Marcelo Dal Bó

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6218041633908966
  • Última atualização do currículo em 18/12/2018


Doutor em Ciência e Engenharia de Materiais pela UFSC / UFSCar / ITC-Espanha (sanduíche - 2012). Mestre em Ciência e Engenharia de Materiais pela UFSC (2007). Graduado em Engenharia Química pela UFSC (2002). Formação técnica em Análises Químicas (1995). Atualmente é professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico no Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC - Criciúma), nível DIII-4. Atuação e experiência na área de Engenharia Química, Química e Materiais, desenvolvendo trabalhos de ensino, pesquisa e extensão sobre valorização de resíduos industriais, otimização de propriedades mecânicas de materiais cerâmicos, desenvolvimento de novos produtos e articulação tecnológica para a transferência de tecnologia. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marcelo Dal Bó
Nome em citações bibliográficas
DAL BÓ, M.;M. Dal Bó;Bó, M. Dal;Dal Bó, Marcelo;Marcelo Dal Bó;BÓ, MARCELO DAL

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal de Santa Catarina, Câmpus Criciúma.
Rodovia SC 443, km 1, n 845
Vila Rica
88813600 - Criciúma, SC - Brasil
Telefone: (48) 34625000
URL da Homepage: http://www.ifsc.edu.br/


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2012
Doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
com período sanduíche em Instituto de Tecnologia Cerámica (Orientador: Vicente Cantavella e Enrique Sánchez).
Título: ?ESTUDO DE TENSÕES RESIDUAIS E DEFEITOS MICROESTRUTURAIS GERADOS NO RESFRIAMENTO DE COMPÓSITO DE MATRIZ VÍTREA COM PARTÍCULAS CRISTALINAS DE QUARTZO, ALUMINA E ZIRCONITA?, Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Dachamir Hotza.
Coorientador: Anselmo Ortega Boschi.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Materiais cerâmicos; Reforço microestrutural; Tensões residuais; Módulo de elasticidade; Propriedades mecânicas.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Materiais Não-Metálicos.
2004 - 2007
Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: UTILIZAÇÃO DE REJEITOS DA INDÚSTRIA DE REVESTIMENTOS CERÂMICOS NO PROCESSAMENTO DE REFRATÁRIOS TRIAXIAIS OBTIDOS POR DELINEAMENTO DE MISTURAS,Ano de Obtenção: 2007.
Orientador: Dachamir Hotza.
Palavras-chave: Revestimentos cerâmicos; Resíduos; Refratários.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Processos Industriais de Engenharia Química / Especialidade: Processos Inorgânicos.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Tecnologia Química / Especialidade: Cerâmica.
2013 - 2014
Graduação em Programa Especial Formação de Professores para Os Componentes Curriculares.
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, IFRS, Brasil.
Título: IMPORTÂNCIA DA RELAÇÃO ENTRE A TEORIA E A PRÁTICA NA EDUCAÇÃO PROFISSIONALIZANTE.
Orientador: Helen Rodrigues Cardoso.
1997 - 2002
Graduação em Engenharia Química.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: ESTUDO DA CORROSÃO DO JET-SCRUBBER E SUBSTITUIÇÃO DO MERCÚRIO POR ÁGUA NA DETERMINAÇÃO DA DENSIDADE APARENTE DO SUPORTE CERÂMICO CRU.
Orientador: Humberto Cracher Riella.
1994 - 1995
Curso técnico/profissionalizante.
Colégio Rainha do Mundo, CRM, Brasil.


Pós-doutorado


2017 - 2017
Pós-Doutorado.
Universitat Rovira i Virgili, URV, Espanha.
Bolsista do(a): Fundación Carolina, FUNDACIÓN CAROLI, Espanha.
Grande área: Engenharias


Formação Complementar


2014 - 2014
2° Curso de Capacitação para pesquisadores do IFRS. (Carga horária: 16h).
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, IFRS, Brasil.
2011 - 2011
Economia de Energia Térmica na Fabricação de Reves. (Carga horária: 20h).
Instituto de Tecnologia Cerámica, ITC, Espanha.
2010 - 2010
Extensão universitária em Inglês - Pré Intermediário. (Carga horária: 54h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em Espanhol - Nível 2. (Carga horária: 54h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
2010 - 2010
Caracterização Mineralógica de Argilas. (Carga horária: 4h).
Associação Brasileira dos Coloríficios, ABRACOLOR, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Curso de Espanhol - Nível Básico. (Carga horária: 80h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2002 - 2004
Inglês - Intermediário. (Carga horária: 144h).
Wizard Brasil, WIZARD, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, IFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Instituto Federal de Santa Catarina, IFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor EBTT, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2016 - Atual
Ensino, Licenciatura em Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução ao Laboratório de Química
03/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Federal de Santa Catarina - Campus Criciúma, .

Cargo ou função
Elaboração do Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC do curso superior em Licenciatura em Química.
02/2016 - Atual
Direção e administração, Instituto Federal de Santa Catarina - Campus Criciúma, .

Cargo ou função
Coordenador de Pesquisa e Inovação, portaria nº 699 de 18/02/2016.
2/2015 - Atual
Ensino, Engenharia Mecatrônica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Química Geral
2/2015 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Materiais de Construção e Matemática Básica
02/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Câmpus Criciúma, .

Cargo ou função
Núcleo Docente Estruturante do Curso Integrado em Química (Nº 017/2015/DG - 0,5 horas/semana)..
02/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Câmpus Criciúma, .

Cargo ou função
Comissão Organizadora da II Mostra de Ensino, Ciência e Cultura do IFSC - Câmpus Criciúma (Portaria Nº 023/2015/DG - 0,5 horas/semana)..
02/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Câmpus Criciúma, .

Cargo ou função
Responsável pelo Laboratório de Química (Nº 022/2015/DG - 0,5 horas/semana)..
01/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Federal de Santa Catarina - Campus Criciúma, .

01/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Federal de Santa Catarina - Campus Criciúma, .


Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, IFRS, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor EBTT, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador de Desenvolvimento Institucional, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

1/2014 - 12/2014
Direção e administração, IFRS - Campus Feliz, .

Cargo ou função
Coordenador de Desenvolvimento Institucional - DI (8 horas/semana)..
8/2013 - 12/2014
Ensino, Técnico em cerâmica, Nível: Ensino Médio

Disciplinas ministradas
Prática de Laboratório
08/2013 - 12/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, IFRS - Campus Feliz, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Avaliação e Gestão de Projetos de Pesquisa e Inovação (CAGPPI - 4 horas/semana)..
05/2013 - 12/2014
Extensão universitária , IFRS - Campus Feliz, .

Atividade de extensão realizada
Diálogos e fazeres em cerâmica.
02/2013 - 07/2013
Ensino, Técnico em cerâmica, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Materiais Refratários
02/2013 - 07/2013
Ensino, Técnico em cerâmica, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Cimentos
05/2013 - 05/2013
Extensão universitária , IFRS - Campus Feliz, .

Atividade de extensão realizada
DIA DO ARTISTA CERAMISTA NA AMÉRICA LATINA.

Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 40
Outras informações
Professor substituto do curso de Engenharia de Energia (Campus Araranguá), responsável atualmente pelas disciplinas de Transferência de Calor e Massa II (Convecção) e Geometria Analítica.

Vínculo institucional

2009 - 2012
Vínculo: Bolsista - Capes, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsita da CAPES pelo programa PRO-ENGENHARIAS vinculado ao curso de pós-graduação em Ciencias e Engenharia de Materiais (PGMAT) da Universiade Federal de Santa Catarina (UFSC) a nível de doutorado. Bolsista da CAPES pelo programa CAPES/DGU vinculado ao PGMAT e a Universidad Jaume I (Castellón-Espanha), tendo a participação do Instituto de Tecnología Cerámica (ITC-Espanha).

Atividades

08/2012 - 02/2013
Ensino, Engenharia de Energia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fenômenos de Transporte II (Convecção); Geometria Analítica

Faculdades Esucri - Escola Superior de Criciúma, ESUCRI, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8
Outras informações
Professor das disciplinas de Introdução à Física e Física Instrumental, no curso de Engenharia Civil. Responsável pela montagem do laboratório de física da instituição para a realização de experimentos dos princípios básicos da física.

Atividades

03/2012 - 02/2013
Ensino, Engenharia Civil, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução a Física; Física Instrumental

Centro de Ensino Superior Sul Brasileiro, CESULBRA, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor de Pós-Graduação, Carga horária: 10
Outras informações
Professor do curso de Pós-Graduação em Patologias da Construção, ministrando as disciplinas: - Ciências dos Materiais Aplicada; e - Sistemas de Impermeabilização.

Atividades

05/2012 - 12/2012
Ensino, Patologias da Construção, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Ciências dos Materiais Aplicada; Impermeabilização

SENAI - Departamento Regional de Santa Catarina, SENAI/DR/SC, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Professor horista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 6
Outras informações
Professor do curso Técnico em Cerâmica no Senai - Criciúma/SC. Ministrando as disciplinas: - Ensaios Cerâmicos: Ensaios de laboratório como resistência mecânica à flexão, tenacidade à fratura, módulo de elasticidade, curva de defloculação, plasticidade, sinterização; - Processo de Fabricação: Classificação dos pavimentos e revestimentos cerâmicos, descrição dos processos produtivos mais habituais, matérias-primas, formulação da massa, moagem, separações mecânicas, atomização, conformação, secagem, esmaltação, sinterização (queima), classificação e processos posteriores.

Atividades

02/2008 - 09/2009
Ensino, Técnico em Cerâmica, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Ensaios Cerâmicos; Processos Cerâmicos

Endeka Cerâmica Ltda, EDK, Itália.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor técnico, Carga horária: 44
Outras informações
Consultor técnico responsável pelo desenvolvimento e pesquisa de produtos relacionados a produção de revestimentos cerâmicos, como: Fritas, engobes, esmaltes, granilhas, tintas, etc...


Cecrisa Revestimentos Cerâmicos Sa, CECRISA, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Gerente Técnico, Carga horária: 44
Outras informações
Gerenciamento de três setores produtivos: massa, esmaltes e laboratórios de controle de qualidade, produto acabado, extração de matéria-prima e desenvolvimento de novos produtos (totalizando aproximadamente 60 funcionários). Gerenciamento técnico da Cecrisa Revestimentos Cerâmicos SA Unidade 02 (Incocesa-SC) e Unidade 03 (Cemina-GO). Assistência técnica à produção; relacionamento e negociação com clientes, fornecedores e consumidor final. Conhecimentos em ferramentas da qualidade, projetos de engenharia, projetos visando o aumento da qualidade e eficiência na produção de revestimentos cerâmicos, avaliação de custos e visitas a reclamações e clientes.

Vínculo institucional

2002 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Engenheiro Químico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Engenheiro químico responsável pela produção de revestimentos cerâmicos da Cecrisa Revestimentos Cerâmicos SA - Unidade 06 (Portinari-SC). Com experiência na produção de pisos, azulejos, porcelanatos e terceira queima.

Atividades

10/2004 - 01/2007
Direção e administração, Cemina, .

Cargo ou função
Gerente Técnico.
8/2001 - 12/2001
Estágios , Portinari, .

Estágio realizado
Estágio Curricular na Cecrisa Revestimentos Cerâmicos UI06.


Linhas de pesquisa


1.
Otimização de propriedades mecânicas em materiais cerâmicos

Objetivo: Estudar as propriedades mecânicas de materiais cerâmicos objetivando otimizá-las..
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Química.
2.
Valorização de resíduos sólidos

Objetivo: Estudar as possibilidades de valorização de resíduos sólidos por meio de processos químicos..
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Química.


Projetos de pesquisa


2018 - 2018
Esmaltes cerâmicos com efeitos cristalizantes fabricados a partir de resíduos de vidro
Descrição: Este projeto tem como objetivo estudar o desenvolvimento de esmaltes cerâmicos com características cristalizantes usando resíduos de vidro. O esmalte cerâmico é composto basicamente por óxidos que formam uma estrutura desordenada a longo alcance, formando a camada superficial dos materiais cerâmicos. Esta possui características como impermeabilizante, aumenta a resistência ao desgaste, confere melhor estética e facilitar a limpeza. Como objetivos específicos citam-se, reciclar resíduos de vidros, diminuir o impacto ambiental e incorporar valor agregado a estes resíduos, estreitar o vínculo entre as disciplinas de química, processos químicos e operações unitárias com as atividades de pesquisa, estimular a pesquisa como um processo educativo, levando à geração de trabalho e renda e à emancipação do cidadão na perspectiva do desenvolvimento socioeconômico local e regional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Projeto, Construção e Avaliação do Desempenho de Experimentos Didáticos de Operações Unitárias
Descrição: Este projeto de pesquisa objetiva abordar os conceitos relativos ao projeto, construção, metodologia, planejamento de experimentos, desempenho dos protótipos desenvolvidos em bancadas didáticas desenvolvidas por alunos do curso técnico em química (3º ano). As bancadas didáticas abordarão conceitos de transferência de massa e calor. Desta forma, pretende-se colocar os discentes em contato prático com a interdisciplinaridade no desenvolvimento de processos industriais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Desenvolvimento de e esmaltes cerâmicos iridescentes e cristalizantes usando resíduos de vidro
Descrição: Este projeto de pesquisa objetiva estudar a produção de esmaltes com efeitos iridescentes e cristalizantes usando diferentes tipos de resíduos de vidro. Os esmaltes cerâmicos são aplicados na parte superficial de revestimentos cerâmicos e peças de cerâmica artística e utilitária. Por sua vez, os esmaltes iridescentes são caracterizados por sua reatividade, promovendo efeitos, texturas, brilhos e cores distintas dos vidrados convencionais. Por essas características esses esmaltes apresentam alto valor agregado. Com isso, este projeto visa desenvolver esmaltes cerâmicos especiais com resíduo de vidro, atualmente danoso ao meio ambiente e sem valor econômico, transformando-o em um produto com alto valor agregado, auxiliando dessa forma o meio ambiente e possibilitando o crescimento econômico do estado de Santa Catarina..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Desenvolvimento de frita e esmalte cerâmico de porcelanato brilhante com alta dureza e alta resistência ao desgaste
Descrição: O presente projeto de pesquisa visa desenvolver uma solução tecnológica na área de revestimentos cerâmicos, mais especificamente objetiva-se o desenvolvimento de uma frita e esmalte cerâmico brilhante para porcelanatos com alta dureza e alta resistência ao desgaste..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcelo Dal Bó - Coordenador / Sergio Pereira Ruzza - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina - Auxílio financeiro.
2018 - Atual
Produção e caracterização de carvão ativado a partir de grãos defeituosos de feijão para remoção de corantes em efluentes de indústrias têxteis em colunas de adsorção
Descrição: A produção de carvão ativado (CA) apresenta-se como uma alternativa para utilização do rejeito de grãos defeituosos de feijão. Os CAs podem ser utilizados como materiais adsorventes no tratamento de água, no controle da emissão de poluentes, na purificação e armazenamento de gases, catalisadores e suportes catalíticos. Seu poder adsorvente é proveniente da alta área superficial e da presença de uma variedade de grupos funcionais em sua superfície. Nesse contexto, o presente trabalho objetiva produzir e caracterizar um carvão ativado a partir de grãos defeituosos de feijão para remoção de corantes em efluentes de indústrias têxteis em colunas de adsorção..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Modificação química na superfície de porcelanas dentárias feldspáticas ultrafinas com posterior têmpera química visando o incremento de propriedades mecânicas.
Descrição: Modificação química na superfície de porcelanas dentárias feldspáticas ultrafinas com posterior têmpera química visando o incremento de propriedades mecânicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marcelo Dal Bó - Coordenador / Dachamir Hotza - Integrante / DOMINGUINI, LUCAS - Integrante / Graziele Boaventura Vefago - Integrante / Cláudia Ângela Maziero Volpato - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2017 - 2018
Estudo da produção de fritas iridescentes usando resíduos de vidro
Descrição: Este projeto de pesquisa objetiva estudar a produção de fritas iridescentes usando resíduos de diferentes tipos de vidro. Frita cerâmica é a matéria-prima base para a produção de esmaltes cerâmicos, as quais são usadas na parte superficial de revestimentos cerâmicos e peças de cerâmica artística e utilitária. Por sua vez, as fritas iridescentes são caracterizadas por sua reatividade, promovendo efeitos, texturas, brilhos e cores distintas dos vidrados convencionais. Por essas características as fritas iridescentes apresentam alto valor agregado. Com isso, este projeto visa utilizar um resíduo atualmente danoso ao meio ambiente e sem valor econômico em um produto com alto valor agregado, auxiliando dessa forma o meio ambiente e possibilitando o crescimento econômico do estado de Santa Catarina. Para o desenvolvimento do projeto serão coletados diferentes resíduos de vidros na região de Criciúma-SC, a qual é um polo nacional da fabricação de insumos cerâmicos. Vidros de garrafa, vidro plano e resíduos de vidro laminado serão usados neste projeto. Dando ênfase aos vidros com maior dificuldade de reaproveitamento, como os vidros coloridos e o vidro laminado, os quais atualmente são descartados em aterros sanitários. Para auxiliar na formulação das fritas será desenvolvido um planejamento fatorial de misturas visando otimizar o percentual de resíduo na composição e atender todas as características técnicas e estéticas necessárias para as peças cerâmicas de revestimento e para a cerâmica artística. Como resultados do projeto espera-se destinar grande parte do resíduo de vidro para a produção de fritas e esmaltes cerâmicos, incrementar o lucro das indústrias Catarinenses e, também, contribuir com o meio ambiente, reduzindo a extração de recursos naturais, o uso de combustíveis e a emissão de carbono para a atmosfera, tornando a produção dos insumos cerâmicos de certa forma mais autossustentável..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcelo Dal Bó - Integrante / André Sorato Fragnani - Integrante / Bianca Motta Florentino - Integrante / Naiane Machado Mariano - Coordenador / Jessica Marcineiro da Silva - Integrante.Financiador(es): Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina - Auxílio financeiro.
2017 - 2018
Estudo da aplicação do processo de têmpera química em porcelanatos fabricados no estado de Santa Catarina visando o incremento de resistência mecânica e redução da espessura
Descrição: Este projeto tem como objetivo principal estudar a aplicação de um processo inovador, a têmpera química, em revestimentos cerâmicos do tipo porcelanato fabricados no Estado de Santa Catarina. Este processo visa o aumento da resistência mecânica à flexão dos revestimentos cerâmicos e, consequentemente, possibilitando a sua redução de espessura. EDITAL 02 - 2017/PROPPI - Universal - IFSC..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcelo Dal Bó - Coordenador / Fernanda Di Queiroz Freitas - Integrante / Davi Cunico Bonifácio - Integrante / Filipe dos Santos - Integrante.Financiador(es): Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina - Auxílio financeiro.
2017 - 2017
Desenvolvimento de esmaltes especiais a partir de resíduos de vidro para aplicação em cerâmica artística
Descrição: Este projeto tem como objetivo principal estudar o desenvolvimento de esmaltes cerâmicos com características estéticas especiais e diferenciadas usando resíduos de vidro para aplicação em cerâmica artística..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Chemical tempering applied to industrial manufacture of porcelain tiles
Descrição: In the last years the scientific community together with companies of the ceramic branch has been studying possibilities of production of porcelain tiles with smaller thickness. However, in most cases they encounter a consequent reduction in mechanical properties. The mechanical strength of the porcelain tiles and their large thickness still limits the wide range of applications of these products. These limitations are imposed by the microstructure of the material and by the type of processing. The production of thinner porcelain tiles with the same mechanical resistance is a challenge for this industrial branch. However, innovative technical solutions can be used to raise the mechanical strength of ceramic tiles even after manufacture. Recently, studies have shown that the application of the chemical tempering in porcelain tiles can increase mechanical strength by ~75%. This increase allowed the manufacture of ceramic pieces with a reduction of ~20% in the thickness of the ceramic, maintaining the mechanical properties within the current national and international standards. This project aims to study the application of chemical tempering in Brazilian porcelain tiles manufactured industrially, reducing the thickness of the pieces and, consequently, the cost of production..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marcelo Dal Bó - Coordenador / Dachamir Hotza - Integrante.Financiador(es): Instituto Serrapilheira - Auxílio financeiro.
2016 - 2017
Estudo da produção de biodiesel a partir da reação de transesterificação usando uma mistura entre o álcool metílico e etílico
Descrição: CHAMADA nº47/2015/PROPPI - IFSC.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcelo Dal Bó - Coordenador / Fernanda Di Queiroz Freitas - Integrante / Matheus Colle Vieira - Integrante / André Sorato Fragnani - Integrante / Letícia Fratoni do Livramento - Integrante / Karoline Machinski - Integrante.
2016 - 2017
Estudo da viabilidade de produção de porcelanato curvo para aplicações especiais
Descrição: Este projeto de pesquisa aborda uma solução inovadora para o mercado de revestimentos cerâmicos. Mais precisamente, visa estudar um processo inovador de curvatura de peças de porcelanato para aplicações especiais. A planaridade das peças de revestimentos cerâmicos dificulta sua aplicação em rodapés, quinas, escadas e novos designs desse tipo de produto. Um processo de curvatura realizado no produto já acabado ampliaria a gama de aplicações dos porcelanatos no setor da construção civil. Para isso, inicialmente serão coletas amostras de porcelanatos de diferentes fabricantes nacionais. É necessário também conhecer as propriedades térmicas dos porcelanatos que serão estudados, portanto a metodologia contempla análises de caracterização de algumas propriedades termomecânicas. Paralelamente, serão realizados cálculo de alívio de tensões durante o aquecimento e resfriamento em materiais vítreos, necessários para a curvatura dos materiais cerâmicos. Dado isso, serão realizados experimentos em laboratório para a obtenção da curva de queima adequada para curvar as placas cerâmicas de porcelanato. Por fim, haverá a transferência de tecnologia para a empresa parceira, além de incentivar a formação de pesquisadores, publicação de artigos científicos e participação em eventos científicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Marcelo Dal Bó - Coordenador / Dachamir Hotza - Integrante / Lucas Dominguini - Integrante / Ana Paula Figueiredo - Integrante / Ciro Damiani - Integrante / Dyenifer Martins Barbosa - Integrante.Financiador(es): Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina - Bolsa / Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina - Auxílio financeiro.
2016 - 2017
Reciclagem de Resíduos de Vidros Laminados para Fabricação de Fritas e Esmaltes Cerâmicos
Descrição: O objetivo geral desse projeto de pesquisa de extensão tecnológica é reutilizar o resíduo de vidro laminado (para-brisa de automóveis) na fabricação de fritas e esmaltes cerâmicos. As fritas e esmaltes são insumos amplamente utilizados na fabricação de revestimentos cerâmicos como pisos, azulejos e porcelanatos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcelo Dal Bó - Coordenador / Dachamir Hotza - Integrante / Lucas Dominguini - Integrante / Adriano Michael Bernardin - Integrante / Fábio Borges Ribeiro Júnior - Integrante / Guilherme Borges Polla - Integrante / André Sorato Fragnani - Integrante / Bianca Motta Florentino - Integrante / Gláucia Cardoso de Souza Dal Bó - Integrante.
2015 - 2016
Montagem de um calorímetro: a aplicação da teoria em um experimento prático
Descrição: O projeto em questão tem objetivo principal a montagem de um calorímetro de laboratório. O calorímetro é um equipamento utilizado para a medição da variação de energia ocorrida durante uma reação química. Esta técnica envolve a medição da variação da temperatura da amostra contida no interior do calorímetro antes e após a reação química. Isso possibilita o cálculo do ganho ou perda de energia calorífica ocorrida durante a reação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Marcelo Dal Bó - Coordenador / Lucas Dominguini - Integrante / Ana Paula Figueiredo - Integrante.Financiador(es): Instituto Federal de Santa Catarina - Auxílio financeiro.
2015 - 2016
Estudo das variáveis do processo em uma planta piloto para a produção de biodiesel a partir de óleo reciclado
Descrição: Este trabalho tem como objetivo principal desenvolver uma planta piloto para a produção de biodiesel. Este combustível é originado de óleos vegetais novos ou residuais e/ou gordura animal, ou seja, derivado de fontes renováveis. Para a sua obtenção podem ser utilizados diferentes processos, sendo a reação de transesterificação com catálise ácida ou básica a mais conhecida. A produção de biodiesel vem crescendo a nível nacional, dados da ANP mostram que a produção desde combustível teve elevado aumento até o ano de 2010, após isso o incremento anual foi de apenas 10%. Para tornar o biocombustível mais competitivo torna-se necessário estudos sobre a otimização do processo. Com isso, este projeto tem como objetivo específico estudar a otimização do processo de produção de biodiesel, variando por exemplo a temperatura de reação, reagentes e catalisadores. Para viabilizar o projeto serão coletadas na região amostras de óleos residuais em restaurantes e cozinhas industriais (óleo de fritura). As amostras serão inicialmente filtradas separando o resíduo indesejável ao processo. A reação química de transesterificação ocorrerá em um reator, o qual possuirá controle de vazão, temperatura e pH, possibilitando o estudo de variáveis do processo. O biodiesel produzido será comparado com o diesel normal e outros tipos de biodiesel, almeja-se também a utilização deste na frota do IFSC e/ou algum gerador de energia movido a diesel. Desta forma, acredita-se que este estudo possa contribuir com o avanço da pesquisa aplicada de forma autosustentável..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcelo Dal Bó - Coordenador / Lucas Dominguini - Integrante / Ana Paula Figueiredo - Integrante / Fernanda Di Queiroz Freitas - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina - Auxílio financeiro.
2015 - 2016
Estudo da influência da massa molar de um polifenilfosfonato nas propriedades retardantes de chama de PVC utilizados na construção civil.
Descrição: O processo de combustão sempre ofereceu riscos à saúde e a vida humana. Um exemplo recente dessa periculosidade foi o acidente ocorrido na cidade de Santa Maria, Rio Grande do Sul, em janeiro deste ano, resultando na morte de mais de 240 pessoas. Os riscos inerentes de um processo de combustão são, principalmente, queimaduras provocadas pelo calor liberado pela reação de queima de um material e/ou intoxicação química pelos subprodutos da combustão. A busca por materiais que prolonguem ou que cessem a combustão de materiais poliméricos é objeto de inúmeras pesquisas na área de ciência e engenharia e de grande interesse de diversos segmentos industriais. Assim, o presente projeto visa produzir um novo aditivo polimérico, com propriedades retardantes de chamas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2017
Reaproveitamento de Resíduos de Vidros Laminados na Fabricação de Fritas e Esmaltes Cerâmicos

Projeto certificado pela empresa Colorminas Colorificio e Mineração em 06/10/2016.
Descrição: O objetivo principal desse projeto de pesquisa é reutilizar o resíduo de vidro laminado (para-brisa de automóveis) na fabricação de fritas e esmaltes cerâmicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2016
Estudo do incremento de resistência mecânica em porcelanato obtido por têmpera química
Descrição: Este projeto tem como objetivo principal o estudo do incremento da resistência mecânica em materiais porcelânicos via tratamento químico de troca catiônica superficial. Chamada Pública MEC/SETEC/CNPq Nº 94/2013..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2017
Estudo para a redução do ciclo de queima de blocos cerâmicos
Descrição: O projeto de pesquisa tem como objetivo reduzir o tempo de queima de blocos cerâmicos para alvenaria e consequentemente aumentar a produtividade, diminuir gastos energéticos e reduzir o impacto ambiental..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2015
Matérias-primas para objetos cerâmicos identários
Descrição: Este projeto aborda o uso das argilas do Vale do Caí na produção de objetos cerâmicos utilitários, tendo como objetivo principal identificar e caracterizar as propriedades materiais das argilas da região e sua adequação aos processos de modelagem para a produção de objetos cerâmicos utilitários.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2015
Estudo do defeito de gretagem em telhas cerâmicas da região do Vale do Caí / RS
Descrição: Este projeto tem por objetivo propor soluções para o problema de gretagem em esmaltes cerâmicos do Vale do Caí/RS, paralelamente, este projeto visa fornecer subsídios técnico-científico para o emprego de telhas esmaltadas em regiões de maior intempérie através do aumento da resistência a gretagem destas telhas.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2013
Caracterização experimental da condutividade de bolcos cerâmicos em função do formato do furo
Descrição: O projeto partirá de uma revisão bibliográfica e de levantamento das principais e potenciais geometrias de elementos vazados a serem empregados para chegar a tijolos com relevantes qualidades funcionais. Serão desenvolvidos blocos cerâmicos para vedação com novas furações, as quais serão simuladas quanto a sua condutividade térmica.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2013
Avaliação tecnológica da aplicação de ocorrências minerais de pequenos mineradores catarinenses na produção de revestimentos cerâmicos esmaltados, blocos estruturais e telhas em Santa Catarina.
Descrição: Processo 550224/2010-6. Edital MCT/CNPq/CT-Mineral nº 12/2009 - Projeto Tendências Tecnológicas do Setor Mineral e Tecnologias para SPL do Setor Mineral. Valor total: R$ 314.478,44..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Marcelo Dal Bó - Integrante / HOTZA, D. - Coordenador / Henrique Cislagui da Silva - Integrante / Nilson Schwartz da Silva - Integrante / Felipe Augusto Corbellini de Souza - Integrante / Janaína Accordi Junkes - Integrante / Virginia Gasparoto Paludo - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2008 - 2012
Desenvolvimento sustentável na indústria de revestimentos cerâmicos.
Descrição: Programa: CAPES/Pro-Engenharias /08. Processo: 355/08. Valor total: R$ 477.978,40..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Marcelo Dal Bó - Coordenador / Wenceslau F das Neves - Integrante / HOTZA, D. - Integrante / Anselmo Ortega Boschi - Integrante / Henrique Cislagui da Silva - Integrante / Janaína Accordi Junkes - Integrante / Marilena Valadares Folgueras - Integrante / Fabiano Raupp Pereira - Integrante / Rosaura Piccoli - Integrante / Sivaldo Leite Correia - Integrante / Luciano Senff - Integrante / Carlos Renato Rambo - Integrante / Agenor De Noni Jr - Integrante / Antonio Pedro Novaes de Oliveira - Integrante / Dolly Santos Barbosa - Integrante / Aliana Regina Schneider - Integrante / Deyse Gonzaga Gomes - Integrante / Luiz Elói Vieira Jr. - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2008 - 2011
Inovação tecnológica aplicada a matérias-primas, processos e produtos cerâmicos.
Descrição: Programa: Bolsas no País / Produtividade em Pesquisa - PQ - 2007, Nível 1D. Processo: 305830/2007-4. Valor: ~R$ 72.000,00...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Marcelo Dal Bó - Integrante / HOTZA, D. - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2006 - 2009
Desenvolvimento de formulações, processamento e caracterização de produtos cerâmicos obtidos a partir de resíduos minerais
Descrição: Programa: Edital MCT/CNPq/CTMineral 20/2006 - Desenvolvimento Sustentável da Mineração. Processo: 409982/2006-7. Valor Total: R$ 57.193,83..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Marcelo Dal Bó - Integrante / HOTZA, D. - Coordenador / Janaína Accordi Junkes - Integrante / Marilena Valadares Folgueras - Integrante / Fabiano Raupp Pereira - Integrante / Sivaldo Leite Correia - Integrante / Luciano Senff - Integrante / Antonio Pedro Novaes de Oliveira - Integrante / Viviana Possamai Della - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Projetos de extensão


2016 - Atual
Disseminando o processo de fabricação de Biodiesel - EDITAL APROEX Nº 01/2016
Descrição: O presente projeto de extensão tem o objetivo de disseminar o processo de fabricação de biodiesel a partir de óleo de fritura usado (residual). A região sul de Santa Catariana carece de iniciativas que incentivem a reutilização de resíduos. O óleo de soja e outros tipos de óleo são largamente utilizados na preparação de alimentos em restaurante e cozinhas industriais e, na maioria dos casos, este resíduo é descartado de forma incorreta em ralos e/ou aterros, contaminando os recursos ambientais ao seu redor. Uma alternativa elegante para o caso é a fabricação de biodiesel a partir de óleo residual, promovendo um destino correto ao óleo usado, além de agregar valor ao resíduo. O público alvo do projeto de extensão abrangerá discentes de nível básico, graduação, pós-graduação e também empresários da região. Paralelamente ao projeto de extensão tem-se os cursos de química do campus Criciúma e também um projeto de pesquisa em andamento sobre a produção de biodiesel. Isso promove a indissociabilidade entre o ensino, pesquisa e extensão..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2015 - 2015
?Oh Abre Alas que Química quer Passar? ? Projeto de divulgação e pré-implantação dos cursos de Química no Campus Criciúma. EDITAL 01 APROEX 2015
Descrição: O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina é uma instituição pública e oferece educação profissional e tecnológica gratuita e de qualidade. O Câmpus Criciúma do IFSC busca consolidar a instituição na região da AMREC, e dessa forma, precisa criar estratégias para a divulgação dos novos cursos. Devido a isso, há uma busca em trazer os alunos das escolas da região para conhecer o Câmpus. Sendo assim, o projeto visa trazer novos estudantes para a Instituição conhecendo as instalações e a proposta dos novos cursos de química através de mini-aulas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2015 - 2015
IFSC na Feira Casa Pronta
Descrição: A Feira Casa Pronta é um evento regional que Reuni em um só local toda a cadeia produtiva da construção e decoração, possibilitando ao consumidor e profissionais da área conhecer e comercializar os produtos exposto. O IFSC - Campus Criciúma participou da feira com um estande onde foram divulgados os cursos e as atividades de ensino, pesquisa e extensão realizadas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2015 - 2015
?Oh Abre Alas que Química quer Passar II?. EDITAL 03 APROEX 2015
Descrição: A segunda etapa do projeto visa trazer novos estudantes para a instituição conhecendo as instalações e a proposta dos novos cursos de química através de mini-aulas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2015
DIÁLOGOS E FAZERES EM CERÂMICA
Descrição: A ação de extensão com o total de 42 horas para o tema DIÁLOGOS E FAZERES EM CERÂMICA é suficiente para a realização de três Oficinas de 8 horas e 9 palestras de duas horas. No primeiro caso, com a participação dos três Professores envolvidos será possível desenvolver as oficinas, nas quais os participantes recebem uma abordagem teórica breve e com uma linguagem acessível, conciliada com a parte prática de Raku. Nas palestras que contemplam uma abordagem inicial e introdutória do contexto cerâmico, duas horas será o tempo suficiente..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2013
DIA DO ARTISTA CERAMISTA NA AMÉRICA LATINA
Descrição: O evento compreende um dia de atividades onde acontecem as principais atividades programadas, nos três turnos de funcionamento da instituição, num total de 12 horas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Revisor de periódico


2013 - Atual
Periódico: Physics and Chemistry of Minerals
2013 - Atual
Periódico: Revista Técnico-Científica (IFSC)
2013 - Atual
Periódico: Polímeros (São Carlos. Online)
2013 - Atual
Periódico: Usak University Journal of Material Sciences
2014 - Atual
Periódico: Revista Virtual de Química
2015 - Atual
Periódico: Journal of Cleaner Production
2018 - Atual
Periódico: Science and Engineering of Composite Materials
2015 - Atual
Periódico: Science and Engineering of Composite Materials
2016 - Atual
Periódico: Matéria (UFRJ)
2018 - Atual
Periódico: INTERNATIONAL JOURNAL OF APPLIED CERAMIC TECHNOLOGY (ONLINE)


Revisor de projeto de fomento


2017 - Atual
Agência de fomento: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL-RIO-GRANDENSE


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: MATERIAIS CERÂMICOS.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Propriedades mecânicas.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Reaproveitamento de resíduos.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2018
Trabalho premiado na condição de DESTAQUE, na sessão ENGENHARIAS, na modalidade ORAL, durante o 7° Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense (SICT-Sul)., UFSC, IFSC, IFC.
2012
Primeiro colocado no concurso de Professor Substituto para o curso de Engenharia de Energia (UFSC Campus Araranguá), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
2012
Primeiro colocado no concurso IFRS edital n° 02/2012, Professor de ensino básico, técnico e tecnológico - Área Materiais / Cimentos / Refratários / Vidros - com lotação no câmpus Feliz/RS, Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS).
2011
Diplomas DELE - (B2 Intermedio), Instituto Cervantes (España).


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:14
Total de citações:40
Fator H:4
Dal Bó, Marcelo  Data: 08/11/2018

SciELO
Total de trabalhos:3
Total de citações:1
Dal Bó, M.; Marcelo Dal Bó; Dal Bó, Marcelo; M. Dal Bó  Data: 07/06/2016

SCOPUS
Total de trabalhos:20
Total de citações:42
M. Dal Bó; Marcelo Dal Bó; Dal Bó, M.; Bó M.D.  Data: 12/11/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
1Dal Bó, Marcelo2018Dal Bó, Marcelo; MEDINA, FRANCESC . Templado químico aplicado a gres porcelánicos españoles. BOLETIN DE LA SOCIEDAD ESPANOLA DE CERAMICA Y VIDRIO, v. 57, p. 207-212, 2018.

2.
2Dal Bó, Marcelo2017 Dal Bó, Marcelo; GILABERT, F. A. ; Boschi, A. O. ; SANCHEZ VILCHES, E. ; CANTAVELLA SOLER, V. ; HOTZA, D. . An estimate of quartz content and particle size in porcelain tiles from young's modulus measurements. Ceramics International, v. 43, p. 2233-2238, 2017.

3.
4Dal Bó, Marcelo2016Dal Bó, Marcelo; Zimmer, A. ; GRANDO, S. R. ; KASPARI, P. ; HOTZA, Dachamir . Incremento de resistencia mecánica en materiales de gres porcelánico a partir de tratamiento químico de intercambio iónico. BOLETIN DE LA SOCIEDAD ESPANOLA DE CERAMICA Y VIDRIO, p. 197-201, 2016.

4.
3BÓ, MARCELO DAL2016 BÓ, MARCELO DAL; DOMINGUINI, LUCAS ; ZIMMER, ANDRÉ ; GRANDO, SÍLVIA R. ; KASPARI, PALOMA ; HOTZA, Dachamir . Chemical Tempering of Porcelain Tiles. Ceramics International, v. 42, p. 15199-15202, 2016.

5.
5Gilabert, F.A.2014 Gilabert, F.A. ; DAL BÓ, M. ; Sánchez, E. ; Cantavella, V . Modeling microstructural damage of silicate-based ceramics and its influence on macroscopic fracture strength. Acta Materialia (Oxford), v. 70, p. 30-44, 2014.

6.
9DOMINGUINI, L.2014DOMINGUINI, L. ; MENEGARO, D. A. ; MIGUEL, T. F. ; DAL BÓ, M. . Utilização de resíduos de materiais cerâmicos na adsorção de corante azul de metileno. Cerâmica (São Paulo. Impresso), v. 60, p. 218-222, 2014.

7.
6DAL BÓ, M.2014DAL BÓ, M.; BERNARDIN, A. M. ; DACHAMIR HOTZA . Formulation of ceramic engobes with recycled glass using mixture design. Journal of Cleaner Production, v. 69, p. 243-249, 2014.

8.
7SOUSA, F. J. P.2014SOUSA, F. J. P. ; DAL BÓ, M. ; GUGLIELMI, P. O. ; JANSSEN, R. ; HOTZA, D. . Characterization of Young s modulus and fracture toughness of albite glass by different techniques. Ceramics International, v. 40, p. 10893-10899, 2014.

9.
8SILVA, A. L.2014SILVA, A. L. ; BERNARDIN, A. M. ; FELTRIN, J. ; DAL BÓ, M. ; HOTZA, D. . Effect of reduction of thickness on microstructure and properties of porcelain stoneware tiles. Ceramics International, p. 14693-14699, 2014.

10.
10DAL BÓ, M.;M. Dal Bó;Bó, M. Dal;Dal Bó, Marcelo;Marcelo Dal Bó;BÓ, MARCELO DAL2013DAL BÓ, M.; CANTAVELLA SOLER, V. ; SANCHEZ VILCHES, E. ; HOTZA, D. ; HOTZA, D. ; GILABERT VILLEGAS, F. A. . Fracture toughness and temperature dependence of Young's modulus of a sintered albite glass. Journal of Non-Crystalline Solids, v. 363, p. 70-76, 2013.

11.
13DAL BÓ, M.2013DAL BÓ, M.; Hotza, D. . Use of Recycled Ceramic Materials in the Manufacturing of a Triaxial Refractory. Novye Ogneupory, v. 6, p. 54-62, 2013.

12.
12DAL BÓ, M.2013DAL BÓ, M.; Hotza, D. . Using Recycled Ceramics to make new Triaxial Ceramics. Refractories and Industrial Ceramics, v. 54, p. 243-250, 2013.

13.
14DAL BÓ, M.2013DAL BÓ, M.; HOTZA, D. ; Melchiades, F. G. ; Boschi, A. O. . Influência das Características do Engobe sobre a Curvatura dos Revestimentos Cerâmicos. Cerâmica Industrial (Impresso), v. 18, p. 21-25, 2013.

14.
11Dal Bó, Marcelo2013Dal Bó, Marcelo; BOSCHI, Anselmo Ortega ; HOTZA, D. . Cinética de sinterización y transporte de masa en engobes cerámicos. Boletín de la Sociedad Española de Cerámica y Vidrio, v. 52, p. 237-241, 2013.

15.
17DAL BÓ, M.2012DAL BÓ, M.; Melchiades, F. G. ; Boschi, A. O. ; Hotza, D. . Efeito das propriedades dos esmaltes e engobes sobre a curvatura de revestimentos cerâmicos. Cerâmica (São Paulo. Impresso), v. 58, p. 118-125, 2012.

16.
19GENNARI, R. C.2012GENNARI, R. C. ; Dal Bó, Marcelo ; Melchiades, F. G. ; Boschi, A. O. . A Influência das Características do Engobe na Curvatura Central das Placas Cerâmicas Parte II: a Curvatura Central. Cerâmica Industrial (Impresso), v. 17, p. 14-19, 2012.

17.
15DAL BÓ, M.;M. Dal Bó;Bó, M. Dal;Dal Bó, Marcelo;Marcelo Dal Bó;BÓ, MARCELO DAL2012 DAL BÓ, M.; Cantavela, V. ; Sánchez, E. ; Hotza, D. ; Boschi, A. ; BOSCHI, Anselmo Ortega . Modelización mecánica del enfriamiento rápido en sistemas tipo gres porcelánico. Boletín de la Sociedad Española de Cerámica y Vidrio, v. 51, p. 95-102, 2012.

18.
18DAL BÓ, M.;M. Dal Bó;Bó, M. Dal;Dal Bó, Marcelo;Marcelo Dal Bó;BÓ, MARCELO DAL2012DAL BÓ, M.; GILABERT, F. A. ; SANCHEZ VILCHES, E. ; BOSCHI, Anselmo Ortega ; HOTZA, Dachamir ; CANTAVELLA SOLER, V. . Simulação matemática do processo de têmpera em materiais cerâmicos compostos por uma matriz vítrea e partículas cristalinas de quartzo. Revista Técnico-Científica (IFSC), v. 3, p. 662-672, 2012.

19.
16Gilabert, F.A.2012 Gilabert, F.A. ; Bó, M. Dal ; Cantavella, V. ; Sánchez, E. . Fracture patterns of quartz particles in glass feldspar matrix. MATERIALS LETTERS, v. 72, p. 148-152, 2012.

20.
23DAL BÓ, M.2011DAL BÓ, M.; Melchiades, F. G. ; Boschi, A. O. . Utilização do Método de Aditividade para Formulações Cerâmicas: Aplicações e Restrições. Cerâmica Industrial (Impresso), v. 16, p. 24-28, 2011.

21.
20Dal Bó, Marcelo2011Dal Bó, Marcelo; Cardoso, Antônio P. G ; Tancredo, Ciana ; Mergen, Isaura Z ; Doneda, Raquel N ; Novaes, Adelamar F ; Faria, Débora C. de . Reciclagem de embalagens poliméricas contendo filme de alumínio metálico via processamento químico. Polímeros (São Carlos. Impresso), v. 21, p. 335-339, 2011.

22.
22DAL BÓ, M.2011DAL BÓ, M.; NEVES, W. F. . Tratamento químico em hidrociclones utilizados no processamento de revestimentos cerâmicos por via úmida. Cerâmica Industrial (Impresso), v. 16, p. 21-25, 2011.

23.
21GENNARI, R. C.2011GENNARI, R. C. ; Dal Bó, Marcelo ; Melchiades, F. G. ; Boschi, A. O. . A Influência das Características do Engobe na Curvatura Central das Placas Cerâmicas Parte I: Desenvolvimento dos Engobes. Cerâmica Industrial (Impresso), v. 16, p. 12-14, 2011.

24.
24DAL BÓ, M.;M. Dal Bó;Bó, M. Dal;Dal Bó, Marcelo;Marcelo Dal Bó;BÓ, MARCELO DAL2009DAL BÓ, M.; Luciano Silva ; Vilmar de Oliveira . Fabricação de Vetrosas com a Utilização de Resíduos de Vidro Plano e Vidro de Bulbo de Lâmpadas. Cerâmica Industrial, v. 14, p. 29-33, 2009.

25.
25DAL BÓ, M.;M. Dal Bó;Bó, M. Dal;Dal Bó, Marcelo;Marcelo Dal Bó;BÓ, MARCELO DAL2007DAL BÓ, M.; DACHAMIR HOTZA ; PEDRO ALBERTO BARBETTA . Utilização de Rejeitos da Indústria de Revestimentos Cerâmicos na Fabricação de Refratários Triaxiais. Cerâmica Industrial (Impresso), v. 12, p. 42-46, 2007.

26.
26DAL BÓ, M.;M. Dal Bó;Bó, M. Dal;Dal Bó, Marcelo;Marcelo Dal Bó;BÓ, MARCELO DAL2005DAL BÓ, M.; NEVES, W. F. . Estatistica Básica Aplicada a Variação Dimensional de Revestimentos Cerâmicos. Cerâmica Industrial (Impresso), v. 10, p. 37-40, 2005.

27.
27DAL BÓ, M.;M. Dal Bó;Bó, M. Dal;Dal Bó, Marcelo;Marcelo Dal Bó;BÓ, MARCELO DAL2002DAL BÓ, M.; NEVES, W. F. ; AMARAL, S. . Substituição do Mercúrio por Água na Determinação da Densidade Aparente do Suporte Cerâmico Cru. Cerâmica Industrial (Impresso), v. 7, p. 42-46, 2002.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Dal Bó, Marcelo; FREITAS, F. Q. ; FRAGNANI, A. S. ; FLORENTINO, B. M. ; Dal Bó, G. C. S. . Projeto pesquisa transformação de resíduos de vidro em esmalte cerâmico. Portal Engeplus, Criciúma, SC, 20 jun. 2017.

2.
Dal Bó, Marcelo; MENDES, B. M. ; LUZ, E. L. . Projeto transforma óleo de cozinha em biocombustível. Canal ? Jornal da Bioenergia, Goiânia ? Goiás, 12 maio 2016.

3.
ENGSTER, R. L. ; DAL BÓ, M. . Gretagem em telhas cerâmicas: do problema a uma solução autossustentável. Revista da Anicer, p. 48 - 51.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Dal Bó, Marcelo; FIGUEIREDO, A. P. ; FABRE, D. ; FREITAS, F. Q. ; RIBEIRO JUNIOR, F. B. ; DOMINGUINI, L. . Estudo das variáveis do processo em uma planta piloto para a produção de biodiesel. In: XXI Congresso Brasileiro de Engenharia Química, 2016, Fortaleza-CE. Anais do Congresso Brasileiro de Engenharia Química, 2016. v. 1.

2.
Dal Bó, Marcelo; DOMINGUINI, L. ; Zimmer, A. ; GRANDO, S. R. ; KASPARI, P. ; HOTZA, Dachamir . Incremento de resistência mecânica em porcelanatos a partir da têmpera química. In: XXI Congresso Brasileiro de Engenharia Química, 2016, Fortaleza. Anais do Congresso Brasileiro de Engenharia Química, 2016. v. 1.

3.
MIGUEL, T. F. ; DAL BÓ, M. ; FIGUEIREDO, A. P. ; MENEGARO, D. A. ; PERUCHI, J. M. C. ; DOMINGUINI, L. . Estudo da influência da massa molar de um Polifenilfosfonato nas propriedades retardantes de chama de PVC utilizados na construção civil. In: 5º Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação do IFSC, 2016, Criciúma. Anais Sepei 2016, 2016. v. 1.

4.
Dal Bó, G. C. S. ; DAL BÓ, M. ; BERNARDIN, A. M. ; RIBEIRO JUNIOR, F. B. ; POLLA, G. B. . Reciclagem de vidro laminado: uma análise da viabilidade de aplicação na indústria de revestimentos cerâmicos. In: 10º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2016, Porto Alegre. Anais do 10º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2016. v. 1.

5.
MENEGARO, D. A. ; LEANDRO, F. P. ; TOLEDO, A. L. S. ; MEIRA, N. S. ; FIGUEIREDO, A. P. ; DAL BÓ, M. ; SALVAN, R. ; DOMINGUINI, L. . Remoção de azul de metileno em solução aquosa por resíduos de cerâmica vermelha em coluna de leito fixo. In: 4º Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense ? SICT-Sul, 2015, SANTA ROSA DO SUL - SC. ANAIS DO 4º SIMPÓSIO DE INTEGRAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DO SUL CATARINENSE, 2015. v. 1.

6.
RIBEIRO JUNIOR, F. B. ; POLLA, G. B. ; MENDES, B. M. ; LUZ, E. L. ; FIGUEIREDO, A. P. ; NIERO, D. ; BERTAN, F. ; DOMINGUINI, L. ; DAL BÓ, M. . Reaproveitamento de resíduos de vidros laminados na fabricação de fritas e esmaltes cerâmicos. In: 4º Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense ? SICT-Sul, 2015, SANTA ROSA DO SUL - SC. ANAIS DO 4º SIMPÓSIO DE INTEGRAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DO SUL CATARINENSE, 2015. v. 1.

7.
DAL BÓ, M.; CANTAVELLA SOLER, V. ; SANCHEZ VILCHES, E. ; HOTZA, D. ; Boschi, A. O. . Estimation of quartz particle size and content from non-destructive measurements of the ceramic tile modulus of elasticity. In: World Congress on Ceramic Tile Quality, 2014, Castellón de La Plana, Spain. World Congress on Ceramic Tile Quality, 2014. v. 1.

8.
DAL BÓ, M.; Cantavella, V ; Sánchez, E. ; OLIVEIRA, A. P. N. . Thermal hysteresis of the modulus of elasticity in glassy matrixes with quartz. In: XII World Congress on Ceramic Tile Quality, 2012, Castellón de la Plana. Qualicer´12, 2012. p. 1-4.

9.
DAL BÓ, M.; CANTAVELLA SOLER, V. ; SANCHEZ VILCHES, E. ; HOTZA, D. ; Boschi, A. O. . Mechanical modelling of rapid cooling in porcelain tile-type systems. In: XII GLOBAL FORUM ON CERAMIC TILE, 2012, Castellón de La Plana, Spain. XII GLOBAL FORUM ON CERAMIC TILE, 2012. v. 1.

10.
DAL BÓ, M.; NEVES, W. F. . Substituição do Mercúrio por Água na Determinação da Densidade Aparente do Suporte Cerâmico Cru.. In: 54 Congresso Brasileiro de Cerâmica, 2010, Foz do Iguaçu - PR. Substituição do Mercúrio por Água na Determinação da Densidade Aparente do Suporte Cerâmico Cru., 2010.

11.
DAL BÓ, M.; DACHAMIR HOTZA . Use of Tailings Industry Ceramic Tiles in the Manufacture of Triaxial Refractory. In: 54 Congresso Brasileiro de Cerâmica, 2010, Foz do Iguaçu. Use of Tailings Industry Ceramic Tiles in the Manufacture of Triaxial Refractory., 2010.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
BRUNEL, M. J. A. ; VIANA, P. M. ; FIGUEIREDO, A. P. ; VEFAGO, G. B. ; DAL BÓ, M. ; DOMINGUINI, L. . Projeto de extensão do Instituto Federal de Santa Catarina - Câmpus Criciúma como meio de divulgação do ensino de química.. In: XVIII Encontro Nacional de Ensino de Química (ENEQ), 2016, Florianópolis. Anais do XVIII Encontro Nacional de Ensino de Química (XVIII ENEQ), 2016.

2.
DAL BÓ, M.; FREITAS, F. Q. ; FIGUEIREDO, A. P. . Montagem de um calorímetro: a aplicação da teoria em um experimento. In: XVIII Encontro Nacional de Ensino de Química (ENEQ), 2016, Florianopolis. Anais do XVIII Encontro Nacional de Ensino de Química (ENEQ), 2016. v. 1.

3.
DAL BÓ, M.; MENDES, B. M. ; LUZ, E. L. ; FIGUEIREDO, A. P. ; VEFAGO, G. B. . Disseminando o Processo de Fabricação de Biodiesel. In: Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação do IFSC, 2016, Criciúma. Anais do Sepei 2016, 2016. v. 1.

4.
BRUNEL, M. J. A. ; FIGUEIREDO, A. P. ; Dal Bó, Marcelo ; DOMINGUINI, L. . ?II Oh Abre Alas que Química quer Passar?. In: Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação do IFSC, 2016, Florianópolis. Anais do SEPEI 2016, 2016. v. 1.

5.
POLLA, G. B. ; RIBEIRO JUNIOR, F. B. ; Dal Bó, G. C. S. ; BERTAN, F. ; BERNARDINI, L. P. ; DOMINGUINI, L. ; Dal Bó, Marcelo . Estudo da análise química de vidros laminados visando seu reaproveitamento na fabricação de fritas e esmaltes cerâmicos. In: 5º Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense ? SICT-Sul, 2016, Araranguá. ANAIS DO 5º SIMPÓSIO DE INTEGRAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DO SUL CATARINENSE, 2016. v. 1.

6.
MIGUEL, T. F. ; MENEGARO, D. A. ; MARTINS, J. C. ; DOMINGUINI, L. ; DAL BÓ, M. . Influência dos iniciadores na massa molar de um polifenilfosfonato contendo 4,4?-Dihidroxibenzofenona. In: 5º Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense - Sict-Sul, 2016, Araranguá. ANAIS DO 5º SIMPÓSIO DE INTEGRAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DO SUL CATARINENSE, 2016. v. 1.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Dal Bó, Marcelo; FRAGNANI, A. S. ; FREITAS, F. Q. ; MACHINSKI, K. ; LIVRAMENTO, L. F. . Estudo da produção de biodiesel a partir da reação de transesterificação variando a porcentagem de álcool metílico e etílico. In: 5º Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense ? SICT-Sul, 2016, Araranguá. Anais do 5º simpósio de integração científica e tecnológica do sul catarinense, 2016. v. 1. p. 1068-1068.

Apresentações de Trabalho
1.
DAL BÓ, M.; BARBOSA, D. M. . ESTUDO DA VIABILIDADE DE PRODUÇÃO DE PORCELANATO CURVO PARA APLICAÇÕES ESPECIAIS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
FERREIRA, F. B. ; GONCALVES, T. ; FIGUEIREDO, A. P. ; VEFAGO, G. ; DAL BÓ, M. ; DOMINGUINI, L. . INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA E DO TRATAMENTO QUÍMICO DO ADSORVENTE NA VIDA ÚTIL DE UMA COLUNA DE ADSORÇÃO DE AZUL DE METILENO. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
DAL BÓ, M.; MACHINSKI, K. ; LIVRAMENTO, L. F. . ESTUDO DA PURIFICAÇÃO DO ÓLEO RESIDUAL DE FRITURA USANDO ARGILA BENTONÍTICA NA FABRICAÇÃO DE BIODIESEL. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
BATISTA, J. P. ; BRUNEL, M. J. ; DAL BÓ, M. ; VEFAGO, G. B. ; FIGUEIREDO, A. P. ; DOMINGUINI, L. . COMPORTAMENTO TÉRMICO DE COMPÓSITOS PS/HDL(ZN-AL) QUIMICAMENTE MODIFICADOS COM DBS E SDS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
Dal Bó, Marcelo; FREITAS, F. Q. ; RIBEIRO JUNIOR, F. B. ; POLLA, G. B. ; MENDES, B. M. ; LUZ, E. L. . Estudo das Variáveis do Processo em uma Planta Piloto Para a Produção de Biodiesel a Partir de Óleo Reciclado. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
Dal Bó, Marcelo; FREITAS, F. Q. ; FRAGNANI, A. S. ; LIVRAMENTO, L. F. ; MACHINSKI, K. . Estudo da Produção de Biodiesel a Partir da Reação de Transesterificação Usando uma Mistura Entre o Álcool Metílico e Etílico. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
Dal Bó, Marcelo; MENDES, B. M. ; LUZ, E. L. ; FIGUEIREDO, A. P. ; VEFAGO, G. B. . Disseminando o Processo de Fabricação de Biodiesel. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
MIGUEL, T. F. ; RIBEIRO JUNIOR, F. B. ; MENDES, B. M. ; MARTINS, J. C. ; Dal Bó, Marcelo ; FIGUEIREDO, A. P. ; MENEGARO, D. A. ; PERUCHI, J. M. C. ; PASCOALI, S. ; DOMINGUINI, L. . Estudo da influência da massa molar de um polifenilfosfonato nas propriedades retardantes de chama de PVC utilizados na construção civil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
Dal Bó, G. C. S. ; DAL BÓ, M. ; BERNARDIN, A. M. ; RIBEIRO JUNIOR, F. B. ; POLLA, G. B. . Reciclagem de Vidro Laminado: Uma Análise da Viabilidade de Aplicação na Indústria de Revestimentos Cerâmicos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

10.
BRUNEL, M. J. A. ; VIANA, P. M. ; FIGUEIREDO, A. P. ; VEFAGO, G. B. ; DAL BÓ, M. ; DOMINGUINI, L. . Câmpus Criciúma como meio de divulgação do ensino de química. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
Dal Bó, Marcelo; FREITAS, F. Q. ; FIGUEIREDO, A. P. . Montagem de um calorímetro: A aplicação da teoria em um experimento. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
DAL BÓ, M.; RIBEIRO JUNIOR, F. B. ; POLLA, G. B. ; MENDES, B. M. ; LUZ, E. L. ; FIGUEIREDO, A. P. ; NIERO, D. ; BERTAN, F. ; DOMINGUINI, L. . Reaproveitamento de resíduos de vidros laminados na fabricação de fritas e esmaltes cerâmicos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

13.
MENEGARO, D. A. ; LEANDRO, F. P. ; TOLEDO, A. L. S. ; MEIRA, N. S. ; FIGUEIREDO, A. P. ; DAL BÓ, M. ; SALVAN, R. ; DOMINGUINI, L. . Remoção de azul de metileno em solução aquosa por resíduos de cerâmica vermelha em coluna de leito fixo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

14.
DAL BÓ, M.; CANTAVELLA SOLER, V. ; SANCHEZ VILCHES, E. ; HOTZA, D. ; Boschi, A. O. . Estimation of quartz particle size and content from non-destructive measurements of the ceramic tile modulus of elasticity. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
DAL BÓ, M.; CANTAVELLA SOLER, V. ; SANCHEZ VILCHES, E. ; HOTZA, D. ; Boschi, A. O. . Influência das propriedades termomecânicas sobre as tensões residuais em materiais cerâmicos formados por partículas cristalinas dispersas em fase vítrea. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
DAL BÓ, M.; MENEGARO, D. A. ; MIGUEL, T. F. ; DOMINGUINI, L. . Resíduos de materiais cerâmicos como agentes adsorventes de corantes da indústria têxtil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
Dal Bó, Marcelo; Hotza, D. ; Boschi, A. O. ; Sánchez, E. ; Cantavella, V. . Efeito das partículas cristalinas de quartzo, alumina e zirconita sobre a resistência mecânica, tenacidade e tamanho do defeito natural em compósito de matriz vítrea. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
CANTAVELLA SOLER, V. ; SANCHEZ VILCHES, E. ; Gilabert, F.A. ; Dal Bó, Marcelo ; HOTZA, D. . Histéresis térmica del módulo de elasticidad en materiales tipo gres porcelánico. Análisis de variables. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
DAL BÓ, M.; Melchiades, F. G. ; Boschi, A. O. ; DACHAMIR HOTZA . Interaction between support-glaze and support-engobe in ceramic tiles. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
DAL BÓ, M.; DACHAMIR HOTZA ; Melchiades, F. G. ; Boschi, A. O. . Efeito das características dos esmaltes e engobes sobre a curvatura de placas cerâmicas. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
DAL BÓ, M.; DACHAMIR HOTZA . Use of Tailings Industry Ceramic Tiles in the Manufacture of Triaxial Refractory. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
DAL BÓ, M.; AMARAL, S. ; NEVES, W. F. . Substituicão do mercurio por água na determinação da densidade aparente do suporte cerâmico crú. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
Cantavella, V ; DAL BÓ, M. . Simulación de Tensiones Residuales en el Enfriamiento de Materiales Cerámicos. 2012.

2.
DAL BÓ, M.; CARDOSO, A. P. G. ; TACREDO, C. ; FARIA, D. C. . Controlador para um tanque de aquecimento. 2001.

3.
DAL BÓ, M.; TANCREDO, C. ; BAMPI, P. H. P. . Simulação Numérica de uma Torre de Absorção Pressurizada. 2000.

Produtos tecnológicos
1.
Dal Bó, Marcelo; DOMINGUINI, LUCAS ; Dal Bó, G. C. S. ; BERNARDIN, A. M. ; PATRICIO, J. S. . Desenvolvimento de frita cerâmica transparente brilhante para pisos com 8% de resíduo de vidro laminado. 2018.

2.
Dal Bó, Marcelo; BARBOSA, D. M. ; FREITAS, F. Q. . Porcelanato curvo. 2017.

3.
DAL BÓ, M.; OLIVEIRA, V. . Desenvolvimento de uma vetrosa a partir de vidro plano e bulbo de lâmpadas. 2009.

Processos ou técnicas
1.
DAL BÓ, M.; TACREDO, C. ; CARDOSO, A. P. G. ; FARIA, D. C. ; DONEDA, R. ; MERGEN, I. ; Novaes, A.F. . Reciclagem de embalagens poliméricas contendo filme de alumínio metálico via processamento químico. 2011.

2.
DAL BÓ, M.; NEVES, W. F. . Estação de tratamento de efluentes do Jet-Scrubber em uma indústria de revestimentos cerâmicos. 2002.

3.
DAL BÓ, M.; NEVES, W. F. ; AMARAL, S. . Desenvolvimento de uma metodologia inovadora para a determinação da densidade aparente do suporte cerâmico verde. 2002.

Trabalhos técnicos
1.
DAL BÓ, M.; DONEDA, R. ; MERGEN, I. ; TANCREDO, C. ; CARDOSO, A. P. G. ; FARIA, D. C. . Reciclagem de Películas de Plástico Envolvidas com Alumínio Metálico. 2001.


Demais tipos de produção técnica
1.
FIORIO, R. ; TONIOLO, J. C. ; Zimmer, A. ; VILLANOVA, D. L. ; FRANCISQUETTI, E. L. ; DAL BÓ, M. . Projeto pedagógico do curso de mestrado profissional em Tecnologia e Engenharia de Materiais - PPG-TEM. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Formação tecnológica).

2.
DAL BÓ, M.; Zimmer, A. ; GRANDO, S. R. . Projeto pedagógico do curso de Engenharia Química. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Formação tecnológica).

3.
DAL BÓ, M.; Zimmer, A. ; GRANDO, S. R. . Projeto pedagógico do curso Técnico em Química integrado ao ensino médio. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Formação tecnológica).

4.
DAL BÓ, M.; Zimmer, A. ; GRANDO, S. R. . Projeto pedagógico do curso de Licenciatura em Química. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Formação tecnológica).



Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 Dal Bó, Marcelo. TÊMPERA QUÍMICA EM REVESTIMENTOS CERÂMICOS. 2017, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR10201700966, título: "TÊMPERA QUÍMICA EM REVESTIMENTOS CERÂMICOS" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 08/05/2017



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Dal Bó, Marcelo; ANGIOLETTO, E.; PETERSON, M.; JUNCA, E.. Participação em banca de Alexandre Zaccaron. Estudo do processo de secagem rápida em argilas utilizadas para fabricação de cerâmica vermelha. 2018. Dissertação (Mestrado em Cìência e Engenharia de Materiais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

2.
AL-QURESHI, H. A.; Dal Bó, Marcelo; RECOUVREUX, D. O. S.. Participação em banca de Renata Fumagali Scirea. Desenvolvimento de Materiais Compósitos Cerâmico-Metal de SiC com Estrutura Biomórfica a partir de Processos de Infiltração de Ligas Metálicas de SiNi.. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
Dal Bó, Marcelo; DEMETRIO, K. B.; JUNCA, E.. Participação em banca de Natassia Bratti da Silva. Desenvolvimento e caracterização de geopolímeros a partir da cinza de casca de arroz e do lodo de anodização de alumínio.. 2018. Dissertação (Mestrado em Cìência e Engenharia de Materiais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

4.
MILIOLI, G.; LADWIG, N. I.; DAL BÓ, M.. Participação em banca de Priscila de Stefani Castro. A indústria moveleira: uma contribuição à gestão ambiental e a sustentabilidade na indústria moveleira Catarinense. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

5.
ELYSEU, F.; BERNARDIN, A. M.; DAL BÓ, M.. Participação em banca de Fábio Elyseu. Desenvolvimento de cerâmica vermelha por monoqueima rápida a partir de argilominerais. 2014. Dissertação (Mestrado em Cìência e Engenharia de Materiais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Teses de doutorado
1.
BERNARDIN, A. M.; MOREIRA, R. F. P. M.; SCHABBACH, L. M.; Fabiano Raupp Pereira; HOTZA, D.; Agenor De Noni Jr; Dal Bó, Marcelo. Participação em banca de Jucilene Feltrin. Estabilização da fase Anatase a altas temperaturas com partículas submicrométricas de Quartzo e Alumina. 2017. Tese (Doutorado em Pós Graduação em Ciências e Engenharia d Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
HOTZA, Dachamir; Dal Bó, Marcelo; Boschi, A. O.; TEM, F. J. G.; OLIVEIRA, A. P. N.; AL-QURESHI, H. A.. Participação em banca de Deyse Gonzaga Gomes Delavi. Estudo do desenvolvimento de tensões residuais macroscópicas e do comportamento de fratura de porcelanatos.. 2016. Tese (Doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
BOLZAN, A.; SOARES, C.; DAL BÓ, M.; GIACOMELLI, M. B. O.; MAGRO, J. D.; RIELLA, H. G.; FIORI, M. A.. Participação em banca de LUCAS DOMINGUINI. Síntese e caracterização de um polifenilfosfonato contendo 4,4?-dihidroxibenzofenona com potencial aplicação como agente retardante de chamas em materiais poliméricos. 2015. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Qualificações de Doutorado
1.
HOTZA, Dachamir; JANSSEN, R.; Dal Bó, Marcelo. Participação em banca de Marcelo Daniel Barros. Nano/microlayered alumina based composites with taylored crack propagation. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Pós Graduação em Ciências e Engenharia d Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Qualificações de Mestrado
1.
Zimmer, A.; LIBERATORI, J. W. C.; BRAGANCA, S. R.; DAL BÓ, M.. Participação em banca de Nivaldo José Moser. Incorporação de Aditivos Inorgânicos em Argamassa para Aumento da Resistência a Altas Temperaturas. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Profissional em Tecnologia e Engenharia de Materiais) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

2.
DAL BÓ, M.; Zimmer, A.; BRAGANCA, S. R.. Participação em banca de Joseane Cristina Kunrath Stroeher. Investigação do Efeito de Pozolanas na Permeabilidade dos Concretos Magros. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Profissional em Tecnologia e Engenharia de Materiais) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
DAL BÓ, M.; BIGUELINI, C. B.; VOOS, D.; PIRES, R.. Participação em banca de Gilson Flach.Controle de produção em uma indústria de cerâmica vermelha no Vale do Caí ? RS. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Processos Gerenciais) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

2.
DAL BÓ, M.; BIGUELINI, C. B.; CHAVES, T.; OLIVEIRA, J. C. V.. Participação em banca de Caroline Andres.Estudo da viabilidade econômico-financeira do cultivo de uva bordô orgânica em uma propriedade rural na cidade de Encruzilhada do Sul. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Processos Gerenciais) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
2º Fórum da Indústria Química Sul Catarinense. 2017. (Simpósio).

2.
57º CONGRESSO BRASILEIRO DE QUÍMICA. Incremento de resistência mecânica de porcelanatos espanholes via têmpera química. 2017. (Congresso).

3.
6º Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação do IFSC ? SEPEI 2017.Estudo da purificação do óleo residual de fritura usando argila bentonítica na fabricação de biodiesel. 2017. (Seminário).

4.
6º Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense ? SICT-Sul.Estudo da viabilidade de produção de porcelanato curvo para Aplicações especiais. 2017. (Simpósio).

5.
II Ciclo de Seminários em Química.Processos Físicos e Químicos para o Incremento de Resistência Mecânica em Materiais Cerâmicos. 2017. (Seminário).

6.
V Congresso Brasileiro de Carvão Mineral. 2017. (Congresso).

7.
5º Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação do IFSC - SEPEI 2016.Estudo das Variáveis do Processo em uma Planta Piloto Para a Produção de Biodiesel a Partir Óleo Reciclado. 2016. (Seminário).

8.
COBEQ 2016 - XXI Congresso Brasileiro de Engenharia Química. INCREMENTO DE RESISTÊNCIA MECÂNICA EM PORCELANATOS A PARTIR DA TÊMPERA QUÍMICA. 2016. (Congresso).

9.
VI Seminário de Pesquisa em Planejamento e Gestão Territorial.A Gestão da água e o uso de índices de qualidade: Um diagnóstico da qualidade dos recursos hídricos da bacia do Rio Caí (RS) com aplicação do IQA.. 2015. (Seminário).

10.
58º Congresso Brasileiro de Cerâmica. Influência das propriedades termomecânicas sobre as tensões residuais em materiais cerâmicos formados por partículas cristalinas dispersas em fase vítrea. 2014. (Congresso).

11.
58º Congresso Brasileiro de Cerâmica. Resíduos de materiais cerâmicos como agentes adsorventes de corantes da indústria têxtil. 2014. (Congresso).

12.
XIII World Congress on Ceramic Tile Quality. Estimation of quartz particle size and content from non-destructive measurements of the ceramic tile modulus of elasticity. 2014. (Congresso).

13.
2ª Mostra Técnica IFRS, Compartilhando Saberes.Aspectos Econômicos e Ambientais do Reaproveitamento de Resíduos, do Planejamento Estatístico à Análise. 2013. (Seminário).

14.
2º SAS - Seminário Anual dos Servidores do IFRS. 2013. (Seminário).

15.
2º Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense (SICT-Sul -).UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS DE MATERIAIS CERÂMICOS NA ADSORÇÃO DO CORANTE AZUL DE METILENO. 2013. (Simpósio).

16.
1º SICT-SUL - Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense.SIMULAÇÃO MATEMÁTICA DO PROCESSO DE TÊMPERA EM MATERIAIS CERÂMICOS COMPOSTOS POR UMA MATRIZ VÍTREA E PARTÍCULAS CRISTALINAS DE QUARTZO. 2012. (Simpósio).

17.
7º Workhop Internacional SENAI - Materiais. 2012. (Simpósio).

18.
Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciências dos Materiais (20° CBECiMat). Simulação do Processo de Têmpera em Compósitos de Matriz Cerâmica Formados por Partículas de Quartzo Dispersas em Uma Fase Vítrea. 2012. (Congresso).

19.
Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciências dos Materiais (20° CBECiMat). Efeito do Tamanho de Partícula e da Fração Volumétrica de Quartzo sobre o Módulo de Elasticidade em Compósito de Matriz Vítrea. 2012. (Congresso).

20.
IV Congresso da Indústria Catarinense de Revestimentos Cerâmicos‏. EFEITO DO TAMANHO DE PARTÍCULA E DA FRAÇÃO VOLUMÉTRICA DE QUARTZO SOBRE O COMPORTAMENTO DO MÓDULO DE ELASTICIDADE COM A VARIAÇÃO DA TEMPERATURA EM MATERIAIS CERÂMICOS. 2012. (Congresso).

21.
IV Congresso da Indústria Catarinense de Revestimentos Cerâmicos‏. SIMULAÇÃO DAS TENSÕES RESIDUAIS DURANTE O RESFRIAMENTO DE MATERIAIS CERÂMICOS. 2012. (Congresso).

22.
12th Conference of the European Ceramic Society. INTERACTION BETWEEN SUPPORT-GLAZE AND SUPPORT-ENGOBE IN CERAMIC TILES. 2011. (Congresso).

23.
Jornadas Infoday - Instituto de Tecnología Cerámica (ITC). 2011. (Seminário).

24.
54 Congresso Brasileiro de Cerâmica. Use of Tailings Industry Ceramic Tiles in the Manufacture of Triaxial Refractory.. 2010. (Congresso).

25.
Caracterização Mineralógica de Argilas. 2010. (Seminário).

26.
Economia de Energia Térmica na Fabricação de Revestimentos Cerâmicos. 2010. (Seminário).

27.
III Congresso da Indústria Catarinense de Revestimentos Cerâmicos. EFEITO DAS CARACTERÍSTICAS DOS ESMALTES E ENGOBES SOBRE A CURVATURA DE PLACAS CERÂMICAS. 2010. (Congresso).

28.
IV Seminário de Inovações Pedagógicas no Ensino de Graduação da UFSCar.Oficina 5 - Projetos: proposta para uma aprendizagem ativa / Oficina 3 - Práticas pedagógicas. É possível uma universidade de qualidade para todos?. 2010. (Seminário).

29.
Workshop da nanoSurf AG em SPM. 2010. (Oficina).

30.
Matérias-Primas para Suportes de Revestimentos Cerâmicos. 2005. (Seminário).

31.
Liderança e Gerenciamento de Equipes. 2004. (Seminário).

32.
Treinamento para Comitês. 2004. (Outra).

33.
XII Encontro de Mineradores e Consumidores. 2004. (Encontro).

34.
Treinamento em Prevenção de Acidentes para Componentes da C.I.P.A.. 2003. (Outra).

35.
Ciclo de Palestras da CONAQ Jr. (Você e seu futuro). 2000. (Seminário).

36.
I e II Semana Integr"ativa". 1999. (Seminário).

37.
II Congresso de Engenharia de Processos do Mercosul (EMPROMER). 1999. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
DAL BÓ, M.. V Congresso Brasileiro de Carvão Mineral. 2017. (Congresso).

2.
Dal Bó, Marcelo. 5º Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação do IFSC - SEPEI. 2016. (Outro).

3.
DIEHL, V. ; DAL BÓ, M. ; Zimmer, A. . Dia do artista ceramista na América Latina. 2014. (Outro).

4.
DIEHL, V. ; DAL BÓ, M. ; Zimmer, A. . Dia do artista ceramista na América Latina. 2013. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Vitoria Spadel Baesso. Desenvolvimento de e esmaltes cerâmicos iridescentes e cristalizantes usando resíduos de vidro. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina. (Orientador).

2.
Davi Cúnico Bonifácio. DESENVOLVIMENTO DE FRITA E ESMALTE CERÂMICO DE PORCELANATO BRILHANTE COM ALTA DUREZA E ALTA RESISTÊNCIA AO DESGASTE. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Júlio Cesar Cesino. Desenvolvimento de revestimento a base de resina de poliéster. 2007. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em GESTÃO EMPRESARIAL) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Marcelo Dal Bó.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Débora Moreira de Fúcio. Desenvolvimento de placas refratárias a partir de rejeitos da indústria cerâmica. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Materiais) - Cecrisa Revestimentos Cerâmicos Sa. Orientador: Marcelo Dal Bó.

2.
Fabrine Borges de Oliveira. Estudo das matérias primas do estado de Goiás utilizadas na produção de revestimentos cerâmicos semi grês no formato 40x40. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química Industrial) - Cecrisa Revestimentos Cerâmicos Sa. Orientador: Marcelo Dal Bó.

Iniciação científica
1.
Andriele da Silva Rodrigues. Esmaltes cerâmicos com efeitos cristalizantes fabricados a partir de resíduos de vidro. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Instituto Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcelo Dal Bó.

2.
Beatriz Alves Sartor. Esmaltes cerâmicos com efeitos cristalizantes fabricados a partir de resíduos de vidro. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Instituto Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcelo Dal Bó.

3.
Camille Mezzari Generoso. Esmaltes cerâmicos com efeitos cristalizantes fabricados a partir de resíduos de vidro. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Instituto Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcelo Dal Bó.

4.
Gustavo Felipe Goulart Carminatti. Esmaltes cerâmicos com efeitos cristalizantes fabricados a partir de resíduos de vidro. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Instituto Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcelo Dal Bó.

5.
Jessica Marcineiro da Silva. Estudo da produção de fritas iridescentes usando resíduos de vidro. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

6.
André Sorato Fragnani. Estudo da produção de fritas iridescentes usando resíduos de vidro. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

7.
Bianca Motta Florentino. Estudo da produção de fritas iridescentes usando resíduos de vidro. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

8.
João Vitor Antunes Lapolli. Estudo da produção de fritas iridescentes usando resíduos de vidro. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina. Orientador: Marcelo Dal Bó.

9.
Davi Cúnico Bonifácio. Estudo da aplicação do processo de têmpera química em porcelanatos fabricados no estado de Santa Catarina visando o incremento de resistência mecânica e redução da espessura. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

10.
Filipe dos Santos. Estudo da aplicação do processo de têmpera química em porcelanatos fabricados no estado de Santa Catarina visando o incremento de resistência mecânica e redução da espessura. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

11.
Fernanda Di Queiroz Freitas. Estudo da aplicação do processo de têmpera química em porcelanatos fabricados no estado de Santa Catarina visando o incremento de resistência mecânica e redução da espessura. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecatrônica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

12.
Camille Mezzari Generoso. Desenvolvimento de esmaltes especiais a partir de resíduos de vidro para aplicação em cerâmica artística. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Instituto Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcelo Dal Bó.

13.
Gustavo Felipe Goulart Carminatti. Desenvolvimento de esmaltes especiais a partir de resíduos de vidro para aplicação em cerâmica artística. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Instituto Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcelo Dal Bó.

14.
Liairon Elias. Desenvolvimento de esmaltes especiais a partir de resíduos de vidro para aplicação em cerâmica artística. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Instituto Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcelo Dal Bó.

15.
Yasmim Hahn Pacheco. Desenvolvimento de esmaltes especiais a partir de resíduos de vidro para aplicação em cerâmica artística. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Instituto Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcelo Dal Bó.

16.
André Sorato Fragnani. Estudo da produção de biodiesel a partir da reação de transesterificação usando uma mistura entre o álcool metílico e etílico. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

17.
João Vitor Antunes de Lima. Estudo da produção de biodiesel a partir da reação de transesterificação usando uma mistura entre o álcool metílico e etílico. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

18.
Bianca Motta Florentino. Reaproveitamento de Resíduos de Vidros Laminados na Fabricação de Fritas e Esmaltes Cerâmicos. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

19.
Fernanda Di Queiroz Freitas. Estudo das variáveis do processo em uma planta piloto para a produção de biodiesel a partir de óleo reciclado. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecatrônica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina. Orientador: Marcelo Dal Bó.

20.
Karoline Machinski. Estudo da produção de biodiesel a partir da reação de transesterificação usando uma mistura entre o álcool metílico e etílico. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

21.
Letícia Fratoni do Livramento. Estudo da produção de biodiesel a partir da reação de transesterificação usando uma mistura entre o álcool metílico e etílico. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

22.
Matheus Colle Vieira. Estudo da produção de biodiesel a partir da reação de transesterificação usando uma mistura entre o álcool metílico e etílico. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Mecatrônica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

23.
Bruna Martins Mendes. Reaproveitamento de Resíduos de Vidros Laminados na Fabricação de Fritas e Esmaltes Cerâmicos. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Edificações) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

24.
Fernanda Di Queiroz Freitas. Reaproveitamento de Resíduos de Vidros Laminados na Fabricação de Fritas e Esmaltes Cerâmicos. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecatrônica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

25.
Karoline de Villa Machinski. ESTUDO DA PRODUÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DA REAÇÃO DE TRANSESTERIFICAÇÃO USANDO UMA MISTURA ENTRE O ÁLCOOL METÍLICO E ETÍLICO. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

26.
Letícia Fratoni do Livramento. ESTUDO DA PRODUÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DA REAÇÃO DE TRANSESTERIFICAÇÃO USANDO UMA MISTURA ENTRE O ÁLCOOL METÍLICO E ETÍLICO. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

27.
Guilherme Borges Polla. Reaproveitamento de Resíduos de Vidros Laminados na Fabricação de Fritas e Esmaltes Cerâmicos. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Mecatrônica Industrial) - Instituto Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

28.
Fabio Borges Ribeiro Junior. Reaproveitamento de Resíduos de Vidros Laminados na Fabricação de Fritas e Esmaltes Cerâmicos. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Mecatrônica Industrial) - Instituto Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

29.
Emili Lavezzo Da Luz. Reaproveitamento de Resíduos de Vidros Laminados na Fabricação de Fritas e Esmaltes Cerâmicos. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Construção de Edifícios) - Instituto Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

Orientações de outra natureza
1.
Vitor Augusto Gomes Presalino. Orientação de estágio não obrigatório - Manchester Química. 2016. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina. Orientador: Marcelo Dal Bó.

2.
Emili Lavezzo Da Luz. Disseminando o processo de fabricação de Biodiesel. 2016. Orientação de outra natureza. (Técnico em Edificações) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

3.
Bruna Martins Mendes. Disseminando o processo de fabricação de Biodiesel. 2016. Orientação de outra natureza. (Técnico em Edificações) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

4.
Victor de Castro da Rosa. Monitoria em Química Geral e Experimental, Geometria Analítica e Cálculo Básico. 2015. Orientação de outra natureza. (Engenharia Mecatrônica) - Instituto Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

5.
Paloma Kaspari. Estudo do incremento de resistência mecânica em porcelanato obtido por têmpera química. 2014. Orientação de outra natureza. (Técnico em Informática) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcelo Dal Bó.

6.
Tatiane Maciel Cezar. Estudo do problema de gretagem em esmaltes cerâmicos utilizados em telhas cerâmicas. 2013. Orientação de outra natureza. (Técnico em Cerâmica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Orientador: Marcelo Dal Bó.

7.
Roberto Luciano Baumgratz Engster. Caracterização e comparação das argilas utilizadas pela Cerâmica Kaspary. 2013. Orientação de outra natureza. (Técnico em Cerâmica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Orientador: Marcelo Dal Bó.

8.
Vilmar de Oliveira. Fabricação de vetrosa de terceira queima a partir de rejeito de vidro reciclado. 2008. Orientação de outra natureza. (Técnico em Cerâmica) - SENAI - Departamento Regional de Santa Catarina. Orientador: Marcelo Dal Bó.



Inovação



Patente
1.
 Dal Bó, Marcelo. TÊMPERA QUÍMICA EM REVESTIMENTOS CERÂMICOS. 2017, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR10201700966, título: "TÊMPERA QUÍMICA EM REVESTIMENTOS CERÂMICOS" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 08/05/2017


Programa de computador sem registro
1.
Cantavella, V ; DAL BÓ, M. . Simulación de Tensiones Residuales en el Enfriamiento de Materiales Cerámicos. 2012.


Produto tecnológico
1.
DAL BÓ, M.; OLIVEIRA, V. . Desenvolvimento de uma vetrosa a partir de vidro plano e bulbo de lâmpadas. 2009.

2.
Dal Bó, Marcelo; BARBOSA, D. M. ; FREITAS, F. Q. . Porcelanato curvo. 2017.


Processos ou técnicas
1.
DAL BÓ, M.; NEVES, W. F. . Estação de tratamento de efluentes do Jet-Scrubber em uma indústria de revestimentos cerâmicos. 2002.

2.
DAL BÓ, M.; TACREDO, C. ; CARDOSO, A. P. G. ; FARIA, D. C. ; DONEDA, R. ; MERGEN, I. ; Novaes, A.F. . Reciclagem de embalagens poliméricas contendo filme de alumínio metálico via processamento químico. 2011.

3.
DAL BÓ, M.; NEVES, W. F. ; AMARAL, S. . Desenvolvimento de uma metodologia inovadora para a determinação da densidade aparente do suporte cerâmico verde. 2002.


Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Dal Bó, Marcelo; FREITAS, F. Q. ; FRAGNANI, A. S. ; FLORENTINO, B. M. ; Dal Bó, G. C. S. . Projeto pesquisa transformação de resíduos de vidro em esmalte cerâmico. Portal Engeplus, Criciúma, SC, 20 jun. 2017.


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
FIORIO, R. ; TONIOLO, J. C. ; Zimmer, A. ; VILLANOVA, D. L. ; FRANCISQUETTI, E. L. ; DAL BÓ, M. . Projeto pedagógico do curso de mestrado profissional em Tecnologia e Engenharia de Materiais - PPG-TEM. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Formação tecnológica).

2.
DAL BÓ, M.; Zimmer, A. ; GRANDO, S. R. . Projeto pedagógico do curso de Engenharia Química. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Formação tecnológica).

3.
DAL BÓ, M.; Zimmer, A. ; GRANDO, S. R. . Projeto pedagógico do curso Técnico em Química integrado ao ensino médio. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Formação tecnológica).

4.
DAL BÓ, M.; Zimmer, A. ; GRANDO, S. R. . Projeto pedagógico do curso de Licenciatura em Química. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Formação tecnológica).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/01/2019 às 23:26:11