Maria Glicia da Nóbrega Coutinho

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4101954161127778
  • Última atualização do currículo em 18/11/2016


Graduou-se (BSc) em Geologia pela Universidade Federal de Pernambuco (1967); Mestrado (MPhil) e doutorado (PhD) em Mineral Deposit Studies pela University of London, Royal Holloway College (1990-1995), Inglaterra, U.K. Trabalhou no Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), no Projeto Potássio - avaliação dos depósitos de K & Mg em Carmopolís, SE, hoje em explotação pela Vale. A seguir, em 1971 passou para a CPRM-Serviço Geológico do Brasil, e como Pesquisadora em Geociências permanece até hoje. Na CPRM tem exercido várias atividades: (i) Laboratório de Sedimentologia (chefe); (ii) Especialização no Marine Geology Institute, USGS, Texas, USA; (iii) Geóloga do Projeto REMAC - Reconhecimento Global da Margem Continental Brasileira, coordenado pela Petrobras; (iv) Geóloga do Departamento Geologia trabalhou em mapeamento geológico em bacias sedimentares e em áreas pré-cambrianas, e responsável pela compilação e integração geológica do Mapa Geológico do Brasil e da Área Oceânica Adjacente, escala 1:2.500.000, publicado em 1981; (v) Departamento Recursos Minerais exerceu atividades em pesquisa mineral, com ênfase na pesquisa de ouro no NE e Amazônia; em 2001 tornou-se (vi) Assessora do Presidente (2 mandatos); e desde 2003 responde pela (vii) Área Internacional coordenando Cooperação Técnica e em P&D entre a CPRM e países em todas as regiões continentais e diversas organizações internacionais. É membro da: (i) Geological Society of London; (ii) Sociedade Brasileira Geologia; (iii) OneGeology Board Member para Américas do Sul, Central e Caribe; e (iv) Representante do Comitê Brasileiro de Geociências da International Union of Geological Sciences (IUGS). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maria Glicia da Nóbrega Coutinho
Nome em citações bibliográficas
COUTINHO, M. G. N. da

Endereço


Endereço Profissional
Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais, Assessoria de Assuntos Internacionais.
Av. Pasteur, 404. 3 andar
Praia Vermelha
22292240 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 2299893
Ramal: 412
Fax: (21) 22959240
URL da Homepage: www.cprm.gov.br


Formação acadêmica/titulação


1990 - 1994
Doutorado em PhD em Mineral Deposits Studies.
Univeristy of London, Royal Holloway Collegge, RHBNC, Grã-Bretanha.
Título: The Geology of Shear-zone Hosted Gold Deposits in NE of Brazil, Ano de obtenção: 1994.
Orientador: David H. Alderton.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Gênese de depósitos de ouro.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Metalogenia.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia Econômica.
Setores de atividade: Atividades profissionais, científicas e técnicas.
1990 - 1990
Mestrado em Mestrado (MPhil).
Royal Holloway College, University of London, England, UK, RHBNC, Grã-Bretanha.
Título: Archean Gold Deposits of the World and Comparison Studies with Brazilian Gold Deposits,Ano de Obtenção: 1990.
Orientador: David H. M. Alderton.
Coorientador: Robert Colvine.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Gênese de depósitos de ouro; Lode-gold deposit; Mineralizaçao de ouro; Zonas de alteraçao.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Outras atividades profissionais, científicas e técnicas.
1974 - 1974
Especialização em Marine Sediments. (Carga Horária: 800h).
Marine Geology Institute, United States Geological Survey, MGIUGS, Estados Unidos.
Título: Analytical Studies in Marine Sedimentes from Gulf of Mexico, Texas, USA.
Orientador: Louis E. Garrison.
Bolsista do(a): United States of America International Developmentt, USAID, Estados Unidos.
1991 - 1992
Aperfeiçoamento em Mineral Deposits. (Carga Horária: 1761h).
University of London, Royal Holloway College, UL.RHC, Inglaterra.
Título: Precambrian Lode Gold Deposits Worlwide. Ano de finalização: 1992.
Orientador: Dr. David H.M.Alderton e Dr. R. Colvine.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
1990 - 1991
Aperfeiçoamento em Rock Mechanics and Structure Analysis. (Carga Horária: 1761h).
University of London, Royal Holloway College, RHBNC, Inglaterra.
Título: NW Highlands of Scotland: Moine Thrust Zone and Loch Eriboll going from the Caledonian Foreland Thrust Belt. Ano de finalização: 1991.
Orientador: Dr. Ken McClay, Dr. Derek Powell and Dr. Ian Davision.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
1990 - 1991
Aperfeiçoamento em Metamophic Geology. (Carga Horária: 1761h).
University of London, Royal Holloway College, RHBNC, Inglaterra.
Título: Moine Nappes in the Higher Grade Metamorphic Rocks in Scotland. Ano de finalização: 1991.
Orientador: Dr. A. J. Barber.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
1990 - 1991
Aperfeiçoamento em Active Orogenic Systems: Precambrian & Phanerozoic. (Carga Horária: 320h).
University of London, Royal Holloway College, UL.RHC, Inglaterra.
Título: Nao houve. Ano de finalização: 1991.
Orientador: Prof. Peter J. Coney, University of Arizona, USA.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
1972 - 1972
Aperfeiçoamento em Prospecçao Aluvionar. (Carga Horária: 1761h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Prospecção Aluvionar na Região de Diamantina, Minas Gerais. Ano de finalização: 1972.
Orientador: Prof. J. Piere Cassedanne.
1968 - 1968
Aperfeiçoamento em Petrografia e Sedimentologia. (Carga Horária: 1280h).
Departamento Nacional de Producao Mineral, DNPM, Brasil.
Título: Linhas de Pesquisa para o Laboratorio de Sedimentologia da CPRM. Ano de finalização: 1968.
Orientador: Malvina Pomerancblum.
1964 - 1967
Graduação em Geologia.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: Geologia dos Municípios de João Pessoa, Cabedelo e Gramame, Paraíba..
Orientador: Jean Marques Mabesoonne.
Bolsista do(a): Campanha de Formacao de Geólogos, CAGE, Brasil.




Formação Complementar


2007 - 2007
GIS: Prediction Mapping and Mineral Potencial. (Carga horária: 90h).
Korea Institute of Geosciences and Mineral Resources, KIGAM, Coréia do Sul.
2006 - 2006
GIS for Data Management and Prediction Mapping. (Carga horária: 90h).
Korea Institute of Geosciences and Mineral Resources, KIGAM, Coréia do Sul.
2002 - 2002
Treinamento Básico de Arcview. (Carga horária: 40h).
Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (RJ), CPRM, Brasil.
2001 - 2001
Curso Avança Brasil: PPA 2000-2003 Eventos de Multiplicacão. (Carga horária: 30h).
Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.
1987 - 1987
Bases Econom. p/ o Desenvolv. Pesquisa Mineral. (Carga horária: 40h).
Asssociaçao Brasileira de Mineradores de Ouro, ABRAMO, Brasil.
1986 - 1986
Ambientes Geotectônicos e Metalogenia Associada. (Carga horária: 160h).
Sociedade Brasileira de Geologia - Núcleo Rio de Janeiro, SBG, Brasil.
1984 - 1984
Pesquisa e Lavra de Aluviao. (Carga horária: 40h).
Instituto Brasileiro de Mineração, IBRAM, Brasil.
1984 - 1984
Gerência de Projetos. (Carga horária: 40h).
Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais, CPRM, Brasil.
1981 - 1981
Metalogenia e Geologia Econômica. (Carga horária: 80h).
Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais, CPRM, Brasil.
1977 - 1977
Extensão universitária em Curso Avancado de Geologia Marinha. (Carga horária: 157h).
Petróleo Brasileiro - Rio de Janeiro - Matriz, PETROBRAS, Brasil.
1977 - 1977
Fotointerpretacao e Tecnicas Mapeamento Geológico.
Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (RJ), CPRM, Brasil.
1977 - 1977
Qualidade Total em Serviço. (Carga horária: 32h).
Fundação Chistiano Ottoni, Escola de Engenharia, UFMG, FCO/UFMG, Brasil.
1977 - 1977
Usos e Recursos do Mar. (Carga horária: 80h).
Fundação de Estudos do Mar, FEMAR, Brasil.
1975 - 1975
Extensão universitária em Geological Hazards In Marine Environmental. (Carga horária: 40h).
United States Geological Survey, USGS, Estados Unidos.
1970 - 1970
Gemologia. (Carga horária: 40h).
Soicedade Brasileira de Geologia, SBG, Brasil.
1967 - 1967
Documentacao e Pesquisa Cientifica Geociencias. (Carga horária: 40h).
Universidade do Recife, Pernambuco, UFPE, Brasil.


Atuação Profissional



OneGeology, ONEGEOLOGY, Inglaterra.
Vínculo institucional

1984 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador em Geociências


Petróleo Brasileiro - Rio de Janeiro - Matriz, PETROBRAS, Brasil.
Vínculo institucional

1975 - 1980
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Departamento Nacional de Producao Mineral, DNPM, Brasil.
Vínculo institucional

1969 - 1970
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Geólogo, Carga horária: 48, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Nesta função foi responsável pelos estudos petrográficos e mineralógicos dos evaporitos da Bacia Sedimentar Sergipe / Alagoas, em Carmópolis, SE, objetivando subsidiar o reconhecimento de sequências evaporíticas e seus diferentes ciclos deposicionais para correlação estratigráfica, visando a avaliação das reservas de sais de K e Mg do depósito. O projeto esteve sob a coordenação do Eng. Minas Sandoval Carneiro de Almeida, e tendo como assessores: Inack do Amaral, Neiva Figueiredo e Gerson Fernandes , todos oriundos da Petrobras. Após 2 anos, com a conclusão do Projeto Potássio, localizado na Bacia Sedimentar Sergipe Alagoas, diante da criação da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), em 1969, a equipe técnica do projeto, até então sob a coordenação do DNPM, e com sede em Aracaju, foi transferida para a CPRM. A jazida de Carmópolis, Sergipe (depósitos de K e Mg) e o Palácio da Geologia localizado na Avenida Pasteur, 404, Rio de Janeiro, integralizaram o capital de constituição da CPRM, hoje empresa com atribuições de Serviço Geológico do Brasil, tendo sido incorporados ao patrimônio da instituição.

Vínculo institucional

1968 - 1968
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Geólogo, Carga horária: 48, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Obtido o título de BSc em Geologia pela UFPE em 1969, foi contratada pelo Departamento Nacional de Producão Mineral (DNPM), na modalidade "colaborador", tendo sido indicada, para o treinamento em Petrografia e Sedimentologia, na Divisão de Geologia e Mineralogia do DNPM, no Rio de Janeiro, sob aorientação do Dr Scorza. Após cerca de um ano foi indicada para integrar a equipe técnica do Projeto Especial Potássio, em Aracaju, Sergipe, em desenvolvimento pelo DNPM.

Atividades

01/1969 - 12/1970
Pesquisa e desenvolvimento , Projeto Especial Potássio (Aracaju), .

04/1968 - 12/1970
Pesquisa e desenvolvimento , Projeto Especial Potássio (Aracaju), .


Escola de Geologia, Universidade Federal de Pernanbuco, EG/UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

1966 - 1967
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais, CPRM/DF, Brasil.
Vínculo institucional

1971 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Pesquisador em Geociências, Carga horária: 48, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

01/2003 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Assessoria de Assuntos Internacionais, .

01/2000 - 01/2002
Pesquisa e desenvolvimento , Assessoria da Presidência - CPRM, .

01/1995 - 01/1999
Pesquisa e desenvolvimento , CPRM: Departamento de Geologia, .

01/1990 - 01/1995
Pesquisa e desenvolvimento , Royal and Holloway College, University of London, UK, .

01/1986 - 01/1990
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Recursos Minerais, .

01/1984 - 01/1986
Pesquisa e desenvolvimento , CPRM: Departamento de Geologia, .

01/1977 - 01/1984
Pesquisa e desenvolvimento , Divisão de Geologia Marinha, .

01/1974 - 01/1976
Pesquisa e desenvolvimento , Projeto Reconhecimento da Margem Continental Brasileira (Projeto REMAC), .

01/1974 - 01/1974
Pesquisa e desenvolvimento , Marine Geology Institute, United States Geological Survey (USGS), .

01/1971 - 01/1974
Pesquisa e desenvolvimento , Laboratório de Análises Minerais (LAMIN), .


Royal and Holloway College, University of London, UK, RHC, Inglaterra.
Vínculo institucional

1990 - 1995
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador em Geociências, Carga horária: 48, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
No desenvolvimento do MSc (MPhi) e do PhD no Royal and Holloway College, da Universidade de Londres, no período de 1990-1995 recebi intensivo treinamento no uso de técnicas de análises petroquímicas, isotopos estáveis (O, H, C) e isotopos radiogênicos ( Pb-Pb) para serem aplicados em amostras de rochas e de minério objetivando estudos genéticos para fundamentar a proposta de modelos geológico e genético de mineralizações da ouro.



Linhas de pesquisa


1.
1967-1968: Laboratório de Petrologia e Mineralogia da Divisão de Geologia e mineralogia do Deparatemnto Nacional de Produção Mineral (DNPM), no Rio de Janeiro sob a orientação do Dr Scorza.

Objetivo: Treinamento em petrografia e mineralogia, com ênfase em rochas sedimentares e sedimentos inconsolidados, no Laboratório da Divisão de Geologia e Mineralogia do Departamento Nacional da Producão Mineral (DNPM), no Rio de Janeiro, sob a supervisão do Dr. Evaristo Penna Scorza..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Outras atividades profissionais, científicas e técnicas.
Palavras-chave: Geologia Sedimentar; Minerais pesados; Petrografia; Petrologia.
2.
1968-1970:Mineralogia e petrografia evaporitos (inclunido sais ultrasolúveis) p/ correlação estratigrafica p/ avaliação depósitos.

Objetivo: A identificação mineralógica e petrográfica de sais de evaporitos em microscópio petrográfico associada à análises químicas tem como objetivo subsidiar estudos de correlação estratigráfica de sequências evaporíticas, caracterizando os diversos ciclos deposicionais para a avaliação de depósitos econômicos de potássio (K2O) e magnésio (MgO). Esses estudos são também associados e complementados com investigações em perfis elétricos, fundamentais para a caracterização dos horizontes mineralizados em K2O e MgO..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Atividades profissionais, científicas e técnicas.
Palavras-chave: IMineralogia e petrografia de evaporitos; Correlação estratigráfica sequências evaporíticas; Correlaçao Seçoes Evaporit. p/ avaliaçao reservas.
3.
1974-1976: Geologia Marinha: Projeto Reconhecimento da Margem Continental Brasileira (Projeto REMAC)

Objetivo: Coordenado pela Petrobras, o projeto objetivou o reconhecimento (mapeamento regional) da plataforma continental , através da aplicação de dados sísmicos e coleta de sedimentos superficiais e de testemunhos de pequena profundidade..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Outras atividades profissionais, científicas e técnicas.
Palavras-chave: Ambientes Deposicionais, secoes sismicas; Análise mineralógica da fração argila em sedimento; Análise mineralógica das frações areia e sile; Análises granulométricas das frações areia e silte; Depósitos carbonáticos offshore; Minerais pesados na plataforma continental.
4.
1977-1984: Geologia Marinha: Coordenadora do Convênio CPRM - Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (CIRM);Elaboração de propostas de projetos para pesquisa de recursos minerais em bacias sedimentares

Objetivo: Cooperacão da CPRM com a Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (CIRM), objetivando o desenvolvimento de projetos para o aprimoramento do conhecimento geológico e da potencialidade mineral na plataforma continental brasileira. O acordo previa também a realizacão de estudos laboratoriais de material off-shore. Participou do Projeto Estudo de Viabilidade Econômica para Explotacão de Sal-gema: potencial e pré-viabilidade econômica dos domos de salinos da plataforma continental do Espirito Santo e do Sul da Bahia. Elaborou as seguintes propostas de : 1) Projeto Plano de Trabalho para pesquisa de depósitos carbonáticos na margem continental brasileira, costa do Rio Grande do Norte, 1986 (X / RLI / 0730); 2) Projeto Bacia Potiguar: investigacão das possibilidades de formacão de depósitos de enxofre nativo; 1982 (X / RLV / 0923); 3) Projeto aluviões diamant;iferos dos rios Pardo-Jequitinhonha, Minas Gerais, 1976; 4) Projeto potássio e sal-gema na Formacão Alianca , Recôncavo, Bahia, 1976; 5) Projeto Sulfetos na Bacia do Maranhão-Piaui, 1976; 6) Sulfetos no Permo-Carbonifero do Médio e Alto Amazonas, 1976.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Outras atividades profissionais, científicas e técnicas.
Palavras-chave: Depósitos carbonáticos offshore; Enxofre nativo; Evaporitos; Geologia marinha; Minerais pesados na plataforma continental; Modelo de sedimentacão.
5.
1971-1974: Laboratório de Análises Minerais (LAMIN)

Objetivo: 1971- 1974: LAMIN realizei: (A) reconhecimento mineralógico concentrados bateia :49 projetos visando: (i) subsidiar mapeamento geológico regional na Amazônia - identificar litologias; (ii) pesquisa aluvionar- i concentrações econômicas; (iii) reconhecer fonte primária. Projetos são: AMAZÔNIA: (1) Roraima; (2) N da Amazônia: Domínio Baixo Rio Negro; (3) Jamanxim; (4) Estanho Abonarí; (5) Seis Lagos; (6) Molibdênio Roraima; (7) Tapuruquara; (8) Sulfetos de Uatamã; (9) Tapajós-Sacundurí; (10) Estanho nos Granitos Maloquinha; (11) NW Rondônia; (12) SE Rondônia; (13) Sulfetos Abunã; (14) Manganês Serra da Providência; (15) N da Amazônia: Domínio Oiapoque-Jarí; (16) Macapá-Calçoene; (17) Parú-Jarí; (18) Marabá, (19) Gurupí; (20) SE do Amapá; (21) Sulfetos Altamira-Itaituba; (22) Sulfetos Alenquer-Monte Alegre; (ii) NORDESTE: (23) Leste do Pb e RN; (24) Jaibaras; (25) Cococí; (26) Rio Jaguaribe; (27) Fortaleza; (28) Estudo Global Recursos Minerais da Bacia Parnaíba; (29) Cratéus; (30) Martinópolis; (31) Fosfato São Miguel do Tapuio; (32) Bahia; (33) Bahia- II; (34) S da Bahia; (35) Serra de Jacobina; (36) Geoquímica Bambuí (Regional, ); (37) Sulfetos Grupo Rio Pardo; (iii) SUDESTE: (38) Geoquímica Bambuí (Piloto); (39) Geoquímica Bambuí (Regional); (40) Mantiqueira-Furnas; (41) Chaminés Alcalinas; (42) Geoquímica Vale da Ribeira; (43) Geoquímica Área Castro Piraí; (44) Geoquímica Área Guaratubinha-Pien; (iv) SUL: (45) Ouro RS e SC; (46) Levantamento Geoquímico Regional Escudo Sul-Riograndense; (47) Cobre Grupos Básicos-Ultrabásicos; (48) Rochas Efusivas do RS; (v) CENTRO ? OESTE: (49) Geoquímica do Bambuí (Regional - Etapa I). (B) Desenvolver rotas pra análises granulométricas (areia, silte e argila) e estudo da mineralogia das frações leve e pesada para o Projeto REMAC; (C) Estudos ambientes deposicionais p/ Projeto Carvão na Bacia Parnaíba..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Outras atividades profissionais, científicas e técnicas.
Palavras-chave: Análise mineralógica da fração argila em sedimento; Análise mineralógica das frações areia e sile; Análises granulométricas das frações areia e silte; Análise granulométrica da fracão argila; Reconhecimento mineralógico em grãos; Ambiente Deposicional.
6.
1974: Curso " Analytic Studies and Geological Harzards in Marine Sediments) "

Objetivo: "Capacity building" em investigacões laboratoriais para caracterizacão textural, estrutural, composicional e mineralógica de sedimentos marinhos off-shore objetivando reconhecimento de ambiência geológica..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Palavras-chave: Depósitos carbonáticos offshore; Minerais pesados na plataforma continental; Sedimentaçao na Plataforma Continental; Mineralogia fracão areia, silte e argila; Granulometria areai, silte e argila.
7.
1986-1990: Pesquisa e avaliacão de depósitos de ouro

Objetivo: No Departamento de Recursos Minerais participou dos seguintes projetos: 1) Projeto Elaboracão do Mapa de Áreas Auríferas do Brasil, escala 1: 5.000.000 (não publicado); 2) Avaliacão de depósitos de ouro aluvionar na região da Província Mineral do Tapajós, Amazônia, e ouro em rocha em Itapetim, NE do Brasil, Província Borborema..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Outras atividades profissionais, científicas e técnicas.
Palavras-chave: Amostragem e procedimentos analíticos para ouro; Mapeamento do potencial mineral; Metalogenia ouro, zonas cisalhamento, NE Brasil; Ouro Aluvionar; Província Borborema; Província Mineral Tapajós.
8.
1995-1999: Estudo de Província Mineral e Proposta de Modelo para Áreas Mineralizadas.

Objetivo: Mapeamento do potencial mineral para ouro na Província Mineral do Tapajós, com uma proposta de modelos geológico e genético para as mineralizações auríferas..
Palavras-chave: Depositos de ouro tipo orogênico; Gênese de depósitos de ouro; Integraçao Geológica; Mapa de Previsao Mineral em GIS; Mapeamento do potencial mineral; Província Mineral Tapajós.
9.
2000-2002: Assessoria da presidência
10.
2003-2016: Cooperação Técnica com países e organizações de serviços geológicos do mundo. Na carteira de projetos há cerca de 80 projetos abrangendo: concluído, em execução, paralisado e/ou aguardando implantação. Os Projetos concluído

Objetivo: Promover cooperação internacional com organizações & serviços geológicos do mundo. A carteira 80 projetos abrange: PROJETOS CONCLUÍDOS: 24 : ARGENTINA: (1) Mapeamento geológico áreas fronteiras: Argentina, Brasil, Paraguai , Uruguai; CANADÁ: (2) Água Subterrânea Região NE, Brasil (PROASNE); (3) Sistema Informações de Águas Subterrâneas (SIAGAS); CORÉIA DO SUL: (4 ) Desenvolvimento GIS para cadastramento dados e elaboração mapas previsão potencial mineral (SIG-Tapajós); (5) Desenvolvimento SIG para cadastramento dados e elaboração mapas previsão riscos geológicos (Angra dos Reis); CUBA: (6) Evaluación geológica-económica áctivos mineros de Cuba; (7) Colaboración estúdios manejo y uso racional los recursos de águas subterráneas (SIAGS-Cuba); (8) Evaluación y diagnostico sobre degradación ambiental mina ?El Cobre?, Santiago de Cubas; (9) Utilización geoestadística para classificación recursos y reservas minerales de Cuba; (10) Capacitación uso tecnologia SIG en análisis y edición cartografia geológica en Cuba; (11) Estudio degradación ambiental minería en región de Santa Lucia, Pinar del Rio, Occidente de Cuba; (12) Capacitación aplicación geostadistica en exploración mineral; (13) Suporte técnico y extensión institucional sistema información águas subterráneas - SIAGAS Cuba; (14) Apoyo declaracion patrimônio geológico y minero de Republica de Cuba; FRANÇA: (15) Dinâmica fluvial sistema Solimões-Negro-Amazonas; (16) Contraintes sur la qualité de l´éau dans l´environnement urbain de Recife comment faire face a salinization et à la contamination (Coqueiral); (17) Mapeamento geológico fronteira Brasil-Guiana Francesa; JAPÃO: (18) Exploração mineral bacia Paraná; (19) Pesquisa cientifica Atlântico Sul; EQUADOR: (20) Capacitación en Hidrogeologia; (21) Capacitación en Riscos Geológicos; MOCAMBIQUE: (22) Capacitação e treinamento mapeamento geológico e análises de água; CGMW: (23) Mapa Tectônico América Sul; (24) Mapa Geologico 1:5M. PROJETOS EM EXECUÇÃO: 10.
11.
Aplicação de Petroquimica, Isotopos Estáveis e Radiogênicos em estudo de gênese de depósitos minerais
12.
1984-1986 : Mapeamento geológico e integração de dados para elaboração de mapas geológicos em diferentes escalas.

Objetivo: Participacão de mapeamento geológico para os seguintes projetos: 1) Projeto Mapeamento Geológico na Bacia do Paraná : Projeto para Pauli Petro, escala 1:250.000; 2) Projeto Execucão do Mapa do Estado do Maranhão, escala 1:1.000.000; 3) Projeto Execucão do Mapa Geológico do Estado do Piaui, escala 1:1.000.000; 4) Projeto Mapa Geológico do Brasil e da Área Oceânica Adjacente, escala 1: 2.500.000. Projeto executado pela CPRM para o DNPM, tendo assumido a responsabilidade da compilacão e integracão das unidades do Precambriano e do Fanerozóico (exceto o Cenozóico); e 5) Co-autora da Nota Explicativa do Mapa Geológico do Brasil e da Área Oceânica Adjacente, escala 1: 2.500.000 (Geologia do Brasil ; texto explicativo do mapa geológico do Brasil e da área oceânica adjacente incluindo depósitos minerais , escala 1: 2.500.000; Coordenadores: Carlos Schobbenhaus; Diogenes de Almeida Campos; Gilberto Ruy Derze; Haroldo Erwin Asmus. Brasília, Departamento Nacional de Producão Mineral, 1984, 501 p.).
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Outras atividades profissionais, científicas e técnicas.
Palavras-chave: Integraçao de Mapeamento Geológico; Mapeamento Geológico; Geologia do Basil; Mapa Geológico do Maranhão; Mapa Geológico do Piaui; Mapa Geológico do Brasil.


Projetos de pesquisa


1995 - 2000
Projeto Província Mineral do Tapajós:
Descrição: O Projeto Província Mineral do Tapajós, com área equivalente a 90.000 km2, abrangeu 5 folhas na escala 1:250.000, como a seguir: SB-21-V-D, Folha Vila Mamãe Anã; SB-21-X-C, Folha Caracol; SB-21-Y-B Folha Jacareacanga; SB-21-Z-A, Folha Vila Riozinho; SB-21-Z-C, Folha Rio Novo. A província embora tenha uma produção registrada em ouro de 159 toneladas (ouro aluvionar), no período de 1958-1996, o nível do conhecimento geológico permaneceu insuficiente até 1994 quando o Plano Plurianual para o Desenvolvimento do Setor Mineral Brasileiro do DNPM incluiu a Província Mineral do Tapajós - Projeto PROMIN TAPAJÓS como uma das áreas prioritárias no programa pesquisa e avaliação de recursos minerais. geológicos e metalogenéticos responsáveis pelas mineralizações de ouro na região. Assim sendo, o projeto elaborou o mapa geológico da província e inclui também o estudo dos processos geológicos e metalogenéticos responsáveis pelas mineralizações de ouro na região em estudo. Com base no mapeamento geológico regional e estudo de áreas mineralizadas em ouro (prospectos), estabeleceu-se a relação da estrutural e as mineralizações auríferas; petrologia e geoquímica das rochas hospedeiras e das zonas de alteração; mineralogia de minério e das zonas de alteração o que permitiu propor o modelo geológico para as mineralizações de ouro. Fundamentado no estudo de isotopos radiogênicos (Pb-Pb) e do sistema hidrotermal (isotopos estáveis de C, O, H e inclusões fluidas) foi definido uma proposta para o modelo genético das duas fases de mineralização. Posteriormente a distribuição dessas fases forma representadas em mapa de previsão em SIG em toda a província..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1991 - 1994
Tese de Doutorado (PhD): Geology of the shear-zones hosted gold deposits in Northeast Brazil (Código Biblioteca: T/553.09813/C871g)
Descrição: Mesothermal gold quartz veins are widespread in the Borborema Province in NE Brazil and well exposed in two mines: São Francisco and Cachoeira de Minas. Although the Borborema Province shows a complex crustal evolution, the general structural consists of a mosaic of Archaean-Early Proterozoic massif terranes surrounded by Proterozoic fold belts. The major tectonic features are the development of crustal -scale and the emplacement of batholiths and stock of granitoids related to the Brasiliano-Pan African thermal -tectonic event (09-05 Ga). The province is a medium to high-grade metamorphic zone cut by two E-W crustal-scale lineament system or first order shear zone, about 150 km apart. These structures developed anastomosing network of thrust faults and a subsidiary strike-slip shear zones. Many subsidiary N to NE trending structures are characterised as second-order shear zones, which allowed the migration of metal-bearing hydrothermal fluids and provided sites for gold mineralization. The relationship between the quartz veins and the deformation indicates that the mineralization and shearing overlapped in time. The main aim of the these was to understanding the genesis of gold mineralization and the following studies were carried on: (i) petrochemistry of the host rocks and of the calc-alkaline magmatism associated with the Brasiliano Orogeny resulted in hybrid S-I type granites the chemistry of which is consistent with derivation in either a continent-continent collision or continental magmatic arc tectonic setting. The widespread gold-bearing quartz veins hosted by calc-alkaline magmatism reflect a genetic link between the magmatism and the gold mineralization; (ii) geochemistry of the wallrocks alteration suggest that all the rocks were subjected to the same metasomatic processes and the hydrothermal fluid composition was not controlled by the chemistry of the host rocks. (iii) Ore-mineral studies have placed constraints on the gold mineralization; (iv) Fluids enriched in CO2 and S provided conditions for the precipitation of metal ; (v) lead isotope studies of the host rocks to the mineralization has yielded a Pb-Pb isochron of 1.0 Ga, regarded as the time of regional high-grade metamorphism; (vi) lead isotope result from sulphides associated with gold-bearing quartz veins show a model age of 0.8-0.6 Ga assumed as age of the gold mineralization; (vii) the hydrothermal fluids studies suggested magmatic origin with meteoric contribution; (viii) stable isotope studies suggest that the C has a magmatic derivation; (ix) further exploration should be concentrated in the fold belts which represents former back-arc basins, and particularly where these contain subsidiary zones..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1990 - 1990
Tese de Mestrado (MPhi): Archaean gold deposits in the world and comparison studies with Brazilian gold deposits
Descrição: A tese teve com objetivo levantar ao principais caraterísticas geológicas e genéticas dos mais conhecidos depósitos de ouro de idade do Archeano, tipo greenstone belts, e estabelecer correlações metalogenéticas com os principais depósitos de ouro no Brasil. Foram estudados os principais depósitos auríferos de idade do Archeano no Canadá, Austrália, África do Sul, e alguns na Africa. A seguir caraterizou-se a fase metalogenética antiga (tipo greenstone belt) e estabeleceu-se correlação no Brasil com os depósitos auríferos do Quadrilátero Ferrífero e de Carajás,.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1982 - 1984
Projeto Estudo de Viabilidade Econômica para Explotação do Potencial em Sal-gema e Pré-Viabilidade Econômica dos Domos Salinos da Plataforma Continental do Espírito Santo e do Sul da Bahia (Código Biblioteca: X/REL/1721/2v)
Descrição: O Projeto Estudo de Viabilidade Econômica para Explotação do Potencial em Sal-gema e Pré-Viabilidade Econômica dos Domos Salinos da Plataforma Continental do Espírito Santo e do Sul da Bahia desenvolvido com base no Convênio entre a CPRM e a Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (CIRM) teve por objetivo a pesquisa de domos salinos na plataforma continental brasileira, especificamente na costa do Espirito Santo e Sul da Bahia, visando: (i) estudar o aproveitamento econômico dos domos; e (ii) pesquisar a presença de enxofre associado ao "cap-rock" dos domos, a exemplo do que ocorre em ambiência similar ao caso brasileiro, no contexto global. Entretanto, a pesquisa demostrou inviabilidade econômica e ausência de enxofre nativo associado aos domos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1978 - 1981
Mapa Geológico do Brasil e das Áreas Oceânicas Adjacentes Incluindo Depósito Minerais na escala 1:2.500.000 (Código Biblioteca: X / REL /2400)
Descrição: Na elaboração do Mapa Geológico do Brasil e da Área Oceânica Adjacente incluindo Depósitos Minerais , escala 1:2.500.000, desenvolvido no Departamento de Geologia (DEGEO) da CPRM - Serviço Geológico do Brasil, e publicado pelo Departamento Nacional de Produção Mineral - DNPM em 1981, o então Chefe do DEGEO, Geólogo Oscar Barun, me delegou a tarefa de integrar e compilar a Geologia Brasileira do Pre-Cambriano ao Fanerozóico, exceto o Cenozóico, de todo o território nacional para atender a este projeto, sob a coordenação do geólogo Milton Brand Baptista..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1975 - 1981
Projeto Porangatu. Etapa II : mapeamento geológico regional; Relatório Final (Código Biblioteca X/REL/ 1071/4v):
Descrição: O Projeto Porangatu Etapa II abrange: (i) o mapeamento geológico em 1:50.000 e prospecção geoquímica em uma área de 2.300 km2; e (ii) o mapeamento em 1:100.000 de uma área com 300 km2, ambas selecionadas durante a Etapa I de campo, visando estudos de detalhe em áreas potenciais para mineralizações. O projeto foi executado através do Convênio DNPM-CPRM, em proesseguimento ao Plano Mestre Decenal. A região envolve basicamente rochas do Pre-Cambriano: (i) Complexo Basal (terreno do tipo greenstone-belt) representdo por um conjunto vulcano-sedimentar; (ii) terreno granito-gnaissico; e (iii) terrenos granulíticos. Xistos e quartzitos da Unidade Metassedimentos da Serra de Santa Luzia constituem restos de cobertura dobrada sobre o Complexo Basal. Xistos, quartzitos e calcários do Grupo Araxá, intrusivas graníticas de idade do Brasiliano e os Quartzitos Serra Verde completam o quadro Pré-Cambriano. Depósitos aluvionares constituem os sedimentos Cenozoicos. O principal bem mineral na região é o ouro (primário e secundário), no dominio vulcano-sediemntar.Além dese ocorrem amianto, cianita, esmeralda, berilo, muscovita e ferro-manganês. Importantes anomalias geoquímicas em sedimentosos de corrente foram detectadas para Cu, Zn, Cr, Ni e Pb.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1975 - 1980
Projeto Reconhecimento Global da Margem Continental Brasileira (Projeto REMAC)
Descrição: O Convênio celebrado em 21 de abril de 1972 entre a Petrobras, o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), a Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM/MME), a Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN/MM) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq/SPPR), para o Reconhecimento Global da Margem Continental Brasileira (Projeto REMAC), deu origem ao mais extenso programa de pesquisas geológicas jamais executado nessa área submersa do território brasileiro, estendendo-se os trabalhos desde aquela data até 30 de junho de 1978. Concentrou-se o objetivo essencial em fazer amplo levantamento da forma e natureza de toda a margem continental brasileira, envolvendo em particular, entre outros, o mapeamento geológico de reconhecimento, informações gerais sobre a estrutura geológica rasa e profunda, e sobre a distribuição dos sedimentos e rochas de superfície; o mapeamento da topografia submarina; e a localização de áreas com potencial de interesse econômico em matéria de petróleo e depósitos minerais. Assim, o Projeto REMAC acumulou rico acervo de dados e conhecimento sobre a margem continental brasileira, documentado em numerosos relatórios e trabalhos científicos, publicados, muito deles, em revista e periódicos, nacionais e estrangeiros. Os trabalhos produzidos constam na "Série Projeto REMAC" no CENPES, Petrobras..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1975 - 1978
Projeto Mantiqueira / Furnas: mapeamento geológico regional; Relatório Final (Código Biblioteca: X/REL/074/7v)
Descrição: Mapeamento geológico desenvolvido com base no Convênio DNPM-CPRM em prosseguimento ao Plano Mestre Decenal. O objetivo era o mapeamento geológico, escala 1:250.000, numa área de 72.600 km2 localizada na porção centro-sul do Estado de Minas Gerais e extremidade NE do Estado de São Paulo. Geologicamente a área apresenta um quadro bem distintos, onde ocorrem: (i) rochas do Pré-Cambriano e complexamente arranjadas; (ii) a bacia do Grupo Bambuí; (iii) a bacia do Paraná, e (iv) parte do Quadrilátero Ferrífero. No domínio Pre-Cambriano foram caracterizadas 2 unidades: a (i) Associação Paraíba do Sul (Complexo Charnoquítico, diorito e gnaisses); e a (ii) Associação Barbacena representada por 7 complexos: Complexo gnáissico-migmatíticos; Complexo Furnas com a unidades Passos (micaxistos e quartzitos e ultra e meta basitos) e a unidade Itau (filitos e calcários) ; Complexo Canastra (quartzitos , micaxistos, ultrabasitos e filonitos); Complexo Bom Sucesso (rochas filoníticas, quartzosos e ultrabasitos xistificados; Complexo São João Del´Rey dividido em 3 unidades: Carandaí, Prados Tiradentes; Complexo Andrelândia e Complexo Piedade. Esses complexos são intrudidos por corpos intrusivos de idade, origem e composição diferentes. No domínio Bambui predominam argilitos puros e calcíferos, calcários, arcósios e conglomerados. Na parte da bacia do Paraná ocorrem rochas do Paleozoico ao Mesozoico. Sedimentos cenozoicos ocorrem em toda área do projeto. Estruturalmente a área apresenta dois sistemas de falhamento distintos: falhas transcorrentes e falamento de empurrão. Os principais substâncias minerais são: Fe (Quadrilátero Ferrífero); Ni (Pratápolis); calcário (Itau de Minas, Lavras,Carandaí); Mn ( Lafaiete); grafita (Itapecerica) ; Diamante (Vargem Bonita); e bauxita (Ouro Preto).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1974 - 1977
Projeto Sapucai: mapeamento geológico regional; Relatório Final (Código Biblioteca: X/REL/0649/ 5v)
Descrição: O Projeto Sapucai de mapeamnt geológico na escala 1:250.000, abrange uma área de 6. 640 km2 no SE de Minas Gerais e NW de São Paulo. Geologicamente foram reconhecidos 4 compartimentos distintos: (i) área Pré-Cambriana (2/3 da área); (ii) bacia do Paraná; (iii) bacia de Taubaté (1/3); (iii) maciço alcalino de Poços de Caldas(800 km2). A porção pré-Cambriana é formada de conjuntos complexos, heterógenos a altamente transformados para os quais firmou-se uma divisão que traduzisse comportamento regional dos diversos tipos petrográficos, mas sem implicar numa ordenação estratigráfica. Os principais recursos minerais são bauxita e mineralizações zircon-uraniferas (caldasito) sendo amsi importantes as ocorrências e Th e REE e molibdênio. Ocorrências menos expressivas de Fe, Mn e Cr. Entre os minerais não metálicos ocorrem água mineral, argilas, dolomita e xistos betuminosos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1967 - 1970
Projeto Potássio, Bacia Sedimentar Sergipe-Alagoas
Descrição: O Projeto Potássio refere-se aos estudos de avaliação do depósito de K e Mg na bacia Sedimentar Sergipe-Alagoas. O minério quer seja de K (na forma silvinita - que é a rocha formada por dois minerais: halita e silvita, ou de carnalita), quer seja Mg (mineral taquidrita),ambos são reconhecido nas dua sub-bacias: Santa Rosa de Lima e Taquari/Vassouras, que estão separadas pelo alto estrutural de Seririzinho,onde ocorre campo de petróleo. Trata-se de uma sequência evaporítica completa, de idade Maestrichtiano, que vai desde os termos menos solúveis (anidrita) até os mais solúveis (taquidrita e bichofita), passando por carnalita. Frequentes horizontes intercalados e constituídos por halita e argila, com espessuras variadas, sugerem variações nas condições da salmoura (novas incursões de água na bacia). Investigações com base na geoquímica do boro permite mapear vários ciclos deposicionais na bacia. Estudos de viabilidade econômica dirigidos para explotação do K da silvinita sugere mineração por método convencional (galeria subterrânea) e processo de dissolução fracionada na superfície para a sub bacia de Taquari/ Vassoras, haja vista que a silvinita está sotoposta por halita, que suporta esforços. Enquanto que, para a sub bacia Santa Rosa de Lima recomenda-se extrair o minério (silvinita) por dissolução em profundidade e recuperação na superfície tendo em vista que a silvinita está sotoposta por taquidrita..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1966 - 1967
Tese de Graduação (BSc): Mapeamento geológico dos municípios de João Pessoa, Cabedelo e Gramame, Paraíba,
Descrição: O mapeamento geológico dos municípios de João Pessoa, Cabedelo e Gramame, Paraíba, demonstram que numa área de 200 km2 dominam rochas sedimentares, exclusivamente. A sequência sedimentar teve inicio com a transgressão maestrichtiana com fortes correntes e sedimentação rápida responsável pela deposição de sedimentos típicos de facie litorânea. A seguir uma precipitação bioquímica dá origem a uma vasa calcítica formada por micritos e bio-micritos num ambiente calmo, área próxima à costa sujeita a influencias de correntes evidenciadas pela presença do material terrígeno. Trata de condições de mar aberto, de águas movimentadas, propicias a recepção de Ammnoides e Hemiaster. Reativação de antigos dobramentos atinge o pacote sedimentar provocando mergulho suave para E. Os depósitos marinhos serviram de substrato para um novo ciclo de sedimentação do Cenozoico, desta vez continental representando pelos sedimentos do Grupo Barreiras.São sedimentos mal consolidados e mal classificados variando de arenosos a argilosos, transportados por correntes de lama com velocidade moderada, por processos erosivos em condicoes climáticas variáveis. São sedimentos da Formação Guararapes (Mioceno) e Formação Riachuelo (Plio-Pleistoceno), correlacionáveis a s superfícies de aplanaimento Pd2 e Pd1, respectivamente. O Quaternário consiste de aluviões, mangues, areias brancas e terraço marinho. Geomorfologicamente, o litoral desde a paria de Barra do Gramame até a ponta do cabo Branco , carateriza-se por falésias. Do Cabo Branco ao N surgem as saliências e reentrâncias terminando pela península de Cabedelo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de desenvolvimento


2007 - 2014
SGMundo
Descrição: SGMundo é um banco de dados desenvolvido pela CPRM que tem por objetivo informar a sociedade sobre as atividades geológicas realizadas no âmbito mundial. O sistema armazena e disponibiliza ao público as informações mais relevantes sobre os serviços geológicos de 172 países, contemplando todos os 5 continentes, com 49 países da Àfrica, 27 das Américas, 39 da Ásia, 43 da Europa e 14 da Oceania. O acervo está disponível em português, inglês e espanhol. ..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
1984 - Atual
OneGeology
Descrição: OneGeology é uma iniciativa das organizações dos serviços geológicos do mundo, coordenada pelo British Geological Survey (BGS), que tem por objetivo prover acessibilidade a dados geológicos de diferentes natureza geológica, em ambiente web, no contexto global. O POrtal do OneGeology está sediado no Bureau de Recheches Geologiques (BRGM - Serviço Geológico Francês). Em prosseguimento, atualmente está em fase de implantação o Projeto OneGeology para disponibilidade dos dados em tecnologia 3D, em soft livre..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Especialização: (7) / Mestrado acadêmico: (5) / Mestrado profissional: (10) / Doutorado: (10) .
Integrantes: Maria Glicia da Nóbrega Coutinho - Coordenador / Patricia Duringer Jacques - Integrante / Reginaldo Leao Neto - Integrante / Joao Henique Gonçalves - Integrante / Tim Duffy - Integrante / Francois Forbida - Integrante / Hiran Silva Dias - Integrante / Sandro Braga Maia - Integrante / Fernanada Giselle Cruz do Nascimento - Integrante / James Passamore - Integrante.


Membro de comitê de assessoramento


2014 - Atual
Agência de fomento: Onegeology
2008 - Atual
Agência de fomento: International Union of Geological Sciences


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Metalogenia.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Fluidos hidrotermais.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia Econômica.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia Marinha.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Mapeamento Geológico.
6.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Cooperacão Internacional.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende BemLê Razoavelmente.
Francês
Compreende BemLê Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2015
Diretora de Relacões Institucionais do Clube de Engenharia, Clube de Engenharia do Rio de Janeiro.
2014
Board Member do OneGeology, representante das Américas do Sul, Central e Caribe, OneGeology - iniciativa das Organizacões dos Servicos Geológicos do Mundo.
2008
Representante do Comitê Brasileiro de Geociências da IUGS, International Union of Geological Sciences (IUGS).
2007
Membro do Conselho Diretor do Clube Engenharia, Rio de Janeiro, Clube de Engenharia, Rio de Janeiro.
2004
Membro Conselho Curador Fundaçao Instituto Geotécnica Município Rio de Janeiro, Clube de Engenharia, Rio de Janeiro.
2003
Diretora Técnica do Clube de Engenharia, Rio de Janeiro, Clube de Engenharia, Rio de Janeiro.
2002
Homenagem como ex-Presidente, parte das celebrações dos 35 anos APG-RJ, APG-RJ-Associaçao Profissional de Geológos Estado do Rio Janeiro.
2001
Vice-presidente da Sociedade Brasileira de Geologia , Núcleo Rio de Janeiro/Espirito Santo, Sociedade Brasileira de Geologia (SGB).
2000
Invited speaker Special Symposia G-3: Orogenic Gold Deposits, 31st IGC, RJ, IUGS - International Union Geological Sciences, 31st International Geological Congress.
1999
Membro do Conselho Curador da Fundaçao José Bonifácio, CPRM - Serviço Geológico do Brasil.
1999
Vice-presidente da Sociedade Brasileira de Geologia , Núcleo Rio de Janeiro/Espirito Santo, Sociedade Brasileira de Geologia (SGB).
1997
Assessor AD-HOC da FAPERJ, FAPERJ-Fundaçao de Amparo à Pesquisa Estado Rio Janeiro.
1997
Vice-presidente da Sociedade Brasileira de Geologia , Núcleo Rio de Janeiro/Espirito Santo, Sociedade Brasileira de Geologia (SGB).
1995
Award reserach paper for Comissao IX Congreso Latinoamericano Geologia, Caracas, Vz, UNESCO e Consejo Consultivo de Diretores de Servicios Geológicos de Latinoamérica.
1993
Dia Internacional da Mulher, CPRM - Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais / Serviço Geológico do Brasil.
1990
Bolsa no Exterior (University of London, England, U.K) Doutorado) Ph.D. - 5 anos, CNPq-Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
1990
AGEN / CPRM, Diretora de Divulgaçao, Associaçao dos Engenheiros e Geólogos da CPRM - AGEN / CPRM.
1967
Bolsa de estudo Aperfeiçoamento UFPE - Graduaçao -1 ano, CNPq-Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
1966
Bolsa de estudo Iniciaçao à Pesquisa UFPE - Graduaçao - 1 ano, CNPq-Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
COUTINHO, M. G. N. da1998 COUTINHO, M. G. N. da; ALDERTON, D. H. M. . Character and genesis of Proterozoic shear zone-hosted gold deposits in Borborema Province , northeast Brazil. Transactions - Institution of Mining and Metallurgy. Section B. Applied Earth Science, v. 107,, p. B109-B119, 1998.

2.
COUTINHO, M. G. N. da1998COUTINHO, M. G. N. da; ALDERTON, D. H. M. . Proterozoic Lode Gold Deposits in the Borborema Province NE Brazil and their Exploration Significance - S / 506 / A168A / v.70, n.3. Anais da Academia Brasileira de Ciências (Impresso), v. 70, p. 429-439, 1998.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
COUTINHO, M. G. N. da. Província Mineral do Tapajós:Geologia, Metalogenia e Mapa Previsional p/ Ouro em SIG, v. 1 - L / 553.098115 / C871p / v.1. 1. ed. Rio de Janeiro: CPRM, editores: Ernesto von Sperling e José M. Henrique Soares, 2008. v. 2. 375p .

Capítulos de livros publicados
1.
COUTINHO, M. G. N. da; JACQUES, P. D. . Uma Nova Proposta para Mapeamento do Potencial Mineral com Aplicação na Província Aurífera do Tapajós, Amazônia: Fundamentos do Conhecimento e Método de Estudo. In: José Carlos Frantz; Juliana Charão Marques; Hardy Jost. (Org.). Contribuição à Metalogenia do Brasil. 1ed.Porto Alegre, RS: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2011, v. 1, p. 01-215.

2.
SANTOS, J. E. ; COUTINHO, M. G. N. da ; Costa, M.P. de A. ; RAMALHO, R. . A Regiao Dobramentos NE e Bacia Parnaíba, Inclui. Cratón S. Luís e Bac. Marginais. In: Santos, J.E, dos; Coutinho, M.G. da N.; Costa, M.P.de Ataide; Ramalho, R.. (Org.). Geologia do Brasil, Texto Explicativo do Mapa Geológico do Brasil e da Árae Oceânica Adjacente Incluindo Depósitos Mnerais, escala 1:2.500.000.. 1ed.Brasília: DNPM, 1984, v. 1, p. 131-189.

3.
SANTOS, E. L. ; SILVA, L. C. ; ORLANDI FILHO, V. ; COUTINHO, M. G. N. da ; ROISENBERG, A. ; RAMALHO, R. ; HARTMANN, L. A. . Os Escudos Sul-Rio-Grandense e Catarinense e a Bacia do Paraná. In: Santos, E.L. dos; Silva, L.C. da; Orlandi Filho, V.; Coutinho, M.G. da N.; Roisenberg, A.; Ramalho, R.; Hartmann, L.A.;. (Org.). Geologia do Brasil, Texto Explicativo do Mapa Geológico do Brasil e da Área Oceânica Adjacente Incluindo Depsósitos Minerais, escala 1:2.500.000. 1ed.Brasília: DNPM, 1984, v. 1, p. 331-355.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
COUTINHO, M. G. N. da; CHAO, A. A. . Recursos Hídricos no Brasil: escassez ou ausência de políticas tecnicamente fundamentadas?. Jornal do Clube de Engenharia, Rio de Janeiro, p. 1 - 12, 04 abr. 2015.

2.
COUTINHO, M. G. N. da. Pelas Pedras do Caminho MIneral: Professor José Ryamundo de ANDRADE RAMOS: 'ícome da Geologia do Brasil' (Código Biblioteca ). BRASIL Mineral, p. 81 - 83, 01 nov. 2013.

3.
COUTINHO, M. G. N. da. A CPRM no contexto da cooperaçao internacional. Serviço Geológico : Informativo do Serviço Geológico do Brasil, Brasília, DF, p. 1 - 8, 01 set. 2007.

4.
COUTINHO, M. G. N. da. Reavaliando a Trilha. GEOCARIOCA Informa - SBG/Núcleo RJ/Es, Rio de Janeiro, RJ, p. 1 - 4, 01 mar. 2003.

5.
VALENCIO, N. ; COUTINHO, M. G. N. da ; ARANTES, D. . Mapeando o Eldorado. Revista Minérios & Minerales, Sao Paulo, SP., p. 44 - 47, 01 set. 1997.

6.
COUTINHO, M. G. N. da. O papel do geólogo: passado, presente e futuro (Código Biblioteca: S / 550.6 / C737T / v.2, n.2). A Terra em Revista: Revista técnica e nformativa da CPRM, Belo Horizonte, MG, na CPRM, p. 19 - 23, 01 set. 1996.

7.
COUTINHO, M. G. N. da. Mineralizaçoes de Ouro Primário na Província Borborema, Nordeste do Brasil (Código Biblioteca: S / 550.6 / C737T / v.1, n.0). A Terra em Revista: Revista Técnica e Informativa da CPRM, Belo Horizonte, MG, na CPRM, p. 44 - 48, 01 set. 1995.

8.
PORTO, T. C. ; SANTOS, F. ; COUTINHO, M. G. N. da . Setor de offshore continuará crescendo. Revista Portos & Navios, Rio e Janeiro, p. 24 - 30, 01 maio 1982.

9.
COUTINHO, M. G. N. da. Secçao tipo da Formaçao Guararapes: Grupo Barreiras, Pernambuco (Código Biblioteca: S / P551.30711 / N271E). Revista Estudos Sedimentológicos, Natal, UFRN, , v. 1, p. 53 - 60, 12 dez. 1971.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MUNIZ, M. de B. ; LANDAU, L. ; COUTINHO, M. G. N. da . Current Tectonic Reactivations printed on geomagnetic structures - Solimões Basin region, Northen Brazil (Código Biblioteca: ). In: 45 Congresso Brasileiro de Geologia, 2010, Belém, Pará. Anais do 45 Congresso Brasileiro de Geologia, 2010.

2.
COUTINHO, M. G. N. da; SANTOS, J. O. S. ; FALLICK, A. E. ; LAFONT, J.M. . Orogenic gold deposits in Tapajós Mineral Province, Amazon, Brazil (Código Biblioteca: ). In: 31st International Geological Congress - 31st IGC, 2000, Rio de Janeiro, RJ. Abstract do 31st International Geological Congress. Rio de Janeiro, 2000. v. G.Proc. p. 86-86.

3.
COUTINHO, M. G. N. da; SANTOS, E. J. . New tectonic and the gold mineralization understanding in the Borborema Province, NE Brazil (Código Biblioteca: ). In: 31st International Geological Congress, 2000, Rio de Janeiro, RJ. Abstract do 31st International Geological Congress; Anais do 31st International Geological Congress. Rio de Janeiro, Rj, 2000.

4.
COUTINHO, M. G. N. da. The Geology of shear-zone hosted gold deposits in NE of Brazil (Código Biblioteca: ). In: 30 th International Geological Congress, 1996, Beijing, China. Anais abstract do 30th International Geological Congress. Beijing, China, 1996.

5.
COUTINHO, M. G. N. da; ALDERTON, D. H. M. . Mineralization and wallrock alteration in gold-bearing quartz veins in NE Brazil (Código Biblioteca: E / 550.63 / C750V 9). In: IX Congreso Latinoamericano de Geologia, 1995, Caracas, Venezuela. Anais do IX Congreso Latinoamericano de Geologia. Caracas, Venezuela, 1995. p. 143-144.

6.
FRANCISCONI, O. ; Costa, M.P. de A. ; COUTINHO, M. G. N. da ; VICALVI, M. A. . Geologia Costeira e sedimentos da Plataforma Continental Brasileira (Código Biblioteca: ). In: XXVIII Congresso Brasileiro de Geologia, 1974, Porto Alegre, RS. Anais do XXVIII Congresso Brasileiro de Geologia, 1974. p. 305-321.

7.
POMERANCBLUM, M. ; COUTINHO, M. G. N. da . Sedimentologia da Plataforma Continental Sul do Brasil (Código Biblioteca: ). In: XXVI Congresso Brasileiro de Geologia, 1972, Belém, PA. Anais do XXVI Congresso Brasileiro de Geologia, 1972.

8.
POMERANCBLUM, M. ; COUTINHO, M. G. N. da . Províncias petrológicas sedimentares da plataforma continental brasilleira (Código Biblioteca: ). In: Ist Oceanography and Marine Geology Symposium, 1972, Belém, PA. XXVI Congresso Brasileiro de Geologia. São Paulo: Sociedade Brasileira de Geologia, 1972.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
COUTINHO, M. G. N. da; JACQUES, P.D. . Província Mineral do Tapajós: Geologia, Mineração e Mapa Previsional para Ouro em GIS (Sistema de Informações Geográficas). In: X Simpósio de Geologia da Amazônia / SBG - Núcleo Norte, 2007, Porto Velho, RO. Anais do X Simpósio de Geologia / SBG- Núcleo Norte, 2007.

2.
JACQUES, P.D. ; COUTINHO, M. G. N. da . Sistema de Informaçoes Geográficas da Província Mineral do Tapajós (Código Biblioteca ). In: XLIII Congresso Brasileiro de Geologia, 2006, Aracaju, SE. Anais do XLIII Congresso Brasileiro de Geologia, 2006.

3.
AZEVEDO, M. L. V. ; COUTINHO, M. G. N. da ; OLIVEIRA, R. G. . Assinaturas aerogeofísicas e as mineralizaçoes de ouro na Província Mineral do Tapajós (Código Biblioteca: ). In: VII International Geophysic Congress, 2001, Salvador, BA. International Geophysic Congress, 7, SBGf, Mineral Exploration, 2001. p. 16-19.

4.
COUTINHO, M. G. N. da; ROBERT, F. ; SANTOS, R. A. . A first approach in understanding the gold mineralization of the Tapajós Mineral Province, Amazonain area, Brazil (Código Biblioteca: X / RLI / 0548). In: X th International Gold Symposium - Au´97, 1997, Rio de Janeiro, RJ. X th International Gold Symposium - Au`97. Sao Paulo: Revista Minerios and Minerales, 1997.

5.
COUTINHO, M. G. N. da; LIVERTON, T. ; SOUZA, E. C. . Granitic magmatism and related gold mineralizations in Tapajós Mineral Province, Amazonian area, Brazil (Código Biblioteca: ). In: II International Symposium on Granites and Associated Mineralizations - II ISGAM, 1997, Salvador, BA. Anais do II ISGAM, 1997.

6.
COUTINHO, M. G. N. da; DREHER, A. M. ; MARTINI, S. . Controle das mineralizaçoes de ouro na Província Mineral do Tapajós: resultados preliminares (Código Biblioteca: E / 558.1063 / C749A). In: 39 Congresso Brasileiro de Geologia, 1996, Salvador, BA. Anais do 39 Congresso Brasileiro de Geologia, Núcleo Bahia-Sergipe; Gold Deposits of South America, 1996. v. V 7. p. 230-233.

7.
TAVORA, F. J. ; COUTINHO, M. G. N. da . A prospecçao por minerais pesados no Brasil: a experiência do Convênio DNPM / CPRM (Código Biblioteca: L/4398). In: XXX Congresso Brasileiro de Geologia, 1977, Recife, PE. Anais do XXX Congresso Brasileiro de Geologia, 1977. v. 6. p. 2757-2766.

8.
COUTINHO, M. G. N. da; FERNANDES, G. . Análise geológica e petrográfica comparativa da Silvinita de Carmópolis , Sergipe e Matarandiba, Bahia (Código Biblioteca: E / 79813 XERO 75). In: XXVII Congresso Brasileiro de Geologia, 1975, Aracaju, Sergipe. Anais do XXVII Congresso Brasileiro de Geologia, 1975. p. 247-266.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
COUTINHO, M. G. N. da; JACQUES, P.D. ; LIMA, J. B. de ; GONCALVES, J. H. ; PIMENTEL, J. . Cooperação Internacional em Geotecnologia na CPRM - Serviço Geológico do Brasil. In: 48 Congresso Brasileiro de Geologia, 2016, Porto Alegre, Rio Grande Sul. Anais do 48 Congresso Brasileiro de Geologia, 2016.

2.
JACQUES, P. D. ; COUTINHO, M. G. N. da ; DIAS, H. S. ; MAIA, S. B. ; SALVADOR, E. D. ; LEAO, R. ; NASCIMENTO, F. G. C. ; BRAGA, L. M. ; FERNANADES, L. F. R. ; CERDEIRA, E. S. ; DUFFY, T. ; RICHARDS, S. ; DIAZ, D. D. ; PASSAMORE, J. . CPRM e OneGeology: categoria 5 estrelas. In: 48 Congresso Brasileiro de Geologia, 2016, Porto Alegre, Rio Grande Sul. Anais 40 Congresso Brasileiro de Geologia, 2016.

3.
PEIXOTO, C. A. ; TREVISOL, A. ; COUTINHO, M. G. N. da ; SILVA, C. R. ; DIAZ, A. A. S. ; SERRA, N. M. . Apolyo a la declaración del parinónio geologico y minero de la Republica de Cuba. In: II Simpósio Brasileiro de Patrimônio Geológico, 2013, Ouro Preto, Minas Gerais. Anais do II Simpósio Brasileiro de Patrimônio Geológico, 2013.

4.
JACQUES, P.D. ; COUTINHO, M. G. N. da ; LEE, S. ; JIN, H. . Aplicaçao do método probabilistico Likelihood Ratio na seleçao de áreas auríferas na Prov. Miner. do Tapajós (Código Biblioteca: E / 558.1063 / C749a / 44). In: 44 Congresso Brasileiro de Geologia, 2008, Curitiba, Paraná. Anais do 44 Congresso Brasileiro de Geologia, 2008. p. 684-684.

5.
COUTINHO, M. G. N. da; ROBERT, F. ; SANTOS, R. A. . The geology of gold mineralization in Tapajós Mineral Province, Amazonian area, Brazil (Código Biblioteca: E / 550.63 / C750A). In: X Congresso Latinoamericano Geologia y VI Congresso Nacional Geologia Economica, 1998, Buenos Aires, Argentina. Anais do X Congreso Lationoamericano de Geologia. Buenos Aires, Argentina, 1998. v. V 3. p. 118.

6.
COUTINHO, M. G. N. da; ROBERT, F. ; SANTOS, R. A. . Provincia Mineral do Tapajós: novo enfoque geológico das mineralizações de ouro (Código Biblioteca: ). In: XL Congres. Bras. Geologia; EXPOGEO 98 - Exposiçao Brasileira de Geologia, 1998, Belo Horizonte, MG. Anais XL Congresso Brasileiro Geologia / VI Simpósio Distritos Minerais Brasileiros, 1998.

Apresentações de Trabalho
1.
COUTINHO, M. G. N. da; JACQUES, P. D. ; LIMA, J. B. de ; GONCALVES, J. H. ; PIMENTEL, J. . Cooperacão Internacional em Geotecnologia na CPRM - Servico Geológico do Brasil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
COUTINHO, M. G. N. da. Brasil Mineral: potencialidade geológica, oportunidades de invstimentos e sustentabilidade na mineração. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
COUTINHO, M. G. N. da. Programa Mapeamento Geológico em Áreas de Fronteiras na CPRM. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
COUTINHO, M. G. N. da. Avaliação da cooperação Brasil-Cuba: área Geologia & Mineração. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
COUTINHO, M. G. N. da; GONCALVES, J. H. . Implmentação de uma Metodologia SIG para a Cartografia Geológica e Temática ao Milionésimo e sua Aplicação no Projeto SIG da América do Sul 1:1M.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
COUTINHO, M. G. N. da. New data and surveys for mineral exploration in Brazil (PDAC'2011). 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
COUTINHO, M. G. N. da. Avaliação da Cooperação Brasil-Cuba: área Geologia & Mineração. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
MALAHOFF, A. ; COUTINHO, M. G. N. da ; JAKSON, I. . Main Activity Areas and New Geological Data in CPRM - Geological Survey of Brazil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
COUTINHO, M. G. N. da. Atuaçao da Área Internacional da CPRM: Período 2003-2009. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
COUTINHO, M. G. N. da. Avaliação da cooperação Brasil-Cuba: área Geologia & Mineração. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
COUTINHO, M. G. N. da; OLIVEIRA, M. A. ; VASEUR-MADHOEBAN, R. L. ; MAHENDERPERSAD, A. . Proposta de Projeto 'Geological / Geodiversity Mapping on the Border Brazil-Suriname'. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
COUTINHO, M. G. N. da; LIVAN, K. . Proposta de Projeto 'Geological / Geodiversity Mapping on the Border Brazil-Guyana'. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
JACQUES, P.D. ; COUTINHO, M. G. N. da ; LEE, S. ; JIN, H. . Aplicaçao do método probabilístico Likelihood ratio na seleçao de áreas auríferas na Província Mineral do Tapajós, Amazônia. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
COUTINHO, M. G. N. da. Avaliação da Cooperação Brasil-Cuba: área Geologia & Mineração. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
COUTINHO, M. G. N. da; JACQUES, P.D. . Província Mineral do Tapajós: Geologia, Metalogenia e Mapa Previsional para Ouro em GIS (Sistema de Informacões Geográficas). 2007. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

16.
COUTINHO, M. G. N. da. Provincia Mineral Tapajós: o uso da aerogeofísica no controle geológico-estrutural das mineralizaçoes de ouro. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

17.
COUTINHO, M. G. N. da; JACQUES, P.D. . Mineralizaçoes de Ouro na Provincia Mineral do Tapajós, Belém, Pará. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
JACQUES, P. D. ; COUTINHO, M. G. N. da . Sistema de Informaçoes Geográficas da Província Mineral do Tapajós. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
COUTINHO, M. G. N. da. Avaliação da cooperação Brasil-Cuba: área Geologia & Mineração. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
COUTINHO, M. G. N. da. A contribuiçao da mulher na Geologia e na Mineração no Brasil. 2005. (Apresentação de Trabalho/Outra).

21.
COUTINHO, M. G. N. da. Avaliação da cooperação Brasil-Cuba: área Geologia & Mineração. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
AZEVEDO, M. L. V. ; COUTINHO, M. G. N. da . Assinaturas aerogeofísicas e mineralizaçoes de ouro na Província Mineral do Tapajós. 2001. (Apresentação de Trabalho/Outra).

23.
COUTINHO, M. G. N. da. Historia da Biodiversidade e o Paleontólogo. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
COUTINHO, M. G. N. da; SANTOS, J. O. S. ; FALLICK, A. E. ; LAFONT, J.M. . Orogenic gold deposit in Tapajós Mineral Province, Amazon, Brazil. 2000. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

25.
COUTINHO, M. G. N. da; SANTOS, E. J. . New tectonic and the gold mineralization understanding in the Borborema Pronince, NE Brazil. 2000. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

26.
COUTINHO, M. G. N. da; ROBERT, F. ; SANTOS, R. A. . Província Mineral do Tapajós, Amazônia, Brasil: novo enfoque geológico das mineralizaçoes de ouro. 1998. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

27.
COUTINHO, M. G. N. da; ROBERT, F. ; SANTOS, R. A. . The geology of the gold mineralizations in Tapajós Mineral Province, Amazonian area, Brazil (Código Biblioteca: ). 1998. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

28.
COUTINHO, M. G. N. da; ROBERT, F. ; SANTOS, R. A. . A first approch in understanding the gold mineralization of the Tapajós Mineral Province, Amazonian area, Brazil ( Código Biblioteca ). 1997. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

29.
COUTINHO, M. G. N. da; SOUZA, E. C. . Granitic magmatism and related gold mineralizations in Tapajós Mineral Province, Amazonian Area, Brazil. 1997. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

30.
COUTINHO, M. G. N. da. The Geology of shear-zone hosted gold deposits in Northeast Brazil. 1996. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

31.
COUTINHO, M. G. N. da; DREHER, A. M. ; MARTINI, S. . Controle das mineralizaçoes de ouro na Província Mineral do Tapajós: resultados preliminares. 1996. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

32.
COUTINHO, M. G. N. da; ALDERTON, D. H. M. . Mineralization and wallrock alteration in gold bearing quartz veins in NE Brazil. 1995. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

33.
COUTINHO, M. G. N. da. Proterozoic lode-gold deposits and exploration significance in Borborema Province, Northeast Brazil. 1995. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

34.
COUTINHO, M. G. N. da. Mineralizaçoes de Ouro Primário na Província Borborema, Nordeste do Brasil. 1995. (Apresentação de Trabalho/Outra).

35.
COUTINHO, M. G. N. da. Ouro na Província Borborema. 1995. (Apresentação de Trabalho/Outra).

36.
COUTINHO, M. G. N. da; ALDERTON, D. H. M. . A lead isotope study of metamorphism and associated gold mineralization , NE Brazil. 1992. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
COUTINHO, M. G. N. da. Gold mineralization in Northeast of Brazil: first understanding. 1992. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

38.
COUTINHO, M. G. N. da. Geologia do Brasil: resultados preliminares do Mapa Geológico do Brasil, escala 1:2,5 M. 1979. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
COUTINHO, M. G. N. da. Bacias do Amazonas, Paraná e Parnaíba: evolução tectono-geoogical. 1979. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
TAVORA, F. J. ; COUTINHO, M. G. N. da . A prospecçao por minerais pesados no Brasil: a experiência do Convênio DNPM / CPRM - L / 4398. 1977. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

41.
COUTINHO, M. G. N. da; FERNANDES, G. . Análise Geológica e Petrográfica Comparativa da Silvinita de Carmolópis, Sergipe e Matarandiba, Bahia. 1973. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

Outras produções bibliográficas
1.
COUTINHO, M. G. N. da; HEIDER, M. . Perfil do Ouro: PDGMT 2010-2030. Brasília, DF: Ministerio de Minas e Energia, Secretaria de Geologia, Mineraçao e Transformaçao Mineral, 2010 (Plano Duo-Decenal de Geologia, Mineração e Transformação Mineral (PDGMT 2010-2030),).

2.
KOWSMANN, R. O. ; COSTA, M. P. A. ; COUTINHO, M. G. N. da ; GAMBÔA, L. . Modelo da sedimentacão holocênica da plataforma continental sul brasileira. Rio de Janeiro: Petrobras, CENPES, DINTEP, 7 -26; Série Remac, número 2, 1/26, 1977 (In Série REMAC : Evolucão sedimentar holocênica da plataforma continental brasileira e do talude).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório de Viagem : 48 Congresso Brasileiro de Geologia (Código Biblioteca: ). 2016.

2.
COUTINHO, M. G. N. da. Setor Mineral Brasileiro: overview (Código Biblioteca: ). 2016.

3.
COUTINHO, M. G. N. da. Plano de Ação de Cooperação Técnica CPRM - Serviço Geológico do Brasil e Países Estrangeiros: 2012-2015 (Código Biblioteca: X/RLI/1134). 2012.

4.
COUTINHO, M. G. N. da. Cooperação brasileira para o desenvolvimento internacional - COBRADI-2011 (Código Biblioteca: X/LI/1135). 2012.

5.
COUTINHO, M. G. N. da; NASCIMENTO, F. M. ; LIMA, J. F. . Relatório Anual 2012: atividades da Assessoria de Assuntos Internacionais (Código Biblioteca: X/RLI/1197. 2012.

6.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório de Viagem ao Exterior: XII Reunião do GT da Cooperação Brasil-Cuba (Código Biblioteca: X/RLV/415). 2012.

7.
COUTINHO, M. G. N. da. Cooperação brasileira para o desenvolvimento internacional - COBRADI-2010 (Código Biblioteca: X/RT3365). 2011.

8.
COUTINHO, M. G. N. da; GONCALVES, J. H. . Relatório de Viagem ao Exterior: Argentina (Código Biblioteca: X/RLV/372). 2011.

9.
COUTINHO, M. G. N. da; NASCIMENTO, F. M. ; LIMA, J. F. . Relatório Anual 2011: atividades da Assessoria de Assuntos Internacionais (Código Biblioteca X/RLI/1125). 2011.

10.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório de Viagem ao Exterior: Canadá - PDAC´2011 (Código Biblioteca X/RLV/380). 2011.

11.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório de Viagem ao Exterior: Nova Zelândia (Código Biblioteca: X/RLV/325). 2010.

12.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório de Viagem ao Exterior: X Reunião do GT da Cooperação Brasil-Cuba (Código Biblioteca: X/RLV/330). 2010.

13.
COUTINHO, M. G. N. da; PERSAUD, K. ; KLEIN, E. ; FARACO, M. T. L. ; NADEAU, S. . Report on the Guyana-Brazil inaugural meeting: geological/ geodiversity Guyana-Brazil border project (Código Biblioteca: X/RLV/348). 2010.

14.
COUTINHO, M. G. N. da; NASCIMENTO, F. M. ; LIMA, J. F. . Relatório Anual 2010: atividades da Assessoria de Assuntos Internacionais (Código Biblioteca: X/RLI/1171). 2010.

15.
COUTINHO, M. G. N. da; OLIVEIRA, M. A. . Relatório de Viagem ao Exterior: Suriname, Paramaribo (Código Biblioteca: X/RLV/305). 2009.

16.
COUTINHO, M. G. N. da; LEAO NETO, R. . Relatório de Viagem ao Exterior: Colômbia, Bogotá (Código Biblioteca: X/RLV/312). 2009.

17.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório de Viagem Missão Internacional: reunião Brasil-Guiana, Boa Vista, Roraima. 2009.

18.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório de Viagem Brasília : IX Reunião do GT da Cooperação Brasil-Cuba (Código Biblioteca X/RLV/424). 2009.

19.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório Anual 2009: atividades da Assessoria de Assuntos Internacionais (Código Biblioteca: X/RLI/1159). 2009.

20.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório de Viagem ao Exterior: Canadá - PDAC´2009. (Código Biblioteca: ). 2009.

21.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório de Viagem ao Exterior: Noruega, Oslo (Código Biblioteca: X/RLV/290). 2008.

22.
COUTINHO, M. G. N. da; CARVALHO, F. P. ; FARACO, M. T. L. . Relatório de Viagem ao Exterior: Caiena, Guiana Francesa (Código Biblioteca: X/RLV/381). 2008.

23.
COUTINHO, M. G. N. da; CARVALHO, F. P. . Relatório de Viagem ao Exterior: VIII Reunião Técnica do GT da Cooperação Brasil-Cuba (Código da Biblioteca: X/RLV/382). 2008.

24.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório Anual 2008: atividades da Assessoria de Assuntos Internacionais (Código Biblioteca: X/RLI/1159). 2008.

25.
COUTINHO, M. G. N. da; OLIVEIRA, M. A. . Relatório de Vagem ao Exterior: Bolivia (Código Biblioteca: X/RLV/277). 2007.

26.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório Anual 2007: atividades da Assessoria de Assuntos Internacionais (Código Biblioteca: X/RLI/1156). 2007.

27.
COUTINHO, M. G. N. da; GONCALVES, J. H. . Relatório de Viagem ao Exterior: VI Reunião do GT da Cooperação Brasil Cuba (Código Biblioteca: X/RLV/001). 2006.

28.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório Anual 2006: atividades da Assessoria de Assuntos Internacionais (Código Biblioteca: X/RLI/1161). 2006.

29.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório sobre o Encontro Política Internacional para o Setor Mineral Brasileiro (Código Biblioteca: X/RLI/ 1160. 2005.

30.
DANTAS, A. S. L. ; COUTINHO, M. G. N. da ; SPERLING, E. C. V. . Relatório de Viagem ao Exterior: Canadá - PDAC'2004 (Código Biblioteca: X/RLI/216). 2004.

31.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório de Viagem ao Exterior: IV Reunião do GT de Cooperação Brasil - Cuba (Código Biblioteca: ). 2004.

32.
COUTINHO, M. G. N. da. Reavaliação e redefinição das funções e natureza organizacional do Laboratório de Análises Minerais (LAMIN) da CPRM (Código Biblioteca:. 2000.

33.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório de Viagem ao Exterior: Canadá (Código Biblioteca: X/RLV /166). 1997.

34.
COUTINHO, M. G. N. da. Provincia Mineral do Tapajós, Garimpo Batalha e Garimpo Davi: Série Estudo de Prospectos (Código Biblioteca:X/RLI 0549). 1996.

35.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório de Viagem ao Exterior: Venezuela, IX Congresso Latino-americano de Geologia e EXPOGEOMIN´95 (Código Biblioteca: X/RL/148). 1996.

36.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório de Viagem ao Exterior: Beijing, China (Código Biblioteca: X/RLV/ 306). 1996.

37.
COUTINHO, M. G. N. da. Report to UNESCO - United Nations Educational Scientific and Cultural Organization (Código Biblioteca. 1996.

38.
COUTINHO, M. G. N. da; DELGADO, I. M. ; ARAUJO, O. J. B. . Reserva Nacional do Cobre e seus Associados: síntese do conhecimento científico (Código Biblioteca: X/REL/3364). 1989.

39.
COUTINHO, M. G. N. da. Estratégia de Qualidade Aplicada ao Setor Mineral e Energético (Código Biblioteca: ). 1988.

40.
COUTINHO, M. G. N. da. Amostragem e procedimnento analítico na pesquisa de depósiots auríferos (Código Biblioteca: X/RLI/1083). 1988.

41.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório Síntese dos projetos em execução pela Superintendência de Patrimônio Mineral (Código Biblioteca: X/REL/3106). 1987.

42.
COUTINHO, M. G. N. da. Plano de trabalho para pesquisa de depósitos carbonáticos na Margem Continental Brasileira, costa do Rio Grande do Norte (Código Biblioteca: X/RLI/0733) .. 1986.

43.
COUTINHO, M. G. N. da. Parecer Técnico sobre a potencialidade mineral das áreas dos projetos Oriximinar e Anebá, Amazonas (Código Biblioteca ). 1986.

44.
COUTINHO, M. G. N. da. Plano de Trabalho para pesquisa de depósitos carbonáticos na Margem Continental Brasileira, costa do Espírito Santo (Código Biblioteca: X/RLI/0730). 1986.

45.
COUTINHO, M. G. N. da. Bacia Potiguar: Investigaçao das possibilidades de formaçao de depósitos de enxofre nativo (Código Biblioteca: X/RLV/0923. 1982.

46.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório de Viagem a Salvador, Bahia : participação no XXXII Congresso Brasileiro de Geologia (Código Biblioteca: X/RLV/80). 1982.

47.
COUTINHO, M. G. N. da. Relatório de Viagem a Natal, RN (Código Biblioteca: X/RLV/076. 1982.

48.
COUTINHO, M. G. N. da; SOUZA, E. C. ; BRANDÃO, R. L. . Relatório Síntese dos Dados Tectono-geológicos e Metalogenéticos Levantados pelas Superintendências Regionais para o ' Comitê do Ouro'. 1981.

49.
COUTINHO, M. G. N. da; SOUZA, E. C. ; BRANDÃO, R. L. . Teores e Reservas: Valores Levantados pelo 'Comitê do Ouro'. 1981.

50.
COUTINHO, M. G. N. da; SOUZA, E. C. . Análise previsional de jazimentos aurífeos do Brasil do Arqueano ao Cretáceo (Código Biblioteca: X / RLT/0908). 1980.

51.
COUTINHO, M. G. N. da. Anteprojeto Aluvioes Diamantíferos dos Rios Pardo-Jequitinhonha, Minas Gerais. 1976.

52.
COUTINHO, M. G. N. da. Anteprojeto Potássio e Sal-gema na Formaçao Aliança, Reconcâvo, Bahia. 1976.

53.
COUTINHO, M. G. N. da. Anteprojeto Sulfetos na Bacia do Maranhao - Piaui. 1976.

54.
ROCHA, J. M. ; COUTINHO, M. G. N. da . Anteprojeto Sulfetos no Permo-Crabonífero do Médio e Alto Amazonas. 1976.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
COUTINHO, M. G. N. da; METRI, P. ; TAKASHINA, T. . Exploracão do 'shale gas' gera inseguranca e mobilizacão. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
JACQUES, P. D. ; COUTINHO, M. G. N. da . Mapa das Unidades Litológicas do Brasil (OneGeology Symple Lithology). 2016. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

2.
JACQUES, P. D. ; COUTINHO, M. G. N. da . Mapa de Idades das Unidades Litoestratigráficas do Brasil (OneGeology). 2016. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

3.
JACQUES, P. D. ; COUTINHO, M. G. N. da . CPRM e OneGeology: categoria 5 estrelas. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Manual Técnico).

4.
COUTINHO, M. G. N. da; MALAHOFF, A. . A continent on the Move: Nova Zelândia / Excursão de campo. 2010. (Trabalho de campo).

5.
COUTINHO, M. G. N. da; OLIVEIRA, M. A. ; VASEUR-MADHOEBAN, R. L. ; MAHENDERPERSAD, A. . Mina de Bauxita da BHP-Billiton, NW da região de Paranam, Suriname / Excursão de campo. 2009. (Trabalho de Campo).

6.
COUTINHO, M. G. N. da; JACQUES, P.D. . Mapa Previsional para Ouro em SIG da Provincia Mineral do Tapajós, 1:500.000. 2008. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

7.
COUTINHO, M. G. N. da. Depósitos Auríferos na Província Mineral do Tapajós. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
COUTINHO, M. G. N. da. Metalogenia de Depósitos de Ouro. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

9.
COUTINHO, M. G. N. da; ROBERT, F. ; MILLER, A. . Superior Provínce, Abitibi Belt, Quebec & Ontário, Canadá / Excursão de Campo. 1997. (Trabalho de Campo).

10.
COUTINHO, M. G. N. da. Tibet Plateau, China / Excursão de campo - 30 th International Geological Congress. 1996. (Trabalho de campo).

11.
COUTINHO, M. G. N. da; FERREIRA, C.A. ; BAPTISTA, M. B. . Mapa Geológico do Estado do Piaui, escala 1:1.000.000. 1995. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

12.
ALDERTON, D. H. M. ; COUTINHO, M. G. N. da . Mina de Ouro de Cuiabá - Quadrilátero Ferrífero, Minas Gerais. 1995. (Mina de Ouro Cuiabá - Quadrilátero Ferrífero, Minas Gerais / Excursão de Campo).

13.
COUTINHO, M. G. N. da; ALDERTON, D. H. M. ; COLVINE, R. . Mineral Deposits in Romenia - Transylvania Area / Excursão de campo. 1992. (Trabalho de campo).

14.
COUTINHO, M. G. N. da; MCCLAY, K. ; DAVISON, I. ; POWELL, D. . Structural Geology : Moine Thrust Zone, Hight Lands, Scotland / Excursao de campo. 1991. (Trabalho de campo).

15.
COUTINHO, M. G. N. da; MENZIES, M. ; MATTEY, D. . Magmatism in Skye Island, U.K. / Excursão de campo. 1991. (Trabalho de campo).

16.
COUTINHO, M. G. N. da; ALDERTON, D. H. M. ; COLVINE, R. . Mineral Deposits of W & SE Ireland: Connemara District, E of Galway and Limerick area / Excursao de campo. 1991. (Trabalho de Campo).

17.
COUTINHO, M. G. N. da; RICE, C. M. . Massive Sulphide Cu-Zn-Au of Gairloch, Scotland / Excursão de campo. 1991. (Trabalho de campo).

18.
COUTINHO, M. G. N. da; JOHNSTON, J. D. . Mineral Deposits in N and W Ireland / Excursão de campo. 1990. (Trabalho de campo).

19.
COUTINHO, M. G. N. da; FERREIRA, C.A. ; BAPTISTA, M. B. ; ARMESTO, R.C.G. . Mapa Geológico do Estado do Maranhão, escala 1:1.000.000. 1986. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

20.
COUTINHO, M. G. N. da; SOUZA, E. C. . Mapa das Áreas Auríferas do Brasl, escala 1:5.000.000. 1985. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

21.
Schobbenhaus, C.F. ; CAMPOS, D. A. ; ASMUS, H. E. ; Derze, G.R. ; COUTINHO, M. G. N. da . Mapa Geológico do Brasil e das Áreas Oceânicas Adjacentes Incluindo Despósito Minerais na escala 1:2.500.000 (Código Biblioteca: X / REL /2400). 1981. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

22.
COUTINHO, M. G. N. da. Evaporitos nas Bacias Sedimentares Brasileiras. 1977. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

23.
COUTINHO, M. G. N. da; BERRYHILL, H. . Surface sampling cruise in North Padre Island area, Corpus Christi, Texas, USA. 1974. (Trabalho de campo).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Teses de doutorado
1.
Roberto P. Xavier; COUTINHO, M. G. N. da. Participação em banca de Alexandre Raphael Cabral. Mineralizações de Ouro Paladiado em Itabiritos: a Jacutinga de Gongo Soco, Quadrilátero Ferrífero, Minas Gerais. 1996. Tese (Doutorado em Geologia) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
CROSTA, A. P.; FRANCOLIN, J. B. L.; Azevedo, L.H.A. de; COUTINHO, M. G. N. da. Área de Geoprocessamento/Geologia Econômica. 1997. Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Faculdade de Geologia.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
24 World Mining Congress (24 WMC). 2016. (Congresso).

2.
48 Congresso Brasileiro de Geologia / SBG / Núcleo Sul. Cooperacão Internacional em Geotecnologia na CPRM - Servico Geológico do Brasil. 2016. (Congresso).

3.
VIII Reunião Técnica sobre Avaliação e Mapeamento de Risco do Projeto de Fortalecimento da Estratégia Nacionalde Gestão Integrada de Riscos em Desastres Naturais (Projeto GIDES) t. 2016. (Encontro).

4.
Workshop on Uranium Exploration Strategy, Resources Assessment and Feasibility Studies. 2016. (Outra).

5.
III Seminário Brasileiro de Terras Raras (CETEM). 2015. (Seminário).

6.
I Seminário Dia Mundial da Àgua - Os Desfios da Crise Hídrica. 2015. (Seminário).

7.
IV Reunião Técnica sobre Avaliação e Mapeamento de Risco do Projeto de Fortalecimento da Estratégia Nacionalde Gestão Integrada de Riscos em Desastres Naturais (Projeto GIDES) t. 2015. (Encontro).

8.
International Seminar: Application of Isotopes in Hydrology. 2014. (Seminário).

9.
Workshop Inovação em Mineração (FINEP). 2014. (Outra).

10.
II Seminário Brasileiro de Terras Raras (CETEM). 2013. (Seminário).

11.
XII Reunião do GT da Cooperação Técnica Brasil-Cuba da Agência Brasileira de Cooperação / MRE.Avaliação das atividade da cooperação CPRM (Brasil) e ONRM (Cuba). 2012. (Encontro).

12.
III Reunião da Comissão Mista de Cooperação Técnica Brasil-Argentina.Proposta Implementação de uma Metodologia em SIG para a Cartografia Geológica e Temática ao Milionésimo e sua Aplicação no Projeto SIG da América do Sul 1:1M.. 2011. (Encontro).

13.
I Seminário Brasileiro de Terras Raras (CETEM ). 2011. (Seminário).

14.
PDAC' 2011 Toronto, Canadá. New Data and Surveys for Mineral Exploration in Brazil (Código Biblioteca. 2011. (Congresso).

15.
Guyana Brazil Inaugural Meeting.Geological / Geodiversity Mapping on the Brazil- Guyana Border Project: discussion about the implementatin. 2010. (Encontro).

16.
III Steering Group Meeting of OneGeology in Nova Zelândia.Atuação da CPRM: mapeamento geológico, hidrogeológico e banco de dados. 2010. (Encontro).

17.
X Reunião do GT da Cooperação Brasil-Cuba da Agência Brasileira de Cooperação do MREçõ.Avaliação das atividade cooperação CPRM (Brasil) e ONRM (Cuba). 2010. (Encontro).

18.
Comissão Mista Brasil- Guiana da Agência Brasileira de Cooperação do MRE.Proposta do Projeto Mapeamento Geológico e da Geodiversidade na Área de Fronteira Brasil-Guiana. 2009. (Encontro).

19.
Comissão Mista Brasil - Suriname da Agência Brasileira de Cooperação do Ministério das Relações Exteriores.Proposta de Projetos Mapeamento Geológico e da Geodiversidade na Área de Fronteira Brasil-Suriname. 2009. (Encontro).

20.
II Seminário Brasileiro de Metalogenia.Uma Nova Proposta para o Mapeamento do Potencial Mineral com Aplicacão na Província Mineral do Tapajós, Amazônia: Fundamentos do Conhecimento e Métodos de Estudo. 2009. (Seminário).

21.
IX Reunião do GT da Cooperação Técnica Brasil-Cuba da Agência Brasileira de Cooooperação do MRE e.Avaliação das atividade cooperação CPRM (Brasil) e ONRM (Cuba). 2009. (Encontro).

22.
PDAC¨2009, Toronto, Canadá. 2009. (Congresso).

23.
Reunião com o Banco Mundial: Políticas Públicas.Diálogo sobre un Possible Bien Público Regional na Área de Geociências. 2009. (Seminário).

24.
Seminar Brazil-Japan on Geology and Mining. 2009. (Seminário).

25.
Seminário de Gestao da Área da Presidência: CPRM - Serviço Geológico do Brasil.Atruaçao da Área Internacional da CPRM: Período 2003-2009. 2009. (Seminário).

26.
Seminário Evaluación y Recuperación de Pasivos Ambientales Mineiros :. 2009. (Seminário).

27.
44 Congresso Brasileiro de Geologia / SBG / Núcleo Paraná. Aplicaçao do método probabilístico Likelihood Ratio na seleçao de áreas auríferas na Província Mineral do Tapajós. 2008. (Congresso).

28.
III Simpósio Brasileiro de Exploraçao Mineral - SIMEXMIN.Mapa Previsional para Ouro em SIG da Província Mineral do Tapajós. 2008. (Simpósio).

29.
Lançamento Mapa Geológico da Área de Fronteira Brasil-Guiana Francesa.Cerimônia de lançamento do Mapa Geológico Franco-Brasileiro Transfronteiriço, 1:250.000. 2008. (Encontro).

30.
Reunião Ministerial da Comissão Conjunta Brasil-Estados Unidos.GT Ciências da Terra, Clima e Meio Ambiente, tendo sido sugerido propostas para cooperação. 2008. (Encontro).

31.
Reunião Trilateral Brasil-Guiana-Venezuela Evento promovido pelo Itamaraty (MRE)..Proposta para implementação de projetos de mapeamento geológico em áreas de fronteiras do Brasil com a Guiana e Venezuela.. 2008. (Encontro).

32.
Seminário Evaluación y Recuperación Ambiental de Espacios Mineros: Psivos Ambinetales Mineros. 2008. (Seminário).

33.
Seminario Proyecto para la Evaluación de los Recursos de Aguas Subterráneas en Iberoamérica: definición y Directrices. 2008. (Seminário).

34.
The 33rd International Geological Congress, Oslo, Noruega. 2008. (Congresso).

35.
VIII Reunião do GT de Cooperação Técnica Brasil-Cuba (ABC/MRE).Avaliação da cooperação CPRM (Brasil) e ONRM (Cuba). 2008. (Encontro).

36.
Seminário El Rol de los Sevicios Geológicos Nacionales en la Prevención y Mitigación de los Efectos del Cambio Climático. 2007. (Seminário).

37.
X Simpósio de Geologia da Amazônia / SBG / Núcleo Norte. 2007. (Simpósio).

38.
VI Reunião do GT de Cooperação Técnica Brasil-Cuba (ABC/MRE).Avaliação da cooperação Brasil-Cuba: área Geologia & Mineração. 2006. (Encontro).

39.
XLIII Congresso Brasileiro de Geologia / SBG / Núcleo BA-SE. Sistema de Informaçoes Geográficas da Província Mineral do Tapajós. 2006. (Congresso).

40.
Oficina Internacional de Ordenamento Territorial Mineiro - CYTED. 2005. (Oficina).

41.
V Ciclo de Estudos Estratégicos sobre o Tema Amazônia. 2005. (Outra).

42.
IV Reunião do GT de Cooperação Técnica Brasil-Cuba (ABC/MRE).Avaliação da cooperação Brasil-Cuba: área Geologia & Mineração. 2004. (Encontro).

43.
PDAC´2004, Toronto, Canadá. 2004. (Congresso).

44.
XLII Cogresso Brasileiro de Geologia / SBG / Núcleo Minas Gerais. 2004. (Congresso).

45.
I Seminário de Gestão do Serviço Geológico do Brasil. 2003. (Seminário).

46.
VII Simpósio de Geologia do Sudeste / SBG / Núcleo RJ-ES. 2001. (Simpósio).

47.
The 31st International Geological Congress, Rio de Janeiro, Brasil. Orogenic gold deposits in Tapajós Mineral Province. 2000. (Congresso).

48.
I Congresso Estadual dos Profissionais da Área Tecnológica: Tecnologia, Desenvolvimento Sustentável e Soberania. 1999. (Congresso).

49.
XI Simpósio sobre Recursos Naturais e Meio Ambiente - SENAMA. 1999. (Simpósio).

50.
Lagoas Fluminenses: Importância Ambiental e Socioeconômica. 1998. (Outra).

51.
Seminário Globalizaçao: A Reforma Curricular e o Mercado de Trabalho. 1998. (Seminário).

52.
X Congreso Latinoamericano de Geologia / VI Congreso Nacional de Geologia Economica. The Geology of the gold mineralizations in Tapajós Mineral Provínce, Amazonian area, Brazil. 1998. (Congresso).

53.
XI Simpósio Internacional do Ouro - Revista Minérios. 1998. (Simpósio).

54.
XL Congresso Brasileiro de Geologia / SBG / Núcleo Minas Gerais. Província Mineral do Tapajós, Amazônia, Brasil: novo enfoque geológico das mineralizaçoes de ouro. 1998. (Congresso).

55.
II International Symposium on Granites and Associated Mineralizations - II ISGAM.Granitic magmatism and related gold mineralizations in Tapajós Mineral Province, Amazonian Area, Brazil. 1997. (Simpósio).

56.
Seminário Brasil - Canadá : Desenvolvimento Sustentável no Setor Mineral. 1997. (Seminário).

57.
V Simpósio de Geologia do Sudeste / SBG / Núcleo RJ-ES. 1997. (Simpósio).

58.
I Seminário de Desenvolvimento Gerencial - Foco na Qualidade/ CPRM - Serviço Geológico do Brasil. 1996. (Seminário).

59.
The 30 th International Geological Congress, Beijing, China. The Geology of shear-zone hosted gold deposits in Northeast Brazil. 1996. (Congresso).

60.
XXXIX Congresso Brasileiro de Geologia / Núcleo BA-SE. Controle das mineralizaçoes de ouro na Província Mineral do Tapajós: resultados preliminares. 1996. (Congresso).

61.
IX Congreso Latinoamericano de Geologia, Caracas, Venezuela. Mineralization and wallrock alteration in gold-bearing quartz veins, NE Brazil. 1995. (Congresso).

62.
VI Congresso Brasileiro de Mineração - IBRAM (Instituto Brasileiro Mineração)cão. 1995. (Congresso).

63.
VIII Simpósio Internacional do Ouro - Revista Minérios. 1995. (Simpósio).

64.
XVI Simpósio de Geologia do Nordeste / SBG / Núcleo Nordeste).Proterozoic lode gold deposits and exploration significance in Borborema Province, Northeast Brazil. 1995. (Simpósio).

65.
Geofluids`93: International Conference on Fluid Evolution, Migration and Interation in Rocks. 1993. (Congresso).

66.
Research Open Day at Royal Holloway College, London University, England, U.K.. 1993. (Seminário).

67.
Annual Meeting of Mineral Deposits Studies Group, Geol. Society of London, Leicester University, England.A lead isotope study of metamorphism and associated gold mineralization , NE Brazil. 1992. (Seminário).

68.
Research Open Day at Royal Holloway College, London University, England, U.K..Gold Mineralization in Borborema Province, Northeast Brazil. 1992. (Seminário).

69.
Annual Meeting of Mineral Deposits Studies Group , Geol. Society of London, Aberdeen University, Scotland. 1991. (Encontro).

70.
Ore Deposits and Mineral Exploration at Southampton University, England, U.K.. 1991. (Encontro).

71.
Research Open Day at Royal Holloway College, London University, England, U.K.. 1991. (Encontro).

72.
Uses of Isotope in Earth Sciences at Royal Holloway College, London University, England, U.K.. 1991. (Encontro).

73.
Annual Meeting of Mineral Deposits Studies Group, Geol. Society of London, Trinity College, Dublin, Ireland. 1990. (Encontro).

74.
World Oil and Gas Reserves and Production Forecast Technical and Economic Justification, London University, England, U.K.. 1990. (Encontro).

75.
Seminário sobre Estratégia de Qualidade Aplicada ao Setor Mineral e Energético. 1988. (Seminário).

76.
II Simpósio Internacional do Ouro - ABRAMO & Revista Minério. 1986. (Simpósio).

77.
I Simpósio Internacional do Ouro - ABRAMO & Revista Minério. 1985. (Simpósio).

78.
II Simpósio Brasileiro sobre Recursos do Mar. 1984. (Simpósio).

79.
XXXIII Congresso Brasileiro de Geologia / SBG/Núcleo RJ-ES. 1984. (Congresso).

80.
I Simpósio Brasileiro sobre Recursos do Mar. 1983. (Simpósio).

81.
Seminário Internacional sobre Gerenciamento Costeiro. 1983. (Seminário).

82.
XXXII Congresso Brasileiro de Geologia / SBG -Núcleo BA-SE. 1982. (Congresso).

83.
I Congresso Nacional de Gemas e Metais Preciosos - I CONGEMET (IBGM). 1981. (Congresso).

84.
XXVII Congresso Brasileiro de Geologia / SBG / Núcleo BA-SE. Análise geológica e petrográfica comparativa da silvinita de Carmópolis, Sergipe e Matarandiba, Bahia; Anais SBG, XXVII CBG, v.2, p.247-266) (Código Biblioteca E/79813). 1973. (Congresso).

85.
XXVI Congresso Brasileiro de Geologia / SBG/Núcleo Norte. 1972. (Congresso).

86.
XXV Congresso Brasileiro de Geologia / SBG /Núcleo SP. 1971. (Congresso).

87.
Seminário de Economia Mineral - UFPE. 1967. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
COUTINHO, M. G. N. da. OneGeology Board Meeting # 7. 2016. (Outro).

2.
COUTINHO, M. G. N. da. OneGeology South America Meeting: Rio-2014. 2014. (Outro).

3.
COUTINHO, M. G. N. da. XVI Reunião Ordinária do SGT-15 Mineração e Geologia do MERCOSUL. 2012. (Outro).

4.
COUTINHO, M. G. N. da. The South Atlantic Ocean Join Scientific Research by Brazil and Japan. 2012. (Outro).

5.
COUTINHO, M. G. N. da. Seminário Brasil-China on Technology Transfer. 2011. (Outro).

6.
COUTINHO, M. G. N. da. XII Reunião Ordinária do SGT- 15 Mineração e Geologia do MERCOSUL. 2010. (Outro).

7.
COUTINHO, M. G. N. da. Day-Meeting Brasil-China. 2010. (Outro).

8.
COUTINHO, M. G. N. da; GUINO, K. . Seminar Brazil-Japan/ JAMSTEC on Marine-Earth Science and Technology. 2009. (Outro).

9.
COUTINHO, M. G. N. da. Seminario Proyecto para la Evaluación de los Recursos de Aguas Subterráneas en Iberoamérica. 2008. (Outro).

10.
MENDES, J.R. ; CARVALHO, F. P. ; LEAO NETO, R. ; SILVA, C.R.da ; HAUSEN, J. E. P. ; COUTINHO, M. G. N. da . Oficina Internacional de Ordenamento Territorial Mineiro - CYTED. 2005. (Outro).

11.
PALERMO, N. ; ALVES, E. C. ; MANSUR, K. L. ; SILVA, C. G. ; MOREIRA, J. L. P. ; PEREIRA, E. ; COUTINHO, M. G. N. da ; FRANCA, A. V. M. ; MARQUES, E. ; VALENTE, S. ; GUEDES, E. ; LUDKA, I. ; ALMEIDA, J. C. H. ; SCHMITT, R. S. . IX Simpósio de Geologia do Sudeste / SBG - Núcleo RJ-ES e XIII Simposio de Minas Gerais. 2005. (Outro).

12.
COUTINHO, M. G. N. da; GONCALVES, J. C. . Dia Internacional da Amazônia. 2005. (Outro).

13.
LUSTOSA, T. C. ; COUTINHO, M. G. N. da ; BEZERRA, F. O. S. ; PAZ, R. A. R. P. ; BENTO, D. L. ; FRANCO, C. . I Encontro Latino Americano de Arqueologia. 2005. (Outro).

14.
NOBREGA, C. W. ; PEREIRA, P. J. P. S. ; ROUSSEAU, L. C. ; DUARTE, M. A. I. ; PINTO, C. L. R. ; LOUREIRO, F. L. ; MENDES, L. V. ; FERREIRA, M. A. ; COUTINHO, M. G. N. da ; MONIZ, R. ; CAMPAGNANI, S. . VIII Congresso Brasileiro de Defesa do Meio Ambiente. 2005. (Congresso).

15.
COUTINHO, M. G. N. da; SILVEIRA, R. ; PEREIRA, H. ; ANDRADE, J.G. de ; RAMOS, J. R. A. ; GERMANI, D. ; LOUREIRO, F. L. ; GARCIA, F. S. ; CONTE, C. N. . Seminário Recursos Energéticos do Brasil: petróleo, gás natural, urânio e carvao mineral. 2004. (Outro).

16.
NOBREGA, C. W. ; ROUSSEAU, L. C. ; DUARTE, M. A. I. ; COUTINHO, M. G. N. da ; PEREIRA, P. J. P. S. ; CAMPAGNANI, S. ; CANEDO, A. A. ; CASTRO, J. C. Q. M. ; RIOS, J. . VII Congresso Brasileiro de Defesa do Meio Ambiente. 2003. (Congresso).

17.
RAMOS, J. R. A. ; NETTO, A. M. ; COUTINHO, M. G. N. da ; PEREIRA, E. ; THOMAZ FILHO, A. ; SCHMITT, R. S. ; NOGUEIRA, J. R. ; SILVA, F. M. . VII Simpósio de Gelogia do Sudeste / SBG - Núcleo RJ-ES. 2001. (Outro).

18.
COUTINHO, M. G. N. da. Sesquicentenário do Nascimento do Geólogo Orville Adelbert Derby 'O Pai da Geologia do Brasil. 2001. (Outro).

19.
GROVES, D. ; COUTINHO, M. G. N. da . Special Symposium G3 Orogenic (Mesothermal) Gold Deposits (31st IGC). 2000. (Outro).

20.
RAMOS, J. R. A. ; COUTINHO, M. G. N. da ; AMARAL, C. ; NETTO, A. M. ; HEILBRON, M. ; THOMAZ FILHO, A. ; RODRIGUES, M. A. ; VALERINO, C. ; TUPINAMBA, M. . V Simpósio de Geologia do Sudeste / SBG- Núcleo RJ-ES. 1997. (Outro).



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico


Outras informações relevantes


1) Na conclusão do curso de Geologia, nível B.Sc., em 1967 na Escola de Geologia, Universidade Federal de Pernambuco, na disciplina Geologia de Campo / Mapeamento Geológico, com a Tese de Graduação: "A Geologia dos Municípios de João Pessoa, Cabedelo e Gramame, Paraíba", obteve a média de 9,0, e na conclusão do Curso de Geologia foi classificada em segundo lugar (média 8,61). 
2) Na obtenção do Ph.D., em 1995, University of London, Royal Holloway and Bedford New College (hoje Royal Holloway College), tendo como coordenador da Banca Examinadora o Professor Dr. Paul Garrard do Imperial College, University of London, foi aprovada com a  tese "The Geology of Shear-Zone Hosted Gold Deposits in Northeast of Brazil" , sem correções.
3) Como Board Member do OneGeology - iniciativa das Organizações dos Serviços Geológicos do Mundo para acessibilidade do Mapa Geológico do Mundo em web, sob a coordenação pelo Brithish Geological Survey e Portal sediado no Bureau de Recherches Geologiques et y Minières (BRGM) - Servico Geológico da França, é representante das Américas do Sul, Central e do Caribe.
4) Representante do Comitê Brasileiro de Geociências da International Union of Geological Sciences (IUGS).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/11/2018 às 23:13:06