Bruno de Vasconcelos Cardoso

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9020897410641056
  • Última atualização do currículo em 11/01/2019


Professor Adjunto IV do Departamento de Sociologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IFCS/UFRJ) e do Programa de Pós-graduação em Sociologia e Antropologia (PPGSA/UFRJ). Doutor em Ciências Humanas pela UFRJ, com estágio doutoral na École de Hautes Études en Sciences Sociales de Paris. Mestre em Sociologia e Antropologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005) e Bacharel em Ciências Sociais pela mesma Universidade (2002). Tem experiência nas áreas de Sociologia e Antropologia, com pesquisas e publicações em tecnologia, vigilância, segurança pública, violência, gestão urbana, governamentalidade, megaeventos, poder, meios de comunicação, mídia e internet. Coordenador de pesquisas efetivo do Núcleo de Estudos de Cidadania, Conflito e Violência Urbana (NECVU - IFCS/UFRJ), membro da Rede Latino-Americana de Estudos sobre Vigilância, Tecnologia e Sociedade (Lavits) e Coordenador do Laboratório de Estudos Digitais (LED/UFRJ). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Bruno de Vasconcelos Cardoso
Nome em citações bibliográficas
CARDOSO, Bruno V.;CARDOSO, BRUNO;CARDOSO, Bruno de Vasconcelos;DE VASCONCELOS CARDOSO, Bruno

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio de Janeiro, Núcleo de Estudos da Cidadania, Conflito e Violência Urbana - NECVU - UFRJ.
Largo de São Francisco, 1 - grupo 109
Centro
22050070 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 22246589
URL da Homepage: http://www.necvu.ifcs.ufrj.br


Formação acadêmica/titulação


2006 - 2010
Doutorado em Sociologia e Antropologia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
com período sanduíche em École des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris (Orientador: Louis Quéré).
Título: Todos os Olhos. Videovigilâncias, videovoyeurismos e (re)produção imagética na tecnologia digital, Ano de obtenção: 2010.
Orientador: Michel Misse.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: relações sócio-técnicas; ator-rede; controle social; Espaço Público; imagem; segurança.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Outras Sociologias Específicas.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Conhecimento.
2003 - 2005
Mestrado em Sociologia e Antropologia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Briga e Castigo: sobre 'pitboys' e 'canais de fofoca' em um sistema acusatório,Ano de Obtenção: 2005.
Orientador: Michel Misse.
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.
1999 - 2002
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto IV, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador de pesquisa efetivo (NECVU/IFCS)
Outras informações
Núcleo de Estudos da Cidadania, Conflito e Violência Urbana

Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto III, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Disciplinas ministradas: 2015/2 - Sociologia do Crime e da Violência Urbana Prática em Sociologia do Crime e da Violência Urbana 2016/1 - Introdução à Sociologia Governo, Biopolítica e (Neo)liberalismo (Pós-Graduação) 2016/2 - Sociologia do Poder Sociologia Política Prática em Sociologia Política

Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Disciplinas Ministradas: 2013/2 - Sociologia Aplicada à Administração - Sociologia do Trabalho 2014 - Sociologia Aplicada à Administração - Sociologia II - Sociologia do Poder 2015/1 - Introdução à Sociologia - Relações Sociotécnicas: poder, tecnologia e sociedade (Pós-graduação)

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Disciplinas: 2011 - Sociologia Aplicada à Administração. - Sociologia Geral 2012 - Sociologia Aplicada à Administração - Introdução à Sociologia - Sociologia II 2013/1 - Sociologia Aplicada à Administração - Sociologia da Ciência

Vínculo institucional

2004 - 2011
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Pesquisador Associado (NECVU / IFCS/ UFRJ)
Outras informações
Pesquisador do Núcleo de Estudos de Cidadania,Conflito e Violência Urbana (NECVU / IFCS/ UFRJ)

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20
Outras informações
Disciplina: Sociologia Aplicada à Administração.

Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Estágio docência
Outras informações
Disciplina Metodologia das Ciências Sociais, sob a supervisão do professor Michel Misse

Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Pesquisador assistente (iniciação científica), Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista CNPq do Núcleo Interdisciplinar de Estudos Sobre Desigualdade (NIED) sob orientação de Elisa da Conceição Pereira Reis

Atividades

03/2018 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia da Ciência
Questões Sociológicas Contemporâneas
07/2017 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia II
Sociologia Política
11/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, PPGSA/IFCS/UFRJ, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de acompanhamento acadêmico.
06/2015 - Atual
Direção e administração, Instituto de Filosofia e Ciências Sociais - IFCS, .

Cargo ou função
Chefe do Departamento de Sociologia.
06/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, PPGSA/IFCS/UFRJ, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Cursos.
03/2015 - Atual
Ensino, Sociologia e Antropologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Relações Sociotécnicas: poder, tecnologia e sociedade
05/2012 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Filosofia e Ciências Sociais - IFCS, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Coleta Seletiva.
04/2012 - Atual
Ensino, Curso de Esp. Saberes e Práticas Ed. Básica, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Juventude e Drogas no Brasil Contemporäneo
06/2011 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Sociologia
Sociologia Aplicada à Administração
Sociologia II
03/2007 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , PPGSA/IFCS/UFRJ, .

03/2017 - 07/2017
Ensino, Sociologia e Antropologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Cidades e dispositivos urbanos
03/2017 - 07/2017
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia II
04/2012 - 04/2012
Serviços técnicos especializados , Faculdade de Educação, .

Serviço realizado
Responsável pelo Módulo "Juventude e Drogas no Brasil Contemporâneo", do Curso de Esp. em Saberes e Práticas de Ed. Bás..
06/2011 - 12/2011
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia II, Introdução à Sociologia, Sociologia Aplicada à Administração
09/2010 - 12/2010
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia I (com o Professor Michel Misse)
08/2010 - 12/2010
Ensino, Ciências Contábeis, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia Aplicada à Administração (Campus Cidade Universitária)
Sociologia Aplicada à Administração (Campus Praia Vermelha)
08/2004 - 12/2004
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia das Ciências Sociais

Centre d'Etudes des Mouvements Sociaux - Institut Marcel Mauss, CEMS, França.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador visitante
Outras informações
Pesquisador visitante junto do Centre d'Études des Mouvements Sociaux, sob a orientação do professor Louis Quéré.


Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista do Coordenador Frederico Lustosa da Costa na Escola Brasileira de Administração Pública


Abaeté Estudos Socioambientais, AES, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Consultor


Fundação Educacional de Macaé, FUNEMAC, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor
Outras informações
Professor do Módulo Segurança Pública, na Pós-Graduação de Gestão Municipal, oferecida pelo GPI/COPPE/UFRJ.



Linhas de pesquisa


1.
Criminalidade e Violência Urbana (NECVU/UFRJ)
2.
Desigualdade Social
3.
Segurança e Imagem

Objetivo: Pesquisa sobre videovigilância policial no espaço público do Rio de Janeiro, realizada em órgãos da Secretaria de Segurança Pública e da Polícia Militar..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Urbana.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Urbana.
Palavras-chave: Sistemas de vigilância; imagem; segurança; Espaço Público; ator-rede; controle social.


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Segurança Pública e Ordem Urbana: Uma análise das tecnologias de governo no Rio de Janeiro contemporâneo
Descrição: Esse projeto pretende articular um conjunto de pesquisas que vêm procurando compreender certas práticas governamentais, pensadas aqui por meio do conceito de tecnologias de governo, para se pensar a Segurança Pública e a Ordem Urbana no Rio de Janeiro contemporâneo: mercados que se efetivam nos limiares da legalidade/ilegalidade, como o tráfico de drogas e o comércio ambulante; práticas de antecipação da liberdade de presos, realizadas através de mecanismos jurídicos como a progressão de regime e o livramento condicional; e as práticas de produção e gestão de informações acionadas para realizar a vigilância e o monitoramento na cidade. As tecnologias de governo parecem ser acionadas para regular fluxos de pessoas, mercadorias e informações de forma articulada com os sujeitos de sua incidência, portanto, é de especial interesse para as pesquisa em andamento a compreensão das conflitivas dinâmicas contemporâneas dessa interface..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (6) .
Integrantes: Bruno de Vasconcelos Cardoso - Integrante / Carolina Cristoph Grillo - Integrante / Fernando Rabossi - Integrante / César Teixeira - Integrante / Daniel Veloso Hirata - Coordenador / Clara Gomes Polycarpo Péres - Integrante / Laura Talho Ribeiro - Integrante / Roberta Olivato Canheo - Integrante / Cláudia Freitas Lambert Bourseau - Integrante / Loraine Amaral Nogueira - Integrante / Caroline Muller Sarcinelli Luz - Integrante / Viviane Linhares da Silva - Integrante / Rayssa Drumond de Barros Alcantara - Integrante.
2015 - Atual
Passagens de Fronteira e Cidades Seguras
Descrição: O projeto Capes Cofecub intitulado ?Passagens de Fronteiras e Cidades Seguras? visa o aperfeiçoamento de pesquisadores brasileiros, doutorandos e jovens doutores, professores ou pesquisadores nas universidades públicas, junto ao CESDIP e à Universidade de Versailles Saint-Quentin-en-Yvelines. Tem por objetivo mais geral aprofundar e aproximar pesquisas realizadas na França e no Brasil a respeito da maneira pela qual fronteiras políticas, territoriais e sociais são constantemente (re)produzidas pela ação de atores estatais e para-estatais que executam o controle e operam a regulação dos mercados e das populações a nível nacional (fronteiras nacionais) e local (fronteiras interiores erguidas nos grandes centros urbanos)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Tecnologias de conduta: transformações institucionais, políticas e da vida privada advindas do uso de softwares e smartphones
Descrição: Tomando como base empírica o estudo de casos relativos à inserção de softwares ou aplicativos na realização de tarefas profissionais ou na gestão da vida privada, o projeto visa analisar as transformações e possibilidades que surgem das interações entre indivíduos, grupos e tecnologia. Os softwares e aplicativos são pensados como ?programas de ação? para indivíduos, que têm assim sua conduta conduzida a partir do planejamento e da construção de sistemas operacionais informáticos, cada vez mais inseridos na vida cotidiana. A partir dessa concepção e dos casos estudados, serão analisadas as implicações práticas dessa inserção nas formas de organização institucional, política de diferentes grupos, na gestão urbana e na vida pessoal de indivíduos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Bruno de Vasconcelos Cardoso - Coordenador / Cláudia Freitas Lambert Bourseau - Integrante / Teresa Soter Henriques - Integrante.
2015 - Atual
Rede Latino-americana de estudos em vigilância, tecnologia e sociedade/LAVITS: interseções entre pesquisa, ação e tecnologia
Descrição: In the light of a series of recent events and processes, it is extremely important to extend public debate on the rising culture of surveillance and monitoring of populations by States and corporations. This project is aimed at unveiling this scenario to scholars, activists and the general public, by building a critical discourse on the implications of the ?normalization? of surveillance practices. This is thought to be achieved through the consolidation and expansion of LAVITS? (Latin American Network of Surveillance, Technology and Society Studies) activities. The aim is to not only to increase debate on current monitoring procedures in Latin America, but also to promote exchange between academic research and other sectors of civil society that are creating knowledge and actions (social, artistic, cultural) in this context. This project focuses mainly on three axes of action: research; collaboration between universities and civil society; and development of technology. The first axis aspires to boost the development and cooperation of research projects focused on the emerging surveillance procedures in Brazil and Latin America. The second axis concentrates on the intersections and dialogue between universities and civil society proposing oriented activities. Finally, the third axis is dedicated to the development and dissemination of tools that increase awareness and provide individuals and groups with the means to protect their freedom and privacy in everyday communication and activities..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Mestrado acadêmico: (20) / Doutorado: (15) .
Integrantes: Bruno de Vasconcelos Cardoso - Integrante / Fernanda Bruno - Coordenador / Marta Mourão Kanashiro - Integrante / Rodrigo Firmino - Integrante / Rafael Evangelista - Integrante / Lucas Melgaço - Integrante / Henrique Parra - Integrante / Rosa Maria Leite Ribeiro Pedro - Integrante / Nelson Artega Botello - Integrante.
2012 - Atual
SEGURANÇA PÚBLICA E MEGAEVENTOS ESPORTIVOS: UMA ANÁLISE DOS PROCESSOS SOCIAIS ENVOLVIDOS NAS MUDANÇAS EM CURSO NA ÁREA DE SEGURANÇA PÚBLICA NO RIO DE JANEIRO VISANDO SEDIAR OS GRANDES EVENTOS ESPORTIVOS
Descrição: Uma primeira dimensão do projeto está interessada no impacto dos megaeventos nas alterações das regras públicas de intervenção urbanística e nas mudanças produzidas para constituir um "cinturão de segurança" na cidade do Rio de Janeiro. A segunda dimensão quer acompanhar, através de um estudo de caso, a criação e funcionamento do Centro Integrado de Comando e Controle, da Secretaria de Segurança Pública (SESEG/RJ), com o objetivo de avaliar a medida do impacto de novas tecnologias e concepções estratégicas sobre as polícias civil e militar e sobre os indicadores de criminalidade violenta no Rio de Janeiro. A aproximação de dois megaeventos esportivos internacionais, a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, que trazem riscos específicos e que demandam estratégias também específicas e, principalmente, um aporte financeiro e tecnológico externo em proporções muito superiores ao que possibilita o orçamento estadual de segurança (órgãos externos como o BID e a FIFA, por exemplo, contribuem com esse financiamento) podem estar delineando um novo quadro na segurança pública no Rio de Janeiro? Como a cidade está sendo representada vis-à-vis ao cenário internacional e como os seus residentes representam tais mudanças? Que conflitos estão se colocando nesse novo cenário e como estes vem sendo administrados com base em novas tecnologias ou supostamente novos paradigmas de controle social? Pode a realização dos megaeventos, com todos os investimentos e pressão internacional, além do importante componente motivacional que insere no poder público ao estabelecer datas e metas consideravelmente menos flexíveis para a obtenção dos resultados, servir efetivamente como catalisador de uma tendência de mudança no paradigma de segurança pública na cidade, ainda que tímida? Quais serão as estratégias da SESEG/RJ para incorporar à estrutura de segurança pública do Estado os investimentos que estão sendo feitos em segurança para os megaeventos? Como ocorrerá a adaptação do combate.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - Atual
Integração institucional, inteligência policial e planejamento estratégico: a segurança pública e os megaeventos no Rio de Janeiro
Descrição: A pesquisa tem por objetivo estudar o planejamento e a construção, além de acompanhar o início do funcionamento do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), da Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro (SESEG/RJ), onde serão reunidos os mais importantes órgãos responsáveis pela segurança no Estado (Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Defesa Civil, CET-Rio, SAMU e Polícia Rodoviária Federal, Abin, Polícia Federal e Forças Armadas), visando promover maior coordenação entre eles, ao mesmo tempo em que estes mantêm autonomia de atuação e decisória. Inspirado em centros integrados de outras grandes cidades (Madri, Nova York, Londres, Atenas, etc.), o prédio tem orçamento superior a R$35 milhões, sendo um dos principais investimentos da segurança pública para os grandes eventos internacionais a serem realizados na capital do Estado (Rio+20 -2012-, a Copa do Mundo -2014- e os Jogos Olímpicos -2016), marcando a aposta da SESEG no que se convencionou chamar de serviços de inteligência e na integração das informações, visando ação rápida e planejameno estratégico..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - Atual
Os Mercados ilegais do Crack
Descrição: Trata-se de uma pesquisa empírica sobre o tráfico e o consumo de crack no Rio de Janeiro, a ser desenvolvida pelos pesquisadores do Núcleo de Estudos da Cidadania, Conflito e Violência Urbana da Universidade Federal do Rio de Janeiro (NECVU/IFCS/UFRJ), que integra o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) "Violência, Democracia e Segurança Cidadã" do CNPQ. Desde 2002, o NECVU vem desenvolvendo pesquisas - concluídas e em andamento - sobre as questões que envolvem o tráfico de drogas e a criminalidade violenta. Este projeto visa a abordar a economia do crack através de uma perspectiva sócio-antropológica que contemple as práticas, discursos e representações sociais evocadas pelas próprias pessoas envolvidas e/ou afetadas mais diretamente por este mercado, sendo elas os traficantes, usuários, seus familiares e moradores de áreas em que o crack é comercializado. Será aprofundado o conhecimento sobre as diferentes maneiras como o crack pode se relacionar com a criminalidade, ultrapassando as noções de senso comum sobre esta associação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2013
Mercados ilegais, mercadorias políticas e organização local do crime no Rio de Janeiro
Descrição: Este projeto dá prosseguimento à série de pesquisas e estudos sobre mercados ilegais e criminalidade no Rio de Janeiro que venho desenvolvendo desde meados dos anos 90 (Misse, 1995; 1997; 1999; 2006; 2007). Incluido como subprojeto no projeto em rede INCT/CNPq "Violência, Democracia e Segurança Cidadã", terá a duração de cinco anos e tem por objetivo realizar um amplo e rigoroso mapeamento e análise dos mercados ilegais no Rio de Janeiro e de suas formas de organização, com ênfase em quatro setores: 1) o varejo do tráfico de drogas (tanto o territorializado em áreas urbanas de baixa renda quanto os que recorrem a redes de contato envolvendo jovens de classe média); 2) o varejo de mercadorias ilícitas e/ou contrabandeadas (softwares, cds e dvds piratas, eletrônicos; 3) o jogo do bicho e os negócios que lhe estão ligados (caça níqueis, corrupção, lavagem de dinheiro); 4) os grupos de extorsão com base na oferta de proteção ( mercadorias políticas) como as chamadas "milícias", entre outros. Além do trabalho de campo etnográfico, será construido um banco de dados com base em fontes documentais: relatórios de CPIs federais e estaduais, incluindo a análise das transcrições de depoimentos prestados; processos judiciais federais e estaduais; materiais de imprensa; e entrevistas com apenados do sistema penitenciário. Na construção do banco de dados serão utilizados os softwares SPSS 17.0, o Nvida e o UCINET, com vistas a desenvolver uma análise em redes. Este projeto, junto a outros dois projetos, obteve apoio da FAPERJ (Bolsa "Cientista do Nosso Estado") com o título geral de "Conflitos Urbanos, violência e processos de criminalização", e do CNPq (INCT "Violência, Democracia e Segurança Cidadã"), sob o título específico: "Mercados ilegais, mercadorias políticas e organização local do crime no Rio de Janeiro". O projeto está em andamento desde janeiro de 2009...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2008
Modernização da Gestão de Laudos Periciais
Descrição: Melhoria na eficiência e produtividade do efetivo policial; Previsão tecnológia na atividade policial;..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2010
Videovigilância policial no Rio de Janeiro
Descrição: Pesquisa sobre o sistema de câmeras de vigilância instalado pela Secretaria Estadual de Segurança Pública em diversos pontos do espaço público do Rio de Janeiro. Pesquisa etnográfica realizada em diferentes instalações da Polícia Militar do Rio de Janeiro, no âmbito da preparação da tese de doutoramento..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2005
Desarmamento e Índices de Criminalidade envolvendo armas do fogo: um exame sistemático dos dados oficiais
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2005
Violência entre jovens de camadas médias: os ataques de pitboys através da imprensa
Descrição: Pesquisa realizada no âmbito da dissertação de Mestrado, sobre a cobertura da imprensa a casos ocorridos no Rio de Janeiro, em 2004, amplamente noticiados como "ataques de pitboys", atrav'és de 3 estudos de caso..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2015 - Atual
Periódico: Criminological Encounters
2014 - Atual
Periódico: Unidad Sociológica


Revisor de periódico


2013 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso)
2012 - Atual
Periódico: Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social
2014 - Atual
Periódico: Urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana
2012 - Atual
Periódico: Revista de Antropologia (USP. Impresso)
2014 - Atual
Periódico: Liinc em Revista
2015 - Atual
Periódico: Revista Habitus
2015 - Atual
Periódico: Mediações - Revista de Ciências Sociais
2013 - Atual
Periódico: Revista Enfoques (Rio de Janeiro)
2016 - Atual
Periódico: Sociologia & Antropologia
2015 - Atual
Periódico: Revista Eco-Pós (Online)
2015 - Atual
Periódico: Revista Estudos Políticos


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2012
Menção Honrosa no Prêmio Capes de Teses - Edição 2011, CAPES.
2011
Aprovado em Primeiro lugar no concurso para Professor Adjunto I 40h DE de Sociologia, UFRJ.
2010
Aprovado em quarto lugar no concurso para Professor Adjunto I 40h DE de Antropologia, Universidade Federal de Juiz de Fora - Departamento de Ciências Sociais., Universidade federal de Juiz de Fora.
2010
Aprovado em primeiro lugar no Concurso para professor substituto do Departamento de Sociologia, UFRJ.
2010
Aprovado em quinto lugar no concurso para Professor Adjunto I 40h DE de Antropologia Cultural, Universidade Federal do Rio de Janeiro - Departamento de Antropologia Cultural, UFRJ.
2010
Aprovado em quarto lugar no concurso para Professor Adjunto I 40h DE de Sociologia, UFRJ.
2008
Bolsa Sanduíche PDEE, CAPES.
2004
BOLSA NOTA 10, FAPERJ.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ALVAREZ, A. G.2018ALVAREZ, A. G. ; CARDOSO, Bruno V. . Presentación al dossier: Cuerpo, Tecnología y Placer. AVA, v. 1, p. 7-18, 2018.

2.
CARDOSO, Bruno V.2017CARDOSO, Bruno V.; HIRATA, D. V. . DISPOSITIVOS DE INSCRI??O E REDES DE ORDENAMENTO P?BLICO: UMA APROXIMA??O ENTRE A TEORIA DO ATOR-REDE (ANT) E FOUCAULT. REVISTA SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA, v. 7, p. 77-103, 2017.

3.
HIRATA, DANIEL2016 HIRATA, DANIEL ; CARDOSO, BRUNO . Coordenação como tecnologia de governo. Horizontes Antropológicos (Online), v. 22, p. 97-130, 2016.

4.
BRUNO, Fernanda2014 BRUNO, Fernanda ; CARDOSO, Bruno V. . (Contre)surveillance distribuée dans les Journées de Juin au Brésil.. Les Essentiels d'Hermès, v. 1, p. 161-184, 2014.

5.
CARDOSO, Bruno V.;CARDOSO, BRUNO;CARDOSO, Bruno de Vasconcelos;DE VASCONCELOS CARDOSO, Bruno2013 CARDOSO, Bruno V.. Megaeventos esportivos e modernização tecnológica: planos e discursos sobre o legado em segurança pública. Horizontes Antropológicos (UFRGS. Impresso), v. 19, p. 119-148, 2013.

6.
CARDOSO, Bruno V.;CARDOSO, BRUNO;CARDOSO, Bruno de Vasconcelos;DE VASCONCELOS CARDOSO, Bruno2013CARDOSO, Bruno V.. Câmeras legislativas: videovigilância e leis no Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso), v. 28, p. 49, 2013.

7.
CARDOSO, Bruno V.;CARDOSO, BRUNO;CARDOSO, Bruno de Vasconcelos;DE VASCONCELOS CARDOSO, Bruno2012 CARDOSO, Bruno V.. The paradox of caught-in-the-act surveillance scenes: dilemmas of police video surveillance in Rio de Janeiro. Surveillance & Society (Online), v. 10, p. 51-64, 2012.

8.
CARDOSO, Bruno V.;CARDOSO, BRUNO;CARDOSO, Bruno de Vasconcelos;DE VASCONCELOS CARDOSO, Bruno2011CARDOSO, Bruno V.. Vigilantes eletrônicos no Rio de Janeiro: agenciamentos sociotécnicos e pesquisa em tecnologiaElectronic surveillants in Rio de Janeiro: sociotechnical agencements and research in technologySurveillants eléctroniques à Rio de Janeiro : agencements socio-techniques et recherche en technologie. Revista Configurações, p. 97-108, 2011.

9.
CARDOSO, Bruno V.;CARDOSO, BRUNO;CARDOSO, Bruno de Vasconcelos;DE VASCONCELOS CARDOSO, Bruno2010CARDOSO, Bruno V.. Olhares e mediações sociotécnicas: videovigilâncias e videovoyeurismos. Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social, v. 3, p. 33-50, 2010.

10.
CARDOSO, Bruno V.;CARDOSO, BRUNO;CARDOSO, Bruno de Vasconcelos;DE VASCONCELOS CARDOSO, Bruno2008CARDOSO, Bruno V.. Sonhos de um Bravo Mundo Novo ou O Ofício da Jardinagem: sobre sociedades de controle reais e imaginárias. Revista Enfoques (Rio de Janeiro), v. 7, p. 1-16, 2008.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
BRUNO, Fernanda (Org.) ; CARDOSO, Bruno V. (Org.) ; KANASHIRO, M. M. (Org.) ; ALBUQUERQUE, Luciana (Org.) ; MELGACO, L. (Org.) . Tecnopolíticas da Vigilância: perspectivas da margem. 1. ed. São Paulo: Boitempo, 2018. v. 1. 432p .

2.
CARDOSO, Bruno V.. Todos os Olhos: videovigilâncias, voyeurismo e (re)produção imagética. 1. ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ e Faperj, 2014. v. 1. 324p .

Capítulos de livros publicados
1.
CARDOSO, Bruno V.. Centrais de comando e controle e videovigilância urbana. In: Michel Misse; Sérgio Adorno. (Org.). Mercados Ilegais, Violência e Criminalização. 1ed.São Paulo: Alameda, 2018, v. 1, p. 255-270.

2.
CARDOSO, Bruno V.. Estado, tecnologias de segurança e normatividade neoliberal. In: Fernanda Bruno; Bruno Cardoso; Marta Kanashiro; Luciana Albuquerque; Lucas Melgaço1. (Org.). Tenopolíticas da Vigilância: perspectivas da margem. 1ed.São Paulo: Boitempo, 2018, v. 1, p. 91-106.

3.
BRUNO, Fernanda ; CARDOSO, Bruno V. ; KANASHIRO, M. M. ; ALBUQUERQUE, Luciana ; MELGACO, L. . Apresentação. In: Fernanda Bruno; Bruno Cardoso; Marta Kanashiro; Luciana Albuquerque; Lucas Melgaço. (Org.). Tecnopolíticas da Vigilância: perspectivas da margem. 1ed.São Paulo: Boitempo, 2018, v. 1, p. 7-14.

4.
CARDOSO, Bruno de Vasconcelos. Tecnopolíticas de integração: ação distribuída, condução de condutas e transformações na segurança pública. In: SILVA, Andreia Vicente da; DIAS, Paulo Henrique Barbosa; SILVA, Vania Sandeléia Vaz da. (Org.). Conectando mundos, repensando relações. 1ed.Porto Alegre: Unioeste: Evangraf, 2016, v. , p. 37-56.

5.
CARDOSO, Bruno V.. Voyeurismo digital: representação e (re)produção imagética do outro no ciberespaço. In: Marco Antônio Teixeira Gonçalves; Scott Head. (Org.). Devires imagéticos: a etnografia, o outro e suas imagens. 1ed.Rio de Janeiro: Sete Letras, 2009, v. 1, p. 154-178.

6.
CARDOSO, Bruno V.. 'Para que a vida siga adiante': sobre impunidade, vingança e expiação da dor nos discursos jornalísticos. In: Michel Misse. (Org.). Acusados & Acusadores: Estudos sobre ofensas, acusações e incriminações. Rio de Janeiro: Revan, 2008, v. , p. 119-148.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FIRMINO, R. ; CARDOSO, Bruno V. . A uberização da Uber. Le Monde Diplomatique Brasil, Brasil, , v. 130, p. 18 - 19, 02 maio 2018.

2.
CARDOSO, Bruno V.. Security as a Commodity Mega Events and Public Security in Brazil. Heinrich Böll Stiftung - Democracy - E-paper, Berlin, p. 1 - 14.

3.
CARDOSO, Bruno V.. Wenn Sicherheit zur Ware wird Megaevents und öffentliche Sicherheit in Brasilien. Heinrich Böll Stiftung - Demokratie - E-paper, Berlim, p. 1 - 14.

4.
CARDOSO, Bruno V.. Segurança Pública e Megaeventos no Brasil. Heinrich B:oll Stiftung - Direitos Humanos, Rio de Janeiro, p. 1 - 14.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CARDOSO, Bruno V.. Olhares mediados: videovigilância no espaço público e videovoyeurimo no ciberespaço. In: 27a Reunião Brasileira de Antropologia, 2010, Belém - Pará. Anais 27a RBA, 2010. p. 1-20.

2.
CARDOSO, Bruno V.. Nativos e imigrantes: o exibicionismo nos olhos de quem vê. In: IV Simpósio Nacional da ABCiber, 2010, Rio de Janeiro. Trabalhos Selecionados ABCiber 2010, 2010. p. 1-14.

3.
CARDOSO, Bruno V.. 'Mas isso não pode ficar assim!': sobre jornais, representações da violência e impunidade!. In: XIII Congresso Brasileiro de Sociologia, 2007, Recife. http://www.sbsociologia.com.br/congresso_v02/papers/GT30%20Violência%20e%20Sociedade%20segurança,%20controle%20e%20castigo/Mas_isso_não_pode_ficar_assim!.pdf, 2007.

4.
CARDOSO, Bruno V.. Violência, (In)segurança e Vigilância do Espaço Público. In: VII Reunião de Antropologia do Mercosul, 2007, Porto Alegre. RAM. Reunião de Antropologia do Mercosul, 2007. p. 2-15.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CARDOSO, Bruno V.; GALVAO, M. R. C. C. . Uma Nova proposta de Cidadania: legitimando as diferenças para combater as desigualdade. In: Jornada de Iniciação Científica da UFRJ, 2002. Livro de Resumos da Jornada de Iniciação Científica da UFRJ, 2002.

Apresentações de Trabalho
1.
CARDOSO, Bruno V.; VARGAS, J. D. ; SANJURJO, Liliana . Violências em tempo de barbárie. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
CARDOSO, Bruno V.. O que fazem e nos fazem fazer os algoritmos? Sobre telas e condução de condutas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
CARDOSO, Bruno V.. La construction du Système Intégré de Commandement et Contrôle au Brésil. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
CARDOSO, Bruno V.. Estado, tecnologias de segurança e normatividade neoliberal. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
CARDOSO, Bruno V.. Tecnopolíticas da mobilização: ação distribuída, condução de condutas e relações de poder na esfera pública. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
CARDOSO, Bruno V.. Tecnopolíticas da mobilização: ação distribuída, condução de condutas e relações de poder na esfera pública. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
CARDOSO, Bruno V.. Tecnologías de seguridad o ?en la práctica, la teoría es otra?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
CARDOSO, Bruno V.; MONTEIRO, L. ; NASSER, R. ; RODRIGUES, T. . O Sistema Integrado de Comando e Controle. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
CARDOSO, Bruno V.. Comandando e controlando à distância: modernização tecnológica, integração institucional e segurança pública. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
CARDOSO, Bruno V.. Espaços vigiados e espaços de vigilância: criando redes com olhos, tijolo e fibra ótica. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
CARDOSO, Bruno V.; VERAN, J.F. ; MARTINS, C. E. . As implicações políticas das pesquisas acadêmicas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
CARDOSO, Bruno V.. Espaços vigiados e espaços de vigilância: criando redes com olhos, tijolo e fibra ótica. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
CARDOSO, Bruno V.. Intimidades (de)flagradas: real, falso e ficção no videovoyeurismo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
CARDOSO, Bruno V.. Olhares mediados: videovigilância no espaço público e videovoyeurismo no ciberespaço. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
CARDOSO, Bruno V.. Nativos e imigrantes: o exibicionismo nos olhos de quem vê. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
CARDOSO, Bruno V.. Violência, (In)segurança e Vigilância do Espaço Público. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
CARDOSO, Bruno V.. 'Mas isso não pode ficar assim!': sobre jornais, representações da violência e impunidade. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
CARDOSO, Bruno V.. Apontamentos sobre insegurança e apropriação do espaço coletivo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
CARDOSO, Bruno V.. Pitboys ou beachboys? Acusação e sujeição criminal em um caso de violência. 2004. (Apresentação de Trabalho/Outra).

20.
CARDOSO, Bruno V.; GALVAO, M. R. C. C. . Uma Nova proposta de Cidadania: legitimando as diferenças para combater as desigualdade.. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
SANTOS, D. ; CARDOSO, Bruno V. . A militarização da justiça e a defesa da democracia. Rio de Janeiro, 2011. (Tradução/Artigo).

2.
CARDOSO, Bruno V.. Todos os Olhos. Videovigilâncias, videovoyeurismos e (re)produção imagética na tecnologia digital 2010 (Tese de Doutorado).

3.
CARDOSO, Bruno V.. Olhares cruzados sobre o atendimento institucional aos adolescentes infratores no Brasil, 2010. (Tradução/Artigo).

4.
CARDOSO, Bruno V.. Como nos mobilizamos? A contribuição de uma abordagem pragmatista para a sociologia da ação coletiva. Rio de Janeiro: Garamond, 2009. (Tradução/Artigo).

5.
CARDOSO, Bruno V.. Violência, sujeito e sociologia: Entrevista com Michel Wieviorka. Rio de Janeiro: Garamond, 2009. (Tradução/Artigo).

6.
CARDOSO, Bruno V.. A arte e a cultura a serviço do social nos territórios desqualificados: Desafios, tensões e paradoxos. Rio de Janeiro, 2009. (Tradução/Artigo).

7.
CARDOSO, Bruno V.. A política francesa de segurança diante das ?banlieues?, 2009. (Tradução/Artigo).

8.
CARDOSO, Bruno V.. Os controles de identidade na França: Um instrumento de discriminação?, 2009. (Tradução/Artigo).

9.
CARDOSO, Bruno V.. Os crimes contra a propriedade: Uma síntese dos trabalhos europeus, 2009. (Tradução/Artigo).

10.
CARDOSO, Bruno V.. Briga e castigo: sobre pitboys e canais de fofoca em um sistema acusatório 2005 (Dissertação de Mestrado/UFRJ. In: http://www.ifcs.ufrj.br/~ppgsa/mestrado/Texto_completo_225.prn.pdf).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
CARDOSO, Bruno V.. Avaliação dos Projetos Sociais do Programa Favela-Bairro (PROAP II) - Coordenador de Grupos Focais. 2005.

Trabalhos técnicos
1.
CARDOSO, Bruno V.. Parecerista da Revista Enfoques. 2012.

2.
CARDOSO, Bruno V.. Parecerista da Revista de Antropologia (USP).. 2012.

3.
CARDOSO, Bruno V.. Parecerista ad hoc de Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social. 2012.

4.
CARDOSO, Bruno V.. Parecerista da Revista Brasileira de Ciências Sociais - RBCS. 2012.

5.
CARDOSO, Bruno V.. V Simpósio Nacional da ABCiber. 2011.

6.
MISSE, M. ; RENOLDI, B. ; CARDOSO, Bruno V. ; PAES, V. F. ; GIOVANELLI, A. ; Fábio Santos ; Paulo Tavares . Modernização da Gestão de Laudos Periciais. 2008.

7.
CARDOSO, Bruno V.. Relatório de Avaliação do projeto Creches do Programa Favela Bairro (PROAP II). 2005.

8.
CARDOSO, Bruno V.. Relatório de Avaliação do Projeto Centros de Informática do Programa Favela Bairro (PROAP II). 2005.

9.
MISSE, M. ; CARDOSO, Bruno V. ; PAES, V. F. ; LEITE, A. M. . Desarmamento e Índices de Criminalidade envolvendo Armas de Fogo: Um exame sistemático dos dados oficiais. 2005.

10.
CARDOSO, Bruno V.. CENSO 200 - Recenseador. 2000.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CARDOSO, Bruno V.. Programa Código de Barra. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
CARDOSO, Bruno V.. Programa Foco Aberto. 2007. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

3.
CARDOSO, Bruno V.. Programa Grandes Temas. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
CARDOSO, Bruno V.. Programa Olhar 2004. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
CARDOSO, Bruno V.; RENOLDI, B. ; PAES, V. F. . Relatório de fluxo dos laudos na Sede do Instituto de Criminalística Carlos Éboli.. 2008. (Relatório de Pesquisa).

2.
MISSE, M. ; CARDOSO, Bruno V. ; LEITE, A. M. ; PAES, V. F. . Desarmamento e Indices de Criminalidade Envolvendo Armas de Fogo: um exame sistemático dos dados oficiais.. 2005. (Relatório de Pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
PICANÇO, F. S.; CARDOSO, Bruno V.; MOTTA, Eugênia. Participação em banca de Mariana Freitas Alvim. Entre fronteiras: afeto e desigualdade na relação entre porteiros e moradores na Zona Sul do Rio. 2018. Dissertação (Mestrado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
BEZERRA, Arthur; SCHNEIDER, Marco; CARDOSO, Bruno V.. Participação em banca de Fabiana Maria da Conceição dos Santos. Regime de Informação: o caso do tráfico de armas de fogo no Estado do Rio de Janeiro. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciencia da Informacao) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

3.
CARDOSO, Bruno V.; GRILLO, C. C.; O'DONNELL, Julia. Participação em banca de Loraine Amaral Nogueira. Gestão Urbana, Segurança Pública e Megaeventos Esportivos no Rio de Janeiro". 2018. Dissertação (Mestrado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
VANDENBERGHE, F.; SWAKO, J. E. L.; CARDOSO, Bruno V.. Participação em banca de Rachel Gomes Barquette. O Gênero entre a tecnofobia e a tecnofilia: perspectivas teóricas e históricas. 2017. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

5.
RABOSSI, F.; CARDOSO, Bruno V.; CAVALCANTI, Mariana. Participação em banca de Carolina Müller Sarcinelli Luz. Disputas sobre transformações urbanas: práticas estatais e ambivalências no caso do Morro da Providência. 2017. Dissertação (Mestrado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
HIRATA, DANIEL; CARDOSO, BRUNO; POLICARPO, Frederico. Participação em banca de Laura Talho Ribeiro. Centro de Operações Rio: construções de narrativas sobre o espaço urbano e novas configurações de gestão de fluxos. 2017. Dissertação (Mestrado em Sociologia e Direito) - Universidade Federal Fluminense.

7.
BRUNO, Fernanda; CARDOSO, Bruno V.; BEZERRA, Arthur. Participação em banca de Wilson Roberto Milani Bernardes. Imagens de contra-vigilância distribuída em situações de revolta popular: um estudo comparativo entre os casos Bruno Teles e Santiago Andrade. 2016. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
MISSE, M.; WERNECK, A.; VARGAS, J. D.; CARDOSO, Bruno V.; FREIRE, J.. Participação em banca de Danielle Rodrigues de Oliveira. O círculo da punição: um estudo sociológico da cena acusatorial do linchamento e seus personagens. 2012. Dissertação (Mestrado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
GOIA, M. R.; ZANINI, M. T.; CARDOSO, Bruno V.. Participação em banca de Mariana Alcântara de Sá. Personalismo e Distância de Poder em uma Gerência de Empresa: um estudo de caso. 2012. Dissertação (Mestrado em Gestão Empresarial) - Fundação Getúlio Vargas.

Teses de doutorado
1.
VARGAS, J. D.; MISSE, M.; CARDOSO, Bruno V.; MISSE, D. G.; TRINDADE, Artur. Participação em banca de Daniel Caldas Gaspar. Segurança Pública e Políticas Públicas: um estudo sobre a formulação do Pacto Nacional pela Redução dos Homicídios. 2018. Tese (Doutorado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
Head, Scott; CARDOSO, Bruno V.; RIFIOTIS, Theofilos; CARDOSO, Vânia Z.. Participação em banca de Rafael de Medeiros Knabben. Interpelação e controle: narrativas de policiais militares do oeste de Santa Catarina. 2018. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
GONÇALVES, M.A.T.; CARDOSO, Bruno V.; GOLDENBERG, M.; DÍAZ BENITEZ, M. E.; BELELI, I.. Participação em banca de Helmut Paulus Kleinsorgen Paes Ferreira Fernandes. Projeções da intimidade: fronteiras e deslocamentos da performance amadora no CAM4.com. 2017. Tese (Doutorado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
HEINEMANN, T.; MICHAEL, J.; RAY, L.; FUSSEY, P.; CARDOSO, BRUNO. Participação em banca de Dennis Pauschinger. Global Security Going Local. Sport Mega Events and Local Security Dynamics in Rio de Janeiro. 2017. Tese (Doutorado em Cultural and Global Criminology) - University of Kent.

5.
GONÇALVES, José Reginaldo; CARDOSO, Bruno V.; GUIMARÃES, Roberta; LERNER, Kátia; PIO, Leopoldo. Participação em banca de Antonio Agenor de Melo Barbosa. Memórias e Fluxos de vida no Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial: Uma Etnografia no Monumento aos Pracinhas no Rio de Janeiro. 2017. Tese (Doutorado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
GONÇALVES, M.A.T.; CHAVES, W. N. D.; CARDOSO, Bruno V.; SEGALA, Lygia; GEIGER, Amir. Participação em banca de Suia Omin Arruda de Castro Chaves. Acervo Mafuá Uma etnografia da pintura e do design popular na obra fotográfica de Edson Meirelles. 2016. Tese (Doutorado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
MISSE, M.; VARGAS, J. D.; CARDOSO, Bruno V.; PIRES, L.; PAES, V. F.; AZEVEDO, R. G.. Participação em banca de Andrea Ana do Nascimento. Quando um homem da lei torna-se um sem lei: os caminhos da corrupção policial.. 2014. Tese (Doutorado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
RABOSSI, F.; CARDOSO, Bruno V.; HIRATA, DANIEL. Participação em banca de Pedro Augusto Pereira Francisco. O futuro das fronteiras: o mercado de drones nas fronteiras do Brasil. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
GONÇALVES, M.A.T.; BRUNO, Fernanda; CARDOSO, Bruno V.; BONET, O.. Participação em banca de Helmut Paulus Kleinsorgen. Metaforizações do Corpo em Portais Adultos de Live Webcam: a constituição da telepresença como ambiente performático e o contexto da performance amadora online. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
CARDOSO, Bruno V.; RABOSSI, F.; MACAIRA, Julia. Participação em banca de Walter Moreira Dias. A lógica de mercado na educação em tempo integral da Secretaria de Edução do Estado do Rio de Janeiro. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
GOMES, Laura G. F.; CARDOSO, Bruno V.; RAMOS, Jair S.. Participação em banca de Tony Bela Alves. E-Sports são esportes? Uma abordagem antropológica sobre a importância da legitimação social do E-Sports. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Antropologia) - Universidade Federal Fluminense.

3.
CARDOSO, Bruno V.; PICANÇO, F. S.; FARIA, J.. Participação em banca de Claudia Freitas Lambert Bourseau. Se eles lá não fazem nada, faremos tudo daqui: Contravigilância e resistência - Um estudo sobre o aplicativo Nós Por Nós. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
HIRATA, D. V.; PAES, V. F.; CARDOSO, BRUNO. Participação em banca de Laura Talho Ribeiro. Sociedades de vigilância: um olhar sobre o outro. uma análise social sobre dispositivos de segurança e monitoramento do espaço urbano. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia e Direito) - Universidade Federal Fluminense.

5.
PICANÇO, F. S.; CARDOSO, Bruno V.; CORREA, R. M.; BARBOSA, F. C.. Participação em banca de Mariana Freitas Alvim. Entre fronteiras: afeto e desigualdade na relação entre porteiros e moradores da Zona Sul do Rio. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
BEZERRA, Arthur; CARDOSO, Bruno V.; SCHNEIDER, Marco. Participação em banca de Fabiana Maria da Conceição Santos. Regime e Fluxos de Informação no Processo de Apreensão de Armas de Fogo no Estado do Rio de Janeiro. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciencia da Informacao) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

7.
CARDOSO, Bruno V.; GRILLO, C. C.; MISSE, M.. Participação em banca de Loraine Amaral Nogueira. Do Ativismo ao Terrorismo: a (re)produção da violência nas manifestações junho de 2013. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
WERNECK, A.; CARDOSO, Bruno V.; FREIRE, J.; TEIXEIRA, C.. Participação em banca de Amanda Moura Santos. O melhor dos bens: Um estudo de uma premiação de ações humanitárias e sua gestão de valores morais. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
BRUNO, Fernanda; CARDOSO, Bruno V.; BEZERRA, Arthur. Participação em banca de Wilson Roberto Milani Bernardes. Imagens de contra-vigilância distribuída em situações de revolta popular: um estudo comparativo entre os casos Bruno Teles e Santiago Andrade. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Comunicação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
RABOSSI, F.; CARDOSO, Bruno V.; CAVALCANTI, Mariana. Participação em banca de Carolina Müller Sarcinelli Luz. Megaeventos mundiais e as transformações locais: estudo sobre as rupturas e continuidades na reforma urbana da região portuária do Rio de Janeiro. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
HANDFAS, A.; CARDOSO, Bruno V.; CORREA, R. M. C.. Participação em banca de Danielle Rodrigues de Oliveira. A temática violência/criminalidade nos livros didáticos de sociologia: comparações sobre as perspectivas teórico-didáticas utilizadas. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. Saberes e Práticas Ed. Básica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
GAJANIGO, Paulo; MONTEIRO, R. A.; CARDOSO, Bruno V.; CAVALCANTI, Mariana; GRACINO JÚNIOR, P.. Concurso para Professor Adjunto (Teoria Sociológica). 2015. Universidade Federal Fluminense.

2.
RISCADO, P. E.; JULIAO, E. F.; MESQUITA, W. A. B.; CARDOSO, Bruno V.; AGUM, R. R.. Políticas Públicas com ênfase em Políticas Sociais e Economia Política. 2014. Universidade Federal Fluminense.

3.
GAHYVA, H.; MORAES, A.F.; CARDOSO, Bruno V.. Professor Substituto do Departamento de Sociologia. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Outras participações
1.
CAVALCANTI, M. L. V. C.; CARDOSO, Bruno V.; BONET, O.; PICANÇO, F. S.. Banca de Seleção para Doutorado. 2016. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
WERNECK, A.; CARDOSO, Bruno V.; MORAES SILVA, Graziella. Banca de Monitoria. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
MORAES, A.F.; CARDOSO, Bruno V.; GAHYVA, H.. Banca de Monitoria. 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
V Seminário Lavits: interseções entre pesquisa, ação e tecnologia.O CICC do Rio de Janeiro. 2016. (Simpósio).

2.
VI ESOCITE.BR / TECSOC - VI Simpósio Nacional de Ciência, Tecnologia e Sociedade - Rio 2015.Construindo redes sociotécnicas de segurança pública: o Sistema Integrado de Comando e Controle. 2015. (Simpósio).

3.
IV Reunião de Antropologia da Ciência e Tecnologia.Comandando e controlando à distância: modernização tecnológica, integração institucional e segurança pública. 2013. (Encontro).

4.
Oficina de Cartografia das Controvérsias.Cartografia das controvérsias. 2013. (Oficina).

5.
Seminários do Laboratório de Antropologia da Arquitetura e Espaços (LAARES).Espaços vigiados e espaços de vigilância: criando redes com olhos, tijolo e fibra ótica. 2013. (Seminário).

6.
X Reunião de Antropologia do Mercosul. Megaeventos Esportivos e modernização tecnológica: planos e discursos sobre o legado em segurança pública. 2013. (Congresso).

7.
Second ISA Forum of Sociology. Video surveillance in Rio de Janeiro: Technological modernization in a sport's mega events city. 2012. (Congresso).

8.
IX Reunião de Antropologia do Mercosul. Intimidades (de)flagradas: real, falso e ficção no videovoyeurismo. 2011. (Congresso).

9.
27a Reunião Brasileira de Antropologia. Olhares mediados: videovigilância no espaço público e videovoyeurismo no ciberespaço. 2010. (Congresso).

10.
IV Simpósio Nacional da ABCiber.Nativos e imigrantes: o exibicionismo nos olhos de quem vê. 2010. (Simpósio).

11.
26a Reunião Brasileira de Antropologia. 2008. (Congresso).

12.
Jornada Conjunta de Alunos do PPGSA/IFCS, PPGAS/ Museu Nacional e IUPERJ/UCAM.Apontamentos sobre insegurança e apropriação do espaço coletivo. 2007. (Outra).

13.
VII Reunião de Antropologia do Mercosul. Violência, (In)segurança e Vigilância do Espaço Público. 2007. (Congresso).

14.
XIII Congresso Brasileiro de Sociologia. "Mas isso não pode ficar assim!": sobre jornais, representações da violência e impunidade. 2007. (Congresso).

15.
VI Jornada Interna dos Alunos do PPGSA/IFCS/UFRJ.Pitboys ou beachboys? Acusação e sujeição criminal em um caso de violência. 2004. (Seminário).

16.
XIX Encontro Nacional de Estudantes de Ciências Sociais (ENECS). 2003. (Encontro).

17.
Jornada de Iniciação Científica da UFRJ.Uma Nova proposta de Cidadania: legitimando as diferenças para combater as desigualdade. 2002. (Outra).

18.
XVII Encontro Nacional de Estudantes de Ciências Sociais (ENECS). 2001. (Encontro).

19.
XV Encontro Nacional de Estudantes de Ciências Sociais (ENECS). 1999. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BRUNO, Fernanda ; KANASHIRO, M. M. ; FIRMINO, R. ; CARDOSO, Bruno V. ; PIMENTA, R. ; EVANGELISTA, R. ; MELGACO, L. ; PARRA, H. . III Simpósio Internacional Lavits - Vigilância, tecnopolíticas e territórios. 2015. (Congresso).

2.
CARDOSO, Bruno V.. Grupo de Trabalho Nuevas tecnologías y gestión de la vida cotidiana. 2013. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Thiago Tiganá da Silva Teixeira. Discursos de ódio e redes sociais. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

2.
Yuri Alcântara Ribeiro. Publicidade e internet. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

3.
Pedro José Nasser Saliba. A DRCI e os crimes de informática. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

4.
Walter José Moreira Dias Júnior. Militarização das escolas em Niterói. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

5.
Claudia Freitas Lambert Bourseau. ?Eu tô filmando!?: A câmera do celular como elemento desestabilizador das relações de poder entre policiais e manifestantes nas Jornadas de Junho e nos atos do movimento ?Não vai ter copa?.. Início: 2015. Dissertação (Mestrado profissional em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Laura Talho Ribeiro. Tecnologia e Gestão Urbana. Início: 2018. Tese (Doutorado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

Iniciação científica
1.
André Kaique Ramos de Oliveira. Os impactos de uma educação guiada por dados. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

2.
Wickson Ribeiro. Algoritmos e racismo: dispositivos e cenários para novos e velhos racismos. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

3.
Julia Sampaio. Redes de abuso: como disputar o espaço virtual. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

4.
Rayssa Drumond Barros de Alcântara. Os agenciamentos entre tecnologias de transporte privado e seus usuários: o caso da Uber no Brasil. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

5.
João Paulo Gomes Ricotta. Estou seguindo a Jesus Cristo: o lugar das mídias sociais nas novas estratégias de recrutamento religioso. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

6.
Rodrigo Souza. Violentamente pacífico: o quanto algoritmos são pacíficos?. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

7.
Teresa Soter Henriques. Tecnologias e relacionamentos: os aplicativos Tinder e Happn. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Loraine Amaral Nogueira. Gestão Urbana, Segurança Pública e Megaeventos Esportivos no Rio de Janeiro. 2018. Dissertação (Mestrado em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Bruno de Vasconcelos Cardoso.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Grazielle Barreto Gomes. A ATIVIDADE TURÍSTICA COMO AGENTE DE INCLUSÃO SOCIAL EM MACAÉ. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-Graduação em Gestão Pública Municipal) - Fundação Educacional de Macaé. Orientador: Bruno de Vasconcelos Cardoso.

2.
Roberta Parente. A Importância da Mulher na Construção da Cidadania de Jovens em Situação de Risco Social e Pessoal. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-Graduação em Gestão Pública Municipal) - Fundação Educacional de Macaé. Orientador: Bruno de Vasconcelos Cardoso.



Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CARDOSO, Bruno V.. Security as a Commodity Mega Events and Public Security in Brazil. Heinrich Böll Stiftung - Democracy - E-paper, Berlin, p. 1 - 14.

2.
CARDOSO, Bruno V.. Wenn Sicherheit zur Ware wird Megaevents und öffentliche Sicherheit in Brasilien. Heinrich Böll Stiftung - Demokratie - E-paper, Berlim, p. 1 - 14.

3.
FIRMINO, R. ; CARDOSO, Bruno V. . A uberização da Uber. Le Monde Diplomatique Brasil, Brasil, , v. 130, p. 18 - 19, 02 maio 2018.

4.
CARDOSO, Bruno V.. Segurança Pública e Megaeventos no Brasil. Heinrich B:oll Stiftung - Direitos Humanos, Rio de Janeiro, p. 1 - 14.


Apresentações de Trabalho
1.
CARDOSO, Bruno V.; VERAN, J.F. ; MARTINS, C. E. . As implicações políticas das pesquisas acadêmicas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
CARDOSO, Bruno V.. Espaços vigiados e espaços de vigilância: criando redes com olhos, tijolo e fibra ótica. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
CARDOSO, Bruno V.; MONTEIRO, L. ; NASSER, R. ; RODRIGUES, T. . O Sistema Integrado de Comando e Controle. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
CARDOSO, Bruno V.. Tecnopolíticas da mobilização: ação distribuída, condução de condutas e relações de poder na esfera pública. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
CARDOSO, Bruno V.. Tecnopolíticas da mobilização: ação distribuída, condução de condutas e relações de poder na esfera pública. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
CARDOSO, Bruno V.. Tecnologías de seguridad o ?en la práctica, la teoría es otra?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
CARDOSO, Bruno V.. Estado, tecnologias de segurança e normatividade neoliberal. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/01/2019 às 7:50:40