnier Numérique, 2009. v. 1. 576p .

7.
Zeron, Carlos. Equipamentos, usos e costumes da Casa Brasileira: Alimentação. 1a.. ed. São Paulo: Museu da Casa Brasileira, 2000.

Capítulos de livros publicados
1.
Zeron, Carlos. Political Theories and Jesuit Politics. In: Ines G. ?upanov. (Org.). The Oxford Handbook of Jesuits. 1ed.: Oxford University Press, 2018, v. , p. 1-29.

2.
Zeron, Carlos Alberto. ?Um fio que não se rompe: a escravidão na época moderna e contemporânea?. In: Figueira, Ricardo Rezende; Prado, Adonia Antunes; Galvão, Edna Maria.. (Org.). Trabalho escravo contemporâneo: estudos sobre ações e atores.. 1ed.Rio de Janeiro: Mauad X, 2017, v. , p. 373-391.

3.
Zeron, Carlos. Michel de Certeau et l?Amérique: des processus historiques aux processus de langage. In: Luce Giard. (Org.). Michel de Certeau. Le voyage de l?oeuvre.. 1ed.Paris: Editions Facultés Jésuites de Paris, 2017, v. , p. 169-179.

4.
ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO. Antônio Vieira e os escravos de condição: os aldeamentos jesuíticos no contexto das sociedades coloniais. In: Fernandes, Eunícia Barros Barcelos. (Org.). A Companhia de Jesus e os índios. 1ed.Curitiba: Prismas, 2016, v. 1, p. 235-262.

5.
Zeron, Carlos; GALDEANO, C. ; ARTONI, L. M. ; AZEVEDO, S. M. ; CONTIERI, C. A. . Da farsa à tragédia: a guerra de facções que pôs fim às esperanças de Antônio Vieira por um Quinto Império e transformou o modo de atuação dos jesuítas no Brasil. In: Galdeano, Carla; Artoni, Larissa Maia; Azevedo, Silvia Maria. (Org.). Bicentenário da Restauração da Comapnhia de Jesus (1814-2014). 1ed.São Paulo: Loyola, 2014, v. 1, p. 167-198.

6.
Zeron, Carlos. Les Jésuites et le commerce d?esclaves entre le Brésil et l?Angola à la fin du XVIe siècle. In: Jean Hebrard. (Org.). Brésil: quatre siècles d?esclavage. Nouveles questions, nouvelles recherches.. 1ed.Paris: Karthala e Centre International de Recherches sur les Esclavages, 2012, v. , p. 67-83.

7.
Zeron, Carlos. Un miroir américian de l'américanisation. In: Louise Bénat-Tachot; Boris Jeanne. (Org.). Fabrica Mundi. Les processus d?américanisation.. 1a.ed.Paris: Le Manuscrit, 2012, v. , p. 123-137.

8.
Zeron, Carlos. Interprétations des rapports entre cura animarum et potestas indirecta dans le monde luso-américain. In: Charlotte de Castelnau-L'Estoile; Marie-Lucie Copete; Aliocha Maldavsky; Ines Zupanov. (Org.). Missions d'évangélisation et circulation des savoirs (XVIe-XVIIIe siècle). Madrid: Casa de Velázquez / Centre d'Anthropologie Religieuse Européenne - EHESS, 2011, v. , p. 375-399.

9.
Zeron, Carlos; Agnolin, Adone ; WISSENBACH, M. C. C. ; Sousa, Marina de Mello e . Apresentação. In: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron; Adone Agnolin; Maria Crstina Cortez Wissenbach; Marina de Mello e Souza. (Org.). Contextos missionários: religião e poder no Império português.. São Paulo: Hucitec-Fapesp, 2011, v. , p. 9-16.

10.
Zeron, Carlos. O governo dos escravos nas Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia e na legislação portuguesa: separação e complementaridade entre pecado e delito. In: Bruno Feitler; Evergton Sales Souza. (Org.). A Igreja no Brasil. Normas e práticas durante a vigência das Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia. 1ed.São Paulo: Editora Unifesp, 2011, v. , p. 323-354.

11.
Zeron, Carlos; Dias, Camila Loureiro . L?antijésuitisme dans l?Amérique portugaise (XVIe-XVIIe siècles). In: Pierre-Antoine Fabre; Catherine Maire. (Org.). Les Antijésuites. Discours, figures et lieux de l?antijésuitisme à l?époque moderne.. Rennes: Presses universitaires de Rennes, 2010, v. , p. 563-583.

12.
Zeron, Carlos. A heterogeneidade das fontes antigas no debate sobre a escravidão moderna. In: Francisco Murari Pires. (Org.). Antigos e Modernos: diálogos sobre a (escrita da) história. São Paulo: Alameda, 2009, v. , p. 249-264.

13.
Zeron, Carlos. Interpretações de Francisco Suárez na Apologia pro paulistis (1684). In: Leila Mezan Algranti; Ana Paula Torres Megiani. (Org.). O Império por escrito. Formas de transmissão da cultura letrada no mundo ibérico (séc. XVI-XIX). São Paulo: Alameda, 2009, v. , p. 111-126.

14.
Zeron, Carlos Alberto; Ruiz, Rafael . A força do costume, segundo a Apologia pro paulistis (1684). In: Almeida, Marta de; Vergara, Moema de Rezende. (Org.). Ciência, história e historiografia. São Paulo; rio de Janeiro: Via Lettera; MAST, 2008, v. , p. 359-376.

15.
Zeron, Carlos; Ruiz, Rafael . La fuerza de la costumbre, en la capitanía de São Paulo, de acuerdo con la Apologia pro Paulistis (1684). In: Perla Chichilla, Antonella Romano. (Org.). Escrituras de la Modernidad: los jesuitas entre cultura retórica y cultura científica. México: ed. Universidad Iberoamericana/ ed. Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales, 2008, v. , p. 271-302.

16.
Zeron, Carlos; Laborie, Jean-Claude . L?affaire Rodrigues. In: Fabre, Pierre-Antoine; Vincent, Bernard. (Org.). Notre lieu est le monde. Missions religieuses modernes. Roma: Collection de l?Ecole Française de Rome, 2007, v. 376, p. 203-215.

17.
Zeron, Carlos. O debate sobre a escravidão ameríndia e africana nas universidades de Salamanca e Évora. In: Carolino, Luís Miguel; Camenietzki, Carlos Ziller. (Org.). Jesuítas, ensino e ciência. Séculos XVI-XVIII.. 1a.ed.Casal de Cambra: Caleidoscópio, 2005, v. , p. 205-226.

18.
Zeron, Carlos. Três documentos relacionados à extinção da Companhia de Jesus. In: Leandro Karnal; José Alves de Freitas Neto. (Org.). A escrita da memória: interpretações e análises documentais. São Paulo: Instituto Cultural Banco Santos, 2004, v. , p. 224-253.

19.
Zeron, Carlos. A cidadania em Florença e Salamanca. In: Jaime Pinsky; Carla B. Pinsky. (Org.). História da cidadania. 1a.ed.São Paulo: Contexto, 2003, v. , p. 97-113.

20.
Zeron, Carlos. Estado e Direito. In: Zuleika de Felice Murrie. (Org.). Ciências Humanas e suas Tecnologias. 1a.ed.Brasília: MEC/ INEP, 2002, v. , p. 71-93.

21.
Zeron, Carlos. Estado e Direito. In: Murrie, Zuleika de Felice. (Org.). Ciências Humanas e suas Tecnologias. Livro do professor.. Brasília: MEC/ INEP, 2002, v. , p. 129-132.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Zeron, Carlos. Da Religiosa Política à Economia Política. Transformações do contexto antijesuítico no século XVII. IHU On-line. Revista do Instituto Humanitas Unisinos, São Leopoldo, 17 nov. 2014.

2.
Zeron, Carlos. O espaço das Luzes. Jornal de Resenhas/ Folha de São Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 14 jun. 2003.

3.
Zeron, Carlos. A dialética dos jesuítas. Jornal de Resenhas/ Folha de São Paulo, São Paulo, p. 9 - 9, 10 fev. 2001.

4.
Zeron, Carlos; MORAES, J. J. . Notas políticas da música nova. Jornal da Tarde/ Caderno de Sábado, São Paulo, p. 3 - 3, 18 jan. 1992.

5.
Zeron, Carlos Alberto; MORAES, J. J. . Notas Políticas da Música Nova. Caderno de Sábado do Jornal da Tarde, São Paulo, p. 3 - 3, 18 jan. 1992.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Zeron, Carlos. Pombeiros e tangosmaos, intermediários do tráfico de escravos na África. In: II Colóquio Internacional sobre Mediadores Culturais, 1999, Lagos (Portugal). Passar as fronteiras. Actas do II Colóquio Internacional sobre Mediadores Culturais. Séculos XV a XVIII (Lagos, outubro de 1997). Lagos (Portugal): Centro de Estudos Gil Eanes, 1999. p. 15-38.

Artigos aceitos para publicação
1.
Zeron, Carlos; Dias, Camila Loureiro . A Igreja e a escravidão no mundo atlântico: notas historiográficas sobre a doutrina católica no mundo moderno e contemporâneo. PORTUGUESE STUDIES REVIEW, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
Zeron, Carlos. L?esclavage africain et amérindien, élément fondamental de formation et de reproduction de l?empire portugais. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Zeron, Carlos. Antônio Vieira et les ?esclaves de condition?: les aldeamentos jesuites dans le contexte des sociétés coloniales. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Zeron, Carlos. Usages contradictoires de l?autorité de Solórzano Pereira par Antonio Vieira, Paulo da Silva Nunes et Francisco Xavier de Mendonça Furtado. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Zeron, Carlos. Les processus de formation et de reproduction de la société coloniale luso-brésiliennes étudiés à partir des séries de documents produites par la Compagnie de Jésus et par l'administration coloniale. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Zeron, Carlos. L?empire luso-universel de Antônio Vieira. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
Zeron, Carlos. Duas concepções de justiça na época renascentista. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
Zeron, Carlos. Temas e fontes de pesquisa em história do pensamento político moderno. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
Zeron, Carlos. As ?usurpações? da Companhia de Jesus: a condenação das missões jesuítas nos escritos pombalinos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
Zeron, Carlos. ?Alimentação?, no Fichário Ernani Silva Bruno. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
Zeron, Carlos. As viagens de William Davies, a serviço de ingleses, mouros e florentinos. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
Zeron, Carlos Alberto. ?Epigramas de Marcial: língua ferina e erotismo?. São Paulo: Jornal da USP, 2018 (Resenha).

2.
Zeron, Carlos. Prefácio. São Paulo, 2018. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

3.
Zeron, Carlos. Resenha de: São Paulo no império dos Felipes: conexões na América meridional. Rio de Janeiro: Sociedade de Amigos da Biblioteca Nacional, 2015 (Resenha).

4.
ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO. Prefácio. São Paulo, 2015. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

5.
Zeron, Carlos; CAMARGO, M. T. L. A. ; Carneiro, Henrique Soares . Apresentação. São Paulo, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

6.
HARTOG, F. ; Zeron, Carlos . Situações postas à História. In: Revista de História.. São Paulo: Departamento de História/ Programa de Pós-graduação em História Social/ Programa de Pós-graduação em, 2012. (Tradução/Artigo).

7.
Zeron, Carlos; Prodi, Paolo . Cristianismo, modernidade política e historiografia. In: Revista de História. São Paulo: Departamento de História/ Programa de Pós-graduação em História Social/ Programa de Pós-graduação em, 2009. (Tradução/Artigo).

8.
Zeron, Carlos. Uma Discussão com Paolo Prodi. In: Revista de História. São Paulo: Departamento de História/ Programa de Pós-graduação em História Social/ Programa de Pós-graduação em, 2009. (Tradução/Artigo).

9.
Zeron, Carlos. Ciências sociais e história da espiritualidade moderna: perspectivas de pesquisa. São Paulo: Xamã/ Departamento de História USP, 2006. (Tradução/Outra).

10.
Fabre, Pierre-Antoine ; Zeron, Carlos . Ensaio de geopolítica das correntes espirituais: Alonso Sánchez entre Madri, México, Ilhas Filipinas, Costa da China e Roma (1579-1593), 2006. (Tradução/Artigo).

11.
Zeron, Carlos. A dispersão do saber missionário sobre as Américas, de 1549 a 1610: o exemplo jesuíta. São Paulo: Departamento de História da Universidade de São Paulo, 2005. (Tradução/Artigo).

12.
Zeron, Carlos. Entre os antigos e os modernos, os selvagens. Ou, de Lévi-Strauss a Lévi-Strauss. Rio de Janeiro: Revista Tempo Brasileiro, 1992. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
Zeron, Carlos. Programa Livro Aberto. 2007.

Produtos tecnológicos
1.
ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO. Super Trunfo Civilizações. 2012.

Trabalhos técnicos
1.
Zeron, Carlos Alberto. Trabalho de campo nos sítios arqueológicos das missões jesuítas do Paraguai, Argentina e Brasil.. 2018.

2.
Zeron, Carlos. Relatório Projeto BNDES / FUSP / BBM - Etapa 2. 2017.

3.
Zeron, Carlos; ANKAVA, M. ; SANTOS, E. N. . Comissão interna de avaliação do Departamento de História. 2016.

4.
Zeron, Carlos. Plano de Metas Revisado da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin. 2016.

5.
de Moura Ribeiro Zeron, Carlos Alberto. Mestrado interdisciplinar em Estudos Latino-americanos da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA). 2013.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Zeron, Carlos; LAURENTIN, Emmanuel . Le Brésil dans la tourmente. Entretien avec Carlos Zeron.. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
Zeron, Carlos. La Compagnie de Jésus et l?institution de l?esclavage au Brésil: les positions adoptées par le père José de Anchieta. 1997. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
Zeron, Carlos. Revista Brasileira de História (ANPUH). 2018. (Parecer ténico e de mérito).

2.
Zeron, Carlos. H-Art. Revista de Historia, Teoría y Crítica de arte (Universidad de los Andes). 2018. (Parecer ténico e de mérito).

3.
Zeron, Carlos. Maracanan (UERJ). 2018. (Parecer ténico e de mérito).

4.
Zeron, Carlos. Epígrafe (USP). 2018. (Parecer ténico e de mérito).

5.
Zeron, Carlos. Archives des Sciences Sociales des Religions (EHESS). 2018. (Parecer ténico e de mérito).

6.
Zeron, Carlos. Institut Français d?Etudes Andines. 2018. (Parecer ténico e de mérito).

7.
Zeron, Carlos. Revue d?Histoire Ecclésiastique (Université de Louvain). 2018. (Parecer ténico e de mérito).

8.
Zeron, Carlos. Revista de História (USP). 2017. (Parecer ténico e de mérito).

9.
Zeron, Carlos. Trashumante. Revista Americana de Historia Social (Universidad de Antioquia). 2017. (Parecer ténico e de mérito).

10.
Zeron, Carlos. Anais de História de Além-Mar (Universidade Nova de Lisboa). 2017. (Parecer ténico e de mérito).

11.
Zeron, Carlos. Revista de Antropologia (USP). 2017. (Parecer ténico e de mérito).

12.
Zeron, Carlos. Nuevo Mundo Mundos Nuevos (CNRS, França). 2016. (Parecer ténico e de mérito).

13.
Zeron, Carlos. Revista de História (USP). 2016. (Parecer ténico e de mérito).

14.
Zeron, Carlos. Anuario Colombiano de Historia Social y de la Cultura (Universidad Nacional de Colombia). 2016. (Parecer ténico e de mérito).

15.
Zeron, Carlos. Revista de História (USP). 2015. (Parecer ténico e de mérito).

16.
Zeron, Carlos. Revista de Estudios Brasileños (Universidad de Salamanca). 2015. (Parecer ténico e de mérito).

17.
Zeron, Carlos. Revista de História (USP). 2014. (Parecer ténico e de mérito).

18.
Zeron, Carlos. Memorandum (UFMG). 2014. (Parecer ténico e de mérito).

19.
Zeron, Carlos. Clio (UFPE). 2014. (Parecer ténico e de mérito).

20.
Zeron, Carlos. Angelus Novus (USP). 2014. (Parecer ténico e de mérito).

21.
Zeron, Carlos. Ideias (UNICAMP). 2014. (Parecer ténico e de mérito).

22.
Zeron, Carlos. Atlante. Revue d'études romanes (Université Lille 3). 2014. (Parecer ténico e de mérito).

23.
Zeron, Carlos. Territórios & Fronteiras (UFMT). 2014. (Parecer ténico e de mérito).

24.
Zeron, Carlos. Varia História (UFMG). 2012. (Parecer ténico e de mérito).

25.
Zeron, Carlos. Revista de História (USP). 2012. (Parecer ténico e de mérito).

26.
Zeron, Carlos. Memorandum (UFMG). 2012. (Parecer ténico e de mérito).

27.
Zeron, Carlos. Nuevo Mundo Mundos Nuevos (CNRS, França). 2011. (Parecer ténico e de mérito).

28.
Zeron, Carlos. Revista de História (USP). 2011. (Parecer ténico e de mérito).

29.
Zeron, Carlos. Clio (UFPE). 2011. (Parecer ténico e de mérito).

30.
Zeron, Carlos. Angelus Novus (USP). 2011. (Parecer ténico e de mérito).

31.
Zeron, Carlos. ?História das ideias políticas na América colonial?. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

32.
Zeron, Carlos. ?Duas concepções de justiça na época renascentista?. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

33.
Zeron, Carlos. Nuevo Mundo Mundos Nuevos (CNRS, França). 2010. (Parecer ténico e de mérito).

34.
Zeron, Carlos. Revista de História (USP). 2010. (Parecer ténico e de mérito).

35.
Zeron, Carlos. Angelus Novus (USP). 2010. (Parecer ténico e de mérito).

36.
Zeron, Carlos. História e Perspectivas (UFU). 2010. (Parecer ténico e de mérito).

37.
Zeron, Carlos. Introdução ao marxismo de E. P. Thompson. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

38.
Zeron, Carlos. Revista de História (USP). 2009. (Parecer ténico e de mérito).

39.
Zeron, Carlos. ?As ?usurpações? da Companhia de Jesus: a condenação das missões jesuítas nos escritos pombalinos?. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

40.
Zeron, Carlos. ?Temas e fontes de pesquisa em história do pensamento político moderno?. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

41.
Zeron, Carlos. Revista de História (USP). 2008. (Parecer ténico e de mérito).

42.
Zeron, Carlos. História Unisinos (UNISINOS). 2008. (Parecer ténico e de mérito).

43.
Zeron, Carlos. Programa Livro Aberto. 2007. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Coordenação de pesquisa).

44.
Zeron, Carlos. Revista de História (USP). 2007. (Parecer ténico e de mérito).

45.
Zeron, Carlos; Muraro, Valmir ; Schermann, Patrícia Santos . ?Refazendo os Caminhos dos Jesuítas?. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

46.
Zeron, Carlos. Revista Brasileira de História (ANPUH). 2006. (Parecer ténico e de mérito).

47.
Zeron, Carlos. Revista de História (USP). 2006. (Parecer ténico e de mérito).

48.
Zeron, Carlos. ??Alimentação?, no Fichário Ernani Silva Bruno?. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

49.
Zeron, Carlos. Los Jesuitas y el Nuevo Mundo. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

50.
Zeron, Carlos. Revista Brasileira de História (ANPUH). 2004. (Parecer ténico e de mérito).

51.
Zeron, Carlos. ?As viagens de William Davies, a serviço de ingleses, mouros e florentinos?. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

52.
Zeron, Carlos. Revista Brasileira de História (ANPUH). 2003. (Parecer ténico e de mérito).

53.
Zeron, Carlos. Sociedade e universidade no século XVI. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

54.
Zeron, Carlos. Sociedade e universidade no século XVI. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

55.
Zeron, Carlos. Estado e Direito. 2002. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Elaborador das matrizes do Exame Nacional de Certificação de Competências do Ensino de Jovens e Adul).

56.
Zeron, Carlos. Matrizes do ENCCEJA. 2002. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Elaborador das matrizes do Exame Nacional de Certificação de Competências do Ensino de Jovens e Adul).


Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.
Zeron, Carlos. La Compagnie de Jésus et l'institution de l'esclavage au Brésil: les positions du père José de Anchieta. 1997.

Demais trabalhos
1.
Zeron, Carlos; Theodoro da Silva, Janice ; Lemos, Carlos Alberto Cerqueira . Histórias de São Paulo - São Paulo, 450 anos. 2004 (Consultoria) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO; DALLARI, Dalmo de Abreu; BARBOSA, Samuel Rodrigues. Participação em banca de João Frederico Bertan Wirth Chaibub. Poder Judiciário em tempos de ditadura militar: pré-compromisso, independente e autoritarismo. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Direito) - Universidade de São Paulo.

2.
Zeron, Carlos; Sousa, Marina de Mello e; LARA, S. H.. Participação em banca de Alec Ichiro Ito. "Uma tão pesada curz": o governo da Angola portuguesa nos sécuilos XVI e XVII na perspectiva de Fernão de Sousa (1624-1630). 2016. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

3.
Zeron, Carlos Alberto; Agnolin, Adone; USARSKI, F.. Participação em banca de Mário Scigliano Carneiro. A adaptação jesuítica no Japão do final do século XVI: entre a história de Fróis e o Cerimonial de Valignano. 2013. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

4.
Zeron, Carlos Alberto; Fleck, Eliane Cristina Deckmann; CEZAR, T.; NEUMANN, E.. Participação em banca de André Soares Anzolin. Entre espíritos doentios e doenças do espírito: Tupi, jesuítas e as epidemias na América portuguesa (1549-1585). 2013. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

5.
Zeron, Carlos Alberto; Kantor, Íris; CYMBALISTA, R.. Participação em banca de Newton da Rocha Xavier. No solo regado a sangue e suor: a cartografia da Província Jesuítica do Paraguai (século XVIII). 2012. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

6.
Zeron, Carlos; Agnolin, Adone; PORTUGAL, A. R. M. C. M.. Participação em banca de Victor Santos Vigneron de la Jousselandière. Converter civilizar comunicar: Considerações sobre religião, direito e linguagem no Peru colonial. 2012. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

7.
CAMENIETZKI, C. Z.; Santos, Beatriz Catão Cruz; Zeron, Carlos. Participação em banca de Camila Corrêa e Silva de Freitas. A "potestas directa" dos "santos" jesuítas do Brasil: a dimensão política das obras de Simão ode Vasconcelos, S.J. (1597-1671). 2010. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
Algranti, Leila Mezan; Carneiro, Henrique Soares; Zeron, Carlos. Participação em banca de Renata da Silva Simões. "Dona Benta - Comer Bem": uma fonte para a História da alimentação. 2009. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

9.
Zeron, Carlos; LONDONO, F.; Avelino, Yvone Dias. Participação em banca de Roberta Fernandes dos Santos. A expressão da vontade: relações interétnicas e rebelião indígena nas missões de Maynas (1685-1698). 2009. Dissertação (Mestrado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

10.
Zeron, Carlos; Florenzano, Modesto; Verçosa Filho, Élcio de Gusmão. Participação em banca de José Miguel Nanni Soares. "Considérations sur la France"de Joseph de Maistre: revisão (historiográfica) e tradução. 2009. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

11.
LARA, S. H.; Marquese, Rafael de Bivar; Zeron, Carlos. Participação em banca de Waldomiro Lourenço Silva Júnior. A escravidão e a lei: gênese e conformação da tradição castelhana e portuguesa sobre a escravidão negra na América. 2009. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

12.
Zeron, Carlos; Theodoro da Silva, Janice. Participação em banca de Sérgio Rocha Brito Marques. As formas do bárbaro. 2004. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

13.
Zeron, Carlos; LARA, S. H.; MONTEIRO, J. M.. Participação em banca de Alírio Carvalho Cardoso. Insubordinados, mas sempre devotos: poder local, acordos e conflitos no antigo Estado do Maranhão (1607-1653). 2002. Dissertação (Mestrado em História Social do Trabalho) - Universidade Estadual de Campinas.

14.
Zeron, Carlos; CAPELATO, M. H.. Participação em banca de Mariana Martins Villaça. Tropicalismo (1967-1969) e Grupo de Experimentación Sonora (1969-1972): engajamento e experimentalismo na canção popular, no Brasil e em Cuba. 2000. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO; LONDONO, F.; Martins, Maria Cristina Bohn; Avelino, Yvone Dias; BRITES, Olga. Participação em banca de Roberta Fernandes dos Santos. Missões de Maynas: presença territorial missionária e política de fronteira no Marañón (1638-1799). 2016. Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

2.
ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO; Karnal, Leandro; RODRIGUES, Rui Luís; Algranti, Leila Mezan; FERNANDES, L. E. O.. Participação em banca de Saulo M. Goulart. A Inquisição entre homens e deuses: Santo Ofício, evangelização e política punitiva na Nova Espanha (1521-1545). 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em História Social Unicamp) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
Zeron, Carlos Alberto; SILVA, M. A.; CRUZ, T. A.; MONTYSUMA, M. F. F.. Participação em banca de Nedy Bianca Medeiros de Albuquerque. " 'A cavalo dado não se olham os dentes': o Bolivian Syndicate e a questão do Acre na imprensa (1890-1909)". 2015. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

4.
Zeron, Carlos; PECORA, A. A. B.; LUZ, G. A.; SILVA NETO, S. A. E.; NASCIMENTO, M. R.. Participação em banca de Ludmila Gomides Freitas. O sal da guerra: Padre Antônio Vieira e as tópicas teológico-jurídicas na apreciação das guerras justas contra os índios. 2014. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Uberlândia.

5.
Zeron, Carlos; Florenzano, Modesto; Nascimento, José Leonardo do; OLIVEIRA, J. M.; VERCOSA FILHO, E. G.. Participação em banca de José Miguel Nanni Soares. Joseph de Maistre: intérprete da Revolução Francesa e da modernidade. 2014. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

6.
Zeron, Carlos; CAMENIETZKI, C. Z.; PATUZZI, S.; SANTOS, B. C. C.; HERMANN, J.. Participação em banca de Raquel Saint Willliams. En Aragón, primero hubo leyes que reyes: semântica política e escrita da história na Monarquia Hispânica, final do século XVI até meados do XVII. 2013. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
Zeron, Carlos; Theodoro da Silva, Janice; Freitas Neto, José Alves; Domingues, Beatriz Helena; Karnal, Leandro. Participação em banca de Anderson Roberti dos Reis. A Companhia de Jesus no México: educação, bom governo e grupos letrados (séculos XVI-XVII). 2012. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

8.
Zeron, Carlos; Souza, Evergton Sales; Silva, Cândido Costa e; Carvalho, Maria do Rosário Gonçalves de; Santos, Zulmira. Participação em banca de Fabrício Lyrio Santos. Da catequese à civilização: colonização e povos indígenas na Bahia (1750-1800). 2012. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia.

9.
Falbel, Nachman; Taconi, Ana Paula Tavares Magalhães; Pondé, Luiz Felipe; Wirth Lauri; Zeron, Carlos. Participação em banca de Leandro Villela de Azevedo. As obras de John Wycliffe [1320/24-1384] inseridas no contexto religioso de sua época: da Suma Teológica de Aquino [1225-1274] ao Concílio de Constança [1414-1418], dos Espirituais Franciscanos a Guilherme de Ockham [1288-1348]. 2011. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

10.
Zeron, Carlos; WISSENBACH, Maria Cristina Cortez; Cosentino, Francisco Carlos Cardoso; Borregpo, Maria Aparecida Menezes; Marins, Paulo César Garcez. Participação em banca de José Carlos Vilardaga. São Paulo na órbita do império dos Felipes: conexões castelhanas de uma vila da América portuguesa durante a União Ibérica (1580-1640). 2011. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

11.
Zeron, Carlos; Ribeiro, Marília de Azambuja; CAMENIETZKI, C. Z.; Souza, Maria Beatriz de Mello e; Côrtes, Norma. Participação em banca de Silvia Patuzzi. Uma Monarquia em um Corpo Universal: a identidade da Companhia de Jesus no tempo de Claudio Acquaviva. 2011. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

12.
Zeron, Carlos; Brito, Ênio José da Costa; CHAMBOULEYRON, Rafale Ivan; Matos, Maria Izilda Santos de; LONDONO, F.. Participação em banca de José Alves de Souza Júnior. Tramas do cotidiano. Religião, política, guerra e negócios no Grão-Pará do Setecentos. Um estudo sobre a Companhia de Jesus e a política pombalina.. 2009. Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

13.
Zeron, Carlos; MENDES, G.; SILVA, G. N. V. P.; RAGO FILHO, A.; CONTIER, A. D.. Participação em banca de Teresinha Rodrigues Prada Soares. A utopia no horizonte da música nova. 2006. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

14.
Zeron, Carlos; MACHADO, M. H. P. T.; WISSENBACH, M. C. C.; LONDONO, F.; GOMES, F. S.. Participação em banca de Sandra Rita Molina. A morte da tradição: a Ordem do Carmo e os escravos da Santa contra o Império do Brasil (1850-1889). 2006. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

15.
Zeron, Carlos. Participação em banca de Paulo Roberto de Andrada Pacheco. Liberdade e indiferença: a "experiência-modelo" jesuítica em cartas de jovens indipetentes espanhóis dos séculos XVI e XVII. 2004. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Social) Ufpb/J.P. - Ufrn) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto.

16.
Zeron, Carlos. Participação em banca de Eduardo José Reinatto. Projetos de fundação nacional na América meridional, 1810-1830. 2003. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

17.
Zeron, Carlos; HARTOG, F.; GUIMARAES, M. L. L. S.; ENDERS, A.. Participação em banca de Temístocles Américo Correa Cézar. L'écriture de l'histoire au Brésil au XIXe siècle. Essai sur une rhétorique de la nationalité. Le cas Varnhagen. 2002. Tese (Doutorado em História) - Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales.

18.
Zeron, Carlos. Participação em banca de Rafael Ruiz González. A União das Coroas e a vila de São Paulo: estratégias políticas e transformações jurídicas. 2002. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

19.
Zeron, Carlos. Participação em banca de Carlos Alberto Ungaretti Dias. A escolha de Tibiriçá: a sujeição pela fé. 2001. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
Zeron, Carlos; Kantor, Íris; Feitler, Bruno. Participação em banca de Leandro Ferreira Lima da Silva. Deus e César na Bahia colonial: a Ordem do Carmo e as centralizações régia e episcopal, 1707-1827. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

2.
ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO; Karnal, Leandro; RODRIGUES, Rui Luís. Participação em banca de Saulo M. Goulart. A Inquisição entre homens e deuses: o Santo Ofício e os primeiros evangelizadores na Nova Espanha (1541-1545). 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
Zeron, Carlos Alberto; Souza, Laura de Mello e; Feitler, Bruno. Participação em banca de Juliana Torres Rodrigues Pereira. Um Arcebispo em defesa do poder episcopal: as relações entre D. Frei Bartolomeu dos Mártires e o Santo Ofício português (1559-1582).. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

4.
Zeron, Carlos; LONDONO, F.; Avelino, Yvone Dias. Participação em banca de Roberta Fernandes dos Santos. "Gobierno y Comandancia General de Maynas": estratégias de apropriação e defesa do Marañón espanhol durante o período colonial. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

5.
Zeron, Carlos; Albieri, Sara; Santos Filho, Gildo Magalhães dos. Participação em banca de Renato Matsui Pisciotta. O direito natural na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

6.
Zeron, Carlos; CAMENIETZKI, C. Z.; Daher, Andréa. Participação em banca de Silvia Patuzzi. Acta e Monumenta: a historiografia jesuítica de Pedro de Ribadeneyra (1580-1620). 2009. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
Zeron, Carlos; Theodoro da Silva, Janice; Freitas Neto, José Alves. Participação em banca de Anderson Roberti dos Reis. A Companhia de Jesus no México: práticas e ideias na transição do século XVI para o XVII. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

8.
Theodoro da Silva, Janice; Zeron, Carlos; Pastore, Fortunato. Participação em banca de Francisco José Corrêa Martins. "Nada há de novo sob o sol". Revendo alguns aspectos sobre a Guerra do Paraguai. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

9.
WISSENBACH, Maria Cristina Cortez; MONTEIRO, J. M.; Zeron, Carlos. Participação em banca de José Carlos Vilardaga. Teias urbanas e humanas na América colonial: "castelhanos" na São Paulo do Império Habsburgo (1580-1640). 2008. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

10.
Falbel, Nachman; Taconi, Ana Paula Tavares Magalhães; Zeron, Carlos Alberto. Participação em banca de Leandro Villeala de Azevedo. John Wycliffe e a teoria dos dois caminhos. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

11.
Zeron, Carlos Alberto; LONDONO, F.. Participação em banca de José Alves de Souza Júnior. Entre o céu e o inferno: religião, negócios e conflitos na Companhia de Jesus no Grão Pará. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

12.
Zeron, Carlos. Participação em banca de Patrícia Albano Maia. Encontros culturais no império colonial português: os jesuítas e a circulação dos saberes curativos no século XVIII. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

13.
Zeron, Carlos. Participação em banca de Teresinha Rodrigues Prada Soares. Estética e ideologia no Festival Música Nova e nos Cursos Latinoamericanos de Música Contemporânea. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

14.
Zeron, Carlos. Participação em banca de Teresinha Rodrigues Prada Soares. O Festival Música Nova e os Cursos Latinoamericanos de Música. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

15.
Zeron, Carlos. Participação em banca de Sandra Rita Molina. A morte da tradição: a Ordem do Carmo e os escravos da Santa contra o Império do Brasil (1850-1889). 2004. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

16.
Zeron, Carlos. Participação em banca de Luis Filipe Silverio Lima. Império dos Sonhos: narrativas proféticas, sebastianismo e messianismo brigantino. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

17.
Zeron, Carlos. Participação em banca de José Alves de Freitas Neto. Narrativa trágica e pensamento político através da obra de Las Casas: a questão indígena e a dualidade na memória americana. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

18.
Zeron, Carlos. Participação em banca de Rafael Ruiz González. A política da Coroa de Castela para a vila de São Paulo durante a. 2000. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

19.
Zeron, Carlos. Participação em banca de Eduardo José Reinatto. Os discursos de fundação nacional na América meridional: 1810-1830. 2000. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Mestrado
1.
Zeron, Carlos; OLIVEIRA, M. R.; AZEVEDO, M. S. S.. Participação em banca de Bruno Lincoln Ranalho Paes. O direito divino dos reis em Ricardo II, de William Shakespeare. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia e Teoria Geral do Direito) - Faculdade de Direito da USP.

2.
Zeron, Carlos; Agnolin, Adone; DULLEY, I. H.. Participação em banca de Tomás Motta Tassinari. Deus, senhores, missionários e feiticeiros: a mediação jesuítica dos confrontos entre portugueses e centro-africanos (1548-1593). 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

3.
Zeron, Carlos; Silva, Maria Leda Oliveira Alves da; Carneiro, Henrique Soares. Participação em banca de Glauco Escórcio de Carvalho. Du Droit Social e Institutions Républicaines: considerações sobre o pensamento político de Louis-Antoine de Saint-Just (1792-1794).. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

4.
Zeron, Carlos; LONDONO, F.; Brito, Ênio José da Costa. Participação em banca de Rodolfo Rodrigues de Almeida. A catequese em São Paulo de Piratininga nos séculos XVI e XVII. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
Zeron, Carlos Alberto; CHALHOUB, S.; FLORES, M. B. R.; MENEZES, L. M.. Concurso Público de Provas e Títulos para o provimento de vaga do Cargo isolado de Professor Titular-Livre do Magistério Superior. 2015. Universidade Federal do Pará.

2.
Zeron, Carlos; GROSTEIN, M. D.; PASTERNAK, S.; MENESES, U. T. B.; FELDMAN, S.. Concurso de títulos e provas visando ao provimento de cargo de Professor Doutor junto ao Departamento de História da Arquitetura e Estética do Projeto da FAU-USP. 2013. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.

3.
Zeron, Carlos; Souza, Laura de Mello e; Nascimento, José Leonardo do; CAMENIETZKI, C. Z.; Monteiro, Rodrigo Nunes Bentes. Concurso público para provimento de professor doutor. 2009. Universidade de São Paulo.

4.
Zeron, Carlos; Brandalise, Carla; Guimarães, Manoel Salgado. Banca examinadora para provimento de cargo de Professor Adjunto - DE - na área de História Moderna. 2006. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

5.
Zeron, Carlos. Concurso para provimento de um cargo de Professor doutor do Departamento de História, disciplina de História do Brasil Colonial. 2004. Universidade de São Paulo.

Livre docência
1.
ZERON, CARLOS ALBERTO DE MOURA RIBEIRO; ALENCASTRO, L. F.; CASTRO, H. M. C. M. G.; Carvalho, Marcus Joaquim Maciel de; Hernandez, Leila Maria Gonçalves Leite. Concurso público de títulos e provas visando a obtenção do título de Livre Docência no Departamento de História, área de História da África ? Séculos XV-XIX. 2016. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Pa.

2.
Zeron, Carlos; ALENCASTRO, L. F.; CASTRO, H. M. C. M. G.; LARA, S. H.; ROCHA, A. P.. O poder da escravidão: política e economia-mundo na construção da ordem escravista brasileira. 2012. Universidade de São Paulo.

Outras participações
1.
Zeron, Carlos. Qualificações de mestrado. 2013. Universidade de São Paulo.

2.
Zeron, Carlos. Qualificação de mestrado. 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
Zeron, Carlos. Qualificação de mestrado. 2012. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Cinquenta anos de 1968: a era de todas as viradas.Música de vanguarda e música engajada nos anos 1960. 2018. (Encontro).

2.
História Moderna em Foco.Um Mundo Conectado: reflexões sobre as relações transnacionais e globais na Época Moderna. 2018. (Outra).

3.
Jurisdições da (in)tolerância."A força cria o direito: sobre o conceito de justiça compartilhado pelos colonizadores na América portuguesa". 2018. (Encontro).

4.
VII Encontro Internacional de História Colonial.?A querela de Antônio Vieira contra Francisco Suárez?. 2018. (Encontro).

5.
VII Encontro Internacional de História Colonial.?Usos contraditórios da autoridade de Juan de Solórzano Pereira por Antônio Vieira, Paulo da Silva Nunes e Francisco Xavier de Mendonça Furtado?. 2018. (Encontro).

6.
Fórum sobre Violações de Direitos dos Povos Indígenas.Duas questões sobre o parecer do Dr. José Afonso da Silva. 2017. (Outra).

7.
História do Livro no Brasil.Livros e Bibliotecas Jesuítas no Brasil Colonial. 2017. (Outra).

8.
Schiavitù del corpo e schiavitù dell'anima. Chiesa, potere e schiavitù tra Atlantico e Mediterraneo.?La trattatistica teologico-giuridica nei contesti coloniali?. 2017. (Seminário).

9.
XIX Seminário de Formação da Base dos Trabalhadores da Educação do Partido Comunista Brasileiro..?O movimento Música Nova e a música engajada?. 2017. (Outra).

10.
?Discutindo as pesquisas sobre Japão na USP?.?A documentação missionária na pesquisas em História?. 2016. (Outra).

11.
?Locality and Globality in Early Modern Cultural Encounters. A comparative analysis of religious and political accommodation?.Negotiating with "savages" in America and the Pacific. 2016. (Simpósio).

12.
?Revolução Francesa e Social-Democracia?.?Revolução Francesa e Social-Democracia?. 2016. (Encontro).

13.
"Colóquio Internacional Michel de Certeau [em uso]"."Derivas e práticas narrativas: alteridade e temporalidade". 2016. (Simpósio).

14.
A consciência crítica da conquista e colonização da América na Escola Ibérica da Paz (séculos XVI e XVII).A Escola Ibérica da Paz no contexto da colonização do Atlântico Sul. 2016. (Simpósio).

15.
Colloque International Michel de Certeau. Le voyage de l?oeuvre.Domaine Espagnol et Portugais. Título da apresentação: "Michel de Certeau et l?Amérique". 2016. (Simpósio).

16.
Seminário de pesquisa dirigido por Jean-Frédéric Schaub (EHESS) e Silvia Sebastiani (EHESS).Un fil que ne se rompt pas: l'esclavage à l'époque moderne et contemporaine. 2016. (Seminário).

17.
Seminário do Groupe de Recherche sur les Missions Ibériques Modernes.L'économie chrétienne selon le jésuite Luigo Vicenzo Mamiani della Rovere. 2016. (Seminário).

18.
Seminário Histoire et Anthropologie du Monde Ibérique.Discussions sur le bien commun en contexte colonial. 2016. (Seminário).

19.
"Compelle intrare". On violence and conversion in the non-European Catholic World.Thinking conversion and violence. 2015. (Oficina).

20.
Ciclo de debates ?Jesuítas no mundo contemporâneo?.?A historiografia sobre a Companhia de Jesus?. 2015. (Outra).

21.
Materialismo Histórico e Realidade Brasileira.?Modernidade, trabalho e história?. 2015. (Outra).

22.
Novos campos de pesquisa da história das instituições eclesiásticas e suas normatividades no Brasil (séculos XVI-XIX).Questões da consciência. 2015. (Seminário).

23.
Programa de Pós-Graduação em História, IFCH, Unicamp.?Antônio Vieira rastela o direito natural?. 2015. (Outra).

24.
VIII Reunião Científica Trabalho Escravo Contemporâneo e Questões Correlatas.VIII Reunião Científica Trabalho Escravo Contemporâneo e Questões Correlatas. 2015. (Outra).

25.
22º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP (SIICUSP).Democracia e teoria política. 2014. (Simpósio).

26.
António Vieira (1608-1697). Usages & Voyages de l??uvre (XVIIe-XXIe siècles). De la farce à la tragédie: l'action de Vieira dans la guerre des factions nationales qui a changé le destin de la Province jésuite du Brésil. 2014. (Congresso).

27.
Fighting Monopolies. Les empires coloniaux de l?époque moderne, le système des monopoles et ses contradicteurs.Comentários sobre pesquisas de Kate J. Ekama, "Conflicting Concerns: Free agency and opposition to the Dutch East and West India Companies", e de Joris van den Tol, "Think global, act local: Lobbying for the loss of Brazil (1624-54) and Formosa (1624-62). 2014. (Seminário).

28.
Jesuitas, Pensamiento Político-jurídico y Representaciones Simbólicas en el Mundo Iberoamericano.Un filo que no se rompe: la esclavitud en los tiempos modernos y contemporáneos. 2014. (Simpósio).

29.
Journée d?études ERIAC « Modalités et figures de l?adaptation dans le monde ibérique (XVIe-XVIIe siècle) ».Architecture du bien commun: mission et espace missionnaire. 2014. (Encontro).

30.
Midis de Brésil(s): seminário mensal para o debate brasilianista organizado pela revista Brésil(s).Conflits entre prêtres: nature et société dans les disputes de la Compagnie de Jésus au Brésil. 2014. (Seminário).

31.
Milano, l'Ambrosiana e la conoscenza dei nuovi mondi (secoli XVII-XVIII).(Nomina dei nuovi Academici della Classe). 2014. (Simpósio).

32.
Simpósio Nacional Bicentenário da Restauração da Companhia de Jesus (1814-201).Da farsa à tragédia: a guerra de facções que pôs fim às esperanças de Antônio Vieira por um Quinto Império e transformou o modo de atuação dos jesuítas do Brasil. 2014. (Simpósio).

33.
XVI Simpósio Internacional IHU. Companhia de Jesus. Da supressão à restauração.Economia cristã e religiosa política: o Memorial sobre o governo temporal do colégio de São Paulo, de Luigi Vincenzo Mamiani. 2014. (Simpósio).

34.
XXII Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.Democracia e teoria política. 2014. (Simpósio).

35.
21º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP (SIICUSP).?Formação ideológica da nação?. 2013. (Simpósio).

36.
A Companhia de Jesus e a Sociedade Colonial.A Companhia de Jesus e a escravidaão. 2013. (Outra).

37.
A Companhia de Jesus e os índios.Antônio Vieira e os ?escravos de condição?: os aldeamentos jesuíticos no contexto das sociedades coloniais. 2013. (Seminário).

38.
Sixteenth Century Society Conference. ?Contradictory uses of the authority of Juan de Solórzano Pereira by Antonio Vieira, Paulo da Silva Nunes and Francisco Xavier de Mendonça Furtado?. 2013. (Congresso).

39.
Arquitetura sagrada no Brasil: o espaço missionário jesuítico.Da aldeia indígena ao aldeamento, à doctrina e à reducción: icnografia da missão jesuítica. 2012. (Outra).

40.
IV Encontro Internacional de História Colonial.As reduções de índios: de São Vicente, ao Peru, Paraguai e Maranhão (séculos XVI-XVIII). 2012. (Encontro).

41.
XX Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.Questões sobre a formação do Estado moderno. 2012. (Simpósio).

42.
?História moderna e colonial: uma dicotomia??.?Obediência e o sistema de governo: conquista e manutenção do poder na Província do Brasil?. 2011. (Encontro).

43.
19º Simpósio Internacional de Iniciação Científica na área de humanas e humanidades da Universidade de São Paulo.?Memória e História II?. 2011. (Simpósio).

44.
19º Simpósio Internacional de Iniciação Científica na área de humanas e humanidades da Universidade de São Paulo.?História moderna?. 2011. (Simpósio).

45.
Colóquio Internacional Maquiavel dissimulado. Heterodoxias político-culturais no mundo luso-brasileiro.. Coordenação da mesa ?Reflexos no pensamento político moderno?, no Colóquio Internacional Maquiavel dissimulado. Heterodoxias político-culturais no mundo luso-brasileiro.. 2011. (Congresso).

46.
Colóquio Internacional Maquiavel dissimulado. Heterodoxias político-culturais no mundo luso-brasileiro.. ?Jesuítas porém maquiavelianos: disputas pelo controle dos índios administrados?. 2011. (Congresso).

47.
VI Encontro de Pós-graduandos da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.?Igreja e Estado?. 2011. (Encontro).

48.
XXVI Simpósio Nacional de História da ANPUH. Tradutor e debatedor na mesa-redonda ?Construção e instituição da História nos séculos XIX e XX?, no XXVI Simpósio Nacional de História da ANPUH, realizado no Departamento de História da FFLCH-USP.. 2011. (Congresso).

49.
XXVI Simpósio Nacional de História da ANPUH. Tradutor da conferência do Prof. François Hartog ?Situations faites à l?Histoire?, no encerramento XXVI Simpósio Nacional de História da ANPUH, realizado no Departamento de História da FFLCH-USP.. 2011. (Congresso).

50.
18o. Simpósio Internacional de Iniciação Científica.História e Filosofia. 2010. (Simpósio).

51.
Journées d'Etudes.Comentário das comunicações e conclusões finais. 2010. (Encontro).

52.
Nuevo Mundo Mundo Nuevos. 2010: Une décennie américaniste en ligne.L?Amérique vue des Amériques. 2010. (Outra).

53.
17o. Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo.História Medieval II. 2009. (Simpósio).

54.
Colóquio internacional ?Antigos, Modernos, Selvagens: diálogos franco-brasileiros?. ?Vieira: V Império e pertencimento nacional?. 2009. (Congresso).

55.
Early Modern Mission in a global perspective. Ligne de foi: la Compagnie de Jésus et l?esclavage dans le processus de formation de la société coloniale. 2009. (Congresso).

56.
Planète métisse.4 conferências com títulos diversos. 2009. (Outra).

57.
Seminário de pesquisa dirigido pelo professor Luiz Felipe de Alencastro.?Un bilan provisoire du projet thématique ?Dimensions de l?empire portugais??. 2009. (Seminário).

58.
Colóquio Internacional Economia e Colonização noa Dimensão do Império Português: historiografia e perspectivas de pesquisa.Trabalho indígena e sociedade escravista. 2008. (Simpósio).

59.
História do Brasil.As ?usurpações? da Companhia de Jesus: a condenação das missões jesuítas nos escritos pombalinos. 2008. (Outra).

60.
Musimid - 4o. encontro de Música e mídia: "O Brasil dos Gilbertos: Gilberto Freyre, João Gilberto, Gilberto Gil e Gilberto Mendes".Música Nova e Música engajada: Gilberto Mendes e Willy Corrêa de Oliveira. 2008. (Encontro).

61.
Poderes e Sociabilidade na História.Bem comum e utilidade pública: o bom governo dos índios nas Américas de colonização portuguesa e espanhola. 2008. (Seminário).

62.
Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo.Idade Média I. 2008. (Simpósio).

63.
Antigos e Modernos: diálogos sobre a (escrita da) história.A heterogeneidade das fontes antigas no debate sobre a escravidão moderna. 2007. (Simpósio).

64.
Colóquio Internacional ?Circulación de saberes y misiones (siglos XVI-XVIII)?.?Interprétations de la pensée de Francisco Suárez en contexte colonial?. 2007. (Simpósio).

65.
Colóquio Internacional Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia: 300 anos.Pecado e delito: o abandono da teoria do poder indireto nas Constituições Primeiras do Arcebispado da Bahia. 2007. (Seminário).

66.
Colóquio Internacional Contextos Missionários: Religião e Poder no Império Português. Coordenação da mesa ?China?, no Colóquio Internacional Contextos Missionários: Religião e Poder no Império Português, realizado na Universidade de São Paulo.. 2007. (Congresso).

67.
Construcción de fronteras en los mundos ibéricos.Los jesuitas y sus bárbaros: proyectos, acomodos y resistencias. 2007. (Encontro).

68.
workshop ?The intelectual making of European centrality, 16th-19th centuries?.Apresentação das conclusões do workshop ?The intelectual making of European centrality, 16th-19th centuries?, no European University Institue, Florença, Itália.. 2007. (Oficina).

69.
14o Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo (SIICUSP).Movimento estudantil, música e resistência no Brasil, século XX. 2006. (Simpósio).

70.
Colóquio Escrita, Memória e Cultura Material: formas de transmissão da cultura letrada no império português. ?Lei? e ?costume? na Capitania de São Paulo: interpretações destes conceitos no contexto da discussão sobre a liberdade dos índios, na segunda metade do século XVII. 2006. (Congresso).

71.
Interpretações do pensamento de Francisco Suárez em contexto colonial. XI Jornadas Internacionais sobre Missões Jesuíticas. 2006. (Congresso).

72.
MAST 21 anos: Simpósio História das Ciências no Brasil.Interpretação do pensamento jurídico-político de Francisco Suárez na 'Apologia pro paulistis'(1684). 2006. (Simpósio).

73.
VIII Seminário de Pós-graduação em História Social.Coordenador de mesa do VIII Seminário de Pós-graduação em História Social organizado pelo Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. 2006. (Seminário).

74.
13o Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo (SIICUSP).Evangelização e política no mundo ibérico. 2005. (Simpósio).

75.
Ciclo de palestras sobre o Fichário Ernâni Silva Bruno.Alimentação, no Fichário Ernâni Silva Bruno. 2005. (Outra).

76.
Escrituras de la modernidad: los jesuítas entre cultura retórica y cultura científica.A Apologia pro paulistis, um documento jesuítico em defsa do escravismo e da autonomia política dos paulistas. 2005. (Encontro).

77.
O governo dos povos: poder e administração no império português.Povos e políticas indigenistas no império português. 2005. (Seminário).

78.
Seminário do Groupe de recherches sur les missions religieuses ibériques modernes.Convergences missionnaires: Manuel da Nóbrega et José de Acosta. 2005. (Outra).

79.
Demander les Indes: Journée d?études sur les Indipetae (XVIe-XVIIe siècles).Demander les Indes: Journée d?études sur les Indipetae (XVIe-XVIIe siècles). 2004. (Seminário).

80.
Seminário Internacional Luzes nos Trópicos: a Capitania de São Paulo no século XVIII.As. 2004. (Seminário).

81.
Simpósio Internacional.?Desenclausuramento? da história religiosa e desencantamento do mundo. 2004. (Simpósio).

82.
Colégio de São Paulo: Viajantes no Brasil: ciência, cultura e arte.As viagens de William Davies, a serviço de ingleses, mouros e florentinos. 2003. (Oficina).

83.
Jesuítas, Ensino e Ciência (sécs. XVI a XVIII). O debate entre os teólogos da Companhia de Jesus, em Portugal e no Brasil, sobre a escravidão africana e ameríndia. 2003. (Congresso).

84.
Les antijésuitismes à l'époque moderne. Les répercussions de l'antijésuitisme sur les conflits internes à la Province brésilienne de la Compagnie de Jésus (XVIe-XVIIe siècles). 2003. (Congresso).

85.
Seminário de pesquisa dirigido pelo professor Luiz Felipe de Alencastro.Escravidão indígena e africana: a posição dos teólogos jesuítas e dos missionários.. 2003. (Seminário).

86.
Simpósio de Iniciação Científica da USP (SIICUSP).A formação do Império no Brasil. 2003. (Simpósio).

87.
Encontro Nacional dos Estudantes de História.?Sociedade e universidade no século XVI? (mini-curso). 2002. (Encontro).

88.
IX Jornadas Internacionais sobre as Missões Jjesuíticas. Auge e crise do projeto missioneiro. 2002. (Congresso).

89.
Seminário de pesquisa dirigido pelo professor Luiz Felipe de Alencastro.Atividade política dos missionários jesuítas no agenciamento da força de trabalho indígena. 2002. (Seminário).

90.
Seminários de pesquisa dirigidos pelos professores Pierre-Antoine Fabre, Bernard Vincent, Antonella Romano e Afrânio Garcia.[Quatro palestras sobre história do Brasil colônia, sobre temas diversos]. 2002. (Seminário).

91.
?Linha de Pesquisa? da pós-graduação em História da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).Perspectivas da pesquisa interdisciplinar em história das religiões. 1999. (Outra).

92.
História da América colonial.?Elementos politico-econômicos formadores da sociedade colonial brasileira?. 1999. (Outra).

93.
Journée d'études du Groupe de recherches sur les missions religieuses ibériques modernes.?Recherches missionnaires: sources pour une prosopographie?. 1999. (Simpósio).

94.
Semana de história da PUC-Rio : cinco séculos de formação brasileira.?Guerra justa e escravidão, de Salamanca a Évora?. 1999. (Simpósio).

95.
Seminário de pesquisa (coord. Serge Gruzinski).Le désenclavement de l?historiographie jésuite. 1999. (Seminário).

96.
Seminário de pesquisa (coord. Jean-Frédéric Schaub e Afrânio Garcia).La Compagnie de Jésus et l?institution de l?esclavage au Brésil: les expulsions de 1611 et 1640. 1998. (Seminário).

97.
Seminário de pesquisa (coord. Pierre-Antoine Fabre).L?économie des premières missions jésuites brésiliennes à travers la correspondance de l?Ordre (1550-1600). 1998. (Seminário).

98.
Seminário de pesquisa (coord. Serge Gruzinski).La Compagnie de Jésus et l?institution de l?esclavage au Brésil: continuités et disjonctions entre les instructions romaines, les avis des théologiens et les initiatives locales. 1998. (Seminário).

99.
Colóquio Passeurs Culturels/ Mediadores Culturais.Pombeiros e tangosmaos, intermediários do tráfico de escravos na África (séculos XVI-XVII). 1997. (Simpósio).

100.
Journée d'études du Groupe de recherches sur les missions religieuses ibériques modernes.Le financement de l'entreprise missionnaire. 1997. (Simpósio).

101.
Seminário de pesquisa (coord. Serge Gruzinski).Historiographie coloniale brésilienne. 1997. (Seminário).

102.
Groupe de recherche sur les missions religieuses ibériques modernes.Apresentação crítica do livro de Giovanni Pizzorusso, Roma nei Caraibi: l?organizzazione delle missioni cattoliche nelle Antille e in Guyana (1635-1675). 1996. (Encontro).

103.
Groupe de recherche sur les missions religieuses ibériques modernes.L?articulation entre l?expérience missionnaire jésuite au Brésil et leur participation dans le débat autour de la législation coloniale concernant la réglementation des formes de travail servile. 1996. (Encontro).

104.
La maîtrise de la nature en Amérique et dans la péninsule ibérique.Les investissements sémantiques liées aux notions de singularité et d?expérience dans les écrits portugais et français sur l?Amérique du seizième siècle, et notamment sur le Brésil. 1996. (Simpósio).

105.
Seminário de pesquisa.?Les questions historiographiques liées à l?étude de l?esclavage africaine et amérindienne au Brésil?, e ?Examen critique de la récente production en anthropologie historique brésilienne". 1996. (Seminário).

106.
Seminário de pesquisa (coord. Bernard Vincent).Les écrits des théologiens de la Compagnie de Jésus portant sur l?esclavage et sur le commerce d?esclaves en Afrique. 1996. (Seminário).

107.
Seminário de pesquisa (coord. Carmen Salazar-Soler (C.N.R.S.), Nathan Wachtel (Collège de France) e Gilles Rivière (E.H.E.S.S., Paris)).Les notions d?expérience et de singularité appliquées à la description des géants Patagons, à travers une étude comparative entre divers chroniqueurs. 1996. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Zeron, Carlos. História da América Colonial - visita aos sítios arqueológicos das missões jesuíticas. 2017. (Outro).

2.
Zeron, Carlos; MASSIMI, M. ; COLOMBO, E. ; ROCCA, A. . ?Schiavitù del corpo e schiavitù dell'anima. Chiesa, potere e schiavitù tra Atlantico e Mediterraneo?. 2017. (Congresso).

3.
Zeron, Carlos; Fabre, Pierre-Antoine ; SANTOS, I. M. . António Vieira (1608-1697). Usages & Voyages de l??uvre (XVIIe-XXIe siècles). 2014. (Congresso).

4.
Zeron, Carlos. História das ideias políticas na América colonial. 2012. (Outro).

5.
Zeron, Carlos. História das ideias políticas na América colonial. 2010. (Outro).

6.
Zeron, Carlos; Murari, Francico ; Peixoto, Fernanda ; Salles, Cecília Helena . Antigos e Modernos: diálogos sobre a (escrita da) história. Antigos, Modernos, Selvagens: diálogos franco-brasileiros de história e antropologia. 2009. (Congresso).

7.
Zeron, Carlos; WISSENBACH, Maria Cristina Cortez ; Souza, Marina de Mello e ; Agnolin, Adone . Contextos missionários: religião e poder no Império português. 2007. (Congresso).

8.
Zeron, Carlos; Muraro, Valmir . Refazendo os Caminhos dos Jesuítas. 2006. (Outro).

9.
Zeron, Carlos; Coggiola, Osvaldo . Simpósio Internacional ?Os Rumos da História?. 2004. (Congresso).

10.
Zeron, Carlos; Gadelha, Regina ; Ruiz, Rafael . IX Jornadas Internacionais sobre as Missões Jesuíticas: informação e globalização na missão jesuítica. 2002. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Luma Ribeiro Prado. Ações de liberdade: o uso da justiça por índias e índios na Amazônia portuguesa, século XVIII. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Gustavo Velloso. A rebelião Reche-Mapuche de 1655. Trabalho escravo, parlamentos e a crise do Império Espanhol. Início: 2018. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).

2.
Daniel Isaac Friedmann. A bem comum da república: justiça e governo no nascimento de uma vila colonial (Atibaia 1759 ? 1799). Início: 2014. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Henrique Antônio Ré. Duas missões abolicionistas britânicas no Brasil em meados do século XIX. Início: 2014. Universidade de São Paulo.

Iniciação científica
1.
Carlos Henrique Gonçalves Conceição Junior. ?Ressignificação do espaços dos aldeamentos guaranis pelos próprios indígenas, do final do século XVII até a metade do século XVIII?. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Ana Paula Gonçalves Souza. As representações do ameríndio em André Thevet: uma visão do Novo Mundo por meio da experiência francesa no Brasil no século XVI (França Antártica, 1555-1560). 2013. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

2.
Gustavo Velloso. O cotidiano coacto: tempo do trabalho, ideologia escravista e resistência na zona agrícola meridional luso americana (século XVII). 2013. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

3.
Fernanda Elias Zaccarelli Salgueiro. Defesa, conversão, vingança: a guerra jsuta contra ameríndios entre letradose leis castelhanas (1492-1573). 2012. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

4.
Lucas Ferreira de Lara. A música instrumento: o Padre Antônio Sepp, S.J., e as práticas musicais nas reduções jesuíticas (1691-1733). 2012. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

5.
Fernanda Aires Bombardi. Entre ?persuasões? e ?escoltas?: descimentos de índios livres na Amazônia colonial (1680-1755). 2011. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

6.
Renata Cabral Bernabé. A construção da missão japonesa no século XVI. 2010. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

7.
Eduardo Santos da Rocha. Utopia e realidade no exílio: pensamento e cotidiano huguenote após a Revogação do Édito de Nantes. 2009. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

8.
Daniel Isaac Friedmann. A lei da boa razão. 2007. Dissertação (Mestrado em História) - Fac. de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP, . Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

9.
Ana Letícia Adami Batista. O De Voluptate de Lorenzo Valla: tradução e notas. 2007. Dissertação (Mestrado em História Social) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Pa, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

10.
Patrícia Valim. Da sedição dos mulatos à conjuração baiana de 1798: a construção de uma memória histórica. 2007. Dissertação (Mestrado em História) - Fac. de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

11.
André Junqueira Prevatto. Francisco Xavier e a cultura universalista cristã: do Gentio à ?Gente Discreta?. 2007. Dissertação (Mestrado em História) - Fac. de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

12.
Laurent Azevedo Marques de Saes. A propriedade camponesa sob a República jacobina: o impacto da legislação do ano II sobre a questão fundiária. 2005. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

13.
Ana Emília Lobato. O tesouro escondido da Amazônia: natureza e trabalho na obra do padre João Daniel, S.J.. 2005. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Secretaria de Estado da Educação - Pará. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

14.
Bruna Soalheiro. A missão tibetana na correspondência jesuíta (1624-1631). 2005. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

Tese de doutorado
1.
Renata Cabral Bernabé. As Reações Japonesas ao Cristianismo dos Missionários nos séculos XVI e XVII. 2014. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

2.
Camila Corrêa e Silva de Freitas. ?Um santo jesuíta no Brasil: uma análise política do processo de beatificação de José de Anchieta (século XVII)?. 2012. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

3.
Bruna Dutra de Oliveira Soalheiro Cruz. Retórica e política: cartas e estratégias de conversão nas missões do Mogol, Tibet, Butão e Bengala (XVI-XVIII). 2009. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

4.
Laurent de Saes. A Société des Amis des Noirs: o movimento antiescravista sob a Revolução Francesa (1788-1799). 2009. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

5.
Rodrigo Faustinoni Bonciani. O dominium sobre os indígenas e africanos e a especificidade da soberania régia no Atlântico. 2005. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Rachel Saint Williams. 2014. Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

Iniciação científica
1.
Alec Ichiro Ito. As experiências de contato luso-africano no processo de formação da Angola portuguesa: a interferência do Kongo na consolidação da governadoria-geral ultramarina (1607-1617). 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

2.
Antonio Mario David Siqueira Ferreira. Leituras em Teoria da História (antigos e modernos). 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

3.
Verônica Fernandes. A relação da Igreja Católica com as mulheres indígenas no sudeste brasileiro em fins do século XVI e início do século XVII. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

4.
Beatriz Nowicki Galera. A escravidão nos Sermões do Rosário, de Antônio Vieira. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

5.
Maria Beatriz Correa Neves. Formas de Resistência Indígena na Colônia: os Guarani dos Trinta povos das missões. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

6.
Maria Beatriz Correa Neves. A pena e o cocar: escrita e ação política indígena nos Trinta Povos das Missões. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

7.
André Loeser. O bem comum na obra de Juan de Solórzano Pereira e José de Acosta. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, FFLCH-USP. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

8.
Lucas Figueiredo Torigoe. Bartolomeu Lourenço de Gusmão (1685-1724). 2012. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

9.
Laura Pereira Furquim. Redes de troca e sociabilidade no ocidente amazônico (séculos XVI e XVII). 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

10.
Gustavo Velloso. Negros, servos e administrados: a discussão letrada sobre o cativeiro e a substituição da mão de obra escrava em São Paulo (1684-1711). 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

11.
Ana Paula Gonçalves Souza. ?Leitura de cronistas quinhentistas e seiscentistas pela antropologia brasileira: antropologia histórica na história dos índios?. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

12.
Natália Alves Calejuri. ?O pensamento político da reforma?. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

13.
Débora Gomes Pereira do Amaral. Iconografia jesuítica do período colonial. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

14.
Pedro Henrique Rodrigues de Oliveira Issa. Católicos e anglicanos na controvérsia sobre a dupla potestade: Jaime I, Roberto Bellarmino e Francisco Suárez. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

15.
Daniel Isaac Friedmann. A lei da boa razão. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em história) - Fac. de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

16.
Giselle Ellen da Silva. José de Acosta e o III Concílio Limense. 2005. Iniciação Científica - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

17.
Márcio Roberto Gomes da Silva. Civilização e salvação: o encontro de Erasmo de Rotterdam e Manuel da Nóbrega. 2005. Iniciação Científica - Universidade de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

18.
Ana Letícia Adami Batista. "O De Libero Arbitrio" de Lorenzo Valla. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

19.
Eduardo dos Santos Rocha. Das "places de sûreté" aos projetos coloniais: os empreendimentos huguenotes no século XVII. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

20.
André Belize de Oliveira. Os sinais no céu da Bahia, em fins do século XVII, na preparação do V Império. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

21.
Andréa Dimitri Ruivo. Franciscanos, Beneditinos, Capuchinhos e Carmelitas: suas atividades e intempéries, 1680 a 1700. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

22.
Camila Loureiro Dias. A Companhia de Jesus e o trabalho indígena no Estado do Maranhão: em torno do Regimento das Missões de 1686. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

23.
Andréa Dimitri Ruivo. As bases materiais da Província jesuítica do Brasil. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

Orientações de outra natureza
1.
Lívia de Brito Arruda. Resenhas semanais como base da participação em sala de aula e do aprendizado de um método de análise crítica de textos. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

2.
Wilton Guerra. Briga dos Padres: os manuscritos do Archivum Romanum. 2005. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de São Paulo. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.

3.
Wilton Guerra. Briga dos Padres: os manuscritos do Archivum Romanum. 2004. Orientação de outra natureza - Museu de Astronomia e Ciências Afins. Orientador: Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron.



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
Zeron, Carlos Alberto; ORTEGA, F. ; HARARI, I. ; NAKAMURA, R. ; ARBEX JR., J. . Revoltas populares no Brasil: Missões Guarani e Índios Sateré-Mawé. 1. ed. São Paulo: Caros Amigos, 2014.


Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Zeron, Carlos Alberto; MORAES, J. J. . Notas Políticas da Música Nova. Caderno de Sábado do Jornal da Tarde, São Paulo, p. 3 - 3, 18 jan. 1992.

2.
Zeron, Carlos. Da Religiosa Política à Economia Política. Transformações do contexto antijesuítico no século XVII. IHU On-line. Revista do Instituto Humanitas Unisinos, São Leopoldo, 17 nov. 2014.


Apresentações de Trabalho
1.
Zeron, Carlos. As viagens de William Davies, a serviço de ingleses, mouros e florentinos. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Zeron, Carlos. ?Alimentação?, no Fichário Ernani Silva Bruno. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Zeron, Carlos. Temas e fontes de pesquisa em história do pensamento político moderno. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Zeron, Carlos. As ?usurpações? da Companhia de Jesus: a condenação das missões jesuítas nos escritos pombalinos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Zeron, Carlos. Duas concepções de justiça na época renascentista. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
Zeron, Carlos. L?esclavage africain et amérindien, élément fondamental de formation et de reproduction de l?empire portugais. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
Zeron, Carlos. Les processus de formation et de reproduction de la société coloniale luso-brésiliennes étudiés à partir des séries de documents produites par la Compagnie de Jésus et par l'administration coloniale. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
Zeron, Carlos. Sociedade e universidade no século XVI. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Zeron, Carlos. La Compagnie de Jésus et l?institution de l?esclavage au Brésil: les positions adoptées par le père José de Anchieta. 1997. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
Zeron, Carlos; LAURENTIN, Emmanuel . Le Brésil dans la tourmente. Entretien avec Carlos Zeron.. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Zeron, Carlos; Muraro, Valmir . Refazendo os Caminhos dos Jesuítas. 2006. (Outro).

2.
Zeron, Carlos. História das ideias políticas na América colonial. 2010. (Outro).

3.
Zeron, Carlos. História das ideias políticas na América colonial. 2012. (Outro).

4.
Zeron, Carlos. História da América Colonial - visita aos sítios arqueológicos das missões jesuíticas. 2017. (Outro).



Outras informações relevantes


Coordenador do convênio entre a FFLCH-USP e a Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales. Coordenador do convênio entre a FFLCH-USP e a Université Paris Sorbonne.
Comissões: de Avaliação do Departamento de História da FFLCH-USP (2013-2016), de Sindicância da FFLCH-USP (2014; presidente), de Reconhecimento de diploma (2014; presidente), do prédio de História e Geografia da FFLCH-USP, de Cooperação Internacional da FFLCH-USP (2014-2016).
Pesquisas em arquivos estrangeiros, com financiamento: Musée du Quai Branly (2009); Fapesp (2002, 2005, 2007); Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (1994, 1999), Ecole Française de Rome (1996, 1998), Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses (1997).
Professores convidados para lecionar ou proferir conferências na Universidade de São Paulo: Antonella Romano (EUI), Bernard Vincent (EHESS), François Hartog (EHESS), Jean-Claude Laborie (Université Paris-X), Jean-Frédéric Schaub (EHESS), Luiz Felipe de Alencastro (Université Paris-Sorbonne), Pierre-Antoine Fabre (EHESS), Silvia Sebastiani (EHESS), Jordi Canal (EHESS), Guida Marques (UNL/CHAM).
Membro do Conselho Consultivo Internacional da Obra Completa do Padre Antônio Vi



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/10/2018 às 5:02:34