Marcos Henrique Barreta

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5885484214886762
  • Última atualização do currículo em 27/10/2017


Graduado em Medicina Veterinária pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC, 2005), mestre em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, 2008) e doutor em Medicina Veterinária com ênfase em Fisiopatologia da Reprodução (UFSM, 2012). Atualmente é professor adjunto 1 da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Fisiopatologia da Reprodução Animal, atuando principalmente nos seguintes temas: maturação de oócitos, desenvolvimento folicular, endocrinologia e fatores de crescimento. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marcos Henrique Barreta
Nome em citações bibliográficas
Marcos Henrique Barreta;Barreta, M. H;Barreta, Marcos Henrique;Barreta, Marcos H.;Barreta, M.;Barreta, M.H.;Henrique Barreta, Marcos;BARRETA, M. H.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Santa Catarina, Campus Universitário de Curitibanos.
Rodovia Ulysses Gaboardi, Km 3.
UFSC
89520000 - Curitibanos, SC - Brasil - Caixa-postal: 101
Telefone: (48) 37212184
URL da Homepage: http://www.curitibanos.ufsc.br/


Formação acadêmica/titulação


2008 - 2012
Doutorado em Medicina Veterinária.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Título: Caracterização molecular dos componentes do sistema angiotensina-(1-7) durante a divergência folicular e expressão de genes de reparo da fita dupla de DNA em embriões bovinos., Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Paulo Bayard Dias Gonçalves.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: MAS; ECA2; PEP; Recombinação homóloga; NHEJ.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Reprodução Animal / Especialidade: Reparo de DNA em embriões bovinos.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Reprodução Animal / Especialidade: Desenvolvimento Folicular.
2006 - 2008
Mestrado em Medicina Veterinária.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Título: O EFEITO DA ANGIOTENSINA II NA MATURAÇÃO NUCLEAR DE OÓCITOS BOVINOS É MEDIADO PELAS PROSTAGLANDINAS E2 E F2alfa.,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: João Francisco Coelho de Oliveira.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Angiotensina II; Saralasina; Maturação Nuclear; Injeção Intrafolicular; PGE2; PGF2alfa.
Grande área: Ciências Agrárias
Setores de atividade: Produção Animal, Inclusive Serviços Veterinários.
2001 - 2005
Graduação em Medicina Veterinária.
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Título: BIOTECNOLOGIA DA REPRODUÇÃO ANIMAL.
Orientador: Alceu Mezzalira.




Formação Complementar


2008 - 2008
Extensão universitária em A redação científica e publicação. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor adjunto 1, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2015 - Atual
Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Andrologia Veterinária
Biotecnologia Aplicada à Reprodução Animal
Fisiologia Vetetinária I
Fisiologia Vetetinária II
07/2013 - Atual
Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fisiologia Animal I
Fisiologia Animal II
12/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Universitário de Curitibanos, .

06/2012 - Atual
Direção e administração, Campus Universitário de Curitibanos, .

Cargo ou função
Coordenador do laboratório de Morfofisiologia Animal da Universidade Federal de Santa Catarina ? UFSC (Portaria No.15/2012/CBS de 18/06/2012).
06/2012 - Atual
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Morfofisiologia Animal
05/2012 - Atual
Ensino, Ciências Rurais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Morfofisiologia Animal
09/2012 - 07/2015
Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da pesquisa científica
06/2013 - 02/2015
Direção e administração, Campus Universitário de Curitibanos, .

Cargo ou função
Presidente do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Medicina Veterinária (Portaria No 53/2013/GD/CBS, de 02 de junho de 2013)..
06/2012 - 02/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Universitário de Curitibanos, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Graduação em Medicina Veterinária da Universidade Federal de Santa Catarina ? UFSC (Portaria No.19/2012/GD/CBS de 18/06/2012).
06/2012 - 03/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Universitário de Curitibanos, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Graduação em Ciências Rurais da Universidade Federal de Santa Catarina ? UFSC (Portaria No.16/2012/GD/CBS de 18/06/2012).
09/2012 - 12/2012
Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Anatomia I

Instituto Federal Catarinense, IF-Catarinense, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor do Curso de Medicina Veterinária, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor efetivo do Curso de Medicina Veterinária. Responsável pelas disciplinas de Anatomia Veterinária I e II e Diagnóstico por Imagem.

Atividades

05/2010 - 05/2012
Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Anatomia Veterinária I
Anatomia Veterinária II


Linhas de pesquisa


1.
PARTICIPAÇÃO DO FATOR DE CRESCIMENTO FIBROBLÁSTICO 18 (FGF18) NA MATURAÇÃO NUCLEAR E EXPANSÃO DAS CÉLULAS DO CUMULUS DE OÓCITOS BOVINOS.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Utilização de parâmetros esteroidogênicos, oxidativos e genotóxicos para avaliação da toxicidade do glifosato-roundup sobre a função ovariana de ratos
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Marcos Henrique Barreta - Coordenador / Francielli Cordeiro Zimermann - Integrante / Valério Valdetar Marques Portela Jr. - Integrante / André Goetten - Integrante / Greicy Michelle Marafiga Conterato - Integrante / Evelyn Winter - Integrante / Camile Peretti - Integrante / Tatiane Brumelhaus - Integrante / Adriano Tony Ramos - Integrante / Adrieli Sachett - Integrante / Leila Zanatta - Integrante / Rafael Chitolina - Integrante.
2016 - Atual
Avaliação da toxicidade de herbicidas a base de glifosato em células foliculares de bovinos
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Marcos Henrique Barreta - Coordenador / Valério Valdetar Marques Portela Jr. - Integrante / Greicy Michelle Marafiga Conterato - Integrante / Evelyn Winter - Integrante / Camile Peretti - Integrante / Tatiane Brumelhaus - Integrante.
2016 - Atual
Efeito da micotoxina de-epoxi-deoxinivalenol sobre o crescimento folicular e desenvolvimento embrionário em bovinos.
Descrição: Cereais e grãos utilizados na alimentação animal podem ser contaminados com fungos do gênero Fusarium sp, que liberam toxinas na ração. Estas toxinas em níveis baixos podem induzir efeitos deletérios que afetam o crescimento e a reprodução animal. Em bovinos, alimentos contaminados podem resultar em atividade ovariana diminuída e, portanto, menor fertilidade. Ainda não é compreendido como as toxinas fúngicas diminuem a fertilidade em bovinos. Uma das toxinas mais comumente encontrada na alimentação dos animais e a de-epoxi-deoxinivalenol (DON- 1), entretanto o efeito desta toxina sobre a reprodução em ruminantes não foi estudado. Neste estudo, vamos determinar os efeitos da DON-1 sobre o crescimento de folículos antrais de bovinos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Efeito dos alcaloides pirrolizidínicos provenientes do Senecio brasiliensis sobre células foliculares e desenvolvimento embrionário inicial em bovinos.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
ANÁLISE DA SINALIZAÇÃO DE FGFS SOBRE A EXPANSÃO, MULTIPOTENCIALIDADE E DIFERENCIAÇÃO DE CÉLULAS TRONCO DA CRISTA NEURAL
Descrição: A crista neural (CN) corresponde a um grupo de células originadas a partir da borda dorsal do tubo neural dos vertebrados (LE DOUARIN; KALCHEIM, 1999). A CN origina diversos tipos celulares, tais como melanócitos, neurônios e células gliais do sistema nervoso periférico. Além disso, a CN é capaz de originar células mesenquimais (células de músculo liso, células de tecido conjuntivo, tendões, cartilagem, osso e adipócitos), às quais, são responsáveis por elementos mandibulares, maxilares e craniais dos vertebrados(COULY; COLTEY; LE DOUARIN, 1993). Atualmente está claro que as células da CN constituem um grupo de células altamente multipotentes, podendo originar a partir de uma única célula até seis tipos celulares diferentes (CALLONI; LE DOUARIN; DUPIN, 2009). Além disto, foi demonstrado que alguns destes progenitores são capazes de auto-renovação, característica esta fundamental para considerá-las verdadeiras células tronco (BITTENCOURT et al., 2013; TRENTIN et al., 2004). Nos últimos anos também tem sido verificada a presença de células multipotentes da CN em tecidos adultos de diversas espécies animais incluindo humanos. Desta forma, células da CN já foram identificadas na córnea, palato, coração, medula óssea, gânglios da raiz dorsal e especialmente na pele e nos folículos pilosos (DUPIN et al., 2007) As informações acima expostas suscitam diversas questões essenciais para a evolução do conhecimento científico básico visando futuras aplicações em biotecnologia. Neste projeto estamos interessados em uma grande questão: qual a natureza das moléculas que regulam a proliferação, sobrevivência, auto renovação e o destino final de diferenciação das células multipotentes da CN? Os membros de uma grande família de glicoproteínas, os FGFs (Fatores de Crescimento de Fibroblastos) constituem os candidatos ideais para o estudo dos aspectos supracitados. Os FGFs estão presentes em mamíferos desde o período embrionário e permanecem presentes nos diversos tecidos adultos onde regulam a proliferação, diferenciação e sobrevida celular. Nosso grupo de pesquisa tem demonstrado que membros específicos das famílias dos FGFs são essenciais em regular diversos aspectos da diferenciação e multipotencialidade das células da CN. Neste sentido, foi demonstrado que o FGF2 é capaz de estimular as células embrionárias da CN para o fenótipo glial (GARCEZ et al., 2009). Mais recentemente, Bittencourt e colaboradores, 2013, demonstraram pela primeira vez o papel do FGF2 na auto renovação de progenitores gliais do sistema nervoso periférico (BITTENCOURT et al., 2013)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marcos Henrique Barreta - Coordenador / Valério Valdetar Marques Portela Junior - Integrante / Christopher A Price - Integrante / Andréa Gonçalves Trentin - Integrante / Giordano Calloni - Integrante / Ricardo Castilho Garcez - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2014 - Atual
FUNÇÃO DO FATOR DE CRESCIMENTO FIBROBLÁSTICO 18 (FGF18) NA REGULAÇÃO DA CASCATA DE EVENTOS PRÉ-OVULATÓRIOS EM BOVINOS.
Descrição: O pico ovulatório do hormônio luteinizante (LH) inicia uma cascata de eventos nos folículos pré-ovulatórios que culminam com a ruptura da parede folicular e a liberação de um complexo cúmulus-oócito apto à ser fertilizado. Ao longo dos últimos anos, mais detalhes sobre a cascata de eventos intrafoliculares induzida pelo pico de LH e que leva a expressão de prostaglandina sintase 2 (PTGS2) tem sido elucidada demonstrando o envolvimento de fatores semelhantes ao fator de crescimento epidermal (EGF-like factors) ampiregulina (AREG) e epiregulina (EREG). Esses fatores foram identificados como genes rapidamente induzidos pelo LH nas células da granulosa e pelo EGF nas células do cúmulus. A liberação dos EGF-like factors da parede celular depende da síntese de metaloproteases e desintegrinas, tais como: ativador do plasminogênio uroquinase (PLAU), ativador do plasminogênio tecidual (PLAT) e das desintegrinas e metaloproteases (ADAMs). O aumento da expressão das metaloproteases e desintegrinas depende de uma diminuição da expressão dos inibidores de protease do tipo serina (SERPINS 1 e 2) durante o processo ovulatório em diferentes espécies. Recentemente, foi demonstrado que o LH aumenta a expressão do fator de crescimento fibroblástico 18 (FGF18) nas células da teca e que o FGF18 diminui a expressão do inibidor da protease serina E2 (SERPINE2) em cultivos de células da granulosa oriundas de folículos pequenos (2-5 mm de diâmetro). Esse mecanismo sugere um envolvimento do FGF18 no controle dos eventos intrafoliculares durante o processo ovulatório entretanto, esta hipótese nunca foi testada. Por isso, este projeto propõe a investigação da participação do FGF18 no controle da cascata de eventos intrafoliculares que coordenam o processo ovulatório em bovinos. Quatro experimentos estão sendo propostos com o objetivo de determinar a participação e o mecanismo de ação do FGF18 na cascata ovulatória. Será utilizado um modelo experimental com cultivo de células da granulosa oriundas de folículos grandes (>10 mm de diâmetro) as quais, expressam os genes chave para o controle da ovulação em resposta ao LH e um modelo de injeção intrafolicular guiada por ultrassom que terá como objetivo demonstrar a participação do FGF18 na indução da ovulação in vivo. Com estes modelos, espera-se determinar se o FGF18 está envolvido nos mecanismos moleculares que levam à ovulação em bovinos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Marcos Henrique Barreta - Coordenador / Valério Valdetar Marques Portela Junior - Integrante / Christopher A Price - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina - Auxílio financeiro.
2013 - Atual
Função da angiotensina II na regulação da cascata de eventos pré-ovulatórios em células do cumulus oophorus de bovinos.
Descrição: A angiotensina II (ANGII) está relacionada com a liberação de prostaglandinas em várias espécies, tendo sido demonstrado que esse peptídeo induz a ovulação em coelhos e que seus antagonistas inibem a ovulação em bovinos. Portanto, com o objetivo de determinar o mecanismo de ação da ANGII na cascata ovulatória, será utilizado um modelo experimental com cultivo de células do cumulus oophorus associado ao oócito (COC) e um modelo de injeção intra-folicular guiada por ultrassom de um bloqueador de ANGII (Saralasina). Com estes modelos, espera-se determinar se a ANGII está envolvida nos mecanismos moleculares e morfológicos que levam à expansão das células do cumulus oophorus em bovinos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Marcos Henrique Barreta - Integrante / Valério Valdetar Marques Portela Junior - Coordenador / Christopher A Price - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2012 - 2014
PARTICIPAÇÃO DO FATOR DE CRESCIMENTO FIBROBLÁSTICO 18 (FGF18) NA MATURAÇÃO NUCLEAR E EXPANSÃO DAS CÉLULAS DO CUMULUS DE OÓCITOS BOVINOS.
Descrição: O reinício da meiose de oócitos bovinos é um complexo evento que ainda não está completamente elucidado. Sabe-se que as células foliculares são responsáveis por manter o oócito bloqueado no estágio de vesícula germinativa até que ocorra o pico ovulatório do hormônio luteinizante (LH). Esta gonadotrofina atua nas células foliculares promovendo uma série de transformações no ambiente folicular que culminam com a expansão das células do cumulus, maturação nuclear do oócito e ovulação. As células da teca são as principais responsáveis por manter o oócito bloqueado no estágio de vesícula germinativa, impedindo dessa forma, sua progressão ao estágio de metáfase II. A inibição do reinício da meiose pelas células da não teca não é completamente compreendida e os fatores que compõe esse mecanismo são pouco conhecidos. Recentemente, foi demonstrado que o fator de crescimento fibroblástico 18 (FGF18) é altamente expresso nas células da teca e atua sobre as células da granulosa reduzindo a expressão do receptor de FSH, de enzimas chave para a esteroidogênese e a produção de progesterona. As gonadotrofinas e a progesterona são componentes imprescindíveis da complexa via envolvida no reinício da meiose e expansão das células do cumulus. Dessa forma, os resultados supracitados indicam que o FGF18 pode estar envolvido no controle dos eventos que regulam a maturação nuclear e a expansão das células do cumulus de oócitos de mamíferos. Por isso, este projeto propõe a investigação da participação do FGF18 no controle da maturação nuclear e da expansão das células do cumulus de oócitos bovinos. Cinco experimentos são propostos a fim de testar as seguintes hipóteses: (1) o FGF18 é capaz de inibir a maturação nuclear e a expansão das células do cumulus de oócitos bovinos; (2) a capacidade de desenvolvimento embrionário é afetada negativamente quando oócitos bovinos são maturados na presença de FGF18; (3) o FGF18 atua nas células do cumulus diminuindo a expressão de genes chave para a expansão deste grupo celular e para o reinício da meiose; (4) a MAPK1/3 é mantida em sua forma inativa em complexos cumulus oócitos cultivados com FGF18; (5) o reinício da meiose e a expansão das células do cumulus, induzidos pelo pico ovulatório de gonadotrofinas in vivo, são inibidos pela administração intrafolicular de FGF18..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marcos Henrique Barreta - Coordenador / Valério Valdetar Marques Portela Jr. - Integrante / André Goetten - Integrante / Júlia Kock - Integrante / Yago Pinto - Integrante / Cecília Cosntantino Rocha - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina - Auxílio financeiro.


Revisor de periódico


2008 - Atual
Periódico: Ciência Rural
2016 - Atual
Periódico: Canadian Journal of Animal Science
2017 - Atual
Periódico: Animal Reproduction Science (Print)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Reprodução Animal/Especialidade: Maturação de oócitos.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Reprodução Animal/Especialidade: Fisiopatologia da Reprodução Animal.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Reprodução Animal/Especialidade: Produção In Vitro de Embriões.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Reprodução Animal/Especialidade: Ultra-sonografia aplicada a reprodução animal.
5.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Reprodução Animal/Especialidade: Criopreservação de gametas e embriões.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2012
Segundo Lugar - Prêmio WSPA de Bem-Estar Animal 2012 - WSPA Brasil, Sociedade Mundial de Proteção Animal (WSPA).
2011
Terceiro Lugar - Prêmio WSPA de Bem-Estar Animal 2011 - WSPA Brasil, Sociedade Mundial de Proteção Animal (WSPA).
2008
First Place in the Competition for Best Poster Presentation, II International Symposium on Animal Biology of Reproduction.
2005
PRÊMIO UDESC- Jovem Pesquisador, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:10
Total de citações:19
Fator H:2
Barreta, Marcos H  Data: 06/02/2013

SCOPUS
Total de trabalhos:7
Total de citações:26
Barreta, M. H.; Barreta, M.; Marcos Henrique Barreta; Marcos Barreta; Marcos H Barreta;  Data: 13/06/2012

Artigos completos publicados em periódicos

1.
1PORTELA, V. V. M.2015 PORTELA, V. V. M. ; DIRANDEH, E. ; GUERRERO-NETRO, H. M. ; ZAMBERLAM, G. ; Barreta, M.H. ; GOETTEN, A. F. ; PRICE, C. A. . The Role of Fibroblast Growth Factor-18 in Follicular Atresia in Cattle. BIOLOGY OF REPRODUCTION, v. 92 (1), p. 1-8, 2015.

2.
2MARINHO, L. S. R.2015MARINHO, L. S. R. ; OHLWEILER, L. U. ; Barreta, M.H. ; GONCALVES, P. B. D. ; MEZZALIRA, J. C. ; MEZZALIRA, A. . Effect of the cryopreservation method used, the embryonic stage and the use of conjugated linoleic acid isomers on the cryotolerance of in vitro-produced bovine embryos. Semina. Ciências Agrárias (Impresso), v. 36, p. 4297-4309, 2015.

3.
4DORNELES TORTORELLA, RODRIGO2013DORNELES TORTORELLA, RODRIGO ; Ferreira, Rogério ; TONELLOTTO DOS SANTOS, JOABEL ; SILVEIRA DE ANDRADE NETO, OLMIR ; Marcos Henrique Barreta ; Oliveira, João Francisco ; GONCALVES, P. B. D. ; Gonçalves, Paulo Bayard ; PEREIRA NEVES, JAIRO . The effect of equine chorionic gonadotropin on follicular size, luteal volume, circulating progesterone concentrations, and pregnancy rates in anestrous beef cows treated with a novel fixed-time artificial insemination protocol. Theriogenology, v. 79, p. 1204-1209, 2013.

4.
3BARRETA, M. H.2013BARRETA, M. H.; GASPERIN, B. G. ; FERREIRA, R. ; Rovani, M. ; PEREIRA, G. R. ; BOHRER, R. C. ; DE OLIVEIRA, J. F. ; GONCALVES, P. B. D. . The components of the angiotensin-(1-7) system are differentially expressed during follicular wave in cattle. JRAAS. Journal of the Renin-Angiotensin-Aldosterone System, v. 16, p. 275-283, 2013.

5.
5Siqueira, Lucas Carvalho2012 Siqueira, Lucas Carvalho ; Barreta, Marcos Henrique ; Gasperin, Bernardo ; Bohrer, Rodrigo ; Santos, Joabel Tonellotto ; Junior, José Buratini ; Oliveira, João Francisco ; Gonçalves, Paulo Bayard . Angiotensin II, progesterone, and prostaglandins are sequential steps in the pathway to bovine oocyte nuclear maturation. Theriogenology, v. OnLine, p. 1-9, 2012.

6.
6Francielli Cordeiro Zimermann2012Francielli Cordeiro Zimermann ; Luiz C. B. Fallavena ; Carlos T. P. Salle ; Hamilton L. S. Moraes ; Ricardo A. Soncini ; Marcos Henrique Barreta ; Vladimir Pinheirodo Nascimento . Downgrading of Heavy Broiler Chicken Carcasses Due to Myodegeneration of the Anterior Latissimus Dorsi: Pathologic and Epidemiologic Studies. Avian Diseases, v. 56, p. 418-421, 2012.

7.
7Henrique Barreta, Marcos2012 Henrique Barreta, Marcos; Garziera Gasperin, Bernardo ; Braga Rissi, Vitor ; Cesaro, Matheus Pedrotti de ; Ferreira, Rogério ; Oliveira, João Francisco de ; Gonçalves, Paulo Bayard Dias ; Bordignon, Vilceu . Homologous recombination and non-homologous end-joining repair pathways in bovine embryos with different developmental competence. Experimental Cell Research, v. OnLine, p. 1-10, 2012.

8.
8Rovani, M.T.2012Rovani, M.T. ; Barreta, M.H. ; FERREIRA, R. ; Gasperin, B.G. ; Antoniazzi, A.Q. ; Festugatto, R. ; Oliveira, J.F.C. ; Gonçalves, P.B.D. . Luteolysis after the intravulvosubmucosal injection of prostaglandin F2α in cattle: Systemic or local mechanism?. Livestock Science (Print), v. online, p. online, 2012.

9.
9FERREIRA, R.2011 FERREIRA, R. ; Gasperin, B. ; Rovani, M. ; Santos, J. ; Barreta, M. ; Bohrer, R. ; Price, C. ; Bayard Dias Goncalves, P. . Angiotensin II Signaling Promotes Follicle Growth and Dominance in Cattle. Endocrinology (Philadelphia), v. 152, p. 4957-4965, 2011.

10.
10Gasperin, Bernardo G.2010Gasperin, Bernardo G. ; Barreta, Marcos H. ; Santos, Joabel T. ; Ferreira, Rogério ; Neves, Jairo P. ; Oliveira, João F.C. ; Gonçalves, Paulo B.D. . Oil-free culture system for in vitro bovine embryo production. Italian Journal of Animal Science (Online), v. 9, p. 169-172, 2010.

11.
11Goncalves, P. B. D2010Goncalves, P. B. D ; Barreta, M. H ; OLIVEIRA, J. F. ; FERREIRA, R. ; Gasperin, B. G ; Siqueira, L.C. . The resumption of meiosis mediated by angiotensin II is dependent on progesterone, oxytocin and prostaglandin.. Acta Scientiae Veterinariae (Online), v. 38, p. 444-447, 2010.

12.
13Marcos Henrique Barreta;Barreta, M. H;Barreta, Marcos Henrique;Barreta, Marcos H.;Barreta, M.;Barreta, M.H.;Henrique Barreta, Marcos;BARRETA, M. H.2008 Marcos Henrique Barreta; Oliveira, J. F. C ; FERREIRA, R. ; Antoniazzi, A. Q ; Gasperin, B. G ; Sandri, L. R ; Goncalves, P. B. D . Evidence that the effect of angiotensin II on bovine oocyte nuclear maturation is mediated by prostaglandins E2 and F2 . Reproduction (Cambridge), v. 136, p. 733-740, 2008.

13.
12GONCALVES, P. B. D.2008GONCALVES, P. B. D. ; Barreta, M. H ; Siqueira, L.C. ; ANTONIAZZI, A. Q. . Biotecnologias da Reprodução Animal.. Ciência Veterinária nos Trópicos, v. 11, p. 135-138, 2008.

14.
14GONCALVES, P. B. D.2007GONCALVES, P. B. D. ; Marcos Henrique Barreta ; SANDRI, L. R. ; FERREIRA, R. ; ANTONIAZZI, A. Q. . Produção in vitro de embriões bovinos: o estado da arte. Revista Brasileira de Reprodução Animal (Impresso), v. 31, p. 212-217, 2007.

15.
16Dennys Eduardo Werlich2006Dennys Eduardo Werlich ; Marcos Henrique Barreta ; Leonardo Tondello Martins ; ARNALDO DINIZ VIEIRA ; Aury Nunes de Moraes ; ALCEU MEZZALIRA . Embriões bovinos PIV vitrificados em diferentes soluções crioprotetoras com ou sem o uso de nitrogênio super-resfriado.. Acta Scientiae Veterinariae (UFRGS. Impresso), v. 34, n.1, p. 77-82, 2006.

16.
17Santos, Rodrigo Marques dos2006Santos, Rodrigo Marques dos ; Barreta, Marcos Henrique ; Frajblat, Marcel ; Cucco, Diego Córdova ; MEZZALIRA, Joana Claudia ; Bunn, Silvério ; Cruz, Fabiano Buss ; Vieira, Arnaldo Diniz ; Mezzalira, Alceu . Vacuum-cooled liquid nitrogen increases the developmental ability of vitrified-warmed bovine oocytes. Ciência Rural (UFSM. Impresso), Santa Maria, v. 36, n.5, p. 1501-1506, 2006.

17.
15Stefanello, Jerônimo Rubert2006Stefanello, Jerônimo Rubert ; Barreta, Marcos Henrique ; Porciuncula, Patricia Marafon ; Arruda, João Nelson ; Oliveira, João Francisco ; Oliveira, Marcos Antonio ; Gonçalves, Paulo Bayard . Effect of angiotensin II with follicle cells and insulin-like growth factor-I or insulin on bovine oocyte maturation and embryo development. THERIOGENOLOGY, v. 66, p. 2068-2076, 2006.

18.
18ALCEU MEZZALIRA2004ALCEU MEZZALIRA ; MEZZALIRA, Joana Claudia ; Aury Nunes de Moraes ; THALER NETO, André ; ARNALDO DINIZ VIEIRA ; Marcos Henrique Barreta ; DAMIANI, Juliana . VITRIFICATION OF BOVINE IVP EMBRYOS : AGE OF EMBRYOS AND EXPOSURE TIME TO CRYOPROTECTANT INFLUENCES VIABILITY. Archives of Veterinary Science, Curitiba PR, v. 9, n.2, p. 107-111, 2004.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Leonice Krug ; FELIPE PAPPEN ; FRANCIELLI ZIMERMANN ; DIÓGENES DEZEN ; LÚCIO RAUBER ; CLÁUDIO SEMMELMANN ; LUIZ INÁCIO ROMAN ; Marcos Henrique Barreta . CONSERVAÇÃO DE PEÇAS ANATÔMICAS COM GLICERINA LOIRA. In: I Mostra de Iniciação Científica ? I MIC, 2011, Concórdia - SC. I Mostra de Iniciação Científica ? I MIC, 2011. v. 1. p. 109.

2.
Santos, J.T. ; Gasperin, B. G ; FERREIRA, R. ; Barreta, M. H ; MARTINS, L. R. ; Oliveira, J. F. C ; REIS, A. ; GONCALVES, P. B. D. . Characterization of MAS receptor and ACE2 expression in granulosa cells of bovine preovulatory follicles.. In: III International Symposium on Animal Reproductive Biology., 2010, Águas de São Pedro. Animal Reproduction. Belo Horizonte: Colégio Brasileiro de Reprodução Animal, 2010. v. 7. p. 249-249.

3.
Siqueira, L.C. ; Barreta, M. H ; Gasperin, B. G ; DRISSEN, A. B. ; GUTIERREZ, A. B. ; OLIVEIRA, J. F. ; GONCALVES, P. B. D. . Oocyte meiotic resumption induced by angiotensin II is mediated by progesterone.. In: III International Symposium on Animal Reproductive Biology, 2010, Águas de São Pedro. Animal Reproduction. Belo Horizonte: Colégio Brasileiro de Reprodução Animal, 2010. v. 7. p. 280-280.

4.
Rovani, M.T. ; Barreta, M. H ; FERREIRA, R. ; Gasperin, B. G ; ANTONIAZZI, A. Q. ; FESTUGATO, R. ; OLIVEIRA, J. F. ; GONCALVES, P. B. D. . Pharmacodynamic of prostaglandin F2a administered through two different routes in cyclic cows.. In: III International Symposium on Animal Reproductive Biology, 2010, Águas de São Pedro. Águas de São Pedro. Belo Horizonte: Colégio Brasileiro de Reprodução Animal, 2010. v. 7. p. 302-302.

5.
BENETTI, L. ; Barreta, M. H ; Rovani, M.T. ; OLIVEIRA, J. F. ; GONCALVES, P. B. D. ; Barreto, K.P. . Meiosis resumption in bovine oocytes induced by angiotensin II is mediated through AT2 receptors. In: II International Symposium on Animal Biology of Reproduction, 2009, São Paulo. Animal Reproduction. Belo Horizonte: Colégio Brasileiro de Reprodução Animal, 2009. v. 6. p. 266-266.

6.
Santos, J.T. ; Gasperin, B. G ; FERREIRA, R. ; Barreta, M. H ; Buratini Jr., J ; GONCALVES, P. B. D. . Angiotensin II-induced meiotic resumption of bovine oocytes is inhibited by FGF10. In: II International Symposium on Animal Biology of Reproduction, 2009, São Paulo. Animal Reproduction. Belo Horizonte: Colégio Brasileiro de Reprodução Animal, 2009. v. 6. p. 267-267.

7.
Boher, R.C. ; Barreta, M. H ; Siqueira, L.C. ; Gasperin, B. G ; OLIVEIRA, J. F. ; GONCALVES, P. B. D. . Progesterone-induced bovine oocyte nuclear maturation is mediated by the COX pathway. In: II International Symposium on Animal Biology of Reproduction, 2009, São Paulo. Animal Reproduction. Belo Horizonte: Colégio Brasileiro de Reprodução Animal, 2009. v. 6. p. 270-270.

8.
Dennys Eduardo Werlich ; Fabiano Buss Cruz ; Silvério Bunn ; WENTZ, Kelyn Cristine ; FRASCESCATTO, Marcio ; Marcos Henrique Barreta ; ALCEU MEZZALIRA . Embriões bovinos produzidos in vitro e vitrificados com diferentes crioprotetores, utilizando nitrogênio em atmosfera normal ou vácuo. In: XVI Congresso Brasileiro de Reprodução Animal, 2005, Goiânia. XVI Congresso Brasileiro de Reprodução Animal, 2005. v. 16.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Barreta, M.H.; GASPERIN, B. G. ; RISSI, V. B. ; Cesaro, Matheus Pedrotti de ; FERREIRA, R. ; OLIVEIRA, J. F. ; GONCALVES, P. B. D. ; Bordignon, Vilceu . Homologous recombination and non-homologous end-joining repair pathways in bovine embryos with different developmental competence.. In: IV International Symposium on Animal Biology of Reproduction, 2012, Campinas-SP. Animal Reproduction, 2012. v. 9. p. 877-877.

2.
FERREIRA, R. ; Gasperin, B. G ; Boher, R.C. ; Rovani, M.T. ; Barreta, M. H ; Santos, J.T. ; PRICE, C.A. ; GONCALVES, P. B. D. . The role of angiotensin II in bovine follicular growth. In: Annual meeting of the Society for the Study of Reproduction, 2008, Kailua-Kona. Society for the Study of Reproduction, 41st Meeting. Madison: Society for the Study of Reproduction, 2008. p. 240-241.

3.
Barreta, M. H; Oliveira, J. F. C ; ANTONIAZZI, A. Q. ; FERREIRA, R. ; SANDRI, L. R. ; GONCALVES, P. B. D. . Effect of angiotensin II on bovine oocyte nuclear maturation mediated by PGE2 and PGF2alfa. In: Annual Meeting of the Society for the Study of Reproduction, 2008, Kailua-Kona. Society for the Study of Reproduction, 41st annual meeting. Madison: Society for the Study of Reproduction, 2008. p. 190-191.

4.
BORGES, L. F. K. ; FERREIRA, R. ; Barreta, M. H ; ZAMBERLAM, G. ; Oliveira, J. F. C ; GONCALVES, P. B. D. . Resposta do folículo dominante a aplicação prévia de eCG e desmame temporário com distintos tempos de exposição ao progestágeno. In: VII Simposio Internacional de Reproduccion Animal, 2007, Córdoba. Anais do VII Simposio Internacional de Reproduccion Animal. Córdoba: Pabellón Argentina, 2007.

5.
ALCEU MEZZALIRA ; MEZZALIRA, Joana Claudia ; WERLICH, Dennys ; Silvério Bunn ; Leonardo Tondello Martins ; Marcos Henrique Barreta ; WENTZ, Kelyn Cristine ; FRASCESCATTO, Marcio . AVALIAÇÃO DO EFEITO DO TRANSPORTE EM EMBRIÕES BOVINOS PIV VITRIFICADOS. In: XV SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA, 2005, Joinville. XV SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2005.

6.
ALCEU MEZZALIRA ; Marcos Henrique Barreta ; WERLICH, Dennys ; CRUZ, Fabiano Buzz ; DIESEL, Tiago ; PAULINI, Fernanda ; Joana Claudia Mazzalira . VITRIFICAÇÃO DE EMBRIÕES BOVINOS PRODUZIDOS IN VITRO: AVALIAÇÃO DE DIFERENTES CRIOPROTETORES. In: XV Seminário de Iniciação Científica, 2005, Joinville. XV SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2005.

7.
ALCEU MEZZALIRA ; WENTZ, Kelyn Cristine ; NONES, Jader ; Marcos Henrique Barreta ; MEZZALIRA, Joana Claudia ; Diego Cordova Cucco ; SANTOS, Rodrigo Marques . PRODUÇÃO IN VITRO DE EMBRIÕES BOVINOS: AVALIAÇÃO DOS DADOS OBTIDOS COM OVÁRIOS DE ABATEDOURO NOS ÚLTIMOS 5 ANOS. In: XI CICLO DE ATUALIZAÇÃO EM MEDICINA VETERIÁRIA- CAMEV, 2004, LAGES. XI CICLO DE ATUALIZAÇÃO EM MEDICINA VETERIÁRIA- CAMEV, 2004. p. 137-137.

8.
ALCEU MEZZALIRA ; LEHKUHL, Ricardo Coelho ; BRENER, Ricardo Heitor ; ARNALDO DINIZ VIEIRA ; Fabiano Buss Cruz ; Marcos Henrique Barreta . PUNÇÃO FOLICULAR IN VIVO (OPU) EM FÊMEAS BOVINAS: AVALIAÇÃO DA POSTERIOR FERTILIDADE.. In: XI CICLO DE ATUALIZAÇÃO EM MEDICINA VETERIÁRIA- CAMEV, 2004, LAGES. XI CICLO DE ATUALIZAÇÃO EM MEDICINA VETERIÁRIA- CAMEV, 2004. p. 138-138.

9.
ALCEU MEZZALIRA ; Rodrigo Marques dos Santos ; Marcos Henrique Barreta ; Diego Cordova Cucco ; MEZZALIRA, Joana Claudia ; WENTZ, Kelyn Cristine ; Fabiano Buss Cruz . TRANSFERÊNCIA DE EMBRIÕES BOVINOS PRODUZIDOS IN VITRO: EFEITO DA VITRIFICAÇÃO E DO TRANSPORTE.. In: XVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Tecnologia de Embriões, 2004, Barra Bonita. Acta Scientiae Veterinariae, 2004. v. 32. p. 164-164.

10.
MEZZALIRA, Joana Claudia ; WENTZ, Kelyn Cristine ; CRUZ, Fabiano Buzz ; Marcos Henrique Barreta ; Diego Cordova Cucco ; FRASCESCATTO, Marcio ; Rodrigo Marques dos Santos ; ALCEU MEZZALIRA . TRANSPORTE SIMULADO DE EMBRIÕES BOVINOS PIV POR DIFERENTES PERÍODOS.. In: XVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Tecnologia de Embriões, 2004, Barra Bonita. Acta Scientiae Veternariae, 2004. v. 32. p. Errata.

11.
Rodrigo Marques dos Santos ; Marcos Henrique Barreta ; MEZZALIRA, Joana Claudia ; PAULINI, Fernanda ; CRUZ, Fabiano Buzz ; ARNALDO DINIZ VIEIRA ; ALCEU MEZZALIRA . VITRIFICAÇÃO DE OVÓCITOS BOVINOS EM NITROGÊNIO LÍQUIDO COM ATMOSFERA NORMAL OU VÁCUO.. In: XVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Tecnologia de Embriões, 2004, Barra Bonita. Acta Scientiae Vetrinariae, 2004. v. 32. p. Errata.

12.
Rodrigo Marques dos Santos ; Marcos Henrique Barreta ; ALCEU MEZZALIRA . CRIOPRESERVAÇÃO DE OVÓCITOS BOVINOS POR VITRIFICAÇÃO. In: IX Jornada Acadêmica e XIV Seminário de Iniciação Científica, 2004, Florianópolis. Jornada Acadêmica, 2004. p. 006-006.

13.
ALCEU MEZZALIRA ; MEZZALIRA, Joana Claudia ; Diego Cordova Cucco ; CRUZ, Fabiano Buzz ; WENTZ, Kelyn Cristine ; Marcos Henrique Barreta ; Rodrigo Marques dos Santos . SOBREVIVÊNCIA DE EMBRIÕES BOVINOS PIV EM DIFERENTES CONDIÇÕES DE AMBIENTE.. In: IX JORNADA ACADÊMICA E XIV SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2004, Florianópolis. Jornada Acadêmica, 2004. p. 008-008.

14.
ALCEU MEZZALIRA ; WENTZ, Kelyn Cristine ; LOHN, Luane ; CRUZ, Fabiano Buzz ; MEZZALIRA, Joana Claudia ; Marcos Henrique Barreta ; Rodrigo Marques dos Santos . TÉCNICA DE BIPARTIÇÃO DE EMBRIÕES COMO FORMA DE AUMENTO DA EFICIÊNCIA REPRODUTIVA.. In: IX JORNADA ACADÊMICA E XIV SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2004, Florianópolis. Jornada Acadêmica, 2004. p. 009-009.

15.
ALCEU MEZZALIRA ; Marcos Henrique Barreta ; DAMIANI, Juliana Cardoso ; SANTOS, Rodrigo Marques . CRIOPRESERVAÇÃO DE OÓCITOS BOVINOS POR VITRIFICAÇÃO.. In: VIII JORNADA ACADÊMICA E XIII SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2003, Lages. VIII JORNADA ACADÊMICA E XIII SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2003. p. 14-15.

16.
ALCEU MEZZALIRA ; Diego Cordova Cucco ; MOSCHETTA, Carlos Eduardo ; Marcos Henrique Barreta ; NONES, Jader ; CRUZ, Fabiano Buzz . DESNUDAMENTO PARCIAL DE OVÓCITOS BOVINOS REDUZ A PRODUÇÃO IN VITRO DE EMBRIÕES.. In: XVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Tecnologia de Embriões, 2003, Beberibe. Acta Scientiae Veterinariae, 2003. v. 31. p. 478-478.

17.
MEZZALIRA, Joana Claudia ; ARNALDO DINIZ VIEIRA ; WENTZ, Kelyn Cristine ; CRUZ, Fabiano Buzz ; Marcos Henrique Barreta ; Diego Cordova Cucco ; ALCEU MEZZALIRA . SOBREVIVÊNCIA DE EMBRIÕES BOVINOS PIV EM DIFERENTES CONDIÇÕES DE MANUTENÇÃO.. In: XVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Tecnologia de Embriões, 2003, Beberibe. Acta Scientiae Veterinariae, 2003. v. 31. p. 482-482.

18.
GOMES, Ivan Pedro de Oliveira ; THALER NETO, André ; SEMMELMANN, Cláudio E N ; Marcos Henrique Barreta ; CABRAL, Fábio ; RÉGIS, Rodrigo . RESPOSTAS PRODUTIVAS DE VACAS LEITEIRAS EM PASTAGEM DE QUICUIO (PENNISETUM CLANDESTINUM) À SUPLEMENTAÇÃO ENERGÉTICA E PROTEICA. In: VII JORNADA ACADÊMICA E XII SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2002, JOINVILLE. VII JORNADA ACADÊMICA E XII SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2002. p. 39-40.


Demais tipos de produção técnica
1.
Barreta, M. H. Manejo e Reprodução de Gado de Leite. 2008. (Palestra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II International Symposium on Animal Biology of Reproduction.Meiosis resumption in bovine oocytes induced by angiotensin II is mediated through AT2 receptors. 2009. (Simpósio).

2.
I Congresso Brasileiro de Bioética e Bem-Estar Animal e I Seminário Nacional de Biossegurança e Biotecnologia Animal. Produção in vitro de embriões. 2008. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Fernanda Souza Peruzzato. Efeito do FGF18 em células de humanos após tratamento hormonal.. Início: 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Biologia Celular e do Desenvolvimento) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Coorientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Julia Koch. BIOTECNOLOGIA APLICADA À REPRODUÇÃO ANIMAL. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Gislaine dos Santos. Efeito da micotoxina de‐epoxi‐deoxinivalenol sobre o crescimento folicular e desenvolvimento embrionário em bovinos.. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Yago Pinto da Silva. PARTICIPAÇÃO DO FATOR DE CRESCIMENTO FIBROBLÁSTICO 18 (FGF18) NA MATURAÇÃO NUCLEAR OOCITÁRIA, EXPANSÃO DAS CÉLULAS DO CUMULUS E PRODUÇÃO IN VITRO DE EMBRIÕES BOVINOS. 2015. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e do Desenvolvimento) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Marcos Henrique Barreta.

Iniciação científica
1.
Júlia Koch. Efeito do fator de crescimento fibroblástico 18 (FGF18) sobre o desenvolvimento embrionário em bovinos. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcos Henrique Barreta.

2.
Julia Koch. EFEITO DO FATOR DE CRESCIMENTO FIBROBLÁSTICO 18 (FGF18) SOBRE DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO EM BOVINOS. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcos Henrique Barreta.

3.
Júlia Kock. EFEITO DO FATOR DE CRESCIMENTO FIBROBLÁSTICO 18 (FGF18) SOBRE MATURAÇÃO DO OÓCITO. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcos Henrique Barreta.

4.
Júlia Koch. EFEITO DO FATOR DE CRESCIMENTO FIBROBLÁSTICO 18 (FGF18) SOBRE DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO EM BOVINOS. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcos Henrique Barreta.

5.
Leonice Krug. Conservação de peças anatômicas com glicerina loira. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinária) - Instituto Federal Catarinense, Instituto Federal Catarinense. Orientador: Marcos Henrique Barreta.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/01/2019 às 23:38:55