Renata Evangelista de Oliveira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6777223792862756
  • Última atualização do currículo em 06/02/2018


Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1993), mestrado em Ciências Florestais pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz - ESALQ/USP (1997) e doutorado em Ciência Florestal pela Universidade Estadual Paulista - FCA/UNESP (2011). Atualmente é professora adjunta (Professor Adjunto III) na Universidade Federal de São Carlos (Departamento de Desenvolvimento Rural). É membro fundador da REBRE - Rede Brasileira de Restauração Ecológica. Sua atuação recente enfoca projetos de pesquisa e extensão nas áreas de restauração florestal e silvicultura de espécies nativas; sistemas agroflorestais; agroextrativismo e manejo de produtos da sociobiodiversidade e agroecologia. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Renata Evangelista de Oliveira
Nome em citações bibliográficas
OLIVEIRA, R. E.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de São Carlos, Centro de Ciências Agrárias da UFSCAR.
Via Anhanguera (SP-330), Km 174
Universidade
13600970 - Araras, SP - Brasil
Telefone: (19) 35432888
Fax: (19) 35432617
URL da Homepage: www.cca.ufscar.br


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2011
Doutorado em Ciência Florestal.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: O estudo da arte da ecologia da restauração e sua relação com a restauração de ecossistemas florestais no bioma Mata Atlântica, Ano de obtenção: 2011.
Orientador: Vera Lex Engel.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Restauração florestal; Florestas tropicais; Mata Atlântica.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Restauração Ecológica / Especialidade: Restauração Florestal.
1994 - 1997
Mestrado em Ciências Florestais.
Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, ESALQ, Brasil.
Título: Aspectos da dinâmica de um fragmento florestal em piracicaba - SP: silvigênese e ciclagem de nutrientes,Ano de Obtenção: 1997.
Orientador: Fábio Poggiani.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1989 - 1993
Graduação em Engenharia Florestal.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Programa Especial de Treinamento - PET/CAPES.
Orientador: Prof. Dr. Ricardo Antonio de Arruda Veiga.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2016
Oficina de alinhamento conceitual sobre Resiliência da Agricultura Familiar. (Carga horária: 48h).
Instituto Ouro Verde, IOV, Brasil.
2001 - 2001
Capacitação em Manejo de Bacias Hidrográficas. (Carga horária: 16h).
Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais, IPEF, Brasil.
1998 - 1998
Desenvolvimento de Equipes. (Carga horária: 18h).
Instituto para Desenvolvimento do Ser Humano e Suas Instituições, IGARA, Brasil.
1998 - 1998
Remote Sensing for Landscape Ecology. (Carga horária: 16h).
Sociedade de Especialistas Latino-americanos em Sensoriamento Remoto, SELPER, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto III, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professora do Ensino Superior, Departamento de Desenvolvimento Rural (Área: Recursos florestais e Agroecologia)

Atividades

12/2011 - Atual
Direção e administração, Centro de Ciências Agrárias da UFSCAR, .

Cargo ou função
Coordenadora de Curso de Agroecologia (08/2012 a 08/2014).
08/2011 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Universidade Federal de São Carlos - Campus Araras, .

08/2011 - Atual
Ensino, Bacharelado em Agroecologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Agroecologia
Agroecologia e Educação Popular: Diálogos (Atividade curricular integradora entre Ensino Pesquisa e Extensão)
Florestas e Sociedade
Legislação Ambiental
Manejo e Conservação de Ecossistemas
Reprodução e Manejo de Espécies Florestais Exóticas e Nativas
Sistemas Agroflorestais
08/2011 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Centro de Ciências Agrárias da UFSCAR, Centro de Ciências Agrárias da UFSCAR.

Atividade realizada
Membro do Conselho Científico do Grupo Temático de Polísticas Públicas - GTPP/IPEF (Desde 2014).
08/2011 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Agrárias da UFSCAR, Departamento de Agroecologia.

Cargo ou função
Membro da Sub Comissão de Adequação Ambiental do Campus (Vigente - desde 2013).

Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, ESALQ, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2008
Vínculo: Professor assistente, Enquadramento Funcional: Professor assistente em regime de RTC, Carga horária: 24

Atividades

8/2006 - 12/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Ciências Florestais, .

Cargo ou função
Membro do Conselho de Departamento.
5/2005 - 12/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, .

Cargo ou função
Membro da Congregação.
02/2005 - 12/2008
Ensino, Gestão Ambiental, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Auditoria e Certificação Ambiental
02/2005 - 12/2008
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Recursos Florestais em Propriedades Agrícolas
02/2005 - 12/2008
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Silvicultura Tropical
8/2004 - 12/2008
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Ciências Florestais, .

Linhas de pesquisa
Restauração florestal

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2011
Vínculo: Doutoranda (Bolsista), Enquadramento Funcional: Aluna de pós graduação - Doutorado, Carga horária: 40
Outras informações
Responsável pela pesquisa "O estado da arte da ecologia da restauração e sua relação com a restauração de ecossistemas florestais no Bioma Mata Atlântica" (Projeto financiado pela FAPESP)


Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais, IPEF, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Consultora colaboradora, Enquadramento Funcional: Coordenadora Técnica, Carga horária: 8
Outras informações
Coordenadora Técnica do Programa Cooperativo de Silvicultura de Nativas - PCSN. As principais linhas de atuação e pesquisa do Programa são Restauração Florestal e Silvicultura de espécies arbóreas nativas, aliadas a programas de desenvolvimento e capacitação, bem como adequação legal e políticas públicas.


Serviço Nacional do Comércio, SENAC, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2005
Vínculo: Professor horista, Enquadramento Funcional: Professor adjunto I, Carga horária: 8

Atividades

8/2001 - 06/2005
Ensino, Tecnologia Em Gestão Ambiental, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia
Ecologia I
Ecologia II
Elaboração de Projetos na Área Ambiental II
Gestão Ambiental Rural
Gestão da Biodiversidade

Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Professor convidado, Enquadramento Funcional: Professor convidado
Outras informações
Professora responsável pela disciplina "Restauração de áreas florestais degradadas", obrigatória no Curso de Especialização em Bioecologia e Conservação, ministrada anualmente. Disciplina ministrada em 2007 e 2008, com carga horária total de 20 horas/aula.


Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais, IPEF, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2005
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Engenheira Florestal Consultora, Carga horária: 24

Vínculo institucional

1996 - 2005
Vínculo: Eng. florestal/consultora, Enquadramento Funcional: Consultora, Carga horária: 24

Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Engenheira Florestal Consultora, Carga horária: 40

Vínculo institucional

1996 - 1997
Vínculo: Funcionária, Enquadramento Funcional: Engenheira florestal, Carga horária: 40

Atividades

10/1999 - 1/2005
Serviços técnicos especializados , Programa Temático Em Educação e Conservação Ambiental, .

Serviço realizado
Técnica responsável por projeto de pesquisa.
10/1998 - 5/1999
Serviços técnicos especializados , Convênio Cesp Ipef, .

Serviço realizado
Coordenação técnica do Convênio CESP/IPEF.
10/1996 - 5/1999
Serviços técnicos especializados , Programa Temático em Gestão Ambiental PCNAT, .

Serviço realizado
Coordenação técnica e administrativa de programa temático.

Faculdade Tecnológica INED - CBTA de Rio Claro, CBTA/INED, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor mestre, Carga horária: 4
Outras informações
Professora responsável pela disciplina "Recuperação de áreas degradadas", com carga horária de 04 horas/aula semanais, no Curso de Gestão Ambiental



Linhas de pesquisa


1.
Restauração florestal
2.
Silvicultura de espécies nativas
3.
Restauração Florestal
4.
Agroflorestas e Agroextrativismo
5.
Manejo de produtos da sociobiodiversidade
6.
Conservação da biodiversidade
7.
Agroecologia


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
PESQUISA-AÇÃO PARA A AVALIAÇÃO E FORTALECIMENTO DA RESILIÊNCIA DA AGRICULTURA FAMILIAR NA AMAZÔNIA (MT)
Descrição: Este projeto de pesquisa baseia-se em uma visão sistêmica sobre a agricultura familiar, considerando toda a sua complexidade. Está estruturado na necessidade de reinvenção das estratégias de resiliência da agricultura familiar e nos desafios teóricos e práticos associados a esta idéia, envolvendo a articulação de pesquisa interdisciplinar com ações de formação e extensão, com ênfase em: (i) formas de ocupação da paisagem e uso de recursos naturais; (ii) interações sociais, cultura e modos de vida; (iii) governança, gestão e instituições; (iv) relações econômicas e de mercado. Inclui as relações com atores e processos - em diferentes escalas- que provocam mudanças sociais e ambientais, com vistas a um diagnóstico de como essas interações moldam o comportamento individual e as estruturas sociais, e de como afetam a paisagem e o território. O projeto abrange dez municípios, nas regiões Norte e Noroeste do estado do Mato Grosso (circunscritas à Amazônia Legal), que perfazem duas paisagens muito distintas em termos de cobertura vegetal e uso do solo. A região Norte (instituída pelo Governo Federal como Território da Cidadania Portal da Amazônia) caracteriza-se por intensa degradação e fragmentação florestal advindas de processos históricos de ocupação do solo. Já no Noroeste a matriz ainda é predominantemente florestal, com vegetação bem conservada, o que consubstancia modelos e sistemas de produção (e escolha de espécies) bastante distintos nas duas paisagens. Pensar a resiliência da agricultura familiar nessas duas regiões envolve o imenso desafio de caracterizá-las, estudá-las, e de propor estratégias de fortalecimento deste segmento em suas áreas de abrangência. Com foco na resiliência da agricultura familiar na Amazônia matogrossense, este projeto têm ênfase interdisciplinar e abrange seis linhas de pesquisa principais, relacionadas aos modos de vida nesses territórios e a distintos sistemas de produção: (i) Modos de Vida e Resiliência; (ii) Organização e bem-estar social, aprendizagens e história da agricultura familiar; (iii) Soberania alimentar; (iv) Pecuária de leite; (v) Sistemas agroflorestais e (vi) Manejo Florestal; em seis escalas: parcela, unidade de produção (propriedade rural), comunidade, município, território e Amazônia mato-grossense. O arranjo institucional para a pesquisa envolve duas organizações não governamentais (Instituto Ouro Verde e Instituto Centro de Vida), com articulação direta com grupos de agricultores, e cinco universidades (Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT, Universidade da Flórida - UF, Universidade Federal de São Carlos - UFSCar, Universidade de São Paulo - USP; e Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG). O projeto estabelece mecanismos específicos para a interação entre os atores envolvidos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
GEOTECNOLOGIAS NA GESTÃO AGROAMBIENTAL DE BACIAS HIDROGRÁFICAS EM DIFERENTES ESCALAS
Descrição: Este projeto visa o estudo de metodologias para elaboração de diagnóstico e plano de gestão de bacias hidrográficas, a fim de garantir melhor qualidade da paisagem e de seus recursos hídricos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Renata Evangelista de Oliveira - Integrante / Adriana Cavalieri Sais - Coordenador / Gisiliana de Oliveira Barbosa - Integrante / Andrea Lage de Oliveira - Integrante.
2015 - Atual
SERVIÇOS AMBIENTAIS EM AGROECOSSISTEMAS PECUÁRIOS NO DOMÍNIO DA FLORESTA ATLÂNTICA
Descrição: Serviços ecossistêmicos são serviços derivados do ambiente que beneficiam a sociedade. Apesar de sua importância, a capacidade dos ecossistemas de proverem esses serviços está sendo degradada a uma taxa alarmante. Para que sejam tomadas medidas efetivas para a recuperação desses serviços, é necessário que se tenha em mãos um conjunto de indicadores capazes de dar suporte à decisão. Indicadores para serviços de regulação apresentam limitações. Uma abordagem se baseia no estudo da relação entre diversidade funcional, propriedades ecossistêmicas e serviços ecossistêmicos. Este projeto tem por objetivo avaliar os serviços ecossistêmicos relacionados à estrutura e a biodiversidade vegetal (taxonômica e funcional) e sua relação com a produção de alimento e de biomassa e serviços de regulação e de suporte (manutenção de água e fertilidade do solo) em sistemas florestais e pecuários no domínio da floresta Atlântica. Para isso foram identificadas as propriedades relacionadas aos serviços ecossistêmicos de interesse e selecionadas metodologias para sua avaliação direta. As duas abordagens (avaliação direta e estudo dos atributos funcionais) serão utilizadas em quatro formas de uso da terra com níveis crescentes de complexidade - pastagem solteira convencional; sistema silvipastoril de baixa diversidade; sistema silvipastoril de maior diversidade; e mata no domínio da floresta Atlântica. Ao final deste projeto será possível quantificar a provisão dos serviços ecossistêmicos selecionados nos diferentes sistemas pecuários; comparar o uso de métodos diretos de avaliação de serviços ecossistêmicos com a previsão da oferta de serviços ecossistêmicos baseada nos atributos funcionais e sua associação aos processos ecossistêmicos; e indicar estratégias apropriadas para produzir bens e serviços ecossistêmicos de forma mais equilibrada em sistemas pecuários..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2014
CONSTRUÇÃO DE BOAS PRÁTICAS DE MANEJO PARA EXTRATIVISMO DO BABAÇU POR QUEBRADEIRAS DE COCO, PIAUÍ

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Mariana Aparecida Carvalhaes em 30/08/2012.
Descrição: A palmeira babaçu (Attalea speciosa) é uma espécie secundária apresenta densidades diferentes na paisagem rural dependendo das práticas silviculturais e agrícolas adotadas, podendo alcançar 80% de dominância, especialmente em áreas submetidas a frequentes queimadas no nordeste e centro-oeste do Brasil. Do ponto de vista socioeconômico, a amêndoa do babaçu é o segundo mais importante produto florestal não-madeireiro (PFNM) brasileiro, sendo fonte essencial de renda para cerca de 350.000 trabalhadores rurais, principalmente na entressafra agrícola. Apesar da secular exploração do babaçu há uma lacuna no conhecimento científico sobre o seu efeito sobre as populações de palmeiras. Para contribuir para geração de conhecimento técnico-científico estão sendo realizados estudos sobre a estrutura populacional e diversidade genética em florestas de babaçu do Piauí, sob diferentes intensidades de exploração. Esta informação está sendo agregada às práticas de manejo hoje adotadas pelas quebradeiras e utilizada na elaboração e validação participativa de boas práticas de manejo de babaçu, através de oficinas. Entenda-se aqui por boas práticas de manejo como as melhores práticas de manejo aplicáveis para uma unidade de manejo florestal, considerando suas características e os condicionantes sócioculturais, ambientais e o conhecimento técnico-científico existente; conforme a geração de conhecimento avança há um aprimoramento nas práticas adotadas. A estratégia é contribuir para a sustentabilidade da atividade com a democratização do conhecimento, o fortalecimento das quebradeiras de coco para tomada de decisões e o estabelecimento das boas práticas de manejo dos babaçuais. Projeto aprovado no Edital MDA/SAF/CNPq ? Nº 58/2010.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Renata Evangelista de Oliveira - Integrante / Mariana Aparecida Carvalhaes - Coordenador / Maria José Brito Zakia - Integrante / Kaesel Jackson Damasceno da Silva - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2007 - 2011
O ESTADO DA ARTE DA ECOLOGIA DA RESTAURAÇÃO E SUA RELAÇÃO COM A RESTAURAÇÃO DE ECOSSISTEMAS FLORESTAIS NO BIOMA MATA ATLÂNTICA
Descrição: No Brasil, devido à exigência legal e também à pressão da sociedade em geral, tem-se um aumento crescente das iniciativas, pesquisas e ações de restauração florestal nas últimas décadas. As primeiras pesquisas foram motivadas pela necessidade de manutenção de serviços ambientais realizados por ecossistemas florestais, e a busca por modelos silviculturalmente e ecologicamente adequados nortearam as pesquisas, inserindo nos modelos conceitos como sucessão ecológica, diversidade, raridade de espécies, etc. Atualmente, as pesquisas continuam focadas em testar métodos mais eficientes de restauração, e envolver os ?atores? presentes no atual cenário rural brasileiro. Aparentemente, muitos dos questionamentos e pressupostos referentes à restauração ecológica, colocados internacionalmente, parecem enquadrar-se perfeitamente à restauração florestal no Brasil. Esta pesquisa teve como objetivos (i) levantar o arcabouço teórico já desenvolvido para a ecologia da restauração, com foco nos pressupostos para o desenvolvimento da restauração ecológica e da restauração de ecossistemas florestais (ii) analisar o estado da arte da restauração florestal no Brasil, tendo como foco principal as ações, métodos e técnicas desenvolvidos para os ecossistemas florestais presentes no Bioma Mata Atlântica, e elencar seus rumos e principais desafios; (iii) avaliar as contribuições dos projetos e ações em restauração florestal para o desenvolimento da ecologia da restauração. Para isso, será realizada (i) uma investigação teórico-conceitual, sobre os processos de degradação e necessidade de restauração de ecossistemas, (ii) uma análise documental e construção de uma linha do tempo, com foco na restauração ecológica, (iii) uma análise comparativa do arcabouço bibliográfico existente para a Ecologia da Restauração, em diferentes regiões no mundo e para diferentes biomas, e estabelecimento de linhas temáticas comuns, (iv) uma análise da evolução histórica da pesquisa em restauração florestal no Bras.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2005
INDICADORES DE DEGRADAÇÃO AMBIENTAL DA MICROBACIA DO RIBEIRÃO SAMAMBAIA, SÃO PEDRO - SP: UMA PROPOSTA DE PLANEJAMENTO PARA RECUPERAÇÃO
Descrição: O projeto de pesquisa teve como objetivo a caracterização de uma microbacia hidrográfica, visando o desenvolvimento de um índice espacial para classificação de microbacias, e implantar um sistema de planejamento, recuperação e gerenciamento da mesma, com o auxílio de um sistema de informações geográficas (SIG). A partir dos índices encontrados, e com base na legislação vigente, foi proposto um programa de recuperação, e definidas as ações de restauração a serem empregadas em cada caso, visando o resgate das funções ecológicas dos ecossistemas ripários na bacia..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Renata Evangelista de Oliveira - Integrante / Leonrado Rios - Coordenador / MArta Felícia Marujo Ferreira - Integrante / Carmem Lúcia Rodrigues - Integrante / André Cotti Moreira - Integrante / Luiz Lira Ferreira Júnior - Integrante / Pedro Cuba - Integrante.Financiador(es): Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial/RJ - Remuneração.Número de orientações: 1


Projetos de extensão


2017 - 2017
SAF pra comer: implantação de um sistema agroflorestal com espécies alimentícias em assentamento rural
Descrição: Atividade (Projeto) de extensão.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Renata Evangelista de Oliveira - Coordenador / Rodolfo Antonio de Figueiredo - Integrante / Renata Sebastiani - Integrante / Bruna Aparecida da Silva - Integrante.
2016 - 2016
Diálogos entre agroecologia e educação popular
Descrição: ACIEPE.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2015 - Atual
Múltiplas ações para melhorar a eficiência em pequenos produtores de leite a pasto
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2015 - Atual
Agroecologia e Educação Popular: Diálogos
Descrição: De acordo com Brandão (1984) a Educação Popular é uma práxis educativa que tem como premissa fundamental a promoção de uma "educação libertadora". Será aqui entendida, conforme apontam Vasconcelos e Oliveira (2009), como um processo de humanização, um ato político, de conhecimento e de criação, que ocorre no diálogo entre seres humanos, sujeitos de sua vida, e que, solidariamente, fazem e refazem o mundo. A Pesquisa-ação, por sua vez, é um tipo de pesquisa social com base empírica que é concebida e realizada em estreita associação com uma ação ou com a resolução de um problema coletivo e no qual os pesquisadores e os participantes representativos da situação ou do problema estão envolvidos de modo cooperativo ou participativo (THIOLLENT, p.14). Esse autor mostra também a relevância da formação dentro do conceito da Pesquisa-ação, quando afirma que ela não se restringe à simples ação: Pretende-se aumentar o conhecimento dos pesquisadores e o conhecimento ou o "nível de consciência" das pessoas e grupos considerados. [...] A ênfase da Pesquisa-ação pode ser dada a três aspectos: resolução de problemas, tomada de consciência ou produção de conhecimento (p.16-18). O contato com essas linhas de pensamento/ciências e sua abrangência são fundamentais para o desenvolvimento do pensamento crítico que se espera no âmbito da universidade, e apresentam-se como práticas transformadoras de vários contextos sociais. O aprendizado através da proposição de intervenções, voltado à solução de problemas também é uma prática interessante para a formação universitária e prevista no Plano Pedagógico do Curso de Agroecologia. O desafio é relacionar o embasamento teórico à prática da utilização de recursos em diferentes realidades (seja ela rural ou urbana). Esta atividade curricular integradora entre Ensino, Pesquisa e Extensão visa (i) Apresentar aos alunos do Centro de Ciências Agrárias as premissas básicas da Agroecologia, da Educação Popular e Pesquisa Ação; (ii) Desafiar os educandos à utilização prática dessas premissas como transformadoras da realidade. A ACIEPE foi criada em 2015, e terá continuidade em 2016, com a mesma proposta..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Renata Evangelista de Oliveira - Coordenador / Valéria Oliveira de Vasconcelos - Integrante.
2014 - 2015
Universidade e Comunidade: cinco minutos para saber mais
Descrição: Gravações incluídas em programas de rádio na Rádio Rural de Araras, sobre temas diversos incluindo Educação, Saúde e Meio Ambiente..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2014
Vivências em Educação Popular junto ao Núcleo de Apoio à População Ribeirnha da Amazônia (NAPRA)
Descrição: Para o projeto de Extensão Universitária consideramos que, em uma sociedade com tamanha desigualdade social como a brasileira, faz-se necessário o posicionamento político claro em prol de que e de quem o grupo extensionista irá se posicionar. Somente com esse ponto de partida é possível um diálogo verdadeiro com as camadas populares, como nos ensina Freire (1987). Inserido nesse contexto, o NAPRA, uma organização não governamental sem fins lucrativos, que atua na região do baixo Rio Madeira há mais de quinze anos, desenvolve atividades interdisciplinares que abrangem questões de Saúde, Educação, Produção e geração de renda. A equipe é composta por dezenas de estudantes e profissionais de diversas áreas do conhecimento, como medicina, psicologia, educação física, pedagogia, odontologia, fisioterapia, engenharia, direito, ciências sociais, farmácia, biologia, enfermagem, entre outros, de diferentes IES, principalmente do estado de São Paulo. A estrutura do projeto permite que os estudantes, orientados por profissionais, participem de toda construção das atividades, além da atuação em campo, proporcionando assim a oportunidade de utilizar e confrontar, na prática, os conhecimentos adquiridos nas universidades. Essas ações extensionistas possibilitam também a aproximação entre os saberes tradicionais e os saberes acadêmicos, numa troca permanente que contribui para o desenvolvimento de uma maior consciência da importância do trabalho social para a busca de uma sociedade mais equitativa. Cabe ressaltar que todo o funcionamento do NAPRA se pauta no trabalho voluntário de profissionais e estudantes..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2012 - 2016
GEER - Grupo de Estudos em Ecologia da Restauração (Programa de Extensão)
Descrição: Atividades de extensão realizadas: Treinamento em identificação de espécies de árvores e arbustos da matinha do CCA/UFSCar, no contexto das demandas em adequação ambiental das propriedades rurais da região de Araras (2015); Demandas em restauração florestal em propriedades rurais da região de Araras: encontros sobre saberes e ambiente (2014); Exposição fotográfica "As imagens da des-sustentabilidade" ? degradação e restauração na realidade rural em Araras (2014); Simpósio "Reflorestamento e adequação ambiental" - Mini curso CAR (Cadastro Ambiental Rural) (2015)..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Renata Evangelista de Oliveira - Integrante / Alessandra dos Santos Penha - Coordenador.
2009 - Atual
Agroecologia, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente (Programa de extensão)
Descrição: Há um grande potencial para a realização de diferentes articulações entre atividades de ensino, pesquisa e extensão na área de Agroecologia, desenvolvimento rural sustentável e meio ambiente, o que se explica, primeiramente, pelo aspecto inovador e recente de grande parte das iniciativas da sociedade, do Estado e dos agentes econômicos neste campo, o que inclui, além da produção agropecuária em bases orgânicas/ecológicas e proteção ao meio ambiente natural, uma complexa interação com a reconstituição do trabalho e dos espaços habitados no meio rural, a realização de atividades não-agrícolas, o beneficiamento artesanal ou semi-artesanal, a criação de canais de comercialização e o incentivo a uma renovação cultural e uma difusão com aprofundamento da compreensão de informações agroecológicas e ambientais. Este programa de extensão tem como objetivos (i) desenvolvimento e validação de tecnologias voltadas a produção orgânica/ecológica, por meio de metodologias participativas, integrando docentes, estudantes de graduação, pós ?graduação, e agricultores familiares da região. (ii) desenvolvimento no meio rural de novas práticas sociais voltadas para a recuperação ecológica, a gestão de resíduos e a restauração e uso sustentável de ecossistemas; (iii) - realização de atividades que favoreçam a inserção da agroecologia e sua articulação com programas de educação ambiental no sistema de ensino básico, fundamental e médio; (iv) participação na formulação e implementação de políticas públicas voltadas para a agroecologia, a recuperação ecológica e o uso sustentável de recursos naturais; (v) ações visando a articulação entre os ganhos sociais, econômicos e ambientais numa dada localidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Projetos de desenvolvimento


2006 - 2006
COLETA E SISTEMATIZAÇÃO DE INFORMAÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO DE UM PROGRAMA DE RESTAURAÇÃO EM LARGA ESCALA PARA A MATA ATLÂNTICA
Descrição: Em janeiro de 2006, foi estabelecida uma parceria entre o IPEF - Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais e a TNC - The Nature Conservancy do Brasil, para desenvolvimento de uma ampla coleta de informações, voltada ao planejamento e implantação de um programa de restauração florestal em larga escala para a Mata Atlântica. O enfoque desta pesquisa foi: - avaliação do potencial da indústria florestal com espécies nativas na Mata Atlântica (principalmente no que se refere à avaliação de potencial de mercado, legislação associada à questão e aspectos voltados ao reflorestamento com espécies florestais nativas e ao manejo florestal); - descrição do setor florestal brasileiro (com enfoque nas empresas presentes no Domínio da Mata Atlântica) quanto às questões ambientais e legais vinculadas à restauração florestal no Brasil (principalmente cumprimento da legislação no que tange às áreas de preservação permanente e de reserva legal); e suas motivações e entraves. De janeiro a setembro de 2006, foi realizada a coleta e avaliação de dados primários e secundários, divididos em quatro temas específicos: (i) legislação ambiental e florestal no Brasil, bem como políticas e programas no âmbito federal e estadual, voltados ou vinculados à questão da restauração florestal e do manejo de produtos florestais madeireiros e não madeireiros; (ii) produtos e mercados oriundos da biodiversidade na Mata Atlântica envolvendo produtos madeireiros e não madeireiros, (iii) bases teóricas, tecnológicas, econômicas e sociais voltadas ao sucesso da restauração florestal; (iv) avaliação do setor florestal brasileiro, principalmente a partir das empresas presentes no domínio da Mata Atlântica, voltada às possibilidades de estabelecimento de parcerias e desenvolvimento de programas de restauração florestal (com enfoque em atividades de fomento e cumprimento da legislação)..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Renata Evangelista de Oliveira - Coordenador / João Dagoberto dos Santos - Integrante / Vânia Korman - Integrante / Mariana Aparecida Carvalhaes - Integrante / Mariana Vedoveto - Integrante / Paola Mazzela - Integrante / Débora Romando Camilo - Integrante.Financiador(es): The Nature Conservancy do Brasil - Cooperação.
2000 - 2001
PROJETO BANCO ATIVO DE GERMOPLASMA
Descrição: O projeto Banco Ativo de Germplasma refere-se ao resgate de germoplasma de populações de espécies arbóreas nativas na região de Primavera - SP. A região sofreu alagamento, em função do enchimento da Usina Hidrelétrica Sérgio Motta (conhecida como Usina de Porto Primavera), a partir de 2000. O projeto prevê o armazenamento de sessenta e seis espécies, para os dois biomas encontrados na região (floresta estacional semidecidual e cerradão), para o delineamento de uma futura área de coleta de sementes dessas espécies, planejada de forma geneticamente adequada para garantir a qualidade dessas sementes..
Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Renata Evangelista de Oliveira - Integrante / Flávio Bertin Gandara - Integrante / Paulo Yoshio Kageyama - Coordenador / Washington Geres - Integrante / Luís Henrique Pinheiro Dias - Integrante.Financiador(es): Companhia Energética de São Paulo - Cooperação.
1999 - 2005
PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS E SUA INTER-RELAÇÃO COM AS COMUNIDADES CIRCUNDANTES
Descrição: O principal objetivo do projeto foi o desenvolvimento de pesquisas envolvendo as questões referentes à restauração de florestas nativas, nas áreas de reservatórios e tributários sob responsabilidade da Duke Energy International (empresa geradora de energia elétrica). As pesquisas desenvolvidas procuraram dar subsídios prático e teórico às ações de restauração florestal. Foram realizadas atividades de planejamento, seleção e preparação de três áreas demonstrativas implantadas com diferentes modelos de restauração de matas ciliares no entorno das usinas nos estados de São Paulo e Paraná. O propósito da criação destas áreas foi possibilitar inferências sobre os modelos e métodos de implantação, condução e manejo de florestas mistas de proteção em grande escala pela empresa nos reservatórios das usinas. A partir de levantamentos e análises realizados nessas áreas demonstrativas, surgiu a necessidade de se responder a novas questões relativas aos métodos de implantação de florestas nativas visando a restauração florestal. Foram delineados quatro novos experimentos, que, resumidamente, oferecem a possibilidade de identificar métodos de formação e condução de florestas mistas com espécies arbóreas nativas que apresentem maior viabilidade econômica na implantação e manutenção dos plantios, ao mesmo tempo em que avança nas questões referentes à sustentabilidade ecológica dos sistemas florestais em formação e aspectos funcionais do mesmos. Trata-se de experimentos que testam: a utilização de leguminosas na entrelinha de plantio; a eficiência da utilização de herbicida; o uso diferentes densidade de plantio e refinamento na alocação das mudas em campo, e; diferentes métodos de aplicação de fertilizantes..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Renata Evangelista de Oliveira - Integrante / Flávio Bertin Gandara - Integrante / Eduardo Gusson - Integrante / Paulo Yoshio Kageyama - Coordenador / Ivan Takeshi Toyama - Integrante / Rogério Canovas - Integrante / Miguel Conrado Filho - Integrante.Financiador(es): Agência Nacional de Energia Elétrica - Outra.
Número de produções C, T & A: 2


Revisor de periódico


2015 - Atual
Periódico: CERNE (UFLA)
2015 - Atual
Periódico: Revista Ciência, Tecnologia e Ambiente
2016 - Atual
Periódico: Coffee Science
2017 - Atual
Periódico: CIENCIA RURAL


Revisor de projeto de fomento


2012 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Sistemas Agroflorestais.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Restauração florestal.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura de espécies nativas.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Agroextrativismo e manejo de produtos da sociobiodiversidade.
5.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Agroecologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CAVALIERI, Adriana2018CAVALIERI, Adriana ; OLIVEIRA, R. E. . Distribuição de Sistemas Agroflorestais no Estado De São Paulo: apontamentos para restauração florestal e produção sustentável. REDES (SANTA CRUZ DO SUL. ONLINE), v. 23, p. 1, 2018.

2.
OLIVEIRA, R. E.2017OLIVEIRA, R. E.; CAVALIERI, Adriana . Análise de instrumentos jurídicos para áreas de reserva legal em São Paulo: 2001 a 2016. ESPACIOS (CARACAS), v. 38, p. 31-44, 2017.

3.
FIGUEIREDO, Rodolfo Antonio de2017FIGUEIREDO, Rodolfo Antonio de ; ALCANTARA, Liliane Cristine Schlemer ; MORAIS, Jozivaldo Prudêncio Gomes de ; CAVALIERI, Adriana ; OLIVEIRA, R. E. . Resiliência em sistemas socioecológicos, paisagem rural e agricultura. REVISTA CIÊNCIA, TECNOLOGIA & AMBIENTE (ONLINE), v. 5, p. 1, 2017.

4.
OLIVEIRA, R. E.2017 OLIVEIRA, R. E.; ENGEL, V. L. . Indicadores de monitoramento da restauração na Floresta Atlântica e atributos para ecossistemas restaurados. SCIENTIA PLENA, v. 13, p. 1-13, 2017.

5.
OLIVEIRA, R. E.2017OLIVEIRA, R. E.; ENGEL, V. L. . A restauração florestal na Mata Atlântica: três décadas em revisão. REVISTA CIÊNCIA, TECNOLOGIA & AMBIENTE (ONLINE), v. 5, p. 1-9, 2017.

6.
OLIVEIRA, R. E.2016OLIVEIRA, R. E.; VASCONCELOS, V. O. . Diálogos entre agroecologia e educação popular: práxis e extensão. Revista Elo - Diálogos em extensão, v. 05, p. 34-39, 2016.

7.
OLIVEIRA, R. E.2016 OLIVEIRA, R. E.; CARVALHAES, M. A. . Agroforestry as a tool for restoration in Atlantic Forest: can we find multipurpose species?. OECOLOGIA AUSTRALIS, v. 20, p. 425-435, 2016.

8.
OLIVEIRA, R. E.2015OLIVEIRA, R. E.; SAIS, A. C. . Diagnóstico ambiental da bacia hidrográfica do córrego Araruna para a restauração florestal em áreas produtoras de água, Araras- SP. Revista Ciência, Tecnologia e Ambiente, v. 2, p. 26-32, 2015.

9.
CAETANO, P. A. R.2015CAETANO, P. A. R. ; OLIVEIRA, R. E. ; FRANCO, F. S. ; FERREIRA, K. C. ; SOUZA, F. A. ; RABANAL, J. E. M. . Metodologia Camponês a Camponês: um caminho para a transição agroecológica no Território Sul Sergipano. Cadernos de Agroecologia, v. 10, p. 1-5, 2015.

10.
OLIVEIRA, R. E.2011OLIVEIRA, R. E.; ENGEL, Vera Lex . A restauração ecológica em destaque: um retrato dos últimos vinte e oito anos de publicações na área. Oecologia Australis, v. 15, p. 219-231, 2011.

11.
CARVALHAES, M. A.2008CARVALHAES, M. A. ; OLIVEIRA, R. E. ; SANTOS, João Dagoberto dos ; VEDOVETO, M. ; MAZZELLA, P. R. ; KORMAN, V. . Produtos florestais madeireiros e não madeireiros da Mata Atlântica Brasileira: oportunidades para a conservação e a restauração florestal. Florestar Estatístico, v. 11, p. 8-17, 2008.

12.
POGGIANI, Fábio1998POGGIANI, Fábio ; OLIVEIRA, R. E. . Indicadores para conservação dos núcleos de vida silvestre. Série Técnica - Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais, Piracicaba, SP - Brasil, v. 12, n.32, p. 45-52, 1998.

13.
ENGEL, Vera Lex1998ENGEL, Vera Lex ; FONSECA, Renata Cristina Batista ; OLIVEIRA, R. E. . Ecologia de lianas e o manejo de fragmentos florestais. Série Técnica - Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais, Piracicaba - SP, v. 12, n.32, p. 43-64, 1998.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CARVALHAES, M. A. ; PINHEIRO, R. J. J. ; OLIVEIRA, R. E. . Cultivo orgânico de hortaliças em babaçuais. 1. ed. Brasília, DF: Embrapa, 2014. 49p .

2.
KAGEYAMA, Paulo Yoshio (Org.) ; OLIVEIRA, R. E. (Org.) ; MORAES, Luís Fernando Duarte de (Org.) ; ENGEL, Vera Lex (Org.) ; GANDARA, Flávio Bertin (Org.) . Restauração ecológica de ecossistemas naturais. 1. ed. Botucatu -SP: Editora Fepaf, 2003. v. 1. 340p .

3.
KAGEYAMA, Paulo Yoshio ; GANDARA, Flávio Bertin ; OLIVEIRA, R. E. ; MORAES, Luis Fernando Duarte de . Restauração da mata ciliar - manual para recuperação de áreas ciliares e microbacias. 13. ed. Rio de Janeiro: Projeto Planágua - Semads - GTZ, 2001. v. 1. 104p .

4.
OLIVEIRA, R. E.; VIANA, Virgílio Maurício (Org.) . Memória do II simpósio sobre Ecologia e Manejo de Fragmentos Florestais. Piracicaba -SP: IPEF, 1997. v. 1. 148p .

Capítulos de livros publicados
1.
CARVALHAES, M. A. ; OLIVEIRA, R. E. . Práticas agroextrativistas, dinâmica social e conhecimento científico Base para boas práticas de manejo da palmeira babaçu. In: BUSTAMANTE, P. G.; BARBIERI, R.L.; SANTILLI, J.. (Org.). Conservação e uso da agrobiodiversidade Relatos de experiências locais.. 01ed.Brasília: EMBRAPA, 2017, v. 03, p. 165-188.

2.
RODRIGUES, Carmem Lúcia ; ROMERO, M. L. ; SOUZA, A. M. de ; OLIVEIRA, R. E. . Desafios e estratégias para promover a participação social na recuperação florestal. In: Secretaria estadual de Meio Ambiente - SMA/SP. (Org.). Recuperação florestal: um olhar social. São Paulo: Imprensa Oficial, 2008, v. , p. 23-43.

3.
OLIVEIRA, R. E.; SOUZA, A. M. de ; RODRIGUES, Carmem Lúcia ; ROMERO, M. L. . Aspectos da recuperação e uso de florestas em propriedades e paisagens rurais no Estado de São Paulo. In: Secretaria Estadual do Meio Ambiente - SMA/SP. (Org.). Recuperação florestal: um olhar social. São Paulo: Imprensa Oficial, 2008, v. , p. 45-77.

4.
KAGEYAMA, Paulo Yoshio ; GANDARA, Flávio Bertin ; OLIVEIRA, R. E. . Biodiversidade e restauração da floresta tropical. In: Paulo Yoshio Kageyama; Renata Evangelista de Oliveira; Luis Fernando Duarte de Moraes; Vera Lex Engel; Flávio Bertin Gandara. (Org.). Restauração ecológica de ecossistemas naturais. Botucatu - SP: Editora Fepaf, 2003, v. 1, p. 28-48.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
OLIVAL, A. A. ; BUSCHBACHER, R. ; OLIVEIRA, R. E. ; RODRIGUES, C. H. ; BARTELS, W. ; OLIVAL, A. A. S. ; ARANTES, V. T. ; FARIAS, R. A. ; SCAGLIA, S. . Resiliência da agricultura familiar na Amazônia: co-construção de um programa de pesquisaáção multi-institucional no Brasil. In: VIII Congresso da Associação Portuguesa de Economia Agrária e II Encontro Lusófono em Economia, Sociologia, Ambiente e Desenvolvimento Rural, 2016, Évora. Políticas Públicas para a agricultura pós 2020 - Atas do Congresso. Évora, Portugal: APDEA - Associação Portuguesa de Economia Agrária, 2016. p. 1301-1318.

2.
MORAES, L.F.D. ; OLIVEIRA, R. E. . Reflexão sobre a Restauração Ecológica no Brasil: a atuação da Rede Brasileira de Restauração Ecológica. In: IV Simpósio de Restauração Ecológica, 2011, São Paulo - SP. IV Simpósio de Restauração Ecológica: desafios atuais e futuros. São Paulo - SP: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011. v. 1. p. 125-131.

3.
OLIVEIRA, R. E.; ENGEL, Vera Lex . Participação e restauração ecológica: análise bibliográfica voltada à restauração de ecossistemas florestais no Bioma Mata Atlântica. In: Congresso Iberoamericano e do Caribe sobre Restauração Ecológica, 2009, Curitiba - PR. Anais do Congresso Iberoamericano e do Caribe sobre Restauração Ecológica, 2009.

4.
OLIVEIRA, R. E.; ENGEL, Vera Lex . Pesquisa e prática em restauração ecológica de ecossistemas naturais: uma análise bibliográfica. In: III Congresso Latino Americano de Ecologia, 2009, São Lourenço - MG. Anais do III Congresso Latino Americano de Ecologia, 2009.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, R. E.; SANTOS, João Dagoberto dos ; MORAES, L.F.D. . Tendencias y perspectivas para la restauración ecológica en el Bosque Atlantico de Brasil. In: II Simposio Internacional sobre Restauración Ecológica, 2007, Santa Clara. II Simposio Internacional sobre Restauración Ecológica, 2007.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, A. L. ; SAIS, A. C. ; OLIVEIRA, R. E. . Laws and forest cover changes in a urban/rural watershed in Brazil. In: SER 2017 Linking science and practice for a better world, 2017, Foz do Iguaçu. SER 2017 Linking science and practice for a better world, 2017. v. 1. p. 339-339.

2.
BADARI, C. G. ; DOMENE, F. ; GANDARA, Flávio Bertin ; OLIVEIRA, R. E. . Optmizing stock production of native epiphytic plants to diversify restoration of seasonally dry semideciduous forest (Atlantic Forest) in Brazil. In: SER 2017 Linking science and practice for a better world, 2017, Foz do Iguaçu. SER 2017 Linking science and practice for a better world, 2017. v. 1. p. 378-378.

3.
OLIVEIRA, R. E.; SAIS, A. C. ; PENHA, A. S. . Gestão e restauração de áreas produtoras de água em uma bacia hidrográfica de pequeno porte em Araras - SP. In: VI Simpósio de Restauração Ecológica, 2015, São Paulo. VI Simpósio de Restauração Ecológica: novos rumos e perspectivas. São Paulo: Instituto de Botânica, 2015. v. 1. p. 279-279.

4.
ROCCO, B. C. M. ; GANDARA, Flávio Bertin ; OLIVEIRA, R. E. . Politicas publicas de restauración ecologica: un estudio de caso sobre el proceso de restauración de bosque de galeria en Jau e Saltinho, Brazil. In: III Congreso Iberoamericano e del Caribe de Restauración Ecológica, 2013, Bogotá. III Congreso Iberoamericano e del Caribe de Restauración Ecológica, 2013. v. 01.

5.
CARVALHAES, M. A. ; OLIVEIRA, R. E. ; ZAKIA, M. J. B. . Construção participativa de boas práticas de manejo para a palmeira Babaçu no Meio Norte brasileiro. In: VII Encontro Nordestino de Etnobiologia e Etnoecologia, 2013, Penedo, AL. Anais do VII Encontro Nordestino de Etnobiologia e Etnoecologia, 2013.

6.
OLIVEIRA, R. E.; GANDARA, Flávio Bertin ; ENGEL, Vera Lex . Approaches on tropical forests restoration articles: environmental services. In: Managed forests in future landscapes: implications for water and carbon cycles, 2011, Santiago de Compostela. Managed forests in future landscapes: implications for water and carbon cycles, 2011.

7.
OLIVEIRA, R. E.; MORAES, Luis Fernando Duarte de ; ENGEL, Vera Lex . Forest restoration focusing environmental services: researches on the Brazilian Atlantic Forest. In: Managed forests in future landscapes: implications for water and carbon cycles, 2011, Santiago de Compostela. Managed forests in future landscapes: implications for water and carbon cycles, 2011.

8.
SANTOS, João Dagoberto dos ; GUSSON, Eduardo ; OLIVEIRA, R. E. . Potential of carbon storage in forest restoration in the Atlantic Forest, Brazil. In: Managed forests in future landscapes: implications for water and carbon cycles, 2011, Santiago de Compostela. Managed forests in future landscapes: implications for water and carbon cycles, 2011.

9.
OLIVEIRA, R. E.; ZAKIA, M. J. B. . Elaboração de lista de espécies arbóreas nativas para silvicultura e modelos de uso múltiplo. In: II Encontro Brasileiro de Silvicultura, 2011, Campinas. II Encontro Brasileiro de Silvicultura, 2011.

10.
ZAKIA, M. J. B. ; OLIVEIRA, R. E. . Quadro comparativo dos processos operacionais para silvicultura de Eucalyptus e de espécies nativas. In: II Encontro Brasileiro de Silvicultura, 2011, Campinas. II Encontro Brasileiro de Silvicultura, 2011.

11.
OLIVEIRA, R. E.; ENGEL, V. L. ; VISMARA, E. S. . Evaluation of Indicators for monitoring Forest Restoration in the Brazilian Atlantic Forest. In: 4th SER World Conference on Ecological Restoration, 2011, Merida - México. Re-establishing the link between Nature and Culture, 2011. v. 1. p. 275.

12.
OLIVEIRA, R. E.; ENGEL, V. L. . Identifying Ecological Filters In Restoration Activities In Temperate And Tropical Forests. In: 4th SER World Conference on Ecological Restoration, 2011, Merida - México. Re-establishing the link between Nature and Culture, 2011. v. 1. p. 276.

13.
MORAES, Luis Fernando Duarte de ; OLIVEIRA, R. E. ; SANTOS, João Dagoberto dos . An overview of social, economical and ecological considerations of restoration in Brazil. In: 4th SER World Conference on Ecological Restoration, 2011, Merida - México. Re- establishing the link between Nature and Culture, 2011. v. 1. p. 64.

14.
CARVALHAES, M. A. ; SILVA, K. J. D. ; OLIVEIRA, R. E. ; ZAKIA, M. J. B. ; SANTOS, M. ; SILVA, M. E. C. E. . Partipatory construction of best management practices for babaçu palm extrativism in Northeastern Brazil. In: IUFRO International Conference: Research priorities in Tropical Silviculture - towards new paradigms?, 2011, Montpellier, France. Research priorities in Tropical Silviculture - towards new paradigms?. Montpellier, France, 2011. v. 1. p. 28-28.

15.
CARVALHAES, M. A. ; OLIVEIRA, R. E. ; SANTOS, João Dagoberto dos . Forest management as a tool for landscape restoration in the Atlantic Forest. In: IUFRO Landscape Ecology International Conference -, 2010, Bragança. IUFRO Landscape Ecology International Conference -, 2010.

16.
OLIVEIRA, R. E.; MORAES, Luís Fernando Duarte de ; ENGEL, Vera Lex . Do restoration projects integrate with the landscape?. In: Latin American IALE Conference ? landscape Ecology in Latin America: Challenges and Perspectives, 2009, Campos do Jordão - S.P.. Latin American IALE Conference ? landscape - Ecology in Latin America: Challenges and Perspectives ? Abstract Book, 2009. p. 157-157.

17.
OLIVEIRA, R. E.; SANTOS, João Dagoberto dos ; CARVALHAES, M. A. . Strategies to restore the Brazilian Atlantic Forest. In: Latin American IALE Conference ? Landscape Ecology in Latin America: Challenges and Perspectives, 2009, Campos do Jordão - S.P.. Latin American IALE Conference ? landscape Ecology in Latin America: Challenges and Perspectives ? Abstract Book, 2009. p. 156-156.

18.
KORMAN, V. ; OLIVEIRA, R. E. ; CARVALHAES, M. A. ; CAMILO, D. R. ; VEDOVETO, M. ; MAZZELLA, P. R. ; SANTOS, João Dagoberto dos . Políticas públicas relacionadas à restauração com espécies nativas no domínio da Mata Atlântica. In: VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007, Caxambu - MG. Anais do VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007.

19.
KORMAN, V. ; OLIVEIRA, R. E. ; CARVALHAES, M. A. ; CAMILO, D. R. ; VEDOVETO, M. ; MAZZELLA, P. R. ; SANTOS, João Dagoberto dos . Legislação ambiental relacionada à restauração com espécies nativas no domínio da Mata Atlântica.. In: VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007, Caxambu - MG. Anais do VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007.

20.
CARVALHAES, M. A. ; OLIVEIRA, R. E. ; VEDOVETO, M. ; SANTOS, João Dagoberto dos ; MAZZELLA, P. R. ; KORMAN, V. . As espécies vegetais e seus respectivos produtos provenientes da Mata Atlântica. In: VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007, Caxambu - MG. Anais do VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007.

21.
OLIVEIRA, R. E.; SANTOS, João Dagoberto dos ; MAZZELLA, P. R. ; CAMILO, D. R. ; VEDOVETO, M. ; CARVALHAES, M. A. ; KORMAN, V. . Estratégias voltadas ao planejamento da restauração florestal para o domínio da Mata Atlântica. In: 58º Congresso Nacional de Botânica, 2007, São Paulo - S.P.. Anais do 58º Congresso Nacional de Botânica. São Paulo: Sociedade Botânica do Brasil, 2007.

22.
OLIVEIRA, R. E.; SANTOS, João Dagoberto dos ; MAZZELLA, P. R. ; CAMILO, D. R. ; VEDOVETO, M. ; CARVALHAES, M. A. ; KORMAN, V. . Inovações e adaptações tecnológicas voltadas à restauração florestal. In: 58º Congresso Nacional de Botânica, 2007. Anais do 58º Congresso Nacional de Botânica. São Paulo - S.P.: Sociedade Botânica do Brasil, 2007.

23.
GANDARA, Flávio Bertin ; GUSSON, Eduardo ; OLIVEIRA, R. E. ; KAGEYAMA, Paulo Yoshio . Comportamento Silvicultural de Espécies Arbóreas Nativas de Potencial Econômico em Plantios Consorciados no Pontal do Paranapanema - SP.. In: XVI Congresso da Sociedade Botânica de São Paulo: Mudanças Climáticas e Biodiversidade, 2006, Piracicaba - SP.. Anais do XVI Congresso da Sociedade Botânica de São Paulo, 2006.

24.
OLIVEIRA, R. E.; GUSSON, Eduardo ; TOYAMA, Ivan Takeshi ; CANOVAS, Rogério ; GANDARA, Flávio Bertin ; KAGEYAMA, Paulo Yoshio . Níveis de refinamento de uso dos grupos ecológicos e densidade de plantio para a restauração florestal em espécies arbóreas nativas. In: VI Simpósio Nacional e Congresso Latino Americano de áreas degradadas, 2005, Curitiba - PR. Anais do VI Simpósio Nacional e Congresso Latino Americano de áreas degradadas, 2005. p. 562-563.

25.
GUSSON, Eduardo ; OLIVEIRA, R. E. ; TOYAMA, Ivan Takeshi ; CANOVAS, Rogério ; GANDARA, Flávio Bertin ; KAGEYAMA, Paulo Yoshio . Necessidade e método de aplicação dos fertilizantes inorgânicos no processo de implantação de florestas nativas. In: VI Simpósio Nacional e Congresso Latino Americano de áreas degradadas, 2005, Curitiba. Anais do VI Simpósio Nacional e Congresso Latino Americano de áreas degradadas, 2005. p. 562-563.

26.
OLIVEIRA, R. E.; POGGIANI, Fábio ; SANTOS, João Dagoberto dos . Ciclagem de nutrientes em fragmento florestal em Piracicaba-SP. In: 12 Congresso da Sociedade Botânica de São Paulo, 1998, Piracicaba-SP. Anais do XII Congresso da Sociedade Botânica de São Paulo, 1998.

Apresentações de Trabalho
1.
OLIVEIRA, R. E.; SAIS, A. C. ; FIGUEIREDO, R. A. ; MORAIS, J. P. G. ; ALCANTARA, L. C. S. . Construindo uma pesquisa interdisciplinar em sistemas sócio-ecológicos na Amazônia: a experiência da UFSCar. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
OLIVEIRA, R. E.. Sistemas agroflorestais: articulação entre agroecologia e restauração ecológica. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
OLIVEIRA, R. E.. Oficina: Funções ecológicas de espécies arbóreas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
PAULA, R. P. ; ALMEIDA, D. C. ; SAIS, A. C. ; OLIVEIRA, R. E. . Políticas públicas na geração de informações geográficas: análise do banco de dados CAR para um assentamento rural na Amazônia Legal. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
OLIVEIRA, R. E.. Sistemas agroflorestais na restauração de áreas degradadas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
OLIVEIRA, R. E.. Panorama das pesquisas e ações de restauração no Brasil: uma base de dados para a Rede Brasileira de Restauração Ecológica (REBRE). 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
POGGIANI, Fábio ; OLIVEIRA, R. E. ; CUNHA, Girlei Costa . Práticas de ecologia florestal. Piracicaba - SP 1996 (Documentos).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SAIS, A. C. ; OLIVEIRA, R. E. . Universidades na construção da Agroecologia. 2015. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica
1.
OLIVEIRA, R. E.. Recuperação de áreas florestais degradadas. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

2.
ZAKIA, M. J. B. ; OLIVEIRA, R. E. ; CABRAL, José . Silvicultura I ? Implantação e condução de florestas plantadas com espécies exóticas. 2009. (Apostila).

3.
OLIVEIRA, R. E.; ZAKIA, M. J. B. . Silvicultura II ? Implantação e condução de florestas plantadas com espécies nativas: Plantios econômicos, restauração de florestas nativas e sistemas agroflorestais. 2009. (Apostila).

4.
OLIVEIRA, R. E.. Recuperação de áreas florestais degradadas. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

5.
OLIVEIRA, R. E.. Ecologia da Restauração. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
OLIVEIRA, R. E.. Restauração de Áreas Degradadas. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
OLIVEIRA, R. E.. Restauração Florestal. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
OLIVEIRA, R. E.; GANDARA, Flávio Bertin . Restauração Ecológica de Florestas Tropicais. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
OLIVEIRA, R. E.; GANDARA, Flávio Bertin; RIGHI, C. A.. Participação em banca de Marco Araujo Bonamico. Relação entre estoque de carbono de solo e produção de cacau em sistemas agroflorestais de cacau em São Félix do Xingu - PA, Brasil. 2017. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada Interunidades) - Universidade de São Paulo.

2.
OLIVEIRA, R. E.; STOLF, R.; MACIEL, A. L. R.. Participação em banca de Kátia Priscila Gomes Morinigo. Efeitos da distribuição espacial de árvores em atributos físicos e químicos do solo e produção de cafeeiro sombreado. 2016. Dissertação (Mestrado em Agroecologia e Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal de São Carlos.

3.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Jessica Santos da Silva. Compensação de reserva legal no Estado de São Paulo: uma análise da equivalência ecológica". 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências da Engenharia Ambiental) - Universidade de São Paulo.

4.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Bianca Campedelli Rocco. Avaliação ecológica e da percepção de proprietários rurais do processo de restauração de matas ciliares em Jaú e Saltinho - SP. 2013. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada) - Universidade de São Paulo.

5.
GANDARA, Flávio Bertin; OLIVEIRA, R. E.; GANDOLFI, S.. Participação em banca de Fausto Esgalha Carnier. Germinação de espécies arbustivas e sua regeneração natural em áreas de restauração no Estado de São Paulo. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

6.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Tatiana Parreira Martins. Sistemas Agroflorestais como alternativa para recomposição e uso sustentável das reservas legais. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências da Engenharia Ambiental) - Universidade de São Paulo.

7.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Jussara Fernanda Santos. Fenologia da floração e redes de interação entre abelhas e plantas em uma área restaurada em Araras - SP. 2012. Dissertação (Mestrado em AGRICULTURA E AMBIENTE) - Universidade Federal de São Carlos.

8.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Isabel Faus da Silva Dias. O uso da biodiversidade na produção de sementes e mudas na restauração florestal. 2012. Dissertação (Mestrado em Recursos Florestais) - Universidade de São Paulo.

9.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Daniela da Silva Pereira. Efeito dos tratos culturais e qualidade de mudas na restauração florestal de matas ciliares no Rio Tietê em Borborema, SP. 2012. Dissertação (Mestrado em Recursos Florestais) - Universidade de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Mariana Meireles Pardi. Introdução de espécies de sub-bosque em áreas de restauração de florestas estacionais semideciduais. 2014. Tese (Doutorado em Recursos Florestais) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

2.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Sergianne Frison. Espécies arbóreas das principais formações florestais do Estado de São Paulo e seu potencial como espécies alicerce da restauração ecológica. 2013. Tese (Doutorado em Ciência Florestal) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Tiago Pavan Beltrame. Restaurando a Ecologia na Restauração: avaliação de sistemas agroflorestais e espécies leguminosas em plantios de restauração ecológica. 2013. Tese (Doutorado em Ecologia Aplicada) - Universidade de São Paulo.

4.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Micheli Angélica Horbach. Restauração florestal em São Paulo: diagnóstico de projetos e estudos de caso de produtores de sementes. 2012. Tese (Doutorado em Recursos Florestais) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
GANDOLFI, S.; KOCH, I.; OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Laíne Silveira Corrêa. Propostas metodológicas para o enriquecimento funcional de áreas em processo de restauração na Floresta Atlântica. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Pós Graduação em Biologia Vegetal) - Universidade Estadual de Campinas.

2.
OLIVEIRA, R. E.; GANDARA, Flávio Bertin; SCHLINDWEIN, M. N.. Participação em banca de Daniel Azevedo Mendes de Oliveira. Agricultura Urbana e Periurbana e Suas Políticas Públicas: uma análise no município de Piracicaba. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ecologia Aplicada) - Universidade de São Paulo.

3.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Deivid Lopes Machado. Relações entre as comunidades acima e abaixo do solo em diferentes sistemas de restauração ecológica de Floresta Estacional Semidecidual. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Florestal) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

4.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Sergianne Frisson. Seleção potencial de espécies catalisadoras para restauração florestal em fitofisionomias do Estado de São Paulo. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Florestal) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Qualificações de Mestrado
1.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Kátia Priscila Gomes Morinigo. Efeitos da distribuição espacial de árvores em atributos físicos e químicos do solo e produção de cafeeiro sombreado. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Agroecologia e Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal de São Carlos.

2.
VIANI, R. A. G.; SILVA, L. F. S.; OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Rafael Marini Paschoaletti Perri dos Santos. Avaliação de microbacias hidrográficas em Bebedouro (SP): impactos e cenários para abastecimento público. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em AGRICULTURA E AMBIENTE) - Universidade Federal de São Carlos.

3.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Rafael Augusto Gregorini. Análise de áreas para a criação de Unidades de Conservação no município de Boituva (SP). 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Sustentabilidade na Gestão Ambiental) - Universidade Federal de São Carlos.

4.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Alexandre Domingos Ferreira. Efeito do hidrogel e da água de reuso tratada no desenvolvimento de mudas de espécies da Floresta Estacional Semidecidual. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em AGRICULTURA E AMBIENTE) - Universidade Federal de São Carlos.

5.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Elizângela Rocha Xavier. Composição de lianas de um fragmento de florestas estacional semidecidual e sua resposta ao corte. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em AGRICULTURA E AMBIENTE) - Universidade Federal de São Carlos.

6.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Ana Carolina Devides Castello. Componentes da flora como indicadores do estado de conservação de remanescentes de Floresta Ombrófila Densa. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Diversidade Biológica e Conservação) - Universidade Federal de São Carlos.

7.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Ana Mayumi Hayashi. Influência das áreas de reserva legal sobre a disponibilidade de polinizadores em monoculturas de tomateiro (Solanum lycopersicum L.) no interior de São Paulo. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em AGRICULTURA E AMBIENTE) - Universidade Federal de São Carlos.

8.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Daiane Cristina Carreira. Chuva de sementes sob árvores isoladas em pastagens próximas a fragmentos florestais. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em AGRICULTURA E AMBIENTE) - Universidade Federal de São Carlos.

9.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Maurício Eduardo Chave e Silva. ?Estrutura populacional e etnoconservação da palmeira babaçu (Attalea speciosa Mart. ex Spreng) como subsídios para extrativismo sustentável no Piauí, Brasil?. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade Federal do Piauí.

10.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Dênis Storani. Desenvolvimento de ferramenta computacional para aplicação do Código Florestal Brasileiro. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em AGRICULTURA E AMBIENTE) - Universidade Federal de São Carlos.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
OLIVEIRA, R. E.; FONTANETTI, A.; FARIA, O. A.. Participação em banca de Luís Henrique Pinheiros Dias.Homeopatia no manejo de pragas e doenças de plantas. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos.

2.
OLIVEIRA, R. E.; FIGUEIREDO, R. A.; SEBASTIANI, R.. Participação em banca de Vanessa Elizabete Bardeja.Propagação vegetativa por estacas em diferentes espécies de Piperaceae para uso em sistemas agroflorestais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

3.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Izadora Toloi Michelin.Desenvolvimento de mudas de Gonçalo Alves (Astronium fraxinofolium) submetidas à aplicações de diferentes doses de hidrogel no solo. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos.

4.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Amanda Lombardo Fruehauf.O uso da geotecnologia na análise de áreas irrigadas com pivô central na Bacia Hidrográfica do Córrego da Conserva, em Vargem Grande do Sul, SP. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos.

5.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Pietro Barreto José.Relacões entre o manejo e o desenvolvimento inicial de mudas em agroflorestas - Portal da Amazônia (MT). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos.

6.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Adélia Oliveira de Farias.Casa, terreiro e quintal: o universo feminino no campo. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de São Carlos.

7.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Nayara da Silva Gonçalves.Avaliação da rebrota de lianas após o corte. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos.

8.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de César Vincensi Gabbi Tavares.Influência da sazonalidade climática no crescimento de 16 genótipos de Eucalyptus com distintos ideotipos. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

9.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Fabia Schneider Steyer.Restauração de áreas degradadas em Floresta Ombrófila Densa com semeadura direta, no Vale do Ribeira, Sete Barras, Brasil. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

10.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Rafael Gaspar Cruz.Utilização de biofertilizantes no manejo sustentável. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos.

11.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Andrea Lage de Oliveira.Evolução da paisagem na bacia do Córrego da Bomba em São João da Boa Vista ? SP. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos.

12.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Geferson Willian Correa.Inventário quali-quantitativo da arborização da Praça Barão de Araras (Araras, SP). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

13.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Ana Luiza Danieli.Avaliação da influência do tipo de recipiente no desenvolvimento de mudas de espécies nativas. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de São Carlos.

14.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Ana Carolina Casa.A importância dos viveiros de plantas em projetos de restauração ambiental. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

15.
OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Pedro Henrique Lasie.Desenvolvimento de cinco espécies de Mata Atlântica em plantios de restauração com previsão de exploração madeireira. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de São Carlos.

16.
GANDARA, Flávio Bertin; OLIVEIRA, R. E.. Participação em banca de Mariana Grimaldi.Construção e avaliação de modelos de SAF em APP: estudo de caso em Joanópolis SP.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronomica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

17.
OLIVEIRA, R. E.; MORUZZI MARQUES, P. E.; GANDARA, Flávio Bertin. Participação em banca de Sara Ribeiro Mortara.Construindo o planejamento ambiental participativo no assentamento D. Pedro Casaldáliga, Cajamar/SP. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

18.
OLIVEIRA, R. E.; TALORA, Daniela Custódio; NOLASCO, Adriana. Participação em banca de Artur Dalton Lima.Estrutura populacional de veredas de buritizais (Mauritia flexuosa L.) sob impacto de pastoreio em ambientes de savanas do norte amazônico, Boa Vista - RR. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

19.
MAGRO, T. C; OLIVEIRA, R. E.; VIDAL, E.. Participação em banca de Eduardo Rizzo Guimarães.Participação na elaboração do plano de gestão e ações prioritárias na reserva de desenvolvimento sustentável Uatumã.. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

20.
OLIVEIRA, R. E.; VIDAL, E.. Participação em banca de Rômulo Pereira da Silva Arantes.Instalação de parcelas permanentes em floresta estacional semidecidual aluvial em Alta Floresta D'Oeste, Rondônia.. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

21.
OLIVEIRA, R. E.; BATISTA, João Luís Ferreira; BOIN, Marcos Roberto. Participação em banca de Acácio Zuniga Leite.Diagnóstico socioambiental e elaboração de proposta de produção de um assentamento modelo de reforma agrária na região do Pontal do Paranapanema. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

22.
OLIVEIRA, R. E.; RODRIGUES, Ricardo Ribeiro; SOUZA, Vinicius Castro. Participação em banca de Carlos Eduardo Anselmo.Avaliação dos planos de manejo florestal simplificado no Alto Solimôes. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

23.
OLIVEIRA, R. E.; RODRIGUES, Ricardo Ribeiro; SOUZA, Vinicius Castro. Participação em banca de Palma Martini.Avaliação e comparação de métodos para controle de plantas invasoras na restauração de florestas nativas na Duke Energy. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
OLIVEIRA, R. E.; CICERO, S. M.; MARTINS, C. C.. Processo Seletivo Edital 129/12 para Professor Adjunto. 2012. Universidade Federal de São Carlos.

2.
OLIVEIRA, R. E.; MAGRI, M. M.; MEDEIROS, A. H.. Processo Seletivo Simplicado 185/12 para Professor Substituto. 2012. Universidade Federal de São Carlos.

3.
FONTANETTI, A.; OLIVEIRA, R. E.; MANIERO, M. A.. Processo Simplificado 186/12 para Professor Substituto. 2012. Universidade Federal de São Carlos.

Outras participações
1.
OLIVEIRA, R. E.. Avaliação dos trabalhos apresentados do 14º SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - Área:Agropecuária. 2006. Universidade de São Paulo.

2.
OLIVEIRA, R. E.. Avaliação dos trabalhos apresentados do 14º SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - Área:Agropecuária. 2005. Universidade de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Conservation and development forum. 2016. (Seminário).

2.
Family Agriculture exchange visit to University of Florida. 2016. (Encontro).

3.
I Encontro do Ensino Superior em Agroecologia.Experiências de Ensino, Pesquisa e Extensão em Agroecologia. 2016. (Encontro).

4.
Workshop: Integrating research and practice to promote more resilient Family Agriculture.Research and practice: Institucional and society linkage. 2016. (Outra).

5.
II Congresso Regional de Agricultura Familiar. Sistemas agroflorestais: aspectos técnicos, ecológicos, econômicos e sociais. 2015. (Congresso).

6.
III Congresso Brasileiro de Reflorestamento Ambiental.O estado da arte da restauração florestal no Brasil. 2014. (Simpósio).

7.
Latin American IALE Conference ? Landscape Ecology in Latin America: Challenges and Perspectives. Strategies to restore the brazilian atlantic forest. 2010. (Congresso).

8.
Série de eventos denominada: Facilitando a comunicação. Tema 1: Código Florestal.Palestra: Entendendo a terminologia e os conceitos: Funções ambientais da floresta, preservação, conservação, reabilitação, processos ecológicos, restauração, recomposição, vegetação nativa, paisagem, etc. e Palestra: Conservando e Replantando Florestas. 2010. (Outra).

9.
Workshop: Restauração Florestal e Sequestro de Carbono. 2010. (Outra).

10.
1º Workshop sobre Publicação Científica da Faculdade de Ciências Agronômicas/UNESP. 2009. (Outra).

11.
Atualização sobre o Código Florestal: Versão Atual, Tendências de Mudanças e Regulamentações Recentes. 2009. (Outra).

12.
III Congresso Latino Americano de Ecologia e IX Congresso de Ecologia do Brasil. Pesquisa prática em restauração ecológica de ecossistemas naturais: uma análise biográfica. 2009. (Congresso).

13.
Reunião Técnica: Silvicultura de Nativas aplicada à restauração: Conceitos e ações prioritárias.Funções ecológicas das áreas de preservação permanente e reserva legal: o papel da restauração nos diferentes Biomas. 2009. (Outra).

14.
Workshop de Planejamento do Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais 2020.Silvicultura de nativas e restauração florestal ? reflexões para o setor florestal brasileiro. 2009. (Outra).

15.
58º Congresso Nacional de Botânica. Estratégias voltadas ao planejamento da restauração florestal para o domínio da Mata Alântica. 2007. (Congresso).

16.
Reflexão sobre o Curso de engenharia Florestal da ESALQ/USP. 2007. (Outra).

17.
VIII Congresso de Ecologia do Brasil. Legislação ambiental relacionada a restauração com espécies nativas no domínio Mata Atlântica. 2007. (Congresso).

18.
XVIII Semana de Estudos da Ecologia.Restauração de áreas degradadas com espécies nativas. 2007. (Encontro).

19.
XXXVI Semana de Estudos da Faculdade de Ciências Biológicas na PUC Campinas.Restauração Florestal. 2007. (Encontro).

20.
1º Workshop sobre Reflorestamento Comercial de Espécies Nativas. 2006. (Outra).

21.
Certificação e Legislação: Uma Questão Sócio-Ambiental. 2006. (Seminário).

22.
Programa de Extensão Universitária: Encontro de Pesquisa e Extensão. 2004. (Encontro).

23.
Responsabilidade Sócio-Ambinetal Institucional. 2004. (Seminário).

24.
2º Congresso de Inovação Tecnológica em energia Elétrica. 2003. (Congresso).

25.
12º Congresso da Sociedade Botânica de São Paulo. Ciclagem de Nutrientes em Fragmento Florestal em Piracicaba - S.P.. 1998. (Congresso).

26.
Debate sobre o profissional e o Mercado de Trabalho para o Engenheiro Florestal.Discussão sobre as exigências atuais do mercado de trabalho do EngenheiroFlorestal e seus reflexos no currículo vigente. 1998. (Encontro).

27.
III Oficina para desenvolvimento de técnicas e métodos para o planejamento da paisagem.III Oficina para desenvolvimento de técnicas e métodos para o planejamento da paisagem. 1998. (Oficina).

28.
II Oficina para desenvolvimento de técnicas e métodos para o planejamento da paisagem.II Oficina para desenvolvimento de técnicas e métodos para o planejamento da paisagem. 1998. (Oficina).

29.
I Oficina para desenvolvimento de técnicas e métodos para o planejamento da paisagem.I Oficina para desenvolvimento de técnicas e métodos para o planejamento da paisagem. 1998. (Oficina).

30.
2º Workshop Sobre Monitoramento Ambiental em Áreas Florestadas.Indicadores Para Conservação dos Núcleos de Vida Silvestre. 1997. (Outra).

31.
Comemoração aos 10 anos de Implantação do Curso de engenharia Florestal da UNESP - Campus Botucatu.Engenharia Florestal: Formação e Atuação Profissional. 1997. (Encontro).

32.
II Simpósio sobre Ecologia e Manejo de Fragmentos Florestais.II Simpósio sobre Ecologia e Manejo de Fragmentos Florestais. 1997. (Simpósio).

33.
Mesa Redonda sobre a utilização de herbicidas e seus impactos ambientais em áreas de reflorestamento.Mesa Redonda sobre a utilização de herbicidas e seus impactos ambientais em áreas de reflorestamento. 1997. (Outra).

34.
Mesa Redonda sobre Sistemas de Gestão na Área Ambiental.Mesa Redonda sobre Sistemas de Gestão na Área Ambiental. 1997. (Outra).

35.
Workshop sobre Manejo de Paisagens em áreas florestadas.Workshop sobre Manejo de Paisagens em áreas florestadas. 1997. (Outra).

36.
1º Congresso Internacional de Direito Ambiental. 1996. (Congresso).

37.
Workshop:Perspectiva para o manejo sustentado de plantações e certificação florestal.Workshop:Perspectiva para o manejo sustentado de plantações e certificação florestal. 1996. (Outra).

38.
Diversidade Genética de Espécies Arbóreas Nativas. 1994. (Encontro).

39.
2º Congresso Nacional Sobre Essências Nativas. 1992. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
OLIVEIRA, R. E.; MORAIS, J. P. G. ; SAIS, A. C. . II Encontro sobre Resiliência da Agricultura Familiar na Amazônia. 2017. (Outro).

2.
OLIVEIRA, R. E.; MORAES, Luís Fernando Duarte de . Workshop: Agroecology, Restoration Ecology and Forest Landscape Restoration in Brazil. 2017. (Outro).

3.
ZAKIA, M. J. B. ; CARMO, A. P. C. do ; OLIVEIRA, R. E. ; LAPROVITERA, R. O. . Reunião Técnica: Silvicultura de Nativas Aplicada à Restauração: Conceitos e Ações Prioritárias. 2009. (Outro).

4.
OLIVEIRA, R. E.. Workshop Sobre Monitoramento Ambiental em Áreas Florestadas. 1997. (Outro).

5.
OLIVEIRA, R. E.. Workshop Sobre Manejo de Paisagens em Áreas Reflorestadas. 1997. (Outro).

6.
OLIVEIRA, R. E.. Mesa Redonda: Utilização de Herbicidas e Seus Impactos Ambientais em Áreas de Reflorestamento. 1997. (Outro).

7.
OLIVEIRA, R. E.. 2º Simpósio Sobre Ecologia e Manejo de Fragmentos Florestais. 1997. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Valdânia da Conceição de Souza. Caracterização de pomares agroflorestais como subsídio para segurança alimentar e geração de renda em assentamentos de e Nova Canaã do Norte ? MT, Brasil. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Agroecologia e Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal de São Carlos. (Coorientador).

2.
Diana Carolina Cadena Bastidas. Agroecologia e camponeses na Colômbia: um estudo sobre a apropriação da natureza pelos camponeses da APIMACIZO. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Agroecologia e Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal de São Carlos. (Coorientador).

Iniciação científica
1.
Gelton Fernando de Morais. mapeamento e caracterização de quintais agroflorestais na paisagem urbana. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Bacharelado em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Marina Gusson Carneiro da Costa. ?Efeito do espaçamento, da diversidade e da composição de grupos sucessionais na estocagem de biomassa em plantios de restauração ao longo de sete anos?. 2013. Dissertação (Mestrado em BIODIVERSIDADE TROPICAL) - Universidade Federal do Espírito Santo, . Coorientador: Renata Evangelista de Oliveira.

2.
Bianca Compedelli Moreira Rocco. ?Avaliação ecológica, socioeconômica e da percepção de proprietários rurais sobre o processo de restauração de matas ciliares em Jaú e Saltinho ? SP?. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Coorientador: Renata Evangelista de Oliveira.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Pietro Barreto José. Relações entre o manejo e o desenvolvimento inicial de mudas em agroflorestas no Portal da Amazônia (MT). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

2.
Mariana Silva Leme. Levantamento de espécies arbóreas nativas com potencial madeireiro para projetos voltados à restauração de Reservas Legais no município de Araras, São Paulo.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

3.
Humberto Luiz Munaretti Pires. Atuação de preparados biodinâmicos na dinâmica de nutrientes em pilhas de compostagem. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

4.
Adélia Oliveira de Farias. Reflexões sobre a invisibilidade do trabalho feminino e os espaços do território casa, terreiro e quintal na agricultura familiar. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de São Carlos. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

5.
Carolina Giudice Badari. Comparação entre o desenvolvimento de espécies epífitas em casa de vegetação e introduzidas em fragmentos florestais restaurados. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

6.
Jaqueline de Oliveira Batista. Avaliação do efeito do óleo de Nim (Azadirachta indica) sobre a germinação e vigor de sementes agrícolas e florestais. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

7.
Philipe Alves Rolemberg Caetano. Metodologia ?Camponês a Camponês?: um caminho para a Transição Agroecológica. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

8.
Mateus Teixeira Pires do Couto. ?Diagnóstico rural e desenvolvimento participativo de sistemas agroflorestais cacaueiros em assentamentos e comunidades rurais na região de Ilhéus ? sul da Bahia?. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

9.
Artur Dalton Lima. Estrutura populacional de veredas de buritizais (Mauritia flexuosaL.) sob impacto do pastoreio em ambientes de savanas do norte amazônico, Boa Vista - RR. 2006. 58 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

10.
Acácio Zuniga Leite. Elaboração do plano de manejo florestal de um assentamento modelo de reforma agrária na região do Pontal do Paranapanema. 2005. 35 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

Iniciação científica
1.
Liege Camila Pistore Veras. Potencial de utilização de plantas medicinais em sistemas agroflorestais. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

2.
Liege Camila Pistore Veras. Potencial de utilização de plantas medicinais em sistemas agroflorestais. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

3.
Liege Camila Pistore Veras. Potencial de utilização de plantas medicinais em sistemas agroflorestais. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

4.
Liege Camila Pistore Veras. POTENCIAL DE UTILIZAÇÃO DE PLANTAS MEDICINAIS EM SISTEMAS AGROFLORESTAIS. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos, Coordenadoria de Iniciação Científica e Tecnológica ? UFSCar. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

5.
Liege Camila Pistore Veras. Caracterização da chuva de sementes em um sistema agroflorestal não manejado, no Centro de Ciências Agrárias, CCA/UFSCar. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos, Coordenadoria de Iniciação Científica e Tecnológica ? UFSCar. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

6.
Carolina Giudice Badari. Coleta e sistematização de informações sobre silvicultura de espécies nativas fornecedoras de produtos florestais não madeireiros: base para desenvolvimento de um banco de dados. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos, Coordenadoria de Iniciação Científica e Tecnológica ? UFSCar. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

7.
Ana Luísa Danieli. ?Avaliação do desenvolvimento de mudas de espécies florestais nativas brasileiras produzidas em dois tipos de recipientes?. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de São Carlos, Coordenadoria de Iniciação Científica e Tecnológica ? UFSCar. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

8.
Carolina Giudice Badari. ?Coleta e sistematização de informações para o desenvolvimento de um banco de dados em Silvicultura de Espécies Nativas?. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos, Coordenadoria de Iniciação Científica e Tecnológica ? UFSCar. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

9.
Liége Camila Pistore Veras. caracterização da chuva de sementes em um sistema agroflorestal não manejado, no Centro de Ciências Agrárias, CCA. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

10.
Lúcia Chamlian Munari. Influência da adubação sobre o crescimento de espécies arbóreas nativas em área de restauração da mata ciliar, Porecatu - PR. 2005. 28 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

11.
Luiz Lira Ferreira Júnior. Proposta de planejamento para recuperação da microbacia do Ribeirão Samambaia - São Pedro - SP. 2004. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnologia Em Gestão Ambiental) - Serviço Nacional do Comércio. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

Orientações de outra natureza
1.
Carolina Giudice Badari. Coleta e sistematização de informações sobre silvicultura de nativas fornecedoras de produtos florestais não madeireiros:. 2013. Orientação de outra natureza. (Agroecologia) - Universidade Federal de São Carlos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

2.
Jussara Fernanda Santos. Análise bibliográfica sobre ecologia, uso e manejo do babaçu (Orbignya phalerata Mart.). 2012. Orientação de outra natureza - EMBRAPA Meio Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

3.
Lucas Augusto Barletta. Estágio supervisionado em Práticas Florestais I. 2004. 0 f. Orientação de outra natureza - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.

4.
Gisele Milaré. Estágio supervisionado em Práticas Florestais I. 2004. 0 f. Orientação de outra natureza - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Orientador: Renata Evangelista de Oliveira.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
CAETANO, P. A. R.2015CAETANO, P. A. R. ; OLIVEIRA, R. E. ; FRANCO, F. S. ; FERREIRA, K. C. ; SOUZA, F. A. ; RABANAL, J. E. M. . Metodologia Camponês a Camponês: um caminho para a transição agroecológica no Território Sul Sergipano. Cadernos de Agroecologia, v. 10, p. 1-5, 2015.


Livros e capítulos
1.
CARVALHAES, M. A. ; PINHEIRO, R. J. J. ; OLIVEIRA, R. E. . Cultivo orgânico de hortaliças em babaçuais. 1. ed. Brasília, DF: Embrapa, 2014. 49p .




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/10/2018 às 8:36:50