Moisés Antiqueira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3997505047387469
  • Última atualização do currículo em 05/12/2018


Doutor (2012) e Mestre (2008) em História Social pela Universidade de São Paulo (USP) e Bacharel e Licenciado (2004) em História pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp/Franca). Professor Adjunto C dos Colegiados de Graduação e Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) em História da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste/Mal. C. Rondon). Atualmente integra os Grupos de Pesquisa (CNPq) "História Intelectual e Historiografia" (Unioeste), "Gêneros de Prosa Greco-latina" (USP) e o "Atrium - Espaço Interdisciplinar de Estudos da Antiguidade" (UFRJ). Membro da Associação Nacional de História (ANPUH/Regional Paraná) e da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos (SBEC). Especializado na área de História Antiga, atua principalmente com os seguintes temas: historiografia latina nos períodos tardo-republicano e imperial romano, história política da Antiguidade Tardia e a crise do mundo romano no século III. Igualmente, desenvolve reflexões teóricas no campo da História Intelectual, em particular no que se refere à intencionalidade autoral e à produção empreendida no campo no âmbito das universidades paranaenses. E-mail para contato: moises.antiqueira@gmail.com ORCID: https://orcid.org/0000-0001-6377-030X (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Moisés Antiqueira
Nome em citações bibliográficas
ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras.
Rua Pernambuco, 1777
Jardim Universitário
85960000 - Marechal Cândido Rondon, PR - Brasil
Telefone: (45) 32847943
URL da Homepage: http://www.historiaunioeste.net/


Formação acadêmica/titulação


2008 - 2012
Doutorado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: O Império romano de Aurélio Vítor, Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Maria Luiza Corassin.
Palavras-chave: Roma Antiga; Sexto Aurélio Vítor; Historiografia tardo-antiga; Cultura romana.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.
Setores de atividade: Educação.
2005 - 2008
Mestrado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Moderatio tuendae libertatis: moderação, exempla e poder na história de Tito Lívio (livro III),Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Maria Luiza Corassin.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Historiografia; Roma; Tito Lívio; Analística.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.
Setores de atividade: Educação Superior.
2001 - 2004
Graduação em História.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: A Lei das XII Tábuas: Fundamentos da Constituição Censitária da República Romana (451-450 a.C.).
Orientador: Maria Celeste Fachin.
Bolsista do(a): Programa de Educação Tutorial, PET, Brasil.




Formação Complementar


2013 - 2013
Egíptologia - Plataforma Coursera. (Carga horária: 16h).
Universitat Autònoma de Barcelona - UAB, UAB, Espanha.
2007 - 2007
Montesquieu e o retrato de Sila. (Carga horária: 4h).
Faculdade de Ciências e Letras - Unesp, FCL - UNESP, Brasil.
2007 - 2007
Teatro e justiça - um percurso civilizacional. (Carga horária: 4h).
Faculdade de Ciências e Letras - Unesp, FCL - UNESP, Brasil.
2007 - 2007
Repensando o político na antiguidade romana. (Carga horária: 8h).
Faculdade de História, Direito e Serviço Social - Unesp (SP), FHDSS - UNESP, Brasil.
2003 - 2003
Os Monumentos Epigráficos Definidores de Fronteira. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
2003 - 2003
Tácito e não-romanos: estranhamentos e identidades. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
2002 - 2002
A Idade Média no Cinema. (Carga horária: 60h).
Faculdade de História, Direito e Serviço Social - Unesp (SP), FHDSS - UNESP, Brasil.
2002 - 2002
História da Educação Escolar. (Carga horária: 6h).
Faculdade de História, Direito e Serviço Social - Unesp (SP), FHDSS - UNESP, Brasil.
2001 - 2001
Metodologia da Pesquisa Histórica. (Carga horária: 6h).
Faculdade de História, Direito e Serviço Social - Unesp (SP), FHDSS - UNESP, Brasil.
2001 - 2001
O Ensino de História. (Carga horária: 6h).
Faculdade de História, Direito e Serviço Social - Unesp (SP), FHDSS - UNESP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto C, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2016 - 2018
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto B, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto A, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente A, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Medieval II
04/2018 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Cargo ou função
Membro da Equipe de Coordenação do Núcleo de Pesquisa e Documentação sobre o Oeste do Paraná (CEPEDAL).
08/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Técnico-Científico do Laboratório de Microfilmagem e Digitalização de Documentos (LAMIDI).
12/2016 - Atual
Direção e administração, Programa de Pós-Graduação em História - Unioeste, .

Cargo ou função
Suplente da Coordenação do Programa de Pós-Graduação stricto sensu em História - Campus Mal. C. Rondon.
07/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Programa de Pós-Graduação em História.
03/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Linhas de pesquisa
Cultura e Identidades
08/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

08/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

08/2013 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Graduação em História.
03/2018 - 07/2018
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Medieval I
03/2018 - 07/2018
Ensino, História, Poder e Práticas Sociais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria e Metodologia da História
08/2017 - 02/2018
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Antiga II
03/2017 - 12/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Programa de Pós-Graduação em História - Unioeste, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Seleção de Bolsistas do PPGH.
09/2015 - 09/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Cargo ou função
Editor-chefe da Revista Tempos Históricos.
08/2015 - 08/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Cargo ou função
Representante docente do PPGH no Conselho do CCHEL.
03/2017 - 07/2017
Ensino, História, Poder e Práticas Sociais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria e Metodologia da História
08/2015 - 07/2017
Direção e administração, Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Cargo ou função
Coordenador do Laboratório de Pesquisa "Estudos em História Intelectual".
03/2017 - 03/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Eleitoral para o processo de escolha de Coordenação do Cepedal - Portaria Nº 009/2017 - CCHEL.
08/2016 - 02/2017
Ensino, História, Poder e Práticas Sociais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
História e Cultura
08/2016 - 02/2017
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Antiga II
04/2016 - 08/2016
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Antiga I
04/2016 - 08/2016
Extensão universitária , Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Atividade de extensão realizada
2º CinEureka.
10/2015 - 03/2016
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Antiga II
09/2015 - 03/2016
Ensino, História, Poder e Práticas Sociais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópico Especial em História/e Historiografia em Cultura e Identidades
02/2016 - 02/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Programa de Pós-Graduação em História - Unioeste, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Seleção de Candidatos a Bolsa de Pós-Doutorado (PNPD/CAPES).
10/2015 - 02/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Cargo ou função
Representante docente do Colegiado de História na Comissão de Extensão do CCHEL.
10/2015 - 10/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Comissão Eleitoral Central.

Cargo ou função
Mesário (suplente) em seção eleitoral do Campus de Mal. C. Rondon na Consulta Acadêmica 2015.
02/2015 - 10/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .

Cargo ou função
Membro do Comitê Institucional do Programa de Iniciação Científica.
03/2015 - 09/2015
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Antiga I
10/2013 - 09/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Cargo ou função
Representante docente do Colegiado de História na Comissão de Extensão do CCHEL.
07/2014 - 12/2014
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Antiga II
História Medieval II
08/2014 - 08/2014
Ensino, Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE/SEED), Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Procedimentos metodológicos no ensino de História Antiga e Medieval: o uso de diferentes fontes como recurso didático
03/2014 - 07/2014
Extensão universitária , Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Atividade de extensão realizada
"As pedras que falam": epigrafia latina para historiadores.
03/2014 - 07/2014
Extensão universitária , Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Atividade de extensão realizada
CinEureka: filmes, pipoca e papo.
02/2014 - 07/2014
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Antiga I
História Medieval I
04/2014 - 04/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Cargo ou função
Representante Docente do Curso de História junto à Comissão Eleitoral para Escolha de Coordenador e Suplente do Curso de Educação Física - Licenciatura e História do CCHEL/Unioeste.
08/2013 - 12/2013
Ensino, Bacharelado e Licenciatura em História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Antiga
Mundos do Trabalho na Antiguidade Greco-romana e no Ocidente Medieval
08/2013 - 08/2013
Ensino, Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE/SEED), Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
História e Literatura
História Intelectual
02/2011 - 12/2011
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Antiga
História da América I
Disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso
02/2011 - 12/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Graduação em História.
04/2011 - 04/2011
Ensino, Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE/SEED), Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Teoria e Metodologia da História

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2012
Vínculo: Aluno de Pós-Graduação, Enquadramento Funcional: Aluno de Pós-Graduação, Carga horária: 0

Atividades

07/2005 - 11/2012
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Linhas de pesquisa
Historiografia Romana

Faculdade Calafiori, FAC. CALAFIORI, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 4

Atividades

07/2010 - 12/2010
Ensino, Licenciatura em História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Medieval
02/2010 - 07/2010
Ensino, Licenciatura em História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Antiga

Escola de Idiomas Wizard - Piracicaba, WIZARD, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Professor Horista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 10

Atividades

04/2009 - 07/2009
Ensino,

Disciplinas ministradas
Alemão - Nível Básico (Livro 1)
Francês - Nível Básico (Livro 1)

Serviço Social da Indústria, SESI, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de História Ciclo III-IV Ens. Fund., Carga horária: 20
Outras informações
Contratado mediante seleção pública realizada em maio de 2006.

Atividades

02/2008 - 07/2008
Ensino,

Disciplinas ministradas
História

Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, SEE-SP, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: OFA, Enquadramento Funcional: Professor de História/ACT

Atividades

02/2005 - 06/2005
Ensino,

Disciplinas ministradas
História
02/2005 - 06/2005
Ensino,

Disciplinas ministradas
História

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2004
Vínculo: Bolsista PET, Enquadramento Funcional: Aluno de Graduação, Carga horária: 18
Outras informações
O Programa Especial de Treinameneto - PET, criado em 1979, esteve, durante 20 anos , sob o acompanhamento e avaliação da Capes. A partir do ano 2000, o Programa passou a ser vinculado à Secretaria de Educação Superior - SESu/MEC. O Programa Especial de Treinamento é destinado a grupos de alunos que demonstrem interesse e habilidades destacadas em cursos de graduação das IES. O apoio é concedido ao curso por um período indeterminado, e ao bolsista até a conclusão da sua graduação, desde que obedecidas as normas constantes no Manual de Orientações Básicas do Pet (SESu/MEC). O PET é integrado por grupos tutoriais de aprendizagem, que buscam propiciar aos alunos, sob a orientação de um professor tutor, condições para a realização de atividades extracurriculares, que complementem a sua formação acadêmica, procurando atender mais plenamente às necessidads do prórpio curso de graduação e/ou ampliar e aprofundar os objetivos e os conteúdos programáticos dos cursos de graduação apoiados pelo PET, visando à formação global do aluno, favorecendo a formação acadêmica, tanto para a integração no mercado profissional como para o desenvolvimento de estudos em programas de pós-graduação. O PET constitui-se, portanto, em uma modalidade de investimento acadêmico em cursos de graduação que tem sérios compromissos epistemológicos, pedagógicos, éticos e sociais. O PET, assim, assume a responsabilidade de contribuir para a melhor qualificação academica do bolsista, como pessoa humana e como membro da sociedade. Assim, a médio e longo prazos, a SESu espera fomentar a formação de profissionais de nível superior, nas diversas áreas do conhecimento, dotados de elevados padrões científicos, técnicos, éticos e com responsabilidade social, nas diversas áreas do conhecimento (ensino-pesquisa-extensão), que sejam capazes de uma atuação no sentido da transfromação da realidade nacional, em especial como docentes e pesquisadores pós-graduados em áreas profissionais

Vínculo institucional

2001 - 2004
Vínculo: Aluno de Graduação, Enquadramento Funcional: Aluno de Graduação, Carga horária: 0

Atividades

03/2003 - 12/2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de História, Direito e Serviço Social de Franca, .

Cargo ou função
Membro de Conselho Consultivo da Revista Ensaios de História.
02/2002 - 12/2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de História, Direito e Serviço Social de Franca, .

Cargo ou função
Membro de conselho editorial do Papiro - Boletim Informativo do PET/História.


Linhas de pesquisa


1.
Historiografia Romana

Objetivo: Compreender diversos aspectos do mundo romano por intermédio de diferentes modalidades de escrita da história empreendidas por autores latinos tardo-republicanos e do período imperial, como Tito Lívio e Sexto Aurélio Vítor.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.
Setores de atividade: Educação.
Palavras-chave: Tito Lívio; Sexto Aurélio Vítor; Narrativa Histórica; Biografia.
2.
História Intelectual e Historiografia

Objetivo: O grupo de História Intelectual e Historiografia tem como principais objetivos promover a pesquisa e estimular o debate e a divulgação de temas, ideias e abordagens afetas à história intelectual. Nesse sentido, seus membros se dedicam ao estudo do desenvolvimento e da dinâmica de conceitos, ideias, ideologias, teorias e questões consideradas em relação à sua mutua influência com movimentos sociais, artísticos e científicos. Também indagam sobre a racionalidade ou os modos de pensar e sentir dos indivíduos de certa época, bem como sobre a própria figura do intelectual, entendido como um agente social que participa de modo determinante na criação, desenvolvimento e divulgação de ideias e obras artísticas, literárias ou científicas. Por meio dessas atividades, espera-se contribuir para o ensino e pesquisa em diversas áreas das Ciências Humanas, num sentido amplo, e na História, particularmente. Além disso, o grupo realiza projetos de extensão que procuram divulgar as ideias, opiniões e o conhecimento constituído, tanto para os membros da academia quanto para o público leigo interessado.
3.
Cultura e Identidades
4.
Estudos em História Antiga e Medieval

Objetivo: Em consonância com os debates desenvolvidos no Grupo de Pesquisa ?História Intelectual e Historiografia?, propomos, nesse primeiro momento, o estabelecimento de reflexões acerca da produção de diferentes intelectuais pertencentes ao mundo antigo e medieval, levando em consideração as possíveis relações entre tais autores e o exercício do poder político à sua época. Logo, por ?intelectual? compreendemos um grupo amplo (historiadores, oradores, filósofos, clérigos e etc.) que pensou sobre variados temas concernentes à sociedade em que viviam e ao cenário político coevo. Desta forma, esses intelectuais cumpriram com um papel ativo dentro do contexto em que se inseriam ? ainda que, em via de regra, restrito às camadas dominantes, das quais eram oriundos ou estavam, de algum modo, vinculados ? ao formularem ajuizamentos críticos diante das formas e relações de poder coetâneas ou ao proporem alternativas àquelas. Por fim, cabe destacar a oportunidade oferecida aos acadêmicos no sentido de efetuarem contato com as sociedades antiga e medieval a partir das fontes literárias nelas produzidas, ou seja, tomando tais textos enquanto instrumento primordial de inferência e análise frente às questões políticas que caracterizavam os períodos supracitados..


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Crises e usurpações no alvorecer da Antiguidade Tardia (séculos III-IV)
Descrição: Dando continuidade a uma proposta finalizada no ano de 2016, o presente projeto se volta para determinados processos de crise política observados entre o fim da dinastia severiana (235 EC) e o final da era constantiniana (363 EC). Objetiva-se, nesses termos, aplicar/resgatar o conceito de "crise" como ferramenta heurística válida para o estudioso da Antiguidade Tardia, enfatizando, pois, os mecanismos adotados pelos agentes do poder central no sentido de responder à dinâmica de tais crises. Similarmente, parte-se do pressupostos de que o fenômeno histórico comumente denominado por "usurpação", tão característico do período ora delimitado, deva ser problematizado como um "mecanismo de resposta" às crises e, para tanto, ressignificado por parte da moderna crítica historiográfica. O corpus documental selecionado privilegiará, para tanto, as evidências numismáticas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Moisés Antiqueira - Coordenador / Janaice Bertoldo da Silva - Integrante.
2017 - Atual
Panorama e tendências atuais da História Intelectual no Paraná
Descrição: A pesquisa tem por objetivo a consecução de um inédito levantamento e análise sobre a produção historiográfica pertinente ao campo da História Intelectual no interior do cenário acadêmico no Paraná dos dias de hoje. A proposta revela- se oportuna tendo em mente que, por um lado, a História Intelectual figura como um dos mais destacados dentre os ?novos domínios da História? e, por outro, se leva em consideração aquilo que vem sendo desenvolvido pelos historiadores vinculados às universidades paranaenses justamente em meio a um processo de consolidação dos programas de pós- graduação em História a nível estadual. Sendo assim, objetiva-se mapear o referido campo historiográfico dentro de nosso estado (profissionais, temas e objetos de pesquisa, possíveis redes de filiação, identificação de eventuais gerações de pesquisadores, entre outros aspectos) para, em momento posterior, construir uma base de dados que sirva como instrumento de referência para estudantes e pesquisadores paranaenses no que concerne aos trabalhos abarcados pelo campo da História Intelectual..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Moisés Antiqueira - Coordenador / Marcos Luis Ehrhardt - Integrante / André Luiz Leme - Integrante / Francisco Ferreira Junior - Integrante / Milton Stancyzk Filho - Integrante / Monique Maia dos Santos - Integrante / Isabela de Barros Pletsch - Integrante.Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2015 - Atual
Autoria e intencionalidade no campo da História Intelectual
Descrição: Este projeto almeja explorar questões relacionadas a uma dimensão fundamental da História Intelectual, qual seja, as noções de autoria e de intencionalidade na perspectiva de que possibilitem reconstruir historicamente "eventos intelectuais" ou "eventos artísticos" que se insiram em diferentes temporalidades, embora com particular ênfase na Antiguidade greco-romana. O projeto parte, assim, da problematização de produções intelectuais de natureza variada (escritas, pictóricas, audiovisuais, orais) com vistas à reflexão sobre as possibilidades e os limites que se impõem ao estudioso da História Intelectual no sentido de descortinar em que medida a intenção autoral pode ou não configurar uma chave de acesso adequada à compreensão de textos e eventos específicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Moisés Antiqueira - Coordenador / Gilmar Senturião - Integrante / Marcio Augusto Galante - Integrante.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 2
2014 - 2016
A crise do Império romano no século III d.C.: uma abordagem teórico-conceitual
Descrição: No ano de 1993, o medievalista Chris Wickham publicou um artigo intitulado ?La chute de Rome n?aura pas lieu?, quer dizer, ?a queda de Roma não terá mais lugar?. O referido título sintetiza a premissa básica que têm caracterizado parcela considerável da produção historio-gráfica nas décadas mais recentes, no que se refere aos processos históricos que marcaram os últimos séculos da história imperial romana e os primeiros tempos do Medievo no Ocidente europeu. Trata-se, pois, de uma perspectiva que privilegia a permanência e a mutação das formas políticas e sociais e das atitudes mentais entre a Antiguidade romana e a Idade Média, em detrimento das noções de ruptura entre um período e outro. Nestes termos, passou a ser igualmente contestada a visão de que a sociedade imperial teria vivenciado um processo de crise multifacetada no século III, usualmente concebido como ponto de partida de uma espiral de decadência que, por fim, teria culminado no desaparecimento do mundo romano no ano de 476. Assim sendo, desde os anos 1990 em especial, vários estudiosos se voltaram para os acontecimentos cruciais ocorridos entre 235 e 285 movidos pela intenção, deliberada ou in-consciente, de compreendê-los como expressão de uma gradual transformação, descartando o emprego do conceito de crise, julgado a partir de um viés assaz negativo. Nossa proposta de pesquisa busca, pois, questionar os pressupostos que levaram ao atual abandono do conceito de crise como ferramenta heurística para se avaliar a história do Império romano nos meados do século III, ao mesmo tempo em que, baseando-se nos fundamentos da história conceitual, almejamos propor uma concepção de ?crise? que se mostre metodologicamente válida. O projeto, protocolizado sob n. 42678/2014-DVP/PRPPG/Unioeste, foi encerrado em junho de 2016..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2012
Mundo romano: um estudo através da historiografia antiga
Descrição: Para o desenvolvimento de pesquisas que privilegiam tópicos específicos do mundo romano, tenho utilizado fontes latinas e gregas pertinentes à Antigüidade romana, destacadamente para estudos sobre segmentos sociais como os grupos dirigentes senatoriais, sobre a plebe urbana e sobre os aspectos político-institucionais relacionados a conflitos emergentes. O uso da historiografia antiga, sobretudo Políbio, Tito Lívio, Cícero, permite desenvolver com os orientandos trabalhos que visam uma leitura ampla desses textos, integrando a problemática colocada pelo relato de cada autor com a forma de construção da narrativa, dentro das condições sociais e políticas em que as obras foram elaboradas. A leitura de textos epigráficos também está sendo usada para elaboração de pesquisa sobre aspectos da República e do período augustano.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Moisés Antiqueira - Integrante / Maria Luiza Corassin - Coordenador.
2002 - 2003
Educação Brasileira no Contexto da Reforma do Estado: o Governo Fernando Henrique Cardoso
Descrição: O referido trabalho investigou o conjunto das reformas educacionais, que por meio de seus resultados o relacionamos com a reforma do Estado como um todo. Fizemos esse exercício sempre norteado por tais objetivos, buscando selecionar uma bibliografia que abarcasse a política, a economia e a educação, pautando-nos dentro de uma perspectiva histórica.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (11) .
Integrantes: Moisés Antiqueira - Integrante / Pedro Geraldo Tosi - Coordenador / Paulo Roberto de Oliveira - Integrante / Reginaldo de Oliveira Pereira - Integrante / Luciana Fontes Parzewski - Integrante / Lucas Miranda Pinheiro - Integrante / Gustavo Bueno - Integrante / Alexandre Budaibes - Integrante / Cristiane Ribeiro Justino - Integrante / Adriano Braga Oliveira - Integrante / Rafael José dos Anjos Silva - Integrante / Juliano Alves Dias - Integrante.Financiador(es): Secretária de Ensino Superior - Ministério da Educação - Bolsa.
2002 - 2002
Novas Tendências na Historiografia: um estudo a partir dos anais da SBPC (1980-2000)
Descrição: O projeto teve como objetivo analisar as mudanças das produções nacionais que começaram a aflorar baixo a influência francesa da terceira geração dos Annales, com a chamada Nova História. Isto deu-se num contexto de avanço dos ideais do neoliberalismo e de desilusão frente aos ideais marxistas, o que corroborou com a decadência da utilização dos instrumentais analíticos da mesma origem. Tudo isso numa época em que no Brasil tivemos também a institucionalização dos cursos de pós-graduação.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (13) .
Integrantes: Moisés Antiqueira - Integrante / Pedro Geraldo Tosi - Coordenador / Paulo Roberto de Oliveira - Integrante / Reginaldo de Oliveira Pereira - Integrante / Luciana Fontes Parzewski - Integrante / Lucas Miranda Pinheiro - Integrante / Gustavo Bueno - Integrante / Alexandre Budaibes - Integrante / Cristiane Ribeiro Justino - Integrante / Maicon Vinícius Carrijo - Integrante / Camila da Silva Condilo - Integrante / Cesar Agenor Fernandes da Silva - Integrante / Maria Renata da Cruz Duran - Integrante / Adriano Braga Oliveira - Integrante.Financiador(es): Secretária de Ensino Superior - Ministério da Educação - Bolsa.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: Vozes, Pretérito & Devir
2016 - Atual
Periódico: Bilros. História(s), Sociedade(s) e Cultura(s)
2015 - 2017
Periódico: Revista Tempos Históricos
2003 - 2004
Periódico: Ensaios de História (Franca)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Alemão
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Italiano
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Latim
Lê Bem.


Prêmios e títulos


2017
Professor Homenageado - Nome de Turma, 35ª Turma do Curso de Licenciatura em História (Matutino e Noturno) da Unioeste.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:2
Total de citações:5
Moises Antiqueira  Data: 20/10/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
1ANTIQUEIRA, M.2018 ANTIQUEIRA, M.. A abdicação de Vetranião (350 d.c.) e os resquícios do modelo Tetrárquico. HISTÓRIA (SÃO PAULO), v. 37, p. 016, 2018.

2.
2ANTIQUEIRA, M.2018ANTIQUEIRA, M.; OLIVEIRA, P. R. . 'Eu tenho tantas dúvidas': o filme Dúvida e a construção do conhecimento histórico. MÉTIS: HISTÓRIA & CULTURA, v. 17, p. 353-366, 2018.

3.
4ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2017 ANTIQUEIRA, M.. La muerte del emperador Caro y la historiografía latina pagana del siglo IV: historias más alla de la historia. Classica et Christiana, v. 12, p. 9, 2017.

4.
3ANTIQUEIRA, M.2017ANTIQUEIRA, M.. Para além da tradição analística: os jogos gladiatoriais e as venationes na obra de Tito Lívio. Praesentia: Revista Venezolana de Estudios Clásicos, v. 18, p. 6, 2017.

5.
5ANTIQUEIRA, MOISÉS2017ANTIQUEIRA, MOISÉS. O reinado de Galieno de acordo com Aurélio Vítor: comentário e tradução. CLASSICA - REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS CLÁSSICOS, v. 29, p. 207-217, 2017.

6.
7ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2015ANTIQUEIRA, M.. A breuitas na obra de Festo (de Tridento). Mirabilia (Vitória. Online), v. 20, p. 298-312, 2015.

7.
6ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2015ANTIQUEIRA, M.. Era uma vez a crise do Império romano no século III: percursos de um recente itinerário historiográfico. Revista Diálogos Mediterrânicos, v. 9, p. 152-168, 2015.

8.
9ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2014ANTIQUEIRA, M.. Modelos causais e a escrita da história. História da Historiografia, v. 14, p. 11-26, 2014.

9.
10ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2014ANTIQUEIRA, M.. 'O julgamento de Cesão Quíncio': uma leitura de Tito Lívio (3.13.6-10). História. Questões e Debates, v. 60, p. 191-204, 2014.

10.
8ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2014 ANTIQUEIRA, M.. Silêncio e memória: cristianismo e dinastia constantiniana em Aurélio Vítor. Revista de Historia (USP), v. 170, p. 47-76, 2014.

11.
11ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2013ANTIQUEIRA, M.. A revolta dos moedeiros e a muralha aureliana: a cidade de Roma sob o reinado de Aureliano (270-275 d.C.). Vozes, Pretérito & Devir, v. 1, p. 202-217, 2013.

12.
12ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2012ANTIQUEIRA, M.. Aurélio Vítor e a África romana: uma manifestação de ?amor patriae? na historiografia tardo-antiga. Antiguidade Clássica (Apucarama), v. 9, p. 16-26, 2012.

13.
14ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2011ANTIQUEIRA, M.. Existiu um edito de Galieno?. Antiguidade Clássica (Apucarama), v. 7, p. 121-139, 2011.

14.
13ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2011ANTIQUEIRA, M.. Aurélio Vítor e o quinquennium Neronis. HISTÓRIA UNISINOS, v. 15, p. 437-445, 2011.

15.
15ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2009ANTIQUEIRA, M.. Tito Lívio e a lógica dos corpos. Ou por que assassinar Lúcio Sício e sacrificar Virgínia?. Revista de História (USP), v. 161, p. 339-366, 2009.

16.
16ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2009ANTIQUEIRA, M.. O historiador e o orador: a inserção de Tucídides nos tratados retóricos ciceronianos. Diálogos (Maringá), v. 13, p. 97-118, 2009.

17.
17ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2009ANTIQUEIRA, M.. Fabula, monumentum e a fundação de Roma no prefácio de Tito Lívio (6-9). Esboços, v. 16, p. 151-162, 2009.

18.
18ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2008ANTIQUEIRA, M.. O escudo da virtude e a ideologia do Principado augustano. Fênix (Uberlândia), v. 5, p. VI, 2008.

19.
19ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2007ANTIQUEIRA, M.. Pátrio poder e poder estatal na Roma das XII Tábuas. Justiça & História (Impresso), v. 7, p. 153-174, 2007.

20.
20ANTIQUEIRA, M.;ANTIQUEIRA, MOISÉS2003ANTIQUEIRA, M.. A Codificação do Direito Romano: algumas reflexões acerca das XII Tábuas. Ensaios de História (Franca), Franca/SP, v. 8, p. 25-36, 2003.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ANTIQUEIRA, M.. A escrita da história na Antiguidade greco-romana. 1. ed. Curitiba: Prismas, 2016. v. 1. 246p .

2.
ANTIQUEIRA, M.. Moderatio tuendae libertatis: A historiographical study of Livy's History (book 3). 1. ed. Saarbrücken: VDM Verlag Dr. Müller, 2010. 156p .

Capítulos de livros publicados
1.
ANTIQUEIRA, M.. Festus the Epitomator? The "Historical Monograph" of Festus. In: Olivier Devillers; Breno Battistin Sebastiani. (Org.). Sources et Modèles des Historiens Anciens. 1ed.Bordeaux: Ausonius Éditions, 2018, v. , p. 295-305.

2.
ANTIQUEIRA, M.. Do milenário da fundação de Roma à perseguição de Décio contra os cristãos: a "crise" como chave de leitura. In: Semíramis Corsi Silva; Carlos Eduardo da Costa Campos. (Org.). Corrupção, crimes e crises na Antiguidade. 1ed.Rio de Janeiro: Desalinho, 2018, v. , p. 217-231.

3.
ANTIQUEIRA, M.. Um funcionário cristão como alvo? Flávio Florêncio e Aurélio Vítor. In: Moisés Antiqueira. (Org.). A escrita da história na Antiguidade greco-romana. 1ed.Curitiba: Prismas, 2016, v. , p. 223-246.

4.
ANTIQUEIRA, M.. Poder e imagens antinômicas na narrativa de Tito Lívio: os retratos de Cincinato e Ápio Cláudio no Livro 3. In: Maria Luiza Corassin. (Org.). Cinco estudos sobre Tito Lívio. 1ed.São Paulo: LCTE, 2014, v. , p. 11-42.

5.
ANTIQUEIRA, M.. Augusto, Tito Lívio e as ambiguidades do divino Rômulo. In: Carlos Eduardo da Costa Campos; Maria Regina Candido. (Org.). Caesar Augustus: entre práticas e representações. 1ed.Vitória; Rio de Janeiro: DLL-UFES; UERJ-NEA, 2014, v. , p. 129-151.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ANTIQUEIRA, M.. Aurélio Vítor e o ?fluxum ingenium? do imperador Galieno: traduções e leituras da historiografia latina tardo-antiga. In: XI Seminário Nacional de Literatura, História e Memória e II Congresso Internacional de Pesquisa em Letras no Contexto Latino-Americano, 2013, Cascavel/PR. Anais do XI Seminário Nacional de Literatura, História e Memória. Cascavel: Edunioeste, 2013.

2.
ANTIQUEIRA, M.. Um panorama sobre a tradição manuscrita do corpus Aurelianum e as transformações no texto das Historiae abbreuiatae de Aurélio Vítor. In: 6º Seminário Brasileiro de História da Historiografia, 2012, Ouro Preto. Caderno de Resumos e Anais do 6º Seminário Brasileiro de História da Historiografia. Ouro Preto: EdUFOP, 2012. p. 1-11.

3.
ANTIQUEIRA, M.. "amplissimo ac tanto ordine in castris degente": Aurélio Vítor e o Senado romano no século III d.C.. In: V Congresso Internacional de História, 2011, Maringá/PR. Anais do Congresso Internacional de História (CD-Rom). Maringá/PR, 2011. p. 2349-2357.

4.
ANTIQUEIRA, M.. Reflexões sobre a escrita da história na Antiguidade Tardia: Aurélio Vítor e a fides gestarum rerum. In: XXVI Simpósio Nacional de História, 2011, São Paulo. Anais do XXVI Simpósio Nacional da ANPUH - Associação Nacional de História. São Paulo: ANPUH-SP, 2011. v. 1.

5.
ANTIQUEIRA, M.. O Edito de Galieno: Alguns Apontamentos. In: VIII Jornada de Estudos Antigos e Medievais / I Jornada Internacional de Estudos Antigos e Medievais, 2009, Maringá/PR. Anais da VIII Jornada de Estudos Antigos e Medievais / I Jornada Internacional de Estudos Antigos e Medievais. Maringá: UEM, 2009. p. 1-14.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ANTIQUEIRA, M.. Do milenário da fundação de Roma à perseguição de Décio contra os cristãos: a 'crise' como chave de leitura. In: I Ciclo Internacional e II Ciclo Nacional do GTHA-RS & V Jornada de Estudos do GEMAM/UFSM, 2018, Santa Maria. Caderno de Programação e Resumos. Rio de Janeiro: Ed. Letras/UFRJ, 2018. v. 1. p. 22.

2.
ANTIQUEIRA, M.. Perspectivas sobre a História Intelectual no Paraná (2005-2015). In: XVI Encontro Regional de História, 2018, Ponta Grossa. Caderno de Resumos - XVI Encontro Regional de História - ANPUH/PR, 2018. p. 103.

3.
ANTIQUEIRA, M.. Novas perspectivas sobre a usurpação de Vetranião (350 d.C.). In: XXIX Simpósio Nacional de História, 2017, Brasília. Caderno de Resumos do XXIX Simpósio Nacional de História da ANPUH, 2017.

4.
ANTIQUEIRA, M.. Festo, as guerras romano-pérsicas e a pacatio orbis. In: XV Jornada de Estudos Antigos e Medievais, 2016, Maringá. Caderno de Resumos do XV JEAM. Maringá: CCH/UEM, 2016. p. 23-23.

5.
ANTIQUEIRA, M.. Arte Musiva e o Ensino de História da Roma Antiga. In: VII Congresso Internacional de História/XX Semana de História, 2015, Maringá. Caderno de Resumos. Maringá: UEM/PPH/DHI, 2015. p. 179-179.

6.
ANTIQUEIRA, M.. 'Mais breve que a brevidade'? Festo e a escrita da história romana na Antiguidade Tardia. In: III Simpósio Nacional em História, 2012, Marechal Cândido Rondon. Caderno de Resumos e Programação do III Simpósio Nacional em História, 2012.

7.
ANTIQUEIRA, M.. Um panorama sobre a tradição manuscrita do corpus Aurelianum e as transformações no texto das Historiae abbreuiatae de Aurélio Vítor. In: 6º Seminário Brasileiro de História da Historiografia, 2012, Ouro Preto. Caderno de Resumos e Anais do 6º Seminário Brasileiro de História da Historiografia, 2012.

8.
ANTIQUEIRA, M.. Reflexões sobre a escrita da história na Antiguidade Tardia: Aurélio Vítor e a fides gestarum rerum. In: XXVI Simpósio Nacional de História, 2011, São Paulo. Programação do Simpósio, 2011.

9.
ANTIQUEIRA, M.. "amplissimo ac tanto ordine in castris degente": Aurélio Vítor e o Senado romano no século III d.C.. In: V Congresso Internacional de História, 2011, Maringá/PR. V CONGRESSO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA. Maringá/PR: Editora Clichetec, 2011. p. 298-299.

10.
ANTIQUEIRA, M.. Aurélio Vítor e o quinquennium Neronis. In: XXV Semana de Estudos Clássicos/V Fórum Acadêmico de Estudos Clássicos, 2010, Araraquara. Caderno de Resumos XXV Semana de Estudos Clássicos. Araraquara, 2010. p. 48.

11.
ANTIQUEIRA, M.. O Edito de Galieno: Alguns Apontamentos. In: VIII Jornada de Estudos Antigos e Medievais & I Jornada Internacional de Estudos Antigos e Medievais, 2009, Maringá/PR. Caderno de Resumos da Jornada de Estudos Antigos e Medievais. Maringá: Gráfica Massoni, 2009. p. 42.

12.
ANTIQUEIRA, M.. O prefácio liviano e o passado romano entre a fabula e o monumentum. In: XVII Semana de História, 2008, Franca/SP. Caderno de apresentação e resumos - XVII Semana de História. Franca: UNESP/Franca, 2008. p. 73.

13.
ANTIQUEIRA, M.. Exempla, moral e poder na história de Tito Lívio (Livro III). In: XVI Congresso Nacional de Estudos Clássicos, 2007, Araraquara/SP. Catálogo Geral - XVI Congresso Nacional de Estudos Clássicos. Araraquara/SP, 2007. p. 108-109.

14.
ANTIQUEIRA, M.. O surgimento da ciência jurídica romana: a codificação das XII Tábuas (451-450 a.C.). In: XIX Semana de Estudos Clássicos/III Encontro de Iniciação Científica em Estudos Clássicos, 2004, Araraquara/SP. Caderno de Resumos e Programação, 2004. p. 39-40.

15.
PEREIRA, G. T. ; TOSI, P. G. ; FARIA, A. M. ; ANTIQUEIRA, M. ; CONDILO, C. da S. ; Dias, J. A. . A Historiografia Brasileira e o Ensino da História: A Construção da Identidade. In: XII Seminário de Iniciação Científica da UFOP, 2004, Ouro Preto/MG. Anais do XII SIC UFOP [CD-ROM]. Ouro Preto/MG: NTI/UFOP, 2004.

16.
ANTIQUEIRA, M.. A Constituição da República Romana e os Primórdios da Ciência Jurídica (século V a.C.). In: Fronteiras e Etnicidade: V Congresso da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos/XIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos, 2003, Pelotas/RS. Caderno de Programação e Resumos. Pelotas/RS, 2003. p. 51.

17.
ANTIQUEIRA, M.. Roma Antiga e Historiografia: Uma Análise da Produção Historiográfica Romana dos Séculos XVIII e XIX. In: XV Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2003, Marília/SP. Anais do XV CIC Universidade Estadual Paulista [CD-ROM], 2003.

18.
Silva, R. J. dos A. ; Dias, J. A. ; ANTIQUEIRA, M. ; OLIVEIRA, P. R. . A lógica da educação no governo Cardoso (1995-2002): a inclusão social através do consumo. In: XI Seminário de Iniciação Científica da UFOP, 2003, Ouro Preto/MG. Anais do XI SIC UFOP [CD-ROM]. Ouro Preto/MG: NTI/UFOP, 2003.

19.
ANTIQUEIRA, M.; OLIVEIRA, P. R. ; TOSI, P. G. ; PEREIRA, R. de O. . Panorama das Tendências Historiográficas brasileiras a partir dos Anais da SBPC entre 1980 e 2000.. In: XIV Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2002, Presidente Prudente. XIV Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 14 [CD-ROM], 2002.

20.
ANTIQUEIRA, M.; OLIVEIRA, P. R. ; PARZEWSKI, L. F. ; PINHEIRO, L. M. ; BUENO, G. ; PEREIRA, R. de O. ; BUDAIBES, A. ; JUSTINO, C. R. ; TOSI, P. G. . Modelos e Realidades da Formação de Professores na Conjuntura da Nova LDB.. In: I Congresso Nacional de Educação, 2002, Uberlândia/MG. Caderno de Resumos do I Congresso Nacional de Educação. Uberlândia/MG. p. 10-10.

21.
ANTIQUEIRA, M.; OLIVEIRA, P. R. ; PARZEWSKI, L. F. ; PINHEIRO, L. M. ; BUENO, G. ; PEREIRA, R. de O. ; BUDAIBES, A. ; JUSTINO, C. R. ; TOSI, P. G. . A Questão da Formação dos Professores no Contexto das Reformas da Educação: PCN´s.. In: I Congresso Nacional de Educação da UFU, 2002, Uberlândia/MG. Caderno de Resumos do I Congresso Nacional de Educação.. Uberlândia/MG, 2002. p. 11.

22.
OLIVEIRA, A. B. ; BUDAIBES, A. ; CONDILO, C. da S. ; SILVA, C. A. F. da ; JUSTINO, C. R. ; BUENO, G. ; PINHEIRO, L. M. ; PARZEWSKI, L. F. ; CARRIJO, M. V. ; DURAN, M. R. da C. ; ANTIQUEIRA, M. ; OLIVEIRA, P. R. ; PEREIRA, R. de O. ; TOSI, P. G. . Reforma do Estado e Educação: um Estudo da LDB. In: 54º Reunião Anual da SBPC, 2002, Goiânia/GO. Anais da 54º Reunião Anual da SBPC. Goiânia/GO, 2002. v. 1.

23.
OLIVEIRA, A. B. ; BUDAIBES, A. ; CONDILO, C. da S. ; SILVA, C. A. F. da ; JUSTINO, C. R. ; BUENO, G. ; PINHEIRO, L. M. ; PARZEWSKI, L. F. ; CARRIJO, M. V. ; DURAN, M. R. da C. ; ANTIQUEIRA, M. ; OLIVEIRA, P. R. ; PEREIRA, R. de O. ; TOSI, P. G. . História e Historiografia: Análise da Produção Historiográfica a partir dos Anais da SBPC (1980-2000). In: 54º Reunião Anual da SBPC, 2002, Goiânia/GO. Anais da 54º Reunião Anual da SBPC. Goiânia/GO, 2002. v. 1.

Artigos aceitos para publicação
1.
ANTIQUEIRA, M.. Vetranião salvator rei publicae. Revista de História da Unisinos, 2019.

Apresentações de Trabalho
1.
ANTIQUEIRA, M.. Do milenário da fundação de Roma à perseguição de Décio contra os cristãos: a 'crise' como chave de leitura. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
ANTIQUEIRA, M.. Tempo cíclico, declínio e a construção da história imperial romana por Aurélio Vítor. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
ANTIQUEIRA, M.. Um 'usurpador leal'? O imperador Vetranião entre a numismática e o mito historiográfico. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
ANTIQUEIRA, M.. Novas perspectivas sobre a usurpação de Vetranião (350 d.C.). 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
ANTIQUEIRA, M.. O imperador romano Décio e as perseguições aos cristãos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
ANTIQUEIRA, M.. O cristianismo e a historiografia latina pagã no século IV: o caso de Aurélio Vítor. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
ANTIQUEIRA, M.. A crise do Império romano no século III d.C.: um balanço historiográfico. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
ANTIQUEIRA, M.. Arte Musiva e Ensino de História da Roma Antiga. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
ANTIQUEIRA, M.. Moedas Romanas e Imagens do Poder: um Estudo sobre o Principado de Augusto. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
ANTIQUEIRA, M.. O Imperador Galieno: a atualidade das pesquisas históricas. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
ANTIQUEIRA, M.. Silêncio e memória: cristianismo e dinastia Constantiniana em Aurélio Vítor. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
ANTIQUEIRA, M.. Aurélio Vítor e o fluxum ingenium do imperador Galieno: traduções e leituras da historiografia tardo-antiga. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
ANTIQUEIRA, M.. 'Mais breve que a brevidade'? Festo e a escrita da história romana na Antiguidade Tardia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
ANTIQUEIRA, M.. "amplissimo ac tanto ordine in castris degente": Aurélio Vítor e o Senado romano no século III d.C.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
ANTIQUEIRA, M.. Reflexões sobre a escrita da história na Antiguidade Tardia: Aurélio Vítor e a fides gestarum rerum. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
ANTIQUEIRA, M.. Aurélio Vítor e o quinquennium Neronis. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
ANTIQUEIRA, M.. O compromisso social do pesquisador e do historiador. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
ANTIQUEIRA, M.. O Edito de Galieno: Alguns Apontamentos. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
ANTIQUEIRA, M.. O prefácio liviano e o passado romano entre a fabula e o monumentum. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
ANTIQUEIRA, M.. Exempla, moral e poder na história de Tito Lívio (Livro III). 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
ANTIQUEIRA, M.. O poder dos exempla e os exempla do poder na construção do livro III da Ab urbe condita de Tito Lívio. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

22.
ANTIQUEIRA, M.. O surgimento da ciência jurídica romana: a codificação das XII Tábuas (451-50 a.C.). 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
ANTIQUEIRA, M.. A Constituição da República Romana e os Primórdios da Ciência Jurídica no séc. V a.C.. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
ANTIQUEIRA, M.. Roma Antiga e Historiografia: Uma Análise da Produção Historiográfica Romana dos Séculos XVIII e XIX. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
ANTIQUEIRA, M.; OLIVEIRA, P. R. ; PARZEWSKI, L. F. ; PINHEIRO, L. M. ; BUENO, G. ; PEREIRA, R. de O. ; BUDAIBES, A. ; JUSTINO, C. R. ; TOSI, P. G. . Modelos e Realidades da Formação de Professores na Conjuntura da Nova LDB.. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

26.
ANTIQUEIRA, M.; OLIVEIRA, P. R. ; TOSI, P. G. ; PEREIRA, R. de O. . Panorama das Tendências Historiográficas brasileiras a partir dos Anais da SBPC entre 1980 e 2000. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

27.
ANTIQUEIRA, M.; OLIVEIRA, P. R. ; PARZEWSKI, L. F. ; PINHEIRO, L. M. ; BUENO, G. ; PEREIRA, R. de O. ; BUDAIBES, A. ; JUSTINO, C. R. ; TOSI, P. G. . A questão da formação dos professores no contexto das reformas da educação: PCN's. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
ANTIQUEIRA, M.. Apresentação do livro A escrita da história na Antiguidade greco-romana. Curitiba, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

2.
ANTIQUEIRA, M.. Prefácio ao livro A escrita da história na Antiguidade greco-romana - Historiografia antiga e os desafios do mundo contemporâneo, 2016. (Tradução/Outra).

3.
EHRHARDT, M. L. ; ANTIQUEIRA, M. . Dossiê História Intelectual - Revista Tempos Históricos 19.1 (2015). Cascavel: Edunioeste, 2015 (Organização de Dossiê Temático para Periódico).

4.
EHRHARDT, M. L. ; ANTIQUEIRA, M. . Introdução ao Dossiê: História Intelectual. Cascavel, 2015. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

5.
EHRHARDT, M. L. ; ANTIQUEIRA, M. . Dossiê Intelectuais e Poder Político na Antiguidade - Revista Espaço Plural 30 (2014). Cascavel: Edunioeste, 2014 (Organização de Dossiê Temático para Periódico).

6.
CORASSIN, M. L. ; ANTIQUEIRA, M. . Prefácio à obra Caesar Augustus: entre práticas e representações. Vitória; Rio de Janeiro, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

7.
EHRHARDT, M. L. ; ANTIQUEIRA, M. . Apresentação do dossiê Intelectuais e poder político na Antiguidade. Cascavel, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

8.
ANTIQUEIRA, M.. Modelos e paradigmas em história antiga. Marechal Candido Rondon, 2012. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
ANTIQUEIRA, M.. Consultor ad hoc da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação/UNIOESTE - Programa de Iniciação Científica. 2018.

2.
ANTIQUEIRA, M.. Consultor ad hoc da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação/UNIOESTE - Programa de Iniciação Científica. 2017.

3.
ANTIQUEIRA, M.. Consultor ad hoc da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação/UNIOESTE - Programa de Iniciação Científica. 2016.

4.
ANTIQUEIRA, M.. Consultor ad hoc da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação/UNIOESTE - Programa de Iniciação Científica. 2015.

Trabalhos técnicos
1.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Bilros. História(s), Sociedade(s), Cultura(s), v. 6, n. 11. 2018.

2.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Técnico - Livro 01 - Editora UFPR. 2018.

3.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Alétheia - Estudos sobre Antiguidade e Medievo, n. 1. 2018.

4.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Aedos, v. 9, n. 20. 2017.

5.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Opsis, v. 17, n. 2. 2017.

6.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Métis: história & cultura, v. 16, n. 32. 2017.

7.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Alétheia - Estudos sobre Antiguidade e Medievo, n. 2. 2017.

8.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Classica, n. 30, v. 2. 2017.

9.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Acesso Livre, n. 8. 2017.

10.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Vozes, Pretérito & Devir v. 5. 2016.

11.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Eletrônica História em Reflexão v. 10, n. 19. 2016.

12.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Roda da Fortuna v. 4, n. 1. 2015.

13.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Tempos Históricos v. 19, n. 1. 2015.

14.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Aedos, v. 7, n. 17. 2015.

15.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Cantareira, n. 22. 2015.

16.
ANTIQUEIRA, M.. Membro de Comitê Científico - Avaliador de Trabalhos no XV Seminário de Extensão da Unioeste. 2015.

17.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Tempos Históricos, v. 18, n. 1. 2014.

18.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Aedos, v. 6, n. 14. 2014.

19.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Tempos Históricos, v. 18, n. 2. 2014.

20.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Aedos, v. 6, n. 15. 2014.

21.
ANTIQUEIRA, M.. Parecer Científico ad hoc - Revista Aedos, v. 5, n. 13. 2013.


Demais tipos de produção técnica
1.
EHRHARDT, M. L. ; ANTIQUEIRA, M. . Dossiê Temático História Intelectual. 2015. (Organização de dossiê temático).

2.
ANTIQUEIRA, M.. 'As pedras que falam': epigrafia latina para historiadores. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
EHRHARDT, M. L. ; ANTIQUEIRA, M. . Dossiê Temático Intelectuais e poder político na Antiguidade. 2014. (Organização de dossiê temático).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ANTIQUEIRA, M.; ZIMMERMANN, T. R.; FONSECA, D. F.; CONRADI, C. C. N.. Participação em banca de Pedro Henrique Miranda. De Sara Waters a Josey Aimes: representações sobre a violência contra as mulheres em narrativas fílmicas (final do século XX - início do século XXI). 2017. Dissertação (Mestrado em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

2.
ANTIQUEIRA, M.; DUARTE, G. R.; SOUZA, J. C.; STEIN, M. N.. Participação em banca de Fernanda Nichterwitz. As fronteiras de uma universidade: o município de Realeza/PR e a instalação do campus da Universidade Federal Da Fronteira Sul ( UFFS). 2017. Dissertação (Mestrado em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

Qualificações de Doutorado
1.
STEIN, M. N.; LUCA, T. R.; OLINTO, B. A.; ANTIQUEIRA, M.. Participação em banca de Bruna Silva. Associações de historiadores no Brasil: a SBPH entre lugares, normas e grupos (1961-2005). 2018. Exame de qualificação (Doutorando em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

2.
KRAMER, M. F.; ZULIAN, R. W.; MEZZOMO, F. A.; ANTIQUEIRA, M.. Participação em banca de Jael dos Santos. Donec Christus Formetur: Dom Agostinho José Sartori, um bispo progressista no Sudoeste do Paraná. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

Qualificações de Mestrado
1.
WADI, Y. M.; MOREIRA, R.; ANTIQUEIRA, M.. Participação em banca de Tainá Raue dos Santos. O canto do tordo: trauma e guerra na distopia Jogos Vorazes. 2018.

2.
EHRHARDT, M. L.; FRIGHETTO, R.; ANTIQUEIRA, M.. Participação em banca de Caio Cesar Machado Gomes. Entre a morte trágica e a morte histórica: considerações sobre o imaginário fúnebre na Atenas do século V a.C.. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

3.
ANTIQUEIRA, M.; SELVATICI, M.; SENKO, E. C.. Participação em banca de Gilmar Senturião. Martírio e santidade na Antiguidade Tardia: Cipriano de Cartago nas obras de Pôncio e Prudêncio. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

4.
SOUZA, A. D.; RAMOS, R. P.; ANTIQUEIRA, M.. Participação em banca de Sara Munique Noal. Carolina Maria de Jesus: Registros das formas de pensar e sentir dos trabalhadores pobres no Brasil (1920-1970). 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

5.
ANTIQUEIRA, M.; LEME, A. L.; EHRHARDT, M. L.. Participação em banca de Márcio Augusto Galante. Os dois saques de Roma: romanos e bárbaros na Historia Adversus Paganus de Orósio. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

6.
ANTIQUEIRA, M.; SOUZA, J. C.; DUARTE, G. R.. Participação em banca de Fernanda Nichterwitz. As fronteiras de uma universidade: o município de Realeza/PR e a instalação do campus da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS). Um estudo de caso (2002-2015). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

7.
ANTIQUEIRA, M.; FONSECA, D. F.; CONRADI, C. C. N.. Participação em banca de Pedro Henrique Miranda. Gênero e Cinema: a representação da violência contra as mulheres em produções hollywoodianas. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

8.
PEREIRA, I.; EHRHARDT, M. L.; ANTIQUEIRA, M.. Participação em banca de Roger Renilto Diniz Costa. Entre história e mito: Oliveira Lima e a construção de heróis nacionais monarquistas pela historiografia (1908-1928). 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ANTIQUEIRA, M.; LEME, A. L.; EHRHARDT, M. L.. Participação em banca de Luis Henrique Carminati.Moedas romanas e signos de poder: Lúcio Cornélio Sila e as amoedações da década de 80 a.C.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

2.
LEME, A. L.; SENKO, E. C.; ANTIQUEIRA, M.. Participação em banca de Edgar Smiderle.O Cantar de Mio Cid e a construção de um modelo de cavaleiro ideal (séculos XII-XIII). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

3.
BOSI, A. P.; KOLLN, L. A. B.; ANTIQUEIRA, M.. Participação em banca de Sara Munique Noal.História Social do Trabalho em "Quarto de Despejo", de Carolina de Jesus e "Homens de Papel", de Plínio Marcos. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

4.
ANTIQUEIRA, M.; LEME, A. L.; EHRHARDT, M. L.. Participação em banca de Caio Cesar Machado Gomes.O Discurso Trágico e a Morte na Atenas do Século V a.C. a partir das Obras de Eurípides. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

5.
KRAMER, M. F.; ANTIQUEIRA, M.; FONSECA, D. F.. Participação em banca de Diogo Mattiello.Memória, ressentimento e revisionismo. Uma análise do livro "... E a guerra continua", de Norberto Toedter. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

6.
ANTIQUEIRA, M.; EHRHARDT, M. L.; SILVA, R. C.. Participação em banca de Gilmar Senturião.As formas de representação do imperador Constantino no Breviário de História Romana de Eutrópio. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

7.
EHRHARDT, M. L.; ANTIQUEIRA, M.; STERLING, G.. Participação em banca de Lúcio Fellini Tazinaffo.Magia e religiosidades populares na Roma antiga: uma análise sobre as leituras das práticas mágicas em obras literárias dos séculos I e II d.C.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

8.
EHRHARDT, M. L.; ANTIQUEIRA, M.; SILVA, R. C.. Participação em banca de Márcio Augusto Galante.A construção do herói e suas virtudes no poema Ilíada e no filme Troia. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

9.
STEIN, M. N.; GREGORY, V.; ANTIQUEIRA, M.. Participação em banca de Angela Fernanda Ferreira.Trajes típicos e germanidade em Marechal Cândido Rondon (1987-2010). 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

10.
ANTIQUEIRA, M.; EHRHARDT, M. L.; GREGORY, V.. Participação em banca de Cheila Schlindvein Back.Sete Quedas: um espaço turístico a partir de relatos de viajantes. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
CALIL, G. G.; ANTIQUEIRA, M.; BATISTA, A. B.. 3º Processo Seletivo Simplificado para Contratação de Docente por Prazo Determinado da Unioeste. 2017. Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

2.
ANTIQUEIRA, M.; FONSECA, D. F.; PAZIANI, R. R.. 3º Processo Seletivo Simplificado para Contratação de Docente por Prazo Determinado da Unioeste. 2014. Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

3.
BOSI, A. P.; SCHNEIDER, D. F.; ANTIQUEIRA, M.. 4º Processo Seletivo Simplificado para Contratação de Docente por Prazo Determinado da Unioeste. 2013. Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

Outras participações
1.
SILVA, M. A. B.; ANTIQUEIRA, M.; FREITAS, S. S.; PAZIANI, R. R.; SCHUMANN, I. T.; PRADELA, L. M.. Banca do Processo de Seleção de Bolsistas - Doutorado 2017 PPGH Unioeste. 2017. Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

2.
SILVA, M. A. B.; ANTIQUEIRA, M.; PAZIANI, R. R.; FREITAS, S. S.; SCHUMANN, I. T.; GASPAR, L. E.. Banca do Processo de Seleção de Bolsistas - Mestrado 2017 PPGH Unioeste. 2017. Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

3.
ANTIQUEIRA, M.; FRIGHETTO, R.; LEME, A. L.. Banca Examinadora para Promoção de Docente à Classe de Professor Associado da Unioeste, do Prof. Marcos Luis Ehrhardt. 2016. Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

4.
ANTIQUEIRA, M.; SOUZA, A. D.; PAZIANI, R. R.. Banca do Processo de Seleção de Bolsista PNPD/CAPES 2016 - PPGH Unioeste. 2016. Universidade Estadual do Oeste do Paraná.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Colóquio de Pesquisa em História Antiga e Medieval.Um 'usurpador leal'? O imperador Vetranião entre a numismática e o mito historiográfico. 2018. (Outra).

2.
I Ciclo Internacional e II Ciclo Nacional do GTHA-RS & V Jornada de Estudos do GEMAM/UFSM.Do milenário de fundação de Roma à perseguição de Décio contra os cristãos: a "crise" como chave de leitura. 2018. (Simpósio).

3.
II Jornada de Historiografia Helenística.Tempo cíclico, declínio e a construção da história imperial romana por Aurélio Vítor. 2018. (Outra).

4.
XVI Encontro Regional de História - ANPUH-PR.Perspectivas sobre a História Intelectual no Paraná (2005-2015). 2018. (Encontro).

5.
IV Colóquio de Pesquisa "História, Poder e Práticas Sociais".Debatedor de Sessão Coordenada (Mesa 7) ocorrida no dia 26 de outubro de 2017. 2017. (Outra).

6.
LII Fórum de Coordenadores de Programas de Pós-Graduação em História da ANPUH-Brasil. 2017. (Outra).

7.
XXIX Simpósio Nacional de História.Novas perspectivas sobre a usurpação de Vetranião (350 d.C.). 2017. (Simpósio).

8.
III Colóquio de Pesquisa História, Poder e Práticas Sociais.Debatedor de Sessão Coordenada (Mesa 2) ocorrida no dia 21 de junho de 2016. 2016. (Outra).

9.
Seminário de Ensino de História: Debate sobre a BNCC - Área de História. 2016. (Seminário).

10.
II Colóquio de Pesquisa História, Poder e Práticas Sociais.Debatedor de Sessão Coordenada (Mesa 4) ocorrida no dia 25 de agosto de 2015. 2015. (Outra).

11.
VII Congresso Internacional de História/XX Semana de História. Arte Musiva e o Ensino de História da Roma Antiga. 2015. (Congresso).

12.
XI Seminário Nacional de Literatura, História e Memória e II Congresso Internacional de Pesquisa em Letras no Contexto Latino-Americano.Aurélio Vítor e o "fluxum ingenium" do imperador Galieno: traduções e leituras da historiografia latina tardo-antiga. 2013. (Seminário).

13.
III Simpósio Nacional em História da Unioeste.'Mais breve que a brevidade'? Festo e a escrita da história romana na Antiguidade Tardia. 2012. (Simpósio).

14.
V Congresso Internacional de História. ?...amplissimo ac tanto ordine in castris degente?: Aurélio Vítor e o Senado romano no século III d.C.. 2011. (Congresso).

15.
XXVI Simpósio Nacional de História. Reflexões sobre a escrita da história na Antiguidade Tardia: Aurélio Vítor e a fides gestarum rerum. 2011. (Congresso).

16.
III Semana de Pedagogia, História, Arte e Cultura.O compromisso social do pesquisador e do historiador. 2010. (Encontro).

17.
XXV Semana de Estudos Clássicos/V Fórum Acadêmico de Estudos Clássicos. Aurélio Vítor e o quinquennium Neronis. 2010. (Congresso).

18.
VIII Jornada de Estudos Antigos e Medievais & I Jornada Internacional de Estudos Antigos e Medievais. O Edito de Galieno: Alguns Apontamentos. 2009. (Congresso).

19.
XVII Semana de História.O prefácio liviano e o passado romano entre a fabula e o monumentum. 2008. (Outra).

20.
IX Ciclo de Estudos Antigos e Medievais. 2007. (Outra).

21.
XVI Congresso Nacional de Estudos Clássicos. Exempla, moral e poder na história de Tito Lívio (Livro III). 2007. (Congresso).

22.
VIII Seminário de Pós-Graduação em História Social.O poder dos exempla e os exempla do poder na construção do livro III da Ab urbe de Tito Lívio. 2006. (Seminário).

23.
VI Simpósio da Associação Brasileira de História das Religiões. 2004. (Simpósio).

24.
XIII Congresso da Federação Internacional de Estudos Clássicos. 2004. (Congresso).

25.
XIX Semana de Estudos Clássicos/III Encontro de Iniciação Científica em Estudos Clássicos. O surgimento da ciência jurídica romana: a codificação ds XII Tábuas (451-450 a.C.). 2004. (Congresso).

26.
Ciclo de Estudos PET Serviço Social e PET História. 2003. (Outra).

27.
III Sudeste PET. 2003. (Congresso).

28.
Tecnologias como Recurso à Produção do Conhecimento. 2003. (Oficina).

29.
V Congresso Nacional da SBEC/XIII Reunião Anual da SBEC. A Constituição da República Romana e os Primórdios da Ciência Jurídica (século V a.C.). 2003. (Congresso).

30.
XV Congresso de Iniciação Científica da UNESP. Roma Antiga e Historiografia: uma análise da produção historiográfica romana dos séculos XVIII e XIX. 2003. (Congresso).

31.
I Congresso Nacional de Educação da UFU. A Questão da Formação dos Professores no Contexto das Reformas da Educação: PCN's. 2002. (Congresso).

32.
II Ciclo de Estudos PET.Divulgação dos trabalhos realizados pelo Grupo de Estudo sobre Reforma do Estado e Educação. 2002. (Outra).

33.
II Sudeste PET. 2002. (Congresso).

34.
Servidores e Ferramentas de Busca de Informação na Internet. 2002. (Oficina).

35.
XIV Congresso de Iniciação Científica da UNESP. Panorama das Tendências Historiográficas brasileiras a partir dos Anais da SBPC entre 1980 e 2000.. 2002. (Congresso).

36.
XVI Encontro Regional de História - Poderes e Representações.. 2002. (Encontro).

37.
Colóquio de Língua e Literatura Grega. 2001. (Outra).

38.
I Semana do Historiador. 2001. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ANTIQUEIRA, M.; LEME, A. L. ; SENKO, E. C. ; EHRHARDT, M. L. . Coloquio de Pesquisa em História Antiga e Medieval. 2018. (Outro).

2.
ANTIQUEIRA, M.. VI Simpósio da Associação Brasileira de História das Religiões. 2004. (Congresso).

3.
ANTIQUEIRA, M.. Cine-PET Visões de fronteiras: diferenças à meia luz. 2003. (Outro).

4.
ANTIQUEIRA, M.. Ciclo de Estudos PET Serviço Social e PET História. 2003. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Gilmar Senturião. Martírio e santidade na Antiguidade Tardia: Cipriano de Cartago nas obras de Pôncio e de Prudêncio. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Márcio Augusto Galante. Os dois saques de Roma: romanos e bárbaros na Historia Adversus Paganus de Orósio. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Osnir Pereira Barbosa. Entre os muros da escola: estigmas, identidades e ou rupturas? Reprovações escolares em Marechal Cândido Rondon. Início: 2018. Tese (Doutorado em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. (Orientador).

2.
Jessica Caroline de Oliveira. Intelectuais religiosos na Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (1839-1861). Início: 2018. Tese (Doutorado em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Isabela de Barros Pletsch. Panorama e tendências atuais da História Intelectual no Paraná. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Janaice Bertoldo da Silva. Escrever a história em tempos de crise: Herodiano e o reinado do imperador Heliogábalo. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Fernanda Nichterwitz. As fronteiras de uma universidade: o município de Realeza/PR e a instalação do campus da Universidade Federal Da Fronteira Sul ( UFFS). 2017. Dissertação (Mestrado em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, . Orientador: Moisés Antiqueira.

2.
Pedro Henrique Miranda. De Sara Waters a Josey Aimes: representações sobre a violência contra as mulheres em narrativas fílmicas (final do século XX - início século XXI). 2017. Dissertação (Mestrado em História, Poder e Práticas Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Moisés Antiqueira.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Joselene Ieda dos Santos Lopes de Carvalho. Experiências de trabalhadores haitianos na cidade de Cascavel-PR (2010-2015). 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-Graduação Latu Sensu em História, Arte e Cultura - mod. à distância) - Universidade Estadual de Ponta Grossa. Orientador: Moisés Antiqueira.

2.
Maria Aparecida Valer. O Ensino Religioso e a influência da religiosidade nos hábitos alimentares das pessoas. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE/SEED)) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.

3.
Maria Cristina Romero. Arquivos familiares como documentos históricos: uma contribuição para o ensino da história. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE/SEED)) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Luis Henrique Carminati. Moedas romanas e signos de poder: Lúcio Cornélio Sila e as amoedações da década de 80 a.C.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.

2.
Caio Cesar Machado Gomes. O Discurso Trágico e a Morte na Atenas do Século V a.C. a partir das Obras de Eurípides. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.

3.
Gilmar Senturião. As formas de representação do imperador Constantino no Breviário de História Romana de Eutrópio. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.

4.
Cheila Schlindvein Back. Sete Quedas: um espaço turístico a partir de relatos de viajantes. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.

Iniciação científica
1.
Monique Maia dos Santos. Panorama e tendências atuais da História Intelectual no Paraná. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Moisés Antiqueira.

2.
Luis Henrique Carminati. Moedas romanas e poder: as imagens de Lúcio Cornélio Sila e as amoedações da década de 80 a.C.. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.

3.
Janaice Bertoldo da Silva. O imperador Heliogábalo e a produção historiográfica recente: balanço e perspectivas. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Moisés Antiqueira.

4.
Caio Cesar Machado Gomes. O discurso trágico acerca da morte: Intenções e ?recepções? nas obras de Eurípides durante a Guerra do Peloponeso. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Moisés Antiqueira.

5.
Alex Sandro Ventura Griebeler. Pandora e Eva: as representações do feminino na Grécia arcaica e na França medieval. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.

6.
Edgar Smiderle. El Cantar de Mio Cid: as relações ambíguas entre cristãos e muçulmanos durante o processo de. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.

7.
Caio Cesar Machado Gomes. Concepções sobre a morte na Atenas clássica a partir das tragédias de Eurípides. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, PIBIC/Unioeste/PRPPG. Orientador: Moisés Antiqueira.

Orientações de outra natureza
1.
Fernanda Meneguel Fogaça. Estágio Supervisionado para o Ensino Médio. 2011. Orientação de outra natureza. (Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.

2.
Mayara da Fontoura das Chagas. Estágio Supervisionado para o Ensino Médio. 2011. Orientação de outra natureza. (Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.

3.
Marindia Borges Paini. Estágio Supervisionado para o Ensino Médio. 2011. Orientação de outra natureza. (Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.

4.
Neli Gehlen Motta. Estágio Supervisionado para o Ensino Médio. 2011. Orientação de outra natureza. (Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.

5.
Camila Soares Calgarotto. Estágio Supervisionado para o Ensino Fundamental. 2011. Orientação de outra natureza. (Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.

6.
Gabriela Thaís Mattia da Silva. Estágio Supervisionado para o Ensino Fundamental. 2011. Orientação de outra natureza. (Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.

7.
Mônica Cristina Baller. Estágio Supervisionado para o Ensino Fundamental. 2011. Orientação de outra natureza. (Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Moisés Antiqueira.



Outras informações relevantes


01. Aprovação em Concurso de Provas e Títulos
Prof. na área de Hist. Antiga e Medieval, junto ao Col. de História da Univ. Est. do Oeste do Paraná (Unioeste), Campus de Mal. C. Rondon. Classificado sob n. 01. Ano: 2012.

02. Aprovação em Concurso de Provas e Títulos
Prof. na área de Hist. Antiga e Medieval, junto ao Dep. de História da Univ. Est. de Maringá (UEM), Campus de Ivaiporã. Classificado sob n. 02. Ano: 2011.

03. Aprovação em Processo Seletivo Simplificado
Prof. temporário na área de Teoria e Met. da Hist., junto ao Col. de História da Univ. Est. do Oeste do Paraná (Unioeste), Campus de Mal. C. Rondon. Classificado sob n. 01. Ano: 2010.

04. Aprovação em Concurso de Provas e Títulos
Cargo de prof. de Ed. Básica II, em História, da rede pública oficial do Estado de SP. Classificado sob n. 10, em nível da Coord. de Ensino do Interior. Ano: 2009/2010.

05. Aprovação em Concurso Público para os Cargos de Prof. de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico
Área de atuação: História, no Inst. Fed. de Educ., Ciência e Tecnologia de SP (IFSP), Campus de Bragança Pta. Classificado sob n. 04. Ano: 2010.

06. Aprovação em Concurso Público de Docentes
Componente Curricular: História, junto a Escola Técnica Est. Monte Mor (ETEC Monte Mor/SP). Classificado sob n. 02. Ano: 2009.

07. Aprovação em Concurso de Provas e Títulos
Cargo de prof. PEB II - História, no quadro do magistério do município de Monte Mor/SP. Classificado sob. n. 01. Ano: 2009.

08. Aprovação em Concurso Público
Cargo de Historiador da Fund. Pró-Memória de São Carlos/SP. Classificado sob n. 07. Ano: 2007.

09. Aprovação em Processo de Seleção Pública
Cargo de prof. Educ. Básica da rede SESI/SP, área de História, junto ao PC23 (Limeira/SP). Classificado sob n. 01. Ano: 2006.

10. Aprovação em Concurso de Provas e Títulos
Cargo de prof. de Ed. Básica II, em História, da rede pública oficial do Estado de SP. Classificado sob n. 356, em nível do Estado. Ano: 2004.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 2:31:47