Angélica Baptista Silva

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0947912377089491
  • Última atualização do currículo em 23/07/2018


Possui graduação em Comunicação Social - Faculdades Integradas Hélio Alonso (1991) e doutorado em Doutorado em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz (2013). Atualmente é pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Teleinformática, atuando principalmente nos seguintes temas: telessaúde, tecnologias da informação, telemedicina, banco de leite humano e informação e comunicação em saúde. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Angélica Baptista Silva
Nome em citações bibliográficas
SILVA, A. B.;Silva, A. B.;SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA

Endereço


Endereço Profissional
Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Fernandes Figueira.
Avenida Rui Barbosa, 716 5 andar Laboratório de Telessaúde
Flamengo
22250020 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 25530395
URL da Homepage: http://www.iff.fiocruz.br


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2013
Doutorado em Doutorado em Saúde Pública.
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Título: Política pública, educação, tecnologia e saúde articuladas: como a telessaúde pode contribuir para fortalecer o SUS?, Ano de obtenção: 2013.
Orientador: Ilara Hammerli Sozzi de Moraes.
Coorientador: Carlos Médicis Morel.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: telessaúde; pesquisa translacional; SUS.
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Educação; Atividades de atenção à saúde humana; Atividades dos serviços de tecnologia da informação.
2003 - 2005
Mestrado profissional em Saúde Pública.
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Título: Multimídia e conectividade entre os Conselhos de Saúde: a Plenária Virtual Permanente, Ano de Obtenção: 2005.
Orientador: Maria Eliana Labra.
Palavras-chave: Informação e Comunicação em Saúde; Gestão da Informação e da Comunicação.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Setores de atividade: Políticas, Planejamento e Gestão em Saúde.
1999 - 2000
Especialização em Internet Interface e Multimídia.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
1988 - 1991
Graduação em Comunicação Social.
Faculdades Integradas Hélio Alonso, FIHA, Brasil.




Formação Complementar


2015 - 2015
Introdução à economia Clínica Aplicada. (Carga horária: 16h).
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
2015 - 2015
II Curso de busca em bases de patentes do IFF. (Carga horária: 16h).
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
2007 - 2007
Curso de NCL - Ginga. (Carga horária: 40h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
2006 - 2006
Introducing Interactive Television. (Carga horária: 8h).
British Broadcast Corporation, BBC, Grã-Bretanha.
1988 - 1988
Extensão universitária em Formação Básica em Propaganda. (Carga horária: 60h).
Escola Superior de Propaganda e Marketing, ESPM, Brasil.


Atuação Profissional



Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40

Atividades

12/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Fernandes Figueira, .


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Contratado, Carga horária: 20
Outras informações
Professor Substituto do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva na Área de Planejamento e Políticas de Saúde


Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, SESDEC-RJ, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Tercerizada, Carga horária: 20
Outras informações
Coordenação do Programa de Inclusão Digital das Secretarias e Conselhos de Saúde dos Municípios do Rio de Janeiro



Linhas de pesquisa


1.
Telessaúde e sistemas de saúde

Objetivo: Dentre as lacunas do conhecimento em relação ao tema telessaúde, pode-se destacar sua estreita relação com a bioética; abordagens econômicas inovadoras para a gestão e avaliação dos serviços; a configuração da telessaúde na saúde suplementar no contexto do SUS; o recorte de especificidades tais como os de políticas de saúde, da área da saúde da mulher, da criança e do adolescente, entre outras. Nesse contexto, o grupo de pesquisa tem como missão identificar, diagnosticar, analisar e avaliar a inserção da telessaúde nos sistemas de saúde bem como propor melhorias em seus produtos e processos a fim de contribuir para diminuição das iniquidades..
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Saúde Materno-Infantil.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Ciência da Informação.
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana; Telecomunicações.
Palavras-chave: telessaúde; planejamento de serviços de saúde; telemedicina; tecnologias da informação; Avaliação e economia da saúde.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Modelo de Avaliação de Serviços de Telessaúde (MAST): Adaptação e Validação para o contexto brasileiro

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Rosângela Caetano em 22/07/2018.
Descrição: A adoção da telemedicina ou, mais amplamente, da telessaúde, tem sido crescente em todo o mundo. Essas tecnologias podem representar um grande avanço na prestação de cuidados em saúde, permitindo ultrapassar barreiras de acesso físico e ofertar intervenções efetivas e reguladas por mecanismos promotores de equidade a um custo adequado. Em um país com as dimensões territoriais e os contrastes sociais, econômicos e culturais presentes no Brasil, podem contribuir na melhoria do atendimento e assistência, aumentando a efetividade, resolutividade e qualidade do cuidado. Esses aspectos têm levado a uma expansão de iniciativas relacionadas à prestação de serviços de saúde ou atividades educacionais intermediadas por tecnologias de informação e comunicação no país, sobretudo a partir da metade da década passada. Fortemente impulsionado por iniciativas públicas, particularmente dos Ministérios da Saúde e da Ciência e Tecnologia, esse crescimento ocorre em um contexto que alia os desafios impostos pela nossa realidade epidemiológica e de serviços de saúde com condições estruturais ainda bastante heterogêneas para aplicação de tecnologias de telessaúde em nosso meio. Como todas as tecnologias em saúde, as consequências e implicações clínicas, sociais, organizacionais, econômicas e éticas das aplicações da telessaúde devem ser avaliadas, utilizando uma abordagem abrangente, multidisciplinar e sistemática e instrumentos consistentes e validados. Entretanto, a avaliação da telemedicina/telessaúde no país apresenta ainda um caráter bastante incipiente e pontual. A proposta deste projeto refere-se à adaptação ao contexto nacional e validação junto a gestores, técnicos e pesquisadores brasileiros de uma ferramenta desenvolvida na Europa, o Model for Assessment of Telemedicine Applications (MAST), de modo a explorar suas potencialidades de uso e contribuir para processos avaliativos da telemedicina/telessaúde no país. Para tal, planeja-se um caminho metodológico composto de quatro etapas: (i) revisão de escopo da literatura, com vistas a caracterizar as principais aplicações e serviços de telemedicina/telessaúde presentes no país no que se refere aos seus principais aspectos temáticos, conceituais, organizacionais e de gestão, de modo a subsidiar o processo de adaptação da ferramenta; (ii) adaptação transcultural da ferramenta MAST às particularidades do contexto e serviços nacionais; (iii) validação da versão nacional do instrumento de avaliação junto a coordenadores e profissionais atuantes nos núcleos técnico-científicos de telessaúde pertencentes ao Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes e aos núcleos de telessaúde da Rede Universitária de Telemedicina a pesquisadores e profissionais da área de avaliação de tecnologias em saúde, utilizando-se de duas estratégias formais diferentes de conferências de consenso (grupo nominal e técnica Delphi modificada); e (iv) estudo piloto do instrumento validado em duas instituições nacionais com serviços e experiência consolidada de telessaúde, de diferentes regiões do país, para ajustes finais do instrumento. Espera-se que o desenvolvimento do modelo avaliativo seja um facilitador nos processos de avaliação, envolvendo distintos contextos e contribua na organização, classificação e sistematização de informações relativas às principais aplicações e serviços de telemedicina / telessaúde no cenário nacional. O registro para domínio público da ferramenta para avaliação de serviços e aplicações da telemedicina adaptada e validada ao contexto nacional pode ajudar, ademais, a potencializar os processos de avaliação existentes no país sobre a tecnologia em tela.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Angélica Baptista Silva - Integrante / Ana Cristina Carneiro Menezes Guedes - Integrante / Rosângela Caetano - Coordenador / Ione Ayala Gualandi de Oliveira - Integrante / Ricardo Ewbank Steffen - Integrante / Rondineli Mendes da Silva - Integrante / DANIELA LACERDA SANTOS - Integrante / Érica Militão Pedro - Integrante / Kristian Kidholm - Integrante / Cesar Augusto Orazem Favoreto - Integrante / Marcelo Fornazin - Integrante / Carla Cardi Nepomuceno - Integrante / Gizele Rocha Ribeiro - Integrante.
2017 - Atual
Grupo de Interesse Especial Tel@ Amazônia: Avaliação da Telessaúde para Segurança Alimentar e Nutricional de mães e bebês da floresta
Descrição: Estudo experimental em que se realizarão atividades de educação permanente junto aos profissionais de saúde da atenção básica e parteiras. Serão fornecidas orientações sobre alimentação para grávidas e mães com crianças acompanhadas pelo serviço de puericultura nas áreas indígenas do estado do Amazonas, onde há pontos de telessaúde. A intenção é contribuir para alcançar eutrofia da população indígena de 0 a 5 anos, com base em orientação nutricional com ênfase no núcleo familiar. A segunda meta é criar cardápios diferenciados, que supram as carências nutricionais de acordo com a tradição e crenças do território. Para isso, a intervenção a ser executada será uma série de encontros online por meio de internet entre a equipe multiprofissional e internacional de pesquisadores e os profissionais de saúde da atenção básica e parteiras nos pontos de telessaúde do estado do Amazonas. Como proposta de monitoramento da intervenção, a prevalência de déficit ponderal será observada entre as crianças atendidas nas consultas de puericultura das unidades básicas de saúde participantes, bem como serão observadas as mudanças de práticas assistenciais dos profissionais de saúde participantes através de apuração qualitativa em grupos focais online..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (4) .
Integrantes: Angélica Baptista Silva - Coordenador / Danielle Aparecida da Silva - Integrante / Waldeyde Oderilda Magalhães dos Santos - Integrante / Pedro Máximo de Andrade Rodrigues - Integrante / Martha Inés Camargo Garzón - Integrante / Lúcia Maria Costa Monteiro - Integrante / Katherine Mary Marcelino Benevides - Integrante / Fabiane Vinente dos Santos - Integrante / Sandra Cavalcante Silva - Integrante / Silmar Barbalho da Silva Braga - Integrante / Ester Mourão Correa - Integrante.
2017 - Atual
Zerando a Mortalidade Materna: construção de bases para a E-paciente gestante no Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira
Descrição: O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável para 2030 sobre saúde reforça o combate à mortalidade materna, que é um problema nos países em desenvolvimento, inclusive no Brasil. Essa investigação do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira pretende traduzir e adaptar o aplicativo para dispositivos móveis Zero Mothers Die para a língua portuguesa com a participação de atores institucionais, bem como ouvir as mães e gestantes usuárias do serviço presencialmente, quanto à utilidade e a potencialidade dessa ferramenta em seu cotidiano. Como metodologia será utilizada a técnica de pesquisa etnográfica denominada observação participante na fase de tradução da plataforma pelos profissionais de saúde, bem como, posteriormente, serão realizadas entrevistas semiestruturadas em grupos com usuárias do serviço de saúde. Como resultados previstos, estão a divulgação da metodologia utilizada para os pares em publicação científica e a disponibilização do aplicativo para gestantes e mães em geral..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Especialização: (2) / Mestrado profissional: (2) .
Integrantes: Angélica Baptista Silva - Coordenador / Kátia Sydronio de Souza - Integrante / Danielle Aparecida da Silva - Integrante / Ianê Germano de Andrade Silva - Integrante / Pernelle Paula L. Patrorelli - Integrante / Marlene Roque Assumpção - Integrante / Véronique Inès Thouvenot - Integrante / Augusta Maria de Assunção Moreira - Integrante / Carlos Renato Alves Silva - Integrante / Claudia Tavares Regadas - Integrante / Márcia Corrêa de Castro - Integrante / Rafaelle Cristine Ribeiro - Integrante / Talita Silvério Osório - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1
2012 - 2014
Monitoramento, consolidação e expansão da Rede de Bancos de Leite Humano - Fase IV
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2013
PRÁTICAS, SABERES E POLÍTICAS DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE, TELESSAÚDE, REGISTRO ELETRÔNICO EM SAÚDE E E-HEALTH

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ilara Hämmerli Sozzi de Moraes em 27/08/2013.
Descrição: Desenvolver estudos sobre a Informação em Saúde, Telessaúde, Registro Eletrônico em Saúde (RES) e E-Health voltados para a gestão, atenção e regulação das ações em saúde visando a avaliar as melhores práticas para sua gestão..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2013
INCoD - Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Convergência Digital
Descrição: Este projeto objetiva criar um programa de pesquisa, validação em ampla escala e disseminação de tecnologias de serviço, linguagens e formas de apresentação e formatação de conteúdo e padrões de qualidade, usabilidade e comunicação que suporte a convergência digital em Saúde. A médio prazo, o objetivo é que estas atividades lances as bases para uma sistematização ainda mais abrangente e consequente generalização dos resultados obtidos a outras áreas de aplicação, permitindo a transferencia de resultados para uma convergencia digital mais ampla, a ser realizada em atividades subsequentes e como consequencia da continuidade da atuação do Instituto proposto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2013
Observatório de Informação, Tecnologia de Informação em Saúde e Telessaúde - ObservIN
Descrição: Ofertar de maneira contínua e sistematizada, informações e análises sobre o uso de TIC´s na Atenção Primária à Saúde (APS), facilitando a identificação, comparação e avaliação de diversas iniciativas e projetos contribuindo para o fortalecimento do uso de TIC´s nos países latino-americanos, por meio da ativação de um portal dinâmico alinhado com a filosofia do Eurosocial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Angélica Baptista Silva - Integrante / Vanessa de Lima e Souza - Integrante / Deise de Araújo Grigorio - Integrante / Ilara Hammerli Sozzi de Moraes - Coordenador / Ana Paula Bernardo Mendonça - Integrante / Rosane Mendes da Silva Máximo - Integrante.
2005 - 2008
DIVERGE
Descrição: Este projeto versa sobre transmissão de meio contínuo em tempo real. Teremos como foco problemas voltados à distribuição de vídeo e voz, incluindo transmissão tipo teleconferência e distribuição de vídeo em larga escala através de servidores multimídia com aplicações em educação. Todas as aplicações serão baseadas em software livre, desenvolvido em nossos laboratórios. Os aplicativos (servidor multimídia e ferramentas de vídeo conferência) já estão operacionais em nossos laboratórios e em constante aperfeiçoamento. Neste projeto desenvolveremos novas funcionalidades para que as atividades propostas possam ser realizadas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Angélica Baptista Silva - Integrante / Edmundo Albuquerque de Souza e Silva - Coordenador / Rosa Maria Meri Leão - Integrante / José Roberto Boisson de Marca - Integrante / Anna Dolejsi Santos - Integrante.Financiador(es): Rede Nacional de Ensino e Pesquisa - Cooperação / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
2004 - 2009
Laboratório Territorial de Manguinhos
Descrição: iniciou-se em maio de 2002, no âmbito do Programa de Desenvolvimento Local Integrado e Sustentável - DLIS Manguinhos e do Programa FIOCRUZ SAUDÁVEL, buscando equacionar questões ambientais na pactuação de um futuro saudável para o território de Manguinhos. Em sua fase inicial, a instalação deste Projeto foi desenvolvida no âmbito do Convênio FIOCRUZ-FUNASA (2003-2004), tendo sido constituída uma equipe multiprofissional e interdisciplinar de pesquisa, além da seleção de estudantes do ensino fundamental para serem bolsistas do Programa de Vocação Científica - PROVOC/DLIS, como estratégia de inclusão dos atores locais no processo. A equipe formada vem se configurando como uma rede local envolvendo os pesquisadores de diversas unidades da FIOCRUZ (ENSP - DCS, CSEGSF e CESTEH; EPSJV; CICT - DCS e DIS; COC - Departamento de Pesquisa e Departamento de Patrimônio; Museu da Vida; Programa FIOCRUZ SAUDÁVEL / VPSRA; ASFOC - Rádio MareManguinhos), profissionais do IBGE, a Rede CCAP (ONG local) e moradores como estudantes do PROVOC DLIS e bolsistas do Projeto, formando uma comunidade ampliada de pares. A proposta do Laboratório Territorial articula três dimensões: a dimensão acadêmica, que incorpora a reflexão teórica acerca da elaboração da interdisciplinaridade e a transdisciplinaridade pelo grupo de pesquisadores, bem como construção de métodos integrados de investigação e intervenção; a dimensão da formação/ensino: estabelecida pela relação entre orientadores e estudantes através de aulas, oficinas, seminários e pela relação entre orientador/estudantes para construção de mapas temáticos; e finalmente a dimensão da ação/intervenção envolve a produção de conhecimento através da organização coletiva da informação e elaboração de indicadores, criando instrumentos e mecanismos de disponibilização e disseminação dessas informações, capacitando a sociedade para a intervenção política na busca de alternativas saudáveis..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2005
Serviço de Apoio ao Professor em Sala de Aula ? Projeto Sapsa
Descrição: Produção de vídeos sobre saúde e formatação para tv digital com o uso da tecnologia Mpeg4..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Especialização: (1) / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Angélica Baptista Silva - Coordenador / Márcia Correa e Castro - Integrante / Arlindo Fábio Gómez de Sousa - Integrante / Odir João Nascimento Junior - Integrante.Financiador(es): Fundação para o Desenvolvimento Científicio e Tecnológico em Saúde - Outra / Fundação Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1


Projetos de desenvolvimento


2013 - 2015
Teleconsultoria em Medicina Fetal
Descrição: Projeto que tem como linha básica realizar discussões de casos clínicos de Medicina Fetal à distância com regularidade, em caráter multicêntrico, envolvendo todas as regiões do país, com o apoio de diversas modalidades de tecnologias da informação e da comunicação (TIC) à disposição da administração pública..
Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento.
2004 - Atual
Rede Universitária de Telemedicina - Rute
Descrição: Projeto para implementação da infra-estrutura de telemedicina no âmbito da Fiocruz e demais hospitais universitários no Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.


Outros Projetos


1998 - 2011
Canal Saúde
Descrição: Em dezembro de 1994 o Canal Saúde iniciou suas atividades. O projeto foi concebido como resposta às deliberações das Conferências Nacionais de Saúde, que apontam informação, educação e comunicação como elementos estratégicos para consolidação do Sistema Único de Saúde e para conquista da cidadania plena no Brasil. O Canal Saúde tem desenvolvido durante estes anos metodologias de produção e veiculação de audiovisuais para atender as demandas específicas do setor Saúde. A pesquisa de recepção realizada em 2001 demonstra que 73% do público do Canal Saúde é constituído por profissionais de saúde. Quase a totalidade deste contigente busca na programação subsídio para o trabalho e formação profissional. Paralelamente, conselhos de saúde, escolas, universidades, centros de pesquisa, hospitais, associações, sindicatos e outras entidades também assistem, gravam e divulgam os programas do Canal Saúde. No que diz respeito à produção, há várias modalidades: cobertura de eventos, produção de vídeos didáticos, copiagem e distribuição de programas, além das teleconferências, cuja produção triplicou entre 2000 e 2001. A Coordenação Nacional de DST- AIDS, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Funasa, o Programa Saúde da Mulher (MS), a Secretaria de Políticas de Saúde, o Conselho Nacional de Saúde, além do Conass e Conasems foram alguns dos atores que demandaram a parceria do Canal Saúde nos últimos dois anos..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Angélica Baptista Silva - Integrante / Márcia Correa e Castro - Integrante / Arlindo Fábio Gómez de Sousa - Coordenador.


Membro de corpo editorial


2013 - Atual
Periódico: Jornal Brasileiro de TeleSSaúde
2010 - Atual
Periódico: Latin America Journal of Telehealth


Revisor de periódico


2009 - Atual
Periódico: Revista do Serviço Público
2011 - Atual
Periódico: American Journal of Public Health (1971)
2012 - Atual
Periódico: Physis (UERJ. Impresso)
2013 - Atual
Periódico: RECIIS. Electronic Journal of Communication Information and Innovation in H
2013 - 2017
Periódico: Revista Brasileira de Farmácia / Brazilian Journal of Pharmacy
2015 - Atual
Periódico: Saude em Debate


Revisor de projeto de fomento


2016 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Apoio e Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do MS
2014 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Sistemas de Computação/Especialidade: Teleinformática.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Ensino-Aprendizagem/Especialidade: Tecnologia Educacional.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Rádio e Televisão/Especialidade: Videodifusão.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Jornalismo e Editoração/Especialidade: Organização Editorial de Jornais.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2015
Primeiro lugar no I Prêmio de Inovação na Gestão Fiocruz, Fundação Oswaldo Cruz.
2005
Menção honrosa no Prêmio Sérgio Arouca de Gestão Participativa no SUS na categoria trabalho acadêmico, Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
7SILVA, A. B.2018SILVA, A. B.; GUEDES, A. C. C. M. ; CASTRO, G. R. M. S. ; CAVALCANTI, M. L. T. ; MELLO, M. G. S. . Formação para profissionais de unidades de telessaúde ? para além da capacitação profissional. REVISTA LATINOAMERICANA DE TELESSAÚDE, v. 5, p. 226, 2018.

2.
2SILVA, A. B.2015SILVA, A. B.; GUEDES, A. C. C. M. ; SINDICO, S. R. F. . Regras do governo brasileiro sobre serviços de telessaúde: revisão integrativa. Planejamento e Politicas Publicas, v. 44, p. 167-188, 2015.

3.
6SERRANO-SANTOYO, A.2014SERRANO-SANTOYO, A. ; MENDIZABAL, V.A.R. ; CONTE-GALVAN, R. ; GOMEZ-GONZALEZ, A. ; SILVA, A. B. . Towards a Framework for Health IT Standardization in Mexico. Journal of ICT Standardization, v. 1, p. 347-362, 2014.

4.
11SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA2014SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA. Comunicação e cibercultura na telessaúde. Jornal Brasileiro de TeleSSaúde, v. 3, p. II, 2014.

5.
9PEREIRA, E. M. C. C.2014PEREIRA, E. M. C. C. ; SILVA, A. B. ; ALMEIDA, J. A. G. ; FIGUEIREDO, C. E. S. . Avaliação do Ciclo de Diálogos Brasil - Cabo Verde com uso de conferência audiovisual em internet de conexão limitada. Jornal Brasileiro de TeleSSaúde, v. 3, p. 45-50, 2014.

6.
1Silva, A. B.2014 Silva, A. B.; MOREL, C.M. ; MORAES, I. H. S. . Proposta conceitual de telessaúde no modelo da pesquisa translacional. Revista de Saúde Pública (Impresso), v. 48, p. 347-356, 2014.

7.
4SILVA, A. B.2013SILVA, A. B.; SILVA, D.A. ; ARREGUY, E. E. M. ; ALMEIDA, J. A. G. . Curso de Processamento e Controle de Qualidade do Leite Humano no Estado do Amazonas por telessaúde: um estudo de caso da Rede BLH do SUS. RECIIS. Revista Eletrônica de Comunicação, Informação & Inovação em Saúde (Edição em Português. Online), v. 7, p. 725/1-14, 2013.

8.
3SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA2012 SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA; MORAES, ILARA HAMMERLI SOZZI DE . O caso da Rede Universitária de Telemedicina: análise da entrada da telessaúde na agenda política brasileira. Physis (UERJ. Impresso), v. 22, p. 1211-1235, 2012.

9.
8SILVA, A. B.2010SILVA, A. B.; SOUSA, Arlindo Fábio Gómez de . Canal Saúde: experiência pioneira de telessaúde no Brasil. Latin American Journal of Telehealth, v. 2, p. 271-278, 2010.

10.
5SILVA, A. B.;Silva, A. B.;SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA2009 SILVA, A. B.; de Amorim, A. C. . A Brazilian educational experiment: teleradiology on web TV. Journal of Telemedicine and Telecare, v. 15, p. 373-376, 2009.

11.
10SILVA, A. B.;Silva, A. B.;SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA2008SILVA, A. B.; LABRA, M.E. . Plenária Virtual Permanente: em busca da interlocução entre os conselhos de saúde. Ciência da Informação (Impresso), v. 36, p. 106-117, 2008.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
Silva, A. B.. Telessaúde no Brasil - conceitos e aplicações. 1ª. ed. Rio de Janeiro: DOC, 2014. v. 1. 88p .

Capítulos de livros publicados
1.
SILVA, A. B.. Perspectiva comunicacional de telessaúde como oportunidade de empoderamento. In: Cristiane d'Avila; Humberto Trigueiros. (Org.). Comunicação, mídia e saúde: novos agentes, novas agendas. 1ed.Rio de Janeiro: Luminatti, 2017, v. 1, p. 141-153.

2.
SILVA, A. B.. Telessaúde no Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz): uma proposta de Telessaúde para a alta complexidade voltada para mulheres e crianças. In: Alexandra Monteiro; João Paulo Neves. (Org.). A História da Telessaúde da Cidade para o Estado do Rio de Janeiro. 1ed.Rio de Janeiro: EdUERJ, 2015, v. 1, p. 304-311.

3.
LOPES, P. R. L. ; GUNDIM, R. S. ; SILVA, A. B. . Avaliação: um componente importante da telemedicina. In: José Luiz Ribeiro Filho, Luiz Ary Messina e Paulo Roberto Lopes. (Org.). RUTE 100 As 100 primeiras unidades de Telemedicina no Brasil e o impacto da Rede Universitária de Telemedicina (RUTE). 1ed.Rio de Janeiro: E-papers, 2014, v. 1, p. 78-88.

4.
SILVA, A. B.. Fiocruz: caminhos para incorporação institucional. In: Luiz Ary Messina, José Luiz Ribeiro Filho. (Org.). Impactos da rede universitária de telemedicina: ações de educação contínua, pesquisa colaborativa e assistência remota: Fase I (2006-2009). 1ªed.Rio de Janeiro: E-papers, 2013, v. 1, p. 194-203.

5.
ALMEIDA, J. A. G. ; SILVA, A. B. . SIG Tel@ rBLH: Conectividade em busca do conhecimento. In: Luiz Ary Messina, José Luiz Ribeiro Filho. (Org.). Impactos da rede universitária de telemedicina: ações de educação contínua, pesquisa colaborativa e assistência remota: Fase I (2006-2009). 1ªed.Rio de Janeiro: E-papers, 2013, v. 1, p. 235-240.

6.
SILVA, A. B.. Canal Saúde e a mídia: do analógico à convergência. In: Fabiane Martins; Sandra Rúgio; Daniela Venâncio; Ernane Lopes; Leandro Heringer. (Org.). Caderno Mídia e Saúde Pública. 1ed.Belo Horizonte: Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais, 2008, v. 1, p. 41-48.

7.
SILVA, A. B.. INTERLOCUÇÃO DOS CONSELHOS DE SAÚDE NA INTERNET - UMA PLENÁRIA VIRTUAL PERMANENTE PARA OS ESTADOS. In: Ministério da Saúde, Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde. (Org.). PRÊMIO SERGIO AROUCA DE GESTÃO PARTICIPATIVA. 1ªed.Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2007, v. I, p. 105-108.

8.
SILVA, A. X. ; SILVA, A. B. . Reflexões sobre inclusão digital e controle social do SUS no Brasil. In: Ministério da Saúde. (Org.). Coletânea de Comunicação e Informação em Saúde. 1ªed.Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2006, v. I, p. 87-94.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, A. B.; MONTEIRO, L. M. C. ; GARZON, M. I. C. ; SANTOS, W. O. M. ; RODRIGUES, P. M. A. ; SILVA, I. G. A. ; BENEVIDES, K. M. M. ; CORREA, E. M. . Special Interest Group Tel@ Amazonia: telehealth intervention for security food and nutrition of mothers and babies in the deep rainforest. In: The 23rd ISfTeH International Conference on Telemedicine and eHealth, 2018, Helsinki-Estocolmo. Health communities facing cyber transfomation. Kuopio: Finnish Society of Telemedicine and eHealth, 2018. v. 1. p. 42-43.

2.
SILVA, A. B.; RUSSOMANO, F. B. ; NOVAES, M. A. . Implementing and Monitoring the Teleconsulting Service of National Network of Specialists in Cervical Cancer. In: THE INTERNATIONAL eHEALTH, TELEMEDICINE AND HEALTH ICT FORUM For Education, Networking and Business, 2017, Luxemburgo. Global Telemedicine and eHealth Updates. Knowledge Resources. Durban: University of of KwaZulu-Natal, 2017. v. 10. p. 51-57.

3.
FURNIEL, A.C.M. ; MENDONCA, A. P. B. ; SILVA, A. B. ; MAXIMO, R. M. S. . Comunidad Virtual y Salud Pública: integrando tecnologías, procesos, modelos y personas. In: Tecnologías Convergentes: Integración e Independencia, 2011, Havana. VIII Congreso Internacional de Informática en Salud y el II Congreso Internacional, 2011. v. 1. p. 111-111.

4.
SILVA, A. B.. Infra-estrutura de conexão para Amazônia Legal: desafios e perspectivas. In: Primeras Jornadas Internacionales de Telesalud y Telemedicina, 2011, Quito. Primeras Jornadas Internacionales de Telesalud y Telemedicina. Quito, 2011. v. 1. p. 35.

5.
SOUZA, VL ; Silva, A. B. ; GRIGORIO, D. A. . Controle Social Digital nos Conselhos Estaduais de Saúde: Uma Primeira Aproximação. In: XII Congresso Brasileiro de Informática em Saúde, 2010, Porto de Galinhas - PE. Tecnologias Inteligentes Conectando Serviços, Profissionais e Usuários de Saúde, 2010.

6.
Silva, A. B.. O uso de microblogs para telessaúde: o caso twitter. In: IV Congresso Brasileiro de Telemedicina e Telessaúde, 2009, Minas Gerais. Telessaúde direito de todos: contribuindo para a universalização da atenção e qualidade dos serviços, 2009.

7.
PIVETTA, F. ; SILVA, A. B. ; PORTO, M.F. ; ZANCAN, L. ; NASCIMENTO, C. G. ; NONATO, V. ; MILANEZ, B. . O TERRITÓRIO DE MANGUINHOS NA INTERNET: UM SÍTIO INTERATIVO PARA PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO LOCAL. In: XII CREAD Mercosul, 2008, Rio de Janeiro. XII CREAD MERCOSUL, 2008.

8.
SILVA, A. B.. A produção de conteúdo sobre Saúde para TV Digital Interativa no Brasil - o Projeto SAPSA. In: 11º Congresso Mundial de Saúde Pública e 8º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2006, Rio de Janeiro. Anais do 11º Congresso Mundial de Saúde Pública e 8º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva.

9.
SILVA, A. B.. Perspectivas para o SUS no Sistema Brasileiro de TV Digital. In: VI Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2004, Recife, 2004.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, A. B.; THOUVENOT, V. I. . Zero Mothers Die in Brazil: building bases for the pregnant E-patient at the National Institute of Women, Children and Adolescents Health Fernandes Figueira. In: The 23rd ISfTeH International Conference on Telemedicine and eHealth, 2018, Helsinki-Estocolmo. Health communities facing cyber transfomation. Kuopio: Finnish Society of Telemedicine and eHealth, 2018. v. 1. p. 117-118.

2.
SILVA, A. B.; MALTA, M. S. ; BENEVIDES, B. G. . IoT and violence against gay people in Brazil: time for action. In: The 23rd ISfTeH International Conference on Telemedicine and eHealth, 2018, Helsinki-Estocolmo. Health communities facing cyber transfomation. Kuopio: Finnish Society of Telemedicine and eHealth, 2018. v. 1. p. 102-103.

3.
GUEDES, A. C. C. M. ; Silva, A. B. . Relato de caso sobre implantação de telessaúde em hospital federal: desafios na construção de um campo de interlocução entre o desenvolvimento tecnológico e a qualificação em saúde. In: 51 Congresso Brasileiro de Educação Médica, 2013, Recife - PE. Desafios na educação médica: necessidades sociais e avanços tecnológicos, 2013. p. R0606-1.

4.
GUEDES, A. C. C. M. ; Silva, A. B. . Implantação de Telessaúde em Hospital de Alta Complexidade: O Desafio de Construir Campo de Interlocução entre Desenvolvimento Tecnológico e Qualificação em Saúde. In: 6o Congresso Brasileiro de Telemedicina e Telessaúde, 2013, São Paulo. Fórum de Tecnologias Educacionais para Potencialização de Educação em Saúde. Rio de Janeiro: Jornal Brasileiro de Telessaúde, 2013. v. 1. p. 118-119.

5.
SILVA, A. B.; SOUZA, K. S. . ESTRATÉGIA DE TELESSAÚDE DO NÚCLEO RUTE DO IFF REÚNE PAÍSES EM PROL DA DIMINUIÇÃO DA MORTALIDADE INFANTIL PREVISTA NO OBJETIVO DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO.. In: 5o Congresso Brasileiro e Internacional de Telemedicina e Telessaúde, 2011, Manaus. 5º Congresso Brasileiro e Internacional de Telemedicina e Telessaúde Inovação e Sustentabilidade. Manaus: Conselho Brasileiro de Telemedicina e Telessaúde, 2011. v. 1. p. 74-75.

6.
Silva, A. B.; ESTANEK, A. . RIPSA: artífices da informação em saúde para mobilizar a sociedade. In: IX Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2009, Recife. Compromisso da Ciência, Tecnologia e Inovação com o Direito à Saúde, 2009.

7.
SILVA, A. B.; VALES, LTT . Inclusão digital das secretarias e conselhos municipais de saúde do estado do Rio de Janeiro. In: 1ª EXPOGEST Mostra Nacional de Vivências Inovadoras de Gestão do SUS, 2006, BRASÍLIA. 1.ª Expogest: Mostra nacional de vivências inovadoras de gestão no SUS: prêmio Eleutério Rodriguez Neto. Brasília: Ministério da Saúde, 2006. v. 02. p. 129-130.

Artigos aceitos para publicação
1.
SILVA, A. B.; GUEDES, A. C. C. M. ; SINDICO, S. R. F. ; VIEIRA, E. T. R. C. ; SILVA, I. G. A. . Registro eletrônico de saúde em hospital de alta complexidade: um relato sobre o processo de implementação na perspectiva da telessaúde. Ciência & Saúde Coletiva, 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
SILVA, A. B.; RUSSOMANO, F. B. ; NOVAES, M. A. . Implementing and Monitoring the Teleconsulting Service of National Network of Specialists in Cervical Cancer. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SILVA, M. D. B. ; PATRORELLI, P. P. L. ; SILVA, D.A. ; PEREIRA, R. S. V. ; ASSUMPCAO, M. R. ; SILVA, A. B. . Assistência em aleitamento materno na microcefalia/síndrome da zika congênita: relato de experiência. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
SILVA, A. B.; RAUPP, R. M. . Oficina de Telessaúde para Referências Estaduais de BLH. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA; CUNHA, C. L. F. . Uma abordagem inicial do empresariamento da saúde e a comunicação como instrumento: o caso GEAP. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
MARTINS, L. G. ; SILVA, A. B. . Telehealth strategies in Tertiary hospitals for Children and Women: the quest for adequate web conferencing tool. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA. Telessaúde na rBLH:da gestão a formação profissional. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA. Pesquisa Translacional Do Leite Humano E Atividades De Telessaúde: Subsídios Para Avaliação Da RBLH. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
SILVA, A. B.. Telemedicina en Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
Silva, A. B.. Telessaúde na Rede de Bancos de Leite Humano. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
SILVA, A. B.. Perspectivas para o SIG Tel@ rBLH: conectividade em busca de conhecimento. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
MAIA, P.R.S. ; APRIGIO, J. ; SILVA, A. B. . COOPERACIÓN TÉCNICA ENTRE PAÍSES EN DESARROLLO BRASIL-MOÇAMBIQUE.. 2011.

Programas de computador sem registro
1.
Silva, A. B.. Resgate da Trajetória dos Bancos de Leite Humano de Brasília. 2013.

Trabalhos técnicos
1.
APRIGIO, J. ; Silva, A. B. ; MAIA, P.R.S. ; SOUZA, K. S. . Ciclo de Dialógos Brasil - Cabo Verde. 2011.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
LOURENCO, R. ; JACOB FILHO, W. ; Silva, A. B. ; BARAO, S. . Telesessão de Geriatria - TELEGERO Junho 2009. 2009. (Programa de rádio ou TV/Outra).

2.
APRIGIO, J. ; Silva, A. B. ; BARAO, S. . Telesessão SIG TeleRede BLH Dezembro 2009. 2009. (Programa de rádio ou TV/Outra).

Redes sociais, websites e blogs
1.
Silva, A. B.; FERREIRA, J. T. ; SILVA, N. E. K. E. ; MEYER, A. ; SILVA, I. G. A. . Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da UFRJ (Facebook). 2014; Tema: Estudos no campo da Saúde Coletiva. (Rede social).

2.
SILVA, A. B.; FERREIRA, J. T. ; KUROKAWA, N. E. ; MEYER, A. ; SILVA, I. G. A. . Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da UFRJ (Twitter). 2014; Tema: Estudos no campo da Saúde Coletiva. (Rede social).

3.
SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA; APRIGIO, J. ; MAIA, P.R.S. ; NOVAK, F. R. ; SOUZA, K. S. ; SILVA, D.A. ; ARREGUY, E. E. M. . Canal Oficial da Rede de Bancos de Leite Humano (Youtube). 2012; Tema: aleitamento materno, bancos de leite humano. (Rede social).

4.
Silva, A. B.. Laboratório de Telessaúde do IFF. 2012; Tema: Telessaúde. (Blog).

5.
SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA; ALMEIDA, J. A. G. ; MAIA, P.R.S. ; NOVAK, F. R. ; SOUZA, K. S. ; SILVA, D.A. ; ARREGUY, E. E. M. . Canal Oficial da Rede de Bancos de Leite Humano (Twitter). 2010; Tema: aleitamento materno, bancos de leite humano. (Rede social).

6.
SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA; SOUSA, Arlindo Fábio Gómez de ; CASTRO, Márcia Correa e . Canal Saúde. 2000; Tema: Canal de audiovisual sobre saúde.. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
CASTRO, G. R. M. S. ; GUEDES, A. C. C. M. ; MELLO, M. G. S. ; CAVALCANTI, M. L. T. ; Silva, A. B. . Capacitação profissional de Telessaúde. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
SILVA, A. B.. Comunicação e Informação em Saúde. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
SILVA, A. B.; MORAES, I. H. S. ; MOREL, C.M. . Relatório técnico do projeto Telessaúde dengue: metodologia de implementação de videoconferência móvel para combate a endemias. 2011. (Relatório de pesquisa).

4.
MORAES, I. H. ; SILVA, A. B. . Saúde, Informação e Comunicação em Saúde. 2008. .


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
Silva, A. B.. Tip to Moms. 2012. Filme.

2.
CARVALHO, A.O.R. ; SILVA, A. B. . Projeto Encontro. 2003. Vídeo.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Teses de doutorado
1.
ALMEIDA, J. A. G.; SANTOS, A. K.; GUIMARAES, M. C. S.; SOUZA, L. M. B. M.; Silva, A. B.. Participação em banca de Roberta Monteiro Raupp. O Lugar da Comunicação no Processo de Construção da Autossuficiência em Leite Humano no Distrito Federal. 2016. Tese (Doutorado em Informação e Comunicação em Saúde ( Ppgics )) - Fundação Oswaldo Cruz.

2.
SANTOS, P. X.; SANTOS, A. K.; NEVES, L. C. R.; SILVA, A. B.; ALMEIDA, J. A. G.. Participação em banca de Mariana Simões Barros. O Capital Social da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano sob a Perspectiva Informacional. 2015. Tese (Doutorado em Informação e Comunicação em Saúde ( Ppgics )) - Fundação Oswaldo Cruz.

3.
MORAES, I. H. S.; CUKIERMAN, H. L.; SILVA, A. B.; VIEIRA, A. C. G.. Participação em banca de José Muniz da Costa Vargens. Uma abordagem sociotécnica para design e desenvolvimento de sistemas de informação em saúde no. 2014. Tese (Doutorado em Doutorado em Ciências da Saúde) - Fundação Oswaldo Cruz.

Qualificações de Doutorado
1.
CAMARGO JR., K. R.; PINHEIRO, R.; GRISOLIA, A. M. M.; SILVA, A. B.. Participação em banca de Pedro Máximo de Andrade Rodrigues. Educação Permanente em Saúde por teleducação no Estado do Amazonas - Proposta de Estudo sobre as ofertas de Teleducação no Programa Telessaúde. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
ALMEIDA, J. A. G.; ARAUJO, I. S.; SILVA, A. B.. Participação em banca de Roberta Monteiro Raupp. Práticas de Comunicação que Mobilizam a Doação de Leite Humano no Distrito Federal. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Informação e Comunicação em Saúde ( Ppgics )) - Fundação Oswaldo Cruz.

Qualificações de Mestrado
1.
THEME FILHA, M. M.; ENGSTROM, E. M.; SILVA, A. B.. Participação em banca de Viviane dos Santos Jacob Monteiro. Qualidade da informação na atenção ao pré-natal pelas equipes de Saúde da Família de uma área programática do município do Rio de Janeiro. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Profissional em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
SOUZA, K. S.; SILVA, A. B.; SILVA, M.D.. Participação em banca de Wanessa Pasolius Wexel. O uso de tecnologia de informação e comunicação para apoiar o processo de aleitamenteo materno: uma revisão integrativa. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Residência de Enfermagem) - Fundação Oswaldo Cruz.

2.
FREITAS, H. A. G.; PERES, D. D. G. S.; SILVA, A. B.. Participação em banca de Amanda Prutchi Lachtermacher. Câncer de colo de útero: uma análise do seguimento de mulheres com exames citopatológicos alterados em unidades de Atenção primária da AP 3.2 do Município do Rio de Janeiro. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Residência Multiprofissional em Saúde Cletiva) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
MENDONCA, P. E. X.; SILVA, M. V.; SILVA, A. B.. Professor Temporário 40h Área de Planejamento de Políticas Públicas. 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
COSTA, D. O.; SILVA, A. B.; KUROKAWA, N. E.; FERREIRA, J. T.; MAGNANINI, M. M. F.. Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva - Pós Graduação Lato Sensu. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Avaliação de cursos
1.
LIMA, S. L.; PINHEIRO, R. S.; SILVA, A. B.. Reunião Anual de Iniciação Científica. 2012. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca.

Outras participações
1.
ALMEIDA, C. D. L.; SILVA, A. B.. I Prêmio Jovem Pesquisador da Rede de Bancos de Leite Humano. 2015. Fundação Oswaldo Cruz.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
The 23rd ISfTeH International Conference on Telemedicine and eHealth. Special Interest Group Tel@ Amazonia: telehealth intervention for security food and nutrition of mothers and babies in the deep rainforest. 2018. (Congresso).

2.
THE INTERNATIONAL eHEALTH, TELEMEDICINE AND HEALTH ICT FORUM For Education, Networking and Business.Implementing and Monitoring the Teleconsulting Service of National Network of Specialists in Cervical Cancer. 2017. (Encontro).

3.
Encontro Nacional de Coordenadores das Referências Estaduais de Bancos de Leite Humano.Oficina de Telessaúde para as Referências Estaduais em BLH. 2016. (Oficina).

4.
I Seminário de Diretrizes Clínicas do IFF. 2016. (Seminário).

5.
XIV Encontro Nacional de Aleitamento Materno.Assistência em aleitamento materno na microcefalia/síndrome da zika congênita: relato de experiência. 2016. (Outra).

6.
11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva - Saúde, desenvolvimento e democracia: o desafio do SUS universal. E- Saúde, E- SUS, Telessaúde e Tecnologias Educacionais. 2015. (Congresso).

7.
20ª Conferência Internacional de Telemedicina e Telessaúde. Rede de Banco de Leite. 2015. (Congresso).

8.
II Fórum ABC -Fiocruz - Ministério da Saúde de Cooperação Internacionalnal em Bancos de Leite Humano.Telessaúde para rBLH. 2015. (Seminário).

9.
Recursos educacionais: desafios e perspectivas para a educação aberta. 2015. (Seminário).

10.
III Fórum RNP - e-Saúde.Rute: contexto inicial e perspectivas. 2014. (Seminário).

11.
Taller del Proyecto "Protocolos regionales de Políticas Públicas de Telesalud para América Latina"c"a.Mejores Práticas en Telesalud. 2013. (Oficina).

12.
Space for Human and Environmental Security in the Americas: Space policy, Long-term Sustainability and Cyber-health.Telemedicina en Brasil. 2012. (Seminário).

13.
5o Congresso Brasileiro e Internacional de Telemedicina e Telessaúde. ESTRATÉGIA DE TELESSAÚDE DO NÚCLEO RUTE DO IFF REÚNE PAÍSES EM PROL DA DIMINUIÇÃO DA MORTALIDADE INFANTIL PREVISTA NO OBJETIVO DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO.. 2011. (Congresso).

14.
III Encontro Nacional de Referências Estaduais de Banco de Leite Humano.Perspectivas para o SIG Tel@ rBLH: conectividade em busca de conhecimento. 2011. (Encontro).

15.
I Congresso Iberoamericano de Bancos de Leite Humano. A Rede Rute e o SIG TeleRedeBLH. 2010. (Congresso).

16.
XII Congresso Brasileiro de Informática em Saúde. Controle Social Digital nos Conselhos Estaduais de Saúde: Uma Primeira Aproximação. 2010. (Congresso).

17.
III Reunión del Comité Intergubernamental Amazónico de Ciencia, Tecnología e Innovación en Salud.Plan de Acción para La Red Pan Amazónica de Ciencia, Tecnología e Innovación en Salud. 2009. (Oficina).

18.
II Workshop do Laboratório de Excelência e Inovação em Telessaúde ? América Latina e Europa.Observatório de Informação, Tecnologia da Informação e Telessaúde. 2009. (Encontro).

19.
INOVA RIO - Mostra nacional de Inovação - Biotecnologia e TI na Saúde.Telemedicina. 2009. (Outra).

20.
IV Congresso Brasileiro de Telemedicina e Telessaúde. O uso de microblogs para telessaúde: o caso twitter. 2009. (Congresso).

21.
XII CREAD Mercosul. O TERRITÓRIO DE MANGUINHOS NA INTERNET: UM SÍTIO INTERATIVO PARA PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO LOCAL. 2008. (Congresso).

22.
XXXI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. 2008. (Congresso).

23.
XIV Congress of International Association of Health Policy. Construindo um plano diretor para a área de informação e informática em saúde.. 2007. (Congresso).

24.
TV Digital e Sistema Único de Saúde.Oficina de Trabalho Comunicação: cartografias e desafios teórico-práticos para a Saúde Coletiva. 2006. (Oficina).

25.
Seminário de Software Livre e Sistemas Abertos.Iniciativas em software livre do Canal Saúde da Fundação Oswaldo Cruz. 2003. (Seminário).

26.
Workshop sobre Serviços, Aplicações e Conteúdo para Televisão.Simpósio Brasileiro de Sistemas Hipermídia e Web - WebMidia. 2003. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ALMEIDA, J. A. G. ; MAIA, P.R.S. ; SILVA, A. B. ; SILVA, D.A. . II Fórum ABC - Fiocruz - Ministério da Saúde de Cooperação Internacional em Bancos de Leite Humano. 2015. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Tese de doutorado
1.
Cristian Castillo Olea. Políticas Públicas de TIC en Méico y Brasil. Proposta para el diseño de pryectos de inclusión digital: caso de estudio Telesalud. Início: 2014. Tese (Doutorado em Doutorado en Estudios del desarollo Global) - Facultad de Economía y Relaciones Internacionales UABC, Governo do México. (Coorientador).

Orientações de outra natureza
1.
Ianê Germano de Andrade Filha. Ecossistema de redes sociotécnicas para saúde. Início: 2014. Orientação de outra natureza. Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

2.
Jessi Maia. Catalogação de material audiovisual da Rede BLH. Início: 2014. Orientação de outra natureza. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Saúde. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Jorge Luiz Gonzaga. Arquitetura Geotecnológica em Saúde Pública. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Informação e Informática em Saúde) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Orientador: Angélica Baptista Silva.

2.
Sonia Cristina Mendes da Silva. Comunicação como Fator Estratégico nos Processos de Mudanças e Implementação de Melhorias no DATASUS. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Informação e Informática em Saúde) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Orientador: Angélica Baptista Silva.

3.
Maristella Teixeira Salles. O geoprocessamento como agente facilitador para a pesquisa em saúde. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Informação e Informática em Saúde) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Orientador: Angélica Baptista Silva.

4.
Denise Carmen Domingues de Freitas. Indicadores:monitorando a qualidade dos dados, das informações e da comunicação, através de pesquisas de satisfação. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Informação e Informática em Saúde) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Orientador: Angélica Baptista Silva.

5.
Sonia Maria Ericeira Batalha. A Gestão da Qualidade no Atendimento: novo modelo para as regionais DATASUS. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Informação e Informática em Saúde) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Orientador: Angélica Baptista Silva.

6.
Joana Darc da Costa Barroso. A padronização da Informação em Saúde no município de Manaus. 2005. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Informação e Informática em Saúde) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Orientador: Angélica Baptista Silva.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico


Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
Silva, A. B.. Telessaúde no Brasil - conceitos e aplicações. 1ª. ed. Rio de Janeiro: DOC, 2014. v. 1. 88p .

1.
SILVA, A. B.. Fiocruz: caminhos para incorporação institucional. In: Luiz Ary Messina, José Luiz Ribeiro Filho. (Org.). Impactos da rede universitária de telemedicina: ações de educação contínua, pesquisa colaborativa e assistência remota: Fase I (2006-2009). 1ªed.Rio de Janeiro: E-papers, 2013, v. 1, p. 194-203.

2.
LOPES, P. R. L. ; GUNDIM, R. S. ; SILVA, A. B. . Avaliação: um componente importante da telemedicina. In: José Luiz Ribeiro Filho, Luiz Ary Messina e Paulo Roberto Lopes. (Org.). RUTE 100 As 100 primeiras unidades de Telemedicina no Brasil e o impacto da Rede Universitária de Telemedicina (RUTE). 1ed.Rio de Janeiro: E-papers, 2014, v. 1, p. 78-88.


Programa de Computador sem registro de patente
1.
Silva, A. B.. Resgate da Trajetória dos Bancos de Leite Humano de Brasília. 2013.


Redes sociais, websites e blogs
1.
SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA; SOUSA, Arlindo Fábio Gómez de ; CASTRO, Márcia Correa e . Canal Saúde. 2000; Tema: Canal de audiovisual sobre saúde.. (Site).

2.
SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA; APRIGIO, J. ; MAIA, P.R.S. ; NOVAK, F. R. ; SOUZA, K. S. ; SILVA, D.A. ; ARREGUY, E. E. M. . Canal Oficial da Rede de Bancos de Leite Humano (Youtube). 2012; Tema: aleitamento materno, bancos de leite humano. (Rede social).

3.
SILVA, ANGÉLICA BAPTISTA; ALMEIDA, J. A. G. ; MAIA, P.R.S. ; NOVAK, F. R. ; SOUZA, K. S. ; SILVA, D.A. ; ARREGUY, E. E. M. . Canal Oficial da Rede de Bancos de Leite Humano (Twitter). 2010; Tema: aleitamento materno, bancos de leite humano. (Rede social).

4.
Silva, A. B.; FERREIRA, J. T. ; SILVA, N. E. K. E. ; MEYER, A. ; SILVA, I. G. A. . Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da UFRJ (Facebook). 2014; Tema: Estudos no campo da Saúde Coletiva. (Rede social).

5.
SILVA, A. B.; FERREIRA, J. T. ; KUROKAWA, N. E. ; MEYER, A. ; SILVA, I. G. A. . Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da UFRJ (Twitter). 2014; Tema: Estudos no campo da Saúde Coletiva. (Rede social).

6.
Silva, A. B.. Laboratório de Telessaúde do IFF. 2012; Tema: Telessaúde. (Blog).


Artes Visuais
1.
Silva, A. B.. Tip to Moms. 2012. Filme.



Outras informações relevantes


1. Membro do Comitê Assessor da Rede Universitária de Telemedicina, Rute, representando a Fundação Oswaldo Cruz, desde maio de 2006.
2. Consultor técnico-científico da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano
3. Parecerista da Intercom - Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares de Comunicação - nas divisões temáticas Comunicação Multimídia e Estudos Interdisciplinares de Comunicação, desde 2010.
4. Membro da Comissão Intersetorial de Comunicação e Informação em Saúde do Conselho Nacional de Saúde - CICIS (2006-2009)
5. Membro discente do Comitê de Ética em Pesquisa da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (2012)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/11/2018 às 10:18:02