Lisiane Trevisan

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8018635884925092
  • Última atualização do currículo em 16/11/2018


Graduada em Engenharia Metalúrgica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul-UFRGS (2005), Mestrado e Doutorado pelo Programa de Pós Graduação em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais - PPGE3M pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. Atualmente é Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - IFRS - Campus Farroupilha nos cursos técnicos, graduação e mestrado. Atua em pesquisa nas áreas de Metrologia, Fundição e Ensaios Mecânicos, principalmente na área de Incerteza de medição para ensaios mecânicos. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Lisiane Trevisan
Nome em citações bibliográficas
TREVISAN, L.;TREVISAN, L;TREVISAN, LISIANE

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Núcleo Avançado de Farroupilha.
Avenida São Vicente, 785.
Vicentina
95180000 - Farroupilha, RS - Brasil
Telefone: (54) 32602400
URL da Homepage: http://farroupilha.ifrs.edu.br


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2015
Doutorado em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Cálculo de incerteza de medição através do Método de Monte Carlo em ensaio de fadiga, Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Afonso Reguly.
Palavras-chave: ensaios mecânicos; metrologia; incerteza de medição.
Grande área: Engenharias
2005 - 2008
Mestrado em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Estudo Comparativo entre micrestrutura e parâmetros de solidificação em aços produzidos por lingotamento continuo,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Jaime Álvares Spim Júnior.
Palavras-chave: lingotamento continuo; solidificação.
Grande área: Engenharias
2000 - 2005
Graduação em Engenharia Metalurgica.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PARA A ANÁLISE DA DIFUSÃO DE HIDROGÊNIO EM AÇO NA ZONA DE RESFRIAMENTO TERCIÁRIA DO LINGOTAMENTO CONTINUO.
Orientador: Jaime Álvares Spim Júnior.




Formação Complementar


2017 - 2017
Elaboração de Projetos para Captação de Recursos.. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2011 - 2011
Treinamento Dirigido em Cálculo de Incerteza das Medições. (Carga horária: 24h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Excel Avançado. (Carga horária: 20h).
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, UNISINOS, Brasil.
2009 - 2009
Avaliador Técnico - Ensaios Mecânicos e Volumetria. (Carga horária: 44h).
Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Microscopia Eletrônica de Varredura e Microanálise. (Carga horária: 24h).
Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais, ABM, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Curso para Inspetor de Soldagem - CIS nível 1. (Carga horária: 204h).
Fundação Brasileira de Tecnologia da Soldagem, FBTS, Brasil.
2008 - 2008
Sistema de Gestão em ISO/IEC 17025:2005. (Carga horária: 20h).
Rede Metrológica RS, REDE METROLÓGICA, Brasil.
2008 - 2008
Auditor Interno ISO/IEC 17025. (Carga horária: 20h).
Rede Metrológica RS, REDE METROLÓGICA, Brasil.
2008 - 2008
Matemática Aplicada ao Cálculo de Incerteza de Med. (Carga horária: 24h).
SENAI - Departamento Regional do Rio Grande do Sul, SENAI/DR/RS, Brasil.
2007 - 2007
Formação Instrutores por Microensino. (Carga horária: 16h).
SENAI - Departamento Regional do Rio Grande do Sul, SENAI/DR/RS, Brasil.
2005 - 2005
Tratamentos Térmicos e Termoquímicos de Materiais. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2003 - 2003
Metalografia de Materiais Ferrosos e não ferrosos. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, IFRS, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor EBTT, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

07/2018 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Farroupilha, .

Cargo ou função
Grupo de Trabalho para criação de cursos na Área de Materiais.
06/2018 - Atual
Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em Fundição, Metrologia, Fundição I - curso técnico
01/2013 - Atual
Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Excel Avançado para Engenharia Mecânica
Metrologia
Processos Metalúrgicos
Ensaios Mecânicos
03/2011 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , IFRS - Campus Farroupilha, .

Linhas de pesquisa
Processos Metalúrgicos
09/2010 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Fundição I e Fundição II
Introdução a Metalurgia Física
Metrologia
06/2018 - 09/2018
Ensino, MESTRADO PROFISSIONAL EM TECNOLOGIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Processos Metalúrgicos
01/2018 - 06/2018
Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metrologia, Processos Metalúrgicos de Fabricação, Fundição I
08/2016 - 08/2017
Direção e administração, Campus Farroupilha, .

Cargo ou função
Coordenador do Curso Técnico em Metalurgia.
10/2011 - 06/2013
Direção e administração, IFRS - Campus Farroupilha, .

Cargo ou função
Coordenador do Curso Técnico em Metalurgia.
01/2012 - 06/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, IFRS - Campus Farroupilha, .

Cargo ou função
Revisão Plano de Curso (PPC) Curso Técnico em Metalurgia.

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense, IFSUL, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40


SENAI - CETEMP, CETEMP, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2010
Vínculo: Iniciativa Privada, Enquadramento Funcional: Técnico de Desenvolvimento, Carga horária: 40


Freios Controil, CONTROIL, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Iniciativa Privada, Enquadramento Funcional: Supervisor de Produção, Carga horária: 44


Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Bolsista Iniciação Cientifica, Enquadramento Funcional: Estagiario, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Simulação do processo de difusão do hidrogênio dentro do aço lingotado no Laboratório de Fundição da Universidade Federal do Rio Grande do Sul- LAFUN / GERDAU.

Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Bolsista Iniciação Cientifica, Enquadramento Funcional: Estágiario, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Monitoramento de Forças durante a atividade do ciclismo, exercido no Laboratório de Ensaios Mecânicos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul- UFRGS / ESEF.



Linhas de pesquisa


1.
Processos Metalúrgicos

Objetivo: Esta linha de pesquisa atua na áreas de estudo de materiais e processo de fabricação metalúrgicos..
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Processos de Fabricação.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Estudo da reutilização de resíduo metálico industrial para uso como matéria-prima no processo de metalurgia do pó
Descrição: Os processos industriais metalúrgicos caminham para a otimização de parâmetros e produtividades cada vez mais elevadas. Por outro lado, há o aumento da geração de resíduos industriais e, em virtude da legislação existente, sua reutilização mostra-se cada vez mais importante. A acomodação de resíduos metálicos em aterros acarretam grande problemas ambientais além da dificuldade do armazenamento há custos relacionados ao transporte, uso e há existência da responsabilidade por este lixo por longos anos a frente. Assim, este projeto tem como objetivo estudar um destino para um tipo de resíduo industrial metálico gerado durante o processo de fabricação de componentes metálicos em aço inoxidável de uma empresa de grande porte da serra gaucha. Partindo deste resíduo, serão realizados etapas de limpeza e quantificação de matéria metálica para que então serão realizadas o estudo do uso deste resíduo dentro do processo de metalurgia do pó..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Lisiane Trevisan - Coordenador / Daniela Lupinacci Villanova - Integrante / Daniel Antonio Kapper Fabricio - Integrante / Vinicius de Freitas Paz - Integrante / Elisangela Muncinelli Caldas - Integrante / Kétner Bendo Demétrio - Integrante / Ana Paula Lenzi Leissmann - Integrante / Isadora Vieira Ramos - Integrante.
2017 - 2018
INFLUÊNCIA DO USO DE DIFERENTES FILTROS CERÂMICOS NO VAZAMENTO DA LIGA SAE 305 POR GRAVIDADE, EM MOLDE DE AREIA VERDE
Descrição: Os filtros cerâmicos são amplamente utilizados na indústria de fundição devido a sua facilidade na filtragem do metal líquido durante o preenchimento do molde. Seu posicionamento dentro do molde e o tamanho dos poros determinam a eficiência deste filtro cerâmico. Assim, o objetivo deste trabalho é verificar as alterações na microestrutura do alumínio SAE 305 fundido em areia verde com diferentes filtros em diferentes posições do molde. Os resultados pretendem mostrar que há influencia na microestrutura do alumínio devido aos diferentes filtros cerâmicos utilizados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Lisiane Trevisan - Coordenador / Vinicius de Freitas Paz - Integrante / Bruno Nonemacher - Integrante / Carlos Giovane Haefliger - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2017 - 2018
Criação de uma interface com usuário para o cálculo da incerteza de medição no ensaio de fadiga com uso de três diferentes métodos matemáticos
Descrição: Este projeto tem como objetivo principal criar uma interface com usuário para cálculo da incerteza através de diferentes métodos matemáticos (ISO GUM, Kragten e Monte Carlo) para ensaio de fadiga com uso do software Matlab. Esta tela de interface com o usuário facilitará a rotina laboratorial tanto de indústrias quanto de laboratórios que utilizam o ensaio de fadiga em projetos mecânicos. Através do uso desta rotina numérica, o técnico poderá inserir dados disponíveis ou medidos durante o ensaio para a realização do cálculo e a tela de interface mostrará os valores calculados para cada um dos três métodos matemáticos escolhidos para o desenvolvimento deste trabalho (GUM, Método de Monte Carlo e Kragten)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Lisiane Trevisan - Coordenador / Daniel Antonio Kapper Fabricio - Integrante / Carolina de Lourdes Correa Moraes - Integrante.Financiador(es): Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Bolsa / Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.
2017 - 2018
Simulação do resfriamento de um componente metálico com uso do Método de Diferenças Finitas(MDF) em coordenadas polares
Descrição: Considerando a importância do conhecimento do processo de resfriamento de componentes metálicos para a indústria metal mecânica, a verificação de valores de temperatura permite a determinação de parâmetros de transformação de fases em processos como soldagem, fundição e principalmente tratamento térmico. As curvas de resfriamento permitem a adequação dos parâmetros utilizados industrialmente, otimizando as propriedades dos componentes produzidos e suas características frente aos esforços mecânicos. Nesse sentido, este projeto tem como objetivo obter as curvas de resfriamento e através de simulação numérica com softwares Matlab e C++ e compará-las com as obtidas experimentalmente para corpos de prova para geometria cilindrica. Para simulação numérica será utilizado o Método de diferenças finitas aplicado na Equação Geral de Condução de Calor em regime transitório. Com isso podemos verificar possíveis discrepâncias entre as curvas experimental e simulada. Para as iterações serão utilizados materiais metálicos ferrosos como SAE 8620 e SAE 1141. Todos as materiais analisados são utilizados pelas indústrias metal-mecânicas para construção de componentes metálicos, além disso, as constantes e os valores de temperatura iniciais serão semelhantes aos utilizados industrialmente..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Lisiane Trevisan - Coordenador / Juliane Donadel - Integrante / Daniel Antonio Kapper Fabricio - Integrante / Vinicius de Freitas Paz - Integrante / Bianca Rodrigues de Castro - Integrante / Vagner Machado Costa - Integrante.Financiador(es): Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2017 - 2018
Influência da distribuição de probabilidade na incerteza de medição no ensaio de dureza
Descrição: A caracterização das propriedades mecânicas nos materiais é um desafio cotidiano na indústria metalmecânica, sendo o ensaio de dureza um dos ensaios mecânicos mais utilizados pela indústria para garantir a qualidade de processos metalúrgicos. Em ensaios mecânicos, é fundamental realizar a estimativa da incerteza de medição associada aos valores medidos, visando ter uma maior confiabilidade em relação aos resultados. Existe ampla literatura apresentando casos de aplicação de incerteza de medição em ensaios de dureza, mas poucos trabalhos avaliam a influência da distribuição de probabilidade estatística associada aos valores de entrada no resultado, quando o resultado é determinado pelo método de Monte Carlo e/ou GUM. Geralmente, são utilizadas simplificações e aproximações. Assim, esse projeto tem como objetivo avaliar a influência da distribuição de probabilidade nos resultados de incerteza de medição aplicado ao ensaio de dureza. Além disso, espera-se obter formulários de cálculo de incerteza de medição do ensaio de dureza, os quais podem ser utilizados tanto em laboratórios do IFRS como de outras instituições..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Lisiane Trevisan - Coordenador / Daniel Antonio Kapper Fabricio - Integrante / Vagner Machado Costa - Integrante / Julia Perin - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2017 - 2018
Estudo Dos Defeitos De Fabricação em Função do Sistema de Preenchimento Para Peças Fundidas em Alumínio em Molde de Areia Verde.
Descrição: Este projeto tem como principal motivação estudar e criar uma metodologia para compreender os defeitos de fundição gerados em um componente, em função do seu sistema de alimentação no processo de fundição em areia verde. Neste estudo será utilizado a liga de alumínio SAE 305, classe com vasta aplicação pela indústria metalúrgica na construção de componentes mecânicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Lisiane Trevisan - Coordenador / Carlos E. Avelleda - Integrante / Vinicius de Freitas Paz - Integrante / Bruno Nonemacher - Integrante / Rafael Callegari - Integrante.Financiador(es): Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro / Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2017 - 2017
Desenvolvimento de padrões de verificação, procedimento de ensaio e cálculo de incerteza de medição para o ensaio de dureza
Descrição: O ensaio de dureza é um dos ensaios mecânicos destrutivos mais utilizados pela indústria metalmecânica. A garantia dos resultados medidos devese principalmente ao fator humano: verificação, ajustes e operação dos equipamentos de medição. Sendo assim, o objetivo principal deste projeto é desenvolver padrões de verificação para as escalas Brinell, Vickers e Rockwell e padrão para microdureza Vickers. Além disso, serão desenvolvidos os procedimentos de operação/ajustes e a planilha de incerteza que serão utilizadas tanto no desenvolvimento de pesquisas quanto em sala de aula. Para garantir a confiabilidade dos valores de dureza dos padrões de verificação, os mesmos serão submetidos a medições em equipamentos calibrados por laboratórios pertencentes à Rede Brasileira de Calibração, visando executar comparações bilaterais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Lisiane Trevisan - Coordenador / Daniel Antonio Kapper Fabricio - Integrante / Vinicius de Freitas Paz - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2016 - 2017
Avaliação experimental da influência da rugosidade superficial em modelo obtido por diferentes processos de fundição no desenvolvimento de perfis de escoamento
Descrição: O entendimento de escoamentos ao redor de objetos de diferentes geometrias tem sido fundamental para o desenvolvimento da tecnologia em várias áreas do conhecimento, sendo a visualização de escoamentos uma importante ferramenta para o estudo qualitativo de características dos mesmos. A importância de se conhecer e dominar tal assunto pode ser facilmente reconhecida quando se observa que grande parte dos objetos de interesse em engenharia está exposta à passagem de uma corrente de ar ou de água. Muitos desses objetos acabam por apresentar acabamentos diferentes, com rugosidades associadas, em virtude dos mais variados processos de fabricação, o que pode gerar diferentes perfis de escoamento. Face ao exposto, o presente trabalho visa à avaliação da influência da rugosidade superficial de um objeto (modelo de estudo) no desenvolvimento de perfis de escoamento. Para tal serão estudados diferentes acabamentos superficiais obtidos com a fabricação do modelo de estudo em três diferentes processos de fundição: areia verde, microfusão e fundição em coquilha. Empregar-se-á como técnica experimental a visualização de escoamentos, sendo os ensaios realizados, para diferentes números de Reynolds, utilizando-se a bancada didática 'canal de escoamento aberto', devidamente adaptada, do Laboratório de Fenômenos, do IFRS-Campus Farroupilha. A partir dos resultados obtidos será possível correlacionar a rugosidade superficial dada por cada processo de fabricação com o comportamento do perfil de escoamento obtido..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Lisiane Trevisan - Integrante / Carlos E. Avelleda - Integrante / Daniela Lupinacci Villanova - Integrante / Fernanda Raquel Brand - Coordenador.Financiador(es): Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2015 - 2017
Método de diferenças finitas aplicado na descrição do resfriamento de um componente metálico.
Descrição: Projeto com objetivo principal de implementar o método de diferenças finitas (MDF) para solução de equações diferencias parciais, para então aplicá-las no processo de resfriamento de componentes metálicos em diferentes geometrias através do monitoramento das curvas de resfriamento. O método proposto será aplicado na Equação Geral de Condução de Calor em regime transitório, e para a simulação numérica será utilizado o software Matlab. Para as iterações serão utilizados materiais metálicos (aço, aluminio entre outros) utilizados pelas indústrias metal-mecânicas da região para construção de componentes metálicos, além disso, as constantes e os valores de temperatura iniciais serão semelhantes aos utilizados industrialmente...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Lisiane Trevisan - Integrante / Juliane Donadel - Coordenador.Financiador(es): Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2012 - 2017
Automatização de Laboratório de Fundição Metálica
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Lisiane Trevisan - Integrante / Carlos E. Avelleda - Integrante / Daniela Lupinacci Villanova - Integrante / Fernanda Raquel Brand - Integrante / Erik Schüler - Coordenador / Matheus Antônio Corrêa Ribeiro - Integrante / Ivan Jorge Gabe - Integrante / Rogério Xavier de Azambuja - Integrante / Eduardo Alberto Fidler - Integrante / Jean Lenon Vivan - Integrante / Lucas Angelo Roman Tamanini - Integrante / Éricson Wiatter Felipetto - Integrante / Patrick Flores Del Pino - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2012 - 2012
Avaliação das propriedades térmicas de matrizes cerâmicas obtidas por Processo Shaw
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Lisiane Trevisan - Integrante / Daniela Lupinacci Villanova - Coordenador / Fernanda Raquel Brand - Integrante / Gilmar da Luz Junior - Integrante.Financiador(es): Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Bolsa.


Outros Projetos


2017 - 2017
Elaboração de Material didático para área de Fundição
Descrição: Este projeto visa produzir material didático que descrevam os conteúdos relacionados ao processo de fundição com foco nas práticas de ensino e de aprendizagem. O material didático a ser elaborado será focado na abordagem do saber do exercício profissional, grande demanda existente na área da engenharia. Para isso, serão reunidas apostilas, polígrafos e livros publicados, em língua portuguesa e em outras línguas. Para tanto, o material será organizado em etapas do processo, com diagramas, fluxogramas e texto explicativos para facilitar a relação entre prática industrial e teoria. Através do uso de exemplos práticos, o material didático facilitará a construção do conhecimento por parte do aluno, permitindo relacionar com a prática industrial com a teoria..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Lisiane Trevisan - Coordenador / Carlos E. Avelleda - Integrante / Daniela Lupinacci Villanova - Integrante / Maico Minosso - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Fundição.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: incerteza de Medição.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Metrologia, Técnicas Gerais de Laboratório, Sistema de Instrumentação.
4.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Engenharia de Materiais e Metalúrgica.
5.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Processos de Fabricação.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
FABRICIO, D. A. K.2018 FABRICIO, D. A. K. ; TREVISAN, L. ; REGULY, A. ; CATEN, C. S. T. . Measurement uncertainty of plane-strain fracture toughness KIC testing by the Monte Carlo Method.. Revista da Escola de Minas (Impresso), v. 71, p. 235-241, 2018.

2.
FABRICIO, DANIEL ANTONIO KAPPER2018 FABRICIO, DANIEL ANTONIO KAPPER ; CATEN, CARLA SCHWENGBER TEN ; TREVISAN, LISIANE ; REGULY, AFONSO . Influence of probability distribution in measurement uncertainty of plane-strain fracture toughness test. Accreditation and Quality Assurance, v. 23, p. 231-242, 2018.

3.
TREVISAN, LISIANE2018TREVISAN, LISIANE; FABRICIO, D. A. K. . Measurement uncertainty evaluation of Brinell Hardness test: GUM and Monte Carlo method.. PERIÓDICO TCHÊ QUÍMICA (MEIO ELETRÔNICO), v. 15, p. 252-258, 2018.

4.
FABRICIO, D. A. K.2016FABRICIO, D. A. K. ; TREVISAN, L. ; STROHAECKER, T. R. . Incerteza de medição do ensaio de tenacidade à fratura KIC. PERIÓDICO TCHÊ QUÍMICA, v. 13, p. 16-22, 2016.

5.
FABRICIO, D A K2016FABRICIO, D A K ; TREVISAN, L ; REGULY, A ; STROHAECKER, T R . Intralaboratory comparison for the anisotropy test of sheet metals. Journal of Physics. Conference Series (Online), v. 733, p. 012010, 2016.

6.
TREVISAN, LISIANE2016TREVISAN, LISIANE; FABRICIO, DANIEL ANTONIO KAPPER ; REGULY, AFONSO . Comparison of uncertainty in fatigue tests obtained by the Monte Carlo method in two softwares. JOURNAL OF PHYSICS. CONFERENCE SERIES (ONLINE), v. 733, p. 012029, 2016.

7.
PAZ, Vinicius de F.2016PAZ, Vinicius de F. ; TREVISAN, L. ; REGULY, A. . Avaliação da resistência ao desgaste de aços ferramenta sisnterizados tratados termicamente a vácuo. PERIÓDICO TCHÊ QUÍMICA (MEIO ELETRÔNICO), v. 13, p. 97-104, 2016.

8.
TREVISAN, L2016TREVISAN, L; FABRICIO, D. A. K. ; REGULY, A. . Comparison of Measurement Uncertainty Values of Fatigue Tests through Monte Carlo and Kragten Methods. International Journal of Research in Mechanical Engineering and Technology, v. 6, p. 108, 2016.

9.
TREVISAN, L.;TREVISAN, L;TREVISAN, LISIANE2015TREVISAN, L.; FABRICIO, D. A. K. . Método de Monte Carlo na estimativa da incerteza em ensaios de fadiga. REVISTA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, v. v.18, p. p.81-86, 2015.

10.
TREVISAN, L.;TREVISAN, L;TREVISAN, LISIANE2015TREVISAN, L.; FABRICIO, D. A. K. ; REGULY, A. . Study of the misalignment of test specimens submitted to fatigue test through different fastening systems. International Journal of Research in Mechanical Engineering and Technology (IJRMET), v. v.5, p. p.44-48, 2015.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
TREVISAN, LISIANE; FABRICIO, D. A. K. . Incerteza de Medição no Ensaio de Fadiga com uso do Método de Monte Carlo. 1. ed. Beau Bessin: Novas Edições Acadêmicas, 2018. v. 1. 189p .

2.
TREVISAN, L.; FABRICIO, D. A. K. . Microestrutura e parâmetros de solidificação de aços lingotados. 1. ed. Beau-Bassin: Novas Edições Acadêmicas, 2017. v. 1. 138p .

3.
FABRICIO, D. A. K. ; TREVISAN, L. . Garantia da qualidade de ensaios: Aplicação a ensaios mecânicos de materiais metálicos. 1. ed. Saarbrücken: Novas Edições Acadêmicas, 2017. v. 1. 92p .

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
TREVISAN, L.. Microscópio Eletrônico de Varredura. Jornal da Metrologia, http://www.redemetrologica.com, , v. nº 76, p. 03 - 03, 10 jan. 2010.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
TREVISAN, LISIANE; TREVISAN, S. ; FABRICIO, D. A. K. . Construção de jogos edcativos na aprendizagem dos processos produtivos de fundição de componentes metalúrgicos. In: COBENGE 2018 - XLVI Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia e 1° Simpósio Internacional de Educação em Engenharia, 2018, Salvador - Bahia. COBENGE 2018 - XLVI Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia, 2018.

2.
FABRICIO, D. A. K. ; TREVISAN, LISIANE ; ROCHA, C. L. F. . Simulação de um sistema produtivo no ensino de Gestão da Produção. In: COBENGE 2018 - XLVI Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia e 1° Simpósio Internacional de Educação em Engenharia, 2018, Salvador. COBENGE 2018 - XLVI Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia, 2018.

3.
FABRICIO, D. A. K. ; TREVISAN, LISIANE ; REGULY, A. . Measurement uncertainty of fracture toughness KIC of metallic materials through Kragten Method. In: XVII Brazilian Materials Research Society Meeting, 2018, Natal - RN. XVII Brazilian Materials Research Society Meeting, 2018.

4.
ALVES, B. V. ; TREVISAN, LISIANE . Análise do resfriamento de componentes metálicos construídos em SAE 1045 a partir de diferentes geometrias. In: PEnsE 2018 - 4a Jornada Científica e Tecnológica do IFRS Campus Farroupilha, 2018, Farroupilha. PEnsE 2018 - 4a Jornada Científica e Tecnológica do IFRS Campus Farroupilha, 2018.

5.
PERIN, J. ; FABRICIO, D. A. K. ; TREVISAN, LISIANE . Influência da distribuição de probabilidade no valor da incerteza de ensaios de dureza. In: PEnsE 2018 - 4a Jornada Científica e Tecnológica do IFRS Campus Farroupilha, 2018, Farroupilha. PEnsE 2018 - 4a Jornada Científica e Tecnológica do IFRS Campus Farroupilha, 2018.

6.
DONADEL, J. ; TREVISAN, L. ; CASTRO, B. R. . Método de Diferenças Finitas Aplicado na descrição do resfriamento de um componente metálico. In: IX Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação, 2017, Joinville. Método de Diferenças Finitas Aplicado na descrição do resfriamento de um componente metálico, 2017.

7.
TREVISAN, L.; FABRICIO, D. A. K. . INCERTEZA DE MEDIÇÃO NO ENSAIO DE FADIGA PARA DIFERENTES RUGOSIDADES SUPERFICIAIS. In: IX Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação, 2017, Joinville. IX Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação, 2017.

8.
TREVISAN, L.; FABRICIO, D. A. K. ; PAZ, Vinicius de F. . Análise das fontes de incerteza de medição no processo de fundição. In: 6° Seminário de Inovação e Tecnologia do IFSul, 2017, Sapucaia do Sul. Anais do 6° Seminário de Inovação e Tecnologia do IFSul, 2017. v. 1. p. 381-387.

9.
TREVISAN, L.; FABRICIO, D. A. K. ; REGULY, A. . Monitoring the quality of the Rockwell C hardness test through control charts. In: 9º Congresso Brasileiro de Metrologi, 2017, Fortaleza. Anais Metrologia 2017 - 9º Congresso Brasileiro de Metrologia, 2017. v. 1.

10.
FABRICIO, D. A. K. ; TREVISAN, L. ; REGULY, A. ; CATEN, C. S. T. . Measurement uncertainty of KIC testing by the Monte Carlo method. In: Metrologia 2017 - 9º Congresso Brasileiro de Metrologia, 2017, Fortaleza. Anais Metrologia 2017 - 9º Congresso Brasileiro de Metrologia, 2017. v. 1.

11.
SILVA JUNIOR, F. A. ; BRAND, F. R. ; TREVISAN, L. ; VILLANOVA, D. L. ; NONEMACHER, B. . Experimental evalution of the influence of surface roughness on a model obtained by different casting processes in the development of flow profiles. In: 24th ABCM International Congress of Mechanical Engineering, 2017, Curitiba - PR. 24th ABCM International Congress of Mechanical Engineering, 2017.

12.
CASTRO, B. R. ; TREVISAN, L. ; DONADEL, J. . The method of finite differences apllied to description of a metalic component. In: 24th ABCM International Congress of Mechanical Engineering, 2017, Curitiba. 24th ABCM International Congress of Mechanical Engineering, 2017.

13.
TREVISAN, L; DONADEL, J. ; CASTRO, B. . Ajuste de Curvas dos parâmetros de solidificação para aços produzidos por lingotamento contínuo. In: Congresso Nacional de Estudantes de Engenharia Mecânica - XXIII Creem, 2016, Teresina - Piauí. Congresso Nacional de Estudantes de Engenharia Mecânica, 2016.

14.
TREVISAN, L.; FABRICIO, D A K ; REGULY, A . Estimativa da Probabilidade de falha em fadiga de alto ciclo do aço AISI 316L. In: IX Simposio Internacional de Ingeniéria Industrial: Actualidad y Nuevas Tendencias 2016, 2016, Porto Alegre. IX Simposio Internacional de Ingeniéria Industrial: Actualidad y Nuevas Tendencias 2016, 2016.

15.
TREVISAN, L.; FABRICIO, D. A. K. ; REGULY, A. . Comparison of uncertainty in fatigue tests obtained by the Monte Carlo method in two softwares.. In: 8º Congresso Brasileiro de Metrologia, 2015, Bento Gonçalves. 8º Congresso Brasileiro de Metrologia, 2015.

16.
FABRICIO, D. A. K. ; TREVISAN, L. ; REGULY, A. ; STROHAECKER, T. R. . Intralaboratory comparison for the anisotropy test of sheet metals. In: 8º Congresso Brasileiro de Metrologia, 2015, Bento Gonçalves. 8º Congresso Brasileiro de Metrologia, 2015.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MORAES, C. L. C. ; TREVISAN, LISIANE . Criação de uma interface gráfica com usuário para o cálculo da incerteza de medição no ensaio de fadiga com o uso de três métodos matemáticos. In: 6° SICT - Seminário de Iniciação Cinetífica e Tecnológica do IFRS, 2018, Bento Gonçalves - RS. 6° SICT - Seminário de Iniciação Cinetífica e Tecnológica do IFRS, 2018.

2.
CALLEGARI, R. ; TREVISAN, LISIANE . Estudo dos defeitos de fabricação em função do sistema de preenchimento para peças fundidas em alumínio em molde de areia verde. In: 6° SICT - Seminário de Iniciação Cinetífica e Tecnológica do IFRS, 2018, Bento Gonçalves - RS. 6° SICT - Seminário de Iniciação Cinetífica e Tecnológica do IFRS, 2018.

3.
CASTRO, B. R. ; DONADEL, J. ; TREVISAN, LISIANE . Método de Diferenças Finitas Aplicado na descrição do resfriamento de um componente metálico durante o tratamento térmico. In: 6° SICT - Seminário de Iniciação Cinetífica e Tecnológica do IFRS, 2018, Bento Gonçalves - RS. 6° SICT - Seminário de Iniciação Cinetífica e Tecnológica do IFRS, 2018.

4.
CALLEGARI, R. ; TREVISAN, LISIANE . Cálculo dos canais de alimentação utilizados em projetos de componentes fundidos em aluminio pelo processo de fundição em areai verde através do uso de planilhas eletrônicas. In: PEnsE - 3 Jornada Científica e Tecnológica do IFRS Campus Farroupilha, 2017, Farroupilha. PEnsE - 3 Jornada Científica e Tecnológica do IFRS Campus Farroupilha, 2017.

5.
HAEFLIGER, C. G. ; TREVISAN, LISIANE . A influência do uso de filtros cerâmicos em fundição por areia verde. In: PEnsE - 3 Jornada Científica e Tecnológica do IFRS Campus Farroupilha, 2017, Farroupilha. PEnsE - 3 Jornada Científica e Tecnológica do IFRS Campus Farroupilha, 2017.

6.
PERIN, J. ; TREVISAN, LISIANE ; FABRICIO, D. A. K. . Distribuição de Probabilidade no valor da incerteza de medição para a escala de dureza Brinell. In: PEnsE - 3 Jornada Científica e Tecnológica do IFRS Campus Farroupilha, 2017, Farroupilha. PEnsE - 3 Jornada Científica e Tecnológica do IFRS Campus Farroupilha, 2017.

7.
CASTRO, B. R. ; TREVISAN, LISIANE . Método de diferenças finitas aplicado na descrição do resfriamento de um componente metálico em coordenadas polares. In: PEnsE - 3 Jornada Científica e Tecnológica do IFRS Campus Farroupilha, 2017, Farroupilha. PEnsE - 3 Jornada Científica e Tecnológica do IFRS Campus Farroupilha, 2017.

8.
MORAES, C. L. C. ; TREVISAN, LISIANE . Ensaio de Fadiga: uma simulação da diferença da distribuição de probabilidade da rugosidade e dureza do material. In: PEnsE - 3 Jornada Científica e Tecnológica do IFRS Campus Farroupilha, 2017, Farroupilha. PEnsE - 3 Jornada Científica e Tecnológica do IFRS Campus Farroupilha, 2017.

9.
CASTRO, B. R. ; DONADEL, J. ; TREVISAN, L. . Método das diferenças finitas aplicado na descrição do resfriamento de um componente metálico. In: 5° SICT - Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 2017, Bento Gonçalves - RS. 5° SICT - Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 2017.

10.
CASTRO, B. R. ; DONADEL, J. ; TREVISAN, L . Método das diferenças finitas aplicado na descrição do resfriamento de um componente metálico. In: 5° SICT - Seminário de Iniciaçção Científica e Tecnológica, 2016, Bento Gonçalves - RS. Anais do 5º Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica (SICT), 2016. v. 5.

11.
CASTRO, B. R. ; TREVISAN, L. ; DONADEL, J. . Método de Diferenças Finitas aplicado na descrição do resfriamento de um componente metálico. In: 5° Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica (SICT), 2016, Bento Gonçalves. 2° Salão de pesquisa, Extensão e Ensino do IFRS, 2016.

Apresentações de Trabalho
1.
PAZ, Vinicius de F. ; TREVISAN, L ; REGULY, A. . Avaliação da Resistência ao desgaste de Aços Ferramenta Sinterizados Tratados Termicamente a Vácuo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
TREVISAN, L; PAZ, Vinicius de F. ; Spim, J. ; REGULY, A. . Simulação de curvas de resfriamento em aços produzidos pelo processo de LC. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
TREVISAN, L.. Adição de Elementos de Liga em Metais. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
TREVISAN, L.. Obtenção do Rendimento da Pedalada de um ciclista. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
TREVISAN, LISIANE. Comitê Institucional/IFRS/CNPq. 2018.

2.
TREVISAN, LISIANE. Comissão Interna de Seleção e Avaliação/IFRS/Fapergs. 2018.

3.
TREVISAN, LISIANE. Avaliador Ad hoc dos programas institucionais de bolsas do Instituto Federal do Rio Grande do Sul. 2018.

4.
TREVISAN, LISIANE. Avaliador ah doc de projetos de pesquisa - Programas Institucionais de Bolsas do CNPQ. 2018.

5.
TREVISAN, L.. Avaliador de Resumos para o Evento PEnSE - 3 Jornada Científica e Tecnológica do Instituto Federal do Rio Grande do Sul - Campus Farroupilha. 2017.

6.
TREVISAN, LISIANE. Avaliação de Proposta - Edital PROPPI n°014/2016 e n°015/2016. 2017.

7.
TREVISAN, LISIANE. Avaliador de Projetos de Extensão - Edital 03/2017 PROEX/IFRN. 2017.

8.
TREVISAN, LISIANE. Avaliador de Projetos Cinetíficos no Edital PROEPI/IFPR 07/2017. 2017.

9.
TREVISAN, LISIANE. Avaliador ah-doc do Edital n°02/2017/PROPPI - Edital Universal de Pesquisa. 2017.

10.
TREVISAN, LISIANE. Avaliador de Propostas submetidas ao Edital de Pesquisa PROPPI n° 014/2017 e 15/2017. 2017.

11.
TREVISAN, LISIANE. Avaliador de Projetos de Pesquisa - Edital PROPESP / IFsul n°02 e 03/2017. 2017.

12.
TREVISAN, LISIANE. Revisora de Resumos Expandidos no Evento 'VI Salão de Iniciação Científica e Inovação Tecnológica'. 2016.

13.
TREVISAN, LISIANE. Comitê Institucional de Avaliação - EDITAL PROPPI n°014/2016. 2016.

14.
TREVISAN, LISIANE. Avaliador de Projetos - Edital 12/2015. 2016.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
TREVISAN, L.. Curso de Iniciação Profissional em Fundição de Aluminio. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
BARCELLOS, V. K.; BIELEFELDT, W. V.; FERREIRA, C. R. F.; TREVISAN, L.. Participação em banca de Charlen Mossi. Caracterização e Melhoria no processo de fabricação de peça fundida sob baixa pressão em liga de Al-Si. 2018. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
TREVISAN, LISIANE; REGULY, A.; BREITENBACH, J. O.; FARIAS, T. M.. Participação em banca de FACUNDO JAVIER WEDEKAMPER. AVALIAÇÃO DE RESINAS EPÓXI PARA APLICAÇÃO EM END FITTINGS DE DUTOS FLEXÍVEIS. 2017. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
REGULY, A.; BIELEFELDT, W. V.; NUNES, R. M.; TREVISAN, LISIANE. Participação em banca de João Vinicius de Souza Vares. Estudo dos efeitos do métodos de produção em Aciaria nas Propriedades Mecânicas e Produtos Trefilados a partir de aço semelhante ao SAE 1045. 2016. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Teses de doutorado
1.
REGULY, A.; CLARKE, T. G. R.; MEDEIROS, J. B.; TREVISAN, LISIANE. Participação em banca de Carlos Alexandre Pereira de Moraes. Análise comparativa entre a solda por fricção com Anel rotativo e a solda GTAW de tubos de aço API 5L X56. 2018. Tese (Doutorado em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Qualificações de Doutorado
1.
REGULY, A.; CATEN, C. S. T.; CANTERLE, J. O. B.; TREVISAN, LISIANE. Participação em banca de Daniel Antonio Kapper Fabricio. Uso de Simulação de Monte Carlo na estimativa da Incerteza de Medição do Ensaio de Tenacidade à Fratura Kic. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
VILLANOVA, D. L.; TREVISAN, L.; MATTOS, J.. Processo seletivo para Professor do Curso de Desenhista Mecânico - Pronatec. 2013. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

2.
TREVISAN, L.; VILLANOVA, D. L.; OLIVEIRA, J. A.. Professor Temporário na área de Metalurgia/Fundição de materiais metálicos, metrologia e conformação mecânica. 2013. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

3.
AVELLEDA, C. E.; VILLANOVA, D. L.; TREVISAN, L.. Banca de Avaliação para contratação de Professor Temporário.. 2012. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

4.
VILLANOVA, D. L.; TREVISAN, L.; MATTOS, J.; AVELLEDA, C. E.. Banca de Avaliação para contratação de Professor Temporário. 2011. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

5.
ROSA, M. D.; FRANCISQUETTI, E. L.; TREVISAN, L.. Banca de avaliação para contratação do professor Substituto. 2011. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

Outras participações
1.
AVELLEDA, C. E.; VILLANOVA, D. L.; TREVISAN, L. Banca Avaliadora de estágio do Curso Superior de Engenharia Mecânica. 2018. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

2.
SOARES, G. G.; AVELLEDA, C. E.; TREVISAN, L. Banca Avaliadora de Estágio do Curso de Engenharia Mecânica 2018/2. 2018. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

3.
TREVISAN, LISIANE. Avaliador na 33° MOSTRATEC. 2018. Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha.

4.
TREVISAN, LISIANE; VILLANOVA, D. L.. Banca Avaliadora de Estágio do Curso de Engenharia Mecânica - 2017/2. 2017. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

5.
TREVISAN, LISIANE; VILLANOVA, D. L.. Banca Avaliadora de Estágio do Curso Técnico em Metalurgia - 2017/2. 2017. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

6.
TREVISAN, L.; AVELLEDA, C. E.; VILLANOVA, D. L.. Banca Avaliadora de Estágio - Técnico em Metalurgia - 2016/2. 2016. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

7.
TREVISAN, L.. VIII Salão de Ensino - UFRGS. 2012. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
33° MOSTRATEC. Avaliador Técnico. 2018. (Feira).

2.
Seminário de Inovação, Ciência e Tecnologia. 2018. (Seminário).

3.
IX Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação. Método de Diferenças Finitas Aplicado na descrição do resfriamento de um componente metálico. 2017. (Congresso).

4.
IX Congresso Brasileiro de Engenharia de Fabricação. INCERTEZA DE MEDIÇÃO NO ENSAIO DE FADIGA PARA DIFERENTES RUGOSIDADES SUPERFICIAIS. 2017. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
TREVISAN, L.. PensE 2 Jornada Científica, Tecnológica e Cultural. 2016. (Outro).

2.
VILLANOVA, D. L. ; BENCKE, D. B. ; BRAND, F. R. ; CANAL, I. P. ; TREVISAN, L. ; ROSA, M. D. . 2º Ciclo de Palestras e 2ª Feira Tecnológica - IFRS - Campus Farroupilha.. 2011. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Vanderlei Ricardo Guerra. Reciclagem de insertos de usinagem no processo de usinagem. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em MESTRADO PROFISSIONAL EM TECNOLOGIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. (Orientador).

2.
Cristian Fernando Rodrigues da Silva. Construção de uma bancada para a realização de ensaio de desgaste conforme ASTM G99. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em MESTRADO PROFISSIONAL EM TECNOLOGIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. (Orientador).

3.
Mateus Dariva. Estudo de anodização colorida em ligas de alumínio. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em MESTRADO PROFISSIONAL EM TECNOLOGIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Bernardo Alves Berçoza. Contrução de sistemas mecânicos com software SAP.. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Eduardo Felipe dos Santos. OTIMIZAÇÃO DE MATRIZ DE INJEÇÃO DE ALUMÍNIO USANDO SOFTWARE DE SIMULAÇÃO NUMÉRICA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecânica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Orientador: Lisiane Trevisan.

2.
Rafael Callegari. Construção de um atomizador de ligas de alumínio a partir de sucata. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecânica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Orientador: Lisiane Trevisan.

3.
Fabricio Pertile. INFLUÊNCIA DO SENTIDO DE LAMINAÇÃO NA RESISTÊNCIA AO IMPACTO DE AÇOS FERRAMENTAS. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecânica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Orientador: Lisiane Trevisan.

Iniciação científica
1.
Bernardo Alves Berçoza. SIMULAÇÃO DO RESFRIAMENTO DE UM COMPONENTE METÁLICO COM USO DO MÉTODO DE DIFERENÇAS FINITAS (MDF) EM COORDENADAS POLARES. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecânica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Lisiane Trevisan.

2.
Bianca Rodrigues de Castro. Simulação do resfriamento de um componente metálico com uso do Método de Diferenças Finitas(MDF) em coordenadas polares. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Lisiane Trevisan.

3.
Julia Perin. Influência da distribuição de probabilidade na incerteza de medição no ensaio de dureza. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Lisiane Trevisan.

4.
Rafael Callegari. Estudo Dos Defeitos De Fabricação em Função do Sistema de Preenchimento Para Peças Fundidas em Alumínio em Molde de Areia Verde. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecânica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Lisiane Trevisan.

5.
Carolina De Lourdes Correa Moraes. Criação de uma interface com usuário para o cálculo da incerteza de medição no ensaio de fadiga com uso de três diferentes métodos matemáticos.. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecânica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Lisiane Trevisan.

6.
Carlos Giovane Haefliger. INFLUÊNCIA DO USO DE DIFERENTES FILTROS CERÂMICOS NO VAZAMENTO DA LIGA SAE 305 POR GRAVIDADE, EM MOLDE DE AREIA VERDE. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Metalurgia) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Lisiane Trevisan.

7.
Cecília Sartori. DESENVOLVIMENTO DE PADRÕES DE VERIFICAÇÃO, PROCEDIMENTO DE ENSAIO E CÁLCULO DE INCERTEZA DE MEDIÇÃO PARA VÁRIAS ESCALAS DO ENSAIO DE DUREZA. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Fabricação Mecânica) - Instituto Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Lisiane Trevisan.

Orientações de outra natureza
1.
Matheus Romeiro Deves. Manutenção preventiva em processo produtivo. 2018. Orientação de outra natureza. (Engenharia Mecânica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Orientador: Lisiane Trevisan.

2.
Carla Pires Brandstetter. Modernização na produção Tambor de freios.. 2016. Orientação de outra natureza. (Técnico em Metalurgia) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Orientador: Lisiane Trevisan.

3.
Magnun de Oliveira. Confecção de quadro mural demonstrativo de defeitos de solda. 2016. Orientação de outra natureza. (Técnico em Metalurgia) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Orientador: Lisiane Trevisan.

4.
Cleo Roberto Casagrande. Relatório de Estágio Curricular. 2016. Orientação de outra natureza. (Técnico em Metalurgia) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Orientador: Lisiane Trevisan.

5.
Leandro José Spinelli Couto. Fundição por Cera Perdida. 2011. Orientação de outra natureza. (Técnico em Metalurgia) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Orientador: Lisiane Trevisan.

6.
Rudinei Fritzen e Felipe Grando. Estudo da Análise do FC300 e SAE 1020. 2011. Orientação de outra natureza. (Técnico em Metalurgia) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Orientador: Lisiane Trevisan.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/12/2018 às 9:29:15