Maria Celeste Souza de Castro

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9621850728514217
  • Última atualização do currículo em 28/11/2018


Possui graduação em Licenciatura Plena em ciências /Matemática pela Universidade do Estado da Bahia (1995), Mestrado em Educação E Pesquisa - Université du Quebec à Chicoutimi (2003). Atualmente Professora auxiliar da Universidade do Estado da Bahia. e Professora da Educação Básica. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Formação de Professores de Matemática .Doutoranda em Difusão do Conhecimento. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maria Celeste Souza de Castro
Nome em citações bibliográficas
CASTRO, M. C. S.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Estado da Bahia, PRO REITORIA DE EXTENSÃO UNEB.
Avenida Ulysses Guimarães
Sussuarana
41213000 - Salvador, BA - Brasil
Telefone: (071) 34064603
Ramal: 4602


Formação acadêmica/titulação


2000 - 2003
Mestrado em Mestrado de Educação em pesquisa.
Université du Quebec à Chicoutimi, UQAC, Canadá.
Título: QUEM ÉS... E COMO ENSINAS: Identidade e modelos da profissionalidade docente do licenciado em matemática da Universidade do estado da Bahia,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: André Luis Mattedi Dias.
Bolsista do(a): uNEB, PAC, Brasil.
Palavras-chave: profissionalidade docente.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação Superior.
1996 - 1997
Especialização em Especialização em Metodologia do Ensino, Pesquisa. (Carga Horária: 465h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
1987 - 1995
Graduação em Licenciatura Plena em ciências /Matemática.
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
1984 - 1986
Ensino Médio (2º grau).
Educandário Nossa Senhora do S.S. Sacramento, E.N.S.S.S., Brasil.




Formação Complementar


2018 - 2018
Extensão universitária em Jornada Pedagogica A Escola dos Meus sonhos. (Carga horária: 8h).
Instituto Paulo Freire, IPF, Brasil.
2018 - 2018
Produção de Conteúdos em EAD. (Carga horária: 185h).
Portal de Educação, PE, Brasil.
2017 - 2017
MOVIMENTOS SOCIAIS. (Carga horária: 8h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2015 - 2015
sUBSIDIOS PARA O pROCESSO FORMATIVO DE GESTORES UNIVERSITÁRIOS COM VISTA À. (Carga horária: 20h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2014 - 2014
Extensão universitária em PERSPECTIVAS PARA FORMAÇÃO DOS PROFESSORES. (Carga horária: 60h).
Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Tendencias em educação matemática:modelagem e meto. (Carga horária: 33h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
1995 - 1995
História da Matemática e Ensino de matemática. (Carga horária: 8h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
1994 - 1994
capacitação para professores não licenciados Técni. (Carga horária: 40h).
secretaria de Educação/Instituto Anisio Teixeira, SEC/IAT, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - Atual
Vínculo: Funcionário Público, Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar, Carga horária: 40

Atividades

03/2006 - Atual
Direção e administração, Departamento de Educação- Campus VII Senhor do Bonfim, .

Cargo ou função
Diretor em Exercicio.
03/2006 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Educação- Campus VII Senhor do Bonfim, .

Cargo ou função
Membro da comissão de Implantação das Feiras de matemática do Estado da Bahia.
01/2006 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Educação- Campus VII Senhor do Bonfim, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de elaboração do projeto de Reconhecimento do Curso de Licenciatura em matemática.
12/2005 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Educação- Campus VII Senhor do Bonfim, .

Cargo ou função
Coodenação permanente para acompanhamento e avaliação das atividades dos professores com regime de Trabalho de Dedicação Exclusiva.
08/2005 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Municipal de Educação de Senhor do BOnfim, .

Cargo ou função
Representante do departamento de educação Campus VII-Senhor do Bonfim no Conselho Municipal de Educação de Senhor do Bonfim.
05/2005 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Educação- Campus VII Senhor do Bonfim, .

Cargo ou função
Coordenação setorial de Estágio.
02/2005 - Atual
Ensino, Rede UNEB 2000, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ensino de Matemática I
03/1997 - Atual
Ensino, Licenciatura em Ciências/Matemática, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Politicas Educacionais
Instrumentação para o Ensino
estágio Supervisionado de 2º grau
estágio Supervisionado de 1º Grau
03/1992 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Matemática
03/2015 - 03/2018
Extensão universitária , PRO REITORIA DE EXTENSÃO UNEB, .

Atividade de extensão realizada
Implantação Politica Institucional de Extensão da UNEB.
05/2006 - 08/2006
Ensino, Especialização em metodologia do Ensino de Matemát, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
pesquisa Orientada II- trabalho de Conclusão do Curso
06/2005 - 06/2006
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Educação- Campus VII Senhor do Bonfim, .

03/2005 - 08/2005
Ensino, Licenciatura Plena em ciências /Matemática, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Politicas Educacionais
03/1997 - 08/2005
Ensino, Licenciatura em Ciências/Matemática, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estagio Supervisionado
03/2000 - 11/2003
Serviços técnicos especializados , Colegiado de Ciências, .

Serviço realizado
Coordenação Colegiado de Ciências.
02/2001 - 08/2001
Ensino, Licenciatura em Ciências/Matemática, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Instrumentação para o ensino de matemática III

Secretaria de Educação do estado da Bahia, SEC/BA, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - Atual
Vínculo: Funcionário público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Atividades

05/1993 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Matemática
01/2000 - 12/2002
Conselhos, Comissões e Consultoria, Colégio Estadual Senhor do Bonfim, .

Cargo ou função
Coordenação.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MATEMATICA, SBEM, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: DIRETORIA
Outras informações
EXERCENDO A FUNÇÃO DE PRIMEIRA SECRETARIA DA SBEM -BAHIA.



Linhas de pesquisa


1.
Difusão do Conhecimento ? Informação, Comunicação e Gestão*

Objetivo: O estudo dos processos de difusão do conhecimento na sociedade, através da análise cognitiva e da modelagem do conhecimento, é o propósito desta linha, que procura relacionar tais processos com meios e modos de informação e comunicação que possibilitam a tradução, transferência, (re)apropriação e (re)construção do conhecimento que se difunde. Pretende-se ainda integrar estudos sobre as contribuições da gestão do conhecimento para ampliar o potencial destes processos, notadamente no que se refere à recuperação de dados, informações e memórias, socialização de conhecimentos tácitos, combinação de conhecimentos explícitos e aprendizagem colaborativa.
Palavras-chave: , Erros em Matemática; Estágio; Prática docente;; Formação do professor; Difusão do conhecimento; Inovação.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Extensão universitária como dimensão do ensino da pesquisa e da gestão da UNEB
Descrição: Esta pesquisa tem como tema a extensão universitária desenvolvida na Universidade do Estado da Bahia. Configura-se como um estudo de caso considerando que busca analisar a politica de Extensão da universidade , a partir do que esta proposto no Programa de apoio a Projetos de Extensão (PROAPEX) e das ações de Extensão que estão sendo propostas para atenderbvao Plnao Nacional de Educação < lei 13.0005/2014..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
O COOPERATIVSIMO NO TERRITORIO DO PIEMONTE NORTE DO ITAPICURU: UM OLHAR PARA A GESTAO E A INOVAÇÃO
Descrição: A pesquisa, intitulada, O cooperativismo no Território de Identidade do Piemonte Norte do Itapicuru (TIPINI ): Um olhar para a Gestão e a inovação, constitui uma proposta de pesquisa integrada com a pesquisa de doutorado, de minha autoria, do programa de Difusão do Conhecimento da Universidade Federal da Bahia, que tem como objeto a extensão universitária desenvolvida na Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e tem como objetivo compreender a extensão universitária a partir dos pressupostos da gestão, da inovação e da responsabilidade social. Da proposta da pesquisa-mãe ,apresento este recorte que traz o contexto das cooperativas tradicionais e das cooperativas solidarias para analisar os processos de gestão e inovação que são ,ou não são, gerados pelas ações de extensão desenvolvidas em associações, cooperativas e distritos criativos. Nessa perspectiva utilizo o conceito de inovação e de extensão inovadora. O primeiro, defendido por Adriana Bin (2008) que extrapola o conceito mercadológico, de produto novo e de mercado, para o conceito de inovação como processo de criação e apropriação social. E o segundo, que articula a extensão universitária, como elo de integração entre a pesquisa, o desenvolvimento social e a inovação. Dos conceitos assinalados são elencados os eixos de investigação. O eixo relacionado aos processos de cooperação a partir do referencial de convivência e tomada de decisão traz a perspectiva apontada por Velloso (2016), do cooperativismo como instrumento de desenvolvimento territorial e social.Segundo a autora, a partir da década de 1990, surge um cooperativismo no Brasil voltado para a base de produção e da distribuição de riquezas, centrado nas pessoas e na articulação com outras formas de organização?(p.375). O eixo, relacionado à questão de inovação é compreendido articulado com pesquisa e desenvolvimento e como trabalho criativo que contribui para o desenvolvimento econômico e social dos envolvidos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Maria Celeste Souza de Castro - Coordenador.
2009 - 2010
ANÁLISE DOS ERROS COMETIDOS POR DISCENTES DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO ? CAMPUS VII SENHOR DO BONFIM
Descrição: Investigar os erros produzidos pelos discentes do curso de licenciatura do Departamento de Educação- Campus VII, faz parte de um projeto de pesquisa maior e mais abrangente que é a pesquisa, ANALISE DE ERROS COMETIDOS POR DISCENTES DE CURSOS DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS BAIANAS, projeto aprovado pela FAPESB, da qual o Núcleo de Educação Matemática deste Departamento faz parte.Numa perspectiva colaborativa ,entendendo que todo trabalho coletivo é autenticamente colaborativo (Hargraves (1998) surge este projeto que envolve as instituições de Ensino Superior da Bahia, UNEB,UESC,UESB,UEFS e, é um recorte ,uma vez que tem os mesmos referenciais ,porém com uma clientela especifica, os discentes do curso de matemática deste Departamento.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2016 - Atual
PROGRAMA DE EXTENSÃO ACADÊMICA NO ÂMBITO DA UNEB
Descrição: Diante da compreensão de que as concepções de extensão da atualidade precisam de mecanismos funcionais que favoreçam o fortalecimento da extensão na Universidade do Estado da Bahia - UNEB , nas perspectivas acadêmica, institucional e inovadora e buscando atingir as Diretrizes pactuadas no Plano Nacional de Extensão ?PNE, que coloca como Meta ?assegurar, no mínimo, 10% (dez por cento) do total de créditos curriculares exigidos para a graduação em programas e projetos de extensão universitária, orientando sua ação, prioritariamente, para áreas de grande pertinência social?(PNE, meta 12.7) é que propomos a Monitoria acadêmica modalidade de extensão que subsidia as ações de Extensão nos currículos dos cursos de graduação da Universidade do Estado da Bahia- UNEB. Compreendemos que a Monitoria acadêmica concebe uma ação que trsnversaliza o currículo, através da operacionalização dos Programas e projetos de extensão universitária desenvolvidos a partir de um dialogo interdisciplinar com os componentes curriculares oferecidos na graduação por isso concebido como uma ação curricularida da Extensão numa dimensão acadêmica e institucional. Nesta tem-se os princípios, acadêmico, Interdisiciplinar e Indissociável do Ensino , da pesquisa e da Extensão que vem fortalecer a dimensão de Inclusão e permanência do estudante na universidade resultando , portanto, em impacto na formação do estudante do ponto de vista formativo..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2016 - Atual
Semana Universitária de Pesquisa e Extensão: Educação, Ciência e Tecnologia: ?alimentando a Bahia com formação e conhecimento científico?.
Descrição: No entendimento de que o conhecimento científico tem um papel no desenvolvimento sócio econômico de um país é que a Universidade do Estado da Bahia ? UNEB, Instituição autárquica de regime especial, de ensino, Pesquisa e Extensão, organizada sob o modelo multicampi e multirregional, com sede na cidade de Salvador, vinculada à Secretaria de Educação e Cultura do Estado da Bahia, propõe a realização da Semana Universitária de Pesquisa e Extensão: Educação, Ciência e Tecnologia: ?Alimentando a Bahia com formação e conhecimento científico?. .A partir de sua atuação em todo o território baiano, este evento de caráter estadual, tem a abrangência territorial de 17 territórios de Identidade da Bahia e pedagógica uma vez que envolve professores Pesquisadores e extensionistas de toda a Universidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2015 - Atual
PLANO DE AÇÃO DA CURRICULARIZAÇÃO DA EXTENSÃO NA UNEB
Descrição: Plano que apresenta os fundamentos teóricos e legais sobre a temática da extensão universitária. Dada a inter-relação entre o Plano Nacional de Educação, os Projetos Pedagógicos dos Cursos e os Programas Acadêmicos da UNEB, apresentamos organograma a ser observado como ponto basilar no processo de Curricularização da Extensão da UNEB. Documento norteador para a implantação da Meta 12.7 do Plano Nacional de Educação.
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Maria Celeste Souza de Castro - Coordenador / Eliene Maria da Silva - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2
2015 - Atual
PLANO DE CURRICULARIZAÇÃO E CREDITAÇÃO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO na UNEB
Descrição: ? Compreendemos que este Plano concebe a curricularização das ações de Extensão numa dimensão acadêmica e institucional que vem fortalecer a natureza multicampi da Universidade do estado da Bahia ? UNEB e superar os desafios contemporâneos quanto a formação ética e cidadã. Atende aos documentos interinstitucionais que definem políticas para a Educação Básica e para a formação de profissionais; o Plano Nacional de Educação; as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação Inicial em Nível superior e ao Plano Nacional de Extensão que determina ? Assegurar, no mínimo, 10% (dez por cento) do total de créditos curriculares exigidos para a graduação em programas e projetos de extensão universitária, orientando sua ação, prioritariamente, para áreas de grande pertinência social.? (PNE, Meta 12.7)..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


A implantação do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação Matemática do Sertão Baiano: pontos e contrapontos no desenvolvimento profissional do professor de matemática
Situação: Desativado; Natureza: Outra.
Repensando o currículo de Matemática a partir do levantamento entre o currículo oficial e o implementado nas escolas públicas de Senhor do Bonfim
Situação: Desativado; Natureza: Outra.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Formação de Professores.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Matemática.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Capítulos de livros publicados
1.
CASTRO, M. C. S.. INICIAÇÃO Á DOCÊNCIA:uma colaboração entre áreas , sujeitos e espaços. In: Ana Lucia Gomes da Silva,Camila de Souza Figeuredo, Marcea Andrade Sales. (Org.). DA INICIAÇÃO À DOCENCIA:RESSIGNIFICANDO A PRÁTICA DOCENTE. 1ed.salvador: EDITORA DA UNEB -EDUNEB, 2016, v. 1, p. 13-375.

2.
HENRIQUES, A. ; SANTANA, C. C. ; CASTRO, M. C. S. ; NEVES, M. R. . Educação Matematica na Bahia: aprendizagens coletivas de uma comunidade de pratica. In: Claudinei Camargo Sant'Ana; Eurivalda Ribeiro dos Santos Santana; Célia Barros Nunes. (Org.). Educação Matematica na Bahia: aprendizagens coletivas de uma comunidade de pratica. 1ed.ITABUNA: VIA LITTERARUM, 2012, v. 1, p. 5-216.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
REIS, M. S. ; CASTRO, M. C. S. ; BRITO, M. F. . Matemática e orçamento familiar na Educação de Jovens e Adultos. In: V ENCONTRO DE MATEMÁTICA DO AGRESTE PERNANBUCANO, 2018, CARUARU -PE. A MATEMATICA NO CONTEXTO DA DIVERSIDADE E INCLUSÃO, 2018.

2.
RIOS, V. D. B. ; CERQUEIRA, M. S. ; CASTRO, M. C. S. ; CASTRO, M. C. S. . DO QUE É FEITA UMA UNIVERSIDADE: A RAZÃO DE SER DOS NÚCLEOS DE PESQUISA E EXTENSÃO ? NUPES. In: XI COLÓQUIO INTERNACIONAL ?EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE, 2017, SÃO CRISTOVAO- SERGIPE. XI COLOQUIO INTERNACIONAL "Educação e Contemporaneide". Aracaju: Sãp Cristovao, 2017. v. 11. p. 01-60.

3.
CASTRO, M. C. S.; COSTA, I. S. . UMA EXPERIENCIA DE PESQUISA COLETIVA: UMA REDE DE PRODUÇÃO DE SIGNIFICADOS SOBRE OS ERROS DOS DISCENTES. In: XIII CONFERENCIA INTERAMERICANA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 2011, RECIFE. ANAIS XIII CIAEM- Conferencia Ienteramaericana de Educação Matemática, 2011.

4.
CASTRO, M. C. S.; COSTA, I. S. . UMA EXPERIÊNCIA DE PESQUISA COLETIVA: uma rede de produção de significados sobre os erros dos discentes da licenciatura em matemática.. In: XIII CONFERENCIA INTERAMERICANA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 2010, RECIFE. ANAIS DO XIII CONFERENCIA INTERAMERICANA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. RECIFE: EDUMATEC, 2011.

5.
CASTRO, M. C. S.. Uma experiencia de estagio:tecendo fios na identidade profissional do licenciado em Matemática da Universidade do Estado da Bahia - UNEB - departamento de educação - Campus VII- Senhor do Bonfim. In: II Forum Baiano das Licenciaturas em matemática (Re)definindo os rumos para a formação de professores de Matemática na Bahia, 2008, Barreiras- BA. II Forum Baiano das Licenciaturas em matemática (Re)definindo os rumos para a formação de professores de Matemática na Ba. Itabuna - Ba: Via Litterarrum, 2008.

6.
CASTRO, M. C. S.. Quem é ... E como ensinas: tecendo histórias sobre os modelos, os conflitos e os saberes que subsidiam a prática pedagógica dos egressos da licenciatura em matemática. In: II CIPA - Congresso Internacional sobre Pesquisa (Auto) biográfica tempos, narrativas : a invenção de si, 2006, Salvador. Anais II CIPA - Congresso Internacionalsobre Pesquisa (Auto) biográfica tempos, narrativas : a invenção de si. Salvador: EDUNEB, 2006.

7.
MACHADO,Paulo Batista. ; CASTRO, M. C. S. ; WANDERLEY, S. S. . Quem és e como ensinas: Identidade e modelos da profissionalidade docente do licenciado em matemática. In: Primeiro colóquio Internacional Québec-Bahia, 2006, Senhor do Bonfim. Primeiro colóquio Internacional Québec-Bahia: Formação Pesquisa e Desenvolvimento em educação. Salvador-Ba: EDUNEB, 2006. v. I. p. 13-289.

8.
CASTRO, M. C. S.. QUEM ÉS E COMO ENSINAS:IDENTIDADE E MODELOS DA PROFISSIONALI0ADE DOCENTE DO LICENCIADO EM MATEMATICA. In: PRIMEIRO COLOQUIO INTERNACIONAL QUEBEC - BAHIA, 2005, SENHOR DO BONFIM. PRIMEIRO COLÓQUIO INTERNACIONAL QUEBEC -BAHIA: Formação, Pesquisa e Desenvolvimento em Educação. SALVADOR: EDUNEB, 2005. v. unico. p. 13-2.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ANGELIM, J. A. S. ; ANGELIM, V. G. L. ; VANDERLEY, S. F. S. ; CASTRO, M. C. S. ; CASTRO, M. C. S. . 'PROJETO UNIVERSIDADE PARA TODOS - UPT: UMA EXPERIÊNCIA DE INCLUSÃO E FORMAÇÃO CONTINUADA'. In: IV CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO --CONEDU, 2017, JOAO PESSOA. ANAIS IV CONEDU. CAMPINA GRANDE PARAIBA: EDITORA REALIZE, 2017. v. I.

2.
SILVA. E.M ; CASTRO, M. C. S. . REFLEXÕES SOBRE O MOVIMENTO INSTITUCIONAL DA CURRICULARIZAÇÃO DA EXTENSÃO NA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA. In: XI Seminário Nacional de Formação dos Profissionais de Educação da ANFOPE, 2017, RIO DE JANEIRO. ANAIS SEMINARIO NACIONAL DE FORMAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO DA ANFOPE. RIO DE JANEIRO, 2017. v. 1.

3.
CASTRO, M. C. S.. QUEM ÉS E COMO ENSINAS:TECENDO HISTORIAS SOBRE OS MODELOS, OS CONFLITOS EOS SABERTES QUE SUBSDIAM A PRATICA PEDAGOGCA DOS EGRESSOS DA LICENCIATUR EM MATEMATIC. In: II CIPA Congresso Internacional sobre Pesquisa (Auto) biográfica tempo, narrativas e ficções: a invenção de si, 2006, SALVADOR. ANAIS II CIPA CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE PESQUISA (AUTO) BIOGRAFICA - TEMPOS, NARRATIVAS E FCÇÕES: A ENÇÃ DE SI.. SLVADOR: EDUNEB, 2006. p. 11-561.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CASTRO, M. C. S.. Desmistificando a potenciação. In: XI Encontro Baiano de Educação Matemática, 2005, Salvador. Anais do XI Encontro Baiano de Educação matemática, 2005.

Artigos aceitos para publicação
1.
RIOS, V. D. B. ; CERQUEIRA, M. S. ; CASTRO, M. C. S. . DO QUE É FEITA UMA UNIVERSIDADE : A RAZÃO DE SER DOS NUCLEOS D EPESQUISA E EXTENSÃO NUPES. Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade, 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
CASTRO, M. C. S.. Extensão e Difusão do conhecimento: Uma aproximação possível. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
CASTRO, M. C. S.; RIOS, V. D. B. ; CERQUEIRA, M. S. . UNIVERSIDADE MULTICAMPI: Desafios da Extensão. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
CASTRO, M. C. S.. CONCEPÇÕES E AÇÕES DE EXTENSAO DA UNEB. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
CASTRO, M. C. S.. 1º eNCONTRO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DO NUPE, DCET II. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
CASTRO, M. C. S.. Plano da Curricularização da Extensão: um olhar e uma proposta a partir da realidade do curso de matemática. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
CASTRO, M. C. S.. Curricularização da Extensão nos cursos de Graduação: o que diz o Plano Nacional de Educação. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
SILVA, R. S. ; CASTRO, M. C. S. . : EXPERIÊNCIAS DE ATIVIDADES VIVENCIADAS NO PIDIB/UNEB: UM OLHAR PARA A DOCÊNCIA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
CASTRO, M. C. S.. III Seminario Interdisciplinar em Ensino, Extensão e Pesquisa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
CASTRO, M. C. S.. A EXTENSÃO NA UNIVERSIDADE: conhecimento que forma e trasnforma. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
RIOS, V. D. B. ; CERQUEIRA, M. S. ; CASTRO, M. C. S. ; CASTRO, M. C. S. . UNIVERSIDADE MULTICAMPI: Desafios da Extensão. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
CASTRO, M. C. S.; NUNES, N. M. ; ALMEIDA, M. O. ; SILVA, J. C. . INICIAÇÃO Á DOCENCIA: REFLEXÕES E AÇÕES DO PIBID/UNEB NO CONTEXTO DA ESCOLA PARCEIRA,. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
HENRIQUES, A. ; CASTRO, M. C. S. . O Curriculo das Licenciaturas em Matemática e a educação na perspectiva dos docentes e dos discentes. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
CASTRO, M. C. S.. Projetos de Iniciação Cientifica, Pesquisa e Extensão nas Licenciaturas em Matematica. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
CASTRO, M. C. S.; SOUZA, D. A. ; LIMA, S. P. . A licenciatura em Matematica da UNEB: um olhar sobre as ações do PIBID. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
CASTRO, M. C. S.. I Seminário de Estágio Supervisionado do IF Baiano ? Campus Senhor do Bonfim,. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

16.
CASTRO. Maria Celeste Souza. ; EVANGELISTA, M. ; CASTRO, M. C. S. . OIntervenção na educação Basica: buscando superar dificuldades dos alunos com Multiplicação e Divisão. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
CASTRO, M. C. S.; BATATINHA, F. C. . PIBID ? RELATO DE EXPERIÊNCIA DOS BOLSISTAS NO COLÉGIO ESTADUAL SENHOR DO BONFIM. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
CASTRO, M. C. S.. SEMINARO PIBID IAT /UNEB. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
CASTRO, M. C. S.. Dialogo : pesquisa e pratica pedagógica- O Estagio o ESTAGIO E O PIBID ? espaços de pesquisa E pratica pedagógica?. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
CASTRO, M. C. S.. O Estagio, a pesquisa e a Identidade docente nos cursos de licenciatura. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

21.
CASTRO, M. C. S.; SOUZA, D. A. . Formação de Professores de MaTEM´[ATICA NO CONTEXTO DO pibid/uneb: ALGUMAS REFLEXÕES COLETIVAS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

22.
CASTRO, M. C. S.. FORUM REGIONAL DAS LICENCIATURAS. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

23.
CASTRO, M. C. S.. A PRATICA DOCENTE EM FOCO : da formação a sala de aula. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

24.
CASTRO, M. C. S.. O desenvolvimento e a formação dos professores que ensinam Matemática. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

25.
CASTRO, M. C. S.. Quem é... E como ensinas: tecendo histórias sobre os modelos os conflitos e os saberes que subsidiam a prática pedagógica dos egressos da licenciatura em matemática. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
CASTRO, M. C. S.. O curso de Licenciatura em matemática da UNEB - Senhor do Bonfim. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
CASTRO, M. C. S.; CONCEICAO, A. P. S. . Coordenadora de comissão técnica , edital 008/2016. 2016.

2.
CASTRO, M. C. S.. O ensino de matemática nas séries iniciais. 2004.

Processos ou técnicas
1.
CASTRO, M. C. S.; SILVA, E. M. . cURRICULARIZAÇÃO DA eXTENSÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA. 2017.

2.
PIMENTA, L. B. ; CASTRO, M. C. S. ; SANTOS, M. E. S. . Regulamento do programa de Apoio a Projetos de Extensão (PROAPEX /UNEB). 2016.

Trabalhos técnicos
1.
CASTRO, M. C. S.. EDITAL 034/2016 PROAPEX TODOS CONTRA O AEDES: AEDES ZERO EM CASA E NA VIZINHANÇA. 2016.

2.
CASTRO, M. C. S.; PIMENTA, L. B. . ELABORAÇÃO EDITAL 008/2016 Apoio Financeiro á Divulgação e disseminação da produção extensinista de natureza cientifica e/ou tecnológica, esportiva,artístico ou cultural. 2016.

3.
CASTRO, M. C. S.; CONCEICAO, A. P. S. ; PIMENTA, L. B. . EDITAL 116/2015 PROGRAMA DE APOIO A PROJETOS DE EXTENSÃO. 2015.

4.
CASTRO, M. C. S.. Direção. 2006.

5.
CASTRO, M. C. S.. Projeto de Especialização em metodologia do ensino de matemática. 2005.

6.
CASTRO, M. C. S.. Programa de Reformulação Curricular dos cursos de formação de professores da UNEB. 2004.

7.
CASTRO, M. C. S.. Especialização em Metodologia do Ensino da Matemática. 2003.

8.
CASTRO, M. C. S.. Laboratório de Matemática. 2001.

9.
CASTRO, M. C. S.. Ensino de matemática. 2000.


Demais tipos de produção técnica
1.
CASTRO, M. C. S.; SILVA. E.M . Minuta de Resolução Curricularização da Extensão. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Ensino e extensão).

2.
CASTRO, M. C. S.; SILVA. E.M ; CONCEICAO, A. P. S. . Comite Gestor de Politica Nacional de Formação Inicial e Continuada de profissionais da Educação Basica. 2017. (COMISSÃO).

3.
CASTRO, M. C. S.; SILVA. E.M ; ROCHA, D. A. B. F. ; DANTAS, C. M. V. . Comissão de Reestruturação da Politica Institucional de extensão UNEB. 2017. (COMISSÃO).

4.
CASTRO, M. C. S.; CONCEICAO, A. P. S. ; PIMENTA, L. B. . Regulamento do Programa de Apoio a Projetos de Extensão (PROAPEX), no âmbito da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e seu respectivo Termo de Outorga.. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - termo de outorga).

5.
PIMENTA, L. B. ; CASTRO, M. C. S. . COMITÊ GESTOR DA Politica Nacional de Formação Inicial e Continuada de Profissionais da Educação Basica. 2016. (COMISSÃO).

6.
CONCEICAO, A. P. S. ; CERQUEIRA, M. S. ; CASTRO, M. C. S. . Acompanhamento do programa Bolsa -Auxilio - PRAES. 2016. (COMISSÃO).

7.
CASTRO, M. C. S.; RIOS, V. D. B. ; GOMES, K. L. ; SILVA. E.M . Projeto Escola de Verão UNEB. 2016. (COMISSÃO).

8.
CASTRO, M. C. S.; SILVA, A. L. S. ; FIQUEREDOI, C. S. ; MIRANDA, D. L. ; PINHEIRO, M. T. F. . UNIESCOLA. 2014. (COMISSÃO).

Demais trabalhos
1.
CASTRO, M. C. S.. Membro do Conselho Municipal de Educação. 2005 (Educacional) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CASTRO, M. C. S.; MACHADO,Paulo Batista.. Participação em banca de Tatiana Souza dos Santos.Problemas e dificuldades do ensino de matemática: o caso do professor. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências/Matemática) - Universidade do Estado da Bahia.

2.
CASTRO, M. C. S.. Participação em banca de Joseneide Pereira Farias.A matemática para o deficiente visual nas escolas de Senhor do Bonfim. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências/Matemática) - Universidade do Estado da Bahia.

3.
CASTRO, M. C. S.; MACHADO,Paulo Batista.; WANDERLEY, S. S.. Participação em banca de Fabianny Silva de Carvalho.Escola a caminho das CEBs: superação da LDB. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade do Estado da Bahia.

4.
CASTRO, M. C. S.; WANDERLEY, S. S.. Participação em banca de Maria Lúcia dos Santos Maia.A educação Profissional do pedagogo. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade do Estado da Bahia.

5.
CASTRO, M. C. S.; WANDERLEY, S. S.. Participação em banca de Áures Kellyane Argolo Lins.Ser professor e... Representações sociais do professor a cerca de sua profissão. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade do Estado da Bahia.

6.
CASTRO, M. C. S.. Participação em banca de Clebiana Olveira de Souza.O poder da avaliação no processo da aprendizagem. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em ciências com habilitação em Matemá) - Universidade do Estado da Bahia.

7.
CASTRO, M. C. S.; MACHADO,Paulo Batista.. Participação em banca de Fábio dos Reis Cardoso.A Etnomatemática como instrumento de incentivo ao espiríto empreendedor nos 3º e 4º ciclos do Ensino Fundamental. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências/Matemática) - Universidade do Estado da Bahia.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
CASTRO, M. C. S.. Seleção Pública para professor da Universidade do estado da Baiha. 2009. Universidade do Estado da Bahia.

2.
CASTRO, M. C. S.. SELEÇÃO PÚBLICA PARA ADMISSÃO DE PROFESSOR SUBSTITUTO- EDITAL 028/2009. 2009. Universidade do Estado da Bahia.

3.
CASTRO, M. C. S.. Banca Examinadora de Cálculo. 2001. Universidade do Estado da Bahia.

4.
CASTRO, M. C. S.. banca Examinadora de Álgebra Linear. 2001. Universidade do Estado da Bahia.

Outras participações
1.
CASTRO, M. C. S.. Coordenação Setorial de Estágio Supervisionado. 2006. Universidade do Estado da Bahia.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
?II Café Cientifico CPEDR: Pensando a Pesquisa e o Desenvolvimento Regional na UNEB?, promovido pelo Centro de Pesquisa em Educação e Desenvolvimento Regional-CPEDR, com duração de 04 horas, realizado no. 2018. (Encontro).

2.
IV WORKSHOP DA POS GRADUAÇÃO SRICTO SENSU: Estrategias para a Internacionalização. 2017. (Oficina).

3.
FORUM REGIONAL DAS LICENCIATURAS:SEMINARIO REGIONAL DO PIBID.ENSINO DE MATEMATICA. 2012. (Seminário).

4.
I SIMPOSIO BAIANO SOBRE ESTAGIO CURRICULAR NOS CURSOS DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA: NECESSIDADES E POSSIBILIDADES. 2011. (Simpósio).

5.
XIII CONFERENCIA INTERAMERICANA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. UMA EXPERIENCIA D EPESQUISA COLETIVA: UMA REDE DE PRODUÇÃO DE SIGNIFICADOS SOBRE OS ERROS DOS DISCENTES DA LICENCIATURA EM MATEMÁTICA. 2011. (Congresso).

6.
III FORUM BAIANO DAS LICENCIATURAS EM MATEMÁTICA.NOVOS RCNs DO MEC PARA BACHARELADOS E LICENCIATURAS: AVANÇOS OU RETROCESSOS?. 2010. (Seminário).

7.
V WORKSHOP DA PESQUISA: Analise de erros cometidos por discentes de cursos de Licenciatura em matemática das Universidades Estaduais Baianas.PAINEL A INTERVENÇÃO REALIZADA NO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO -CAMPUS VII- SENHOR DO BONFIM. 2010. (Encontro).

8.
IIi WORKSHOP DA PESQUISA: ANALISE DE ERROS COMETIDOS POR DISCENTES DE CURSOS DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS BAIANAS.ANALISE DE ERROS COMETIDOS PELOS DISCENTES DA LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA-DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CAMPUS VII -SENHOR DO BONFIM. 2009. (Encontro).

9.
II WORKSHOP PROJETO ANALISE DE ERROS COMETDOS POR DISCENTES DE CURSOS DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA. 2009. (Outra).

10.
XII ENCONTRO BAIANO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. 2009. (Encontro).

11.
II Forum Baiano das Licenciaturas em matemática (Re)definindo os rumos paar a formação de professores de Matemática na Bahia.O Impacto das mudanças nas Diretrizes Oficiais na Licenciatura em Matemática. 2008. (Encontro).

12.
IX ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. 2007. (Encontro).

13.
II CIPA Congresso Internacional sobre Pesquisa (Auto) biográfica tempo, narrativas e ficções: a invenção de si. Quem é... E como ensinas: tecendo histórias sobre os modelos, os conflitos e oos saberes que subsidiam a prática pedagógica dos egressos da licenciatura em matemática. 2006. (Congresso).

14.
I I FORUM BAIANO DAS LICENCIATURAS EM MATEMÁTICA.O Curso de Licenciatura em matemática da UNEB- Senhor do Bonfim. 2006. (Encontro).

15.
II Seminário de Avaliação das Feiras catarinenses de matemática.Quem és... Como Ensinas: Identidade e Modelos da Profissionalidade Docente dos Egressos da Licenciatura em Matemática. 2006. (Seminário).

16.
Jornada Pedagógica 2005.Tenda Matemática. 2005. (Oficina).

17.
PRIMEIRO COLOQUIO INTERNACIONAL QUEBEC - BAHIA.QUEM ÉS E COMO ENSINAS: IDENTIDADE E MDELOS DA PROFISSIONALIDADE DOCENTE DO LICEINCIADO EM MATEMATICA. 2005. (Outra).

18.
XI Encontro Baiano de Educação matemática.Desmistificando a Potenciação. 2005. (Encontro).

19.
Educação Matemática: um compromisso Social.VIII Encontro Nacional de Educação Matemática. 2004. (Encontro).

20.
Workshop " Profissão Professor".Profissão Professor. 2003. (Outra).

21.
Semana do Biológo.Semana do Biológo. 2002. (Encontro).

22.
Entre o pessoal e o profissional: o estágio e o processo de formação.IV Encontro de Estágio Supervisionado da UNEB. 2001. (Encontro).

23.
I Seminário de Planejamento Estratégico.Planejamento Estratégico. 2001. (Seminário).

24.
Seminário para coordenadores de Colegiado de curso.Seminário para coordenadores de Colegiado de curso. 2001. (Seminário).

25.
Jornada Pedagógica- CESB.Jornada Pedagógica- CESB. 1998. (Oficina).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CASTRO, M. C. S.; RIOS, V. D. B. ; CERQUEIRA, M. S. . SEMANA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA 2017 A MATEMATICA ESTA EM TUDO: DA CIENCIA E INOVAÇÃO Á ECONOMIA SOLIDARIA. 2017. (Outro).

2.
CASTRO, M. C. S.; RIOS, V. D. B. . XLIXº FORUM DE PRO REITORES DE EXTENSÃO FORPROEX NORDESTE. 2017. (Outro).

3.
CASTRO, M. C. S.. SEMANA UNIVERSITARIA DE PESQUISA E EXTENSÃO DA UNEB. 2016. (Outro).

4.
CAZORLA, Irene Mauricio ; CERQUEIRA, JONEI ; CASTRO, M. C. S. . X ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. 2010. (Outro).

5.
CASTRO, M. C. S.; CAZORLA, Irene Mauricio ; Menduni, Roberta. . III FORUM BAIANO DAS LICENCIATURAS EM MATEMÁTICA. 2010. (Outro).

6.
CASTRO, M. C. S.. XII ENCONTRO BAIANO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. 2007. (Congresso).

7.
SANTOS, A. F. ; CASTRO, M. C. S. . II Feira Baiana de Matemática. 2007. (Outro).

8.
CASTRO, M. C. S.. Evento de Implantação de Feiras de Matemática no Estado da Bahia. 2006. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Paula da Cruz Saldanha. O LUGAR DAS MATEMÁTICAS NO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA CAMPUS VII ? UMA ANÁLISE DO CURRÍCULO DO CURSO. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura Plena em ciências /Matemática) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Maria Celeste Souza de Castro.

2.
Antonia Cristiana dos Santos. Numeramento e letramento: uma experiência vivenciada na 7ª serie da escola Municipal Sagrado Coração em Filadélfia - Bahia. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura Plena em ciências /Matemática) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Maria Celeste Souza de Castro.

3.
Adriana Conceição R. Silva. Representação da Matemática na educação Infantil. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Ciências/Matemática) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Maria Celeste Souza de Castro.

4.
valneide dos Santos Nascimento. matemática Financeira: porque devo aprender essas coisas. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Ciências/Matemática) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Maria Celeste Souza de Castro.

5.
Poliana de Carvalho Silva. Os saberes matemáticos das crianças e adolescentes trabalhadores e o ensino de matemática. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Ciências/Matemática) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Maria Celeste Souza de Castro.

6.
Celma Conceição R. Silva. A matemática na escola: problemas e soluções. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Ciências/Matemática) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Maria Celeste Souza de Castro.

7.
Clebiana Oliveira de Souza. O poder da avaliação no processo da aprendizagem. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Ciências/Matemática) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Maria Celeste Souza de Castro.

8.
Fabio dos Reis Cardoso. A etnomatemática como instrumento de incentivo ao espirito empreendedor nos 3º e 4º ciclos do Ensino Fundamental. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Ciências/Matemática) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Maria Celeste Souza de Castro.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
HENRIQUES, A. ; SANTANA, C. C. ; CASTRO, M. C. S. ; NEVES, M. R. . Educação Matematica na Bahia: aprendizagens coletivas de uma comunidade de pratica. In: Claudinei Camargo Sant'Ana; Eurivalda Ribeiro dos Santos Santana; Célia Barros Nunes. (Org.). Educação Matematica na Bahia: aprendizagens coletivas de uma comunidade de pratica. 1ed.ITABUNA: VIA LITTERARUM, 2012, v. 1, p. 5-216.

2.
CASTRO, M. C. S.. INICIAÇÃO Á DOCÊNCIA:uma colaboração entre áreas , sujeitos e espaços. In: Ana Lucia Gomes da Silva,Camila de Souza Figeuredo, Marcea Andrade Sales. (Org.). DA INICIAÇÃO À DOCENCIA:RESSIGNIFICANDO A PRÁTICA DOCENTE. 1ed.salvador: EDITORA DA UNEB -EDUNEB, 2016, v. 1, p. 13-375.


Apresentações de Trabalho
1.
CASTRO, M. C. S.. 1º eNCONTRO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DO NUPE, DCET II. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
CASTRO, M. C. S.; RIOS, V. D. B. ; CERQUEIRA, M. S. . UNIVERSIDADE MULTICAMPI: Desafios da Extensão. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CASTRO, M. C. S.. SEMANA UNIVERSITARIA DE PESQUISA E EXTENSÃO DA UNEB. 2016. (Outro).



Outras informações relevantes


Conselho Municipal de Educação



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/01/2019 às 19:58:54