Carlos Fico da Silva Júnior

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1D

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7388174968659045
  • Última atualização do currículo em 05/03/2014


É bacharel em história pela UFRJ (1983), mestre em história pela UFF (1989), doutor em história pela USP (1996), onde também fez um estágio de pós-doutoramento em 2006/2007. Usa assinar "Carlos Fico". É Professor Titular de História do Brasil da UFRJ e pesquisador do CNPq. Dedica-se ao ensino de teoria e metodologia da história e de história do Brasil republicano e desenvolve pesquisas para a história dos seguintes temas: ditadura militar no Brasil e na Argentina, historiografia brasileira, rebeliões populares no Brasil republicano e história política dos Estados Unidos durante a Guerra Fria. Criou o Centro Nacional de Referência Historiográfica na UFOP, juntamente com Ronald Polito, e coordenou o Programa de Pós-graduação em História Social da UFRJ entre 2002 e 2006. Foi "Cientista do Nosso Estado" da FAPERJ entre 2003 e 2006. Recebeu o Prêmio Sergio Buarque de Holanda de Ensaio Social da Biblioteca Nacional em 2008. É o Coordenador da Área de História da Capes até 2014. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Carlos Fico da Silva Júnior
Nome em citações bibliográficas
FICO, Carlos

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Departamento de História.
Largo de São Francisco de Paula, 1, sala 208
Centro
20051-070 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 22210034
Ramal: 202
Fax: (21) 22211470
URL da Homepage: www.ppghis.ifcs.ufrj.br


Formação acadêmica/titulação


2006 - 2007
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História do Brasil República.
1991 - 1996
Doutorado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Reinventando o otimismo: ditadura, propaganda e imaginário social no Brasil (1969-1977), Ano de obtenção: 1996.
Orientador: Carlos Guilherme Santos Serôa da Mota.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Ditadura Militar; Propaganda política; Identidade nacional.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História do Brasil República.
Setores de atividade: Outros Setores.
1984 - 1989
Mestrado em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: Cidade capital: abastecimento e manifestações sociais no Rio de Janeiro (1890-1945),Ano de Obtenção: 1989.
Orientador: Eulália Maria Lahmeyer Lobo.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Movimento sociais; Rebeliões populares; Abastecimento; Rio de Janeiro.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História do Brasil República.
Setores de atividade: Outros Setores.
1984 - 1984
Especialização em Pesquisa Histórica das Relações Exteriores do Bras. (Carga Horária: 590h).
Ministério das Relações Exteriores Instituto Rio Branco.
Bolsista do(a): Ministério das Relações Exteriores - DF.
1980 - 1983
Graduação em História.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

7/1998 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Departamento de História.
7/1998 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Programa de Pós Graduação Em História Social.
7/1998 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da História I
Metodologia da História II
Teoria e Investigação
7/1998 - Atual
Ensino, História Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Dissertação
Seminário Especial
5/2002 - 5/2006
Direção e administração, Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Departamento de História.

Cargo ou função
Coordenador de Programa.
3/2002 - 5/2002
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Departamento de História.

Cargo ou função
Representante dos Professores Adjuntos de História na Congregação.

Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
Vínculo institucional

1985 - 1998
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

1/1989 - 6/1998
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de História.
2/1985 - 6/1998
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria da História
Metodologia da História
Historiografia Brasileira
Técnica e Projeto de Pesquisa Histórica
3/1997 - 12/1997
Direção e administração, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de História.

Cargo ou função
Vice-diretor.
3/1992 - 12/1992
Direção e administração, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de História.

Cargo ou função
Outro.
3/1992 - 10/1992
Serviços técnicos especializados , Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de História.

Serviço realizado
Elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional da UFOP.
10/1989 - 12/1991
Direção e administração, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de História.

Cargo ou função
Chefe de Departamento.
1/1988 - 1/1991
Direção e administração, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de História.

Cargo ou função
Membro de colegiado superior.
1/1986 - 10/1989
Direção e administração, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de História.

Cargo ou função
Outro.


Projetos de pesquisa


2004 - Atual
Os sistemas repressivos das ditaduras militares argentina e brasileira nos anos 1960 e 1970 e o papel dos Estados Unidos: uma análise comparada

Descrição: O presente projeto procura ampliar o alcance da pesquisa até o momento em andamento sobre os sistemas repressivos da ditadura militar brasileira na medida em que propõe uma análise comparativa da mesma problemática no caso da Argentina, bem como busca estabelecer a visão, as decisões e a influência dos Estados Unidos em relação a ambas as ditaduras. Numa primeira etapa, será analisada a ditadura militar argentina de Juan Carlos Onganía (1966-1970). A opção pelo período ditatorial iniciado pelo general Juan Carlos Onganía, em 28 de junho de 1966, decorre do fato de que Onganía inspirou-se no regime estabelecido no Brasil em 31 de março de 1964, especialmente no que diz respeito à chamada "Doutrina de Segurança Nacional" e ao caráter de autocracia modernizadora que os governos dos generais-presidentes Castelo Branco e Costa e Silva estabeleceram no Brasil. Se havia efetivos contatos entre as ditaduras do Cone Sul, como a chamada "Operação Condor", a ditadura militar argentina não optou pela montagem de um sistema repressivo especial, como ocorreu no Brasil com a montagem do "Sistema CODI-DOI". Nada obstante, a violência que caracterizaria o período ditatorial 1976/1983 já pode ser detectada na fase de Onganía. A opção pelo estudo do período 1966/1970 também decorre de algumas questões metodológicas: se o Archivo General de la Nación ainda não tornou público nenhum grande acervo referido ao período da última ditadura militar argentina (1976/1983), o acesso à documentação do período de Onganía é mais fácil. Buscar-se-á a documentação norte-americana (Departamento de Estado, Conselho de Segurança Nacional e embaixadas em Brasília e Buenos Aires) a fim de incorporar-se os Estados Unidos à proposta de análise comparativa. Portanto, o presente projeto deve ser visto como a primeira etapa de uma análise comparativa que se quer mais ampla, pois o propósito é também estabelecer, depois do próximo quadriênio, comparações entre a última ditadura militar argentina e a l.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) . Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.Número de orientações: 14
1998 - 2004
Os sistemas de segurança, de informações, as censuras e o combate à corrupção no regime militar

Descrição: Análise histórica do Sistema Nacional de Informações (SISNI), do Sistema de Segurança Interna (SISSEGIN), da censura de diversões públicas, da censura da imprensa e do Sistema CGI (Comissão Geral de Investigações) implantados ou reativados pelos governos militares brasileiros a partir de 1964 com base em fontes documentais dos órgãos de informação e segurança. JUSTIFICATIVA RESUMIDA: Tornar conhecida a documentação sigilosa dessas instâncias e seus modos de agir. RESULTADOS: Publicação de livros, artigos e defesa de dissertações e teses..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) .

Integrantes: Carlos Fico da Silva Júnior - Coordenador / Maika Lois Carocha - Integrante / Douglas Attila Marcelino - Integrante / Adriano de Macedo Garcia - Integrante / Giovana Xavier da Conceição Cortes - Integrante / Aline Presot - Integrante / Fernanda Correa e Castro - Integrante / José Marcelo da Costa Pereira - Integrante / Miliandre Garcia de Souza - Integrante / Sergio Henrique da Costa Rodrigues - Integrante / Abner Francisco Sótenos - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 26 / Número de orientações: 9


Membro de corpo editorial


2003 - Atual
Periódico: Estudos de História


Revisor de periódico


2006 - Atual
Periódico: Journal of Latin American Studies
2009 - Atual
Periódico: European Review of Latin American and Caribbean Studies/Revista Europea de
2009 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de História (Impresso)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil República.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História/Especialidade: Historiografia Brasileira.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2008
Prêmio Sergio Buarque de Holanda de Ensaio Social, Fundação Biblioteca Nacional.
2005
Cientista do Nosso Estado, FAPERJ.
2002
Cientista do Nosso Estado, Faperj.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
FICO, Carlos2013 FICO, Carlos . Violence, Trauma, and Frustration in Brazil and Argentina: The Role of the Historian. Topoi (Online): revista de historia, v. 14, p. 262-284, 2013.

2.
FICO, Carlos2012FICO, Carlos . História do Tempo Presente, eventos traumáticos e documentos sensíveis: o caso brasileiro. Varia História (UFMG. Impresso), v. 28, p. 43-59, 2012.

3.
FICO, Carlos2011FICO, Carlos . Les régimes autoritaires au Brésil durant l ère républicaine. Cahiers du Brésil Contemporain, v. 1, p. 30-40, 2011.

4.
FICO, Carlos2010FICO, Carlos . La classe mà dia brà silienne face au rà gime militaire. Vingtième Siècle, Revue d'Histoire (Online), v. 105, p. 155-168, 2010.

5.
FICO, Carlos2010FICO, Carlos . A ditadura documentada: acervos desclassificados do regime militar brasileiro. Acervo (Rio de Janeiro), v. 21, p. 67-78, 2010.

6.
FICO, Carlos2009FICO, Carlos . Represión durante la dictadura militar brasileña (196401985): violencia y pretensión pedagógica. Revista de Estudios Latinoamericanos, v. 1, p. 17-41, 2009.

7.
FICO, Carlos2004FICO, Carlos . Versões e controvérsias sobre 1964 e a ditadura militar. Revista Brasileira de História (Impresso), São Paulo, v. 24, n.47, p. 29-60, 2004.

8.
FICO, Carlos2002FICO, Carlos . \. Topoi (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, v. 5, p. 251-286, 2002.

9.
FICO, Carlos2002FICO, Carlos . 'Prezada censura': cartas ao regime militar. Topoi (Rio de Janeiro), v. 5, p. 251-286, 2002.

10.
FICO, Carlos2001FICO, Carlos . Algumas notas sobre historiografia e história da ditadura militar. Estudos de História, Franca, v. 8, n.1, p. 69-90, 2001.

11.
FICO, Carlos1997FICO, Carlos . Enterros, posses e aparições públicas de governantes. Pós-História, Assis, v. 5, p. 83-92, 1997.

12.
FICO, Carlos1996FICO, Carlos . Teses e dissertações de história defendidas em 1995. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 9, n.17, p. 167-176, 1996.

13.
FICO, Carlos1996FICO, Carlos . A historiografia brasileira nos últimos 20 anos: tentativa de avaliação crítica. Outros Olhares, Campinas, v. 1, n.1, p. 75-84, 1996.

14.
FICO, Carlos1994FICO, Carlos . A historiografia brasileira nos últimos 20 anos: tentativa de avaliação crítica. Varia História, Belo Horizonte, n.13, p. 147-163, 1994.

15.
FICO, Carlos1994FICO, Carlos . Alguns impasses da produção historiográfica recente no Brasil. Anos 90 (UFRGS), Porto Alegre, n.2, p. 111-126, 1994.

16.
FICO, Carlos1992FICO, Carlos . Brasil: historiografia nos anos 80. LPH - REVISTA DE HISTORIA, Mariana, v. 3, n.1, p. 295-302, 1992.

17.
FICO, Carlos1991FICO, Carlos . A crise do movimento operário e as novas manifestações sociais. LPH - REVISTA DE HISTORIA, Mariana, v. 2, n.1, p. 31-35, 1991.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
FICO, Carlos (Org.) ; ARAUJO, Maria Paula (Org.) ; GRIN, M. (Org.) . Violência na História: memória, trauma e reparação. 1. ed. Rio de Janeiro: Ponteio, 2012. 284p .

2.
FICO, Carlos ; ARAUJO, Maria Paula . 1968, 40 Anos Depois: História e Memória. Rio de Janeiro: 7Letras, 2009. v. 1. 250p .

3.
FICO, Carlos . O grande irmão: da Operação Brother Sam aos anos de chumbo. O governo dos Estados Unidos e a ditadura militar brasileira. 1. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008. v. 1. 334p .

4.
FICO, Carlos ; FERREIRA, Marieta de M. ; ARAUJO, Maria Paula ; QUADRAT, S. V. . Ditadura e Democracia na América Latina. 1. ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 2008. v. 1. 395p .

5.
FICO, Carlos . O regime militar no Brasil (1964-1985). 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2005. 47p .

6.
FICO, Carlos . Além do golpe: versões e controvérsias sobre 1964 e a ditadura militar. 1. ed. Rio de Janeiro: Record, 2004. v. 1. 391p .

7.
FICO, Carlos . O regime militar no Brasil (1964-1985). 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2004. v. 1. 47p .

8.
FICO, Carlos (Org.) ; ARAUJO, Maria Paula (Org.) . 40 Anos do Golpe de 1964: ditadura militar e resistência no Brasil. 1. ed. Rio de Janeiro: 7Letras; Faperj, 2004. v. 1. 399p .

9.
FICO, Carlos . Como eles agiam. Os subterrâneos da Ditadura Militar: espionagem e polícia política. Rio de Janeiro: Record, 2001. v. 1. 269p .

10.
FICO, Carlos . Ibase: usina de idéias e cidadania. Rio de Janeiro: Garamond, 1999. 182p .

11.
FICO, Carlos . O regime militar no Brasil (1964-1985). São Paulo: Saraiva, 1999. 47p .

12.
FICO, Carlos . Reinventando o otimismo: ditadura, propaganda e imaginário social no Brasil (1969-1977). Rio de Janeiro: Editora Fundação Getúlio Vargas, 1997. 188p .

13.
FICO, Carlos . A História no Brasil (1980-1989): série de dados. Ouro Preto: Editora Universidade Federal de Ouro Preto, 1994. 344p .

14.
FICO, Carlos . A História no Brasil (1980-1989): elementos para uma avaliação historiográfica. 1. ed. Ouro Preto: Editora Universidade Federal de Ouro Preto, 1992. 206p .

15.
FICO, Carlos . A imprensa brasileira ante o fascismo. 1933: a tomada do poder na Alemanha. Rio de Janeiro: Instituto Goethe, 1983. 108p .

Capítulos de livros publicados
1.
FICO, Carlos . La demanda social por larecuperación de la memoria histórica. El caso brasileño. In: Carol Proner, Paulo Abrão. (Org.). Justiça de transição. Reparação, verdade e justiça: perspectivas comparadas Brasil-Espanha. 1ed.Belo Horizonte: Fórum, 2013, v. , p. 271-278.

2.
FICO, Carlos . História que temos vivido. In: Flávia Varella, Helena Miranda Mollo, Mateus Henrique de Faria Pereira, Sérgio da Mata. (Org.). Tempo presente & usos do passado. 1ed.Rio de Janeiro: FGV, 2012, v. 1, p. 31-49.

3.
FICO, Carlos . Censura, ditadura e 'utopia autoritaria'. In: Cristina Costa. (Org.). Seminários sobre a censura. 1ed.São Paulo: Balão Editorial; Fapesp, 2012, v. 1, p. 65-75.

4.
FICO, Carlos . Brasil: a transição inconclusa. In: Carlos Fico; Maria Paula Araujo; Monica Grin. (Org.). Violência na História: memória, trauma e reparação. 1ed.Rio de Janeiro: Ponteio, 2012, v. , p. 25-37.

5.
FICO, Carlos . Archivos secretos de la dictadura brasileña. In: Isabel Wschebor; Vania Markarian. (Org.). Archivos y derechos humanos: los casos de Argentina, Brasil y Uruguai. 1ed.Montevideo: Archivo General de la Universidad de la República, 2009, v. 1, p. 11-20.

6.
FICO, Carlos . 1968: o ano que terminou mal. In: Carlos Fico; Maria Paula Araujo. (Org.). 1968: 40 anos depois: história e memória. Rio de Janeiro: 7Letras, 2009, v. , p. 223-238.

7.
FICO, Carlos . O golpe de 1964 e o papel do governo dos EUA. In: Carlos Fico; Maria Paula Araujo; Marieta de Moraes Ferreira; Samantha Viz Quadrat. (Org.). Ditadura e democracia na América Latina: balanço histórico e perspectivas. Rio de Janeiro: FGV, 2008, v. 1, p. 53-76.

8.
FICO, Carlos . Apresentação. In: Manoel Luiz Salgado Guimarães. (Org.). Estudos sobre a escrita da história. Rio de Janeiro: 7Letras, 2006, v. , p. 7-12.

9.
FICO, Carlos . A pluralidade das censuras e das propagandas da ditadura. In: REIS, Daniel Aarão; RIDENTI, Daniel; MOTTA, Rodrigo Patto Sá. (Org.). O golpe e a ditadura militar 40 anos depois (1964-2004). 1ed.Bauru: Edusc, 2004, v. 1, p. 265-275.

10.
FICO, Carlos . Espionagem, polícia política, censura e propaganda: os pilares básicos da repressão. In: Jorge Ferreira; Lucília de Almeida Neves Delgado. (Org.). O Brasil republicano: o tempo da ditadura. Regime militar e movimentos sociais em funs do século XX. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003, v. 4, p. 167-205.

11.
FICO, Carlos . Eles não usam black-tie: várias histórias, muitos protagonistas. In: Mariza de Carvalho Soares; Jorge Ferreira. (Org.). A História vai ao cinema. Rio de Janeiro: Record, 2001, v. 1, p. 123-133.

12.
FICO, Carlos . Dos anos de chumbo à globalização. In: Paulo Roberto Pereira. (Org.). Brasiliana da Biblioteca Nacional: guia das fontes sobre o Brasil. Obra preparada em comemoração aos 500 anos de Brasil e aos 190 anos da Biblioteca Nacional. Rio de Janeiro: Nova Fronteira; Biblioteca Nacional, 2001, v. , p. 349-368.

13.
FICO, Carlos . O Brasil no contexto da Guerra Fria: democracia, subdesenvolvimento e ideologia do planejamento (1946-1964). In: Carlos Guilherme Mota. (Org.). Viagem incompleta. A experiência brasileira: a grande transação. São Paulo: Senac, 2000, v. 2, p. 163-182.

14.
FICO, Carlos . Algumas anotações sobre historiografia, teoria e método no Brasil dos anos 90. In: Cesar A. B. Guazzelli. (Org.). Questões de teoria e metodologia da história. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2000, v. , p. 27-40.

15.
FICO, Carlos . Conservadorismo durante a ditadura militar. In: Francisco Carlos Teixeira da Silva; Sabrina Evangelista Medeiros; Alexander Martins Vianna. (Org.). Dicionário crítico do pensamento da direita: idéias, instituições e personagens. Rio de Janeiro: FAPERJ/Mauad, 2000, v. 1, p. 99-100.

16.
FICO, Carlos . A historiografia brasileira nos últimos 20 anos - tentativa de avaliação crítica. In: Jurandir Malerba. (Org.). A velha história: teoria, método, historiografia. Campinas: Papirus, 1996, v. , p. 189-208.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FICO, Carlos . Impunidade e transição sem ruptura motivam protestos. Folha de São Paulo, São Paulo, p. 12 - 12, 31 mar. 2012.

2.
FICO, Carlos . Dificuldade é saber como lidar com colaborador 'marginal' do regime. Folha de São Paulo, São Paulo, p. 12 - 12, 07 fev. 2012.

3.
FICO, Carlos . Vice-presidente sai fortalecido da crise e terá de ser ouvido. Folha de São Paulo, São Paulo, p. 12 - 12, 19 jun. 2011.

4.
FICO, Carlos . Novo perfil de Dilma já começa a se revelar. Folha de São Paulo, São Paulo, p. 12 - 12, 10 abr. 2011.

5.
FICO, Carlos . Fim da ditadura teria sido pouco negociado. O Globo, Rio de Janeiro, p. 3 - 3, 07 abr. 2007.

6.
FICO, Carlos . O golpe, o marechal e a linha dura. Suplemento Literário Minas Gerais, Belo Horizonte, p. 2 - 3, 10 mar. 2004.

7.
FICO, Carlos . Com o rosário na mão. Nossa História, Rio de Janeiro, , v. 5, p. 40 - 43, 01 mar. 2004.

8.
FICO, Carlos . Imagens da ditadura militar. Golpe de 64: amarga memória, São Paulo, p. 16 - 19, 01 mar. 2004.

9.
FICO, Carlos . Figueiredo descansará em paz?. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, p. 11, 17 jan. 2000.

10.
FICO, Carlos . Espionagem e terrorismo na ditadura. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, p. 11, 03 nov. 1999.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FICO, Carlos . Os golpes de 1964 e 1966 no Brasil e na Argentina e o papel dos Estados Unidos. In: Seminário Internacional Ditadura e Democracia na América Latina: Balanço Histórico e Perspectivas, 2008, Rio de Janeiro. Anais do Seminário Internacional Ditadura e Democracia na América Latina: Balanço Histórico e Perspectivas. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 2008. v. 1. p. 53-76.

2.
FICO, Carlos . Sobre o controle democrático das decisões econômicas. In: Seminário Inconfidência Mineira e Revolução Francesa - Bicentenário (1789-1989), 1989, Ouro Preto. Análise & Conjuntura. Belo Horizonte: Fundação João Pinheiro, 1989. v. 6. p. 354-362.

3.
FICO, Carlos . Comentário ao texto Cidade e Poder Político: reflexões sobre aspectos desta relação no mundo capitalista contemporâneo. In: V Encontro Estadual de História - Cidade e Poder, 1986, Uberlândia. Anais. Uberlândia: UFU, 1986. p. 80-84.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
FICO, Carlos . A censura do regime militar: imprensa e diversões públicas. In: XXII Simpósio Nacional de História, 2003, João Pessoa. Caderno de Resumos. João Pessoa: Anpuh, 2003. v. 1.

2.
FICO, Carlos . Sistemas repressivos da ditadura militar. In: X Encontro Regional de História, 2002, Rio de Janeiro. História e Biografias. Rio de Janeiro: Anpuh-RJ, 2002. v. 1.

3.
FICO, Carlos . A profissionalização da história no Brasil: um fenômeno recente. In: II Congreso Internacional Historia a Debate, 1999, Santiago de Compostela. Libro de Abstracts, 1999. p. 28-28.

4.
FICO, Carlos . As novas manifestações sociais e a realidade dos países não desenvolvidos. In: XVIII Congreso de la Asociación Latinoamericana de Sociologia (ALAS). Los desafios de América Latina y el Caribe ante un mundo cambiante, 1991, Havana. Programa/Resumenes, 1991. p. 187-187.

Apresentações de Trabalho
1.
FICO, Carlos . Violencia y frustración: los regímenes militares de Brasil y de la Argentina y el papel del historiador. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
FICO, Carlos . Violência como chave analítica dos regimes militares. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
FICO, Carlos . Violência, trauma e frustração no Brasil e na Argentina: o papel do historiador. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
FICO, Carlos . História e mídia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
FICO, Carlos . Violência como chave analítica do regime militar brasileiro. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
FICO, Carlos . História do tempo presente: trauma e frustração. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
FICO, Carlos . Ditadura militar: repressão, resistência e memória. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
FICO, Carlos . Antecedentes, contexto e razões do golpe militar. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
FICO, Carlos . História e diversidade: memória, verdade e justiça. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
FICO, Carlos . A Comissão da Verdade: apontamentos. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
FICO, Carlos . Pós-graduação e História Econômica. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
FICO, Carlos . Democratização da memória ou narrativa oficial: Brasil hoje. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
FICO, Carlos . La demanda social por la recuperación de la memoria histórica. El caso brasileño. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
FICO, Carlos . Particularidades do acesso aos arquivos sensíveis da ditadura militar brasileira. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
FICO, Carlos . Comissão da Verdade: perspectivas brasileiras. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
FICO, Carlos . História que temos vivido. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
FICO, Carlos . Questões de teoria e metodologia da história. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
FICO, Carlos . 1964 e a ditadura militar: versões e controvérsias. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
FICO, Carlos . 1964 e a ditadura militar: versões e controvérsias. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
FICO, Carlos . História do Tempo Presente: um debate teórico. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
FICO, Carlos . O grande irmão: a CIA e o golpe de 1964. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
FICO, Carlos . Apuntes acerca de la historiografía brasileña sobre temas recientes. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
FICO, Carlos . Memória, história e historiografia sobre a repressão. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
FICO, Carlos . 1968: memória e história. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
FICO, Carlos . O governo dos EUA e a ditadura militar: da Operação Brother Sam aos anos de chumbo. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
FICO, Carlos . O projeto repressivo do regime militar e as manifestações de 1968. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
FICO, Carlos . A ditadura documentada. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
FICO, Carlos . Archivos secretos de la dictadura militar en Brasil. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
FICO, Carlos . 1968: o ano que terminou mal. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
FICO, Carlos . Las pretensiones saneadoras y pedagógico de la represión durante la dictadura militar brasileña: espionaje, torturas, censura, propaganda y el combate para la corrupción. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
FICO, Carlos . La dictadura documentada: la importancia de las colecciones de documentos confidenciales para el Historia de la dictadura militar brasileña. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
FICO, Carlos . Memória e política: estratégias da democracia na América Latina. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
FICO, Carlos . Os EUA e o golpe de 1964. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
FICO, Carlos . I Simpósio Internacional de Estudos Brasileiros. 2005. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

35.
FICO, Carlos . Radiografias do autoritarismo republicano brasileiro. 2005. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

36.
FICO, Carlos . 40 Anos do golpe de 64. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
FICO, Carlos . 40 anos do golpe de 64. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
FICO, Carlos . 40 anos do golpe de 64. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
FICO, Carlos . 40 anos do golpe de 64. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
FICO, Carlos . 40 anos do golpe de 64. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
FICO, Carlos . 40 Anos do Golpe de 64: versões e controvérsias. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
FICO, Carlos . Historiografia sobre o Golpe de 64 e a Ditadura Militar. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

43.
FICO, Carlos . The Dictatorship Shows Its Cards: Images and Memories of the 1964-1985 Period. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

44.
FICO, Carlos . A censura do regime militar: imprensa e diversões públicas. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

45.
FICO, Carlos . Ditadura militar: história, historiografia e função social do historiador. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

46.
FICO, Carlos . Dimensão Social e Política do Ofício do Historiador: história e historiografia da ditadura militar. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

47.
FICO, Carlos . Sistemas repressivos da ditadura militar. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

48.
FICO, Carlos . Os subterrâneos da ditadura militar: espionagem e polícia política. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

49.
FICO, Carlos . Práticas policiais e funcionamento do aparelho repressivo. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

50.
FICO, Carlos . Ditadura, repressão e autoritarismo. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

51.
FICO, Carlos . Perspectivas da historiografia luso-brasileira: agenda do milênio. 2000. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

52.
FICO, Carlos . A reflexão teórico-metodológica dos historiadores brasileiros: contribuições para pensar a nossa história. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

53.
FICO, Carlos . A profissionalização da história no Brasil: um fenômeno recente. 1999. (Apresentação de Trabalho/Outra).

54.
FICO, Carlos . Espionagem e repressão no regime militar. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

55.
FICO, Carlos . Memória e práticas sociais. 1998. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

56.
FICO, Carlos . Encontro de História e Computação. 1998. (Apresentação de Trabalho/Outra).

57.
FICO, Carlos . Anos 90: mudanças na historiografia brasileira. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

58.
FICO, Carlos . Ser historiador no Brasil. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

59.
FICO, Carlos . Ser historiador no Brasil. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

60.
FICO, Carlos . A recepção da Nova História no Brasil. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

61.
FICO, Carlos . A pesquisa em história. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

62.
FICO, Carlos . Experiências de implantação de currículos de História na UFOP. 1995. (Apresentação de Trabalho/Outra).

63.
FICO, Carlos . Tendências atuais da historiografia brasileira. 1995. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

64.
FICO, Carlos . O ensino de história hoje. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

65.
FICO, Carlos . Balance historiografico: America del Sur. 1994. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

66.
FICO, Carlos . Historia regional: la region a debate. 1994. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

67.
FICO, Carlos . Ação política e estratégias de propaganda no Brasil: novas abordagens em história política. 1994. (Apresentação de Trabalho/Outra).

68.
FICO, Carlos . Pesquisa e capacitação. 1993. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

69.
FICO, Carlos . Pós-graduação ANPUH: pesquisa, informação e intercâmbio. 1993. (Apresentação de Trabalho/Outra).

70.
FICO, Carlos . Historiografia no Brasil nos anos 1980: proposta de criação de um centro nacional de referência historiográfica. 1993. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

71.
FICO, Carlos . Historiografia contemporânea. 1992. (Apresentação de Trabalho/Outra).

72.
FICO, Carlos . Política de formação nas áreas de Ciências Humanas e Artes. 1992. (Apresentação de Trabalho/Outra).

73.
FICO, Carlos . As novas manifestações sociais e a realidade dos países não desenvolvidos. 1991. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

74.
FICO, Carlos . A pesquisa em debate na UFOP. 1991. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

75.
FICO, Carlos . Marxismo e Nova História. 1991. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

76.
FICO, Carlos . Fim do milênio ou fim da história. 1990. (Apresentação de Trabalho/Outra).

77.
FICO, Carlos . A crise da razão moderna e a pós-modernidade. 1990. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

78.
FICO, Carlos . História Social: abordagens. 1987. (Apresentação de Trabalho/Outra).

79.
FICO, Carlos . Música, ideologia e poder no Brasil: 1920-45. 1987. (Apresentação de Trabalho/Outra).

80.
FICO, Carlos . Aspectos Históricos e Sociológicos dos Problemas Educacionais Brasileiros. 1986. (Apresentação de Trabalho/Outra).

81.
FICO, Carlos . Série de debates: História de Minas Gerais. 1985. (Apresentação de Trabalho/Outra).

82.
FICO, Carlos . Fontes para a História Social do Rio de Janeiro durante a Primeira República: abastecimento, serviços e resistência popular. 1984. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
FICO, Carlos . Prefácio. Rio de Janeiro, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
FICO, Carlos . Prefácio. São Paulo, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

3.
FICO, Carlos . Repertório Semestral. Mariana: Centro Nacional de Referência Historiográfica, 1994 (Bibliografia).

4.
FICO, Carlos . Bibliografia Anual. Mariana: Centro Nacional de Referência Historiográfica, 1994 (Bibliografia).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
FICO, Carlos . Membro do CA da Avaliação Trienal da Área de História 2007-2009. 2010.

2.
FICO, Carlos . Revista Brasileira de História. 2003.

3.
FICO, Carlos . Revista Brasileira de História. 2002.

4.
FICO, Carlos . 500 anos de Brasil na Biblioteca Nacional. 2000.

5.
FICO, Carlos . Revista Saeculum. 1999.

6.
FICO, Carlos . Revista Estudos de História. 1998.

7.
FICO, Carlos . Consultoria ad hoc a projeto de pesquisa da Universidade Estadual de Maringá. 1997.

8.
FICO, Carlos . Revista UNIMAR. 1995.

9.
FICO, Carlos . Revista do Departamento de História da PUC-MG. 1994.

10.
FICO, Carlos . Guia brasileiro de fontes para a História da África, da escravidão negra e do negro na sociedade atual. 1988.

Trabalhos técnicos
1.
FICO, Carlos . Coordenador da Área de História junto à Capes até 2013. 2011.

2.
FICO, Carlos . Prociência UERJ/FAPERJ. 2005.

3.
FICO, Carlos . Comissão para reforma do regimento do PPGHIS. 2000.

4.
FICO, Carlos . Perfil do Corpo Docente do PPGHIS. 2000.

5.
FICO, Carlos . Regulamento do PPGHIS. 2000.

6.
FICO, Carlos . Comitê Editorial de Topoi - Revista de História. 2000.

7.
FICO, Carlos . Plano de Desenvolvimento Institucional. 1992.

8.
FICO, Carlos . Normas para Eleição Direta dos Chefes de Departamento do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da UFOP. 1991.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
FICO, Carlos . Documentos provam que EUA poderiam intervir no Brasil. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
FICO, Carlos . A história do tempo presente e as noções de trauma e frustração. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
FICO, Carlos . A historiografia brasileira na atualidade. 1993. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
FICO, Carlos . A crise do movimento operário e as novas manifestações sociais. 1990. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
FICO, Carlos. Participação em banca de Mateus da Fonseca Capssa Lima. Movimento estudantil e ditadura civil-militar em Santa Maria (1964-1968). 2013. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Santa Maria.

2.
FICO, Carlos. Participação em banca de José Jailton de Magalhães. Perfis políticos e resistência: o Paraná e a ditadura (1964-1985). 2013. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Paraná.

3.
FICO, Carlos. Participação em banca de Abner Francisco Sótenos. O Movimento Amigos de Bairros (MAB) no Rio de Janeiro: seu surgimento, desenvolvimente e a visão da comunidade de informações no período de distensão política (1974-1982). 2013. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
FICO, Carlos. Participação em banca de Mauro Eustáquio Costa Teixeira. Revanche dos vencedores: história, memória e luta política no Orvil. 2012. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

5.
FICO, Carlos. Participação em banca de Stefan Freitas dos Santos. Batalha pela democracia: 1961-1964. Outras visões, os sargentos e o governo João Goulart. 2010. Dissertação (Mestrado em História, Política e Bens Culturais) - Fundação Getúlio Vargas - Matriz.

6.
FICO, Carlos. Participação em banca de Adrianna Cristina Lopes Setemy. Em defesa da moral e dos bons costumes: a censura de periódicos no regime militar (1964-1985). 2008. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
FICO, Carlos. Participação em banca de Vicente Gil da Silva. A Aliança para o Progresso no Brasil: de propaganda anticomunista a instrumento de intervenção política (1961-1964). 2008. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

8.
FICO, Carlos. Participação em banca de Maika Lois Carocha. Pelos versos das canções: um estudo sobre o funcionamento da censura musical durante a ditadura militar brasileira (1964-1985). 2007. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
FICO, Carlos. Participação em banca de Luiz Felipe César Mundim. Juarez Távora e Golbery do Couto e Silva: Escola Superior de Guerra e a organização do Estado brasileiro (1930-1960). 2007. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás.

10.
FICO, Carlos. Participação em banca de Érica Gomes Daniel Monteiro. A guerra como slogan: visualizando o Advertising Project na propaganda comercial da revista Seleções do Reader's Digest (1942-1945). 2006. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
FICO, Carlos. Participação em banca de Sérgio Henrique da Costa Rodrigues. Entre a cruz e a espada: relações diplomáticas entre a ditadura militar brasileira e o Vaticano (1964-1977). 2006. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

12.
FICO, Carlos. Participação em banca de Douglas Attila Marcelino. Salvando a pátria da pornografia e da subversão: a censura de livros e diversões públicas nos anos 1970. 2006. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

13.
FICO, Carlos. Participação em banca de Cleodir da Conceição de Moraes. O Pará em festa: política e cultura nas comemorações do Sesquicentenário da Adesão (1973). 2006. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Pará.

14.
FICO, Carlos. Participação em banca de Fabrício Pereira da Silva. Utopia dividida: crise e extinção do PCB (1979-1992). 2005. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

15.
FICO, Carlos. Participação em banca de Cláudio Lúcio de Carvalho Diniz. Fado tropical: a idéia de tristeza no Retrato do Brasil de Paulo Prado. 2005. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

16.
FICO, Carlos. Participação em banca de Marina de Lima Rabelo. De alvo a algoz: as representações de Carlos Lacerda e a crise de agosto de 1954. 2004. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

17.
FICO, Carlos. Participação em banca de William de Souza Nunes Martins. Paschoal Segreto: "ministro das diversões" do Rio de Janeiro (1883-1920). 2004. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

18.
FICO, Carlos. Participação em banca de Luiz Cristiano Oliveira de Andrade. A narrativa da vontade de Deus: a História do Brasil de frei Vicente do Salvador (1627). 2004. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

19.
FICO, Carlos. Participação em banca de Cláudio Beserra de Vasconcelos. A preservação do Legislativo pelo regime militar brasileiro: ficção legalista ou necessidade de legitimação? (1964-1985). 2004. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
FICO, Carlos. Participação em banca de Aline Alves Presot. As marchas da família, com Deus, pela liberdade. 2004. Dissertação (Mestrado em História Social) - Programa de Pós-Graduação em História Social (UFRJ).

21.
FICO, Carlos. Participação em banca de Maria Neusa de Lima Pereira. Um olhar sobre a educação profissional: a Escola Técnica Federal de Roraima. 2003. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

22.
FICO, Carlos. Participação em banca de Maria Amélia Ayd Corrêa. De que lugares fala essa história? As matrizes teórico-metodológicas na produção discente do Programa de Pós-graduação stricto sensu em História da UFF (1989-1996. 2002. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

23.
FICO, Carlos. Participação em banca de Renato Cancian. Comissão Justiça e Paz de São Paulo: gênese e atuação política (1972-1985). 2001. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal de São Carlos.

24.
FICO, Carlos. Participação em banca de Creuza de Oliveira Berg. Os mecanismos do silêncio: expressões artísticas e censura no regime militar (Brasil, 1964-1984). 1998. Dissertação (Mestrado em História Econômica) - Universidade de São Paulo.

25.
FICO, Carlos. Participação em banca de Luís Carlos Ribeiro Sant'Anna. Utopia brasileira: um estudo sobre a trajetória da aspiração nacional à modernidade. 1998. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
FICO, Carlos. Participação em banca de Adrianna Cristina Lopes Setemy. Sentinelas das fronteiras: o Itamaraty para o combate ao inimigo comunista (1935-1966). 2013. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
FICO, Carlos. Participação em banca de Erica Gomes Daniel Monteiro. Quando a guerra é um negócio: a cooperação das empresas privadas norte-americanas nos projetos desenvolvidos pelo governo F.D. Roosevelt para a América Latina no contexto da II Guerra Mundial. 2012. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
FICO, Carlos. Participação em banca de André de Lemos Freixo. A arquitetura do novo: ciência e história da História do Brasil em José Honório Rodrigues. 2012. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
FICO, Carlos. Participação em banca de Ricardo Marques de Mello. Tendências historiográficas na Revista Brasileira de História (1981-2000). 2012. Tese (Doutorado em História) - Universidade de Brasília.

5.
FICO, Carlos. Participação em banca de César Augusto Martins de Souza. A estrada invisível: memórias da Transamazônica. 2012. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal Fluminense.

6.
FICO, Carlos. Participação em banca de Douglas Attila Marcelino. O corpo da Nova República: funerais de presidentes e memória de Tancredo Neves. 2011. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
FICO, Carlos. Participação em banca de Angela Moreira Domingues da Silva. Ditadura e justiça militar no Brasil: a atuação do Superior Tribunal Militar (1964-1980). 2011. Tese (Doutorado em História, Política e Bens Culturais) - Fundação Getúlio Vargas - Matriz.

8.
FICO, Carlos. Participação em banca de Vitor Amorim de Angelo. Ditadura militar, esquerda armada e memória social no Brasil. 2011. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade Federal de São Carlos.

9.
FICO, Carlos. Participação em banca de Tatyana de Amaral Maia. Cardeais da cultura nacional: o Conselho Federal de Cultura e o papel cívico das políticas culturais na ditadura civil-militar (1967-1975). 2010. Tese (Doutorado em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

10.
FICO, Carlos. Participação em banca de Adjovanes Thadeu Silva de Almeida. O regime militar em festa: a comemoração do sesquicentenário da independência brasileira. 2009. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
FICO, Carlos. Participação em banca de Cesar Maia Buscacio. Americanismo e nacionalismo musicais na correspondência de Curt Lange e Camargo Guarniei (1934-1956). 2009. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

12.
FICO, Carlos. Participação em banca de Pedro Ernesto Fagundes. A ofensiva verde: a Ação Integralista Brasileira (AIB) no estado do Rio de Janeiro (1932-1937). 2009. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

13.
FICO, Carlos. Participação em banca de José Alves Dias. Rumo ao palácio: as estratégias de dominação dos espaços políticos na Bahia durante a ditadura (1966-1982). 2009. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
FICO, Carlos. Participação em banca de William de Souza Nunes Martins. Produzindo no escuro: políticas para a indústria cinematográfica brasileira e o papel da censura (1964-1988). 2009. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

15.
FICO, Carlos. Participação em banca de Mariana Rangel Joffily. No centro da engrenagem: os interrogatórios da Operação Bandeirante e do DOI de São Paulo (1969-1975). 2008. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

16.
FICO, Carlos. Participação em banca de Miliandre Garcia de Souza. Teatro e censura na ditadura militar (1964-1985). 2008. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

17.
FICO, Carlos. Participação em banca de João Rameres Regis. O integralismo no interior do Ceará. 2008. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

18.
FICO, Carlos. Participação em banca de Alessandra Ciambarella. Do cristianismo ao maoísmo: a trajetória da Ação Popular (1962-1973). 2007. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

19.
FICO, Carlos. Participação em banca de Fábio Koifman. O Estado Novo e a admissão de estrangeiros no Brasil (1941-1945). 2007. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
FICO, Carlos. Participação em banca de Maria da Conceição Francisca Pires. Cultura e política entre Fradins, Zeferinos, Graúnas e Orelanas. 2006. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal Fluminense.

21.
FICO, Carlos. Participação em banca de Carla Reis Longhi. Idéias e práticas do aparato repressivo: um olhar sobre o acervo do DEOPS/SP: a produção do SNI em comunicação com o DEOPS/SP (1964-1983). 2005. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

22.
FICO, Carlos. Participação em banca de Samantha Viz Quadrat. A repressão sem fronteiras: perseguição política e colaboração entre as ditaduras do Cone Sul. 2005. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal Fluminense.

23.
FICO, Carlos. Participação em banca de Gustavo Rocha-Peixoto. Arquitetos do Brasil Imperial: a obra arquitetônica dos primeiros alunos da Academia Imperial de Belas Artes. 2004. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

24.
FICO, Carlos. Participação em banca de Maurício Barreto Alvarez Parada. Educando corpos e criando a Nação: cerimônias cívicas e práticas disciplinares no Estado Novo. 2003. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

25.
FICO, Carlos. Participação em banca de Aristides Arthur Soffiati Netto. Entre a terra e a água. Estudo sobre as relações das sociedades humanas com os manguezais da ecorregião de São Tomé entre 1950 e 2000. 2001. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

26.
FICO, Carlos. Participação em banca de Hamilton Botelho Malhano. Arquitetura vernacular tupi-guarani: um olhar sobre as alterações impostas às estruturas ambientais nativas a partir do século XVI. 2000. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

27.
FICO, Carlos. Participação em banca de Clara Emília Sanches Monteiro de Barros Malhano. Da materialização à legitimação do passado: a monumentalidade como metáfora do Estado (1920-1945). 1999. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
FICO, Carlos. Participação em banca de Adrianna Cristina Lopes Setemy. Punhos de renda, abotoaduras de chumbo: o Itamaraty e a "diplomacia secreta" no combate ao comunismo (1927-1990). 2011. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
FICO, Carlos. Participação em banca de César Augusto Martins de Souza. A estrada invisível: memórias da rodovia Transamazônica (1970-1990). 2011. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal Fluminense.

3.
FICO, Carlos. Participação em banca de Francisco Firmino Sales Neto. Antes da noite: história, memória e escrita de si por Luís da Câmara Cascudo. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
FICO, Carlos. Participação em banca de Érica Gomes Daniel. Boa vizinhança S.A.: a colaboração de empresas privadas norte-americanas com o OCIAA durante a II Guerra Mundial. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
FICO, Carlos. Participação em banca de Cláudio Lúcio de Carvalho Diniz. Dos diários de Alcides Arguedas: uma concepção melancólica da história e da vida. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
FICO, Carlos. Participação em banca de André de Lemos Freixo. Para além do espelho d'água: José Honório rodrigues e uma história de sua historiografia brasileira. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
FICO, Carlos. Participação em banca de Douglas Attila Marcelino. Reconstruindo a memória política nacional:a morte e os funerais de Tancredo Neves. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
FICO, Carlos. Participação em banca de Rodrigo Christofoletti. A Enciclopédia do Integralismo: lugar de memória e reformulação simbólica de um movimento (1957-1961). 2009. Exame de qualificação (Doutorando em História, Política e Bens Culturais) - Fundação Getúlio Vargas - Matriz.

9.
FICO, Carlos. Participação em banca de Ângela Moreira Domingues da Silva. Ditadura e Justiça Militar no Brasil: a atuação do Superior Tribunal Militar (1964-1985). 2009. Exame de qualificação (Doutorando em História, Política e Bens Culturais) - Fundação Getúlio Vargas - Matriz.

10.
FICO, Carlos. Participação em banca de Adjovanes Thadeu Silva de Almeida. O regime militar em festa: a comemoração do Sesquicentenário da Independência brasileira (1972). 2007. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
FICO, Carlos; MARTINS, W. S. N.. Participação em banca de William de Souza Nunes Martins. Produzindo no escuro: políticas para a indústria cinematográfica brasileira e o papel da censura (1964-1988). 2007. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

12.
FICO, Carlos. Participação em banca de Cesar Maia Buscacio. Um estudo da correspondência de Camargo Guarnieri e Curt Lange. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

13.
FICO, Carlos. Participação em banca de Pedro Ernesto Fagundes. A onda verde: conflitos e práticas políticas da Ação Integralista Brasileira na região Norte-Fluminense. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
FICO, Carlos. Participação em banca de José Alves Dias. A dinâmica das relações de poder entre o governo baiano e os militares. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

15.
FICO, Carlos. Participação em banca de Miliandre Garcia de Souza. Censura teatral no regime militar. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

16.
FICO, Carlos. Participação em banca de Maria da Conceição Francisca Pires. Costumes e política entre Zeferinos, Fradins, Graúnas e Orelanas. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal Fluminense.

17.
FICO, Carlos. Participação em banca de Altemar da Costa Muniz. Trajetórias de vida, espaços de sociabilidade e projeto político da burguesia mudancista no Ceará. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

18.
FICO, Carlos. Participação em banca de Alessandra Ciambarella. Do cristianismo ao maoísmo: a história da Ação Popular (1962-1981). 2005. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

19.
FICO, Carlos. Participação em banca de Fábio Koifman. O Estado Novo e a admissão de estrangeiros no Brasil. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
FICO, Carlos. Participação em banca de Flávio Weinstein Teixeira. Variações em torno da modernidade artística: teatro e artes gráficas no Recife (1946-1961). 2003. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
FICO, Carlos. Participação em banca de Raphael Oliveira da Silva. Ninguém apaga esse país: a publicidade inspirada na propaganda do governo Médici. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal Fluminense.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
FICO, Carlos. Participação em banca de Bruno Loureiro Werner.Pra frente Brasil: futebol e política no início do governo Médici (1969-1970). 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
FICO, Carlos. Seleção de professor substituto para a área de Metodologia da História. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
FICO, Carlos. Concurso público de provas e títulos para professor adjunto de teoria e metodologia da história da UFRJ. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
FICO, Carlos. Concurso público de provas e títulos para professor adjunto de Prática de Ensino de História do Brasil Contemporâneo. 2009. Universidade Federal de Ouro Preto.

4.
FICO, Carlos. Seleção de professor substituto. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
FICO, Carlos. Concurso público de provas e títulos para professor adjunto de teoria e metodologia da história da UFRJ. 2006. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
FICO, Carlos. Seleção para o curso de doutorado do PPGHIS. 2005. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
FICO, Carlos. Concurso público de provas e títulos para professor da carreira do magistério da Universidade Federal do Mato Grosso na área de História. 2002. Universidade Federal de Mato Grosso.

8.
FICO, Carlos. Seleção para o Mestrado do Programa de Pós-graduação em História Social. 2001. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
FICO, Carlos. Seleção para o Doutorado do Programa de Pós-graduação em História Social da UFRJ. 2000. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
FICO, Carlos. Concurso público de provas e títulos para Professor Assistente do Departamento de História da UFOP na área de Metodologia da História. 1998. Universidade Federal de Ouro Preto.

11.
FICO, Carlos. Seleção de Professor Substituto do Departamento de História da UFOP na área de História do Brasil. 1997. Universidade Federal de Ouro Preto.

12.
FICO, Carlos. Seleção de Professor Substituto do Departamento de História da UFOP na área de Teoria e Metodologia da História. 1997. Universidade Federal de Ouro Preto.

13.
FICO, Carlos. Seleção de Professor Substituto do Departamento de História da UFOP na área de História Antiga. 1996. Universidade Federal de Ouro Preto.

14.
FICO, Carlos. Seleção de Professor Substituto do Departamento de História da UFOP na área de História Contemporânea. 1995. Universidade Federal de Ouro Preto.

15.
FICO, Carlos. Concurso Público de Provas e Títulos do Departamento de História da UFOP na área de Teoria e Metodologia da História. 1991. Universidade Federal de Ouro Preto.

16.
FICO, Carlos. Concurso Público de Provas e Títulos do Departamento de História da UFOP na área de Teoria e Metodologia da História. 1989. Universidade Federal de Ouro Preto.

Outras participações
1.
FICO, Carlos. Seleção para o curso de doutorado do PPGHIS / UFRJ. 2007. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
FICO, Carlos. Seleção para transferência de curso. 2002. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
FICO, Carlos. Seleção para transferência de curso. 2000. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
FICO, Carlos. Seleção para transferência de curso. 1998. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
FICO, Carlos. Seleção de monitores. 1985. Universidade Federal de Ouro Preto.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Os EUA e o golpe de 1964.Os EUA e o golpe de 1964. 2006. (Outra).

2.
The Cultures of Dictatorship: Historical Reflections on the Brazilian.The Cultures of Dictatorship: Historical Reflections on the Brazilian. 2004. (Seminário).

3.
XXII Simpósio Nacional de História.XXII Simpósio Nacional de História. 2003. (Simpósio).

4.
PPGHIS 20 Anos.PPGHIS 20 Anos. 2002. (Seminário).

5.
Práticas repressivas e crime político no regime militar.Práticas policiais e funcionamento do aparelho repressivo. 2001. (Seminário).

6.
XVII Simpósio Nacional de História.XVII Simpósio Nacional de História. 1993. (Simpósio).

7.
VI Encontro Estadual de História de MG.VI Encontro Estadual de História de MG. 1988. (Encontro).

8.
XIII Simpósio Nacional de História.XIII Simpósio Nacional de História. 1985. (Simpósio).

9.
VI Semana de História.VI Semana de História. 1984. (Encontro).

10.
Nascimento e linhas de rumo da moderna historiografia brasileira.Nascimento e linhas de rumo da moderna historiografia brasileira. 1983. (Outra).

11.
Escravismo colonial - Capitalismo no Brasil.Escravismo colonial - Capitalismo no Brasil. 1983. (Outra).

12.
História da África Pré-Colonial.História da África Pré-Colonial. 1982. (Outra).

13.
Modo de produção feudal.Modo de produção feudal. 1982. (Outra).

14.
32. Reunião Anual da SBPC.Ensino de história: mitos e estereótipos. 1980. (Outra).

15.
Seminário de Teoria Política.Seminário de Teoria Política: de Aristóteles a Hanna Arendt. 1978. (Seminário).

16.
Seminário sobre Teoria Política.Seminário sobre Teoria Política: de Platão a Popper. 1978. (Seminário).

17.
Conferências sobremétodos e técnicas de investigação literária.Conferências sobre Método e Técnicas de Investigação Literária. 1978. (Simpósio).

18.
Ciclo de Plaestras sobre Política Externa Contemporânea.Ciclo de Palestras sobre Política Externa Contemporânea. 1978. (Outra).

19.
Palestra sobre Heidegger e o pensamento contemporâneo.Palestra sobre Heidegger e o pensamento contemporâneo. 1977. (Outra).

20.
Conferências sobre Lógica e Ciências Humanas.Conferências sobre Lógica e Ciências Humanas. 1977. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FICO, Carlos . Seminário Internacional 1968: 40 Anos Depois. Memória e História. 2008. (Congresso).

2.
FICO, Carlos ; ARAUJO, Maria Paula . Seminário Internacional Ditadura e Democracia na América Latina. 2006. (Congresso).

3.
FICO, Carlos . Seminário 40 Anos do Golpe de 64: ditadura militar e resistência no Brasil. 2004. (Congresso).

4.
FICO, Carlos . Tendências Contemporâneas da Historiografia Brasileira. 1991. (Congresso).

5.
FICO, Carlos . VII Encontro Regional da ANPUH-MG. 1990. (Congresso).

6.
FICO, Carlos . Marxismo e Novas Tendências na História. 1988. (Congresso).

7.
FICO, Carlos . IV Ciclo de Estudos do ICHS/UFOP. 1987. (Congresso).

8.
FICO, Carlos . I Encontro de Professores de História do Rio de Janeiro. 1983. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Rafael Pereira da Silva Mendes. Intelectuais e política cultural durante a ditadura militar. O caso do Conselho Federal de Cultura (1967-1985). Início: 2013. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

2.
Diego Knack. Corrupção e regime militar: A Comissão Geral de Investigações. Início: 2012. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Daniel Accioly Gonçalves. Castelismo, repressão e combate ao inimigo interno. A influência castelista nas escolas militares (1964-1974). Início: 2013. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

2.
Paulo César Gomes. A produção de informações sobre os exilados brasileiros na França durante a ditadura militar (1964-1985). Início: 2013. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

3.
Carlos Roberto Torres Filho. Sociedade Brasileira de Direito Aeronáutico e do Espaço (SBDAE): a política e o direito espacial brasileiros (1965-1973). Início: 2013. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

4.
Pedro Ivo Carneiro Teixeirense. Horizontes do silêncio. As possibilidades de afirmação dos direitos humanos: um estudo entre Brasil e Uruguai (1979-2011). Início: 2013. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

5.
Márcia d´Acampora. Da construção da política ideal a prática real: o Território Federal do Rio Branco. Início: 2012. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

6.
Claudio Lucio de Carvalho Diniz. O mal-estar no pensamento social latino americano (1899-1928). Início: 2008. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Jardel Dias Cavalcanti. Início: 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Adriana Afonso. A greve dos teatros de 1967. Início: 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Daniel Accioly Gonçalves. A influência doutrinária francesa no pensamento do Exército brasileiro no pós-guerra. 2012. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

2.
Abner Francisco Sótenos. O surgimento do movimento amigos de bairro e a comunidade de informações no período da abertura política (Nova Iguaçu, RJ) 1974-1985. 2012. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

3.
Paulo Cesar Gomes Bezerra. A visão da comunidade de informações sobre a atuação dos bispos católicos na ditadura militar brasileira (1970-1980). 2010. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

4.
Maika Lois Carocha. Pelos versos das canções: um estudo sobre o funcionamento da censura musical durante a ditadura militar brasileira (1964-1985). 2007. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

5.
Sérgio Henrique da Costa Rodrigues. Entre a cruz e a espada: relações diplomáticas entre a ditadura militar brasileira e o Vaticano (1964-1977). 2006. 0 f. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

6.
Douglas Attila Marcelino. Salvando a pátria da pornografia e da subversão: a censura de livros e diversões públicas nos anos 1970. 2006. 0 f. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

7.
Adrianna Cristina Lopes Setemy. Censura moral da imprensa durante a ditadura militar. 2006. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

8.
Cláudio Lúcio de Carvalho Diniz. O grande rebanho que passa : As raízes filosóficas da tristeza na obra de Paulo Prado. 2005. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

9.
Marina de Lima Rabelo. De alvo a algoz: as representações de Carlos Lacerda e a crise de agosto de 1954. 2004. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

10.
William de Souza Nunes Martins. Paschoal Segreto: "ministro das diversões" do Rio de Janeiro (1883-1920). 2004. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

11.
Aline Alves Presot. As "Marchas da Família, com Deus, pela Liberdade" e o Golpe de 1964. 2004. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

Tese de doutorado
1.
Érica Gomes Daniel Monteiro. Quando a guerra é um negócio: a cooperação das empresas privadas norte-americanas nos projetos desenvolvidos pelo governo F. D. Roosevelt para a América Latina no contexto da II Guerra Mundial. 2012. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

2.
André de Lemos Freixo. A arquitetura do novo: ciência e história da História do Brasil em José Honório Rodrigues. 2012. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

3.
Douglas Attila Marcelino. Rituais fúnebres e memórias de presidentes: de Getúlio a Tancredo (1954-1985). 2011. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

4.
Pedro Ernesto Fagundes. A ofensiva verde: a Ação Integralista Brasileira (AIB) no estado do Rio de Janeiro (1932-1937). 2009. Tese (Doutorado em História Social) - Programa de Pós-Graduação em História Social (UFRJ), . Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

5.
William de Souza Nunes Martins. Produzindo no escuro: políticas para a indústria cinematográfica brasileira e o papel da censura (1964-1988). 2009. Tese (Doutorado em História Social) - Programa de Pós-Graduação em História Social (UFRJ), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

6.
José Alves Dias. Rumo ao palácio: as estratégias de dominação dos espaços políticos na Bahia durante a ditadura (1966-1982). 2009. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

7.
Adjovanes Thadeu Silva de Almeida. O regime militar em festa: a comemoração do Sesquicentenário da Independência brasileira. 2009. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

8.
Cesar Maia Buscacio. Americanismo e nacionalismo musicais na correspondência de Curt Lange e Camargo Guarnieri (1934-1956). 2009. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

9.
Miliandre de Souza Garcia. Ou vocês mudam, ou acabam: teatro e política na ditadura militar. 2008. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

10.
Fabio Koifman. O Estado Novo e a admissão de estrangeiros no Brasil (1941-1945). 2007. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Rafael Mendes. O Conselho Federal de Cultura e o regime militar. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

2.
Douglas Attila Marcelino. Para além da moral e dos bons costumes: a DCDP e a censura televisiva no regime militar. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

3.
Sergio Henrique da Costa Rodrigues. Elementos de análise historiográfica da produção histórica nacional e estrangeira sobre a ditadura militar. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

4.
Mônica Alves da Cruz. Teatro e censura: Calabar. 2002. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

Iniciação científica
1.
Diego Knack. Corrupção e regime militar: A Comissão Geral de Investigações. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

2.
José Marcelo da Costa Pereira. Censura das atividades teatrais durante o regime militar. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

3.
Abner Francisco Sótenos. Dom Adriano Hypólito e a ditadura militar. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

4.
Tatiana Lomba de Oliveira Lima. A ditadura militar argentina de Onganía. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

5.
Fernanda Correa e Castro. Os jornalistas e a comunidade de informações durante o Regime Militar. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

6.
Sérgio Henrique da Costa Rodrigues. Elementos de análise historiográfica da produção histórica nacional e estrangeira sobre o Regime Militar brasileiro. 2003. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

7.
Maika Lois Carocha. Censura das atividades musicais durante a ditadura militar. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

8.
Maika Lois Carocha. Repertório Analítico da legislação brasileira produzida pelo Regime Militar. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

9.
Giovana Xavier da Conceição Côrtes. Tortura e informações no Regime Militar. 2002. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

10.
Adriano de Macedo Garcia. Corrupção e segurança no Regime Militar. 2002. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.

11.
Douglas Attila Marcelino. Censura e comunidade de informações no Regime Militar. 2001. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Carlos Fico da Silva Júnior.



Outras informações relevantes


Coordenador da Área de História junto à Capes (2010-2012)
Membro do Conselho Científico da Sociedade Brasileira de Teoria e História da Historiografia.
Membro do júri do prêmio Sérgio Buarque de Holanda de Ensaio Social de 2009 da Biblioteca Nacional.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 30/07/2014 às 14:13:12