Elisangela Benedet da Silva

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8175792119581790
  • Última atualização do currículo em 12/09/2018


Agente técnico de formação superior IV, função pesquisador, na Epagri/Ciram (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina/Centro de Informações de Recursos Ambientais e Hidrometeorologia de Santa Catarina). Doutora em Ciência do Solo pela UFRGS/Faculdade de Agronomia - Porto Alegre/RS. Mestre em Engenharia Civil pela UFSC (2007) - Florianópolis/SC e graduação em Agronomia pela UFSC (2004) - Florianópolis/SC. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Elisangela Benedet da Silva
Nome em citações bibliográficas
SILVA, E. B.;Silva, Elisângela Benedet

Endereço


Endereço Profissional
Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, Centro de Inform. de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de SC.
Rodovia Admar Gonzaga, 1347
Itacorubi
88034901 - Florianópolis, SC - Brasil - Caixa-postal: 502
Telefone: (48) 32398147
Fax: (48) 33341204
URL da Homepage: www.epagri.rct-sc.br


Formação acadêmica/titulação


2014 - 2018
Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: ESPECTROSCOPIA DE REFLECTÂNCIA PARA ANÁLISE TEXTURAL DE AMOSTRAS DE SOLO LEGADAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA, Ano de obtenção: 2018.
Orientador: Élvio Giasson.
Coorientador: José Alexandre Melo Demattê/Ivan Luiz Zilli Bacic.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Soil spectral library; Soil texture; Legacy data; Chemometrics; Santa Catarina.
2005 - 2007
Mestrado em Engenharia Civil.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Avaliação da aptidão agrícola das terras como subsídio à Reforma Agrária: Assentamento Eldorado dos Carajás-SC,Ano de Obtenção: 2007.
Orientador: Dra. Ruth Emília Nogueira Loch.
Palavras-chave: Solos; Avaliação de terras; Aptidão agrícola das terras; Cadastro técnico multifinalitário rural; Sistema de Informações Geográficas (SIG).
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo / Especialidade: Gênese, Morfologia e Classificação dos Solos.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Engenharia Agrícola / Subárea: Construções Rurais e Ambiência / Especialidade: Assentamento Rural.
1999 - 2004
Graduação em Agronomia.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Metodologia e Avaliação dos Indicadores na Recuperação de Áreas Degradadas.
Orientador: Jucinei José Comin.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
1990 - 1993
Curso técnico/profissionalizante em Técnico em Química.
Centro Interescolar de Segundo Grau Abílio Paulo, CIS, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2017
Uso do software R e suas aplicações estatísticas na biologia da conservação. (Carga horária: 80h).
Instituto de Pesquisas Ecológicas, IPÊ, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em Curso Avançado de Saga GIS. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Santa Catarina - campus Curitibanos, UFSC, Brasil.
2013 - 2013
Webinar - Geoestatística aplic.Ciências Agrárias. (Carga horária: 2h).
MundoGeo, MUNDOGEO, Brasil.
2013 - 2013
Webinar: Herramientas Web analizar MDE de AL. (Carga horária: 2h).
MundoGeo, MUNDOGEO, Brasil.
2013 - 2013
Atualizações no SiBCS, Edição 2013. (Carga horária: 4h).
Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, SBCS, Brasil.
2013 - 2013
Curso de Computação Científica com MATLAB. (Carga horária: 40h).
Fundação de Amparo a Pesquisa e Extensão Universitária, FAPEU, Brasil.
2013 - 2013
Curso Estat. Multiv. aplic. Anál. Dados Ambientais. (Carga horária: 40h).
Fundação de Amparo a Pesquisa e Extensão Universitária, FAPEU, Brasil.
2013 - 2013
Fundamentos do ERDAS IMAGINE I e II. (Carga horária: 40h).
Santiago & Cintra Consultoria, SCCON, Brasil.
2011 - 2011
Mini Reunião de Correlação e Classificação de Solo. (Carga horária: 10h).
XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, XXXIIICBCS, Brasil.
2011 - 2011
Geoestatística aplicada à pedologia. (Carga horária: 4h).
XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, XXXIIICBCS, Brasil.
2008 - 2008
Licenciamento Ambiental e EIA. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2008 - 2008
Sistemas Agroflorestais - SAFs. (Carga horária: 80h).
Ministério do Desenvolvimento Agrário, MDA, Brasil.
2004 - 2004
Auditor Ambiental. (Carga horária: 20h).
Conselho Nacional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, CREA-SC, Brasil.
2004 - 2004
Restauração Áreas Degradadas - Imitando a Natureza. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2004 - 2004
O Recurso Natural Solo. (Carga horária: 20h).
Conselho Nacional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, CREA-SC, Brasil.
2003 - 2003
Restauração de Áreas degradadas. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA SOLOS, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Integrante


Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, EPAGRI, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Agente Técnico de Formação Superior IV, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

07/2008 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Inform. de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de SC, .


Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Modalidade Bolsista EXP - 2, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Edital MCT/CNPq/MDA/SAF/MDS/SESAN 36/2007- Agricultura Familiar. Projeto Epagri/CNPq Aptidão de Uso das Terras por Demanda. Coordenador Ivan Luiz Zilli Bacic.


Instituto de Pesquisas Ambientais e Tecnológicas - IPAT/UNESC, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor
Outras informações
Consultoria: profissional responsável pelo estudo pedológico do município de Criciúma para revisão do Plano Diretor do município.

Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor
Outras informações
Consultoria: profissional responsável pela caracterização pedológica para o estudo complementar do EIA/RIMA da USITESC no município de Siderópolis-SC.


CARUSO JR Estudos Ambientais & Engenharia Ltda., Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor
Outras informações
Consultoria: profissional responsável pela caracterização pedológica para implantação de Área de Proteção Ambiental - APA no município de Porto Belo-SC.



Linhas de pesquisa


1.
Mapeamento Digital de Solos
2.
Metodologia de Avaliação de Aptidão de Uso das Terras por Demanda
3.
Espectroscopia de reflectância difusa
4.
Levantamento de Solos


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Variação Espaço-temporal da disponibilidade hídrica para a agricultura em Santa Catarina.
Descrição: Há necessidade de uma melhor caracterização da variação espaço-temporal da disponibilidade hídrica para a agricultura em termos de precipitação, deficiência, excesso, índice de satisfação de atendimento hídrico e períodos secos utilizando o método de balanço hídrico com as CADs regionalizadas para as principais classes de solos e culturas cultivadas em Santa Catarina, associando o sistema de informações geográficas. O objetivo da presente pesquisa é caracterizar a variação espaço-temporal da disponibilidade hídrica para a agricultura em termos de precipitação, deficiência, excesso e índice de satisfação de necessidade de água no Estado de Santa Catarina. Será realizada a consistência e o preenchimento de falhas nas séries de dados de precipitação diária, provenientes de estações hidrometeorológicas. A partir desses dados, será determinar a probabilidade de ocorrência do total de precipitação pentadal. Serão determinados os atributos físicos dos principais solos do estado para a determinação da CAD, gerando um mapa estadual de CAD. A partir desses dados será calculado o balanço hídrico climatológico pentadal para Santa Catarina. Uma vez calculada a CAD e consistido os dados de precipitação, serão determinadas as probabilidades de ocorrência pentadal de déficit e excesso hídrico e índice de satisfação de necessidade de água. Além disso, serão testados interpoladores mais adequados para gerar as superfícies contínuas da variável meteorológica precipitação e dos produtos do modelo de balanço hídrico: déficit hídrico; excesso hídrico; risco de estiagem agrícola; (CAD); e índice de satisfação de necessidade de água. Base de dados consistidos de precipitação para estações hidrometeorológicas no Estado de Santa Catarina, funções de distribuição de precipitação pentadal,; mapas de probabilidade de precipitação (0,25; 0,5; 0,75) no Estado; mapa estadual com as classes homogêneas de CAD; sistema computacional para rodar o balanço hídrico climatológico; mapas espacializados com as probabilidades de ocorrência de 25%, 50% e 75% para as variáveis défice, excesso hídrico e índice de satisfação de necessidade de água pentadais; mapas com regiões homogêneas em relação ao déficit hídrico, excesso hídrico, capacidade de armazenamento de água (CAD) e índice de satisfação de necessidade de água (ISNA); estatísticas descritivas do índice de satisfação de necessidade de água (ISNA) para os municípios de Santa Catarina..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
UTILIZACAO E AVALIACAO DE TECNICAS DE MAPEAMENTO DIGITAL DE SOLOS EM LEVANTAMENTOS PEDOLOGICOS
Descrição: Desenvolver metodologia para mapeamento digital de solos usando sistemas de informações geográficas - SIG..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (3) .
Integrantes: Elisangela Benedet da Silva - Integrante / Elvio Giasson - Coordenador / Benito Bonfatti - Integrante / Alcinei Ribeiro Campos - Integrante / Janderson Costa - Integrante / Israel Rosa Machado - Integrante.
2013 - Atual
Avaliação e monitoramento da biodiversidade do Parque Nacional de São Joaquim, Santa Catarina, Brasil
Descrição: O Parque Nacional de São Joaquim (PNSJ) está localizado na região serrana do estado de Santa Catarina, e assim apresenta um relevo irregular que varia de 300 a 1826 m de altitude. A criação do parque, em julho de 1961, está ligada à necessidade de proteção dos remanescentes de Matas de Araucárias, Campos de Altitude e Matas Nebulares que se encontram dentro de seus 49.300 hectares. Representa também uma importante área de recarga e descarga do Aquífero Guarani. Apesar dessa singularidade, o desconhecimento da sua biodiversidade se reflete na ausência de um plano de manejo, sendo uma das principais preocupações de seus gestores e da comunidade em geral. A ausência de informações para a efetivação do seu plano de manejo está associada principalmente à deficiência de pesquisadores, estrutura para a realização de estudos, além é claro, da implantação de um programa de avaliação e monitoramento da biodiversidade de longa duração ao qual possa estar conectado nacionalmente. É claro que a ausência de um programa de longa duração não é só um problema do Sul do Brasil. E baseado nisso que em 2004, o Ministério de Ciência e Tecnologia iniciou o Programa de Pesquisa em Biodiversidade (http://PPBio.inpa.gov.br). Este programa tem como objetivo articular a competência regional e nacional para que o conhecimento da biodiversidade brasileira seja ampliado e disseminado de forma planejada e coordenada. Isso está ocorrendo por meio da instalação de parcelas permanentes que permitem a realização de pesquisas ecológicas de longa duração em diversas regiões brasileiras, principalmente na região amazônica (http://ppbio.inpa.gov.br/Port/sitioscoleta/). Nestas parcelas permanentes estão sendo empregados protocolos de pesquisas padronizados que permitem não só o conhecimento da biodiversidade, como também o monitoramento e a possibilidade de comparação e interação entre os diferentes estudos desenvolvidos nas áreas de pesquisa. Esta metodologia permite acomodar estudos com escalas temporais e espaciais distintas e assim compreender as respostas ecológicas e o grau de vulnerabilidade da biodiversidade local frente aos efeitos de mudanças climáticas globais. Onde é necessário ter informações em curto prazo são utilizados módulos de amostragem menores que permitem que a infraestrutura para pesquisas de longa duração seja construída em etapas. A manutenção de coleções funcionais com preservação do material coletado e informatização de dados permite que a identificação feita por especialistas seja disponibilizada rapidamente aos demais usuários, como por exemplo, pesquisadores de áreas temáticas da biodiversidade e gestores das Unidades de Conservação. Esta estrutura, associada à política de disponibilização de dados (ver metadados e dados em http://ppbio.inpa.gov.br/Port/) permite a compilação e aproveitamento de diversos estudos e anáse de dados tanto em escala regional como nacional. Sendo assim, a instalação de um Programa de Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade no Parque Nacional de São Joaquim ancorado no PPBio Mata Atlântica permitirá não só compreender as respostas ecológicas e o grau de vulnerabilidade da biodiversidade local frente aos efeitos de mudanças climáticas a médio e longo prazo, como também possibilitará o intercâmbio de informações e pesquisadores e assim, colocar o PNSJ e a biodiversidade da região serrana de Santa Catarina no cenário nacional e internacional..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Elisangela Benedet da Silva - Integrante / Ivan Luiz Zilli Bacic - Integrante / Luiz Fernando de Novaes Vianna - Integrante / Selvino Neckel de Oliveira - Coordenador / Benedito Cortêz Lopes - Integrante / Sarita Borges de Fáveri - Integrante / Luiz Carlos Pinho - Integrante / Nivaldo Peroni - Integrante / Maurici Graipel - Integrante / Pedro Volkmer de Castilhos - Integrante / Sérgio Althof - Integrante / Felix Baumgarten Rosumek - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2011 - 2013
Levantamento e mapeamento de solos e aptidão de uso das terras participativo e por
Descrição: Avaliação das terras é o processo de prever o desempenho das terras no tempo de acordo com tipos de utilização específicos (Van Diepen et aI. 1991). Essas previsões são então usadas para guiar decisões estratégicas sobre o uso e o manejo das terras. Era de se esperar, portanto, que os planejadores de uso das terras e os tomadores de decisão nos diversos níveis que influenciam no uso agrícola das terras (ex.: extensionistas rurais, agricultores, agroindústrias, governos municipais, estaduais, universidades, etc.), estariam ansiosos para utilizar os resultados provenientes dos levantamentos de aptidão de uso e inventários das terras. Infelizmente, isto não vem ocorrendo na prática. Bacic et al. (2003), em um estudo feito no Estado de Santa Catarina, demonstraram que os Inventários das Terras realizados em 153 microbacias durante o período de 1991 a 1999 como parte do ?Projeto de recuperação, conservação e manejo dos recursos naturais em microbacias hidrográficas?, de um modo geral não foram usados para seu propósito principal que era o de planejamento do uso das terras tanto nas microbacias como nas propriedades. Esta aparente irrelevância dos inventários da terra ocorre também no contexto nacional e internacional. Vários autores têm dito que os tomadores de decisão em geral não fazem uso destes resultados, nem estão aparentemente satisfeitos com eles, e se na verdade têm conhecimento da sua existência (Rossiter 1996; Bouma 1997; Bouma 1999). Até o momento, mais atenção tem sido dada aos métodos propriamente ditos, do que à importância e utilização da informação gerada e disponibilizada. Tem sido sugerido que, para mudar a situação atual, as estratégias de planejamento e opções de uso e manejo adaptados, deveriam ser formuladas com a participação dos tomadores de decisão, e de acordo com suas possibilidades (Bacic 2003), ou seja, uma metodologia participativa e por demanda. É fundamental conhecer os problemas, as necessidades e as possibilidade.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Elisangela Benedet da Silva - Integrante / Denilson Dortzbach - Integrante / José Augusto Laus Neto - Integrante / Ivan Luiz Zilli Bacic - Coordenador / Yara Maria Alves Chanin - Integrante / Mara Cristina Benez - Integrante / Álvaro Afonso Simon - Integrante / Everton Blainski - Integrante / Ludmila Nascimento Machado - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Secretaria da Agricultura Familiar - Auxílio financeiro / Ministério do Desenvolvimento Agrário - Auxílio financeiro.
2009 - 2012
Estudo de alternativas para a recuperação dos recursos hídricos na microbacia hidrográfica Ribeirão Gustavo no município de Massaranduba/SC
Descrição: Atualmente a escassez de água é um dos principais problemas ambientais enfrentados pelo mundo. Como agravante, a poluição dos rios compromete as perspectivas quanto à disponibilidade desse recurso natural. Em Santa Catarina, as diversas pressões de uso e demanda dos recursos naturais, acabaram contribuindo para a rápida degradação e redução da disponibilidade da água. Estes aspectos têm servido de alerta para que, recentemente, a sociedade tenha despertado acerca da importância de manter condições mínimas, para que ocorra a sustentabilidade ambiental. A Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina - Epagri, juntamente com outras instituições do setor público agrícola, vem trabalhando nos últimos anos em busca da recuperação, conservação e manejo dos recursos naturais em microbacias hidrográficas. A utilização de microbacia hidrográfica como unidade espacial de trabalho, é uma estratégia eficaz para o planejamento do uso e manejo das terras na busca do desenvolvimento sustentável. Assim, as intervenções na microbacia visam atenuar os impactos gerados pela ação humana, como forma de beneficiar tanto a população da área rural, quanto as populações das cidades, geralmente localizadas a jusante das bacias. Para desenvolvimento do projeto, com o objetivo de estudar as alternativas para recuperação dos recursos hídricos, a equipe técnica da Epagri envolvida, propõe como área de estudo a Microbacia Ribeirão Gustavo, inserida na Sub-Bacia Rio Putanga, localizada no litoral norte do estado de Santa Catarina, onde a principal atividade no meio rural é a rizicultura irrigada, seguida pela cultura da banana nas áreas de encostas. Na área de estudo, a Microbacia Ribeirão Gustavo, podemos relatar como maiores problemas ambientais: (1) o uso indiscriminado com atividades agrícolas das áreas protegidas pela legislação ambiental; (2) o uso intensivo das áreas de encostas sem o manejo adequado, ocasionando problemas de erosão e consequentemente, excesso de sedi.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Aptidão de Uso das Terras por Demanda
Descrição: O Projeto Aptidão de Uso das Terras por Demanda , apresenta-se como uma proposta de buscar em conjunto com os atores envolvidos no processo de planejamento e tomada de decisões no meio rural, opções realistas de uso e manejo das terras considerando aspectos sociais, econômicos e ambientais, que possibilitem geração de renda aos agricultores familiares com utilização sustentável dos recursos naturais. O trabalho está sendo desenvolvido em 3 microbacias do Estado de Santa Catarina. Em cada uma delas, será estudado e descrito o ambiente onde os agricultores tomam suas decisões considerando as condições locais, bem como, explicado como este ambiente afeta os tomadores de decisões e quais são suas implicações para os métodos de avaliação das terras na região. As demandas por informações interpretadas em cada microbacia estudada serão geradas a partir da aplicação de questionários, entrevistas e reuniões com os tomadores de decisão e outros atores envolvidos no processo. Os passos seguintes envolverão a coleta e/ou geração de informações primárias bem como a busca, avaliação e aplicação de modelos e ferramentas para simulação e visualização de cenários. O estudo também avaliará as opiniões dos tomadores de decisões sobre as informações e ferramentas apresentadas. Com o fornecimento das informações demandadas, espera-se encontrar de maneira conjunta, novas opções para geração de renda sem prejuízo ao meio ambiente, contribuindo para a inclusão social das famílias e melhorando a qualidade de vida no campo.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de desenvolvimento


2012 - 2015
MEDIDAS ESPECTRAIS COMO FORMA DE REDUÇÃO DO IMPACTO AMBIENTAL NA QUANTIFICAÇÃO DO CONTEÚDO DE ÓXIDOS DE FERRO DO SOLO DA BACIA DO RIO MAROMBAS (MESORREGIÃO SERRANA - SC)
Descrição: O planejamento da ocupação da terra e as questões ambientais demandam informação espacial em solos, contudo os levantamentos disponíveis são esparsos ou em pequenas escalas. A possibilidade de aplicar o Mapeamento Digital de Solos (MDS) mostra-se como uma oportunidade promissora para o mapeamento de propriedades e classes de solos. A proposição de modelos preditivos em MDS demanda que dados sobre o solo estejam disponíveis para o ajuste desses modelos. A aplicação da técnica de Espectroscopia de Reflectância Difusa (ERD) à Pedologia permite que através de uma única amostra radiométrica uma série de constituintes do solo sejam simultaneamente caracterizados. Neste contexto, são objetivos do presente estudo: (i) avaliar o desempenho da espectrorradiometria na determinação do conteúdo de óxido de ferro (Fe) no solo com menor impacto ambiental; (ii) contribuir para o conhecimento das relações entre propriedades do solo e sua resposta espectral; e, (iii) gerar mapas dos teores de óxido de Fe, em diferentes profundidades do solo, na bacia do Rio Marombas. Serão realizadas leituras espectrais do solo em perfis na bacia hidrográfica do Rio Marombas, localizada na mesorregião Serrana do Estado de Santa Catarina. Amostras desses solos serão encaminhadas para laboratório onde serão realizadas análises químicas e físicas, assim como a determinação da resposta espectral em uma configuração padronizada do conjunto fonte de radiação, espectrorradiômetro e alvo, em laboratório. As leituras radiométricas serão realizadas utilizando-se de um espectrorradiômetro do tipo portátil, com sensibilidade a faixa de 325 a 1075 nm. A análise dos dados das amostras espectrais será feita pela normalização das curvas espectrais e pela posterior remoção do contínuo. Esta técnica possibilita a divisão do espectro para normalizar as bandas de absorção em uma referência comum..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2011 - 2014
Criação da Rede Brasileira de Pesquisa em Mapeamento Digital de Solos Visando à Elaboração de Projetos para o Mapeamento Digital em Alta Resolução dos Solos do Brasil
Descrição: Os rumos e a sustentabilidade da agricultura brasileira dependem do conhecimento detalhado dos solos. Porém os levantamentos sistemáticos de solos existentes não possuem o detalhamento requerido para pesquisas na escala da propriedade agrícola, que muitas vezes precisam de dados quantitativos e de natureza contínua que representem a variabilidade espacial do solo. A situação agrava-se quando se observa a limitada quantidade de dados e informações (notadamente mapas) sobre solos relativa à vasta extensão territorial do país. Quando existem, esses dados e informações estão dispersos e muitas vezes são incompatíveis entre si devido a diferentes métodos utilizados, resolução espacial dos produtos e profundidades amostradas, por exemplo. Para solucionar esses problemas e dar suporte ao crescimento da produção agropecuária, dentro de um contexto de sustentabilidade ambiental, o Brasil precisa urgentemente atualizar seus dados e informações de solos. Nesse contexto, existe uma iniciativa de mapeamento global de solos em alta resolução, coordenada pelo Consórcio GlobalSoilMap.net, vinculado à União Internacional de Ciências do Solo, no qual o Brasil é líder do grupo de países latinoamericanos e caribenhos. Para a elaboração de mapas, o Consórcio recomenda o uso de técnicas de mapeamento digital de solos (MDS), as quais já vêm sendo utilizadas no Brasil e no mundo como um conjunto de técnicas e instrumentos para facilitar a coleta, armazenamento, análise, interpretação e confecção de mapas de solos. No MDS, utilizase informação de solos existentes, aliada a novas tecnologias (imagens de sensores remotos, sistemas de informação geográfica, instrumentos para a coleta in situ e georreferenciada), os quais permitem, através de modelagem matemática, a elaboração de mapas detalhados de diversos atributos do solo. Como coordenador dos países latinoamericanos e caribenhos no Consórcio GlobalSoilMap.net, o Brasil tem a grande oportunidade de dar exemplo de liderança mundial em p.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.


Revisor de periódico


2015 - Atual
Periódico: Ciência Rural


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Mapeamento Digital de Solos.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo/Especialidade: Gênese, Morfologia e Classificação dos Solos.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo/Especialidade: Aptidão de Uso das Terras.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Manejo e Conservação do Solo.
5.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Cadastro técnico Rural.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MACHADO, I. R.2018MACHADO, I. R. ; Giasson, Elvio ; CAMPOS, A. R. ; COSTA, J. ; SILVA, E. B. ; BONFATTI, B. . Spatial Disaggregation of Multi-Component Soil Map Units Using Legacy Data and a Tree-Based Algorithm in Southern Brazil. REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIA DO SOLO (ONLINE), v. 42, p. 1-14, 2018.

2.
VIANNA, L. F. N.2015 VIANNA, L. F. N. ; SILVA, E. B. ; MASSIGNAN, A. M. ; OLIVEIRA, S. N. . Aplicação de descritores de heterogeneidade ambiental na seleção de áreas para sistemas de parcelas amostrais: um estudo de caso para a determinação de hotspots potenciais de biodiversidade.. Geografia (Rio Claro. Online), v. 40, p. 211-239, 2015.

3.
SILVA, E. B.2010 SILVA, E. B.; NOGUEIRA, R. E. ; UBERTI, A. A. A. . AVALIAÇÃO DA APTIDÃO AGRÍCOLA DAS TERRAS COMO SUBSÍDIO AO ASSENTAMENTO DE FAMÍLIAS RURAIS, UTILIZANDO SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS. Revista Brasileira de Ciência do Solo (Impresso), v. 34, p. 1977/-1990, 2010.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
BRANCA, G. ; MEDEIROS, K. ; BENEZ, M. C. ; SILVA, E. B. ; PEREIRA, V. S. ; HISSA, H. ; MONTEIRO, M. . Estimating Mitigation Potential of Agricultural Projects: an Application of the EX-Ante Carbon-Balance Tool (EX-ACT) in Brazil. Roma: FAO, 2010. v. 1. 96p .

Capítulos de livros publicados
1.
Silva, Elisângela Benedet; ten Caten, Alexandre ; Dalmolin, Ricardo Simão Diniz ; Dotto, André Carnieletto ; Silva, Walquiria Chaves ; Giasson, Elvio . Estimating Soil Texture from a Limited Region of the Visible/Near-Infrared Spectrum. In: Alfred E. Hartemink; Budiman Minasny. (Org.). Progress in Soil Science. 1ed.Suiça: Springer International Publishing, 2016, v. , p. 73-87.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, M. E. ; SILVA, E. B. ; BACIC, I. L. Z. ; VIANNA, L. F. N. ; POLISELI, P. C. . Análise multitemporal da cobertura da terra e das vias de acesso no Parque Nacional de São Joaquim em Santa Catarina. In: XXVI Congresso Brasileiro de Cartografia, V Congresso Brasileiro de Geoprocessamento, XXV Exposicarta, 2014, Gramado, RS. Anais do XXVI Congresso Brasileiro de Cartografia, 2014.

2.
DORTZBACH, D. ; OLIVEIRA, C. A. F. ; BINI, G. M. P. ; RISTOW, S. F. P. ; BACIC, I. L. Z. ; SILVA, E. B. . Conflito de uso do solo da microbacia Mato Escuro, município de Palmeira, SC. In: XVI SBSR - Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2013, Foz do Iguaçu. Anais XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2013.

3.
PARREIRA, S. F. ; BACIC, I. L. Z. ; DORTZBACH, D. ; SILVA, E. B. ; MACHADO, L. ; BENEZ, M. C. . Mapeamento participativo: a experiência dos agricultores vizinhos do Parque Estadual Fritz Plaumann, Concórdia, Santa Catarina, Brasil.. In: XIV EGAL: En el Decimocuarto Encuentro de Geógrafos de Maérica Latina:'Reencuentro de Saberes Territoriales Latinoamericanos, 2013, Lima. Anais:XIV EGAL: En el Decimocuarto Encuentro de Geógrafos de Maérica Latina:, 2013.

4.
DORTZBACH, D. ; SILVA, E. B. ; ARAUJO, I. S. ; BLAINSKI, E. ; HAVERROTH, H. ; RIBEIRO, R. S. ; MACHADO, L. . Avaliação de diferentes larguras de faixa ciliar em propriedades rurais no município de Massaranduba, SC, Brasil.. In: 19 º CONGRESO LATINOAMERCIANO DE LA CIENCIA DEL SUELO e 23º CONGRESO ARGENTINO DE LA CIENCIA DEL SUELO., 2012, Mar del Plata. Anais 19 º CONGRESO LATINOAMERCIANO DE LA CIENCIA DEL SUELO e 23º CONGRESO ARGENTINO DE LA CIENCIA DEL SUELO, 2012., 2012.

5.
DORTZBACH, D. ; SILVA, E. B. ; ARAUJO, C. E. S. ; RIBEIRO, R. S. ; ARAUJO, I. S. . Landscape dynamic analysis of land use in Ribeirão Gustavo watershed, Massaranduba, SC.. In: 19 th ISTRO CONFERENCE, 2012, Montevidéo. Anais 19 th ISTRO CONFERENCE, 2012., 2012.

6.
DORTZBACH, D. ; HAVERROTH, H. ; RIBEIRO, R. S. ; ARAUJO, I. S. ; BLAINSKI, E. ; SILVA, E. B. . Economic evaluation of different breadths riparian forests on famrs producing irrigated Rrice in municipality of Massaranduba, SC Brazil.. In: 19 th ISTRO CONFERENCE, 2012, Montevidéo. Anais 19 th ISTRO CONFERENCE, 2012., 2012.

7.
DORTZBACH, D. ; LALANE, H. C. ; SILVA, E. B. ; RISTOW, S. F. P. ; MACHADO, L. ; BACIC, I. L. Z. . Análise temporal do uso e ocupação das terras da microbacia Lajeado Pessegueiro/SC.. In: IX Simpósio Nacional sobre recuperação de áreas degradadas, 2012, Rio de Janeiro. Anais IX Simpósio Nacional sobre recuperação de áreas degradadas, 2012., 2012.

8.
DORTZBACH, D. ; SILVA, E. B. ; RISTOW, S. F. P. ; BINI, G. M. P. ; MACHADO, L. ; LAUS NETO, J. A. ; BACIC, I. L. Z. . Análise fisiográfica da paisagem na Microbacia Rio da Ponte, Papanduva, SC.. In: 9º Simpósio Nacional de Geomorfologia, 2012, Rio de Janeiro. Anais9º Simpósio Nacional de Geomorfologia. Rio de Janeiro, 2012., 2012.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
DORTZBACH, D. ; RIBEIRO, R. S. ; BACIC, I. L. Z. ; SILVA, E. B. ; LAUS NETO, J. A. ; CHANIN, Y. M. A. ; BLAINSKI, E. . Análise fisiográfica como ferramenta para o mapeamento de solos na microbacia Ribeirão Gustavo, município de Massaranduba, SC. In: XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2011, Uberlândia, MG. Anais. Viçosa: SBCS, 2011.

2.
BACIC, I. L. Z. ; MARTINS, R. P. ; PIVETTA, J. R. ; DORTZBACH, D. ; SILVA, E. B. . Aptidão de uso das terras por demanda: uma experiência no município de Lontras - Santa Catarina. In: XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2011, UBerlândia, MG. Anais. Viçosa: SBCS, 2011.

3.
SILVA, E. B.; BENEZ, M. C. ; BRANCA, G. ; PEREIRA, V. S. . Balanço ex-ante de carbono: estudo de caso do Programa Santa Catarina Rural. In: XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2011, Uberlândia, MG. Anais. Viçosa: SBCS, 2011.

4.
RIBEIRO, R. S. ; DORTZBACH, D. ; HAVERROTH, H. ; SILVA, E. B. ; BACIC, I. L. Z. . Avaliação de metodologia para a quantificação das áreas de arroz irrigado no município de Massaranduba, SC.. In: VII Congresso Brasileiro Arroz Irrigado, 2011, balneário camboriú. Anais VII Congresso Brasileiro Arroz Irrigado. Balneário Camboriú - SC: Sosbai, 2011., 2011.

5.
SILVA, E. B.; BACIC, I. L. Z. . Análise espacial da conflito de uso das terras em SIG: Assentamento Eldorado dos Carajás, Lebon Régis, SC. In: III Simpósio Brasileiro de Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação, 2010, Recife. A informação Geoespacial: Inovação Tecnológica, Ocupação e Monitoramento, 2010.

6.
DORTZBACH, D. ; SILVA, E. B. ; LAUS NETO, J. A. ; BACIC, I. L. Z. ; CHANIN, Y. M. A. . Análise fisiográfica como ferramenta para o planejamento de uso das terras na microbacia Concórdia, município de Lontras, SC.. In: XVII Reunião Brasileira de Manejo e Conservação do Solo e da Água, 2008, Rio de Janeiro. XVII Reunião Brasileira de Manejo e Conservação do Solo e da Água, XVII. Rio de Janeiro, 2008. v. CD-ROM.

7.
GAYA, J.P. ; COMIN, J.J. ; LOVATO, P. E. ; SILVA, E. B. ; GOULART, M. . Atividade microbiana em um argissolo vermelho amarelo típico, sob o plantio direto, fertilizado com diferentes formas e quantidades de adubação nitrogenada.. In: V Reunião Sul-Brasileira de Ciência do Solo, 2004, Florianópolis. A Ciência do Solo e o Desafio do Desenvolvimento Sistêmico. Florianópolis: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo - núcleo regional sul, 2004. v. CD-ROM.

8.
GAYA, J.P. ; COMIN, J.J. ; LOVATO, P. E. ; SILVA, E. B. ; GOULART, M. . Alterações dos atributos químicos de um ARGISSOLO VERMELHO AMARELO típico, sob plantio direto, fertilizado com diferentes formas e quantidades de adubação nitrogenada. In: V Reunião Sul-Brasileira de Ciência do Solo, 2004, Florianópolis. CdRoom da V Reunião Sul-Brasileira de Ciência do Solo., 2004.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, E. B.; GIASSON, E. ; Dotto, André Carnieletto ; CATEN, A. T. ; DEMATTE, J. A. M. ; VEIGA, M. . VIS-NIR SPECTROSCOPY FOR PREDICTING SAND, SILT AND CLAY CONTENTS USING LEGACY SOIL SAMPLES OF SANTA CATARINA STATE. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2017, Belém. Anais, 2017.

2.
SILVA, E. B.; GIASSON, E. ; COSTA, J. ; CAMPOS, A. R. ; MACHADO, I. R. . ANÁLISE DE COMPONENTES PRINCIPAIS DE ATRIBUTOS QUÍMICOS DE SOLOS DE UM MÓDULO DE PESQUISA DO PPBIO MATA ATLÂNTICA. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2017, Belém. Anais, 2017.

3.
COSTA, J. ; GIASSON, E. ; CAMPOS, A. R. ; SILVA, E. B. ; MACHADO, I. R. ; COELHO, F. F. . REGRESSÕES LOGÍSTICAS MÚLTIPLAS E ÁRVORES DE DECISÃO NA PREDIÇÃO DE UNIDADES FISIOGRÁFICAS. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2017, Belém. Anais, 2017.

4.
CAMPOS, A. R. ; GIASSON, E. ; MACHADO, I. R. ; SILVA, E. B. ; COSTA, J. . USO DE PERFIS DE SOLOS GEORREFERENCIADOS NO MAPEAMENTO DIGITAL DE SOLOS. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2017, Belém. Anais, 2017.

5.
CAMPOS, A. R. ; GIASSON, E. ; COSTA, J. ; SILVA, E. B. ; MACHADO, I. R. ; COELHO, F. F. . USO DE RANDOM FOREST E ÁRVORES DE DECISÃO NO MAPEAMENTO DIGITAL DE SOLOS. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2017, Belém. Anais, 2017.

6.
MACHADO, I. R. ; COSTA, J. ; GIASSON, E. ; CAMPOS, A. R. ; SILVA, E. B. . APRIMORAMENTO DE UM MAPA DE SOLOS A PARTIR DA DESAGREGAÇÃO ESPACIAL DE UNIDADES DE MAPEAMENTO COMBINADAS. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2017, Belém. Anais, 2017.

7.
COELHO, F. F. ; GIASSON, E. ; COSTA, J. ; SILVA, E. B. ; CAMPOS, A. R. . METODOLOGIA DE CLASSIFICAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS PARA MAPEAMENTO DIGITAL DE SOLOS. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2017, Belém. Anais, 2017.

8.
SILVA, E. B.; CATEN, A. T. ; DALMOLIN, R. S. D. ; DOTTO, A. C. ; SILVA, W. C. ; GIASSON, E. . Modeling soil texture using a limited region of the visible/near-infrared spectrum. In: Inaugural Global Workshop on Digital Soil Morphometrics, 2015, Madison. Digital Soil Morphometrics Abstrats. Madison: Department of Soil Science - University of Wisconsin-Madison, 2015. v. 1. p. 2-54.

9.
DORTZBACH, D. ; SILVA, E. B. ; BENEZ, M. C. ; BACIC, I. L. Z. ; CHANIN, Y. M. A. ; CASAGRANDE, L. . Avaliação temporal do uso e ocupação do solo na microbacia Ribeirão Gustavo, município de Massaranduba, SC. In: XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2011, Curtiiba. XV SBSR Anais Proceedings. São José dos Campos: INPE, 2011.

10.
SILVA, E. B.; ZAMPARETTI, A. F. . O uso de geotecnologias para análise espacial das áreas de interesse ambiental: assentamento Eldorado dos Carajás, lebon Régis, SC. In: XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2011, Curitiba. XV SBSR Anais Proceedings. São José dos Campos: INPE, 2011.

11.
DORTZBACH, D. ; Vianna, L.F. ; SOUZA, J. M. ; SILVA, E. B. ; ARAUJO, I. S. ; BACIC, I. L. Z. ; BENEZ, M. C. ; SILVEIRA, F. . Uso e ocupação do solo em áreas de preservação permanente na microbacia Ribeirão Gustavo, município de Massaranduba, SC. In: XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2011, Curitiba. XV SBSR Anais Proceedings. São José dos Campos: INPE, 2011.

Outras produções bibliográficas
1.
VASQUES, G. M. ; SILVA, E. B. ; BACIC, I. L. Z. . Anais da primeira reunião da Rede Brasileira de Pesquisa em Mapeamento Digital de Solos. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2012 (Documento Técnico).

2.
BACIC, I. L. Z. ; PIVETTA, J. R. ; MARTINS, R. P. ; VALOIS, C. M. ; RIBEIRO, R. S. ; CHANIN, Y. M. A. ; LAUS NETO, J. A. ; DORTZBACH, D. ; SILVA, E. B. ; BENEZ, M. C. ; GARCINDO, L. B. . Projeto Aptidão de Uso das Terras por Demanda: relatório das atividades e resultados na Microbacia Dois Irmãos, Comunidade Dois Irmãos, Luzerna, SC 2010 2010 (Documento Técnico).

3.
BACIC, I. L. Z. ; PIVETTA, J. R. ; MARTINS, R. P. ; VALOIS, C. M. ; RIBEIRO, R. S. ; CHANIN, Y. M. A. ; LAUS NETO, J. A. ; DORTZBACH, D. ; SILVA, E. B. ; BENEZ, M. C. ; GARCINDO, L. B. . Projeto Aptidão de Uso das Terras por Demanda: relatório das atividades e resultados na Microbacia Dois Irmãos, Comunidade Barra do Estreito, Luzerna, SC 2010 2010 (Documento Técnico).

4.
BACIC, I. L. Z. ; PIVETTA, J. R. ; MARTINS, R. P. ; VALOIS, C. M. ; RIBEIRO, R. S. ; CHANIN, Y. M. A. ; LAUS NETO, J. A. ; DORTZBACH, D. ; SILVA, E. B. ; BENEZ, M. C. ; GARCINDO, L. B. . Projeto Aptidão de Uso das Terras por Demanda: relatório das atividades e resultados na Microbacia Dois Irmãos, Comunidades Leãozinho e São Bento, Luzerna, SC 2010 2010 (Documento Técnico).

5.
BACIC, I. L. Z. ; PIVETTA, J. R. ; MARTINS, R. P. ; VALOIS, C. M. ; RIBEIRO, R. S. ; CHANIN, Y. M. A. ; LAUS NETO, J. A. ; DORTZBACH, D. ; SILVA, E. B. ; BENEZ, M. C. ; GARCINDO, L. B. . Projeto Aptidão de Uso das Terras por Demanda: relatório das atividades e resultados na Microbacia Dois Irmãos, Comunidades Roça Grande e Passo da Invernada, Luzerna, SC 2010 2010 (Documento Técnico).

6.
BACIC, I. L. Z. ; PIVETTA, J. R. ; MARTINS, R. P. ; VALOIS, C. M. ; RIBEIRO, R. S. ; CHANIN, Y. M. A. ; LAUS NETO, J. A. ; DORTZBACH, D. ; SILVA, E. B. ; BENEZ, M. C. ; GARCINDO, L. B. . Projeto Aptidão de Uso das Terras por Demanda: relatório das atividades e resultados na Microbacia Concórdia, Lontras, SC 2010 2010 (Documento Técnico).

7.
BACIC, I. L. Z. ; PIVETTA, J. R. ; MARTINS, R. P. ; VALOIS, C. M. ; RIBEIRO, R. S. ; CHANIN, Y. M. A. ; LAUS NETO, J. A. ; DORTZBACH, D. ; SILVA, E. B. ; BENEZ, M. C. ; GARCINDO, L. B. . Projeto Aptidão de Uso das Terras por Demanda: relatório das atividades e resultados na Microbacia Pomba Branca, Barra Bonita, SC 2010 2010 (Documento Técnico).

8.
BACIC, I. L. Z. ; PIVETTA, J. R. ; MARTINS, R. P. ; VALOIS, C. M. ; RIBEIRO, R. S. ; CHANIN, Y. M. A. ; LAUS NETO, J. A. ; DORTZBACH, D. ; SILVA, E. B. ; BENEZ, M. C. ; GARCINDO, L. B. . Projeto Aptidão de Uso das Terras por Demanda: relatório das atividades e resultados na Comunidade 25 de Maio, Barra Bonita, SC 2010 2010 (Documento Técnico).

9.
BENEZ, M. C. ; SILVA, E. B. ; COMASSETO, V. ; SA, M. A. . Avaliação Ambiental do Programa SC Rural. Florianópolis: EPAGRI, 2010 (Documento Técnico).

10.
LAUS NETO, J. A. ; ALMEIDA, J. A. ; OLIVEIRA, J. B. ; KER, J. C. ; PUNDEK, M. ; DORTZBACH, D. ; SILVA, E. B. . VII RCC 2008 2008 (Documento Técnico).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
SILVA, E. B.. Capacidade de Suporte do Solo: Valorização de Dejetos Suínos: Fertilização e Qualidade do Solo. 2003.

2.
SILVA, E. B.. Metodologia e Avaliação dos Indicadores na Recuperação de Áreas Degradadas. 2003.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
UBERTI, A. A. A.; COMIN, J. J.; OLIVEIRA, A. G. L.; SILVA, E. B.. Participação em banca de Cristiana Corti. Propostas de manejo para as classes de solos dos assentamentos agrícolas José Maria e Papuan II do município de Abelardo Luz - SC: um estudo de caso.. 2013. Dissertação (Mestrado em Agroecossistemas) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Qualificações de Mestrado
1.
CATEN, A. T.; SILVA, E. B.; MARCHIORO, C. A.. Participação em banca de Deiverson Ariel da Silva. Relações entre o padrão espacial dos imóveis rurais e a fragmentação da paisagem no Meio Oeste Catarinense. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Ecossistemas Agrícolas e Naturais (PPGEAN)) - Universidade Federal de Santa Catarina - campus Curitibanos.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
GOULART, M.; SILVA, E. B.; COMIN, J.J.. Participação em banca de Manoela Carolina da Silva Goulart.Avaliação e propostas de sustentabilidade produtiva no assentamento Roseli Nunes - município de Abelardo Luz em Santa Catarina. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
SILVA, E. B.. Comissão de Avaliação da Etapa Estadual do Prêmio Talento Profissional Senac 2010. 2010. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SC.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XXXVI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. VIS-NIR SPECTROSCOPY FOR PREDICTING SAND, SILT AND CLAY CONTENTS USING LEGACY SOIL SAMPLES OF SANTA CATARINA STATE. 2017. (Congresso).

2.
Inaugural Global Workshop on Digital Soil Morphometrics.Modeling soil texture using a limited region of the visible/near-infrared spectrum. 2015. (Outra).

3.
8º CEEA Congresso Estadual de Engenheiros Agrônomos. 2014. (Congresso).

4.
1ª Workshop da Rede Brasileira de Mapeamento Digital de Solos - Rede MDS.Ações de Pesquisa em Mapeamento Digital de Solos no Brasil, Concluídas e em Andamento: Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina ? Epagri. 2011. (Encontro).

5.
7º CEEA Congresso Estadual de engenheiros Agrônomos. 2011. (Congresso).

6.
XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto.O uso de geotecnologias para análise espacial das áreas de interesse ambiental: assentamento Eldorado dos Carajás, lebon Régis, SC;. 2011. (Simpósio).

7.
XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. inserir título. 2011. (Congresso).

8.
XXXIII Congresso Brasileiro de CIência do Solo. Balanço e-axte de carbono: estudo de caso do Programa Santa Catarina Rural. 2011. (Congresso).

9.
III Simpósio Brasileiro de Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação.Análise espacial do conflito de uso das terras em SIG: Assentamento Eldorado dos Carajás, Lebon Régis, SC. 2010. (Simpósio).

10.
Mercosul Pós Copenhague. 2010. (Seminário).

11.
Seminário de ATER - "Pnater e a Lei 12.188 de 11 de janeiro de 2010". 2010. (Seminário).

12.
Meio Ambiente, Peculiares Regionais e Desafios à Sustentabilidade. 2009. (Seminário).

13.
Seminário Estadual sobre Pagamento por Serviços Ambientais. 2009. (Seminário).

14.
Seminário Inventário Florístico Florestal de Santa Catarina. 2009. (Seminário).

15.
Workshop Geotécnico-Geológico das Catástrofes Naturais em SC. 2009. (Outra).

16.
Workshop Tecnologias para Prevenção de Catástrofes Naturais em SC. 2009. (Outra).

17.
Seminário Internacional Indicações Geográficas no Brasil: perspectivas e desafios.. 2008. (Seminário).

18.
VIII RCC - Reunião Nacional de Correlação e Classificação de Solos Santa Catarina. 2008. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BACIC, I. L. Z. ; SILVA, E. B. . XXXIV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. 2013. (Congresso).

2.
SILVA, E. B.. XXXIV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, Moderador do Simpósio 21: Desafios para o Mapeamento Digital de Solos. 2013. (Congresso).

3.
SILVA, E. B.; VASQUES, G. M. ; BACIC, I. L. Z. . 3ª Reunião da Rede Brasileira de Mapeamento Digital de Solos - Rede MDS. 2013. (Outro).

4.
BACIC, I. L. Z. ; SILVA, E. B. ; VASQUES, G. . 2ª Reunião da Rede Brasileira de Mapeamento Digital de Solos - Rede MDS. 2012. (Outro).

5.
SILVA, E. B.. Congresso Nacional dos Trabalhadores da Assistência Técnica e Extensão Rural e do Setor Público Agrícola do Brasil. 2009. (Congresso).

6.
SILVA, E. B.. V Reunião Sul-Brasileira de Ciência do Solo. 2004. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Marcele Eifler de Oliveira. Análise multitemporal do uso da terra no Parque Nacional de São Joaquim/SC. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Elisangela Benedet da Silva.



Inovação



Projetos de pesquisa



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 09/12/2018 às 20:31:08