Henrique Machado Dias

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5565852508873092
  • Última atualização do currículo em 07/12/2018


Graduado em Biologia (2003), Mestre em Botânica (2005) e Doutor em Ciências (2010). Professor Associado I da área de Conservação da Natureza, do Departamento de Ciências Florestais e da Madeira e do Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais da Universidade Federal do Espírito Santo (CCAE/UFES). Pesquisa e Desenvolvimento com Ecologia de Comunidades Vegetais, Florística da Mata Atlântica (classificação de comunidades vegetais, diversidade, fitossociologia, similaridade, riqueza e inventário florístico), Conservação da Natureza e Gerenciamento Costeiro (interdisciplinar). Participa de Convênios Institucionais-internacionais da UFES com a Universidade de Trás os Montes e Alto Douro (UTAD) em Portugal e o Instituto de Investigação Agrária de Moçambique-IIAM (Coordenador). Ministra as disciplinas Ecologia Florestal, Unidades de Conservação e Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável para a Graduação em Engenharia Florestal e as disciplinas Ecologia de Floresta Tropical e Identificação de Plantas da Mata Atlântica para a Pós Graduação em Ciências Florestais da UFES. Tem experiência em orientação e co orientação de estudantes de Graduação, Mestrado e Doutorado na UFES. Já orientou ou coorientou estudantes de Graduação na Universidade do Estado da Bahia. Já foi Chefe de Departamento por 4 anos e atualmente é Vice Diretor do Centro de Ciências Agrárias e Engenharias/UFES e Sub-curador do Herbário CAP - Jerônimo Monteiro/UFES. Consultor Ad Hoc das Revistas Floresta e Ambiente, Ciência Florestal, Floresta, Comunicata Scientae, Cerne, Rodriguesia e Ambiente e Sociedade. Atua em extensão universitária na Universidade Federal do Espírito Santo (PROEX-UFES) e no colegiado do programa de Pós Graduação em Ciências Florestais em nível de Mestrado e Doutorado. Tem experiência na área de Recursos Florestais e Engenharia Florestal, atuando principalmente em Conservação da Natureza e Conservação de Áreas Silvestres. Foi Presidente da Comissão Organizadora do VII Congresso Florestal Latino-Americano, evento organizado pela primeira vez no país, e pela UFES, na cidade de Vitória, ES (2018). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Henrique Machado Dias
Nome em citações bibliográficas
DIAS, H. M.;Dias, Henrique Machado

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Espírito Santo, Departamento de Ciências Florestais e da Madeira.
Av. Governador Lindemberg, 316
Centro
29550000 - Jerônimo Monteiro, ES - Brasil
Telefone: (28) 35582512
Fax: (28) 35582529
URL da Homepage: http://www.florestaemadeira.ufes.br


Formação acadêmica/titulação


2006 - 2010
Doutorado em Meio Ambiente.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: Avaliação de cenário para utilização dos recursos florísticos nativos de restingas para inclusão socioeconômica em Caravelas, Bahia., Ano de obtenção: 2010.
Orientador: Mario Luiz Gomes Soares.
Coorientador: Elza Neffa.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Gerenciamento costeiro; Conservação da natureza.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Outros / Área: Ciências Ambientais.
Setores de atividade: Educação.
2004 - 2005
Mestrado em Botânica.
Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro, IP/JBRJ, Brasil.
Título: Estrutura do estrato lenhoso de uma comunidade arbustiva fechada sobre cordão arenoso na restinga da Marambaia, RJ,Ano de Obtenção: 2005.
Orientador: Dorothy Sue Dunn de Araujo.
Palavras-chave: Fitossociologia; Classificação de comunidades; Diversidade; Riqueza.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.
2000 - 2003
Graduação em Ciências Biológicas.
Centro Universitário da Cidade, UniverCidade, Brasil.
Título: Estrutura de uma comunidade arbustiva fechada na Restinga da Marambaia - RJ.
Orientador: Dorothy Sue Dunn de Araujo.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2016
Research Connect. (Carga horária: 24h).
British Council, Inglaterra.
2012 - 2012
Tropical Plant Identification Course. (Carga horária: 80h).
Royal Botanic Gardens, Kew, RBG-KEW, Inglaterra.
2011 - 2011
International Herbarium Techniques Course. (Carga horária: 80h).
Royal Botanic Gardens, Kew, RBG-KEW, Inglaterra.
2011 - 2011
Diversidade Funcional. (Carga horária: 5h).
Sociedade de Ecologia do Brasil, SEB, Brasil.
2011 - 2011
Morfometria: Introdução a Princípios e Metodologia. (Carga horária: 16h).
Sociedade Botânica do Brasil, SBB, Brasil.
2010 - 2010
Análises multivariadas de ordenação. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Espírito Santo, UFES, Brasil.
2010 - 2010
Fotossíntese de espécies arbóreas. (Carga horária: 10h).
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
2008 - 2008
Valoração econômica de ecossistemas costeiros. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
2007 - 2007
Manejo de produtos florestais não-maderáveis. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Espírito Santo, UFES, Brasil.
2007 - 2007
Capacitação Gestores Ambientais do Estado da Bahia. (Carga horária: 80h).
Secretaria de meio Ambiente e Recursos Hídricos, SEMARH, Brasil.
2006 - 2006
Fundamentos e aplicações de SAF'S. (Carga horária: 4h).
Sociedade Brasileira de Sistemas Agroflorestais, SBSAF, Brasil.
2006 - 2006
Agricultura sem queima. (Carga horária: 4h).
Sociedade Brasileira de Sistemas Agroflorestais, SBSAF, Brasil.
2003 - 2003
Quantificando a diversidade em Florestas Tropicais. (Carga horária: 6h).
Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.
2003 - 2003
Dinâmica e uso de recursos em Manguezais. (Carga horária: 5h).
VI Congresso de ecologia do Brasil, VI CEB, Brasil.
2001 - 2001
Acrodentrologia. (Carga horária: 3h).
Centro Universitário da Cidade, UniverCidade, Brasil.
2000 - 2000
Educação Ambiental. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Espírito Santo, UFES, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

10/2018 - Atual
Direção e administração, Centro de Ciências Agrárias e Engenharias, .

Cargo ou função
Sub-curador do Herbário CAP - Jerônimo Monteiro / ES.
12/2017 - Atual
Direção e administração, Campus Sul-Capixaba, .

Cargo ou função
Membro do Grupo de Trabalho para condução das políticas de Governança, Gestão de Riscos e Controles Internos do Campus Sul-Capixaba.
07/2017 - Atual
Direção e administração, Centro de Ciências Agrárias e Engenharias, .

Cargo ou função
Representante do CCAE na Comissão Especial para Coordenação da Jornada de Conhecimento.
07/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Agrárias e Engenharias, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de Recepção aos Calouros - CCAE.
06/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Agrárias e Engenharias, .

Cargo ou função
Presidente da Câmara Local de Graduação - CCAE.
06/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Agrárias e Engenharias, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de Bolsas de Monitoria PaEPE I.
05/2016 - Atual
Direção e administração, Centro de Ciências Agrárias e Engenharias, .

Cargo ou função
Vice-Diretor de Centro.
05/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Agrárias e Engenharias, .

Cargo ou função
Representante titular da UFES no Conselho Consultivo do Parque Estadual Forno Grande.
03/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Agrárias e Engenharias, .

Cargo ou função
Representante titular da UFES no Conselho Consultivo da Floresta Nacional de Pacotuba.
08/2014 - Atual
Ensino, Ciências Florestais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia de Florestas Tropicais
Identificação de Plantas da Mata Atlântica
08/2014 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Agrárias e Engenharias, .

Cargo ou função
Representante titular da UFES no Conselho Consultivo do Parque Nacional do Caparaó.
09/2012 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Agrárias e Engenharias, .

Cargo ou função
Representante efetivo no Conselho Departamental do Centro de Ciências Agrárias e Engenharias.
02/2011 - Atual
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia Florestal
Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável
Unidades de Conservação
09/2010 - 11/2018
Direção e administração, Departamento de Ciências Florestais e da Madeira, .

Cargo ou função
Subcurador do Herbário VIES - Jerônimo Monteiro.
04/2017 - 06/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Agrárias e Engenharias, .

Cargo ou função
Presidente de duas Comissões de Sindicâncias (Portarias 04 e 05 de 2017 - GD/CCAE).
09/2012 - 09/2016
Direção e administração, Departamento de Ciências Florestais e da Madeira, .

Cargo ou função
Chefe de Departamento.
06/2012 - 12/2013
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Planejamento de Parques
10/2010 - 09/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Agrárias e Engenharias, .

Cargo ou função
Representante do Depto. Ciências Florestais e da Madeira na Comissão do Biotério.
05/2012 - 09/2012
Direção e administração, Departamento de Ciências Florestais e da Madeira, .

Cargo ou função
Sub-chefe de Departamento.
10/2010 - 09/2012
Direção e administração, Departamento de Ciências Florestais e da Madeira, .

Cargo ou função
Coordenador da Área Experimental de Jerônimo Monteiro.
09/2010 - 12/2011
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Gestão Ambiental
Sistemas Agroflorestais

Sociedade Botânica do Brasil - DF, SBB, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Vice-Presidente da Regional ES, BA e MG, Carga horária: 1
Outras informações
Biênio 2016 - 2017


Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Docente do Departamento de Educação DEDC, Carga horária: 40
Outras informações
Responsável pelas disciplinas de botânica e ecologia do campo do colegiado de biologia e de gestão socioambiental do colegiado de pedagogia.

Atividades

04/2010 - 09/2010
Ensino, ciências biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Anatomia e Organografia Vegetal
Biogeografia
Sistemática Filogenética
04/2009 - 09/2010
Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Educação, Departamento de Educação.

Atividade realizada
Coordenador do laboratório de ciências.
09/2009 - 03/2010
Ensino, ciências biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia Vegetal I
Fisiologia Vegetal
05/2009 - 08/2009
Ensino, ciências biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Métodos em Ecologia
Sistemática Vegetal
11/2008 - 04/2009
Ensino, ciências biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Anatomia e Organografia Vegetal
Fisiologia Vegetal
11/2008 - 04/2009
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Educação e Gestão Socioambiental
07/2008 - 10/2008
Ensino, ciências biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia Vegetal I
Fisiologia Vegetal
Sistemática Vegetal

Centro de Pesquisa e Gestão Pesqueira do Litoral Nordeste / CEPENE, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Biólogo, Carga horária: 40
Outras informações
Responsável técnico e oordenador de Recuperação de Áreas Degradadas do "Projeto Menguezal", parceria IAPA/CEPENE.

Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Pesquisador visitante, Enquadramento Funcional: Coordenador de recuperação de área degradada, Carga horária: 40
Outras informações
Desenvolvimento de pesquisas referentes a ecologia vegetal; recuperação de áreas degradadas; gerenciamento costeiro; capacitação de comunidades ribeirinhas para o manejo de espécies não-madeiráveis.

Atividades

02/2007 - 09/2010
Pesquisa e desenvolvimento , CEPENE, .


Faculdade Pitágoras - unidade FACTEF, PITÁGORAS, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Horista, Carga horária: 16
Outras informações
Docente de um conjunto multidisciplinar de disciplinas, principalmente sob o enfoque de conservação "sensu lato" dos colegiados de engenharia florestal, pedagogia, geografia e meio ambiente e ciência da computação.

Atividades

08/2010 - 09/2010
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Botânica Sistemática
Hidrologia
Sementes Florestais
08/2010 - 09/2010
Ensino, Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
TCC - Trabalho de Conclusão de Curso
08/2010 - 09/2010
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos Teóricos e Metodológicos da Ciência
02/2010 - 07/2010
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Hidrologia
Manejo da Vida Silvestre
02/2010 - 07/2010
Ensino, Geografia e Meio Ambiente, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Impactos Ambientais e Educação Ambiental
02/2009 - 07/2010
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Conservação da Natureza
02/2008 - 12/2009
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Botânica Sistemática
Ecologia Florestal
02/2008 - 12/2008
Ensino, Geografia e Meio Ambiente, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biogeografia
Direito Ambiental
Sustentabilidade dos Recursos Hídricos Regional e Global
02/2008 - 06/2008
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ensino de Ciências

Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro, IP/JBRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário voluntário, Carga horária: 20
Outras informações
Levantamento de excicatas, bibliografias referente a distibruição geográfica das leguminosas ocorrentes em formações vegetais de restingas. Inclusão e atualização dos espécimes em banco de dados (software BRAHMS), das leguminosas ocorrentes em restingas brasileiras, como subsídio de padrões de distribuição.

Atividades

02/2003 - 02/2004
Estágios , Programa Mata Atlântica, .

Estágio realizado
Atualização para o banco de dados BRAHMS das leguminosas ocorrentes em restingas brasileiras.

Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2006
Vínculo: Estagiário Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista de Iniciação cientítica do CNPq, sob orientação da prof. Dra. Dorothy Sue Dunn de Araujo, no projeto intitulado: As vegetações costeiras do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia: diversidade, comunidade e padrões de distribuição geográfica.

Atividades

05/2005 - 05/2006
Outras atividades técnico-científicas , Departamento de ecologia / Programa de Pós-graduação em ecologia, Departamento de ecologia / Programa de Pós-graduação em ecologia.

Atividade realizada
Duas Tutorias realizadas no PPG-Ecologia / UFRJ na disciplina de Ecologia de Comunidades Vegetais Costeiras, sob orientação da Prof. Dra. Dorothy Sue Dunn de Araujo nos anos de 2005 e 2006..
5/2002 - 3/2006
Estágios , Departamento de ecologia / Laboratório de Ecologia Vegetal, .

Estágio realizado
Levantamento estrutural de comunidades vegetais.
11/2004 - 10/2005
Outras atividades técnico-científicas , Departamente de ecologia / Bacharelado de ecologia, Departamente de ecologia / Bacharelado de ecologia.

Atividade realizada
Tutoria realizada no Bacharelado de Ecologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), nos anos de 2004 e 2005, com atividades em campo realizada na Restinga de Jurubatiba, Macaé, sendo responsável pelas orientações dos alunos de graduação.

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC/RJ, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Docente de ecologia, Carga horária: 4
Outras informações
Estágio docência na disciplina de ecologia geral para o bacharelado de geografia.

Atividades

03/2004 - 11/2004
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia geral

Centro de Educação a Distância do Estado do Rio de janeiro, CEDERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Tutor docente, Enquadramento Funcional: Docente de curso de extensão para professores, Carga horária: 4
Outras informações
Ministrar aulas à distância (e presencial) de cursos de atualização para professores de biologia e ciências do ensino médio e fundamental, respectivamente.

Atividades

06/2005 - 06/2007
Ensino, Extensão para professores, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Biologia geral

Centro Universitário da Cidade, UNIVERCIDADE, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Projeto Manguezário II Manutenção de plantio de espécies de manguezal e desenvolvimento de atividades de educação ambiental nas escolas próximas, além de palestras com a população local, sobre o funcionamento e a importância do ecossistema manguezal.

Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Monitor, Enquadramento Funcional: Biologia Marinha, Carga horária: 20
Outras informações
Atividades de monitoria em biologia marinha nas lagunas de jacarepaguá, Rio de Janeiro.

Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Monitor, Enquadramento Funcional: Monitor da 8° semana de Biologia, Carga horária: 10
Outras informações
Monitor da oitava semana de biologia da instituição

Atividades

03/2001 - 04/2002
Estágios , Escola de Ciências Biológicas - Projeto Manguezário II, .

Estágio realizado
Educação Ambiental.

Manglares Consultoria Ambiental, MANGLARES, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Coordenador, Enquadramento Funcional: Estágio de coordenação, Carga horária: 20
Outras informações
Estágio em manutenção de cobertura vegetal costeira em empreendimento ao redor da lagoa do Camorim, Barra da Tijuca, RJ.

Atividades

09/2001 - 09/2002
Estágios , Manglares Consultoria Ambiental, .

Estágio realizado
Manutenção de vegetação de ecossistemas costeiros.


Linhas de pesquisa


1.
Gerenciamento costeiro e Tecnologia social

Objetivo: Avaliação de cenário na região, com análise de conflitos socioambientais; diagnósticos das restingas como subsídios para políticas públicas locais; quantificação e qualificação dos recursos florísticos de restingas como valor de uso e de bens e serviços associados..
Grande área: Outros
Grande Área: Outros / Área: Ciências Ambientais.
Setores de atividade: Atividades profissionais, científicas e técnicas.
Palavras-chave: Complexidade; Conservação da natureza; zoneamento.
2.
Estrutura de comunidades vegetais

Objetivo: Além do levantamento florístico e mapeamento das fitofisionomias de restingas, são selecionadas diferentes áreas com o objetivo de analisar a estrutura das comunidades vegetais de restingas da região. São utilizados métodos de parcelas em Matas, intercepto de linhas em moitas e arbustivas, e parcela por cobertura em herbáceas. Todos os métodos seguindo autores da linha de ecologia vegetal..
3.
Florística das restingas do extremo sul baiano

Objetivo: Mapeamento das diferentes fitofisionomias de restingas na região; inventário florístico; envio das duplicatas para o herbário RB do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro; implantação de um museu botânico no CEPENE - Base de Caravelas; capacitação de alunos de ensino médio na função de parabotânicos; entrevista com os moradores ribeirinhos sobre o uso de algumas espécies. Listagem florística das restingas da região do extremo sul..


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Gradiente Vegetacional-Funcional da Floresta Ombrófila Densa Capixaba
Descrição: Os sistemas biológicos no ambiente florestal não se resumem apenas na mera presença dos organismos, pois o seu funcionamento depende também dos tipos e das combinações entre os organismos presentes. Portanto, a biodiversidade possui três componentes fundamentais através dos quais pode ser aferida: a composição, a estrutura e a função. A composição diz respeito a que elementos consistem na unidade biológica; a estrutura, como se organizam fisicamente, e a função versa sobre que processos ecológicos ou evolutivos que mantém ou são produzidos pela unidade biológica considerada. Assim, a biodiversidade abarca os processos que geram e mantêm as espécies, a variabilidade genética, a diversidade de populações e comunidades, a multiplicidade de ecossistemas e paisagens, distribuídos em gradientes ambientais, bem como todas suas relações com o meio físico e entre si. Levando em conta que estudos dessa natureza complexa no ambiente florestal heterogêneo são escassos no Brasil, e que os resultados oriundos desta pesquisa fornecerão subsídios para trabalhos posteriores relacionados à regeneração e resiliência dos ecossistemas, a taxonomia e conservação das espécies estudadas, bem como para o reflorestamento de áreas degradadas e conexão de fragmentos florestais remanescentes, este projeto tem como objetivo central a avaliação da diversidade biológica e funcional de três fitofisionomias de Floresta Ombrófila Densa (Altomontana, Montana e de Terras Baixas) no Parque Nacional do Caparaó e na Reserva Biológica do Córrego Grande, Espírito Santo, tendo como principais tópicos abordados a florística e fitossociologia, regeneração natural, fenologia e sistemas sexuais, banco e chuva de sementes, em dois gradientes ambientais, sendo eles o altitudinal (montano e altomontano) e o de borda-interior (terras baixas)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (3) .
Integrantes: Henrique Machado Dias - Coordenador / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Karla Maria Pedra de Abreu - Integrante / Cláudio Nicoletti de Fraga - Integrante / Rafael Marian Callegaro - Integrante.Financiador(es): Parque Nacional do Caparaó - Cooperação / Reserva Biológica do Córrego Grande - Cooperação / Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo - Auxílio financeiro.
2016 - Atual
Ampliação da coleção e fortalecimento do Herbário VIES - Subcuradoria Jerônimo Monteiro, como biblioteca da Biodiversidade Vegetal no sul do Espírito Santo
Descrição: A metodologia de trabalho (atividades) do bolsista de apoio técnico será focada nos seguintes tópicos: ? Manutenção e organização do acervo florístico nas coleções do Herbário; ? Registro das plantas provenientes dos projetos de pesquisas listados anteriormente; ? Registro da coleção de madeiras para a Xiloteca, vinculada ao Herbário; ? Registro da coleção no banco de dados BRAHMS (software exclusivo para gerenciamento de coleções); ? Intercâmbio de espécimes com diferentes outros herbários/xilotecas no país e no exterior; ? Classificação e identificação taxonômica de espécimes vegetais; ? Participação em atividades de campo, junto aos projetos listados anteriormente, para coleta e processamento dos materiais botânicos; ? Apoio técnico a outros projetos florísticos e estrutural de vegetação no sul do Espírito Santo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Henrique Machado Dias - Coordenador / Miriam Cristina Alvarez Pereira - Integrante / Elzimar de Oliveria Gonçalves - Integrante / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Marcos Vinicius Winckler Caldeira - Integrante / Karla Maria Pedra de Abreu - Integrante / Rafael Marian Callegaro - Integrante / José Tarcisio da Silva Oliveira - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo - Bolsa.
2013 - Atual
Dinâmica da ciclagem de nutrientes em florestas tropicais, no Espírito Santo
Descrição: É possível constatar que a ciclagem de nutrientes é um conjunto de processos integrados que envolvem a transferência de energia e nutrientes entre as partes integrantes de um determinado ecossistema. Acredita-se que este fenômeno de troca dinâmica entre componentes bióticos e abióticos tem relação muito estreita com a sustentabilidade das florestas tropicais. Considerando que estudos relacionados sobre a dinâmica da ciclagem de nutrientes em Florestas Tropicais, no Espírito Santo são raros, os resultados oriundos dessa pesquisa servirão de base para a compreensão da estrutura e da dinâmica de nutrientes nas florestas em questão. Permitindo caracterizar o estoque de nutrientes, além de servir para elucidar alguns aspectos do crescimento e da produtividade. Esse conhecimento ainda dará suporte para os planos de manejo sustentado, ou de conservação das florestas, pois a produtividade sustentada nas diferentes formações florestais está intimamente ligada ao processo da ciclagem de nutrientes. . Sabe-se que qualquer estratégia de proteção ao meio ambiente deve assegurar o conhecimento e a manutenção da diversidade, o presente projeto tem como objetivos gerais contribuir para compreensão dos mecanismos da ciclagem de nutrientes (bioquímica e biogeoquímica) e sua importância para o manejo e conservação da Floresta Ombrófila Densa e Floresta Estacional Semidecidual Submontana, no Espírito Santo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Henrique Machado Dias - Integrante / Marcos Vinícius Caldeira Winckler - Coordenador / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Raquel Fernandes Zorzanelli - Integrante.
2012 - 2015
Diversidade biológica e funcional de uma Floresta Estacional Semidecidual Submontana em Cachoeiro de Itapemirim, ES
Descrição: Os sistemas biológicos não se resumem apenas na mera presença dos organismos, seu funcionamento depende dos tipos e das combinações entre aqueles presentes. Portanto, a biodiversidade possui três componentes fundamentais através dos quais pode ser aferida: a composição, a estrutura e a função. A composição diz respeito a que elementos consistem a unidade biológica; a estrutura, como se organizam fisicamente, e a função que versa sobre quais processos ecológicos ou evolutivos mantêm ou são produzidos pela unidade biológica considerada. Assim, a biodiversidade abarca os processos que geram e mantêm as espécies, a variabilidade genética, a diversidade de populações e comunidades, a multiplicidade de ecossistemas e paisagens, bem como todas suas relações com o meio físico e entre si. Levando em conta que estudos dessa natureza são escassos no Brasil, que os resultados oriundos desta pesquisa fornecerão subsídios para trabalhos posteriores relacionados à taxonomia, conservação e evolução das espécies estudadas, bem como para o fornecimento de sementes florestais que subsidiem reflorestamentos de áreas degradadas para conexão entre fragmentos florestais remanescentes e que o tema diversidade biológica e funcional será avaliado na Floresta Estacional Semidecidual Submontana em Cachoeiro do Itapemirim, Espírito Santo, os principais tópicos que serão abordados são: florística e fitossociologia, fragmentação, fenologia e chuva de sementes, ciclagem de nutrientes, áreas prioritárias para conservação e alfabetização em ecologia florestal. Valor financiado pela FAPES: R$ 40.728,00..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Henrique Machado Dias - Integrante / Marcos Vinícius Caldeira Winckler - Coordenador / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Raquel Fernandes Zorzanelli - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo - Auxílio financeiro.
2012 - 2014
As fitofisionomias das restingas como instrumento para o gerenciamento costeiro no município de Presidente Kennedy, ES.
Descrição: O objetivo deste projeto será subsidiar um planejamento territorial costeiro, a partir do uso de ferramentas de descrição florística e estrutural, zoneamento fitofisionômico das comunidades e listagem de bens e serviços associados aos usos diretos e indiretos, nas restingas de Presidente Kennedy, ES. Desta forma, espera-se embasar uma área prioritária para conservação localizada na mesma região, instrumentando políticas conservacionistas de proteção da biodiversidade e de uso sustentável de espécies nativas, considerando-se o potencial e a vocação natural do ecossistema. Nesse contexto, as categorias de análise estão focadas em florística e fitossociologia, fitofisionomias, bens e serviços e gestão costeira. Os procedimentos metodológicos estarão inseridos em técnicas de pesquisas qualitativas e quantitativas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Henrique Machado Dias - Coordenador / Miriam Cristina Alvarez Pereira - Integrante / Fábio Demolinari - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Espírito Santo - Cooperação / Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo - Auxílio financeiro.
2012 - Atual
Recuperação ambiental de áreas de pastagens na bacia do rio Itapemirim, sul do estado do Espírito Santo
Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar diferentes metodologias para recuperação de áreas degradadas no sul do estado do Espírito Santo. Serão avaliadas técnicas de nucleação e a viabilidade da adoção de modelos sucessionais por meio do plantio de mudas de espécies arbóreas nativas da região..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2017
Diversidade biológica e funcional da Floresta Ombrófila Densa do Parque Nacional do Caparaó, Espírito Santo
Descrição: Os sistemas biológicos não resumem apenas na mera presença dos organismos, seu funcionamento depende dos tipos e das combinações entre os organismos presentes. Portanto, a biodiversidade possui três componentes fundamentais através dos quais pode ser aferida: a composição, a estrutura e a função. A composição diz respeito a que elementos consistem a unidade biológica; a estrutura, como eles se organizam fisicamente, e a função versa sobre que processos ecológicos ou evolutivos mantém ou são produzidos pela unidade biológica considerada. Assim, a biodiversidade abarca os processos que geram e mantêm as espécies, a variabilidade genética, a diversidade de populações e comunidades, a multiplicidade de ecossistemas e paisagens, bem como todas suas relações com o meio físico e entre si. Levando em conta que estudos dessa natureza são escassos no Brasil, que os resultados oriundos desta pesquisa fornecerão subsídios para trabalhos posteriores relacionados à taxonomia, conservação e evolução das espécies estudadas, bem como para o reflorestamento de áreas degradadas e conexão de fragmentos florestais remanescentes e que o tema diversidade biológica e funcional será avaliado na Floresta Ombrófila Densa do Parque Nacional do Caparaó, Espírito Santo, os principais tópicos que serão abordados são: florística e fitossociologia, fenologia e chuva de sementes, diversidade genética, ciclagem de nutrientes, germinação de sementes e produção de mudas e alfabetização em ecologia florestal..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Henrique Machado Dias - Integrante / Marcos Vinícius Caldeira Winckler - Coordenador / Elzimar de Oliveria Gonçalves - Integrante / Miele Tallon Matheus - Integrante / Fábio Demolinari - Integrante / Sustanis Horn Kunz - Integrante / José Carlos Lopes - Integrante / Waldomiro de Paula Lopes - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo - Bolsa / Parque Nacional do Caparaó - Cooperação / Universidade Federal do Espírito Santo - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2011 - 2016
HERBÁRIO VIES Subcuradoria Jerônimo Monteiro
Descrição: Os herbários são vistos como instrumento de educação científica, pois servem como uma biblioteca da biodiversidade vegetal no planeta, informando à sociedade o papel da flora e demais organismos associados a ela nos ecossistemas estudados. A necessidade de criação de uma coleção científica estimula a conservação da biodiversidade aliada aos estudos de bens e serviços associados aos vegetais. A manutenção de uma coleção também é importante para acompanhar a fenologia de cada espécie estudada (habitat, habito, floração, frutificação, distribuição geográfica, etc.), por isso vai subsidiar estudos de produção de mudas, recuperação de áreas degradadas, manejo florestal, ecologia florestal, taxonomia, etc. O crescente número de projetos de pesquisas desenvolvidos por docentes e alunos do Departamento de Ciências Florestais e da Madeira bem como outros cursos de graduação e pós-graduação do Centro de Ciências Agrárias da UFES tem aumentado a demanda por coleta de material botânico e sua posterior identificação taxonômica. Por isso, a inclusão desse material em um acervo mais amplo e melhor estruturado torna-se fundamental. Uma coleção estruturada também é importante para dar suporte às disciplinas de Botânica lecionadas nos cursos de graduação em Biologia, Engenharia Florestal, Zootecnia e Agronomia, bem como para o curso de Mestrado em Ciências Florestais, mestrado e doutorado em Produção Vegetal, e nas diferentes linhas de pesquisa da instituição..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (4) .
Integrantes: Henrique Machado Dias - Coordenador / Marcos Vinícius Caldeira Winckler - Integrante / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Aderbal Gomes da Silva - Integrante.
2009 - 2011
Efeito de borda em fragmento florestal de tabuleiro no norte do Espírito Santo
Descrição: Estudar a ecologia vegetal das bordas de um fragmento florestal..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Henrique Machado Dias - Coordenador / Alison Venícios de Jesus Bonfim - Integrante / Eduardo Alves Araújo - Integrante.Financiador(es): Reserva Biológica do Córrego Grande - Cooperação / Universidade do Estado da Bahia - Cooperação.Número de orientações: 1
2008 - 2010
Floristica das restingas do extremo sul da Bahia como forma ecológica e de tecnologia social.
Descrição: Descrição da flora costeira do extremo sul baiano e suas diferentes formas de utilização pela comunidade local, em termos de usos e serviços associados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2010
Inventário Florístico e Estrutural de Comunidades Vegetais nas Restingas de Caravelas, Bahia
Descrição: Estudar a estrutura e diversidade vegetal no ecossistema de restinga..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Henrique Machado Dias - Coordenador / Cyl Farney Catarino de Sá - Integrante / Dorothy Sue Dunn de Araujo - Integrante / Emanuelli Rufino Pires - Integrante.Financiador(es): Instituto de Apoio e Proteção Ambiental - Auxílio financeiro / Universidade do Estado da Bahia - Cooperação / Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - Cooperação / Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro - Cooperação.Número de orientações: 1


Projetos de extensão


2017 - Atual
VII Congresso Florestal Latino-Americano (CONFLAT)
Descrição: O VII Congresso Florestal Latino-Americano é um impulsionador para a troca de experiências, em nível internacional, visando incentivar à criação de parcerias e fortalecimento das pesquisas na área, uma vez que envolve a presença de pesquisadores, profissionais, estudantes de graduação e pós-graduação, empresas, representantes de órgãos públicos, formuladores e executores de políticas setoriais, organizações não governamentais e entidades tecnológicas nacionais e estrangeiras, que lidam com as questões ambientais, sociais, econômicas, educacionais, políticas e culturais relacionadas com o uso dos recursos florestais. O evento será realizado pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais e Centro de Ciências Agrárias e Engenharias da Universidade Federal do Espírito Santo, na cidade de Vitória, Espírito Santo, dos dias 12 a 15 de junho de 2018, com o tema ?Preservação e produção florestal face às mudanças climáticas: Desafios para o século XXI?. Haverá palestras com temas relevantes para a área, como ?Os desafios do setor florestal para o século XXI face às mudanças climáticas?, ?Adaptação da sociedade às Mudanças Climáticas com base em ecossistemas florestais: a oportunidade para a América Latina com base no IPCC?, Panorama dos efeitos do fogo nas florestas e suas relações com as mudanças climáticas e ?Modelagem do Crescimento e Produção face às Mudanças Climáticas?, além de palestras mostrando um panorama da pesquisa dentro das empresas para os segmentos do setor florestal, por exemplo, a ?A Importância da Tecnologia da Madeira no Uso Racional das Florestas?. O evento receberá a submissão de trabalhos científicos na forma de resumo, que serão avaliados por especialistas nas seguintes linhas de pesquisa: Ecologia e Conservação da Natureza, Manejo Florestal, Recursos Hídricos e Geotecnologia, Silvicultura e Tecnologia de Produtos Florestais. Os resumos aceitos, após correções, se necessárias, serão publicados nos anais do evento e os selecionados por uma comissão especial serão publicados na forma de trabalhos completos no Periódico Floresta e Ambiente (FLORAM) de Qualis B1 nas Ciências Agrárias-CAPES. Também ocorrerá a apresentação dos trabalhos científicos na forma oral e de e-pôster (forma de apresentação digital para evitar o desperdício do consumo de papel), no intuito de promover a interação e discussão dos temas apresentados. Nos quatro dias do evento, haverão momentos de debate de temas relevantes da Ciência Florestal. Portanto, espera-se com este evento: promover discussões sobre as pesquisas desenvolvidas em nível de excelência internacional; criar um espaço de atualização e trocas de experiências entre estudantes, professores, pesquisadores e profissionais do setor florestal nacional e internacional; debater a importância da internacionalização dos programas brasileiros de pós-graduação em ciências florestais; incentivar as parcerias entre institutos de pesquisa, empresas e universidades no desenvolvimento de pesquisa; incentivar a produção de tecnologias e pesquisas aplicadas; e estimular estudos e ações para o sucesso de empreendimentos florestais com os benefícios sociais, ambientais e econômicos. As informações do evento, programação, inscrição e normas de submissão dos trabalhos científicos, bem como o contato da comissão organizadora estão disponíveis para acesso na página da internet criada (conflat.com.br)..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Henrique Machado Dias - Coordenador / Nilton Cesar FIEDLER - Integrante / Gilson Fernandes da Silva - Integrante / José Eduardo Macedo Pezzopane - Integrante / Marcos Vinicius Winckler Caldeira - Integrante / Pedro L. P. T. de Carvalho - Integrante / Graziela Baptista Vidaurre - Integrante / Rodrigo Sobreira Alexandre - Integrante / João Vicente Latorraca - Integrante / Tiago de Oliveira Godinho - Integrante / Genilda Canuto Amaral - Integrante.Financiador(es): Fibria Celulose - Auxílio financeiro / Governo do Estado do Espírito Santo - Auxílio financeiro / Serviço Florestal Brasileiro - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2010 - 2015
Rede de Sementes Florestais do entorno do Caparaó-ES e Bacia do Rio Itapemirim.
Descrição: A "Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó e da Bacia do Rio Itapemirim" foi criada pelos governos dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, por meio de convênio entre a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Espírito Santo e da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais, Universidade Federal do Espírito Santo e do Instituto Chico Mendes - ICMBIO. A falta de oferta de mudas e sementes de qualidade, tal como define a lei 10.711/03, é uma das justificativas para a criação desta rede, visto que a qualidade é um fator importantíssimo ao se tratar de sementes e mudas. Os perigos de se coletar sementes florestais, como a baixa qualidade genética das espécies, proximidade entre as matrizes, pode levar a problemas de endogamia. A criação da Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó e Bacia do Rio Itapemirim é uma oportunidade de consolidar as ações florestais na região do entorno do Caparaó, além de servir como fonte de fortalecimento da Rede de Sementes Florestais da Mata Atlântica (RIOESBA)..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Henrique Machado Dias - Integrante / Nilton Cesar FIEDLER - Integrante / Gilson Fernandes da Silva - Coordenador / Marcos Vinícius Caldeira Winckler - Integrante / Elzimar de Oliveria Gonçalves - Integrante / Miele Tallon Matheus - Integrante / Adriano Ribeiro de Mendonça - Integrante / Fábio Demolinari - Integrante / José Eduardo Macedo Pezzopane - Integrante.Financiador(es): Governo do Estado do Espírito Santo - Auxílio financeiro / Governo do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.


Membro de corpo editorial


2018 - Atual
Periódico: FLORAM


Revisor de periódico


2011 - Atual
Periódico: Ciência Florestal (UFSM. Impresso)
2011 - 2012
Periódico: Comunicata Scientiae
2012 - 2013
Periódico: Ambiente & Sociedade (Online)
2017 - Atual
Periódico: FLORESTA (UFPR. IMPRESSO)
2017 - Atual
Periódico: Rodriguesia
2016 - Atual
Periódico: FLORAM


Revisor de projeto de fomento


2018 - 2018
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Conservação da Natureza.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Vegetal/Especialidade: Ecologia de Comunidades Vegetais.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Florística e Fitossociologia.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Coleções Botânicas (Herbário).


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2010
Professor homenageado da 1a turma de Engenharia Florestal., Faculdade Pitágoras - unidade Teixeira de Freitas, BA..


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
1ARAÚJO, EDUARDO ALVES2018ARAÚJO, EDUARDO ALVES ; KUNZ, SUSTANIS HORN ; Dias, Henrique Machado ; CARRIJO, TATIANA TAVARES ; ZORZANELLI, JOÃO PAULO FERNANDES . Inventários florísticos na região do Caparaó Capixaba revelam novos registros para a flora do Espírito Santo. Rodriguesia, v. 69, p. 1953-1963, 2018.

2.
2DIAS, H. M.2017DIAS, H. M.; ARAUJO, D. S. D. . Estrutura do estrato lenhoso de uma comunidade arbustiva fechada sobre cordão arenoso na Restinga da Marambaia, RJ. CIENCIA FLORESTAL, v. 27, p. 1129-1142, 2017.

3.
4COUTO, D. R.2017COUTO, D. R. ; FRANCISCO, T. M. ; MANHAES, V. C. ; DIAS, H. M. ; PEREIRA, M. C. A. . Floristic composition of a Neotropical inselberg from Espírito Santo state, Brazil: an important area for conservation. Check List (São Paulo. Online), v. 13, p. 1-12, 2017.

4.
3ZORZANELLI, JOÃO PAULO FERNANDES2017ZORZANELLI, JOÃO PAULO FERNANDES ; Dias, Henrique Machado ; DA SILVA, ADERBAL GOMES ; KUNZ, SUSTANIS HORN . Vascular plant diversity in a Brazilian hotspot: floristic knowledge gaps and tools for conservation. REVISTA BRASILEIRA DE BOTÂNICA (IMPRESSO), v. 40, p. 1-9, 2017.

5.
6ZORZANELLI, JOÃO PAULO FERNANDES2016ZORZANELLI, JOÃO PAULO FERNANDES ; Dias, Henrique Machado ; SILVA, NAUAN RODRIGUES DA ; KUNZ, SUSTANIS HORN . RICHNESS, STRUCTURE AND VEGETATION RELATIONSHIPS OF THE WOODY LAYER IN AN UPPER MONTANE FOREST IN CAPARAÓ NATIONAL PARK, MINAS GERAIS STATE, BRAZIL. OECOLOGIA AUSTRALIS, v. 20, p. 177-183, 2016.

6.
5COUTO, D. R.2016COUTO, D. R. ; DIAS, H. M. ; PEREIRA, M. C. A. ; FRAGA, C. N. ; Pezzopane, J.E.M. . Vascular epiphytes on Pseudobombax (Malvaceae) in rocky outcrops (inselbergs) in Brazilian Atlantic Rainforest: basis for conservation of a threatened ecosystem. Rodriguésia (Online), v. 67, p. 583-601, 2016.

7.
7ZORZANELLI, JOÃO PAULO FERNANDES2015ZORZANELLI, JOÃO PAULO FERNANDES ; CARRIJO, TATIANA TAVARES ; Dias, Henrique Machado ; SILVA, ADERBAL GOMES DA .

New records of angiosperms from Espírito Santo, Brazil

. Check List (São Paulo. Online), v. 11, p. 1653, 2015.

8.
8DIAS, H. M.2014DIAS, H. M.; SOARES, M.L.G. ; NEFFA, E. . Espécies florestais de restingas como potenciais instrumentos para gestão costeira e tecnologia social em Caravelas, Bahia (Brasil).. Ciência Florestal (UFSM. Impresso), v. 24, p. 727-740, 2014.

9.
10PIRES, EMANUELLI RUFINO2013PIRES, EMANUELLI RUFINO ; Dias, Henrique Machado . Estrutura populacional de Vriesea neoglutinosa Mez em uma restinga no estado da Bahia / Population structure of Vriesea neoglutinosa Mez in a coastal plain in the state of Bahia. Ambiência (UNICENTRO), v. 9, p. 369-379, 2013.

10.
9TEBALDI, ANDRÉ LUIZ CAMPOS2013TEBALDI, ANDRÉ LUIZ CAMPOS ; Fiedler, Nilton Cesar ; Juvanhol, Ronie Silva ; Dias, Henrique Machado . Ações de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais nas Unidades de Conservação Estaduais do Espírito Santo. FLORAM - Revista Floresta e Ambiente, v. 20, p. 1-10, 2013.

11.
11DIAS, H. M.2013DIAS, H. M.. Biodiversidade e desenvolvimento sustentável: a interdisciplinaridade das ações ambientais como proposta de inclusão social. Ambiente & Educação, v. 18, p. 37-57, 2013.

12.
13DIAS, H. M.2012DIAS, H. M.; SOARES, M.L.G. ; NEFFA, E. . Conflitos socioambientais: o caso da carcinicultura no complexo estuarino Caravelas ? Nova Viçosa/Bahia-Brasil.. Ambiente & Sociedade (Online), v. 15, p. 111-130, 2012.

13.
15MOTA, R. S.2012MOTA, R. S. ; DIAS, H. M. . Quilombolas e recursos florestais medicinais no sul da Bahia, Brasil.. Interações (UCDB), v. 13, p. 151-159, 2012.

14.
14Tebaldi, André L.C.2012Tebaldi, André L.C. ; Fiedler, Nilton Cesar ; Dias, Henrique Machado . Vulnerability and management of protected areas from Espirito Santo, Brazil.. Floresta e Ambiente, v. 19, p. 267-276, 2012.

15.
12TRANCOSO, D. G.2012TRANCOSO, D. G. ; MOREIRA, K. F. ; MIRANDA, T. M. F. ; DIAS, H. M. . Diversidade e Etnoconhecimento: a etnobotânica da aldeia Trevo do Parque, Itamaraju, BA.. Bahia Analise & Dados, v. 22, p. 551-560, 2012.

16.
16Juvanhol, Ronie Silva2011Juvanhol, Ronie Silva ; Fiedler, Nilton Cesar ; Santos, Alexandre Rosa dos ; Pirovani, Daiani B. ; Louzada, Franciane L.R.O. ; Dias, Henrique Machado ; Tebaldi, André L.C. . Análise Espacial de Fragmentos Florestais: Caso dos Parques Estaduais de Forno Grande e Pedra Azul, Estado do Espírito Santo. Floresta e Ambiente, v. 18, p. 353-364, 2011.

17.
18DIAS, H. M.;Dias, Henrique Machado2008DIAS, H. M.. O Meio Ambiente nos Planos Diretores: similaridades e contradições entre dois municípios do estado do Rio de Janeiro, Brasil. Segmentos, v. 1, p. 85-102, 2008.

18.
17DIAS, H. M.;Dias, Henrique Machado2008DIAS, H. M.; SOARES, M.L.G. . As fitofisionomias das restingas de Caravelas - Bahia e os bens e serviços associados.. Boletim Técnico Científico do CEPENE, v. 16, p. 59-74, 2008.

Capítulos de livros publicados
1.
DIAS, H. M.. Extrativismo florestal como forma de redução da vulnerabilidade socioambiental. In: Álvaro Boson de Castro Faria; Eleandro José Brun; Fernando Ferrari. (Org.). Ciências Florestais e Biológicas (CIFLORBIO). 1ed.Curitiba: Ed. UTFPR, 2015, v. 1, p. 81-125.

2.
DIAS, H. M.; SOARES, M.L.G. . Conflitos Políticos, Sociais e Ambientais: O Exemplo da Carcinicultura no Município de Caravelas, BA.. In: Fátima Branquinho; Israel Felzenswalb. (Org.). Meio Ambiente: experiências em pesquisa multidisciplinar e formação de pesquisadores.. 1ed.Rio de Janeiro: Mauad X, 2007, v. 1, p. 77-92.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
RANGEL, L.B. ; DIAS, H. M. ; JOPPERT JUNIOR, N. ; MATTOS, U. A. O. . Catadores de materiais recicláveis e relações sociais no interior de uma associação beneficente do Rio de Janeiro. In: 24° Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2007, Belo Horizonte. Anais..., 2007.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ARAÚJO, E.A. ; KUNZ, S. H. ; DIAS, H. M. ; CALDEIRA, M. V. W. ; BARRETO, A. M. R. . Abundância e Estrutura de Melastomataceae em diferentes altitudes em floresta ombrófila densa no Parque Nacional do Caparaó, ES.. In: XII Congresso de Ecologia do Brasil, 2015, São Lourenço. Anais..., 2015.

2.
ZORZANELLI, J. P. F. ; ZORZANELLI, R. F. ; DIAS, H. M. . Novo registro de Ilex taubertiana Loes. (Aquifoliaceae) para o Espírito Santo. In: XII Congresso de Ecologia do Brasil, 2015, São Lourenço. Anais..., 2015.

3.
MOREAU, J. S. ; KUNZ, S. H. ; SILVA, A. G. ; DIAS, H. M. ; MANHAES, L. P. . Interação entre vegetação e ambiente em uma Floresta Ombrófila Densa das Terras Baixas, Espírito Santo.. In: XII Congresso de Ecologia do Brasil, 2015, São Lourenço. Anais..., 2015.

4.
DIAS, H. M.; SOARES, M.L.G. ; NEFFA, E. . Native woody species of sandy coastal plains as potential tools for coastal management and social technology in northeastern Brazil. In: VI Congreso Forestal Latinoamericano, 2014, Morelia, Michoacán, México. Anais..., 2014.

5.
DIAS, H. M.; CASTRO, E.M.N.V. ; SOARES, M.L.G. . Vegetação das restingas como instrumento para gestão costeira e tecnologia social em Caravelas, BA.. In: X Congresso de Ecologia do Brasil, 2011, São Lourenço, MG. Anais..., 2011.

6.
DIAS, H. M.; SOARES, M.L.G. ; CASTRO, E.M.N.V. . As fitofisionomias das restingas e os bens e serviços associados no município de Caravelas-BA. In: 60 Congresso Nacional de Botânica, 2009, Feira de Santana. Anais.... Feira de Santana: UEFS, 2009.

7.
DIAS, H. M.; SOARES, M.L.G. . Identificação das fitofisionomias das restingas, seus usos e funções, como ferramenta para a gestão costeira. In: III Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2008, Fortaleza. Anais .... Fortaleza, 2008.

8.
DIAS, H. M.; SOARES, M.L.G. . Análise de Cadeia Causal (ACC) aplicada a avaliação de conflitos relacionados a projeto de carcinicultura no município de Caravelas, Bahia, Brasil.. In: III Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2008, Fortaleza. Anais.... Fortaleza, 2008.

9.
DIAS, H. M.; ARAUJO, D. S. D. . Estrutura do estrato lenhoso de uma comunidade arbustiva fechada sobre cordão arenoso na Restinga da Marambaia, RJ. In: XXVI Semana de Biologia e III Simpósio Técnico Científico da Marambaia da UFRuralRJ, 2006, Rio de Janeiro. Anais ..., 2006.

10.
DIAS, H. M.; SOARES, M.L.G. . Modelo conceitual para utilização sustentada dos recursos florísticos nativos de restinga, em áreas de plantio de coco, Caravelas, extremo sul da Bahia: uma proposta para a inclusão sócio econômica.. In: VI Congresso Brasileiro de Sistemas Agroflorestais: bases científicas para o desenvolvimento sustentável., 2006, Campos dos Goitacazes. Anais ..., 2006.

11.
DIAS, H. M.; ARAUJO, D. S. D. ; ALMEIDA, A. L. . Estrutura de uma comunidade arbustiva fechada na Restinga da Marambaia - RJ. In: VI Congresso de Ecologia do Brasil, 2003, Fortaleza. Anais ..., 2003. v. 2. p. 254-255.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
PERINI, M. ; DIAS, H. M. ; KUNZ, S. H. . Sistemas Sexuais de plantas em uma floresta montana brasileira. In: VII Congresso Florestal Latino-Americano, 2018, Vitória, ES. Anais..., 2018.

2.
PERINI, M. ; DIAS, H. M. ; KUNZ, S. H. . Chuva de sementes de espécies lenhosas em um trecho de floresta ombrófila densa no Parque Nacional do Caparaó, ES. In: VII Congresso Florestal Latino-Americano, 2018, Vitória, ES. Anais..., 2018.

3.
FERREIRA, M. L. S. M. ; DIAS, H. M. ; MELLO, T. . Bens e serviços associados às fitofisionomias de restingas como instrumentos para o gerenciamento costeiro. In: VII Congresso Florestal Latino-Americano, 2018, Vitória, ES. Anais..., 2018.

4.
DIAS, P. B. ; GOMES, L. P. ; NASCIMENTO, G. S. P. ; HEITOR, F. D. ; NEVES, F. P. ; DIAS, H. M. . Florística e estrutura da comunidade arbórea em floresta nebular no Parque Nacional do Caparaó, Brasil. In: VII Congresso Florestal Latino-Americano, 2018, Vitória, ES. Anais..., 2018.

5.
GOMES, L. P. ; DIAS, P. B. ; NASCIMENTO, G. S. P. ; HEITOR, F. D. ; NEVES, F. P. ; DIAS, H. M. . Levantamento fitossossiológico em um fragmento de floresta ombrófila densa montana, no sul do Espírito Santo. In: VII Congresso Florestal Latino-Americano, 2018, Vitória, ES. Anais..., 2018.

6.
CONCEICAO, S. F. ; ZORZANELLI, J. P. F. ; ROSALEM, G. ; DIAS, H. M. . Estrutura de uma comunidade de moita de restinga em Praia das Neves, município de Presidente Kennedy - ES. In: 64 Congresso Nacional de Botânica, 2013, Belo Horizonte. Anais..., 2013.

7.
CAMPANHARO, I. F. ; SILVA, W. M. ; KUNZ, S. H. ; DIAS, H. M. ; Winckler, M.V.C. . Distribuição de Cyathea spp. (Cyatheaceae) e Euterpe edulis (Arecaceae) ao longo de um gradiente altitudinal no Parque Nacional do Caparaó-ES. In: 64 Congresso Nacional de Botânica, 2013, Belo Horizonte. Anais..., 2013.

8.
SILVA, W. M. ; CAMPANHARO, I. F. ; SPADETO, C. ; MOREAU, J. S. ; COUTO, D. R. ; DIAS, H. M. . Epífitas vasculares de um trecho de floresta ombrófila densa no Parque Nacional do Caparaó-ES. In: 64 Congresso Nacional de Botânica, 2013, Belo Horizonte. Anais..., 2013.

9.
ZORZANELLI, R. F. ; ZORZANELLI, J. P. F. ; DIAS, H. M. ; CASTRO, K. C. ; SILVA, A. G. . Levantamento florístico das Monilófitas e Licófitas na Serra do Valentim, Iúna, Espírito Santo. In: 64 Congresso Nacional de Botânica, 2013, Belo Horizonte. Anais..., 2013.

10.
FERREIRA, R. S. ; MIRANDA, F. D. ; RODRIGUES, A. C. C. ; DIAS, H. M. ; CALDEIRA, M. V. W. ; KUNZ, S. H. . Diversidade e estrutura genética populacional de Cabralea canjerana (Meliaceae) no Parque Nacional do Caparaó. In: 64 Congresso Nacional de Botânica, 2013, Belo Horizonte. Anais..., 2013.

11.
RODRIGUES, A. C. C. ; MIRANDA, F. D. ; FERREIRA, R. S. ; DIAS, H. M. ; CALDEIRA, M. V. W. ; KUNZ, S. H. . Diversidade e estrutura genética populacional de Vochysia bifalcata (Vochysiaceae) no Parque Nacional do Caparaó. In: 64 Congresso Nacional de Botânica, 2013, Belo Horizonte. Anais..., 2013.

12.
COUTO, D. R. ; PEREIRA, M. C. A. ; DIAS, H. M. ; ZORZANELLI, J. P. F. ; Pezzopane, J.E.M. . Diversidade e distribuição vertical de epífitos vasculares sobre Pseudobombax campestre (Mart. & Zucc.) A.Robyns (Malvaceae) em complexo rupestre de granito no sul do Espírito Santo. In: 63 Congresso Nacional de Botânica, 2012, Joinville. Anais..., 2012.

13.
ZORZANELLI, J. P. F. ; DIAS, H. M. ; SILVA, A. G. ; COUTO, D. R. . Riqueza florística em um fragmento de Floresta Ombrófila Densa Montana na Serra do Valentim, Iúna, Espírito Santo. In: 63 Congresso Nacional de Botânica, 2012, Joinville. Anais..., 2012.

14.
BONFIM, A.V.J. ; ARAÚJO, E.A. ; DIAS, H. M. . Estrutura de borda em um fragmento florestal na REBIO Córrego Grande, ES.. In: 62 Congresso Nacional de Botânica, 2011, Fortaleza. Anais..., 2011.

15.
PIRES, E. R. ; DIAS, H. M. . Estrutura populacional de Vriesea neoglutinosa Mez (Bromeliaceae) em uma restinga arbustiva de moitas no município de Caravelas-BA.. In: 61 Congresso Nacional de Botânica, 2010, Manaus. Anais.... Manaus: SBB, 2010.

16.
Donatti, A.F. ; Tigre, D.A. ; DIAS, H. M. . Estudo de caso: mata ciliar do rio Itanhém.. In: II Encontro de Biologia: Darwin 200 anos., 2009, Teixeira de Freitas. Anais.... Teixeira de Freitas: UNEB, 2009.

17.
DIAS, H. M.; SOARES, M.L.G. . Modelo conceitual para utilização sustentada dos recursos florísticos nativos de Restinga, em áreas de plantio de coco, Caravelas, Extremo Sul da Bahia: uma proposta para inclusão sócio-econômica.. In: I Encontro de Meio Ambiente, Educação e Sociedade, 2007, Teixeira de Freitas. Anais ..., 2007.

18.
DIAS, H. M.; SOARES, M.L.G. . Fitofisionomias das Restingas do Município de Caravelas, Bahia. In: XXVII Encontro Regional de Botânicos, 2007, São Mateus. Anais ..., 2007.

19.
DIAS, H. M.; ARAUJO, D. S. D. . Estrutura do estrato lenhoso de uma comunidade arbustiva fechada sobre cordão arenoso na Restinga da Marambaia, RJ.. In: 56 Congresso Nacional de Botânica, 2005, Curitiba. Anais ..., 2005.

20.
DIAS, H. M.; LIMA, H. C. ; BAUTISTA, H. P. ; ARAUJO, D. S. D. . Leguminosas das restingas da Bahia, Espírito Santo e Rio de Janeiro: Lista das espécies. In: 55° Congresso Nacional de Botânica e 26 ° Encontro Regional de Botânica, 2004, Viçosa. Anais .... Viçosa: UFV, 2004.

21.
DIAS, H. M.; ARAUJO, D. S. D. ; ALMEIDA, A. L. . Estrutura de uma comunidade arbustiva fechada na Restinga da Marambaia - RJ. In: XXII Jornada Fluminense de Botânica, 2003, Cabo Frio. Anais ..., 2003.

22.
ARAUJO, D. S. D. ; PEREIRA, O. J. ; SA, C. F. C. ; SILVA, L. A. M. ; DIAS, H. M. . Estrutura de duas florestas de restinga no município de Una, BA. In: XXIV Encontro Regional de Botânicos MG/BA/ES, 2002, Ilhéus. Anais .... Ilhéus: Universidade Estadual de Santa Cruz, 2002.

23.
DIAS, H. M.; ALMEIDA, A. L. . Fitofisionomia da comunidade halófila da restinga de Grumarí - RJ. In: VIII Semana de Biologia do Centro Universitário da Cidade, 2001, Rio de Janeiro. Anais ..., 2001.

Apresentações de Trabalho
1.
Dias, Henrique Machado. Criação, gestão e conflitos de uma unidade de conservação no sul da Bahia e suas relações sociais, ambientais e econômicas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
PIRES, E. R. ; DIAS, H. M. . Estrutura populacional de Vriesea neoglutinosa Mez (Bromeliaceae) em uma restinga arbustiva de moitas no município de Caravelas-BA. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
DIAS, H. M.; CASTRO, E.M.N.V. ; SOARES, M.L.G. . As fitofisionomias das restingas e os bens e serviços associados no município de Caravelas - BA. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
PIRES, E. R. ; DIAS, H. M. . Importância Ecológica da Bromélias-Tanque para o ecossistema de restingas.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
DIAS, H. M.; SOARES, M.L.G. . Identificação das fitofisionomias das restingas, seus usos e funções, como ferramenta para a gestão costeira. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
DIAS, H. M.. A importância das áreas de preservação permanentes na conservação das bacias hidrográficas. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
DIAS, H. M.. Colaborador em atividade de campo. 2009.

2.
DIAS, H. M.; MOREIRA, F. . Elaboração de laudo botânico para construção de Hotel, na região das dunas do Peró, Cabo Frio, RJ.. 2006.

3.
DIAS, H. M.; SANTOS, D.M.C. . Diagnóstico florístico para elaboração do Plano Diretor de Dutos (PDD) da Petrobrás, ao longo do trecho de dutos entre as Refinarias de Paulínia ? SP até Cubatão ? SP.. 2006.

4.
DIAS, H. M.. Identificação de espécimes vegetais de restinga localizadas nas praias da Macumba ao Pontal, Recreio dos Bandeirantes, RJ.. 2003.

5.
DIAS, H. M.. Identificação dos espécimes vegetais de restinga, localizadas as margens da laguna de Marapendi ? APA de Marapendi, Rio de Janeiro.. 2003.

Trabalhos técnicos
1.
DIAS, H. M.. Diagnóstico florístico de restinga (como parte integrante do EIA/RIMA), localizada na Gleba ?F? da região da península, na Barra da Tijuca, para a finalidade de ampliação de empreendimento.. 2006.

2.
DIAS, H. M.. Avaliador de projetos do Programa Petrobras Ambiental 2º edição.. 2006.

3.
DIAS, H. M.; ARAUJO, D. S. D. . Laudo Biológico para a Implantação de Reserva de Desenvolvimento Sustentável na Bahia. 2005.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
DIAS, H. M.; et al. . Especial sobre Abrolhos e ecossistemas associados. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
DIAS, H. M.. Construindo uma hipótese e definindo metodologias para as ciências naturais. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
DIAS, H. M.. Restinga e estuário de Caravelas. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
DIAS, H. M.. Métodos para inventariar e quantificar a diversidade em comunidades vegetais. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
DIAS, H. M.. Restinga, sua biodiversidade e sua peculiaridade. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
DIAS, H. M.; MOREIRA, F. . Inventários Biológicos: composição e estrutura de abundância das espécies ou de qualquer categoria taxonômica.. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

6.
SANTOS, D.M.C. ; DIAS, H. M. . Métodos para Inventários e Quantificação da Diversidade em Comunidades Vegetais. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Demais trabalhos
1.
DIAS, H. M.; SA, C. F. C. ; PEREIRA, O. J. ; ARAUJO, D. S. D. . As vegetações costeiras do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia: diversidade, comunidades e padrões de distribuição geográfica.. 2002 (Viagem científica) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
KUNZ, S. H.; GARBIN, M. L.; DIAS, H. M.; VIEIRA, D. L. M.. Participação em banca de Juliana Macedo Gitahy Teixeira. Mecanismos de regeneração natural em área incendiada em uma Floresta Ombrófila Densa Montana, Espírito Santo, Brasil.. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

2.
DIAS, H. M.; KUNZ, S. H.; CALLEGARO, R. M.; GARBIN, M. L.. Participação em banca de Vitor de Souza Abreu. Regeneração natural e banco de sementes do solo em um gradiente altitudinal de Floresta Ombrófila Densa. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

3.
DIAS, H. M.; ABREU, K. M. P.; PEREIRA, M. C. A.. Participação em banca de Andrêssa Mota Rios Barreto. Avaliação da Regeneração Natural em uma Floresta Estacional Semidecidual Submontana no Sul do Estado do Espírito Santo. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

4.
Silva, G.F.; ABREU, K. M. P.; DIAS, H. M.; RANGEL, O. J. P.. Participação em banca de Luciana de Souza Lorenzoni Paschoa. Indicadores de Estágio Sucessional em um Fragmento Florestal no Sul do Estado do Espírito Santo. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

5.
KUNZ, S. H.; DIAS, H. M.; CALLEGARO, R. M.; EISENLOHR, P. V.. Participação em banca de Eduardo Alves de Araújo. Estrutura, composição florística e relação vegetação-ambiente em Floresta Ombrófila Densa no Parque Nacional do Caparaó, Espírito Santo. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

6.
DIAS, H. M.; SAITER, F. Z.; TOBON, G. M.. Participação em banca de Monique Perini. Chuva de sementes e sistemas sexuais de espécies lenhosas em um trecho de Floresta Ombrófila Densa, Espírito Santo. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

7.
Medonça, A.R.; DIAS, H. M.; BINOTI, M. L. M. S.; FERNANDES, M. M.. Participação em banca de Eth Rocha da Silva. Produtos Florestais não madeireiros e valoração ambiental da Floresta Nacional de Pacotuba, ES. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

8.
SOARES, M. L. G.; DIAS, H. M.; CALLADO, C. H.. Participação em banca de Brunna Tomaino de Souza. A influência da elevação do nível médio relativo do mar na estrutura etária de florestas de mangue de Guaratiba, RJ. 2015. Dissertação (Mestrado em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

9.
CALDEIRA, M. V. W.; DIAS, H. M.; Pezzopane, J.E.M.; RANGEL, O. J. P.. Participação em banca de Kallil Chaves Castro. Serapilheira e estoque de carbono ao longo de um gradiente altitudinal na floresta ombrófila densa, no Parque Nacional do Caparaó, ES. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

10.
KUNZ, S. H.; DIAS, H. M.; Winckler, M.V.C.; ABREU, K. M. P.. Participação em banca de Julia Siqueira Moreau. Estrutura e interação entre vegetação e ambiente de uma floresta ombrófila densa de terras baixas, Espírito Santo. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

11.
CECILIO, R. A.; ZANETTI, S. S.; GARCIA, G. O.; DIAS, H. M.; AMARAL, A. A.. Participação em banca de Daniela Vantil Agrizzi. Índice de qualidade da água de nascentes no Assentamento Paraíso, Alegre, ES.. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

12.
SILVA, A. G.; DIAS, H. M.; KUNZ, S. H.; PEREIRA, M. C. A.. Participação em banca de João Paulo Fernandes Zorzanelli. Florística e fitossociologia de um fragmento de Floresta Montana na Serra do Valentim, Iúna, Espírito Santo.. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

13.
OHNUMA JUNIOR, A. A.; SIMAN, R. R.; DIAS, H. M.. Participação em banca de Neander Pinheiro Cabral. Análise das águas superficiais e subsuperficiais das imediações do lixão de Itanhém-BA.. 2011. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Social) - Faculdade Integradas de Aracruz.

14.
Pezzopane, J.E.M.; SANTOS, A. R.; Silva, G.F.; DIAS, H. M.. Participação em banca de Leonardo Bergantini Pimentel. Seleção de fragmentos florestais para a colheita de sementes na bacia hidrográfica do rio Itapemirim e entorno do Parque Nacional do Caparaó.. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

15.
FIEDLER, N. C.; HEGEDUS, C. E. N.; DIAS, H. M.; SOSSAI, M. F.; PELUZIO, J. B. E.. Participação em banca de André Luiz Campos Tebaldi. Metodologia diagnóstica para as Unidades de Conservação estaduais do Espírito Santo: condição para sua gestão e para prevenção e combate aos incêndios florestais.. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Teses de doutorado
1.
CALDEIRA, M. V. W.; BURAK, D. L.; PEREIRA, M. G.; GODINHO, T. O.; DIAS, H. M.. Participação em banca de Kallil Chaves Castro. Ciclagem de nutrientes em diferentes condições edafoclimáticas em trecho de Floresta Ombrófila Densa. 2018. Tese (Doutorado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

2.
Pezzopane, J.E.M.; CECILIO, R. A.; DIAS, H. M.; PEZZOPANE, J. R. M.; TOLEDO, J. V.. Participação em banca de Salim Calil Salim. Microclima em diferentes fitofisionomias de floresta de altitude na Mata Atlântica. 2017. Tese (Doutorado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

3.
SOARES, M.L.G.; ARAUJO, D. S. D.; DIAS, H. M.; ROCHA, C. F. D.; ESTRADA, G. C. D.. Participação em banca de Daniel Medina Corrêa Santos. Estoque de carbono na biomassa subterrânea de florestas de mangue. 2015. Tese (Doutorado em Meio Ambiente) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
KUNZ, S. H.; DIAS, H. M.; MIRANDA, F. D.; CARRIJO, T. T.; CLARINDO, W. R.. Participação em banca de João Paulo Fernandes Zorzanelli. Aspectos biológicos e distribuição potencial de Freziera atlantica Zorzanelli & Amorim (Pentaphylacaceae). 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

2.
SANTOS, A. R.; MENDONCA, P. P.; SANTOS, G. M. A. D. A.; DIAS, H. M.. Participação em banca de Alessandra Cunha Lopes. Avaliação da Qualidade da água superficial e subterrânea utilizando geotecnologias e técnica de multivariadas em aquicultura extensiva. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

3.
SANTOS, A. R.; PELUZIO, J. B. E.; Pezzopane, J.E.M.; DIAS, H. M.. Participação em banca de Kaíse Barbosa de Souza. Modelagem atual e futura de biomassa e estoques de carbono associadas a mudanças na cobertura da terra no bioma Amazônia. 2017.

4.
SANTOS, A. R.; Pezzopane, J.E.M.; PELUZIO, J. B. E.; DIAS, H. M.. Participação em banca de Rosane Gomes da Silva. Modelagem da dinâmica da vegetação em biomas brasileiros. 2017.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
DIAS, H. M.; GARDIM, M.; CARRIJO, T. T.. Participação em banca de Karina Ferreira Santos Silva.Relação dos parâmetros estruturais do dossel florestal com atributos químicos do solo no Parque Estadual de Mata das Flores, ES. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Espírito Santo.

2.
DIAS, H. M.; CUNHA, G. M.; PEREIRA, M. C. A.. Participação em banca de Hannaug Grazielli Perígolo e Cordeiro.Análise da distribuição geográfica das espécies do estrato herbáceo de uma comunidade rupícola de Pedra dos Pontões, Mimoso do Sul, ES. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Espírito Santo.

3.
PEREIRA, M. C. A.; CUNHA, G. M.; DIAS, H. M.. Participação em banca de Cintia Silva Pacheco.Crescimento das espécies Allagoptera arenaria, Anthurium maricense, Pilosocereus arrabidae e Stigmaphyllon paralias dominantes no estrato herbáceo da Formação Arbustiva Aberta de Clusia no Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, RJ. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Espírito Santo.

4.
DIAS, H. M.; SILVA, A. G.; KUNZ, S. H.. Participação em banca de Davi Salgado de Senna.Diagnóstico da composição arbórea da mata ciliar do córrego Jaqueira, Alegre, ES. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo.

5.
MAFRA, D. B. A.; DIAS, H. M.. Participação em banca de Angélica Otoni Pereira de Jesus.Análise comparativa do banco de sementes de uma Mata de Tabuleiro na Reserva Biológica do Córrego Grande (Espírito Santo ? Brasil). 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em ciências biológicas) - Universidade do Estado da Bahia.

6.
PEREIRA, M. C. A.; DIAS, H. M.; CUNHA, G. M.. Participação em banca de Guilherme Andrião Trugilho.Composição florística e estrutura do estrato lenhoso em uma comunidade rupícula, Pedra dos Pontões, Mimoso do Sil, ES.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Espírito Santo.

7.
KUNZ, S. H.; Winckler, M.V.C.; DIAS, H. M.. Participação em banca de Marlice Paes Leme Vieira.Monitoramento inicial de um projeto de Restauração Florestal em uma Área de Preservação Permanente no município de Alegre, ES.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo.

8.
PEREIRA, M. C. A.; CUNHA, G. M.; DIAS, H. M.. Participação em banca de Livia Pires Martins Kaique.Crescimento de quatro espécies dominantes no estrato herbáceo da Formação Arbustiva de Clusia do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, RJ.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Espírito Santo.

9.
SENA, L. R.; FORTUNA, J. L.; DIAS, H. M.. Participação em banca de Isis Tibúrcio Reis & Maria Aparecida Lopes Almeida.Etnobotânica: estudos comparativos das plantas medicinais vendidas em feiras livres nos municípios de Caravelas e Nova Viçosa, Bahia, Brasil. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em ciências biológicas) - Universidade do Estado da Bahia.

10.
DIAS, H. M.; COSTA, A. C. L.; DEPIZZOL, J. A.. Participação em banca de Luci Soares dos Santos Pereira; Rute Souza Ferreira.Alterações no convívio familiar a partir da inserção da mulher no mercado de trabalho.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia e Meio Ambiente) - Faculdade de Teixeira de Freitas.

11.
DIAS, H. M.. Participação em banca de Elessandra Souza Braga; Midiam Pereira Santos.A percepção dos impactos associados aos recifes coralinos: o caso de Alcobaça-BA. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Faculdade Pitágoras.

12.
DIAS, H. M.; FORTUNA, J. L.; MADUREIRA, M.. Participação em banca de Kamille Brito da Silva.Quais as vantagens obtidas pelas plantas que têm suas sementes dispersadas por formigas? Uma revisão acerca da mirmecocoria.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em ciências biológicas) - Universidade do Estado da Bahia.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
DIAS, H. M.; Gonçalves, E.O.; ABREU, K. M. P.. Concurso de Provas e Títulos de Professor Efetivo Magistério Superior - Edital nº 102/2015 para Dendrologia / Taxonomia de Fanerógamos do Departamento de Ciências Florestais e da Madeira.. 2015. Universidade Federal do Espírito Santo.

2.
OLIVEIRA, A. F. M.; AMARAL, A. A.; DIAS, H. M.. Concurso público de provas e título para professor efetivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo. Campus de Alegre. (Área: Botânica).. 2011. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo.

Outras participações
1.
DIAS, H. M.. Seleção de Monitor do Projeto de Ensino: Laboratório de Ciências. 2009. Universidade do Estado da Bahia.

2.
DIAS, H. M.. Seleção de Monitor do Projeto de Ensino: Sistemática Vegetal. 2009. Universidade do Estado da Bahia.

3.
DIAS, H. M.. Seleção de Monitor do Projeto de Ensino: Bioquímica. 2009. Universidade do Estado da Bahia.

4.
DIAS, H. M.. Seleção de Monitor do Projeto de Ensino: Biologia do Desenvolvimento. 2009. Universidade do Estado da Bahia.

5.
DIAS, H. M.. Seleção de Monitor do Projeto de Ensino: Ecologia e Meio Ambiente. 2009. Universidade do Estado da Bahia.

6.
DIAS, H. M.. V Fórum de Educação Ambiental. 2006. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VII Congresso Florestal Latino-Americano. Sistemas Sexuais de plantas em uma floresta montana brasileira. 2018. (Congresso).

2.
68° Congresso Nacional de Botânica. 2017. (Congresso).

3.
I Seminário de Pesquisa da Floresta Nacional de Pacotuba. 2017. (Seminário).

4.
67° Congresso Nacional de Botânica. 2016. (Congresso).

5.
66° Congresso Nacional de Botânica. Richness, structure and vegetation relationships of woody layer in a upper forest on Caparaó National Park, Espírito Santo state, Brazil. 2015. (Congresso).

6.
Simpósio Internacional de Ecologia e Conservação. 2014. (Simpósio).

7.
VI Congreso Forestal Latinoamericano. Native woody species of sandy coastal plains as potential tools for coastal management and social technology in northeastern Brazil. 2014. (Congresso).

8.
64 Congresso Nacional de Botânica. Estrutura de uma comunidade de moita de restinga em Praia das Neves, município de Presidente Kennedy - ES. 2013. (Congresso).

9.
I Encontro Anual de Ciências Biológicas - EBIO.Biologia da Conservação. 2013. (Encontro).

10.
63 Congresso Nacional de Botânica. Diversidade e distribuição vertical de epífitos vasculares sobre Pseudobombax campestre (Mart. & Zucc.) A.Robyns (Malvaceae) em complexo rupestre de granito no sul do Espírito Santo. 2012. (Congresso).

11.
63 Congresso Nacional de Botânica. Riqueza florística em um fragmento de Floresta Ombrófila Densa Montana na Serra do Valentim, Iúna, Espírito Santo. 2012. (Congresso).

12.
VI Seminário de Pesquisa e Extensão do Extremo Sul da Bahia.Educação Ambiental: conceitos e práticas de preservação ambiental. 2012. (Seminário).

13.
62 Congresso Nacional de Botânica. Estrutura de borda em um fragmento florestal na REBIO Córrego Grande, ES.. 2011. (Congresso).

14.
III Seminário de Apresentação da Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó e Bacia do Rio Itapemirim.. 2011. (Seminário).

15.
II Workshop Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó e Bacia do Rio Itapemirim. 2011. (Seminário).

16.
X Congresso de Ecologia do Brasil. Vegetação das restingas como instrumento para gestão costeira e tecnologia social em Caravelas, BA.. 2011. (Congresso).

17.
61 Congresso Nacional de Botânica. Estrutura populacional de Vriesea neoglutinosa Mez (Bromeliaceae) em uma restinga arbustiva de moitas no município de Caravelas-BA.. 2010. (Congresso).

18.
Ciclo de Palestras Sobre Biodiversidade. 2010. (Encontro).

19.
VII Simpósio Nacional sobre Recuperação de Áreas Degradadas.. 2010. (Simpósio).

20.
XXX Encontro Regional de Botânicos. 2010. (Encontro).

21.
60 Congresso Nacional de Botânica. As fitofisionomias das restingas e os bens e serviços associados no município de Caravelas-BA. 2009. (Congresso).

22.
Programa Professores no Parque 2009.Programa Professores no Parque 2009. 2009. (Oficina).

23.
Dia Mundial da Água na Câmara Municipal do Vereadores.A importância das Áreas de Preservação Permanente na conservação das bacias hidrográficas. 2008. (Encontro).

24.
III Congresso Brasileiro de Oceanografia. Identificação das fitofisionomias das restingas, seus usos e funções, como ferramenta para a gestão costeira. 2008. (Congresso).

25.
Seminário de Engenharia Florestal.Produção de celulose e desenvolvimento socioambiental no extremo sul baiano.. 2008. (Seminário).

26.
XXVIII ERBOT. 2008. (Encontro).

27.
I Encontro de Meio Ambiente, Educação e Sociedade.Modelo Conceitual para Utilização Sustentada dos Recursos Florísticos Nativos de Restinga, em Áreas de Plantios de Côco, Caravelas, Extremo Sul da Bahia: Uma Proposta para Inclusão Sócio-Econômica.. 2007. (Encontro).

28.
IX Fórum de Debates da Avaliação da Proteção Ambiental no Extremo Sul da Bahia. 2007. (Encontro).

29.
XXII Prêmio Jovem Cientista.Proposta de utilização sustentada dos recursos florísticos de restingas para inclusão sócio-econômica em Caravelas, estremo sul da Bahia. 2007. (Outra).

30.
XXVII Encontro Regional de Botânicos.Fitofisionomias das Restingas do Município de Caravelas, Bahia.. 2007. (Encontro).

31.
Encontro em Desenvolvimento e Sustentabilidade da Cátedra da UNESCO.Encontro em Desenvolvimento e Sustentabilidade da Cátedra UNESCO da Desenvolvimento Durável da UFRJ. 2006. (Encontro).

32.
II Simpósio de Ecologia Teórica. 2006. (Simpósio).

33.
IV Conferência Latino-Americana e Caribenha de Ciências Sociais.IV Conferência Latino-Americana e Caribenha de Ciências Sociais. 2006. (Outra).

34.
VI Congresso Brasileiro de Sistemas Agroflorestais: bases científicas para o desenvolvimento sustentável.. Modelo conceitual para utilização sustentada dos recursos florísticos nativos de restinga, em áreas de plantios de coco, Caravelas, extremo sul da Bahia: uma proprosta para inclusâo sócio-econômica.. 2006. (Congresso).

35.
Simpósio regional de áreas degradadas nas formações litorâneas.Simpósio regional de áreas degradadas nas formações litorâneas. 2005. (Simpósio).

36.
VII Congresso de Ecologia do Brasil. VII Congresso de Ecologia do Brasil. 2005. (Congresso).

37.
55° Congresso Nacional de Botânica 26° Encontro Regional de Botânicos MG, BA e ES. 55 Congresso Nacional de Botânica. 2004. (Congresso).

38.
III Encontro Verde das Américas.III Encontro Verde das Américas. 2003. (Encontro).

39.
VI Congresso de Ecologia do Brasil. VI Congresso de Ecologia do Brasil. 2003. (Congresso).

40.
VII Congresso de Defesa do Meio Ambiente. VII Congresso de Defesa do Meio Ambiente. 2003. (Congresso).

41.
XXII Jornada Fluminense de Botânica.XXII Jornada Fluminense de Botância. 2003. (Encontro).

42.
I Simpósio Nacional de Ciências Ambientais.I Simpósio Nacional de Ciências Ambientais. 2002. (Simpósio).

43.
XXIV Encontro Regional de Botânicos.XXIV Encontro Reginal de Botânicos. 2002. (Encontro).

44.
VIII Semana de Biologia.VIII Semana de Biologia. 2001. (Encontro).

45.
I Simpósio Internacional de Investigação Genética.I Simpósio Internacional de Investigação Genética. 2000. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
DIAS, H. M.; Silva, G.F. ; Pezzopane, J.E.M. ; FIEDLER, N. C. ; CALDEIRA, M. V. W. ; VIDAURRE, G. B. ; ALEXANDRE, R. S. ; LATORRACA, J. V. ; GODINHO, T. O. ; CARVALHO, P. L. P. T. ; AMARAL, G. C. . VII Congresso Florestal Latino-Americano (CONFLAT). 2018. (Congresso).

2.
NETO, O. ; CARVALHO, P. L. P. T. ; DIAS, H. M. . Workshop Reflorestamento Ambiental - Desafios para o Sucesso. 2016. (Outro).

3.
THOMAZ, L. D. ; DIAS, H. M. . 67° Congresso Nacional de Botânica. 2016. (Congresso).

4.
DIAS, H. M.. V Jornada Capixaba de Botânica. 2013. (Congresso).

5.
Silva, G.F. ; Winckler, M.V.C. ; Gonçalves, E.O. ; Demolinari, F. ; Matheus, M.T. ; DIAS, H. M. . II Workshop Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó e Bacia do Rio Itapemirim. 2011. (Outro).

6.
DIAS, H. M.. II Encontro de Biologia: Darwin 200 anos. 2009. (Outro).

7.
DIAS, H. M.. Introdução aos Ecossistemas Costeiros e Educação Ambiental. 2007. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Lhoraynne Pereira Gomes. Regeneração natural e banco de sementes do solo em um gradiente borda interior de uma Floresta Ombrófila Densa de Terras Baixas. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Patricia Borges Dias. Estrutura da vegetação lenhosa em um gradiente borda interior de uma Floresta Ombrófila Densa de Terras Baixas. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Elias Secretário Armando Ferreira. Dendroecologia e Características Funcionais de Espécies Florestais de Moçambique. Início: 2018. Tese (Doutorado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Naiara Machado Neves. Papel das leguminosas em florestas tropicais sazonalmente secas em formações secundárias. Início: 2018. Tese (Doutorado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo. (Orientador).

3.
Rosane Gomes da Silva. Modelagem da dinâmica da vegetação em biomas brasileiros. Início: 2017. Tese (Doutorado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Coorientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Vítor de Souza Abreu. Regeneração natural e banco de sementes do solo em um gradiente altitudinal de Floresta Ombrófila Densa. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Henrique Machado Dias.

2.
Jaqueline Pêgo Quintino Santos. Chuva de sementes em Floresta Estacional Semidecidual Submontana, Espírito Santo. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES. Coorientador: Henrique Machado Dias.

3.
Monique Perini. Chuva de sementes e sistemas sexuais de espécies lenhosas em um trecho de floresta ombrófila densa, ES. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Henrique Machado Dias.

4.
Andressa Mota Rios Barreto. Avaliação da regeneração natural em uma Floresta Estacional Submontana no sul do estado do Espírito Santo. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Henrique Machado Dias.

5.
Eth Rocha da Silva. Produtos florestais não madeireiros e valoração ambiental da Floresta Nacional de Pacotuba, ES. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Henrique Machado Dias.

6.
Eduardo Alves Araújo. Estrutura, composição florística e relação vegetação-ambiente em floresta ombrófila densa no Parque Nacional do Caparaó, Espírito Santo. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Henrique Machado Dias.

7.
Kallil Chaves Castro. Serapilheira e estoque de carbono ao longo de um gradiente altitudinal na floresta ombrófila densa, no Parque Nacional do Caparaó, ES. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Henrique Machado Dias.

8.
Julia Siqueira Moreau. Estrutura e interação entre vegetação e ambiente de uma floresta ombrófila densa de terras baixas, Espírito Santo. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Henrique Machado Dias.

9.
Dayvid Rodrigues Couto. Epífitos vasculares sobre Pseudobombax aff. campestre (Malvaceae) em complexos rupestres de granito no sul do Espírito Santo, Brasil. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Henrique Machado Dias.

10.
João Paulo Fernandes Zorzanelli. Florística e fitossociologia de um fragmento de Floresta Montana na Serra do Valentim, Iúna, Espírito Santo.. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Henrique Machado Dias.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Larissa Grobério Braga. Riqueza e estrutura de uma comunidade halófila-psamófila remanescente no litoral sul do Estado do Espírito Santo, Brasil.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

2.
George Fontes Leal. Acúmulo de Serapilheira no gradiente Borda-Interior em um fragmento florestal no município de Guaçuí, ES.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

3.
Yanítssa Kapler de Paiva. Fenologia de espécies arbóreas em uma Floresta Estacional Semidecidual no sul do Espírito Santo. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

4.
Felipe de Carvalho Dadalto. Estrutura do estrato lenhoso de uma floresta ombrófila densa das terras baixas em diferentes estágios sucessionais em Sooretama, ES.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

5.
Raquel Fernandes Zorzanelli. Chuva de Sementes de um trecho de Floresta Estacional Semidecidual no sul do Espírito Santo.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

6.
Nauan Rodrigues da Silva. Florística e estrutura do componente lenhoso de um trecho de Floresta Ombrófila Densa Altomontana no Parque Nacional do Caparaó - MG.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

7.
Mila Letice Sangali Mattos Ferreira. Bens e Serviços associados às fitofisionomias de restingas em Praia das Neves, Presidente Kennedy-Espírito Santo. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

8.
Cleiuodson Lage. Estrutura e florística do estrato lenhoso do gradiente borda-interior de um fragmento florestal no município de Guaçuí, ES.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

9.
Lorena SantAnna Feitosa. Vulnerabilidade ambiental do entorno do Parque Estadual de Pedra Azul, Domingos Martins - ES. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

10.
Emanuelli Rufino Pires. Estrutura de população da bromélia Vriesea neoglutinosa Mez em duas fitofisionomias nas retinga de Caravelas, BA.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em ciências biológicas) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Henrique Machado Dias.

11.
Alison Venicios de Jesus Bonfim; Eduardo Alves Araújo. Análise do efeito de borda em um fragmento de mata atlântica no município de Conceição da Barra, ES.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em ciências biológicas) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Henrique Machado Dias.

12.
Renata dos Santos Mota. Levantamento etnobotânico das plantas utilizadas como medicinais no distrito de Helvécia -BA. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em ciências biológicas) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Henrique Machado Dias.

13.
Maria Aparecida Gomes Siquara. Extrativismo do Caju (Anacarium occidentale L.) e Mangaba (Hancornia speciosa Gomez) no povoado da Barra, município de Caravelas, Bahia.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Faculdade Pitágoras - unidade FACTEF. Orientador: Henrique Machado Dias.

14.
Felinto Guimarães Silva Neto. Desenvolvimento inicial de mudas de mangaba (Hancornia speciosa Gomes) sobre diferentes tipos de subtratos.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Faculdade Pitágoras - unidade FACTEF, Instituto de Apoio e Proteção Ambiental. Orientador: Henrique Machado Dias.

15.
Danielli G. Trancoso; Karen F. Moreira; Tathiane F. Miranda. O uso de plantas medicinais na aldeia Trevo do Parque, Itamaraju, Bahia, Brasil: um enfoque etnobotânico.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em ciências biológicas) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Henrique Machado Dias.

16.
Carlos Antônio Aguiar Hortêncio. Da beira do rio para a margem da cidade: uma análise dos fluxs migratórios recentes da zona estuarina (Cassurubá), para a zona urbana de Caravelas, BA.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia e Meio Ambiente) - Faculdade Teixeira de Freitas / Pitágoras. Orientador: Henrique Machado Dias.

17.
Marzo Barreto Santos. A ocorrência de uma espécie ameaçada de extinção como ferramenta para o planejamento costeiro da APA Ponta da Baleia - Abrolhos, BA.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia e Meio Ambiente) - Faculdade Teixeira de Freitas / Pitágoras. Orientador: Henrique Machado Dias.

18.
Pablo Faget Rosamiglia; Thatiana Costa Gomes Faget. Comunidades de pescadores e marisqueiros artesanais de Caravelas - BA e sua percepção sobre o boto (Sotalia guianensis).. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia e Meio Ambiente) - Faculdade Teixeira de Freitas / Pitágoras. Orientador: Henrique Machado Dias.

Iniciação científica
1.
João Mário Comper Covre. Inventário florístico de três inselbergs no sul do estado do Espírito Santo como subsídio para criação de Unidades de Conservação. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES. Orientador: Henrique Machado Dias.

2.
Álison Moreira da Silva. A regeneração natural em um fragmento de Floresta Ombrófila Densa no sul do estado do Espírito Santo. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

3.
Samuel Xavier Nogueira. Sistemas sexuais de um trecho de Floresta Ombrófila Densa no Parque Nacional do Caparaó, ES. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

4.
Álison Moreira da Silva. Estrutura da vegetação arbórea de trecho de Floresta Ombrófila Densa no Parque Nacional do Caparaó, ES.. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES. Orientador: Henrique Machado Dias.

5.
Guilherme Cezar Neres de Sousa Curty. Estrutura da vegetação arbórea de trechos de Floresta Ombrófila densa no Parque Nacional do Caparaó.. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

6.
Yanítssa Kapler de Paiva. Fenologia reprodutiva de espécies arbóreas de uma Floresta Estacional Semidecidual no sul do Espírito Santo. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES. Orientador: Henrique Machado Dias.

7.
Raquel Fernandes Zorzanelli. Chuva de Sementes de espécies arbóreas de uma Floresta Estacional Semidecidual no sul do Espírito Santo.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

8.
Raquel Fernandes Zorzanelli. Chuva de sementes de espécies arbóreas em uma Floresta Ombrófila Densa Montana no Parque Nacional do Caparaó, ES.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

9.
Raquel Soares de Moraes. Programa Jovens Talentos Para Ciência. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Henrique Machado Dias.

10.
Suelen Ferreira da Conceição. Florística e estrutura de comunidades vegetais de restingas na Praia das Neves, Presidente Kennedy, ES. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

Orientações de outra natureza
1.
Tamara Almeida Pinto. Monitoria da Disciplina de Ecologia Florestal. 2017. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES. Orientador: Henrique Machado Dias.

2.
João Mario Comper Covre. Monitoria da Disciplina de Ecologia Florestal. 2017. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES. Orientador: Henrique Machado Dias.

3.
Nauan Rodrigues da Silva. Monitoria da Disciplina de Ecologia Florestal. 2014. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

4.
Gizele Rosalem. Monitoria da Disciplina de Ecologia Florestal. 2014. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES. Orientador: Henrique Machado Dias.

5.
Pedro dos Santos Baptista Filho. Monitoria de Unidades de Conservação. 2013. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES. Orientador: Henrique Machado Dias.

6.
Cleiuodson Lage. Monitoria da Disciplina de Unidades de Conservação. 2012. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

7.
Natalia Manhães de Figueiredo Côrtes. Monitoria da Disciplina Unidades de Conservação. 2011. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, Universidade Federal do Espírito Santo. Orientador: Henrique Machado Dias.

8.
Angélica Otoni Pereira de Jesus. Monitoria do Laboratório de Botânica. 2010. Orientação de outra natureza. (ciências biológicas) - Universidade do Estado da Bahia, Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Henrique Machado Dias.

9.
Karen França Moreira. Monitoria do laboratório de botânica. 2009. Orientação de outra natureza. (ciências biológicas) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Henrique Machado Dias.

10.
Tathiane Maiara Ferreira Miranda. Monitoria do laboratório de botânica. 2009. Orientação de outra natureza. (ciências biológicas) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Henrique Machado Dias.



Outras informações relevantes


Aprovado e Classificado, em 2º colocado, no Concurso de Provas e Títulos, para provimento de cargo de professor de 3º grau (Edital nº. 33/2010-R, publicado no D.O.U. de 23/03/2010), na área de Conservação da Natureza, do Depto. de Engenharia Florestal da Universidade Federal do Espírito Santo. Resultado Homologado no D.O.U. de 31/05/2010, edição 102, página 74.

Duas Monitorias realizadas na Pós-Graduação em Ecologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com atividades em campo na Restinga de Massambaba, Arraial do Cabo, RJ, totalizando 80 horas.

Duas Tutorias realizadas no Bacharelado de Ecologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), nos anos de 2004 e 2005, com atividades em campo realizada na Restinga de Jurubatiba, Macaé, sendo responsável pelas orientações dos alunos de graduação nas práticas desenvolvidas, totalizando 80 horas.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/12/2018 às 11:44:44