Gisele Dalva Secco

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1081009950294509
  • Última atualização do currículo em 11/10/2018


Licenciada em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, 2004), onde realizou mestrado (2006) com bolsa da CAPES e atuou como professora auxiliar entre os anos de 2007 e 2008. Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio, 2013), onde foi bolsista do CNPq e realizou doutorado sanduíche pelo Programa CAPES/Cofecub, na Universidade de Paris 1 - Panthéon Sorbonne, com bolsa vinculada ao projeto "Teorias Lógicas Contemporâneas e Filosofia da Linguagem: questões epistemológicas e semânticas". Atuou como professora horista do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC/FGV-Rio) entre 2010 e 2011. Enquanto professora do Departamento de Filosofia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS 2013-2018) coordenou o PIBID Interdisciplinar UFRGS/Campus do Vale (2014 - 2016). Atualmente é professora no Departamento de Filosofia da UFSM e professora coleboradora do PPGFil UFRGS. Interessa-se pelo ensino de lógica e filosofia na escola, investigando propostas curriculares com ênfase nas características transversais destes saberes. Suas pesquisas enfatizam temas de Filosofia da Linguagem e das Ciências Formais (Computação, Lógica e Matemática). É membro associado do Grupo Conesul de Filosofia das Ciências Formais (GCFCF) e da Association for the Philosophy of Mathematical Practice (APMP). Sua tese de doutorado recebeu o Prêmio Capes de Tese 2014 da área de Filosofia /Teologia: Subcomissão Filosofia. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Gisele Dalva Secco
Nome em citações bibliográficas
SECCO, G. D.;SECCO, GISELE DALVA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Santa Maria, Departamento de Filosofia.
Universidade Federal de Santa Maria - Av. Romaima, 1000 - Prédio 74-A, sala 2311
Camobi
97105900 - Santa Maria, RS - Brasil
Telefone: (55) 32208404


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2013
Doutorado em Filosofia.
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
com período sanduíche em Université Paris 1 Pantheon-Sorbonne (Orientador: Jean-Baptiste Joinet).
Título: Entre Provas e Experimentos: uma leitura wittgensteiniana das controvérsias em torno da prova do Teorema das Quatro Cores, Ano de obtenção: 2013.
Orientador: Luiz Carlos Pinheiro Dias Pereira.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: experimento; prova; prova por computador; teorema das quatro cores; Wittgenstein.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia da Matemática.
2004 - 2006
Mestrado em Filosofia.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Título: Uma Leitura Kantiana da Lógica Deôntica Standard,Ano de Obtenção: 2006.
Orientador: Frank Thomas Sautter.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Formalização, Análise filosófica; Lógica deôntica.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.
2000 - 2004
Graduação em Licenciatura Em Filosofia.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul, FAPERGS, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar, Carga horária: 40

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa orientada em filosofia I
03/2008 - 07/2008
Ensino, Licenciatura Em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos de Lógica I
03/2008 - 07/2008
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia
09/2007 - 02/2008
Ensino, Licenciatura em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Prática em Filosofia
09/2007 - 02/2008
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Linguagem A
09/2007 - 02/2008
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia
05/2007 - 08/2007
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Epistemologia A
05/2007 - 08/2007
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia

Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2018
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Filosofia.

Linhas de pesquisa
Epistemologia e Metafísica
08/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, .

Linhas de pesquisa
Ensino de filosofia
08/2017 - 08/2018
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário avançado de pesquisa VI
03/2018 - 06/2018
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução ao estágio em filosofia
03/2018 - 06/2018
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Filosofia Contemporânea I
08/2017 - 01/2018
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de ensino em filosofia
03/2017 - 08/2017
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução ao estágio em filosofia
03/2017 - 08/2017
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário avançado de pesquisa III
03/2017 - 08/2017
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Análise e redação em filosofia - ensino médio
08/2016 - 12/2016
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
SEMINÁRIO DE ENSINO EM FILOSOFIA
SEMINÁRIO AVANÇADO DE PESQUISA I
FILOSOFIA DA MATEMÁTICA - B
03/2016 - 07/2016
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos de Filosofia Contemporânea II
02/2016 - 07/2016
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
LÓGICA I - A
INTRODUÇÃO AO ESTÁGIO EM FILOSOFIA
SEMINÁRIO AVANÇADO DE PESQUISA V
08/2015 - 12/2015
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
SEMINÁRIO AVANÇADO DE PESQUISA IV
SEMINÁRIO DE ENSINO EM FILOSOFIA
08/2015 - 12/2015
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos de Filosofia Contemporânea I
03/2015 - 07/2015
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
ANÁLISE E REDAÇÃO EM FILOSOFIA - ENSINO MÉDIO
INTRODUÇÃO AO ESTÁGIO EM FILOSOFIA
03/2015 - 07/2015
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário Livre de Filosofia VI
08/2014 - 12/2014
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
SEMINÁRIO AVANÇADO DE PESQUISA II
SEMINÁRIO DE ENSINO EM FILOSOFIA
ANÁLISE E REDAÇÃO EM FILOSOFIA - ENSINO MÉDIO II
03/2014 - 07/2014
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Análise e Redação em Filosofia - Ensino Médio I
Introdução ao estágio em Filosofia
08/2013 - 12/2013
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Análise e Redação em Filosofia - Ensino médio/II
Introdução ao pensamento filosófico
08/2013 - 12/2013
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Redação para mestrandos

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Regime: Dedicação exclusiva.


Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professora horista, Carga horária: 12
Outras informações
Disicplinas lecionadas em 2010/II: Filosofia 2 (Ciências Sociais, 2º período) Ética (Ciências Econômicas, 4º período) História da Filosofia e Ética (Ciências Econômicas, 2º período) Disciplinas lecionadas em 2011/I: Filosofia I (Ciências Sociais, 1º período) Tópicos Especiais em Filosofia/ Epistemologia das Ciências Sociais (Ciências Sociais, disciplina eletiva)


Fóton Vestibulares, FÓTON, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2009
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Atividades

04/2006 - 01/2009
Ensino,

Disciplinas ministradas
Filosofia


Linhas de pesquisa


1.
Epistemologia e Metafísica
2.
Ensino de filosofia


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Práticas matemáticas e conhecimento simbólico: uma perspectiva wittgensteiniana
Descrição: Propõe-se uma investigação filosófica de práticas matemáticas desde a perspectiva traçada por Ludwig Wittgenstein. Em que pese a crescente especialização da pesquisa realizada no Brasil em torno de sua obra, não é impróprio reconhecer que no que diz respeito às especificidades de seu pensamento sobre a matemática é largo o espaço para a exploração de insólitas direções de pesquisa. Propõe-se, como possível preenchimento deste espaço, uma articulação de temas em filosofia das ciências formais (ciência da computação, lógica e matemática) e filosofia da ciência. O foco desta investigação se direciona para o desenvolvimento de ferramentas conceituais que permitam esclarecer histórica e filosoficamente a compreensão de práticas matemáticas comuns como calcular e demonstrar, comparando-as com os procedimentos de experimentação (nas ciências naturais) e programação (na ciência da computação). O caráter wittgensteiniano desta abordagem não se deve somente à estratégia de comparação entre calcular, provar e experimentar ? já chamada de ?invenção tipicamente wittgensteiniana?, à qual agregamos elementos novos, como a programação ? mas também porque se pretende, como um objetivo específico, oferecer uma leitura original de sua filosofia da matemática: como herdeira da assim chamada tradição do conhecimento simbólico e como precursora do atualíssimo ramo de investigação denominado da filosofia da prática matemática..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Gisele Dalva Secco - Coordenador / CASANAVE, Abel Lassalle - Integrante / PEREIRA, Luiz Carlos Pinheiro Dias - Integrante / Jean-Baptiste Joinet - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2015 - 2017
Calcular, experimentar, provar: uma investigação sobre Wittgenstein e a matemática simbólica
Descrição: O projeto visa investigar as possibilidades de relação entre tópicos centrais da filosofia da matemática de Wittgenstein ? especialmente a importância e as especificidades da noção de cálculo em sua relação com a distinção conceitual entre provas e experimentos ? e a assim denominada tradição do conhecimento simbólico, tendo em vista a contribuição desta interseção para a filosofia da prática matemática..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Gisele Dalva Secco - Coordenador / CASANAVE, Abel Lassalle - Integrante / PEREIRA, Luiz Carlos Pinheiro Dias - Integrante / André da Silva Porto - Integrante / Pedro Maggi Rech Noguez - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 9 / Número de orientações: 1
2014 - 2017
Provas, demonstrações e representação
Descrição: O projeto se articula desde a seguinte dupla perspectiva: a) a distinção entre provas (acolhedora o suficiente para dar conta da complexidade atual e histórica do tópico objeto do projeto) e demostrações formais e questões com ela associadas; b) os diferentes modos de representação matemática e a procura de uma noção de prova que leve em conta esses diferentes modos de representação. Essas perspectivas, evidentemente interrelacionadas, serão desdobradas a seguir em alguns tópicos subordinados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (8) .
Integrantes: Gisele Dalva Secco - Integrante / CASANAVE, Abel Lassalle - Integrante / PEREIRA, Luiz Carlos Pinheiro Dias - Integrante / Frank Thomas Sautter - Integrante / Sérgio Schultz - Integrante / Oswaldo Chateaubriand Filho - Coordenador / Marco Antonio Ruffino - Integrante / André da Silva Porto - Integrante / Paulo Veloso - Integrante / Guido Imaguire - Integrante / Jorge Alberto Molina - Integrante / Bruno Rafaelo Lopes Vaz - Integrante / Ludovic Soutif - Integrante / Wagner Sanz - Integrante / Marco Panza - Integrante / Pierre Wagner - Integrante / Jean-Baptiste Joinet - Integrante / Francesca Poggliolesi - Integrante.
2014 - 2016
Provas: identidade, estrutura e representação ? PIER

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Luiz Carlos Pinheiro Dias Pereira em 07/03/2018.
Descrição: Resumo: A Teoria Geral da Prova é o ramo da Lógica que investiga o conceito de prova em todos os seus aspectos e, em particular, a estrutura de provas formais. A Te- oria da Prova é uma área naturalmente multidisciplinar, contemplando pesquisas nas áreas da Filosofia, da Matemática e da Ciência da Computação. Apesar dos importantes resultados já obtidos em pesquisas em Teoria da Prova nos últimos oitenta anos, existem ainda muitas questões em aberto, para as quais novos de- senvolvimentos nessa área multidisciplinar podem ajudar a responder, mesmo que parcialmente. Uma das questões centrais é certamente a questão da definição de um critério de identidade para provas. Neste projeto, abordaremos o problema da identidade de provas a partir dessa perspectiva multidisciplinar, investigando aspectos filosóficos, matemáticos e computacionais dessa importante questão..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (5) .
Integrantes: Gisele Dalva Secco - Integrante / CASANAVE, Abel Lassalle - Integrante / PEREIRA, Luiz Carlos Pinheiro Dias - Coordenador / Wagner Sanz - Integrante / Jean-Baptiste Joinet - Integrante / Elaine Pimentel - Integrante / Vivek Nigam - Integrante / Edward Hermann Hauesler - Integrante / Valéria de Paiva - Integrante.
2013 - 2018
Perspectivas didático-filosóficas
Descrição: O presente projeto consiste numa proposta de pesquisa em ensino de filosofia com ênfase na fase escolar média. Seu objetivo geral é conceber e desenvolver estratégias para a formação de professores da disciplina a partir de reflexões pautadas pelo reconhecimento da importância de determinações metodológicas precisas ? tanto no que tange às suas características próprias mais relevantes com relação a ensino no nível médio, quanto aos modos de trabalhar seus aspectos transversais. Os objetivos específicos da proposta dividem-se em dois grupos: o primeiro concerne à busca por uma caracterização minimal de didática para a filosofia, enquanto o segundo resume-se em explorar a referida caracterização por meio de duas frentes de trabalho transversal: uma com a disciplina de Língua Portuguesa e outra com a de Matemática. Ambos grupos de objetivos específicos relacionam-se com um terceiro: o desenvolvimento de materiais didáticos adequados e originais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Gisele Dalva Secco - Coordenador / Matheus Penafiel - Integrante / Roger dos Santos Pereira - Integrante / Jeferson Diello Huffermann - Integrante.
Número de produções C, T & A: 3
2009 - 2013
Entre Provas e Experimentos Uma leitura wittgensteiniana das controvérsias em torno da prova do Teorema das Quatro Cores

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Luiz Carlos Pinheiro Dias Pereira em 30/06/2014.
Descrição: Resumo da tese na qual resultou o projeto: O advento do uso maciço de computadores em provas matemáticas, ocorrido ao final da década de setenta com a solução de um famoso problema matemático ? a prova do Teorema das Quatro Cores ? ocasionou disputas filosóficas que ainda hoje demandam esclarecimentos. O objetivo principal da tese consiste em elaborar alguns dos referidos esclarecimentos desde uma perspectiva motivada pela filosofia da matemática de Ludwig Wittgenstein, especialmente no que diz respeito à distinção continuamente manuseada e depurada pelo filósofo ao longo do desenvolvimento de seu pensamento entre provas e experimentos. Após apresentar as principais ideias da prova do Teorema das Quatro Cores em termos históricos, algumas distinções conceituais metodologicamente significativas são elaboradas. A seguir o trabalho analisa, a partir da concepção funcional de a priori de Arthur Pap, o argumento da introdução da experimentação nas matemáticas de Thomas Tymoczko. A leitura das controvérias filosóficas que se seguiram ao argumento de Tymoczko é então apresentada, aplicando-se as distinções conceituais anteriormente elaboradas. Por fim algumas ideias wittgensteinianas sobre da disitinção entre provas e experimentos são exploradas em conexão com a noção de sinopticidade de provas, considerando menos os papéis específicos de tais noções na filosofia da matemática de Wittgenstein, do que investigando as vantagens de suas possíveis aplicações no esclarecimento de tópicos críticos das referidas disputas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Gisele Dalva Secco - Integrante / PEREIRA, Luiz Carlos Pinheiro Dias - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 17
2004 - 2006
Uma leitura kantiana da lógica deôntica standard
Descrição: Trata-se de uma investigação acerca da semântica para lógica deôntica standard. Restringindo-se à versão proposicional da mesma, o trabalho teve como principal objeto de estudo alguns textos do filósofo J. Hintikka, cuja proposta de semântica para lógica deôntica inclui a reinterpretação de uma noção importante da filosofia de I. Kant: a noção de Reino dos Fins. Kant também figura na proposta de Hintikka pela ilustração de um dos resultados de sua abordagem, a saber, a distinção entre conseqüência lógica e conseqüência deôntica, da qual o assim chamado “?princípio de Kant”? é um exemplo. Tendo como objetivo a exposição desta proposta, optou-se por situá-la em uma discussão a respeito da conveniência da formalização enquanto ferramenta de análise filosófica. Sendo assim, a proposta de Hintikka figura como um exemplo de formalização cujos resultados podem ter características filosóficas relevantes. A exposição geral sobre as formulações kantianas do Imperativo Categórico, em especial a formulação do Reino dos Fins (tema do primeiro capítulo da dissertação que resultou do projeto), tem como objetivo justamente apontar as características de maior relevância na filosofia prática de Kant para o trabalho de análise que se efetiva no terceiro capítulo da dissertação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Gisele Dalva Secco - Integrante / Frank Thomas Sautter - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 4
2003 - 2004
Completude nos fundamentos do direito e nos fundamentos da matemática
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Gisele Dalva Secco - Integrante / Frank Thomas Sautter - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2
2001 - 2003
Lógica deôntica: fundamentação e axiomatização
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Gisele Dalva Secco - Integrante / Frank Thomas Sautter - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2
2000 - 2000
A Função Educativa da Lei na Teoria Política de Platão
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Gisele Dalva Secco - Integrante / Miguel Spinelli - Coordenador.Financiador(es): Universidade Federal de Santa Maria - Bolsa.


Outros Projetos


2014 - 2016
PIBID Interdisciplinar UFRGS Campus do Vale
Descrição: Buscando contribuir com a elaboração de iniciativas originais de estímulo à docência em atividades de ensino, pesquisa e extensão que primem pela interlocução entre diferentes disciplinas, esta proposta direciona-se a estudantes de licenciatura em Biologia, Filosofia, Física, Letras, Matemática e Química. Seu objetivo central é a formação de professores capazes de práticas inovadoras de inter e transdiciplinaridade, através do desenvolvimento de estratégias didáticas visando temas, conceitos e problemas que atravessam distintas disciplinas escolares. Pretende-se, portanto, habilitar os bolsistas envolvidos a identificar e analisar os gêneros de temas, conceitos e problemas tipicamente transversais e interdisciplinares, bem como desenvolver materiais didáticos correspondentes às estratégias pesquisadas e executadas. O subprojeto pauta-se pela ideia de que existem determinados conceitos que ?transitam? por todas as disciplinas escolares (como os de causa, espaço, tempo, corpo, vida, número, prova, representação etc.) e de problemas que podem surgir no contexto de aprendizagem de diversas disciplinas, mas que não são facilmente respondíveis tendo por base somente os conteúdos daquela disciplina ? perguntas como ?O que são os números?? ?Todas as teorias científicas explicam os fatos do mesmo modo?? ?O que sei quando sei uma língua?? ?Quais as diferenças entre as ciências humanas e as naturais??, dentre tantas outras. Nesse sentido, é também uma das finalidades dessa proposta contribuir para uma compreensão mais robusta do que sejam abordagens inter e trans disciplinares adequadas, não apenas por parte dos educandos do ensino médio mas por toda a comunidade escolar..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) .
Integrantes: Gisele Dalva Secco - Coordenador / Matheus Penafiel - Integrante / Jeferson Diello Huffermann - Integrante.


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: Journal of Didactics of Philosophy


Revisor de periódico


2014 - 2014
Periódico: Analógos (PUCRJ)
2016 - 2016
Periódico: Filosofia Unisinos
2018 - Atual
Periódico: Analysis and Metaphysics
2013 - Atual
Periódico: Notae Philosophicae Scientiae Formalis


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia das ciências formais.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ensino de Filosofia.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia da linguagem.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Italiano
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2014
Prêmio Capes de Tese 2014 da área de Filosofia / Teologia: Subcomissão Filosofia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
4SECCO, G. D.2017SECCO, G. D.. Anotações sobre 'Quando ninguém educa ? questionando Paulo Freire'. REVISTA SOFIA - VERSÃO ELETRÔNICA, v. 6, p. 175-191, 2017.

2.
1SECCO, GISELE DALVA2017 SECCO, GISELE DALVA; NOGUEZ, PEDRO MAGGI RECH . Operar e Exibir: Aspectos do Conhecimento Simbólico na Filosofia Tractariana da Matemática. REVISTA PORTUGUESA DE FILOSOFIA, v. 73, p. 1463-1492, 2017.

3.
2SECCO, G. D.;SECCO, GISELE DALVA2016 SECCO, G. D.. Computadores nas práticas matemáticas: um exercício de micro história. O QUE NOS FAZ PENSAR (PUCRJ), v. 25, p. 105-122, 2016.

4.
3SECCO, G. D.;SECCO, GISELE DALVA2015SECCO, G. D.. Anotações acerca de Symbolic Knowledge from Leibniz to Husserl. Revista Latinoamericana de Filosofía, v. XLI, p. 239-251, 2015.

5.
7SECCO, G. D.;SECCO, GISELE DALVA2013SECCO, G. D.. Anotações sobre provas, computadores e os diferentes tipos de a priori. Alter (Rio de Janeiro), v. 20, p. 12-13, 2013.

6.
6SECCO, G. D.;SECCO, GISELE DALVA2013SECCO, G. D.. Primeira nota sobre as controvérsias em torno da prova do Teorema das Quatro Cores: um panorama à la Prawitz. Notae Philosophicae Scientiae Formalis, v. 2, p. 164-175, 2013.

7.
5SECCO, G. D.;SECCO, GISELE DALVA2013SECCO, G. D.. Filosofia no ensino médio: distinções preliminares para uma didática mínima da lógica. Controvérsia (UNISINOS), v. 09, p. 89-102, 2013.

8.
8SECCO, G. D.;SECCO, GISELE DALVA2012SECCO, G. D.. Entre matemáticas e filosofias: breves notas sobre a noção de prova. Alter (Rio de Janeiro), v. n. 19, p. 14-16, 2012.

9.
9SECCO, G. D.;SECCO, GISELE DALVA2011SECCO, G. D.. Entre descoberta e invenção: notas sobre ciência e ceticismo. Analógos (PUCRJ), v. XI, p. 117-126, 2011.

10.
10SECCO, G. D.;SECCO, GISELE DALVA2010SECCO, G. D.. Notas para uma didática mínima da lógica. Analógos (PUCRJ), v. X, p. 100-110, 2010.

11.
12SECCO, G. D.;SECCO, GISELE DALVA2009SECCO, G. D.. Ensino de Filosofia e Currículo. Crítica. Revista de Filosofia e Ensino, v. 1, p. http://critican, 2009.

12.
11CASANAVE, Abel Lassalle2008CASANAVE, Abel Lassalle ; SAUTTER, F. T. ; SECCO, G. D. . Abstração como operação lógica em Aristóteles. O Que nos Faz Pensar (PUCRJ), v. 24, p. 205-210, 2008.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SCHMIDT, A. R. ; SECCO, G. D. ; ZANUZZI, I. ; Pugliese, N. S. A. ; ARAUJO, C. M. B. ; FRATESCHI, Y. A. ; SILVA, F. G. ; NASCIMENTO, D.S. ; PEIXOTO, K. R. ; SATTLER, J. . Vozes femininas na Filosofia. 1. ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2018. v. 1. 218p .

2.
SECCO, G. D.; NASCIMENTO, D.S. (Org.) ; SAUTTER, F. T. (Org.) ; Pugliese, N. S. A. (Org.) ; BRANDÃO, R.M. (Org.) ; ALENCAR, M. V. (Org.) ; ROCHA, R. P. (Org.) ; TOMAZETTI, E.M. (Org.) . Epistemologia e Currículo: Registros do II Workshop de Filosofa e Ensino da UFRGS. 1. ed. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2016. v. 1. 145p .

3.
STORCK, A. C. (Org.) ; CARVALHO, E. M. (Org.) ; SECCO, G. D. (Org.) ; TECHIO, J. (Org.) ; SPINELLI, P. T. (Org.) . Anais do II Encontro de Pesquisa em Filosofia do PPGFIL-UFRGS. 1. ed. Porto Alegre: , 2014. v. 1. 58p .

Capítulos de livros publicados
1.
SECCO, GISELE DALVA; Pereira, Luiz Carlos . Proofs Versus Experiments: Wittgensteinian Themes Surrounding the Four-Color Theorem. In: Marcos Silva. (Org.). How Colours Matter to Philosophy. 1ed.Cham: Springer International Publishing, 2017, v. 388, p. 289-307.

2.
SECCO, G. D.; Pugliese, N. S. A. . On how formal logic is presented to the Brazilian student: a critical analysis. In: Teresita de Jesús Mijangos Martínez. (Org.). On how formal logic is presented to the Brazilian student: a critical analysis. 1ed.Ciudad de México: Academia Mexicana de Lógica A.C., 2016, v. 1, p. 78-92.

3.
SECCO, G. D.; PENAFIEL, M. . Ideas para una didáctica dialógica de la lógica. In: Teresita de Jesús Mijangos Martínez. (Org.). Ideas para una didáctica dialógica de la lógica. 1ed.Ciudad de México: Academia Mexicana de Lógica, 2016, v. 1, p. 155-169.

4.
SECCO, G. D.. In a wittgensteinian light. In: Edward Hermann Haeusler; Wagner de Campos Sanz; Bruno Lopes. (Org.). Why is this a Proof? Festschrift for Luiz Carlos Pereira. 1ed.Londres: College Publications, 2015, v. , p. 45-63.

5.
SECCO, G. D.. Provas, provas formais e provas por computador. In: Marcelo Carvalho; Vinícius Figueiredo. (Org.). Filosofia contemporânea: lógica, linguagem e ciência. 1ed.São Paulo: ANPOF, 2013, v. 1, p. 355-374.

6.
SECCO, G. D.. Conocimiento simbólico en la prueba del Teorema de los Cuatro Colores. In: Oscar M. Esquisabel; Frank Thomas Sautter. (Org.). Conocimiento simbólico y conocimento gráfico: historia y teoría. 1ed.Buenos Aires: Academia Nacional de Ciencias de Buenos Aires, 2013, v. 1, p. 37-49.

7.
SECCO, G. D.. A distinção entre Direito e Moral de acordo com Bobbio. In: R. B. di Napoli, A.L. Gallina. (Org.). NORBERTO BOBBIO - Direito, Ética e Política. Ijuí: Editora UNIJUÍ, 2005, v. Único, p. 67-77.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SECCO, G. D.. A filosofia de volta ao Ensino Médio. Diário da Manhã, Carazinho, p. 2 - 2, 22 mar. 2007.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SECCO, G. D.. Um estudo do conceito de prova de Oswaldo Chateaubriand. In: Jornada Regional de Pesquisa na Pós-graduação em Filosofia, 2010, Santa Maria. Anais da II Jornada Regional de Pesquisa na Pós-graduação em Filosofia, 2010. p. 75-80.

2.
SECCO, G. D.; CERENTINE, Andrei . Aspectos tranversais da filosofia no vestibular. In: VII Simpósio Sul-Brasileiro Sobre o Ensino de Filosofia: Filosofia e Sociedade, 2007, Porto Alegre. Anais do VII Simpósio Sul-Brasileiro Sobre o Ensino de Filosofia: Filosofia e Sociedade, 2007.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
HUFFERMANN, J. D. ; NANI, V. M. ; STEMPKOWSKI, I. F. ; OLIVEIRA, M. A. ; SECCO, G. D. . Ensinando a justificar: uma experiência de deliberação coletiva na disciplina de Seminário Integrado. In: 8a Etapa Pré-Olímpica de Filosofia e 1a Mostra de Pesquisa Interdisciplinar de Filosofia, Ciência e Tecnologia, 2015, Bento Gonçalves. Anais da 8a Etapa Pré-Olímpica de Filosofia e 1a Mostra de Pesquisa Interdisciplinar de Filosofia, Ciência e Tecnologia. Bento Gonçalves: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, 2015. p. 150.

2.
CASANAVE, Abel Lassalle ; PEREIRA, L. C. P. D. ; PORTO, A. S. ; SECCO, G. D. . Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais - Caderno de resumos: filosofia da geometria. In: XIX Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais, 2015, Salvador. Caderno de resumos: filosofia da geometria. Salvador: UFBA, 2015. v. 1. p. 32-32.

3.
CAGLIARI, D. C. ; RAMIRES, J. R. ; SECCO, G. D. ; KESSLER, G. C. G. ; PENAFIEL, M. ; RIGO, M. F. ; CORTES, R. . A Abordagem Interdisciplinar na Produção de Histórias em Quadrinhos: análise de um projeto do PIBID InterVale UFRGS. In: I PIBIDSUL / PARFOSUL / ENLICSUL., 2015, Lages. Anais do PIBIDSUL / PARFOSUL / ENLICSUL. Tema: Impacto na formação docente inicial e continuada., 2015. v. Único. p. 21.

4.
NANI, V. M. ; OLIVEIRA, M. A. ; SECCO, G. D. . A Hora da Ciência: práticas interdisciplinares do PIBID Interdisciplinar UFRGS Campus do Vale. In: I PIBIDSUL / PARFOSUL / ENLICSUL., 2015, Lages. Anais do PIBIDSUL / PARFOSUL / ENLICSUL. Tema: Impacto na formação docente inicial e continuada., 2015. v. Único. p. 570-571.

5.
KESSLER, G. C. G. ; RAMIRES, J. R. ; PENAFIEL, M. ; RIGO, M. F. ; SECCO, G. D. ; CAGLIARI, D. C. . Investigação Sobre Ações Interdisciplinares com Ênfase em CTC nas Escolas da Região Metropolitana de Porto Alegre. In: I PIBIDSUL / PARFOSUL / ENLICSUL., 2015, Lages. Anais do PIBIDSUL / PARFOSUL / ENLICSUL. Tema: Impacto na formação docente inicial e continuada., 2015. v. Único. p. 620-621.

6.
SECCO, G. D.. Os diferentes tipos de a priori e uma aplicação da distinção. In: III Jornada Nacional de Pesquisa na Pós-Graduação em Filosofia da UFSM, 2013, Santa Maria. Caderno de Resumos da III Jornada Nacional de Pesquisa na Pós-Graduação em Filosofia da UFSM, 2012. p. 16-16.

7.
SECCO, G. D.. Provas, provas formais e provas por computador. In: XV Encontro Nacional ANPOF, 2012, Curitiba. Anais de Resumos do XV Encontro de Filosofia da ANPOF, 2012. p. 311-311.

8.
SECCO, G. D.. Notas para um estudo da noção wittgensteineana de prova. In: XIV Encontro Nacional da ANPOF, 2010, Águas de Lindóia. Atas do XIV Encontro Nacional de Filosofia. Campinas: ANPOF, 2010. p. 227-227.

9.
SECCO, G. D.. On the convenience of formalization in philosophy. In: XIV Latin American Symposium on Mathematical Logic, 2009, Paraty. The Bulletin of Symbolic Logic. New York: Association for Symbolic Logic, 2009. v. 15. p. 368-368.

10.
SECCO, G. D.. Acerca da Formalização em Filosofia: o exemplo da lógica deôntica. In: XV Brasilian Logic Conference, XIV Latin-American Symposium on Mathematical Logic, 2008, Paraty. Annals of the CLE 30 Years, XV Brasilian Logic Conference, XIV Latin-American Symposium on Mathematical Logic, 2008. v. Único. p. 166-166.

11.
SECCO, G. D.. Sobre a conveniência da formalização em filosofia. In: KRISIS - II Fórum de Filosofia Contemporânea, 2005, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos do KRISIS - II Fórum de Filosofia Contemporânea, 2005.

12.
SECCO, G. D.. A Formalização do Imperativo Categórico segundo Nicholas Rescher. In: XI Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2004, Salvador. Atas do XI Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2004. p. 182-183.

13.
SECCO, G. D.. A Relação entre Direito e Moral segundo Norberto Bobbio. In: XVII JORNADA ACADÊMICA INEGRADA DA UFSM, 2003, SANTA MARIA. ANAIS DA XVII JORNADA ACADÊMICA INTEGRADA DA UFSM, 2003. v. CD-ROM.

14.
SECCO, G. D.. O Dilema de Jörgensen e Algumas Propostas para sua Solução. In: 54º Reunião Anual da SBPC, 2002, Goiânia. Anais/ Resumos da 54º Reunião Anual da SBPC, 2002. v. CD-ROM.

Apresentações de Trabalho
1.
SECCO, G. D.. As Mulheres da Filosofia das Ciências Formais: Computação, Lógica, Matemática. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
SECCO, G. D.. From topology to combinatorics: diagrams and computers in the Four-Color Theorem Proofs. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
SECCO, G. D.. From topology to combinatorics: diagrams and computers in the Four-Color Theorem Proofs. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
SECCO, G. D.. Feminismo e empoderamento lógico. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Pugliese, N. S. A. ; SEOANE, J. ; SANZ, W. ; SECCO, G. D. . Lógica y Argumento. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
SECCO, G. D.. Pap on the notion of a priori. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
SECCO, G. D.; MACBETH, D. ; TOFFOLI, S. ; LEGRIS, J. ; SAUTTER, F. T. ; VISOKOLSKIS, S. . Varieties of visualization in mathematics. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
SECCO, G. D.. On a priori propositions and computers in mathematics. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
SECCO, G. D.. Filosofia e práticas matemáticas: o caso do Teorema das Quatro Cores. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
PEREIRA, L. C. P. D. ; GIOVANNINI, E. N. ; SECCO, G. D. . Sobre la fundamentación formalista de la aritmética de von Neumann. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
SECCO, G. D.. Sobre proposições a priori, uma variação. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
SECCO, G. D.; PENAFIEL, M. . Ideas para una didáctica dialógica de la lógica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
SECCO, G. D.; Pugliese, N. S. A. . On how formal logic is presented to the Brazilian students: a critical analysis. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
SECCO, G. D.. Filosofia, Ensino, Currículo: Algumas Projeções. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
SECCO, G. D.. Between proofs and experiments: philosophical questions about the use of computers in mathematics. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

16.
SECCO, G. D.; PEREIRA, L. C. P. D. . The Four-Colour Theorem and four relevant consequences. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
SECCO, G. D.. Sobre o lugar da lógica no ensino de filosofia. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
SECCO, G. D.. Do que se prega ao que se faz: o PIBID Inter/Vale e suas circunstâncias. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
SECCO, G. D.. 'Linguagem natural e lógica'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
CASANAVE, Abel Lassalle ; PEREIRA, L. C. P. D. ; PORTO, A. S. ; SECCO, G. D. . Sobre o estatuto dos diagramas em demonstrações euclidianas. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

21.
SECCO, G. D.. Sobre filosofia, matemática e outras conexões interdisciplinares. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
SECCO, G. D.. On the relevance of the Four-Colour Theorem Proof. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

23.
SECCO, G. D.. On the relevance of the Four-Colour Theorem Proof for thinking about computers in mathematical practices. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
SECCO, G. D.. Perspectivas para o ensino de filosofia. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
SECCO, G. D.. Diálogos que Nossos Alunos Podem Ler. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
SECCO, G. D.. Filosofía y interdisciplinariedad en la escuela. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
SECCO, G. D.. Ensino de filosofia e aspectos transversais das aprendizagens escolares: notas sobre duas experimentações didáticas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
SECCO, G. D.. Notas sobre o ensino de lógica. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
SECCO, G. D.. Das Provas Como Mapas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
SECCO, G. D.. El Teorema de los Cuatro Colores: demostración y problemas filosóficos derivados. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

31.
SECCO, G. D.. Provas, experimentos, e de por que os computadores interessam à filosofia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
SECCO, G. D.. A prova do Teorema das Quatro Cores: um caso de finitude. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
SECCO, G. D.. A preparação do professor de filosofia ? notas preliminares. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
SECCO, G. D.. Provas, provas formais e provas assistidas por computador. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
SECCO, G. D.. Os diferentes tipos de a priori e uma aplicação da distinção. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
SECCO, G. D.. A vida polimórfica das provas matemáticas: variação wittgensteiniana. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
SECCO, G. D.. Wittgenstein, as matemáticas e a filosofia. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

38.
SECCO, G. D.. The Four-Colour Theorem: remarks on its history, proof and some of its philosophical consequences. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

39.
SECCO, G. D.. The Four-Colour theorem: remarks on its history, proof and some of its philosophical consequences. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

40.
SECCO, G. D.. Leitura introdutória à filosofia de Wittgenstein. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

41.
SECCO, G. D.. Notas comparativas para um estudo do conceito de prova. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

42.
SECCO, G. D.. Entre descoberta e invenção: notas sobre ciência e ceticismo. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

43.
SECCO, G. D.. Acerca da Formalização em Filosofia: o exemplo da lógica deôntica. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

44.
SECCO, G. D.; SAUTER, Frank Thomas . Argumentação, lógica e transversalidade. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

45.
SECCO, G. D.. Sobre a conveniência da formalização em filosofia. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

46.
SECCO, G. D.. A formalização do Imperativo Categórico segundo Nicolas Rescher. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

47.
SECCO, G. D.. O problema das "características diferenciais" da norma jurídica em Norberto Bobbio. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

48.
SECCO, G. D.; SAUTER, Frank Thomas . A relação entre Direito e Moral segundo Norberto Bobbio. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

49.
SECCO, G. D.; SAUTER, Frank Thomas . O Dilema de Jörgensen e Algumas Propostas para sua Solução. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

50.
SECCO, G. D.. O Dilema de Jörgensen e Algumas Propostas para sua Solução. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
SECCO, G. D.. Epílogo. Porto Alegre, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

2.
SECCO, G. D.. Das provas como mapas. Santa Maria 2014 (Resumo).

3.
SECCO, G. D.. A prova do Teorema das Quatro Cores: um caso de finitude. Salvador: Universidade Federal da Bahia, 2013 (Resumo).

4.
SECCO, G. D.. Prefácio. Porto Alegre, 2013. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SECCO, G. D.; FISS, D. . Desafios da educação no ensino médio. 2014. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

2.
SECCO, G. D.. Entrevistando a filósofa Gisele Secco. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
SECCO, G. D.; ROCHA, R. P. . Filosofando sobre a filosofia.... 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
SECCO, G. D.; SPINELLI, P. T. ; ZANUZZI, I. ; SCHMIDT, A. R. ; SILVA, F. G. . Vozes Femininas na Filosofia. 2017; Tema: Divulgação do evento homônimo e de temas relacionados à produção de mulheres na Filosofia. (Blog).

2.
SECCO, G. D.. Workshop de Filosofia e Ensino. 2015; Tema: Divulgação do evento homônimo. (Blog).

3.
SECCO, G. D.. Didático-filosóficas. 2014; Tema: Um espaço para apresentar esboços de ideias, projetos e experiências sobre, para e com ensino de filosofia.. (Blog).

4.
SECCO, G. D.. Blog dos Discentes da Pós-Graduação em Filosofia da PUC-Rio. 2009; Tema: Informações sobre as diversas atividades dos discentes do Programa de Pós-Graduação da PUC-Rio: Revista Alter, Analógos e SAF (Semana dos Alunos da Filosofia). (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
SECCO, G. D.; Pugliese, N. S. A. . A Potência Interdisciplinar da Lógica no Ensino Médio. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
SECCO, G. D.; COSTA, R. A. ; KESSLER, G. C. G. ; PENAFIEL, M. . 'Atração' em perspectiva: uma ação de formação interdisciplinar. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
SECCO, G. D.. Lições de filosofia da matemática para o ensino médio. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - vídeo educacional).

4.
SECCO, G. D.. II Seminário Regional dos Alunos de Pós-Graduação em Filosofia. 2010. (Comissão científica).

5.
SECCO, G. D.. Filosofia. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila de Filosofia para curso Pré-vestibular).

6.
SECCO, G. D.. Lógica para o Vestibular. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila de Lógica para curso Pré-vestibular).

7.
SECCO, G. D.. Filosofia. 2007. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila de Filosofia para curso Pré-vestibular).

8.
SECCO, G. D.. Filosofia. 2006. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila de Filosofia para curso Pré-vestibular).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SAUTTER, F. T.; SECCO, G. D.; TEIXEIRA, R. M.. Participação em banca de John Lennon Lindemann. A Lógica de Lewis Carroll. 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria.

2.
BUENO, O.; FARIA, P. F. E.; SECCO, G. D.. Participação em banca de Bruno Malavolta e Silva. Sobre o argumento do milagre em prol do realismo científico. 2016. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
SAUTER, Frank Thomas; SECCO, G. D.; MOLINA, J. A.. Participação em banca de Félix Flores Pinheiro. A variedade dos métodos diagramáticos a partir da perspectiva da silogística. 2015. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Teses de doutorado
1.
SALGADO, T.D.M.; SECCO, G. D.; TEIXEIRA, M. R. F.; RIBEIRO, M. E. M.. Participação em banca de Tiago Amador Tamanini. Interfaces Disciplinares: Ensaios e Teorizações de Práticas Educativas para Integrar Disciplinas no Ensino de Ciências. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Qualificações de Doutorado
1.
SALGADO, T.D.M.; SECCO, G. D.. Participação em banca de Tiago Amador Tamanini. As interfaces disciplinares: ensaios e teorizações de práticas educativas para promover enlaces dos saberes no ensino de ciências. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Educação em Ciências Quìmica da Vida e Saúde ( Ufsm - Furg)) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
SAUTTER, F. T.; LUZ, A. M.; SECCO, G. D.; SILVA, M. S.; CORREA, R. F. S.. Participação em banca de Alexandre Ziani de Borba. Virtudes intelectuais e educação. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
SECCO, G. D.; DALCIN, A.. XXVII SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRGS. 2015. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
Levy, L.; SECCO, G. D.; SALTIEL, E. R. V.. XXVI Salão de Iniciação Científica da UFRGS. 2014. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
ALTMANN, S.; SECCO, G. D.; ROLLA, G.. XXVI Salão de Iniciação Científica da UFRGSI. 2014. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
ALTMANN, S.; SECCO, G. D.. XXV SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRGS. 2013. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Feminist Philosophy and Formal Logic Workshop.Feminist Philosophy and Formal Logic Workshop. 2018. (Outra).

2.
II Encontro Vozes: Mulheres na Filosofia.As Mulheres na Filosofia das Ciências Formais ? Computação, Lógica, Matemática. 2018. (Encontro).

3.
IV International Meeting of the APMP.Workshop "Varieties of Visualization in Mathematics". 2017. (Encontro).

4.
XXI Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais - Lógica e Argumento.Lógica y Argumento. 2017. (Outra).

5.
XX Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais - Filosofia da Aritmética.Sobre la fundamentación formalista de la aritmética de von Neumann. 2016. (Outra).

6.
Semana Acadêmica dos Cursos de Graduação em Filosofia da UFUFPel.Sobre filosofia, matemática e outras conexões interdisciplinares. 2015. (Outra).

7.
Workshop "Verbal, Simbólico, Diagramático".Linguagem natural e lógica. 2015. (Outra).

8.
XIX Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais.Sobre o estatuto dos diagramas em demonstrações euclidianas. 2015. (Outra).

9.
29ª JORNADA ACADÊMICA INTEGRADA.Sobre o ensino de lógica. 2014. (Outra).

10.
IV Middle Wittgenstein Symposium. 2014. (Simpósio).

11.
Seminário Internacional Prodocência UFRGS.Práxis curricular interdisciplinar: distinções preliminares. 2014. (Seminário).

12.
XVII Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais.Das provas como mapas. 2014. (Outra).

13.
XVII Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais.A prova do Teorema das Quatro Cores: um caso de finitude. 2013. (Outra).

14.
Journée d'étude "Sciences et savoirs sur les machines". 2012. (Outra).

15.
Philosophie de l'Informatique, de la Logique et de leurs Interfaces. 2012. (Seminário).

16.
Séminaire "Wittgenstein: Language, Esprit, Societé" sur "La troisième personne". 2012. (Seminário).

17.
Séminaire PhilMath (IHPST). 2012. (Seminário).

18.
Séminaire Philosophie & Mathématiques - Thème annuel: "Concepts, Structures et Calcul". 2012. (Seminário).

19.
XV Encontro Nacional Anpof.Provas, provas formais e provas assistidas por computador. 2012. (Encontro).

20.
XVI Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais. 2012. (Outra).

21.
Conférence de clôture de la Chaise Blaise Pascal, prononcé par Per Martin-Löf à l'ENS. 2011. (Outra).

22.
Conférence internationale "Truth-Makers and Proof-Objects". 2011. (Outra).

23.
Exposé de Luiz Carlos Pereira "A constructive approach to classical modal logic". 2011. (Outra).

24.
Exposé de Luiz Carlos Pereira "On existencial theorems of logic". 2011. (Outra).

25.
Journée d'étude "Formats techniques/formats non techniques de la pensée. Mathématiques et Philosophie". 2011. (Outra).

26.
Workshop "Epistemological Aspects of Computing".The Four-Colour theorem: remarks on its history, proof and some of its philosophical consequences. 2011. (Oficina).

27.
Workshop "On negation". 2011. (Oficina).

28.
XII Semana dos Alunos da Pós-Graduação em Filosofia da PUC-Rio.Wittgenstein, as matemáticas e a filosofia. 2011. (Encontro).

29.
II Colóquio Internacional "The Middle Wittgenstein". 2010. (Congresso).

30.
XI Semana dos Alunos da Pós-Graduação em Filosofia da PUC-Rio.Leitura introdutória à filosofia de Wittgenstein. 2010. (Encontro).

31.
Encontro Wittgenstein: Tractatus. 2009. (Encontro).

32.
XIII Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais. 2009. (Congresso).

33.
X Semana dos Alunos da Pós-Graduação em Filosofia da PUC-Rio.Entre descoberta e invenção: notas sobre ciência e ceticismo. 2009. (Encontro).

34.
XV Brasilian Logic Conference, XIV Latin-American Symposium on Mathematical Logic. 2008. (Simpósio).

35.
XV Brasilian Logic Conference, XIV Latin-American Symposium on Mathematical Logic.Acerca da Formalização em Filosofia: o exemplo da lógica deôntica. 2008. (Simpósio).

36.
I Mini-Escola de Lógica. 2005. (Outra).

37.
I Simpósio Internacional de Filosofia "Verdade como Valor". 2005. (Simpósio).

38.
KRISIS - II Fórum de Filosofia Contemporânea.Sobre a conveniência da formalização em filosofia. 2005. (Encontro).

39.
KRISIS - II Fórum de Filosofia Contemporânea. 2005. (Encontro).

40.
VIII Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais. 2004. (Outra).

41.
XI Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF. 2004. (Encontro).

42.
XI Encontro Nacional e Filosofia da Anpof.A formalização do Imperativo Categórico segundo Nicolas Rescher. 2004. (Encontro).

43.
Colóquio Nacional sobre Ética e Justiça. 2003. (Outra).

44.
III Encontro Catarinense de Filosofia e IV Semana Acadêmica de Filosofia.O problema das "características diferenciais" da norma jurídica em Norberto Bobbio. 2003. (Encontro).

45.
VII Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais. 2003. (Outra).

46.
54° Reunião Anual da SBPC. 2002. (Encontro).

47.
A Questão do Gosto III: obra em crise, indústria cultural e o fim do gosto. 2002. (Outra).

48.
Clássicos da Filosofia Alemã: a filosofia do direito de Hegel. 2002. (Seminário).

49.
Política e Administração da Educação. 2002. (Seminário).

50.
Sobre a Memória. 2002. (Seminário).

51.
Teoria das Descrições Definidas. 2002. (Seminário).

52.
VI Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais. 2002. (Outra).

53.
VI Encontro de Pesquisa na Graduação em Filosofia.O Dilema de Jörgensen e Algumas Propostas para sua Solução. 2002. (Encontro).

54.
A Questão do Gosto II: Juízo de Gosto e Interpretação. 2001. (Seminário).

55.
As relações entre a física e a filosofia na segunda metada do século XIX. 2001. (Seminário).

56.
V Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais. 2001. (Outra).

57.
Clássicos da Filosofia Alemã. 2000. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SECCO, G. D.; Pugliese, N. S. A. ; ROCHA ; LYRA NETO, E. ; ALENCAR, M. V. ; OLIVEIRA, R. L. V. ; GUIMARAES, M. S. ; COELHO, G. N. ; VALEIRAO, K. ; ENGELMANN, J. ; FRANCO, S. R. K. . IV Workshop de Filosofia e Ensino - Qual Ensino Médio? Qual Filosofia?. 2017. (Outro).

2.
SECCO, G. D.; SPINELLI, P. T. ; SILVA, F. G. ; ZANUZZI, I. ; SCHMIDT, A. R. ; FRATESCHI, Y. A. ; WUENSCH, A. M. ; SILVA, M. S. ; ARAUJO, C. M. B. ; SATTLER, J. ; ROSENFIELD, K. H. L. ; PEIXOTO, K. R. ; NASCIMENTO, D.S. ; ALTMANN, S. ; SANTO, M. L. F. E. . Vozes Femininas na Filosofia. 2017. (Outro).

3.
CASANAVE, Abel Lassalle ; SECCO, G. D. ; SAUTTER, F. T. . XXI Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais. 2017. (Outro).

4.
CASANAVE, Abel Lassalle ; SECCO, G. D. . IV International Meeting of the Association for the Philosophy of Mathematical Practice. 2017. (Outro).

5.
SECCO, G. D.; ROCHA ; LYRA NETO, E. ; ALENCAR, M. V. ; PASCHOAL, A. E. ; OLIVEIRA, R. L. V. ; COELHO, G. N. ; CIOQUETTA, R. R. ; RODRIGUES, J. F. S. ; PEREIRA, F. G. . III Workshop de Filosofia e Ensino da UFRGS - Linguagens e Métodos. 2016. (Outro).

6.
SECCO, G. D.; TECHIO, J. ; FARIA, P. F. E. ; SANTOS, L. H. L. ; PEREIRA, L. C. P. D. ; MARTINS, H. F. ; SILVA, G. G. ; CARVALHO, M. S. ; KREBS, V. J. ; GREVE, S. ; KUUSELA, O. . II International Colloquium: Perspectives From Wittgenstein. 2016. (Outro).

7.
SECCO, G. D.; Pugliese, N. S. A. ; NASCIMENTO, D.S. ; BRANDÃO, R.M. ; ROCHA, R. P. ; SAUTER, Frank Thomas ; ALENCAR, M. V. . II Workshop de Filosofia e Ensino - Epistemologia e Currículo. 2015. (Outro).

8.
SECCO, G. D.. I Workshop de Filosofia e Ensino - Sobre o Ensino de Lógica. 2014. (Outro).

9.
SECCO, G. D.; SPINELLI, P. T. ; CARVALHO, E. M. ; TECHIO, J. ; STORCK, A. C. . II Encontro de Pesquisa em Filosofia do PPGFIL/UFRGS. 2013. (Outro).

10.
SECCO, G. D.; CARNE, Pedro ; FAMILIAR, M. P. V. C. . XII Semana dos Alunos da Pós-Graduação em Filosofia da PUC-Rio. 2011. (Outro).

11.
SECCO, G. D.. X Semana dos Alunos de Pós-Graduação em Filosofia da PUC-Rio. 2009. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Jeferson Diello Huffermann. Princípios das ciências e a relação entre teoria, observação e experimento a partir da filosofia de Arthur Pap. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Mauricio Marçal Gonçalves Pazetto. O papel da matemática nas explicações científicas. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

2.
Jeferson Diello Huffermann. Um estudo sobre o estatuto epistêmico do princípio da inércia a partir da teoria funcional do a priori. Início: 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Milena Martin Bravo. A teoria dos atos de fala nos primeiros escritos de Judith Butler. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

2.
Pedro Maggi Rech Noguez. Lógica, Matemática e Conhecimento simbólico desde o Tractatus Logico-Philosophicus. Início: 2015. Iniciação científica (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Rodrigo Sabadin Ferreira. A Lógica do Tractatus e o Operador N: Decidibilidade e Capacidade Expressiva. 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Gisele Dalva Secco.

2.
Cássio Vinícius Steiner de Souza. O Meta-Compositor na Batalha da Figuração: o Caso do Roubo do Baralho e o Jogo das Voltas Estranhas. 2016. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gisele Dalva Secco.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Samuel Vicente Basso Cibils. Um estudo acerca do estatuto das leis lógicas a partir de Frege. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Gisele Dalva Secco.

Iniciação científica
1.
Matheus Penafiel. Ensino de lógica e ensino de filosofia. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Gisele Dalva Secco.



Inovação



Projetos de pesquisa

Outros projetos


Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
SECCO, G. D.; NASCIMENTO, D.S. (Org.) ; SAUTTER, F. T. (Org.) ; Pugliese, N. S. A. (Org.) ; BRANDÃO, R.M. (Org.) ; ALENCAR, M. V. (Org.) ; ROCHA, R. P. (Org.) ; TOMAZETTI, E.M. (Org.) . Epistemologia e Currículo: Registros do II Workshop de Filosofa e Ensino da UFRGS. 1. ed. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2016. v. 1. 145p .

2.
SCHMIDT, A. R. ; SECCO, G. D. ; ZANUZZI, I. ; Pugliese, N. S. A. ; ARAUJO, C. M. B. ; FRATESCHI, Y. A. ; SILVA, F. G. ; NASCIMENTO, D.S. ; PEIXOTO, K. R. ; SATTLER, J. . Vozes femininas na Filosofia. 1. ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2018. v. 1. 218p .


Apresentações de Trabalho
1.
SECCO, G. D.. Sobre o lugar da lógica no ensino de filosofia. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SECCO, G. D.. 'Linguagem natural e lógica'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
SECCO, G. D.. Filosofia e práticas matemáticas: o caso do Teorema das Quatro Cores. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
SECCO, G. D.; PENAFIEL, M. . Ideas para una didáctica dialógica de la lógica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
SECCO, G. D.; Pugliese, N. S. A. . On how formal logic is presented to the Brazilian students: a critical analysis. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
SECCO, G. D.. Filosofia, Ensino, Currículo: Algumas Projeções. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
SECCO, G. D.. Feminismo e empoderamento lógico. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
SECCO, G. D.; COSTA, R. A. ; KESSLER, G. C. G. ; PENAFIEL, M. . 'Atração' em perspectiva: uma ação de formação interdisciplinar. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
SECCO, G. D.. Lições de filosofia da matemática para o ensino médio. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - vídeo educacional).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SECCO, G. D.; Pugliese, N. S. A. ; NASCIMENTO, D.S. ; BRANDÃO, R.M. ; ROCHA, R. P. ; SAUTER, Frank Thomas ; ALENCAR, M. V. . II Workshop de Filosofia e Ensino - Epistemologia e Currículo. 2015. (Outro).

2.
SECCO, G. D.; ROCHA ; LYRA NETO, E. ; ALENCAR, M. V. ; PASCHOAL, A. E. ; OLIVEIRA, R. L. V. ; COELHO, G. N. ; CIOQUETTA, R. R. ; RODRIGUES, J. F. S. ; PEREIRA, F. G. . III Workshop de Filosofia e Ensino da UFRGS - Linguagens e Métodos. 2016. (Outro).

3.
SECCO, G. D.; TECHIO, J. ; FARIA, P. F. E. ; SANTOS, L. H. L. ; PEREIRA, L. C. P. D. ; MARTINS, H. F. ; SILVA, G. G. ; CARVALHO, M. S. ; KREBS, V. J. ; GREVE, S. ; KUUSELA, O. . II International Colloquium: Perspectives From Wittgenstein. 2016. (Outro).


Redes sociais, websites e blogs
1.
SECCO, G. D.. Didático-filosóficas. 2014; Tema: Um espaço para apresentar esboços de ideias, projetos e experiências sobre, para e com ensino de filosofia.. (Blog).

2.
SECCO, G. D.; SPINELLI, P. T. ; ZANUZZI, I. ; SCHMIDT, A. R. ; SILVA, F. G. . Vozes Femininas na Filosofia. 2017; Tema: Divulgação do evento homônimo e de temas relacionados à produção de mulheres na Filosofia. (Blog).

3.
SECCO, G. D.. Workshop de Filosofia e Ensino. 2015; Tema: Divulgação do evento homônimo. (Blog).



Outras informações relevantes


Participação (em reuniões pedagógicas, na coordenação geral e como professora de Filosofia) no Projeto de Extensão "Práxis Pré-Vestibular Popular: Acadêmicos e Candidatos construindo um Diálogo" (Centro de Educação da UFSM) entre os anos de 2002 e 2003.

Representante discente no Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Filosofia /CCSH - UFSM entre 2005 e 2007.

Representante discente no Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Filosofia PUC-Rio entre 2010 e 2011.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 21:10:09