Estefânia Gastaldello Moreira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1364696842407026
  • Última atualização do currículo em 04/12/2018


Possui graduação em Ciências Biológicas Modalide Médica (1995), Mestrado em Ciências Biológicas (Farmacologia) (1998) e Doutorado em Patologia (2002), todos pela UNESP-Botucatu. Entre 2008 e 2009 fez estágio pós-doutoral junto à Universidade de Washington na área de avaliação do risco toxicológico de praguicidas para a saúde humana. Desde 2002 é Professora de Farmacologia na Universidade Estadual de Londrina e em 2010 passou a integrar o corpo docente permanente do Programa Multicêntrico de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas e do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde. Tem experiência nas áreas de Psicofarmacologia, Neurotoxicologia, Toxicogenômica e Avaliação do Risco Químico para a Saúde Humana. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Estefânia Gastaldello Moreira
Nome em citações bibliográficas
MOREIRA, E. G.;MOREIRA EG;Estefânia G. Moreira;Moreira, Estefania G.;Moreira, Estefania Gastaldello;Moreira, Estef´nia G;MOREIRA, E.G.;MOREIRA, ESTEFÂNIA G.;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFANIA;MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO;Moreira, Estefânia Gastaldelo;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFÂNIA;MOREIRA, ESTEFANIA;Moreira, Estefânia Gastaldello;Moreira, Estefânia Gastadello

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual de Londrina, Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Ciências Fisiológicas.
Depto de Ciências Fisiológicas
Campus Universitario
86051-990 - Londrina, PR - Brasil - Caixa-postal: 6001
Telefone: (43) 33714307


Formação acadêmica/titulação


1999 - 2002
Doutorado em Patologia.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Avaliação comportamental, neuroquímica e histopatológica em ratos recém-desmamados e adultos, expostos ao chumbo nos períodos pré-natal e de amamentação, Ano de obtenção: 2002.
Orientador: Igor Vassilieff.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: chumbo; exposição perinatal; imunohistoquímica; comportamento; estresse oxidativo; neuroquímica.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Neuropsicofarmacologia.
Setores de atividade: Neurociências; Saúde Humana.
1996 - 1998
Mestrado em Ciências Biológicas (Farmacologia).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Efeitos comportamentais da crotoxina e da crotoxina irradiada, em ratos.,Ano de Obtenção: 1998.
Orientador: Vera Silvia de Oliveira Vassilieff.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: crotoxina; crotoxina irradiada; Crotalus durissus terrificus; ansiedade; sistema gabaérgico-benzodiazepínico; comportamento.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Neuropsicofarmacologia.
Setores de atividade: Neurociências.
2001 - 2002
Especialização em Toxicologia. (Carga Horária: 360h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Influência da exposição ao chumbo nos períodos pré-natal e de amamentação sobre a resposta comportamental e neuroquímica da cocaína, em ratos recém-desmamados e adultos..
Orientador: Igor Vassilieff.
1992 - 1995
Graduação em Ciências Biológicas Modalide Médica.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Efeitos comportamentais induzidos pela crotoxina, em ratos.
Orientador: Vera Silvia de Oliveira Vassilieff.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.


Pós-doutorado


2008 - 2009
Pós-Doutorado.
University of Washington, Institute for Risk Analysis & Risk Communication, UW - IRARC, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Toxicogenômica.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Toxicologia / Especialidade: Avaliação do Risco.


Formação Complementar


2014 - 2014
Training Session on Chairing Meetings of the BRS Conventions. (Carga horária: 30h).
UNITED NATIONS ENVIRONMENT PROGRAMME, UNEP, Suiça.
2009 - 2009
Extensão universitária em Concepts in Pharmacogenetics and Toxicogenomomics. (Carga horária: 40h).
University of Washington, WASHINGTON, Estados Unidos.
2009 - 2009
Epigenetic Mechanisms. (Carga horária: 4h).
Teratology Society, --, Estados Unidos.
2009 - 2009
Characterizing modes of action and their relevance. (Carga horária: 4h).
Society of Toxicology, SOT, Estados Unidos.
2008 - 2008
Extensão universitária em Risk Assessment for Environmental Health Hazards. (Carga horária: 50h).
University of Washington, WASHINGTON, Estados Unidos.
2007 - 2007
Risk Assessment Summer School. (Carga horária: 56h).
International Union of Toxicology, IUTOX, Estados Unidos.
2006 - 2006
Extensão universitária em Advanced Principles Of Toxicology. (Carga horária: 62h).
University of Guelph, UOGELPH, Canadá.
2001 - 2001
Estágio no Molecular Neurotoxicology Laboratory. (Carga horária: 800h).
Environmental Protection Agency, E.P.A, Estados Unidos.


Atuação Profissional



Organização das Nações Unidas, ONU, Suiça.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro Comitê Revisor da Convenção Estocolmo, Carga horária: 0
Outras informações
Representante da América Latina e Caribe no POPRC - mandatos de 2012-2016 e 2017-2020. Aclamada Presidente do referido Comitê com posse em maio de 2014.


University of Washington, Institute for Risk Analysis and Risk Communicatio, UW - IRARC, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2008 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador


Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado - Nível A, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

02/2010 - Atual
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Palestras no módulo Percepção, Consciência e Emoção
Palestras e tutoria no módulo Problemas Mentais e Comportamentais
Disciplina especial "Tópicos em Farmacologia"
12/2009 - Atual
Ensino, Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos avançados
Seminários I
08/2009 - Atual
Ensino, Prog Multicêntico de PG em Ciências Fisiológicas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos da avaliação da toxicidade de substâncias químicas e da avaliação do risco para a saúde humana.
Métodos Experimentais em Biologia da Reprodução e do Desenvolvimento
02/2003 - Atual
Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicofarmacologia no Módulo de Saúde Mental
11/2002 - Atual
Ensino, Farmácia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Farmacologia
9/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Ciências Fisiológicas.

03/2010 - 12/2013
Direção e administração, Centro de Ciências da Saúde, .

Cargo ou função
Vice-coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde.
3/2006 - 02/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências da Saúde, .

Cargo ou função
Membro de colegiado superior - Farmácia.
12/2009 - 06/2012
Ensino, Mestr Prof Toxicologia Aplicada à Vig Sanitária, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Avaliação do Risco
Farmacologia Geral
Tópicos Avançados em Avaliação do Risco
03/2008 - 07/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Coordenadoria de Pesquisa e Pós-Graduação, .

Cargo ou função
Membro do Comitê PROIC - Área da Saúde.
8/2005 - 06/2008
Ensino, Especialização Em Toxicologia, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Avaliação da Toxicidade e do Risco
Fundamentos de Toxicologia
Toxicologia Social
Toxinologia
8/2005 - 06/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Coordenadoria de Pesquisa e Pós-Graduação, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado de Pós-graduação Lato Sensu - Profissionalizante.
3/2006 - 3/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Ciências Fisiológicas.

Cargo ou função
Membro do Conselho de Pesquisa do Departamento.
4/2004 - 3/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas, .

Cargo ou função
Membro de colegiado superior - Psicologia.
7/2005 - 8/2007
Direção e administração, Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Ciências Fisiológicas.

Cargo ou função
Coordenadora do curso de Especialização Lato Sensu em Toxicologia Aplicada.
11/2002 - 12/2006
Ensino, Biomedicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Farmacologia
11/2002 - 12/2006
Ensino, Fisioterapia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Farmacologia
11/2002 - 12/2006
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Farmacologia para Psicólogos
8/2005 - 07/2006
Ensino, Especialização Em Ciências Fisiológicas, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Farmacologia Geral
Fisiologia e Farmacologia do Sistema Nervoso
4/2004 - 3/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências da Saúde, .

Cargo ou função
Membro de colegiado superior - Fisioterapia.


Linhas de pesquisa


1.
Neurotoxicologia
2.
Psicofarmacologia
3.
Farmaco-toxicologia de produtos naturais.
4.
Toxicologia do Desenvolvimento


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Exposição ao paracetamol durante a gestação e/ou amamentação: avaliação de possíveis efeitos sobre o comportamento e marcadores de estresse oxidativo na prole.
Descrição: Estudos epidemiológicos recentes têm indicado associação entre o uso do analgésico/antipirético paracetamol durante a gestação e prejuízo do neurodesenvolvimento de crianças. O desenho dos referidos estudos não permite indicar relação de causalidade, tornando importante o desenvolvimento de modelos animais que permitam investigar se essa causalidade realmente existe e, caso exista, investigar mecanismos envolvidos e maneiras de se mitigar o risco. O presente projeto será conduzido de acordo com guias internacionais para avaliação de neurotoxicidade do desenvolvimento e objetiva investigar se o tratamento de ratas durante a gestação e amamentação com paracetamol induz alterações comportamentais nos filhotes de ambos os sexos bem como alterações de indicadores de estresse oxidativo no fígado e em regiões encefálicas (córtex pré-frontal, hipocampo, cerebelo, estriado) importantes na modulação dos comportamentos que serão avaliados. Ratas Wistar serão acasaladas e tratadas, gavage, com água (grupo controle, n=12) ou paracetamol nas doses de 35 mg/kg (n=12) ou 350 mg/kg (n=12) do dia gestacional 6 ao desmame (dia pós-natal 21). Possível toxicidade materna será avaliada pelo acompanhamento do ganho de peso a cada 3 dias, pela determinação da concentração plasmática de AST, ALT, creatinina e ureia no dia do desmame e por análise histológica do fígado e rim coletados no dia do desmame. No dia do desmame, 3 filhotes de cada sexo de cada ninhada serão eutanasiados para retirada de fígado e isolamento de regiões encefálicas (pool de 3 animais de cada sexo). Nesse material serão avaliados os indicadores de estresse oxidativo AOPP (produtos avançados da oxidação proteica, que indicam danos a proteínas), LOOH (hidroperóxidos lipídicos, que indicam danos a lipídios), GSH (glutationa, uma importante molécula antioxidante que participa do metabolismo do paracetamol) e atividade da SOD (superóxido dismutase, a principal enzima antioxidante encefálica). Também será coletado sangue para avaliação de marcadores de função hepática (AST, ALT) e renal (creatinina e ureia). Entre 29 e 31 dias, um casal de filhotes de cada ninhada será avaliado nos testes de campo aberto (avaliação da atividade motora, ansiedade e estereotipia etológica) e placa quente (avaliação sensorial) e outro casal no teste de preferência social (avaliação do comportamento social) e estereotipia induzida por apomorfina. O ganho de peso dos filhotes será avaliado semanalmente do nascimento aos 31 dias de idade como indicador de toxicidade geral para o desenvolvimento. Espera-se, com o presente projeto: a) avanço no conhecimento de possíveis efeitos sobre o neurodesenvolvimento de descendentes após exposição materna ao paracetamol bem como mecanismos envolvidos; b) consolidação do grupo de pesquisa em Toxicologia da Reprodução e do Desenvolvimento na UEL; c) qualificação de recursos humanos; d) incremento na produção científica; e) fortalecimento dos Programas de Pós-Graduação Multicêntrico em Ciências Fisiológicas e em Ciências da Saúde; g) instrumentalizar prescritores e regulamentadores com dados que permitam uma avaliação de segurança sobre o uso do analgésico/antipirético mais prescrito mundialmente durante a gestação; com menos incertezas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Coordenador / Décio Sabbatini Barbosa - Integrante / Rodrigo Klein - Integrante / Camila Rigobello - Integrante.
2016 - Atual
Doenças inflamatórias: Desenvolvimento de fármacos, fisiopatologia e tratamento - MULTINFLAMA
Descrição: Descrição: Aprovados R$ 1.564.948,00 na Chamada Pública MCTI/FINEP/CT-Infra - PROINFRA - 02/2014.Este projeto visa o desenvolvimento da pesquisa e pós-graduação com implicações diretas no fortalecimento da estrutura de equipamentos multiusuários, vinculados a grupos de pesquisa em desenvolvimento ou desenvolvidos em consonância com o Plano de Desenvolvimento Institucional da UEL. Os equipamentos requisitados estão vinculados a 24 grupos de pesquisa na área de Ciências da Saúde e a 8 Programas de Pós-graduação (Ciências da Saúde, Ciências da Reabilitação, Enfermagem, Química, Multicêntrico em Ciências Fisiológicas, Educação Física, Patologia Experimental e Saúde Coletiva). O foco acadêmico é o estudo de doenças inflamatórias em vários níveis. Os grupos de pesquisa vinculados ao projeto apresentam conhecimento comprovado para o desenvolvimento de novos fármacos, desde o isolamento de novas biomoléculas, investigação do seu mecanismo de ação, desenvolvimento de novas formas farmacêuticas, investigação dos mecanismos fisiopatológicos de doenças inflamatórias com enfoque no estresse oxidativo, citocinas e vias de sinalização intracelular, biomarcadores de doenças, terapias farmacológicas, ensaios clínicos, técnicas de avaliação e reabilitação física e atenção ao paciente com doenças inflamatórias. Estes grupos de pesquisa desenvolvem estudos pré-clínicos e clínicos de doenças inflamatórias. Progressivamente, temos conseguido desenvolver projetos de pesquisa em colaboração, alinhando a pesquisa básica e clínica em vários níveis como, por exemplo, a validação de marcadores de doença previstos em modelos animais de doenças com envolvimento inflamatório e ensaios clínicos tendo tais moléculas como alvo. Esse ambiente científico translacional é imprescindível para o avanço científico com implicações regionais e mundiais. Nosso ambiente científico também está intimamente relacionado ao desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas ainda em fase pré-clínica, mas já com depósitos de pedido de patente. A estrutura física para os equipamentos já está disponível nos Laboratórios Periféricos dos Grupos de Pesquisa da proposta associados aos Programas de Pós-graduação e no CEPPOS (Centro Especializado em Pesquisa e Pós-Graduação em Saúde), caracterizado por laboratórios multiusuários para todos os cursos de pós-graduação do Centro de Ciências da Saúde, que foi construído com recursos FINEP e inaugurado em 2015. São solicitadas 4 Estruturas: 1. Imuno-Biologia Celular (citometria de fluxo); 2. Desenvolvimento de Fármacos (spray dryer); 3. Biologia Molecular (sistemas para PCR e western blot); e 4. Avaliação Cardiorrespiratória e Cinético-Funcional (sistemas para avaliação metabólica - gases, eletrofisiológica e de movimento). Os equipamentos solicitados serão importantes para o desenvolvimento de novas formas farmacêuticas no caso do Spray Dryer; propiciar o uso de ferramentas de biologia molecular nos projetos de pesquisa com sistemas para PCR e Western blot; propiciar o uso de ferramentas de biologia celular para investigar de maneira mais profunda os tipos celulares envolvidos na fisiopatologia de modelos de doença e de doenças em amostras de pacientes utilizando-se a citometria de fluxo; e a estrutura de equipamentos para o estudo da reabilitação de pacientes, como o analisador de gases, o sistema de análise de marcha e o amplificador eletrofisiológico em associação com o estudo de marcadores de doença (p.ex. estresse oxidativo e citocinas) fornecerão conhecimento mais detalhado do progresso terapêutico e de eventuais oportunidades de novos alvos terapêuticos. Assim, este subprojeto pretende a aquisição de novos equipamentos para o incremento e consolidação de grupos de pesquisa, bem como a formação de novas redes de pesquisa envolvendo a pesquisa pré-clínica e clínica em estudos translacionais para benefício dos pacientes com doenças inflam.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Avaliação dos possíveis mecanismos envolvidos nas alterações hormonais e vasculares na prole de ratas expostas à fluoxetina durante gestação e lactação
Descrição: Devido à sua relativa seletividade de ação, eficácia e reduzidos efeitos indesejáveis, a fluoxetina tornou-se um dos antidepressivos mais prescritos para o tratamento de distúrbios afetivos e transtornos de ansiedade durante a gravidez. Este inibidor seletivo da recaptação de serotonina e seu metabólito ativo, norfluoxetina, cruzam a barreira placentária e são excretados no leite materno, expondo fetos e neonatos a estes compostos em fases importantes do desenvolvimento do organismo. Vem sendo descrito, em humanos e animais de experimentação, que a fluoxetina pode causar alterações funcionais na prole exposta. Nosso grupo de pesquisa tem contribuído com estes achados, descrevendo que a prole de roedores exposta à fluoxetina durante gestação e lactação pode apresentar redução da motivação sexual; alterações na estrutura do túbulo seminífero e no número de espermatozoides; retardo da instalação da puberdade em fêmeas; comprometimento da produção de corticosterona e na resposta ao estresse; e redução da resposta vascular a agentes contráteis em fêmeas. Entretanto, não se conhecem os mecanismos envolvidos nestas alterações induzidas pela exposição à fluoxetina durante o desenvolvimento. Sendo assim, o objetivo deste projeto é avaliar em ratos os possíveis mecanismos envolvidos: 1) nas alterações de esteroidogênese, avaliando a expressão da enzima 3β-HSD e da proteína de regulação aguda da esteroidogênese (StAR) e a dosagem plasmática de corticosterona e 2) nas alterações vasculares, avaliando o papel do endotélio, do óxido nítrico e do estrógeno..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Coordenador / Graziela Scalianti Ceravolo - Integrante / Carolina Matias Higashi - Integrante / Matheus Azevedo Barbosa - Integrante / Bruno V D Marques - Integrante.Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
2015 - Atual
Associação entre a enzima paraoxonase 1 (PON1) e doenças neuropsiquiátricas.
Descrição: A enzima paraoxonase 1 (PON1) é uma glicoproteína de síntese hepática, que, ao ser secretada no sangue é conjugada a uma partícula de lipoproteína de alta densidade (HDL). Além de proteger a HDL contra a oxidação, reduz as partículas oxidadas das lipoproteínas de baixa densidade (LDL) e de outros lipídeos oxidados, o que tem levado a diversas pesquisas sobre a influência da PON1 no desenvolvimento de doenças que envolvem estresse oxidativo. A distribuição dessa enzima na população humana é polimórfica, e o gene codificador da PON1 contém vários SNPs (Single Nucleotides Polymorphisms ou polimorfismos de nucleotídeo único) tanto na região promotora quanto na codificadora. Tem sido proposto que a determinação do PON1 status, ou seja, a análise funcional do polimorfismo Q192R associada à avaliação da atividade total da enzima, seria mais adequado para o entendimento da função da PON1 nos diferentes processos fisiológicos ou patológicos. Esse projeto objetiva investigar se polimorfismos da PON1 ou sua atividade plasmática total estariam associadas com o diagnóstico ou evolução de doenças neuropsiquiátricas como a doença de Parkinson, o transtorno depressivo maior ou o transtorno bipolar..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Coordenador / Kamilla B Landucci - Integrante / Sandra Odebrecht Vargas Nunes - Integrante / André de Souza Nogueira - Integrante / Michael Maes - Integrante / Heber Odebrecht Vargas - Integrante / MAES, MICHAEL - Integrante / BARBOSA, DECIO SABBATINI - Integrante / Dalmo Guilherme Correia - Integrante / FAVARO SOARES, JANAINA - Integrante.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 1
2014 - 2017
Tabagismo e comorbidades psiquiátricas: avaliação de marcadores biológicos e impacto de terapias de cessação de tabagismo.
Descrição: Processo CNPq: 301033/2014-5. Valor global: R$ 280.701,30. Projeto PVE - Pesquisador Visitante Especial. Intercâmbio com vinda do Prof. Michael Maes para contribuição ao Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde. O presente projeto terá dois objetivos gerais, a saber: 1) analisar a influência de um programa de cessação do tabagismo utilizado no Centro de Referência de Abordagem e Tratamento do Tabagismo (CRATT), UEL, sobre parâmetros inflamatórios e de estresse oxidativo em fumantes portadores ou não de transtornos depressivos; 2) analisar parâmetros inflamatórios e de estresse oxidativo em pacientes bipolares fumantes e nunca fumantes. As metas a serem alcançadas incluem estabelecer parâmetros laboratoriais que possam acompanhar a observação clínica na cessação do tabagismo; estabelecer marcadores sanguíneos envolvidos no transtorno por tabaco com ou sem comorbidades psiquiátricas; capacitar recursos humanos; alavancar a publicação de artigos científicos em periódicos com maior fator de impacto; fortalecer a cooperação entre o Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da UEL com o departamento de Psiquiatria de duas instituições internacionais (Deakin University e Chulalongkorn University)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Integrante / Décio Sabbatini Barbosa - Integrante / Waldiceu Aparecido Verri Jr - Integrante / Kamilla B Landucci - Integrante / Sandra Odebrecht Vargas Nunes - Coordenador / Michael Maes - Integrante / Heber Odebrecht Vargas - Integrante / Michael Berk - Integrante / Seetal Dodd - Integrante / Regina Rezende - Integrante / Alissana Ester Camargo - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Outra.
Número de produções C, T & A: 4
2014 - 2017
Avaliação dos marcadores biológicos em pacientes em tratamento por transtorno afetivo bipolar e por transtorno por uso de tabaco
Descrição: Avaliar as alterações de biomarcadores de estresse oxidativo, síndrome metabólica e inflamação em pacientes portadores de transtorno afetivo bipolar e transtorno por uso de tabaco, na fase basal do tratamento e após o tratamento com a terapia convencional e associado ao tratamento adjuvante com o antioxidante N-acetil-cisteína (NAC), por um período de 3 meses de duração. Os pacientes bipolares sem transtorno por uso de tabaco (n=100); pacientes bipolares com transtorno por uso de tabaco (n=100) e pacientes com transtorno por uso de tabaco sem transtorno de humor (n=100) serão submetidos a um questionário estruturado para avaliar as características sócio-demográficas e clínicas, escala de gravidade dos sintomas depressivos e maníacos, uso de substâncias psicoativas, história tabagística, escala de incapacidade laboral, escala de estresse de vida precoce. O transtorno afetivo bipolar e o transtorno por uso de tabaco serão avaliados pela entrevista clínica estruturada, versão clínica (SCID-I), baseada no DSM-IV. Os exames laboratoriais e clínicos serão solicitados na fase basal e após o tratamento convencional e associado ao NAC com 3 meses. Serão avaliadas as medidas antropométricas obesidade central (circunferência da cintura / circunferência do quadril), índice de massa corporal (IMC), pressão arterial (sistólica / diastólica). Serão coletados exames laboratoriais de rotina para critérios de inclusão: hemograma, Hepatite B e C, TGO, TGP, HIV, proteína total. Serão coletados exames laboratoriais para avaliar biomarcadores de síndrome metabólica: polimorfismos e atividade plasmática da enzima paraoxonase 1, colesterol total, lipoproteínas de baixa densidade (LDL) e de alta densidade (HDL), triglicerídeos, insulina, glicose, hemoglobina A1c (HbA1), leptina e adiponectina. Serão coletados exames para avaliar biomarcadores de estresse oxidativo como: determinação de dialdeído malônico (MDA), determinação de hidroperóxidos lipídicos, determinação de metabólitos do óxido nítrico (NOX), determinação do potencial antioxidante total plasmático (TRAP), grupamento sulfidrila (SH) e determinação dos produtos avançados de oxidação protéica (AOPP), superóxido dismutase (SOD), catalase, glutationa total (GSH) e oxidada(GSSG), bem como avaliação de biomarcadores inflamatórios como PCR; VHS, interleucina-6, receptor de interleucina-6, interleucina-1, antatagonista de interleucina-1, fator de necrose tumoral (TNF alfa), vitamina D, zinco, selênio, homocisteína e fibrinogênio. As genotipagens dos polimorformismos da glutationa e do receptor de serotonina serão realizadas na fase basal para avaliação de resposta terapêutica. Todos os participantes darão seu consentimento informado para participar do estudo, após a aprovação da pesquisa pelo comitê de ética em pesquisa na universidade estadual de londrina (UEL). Avaliar-se-á a resposta e a eficácia do tratamento convencional com e sem adjuvante com a NAC na redução das alterações dos biomarcadores relacionados à síndrome metabólica, à inflamação e ao estresse oxidativo.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Integrante / Décio Sabbatini Barbosa - Integrante / Waldiceu Aparecido Verri Jr - Integrante / Maria Angélica Watanabe - Integrante / Sandra Odebrecht Vargas Nunes - Coordenador / Michael Maes - Integrante / Heber Odebrecht Vargas - Integrante / Michael Berk - Integrante / Seetal Dodd - Integrante / Luiz Gustavo Piccoli de Melo - Integrante / Marcela Baracat - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2013 - Atual
A autolimpeza é útil no estudo da ansiedade em ratos: avaliação psicofarmacológica.
Descrição: O comportamento de autolimpeza (grooming) de roedores tem sido reportado como uma resposta induzida por estressores há décadas. Curiosamente, durante o mesmo período, medidas desse comportamento não se consolidaram como uteis na avaliação da ansiedade em modelos animais. Esforços recentes, no entanto, têm sugerido que a avaliação das diferentes topografias que o grooming assume e de seu curso temporal pode revelar dados sobre ansiedade. Para testar uma relação entre ansiedade e grooming, o presente projeto propõe uma avaliação psicofarmacológica: serão testados os efeitos de um fármaco ansiolítico (midazolam) e de um ansiogênico (pentilenotetrazol). Uma vez que fatores como novidade da situação e estruturação do ambiente (por ex.: presença de espaços abertos) podem modular a resposta aversiva, serão realizados experimentos envolvendo a testagem de ratos em diferentes combinações desses fatores. Assim, num primeiro experimento, diferentes doses dos fármacos serão testadas no labirinto em cruz elevado (um teste amplamente utilizado na avaliação da ansiedade de ratos). Esse experimento servirá para a escolha da dose de cada fármaco a ser utilizada nos experimentos seguintes. O segundo experimento será dedicado a avaliar se os efeitos encontrados numa primeira sessão de labirinto em cruz se mantêm em sessões repetidas. No terceiro experimento, o uso de um ambiente de teste que seja mais favorável à observação (uma caixa de acrílico) será testado a fim de se verificar se são obtidos efeitos semelhantes aos encontrados no labirinto em cruz elevado. O quarto experimento terá a finalidade de avaliar se, excluída a novidade da situação (por meio de habituação nos dias anteriores), os fármacos mesmo assim apresentam efeitos sobre o comportamento quando o rato é mantido numa caixa de acrílico durante o teste. Por fim, o quinto experimento cumprirá a função de verificar se os fármacos mostram efeitos sobre o grooming em uma situação aversiva aprendida e que não envolve novidade: a resposta de medo condicionado ao contexto..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Integrante / Célio Roberto Estanislau - Coordenador / Guilherme Bacarense Filgueiras - Integrante / Amauri Gouveia Jr - Integrante / Ricardo Luiz Nunes de Souza - Integrante.Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2013 - Atual
Avaliação do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal e das vias dopaminérgicas em ratos expostos à fluoxetina durante a gestação e amamentação.
Descrição: Aprovação de R$ 25.000,00 na chamada nº 24/2012 (Programa Universal/Pesquisa Básica e Aplicada) da Fundação Araucária- A fluoxetina (FLX) é o antidepressivo de escolha para mulheres grávidas que necessitam fazer uso de antidepressivos. Estudos experimentais, incluindo estudos do nosso laboratório, têm sugerido que filhotes expostos aos antidepressivos da classe dos inibidores seletivos da recaptura de serotonina (5-HT) ISRS durante a gestação e/ou lactação apresentam aumento de ansiedade, comportamento depressivo-símile, alteração do comportamento de tomada de decisão, alteração dos níveis de corticosterona plasmática basal ou induzida por estresse. No presente projeto busca-se avançar no conhecimento sobre modos de ação envolvidos nos efeitos neurofuncionais tardios decorrentes da exposição materna à FLX avaliando-se, em ratos machos e fêmeas expostos à FLX (5 mg/kg, gavage) durante os períodos de gestação e amamentação: 1) a função do eixo HPA através de dosagem plasmática de corticosterona basal e estimulada pelo hormônio adrenocorticotrófico e hormônio liberador de corticotrofina; 2) a disponibilidade do hormônio adrenocorticotrófico na hipófise através de imuno-histoquímica para este hormônio; 3) a capacidade secretora da glândula adrenal através de imuno-histoquímica para a enzima HSD3B1; 3) a biometria das glândulas hipófise e adrenal, bem como hipotálamo através da determinação de seus pesos e análises morfométricas após coloração comhematoxilina-eosina; 4) a morfologia das vias dopaminérgicas centrais através de imunohistoquímica para tirosina hidroxilase; 5) a integridade funcional das vias dopaminérgicas pelo emprego de fármacos que desencadeiam respostas comportamentais dependentes de dopamina. O mapeamento do espectro dos efeitos induzidos pela exposição materna à FLX bem como dos mecanismos envolvidos nesses efeitos deverá: 1) sinalizar possíveis alvos que deverão ser investigados em estudos com humanos; 2) permitir que uma análise de segurança seja feita considerando a plausibilidade de efeitos similares aos de roedores acontecerem em humanos; 3) permitir que intervenções para reduzir danos aos descendentes sejam investigadas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Coordenador / Tânia Longo Mazzuco - Integrante / Matheus Azevedo Barbosa - Integrante.Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 2
2012 - 2017
Avaliação de parâmetros reprodutivos e comportamentais em ratos submetidos ao tratamento prolongado com Metilfenidato
Descrição: ranstorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é caracterizado por sintomas proeminentes de desatenção combinados ou não com hiperatividade e impulsividade, sendo uma desordem geralmente diagnosticada na infância e com prevalência mundial relativamente alta. O tratamento com psicoestimulantes tem-se mostrado bastante efetivo na diminuição dos sintomas do TDAH infantil. Dentre os psicoestimulantes, o metilfenidato é o principal agente farmacológico prescrito tanto para crianças, quanto para jovens adultos. Este fármaco atua sobre o sistema nervoso central pelo bloqueio da recaptação de dopamina (DA), aumentando sua disponibilidade na fenda sináptica. Por ter sua aplicação terapêutica em janelas de neurodesenvolvimento, a exposição crônica ao metilfenidato é preocupante, uma vez que a DA é um dos neurotransmissores envolvidos em comportamentos emocionais, bem como, no comportamento sexual e parece estar envolvida em mecanismos organizacionais e ativacionais sobre a função reprodutiva. Desta forma, apesar da justificativa do tratamento prolongado com metilfenidato e a escassez de estudos na literatura, torna-se imperativo investigar os efeitos da exposição crônica ao metilfenidato sobre a função reprodutiva em ratos machos e fêmeas.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Integrante / Daniela Cristina Ceccatto Gerardin - Coordenador / Milene Leivas Vieira - Integrante / Suzana F Paccola Mesquita - Integrante / maria josé sparça salles - Integrante / Gabriel Araújo Costa - Integrante / Bruno Montagnini - Integrante / Eliane Swely Amador Monteiro Sanches - Integrante.
Número de produções C, T & A: 3
2012 - 2017
AVALIAÇÃO DOS EFEITOS ANTINOCICEPTIVO E ANTINFLAMATÓRIO DA FRAÇÃO POLAR DOS EXTRATOS AQUOSO E ORGÂNICO DAS FOLHAS DE VERNONIA CONDENSATA BAKER EM CAMUNDONGOS
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Coordenador / Ieda S Scarminio - Integrante / Sabrina Afonso - Integrante / Waldiceu Aparecido Verri Jr - Integrante / Cássia Calixto-Campos - Integrante / Simone Bortolan - Integrante / Barbara Daiane dos Santos - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 2
2012 - 2016
Avaliação da toxicidade reprodutiva e possíveis efeitos hormonais do fungicida propiconazol em duas gerações de ratos.
Descrição: Os desreguladores endócrinos (des) são definidos pela comissão européia como uma substância ou mistura exógena que altera uma ou mais funções do sistema endócrino e, consequentemente, causam efeitos adversos na saúde de um organismo e/ou em sua descendência. pesquisas indicam uma conexão entre a exposição humana aos praguicidas e efeitos desreguladores endócrinos. O praguicida propiconazol tem capacidade de inibir, in vitro, a atividade da cyp 19 (aromatase) que converte andrógenos em estrógenos, tendo como consequência um efeito antiestrogênico, além de antagonista do receptor de androgênio. Embora existam inúmeras evidências a respeito da toxicidade do propiconazol, pouco é conhecido sobre sua toxicidade reprodutiva e o impacto desse químico na fertilidade e desenvolvimento reprodutivo, tanto no homem quanto em animais. desta forma, o presente estudo tem como objetivo verificar os efeitos como desregulador endócrino e decorrentes da exposição crônica ao propiconazol nas gerações parental e f1 de ratos machos e fêmeas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Integrante / Daniela Cristina Ceccatto Gerardin - Coordenador / Milene Leivas Vieira - Integrante / KENNIA MOURA SILVEIRA - Integrante / Nathália Orlandini Costa - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1
2012 - 2015
Avaliação do estresse oxidativo e verificação da ação antioxidante de drogas utilizadas na doença de Parkinson.
Descrição: doença de Parkinson (DP) é uma desordem neurodegenerativa progressiva que se caracteriza pela degeneração crônica dos neurônios dopaminérgicos da substância negra no estriado com manifestações clínicas motoras (Baser, 2007). Possui distribuição universal e atinge todos os grupos étnicos e classes sócio-econômicas. Sua incidência e prevalência aumentam com a idade onde segundo alguns autores há prevalência de 0,1% a 0,3% na população em geral e entre 1% a 2% em pessoas acima de 65 anos de idade (WEINTRAUB et al., 2008). Apresenta elevado impacto social e financeiro, particularmente na população mais idosa, significativa morbidade, ação incapacitante e maior risco de institucionalização (Herlofson e Larsen, 2003) Vários estudos demonstram a relação do estresse oxidativo (desequilíbrio entre substâncias pró-oxidantes e antioxidantes) provocando ou contribuindo para o desenvolvimento de uma variedade de distúrbios do sistema nervoso central principalmente em doenças neurodegenerativas, como por exemplo, na DP. Os neurônios dopaminérgicos da substância negra no estriado estão sobre ação contínua do estresse oxidativo. O motivo principal é a instabilidade que apresenta a dopamina que pode sofrer oxidação e gerar espécies reativas de oxigênio e nitrogênio, sendo esta condição complicada ainda mais pela presença de altas concentrações de ferro nessa região do cérebro neste tipo de paciente (ZECCA et al., 2004; Zhao 2009). Como a farmacoterapia para esta doença apresenta efeitos precoces ou tardios, esta prática torna-se bastante complexa (Herlofson e Larsen, 2003). O portador da DP mesmo na presença de alívio sintomático proporcionado por medicamentos, intervenções cirúrgicas e de reabilitação, possui o desafio de sua progressão. Com o acesso adequado aos cuidados de saúde, a pessoa com DP pode viver 20-30 anos após diagnóstico inicial. Contudo essas pessoas enfrentam uma deteriorização progressiva da mobilidade funcional e das atividades da vida diária, resultando muita..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Integrante / Décio Sabbatini Barbosa - Coordenador / Luciana Higachi - Integrante / Lucio Baena - Integrante / Carine Coneglian de Farias - Integrante / Edna Vissoci Reiche - Integrante / Andressa Keiko Matsumoto - Integrante / Kamila Landucci Bonifácio - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2
2012 - 2015
Rede Paranaense de Inovação e Desenvolvimento de Insumos Farmacêuticos para Terapia Fotodinâmica em Doenças Negligenciadas e Tumores em Tecidos Moles / UEL
Descrição: O projeto visa a criação da Rede Paranaense de Terapia Fotodinâmica (TFD) e dentro desta a estruturação de várias unidades (grupos de pesquisas e seus laboratórios). Envolve a Universidade Estadual de Maringá (UEM), Universidade Estadula de Ponta Grossa (UEPG), Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO) e Universidade Estadual de Londrina (UEL). Tem como objetivos estruturar e fortalecer as unidades de pesquisa em torno da TFD nas Universidades Estaduais Paranaenses, equipando-as, dando suporte financeiro e definindo as linhas de atuação e especialidade de cada unidade de pesquisa voltada à geração de novos insumos farmacêuticos para a terapia fotodinâmica, com alvo nas doenças negligenciadas e tumores de tecidos moles; propor estudo piloto para integração, capacitação e qualificação das unidades de TFD seguindo normas para registro de novos medicamentos ou novas associações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e guia para indústria farmacêutica da agência Food and Drug Administration (FDA/EUA). Valor total do projeto R$ 1.304.000,00 . Coordenador geral: Prof. Noboru Hioka ..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Integrante / Ieda S Scarminio - Integrante / Daniela Cristina Ceccatto Gerardin - Coordenador.Financiador(es): Fundo Paraná ligado a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino SuperiorPR - Auxílio financeiro.
2012 - Atual
Projeto FINEP Institucional - sub-projeto: LABORATÓRIOS INTEGRADOS DE PESQUISA EM BIOMEDICINA - LAPEB
Descrição: Resultado PRELIMINAR de aprovação no edital MCTI/FINEP/ CT-INFRA PROINFRA 01/2011 de R$ 1.526.479,00 para a contrução dos LABORATÓRIOS INTEGRADOS DE PESQUISA EM BIOMEDICINA - LAPEB. Este sub-projeto do Centro de Ciências Biológicas-UEL faz parte do projeto Institucional da Universidade Estadual de Londrina. Resumo: Nos últimos anos, o Centro de Ciências Biológicas (CCB) da Universidade Estadual de Londrina (UEL) tem adotado uma política voltada para a obtenção de recursos destinados à construção de laboratórios integrados para a pesquisa básica e aplicada. A decisão por investir recursos na construção de uma Central de Laboratórios de Diagnóstico Ambiental (LADA) é um bom exemplo disso. A presente proposta visa o fortalecimento de áreas correlacionadas com a inovação em Biomedicina, incluindo a Farmacologia, Toxicologia, Fisiologia, Neurociência, Patologia, Imunologia, Parasitologia e Microbiologia. Estas áreas compõem quatro Programas de Pós-Graduação: Patologia Experimental (conceito 5 na CAPES), Multicêntrico em Ciências Fisiológicas (conceito 4 na CAPES), Microbiologia (conceito 4 na CAPES), Análise de Comportamento (conceito 3 na CAPES). A inovação em Ciências Biomédicas exige a integração de diferentes áreas do conhecimento, que em tempos atuais não podem continuar sendo disciplinas independentes. A meta atual de compreensão de um organismo inteiro de uma forma sistemática é muito complexa e requer esforços contínuos e multidisciplinares. Esta abordagem tem sido o foco da pesquisa translacional em saúde, a qual impulsiona o surgimento de novas estratégias de investigação em Biomedicina. Assim sendo, o objetivo desta proposta é implantar o LAPEB (Laboratórios Integrados de Pesquisa em Biomedicina) no CCB-UEL, destinado à investigação da fisiopatologia de doenças crônico-degenerativas e negligenciadas e terapêutica experimental, possibilitando a integração e troca permanente de experiências entre os pesquisadores das áreas envolvidas.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Avaliação do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal e das vias dopaminérgicas em ratos expostos à fluoxetina durante a gestação e amamentação.
Descrição: A fluoxetina (FLX) é o antidepressivo de escolha para mulheres grávidas que necessitam fazer uso de antidepressivos. Estudos experimentais, incluindo estudos do nosso laboratório, têm sugerido que filhotes expostos aos antidepressivos da classe dos inibidores seletivos da recaptura de serotonina (5-HT) ISRS durante a gestação e/ou lactação apresentam aumento de ansiedade, comportamento depressivo-símile, alteração do comportamento de tomada de decisão, alteração dos níveis de corticosterona plasmática basal ou induzida por estresse. No presente projeto busca-se avançar no conhecimento sobre modos de ação envolvidos nos efeitos neurofuncionais tardios decorrentes da exposição materna à FLX avaliando-se, em ratos machos e fêmeas expostos à FLX (5 mg/kg, gavage) durante os períodos de gestação e amamentação: 1) a função do eixo HPA através de dosagem plasmática de corticosterona basal e estimulada pelo hormônio adrenocorticotrófico e hormônio liberador de corticotrofina; 2) a disponibilidade do hormônio adrenocorticotrófico na hipófise através de imuno-histoquímica para este hormônio; 3) a capacidade secretora da glândula adrenal através de imuno-histoquímica para a enzima HSD3B; 3) a biometria das glândulas hipófise e adrenal, bem como hipotálamo através da determinação de seus pesos e análises morfométricas após coloração comhematoxilina-eosina; 4) a morfologia das vias dopaminérgicas centrais através de imunohistoquímica para tirosina hidroxilase; 5) a integridade funcional das vias dopaminérgicas pelo emprego de fármacos que desencadeiam respostas comportamentais dependentes de dopamina. O mapeamento do espectro dos efeitos induzidos pela exposição materna à FLX bem como dos mecanismos envolvidos nesses efeitos deverá: 1) sinalizar possíveis alvos que deverão ser investigados em estudos com humanos; 2) permitir que uma análise de segurança seja feita considerando a plausibilidade de efeitos similares aos de roedores acontecerem em humanos; 3) permitir que intervenções para reduzir danos aos descendentes sejam investigadas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Coordenador / André D. Bacchi - Integrante / Luiz Roberto Giorgetti de Britto - Integrante / Jefferson Crespigio - Integrante / Annie Vitoria Lima - Integrante / Barbara Daiane dos Santos - Integrante / Tânia Longo Mazzuco - Integrante / Guilherme Bacarense Filgueiras - Integrante / José Antunes Rodrigues - Integrante.Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2012 - Atual
Relação entre PON1 status, uso de medicamentos, síndrome metabólica e marcadores plasmáticos de estresse oxidativo em uma população do Norte do Paraná.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Coordenador / monica maria bastos paoliello - Integrante / Rebecca Richter - Integrante / Clement Furlong - Integrante / Décio Sabbatini Barbosa - Integrante / André de Souza Nogueira - Integrante / Michael Maes - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 2
2011 - 2018
AVALIAÇÃO, EM RATOS, DE POSSÍVEIS EFEITOS TARDIOS DECORRENTES DA EXPOSIÇÃO À FLUOXETINA DURANTE A GESTAÇÃO E AMAMENTAÇÃO
Descrição: CONSIDERANDO 1) QUE A FLUOXETINA É UM DOS ANTIDEPRESSIVOS MAIS USADOS DURANTE A GRAVIDEZ; 2) QUE A SEROTONINA É UM FATOR TRÓFICO PARA O DESENVOLVIMENTO DO ORGANISMO; 3) A ESCASSEZ DE ESTUDOS SOBRE O IMPACTO DO USO DESSA DROGA DURANTE A GESTAÇÃO E AMAMENTAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL, REPRODUTIVO E CARDIOVASCULAR DA PROLE; O PRESENTE PROJETO JUSTIFICA-SE PELA BUSCA DE POSSÍVEIS ALTERAÇÕES FUNCIONAIS NOS SISTEMAS ACIMA CITADOS INDUZIDOS PELA EXPOSIÇÃO À FLUOXETINA DURANTE AS FASES INICIAIS DO DESENVOLVIMENTO..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Coordenador / Gislaine Pelosi Gomes - Integrante / André D. Bacchi - Integrante / Milene Leivas Vieira - Integrante / Alice Hartmann dos Santos - Integrante / José Francis de Oliveira - Integrante / Maurício de Afonseca e Silva - Integrante / GERARDIN, DANIELA C. C. - Integrante / Annie Vitoria Lima - Integrante / Graziela Scalianti Ceravolo - Integrante / Guilherme Bacarense Filgueiras - Integrante / Isabebella Garcia Takahashi - Integrante / Vinícius Volpini - Integrante.
Número de produções C, T & A: 10 / Número de orientações: 4
2010 - 2012
AVALIAÇÃO, EM RATOS, DA POSSÍVEL ATIVIDADE HORMONAL DO FUNGICIDA CARBENDAZIM.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Coordenador / Daniela Cristina Ceccatto Gerardin - Integrante / Milene Leivas Vieira - Integrante / Simone Bortolan - Integrante / Elkiane Macedo Rama - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2009 - 2014
Avaliação de biomarcadores de susceptibilidade na intoxicação por organofosforados em adultos e crianças: foco na otimização do processo de avaliação do risco
Descrição: Incertezas têm limitado a compreensão do impacto da exposição a praguicidas na saúde de crianças. Para melhorar este conhecimento, pesquisas na área dos biomarcadores (exposição, efeito e susceptibilidade) são necessárias. Um estudo epidemiológico longitudinal coorte na região agrícola do Yakima Valley, estado de Washington, EUA está sendo conduzido para se avaliar biomarcadores de exposição a praguicidas organofosforados bem como biomarcadores de efeito (atividade da enzima acetilcolinesterase eritrocitária e butirilcolinesterase plasmática) e biomarcadores de susceptibilidade (genotipagem e/ou fenotipagem para enzimas biotransformadoras dos organofosforados para moléculas antioxidantes) tanto em adultos quanto em crianças. Pretende-se, ao final do estudo, compreender quais são os polimorfismos gênicos que conferem a adultos e crianças maior susceptibilidade à manifestação da intoxicação por organofosforados. Estes conhecimentos poderão diminuir os fatores de incerteza utilizados na avaliação do risco para adultos e crianças em comunidades agrícolas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Integrante / Eric M Vigoren - Integrante / Willian C Griffith - Integrante / Elaine Marie Faustuman - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / National Institute of Environmental Health Sciences - Auxílio financeiro / US EPA in Washington, DC - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
2009 - 2013
Avaliação do risco reprodutivo e do desenvolvimento decorrente do uso de fitoterápicos durante a gestação e/ou lactação.
Descrição: Produtos vegetais têm sido amplamente utilizados por toda a população mundial e, como geralmente são considerados naturais e seguros, o uso acontece inclusive por populações consideradas especiais como gestantes, crianças e idosos. Muita confusão existe nas advertências feitas por agências regulatórias quanto à segurança do uso de produtos vegetais por mulheres grávidas e lactantes tornando difícil para o profissional da saúde decidir pela prescrição ou não de tais produtos bem como de orientar essa população sobre os riscos do uso, muitas vezes feito na forma de auto-medicação. Assim, propomos o presente projeto com os seguintes objetivos: 1) Realizar uma revisão sistemática da literatura para se recuperar estudos pré-clínicos e clínicos que tenham sido realizados com as espécies vegetais listadas na RENISUS (Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao SUS) que apresentem atividade sobre o Sistema Nervoso Central; 2) Avaliar os estudos recuperados de maneira estruturada para se determinar se há indicações científicas de que problemas reprodutivos ou do desenvolvimento poderiam ocorrer; 3) Realizar a avaliação do risco reprodutivo e do desenvolvimento para aquelas espécies vegetais que tiverem estudos pré-clínicos e/ou clínicos adequados para serem utilizados em tal processo; 4) Priorizar espécies que deveriam ser avaliadas quanto à segurança reprodutiva e do desenvolvimento; 5) Realizar um estudo pré-clínico em ratos para avaliar a toxicidade reprodutiva e do desenvolvimento de uma espécie vegetal que tenha se mostrado mais crítica pela análise da literatura. A realização deste projeto deverá resultar na elaboração de documentos que sintetizem o conhecimento científico atual sobre as espécies de interesse para o SUS indicando para quais existem evidências científicas relevantes de toxicidade reprodutiva ou do desenvolvimento ou de segurança para uso durante a gravidez e lactação. Também serão diagnosticadas quais espécies não apresentam dados conclusivos.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Coordenador / Daniela Cristina Ceccatto Gerardin - Integrante / André D. Bacchi - Integrante / Tiago Zaminelli - Integrante / Luiz Fernando Veríssimo - Integrante / Bianca Pontes - Integrante / Karine Boll - Integrante.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 5
2009 - 2011
Molecular Mechanisms of Pesticide-Induced Developmental Toxicity
Descrição: The overall aim of this project is to evaluate the molecular and cellular mechanisms through which specific pesticides cause neurodevelopmental toxicity, and to define the "windows of susceptibility" for these neurotoxicants. The Institute is investigating two of the most commonly used organophosphate pesticides (OP), chlorpyrifos and diazinon, as well as persistent pesticides that were used historically. Researchers focus on the molecular and cellular mechanisms of toxicity during ?windows of susceptibility,? the periods during which these pesticides can cause neurodevelopmental toxicity and disease. A systems biology-based assessment integrates in vitro and in vivo studies (as well as toxicogenomic assessments) across endpoints and functional outcomes using Physiologically-Based Toxicokinetic and Biologically Based Dose Response models. This approach allows for evaluation of the mechanisms of action, including gene environment interactions, cell cycle regulation, and oxidative stress. A systems biology approach that our Center employs leads to an integrated understanding of the critical pesticide exposures associated with neurodevelopmental toxicity..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2010
Aplicação de métodos quimiométricos no estudo fitoquímico e farmaco-toxicológico de plantas medicinais.
Descrição: A análise da qualidade de ervas medicinais abrange tópicos que vão desde a classificação e identificação da espécie botânica, doseamento de princípios ativos ou marcadores (quando conhecidos) até controle físico-químico, químico e microbiológicos. Apesar da proliferação no uso de fitoterápicos e de sua publicidade cada vez maior, o controle destes produtos, na maioria dos casos, é ainda inadequado. Sendo assim, é necessário legislar a respeito, não somente para acabar com a indústria de especulação e fraude, mas também para promover e incentivar estudos de fitoterápicos, garantindo a qualidade destes e protegendo a saúde da população. A atual legislação brasileira sobre fitoterápicos visa atender a esta demanda, através das Portarias 6/95, 16/95 e mais recentemente, pela RDC 17/00 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Considerando a importância do estudo das ervas medicinais e os aspectos acima mencionados, este projeto será constituído de três linhas de pesquisa: 1) Aplicação de métodos quimiométricos para caracterizar e identificar plantas botanicamente semelhantes (taxonomia numérica); 2) Estudo fitoquímico visando desenvolver metodologia analítica para identificar marcadores químicos e 3) Desenvolvimento de metodologia analítica para o controle de qualidade de ervas medicinais comercializadas; 4) Avaliar a atividade farmacológica e toxicológica dos diferentes extratos obtidos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Integrante / Ieda Spacino Scarminio - Coordenador / Wagner Exequiel Risso - Integrante / Fabio Doravanny - Integrante / Gabriela Lollato - Integrante / Sabrina Afonso - Integrante / Vitor Almeida Marengo - Integrante.Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 3
2005 - 2008
Avaliação comportamental e imunológica em camundongos pré-púberes e adultos, expostos à fluoxetina nos períodos pré-natal e de amamentação.
Descrição: O antidepressivo fluoxetina é um dos medicamentos mais prescritos no mundo para o tratamento de várias desordens psiquiátricas. Embora saiba-se que a fluoxetina atravesse a placenta e seja excretada no leite, a maioria das mulheres grávidas não pode deixar de receber o tratamento durante a gravidez e a amamentação e, portanto, fetos e neonatos acabam sendo expostos a este composto. A fluoxetina altera a neurotransmissão serotonérgica e, como a serotonina exerce uma influência trófica para a migração e sinaptogênese dos neurônios serotonérgicos, a alteração dos níveis de serotonina durante o desenvolvimento encefálico, pela administração de fluoxetina às mães, poderia resultar em alterações nas vias serotonérgicas da prole. O estudo de possíveis alterações comportamentais em fases posteriores da vida, desencadeadas pela exposição à fluoxetina durante o desenvolvimento, torna-se bastante importante se nós considerarmos que alterações nas vias serotonérgicas encefálicas podem desencadear várias desordens clínicas (ansiedade, agressão, depressão), bem como alterar a responsividade do organismo às intervenções terapêuticas que modulam as vias serotonérgicas. Assim sendo, os objetivos deste projeto são avaliar se a exposição à fluoxetina durante a prenhez e a amamentação: 1) induz alterações comportamentais em camundongos machos pré-púberes e adultos; 2) altera o efeito de drogas psicotrópicas, em camundongos adultos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Coordenador / Sabrina Francesca Lisboa - Integrante / Daniela CC Gerardin - Integrante / Leandro C Costa - Integrante / Thiago Gouvea - Integrante / Plinio Favaro - Integrante.Financiador(es): Fundo de Amparo Ao Ensino Pesquisa e Extensão - Auxílio financeiro / Universidade Estadual de Londrina - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 6
2004 - 2006
Avaliação comportamental em camundongos machos e fêmeas adultos expostos prolongadamente ao chumbo a partir do desmame.
Descrição: O objetivo deste projeto é avaliar se a exposição prolongada ao chumbo, a partir do desmame, induz alterações comportamentais (atividade geral, ansiedade, comportamento depressivo e agressivo) em camundongos machos e fêmeas adultos, bem como avaliar, se as possíveis alterações comportamentais podem ser revertidas com a interrupção da exposição..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Coordenador / Aline da Costa Soeiro - Integrante.Financiador(es): Fundação Araucária - Bolsa / Fundação Araucária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 2
2002 - 2004
Avaliação do comportamento de ratos machos e fêmeas adultos, expostos a baixa concentração de chumbo durante a prenhez e/ou amamentação, no teste de natação forçada.
Descrição: Neste projeto investigamos o efeito da exposição ao chumbo sobre o comportamento de ratos machos e fêmeas adultos no teste de natação forçada..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Estefânia Gastaldello Moreira - Coordenador / Carlos Alberto Saci Queiroz - Integrante / Sabrina Francesca Lisboa - Integrante / Fernanda A Komatsu - Integrante / Gisele Gonçalves - Integrante.Financiador(es): Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 3


Membro de comitê de assessoramento


2016 - Atual
Agência de fomento: Organização Mundial da Saúde


Revisor de periódico


2005 - Atual
Periódico: Physiology and Behavior
2003 - Atual
Periódico: Life Sciences
2003 - 2003
Periódico: Toxicology Letters
2002 - 2002
Periódico: Archives of Medical Research
2002 - 2002
Periódico: Archives of Environmental Contamination and Toxicology
2007 - Atual
Periódico: Reproduction, Fertility and Development
2010 - Atual
Periódico: Experimental and Toxicological Pathology
2010 - Atual
Periódico: Brain, Behavior, and Immunity
2010 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Farmacognosia (Impresso)
2010 - Atual
Periódico: Human & Experimental Toxicology
2016 - Atual
Periódico: NeuroMetals
2016 - Atual
Periódico: Canadian Journal of Physiology and Pharmacology (Print)
2016 - Atual
Periódico: The International Journal of Neuropsychopharmacology


Revisor de projeto de fomento


2013 - 2013
Agência de fomento: Ministério da Saúde
2013 - Atual
Agência de fomento: Fundação Araucária


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Toxicologia/Especialidade: Neurotoxicologia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Toxicologia/Especialidade: Toxicologia do Desenvolvimento.
3.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Saúde Materno-Infantil.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Neuropsicofarmacologia.
5.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Etnofarmacologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2013
Nome de turma dos formandos do curso de Farmácia da UEL (58 turma), .
2011
Professora homenageada, 56 turma do curso de Farmácia, UEL.
2009
SOT / AstraZeneca Travel Award para participação no 48th Annual Meeting of the Society of Toxicology (SOT), International Union of Toxicology (IUTOX).
2009
The Teratology Society Travel Award para participação no 49th Teratology Society Meeting, The Teratology Society.
2007
Nome de Turma dos Formandos do Curso de Farmácia da UEL, .
2007
Bolsa concedida pela IUTOX para participação na XII Risk Assessment Summer School, realizada na Alemanha., IUTOX.
2006
Nome de Turma dos formandos do Curso de Farmácia da UEL, .
2004
Nome de turma dos formandos do Curso de Farmácia da UEL, .
2004
Homenagem Especial, Formandos em Fisioterapia da UEL, .
2002
Melhor trabalho apresentado na Área de Toxicologia no Congresso da SBFTE, SBFTE.
1995
Diploma Horácio Passos pelo primeiro lugar no curso de Ciências Biológicas - Modalidade Médica, Rotary Club de Botucatu.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:73
Total de citações:852
Fator H:15
Moreira EG  Data: 13/10/2016

SCOPUS

Artigos completos publicados em periódicos

1.
MAES, MICHAEL2018MAES, MICHAEL ; BONIFACIO, KAMILA LANDUCCI ; MORELLI, NAYARA RAMPAZZO ; VARGAS, HEBER ODEBRECHT ; MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO ; ST. STOYANOV, DROZDSTOY ; BARBOSA, DÉCIO SABBATINI ; CARVALHO, ANDRÉ F. ; NUNES, SANDRA ODEBRECHT VARGAS . Generalized Anxiety Disorder (GAD) and Comorbid Major Depression with GAD Are Characterized by Enhanced Nitro-oxidative Stress, Increased Lipid Peroxidation, and Lowered Lipid-Associated Antioxidant Defenses. NEUROTOXICITY RESEARCH, v. epub, p. 1-24, 2018.

2.
SILVA, A.S.2018SILVA, A.S. ; TOFFOLI, L.V. ; ESTRADA, V.B. ; VERÍSSIMO, L.F. ; FRANCIS-OLIVEIRA, J. ; MOREIRA, E.G. ; GOMES, M.V. ; PELOSI, G.G. . Maternal exposure to fluoxetine during gestation and lactation induces long lasting changes in the DNA methylation profile of offspring?s brain and affects the social interaction of rat. BRAIN RESEARCH BULLETIN, v. 142, p. 409-413, 2018.

3.
NUNES, CAROLINE SAMPAIO2018NUNES, CAROLINE SAMPAIO ; MAES, MICHAEL ; ROOMRUANGWONG, CHUTIMA ; MORAES, JULIANA BRUM ; BONIFACIO, KAMILA LANDUCCI ; VARGAS, HEBER ODEBRECHT ; BARBOSA, DECIO SABBATINI ; ANDERSON, GEORGE ; DE MELO, LUIZ GUSTAVO PICCOLI ; DROZDSTOJ, STOYANOV ; MOREIRA, ESTEFANIA ; CARVALHO, ANDRÉ F. ; NUNES, SANDRA ODEBRECHT VARGAS . Lowered quality of life in mood disorders is associated with increased neuro-oxidative stress and basal thyroid-stimulating hormone levels and use of anticonvulsant mood stabilizers. JOURNAL OF EVALUATION IN CLINICAL PRACTICE, v. 24, p. 869-878, 2018.

4.
HIGASHI, CAROLINA M.2018HIGASHI, CAROLINA M. ; SARTORETTO, SIMONE M. ; ECHEM, CINTHYA ; LUCCHETTI, BRUNO F.C. ; CARVALHO, MARIA HELENA C. DE ; PELOSI, GISLAINE G. ; PINGE-FILHO, PHILENO ; GERARDIN, DANIELA C.C. ; MOREIRA, ESTEFÂNIA G. ; AKAMINE, ELIANA H. ; CERAVOLO, GRAZIELA S. . Intrauterine and lactational exposure to fluoxetine enhances endothelial modulation of aortic contractile response in adult female rats. VASCULAR PHARMACOLOGY, v. 108, p. 67-73, 2018.

5.
MONTAGNINI, BRUNO GARCIA2018MONTAGNINI, BRUNO GARCIA ; PERNONCINE, KARINE VANDRESSA ; BORGES, LORENA IRENO ; COSTA, NATHALIA ORLANDINI ; Moreira, Estefânia Gastadello ; ANSELMO-FRANCI, JANETE APARECIDA ; KISS, ANA CAROLINA INHASZ ; GERARDIN, DANIELA CRISTINA CECCATTO . Investigation of the potential effects of triclosan as an endocrine disruptor in female rats: Uterotrophic assay and two-generation study. TOXICOLOGY, v. 410, p. 152-165, 2018.

6.
BOLL, KARINE MARIA2017BOLL, KARINE MARIA ; NOTO, CRISTIANO ; BONIFÁCIO, KAMILA LANDUCCI ; BORTOLASCI, CHIARA CRISTINA ; GADELHA, ARY ; BRESSAN, RODRIGO AFFONSECA ; BARBOSA, DÉCIO SABBATINI ; MAES, MICHAEL ; Moreira, Estefania Gastaldello . Oxidative and nitrosative stress biomarkers in chronic schizophrenia. PSYCHIATRY RESEARCH, v. 253, p. 43-48, 2017.

7.
Moreira, Estefania Gastaldello2017Moreira, Estefania Gastaldello; CORREIA, DALMO GUILHERME ; BONIFÁCIO, KAMILA LANDUCCI ; MORAES, JULIANA BRUM DE ; CAVICCHIOLI, FERNANDA LIBONI ; NUNES, CAROLINA SAMPAIO ; NUNES, SANDRA ODEBRECHT VARGAS ; VARGAS, HEBER ODEBRECHT ; BARBOSA, DÉCIO SABBATINI ; MAES, MICHAEL . Lowered PON1 activities are strongly associated with depression and bipolar disorder, recurrence of (hypo)mania and depression, increased disability and lowered quality of life.. WORLD JOURNAL OF BIOLOGICAL PSYCHIATRY, v. 30, p. 1-13, 2017.

8.
ROOMRUANGWONG, CHUTIMA2017ROOMRUANGWONG, CHUTIMA ; BARBOSA, DECIO SABBATINI ; MATSUMOTO, ANDRESSA KEIKO ; NOGUEIRA, ANDRÉ DE SOUZA ; KANCHANATAWAN, BURANEE ; SIRIVICHAYAKUL, SUNEE ; CARVALHO, ANDRÉ F. ; DULEU, SEBASTIEN ; GEFFARD, MICHEL ; Moreira, Estefania Gastaldello ; MAES, MICHAEL . Activated neuro-oxidative and neuro-nitrosative pathways at the end of term are associated with inflammation and physio-somatic and depression symptoms, while predicting outcome characteristics in mother and baby. JOURNAL OF AFFECTIVE DISORDERS, v. 223, p. 49-58, 2017.

9.
LANDUCCI BONIFÁCIO, KAMILA2017LANDUCCI BONIFÁCIO, KAMILA ; SABBATINI BARBOSA, DÉCIO ; GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFÂNIA ; DE FARIAS, CARINE CONEGLIAN ; HIGACHI, LUCIANA ; CAMARGO, ALISSANA ESTER IAKMIU ; FAVARO SOARES, JANAINA ; ODEBRECHT VARGAS, HEBER ; NUNES, SANDRA ODEBRECHT VARGAS ; BERK, MICHAEL ; DODD, SEETAL ; MAES, MICHAEL . Indices of insulin resistance and glucotoxicity are not associated with bipolar disorder or major depressive disorder, but are differently associated with inflammatory, oxidative and nitrosative biomarkers. JOURNAL OF AFFECTIVE DISORDERS, v. 222, p. 185-194, 2017.

10.
VIEIRA, MILENE LEIVAS2017VIEIRA, MILENE LEIVAS ; COSTA, NATHÁLIA ORLANDINI ; PEREIRA, MARINA RANGEL F. ; DE FÁTIMA PACCOLA MESQUITA, SUZANA ; MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO ; GERARDIN, DANIELA CRISTINA CECCATTO . Chronic exposure to the fungicide propiconazole: Behavioral and reproductive evaluation of F1 and F2 generations of male rats. TOXICOLOGY, v. 389, p. 85-93, 2017.

11.
DE FARIAS, CARINE CONEGLIAN2017DE FARIAS, CARINE CONEGLIAN ; MAES, MICHAEL ; BONIFÁCIO, KAMILA LANDUCCI ; MATSUMOTO, ANDRESSA K. ; BORTOLASCI, CHIARA CRISTINA ; NOGUEIRA, ANDRÉ DE SOUZA ; BRINHOLI, FRANCIS FREGONESI ; MORIMOTO, H ; BAENA, L. ; MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO ; BARBOSA, DÉCIO S. . Parkinson's Disease is Accompanied by Intertwined Alterations in Iron Metabolism and Activated Immune-inflammatory and Oxidative Stress Pathways.. CNS & Neurological Disorders-Drug Targets, v. 16, p. 484-491, 2017.

12.
MARQUES, BRUNO V.D.2017MARQUES, BRUNO V.D. ; HIGASHI, CAROLINA M. ; NOVI, DANIELLA R.B. DA S. ; ZANLUQUI, NAGELA G. ; GREGÓRIO, THAIS F. ; PINGE-FILHO, PHILENO ; GERARDIN, DANIELA C.C ; GOMES, GISLAINE P. ; MOREIRA, ESTEFÂNIA G. ; CERAVOLO, GRAZIELA S. . Intrauterine and lactation exposure to fluoxetine blunted in the offspring the aortic adaptive response induced by acute restraint stress. EUROPEAN JOURNAL OF PHARMACOLOGY, v. 813, p. 147-152, 2017.

13.
COSTA, G.A.2016COSTA, G.A. ; GALVÃO, T.C. ; BACCHI, A. D. ; MOREIRA, E.G. ; SALLES, M.J.S. . Investigation of possible teratogenic effects in the offspring of mice exposed to methylphenidate during pregnancy. Reproductive BioMedicine Online (Print), v. 32, p. 170-177, 2016.

14.
FARIAS, CARINE CONEGLIAN DE2016FARIAS, CARINE CONEGLIAN DE ; MAES, MICHAEL ; BONIFÁCIO, KAMILA LANDUCCI ; BORTOLASCI, CHIARA CRISTINA ; NOGUEIRA, ANDRÉ DE SOUZA ; BRINHOLI, FRANCIS FREGONESI ; MATSUMOTO, ANDRESSA KEIKO ; NASCIMENTO, MATHEUS AMARANTE DO ; MELO, LÚCIO BAENA DE ; NIXDORF, SUZANA LUCY ; LAVADO, EDSON LOPES ; MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO ; BARBOSA, DÉCIO SABBATINI . Highly specific changes in antioxidant levels and lipid peroxidation in Parkinson's disease and its progression: disease and staging biomarkers and new drug targets.. Neuroscience Letters (Print), v. 617, p. 66-71, 2016.

15.
HIGASHI, CAROLINA M.2016HIGASHI, CAROLINA M. ; MATSUMOTO, ANDRESSA K. ; GAMEIRO, JULIANA G. ; MOURA, KAWANE F. ; HIGACHI, LUCIANA ; OLIVEIRA, LETICIA ; BARBOSA, DÉCIO S. ; MOREIRA, ESTEFÂNIA G. ; CERAVOLO, GRAZIELA S. . Does fish oil or folic acid prevent vascular changes in female progeny caused by maternal exposure to fluoxetine?. Life Sciences (1973), v. 152, p. 165-170, 2016.

16.
NOGUEIRA, A. S.2016NOGUEIRA, A. S. ; CAMARGO, A. E. ; REMOND, F. A. ; PAOLIELLO, M. M. B. ; RICHTER, R. ; FURLONG, C. ; BARBOSA, D. S. ; MAES, M. ; MOREIRA, E.G. . Paraoxonase 1 (PON1) Q192R genotypes and their interaction with smoking strongly increase atherogenicity and the Framingham risk score. Archives of Endocrinology and Metabolism, v. 60, p. 426-435, 2016.

17.
DOS SANTOS, ALICE HARTMANN2016DOS SANTOS, ALICE HARTMANN ; VIEIRA, MILENE LEIVAS ; DE AZEVEDO CAMIN, NATHÁLIA ; ANSELMO-FRANCI, JANETE APARECIDA ; CERAVOLO, GRAZIELA SCALIANTI ; PELOSI, GISLAINE GARCIA ; MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO ; KISS, ANA CAROLINA INHASZ ; MESQUITA, SUZANA DE FÁTIMA PACCOLA ; GERARDIN, DANIELA CRISTINA CECCATTO . In utero and lactational exposure to fluoxetine delays puberty onset in female rats offspring. Reproductive Toxicology (Elmsford, N.Y.), v. 62, p. 1-8, 2016.

18.
MATSUMOTO, A. K.2016MATSUMOTO, A. K. ; HIGASHI, C. M. ; LANDUCCI, K. B. ; BARBOSA, M. A. ; KLEIN, R. ; FILGUEIRAS, G. B. ; CERAVOLO, G. S. ; MOREIRA, E.G. . Co-exposure to fish oil or folic acid does not reverse effects in the progeny induced by maternal exposure to fluoxetine.. Neurotoxicology and Teratology, v. 56, p. 1-8, 2016.

19.
BRINHOLI, FRANCIS FREGONESI2016BRINHOLI, FRANCIS FREGONESI ; FARIAS, CARINE CONEGLIAN DE ; BONIFÁCIO, KAMILA LANDUCCI ; HIGACHI, LUCIANA ; CASAGRANDE, RÚBIA ; MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO ; BARBOSA, DÉCIO SABBATINI . Clozapine and olanzapine are better antioxidants than haloperidol, quetiapine, risperidone and ziprasidone in in vitro models. Biomedicine & Pharmacotherapy, v. 81, p. 411-415, 2016.

20.
NUNES, S. O. V.2015NUNES, S. O. V. ; CASTRO, M. R. P. ; MOREIRA, E.G. ; GUEMBAROVSKI, R. L. ; BARBOSA, D. S. ; VARGAS, H. O. ; MELO, L. G. P. ; BORTOLASCI, C. C. ; WATANABE, M. A. ; DODD, SEETAL ; BERK, MICHAEL ; MAES, MICHAEL . Association of paraoxonase (PON)1 activity, glutathione S-transferase GST T1/M1 and STin.2 polymorphisms with comorbidity of tobacco use disorder and mood disorders. Neuroscience Letters (Print), v. 585, p. 132-137, 2015.

21.
BORTOLASCI, CHIARA CRISTINA2015BORTOLASCI, CHIARA CRISTINA ; VARGAS, HEBER ODEBRECHT ; VARGAS NUNES, SANDRA ODEBRECHT ; DE MELO, LUIZ GUSTAVO PICCOLI ; DE CASTRO, MÁRCIA REGINA PIZZO ; Moreira, Estefania Gastaldello ; DODD, SEETAL ; BARBOSA, DÉCIO SABBATINI ; BERK, MICHAEL ; MAES, MICHAEL . Factors influencing insulin resistance in relation to atherogenicity in mood disorders, the metabolic syndrome and tobacco use disorder. Journal of Affective Disorders (Print), v. 179, p. 148-155, 2015.

22.
RODRIGUES, GELSON M.2015RODRIGUES, GELSON M. ; TOFFOLI, LEANDRO V. ; MANFREDO, MARCELO H. ; FRANCIS-OLIVEIRA, JOSÉ ; SILVA, ANDREY S. ; RAQUEL, HIVINY A. ; MARTINS-PINGE, MARLI C. ; MOREIRA, ESTEFÂNIA G. ; FERNANDES, KAREN B. ; PELOSI, GISLAINE G. ; GOMES, MARCUS V. . Acute stress affects the global DNA methylation profile in rat brain: Modulation by physical exercise. Behavioural Brain Research, v. 279, p. 123-128, 2015.

23.
BRINHOLI, F. F.2015BRINHOLI, F. F. ; NOTO, C. ; MAES, M. ; LANDUCCI, K. B. ; BRIETZKE, E. ; OTA, V. K. ; GADELHA, A. ; CORDEIRO, Q. ; BELANGERO, S. I. ; BRESSAN, R. A. ; VARGAS, H. O. ; HIGACHI, L. ; FARIAS, C. C. ; MOREIRA, E.G. ; BARBOSA, D. S. . Lowered paraoxonase 1 (PON1) activity is associated with increased cytokine levels in drug naïve first episode psychosis. Schizophrenia Research (Print), v. 166, p. 225-230, 2015.

24.
BERNARDES, SARA SANTOS2015BERNARDES, SARA SANTOS ; SOUZA-NOGUEIRA, ANDRÉ ; MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO ; KISHIMA, MARINA OKUYAMA ; GUEMBAROVSKI, ALDA FIORINA MARIA LOSI ; TURINI, TERCILIO LUIZ ; TURINI, CONCEIÇÃO APARECIDA . Nimesulide-induced fatal acute liver failure in an elderly woman with metastatic biliary adenocarcinoma. A case report. Sao Paulo Medical Journal, v. 133, p. 371-376, 2015.

25.
Afonso S2015Afonso S ; MATOS, A. C. ; Marengo VA ; MOREIRA, E.G. ; SOARES, D. X. ; KOOLEN, H. H. F. ; SCARMINIO, I. S. . Seasonal Effects on HPLC-DAD-UV and UPLC-ESI-MS Fingerprints and Analgesic Activities of Vernonia Condensata Baker Extracts. Journal of the Brazilian Chemical Society (Impresso), v. 26, p. 350-358, 2015.

26.
Boll K2014Boll K ; BORTOLASCI, C. C. ; Zaminelli T ; Veríssimo LF ; BACCHI, A. D. ; HIGACHI, L. ; BARBOSA, D. S. ; MOREIRA, E.G. . Passiflora incarnata treatment during gestation and lactation: toxicological and antioxidant evaluation in wistar dams. Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences (Impresso), v. 50, p. 353-359, 2014.

27.
BORTOLASCI, C. C.2014BORTOLASCI, C. C. ; VARGAS, H. O. ; NOGUEIRA, A. S. ; BARBOSA, D. S. ; MOREIRA, E.G. ; NUNES, S. O. V. ; BERK, M. ; DODD, S. ; MAES, M. . Lowered plasma paraoxonase (PON)1 activity is a trait marker of unipolar depression and PON1 Q192R gene polymorphism ? smoking interactions differently predict the odds of unipolar and bipolar disorder.. Journal of Affective Disorders (Print), v. 159, p. 23-30, 2014.

28.
TOFOLLI, L. V.2014TOFOLLI, L. V. ; RODRIGUES, G. M. ; OLIVEIRA, J. F. ; SILVA, A. S. ; Moreira, EG ; GOMES, G. P. ; GOMES, M. V. . Maternal exposure to fluoxetine during gestation and lactation affects the DNA methylation programming of rat's offspring: Modulation by folic acid supplementation. Behavioural Brain Research, v. 265, p. 142-147, 2014.

29.
RAMA, E. M.2014RAMA, E. M. ; BORTOLAN, S. ; VIEIRA, M. L. ; GERARDIN, DCC ; MOREIRA, E. G. . Reproductive and possible hormonal effects of carbendazim. Regulatory Toxicology and Pharmacology, p. 476-486, 2014.

30.
FARIAS, C. C.2014FARIAS, C. C. ; LANDUCCI, K. B. ; MATSUMOTO, A. K. ; HIGACHI, L. ; CASAGRANDE, R. ; MOREIRA, E. G. ; BARBOSA, D. S. . Comparison of the antioxidant potential of antiparkinsonian drugs in different in vitro models. Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences (Impresso), v. 50, p. 819-826, 2014.

31.
BORTOLASCI, CHIARA CRISTINA2014BORTOLASCI, CHIARA CRISTINA ; VARGAS, HEBER ODEBRECHT ; SOUZA-NOGUEIRA, ANDRÉ ; GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFANIA ; VARGAS NUNES, SANDRA ODEBRECHT ; BERK, MICHAEL ; DODD, SEETAL ; BARBOSA, DÉCIO SABBATINI ; MAES, MICHAEL . Paraoxonase (PON)1 Q192R functional genotypes and PON1 Q192R genotype by smoking interactions are risk factors for the metabolic syndrome, but not overweight or obesity. Redox Report (Edinburgh), v. 19, p. 232-241, 2014.

32.
BORTOLASCI, C. C.2014BORTOLASCI, C. C. ; MAES, M. ; VARGAS, H. O. ; NOGUEIRA, A. S. ; MOREIRA, E.G. ; NUNES, S. O. V. ; BERK, M. ; DODD, S. ; BARBOSA, D. S. . Paraoxonase 1 status and interactions between Q192R functional genotypes by smoking contribute significantly to total plasma radical trapping antioxidant potential. Neuroscience Letters (Print), v. 581, p. 46-51, 2014.

33.
LEITE, V S2013LEITE, V S ; Oliveira, R.J. ; MONTOVANI, MS ; MOREIRA, E. G. ; SALLES, M.J.S. . CHLOROPHYLLIN IN THE INTRA-UTERINE DEVELOPMENT OF MICE EXPOSED OR NOT TO CYCLOPHOSPHAMIDE. Acta Scientiarum. Health Sciences (Online), v. 35, p. 201-210, 2013.

34.
VIEIRA, M. L.2013VIEIRA, M. L. ; HAMADA, R. Y. ; GONZAGA, N. I. ; BACCHI, A. D. ; MOREIRA, E. G. ; MESQUITA, S.F.P. ; GERARDIN, DCC . Could maternal exposure to the antidepressants fluoxetine and St. John's Wort induce long-term reproductive effects on male rats?. Reproductive Toxicology (Elmsford, N.Y.), v. 35, p. 102-107, 2013.

35.
MARIANNO, P.2013MARIANNO, P. ; SALLES, M.J.S. ; SONEGO, A.B. ; COSTA, G.A. ; GALVÃO, T.C. ; LIMA, G.Z. ; MOREIRA, E.G. . Gestational exposure to yellow fever vaccine at different developmental stages induces behavioral alterations in the progeny. Neurotoxicology and Teratology, v. 35, p. 21-27, 2013.

36.
OLIVEIRA, J. F.2013OLIVEIRA, J. F. ; PONTE, B. ; BARBOSA, A. P. M. ; Veríssimo LF ; GOMES, M. V. ; GOMES, G. P. ; BRITTO, L. R. G. ; MOREIRA, E.G. . Fluoxetine exposure during pregnancy and lactation: Effects on acute stress response and behavior in the novelty-suppressed feeding are age and gender-dependent in rats. Behavioural Brain Research, v. 252, p. 195-203, 2013.

37.
CALIXTO-CAMPOS, C.2013CALIXTO-CAMPOS, C. ; ZARPELON, A. ; CORREA, M. ; CARDOSO, R. ; PINHO-RIBEIRO, F. ; CECCHINI, R. ; MOREIRA, E.G. ; CRESPIGIO, J. ; CASAGRANDE, R. ; VERRI JR, W.A. . The Ehrlich Tumor Induces Pain-Like Behavior in Mice: A Novel Model of Cancer Pain for Pathophysiological Studies and Pharmacological Screening. BioMed Research International, v. 2013, p. 1-12, 2013.

38.
BACCHI, ANDRÉ D.2013BACCHI, ANDRÉ D. ; PONTE, BIANCA ; VIEIRA, MILENE L. ; DE PAULA, JAQUELINE C. C. ; MESQUITA, SUZANA F. P. ; GERARDIN, DANIELA C. C. ; MOREIRA, ESTEFÂNIA G. . Developmental exposure to Passiflora incarnata induces behavioural alterations in the male progeny. Reproduction, Fertility and Development, v. 25, p. 782-789, 2013.

39.
VIEIRA, M. L.2013VIEIRA, M. L. ; SANTOS, A. H. ; SILVA, L. S. ; FERNANDES, G. S. A. ; KISS, A. C. I. ; MOREIRA, E.G. ; MESQUITA, S.F.P. ; GERARDIN, DCC . LACTATIONAL EXPOSURE TO SULPIRIDE: ASSESSMENT OF MATERNAL CARE AND REPRODUCTIVE AND BEHAVIORAL PARAMETERS OF MALE RAT PUPS. Physiology & Behavior, v. 122C, p. 76-83, 2013.

40.
MONTAGNINI, B.2013MONTAGNINI, B. ; BORTOLAN, S. ; SANTOS, B. D. ; BARBOSA, A. P. M. ; CAMIN, N. A. ; GERARDIN, DCC ; MOREIRA, E.G. . Evaluation of Escitalopram, Sertraline, and Methylphenidate in the Immature Rat Uterotrophic Assay. International Journal of Toxicology, v. 32, p. 426-430, 2013.

41.
ROBINSON, J. F.2011ROBINSON, J. F. ; YU, X. ; HONG, S. W. ; FAUSTMAN, E.M. ; MOREIRA, E.G. . Arsenic- and cadmium-induced toxicogenomic response in mouse embryos undergoing neurulation. Toxicology and Applied Pharmacology, v. 250, p. 117-129, 2011.

42.
Verissimo, Luiz Fernando2011Verissimo, Luiz Fernando ; Bacchi, Andre D. ; Zaminelli, Tiago ; Paula, Gustavo Henrique O. de ; Moreira, Estefania G. . Herbs of interest to the Brazilian Federal Government: female reproductive and developmental toxicity studies. Revista Brasileira de Farmacognosia (Impresso), v. 21, p. 1163-1171, 2011.

43.
Moreira, Estefania G.2010 Moreira, Estefania G.; Yu, Xiaozhong ; Robinson, Joshua F. ; Griffith, Willian ; Hong, Sung Woo ; Beyer, Richard P. ; Bammler, Theo K. ; Faustman, Elaine M. . Toxicogenomic profiling in maternal and fetal rodent brains following gestational exposure to chlorpyrifos. Toxicology and Applied Pharmacology, v. 245, p. 310-325, 2010.

44.
Risso WE2010Risso WE ; SCARMINIO, I. S. ; MOREIRA, E. G. . Antinociceptive and acute toxicity evaluation of Vernonia condensata leaves extracted with different solvents and their mixtures. Indian Journal of Experimental Biology, v. 48, p. 811-816, 2010.

45.
LOLLATO, G.2010LOLLATO, G. ; SCARMINIO, I. S. ; MOREIRA, E. G. . Behavioral effects of aqueous and dichloromethane extracs or Erythrina speciosa leaves in mice. Revista Brasileira de Farmacognosia (Impresso), v. 20, p. 1-6, 2010.

46.
YU, X.2009YU, X. ; HONG, S. W. ; MOREIRA, E. G. ; FAUSTMAN, E.M. . Improving in vitro Sertoli cell/Gonocyte co-culture model for assessing male reproductive toxicity: lessons learned from comparisons of cytotoxicity versus genomic responses to phthalates. Toxicology and Applied Pharmacology, v. 239, p. 325-336, 2009.

47.
GERARDIN, Daniela Cc2008GERARDIN, Daniela Cc ; PIFFER, R. C. ; MOREIRA, E. G. ; GARCIA, Patrícia ; PEREIRA, Oduvaldo Câmara Marques . Reproductive and neurochemical aspects of adult male rats exposed prenatally to an aromatase inhibitor.. Reproduction, Fertility and Development, v. 20, p. 557-562, 2008.

48.
FAVARO, P2008FAVARO, P ; COSTA, L ; MOREIRA, E. G. . Maternal fluoxetine treatment decreases behavioral response to dopaminergic drugs in female pups. Neurotoxicology and Teratology, v. 30, p. 487-494, 2008.

49.
GOUVEA, T2008GOUVEA, T ; MORIMOTO, H ; DEFARIA, M ; MOREIRA, E. G. ; GERARDIN, D . Maternal exposure to the antidepressant fluoxetine impairs sexual motivation in adult male mice. Pharmacology, Biochemistry and Behavior, v. 90, p. 416-419, 2008.

50.
Soeiro, A. C.2007Soeiro, A. C. ; Gouvea, T. S. ; MOREIRA, E. G. . Behavioral effects induced by subchronic exposure to Pb and their reversion are concentration and gender dependent. Human & Experimental Toxicology, v. 26, p. 733-739, 2007.

51.
OLIVEIRA, Vanessa Kelly de2007OLIVEIRA, Vanessa Kelly de ; MOREIRA, E. G. . MACONHA: FATOR DESENCADEADOR DE ESQUIZOFRENIA?. Semina. Ciências Biológicas e da Saúde, v. 28, p. 99-108, 2007.

52.
Lisboa, Sabrina F.S.2007 Lisboa, Sabrina F.S. ; Oliveira, Paulo E. ; Costa, Leandro C. ; VENÂNCIO, Emerson José ; MOREIRA, E. G. . Behavioral Evaluation of Male and Female Mice Pups Exposed to Fluoxetine during Pregnancy and Lactation. Pharmacology, v. 80, p. 49-56, 2007.

53.
BARONEZA, José Eduardo2007BARONEZA, José Eduardo ; MOREIRA, Camila Queiroz ; MOREIRA, E. G. ; FARIA, M J S S . Avaliação toxicológica e reprodutiva de camundongos machos adultos tratados com femproporex.. Acta Scientiarum. Health Sciences (Online), v. 29, p. 115-120, 2007.

54.
GERARDIN, D2006GERARDIN, D ; BERNARDI, M ; MOREIRA, E ; PEREIRA, O . Neuroendocrine and reproductive aspects of adult male rats exposed neonatally to an antiestrogen. Pharmacology, Biochemistry and Behavior, Disponível online desde 02/05/, v. 83, p. 618-623, 2006.

55.
LISBOA, Sabrina Francesca2005LISBOA, Sabrina Francesca ; GONÇALVES, Gisele ; KOMATSU, Fernanda A ; QUEIROZ, Carlos Alberto Saci ; ALMEIDA, Alaor Aparecido de ; MOREIRA, E. G. . Developmental lead exposure induces depressive-like behavior in female rats.. Drug and Chemical Toxicology (New York), v. 28, n.1, p. 67-77, 2005.

56.
Moreira, CQ2005Moreira, CQ ; Faria, MJSS ; Baroneza, JE ; Oliveira, RJ ; Moreira, EG . Developmental exposure to fenproporex: reproductive and morphological evaluation. Human & Experimental Toxicology, Inglaterra, v. 24, p. 397-402, 2005.

57.
Moreira, CQ2005Moreira, CQ ; Faria, MJSS ; Moreira, EG . Behavioral neurotoxicity in adolescent and adult mice exposed to fenproporex during pregnancy. Human & Experimental Toxicology, Inglaterra, v. 24, p. 403-408, 2005.

58.
GERARDIN, D2005GERARDIN, D ; PEREIRA, O ; KEMPINAS, W ; FLORIO, J ; MOREIRA, E. G. ; BERNARDI, M . Sexual behavior, neuroendocrine, and neurochemical aspects in male rats exposed prenatally to stress. Physiology & Behavior, v. 84, p. 97-104, 2005.

59.
MALVEZZI, C. K.2001MALVEZZI, C. K. ; MOREIRA, E. G. ; VASSILIEFF, I. ; VASSILIEFF, V. S. ; CORDELLINI, Sandra . Effects of L-arginine, DMSA and the association of L-arginine and DMSA on tissue-lead mobilization and blood pressure level in plumbism.. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 34, p. 1341-1346, 2001.

60.
MOREIRA, E2001 MOREIRA, E. Developmental lead exposure: behavioral alterations in the short and long term. Neurotoxicology and Teratology, v. 23, p. 489-495, 2001.

61.
MOREIRA, E2001MOREIRA, E; ROSA, G. J. M. ; BARROS, S. B. M. ; VASSILIEFF, V. S. ; VASSILIEFF, I. . Antioxidant defense in rat brain regions after developmental lead exposure. Toxicology, v. 169, p. 145-151, 2001.

62.
MOREIRA, E2000MOREIRA, E. Gabaergic Benzodiazepine System is Involved in the Crotoxin-Induced Anxiogenic Effect. Pharmacology, Biochemistry and Behavior, v. 65, n.1, p. 7-13, 2000.

63.
Gallacci, M1998Gallacci, M ; MOREIRA, E. G. . Reduction of crotoxin-induced neuromuscular blockade by gamma radiation. Toxicon, v. 36, p. 941-945, 1998.

64.
MOREIRA, E. G.;MOREIRA EG;Estefânia G. Moreira;Moreira, Estefania G.;Moreira, Estefania Gastaldello;Moreira, Estef´nia G;MOREIRA, E.G.;MOREIRA, ESTEFÂNIA G.;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFANIA;MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO;Moreira, Estefânia Gastaldelo;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFÂNIA;MOREIRA, ESTEFANIA;Moreira, Estefânia Gastaldello;Moreira, Estefânia Gastadello1997MOREIRA, E. G.; NASCIMENTO, N. ; ROSA, G. J. M. ; ROGERO, J. R. ; VASSILIEFF, V. S. . Effect of gamma irradiation on the behavioral properties of crotoxin.. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, Ribeirão Preto, v. 30, p. 245-249, 1997.

65.
MOREIRA, E. G.;MOREIRA EG;Estefânia G. Moreira;Moreira, Estefania G.;Moreira, Estefania Gastaldello;Moreira, Estef´nia G;MOREIRA, E.G.;MOREIRA, ESTEFÂNIA G.;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFANIA;MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO;Moreira, Estefânia Gastaldelo;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFÂNIA;MOREIRA, ESTEFANIA;Moreira, Estefânia Gastaldello;Moreira, Estefânia Gastadello1996MOREIRA, E. G.; NASCIMENTO, N. ; ROSA, G. J. M. ; ROGERO, J. R. ; VASSILIEFF, V. S. . Crotoxin-induced behavioral effects in rats.. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 29, p. 629-632, 1996.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FAVARO, Plinio ; COSTA, Leandro C ; GOUVEA, Thiago ; MOREIRA EG . Influência da exposição à fluoxetina nos períodos pré-natal e de amamentação sobre a resposta comportamental de camundongos machos e fêmeas às drogas psicotrópicas 8-OH-DPAT e diazepam.. In: XVI EAIC, 2007, Maringá. Encontro Anual de Iniciação Científica ... Encontro de Pesquisa da UEPG (CD-Rom), 2007. p. 01-03.

2.
COSTA, Leandro C ; GOUVEA, Thiago ; SOEIRO, Aline da Costa ; MOREIRA, E. G. . AVALIAÇÃO DA ANSIEDADE EM CAMUNDONGOS MACHOS E FÊMEAS EXPOSTOS PROLONGADAMENTE AO CHUMBO A PARTIR DO DESMAME.. In: Encontro Anual de Iniciação Científica, 2006, Ponta Grossa. Anais do EAIC, 2006. p. 01-03.

3.
GOUVEA, Thiago ; SOEIRO, Aline da Costa ; COSTA, Leandro C ; MOREIRA, E. G. . AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO DEPRESSIVO E DA AGRESSIVIDADE EM CAMUNDONGOS ADULTOS EXPOSTOS PROLONGADAMENTE AO CHUMBO A PARTIR DO DESMAME.. In: Encontro Anual de Iniciação Científica, 2006, Ponta Grossa. Anais do EAIC, 2006. p. 01-03.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
LIMA, A. V. ; MONTAGNINI, B. ; BORTOLAN, S. ; SANTOS, B. D. ; BARBOSA, A. P. M. ; CAMIN, N. A. ; MOREIRA, E.G. . Sertralina e escitalopram não apresentam atividade estrogenica no teste uterotrofico em ratas imaturas.. In: XXIII EAIC, 2014, Londrina. Anais do EAIC, 2014. v. 1. p. 1-4.

2.
OLIVEIRA, L. C. ; SILVA, M. A. ; HIGASHI, C. M. ; GERARDIN, DCC ; MOREIRA, E.G. ; PELOSI, G. G. ; CERAVOLO, G. S. . Exposição intra-uterina e durante a amamentação à fluoxetina intensifica a modulação promovida por fatores relaxantes derivados do endotélio sobre a contração da aorta de ratas na vida adulta.. In: XXIII EAIC, 2014, Londrina. Anais do EAIC, 2014. v. 1. p. 1-4.

3.
SANTOS, B. D. ; BORTOLAN, S. ; Afonso S ; SCARMINIO, I. S. ; VERRI JR, W.A. ; MOREIRA, E.G. . Avaliação do efeito anti-inflamatório da fração polar do extrato aquoso das folhas de Vernonia condensata baker em camundongos. In: XXIII EAIC, 2014, Londrina. Anais do EAIC, 2014. v. 1. p. 1-4.

4.
LIMA, A. V. ; TAKAHASHI, I. G. ; OLIVEIRA, J. F. ; MOREIRA, E.G. . Avaliação comportamental em ratos machos e fêmeas expostos à fluoxetina durante a gestação e amamentação. In: 22 Encontro Anual de Iniciação Científica (EAIC), 2013, Cascavel. Anais do 22 EAIC, 2013. v. 1. p. 1-4.

5.
SANTOS, B. D. ; BORTOLAN, S. ; Afonso S ; VERRI JR, W.A. ; SCARMINIO, I. S. ; CALIXTO-CAMPOS, C. ; MOREIRA, E.G. . AVALIAÇÃO DOS EFEITOS ANTINOCICEPTIVO E ANTI-INFLAMATÓRIO DA FRAÇÃO POLAR DO EXTRATO AQUOSO DAS FOLHAS DE Vernonia condensata BAKER EM CAMUNDONGOS. In: 22 Encontro Anual de Iniciação Científica (EAIC), 2013, Cascavel. Anais do 22 EAIC, 2013. v. 1. p. 1-4.

6.
BARBOSA, A. P. M. ; BACCHI, A. D. ; Moreira, EG . Avaliação do potencial desregulador hormonal da Passiflora incarnata em ratas pré-púberes. In: 21 Encontro Anual de Iniciação Científica, 2012, Maringá. Anais do EAIC, 2012. p. 1-4.

7.
PONTE, B. ; Bacch,i A.D. ; MOREIRA, E. G. . Avaliação de parâmetros reprodutivos em ratos expostos à Passiflora incarnata durante o desenvolvimento.. In: 21 Encontro Anual de Iniciação Científica, 2012, Maringá. Anais do EAIC, 2012. p. 1-4.

8.
SANTOS, A. H. ; VIEIRA, M. L. ; MOREIRA, E. G. ; KISS, A. C. ; GERARDIN, DCC . Avaliação do comportamento materno e da atividade psicomotora de ratas tratadas com o galactagogo sulpirida, durante a lactação.. In: 21 Encontro Anual de Iniciação Científica, 2012, Maringá. Encontro Anual de Iniciação Científica ... Encontro de Pesquisa da UEPG (CD-Rom), 2012. p. 1-4.

9.
Zaminelli T ; Veríssimo LF ; BACCHI, A. D. ; MOREIRA, E. G. . Avaliação de parâmetros reprodutivos em ratas tratadas com Passiflora incarnata L. durante a gestação e amamentação. In: XX Encontro Anual de Iniciação Científica, 2011, Ponta Grossa. Anais do XX EAIC, 2011. v. 1. p. 1-4.

10.
Veríssimo LF ; BACCHI, A. D. ; Zaminelli T ; MOREIRA, E. G. . Plantas de interesse para o governo federal brasileiro: estudos de toxicidade reprodutiva e/ou do desenvolvimento.. In: XX Encontro Anual de Iniciação Científica, 2011, Ponta Grossa. Anais do XX EAIC, 2011. v. 1. p. 1-4.

11.
BACCHI, A. D. ; Veríssimo LF ; Zaminelli T ; MOREIRA, E. G. . A review on reproductive and developmental toxicity of herbs of interest by the Brazilian Federal Government. In: I Congresso Sul Americano de Farmácia, 2010, Maringá. Anais do I CONSUFAR, 2010. p. 1-4.

12.
Afonso S ; Marengo VA ; Estefânia G. Moreira ; SCARMINIO, I. S. . AVALIAÇÃO DA DOSE LETAL MÉDIA E DA ATIVIDADE ANALGÉSICA DA FRAÇÃO DE POLARIDADE INTERMEDIÁRIA DO EXTRATO ORGÂNICO DE FOLHAS DA Vernonia condensata BAKER COLETADAS EM DIFERENTES ÉPOCAS DO ANO.. In: I Congresso Sul Americano de Farmácia, 2010, Maringá. Anais do I CONSUFAR, 2010. p. 1-4.

13.
REMOND, F. A. ; RODRIGUES, R ; MOREIRA EG . Avaliação da toxicidade aguda e ação depressora do Sistema Nervoso Central de extratos de Coccoloba mollis.. In: XVII EAIC, 2008, Foz do Iguaçu. Anais do XVII EAIC, 2008. p. 01-05.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, DG ; VIDIGAL, C. B. ; MOURA, KAWANE F. ; Moreira, Estefania G. ; GERARDIN, DANIELA C.C. ; CERAVOLO, G. S. . Intrauterine and lactational exposure to acetaminophen did not interfere with aortic endothelial function of male and female adult offspring.. In: XXXIII Reunião Anual da FESBE, 2018, Campos de Jordão. Anais da XXXIII FESBE, 2018. v. 1. p. 1-1.

2.
FAVARO SOARES, JANAINA ; BONIFACIO, K. L. ; BARBOSA, DECIO SABBATINI ; MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO ; VARGAS, H. O. ; VARGAS NUNES, SANDRA ODEBRECHT ; MAES, MICHAEL . Indices de resistência à insulina e glicotoxicidade não estão associados a transtorno bipolar ou depressão maior.. In: XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria, 2017, São Paulo. Anais do XXXV CBP, 2017. v. 1. p. 1.

3.
HIGASHI, C. M. ; PELOSI, GISLAINE GARCIA ; PINGE-FILHO, PHILENO ; GERARDIN, DCC ; Moreira, Estefania Gastaldello ; AKAMINE, E. H. ; CERAVOLO, GRAZIELA S. . Maternal exposure to fluoxetine during gestation and lactation decreases aortic contraction in adult female offspring: role of neuronal nitric oxide synthase.. In: 49 Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2017, Ribeirão Preto. Anais da 49 SBFTE, 2017. v. 1. p. 1.

4.
HIGASHI, C. M. ; PELOSI, GISLAINE G. ; PINGE-FILHO, PHILENO ; GERARDIN, DANIELA C. C. ; Moreira, Estefania Gastaldello ; AKAMINE, E. H. ; CERAVOLO, GRAZIELA S. . Maternal exposure to fluoxetine during gestation and lactation up-regulates neuronal nitric oxide synthase expression leading to decreased aortic reactivity. In: II International Symposium of Experimental Pathology, 2017, Londrina. Anais do SPE, 2017. v. 1. p. 1.

5.
BONIFACIO, K. L. ; HIGACHI, L. ; MATSUMOTO, A. K. ; BRINHOLI, F. F. ; MELO, LÚCIO BAENA DE ; MORIMOTO, H. ; MOREIRA, E.G. ; BARBOSA, D. S. . Measurement of chronic peripheral biomarkers in Parkinson`s disease.. In: Second International Symposium on Inflammatory Diseases - INFLAMMA II, 2016, Ribeirão Preto. Anais do INFLAMMA II, 2016. v. 1. p. 1-1.

6.
HIGASHI, C. M. ; HIGACHI, LUCIANA ; CARVALHO, M. H. C. ; PELOSI, G. G. ; BARBOSA, DÉCIO S. ; GERARDIN, DCC ; GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFANIA ; AKAMINE, E. H. ; CERAVOLO, GRAZIELA S. . Maternal exposure to fluoxetine reduced aortic contraction in female progeny by mechanism involving nitric oxide and prostacyclin.. In: 21st Latin American Congress of Pharmacology, 2016, Foz do Iguaçu. Anais do 21 Latin American Congress of Pharmacology, 2016. v. 1. p. 1-1.

7.
HIGASHI, C. M. ; SARTORETTO, S. ; NOVI, D. R. B. S. ; HIGACHI, L. ; PELOSI, G. G. ; BARBOSA, DÉCIO S. ; GERARDIN, DCC ; MOREIRA, E.G. ; AKAMINE, E. H. ; CERAVOLO, G. S. . Maternal exposure to fluoxetine alters nitric oxide and prostacyclin pathways leading to decreased aortic contraction.. In: 2nd Meeting of Ibero-American DoHad Chapter, 2016, Sao Luís. Anais do Evento, 2016. v. 1. p. 1-1.

8.
MARQUES, B. V. D. ; HIGASHI, C. M. ; LOIOLA, G. H. ; GERARDIN, DCC ; MOREIRA, E.G. ; CERAVOLO, G. S. . A aorta de ratos adultos expostos à fluoxetina durante o desenvolvimento não sofre adaptação promovida pelo estresse agudo.. In: XXX Reunião Anual da FESBE, 2015, São Paulo. Anais da XXX Fesbe, 2015. v. 1. p. 1-1.

9.
TAKAHASHI, I. G. ; MOREIRA, E.G. . Quantificação de fluoxetina em plasma de ratos por barra de agitação sortida de polidimetilsiloxano e cromatografia líquida de alta eficiência com detecção no UV-VIS. In: XIV SEPIESC, 2015, Londrina. Anais do SEPIESC, 2015. p. 1-1.

10.
HIGASHI, C. M. ; MATSUMOTO, A. K. ; MOREIRA, E.G. ; CERAVOLO, G. S. . Acido fólico ou óleo de peixe não previnem, na progênie, as alterações vasculares causadas pela exposição intra-uterina e lactacional à fluoxetina.. In: XXX Reunião Anual da FESBE, 2015, São Paulo. Anais da XXX Fesbe, 2015. v. 1. p. 1-1.

11.
KLEIN, R. ; MATSUMOTO, A. K. ; FILGUEIRAS, G. B. ; ESTANISLAU, C. R. ; MOREIRA, E.G. . Avaliação de comportamentos tipo ansioso e tipo depressivo de ratos expostos precocemente à fluoxetina: revisão da literatura. In: XXXIII Congresso Brasileiro de Psiquiatria, 2015, Florianópolis. Anais do XXXIII CBP, 2015. v. 1. p. 1-1.

12.
FILGUEIRAS, G. B. ; KLEIN, R. ; ARAUJO, S. ; LIMA, A. V. ; SANTOS, B. D. ; MAIO, T. P. ; ESTANISLAU, C. ; Moreira, Estefania Gastaldello . Behavioral evaluation of rats in modified animal models of anxiety: influence of age and sex. In: 9th IBRO World Congress on Neuroscience, 2015, Rio de Janeiro. anais do 9th IBRO, 2015. v. 1. p. 1.

13.
OLIVEIRA, L. C. ; GREGORIO, T. F. ; SILVA, M. A. ; GERARDIN, Daniela Cc ; MOREIRA, E.G. ; GOMES, G. P. ; AKAMINE, E. K. ; CARVALHO, M. H. C. ; CERAVOLO, G. S. . Exposição intrauterina e durante a amamentação à fluoxetina intensifica a modulação endotelial sobre a resposta contrátil da aorta de ratas na vida adulta.. In: XVIII Simpósio Brasileiro de Fisiologia Cardiovascular., 2014, Londrina. Livro de Programa e Resumos do XVIII SBFC, 2014. v. 1. p. 145-145.

14.
HIGASHI, C. M. ; OLIVEIRA, L. C. ; FACIO, T. G. ; GERARDIN, DCC ; MOREIRA, E.G. ; GOMES, G. P. ; AKAMINE, E. H. ; CARVALHO, M. H. C. ; CERAVOLO, G. S. . Intrauterine and breastfeeding exposure to fluoxetine enhances endothelial modulation of aortic contractile response in adult female rats.. In: I PanAmerican Congress of Physiological Science, 2014, Foz do Iguaçu. Anais do I PanAm, 2014. v. 1. p. 1-1.

15.
BACCHI, A. D. ; OLIVEIRA, J. F. ; LIMA, A. V. ; BARBOSA, M. A. ; BRITTO, L. R. G. ; MOREIRA, E.G. . Decreased dopaminergic function in rats maternally exposed to fluoxetine in the absence of altered tyrosine hydroxylase immunostainning.. In: I PanAmerican Congress of Physiological Science, 2014, Foz do Iguaçu. Anais do I PanAm, 2014. v. 1. p. 1-1.

16.
COSTA, N. O. ; VIEIRA, M. L. ; SANTOS, A. H. ; BORTOLAN, S. ; MONTAGNINI, B. ; CAMIN, N. A. ; MOREIRA, E.G. ; GERARDIN, DCC . Evaluation of (anti)androgenic effects of the fungicide propiconazole.. In: IV Workshop on Male Reproductive Biology, 2014, São Paulo. Anais do IV Workshop on Male Reproductive Biology, 2014. v. 1. p. 45-46.

17.
Veríssimo LF ; VOLPINI, V. ; MATSUBARA, N. K. ; MOREIRA, E.G. ; GOMES, M. V. ; GOMES, G. P. . Cardiovascular effects of chronic escitalopram treatment in rats.. In: I PanAmerican Congress of Physiological Science, 2014, Foz do Iguaçu. Anais do I PanAm, 2014. v. 1. p. 1-1.

18.
VOLPINI, V. ; MATSUBARA, N. K. ; KUNTZE, L. B. ; FERREIRA JUNIOR, N. ; GERARDIN, DCC ; MOREIRA, E.G. ; GOMES, M. V. ; CERAVOLO, G. S. ; RESSTEL, L. B. M. ; PELOSI, G. G. . Evaluation of exposure to fluoxetine on chemoreflex response to hypoxia in adult rats.. In: I PanAmerican Congress of Physiological Science, 2014, Foz do Iguaçu. Anais do I PanAm, 2014. v. 1. p. 1-1.

19.
ESTRADA, V. B. ; SILVA, A. S. ; GOMES, M. V. ; MOREIRA, E.G. ; PELOSI, G. G. . Folic acid modulates the anxiogenic effect caused by offspring exposure to fluoxetine. In: I PanAmerican Congress of Physiological Science, 2014, Foz do Iguaçu. Anais do I PanAm, 2014. v. 1. p. 1-1.

20.
FILGUEIRAS, G. B. ; KLEIN, R. ; ARAUJO, S. ; LIMA, A. V. ; SANTOS, B. D. ; ESTANISLAU, C. ; MOREIRA, E.G. . Evaluation of rats exposed to fluoxetine during neurodevelopment in modified animal models of anxiety. In: I PanAmerican Congress of Physiological Science, 2014, Foz do Iguaçu. Anais do I PanAm, 2014. v. 1. p. 79-79.

21.
FILGUEIRAS, G. B. ; MAIO, T. P. ; ESTANISLAU, C. ; MOREIRA, E.G. . Influence of age and sex in modified models of anxiety. In: I PanAmerican Congress of Physiological Science, 2014, Foz do Iguaçu. Anais do I PanAm, 2014. v. 1. p. 78-78.

22.
COSTA, G. A. ; BACCHI, A. D. ; SALLES, M.J.S. ; MOREIRA, E. G. . AVALIAÇÃO DA NEUROTOXICIDADE DO DESENVOLVIMENTO NA PROLE DE CAMUNDONGOS EXPOSTOS AO METILFENIDATO DURANTE A GESTAÇÃO. In: Simpósio Paranaense de Neuropsicofarmacologia Translacional, 2013, Maringá. Anais do SPNT, 2013. v. 1. p. 36-36.

23.
FARIAS, C. C. ; BRINHOLI, F. F. ; LANDUCCI, K. B. ; MATSUMOTO, A. K. ; HIGACHI, L. ; MOREIRA, E. G. ; BARBOSA, D. S. . AVALIAÇÃO COMPORTAMENTAL, HISTOLÓGICA E LABORATORIAL EM UM MODELO EXPERIMENTAL PARA DOENÇA DE PARKINSON. In: Simpósio Paranaense de Neuropsicofarmacologia Translacional, 2013, Maringá. Anais do SPNT, 2013. v. 1. p. 37-37.

24.
MONTAGNINI, B. ; SANTOS, A. H. ; VIEIRA, M. L. ; MOREIRA, E. G. ; GERARDIN, DCC . AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO MATERNO, ANSIEDADE E ATIVIDADE PSICOMOTORA DE RATAS SUBMETIDAS AO TRATAMENTO PROLONGADO COM METILFENIDATO (RITALINA®).. In: Simpósio Paranaense de Neuropsicofarmacologia Translacional, 2013, Maringá. Anais do SPNT, 2013. v. 1. p. 49-49.

25.
SILVA, M. A. ; GERARDIN, DCC ; Moreira, EG ; GOMES, G. P. ; AKAMINE, E. H. ; CARVALHO, M. H. C. ; CERAVOLO, G. S. . Exposição intrauterina e durante a amamentação à fluoxetina diminui a resposta vasoconstrictora à fenilefrina em aorta de ratas Wistar.. In: III Simpósio de Biologia Vascular, 2013, Ribeirão Preto. Anais do III Simpósio em Biologia Vascular, 2013. v. 1. p. 62-62.

26.
SILVA, M. A. ; GERARDIN, DCC ; Moreira, EG ; GOMES, G. P. ; AKAMINE, E. H. ; CARVALHO, M. H. C. ; CERAVOLO, G. S. . Exposição intrauterina e durante a amamentação à fluoxetina diminui a resposta vasoconstrictora à fenilefrina em aorta de ratas Wistar.. In: XLVIIII Congresso Brasileiro de Fisiologia, 2013, Ribeirão Preto. Anais da SBFIS, 2013. v. 1. p. 1-1.

27.
SANTOS, A. H. ; VIEIRA, M. L. ; CERAVOLO, G. S. ; GOMES, G. P. ; Moreira, EG ; GERARDIN, Daniela Cc . Reproductive parameters of female rats exposed to fluoxetine in utero and during lactation.. In: 2nd Ibero-American Meeting on Toxicology and Environmental Health, 2013, Ribeirão Preto. Anais do 2nd IBAMTOX, 2013. v. 1. p. 72-72.

28.
BORTOLAN, S. ; LIMA, A. V. ; VIEIRA, M. L. ; SANTOS, A. H. ; GERARDIN, DCC ; MOREIRA, E.G. . Escitalopram and sertraline lack hormonal effect in the immature female rats uterotrophic assay.. In: International workshop in Neuroendocrinology - IWNE 2013, 2013, Dourado. Anais do IWNE 2013, 2013. v. 1. p. 96-96.

29.
BACCHI, A. D. ; OLIVEIRA, J. F. ; GERARDIN, DCC ; CERAVOLO, G. S. ; GOMES, G. P. ; BRITTO, L. R. G. ; MOREIRA, E.G. . A EXPOSIÇÃO À FLUOXETINA DURANTE A GESTAÇÃO E AMAMENTAÇÃO NÃO INFLUENCIA A INERVAÇÃO DOPAMINÉRGICA EM RATOS.. In: XLVIIII Congresso Brasileiro de Fisiologia, 2013, Ribeirão Preto. Anais da SBFIS, 2013. v. 1. p. 1-1.

30.
SANTOS, A. H. ; VIEIRA, M. L. ; CERAVOLO, G. S. ; GOMES, G. P. ; MOREIRA, E.G. ; GERARDIN, DCC . Sexual and maternal behaviors of female rats exposed to fluoxetine in utero and during lactation.. In: XLVIIII Congresso Brasileiro de Fisiologia, 2013, Ribeirão Preto. Anais da SBFIS, 2013. v. 1. p. 1-1.

31.
BORTOLAN, S. ; MONTAGNINI, B. ; CAMIN, N. A. ; GERARDIN, DCC ; MOREIRA, E.G. . Sertraline and escitalopram do not share the estrogenic activity of fluoxetine in the uterotrophic assay.. In: XLVIIII Congresso Brasileiro de Fisiologia, 2013, Ribeirão Preto. Anais da SBFIS, 2013. v. 1. p. 1-1.

32.
BORTOLAN, S. ; SANTOS, B. D. ; CALIXTO-CAMPOS, C. ; Afonso S ; SCARMINIO, I. S. ; VERRI JR, W.A. ; MOREIRA, E.G. . Avaliação do efeito antinociceptivo da fração polar do extrato aquoso das folhas de Vernonia condensata Baker em camundongos.. In: 3 Congresso Paranaense de Ciências Biomédicas, 2013, Londrina. Anais do 3 CPCP, 2013. v. 1. p. 1-1.

33.
NOGUEIRA, A. S. ; TURINI, C. ; MOREIRA, E.G. . Análise proteômica do polimorfismo PON1Q192R em uma população do norte do Paraná. In: XVIII Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2013, Porto Alegre. Anais do CBTOX 2013, 2013. v. 1. p. 1-1.

34.
OLIVEIRA, J. F. ; MOREIRA, E. G. . A exposição à fluoxetina durante a gestação e amamentação influencia a motivação de ratos adolescentes.. In: XLVII Congresso da SBFis, 2012, Gramado. Anais da SBFIS, 2012. p. 87-88.

35.
Boll K ; BORTOLASCI, C. C. ; Verissimo, Luiz Fernando ; Zaminelli T ; BACCHI, A. D. ; HIGACHI, L. ; BARBOSA, D. S. ; MOREIRA, E. G. . Passiflora incarnata treatment during gestation and lactation: toxicity and antioxidant evaluation in Wistar dams.. In: 44th Brazilian Congress of Pharmacology and Experimental Therapeutics, 2012, Foz do Iguaçu. Anais do 44th Congresso da SBFTE, 2012. v. 1. p. 32-32.

36.
GUERRETTE, Z. ; MOREIRA, E. G. ; Griffith WC ; Coronado GD ; VIGOREN, E. M. ; YU, X. ; Thompson B ; FAUSTMAN, E.M. . Cytochrome P 450 3A5 Genotype is Correlated with Acetylcholinesterase Inhibition Levels After Exposure to Organophosphate Pesticides. In: 50th SOT (Society of Toxicology Annual Meeting), 2011, Washington D.C. The Toxicologist. Washington: Society of Toxicology, 2011. v. 1. p. 1-1.

37.
Afonso S ; MOREIRA, E. G. ; SCARMINIO, I. S. . Análise exploratória dos metabólitos secundários extraídos das folhas de Vernonia condensata Baker por FT-IR e métodos quimiométricos.. In: 34 Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2011, Florianópolis. Anais da SBQ, 2011. v. 1. p. 1-1.

38.
Afonso S ; MOREIRA, E. G. ; SCARMINIO, I. S. . Avaliação das frações dos extratos das folhas de Vernonia condensata Baker por espectrofotometria UV-Vis e métodos quimiométricos.. In: 34 Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química., 2011, Florianópolis. Anais da SBQ, 2011.

39.
BACCHI, A. D. ; Zaminelli T ; Veríssimo LF ; MOREIRA, E. G. . Reproductive and developmental toxicity evaluation conducted with Passiflora incarnata in rats.. In: XXVI Fesbe, 2011, Rio de Janeiro. Anais da Fesbe. Sao Paulo: Sao Paulo, 2011. v. 1. p. 133-133.

40.
PONTE, B. ; BACCHI, A. D. ; VIEIRA, M. L. ; MESQUITA, S.F.P. ; GERARDIN, DCC ; MOREIRA, E. G. . Evaluation of reproductive parameters in male rats maternally exposed to Passiflora incarnata.. In: 8th International Congress of Pharmaceutical Sciences, 2011, Ribeirão Preto. Anais do 8 CIFARP, 2011. v. 1. p. 1-1.

41.
Afonso S ; MOREIRA, E. G. ; SCARMINIO, I. S. . Exploratory analysis of secondary metabolites extracted from Vernonia condensata Baker leaves by HPLC and chemometrics methods.. In: 3rd Brazilian Conference on Natural Products, 2011, Ouro Preto. Anais do 3rd BCNP, 2011. v. 1. p. 1-1.

42.
Boll K ; BORTOLASCI, C. C. ; Zaminelli T ; Veríssimo LF ; BARBOSA, D. S. ; MOREIRA, E. G. . Evaluation of the reproductive toxicity of Passiflora incarnata in pregnant rats.. In: 8th International Congress of Pharmaceutical Sciences, 2011, Ribeirão Preto. Anais do 8 CIFARP, 2011. v. 1. p. 1-1.

43.
MOREIRA, E. G.; Griffith WC ; Coronado GD ; Thompson B ; VIGOREN, E. M. ; RICHTER, R. ; FURLONG, C. ; FAUSTMAN, E.M. . PON1 status and blood cholinesterases in a farmworker population exposed to organophosphate pesticides.. In: XII International Congress of Toxicology, 2010, Barcelona. Toxicology Letters, 2010. v. 196S. p. S49-S49.

44.
Afonso S ; Marengo VA ; MOREIRA, E. G. ; SCARMINIO, I. S. . Avaliação antinociceptiva e toxicidade aguda da fração polar dos extratos aquoso e orgânico da Vernonia condensata Baker extraída de folhas coletadas em diferentes épocas do ano.. In: XVIII Encontro de Química da Região Sul, 2010, Curitiba. Anais do XVIII Encontro de Química da Região Sul, 2010. p. 1-1.

45.
MOREIRA, E. G.; ROBINSON, J. F. ; Griffith WC ; YU, X. ; FAUSTMAN, E.M. . Toxicogenomic profiling in the fetal brain after gestational exposure to chlorpyrifos. In: 49th Annual Meeting of the Teratology Society, 2009, San Juan. Birth Defects Research. Clinical and Molecular Teratology, 2009. v. 85. p. 445-445.

46.
MOREIRA, E. G.; Thompson B ; Coronado GD ; VIGOREN, E. M. ; Griffith WC ; FAUSTMAN, E.M. . Urinary concentrations of dialkyl organophosphate metabolites in farmworkers and non-farmworkers and their children in a longitudinal cohort study.. In: 48th Annual Meeting of the Society of Toxicology, 2009, Baltimore. Toxicological Sciences (Print), 2009. v. 108. p. 252-252.

47.
Moreira, EG; ROBINSON, J. F. ; YU, X. ; Griffith WC ; HONG, S. W. ; FAUSTMAN, E.M. . Dose-effect relationship of gestational exposure to chlorpyrifos and fetal brain gene expression.. In: XVI Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2009, Belo Horizonte. Revista Brasileira de Toxicologia, 2009. v. 22. p. 242-242.

48.
CAMPANINI, M. Z. ; GERARDIN, DCC ; MOREIRA, E. G. . Avaliação do efeito do óleo de neen sobre a atividade estrogênica de ratas.. In: 2 Congresso de Farmácia de Maringá, 2008, Maringá. Anais do II Congresso de Farmácia de Maringá, 2008. p. 01-01.

49.
Risso WE ; MOREIRA, E. G. ; SCARMINIO, I. S. . Avaliação da atividade antinociceptiva dos extratos etanólico e aquoso das folhas de Vernonia condensata Baker. In: 30ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2007, Águas de Lindóia. Anais da SBQ, 2007.

50.
FAVARO, Plinio ; COSTA, Leandro C ; GOUVEA, Thiago ; MOREIRA EG . Exposição à fluoxetina nos períodos pré-natal e de amamentação altera a resposta comportamental de camundongos fêmeas à dietilpropiona.. In: VII São Paulo Research Conferences - Cérebro e Pensamento, 2007, São Paulo. Anais do VII SP Research Conferences, 2007.

51.
GOUVEA, Thiago ; CAMPANINI, M. Z. ; FAVARO, Plinio ; MORIMOTO, H. ; FARIA, Maria José Sparça Telles de ; MOREIRA, E. G. ; GERARDIN, Daniela Cc . EFFECTS OF THE MATERNAL EXPOSURE TO THE ANTIDEPRESSANT FLUOXETINE ON SEXUAL BEHAVIOR AND ENDOCRINE ASPECTS OF ADULT MALE MICE.. In: I Workshop on Male Reproductive Biology, 2007, Botucatu. Annual Review of Biomedical Sciences, 2007.

52.
FAVARO, Plinio ; GOUVEA, Thiago ; COSTA, Leandro C ; MOREIRA, E. G. . TOXICIDADE AGUDA DE UM PRAGUICIDA DERIVADO DAS SEMENTES DO NEEM.. In: Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2006, Ribeirão Preto. Anais da SBFTE, 2006.

53.
SOEIRO, Aline da Costa ; GOUVEA, Thiago ; COSTA, Leandro C ; FAVARO, Plinio ; MOREIRA, E. G. . ANSIEDADE EM CAMUNDONGOS MACHOS EXPOSTOS PROLONGADAMENTE AO CHUMBO A PARTIR DO DESMAME.. In: Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2006, Ribeirão Preto. Anais da SBFTE, 2006.

54.
GERARDIN, Daniela Cc ; PIFFER, R. C. ; GARCIA, Patrícia ; MOREIRA, E. G. ; BERNARDI, Maria Martha ; PEREIRA, Oduvaldo Câmara Marques . Neuroendocrine and reproductive aspects of adult male rats exposed prenatally to an aromatase inhibitor. In: XXII Latin-American and I Ibero-American Congress of Physiological Sciences, 2006, Buenos Aires. Physiological Mini-Reviews. Buenos Aires: Argentine Physiological Society, 2006. v. 2. p. 145-145.

55.
MOREIRA, C C L ; LEITE, V S ; MOREIRA, E. G. ; FARIA, M J S S . Behavioral evaluation of pregnant mice after treatment with glyphosate. In: 41st Congress of the Brazilian Physiological Society, 2006, Ribeirão Preto. Anais do 41st Congress of the Brazilian Physiological Society, 2006.

56.
MOREIRA, C C L ; MOREIRA, E. G. ; LEITE, V S ; Oliveira, R.J. ; FARIA, M J S S . Etudo do comportamento e da toxicidade materna e análise do crescimento embrio-fetal de fetos de camundongos após a exposição ao glifosato.. In: 9 Encontro Regional de Biomedicina da UNESP-Botucatu, 2006, Botucatu. Anais do 9 Encontro Regional de Biomedicina, 2006.

57.
MOREIRA, E. G.; MOREIRA, Camila Queiroz ; FARIA, Maria José Sparça Telles de . Neurotoxicidade comportamental em camundongos machos expostos ao femproporex durante a prenhez.. In: XX Reunião Anual da FESBE, 2005, Águas de Lindóia. Anais da FESBE, 2005.

58.
BARONEZA, J e ; AOKI, M N ; MOREIRA, C Q ; FARIA, M J S S ; SIEWERT, M ; MOREIRA, E. G. . Avaliação do comportamento de camundongos machos após 30 dias de tratamento com o anorexígeno femproporex.. In: XX Reunião Anual da FESBE, 2005, Águas de Lindóia. Anais da FESBE, 2005.

59.
SIEWERT, M ; MOREIRA, C Q ; AOKI, M N ; BARONEZA, J e ; MOREIRA, E. G. ; LEITE, V S ; FARIA, M J S S . Desenvolvimento embrio-fetal de camundongos provenientes de pais expostos ao fempropores durante a vida intra-uterina. In: XX Reunião Anual da FESBE, 2005, Águas de Lindóia. Anais da FESBE, 2005.

60.
SOEIRO, Aline da Costa ; LISBOA, Sabrina Francesca ; MOREIRA, E. G. . Efeito antidepressivo-símile em camundongos machos e fêmeas expostos prolongadamente ao chumbo a partir do desmame.. In: XIV Encontro Anual de Iniciação Científica, 2005, Guarapuava. Anais do EAIC, 2005.

61.
OLIVEIRA, P e C ; LISBOA, Sabrina Francesca ; COSTA, Leandro C ; MOREIRA, E. G. . Ansiedade e comportamento depressivo em camundongos fêmeas pré-púberes expostas à fluoxetina durante a prenhez e amamentação.. In: XIV Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2005, Recife. Revista Brasileira de Toxicologia, 2005. v. 18. p. 83-83.

62.
LISBOA, Sabrina Francesca ; OLIVEIRA, P e C ; MALVEZZI, A ; MOREIRA, E. G. ; VENÂNCIO, e J ; PINGE, P . Avaliação comportamental e imunológica em camundongos machos expostos à fluoxetina durante a gestação e lactação.. In: XIV Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2005, Recife. Revista Brasileira de Toxicologia, 2005. v. 18. p. 85-85.

63.
MOREIRA, Camila Queiroz ; BARONEZA, José Eduardo ; MOREIRA, E. G. ; FARIA, Maria José Sparça Telles de . Comportamento depressivo em fêmeas prenhes expostas ao cloridrato de femproporex.. In: VII Encontro Regional de Biomedicina, 2004, Botucatu. Biosaúde, 2004. v. 1. p. 20-20.

64.
MOREIRA, C C L ; AOKI, M N ; SIEWERT, M ; MOREIRA, C Q ; BARONEZA, J e ; MOREIRA, E. G. ; FARIA, M J S S . Análise das alterações morfológicas de órgãos e das perdas pós-implantação em fêmeas de camundongos que foram expostas ao femproporex durante a vida intra-uterina.. In: VI Congresso Londrinense de Biologia Aplicada à Saúde, 2004, Londrina. Anais do VI Congresso Londrinense de Biologia Aplicada à Saúde, 2004. v. 1. p. 159-159.

65.
QUEIROZ, Carlos Alberto Saci ; LISBOA, Sabrina Francesca ; GONÇALVES, Gisele ; KOMATSU, Fernanda A ; MOREIRA, E. G. . Exposição prolongada ao chumbo induz depressão em camundongos?. In: XXXV Congresso Brasileiro de Farmacologia, 2003, Águas de Lindóia. Anais da SBFTE, 2003. p. 221-221.

66.
GONÇALVES, Gisele ; KOMATSU, Fernanda A ; LISBOA, Sabrina Francesca ; QUEIROZ, Carlos Alberto Saci ; MOREIRA, E. G. . Avaliação de filhotes machos e fêmeas adultos, expostos ao chumbo durante a gestação e/ou lactação no teste de natação forçada.. In: XXXV Congresso Brasileiro de Farmacologia, 2003, Águas de Lindóia. Anais da SBFTE, 2003. p. 220-221.

67.
GERARDIN, Daniela Cc ; PIFFER, R. C. ; PEREIRA, Oduvaldo Câmara Marques ; BERNARDI, Maria Martha ; FLÓRIO, J.C. ; MOREIRA, E. G. . Avaliação neuroquímica e comportamental de ratos estressados prenatalmente.. In: XVIII Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental, 2003, Pinhais. Anais da FESBE, 2003. p. 27-28.

68.
MOREIRA, E. G.; ALMEIDA, Alaor Aparecido de ; VASSILIEFF, I. ; VASSILIEFF, V. S. . A prenhez e a amamentação levam a mobilização de Pb em ratas expostas a este metal nas fases iniciais do desenvolvimento?. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2002, Águas de Lindóia. Anais do XXXIV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2002. p. 225-226.

69.
MOREIRA, E. G.; VASSILIEFF, I. ; VASSILIEFF, V. S. . Behavioral effects in weaned and adult rats exposed to low levels of lead during pregnancy and lactation. In: XVI Congresso Latinoamericano de Farmacologia, 2000, Águas de Lindóia. Anais da Associação Latinoamericana de Farmacologia, 2000.

70.
MOREIRA, E. G.; BLANCO, M. M. ; VASSILIEFF, I. ; VASSILIEFF, V. S. . Exposição pré-natal ao alumínio: efeito ansiogênico em ratos recém-desmamados. In: XXXI Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 1999, Caxambu. Anais da Federação de Sociedades de Biologia Experimental, 1999.

71.
MOREIRA, E. G.; NASCIMENTO, N. ; ROGERO, J. R. ; VASSILIEFF, V. S. . Efeito ansiogênico da crotoxina é dependente da interação entre fosfolipase A2 e a crotapotina.. In: XXXI Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 1999, Caxambu. Anais da Federação de Sociedades de Biologia Experimental, 1999.

72.
MOREIRA, E. G.; GODINHO, A. F. ; JY, J. H. ; SILVA JR, B. ; VASSILIEFF, V. S. ; VASSILIEFF, I. . Intoxicação subcrônica por esfera maciça de chumbo implantada em cérebro de rato. Convalidação de um modelo experimental. In: XXIX Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 1997, Caxambu. Anais da Federação de Sociedades de Biologia Experimental, 1997.

73.
MOREIRA, E. G.; NASCIMENTO, N. ; ROGERO, J. R. ; VASSILIEFF, V. S. . Gaba-benzodiazepine system is involved in the crotoxin-induced behavioral alterations. In: XXIX Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 1997, Caxambu. Anais da Federação de Sociedades de Biologia Experimental, 1997.

74.
NUNES, E. C. ; MOREIRA, E. G. ; NASCIMENTO, N. ; VASSILIEFF, V. S. ; ROGERO, J. R. ; GALLACCI, M. . Influence of gamma radiation on the crotoxin effects in the rat neuromuscular transmission.. In: XXVIII Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 1996, Caxambu. Anais da Federação de Sociedades de Biologia Experimental, 1996.

75.
MOREIRA, E. G.; NASCIMENTO, N. ; ROSA, G. J. M. ; ROGERO, J. R. ; VASSILIEFF, V. S. . Comparative behavioral studies on crotoxin and irradiated crotoxin. In: XXVIII Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 1996, Caxambu. Anais da Federação de Sociedades de Biologia Experimental, 1996.

76.
MOREIRA, E. G.; VASSILIEFF, V. S. ; NASCIMENTO, N. ; ROGERO, J. R. ; ROSA, G. J. M. . Efeito ansiogênico da crotoxina em ratos, avaliado no teste de interação social. In: XIX Jornada Científica da Associação dos Docentes, 1995, Botucatu. Anais da Associação dos Docentes de Botucatu, UNESP, 1995.

77.
MOREIRA, E. G.; VASSILIEFF, V. S. ; NASCIMENTO, N. ; ROGERO, J. R. ; ROSA, G. J. M. . Crotoxina: diferentes efeitos comportamentais em ratos e camundongos. In: XIX Jornada Científica da Associação dos Docentes, 1995, Botucatu. Anais da Associação dos Docentes de Botucatu, UNESP, 1995.

78.
MOREIRA, E. G.; VASSILIEFF, V. S. ; NASCIMENTO, N. ; ROGERO, J. R. ; ROSA, G. J. M. . Crotoxin increases the emotionality of rats. In: XIII Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 1995, Serra Negra. Anais da Federação de Sociedades de Biologia Experimental, 1995.

79.
MOREIRA, E. G.; VASSILIEFF, V. S. ; NASCIMENTO, N. ; ROGERO, J. R. ; ROSA, G. J. M. . Effects of crotoxin on rat´s anxiety measured in the elevated plus-maze. In: XIII Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 1995, Serra Negra. Anais da Federção de Sociedades de Biologia Experimental, 1995.

80.
VASSILIEFF, V. S. ; MOREIRA, E. G. ; ROGERO, J. R. ; NASCIMENTO, N. ; ROSA, G. J. M. . Behavioural alterations induced by crotoxin in rats.. In: VI International Congress of Toxicology, 1995, Seattle. Abstracts of the International Congress of Toxicology, 1995.

81.
VASSILIEFF, V. S. ; MOREIRA, E. G. ; ROGERO, J. R. ; NASCIMENTO, N. ; ROSA, G. J. M. . Hypnotic effec of the crotoxin and its subunit phospholipase A2.. In: IX Congresso Latinoamericano de Toxicologia, 1995, Montevidéo. Anais da Associacion Latinoamericana de Toxicologia, 1995.

82.
MOREIRA, E. G.; VASSILIEFF, V. S. ; NASCIMENTO, N. ; ROGERO, J. R. ; ROSA, G. J. M. . Estudo dos efeitos comportamentais da crotoxina em ratos. In: XII Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 1994, Caxambu. Anais da Federação de Sociedades de Biologia Experimental, 1994.

Resumos publicados em anais de congressos (artigos)
1.
GERARDIN, Daniela Cc2004GERARDIN, Daniela Cc ; BERNARDI, Maria Martha ; FLÓRIO, J.C. ; PEREIRA, Oduvaldo Câmara Marques ; KEMPINAS, W.G. ; MOREIRA, E. G. . Could the male reproductive performance be altered by prenatal stress?. Fundam. Clin. Pharmacol., v. 18, n.S1, p. 85-85, 2004.

2.
LISBOA, Sabrina Francesca2003LISBOA, Sabrina Francesca ; GONÇALVES, Gisele ; KOMATSU, Fernanda A ; QUEIROZ, Carlos Alberto Saci ; MOREIRA, E. G. . A exposição prolongada ao chumbo induz depressão em camundongos?. Revista Brasileira de Toxicologia, v. 16, n.1, p. 193-193, 2003.

3.
MOREIRA, E. G.;MOREIRA EG;Estefânia G. Moreira;Moreira, Estefania G.;Moreira, Estefania Gastaldello;Moreira, Estef´nia G;MOREIRA, E.G.;MOREIRA, ESTEFÂNIA G.;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFANIA;MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO;Moreira, Estefânia Gastaldelo;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFÂNIA;MOREIRA, ESTEFANIA;Moreira, Estefânia Gastaldello;Moreira, Estefânia Gastadello2002 MOREIRA, E. G.; VASSILIEFF, V. S. ; VASSILIEFF, I. ; FLÓRIO, J.C. ; LASSITER, T L ; BARONE JR, S. . Developmental lead exposure affects neurochemical and immunohistochemical markers of the rat dopaminergic and serotonergic systems.. Toxicological Sciences, v. 66, n.1-S, p. 129, 2002.

4.
MOREIRA, E. G.;MOREIRA EG;Estefânia G. Moreira;Moreira, Estefania G.;Moreira, Estefania Gastaldello;Moreira, Estef´nia G;MOREIRA, E.G.;MOREIRA, ESTEFÂNIA G.;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFANIA;MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO;Moreira, Estefânia Gastaldelo;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFÂNIA;MOREIRA, ESTEFANIA;Moreira, Estefânia Gastaldello;Moreira, Estefânia Gastadello2001MOREIRA, E. G.; FLÓRIO, J.C. ; VASSILIEFF, V. S. ; VASSILIEFF, I. . Anxiety and dopaminergic alterations in adult rats induced by low-level lead expusure during pregnancy and lactation.. Toxicology, v. 164, p. 73-74, 2001.

5.
SOUZA, V.2001SOUZA, V. ; MOREIRA, E. G. ; MERCADANTE, A. ; ALVES, M. J. ; RUBIO, C. R. ; VASSILIEFF, V. S. ; VASSILIEFF, I. . Effect of alkalinization on the kinetic of the organophosphate insectide by the kidney of dogs.. Toxicology, v. 164, p. 87, 2001.

6.
MOREIRA, E. G.;MOREIRA EG;Estefânia G. Moreira;Moreira, Estefania G.;Moreira, Estefania Gastaldello;Moreira, Estef´nia G;MOREIRA, E.G.;MOREIRA, ESTEFÂNIA G.;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFANIA;MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO;Moreira, Estefânia Gastaldelo;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFÂNIA;MOREIRA, ESTEFANIA;Moreira, Estefânia Gastaldello;Moreira, Estefânia Gastadello2000MOREIRA, E. G.; VASSILIEFF, I. ; VASSILIEFF, V. S. . Influência da exposição a baixa concentração de chumbo, durante os períodos pré-natal e de amamentação, sobre a resposta comportamental à cocaína de ratos recém-desmamados.. Revista Brasileira de Toxicologia, v. 13, n.Suplemento, p. 26, 2000.

7.
VASSILIEFF, V. S.1998VASSILIEFF, V. S. ; MOREIRA, E. G. ; NASCIMENTO, N. ; ROGERO, J. R. . Gabaergic-benzodiazepine system is involved in the crotoxin-induced behavioral alterations.. Toxicology Letters, v. 95, p. 65, 1998.

8.
VASSILIEFF, I.1998VASSILIEFF, I. ; GODINHO, A. F. ; SILVA JR, B. ; MOREIRA, E. G. ; JY, J. H. ; VASSILIEFF, V. S. . Lead concentration in peripheral tissues after seven-month implantation in the rat brain of lead solid sphere or fragments.. Toxicology Letters, v. 95, n.Suplemento, p. 129, 1998.

9.
MOREIRA, E. G.;MOREIRA EG;Estefânia G. Moreira;Moreira, Estefania G.;Moreira, Estefania Gastaldello;Moreira, Estef´nia G;MOREIRA, E.G.;MOREIRA, ESTEFÂNIA G.;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFANIA;MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO;Moreira, Estefânia Gastaldelo;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFÂNIA;MOREIRA, ESTEFANIA;Moreira, Estefânia Gastaldello;Moreira, Estefânia Gastadello1998MOREIRA, E. G.; VASSILIEFF, I. ; NASCIMENTO, N. ; OLIVEIRA, C. A. ; ROGERO, J. R. ; VASSILIEFF, V. S. . Crotoxin do not alter the plasmatic concentration of corticosterone. Naunyn-Schmiedebergs Archives Of Pharmacology, v. 358, n.Supol 1, p. 79, 1998.

10.
MOREIRA, E. G.;MOREIRA EG;Estefânia G. Moreira;Moreira, Estefania G.;Moreira, Estefania Gastaldello;Moreira, Estef´nia G;MOREIRA, E.G.;MOREIRA, ESTEFÂNIA G.;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFANIA;MOREIRA, ESTEFÂNIA GASTALDELLO;Moreira, Estefânia Gastaldelo;GASTALDELLO MOREIRA, ESTEFÂNIA;MOREIRA, ESTEFANIA;Moreira, Estefânia Gastaldello;Moreira, Estefânia Gastadello1997MOREIRA, E. G.; NASCIMENTO, N. ; ROGERO, J. R. ; VASSILIEFF, V. S. . O eixo hipotálamo-hipofise-adrenal estaria envolvido no efeito ansiogênico da crotoxina?. Revista Brasileira de Toxicologia, v. 10, n.Suplemento, p. 139, 1997.

11.
GODINHO, A. F.1997GODINHO, A. F. ; MOREIRA, E. G. ; JY, J. H. ; SILVA JR, B. ; VASSILIEFF, V. S. ; VASSILIEFF, I. . Intoxication by prolonged exposure to a lead solid sphere implanted in rat brain. Validation of an experimental model.. Revista Brasileira de Toxicologia, v. 10, n.Suplemento, p. 59, 1997.

Apresentações de Trabalho
1.
Moreira, Estefânia Gastaldelo. Existe relação entre parkinsonismo e Paraquate?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Moreira, Estefania Gastaldello. Sulfluramida e a Convenção de Estocolmo.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Moreira, Estefânia Gastaldelo. The evaluation process of new POPs. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Moreira, EG. Efeitos neurofuncionais induzidos pela exposição no desenvolvimento de inibidores seletivos da recaptação de serotonina.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
MOREIRA, E.G.. Toxicologia e Drogas de Abuso. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
Moreira, EG; Thompson B ; Coronado GD ; Griffith WC ; VIGOREN, E. M. ; Faustman EM . Urinary concentrations of dialkyl organophosphate metabolites in farmworkers and non-farmworkers and their children in a longitudinal cohort study.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
MOREIRA, E.G.. Painel de Especialistas - Reavaliação do Paraquate. 2016.

2.
MOREIRA, E.G.. Seminário sobre Sulfluramida. 2016.

3.
MOREIRA, E.G.. Reavaliação do Ingrediente ativo 2,4D. 2014.

4.
MOREIRA, E. G.. Seleção de trabalhos para serem apresentados na seção de comunicação oral do Congresso Brasileiro de Toxicologia.. 2005.

Processos ou técnicas
1.
SCARMINIO, I. S. ; MOREIRA, E. G. ; Risso WE . Processo para obtenção de extrato e avaliação da atividade antinociceptiva da Vernonia condensata Baker. 2010.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
MOREIRA, E. G.. Fundamentos de Toxicologia. 2006. (Palestra).

2.
MOREIRA EG; TURINI, C. ; PAOLIELLO, M.M.B . Curso de Pós-graduação Lato Sensu em Toxicologia. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
MOREIRA EG; VINHA, D. S. ; LANZA JÚNIOR, U. ; CORDELLINI, Sandra . Estresse: respostas adaptativas em diferentes sistemas.. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 SCARMINIO, I. S. ; MOREIRA, E. G. ; Risso WE . Processo para obtenção de extrato e avaliação da atividade antinociceptiva da Vernonia condensata Baker. 2010, Brasil.
Patente: Modelo Industrial. Número do registro: PI09032886, título: "Processo para obtenção de extrato e avaliação da atividade antinociceptiva da Vernonia condensata Baker" . Depósito: 09/09/2009; Concessão: 11/01/2010.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MOREIRA, E.G.; DALSENTER, P.; GERARDIN, DCC. Participação em banca de Bruno Garcia Montagnini. Efeitos do tratamento repetido com metilfenidato sobre parâmetros reprodutivos em ratos machos e fêmeas.. 2014. Dissertação (Mestrado em Prog Multicêntico de PG em Ciências Fisiológicas) - Universidade Estadual de Londrina.

2.
MOREIRA, E.G.; GUEMBAROVSKI, R. L.; MAZZUCO, T. L.. Participação em banca de Clodoaldo Zago Campos. Análise de polimorfismos nos genes responsáveis pela metabolização GSTM1, GSTT1 e NQO1: possíveis implicações na suscetibilidade, prognóstico e resposta terapêutica a curto prazo do câncer de mama.. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

3.
MOREIRA, E.G.; GOMES, G. P.; VERRI JR, W.A.. Participação em banca de Felipe Almeida de Pinho Ribeiro. Dor inflamatória induzida pelo KO2: participação do NF-kB. 2014. Dissertação (Mestrado em Patologia Experimental) - Universidade Estadual de Londrina.

4.
MOREIRA, E.G.; GOMES, G. P.; VERRI JR, W.A.. Participação em banca de Thacyana Teixeira de Carvalho. Doador de ânion superóxido induz hiperalgesia mecânica e contorções abdominais dependentes da ativação espinal de PI3K, MAP quinases e células da glia em camundongos.. 2014. Dissertação (Mestrado em Patologia Experimental) - Universidade Estadual de Londrina.

5.
NUNES, S. O. V.; MAES, M.; MOREIRA, E.G.. Participação em banca de Eduardo Salviano Teixeira do Prado. N-Acetilcisteína para a cessação do tabagismo: um ensaio clínico randomizado, duplo-cego, placebo controlado, no Centro de Referência em Abordagem e Tratamento do Tabagismo na rede SUS. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

6.
GERARDIN, DCC; LUCION, A. B.; Moreira, EG. Participação em banca de Milene Leivas Vieira. Exposição lactacional à Sulpirida: avaliação do cuidado materno e de parâmetros reprodutivos e comportamentais na prole masculina de ratos.. 2013. Dissertação (Mestrado em Prog Multicêntico de PG em Ciências Fisiológicas) - Universidade Estadual de Londrina.

7.
Moreira, EG; OTUKI, M. F.; VERRI JR, W.A.. Participação em banca de Suellen Andrade Navarro. Atividade analgésica do piracetam: efeito na produção de citocinas e estresse oxidativo.. 2013. Dissertação (Mestrado em Patologia Experimental) - Universidade Estadual de Londrina.

8.
MOREIRA, E.G.; ZANOVELI, J. M.; VITAL, M. A. B. F.. Participação em banca de Tiago Zaminelli. Efeito tipo-antidepressivo e antioxidante do ibuprofeno no modelo da Doença de Parkinson induzido por administração de rotenona intraperitoneal em ratos.. 2013. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Paraná.

9.
MOREIRA, E.G.; REIS, A. V.; DINIZ, A.. Participação em banca de Anderson Marquini Maronezzi. Previsão da taxa de absorção intestinal de flavonóides por cromatografia micelar de biopartição.. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

10.
BARBOSA, D. S.; MOREIRA, E.G.; CERAVOLO, G. S.. Participação em banca de Carine Coneglian de Farias. Avaliação do estresse oxidativo e verificação da ação antioxidante de drogas utilizadas na doença de Parkinson.. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

11.
MOREIRA, E. G.; VERRI JR, W.A.; Emerson José Venâncio. Participação em banca de Eduardo Vignoto Fernandes. Avaliação da resposta imune humoral de ratos Wistar submetidos à natação forçada e tratados com fluoxetina.. 2012. Dissertação (Mestrado em Patologia Experimental) - Universidade Estadual de Londrina.

12.
VERRI JR, W.A.; MOREIRA, E. G.; PAVANELLI, W.. Participação em banca de Carla Fabiana Souza Guazelli. Aumento da eficácia da quercetina pela microencapsulação: efeito terapêutico em modelo de colite em camundongos.. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

13.
ESTANISLAU, C.; MOREIRA, E. G.; NETTO, E. F. C.. Participação em banca de André Wilson Nazareth Veloso. Curso temporal e distribuição regional da autolimpeza de ratos em resposta a diferentes estressores ambientais.. 2012. Dissertação (Mestrado em Análise do Comportamento) - Universidade Estadual de Londrina.

14.
AUDI, E. A.; Garcia, RF; MOREIRA, E. G.. Participação em banca de Simoni Obici. Verificação da toxicidade e da atividade sobre o metabolismo hepático da fração diclorometano de Kielmeyera coriacea em roedores. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual de Maringá.

15.
MOREIRA, E. G.; Amado CAB; AUDI, E. A.. Participação em banca de Vânia Ramos Sela. Efeito da microinjeção intra-NMR de ligantes de receptores 5-HT1A e da 1,3,7-trihidroxi-2-(3-metilbut-2-enil)-xantona obtida da Kilmeyera coriaceae em ratos submetidoos a testes comportamentais.. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual de Maringá.

16.
MOREIRA, E. G.; AUDI, E. A.; BAZOTTE, R. B.. Participação em banca de Fernanda Otobone Jacques. Envolvimento dos receptores 5-HT1A no efeito anti-imobilidade da fração semi-purificada de Kielmeyera coriacea em ratos submetidos ao teste de nado forçado.. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual de Maringá.

17.
MOREIRA, E. G.; GON, Márcia Caserta; CAMARGO, Lucilla Maria Moreira. Participação em banca de Carolina Marroni Lorencete. A relação da privação social e do enriquecimento ambiental na execução e reversão de uma tarefa motora complexa.. 2006. Dissertação (Mestrado em Análise do Comportamento) - Universidade Estadual de Londrina.

18.
CORDELLINI, Sandra; Lazzarini, C.A.; HABERMANN, F.; MOREIRA, E. G.; GOMES, José Carlos. Participação em banca de Cláudia Cristina Soares. Efeitos da exposição pré- e pós-natal ao chumbo sobre a pressão aterial e a reatividade de leito vascular mesentérico e aorta de ratos recém-desmamados e adultos.. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Farmacologia)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

19.
MOREIRA, E. G.; GOMES, José Carlos; CORDELLINI, Sandra. Participação em banca de Andréia Fresneda Gaspar. Avaliação da reatividade vascular e da pressão arterial de ratos recém-desmamados e adultos, expostos ao chumbo nos períodos pré- e pós-natal.. 2005. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Farmacologia)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Teses de doutorado
1.
MOREIRA, E.G.; VERRI JR, W.A.; ZARPELON, A.; GOMES, G. P.; PAVANELLI, W.. Participação em banca de Talita Perdigão Domiciano. A quercitina inibe a ativação do inflamaram por impedir a oligomerização do ASC e previne a vasculite mediada por interleucina (IL-1) em camundongos. 2016. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

2.
MOREIRA, E.G.; REICHE, E. V.; VENÂNCIO, Emerson José; GUEMBAROVSKI, R. L.; NUNES, S. O. V.. Participação em banca de Marcia Regina Pizzo de Castro. Estudo de associação envolvendo o polimorfismo STin2 do gene transportador de serotonina (SLC6A4) em pacientes com transtorno por uso de tabaco e transtornos do humor.. 2014. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

3.
MOREIRA, E.G.; PINGE, M. C.; PAVANELLI, W.; Amado CAB; VERRI JR, W.A.. Participação em banca de Sérgio Marques Borghi. Participação das citocinas TNF-alfa, IL-1 beta e IL-10 em modelo de dor muscular de início tardio (DMIT) em camundongos - modulação pela pentoxifilina e talidomida.. 2013. Tese (Doutorado em Patologia Experimental) - Universidade Estadual de Londrina.

4.
VERRI JR, W.A.; MOREIRA, E.G.; CERAVOLO, G. S.; CUNHA, J. M.; WERNER, M. F. P.. Participação em banca de Ana Carla Zarpelon. Participação da IL-33 em modelos de resposta inflamatória inata e dor neuropática em camundongos.. 2013. Tese (Doutorado em Patologia Experimental) - Universidade Estadual de Londrina.

5.
MOREIRA, E.G.; VENÂNCIO, Emerson José; FUNGARO, M. H. P.; VERRI JR, W.A.; NUNES, S. O. V.. Participação em banca de Heber Odebrecht Vargas. Associação de marcadores de estresse oxidativo e inflamatórios em fumantes e em depressivos.. 2013. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

6.
MOREIRA, E. G.; DALSENTER, P.; MORAIS, R. N.; KURIYAMA, S. N.; ANDREATINI, R.. Participação em banca de Juliane Centeno Müller. Possíveis atividades (anti)estrogênica e (anti)androgênica e efeitos reprodutivos e comportamentais de ratos Wistar expostos à fluoxetina em períodos críticos de desenvolvimento.. 2012. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade Federal do Paraná.

7.
AUDI, E. A.; MOREIRA, E. G.; Grespan, R.; Salvarani, C.P.; Silva, A. R.C.P.. Participação em banca de Vânia Ramos Sela da Silva. Envolvimento do receptor 5-HT1A no efeito panicolítico produzido pela associação da paroxetina e pindolol no teste do labirinto em T elevado.. 2010. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual de Maringá.

Qualificações de Doutorado
1.
MOREIRA, E.G.; ZAIA, Cássia Thais; GOMES, G. P.. Participação em banca de Milene Leivas Vieira. Exposição crônica ao preguiçada propiconazol: avaliação comportamental e reprodutiva das gerações F1 e F2 de ratos machos.. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Prog Multicêntico de PG em Ciências Fisiológicas) - Universidade Estadual de Londrina.

2.
MOREIRA, E.G.; REICHE, E. V.; VENÂNCIO, Emerson José; GUEMBAROVSKI, R. L.; NUNES, S. O. V.. Participação em banca de Marcia Regina Pizzo de Castro. Análise do polimorfismo genético do transportador de serotonina VNTR STIN2 em transtrorno por uso de tabaco e em transtorno de humor.. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

3.
VERRI JR, W.A.; MOREIRA, E.G.; CERAVOLO, G. S.; PINGE FILHO, P.; GEORGETTI, S. R.. Participação em banca de Catia Campaner Ferrari Bernardy. Participação da IL-33 no processo inflamatório induzido pelo superóxido de potássio e carragenina.. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

4.
MOREIRA, E.G.; PINGE, M. C.. Participação em banca de Sérgio Marques Borghi. Participação das citocinas TNF-alfa e IL-1 beta em modelo de dor muscular de início tardio (DMIT). 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Patologia Experimental) - Universidade Estadual de Londrina.

5.
NUNES, S. O. V.; VENÂNCIO, Emerson José; Moreira, EG; FUNGARO, M. H. P.; VERRI JR, W.A.. Participação em banca de Heber Odebrecht Vargas. Marcadores de estresse oxidativo e inflamatórios em fumantes e depressivos de um centro de referência de abordagem e tratamento do tabagismo.. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

6.
MOREIRA, E.G.; CERAVOLO, G. S.. Participação em banca de Ana Carla Zarpelon. Participação da IL-33 em modelos de resposta inflamatória inata e dor neuropática em camundongos.. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Patologia Experimental) - Universidade Estadual de Londrina.

7.
MOREIRA, E. G.; BIANCHINI, A.; MELETTI, P. C.. Participação em banca de Alexandre Oliveira Fernandes da Silva. Acúmulo de Cd e seus efeitos no conteúdo de metalotioneína na atividade das enzimas anidrase carbônica e Na/K ATPase do peixe Prochilodus lineatus.. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Prog Multicêntico de PG em Ciências Fisiológicas) - Universidade Estadual de Londrina.

Qualificações de Mestrado
1.
MOREIRA, E.G.; GUEMBAROVSKI, R. L.; MAZZUCO, T. L.. Participação em banca de Clodoaldo Zago Campos. Análise de mutações polimórficas nos genes de metabolização GSTM1, GSTT1 e NQO1: possíveis implicações na suscetibilidade, progressão e tratamento do câncer de mama.. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

2.
PINGE FILHO, P.; MOREIRA, E. G.. Participação em banca de Felipe Almeida de Pinho Ribeiro. Dor inflamatória induzida pelo ânion superóxido: papel do NF-kB. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Patologia Experimental) - Universidade Estadual de Londrina.

3.
MOREIRA, E.G.; GON, Márcia Caserta; ESTANISLAU, C. R.. Participação em banca de Taimon Pires Maio. Efeitos da administração subcrônica de fluoxetina no comportamento de ratos submetidos a um procedimento de conflito prolongado em um labirinto em cruz elevado.. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Análise do Comportamento) - Universidade Estadual de Londrina.

4.
MOREIRA, E.G.; MAES, M.; NUNES, S. O. V.. Participação em banca de Eduardo Salviano Teixeira do Prado. N-Acetilcisteína para a cessação do tabagismo: um ensaio clínico randomizado, duplo-cego, placebo controlado, no Centro de Referência em Abordagem e Tratamento do Tabagismo na rede SUS. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

5.
ESTANISLAU, C.; GOUVEIA JR, A.; MOREIRA, E.G.. Participação em banca de Daniel Constantino Cunha. O efeito das drogas midazolam e pentilenotetrazol no comportamento de grooming de ratos em sessões repetidas e prolongadas no labirinto em cruz elevado.. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Análise do Comportamento) - Universidade Estadual de Londrina.

6.
ESTANISLAU, C.; GOUVEIA JR, A.; MOREIRA, E.G.. Participação em banca de Iury Florindo. Efeitos da administração de escitalopram no comportamento de ratos em um procedimento modificado de labirinto em cruz elevado.. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Análise do Comportamento) - Universidade Estadual de Londrina.

7.
MOREIRA, E. G.; MATSUO, T.; DINIZ, A.. Participação em banca de Anderson Marquini Maronezzi. Previsão da taxa de absorção intestinal de flavonóides por cromatografia micelar de biopartição.. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

8.
MOREIRA, E.G.; CERAVOLO, G. S.; BARBOSA, D. S.. Participação em banca de Carine Coneglian de Farias. Avaliação do estresse oxidativo e verificação da ação antioxidante de drogas utilizadas na doença de Parkinson.. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

9.
GERARDIN, DCC; MESQUITA, S.F.P.; MOREIRA, E. G.. Participação em banca de Bruno Garcia Montagnini. The effect of chronic administration of methylphenidate on reproductive parameters in male rats.. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Prog Multicêntico de PG em Ciências Fisiológicas) - Universidade Estadual de Londrina.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
MOREIRA, E. G.; TURINI, C.; MEZZAROBA, L.. Participação em banca de Eduardo Rodrigues Cabrera. Aspectos toxicológicos do gama-hidroxibutirato (GHB). 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Toxicologia) - Universidade Estadual de Londrina.

2.
MOREIRA, E. G.; GERARDIN, Daniela Cc; CAMARGO, E. A.. Participação em banca de Ana Paula Gomes. Tratamento fisioterápico associado ao tratamento farmacoógico com citicolina no acidente vascular cerebral.. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Ciências Fisiológicas) - Universidade Estadual de Londrina.

3.
MOREIRA, E. G.; TURINI, C.; PAOLIELLO, M.M.B. Participação em banca de Jurani Barbosa. Intoxicações agudas na infância. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Toxicologia) - Universidade Estadual de Londrina.

4.
MOREIRA, E. G.; TURINI, C.; PAOLIELLO, M.M.B. Participação em banca de Fernanda Dal Molin. A zincoprotoporfirina como indicador biológico na exposição ao chumbo: uma revisão.. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Toxicologia) - Universidade Estadual de Londrina.

5.
MOREIRA, E. G.; FARINHA, S.; PETROCINI, S.M.. Participação em banca de Tharcila Viana Chaves. A semelhança na diferença: uma visão psicanalítica do direito à cidadania de usário de drogas.. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Toxicologia) - Universidade Estadual de Londrina.

6.
MOREIRA, E. G.; TURINI, C.; PAOLIELLO, M.M.B. Participação em banca de Aline Trindade Sturmer. Avaliação de aspectos neuroquímicos da 3,4-metilenodioximetanfetamina (MDMA ou ECSTASY). 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Toxicologia) - Universidade Estadual de Londrina.

7.
MOREIRA, E. G.. Participação em banca de Adriana Genta Cardioli. Aspectos farmacológicos das principais drogas utilizadas no tratamento da asma brônquica. 2003. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Ciências Fisiológicas) - Universidade Estadual de Londrina.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CERAVOLO, G. S.; MOREIRA, E.G.; DIONISIO, A. F. M.. Participação em banca de Bruno Vinicius Duarte Marques.Efeitos da exposição maternal à fluoxetina na aorta da prole masculina submetida ao estresse agudo.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em FARMACIA) - UEL.

2.
ZAIA, Cássia Thais; Moreira, EG; ZILLI, R. M.. Participação em banca de João Guilherme Tassoni Bortoloci.Possíveis alterações comportamentais induzidas por nanopartículas de óxido de ferro.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - UEL.

3.
ZAIA, Cássia Thais; UCHOA, E. T.; MOREIRA, E.G.. Participação em banca de Aryel A. S. Lyra.Estudo do efeito de anestésicos e pré-anestésicos sobre o metabolismo periférico de ratos normais e sob estresse.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina.

4.
SALLES, M.J.S.; LEPRI, S.; MOREIRA, E.G.. Participação em banca de Gabriel de Araujo Costa.Investigação dos possíveis efeitos tóxicos, teratogênicos e comportamentais sobre a prole de camundongos expostos ao metilfenidato durante a gestação.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina.

5.
MOREIRA, E.G.; PINGE FILHO, P.; VERRI JR, W.A.. Participação em banca de Victor Fattori.Avaliação do efeito da curcumina em modelo de inflamação e dor induzidos pelo ânion superóxido.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina.

6.
BARBOSA, D. S.; CASAGRANDE, R.; MOREIRA, E.G.. Participação em banca de Andressa Keiko Matsumoto.Avaliação da ação antioxidante in vitro de drogas antiparkinsonianas.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina.

7.
MOREIRA, E.G.; MESQUITA, S.F.P.; GERARDIN, DCC. Participação em banca de Alice Hartmann dos Santos.Parâmetros reprodutivos e de fertilidade de ratas expostas à fluoxetina in utero e durante a lactação.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina.

8.
MOREIRA, E. G.; SALLES, M.J.S.; RAMOS, S. P.. Participação em banca de José Jacinto de Assis Júnior.Avaliação dos comprimentos de onda de 625 nm e de 940 nm na gestação de camundongos expostos à fototerapia empregando LEDS.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina.

9.
MOREIRA, E. G.; VERRI JR, W.A.; PAVANELLI, W.. Participação em banca de Felipe Almeida Ribeiro.Avaliação da participação da endotelina em modelos de depressão em camundongos.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina.

10.
MOREIRA, E. G.; FARIA, M. J. S.. Participação em banca de Priscila Marianno.Investigação dos possíveis efeitos tóxicos e teratogênicos da vacina da febre amarela na gestação de camundongos.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina.

11.
MOREIRA, E. G.; MORAES, D. S. C.; TURINI, C.. Participação em banca de Salomão Cury Riechi.Variabilidade na disposição cinética de fármacos: implicações na terapêutica e no risco de desenvolvimento de efeitos indesejáveis.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina.

12.
MOREIRA, E. G.; DONEGA, S.L.Z.; TURINI, C.. Participação em banca de Danielle Camelo Cardoso.Intoxicação por antidepressivos tricíclicos: manifestações clínicas e condutas terapêuticas.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina.

13.
COLUS, I. M. S.; MOREIRA, E. G.; FARIA, M. J. S.. Participação em banca de Manoela Viar Fogaça.Avaliação da citotoxicidade e mutagenicidade do alcalóide indirubina.. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina.

14.
TURINI, C.; MOREIRA, E. G.; DINIZ, A.. Participação em banca de Francielle Almeida Cordeiro.Toxinas animais: perspectivas de aplicação biotecnológica.. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina.

15.
MOREIRA EG; FARIA, Maria José Sparça Telles de. Participação em banca de Véssia da Silva Leite.Efeitos da clorofilina no desenvolvimento intra-uterino de camundongos expostos ou não à ciclofosfamida.. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina.

16.
MOREIRA EG; Martinez CBR. Participação em banca de Mariana Barros Franco de Andrade Vilela.Estresse oxidativo em Prochilodus lineatus expostos ao chumbo.. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina.

17.
MOREIRA, E. G.; FARIA, M J S S; GERARDIN, Daniela Cc. Participação em banca de Thiago Santos Gouvea.Efeito da exposição materna ao antidepressivo fluoxetina sobre o comportamento sexual e aspectos endócrinos de camundongos adultos.. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina.

18.
MOREIRA, E. G.; PONZONI, Silvia; SANTO, M. J. N. E.. Participação em banca de Renata Ferreira.Papel dos mecanismos glutamatérgicos da substância cinzenta periaquedutal dorsal na expressão da ansiedade induzida pela abstinência ao diazepam.. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina.

19.
MOREIRA, E. G.; NAME, Claudete Faiad. Participação em banca de BRUNA POLACCHINE DA SILVA.Avaliação do efeito anti-hipertensivo de Echinodorus grandiflorus em hipertensão experimental renovascular 1 rim-1 clipe e 2 ris-1 clipe. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina.

20.
MOREIRA, E. G.; COLLUS, Ilce. Participação em banca de CAROLINA CRISTIANE BERNARDI.Avaliação da mutagenicidade e anti-mutagenicidade de extratos de plantas nativas brasileiras utilizando-se o teste do micronúcleo.. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina.

21.
MOREIRA, E. G.; COMOLI, Eliane; PONZONI, Silvia. Participação em banca de EDUARDO FONTANA DE OLIVEIRA.Estudo da possível ação neuroprotetora do L-deprenil administrado antes e depois da injeção de cloreto de manganês na substância negra de ratos. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina.

22.
ZAIA, Cássia Thais; MOREIRA, E. G.; NAME, Claudete Faiad. Participação em banca de Rafael Annovazzi.Avaliação dos efeitos antinociceptivo, antiulcerogênico e antiespasmódico da Argemone mexicana L.. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina.

23.
FARIA, Maria José Sparça Telles de; MOREIRA, E. G.; AUDI, Elizabeth Aparecida. Participação em banca de Camila Queiroz Moreira.Avaliação da toxicidade e teratogenicidade do cloridrato de femproporex em camundongos.. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
MOREIRA, E. G.; GERARDIN, DCC; AUDI, E. A.. Concurso Público para contratação de docente junto à disciplina de Farmacologia Veterinária. 2011. Universidade Estadual de Londrina.

2.
MOREIRA, E. G.; PINGE, M. C.; BIANCHINI, A.. Concurso público para contratação de professor na disciplina de Fisiologia Geral. 2010. Universidade Estadual de Londrina.

3.
MOREIRA, E. G.; GERARDIN, DCC; GOMES, G. P.. Teste seletivo para contratação de professor colaborador na disciplina de Farmacologia.. 2010. Universidade Estadual de Londrina.

4.
MOREIRA, E. G.; GERARDIN, DCC; CORDELLINI, Sandra. Concurso público para contratação de docente junto à disciplina de Farmacologia. 2010. Universidade Estadual de Londrina.

5.
MOREIRA, E. G.; LEONHARDT, Julio; SOUZA, Helenir Medri de. Teste seletivo para contratação de Professor para a disciplina de Fisiologia Animal. 2006. Universidade Estadual de Londrina.

6.
SOUZA, Hugo Celso Dutra de; MOREIRA, E. G.; SOUZA, Marta Marques de. Teste seletivo para contratação de Professor de Fisiologia. 2004. Universidade Estadual de Londrina.

Outras participações
1.
MOREIRA, E. G.; BARBOSA, D. S.; BONAMETTI, A. M.; MATSUO, T.; GRION, C. M. C.; CASAGRANDE, R.. Comissão Examinadora de Seleção do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde. 2011. Universidade Estadual de Londrina.

2.
MOREIRA, E. G.; GERARDIN, DCC; GOMES, G. P.. Teste seletivo para contratação de professor colaborador na disciplina de Farmacologia.. 2010. Universidade Estadual de Londrina.

3.
COLUS, I. M. S.; MONTOVANI, MS; MOREIRA, E. G.. Qualificação de Mestrado de Vickeline Namba, PG em Genética e Biologia Molecular.. 2010. Universidade Estadual de Londrina.

4.
PINGE, M. C.; SOUZA, Helenir Medri de; MOREIRA, E. G.. Qualificação de Mestrado de Alexandro M S Mattos, Programa Multicêntrico de PG em Ciências Fisiológicas.. 2010. Universidade Estadual de Londrina.

5.
MOREIRA, E. G.; GON, Márcia Caserta; ESTANISLAU, C. R.. Qualificação de Heloísa Maria Cotta Pires de Carvalho "Diferenças de gênero em modelos animais de depressão e ansiedade: o efeito da exposição ao estresse crônico". 2008. Universidade Estadual de Londrina.

6.
MOREIRA, E. G.; PONZONI, Silvia; MURAD, G. R. B.. Comissão de Avaliação para Promoção Internível do Prof. Dr. João Baptista Guerra. 2006. Universidade Estadual de Londrina.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
9th Congress of Toxicology in Developing Countries. Curso pré-congresso: Neurotoxicology. 2015. (Congresso).

2.
9th Congress of Toxicology in Developing Countries. Neurotoxicology. 2015. (Congresso).

3.
XXVI FeSBE. 2011. (Congresso).

4.
XII International Congress of Toxicology. PON1 status and blood cholinesterases in a farmworker population exposed to organophosphate pesticides.. 2010. (Congresso).

5.
33rd Annual Meeting of the Neurobehavioral Teratology Society. 2009. (Congresso).

6.
48th Annual Meeting of the Society of Toxicology (SOT). Urinary concentrations of dialkyl organophosphate metabolites in farmworkers and non-farmworkers and their children in a longitudinal cohort study. 2009. (Congresso).

7.
49th Annual Meeting of the Teratology Society. Toxicogenomic profiling in the fetal brain after gestational exposure to chlorpyriphos.. 2009. (Congresso).

8.
O papel da patologia toxicológica na avaliação do risco químico. 2008. (Simpósio).

9.
XIV Congresso Brasileiro de Toxicologia. Moderador da sessão de apresentação oral de trabalhos. 2005. (Congresso).

10.
XXXIV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental. Developmental lead exposure: a neurochemical and immunohistochemical evaluation of the dopaminergic and serotonergic systems in rats.. 2002. (Congresso).

11.
XI Congresso Latinoamericano de Toxicologia. Influência da exposição a baixa concentração de chumbo, durante os períodos pré-natal e de amamentação, sobre a resposta comportamental à cocaína de ratos recém-desmamados.. 2000. (Congresso).

12.
XVI Congresso Latinoamericano de Farmacologia. XVI Congresso Latinoamericano de Farmacologia. 2000. (Congresso).

13.
XI Congresso Brasileiro de Toxicologia. XI Congresso Brasileiro de Toxicologia. 1999. (Congresso).

14.
XXII Congresso Brasileiro de Patologia. XXII Congresso Brasileiro de Patologia. 1999. (Congresso).

15.
XXXI Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental. XXXI Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental. 1999. (Congresso).

16.
X Congresso Brasileiro de Toxicologia. X Congresso Brasileiro de Toxicologia. 1997. (Congresso).

17.
XXIX Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental. XXIX Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental. 1997. (Congresso).

18.
XXVIII Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental. XXVIII Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental. 1996. (Congresso).

19.
XXVII Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental. XXVII Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental. 1995. (Congresso).

20.
XXVI Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental. XXVI Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental. 1994. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
OLIVEIRA, R. M. W. ; ANDREATINI, R. ; Moreira, EG . Simpósio Pranaense em Neuropsicofarmacologia Translacional. 2013. (Outro).

2.
CERAVOLO, G. S. ; MOREIRA, E.G. ; GOMES, G. P. ; GERARDIN, DCC . Ciclo de Atualização em Farmacologia. 2013. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
ANDRÉA MORGATO DE MELLO MIYASAKI. Avaliação das concentrações urinárias de uromodulina e de lipocaína associada à gelatinase de neutrófilos (NGAL) como biomarcadores preditivos de lesão renal em crianças portadoras de estenose da junção uretero-pélvica.. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina. (Orientador).

2.
Rodrigo Moreno Klein. Exposição gestacional ao paracetamol: avaliação de possíveis efeitos sobre o neurodesenvolvimento, em ratos.. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em Programa Multicêntrico de PG em Ciências Fisiológ) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
André de Souza Nogueira. INFLUÊNCIA DO USO DE MEDICAMENTOS, SÍNDROME METABÓLICA E ESTRESSE OXIDATIVO NA MODULAÇÃO DOS NÍVEIS PLASMÁTICOS DA ENZIMA PARAOXONASE 1 EM UMA POPULAÇÃO DO NORTE DO PARANÁ.. Início: 2014. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Dalmo Guilherme Correia. Avaliação funcional da enzima paraoxonase 1 (PON-1) em pacientes com transtorno bipolar. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária. (Orientador).

2.
Janaina Favaro Soares. Avaliação de indicadores de resistência à insulina e aterogenicidade em pacientes com transtorno bipolar.. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Matheus de Azevedo Barbosa. Avaliação de parâmetros hormonais e da esteroidogênese em ratos peripùberes expostos maternalmente à fluoxetina.. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa Multicêntrico de PG em Ciências Fisiológ) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

2.
Andressa Keiko Matsumoto. Avaliação da eficácia do óleo de peixe e do ácido fólico em reverter alterações funcionais induzidas pela exposição à fluoxetina durante o neurodesenvolvimento... 2015. Dissertação (Mestrado em Programa Multicêntrico de PG em Ciências Fisiológ) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

3.
André de Souza Nogueira. Influência do status da enzima Paraoxonase 1 (PON 1) no perfil lipídico e marcadores de estresse oxidativo em indivíduos do município de Cambé.. 2014. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

4.
Heloísa Rey Farza. Atrazina e desregulação endócrina. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestr Prof Toxicologia Aplicada à Vig Sanitária) - Universidade Estadual de Londrina, . Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

5.
José Francis Oliveira. Avaliação neurofuncional em ratos expostos à fluoxetina durante a gestação e lactação.. 2013. Dissertação (Mestrado em Prog Multicêntico de PG em Ciências Fisiológicas) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

6.
Elkiane Macedo Rama. AVALIAÇÃO DO RISCO À SAÚDE DECORRENTE DA EXPOSIÇÃO OCUPACIONAL E DIETÉTICA AO AGROTÓXICO CARBENDAZIM NO BRASIL. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestr Prof Toxicologia Aplicada à Vig Sanitária) - Universidade Estadual de Londrina, . Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

7.
Thelma Helena Inazaki. AVALIAÇÃO DO RISCO DIETÉTICO E OCUPACIONAL PARA A POPULAÇÃO EXPOSTA AO AGROTÓXICO ORGANOCLORADO DICOFOL NO BRASIL. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestr Prof Toxicologia Aplicada à Vig Sanitária) - Universidade Estadual de Londrina, . Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

8.
Andre Demambre Bacchi. Avaliação de parâmetros comportamentais e reprodutivos em ratos expostos à Passiflora incarnata durante a gestação e a amamentação.. 2012. Dissertação (Mestrado em Prog Multicêntico de PG em Ciências Fisiológicas) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

9.
Karine Maria Boll. AVALIAÇÃO TOXICOLÓGICA E ANTIOXIDANTE DA Passiflora incarnata EM RATAS TRATADAS DURANTE A GESTAÇÃO E LACTAÇÃO. 2012. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina, . Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

10.
Sabrina Afonso. Análise exploratória e avaliação da atividade analgésica em camundongos de extratos das folhas de Vernonia condensata Baker.. 2011. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

11.
Wagner Ezequiel Risso. Estudo da atividade antinociceptiva e análise exploratória da composição química dos extratos das folhas de Vernonia condensata Baker.. 2008. 0 f. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Londrina, . Coorientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

Tese de doutorado
1.
Karine Maria Boll. Paraoxonase 1 e doenças psiquiátricas.. 2018. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina, . Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

2.
Guilherme Bacarense Filgueiras. Avaliação da influência da idade, do sexo e da exposição perinatal à fluoxetina em modelos comportamentais de ansiedade modificados.. 2016. Tese (Doutorado em Prog Multicêntico de PG em Ciências Fisiológicas) - Universidade Estadual de Londrina, . Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

3.
Simone Bortolan dos Santos. AVALIAÇÃO DOS EFEITOS ANTINOCICEPTIVOS E ANTI-INFLAMATÓRIOS DA BOLDINA E DA FRAÇÃO POLAR DO EXTRATO AQUOSO DAS FOLHAS DA Vernonia condensata BAKER EM CAMUNDONGOS. 2016. Tese (Doutorado em Programa Multicêntrico de PG em Ciências Fisiológ) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

4.
André Demambre Bacchi. Efeito da exposição à fluoxetina durante a gestação e amamentação sobre o eixo corticotrófico e vias dopaminérgicas em ratos.. 2016. Tese (Doutorado em Programa Multicêntrico de PG em Ciências Fisiológ) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Vanessa Kelly de Oliveira. Uso de maconha como fator desencadeador da esquizofrenia.. 2006. 35 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Toxicologia) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

2.
Andréa Nhoato. Avaliação do risco para o produto AGR 250 EC. 2006. 65 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Toxicologia) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

3.
Francielle Koller Lopes. INTOXICAÇÕES POR AGROTÓXICOS DE USO AGRÍCOLA NA REGIÃO DE LONDRINA, NOS ÚLTIMOS 10 ANOS.. 2006. 118 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Toxicologia) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

4.
Rodrigo Cotrim Terremoto. Aspectos farmaco-toxicológicos da hoasca.. 2006. 50 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Ciências Fisiológicas) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

5.
Paulo Eduardo Carneiro de Oliveira. Avaliação comportamental de camundongos fêmeas pré-púberes e adultos expostos à fluoxetina durante a prenhez e amamentação.. 2005. 50 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu Em Farmacologia) - Universidade Norte do Paraná. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

6.
Rubens Miranda. Participação do cádmio e cromo no processo aterosclerótico.. 2002. 21 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Toxicologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Annie Vitória Lima. Influência do sexo e da idade em alguns parâmetros comportamentais em ratos.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

2.
Matheus de Azevedo Barbosa. Avaliação do óleo de peixe administrado a ratas durante a gestação e amamentação sobre o comportamento dos descendentes.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

3.
Bárbara Daiane dos Santos. Avaliação dos efeitos antinociceptivo e anti-inflamatório da bolina em camundongos. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

4.
Isabella Garcia Takahashi. Quantificação de fluoxetina em plasma de ratos por barra de agitação sortiva de polidimetilsiloxano e cromatografia líquida de alta eficiência com detecção no ultravioleta-visível. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

5.
Bianca Ponte. AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DESREGULADOR HORMONAL DA Passiflora incarnata EM RATOS PRÉ-PÚBERES. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

6.
Ana Paula Moreno Barbosa. A Passiflora incarnata não influencia o desenvolvimento sexual de ratas pré-púberes.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

7.
André de Souza Nogueira. Paraoxonase 1 como biomarcador de susceptibildade em intoxicações por organofosforados e doenças cardiovasculares.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

8.
Luiz Fernando Veríssimo. Plantas de interesse para o governo federal brasileiro: estudos de toxicidade no aparelho reprodutor masculino.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

9.
Tiago Zaminelli. Avaliação da toxicidade materna em ratas tratadas com Passiflora incarnata L. durante a gestação e amamentação.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

10.
Gabriela Lollato. Avaliação dos efeitos comportamentais induzidos pelo extrato aquoso e fração diclorometano de Erythrina speciosa, em camundongos.. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

11.
Leandro Cavalcante Costa. Avaliação da resposta comportamental ao agonista 5-HT1A 8-OH-DPAT de camundongos machos e fêmeas pré-púberes expostos à fluoxetina durante a prenhez e a amamentação.. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

12.
Plínio das Neves Favaro. Avaliação da resposta comportamental às drogas psicotrópicas diazepam e dietilpropiona, de camundongos machos e fêmeas expostos à fluoxetina nos períodos pré-natal e de amamentação.. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

13.
Adriano Cardoso Franciosi. Avaliação da toxicidade aguda e da atividade antinociceptiva dos extratos aquosos da raiz e da folha de Plantago australis.. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

14.
Sabrina Francesca Lisboa. Avaliação do comportamento e da resposta imune humoral de camundongos pré-púberes e adultos, expostos à fluoxetina nos períodos pré-natal e de amamentação. 2005. 75 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

Iniciação científica
1.
Matheus Azevedo Barbosa. Influência do sexo e da idade em alguns parâmetros comportamentais em ratos.. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

2.
Bárbara Daiane dos Santos. Avaliação do efeito antiinflamatório da fração polar do extrato aquoso das folhas de Vernonia condensata Baker em camundongos. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

3.
Annie Vitória Lima. Efeitos comportamentais da exposição à fluoxetina durante a gestação e amamentação. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina, UEL. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

4.
Isabella Garcia Takahashi. Avaliação comportamental em ratos machos e fêmeas expostos à fluoxetina durante a gestação e amamentação.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina, UEL. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

5.
Bárbara Daiane dos Santos. Avaliação dos efeitos antinociceptivo e antiinflamatório da fração polar do extrato aquoso das folhas de Vernonia condensata Baker em camundongos.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

6.
Annie Vitória Lima. Avaliação comportamental em ratos machos e fêmeas expostos à fluoxetina durante a gestação e amamentação. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

7.
Ana Paula Barbosa Moreno. ¬Avaliação do potencial desregulador hormonal da Passiflora incarnata em ratas pré-púberes.. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

8.
Bianca Ponte. Avaliação de parâmetros reprodutivos em filhotes machos expostos à Passiflora incarnata durante a gestação e a amamentação. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

9.
Tiago Zaminelli. Avaliação de parâmetros reprodutivos em ratas tratadas com Passiflora incarnata durante a gestação e a amamentação.. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

10.
Luiz Fernando Veríssimo. Levantamento das espécies vegetais listadas na RENISUS (Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao SUS) com potencial para induzirem toxicidade reprodutiva e/ou do desenvolvimento.. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

11.
Gustavo Henrique Oliveira. Avaliação do risco reprodutivo e do desenvolvimento decorrente do uso de fitoterápicos durante a gestação e/ou lactação. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

12.
Marcela Zambrim Campanini. AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO SEXUAL DE CAMUNDONGOS MACHOS ADULTOS EXPOSTOS À FLUOXETINA DURANTE A PRENHEZ E A AMAMENTAÇÃO.. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

13.
Thiago Santos Gouvea. AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO SEXUAL DE CAMUNDONGOS MACHOS ADULTOS EXPOSTOS À FLUOXETINA DURANTE A PRENHEZ E A AMAMENTAÇÃO.. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

14.
Felipe Assan. ESTUDO DA COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE DA ATIVIDADE FARMACO-TOXICOLÓGICA DA COCCOLOBA MOLLIS. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

15.
Renne Rodrigues. ESTUDO DA COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE DA ATIVIDADE FARMACO-TOXICOLÓGICA DA COCCOLOBA MOLLIS. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

16.
Gabriela Lolatto. Avaliação dos efeitos comportamentais induzidos por extratos de Erythrina speciosa, em camundongos. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

17.
Thiago Gouvea. Avaliação da toxicidade de praguicidas usados na agricultura orgânica.. 2006. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

18.
Plinio Favaro. Avaliação da toxicidade de praguicidas usados na agricultura orgânica. 2006. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

19.
Leandro Cavalcante Costa. Avaliação da resposta comportamental a drogas psicotrópicas de camundongos expostos à fluoxetina nos períodos pré-natal e de amamentação. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

20.
Plinio das Neves Favaro. Avaliação da resposta comportamental a drogas psicotrópicas de camundongos expostos à fluoxetina nos períodos pré-natal e de amamentação. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

21.
Leandro C Costa. Avaliação do comportamento de camundongos machos expostos à fluoxetina durante a prenhez e amamentação.. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

22.
Aline da Costa Soeiro. Avaliação comportamental de camundongos expostos prolongadamente ao chumbo a partir do desmame.. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

23.
Paulo Eduardo Carneiro de Oliveira. Avaliação comportamental em camundongos machos adultos, expostos prolongadamente ao chumbo a partir do desmame.. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

24.
Camila Queiroz Moreira. Avaliação da neurotoxicidade do desenvolvimento do cloridrato de femproporex em camundongos.. 2004. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

25.
Sabrina Francesca Lisboa. Avaliação comportamental de camundongos expostos prolongadamente ao chumbo a partir do desmame.. 2004. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

26.
Sabrina Francesca Lisboa. Avaliação do comportamento de ratos machos e fêmeas adultos, expostos a baixa concentração de chumbo durante a prenhez e/ou amamentação, no teste de natação forçada.. 2003. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

27.
Carlos Alberto Saci Queiroz. Avaliação do comportamento de ratos machos e fêmeas adultos, expostos a baixa concentração de chumbo durante a prenhez e/ou amamentação, no teste de natação forçada.. 2003. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Biomedicina) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.

28.
Gisele Gonçalves. Avaliação do comportamento de ratos machos e fêmeas adultos, expostos a baixa concentração de chumbo durante a prenhez e/ou amamentação, no teste de natação forçada.. 2003. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Estefânia Gastaldello Moreira.



Outras informações relevantes


Membro da Sociedade Brasileira de Toxicologia

Membro da "Teratology Society"

Bolsista produtividade da Fundação Araucária no biênio 2013-2015.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/01/2019 às 7:20:47