Sueli Fischer Beckert

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7173233386836701
  • Última atualização do currículo em 01/10/2018


possui graduação em Matemática pela Universidade da Região de Joinville (1986), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (1997) e doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005). Atualmente é professora adjunta da UFSC, no Departamento de Engenharias da Mobilidade - Campus de Joinville. Tem experiência na área de Engenharia Mecânica, com ênfase em Metrologia Geométrica, atuando principalmente nos seguintes temas: processos de calibração, incerteza de medição, MSA, estatística e avaliação de laboratórios de calibração. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Sueli Fischer Beckert
Nome em citações bibliográficas
BECKERT, S. F.;FISCHER BECKERT, SUELI;BECKERT, SUELÍ FISCHER;BECKERT, SUELI FISCHER;BECKER, SUELI FISCHER

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC - Campus Joinville, Departamento de Engenharias da Mobilidade.
Rua Doutor João Colin, 2700
Santo Antônio
89218035 - Joinville, SC - Brasil
Telefone: (48) 37214662
URL da Homepage: http://joinville.ufsc.br/


Formação acadêmica/titulação


2000 - 2005
Doutorado em Engenharia de Produção.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Um modelo para a melhoria do processo gerencial metrológico nas indústrias, Ano de obtenção: 2005.
Orientador: Prof. Dr. Edson Pacheco Paladini.
Palavras-chave: calibração; processo de medição; gerenciamento metrológico.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia de Produção / Subárea: Gestão da Qualidade e Produtividade / Especialidade: Metrologia.
Setores de atividade: Fabricação e Montagem de Automóveis, Caminhões, Ônibus e Tratores e Demais Máquinas e Implementos Agrícolas, Reboques e Carrocerias; Indústria Metal-Mecânica; Qualidade e Produtividade.
1994 - 1997
Mestrado em Engenharia de Produção.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Sistema de Gerenciamento de Informacoes em Laboratorio de Calibracao Prestador de Servicos: Um Modelo Informatizado,Ano de Obtenção: 1997.
Orientador: Prof Dr. Gregorio Varvakis Rados.
Palavras-chave: calibração; laboratório; iso 9001; metrologia.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia de Produção / Subárea: Gestão da Qualidade e Produtividade / Especialidade: Metrologia.
Setores de atividade: Qualidade e Produtividade.
2004 - 2005
Especialização em Metodologia de Ensino. (Carga Horária: 430h).
Instituto Superior Tupy, SE/SC, Brasil.
Título: O uso de jogo de empresas GI-MICRO no desenvolvimento da disciplina de modelos mentais.
Orientador: Elza Cristina Giostri.
1987 - 1988
Especialização em Matemática Aplicada. (Carga Horária: 360h).
Faculdade Estadual de Filosofia Ciências e Letras de Guarapuava, FAFIG, Brasil.
1983 - 1986
Graduação em Matemática.
Universidade da Região de Joinville, UNIVILLE, Brasil.
1979 - 1982
Curso técnico/profissionalizante em Mecânica.
Sociedade Educacional de Santa Catarina, SOCIESC, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
14. Workshop com Avaliadores de Laboratórios - ISO/IEC 17025:2017. (Carga horária: 21h).
Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
2015 - 2015
Power the Bench - Laborabläufe effizienter gestalt. (Carga horária: 8h).
Mettler - Toledo.Ag, MT, Suiça.
2015 - 2015
APQP/PPAP. (Carga horária: 16h).
INTERACTION PLEXUS, PLEXUS, Brasil.
2014 - 2014
MSA Avançado - 4a. Ed.. (Carga horária: 16h).
Instituto da Qualidade Automotiva, IQA, Brasil.
2014 - 2014
XII Workshop com Avaliadores em Acreditação de Lab. (Carga horária: 14h).
Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
2012 - 2012
10 Workshop com Avaliadores em Acreditação de Lab.. (Carga horária: 24h).
Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
2011 - 2011
Integração Institucional dos Novos Docentes da UFS. (Carga horária: 54h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2008 - 2008
Oficina de Avaliadores Líderes eSênior. (Carga horária: 11h).
Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
2005 - 2005
WORKSHOP-Metrologia Industrial. (Carga horária: 16h).
Carl Zeiss do Brasil, ZEISS - BR, Brasil.
2001 - 2001
Atualização de aval. de Lab -ABNT - ISO/IEC 17025. (Carga horária: 15h).
Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
2001 - 2001
Análise do Sistema de Medição Msa. (Carga horária: 16h).
Fundação Certi, CERTI*, Brasil.
2000 - 2000
Formação de Auditor Int da Qualid. Iso 9001. (Carga horária: 24h).
Sociedade Educacional de Santa Catarina, SOCIESC, Brasil.
2000 - 2000
Análise dos Sistemas de Medição. (Carga horária: 24h).
Sociedade Educacional de Santa Catarina, SOCIESC, Brasil.
1999 - 1999
Trein.Para Avaliadores de Lab. de Calib. e Ensaios. (Carga horária: 50h).
Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
1997 - 1997
Evaluation of Uncertainty in Measurement. (Carga horária: 40h).
Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
1996 - 1996
Estratégicas p Implem Iso Iec Guide 25 Em Lab.. (Carga horária: 24h).
Fundação Certi, CERTI*, Brasil.
1996 - 1996
Workshop-Kalibrieren von mechanischen Messmitteln. (Carga horária: 24h).
Kalibriercentrum Bayern, KCB, Alemanha.
1996 - 1996
Elaboração de Projeto de Pesquisa. (Carga horária: 20h).
Universidade da Região de Joinville, UNIVILLE, Brasil.
1996 - 1996
Delineamento de Experimentos. (Carga horária: 16h).
Sociedade Educacional de Santa Catarina, SOCIESC, Brasil.
1996 - 1996
Fmea Tipo de Falhas e Análise dos Efeitos. (Carga horária: 16h).
Sociedade Educacional de Santa Catarina, SOCIESC, Brasil.
1993 - 1994
Gestão da Qualidade. (Carga horária: 232h).
Fundação Carlo Alberto Vanzolini, FCAV, Brasil.
1992 - 1992
UMESS 300 Grundkurs. (Carga horária: 40h).
Zeiss - Oberkochen, ZEISS, Alemanha.
1992 - 1992
Anwenderseminar PerthometerS6P. (Carga horária: 16h).
Feinprüf Perthen GmbH, MAHR, Alemanha.
1988 - 1988
Instrumentação Para Metrologia Dimensional. (Carga horária: 32h).
Mitutoyo, MITUOYO, Brasil.
1987 - 1987
Formação de Programador Para Microcomputador. (Carga horária: 220h).
Sociedade Educacional de Santa Catarina, SOCIESC, Brasil.
1986 - 1986
Micro Ensino. (Carga horária: 1986h).
Sociedade Educacional de Santa Catarina, SOCIESC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

07/2015 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , UFSC - Campus Joinville, UFSC - Campus Joinville.

Atividade realizada
Supervisora do Laboratório de Ensino de Metrologia.
12/2014 - Atual
Ensino, Engenharia e Ciências Mecânicas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Planejamento e Análise dos Experimentos (a partir de 03/2015)
09/2013 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Engenharias da Mobilidade, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado e do Núcleo Docente Estruturante do curso de Engenharia Automotiva.
03/2013 - Atual
Ensino, Engenharia Automotiva, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Controle Estatístico da Qualidade
03/2012 - Atual
Ensino, Interdisciplinar em Mobilidade, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estatística e Probabilidade aplicada a Engenharia
Metrologia
07/2011 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, CEM - Centro de Engenharia da Mobilidade, .

Cargo ou função
Membro do Núcleo Estruturante do Curso Interdisciplinar em Mobilidade.
01/2011 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , CEM - Centro de Engenharia da Mobilidade, .

01/2011 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , CEM - Centro de Engenharia da Mobilidade, CEM - Centro de Engenharia da Mobilidade.

Atividade realizada
Avaliadora técnica junto ao INMETRO, de laboratórios de calibração acreditados a RBC.
07/2013 - 05/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Engenharias da Mobilidade, .

Cargo ou função
Membro do Fórum Municipal de Educação de Joinville.
12/2012 - 05/2014
Direção e administração, CEM - Centro de Engenharia da Mobilidade, .

Cargo ou função
Diretora Acadêmica.
04/2011 - 03/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, CEM - Centro de Engenharia da Mobilidade, .

Cargo ou função
Membro da comissão de seleção e acompanhamento do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica da UFSC.
01/2011 - 07/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, CEM - Centro de Engenharia da Mobilidade, .

Cargo ou função
Membro da comissão de revisão dos Projetos Pedagógicos dos Cursos do Centro de Engenharias da Mobilidade.
01/2011 - 12/2011
Ensino, Interdisciplinar em Mobilidade, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Cálculo Numérico

Jonsue Informática Ltda, JONSUE, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 2010
Vínculo: Sócia, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 8

Atividades

06/1999 - 11/2010
Treinamentos ministrados , JonSue Informática Ltda, .

Treinamentos ministrados
Utilização do Sistema LightLab
06/1999 - 11/2010
Outras atividades técnico-científicas , JonSue Informática Ltda, JonSue Informática Ltda.

Atividade realizada
Desenvolvimento de software de gerencimento dos processos de medição.
03/2006 - 12/2006
Serviços técnicos especializados , JonSue Informática Ltda, .

Serviço realizado
Consultoria sobre Gerenciamento dos Instrumentos de Medição - Duas Rodas - 60 h.
12/2004 - 01/2005
Serviços técnicos especializados , JonSue Informática Ltda, .

Serviço realizado
Consultoria sobre Análise dos Sistemas de Medição - Fremax.

Universidade da Região de Joinville, UNIVILLE, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 2009
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Responsável, Carga horária: 2
Outras informações
Carga horária em horas/aula

Atividades

2/1991 - Atual
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estatística
2/1991 - 12/1997
Ensino, Matemática, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geometria Analítica

Sociedade Educacional de Santa Catarina, SOCIESC, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 2010
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Titular, Carga horária: 50
Outras informações
Carga horária informada em horas/aula.

Vínculo institucional

1996 - 1999
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor II, Carga horária: 50
Outras informações
Carga horária informada em horas/aula.

Vínculo institucional

1986 - 1996
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 50
Outras informações
Carga horária informada em horas/aula.

Atividades

07/2009 - 12/2010
Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Controle Dimensional
09/2008 - 12/2010
Ensino, Mestrado em Engenharia de Produção, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Engenharia da Qualidade (desde 09/2009)
Estatística aplicada a Engenharia da Produção (desde 2010)
Gestão Metrológica (desde 09/2008)
01/2008 - 12/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Laboratorio de Metrologia, .

Cargo ou função
Apoio tecnológico.
02/2007 - 12/2010
Ensino, Engenharia de Produção, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Controle Estatístico de Processo
Trabalho de Conclusão de Curso - TCC (desde 2009/1)
02/2007 - 12/2010
Ensino, Tecnologia em Gestão da Qualidade, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Análise dos Sistemas de Medição
Gestão Metrológica
Trabalho de Conclusão de Curso
10/2006 - 12/2010
Ensino, Mestrado em Engenharia Mecânica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Planejamento de Experimentos (desde 03/2007)
02/2006 - 12/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Superior Tupy, .

Cargo ou função
Membro do colegiado do curso superior de Engenharia de Produção Mecânica.
02/2005 - 12/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Superior Tupy, .

Cargo ou função
Membro do colegiado do curso superior de Tecnologia em Gestão da Qualidade.
8/2001 - 12/2010
Serviços técnicos especializados , Instituto Superior Tupy, Graduação.

Serviço realizado
Avaliadora Técnica do INMETRO para acreditação de laboratórios à RBC.
02/2000 - 12/2010
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Superior Tupy, .

08/2009 - 09/2009
Ensino, Engenharia da Qualidade, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Metrologia e Instrumentação (36 h)
08/2009 - 09/2009
Ensino, Tecnologia em Usinagem, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Engenharias e Controle da Qualidade (24 h)
08/2008 - 12/2008
Ensino, Mestrado em Engenharia de Produção, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Gestão Metrológica
08/2008 - 10/2008
Ensino, Engenharia da Qualidade, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Fundamentos de metrologia e instrumentação - 36 h (Blumenau)
Fundamentos de metrologia e instrumentação - 36 h (Curitiba)
Fundamentos de metrologia e instrumentação - 36 h (Joinville)
10/2007 - 11/2007
Ensino, Engenharia da Qualidade, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Fundamentos de Metrologia e Instrumentação - 36 h
8/2005 - 12/2006
Direção e administração, Instituto Superior Tupy, Graduação.

Cargo ou função
Coordenadora de estágios do curso superior.
2/2002 - 12/2006
Ensino, Tecnologia Em Qualidade e Produtividade Industrial, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Análise dos Sistemas de Medição
Controle Dimensional
Estatística II
Técnicas de Avaliação de Produto
Trabalho de Conclusão de Curso
4/2001 - 12/2006
Treinamentos ministrados , Sce Capacitação Empresarial, Cursos de Extensão.

Treinamentos ministrados
Curso: Análise dos Sistemas de Medição
Curso: Calibração de Instrumentos
Curso: Comprovação Metrológica aplicada a Sistemas de Qualidade
Curso: Controle Estatístico de Processo
Curso: Estatística básica
Curso: Gerenciamento dos Instrumentos de Medição
Curso: Incerteza de medição
Curso: Rugosidade Superficial
09/2006 - 10/2006
Ensino, Engenharia da Qualidade, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Fundamentos de Metrologia e Instrumentação - 36 h
5/2001 - 1/2005
Direção e administração, Instituto Superior Tupy, Graduação.

Cargo ou função
Coordenadora do curso superior de tecnologia em qualidade e produtividade industrial.
9/2002 - 12/2004
Direção e administração, Instituto Superior Tupy, Pós Graduação.

Cargo ou função
Coordenadora do curso de pós-graduação em Qualidade.
8/2004 - 9/2004
Ensino, Qualidade e Produtividade, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Análise dos Sistemas de Medição
2/2003 - 2/2004
Serviços técnicos especializados , Instituto Superior Tupy, Graduação.

Serviço realizado
Facilitadora no projeto de certificação do IST de acordo com a NBR ISO 9001.
9/2002 - 5/2003
Ensino, Metodologias p/ Melhoria da Qualidade Em Proc/Prod, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Análise dos Sistemas de Medição
Estatística Descritiva
7/1998 - 12/2002
Ensino, Tecnologia em Automação Industrial, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estatística
Geometria analítica
Qualidade
5/2002 - 6/2002
Serviços técnicos especializados , Sce Capacitação Empresarial, Cursos de Extensão.

Serviço realizado
Participação no processo de Certificação de Mão de Obra - Metrologistas, da Fundição Tupy - Maio/Junho 2002, como avaliadora técnica.
7/1999 - 6/2002
Ensino, Tecnologia em Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Controle Dimensional
Geometria Análitica
3/2002 - 4/2002
Serviços técnicos especializados , Instituto Superior Tupy, Graduação.

Serviço realizado
Consultoria em Gerenciamento dos Sistemas de Medição na Schulz - 84 h.
11/1999 - 2/2002
Direção e administração, Instituto Superior Tupy - Campus Boa Vista, Graduação.

Cargo ou função
Coordenadora do projeto RHAE: Otimização dos processos metrológicos executados pelo CMPJ.
1/2000 - 2/2000
Estágios , Instituto Superior Tupy, Graduação.

Estágio realizado
Alemanha: Universidade Tecnológica de Chemnitz IFMQ - Laboratório de Forma e Rugosidade - 5 semanas; Laboratório de Metrologia - Kistner - 1 semana; Testo - Laboratório de pressão, temperatura e umidade - 3 dias.
6/1999 - 12/1999
Direção e administração, Instituto Superior Tupy, Centro de Mecânica de Precisão de Joinville Cmpj.

Cargo ou função
Coordenadora do Projeto PATME: Otimização dos processos produtivos através do controle dos instrumentos de medição, realizado junto a 5 empresas..
2/1996 - 4/1998
Direção e administração, Centro de Mecânica de Precisão de Joinville, Laboratório de Metrologia.

Cargo ou função
Coordenadora do Projeto aprovado pelo PADCT2: Complementação do Laboratório de Metrologia Dimensional do CMPJ.
1/1990 - 12/1997
Direção e administração, Centro de Mecânica de Precisão de Joinville, Laboratório de Metrologia.

Cargo ou função
Chefe do laboratório de Metrologia do CMPJ.
9/1996 - 9/1996
Estágios , Centro de Mecânica de Precisão de Joinville, Laboratório de Metrologia.

Estágio realizado
Visita técnica aos laboratórios na Alemanha: Universität Stuttgart, Zeiss (Jena), MPA (Hannover), Eichamt Dresden, PTB (Braunschweig), KaWo (Biberach), Kalibriercentrum Bayern (Glonn) - 3 semanas -.
8/1992 - 9/1992
Estágios , Centro de Mecânica de Precisão de Joinville, Laboratório de Metrologia.

Estágio realizado
Zeiss (Oberkochen) e PTB (Braunschweig) - 120 h.
1/1989 - 12/1991
Serviços técnicos especializados , Instituto Superior Tupy, Centro de Mecânica de Precisão de Joinville Cmpj.

Serviço realizado
Responsável pelo processo de credenciamento do laboratório de metrologia dimensional junto a RBC/INMETRO em 1991..
2/1991 - 3/1991
Estágios , Centro de Mecânica de Precisão de Joinville, Laboratório de Metrologia.

Estágio realizado
Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo - IPT - Laboratório de Metrologia - 80 h.
2/1991 - 2/1991
Estágios , Centro de Mecânica de Precisão de Joinville, Laboratório de Metrologia.

Estágio realizado
INMETRO - Lab. de Metrologia - 40 h.
10/1989 - 11/1989
Estágios , Centro de Mecânica de Precisão de Joinville, Laboratório de Metrologia.

Estágio realizado
Escola de Eng. Carl Zeiss Jena - Alemanha - Lab. de Metrologia - 120 h.
4/1989 - 4/1989
Estágios , Centro de Mecânica de Precisão de Joinville, Laboratório de Metrologia.

Estágio realizado
Laboratório de Metrologia do Centro Tecnológico de Mecânica de Precisão - CETEMP/RS - 120 h.
2/1989 - 3/1989
Estágios , Centro de Mecânica de Precisão de Joinville, Laboratório de Metrologia.

Estágio realizado
Laboratório de Metrologia da Empresa Brasileira de Compressores S.A - 80 h.
2/1986 - 12/1988
Ensino,

Disciplinas ministradas
Física
Matemática
Metrologia
Trabalho Experimental

Docol Fv, DOCOLFV, Brasil.
Vínculo institucional

1984 - 1986
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Chefe da linha de montagem, Carga horária: 48

Atividades

1/1984 - 1/1986
Direção e administração, Docol Fv, Produção.

Cargo ou função
Chefe da linha de montagem.


Linhas de pesquisa


1.
Engenharia da Qualidade

Objetivo: Aplicação da estatística no controle da qualidade..
Palavras-chave: controle estatístico de processo; análise dos sistemas de medição; planejamento de experimentos.
2.
Gestão Metrológica

Objetivo: Adequação de reuisitos técnicos e gerenciais em laboratórios de calibração e de ensaios..
Palavras-chave: gestão metrológica; nbr iso/iec 17025; sistemas da qualidade.
3.
Metrologia Industrial

Objetivo: Desenvolver métodos para verificação de sistemas de medição, e avaliação de sua adequação ao uso..
Palavras-chave: calibração; incerteza de medição; comprovação metrológica; rugosidade; gestão da metrologia industrial.
4.
Engenharia da Qualidade

Objetivo: Desenvolver métodos estatísticos para controle, avaliação e melhoria da qualidade.
Palavras-chave: análise dos sistemas de medição; gestão da qualidade; controle estatístico de processo; planejamento de experimentos.


Projetos de pesquisa


2016 - 2018
Capacidade de Medição e Calibração (CMC): Avaliação da qualidade de medição de rugosidade
Descrição: Diante de um ambiente competitivo e globalizado, aumentam-se as exigências por produtos que assegurem a intercambialidade e funcionalidade de seus componentes. O desafio que se coloca aos sistemas produtivos é que produzam peças cada vez mais exatas, com formas geométricas cada vez mais complexas e acabamentos superficiais com rugosidades mais baixas, a custos cada vez menores. A rugosidade, tema deste projeto, desempenha um papel importante nos componentes mecânicos e pode afetar significativamente várias propriedades como atrito, desgaste, transmissão de calor, resistência mecânica, fadiga e fluxo de fluídos. Os processos de fabricação provocam irregularidades características na superfície de uma peça e fatores adicionais, como a ferramenta, a condição e os parâmetros de regulagem da máquina, vibração e outras influências ambientais, também impactam sobre estas irregularidades. Para avaliar a qualidade superficial, torna-se necessário o uso de máquinas de medição de rugosidade adequadas para as especificações esperadas a textura superficial. No Brasil, verifica-se a falta clareza sobre a necessidade de avaliação do rugosímetro e sobre seu efeito na realização das medições, como também os cuidados que cercam a medição da rugosidade. De acordo com o site do Inmetro (www.inmetro.gov.br), existe uma variabilidade significativa na apresentação da Capacidade de Medição e Calibração (CMC) dos laboratórios acreditados para os serviços de medição relacionados à rugosidade. Entende-se como CMC a menor incerteza de medição que um laboratório tem competência para executar para um determinado serviço, seja de calibração em padrões ou de medição em peças. Por outro lado, tendo como referência a ABNT NBR ISO/IEC 17025:2005, o laboratório deveria utilizar métodos de calibração que atendam às necessidades do cliente e que sejam apropriados para as calibrações que realiza, com a recomendação de uso de métodos normalizados ou reconhecidos pela comunidade científica. Assim, como se explica a variabilidade na CMC pelos laboratórios acreditados na calibração de padrões e rugosímetros? Como a empresa pode reconhecer que a calibração executada foi realizada de forma apropriada para suas necessidades? Este projeto tem como objetivo geral realizar uma avaliação quanto a qualidade das medições de rugosidade executadas na indústria metalmecânica, buscando avaliar sua adequação ao processo produtivo, no que se refere a exatidão e precisão das medições das marcas deixadas pelos processos de fabricação. Com este projeto, espera-se como resultados, estabelecer um diagnóstico sobre a qualidade da medição de rugosidade e propor diretrizes para reconhecimento da qualidade na calibração de rugosímetros e estabelecer critérios para avaliação de sua adequação para a tarefa requerida no sistema produtivo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Sueli Fischer Beckert - Coordenador.
2014 - 2017
Inovação na Gestão da Metrologia na industria brasileira de componentes para veículos automotores
Descrição: Para atender a padrões pré-estabelecidos, a obtenção de medidas confiáveis é fundamental para a tomada de decisões apropriadas. Dos fornecedores da indústria automotiva, tem-se exigido o atendimento a requisitos adicionais de gestão da qualidade relacionados na especificação técnica ISO/TS 16949:2009. Entre os requisitos adicionais, têm-se um detalhamento das exigências no controle de dispositivos de medição e de monitoramento, enfatizando a necessidade da aplicação de métodos estatísticos na avaliação dos sistemas de medição relacionados nos planos de controle, independente do impacto da medição realizada. A dificuldade de negociação e acordo entre fornecedores e clientes tem provocada a seleção incorreta de sistemas de medição, devido a falta de adequação nos critérios de aceitação atribuídos às suas propriedades estatísticas. A falta de conhecimento técnico nos assuntos relacionados é uma das causas para falta de interação positiva entre os agentes da negociação. Este projeto tem como finalidade realizar uma análise crítica sobre o controle metrológico na indústria de autopeças, evidenciando seus principais entraves e propondo alternativas para uma melhor gestão das análises dos sistemas de medição. Como objetivos específicos deste trabalho têm-se: ?Aplicar diferentes métodos estatísticos na análise dos sistemas de medição, incluindo inspeção, monitoramento e ensaio; ?Analisar criticamente a adequação dos critérios de aceitação estabelecidos para os sistemas de medição; ?Estabelecer diretrizes para realização da avaliação dos sistemas de medição; ?Disseminar os resultados de projeto. Com os resultados do projeto, espera-se disponibilizar os elementos necessários para que haja melhor entendimento nos critérios a serem adotados para qualificação dos sistemas de medição, estreitando as relações entre clientes e fornecedores de autopeças..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Sueli Fischer Beckert - Coordenador.
2011 - 2015
Contribuições para melhoria dos métodos aplicados na avaliação dos sistemas de medição
Descrição: A confirmação que processos e produtos estejam de acordo com as suas especificações depende dos sistemas de medição empregados. Assim, as empresas que buscam realizar uma gestão apropriada de seus sistemas de medição têm duas atribuições básicas: realizar a comprovação metrológica de seus instrumentos de medição e avaliar a adequação dos seus processos de medição à tarefa requerida. Neste sentido, os objetivos deste projeto são: ?Estabelecer diretrizes claras para realização de calibração em instrumentos de medição na área dimensional; ?Propor novos métodos de análise dos processos de medição, fazendo uso de ferramentas estatísticas; ?Definir regras para o estabelecimento dos critérios de aceitação para os processos de medição, contemplando a influência do resultado da calibração e do comportamento do processo produtivo. Espera-se que, como os resultados deste projeto, se obtenha uma maior uniformidade nas práticas de calibração e a utilização de métodos eficazes de análise dos sistemas de medição..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Sueli Fischer Beckert - Coordenador.
2007 - 2007
Relevância das análises dos sistemas de medição para indústria de fundição, realizadas conforme o método MSA
Descrição: Atualmente, muitas empresas têm realizado as análises dos sistemas de medição utilizados em seu processo produtivo, buscando atender um requisito normativo estabelecido na especificação técnica ISO/TS 16949:2002. Como a indústria de fundição também atende o setor automotivo, ela deve atender ao requisito de análise de sistemas de medição utilizados na sua produção. O projeto avalia criticamente a aplicação do método MSA (requirido pelas montadoras americanas), mostrando as vantagens de sua aplicação neste segmento e estuda métodos alternativos análises de sistemas de medição, como o método ISO GUM e aplicação da simulação de Monte Carlo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Sueli Fischer Beckert - Coordenador / Luis Eduardo Paiva Dias - Integrante.Financiador(es): Sociedade Educacional de Santa Catarina - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2006 - 2009
PROMOLDE: Projeto para desenvolvimento da manufatura de produtos que utilizam moldes
Descrição: Esta proposta tem por finalidade projetar e fabricar um molde para injeção de plásticos que será utilizado para a realização de diferentes temas de pesquisa tecnológica e de inovação, envolvendo três áreas de conhecimento: projeto, fabricação do ferramental e processos de transformação (injeção de polímeros)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (2) .
Integrantes: Sueli Fischer Beckert - Integrante / Adriano Fagali Souza - Coordenador / Adriane Machado - Integrante / Adriano Albano - Integrante.Financiador(es): Sociedade Educacional de Santa Catarina - Remuneração.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1
1999 - 2001
METCAL - Otimização dos processos metrológicos executados pelo CMPJ
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2018 - Atual
Aprimoramento das atividades de gestão metrológica: as contribuições da Universidade para a comunidade industrial
Descrição: A implantação adequada de sistemas de gestão metrológica nas indústrias permite que os monitoramentos de processo e inspeções de produtos sejam realizados de forma coerente, diminuindo os riscos para o fornecedor e para o consumidor, quanto a realização de controle incorretos.Este programa tem foco na disseminação de boas práticas de gestão metrológica, de forma a minimizar os riscos de inspeção e monitoramentos incorretos durante o processo produtivo. Tem objetivo geral: disseminar as boas práticas de gestão metrológica dentro de ambientes industriais, contemplando a realização adequada de calibrações dos instrumentos de medição, e a análise da adequação dos sistemas de medição para a tarefa de medição requerida. São objetivos específicos do programa de extensão: ?Disponibilizar métodos de calibração de instrumentos convencionais, através do site do programa; ?Realizar cursos de extensão, para qualificação de pessoal técnico na gestão da comprovação metrológica e análise dos sistemas de medição; ?Conduzir programas de ensaios de proficiência, para avaliação da qualidade dos resultados de calibração e medição gerados pela comunidade industrial e laboratórios de calibração; ?Participar em equipes de avaliação de laboratórios acreditados ou postulantes a acreditação; ?Realizar visitas técnicas às empresas, de forma a estreitar o relacionamento com a Universidade; ?Gerenciar a homepage do programa, de forma a mantê-la atualizada e com informações relevantes para a comunidade industrial. Assim, espera-se com este programa de extensão disponibilizar material técnico apropriado para as empresas do ramo industrial com necessidade de realização de calibração de seus instrumentos de medição. Através do projeto também se busca uma maior interação com o Inmetro e com as empresas do setor de transformação. Espera-se também disseminar os resultados do programa em congressos e revistas da área de Engenharia..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Sueli Fischer Beckert - Coordenador.
2015 - 2017
Disseminação de diretrizes gerais para calibração em ambientes industriais
Descrição: Estabelecer diretrizes gerais para calibração de instrumentos regularmente utilizados em ambiente industrial, de forma a colaborar para a uniformização das prática adotadas pelos laboratórios de metrologia. São ações de extensão: - emitir documentos orientativos sobre calibração de instrumentos; - participar em bancas de avaliação de laboratórios acreditados ou postulantes a acreditação organizadas pela coordenação geral de acreditação; - oferecer cursos de extensão sobre interpretação de certificados de calibração; - divulgar as diretrizes sobre os principais aspectos a serem observados na calibração de instrumentos de medição convencionais, através da disponibilização do material na internet..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Sueli Fischer Beckert - Coordenador / James Schipmann Eger - Integrante.
2014 - 2016
Consolidação do Programa de Análises dos Sistemas de Medição na ArcelorMittal Vega
Descrição: Prestar assessoria técnica para consolidação da gestão das análises dos sistemas de medição utilizados no processo produtivo (MSA) e dos estudos de capacidade do processo produtivo..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2012 - 2014
Apoio Tecnológico nas Análises dos Sistemas de Medição da ArcelorMittal Vega
Descrição: É um projeto de cooperação da Universidade com a Empresa, e via buscar melhorias nos métodos de análises dos sistemas de medição utilizados no processo produtivo (MSA) e na interção com os estudos de capacidade do processo produtivo..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Sueli Fischer Beckert - Coordenador.
2011 - 2015
Realização de um programa de comparação interlaboratorial para avaliação da conformidade dos resultados de medição de rugosidade
Descrição: Este projeto tem como objetivo geral realizar um programa de comparação interlaboratorial para medição da rugosidade (parâmetros Ra e Rz). Como objetivos específicos, podem ser citados: · Revisar os parâmetros de rugosidade estabelecidos na norma ABNT NBR ISO 4287:2002, os critérios para inspeção da rugosidade conforme ABNT NBR ISO 4288:2008 e a sistemática para análise dos sistemas de medição da rugosidade superficial; · Propor e realizar um programa de comparação interlaboratorial para medição da rugosidade, com base nas diretrizes estabelecidas na norma ISO 17043: 2010; · Realizar a compilação dos resultados, utilizando métodos estatísticos apropriados..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Sueli Fischer Beckert - Coordenador.


Projetos de desenvolvimento


2008 - 2009
Ampliação das acreditações dos serviços de calibração executados pelo Laboratório de Metrologia
Descrição: A SOCIESC atualmente possui um laboratório de metrologia acreditado pelo INMETRO para execução de serviços de calibração de instrumentos de medição relacionados à grandeza dimensional. Diante da necessidade de ampliar a oferta de serviços de calibração, este projeto tem como finalidade levantar as principais necessidades de serviços a serem oferecidos e com base nas prioridades estabelecida pela diretoria da SOCIESC, estabelecer a metodologia para implantar e reconhecer a calibração de instrumentos de medição junto ao INMETRO..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Mestrado profissional: (2) .
Integrantes: Sueli Fischer Beckert - Coordenador / Gustavo Domeneghetti - Integrante / Adriane Machado - Integrante / Simone Prado - Integrante / Alexandre Odair Floriano - Integrante / Anderson Badziak - Integrante.Financiador(es): Sociedade Educacional de Santa Catarina - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
Implementação da NBR ISO/IEC 17025:2005 em laboratórios de ensaios microbiológicos
Descrição: A necessidade de garantir a qualidade dos ensaios exige que o laboratório tenha uma sistema de gestão da qualidade implementados e tenha cuidados técnicos para a execução dos ensaios. Em se tratando de análise em água e alimentos, os resultados afetam diretamente o ser humano. Neste sentido, torna-se indispensável que as condições de realização do ensaio estejam adequadas, seja em termos de infraestrutura, pessoal, méodos, equipamentos e suprimentos. Este projeto teve como objetivo estabelecer as diretrizes que atendessem aos requisitos de acreditação do INMETRO. Como objetivo especificos, foram realizados: a implementação de um sistema de gestão enxuto da qualidade, adequação de métodos e materiais para a realização de ensaios de acordo com referências reconhecidas, desenvolvimento de uma sistemática para realização da garantia da qualidade dos resultados, avaliação das incertezas de medição. Como resultados obtidos, o laboratório obteve a acreditação de 07 serviços de análises microbiológicas em água e alimentos e tem implementado um programa adequado de garantia da qualidade dos resultados dos ensaios..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Sueli Fischer Beckert - Integrante / Andreas Marcelo Boebel - Coordenador / Marise Preis - Integrante.Financiador(es): Zinia Análises Químicas e Microbiológicas - Auxílio financeiro.
2005 - 2009
Consolidação do Laboratório de Segurança Eletro-eletrônica de baixa tensão da SOCIESC - LABESC
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2005 - 2007
Implementação do Gerenciamento dos Sistemas de Medição na Vega do Sul/Arcelor - SC
Descrição: Desenvolvimento e implementação de uma sistemática para realizar o gerenciamento dos Sistemas de Medição utilizados no processo produtivo da empresa ArcelorMittal Vega, para atendimento do requisito 7.6.1 da ISO/TS 16949:2002..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) .
Integrantes: Sueli Fischer Beckert - Coordenador / Fernanda Jaqueline Reitz - Integrante / Osni de Borba - Integrante.Financiador(es): Instituto Superior Tupy - Remuneração / Vega do Sul/ArcelorMittal - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5
1999 - 1999
Coordenadora do Projeto PATME (nr. 5479): Melhoria na Qualidade do Produto através da adequação dos instrumentos de medição utilizados
Descrição: O projeto desenvolvido teve como objetivo atender 5 empresas da indústria da região e prestar consultoria, de forma que estas pudessem assegurar a qualidade do produto obtido, através do controle e adequação dos instrumentos utilizados no processo produtivo..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Sueli Fischer Beckert - Coordenador / Sandra Regina Bernardes Trapp - Integrante.Financiador(es): Serviço de Apoio a Micro e Pequena Empresa - Auxílio financeiro.
1996 - 1998
Coordenadora do Projeto PADCT II: Complementação do laboratório de metrologia dimensional do CMPJ, convênio FINEP 54.96.0084.03
Descrição: O projeto contemplou a complementação do laboratório de metrologia dimensional do CMPJ, permitindo desta forma um apoio completo as empresas da região, seja em treinamento, seja na prestação de serviços especializados, principalmente no que se refere a calibração de instrumentos de medir, calibradores e medidas materializadas. Como também a atuação no controle de rugosidade e erro de forma. Com a implantação do projeto, foi possível duplicar a lista de serviços acreditados na RBC/INMETRO (47 itens), tornando-se o primeiro laboratório no Brasil a fazer a calibração de padrões de rugosidade..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Sueli Fischer Beckert - Coordenador / Sandra Regina Bernardes Trapp - Integrante / Sandro Murilo Santos - Integrante / Nelson de Oliveira Jr - Integrante / Walter Contreros Zapata - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.


Revisor de periódico


2014 - 2015
Periódico: Measurement (London. Print)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Processos de Fabricação/Especialidade: Metrologia.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Matemática / Subárea: Matemática Aplicada/Especialidade: Estatística.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Produção / Subárea: Gerência de Produção/Especialidade: Garantia de Controle de Qualidade.


Idiomas


Alemão
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


1999
Prêmio Banas Qualidade 99 para trabalho técnico: Sistema Gerencial de Informações em Laboratórios de Calibração, Editora Banas.
1997
Sócio-fundador, Sociedade Brasileira de Metrologia.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BECKERT, SUELÍ FISCHER2017BECKERT, SUELÍ FISCHER; PAIM, WAGNER SAUCEDO . Critical analysis of the acceptance criteria used in measurement systems evaluation. International Journal of Metrology and Quality Engineering, v. 8, p. 23, 2017.

2.
BECKERT, SUELÍ FISCHER2014BECKERT, SUELÍ FISCHER; DOMENEGHETTI, GUSTAVO ; BOND, DANIELLE . Using historical results obtained in the tensile tests for Type A evaluation of uncertainty. Measurement (London. Print), v. 51, p. 420-428, 2014.

3.
SOUZA, ADRIANO FAGALI DE2014SOUZA, ADRIANO FAGALI DE ; MACHADO, ADRIANE ; BECKERT, SUELI FISCHER ; DINIZ, ANSELMO EDUARDO . Evaluating the Roughness According to the Tool Path Strategy When Milling Free Form Surfaces for Mold Application. Procedia CIRP, v. 14, p. 188-193, 2014.

4.
BOND, DANIELLE2011BOND, DANIELLE ; BECKER, SUELI FISCHER ; D'OLIVEIRA, ANA SOFIA C.M. . Influência da corrente e granulometria do material de adição nos revestimentos processados por PTA. Soldagem e Inspeção (Impresso), v. 16, p. 53-61, 2011.

5.
BECKERT, S. F.;FISCHER BECKERT, SUELI;BECKERT, SUELÍ FISCHER;BECKERT, SUELI FISCHER;BECKER, SUELI FISCHER2010BECKERT, S. F.; PALADINI, Edson Pacheco ; VALENTINA, L. V. O. D. . Analysis of the Acceptable Deviation for the Measurement Process Established by the MSA and VDA Manual. Lecture Notes in Engineering and Computes Science - WCE 2010 - World Congress on Engineering 2010, v. III, p. 2207-2212, 2010.

6.
SACHS, C.2008SACHS, C. ; DIHLMANN, C. ; BECKERT, S. F. ; SOUZA, A. F. . Impacto do Processo de Produção na Certificação de Ferramentais. Ferramental (Curitiba), v. 3, p. 13-23, 2008.

7.
BECKERT, S. F.;FISCHER BECKERT, SUELI;BECKERT, SUELÍ FISCHER;BECKERT, SUELI FISCHER;BECKER, SUELI FISCHER2007BECKERT, S. F.; BADZIAK, L. M. S. ; LEITE, J. L. . Os parâmetros relevantes na calibração de durômetros Shore A e D. Metrologia & Instrumentação, v. 46, p. 10-13, 2007.

8.
BATIZ, E. C.2007BATIZ, E. C. ; ALVES, S. M. ; RODRIGUES, A. M. ; CURY, R. M. ; BECKERT, S. F. . Mestrado em Engenharia de Produção: Perspectiva de uma Educação Profissional diferenciada no Instituto Superior Tupy. Revista do IST, v. 08, p. 10-17, 2007.

9.
SOUZA, A. F.2007SOUZA, A. F. ; GAMA, C. A. ; BECKERT, S. F. ; ALVES, S. M. . Processos de Fabricaçao de Moldes e as Influências das Estratégias de Usinagem no Fresamento de Formas Complexas em Altas Velocidades. Revista do IST, v. 8, p. 32-39, 2007.

10.
BECKERT, S. F.;FISCHER BECKERT, SUELI;BECKERT, SUELÍ FISCHER;BECKERT, SUELI FISCHER;BECKER, SUELI FISCHER2002BECKERT, S. F.; TRAPP, Sandra Regina Bernardes . Competência Técnica: requisito básico para quem controla os meios de medição calibrados por laboratórios terceirizados. Metrologia & Instrumentação, Brasil, v. 2, n.14, p. 32-39, 2002.

11.
BECKERT, S. F.;FISCHER BECKERT, SUELI;BECKERT, SUELÍ FISCHER;BECKERT, SUELI FISCHER;BECKER, SUELI FISCHER2002BECKERT, S. F.; BECKERT, Jonny Ivon . Gerenciando os instrumentos de medição. Metrologia & Instrumentação, São Paulo, v. 2, n.14, p. 14-21, 2002.

12.
BECKERT, S. F.;FISCHER BECKERT, SUELI;BECKERT, SUELÍ FISCHER;BECKERT, SUELI FISCHER;BECKER, SUELI FISCHER2002BECKERT, S. F.; STUEWE, Luciana . Expressão da incerteza na medição da dureza Brinell. Revista do Ist, v. 2, n.3, p. 53-57, 2002.

13.
BECKERT, S. F.;FISCHER BECKERT, SUELI;BECKERT, SUELÍ FISCHER;BECKERT, SUELI FISCHER;BECKER, SUELI FISCHER1999BECKERT, S. F.. Gerenciamento dos meios de medição utilizados no processo produtivo. Revista do Ist, Joinville, v. 1, n.1, p. 23-27, 1999.

14.
BECKERT, S. F.;FISCHER BECKERT, SUELI;BECKERT, SUELÍ FISCHER;BECKERT, SUELI FISCHER;BECKER, SUELI FISCHER1999BECKERT, S. F.; DOMENEGHETTI, G. . Dispositivo para calibração de haste-padrão com auxílio de um sistema de medição laser. Revista do Ist, Joinville, v. 1, n.1, p. 49-51, 1999.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BECKERT, S. F.. Critical Analysis of Calibration and Measurement Capabilities (CMC) presented in Accreditation Scopes. In: XXII World Congress of the International Measurement Confederation (IMEKO), 2018, Belfast. IMEKO 2018, 2018.

2.
BECKERT, S. F.; FISCHER, G. E. . Interlaboratory Comparison of Roughness Measurement: Application of Algorithm A of ISO 13528:2015 in determining the designated Value and the Standard Deviation. In: IMEKO 2018, 2018, Belfast. IMEKO 2018, 2018.

3.
VENTURI, GUILHERME ; FISCHER BECKERT, SUELI . Análise de documentos normativos relevantes de calibração de instrumentos de medição convencionais quanto a sua adequação à ISO 14978. In: Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação, 2017, Joinville. Anais do IX Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação, 2017.

4.
MELO, THUANY ; MORAES, MAYARA VANESSA ; FISCHER BECKERT, SUELI . COMPARAÇÃO INTERLABORATORIAL DE MEDIÇÃO DE RUGOSIDADE: ASPECTOS CRÍTICOS NA DETERMINAÇÃO DO VALOR DESIGNADO E DO DESVIO-PADRÃO DO ENSAIO DE PROFICIÊNCIA. In: Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação, 2017, Joinville. Anais do IX Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação, 2017.

5.
GARCIA, LINCOLN ; SACCHELLI, CARLOS ; FISCHER BECKERT, SUELI . ANÁLISE DE EMPENAMENTO DE PRODUTOS INJETADOS COM O USO DE FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS. In: Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação, 2017, Joinville. Anais do IX Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação, 2017.

6.
LINK, W. ; BECKERT, S. F. ; BARATA, A. M. . Avaliação do erro de planeza na calibração de desempenos. In: Congresso Brasileiro de Metrologia, 2017, Fortaleza. Metrologia 2017, 2017.

7.
VENTURI, G. ; BECKERT, S. F. ; EIDT, W. . Capacidade de Medição e Calibração e seu impacto na Comprovação Metrológica. In: CONEM 2016 - Congresso Nacional de Engenharia Mecânica, 2016, Fortaleza. CONEM 2016 - Congresso Nacional de Engenharia Mecânica, 2016.

8.
BECKERT, S. F.; FUSI, I. G. T. . Comparação entre os procedimentos ?Média e Amplitude? e ANOVA (Crossed) na análise dos sistemas de medição replicáveis. In: CONEM 2016 - Congresso Nacional de Engenharia Mecânica, 2016, Fortaleza. CONEM 2016 - Congresso Nacional de Engenharia Mecânica, 2016.

9.
BECKERT, S. F.. The Calibration and Measurement Capability and its impact on Metrological Confirmation. In: XXI IMEKO World Congress ?Measurement in Research and Industry?, 2015, Praga. 978-80-01-05793-3, 2015. v. 1. p. 862-865.

10.
BECKERT, SUELÍ FISCHER; REITZ, Fernanda Jaqueline ; DOMASZAK, D. R. ; SERAFIM, E. A. ; Silva Filho, J. F. . Análise dos Sistemas de Medição (MSA) aplicada às medições não replicáveis: um estudo de caso no ensaio de tração. In: 8. Congresso Brasileiro de Metrologia - Metrologia 2015, 2015, Bento Gonçalves. Metrologia 2015, 2015. v. 1.

11.
BECKERT, SUELÍ FISCHER; ANDRADE, G. A. M. . Capacidade de Medição e Calibração: uma ferramenta para seleção de serviços de calibração. In: III Congresso Internacional de Metrologia Mecânica - 3. CIMMEC, 2014, Gramado. III CIMMEC, 2014.

12.
BECKERT, S. F.; REITZ, Fernanda Jaqueline ; ZANONI, K. R. ; GOFFERJE, A. ; RAMOS, C. . Aplicação do Método MSA em Ensaio da Alcalinidade Livre. In: 7. Congresso Brasileiro de Metrologia, 2013, Ouro Preto. Metrologia 2013, 2013.

13.
FISCHER BECKERT, SUELI; DOMENEGHETTI, GUSTAVO ; BOND, DANIELLE ; FILTZ, J.-R ; LARQUIER, B. ; CLAUDEL, P. ; FAVREAU, J.-O. . Use of Pooled Standard Deviation of Paired Samples in Calculating the Measurement Uncertainty by the Monte Carlo Method. In: 16th International Congress of Metrology, 2013, Paris. 16th International Congress of Metrology. Les Ulis: EDP Sciences. p. 03003.

14.
BECKERT, S. F.; REITZ, Fernanda Jaqueline . MSA Method Application in Evaluating of Measurement System Used to Measure the Roughness Parameter Ra. In: 15th International Conference on Experimental Mechanics, 2012, Porto Portugal. Experimental Mechanics - New Trends and Perspectives. Avintes - Portugal: Lusompress, 2012. v. 1. p. 1101-1102.

15.
BECKERT, S. F.; VALENTINA, L. V. O. D. ; MICHELS, R. ; FALEIROS, E. ; CAMPOS, W. ; FURTADO, M. . Contribuições para a utilização das normas atualizadas de Rugosidade. In: VII Congresso Nacional de Engenharia Mecânica, 2012, São Luis. Engenharia em Destaque - CONEM 2012, 2012.

16.
BECKERT, S. F.; DOMENEGHETTI, G. ; Bond, D . Use of pooled standard deviation taken from historical data in calculating the measurement uncertainty in tensile tests. In: XX IMEKO Word Congress, 2012, Busan - Coreia. XX IMEKO Word Congress, 2012. v. 1.

17.
BECKERT, S. F.; MACHADO, A. . Proposta para uniformizar a declaração da melhor capacidade de medição para a calibração de trenas. In: Metrologia 2011, 2011, Natal. Metrologia 2011, 2011. v. Unico.

18.
BECKERT, S. F.; DOMENEGHETTI, G. . Aplicação da análise de variância no método de avaliação tipo A na estimativa da incerteza de medição em ensaios de tração. In: X Congresso Ibero-Americano em Engenharia Mecânica, 2011, Porto. CIBIM 10, 2011. v. Unicio.

19.
Bond, D ; PEREIRA, N. C. ; TOMOIKE, E. K. ; BERKENBROCK, E. ; BECKERT, S. F. . Avaliação da usinabilidade do aço inoxidável martensítico AISI 420 no estado fornecido e soldado. In: X Congresso Ibero-Americano em Engenharia Mecânica, 2011, Porto. CIBIM 10, 2011. v. Único.

20.
BOING, D. ; OLIVEIRA, A. J. ; BECKERT, S. F. . Evaluation of Surface Roughness in turning of High Chromium White Cast Iron using PCBN tools. In: 21. Congresso Brasileiro de Engenharia Mecânica, 2011, Natal. COBEM 2011, 2011. v. Único.

21.
BECKERT, S. F.; PALADINI, Edson Pacheco ; VALENTINA, L. V. O. D. . Analysis of the Acceptable Deviation form the Measurement Process Established by the MSA and VDA Manuals. In: Word Congress Engineering 2010, 2010, Londres. Lecture Notes in Engineering and Computer Science. Londres: International Association of Engineers, 2010. v. III. p. 2207-2212.

22.
DOMENEGHETTI, G. ; BECKERT, S. F. . A expressão da incerteza de medição em ensaios mecânicos: ISO GUM e Monte Carlo aplicados no ensaio de tração. In: 1. Congresso de Engenharia de Produção da Região Sul - 1. CONEPRO-SUL, 2010, Joinville. 1. CONEPRO-SUL. Joinville: SOCIESC., 2010.

23.
BERKENBROCK, E. ; JARDIM, S. P. ; Bond, D ; BECKERT, S. F. . Análise do comportamento do aço AISI P20 beneficiado e soldado utilizado em moldes de injeção. In: 19. Congresso Brasileiro de Engenhria e Ciência dos Materiais CBECiMat, 2010, Campos do Jordão. 19. Congresso Brasileiro de Engenhria e Ciência dos Materiais CBECiMat. Campos do Jordão, 2010. p. 5998-6004.

24.
Bond, D ; BECKERT, S. F. ; C.M.D.OLIVEIRA, A. S. . Influência dos parâmetros de deposição nos revestimentos processados por PTA. In: 5. Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação, 2009, Belo Horizonte. 5. Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação, 2009.

25.
BECKERT, S. F.; PALADINI, Edson Pacheco ; VALENTINA, L. V. O. D. . Análise do sistema de medição quanto a sua adequação à tarefa requerida: critérios para uma aplicação correta. In: 9. Congreso Iberoamericano de Ingenieria Mecanica - CIBIM, 2009, Las Palmas de Gran Canaria. 9. Congreso Iberoamericano de Ingenieria Mecanica - CIBIM, 2009. p. 25-74-25-81.

26.
BECKERT, S. F.; DOMENEGHETTI, G. . Utilização análise de variância no método de avaliação tipo a da incerteza padrão. In: 5. Congresso Brasileiro de Metrologia, 2009, Salvado. 5. Congresso Brasileiro de Metrologia - Metrologia para competitividade em áreas estratégicas, 2009.

27.
MACHADO, A. ; BECKERT, S. F. ; SOUZA, A. F. . Impacto do acabamento superficial de moldes de injeção de plástico no tempo de polimento. In: 1. Congresso Internacional de Metrologia Mecânica, 2008, Rio de Janeiro. 1. Congresso Internacional de Metrologia Mecânica, 2008.

28.
DOMENEGHETTI, G. ; BECKERT, S. F. . Uso de método alternativo para determinação da incerteza de medição em laboratório de ensaios. In: II Foro Científico Estudantil do Instituto Superior Tupy, 2008, Joinville. II Foro Científico Estudantil do Instituto Superior Tupy, 2008.

29.
BECKERT, S. F.; MACHADO, E. ; REITZ, Fernanda Jaqueline ; Silva Filho, J. F. . Aplicação do Método MSA para avaliação dos resultados de medição da dureza Rockwell B. In: 8. Congresso Iberoamericano de Engenharia Mecância, 2007, Cusco. 8. Congreso Iberoamericano de Ingenieria Mecanica, 2007.

30.
BECKERT, S. F.; REITZ, Fernanda Jaqueline ; Drumond, J. ; BORBA, O. . Aplicação do Método MSA para análise dos resultados de medição na rugosidade superficial. In: Metrosul V - Congresso Latino Americano de Metrologia - Metrologia: Ferramenta para Qualidade, Inovação e Competitividade, 2007, Curitiba. Metrosul V - Congresso Latino Americano de Metrologia. Curitiba: Sociedade Brasileira de Metrologia/ Paraná Metrologia, 2007.

31.
SOUZA, A. F. ; ARAUJO, R. ; BECKERT, S. F. ; MACHADO, A. ; BITTENCURT, M. . Influences of the Mold Manufacture in the final injected product. In: 23 Polymer Processing Society, 2007, Salvador. 23 Polymer Processing Society. Salvador: Polimer Processing & Rheology Center/ NRPP-Dema-UFSCar, 2007.

32.
MACHADO, A. ; BECKERT, S. F. . Influência da Referência Geométrica Na Medição dos Parâmetros de Rugosidade. In: Enqualab 2007, 2007, São Paulo. Enqualab 2007 - Congresso da Qualidade em Metrologia. São Paulo: INMETRO/ SBM/ Remesp, 2007.

33.
BECKERT, S. F.; PALADINI, Edson Pacheco . Abrangência do gerenciamento metrológico nas empresas. In: XXVI Enegep, 2006. Abrangência do gerenciamento metrológico nas empresas, 2006.

34.
BECKERT, S. F.; PALADINI, Edson Pacheco . Measurement Processes Analysis with gauge R&R or Expanded Uncertainty? Application of confidence level of 99,73% or 95,45%?. In: IMEKO Word Congress, 2006, Rio de Janeiro. Measurement Processes Analysis with gauge R&R or Expanded Uncertainty? Application of confidence level of 99,73% or 95,45%?, 2006.

35.
BECKERT, S. F.; PALADINI, Edson Pacheco . Adequação do controle dos dispositivos de medição à realização do produto. In: METROSUL, 2002. Adequação do controle dos dispositivos de medição à realização do produto, 2002.

36.
BECKERT, S. F.; STUEWE, Luciana . Expressão da Incerteza na medição de dureza Brinell. In: 1. Cobef - Congresso de Engenharia de Fabricação, 2001. Expressão da Incerteza na medição de dureza Brinell, 2001.

37.
BECKERT, S. F.; TRAPP, Sandra Regina Bernardes . Competência técnica: requisito básico para quem controla os meios de medição calibrados por laboratórios terceirizados. In: Metrologia 2000, 2000, São Paulo. Competência técnica: requisito básico para quem controla os meios de medição calibrados por laboratórios terceirizados, 2000.

38.
BECKERT, S. F.; BECKERT, Jonny Ivon . Agilidade e flexibilidade no gerenciamento dos instrumentos de medição. In: Metrologia 2000, 2000. Agilidade e flexibilidade no gerenciamento dos instrumentos de medição, 2000.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
KIRCHNER, V. A. ; BECKERT, S. F. . Importância da avaliação adequada dos Sistemas de medição. In: II Foro Científico Estudantil do Instituto Superior Tupy, 2008, Joinville. II Foro Científico Estudantil do Instituto Superior Tupy, 2008.

Apresentações de Trabalho
1.
BECKERT, SUELÍ FISCHER. Gestão da Metrologia Industrial - Desafios. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
BECKERT, SUELÍ FISCHER. Atuação do Centro de Engenharias da Mobilidade da UFSC. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
BECKERT, S. F.. Implantação do ISO Guia 25 em Laboratórios de calibração. 1997. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
BECKERT, S. F.; HINZ, R. T. P. . SOCIESC: Preparing for the Future. Haifa: MCTC, 2008 (Palestra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
BECKERT, SUELÍ FISCHER. Assessoria em Cálculo de Incerteza de Medição nas Áreas de Ensaios Mecânicos e Químicos. 2014.

2.
BECKERT, S. F.. Consultoria em Análises dos Sistemas de Medição na Fremax. 2012.

3.
BECKERT, S. F.. Análise dos Sistemas de Medição na Ebocam. 2012.

4.
BECKERT, S. F.. Consultoria na Gestão das Análises dos Sistemas de medição na ArcelorMittal Vega. 2011.

5.
BECKERT, S. F.; BECKERT, Jonny Ivon . Gerenciamento dos Instrumentos de Medição. 2006.

6.
BECKERT, S. F.. Análise dos Sistemas de Medição. 2005.

7.
BECKERT, S. F.. Gerenciamentos dos sistemas de medição. 2003.

Programas de computador sem registro
1.
BECKERT, Jonny Ivon ; BECKERT, S. F. . Sofware de gerenciamento dos sistemas de medição - LighLab. 2005.

2.
BECKERT, Jonny Ivon ; BECKERT, S. F. . Software de gerenciamento para laboratório prestador de serviços - SISMETRO. 1997.

Trabalhos técnicos
1.
BECKERT, S. F.. Métodos de Avaliação de Incerteza. 2006.

2.
BECKERT, S. F.; SCHMITT, José Luiz . Curso superior de tecnologia em gestão da qualidade e produtividade. 2004.

3.
BECKERT, S. F.. Pós-graduação Metodologias para melhoria da qualidade em produtos e processos. 2002.

4.
BECKERT, S. F.. Parecer técnico: Certificação de mão de obra para o cargo de analista dimensional. 2002.

5.
BECKERT, S. F.. Curso superior de tecnologia em qualidade e produtividade industrial. 1999.

6.
BECKERT, S. F.. Otimização dos processos metrológicos executados pelo CMPJ. 1999.

7.
BECKERT, S. F.. Otimização do processo produtivo através do controle dos instrumentos de medição. 1999.

8.
BECKERT, S. F.. Complementação do Laboratório de metrologia dimensional do CMPJ. 1995.


Demais tipos de produção técnica
1.
BECKERT, S. F.. Interpretação de Certificados de Calibração no Contexto da Comprovação Metrológica. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
BECKERT, S. F.. Incerteza de Medição aplicada à Calibração de Instrumentos de Medição. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
BECKERT, S. F.. Incerteza de Medição aplicada à Calibração de Instrumentos de Medição. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
BECKERT, S. F.. Análise dos Sistemas de Medição. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

5.
FISCHER BECKERT, SUELI. Avaliação da Qualidade por Modelos de Inspeção. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

6.
BECKERT, S. F.. Interpretação e Análise de Certificados de Calibração no Contexto da Comprovação Metrológica. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
BECKERT, S. F.. Análise dos Sistemas de Medição - MSA 4a. edição. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
BECKERT, S. F.. Análise dos Sistemas de Medição (MSA - 4a. Edição) na prática. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

9.
BECKERT, S. F.. Incerteza de medição aplicada a indústria - conceitos fundamentais. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
BECKERT, SUELÍ FISCHER. Interpretação e Análise de Certificados de Calibração no Contexto da Comprovação Metrológica. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

11.
BECKERT, SUELÍ FISCHER. Análise dos Sistemas de Medição. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

12.
BECKERT, S. F.. Expressão da Incerteza de Medição em Ensaios Mecânicos e Químicos. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

13.
BECKERT, S. F.. Minitab: Planejamento e Análise de Experimentos na Engenharia de Produção. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

14.
BECKERT, SUELÍ FISCHER. Interpretação e Análise de Certificados de Calibração no Contexto da Comprovação Metrológica. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

15.
BECKERT, SUELÍ FISCHER. Complementação do módulo: Análise dos Sistemas de Medição. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

16.
BECKERT, S. F.. Análise dos Sistemas de Medição. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

17.
BECKERT, S. F.. Análise dos Sistemas de Medição. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

18.
BECKERT, S. F.. Incerteza de medição aplicada a ensaios. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

19.
BECKERT, S. F.. Análise dos Sistemas de medição. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

20.
BECKERT, S. F.. Análise dos Sistemas de Medição - MSA 4a. Edição. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

21.
BECKERT, S. F.. MSA - Análise dos Sistemas de Medição. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

22.
BECKERT, S. F.. Gestão da Metrologia Industrial. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

23.
BECKERT, S. F.. Interpretação dos requisitos da ABNT NBR ISO/IEC 17025:2005. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

24.
BECKERT, S. F.. Incerteza de medição aplicada a ensaios químicos. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

25.
BECKERT, S. F.. MSA - Análise dos Sistemas de Medição. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

26.
BECKERT, S. F.. Curso Básico de Estatística para Professor Pesquisador. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

27.
BECKERT, S. F.. Ferramentas da Qualidade II. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

28.
BECKERT, S. F.. Aplicação do método MSA na indústria de Fundição. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

29.
BECKERT, S. F.. Gerenciamento dos Instrumentos de Medição. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

30.
BECKERT, S. F.. Estatística aplicada a Engenharia da Qualidade. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

31.
BECKERT, S. F.. Gestão da Qualidade para laboratórios de calibração e de ensaios. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

32.
BECKERT, S. F.. Implementação do Gerenciamento dos Sistemas de medição na Vega do Sul/Arcelor - SC. 2008. (Relatório de pesquisa).

33.
BECKERT, S. F.. Ferramentas de Qualidade II. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

34.
BECKERT, S. F.. Incerteza de Medição na Calibração. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

35.
BECKERT, S. F.. Análise dos Sistemas de Medição utilizados na produção de aços planos. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

36.
BECKERT, S. F.. Controle Estatístico de Processo. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

37.
BECKERT, S. F.. Análise dos Sistemas de Medição. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

38.
BECKERT, S. F.. Rugosidade. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

39.
BECKERT, S. F.. Análise dos Sistemas de Medição. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

40.
BECKERT, S. F.. Fundamentos de Metrologia e Instrumentação. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

41.
BECKERT, S. F.. Incerteza de Medição na Calibração. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

42.
BECKERT, S. F.. Análise dos Sistemas de Medição. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

43.
BECKERT, S. F.. Estatística. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

44.
BECKERT, S. F.. Análise dos Sistemas de Medição. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

45.
BECKERT, S. F.. Fundamentos de Metrologia e Instrumentação. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

46.
BECKERT, S. F.. Expressão da Incerteza de Medição. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

47.
BECKERT, S. F.. Estatística. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

48.
BECKERT, S. F.. Análise dos Sistemas de Medição - MSA. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

49.
BECKERT, S. F.. Rugosidade Superficial. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

50.
BECKERT, S. F.. Expressão da Incerteza de medição. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

51.
BECKERT, S. F.. Comprovação metrológica aplicada a sistema de qualidade. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

52.
BECKERT, S. F.. Calibração de Instrumentos de Medição. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

53.
BECKERT, S. F.. Gerenciamento dos instrumentos de medição. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
VALENTINA, L. V. O. D.; MISAGHI, M.; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Gilberto Tiago Moreira. Avaliação do impacto da adoção de um software na gestão de laboratórios de uma instituição de ensino. 2018. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Engenharia de Produção) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

2.
SOUZA, A. F.; SACCHELLI, C. M.; FIORENTIN, T. A.; CRICHIGNO FILHO, J. M.; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Miguel Dias Junior. Influência das condições de corte na usinagem de geometrias complexas com fresa de ponta esférica. 2017. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Ciências Mecânicas) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
MISAGHI, M.; FREITAS FILHO, F. L.; OLIVEIRA, M. A.; BECKERT, SUELÍ FISCHER. Participação em banca de Paulo Rógério Pires Manseira. Um método para execução de avaliações educacionais diagnósticas. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Engenharia de Produção) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

4.
SCHROETER, R. B.; WEINGAERTNER, W. L.; PEREIRA, M.; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Clarianne Natali de Campos. Análise da integridade da superfície no torneamento de materiais endurecidos com ferramentas de PCBN e metal - duro. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Santa Catarina.

5.
VALENTINA, L. V. O. D.; BECKERT, S. F.; MACEDO, M.; CORDEIRO, N. R.. Participação em banca de Ana Maria Olivo. Aplicação do Balanced Scored no Reconhecimento de Cursos Superiores do IF-SC. 2013. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Instituto Superior Tupy.

6.
BECKERT, S. F.; MACEDO, M.; MISAGHI, M.; SANTOS, J.S. Participação em banca de Eduardo Alves Pereira. Análise dos Parâmetros do Processo de Extrusão de PVC com foco no atendimento à Norma Brasileira de Fabricação de Tubos para sistemas prediais. 2013. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Instituto Superior Tupy.

7.
SANTOS, J.S; SILVA, J. O.; BECKERT, S. F.; BATIZ, E. C.. Participação em banca de Sandro Mikio Kakuda. Análise Crítica da Aplicação do Controle Estatístico do Processo na Fabricação de Embalagens Metálicas para Pescado: um estudo de caso. 2012. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Instituto Superior Tupy.

8.
DUARTE, P. C.; VALENTINA, L. V. O. D.; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Sandro Luiz Zalewski Porto. Sistema Toyota de Produção (STP) e as atividades de operações portuárias no Porto de São Francisco do Sul. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Engenharia de Produção) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

9.
SOUZA, A. F.; VALENTINA, L. V. O. D.; FERREIRA, J. A. E; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Daniel de Aviz. Estudo da técnica de engenharia reversa para construção de geometrias complexas focando erros de forma e métodos de digitalização geométrica. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Engenharia de Produção) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

10.
OLIVEIRA, A. J.; SCHROERTER, R. B.; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Denis Boing. Desempenho de ferramentas PcBN no torneamento de materiais com elevada fração volumétrica de carbonetos (ferro fundido branco alto cromo). 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Engenharia Mecânica) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

11.
ALVES, S. M.; BECKERT, S. F.; DIAS, A. M. P.. Participação em banca de Moacir José Martins. Avaliação do uso e descarte de fluídos de corte na região de Joinville. 2008. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Instituto Superior Tupy.

12.
SOUZA, A. F.; BECKERT, S. F.; COELHO, R. T. Participação em banca de Adriano Eudorico Albano. Análise Comparativa entre as Estratégias de Fresamento 3 e 5 Eixos para a Fabricação de Moldes. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Engenharia Mecânica) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

Teses de doutorado
1.
SAMOHYL, R.W.; RAMOS, E. M. L. S.; QUEIROZ, F. C. B. Q.; REIS, M. M.; BECKERT, S. F.; VARGAS, V. C. C. V.. Participação em banca de Elisa Henning. Contribuições para os gráficos combinados Shewahart-CUSUM binomiais. 2010. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
SANTOS, J.S; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Miriam Mayer. Aplicação do controle estatístico de processo numa indústria de portas de madeira. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Engenharia da Qualidade) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

2.
SANTOS, J.S; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Fábio Eduardo Braga. Controle do processo de fumigação em câmara de lona com fosfina e melhoria da qualidade através do uso de controle estatístico. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Engenharia da Qualidade) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

3.
SANTOS, J.S; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Valdir Sutter. Outliers: dados que podem influenciar nas respostas e tomada de decisão. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Engenharia da Qualidade) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

4.
BECKERT, S. F.. Participação em banca de Alex Miura/ José P.Araújo/ Alexandre Kasten/ Robson Medeiros. Aplicação das ferramentas da qualidade e metodologia Seis Sigma no Processo Produtivo. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Metodologia Para Melhoria da Qualidade Em Processo) - Instituto Superior Tupy.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
FERREIRA, C. V.; BECKERT, SUELÍ FISCHER. Participação em banca de Rodrigo Antônio Sebben.Oportunidades de melhoria do processo de desenvolvimento de produtos em uma indústria do setor automotivo. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Automotiva) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
MACHADO, A.; PEREIRA, M. K. N.; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Claudimar Bergonsi.Aplicação da metodologia de MSA em Aparelhos de Cocção a Gás. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

3.
SANTOS, J.S; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Bruna Quintino/ Eveyn Albertine Cota.Elaboração do manual básico sobre o CEP, seus benefícios e como aplicá-lo em empresas de micro e pequeno porte. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

4.
SANTOS, J.S; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Cristiano Pabst.Aplicações das técnicas do CEP em um setor de Usinagem. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

5.
GILSA, K.; PROENÇA, M; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Willian Reinehr Soares.Administração de serviços: a consultoria como serviço de apoio a manufatura. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

6.
PROENÇA, M; GRAZIANI, A. P.; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Aparecida Cardoso Coelho.Análise dos indicadores de qualidade em uma oganização de distribuição, comercialização e prestação de serviços em aços planos. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção Mecânica) - Instituto Superior Tupy.

7.
SANTOS, J.S; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Gustavo Lisboa/ Vagner C. Domingos.Gráfico de Soma Cumulativa. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade e Produtividde) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

8.
GAMA, C. A.; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Vania B. Martins/ Kátia S. S. Genoveva.Proposta de redução dos lead times de entrega através do conceito lena manufacturing em laboratório. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade e Produtividde) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

9.
DUARTE, P. C.; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Marlon Bianco Matias.Implementando a Manufatura Enxuta - Um estudo de caso. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

10.
SANTOS, J.S; BECKERT, S. F.; SANTOS, F. C.. Participação em banca de Ana P. A. Egner e Cristiane Loss.Aplicação da metodologia 6 sigma na redução de energia elétrica em uma empresa de fundição. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade e Produtividde) - Sociedade Educacional de Santa Catarina.

11.
BECKERT, S. F.; SANTOS, J.S; SILVA, J. O.. Participação em banca de André Luiz Quintino/ Fabrício Manoel Farias.Sistema de identificação e rastreabilidade num processo produtivo, do setor autormotivo. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade e Produtividade) - Instituto Superior Tupy.

12.
SILVA, J. O.; SANTOS, J.S; BECKERT, S. F.. Participação em banca de Elizete Regina Porfírio/ Masconelo Bessa.Proposta de uma sistemática de gerenciamento do custo da qualidade no processo de fabricação de flutuadores de Ebonite. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade e Produtividade) - Instituto Superior Tupy.

13.
BECKERT, S. F.; SANTOS, J.S; OLIVEIRA, A. C.. Participação em banca de Arnaldo Francisco Budal/ Thiago Urias.Variação no processo de ensaio de potência dos queimadores de mesa de fogão - estudo de caso. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade e Produtividade) - Instituto Superior Tupy.

14.
BECKERT, S. F.. Participação em banca de Cássio Pierre da Silva/ Solano Luiz Silveira Zanetti.Aperfeiçoamento da qualidade por meio de metrologia na Wetzel Fundição de Ferro na área de usinagem. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia Em Qualidade e Produtividade Industrial) - Instituto Superior Tupy.

15.
BECKERT, S. F.. Participação em banca de Sidnei Devigilli/ Marcelo Robson Soares.Definição de um modelo de desenvolvimento de fornecedores para empresa metal-mecânica. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia Em Qualidade e Produtividade Industrial) - Instituto Superior Tupy.

16.
BECKERT, S. F.. Participação em banca de Cleyton Davi Hort/ Claudio Luiz Piva.Análise orçamentária na implantação de um sistema de gestão baseada na norma ISO 9001. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia Em Qualidade e Produtividade Industrial) - Instituto Superior Tupy.

17.
BECKERT, S. F.. Participação em banca de Paulo Roberto Gonçalves.Metodologia para implantação de controle estatístico no processo de termoformagem. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia Em Qualidade e Produtividade Industrial) - Instituto Superior Tupy.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
BECKERT, S. F.; MOURA, M. C.; PORCIUNCULA, G. S.. Concurso Publico para Professor na área de Garantia de Controle da Qualidade - Edital 008/DDP/2013. 2013. Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
OLIVEIRA, A. J.; SOUTO, U. B.; BECKERT, S. F.. Concurso Público para Professor Adjunto - Edital 16/2011 - PRH/UFRN. 2012. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

3.
FERRARI, J. C; BECKERT, S. F.; FAVERI, D. B. Concurso Público 02/2010 - Professor de Ensino Superior para área de Matemática Computacional. 2010. Universidade do Estado de Santa Catarina.

4.
CARELLI, E.; BECKERT, S. F.; VOIGT, J. M. R.. Concurso Público 01/2008 - Professor de Ensino Superior para área de Matemática Financeira e Estatística. 2008. Universidade do Estado de Santa Catarina.

5.
NOLLI, D.; CARELLI, E.; BECKERT, S. F.. Concurso Público 01/2008 - Professor de Ensino Superior para área de Matemática. 2008. Universidade do Estado de Santa Catarina.

Outras participações
1.
BECKERT, S. F.; VALENTINA, L. V. O. D.; COSTA, C. E.; MILAN, J. C. G.. Avaliação de projetos de iniciação científica do programa de bolsas do CNPq. 2012. Sociedade Educacional de Santa Catarina.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IMEKO 2018. XXII World Congress of the International Measurement Confederation (IMEKO). 2018. (Congresso).

2.
Metrologia 2017. Congresso Brasileiro de Metrologia. 2017. (Congresso).

3.
8. Congresso Brasileiro de Metrologia - Metrologia 2015. Análise dos Sistemas de Medição (MSA) aplicada às medições não replicáveis: um estudo de caso no ensaio de tração. 2015. (Congresso).

4.
XXI IMEKO World Congress ?Measurement in Research and Industry?. The Calibration and Measurement Capability and its impact on Metrological Confirmation. 2015. (Congresso).

5.
3. CIMMEC. Capacidade de Medição e Calibração: uma ferramenta para seleção de serviços de calibração. 2014. (Congresso).

6.
16. International Congress of Metrology. Use of pooled standard deviation of paired samples in calculation the measrument uncertainty by the Monte Carlo Method. 2013. (Congresso).

7.
Metrologia 2013. Aplicação do Método MSA em Ensaio de Alcalinidade Livre. 2013. (Congresso).

8.
15th International Conference on Experimental Mechanics - ICEM 15. MSA Method Application in Evaluating of Measurement System Used to Measure the Roughness Parameter Ra. 2012. (Congresso).

9.
VII Congresso Nacional de Eng. Mecânica - CONEM 2012. Contribuições para a utilização das normas atualizadas de Rugosidade. 2012. (Congresso).

10.
Metrologia 2011. Proposta para uniformizar a declaração da melhor capacidade de medição para a calibração de trenas. 2011. (Congresso).

11.
X Congresso Ibero-Americano em Engenharia Mecânica. Aplicação da Análise de Variância no método de avaliação tipo A na estimativa da incerteza de medição em Ensaio de Tração. 2011. (Congresso).

12.
Word Congress on Engineering 2010. Analysis of the Acceptable Deviation for the Measurement Process Established by th MSA and the VDA Manuals. 2010. (Congresso).

13.
5. Congresso Brasileiro de Metrologia. Utilização análise de variância no método de avaliação tipo A da Incerteza Padrão. 2009. (Congresso).

14.
9. Congreso Iberoamericano de Ingenieria Mecanica. Análise do Sistema de Medição quanto a sua adequação à tarefa requerida: critérios para uma aplicação correta. 2009. (Congresso).

15.
8. Congresso Iberoamericano de Engenharia Mecância. Aplicação do método MSA para avaliação dos resultados de medição da dureza Rockwell B. 2007. (Congresso).

16.
IMEKO Word Congress. Measurement Processes Analysis with gauge R&R or Expanded Uncertainty? Application of confidence level of 99,73% or 95,45%?. 2006. (Congresso).

17.
XXVI Enegep.A abrangência do gerenciamento metrológico nas empresas. 2006. (Encontro).

18.
Metrologia 2003. 2003. (Congresso).

19.
Congresso da Qualidade na Educação. 2002. (Congresso).

20.
METROSUL. Adequação do controle dos dispositivos de medição à realização do produto. 2002. (Congresso).

21.
Simpósio Internacional da VDI. 2002. (Simpósio).

22.
1. Cobef - Congresso de Engenharia de Fabricação. Expressão da Incerteza na medição de dureza Brinell. 2001. (Congresso).

23.
Metrologia 2000. Competência técnica: requsiito básico para quem controla os meios de medição calibrados por laboratórios terceirizados. 2000. (Congresso).

24.
Q&IT. 1997. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BATIZ, E. C. ; DUARTE, P. C. ; VALENTINA, L. V. O. D. ; HURTADO, A. L. B ; GIOSTRI, E. C ; GOUVEA, C. A. K. ; MELIM, J. M. ; FUTAMI, A. D. ; SANTOS, J.S ; BECKERT, S. F. . 1. Congresso de Engenharia de Produção da Região Sul - 1. CONEPRO - SUL. 2010. (Congresso).

2.
BALZER, M. ; BECKERT, S. F. ; SOUZA, A. F. ; FERRER, M. H. ; SOUZA, E. J. ; SNIECIKOVSKI, L. R. ; PEREIRA, J. L. M. . Cintec 2009 - Mecânica e Automação. 2009. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Wagner Saucedo Paim. Análise da Capacidade de Processos em Características Geométricas (Circularidade e Posição) com Distribuições Não Normal. 2018. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Ciências Mecânicas) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Sueli Fischer Beckert.

2.
Caroline Moretto. Avaliação do desempenho do processo de medição com apalpadores em centros de usinagem. 2017. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Ciências Mecânicas) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Sueli Fischer Beckert.

3.
Gustavo Domeneghetti. Expressão da incerteza de medição em ensaios mecânicos: ISO GUM e Monte Carlo aplicados no ensaio de tração. 2011. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Instituto Superior Tupy, . Orientador: Sueli Fischer Beckert.

4.
Roberto de Oliveira. Utilização da Metodologia Kaizen como Alicerce de Transformação e Suporte a Estratégia Organizacional. 2011. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Instituto Superior Tupy, . Orientador: Sueli Fischer Beckert.

5.
Joici Rescarolli Wilde. Metodologia para Implantação do Lean-Manufacturing em Laboratórios de Calibração. 2010. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Instituto Superior Tupy, . Orientador: Sueli Fischer Beckert.

6.
Cristiane Matsunaga. Análise dos Índices de Capacidade Estatística do Processo de Fusão para os elementos químicos do Ferro Fundido Nodular. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Engenharia de Produção) - Sociedade Educacional de Santa Catarina, . Orientador: Sueli Fischer Beckert.

7.
Adriane Machado. AVALIAÇÃO DA RUGOSIDADE EM SUPERFÍCIES COMPLEXAS. 2009. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Instituto Superior Tupy, . Orientador: Sueli Fischer Beckert.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
João L. Dreveck/ Hilberto Schmidt, Niarkos M. de Oliveira. Aplicação do controle estatístico na indústria moveleira. 2004. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Metodologia Para Melhoria da Qualidade Em Processo) - Instituto Superior Tupy. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Gabriel Westphal. MSA e VDA 5, uma metodologia integrada para Análise de Sistema de Medição. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Automotiva) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

2.
Thuany Fátima Melo. Adequação das "Core Tools" nos requisitos da IATF 16949 e nos requisitos das OEMS. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Automotiva) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

3.
Elaine da Costa/ Tani Arndt. Padronização do processo de recebimento de matéria-prima - Microfibra. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade) - Sociedade Educacional de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

4.
João Carlos Jahn/ Orley Antônio Hansen Queiroz. Adequação do método de calibração de estações totais. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade) - Sociedade Educacional de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

5.
Caio Zafalon. Controle estatístico de processo: um estudo comparativo dos gráficos de controle Shewhart e Cusum. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - Sociedade Educacional de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

6.
Laércio dos Santos. Controle dos equipamentos de monitoramento e de medição. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade) - Sociedade Educacional de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

7.
Gabrielle Delmonego Margarida Paim. Análise do impacto da amostragem no planejamento de experimentos. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção Mecânica) - Instituto Superior Tupy. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

8.
Vinicius André Kirchner. Controle estatístico da qualidade: análise do impacto da amostragem no controle estatístico de processo. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção Mecânica) - Instituto Superior Tupy. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

9.
Sabrina N. Felicio/ Luciane Karas. Proposta de melhoria no processo de inspeção de recebimento em empresa do ramo de distribuição de produtos acabados. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade e Produtividde) - Sociedade Educacional de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

10.
Michele D. Roberto/ Josenir Wilpert. Melhores práticas para implantação do controle interno da qualidade em laboratórios químicos. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade e Produtividde) - Sociedade Educacional de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

11.
Crisleide Graciema Izauro. Impacto da variação do Sistema de Medição no Controle Estatístico de Processo. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - Sociedade Educacional de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

12.
Cristiano Rodrigues Teixeira/Juareza Neitzel. Gestão dos indicadores dos processos produtivos. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade e Produtividade) - Instituto Superior Tupy. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

13.
Otávio Budal Arins Junior. Validação de um novo método de medição de umidade relativa em câmara de ensaios termodinâmicos para refrigeração. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade e Produtividade) - Instituto Superior Tupy. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

14.
Milton Cesar Silveira/ Rosirene Barreto. Qualidade dos resultados nos ensaios termodinâmicos para refrigeração - incerteza de medição. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade e Produtividade) - Instituto Superior Tupy. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

15.
Thiago Egon Lange. Aplicação do controle estatístico de processo para seqüências curtas de produção. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade e Produtividade) - Instituto Superior Tupy. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

16.
Fernando Martins, Rudmar Perozin. Verificação dos Instrumentos de Medição. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia Em Qualidade e Produtividade Industrial) - Sociedade Educacional de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

17.
Celio Roberto Kuzawski. Padronização dos critérios na inspeção visual. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão da Qualidade e Produtividade) - Instituto Superior Tupy. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

18.
Ézio Rosso Junior. Determinação do plano de amostragem para auditoria de produto. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia Em Qualidade e Produtividade Industrial) - Instituto Superior Tupy. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

19.
Ademar Soares/ Leonardo Martins. Análise de métodos para definição de intervalo de calibração em calibradores tampão liso e tampão roscado. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia Em Qualidade e Produtividade Industrial) - Instituto Superior Tupy. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

20.
Luciane Maria Schroeder Badziak/José Leopoldo Leite. Calibração de durômetro Shore A e Shore D. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia Em Qualidade e Produtividade Industrial) - Instituto Superior Tupy. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

21.
Vanderlei Correa/ Joelson M. Fernandes. Implantação de Sistema de Medição com variável numérica para monitorar e controlar o posicionamento dos furos da porta do refrigerador.. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia Em Qualidade e Produtividade Industrial) - Instituto Superior Tupy. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

22.
Fernanda Jaqueline Reitz/ Jefferson Arthur Krüger. Adequação do ensaio de tração controle requisitos da NBR ISO/IEC 17025. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia Em Qualidade e Produtividade Industrial) - Instituto Superior Tupy. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

23.
Abílio Augusto dos Passos/ Daniel Fabrício dos Passos. Método para implantação simples e rápida do CEP em processos de usinagem. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia Em Qualidade e Produtividade Industrial) - Instituto Superior Tupy. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

Iniciação científica
1.
Guilherme Ericsson Fischer. Capacidade de Medição e Calibração (CMC): Avaliação da qualidade de medição de rugosidade. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Automotiva) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

2.
Guilherme Ericsson Fischer. Capacidade de Medição e Calibração (CMC): Avaliação da qualidade de medição de rugosidade. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Automotiva) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

3.
Mayara Vanessa Moraes. Qualificação de instrumentos de medições topográficas. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Infraestrutura) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

4.
Ian Gustavo Tomelin Fusi. Inovação na Gestão da Metrologia na industria brasileira de componentes para veículos automotores. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Automotiva) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

5.
Germano Augusto Metzner de Andrade. Capacidade de Medição e Calibração de Instrumentos Convencionais. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Interdisciplinar em Mobilidade) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

6.
Michele Daiane Roberto. Integração dos requisitos técnicos à gestão dos laboratórios de ensaio. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnologia em Gestão da Qualidade e Produtividde) - Sociedade Educacional de Santa Catarina, Governo do Estado de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

7.
Vinicius André Kirchner. Garantia da qualidade dos resultados de medição apresentados no CEP. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Produção Mecânica) - Instituto Superior Tupy, Governo do Estado de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

Orientações de outra natureza
1.
Mateus Mischel Lodi. Disseminação de diretrizes gerais para calibração em ambientes industriais. 2017. Orientação de outra natureza. (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

2.
Mayara Vanessa Moraes. Disseminação de diretrizes gerais para calibração em ambientes industriais. 2017. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Infraestrutura) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

3.
Guilherme Venturi. Estagio no Laboratório de Metrologia e Qualidade Industrial (METEQ). 2017. Orientação de outra natureza. (Engenharia Automotiva) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

4.
Matheus Santana Carvalho. Monitor de Metrologia. 2017. Orientação de outra natureza. (Engenharia Mecatrônica) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

5.
Matheus Carvallho Santana. Monitor de Metrologia. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia Mecatrônica) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

6.
Guilherme Venturi. Disseminação das diretrizes de calibração no contexto da comprovação metrológica. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia Automotiva) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

7.
Thuany Fátima Melo. Estagio no laboratório de metrologia. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia Automotiva) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

8.
Guilherme Venturi. Disseminação de diretrizes gerais para calibração em ambientes industriais. 2015. Orientação de outra natureza. (Engenharia Automotiva) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

9.
Wilian Eidt. Disseminação de diretrizes gerais para calibração em ambientes industriais. 2015. Orientação de outra natureza. (Engenharia Automotiva) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

10.
Milena Rios Henrique. Monitoria de Metrologia. 2015. Orientação de outra natureza. (Engenharia Naval) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.

11.
Mayara Vanessa Moraes. Estágio no Laboratório de Ensino de Metrologia. 2015. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Infraestrutura) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sueli Fischer Beckert.



Inovação



Programa de computador sem registro
1.
BECKERT, Jonny Ivon ; BECKERT, S. F. . Sofware de gerenciamento dos sistemas de medição - LighLab. 2005.


Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
BECKERT, SUELÍ FISCHER2017BECKERT, SUELÍ FISCHER; PAIM, WAGNER SAUCEDO . Critical analysis of the acceptance criteria used in measurement systems evaluation. International Journal of Metrology and Quality Engineering, v. 8, p. 23, 2017.


Apresentações de Trabalho
1.
BECKERT, SUELÍ FISCHER. Gestão da Metrologia Industrial - Desafios. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).



Outras informações relevantes


De 1986 a 1988
Professora de Matemática, Física e Metrologia, em nível de ensino médio, na Escola Técnica Tupy - Joinville

1993 - 2001 
Participante da Comissão Técnica de Metrologia Dimensional da Rede Brasileira de Calibração - RBC/INMETRO



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/11/2018 às 21:11:08