Valéria Freitas de Magalhães

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9937706907601958
  • Última atualização do currículo em 05/12/2018


Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Santa Úrsula (1986), mestrado em Biologia (Biociências Nucleares) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1991), doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996), pós-doutorado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997) e na Australian Water Quality Centre com o Dr. Andrew Humpage na área de toxicologia. Atualmente é professor associado II da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho. Foi coordenadora de Extensão do IBCCF entre 2011 e 2014. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecotoxicologia, atuando principalmente nos seguintes temas: microcistinas, cilindrospermopsina, saxitoxinas, bioacumulação, tratamento de água, metodologia e saúde pública. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Valéria Freitas de Magalhães
Nome em citações bibliográficas
MAGALHÃES, V. F.;de Magalhães, Valéria Freitas;Magalhães, Valéria F.;Valeria Freitas de Magalhães;de Freitas Magalhães, V.;de Freitas Magalhães, Valéria;MAGALH'ES VAL'RIA F.;MAGALHÃES, VALÉRIA FREITAS DE;MAGALHAES, VALERIA F.;Magalhães, Valéria de Freitas;MAGALH'ES, VAL'RIA F.;MAGALHÃES, V.F.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, Programa de Biofísica.
Ilha do Fundão, CCS, Bloco G, sub-solo sala G048
ilha do fundão
21941902 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 25626647
Fax: (21) 22808193
URL da Homepage: http://letc.biof.ufrj.br/


Formação acadêmica/titulação


1991 - 1996
Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Padronização para Medidas de Arsênio em Amostras Ambientais: O Caso da Baía de Sepetiba, RJ., Ano de obtenção: 1996.
Orientador: Wolfgang Christian Pfeiffer.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: arsênio; metodologia; contaminação; dispersão; sedimento.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
1987 - 1991
Mestrado em Biologia (Biociências Nucleares).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: Estudo da Incorporação de Metais Pesados em uma Espécie de Alga Marinha (Padina gymnospora) da Baía de Sepetiba Através da Utilização de Traçadores Radioativos.,Ano de Obtenção: 1991.
Orientador: Wolfgang Christian Pfeiffer.
Bolsista do(a): Comissão Nacional de Energia Nuclear, CNEN, Brasil.
Palavras-chave: Traçdores radioativos; macroalgas; bioacumulação.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
1982 - 1986
Graduação em Ciências Biológicas.
Universidade Santa Úrsula, USU, Brasil.


Pós-doutorado


2009 - 2010
Pós-Doutorado.
Australian Water Quality Centre, AWQC, Austrália.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
1996 - 1998
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Microbiologia Aplicada.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Botânica Aplicada.


Formação Complementar


2010 - 2010
Injury Management. (Carga horária: 4h).
Australian Water Quality Centre, sawater, Austrália.
2010 - 2010
Occupational Health safety & Welfare. (Carga horária: 4h).
Australian Water Quality Centre, sawater, Austrália.
2010 - 2010
treinamento na plataforma 3200 Qtrap. (Carga horária: 40h).
Life Tecnologies, LIFE TEC, Brasil.
2009 - 2009
Quarantine Approved Premises for Accredited Person. (Carga horária: 8h).
Department of Agriculture, Fisheries and Forestry, N/A, Austrália.
2009 - 2009
Quarantine awareness. (Carga horária: 4h).
Department of Agriculture, Fisheries and Forestry, N/A, Austrália.
2009 - 2009
treinamento operacional. (Carga horária: 38h).
Life Tecnologies, LIFE TEC, Brasil.
2008 - 2008
Cromatografia Líquida/Espectroscopia de Massas. (Carga horária: 24h).
Instituto Internacional de Cromatografia, IIC, Brasil.
2007 - 2007
Epidemiology and Risk Assessment of Cyanotoxins. (Carga horária: 8h).
VI Internatinal Conference on Toxic Cyanobacteria, ICTC, Brasil.
2007 - 2007
VIII Fitoplancton Tóxico y Biotoxinas Marinas. (Carga horária: 120h).
Instituto Espanol de Oceanografía, IEO, Espanha.
2006 - 2006
Metrologia Quimica de La Rede Rilca Cyted Workshop. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
1997 - 1997
Ecotoxicologia Aquática. (Carga horária: 80h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
1992 - 1992
Ambiental Toxicology. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
1991 - 1991
Aquatic Environmental Chemistry And Toxicology. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: professor associado III, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
2002 Docente convidada da Disciplina Aspectos Conceituais, Estratégias e Medidas de Prevenção e Controle da Vigilância Ambiental em Saúde. Aula: Situações de risco por fatores Biológicos de interesse para Vigilância Ambiental em Saúde - NESC - UFRJ 2002- 2016 Professor responsável pela disciplina de Fisiologia (bloco Renal) Odontologia (BMB-202). Professor colaborador na disciplina de Fisiologia (bloco Renal) para Psicologia I (BMB 207) Professor colaborador na disciplina "Divulgação científica I" (CFB 007) Professor colaborador na disciplina "Microbiologia da Poluição Ambiental" para o curso de Bacharelado em Ciências Biológicas - Microbiologia e Imunologia da UFRJ. Aula: "Toxinas de cianobactérias". 2002 - atual Professor colaborador na disciplina de Fisiologia (bloco Renal) para Enfermagem (BMB 121) Professor responsável pelas disciplinas "Qualidade de água e saúde pública" (CFB 635) e "Toxicologia Ambiental" (CFB 634) no curso de Ciências Biológicas: Biofísica. Professor responsável pela disciplina de Ecotoxicologia Aquática (BFB 706) no curso de Pós-graduação do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, UFRJ.

Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: pesquisador visitante, Enquadramento Funcional: pesquisador visitante, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor colaborador na disciplina de "Química I- Ecotoxicologia aquática" - PNN - 814 no curso de Pós-Graduação do Núcleo de Pesquisas de Produtos Naturais da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professor colaborador na disciplina de "Produtos Naturais no Controle de insetos" - PNN - 830 no curso de Pós-Graduação do Núcleo de Pesquisas de Produtos Naturais da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Vínculo institucional

1999 - 2000
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor colaborador na disciplina de "Química Geral" - IQO - 110 no curso de Microbiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professor colaborador na disciplina de "Química II- Produtos Naturais no Controle de insetos" - PNN - 815 no curso de Pós-Graduação do Núcleo de Pesquisas de Produtos Naturais da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professor colaborador na disciplina de "Química I- Ecotoxicologia aquática" - PNN - 814 no curso de Pós-Graduação do Núcleo de Pesquisas de Produtos Naturais da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Vínculo institucional

1996 - 1998
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: bolsista recém doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Projeto: "Produção, degradação e bioacumulação de microcistinas produzidas por cianofíceas da Lagoa de Jacarepaguá." Processo número: 301583/96-0 - CNPq

Atividades

10/2010 - Atual
Extensão universitária , UFRJ, Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.

Atividade de extensão realizada
Coordenadora de Extensão.
03/2006 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Toxicologia Ambiental (CFB 634)
Qualidade de água e saúde pública (CFB 635)
8/2004 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas (Biofísica), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Ecotoxicologia aquática
9/2002 - Atual
Ensino, Odontologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fisiologia renal
9/2002 - Atual
Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fisiologia renal
9/2002 - Atual
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
fisiologia renal
4/2001 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, Programa de Biofísica.

5/1999 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.

Atividade realizada
Participação em consultorias a diversos órgãos de Saúde Pública e Meio Ambiente para análise de toxinas de cianobactérias.
10/2004 - 10/2006
Direção e administração, Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, Programa de Biofísica.

Cargo ou função
Grupo de Coordenação de Extensão do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.
5/2006 - 5/2006
Ensino, Microbiologia e Imunologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Aula sobre "Toxinas de Cianobactérias
7/2004 - 7/2004
Extensão universitária , Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, Programa de Biofísica.

Atividade de extensão realizada
Curso: Ecotoxicologia de Cianobactérias e qualidade de água.
7/2003 - 7/2003
Extensão universitária , Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, Programa de Biofísica.

Atividade de extensão realizada
Curso de Toxicologia Ambiental.
5/2003 - 5/2003
Extensão universitária , Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, Programa de Biofísica.

Atividade de extensão realizada
Curso: Ecotoxicologia de Cianobactérias.
4/2001 - 4/2001
Ensino, Química de Produtos Naturais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Produtos Naturais no Controle de insetos - PNN - 830
12/1996 - 4/2001
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Pesquisas de Produtos Naturais, Laboratório de Ecofisiologia e Toxicologia de Cianobactérias.

5/1999 - 4/2000
Ensino, Química de Produtos Naturais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Química II - Produtos naturais no controle de insetos PNN-815
Química I - Ecotoxicologia Aquática PNN 814
4/1999 - 6/1999
Ensino, Microbiologia e Imunologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Química Geral - IQO - 110
6/1998 - 6/1998
Ensino, Microbiologia e Imunologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Química Geral - IQO - 110


Linhas de pesquisa


1.
Ecototoxicidade e bioacumulação de cianotoxinas em peixes.
2.
Produção, degradação e bioacumulação de microcistinas produzidas por cianofíceas
3.
Importância do sedimento na estabilidade e dinâmica das microcistinas (hepatotoxinas de cianobactérias)
4.
Interferência de metais pesados na análise de microcistinas


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Aspectos da toxicologia de cilindrospermopsina (Toxina de cianobactérias)
Descrição: De acordo com o IPCC a temperatura média na terra aumentou 0,74oC durante o último século. Esta mudança pode afetar negativamente todos os seres vivos, no entanto, as cianobactérias, por terem sobrevivido às diversas mudanças climáticas durante eras, podem sobreviver mais esta variação. Como é sabido, as cianobactérias são microrganismos capazes de produzir toxinas (ex: cilindrospermopsina CYN), cuja função ainda não está completamente esclarecida, porém sabe-se que pode produzir impactos drásticos sobre os ambientes aquáticos e sobre a saúde pública. Sabe-se que a CYN é um potente inibidor da síntese proteica em células eucarióticas, que pode causar danos a diversos órgãos, com potencial disruptor endócrino, além de causar danos ao DNA, indicando um possível efeito carcinogênico e mutagênico. A partir do exposto acima, este projeto buscará diagnosticar e avaliar os efeitos potenciais da CYN à saúde humana, através de experimentos em sistemas fisiológicos, tais como: renal e endócrino em animais de laboratório, além de investigar possíveis alterações morfológicas em diferentes órgãos. Essas ações estarão associadas a implantação e consolidação de metodologias analíticas avançadas para analises precisas de CYN em diferentes matrizes. Para atingir os objetivos descritos acima, cepas tóxicas e não tóxicas de Cilindrospermopsis raciborskii serão cultivadas continuamente sob condições controladas. A cepa tóxica passará por um processo de extração purificação e análise quantitativa da toxina para ser utilizada nos diferentes experimentos. Os experimentos com animais possuem protocolo aprovado pela CEUA do Centro de Ciências da Saúde da UFRJ (ref: IBCCF169 e 170). Doses crescentes da CYN purificada e em extrato serão administrados em modelos murinos e após 7 e 14 dias sangue e urina serão coletados para análises de proteína urinária e creatinina plasmática e urinária e ao final dos experimentos os rins serão coletados para análises histológicas. No experimento para avaliação do sistema reprodutor o sangue será coletado para a realização das dosagens séricas hormonais de testosterona (machos), progesterona e estrogênio (ambos para fêmeas). Para avaliação do ciclo estral, apenas uma dose será administrada e as fêmeas serão acompanhadas durante 50 dias e durante todo o período amostras citológicas serão coletadas diariamente e, no último dia as fêmeas serão pesadas assim como os ovários e útero. As análises estatísticas serão feitas através do programa de software STATISTICA. Os dados obtidos em todos os experimentos serão testados através de uma análise de variância (ANOVA two-away). Ao final do projeto deveremos ter um aumento do conhecimento científico da toxicologia da CYN com a publicação de pelo menos 2 trabalhos em revistas indexadas, a formação de recursos humanos capacitados para avaliar o risco potencial desta cianotoxina na saúde humana. Estão vinculados a este projeto 2 alunos de mestrado e técnicos de nível médio e superior..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Coordenador / Ricardo Frederico Guedes de Souza - Integrante / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Integrante / Fernanda de Oliveira Caires - Integrante / Adriana Carvalho Natal de Moraes - Integrante / Tania Maria Ruffoni Ortiga - Integrante / Celso Caruso Neves - Integrante / Luciane Henrique Brandão - Integrante.Financiador(es): (FAPERJ) Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de - Auxílio financeiro.Número de orientações: 2
2014 - Atual
Ecotoxicologia e toxicologia de cilindrospermopsina (Toxina de cianobactérias)
Descrição: De acordo com o ?Intergovernmental Panel on Climate Change? (IPCC) a temperatura média na terra aumentou 0,74±0,18oC durante o último século, principalmente na segunda metade. Uma das possíveis razões para este aumento é a liberação de gases de efeito estufa causado pelas atividades humanas. Esta mudança pode afetar negativamente todos os seres vivos, no entanto, as cianobactérias, por terem sobrevivido às diversas mudanças climáticas durante eras, podem sobreviver mais esta variação climática. Como é sabido, as cianobactérias são microrganismos capazes de produzir toxinas (ex: microcistinas, cilindrospermopsina e saxitoxinas), cuja função ainda não está completamente esclarecida, porém sabe-se que pode produzir impactos drásticos sobre os ambientes aquáticos e sobre a saúde pública, com a evidente diminuição da biodiversidade local, odores desagradáveis e gosto ruim na água em que as mesmas se apresentam. Sabe-se que a cilindrospermopsina (CYN) é um potente inibidor da síntese proteica em células eucarióticas, que pode causar danos ao fígado, rins, timo, baço, pulmões, coração, com potencial papel disruptor endócrino, além de causar danos a estrutura do DNA, indicando, portanto, um possível efeito carcinogênico e mutagênico em murinos. Assim como estudos toxicológicos, a ecotoxicologia é uma ferramenta importante para esclarecimento da ação da CYN no ambiente e a escolha de peixes como modelo de estudo desta toxina deve-se ao fato de habitarem os mais diversos ambientes dentro dos ecossistemas aquáticos, e, portanto sob constante exposição hídrica ou trófica à esses metabólitos. Assim, espécies pequenas de peixes (ex: Danio rerio) vêm provando ser útil como animais para testes toxicológicos. Porém, para considerarmos um possível dano a comunidade aquática deve-se avaliar também a biodisponibilidade desta toxina na água. Sabe-se que em um corpo d?água, normalmente é muito difícil observar cianotoxinas dissolvidas na coluna d´água devido a sua bioacumulação em organismos aquáticos e a biodegradação através de bactérias presentes na água e no sedimento. A diferença nas características da degradabilidade e adsorção além do grande potencial tóxico ilustra a importância do estudo da biodegradação desta toxina, estimando o potencial do sedimento na degradação das cianotoxinas. A partir do exposto acima, este projeto, através de uma abordagem multidisciplinar, incluindo a capacitação de recursos humanos, buscará diagnosticar e avaliar os efeitos potenciais desta cianotoxina à saúde humana, através de experimentos em sistemas fisiológicos, tais como: renal e endócrino em animais de laboratório, além do avanço do conhecimento nos processos de depuração, bem como verificar os possíveis efeitos desta cianotoxina no desenvolvimento embrionário de Danio rerio e a partir de biomarcadores histológicos investigar possíveis alterações morfológicas em diferentes órgãos de D. rerio adultos expostos e finalmente, através de uma abordagem ecotoxicológica avaliar o papel do sedimento na (bio)degradação dessas cianotoxinas. Essas ações estarão associadas a implantação e consolidação de metodologias analíticas avançadas para analises precisas de cilindrospermopsina em diferentes matrizes e detecção da diversidade microbiana aquática associada a eventos de florações. Todos os experimentos com animais foram realizados de acordo com o Instituto Nacional do Guia de Saúde para o Cuidado e Uso de Animais de Laboratório, com protocolo aprovado pela Comissão de Ética com Uso de Animais em Experimentação Científica do Centro de Ciências da Saúde da UFRJ (referência: IBCCF169 e 170)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Coordenador / Ricardo Frederico Guedes de Souza - Integrante / Manoel Luis Pereira da Silva Costa - Integrante / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Integrante / Fernanda de Oliveira Caires - Integrante / Adriana Carvalho Natal de Moraes - Integrante / Thábata Moreira Ribeiro da Silva - Integrante / Tania Maria Ruffoni Ortiga - Integrante / Celso Caruso Neves - Integrante / Ana Beatriz Furlanetto Pacheco - Integrante / Allan Amorim Santos - Integrante / Luciane Henrique Brandão - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2012 - 2013
Uso de Biomarcadores na Avaliação dos Efeitos da Cilindrospermopsina (cianotoxina) em peixes neotropicais (Hoplias malabaricus)
Descrição: Florações de cianobactérias representam um dos maiores riscos microbiológicos na água de abastecimento humano e agrícola bem como na produção do pescado. Esse perigo é resultado da produção, por parte desses organismos, de metabólitos secundários tóxicos, também conhecidos como cianotoxinas. A cilindrospermopsina (CYN), uma das mais perigosas cianotoxinas, é um potente inibidor irreversível de síntese de porteínas em vegetais e mamíferos, apresentando propriedades carcinogênicas, mutagênicas e progenotóxicas. A toxicidade resultante da ingestão oral é verificada no fígado, rins, estômago, intestino, e os glóbulos brancos, com alguns danos vasculares em mamíferos. Lesões gastrointestinais, bem como lesões hepáticas tem sido observadas em intoxicações humanas. Entretanto, ainda é escasso o conhecimento dos efeitos tóxicos da CYN em diferentes compartimentos celulares. Portanto, o estudo dos efeitos da cilindrospermopsina presente na água, através do uso de processos biológicos (biomarcadores), é uma importante ferramenta na avaliação do risco da exposição animal e, sobretudo, humana, frente á este metabólito..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Coordenador / Rodrigo de Cássio da Silva - Integrante / Ricardo Frederico Guedes de Souza - Integrante / Ciro A. Oliveira Ribeiro - Integrante / Fernanda de Oliveira Caires - Integrante / Adriana Carvalho Natal de Moraes - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2012 - 2013
História em Quadrinhos: ?Chaguinhas, seus amigos e a ciência no Brasil?
Descrição: Uma pesquisa realizada em 2010 pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação revelou o desconhecimento dos brasileiros sobre a história da ciência no Brasil e seus principais atores. Muitos conhecem Einstein, Isaac Newton, Galileu, mas quase não conseguem citar algum brasileiro no campo da ciência, com exceção de Oswaldo Cruz ou Carlos Chagas, citados em livros de história do Brasil. Os entrevistam apontam dificuldade de entendimento da linguagem usada pelos cientistas, material de divulgação escasso e a forma desinteressante com que esse material é apresentado, como as principais causas desse afastamento entre o público e a ciência. Esse projeto tem como objetivo contar a história da ciência no Brasil e de alguns de seus mais importantes personagens através de uma revista de história em quadrinhos. A proposta é que a história seja desenvolvida com foco na interatividade entre os personagens, com o intuito de tornar o tema interessante, aproximando os fatos científicos históricos da vida cotidiana dos leitores. O enredo vai se desenvolver com a chegada de alunos ao Espaço Memorial Carlos Chagas Filho, atualmente localizado no IBCCF/UFRJ e esses alunos serão recebidos por um personagem imaginário chamado Chaguinhas, que refere-se ao cientista Carlos Chagas Filho. O Chaguinhas conduzirá toda a discussão com os personagens, contando a história da ciência no Brasil através da história dos cientistas brasileiros e suas descobertas. Há que ressaltar que o enredo não será desenvolvido somente com as histórias que Chaguinhas contará, mas também através de questionamentos e contribuições das próprias crianças, de suas experiências passadas e seus conhecimentos sobre cada cientista ou cada tema abordado. O projeto prevê o uso da revista em salas de aula e espaços de divulgação científica utilizando e metodologias facilitadoras da transferência do conteúdo da revista, facilitada pelo uso da linguagem dos quadrinhos para estimular alunos e também os próprios professores..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Coordenador / Olaf Malm - Integrante / João Paulo Machado Torres - Integrante / Denise Pires de Carvalho - Integrante / Daniele Botaro - Integrante / Cesar Elias - Integrante / Anna Gabriela P. Faria - Integrante / Karina Saraiva - Integrante / Andreia Fiorani - Integrante / Ana Paula Figueira - Integrante / Rafael Brasil - Integrante / Renata A.B. Dias - Integrante / Ana Paula Reis - Integrante / Natacha Silva Fonseca - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2012 - Atual
DESAFIOS NA IDENTIFICAÇÃO DAS CAUSAS E EFEITOS DE FLORAÇÕES TÓXICAS DE CIANOBACTÉRIAS

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo em 07/08/2012.
Descrição: Através de uma abordagem multidisciplinar e interinstitucional, incluindo a capacitação de recursos humanos, este projeto buscará diagnosticar e avaliar fatores ambientais e ecofisiológicos envolvidos com a dominância de cianobactérias e o sucesso adaptativo desse grupo em ecossistemas aquáticos eutrofizados, a transferência e efeitos ecotoxicológicos de cianotoxinas em organismos aquáticos de diferentes elos da cadeia alimentar, bem como os efeitos potenciais destas substâncias à saúde humana, através de experimentos em sistemas fisiológicos, tais como: renal, cardíaco, respiratório, hepático e endócrino em animais de laboratório, além do avanço do conhecimento nos processos de depuração de cianotoxinas e de drogas com efeito potencial terapêutico para a intoxicação por essas moléculas. Essas ações deverão estar associadas a implantação e consolidação de metodologias analíticas avançadas para analises precisas de cianotoxinas em diferentes matrizes, detecção da diversidade microbiana aquática associada a eventos de florações, a interelação dos diferentes grupos dessa microbiota, a determinação rápida da produção de cianotoxinas, por tecnologias genômicas e o efeito de oligopeptídeos no controle intraespecífico do crescimento de cianobactérias. Com os resultados obtidos será possível avançar na proposição de ações mitigadoras para os impactos diagnosticados pela presença de florações tóxicas de cianobactérias em nossos ecossistemas aquáticos e suas conseqüências sócio-econômicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (11) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (13) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Integrante / Marcelo Manzi Marinho - Integrante / Andréia Maria da Anunciação Gomes - Integrante / Pedro Sampaio - Integrante / Raquel moraes Soares - Integrante / Manoel Luis Pereira da Silva Costa - Integrante / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Coordenador / Jennifer Lowe - Integrante / Fernanda de Oliveira Caires - Integrante / Adriana Carvalho Natal de Moraes - Integrante / Ana Lucia Fonseca - Integrante / Ana Beatriz F. Pacheco - Integrante / Diana Negrão Cavalcanti - Integrante / Edson Rondinelli - Integrante / Izabel Christina Nunes de Palmer Paixão - Integrante / Rosane Silva - Integrante / Turan P. Urmenyi - Integrante / Elizabeth Valentin de Souza - Integrante / Iamê Alves Guedes - Integrante / Jackson de Souza Menezes - Integrante / Paulo de Assis Melo - Integrante / Rafael Ramos Hospodar Felippe Valverde - Integrante / Viviane Ramos Cagido - Integrante / Walter Araújo Zin - Integrante / Thábata Moreira Ribeiro da Silva - Integrante / Juliana Eymara Barbosa - Integrante / Luisa Hoffmann - Integrante / Maria Elisângela Venâncio dos Santos - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
Efeitos de cilindrospermopsina (cyn - cianotoxina) sobre o desenvolvimento de organismos aquáticos e avaliação dos processos de acúmulo e depuração
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Coordenador / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Integrante / Rodigo de Cássio da Silva - Integrante / Rafael Rosas Oliveira - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2007 - 2009
Bioacumulação de cianotoxinas na cadeia alimentar do reservatório do Funil e Ribeirão das Lajes
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2006
Remoção de cianobactérias, cianotoxinas e pesticidas por 3 diferentes técnicas de tratamento - filtração lenta, sedimentação e carvão ativado em pó
Descrição: Avaliar a eficiência e aplicabilidade da filtração lenta na remoção de células viáveis de Microcystis aeruginosa e microcistina. ? Avaliar a eficiência e aplicabilidade da filtração lenta na remoção de células viáveis de Cylindrospermopsis raciborskii e saxitoxinas Implementar e otimizar as metodologias para extração, detecção e quantificação de cilindrospermopsina e saxitoxinas por técnicas de HPLC, em matriz água Avaliar a aplicabilidade e eficiência dos carvões ativado em pó produzidos no Brasil na remoção de microcistina Avaliar o efeito do processo de coagulação, floculação e sedimentação na remoção de células viáveis de Cylindrospermopsis raciborskii, saxitoxinas e cilindrospermopsina Avaliar a aplicabilidade e eficiência dos carvões ativado em pó produzidos no Brasil na remoção de saxitoxinas.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Integrante / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Integrante / Ana Claudia Pimentel de Oliveira - Integrante / Pedro Sampaio - Integrante / Cristina Celia Brandão - Coordenador / Carlos Schwartz - Integrante / Luiza Campos - Integrante / Rodigo de Cássio da Silva - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
2004 - 2005
BIOACUMULAÇÃO DE CIANOTOXINAS NA CADEIA ALIMENTAR DO RESERVATÓRIO DO FUNIL, RJ
Descrição: Avaliar a bioacumulação de toxinas de cianobactérias em diferentes compartimentos da cadeia alimentar em ambientes de diferentes níveis de trofia.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Coordenador / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Integrante / Marcelo Manzi Marinho - Integrante / Jobson Machado Barbosa - Integrante / Pedro Sampaio - Integrante / Maria Isabel de Almeida Rocha - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2002 - 2005
Monitoramento ambiental no Estado do Rio de Janeiro: Bioacumulação e biomagnificação de metais pesados, micropoluentes orgânicos e cianotoxinas nos reservatórios do sistema rio Paraíba do Sul - rio Guandu e no sistema lagunar de Jacarepaguá
Descrição: Diagnosticar e avaliar os principais problemas relativos à transferência e biomagnificação de metais pesados, micropoluentes orgânicos e toxinas de cianobactérias na biota dos reservatórios do sistema Rio Paraíba do Sul ? Rio Guandu e no sistema lagunar de Jacarepaguá..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Integrante / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Integrante / Marcelo Manzi Marinho - Integrante / Olaf Malm - Coordenador / Jobson Machado Barbosa - Integrante / Vera Lúcia de Moraes Huszar - Integrante / Andréia Maria da Anunciação Gomes - Integrante / João Carlos da Silva - Integrante / Maria Carolina S Soares - Integrante / Christina Castelo Branco - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2002 - 2004
Efeitos de fatores físicos e químicos no crescimento de cianobactérias e proposição de técnicas de tratamento de água para remoção de cianobactérias e cianotoxinas
Descrição: Através de estudos de campo e de laboratório determinar as principais características ecofisiológicas de espécies de cianobactérias ocorrentes nos reservatórios a serem estudados, visando identificar os fatores controladores do seu crescimento e dominância na comunidade fitoplanctônica; investigar e propor alternativas para processos de tratamento de água de forma a otimizar a remoção de cianobactérias e cianotoxinas, contribuindo para o conhecimento dos mecanismos controladores das florações de cianobactérias em reservatórios e para o controle dos problemas ambientais e de saúde pública relacionados às estas florações..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Integrante / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Coordenador / Ana Claudia Pimentel de Oliveira - Integrante / Marcelo Manzi Marinho - Integrante / Luiz Otávio de Azevedo - Integrante / Vera Lúcia de Moraes Huszar - Integrante / Andréia Maria da Anunciação Gomes - Integrante / Cristina Celia Brandão - Integrante.Financiador(es): Fundação Nacional de Saúde - Presidência - Auxílio financeiro.
2002 - 2003
Interferência de metais pesados na análise de microcistinas: considerações sobre o tratamento de água em clínicas de hemodiálise
Descrição: Os objetivos deste trabalho são: investigar, através de experimentos de laboratório, a interferência do Fe e do Al, com as MCYSTs e avaliar o risco potencial para saúde, principalmente dos pacientes com insuficiência renal crônica, caso a concentração destas toxinas esteja subestimada devido a interferência de metais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Coordenador / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Integrante / Jobson Machado Barbosa - Integrante.
2001 - 2003
Produção, bioacumulação e degradação de toxinas de cianobactérias e contribuição à previsibilidade da ocorrência de florações
Descrição: Estudar os processos de bioacumulação e depuração de microcistinas em peixes. Estudar os processos de degradação de microcistinas e saxiotoxinas, simulando as condições ambientais de ecossistemas aquáticos do estado do Rio de Janeiro Verificar a presença de microcistinas em amostras de sedimentos da Lagoa de Jacarepaguá, coletados durante 24 meses. Verificar a presença de microcistinas dissolvidas na água tanto da Lagoa de Jacarepaguá quanto na Baía de Sepetiba, em amostras coletadas mensalmente por um período de 36 meses e 12 meses respectivamente. Avaliar a estabilidade e a degradação das microcistinas nas amostras de sedimento da Lagoa de Jacarepaguá. Analisar todos os dados obtidos para a verificação da transferência das microcistinas nos diferentes compartimentos estimando-se sua bioacumulação e degradação e propondo limites máximos aceitáveis para a presença de cianofíceas hepatotóxicas em lagoas costeiras para não conferir risco para a biota aquática e a saúde humana. Implementar uma metodologia rápida, de fácil manutenção e utilização, sendo conveniente e ao mesmo tempo eficiente para análise de toxinas PSP, tanto em água quanto em amostras planctônicas. Fazer a validação deste método para análise de toxinas do tipo PSP, para que seja utilizado como rotina na análise laboratorial e para monitorar reservatórios de água e organismos aquáticos, provenientes de áreas suspeitas da ocorrência de cianobactérias produtoras de PSP. Utilizar a metodologia cromatográfica desenvolvida para determinar a presença de toxinas do tipo PSP em água tratada. Monitorar a ocorrência de neurotoxinas do tipo PSP em amostras fitoplanctônicas de afluentes e reservatórios de abastecimento suspeitos de possuir este tipo de toxina. Avaliar os efeitos deletérios da cepa T3 (Cylindrospermopsis raciborskii) na sobrevivência e fecundidade de alguns organismos da comunidade aquática (peixes e zooplâncton) através de bioensaios de toxicidade aguda e crônica;.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Integrante / Raquel moraes Soares - Integrante / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Coordenador / Ana Claudia Pimentel de Oliveira - Integrante / Simone Maciel da Costa - Integrante / Marcelo Manzi Marinho - Integrante / Luiz Otávio de Azevedo - Integrante / Andréia Maria da Anunciação Gomes - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2001 - 2002
Dinâmica, degradação e/ou decomposição de microcistinas (hepatotoxinas de cianobactérias)
Descrição: Nos últimos anos, devido ao crescente processo de eutrofização, vêm ocorrendo um aumento na frequência de florações de cianobactérias em reservatórios de abastecimento público, lagos artificiais, lagoas salobras, rios e outros corpos d'água brasileiros. A equipe do Laboratório de Ecofisiologia e Toxicologia de Cianobactérias (LETC), UFRJ, tem confirmado a ocorrência de várias florações tóxicas de cianobactérias em corpos d'água brasileiros. Como já foi verificado que a intoxicação humana pode se dar via oral pelo consumo de água ou animais contaminados faz-se necessário um maior conhecimento sobre a presença, estabilidade e adsorção das microcistinas em um compartimento ainda não estudado: o sedimento, visando avaliar sua possível transferência para a coluna d'água e inserção na cadeia alimentar, bem como estimar o potencial deste sedimento em degradar microcistinas. Além disso, o processo convencional de tratamento de água na maioria das estações de tratamento não é eficiente para a remoção ou degradação dessas hepatotoxinas. Objetivos Verificar a presença e estabilidade de microcistinas no sedimento da Lagoa de Jacarepaguá, avaliar a disponibilização para a coluna d'água, contribuindo para o entendimento da dinâmica de microcistinas na interface sedimento-água. Verificar a influência dos parâmetros físicos, químicos e biológicos como: temperatura, pH, concentração de sulfato de alumínio, de cobre e de outros floculantes, concentração de matéria orgânica dissolvida, e testar a eficiência dos diferentes tipos de bactérias na degradação das microcistinas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Integrante / Raquel moraes Soares - Integrante / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Coordenador / Ana Claudia Pimentel de Oliveira - Integrante / Marcelo Manzi Marinho - Integrante / Andréia Maria da Anunciação Gomes - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2000 - 2002
Importância do sedimento na estabilidade e dinâmica das microcistinas
Descrição: Tendo em vista a comprovação de toxicidade das cianobactérias, a crescente eutrofização que resulta em condições ideais para formação de florações, a comprovação da bioacumulação de microcistinas em peixes conferindo, portanto, um risco para a população que consome este pescado faz-se necessário um maior conhecimento sobre a presença, estabilidade e adsorção das microcistinas em um compartimento ainda não estudado: o sedimento. Uma vez confirmada a presença de microcistinas em sedimento, estudos sobre o comportamento desta toxina neste compartimento, avaliará sua possível transferência para a coluna d'água e inserção na cadeia alimentar, bem como estimará o potencial deste sedimento em degradar microcistinas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Coordenador / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Integrante / Jobson Machado Barbosa - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa.
1998 - 2003
Projeto Caruaru: Detecção de Hepatotoxinas de Cianobactérias
Descrição: Detecção de Hepatotoxinas de Cianobactérias Ocorrência de microcistinas em mananciais utilizados para o abastecimento público e de centros de hemodiálise no Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Integrante / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Coordenador / Ana Claudia Pimentel de Oliveira - Integrante / Luiz Otávio de Azevedo - Integrante / Lynn Silver - Integrante / Cristina Celia Brandão - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
1998 - 2002
Occurence of toxic cyanobacteria waterblooms: impact on water environmental and potential human health risk. Environmental, physiological and genetic mechanism involved in toxins production
Descrição: O objetivo deste projeto é o desenvolvimento de um conjunto de metodologias para : 1) Determinar a toxicidade de florações em corpos d'água. 2) Estimar o riscos de toxicidade para evitar problemas para a saúde humana. 3)Iniciar um processo de monitoramento durante períodos de crise em relação a cepa de cianobactéria envolvida (definição genética), as fases de crescimento(ecofisiologia) e as condições ambientais.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Integrante / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Coordenador / Ana Claudia Pimentel de Oliveira - Integrante / Marcelo Manzi Marinho - Integrante.Financiador(es): Comunidade Econômica Européia - Auxílio financeiro.
1997 - 2003
Impactos antrópicos em ambientes aquáticos: alterações na estrutura, funcionamento e propostas mitigadoras
Descrição: A preocupação com a qualidade do ambiente tem se tornado cada vez mais evidente nos últimos anos A conscientização da população tem crescido com os avanços científicos e tecnológicos que permitem identificar, conhecer e quantificar os mais variados tipos de problemas ambientais. Esta situação requer ações para preservar a qualidade ambiental ou inibir ações danosas ao ambiente. Torna-se assim necessário que haja investimento de tempo, esforço e recursos para que o conhecimento seja produzido e venha a dar sustentação a estas ações. Após gerado, o conhecimento deve cumprir seu ciclo sendo repassado para a sociedade e orgãos de controle do meio ambiente para o controle de desvios e ações controladoras e/ou reparadoras. Embora de grande importância sócio-econômica e ecológica, os corpos hídricos brasileiros têm sofrido diferentes formas de impactos antrópicos, com conseqüências sobre a estrutura e o funcionamento desses ecossistemas aquáticos: alteração da qualidade da água por eutroficação artificial e contaminação, contribuindo para a formação de focos de disseminação de doenças, queda na iversidade e da produção pesqueira. Esses problemas sócio-econômicos apontam para a necessidade de desenvolver, no âmbito de programas multidisciplinares, uma ciência ecológica capaz de detectar os estresses impostos aos ambientes pelas atividades antropogênicas e predizer os seus efeitos a medio e longo prazo. O Projeto, ora apresentado, pretende caracterizar e quantificar os impactos antrópicos sobre diversos ambientes aquáticos: rios, lagoas interiores e costeiras, reservatórios, baias costeiras e propor medidas mitigadoras; a partir do conhecimento necessário dos organismos componentes das suas cadeias tróficas e dos processos nelas envolvidos. Diferentes níveis de organização devem ser abordados, por entender que os organismos não se encontram isolados no ambiente, mas em populações que interagem em comunidade e com o meio abiótico..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Integrante / Wolfgang Christian Pfeiffer - Coordenador / Raquel moraes Soares - Integrante / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Integrante / Ana Claudia Pimentel de Oliveira - Integrante / Simone Maciel da Costa - Integrante / Marcelo Manzi Marinho - Integrante / Olaf Malm - Integrante / Francisco de Assis esteves - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
1996 - 2000
PRODUÇÃO DE TOXINAS DE CIANOBACTÉRIAS ISOLADAS DE CORPOS D'ÁGUA BRASILEIROS
Descrição: Isolamento de cianobactérias tóxicas para estudos ecofisiológicos em laboratório. Extração e caracterização das toxinas produzidas. Estudos das condicões ambientais que favorecem a ocorrência de cianobactérias tóxicas e estudos de bioacumulação e degradação de cianotoxinas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Integrante / Raquel moraes Soares - Integrante / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Coordenador / Ana Claudia Pimentel de Oliveira - Integrante / Marcelo Manzi Marinho - Integrante / Patricia Domingos - Integrante / Karine T Rubim - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
1996 - 1998
Monitoramento do sistema lagunar de Jacarepaguá e da Baía de Sepetiba quanto a ocorrência de florações tóxicas de microalgas
Descrição: Estudar a variação sazonal da comunidade fitoplanctônica, com ênfase especial na ocorrência de espécies de cianobactérias planctônicas no Sistema Lagunar de Jacarepaguá e na Baia de Sepetiba. Analisar, através de bioensaios e imunoenssaios, a toxicidade das amostras fitoplanctônicas coletadas nas diferentes épocas do ano. Verificar a presença de hepatotoxinas em organismos da comunidade de peixes e crustáceos, bem como na água. Propor mecanismos de prevenção e/ou controle da ocorrência de ?blooms? tóxicos de Cianobactérias, assim como do controle da utilização desses ambientes como área de recreação e/ou pesqueira..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Integrante / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Coordenador / Ana Claudia Pimentel de Oliveira - Integrante / Simone Maciel da Costa - Integrante / Marcelo Manzi Marinho - Integrante / Patrícia Domingos - Integrante / Luiz Otávio de Azevedo - Integrante / João Carlos da Silva - Integrante.Financiador(es): Secretaria Municipal de Meio Ambiente do Rio de Janeiro - Auxílio financeiro.


Projetos de extensão


2012 - 2014
História em Quadrinhos: ?Chaguinhas, seus amigos e a ciência no Brasil?
Descrição: Uma pesquisa realizada em 2010 pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação revelou o desconhecimento dos brasileiros sobre a história da ciência no Brasil e seus principais atores. Muitos conhecem Einstein, Isaac Newton, Galileu, mas quase não conseguem citar algum brasileiro no campo da ciência, com exceção de Oswaldo Cruz ou Carlos Chagas, citados em livros de história do Brasil. Os entrevistam apontam dificuldade de entendimento da linguagem usada pelos cientistas, material de divulgação escasso e a forma desinteressante com que esse material é apresentado, como as principais causas desse afastamento entre o público e a ciência. Esse projeto tem como objetivo contar a história da ciência no Brasil e de alguns de seus mais importantes personagens através de uma revista de história em quadrinhos. A proposta é que a história seja desenvolvida com foco na interatividade entre os personagens, com o intuito de tornar o tema interessante, aproximando os fatos científicos históricos da vida cotidiana dos leitores. O enredo vai se desenvolver com a chegada de alunos ao Espaço Memorial Carlos Chagas Filho, atualmente localizado no IBCCF/UFRJ e esses alunos serão recebidos por um personagem imaginário chamado Chaguinhas, que refere-se ao cientista Carlos Chagas Filho. O Chaguinhas conduzirá toda a discussão com os personagens, contando a história da ciência no Brasil através da história dos cientistas brasileiros e suas descobertas. Há que ressaltar que o enredo não será desenvolvido somente com as histórias que Chaguinhas contará, mas também através de questionamentos e contribuições das próprias crianças, de suas experiências passadas e seus conhecimentos sobre cada cientista ou cada tema abordado. O projeto prevê o uso da revista em salas de aula e espaços de divulgação científica utilizando e metodologias facilitadoras da transferência do conteúdo da revista, facilitada pelo uso da linguagem dos quadrinhos para estimular alunos e também os pr.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Coordenador / Dario P de Carvalho - Integrante / Olaf Malm - Integrante / João Paulo Machado Torres - Integrante / Daniele Botaro - Integrante / Cesar Elias - Integrante / Anna Gabriela P. Faria - Integrante / Karina Saraiva - Integrante / Andreia Fiorani - Integrante / Ana Paula Figueira - Integrante / Rafael Brasil - Integrante / Renata A.B. Dias - Integrante / Ana Paula Reis - Integrante / Natacha Silva Fonseca - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2008 - Atual
Descobrindo a Biofísica
Descrição: O projeto Descobrindo a Biofísica é voltado para alunos do ensino fundamental e médio. Tanto escolas públicas quanto escolas privadas são convidadas a participar. O Instituto de Biofísica da UFRJ é reconhecido em todo Brasil devido a realização de pesquisa da mais alta qualidade, entretanto a população de forma geral ainda apresenta pouco conhecimento e reconhecimento acerca da importância dessas pesquisas. Além disso, é notória a carência de laboratórios não somente na escola pública, mas também em grande parte das escolas privadas. Neste projeto visamos divulgar a ciência básica e aplicada feita no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho bem como fornecer uma oportunidade única para muitos indivíduos no que diz respeito ao reconhecimento e observação da prática cientifica realizada por meio de equipamentos de última geração assim com a interação dos mesmos com os grandes cientistas desta universidade. Estudantes permanecem no Instituto no período da manhã ou tarde, divididos em pequenos grupos onde são levados a conhecer diferentes laboratórios do IBCCF onde são realizadas práticas adaptadas para o nível de formação do estudante. Os estudantes entram em contato com grandes pesquisadores além de alunos de graduação e pós-graduação. Portanto nosso objetivo é despertar nos alunos e visitantes o interesse pela ciência desde cedo, além de divulgar a ciência para a população de forma geral começando pelos alunos visitantes do museu que chegam até nós por intermédio das suas escolas até o público de forma geral que realizam visitas espontâneas ao Espaço..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Coordenador.


Projetos de desenvolvimento


2002 - 2004
Monitoramento da qualidade da água dos reservatórios do Funil e Ribeirão das Lajes com especial ênfase em cianobactérias
Descrição: As atividades humanas levam a usos múltiplos dos recursos hídricos gerando impactos e deterioração da qualidade da água e interferem na quantidade de água disponível. Como conseqüência desses impactos, é comum a verificação de acelerados processos de eutrofização que produz mudanças na qualidade da água e aumento da incidência de florações de microalgas e cianobactérias, podendo provocar um aumento no custo de tratamento da água e levar a graves conseqüências relacionadas à saúde pública. Vários gêneros e espécies de cianobactérias que formam florações podem produzir toxinas (cianotoxinas), as quais apresentam efeitos danosos para a biota aquática, podendo atingir também a saúde humana. Intoxicações de populações humanas pelo consumo oral de água contaminada por cepas tóxicas de cianobactérias já foram descritas em vários países. No Brasil, as florações de cianobactérias vêm aumentando em intensidade e freqüência e, atualmente, é possível visualizar-se um cenário de dominância desses organismos no fitoplâncton de muitos ambientes lênticos brasileiros, especialmente durante os períodos de maior biomassa e/ou densidade. Esta dominância é marcante sobretudo em reservatórios e em vários deles o predomínio de cianobactérias durante grande parte do ano tem sido observado. Dentre os gêneros mais freqüentemente observados nas florações de cianobactérias no Brasil, destacam-se Microcystis e Cylindrospermopsis, descritos na literatura como potencialmente produtores de hepatotoxinas e/ou neurotoxinas, sendo importante ressaltar que florações tóxicas de espécies destes gêneros já foram registradas em vários ecossistemas aquáticos brasileiros das regiões Nordeste, Centro Oeste, Sudeste e Sul. Devido ao aumento da ocorrência de florações de cianobactérias potencialmente produtoras de toxinas no Brasil e considerando os aspectos relacionados aos problemas ambientais e de saúde pública mencionados, fica evidente a necessidade de se prever, controlar e, se possível, evitar a ocorr.
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Valéria Freitas de Magalhães - Integrante / Raquel moraes Soares - Integrante / Sandra Maria Feliciano de Oliveira e Azevedo - Coordenador / Simone Maciel da Costa - Integrante / Marcelo Manzi Marinho - Integrante / Jobson Machado Barbosa - Integrante / Vera Lúcia de Moraes Huszar - Integrante / Andréia Maria da Anunciação Gomes - Integrante / Alessandra D Barroso - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: Frontiers in Microbiology


Revisor de periódico


2002 - Atual
Periódico: Amazoniana (Kiel)
2002 - Atual
Periódico: Aquatic Toxicology
2002 - Atual
Periódico: Environmental Toxicology
2002 - Atual
Periódico: Journal of Agricultural and Food Chemistry
2002 - Atual
Periódico: Toxicon
2007 - Atual
Periódico: Oecologia


Revisor de projeto de fomento


2009 - Atual
Agência de fomento: (FAPERJ) Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Microbiologia Aplicada.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Botânica Aplicada.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Toxicologia.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2009
Melhor trabalho da Sessão 410 (oral 3) da XXXI Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ, UFRJ.
2007
Menção Honrosa dos 5 melhores posteres apresentados no 7 ICTC, 7 International Conference on Toxic Cyanobacteria.
2007
Melhor trabalho (poster) da Sessão Biologia da XXIX Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ, UFRJ.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:20
Total de citações:522
Fator H:11
VF Magalhase OR Magalhaes VF OR de Magalhaes VF OR Magalhaes, VF OR Freitas de Magalhaes V OR Magalhaes V* OR de Freitas Magalhães, Valéria OR MAGALH'ES VAL'RIA F. OR Magalhães, Valéria F. OR Maglhaes, VF OR DEMAGALHAES, VF  Data: 11/05/2015

SCOPUS
Total de trabalhos:9
Total de citações:187
Magalhaes, V.F.  Data: 12/01/2010

Artigos completos publicados em periódicos

1.
Moraes, A.C.N.2018Moraes, A.C.N. ; MAGALHÃES, V.F. . Renal tubular damage caused by cylindrospermopsin (cyanotoxin) in mice. TOXICOLOGY LETTERS, v. 286, p. 89-95, 2018.

2.
DA SILVA, RODRIGO DE CÁSSIO2018DA SILVA, RODRIGO DE CÁSSIO ; GRÖTZNER, SONIA REGINA ; MOURA COSTA, DANIELE DIETRICH ; GARCIA, JUAN RAMÓN ESQUIVEL ; MUELBERT, JUAN ; de Magalhães, Valéria Freitas ; FILIPAK NETO, FRANCISCO ; DE OLIVEIRA RIBEIRO, CIRO ALBERTO . Comparative bioaccumulation and effects of purified and cellular extract of cylindrospermopsin to freshwater fish Hoplias malabaricus. JOURNAL OF TOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL HEALTH-PART A-CURRENT ISSUES, v. 1, p. 1-13, 2018.

3.
DE MORAIS CALADO, SABRINA LOISE2018DE MORAIS CALADO, SABRINA LOISE ; SOUZA SANTOS, GUSTAVO ; BORGES LEITE, TALITHA PIRES ; WOJCIECHOWSKI, JULIANA ; NADALINE, MÁRIO ; BOZZA, DEIVYSON CATTINE ; de Magalhães, Valéria Freitas ; CESTARI, MARTA MARGARETE ; PRODOCIMO, VIVIANE ; DE ASSIS, HELENA CRISTINA SILVA . Depuration time and sublethal effects of microcystins in a freshwater fish from water supply reservoir. CHEMOSPHERE, v. 210, p. 805-815, 2018.

4.
DE MORAIS CALADO, SABRINA LOISE2018DE MORAIS CALADO, SABRINA LOISE ; SANTOS, GUSTAVO SOUZA ; WOJCIECHOWSKI, JULIANA ; de Magalhães, Valéria Freitas ; DE ASSIS, HELENA CRISTINA SILVA . The accumulation dynamics, elimination and risk assessment of paralytic shellfish toxins in fish from a water supply reservoir. SCIENCE OF THE TOTAL ENVIRONMENT, v. 651, p. 3222-3229, 2018.

5.
CALADO, SABRINA LOISE DE MORAIS2017CALADO, SABRINA LOISE DE MORAIS ; WOJCIECHOWSKI, JULIANA ; SANTOS, GUSTAVO SOUZA ; MAGALHÃES, VALÉRIA FREITAS DE ; PADIAL, ANDRÉ ANDRIAN ; CESTARI, MARTA MARGARETE ; SILVA DE ASSIS, HELENA CRISTINA DA . Neurotoxins in a water supply reservoir: An alert to environmental and human health. Toxicon (Oxford), v. 126, p. 12-22, 2017.

6.
Ferrão-Filho, Aloysio da S.2017Ferrão-Filho, Aloysio da S. ; DE SILVA, DANIEL ABREU S. ; DE OLIVEIRA, TAISSA A. ; de Magalhães, Valéria Freitas ; PFLUGMACHER, STEPHAN ; DA SILVA, EDUARDO MENDES . Single and combined effects of microcystins and saxitoxins producer cyanobacteria on the fitness and antioxidant defenses of cladocerans. ENVIRONMENTAL TOXICOLOGY AND CHEMISTRY, v. 00, p. 00-00, 2017.

7.
SILVA, R. C.2017SILVA, R. C. ; Liebel, S. ; DE OLIVEIRA, H. H. P. ; RAMSDORF, W. A. ; GARCIA, J. R. E. ; AZEVEDO, S. M. F. O. ; MAGALHÃES, V. F. ; OLIVEIRA RIBEIRO, C. A. ; Filipak Neto, F. . Cylindrospermopsin effects on cell viability and redox milieu of Neotropical fish Hoplias malabaricus hepatocytes. FISH PHYSIOLOGY AND BIOCHEMISTRY, v. 43, p. 1237-1244, 2017.

8.
BURFORD, MICHELE A.2016BURFORD, MICHELE A. ; BEARDALL, JOHN ; WILLIS, ANUSUYA ; ORR, PHILIP T. ; MAGALHAES, VALERIA F. ; RANGEL, LUCIANA M. ; AZEVEDO, SANDRA M.F.O.E. ; NEILAN, BRETT A. . Understanding the winning strategies used by the bloom-forming cyanobacterium Cylindrospermopsis raciborskii. Harmful Algae, v. 54, p. 44-53, 2016.

9.
FABRE, AMELIA2016FABRE, AMELIA ; LACEROT, GISSELL ; DE PAIVA, RAFAEL RODRIGUEZ ; SOARES, M. CAROLINA S. ; de Magalhães, Valéria Freitas ; BONILLA, SYLVIA . South American PSP toxin-producing Cylindrospermopsis raciborskii (Cyanobacteria) decreases clearance rates of cladocerans more than copepods. Hydrobiologia (The Hague. Print), v. 1, p. 1-9, 2016.

10.
LIEBEL, SAMUEL2015LIEBEL, SAMUEL ; RIBEIRO, CIRO ALBERTO DE OLIVEIRA ; MAGALHÃES, VALÉRIA FREITAS DE ; SILVA, Rodrigo de Cássio da ; ROSSI, STÉFANI CIBELE ; RANDI, MARCO ANTÔNIO FERREIRA ; NETO, FRANCISCO FILIPAK . Low concentrations of cylindrospermopsin induce increases of reactive oxygen species levels, metabolism and proliferation in human hepatoma cells (HepG2). Toxicology in Vitro, v. 29, p. 479-488, 2015.

11.
FERRÃO FILHO, Aloysio da Silva2014FERRÃO FILHO, Aloysio da Silva ; SOARES, Maria Carolina S. ; Ramon S Lima ; MAGALHÃES, V. F. . Effects of Cylindrospermopsis raciborskii (cyanobacteria) on the swimming behavior of Daphnia (cladocera). Environmental Toxicology and Chemistry, v. 33, p. 223-229, 2014.

12.
APARECIDO DA SILVA, CESAR2014APARECIDO DA SILVA, CESAR ; PENNA DE MORAIS, ELIZABETH CUNHA ; MOURA COSTA, MICHELE DIETRICH ; COELHO RIBAS, JOÃO LUIZ ; GUILOSKI, IZONETE CRISTINA ; Ramsdorf, Wanessa A. ; ZANATA, SILVIO MARQUES ; Cestari, Marta M. ; Oliveira Ribeiro, Ciro Alberto ; Magalhães, Valéria F. ; TRUDEAU, VANCE ; Silva de Assis, Helena C. . Saxitoxins induce cytotoxicity, genotoxicity and oxidative stress in teleost neurons in vitro. Toxicon (Oxford), v. 86, p. 8-15, 2014.

13.
FERRÃO FILHO, Aloysio2014FERRÃO FILHO, Aloysio ; Galvão, L.E.C. ; MAGALHÃES, V. F. . Differential susceptibility of cladoceran species to a saxitoxin-producer strain of Cylindrospermopsis raciborskii (cyanobacteria). ECOTOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL CONTAMINATION, v. 9, p. 33-41, 2014.

14.
CARNEIRO, Ronaldo Leal2013CARNEIRO, Ronaldo Leal ; SILVA, A. ; MAGALHÃES, V. F. ; Azevedo, S. M.F.O. . Use of the cell quota and chlorophyll content for normalization of cylindropermopsin produced by two Cylindrospermopsis raciborskii strains grown under different light intensities. Journal of Brazilian Society of Ecotoxicology, v. 8, p. 93-100, 2013.

15.
HILBORN, Elizabeth D.2013HILBORN, Elizabeth D. ; SOARES, R. M. ; SERVAITES, Jerome C. ; DELGADO, ALVIMA G. ; MAGALHÃES, V. F. ; CARMICHAEL, Wayne W. ; AZEVEDO, SANDRA M. F. O. . Sublethal Microcystin Exposure and Biochemical Outcomes among Hemodialysis Patients. Plos One, v. 8, p. e69518, 2013.

16.
da Silva, Cesar A.2011da Silva, Cesar A. ; Oba, Eliane T. ; Ramsdorf, W.A. ; MAGALHÃES, V. F. ; Cestari, M.M. ; Ribeiro, C.A.O. ; Silva de Assis, H.C. . First report about saxitoxins in freshwater fish Hoplias malabaricus through trophic exposure. Toxicon (Oxford), v. 57, p. 141-147, 2011.

17.
Liebel, S.2011Liebel, S. ; Ribeiro, C.A.O. ; SILVA, Rodrigo de Cássio da ; Ramsdorf, W.A. ; Cestari, M.M. ; MAGALHÃES, V. F. ; Garcia, J.R.E. ; Esquivel, B.M. ; Filipak Neto, F. . Cellular responses of Prochilodus lineatus hepatocytes after cylindrospermopsin exposure. Toxicology in Vitro, v. 25, p. 1493-1500, 2011.

18.
Clemente, Z2010Clemente, Z ; Busato, R.H. ; Ribeiro, C.A.O. ; Cestari, M.M. ; Ramsdorf, W.A. ; MAGALHÃES, V. F. ; Wosiack, A.C. ; Silva de Assis, H.C. . Analyses of paralytic shellfish toxins and biomarkers in a Southern Brazilian reservoir. Toxicon (Oxford), v. 55, p. 396-406, 2010.

19.
Humpage, A.R.2010 Humpage, A.R. ; MAGALHÃES, V. F. ; Froscio, S.M. . Comparison of analytical tools and biological assays for the detection of Paralytic Shellfish Poisoning Toxins. Analytical and Bioanalytical Chemistry (Online), v. 397, p. 1655-1671, 2010.

20.
Ferrão-Filho, Aloysio da S.2010Ferrão-Filho, Aloysio da S. ; SOARES, Maria Carolina S. ; MAGALHÃES, V. F. ; Azevedo, S. M.F.O. . A rapid bioassay for detecting saxitoxins using a Daphnia acute toxicity test. Environmental Pollution (1987), v. 158, p. 2084-2093, 2010.

21.
FERRÃO FILHO, Aloysio da Silva2009FERRÃO FILHO, Aloysio da Silva ; SOARES, Maria Carolina S ; de Freitas Magalhães, Valéria ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Biomonitoring of cyanotoxins in two tropical reservoirs by cladoceran toxicity bioassays. Ecotoxicology and Environmental Safety, v. 72, p. 479-489, 2009.

22.
FERRÃO FILHO, Aloysio2009FERRÃO FILHO, Aloysio ; SOARES, Maria Carolina S ; ROCHA, Maria Isabel de Almeida ; MAGALHÃES, V. F. ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Florações de Cianobactérias tóxicas no Reservatório do Funil: dinâmica sazonal e consequências para o zooplâncton. Oecologia Brasiliensis, v. 13, p. 346-365, 2009.

23.
GOMES, A.M.A.2009GOMES, A.M.A. ; SAMPAIO, Pedro ; FERRÃO FILHO, Aloysio ; MAGALHÃES, V. F. ; MARINHO, Marcelo Manzi ; OLIVEIRA, Ana Claudia Pimentel de ; Santos, V.B. ; DOMINGOS, P. ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . FLORAÇÕES DE CIANOBACTÉRIAS TÓXICAS EM UMA LAGOA COSTEIRA HIPEREUTRÓFICA DO RIO DE JANEIRO/RJ (BRASIL) E SUAS CONSEQUÊNCIAS PARA SAÚDE HUMANA. Oecologia Australis, v. 13, p. 329-345, 2009.

24.
FERRÃO FILHO, Aloysio2007FERRÃO FILHO, Aloysio ; CUNHA, Rodolfo ; MAGALHÃES, V. F. ; SOARES, Maria Carolina S ; BAPTISTA, Darcílio Fernandes . Evaluation of Sub-lethal Toxicity of Cyanobacteria on the Swimming Activity of Aquatic Organisms by Image Analysis. Journal of the Brazilian Society of Ecotoxicology, v. 2, p. 93-100, 2007.

25.
SOARES, RAQUEL M.2006SOARES, RAQUEL M. ; YUAN, Moucun ; SERVAITES, Jerome C. ; DELGADO, Alvimar ; Magalhães, Valéria F. ; HILBORN, Elizabeth D. ; CARMICHAEL, Wayne W. ; AZEVEDO, SANDRA M. F. O. . Sublethal exposure from microcystins to renal insufficiency patients in Rio de Janeiro, Brazil. Environmental Toxicology (Print), v. 21, p. 95-103, 2006.

26.
GONÇALVES, ELSA ALIDIA PETRY2006GONÇALVES, ELSA ALIDIA PETRY ; DALBONI, Maria Aparecida ; PERES, Aline Trevisan ; MANFREDI, Ana Paula ; MANFREDI, SILVIA REGINA ; AZEVEDO, SANDRA MARIA ; Magalhães, Valéria F. ; DRAIBE, Sergio ; CANZIANI, Maria Eugenia F. ; CENDOROGLO, Miguel . Effect of microcystin on leukocyte viability and function. TOXICON, v. 47, p. 774-779, 2006.

27.
OLIVEIRA, ANA C. P.2005OLIVEIRA, ANA C. P. ; MAGALH'ES, VAL'RIA F. ; SOARES, RAQUEL M. ; AZEVEDO, SANDRA M. F. O. . Influence of drinking water composition on quantitation and biological activity of dissolved microcystin (cyanotoxin). ENVIRONMENTAL TOXICOLOGY, v. 20, p. 126-130, 2005.

28.
SOARES, RAQUEL M.2004SOARES, RAQUEL M. ; Magalhães, Valéria F. ; AZEVEDO, SANDRA M.F.O. . Accumulation and depuration of microcystins (cyanobacteria hepatotoxins) in Tilapia rendalli (Cichlidae) under laboratory conditions. AQUATIC TOXICOLOGY, v. 70, p. 1-10, 2004.

29.
MAGALHÃES, V. F.;de Magalhães, Valéria Freitas;Magalhães, Valéria F.;Valeria Freitas de Magalhães;de Freitas Magalhães, V.;de Freitas Magalhães, Valéria;MAGALH'ES VAL'RIA F.;MAGALHÃES, VALÉRIA FREITAS DE;MAGALHAES, VALERIA F.;Magalhães, Valéria de Freitas;MAGALH'ES, VAL'RIA F.;MAGALHÃES, V.F.2003 MAGALHÃES, V. F.; MARINHO, Marcelo Manzi ; DOMINGOS, Patricia ; OLIVEIRA, Ana Claudia Pimentel de ; COSTA, Simone Maciel da ; AZEVEDO, Luiz Otávio de ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Microcystins (cyanobacteria hepatotoxins) bioaccumulation in fish and crustaceans from Sepetiba Bay (Brasil, RJ). Toxicon (Oxford), v. 42, p. 289-295, 2003.

30.
MAGALHÃES, V. F.2001MAGALHÃES, V. F.; CARVALHO, C. E. V. ; PFEIFFER, W. C. . Arsenic Contamination and Dispersion in the Engenho Inlet, Sepetiba Bay, SE, Brazil. WATER AIR AND SOIL POLLUTION, v. 129, n.1/4, p. 83-90, 2001.

31.
MAGALHÃES, V. F.;de Magalhães, Valéria Freitas;Magalhães, Valéria F.;Valeria Freitas de Magalhães;de Freitas Magalhães, V.;de Freitas Magalhães, Valéria;MAGALH'ES VAL'RIA F.;MAGALHÃES, VALÉRIA FREITAS DE;MAGALHAES, VALERIA F.;Magalhães, Valéria de Freitas;MAGALH'ES, VAL'RIA F.;MAGALHÃES, V.F.2001 MAGALHÃES, V. F.; SOARES, Raquel Moraes ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Microcystin contamination in fish from the Jacarepaguá Lagoon (Rio de Janeiro, Brazil): ecological implication and human health risk. TOXICON, v. 39, p. 1077-1085, 2001.

32.
MAGALHÃES, V. F.;de Magalhães, Valéria Freitas;Magalhães, Valéria F.;Valeria Freitas de Magalhães;de Freitas Magalhães, V.;de Freitas Magalhães, Valéria;MAGALH'ES VAL'RIA F.;MAGALHÃES, VALÉRIA FREITAS DE;MAGALHAES, VALERIA F.;Magalhães, Valéria de Freitas;MAGALH'ES, VAL'RIA F.;MAGALHÃES, V.F.1995MAGALHÃES, V. F.; PFEIFFER, W. C. . Arsenic concentration in sediments near a metallurgical plant (Sepetiba Bay, Rio de Janeiro, Brazil). JOURNAL OF GEOCHEMICAL EXPLORATION, Holanda, v. 52, p. 175-181, 1995.

33.
MAGALHÃES, V. F.;de Magalhães, Valéria Freitas;Magalhães, Valéria F.;Valeria Freitas de Magalhães;de Freitas Magalhães, V.;de Freitas Magalhães, Valéria;MAGALH'ES VAL'RIA F.;MAGALHÃES, VALÉRIA FREITAS DE;MAGALHAES, VALERIA F.;Magalhães, Valéria de Freitas;MAGALH'ES, VAL'RIA F.;MAGALHÃES, V.F.1994MAGALHÃES, V. F.; KAREZ, C. S. ; PFEIFFER, W. C. ; GUIMARÃES, Jean Remmy Davee . Chromium and Zinc Accumulation by Padina gymnospora (Phaeophyceae) from a Contaminated Tropical Coastal Area. Fresenius Environmental Bulletin, v. 3, p. 300-305, 1994.

34.
KAREZ, C. S.1994KAREZ, C. S. ; MAGALHÃES, V. F. ; PFEIFFER, W. C. ; AMADO FILHO, G. M. . Trace metal accumulation by algae in Sepetiba Bay, Brazil. ENVIRONMENTAL POLLUTION, Inglaterra, v. 83, p. 351-356, 1994.

35.
MAGALHÃES, V. F.;de Magalhães, Valéria Freitas;Magalhães, Valéria F.;Valeria Freitas de Magalhães;de Freitas Magalhães, V.;de Freitas Magalhães, Valéria;MAGALH'ES VAL'RIA F.;MAGALHÃES, VALÉRIA FREITAS DE;MAGALHAES, VALERIA F.;Magalhães, Valéria de Freitas;MAGALH'ES, VAL'RIA F.;MAGALHÃES, V.F.1993MAGALHÃES, V. F.; KAREZ, C. S. ; GUIMARÃES, Jean Remmy Davee ; PFEIFFER, W. C. . Radiotracer studies of lead bioaccumulation by Padina gymnospora (Phaeophyceae).. Fresenius Environmental Bulletin, Suíça, v. 2, p. 200-205, 1993.

Capítulos de livros publicados
1.
AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; MAGALHÃES, V. F. . Metodologia para quantificação de cianotoxinas.. In: Valter Lúcio de Pádua. (Org.). Contribuição ao estudo da remoção de cianobactérias e microcontaminantes orgânicos por meio de técnicas de tratamento de água para consumo humano.. 1ed.Belo Horizonte: PROSAB, 2006, v. 1, p. 437-503.

2.
ODEBRECHT, C ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; GARCIA, V.M.T ; HUSZAR, V.L.M ; MAGALHÃES, V. F. ; MENEZES, M. ; PROENÇA, L.A.O. ; RORIG, L.R. ; TENEMBAUM, D. ; VILLAC, M.C ; YUNES, J.S . Floraciones de Microalgas nocivas en Brasil: estado del arte y proyectos en curso. In: E.A. Sar; M.E.Ferrario; B. Reguera. (Org.). Floraciones Algales Nocivas en el Cono Sur Americano. 1ed.Madrid: Instituto Español de Oceanografía, 2002, v. 1, p. -.

3.
CONFALONIERI, U. ; CHAME, M ; MAGALHÃES, V. F. ; LABARTHE, N. ; CHAVES, S.A.M. . Novas perspectivas para a saúde ambiental: a importância dos ecossistemas naturais. In: Ministério da Saúde. (Org.). Série Fiocruz. Rio de Janeiro: Fundação Oswaldo Cruz, 2002, v. 4, p. -.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MAGALHÃES, V. F.; Calasans, C. V. C. ; PFEIFFER, W. C. . Arsenic atmospheric contamination in a zinc smelter as revealed by transplanted Spanish moss (Tillandsia usneoides).. In: 3rd International Symposium in Environmental Geochemistry in Tropical Countries., 1999, Nova Friburgo (RJ).. 3rd International Symposium in Environmental Geochemistry in Tropical Countries., 1999.

2.
MAGALHÃES, V. F.; PFEIFFER, W. C. ; CARVALHO, C. E. V. . Arsenic distribution in surface sediments of Saco do Engenho Inlet and dispersion to Sepetiba Bay, RJ, Brazil.. In: 5th International Conference on the Biogeochemistry of Trace Elements, 1999, Viena. Proc. 5th International Conference on the Biogeochemistry of Trace Elements, 1999. v. I. p. 486-487.

3.
MAGALHÃES, V. F.; BASTOS, W. R. ; PFEIFFER, W. C. . Arsenic contamination in sediments near a metallurgical plant, Sepetiba Bay, RJ, Brasil. In: Heavy Metals in the Environment, 9th International Conference, 1993, Toronto. Heavy Metals in the Environment, 9th International Conference, 1993. v. 2. p. 443-446.

4.
MAGALHÃES, V. F.; PFEIFFER, W. C. ; GUIMARÃES, Jean Remmy Davee ; KAREZ, C. S. . Chromium-51 Accumulation by a Tropical Marine alga Padina gymnospora (Phaeophyceae). Heavy Metals in the Environment. In: Heavy Metals in the Environment, 8th International Conference, 1991, Edinburgh. Heavy Metals in the Environment, 8th International Conference, 1991. v. 2. p. 187-190.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Botaro, D. ; MALM, Olaf ; MAGALHÃES, V. F. . Divulgação científica no Facebook: de 2000 a 200000 fãs. In: MOSTRA NACIONAL DO 3º SALÃO NACIONAL DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA, 2013, Recife. ANAIS DA MOSTRA NACIONAL DO 3º SALÃO NACIONAL DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA, 2013. v. 1. p. 73-75.

2.
OLIVEIRA, Rafael Rosas ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; COSTA, M. L. P. S. ; MAGALHÃES, V. F. . Avaliação dos efeitos de Cilindrospermopsina (Cianotoxina) no desenvolvimento embrio-larval de Danio rerio (peixe-zebra).. In: IV Simpósio Brasileiro sobre Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos, 2009, Belo Horizonte. IV Simpósio Brasileiro sobre Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos, 2009.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Moraes, A.C.N. ; AZEVEDO, SANDRA M. F. O. ; NEVES, C. C. ; MAGALHÃES, V. F. . Analysis of renal function in mice submited to purified cylindrospermopsin (cyanobacterial toxin). In: International Conference on Harmful Algae, 2014, Wellington. International Conference on Harmful Algae, 2014. v. 1. p. 129-129.

2.
Caires, F.O. ; Azevedo, S. M.F.O. ; ORTIGA, T. M. R. ; MAGALHÃES, V. F. . Effect of single-dose cylindrospermopsin (cyanobacterial toxin) in murine reproductive system. In: International Conferences on Harmful Algae, 2014, Wellington. International Conferences on Harmful Algae, 2014. v. 1. p. 128-128.

3.
Botaro, D. ; ROCQUE, L. ; MALM, Olaf ; MAGALHÃES, V. F. . Sim, nós temos cientistas: Uma história em quadrinhos em sala de aula. In: 65ª Reunião Anual da SBPC, 2013, Recife. 65ª Reunião Anual da SBPC, 2013. v. 1. p. 594-594.

4.
Botaro, D. ; MALM, Olaf ; MAGALHÃES, V. F. ; Carvalho, D.P. . Sim, nós temos cientistas!. In: II Seminário Internacional Empírika Comunicação, Divulgação e Percepção de Ciência e Tecnologia,, 2012, Campinas. II Seminário Internacional Empírika Comunicação, Divulgação e Percepção de Ciência e Tecnologia,, 2012. v. 1. p. 1-1.

5.
MAGALHÃES, V. F.; Azevedo, S. M.F.O. ; SILVA, Rodrigo de Cássio da . Efeitos da cilindrospermopsina em peixes: bioacumulação e aspectos ecotoxicológicos. In: XIII Congresso Brasileiro de Limnologia, 2011, Natal. XIII Congresso Brasileiro de Limnologia, 2011.

6.
MAGALHÃES, V. F.; Froscio, S.M. ; Lau, H.M. ; Humpage, A.R. . RAPID SCREENING FOR CYLINDROSPERMOPSIN USING A CELL-FREE PROTEIN SYNTHESIS ASSAY. In: 8 International Conference on Toxic Cyanobacteria, 2010, istambul. 8 International Conference on Toxic Cyanobacteria, 2010. v. 1. p. 157-157.

7.
SILVA, Rodigo de Cássio da ; Filipak Neto, F. ; Oliveira Ribeiro, C.A. ; Azevedo, S. M.F.O. ; MAGALHÃES, V. F. . CYLINDROSPERMOPSIN EFFECTS ON PRIMARY CULTURED HEPATOCYTES OF THE NEOTROPICAL FISH HOPLIAS MALABARICUS. In: 8 International Conference on Toxic Cyanobacteria, 2010, Istambul. 8 International Conference on Toxic Cyanobacteria, 2010. v. 1. p. 188-188.

8.
OLIVEIRA, Rafael Rosas ; Azevedo, S. M.F.O. ; COSTA, M. L. P. S. ; MAGALHÃES, V. F. . TOXIC EFFECT OF CYLINDROSPERMOPSIN ON ZEBRAFISH (DANIO RERIO) EMBRYO-LARVAL DEVELOPMENT. In: 8 International Conference on Toxic Cyanobacteria, 2010, Istambul. 8 International Conference on Toxic Cyanobacteria, 2010. v. 1. p. 158-158.

9.
FABBRO, L. ; Bernard, C. ; Humpage, A.R. ; Froscio, S.M. ; Campbell, R. ; MAGALHÃES, V. F. ; Lau, H.M. ; Monis, P. . THE ACARP PROJECT, - A SEARCH FOR NEW TOXIN PRODUCING CYANOBACTERIA FROM AUSTRALIA.. In: 8 International Conference on Toxic Cyanobacteria, 2010, istambul. 8 International Conference on Toxic Cyanobacteria, 2010. v. 1. p. 22-22.

10.
HILBORN, Elizabeth D. ; SOARES, R. M. ; DELGADO, Alvimar ; MAGALHÃES, V. F. ; CARMICHAEL, Wayne W. ; SERVAITES, Jerome C. ; Azevedo, S. M.F.O. . Microcystin exposure and biochemical outcomes among dialysis patients. In: 8 International Conference on Toxic Cyanobacteria, 2010, istambul. 8 International Conference on Toxic Cyanobacteria, 2010. v. 1. p. 28-28.

11.
OLIVEIRA, Rafael Rosas ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; MAGALHÃES, V. F. . Avaliação dos efeitos de Cilindrospermopsina (CYN-Cianotoxina) no desenvolvimento embrionário de Danio rerio (zebrafish).. In: IV Simpósio Internacional de Meio Ambiente, 2009, Rio de Janeiro. IV Simpósio Internacional de Meio Ambiente.

12.
OLIVEIRA, Rafael Rosas ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; MAGALHÃES, V. F. . Avaliação dos efeitos de Cilindrospermopsina (CYN Cianotoxina) no desenvolvimento embrionário de Danio rerio (zebrafish).. In: III Simpósio em Ecologia Monitoramento Biológico de Ecossistemas Aquáticos Continentais: Da Teoria à Prática,, 2008, Rio de Janeiro. Simpósio em Ecologia Monitoramento Biológico de Ecossistemas Aquáticos Continentais: Da Teoria à Prática, 2008. v. 12.

13.
ROCHA, Maria Isabel de Almeida ; BRANCO, Christina Castelo ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; MAGALHÃES, V. F. . Variation of microcystin concentration in the phytoplankton and zooplankton communities of Funil Reservoir (RJ, Brazil).. In: VI Internatinal Conference on Toxic Cyanobacteria, 2007, Mangaratiba. VI Internatinal Conference on Toxic Cyanobacteria, 2007. v. 1. p. 57-57.

14.
SILVA, Rodigo de Cássio da ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; MAGALHÃES, V. F. . Bioaccumulation of the cyanobacterial toxin cylindrospermopsin in the juveline tilapia. In: VI Internatinal Conference on Toxic Cyanobacteria, 2007, mangaratiba. VI Internatinal Conference on Toxic Cyanobacteria, 2007. v. 1. p. 113-113.

15.
SILVA, Rodigo de Cássio da ; OLIVEIRA, Rafael Rosas ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; MARINHO, Marcelo Manzi ; MAGALHÃES, V. F. . Acúmulo e depuração de cilindrospermopsina (cianotoxina) em tilápias juvenis. In: Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2007, Buzios. Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2007. v. 1. p. 200-200.

16.
OLIVEIRA, Rafael Rosas ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; MAGALHÃES, V. F. ; COSTA, M. L. P. S. . Avaliação dos efeitos de cilindrospermopsina (cyn - cianotoxina) no desenvolvimento embrionário de danio rerio (peixe-zebra). In: Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2007, Buzios. Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2007. p. 202.

17.
CARNEIRO, Ronaldo Leal ; MAGALHÃES, V. F. ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Otimização de cultivo de Microcystis aeruginosa e Cylindrospermopsis raciborskii (cianobactéria) para a produção de padrões de microcistina-LR e cilindrospermopsina.. In: XI Congresso Brasileiro de Ficologia & Simpósio Latino-Americano sobre algas nocivas, 2006, Itajai. XI Congresso Brasileiro de Ficologia & Simpósio Latino-Americano sobre algas nocivas, 2006. v. 1. p. 238.

18.
SILVA, Rodigo de Cássio da ; OLIVEIRA, Ana Claudia Pimentel de ; SOUZA, Ricardo Frederico Guedes de ; SILVA, João Carlos da ; MAGALHÃES, V. F. ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Avaliação da eficiência do processo de coagulação na remoção de Cylindrospermopsis raciborskii (cianobactéria) e de cilindrospermopsina.. In: XI Congresso Brasileiro de Ficologia & Simpósio Latino-Americano sobre algas nocivas, 2006, Itajai. XI Congresso Brasileiro de Ficologia & Simpósio Latino-Americano sobre algas nocivas, 2006. v. 1. p. 228.

19.
FERRÃO FILHO, Aloysio da Silva ; CUNHA, Rodolfo ; MAGALHÃES, V. F. ; BAPTISTA, Darcílio Fernandes . Avaliação da toxicidade de Cylindrospermopsis raciborskii na atividade natatória de organismos aquáticos através de processamento de imagem. In: IX Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia, 2006, São Pedro (SP), Brasil. IX Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia, 2006. p. 184.

20.
FERRÃO FILHO, Aloysio da Silva ; SOARES, Maria Carolina S. ; MAGALHÃES, V. F. ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Protocolo de avaliação rápida de saxitoxinas através de teste de toxicidade aguda com Daphnia.. In: Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia, 2006, São Pedro (SP), Brasil. Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia, 2006. p. 186.

21.
ROCHA, Maria Isabel de Almeida ; MAGALHÃES, V. F. ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; BRANCO, Christina Castelo . Acompanhamento da estrutura da comunidade zooplanctônica de um reservatório em dois períodos distintos.. In: X Congresso Brasileiro de Limnologia, 2005, Ilhéus. X Congresso Brasileiro de Limnologia, 2005.

22.
BARBOSA, Jobson Machado ; MAGALHÃES, V. F. ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Avaliação da presença de microcistinas no Reservatório do Funil (RJ) e sua bioacumulação em organismos zooplanctônicos.. In: X Congresso Brasileiro de Limnologia, 2005, Ilhéus. X Congresso Brasileiro de Limnologia, 2005.

23.
MAGALHÃES, V. F.. Cianotoxinas: monitoramento, qualidade de água e Saúde Pública. In: X Reunião Brasileira de Ficologia, 2004, Salvador. X Reunião Brasileira de Ficologia, 2004.

24.
OLIVEIRA, Ana Claudia Pimentel de ; MAGALHÃES, V. F. ; SOARES, Raquel Moraes ; BERBARDO, Robson Roney ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Influence of water quality on quantitation and biologic activity of microcystin (cyanotoxin).. In: VI Internatinal Conference on Toxic Cyanobacteria, 2004, Bergen. VI Internatinal Conference on Toxic Cyanobacteria, 2004.

25.
MAGALHÃES, V. F.; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Interference of Fe+3 in microcystins analysis: considerations on the water treatment for hemodialysis.. In: VI Internatinal Conference on Toxic Cyanobacteria, 2004, Bergen. VI Internatinal Conference on Toxic Cyanobacteria, 2004.

26.
JARDIM, Fernando Antonio ; MAGALHÃES, V. F. ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; MOREIRA, Adilson A ; LPJ, Lima ; HUMPAGE, Andrew . Evidence of cyanotoxin in the freshwater cyanobacterium Planktothrix agardhii, isolated from Brasil.. In: VI Internatinal Conference on Toxic Cyanobacteria, 2004, Bergen. VI Internatinal Conference on Toxic Cyanobacteria, 2004.

27.
GOMES, A.M.A. ; MARINHO, Marcelo Manzi ; HUSZAR, Vera Lúcia de Moraes ; SILVA, João Carlos da ; SOARES, Maria Carolina S ; ROCHA, Rinaldo ; MAGALHÃES, V. F. ; BRANCO, Christina Castelo ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Dinâmica nictemeral em um reservatório mesotrófico profundo do sudeste do Brasil (Ribeirão das Lajes). In: IX Congresso Brasileiro de Limnologia, 2003, Juiz de Fora. IX Congresso Brasileiro de Limnologia, 2003.

28.
MAGALHÃES, V. F.; BARBOSA, Jobson Machado ; MARINHO, Marcelo Manzi ; SOARES, Maria Carolina S ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Avaliação da presença de microcistinas no reservatório do funil e na estação de tratamento de água do guandu. In: IX Congresso Brasileiro de Limnologia, 2003, Juiz de Fora. IX Congresso Brasileiro de Limnologia, 2003.

29.
MAGALHÃES, V. F.. Florações tóxicas e cianobactérias em águas continentais. In: 14o Encontro de Biólogos de CRBio-1, 2003, Cuiabá. 14o Encontro de Biólogos de CRBio-1, 2003. v. 1. p. 57-57.

30.
GALVÃO, P. M. A. ; MAGALHÃES, V. F. ; MALM, Olaf ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Variações nos níveis de metais pesados no sedimento e a floração de cianobactérias na Lagoa de Jacarepaguá - RJ (BR).. In: VII Encontro de Ecotoxicologia, 2002, Vitória. VII Encontro de Ecotoxicologia, 2002.

31.
MAGALHÃES, V. F.; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Microcystins adsorption on sediment particles.. In: V Internatinal Conference on Toxic Cyanobacteria, 2001, Noosa, Austrália. V Internatinal Conference on Toxic Cyanobacteria, 2001.

32.
MAGALHÃES, V. F.; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Adsorção de microcistinas em partículas de sedimento.. In: VIII Congresso Brasileiro de Limnologia, 2001, João Pessoa. VIII Congresso Brasileiro de Limnologia, 2001. p. 125.

33.
NHOATO, A. ; MAGALHÃES, V. F. ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; BRIZOLA, A. . Presença de microcistinas (toxinas de microalgas) em lago de fazenda leiteira no município de Vera Cruz, Paraná, Brasil.. In: XXIII Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2001, Salvador. XXIII Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2001.

34.
MAGALHÃES, V. F.; SOARES, Raquel Moraes ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Microcystins (Cyanobacteria hepatotoxins) bioaccumulation in fish muscle: potential risk for human health. In: International IUPAC Symposium on Mycotoxins and Phycotoxins, 2000, Guarujá. International IUPAC Symposium on Mycotoxins and Phycotoxins, 2000. v. 1. p. 62.

35.
SOARES, Raquel Moraes ; MAGALHÃES, V. F. ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Accumulation, depuration and effects of microcystins (Cyanobacteria hepatotoxins) in Tilapia rendalli. In: International IUPAC Symposium on Mycotoxins and Phycotoxins, 2000, Guarujá. International IUPAC Symposium on Mycotoxins and Phycotoxins, 2000. v. 1. p. 203.

36.
MAGALHÃES, V. F.; OLIVEIRA, Ana Claudia Pimentel de ; MARINHO, Marcelo Manzi ; DOMINGOS, P. ; COSTA, Simone Maciel da ; AZEVEDO, Luiz Otávio de ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Detecção de microcistinas (hepatotoxinas de cianobactérias) na água, séston e pescado da Baía de Sepetiba (RJ). In: VI Encontro de Ecotoxicologia, 2000, São Carlos. VI Encontro de Ecotoxicologia, 2000. v. 1. p. 94.

37.
SOARES, Raquel Moraes ; MAGALHÃES, V. F. ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Acúmulo, depuração e efeitos de microcistinas (hepatotoxinas) de Microcystis aeruginosa em Tilapia rendalli.. In: VIII Reunião Brasileira de Ficologia, 1999, Porto de Galinhas. VIII Reunião Brasileira de Ficologia, 1999. p. 165.

38.
OLIVEIRA, Ana Claudia Pimentel de ; COSTA, Simone Maciel da ; MARINHO, Marcelo Manzi ; MAGALHÃES, V. F. ; DOMINGOS, P. ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Ocorrência de espécies de microalgas tóxicas e/ou nocivas na comunidade fitoplanctônica da Baía de Sepetiba.. In: VIII Reunião Brasileira de Ficologia, 1999, Porto de Galinhas (PE).. VIII Reunião Brasileira de Ficologia, 1999. p. 164.

39.
MAGALHÃES, V. F.; OLIVEIRA, Ana Claudia Pimentel de ; MARINHO, Marcelo Manzi ; DOMINGOS, P. ; COSTA, Simone Maciel da ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Bioacumulação de microcistinas (heapatotoxinas de cianobactérias) em pescado da Baía de Sepetiba (RJ).. In: VIII Reunião Brasileira de Ficologia, 1999, Porto de Galinhas (PE).. VIII Reunião Brasileira de Ficologia, 1999. p. 166.

40.
MAGALHÃES, V. F.; SOARES, Raquel Moraes ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Bioacumulação de microcistinas (hepatotoxinas de cianobactérias) em músculos de peixes: risco potencial para saúde humana.. In: VII Congresso Brasileiro de Limnologia, 1999, Florianópolis (SC).. VII Congresso Brasileiro de Limnologia, 1999. v. 2. p. 536.

41.
GOMES, C. L. ; MAGALHÃES, V. F. ; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Bioacumulação de microcistinas em peixes da Lagoa de Jacarepaguá. In: II Simpósio Brasileiro de Restingas e Lagoas Costeiras, 1998, Macaé (RJ). II Simpósio Brasileiro de Restingas e Lagoas Costeiras, 1998. p. 36.

42.
MAGALHÃES, V. F.; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; GOMES, C. L. . Microcystins contamination in fish from Jacarepagua Lagoon (RJ, Brazil): ecological implication and human health risk.. In: 4th International Conference on Toxic Cyanobacteria., 1998, Beaufort. 4th International Conference on Toxic Cyanobacteria., 1998. p. 122.

43.
MAGALHÃES, V. F.; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Potential Impact of Fish Contaminated by Microcystins on Human Health. In: XII Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental (FESB), 1997. XII Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental (FESB), 1997. p. 40.

44.
MAGALHÃES, V. F.; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e . Ecological Implications of Hepatotoxic microcystis aeruginosa in Jacarepagua Lagoon - RJ - Brazil. In: VIII International Conference on Harmful Algae, 1997, Vigo. VIII International Conference on Harmful Algae, 1997. p. 130.

45.
CARVALHO, D. P. ; MAGALHÃES, V. F. ; PFEIFFER, W. C. . Estudo da Poluição Atmosférica por Metais Pesados Através de um Biomonitor Tillandsia usneoides (Bromeliaceae).. In: VIII Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental (FESB), 1993, Caxambú. VIII Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental (FESB), 1993. p. 342.

46.
MAGALHÃES, V. F.; KAREZ, C. S. ; PFEIFFER, W. C. ; GUIMARÃES, Jean Remmy Davee . 210Pb Uptake by a Tropical Brown Seaweed (Padina gymnospora).. In: Radionuclides in the Study of Marine Processes, 1991, Norwich. Radionuclides in the Study of Marine Processes, 1991. p. 384.

47.
MAGALHÃES, V. F.; KAREZ, C. S. ; GUIMARÃES, Jean Remmy Davee ; PFEIFFER, W. C. . Utilização de Traçadores Radioativos no Estudo da Bioacumulação de chumbo em Padina gymnospora (Phaeophyceae). In: V Reunião Brasileira de Ficologia, 1991, Teresópolis. V Reunião Brasileira de Ficologia, 1991. p. 117.

48.
MAGALHÃES, V. F.; PFEIFFER, W. C. ; KAREZ, C. S. ; GUIMARÃES, Jean Remmy Davee . Uptake and Release of 65Zn by Padina gymnospora from Sepetiba Bay, Rio de Janeiro, Brasil. In: 12th Annual Conference Phys. and Bioch. Approaches to the toxicological Assesment of Environmental Pollution, 1990, Utrecht. Proc. 12th Annual Conference Phys. and Bioch. Approaches to the toxicological Assesment of Environmental Pollution, 1990. p. 13.

49.
KURITA, M. H. ; SOUZA, C. M. M. ; MAGALHÃES, V. F. ; KAREZ, C. S. ; PFEIFFER, W. C. . Estudo da Distribuição de Metais Pesados Disponíveis no Sedimento de Fundo da Enseada de Coroa Grande, Baía de Sepetiba, RJ. In: 3o Congresso Brasileiro de Limnologia, 1990, Porto Alegre. Resumos do 3o Congresso Brasileiro de Limnologia, 1990. p. 230.

50.
SOUZA, C. M. M. ; PFEIFFER, W. C. ; MALM, Olaf ; BASTOS, W. R. ; KURITA, M. H. ; MAGALHÃES, V. F. . Avaliação da Contaminação por Mercúrio em Peixes do Rio Madeira e Afluentes. In: 41a Reunião Anual da SBPC, 1989, Fortaleza. Resumos da 41a Reunião Anual da SBPC, 1989. p. 623.

Apresentações de Trabalho
1.
MAGALHÃES, V. F.. Estudos de cianotoxinas no Brasil: importância para avaliação de risco para a população e critérios para potabilidade de água. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
MAGALHÃES, V. F.. La problematica de las floraciones en Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
MAGALHÃES, V. F.. Cianobactérias e cianotoxinas: uma visão ecotoxicológica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
MAGALHÃES, V. F.. Monitoramento de cianotoxinas em clínicas de hemodiálise. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
MAGALHÃES, V. F.. Cianobactérias: Meio Ambiente e Saúde. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
MAGALHÃES, V. F.. Cianotoxinas: monitoramento, qualidade de água e Saúde Pública. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
MAGALHÃES, V. F.. Orisco das microcistinas. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
MAGALHÃES, V. F.. Florações tóxicas e cianobactérias em águas continentais. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
MAGALHÃES, V. F.. Microalgas tóxicas.. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
MAGALHÃES, V. F.. Ocorrência de algas nocivas no litoral brasileiro.. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
MAGALHÃES, V. F.. Ocorrência de algas nocivas no litoral brasileiro. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
MAGALHÃES, V. F.. Ocorrência de Cylindrospernopsis tóxica no Brasil: um novo desafio a ser enfrentado.. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
MAGALHÃES, V. F.. Toxinas de Cianobactérias: estudos ecológicos e risco para saúde humana.. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
MAGALHÃES, V. F.. Toxinas de Cianobactérias. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. ; Carvalho, D.P. ; TORRES, João Paulo Machado ; MALM, Olaf . Sim, nós temos cientistas 2012 (História em quadrinhos).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; MAGALHÃES, V. F. ; OLIVEIRA, Ana Claudia Pimentel de ; MARINHO, Marcelo Manzi ; DOMINGOS, P. ; COSTA, Simone Maciel da . MONITORAMENTO DO SISTEMA LAGUNAR DE JACAREPAGUÁ E DA BAÍA DE SEPETIBA QUANTO A OCORRÊNCIA DE FLORAÇÕES TÓXICAS DE MICROALGAS. 1999.

Trabalhos técnicos
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . Cientistas em quadrinhos.. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . Livro de história em quadrinhos ajuda a popularizar os cientistas brasileiros.. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . Paulo Freire em DVD e Quadrinhos. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

4.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . História em quadrinhos auxilia na popularização dos cientistas brasileiros.. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

5.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . História em quadrinhos fala sobre os cientistas brasileiros. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

6.
Botaro, D. ; Elias, C.A. ; MAGALHÃES, V. F. . Alunos aprendem ciências com historias em quadrinhos. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . Pesquisadores lançam revista em quadrinhos sobre a ciência nacional. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

8.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . Livro de história em quadrinhos ajuda a popularizar os cientistas brasileiros.. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

9.
Botaro, D. ; Elias, C.A. ; MAGALHÃES, V. F. . Revista Sim, nós temos Cientistas! tem professor do UNIFESO como personagem.. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

Redes sociais, websites e blogs
1.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . Espaço Memorial Carlos Chagas Filho. 2012; Tema: Divulgação de história da ciência.. (Rede social).

2.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. ; MALM, Olaf ; TORRES, João Paulo Machado ; Carvalho, D.P. . Sim, nós temos cientistas!. 2012; Tema: Divulgação científica. (Rede social).


Demais tipos de produção técnica
1.
MAGALHÃES, V. F.; Botaro, D. ; Carvalho, D.P. ; TORRES, João Paulo Machado ; MALM, Olaf . Sim, nós temos cientistas!. 2012. (Editoração/Outra).

2.
MAGALHÃES, V. F.. Análisis taxonómico, fisiológico y molecular de cianobacterias y de toxinas presentes en floraciones, para estrategias de control, monitoreo, y aplicaciones tecnológicas. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
MAGALHÃES, V. F.. 1° Treinamento em Sanidade dos AnimaisAquáticos do Departamento de Saúde Animal ? MAPA.. 2008. .

4.
MAGALHÃES, V. F.; BRENA, B. ; González, Gualberto . Curso floraciones de cianobacterias: Monitoreo de microcistinas utilizando inmunoensayos y métodos cromatográficos.. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

5.
AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; MAGALHÃES, V. F. ; MARINHO, Marcelo Manzi . Ecotoxicologia de Cianobactérias. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; MAGALHÃES, V. F. . Ecologia e Toxicologia de Cianobactérias. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
MAGALHÃES, V. F.; TORRES, João Paulo Machado ; FERRÃO FILHO, Aloysio da Silva . Toxicologia Ambiental. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; MAGALHÃES, V. F. ; MARINHO, Marcelo Manzi . Ecotoxicologia de Cianobactérias. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MAGALHÃES, V.F.; BARROS, A. M. A.; MELLO, W. Z.. Participação em banca de Lucas Olive Pinho Silva Gomes. Tecnica de fitorremediação como ferramenta para redução de riscos em acidentes com substâncias quimicas absorvidas em vermiculita. 2018. Dissertação (Mestrado em mestrado profissional em Defesa e Segurança Civil) - Universidade Federal Fluminense.

2.
CARLOS AUGUSTO RAMOS E SILVA; CARREIRA, R. S.; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de JANEIDE DE ASSIS PADILHA. Elementos-traço e isótopos estáveis em pena e sangue de aves marinhas da Antártica. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
MAGALHÃES, V. F.; De Leon, L.; Chalar, G. Participação em banca de Elizabeth Font. Cianotoxinas en abrevaderos: peligrosidad y efectos negativos para el ganado. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciencias Ambientales de la Facultad de Ciencias) - Universidad de la Republica Uruguay.

4.
Silva, C.A.; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Sabrina Loise de Morais Calado. Monitoramento da qualidade de água do Reservatório de Alagados, sul do Brasil, com ênfase em cianotoxinas. 2015. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade Federal do Paraná.

5.
Conde, D.; Bonilla, S.; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Macarena Simoens. Bioacumulación de Microcistina ? LR en tarariras (Hoplias sp.) de un embalse eutrófico (Rincón del Bonete, Uruguay) y su riesgo potencial para la salud humana. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciencias Ambientales de la Facultad de Ciencias) - Universidad de la Republica Uruguay.

6.
Anjos, M.B.; Eisenberg, Z.W.; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Carolina Paulo do Nascimento. O uso da pesquisa-ação para abordar um tema transversal na educação em ciências (educação ambiental) numa escola municipal de Magé-RJ. 2015. Dissertação (Mestrado em Educação, gestão e difusão em Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
MAGALHÃES, V. F.; Leitão, A.A.C.; SILVA, R.. Participação em banca de JOANA D?ARC DA SILVA TRINDADE. BIOSSEGURANÇA NO MANUSEIO DE PRODUTOS QUÍMICOS: UMA ANÁLISE DOS PROCEDIMENTOS PRATICADOS NO INSTITUTO DE BIOFÍSICA CARLOS CHAGAS FILHO. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional de Formação para a Pesquisa) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
MAGALHÃES, V. F.; Melloni, E.G.P.; FONSECA, A. L.. Participação em banca de Leticia Lisboa Santiago. Avaliação dos efeitos genotóxicos e de acumulação induzidos pela cilindrospermopsina (cianotoxina) em Chironomus xanthus (Diptera Chironomidae). 2012. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Itajubá.

9.
MAGALHÃES, V. F.; Faffe, D.S.; Benjamim, C.F.. Participação em banca de Natalia Vasconcelos Casquilho. Potencial terapêutico do LASBio 596 via oral em camundongos intoxicados por microcistina-LR. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
MAGALHÃES, V. F.; MALM, Olaf; Vargas Jr., E.A.. Participação em banca de Isabela Vitoria Abduche Feijó. Efeitos do vazamento de CO2 em solo tropical não saturado. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
MAGALHÃES, V. F.; Rocco, P.R.M.; Valença, S.S.. Participação em banca de Luana Jotha Mattos. Efeitos subletais de microcistina (cianotoxina) sobre aspectos bioquímicos, estereológicos e fisiológicos em modelos murinos. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

12.
Barrocas, PRG; MAGALHÃES, V. F.; farjalla, V.F.. Participação em banca de Diana Ciannella Martins de Oliveira. Formação de metilmercúrio em áreas costeiras: experimentos preliminares em lagoas e manguezais do Estado do Rio de Janeiro. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

13.
MAGALHÃES, V. F.; Medei, E H; COSTA, Vania Maria C da. Participação em banca de Vinicius Rosa de Oliveira. Evolução temporal da função pulmonar de camundongos expostos a cilindrospermopsina. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
Cassini, S.T.A.; Coelho, E.R.C.; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Cecília Freitas Martins. Avaliação de microcistina-LR por HPLC-PDA em amsotras de mananciais da região da grande Vitória. 2010. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Espírito Santo.

15.
MAGALHÃES, V. F.; Siva, L.H.S.; Lage, C.L.. Participação em banca de Priscila Rodrigues Koschek. Interação entre Monoraphidium e Microcystis crescidas em meio com matéria orgânica excretada e em cultivos mistos. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

16.
MAGALHÃES, V. F.; PARANHOS, Rodolfo; MOULTON, Thimoty. Participação em banca de Marcio Rodrigues Miranda. Incorporação de [3H] leucina por bactérias perifíticas associadas 'as raízes deEichornia crassipes. 2005. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

17.
MAGALHÃES, V. F.; ESTEVES, Francisco de Assis; MALM, Olaf. Participação em banca de Sérgio Augusto Coelho de Souza. Formação de metil mercúrio, atividade bacteriana e sulfato-redução em macrófitas aquáticas (Tapajós-PA) e plâncton.. 2003. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

18.
MAGALHÃES, V. F.; SCHWARTZ, Carlos Alberto; SCHWARTZ, Elisabeth Nogueira Ferrono. Participação em banca de Adriana Hanai Cieslinski. Ocorrência de microcistinas em mananciais utilizados para o abastecimento público e de centros de hemodiálise no Brasil. 2003. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade de Brasília.

19.
MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Adriana de Cássia Lima Dias. Mercúrio total em tecido muscular de Prionace glauca(Linnaeus, 1758) e de Xiphias gladius (Linnaeus, 1758).. 2003. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
MAGALHÃES, V. F.; MAYR, L.; HELENA. Participação em banca de Maria Clara Rebouças do Amaral. Acumulação e eliminação de metais pesados através do transporte de ostra Crassostrea rhizophorae (Guilding, 1828).. 2002. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
KURTENBACH, E.; SANTOS, L.N.; MAGALHÃES, V.F.; MALM, Olaf; DORNELES, P. R.. Participação em banca de ANA CAROLINA PIZZOCHERO DA COSTA. Mensurações de isótopos estáveis de C, N e S e de compostos organohalogenados em corvinas, Micropogonias furnieri (Desmarest, 1823), do litoral do Estado do Rio de Janeiro. 2018. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
MAGALHÃES, V.F.; DOMINGOS, P.; RANGEL, LUCIANA M.; BERNARDES, M.. Participação em banca de Leonardo de Magalhães. Controle da eutrofização e de florações de cianobactérias em corpos d´água salobras: avaliação da eficácia e aplicabilidade da combinação de coagulantes e adsorventes de fósfor em fase sólida. 2018. Tese (Doutorado em Biologia Vegetal) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
BERGMANN, B. R.; Weissmuller, G; ANDRADE, L. R.; TAVARES, M. I. B.; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Beatriz Ferreira de Carvalho Patricio. Desenvolvimento, caracterização biofísica e toxicológica de nanopartículas poliméricas.. 2016. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Olivia Daniels. Autecology, allelopathy and toxicity of Limnothrix (strain AC0243): Multiple-organism studies using laboratory cultures. 2016 - Central Queensland University.

5.
FERREIRA, A.C.M; KURTENBACH, E.; GUIMARÃES, Jean Remy Davée; PASCUTTI, P.G.; MALM, Olaf; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de DIOGO NEVES GOMES DA SILVA. Estabelecimento de critérios para a classificação de medidas de remediação de áreas contaminadas após um eventual acidente nuclear na usina de Angra dos Reis (RJ).. 2016. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
Carvalho, A.R.S.; Ferreira, A.C.F.; Benjamim, C.F.; Silva, P.L.; MAGALHÃES, V. F.; ZIN, W. A.. Participação em banca de Natália Vasconcelos Casquilho. Potencial anti-oxidante do Lassbio 596 via oral em camundongos intoxicados por microcistina-LR. 2015. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
MAGALHÃES, V. F.; Carvalho, J.M.C.; Pompeo, M.L.M.; Spinosa, H.S.; Pinto Junior, E.. Participação em banca de Fabiane Dorr. Efeito do herbicida glifosato sobre o crescimento e produção de metabólitos secundários em Microcystis aeruginosa e Cylindrospermopsis raciborskii. 2015. Tese (Doutorado em Toxicologia e Análises Toxicológicas) - Universidade de São Paulo.

8.
ESTEVES, Francisco de Assis; TORRES, João Paulo Machado; Fernandez, M.A.S.; MAGALHÃES, V. F.; GUIMARÃES, Jean Remy Davée. Participação em banca de Raquel Rose Silva Correia. Sulfato-redução, distribuição e metilação de mercúrio em sedimentos de mangue. 2014. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
SANTOS, E. O.; GUIMARÃES, Jean Remy Davée; TORRES, João Paulo Machado; DORNELES, P. R.; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Claudio Cardoso Marinho. Dinâmica do metano nas lagoas costeiras do litoral norte do Rio de Janeiro. 2012. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
MAGALHÃES, V. F.; Panosso, R.F.; Siva, L.H.S.; HUSZAR, Vera Lúcia de Moraes; Bozelli, R.L.. Participação em banca de Jandeson Brasil Dias. Ecologia do fitoplâncton em reservatórios do semi-árido brasileiro: da abordagem funcional da comunidade à variabilidade intra-específica. 2011. Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
Nobrega, A.C.L.; LEITE JR, M.; MAGALHÃES, V. F.; TORRES, João Paulo Machado; Carvalho, D.P.. Participação em banca de Julie Calixto Lobo. Níveis de zinco plasmático e sua relação com fatores de risco cardiovascular em pacientes hemodialisados. 2011. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

12.
SUZUKY, B. K.; GUIMARÃES, Jean Remy Davée; MALM, Olaf; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Elisabete Fernandes Albuquerque Palermo. A influência dos reservatórios artificiais no acúmulo e transporte de mercúrio. 2008. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

13.
MAGALHÃES, V. F.; MARINHO, Marcelo Manzi; MALM, Olaf; AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e; Rebello, M.F.. Participação em banca de Alessandra Delazari-Barroso. Fatores controladores do desenvolvimento do fitoplâncton em um reservatório de abastecimento público no Espírito Santo, com ênfase em cianobactérias. 2007. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Kely Critine Dalia Pereira. Estudo da exposição ocupacional e ambiental a tântalo e radionuclídeos naturais. 2006. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
MAGALHÃES, V.F.; Keim, C.N.; Azeredo, A.. Participação em banca de Cláudio Ernesto Taveira Parente. Qualidade da água e saúde publica: parâmetros químicos e Qualidade da água e saúde publica: parâmetros microbiológicos. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
MAGALHÃES, V.F.; DOMINGOS, P.; SALOMON, P. S.. Participação em banca de Marcella Coelho Berjante Mesquita. Efeito de fatores abióticos e interações bióticas nas respostas ecofisiológicas das principais espécies fitoplanctônicas de um reservatório naturalmente eutrofizado - RJ. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia Vegetal) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
Morcillo, L.S.L.; LEITE JUNIOR, M. N. L.; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Julliana Ferreira Sant'anna. Filtração glomerular e transporte de água e solutos no túbulo proximal. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
TORRES, João Paulo Machado; Meire, R.O.; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Cleber Calado Luz. Qualidade de água e saúde pública: parâmetros quimicos, microbiológicos e plano de segurança da água incluindo aspectos relacionados ao uso de barreiras múltiplas. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
TORRES, João Paulo Machado; farjalla, V.F.; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Marilia Higino Mussy. Relações gene-ambiente: adaptações genéticas, bioquímicas/fisiológicas e ecológicas. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
MAGALHÃES, V. F.; SILVA, R.; URMENYI, T. P.. Participação em banca de Marcela Uliano da Silva. Micro-RNAs, interferência de RNA (RNAi); Terapia gênica: vetores virais e não-virais. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
MAGALHÃES, V. F.; GUIMARÃES, Jean Remy Davée; Vianna, M.. Participação em banca de Lara Gama Vidal. Transporte, biodisponibilidade e efeitos tóxicos de elementos não essenciais em ambientes aquáticos. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
MAGALHÃES, V. F.; Leitão, A.A.C.; farjalla, V.F.. Participação em banca de RAQUEL ROSE SILVA CORREIA. TRANSPORTE E EFEITOS TÓXICOS DE ELEMENTOS NÃO-ESSENCIAIS EM AMBIENTES AQUATICOS.. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
MAGALHÃES, V. F.; Capella, M.A.M.; Morcillo, L.S.L.. Participação em banca de Elaine Hilário de Souza. Fisiologia renal. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
MAGALHÃES, V. F.; GUIMARÃES, Jean Remy Davée; Leitão, A.A.C.. Participação em banca de Thiago Estevam Parente Martins. Traçadores Radioativos em Ciências Biológicas e Ambientais. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
MAGALHÃES, V. F.; Azevedo, S. M.F.O.; GUIMARÃES, Jean Remmy Davee. Participação em banca de Ronaldo de Almeida. Isótopos estáveis em ciências biológicas e ambientais. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

12.
MAGALHÃES, V. F.; Lowe, J.; Capella, M.A.M.. Participação em banca de Julie Calixto Lobo. Fisiologia renal. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

13.
MAGALHÃES, V. F.; TORRES, João Paulo Machado; Rebelo, M.F.. Participação em banca de Ronaldo Leal Carneiro. Biofísica Ambiental. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
MAGALHÃES, V. F.; GUIMARÃES, Jean Remmy Davee; MALM, Olaf. Participação em banca de Marlon de Freitas Fonseca. Biofísica Ambiental. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

15.
Henriques A B; Sato A; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Cristiane Pimentel Victório. Fisiologia Vegetal. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

16.
MAGALHÃES, V. F.; MALM, Olaf; BRANCO, Christina Castelo. Participação em banca de Alessandra Delazari Barroso. Biofísica Ambiental. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

17.
MAGALHÃES, V. F.; MALM, Olaf; TORRES, João Paulo Machado. Participação em banca de Kely Critine Dalia Pereira. Biofísica Ambiental. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

18.
MAGALHÃES, V. F.; MALM, Olaf. Participação em banca de Patrícia Osterreicher Cunha. Biofísica Ambiental. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

19.
MAGALHÃES, V. F.; MALM, Olaf; TORRES, João Paulo Machado. Participação em banca de Jane Beatriz Narvaez Mauro. Biofísica Ambiental. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Renato José dos Reis Molica. Biofísica Ambiental. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
Conde, D.; Bonilla, S.; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Macarena Simoens Morandi. Bioacumulación de microcistina-LR en peces del embalse Rincón del Bonete, Uruguay y su posible riesgo a la salud humana. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Ciencias Ambientales de la Facultad de Ciencias) - Universidad de la Republica Uruguay.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
PINTO, C. S. C.; GITIRANA, L. B.; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de RAFAELA LUIZA DIAS DA CUNHA.ANÁLISE DA FLOCULAÇÃO DE MICROALGAS INDUZIDAS PELA FORMULAÇÃO DE FILTRO SOLAR À BASE DE NANOPARTÍCULAS DE DIÓXIDO DE TITÂNIO (TIO2). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas: Biofísica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
MAGALHÃES, V.F.. Participação em banca de Felipe Vianna Garrute.Biodegradação de microcistina-LR por microorganismos isolados e em consórcio da Lagoa de Jacarepaguá - RJ. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas: Modalidade Médica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
Keim, C.N.; Macrae, A.; MAGALHÃES, V. F.. Participação em banca de Allan Amorim Santos.Biodegradação de microcistina por bactérias isoladas do sedimento da Lagoa de Jacarepaguá (RJ). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas: Microbiologia e Imunologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
MAGALHÃES, V. F.; Lowe, J.; Pinheiro, A.A.S.. Participação em banca de Adriana Carvalho Natal de Moraes.Análise da função renal em modelo murino submetidos a toxina cilindrospermopsina purificada (toxina de cianobactéria). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas: Biofísica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
MAGALHÃES, V. F.; VALVERDE, R. R. H. F.; Lowe, J.. Participação em banca de Dayana de Souza Freire.Efeitos moleculares de microcistina-LR na fisiologia renal. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas: Modalidade Médica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
MAGALHÃES, V. F.; GUIMARÃES, Jean Remmy Davee; Fortunato, R.S.. Participação em banca de Fernanda de Oliveira Caires.Efeito de dose única de cilindrospermopsina (toxina de cianobactéria) no sistema reprodutor de murinos. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas: Biofísica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
MAGALHÃES, V. F.; SOARES, R. M.. Participação em banca de Luana Jotha Mattos.Efeitos e aspectos de intoxicação, detoxicação e biodistribuição de microcistina-LR em mamíferos.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Microbiologia e Imunologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
MAGALHÃES, V. F.; TEIXEIRA, Valeria Laneuville; AMADO FILHO, Gilberto Menezes; KAPLAN, Maria Auxiliadora Coelho; KELECOM, Alphonse Germaine Albert Charles. concurso público para o Magitério superior e médio. Classe Adjunto DE. 2004. Universidade Federal Fluminense.

Outras participações
1.
MAGALHÃES, V.F.; OLIFIERS, N.; DORNELES, P. R.; BISI, T. L.. Revisor de Dissertação de Mestrado. Aluno: Gabriel Oliveira de Carvalho. Titulo: Ocorrência de mercúrio em pelos de Tamanduá-Bandeira (Mymecopha tridactyla): monitoramento nas rodovias do Mato Grosso do Sul e na Estação Ecológica de Santa Bárbara, São Paulo, Brasil. 2018. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
MAGALHÃES, V.F.; DIAS, G. R. M.; PINTO, M. B. S.; Azevedo, S. M.F.O.. Revisor de Dissertação de Mestrado. Aluno: Fábio Barbosa Machado Torres. Título: Exposição a poluentes orgânicos persistentes antrópicos e naturais e ao mercúrio pelo consumo de suplementos de ômega-3. 2018. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
CARAMASCHI, E. M. P.; BISI, T. L.; MAGALHÃES, V. F.. Exame de Projeto de tese de Doutoramento. Aluna: Juliana Silva Souza. Titulo: Poluentes Orgânicos Persistentes e mercúrio em adultos e filhotes de pinguins antárticos (Pygoscelis adeliae, P. antarticus e P. papua): relação entre as concentrações no sangue, penas e excretas.. 2017.

4.
MAGALHÃES, V.F.. Revisor de Monografia. Aluno: Rafaela Luiza Dias da Cunha. Titulo:Análise da floculação de microalgas induzidas pela formulação de filtro solar a base de nanopartículas de dióxido de titânio (TiO2). 2017. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
MAGALHÃES, V.F.. Revisor de Dissertação de Mestrado. Aluno: Ana Carolina de Oliveira Santana. Título: Mercúrio total e metilmercúrio na ictiofauna do Rio Preto do Crespo, área de influência do reservatório da UHE de Samuel, Rondônia, Brasil.. 2017. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
MAGALHÃES, V. F.. Revisor de Dissertação de Mestrado. Aluno: Dayana de Souza Freire Título: Efeito de microcistina-LR nos transportadores ativos de sódio em linhagens de células de túbulo proximal - LLC-PK e HK-2. 2016. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
MAGALHÃES, V. F.. Revisor de Tese de Doutorado. Aluno: Beatriz Ferreira de Carvalho Patricio Título: Desenvolvimento, caracterização biofísica e toxicológica de nanopartículas poliméricas.. 2016. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
Pierucci, A.P.T.R.; SOUZA S.A.L.; MAGALHÃES, V. F.. Exame de Projeto de tese de Doutoramento. Desenvolvimento e caracterização de nanopartículas para aplicação em tecido ósseo. Aluno: Beatriz Ferreira Carvalho Patricio.. 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
MAGALHÃES, V. F.. Revisor de Monografia. Aluno: Daniel Vinicius Neves de Lima. Titulo: Avaliação do aumento temporal da exposição à alta intensidade luminosa sob o crescimento e produção de lipideos por Ankistrodesmus sp e Scenedesmus sp.. 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
Weissmuller, G; Moreira, J.C.; MAGALHÃES, V. F.. Projeto de tese de doutorado. Aluno: Adan Santos Lino. pós-graduação em Ciências Bilógicas (Biofísica).Eficiência do uso de nanopartículas de ferro metálico em substituição ao Al2SO4 nas estações de tratamentos de água para abastecimento público e seus potenciais efeitos toxicológicos a microrganismos. 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
MAGALHÃES, V. F.; Aubriot L.; Norbis W.. Exame de projeto de Mestrado. Aluno: Elizabeth Veronica Font Iribarne. título: Cianotoxinas en abrevaderos:peligrosidad y efectos negativos el ganado. 2014. Universidad de la Republica Uruguay.

12.
MAGALHÃES, V. F.. Revisor de Tese de Doutorado. PG Ciências Biológicas (Biofísica). Aluno: Raquel Rose Silva Correa. Título: Sulfato-redução, distribuição e metilação de mercúrio em sedimentos de mangue. 2014. UFRJ.

13.
MAGALHÃES, V. F.; Pinheiro, A.A.S.; Ferreira, A.C.F.. A modulação do canal de cloreto CFTR por arginina vasopressina é regulada pela policistina-1. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
MAGALHÃES, V. F.; Keim, C.N.; Macrae, A.. Plano de Monografia de final de curso - Allan Amorim Santos - Biodegradação de microcistina por bactérias isoladas do sedimento. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

15.
MAGALHÃES, V. F.; Mattos, J.C.P.. Exame de Qualificação de Mestrado. 2012. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

16.
MAGALHÃES, V. F.. Revisor de Dissertação de Mestrado - Daniel Andrade Moreira - Mecanismos moleculares envolvidos na toxicidade da microcistina-LA em tilápia (oreochromis niloticus). 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

17.
MAGALHÃES, V. F.; Conde, D.; Bonilla, S.. Exame de projeto de Mestrado. 2012. Universidad de la Republica Uruguay.

18.
Lage, C.L.; MAGALHÃES, V. F.; Reinert, F.. Exame de projeto de Mestrado "O uso de sementes de Moringa oleifera como coagulante natural para remoção de florações de cianobactérias". 2011.

19.
GUIMARÃES, Jean Remmy Davee; MAGALHÃES, V. F.; MALM, Olaf. Exame de projeto de tese de doutoramento deRodrigo Ornellas Meire intitulado: " Avaliação de substâncias tóxicas persistentes (STPs) ao longo de gradientes altitudinais". 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
MAGALHÃES, V. F.. Revisor de Dissertação de Mestrado de Mariana Badini da Costa - Mercúrio e selênio em fígado e rim de Globicephala melas (Lesson, 1828) oriundas das Ilhas Faroe, Atlântico Norte.. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

21.
MAGALHÃES, V. F.. Revisor de Dissertação de Mestrado - Daniele Kasper - Efeito da barragem nas concentrações de mercúrio na biota aquática à jusante de um lago artificial amazônico (Reservatório de Samuel, RO).. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

22.
MAGALHÃES, V. F.. Projeto de tese de Doutorado - Elisabete Lourdes do Nascimento - Avaliação de parâmetros controladores da presença de Microcystis e produção de microcistina no reservatório da Usina Hidrelétrica de Samuel ? Amazônia Ocidental (Rondônia, Brasil). 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

23.
MAGALHÃES, V. F.. Revisor Tese de Doutorado - Elisabete Fernandes Albuquerque Palermo - A influência dos reservatórios artificiais no acúmulo e transporte de mercúrio. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

24.
MAGALHÃES, V. F.; SOARES, R. M.. Plano de Monografia de final de curso - Luana Jotha Mattos - Efeitos e aspectos de intoxicação, detoxificação e biodistribuição de microcistina-LR em mamíferos. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

25.
MAGALHÃES, V. F.. Projeto de Iniciação Científica - consultor externo "Ad Hoc". 2008. Universidade do Grande Rio.

26.
Carvalho, D.P.; LEITE JR, M.; MAGALHÃES, V. F.. Exame do Projeto de Tese de Doutorado - Julie Calixto Lobo - "Níveis de zinco e fatores de risco para mortalidade cardiovascular em pacientes hemodialisados: follow-up 12 meses". 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

27.
MAGALHÃES, V. F.. Revisor de Tese de Doutorado de Alessandra Delazari-Barroso - Fatores controladores do desenvolvimento do fitoplâncton em um reservatório de abastecimento público no Espírito Santo, com ênfase em cianobactérias.. 2007. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

28.
MAGALHÃES, V. F.; COSTA, Vania Maria C da; SILVA, Robson Coutinho. Projeto de Dissertação de Mestrado Viviane Ramos Cagido para mudança de nível. 2006. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

29.
MAGALHÃES, V. F.. Membro do Comitê Externo como parecerista Ad-hoc do processo de seleção de candidatos ao ingresso no Programa de Incentivo à Produção Científica, tecnica e Artística (Prociência). 2006. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

30.
MAGALHÃES, V. F.. Revisor de Tese de Doutorado - Simone Maciel da Costa - Exposição de cladóceros à cianobactérias: efeitos de saxitoxinas produzidas por Cylindrospermopsis raciborskii e de outras cianotoxinas. 2005. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

31.
MAGALHÃES, V. F.; TORRES, João Paulo Machado; LEITE FILHO, Carlos Vieira de Barros. Exame do Projeto de Tese de Doutorado - Kely Critine Dalia Pereira - Estudo ocupacional a tântalo e radionuclídeos naturais.. 2004. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

32.
MAGALHÃES, V. F.; KUSTER, Ricardo Machado; ROSADO, Alexandre. Exame de Projeto de Dissertação de Mestrado - Ronaldo Leal Carneiro - Efeitos da intensidade luminosa sobre a produção de microcistina-LR e cilindrospermopsina por duas cepas de cianobactérias.. 2004. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

33.
MAGALHÃES, V. F.. Revisor de Dissertação de Mestrado - Cláudio Eduardo de Azevedo e Silva. 2004. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

34.
MAGALHÃES, V. F.; MALM, Olaf; HUSZAR, Vera Lúcia de Moraes. Exame do Projeto de Tese de Doutorado - Alessandra Delazari-Barroso - Potencial de floração de cianobactérias em um reservatório de abastecimento público no Espírito Santo, com ênfase em Cylindrospermopsis raciborskii. 2003. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

35.
MAGALHÃES, V. F.; ESTEVES, Francisco de Assis; GUIMARÃES, Jean Remy Davée. Exame do Projeto de Tese de Doutorado - Wanderley Rodrigues Bastos - Trânsito ambiental do mercúrio e sua presença em populações ribeirinhas do baixo Rio madeira-Rondônia. 2003. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

36.
MAGALHÃES, V. F.; GUIMARÃES, Jean Remy Davée. Exame do Projeto de Tese de Doutorado - Antonio Azeredo Título: Adaptação e validação de metodologias analíticas para extração e detecção de micropoluentes orgânicos (pesticidas e PCBs) e HPAs em matrizes de importância para monitoração ambiental e humana.. 2003. Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XIII Congresso Brasileiro de Limnologia. Cianotoxinas: novas fronteiras na elucidação de mecanismos de ação em organismos aquáticos, ecofisiologia, biologia molecular e na gestão de recursos hídricos. 2011. (Congresso).

2.
Primer Simposio Cianobacterias, Cianotoxinas, El Agua y la Salud.Toxic Cyanobacteria: Brazilian Approach. 2010. (Simpósio).

3.
Água: fonte da vida?.Monitoramento de cianotoxinas em clínicas de hemodiálise. 2006. (Seminário).

4.
IX Semana de Biologia da Universidade do Grande Rio.Cianobactérias: Meio Ambiente e Saúde. 2005. (Encontro).

5.
XII Congresso Brasileiro de Enfermagem em Nefrologia. O risco das microcistinas. 2004. (Congresso).

6.
X Reunião Brasileira de Ficologia. Cianotoxinas: monitoramento, qualidade de água e Saúde Pública. 2004. (Congresso).

7.
14o Encontro de Biólogos de CRBio-1.Florações tóxicas e cianobactérias em águas continentais. 2003. (Encontro).

8.
III Seminário de Iniciação Científica do Curso de Biologia.Microalgas Tóxicas. 2001. (Seminário).

9.
Efeitos de poluentes em organismos marinhos.Ocorrência de algas nocivas no litoral brasileiro. 1999. (Simpósio).

10.
Seminários da Universidade estadual do Norte Fluminense.Toxinas de Cianobactérias: estudos ecológicos e risco para saúde humana. 1998. (Seminário).

11.
Seminários do Núcleo de Pesquisas de Produtos Naturais.Ocorrência de Cylindrospernopsis tóxica no Brasil: um novo desafio a ser enfrentado. 1998. (Seminário).

12.
XIX Congresso Brasileiro de Microbiologia. Toxinas de Cianobactérias. 1997. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Botaro, D. ; Faria, A.G. ; MAGALHÃES, V. F. . Na visão de Carlos Chagas filho. 2013. (Exposição).

2.
MAGALHÃES, V. F.. XXX Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ. 2008. (Outro).

3.
AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; AZEVEDO, Luiz Otávio de ; MAGALHÃES, V. F. ; SOARES, R. M. ; OLIVEIRA, Ana Claudia Pimentel de ; MOLICA, R. J. R. ; Fiori M ; JARDIM, Fernando Antonio ; HUSZAR, Vera Lúcia de Moraes ; YUNES, J.S ; BRANDÃO, Cristina Celia ; Sant'Anna, C.L. . VI Internatinal Conference on Toxic Cyanobacteria. 2007. (Congresso).

4.
MAGALHÃES, V. F.. XXIX Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ. 2007. (Outro).

5.
MAGALHÃES, V. F.. XXVIII Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ. 2006. (Outro).

6.
AZEVEDO, Sandra Maria Feliciano de Oliveira e ; MAGALHÃES, V. F. ; MARINHO, Marcelo Manzi ; OLIVEIRA, Ana Claudia Pimentel de ; SOARES, Raquel Moraes ; COSTA, Simone Maciel da ; AZEVEDO, Luiz Otávio de ; NETTO, G.F. ; BANDEIRA, L. H. ; MEDEIROS, V. ; BATISTA, O. ; GÓES, C. ; BEZERRA, N. ; ROSA, A. Z. ; CÂNCIO, J. A. . I Seminário Latino-Americano sobre Cianobactérias Tóxicas: qualidade da água e saúde pública. 2001. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Monica Hatsue Toledo Nassu. Uso do azul de metileno e SODIS como método alternativo na purificação de água contendo cianotoxinas. Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Adriana Carvalho Natal de Moraes. Análise de toxicidade da cilindrospermopsina em células tubulares renais de porco (LLC-PK1). Início: 2016. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
ALLAN AMORIM SANTOS. BIODEGRADAÇÃO DE MICROCISTINA-LR: CARACTERIZAÇÃO DOS CONSÓRCIOS MICROBIANOS, RELAÇÃO COM O POTENCIAL BIODEGRADADOR, E CONSEQUÊNCIAS TOXICOLÓGICAS DOS SUBPRODUTOS GERADOS.. Início: 2016. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Leticia Silva do Nascimento. biodegradação de microcistinas. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
RAQUEL DINELIS NEVES. Descobrindo a Biofísica. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

3.
MYLENA VIANA DOS SANTOS. Descobrindo a Biofísica. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
ALLAN AMORIM SANTOS. DINÂMICA DA MICROCISTINA-LR NA LAGOA DE JACAREPAGUÁ (RJ): ASPECTOS FÍSICOS, QUÍMICOS E BIOLÓGICOS. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

2.
Vandir da Costa. FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES E ALUNOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA. 2015. Dissertação (Mestrado em Educação, gestão e difusão em Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

3.
Fernanda de Oliveira Caires. Cilindrospermopsina (toxina de cianobactéria) e seu papel como disruptor endócrino em murinos do sexo masculino. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

4.
Adriana Carvalho Natal de Moraes. Efeito tubular associado a cilindrospermopsina em modelo murino. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

5.
Allan Amorim Santos. Degradação de microcistina por bactérias presentes no sedimento da Lagoa de Jacarepaguá RJ.. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

6.
Rodrigo de Cássio da Silva. Estudo de acúmulo e depuração de cilindrospermopsina (cianotoxina) em peixes (Tilapia rendalii - CICHLIDAE). 2008. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

7.
Maria Isabel de Almeida Rocha. Estudo da variação sazonal do fitoplâncton e zooplanctôn e da concentração de microcistinas nesses dois níveis tróficos no reservatório do funil (Resende, RJ). 2007. 60 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

8.
Ronaldo Leal Carneiro. Otimização de cultivo de Microcystis aeruginosa Kütz Emend. Elekin e Cylindrospermopsis raciborskii (Woloszynska) Seenaya & Subba Raju (cianobactéria) para a produção de padrões de microcistina-LR e cilindrospermopsina.. 2005. 114 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia Vegetal) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Valéria Freitas de Magalhães.

9.
Raquel moraes Soares. Bioacumulação e degradação de hepatotoxinas de cianobacterias para peixes ocorrentes na Lagoa de Jacarepaguá. 1999. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Valéria Freitas de Magalhães.

Tese de doutorado
1.
Rodrigo de Cássio da Silva. Avaliação da toxicidade da cilindrospermopsina (cianotoxina) em Hoplias malabaricus (traíra): estudos in vivo e in vitro.. 2013. 0 f. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Daniela Yazmine Sedan. 2015. Universidad Nacional de La Plata, . Valéria Freitas de Magalhães.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Thábata Moreira Ribeiro da Silva. Avaliação dos efeitos do extrato celular aquoso de Cylindrospermopsis raciborskii (cianobactéria), na ausência e presença de cilindrospermopsina (cianotoxina - CYN), no desenvolvimento embrionário de Danio rerio (peixe-zebra).. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas: Biofísica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

2.
Allan Amorim Santos. BIODEGRADAÇÃO DE MICROCISTINA POR BACTÉRIAS ISOLADAS DO SEDIMENTO DA LAGOA DE JACAREPAGUÁ (RJ). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas: Microbiologia e Imunologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

3.
Fernanda de Oliveira Caires. Efeito de dose única de cilindrospermopsina (toxina de cianobactéria) no sistema reprodutor de murinos. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas: Biofísica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

4.
Adriana Carvalho Natal de Moraes. Análise da função renal em modelo murino submetidos a toxina cilindrospermopsina purificada (toxina de cianobactéria). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas: Biofísica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

Iniciação científica
1.
Thábata Moreira Ribeiro da Silva. Avaliação dos efeitos do extrato celular aquoso de Cylindrospermopsis raciborskii (cianobactéria), na ausência e presença de cilindrospermopsina (cianotoxina - CYN), no desenvolvimento embrionário de Danio rerio (peixe-zebra).. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas: Biofísica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

2.
Felipe Vianna Garrute. Biodegradação de microcistinas por bacterias do sedimento. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas: Modalidade Médica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

3.
GABRIELLA DA SILVA MENDES. Descobrindo a Biofísica. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

4.
Fernanda Oliveira Caires. Efeito de dose única de cilindrospermopsina (toxina de cianobactéria) no sistema reprodutor de murinos. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

5.
Adriana Carvalho Natal de Moraes. Distribuição nictemeral e vertical do fito e zooplâncton com ênfase nas cianotoxinas em dois reservatórios de diferentes graus de trofia. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

6.
Thais Ribeiro Teixeira. Avaliação dos efeitos do extrato celular aquoso de Cylindrospermopsis raciborskii (cianobactéria), contendo cilindrospermopsina (CYN), em adultos de Danio rerio (peixe-zebra). 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

7.
Jobson Machado Barbosa. Avaliação da presença de microcistinas no reservatório do funil e na estação de tratamento de água do guandu. 2006. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

8.
Rafael Rosas Oliveira. Avaliação os efeitos de cilindrospermopsina no desenvolvimento embrionário e na fase adulta de Danio rerio (zebrafish). 2006. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

9.
Jefferson Lee Lima de Melo. Metodologia para análise de saxitoxinas em amostras ambientais. 2006. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estácio de Sá. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

10.
Iury Coelho Pinheiro. Avaliação da estabilidade das microcistinas no sedimento da Lagoa de Jacarepaguá. 2000. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

11.
Cláudio Leandro Gomes. Bioacumulação de microcistinas em peixes da Lagoa de Jacarepaguá. 1998. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

Orientações de outra natureza
1.
Allan Amorim Santos. Descobrindo a Biofísica. 2012. Orientação de outra natureza. (Microbiologia e Imunologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

2.
Rafael de Almeida Brasil. Descobrindo a Biofísica. 2011. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

3.
JULIANA PAZOS PIXININE. Descobrindo a Biofísica. 2011. Orientação de outra natureza. (Comunicação Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

4.
Renata Alves Barcelos Dias. Descobrindo a Biofísica. 2011. Orientação de outra natureza. (Ciencias Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.

5.
Rodrigo de Cássio da Silva. Otimização e implementação de metodologias para extração, detecção e quantificação de cilindrospermopsina e saxitoxinas dissolvidas por técnica de HPLC.. 2006. 0 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Valéria Freitas de Magalhães.



Educação e Popularização de C & T



Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . Cientistas em quadrinhos.. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . Livro de história em quadrinhos ajuda a popularizar os cientistas brasileiros.. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . Paulo Freire em DVD e Quadrinhos. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

4.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . História em quadrinhos auxilia na popularização dos cientistas brasileiros.. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

5.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . História em quadrinhos fala sobre os cientistas brasileiros. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

6.
Botaro, D. ; Elias, C.A. ; MAGALHÃES, V. F. . Alunos aprendem ciências com historias em quadrinhos. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . Pesquisadores lançam revista em quadrinhos sobre a ciência nacional. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

8.
Botaro, D. ; Elias, C.A. ; MAGALHÃES, V. F. . Revista Sim, nós temos Cientistas! tem professor do UNIFESO como personagem.. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

9.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . Livro de história em quadrinhos ajuda a popularizar os cientistas brasileiros.. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Botaro, D. ; Faria, A.G. ; MAGALHÃES, V. F. . Na visão de Carlos Chagas filho. 2013. (Exposição).


Redes sociais, websites e blogs
1.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. . Espaço Memorial Carlos Chagas Filho. 2012; Tema: Divulgação de história da ciência.. (Rede social).

2.
Botaro, D. ; MAGALHÃES, V. F. ; MALM, Olaf ; TORRES, João Paulo Machado ; Carvalho, D.P. . Sim, nós temos cientistas!. 2012; Tema: Divulgação científica. (Rede social).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/12/2018 às 8:50:30