Angélica Pina Lebre

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2466317470071963
  • Última atualização do currículo em 19/10/2016


Possui graduação em Economics pela University of Warwick(2007) e mestrado em Economics pela London School of Economics(2014). Atualmente é da Universidade de Pernambuco. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração Pública. (Texto gerado automaticamente pela aplicação CVLattes)


Identificação


Nome
Angélica Pina Lebre
Nome em citações bibliográficas
LEBRE, A. P.


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2014
Mestrado em Economics.
London School of Economics, LSE, Inglaterra.
Título: Has Bolsa Familia Affected Labour Force Participation in Brazil?,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Esteban Auciejo.
2004 - 2007
Graduação em Economics.
University of Warwick, WARWICK, Inglaterra.
Título: The Impact of Stock Market Liquidity on Economic Growth: an Empirical Analysis.
Orientador: Vatentina Corradi.
Bolsista do(a): International Office, WARWICK, Inglaterra.




Atuação Profissional



Universidade de Pernambuco, UPE, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Bank of America Merrill Lynch, BAC, Inglaterra.
Vínculo institucional

2007 - 2012
Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Credit Derivatives trader, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Enfrentamento da crise ambiental pelos governos municipais em Pernambuco-Brasil e como os cidadãos podem monitorar as ações desses governos voltadas para minorá-la
Descrição: A pesquisa em realização dá continuidade a outras e tem o objetivo geral de mapear a evolução das condições ambientais, especialmente os danos provocados pelas ações antrópicas, bem como o conjunto das ações desenvolvidas pelos governos municipais de Pernambuco visando a atenuar ou evitar esses danos. Seus resultados permitirão uma aproximação do cidadão com o gestor ambiental municipal. A partir da Lei nº 6.938, de 31 de agosto de 1981, que definiu a Política Nacional de Meio Ambiente e com a promulgação da Constituição Federal de 1988, especialmente por meio de seu artigo 225, as questões ambientais foram se tornando cada vez mais presentes em todas as abordagens das atividades humanas. Numa federação, especificamente na brasileira, o espaço público estatal se compõe de subespaços relativos à União, aos Estados e aos Municípios que, no caso das ações relativas aos efeitos da interação homem-natureza, se superpõem, cabendo, cada vez mais, a articulação e a cooperação. O crescente processo de urbanização no Brasil, com a população urbana ultrapassando 80% do total, no último censo, e a crescente importância dos governos municipais no federalismo brasileiro levam à necessidade de investigar as políticas públicas voltadas para a eliminação ou atenuação dos efeitos negativos do processo de crescimento da população e da produção sobre os recursos naturais e, como consequência, sobre as próprias pessoas. Neste projeto busca-se, também, contribuir para maior envolvimento do cidadão de cada município por meio do conhecimento das condições do meio ambiente do território em que reside bem como da atuação do governo local. Isto será possível porque se disponibilizarão os dados obtidos com as pesquisas realizadas pelo NUPESP no site do grupo (www.nupesp.org). Acredita-se, e daí a proposta contida neste projeto, que a participação dos cidadãos depende de forma significativa do acesso a informações que, ao longo do tempo, se lhes apresentem como crescentemente confiáveis. A investigação atual contempla os municípios mais populosos de cada uma das 12 Regiões de Desenvolvimento de Pernambuco, num total de 33 em todo o Estado, abrangendo 52% de sua população. O método da pesquisa compreende a coleta e análise de dados com base na apuração de questionários e do exame da evolução dos indicadores a partir de 2002. Também serão feitas, para municípios selecionados, entrevistas estruturadas, gravadas, com gestores das Prefeituras abrangidas pela pesquisa. Os resultados da execução deste projeto contribuirão para a comparação entre diferentes gestões municipais e a troca de experiências exitosas, visando à multiplicação de ações em prol da preservação e recuperação do ambiente. Tem-se a expectativa de intensificar o envolvimento dos cidadãos com as questões ambientais, permitindo-lhes maior interação com os gestores públicos e maior participação na formulação e implementação de políticas públicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Angélica Pina Lebre - Coordenador / Felipe Luiz Lima de Paulo - Integrante / Cristiano Correa - Integrante / Antônio Luiz Ribeiro Monteiro - Integrante / Janielle do Amaral Alves - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração Pública/Especialidade: Política e Planejamento Governamentais.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/10/2018 às 14:31:25