Sandro Kobol Fornazari

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7348071088831875
  • Última atualização do currículo em 07/10/2018


SANDRO KOBOL FORNAZARI é Professor do Departamento de Filosofia da UNIFESP onde ministra disciplinas de graduação e de pós-graduação abertas a todos os interessados, com ou sem vínculo institucional. É também orientador de mestrado e de doutorado junto ao Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UNIFESP. Com defesa de tese sobre a filosofia da diferença de Gilles Deleuze, em 2005, obteve o título de Doutor em Filosofia junto à USP, onde também realizou estágio de pós-doutoramento. Escreveu Sobre o suposto autor da autobiografia de Nietzsche (Discurso/Ed. UNIJUÍ, 2004). Escreveu diversos artigos sobre a filosofia francesa contemporânea e sobre o cinema de Glauber Rocha. Coordenou a organização do livro Deleuze hoje (FAP-UNIFESP, 2014). É cofundador e membro do núcleo de sustentação do GT Deleuze/ANPOF. É líder do Grupo de pesquisa sobre a filosofia francesa: diferença, vida e criação (CNPq) e coordena o grupo de estudos em Filosofia da Diferença, sediado em São Paulo. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Sandro Kobol Fornazari
Nome em citações bibliográficas
FORNAZARI, Sandro K.;FORNAZARI, SANDRO KOBOL

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de São Paulo, Departamento de Filosofia.
Estrada do Caminho Velho, 333
Bairro dos Pimentas
07252-312 - Guarulhos, SP - Brasil
Telefone: (11) 33812000
URL da Homepage: http://humanas.unifesp.br/home/


Formação acadêmica/titulação


2001 - 2005
Doutorado em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: O esplendor do ser: a composição da filosofia da diferença em Gilles Deleuze (1952-68), Ano de obtenção: 2005.
Orientador: Marilena de Souza Chauí.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: diferença; repetição; ser unívoco; empirismo transcendental; filosofia da diferença; virtual.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia / Especialidade: Teoria do Conhecimento.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ontologia.
Setores de atividade: Educação.
1998 - 2000
Mestrado em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Filosofia e autoria em Ecce Homo de Nietzsche: autobiotipografia,Ano de Obtenção: 2000.
Orientador: Scarlett Zerbetto Marton.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: autobiografia; tipologia; autoria; subjetividade; corpo; amor fati.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Teoria do Conhecimento.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ontologia.
Setores de atividade: Educação.
2008 interrompida
Graduação interrompida em 2009 em Cinema.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Ano de interrupção: 2009
1994 - 1997
Graduação em Filosofia - Licenciatura.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
1992 - 1997
Graduação em Filosofia - Bacharelado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
1989 - 1991
Ensino Médio (2º grau).
EEPSG Dr. Américo Brasiliense, AMÉRICO BRASILIE, Brasil.
1981 - 1988
Ensino Fundamental (1º grau).
EEPG Profa. Hermínia Lopes Lobo, HERMÍNIA, Brasil.


Pós-doutorado


2008 - 2010
Pós-Doutorado.
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, FFLCH/USP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia / Especialidade: Filosofia da Diferença.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Teoria do Conhecimento.


Formação Complementar


2014 - 2014
Enjeux philosophiques de l'image dans l'Antiquité. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.
2014 - 2014
O filósofo lê romances. (Carga horária: 8h).
Centro Universitário Maria Antonia da USP, CUMA-USP, Brasil.
2009 - 2009
A alegria dos filósofos: topografia de uma noção. (Carga horária: 12h).
Departamento Filosofia/FFLCH-USP, DF/FFLCH-USP, Brasil.
2004 - 2004
Foucault e a Esquizoanálise. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2003 - 2003
Programa de Formação Permanente. (Carga horária: 16h).
Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC, Brasil.
2002 - 2002
História da Filosofia Contemporânea. (Carga horária: 8h).
Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia, ANPOF, Brasil.
2002 - 2002
Programa de Formação Permanente. (Carga horária: 20h).
Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC, Brasil.
1999 - 1999
Extensão universitária em Alemão Instrumental I. (Carga horária: 36h).
Serviço de Cultura e Extensão Universitária - FFLCH - USP, SCEU-FFLCH-USP, Brasil.
1997 - 1997
Seminário de Atualização em Política Cultural. (Carga horária: 16h).
Secretaria de Educação e Cultura da PMSBC, SEC-PMSBC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Filosofia, .

03/2010 - Atual
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia das Ciências Humanas
Filosofia Geral
História da Filosofia Contemporânea I
História da Filosofia Contemporânea II
Leitura e Interpretação de Textos Clássicos I
Leitura e Interpretação de Textos Clássicos II
Filosofia Geral I
04/2015 - 04/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Filosofia, .

Cargo ou função
Membro Titular da Comissão Especial de Pós-Graduação (CEPG) do Programa de Pós-Graduação em Filosofia.
2/2017 - 6/2017
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Subjetividade: o conceito de diferença em Deleuze
3/2014 - 2/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Filosofia, .

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Filosofia.
04/2015 - 08/2016
Direção e administração, Departamento de Filosofia, .

Cargo ou função
Vice-Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Filosofia.
04/2016 - 06/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Filosofia, .

Cargo ou função
Coordenação da Comissão de Seleção do Processo Seletivo 2º sem/2016.
12/2014 - 03/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Planejamento, .

Cargo ou função
Membro titular do Conselho de Planejamento.
03/2015 - 06/2015
Ensino, Programa de Pós-Graduação em Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
FILOSOFIA E SUBJETIVIDADE: IMAGENS DO PENSAMENTO EM DELEUZE
12/2011 - 12/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Espaço Físico, Infraestrutura e Acessibilidade e Inclusão.
04/2011 - 03/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Filosofia, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Curso de Graduação.
03/2012 - 06/2012
Ensino, Programa de Pós-Graduação em Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Subjetividade e Filosofia Contemporânea
03/2010 - 02/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Filosofia, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Atividades Complementares.

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador associado

Atividades

03/2008 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas.

Atividade realizada
Parecerista ad hoc da Revista Primeiros Escritos.
03/2005 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas.

Atividade realizada
Parecerista ad hoc dos Cadernos de Ética e Filosofia Política.

Faculdade Estácio de Sá de Santa Catarina, FES, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor horista, Carga horária: 16

Atividades

08/2006 - 07/2008
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Geral
Filosofia Geral e Jurídica
10/2006 - 12/2007
Outras atividades técnico-científicas , Curso de Direito, Curso de Direito.

Atividade realizada
Coordenação de Grupo de Estudos sobre os Princípios Filosóficos do Direito Político.

Faculdade CESUSC, CESUSC, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 10

Atividades

02/2006 - 02/2008
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia

Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2006
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor aula ministrada, Carga horária: 13

Atividades

08/2001 - 05/2006
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia
08/2001 - 03/2006
Ensino, Economia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Evolução das Idéias Sociais
Sociologia
Tópicos Especiais em Economia (Economia da América Latina)
08/2005 - 02/2006
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais de História (Teoria Marxista)
03/2005 - 02/2006
Ensino, Arquitetura e Urbanismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia
03/2004 - 05/2004
Serviços técnicos especializados , Curso de Economia, .

Serviço realizado
Apoio pedagógico na elaboração e execução do Projeto Político Pedagógico do Curso de Economia.
03/2002 - 12/2002
Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e saúde

Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2002
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Professor colaborador, Carga horária: 12

Atividades

10/2000 - 02/2002
Ensino, Bilbioteconomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica Aplicada à Documentação
Lógica
Evolução do Pensamento Científico e Filosófico
10/2000 - 02/2002
Ensino, Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Aplicada à Educação Física
Sociologia
Filosofia
03/2001 - 07/2001
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Epistemologia
10/2000 - 02/2001
Ensino, Fisioterapia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia
10/2000 - 02/2001
Ensino, Design, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Geral

Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, SEE-SP, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 1996
Vínculo: ACT, Enquadramento Funcional: PEB II, OFA, Carga horária: 15
Outras informações
Docência exercida nas escolas: "Dr. Américo Brasiliense" e "Dr. Celso Gama", em Santo André, tendo acumulado o total de 4,152 pontos por tempo de serviço docente.

Atividades

03/1994 - 02/1996
Ensino,

Disciplinas ministradas
Filosofia
03/1994 - 02/1995
Ensino,

Disciplinas ministradas
Geografia

Prefeitura Municipal de Sao Bernardo do Campo, P/S. B. CAMPO, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1998
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Agente de Biblioteca e Arquivo I, Carga horária: 40

Atividades

06/1996 - 03/1998
Serviços técnicos especializados , Biblioteca Monteiro Lobato, .

Serviço realizado
Organização do acervo (livros e audiovisuais), orientação à pesquisa, promoção da interação entre usuário e acervo e organização de atividades culturais.


Linhas de pesquisa


1.
Subjetividade, arte e cultura

Objetivo: A abordagem filosófica da subjetividade, da arte e da cultura adquire confrontos inéditos na Contemporaneidade. No contexto do eclipse de um sujeito da consciência e de uma verdade objetiva delineia-se um campo de indagações filosóficas cruciais no que tange à relação entre arte e realidade, arte e conhecimento, ciência e ética, princípio de realidade e ficção. O tema da retórica no conhecimento e nas artes amplia a discussão acerca da objetividade e da essencialidade da verdade, o que abrange também as novas tecnologias na compreensão do que é o ser vivo e o que é a vida. O olhar filosófico lança-se ainda sobre as contradições sociais, as implicações do amálgama entre ciência e técnica, a possibilidade ou não da persistência de um projeto intelectual fundado na razão científica e técnica, bem como no domínio autônomo da arte, mais como experiência estética do que como uma teoria do Belo..
2.
História da Filosofia

Objetivo: Trata-se de estudar as filosofias do ponto de vista de sua gênese e arquitetônica conceitual. O resultado será uma interpretação sistemática ou filosófica de um autor ou tema, sem que isso se reduza a uma "história das mentalidades". Do ponto de vista metodológico, são legítimos vários procedimentos: contextualista, estruturalista, fenomenológico, hermenêutico, analítico etc. Essa diversidade é benéfica para a pesquisa em história da filosofia, estimulando o debate, produzindo resultados consistentes e iluminando diferentes aspectos das filosofias. Dá-se preferência a investigações explicitamente exegéticas, sobretudo de temas/autore não tratados nas outras linhas de pesquisa. Incluem-se ainda temas e problemas de historiografia filosófica, metodologia filosófica, metodologia em história da filosofia etc..


Projetos de pesquisa


2017 - 2018
Cinemas de esquerda
Descrição: ?Cinemas de esquerda? é um projeto de pesquisa colaborativo desenvolvido a partir da exibição e debate aberto ao público de uma obra audiovisual, com ênfase para o cinema, uma vez ao mês, com a presença de um convidado. O projeto conjuga a busca pela formação de um público para os audiovisuais que fogem dos padrões vigentes na indústria do cinema e da televisão e o fomento de um debate múltiplo e plural desde obras produzidas em consonância com propostas de resistência política e de afirmação de práticas de liberdade. Assim, visa-se produzir um encontro imediato entre pessoas ligadas a essa proposta (realizadores, artistas, críticos, professores), o público interessado (incluindo os próprios realizadores do projeto) e as obras audiovisuais destacadas. Busca-se com isso atualizar a potência criativa presente na confecção da obra, colocando-a em sintonia com outros devires, fortalecendo o debate político numa vertente de resistência aos poderes estabelecidos, bem como o pensamento e a pesquisa entendidos como atos de criação..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
A filosofia da diferença e o ensino de filosofia
Descrição: Este projeto de pesquisa foi desenvolvido para ser conduzido e realizado concomitantemente às atividades de ensino, de orientação e do grupo de estudos a que a pesquisa se vincula. A sua temática principal consiste em discutir conceitualmente o aprendizado em filosofia, além de analisar aspectos da filosofia da diferença na perspectiva do ensino de filosofia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2017
Máquina de guerra e pensamento nômade em G. Deleuze e F. Guattari
Descrição: Este projeto de pesquisa, pensado no longo prazo, foi desenvolvido para ser conduzido e realizado concomitantemente às atividades de ensino, de orientação e do grupo de estudos a que a pesquisa se vincula. A sua temática principal consiste em analisar o conceito de pensamento nômade, tomando como eixo principal a argumentação desenvolvida por Gilles Deleuze e Fèlix Guattari em Mil platôs. Esse conceito pressupõe uma crítica radical do que os autores chamam de ?imagem dogmática do pensamento?. Essa imagem ainda se insinua dos modos de institucionalização da filosofia, de acordo com o que se denomina forma-Estado, constitutiva do pensamento como interioridade, suficientemente impotente para romper com os valores e os saberes estabelecidos. Contra essa imagem, Deleuze e Guattari propõem, emprestando um termo de Michel Foucault, quando este analisa a obra de Maurice Blanchot, o pensamento do fora. Ainda, trata-se de abordar o próprio estilo da filosofia deleuze-guattariana como inseparável dessa nova exigência que fazem ao pensamento, pois eles se empenham em multiplicar perspectivas de análise, operando com exemplos e descrições, que permitem o aprofundamento conceitual que deve muito mais a essa sobreposição ou justaposição do que propriamente a definições. Será abordado também o recurso de Deleuze e Guattari às artes (sobretudo a pintura, o cinema e a literatura), dando mostras claras desse esforço de exploração de experiências pouco convencionais do pensamento (pensar por meio do ritmo, das cores, das imagens-movimento e imagens-tempo, etc)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Sandro Kobol Fornazari - Coordenador / Adriano Henrique de Souza Ferraz - Integrante / Carlos Carrer da Cunha - Integrante / Daniela C. Gonçalves - Integrante / Filipe da Costa Camargo - Integrante / Renata Siramizu Garcia - Integrante / Yasmin Teixeira - Integrante.Número de orientações: 6
2011 - 2014
Gilles Deleuze e a literalidade: o cinema de Glauber Rocha
Descrição: Tomando como referência conceitual a filosofia de Gilles Deleuze, inclusive em sua parceria com Félix Guattari, com ênfase em seus dois livros sobre cinema, em diversos escritos dedicados às mais variadas artes, bem como na própria definição de arte presente em O que é a filosofia?, este projeto propõe delinear um método de análise fílmica denominado ?leitura literal?, tomando como objeto de análise dois dos principais filmes de Glauber Rocha, a saber, Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964) e O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro (1967). A literalidade se contrapõe às leituras de cunho metafórico, que se obstinam em tentar ?decifrar? os filmes ou partes dos filmes, remetendo as imagens a significados exteriores a elas, o que implica reduzir a obra a um meio de expressão. Uma leitura literal implica, diferentemente, em tratar a obra como expressão acabada e, no entanto, como abertura para uma experiência de produção de sentidos. Com isso, este projeto se distancia de toda análise de cunho sociológico, historiográfico ou psicologizante do Cinema Novo ou das obras de Glauber Rocha. Contrariamente, intenta-se partir de uma leitura imanente dos filmes de Glauber Rocha, distanciada dos elementos externos à obra, e encontrando nas suas composições de imagem-som-movimento-tempo a positividade de uma experiência estética. Isso não implica esvaziar a obra de seu conteúdo político, mas sim experimentá-la como obra de arte e, portanto, em sua singularidade, isto é, nos múltiplos modos em que ela afeta a sensibilidade, a memória e o pensamento dos seus espectadores, constituindo, a partir dessas afecções, novos sentidos e novas formas de apreendê-la politicamente, para além de seus dados contextuais imediatos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2012
Projeto Temático Ruptura e Continuidade: Investigações sobre a relação entre natureza e história a partir de sua formulação pelo Grande Racionalismo Seiscentista
Descrição: O projeto se volta para a elaboração das relações entre Natureza e História na Filosofia do Século XVII buscando não somente as concepções seiscentistas, mas também o legado sobre o qual se apóiam, bem como as críticas e retomadas das formulações dos Seiscentos na filosofia posterior, particularmente na Ilustração Francesa, no Idealismo Alemão e em alguns filósofos contemporâneos, como Nietzsche, Merleau-Ponty, Deleuze e Foucault. O ponto de partida serão as formulações renascentistas dos florentinos e dos juristas franceses, sua presença e modificações nas obras de Bacon, Espinosa, Pascal e Leibniz. O primeiro contraponto, em que a ruptura se apresenta superior à continuidade, será feito com a obra de Vico, que anuncia os trabalhos da Ilustração Francesa. Da Renascença à Ilustração, as relações entre Natureza e História não são tensas: não só a História está inserida na Natureza, como esta, pensada como artefato e artesã, está embebida na História; além disso, a idéia de natureza humana fornece a mediação necessária entre ambas. Tudo muda e a ruptura se torna patente com as obras do Idealismo Alemão, isto é, com a distinção entre Natureza e Cultura, ainda que o Romantismo pretenda retomar sua inseparabilidade, graças a uma nova Filosofia da Natureza. Tomando como referência a análise do Grande Racionalismo, por Merleau-Ponty, suas críticas ao ?fracasso das filosofias dialéticas? e sua hipótese da possibilidade de fundar na Natureza uma nova concepção da História, algumas das pesquisas examinarão o papel dos conceitos de devir e acontecimento nas filosofias de Nietzsche e Deleuze, a ênfase na idéia de descontinuidade temporal, nas primeiras obras de Foucault, e o ressurgimento da determinação natural do histórico em suas últimas obras, dedicadas ao conceito de biopoder..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Pós-doutorado: O empirismo transcendental como descoberta das multiplicidades e atividade criadora do pensamento na filosofia de Gilles Deleuze
Descrição: A pesquisa pretende investigar inicialmente em que medida a crítica de Gilles Deleuze à doutrina das faculdades de Immanuel Kant é importante para a construção do conceito de empirismo transcendental e para a nova imagem do pensamento que ele vislumbra. Tal crítica se insere numa crítica mais ampla ao modelo da recognição e, em última instância, à tradição da filosofia da representação. Nessa nova imagem do pensamento, apontada por Deleuze, a diferença deve poder ser pensada em si mesma, fora das amarras impostas pelo primado da identidade, e de modo que o pensamento seja a expressão da potência afirmativa da vida. Liberado da soberania do idêntico na representação, o próprio homem passa a ocupar esse ?lugar vazio? em que lhe seria possível novamente pensar, visto que o pensamento é conduzido por forças involuntárias, singularidades pré-subjetivas ou ?máquinas desejantes?, ou seja, pelas diferenças intensivas do ser unívoco, que possuem o estatuto de princípio transcendental a partir do qual se geram as múltiplas faces da experiência. Physis e noûs são o resultado do processo mais profundo de afirmação da diferença a partir dos arranjos intensivos de potência no domínio do transcendental. O ser unívoco pode ser entendido, então, tanto como uma usina criadora de formas e matérias, quanto como produtora de sentido e de pensamento. A partir disso, investigar-se-á em que medida é o tempo histórico o devir das multiplicidades, em que o que importa observar é a origem intensiva das forças que são postas em jogo num dado acontecimento, em outras palavras, segundo a interpretação deleuziana de Nietzsche, jamais se pode encontrar o sentido de uma coisa (fenômeno humano ou da natureza) se não se sabe qual é a força que dela se apropria, a explora, a domina ou nela se exprime..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2014 - Atual
Periódico: Revista Trágica: Estudos de Filosofia da Imanência
1999 - 2006
Periódico: Cadernos Nietzsche (1413-7755)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia/Especialidade: Filosofia Francesa Contemporânea.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia/Especialidade: Filosofia da Diferença.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia/Especialidade: Teoria do Conhecimento.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia Política.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ontologia.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SciELO
Total de trabalhos:2
Total de citações:2
Fornazari, Sandro Kobol  Data: 27/02/2012

Artigos completos publicados em periódicos

1.
FERRAZ, ADRIANO DE SOUSA2017FERRAZ, ADRIANO DE SOUSA ; FORNAZARI, SANDRO KOBOL . A produção desejante na cultura afro-brasileira: uma leitura de Barravento. VISO : CADERNOS DE ESTÉTICA APLICADA, v. 20, p. 1-15, 2017.

2.
FORNAZARI, Sandro K.;FORNAZARI, SANDRO KOBOL2015 FORNAZARI, Sandro K.. Do pensamento do fora: heterogêneses. Trágica: Estudos sobre Nietzsche, v. 8, p. 1-17, 2015.

3.
FORNAZARI, Sandro K.;FORNAZARI, SANDRO KOBOL2011 FORNAZARI, Sandro K.. A crítica deleuziana ao primado da identidade em Aristóteles e em Platão. Trans/Form/Ação (UNESP. Marília. Impresso), v. 34, p. 3-20, 2011.

4.
FORNAZARI, Sandro K.;FORNAZARI, SANDRO KOBOL2011FORNAZARI, Sandro K.. Filosofia e autoria: Ecce homo à luz de Barthes e Derrida. Ensaios Filosóficos, v. III, p. 133-142, 2011.

5.
FORNAZARI, Sandro K.;FORNAZARI, SANDRO KOBOL2010FORNAZARI, Sandro K.. A constituição do sujeito no tempo empírico e a memória transcendental: Deleuze leitor de Hume e Proust. ETD : Educação Temática Digital, v. 12, p. 46-63, 2010.

6.
FORNAZARI, Sandro K.;FORNAZARI, SANDRO KOBOL2010FORNAZARI, Sandro K.. A crítica genealógica no limiar da filosofia da diferença. Trágica: Estudos sobre Nietzsche, v. 3, p. 122-131, 2010.

7.
FORNAZARI, Sandro K.;FORNAZARI, SANDRO KOBOL2010FORNAZARI, Sandro K.. A imagem-cristal: a leitura deleuziana de Bergson nos livros sobre o cinema. Artefilosofia (UFOP), v. n.9, p. 93-100, 2010.

8.
FORNAZARI, Sandro K.;FORNAZARI, SANDRO KOBOL2006FORNAZARI, Sandro K.. A diferença e o eterno retorno. Cadernos Nietzsche, v. 20, p. 19-32, 2006.

9.
FORNAZARI, Sandro K.;FORNAZARI, SANDRO KOBOL2005FORNAZARI, Sandro K.; MATTOS, D. M. . A lepra no Brasil: representações e práticas de poder. Cadernos de Ética e Filosofia Política (USP), Internet, v. 6, p. 45-57, 2005.

10.
FORNAZARI, Sandro K.;FORNAZARI, SANDRO KOBOL2004FORNAZARI, Sandro K.. O bergsonismo de Gilles Deleuze. Trans/Form/Ação, São Paulo, v. 27, n.2, p. 31-50, 2004.

11.
FORNAZARI, Sandro K.;FORNAZARI, SANDRO KOBOL2001FORNAZARI, Sandro K.. O corpo reflexivo em Merleau-Ponty. Tempo da Ciência (UNIOESTE), Toledo-PR, v. 8, p. 113-120, 2001.

12.
FORNAZARI, Sandro K.;FORNAZARI, SANDRO KOBOL2001FORNAZARI, Sandro K.. O corpo-escritura de Nietzsche. Cadernos Nietzsche, São Paulo-SP, v. 11, p. 7-12, 2001.

13.
FORNAZARI, Sandro K.;FORNAZARI, SANDRO KOBOL2000FORNAZARI, Sandro K.. O grande silêncio de Zaratustra. Fragmentos de Cultura (Goiânia), Goiânia-GO, v. 10, p. 1061-1074, 2000.

14.
FORNAZARI, Sandro K.;FORNAZARI, SANDRO KOBOL1996FORNAZARI, Sandro K.. Da perversidade à impotência. Cadernos Espinosanos (USP), São Paulo, v. 1, n.2, p. 157-168, 1996.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CARVALHO, M. (Org.) ; FORNAZARI, Sandro K. (Org.) ; HADDOCK-LOBO, R. (Org.) . Filosofias da diferença. 1. ed. São Paulo: ANPOF, 2015. 314p .

2.
FORNAZARI, Sandro K.; AZEVEDO, A. B. (Org.) ; RAMACCIOTTI, B. L. (Org.) ; SILVA, C. V. (Org.) ; SILVA, C. D. L. (Org.) . Deleuze hoje. 1. ed. São Paulo: FAP-UNIFESP, 2014. v. 1. 576p .

3.
FORNAZARI, Sandro K.. Sobre o suposto autor da autobiografia de Nietzsche. 1. ed. São Paulo/Ijuí: Discurso Editorial/Editora Unijuí, 2004. 127p .

Capítulos de livros publicados
1.
FORNAZARI, Sandro K.. Gilles Deleuze e o cinema de Glauber Rocha. In: Paiva, R.; Iskandar, J. I.. (Org.). Filosofemas. 1ed.São Paulo: Unifesp, 2016, v. II, p. 127-153.

2.
FORNAZARI, Sandro K.. Deleuze e as zonas tropicais do pensamento. In: Flávia C. Silveira Lemos. (Org.). CRIAÇÕES TRANSVERSAIS COM GILLES DELEUZE: ARTES, SABERES E POLÍTICA. 1ed.Curitiba: CRV, 2016, v. , p. 70-90.

3.
FORNAZARI, Sandro K.. Deleuze e o tempo como eterno retorno: Hamlet e o espectro de Bergson. In: Marcelo Carvalho; Sandro Kobol Fornazari; Rafael Haddock-Lobo. (Org.). Filosofias da diferença. 1ed.São Paulo: ANPOF, 2015, v. , p. 9-19.

4.
FORNAZARI, Sandro K.. Deleuze e a singularidade da experiência real: entre Hume e Kant. In: FORNAZARI, S. K.; AZEVEDO, A. B.; RAMACCIOTTI, B. L.; SILVA, C. V.; SILVA, C. D. L.. (Org.). Deleuze hoje. 1ed.São Paulo: FAP-UNIFESP, 2014, v. , p. 127-141.

5.
FORNAZARI, Sandro K.. Deleuze: metáfora e literalidade em Deus e o Diabo na Terra do Sol. In: CARVALHO, M.; FIGUEIREDO, V.. (Org.). Filosofia Contemporânea: Arte, Ciências Humanas, Educação e Religião. 1ed.São Paulo: ANPOF, 2013, v. , p. 509-519.

6.
FORNAZARI, Sandro K.. Algumas reflexões sobre Ecce homo. In: Azeredo, V. D.. (Org.). Encontros Nietzsche. Ijuí-RS: UNIJUÍ, 2003, v. , p. 109-120.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FORNAZARI, Sandro K.. Da autenticidade em filosofia. Jornal da UNICAMP, Campinas, , v. n. 597, 19 maio 2014.

2.
FORNAZARI, Sandro K.. A quem pertence o futuro da universidade?. Carta Capital, Internet, 14 ago. 2012.

3.
FORNAZARI, Sandro K.. Trilogia da violência. Tribuna do Dia, Criciúma, 30 abr. 2003.

4.
FORNAZARI, Sandro K.. A pobreza e a culpa. Tribuna do Dia, Criciúma, 06 ago. 2002.

5.
FORNAZARI, Sandro K.. Corpo e consumo. Tribuna do Dia, Criciúma, 13 fev. 2002.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FORNAZARI, Sandro K.. Biopoder e o cotidiano pós-moderno. In: IV Semana de Economia da UNESC, 2003, Criciúma. Anais da IV Semana de Economia da UNESC. Criciúma: Depto. de Economia da UNESC, 2003.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
FORNAZARI, Sandro K.. A imagem-cristal: a leitura deleuziana de Bergson nos livros sobre o cinema. In: XIV Encontro Nacional de Pós-graduação em Filosofia, 2010, Águas de Lindois/SP. Atas do XIV Encontro Nacional de Filosofia. Campinas-SP: ANPOF, 2010.

2.
FORNAZARI, Sandro K.; MARTINS, A. ; OLIVA, L.C.G. ; SANTIAGO, H. . A crítica genealógica no limiar da filosofia da diferença. In: II Congresso Internacional Spinoza & Nietzsche, 2009, São Paulo. Livro de Resumos - II Congresso Internacional Spinoza & Nietzsche, 2009. p. 133-134.

3.
FORNAZARI, Sandro K.. A filosofia da diferença de Gilles Deleuze. In: IV Jornada de Pesquisa da Universidade Católica de Goiás, 2006, Goiânia. Caderno de Atas. Goiânia: Editora da UCG, 2006. p. 10.

4.
FORNAZARI, Sandro K.. A composição da filosofia da diferença em Gilles Deleuze (Mini-curso). In: IV Jornada de Pesquisa da Universidade Católica de Goiás, 2006, Goiânia. Caderno de Atas. Goiânia: Editora da UCG, 2006. p. 20.

5.
FORNAZARI, Sandro K.. A diferença e o eterno retorno em Deleuze. In: XII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2006, Salvador. Atas do XII Encontro Nacional de Filosofia, Salvador, 2006. Salvador: ANPOF, 2006. p. 508-509.

6.
FORNAZARI, Sandro K.. Deleuze e os signos. In: III Simpósio Nacional de Filosofia "A natureza do conhecimento: as contribuições dos séculos XIX e XX", 2004, Curitiba. Simpósio Nacional de Filosofia da PUCPR - Caderno de Resumos. Curitiba: PUCPR, 2004. p. 49-49.

7.
FORNAZARI, Sandro K.. Sobre a autoposição do conceito em Deleuze. In: Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2002, São Paulo-SP. Atas do X Encontro Nacional de Filosofia. Campinas: Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia, 2002.

8.
FORNAZARI, Sandro K.. A perspectiva do amor fati no Ecce Homo de Nietzsche. In: Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 1998, Caxambu-MG. Livro de Resumos do VIII Enc. Nac. de Filosofia da ANPOF. Campinas: ANPOF, 1998.

Apresentações de Trabalho
1.
FORNAZARI, Sandro K.. As diferenças e as intensidades em Diferença e repetição. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
FORNAZARI, Sandro K.. Deleuze e Guattari, leitores de Clastres. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
FORNAZARI, Sandro K.. Glauber, Deleuze e o Sertão. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
FORNAZARI, Sandro K.. O pensamento do fora em Deleuze. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
FORNAZARI, Sandro K.. O corpo intensivo e a potência do pensamento: em torno da filosofia de Deleuze. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
GUERON, R. ; FORNAZARI, Sandro K. . Nacional-desenvolvimentismo e virada conservadora pós Junho de 2013. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
FORNAZARI, Sandro K.. O pensamento do fora e os signos intensivos em Deleuze. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
FORNAZARI, Sandro K.. O pensamento do fora e os signos intensivos em Deleuze. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
FORNAZARI, Sandro K.. Ressonâncias entre a filosofia de Deleuze e o cinema de Glauber Rocha. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
FORNAZARI, Sandro K.. Filosofia com Ensino Médio. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
FORNAZARI, Sandro K.. O pensamento e a besteira. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
FORNAZARI, Sandro K.. Deleuze: o problema dos pressupostos em Filosofia ou o pensamento como criação. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
FORNAZARI, Sandro K.. Deleuze e a literalidade: o cinema de Glauber Rocha. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
FORNAZARI, Sandro K.. O pensamento como potência afirmativa da vida na filosofia de Deleuze. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
FORNAZARI, Sandro K.; PEIXOTO JR., C. A. ; COSTA, M. J. S. R. ; ROCHA, M. A. . Deleuze e o cinema de Glauber Rocha. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
FORNAZARI, Sandro K.. Filosofia e autoria: Ecce homo à luz de Barthes e Derrida. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
FORNAZARI, Sandro K.. Deleuze e a literalidade: o cinema de Glauber Rocha. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
FORNAZARI, Sandro K.. A constituição do sujeito e a filosofia de Gilles Deleuze. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
FORNAZARI, Sandro K.. A questão da autoria no discurso filosófico. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
FORNAZARI, Sandro K.. Deleuze e a singularidade da experiência real na Crítica da razão pura. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
FORNAZARI, Sandro K.. Nova imagem do pensamento na filosofia de Gilles Deleuze. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
FORNAZARI, Sandro K.. A crítica genealógica no limiar da filosofia da diferença. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
FORNAZARI, Sandro K.. Insurreição popular na Bolívia. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
Carvalho, W. ; FORNAZARI, Sandro K. . O processo de acumulação do capital. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

25.
FORNAZARI, Sandro K.. A filosofia da diferença de Gilles Deleuze. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
SOLER, R. D. V. Y. ; FORNAZARI, Sandro K. . Algumas reflexões sobre a História da sexualidade III. O cuidado de si. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
FORNAZARI, Sandro K.. A diferença e o eterno retorno em Deleuze. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
FORNAZARI, Sandro K.. Nietzsche e a genealogia da moral. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
FORNAZARI, Sandro K.. Pensar o eterno retorno da diferença: pensar contra Nietzsche?. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
FORNAZARI, Sandro K.. Áreas do conhecimento: religião, ciência, arte e filosofia. 2004. (Apresentação de Trabalho/Outra).

31.
FORNAZARI, Sandro K.. O virtual e a diferença na filosofia de Deleuze. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
FORNAZARI, Sandro K.. Biopoder e o cotidiano pós-moderno. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
FORNAZARI, Sandro K.. Deleuze e os signos. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
FORNAZARI, Sandro K.. Atual e virtual na filosofia de Deleuze. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
FORNAZARI, Sandro K.. O Ecce Homo de Nietzsche. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
FORNAZARI, Sandro K.. Sobre a autoposição do conceito em Deleuze. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
FORNAZARI, Sandro K.. Sobre o suposto autor da autobiografia de Nietzsche. 2001. (Apresentação de Trabalho/Outra).

38.
FORNAZARI, Sandro K.. Autobiotipografia nietzschiana: o filósofo trágico. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

39.
FORNAZARI, Sandro K.. Filosofia e inspiração no Ecce Homo. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

40.
FORNAZARI, Sandro K.. O grande silêncio de Zaratustra. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

41.
FORNAZARI, Sandro K.. O grande silêncio de Zaratustra. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

42.
FORNAZARI, Sandro K.. A perspectiva do amor fati no Ecce Homo de Nietzsche. 1998. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
FORNAZARI, Sandro K.. Nota de apresentação às traduções. Guarulhos: UNIFESP, 2015 (Apresentação de tradução).

2.
FORNAZARI, Sandro K.; OLIVA, J. . Descrição da mulher: por uma filosofia de outrem sexuada. Guarulhos: UNIFESP, 2015. (Tradução/Artigo).

3.
FORNAZARI, Sandro K.. Imanência: uma vida. Guarulhos: UNIFESP, 2015. (Tradução/Artigo).

4.
FORNAZARI, Sandro K.; GARGANO, R. . A concepção nietzschiana de homem moderno ou a modernidade como momento. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011. (Tradução/Artigo).

5.
FORNAZARI, Sandro K.. Homem e estilo em Nietzsche. São Paulo: Discurso Editorial, 2001. (Tradução/Artigo).

6.
FORNAZARI, Sandro K.. Um estilo de coisas cansadas, quase perdidas. São Paulo: Discurso Editorial, 2001. (Tradução/Artigo).

7.
FORNAZARI, Sandro K.. A contenda de Nietzsche: Nietzsche e as guerras culturais. São Paulo: Discurso Editorial, 1999. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
FORNAZARI, Sandro K.. Conceito ontológico de mundo em Ser e tempo de Martin Heidegger. 2004.


Demais tipos de produção técnica
1.
FORNAZARI, Sandro K.. A composição da filosofia da diferença em Gilles Deleuze. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
ANDRADE, F. D. ; FORNAZARI, Sandro K. . O poder na concepção espinosana de democracia: um paradigma para o direito político. 2006. (Coordenação de mesa).

3.
FILORDI, A. ; AMARAL, S. C. ; FORNAZARI, Sandro K. . Mesa de comunicações. 2005. (Coordenação de mesa).

4.
FORNAZARI, Sandro K.. Um estranho no ninho. 2004. (Vídeo-debate).

5.
ARALDI, C. ; FORNAZARI, Sandro K. . Nietzsche: niilismo, criação e aniquilamento. 2003. (Debatedor).

6.
FORNAZARI, Sandro K.. Vigilância e poder disciplinar nas vilas operárias: reflexões a partir das análises de Michel Foucault. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
FORNAZARI, Sandro K.. Nietzsche. 1999. (Oficina de leitura).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
FORNAZARI, Sandro K.. A morte de Immanuel Kant. 2008. Vídeo.

Outras produções artísticas/culturais
1.
FORNAZARI, Sandro K.; BERNARDINO, A. . Além dos olhos. 1997 (Registro de obra não publicada).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
FORNAZARI, Sandro K.; MARQUES, S. T.; PINTO, D. C. M.. Participação em banca de Luiz Eduardo Albert Silva. Temporalidade e individuação em Gilles Deleuze. 2018. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de São Carlos.

2.
FORNAZARI, Sandro K.; AGOSTINHO, L. D.; BIANCO, G.. Participação em banca de Yasmin Teixeira. O problema do fundamento e a aurora da diferença na filosofia de Gilles Deleuze. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

3.
PELBART, P. P.; BOTTON, V. B.; FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Rafael Ávila Matede. O que Bergson pensou sobre Heráclito e Parmênides - Notas sobre o Caderno Negro. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

4.
FORNAZARI, Sandro K.; SCANSANI, A. C.; SALES, A. C.. Participação em banca de Renata Siramizu Garcia. O cinematógrafo e o fora: conexões entre Robert Bresson e Gilles Deleuze. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

5.
FORNAZARI, Sandro K.; SUGIZAKI, E.; GONCALVES NETO, J. C.; REINATO, E. J.. Participação em banca de Vinícius Ferreira Barbosa. Pensar historicamente, com Nietzsche e através do cinema, a nossa modernidade. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

6.
FORNAZARI, Sandro K.; SILVA, C. D. L.; FERREIRA, F. A. P. R.. Participação em banca de Carlos F. Carrer da Cunha. Conexões entre Gilles Deleuze, a etnologia e as sociedades quilombolas do Vale do Ribeira. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

7.
FORNAZARI, Sandro K.; MATOS, O. C. F.; MELLO, S. F.. Participação em banca de Daniela Cristina Gonçalves. A questão da graça e da livre escolha em Ma nuit chez Maud de Éric Rohmer. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

8.
FORNAZARI, Sandro K.; MALUFE, A. C.; SILVA, A. A.. Participação em banca de Márcia Benedita Barbieri. A desterritorialização em Os passos perdidos de Alejo Carpentier. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

9.
FORNAZARI, Sandro K.; MALUFE, A. C.; WILLER, C.. Participação em banca de Daniel de Souza Lopes. Núpcias na estrada: um agenciamento entre Gilles Deleuze e Jack Kerouac. 2015. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

10.
FORNAZARI, Sandro K.; FONSECA, M. A.; ROSA FILHO, S.. Participação em banca de Adriano Henrique de Souza Ferraz. A crítica das representações e a sintaxe de Foucault: subjetividade e literatura em As palavras e as coisas. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
MOUTINHO, L.D.S.; MARQUES, S. T.; PELBART, P. P.; SORIA, A. C. S.; FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Flávio Luiz de Castro Freitas. A discordância conciliável em relação à psicanálise. 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de São Carlos.

2.
ORLANDI, L. B. L.; SILVA, C. V.; COSTA, R. L. M.; FORNAZARI, Sandro K.; NASCIMENTO, R. D. S.. Participação em banca de Alexandre Piccini Ribeiro. Música, a aventura do ritornelo. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
FORNAZARI, Sandro K.; MARQUES, S. T.; SILVA, F. L.; SALES, A. C.; PINTO, D. C. M.. Participação em banca de Fernando Meireles Monegalha. O atual e o virtual em Bergson e Deleuze. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Carlos.

4.
ORLANDI, L. B. L.; GALLO, S.; CARDOSO JR., H. R.; FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de André Luís la Sálvia. A extração de problemas de uma pedagogia do conceito. 2015. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

5.
MATOS, O. C. F.; GENTIO, H. S.; WILLEMART, P. L. M. G.; SILVA, F. L.; FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Bernardete Oliveira Marantes. O Vestido de Proust: uma construção na trama das correspondências. 2011. Tese (Doutorado em Filosofia) - Departamento Filosofia/FFLCH-USP.

6.
SALOMON, M. J.; TERNES, J.; DUPONT, J.-C.; DELAPORTE, F.; FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Eduardo Sugizaki. Uma história da Doença de Carrión: clínica e bacteriologia (1842-1913). 2011. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Goiás.

Qualificações de Doutorado
1.
FORNAZARI, Sandro K.; MELLO, S. F.; COSTA, R. L. M.. Participação em banca de Henrique Rocha de Souza Lima. Desenho de escuta: a escuta como produção, pós-produção e invenção no pensamento contemporâneo. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Música) - Universidade de São Paulo.

2.
SALES, A. C.; PELBART, P. P.; FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Adriano de Souza Ferraz. O espaço literário de Maurice Blanchot segundo a filosofia da diferença. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

3.
ORLANDI, L. B. L.; GALLO, S.; FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de André Luis La Salvia. O problema da pedagogia do conceito. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

4.
ORLANDI, L. B. L.; MALUFE, A.; FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Alexandre Piccini Ribeiro. Música, a aventura do ritornelo. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

5.
SILVA, F. L.; MARQUES, S. T.; FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Fernando Meireles Monegalha Henriques. O atual e o virtual em Bergson e Deleuze. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Carlos.

6.
MARQUES, S. T.; SILVA, F. L.; FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Cleber Daniel Lambert da Silva. O bergsonismo de Deleuze: tensão, esforço e fadiga na instauração filosófica. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Carlos.

7.
MATOS, O. C. F.; SILVA, F. L.; FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Rubson Nobre de Lima. Práticas de si e crítica em Foucault. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Mestrado
1.
FORNAZARI, Sandro K.; AGOSTINHO, L. D.; BIANCO, G.. Participação em banca de Yasmin de Oliveira Alves Teixeira. O problema do fundamento na ontologia de Gilles Deleuze. 2017.

2.
FORNAZARI, Sandro K.; MATOS, O. C. F.; MELLO, S. F.. Participação em banca de Daniela Cristina Gonçalves. A questão da graça e da livre escolha em Ma nuit chez Maud de Éric Rohmer. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

3.
FORNAZARI, Sandro K.; SALES, A. C.; SCANSANI, A. C.. Participação em banca de Renata Siramizu Garcia. O cinematógrafo e o fora. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

4.
PELBART, P. P.; BOTTON, V. B.; FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Rafael Ávila Matede. A intuição da mudança. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

5.
FORNAZARI, Sandro K.; SUGIZAKI, E.; GONCALVES NETO, J. C.; REINATO, E. J.. Participação em banca de Vinícius Ferreira Barbosa. Uma análise histórica, cultural e nietzschiana do cinema contemporâneo. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

6.
FORNAZARI, Sandro K.; SUGIZAKI, E.; SILVA, C. D. L.; FERREIRA, F.. Participação em banca de Carlos Ferreira Carrer da Cunha. Três ensaios: entre Gilles Deleuze, a etnologia e as sociedades quilombolas do Vale do Ribeira. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

7.
FORNAZARI, Sandro K.; MALUFE, A. C.; WILLER, C.. Participação em banca de Daniel de Souza Lopes. Núpcias na estrada: um agenciamento entre Gilles Deleuze e Jack Kerouac. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

8.
FORNAZARI, Sandro K.; MALUFE, A. C.; SILVA, A. A.. Participação em banca de Márcia Benedita Barbieri. A desterritorialização em Os passos perdidos de Alejo Carpentier. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

9.
BURNETT, H.; BARROS, M. B.; FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Mayra Closs Peterlevitz. Wagner e Nietzsche: estações de um encontro. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

10.
FORNAZARI, Sandro K.; ROSA FILHO, S.; FONSECA, M. A.. Participação em banca de Adriano Henrique de Souza Ferraz. Subjetividade e literatura na crítica às representações: um estudo sobre As palavras e as coisas de Michel Foucault. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

11.
SAFATLE, V. P.; SILVA, F. L.; FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Bruna Martins Coelho. Hábito e repetição em Gilles Deleuze. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

12.
FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Jéferson Luis de Azeredo. O lugar do conceito de História da Filosofia nas Orientações Curriculares Nacionais para o Ensino Médio: Conhecimentos de Filosofia (2006): uma análise à luz da filosofia deleuziana. 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Educação) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Ana Martina Baron Engerrof.A indispensabilidade do advogado e sua função social: uma análise do bacharelismo no Brasil. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Faculdade Estácio de Sá de Santa Catarina.

2.
MOREIRA, J.; GOULART, P. M.; FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Ismael Ferreira.Pressupostos epistemológicos da Psicologia: análise da produção dos saberes sobre a subjetividade segundo o materialismo histórico. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

3.
FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Alessandra Cristina Lima Sarti.Proteção animal: evolução histórico-filosófica e perspectiva. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Faculdade Estácio de Sá de Santa Catarina.

4.
FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Gustavo Harder Gonçalves.Crise e decadência da economia política: a gênese da economia vulgar. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Economia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

5.
FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Guacyara Marangoni.A falta que constitui o homem psicanalítico e o amor como possibilidade de preenchimento. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

6.
FORNAZARI, Sandro K.. Participação em banca de Adílio Luiz da Silveira Neto.Em busca da cidadania: a experiência do Centro de Estudos, Documentação e Informação Popular (CEDIP), Criciúma (1983-1996). 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Encontro Nacional de Filosofia: Diferença e repetição - 50 anos de publicação.As diferenças e as intensidades em Diferença e repetição. 2018. (Encontro).

2.
III Encontro do GT Deleuze - Diferença e pensamento minoritário.Deleuze e Guattari, leitores de Clastres. 2017. (Encontro).

3.
Colóquio Deleuze: arte/resistência - zonas de vizinhança.Minicurso: "A filosofia da diferença e a memória transcendental". 2015. (Encontro).

4.
II Colóquio Nacional do GT Deleuze ANPOF.Metáfora e literalidade em O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro. 2015. (Encontro).

5.
VIII Semana de Ciências Sociais: Pátria Educadora? Diálogos entre as Ciências Sociais, Educação e o combate às opressões.Comentários dos trabalhos do GT Indivíduo e formação. 2015. (Seminário).

6.
XVI Encontro Nacional da ANPOF.Deleuze e o tempo como eterno retorno: Hamlet e o espectro de Bergson. 2014. (Encontro).

7.
XV Encontro Nacional da ANPOF.Deleuze e a literalidade: o cinema de Glauber Rocha. 2012. (Encontro).

8.
Colóquio Deleuze & Guattari Filosofia Prática.Deleuze e a literalidade: o cinema de Glauber Rocha. 2011. (Simpósio).

9.
Colóquio Deleuze leitor dos modernos.Deleuze e a singularidade da experiência real na Crítica da razão pura. 2010. (Simpósio).

10.
La guerre silencieuse. Politique chez Spinoza et Foucault (Pascal Sévérac). 2010. (Seminário).

11.
Le droit à la décision chez Spinoza et la question du sujet politique (Laurent Bove). 2010. (Outra).

12.
Vida e tempo da república: Espinosa leitor de Maquiavel (Sebastian Torres). 2010. (Seminário).

13.
XIV Encontro Nacional de Pós-graduação em Filosofia. A imagem-cristal: a leitura deleuziana de Bergson nos livros sobre cinema. 2010. (Congresso).

14.
XXVIII Encontros Nietzsche - Nietzsche e o estilhaçamento do sujeito.A questão da autoria no discurso filosófico. 2010. (Encontro).

15.
Jornadas "Recepção pela contemporaneidade do pensamento do século XVII". 2009. (Encontro).

16.
Conferência de Michel Maffesoli "O ritmo da vida na Pós-Modernidade: o reencantamento do tempo?". 2008. (Outra).

17.
Seminário do Plano Nacional de Cultura. 2008. (Seminário).

18.
1º Ciclo de Seminários Temáticos do NUPED: Estado e Poder na Modernidade: "A crise de legitimidade do Estado Liberal de Direito". 2006. (Outra).

19.
III Colóquio Franco-Brasileiro de Filosofia da Educação.Algumas reflexões sobre a História da sexualidade III. O cuidado de si. 2006. (Simpósio).

20.
V Ciclo de Palestras: Democracia em crise.Participação como presidente de mesa. 2006. (Simpósio).

21.
XII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF.A diferença e o eterno retorno em Deleuze. 2006. (Encontro).

22.
III Simpósio Nacional de Filosofia: A natureza do conhecimento: as contribuições dos séculos XIX e XX.Deleuze e os signos. 2004. (Simpósio).

23.
Seminário Internacional Michel Foucault: Perspectivas. 2004. (Seminário).

24.
I Encontro de Filosofia Francesa Contemporânea.Atual e virtual na filosofia de Deleuze. 2003. (Encontro).

25.
IV Semana de Economia: Perspectivas para a Economia Brasileira.Biopoder e cotidiano pós-moderno. 2003. (Encontro).

26.
X Encontro Nacional de Filosofia. Sobre a autoposição do conceito em Deleuze. 2002. (Congresso).

27.
II Semana Acadêmica Interdisciplinar de Ciências Sociais Aplicadas.Vigilância e poder disciplinar nas vilas operárias: reflexões a partir das análises de Michel Foucault (Mini-curso). 2001. (Outra).

28.
III Simpósio Internacional de Filosofia Assim falou Nietzsche.Autobiotipografia nietzschiana: o filósofo trágico. 2000. (Simpósio).

29.
II Simpósio Nacional de Filosofia Assim falou Nietzsche.Filosofia e inspiração no Ecce homo. 1999. (Simpósio).

30.
VIII Encontro Nacional de Filosofia. A perspectiva do amor fati no Ecce homo de Nietzsche. 1998. (Congresso).

31.
Conversando sobre roteiro. 1996. (Outra).

32.
Descartes 400 anos: os princípios da Filosofia Moderna. 1996. (Congresso).

33.
O processo de criação no cinema: da idéia à tela. 1996. (Outra).

34.
Colóquio Sartre 90 anos. 1995. (Outra).

35.
Análise e interpretação do Mênon. 1993. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FORNAZARI, Sandro K.. Jornada de Filosofia Contemporânea: Pensamento e Resistência. 2016. (Outro).

2.
FORNAZARI, Sandro K.; SALES, A. C. ; FERREIRA, C. O. ; LUBLINER, C. M. ; VASCONCELOS, M. S. ; MENDONCA, T. B. ; PAIVA, S. ; AUTRAN, A. ; ABSABER, T. ; ARIEL, M. . Cinemas de esquerda. 2016. (Outro).

3.
FORNAZARI, Sandro K.. Jornada de Filosofia Contemporânea: Corpo e Pensamento. 2014. (Outro).

4.
FORNAZARI, Sandro K.. Grupo de Trabalho Deleuze no XVI Encontro Nacional da ANPOF. 2014. (Outro).

5.
MONTEBELLO, P. ; FORNAZARI, Sandro K. ; PAIVA, R.C.S. . Conferências de Pierre Montebello. 2013. (Outro).

6.
FORNAZARI, Sandro K.. A EFLCH e sua localização. 2012. (Outro).

7.
FORNAZARI, Sandro K.; ROCHA, M. A. ; SILVA, C. V. ; OLIVA, L. C. ; LAMBERT, C. ; RAMACCIOTTI, B. L. ; AZEVEDO, A. B. . Colóquio Deleuze leitor dos modernos. 2010. (Outro).

8.
FORNAZARI, Sandro K.. O Direito vai ao cinema: ciclo de filmes sobre a história do Direito Político. 2007. (Outro).

9.
FORNAZARI, Sandro K.. I Seminário de Luta Antimanicomial: por uma sociedade sem manicômios. 2004. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Matheus Barbosa Rodrigues. Deleuze leitor de Kant: vínculos e rupturas do conceito de empirismo transcendental com a filosofia crítica de Immanuel Kant. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo. (Orientador).

2.
Deborah Spiga. Corpo e imagem na filosofia de Jean-Luc Nancy. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo. (Orientador).

3.
Lourenço da Silva Queiroz. Inconsciente, desejo e servidão voluntária: problemas filosófico-políticos em Deleuze e Guattari,. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo. (Orientador).

4.
Luiz Batista Faustino. Entrecruzamento(s) do literário com o filosófico: estudo sobre as interlocuções entre o universo/sertão escrito por João Guimarães Rosa. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Carlos Fernando Carrer da Cunha. Lugares da antropologia entre Deleuze e Guattari. Início: 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo. (Orientador).

2.
Bernardo de Carvalho Tavares dos Santos. A filosofia de Jean Wahl: suas filiações, debates e seus ecos no pensamento francês do século XX. Início: 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo. (Orientador).

3.
Adriano Henrique de Souza Ferraz. O espaço literário em Maurice Blanchot segundo uma filosofia da diferença. Início: 2014. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Yasmin de Oliveira Alves Teixeira. O problema do fundamento e a aurora da diferença na filosofia de Gilles Deleuze. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sandro Kobol Fornazari.

2.
Renata Siramizu Garcia. O cinematógrafo e o fora: conexões entre Robert Bresson e Gilles Deleuze. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sandro Kobol Fornazari.

3.
Daniela Cristina Gonçalves. A questão da graça e da livre escolha em Ma nuit chez Maud de Éric Rohmer. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo, . Orientador: Sandro Kobol Fornazari.

4.
Carlos Fernando Carrer da Cunha. Conexões entre Gilles Deleuze, a etnologia e as sociedades quilombolas do Vale do Ribeira. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sandro Kobol Fornazari.

5.
Márcia Benedita Barbieri. A desterritorialização em Os passos perdidos de Alejo Carpentier. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sandro Kobol Fornazari.

6.
Daniel de Souza Lopes. Núpcias na estrada: um agenciamento entre Gilles Deleuze e Jack Kerouac. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo, . Orientador: Sandro Kobol Fornazari.

7.
Adriano Henrique de Souza Ferraz. A crítica das representações e a sintaxe de Foucault: subjetividade e literatura em As palavras e as coisas. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sandro Kobol Fornazari.

Iniciação científica
1.
Filipe da Costa Camargo. O plano de imanência na filosofia de Gilles Deleuze. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Sandro Kobol Fornazari.

2.
Rodrigo Diaz Vivar y Soler. Consumo de drogas e recuperação de dependentes químicos em Criciúma: análise das propostas e resultados obtidos por instituições de tratamento. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Sandro Kobol Fornazari.

3.
Ismael Ferreira. A natureza das ideias em Hume e Descartes: uma análise das divergências entre empirismo e idealismo. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Sandro Kobol Fornazari.

4.
Cíntia Jorge. Psicologia hegemônica: uma reflexão sobre suas bases idealistas. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Sandro Kobol Fornazari.



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
FERRAZ, ADRIANO DE SOUSA2017FERRAZ, ADRIANO DE SOUSA ; FORNAZARI, SANDRO KOBOL . A produção desejante na cultura afro-brasileira: uma leitura de Barravento. VISO : CADERNOS DE ESTÉTICA APLICADA, v. 20, p. 1-15, 2017.


Livros e capítulos
1.
FORNAZARI, Sandro K.; AZEVEDO, A. B. (Org.) ; RAMACCIOTTI, B. L. (Org.) ; SILVA, C. V. (Org.) ; SILVA, C. D. L. (Org.) . Deleuze hoje. 1. ed. São Paulo: FAP-UNIFESP, 2014. v. 1. 576p .

1.
FORNAZARI, Sandro K.. Gilles Deleuze e o cinema de Glauber Rocha. In: Paiva, R.; Iskandar, J. I.. (Org.). Filosofemas. 1ed.São Paulo: Unifesp, 2016, v. II, p. 127-153.

2.
FORNAZARI, Sandro K.. Deleuze e as zonas tropicais do pensamento. In: Flávia C. Silveira Lemos. (Org.). CRIAÇÕES TRANSVERSAIS COM GILLES DELEUZE: ARTES, SABERES E POLÍTICA. 1ed.Curitiba: CRV, 2016, v. , p. 70-90.


Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FORNAZARI, Sandro K.. Da autenticidade em filosofia. Jornal da UNICAMP, Campinas, , v. n. 597, 19 maio 2014.

2.
FORNAZARI, Sandro K.. A quem pertence o futuro da universidade?. Carta Capital, Internet, 14 ago. 2012.


Apresentações de Trabalho
1.
FORNAZARI, Sandro K.. A constituição do sujeito e a filosofia de Gilles Deleuze. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
FORNAZARI, Sandro K.. Deleuze e a literalidade: o cinema de Glauber Rocha. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
FORNAZARI, Sandro K.. O pensamento como potência afirmativa da vida na filosofia de Deleuze. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
FORNAZARI, Sandro K.; PEIXOTO JR., C. A. ; COSTA, M. J. S. R. ; ROCHA, M. A. . Deleuze e o cinema de Glauber Rocha. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
FORNAZARI, Sandro K.. O pensamento e a besteira. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
FORNAZARI, Sandro K.. Deleuze: o problema dos pressupostos em Filosofia ou o pensamento como criação. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
FORNAZARI, Sandro K.. Ressonâncias entre a filosofia de Deleuze e o cinema de Glauber Rocha. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
FORNAZARI, Sandro K.. Filosofia com Ensino Médio. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
FORNAZARI, Sandro K.. O pensamento do fora e os signos intensivos em Deleuze. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
FORNAZARI, Sandro K.. O pensamento do fora em Deleuze. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
FORNAZARI, Sandro K.. O corpo intensivo e a potência do pensamento: em torno da filosofia de Deleuze. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
GUERON, R. ; FORNAZARI, Sandro K. . Nacional-desenvolvimentismo e virada conservadora pós Junho de 2013. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

13.
FORNAZARI, Sandro K.. Deleuze e Guattari, leitores de Clastres. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
FORNAZARI, Sandro K.. Glauber, Deleuze e o Sertão. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
FORNAZARI, Sandro K.. As diferenças e as intensidades em Diferença e repetição. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FORNAZARI, Sandro K.. Jornada de Filosofia Contemporânea: Corpo e Pensamento. 2014. (Outro).

2.
FORNAZARI, Sandro K.. Jornada de Filosofia Contemporânea: Pensamento e Resistência. 2016. (Outro).

3.
FORNAZARI, Sandro K.; SALES, A. C. ; FERREIRA, C. O. ; LUBLINER, C. M. ; VASCONCELOS, M. S. ; MENDONCA, T. B. ; PAIVA, S. ; AUTRAN, A. ; ABSABER, T. ; ARIEL, M. . Cinemas de esquerda. 2016. (Outro).

4.
FORNAZARI, Sandro K.. A EFLCH e sua localização. 2012. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 11/12/2018 às 5:50:17