Juliana Barbosa de Segadas Vianna

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1768119997285797
  • Última atualização do currículo em 15/05/2018


Possui graduação em Português Literaturas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2003), mestrado em Letras (Letras Vernáculas) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006) e doutorado em Letras (Letras Vernáculas) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2011). Realizou pós-doutoramento na UFRJ, durante os anos de 2012-2013, e na Unicamp, em 2013-2014. Atualmente é professora adjunta do Departamento de Letras da UFRRJ, no Instituto Multidisciplinar. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Sociolinguística e Dialetologia, atuando principalmente nos seguintes temas: pronomes pessoais, variação linguística, estrutura predicativa, sincronia e gramaticalização. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Juliana Barbosa de Segadas Vianna
Nome em citações bibliográficas
VIANNA, J. B. S.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Instituto Multidisciplinar.
Avenida Governador Roberto Silveira - de 1793/1794 ao fim - Departamento de Letras, sala 311, Bloco Multimídia
Moquetá
26020740 - Nova Iguaçu, RJ - Brasil
Telefone: (21) 26690105
Ramal: 238


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2011
Doutorado em Letras (Letras Vernáculas).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
com período sanduíche em Centro de Linguística da Universidade de Lisboa (Orientador: Matilde Miguel).
Título: Semelhanças e diferenças na implementação de 'a gente' em variedades do português, Ano de obtenção: 2011.
Orientador: Célia Regina dos Santos lopes.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: variação lingüística; pronomes pessoais; estrutura predicativa; Gramaticalização.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística.
Setores de atividade: Educação Superior.
2004 - 2006
Mestrado em Letras (Letras Vernáculas).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: A corcordância de nós e agente em estruturas predicativas na fala e na escrita carioca,Ano de Obtenção: 2006.
Orientador: Célia Regina dos Santos Lopes.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: variação lingüística; pronomes pessoais; Sincronia; estrutura predicativa.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Língua Portuguesa.
Setores de atividade: Educação Superior.
2003 - 2007
Graduação em Licenciatura em Língua Portuguesa.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
1999 - 2003
Graduação em Bacharelado em Língua Portuguesa.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Orientador: Célia Regina dos Santos Lopes.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2013 - 2014
Pós-Doutorado.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2011 - 2013
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes


Formação Complementar


2013 - 2013
Ensino de Língua Portuguesa. (Carga horária: 12h).
Associação Brasileira de Lingüística, ABRALIN, Brasil.
2013 - 2013
Sintaxe histórico-comparativa. (Carga horária: 12h).
Associação Brasileira de Lingüística, ABRALIN, Brasil.
2013 - 2013
Que gramática ensinar na escola?. (Carga horária: 12h).
Associação Brasileira de Lingüística, ABRALIN, Brasil.
2013 - 2013
Mudança linguística: processo sociocognitivo. (Carga horária: 12h).
Associação Brasileira de Lingüística, ABRALIN, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em Formação Continuada para Avaliadores das Redações. (Carga horária: 100h).
Centro de Seleção e Promoção de Eventos (CESPE), CESPE- UNB, Brasil.
2012 - 2012
Semântica. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2011 - 2011
Capacitação para avaliação de redações ENEM 2011. (Carga horária: 8h).
Centro de Seleção e Promoção de Eventos (CESPE), CESPE- UNB, Brasil.
2008 - 2008
Capacitação para avaliação de redações ENEM 2008. (Carga horária: 8h).
Centro de Seleção e Promoção de Eventos (CESPE), CESPE- UNB, Brasil.
2005 - 2005
Argumentação e linguagem. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Gramaticalização e Ensino. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Primeiro Seminário Binacional do Varport. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2001 - 2001
Extensão universitária em Introdução à Sociolingüística Variacionista. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto A1, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Professor Substituto, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Atividades

10/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Multidisciplinar, .

10/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Multidisciplinar, .

08/2015 - Atual
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Núcleo de Extensão, Pesquisa e Ensino - NEPE 1
08/2014 - Atual
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Prática e Produção do Texto Científico
08/2014 - Atual
Ensino, Matemática, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Produção de Texto
08/2014 - Atual
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Língua Portuguesa no Direito I e II
08/2016 - 11/2016
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Interna e Externa da Língua Portuguesa
03/2014 - 07/2014
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria e Prática do Texto
03/2014 - 07/2014
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria e Prática do Texto
06/2011 - 10/2011
Ensino, Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Prática e Produção do texto
06/2011 - 10/2011
Ensino, Licenciatura em Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Pensamento Linguístico
Prática do Texto Científico

Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 30

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor-monitor do CLAC, Carga horária: 12

Atividades

10/2012 - 01/2013
Ensino, Sociolinguística Histórica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
História da Língua Portuguesa ? LEV 805 (Letras Vernáculas)
08/2011 - 12/2012
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Português Instrumental
08/2011 - 12/2011
Ensino, Bacharelado Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Português VI - Sintaxe
08/2011 - 12/2011
Ensino, Comunicação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Português I
10/2008 - 09/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Faculdade de Letras.

Cargo ou função
Representante dos alunos de Pós-Graduação em Letras Vernáculas.
03/2006 - 12/2007
Ensino, Bacharelado Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Português IV - História da Língua Portuguesa
Português II - Morfologia
Português I - O português do Brasil
03/2006 - 12/2006
Ensino, Belas Artes, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Português Intrumental II
Português Instrumental I
08/2004 - 08/2006
Ensino, Curso de Línguas abertos à comunidade (CLAC), Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Cursos ministrados: Oficina de Língua Portuguesa, Redação Acadêmica e Redação II (textos argumentativos).

Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Regime: Dedicação exclusiva.


Centro Universitário Geraldo Di Biasi, UGB, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Professor horista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 14



Linhas de pesquisa


1.
Ensino de Língua Materna (LM) e Língua Estrangeira (LE)

Objetivo: Ancorada no princípio educação nacional, essa linha visa coadunar saberes acadêmicos e investigativos, atentos às práticas de compreensão e produção, oral e escrita, tangentes ao ensino crítico do Português, Espanhol, Cultura e Literaturas Hispânicas. Almejamos criar, no âmbito das áreas elencadas, atividades que instiguem aprendiz a desenvolver uma percepção humanística e não preconceituosa, ao lidar com gêneros de diferentes materialidades e modalidades, dentro e fora da Universidade/Escola..
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Palavras-chave: variação linguística.
2.
Descrição e uso da Língua Portuguesa e processos cognitivos

Objetivo: Essa linha tem como objetivo descrever e analisar fenômenos da variação e do uso do Português Brasileiro, bem como investigar a não regularidade da Aquisição e do Processamento da Linguagem. Ênfase: organização e análise de corpora de fala de acordo com a metodologia sociolinguística.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Palavras-chave: variação linguística; corpora de língua oral.


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Nova Iguaçu sob o viés da Sociolinguística / O português falado em Nova Iguaçu
Descrição: Objetiva-se a constituição de um corpus de língua oral com falantes de Nova Iguaçu. A partir deste material, serão investigados fenômenos de variação e mudança linguística que caracterizam o PB..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (9) .
Integrantes: Juliana Barbosa de Segadas Vianna - Coordenador / Fernanda Ornellas - Integrante / Daniele de Lima Drumond - Integrante / Carla Cristina Nogueira Soares - Integrante / THAMIRES CARLA DIAS LEAO DA COSTA - Integrante / Letícia Alves Moreira - Integrante / Stephanie Elexias - Integrante / Beatriz Nogueira de Araujo - Integrante / Ana Luisa Theza - Integrante.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 6
2013 - 2014
A variação entre 'nós' e 'a gente' no português africano
Descrição: Estudo do português falado como primeira língua em São Tomé e Angola. Levantamento e análise das ocorrências de nós e a gente em amostras de fala, a fim de detectar semelhanças e diferenças nas variedades do português africano, em relação ao fenômeno variável. Comparação dos resultados obtidos com o português brasileiro e o europeu..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2013
A referência à primeira pessoa do plural entre informantes de Volta Redonda
Descrição: O processo de substituição de nós por a gente no português do Brasil (doravante PB) tem sido constantemente estudado nos últimos vinte e cinco anos por diferentes grupos de pesquisa, em diferentes regiões do país, sobretudo nas capitais. Com relação a esse tema, a pesquisa científica nacional acumula considerável produção bibliográfica, sobretudo de caráter variacionista (cf. VIANNA & LOPES, 2012). Todavia, ainda que isso ocorra, a maioria das descrições analisa preferencialmente o comportamento linguístico das capitais, ignorando como se processa o fenômeno variável nos demais municípios em cada estado. Como se sabe, as capitais, no Brasil como um todo, apresentam comportamento linguístico mais homogêneo do que o verificado nas áreas de entorno aos grandes centros. Assim sendo, urge a ampliação das pesquisas que tenham por base comunidades linguísticas ainda não investigadas, como é o caso de Volta Redonda..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Juliana Barbosa de Segadas Vianna - Coordenador / Mayara da Silva de Souza - Integrante / Vitor Hugo Netto Garcia - Integrante.Financiador(es): Fundação Educacional Rosemar Pimentel - Auxílio financeiro.
2013 - 2013
Um olhar sociolinguístico voltado para Volta Redonda
Descrição: Desde os anos 70, a capital do Estado tem sido objeto de inúmeros estudos que levam em conta a perspectiva teórico-metodológica da Sociolinguística laboviana. Tal fato se deve, fundamentalmente, à existência de importantes bancos de dados que foram produzidos com base na cidade do Rio de Janeiro. São eles: o banco de dados do Projeto Norma Urbana Culta da cidade do Rio de Janeiro (NURC-RJ), o banco de dados do Projeto Censo da Variação linguística no estado do Rio de Janeiro e Programa de Estudos do Uso da Língua (CENSO-PEUL), e, mais recentemente, as amostras do Projeto bilateral Estudo comparado dos padrões de concordância em variedades africanas, brasileiras e europeias do português. Em relação às demais regiões do estado, diferentemente do que se observa na capital, constata-se a grande carência de bancos de dados organizados de acordo com a metodologia laboviana. Diante desse quadro, o projeto pretende efetuar a organização de amostras coletadas entre informantes nativos de Volta Redonda, a fim de possibilitar pesquisas futuras no âmbito da Teoria da Variação e da Mudança e o diálogo com outros projetos estabelecidos no Estado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Juliana Barbosa de Segadas Vianna - Coordenador / Mayara da Silva de Souza - Integrante / Joice da Silva Malta - Integrante / Carine Ribeiro Pessoa - Integrante / Caroline Ribeiro Pessoa - Integrante.Financiador(es): Fundação Educacional Rosemar Pimentel - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2011 - 2015
Estudo comparado dos padrões de concordância em variedades africanas, brasileiras e europeias do Português - ALFAL Fase 1
Descrição: O Projeto ora descrito - que se inscreve na Associaçao Internacional de Linguística e Filologia da América Latina (ALFAL) - dá continuidade aos estudos desenvolvidos no âmbito do Projeto de Cooperação Internacional Brasil-Portugal (CAPES 217/08), que agregou, no período de março de 2008 a fevereiro de 2011, pesquisadores do Programa de Pós-graduação em Letras Vernáculas da Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e do Centro de Linguística da Universidade de Lisboa (CLUL). No âmbito do referido projeto (site: www.letras.ufrj.br/concordancia), a equipe desenvolveu amplo estudo do fenômeno da concordância e temas afins, atentando especialmente para a determinação dos parâmetros que caracterizam e delimitam as variedades africanas, brasileiras e europeias do Português. Com a expansão do Projeto para outros participantes da ALFAL, tornou-se possível não só a diversificação de abordagens teórico-descritivas, mas também a necessária abrangência de diferentes variedades linguísticas do Português. Em termos gerais, o projeto que ora se propõe pretende: i) aprofundar o conhecimento sobre a língua portuguesa nas variedades africanas, brasileiras e europeias do Português, por meio de estudos contrastivos; e (ii) aprofundar o conhecimento sobre os padrões de concordância e temas afins, em sua relação com os diversos níveis gramaticais. Espera-se, ainda, construir um quadro comparativo global que permita (i) traçar, do ponto de vista geográfico, intercontinental, os padrões de concordância (marcando a diferenciação e os continua linguísticos); (ii) determinar tendências de mudança linguística em curso ou que se anunciam, através da análise de cada variedade e da comparação entre variedades; (iii) estabelecer hipóteses ou testar hipóteses prévias sobre a origem das diferenças observadas, tendo em conta a história do português..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Juliana Barbosa de Segadas Vianna - Integrante / Célia Regina dos Santos Lopes - Integrante / Leonardo Lennertz Marcotulio - Integrante / Dinah Maria Isensee Callou - Integrante / Maria Eugênia Lamoglia Duarte - Integrante / Silvia Rodrigues Vieira - Coordenador / Silvia Figueiredo Brandão - Integrante / Maria Antónia Coelho da Mota - Integrante / Ernestina Carrilho - Integrante / Juanito Avelar - Integrante / Aline Maria Bazenga - Integrante.
2011 - 2013
O NOSSO PORTUGUÊS OU O PORTUGUÊS DA GENTE? UM ESTUDO SOBRE A ALTERNÂNCIA ENTRE NÓS E A GENTE EM VARIEDADES DO PORTUGUÊS, PARA ALÉM DA FUNÇÃO DE SUJEITO
Descrição: Partindo dos resultados sobre a alternância nós/a gente em posição de sujeito na variedade europeia, discutidos em VIANNA (2011), busca-se nessa etapa da pesquisa estabelecer um novo confronto entre as duas variedades do português. Desta vez, o foco recai sobre a variação entre as formas pronominais nós e a gente em outras funções sintáticas que ainda não foram analisadas, especialmente no PE, a saber: ? Complemento verbal (a gente versus nós/nos), em construções como ?Ela xinga a gente de burra? ou ?Ela nos xinga de burra?, ou ainda ?Ela xinga nós de burra?; ? Adjunto adnominal (da gente versus nosso/nossa), em sintagmas como ?O maior sonho da gente?ou ?O nosso maior sonho?; e ? Adjetivo adverbial (com a gente versus conosco), em estruturas do tipo ?Ele saiu com a gente do trabalho?, alternando-se com ?Ele saiu conosco?..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2011
Estudo comparado dos padrões de concordância em variedades africanas, brasileiras e européia
Descrição: De caráter internacional, o Projeto vincula-se, no Brasil, ao Programa de pós-graduação em Letras Vernáculas da Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mais concretamente à linha de pesquisa Língua e Sociedade: Variação e Mudança, e, em Portugal, ao Grupo Fontes, Conhecimento e Modelização em Lingüística, do Centro de Lingüística da Universidade de Lisboa (CLUL). Ao visar à comparação entre variedades do português usadas em três continentes (África, Brasil e Europa), no que diz respeito a uma questão central das gramáticas - a concordância morfossintática -, esta equipe objetiva estabelecer padrões variantes de concordância, associando-os a variedades e subvariedades (desde o standard até outras variedades dialetais), o que contribui para determinar diferentes normas/gramáticas em co-existência e em concorrência, em cada espaço geográfico onde se fala português. Além de construir um banco de dados atuais do PB (Rio de Janeiro) e do PE (Lisboa), o Projeto oferece descrição e interpretação dos padrões de concordância tanto nominal quanto verbal, considerando variedades dos três continentes. Os resultados das investigações demonstraram que a concordância brasileira e a africana constituem efetivamente uma regra variável, diferentemente da portuguesa, em que, em diversos contextos, se verificou a atuação de uma regra semi-categórica de concordância..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Juliana Barbosa de Segadas Vianna - Integrante / Célia Regina dos Santos Lopes - Integrante / Leonardo Lennertz Marcotulio - Integrante / Dinah Maria Isensee Callou - Integrante / Maria Eugênia Lamoglia Duarte - Integrante / Silvia Rodrigues Vieira - Coordenador / Silvia Figueiredo Brandão - Integrante.
2007 - 2010
Retratos da mudança no sistema pronominal: Usos tratamentais cariocas na diacronia e sincronia

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Célia Regina dos Santos Lopes em 19/02/2013.
Descrição: Este projeto visa a dar continuidade ao Projeto Rearranjos no quadro pronominal do português: sincronia e diacronia (CNPq), enveredando, lato sensu, pela história da língua portuguesa no Rio de Janeiro nos últimos 200 anos e stricto sensu pela análise de fatores lingüísticos e extralingüísticos que atuaram na mudança do sistema de tratamento pronominal. Busca-se resgatar cronologicamente as causas da implementação irregular de você no quadro de pronomes, identificando os fatores que retardaram ou aceleraram as alterações no sistema com base em fontes cariocas dos séculos XX e XXI. O foco da pesquisa, nessa fase do projeto, é delimitar como se configura a disputa entre você e tu num espaço urbano cosmopolita como é a cidade do Rio de Janeiro. Nesse sentido torna-se imprescindível constituir uma amostra diversificada que possibilite identificar os usos tratamentais desde o final do século XIX até os nossos dias, tentando retratar a mudança no tratamento pronominal em um centro urbano cosmopolita. A análise não se restringe às formas pronominais na posição de sujeito, mas procura dar conta dos reflexos ocorridos em outras posições sintáticas e conseqüentemente, em outras categorias pronominais e verbais. A identificação das pressões sociais, estruturais, funcionais e sócio-pragmáticas para explicação do fenômeno dar-se-á a partir da discussão dos limites da teoria variacionista quantitativa laboviana para análise de grandes comunidades urbanas (Reich, 2004). Parte-se também de modelos funcionais que interpretam a gramaticalização (Hopper,1991, Company, 2003, Heine, 2003, etc) e da sócio-pragmática (Bravo e Briz, 2004). Por fim, tem-se ainda como meta à complementação do acervo para estudos sociolingüísticos da comunidade carioca a ser disponibilizado à comunidade científica pela internet no site do Laboratório de História da Língua Portuguesa www.letras.ufrj.br/laborhistorico.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Juliana Barbosa de Segadas Vianna - Integrante / Célia Regina dos Santos Lopes - Coordenador / Ana Carolina Morito Machado - Integrante / Márcia Cristina de Britto Rumeu - Integrante / Leonardo Lennertz Marcotulio - Integrante / Aline Santos da SIlva - Integrante / Sabrina Lima de Souza - Integrante / Uli Reich - Integrante / Viviane Maia dos Santos - Integrante / Paula Fernandes da Silva - Integrante / Raquel de Oliveira Pereira - Integrante.
2006 - 2009
Rearranjos no quadro pronominal do português: variação sincrônica e mudança diacrônica

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Célia Regina dos Santos Lopes em 19/02/2013.
Descrição: Este projeto propõe dar continuidade ao projeto anterior Novas Formas Pronominais Pessoais: percurso histórico, partindo dos resultados obtidos nos séculos XVIII e XIX, em que se verificou o início do processo de gramaticalização ou pronominalização de você, e enveredar pelo século XX quando se implementou efetivamente a inserção dessa nova forma no sistema pronominal. A proposta prevê a comparação dos resultados de duas sincronias diferenciadas, procurando mostrar a dissociação entre sincronia e diacronia e evidenciando que "a variação sincrônica e a diacrônica se determinam mutuamente". A estabilidade e a mudança se complementam e convivem em cada estado da língua (Company, 2003). Para a realização da análise lingüística proposta, submeteremos os dados levantados ao pacote de programas computacionais de regras variáveis VARBRUL que calcula as freqüências de cada fator postulado. A identificação das pressões sociais, estruturais e funcionais que atuaram na mudança de nosso sistema pronominal dar-se-á a partir da integração da perspectiva variacionista quantitativa laboviana, discutida em Weinreich et alii e Labov (1994) a outros modelos funcionais que discutem o fenômeno da gramaticalização (Hopper,1991, Company, 2003, Heine, 2003, entre outros). Na análise quantitativa, serão testados corpora múltiplos de diferentes sincronias. Numa primeira fase, limitaríamos o nosso foco aos reflexos da gramaticalização de Vossa Mercê > você no sistema pronominal do português, 1) analisando o comportamento de você em variação com tu no português brasileiro a partir de dados referentes ao século XX na longa duração e 2) comparando amostras de duas sincronias (finais do século XIX em confronto com dados de fins do século XX e início do XXI). A análise, nos dois casos, não se restringiria às formas pronominais na posição de sujeito, mas daria conta dos reflexos ocorridos em outras posições sintáticas e conseqüetemente, em outras categorias pronominais e no imperativo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Juliana Barbosa de Segadas Vianna - Integrante / Célia Regina dos Santos Lopes - Coordenador / Ana Carolina Morito Machado - Integrante / Márcia Cristina de Britto Rumeu - Integrante / Leonardo Lennertz Marcotulio - Integrante / Aline Santos da SIlva - Integrante / Lúcia Rosado Barcia - Integrante.
2005 - 2007
Laboratório de História do Português Brasileiro

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Célia Regina dos Santos Lopes em 25/10/2012.
Descrição: Inserido latu sensu no projeto integrado Para a História do Português brasileiro - PHPB-RJ - que se propõe a organizar um corpus diacrônico constituído de documentos escritos no Brasil localizados nos acervos do Rio de Janeiro e Lisboa e realizar pesquisas sobre a mudança gramatical e a história social do Português do Brasil com o intuito de conhecer e descrever a realidade lingüística brasileira nesses 500 anos de percurso - o projeto Laboratório de História do Português Brasileiro (Labor-histórico PB), que ora se apresenta, visa à criação de um espaço físico propício aos estudos de história do português brasileiro. Pretende-se organizar um acervo documental informatizado para estudos sociolingüísticos a ser disponibilizado à comunidade científica e utilizado nos cursos de graduação e pós-graduação da UFRJ que abordem a mudança lingüística, mais especificamente, a história da língua portuguesa no Brasil. Em síntese, os principais objetivos do Projeto são a) organizar um acervo eletrônico no Labor-histórico PB constituído por documentação diversificada: (cartas particulares (documentos não-literários) escritas no Rio de Janeiro nos séculos XVIII, XIX e XX; peças teatrais populares (documentos literários) para análises contrastivas; textos publicados em jornais dos séculos XIX-XX); b) conhecer o português do/no Brasil a partir da análise de fontes fidedignas que compõem o acervo do Projeto; c) disponibilizar, na rede mundial de computadores ou em CD, para a comunidade científica, edições diplomático-interpretativas do todo o acervo documental organizado pelo projeto Labor-Histórico PB; d) preparar material didático para os cursos de graduação e pós-graduação a partir da análise descritiva de documentos do português do/no Brasil dos séculos XVIII e XIX; e) permitir aos alunos de graduação e pós-graduação da Fac. de Letras o acesso a uma documentação relativa aos séculos XVIII e XIX, proporcionando-lhes maior conhecimento da sócio-história do português brasileiro..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado profissional: (4) .
Integrantes: Juliana Barbosa de Segadas Vianna - Integrante / Célia Regina dos Santos Lopes - Coordenador / Ana Carolina Morito Machado - Integrante / Leonardo Lennertz Marcotulio - Integrante / Aline Santos da SIlva - Integrante / Sabrina Lima de Souza - Integrante / Lúcia Rosado Barcia - Integrante / Afrânio Gonçalves Barbosa - Integrante.
2000 - 2014
Para uma História do Português Brasileiro: PHPB

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Célia Regina dos Santos Lopes em 19/02/2013.
Descrição: O projeto integrado de pesquisa Para a História do Português brasileiro: 500 anos de língua portuguesa no Brasil se propõe a organizar um corpus diacrônico constituído de documentos escritos no Brasil localizados nos principais acervos do Rio de Janeiro e Lisboa e realizar pesquisas sobre a mudança gramatical e a história social do Português do Brasil com o intuito de conhecer e descrever a realidade lingüística brasileira nesses 500 anos de percurso..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Juliana Barbosa de Segadas Vianna - Integrante / Célia Regina dos Santos Lopes - Coordenador / Ana Carolina Morito Machado - Integrante / Márcia Cristina de Britto Rumeu - Integrante / Leonardo Lennertz Marcotulio - Integrante / Aline Santos da SIlva - Integrante / Afrânio Gonçalves Barbosa - Integrante / Dinah Maria Isensee Callou - Integrante / Mario Eduardo Toscano Martelotta - Integrante / Maria Eugênia Lamoglia Duarte - Integrante.
1999 - 2005
Novas formas pronominais do português: percurso histórico

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Célia Regina dos Santos Lopes em 19/02/2013.
Descrição: O projeto prevê as seguintes frentes de atuação intrinsecamente associadas. De um lado, pretende-se dar continuidade ao levantamento de documentos para ampliação dos corpora diversificados do século XVIII ao XX, concentrando esforços no sentido de organizar a documentação referente ao Português do/no Brasil, com ênfase na documentação produzida no Rio de Janeiro. Entende-se que quanto maior a diversidade de tipos de textos disponíveis (peças teatrais populares, cartas pessoais escritas no Brasil, etc), ou seja, quanto maior a diversidade de registros, mais facilmente se pode identificar a variação sociocultural que condiciona os usos lingüísticos. De outro lado, busca-se prosseguir com os estudos sobre o fenômeno da gramaticalização de nominais nas línguas românicas, em particular, no português (Vossa mercê > você; gente > a gente), a partir 1) do mapeamento do percurso histórico de você/vocês, em variação com os pronomes tu/vós; 2) do estabelecimento evolutivo da mudança no sistema de traços formais e semânticos na passagem de nome para pronome, e 3) do levantamento das formas nominais e pronominais de tratamento utilizadas pela sociedade carioca dos séculos XVIII, XIX e XX em sua correspondência particular. Para análise lingüística, submeteremos os dados levantados ao pacote de programas computacionais de regras variáveis VARBRUL que calcula as freqüências de cada fator postulado. Ressalte-se que para identificar as pressões sociais, estruturais e funcionais que atuaram na mudança de nosso sistema pronominal, procura-se integrar a perspectiva variacionista laboviana, discutida em Weinreich et alii e Labov (1994) a outros modelos funcionais que discutem o fenômeno da gramaticalização (Hopper,1991). Nos estudos funcionalistas sobre gramaticalização, revigorados nas décadas de 80 e 90, autores como Lichtenberk (1991) retomam a discussão sobre o problema da transição (Weinreich et alii, 1968) e defendem ser o gradualismo inerente aos fenômenos de gramaticalização.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (5) .
Integrantes: Juliana Barbosa de Segadas Vianna - Integrante / Célia Regina dos Santos Lopes - Coordenador / Ana Carolina Morito Machado - Integrante / Leonardo Lennertz Marcotulio - Integrante / Aline Santos da SIlva - Integrante / Lúcia Rosado Barcia - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Sociolingüística e Dialetologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2014
Aprovada no Concurso Público para Professor Adjunto de LP 40h - EDITAL N.º 56/2013 (1o lugar), Faculdade de Formação de Professores (FFP) - Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).
2014
Aprovada no Concurso Público para o cargo de Professor Adjunto de LP 40h DE - EDITAL Nº 126 DE 05 DE DEZEMBRO DE 2013. (2o lugar), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ.
2012
Aprovada no Concurso Público para o cargo de Professor Adjunto 20h de Língua Portuguesa (3o lugar), Universidade Federal Fluminense - UFF.
2012
Aprovação de Projeto de Pesquisa intitulado "A referência à primeira pessoa do plural entre informantes de Volta Redonda", FUNDAÇÃO EDUCACIONAL ROSEMAR PIMENTEL - UGB / PROPPEX.
2012
Aprovação do Projeto de Pesquisa intitulado "Um olhar sociolinguístico voltado para Volta Redonda", FUNDAÇÃO EDUCACIONAL ROSEMAR PIMENTEL - UGB / PROPPEX.
2011
Aprovada no Concurso Público para o cargo de Professor Adjunto de Língua Portuguesa 40h - Edital 83 /2011, setembro de 2011 (5o lugar), Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ.
2011
Aprovada no Concurso Publico para o cargo de Professor Substituto 20h de Língua Portuguesa, Edita 04/2011 (2o lugar), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ.
2011
Aprovada no Concurso Publico para o cargo de Professor Substituto 20h de Língua Portuguesa (3o lugar), Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ.
2011
Aprovada no Concurso Publico para o cargo de Professor Substituto 20h de Língua Portuguesa (3o lugar), Universidade Federal Fluminense - UFF.
2011
Bolsa de Pós-Doutorado Júnior (CNPq), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq / UFRJ.
2009
Bolsa de Doutorado Sanduíche (CAPES), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES / Universidade de Lisboa.
2007
Bolsa de Doutorado (CAPES), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES / UFRJ.
2006
Aprovada no Concurso Publico para o cargo de Professor Substituto 20h de Língua Portuguesa (3o lugar), Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ.
2004
Aprovada no concurso de seleção para Monitores do curso de Redação do CLAC (1o lugar), Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ.
2004
Bolsa de Mestrado (CNPq), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq / UFRJ.
2002
Bolsa de Iniciação Científica (CNPq/PIBIC), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq / UFRJ.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ELEXIAS, S. R. V.2016ELEXIAS, S. R. V. ; VIANNA, J. B. S. . A substituição de 'nós' por 'a gente' na fala de Nova Iguaçu. Revista Philologus, v. 1, p. 276-286, 2016.

2.
VIANNA, J. B. S.2013 VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . IMPLEMENTAÇÃO DE A GENTE NAS FUNÇÕES DE ACUSATIVO, DATIVO E OBLÍQUO: REFLEXÕES, PROPOSTAS E PRIMEIROS RESULTADOS. Linguistica (Madrid), v. 29, p. 11-36, 2013.

3.
MARCOTULIO, L. L.2013 MARCOTULIO, L. L. ; VIANNA, J. B. S. ; LOPES, C. R. S. . AGREEMENT PATTERNS WITH A GENTE IN VARIETIES OF PORTUGUESE. Journal of Portuguese Linguistics, v. 12, p. 125-149, 2013.

4.
VIANNA, J. B. S.2012 VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . A variação entre 'nós' e 'a gente': uma comparação entre o português europeu e o português do Brasil. Revista do GELNE (UFC), v. 14, p. 95-116, 2012.

5.
VIANNA, J. B. S.2012 VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . A COMPETIÇÃO ENTRE NÓS E A GENTE NAS FUNÇÕES DE COMPLEMENTO E ADJUNTO: DESVENDANDO OUTRAS PORTAS DE ENTRADA PARA O PRONOME INOVADOR NO PB. Caligrama (UFMG), v. 17, p. 137-161, 2012.

6.
VIANNA, J. B. S.2003VIANNA, J. B. S.. Nós e a gente sob um novo olhar: estratégias de concordância de gênero e número. Ao Pé da Letra (UFPE. Impresso), Pernambuco, v. 4, p. 123-131, 2003.

Capítulos de livros publicados
1.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . Variação dos pronomes. In: Marco Antônio Martins; Jussara Abraçado. (Org.). Mapeamento sociolinguístico do português brasileiro. 1ed.São Paulo: Contexto, 2015, v. 1, p. 109-131.

2.
LOPES, C. R. S. ; VIANNA, J. B. S. . A gramaticalização do a gente no PB e no PE: como explicar as diferenças nos dois espaços geográficos?. In: Maria Maura Cezário; Maria Angélica Furtado da Cunha. (Org.). Linguística Centrada no Uso. 1ed.Rio de Janeiro: Mauad Editora, 2013, v. , p. 79-93.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . Formas variantes de acusativo, dativo e oblíquo na 1ª pessoa do plural: o que a análise de informantes revela sobre o PB?. In: XXIV Jornada do GELNE, 2012, Natal. Anias da XXIV Jornada do GELNE, 2012.

2.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . A alternância entre nós e a gente no português europeu. In: XVI Congreso Internacional de la Asociación de Lingüística y Filología de la América Latina, 2011, Alcalá de Henares. Anais del XVI Congreso Internacional de la Asociación de Lingüística y Filología de la América Latina. p. 2249-2257.

3.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . Semelhaças e diferenças na implementação de a gente no português do Brasil e no português europeu. In: XVI Congreso Internacional de la Asociación de Lingüística y Filología de la América Latina, 2011, Alcalá de Henares. Anais del XVI Congreso Internacional de la Asociación de Lingüística y Filología de la América Latina, 2011. p. 4356-4364.

4.
VIANNA, J. B. S.. As estratégias de concordância de nós e a gente na língua oral e escrita do português do Brasil. In: XV Congresso Internacioal da ALFAL, 2008, Montevideo. Anais do XV Congresso Internacional da ALFAL, 2008. v. 01. p. 01-17.

5.
VIANNA, J. B. S.. As estratégias de concordância de nós e a gente em função da estruturação dos inquéritos: comparação dos corpora e formulação de hipóteses. In: XV Congresso Internacional da ALFAL, 2008, Montevideo. Anais do XV Congresso Internacional da ALFAL, 2008. v. 01. p. 01-29.

6.
VIANNA, J. B. S.; FERREIRA, M. B. . A revisão gramatical para a construção do texto. In: IX Congresso Nacional de Linguística e Filologia do CiFEFiL, 2005, Rio de Janeiro. Anais do IX Congresso Nacional de Linguística e Filologia do CiFEFil, 2005.

7.
LOPES, C. R. S. ; MACHADO, A. C. M. ; VIANNA, J. B. S. . Análises de variedades do Português: a introdução de novas formas pronominais na imprensa - séc. XIX e XX. In: III Congresso Internacional da ABRALIN, 2003, Rio de Janeiro. Anais do III Congresso Internacional da ABRALIN, 2003. p. 209-217.

8.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . Nós e a gente na sincronia: correlação entre os traços formais e os semântico-discursivos. In: V Encontro do Círculo de Estudos Lingüísticos do Sul - CELSUL, 2002, Curitiba. Anais do V Encontro de Estudos Lingüísticos do Sul - CELSUL, 2002.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ORNELLAS, F ; VIANNA, J. B. S. . O português falado em Nova Iguaçu. In: III Congresso Nacional de Letras do Instituto Multidisciplinar (CONALIM), 2015, Nova Iguaçu. Anais do III CONALIM, 2015.

2.
ELEXIAS, S. R. V. ; VIANNA, J. B. S. . A substituição de 'nós' por 'a gente' na fala de Nova Iguaçu. In: III Congresso Nacional de Letras do Instituto Multidisciplinar (CONALIM), 2015, Nova Iguaçu. Anais do III CONALIM, 2015.

3.
VIANNA, J. B. S.. Primeira pessoa do plural no PB e no PE: variação na função de complemento e adjunto. In: VIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Linguística (ABRALIN), 2013, Natal. Livro de resumos do VIII Congresso Internacional da ABRALIN, 2013.

4.
VIANNA, J. B. S.; SILVA, A. B. . A referência à primeira pessoa do plural entre informantes de Volta Redonda. In: I Simpósio de Pesquisa e de Práticas Pedagógicas dos Docentes da UGB, 2013, Volta Redonda. I Simpósio de Pesquisa e de Práticas Pedagógicas dos Docentes da UGB - Anais, 2013. v. 1. p. 24-24.

5.
VIANNA, J. B. S.; SILVA, A. B. . Um olhar sociolinguístico voltado para Volta Redonda. In: I Simpósio de Pesquisa e de Práticas Pedagógicas dos Docentes da UGB, 2013, Volta Redonda. I Simpósio de Pesquisa e de Práticas Pedagógicas dos Docentes da UGB - Anais, 2013. v. 1. p. 25-25.

6.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . Formas variantes de acusativo, dativo e oblíquo na 1ª pessoa do plural: o que a análise de informantes revela sobre o PB?. In: XXIV Jornada Nacional do GELNE, 2012, Natal. Cadernos de resumos e programação da XXIV Jornada do Grupo de Estudos Linguísticos do Nordeste. Natal: EDUFRN, 2012. v. 1. p. 453-459.

7.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . A implementação de 'a gente' como acusativo, dativo e oblíquo: inovação no PB e conservação no PE. In: II Congresso Internacional de Dialetologia e Sociolinguística, 2012, Belém. Livro de resumos do II Congresso Internacional de Dialetologia e Sociolinguística, 2012. p. 176-176.

8.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . PARA UM PANORAMA DO PROCESSO DE SUBSTITUIÇÃO DE NÓS POR A GENTE NO PORTUGUÊS BRASILEIRO. In: XXVII Encontro Nacional da ANPOLL, 2012, Niterói. Cadernos de resumos do XXVII Enanpoll, 2012.

9.
VIANNA, J. B. S.. Semelhanças e diferenças na implementação de 'a gente' no português do Brasil e no português europeu. In: XVI Congreso Internacional de la Asociación de Lingüística y Filología de la América Latina (ALFAL), 2011, Alcalá de Henares. Libro de resúmenes XVI Congreso Internacional de la ALFAL, 2011. p. 548-548.

10.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . A alternância entre nós e a gente no português europeu. In: XVI Congreso Internacional de la Asociación de Lingüística y Filología de la América Latina (ALFAL), 2011, Alcalá de Henares. Libro de resúmenes XVI Congreso Internacional de la ALFAL. Alcalá de Henares: Gráficas/85, S.A., 2011. p. 458-458.

11.
VIANNA, J. B. S.. Semelhanças e diferenças na implementação de 'a gente' em variedades do português. In: VIII Seminário de Teses e Dissertações em Andamento, 2010, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos do VIII Seminário de Teses e Dissertações em Andamento. Rio de Janeiro: EDUFRJ, 2010. p. 16-16.

12.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . A variação entre nós e a gente no português de Portugal e no português do Brasil. In: I Congresso Internacional de Línguas Pluricêntricas: variação linguística e dimensões sociolinguísticas, 2010, Braga. Livro de resumos do I Congresso Internacional de Línguas Pluricêntricas: variação linguística e dimensões sociolinguísticas, 2010.

13.
SARMENTO, M. M. ; MOTA, M. A. C. ; VIANNA, J. B. S. . Fenómenos de concordância em variedades do português: construções com verbos copulativos e com verbos transitivos predicativos. In: I Congresso Internacional de Línguas Pluricêntricas: variação linguística e dimensões sociolinguísticas, 2010, Braga. Livro de resumos do I Congresso Internacional de Línguas Pluricêntricas: variação linguística e dimensões sociolinguísticas, 2010.

14.
VIANNA, J. B. S.. As estratégias de concordância do 'a gente' pronominal no português do Brasil e no português europeu: análise de testes de avaliação subjetiva. In: IV Fórum de Partilha Linguística, 2009, Lisboa. Livro de resumos do IV Fórum de Partilha Linguística. Lisboa: Editoras da Faculdade Nova de Lisboa, 2009. p. 6-7.

15.
VIANNA, J. B. S.. O confronto entre diferentes amostras de língua oral: discutindo a questão da comparabilidade. In: 56 Seminário do Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo (GEL), 2008, São José do Rio Preto. Programação 3Seminário do GEL, 2008.

16.
VIANNA, J. B. S.. As estratégias de concordância de 'nós' e 'a gente' na língua oral em função da estruturação dos inquéritos. In: XV Congresso Internacional da Alfal, 2008, Montevidéu. Libro de resúmenes XV Congreso Internacional de la ALFAL. Montevideo, 2008.

17.
VIANNA, J. B. S.. As estratégias de concordância dos pronomes 'nós' e 'a gente' na língua oral e escrita do português do Brasil. In: XV Congresso Internacional da Alfal, 2008, Montevidéu. Libro de resúmenes XV Congreso Internacional de la ALFAL. Montevideo, 2008.

18.
VIANNA, J. B. S.. O uso de nós e a gente entre alunos de 1o e 2o graus: o resultado de testes de avaliação subjetiva. In: XI Congresso Nacional de Linguística e Filologia do CiFEFiL, 2007, Rio de Janeiro. Cadernos do CNLF. Rio de Janeiro: CiFEFiL, 2007. v. XI. p. 201-202.

19.
VIANNA, J. B. S.. ). O comportamento de ?nós? e ?a gente? em construções predicativas na língua oral e escrita. In: II Congresso Internacional da AILP, 2007, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos e programação do II Congresso Internacional da AILP. Rio de Janeiro: EDUFRJ, 2007.

20.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . O uso de nós e a gente na escola: reflexos da fala na escrita?. In: X Congresso Nacional de Linguística e Filologia do CiFEFiL, 2006, Rio de Janeiro. Livro de resumos e programação do X Congresso Nacional de Linguística e Filologia do CiFEFiL. Rio de Janeiro: CiFEFiL, 2006. p. 111-112.

21.
VIANNA, J. B. S.; FERREIRA, M. B. . A revisão gramatical para a construção do texto. In: IX Congresso Nacional de Linguística e Filologia do CiFEFiL, 2005, Rio de Janeiro. Cadernos do CNLF. Rio de Janeiro: CiFEFiL, 2005. v. IX.

22.
VIANNA, J. B. S.. Construções predicativas com nós e a gente: um confronto entre as normas lusitana e brasileira. In: 52 Seminário do GEL, 2004, Campinas. Livro de resumos do 52 Seminário do GEL. Campinas: Editora Unicamp, 2004. p. 458-458.

23.
VIANNA, J. B. S.. A concordância de gênero e número com nós e a gente: um estudo de tendências. In: 51 Seminário do GEL, 2003, Taubaté. Caderno de resumos do 52 Seminário do GEL. Taubaté, 2003. p. 238-239.

24.
VIANNA, J. B. S.. Para uma revisão da descrição tradicional: a categorização da forma você. In: XXV Jornada de Iniciação Científica (JIC), 2003, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos da XXI Jornada de Iniciação Científica. Rio de Janeiro: EDUFRJ, 2003.

25.
MACHADO, A. C. M. ; VIANNA, J. B. S. . De Quem persizar de hum cozinheiro (século XIX) a Agora você compra como sempre e ganha como nunca (século XX): as estratégias de (in)determinação do sujeito nas cartas cariocas. In: XXIV Jornada de Iniciação Científica (JIC), 2002, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos da XXIV Jornada de Iniciação Científica. Rio de Janeiro: EDUFRJ, 2002.

26.
VIANNA, J. B. S.. Nós e a gente em estruturas predicativas: estratégias de concordância. In: XXIV Jornada de Iniciação Científica (JIC), 2002, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos da XXIV Jornada de Iniciação Científica. Rio de Janeiro: EDUFRJ, 2002.

Apresentações de Trabalho
1.
VIANNA, J. B. S.. Os pronomes pessoais no português do Brasil: entre a realidade linguística dos alunos e o ensino tradicional. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
VIANNA, J. B. S.. A implementação de a gente no português: inovação no Brasil e conservação em Portugual. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
ELEXIAS, S. R. V. ; VIANNA, J. B. S. . A substituição de nós por a gente na fala de Nova Iguaçu. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
VIANNA, J. B. S.. Primeira pessoa do plural no PB e no PE: variação na função de complemento e adjunto. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
VIANNA, J. B. S.; SILVA, A. B. . Um olhar sociolinguístico voltado para Volta Redonda. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
VIANNA, J. B. S.; SILVA, A. B. . A referência à primeira pessoa do plural entre informantes de Volta Redonda. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . As estratégias de concordância de nós e a gente em estruturas predicativas em variedades do português - o português de São Tomé. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

8.
MALTA, J. S. ; VIANNA, J. B. S. . Um olhar sociolinguístico voltado para Volta Redonda. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
SABARENSE, B. A. G. ; VIANNA, J. B. S. . O preconceito linguístico na mídia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
NETTO, M. R. ; PESSOA, C. R. ; VIANNA, J. B. S. . Concordância verbal. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
PESSOA, C. R. ; SOUZA, M. S. ; VIANNA, J. B. S. . Um olhar sociolinguístico voltado para Volta Redonda: o processo de variação 'nós' e 'a gente'. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . Formas variantes de acusativo, dativo e oblíquo na primeira pessoa do plural: o que a análise de informantes revela sobre o PB. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
LOPES, C. R. S. ; VIANNA, J. B. S. . PARA UM PANORAMA DO PROCESSO DE SUBSTITUIÇÃO DE NÓS POR A GENTE NO PORTUGUÊS BRASILEIRO. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
VIANNA, J. B. S.. A implementação de 'a gente' como acusativo, dativo e oblíquo: inovação no PB e conservação no PE. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . A alternância entre nós e a gente no português europeu. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . Semelhaças e diferenças na implementação de a gente no português do Brasil e no português europeu. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
VIANNA, J. B. S.. Nós e a gente em construções predicativas no PB e no PE: hipóteses e primeiros resultados. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
SARMENTO, M. M. ; MENDES, A. ; VIANNA, J. B. S. . Fenómenos de concordância em variedades do português: construções com verbos copulativos e verbos transitivos predicativos. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . A variação entre nós e a gente no português de Portugal e no português do Brasil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
VIANNA, J. B. S.. Semelhanças e diferenças na implementação de a gente em variedades do português. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
VIANNA, J. B. S.. As estratégias de concordância do a gente pronominal no português do Brasil e no português europeu: análise de testes de avaliação subjetiva. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
VIANNA, J. B. S.. As estratégias de concordância de nós e a gente em estruturas predicativas nas variedades brasileira e européia da língua portuguesa. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
VIANNA, J. B. S.. Variação nós e a gente na posição de sujeito: entrevista de Lisboa (levantamento preliminar com base nas transcrições). 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

24.
VIANNA, J. B. S.. O confronto entre diferentes amostras de língua oral: discutindo a questão da comparabilidade. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
VIANNA, J. B. S.. As estratégias de concordância de nós e a gente na língua oral e escrita do português do Brasil. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
VIANNA, J. B. S.. As estratégias de concordância de nós e a gente na língua oral em função da estruturação dos inquéritos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
FERREIRA, M. B. ; VIANNA, J. B. S. ; SALES, S. . Texto dissertativo-argumentativo: uma proposta pedagógica. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
VIANNA, J. B. S.. O comportamento de nós e a gente em construções predicativas na língua oral e escrita. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
VIANNA, J. B. S.. O uso de nós e a gente entre alunos de 1o e 2o graus: o resultado de testes de avaliação subjetiva. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
VIANNA, J. B. S.; FERREIRA, M. B. ; SALES, S. . Por uma proposta de reflexão sobre o preconceito lingüístico nas aulas de Língua Portuguesa. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . O uso de "nós" e "a gente" na escola: reflexos da fala na escrita?. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
VIANNA, J. B. S.; FERREIRA, M. B. ; SALES, S. . Repensando o preconceito lingüístico nas aulas de Oficina de Língua Portuguesa. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
VIANNA, J. B. S.. Nós e a gente em estruturas predicativas: compaqração entre fala e escritaq. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
VIANNA, J. B. S.. A variação Nós e A gente em testes de avaliação subjetiva. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
VIANNA, J. B. S.. A gente na escrita: o resultado de testes. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
VIANNA, J. B. S.; FERREIRA, M. B. . A revisão gramatical para a construção do textos. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
VIANNA, J. B. S.. Construções predicativas com nós e a gente: um confronto entre as normas lusitana e brasileira. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

38.
VIANNA, J. B. S.. A gente em construções predicativas: uma abordagem funcional. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

39.
VIANNA, J. B. S.. A concordância de gênero e número com nós e a gente: um estudo de tendências. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

40.
VIANNA, J. B. S.. Você na sincronia: forma de tratamento ou pronome pessoal?. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

41.
VIANNA, J. B. S.. Para uma revisão da descrição tradicional: a categorização da forma você. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

42.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . Nós e a gente na sincronia: correlação entre os traços formais e os semântico-discursivos. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

43.
VIANNA, J. B. S.. Nós e a gente em estruturas predicativas: estratégias de concordância. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

44.
MACHADO, A. C. M. ; VIANNA, J. B. S. . De Quem persizar de hum cozinheiro (século XIX) a Agora você compra como sempre e ganha como nunca (século XX): as estratégias de (in)determinação do sujeito nas cartas cariocas. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

45.
VIANNA, J. B. S.. Nós e a gente em estruturas predicativas: os traços de gênero e número. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

46.
LOPES, C. R. S. ; VIANNA, J. B. S. . Descrição dos traços de gênero, número e pessoa: correlação com nós e a gente na amostra PEUL-RJ. 2001. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Demais tipos de produção técnica
1.
VIANNA, J. B. S.. Pesquisa em Sociolinguística: algumas questões fundamentais. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
VIANNA, J. B. S.. Relatório de pesquisa referente ao Pós-Doutorado Júnior. 2013. (Relatório de pesquisa).

3.
VIANNA, J. B. S.. Relatório Final Um olhar Sociolinguístico voltado para Volta Redonda. 2013. (Relatório de pesquisa).

4.
VIANNA, J. B. S.. Relatório Final A referência à primeira pessoa do plural entre informantes de Volta Redonda. 2013. (Relatório de pesquisa).

5.
VIANNA, J. B. S.. Relatório Final Semelhanças e diferenças na implementação de a gente em variedades do portuguêsal -. 2010. (Relatório de pesquisa).

6.
VIANNA, J. B. S.. Relatório de bolsista de Pós-Graduação. 2006. (Relatório de pesquisa).

7.
VIANNA, J. B. S.; SALES, S. . Oficina de Língua Portuguesa. 2005. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

Demais trabalhos
1.
VIANNA, J. B. S.; LOPES, C. R. S. . Cartas de Casimiro de Abreu a seu pai: 1857-59 - Corpus diacrônico para estudos constrastivos. 2004.

2.
VIANNA, J. B. S.; MACHADO, A. C. M. ; LOPES, C. R. S. . Versão em CD das Peças Populares Portuguesas - 1783-1877: corpora diacrônicos para estudos contrastivos.. 2003.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
FREITAG, R. M. K.; SILVA, L. R.; CARDOSO, D. P.; VIANNA, J. B. S.. Participação em banca de Josilene de Jesus Mendonça. Variação na expressão da primeira pessoa do plural: indeterminação do sujeito e polidez. 2016. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Sergipe.

2.
LOPES, C. R. S.; ROCHA, A. P. A.; VIANNA, J. B. S.. Participação em banca de Paula Fernandes da Silva. O tratamento no Início do Século XX: Uma análise sócio-pragmática das cartas familiares da família Land Avellar.. 2012. Dissertação (Mestrado em Letras (Letras Vernáculas)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
LOPES, C. R. S.; MARCOTULIO, L. L.; CAVALCANTE, S. R. O.; RUMEU, M. C. B.; VIANNA, J. B. S.. Participação em banca de Érica dos Santos Nascimento. Formas imperativas de segunda pessoa no português brasileiro. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras Vernáculas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
LOPES, C. R. S.; SILVA, V. L. P. P. D.; RUMEU, M. C. B.; VIANNA, J. B. S.; VIEIRA, S. R.. Participação em banca de Rachel de Oliveira Pereira Lucena. Pronomes possessivos de segunda pessoa: a variação teu/seu através de uma perspectiva histórica. 2016. Tese (Doutorado em Letras (Letras Vernáculas)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
LOPES, C. R. S.; MARCOTULIO, L. L.; VIANNA, J. B. S.. Participação em banca de Érica Nascimento Silva. Um estudo das formas imperativas associado ao subjuntivo e indicativo em cartas baianas e cariocas do século XX. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Letras (Letras Vernáculas)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
FREITAG, R. M. K.; SILVA, L. R.; VIANNA, J. B. S.. Participação em banca de Josilene de Jesus Mendonça. Variação na expressão da primeira pessoa do plural: indeterminação do sujeito e polidez. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Federal de Sergipe.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ANTUNES, V.; GARRÃO, M; VIANNA, J. B. S.. Participação em banca de Thaiza Silva de Oliveira Veterinario.Linguística de corpus: o quê, por que e como?. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

2.
VIANNA, J. B. S.; POLTRONIERI, A.; BOTELHO, P.. Participação em banca de Gleice Fernandes Ferre.O tratamento da variação linguística nos livros didáticos. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras) - Centro Universitário Geraldo Di Biasi.

3.
VIANNA, J. B. S.; MARINS, J. E.. Participação em banca de Tathiana Rodrigues Vieira Marques.A representação do objeto direto anafórico na escola: um confronto entre a realidade e a tradição. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras) - Centro Universitário Geraldo Di Biasi.

4.
VIANNA, J. B. S.; POLTRONIERI, A.; BOTELHO, P.. Participação em banca de Pâmela Oliveira Reis dos Santos.O preconceito linguístico no ensino. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras) - Centro Universitário Geraldo Di Biasi.

5.
VIANNA, J. B. S.; POLTRONIERI, A.; BOTELHO, P.. Participação em banca de Marina Penna Nunes Vieira.A intertextualidade nas propagandas do Hortifruti. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras) - Centro Universitário Geraldo Di Biasi.

6.
VIANNA, J. B. S.; POLTRONIERI, A.; BOTELHO, P.. Participação em banca de Nayane Conceição de Souza.O vanzeiro vai facebookar: questões de produtividade derivacional. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras) - Centro Universitário Geraldo Di Biasi.

7.
VIANNA, J. B. S.; POLTRONIERI, A.; BOTELHO, P.. Participação em banca de Jussara Almeida Batista da Silva.O verbo ser entre o valor predicativo e o equativo. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras) - Centro Universitário Geraldo Di Biasi.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
VIANNA, J. B. S.. Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM 2015. 2015. Centro de Seleção e Promoção de Eventos (CESPE).

2.
VIANNA, J. B. S.. Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM 2014. 2014. Centro de Seleção e Promoção de Eventos (CESPE).

3.
VIANNA, J. B. S.. Exame Nacional do Ensino Média - ENEM 2013. 2013. Centro de Seleção e Promoção de Eventos (CESPE).

4.
VIANNA, J. B. S.. Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM 2012. 2012. Centro de Seleção e Promoção de Eventos (CESPE).

5.
VIANNA, J. B. S.. Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM 2011. 2011. Centro de Seleção e Promoção de Eventos (CESPE).

6.
VIANNA, J. B. S.. Concurso de Seleção para o ingresso nos Cursos de Graduação da UFRJ (2009). 2008.

7.
VIANNA, J. B. S.. Concurso de Seleção para o ingresso nos Cursos de Graduação do CEDERJ (2009). 2008.

8.
VIANNA, J. B. S.. Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM 2008. 2008. Centro de Seleção e Promoção de Eventos (CESPE).

9.
VIANNA, J. B. S.. Concurso de Seleção para o ingresso nos Cursos de Graduação da UFRJ (2008). 2007. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
VIANNA, J. B. S.. Concurso de Seleção para o ingresso nos Cursos de Graduação da UFRJ (2007). 2006. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Avaliação de cursos
1.
VIANNA, J. B. S.. Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM 2016. 2016. Centro de Seleção e Promoção de Eventos (CESPE).

2.
VIANNA, J. B. S.. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade 2016). 2016. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

3.
VIANNA, J. B. S.. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade 2015). 2015. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

4.
VIANNA, J. B. S.. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade 2014). 2014. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

5.
VIANNA, J. B. S.. Sistema de avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (SARESP 2008). 2008.

Outras participações
1.
VIANNA, J. B. S.. Debatedora no XIV Seminário de Dissertações e Teses em andamento. 2016. Programa de Pós-Graduação em Letras Vernáculas - UFRJ.

2.
VIANNA, J. B. S.. Avaliadora na Jornada de Iniciação Científica da UGB - 2013. 2013. Centro Universitário Geraldo Di Biasi.



Eventos



Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
RONDININI, R. ; PINTO, M. S. ; ZOLETTI, D. R. L. ; MEDEIROS, L. C. V. W. ; VIANNA, J. B. S. ; EMMERICK, K . III CONALIM e VI Semana de Letras. 2015. (Congresso).

2.
LOPES, C. R. S. ; MARINHO, M. U. P. ; VIANNA, J. B. S. . III Seminário de Teses e Dissertações em Andamento - Letras Vernáculas. 2005. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Daniele de Lima Drumond. Colocação pronominal: a aproximação entre o PB e o PE na escrita, o afastamento na modalidade oral e dificuldades na prática docente. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Letras) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Beatriz Nogueira de Araujo. Compreendendo a implementação de a gente como complemento e adjunto. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Letras) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. (Orientador).

2.
Ana Luisa Theza Martins. Compreendendo a colocação pronominal no PB. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Letras) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. (Orientador).

3.
Letícia Alves Moreira. A concordância de número no sintagma nominal entre informantes de Nova Iguaçu. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Letras - Espanhol) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Fabiana Cristina Santana Cerqueira. A propagação do preconceito linguístico em vídeos de youtubers: um estudo de caso. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Letras) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Orientador: Juliana Barbosa de Segadas Vianna.

2.
Rogério Santos Júnior. A alternância entre "mas"e "só que" nas variedades do português brasileiro de Nova Iguaçu e Rio de Janeiro. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Letras) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Orientador: Juliana Barbosa de Segadas Vianna.

3.
Yasmin Ribeiro. O tratamento da variação linguística na Escola. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Orientador: Juliana Barbosa de Segadas Vianna.

4.
Fernanda Lorene Delfino de Souza Figueira de Ornellas. Discutindo a metodologia sociolinguística na constituição de corpora com informantes de Nova Iguaçu. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Orientador: Juliana Barbosa de Segadas Vianna.

5.
Michel Ribeiro Netto. Variação nas estratégias de concordância verbal de terceira pessoa entre falantes nativos de Volta Redonda. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras) - Centro Universitário Geraldo Di Biasi. Orientador: Juliana Barbosa de Segadas Vianna.

6.
Joice da Silva Malta. Uma discussão teórica sobre os avanços e limites da Sociolinguística quantitativa de base laboviana. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras) - Centro Universitário Geraldo Di Biasi. Orientador: Juliana Barbosa de Segadas Vianna.

7.
Beatriz Aparecida Gonçalves Sabarense. O preconceito linguístico na mídia brasileira. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras) - Centro Universitário Geraldo Di Biasi. Orientador: Juliana Barbosa de Segadas Vianna.

Iniciação científica
1.
Carla Cristina Nogueira Soares. A concordância verbal entre informantes de Nova Iguaçu. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Juliana Barbosa de Segadas Vianna.

2.
Stephanie Elexias. A substituição de 'nós' por 'a gente' na fala de Nova Iguaçu. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Juliana Barbosa de Segadas Vianna.

3.
Mayara da Silva de Souza. A primeira pessoa do plural em Volta Redonda: variação na função de complemento e adjunto. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Centro Universitário Geraldo Di Biasi. Orientador: Juliana Barbosa de Segadas Vianna.

4.
Joice da Silva Malta. A perspectiva sociolinguística na comunidade de Volta Redonda: uma discussão teórico-metodológica. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Centro Universitário Geraldo Di Biasi, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Juliana Barbosa de Segadas Vianna.

5.
Michel Ribeiro Netto. A concordância verbal entre falantes de Volta Redonda. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Centro Universitário Geraldo Di Biasi, Fundação Rosemar Pimentel. Orientador: Juliana Barbosa de Segadas Vianna.

6.
Carine Ribeiro Pessoa. Investigando a concordância verbal em Volta Redonda. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Centro Universitário Geraldo Di Biasi. Orientador: Juliana Barbosa de Segadas Vianna.

7.
Caroline Ribeiro Pessoa. Investigando a variação 'nós' e 'a gente' em Volta Redonda. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Centro Universitário Geraldo Di Biasi. Orientador: Juliana Barbosa de Segadas Vianna.

8.
Jussara Almeida Batista da Silva. A concordância verbal entre informantes de Volta Redonda. 2013. Iniciação Científica - Centro Universitário Geraldo Di Biasi. Orientador: Juliana Barbosa de Segadas Vianna.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 13/12/2018 às 18:59:21