Christiane Isabelle Couve de Murville Camps

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5631003669090848
  • Última atualização do currículo em 10/03/2016


Doutora em Psicologia Clínica pela Universidade de São Paulo com a tese Ser e Fazer na escolha profissional: Atendimento diferenciado na clínica winnicottiana. Mestre em Psicologia Clínica pela Universidade de São Paulo com a dissertação A Hora do Beijo: teatro espontâneo com adolescentes. Possui graduação em Ciência da Computação e em Psicologia pela Universidade de São Paulo. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Christiane Isabelle Couve de Murville Camps
Nome em citações bibliográficas
CAMPS, C. I. C. M.


Formação acadêmica/titulação


2004 - 2009
Doutorado em Psicologia Clínica.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Ser e fazer na escolha profissional: Atendimento diferenciado na clínica winnicottiana, Ano de obtenção: 2009.
Orientador: Tania Maria Jose Aiello Vaisberg.
Palavras-chave: Adolescência; Escolha Profissional; Psicanálise; Teatro Espontâneo; Trabalho; Winnicott, Donald-Woods.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas; Cuidado À Saúde das Populações Humanas.
1999 - 2003
Mestrado em Psicologia Clínica.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A Hora do Beijo: Teatro Espontâneo com Adolescentes numa perspectiva winnicottiana,Ano de Obtenção: 2003.
Orientador: Tania Maria José Aiello Vaisberg.
Palavras-chave: Psicanálise; Teatro Espontâneo; Winnicott, Donald-Woods; Adolescentes; Escolha Profissional.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas; Cuidado À Saúde das Populações Humanas.
1995 - 1999
Graduação em Psicologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Psicollogia.
Orientador: Instituto de Psicologia IPUSP.
1980 - 1983
Graduação em Bacharel em Ciência da Computação.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Bacharel em Ciencia da Computação.
Orientador: Instituto de Matemática e Estatística.




Formação Complementar


2010 - 2010
Oficina de Elaboração de Projetos. (Carga horária: 32h).
Centro de Estudos e Pesquisas de Administração Municipal, CEPAM, Brasil.
2006 - 2006
Seminários de Preparação Pedagógica. (Carga horária: 13h).
Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, FEUSP, Brasil.
2006 - 2006
aperfeiçoamento em Orientação Profissional/vocacio. (Carga horária: 30h).
Colméia - Instituição a Serviço da Juventude, COLMÉIA, Brasil.
2004 - 2004
Comunicações Verbais e não Verbais. (Carga horária: 30h).
Methodus Consultoria em Aprendizagem e Comunicações, METHODUS, Brasil.
2001 - 2001
Introdução ao Cooperativismo.
Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da USP, USP, Brasil.
1998 - 2000
Formação Teórica e Vivencial Básica em Psicodrama. (Carga horária: 192h).
Animus, Psicodrama e Educação, ANIMUS, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Lab Saude Mental e Psicologia Clinica Social


HOTEL PANAMBY, HP, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultoria em Recursos Humanos


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2009
Vínculo: UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO, Enquadramento Funcional: Psicóloga Colaboradora, Carga horária: 16
Outras informações
Atendimento de Adolescentes em oficinas psicoterapêuticas de Teatro Espontâneo Atendimento de famílias em consultas terapêuticas

Atividades

11/2005 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Psicologia, Instituto de Psicologia.

Atividade realizada
Reunião Clínica Mensal sobre o tema: Do terror à constituição de um espaço criativo:brincando com Clarice Lispector.
09/2005 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Psicologia, Instituto de Psicologia.

Atividade realizada
Reunião mensal Teórico Clínica da Ser e Fazer: Oficinas Psicoterapeuticas de Criação do IPUSP - Narrando Encontros com Professores e Visitando o Imaginário Coletivo sobre a Criança Adotiva.
05/2005 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Psicologia, Instituto de Psicologia.

Atividade realizada
Reunião mensal Teórico Clínica da Ser e Fazer: Oficinas Psicoterapeuticas de Criação do IPUSP - A caminho do adolescer positivo: Uma experiência inovadora de atendimento a jovens HIV ( +S).
04/2005 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Psicologia, Instituto de Psicologia.

Atividade realizada
Reunião mensal Teórico Clínica da Ser e Fazer: Oficinas Psicoterapeuticas de Criação do IPUSP.
03/2005 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Psicologia, Instituto de Psicologia.

Atividade realizada
Reunião mensal Teórico Clínica da Ser e Fazer: Oficinas Psicoterapeuticas de Criação do IPUSP.
2003 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Psicologia, Instituto de Psicologia.

Atividade realizada
Atendimento pela Ser e Fazer: Oficinas Psicoterapeuticas de Criação em Consultas Terapeuticas Familiares na Clínica Infantil.
12/2000 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Psicologia, Instituto de Psicologia.

Atividade realizada
Atendimento pela Ser e Fazer: Oficinas Psicoterapeuticas de Criação em Oficinas de Teatro Espontaneo para Adolescentes.
2000 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Psicologia, .

1999 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Psicologia, .


Colégio Sidarta, CS, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Orientação Profissional, Enquadramento Funcional: Orientação Profissional
Outras informações
Atendimento em Orientação Profissional para alunos do 3o ano do ensino médio usando o teatro da espontaneidade como enquadre clínico diferenciado em uma perspectiva winnicottiana.


Escola Municipal Ibrahim Nobre, EMIN, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2002
Vínculo: Psicóloga Colaboradora, Enquadramento Funcional: Psicóloga, Carga horária: 8
Outras informações
Atendimento de Adolescentes em Oficinas Psicoterapêuticas de Teatro Espontâneo e outras Brincadeiras Atendimento de Crianças em Ludoterapia


Núcleo de Estudos Winnicottianos de São Paulo, NEW, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2009
Vínculo: Membro efetivo, Enquadramento Funcional: Psicóloga colaboradora

Atividades

06/2003 - Atual
Direção e administração, Núcleo de Estudos Winnicottianos de São Paulo, .

Cargo ou função
Membro do conselho fiscal, membro efetivo do New.
01/2002 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Núcleo de Estudos Winnicottianos de São Paulo, .

Cargo ou função
Membro efetivo, conselho..
01/2005 - 12/2005
Ensino, Ser e Fazer: Oficinas Psicoterapeuticas de Criação, Nível: Outro

Disciplinas ministradas
O Brincar na clínica winnicottiana


Linhas de pesquisa


1.
Prevenção e Intervenção Psicológica

Objetivo: Esta linha de pesquisa abrange, de um modo geral, o estudo de processos psicoterápicos, o desenvolvimento, o acompanhamento e a avaliação de programas preventivos e de intervenção nas áreas clínica, escolar e da saúde dentro dos enfoques psicodinâmico, comportamental, cognitivista e humanista. Segundo essa linha, realizamos procedimentos clínicos de pesquisa-intervenção orientados pela psicanálise de inspiração winnicottiana e pelo métdo psicanalítico tanto no âmbito psicoterapêutico, como psicoprofilático. Tendo participado do projeto de pesquisa denominado "Eficácia Psicoterapêutica de Enquadres Diferenciados na Psicanálise do Self", fruto da ampliação daquele que desenvolvemos há anos no Instituto de psicologia da Universidade de São Paulo, proponho no momento um projeto de pesquisa chamado "Arte para Todos". O projeto de pesquisa ?Arte para todos? tem como objetivo desenvolver e investigar enquadres psicanalíticos diferenciados que proponham o uso de atividades artísticas em diferentes ambientes e para grupos diversos. O projeto também prevê a criação de um programa direcionado à população que proponha esses enquadres psicanalíticos diferenciados de modo a resgatar e/ou desenvolver o potencial criativo inerente a todo ser humano..
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Saúde Humana.
Palavras-chave: Psicanálise; Psicologia Clínica Social.
2.
Investigação em Psicanálise

Objetivo: Esta Linha de pesquisas abrange investigações orientadas pela teoria psicanalítica e pelos princípios do método psicanalítico. A Ser e Fazer do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, coordenada pela Profa. Livre Docente Tania Maria José Aiello Vaisberg, desenvolve Projeto de Pesquisa denominado "Eficácia Psicoterapêutica de Enquadres Diferenciados na Psicanálise do Self" que se caracteriza por utilizar mediações facilitadoras da expressão subjetiva de indivíduos ou de grupos. Compreende tanto o estudo psicanalítico do imaginário social, em contexto de pesquisa-intervenção clínica-social, quanto a investigação de enquadres clínicos diferenciados, definidos a partir do uso de diversas formas de materialidades mediadoras da expressão emocional e conhecidos como Oficinas Psicoterapêuticas de Criação..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Clínica.
Setores de atividade: Educação; Saúde Humana.
Palavras-chave: Procedimento Apresentativo Expressivo; Psicanálise do Self; Psicologia Clínica Social; Clínica Winnicottiana; Uso de Enquadres Diferenciados.


Projetos de pesquisa


2004 - 2009
Eficácia Psicoterapeutica de Enquadres Clínicos Diferenciados na Psicanálise do Self
Descrição: Este projeto tem sido desenvolvido no Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, gerando vários trabalhos acadêmicos de iniciação científica, mestrado e doutorado, além de publicações científicas de diversas naturezas. Com a experiência investigativa e clínica que adquirimos, pensamos que o uso de enquadres clínicos diferenciados, fundamentados na psicanálise winnicotiana e nos pressupostos blegerianos, tem se mostrado bastante fecundo, resultando em eficácia psicoterapêutica condizente com as necessidades da clínica contemporânea..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2009
Ser e Fazer na Escolha Profissional
Descrição: Este projeto se insere em um contexto de pesquisas que vêm sendo desenvolvidas na Ser e Fazer: Oficinas Psicoterapêuticas de Criação, sob a orientação da Profa. Livre Docente Tania Aiello Vaisberg, seguindo o Estilo Clínico Ser e Fazer fundamentado na Psicanálise winnicottiana. Propomos grupos Ser e Fazer na escolha profissional direcionados aos jovens que buscam um amadurecimento em relação à escolha profissional. Propomos o Teatro da Espontaneidade em uma perspectiva winnicottiana, como enquadre psicanalítico difereciado capaz de favorecer que a escolha da profissão aconteça como gesto espontâneo. Em ambiente lúdico e descontraído desenvolvemos atividades que favorecem uma maior clareza acerca das potencialidades pessoais, das capacidades existentes, e daquelas por desenvolver. Levando em conta a realidade do mundo contemporâneo, os grupos Ser e Fazer na Escolha Profissional oferecem oportunidade de: Vislumbre de possibilidades de carreira, Identificação de interesses, Apropriação pessoal de potencialidades, Reflexão sobre possíveis escolhas, Busca de um fazer criativo, Resgate do espontâneo, Encontro de posição existencial pessoal mais autêntica..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2002 - 2009
Sofrimento Humano e Estudo da Psicopatologia Psicanalítica como Teoria do Sofrimento Humano no Pensamento de Winnicott
Descrição: Constata-se na atualidade que a clínica psicanalítica tradicional tem-se revelado insuficiente frente ao sofrimento humano gerado pelas condições traumáticas da vida contemporânea. Diante desta situação, propomo-nos estudar detalhadamente e em profundidade os efeitos psicoterapêuticos obtidos por meio do uso de estratégias clínicas de atendimento psicológico inspiradas na psicanálise winnicottiana e fundamentadas nos pressupostos blegerianos. Tais estratégias, que temos pesquisado na "Ser e Fazer" do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, constituem-se como enquadres psicanalíticos diferenciados e se caracterizam: 1 - pela disponibilização de materialidades expressivas, usadas como mediação na comunicação emocional; 2 - pelo uso de um tipo específico de intervenção terapêutica, de caráter não interpretativo, conhecida como holding ou manejo de setting, que visa a sustentação emocional responsável pela ocorrência de experiências emocionais mutativas potencialmente transformadoras do plano existencial mais amplo; 3 por se constituírem, sempre que possível, enquanto psicoterapia psicanalítica não interpretativa de grupo. Do ponto de vista metodológico, adotamos estratégias de pesquisa clínica pautadas no paradigma próprio às ciências humanas, segundo o qual trabalha-se com o acontecer clínico e não com produtos objetivados dos encontros psicoterapêuticos. Para tanto, o material sobre o qual nos debruçamos é o relato experiencial dos pesquisadores narrado em reuniões clínicas sob a forma de apresentações do acontecer clínico a serem compartilhadas com o grupo. Estas apresentações, a nosso ver, portam em si mesmas o dom de promover a interlocução em âmbitos diversificados, mais restritos ou mais amplos, repercutindo tanto no plano do acontecer clínico, quanto no da construção teórica, ensejando novas possibilidades de se pensar e vivenciar o encontro psicoterapêutico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2000 - 2003
Oficinas Ser e Fazer de Teatro Espontâneo e outras brincadeiras com Adolescentes
Descrição: Este projeto teve como objetivo investigar a proposta de atendimento clínico institucional diferenciado em uma escola da rede municipal de ensino. Fazendo uso de uma mala contendo objetos variados, propícios à criação de personagens, propomos o Teatro da Espontaneidade favorecendo a expressão emocional dos jovens através de um brincar que consiste na construção de dramatizações. Num campo lúdico, capaz de sustentar o acontecer adolescente, os jovens representaram espontaneamente cerimônias de casamento evidenciando interesse por esse tema, e permitindo que medos relativos a sexualidade, intimidade e compromisso pudessem ser vividos no grupo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de desenvolvimento


2000 - 2010
Ser e Fazer no Trabalho
Descrição: O trabalho ocupa grande parte de nosso tempo e de nossas preocupações, de modo que cuidar para que sua realização se dê de modo satisfatório e competente é uma necessidade. Entendemos as atividades profissionais como uma das mais importantes formas de ação humana no mundo. Desta forma, cuidar para que pessoas possam realizar seu trabalho de modo integrado, convergente e motivado é um cuidado essencial, fundamentado na interface da psicologia clínica-social e organizacional. Baseando-nos em pesquisas sobre saúde no trabalho, e em trabalhos anteriormente realizados em parceria com a Universidade de São Paulo junto a grupos de profissionais ligados às áreas da saúde e educação, estruturamos estratégias de intervenção grupal focadas no favorecimento da criatividade no trabalho e na vida pessoal. A busca pela criatividade nas situações de trabalho pode ser compreendida como criar ou recuperar o sentido de uma ocupação, descobrir-se autor daquilo que é realizado, deixar uma marca pessoal que transforme uma produção em motivação para realizações seguintes, resgatar espontaneidade e competência para gerar o novo. Pensando na criatividade como foco fundamental de nosso trabalho, propomos Oficinas de Criatividade e Espaços de convivência, ação e criatividade em equipes.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Clínica.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Orientação Profissional.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Orientação Profissional/Especialidade: Consultoria em Recursos Humanos.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2005
Primeiro lugar na modalidade Aquarela no X Salão de Artes Plásticas da Maratona Cultural ACESC, ACESC - Associação de Clubes Esportivos e Sócio Culturais de São Paulo.
2004
Artista Selecionada no Salão Nacional WTC Premio Arte pela Paz, WCT - World Trade Center São Paulo.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CAMPS, C. I. C. M.2004CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Propondo intervenções clínicas Psicanalíticas no ambiente de trabalho. Diálogo (UEL), Paraná - Londrina, v. 03, n.01, p. 11-17, 2004.

2.
CAMPS, C. I. C. M.2002CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Representações sociais de professores sobre o adolescente problema. Revista de Ciências Humanas (UFSC), Santa Catarina, v. 1, n.1, p. 353-361, 2002.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CAMPS, C. I. C. M.; MURVILLE, C. . A Caverna Cristalina - Uma aventura no tempo. 1. ed. Lisboa: Editora Chiado, 2015. v. 1. 413p .

2.
CAMPS, C. I. C. M.; MURVILLE, C. . A Caverna Cristalina - O desafio do labririnto. 1. ed. Lisboa: Chiado Editora, 2015. v. 1. 425p .

3.
MURVILLE, C. ; CAMPS, C. I. C. M. . A Caverna Cristalina - Capturados no tempo. 1. ed. Lisboa: Chiado Editora, 2015. v. 1. 486p .

4.
MURVILLE, C. ; CAMPS, C. I. C. M. . A vida como ela é. 1. ed. Sao Paulo: Janela da Palavra, 2014. v. 1. 144p .

5.
CAMPS, C. I. C. M.. A hora do beijo: Teatro espontâneo com adolescentes. 1. ed. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2004. v. 1. 152p .

Capítulos de livros publicados
1.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Encontrando o Almeida: Sofrimento Emocional no Trabalho, uma Intervenção Clínica em Ambiente Hoteleiro. In: Ramos, C.; Silvas, G.G.;Souza, S.. (Org.). Práticas Psicológicas em Instituições: Uma Reflexão sobre os Serviços-Escola. São Paulo: Vetor, 2006, v. 1, p. 127-144.

2.
CAMPS, C. I. C. M.; MEDEIROS, C. ; VAISBERG, T. M. J. A. . Quando um clínico vai brincar em um escritório: Um atendimento ético em ambiente corporativo. In: Tania Aiello Vaisberg; Fabiana Follaor e Ambrósio. (Org.). Cadernos Ser e Fazer: Reflexões éticas na Clínica Contemporânea. São Paulo: , 2005, v. , p. 68-78.

3.
CAMPS, C. I. C. M.; MEDEIROS, C. ; VAISBERG, T. M. J. A. . Trabalho Criativo: Um herdeiro do brincar. In: Tania Aiello VAisberg; Fabiana Follador e Ambrósio. (Org.). Cadernos Ser e Fazer: O Brincar. São Paulo: , 2004, v. , p. 50-57.

4.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Sofrimento na escola: uma nova abordagem do imaginário grupal. In: VAisberg,T.; Follador, F.. (Org.). Trajetos do sofrimento: Rupturas e (re) criações de sentido. 1ed.: , 2003, v. 1, p. 114-121.

5.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Encontro na praça: Teatro espontâneo com estudantes numa perspectiva winnicottiana. In: Aiello-Vaisberg, T; Follador e Ambrósio, F. (Org.). Cadernos Ser e Fazer: Apresentação e Materialidade. : , 2003, v. , p. 82-89.

6.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Oficinas de teatro espontâneo e outras brincadeiras para adolescentes. In: Aiello-Vaisberg, T.; Follador, F.. (Org.). Trajetos do sofrimento: desenraizamento e exclusão. 1ed.: , 2002, v. 1, p. 84-86.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . O imaginário de jovens sobre o mundo do trabalho. In: Primeira Jornada de Pesquisa em Psicanálise e Fenomenologi do Laboratório de Psicologia Clínica Social, 2007, Campinas. anais em mídia eletrônica, 2007.

2.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Spontaneous Theatre For Young People From a Winnicottian Perspective: A Psychoprophylactic Approach. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE PSICOTERAPIA DE GRUPO, 2006, SÃO PAULO. ABSTRACT 16TH INTERNATIONAL CONGRESS OF GROUP PSYCHOTHERAPY. v. 1. p. 54-54.

3.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBEG, T. M. J. A. . La práctica del procedimiento de Dibujos-Cuentos con Tema como recurso dialéctico transicional en la clínica de la orientación vocacional. In: XIII Congreso Latinoamericano de Rorschach y Métodos Proyectivos, 2006, Lima. Anais XIII Congreso Latinoamericano de Rorschach y Métodos Proyectivos, 2006.

4.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Teatro Espontâneo na Escolha Profissional numa ´Perspectiva Winnicottiana. In: 14o Encontro Serviiços-Escola de Psicologia do Estado de São Paulo, 2006, São Paulo. Saberes e fazeres:Os caminhos da integração. São Paulo: Universidade Presbiteriana Mackenzie, 2006. p. 54-54.

5.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Ateliers Psychothérapeutiques de Théatre Spontané pour Adolescents: Une Proposition Winnicottienne. In: IXth Congress of EUSARF, 2005, Paris. Proceedings of IXth Congress of EUSARF. Nantere: Université de`Paris X, 2005.

6.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Pensando proyectivamente el teatro de la espontaneidad. In: XII Congresso Latinoamericado de Rorschach y otras técnicas proyectivas, 2003, Montevidéu. Transformaciones en la subjetividad: Retos e la Psicología y sus instrumentos. Montevidéo, 2003. p. 343-347.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . O imaginário de adolescentes brasileiros sobre o mundo do trabalho. In: XI Colóquio Internacional de Psicossociologia e Sociologia Clínica, 2007, Belo Horizonte. Anias do XI Colóquio Internacional de Psicossociologia e Sociologia Clínica, 2007.

2.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . O teatro espontâneo na escolha profissional numa perspectiva winnicottiana. In: XVII Congresso Latino-Americano da Flapag / VI Congresso do Nesme / VIII Jornada da Spagesp, 2007, Santos. Mídia Eletrônica, 2007.

3.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . A escolha profissional e o teatro espontâneo na clínica winnicottiana. In: XI Colóquio Winnicott - Criatividade e experiência cultural, 2006, São Paulo. Mídia Eletrônica, 2006.

4.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Encontrando com o Almeida: Sofrimento emocional no trabalho, uma intervenção clínica em ambiente hoteleiro. In: 13o Encontro de Serviços-Escola de Psicologia do Estado de São Paulo, 2005, São José dos Campos. Práticas Psicológicas em Instituições. São Paulo: Vetor, 2005. p. 182-182.

5.
CAMPS, C. I. C. M.; VITALI, L. M. ; VAISBERG, T. M. J. A. . Flor-Rabisco em consultas terapeuticas coletivas com jovens vestibulandos. In: I Simpósio Internacional do Adolescente: Adolescencia hoje: Desafios, práticas e políticas, 2005, São Paulo. I Simpósio Internacional do Adolescente, 2005.

6.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Ateliers de Théatre Spontané à l´école: Une expérience brésilienne. In: 9ème Congrès International de l´EUSARF, 2005, Paris. Résumés du 9ème Congrès International de l´EUSARF. Paris: Université de Paris X Nanterre, 2005. p. 3.

7.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Em busca dos sonhos ou adaptando-se ao mundo: Uma intervenção clínica em ambiente de cursinho pré-vestibular. In: 13o Encontro de Serviços-Escola de Psicologia do Estado de São Paulo, 2005, São José dos Campos. Práticas Psicológicas em Instituições. São Paulo: Vetor, 2005. p. 82-82.

8.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Perguntas Indiscretas: O enquadre transicional no atendimento de adolescentes. In: A psicanálise no século XXI: Um momento de reflexão, 2002, São Paulo. A Psicanálise no sáculo XXI: Um momento de reflexão, 2002. p. 06-07.

9.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . A hora do beijo: Representações de adolescentes sobre o casamento. In: A psicanálise no século XXI: Um momento de reflexão, 2002, São Paulo. A psicanálise no século XXI: Um momento de reflexão, 2002. p. 18-18.

10.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Sofrimento na escola: Representações sociais de professores sobre o adolescente problema. In: II Jornada Internacional sobre representações sociais, 2001, Florianópolis. Caderno de resumos JIRS 2001, 2001. p. 62-63.

11.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Sofrimento na Escola: estudo psicanalítico de representações sociais de professores sobre o Aluno-Problema. In: V Congresso interno do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, 2001, São Paulo. Anais do V Congresso Interno do Instituto de Psicologia da USP. São Paulo: IPUSP, 2001. p. 57-57.

Apresentações de Trabalho
1.
CAMPS, C. I. C. M.. Quem quero ser? Jovens em processo de escolha profissional e a clínica winnicottiana. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . A escolha profissional e o teatro espontâneo na clínica winnicottiana. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBEG, T. M. J. A. . A escolha profissional na prática psicoterapeutica: Pesquisando um enquadre clínico diferenciado. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Medo da miséria e escolha profissional: Uma investigação sobre o imaginário de jovens de classe média. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
CAMPS, C. I. C. M.. A Eficácia das Práticas Terapeuticas: Ciencia e Crença, 2003. (Tradução/Outra).

2.
CAMPS, C. I. C. M.. O Sofrimento: Colapso identitário e desconstrução do sentido, 2003. (Tradução/Outra).

3.
CAMPS, C. I. C. M.. Observação e Intervenção: O que nos ensina a Antropologia Visual, 2002. (Tradução/Outra).

4.
CAMPS, C. I. C. M.. Um Jardim de Infancia realizado na Instituição Clínica Psiquiátrica de La Borde, 2002. (Tradução/Outra).

5.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Por uma Epistemologia da Psicologia Social Clínica, 2001. (Tradução/Artigo).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
CAMPS, C. I. C. M.. Tudo Azul. 2005. Pintura.

2.
CAMPS, C. I. C. M.. A Fonte. 2004. Pintura.

Demais trabalhos
1.
CAMPS, C. I. C. M.. Sofrimento Emocional no Trabalho: Uma Intervenção Clínica em Ambiente Hoteleiro. 2005 (Palestra) .

2.
CAMPS, C. I. C. M.. Ser e Fazer na Escolha profissional. 2005 (Apresentação de trabalho) .

3.
CAMPS, C. I. C. M.. Oficinas Ser e Fazer de Teatro Espontaneo: Uma Inspiração Winnicottiana. 2005 (Palestra) .

4.
CAMPS, C. I. C. M.. 1o Encontro Paulista de Malas: Volta a São Paulo em mais de 80 malas. 2004 (Apresentação de trabalho) .

5.
CAMPS, C. I. C. M.; VAISBERG, T. M. J. A. . Sofrimento na Escola: Representações de professores sobre o adolescente problema. 2003 (Apresentação de trabalho) .

6.
CAMPS, C. I. C. M.. Introdução ao pensamento de D. W. Winnicott. 2003 (Palestra) .

7.
CAMPS, C. I. C. M.. O Brincar na Sessão. 2003 (Palestra) .

8.
CAMPS, C. I. C. M.. Oficinas de teatro espontâneo e outras brincadeira para adolescentes. 2002 (Palestra) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
VAISBEG, T. M. J. A.; Pontes, M. L. S.; CAMPS, C. I. C. M.. Participação em banca de Mariana Leme da Silva Pontes. A hora H: Investigando o imaginário coletivo de profissionas da saúde mental sobre a adolescência. 2011. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

Teses de doutorado
1.
ZIA, K. P.; VAISBERG, T. M. J. A.; CAMPS, C. I. C. M.. Participação em banca de Katia Panfiete Zia. "Gota D´Água": Imaginário coletivo de educadoras inclusivas sobre ser professor em tempos de inclusão. 2012. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

2.
Tachibana, M.; VAISBERG, T. M. J. A.; CAMPS, C. I. C. M.. Participação em banca de Miriam Tachibana. Fim de mundo: O imaginário coletivo da equipe de enfermagem sobre a gestação interrompida. 2011. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
OLIVEIRA, A. C.; CAMPS, C. I. C. M.. Participação em banca de Alexandra Câmara de Oliveira. O conceito do tema coaching no imaginário coletivo dos profissionais que ocupam cargo de gestão nas organizações. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Modelos de gestão estratégica de pessoas) - FIA - Fundação Instituto de Administração.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XVIII Congresso Latino-Americano FLAPAG e X Simpósio CEFAS. Psicanálise e Trabalho. 2009. (Congresso).

2.
1a jornada de pesquisa em Psicanálise e Fenomenologia do Laboratório de psicologia Clínica Social.O imaginário de jovens sobre o mundo do trabalho. 2007. (Encontro).

3.
XVII Congresso latino-americano da Flapag VI Congresso do Nesme VII jornada da Spagesp. O Teatro espontâneo na escolha profissional numa perspectiva winnicottiana. 2007. (Congresso).

4.
14o encontro serviços-escolas de psicologia do estado de São Paulo.Teatro espontâneo na escolha profissional numa perspectiva winnicottiana. 2006. (Encontro).

5.
16th International Congress of Group Psychotherapy. Spontaneous theatre for young people from a winnicottian perspective: a psychoprophylactic approach. 2006. (Congresso).

6.
II CBPOT Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho. Medo da miséria e escolha profissional - uma investigação sobre o imaginário de jovens de clase média. 2006. (Congresso).

7.
I Simpósio Internacional de Pesquisa em Psicoterapia.A escolha profissional na prática psicoterapêutica: pesquisando um enquadre clínico diferenciado. 2006. (Simpósio).

8.
XI Colóqui Winnicott - Criatividade e experiência cultural.A escolha profissional e o teatro espontâneo a clínica winnicottiana. 2006. (Encontro).

9.
XII Congresso Latinoamericano de Rorschach y métodos proyectivos. La práctica des procedimiento de Dibujos-Cuentos con tema como recurso dialéctico transicional en la clínica de la orientación vocacional. 2006. (Congresso).

10.
13o Encontro de serviços-escolas de psicologia do estado de São Paulo.Encontrando o Almeida: sofrimento emocional no trabalho, uma intervenção clínica em ambiente hoteleiro. 2005. (Encontro).

11.
3o Encontro de serviços-escolas de psicologia do estado de São Paulo.Em busca dos sonhos ou adaptando-se ao mundo: uma intervenção em ambinente de cursinho pré-vestibular. 2005. (Encontro).

12.
I Simpósio Internacional do Adolescente - Adolescência hoje: desafios, praticas e políticas.Flor-rabisco em consultar terapêuticas coletivas com jovens vestibulandos. 2005. (Simpósio).

13.
Sobre a contratransferência e o lugar do analista na clínica da soropositividade: Conversando sobre enquadres diferenciados.Sobre a contratransferência e o lugar do analista na clínica da soropositividade: Conversando sobre enquadres diferenciados. 2004. (Outra).

14.
I Encontro Cultural Ser e FAzer no Trabalho.I Encontro Cultural Ser e FAzer no Trabalho. 2003. (Encontro).

15.
III Seminário temático Ser e FAzer - O acontecer clínico: Apresentação e materialidade.III Seminário temático Ser e FAzer - O acontecer clínico: Apresentação e materialidade. 2003. (Seminário).

16.
II SEminário Temático Ser e Fazer: Trajetos do sofrimento no mundo contemporâneo: ruptura, continuidade e busca de sentido.II SEminário Temático Ser e Fazer: Trajetos do sofrimento no mundo contemporâneo: ruptura, continuidade e busca de sentido. 2003. (Seminário).

17.
Trajetos do Sofrimento no Mundo Contemporâneo: Ruptura, Continuidade e Busca de Sentido.Jornada Trajetos do Sofrimento no Mundo Contemporâneo: ruptura, Continuidade e Busca de Sentido. 2003. (Outra).

18.
Transformaciones en la Subjetividad: Retos a la Psicologia y sus Intrumentos. XII Congreso Latinoamericano de Rorschach y otras Técnicas Proyectivas. 2003. (Congresso).

19.
A Psicanálise no final do século XXI: Um momento de reflexão.A Psicanálise no final do século XXI: Um momento de reflexão. 2002. (Encontro).

20.
I Congresso Brasileiro Psicologia: Ciência e Profissão. I Congresso Brasileiro Psicologia: Ciência e Profissão. 2002. (Congresso).

21.
Seminário Temárico - Trajetos do Sofrimento: Desenraizamento e Exclusão.Seminário Temárico - Trajetos do Sofrimento: Desenraizamento e Exclusão. 2002. (Seminário).

22.
Uma Parceria com a USP - Ser e Fazer na APAE.Uma Parceria com a USP - Ser e Fazer na APAE. 2002. (Outra).

23.
VII congresso brasileirode psiquiatria clínica, I congresso sul-sudeste de psiquiatria clínica e II Congresso paulista de psiquiatria. VII congresso brasileirode psiquiatria clínica, I congresso sul-sudeste de psiquiatria clínica e II Congresso paulista de psiquiatria. 2002. (Congresso).

24.
II Jornada Internacional sobre Representações Sociais: Questões Metodológicas - JIRS 2001.II Jornada Internacional sobre Representações Sociais: Questões Metodológicas - JIRS 2001. 2001. (Outra).

25.
O Brincar e a Realidade: A Prática da Arterapia.O Brincar e a Realidade: A Prática da Arterapia. 2001. (Outra).

26.
O Psicanalista: Hoje e Amanhã.II Encontro Psicanalítico da Teoria dos Campos. 2001. (Encontro).

27.
O Sonhar e a realidade à luz do Pensamento de D.W.Winnicott.O Sonhar e a realidade à luz do Pensamento de D.W.Winnicott. 2001. (Outra).

28.
V Congresso interno do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. V Congresso interno do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. 2001. (Congresso).

29.
VI semana de psicologia - Questões e impasses da psicologia na era contemporânea.VI semana de Psicologia - Questões e impasses da Psicologia na era contemporânea. 2000. (Simpósio).

30.
O Viver Criativo com o olhar de D.W.Winnicott.O Viver Criativo com o olhar de D.W.Winnicott. 1999. (Encontro).

31.
VI Jornada interna da Animus- Ação dramática - Limites e alcances.VI Jornada interna da Animus - Ação dramática - Limites e alcances. 1999. (Outra).

32.
Práticas Antimanicomiais: Repensando Caminhos.Práticas Antimanicomiais: Repensando Caminhos. 1997. (Encontro).



Outras informações relevantes


Entrevista na Radio Eldorado AM 700 Khz no programa "Observatório Eldorado" com Tatiana Ferraz, falando sobre Relacionamento entre pais e filhos e sobre o livro "A hora do Beijo" - 25 janeiro 2005, 15:20h.
Entrevista no programa "Web Divã" da allTV, com Renata Antonelli, sobre "A hora do beijo" - 29 outubro 2005, das 20h às 21h.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/01/2019 às 17:33:58