Alexandre de Paiva Rio Camargo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4814253579308494
  • Última atualização do currículo em 03/10/2018


Doutor em Sociologia pelo Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IESP/UERJ); Mestre, Bacharel e Licenciado em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Realizou estágio de doutorado (com bolsa equivalente do CNPq) no Centre Interuniversitaire de Recherche sur la Science et la Technologie (CIRST), vinculado à Université du Québec à Montréal (UQÀM) e à Université de Montréal (UdeM). Laureado com Menção Honrosa no Prêmio CAPES de Tese 2017 e vencedor do Prêmio IESP-UERJ de melhor tese defendida em 2016. É Professor Adjunto do Programa de Mestrado em Sociologia Política do Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IÚPERJ/UCAM); membro do Núcleo de Estudos sobre Filosofia das Ciências Sociais (Sociofilo/IESP), e líder do grupo de pesquisa "Estudos Sociais e Históricos das Estatísticas Públicas", cadastrado no CNPq. Seus interesses voltam-se, predominantemente, para as relações entre as políticas de população e as configurações do discurso estatístico, em diferentes temporalidades e regimes de governo. Áreas de pesquisa: teoria social; sociologia política; sociologia e história da ciência; sócio-história da quantificação; política de população; sociogênese das categorias de classificação; questão social; intelectuais e poder. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Alexandre de Paiva Rio Camargo
Nome em citações bibliográficas
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Candido Mendes, Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro.
Edifício Cândido Mendes
Centro
20011901 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 32599479
URL da Homepage: www.iuperj.org


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2016
Doutorado em Sociologia.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
com período sanduíche em Université du Québec à Montréal (Orientador: Jean-Pierre Beaud).
Título: A construção da medida comum: estatística e política de população no Império e na Primeira República, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Frédéric Vandenberghe.
Coorientador: Adalberto Moreira Cardoso.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: sociologia da quantificação; governamentalidade; questão social; nacionalismo e construção do Estado; discurso estatístico; interdependência social.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Conhecimento / Especialidade: Sociologia da Ciência.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: sociologia do Estado.
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.
2005 - 2008
Mestrado em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: A diakrisis dos mais sábios: associação comunitária e dissidência política na filosofia grega (século IV a.C.),Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Marcelo Rede.
Palavras-chave: filosofia clássica; Platão, Aristóteles, Xenofonte; público/privado; cidadania e escravidão.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Poder e das Idéias Políticas na Antiguidade / Especialidade: História da filosofia grega.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga.
Setores de atividade: Educação Superior.
2000 - 2004
Graduação em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: Os Números no País de Alice: Identidade Nacional, Pensamento Racial e Campo Científico na Estatística Brasileira (1870/1914).
Orientador: Hebe Maria Mattos.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
1999 interrompida
Graduação interrompida em 2001 em Direito.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Ano de interrupção: 2001
1996 - 1998
Ensino Médio (2º grau).
Colégio de Aplicação da UFRJ, CAP/UFRJ, Brasil.
1992 - 1995
Ensino Fundamental (1º grau).
Colégio de São Bento do Rio de Janeiro, CSB, Brasil.




Formação Complementar


2012 - 2012
Extensão universitária em Dynamique sociohistorique des sciences. (Carga horária: 40h).
Université du Québec à Montréal, UQÀM, Canadá.
2012 - 2012
Occupy Bourdieu. (Carga horária: 8h).
Université de Montreal, UdeM, Canadá.
2012 - 2012
80e congrès de l´ACFAS. (Carga horária: 40h).
Association francophone pour le savoir, ACFAS, Canadá.
2012 - 2012
IVe Congrès - Société de Philosophie des Sciences. (Carga horária: 20h).
Centre Interuniversitaire de Recherche Sur la Science et la Technologie, CIRST, Canadá.


Atuação Profissional



Universidade Candido Mendes, UCAM, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40
Outras informações
Professor Adjunto do Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política do Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (PPGSP-IUPERJ-UCAM)

Vínculo institucional

2010 - 2017
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 12
Outras informações
Professor lotado no Departamento de História do Instituto de Humanidades da UCAM. Disciplinas ministradas: "Metodologia da Pesquisa" e "Parâmetros da Ciência Contemporânea" (2010/2 - 2011/2); Em julho de 2014 me transferi para o Departamento de Ciências Sociais do mesmo Instituto, ministrando "Sociologia II" (2014/2 e 2015/2, "Tendências Atuais da Sociologia" (2014/2 e 2015/2), "Sociologia I" (2015/1 e 2016/1), "Sociologia do Estado" (2015/1), "Democracia e Direitos Humanos" (2016/1) e Monografia I e II. Licenciado entre 2012/1 e 2014/1, para realização do sanduíche e elaboração da tese de doutorado.

Atividades

3/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro, .

Cargo ou função
Responsável pela comissão de organização do ciclo de debates e palestras.
1/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro, .

03/2018 - 07/2018
Ensino, Sociologia Política, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria Social I
8/2017 - 12/2017
Ensino, SOCIOLOGIA E POLÍTICA, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Leituras Sociológicas sobre o Estado
3/2017 - 7/2017
Ensino, SOCIOLOGIA E POLÍTICA, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria Social I
02/2017 - 7/2017
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Orientação de monografia e TCC
8/2016 - 12/2016
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia II
Tendências Atuais da Sociologia
2/2016 - 7/2016
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Democracia e Direitos Humanos
Sociologia I
Monografia II
8/2015 - 12/2015
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia II
Tendências Atuais da Sociologia
Monografia I
2/2015 - 7/2015
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia I
Sociologia do Estado
08/2014 - 12/2014
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia II
Tendências Atuais da Sociologia
Monografia II
8/2011 - 12/2011
Ensino, Instituto de Humanidades, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Parâmetros da Ciência Contemporânea
2/2011 - 7/2011
Ensino, Instituto de Humanidades, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Parâmetros da Ciência Contemporânea
Metodologia da Pesquisa
8/2010 - 12/2010
Ensino, Instituto de Humanidades, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa
Parâmetros da Ciênciai Contemporânea

Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Doutorado, Carga horária: 30
Outras informações
Doutorando em Sociologia no Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP / UERJ), cursando disciplinas, participando de atividades laboratoriais e desenvolvendo a tese "A construção da medida comum: estatística e política de população no Império e na Primeira República".


Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro, FSB-RJ, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 3
Outras informações
Professor do curso de pós-graduação lato sensu em História Antiga e Medieval. Disciplina ministrada: "Cultura, filosofia e religião na Antiguidade Clássica", perfazendo o total de 30 horas/aula, entre 12 de fevereiro e 30 de abril de 2011.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 3
Outras informações
Professor do curso de pós-graduação lato sensu em História Antiga e Medieval. Disciplina ministrada: "Cultura, filosofia e religião na Antiguidade Clássica", perfazendo o total de 30 horas/aula, entre 6 de fevereiro e 17 de abril de 2010

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 24
Outras informações
Professor do curso de extensão Religião e Sociedade na Grécia Antiga, ministrado entre 12 de agosto e 30 de setembro, perfazendo o total de 24 h/ a

Atividades

2/2010 - Atual
Ensino, Especialização em História Antiga e Medieval, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Cultura, filosofia e religião na Antiguidade Clássica
Religião e Sociedade na Grécia Antiga

Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20
Outras informações
Integrei uma série de atividades institucionais envolvendo a história da geografia e da estatística, com vistas a sedimentar a pesquisa histórica no IBGE, em movimento crescente: colaboro na idealização / organização de seminários, nas relações institucionais com pesquisadores e centros acadêmicos, no desenvolvimento de materiais institucionais, além ter proferido algumas palestras e comunicações no IBGE, todas voltadas a temas históricos.

Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20
Outras informações
Integrante do projeto "História das Estatísticas Brasileiras", sob coordenação de Nelson de Castro Senra, atuando na pesquisa em arquivos e na redação de capítulos para obra homônima.

Atividades

6/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Escola Nacional de Ciências Estatísticas, .


Fundação Biblioteca Nacional, FBN, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Prestador de Serviços, Enquadramento Funcional: Editor / Pesquisador, Carga horária: 15
Outras informações
Editor adjunto e coordenador de pesquisa dos dois números especiais sobre História da Ciência, publicados pela Revista de Históra da Biblioteca Nacional, ambos contando com a participação de renomados especialistas e contemplando os campos da botânica, zoologia, arqueologia, medicina, saúde, psiquiatria, física, engenharia, matemática, antropologia e cartografia. O volume 1 ("Ciência com o jeito do Brasil") abrange as relações entre ciência, identidade e civilização no Brasil, com destaque para o papel da tradição portuguesa e a etnociência de indígenas e africanos na construção da sociedade brasileira. O volume 2 ("Ao universo e além") traz a contribuição da experiência brasileira para a ciência universal, seja através da interação dos viajantes estrangeiros na realidade tropical, seja através dos pioneirismos em inovação tecnológica. A finalidade do projeto é fornecer aos leitores, professores e alunos o que há de mais atual e qualificado na historiografia das ciências naturais, médicas e humanas no país, optando-se por um recorte temático e conceitual (e não cronológico e biográfico) para melhor estimular a ampliação do interesse na área de história da ciência.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Prestador de serviços, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Pesquisador do Projeto História no Bolso da Revista de História da Biblioteca Nacional, nos volumes "A Era da Escravidão", "Imagens de uma Nação" e "A França nos Trópicos". Responsável pela seleção de artigos, cronologia, bibliografia expandida e créditos dos autores. No mesmo período também assumi as funções de pesquisador da Revista: leitura crítica de artigos, projetos de dossiês e especiais, elaboração de resenhas.

Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: prestador de serviços, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Pesquisador e redator do projeto "Revista de História da Biblioteca Nacional na Escola", série de quatro suplementos pedagógicos elaborados a partir dos artigos do periódico. São eles: Futebol e Sociedade, Fotografia e História, Tiradentes e o Altar da Pátria, Os Descaminhos do Ouro. Estes encartes propõem abordagens inovadoras de temas transversais e conteúdos curriculares, disponibilizando material iconográfico e sugerindo dinâmicas de classe. Com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (FAPERJ), cerca de 18.000 exemplares foram doados à Rede Pública de Ensino do Rio de Janeiro, em junho de 2009. Eles estão disponíveis no sítio www.revistadehistoria.com.br/naescola


Programa de Pós-Graduação em Urbanismo - UFRJ, PROURB - UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Pesquisador colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador colaborador, Carga horária: 4
Outras informações
Pesquisador colaborador de um dos projetos da linha "O movimento municipalista e o nascimento do urbanismo: uma estratégia de regulação do direito à cidade", realizado em parceria entre o IBGE, por meio de seu Centro de Documentação e Disseminação de Informações (CDDI) e o Laboratório de Estudos Urbanos (LEU) ligado ao Programa de Pós-Graduação em Urbanismo (PROURB) da UFRJ. Pesquisa sobre os ciclos de municipalismo no Brasil observados em paralelo ao movimento de reformas, planos e projetos urbanos e a cultura e o vocabulário urbanístico. Enfoca-se, particularmente, as estratégias de gestão urbana no período 1890-1905, 1930-1937 e 1946-1964. No que diz respeito ao IBGE, dedica-se ao estudo do papel fomentador que o Instituto exerceu na criação do movimento municipalista desde o Estado Novo, com realce à rede integrada por ele, a Associação Brasileira dos Municípios e o Instituto Brasileiro de Administração Municipal, a partir da análise das agências municipais de estatística e de material selecionado na Revista Brasileira dos Municípios, editada pelo IBGE entre 1948 e 1968.


Universidade Estácio de Sá, UNESA, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8
Outras informações
Professor das disciplinas História Antiga Ocidental e Metodologia da História

Atividades

7/2008 - 12/2008
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Antiga Ocidental
Metodologia da História

Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2008
Vínculo: Estudante de Mestrado, Enquadramento Funcional: Pesquisa e Desenvolvimento, Carga horária: 20
Outras informações
Elaboração da dissertação na área de História Antiga; desenvolvimento de atividades de pesquisa junto ao Centro de Estudos Interdisciplinares da Antiguidade, ambas sob orientação do prof. Dr. Ciro Flamarion Cardoso e do prof. Dr. Marcelo Rede.


Colégio Qualidade Integral - Qi, QI, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: professor de História, Carga horária: 8
Outras informações
Professor de História no segundo ciclo do ensino fundamental

Atividades

02/2006 - 12/2006
Ensino,

Disciplinas ministradas
História

Laboratório de História Oral e Imagem/Universidade Federal Fluminense, LABHOI/UFF, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2005
Vínculo: Bolsista de IC, Enquadramento Funcional: Pesquisa e Documentação, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica - PIBIC/CNPq. No período 08/2002 - 07/2003, integrei o projeto "A diáspora africana e o Império português: novas perspectivas de investigação". No período 08/2003 - 02/2005, integrei o projeto "Marcas da escravidão: racialização e memória do cativeiro em perspectiva histórica". Em ambos, estive sob orientação da Profa. Dra. Hebe Maria Mattos

Atividades

06/2002 - 03/2005
Estágios , Laboratório de História Oral e Imagem/Universidade Federal Fluminense, .

Estágio realizado
Bolsa de Iniciação CIentífica.


Linhas de pesquisa


1.
Estatísticas Públicas: Estado e Nação. Tempos, processos, significados

Objetivo: Desenvolver estudos sócio-históricos das estatísticas oficiais, relevando-as como instrumento político-cognitivo e campo privilegiado para a análise da construção do Estado e da historicidade da ação pública; segundo as comunidades científicas e elites burocráticas, a emergência do raciocínio estatístico e quantificador na configuração dos debates públicos, bem assim seu papel na construção do imaginário social e da mediação simbólica da nação..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: sociologia do conhecimento.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: história do Brasil.
Palavras-chave: elites burocráticas; comunidades especializadas; traduções; debates públicos; controvérsias estatísticas.
2.
Estado, Sociedade e Participação Social

Objetivo: Inserida no campo da sociologia política, a linha de pesquisa enfatiza a análise das relações entre Sociedade e Estado através do estudo de políticas sociais e participação. São enfocados principalmente os temas das políticas públicas, da democracia participativa, dos movimentos sociais e das relações entre os níveis da federação (descentralização, federalismo). Objetiva-se com esta linha abarcar estudos que analisam as conexões entre globalização e transformações nos estados de bem estar social e na implementação de políticas públicas setoriais, as relações entre os níveis nacional e subnacionais de governo, enfatizando os processos relacionados a centralização versus descentralização e ao federalismo versus Estado unitário e pesquisas que discutem as dimensões teóricas e históricas dos conceitos de ação coletiva, de contestação, de engajamento e sociedade civil..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Política.
Palavras-chave: Construção do Estado; Federalismo; movimentos sociais.


Projetos de pesquisa


2012 - 2014
A confluência de esforços em torno do Convênio Inter-administrativo de Estatísticas Educacionais e Conexas, de 1931 (1907-1945)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Nelson de Castro Senra em 30/12/2012.
Descrição: O projeto debruça-se sobre o ?Convênio Inter-Administrativo das Estatísticas Educacionais e Conexas?, proposto, discutido e assinado durante a IV Conferência Nacional de Educação, promovido pela Associação Brasileira de Educação (em 1931) e depois implantado e executado pela Diretoria de Informações, Estatística e Divulgação do recém-criado Ministério da Educação e Saúde Pública. Por este Convênio, as desejadas estatísticas temáticas da educação e conexas, seriam feitas de modo contínuo e sistemático, focalizando a realidade da educação e temáticas conexas e seriam feitas por um acordo de cooperação inter-administrativa envolvendo as três esferas de decisão política do país: a federal, a estadual e a municipal. Essas esferas, por livre arbítrio, sem serem coagidas ou forçadas, cediam vontades (direitos) e assumiam obrigações (deveres), em prol do alvo comum. Esse novo instituto jurídico da cooperação inter-administrativa, já seria em 1934 o instrumento da maturação da atividade estatística, com a formação do Instituto Nacional de Estatística (logo IBGE), que começaria a funcionar em 1936. O projeto analisa os precedentes e o impacto do Convênio na formação de uma mentalidade de governo durante a Era Vargas, ao explorar suas relações com o debate sobre a educação nacional, a montagem e a coordenação do sistema estatístico brasileiro, além da construção do movimento municipalista no país..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (3) .
Integrantes: Alexandre de Paiva Rio Camargo - Integrante / Nelson de Castro Senra - Coordenador / Margareth da Silva Pereira - Integrante / Natália de Lacerda Gil - Integrante / Libânia Nacif Xavier - Integrante / Sandra Maria Machado Caldeira - Integrante / Raquel Dezidério Souto - Integrante / Marcos Rangel - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2010 - 2016
A construção da medida comum: estatística e política de população no Império e na Primeira República
Descrição: A presente investigação de sociologia histórica examina o processo de emergência de uma política de população no Brasil, situando-a em relação às experiências dos países liberais e pós-coloniais. Baseando-se, principalmente, nos estudos sobre a governamentalidade (Foucault), além de autores que pensaram a interdependência social e a pacificação interna como dimensões da centralização do Estado (Norbert Elias) e do monitoramento populacional (Anthony Giddens), a tese procura realizar uma genealogia do Estado, que permite revelar diferentes formas de conceber a população e de produzir e utilizar as estatísticas. A estatística será aqui tomada como tecido material e campo visual do que pode (ou não) ser problematizado pela racionalidade política. Para tanto, recorre-se a censos gerais, anuários, relatórios ministeriais, legislação e artigos de imprensa, com o fim de mapear os deslocamentos no padrão de codificação e apresentação das informações demográficas, especialmente as de saúde, instrução e ocupação, que encarnam a noção de social, gradualmente delineada como espaço de governo, entre o Império e a Primeira República. O recorte temporal está assim delimitado, porque foi na sociedade escravista e internamente diferenciada do Segundo Reinado que se fixou o desejo às convenções de equivalência. Difundidas pelo internacionalismo científico e estatístico durante a segunda metade do século XIX, estas serão incorporadas como meio de mensurar e comparar o progresso das nações civilizadas, especialmente em indicadores de educação, imigração e industrialização. Assume como hipótese central que a transformação da concepção de população ocorre no bojo da revolução pasteuriana, através da epistemologia ?democrática? das moléstias, que equaliza corpos e sujeitos doentes diante dos fenômenos vitais, instaurando um programa de prevenção e reforma das condutas no interior da razão governamental. Entende que o movimento nacionalista dos anos 1910 e 1920 desdobra esta tendência, trazendo novas possibilidades de uso inferencial dos dados oficiais. A partir das campanhas de saneamento e de combate ao analfabetismo, a dimensão nacional será construída, prefigurando a estatística normativa, aquela que se apresenta como referente comum para a ação coletiva..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2010
O movimento municipalista e o nascimento do urbanismo: uma estratégia de regulação do direito à cidade
Descrição: Pesquisador colaborador do projeto "O movimento municipalista e o nascimento do urbanismo: uma estratégia de regulação do direito à cidade", realizado em parceria entre o IBGE, por meio de seu Centro de Documentação e Disseminação de Informações (CDDI) e o Laboratório de Estudos Urbanos (LEU) ligado ao Programa de Pós-Graduação em Urbanismo (PROURB) da UFRJ. Pesquisa sobre os ciclos de municipalismo no Brasil observados em paralelo ao movimento de reformas, planos e projetos urbanos e a cultura e o vocabulário urbanístico. Enfoca-se, particularmente, as estratégias de gestão urbana no período 1890-1905, 1930-1937 e 1946-1964. No que diz respeito ao IBGE, dedica-se ao estudo do papel fomentador que o Instituto exerceu na criação do movimento municipalista desde o Estado Novo, com realce à rede integrada por ele, a Associação Brasileira dos Municípios e o Instituto Brasileiro de Administração Municipal, a partir da análise das agências municipais de estatística e de material selecionado na Revista Brasileira dos Municípios, editada pelo IBGE entre 1948 e 1968..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alexandre de Paiva Rio Camargo - Integrante / Nelson de Castro Senra - Integrante / Margareth da Silva Pereira - Coordenador / Mario Luis Carneiro Pinto de Magalhães - Integrante.
2005 - 2008
Associação comunitária e dissidência política na filosofia grega (séc. IV a.C.)
Descrição: Este trabalho, derivado de nossa dissertação de mestrado, procurou investigar a construção da posição social do filósofo na polis ateniense do período clássico tardio. A análise parte da relação entre a diferenciação estrutural da função do intelectual e o alargamento do campo discursivo da dissidência política, no contexto de arrefecimento das instituições reguladoras da democracia e de ampliação do papel político desempenhado pelas elites. Neste cenário, procura interpretar o surgimento das escolas de filosofia (Academia e Liceu) como espaços de sociabilidade e práticas associativas entre discípulos e filósofos. Neste sentido, propõe a leitura dos textos de Platão e Aristóteles no duplo âmbito da performance voltada para a justificação interna da atividade filosófica e o da contribuição programática para a restrição da soberania do demos ateniense. Formula a hipótese central de que o fim do século IV a.C. assiste à consolidação da posição social do filósofo. Pretende comprová-la explorando a filosofia como plano discursivo estratégico para a subversão da normatividade democrática, formalizada na estabilidade de sua linguagem e na maleabilidade de suas categorias. O método recorre à comparação com as obras de Xenofonte, discípulo socrático que se exilara de Atenas antes da fundação da Academia, para apreender a formalização do discurso centrado nas escolas de filosofia, seu lugar de poder na cidade. Utiliza-se a sociologia do poder de Max Weber para estudar a fabricação da liderança de Platão e a estabilização da associação comunitária, bem como para investigar as afinidades eletivas entre a ampliação do papel do filósofo na pedagogia ateniense e as apropriações políticas de sua produção, ao tempo da hegemonia macedônica e da queda da democracia..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2002 - 2004
Escravidão e racialização no Brasil em perspectiva histórica
Descrição: Sob a coordenação da prof. Dra. Hebe Maria Mattos, o projeto procura estabelecer as balizas mais gerais das relações entre a experiência histórica da escravidão moderna, sua apropriação com objeto de memória e os processos históricos de constituição de identidades raciais no mundo atlântico. Neste quadro, realizei levantamento de fontes estatísticas, com o fim de analisar o uso das categorias etno-raciais nos recenseamentos e estimativas populacionais do país entre 1872 e 1920. Através de apoio na literatura especializada sobre a questão racial no pensamento social brasileiro e de uma análise bourdieusiana sobre a institucionalização da estatística na Primeira República, teve como produto principal minha monografia de bacharelado "Os números no país de Alice: identidade nacional, pensamento racial e campo científico na estatística brasileira (1870-1914)"..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alexandre de Paiva Rio Camargo - Integrante / Hebe Maria Mattos - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Projetos de extensão


2010 - 2010
História da Ciência no Brasil
Descrição: Projeto editorial para confecção de dois números especiais sobre História da Ciência, publicados pela Revista de História da Biblioteca Nacional, ambos contando com a participação de renomados especialistas e contemplando os campos da botânica, zoologia, arqueologia, medicina, saúde, psiquiatria, física, engenharia, matemática, antropologia e cartografia. O volume 1 ("Ciência com o jeito do Brasil") abrange as relações entre ciência, identidade e civilização no Brasil, com destaque para o papel da tradição portuguesa e a etnociência de indígenas e africanos na construção da sociedade brasileira. O volume 2 ("Ao universo e além") traz a contribuição da experiência brasileira para a ciência universal, seja através da interação dos viajantes estrangeiros na realidade tropical, seja através dos pioneirismos em inovação tecnológica. A finalidade do projeto é fornecer aos leitores, professores e alunos o que há de mais atual e qualificado na historiografia das ciências naturais, médicas e humanas no país, optando-se por um recorte temático e conceitual (e não cronológico e biográfico) para melhor estimular a ampliação do interesse na área de história da ciência..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Alexandre de Paiva Rio Camargo - Integrante / FIGUEIREDO, Luciano Raposo de Almeida - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
Revista de História da Biblioteca Nacional na Escola
Descrição: Pesquisa e elaboração de uma série piloto de quatro suplementos pedagógicos elaborados a partir dos artigos da Revista de História da Biblioteca Nacional. São eles: Futebol e Sociedade, Fotografia e História, Tiradentes e o Altar da Pátria, Os Descaminhos do Ouro. Estes encartes propõem abordagens inovadoras de temas transversais e conteúdos curriculares, disponibilizando material iconográfico e sugerindo dinâmicas de classe. Com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (FAPERJ), cerca de 18.000 exemplares foram doados à Rede Pública de Ensino do Rio de Janeiro, em junho de 2009. Eles estão disponíveis no sítio www.revistadehistoria.com.br/naescola.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Alexandre de Paiva Rio Camargo - Integrante / Nivia Pombo Cirne dos Santos - Integrante / FIGUEIREDO, Luciano Raposo de Almeida - Coordenador.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.


Projetos de desenvolvimento


2007 - 2009
A pesquisa histórica no IBGE

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Nelson de Castro Senra em 30/12/2012.
Descrição: O projeto, coordenado por Nelson Senra, visa a congregar a comunidade acadêmica de historiadores e instituições de pesquisa, constituindo temas, abordagens e objetos adequados à perspectiva histórica das atividades estatística e geocientífica, fomentando encontros e parcerias acadêmicas, com o fim de formalizar uma linha de pesquisa histórica no IBGE. Tem por objetivo estimular a abordagem das estatísticas como objeto de estudo (não como meio de análise, o mais comum). Tem por investigação as demandas sócio-políticas apostas às instituições estatísticas e geográficas, assim como os diferentes saberes que.lhes são derivados e apropriados socialmente, procurando revelar os métodos e as técnicas da pesquisa; o cotidiano processual e as associações formais nas diferentes temporalidades destas instituições; a cultura científica de seus profissionais; a contribuição dos estaticistas (que pensam e formulam as estatísticas) e dos geógrafos para a construção do Estado e das ciências no Brasil, dando relevo aos planejamentos e políticas nacionais..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Alexandre de Paiva Rio Camargo - Integrante / Nelson de Castro Senra - Coordenador.Financiador(es): Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - Remuneração.
2005 - 2007
História das Estatísticas Brasileiras
Descrição: Elaborar uma história das estatísticas brasileiras, desde a Independência do Brasil, até os dias atuais. Dessa forma, contribuindo para a consolidação da sociologia das estatísticas como um campo de estudo e pesquisa; com ênfase nas relações dos Estaticistas (produtores das estatísticas) com os Estados e com as Ciências. São quatro volumes (períodos): vol. I, Estatísticas desejadas: 1822-c.1889; vol. II, Estatísticas legalizadas: c.1889-c.1936; vol. III, Estatísticas organizadas: c.1936-c.1972; vol. IV, Estatísticas formalizadas: c.1972-2002..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Alexandre de Paiva Rio Camargo - Integrante / Nelson de Castro Senra - Coordenador.Financiador(es): Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - Remuneração.


Membro de corpo editorial


2012 - Atual
Periódico: Estatística e Sociedade
2012 - Atual
Periódico: Cadernos do Sociofilo
2004 - 2008
Periódico: Cantareira (UFF)


Revisor de periódico


2009 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de História da Ciência
2017 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Sociologia
2018 - Atual
Periódico: História, Ciências, Saúde-Manguinhos


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Teoria Social.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Política.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Ciência.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Histórica da Quantificação.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: História da Ciência.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: história do Brasil.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2017
Menção honrosa. Prêmio CAPES de Tese. Área de Sociologia., Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
2016
Prêmio IESP de melhor tese de doutorado em Sociologia., Instituto de Estudos Sociais e Políticos. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.
2012
Bolsa de Doutorado Sandwich, CNPq.
2010
Bolsa de Doutorado, CAPES.
2009
Segundo colocado na seleção para professor substituto (História Antiga e Medieval), UFRRJ.
2002
Bolsa de Iniciação Científica, CNPq.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio2017 CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Sur l’émergence d’une politique de précisionOn the Emergence of a Politics of Precision: The Case of Brazilian Statistics. Histoire et Mesure, v. XXXII, p. 91-119, 2017.

2.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio2015 CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Dimensões da nação: uma análise do discurso estatístico da diretoria geral de estatística (1872-1930). Revista Brasileira de Ciências Sociais (Online), v. 30, p. 79-97, 2015.

3.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio2014CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Revendo as relações entre ciência, Estado e sociedade: a perspectiva sócio-histórica da estatística. Sociedade e Estado (UnB. Impresso), v. 29, p. 291-297, 2014.

4.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio2013CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Estatística e política de população no Brasil (1870-1930): notas de pesquisa. Estatística e Sociedade, v. 3, p. 90-109, 2013.

5.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio2010CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Povoar o hinterland: o ensino rural como fronteira entre estatística e educação na trajetória de Teixeira de Freitas. REVISTA BRASILEIRA DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO, v. 23, p. 97-132, 2010.

6.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio2009CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. A Revista Brasileira de Geografia e a organização do campo geográfico no Brasil (1939-1980). REVISTA BRASILEIRA DE HISTÓRIA DA CIÊNCIA, v. 2, p. 23-39, 2009.

7.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio2009 CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Sociologia das estatísticas: possibilidades de um novo campo de investigação. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), v. 16, p. 903-925, 2009.

8.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio2009 CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Mensuração racial e campo estatístico nos censos brasileiros (1872-1940): uma abordagem convergente. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, v. 4, p. 361-385, 2009.

9.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio2008CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. A brief History of Brazil. Brasil em Números (Edição em Inglês. Impresso), v. 16, p. 37-47, 2008.

10.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio2008CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Macedo Soares, embaixador da geografia. Revista do Instituto Histórico e Geographico Brazileiro, v. 169, p. 259-281, 2008.

11.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio2007CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio; SENRA, Nelson de Castro . A ciência da certeza. Revista de História (Rio de Janeiro), v. 23, p. 54-59, 2007.

12.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio2005CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. A filosofia da ciência em Popper, Kuhn e Morin: um estudo comparativo. Cantareira (UFF), sétima edição. Rio de Janeiro, v. 3, n.1, p. 1-26, 2005.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SENRA, Nelson de Castro (Org.) ; CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio (Org.) . Estatísticas nas Américas: por uma agenda de estudos históricos comparados. 1. ed. Rio de Janeiro: IBGE, 2010. v. 1. 428p .

Capítulos de livros publicados
1.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. "Organizar a nação, missão de nossa geração": concepção e política de população em Alberto Torres e Teixeira de Freitas. In: Nelson de Castro Senra. (Org.). Organizando a coordenação nacional: estatística, educação e ação pública na Era Vargas. 1ed.Rio de Janeiro: IBGE, 2014, v. , p. 137-168.

2.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. A demografia no discurso médico-higienista: um estudo baseado no Brazil-Médico (1887-1900). In: Nelson de Castro Senra; Hernán Gonzalez-Bollo; Cesar Vaz de Carvalho Junior; Edmundo de Sá Figueiroa. (Org.). Em Associação das Américas, as estatísticas públicas como objeto de estudo. Série Estudos e Pesquisas. 1ed.Salvador: SEI, 2011, v. 90, p. 257-282.

3.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Historiografia de um objeto multifacetado. In: SENRA, Nelson de Castro; CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. (Org.). Estatísticas nas Américas: por uma agenda de estudos históricos comparados. 1ed.Rio de Janeiro: IBGE, 2010, v. , p. 159-174.

4.
SENRA, Nelson de Castro ; OTERO, Hernán ; DANIEL, Claudia. ; CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio . Introdução: debates na LASA e no IBGE. In: SENRA, Nelson de Castro; CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. (Org.). Estatísticas nas Américas: por uma agenda de estudos históricos comparados. 1ed.Rio de Janeiro: IBGE, 2010, v. 1, p. 11-34.

5.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Classificações raciais e formação do campo estatístico no Brasil (1872-1940). In: SENRA, Nelson de Castro; CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. (Org.). Estatísticas nas Américas: por uma agenda de estudos históricos comparados. 1ed.Rio de Janeiro: IBGE, 2010, v. 1, p. 229-263.

6.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Conhecendo os dissidentes: os dados não-estruturados do Estudo Nacional de Despesa Familiar e a configuração da pobreza no Brasil. In: SENRA, Nelson de Castro. (Org.). História das Estatísticas Brasileiras: estatísticas formalizadas (c.1972-2002). 1ed.Rio de Janeiro: IBGE, 2009, v. 4, p. 181-216.

7.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Território modelado: notas sobre redes, saberes e representações da geografia do IBGE. In: SENRA, Nelson de Castro. (Org.). História das Estatísticas Brasileiras: estatísticas formalizadas (c.1972-2002). 1ed.Rio de Janeiro: IBGE, 2009, v. 4, p. 227-273.

8.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Municipalismo e ruralismo: o IBGE e a organização nacional na Era Vargas. In: SENRA, Nelson de Castro.. (Org.). O IBGE na história do municipalismo e sua atuação nos municípios: o pensamento de Teixeira de Freitas e Rafael Xavier. 1ed.Rio de Janeiro: IBGE, 2008, v. 13, p. 37-48.

9.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. O Ideário Cívico do IBGE: reformas sociais e projeto de Brasil aos olhos da estatística. In: SENRA, Nelson de Castro. (Org.). História das Estatísticas Brasileiras: estatísticas organizadas (1936-1972). 1ed.Rio de Janeiro: IBGE, 2008, v. 3, p. 371-409.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Resenha dupla - Formação das ciências sociais no Brasil / A vocação das ciências sociais no Brasil. Revista de História (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, p. 104 - 104, 01 nov. 2010.

2.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Resenha - A construção da Geografia Universitária no Rio de Janeiro. Revista de História (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, p. 103 - 103, 01 out. 2010.

3.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Resenha - A história na escola. Revista de História (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, p. 95 - 95, 01 out. 2009.

4.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Resenha - Heróis da restauração pernambucana. Revista de História (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, p. 95 - 95, 01 set. 2009.

5.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Resenha dupla - Ao som do samba: uma leitura do carnaval carioca e A arte do efêmero: carnavalescos e mediação cultural no Rio de Janeiro. Revista de História (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, p. 94 - 94, 01 ago. 2009.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Demografia sanitária e a emergência de um estilo de raciocínio estatístico na Primeira República. In: XVIII Encontro Nacional de Estudos Populacionais, 2012, Águas de Lindóia. XVIII. Encontro Nacional de Estudos Populacionais:transformações na população brasileira: complexidades, incertezas e perspectivas,19 a 23 de novembro de 2012 / Águas de Lindóia, SP: ABEP, 2012.. Águas de Lindóia: Associação Brasileira de Estudos Populacionais, 2012. v. 1. p. 1-21.

2.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. As instituições estatísticas na história social da ciência: algumas perspectivas e especificidades. In: XXV Simpósio Nacional de História: História e Ética. Associação Nacional de História (ANPUH), 2009, Fortaleza. SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 25., 2009, Fortaleza. Anais do XXV Simpósio Nacional de História ? História e Ética. Fortaleza: ANPUH, 2009. v. 1. p. 1-14.

3.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. As cores do progresso: propaganda e censura racial no censo de 1940. In: XI Simpósio Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 2008, Niterói. SEMINÁRIO NACIONAL DE HISTÓRIA DA CIÊNCIA, 11., 2008, Niterói, RJ. Textos Completos. Rio de Janeiro: Museu de Astronomia e Ciências Afins; Sociedade Brasileira de História da Ciência, 2008. v. 1. p. 1-16.

4.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Escravo e cidadão nas visões sobre a guerra em Aristóteles e Xenofonte. In: XXIII Simpósio Nacional de História - História: Guerra e Paz, 2005, Londrina. Anais do XXIII Simpósio Nacional de História - História: Guerra e Paz. Londrina: Editorial Mídia, 2005.

5.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Constituição do campo científico da estatística no Brasil (1870/1914). In: XXIII Simpósio Nacional de História - História: Guerra e Paz, 2005, Londrina. Anais do XXIII Simpósio Nacional de História - História: Guerra e Paz. Londrina: Editorial Mídia, 2005. p. 1-8.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Racial classifications in early Brazilian statistics: scales and uses. In: 25th International Congress of History of Science and Technology, 2017, Rio de Janeiro. 25th International Congress of History of Science and Technology: book of abstracts, 2017. p. 535-535.

2.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. O projeto de Rui Barbosa sobre a reforma educacional (1882): possibilidades e limites da estatística como tecnologia de governo liberal no fim do Império. In: 14º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia - 14º SNHCT, 2014, Belo Horizonte. Anais do 14º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia - 14º SNHCT. Belo Horizonte: UFMG, 2014. v. 1. p. ---.

3.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Numbered bodies: brazilian society and the statistical discourse of the General Direction of Statistics. In: Organizing Powers: 38th Anual Meeting of the Social Science History Association, 2013, Chicago. Organizing Powers: 38th Anual Meeting of the Social Science History Association. Conference Program. Durham: Duke University Press, 2013. v. 1. p. 138-138.

4.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. As estatísticas morais no discurso médico-higienista: o caso do Brazil-Médico (1887-1923). In: 12 Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia e 7 Congresso Latino-americano de História da Ciência e da Tecnologia, 2010, Salvador. Boletim Estatísticas Públicas. Salvador: ANIPES, 2010. v. 6. p. 157-158.

5.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. A filosofia como atividade social à época de Sócrates. In: XVIII Ciclo de Debates em História Antiga: Dialogando com Clio - 15 anos do LHIA / UFRJ, 2008, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos do VIII Ciclo de Debates em História Antiga: Dialogando com Clio - 15 anos do LHIA / UFRJ. Rio de Janeiro: Laboratório de História Antiga; Ítaca, 2008. v. 1. p. 33-33.

6.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Considerações sobre a conceituação e integração do escravo no modelo filosófico de Aristóteles. In: VII Jornada do Centro de Estudos Interdisciplinares em Antiguidade: Guerra, escravidão e liberdade, 2005, Niterói. VII Jornada do CEIA: Guerra, escravidão e Liberdade, 2005. p. 25-25.

7.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Entre primitivistas e modernistas: algumas questões para o estudo da economia grega antiga. In: XI Jornada de Estudos do Oriente Próximo, 2005, Porto Alegre. Anais da XI Jornada de Estudos do Oriente Próximo, 2005.

8.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. A escravidão-mercadoria grega no contexto da teoria aristotélica da escravidão natural. In: VI Jornada do Centro de Estudos Interdisciplinares em Antiguidade, 2004, Niterói. VI Jornada do CEIA: Poder e Resistência na Antiguidade- Caderno de Resumos. Niterói: Centro de Estudos Interdisciplinares em Antiguidade/Universidade Federal Fluminense, 2004. p. 32-33.

9.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. A construção da República e o olhar dos estatísticos: Povo, Raça e Nação (1870-1900). In: XI Encontro Regional de História - Democracia e Conflitos, 2004, Rio de Janeiro. XI Encontro Regional de História - Democracia e Conflitos. Rio de Janeiro: Associação Nacional de História Núcelo: Rio de Janeiro, 2004.

10.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. O Sócrates Histórico. In: X Jornada de Estudos do Oriente Antigo: História Antiga na Modernidade, 2004, Porto Alegre. X Jornada de Estudos do Oriente Antigo: História Antiga na Modernidade - Caderno de Resumos, 2004.

11.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Cinema e História: uma prática para a sala de aula. In: II Mostra de Iniciação à Docência na Educação Básica da Universidade Federal Fluminense, 2004, Niterói. II Mostra de Iniciação à Docência na Educação Básica da Universidade Federal Fluminense - Caderno de Resumos - CD-ROM, 2004.

12.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Ciência Mestiça: Raça e Nacionalidade na Estatística Brasileira (1890/1900). In: XIV Seminário de Iniciação Científica e Prêmio UFF Vasconcellos Torres de Ciência e Tecnologia, 2004, Niterói. XIV Seminário de Iniciação Científica e Prêmio UFF Vasconcellos Torres de Ciência e Tecnologia - Caderno de Resumos CD-ROM, 2004.

13.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. O Simpósio ateniense em Platão e Xenofonte. In: I Semana de História Antiga e Medieval da Uniandrade, 2003, Curitiba. Caderno de Resumos da I Jornada de História Antiga e Medieval da Uniandrade. Curitiba: Núcelo de Estudos Históricos e Arqueológicos: Centro Universitário Campos de Andrade, 2003. p. 11-11.

14.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. O escravo como estrangeiro absoluto no mundo grego. In: V Congresso da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos, 2003, Pelotas- RS. Fronteiras e Etnicidade: Caderno de Programação e Resumos. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, Instituto de Ciências Humanas, 2003. p. 34-34.

15.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Cor e Raça a partir da Estatística Censitária: um retrato sobre três momentos (1849,1870,1895). In: XIII seminário de iniciação científica e Prêmio UFF Vasconcellos Torres de Ciência e Tecnologia, 2003, Niterói. XIII seminário de iniciação científica e Prêmio UFF Vasconcellos Torres de Ciência e Tecnologia - CD-ROM, 2003.

Artigos aceitos para publicação
1.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. A razão governamental de Alberto Torres. Revista Política e Sociedade, 2019.

2.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. O censo de 1872 e a utopia estatística do Brasil Império. HISTÓRIA UNISINOS, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. A estatística como tecnologia de disciplinamento e tradução de interesses, I Simpósio de Estudos Sociais da Ciência do Laboratório de Estudos em Ciência, Tecnologia e Sociedade (LECTS) da Universidade Federal de Viçosa (UFV).. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Sur l´émergence d´une politique de précision: le cas des statistiques brésiliennes. Comunicação apresentada no Colloque International le chiffre et la carte: pratiques statistiques et cartographiques. Université du Québec à Montréal.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. As estatísticas sanitárias na Primeira República: entre a revolução pasteuriana e a questão nacional. Encontro às Quintas. Ciclo de palestras do Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde. Casa de Oswaldo Cruz. Fiocruz.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Michel Foucault e os estudos sobre a governamentalidade: um outro olhar sobre a estatística. Conferência realizada na I Jornada do Sociofilo: Diálogos entre Teoria e Empiria. Tendências da Sociologia Contemporânea.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Coordenação nacional e imaginação da nação na Primeira República: algumas considerações preliminares. Palestra apresentada no Programa de Pós-graduação em Urbanismo da UFRJ. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio; BEAUD, Jean-Pierre ; PREVOST, Jean-Guy Prévost ; CURTIS, Bruce . Le Concept de Régime Statistique: le cas brésilien. Centre Interuniversitaire de Recherche Sur la Science et la Technologie. Université du Québec à Montréal. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. O campo estatístico brasileiro em três tempos. Palestra apresentada no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (Seminário As estatísticas latino-americanas em perspectiva histórica: debates antes da LASA). 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. As fronteiras institucionais nas administrações do Embaixador Macedo Soares. Palestra apresentada no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Macedo Soares, embaixador da geografia. Palestra apresentada no Instituto Histórico Geográfico Brasileiro (IHGB). 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. O IBGE e a construção do movimento municipalista. Palestra apresentada no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. A criação do Conselho Nacional de Geografia: entre a história e a memória. Palestra apresentada no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Bulhões Carvalho e o panorama da atividade estatística na Primeira República. Palestra apresentada no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Estatística, Educação e Municipalismo no pensamento de Teixeira de Freitas. Palestra apresentada no Programa de Pós-Graduação em Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. A pesquisa histórica no IBGE. Palestra apresentada no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2006. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

15.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Teixeira de Freitas: pensamento social e ação política. Palestra apresentada no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio; Vilaça, Fabiano . Entrevista com Simon Schwartzman. Rio de Janeiro: Revista de História da Biblioteca Nacional. História da Ciência. Especial n. 1, 2010 (Entrevista).

2.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio; FIGUEIREDO, Luciano R. A. . Entrevista com Ubiratan D´Ambrosio. Rio de Janeiro: Revista de História da Biblioteca Nacional. História da Ciência. Especial n. 2, 2010 (Entrevista).

3.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. História e Geografia: irmãs quase inseparáveis 2009 (Texto publicado na seção "Com a Palavra" do site da Revista de História da Biblioteca Nacional).

4.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Fernando de Azevedo (1894-1974) 2009 (Texto publicado na seção "autores" do site da Revista de História da Biblioteca Nacional).

5.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. José Luiz Werneck da Silva (1932-1995) 2009 (Texto publicado na seção "Autores" do site da Revista de História da Biblioteca Nacional).

6.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio; AMOROSO, M. H. B. . Entrevista com José Murilo de Carvalho, membro da Academia Brasileira de Ciências e da Academia Brasileira de Letras, professor titular de História do Brasil da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Niterói: Revista Cantareira, www.historia.uff.br/cantareira v. 3, n. 1, ano 3, sétima edição, 2005 (Entrevista).

7.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio; AMOROSO, M. H. B. ; VIEIRA, F. G. P. ; PAULA, R. N. de . Entrevista com Carlos Barros, coordenador da rede mundial Historia a Debate e professor titular de História Antiga e Medieval da Universidade de Santiago de Compostela. Niterói: Revista Cantareira - www.historia.uff.br/cantareira, v. 3, n. 2, ano 3, oitava edição, 2005 (Entrevista).

8.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio; AMOROSO, M. H. B. ; MOERBECK, G. . Entrevista com Ciro Flamarion Cardoso, autor e organizador de mais de 40 livros, professor titular de História Antiga e Medieval da Universidade Federal Fluminense. Niterói: Revista Cantareira - www.historia.uff.br/cantareira - v. 2, n. 3, ano 2, sexta edição, 2004 (Entrevista).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Pesquisa para a coleção História no Bolso da Revista de História da Biblioteca Nacional (volumes "A Era da Escravidão", "Imagens de uma Nação", "A França nos Trópicos"). 2009.

Trabalhos técnicos
1.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Parecer ad hoc para a Revista História, Ciências, Saúde - Manguinhos. 2018.

2.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Parecer ad hoc para a Revista Brasileira de Sociologia. 2017.

3.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Parecerista da Comissão de Trabalhos submetidos ao XIX Encontro Nacional de Estudos Populacionais, da Associação Brasileira de Estudos Populacionais (24 a 28 de novembro de 2014). 2014.

4.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Parecerista da Comissão de Trabalhos submetidos ao XVIII Encontro Nacional de Estudos Populacionais, da Associação Brasileira de Estudos Populacionais, realizado entre 19 e 23 de novembro de 2012. 2012.

5.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Parecer ad hoc para a Revista Brasileira de História da Ciência. 2009.


Demais tipos de produção técnica
1.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Capacitação em Teoria, Método e Historiografia das Estatísticas Públicas. Curso de Aperfeiçoamento ministrado na Fundação João Pinheiro, Belo Horizonte (MG). 2017. .

2.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio; DANIEL, Claudia . Estatísticas Públicas: de fontes a objetos da pesquisa histórica. Minicurso oferecido no XII Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Revista de História da Biblioteca Nacional na Escola: fotografia e história (volume 2). 2009. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Suplemento pedagógico da Revista de História da Biblioteca Nacional).

4.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Revista de História da Biblioteca Nacional na Escola: Tiradentes e o altar da pátria (volume 3). 2009. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Suplemento pedagógico da Revista de História da Biblioteca Nacional).

5.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Revista de História da Biblioteca Nacional na Escola: os descaminhos do ouro (volume 4). 2009. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Suplemento pedagógico da Revista de História da Biblioteca Nacional).

6.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Revista de História da Biblioteca Nacional na Escola: futebol e sociedade (volume 1). 2009. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Suplemento pedagógico da Revista de História da Biblioteca Nacional).

7.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio; SENRA, Nelson de Castro . Fundamentos preliminares para uma linha de pesquisa histórica no IBGE. 2006. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Teses de doutorado
1.
EDLER, F. C.; BENCHIMOL, J. L.; FERREIRA, L. O.; SENRA, N. C.; CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Participação em banca de Júlio Cesar Paixão Santos. A circulação das ideias de estatística no Segundo Reinado: periodismo, discurso científico e ciências biomédicas no Rio de Janeiro (c.1840-1870). 2018. Tese (Doutorado em História das Ciências) - Fundação Oswaldo Cruz.

2.
BOTELHO, A. J. J.; SIMAS, M. C. C.; SOUZA, R. F.; REZENDE, E. S. A.; BARRETO, A. L.; CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Participação em banca de Gylcilene Ribeiro Storino. Autonomia institucional sob pressão política: uma análise sociológica do Sistema Estatístico Nacional no Brasil e na Argentina. 2018. Tese (Doutorado em Ciência Política (Ciência Política e Sociologia)) - Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
SOUZA JUNIOR, Paulo Gracino; FERNANDES, Silvia Regina Alves; OLIVEIRA, Fabricio R. C.; CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Participação em banca de Reinaldo Azevedo Schiavo. Protestantismo histórico e configuração social: um estudo sobre o Presbiterianismo no Alto Jequitibá - MG. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Sociologia) - Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro.

2.
VASSALO, Simone Pondé; MENEZES, Palloma Valle; CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Participação em banca de Hilda Nogueira Alves Rocha. O SEBRAE e o Porto Maravilha: a conversão de um território em atração turística. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
GAJANIGO, P. R.; SOUZA, R. F.; CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Participação em banca de Júlia Lima Santana. Identificação política e polarização pós-2013. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Sociologia Política) - Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro.

2.
SOUZA, R. F.; COSTA, L. M.; CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Participação em banca de Felipe Oliveira Santos. 2014: a copa que encerrou a de 1950?. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Sociologia Política) - Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
SILVA, Priscila Aquino; CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Participação em banca de Regiane Aparecida Pontes Botelho. Idade Média: uma revisão historiográfica. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em História Antiga e Medieval) - Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro.

2.
SANTOS, Rita de Cássia Codá dos.; CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Participação em banca de Anderson Barbosa de Oliveira. A criança na Roma Antiga. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em História Antiga e Medieval) - Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio; PIMENTA, Ricardo Medeiros. Participação em banca de Lenildes Prado Santos.A vila operária de Vila Isabel. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Candido Mendes.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Membro de Banca Examinadora do Concurso para Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas do IBGE, no perfil de Sociologia Rural. 2013. Fundação Cesgranrio.

Outras participações
1.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio; SILVA, J. T.; PAULA, C. R. N.. Banca de seleção para o mestrado em Sociologia Política. 2018. Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro.

2.
SOUZA, R. F.; SOUZA JUNIOR, Paulo Gracino; CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Banca de seleção para o mestrado em Sociologia Política. 2017. Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
25th International Congress of History of Science and Technology:.Racial classification in early Brazilian statistics: scales and uses. 2017. (Simpósio).

2.
Diálogos entre Teoria e Empiria: Tendências da Sociologia Contemporânea. I Jornada do Sociofilo..Michel Foucault e os estudos sobre a governamentalidade: um outro olhar sobre a estatística. 2016. (Encontro).

3.
14º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia IA.O projeto de Rui Barbosa sobre a reforma educacional (1882): possibilidades e limites da estatística como tecnologia de governo liberal no fim do Império. 2014. (Seminário).

4.
38th Anual Meeting of the Social Science History Association (SSHA).Numbered bodies: Brazilian society and the statistical discourse of the General Directory of Statistics (1870-1930). 2013. (Encontro).

5.
Séminaire Le Concept de Régime Statistique.Le Concept de Régime Statistique: le cas brésilien. 2012. (Seminário).

6.
XVIII Encontro Nacional de Estudos Populacionais:transformações na população brasileira: complexidades, incertezas e perspectivasvas.Demografia sanitária e a emergência de um estilo de raciocínio estatístico na Primeira República.. 2012. (Encontro).

7.
12 Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia e 7 Congresso Latino-americano de História da Ciência e da Tecnologiagia.As estatísticas morais no discurso médico-higienista: o caso do Brazil-Médico (1887-1923). 2010. (Seminário).

8.
Seminário As estatísticas latino-americanas em perspectiva histórica: debates antes da LASA.O campo estatístico brasileiro em três tempos.. 2009. (Seminário).

9.
XXV Simpósio Nacional de História: História e Ética. Associação Nacional de História (ANPUH), H).As instituições estatísticas na história social da ciência: algumas perspectivas e especificidades. 2009. (Simpósio).

10.
XI Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia.As cores do progresso: propaganda e censura racial no censo de 1940. 2008. (Seminário).

11.
XVIII Ciclo de Debates em História Antiga: Dialogando com Clio - 15 anos do LHIA / UFRJ.A filosofia como atividade social à época de Sócrates. 2008. (Outra).

12.
Seminário Fábio de Macedo Soares Guimarães. 2006. (Seminário).

13.
Seminário Isaac Kerstenetzky.O inventário do passado: usos e abusos da memória do IBGE nos anos de Isaac Kerstenetzky. 2006. (Seminário).

14.
V Conferência Nacional de Estatística (CONFEST) e IV Conferência Nacional de Geografia (CONFEGE). 2006. (Congresso).

15.
XXIII Simpósio Nacional de História - História: Guerra e Paz..Constituição do campo científico da estatística no Brasil (1870/1914). 2005. (Simpósio).

16.
VI Jornada do CEIA. VI Jornada do Centro de Estudos Interdisciplinares em Antiguidade. 2004. (Congresso).

17.
X Jornada de Estudos do Oriente Antigo - História Antiga na Modernidade. X Jornada de Estudos do Oriente Antigo - História Antiga na Modernidade. 2004. (Congresso).

18.
Cidade e Campo na Antiguidade.Cidade e Campo na Antiguidade. 2003. (Seminário).

19.
Cinema, Teatro e Mitologia: seis diretores em busca de Orfeu.Cinema, Teatro e Mitologia: seis diretores em busca de Orfeu. 2003. (Oficina).

20.
I Semana Nacional de Estudos Egiptológicos e I Jornada de História Antiga e Medieval da Uniandrade. I Semana Nacional de Estudos Egiptológicos e I Jornada de História Antiga e Medieval da Uniandrade. 2003. (Congresso).

21.
O CEIA visita Aristóteles.O Centro de Estudos Interdisciplinares em Antiguidade visita Aristóteles. 2003. (Seminário).

22.
V Congresso da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos: Fronteiras e Etnicidade. V Congresso da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos: Fronteiras e Etnicidade. 2003. (Congresso).

23.
V Jornada do CEIA. V Jornada do Centro de Estudos Interdisciplinares em Antiguidade. 2003. (Congresso).

24.
Globalização e Fundamentalismo/ X Encontro Regional de História da ANPUH História e Biografias.Globalização e Fundamentalismo. 2002. (Oficina).

25.
O CEIA fala de Espetáculos.O Centro de Estudos Interdisciplinares em Antiguidade fala de Espetáculos. 2002. (Seminário).

26.
O CEIA visita Hesíodo.O Centro de Estudos Interdisciplinares em Antiguidade visita Hesíodo. 2002. (Seminário).

27.
X Encontro Regional de História da ANPUH História e Biografias.X Encontro Regional de História da ANPUH História e Biografias. 2002. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
TOUCHELAY, Béatrice. ; SCHNEIDER, Ute ; CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio . Coordenação do Simpósio Temático Statistics, Growth and Development. 25th International Congress of the History of Science and Technology. 2017. (Congresso).

2.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio; CORRÊA, Diogo Silva ; VON DER WEID, Olivia ; MAGNELLI, A. . Diálogos entre Teoria e Empiria: Tendências da Sociologia Contemporânea (I Jornada do Sociofilo). 2016. (Outro).

3.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio; DANIEL, Claudia . Coordenação do Simpósio Temático "A estatística como linguagem de ciência e ação estatal: abordagens sócio-históricas e fronteiras disciplinares", no âmbito do 14º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia - SNHCT, realizado de 08 a 11 de outubro de 2014, na Universidade Federal de Minas Gerais -UFMG, Belo Horizonte/MG, Brasil.. 2014. (Congresso).

4.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio; BEAUD, Jean-Pierre ; DANIEL, Claudia. . Organização do Seminário Estatísticas Públicas e Quantificação da Realidade. Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Ciclo de Palestras, 2014.. 2014. (Outro).

5.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio; MAGALHAES, M. L. C. P. ; PEREIRA, M. A. C. S. ; SENRA, Nelson de Castro . Município, municipalismo e urbanismo: novos desafios para a governança municipal. 2008. (Congresso).

6.
CAMARGO, Alexandre de Paiva Rio. Coordenação de mesa de comunicações no XVIII Ciclo de Debates em História Antiga: Dialogando com Clio - 15 anos do LHIA / UFRJ. 2008. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Daiana Werneck de Magalhães Bastos. A polissemia da educação: entre a emancipação do ser e o controle social das massas. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política (Ciência Política e Sociologia)) - Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Daniel Santanna Lima. A fronteira étnica entre helenos e persas nos séculos V e IV a.C: uma visão a partir de Heródoto, Ésquilo e Xenofonte. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em História Antiga e Medieval) - Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro. Orientador: Alexandre de Paiva Rio Camargo.

2.
Valter Magno Cardoso. O Jesus Histórico: uma abordagem acerca da influência sobre o movimento e a mensagem de Jesus. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em História Antiga e Medieval) - Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro. Orientador: Alexandre de Paiva Rio Camargo.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Igor Salgado Lessa. A invisibilização das questões de gênero como meio de dominação nas relações internacionais: estudo a partir de um relato ficcional. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Candido Mendes. Orientador: Alexandre de Paiva Rio Camargo.

2.
Ian Albrecht Lemos. A natureza da antropologia: um estudo sobre a influência das ciências naturais nas ciências sociais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Candido Mendes. Orientador: Alexandre de Paiva Rio Camargo.

3.
Augusto Maciel Waga. Contra o Talismã do Capital: para uma gênese do governo do social. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Candido Mendes. Orientador: Alexandre de Paiva Rio Camargo.

4.
Marianna Hurtado de Adour. Pablo Escobar e o narcotráfico colombiano: um estudo sobre a liderança carismática. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Candido Mendes. Orientador: Alexandre de Paiva Rio Camargo.

Iniciação científica
1.
Osvaldo Moreira da Silva. A sociologia da ciência: entre modelos teóricos e aplicações históricas. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Candido Mendes. Orientador: Alexandre de Paiva Rio Camargo.

2.
Silvio Luis Gomes Dias. A sociologia da ciência: entre modelos teóricos e aplicações históricas. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Candido Mendes. Orientador: Alexandre de Paiva Rio Camargo.



Inovação



Projeto de desenvolvimento tecnológico

Projeto de extensão



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/10/2018 às 11:52:16