Paulo Tarso Vilela de Resende

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7201410143183571
  • Última atualização do currículo em 11/12/2018


Possui graduação em Engenharia Civil pela Fundação Mineira de Educação e Cultura (1987), mestrado em - Memphis State University (1991) e doutorado - University of Illinois - System (1994). Atualmente é professor titular da Fundação Dom Cabral. Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Logística Integrada, atuando principalmente nos seguintes temas: logística integrada, cadeias de suprimento, supply chain, mobilidade urbana, transportation planning e planejamento de transportes. Atualmente é Coordenador do Núcleo de Infraestrutura, Logística e Supply Chain da Fundação Dom Cabral. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Paulo Tarso Vilela de Resende
Nome em citações bibliográficas
Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA

Endereço


Endereço Profissional
Fundação Dom Cabral, Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação.
Av. Princesa Diana 760
Alphaville
34000000 - Nova Lima, MG - Brasil
Telefone: (031) 35897434
Fax: (031) 35897402


Formação acadêmica/titulação


1991 - 1994
Doutorado.
University of Illinois - System, UILLINOIS, Estados Unidos.
Título: DEVELOPMENT AND VALIDATION OF VOLUME-TO-CAPACITY BASED ACCIDENT PREDICTION MODELS, Ano de obtenção: 1994.
Orientador: RAY F. BENEKOHAL.
Palavras-chave: Accident Analysis; Accident Models; Volume To Capacity Models.
Grande área: Engenharias
1989 - 1991
Mestrado.
University of Memphis, U of M, Estados Unidos.
Título: COMPARATIVE ANALYSIS OF THE TRANSPORTATION SYSTEMS IN BRASIL AND THE UNITED STATES,Ano de Obtenção: 1991.
Orientador: MARTIN EDWARD LIPINSKI.
Palavras-chave: Comparative Analysis; Transportation Planning; Transportation Systems.
Grande área: Engenharias
1982 - 1987
Graduação em Engenharia Civil.
Fundação Mineira de Educação e Cultura, FUMEC, Brasil.




Formação Complementar


2007 - 2007
Colloquium on Participant - Centered Learning. (Carga horária: 80h).
Harvard Business School, HBS, Estados Unidos.


Atuação Profissional



Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor


Fundação Getulio Vargas - SP, FGV-SP, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor

Atividades

01/2002 - 11/2003
Ensino, Administração de Empresas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Logística Empresarial e Supply Chain Management

Fundação Dom Cabral, FDC, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Diretor de Programas Abertos e Pós Graduação, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2003 - Atual
Vínculo: Professor e Pesquisador, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 160, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor/Pesquisador - Referência de Célula, Carga horária: 160, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2000 - Atual
Ensino, Logística Empresarial, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Gerência de Operações
Planejamento de Transportes
Logística Empresarial
08/1999 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Célula de Competência em Logística e Supply Chain, .


Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais, IBMEC, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: , Enquadramento Funcional: CONSULTOR AD-HOC

Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Diretor Acadêmico, Enquadramento Funcional: Diretor, Carga horária: 160

Vínculo institucional

1999 - 2001
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 5
Outras informações
Professor no IBMEC de Belo Horizonte e Rio de Janeiro

Atividades

08/1992 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento .

01/1991 - Atual
Serviços técnicos especializados .

Serviço realizado
REVISOR DE ARTIGOS - MEMBRO PERMANENTE PARA DEFINICAO DE PROGRAMAS // NO ESTADO DE ILLINOIS.
01/1999 - 02/2001
Ensino, Gestão de Negócios, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Logística Empresarial

Faculdade de Ciências Gerenciais da Una, FCG/UNA, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 2000
Vínculo: , Enquadramento Funcional: CONSULTOR AD-HOC, Carga horária: 20

Atividades

10/1995 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Gerenciais da Una, .


Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 1998
Vínculo: , Enquadramento Funcional: BOLSA RECEM DOUTOR, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

- Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Universidade Federal de Minas Gerais, .

- Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
INICIO MARCO 96 - O PAPEL DOS TRANSPORTES NA POLITICA // ENERGETICA BRASILEIRA
- Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
INICIO EM MARCO 96 - O PAPEL DOS TRANSPORTES NA // POLITICA ENERGETICA BRASILEIRA
- Atual
Estágios , Universidade Federal de Minas Gerais, .

Estágio realizado
CONSULTOR AD-HOC - INSTITUTO PANAMERICANO DE CARRETERAS // CONSULTOR AD-HOC - UNIVERSITY OF ILLINOIS AT URBANA.

University of Illinois - System, UILLINOIS, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1991 - 1994
Vínculo: , Enquadramento Funcional: PESQUISADOR, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/1991 - 12/1994
Pesquisa e desenvolvimento , University of Illinois - System, .



Linhas de pesquisa


1.
PLANEJAMENTO ENERGETICO LIGADO A AREA DE PLANEJAMENTO // DE TRANSPORTES - ANALISE DO TRANSPORTE URBANO E // INTERMODAL DE CARGAS
2.
CONSULTOR PARA DEFINICAO DE CURSOS - PALESTRAS - E OUTROS // DESENVOLVIMENTOS CIENTIFICOS E ACADEMICOS
3.
DEFINICAO DE POLITICAS DE ESTRUTURACAO DE CURSOS DE POS-GRADUACAO // ACOMPANHAMENTO ACADEMICO // EXPANSAO E INTERIORIZACAO
4.
PLANEJAMENTO DE TRANSPORTES RODOVIAS // ENGENHARIA DE SEGURANCA NAS ESTRADAS // TRANSPORTE DE MASSA // PLANEJAMENTO INTERMODAL PARA TRANSPORTE DE MASSA
5.
Supply Chain Management
6.
Logística Integrada


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Tendências na Gestão Avançada nas Grandes Empresas Brasileiras
Descrição: Diagnóstico das principais tendências nos mais destacados pilares da gestão empresarial, com mapeamento das posições atuais e futuras em tais pilares.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador / Paulo Renato de Souza - Integrante.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Auxílio financeiro.
2014 - Atual
Custos Logísticos no Brasil - Segunda Edição
Descrição: Mapeamento dos custos logísticos nas principais cadeias produtivas do Brasil, com ênfase no setor de armazenagem e transportes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador / Paulo Renato de Souza - Integrante.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Auxílio financeiro.
2011 - 2011
Índice de acidentes nas estradas brasileiras
Descrição: Comparar e analisar os índices de acidentes nas estradas pedagiadas e federais. Relacionar a condição das rodovias federais brasileiras quanto ao aspecto de sua geometria (número de faixas, largura de pista, acostamento, entre outros) e o volume de tráfego..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Cooperação.
2010 - 2010
Carência de Profissionais no Brasil
Descrição: Levantamento da demanda de profissionais nos níveis operacional/ técnico e tático/estratégico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Cooperação.
2010 - 2010
Gestão de Processos, Indicadores Analíticos e Impactos sobre o Desempenho Competitivo
Descrição: Identificar e descrever a natureza do relacionamento entre os constructos de orientação para processos de negócios, indicadores analíticos e dimensões competitivas críticas de desempenho do Balanced Scorecard (BSC) de uma amostra de organizações de pequeno, médio e grandes portes dos setores industrial e de serviços com operações no Estado de Minas Gerais e em outros estados da Federação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Cooperação.
2010 - 2010
Índice de acidentes nas estradas brasileiras
Descrição: Comparar e analisar os índices de acidentes nas estradas pedagiadas e federais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Cooperação.
2010 - 2010
Retomada dos Investimentos pós-crise
Descrição: O objetivo é avaliar a retomada dos investimentos pós-crise nas atividades de Gerenciamento das Cadeias de Suprimentos, principalmente no que se refere a Estrutura logísticas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Cooperação.
2009 - 2009
Qualidade de Vida dos Motoristas de Caminhão
Descrição: Identificar os principais fontes de pressão dos motoristas brasileiros; Comparar as fontes de pressão encontradas, com as prescritas pelo modelo de Cooper e seus colaboradores; Identificar se há interferência de estresse na atividade produtiva..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Cooperação.
2009 - 2009
Satisfação em Relação às Estradas Pedagiadas e Tendências Rodoviárias no Brasil
Descrição: Avaliar a percepção dos usuários sobre a situação atual das condições operacionais nas rodovias brasileiras, os custos operacionais, as expectativas gerais e realidade e tendências do pedágio no Brasil..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Cooperação.
2009 - 2009
Segunda Etapa da Pesquisa de Congestionamentos nas Grandes Cidades Brasileiras
Descrição: Medir o grau de exposição dos cidadãos aos congestionamentos; Benchmarking com outros países..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Cooperação.
2009 - 2009
Impacto do Congestionamento na Composição do Custo Operacional das Empresas de Transporte Coletivo de Passageiros nas Cidades de Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Recife.
Descrição: Identificar a participação do congestionamento no custo das passagens em cinco cidades brasileiras..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Cooperação.
2008 - 2008
Mobilidade Urbana nas Grandes Cidades Brasileiras
Descrição: Medir o grau de exposição dos cidadãos aos congestionamentos; Benchmarking com outros países..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Cooperação.
2000 - 2001
Análise do Modelo de Concessão de Sistemas de Transportes no Brasil: Ferrovias e Rodovias
Descrição: Pesquisar os aspectos de gestão do modelo privado de concessões rodoviárias e ferroviárias no Brasil; Estabelecer comparações entre os custos de operação entre modais administrados pelo governo e pela iniciativa privada; Identificar possíveis gargalos e problemas que estejam limitando o potencial de utilização dos modais ferroviário e rodoviário, tendo em vista os parâmetros regulatórios dos sistemas; Identificar os ganhos de eficiência do modelo privado de concessões..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Cooperação.
2000 - 2001
Os impactos da crise financeira global na cadeia de suprimentos
Descrição: Avaliar os impactos da crise econômica mundial nas atividades do Gerenciamento das Cadeias de Suprimentos Brasil e USA.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Cooperação.
2000 - 2001
Obras de Infraestrutura no Brasil
Descrição: Avaliar a importância e o impacto das principais obras de infraestrutura nos diversos setores econômicos do Brasil..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Cooperação.
2000 - 2001
Coordenação das cadeias de suprimento da indústria automobilística com os construtos alinhamento estratégico, vínculos estabelecidos e colaboração. 
Descrição: Levantar a coordenação e o alinhamento das práticas nas cadeias de suprimentos da indústria automobilística..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2000 - 2001
Gestão Estratégica do Suprimento e o impacto no desempenho das empresas brasileiras
Descrição: Avaliar a abrangência da adoção da gestão estratégica de suprimentos nas organizações brasileiras e seu impacto no desempenho dos negócios. Compreender quais as práticas de suprimento mais importantes para as empresas brasileiras, em qual grau de extensão elas são implantadas nos negócios e qual o impacto da adoção das práticas no desempenho dos negócios..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Paulo Tarso Vilela de Resende - Coordenador.Financiador(es): Fundação Dom Cabral - Cooperação.


Membro de corpo editorial


2008 - Atual
Periódico: Revista Mundologística
2007 - Atual
Periódico: Revista DOM da Fundação Dom Cabral
2006 - Atual
Periódico: Interações (Campo Grande) (1518-7012)


Revisor de periódico


2002 - Atual
Periódico: RAE. Revista de Administração de Empresas (0034-7590)
2003 - Atual
Periódico: RAE Executivo (1677-3195)
2003 - Atual
Periódico: E & G. Economia e Gestão (1678-8982)
2016 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Produção / Subárea: Logística Integrada.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Transportes / Subárea: Planejamento de Transportes.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Produção / Subárea: Gerência de Produção.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração de Empresas/Especialidade: Administração da Produção.
5.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Regional e Urbana/Especialidade: Economia Regional.
6.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Planejamento Urbano e Regional.


Idiomas


Inglês
Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


1994
MAGNA C/ LAUDA, UNIVERSITY OF ILLINOIS AT URBANA-CHAMPAIGN/.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE  Data: 09/11/2012

Artigos completos publicados em periódicos

1.
2BRONZO, MARCELO2016BRONZO, MARCELO ; DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA ; OLIVEIRA, MARCOS PAULO VALADARES DE ; SOUZA, P. R. . Os efeitos da abordagem analítica e da gestão orientada para processos sobre o desempenho organizacional de micro e pequenas empresas brasileiras dos setores da indústria e de serviços. Gestão & Produção, p. 486-502, 2016.

2.
1BRONZO, MARCELO2016 BRONZO, MARCELO ; DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA ; OLIVEIRA, MARCOS PAULO VALADARES DE ; SOUZA, P. R. . The effects of analytical and business process orientation approaches the on performance of small and medium industrial and service enterprises in Brazil. Gestão & Produção (UFSCAR. Impresso), v. 23, p. 12, 2016.

3.
3CASTRO, MARIANA RIBEIRO DE2015 CASTRO, MARIANA RIBEIRO DE ; BRONZO, MARCELO ; RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE ; OLIVEIRA, MARCOS PAULO VALADARES DE . RELACIONAMENTOS COLABORATIVOS E DESEMPENHO COMPETITIVO DE EMPRESAS BRASILEIRAS. RAE - Revista de Administração de Empresas, v. 55, p. 314-328, 2015.

4.
4SANTOS, N. M.2014SANTOS, N. M. ; BRONZO, MARCELO ; DE OLIVEIRA, MARCOS PAULO VALADARES ; RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE . Cultura organizacional, estrutura organizacional e gestão de pessoas como bases para um gestão orientada por processos e seus impactos no desempenho organizacional. BBR. Brazilian Business Review (Edição em português. Online), v. 11, p. 106-129, 2014.

5.
5BRONZO, MARCELO2013 BRONZO, MARCELO ; DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA ; DE OLIVEIRA, MARCOS PAULO VALADARES ; MCCORMACK, KEVIN P. ; DE SOUSA, PAULO RENATO ; FERREIRA, REINALDO LOPES . Improving performance aligning business analytics with process orientation. International Journal of Information Management, v. 33, p. 300-307, 2013.

6.
6Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2012Resende, Paulo Tarso Vilela de; BRONZO, M. ; MACCORMACK, K. P. ; SOUZA, P. R. ; OLIVEIRA, M. P. V. . Como Alavancar o Desempenho Competitivo. HARVARD BUSINESS REVIEW, v. 90, p. 73-79, 2012.

7.
9Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2012Resende, Paulo Tarso Vilela de; SOUZA, P. R. . Obras de Infraestrutura no Brasil. Revista MundoLogística, v. 28, p. 78-80, 2012.

8.
8Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2012Resende, Paulo Tarso Vilela de; BRONZO, M. ; OLIVEIRA, M. P. V. ; SOUZA, P. R. . Gestão Estratégica de Processos e Relacionamento com Fornecedores. Dom (Fundação Dom Cabral), v. 01, p. 65, 2012.

9.
7LADEIRA, MARCELO BRONZO2012LADEIRA, MARCELO BRONZO ; Resende, Paulo Tarso Vilela de ; OLIVEIRA, MARCOS PAULO VALADARES DE ; MCCORMACK, KEVIN ; SOUSA, PAULO RENATO DE ; FERREIRA, REINALDO LOPES . Gestão de processos, indicadores analíticos e impactos sobre o desempenho competitivo em grandes e médias empresas brasileiras dos setores da indústria e de serviços. Gestão & Produção (UFSCAR. Impresso), v. 19, p. 389-404, 2012.

10.
10Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2012Resende, Paulo Tarso Vilela de; S FILHO, O. V. ; SOUZA, P. R. . Práticas de compras em médias e grandes empresas no Brasil. Revista Mundologística, v. 31, p. 42, 2012.

11.
11RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE2012RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE. Um projeto para o trânsito paulistano. Revista do Parlamento, v. 2, p. 52, 2012.

12.
12Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2011Resende, Paulo Tarso Vilela de; S FILHO, O. V. ; SOUZA, P. R. . A Importância Estratégica das Compras. HARVARD BUSINESS REVIEW, v. 89, p. 60-65, 2011.

13.
13Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2007Resende, Paulo Tarso Vilela de; Guilherme Dayrell Mendonça . Análise Estratégica dos Canais de Distribuição no Brasil. Revista Mundologística, v. 01, p. 20-23, 2007.

14.
17Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2006Resende, Paulo Tarso Vilela de; Bernardo Bellavinha Araújo ; Guilherme Dayrell Mendonça . Estratégias de Formação de Ambientes Colaborativos no Gerenciamento das Cadeias de Suprimento no Brasil, v. 2, p. 5-18, 2006.

15.
15Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2006Resende, Paulo Tarso Vilela de; Guilherme Dayrell Mendonça . Analysis of outsourcing processes in large brazilian supply chains. Caderno de Idéias, v. 01, p. 01-16, 2006.

16.
18Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2006Resende, Paulo Tarso Vilela de; Guilherme Dayrell Mendonça . How transnational companies are going collaborative in Brazil. Caderno de Idéias, v. 01, p. 01-18, 2006.

17.
14Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2006Resende, Paulo Tarso Vilela de. A questão da inserção de fornecedores nas grandes cadeias de suprimentos brasilerias. RPA Brasil (Maringá), v. 3, p. 31-42, 2006.

18.
16Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2006Resende, Paulo Tarso Vilela de; Guilherme Dayrell Mendonça . CPFR - Uma técnica colaborativa aplicada ao contexto corporativo brasileiro. Caderno de Idéias, v. 26, p. 01-20, 2006.

19.
19Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2005Resende, Paulo Tarso Vilela de; CAMPOLINA, L. . Alavancagem de Valor em Eficiência Energética. Caderno de Idéias, Belo Horizonte, v. CI0521, p. 01-11, 2005.

20.
20Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2005Resende, Paulo Tarso Vilela de; Guilherme Dayrell Mendonça ; Bernardo Bellavinha Araújo . Estratégias de Formação de Ambientes Colaborativos com Fornecedores no Gerenciamento das Cadeias de Suprimento no Brasil. Caderno de Idéias, Belo Horizonte, v. CI0513, p. 01-15, 2005.

21.
21Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2004Resende, Paulo Tarso Vilela de. A Viabilidade Operacional do Cluster Calçadista de Nova Serrana. Interações (Campo Grande), Campo Grande, v. 5, n.8, p. 45-54, 2004.

22.
24Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2004Resende, Paulo Tarso Vilela de. O ambiente de segurança e seus reflexos no comportamento de consumo e no custo de transporte em regiões metropolitanas. Interações (Campo Grande), Campo Grande, v. 6, n.9, p. 65-72, 2004.

23.
22Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2004Resende, Paulo Tarso Vilela de. Estudo Logístico da Rede Portuária Brasileira: Portas para a Competitividade. Caderno de Idéias, Belo Horizonte, v. CI0413, p. 1-12, 2004.

24.
25Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2004Resende, Paulo Tarso Vilela de. Sistemas e Tecnologias da Informação na Otimização de Cadeias de Suprimentos - Um Caso na Indústria de Cimentos. Caderno de Idéias, Belo Horizonte, v. CI0416, p. 1-16, 2004.

25.
23Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2004Resende, Paulo Tarso Vilela de. Logística Integrada e Tecnologias da Informação no Supply Chain Management - Um Caso na Indústria Cimenteira. Caderno de Idéias, Belo Horizonte, v. CI0415, p. 1-16, 2004.

26.
26Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2002Resende, Paulo Tarso Vilela de. Equilíbrio Gravitacional entre a Logística Integrada e o Processo de Clusterização - A Experiência do Caso de Grãos do Oeste da Bahia. Interações (Campo Grande), Campo Grande, v. 3, n.4, p. 27-34, 2002.

27.
27Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2002Resende, Paulo Tarso Vilela de. Supply Chain Perspectives Given the Status of Tecnological and Logistics Systems in Brazil. The Journal of Business Perspective - Special Issue on Supply Chain Management, India, v. 01, p. 13-17, 2002.

28.
28Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1999Resende, Paulo Tarso Vilela de. A Logística e o Comércio Exterior no Brasil. COMEX News, Belo Horizonte, v. 06, p. 8-11, 1999.

29.
29Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1998Resende, Paulo Tarso Vilela de. Logística de Transporte e Custo Brasil: Aspectos Estruturais e Conjunturais. Revista de Economia da Una, Belo Horizonte, v. 07, p. 22-30, 1998.

30.
34Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1997Resende, Paulo Tarso Vilela de. Mercosul e os Sistemas de Transportes no Brasil: Problema ou Solução. Análise Econômica do Mercosul, Belo Horizonte, v. 01, p. 76-87, 1997.

31.
35Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1997Resende, Paulo Tarso Vilela de; BENEKOHAL, R. F. ; ZHAO, W. . Specific Changes In Senior Driver'S Behavior Within An Aging And Gender Perspectives. Accident Analysis and Prevention, Estados Unidos, v. 02, p. 12-18, 1997.

32.
30Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1997Resende, Paulo Tarso Vilela de. Accident Prediction Models For Different Highway Types. University of Illinois Printing Issues, Estados Unidos, v. 01, p. 1-8, 1997.

33.
32Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1997Resende, Paulo Tarso Vilela de. Effects Of Roadway Section Lengths On Accident Rates And Geometric Variables. University of Illinois Printing Issues, Estados Unidos, v. 03, p. 21-30, 1997.

34.
31Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1997Resende, Paulo Tarso Vilela de. Development Of Volume-To-Capacity Based Accident Prediction Models. University of Illinois Printing Issues, Estados Unidos, v. 02, p. 9-20, 1997.

35.
33Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1997Resende, Paulo Tarso Vilela de; GUILHOTO, J. ; HEWINGS, G. J. . Free Trade and Transportation Infrastructure in Brazil: Toward and Integrated Approach. Regional Economic Applications Laboratory Publication, Estados Unidos, v. 01, n.REAL 97, p. 1-23, 1997.

36.
36Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1996Resende, Paulo Tarso Vilela de; MELO, F. L. V. ; URBAN, C. W. ; OLIVEIRA, C. R. . Impactos Energeticos da Operacao do Metro de Belo Horizonte. Revista dos Transportes Públicos, São Paulo, v. 4, n.Ano 19, p. 82-94, 1996.

37.
37Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1996Resende, Paulo Tarso Vilela de; BENEKOHAL, R. F. ; SHIM, E. . Multivariate Analysis Of Truck Driver'S Opinion On Speed, Visibility, And Hazard In Highway Work Zones. Transportation Quarterly, Estados Unidos, v. 03, p. 22-26, 1996.

38.
38HEWINGS, G. J.1996HEWINGS, G. J. ; GUILHOTO, J. ; HADDAD, P. R. ; Resende, Paulo Tarso Vilela de . The Current Brazilian Transportation Conditions. COMPENDIUM OF TECHNICAL PAPERS - University of Illinois, Estados Unidos, v. 1, p. 142-144, 1996.

39.
39Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1995Resende, Paulo Tarso Vilela de; SHIM, E. ; BENEKOHAL, R. F. . Truck Driver´s Concerns in Work Zones: Travel Characteristics and Accident Experiences. Transportation Research Record, Estados Unidos, v. 1509, p. 55-64, 1995.

40.
40Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1994Resende, Paulo Tarso Vilela de; SHIM, E. ; BENEKOHAL, R. F. . Effects Of Aging on Older Driver´s Travel Characteristics. Transportation Research Record, Estados Unidos, v. 1409, p. 91-98, 1994.

41.
41Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1993Resende, Paulo Tarso Vilela de; ZHAO, W. ; BENEKOHAL, R. F. . Temporal Speed Reduction Effects Of Drone Radar In Work Zones. Transportation Research Record, Estados Unidos, v. 1409, p. 32-41, 1993.

42.
42Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1992Resende, Paulo Tarso Vilela de. Analise Comparativa dos Sistemas de Transportes No Brasil e Estados Unidos, 1992.

43.
43Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1992Resende, Paulo Tarso Vilela de; ZHAO, W. ; BENEKOHAL, R. F. . Older Drivers Opinion About Work Zone Traffic Control. Institute of Transportation Engineers Magazine, Estados Unidos, v. 01, 1992.

44.
44Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA1991Resende, Paulo Tarso Vilela de. Comparative Analysis Of Transportation Systems In Brazil And The United States. University of Memphis Publishing Department, Estados Unidos, v. 01, p. 1-250, 1991.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. A Ascensão das Multinacionais Brasileiras. 1. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

2.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. The Rise of Transnational Corporations from Emerging Markets. 1. ed. Massachusetts: Edward Elgar, 2009. v. 1. 392p .

3.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Internacionalização das Empresas Brasileiras. 1. ed. São Paulo: Campus, 2008. v. 1. 316p .

4.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; BENEKOHAL, P. T. V. R. R. F. ; SHIM, E. . Analysis Of Truck Driver'S Opinions On Safety And Traffic Control On Highway Work Zones Volume Ii. ILLINOIS DEPARTMENT OF TRANSPO: IDOT PRINTING, 1996. 182p .

5.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; BENEKOHAL, P. T. V. R. R. F. ; SHIM, E. . Analysis Of Truck Driver'S Opinions On Safety And Traffic Control On Highway Work Zones - Volume I. ILLINOIS DEPARTMENT OF TRANSPO: IDOT PRINTING, 1996. 36p .

Capítulos de livros publicados
1.
DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA; SOUZA, P. R. ; CAETANO, G. A. . Sistema logístico brasileiro: panorama e nível de competitividade segundo o empresariado nacional. In: JAMIL, George Leal; PESSOA, Cláudio Roberto Magalhães. (Org.). Estratégias defensivas: assegurando vantagens competitivas já conquistadas. 1ed.Rio de Janeiro: NovaTerra, 2015, v. 1, p. 126-164.

2.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; Alvaro Bruno Cyrino ; Rubens Ricupero . Gerenciamento Global das Cadeias de Suprimentos. In: André Almeida. (Org.). Internacionalização de Empresas Brasileiras. 01ed.Rio de Janeiro: Campus/Elsevier, 2007, v. 01, p. 191-238.

3.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Gerenciamento Global das Cadeias de Suprimento. In: André Almeida. (Org.). Internacionalização de Empresas Brasileiras. 01ed.Rio de Janeiro: Campus, 2006, v. 01, p. 191-238.

4.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; GUILHOTO, J. ; HEWINGS, G. J. . Free Trade and Transportation Infrastructure in Brazil: towards an integrated approach. In: Der-Horng Lee. (Org.). Urban and Regional Transportation Modeling. 01ed.Cheltenham: Edward Elgar Publishing Limited, 2004, v. 01, p. 365-379.

5.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Transporte estratégico Y logística integrada: conceptos y prácticas en latinoamérica. In: Octavio Carranza. (Org.). Logística: mejores prácticas en latinoamérica. 01ed.Mexico City: Thomson, 2004, v. 01, p. 135-158.

6.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Transporte estratégico y logística integrada: conceptos y prácticas en latinoamérica. In: Octávio Carranza. (Org.). Logística: Mejores Prácticas en Latinoamérica. 1ed.Cidade do México: Thomson, 2004, v. 1, p. 135-158.

7.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. The current brazilian transportation structure. In: Joaquim J. M. Guilhoto; Geoffrey J.D. Hewings. (Org.). Structure and Structural Change in the Brazilian Economy. 1ºed.Burlington: Ashgate Publishing Limited, 2001, v. , p. 247-274.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. UMA NOVA ERA PARA A INFRAERO. Agência Estado, São Paulo, p. 01 - 01, 24 fev. 2017.

2.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Investimentos em Infraestrutura diante da Nova Realidade Mundial. Agência Estado, São Paulo, p. 01 - 01, 27 jan. 2017.

3.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. A engenharia e o futuro da logística. Revista Engenharia Civil, São Paulo, p. 98 - 98, 16 dez. 2016.

4.
DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA; SOUZA, P. R. . Panorama e nível de competitividade do sistema logístico brasileiro. DOM A Revista da Fundação Dom Cabral, Belo Horizonte, p. 84 - 89, 12 jul. 2016.

5.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. O Caminho do Investimento no Brasil. O Estado de São Paulo, São Paulo, p. H3, 27 out. 2015.

6.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. O Governo enfim percebeu: menos é mais. O Estado de São Paulo, São Paulo, p. B3 - B3, 10 jun. 2015.

7.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Licões de 2014 para a Infraestrutura. Valor Econômico, p. A11 - A11, 09 jan. 2015.

8.
DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA; SOUZA, P. R. ; CAETANO, G. A. . Desafios Logísticos para 2015. Mundo Logística, Curitiba, p. 14 - 25, 01 jan. 2015.

9.
RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE. O Brasil não tem planejamento em infraestrutura de transportes. Agência CNT de Notícias, 02 jul. 2014.

10.
RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE. Estamos a 100 dias do fim de um sonho. Valor Econômico, Sã Paulo, 06 mar. 2014.

11.
RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE. Caminhos críticos do sucesso do leilão das rodovias. O Estado de São Paulo, São Paulo, 05 dez. 2013.

12.
RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE. Para usuários, tendência é de queda de tarifas. O Globo, Rio de Janeiro, 23 nov. 2013.

13.
RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE. Concessões rodoviárias e as lições de mercado. O Estado de São Paulo, São Paulo, 12 set. 2013.

14.
RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE. Não é suficiente para aliviar o trânsito. Metro, Sã Paulo, 01 ago. 2013.

15.
RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE. Investimento é importante mas por ora não vale priorizá-lo. Folha de São Paulo, São Paulo, 13 jul. 2013.

16.
RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE. A importância estratégica da MP dos Portos. O Estado de São Paulo, São Paulo, 15 maio 2013.

17.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Infraestrutura, Logística e Competitividade no Brasil. Brasil Econômico, São Paulo, p. 28 - 28, 06 maio 2013.

18.
RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE. A Importância do Modal Aéreo. Anuário de Logística 2012/2013, São Paulo, p. 72 - 73, 26 nov. 2012.

19.
RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE. Modelo deve preservar capacidade de investimento. Folha de São Paulo, São Paulo, 16 ago. 2012.

20.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. O outro lado de uma tragédia brasileira. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 16 dez. 2011.

21.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Os caminhos críticos do MBA. O Estado de S. Paulo, 28 nov. 2011.

22.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; SOUZA, P. R. . Carência de Profissionais no Brasil. Revista Mundo Logística, Curitiba, 01 ago. 2011.

23.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Qualidade de vida e congestionamentos. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. A2 - A2, 10 set. 2010.

24.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; SOUZA, P. R. . Proposição para o Cálculo dos Impactos do Congestionamento na Tarifação do Transporte Público de Passageiros. Revista dos Transportes Públicos ANTP, São Paulo, 01 set. 2010.

25.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Infraestrutura e competitividade no mercado mundial. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. B4 - B4, 08 ago. 2010.

26.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; SOUZA, P. R. . Percepção sobre o Trabalho Realizado pleas Concessionárias de Ferrovias. Revista Mundo Logística, Curitiba, 01 dez. 2009.

27.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; SOUZA, P. R. . Análise do Modelo de Concessão Rodoviária no Brasil na Percepção dos Usuários. Revista Mundo Logística, Curitiba, 01 nov. 2009.

28.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; SOUZA, P. R. ; OLIVEIRA, M. P. V. . Impactos da Crise Financeira Global nas Cadeias de Suprimentos. Revista Mundo Logística, Curitiba, 01 nov. 2009.

29.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Para evitar o desastre. Anuário Exame, 12 dez. 2008.

30.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Tendências na Gestão Estratégica do Supply Chain. Revista Mundo Logística, Curitiba, 01 dez. 2008.

31.
GOMIDE, A. A. ; GRAJEW, O. ; Resende, Paulo Tarso Vilela de . O pedágio é uma solução para São Paulo?. O Estado de São Paulo, São Paulo, p. C5 - C5, 15 ago. 2008.

32.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. No mundo da destruição criativa. Portal Exame, 23 nov. 2007.

33.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Quem deve expandir a infra-estrutura: o governo ou a iniciativa privada?. Brazilian Business, Rio de Janeiro, , v. 240, p. 12 - 13, 25 set. 2007.

34.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Concessões rodoviárias. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. B2 - B2, 25 set. 2007.

35.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; Guilherme Dayrell Mendonça . Análise Estratégica dos Canais de Distribuição no Brasil. Caderno de Idéias, Belo Horizonte, p. 01 - 158, 01 jan. 2007.

36.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Macrologística no Transporte Modal. Custo Brasil - Soluções para o Desenvolvimento, São Paulo, p. 54 - 59, 01 jun. 2006.

37.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; Guilherme Dayrell Mendonça . Collaborative Practices in Major Brazilian Supply Chains. Caderno de Idéias, Belo Horizonte, p. 5 - 20, 01 jun. 2006.

38.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Uma Combinação Perigosa de Fatores. O Tempo, Belo Horizonte, p. B1 - B1, 24 jan. 2006.

39.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Setor ferroviário em crise. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. A3 - A3, 11 ago. 2005.

40.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Crescimento Econômico Regional. Gazeta Mercantial, São Paulo, p. A3 - A3, 28 mar. 2005.

41.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Crescimento Econômico. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, p. A18 - A18, 26 mar. 2005.

42.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. O prejuízo do apagão logístico. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. A2 - A2, 02 fev. 2005.

43.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Ímpacto da PP na Matriz de Transportes. O Tempo, Belo Horizonte, p. 21 - 21, 30 dez. 2004.

44.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Na iminência do caos logístico. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. A3 - A3, 14 dez. 2004.

45.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Mal necessário. Estado de Minas, Belo Horizonte, p. A9 - A9, 18 nov. 2004.

46.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Estruturação dos Transportes. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 2 - 2, 03 set. 2004.

47.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Malha Viária e Desenvolvimento. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 1 - 1, 17 jun. 2004.

48.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Especialização no Fornecimento Local. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. B2 - B2, 24 maio 2004.

49.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Pequenas Com Músculos de Grandes. Foco Economia e Negócios, São Paulo, p. 18 - 20, 01 maio 2004.

50.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Uma Questão de Cultura Empresarial. Valor Econômico, São Paulo, p. B2 - B2, 25 abr. 2004.

51.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Uma Ferramenta de Competitividade. Automação EAN Brasil, São Paulo, p. 21 - 21, 01 abr. 2004.

52.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Estado das Rodovias e Constituição. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. B2 - B2, 04 mar. 2004.

53.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Um Nova Posição do Ministério dos Transportes. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 14 - 14, 06 jan. 2004.

54.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Parcerias Público-Privadas na Área de Transportes. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 14 - 14, 16 dez. 2003.

55.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Conflitos entre Vendas e Logística. Valor Econômico, São Paulo, p. B-2 - B-2, 12 dez. 2003.

56.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Reforma e Reorganização Espacial. Comércio Indústria e Serviços, São Paulo, p. A-2 - A-2, 25 nov. 2003.

57.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Incentivos e Distorção Espacial. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 12 - 12, 03 nov. 2003.

58.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Novo perfil de profissionais. Estado de Minas, Volume D+ - Belo Horizonte, p. 05 - 05, 05 nov. 2002.

59.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Na guerra pelo trabalho. Estado de Minas, Belo Horizonte, p. 4 - 4, 15 out. 2002.

60.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Desequilíbrio entre investimentos em estruturas logísticas e eficiência produtiva. Revista Tecnologística, São Paulo, p. 62 - 66, 01 out. 2002.

61.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Gestão Empresarial ou Tecnologias de Gestão. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 02 - 02, 17 set. 2002.

62.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Reposicionando Valores da Cadeia de Abastecimento. Log & Mam Logística, Movimentação e Armazenagem de Materiais, São Paulo, p. 18 - 20, 27 ago. 2002.

63.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Os Desafios Brasileiros nos Fluxos Globais. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 2 - 2, 20 ago. 2002.

64.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Efeitos Negativos da Matriz de Transportes em Minas. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 2 - 2, 06 ago. 2002.

65.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Distribuição, Terra e Dinheiro: O Dilema da Logística Metropolitana. Revista Tecnologística, São Paulo, p. 98 - 102, 01 ago. 2002.

66.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. A Retomada da Privatização de Rodovias em Minas. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 2 - 2, 16 jul. 2002.

67.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Abalos nos Três Pilares da Produção. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 2 - 2, 04 jul. 2002.

68.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Não Aprendemos a Exportar. Safra - Revista do Agronegócio, p. 04 - 06, 01 maio 2002.

69.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Transporte: mais um caso de ineficiência. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 02 - 02, 29 abr. 2002.

70.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Transporte: mais um caso de ineficiência. Gazeta Mercantil, Minas Gerais, p. 02 - 04, 29 abr. 2002.

71.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Revisitando a Criação de Valor para o Cliente. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 02 - 02, 15 abr. 2002.

72.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Transformações Estratégicas. Valor Econômico, Rio de Janeiro, p. 2 - 2, 28 fev. 2002.

73.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. A terceirização e a busca do essencial. Valor Econômico, São Paulo, p. 04 - 04, 20 nov. 2001.

74.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Como escolher um operador logístico. Revista Tecnologística, São Paulo, p. 80 - 82, 01 nov. 2001.

75.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Rodovias de Minas: pobres de nós. O Tempo, Belo Horizonte, p. 04 - 04, 26 ago. 2001.

76.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Logística e transportes: competitividade. Revista da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha, Brasil-Alemanha, p. 12 - 14, 01 ago. 2001.

77.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. É preciso tirar a máscara das desculpas. O Tempo, Belo Horizonte, p. 12 - 12, 22 jul. 2001.

78.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. A Logística como Instrumento de Expansão Empresarial. Diário do Comércio, Belo Horizonte, p. 5 - 5, 15 jun. 2001.

79.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Análise da concorrência na operação logística. Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, p. 11 - 12, 06 jun. 2001.

80.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Criação de Valor para o Cliente. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 2 - 2, 19 abr. 2001.

81.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. A Otimização no Número de Fornecedores. Valor Econômico, São Paulo, p. 01 - 01, 02 abr. 2001.

82.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Eficiência e Vida Útil do Produto. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 02 - 02, 04 jan. 2001.

83.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Como Ganhar com a Venda Compartilhada. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 02 - 02, 10 dez. 2000.

84.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Comércio Eletrônico e Logística. Estado de Minas, Belo Horizonte, p. 2 - 2, 26 nov. 2000.

85.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Passo Eletrônico e Perna Logística. Valor Econômico, São Paulo, p. B2 - B2, 21 ago. 2000.

86.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. A Questão do Transporte Clandestino. Estado de Minas, Belo Horizonte, p. 07 - 07, 06 abr. 2000.

87.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Transporte Intermodal: Um Caminho sem Volta. Gazeta Araguaia, Cuiabá, p. B1 - B1, 20 ago. 1999.

88.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Restrições Vantajosas: Como enfrentar os limites para carga e descarga. Revista da Confederação Nacional dos Transportes, Brasília, p. 56 - 57, 01 jun. 1999.

89.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Competitividade no Mercado de Granéis. Diário do Comércio, Belo Horizonte, p. 5 - 5, 11 maio 1999.

90.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Concessões no Transporte: Eficiência Empresarial e os Controles Públicos. Diário do Comércio, Belo Horizonte, p. 7 - 7, 02 set. 1998.

91.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Privatização do Arrudas. Estado de Minas, Belo Horizonte, p. 5 - 5, 25 maio 1998.

92.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Arrudas Privatizado?. Estado de Minas, Belo Horizonte, p. 5 - 5, 11 maio 1998.

93.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Transportes no Brasil. Gazeta Mercantil Latino-Americana, São Paulo, p. 11 - 14, 21 abr. 1997.

94.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Desenvolvimento do Sistema de Transporte Brasileiro. Diário do Comércio, Belo Horizonte, p. 07 - 07, 04 dez. 1996.

95.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. A Logística e seus Serviços de Apoio. Diário do Comércio, Belo Horizonte, p. 5 - 5.

96.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Capacitação em Logística Empresarial: Um Caminho Definitivo. Diário do Comércio, Belo Horizonte, p. 5 - 5.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; SOUZA, P. R. . Análise do Modelo de Concessão Rodoviária no Brasil na Percepção dos Usuários. In: SIMPOI 2011, 2011, São Paulo. Anais do SIMPOI 2011, 2011.

2.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; SOUZA, P. R. . Fontes de Estresse nos Caminhoneiros Brasileiros. In: SIMPOI 2010, 2010, São Paulo. Anais do SIMPOI 2010, 2010.

3.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; SOUZA, P. R. . Hábitos de Vida e Segurança dos Caminhoneiros Brasileiros. In: SIMPOI 2010, 2010, São Paulo. Anais do SIMPOI 2010, 2010.

4.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; SOUZA, P. R. . O Modelo de Concessão Ferroviário no Brasil sob a Ótica dos Usuários. In: EnANPAD, 2009, São Paulo. Anais da EnANPAD, 2009.

5.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; SOUZA, P. R. . Realidade e Tendências do Pedágio no Brasil. In: EnANPAD, 2009, São Paulo. Anais do EnANPAD 2009, 2009.

6.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; SOUZA, P. R. . Mobilidade Urbana nas Grandes Cidades Brasileiras. In: SIMPOI 2009, 2009, São Paulo. Anais do SIMPOI 2009, 2009.

7.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; SOUZA, P. R. ; OLIVEIRA, M. P. V. . Análise do Modelo de Concessão no Transporte Ferroviário Brasileiro. In: SIMPOI 2009, 2009, São Paulo. Anais do SIMPOI 2009, 2009.

8.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; Guilherme Dayrell Mendonça . Conflicts and Relationship Policies in the Brazilian Distribution Channels. In: SIMPOI / POMS, 2007, Rio de Janeiro. SIMPOI / POMS Proceedings. São Paulo, 2007.

9.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Gestão Estratégica das Cadeias de Suprimento. In: Portal Suprimentos 2006, 2006, Fortaleza. Portal Suprimentos 2006. Fortaleza: Coelce - Companhia Energética do Ceará, 2006. v. 01. p. 01-125.

10.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Cladea - Conselho Latino Americano de Escolas de Administração. In: CLADEA Assembly, 2006, Montpellier. Anais do Congresso. Montpellier: CLADEA GROUP, 2006. v. 1.

11.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. CPFR - Uma técnica Colaborativa Aplicada ao Contexto Corporativo Brasileiro. In: ENANPAD 2006, 2006, Salvador. Anais do Enanpad 2006, 2006.

12.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; Guilherme Dayrell Mendonça . Outsourcing Brazilian Supply Chains. In: IX Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais, 2006, São Paulo. Anais do IX Simpoi 2006. São Paulo, 2006.

13.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; Guilherme Dayrell Mendonça . How Transnational companies are going collaborative in Brazil: a study about the development of local suppliers. In: IX Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais, 2006, São Paulo. Anais do IX Simpoi 2006. São Paulo, 2006.

14.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; Guilherme Dayrell Mendonça . Collaborative Practices in Major Brazilian Supply Chains. In: Annual Conference BALAS - The Business Association of Latin American Studies, 2006, Lima. Anais do BALAS 2006 - Key Factors on Latin America´s Long Term Development. Lima: Universidad San Ignacio de Loyola, 2006. v. 1.

15.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Case Studies. In: Colloquium on Participant-Centered Learning, 2006, Boston. Colloquium on Participant-Centered Learnig 2006, 2006.

16.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; CAMPOLINA, L. . Alavancagem de Valor em Eficiência Energética: A Experiência de Relacionamento da CEMIG. In: Congresso Brasileiro de Eficiência Energética, 2005, Belo Horizonte. Anais do CBEE 2005. São Paulo: Associação Brasileira de Eficiência Energética, 2005. v. 01. p. 74-79.

17.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; Guilherme Dayrell Mendonça ; Bernardo Bellavinha Araújo . Estratégias de Formação de Ambientes Colaborativos com Fornecedores no Gerenciamento das Cadeias de Suprimento no Brasil. In: EnANPAD, 2005, Brasília. Anais da Enanpad 2005, 2005.

18.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. A Logística no Contexto do Valor para o Cliente. In: Simpósio de Gestõa Laboratorial, 2005, Fortaleza. Programa de Edução Continuada da SBPC/ML, 2005. v. 01. p. 01-05.

19.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Infra-Estrutura Logística no Brasil - Entraves e Oportunidades. In: ExpoManagement, 2005, São Paulo. Trabalhos Expomanagement, 2005. v. 01.

20.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; CAMPOLINA, L. . A energia como produto logístico nas cadeias industriais. In: XVI Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2004, 2004, Brasília. Anais do XVI Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica. v. I.

21.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Aspectos relevantes na logística em Minas Gerais e Alemanha. In: Destino Exportador: Alemanha, 2004, Belo Horizonte. Destino Exportador: Alemanha, 2004. v. I.

22.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Modelos de Colaboração nas Cadeias de Suprimento. In: Exposição da Expo Management World, 2004, São Paulo. Anais da Exposição da Expo Management 2004, 2004.

23.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Os desafios da logística no Brasil. In: 2º Seminário de Gestão da Manutenção em Mineração e Metalurgia, 2004, Contagem. Anais do Seminário de Gestão da Manutenção em Mineração e Metalurgia, 2004. v. I.

24.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Free Trade and Transportation Infrastructure in Brazil: Towards and Integrated Approach. In: 50th North American Meetings of the Regional Science Association International, 2003, Philadelphia. Articles of the 50th North American Meetings of the Regional Science Association International. Philadelphia: Regional Science Association International, 2003.

25.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Logistics Providers: the Brazilian Case. In: IV SIMPOI/POMS - Production and Operation Management Society, 2001, Guarujá. Proceedings of the IV SIMPOI/POMS, 2001. v. 01. p. 1078-1088.

26.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; MARTINEZ, C. . O Impacto da Eclusagem Na Geracao de Energia Eletrica. In: VI CONGRESSO BRASILEIRO DE ENERGIA CBE E II SEMINARIO LATINO- AMERICANO DE ENERGIA, 1996, Rio de Janeiro. Anais do Congresso Brasileiro de Energia. RIO DE JANEIRO - BRASIL: Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1996. p. 0-0.

27.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Eficiencia Energetica do Setor Ferroviario de Cargas Brasileiro. In: VI CONGRESSO BRASILEIRO DE ENERGIA CBE E II SEMINARIO LATINO- AMERICANO DE ENERGIA, 1996, Rio de Janeiro. Revista do Congresso Brasileiro de Energia. Rio de Janeiro - Brasil: Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1996. v. 4. p. 56-59.

28.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; MARTINEZ, C. ; MELO, J. C. . As Perspectivas do Transporte Fluvial No Brasil. In: CONGRESSO ABRH, 1995, Recife. Revista da ABRH - Hidráulica e Engenharia Costeira. RECIFE - PE - BRASIL: Editora ABRH, 1995. v. 4. p. 241-244.

29.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; BENEKOHAL, R. F. ; ZHAO, W. . Work Zone Traffic Safety - Older Drivers Opinion On Highway Features. In: Transportation Research Meetings, 1994, Washington. Abstracts of the Transportation Research Meetings. WASHINGTON - USA: Transportation Research Board Publications, 1994. v. 01. p. 12-12.

30.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; ORLOSKI, R. ; BENEKOHAL, R. F. . Older Drivers Opinion About Work Zones. In: INSTITUTE OF TRANSPORTATION ENGINEERS, 1992, Washington. ITE Proceedings. WASHINGTON - USA: ITE Publishing, 1992. v. 02. p. 45-49.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Estratégias Corporativas de Reposicionamento na Cadeia de Valor. In: XXV Enanpad 2001, 2001, Campinas. Resumo dos Trabalhos - XXV Enanpad 2001, 2001. v. 01. p. 141-141.

Apresentações de Trabalho
1.
DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA. Infraestrutura de transportes no Brasil: políticas para elevar a oferta e a eficiência dos modais de transporte. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA. Modelos de concessão para sistemas de transporte público. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Custos Logísticos no Brasil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; Daniella Gonçalves Siveira . Indentificação e Mensuração de Valor de Serviços Logísticos. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Gerenciamento das Cadeias de Suprimento. Belo Horizonte: Fundação Dom Cabral, 2004 (Apostila).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. O Papel do Operador Logístico no Brasil. 2016.

2.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Reposicionamento Estratégico da Logística do Grupo Arcelor Mittal. 2011.

3.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Accident Analysis in Latin America. 2011.

4.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Logística de Distribuição de Cimentos em Moçambique. 2010.

5.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Maximização da Logítsica de Distribuição de Cimentos no Centro Oeste. 2009.

6.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Integração da Logística de Produção e Distribuição no Norte e Nordeste. 2009.

7.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Otimização dos Processos de Manutenção de Linhas de Distribuição. 2009.

8.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Estratégias de Distribuição da AMBEV Brasil. 2008.

9.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Reestruturação do Modelo de Supply Chain na Camargo Correa Cimentos. 2005.

10.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Diagnóstico Logístico do L de Minas Gerais. 2005.

11.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Diagnóstico da Malha Rodoviária Federal em Minas Gerais. 2005.

12.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Logística na Pará Pigmentos. 2004.

13.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Estudo de Gargalos na Produção de Fio Máquina na Usina de João Monlevade. 2003.

14.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; Luiz Eduardo Henriques . Planejamento da Logística na Refrigerantes Belo Horizonte. 2003.

15.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Estudo dos Principais Corredores de Transportes do Nordeste. 2000.

16.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. A Logística de Cluster no Nordeste Brasileiro - Projeto Iniciativa para o Nordeste. 1999.

17.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Estudo dos Corredores de Transportes no Brasil. 1998.

18.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Estudo do Transporte Multimodal no Araguaia-Tocantins. 1996.

Trabalhos técnicos
1.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Programa de educação executiva para o Sistema Sest/Senat. 2016.

2.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; HADDAD, P. R. . Planejamento Estratégico da Logística em Rondônia. 2010.

3.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Plano Estadual de Logística de Transportes de Minas Gerais. 2010.

4.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Inserção de Fornecedores nas Grandes Cadeias Produtivas do Brasil. 2005.

5.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Transporte Intermodal em Minas Gerais. 2002.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Logística ineficiente no Rio Grande do Sul. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Brazilian government promotes big building projects to stimulate growth. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Uma velha questão econômica e social. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Mudança na lei dos caminhoneiros ainda depende de regulamentação. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Infraestrutura de Transportes no Brasil. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

2.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Revista DOM da Fundação Dom Cabral. 2016. (Editoração/Periódico).

3.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. custos logísticos no brasil. 2016. (Relatório de pesquisa).

4.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Gargalos de mão de obra no Brasil. 2016. (Relatório de pesquisa).

5.
Resende, Paulo Tarso Vilela de; Guilherme Dayrell Mendonça . Análise Estratégica dos Canais de Distribuição no Brasil. 2006. (Relatório de pesquisa).

Demais trabalhos
1.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Coordenador Acadêmico. 2005 (Coordenador do Mestrado Profissional em Administração) .

2.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Conselheiro. 2001 (Conselho Editorial) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
JORDAO, R. V. D.; Resende, Paulo Tarso Vilela de; SOUZA NETO, J. A.. Participação em banca de Cleonice Rodrigues Barbosa. CONTRIBUIÇÕES DO SISTEMA DE CONTROLE GERENCIAL PARA ANÁLISE DA INFLAÇÃO INTERNA, GESTÃO ESTRATÉGICA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS EM UMA CADEIA PODUTIVA: um estudo de caso em uma indústria multinacional de autopeças.. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Administração) - Fundação Pedro Leopoldo.

2.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Carolina Goyatá Dias. O Planejamento do Seis Sigma em uma Organização Bancária: suas etapas, seus fatores críticos de sucesso e seus aspectos facilitadores e dificultadores. 2008. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Rafael da Silva Galvêas Oliveira. Estratégias Competitivas Utilizadas em Instituições de Educação Superior. 2007. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

4.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Marcos Paulo Valadares de Oliveira. Análise Estrutural de Construtos e Relações entre Maturidade e Desempenho Logístico. 2006. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Hugo Ferreira Braga Tadeu. Tomada de decisões multicritério no planejamento de fontes de energia elétrica. 2006. Dissertação (Mestrado em Engenharia Elétrica) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

6.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Sara Pimenta Resende. Percepção dos clientes sobre a qualidade do serviço prestado por uma empresa no ramo de mineração e transportes: uma aplicação do instrumento SERVQUAL modificado. 2004. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

7.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Jorge Luiz de Paiva. Estratégias Competitivas Adotadas pelas Empresas Distribuidoras de Combustíveis Automotivos da Região Metropolitana de Belo Horizonte. 2004. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

8.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Luiz Eduardo Ferreira Henriques. Nível de Desenvolvimento da Logística nas Médias Empresas da Cadeia Produtiva de Manufaturas. 2004. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Administração) - FEAD Centro de Gestão Empreendedora.

9.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Sidney Lino de Oliveira. O Poder do Líder no Gerenciamento do Conflito dos Canais de Marketing: um estudo de caso na indústria farmacêutica Eli Lilly do Brasil Ltda. 2003. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

10.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Jodeilson da Silva Côrtes. Avaliação do marketing de relacionamento através do atendimento de vendas: um estudo de caso na indústria de Bebidas Refrigerantes Belo Horizonte. 2003. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

11.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Leonardo Gomes Lopes. Inovação organizacional em empresas operadoras de saúde: um estudo exploratório de casos. 2003. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

12.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Eduardo Silva Ladeira. Processos, gestão e planejamento de cursos em instituições de educação à distância (EAD) no Brasil: um estudo comparativo de casos. 2003. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

13.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Ludmilla Maria Puia Ferreira Kalife. Relações interfirmas dentro do conceito de condomínio industrial: estudo de uma cadeia produtiva da Daimler Chrysler do Brasil. 2002. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal de Minas Gerais.

14.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Ludmila Maria Puia Ferreira Kalife. Relações interfirmas dentro do conceito de condomínio industrial: estudo de caso de uma cadeia produtiva da Daimler Chrysler do Brasil. 2002. Dissertação (Mestrado em Engenharia da Produção) - Universidade Federal de Minas Gerais.

15.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Edna do Nascimento. O papel dos operadores logísticos na busca do valor para o ciclo do pedido no e-commerce internacional. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Comércio Exterior) - Centro Universitário de Ciências Gerenciais.

16.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Natália Guiné de Mello Carvalho. Agências de notícias na internet como serviços de informação para negócios. 2001. Dissertação (Mestrado em Biblioteconomia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

17.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Virgínia Valladares Rodrigues. O impacto da navegação comercial no sistema de transporte da sub-bacia do Médio São Francisco - MG. 2000. Dissertação (Mestrado em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Teses de doutorado
1.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Hugo Ferreira Braga Tadeu. Cenários de Longo Prazo para o Setor de Transportes e Consumo de Combustíveis. 2010. Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

2.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Marcos Paulo Valadares de Oliveira. Modelo de Maturidade de Processos em Cadeias de Suprimentos: precedências e os pontos-chave de transição. 2009. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Qualificações de Doutorado
1.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Participação em banca de Simone Regina Didonet. Avaliação de Modelos nas Cadeias de Suprimento. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Administração) - Universidade Federal de Minas Gerais.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Professor Adjunto do Departamento de Ciências Administrativas. 2005. Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Sistemas de Transportes e Logística. 2004. Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Professor Adjunto no Departamento de Engenharia de Transportes e Geotecnia. 2002. Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Professor Adjunto no Departamento de Engenharia Hidráulica e Recursos Hídricos. 1997. Universidade Federal de Minas Gerais.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Diálogos Capitais: Mobilidade Urbana.Desafios da mobilidade urbana brasileira. 2016. (Encontro).

2.
ENAEX Encontro Nacional de Comércio Exterior.Infraestrutura e logística: reduzir custos e elevar a competitividade. 2016. (Encontro).

3.
Fórum Estadão de Infraestrutura.Falta retomar a confiança do investidor. 2016. (Seminário).

4.
Infraestrutura Fluminense: desafios e oportunidades.Os impactos da modernização das infraestruturas sobre a economia. 2016. (Seminário).

5.
V Seminário Internacional Frotas & Fretes Verdes.Os Desafios Brasileiros para uma Logística mais Sustentável. 2016. (Seminário).

6.
35 Convenção Anual do Atacadista Distribuidor.Desafios da logística para empresas do setor. 2015. (Encontro).

7.
3 Fórum de Agricultura da América do Sul.Logística: novas rotas na geopolítica da integração regional. 2015. (Encontro).

8.
3 Fórum de Infraestrutura e Logística.Programa de Investimento em Logística PIL. 2015. (Simpósio).

9.
Logística em Debate: infraestrutura, concessões e desafios no Espírito Santo.Benefícios de concessões para infraestrutura do Estado. 2015. (Seminário).

10.
Planejamento de Projetos de Transportes - Intermodalidade Necessária.GRI INFRA. 2015. (Seminário).

11.
Expo Scala do Comércio Exterior e da Logística.A estrutura logística e seus reflexos na competitividade do comércio exterior brasileiro. 2014. (Simpósio).

12.
Expo Scala - Feira de Comércio Exterior e da Logística. Logística no Brasil e no Comércio Exterior. 2014. (Exposição).

13.
Investimento e Gestão: desatando o nó logístico do País.Soluções para a infraestrutura logística do Brasil. 2014. (Seminário).

14.
PPPs: uma ferramenta de transformação das cidades.Processo de formação de equipe técnica para gestão de PPPs em Minas Gerais. 2014. (Seminário).

15.
VI SUPRE Simpósio de Suprimento e Logística das Empresas do Setore Elétrico.Compras Sustentáveis e TCO. 2014. (Simpósio).

16.
VI SUPRE - Simpósio de Suprimento e Logística das Empresas do Setor Elétrico.Operações Logísticas no Setor Elétrico. 2014. (Simpósio).

17.
10th Latin America Conference for Deans and Directors.Best practices in case studies. 2013. (Seminário).

18.
19a semana da tecnologia metroferroviária.Desafios brasileiros para uma mobilidade urbana sustentável e inclusiva. 2013. (Seminário).

19.
2013 FDC Internacional Conference.Leveraging profits through ethics and social inclusion: a new mission or an eternal dilemma of leadership?. 2013. (Seminário).

20.
33a Convenção Anual do Atacadista Distribuidor. Infraestrutura: custo Brasil e pacto federativo brasileiro. 2013. (Congresso).

21.
Infraestrutura: riscos de investimentos e segurança jurídica.Riscos de investimentos em projetos de infraestrutura no Brasil. 2013. (Seminário).

22.
Oitavo Encontro de Logística e Transportes.Multimodalidade e Cadeia de Suprimentos. 2013. (Encontro).

23.
Seminário Internacional de Gestão Pública Contemporânea.Lições aprendidas, oportunidades e limitações com as experiências de concessões e PPPs. 2013. (Seminário).

24.
Congresso Nacional de Gestão Pública. Mobilidade Urbana: do conhecimento para as melhores práticas em mobilidade em grande centros urbanos. 2012. (Congresso).

25.
DC Análise.Debate DC Análise Infraestrutura - Energia. 2012. (Seminário).

26.
Forum ADCE para Sustentabilidade.Formação e Prática Empresarial para a Sustentabilidade. 2012. (Seminário).

27.
Munich Re do Brasil - Pensando o Futuro.Infraestrutura e Seguro: a quantas vai?. 2012. (Seminário).

28.
Sétimo Encontro de Logística e Transportes.A Participação Privada no Desenvolvimento do Setor de Transportes. 2012. (Seminário).

29.
V Brasil nos Trilhos.A importância das ferrovias para o desenvolvimento econômico brasileiro. 2012. (Seminário).

30.
V SUPRE - Simpósio de Suprimento e Logística.Impactos dos Investimentos em Logística no Setor Elétrico. 2012. (Seminário).

31.
V SUPRE - Simpósio de Suprimento e Logística das Empresas do Setor Elétrico.Desafios e Oportunidades Logísticas para o Setor Elétrico. 2012. (Simpósio).

32.
Seminário de Logística: desafios e perspectivas.Desafios e Perspectivas para a Logística no Brasil. 2011. (Seminário).

33.
Brasil e a Construção da Quinta Maior Economia do Mundo.Gargalos e Oportunidades para a Infraestrutura Brasileira. 2010. (Seminário).

34.
Quinto Seminário Brasileiro de Logística de Distribuição de Combustíveis.Perspectivas para a Área de Logística do Brasil. 2010. (Seminário).

35.
Seminário de Logística Desafios e Perspectivas.Desafios e Perspectivas para a Logística no Brasil. 2009. (Seminário).

36.
Terceiro Seminário Nacional de Gestão de Frotas.Projeções de Crescimento do Trânsito nas Capitais Brasileiras. 2009. (Seminário).

37.
Toll Road Summit of the Americas. Modeling Conflicts for Highway Tolls in Brazil. 2009. (Congresso).

38.
Vigésimo Oitavo Seminário de Logística - PCP, Suprimentos , Transportes da Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais.Os Desafios da Infraestrutura Logística e de Suprimentos no Brasil. 2009. (Seminário).

39.
Conference Des Nations Unies Sur Le Commerce Et Le Development. Best Practices and Policy Opetions in the Promotion of SME-TNC Linkages. 2008. (Congresso).

40.
International Executive Education Conference. Challenges of Knowledge Retention: the match between schools and the corporate world. 2008. (Congresso).

41.
Seminário Anual da Senge para Assuntos Metropolitanos.A Mobilidade Urbana e os Desafios das Cidades. 2008. (Seminário).

42.
Seminário Anual do SENGE - Mobilidade Urbana.Os Desafios da Mobilidade Urbana no Brasil. 2008. (Seminário).

43.
Vigésimo Sétimo Seminário AMB de Logística e Suprimentos.Desafios e Oportunidades da Infraestrutura no Brasil. 2008. (Seminário).

44.
Vigésimo Sétimo Seminário de Logística da Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais.Os Desafios e Oportunidades da Infraestrutrura Logística do Brasil. 2008. (Seminário).

45.
Annual Conference BALAS - The Business Association of Latin American Studies. How Transnational Companies Should Go Collaborative in Brazil. 2007. (Congresso).

46.
Congresso Internacional de Gestão de Tecnologia e Sistemas de Informação. Análise da Cadeia de Valor em Uma Indústria do Cimento. 2007. (Congresso).

47.
EnAnpad. Práticas de Gestão de Estoques, Armazenagem e Transporte nos Canais de Distribuição Brasileiros. 2007. (Congresso).

48.
Expomanagement São Paulo 2007.Debate com Alan Greenspan sobre Tendências Macroeconômicas. 2007. (Seminário).

49.
Feira Nacional da Indústria de Uberlândia.Tendências do Desenvolvimento de Empresas no Brasil. 2007. (Encontro).

50.
Grandes Compradores e Pequenos Fornecedores - Segunda Edição.Estudo sobre Políticas Fomentadoras de Vínculos entre Empresas TNCs e SMEs. 2007. (Seminário).

51.
SIMPOI/POMS 2007. Conflicts and Relationship Policies in the Brazilian Distribution Channels. 2007. (Congresso).

52.
United Nations Conference on Trade and Development - Unctad Expert Meeting.Best Practices and Policy Options in the Promotion of SME-TNC Linkages in Brazil. 2007. (Seminário).

53.
Case Studies.Colloquium on Participant-Centered Learning. 2006. (Seminário).

54.
Collaborative Practices in Major Brazilian Supply Chain. The Business Association of Latin American Studies - BALAS. 2006. (Congresso).

55.
EnANPAD. CPFR - Uma Técnica Colaborativa Aplicada ao Contexto Corporativo Brasileiro. 2006. (Congresso).

56.
How Transnational Companies Are Going Collaborative in Brazil: a study about the development of local suppliers.IX Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais. 2006. (Simpósio).

57.
HOW TRANSNATIONAL COMPANIES ARE GOING COLLABORATIVE IN BRAZIL: A STUDY ABOUT THE DEVELOPMENT OF LOCAL SUPPLIERS. CLADEA Assembly. 2006. (Congresso).

58.
International Conference on the Rise of TNCs from Emerging Markets: Threat or Opportunity.Collaborative Actions in Supply Chain Management. 2006. (Seminário).

59.
Outsourcing in Brazilian Supply Chains.IX Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais. 2006. (Simpósio).

60.
SMEs and TNCs linkages in Brazil.United Nations Conference on Trade and Development. 2006. (Outra).

61.
XXVI Seminário de Logística ABM.Identificação e Mensuração de Valor de Serviços Logísticos. 2006. (Seminário).

62.
EnANPAD. Estratégias de Formação de Ambientes Colaborativos com Fornecedores no Gerenciamento das Cadeias de Suprimentos no Brasil. 2005. (Congresso).

63.
Simpósio de Gestão Laboratorial.Gestão da Logística Integrada. 2005. (Simpósio).

64.
2º Seminário de Gestão da Manutenção em Mineração e Metalurgia.Mudança Comportamental do Homem da Manutenção. 2004. (Seminário).

65.
Feira do Empreendedor.Gestão de Estoques e os Custos Logísticos nas Micro e Pequenas Empresas. 2004. (Encontro).

66.
VII Simpósio de Administração da Produção, Logística e.Inserção de Fornecedores Locais nas Cadeias Produtivas dos Setores Varejista e Automobilístico no Brasil. 2004. (Simpósio).

67.
XI SIMPEP - Simpósio de Engenharia da Produção.Sistemas e Tecnologias da Informação na Otimização de Cadeias de Suprimento: um caso na indústria de cimentos. 2004. (Simpósio).

68.
XVI Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica.A Energia como Produto Logístico nas Cadeias Industriais. 2004. (Seminário).

69.
A Economia Mineira no Início do Século XXI: Diagnóstico e Perspectivas.Revisão do Plano de Transporte Intermodal de Minas Gerais. 2002. (Encontro).

70.
I Forum de Discussão em Logística.O Reposicionamento Estratégico no Brasil para a Função de Operadores Logísticos. 2002. (Simpósio).

71.
I Fórum de Discussão em Logística.O reposicionamento estratégico no Brasil para a função dos Operadores Logísticos. 2002. (Simpósio).

72.
VII Seminário de Atualidades em Tecnologia de Elastômeros.Parcerias/Logística. 2002. (Seminário).

73.
VII Seminário de Atualidades em Tecnologia de Elastômeros.Parcerias estratégicas nas cadeias produtivas. 2002. (Seminário).

74.
38º Seminário de Laminação - Processos e Produtos Laminados e Revestidos.O reposicionamento do setor siderúrgico na cadeia de valor. 2001. (Seminário).

75.
IV SIMPOI / POMS - Simpósio de Administração da Produção Logística e Operações Internacionais.Logistics Providers: the Brazilian Case. 2001. (Simpósio).

76.
VI Seminário de Atualidades em Tecnologia de Elastômeros.Estratégias logísticas para o transporte de matérias-primas. 2001. (Seminário).

77.
XXV ENANPAD. Estratégias Corporativas de Reposicionamento na Cadeia de Valor. 2001. (Congresso).

78.
Fórum Mobilidade e Logística para o Desenvolvimento da Grande BH.E-commerce e logística nas regiões metropolitanas. 2000. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. The gap between leadership and strategies in emerging economies. 2011. (Congresso).

2.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Executive Education on Emerging Economies. 2009. (Congresso).

3.
Resende, Paulo Tarso Vilela de. Five Diamonds - the emerging economies. 2008. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Paulo Eduardo Melo da Cunha. A INFLUÊNCIA DA INTEGRAÇÃO E ESTRUTURAS ORGANIZACIONAIS EM LOGÍSTICA NOS RESULTADOS DE CUSTO E ATENDIMENTO AOS CLIENTES. 2015. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, . Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

2.
Erisvaldo Rosa dos Santos. A terceirização da logística para redução de custos e ganhos de eficiência operacional. 2014. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, . Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

3.
Roger Couto Maia. Estratégias utilizadas pelas empresas da Região Metropolitana de Fortaleza para a distribuição de alimentos e bebidas, considerando-se os impactos da deterioração da mobilidade urbana. 2013. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, . Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

4.
Margarete Bezerra Cavalcanti. Fatores Impactantes na Estruturação de Arranjos Produtivos Locais: O Caso da Caprinocultura na Região do Cariri Paraibano. 2007. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Banco do Nordeste. Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

5.
Paulo Renato de Sousa. Aplicabilidade da logística como estratégia de desenvolvimento: um estudo de caso sobre as confecções da Região Metropolitana de Belo Horizonte. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, . Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

6.
Eduardo de Britto. Reestruturação da Logística dos Meios Eletrônicos de Pagamento no Mercado Brasileiro. 2004. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, . Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

7.
Lilian Maria Campolina de Moraes. O Projeto de Integração Logística das Redes de Operações do Setor Elétrico. 2004. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, . Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

8.
Marcelo Rodrigues dos Santos. Gestão Estratégica de Sistemas de Informação na Cadeia de Suprimentos: Um Estudo de Caso na Soeicom S/A. 2004. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, . Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

9.
Edna do Nascimento. O papel dos operadores logísticos na busca do valor para o ciclo do pedido no e-commerce internacional. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Comércio Exterior) - Centro Universitário de Ciências Gerenciais, . Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

10.
Edna do Nascimento. O papel dos operadores logísticos na busca de valor para o ciclo do pedido no e-commerce internacional. 2001. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Comércio Internacional) - Universidad Champagnat, . Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

11.
Virgínia Valladares Rodrigues. O Impacto da Navegação Comercial no Sistema de Transporte da Sub-Bacia do Médio São Francisco. 2000. Dissertação (Mestrado em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

12.
CHARLES WEIRANK. The Structure Of Transportation Freight In Illinois. 1994. Dissertação - University of Illinois - System, . Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Antônio Furtado. Gestão da Cadeia de Suprimentos - Estoque de Redutores. 2001. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Master in Business Administration - Executive) - Fundação Dom Cabral. Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

2.
Gustavo Menocin. Supply Chain - Integração Logística. 2001. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Master in Business Administration - Executive) - Fundação Dom Cabral. Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

3.
José Mário Vilela. Otimização do output de produção de folhas de flandres na CSN. 2001. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Master in Business Administration - Executive) - Fundação Dom Cabral. Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

4.
Carlos Rennó. Logística para aumento da capacidade produtiva da UPV (inbound/outbound). 2001. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Master in Business Administration - Executive) - Fundação Dom Cabral. Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

5.
Gilberto Mascarenhas Meira. A nova supply chain mantendo e alavancando as exportações SCMAEXP. 2001. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Master in Business Administration - Executive) - Fundação Dom Cabral. Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

6.
Roberta Marques. Estudo de cluster para o setor joalheiro em Minas Gerais. 2001. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Logística Empresarial) - Fundação Dom Cabral. Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.

7.
Wilson Ferreira. Adequação do fluxo produtivo do setor de metalurgia da CSN com foco na maximização do atendimento ao mercado de aços de alto valor agregado. 2001. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Master in Business Administration - Executive) - Fundação Dom Cabral. Orientador: Paulo Tarso Vilela de Resende.



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
8Resende, Paulo Tarso Vilela de;RESENDE, PAULO TARSO VILELA DE;DE RESENDE, PAULO TARSO VILELA2012Resende, Paulo Tarso Vilela de; BRONZO, M. ; OLIVEIRA, M. P. V. ; SOUZA, P. R. . Gestão Estratégica de Processos e Relacionamento com Fornecedores. Dom (Fundação Dom Cabral), v. 01, p. 65, 2012.

2.
7LADEIRA, MARCELO BRONZO2012LADEIRA, MARCELO BRONZO ; Resende, Paulo Tarso Vilela de ; OLIVEIRA, MARCOS PAULO VALADARES DE ; MCCORMACK, KEVIN ; SOUSA, PAULO RENATO DE ; FERREIRA, REINALDO LOPES . Gestão de processos, indicadores analíticos e impactos sobre o desempenho competitivo em grandes e médias empresas brasileiras dos setores da indústria e de serviços. Gestão & Produção (UFSCAR. Impresso), v. 19, p. 389-404, 2012.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/01/2019 às 21:48:30