Luiz Regis Prado

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7320868791398672
  • Última atualização do currículo em 10/04/2018


Pós-doutorado em Direito Penal. Universidade de Zaragoza (Espanha). Pós-doutorado em Direito Penal Ambiental Comparado. Universidade Robert Schuman de Strasbourg (França). Doutorado e Mestrado em Direito das Relações Sociais - Direito Penal - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1979/1984). Pós- graduado em Direito Penal. Universidade de Salamanca (Espanha). Graduado em Direito. Universidade Estadual de Londrina. Bacharelado em Filosofia. Universidade de Nancy (França). Professor Titular de Direito Constitucional Penal da Faculdade Autônoma de Direito (FADISP). Professor Titular de Direito Penal da Universidade Estadual de Maringá. Professor de Direito Penal do curso de Pós-Graduação em Direito e Processo Penal das Universidades Estaduais de Maringá e Londrina. Consultor Jurídico da Organização dos Estados Americanos (OEA). Codiretor e professor do curso de Pós-Graduação em Direito (proteção jurídica do meio ambiente, ordenação do território e patrimônio histórico). Universidade de Castilla-la-Mancha (Espanha). Pesquisador e conferencista em Direito Penal do Instituto de Direito Comparado e Penal. Universidade de Firenze (Itália). Pesquisador do Centre du Droit de l'Environnement de Strasbourg; do Consiglio Nazionale della Ricerca (Itália). Consultor do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); da Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Professor visitante da Universidade Robert Schuman de Strasbourg (França); da Universidade de Zaragoza (Espanha); da Universidade Nacional de Educação à Distância (Espanha). Doutor Honoris Causa em Direito. Universidade Nacional de San Agustín de Arequipa. Professor Honoris Causa das Universidades Nacional de San Agustín e Católica de Santa Maria, e da Universidade de Andina de Cuzco (Peru). Coordenador da Revista de Ciências Penais (RT). Membro do Ministério Público do Paraná (aposentado). Membro da Associação Brasileira de Professores de Ciências Penais; da Association Internationale de Droit Pénal (Paris); da Société Internationale de Défense Sociale (Paris-Milão). Diretor do Instituto Latino-Americano de Cooperação Penal (Rio de Janeiro-Buenos Aires). Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Penal, atuando principalmente nos seguintes temas: Direito Penal, Direito Penal Econômico, Direito Penal do Ambiente, Direito Penal Internacional e Teoria Geral do Direito. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Luiz Regis Prado
Nome em citações bibliográficas
PRADO, L. R.

Endereço


Endereço Profissional
Faculdade Autônoma de Direito.
Rua João Moura - de 183/184 a 795/796
Pinheiros
05412001 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 30610212


Formação acadêmica/titulação


1980 - 1984
Doutorado em Direito das Relações Sociais Direito Penal.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: DO DELITO DE FALSO TESTEMUNHO, Ano de obtenção: 1984.
Orientador: DIRCEU DE MELLO.
Palavras-chave: Crime de Expressao; Falso Testemunho; Perjurio.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
1977 - 1979
Mestrado em Direito.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: PENA DE MULTA: ASPECTOS HISTORICOS E DOGMATICOS,Ano de Obtenção: 1979.
Orientador: DIRCEU DE MELLO.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Multa Criminal; Pena de Multa; Pena Pecuniaria.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
2005 - 2005
Especialização em pós-graduação lato sensu em Direito Penal.
Universidad de Salamanca, USAL, Espanha.
Título: ..
1974 - 1977
Graduação em Bacharelado em Filosofia.
Universidade de Nancy II, UN, França.
1972 - 1976
Graduação em Direito.
Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
Título: Não.
Orientador: Não.


Pós-doutorado


1995 - 1996
Pós-Doutorado.
Universidade Robert Schuman de Estrasburgo, URSS, França.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1989 - 1989
Pós-Doutorado.
Universidade de Zaragoza, UNIZAR, Espanha.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Atuação Profissional



Faculdade Autônoma de Direito, FADISP, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40


Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Vínculo institucional

1978 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40
Outras informações
Professor Titular de Direito Penal do Departamento de Direito Público.

Atividades

01/2005 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, EDUEM - Editora da Universidade Estadual de Maringá, .

Cargo ou função
Consultor "ad-hoc" da Revista Acta Scientiarum.
02/1982 - Atual
Direção e administração, Universidade Estadual de Maringá, .

Cargo ou função
DIRETOR DA REVISTA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS.
01/1980 - Atual
Serviços técnicos especializados , Universidade Estadual de Maringá, .

Serviço realizado
ASSOCIACAO INTERNACIONAL DE DIREITO PENAL.
02/1978 - Atual
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Direito Penal
Teoria Geral do Direito
12/2004 - 12/2007
Direção e administração, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, .

Cargo ou função
Coordenador de Programa.
3/1994 - 12/2007
Ensino, Direito, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Constituição e Princípios Penais fundamentais
Direito Penal I
Direito Penal II
Direito Penal III
Penologia
Política Criminal
Teoria da Norma e do Injusto Penal Transindividual
Teoria Geral do Direito
12/1993 - 10/1998
Direção e administração, Centro de Estudos Sócio-Econômicos, Departamento de Direito Público.

Cargo ou função
COORDENADOR DO CURSO DE MESTRADO EM DIREITO.
1994 - 1995
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Direito Público.

1994 - 1994
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Direito Público.

01/1984 - 12/1988
Direção e administração, Universidade Estadual de Maringá, .

Cargo ou função
VICE-DIRETOR DO CENTRO DE ESTUDOS SOCIO-ECONOMICOS.
6/1982 - 5/1984
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Estudos Sócio-Econômicos, Departamento de Direito Público.

Linhas de pesquisa
Teoria Jurídica do Delito
01/1982 - 12/1983
Direção e administração, Universidade Estadual de Maringá, .

Cargo ou função
CHEFE DO DEPARTAMENTO DE DIREITO PUBLICO.

Associação Brasileira de Professores de Ciências Penais, ABPCP, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - Atual
Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Membro

Atividades

01/2004 - Atual
Direção e administração, Direção, .

Cargo ou função
Coordenador do Paraná..
01/2004 - Atual
Direção e administração, Conselho Editorial, .

Cargo ou função
Diretor da Revista Ciências Penais - Revista da Associação Brasileira de Professores de Ciências Penais.
12/2000 - Atual
Direção e administração, Membro, .

Cargo ou função
Membro da Associação Brasileira de Professores de Ciências Penais.
12/2002 - 12/2004
Direção e administração, Direção, .

Cargo ou função
Presidente da Associação Brasileira de Professores de Ciências Penais.

Associação Internacional de Direito Penal, AIDP, Brasil.
Vínculo institucional

1980 - Atual
Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Membro, Carga horária: 4

Atividades

4/1980 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Direito Penal, .

Cargo ou função
Membro.

Centre du Droit de l?Environnement de Strasbourg, CDES, França.
Vínculo institucional

1995 - Atual
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Pesquisador


Ministério Público do Estado do Paraná, PR, Brasil.
Vínculo institucional

1985 - 1998
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Promotoria da Justiça, Carga horária: 20

Atividades

4/1985 - 12/1998
Conselhos, Comissões e Consultoria, Promotoria de Justiça do Paraná, .

Cargo ou função
Promotor de Justiça do Estado do Paraná.

Sociedade Internacional de Defesa Social, SIDS, Brasil.
Vínculo institucional

1980 - Atual
Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Membro

Atividades

3/1980 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Sociedade Internacional de Defesa Social, .

Cargo ou função
Membro.

Universidade de Castilla-la-Mancha, UCLM, Espanha.
Vínculo institucional

2004 - Atual
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Co-diretor e Professor


Centro Universitário de Maringá, CESUMAR, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2003
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Atividades

03/2001 - 12/2003
Direção e administração, Programa de Pós-Graduação em Ciências Jurídicas, Divisão de Pós Graduação.

Cargo ou função
Vice-Coordenador de Programa de Pós-Graduação em Ciências Jurídicas.
3/2001 - 12/2003
Direção e administração, Programa de Pós-Graduação em Ciências Jurídicas, Divulgação Científica.

Cargo ou função
Diretor da Revista Jurídica.
3/2001 - 12/2003
Ensino, Pós Graduação Em Ciências Jurídicas Mestrado, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Direito Penal
03/2001 - 12/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Programa de Pós-Graduação em Ciências Jurídicas, Divisão de Pós Graduação.

Cargo ou função
Membro de Colegiado de Programa de Pós-Graduação em Ciências Jurídicas.

Faculdades Integradas Toledo de Araçatuba, ITE, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2007
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Outro Professor Universitário, Carga horária: 4

Atividades

03/2001 - 12/2007
Ensino, Programa de Pós-Graduação em Direito, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria Geral do Direito


Linhas de pesquisa


1.
Ciência Jurídica e Sistemas de Justiça Criminal

Objetivo: Análise das origens históricas e dos fundamentos dogmáticos dos sistemas de justiça criminal e dos modelos de atribuição de responsabilidade penal individual e coletiva, bem como dos desafios e perspectivas impostos pelas modernas criminologias. Identificação das políticas criminais contemporâneas e exame da (in) observância dos direitos fundamentais, notadamente face à criminalidade trasindividual..
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Palavras-chave: bem jurídico-penal supra -individual; biossegurança e direito penal; expansão do Direito Penal; imputação objetiva; Responsabilidade penal da pessoa jurídica.
2.
Teoria da Norma Penal Transindividual
3.
Teoria Jurídica do Delito


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Novos paradigmas da responsabilidade penal e sistemas de justiça criminal
Descrição: A tutela de novos bens jurídicos fundamentais ? individuais ou metaindividuais ? não poderá ser realizada com o sacrifício das garantias que legitimam a intervenção penal. Nesse sentido, o projeto se propõe a examinar os limites da responsabilidade penal ? individual e coletiva ? ante os novos paradigmas da ciência jurídica. A denominada criminalidade de empresa compreende delitos perpetrados no interesse da empresa enquanto sujeito que participa do sistema econômico e apresenta como traços característicos a divisão funcional do trabalho (plano horizontal) e a hierarquia (plano vertical). Esta última se manifesta na subordinação de todos os sujeitos dentro de uma estrutura escalonada de responsabilidade, onde os diretores dão ordens a empregados intermediários que, por sua vez, coordenam e dirigem as atividades de empregados a eles subordinados, e assim sucessivamente. De conseguinte, a criminalidade empresarial se caracteriza, em um primeiro momento, por uma divisão funcional e hierárquica da responsabilidade penal. Essa peculiar estrutura hierárquica dificultaria a aplicação das categorias dogmáticas tradicionais e de seus instrumentos de imputação e reforçaria a necessidade de reelaboração daquelas e de incorporação de novos critérios de imputação, com o objetivo de permitir a responsabilização penal de diretores e administradores de empresas, mesmo quando estes não executem diretamente a conduta delitiva. Em síntese, o projeto discute e critica a necessidade de adaptação do Direito Penal à realidade empresarial ? altamente complexa enquanto organização hierarquicamente estruturada ? e a criação de soluções dogmáticas adequadas e eficazes, que permitam sancionar dirigentes e a própria pessoa jurídica por condutas e atividades lesivas ou perigosas a novos bens jurídicos fundamentais, de caráter individual ou metaindividual. O projeto pretende debater as três esferas de responsabilidade que podem ser identificadas em se tratando de criminalidade empresarial: 1) a responsabilidade penal do subordinado, que executa materialmente a conduta, cumprimento ordens sabidamente ilegais de seu superior hierárquico; 2) a responsabilidade penal dos comandos intermédios, que se encarregam de transmitir a ordem dos diretores ou administradores aos inferiores hierárquicos que a executam pessoalmente e, por último, 3) a responsabilidade penal do diretor ou administrador, que se apresenta como a hipótese mais complexa. O projeto visa a perquirir também o fundamento e os limites da responsabilização penal do superior hierárquico a título de comissão por omissão. A imputação penal do delito praticado pelo subordinado ao superior hierárquico a título de comissão por omissão se fundamenta na ausência de aplicação de medidas adequadas a evitar que do contexto das atividades desenvolvidas na empresa derivem lesões ou perigos a interesses supraindividuais ou individuais. A responsabilização do diretor ou administrador se centra na existência de um dever de vigilância ou na ideia de domínio sobre as fontes geradoras de perigo. Nesse contexto, ao lado das tendências que buscam oferecer respostas dogmáticas para a responsabilização penal individual em matéria de criminalidade empresarial, tem-se a introdução da responsabilidade penal das próprias pessoas jurídicas. A responsabilização penal das pessoas jurídicas cumpre uma função meramente simbólica em sentido negativo. O projeto analisa as teses favoráveis e contrárias à responsabilização penal dos entes morais, baseadas estas em considerações político criminais. Faz-se necessário, portanto, examinar se é efetivamente necessária a revisão das categorias dogmáticas tradicionais, bem como a oportunidade da criação de novos critérios hábeis a fundamentar a responsabilidade penal dos entes morais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (5) .
Integrantes: Luiz Regis Prado - Coordenador / Érika Mendes de Carvalho - Integrante / Gisele Mendes de Carvalho - Integrante.
Número de produções C, T & A: 5
2012 - 2013
Corrupção delitiva e Estado Democrático de Direito
Descrição: Análise dos aspectos éticos, políticos, econômicos e jurídicos da corrupção no contexto de um Estado Democrático de Direito; Instrumentos internacionais de combate à corrupção; Corrupção e sistema penal brasileiro (resposta penal à corrupção delitiva). Exame crítico-evolutivo da lei penal brasileira (corrupção ativa e passiva, tráfico de influência e delitos assimilados). Referências de direito comparado..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - Atual
A estrutura do injusto penal orientado à proteção de novos bens jurídicos: uma análise dos institutos dogmáticos propostos pelas modernas tendências expansionistas
Descrição: O projeto de pesquisa tem por objetivo analisar a estrutura típica dos delitos ambientais e seus elementos constitutivos, com ênfase em algumas fórmulas empregadas na descrição das condutas típicas sugeridas pelas modernas tendências expansionistas. Nessa perspectiva, o objeto de estudo será estudado em três etapas distintas e complementares, que serão desenvolvidas ao longo dos dois anos de duração do projeto, a saber: 1) em um primeiro momento, far-se-á uma análise crítica dos tipos de perigo abstrato e de sua legitimidade; 2) em um segundo momento, examinar-se-á as fórmulas de instrumentação técnico-legislativa da acessoriedade administrativa em matéria ambiental, conferindo-se especial destaque aos elementos qualificantes empregados pelo legislador como limites entre os ilícitos penais e os ilícitos administrativos. 3) a última etapa do projeto tem por objetivo destacar os intentos de incorporação de critérios objetivos de imputação no âmbito dos tipos penais ambientais, a fim de legitimar a responsabilidade penal das pessoas jurídicas e a ampliação da intervenção penal nesses domínios..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Especialização: (4) .
Integrantes: Luiz Regis Prado - Integrante / Érika Mendes de Carvalho - Coordenador / Gisele Mendes de Carvalho - Integrante / Sônia Letícia de Méllo Cardoso - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 16 / Número de orientações: 2
2010 - 2012
Fenômeno do Direito e Ordenamento Jurídico
Descrição: O projeto docente intitulado Fenômeno do Direito e Ordenamento Jurídico consiste em um estudo sobre os aspectos mais relevantes da teoria do ordenamento jurídico e de seu componente fundamental, a norma jurídica. Para tanto, tratar-se-á de analisar em primeiro lugar em que consiste o fenômeno jurídico (o Direito), seus principais caracteres e sua situação no contexto do universo normativo, como fenômeno cultural. Em seguida, o projeto versará sobre o conceito de norma ética, diferenciando entre aquelas normas de conteúdo jurídico e as demais regras que regem o comportamento humano, como as normas morais, as regras de trato social e as normas religiosas. Após situar o estudo no âmbito das normas jurídicas e de traçar suas principais características (generalidade, abstratividade, bilateralidade, imperatividade e coercibilidade) e estrutura lógica, o projeto se concentrará na análise dos requisitos de validez e eficácia das normas de Direito, com especial ênfase no aspecto da legitimidade das leis. Por derradeiro, o estudo voltar-se-á à análise do ordenamento jurídico como sistema normativo, com especial ênfase nas questões conexas da unidade (fontes do Direito e da formação do ordenamento, onde novamente será discutida a problemática da legitimidade das leis e a relação entre Direito e força), coerência (com destaque para os diferentes critérios de solução de antinomias) e completude (problemática das lacunas e sua possível integração mediante a analogia e os princípios gerais do Direito).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2011
Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica em Crimes Tributários
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Luiz Regis Prado - Coordenador / Aline Barandas - Integrante.
2008 - 2011
Tutela penal do espaço territorial urbano brasileiro e comparado
Descrição: Pretende-se na execução deste projeto fornecer noções gerais sobre a ordenação do Território Urbano - distinção entre os conceitos de ordenação do território e urbanismo, características e peculiaridades do parcelamento do solo. O objetivo é fornecer uma análise do tratamento fornecido pela Constituição Federal de 1988, para, em seguida, adentrar no centro nevrálgico do estudo, que é o exame crítico da legislação penal, conferindo maior relevo às infrações criminais reunidas nas Leis 6.766/1979 e 9.605/1988. Esse último percurso focaliza questões como o bem jurídico, os sujeitos ativo e passivo, a estrutura típica do injusto e sanções penais atinentes, sempre buscando destacar as modernas tendências a respeito do tema - tanto nacionais como internacionais -, assim como alertar sobre os equívocos ocorridos nessa legislação. Nessa perspectiva, constatar-se-á a necessidade de verificar se a gestão e a utilização racional do espaço, e o desenvolvimento sócio-econômico equilibrado de suas áreas, interferem na melhoria da qualidade de vida das presentes e futuras gerações..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Teoria da norma jurídico-penal: problemas fundamentais
Descrição: O projeto consiste em um estudo sobre os aspectos mais relevantes da teoria da norma jurídico-penal. Para tanto, tratar-se-á de analisar em primeiro lugar o conceito de norma ética, diferenciando entre aquelas normas de conteúdo jurídico e as demais regras que regem a vida em sociedade, como as normas morais, as regras de trato social e as normas religiosas. Após situar o estudo no âmbito das normas jurídicas e de traçar suas principais características (generalidade, abstratividade, bilateralidade, imperatividade e coercibilidade), o projeto se concentrará na análise dos requisitos de validez e eficácia das normas de Direito, com especial ênfase no aspecto da legitimidade das leis. A partir de então, o exame da matéria se concentrará no estudo da norma penal e suas peculiaridades, distinguindo entre este conceito e o conceito de lei penal, e as demais fontes do Direito. Para melhor compreender esse conceito, lançar-se-á mão da doutrina kaufmanniana, segundo a qual a origem da norma jurídica se acha estruturada em vários níveis, em uma seqüência escalonada de valorações (valorações de bens jurídicos e valorações do acontecer). Em seguida, o projeto cuidará do estudo da estrutura lógica da norma jurídico-penal, como proposição imperativa que se manifesta através de mandados ou proibições implicitamente considerados. Nesse particular aspecto, serão estudados os dois elementos componentes da estrutura da norma jurídico-penal: o tipo legal e a sanção penal. Outro aspecto relevante a ser considerado é o relativo às normas penais em branco: seu conceito, classificação e os principais efeitos de seu emprego pelo legislador. Ao depois, o projeto se cinge ao exame dos diferentes métodos e resultados da interpretação da lei penal, ao que se segue uma análise das implicações mais relevantes a respeito da aplicação da lei penal, com especial destaque para as limitações ao uso do argumento analógico em matéria penal..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2007
Ilícito penal e ilícito administrativo: o problema da acessoriedade administrativa no âmbito do injusto penal ambiental.
Descrição: Trata-se de um estudo sobre os modelos de acessoriedade administrativa em matéria penal ambiental, com a análise crítica dos tipos penais constantes da Lei 9.605/98 (Lei dos Crimes Ambientais)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2008
Questões fundamentais relativas à intervenção penal em matéria de biotecnologia
Descrição: O presente projeto propões delinear algumas questões fundamentais relativas à intervenção penal em matéria de biotecnologia, em especial as inovações biotecnológica. Pretende também: - definir os conceitos e alcance da biotecnologia, biodiversidade e biossegurança; - esclarecer os limites da liberdade de investigação ante os riscos oriundos da aplicação na biotecnologia; - delimitar a função do Direito Penal Moderno e sua transcendência para a biotecnologia; - analisar a proteção da biossegurança através dos delitos penais relativos aos organismos geneticamente modificados; - definir a relação do Direito Penal com os transgênicos: plantas, animais e alimentos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Luiz Regis Prado - Coordenador.
2001 - 2001
Urbanização e meio-ambiente.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1993 - 1993
Bem Jurídico-Penal e Constituição
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1991 - 1991
Dos conceitos jurídicos: possibilidades e limitações.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1989 - 1989
Teoria Jurídica do delito ecológico
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1988 - 1988
A sanção pecuniária como medida de política criminal alternativa.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2011 - Atual
Periódico: Revista da Procuradoria Geral do Banco Central do Brasil
2001 - Atual
Periódico: Ciências Penais
2001 - Atual
Periódico: Revista Jurídica CESUMAR. Mestrado
1997 - Atual
Periódico: Revista de Ciências Jurídicas (Maringá)


Revisor de periódico


2009 - Atual
Periódico: Ciências Sociais Aplicadas em Revista (Cascavel)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Público/Especialidade: Direito Penal.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Público.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Teoria do Direito.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Ambiental.
5.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direitos Especiais.


Idiomas


Alemão
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2011
Doutor Honoris Causa em Direito, Universidad Nacional de San Agustín - Peru.
2003
Membro honorífico do Colegio de Advogados de Arequipa-Peru, Colégio de Advogados de Arequipa.
2001
Professor honorário da Universidad Andina Del Cusco, Universidad Andina Del Cusco-Peru.
2001
Professor honorário La Universidad Católica de Santa Maria, Universidad Católica de Santa Maria. Arequipa-Peru.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
PRADO, L. R.2018PRADO, L. R.; MAYER, M. F. . Dogmática dos crimes de lesa-humanidade. REVISTA DE DIREITO CONSTITUCIONAL E INTERNACIONAL, v. 105, p. 467-536, 2018.

2.
PRADO, L. R.2018PRADO, L. R.. Réquiem para José Cerezo Mir. REVISTA DOS TRIBUNAIS (SÃO PAULO. IMPRESSO), v. 986, p. 503-506, 2018.

3.
PRADO, L. R.2017PRADO, L. R.; SANTOS, D. P. . Infracción (crimen) de responsabilidad y juicio político en Brasil. Revista Derecho Penal, v. 2, p. 455-479, 2017.

4.
PRADO, L. R.2016PRADO, L. R.; PREZZI, D. . Infração (crime) de responsabilidade e impeachment. Revista de Direito Constitucional e Internacional, v. 95, p. 61-80, 2016.

5.
PRADO, L. R.2016PRADO, L. R.; CASTRO, B. A. . Pena de multa e progressão de regime executório. Ativismo judicial. Revista dos Tribunais (São Paulo. Impresso), v. 966, p. 183-200, 2016.

6.
PRADO, L. R.2015PRADO, L. R.; CASTRO, B. A. . Delito licitatório e bem jurídico-penal: algumas observações. Revista dos Tribunais (São Paulo. Impresso), v. 957, p. 259-272, 2015.

7.
PRADO, L. R.2015PRADO, L. R.; ROSSETO, P. C. . Contributo ao estudo da corrupção delitiva entre particulares. Revista Brasileira de Ciências Criminais, v. 114, p. 51-97, 2015.

8.
PRADO, L. R.2015PRADO, L. R.; CASTRO, B. A. . Delito licitatório e bem jurídico-penal: algumas observações. Revista dos Tribunais (São Paulo. Impresso), v. 957, p. 259-272, 2015.

9.
PRADO, L. R.2014PRADO, L. R.. Falso testemunho e comissão parlamentar de inquérito. Revista dos Tribunais (São Paulo. Impresso), v. 942, p. 143-157, 2014.

10.
PRADO, L. R.2013PRADO, L. R.. El nuevo tratamiento penal del blanqueo de capitales en el Derecho brasileño. Revista Derecho Penal, v. 2, p. 137-173, 2013.

11.
PRADO, L. R.2013PRADO, L. R.. Associação criminosa - Crime organizado (Lei 12.850/2013). Revista dos Tribunais (São Paulo. Impresso), v. 938, p. 241-297, 2013.

12.
PRADO, L. R.2013PRADO, L. R.. El nuevo tratamiento penal del blanqueo de capitales en el Derecho brasileño. Revista de Derecho Penal y Criminología, v. 10, p. 379-412, 2013.

13.
PRADO, L. R.2012PRADO, L. R.. O novo tratamento penal da lavagem de dinheiro. Revista dos Tribunais (São Paulo. Impresso), v. 926, p. 401, 2012.

14.
PRADO, L. R.2011PRADO, L. R.. La norma penal como norma de conducta. Revista de Derecho Penal y Criminología, v. 5, p. 145-172, 2011.

15.
PRADO, L. R.2011PRADO, L. R.. Novo Código Penal espanhol (Lei Orgânica 5/2010): responsabilidade penal do ente coletivo - impressões iniciais. Ciências Penais, v. 14, p. 431-437, 2011.

16.
PRADO, L. R.2010PRADO, L. R.; CASTRO, B. A. . Acerca da autonomia da ordenação do território enquanto bem jurídico-penal. Revista de Direito Ambiental, v. 59, p. 92-123, 2010.

17.
PRADO, L. R.2010PRADO, L. R.. Norma penal como norma de conduta. Ciências Penais, v. 12, p. 231-260, 2010.

18.
PRADO, L. R.2009PRADO, L. R.; CASTRO, B. A. . Crime organizado e sistema jurídico brasileiro: a questão da conformação típica. Revista dos Tribunais (São Paulo. Impresso), v. 890, p. 409-443, 2009.

19.
PRADO, L. R.2009PRADO, L. R.. Los delitos de cohecho y de tráfico de influencias en las transacciones comerciales internacionales conforme ao Código Penal brasileño. Revista de Derecho Penal y Criminología, v. 1, p. 147-174, 2009.

20.
PRADO, L. R.2008PRADO, L. R.. O ambiente como bem jurídico-penal. Revista de Direito Ambiental, v. 50, p. 133-158, 2008.

21.
PRADO, L. R.2008PRADO, L. R.; HAMMERSCHMIDT, D. . A clonagem terapêutica e seus limites de permissibilidade na Lei de Biossegurança brasileira (Lei 11.105/05). Revista Jurídica do Ministério Público de Mato Grosso, v. 4, p. 105-116, 2008.

22.
PRADO, L. R.2008PRADO, L. R.. Algumas notas sobre a omissão punível. Revista dos Tribunais (São Paulo), v. 872, p. 433-455, 2008.

23.
PRADO, L. R.2008PRADO, L. R.. El ambiente como bien jurídico-penal: aspectos conceptuales y delimitadores. Revista Penal, v. 22, p. 109-124, 2008.

24.
PRADO, L. R.2007PRADO, L. R.. Delito de lavagem de capitais: um estudo introdutório. Revista dos Tribunais (São Paulo), v. 860, p. 433-455, 2007.

25.
PRADO, L. R.2006PRADO, L. R.. Adequação social e risco permitido: aspectos conceituais e delimitativos. Revista dos Tribunais (São Paulo), São Paulo-SP, v. 844, p. 435-451, 2006.

26.
PRADO, L. R.2006PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M. ; ARMELIN, P. K. . Crimes contra o patrimônio cultural. Ciências Penais, v. 4, p. 165-187, 2006.

27.
PRADO, L. R.2006PRADO, L. R.. Tutela jurídico-penal do sigilo das operações financeiras. Ciências Penais, v. 5, p. 144-159, 2006.

28.
PRADO, L. R.2005PRADO, L. R.. Aborto anencefálico e sua natureza jurídica-penal: breves reflexões.. Boletim Icp, São Paulo-SP, n.64, p. 2-4, 2005.

29.
PRADO, L. R.2005PRADO, L. R.. OGMS e Direito Penal. Ifocrim Boletim Informativo de Ciências Criminais, Goiânia-GO, n.2, p. 11-13, 2005.

30.
PRADO, L. R.2005PRADO, L. R.. A metotodologia onto-axiológica e o sentido social típico da conduta:crítica à doutrina positivista-normativa. Revista dos Tribunais (São Paulo), São Paulo-SP, v. 839, p. 421-443, 2005.

31.
PRADO, L. R.2005PRADO, L. R.. OGMs e Direito Penal. Boletim do Icp Instituto de Ciências Penais, São Paulo, n.58, p. 2-5, 2005.

32.
PRADO, L. R.2005PRADO, L. R.. Biossegurança e Direito Penal. Revista dos Tribunais (São Paulo), São Paulo, n.835, p. 415-433, 2005.

33.
PRADO, L. R.2005PRADO, L. R.. Teoria dos fins da pena: breves reflexões. Revista da Associação Brasileira de Professores de Ciências Penais, São Paulo, v. 0, p. 143-158, 2005.

34.
PRADO, L. R.2005PRADO, L. R.. Os novos delitos de corrupção e tráfico de influência internacional no direito brasileiro. Revista dos Tribunais (São Paulo), São Paulo-SP, v. 813, p. 429-445, 2005.

35.
PRADO, L. R.2005PRADO, L. R.. A imputação objetiva no Direito Penal Brasileirao. Ciências Penais, v. 3, p. 81-110, 2005.

36.
PRADO, L. R.2005PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M. ; MELLO NETO, B. S. . Aspectos gerais da tutela penal da ordenação do território nas leis 6.766/79 e 9.605/98: autonomia do bem jurídico-penal ordenação do território. Revista de Ciências Jurídicas (Maringá), v. 3, p. 5-29, 2005.

37.
PRADO, L. R.2004PRADO, L. R.. Teoria dos fins da pena: breves reflexões. Ciências Penais, São Paulo-SP, v. 0, p. 143-158, 2004.

38.
PRADO, L. R.2003PRADO, L. R.. Os novos delitos de corrupção e tráfico de influência internacional no direito brasileiro. Revista dos Tribunais (São Paulo), São Paulo, v. 813, p. 429-445, 2003.

39.
PRADO, L. R.2002PRADO, L. R.. Teorias da imputação objetiva do resultado: uma abordagem crítica. Revista dos Tribunais (São Paulo), São Paulo, v. 798, p. 445-460, 2002.

40.
PRADO, L. R.2002PRADO, L. R.. Considerações sobre o novo delito de assédio sexual. Revista dos Tribunais (São Paulo), São Paulo, v. 795, p. 452-463, 2002.

41.
PRADO, L. R.2002PRADO, L. R.. O bem jurídico tutelado nos novos delitos de corrupção e de tráfico de influência internacional. Boletim IBCCRIM, v. 119, p. 13-14, 2002.

42.
PRADO, L. R.2001PRADO, L. R.. Os novos crimes contra as finanças públicas. Revista dos Tribunais (São Paulo), São Paulo, v. 786, p. 500-519, 2001.

43.
PRADO, L. R.2001PRADO, L. R.. Acerca do tipo de injusto de apropriação indébita previdenciária. Zygon (Chicago), Maringá-PR, v. 1, p. 109-128, 2001.

44.
PRADO, L. R.2000PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M. . Delito político e terrorismo: uma aproximação conceitual. Revista dos Tribunais (São Paulo), São Paulo, v. 771, p. 421-447, 2000.

45.
PRADO, L. R.2000PRADO, L. R.. Apontamentos sobre a punibilidade e suas condicionantes positiva e negativa. Revista dos Tribunais (São Paulo), São Paulo, v. 776, p. 440-452, 2000.

46.
PRADO, L. R.2000PRADO, L. R.. Ambiente e Constituição: o mandato expresso de criminalização. Revista de Ciências Jurídicas (Maringá), Maringá, v. v.6/02, p. 101-113, 2000.

47.
PRADO, L. R.2000PRADO, L. R.. La cuestion de la responsabilidad penal de la persona juridica en derecho brasileño. Revista de Derecho Penal y Criminologia, Madrid, v. 6, p. 273-303, 2000.

48.
PRADO, L. R.2000PRADO, L. R.. Manipulação genética e direito penal: um estudo aproximativo. Grandes Temas da Atualidade, v. 1, p. 177-202, 2000.

49.
PRADO, L. R.1999PRADO, L. R.. O injusto penal e a culpabilidade como magnitudes graduáveis. Revista Brasileira de Ciências Criminais, São Paulo, v. 27, p. 128-142, 1999.

50.
PRADO, L. R.1999PRADO, L. R.. Do deôntico ao razoável: ensaio de lógica jurídica. Revista de Ciências Jurídicas, Maringá, v. n.1/99, p. 23-40, 1999.

51.
PRADO, L. R.1998PRADO, L. R.. Concurso aparente de leis penais - uma aproximação. Revista de Ciências Jurídicas, Maringá, v. n.2/98, p. 239-244, 1998.

52.
PRADO, L. R.1998PRADO, L. R.. Princípios penais de garantia e a nova lei ambiental. Boletim IBCCRIM, São Paulo, v. nº 70, 1998.

53.
PRADO, L. R.1998PRADO, L. R.. Responsabilidade penal da pessoa jurídica em matéria ambiental. Boletim IBCCRIM, São Paulo, v. nº 65, 1998.

54.
PRADO, L. R.1998PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M. . Quadro comparativo das infrações penais contra o ambiente (Lei n. 9.605/98 e legislação anterior). IBCCrim - Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, São Paulo, v. 65, p. 1-2, 1998.

55.
PRADO, L. R.1998PRADO, L. R.. Crime ambiental: responsabilidade penal da pessoa jurídica?. IBCCrim - Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, São Paulo, v. 65, p. 2-3, 1998.

56.
PRADO, L. R.1997PRADO, L. R.. Argumento analógico em matéria penal. Revista de Ciências Jurídicas, Maringá, v. n.1/97, p. 161-171, 1997.

57.
PRADO, L. R.1996PRADO, L. R.. Argumento analógico em matéria penal. Revista dos Tribunais (São Paulo), São Paulo, v. 734, p. 541-548, 1996.

58.
PRADO, L. R.1996PRADO, L. R.. Multa substitutiva: medida de política criminal alternativa. Revista dos Tribunais, São Paulo, v. 722, p. 404-413, 1996.

59.
PRADO, L. R.1996PRADO, L. R.. Responsabilidade penal da pessoa jurídica - o modelo francês. Boletim do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, São Paulo, v. 46, p. 3-3, 1996.

60.
MIR, J. C.1995MIR, J. C. ; PRADO, L. R. . Finalismo, hoje. Revista dos Tribunais, São Paulo-SP, p. 12-23, 1995.

61.
MIR, J. C.1995MIR, J. C. ; PRADO, L. R. . Finalismo, hoje. Revista Brasileira de Ciências Criminais, São Paulo-SP, p. 25-34, 1995.

62.
MARTIN, M. J. L.1995MARTIN, M. J. L. ; PRADO, L. R. . Direito penal ambiental francês. Revista dos Tribunais, São Paulo-SP, p. 12-34, 1995.

63.
PRADO, L. R.1995PRADO, L. R.; BITENCOURT, C. R. . Princípios fundamentais do direito penal. Revista Unimar Jurídica, v. 14, p. 7-16, 1995.

64.
PRADO, L. R.1994PRADO, L. R.. Del sistema de conminación de la multa en el código penal brasileño. Anuario de Derecho Penal y Ciencias Penales, Madri-Espanha, n.II, p. 695-705, 1994.

65.
PRADO, L. R.1994PRADO, L. R.. Alguns aspectos da tutela penal do ambiente no Brasil. Alguns Aspectos da Tutela Penal do Ambiente no Brasil, Madri-Espanha, 1994.

66.
PRADO, L. R.1993PRADO, L. R.. Atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública - competência. Revista Unimar Jurídica, Maringá-PR, v. 13, p. 0-0, 1993.

67.
PRADO, L. R.1993PRADO, L. R.. Lógica das normas. Revista Unimar Jurídica, Maringá-PR, v. 13, p. 59-71, 1993.

68.
PRADO, L. R.1992PRADO, L. R.. A tutela constitucional do ambiente. Revista dos Tribunais, São Paulo-SP, v. 675, p. 0-0, 1992.

69.
PRADO, L. R.1992PRADO, L. R.. Falso testemunho. Revista dos Tribunais, São Paulo, v. 1, p. 118-126, 1992.

70.
PRADO, L. R.1991PRADO, L. R.. A lógica do razoável. Unimar Jurídica, v. 11, p. 0-0, 1991.

71.
PRADO, L. R.1990PRADO, L. R.. Do sistema de cominação da pena de multa no código penal brasileiro. Revista dos Tribunais, São Paulo-SP, v. 650, p. 0-0, 1990.

72.
PRADO, L. R.1990PRADO, L. R.. Medida provisória e reserva legal. UNIMAR JURIDICA, v. 10, p. 0-0, 1990.

73.
PRADO, L. R.1985PRADO, L. R.. A dialética juspositivista em torno da noção de Estado de Direito. Revista dos Tribunais. Cadernos de Direito Constitucional e Ciência Política, v. 4, p. 268-286, 1985.

74.
PRADO, L. R.1982PRADO, L. R.; ARAUJO, L. A. . Alguns aspectos das limitações ao direito de extraditar. Revista dos Tribunais (São Paulo), São Paulo, v. 564, p. 281-295, 1982.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal brasileiro, Parte Geral, volume I. 16. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2018. v. 1. 540p .

2.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal brasileiro, Parte Especial, volume II. 16. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2018. v. 1. 1038p .

3.
PRADO, L. R.. Comentários ao Código Penal. 11. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2017. v. 1. 1003p .

4.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal brasileiro, volume II - Parte Especial. 15. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2017. v. 1. 1006p .

5.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal brasileiro, volume I, Parte Geral. 15. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2017. v. 1. 524p .

6.
PRADO, L. R.. Tratado de Direito Penal brasileiro, volume I, Parte Geral. 2. ed. São Paulo: Revista Dos Tribunais, 2017. v. 1. 1179p .

7.
PRADO, L. R.. Tratado de Direito Penal brasileiro, volume II, Parte Especial. 2. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2017. v. 1. 638p .

8.
PRADO, L. R.. Tratado de Direito Penal brasileiro, volume III, Parte Especial. 2. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2017. v. 1. 718p .

9.
PRADO, L. R.. Tratado de Direito Penal brasileiro, volume IV, Parte Especial. 2. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2017. v. 1. 570p .

10.
PRADO, L. R.. Direito Penal do Ambiente. 6. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2016. v. 1. 430p .

11.
PRADO, L. R.. Direito Penal Econômico. 7. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2016. v. 1. 604p .

12.
PRADO, L. R.; SERRANO MAÍLLO, Alfonso . Curso de Criminologia. 3. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2016. v. 1. 512p .

13.
PRADO, L. R.. Bem Jurídico-Penal e Constituição. 7. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2015. 174p .

14.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal brasileiro. 14. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2015. 1643p .

15.
PRADO, L. R.. Comentários ao Código Penal. 10. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2015. v. 1. 1262p .

16.
PRADO, L. R.. Doutrina, Processos e Procedimentos. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2015. v. 4.

17.
PRADO, L. R.. Tratado de Direito Penal brasileiro: parte geral: volume 1. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014. v. 1. 430p .

18.
PRADO, L. R.. Tratado de Direito Penal brasileiro: parte geral: teoria jurídica do delito, volume 2. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014. v. 2. 620p .

19.
PRADO, L. R.. Tratado de Direito Penal brasileiro: parte geral: consequências jurídicas do delito, volume 3. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014. v. 3. 412p .

20.
PRADO, L. R.. Tratado de Direito Penal brasileiro: parte especial: arts. 121 a 154-A, volume 4. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014. v. 4. 412p .

21.
PRADO, L. R.. Tratado de Direito Penal brasileiro: parte especial: arts. 155 a 249, volume 5. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014. v. 5. 668p .

22.
PRADO, L. R.. Tratado de Direito Penal brasileiro: parte especial: arts. 250 a 311-A, volume 6. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014. v. 6. 512p .

23.
PRADO, L. R.. Tratado de Direito Penal brasileiro: parte especial: arts. 312 a 359-H, volume 7. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014. v. 7. 654p .

24.
PRADO, L. R.. Tratado de Direito Penal brasileiro: parte especial: Direito Penal Econômico. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014. v. 8. 510p .

25.
PRADO, L. R.. Tratado de Direito Penal brasileiro: parte especial: Direito Penal do Ambiente. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014. v. 9. 448p .

26.
PRADO, L. R.; CARVALHO, É. M. DE ; CARVALHO, G. M. DE . Curso de Direito Penal brasileiro. 13. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014. v. 1. 1630p .

27.
PRADO, L. R.. Comentários ao Código Penal. 9. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014. v. 1. 1147p .

28.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal brasileiro. Parte Especial - vol. 3. 9. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2013. 988p .

29.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal brasileiro. Parte Especial - vol. 2. 11. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2013. 1018p .

30.
PRADO, L. R.. Direito Penal Econômico. 5. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2013. 430p .

31.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal brasileiro. 12. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2013. 873p .

32.
PRADO, L. R.; SERRANO MAÍLLO, Alfonso . Curso de Criminologia. 2. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2013. 448p .

33.
PRADO, L. R.. Comentários ao Código Penal. 8. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2013. 1088p .

34.
PRADO, L. R.. Bem Jurídico Penal. 6. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2013. 128p .

35.
PRADO, L. R.. Direito Penal do Ambiente. 5. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2013. v. 1. 411p .

36.
PRADO, L. R.; HAMMERSCHIMIDT, Denise ; MARANHAO, D. B. ; COIMBRA, M. . Direito de Execução Penal. 3. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2013. v. 1. 301p .

37.
PRADO, L. R.. Direito de Execução Penal. 3. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2013. v. 1. 301p .

38.
PRADO, L. R.. Norma penal como norma de conducta (Serio: Derecho Penal, v. 5). 1. ed. Mexico D.F: Ubijus, 2012. v. 1. 47p .

39.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal brasileiro Parte Geral. 11. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2012. v. 1. 873p .

40.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal brasileiro - Parte Especial- v. 2. 10. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2012. v. 1. 1004p .

41.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal brasileiro - Parte Especial - v. 3. 8. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2012. v. 1. 985p .

42.
PRADO, L. R.. Comentários ao Código Penal. 7. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2012. v. 1. 1069p .

43.
PRADO, L. R.. Direito Penal do Ambiente. 4. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2012. 411p .

44.
PRADO, L. R.. Comentários ao Código Penal. 6. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011. v. 1. 1023p .

45.
PRADO, L. R.. Bem jurídico-penal e Constituição. 5. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011. v. 1. 127p .

46.
PRADO, L. R.. Direito Penal econômico. 4. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011. v. 1. 411p .

47.
PRADO, L. R.. Direito Penal do ambiente. 3. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011. v. 1. 396p .

48.
PRADO, L. R.; DOTTI, R. A. (Org.) . Doutrinas Essenciais: Direito Penal econômico e da empresa. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011. v. 7. 8537p .

49.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal brasileiro, v. 1. Parte Geral. 9. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2010. v. 1. 688p .

50.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal brasileiro, v. 2, Parte Especial. 8. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2010. v. 1. 736p .

51.
PRADO, L. R.; DOTTI, R. A. (Org.) . Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica: em defesa do princípio da imputação penal subjetiva. 2. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2010. v. 1. 352p .

52.
PRADO, L. R.. Bien jurídico-penal y Constitución. 1. ed. Lima: Ara Editores, 2010. v. 1. 109p .

53.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal brasileiro - volume 1 - Parte Geral. 10ª. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2010. v. 3. 720p .

54.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal Brasileiro - Parte Geral. 10. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2010. v. 1. 718p .

55.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal Brasileiro - Parte Especial (v. 2). 9. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2010. v. 1. 809p .

56.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal Brasileiro - Parte Especial (v.3). 7. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2010. v. 1. 832p .

57.
PRADO, L. R.. Direito Processual Penal - Parte I. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2009. v. 1. 303p .

58.
PRADO, L. R.. Direito Processual Penal - Parte II. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2009. v. 1. 160p .

59.
PRADO, L. R.. Direito Processual Penal - Parte III: Execução Penal. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tibunais, 2009. v. 1. 156p .

60.
PRADO, L. R.. Direito Penal do ambiente: meio ambiente, patrimônio cultural, ordenação do território e biossegurança.. 2. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2009. v. 1. 379p .

61.
PRADO, L. R.. Bem jurídico-penal e Constituição. 4. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2009. v. 1. 100p .

62.
PRADO, L. R.. Direito Penal econômico. 3. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2009. v. 1. 400p .

63.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal Brasileiro - Parte Especial - Volume 2. 7. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2008. v. 1. 800p .

64.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal Brasileiro - Parte Especial - Volume 3. 5. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2008. v. 1. 812p .

65.
PRADO, L. R.. Direito Penal, v. 4. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2008. v. 1. 144p .

66.
PRADO, L. R.. Direito Penal v. 3. São Paulo: RT, 2008. v. 1. 128p .

67.
PRADO, L. R.. Direito Penal, v. 2. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2008. v. 1. 144p .

68.
PRADO, L. R.. Direito Penal, v. 1. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2008. v. 1. 224p .

69.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal Brasileiro, v.1 - Parte Geral. 8. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2008. 702p .

70.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro - parte geral.. 7. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2007. v. 1. 796p .

71.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro - parte especial. 6. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2007. v. 2. 686p .

72.
PRADO, L. R.. Comentários ao Código Penal. 4. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2007. v. 1. 1054p .

73.
PRADO, L. R.. Direito penal econômico. 2. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2007. v. 1. 432p .

74.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M. . Teorías de la imputación objetiva del resultado: uma aproximación crítica a sus fundamentos. 1. ed. Lima: ARA, 2007. v. 1. 285p .

75.
PRADO, L. R.. Direito penal contemporâneo: estudos em homenagem ao Professor José Cerezo Mir. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2007. v. 1. 416p .

76.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro, parte especial. 5ª. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2006. v. 2. 671p .

77.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro - parte geral. 6ª. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2006. v. 1. 782p .

78.
PRADO, L. R.. Curso de direito peal brasileiro - parte especial. 4. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2006. v. 3. 622p .

79.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal - parte especial. 4ª. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2006. v. 4. 815p .

80.
PRADO, L. R.. Comentários ao código penal. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2006. v. 1. 992p .

81.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M. . Teorias da imputação objetiva do resultado. 2. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2006. v. 1. 268p .

82.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileirao, parte geral. 5ª. ed. São Paulo-SP: Editora Revista dos Tribunais, 2005. v. 1. 859p .

83.
PRADO, L. R.. Curso de Direito Penal Brasileiro - parte especial. , 2005. v. 2.

84.
PRADO, L. R.. Direito Penal do ambiente: meio ambiente, patrimônio cultura, ordenação do território, biossegurança (com análise da Lei 11.105/2005.. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2005. 619p .

85.
PRADO, L. R.. Elementos de direito penal, parte especial. São Paulo-SP: Rerista dos Tribunais, 2005. v. 2. 556p .

86.
PRADO, L. R.. Eleemntos de direito peanl, parte feral. 1ª. ed. 1ª: , 2005. v. 1. 302p .

87.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro - v. 1 - parte geral. 4. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2004. v. 1. 794p .

88.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro - v. 2 - parte especial. 3. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2004. v. 2. 670p .

89.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro - v. 3 - parte especial. 3. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2004. v. 3. 878p .

90.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro - v. 4 - parte especial. 3. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2004. v. 4. 1148p .

91.
PRADO, L. R.. Bem jurídico-penal e constituição. 3. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2003. v. 1. 120p .

92.
PRADO, L. R.. Comentários ao código penal. 2. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2003. v. 1. 1215p .

93.
PRADO, L. R.. Comentários ao código penal. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2002. v. 1. 1150p .

94.
PRADO, L. R.. Teorias da imputação objetiva do resultado. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2002. v. 1. 173p .

95.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro-P.Especial-v.2. 2. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2002. v. 2. 651p .

96.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro-P.Especial-v.3. 2. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2002. v. 3. 666p .

97.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro-P.Especial-v.4. 2. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2002. v. 4. 860p .

98.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro-P.Geral-v.1. 3. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2002. v. 1. 695p .

99.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro-P.Especial-v. 4. 1ª. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2001. v. v. 4. 864p .

100.
SANCHEZ, J. S. (Org.) ; MARTIN, L. G. (Org.) ; LUISI, L. (Org.) ; PRADO, L. R. (Org.) ; REALE JR., M. (Org.) ; DOTTI, R. A. (Org.) ; RIOS, R. S. (Org.) ; SALES, S. J. S. (Org.) . Responsabilidade penal da pessoa jurídica. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2001. v. 1. 215p .

101.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro-P.Especial-v. 3. 1ª. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2001. v. v. 3. 664p .

102.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro-P.Especial-v. 2. 1ª. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2001. v. v. 2.

103.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro-P.Geral-v. 1. 2ª. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2001. v. v. 1.

104.
PRADO, L. R.. O novo sistema jurídico-penal. 1ª. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2001. 143p .

105.
PRADO, L. R.. Crimes contra o ambiente. 2. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2001. v. 2. 295p .

106.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro-P.Geral-v.1. 2. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2000. v. v. 1. 632p .

107.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro-P.Especial-v.2. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2000. v. v. 2. 629p .

108.
PRADO, L. R.; BITENCOURT, C. R. . Código penal anotado e legislação complementar. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1999. 1321p .

109.
PRADO, L. R.. Curso de direito penal brasileiro. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1999. 531p .

110.
PRADO, L. R.. Crimes contra o ambiente. 1ª. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1998. 295p .

111.
PRADO, L. R.. Bem jurídico-penal e constituição. 2ª. ed. SAO PAULO: REVISTA DOS TRIBUNAIS (NO PRELO), 1997. 104p .

112.
PRADO, L. R.; BITENCOURT, C. R. . Código penal anotado. 1ª. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1997. 1403p .

113.
PRADO, L. R.; BITENCOURT, C. R. . Código Penal anotado e legislação complementar. 1. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1997. v. 1. 1403p .

114.
PRADO, L. R.. Bem jurídico-penal e constituição. 1ª. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1996. 93p .

115.
PRADO, L. R.. Elementos de direito penal-P.Especial. 1ª. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1996. 366p .

116.
PRADO, L. R.. Elementos do direito penal-P.Especial-Colecao Resumos Juridicos II. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 1995. 242p .

117.
PRADO, L. R.; BITTENCOURT, R. C. . Elementos do direito penal-P.Geral-Colecao Resumos Juridicos I. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 1995. 230p .

118.
PRADO, L. R.. Falso testemunho e falsa pericia-2ª Edicao, Revista, Modificada e Ampliada. 2. ed. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 1994. 202p .

119.
PRADO, L. R.. Multa penal. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 1993. 174p .

120.
PRADO, L. R.. Direito penal ambiental-Problemas Fundamentais. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 1992. 143p .

121.
CONDE, F. M. A. E. ; PRADO, L. R. ; TAVARES, J. T. . Teoria geral do delito. Porto Alegre-RS: Sergio Antonio Fabris, 1988. 238p .

122.
PRADO, L. R.. Estudos de filosofia do direito. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 1985. 213p .

123.
PRADO, L. R.. Falso testemunho e falsa pericia. São Paulo-SP: Saraiva, 1984. 184p .

124.
PRADO, L. R.. Pena de multa: aspectos historicos e dogmaticos. São Paulo-SP: Saraiva, 1980. 137p .

Capítulos de livros publicados
1.
PRADO, L. R.. Falso testemunho e comissão parlamentar de inquérito. In: Paschoal, Janaína Conceição; Silveira, Renato de Mello Jorge. (Org.). Livro homenagem a Miguel Reale Júnior. 1ed.Rio de Janeiro: GZ editora, 2014, v. , p. 383-395.

2.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M. . Societas delinquere potest? Desafios e perspectivas da recente Reforma do Código Penal espanhol.. In: Greco, Luís; Martins, Antonio. (Org.). Direito Penal como crítica da pena. Estudos em homenagem a Juarez Tavares por seu 70º aniversário em 2 de setembro de 2012.. 1ed.Madrid: Marcial Pons, 2012, v. , p. 495-517.

3.
PRADO, L. R.. Salud Pública. In: Carlos María Romeo Casabona. (Org.). Enciclopedia de Bioderecho y Bioética. 1ed.Comares: Granada, 2011, v. II, p. 1481-1485.

4.
PRADO, L. R.. A Lei 10.467/2002 e os novos crimes de corrupção e tráfico de influência internacional. In: Luiz Regis Prado; René Ariel Dotti. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal Econômico e da Empresa. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. IV, p. 671-695.

5.
PRADO, L. R.. Delito de lavagem de capitais: um estudo introdutório. In: Luiz Regis Prado; René Ariel Dotti. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal Econômico e da Empresa. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. IV, p. 697-726.

6.
PRADO, L. R.. Argumento analógico em matéria penal. In: Luiz Regis Prado; René Ariel Dotti. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal Econômico e da Empresa. Teoria Geral da Tutela Penal Transindividual. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. I, p. 185-194.

7.
PRADO, L. R.. Algumas notas sobre a omissão punível. In: Luiz Regis Prado; René Ariel Dotti. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal Econômico e da Empresa. Teoria Geral da Tutela Penal Transindividual. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. I, p. 195-225.

8.
CARVALHO, É. M. DE ; PRADO, L. R. . Imputação objetiva no Direito Penal brasileiro. In: Luiz Regis Prado; René Ariel Dotti. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal Econômico e da Empresa. Teoria Geral da Tutela Penal Transindividual. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. I, p. 253-287.

9.
PRADO, L. R.. Norma penal como norma de conduta. In: Luiz Regis Prado; René Ariel Dotti. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal Econômico e da Empresa. Teoria Geral da Tutela Penal Transindividual. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. I, p. 227-252.

10.
PRADO, L. R.. Os novos crimes contra as finanças públicas. In: Luiz Regis Prado; René Ariel Dotti. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal Econômico e da Empresa. Direito Penal Tributário, Previdenciário e Financeiro.. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. V, p. 873-900.

11.
PRADO, L. R.. Tutela jurídico-penal do sigilo das operações financeiras. In: Luiz Regis Prado; René Ariel Dotti. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal Econômico e da Empresa. Direito Penal Tributário, Previdenciário e Financeiro.. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. V, p. 1123-1140.

12.
PRADO, L. R.; CASTRO, B. A. . Crime organizado e sistema jurídico brasileiro: a questão da conformação típica. In: Luiz Regis Prado; René Ariel Dotti. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal Econômico e da Empresa. Direito Penal Empresarial, Crime Organizado, Extradição e Terrorismo.. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. VI, p. 1033-1069.

13.
PRADO, L. R.; CARVALHO, É. M. DE . Delito político e terrorismo: uma aproximação conceitual. In: Luiz Regis Prado; René Ariel Dotti. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal Econômico e da Empresa. Direito Penal Empresarial, Crime Organizado, Extradição e Terrorismo.. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. VI, p. 1235-1269.

14.
PRADO, L. R.; ARAUJO, L. A. . Alguns aspectos das limitações ao direito de extraditar. In: Luiz Regis Prado; René Ariel Dotti. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal Econômico e da Empresa. Direito Penal Empresarial, Crime Organizado, Extradição e Terrorismo.. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. VI, p. 1211-1234.

15.
PRADO, L. R.. Biossegurança e Direito Penal. In: Luiz Regis Prado; René Ariel Dotti. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal Econômico e da Empresa. Direito Penal do Ambiente, Consumidor, Patrimônio genético e Saúde pública.. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. III, p. 1139-1164.

16.
PRADO, L. R.; CARVALHO, É. M. DE ; ARMELIN, P. K. . Crimes contra o patrimônio cultural. In: Luiz Regis Prado; René Ariel Dotti. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal Econômico e da Empresa. Direito Penal do Ambiente, Consumidor, Patrimônio genético e Saúde pública.. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. III, p. 683-708.

17.
PRADO, L. R.; CASTRO, B. A. . Acerca da autonomia da ordenação do território enquanto bem jurídico-penal. In: Luiz Regis Prado; René Ariel Dotti. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal Econômico e da Empresa. Direito Penal do Ambiente, Consumidor, Patrimônio genético e Saúde pública.. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. III, p. 653-682.

18.
PRADO, L. R.. Biossegurança e Direito Penal. In: Paulo Affonso Leme Machado. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Ambiental.. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. V, p. 289-317.

19.
PRADO, L. R.. A tutela constitucional do ambiente no Brasil. In: Paulo Affonso Leme Machado. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Ambiental. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. IV, p. -.

20.
PRADO, L. R.; CASTRO, B. A. . Crime organizado e sistema jurídico brasileiro: a questão da conformação típica. In: Bruno de Morais Ribeiro. (Org.). Direito Penal na atualidade: escritos em homenagem ao Professor Jair Leonardo Lopes. 1ed.Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2010, v. , p. 161-192.

21.
PRADO, L. R.; CASTRO, B. A. . Crime organizado e sistema jurídico brasileiro: a questão da conformação típica. In: Alberto Silva Franco; Guilherme de Souza Nucci. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2010, v. VII, p. 988-1023.

22.
PRADO, L. R.. Delito de lavagem de capitais: um estudo introdutório. In: Alberto Silva Franco; Guilherme de Souza Nucci. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal.. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2010, v. VIII, p. 788-812.

23.
PRADO, L. R.. O injusto penal e a culpabilidade como magnitudes graduáveis. In: Alberto Silva Franco; Guilherme de Souza Nucci. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2010, v. III, p. -.

24.
PRADO, L. R.. Do sistema de cominação da multa no Código Penal brasileiro. In: Alberto Silva Franco; Guilherme de Souza Nucci. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2010, v. IV, p. 383-411.

25.
PRADO, L. R.. Os novos delitos de corrupção e tráfico de influência internacional no Direito brasileiro. In: Alberto Silva Franco; Guilherme de Souza Nucci. (Org.). Doutrinas Essenciais. Direito Penal.. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2010, v. VI, p. 189-215.

26.
PRADO, L. R.. Princípios da dignidade da pessoa humana e humanidade das penas na Constituição Federal de 1988. In: Ivens Gandra Martins e Francisco Rezek. (Org.). Constituição Federal: avanços, contribuições e modificações no processo democrátivo brasileiro. São Paulo: Revista dos Tribunais e Centro de Extensão Universitária, 2008, v. , p. 210-215.

27.
PRADO, L. R.. Aproximación al estudio de las circunstancias del delito: agravantes. In: Emílio José Amaza; Julio Armaz Galdos. (Org.). Estudios de Derecho Penal: libro homenaje a Domingo García Rada. : , 2006, v. 1, p. -.

28.
PRADO, L. R.. Algunos aspectos del proceso legislativo y del control de constitucionalidad de la ley penal en el Derecho brasileño. In: José Luis Díez Ripollés; Ana María Prieto Del Pino; Susana Soto Navarro. (Org.). La política legislativa penal en Occidente: una perspectiva comparada. 1ed.Valencia: Tirant Lo Blanch, 2005, v. , p. 323-353.

29.
PRADO, L. R.. La tutela del patrimonio genético en el Derecho Penal brasileño. In: José Luis Díez Ripollés e outros. (Org.). La ciencia del Derecho Penal ante el nuevo siglo. 1ed.Madrid: Tecnos, 2002, v. , p. 1453-1475.

30.
SANCHEZ, J. S. ; MARTIN, L. G. ; LUISI, L. ; PRADO, L. R. ; REALE JR., M. ; DOTTI, R. A. ; RIOS, R. S. ; SALES, S. J. S. . Responsabilidade penal da pessoa jurídica: fundamentos e implicações. In: Luiz Regis Prado. (Org.). Responsabilidade penal da pessoa jurídica. 1ªed.São Paulo: Revista dos Tribunais, 2001, v. , p. 101-139.

31.
PRADO, L. R.. El nuevo Derecho Penal brasileño del ambiente: cuestiones fundamentales. In: UNED. (Org.). Modernas tendencias en la ciencia del Derecho Penal y en la criminología. 1ed.Madrid: Universidad Nacional de educación a distancia, 2001, v. , p. 219-235.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
PRADO, L. R.. Acerca do tráfico internacional de pessoas. O Estado do Paraná, Curitiba-PR, , v. 5, p. 8 - 9, 16 out. 2005.

2.
PRADO, L. R.. Aborto anencefálico e sua natureza jurídico-penal: breves reflexões. O Estado do Paraná, Curitiba-PR, , v. 653, p. 8 - 8, 09 out. 2005.

3.
PRADO, L. R.. OGMs e Direito Penal. O Estado do Paraná, Curitiba-PR, , v. 633, p. 8 - 9, 22 maio 2005.

4.
PRADO, L. R.. A recente incriminação da clonagem humana reprodutiva. O Estado do Paraná, Curitiba-PR, , v. 633, p. 8 - 9, 22 maio 2005.

5.
PRADO, L. R.. Princípio da insignificância em materia ambiental. Estado de Direito, Porto Alegre.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
PRADO, L. R.. El nuevo derecho penal brasileño del ambiente: cuestiones fundamentales. In: Congreso Internacional Facultad de Derecho de la Uned, 2000, Madrid-Espanha. Modernas Tendências en la Ciencia del Derecho Penal y en la Criminología. Madrid-Espanha: Universidad Nacional de Educación a Distancia, 2000. p. 219-235.

Apresentações de Trabalho
1.
PRADO, L. R.. O princípio da insignificância em matéria ambiental. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
PRADO, L. R.. Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
PRADO, L. R.. O ambiente como bem jurídico-penal. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
PRADO, L. R.. Direito Penal: garantismo ou autoritarismo?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
PRADO, L. R.. Estado Democrático de Direito e Autoritarismo penal. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
PRADO, L. R.. Evolução epistemológica do Direito. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
PRADO, L. R.. Aspectos fundamentais dos delitos omissivos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
PRADO, L. R.. O ambiente como bem jurídico-penal metaindividual. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
PRADO, L. R.. Responsabilidade penal da pessoa jurídica no direito brasileiro. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
PRADO, L. R.. Princípios fundamentais de direito penal. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
PRADO, L. R.. Bem jurídico penal supra-individual. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
PRADO, L. R.. O ambiente como bem jurídico-penal metaindividual. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
PRADO, L. R.. O ambiente como bem jurídico-penal metaindividual. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
PRADO, L. R.. Tipo de injusto culposo e imputação objetiva. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
PRADO, L. R.. Princípios penais fundamentais. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
PRADO, L. R.. Princípios Fundamentais do Direito Penal Moderno. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
PRADO, L. R.. Responsabilidade penal da pessoa jurídica. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
PRADO, L. R.. Corrupção internacional. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
PRADO, L. R.. O ambiente como Bem Jurídico-Penal. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
PRADO, L. R.. O ambiente como Bem Jurídico. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
PRADO, L. R.. O ambiente como bem jurídico-penal metaindividual. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
PRADO, L. R.. A metodologia onto-axiológica e o sentido social típico da conduta: crítica a doutrina positivista normativa. Novas Teses das Ciências Criminais. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
PRADO, L. R.. Princípios fundamentais do Direito Penal. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
PRADO, L. R.. Criminalização do Enriquecimento Ilícito. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
PRADO, L. R.. Bem Jurídico-Penal Supra-Individual. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
PRADO, L. R.. O ambiente como bem jurídico-penal.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
PRADO, L. R.. Mandato Cosntitucional Expresso de Criminalização Ambiental. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
PRADO, L. R.. O Ambiente como Bem Jurídico-Penal. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
PRADO, L. R.. La politica legislativa penal em Brasil: algunos aspectos esenciales. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
PRADO, L. R.. Fraude y corrupción em las transaciones comerciales internacionales (Parte I y II). 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
PRADO, L. R.. Algunos aspectos del proceso legislativo y del control de constitucionalidad de la ley penal em el derecho brasileño. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
PRADO, L. R.. O ambiente como bem jurídico-penal. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

33.
PRADO, L. R.. Bem jurídico penal supra-individual: questões fundamentais. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

34.
PRADO, L. R.. Bases epistemológicas del derecho penal moderno. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
PRADO, L. R.. Bem jurídico penal supra-individual: questões fundamentais. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

36.
PRADO, L. R.. Bem jurídico supra-individual: questões fundamentais. 2003. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

37.
PRADO, L. R.. El nuevo derecho penal brasileiro del ambiente: cuestiones fundamentales. 2000. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

38.
PRADO, L. R.. Novas formas de criminalidade e globalização. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
PRADO, L. R.. Alguns aspectos da responsabilidade penal da pessoa jurídica no direito brasileiro. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
PRADO, L. R.. Novas tendências do direito penal. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
PRADO, L. R.. A nova lei ambiental. 1998. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

42.
PRADO, L. R.. Alguns aspectos da responsabilidade penal da pessoa jurídica no direito brasileiro. 1998. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

43.
PRADO, L. R.. Aspectos fundamentais da lei dos crimes contra o meio ambiente. 1998. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

44.
PRADO, L. R.. Bem jurídico e a nova lei 9605/98. 1998. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

45.
PRADO, L. R.. Tutela penal do ambiente. 1997. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

46.
PRADO, L. R.. Observações sobre o direito penal brasileiro do ambiente. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

47.
PRADO, L. R.. O papel do ministério público na defesa do ambiente. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

48.
PRADO, L. R.. O critério e Reinhard Frank e distinção entre dolo eventual e culpa consciente. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

49.
PRADO, L. R.. Alguns aspectos da proteção jurídica do ambiente no Brasil: o sistema penal e ação pública. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

50.
PRADO, L. R.. Ação civil pública: a contribuição do direito brasileiro. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

51.
PRADO, L. R.. A tutela constitucional do ambiente no direito brasileiro. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

52.
PRADO, L. R.. A defesa jurídico-penal dos interesses difusos no Brasil. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

53.
PRADO, L. R.. Bem jurídico e política criminal moderna. 1994. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

54.
PRADO, L. R.. Bem jurídico e política criminal moderna. 1994. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

55.
PRADO, L. R.. Bem jurídico e política criminal moderna. 1994. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

56.
PRADO, L. R.. Direito penal ambiental. 1994. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
PRADO, L. R.. Parecer sobre denunciação caluniosa (art. 339, CP). São Paulo: Revista dos Tribunais, 2018 (Parecer técnico-jurídico).

2.
DÍEZ RIPOLLÉS, J. L. ; PRADO, L. R. . A racionalidade das leis penais. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2016. (Tradução/Livro).

3.
PRADO, L. R.. Crimes contra o mercado de capitais. Curitiba, 2015. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

4.
WELZEL, H. ; PRADO, L. R. . O novo sistema jurídico-penal. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2015. (Tradução/Livro).

5.
PRADO, L. R.. Crimes de pesca. Curitiba, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

6.
PRADO, L. R.. Lavagem de dinheiro: crime econômico da pós-modernidade. Rio de Janeiro, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

7.
PRADO, L. R.. O novo sistema jurídico-penal: uma introdução à doutrinada ação finalista. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011. (Tradução/Livro).

8.
PRADO, L. R.. Delitos contra o patrimônio florestal. Curitiba, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

9.
PRADO, L. R.. Crimes contra a saúde pública. Curitiba, 2009. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

10.
PRADO, L. R.. O novo sistema jurídico-penal: uma introdução à doutrina da ação finalista. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2009. (Tradução/Livro).

11.
PRADO, L. R.. Punibilidade e delito. São Paulo, 2008. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

12.
PRADO, L. R.. Patrimônio cultural e sistema penal. Curitiba, 2008. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

13.
PRADO, L. R.. Ordem econômica e Direito Penal antitruste. Curitiba, 2008. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

14.
PRADO, L. R.. Crimes contra as relações de consumo: art. 7º da Lei 8.137/90. Curitiba - PR, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

15.
PRADO, L. R.. Crimes contra as finanças públicas: crimes contra a administração pública. Curitiba - PR, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

16.
PRADO, L. R.. Transgênicos e Direito Penal. São Paulo, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

17.
PRADO, L. R.. Delitos falimentares na lei 11.101/05. Curitiba, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

18.
PRADO, L. R.. Patrimônio genético e Direito Penal. Curitiba, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

19.
PRADO, L. R.. Delitos publicitários. Curitiba, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

20.
PRADO, L. R.. Discriminação, preconceito e Direito Penal. Curitiba, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

21.
PRADO, L. R.. Direito Penal contemporâneo. São Paulo, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

22.
PRADO, L. R.. Derecho Penal parte general. São Paulo, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

23.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M. . O horizonte do finalismo e o Direito Penal do inimigo. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2007. (Tradução/Livro).

24.
PRADO, L. R.. Introdução à Criminologia. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 2007. (Tradução/Livro).

25.
PRADO, L. R.. Um modelo dinâmico de legislação penal. Revista Ciências Penais, 2006. (Tradução/Artigo).

26.
PRADO, L. R.. Direito Penal e Biotecnologia. São Paulo, 2005. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

27.
PRADO, L. R.. A racionalidade das leis penais:teoria e prática., 2005. (Tradução/Livro).

28.
PRADO, L. R.. Tutela Penal nas Atividades Nucleares. São Paulo, 2004. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

29.
PRADO, L. R.. Os crimes fiscais e previdenciários: a extinção de punibilidade. Belo Horizonte - MG, 2004. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

30.
PRADO, L. R.. Direito Penal e Sistema informático. São Paulo, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

31.
PRADO, L. R.. Das causas de extinção da punibilidade nos delitos econômicos, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

32.
PRADO, L. R.. Teoria da pena. Curitiba, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

33.
PRADO, L. R.. Tratamento do Injusto Penal da Tortura, 2002. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

34.
PRADO, L. R.. Fauna terrestre no Direito Penal Brasileiro. Belo Horizonte - MG, 2001. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

35.
PRADO, L. R.. O novo sistema jurídico-penal. Uma Introdução à doutrina da ação finalista.. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2001. (Tradução/Livro).

36.
PRADO, L. R.. Tutela Penal do Patrimônio Florestal Brasileiro. São Paulo, 1999. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

37.
PRADO, L. R.. Limites jurídicos à investigação e às suas consequências: o paradigma da clonagem. Maringá-PR: Revista de Ciências Jurídicas, 1999. (Tradução/Artigo).

38.
PRADO, L. R.. Conceito material de culpabilidade. Maringá-PR: Revista de Ciências Jurídicas, 1998. (Tradução/Artigo).

39.
PRADO, L. R.. A proteção penal do ambiente no direito francês. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 1997. (Tradução/Artigo).

40.
PRADO, L. R.. O finalismo, hoje. São Paulo-SP: Revista dos Tribunais, 1997. (Tradução/Artigo).

41.
PRADO, L. R.. Teoria Geral do Delito. Porto Alegre: Sergio Antonio Fabris, 1988. (Tradução/Livro).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
PRADO, L. R.. Parecer sobre um artigo científico submetido ao Conselho Editorial da Revista Acta Scientiarum. 2005.


Demais tipos de produção técnica
1.
PRADO, L. R.. Direito Penal Ambiental. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

2.
PRADO, L. R.. Direito Penal Econômico. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
PRADO, L. R.. Teoria da Norma Penal. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

4.
PRADO, L. R.. Direito Penal Econômico. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

5.
PRADO, L. R.. Teoria da Norma Penal. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

6.
PRADO, L. R.. Curso de Extensão Leis Penais Especiais. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
PRADO, L. R.. Temas fundamentais do Direito Penal Contemporâneo. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
PRADO, L. R.. Protección juridica del medio ambiente, flora y fauna, ordenación del territorio y patrimonio historico. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

9.
PRADO, L. R.. Curso de pós-graduación sobre justicia penal y corte internacional. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
PRADO, L. R.; OLIVEIRA, J. S.; CARVALHO, G. M. DE. Participação em banca de Cíntia Oliveira Domingo. Adolescência e ato infracional: reflexões interdisciplinares à luz do paradigma da proteção integral. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro de estudos superiores de Maringá.

2.
PRADO, L. R.; PRADO, A. R. M; CARVALHO, E. M.. Participação em banca de Giselly Campelo Rodrigues. Contribuição ao estudo jurídico-penal da poluição nas cidades. 2009. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

3.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M.; MARCHEWKA, T. M. N.. Participação em banca de Bruna Azevedo de Castro. Ordenação do território no sistema jurídico-penal brasileiro. 2009. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

4.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M.; SILVA, A.R. I.. Participação em banca de Luis Roberto Gomes. Contribuição ao estudo crítico dos injustos penais de pesca no Direito brasileiro. 2008. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

5.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M.; SILVA, A.R. I.. Participação em banca de Douglas Bonaldi Maranhão. Sistema econômico-financeiro nacional e o crime de evasão de divisas: aspectos dogmáticos. 2008. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

6.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M.; RIBEIRO, B.M. Participação em banca de Talita da Fonseca Arruda. Agrotóxicos e Sistema Penal. 2008. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

7.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Lecir Maria Scalassara. Poluição marinha e proteção jurídica internacional. 2007. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

8.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Lívia Beatrice Trevisol. Células-tronco embrionárias humanas: um estudo crítico-interdisciplinar na lei de biossegurança brasileira. 2007. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

9.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M.; PRADO, A. R. M. Participação em banca de Alexandre Barbosa Lemes. Tutela penal da previdência social. 2007. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

10.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M.; SALES, S. J. S.. Participação em banca de Cláudio Ribeiro Lopes. Fundamentos, fins e limites da pena nos delitos ambientais. 2007. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

11.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M.; PACHECO, D. F.. Participação em banca de David Rodrigues Alfredo Junior. Dos delitos tributários praticados por particulares: análise crítica dos tipos penais previstos nos artigos 1 e 2 da Lei 8.137/90. 2007. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

12.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M.; MINAHIM, M. A.. Participação em banca de Priscila Kutne Armelin. Contribuição ao estudo jurídico-penal do patrimônio cultural. 2007. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

13.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M.; MINAHIM, M. A.. Participação em banca de Patrícia Carraro Rossetto. A problemática da criminalização do enriquecimento ilícito na ordem normativa brasileira. 2007. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

14.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M.; RIBEIRO, B.M. Participação em banca de Adriano Zampieri Calvo. Tutela penal do tráfico de pessoas para fins sexuais. 2007. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

15.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M.; SILVA, A.R. I.. Participação em banca de Benedicto de Souza Mello Neto. Alguns aspectos da tutela penal do mercado de capitais. 2007. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

16.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Denise Hammerschimidt. Proteção jurídico -penal dos organismos geneticamente modificados na lei de giossegurança brasileira. 2005. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

17.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Carla Liliane Waldow Pelegrini. Tratamento jurídico-penal da saúde pública, especialmente em matéira de fraude alimentar. 2005. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

18.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Nelson Roberto Bugalho. Contribuição ao estudo crítico dos injustos penais florísticos no direito brasileiro. 2005. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

19.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Gonçalo Farias de Oliveira Júnior. A Tutela da ordem econômica na Lei 8.137/90: uma aproximação crítica ao Direito Penal Antitruste. 2005. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

20.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Marcos Daniel Veltrini Ticianelli. Alguns aspectos do controle penal da publicidade no Código de Defesa do Consumidor e na Lei 8.137/90. 2005. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

21.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Viviane Tompe Souza Mayrink. Do sujeito passivo na parte especial do Código Penal. 2004. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Federal de Minas Gerais.

22.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Viviane Martins Ribeiro. Problemas fundamentais da tutela penal nas atividades nucleares. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

23.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Silvia Luiza Dariva. Tutela penal dos recursos hídricos. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

24.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Gilciane Allen Baretta. Contribuição para o estudo da extinção da punibilidade nos crimes fiscais e previdenciários. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

25.
PRADO, L. R.; LUISI, L.; RIOS, R. S.. Participação em banca de Adel El Tasse. Pena privativa de liberdade e medidas complementares: um estudo crítico à luz do estado democrático de direito. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

26.
PRADO, L. R.; LUISI, L.; RIOS, R. S.. Participação em banca de Josiane Pilau Bornia. Contribuição ao estudo da proteção jurídico penal em matéria de discriminação e preconceito. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

27.
PRADO, L. R.; LUISI, L.; RIOS, R. S.. Participação em banca de João Francisco de Assis. Justiça penal consensual. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

28.
PRADO, L. R.; LUISI, L.; GRECO FILHO, V.. Participação em banca de Denis Pestana. Proteção jurídico-penal da falência: questões fundamentais. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

29.
PRADO, L. R.; LUISI, L.; GRECO FILHO, V.. Participação em banca de Gilson Sidney Amâncio de Souza. A tutela penal da propriedade industrial e repressão à concorrência desleal. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

30.
PRADO, L. R.; LUISI, L.; GRECO FILHO, V.. Participação em banca de Mário Seto Takeguma. Aspectos fundamentais do tratamento jurídico-penal do parcelamento do solo urbano brasileiro. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

31.
PRADO, L. R.; LUISI, L.; FERRARI, E. R.. Participação em banca de Gisele Mendes de Carvalho. Tutela penal do patrimônio genético. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

32.
PRADO, L. R.; FERRARI, E. R.; LUISI, L.. Participação em banca de Pedro Ivo Andrade. Contribuição ao estudo dos crimes contra as relações de consumo tipificados no art. 7º da lei nº 8.137, de 28 de dezembro de 1990. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

33.
PRADO, L. R.; FERRARI, E. R.; LUISI, L.. Participação em banca de Renato de Lima Castro. A tutela das finanças públicas no código penal brasileiro. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

34.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Rita de Cássia Lopes da Silva. Direito Penal e sistema informático: problemas fundamentais. 2002. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

35.
PRADO, L. R.. Participação em banca de José Lafaieti Barbosa Tourinho. O crime de quadrilha ou bando e associações criminosas no Direito Penal brasileiro. 2002. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

36.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Yuri Carneiro Coelho. A importância do bem jurídico-penal no Estado Democrático de Direito: fundamentos para a determinação de seu conteúdo material. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Federal da Bahia.

37.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Pedro Marcondes. A individualização executória da pena privativa de liberdade no direito brasileiro. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

38.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Amália Regina Donega. Alguns aspectos da responsabilidade penal culposa do médico. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

39.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Robervani Pierin do Prado. Cao fortuito: um estudo jurídico-penal. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

40.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Antonio José Mattos do Amaral. Fundamentos psico-jurídicos no injusto homicídio privilegiado no direito brasileiro. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

41.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Lauri César Bittencourt. O injusto penal do peculato no Direito Penal brasileiro. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

42.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Maria Izabel Batista Alabarces. Questões fundamentais sobre as hipóteses da clemência soberana como causa da extinção da punibilidade. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

43.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Walderez Luiza Moraes. Reflexões sobre o tráfico ilícito de entorpecentes no Direito Penal brasileiro e as orientações atuais da política criminal. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

44.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Sebastião de Campos Almeida. Transplante de órgãos e tecidos humanos e suas implicações: médicas, éticas e jurídicas. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

45.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Mário Coimbra. Tratamento do injusto penal da tortura no direito brasileiro. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

46.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Maurício Kalache. Tutela penal da ordem tributária (uma análise da estrutura do tipo penal nos artigos 1. e 2. da Lei n. 8.137, de 27 de dezembro de 1990. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

47.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Jaqueline Odorico da Silva Tourinho. Tutela jurídico-penal da infância e da juventude: dos maus tratos. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

48.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Paulo Cezar da Silva. Tutela penal do sistema financeiro nacional: reflexões dogmáticas sobre o artigo 4. da Lei 7.492/86. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

49.
PRADO, L. R.. Participação em banca de José Valdecir Cavalini. Tutela penal das licitações e contratos administrativos. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

50.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Luciana Caetano da Silva. Contribuição para o estudo da fauna terrestre no Direito Penal brasileiro. 2000. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

51.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Luciana Caetano da Silva. Contribuição para o estudo da fauna terrestre no direito penal brasileiro. 2000. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

52.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Ataídes Kist. Responsabilidade penal da pessoa jurídica. 1998. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

53.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Érika Mendes de Carvalho. Tutela penal do patrimônio florestal brasileiro. 1998. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

Teses de doutorado
1.
ISHIKAWA, L.; PRADO, L. R.; JUCA, F. P.; MATSUSHITA, T. L.; OLIVEIRA, J. S.. Participação em banca de Antonio José Mattos do Amaral. O tribunal do júri sob o prisma do Estado constitucional e da Constituição Federal, especialmente o princípio da proporcionalidade e a inovação de tese defensiva. 2017. Tese (Doutorado em Função Social do Direito) - Faculdade Autônoma de Direito.

2.
PRADO, L. R.; ISHIKAWA, L.; JUCA, F. P.; OLIVEIRA, J. S.; PONTE, A. C.. Participação em banca de Diego Prezzi Santos. Ordem Pública e Estado Constitucional: a sua prestabilidade conceitual no garantismo. 2017. Tese (Doutorado em Função Social do Direito) - Faculdade Autônoma de Direito.

3.
PRADO, L. R.; PASCHOAL, J.; MAGALHAES, M.; ISHIKAWA, L.; CARNIO, H. G.. Participação em banca de Élcio Arruda. Pena e prisão no mundo antigo. 2016. Tese (Doutorado em Função Social do Direito) - Faculdade Autônoma de Direito.

4.
PRADO, L. R.; AMARANTE, P. D. C.; SAVOIA, M. G.; MELNIK, T.; ATALLAH, A. N.. Participação em banca de Tânia Maria Nava Marchewka. A importância da revisão sistemática como prova científica do diagnóstico e tratamento nos hospitais de custódia e tratamento psiquiátrico do sistema penitenciário brasileiro. 2016. Tese (Doutorado em INTERDISCIPLINAR EM CIÊNCIAS DA SAÚDE) - Universidade Federal de São Paulo.

5.
MINAHIM, M. A.; CARVALHO, É. M. DE; PRADO, L. R.; PRADO, A. R. M; BRANDÃO, C.. Participação em banca de Sebástian Borges de Albuquerque Mello. O conceito material de culpabilidade como fundamento da imposição da pena a um indivíduo concreto em face da dignidade da pessoa humana.. 2008. Tese (Doutorado em Direito) - Universidade Federal da Bahia.

6.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Érika Mendes de Carvalho. La categori de la punibilidade en el Derecho Penal. 2004. Tese (Doutorado em Direito) - Universidade de Zaragoza.

7.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Janaína Conceição Paschoal. Constituição, criminalização e direito penal mínimo. 2002 - Universidade de São Paulo.

8.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Renato de Mello Jorge Silveira. Tutela penal e interesses difusos. 2001 - Universidade de São Paulo.

9.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Sérgio Salomão Shecaira. A responsabilidade penal das pessoas jurídicas. 1997. Tese (Doutorado em Direito) - Universidade de São Paulo.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Carly Urbieta Martins.Tráfico de seres humanos: crime contra a humanidade?. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

2.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Luís Fernando Crivellaro.Regime disciplinar diferenciado como meio individualizador da pena. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

3.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Carla Renata de Azevedo Nascimento.Considerações jurídico-penais sobre a eutanásia: uma análise a luz dos princípios éticos e constitucionais. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

4.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Aline Murta Galacini.Reflexões sobre a natureza jurídico-penal do aborto em casos de anencefalia. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

5.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Carly Urbieta Martins.Tráfico de seres humanos: crime contra a humanidade?. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

6.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Fernanda Vicentini.Transplantes de órgãos. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

7.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Nalu Mara Medeiros.Tráfico ilícito de entorpecentes. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

8.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Gisele Mendes de Carvalho.Gisele Mendes de Carvalho. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

9.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Fernanda Lopes Calonego.Genocídio como crime internacional. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.

10.
PRADO, L. R.. Participação em banca de Franciely Vicentini Herradon.A tutela penal das relações de consumo relativa às desconformidades publicitárias no direito brasileiro. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
PRADO, L. R.; SOUZA, W. A.; ZEDA, J. A.. Comissão Examinadora do processo de promoção para professor titular no Departamento de Direito Público da Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia. 2014. Universidade Federal da Bahia.

2.
LOPES, J. L.; MESTIERI, J.; DOTTI, R. A.; TAVARES, J. T.; PRADO, L. R.. Concurso Público de Provas e Títulos para Professor Titular de Direito Penal. 2010. Universidade Federal de Minas Gerais.

Concurso público
1.
PRADO, L. R.. Concurso para professor não-titular. 1999. Universidade Estadual de Maringá.

2.
PRADO, L. R.. Concurso para professor não-titular. 1997. Universidade Estadual de Maringá.

Livre docência
1.
REALE JR., M.; TAVARES, J. T.; PRADO, L. R.; SHECAIRA, S. S.; PONTE, A. C.. Concurso para Livre-Docência junto ao Departamento de Direito Penal, Medicina Forense e Criminologia. 2010. Universidade de São Paulo.

2.
PRADO, L. R.. Criminologia e direito penal (estudo das escolas sociológicas do crime). 2004. Universidade de São Paulo.

Outras participações
1.
PRADO, L. R.. Concurso para professor colaborador. 1999. Universidade Estadual de Maringá.

2.
PRADO, L. R.. Concurso para professor colaborador. 1998. Universidade Estadual de Maringá.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VII Congresso de Direito da UEL: Democracia. Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica. 2016. (Congresso).

2.
52a Semana Jurídica da UEL. Princípio da Culpabilidade Penal. 2014. (Congresso).

3.
Uniceub. Princípio da Culpabilidade Penal. 2014. (Congresso).

4.
Universidade Católica de Brasília/DF. Princípio da Culpabilidade Penal. 2014. (Congresso).

5.
Universidade Católica do Paraná. Princípio da Culpabilidade Penal. 2014. (Congresso).

6.
Escola do Ministério Público do Distrito Federal. Responsabilidade Penal da pessoa jurídica na atualidade. 2012. (Congresso).

7.
Escola Superior do Ministério Público do Estado de São Paulo. Responsabilidade Penal da pessoa jurídica na atualidade. 2012. (Congresso).

8.
Ordem dos Advogados do Brasil do Distrito Federal. Culpabilidade Penal: princípio e categoria jurídica. 2012. (Congresso).

9.
Congresso brasileiro de Direitos Fundamentais. Ambiente e Constituição. 2011. (Congresso).

10.
Congresso Direito Ambiental. Princípio da Insignificância. 2011. (Congresso).

11.
Departamento de Direito Penal - UNED. La norma penal como norma de conducta. 2011. (Congresso).

12.
Ordem dos Advogados do Brasil. A dimensão constitucional da dignidade humana. 2011. (Congresso).

13.
Pontifício Universidade Católica do Paraná. Culpabilidade: princípio e categoria dogmática. 2011. (Congresso).

14.
Universidade Estácio de Sá. A evolução epistemológica do Direito Penal moderno. 2011. (Congresso).

15.
Universidade Federal da Bahia. Garantismo Penal. 2011. (Congresso).

16.
Universidad Nacional de San Agustín.Algunos aspectos de la dimensión onto-constitucional-penal de la dignidad humana. 2011. (Seminário).

17.
Conferência na Universidade de São Paulo. Responsabilidade Penal da pessoa jurídica. 2010. (Congresso).

18.
Faculdade de Direito de Curitiba. Evolução epistemológica do Direito Penal contemporâneo. 2010. (Congresso).

19.
Universidade Federal de Mato Grosso. Analogia em matéria penal. 2010. (Congresso).

20.
Conferência na Faculdade de Direito - Universidade Federal da Bahia. O ambiente como bem-jurídico penal. 2009. (Congresso).

21.
Pontifício Universidade Católica de Minas Gerais. O ambiente como bem-jurídico penal. 2009. (Congresso).

22.
Congresso Brasileiro de Direito Supraindividual. Direito penal: garantismo ou autoritarismo?. 2008. (Congresso).

23.
Universidade Estácio de Sá. Estado Democrático de Direito e autoritarismo penal. 2008. (Congresso).

24.
Escola da Magistratura do Espírito Santo, Universidade Federal do Espírito Santo, Faculdade de Direito do Espírito Santo e UNIVILA. O ambiente como bem-jurídico penal metaindividual. 2006. (Congresso).

25.
Escola de Advocacia da OAB/GO. Responsabilidade Penal da pessoa jurídica no Direito brasileiro. 2006. (Congresso).

26.
Especialização de Direito da Faculdade Curitiba. Tipo de injusto culposo e imputação objetiva. 2006. (Congresso).

27.
I Congresso de Ciências Penais de Curitiba. O ambiente como bem-jurídico penal. 2006. (Congresso).

28.
I Congresso de Ciências Penais de Curitiba. O ambiente como bem-jurídico. 2006. (Congresso).

29.
I Congresso Internacional de Direito Penal e I Semana Jurídica Integrada das Faculdades de Direito. Bem Jurídico-Penal Supraindividual. 2006. (Congresso).

30.
III Jornada de Estudos Jurídicos da Universidade Estadual de Maringá. Princípios Fundamentais do Direito Penal moderno. 2006. (Congresso).

31.
III Semana Jurídica do Centro de Ensino Superior de Jataí - CESUT. Princípios Fundamentais do Direito Penal. 2006. (Congresso).

32.
III Seminário de Direito Penal e Processual Penal. O ambiente como bem-jurídico penal. 2006. (Congresso).

33.
III Seminário de Direito Penal e Processual Penal.O ambiente como bem-jurídico penal. 2006. (Seminário).

34.
Novas teses das Ciências Criminais & III Encontro bahiano de Direito Penal. Corrupção internacional. 2006. (Congresso).

35.
Novas teses das Ciências Criminais & III Encontro bahiano de Direito Penal. Corrupção internacional. 2006. (Congresso).

36.
Ordem dos Advogados do Brasil do Distrito Federal. O ambiente como bem-jurídico penal metaindividual. 2006. (Congresso).

37.
Universidade Estácio de Sá. O ambiente como bem-jurídico penal metaindividual. 2006. (Congresso).

38.
Universidade Estadual do Rio de Janeiro. O ambiente como bem-jurídico penal metaindividual. 2006. (Congresso).

39.
Universidade Uniandrade. Princípios Penais Fundamentais. 2006. (Congresso).

40.
XLIV Semana Jurídica da Universidade Estadual de Londrina. Responsabilidade Penal da pessoa jurídica. 2006. (Congresso).

41.
Ciclo jurídico de integraçõa: II Simpósio Estadual. Auditório Procurador de Justiça Silvio Aparecido Garcia de Oliveira. Edifício sede do Ministério Público Estadual..O ambiente como bem-jurídico penal. 2005. (Simpósio).

42.
Congresso Brasileiro de Ciências Criminais. Centro de Cultura e Convenções de Gioânia. O ambiente como bem-jurídico penal. 2005. (Congresso).

43.
Congresso brasileiro de Direito Penal e Processual Penal: Homenagem ao Cinquentenário Advocatício de Mauro Viotto. Princípios fundamentais do Direito Penal. 2005. (Congresso).

44.
II Congresso Paranaense de Direito Constitucional e Cidadania: Constituição e Interdisciplinariedade: caminhos para a concretização da cidadania. Mandato Constitucional expresso de Criminalização Ambiental. 2005. (Congresso).

45.
III Congresso Internacional de Direito Penal e III Encontro Paranaense da ABPCP: Direito Penal e Bens Jurídicos Macrossociais.. Bem Jurídico-Penal Supraindividual. 2005. (Congresso).

46.
Novas teses das Ciências Criminais - Ano III & II Encontro bahiano de Direito Penal. A metodologia onto-axiológica e o sentido social típico da conduta: crítica à doutrina positivista normativa. 2005. (Congresso).

47.
Seminário sobre Improbidade Administrativa e enriquecimento ilícito da Controladoria-Geral da União.Criminalização e enriquecimento ilícito. 2005. (Seminário).

48.
Departamento de Direito Penal y Criminología de la Universidad Nacional de Educación a Distancia - UNEDED. Algunos aspectos del proceso legislativo y del control de constitucionalidad de la ley penal en el derecho brasileño.. 2004. (Congresso).

49.
I Encontro Baiano de Direito Penal. Auditório Raul Chaves. Faculdade de Direito da UFBA. Direito Penal Econômico. 2004. (Congresso).

50.
III Semana Acadêmica de Direito: O Direito em debate. Fundação Assis Gurgacz. O ambiente como bem-jurídico penal. 2004. (Congresso).

51.
II Jornada Brasileira de Professores de Ciências Penais e Seminário Internacional em homenagem a Hans Welzel. Bases epistemológicas do Direito Penal Contemporâneo. 2004. (Congresso).

52.
Seminário da Associação Brasileira dos Professores de Ciências Penais. Auditório da Ordem dos Advogados do Brasil.O ambiente como bem-jurídico penal. 2004. (Seminário).

53.
Seminário de Direito Penal & Processo Penal. Teatro João Theotônio.O ambiente como bem-jurídico penal. 2004. (Seminário).

54.
Seminário Internacional de Política Legislativa Penal em Occidente. Faculdad de Derecho da Universidad de Málaga - Espanha.La política legislativa penal em Brasil: algunos aspectos esenciales.. 2004. (Seminário).

55.
Universidad de Castilha-La Mancha. Fraude y corrupción en las transaciones comerciales internacionales (parte I y II). 2004. (Congresso).

56.
I Encontro Brasiliense de Professores de Ciências Penais: as Ciências Penais: adequação à realidade democrática do país. Auditório do Edifício-sede do Ministério Público do Distrito Federal. Bem jurídico supraindividual: questões fundamentais. 2003. (Congresso).

57.
II Congresso Internacional de Direito Penal e Democracia. Universidade Federal da Bahia. Bem jurídico supraindividual: questões fundamentais. 2003. (Congresso).

58.
III Jornada Internacional de Derecho Penal. Faculdad de Ciências Jurídicas y Políticas. Bases epistemológicas del Direito Penal moderno. 2003. (Congresso).

59.
8. Encontro de Ciências Penais.Bem Jurídico Penal Supra-individual. 2002. (Encontro).

60.
Ciclo de Palestras sobre Direito Penal Econômico.Bem jurídico e criminalidade econômica: questões fundamentais. 2002. (Outra).

61.
I Congresso Nacional de Direito Ambiental da OAB-MG. Responsabilidade Penal por Dano ao Meio Ambiente. 2002. (Congresso).

62.
Congresso Internacional de Ciências Penais. Novas formas de criminalidade e globalização. 2000. (Congresso).

63.
Encontro Nacional do CONPEDI.Encontro Nacional do CONPEDI. 1999. (Encontro).

64.
IV Congresso Internacional do Instituto de Ciências Criminais. Aspectos Fundamentais da Lei dos Crimes Contra o Meio Ambiente. 1998. (Congresso).

65.
Simpósio de Direito Ambiental.Bem Jurídico e a nova Lei 9.605/98. 1998. (Simpósio).

66.
Universidade Paranaense. A problemática da responsabilidade penal da pessoa jurídica na Lei 9.605/98. 1998. (Congresso).

67.
Congresso Internacional de Derecho Penal. Congresso internacional de derecho penal. 1997. (Congresso).

68.
Simpósio de Bioética e Biodireito.Simpósio de bioética e biodireito. 1997. (Simpósio).

69.
Simpósio de Direito Penal - Interesses Difusos e Direito Penal.Tutela Penal do Ambiente. 1997. (Simpósio).

70.
.Observações sobre o Direito Penal Brasileiro do Ambiente. 1996. (Outra).

71.
.O papel do Ministério Público na defesa do ambiente. 1996. (Outra).

72.
.Ação civil pública: a contribuição do Direito Brasileiro. 1996. (Outra).

73.
.O critério de Reinhard Frank e distribuição entre dolo eventual e culpa consciente. 1996. (Outra).

74.
.Alguns aspectos da proteção jurídica no Brasil: o sistema penal e a ação pública. 1996. (Outra).

75.
Centro de Direito Ambiental.A tutela constitucional do ambiente no Direito Brasileiro. 1996. (Outra).

76.
Doutorado em Direito.A defesa jurídico-penal dos interesses difusos no Brasil. 1996. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PRADO, L. R.. Congresso Brasileiro de Direito Supra-Individual. 2008. (Congresso).

2.
PRADO, L. R.. Curso de Extensão "Temas Fundamentais do Direito Penal Contemporâneo" (coordenador). 2008. (Outro).

3.
PRADO, L. R.. I Congresso Internacional de Direito Penal e Processual Penal. 2006. (Congresso).

4.
PRADO, L. R.. Congresso Brasileiro de Direito Penal e Processual Penal: Homenagem ao Cinquentenário Advocatício de Mauro Viotto. 2005. (Congresso).

5.
PRADO, L. R.. III Congresso Internacional de Direito Penal e III Encontro Paranaense da ABPCP - Direito Penal e Bens Jurídicos. 2005. (Congresso).

6.
PRADO, L. R.. Congresso internacional de direito penal e I encontro regional da ABPCP. 2003. (Congresso).

7.
PRADO, L. R.. Congresso Latino-Americano de Direito Penal. 2001. (Congresso).

8.
PRADO, L. R.; CARVALHO, E. M. ; BARETTA, G. A. ; PILAU, J. ; SILVA, L. C. ; COIMBRA, M. ; KALACHE, M. ; PRADO, R. P. . Simpósio Brasileiro de Direito Penal. 1999. (Congresso).

9.
PRADO, L. R.. Simpósio Brasileiro de Direito Penal - Reformas e Leis Especiais. 1998. (Congresso).

10.
PRADO, L. R.. Encontro Regional do Conpedi. 1997. (Congresso).

11.
PRADO, L. R.. Simpósio de Bioética e Biodireito. 1997. (Congresso).

12.
PRADO, L. R.. Simpósio de Direito Penal - Interesses Difusos e Direito Penal. 1997. (Congresso).

13.
PRADO, L. R.. Simpósio de Direito Penal. 1997. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Tese de doutorado
1.
Luis Roberto Gomes. Desenvolvimento do conceito material de culpabilidade com fundamento na concepção jurídico-constitucional de pessoa. Início: 2017. Tese (Doutorado em Função Social do Direito) - Faculdade Autônoma de Direito. (Orientador).

2.
Gerson Faustino Rosa. A definição legal do terrorismo e os direitos fundamentais. Início: 2016. Tese (Doutorado em Função Social do Direito) - Faculdade Autônoma de Direito. (Orientador).

3.
Bruna Azevedo de Castro. Fundamentos constitucionais do princípio da culpabilidade penal. Início: 2016. Tese (Doutorado em Função Social do Direito) - Faculdade Autônoma de Direito. (Orientador).

4.
Patricia Carraro Rossetto. La corrupción política: un análisis político-criminal de la realidad iberoamericana. Início: 2014. Tese (Doutorado em Programa de doutorado em Direito e Ciências Sociai) - Universidad de Málaga, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Coorientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Giselly Campelo Rodrigues. Contribuição ao estudo jurídico-penal da poluição nas cidades. 2009. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

2.
Bruna Azevedo de Castro. Ordenação do território no sistema jurídico-penal brasileiro. 2009. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

3.
Talita da Fonseca Arruda. Agrotóxicos e Sistema Penal. 2008. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

4.
Priscila Kutne Armelin. Contribuição ao estudo jurídico-penal do patrimônio cultural. 2007. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

5.
Adriano Zampieri Calvo. Tutela penal do tráfico de pessoas. 2007. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

6.
Patrícia Carraro Rossetto. A problemática da criminalização do enriquecimento ilícito na ordem normativa brasileira. 2007. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

7.
Benedicto de Souza Mello Neto. Tutela penal do mercado de capitais. 2007. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

8.
Lecir Maria Scalassara. Poluição marinha e proteção jurídica internacional. 2007. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

9.
Denise Hammerschimidt. Proteção jurídico-penal dos organismos geneticamente modificados na lei de biossegurança brasileira. 2005. 0 f. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

10.
Carla Liliane Waldow Pelegrini. Tratamento jurídico-penal da saúde pública, especialmente em matéria de fraude alimentar. 2005. 0 f. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

11.
Gonçalo Farias de Oliveira Júnior. A tutela da ordem econômica na Lei 8.137/90: uma aproximação crítica ao Direito Penal Antitruste.. 2005. 0 f. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

12.
Nelson Roberto Bugalho. Contribuição ao estudo crítico dos injustos penais florísticos no direito brasileiro. 2005. 0 f. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

13.
Marcos Daniel Veltrini Ticianelli. Alguns aspectos do controle penal da publicidade no Código de Defesa do Consumidor e na Lei 8.137/90.. 2005. 0 f. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

14.
Gilciane Allen Baretta. Contribuição para o estudo da extinção da punibilidade nos crimes fiscais e previdenciarios. 2003. 0 f. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Luiz Regis Prado.

15.
Silvia Luiza Dariva. Tutela penal dos recursos hídricos. 2003. 0 f. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

16.
Viviane Martins Ribeiro. Problemas fundamentais da tutela penal nas atividades nucleares. 2003. 0 f. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

17.
Gisele Mendes de Carvalho. Tutela penal do patrimônio genético. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Luiz Regis Prado.

18.
Adel El Tasse. Pena privativa de liberdade e medidas complementares: um estudo crítico à luz do estado democrático de direito. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

19.
Josiane Pilau Bornia. Contribuição ao estudo da proteção jurídico-penal em matéria de discriminação e preconceito. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Luiz Regis Prado.

20.
João Francisco de Assis. Justiça penal consensual. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

21.
Denis Pestana. Proteção jurídico-penal da falência: questões fundamentais. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

22.
Gilson Sidney Amâncio de Souza. A tutela penal da propriedade industrial e repressão à concorrência desleal. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

23.
Mário Seto Takeguma. Aspectos fundamentais do tratamento jurídico-penal do parcelamento do solo urbano brasileiro. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

24.
Pedro Ivo Andrade. Contribuição ao estudo dos crimes contra as relações de consumo tipificados no art. 7º da lei nº 8.137, de 28 de dezembro de 1990. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

25.
Renato de Lima Castro. A tutela das finanças públicas no código penal brasileiro. 2003. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

26.
José Lafaieti Barbosa Tourinho. O crime de quadrilha ou bando e associações criminosas no Direito Penal brasileiro. 2002. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

27.
Rita de Cássia Lopes da Silva. Direito Penal e sistema informático: problemas fundamentais. 2002. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

28.
Pedro Marcondes. A individualização executória da pena privativa de liberdade no direito brasileiro. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

29.
Amália Regina Donega. Alguns aspectos da responsabilidade penal culposa do médico. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

30.
Antonio José Mattos do Amaral. Fundamentos psico-jurídicos no injusto homicídio privilegiado no direito brasileiro. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

31.
Lauri César Bittencourt. O Injusto Penal do Peculato no Direito Penal Brasileiro. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

32.
Maria Izabel Batista Alabarces. Questões fundamentais sobre as hipóteses da clemência soberana como causa da extinção da punibilidade. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

33.
Walderez Luiza Moraes. Reflexões sobre o tráfico ilícito de entorpecentes no Direito Penal brasileiro e as orientações atuais da política criminal. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Luiz Regis Prado.

34.
Sebastião de Campos Almeida. Transplante de órgãos e tecidos humanos e suas implicações: médicas, éticas e jurídicas. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

35.
Mário Coimbra. Tratamento do injusto penal da tortura no direito brasileiro. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

36.
Jaqueline Odorico da Silva Tourinho. Tutela jurídico-penal da infância e da juventude: dos maus tratos. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

37.
Maurício Kalache. Tutela Penal da Ordem Tributária (uma análise da estrutura do tipo penal nos artigos 1º e 2º, da Lei nº 8.137, de 27 de dezembro de 1990). 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

38.
José Valdecir Cavalini. Tutela Penal da Licitações e Contratos Administrativos. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

39.
Paulo Cezar da Silva. Tutela penal do sistema financeiro nacional: reflexôes dogmáticas sobre o artigo 4. da Lei 7.492/86. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

40.
Robervant Pierin do Prado. Caso fortuito: um estudo jurídico-penal. 2001. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

41.
Luciana Caetano da Silva. Contribuição para o Estudo da Fauna Terrestre no Direito Penal Brasileiro. 2000. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Luiz Regis Prado.

42.
Ataídes Kist. Responsabilidade penal da pessoa jurídica. 1998. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

43.
Érika Mendes de Carvalho. Tutela Penal do Patrimônio Florestal Brasileiro. 1998. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Luiz Regis Prado.

Tese de doutorado
1.
Diego Prezzi Santos. Ordem Pública e Estado Constitucional: a sua prestabilidade conceitual no garantismo. 2017. Tese (Doutorado em Função Social do Direito) - Faculdade Autônoma de Direito, . Orientador: Luiz Regis Prado.

2.
Antônio José Mattos do Amaral. O Tribunal do Júri sob o prisma do Estado constitucional e da Constituição Federal, especialmente o princípio da proporcionalidade e a inovação de tese defensiva. 2017. Tese (Doutorado em Função Social do Direito) - Faculdade Autônoma de Direito, . Coorientador: Luiz Regis Prado.

3.
Élcio Arruda. Pena e prisão no mundo antigo. 2016. Tese (Doutorado em Função Social do Direito) - Faculdade Autônoma de Direito, . Orientador: Luiz Regis Prado.

4.
Diego Prezzi. Ordem pública processual penal e constituição. 2016. Tese (Doutorado em Função Social do Direito) - Faculdade Autônoma de Direito, . Orientador: Luiz Regis Prado.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Marina Folmann Mayer. Do delito de genocídio. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Ciências Penais) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Marina Folmann Mayer. Crimes contra a humanidade. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

2.
Ana Cláudia Rossaneis. Alguns aspectos Jurídicos-Penais da biossegurança: da manipulação genética e o Direito. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

3.
Vanessa de Cassia Viel. O Direito Penal Internacional ante o Crime de Genocídio. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

4.
Aline Barandas. Responsabilidade Penal da pessoa jurídica nos crimes tributários. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

5.
Carly Urbieta Martins. Tráfico de seres humanos: crime contra a humanidade?. 2005. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

6.
Luís Fernando Crivellaro Medeiros. Regime disciplinar diferenciado como meio individualizador da pena. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

7.
Carla Renata de Azevedo Nascimento. Considerações jurídicos-penais sobre a eutanásia: uma análise a luz dos princípios éticos e constitucionais. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

8.
Aline Murta Glacini. Reflexões sobre a natureza jurídico-penal do aborto em casos de anencefalia. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

9.
Fernanda Lopes Calonego. Genocídio como crime internacional. 2000. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

10.
Fernanda Vicentini. Transplantes de órgãos. 2000. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

11.
Nalu Mara Medeiros. Tráfico ilícito de entorpecentes. 2000. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

12.
Fernanda Lopes Calonego. Genocídio como cirme internacional. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

13.
Gisele Mendes de Carvalho. Aspectos jurídicos-penais da eutanásia. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

14.
Fernanda Vicentini. Transplantes de órgão. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

15.
Nalu Mara Medeiros. Tráfico ilícito de entorpecentes. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

16.
Franciely Vicentini Herradon. A tutela penal das relações de consumo relativa às desconformidades publicitárias no direito brasileiro. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

17.
Gisele Mendes de Carvalho. Aspectos juridico-penais da eutanásia. 1999. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

18.
Franciely Vicentini Herradon. A tutela penal das relações de consumo relativa às desconformidades publicitárias no direito brasileiro. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

19.
Érika Mendes de Carvalho. A tutela penal do patrimônio florestal brasileiro. 1996. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

Iniciação científica
1.
Gisele Mendes de Carvalho. Aspectos Jurídico-Penais da Eutanásia. 2000. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Luiz Regis Prado.

2.
Gisele Mendes de Carvalho. Tutela Penal do Patrimônio Genético. 1999. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Luiz Regis Prado.

3.
Franciely Vicentini Herradon. A tutela penal das relações de consumo relativa às desconformidades publicitárias no direito brasileiro. 1999. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Luiz Regis Prado.

4.
Gisele Mendes de Carvalho. A tutela penal nas relações de consumo relativa as desconformidades publicitárias no direito brasileiro. 1998. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Luiz Regis Prado.

5.
Érida Mendes de Carvalho. Tutela penal do patrimônio genético. 1998. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Luiz Regis Prado.

6.
Érika Mendes de Carvalho. Tutela Penal do Ambiente no Direito Brasileiro - uma análise da tipologia incriminadora. 1997. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Luiz Regis Prado.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/10/2018 às 7:11:42