Silvia Rosa da Silva Zanolla

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5315228656448708
  • Última atualização do currículo em 24/09/2018


Possui graduação em Psicologia e Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC/GO), Mestrado em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP); Doutorado e Pós-Doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo (USP). É professora Titular da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás (FE/UFG), atuando na graduação em Psicologia e na pós-graduação em Educação, com experiência em pesquisas com ênfase em psicologia social e educacional a partir da abordagem teórico crítica da Escola de Frankfurt. Desenvolve estudos, extensão e pesquisas sobre indústria cultural; infância; educação ambiental, consumo e violência, pena de morte e Direitos Humanos; concepção de infância em Adorno; jogos eletrônicos e formação de valores; metodologia do ensino superior, fundamentos e epistemologia. Possui trabalhos, artigos e pesquisas sobre a identificação de crianças com o videogame; comunicação e cultura; teorias da aprendizagem e do desenvolvimento; racionalidade, trabalho e adoecimento docente e discente; teoria crítica: instituições e sociedade; arte, poder, (de)humanização e cultura. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Silvia Rosa da Silva Zanolla
Nome em citações bibliográficas
ZANOLLA. S. R. S;Zanolla, Silvia Rosa Silva;ZANOLLA, SILVIA ROSA DA SILVA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Educação.
Rua Delenda Resende de Melo, S/N,
Setor Universitário
74000-000 - Goiania, GO - Brasil - Caixa-postal: 131
Telefone: (62) 32096205
Ramal: 6213
Fax: (62) 35211879
URL da Homepage: silviazanolla@hotmail.com


Formação acadêmica/titulação


1997 - 2000
Doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A indústria Cultural e o Golpe Militar (1964-1985) - A Imprensa Brasileira como Instrumento de Repressão e Libertação., Ano de obtenção: 2000.
Orientador: Prof Dr. José Leon Crochik.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Indústria Cultural Brasileira; Teoria Crítica; Psicologia social.
Grande área: Ciências Humanas
1993 - 1996
Mestrado em Psicologia (Psicologia Social).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: Pós Modernidade e Irracionalismo Moderno - Aspectos Cultarais de Dominação a Luz da Teoria Crítica de Herbert Marcuse,Ano de Obtenção: 1996.
Orientador: Prof Dr. José Paulo Netto.
Coorientador: José Leon Crochik.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Pós-Modenidade; Cultura e Teoria Crítica; Psicologia social.
Grande área: Ciências Humanas
1990 - 2010
Graduação em Psicologia.
Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PUC GOIÁS, Brasil.
Título: Processo psicossomático em acompanhantes de enfermos hospitalares - entre cuidar e adoecer.
Orientador: Sebastião Benício da Costa Neto.
1988 - 1992
Graduação em serviço social.
Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PUC GOIÁS, Brasil.
Título: Ternaridade ou binaridade na experiência dos trabalhadores rurais sem terra da Fazenda Rio Vermelho.
Orientador: Regina Sueli de Sousa.


Pós-doutorado


2011 - 2011
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Social.


Atuação Profissional



Faculdade de Educação da UFG, FE/UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor assistente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Faculdade de Educação Área de Psicologia

Atividades

08/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Comissão de Seleção de Bolsistas da Pós-Graduação.
03/2012 - Atual
Ensino, Abi - Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria crítica, Educação, Cultura e Violência
03/2012 - Atual
Ensino, Pós-Graduação em Educação Brasileira, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria crítica, Psicologia, Cultura e Educação
03/2012 - Atual
Ensino, Curso de especialização em Controladoria e Finança, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metododologia do Ensino Superior
03/2012 - Atual
Ensino, Especialização em Auditoria, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia do Ensino Superior
08/2010 - Atual
Ensino, Educ. Social para Educadores de Jovens Infratores, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
- Educação Social no contexto das Teorias Educacionais
08/2010 - Atual
Ensino, Curso de especialização em Controladoria e Finança, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia do Ensino Superior
08/2010 - Atual
Ensino, Jornalismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia Social
04/2010 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Coordenadora do I Seminário Sociedade, subjetividade e Educação do NUPESE.
03/2010 - Atual
Ensino, Curso de Pós Graduação em Educação Brasileira, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria Crítica e Educação
03/2010 - Atual
Ensino, Biblioteconomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia da Comunicação
11/2009 - Atual
Extensão universitária , Faculdade de Educação, .

Atividade de extensão realizada
Projeto Educação socioambiental: combate ao preconceito, consumismo e violência no contexto familiar dos filhos dos trabalhadores com material reciclável de Goiânia e adjacências..
03/2009 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Educação, .

Linhas de pesquisa
Fundamentos da Educação
03/2009 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão análise do Simpósio da Faculdade de Educação.
03/2009 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Coordenadora Acadêmica do Doutorado Interinstitucional (DINTER) CAC, CAJ e IFG.
03/2009 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação da UEG/São Luis, .

Cargo ou função
Membro Conselho Editoria Revista Inter-Ação.
03/2009 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Coordenadora do Núcleo de Pesquisas e Estudos Sociedade, Subjetividade e Educação (NUPESE).
03/2007 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação da UEG, .

Cargo ou função
Membro do Conselho editorial da Revista Paidos.
03/2000 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Membro Conselho editorial da Revista Inter-Ação.
3/1999 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, Fe.

Cargo ou função
Membro conselho editorial da Revista Inter-Ação.
03/2013 - 07/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, .

Cargo ou função
Comissão Científica do XXI Simpósio da FE/UFG.
02/2013 - 06/2013
Ensino, Abi - Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Saúde e Desenvolvimento Social e Humano
03/2013 - 03/2013
Ensino, Curso de especialização em Controladoria e Finança, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia do Ensino Superior
03/2012 - 07/2012
Ensino, Educação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria crítica, psicologia e educação
03/2010 - 11/2010
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Educação, Faculdade de Educação.

Atividade realizada
Projeto PAEP/CAPES I Seminário do NUPESE.
03/2010 - 07/2010
Ensino, Educação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria crítica e educação
03/2010 - 03/2010
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Educação, Faculdade de Educação.

Atividade realizada
Documento Apresentação do NUPESE: Seminário da PRPPG/UFG/GO.
03/2009 - 12/2009
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria crítica, arte e educação
Psicologia social
03/2009 - 07/2009
Ensino, Educação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria crítica e educação
03/2008 - 03/2009
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Educação, Faculdade de Educação.

Atividade realizada
Coordenadora do Dinter (CAJ, IFG e CAC).
08/2008 - 12/2008
Ensino, Jornalismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia da comunicação
03/2008 - 07/2008
Ensino, Biblioteconomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia social
03/2007 - 04/2008
Ensino, Gestão do Agronegócio, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia do Ensino Superior
03/2007 - 06/2007
Ensino, Pós-Graduação em Educação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria Crítica e Educação
03/2007 - 06/2007
Ensino, Biblioteconomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia da Comunicação
03/2006 - 04/2007
Ensino, Gestão do Agronegócio, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia do Ensino Superior
08/2006 - 12/2006
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria crítica, arte e educação
03/2006 - 07/2006
Ensino, Biblioteconomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia da Comunicação
03/2006 - 06/2006
Ensino, Pós-Graduação em Educação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria Crítica e Educação
03/2005 - 03/2006
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Educação, .

03/2005 - 06/2005
Ensino, Pós-Graduação em Educação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria Crítica e Educação
03/2004 - 06/2004
Ensino, Publicidade e Propaganda, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Núcleo Livre: Teoria crítica, arte e educação
03/2004 - 06/2004
Ensino, Biblioteconomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Núcleo livre: Teoria Crítica, arte e educação
03/2004 - 06/2004
Ensino, Mestrado em Educação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria crítica e educação
3/2003 - 12/2003
Ensino, Jornalismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psico-Sociologia da Comunicação
3/2003 - 12/2003
Ensino, Radialismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psico-Sociologia da Comunicação
3/2003 - 12/2003
Ensino, Relações Públicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psico-Sociologia da Comunicação
11/2002 - 11/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, F E.

Cargo ou função
Membro de comissão para reformular o Projeto Pedagógico de Pedagogia FE/UFG.
9/2000 - 4/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, F E.

Cargo ou função
Membro conselho editorial da Revista Inter-Ação.
3/2002 - 12/2002
Ensino, Jornalismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psico-Sociologia da Comunicação
3/2002 - 12/2002
Ensino, Radialismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psico-Sociologia da Comunicação
3/2002 - 12/2002
Ensino, Relações Públicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psico-Sociologia da Comunicação
3/2002 - 12/2002
Ensino, Relações Públicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psico-Sociologia da Comunicação
10/2000 - 10/2002
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, F E.

Cargo ou função
Coordenadora do Centro de Divulgações e Publicações da FE/UFG.
3/2001 - 12/2001
Ensino, Jornalismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psico-Sociologia da Comunicação
3/2001 - 12/2001
Ensino, Radialismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psico-Sociologia da Comunicação
3/2001 - 12/2001
Ensino, Relações Públicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psico-Sociologia da Comunicação
08/2000 - 03/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, Fe.

Cargo ou função
Membro da Comissão de Reforma Curricular.
4/1999 - 03/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, F E.

Cargo ou função
Membro do Grupo de Trabalho que trata da Autonomia Universitária.
2/1999 - 2/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, F E.

Cargo ou função
Membro conselho editorial da Revista Inter-Ação.
3/2000 - 12/2000
Ensino, Musicoterapia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia I
3/2000 - 12/2000
Ensino, Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia da Educação
3/2000 - 12/2000
Ensino, Publicidade e Propaganda, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psico-Sociologia da Comunicação
03/2000 - 07/2000
Ensino, Especialização em arte e educação, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Arte, educação e psicanálise
3/1999 - 12/1999
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia da Educação
3/1999 - 12/1999
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia da Educação
3/1999 - 12/1999
Ensino, Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia da Educação
2/1999 - 12/1999
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, F E.

Cargo ou função
Membro para seleção dos Cursos de Especialização da FE/UFG.
5/1999 - 6/1999
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, F E.

Cargo ou função
Membro dae Comissão para discutir temáticas do Planejamento Pedagógico/1999/FE.
3/1998 - 12/1998
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia da Educação
3/1998 - 12/1998
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia da Educação
3/1998 - 12/1998
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia da Educação
3/1998 - 3/1998
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, F E.

Cargo ou função
Membro de comissão para prof. substituto de Psicologia da Educação.
12/1997 - 12/1997
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, F E.

Cargo ou função
Membro de Comissão de Coordenação da Semana de Planejamento da FE/UFG.
4/1997 - 12/1997
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Educação, F E.

Cargo ou função
Membro da Banca Examinadora do Concurso Público de Provas e Títulos para Carreira do Magistério Superior da Universidade do Estado de Mato.
3/1997 - 12/1997
Ensino, Jornalismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psico-Sociologia da Comunicação
3/1997 - 12/1997
Ensino, Radialismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psico-Sociologia da Comunicação
3/1997 - 12/1997
Ensino, Relações Públicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psico-Sociologia da Comunicação


Linhas de pesquisa


1.
Educação e formação humana

Objetivo: Desenvolver pesquisas relacionadas às abordagens da aprendizaem e desenvolvimento relacionadas à concepção de infância e educação em T. W. Adorno, conumismo, violência e videogame.
Palavras-chave: Barbárie; relação entre o individuo e o consumo; violência e consumismo.
2.
Cultura e processos educacionais

Objetivo: Desenvolver estudos e pesquisas voltadas para discussões amplas sobre a educação na interface com a psicologia social, psicanálise, cultura e teoria crítica da Escola de Frankfurt..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia.
Setores de atividade: Educação.
Palavras-chave: Massificação; Preconceito; Psicologia da Educação; Subjetividade; Teoria crítica e educação; Violência.
3.
Teoria crítica, cultura e educação

Objetivo: Discutir de maneira ampla fenômenos inerentes à reestruturação do sistema capitalista á luz da teoria crítica de Horkheimer e Adorno como: indústria cultural, educação, comunicação, psicologia e novas tecnologias..
4.
Fundamentos da Educação


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Trabalho docente, racionalidade e adoecimento na Universidade: barbárie oculta e aparente em estado da Arte
Descrição: A partir do eixo norteador deste trabalho, qual seja, compreender a relação entre racionalidade, adoecimento e trabalho acadêmico docente como barbárie oculta e aparente, que advém da lógica institucional administrativa e produtivista, elegemos as palavras-chave que compuseram e orientaram a investigação. Iniciou-se esta pesquisa, após um amplo levantamento no banco de dados Qualis/Capes, de periódicos que versam sobre a referida temática. Foram identificados 29 artigos publicados em periódicos reconhecidos, isso demonstra indicadores a analisar concepções predominantes, identificadas como produção acadêmica reconhecida representante de um arcabouço teórico e prático que se sustenta a partir de objetos/problemas relativos às condições de trabalho docente e fatores de adoecimento no âmbito universitário brasileiro. Objetivo Com base na teoria crítica frankfurtiana, propõe-se analisar dados de artigos em periódicos reconhecidos pelo Sistema Qualis/CAPES que versam sobre a relação entre trabalho docente no ensino superior, adoecimento e barbárie oculta ou aparente, enquanto perspectiva de uma razão produtivista e desumana, que apresenta elementos indicadores que levam ao sofrimento na relação entre atividade, gestão, relacionamento social e racionalidade administrada, considerando fatores objetivos e subjetivos e seus nexos referentes às contradições do desenvolvimento tecnológico. Objetivos específicos 1) Avaliar, a partir da produção reconhecida sobre o tema, quais as possibilidades reais de intervenção no problema em termos teórico-praticos. 2) Identificar, nas condições de trabalho acadêmico, ações de intervenção em âmbito institucional e científico, e ainda, a partir de narrativas de experiências relativas ao tema, identificar possibilidades de superação do problema. 3) Relacionar o conhecimento produzido acerca dessa temática ao conceito de racionalidade e adoecimento na perspectiva teórico-crítica frankfurtiana de base, dentre outras, psicanalítica, marxiana e weberiana. 4) Analisar experiências sucessivas, de cada pesquisa escolhida (situações e palavras-chave que se destacam no conjunto dos trabalhos selecionados), identificando processos repetitivos de adoecimento. 5) Compreender concepções e abordagens acerca da temática estudada relacionada ao conceito de violência e barbárie. 6) Realizar um levantamento acerca da produção existente sobre o tema da relação entre adoecimento, racionalidade e meio acadêmico. 7) Realizar um Seminário sobre o Tema/objeto no ano de 2018. 8) Produzir artigos e livros acerca do referido tema desta pesquisa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Silvia Rosa da Silva Zanolla - Coordenador / Simei A Silva - Integrante / Jussimária Almeida dos Santos - Integrante / Carlos cardoso da silva - Integrante / Ettore Ritter - Integrante / Welma Alegna terra - Integrante.
2014 - Atual
Tabus Acerca da Pena de Morte: Educação, Cultura e Violência nas Tramas da Cultura
Descrição: Esse trabalho foi enviado ao Fundo Brasil para os direitos Humanos e propõe apresentar uma discussão acerca dos dados preliminares da pesquisa Tabus Acerca da Pena de Morte ? Educação, Identificação, Preconceito, Ideologia e Violência nas Tramas da Cultura. Iniciado em 2012, a investigação objetiva debates, estudos e ações de combate à violência em suas múltiplas faces, sobretudo, no que concerne a crenças, valores e representações favoráveis à pena capital. Parte-se do pressuposto que o problema revela urgência de um trabalho conjunto que envolva todas as áreas do conhecimento, com destaque para Educação, Psicologia Educacional e Psicologia Social. Dado que fortalece a necessidade de compreender processos culturais (de) formativos que levam à desumanização a partir de elementos objetivos e subjetivos do problema. Trata-se de aferir deduções preliminares considerando sua proposição de continuidade até o ano de 2015. O trabalho se pautou pelo caráter bibliográfico e empírico e seu referencial se sustenta pela Teoria Crítica da Escola de Frankfurt..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Sociedade, Subjetividadea, Educação e Violência
Descrição: OBJETIVO GERAL: Analisar diferentes formas de violência que ocorrem na sociedade capitalista, da violência física às formas menos visíveis, destacando-se os mecanismos ideológicos e culturais. 1.2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: - Estabelecer a relação entre violência, ideologia e educação. -Abordar os aspectos objetivos e subjetivos da problemática da violência. -Analisar os tabus acerca da pena de morte por meio da relação entre educação, identificação, preconceito, ideologia e violência no âmbito da cultura. -Discutir a relação entre cultura digital, formação e violência no cotidiano infantil. -Compreender as mediações perceptíveis e as não evidentes que se estabelecem entre as ações de torcedores organizados, a violência no futebol espetáculo produzida pela indústria cultural e a sociedade contemporânea. - Discutir a relação entre violência subliminar, ideologia e educação a partir da preparação para o mundo do trabalho e o papel da Universidade. -Estabelecer as interfaces entre currículo, ontologia, ideologia, violência subliminar e seus desdobramentos na área de educação física. -Compreender o processo de manipulação da subjetividade do trabalhador no âmbito da relação entre trabalho, consumo e tempo livre..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Indústria Cultural e pena de morte: processos subjetivos ideológicos de (de) formação cultural
Descrição: O presente trabalho tem como principal objetivo estudar elementos culturais de dominação na sociedade e sua interface com a educação, pesquisando os meios de divulgação, através da indústria cultural - em seu aspecto ideológico e político - e sua influência no processo (de) formativo. Esse processo contribui para com a dominação e a violência em seus diversos sentidos e manifestações. Elegeu-se como principal objeto de estudo a pena de morte e os tabus que a envolve e sua relação com a indústria cultural e a educação. Para isso, o estudo tem como fundamento teórico e metodológico a Teoria Crítica da Sociedade da Escola de Frankfurt, em especial Adorno e Horkheimer, autores que cunharam o conceito de indústria cultural em 1947..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Educação, identificação e violência: processos subjetivos relativos à cultura da pena de morte na perspectiva da teoria crítica
Descrição: A pesquisa realizada buscou a reflexão acerca da pena de morte e sua relação com a formação no sentido amplo, analisando seus processos ideológicos. Identificou-se a escassez de produções na área sobre o tema e a importância de dar continuidade a pesquisas como esta. As identificações dos indivíduos entrevistados com a pena de morte estão relacionadas com a formação cultural, que para Adorno (1995) deveria lutar contra a barbárie e capacitar os indivíduos a auto-reflexão crítica, na conscientização e luta por uma sociedade mais humana e justa. Apontamos aqui a educação enquanto possibilidade de reestruturação da sociedade que segue um padrão desumanizador, e para isto se faz necessário um investimento em sua base. O estudo teve como fundamento teórico e metodológico a Teoria Crítica da Sociedade da Escola de Frankfurt. A pesquisa de caráter bibliográfico e empírico realizou a elaboração e aplicação de questionários que tinham como objetivo compreender a representação social da pena de morte, utilizando uma amostra composta por acadêmicos, docentes e outros profissionais da Universidade Federal de Goiás..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Silvia Rosa da Silva Zanolla - Coordenador / Amanda Cristina Palla - Integrante / Alexandre Crispim Pires Doia - Integrante.
2012 - Atual
Tabus Acerca da Pena de Morte: Educação, Cultura e Violência nas Tramas da Cultura
Descrição: O trabalho se baseia no projeto original Tabus acerca da Pena de Morte: Educação, Identificação, Preconceito, Ideologia e Violência nas Tramas da Cultura e se estenderá de 2013 a 2016 apresentando proposta de ações interventivas no sentido de contribuir para com a formação contra a violência na cultura e na sociedade em geral (em escolas, universidades e meios de comunicação). Para tanto, o projeto será enviado Ao Fundo Brasil de Direitos Humanos no sentido de elaborar uma Cartilha que debata o tema da Pena de Morte e da Violência, indicada a sujeitos pré-adolescentes do 5º ano do Ensino Fundamental de duas escolas públicas (a selecionar por região da Grande Goiânia). Pretende-se também estender a pesquisa aos detentos do Sistema Prisional, aplicando questionários no sentido de compreender a identificação destes com o tema da pena de morte. Para isso, integrou-se à equipe uma estudante que atua como Psicóloga na Casa de Prisão Provisória de Goiânia.Propõe-se realizar uma exposição de pesquisas e um Seminário sobre Violência, Sociedade e Educação na Faculdade de Educação da universidade Federal de Goiás, apoiada pelo Núcleo de Pesquisas e Estudos Sociedade, Subjetividade e Educação (NUPESE/FE/UFG)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Tabus acerca da pena de morte ? educação, identificação, preconceito, ideologia e violência nas tramas da cultura
Descrição: De maneira emblemática, a idéia de tabu como elemento ideológico e que diz respeito a processos subjetivos de alienação, traz à tona vários elementos da ordem do funcionamento subjetivo, entre eles, o tema da pena de morte. Existem representações e crenças sobre a pena de morte que induzem uma mediação entre o ritual, sua prática, institucionalização e tabus em torno de idéias frequentemente veiculadas que asseguram ser a pena de morte uma maneira segura de evitar a violência. Nessas ideologias, como será abordado adiante, comparece fundamentalmente crenças e mitos, bem como idéias religiosas do senso comum ou elaborações racionais na forma do discurso oficial, legitimado legalmente. Desse modo, ressalta-se o objetivo da pesquisa: Pesquisar, à luz da teoria crítica frankfurteana, elementos culturais, formativos e ideológicos de dominação vinculados a mitos e tabus relacionados à violência, ao preconceito e à identificação com idéias referentes à defesa da pena de morte..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Silvia Rosa da Silva Zanolla - Coordenador / Amanda Cristina Palla - Integrante / Alexandre Crispim Pires Doia - Integrante.
2010 - 2011
Educação socioambiental: combate ao preconceito, consumismo e violência no contexto familiar dos filhos dos trabalhadores com material reciclável de Goiânia e adjacências.
Descrição: O objetivo geral do projeto é desenvolver um trabalho de pesquisa e intervenção no aspecto multidisciplinar junto aos filhos dos catadores de recicláveis de Goiânia e adjacências, com o intuito de combater a exclusão e investigar aspectos psicossociais de combate a violência, consumismo e preconceito, a partir de ações voltadas para a valorização do trabalho socioambiental, visando melhoria geral da qualidade de vida e das condições socioeconômicas dessa população. Sua metodologia prevê duas etapas distintas sendo que na primeira haverá um levantamento da situação sociodemográfica dos sujeitos, na segunda etapa serão realizadas oficinas no sentido de intervir na realidade de exclusão. Sua caracterização se enquarda nas categorias Pesquisa e Extensão..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Silvia Rosa da Silva Zanolla - Coordenador / Luis César Sousa - Integrante / Margareth Regina veríssimo - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Universidade Federal de Goiás/ PROEC - Bolsa / CNPQ/ATP-3 - Bolsa / CNPQ/PIBIC - Bolsa.
2009 - 2011
O sentido da educação e do trabalho ambiental como valorização da identidade dos filhos dos trabalhadores com recicláveis de Goiânia e adjacências no combate ao consumismo, à violência e ao preconceito.
Descrição: Este projeto de natureza científica e de extensão, constitui desdobramento do projeto maior Educação socioambiental: combate ao preconceito, consumismo e violência no contexto familiar dos filhos dos trabalhadores com material reciclável de Goiânia e adjacências, cujo objetivo é desenvolver um projeto multidisciplinar junto aos filhos dos catadores de recicláveis de Goiânia e adjacências, com o intuito de combater a exclusão e investigar aspectos psicossociais de combate a violência, consumismo e preconceito, a partir de ações voltadas para a valorização do trabalho socioambiental, visando melhoria geral da qualidade de vida e das condições socioeconômicas dessa população..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Silvia Rosa da Silva Zanolla - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Universidade Federal de Goiás/ PROEC - Bolsa / CNPQ/PIBIC - Bolsa / CNPQ/ATP-3 - Bolsa.
2008 - 2009
Psicologia educacional e educação - o crepúsculo da mediação entre aprendizagem e desenvolvimento
Descrição: Este projeto parte de estudo iniciado em 2008 cujo intuito foi refletir sobre a relação entre a psicologia educacional e a educação na interface com os processos de aprendizagem e desenvolvimento na infância à luz da teoria crítica da sociedade. Após a experiência , abriu-se um leque de indagações sobre o objeto, o que motivou a emergência de uma pesquisa que pudesse aprofundar e explorar a temática. Qualquer reflexão sobre desenvolvimento e aprendizagem, temas tratados pela psicologia educacional, parte primeiramente do sentido amplo de educação, abordagem que considera os aspectos sociais, culturais e filosóficos na constituição da idéia de infância. Esses princípios conferem à educação a responsabilidade de levar o sujeito à autonomia no sentido kantiano de romper com o estado de menoridade que impede uma formação humana sólida contra a violência e a ignorância, contra a barbárie social (ADORNO, 1993). Para abordar esse assunto, propõe-se aqui discutir os conceitos de infância e desenvolvimento a partir da psicologia educacional, tendo como aporte a teoria crítica da sociedade, sobretudo, de Theodor Adorno..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Silvia Rosa da Silva Zanolla - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2007 - 2008
A pesquisa de Iniciação Científica (PIBIC) na área de Humanas da UFG - Um estudo da experiência e dos impactos sociais e culturais na formação do aluno pesquisador (2004-2006)
Descrição: O objetivo desta pesquisa é investigar a concepção de teoria e prática dos alunos da Iniciação Científica do PIBIC (área de humanas/UFG), bem como os impactos destas pesquisas no meio acadêmico e na comunidade em geral..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Silvia Rosa da Silva Zanolla - Coordenador / Aurélia Carneiro Caetano - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2005 - 2007
Jogos eletrônicos e massificação infantil - uma análise da imposição e aceitação de valores culturais na infância à luz da teoria crítica
Descrição: Esta pesquisa propõe dar continuidade às pesquisas anteriores. À medida que tentamos descortinar as influências do jogo eletrônico na formação de crianças em idade escolar, fomos percebendo a importância de investigar a existência de uma indústria cultural especificamente voltada para as crianças. Isso fez com que o objeto se desdobrasse em uma outra investigação, a existência ou não de uma concepção de infância na teoria crítica de Adorno. Essas indagações/pesquisas, nos motivaram a continuar, em âmbito teórico, pesquisas que anteriormente se caracterizaram como empítrico-teóricas, mudanças que se refletiram também nas pesquisas dos alunos bolsistas do PIBIC..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Silvia Rosa da Silva Zanolla - Coordenador / Bruno Morais Batista - Integrante / Aurélia Carneiro - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2004 - 2005
Indústria cultural e infância - um estudo com crianças de 1ª a 2ª séries do Ensino Fundamental sobre a identificação com a violência no universo do videogame.
Descrição: O objetivo dessa pesquisa foi avaliar, com base na pesquisa anterior, elementos constitutivos da identificação das crianças com jogos e personagens violentos do jogo eletrônico. Foi preciso diminuir a faixa etária das crianças investigadas devido a descoberta de que as crianças estão jogando cada vez mais cedo. No Relatório da pesquisa, foi possível identificar alguns valores e posturas adotados pelas crianças, no sentido de determinar a sua preferência pelos jogos - violentos ou não. Categorizados com base em documentos oficiais e em análises teóricas, esses jogos tem no comprometimento de seu conteúdo, problemas que influem na formação de conceitos e valores amorais, demonstrados pela análise do conteúdo das entrevistas, entretanto, o maior problema detectado foi o fato de descobrirmos que os pais não estão acompanhando as crianças na escolha dos jogos. Isso demonstra que esses jogos, assim como televisão, não diferem de outros mecanismos culturais de dominação, como por exemplo o cinema, e estão devidamente acomodados à esfera da reestruturação do sistema capitalista por meio da indústria cultural da infância..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Silvia Rosa da Silva Zanolla - Coordenador / Deize Teodora Marques - Integrante / Bruno Morais Batista - Integrante.Financiador(es): CNPQ/PIBIC - Bolsa.Número de orientações: 2
1999 - 2000
A influência do videogame na formação de crianças de 3ª a 4ª série- um estudo do jogo eletrônico como mediação cultural
Descrição: Esta pesquisa investigou a influência do jogo eletrônico na formação de 180 crianças na faixa etária entre 9 e 10 anos, distribuídas em 6 escolas da capital de Goiânia, sendo 3 públicas e 3 privadas. Os resultados apontaram para a necessidade de continuidade das pesquisas a medida que tornou-se importante analisar elementos de identificação da violência na relação das crianças com personagens e jogos, o que carecia de conceitos e elementos voltados para o estudo da subjetividade das crianças..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Silvia Rosa da Silva Zanolla - Coordenador / Luis César Sousa - Integrante.Financiador(es): UFG/PROLICEN - Bolsa.


Projetos de extensão


2017 - 2017
?Adoecimento, Racionalidade e Relações de Trabalho na Profissão Docente?
Descrição: O II Colóquio do NEVIDA (Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação, Violência, Infância, Diversidade e Arte/FE/UFG), ?Adoecimento, Racionalidade e Relações de Trabalho na Profissão Docente? realizou um evento no formato de Mesa redonda no dia 30 de agosto de 2017 das 8h ás 12h, no miniauditório da FE/UFG. Esta ação foi aberta a toda a comunidade universitária incluindo professores, técnicos e alunos da graduação e da pós-graduação, não apenas da UFG, mas, da PUC, IFG e UEG. A mesa foi composta pelos professores doutores Emílio Facas (UNB), Silvia Zanolla, Carlos Cardoso (UFG) e, Jorge Monteiro Lima (Instituto Olhos D'Alma Sã), pesquisadores acerca do tema proposto. A coordenação da mesa ficou a cargo da professora doutora Simei Araújo Silva (UFG). A ação ocorreu em duas etapas. No primeiro momento os expositores apresentaram suas pesquisas acerca do assunto. No segundo momento houve um debate em interlocução com todos os participantes..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2017 - 2017
Colóquio do NEVIDA: ?Pós-modernidade e modernidade: bases conceituais, históricas e identificação?
Descrição: A) Relacionar o tema com o referencial teórico de apoio: teoria crítica frankfurtiana (Adorno e Marcuse): dialética negativa: fundamentos do conecimento (folosofia, história, sociologia, psicologia: teoria do conhecimento; Kant; Hegel; Marx; Weber e Freud. a relação sujeito e objeto = milita contra o fetiche da dialética e da visão trabalho idealizada pelo culto da relação entre teoria e práxis = reflete na ação irrefletida da própria militância de esquerda (frankfurtianos considerados traidores da causa marxiana porque criticam a traição do marxianos dogmáticos = elevam a práxis ao patamar do Panteon = aplicação utilitarista e descontextualizada do método marxiano = adorno propõe fidelidade ao método marxiano considerando seus próprios limites frente à história que envolve passado, presente e o vir a ser (notas marginas sobre teoria e práxis e a relação entre sujeito e objeto e capitalismo tardio ou sociedade industrial). Na análise da sociedade, a concepção dialética negativa. entre tese, antítese a síntese é um momento preliminar, passível de movimento, nunca determinado ou em determinação. Não existe uma síntese definitiva como resultante do método dialético = isso seria romper com a própria dialética marxiana = o método não é aplicável. B) Conceituar pós-modernidade e modernidade ? contextualização (papel dos movimentos sociais frente ao estado do bem-estar social (sentido liberal e moderno) ? igualdade, liberdade e fraternidade torna-se ideologia desprovida de suas contradições históricas A Escola Francesa (desde a década de 1950 ? após a segunda guerra relação liberalismo com o neoliberalismo, modernidade sentido não do liberalismo, mas, contém o ideário liberal ? contradições do ideário liberal emergem do racionalismo moderno = de um lado se promete a liberdade, de outro viabiliza o sistema capitalista, a exploração e o antagonismo das classes. Reconhecer essas contradições na realidade é possibilidade de romper com as desigualdades sociais de modo estrutural (a história como fator primordial)..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2014 - Atual
III Seminário do Núcleo de Pesquisas, Estudos, Sociedade, Subjetividade e Educação (NUPESE/FE/UFG): Educação, Sociedade, Subjetividade eViolência
Descrição: O trabalho propõe duas atividades ligadas ao tema Educação, Sociedade, Subjetividade e Violência: um Seminário e, uma Exposição para apresentar em conjunto pesquisas e estudos de alunos, pesquisadores e professores que compõem o projeto Matricial Sociedade, Subjetividade e Violência vinculado ao Núcleo de Pesquisas e Estudos, Sociedade, Subjetividade e Educação (NUPESE/FE/UFG). Propõe-se a data de 6 a 7 de novembro de 2014..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Silvia Rosa da Silva Zanolla - Coordenador.
2012 - Atual
Tabus Acerca da Pena de Morte
Descrição: Esse trabalho propõe ações propositivas de combate à violência; apresenta uma discussão acerca dos dados preliminares da pesquisa Tabus Acerca da Pena de Morte ? Educação, Identificação, Preconceito, Ideologia e Violência nas Tramas da Cultura. Iniciado em 2012, a investigação objetiva debates, estudos e ações de combate à violência em suas múltiplas faces, sobretudo, no que concerne a crenças, valores e representações favoráveis à pena capital. Parte-se do pressuposto que o problema revela urgência de um trabalho conjunto que envolva todas as áreas do conhecimento, com destaque para Educação, Psicologia Educacional e Psicologia Social. Dado que fortalece a necessidade de compreender processos culturais (de) formativos que levam à desumanização a partir de elementos objetivos e subjetivos do problema. Trata-se de aferir deduções preliminares considerando sua proposição de continuidade até o ano de 2015. O trabalho se pautou pelo caráter bibliográfico e empírico e seu referencial se sustenta pela Teoria Crítica da Escola de Frankfurt..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2010 - 2012
Educação sócio-ambiental: combate ao preconceito, consumismo e violência no contexto dos filhos de trabalhadores com recicláveis de Goiânia
Descrição: O objetivo da Ação é ampliar estudos e pesquisas que visem combater a condição de exclusão social dos filhos dos catadores de recicláveis de Goiânia, com o intuito de investigar aspectos culturais e psicossociais referentes à identificação com o trabalho e à constituição da identidade familiar e social no combate à violência, ao consumismo e ao preconceito.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


2017 - 2017
Indústria cultural, infância e violência: vídeogame e formação de valores
Descrição: Projeto enviado à FAPEG com o objetivo de angariar fomento para participar doIII CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE CULTURAS: INTERFACES DA LUSOFONIA, em Portugal, de 20 a 24 de novembro de 2017. o Projeto foi aprovado..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2015 - Atual
Nucleo de Estudos em Educação, Violência, Infância, Diversidade e Arte (NEVIDA/FE/UFG)
Descrição: Objetivo O Núcleo de Estudos em Educação, Violência, Infância, Diversidade e Arte (NEVIDA), objetiva criar um espaço de estudos e pesquisas de caráter multidisciplinar no âmbito da Faculdade de Educação/UFG, para que professores e alunos, junto a demais instituições, possam promover debates, troca de conhecimentos e informações, projetos conjuntos e específicos, comunicações, palestras, conferências, encontros, seminários, colóquios, simpósios, cursos de extensão e publicações acerca das temáticas: Estética, Educação e Processos de Criação e, Teoria Crítica, Cultura e Educação..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Silvia Rosa da Silva Zanolla - Coordenador / simei Araújo da Silva - Integrante / Rita Marcia Ferreira - Integrante.
2012 - Atual
XXI Simpósio de estudos ePesquisas da Faculdade de Educação Psicologia, Pedagogia: formação e identidade social
Descrição: Projeto de evento.
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
2009 - Atual
Grupo de estudos e Pesquisas Teoria Crítica, Cultura e Educação
Descrição: Oobjetivo deste grupo é realizar debates, estudos e pesquisas com a participação de alunos e professores participantes do NUPESE (Núcleo de Estudos e Pesquisas, Sociedade, Subjetividade e Educação). Agregam a esses objetivos atividades de extensão e orientações nas modalidades PIBIC/PIVIC, mestrado e doutorado..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
2003 - Atual
Grupo de Estudos em Teoria Crítica, Cultura e Educação
Descrição: A linha de Teoria Crítica existe desde o ano de 2001, tendo adotado a abordagem da Teoria crítica da Escola de Frankfurt, os integrantes do Grupo de Estudos em Teoria Crítica, Cultura e Educação promovem debates e pesquisas entre alunos e professores da graduação e da pós-graduação, bolsistas de pesquisas PIBIC, PIVIC e PROLICEN e discutem projetos de mestrandos e doutorandos em orientação. Filiado ao Programa de pós-graduação da FE/UFG, e do diretório no CNPq Cultura e Fundamentos da Educação, o Grupo de Estudos em Teoria Crítica, Cultura e Educação propõe realizar estudos sobre fundamentos da teoria do conhecimento que embasam o pensamento dos principais autores da Escola de Frankfurt, sobretudo, Adorno, Benjamin, Horkheimer e Marcuse. Essa proposta justifica estudos com autores básicos e fundamentais para a teoria crítica frankfurtiana como Kant, Weber, Hegel, Marx e Freud, entre tantos outros clássicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2012 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Psicologia
2009 - Atual
Periódico: Revista Paidos
2007 - Atual
Periódico: Revista Inter Ação
2006 - 2006
Periódico: Revista Inter Ação
2005 - 2005
Periódico: Revista Inter Ação
2000 - 2003
Periódico: Revista Inter Ação


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia da Educação.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Social.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.
4.
Grande área: Outros / Área: Ciências Ambientais / Subárea: Educação e meio ambiente/Especialidade: Teoria do conhecimento e epistemologia.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2018
Homenagem da Rede de atenção a crianças, adolescentes, mulheres e idosos em situação de violência em Goiânia, Rede de Atenção a crianças, adolescentes, mulheres e idosos em situação de violência.
2016
Prêmio Mulher Combativa: reconhecimento pela participação das mulheres na vida política e social do estado de Goiás, Câmaras Municipal e Estadual e Goiás.
2007
Mérito Editorial, Editora da Pontifícia Universidade Católica de Goiás/PUC/GO.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SciELO
Total de trabalhos:1
Total de citações:5
Rodrigues et al; Araujo e Freitas; Santos e Medeiros; Knijnik, J; Netto, d.C.A.  Data: 07/08/2010

Outras
Total de trabalhos:1
Total de citações:3
LIMONTA ROSA, S.V.;BARRA, A.S.; EADNOSG, F. H. C. e GUASTI, S. P.  Data: 03/04/2012

Artigos completos publicados em periódicos

1.
ZANOLLA. S. R. S2016ZANOLLA. S. R. S; BAPTISTA, R. J. T . Corpo, estética e Ideologia: um diálogo com a ideia de beleza natural. Movimento (Porto Alegre. Online), v. 22, p. 999-1010-1010, 2016.

2.
ZANOLLA, SILVIA ROSA DA SILVA2015ZANOLLA, SILVIA ROSA DA SILVA. DIALÉTICA NEGATIVA E MATERIALISMO DIALÉTICO: DA SUBJETIVIDADE DECOMPOSTA À OBJETIVIDADE PERVERTIDA. Kriterion: Revista de Filosofia, v. 56, p. 451-471, 2015.

3.
SCAREL, E. B.2015SCAREL, E. B. ; ZANOLLA. S. R. S . Sobre o poder normalizador e a educação para a formação humana: fragmentos foucatianos e adornianos. Educativa (UCG), v. 18, p. 1-24, 2015.

4.
ZANOLLA. S. R. S2014ZANOLLA. S. R. S. Dossiê Teoria Crítica, Psicologia e Educação. Inter-ação (UFG. Impresso), v. 39, p. 380-390, 2014.

5.
ZANOLLA. S. R. S2014ZANOLLA. S. R. S. Educação e Psicanálise em Adorno: a (re) versão apologética da cultura. Inter-ação (UFG. Impresso), v. 2, p. 380-390, 2014.

6.
ZANOLLA. S. R. S2014ZANOLLA. S. R. S. Teoria Crítica e Pós-modernidade: obstaculização hostórica e assujeitamento adialético. Impulso (Piracicaba), v. 25, p. 48, 2014.

7.
ZANOLLA. S. R. S2012ZANOLLA. S. R. S. O conceito de mediação em Adorno e Vigotski. Psicologia e Sociedade (Impresso), v. 24, p. 441-480, 2012.

8.
ZANOLLA. S. R. S;Zanolla, Silvia Rosa Silva;ZANOLLA, SILVIA ROSA DA SILVA2010ZANOLLA. S. R. S. Educação e barbárie - aspectos culturais da violência na perspectiva da teoria crítica da sociedade. Sociedade e Cultura, v. 13, p. 380-395, 2010.

9.
ZANOLLA. S. R. S2010ZANOLLA. S. R. S. Paradigma e conhecimento na reestruturação oficial da profissão de ensinar. Educativa (Goiânia. Online), v. 13, p. 149-160, 2010.

10.
ZANOLLA. S. R. S;Zanolla, Silvia Rosa Silva;ZANOLLA, SILVIA ROSA DA SILVA2009ZANOLLA. S. R. S. Poder, controle e relações de trabalho na universidade pública à luz da teoria crítica. Inter-ação (Goiânia), v. 32, p. 420-434, 2009.

11.
ZANOLLA. S. R. S;Zanolla, Silvia Rosa Silva;ZANOLLA, SILVIA ROSA DA SILVA2008ZANOLLA. S. R. S. Teoria Crítica e infância:divergências conceituais entre aprendizagem e desenvolvimento educacional.. Cadernos ANPEd, v. 32, p. 43, 2008.

12.
ZANOLLA. S. R. S;Zanolla, Silvia Rosa Silva;ZANOLLA, SILVIA ROSA DA SILVA2007ZANOLLA. S. R. S. Reflexões acerca da reformulação do currículo do Curso de Pedagogia da Faculdade de Educação da UFG. Inter-ação (UFG. Impresso), v. 32/2, p. 14-29, 2007.

13.
ZANOLLA. S. R. S;Zanolla, Silvia Rosa Silva;ZANOLLA, SILVIA ROSA DA SILVA2007 ZANOLLA. S. R. S. Indústria cultural e infância: estudo sobre formação de valores em crianças no universo do jogo eletrônico. Educação & Sociedade (Impresso), v. 28, p. 1329-1350, 2007.

14.
ZANOLLA. S. R. S;Zanolla, Silvia Rosa Silva;ZANOLLA, SILVIA ROSA DA SILVA2003ZANOLLA. S. R. S. O pensamento pós-moderno sobre a cultura do espírito tolerante: o solapar do irracionalismo na modernidade pela perspectiva anti-histórica. Inter-ação (Goiânia), v. 28, p. 67-82, 2003.

15.
ZANOLLA. S. R. S;Zanolla, Silvia Rosa Silva;ZANOLLA, SILVIA ROSA DA SILVA2002ZANOLLA. S. R. S. Teoria crítica e educação: considerações acerca do conceito de práxis. Educativa (UCG), v. 5, p. 107-118, 2002.

16.
ZANOLLA. S. R. S;Zanolla, Silvia Rosa Silva;ZANOLLA, SILVIA ROSA DA SILVA1997ZANOLLA. S. R. S. A cidadania frente aos novos paradigmas da sociedade do conhecimento. Fragmentos de Cultura (Goiânia), v. 5, p. 171-178, 1997.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ZANOLLA. S. R. S. Educação, Sociedade e Estética. 1. ed. Campinas: Mercado das Letras, 2018. v. 500. 170p .

2.
ZANOLLA. S. R. S; BAPTISTA, R. J. T (Org.) . Educação, Cultura, Diversidade e Formação. 1. ed. São Paulo: Mercado das Letras, 2016. v. 1. 180p .

3.
ZANOLLA, S. R. S. (Org.) ; DAMIAO, C. M. (Org.) ; OLIVEIRA, K. A. S. (Org.) ; NOGUEIRA, M. A. (Org.) ; OLIVEIRA, N. D. G. L. (Org.) ; FURTADO, R. M. M. (Org.) ; FERRARI, S. C. M. (Org.) ; OLIVEIRA, Y. D. (Org.) ; FREITAS, N. A. (Org.) ; ZANOLLA. S. R. S (Org.) . Arte, estética e formação humana: possibilidades e críticas. 1. ed. Campinas/SP: Atomo e alinea, 2013. v. 500. 150p .

4.
MASCARENHAS, A. C. B. (Org.) ; ZANOLLA. S. R. S (Org.) . Sociedade, Subjetividade e Educação - perspectivas marxiana e frankfurtiana. ampinas: Atomo e Alinea, 2011. v. 1. 145p .

5.
MASCARENHAS, A. C. B. (Org.) ; ZANOLLA. S. R. S (Org.) . Cultura, Infância e Educação. Campinas: Atomo e Alinea, 2011. v. 1. 120p .

6.
ZANOLLA. S. R. S. Videogame, educação e cultura - pesquisas e análise crítica. 1. ed. Campinas: Átomo e Alínea, 2010. v. 1. 140p .

7.
ZANOLLA. S. R. S. Teoria Crítica e Epistemologia- o método como conhecimento preliminar. Goiânia: Editora da UCG, 2007. v. 1. 79p .

Capítulos de livros publicados
1.
ZANOLLA. S. R. S; SOUSA, Luis César . Indústria cultural e dominação racional-lega lweberiana: aproximações, distanciamentos e desdobramentos. In: Silvio Ribeiro da Silva. (Org.). Processos de Ensino e Aprendizagem e Cultura Escolar: interação e ação em diferentes abordagens. 1ed.Campinas: Editora Pontes, 2018, v. 1, p. 1-339.

2.
ZANOLLA. S. R. S. Modernidade e a profissão de ensinar: reflexões em T. Adorno. In: Silvia Rosa da Silva Zanolla. (Org.). Educação, sociedade e estética. 1ed.Campinas: Mercado das Letras, 2018, v. 1, p. 1-180.

3.
ZANOLLA. S. R. S. Notas marginais sobre o filme terra e liberdade. In: Coelho, I. M; Furtado, R. M.. (Org.). Universidade, cultura, saber e formação. 1ed.São Paulo: Mercado das Letras, 2017, v. 1, p. 1-180.

4.
ZANOLLA. S. R. S. Psicologia Social e Violência: uma análise a partir da pena de morte. In: Cristiane Souza Borzuck. (Org.). Processos Psicossociais: teorias e práticas. 1ed.Danta Catarina: Imprensa Universitária, 2017, v. 1, p. 1-280.

5.
ZANOLLA. S. R. S; BAPTISTA, R. J. T . Futebol-mercadoria e Indústria Cultural ? absorção, consumo e alienação. In: Zanolla, S. R. S. ; Baptista, R. J. T.. (Org.). Educação, Cultura, Diversidade e Formação. 1ed.São Paulo: Mercado das Letras, 2016, v. 1, p. 1-180.

6.
BANDEIRA, L. ; ZANOLLA. S. R. S . Mercadorização da beleza corporal: um estudo a partir da Teoria Crítica da escola de Frankfurt. In: Pucci, B.. (Org.). Teoria Crítica - Era global. 1ed.São Paulo: Nankin, 2016, v. 1, p. 205-220.

7.
SANTOS, J. A. ; ZANOLLA. S. R. S . Olhares Críticos Sobre a Legislação Educacãol e a Surdez. Olhares sobre a Legislação, Educação e Surdez. 1ed.Bahia: UNEB, 2015, v. 1, p. 1-15.

8.
ZANOLLA. S. R. S. Educação, Sociedade, Subjetividade e Violência. Educação, Sociedade, Subjetividade e Violência. 1ed.Goiânia: América, 2015, v. 1, p. 19-40.

9.
ZANOLLA. S. R. S. Educação artística e formação musical em Adorno. Arte, estética e formação humana: possibilidades e críticas. 1ed.Campinas/SP: Atomo e Alinea, 2013, v. 500, p. 78-95.

10.
ZANOLLA. S. R. S. Trabalho, preconceito, consumo e desigualdade no contexto da atividade com recicláveis. In: Mônica Carvalho magalhães Kassar. (Org.). XI Encontro de Pesquisa em Educação da Anped Centro-Oeste - GT Psicologia e educação. Cormbá: , 2012, v. , p. -.

11.
ZANOLLA. S. R. S. O fetichismo da infância e o mito da educação livremente mediada. In: Zanolla, S. R. S e MASCARENHAS, A. B.. (Org.). Cultura, Educação e Infância. 1ed.Campinas: Atomo e Alinea, 2011, v. 1, p. 1-120.

12.
ZANOLLA. S. R. S. Formação e Cultura em T. W. Adorno. In: ZANOLLA, S. R. S; MASCARENHAS, A. B.. (Org.). Sociedade, Subjetividade e Educação - perspectivas marxiana e frankfurtiana. Campinas: Atomo e Alinea, 2011, v. 1, p. 1-160.

13.
ZANOLLA. S. R. S; COELHO, I, M. . Teoria crítica, psicologia e educação. In: Ildeu Moreira Coelho. (Org.). Educação, cultura e formação: o olhar da filosofia. Goiânia: Papirus/ UCG, 2009, v. , p. -.

14.
ZANOLLA. S. R. S. Teoria Crítica e Infância - Divergências conceituais entre aprendizagem e desenvolvimento na Psicologia Educacional. In: Afonso Celso Galvão; Gilberto Lacerda dos Santos. (Org.). Escola, curriculo e cultura, ensino-aprendizagem, Psicologia da Educação, Educação e Trabalho, Movimentos sociais. Brasília: Liber Livro, 2008, v. 2, p. 91-103.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ZANOLLA. S. R. S. Não tentem subestimar a opinião pública. Tribuna da Internet, Rio de Janeiro, p. 1 - 1, 30 abr. 2017.

2.
ZANOLLA. S. R. S. Nocividade do jogo Baleia Azul induz ao suicídio. Tribuna da Internet, Rio de Janeiro, p. 1 - 1, 23 abr. 2017.

3.
ZANOLLA. S. R. S. Entenda 'o fim do mundo' entre ciência, tecnologia, mito e razão. Tribuna da Internet, Rio de Janeiro, p. 1 - 1, 26 fev. 2017.

4.
ZANOLLA. S. R. S. De fato o país vive uma esculhambação total. Tribuna da Internet, 07 set. 2016.

5.
ZANOLLA. S. R. S. Supremo parece ignorar a opinião pública que anseia por ética. Tribuna da Internet, Rio de janeiro, 10 jul. 2016.

6.
MASCARENHAS, A. C. B. ; ZANOLLA. S. R. S . Perigo: a naturalização da violência. Tribuna do Planalto, Goiânia, p. 1 - 1, 22 fev. 2014.

7.
ZANOLLA. S. R. S. Sobre a menoridade penal. Diário aparecidense, Aparecida de Goiânia, p. 4 - 4, 14 jun. 2013.

8.
ZANOLLA. S. R. S. Barbárie na escola. Tribuna do Planalto (Caderno escola), Goiânia, p. 1 - 1, 23 jan. 2013.

9.
ZANOLLA. S. R. S. Mensalão, realidade ou delírio?. O Estado de São Paulo, São Paulo, 07 nov. 2012.

10.
ZANOLLA. S. R. S. Violência no trânsito e sua relação com jogos eletrônicos. Revista Claudia, São Paulo, 07 nov. 2012.

11.
ZANOLLA. S. R. S. Mensalão:realidade ou delírio?. Opção, Goiânia, 23 out. 2012.

12.
ZANOLLA. S. R. S. Nenhuma ideia vale uma vida. Jornal Opção, Goiânia, p. 4 - 4, 09 out. 2012.

13.
ZANOLLA. S. R. S. Consumo e compulsão. Tribuna do Planalto, Goiânia, 15 nov. 2011.

14.
ZANOLLA. S. R. S. O ENEM sem qualidade. O popular, Goiânia, p. 8 - 8, 21 set. 2011.

15.
ZANOLLA. S. R. S. A fúria das torcidas. Jornal O popular, Goiânia, p. 6 - 6, 10 ago. 2011.

16.
ZANOLLA. S. R. S. O espelho do preconceito. Jornal O popular, Goiânia/Go, p. 6 - 6, 27 jul. 2011.

17.
ZANOLLA. S. R. S. Consumo consciente é possível?. Ambiente hoje, Belo Horizonte, p. 11 - 11, 17 jun. 2011.

18.
ZANOLLA. S. R. S. Cartilhas e psicopatas. O popular, Goiânia, p. 6 - 6, 24 maio 2011.

19.
ZANOLLA. S. R. S. A face da denúncia. O popular, Goiânia, p. 6 - 6, 22 abr. 2011.

20.
ZANOLLA. S. R. S. Educação contra a violência juvenil. O popular, Goiânia, p. 6 - 6, 12 set. 2010.

21.
ZANOLLA. S. R. S. Entre a palmada e o limite. O popular, Goiânia, p. 6 - 6, 20 jul. 2010.

22.
Zanolla, Silvia Rosa Silva. O impacto do consumo na vida social. Jornal da UFG, Goiânia, p. 1 - 16, 12 jun. 2010.

23.
ZANOLLA. S. R. S. A natureza fala. O popular, Goiânia Go, p. 7 - 7, 14 mar. 2010.

24.
ZANOLLA. S. R. S. Ser ou não professor?. O popular, Goiânia Go, p. 7 - 7, 27 fev. 2010.

25.
ZANOLLA. S. R. S. A história dos jogos. O popular/Almanaque, Goiânia, p. 3 - 1, 05 jan. 2010.

26.
ZANOLLA. S. R. S. Vaidade que mata. O popular, Goiânia, p. 06 - 06, 16 dez. 2009.

27.
ZANOLLA. S. R. S. Lição pedagógica da minissaia. O popular, Goiânia, p. 9 - 9, 27 nov. 2009.

28.
ZANOLLA. S. R. S. Morrer todo dia. jornal o popular, Goiânia, p. 6 - 6, 01 nov. 2009.

29.
ZANOLLA. S. R. S. A coragem de Marina. Jornal O popular, Goiânia GO, p. 6 - 6, 08 set. 2009.

30.
ZANOLLA. S. R. S. A saúde está doente. O popular, Goiânia-Go, p. 9 - 9, 23 jul. 2009.

31.
ZANOLLA. S. R. S. Educar ou punir. O popular, Goiãnia Go, p. 11 - 11, 05 jul. 2009.

32.
ZANOLLA. S. R. S; MASCARENHAS, A. C. B. . Quem fabrica os maus professores. O popular, Goiânia GO, p. 9 - 9, 10 jun. 2009.

33.
ZANOLLA. S. R. S. O presidente e a lei de Gérson. O popular, Goiânia Go, p. 6 - 6, 05 maio 2009.

34.
ZANOLLA. S. R. S. A arte de se relacionar. A arte de se relacionar, Jornal O popular, p. 9 - 9, 27 fev. 2009.

35.
ZANOLLA. S. R. S. A violência do vestibular ao trote. Jornal O popular, Goiânia, p. 10 - 10, 10 fev. 2009.

36.
ZANOLLA. S. R. S. Morte na faixa de trânsito. O Popular, Goiânia, p. 09 - 09, 26 out. 2008.

37.
ZANOLLA. S. R. S. Violência na escola. Jornal O Popular, Goiânia, p. 09 - 09, 20 set. 2008.

38.
SILVA, M. C. ; ZANOLLA. S. R. S . Problemas de uma sociedade mais conectada. Jornal O Popular, Goiânia, p. 14 - 14, 07 jul. 2008.

39.
ZANOLLA. S. R. S. Problemas da sociedade conectada. Diário da Manhã, Goiânia, p. 10 - 10, 07 jul. 2008.

40.
ZANOLLA. S. R. S. Crianças sacrificadas. Jornal O Popular, Goiânia, p. 09 - 09, 22 abr. 2008.

41.
ZANOLLA. S. R. S. Poder, assédio moral e preconceito. O popular, Goiânia, p. 8 - 8, 17 abr. 2008.

42.
ZANOLLA. S. R. S. Alma feminina e preconceito. Jornal O Popular, Goiânia, p. 09 - 09, 17 mar. 2008.

43.
ZANOLLA. S. R. S. Em nome da mãe II. Jornal O Popular, Goiás, 02 dez. 2007.

44.
ZANOLLA. S. R. S. Infância Roubada no mundo do consumo. Jornal O Popular, p. 7 - 7, 16 out. 2007.

45.
ZANOLLA. S. R. S. A vaidade do conhecimento. Jornal O Popular, Goiânia-GO, p. 20 - 20, 01 jul. 2007.

46.
ZANOLLA. S. R. S. O professor e a máquina. Jornal O Popular, Goiânia-GO, 27 abr. 2007.

47.
ZANOLLA. S. R. S. Pena de Morte ou hamanização. Jornal O Popular, Goiânia-GO, p. 20 - 20, 15 mar. 2007.

48.
ZANOLLA. S. R. S. Violência no futebol. Jornal O Popular, Goiânia-GO, p. 18 - 18, 06 mar. 2007.

49.
ZANOLLA. S. R. S. A ética do poder. Jornal O Popular, Goiânia, p. 9 - 9, 28 set. 2006.

50.
ZANOLLA. S. R. S. O sentido da guerra. Jornal O Popular, Goiânia, p. 16 - 16, 16 set. 2006.

51.
ZANOLLA. S. R. S. Indústria cultural e jornalismo. Jornal O Popular, Goiânia, p. 9 - 9, 13 jul. 2006.

52.
ZANOLLA. S. R. S. Pedofilia virtual: um alerta. Jornal O Popular, Goiânia, p. 9 - 9, 15 mar. 2006.

53.
ZANOLLA. S. R. S. Videogame e violência. Jornal O Popular, Goiânia, 11 out. 2005.

54.
ZANOLLA. S. R. S. Muito além do vestibular. Jornal O Popular, Goiânia, 08 out. 2005.

55.
ZANOLLA. S. R. S. De quem são os filhos do PT. O popular, Goiânia, 08 fev. 2005.

56.
ZANOLLA. S. R. S. Mendigos na contra mão. O Popular, Goiânia, 30 set. 2004.

57.
ZANOLLA. S. R. S. O Belo Shrek. O Popular, Goiânia, 08 set. 2004.

58.
ZANOLLA. S. R. S. O golpe cultural de 1964. O Popular, Goiânia, 28 mar. 2004.

59.
ZANOLLA. S. R. S. As realidades de Matrix. O Popular, Goiânia, p. 16 - 16, 26 fev. 2004.

60.
ZANOLLA. S. R. S. Lula, o Superstar. Jornal ´O Popular`, Goiânia/GO, p. 9 - 9, 17 set. 2003.

61.
ZANOLLA. S. R. S. Admirável escola nova. Jornal ´O Popular`, Goiãnia/GO, p. 9 - 9, 24 ago. 2002.

62.
ZANOLLA. S. R. S. A esquerdla itinerante. Jornal ´O Popular`, Goiânia/GO, p. 9 - 9, 02 jul. 2002.

63.
ZANOLLA. S. R. S. Beleza que mata. Jornal ´O Popular`, Goiânia/GO, p. 11 - 11, 31 mar. 2002.

64.
ZANOLLA. S. R. S. A vitória da irracionalidade. Jornal ´O Popular`, Goiânia/GO, p. 12 - 12, 02 out. 2001.

65.
ZANOLLA. S. R. S. A eternidade de Milton Santos. Jornal ´O Popular`, Goiânia/GO, p. 11 - 11, 20 jul. 2001.

66.
ZANOLLA. S. R. S. A fome de Rita. Jornal ´O Popular`, Goiânia/GO, p. 9 - 9, 16 jun. 2001.

67.
ZANOLLA. S. R. S. Instituição é contra uso do micro em escolas nos EUA. Jornal ´O Popular`, Goiânia/GO, p. 3 - 3, 02 maio 2001.

68.
ZANOLLA. S. R. S. A Mídia e a Criança. A Mídia e a Criança, Goiânia/GO, p. 1 - 1, 26 dez. 1999.

69.
ZANOLLA. S. R. S. A idiotização da infância. Jornal ´O Popular`, Goiânia/GO, p. 11 - 11, 04 nov. 1999.

70.
ZANOLLA. S. R. S. Razão e insensibilidade. Jornal ´O Popular`, Goiânia/GO, p. 10 - 10, 08 set. 1999.

71.
ZANOLLA. S. R. S. A Lei do mais Forte. A Lei do mais forte, Goiânia/Go, p. 3 - 3, 18 ago. 1999.

72.
ZANOLLA. S. R. S. Pesquisa alerta para riscos do videogame. Jornal O Popular, Goiânia/GO, p. 9 - 9, 27 jun. 1999.

73.
ZANOLLA. S. R. S. Morte no câmpus. Jornal ´O Popular`, Goiânia/GO, p. 8 - 8, 24 maio 1999.

74.
ZANOLLA. S. R. S. Violência na Escola. Jornal O Popular, Goiânia/Go, p. 8 - 8, 12 maio 1999.

75.
ZANOLLA. S. R. S. Pornografia: a indústria do sexo. O popular, Goiânia, p. 9 - 9, 10 maio 1999.

76.
ZANOLLA. S. R. S. Democracia, kit e seqüestradores. Jornal ´O Popular`, Goiânia/GO, p. 10 - 10, 28 jan. 1999.

77.
ZANOLLA. S. R. S. O pai e a política. O popular, Goiânia, p. 9 - 9, 03 set. 1998.

78.
ZANOLLA. S. R. S. O estrangulamento da universidade. Jornal O Popular, Goiânia/Go, p. 12 - 12, 14 jul. 1998.

79.
ZANOLLA. S. R. S. Quem tem medo da educação?. Jornal O Popular, Goiânia/GO, p. 10 - 10, 21 abr. 1998.

80.
ZANOLLA. S. R. S. O consumo da ilusão. O popular, Goiânia, p. 9 - 9, 15 dez. 1997.

81.
ZANOLLA. S. R. S. Tecnologia a serviço da morte. Jornal O Popular, Goiâia/GO, p. 8 - 8, 17 nov. 1997.

82.
ZANOLLA. S. R. S. A tolerância da Violência. Jornal O Popular, Goiânia/GO, p. 10 - 10, 16 maio 1997.

83.
ZANOLLA. S. R. S. Poder, assédio moral e preconceito. Jornal O popular, Goiânia, p. 9 - 9, 17 abr. 1968.

84.
ZANOLLA. S. R. S. Quando se pensa que nada mais escabroso pode acontecer, logo acontece. Tribuna da Internet, Rio de Janeiro, p. 1 - 1.

85.
ZANOLLA. S. R. S. O Silêncio nas ruas. Tribuna da internet, Rio de Janeiro.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ZANOLLA. S. R. S. Indústria cultural, infância e violência: vídeogame e formação de valores. In: III CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE CULTURAS: INTERFACES DA LUSOFONIA., 2017, Braga. III CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE CULTURAS: INTERFACES DA LUSOFONIA.. Braga: Universidade do Minho, 2017. v. 3. p. 1-600.

2.
BRIZOLLA, L. ; ZANOLLA. S. R. S ; SCAREL, E. B. . A globalização da Economia e os Desafios para a qualidade da Educação Contemporânea. In: IV Congresso Luso-Brasileiro de Política e Administração da Educação/FPAE/ANPAE, 2014, Porto. IV Congresso Ibero Americano de Política e Administração da Educação/VII Congresso Luso-Brasileiro de Política e Administração da Educação. PORTO: ANPAE, 2014. v. 18. p. 90-103.

3.
BANDEIRA, L. ; ZANOLLA. S. R. S . Mercadorização da beleza corporal: um estudo a partir da teoria crítica da Escola de Frankfurt. In: IX Congresso Internacional de Teoria Crítica : Gênese, Desdobramentos e Apropriações, 2014, Piracicaba. IX Congresso Internacional de Teoria Crítica : Gênese, Desdobramentos e Apropriações. Piracicaba: UNIMEP, 2014. v. 9. p. 123-136.

4.
SOUSA, Luis César ; ZANOLLA. S. R. S . Educação, cultura e torcidas organizadas - análise do potencial (de) formativo do futebol. In: XXI Simpósio da FE/UFG, 2013, Goiânia. Pedagogia e Psicologia- identidade e fornação social. Goiânia: UFG, 2013. v. 3. p. 1-12.

5.
AQUINO, B. ; ZANOLLA. S. R. S . A configuração familiar dos trabalhadores com recicláveis de Goiânia - uma reflexão sobre a família enquanto instituição em crise. In: 16º Encodntro Nacional ABRAPSO, 2011, Recife. Psicologia Social e seus movimentos - Textos completos do 16º Encontro Nacional da Abrapso. Pernambuco: Universidade Federal de Pernambuco, 2011.

6.
SOUSA, Luis César ; ZANOLLA. S. R. S . Pós-modernidade, Educação e Educação Física. In: X Encontro de Pesquisa em Educação da Anped Centro-Oeste, 2010, Uberlândia. Desafios da Produção e Divulgação do Conhecimento. Uberlândia, 2010.

7.
ZANOLLA. S. R. S. O videogame no crepúsculo da educação: a produção de sentido na interface com a educação. In: 32 Reunião da Anped/ Sociedade, cultura e educação, 2009, Caxambu. Sociedade, educação e cultura, 2009.

8.
ZANOLLA. S. R. S. Teoria Crítica e Infância - Divergências conceituais entre desenvolvimento e aprendizagem na Psicologia Educacional. In: Encontro de Pesquisa em Educação da Região Centro-Oeste (ANPED), 2008, Taguatinga. Encontro de Pesquisa em Educação da Região Centro-Oeste (ANPED), 2008. v. 3. p. 47-62.

9.
ZANOLLA. S. R. S; MARQUES, D. T. . Indústria Cultural e Infância - os motivos pelos quais as crianças de 1ª e 2ª séries do Ensino Fundamental selecionam os jogos violentos de videogame.. In: II Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão - I Compeex., 2005, Goiânia. Indústria Cultural e Infância - os motivos pelos quais as crianças de 1ª e 2ª séries do Ensino Fundamental selecionam os jogos violentos de videogame.. Goiânia: UFG, 2005.

10.
ZANOLLA. S. R. S. A Indústria Cultural e o Golpe Militar (964-1985) - a imprensa brasileira como instrumento de repressão e libertação. In: X Simpósio de Estudos e Pesquisas da Faculdade de Educação da UFG, 2001, Goiânia/GO. Sociedade, Educação e Emancipação: desafios e perspectivas. Goiânia/GO: Gráfica Editora Vieira, 2001. p. 51-52.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ZANOLLA. S. R. S. Dialética negativa e materialismo dialético: contradições epistemológicas e políticas. In: Atualidade da Teoria crítica e VI Colóquio Teoria crítica e marxismo ocidental, 2013, Rosário. Atualidade da Teoria crítica e VI Colóquio Teoria crítica e marxismo ocidental. Rosário: Univ. Rosário, 2013. v. 1. p. 1-20.

2.
SOUSA, Luis César ; ZANOLLA. S. R. S . Educação, cultura e torcidas organizadas: potencial (de)formador do futebol. In: IX Conpeex, 2012, Goiânia. Anais/Resumos da 62ª Reunião Anual da SBPC. Goiânia: UFG. v. 9.

3.
CARMO, T. F. ; ZANOLLA. S. R. S . Resignificação do trabalho: preconceito, educação aou barbárie no contexto dos catadores e recicladores de Goiânia. In: XX Simpósio de Pstudos e Pesquisas da Faculdade de Educaçã/2011, 2011, Goiânia. Políticas de Formação e formação de políticas: reconfiguração de tempos e espaços. Goiânia: UFG, 2011. v. 3.

4.
wellington ; ZANOLLA. S. R. S . Psicologia educacional e educação: possibilidades de autonomia na relação entre aprendizagem e desenvolvimento. In: XX Simpósio da faculdade de Educação da UFG/2011, 2011, Goiânia. Política de formação e formação política: reconfiguração de tempos e espaços. Goiânia: UFG, 2011. v. 3.

5.
AQUINO, B. ; ZANOLLA. S. R. S . A configuração familiar dos trabalhadores com recicláveis de Goiânia - uma reflexão sobre a família enquanto instituição em crise. In: VIII Congresso de Ensino Pesquisa e extensão - COMPEEX, 2011, Goiânia. Anais/Resumos da 62ª Reunião Anual da SBPC. Goiânia: UFG, 2011. v. 1. p. 1-12.

6.
CARMO, T. F. ; ZANOLLA. S. R. S . Resignificação do trabalho: preconceito, educação aou barbárie no contexto dos catadores e recicladores de Goiânia. In: VIII Congresso de Pesquisa e Extensão/ COMPEEX, 2011, Goiânia. Anais/Resumos da 62ª Reunião Anual da SBPC. Goiânia: UFG, 2011. v. 1. p. 1-12.

7.
CAETANO, A. C. ; ZANOLLA. S. R. S . Jogos Eletronicos e massificação infantil - um estudo da concepçao de infancia na perspectiva teorico crítica de T. W. Adorno. In: 59º REUNIÃO DA SBPC - Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, 2007, Belem. Revista da SBPC, 2007.

8.
Bandeira, L. B. ; ZANOLLA. S. R. S . Corpo belo, indústria cultural e possibilidades crítico-formativas: primeiras aproximações.. In: XV Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (II Congresso Internacional de Ciências do Esporte), 2007, Pernambuco. Anais eletronicos do congresso, 2007.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SOUSA, Luis César ; ZANOLLA. S. R. S . Futebol Mercadoria: da origem moderna à absorção pela Indústria cultural. In: XIX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VI Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2015, Vitória. XIX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VI Congresso Internacional de Ciências do Esporte. Vitória: UFES, 2015. v. 19. p. 1-14.

2.
OLIVEIRA, N. D. G. L. ; ZANOLLA. S. R. S . Vestígios em lixo: teatro dialético e o sentido da teoria e da práxis na cena contemporãnea. In: Simpósio Internacional Bertolt Brecht, 2013, Porto Alegre RS. Simpósio Internacional Bertolt Brecht. Porto Alegre: UFRG, 2013. v. 1. p. 1-100.

3.
DOIA, A. C. D. ; ZANOLLA. S. R. S . Indústria Cultural e pena de morte: processos subjetivos ideológicos de (de) formação cultural. In: Conhecimento e Riquezas, 2013, Goiânia. Conhecimento e Riquezas. Goiânia: UFG, 2013. v. 1. p. 1-20.

4.
PALLA, A. C. ; ZANOLLA. S. R. S . Educação, identificação e violência: processos subjetivos relativos à cultura da pena de morte na perspectiva da teoria crítica. In: X Conpeex/UFG: Conhecimento e Roquezas, 2013, Goiânia. X Conpeex/UFG: Conhecimento e Roquezas. Goiânia: UFG, 2013. v. 1. p. 1-20.

5.
ZANOLLA. S. R. S; BRIZOLLA, L. . Interfaces entre educação, indústria cultural e livro didático. In: X Conpeex/UFG: Conhecimento e Riquezas, 2013, Goiânia. X Conpeex/UFG: Conhecimento e Riquezas. Goiânia: UFG, 2013. v. 1. p. 1-1.

6.
SILVA, S. A. ; ZANOLLA. S. R. S . Indústria cultural e infância: literatura e possib. de novas experiências. In: VIII Congresso Internacional de Teoria Crítica: desafios na era digital, 2012, Araraquara. VIII Congresso Internacional de Teoria Crítica: desafios na era digital. São Paulo, 2012. v. 8.

7.
wellington ; ZANOLLA. S. R. S . Psicologia Educacional e Educação ? possibilidades de autonomia na relação entre aprendizagem e desenvolvimento. In: 62ª SBPC - Ciências do mar herança para o futuro, 2010, Natal/RN. Ciências do mar- herança para o futuro. Natal, 2010.

8.
wellington ; ZANOLLA. S. R. S . A pesquisa de iniciação científica (PIBIC) na área de humanas da UFG ? estudo sobre a concepção de teoria e prática na formação de alunos pesquisadores.. In: Compeex, 2009, goiânia. VI Conresso de Pesquisa, ensino e extensão da UFG. Goiânia: UFG, 2009.

9.
ZANOLLA. S. R. S; MARQUES, D. T. . Indústria Cultural e Infância - os motivos pelos quais as crianças de 1ª e 2ª séries do Ensino Fundamental selecionam os jogos violentos de videogame.. In: XIV Simpósio de Estudos e Pesquisas Educacionais, 2005, Goiâia. Indústria Cultural e Infância - os motivos pelos quais as crianças de 1ª e 2ª séries do Ensino Fundamental selecionam os jogos violentos de videogame., 2005.

10.
ZANOLLA. S. R. S. A Indústria Cultural e o Golpe Militar no Brasil. In: Colóquio de Teoria crítica, 2001, São paulo. A Indústria Cultural e o Golpe Miliat no Brasil, 2001.

Artigos aceitos para publicação
1.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenação do Dossiê: Educação, Cultura e Violência. Inter-ação (Goiânia), 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
ZANOLLA. S. R. S. Racionalidade e Adoecimento docente na universidade. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
ZANOLLA. S. R. S. Psicologia Social e Psicologia da Educação: fatores culturais da violência à luz da teoria cítica. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
ZANOLLA. S. R. S. A questão do trauma em Freud: Muito além do princípio do prazer. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
ZANOLLA. S. R. S. Indústria cultural, infância e violência: vídeogame e formação de valores. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
ZANOLLA. S. R. S. Trabalho docente, racionalidade e adoecimento na universidade. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
ZANOLLA. S. R. S. Racionalidade Administrada e Adoecimento na universidade. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
ZANOLLA. S. R. S. Núcleo de Estudos em Educação, Violência, Infância , Diversidade e Arte: pesquisas e concepções. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
ZANOLLA. S. R. S. Educação, Cultura, Pena de Morte e Violência. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
ZANOLLA. S. R. S. Adoecimento, racionalidade e relações de trabalho na profissão docente. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
ZANOLLA. S. R. S. Psicologia social e educação: leitura crítica da violência a partir da pena de morte. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
ZANOLLA. S. R. S. Colóquio Pós-Modernidade e Modernidade: bases conceituais, históricas e identificação. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
ZANOLLA. S. R. S. Jogos Eletrônicos e Infância: desafios e perspectivas do educador nessa relação. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
ZANOLLA. S. R. S. Sociedade, Saúde e Existência. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
ZANOLLA. S. R. S. Poder, Cotidiano e Subjetividade na Rede Pública de Ensino em Goiás. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
ZANOLLA. S. R. S. Jogo Eletrônico e Infância: formação de valores e aprendizagens - LABIN. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
ZANOLLA. S. R. S. Videogame, Educação e Cultura. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
ZANOLLA. S. R. S. Psicanálisem Cultura e Violência. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
ZANOLLA. S. R. S. Psicologia, Cultura e Violência. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
ZANOLLA. S. R. S. Subjetividade, Cultura e Violência. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
ZANOLLA. S. R. S. Conhecimento, Racionalidade e Tecnologia. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
ZANOLLA. S. R. S. Debate acerca do plano nacional de Pós-graduação/PNPG e a profissão do pesquisador. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
ZANOLLA. S. R. S. Pensar o Ver a Educação. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
ZANOLLA. S. R. S. Dialética negativa e materialismo dialético: contradições epistemológicas e políticas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
ZANOLLA. S. R. S. Plano Nacional de Pós-Graduação em debate. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
ZANOLLA. S. R. S. Teoria crítica, trabalho, razão e tecnologia na atualidade. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
ZANOLLA. S. R. S. Pós-graduação e dilemas contemporâneos: desafios á organização da APG. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
ZANOLLA. S. R. S. Psicologia e educação: diálogos e tendências contempoâneas. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
SILVA, S. A. ; ZANOLLA. S. R. S . Indústria cultural, educação e infância: literatura e possibilidades de novas experiências. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
ZANOLLA. S. R. S; FONSECA, B. A. . A configuração familiar dos trabalhadores com recicláveis de Goiânia - uma reflexão sobre a família enquanto instituição social em crise. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

30.
wellington ; ZANOLLA. S. R. S . Psiologia educacional e educação - possibilidades de autonomia na relação entre aprendizagem e desenvolvimento. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
ZANOLLA. S. R. S. Trabalho, preconceito, consumo e desigualdade no contexto da atividade com recicláveis. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
CARMO, T. F. ; ZANOLLA. S. R. S . Educação sócioambiental e preconceito: um estudo sobre processos identificatórios no contexto familiar dos filhos de trabalhadores com recicláveis. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
ZANOLLA. S. R. S. A relevância social da produção do conhecimento na universidade. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
ZANOLLA. S. R. S. Grupo do Diretório CNPQ Cultura e Fundamentos da Educação. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
ZANOLLA. S. R. S. Fetichismo e infância - o mito da educação livremente mediada. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
ZANOLLA. S. R. S. Indústria cultural e ideologia. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
ZANOLLA. S. R. S. Psicologia social e consumo. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
ZANOLLA. S. R. S. Palestra Civilização e barbárie. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
ZANOLLA. S. R. S. O videogame no crepúsculo da educação ? a produção de sentido na interface com a comunicação. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

40.
ZANOLLA. S. R. S. Palestra Consumismo: da produção à aceitação. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
ZANOLLA. S. R. S. conferência Poder, controle e relações de trabalho na Universidade Pública. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
ZANOLLA. S. R. S. Conferência Teoria Crítica e Educação. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

43.
ZANOLLA. S. R. S. Conferência Teoria Crítica e Infância - divergências conceituais entre aprendizagem e desenvolvimento na psicologia educacional. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

44.
ZANOLLA. S. R. S. Palestra Análise das torcidas de futebol e sua massificação. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

45.
ZANOLLA. S. R. S. Palestra Diretrizes pragmáticas do currículo do curso de pedagogia. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

46.
ZANOLLA. S. R. S. Palestra Psicanálise e teoria crítica. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

47.
ZANOLLA. S. R. S. Palestra teoria crítica e educação. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

48.
ZANOLLA. S. R. S. Palestra: "Indústria cultural e teoria crítica". 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

49.
ZANOLLA. S. R. S. Palestra "Escola de Frankfurt e formação". 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

50.
ZANOLLA. S. R. S. Palestra sobre o filme "Terra e liberdade". 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

51.
ZANOLLA. S. R. S. Palestra sobre o filme: Um tango em Paris. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

52.
ZANOLLA. S. R. S. Conferência Marcuse e a Escola de Frankfurt. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

53.
ZANOLLA. S. R. S. Indústria cultural e golpe militar. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

54.
ZANOLLA. S. R. S. Conferência A cidadania e a crise dos paradigmas. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

55.
ZANOLLA. S. R. S. Palestra A Escola de Frankfurt: idéias e reflexões. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

56.
ZANOLLA. S. R. S. Televisão e formação/minicurso. 1997. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
ZANOLLA. S. R. S. Ementa Dossiê Educação, Cultura e Violência. Goiânia: UFG, 2018 (Ementa de chamada para Revista Inter-Ação).

2.
ZANOLLA. S. R. S. Memorial para a obtenção de Cargo Isolado de Titular Livre do Magistério Superior, Classe ?E? 2018 (Memorial Acadêmico para professora Titular).

3.
ZANOLLA. S. R. S. Educação, Sociedade e Estética. Campinas, 2018. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

4.
ZANOLLA. S. R. S. Teoria Crítica, psicologia e Educação. Goiânia: UFG, 2014 (texto editorial).

5.
ZANOLLA. S. R. S. A difícil Arte de criação de GTs. Goiânia: FE, 2013 (Texto para o II Boletim do Simpósio da FE/UFG A arte de criar GTs).

6.
ZANOLLA. S. R. S. Sobre o adoecimento cotidiano na academia 2013 (Texto para Blog).

7.
ZANOLLA. S. R. S. Teoria crítica, psicologia e Educação. Goiânia, 2013. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

8.
ZANOLLA. S. R. S. Arte, estética e formação humana: possibilidades e críticas. Campinas/SP, 2013. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

9.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório de Pós-Doutorado: Educação sócio-ambiental: combate ao preconceito, consumismo e violência no contexto dos filhos de trabalhadores com recicláveis de Goiânia 2012 (Relatório de Pesquisa).

10.
ZANOLLA. S. R. S. A vitória de uma greve extempoânea 2012 (Texto para Blog).

11.
ZANOLLA. S. R. S. Editorial I Boletim do XXI Simpósio da Faculdade de Educação. Goiânia: FE, 2012 (texto editorial).

12.
ZANOLLA. S. R. S. O conceito como ponto de partida, 2012. (Tradução/Outra).

13.
ZANOLLA. S. R. S. Apresentação do livro Cultura, Educação e infância. Campinas: Atomo e Alínea, 2011 (texto editorial).

14.
ZANOLLA. S. R. S. Apresentação do livro Sociedade, subjetividade e educação - perspectiva marxiana e frankfurtiana. Campinas/SP: Átomo e Alinea, 2011 (texto editorial).

15.
SILVA, D. O ; ZANOLLA. S. R. S . Educação Contra a Violência e o Preconceito: estudo sobre a realidade educacional dos trabalhadores com recicláveis de Goiânia 2011 (Relatório/PIVIC).

16.
CARMO, T. F. ; ZANOLLA. S. R. S . Educação socioambiental e preconceito - um estudo sobre processos identificatórios no contexto familiar dos filhos dos trabalhadores com materiais recicláveis. UFG, 2011 (Relatório/PIBIC).

17.
FONSECA, A. B. ; ZANOLLA. S. R. S . A configuração familiar dos catadores de material reciclável de Goiânia - reflexão e intervenção na ?família? enquanto instituição social em crise. UFG, 2011 (Relatório/PIVIC).

18.
ZANOLLA. S. R. S. Orelha do livro Videogame, educação e cultura - pesquisas e análise crítica. Campinas: Atomo e Alínea, 2010 (Orelha do Livro: Videogame, educação e cultura - pesquisas e análise crítica).

19.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório A pesquisa de iniciação científica PIBIC na área de humanas da UFG 2009 (Relatório de Pesquisa).

20.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório de Processo Seletivo DINTER/CAC, CAJ e IFG 2009 (Relatório).

21.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório de trabalho do XV Simpósio de Estudos e Pesquisas da Faculdade de Educação 2006 (Relatório).

22.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório do processo seletivo da 17ª Turma do doutorado da UFG/FE 2005 (Relatório).

23.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório Indústria cultural e infância - um estudo com crianças de 1ª e 2ª séries do Ensino Fundamental sobre a identificação com a violência no universo do videogame. 2004 (Projeto de Pesquisa).

24.
ZANOLLA. S. R. S. Editorial da revista Inter-Ação Teoria crítica, cultura e sociedade. Goiânia: ufg/cegraf, 2003 (texto editorial).

25.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório A influência do videogame na formação de crianças de 3ª a 4ª séries - um estudo do jogo eletrônico como mediação para a educação infantil. 1999 (Projeto de Pesquisa).

26.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório Final da Pesquisa: A influência dovideogame na formação de crianças do Ensino Fundamental - a mediação cultural de jogos e personagens 1999 (Relatório de Pesquisa).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
ZANOLLA. S. R. S. Comissão para definição das atividades do Simpósio da Faculdade de Educação. 2009.

Trabalhos técnicos
1.
ZANOLLA. S. R. S. Parecer ad-hoc para a Revista de Psicologia da USP. 2018.

2.
ZANOLLA. S. R. S. Parecer ad-hoc para a Revista de Psicologia da Universidade Federal de Minas Gerais/Uberlândia. 2018.

3.
ZANOLLA. S. R. S. Parecer ad doc Cadernos de Educação Educação não formal na cidade pelas crianças. 2018.

4.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc para a Revista de Psicologia da USP. 2017.

5.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc para a Revista de Psicologia da USP. 2017.

6.
ZANOLLA. S. R. S. Parecer ad hoc Revista Arquivos Brasileiros de Psicologia. 2017.

7.
ZANOLLA. S. R. S. Parecer ad hoc Revista Inter-Ação. 2017.

8.
ZANOLLA. S. R. S. Parecer ad-hoc para a Revista de Psicologia da USP. 2017.

9.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc para a Revista de Psicologia da USP. 2017.

10.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc da Revista Arquivos Brasileiros de Psicologia. 2016.

11.
ZANOLLA. S. R. S. Prevalência da violência contra o idoso no Brasil: revisão sistemática. 2016.

12.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc para a Revista Pesquisas e Práticas PsicoSossiciais. 2016.

13.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc para a Revista de Psicologia da USP. 2016.

14.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc Revista de Psicologia da USP. 2016.

15.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc para a Revista de psicologia da USP. 2016.

16.
ZANOLLA. S. R. S. Parecer ad hoc Revista Inter-Ação. 2016.

17.
ZANOLLA. S. R. S. Parecer ad hoc Revista Inter-Ação. 2016.

18.
ZANOLLA. S. R. S. Parecer Ad hoc Revista Inter-Ação. 2016.

19.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc do XIII Encontro da ANPED Centro Oeste-Projeto Nacional de Educação : desafios éticos, políticos e culturais. 2016.

20.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc do XIII Encontro da ANPED Centro Oeste-Projeto Nacional de Educação : desafios éticos, políticos e culturais. 2016.

21.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc do XIII Encontro da ANPED Centro Oeste-Projeto Nacional de Educação : desafios éticos, políticos e culturais. 2016.

22.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc do XIII Encontro da ANPED Centro Oeste-Projeto Nacional de Educação : desafios éticos, políticos e culturais. 2016.

23.
ZANOLLA. S. R. S. Parecer ad hoc Revista Pesquisas e Práticas Psicosociais. 2016.

24.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista Ad hoc Revista de Psicologia da USP. 2015.

25.
ZANOLLA. S. R. S. parecerista Ad hoc Revista de Psicologia da USP. 2015.

26.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc da Revista Arquivos Brasileiros de Psicologia. 2015.

27.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista Ad hoc da Revista Inter- Ação. 2015.

28.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc XII Encontro de Pesquisa em Educação da Região Centro-Oeste: Contradições e Desafios para a Transformação Social. 2014.

29.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc da Revista Arquivos Brasileiros de Psicologia. 2014.

30.
ZANOLLA. S. R. S. parecerista Ad hoc Revista de Psicologia da UFRJ. 2013.

31.
ZANOLLA. S. R. S. Precerista ad hoc da Revista de Filosofia da UNIMEP. 2013.

32.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista Simpósio de Estudos e Pesquisas da FE/2013. 2013.

33.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista ad hoc da Revista Arquivos Brasileiros de Psicologia. 2013.

34.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista Ad hoc Revista Linhas críticas. 2012.

35.
ZANOLLA. S. R. S. Credenciamento de docentes do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFG. 2012.

36.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista Ad hoc do Comitê Científico do XX Simpósio da Faculdade de Educação da UFG. 2011.

37.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista Ad hoc Revista Psicologia em Estudo. 2011.

38.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista Ad hoc da Revista do Instituto Nacional de Educação Anísio Teixeira/INEP/MEC. 2011.

39.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista Ad hoc Psicologia em Revista. 2011.

40.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório da Seleção do Dinter CAC, CAJ e IFG do PPGE/FE/UFG. 2010.

41.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista Ad hoc Revista Goyases. 2010.

42.
ZANOLLA. S. R. S. Parecerista Ad hoc da Revista Paidos. 2010.

43.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas Sociedade, Subjetividade e Educação (NUPESE). 2009.

44.
ZANOLLA. S. R. S. Membro do Conselho editorial da Revista Inter-ação. 2009.

45.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenadora acadêmica do Doutorado interinstitucional (DINTER) CAC/IFG/CAJ. 2009.

46.
ZANOLLA. S. R. S. Membro do Conselhop editorial da Revista Paidos. 2009.

47.
ZANOLLA. S. R. S. Membro de Comissão científica do XVII Simpósio de estudos e pesquisas da Faculdade de Educação/UFG. 2009.

48.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenadora da mesa Educação, trabalho e movimentos sociais do XVIII Simpósio da FE/UFG. 2009.

49.
ZANOLLA. S. R. S. Membro do Processo Seletivo para a 7ºturma de Doutorado em Educação da UFG. 2008.

50.
ZANOLLA. S. R. S. Membro do Processo Seletivo para a 21ª turma de Mestrado em Educação da UFG. 2008.

51.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenador do concurso para professor efetivo da UFG, da área de Arte e Educação. 2008.

52.
ZANOLLA. S. R. S. Coodenadora do grupo de Estudos em Teoria Crítica e Educação. 2008.

53.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenadora da área de Psicologia do 9º Encontro de Pesquisadores da Anped-CO. 2008.

54.
ZANOLLA. S. R. S; RESENDE, M. R. S. ; REAL, M. P. C. . Reconhecimento de título de Doutorado de Mércia Rosana Chavier. 2008.

55.
ZANOLLA. S. R. S. Comissão de seleção da 8ª Turma de doutorado do Propgrama de Pós-grad. da FE/UFG. 2008.

56.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenadora do Grupo de Estudos: Teoria crítica e educação. Faculdade de Educação/UFG. 2007.

57.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenadora do Grupo de Estudos em Teoria Crítica e Educação. Faculdade de Educação/UFG. 2006.

58.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenadora da Mesa-redonda: "Pesquisadores dos Programas de Pós-Graduação das IFES frente à Educação Especial e Inclusiva". 2006.

59.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório: ogos eletrônicos e massificação infantil  uma análise da imposição e aceitação de valores culturais na infância à luz da teoria crítica.. 2005.

60.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório do trabalho da Comissão de Seleção da 19ª Turma de Mestrado do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Educação da UFG. 2005.

61.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório: Indústria cultural e infância - um estudo com crianças de 1ª e 2ª séries do Ensino Fundamental sobre a identificação com a violência no universo do videogame.. 2004.

62.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório: A Influência do Video Game na formação de crianças de 3ª a 4ª série - um estudo do jogo eletrônico como mediação cultural. 1999.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ZANOLLA. S. R. S. Revista Nova escola - Videogame: nem mocinho nem vilão. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
ZANOLLA. S. R. S. O potencial (de)formativo do videogame. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
ZANOLLA. S. R. S. O adoecimento discente na universidade. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
ZANOLLA. S. R. S. Jogo Eletrônico e Infância: formação de valores e aprendizagens - LABIN. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
ZANOLLA. S. R. S. Programa Sobre Todas as Coisas/Reforma do Ensino Médio. 2016.

6.
ZANOLLA. S. R. S. Sobre Todas as Coisas - A Febre do Pokemon. 2016.

7.
ZANOLLA. S. R. S. Entrevista: O Hoje Pesquisa Sobre Identificação com a Pena de Morte. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

8.
ZANOLLA. S. R. S. Entrevista CBN Tabus Acerca da Pena de Morte. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

9.
ZANOLLA. S. R. S. Entrevista Rádio Universitária Tabus Acerca da Pena de Morte. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

10.
ZANOLLA. S. R. S. Entrevista Ascom/Visibilidade: Professora da UFG Realiza Pesquisa sobre Identificação com a Pena de Morte. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

11.
ZANOLLA. S. R. S. Entrevista Sobre Todas as Coisas/TV Cultura: Violência na Escola. 2015.

12.
ZANOLLA. S. R. S. Entrevista Sobre Todas as Coisas/TV Cultura: A Mulher e a Mídia. 2015.

13.
ZANOLLA, S. R. S. ; ZANOLLA, S. R. S. ; ZANOLLA. S. R. S . Entrevista TBC/Cultura; Crianças Abandonadas. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

14.
ZANOLLA, S. R. S. ; ZANOLLA. S. R. S . Entrevista Jornal Tribuna: Educação do Trânsito. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

15.
ZANOLLA. S. R. S. Entrevista: Justiça com as próprias mãos - caminho para a barbárie. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

16.
ZANOLLA. S. R. S. Tecnologia e Educação em Sala de Aula. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

17.
ZANOLLA. S. R. S. A importância do acesso e incentivo a arte e cultura durante o crescimento e desenvolvimento de crianças e adolescentes. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

18.
ZANOLLA. S. R. S. Tabus acerca da Pena de Morte: educação e ideologia. 2014. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

19.
ZANOLLA. S. R. S. Consumo e Infância: temáticas do ENEN. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

20.
ZANOLLA. S. R. S. Viver Ciência: UFG. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

21.
ZANOLLA. S. R. S. Entrevista à Tribuna do Planalto: Educação e cultura: BBB em debate. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

22.
ZANOLLA. S. R. S. Entrevista Portal Terra: O potencial (de) formativo dos videogames. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

23.
ZANOLLA. S. R. S. Entrevista Rádio Universitária: Videogame e infância. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

24.
ZANOLLA. S. R. S. Entrevista: O uso exagerado da internet.. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

25.
ZANOLLA. S. R. S. Entrevista ao Jornal Samambaia/UFG. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

26.
ZANOLLA. S. R. S. Programa Conexões/TV/UFG. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

27.
ZANOLLA. S. R. S. Sobre todas as coisas/TV Cultura (a influência do videogame na infância). 2013.

28.
ZANOLLA. S. R. S. Entrvista O papel dos brinquedos: contra a violência. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

29.
ZANOLLA. S. R. S. Entrevista Jornal Hoje: Regulamentação de armas de brinquedo. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

30.
ZANOLLA. S. R. S. Jogos Vorazes: Aprendizes de gladiador. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

31.
ZANOLLA. S. R. S. Consumismo, infância e datas comemorativas. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

32.
ZANOLLA. S. R. S. Violência no trânsito e sua relação com jogos eletrônicos. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

33.
ZANOLLA. S. R. S. Jornal Samambais: A influencia do conteúdo televisivo na formação de jovens. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

34.
ZANOLLA. S. R. S. A influência da TV na construção do imaginário das pessoas. 2011. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

35.
ZANOLLA. S. R. S. UFG Acontece/Educação sócioambiental, preconceito e violência na atividade de reciclar. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

36.
ZANOLLA. S. R. S. Consumismo e juventude. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

37.
ZANOLLA. S. R. S. Jornal Tribuna do Planalto. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

38.
ZANOLLA. S. R. S. O impacto do consumo na economia e na vida social. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

39.
ZANOLLA. S. R. S. O computador e a formação de novos hábitos na infância. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

40.
ZANOLLA. S. R. S. Identificaçãoa de crianças com ídolos do futebol e form. de valores/Tv Anhang. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

41.
ZANOLLA. S. R. S. Violência na escola. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

42.
ZANOLLA. S. R. S. Videogame e cultura: comportamento infantil dependente. 2009. (Programa de rádio ou TV/Outra).

43.
ZANOLLA. S. R. S. Proibição dos jogos eletrônicos violentos. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

44.
ZANOLLA. S. R. S. Infâcia e Consumismo/jornal Ahanguera. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

45.
ZANOLLA. S. R. S. O consumismo no final de ano/ Tv rede Viva. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

46.
ZANOLLA. S. R. S. Proibição de jogos violentos pelo Min. Público/Tv Record. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

47.
ZANOLLA. S. R. S. Deliqüencia juvenil e limites - Programa Opinião em Debate. 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

48.
ZANOLLA. S. R. S. Violência e delinquência juvenil - Programa Opinião em Debate. 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

49.
ZANOLLA. S. R. S. A Influência do videogame no comportamento violento de crianças - Jornal Hoje. 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

50.
ZANOLLA. S. R. S. As palmadas na educação. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

51.
ZANOLLA. S. R. S. o Mito da Reprovação. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

52.
ZANOLLA. S. R. S. Mendigos na contra-mão. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

53.
ZANOLLA. S. R. S. O problema do limite na Educação. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

54.
ZANOLLA. S. R. S. A violência e a liberação de armas de fogo: debate. 1999. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
ZANOLLA. S. R. S. Site do NUPESE/FE/UFG. 2013; Tema: Um retrato do momento. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório Parcial de pesquisa: Adoecimento, racionalidade, violência e relações de trabalho na universidade. 2018. (Relatório de pesquisa).

2.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório Parcial de pesquisa: Adoecimento, racionalidade, violência e relações de trabalho na universidade. 2017. (Relatório de pesquisa).

3.
ZANOLLA. S. R. S. NEVIDA: Linha Teoria Crítica, cultura e Educação. 2017. (Coordenação de grupo de estudo).

4.
ZANOLLA. S. R. S. Comissão de Avaliação de Seleção de Bolsistas do FE/PPGE. 2017. (Comissão para Discussão e Avaliação do Simpósico da Faculdade de Educação-UFG).

5.
ZANOLLA. S. R. S. Comissão de Avaliação Institucional - CADE. 2017. (Comissão de Avaliação Institucional - CADE).

6.
ZANOLLA. S. R. S. Grupo de estudos sobre a trilogia Hobsbawn: A Era das Revoluções, A Era do capital, A Era dos Impérios.. 2017. (Coordenação de grupo de estudo).

7.
ZANOLLA. S. R. S; VALDEZ, D. . Relatório de Processo Seletivo do Mestrado do PPGE/FE/UFG-2015. 2015. (Relatório de Processo Seletivo do Mestrado do PPGE/FE/UFG).

8.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenação do XI Seminário do Programa de Pós-Graduação em Educação da FE/UFG. 2015. (Membro de Comissão Científica).

9.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório Parcial de Pesquisa: Tabus Acerca da Pena de Morte ? Educação, Identificação, Preconceito, Ideologia e Violência nas Tramas da Cultura. 2014. (Relatório de pesquisa).

10.
ZANOLLA. S. R. S. II Boletim do Simpósio da Faculdade de Educação da UFG. 2013. (Editoração/Outra).

11.
ZANOLLA. S. R. S. III Boletin de Simpósio da FE 2013. 2013. (Editoração/Outra).

12.
ZANOLLA. S. R. S. Caderno de Programação do XXI Simpósio da Faculdade de Educação da FE/UFG. 2013. (Editoração/Catálogo).

13.
PALLA, A. C. ; ZANOLLA. S. R. S . Relatório PIVIC. 2013. (Relatório de pesquisa).

14.
DOIA, A. C. D. ; ZANOLLA. S. R. S . Relatório PIBIC. 2013. (Relatório de pesquisa).

15.
ZANOLLA. S. R. S. Coord. de mesa XXI Simpósio da FE/UFG. 2013. (Coordenadora de mesa redonda).

16.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório do XXI Simpósio da FE/UFG - Pedagogia e Psicologia. 2013. (Relatório do XXI Simpósio da FE/UFG).

17.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório CAPES do XXI Simpósio da FE/UFG. 2013. (Relatório CAPES do XXI Simpósio da FE/UFG).

18.
ZANOLLA. S. R. S. Comissão Científica do XXI Sikmpósio da FE/UFG. 2013. (Membro de Comissão Científica).

19.
SILVA, D. O ; ZANOLLA. S. R. S . Trabalho, preconceito, consumo e desigualdade no contexto da atividade com recicláveis. 2012. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Vídeo de curta duração).

20.
ZANOLLA. S. R. S. I Boletim do XXI Simpósio da Faculdade de Educação. 2012. (Editoração/Outra).

21.
ZANOLLA. S. R. S. Educação sócio-ambiental: combate ao preconceito, consumismo e violência no contexto dos filhos de trabalhadores com recicláveis de Goiânia. 2012. (Relatório de pesquisa).

22.
ZANOLLA. S. R. S. Trabalho, preconceito, consumo e desigualdade no contexto da atividade com reciclagem. 2012. (Relatório de pesquisa).

23.
ZANOLLA. S. R. S. Educação sócio-ambiental: combate ao preconceito, consumismo e violência no contexto dos filhos de trabalhadores com recicláveis de Goiânia. 2012. (Relatório de pesquisa).

24.
ZANOLLA. S. R. S. Educação sócio-ambiental: combate ao preconceito, consumismo e violência no contexto dos filhos de trabalhadores com recicláveis de Goiânia. 2012. (Relatório de pesquisa).

25.
wellington ; Zanolla, Silvia Rosa Silva . Psicologia Educacional e Educação ? possibilidades de autonomia na relação entre aprendizagem e desenvolvimento. 2010. (Relatório de pesquisa).

26.
ZANOLLA. S. R. S. Líder do Grupo Cultura e Fundamentos da Educação/CNPq. 2010. (Coordenação).

27.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório da Seleção do Dinter CAC, CAJ e IFG. 2010. (Coordenação do Dinter CAC CAJ e IFG).

28.
wellington ; ZANOLLA. S. R. S . A pesquisa de iniciação científica (PIBIC) na área de humanas da UFG ? estudo sobre a concepção de teoria e prática na formação de alunos pesquisadores.. 2009. (Relatório de pesquisa).

29.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenação do Núcleo de pesquisas e Estudos Sociedade, Subjetividade e Educação. 2009. (Coordenação NUPESE).

30.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenação do Dinter CAC, CAJ e IFG. 2009. (Coordenação do Dinter CAC CAJ e IFG).

31.
ZANOLLA. S. R. S. Coord. Grupo de estudos Teoria crítica e Educação. 2009. (Coordenação Grupo de Estudos teoria crítica e educação).

32.
ZANOLLA. S. R. S. Metodologia do Ensino Superior. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

33.
ZANOLLA. S. R. S. Comissão para Discussão e Avaliação do Simpósico da Faculdade de Educação-UFG. 2008. (Comissão para Discussão e Avaliação do Simpósico da Faculdade de Educação-UFG).

34.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenação Grupo de estudos em Teoria Crítica e Educação. 2008. (Coordenadora do Grupo de estudos Teoria Crítica e Educação).

35.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenadora do processo seletivo (vestibular) UFG. 2008. (Coordenadora do processo seletivo (vestibular) UFG).

36.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenação de grupo de estudo. 2008. (Coordenação de grupo de estudo).

37.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenação V seminário de pesquisa da pós-graduação. 2008. (Coordenação).

38.
ZANOLLA. S. R. S. Coordenação Mesa Redonda de Psicologia da Educação. 2008. (Coordenadora de mesa redonda).

39.
ZANOLLA. S. R. S; MORAES, M. A. R. . Fundamentos sociológicos e psicológicos do estudo da música na teoria crítica de Adorno. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

40.
ZANOLLA. S. R. S. Metodologia do Ensino Superior. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

41.
ZANOLLA. S. R. S; FLEURY, Camila ; SOUSA, Luis César . Teoria Crítica e Educação. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

42.
ZANOLLA. S. R. S; MARQUES, D. T. . Indústria cultural e infância - os motivos pelos quais as crianças de 1ª e 2ª séries do Ensino Fundamental solecionam os jogos violentos de videogame.. 2005. (Relatório de pesquisa).

43.
CARNEIRO, A. ; ZANOLLA. S. R. S . Jogos eletrônicos e massificação infantil ? um estudo da concepção de infância na perspectiva da teoria crítica de Adorno. 2005. (Relatório de pesquisa).

44.
BATISTA, B. M. ; ZANOLLA. S. R. S . Jogos eletrônicos e massificação infantil ? um estudo da relação entre o conteúdo dos jogos violentos com os aspectos ideológicos do sistema capitalista à luz da teoria crítica. 2004. (Relatório de pesquisa).

45.
ZANOLLA. S. R. S. Mesária da eleição para a direção e vice-direção da Faculdade de Educação/UFG. 2004. (Eleição para vice-direção).

46.
ZANOLLA. S. R. S. Psicanálise e ducação. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

47.
ZANOLLA. S. R. S. mini curso Televisão, consumo e educação. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

48.
ZANOLLA. S. R. S. Relatório Final de Pesquisa: A identificação de crianças do Ensino Fundamental com jogos e personagens violentos de videogame. 1999. (Relatório de pesquisa).

49.
ZANOLLA. S. R. S. mini curso A escola de Frankfurt: desafios à educação. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

50.
ZANOLLA. S. R. S. mini curso A escola de Frankfurt: desafios à educação. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Produção artística/cultural
Artes Cênicas
1.
ZANOLLA. S. R. S. Opinião em debate: Violência, juventude e formação. 2008. Teatral.

Artes Visuais
1.
SILVA, D. O ; ZANOLLA. S. R. S . Trabalho, preconceito, consumo e desigualdade no contexto da atividade com recicláveis. 2012. Vídeo.

Outras produções artísticas/culturais
1.
ZANOLLA. S. R. S. Cultura e consumo: juventude e comportamento. 2011.

2.
ZANOLLA. S. R. S. O consumo e a indústria cultural. 2011.

3.
ZANOLLA. S. R. S. O impacto do consumo na sociedade. 2010.

4.
ZANOLLA. S. R. S. O papel da televisão na formação das pessoas. 2010.

5.
ZANOLLA. S. R. S. Consumo em datas comemorativas: o dia das crianças. 2010.

6.
ZANOLLA. S. R. S. Proibição de jogos violentos pelo Juizado da infância e da juventude. 2009.

7.
ZANOLLA. S. R. S. Opinião em debate: Delinquência e limite: problemas da juventude. 2008.

8.
ZANOLLA. S. R. S. Violência nas escolas. 2008.

9.
ZANOLLA. S. R. S. Debate: Violência e indústria cultural. 2007.

10.
ZANOLLA. S. R. S. Haverá vida após o videogame?. 2006.

11.
ZANOLLA. S. R. S. Desarmamento em debate. 2005.

12.
ZANOLLA. S. R. S. Limite ou punição? palmadas em questão. 2004.

13.
ZANOLLA. S. R. S. Debate: reprovação nas escolas resolve o problema do ensino?. 2003.

Demais trabalhos
1.
ZANOLLA. S. R. S. Jornal O popular O mundo competitivo dos Realty shows. 2012 (Entrevista Almanaque/ O popular) .

2.
ZANOLLA. S. R. S. Tribuna do Planalto: A implsividade necessária. 2012 (Entrevista para o jornal Tribuna do Planalto) .

3.
ZANOLLA. S. R. S. Revista Caros Amigos/São Paulo: Barbárie cultural. 2012 (Entrevista Revista Caros Amigos (Especial)) .

4.
ZANOLLA. S. R. S. Entrevista para Web jornal da UNESP: Mundo digital - saúde e comportamento. 2012 (Entrevista Jornal Digital da UNESP) .

5.
ZANOLLA. S. R. S. Jornal Folha de São Paulo: Liberação de games para menor causa polêmica entre especialistas. 2011 (Entrevista para o Jornal Folha de São Paulo/SP) .

6.
ZANOLLA. S. R. S. Revista A Hora/São Paulo: quando a diversão com eletrônicos pode se tornar um vício. 2011 (Entrevista para Revista da Hora/SP) .

7.
ZANOLLA. S. R. S. Jornal O Hoje/Goiânia: Concurso não é brincadeira de criança. 2011 (Entrevista para O Hoje) .

8.
ZANOLLA. S. R. S. Jornal O popular/Almanaque: Cultura e história dos jogos na infância. 2010 (Entrevista Almanaque/ O popular) .

9.
ZANOLLA. S. R. S. Jornal O Hoje/Goiânia 10 horas por dia na internet. 2010 (Entrevista para jornal O Hoje) .

10.
ZANOLLA. S. R. S. Entrevista Jornal O popular: Videogame, educação e violência. 2005 (Entrevista Jornal O popular) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Daiana Rodrogues de Lima. Aspectos semiformativos do romeiro: linha tênue entre o capital e a fé. 2018. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - PPGE/FE/UFG.

2.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Elaine da Silva Regina. Preconceito, potencial (de)formativo e ressocialização. 2018. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Faculdade de Educação da UFG.

3.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Odair José Gonçalves. Formação e semiformação: as contribuições do pensamento de Adorno para repensar a educação. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Faculdade de Educação da UFG.

4.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Luciano de Castro Tomazett. A tatuagem como pertença grupal no âmbito futebolístico: uma contribuição para a formação escolar. 2017 - Faculdade de Educação da UFG.

5.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Daiana Rodrigues de Lima Braga. Aspectos semi-formativos do romeiro: linha tênue entre o capital e a fé. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Faculdade de Educação da UFG.

6.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Mônica Bandeira Corrêa. A Psicologia nos Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) de Goiânia: o atendimento psicossocial desenvolvido com pessoas idosas. 2016 - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

7.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Erika Marinho Witese. Processos de Inclusão e Exclusão em Estudantes Com Necessidades Especiais: análise da Prova Brasil. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

8.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Murilo de Camargo Wascheck. Cultura, Preconceito e Indivíduo: análise crítica do bulluyng escolar. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

9.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Murilo de Camargo Wascheck. Cultura, Preconceito e Indivíduo: análise crítica do bulliyng escolar. 2016.

10.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Rômulo Fabriciano Gonzaga Pinto. As contribuições da Educação Crítica para Emancipação do Sujeito Toxicônamo. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

11.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Nayara Guimarães Nogueira. Educação ou Barbárie: a concepção de violência em T. W. Adorno. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

12.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Jussimária Almeida dos Santos. Educação, Saber e Infância: poissibilidades (de)formativas nas tramas da indústria cultural. 2016. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

13.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Danilo Oliveira e Silva. Qualificação: Ideologia do Compromisso Social e Formação: Análise das Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Psicologia. 2015. Dissertação (Mestrado em mestrado) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

14.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Danilo Oliveira e Silva. Defesa: Ideologia do Compromisso Social e Formação: Análise das Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Psicologia. 2015. Dissertação (Mestrado em mestrado) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

15.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Murilo de camargo Wascheck. Cultura, Indivíduo e Preconceito: análise crítica do bullying escolar. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - PPGE/FE/UFG.

16.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Danilo Oliveira e Silva. Formação em Psicologia no Brasil: análise dos documentos e diretrizes curriculares para a graduação em psicologia (1992-2004). 2014.

17.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Jaqueline Luvissoto Marinho. Reflexões sobre saberes, poderes e singularidades. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em educação) - Pontifícia Universidade Catolica de Goiás.

18.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Marinalva Nunes Fernandes. Educação e trabalho: interfaces entre ensino técnico agropecuário e desenvolvimento sociopolítico regional. 2011. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

19.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Márcia Ferreira Torres Pereira. Sobre as relações de autoridade e poder na docência: contextos (des) autorizados pela formação. 2011. Dissertação (Mestrado em mestrado) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

20.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Juliana Cherobino de Resende. Psicologia organizacional e educação profissional: os limites da aprendizagem para a emancipação da sociedade administrada. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

21.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Paola Regina Carloni. As impossibilidades de constituição da subjetividade no mundo do trabalho: reflexões sobre (des) sublimação no contexto educacional. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação Brasileira) - Faculdade de Educação/UFG.

22.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Anderson de Souza Coelho. Qualificação Avaliação escolar e a produção da submissão: análise crítica à luz de Theodor Adorno. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação Brasileira) - Faculdade de Educação/UFG.

23.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Paola Regina Carloni. Qualificação: A impossibilidades de constituição da subjetividade no mundo do trabalho: reflexões sobre (des) sublimação no contexto educacional. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Faculdade de Educação/UFG.

24.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Juliana Cherobino de Resende. Qualificação Psicologia organizacional e educação profissional: os limites da aprendizagem para a emancipação na sociedade administrada. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Faculdade de Educação/UFG.

25.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Anderson de Sousa Coelho. Avaliação educacional e a produção da submissão: análise crítica à luz de Theodor Wiesengrund Adorno. 2010. Dissertação (Mestrado em mestrado) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

26.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Ademar Garlini. Uma proposta para otimizar as competências sociais dos adolescentes. 2010.

27.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Vanilde Alves peres. Qualificação A concepção de educação de T. W. Adorno. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

28.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Vanilde Alves Pereira. A concepção de educação e autonomia à luz da teoria crítica de T. Adorno. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

29.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Silvia Sousa beda Icassatti. Conselho tutelar e escola: exercício compartilhado na defesa do Eca. 2009. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Catolica de Goiás.

30.
ZANOLLA. S. R. S; BAPTISTA, R. J. T; BARBOSA, I. G.. Participação em banca de João Martins Vieira Neto. Educação Física e ação pragmática no contexto da indústria cultural. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

31.
ZANOLLA. S. R. S; MASCARENHAS, A. C. B.; ARAUJO, D. M. S. F.. Participação em banca de Avimar Ferreira Junior. Subjetividade e melancolia - aspectos culturais constitutivos do homem na sociedade moderna. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

32.
ZANOLLA. S. R. S; MASCARENHAS, F.; COELHO, I, M.. Participação em banca de Lílian Brandão Bandeira. Corpo, mercado e educação na perspectiva da teoria crítica.. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

33.
ZANOLLA. S. R. S; SOUSA, S. M.; ROURE, S. A. de. Participação em banca de Tatiana Claúdia Goulart. Autoridade e educação: limites e possibilidades de educação. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

34.
ZANOLLA. S. R. S; ARAUJO, D. M. S. F.; RESENDE, M. R. S.. Participação em banca de Marcos Antônio Ribeiro Moraes. Educação ou Barbárie: o contexto da interação entre sujeito e objeto. 2007. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

35.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Luciene Maria Bastos. Sociedade, indivíduo e fetiche: a constituição da subjeividade no âmbito da indústria cultural. 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

36.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Eli Abreu Passos. O ensino de Filosofia no contexto das políticas públicas de educação do Paraná - aspectos políticos e pedagógicos.. 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

37.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Ivany Barros Rolin Azarias. Tapuia Ké-oca - educação escolar indígena dos tapuia: entre o silêncio e o grito, a esperança cresce e a luta continua.. 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

38.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Gizela B Almeida. História e memória: um estudo sobre a violência e a infância em Goiás na primeira metade do século XX. 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

39.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Levi Dias da Costa. Proposta de um programa de atividades aquáticas para redução do nível de stress nos alunos de 3ª série do Ensino Médio do CEFETES. 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

40.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Maria Flora Ribeiro. As (im) possibilidades formativas na comunicação. 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Faculdade de Educação/UFG.

41.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Fernanda Ferreira Belo Rodrigues. As mudanças no mundo do trabalho e a ação sindical dos trabalhadores em educação.. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

42.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Luis César de Sousa. Ideologia Pós-Moderna e Educação Física: uma nálise teórico-crítica. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação Brasileira) - Universidade Federal de Goiás.

43.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Camila Passos Fleury de Oliveira. A indústria cultural e o sujeito do consumo: das determinações históricas à demanda de completude.. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação Brasileira) - Universidade Federal de Goiás.

44.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Lenildes Ribeiro da Silva Almeida. Totalitarismo e Educação. 2005. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

45.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Luís César de Sousa. A Educação Física no contexto da pós-modernidade - um estudo a partir da Teoria Crítica. 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação Brasileira) - Universidade Federal de Goiás.

46.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Kellen Cristina Silva. Inteligência, medida e adaptada - teoria das inteligências multiplas. 2004 - Universidade Federal de Goiás.

47.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Maggie Nunes Brasil. Educação, trabalho e uma forma de pensar capitalista. 2004 - Universidade Federal de Goiás.

48.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Felipe pereira Gonçalves. Uma proposta de atualizaçãoe aperfeiçoamento pedagógico para o curso técnico em mecânica do Cefete. 2003. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação de Apoio ao Desenvolvimento e à Educação do CEFET-Cuiabá.

Teses de doutorado
1.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Paola Regina Carloni. Narração, ideologia e experiência: os desafios da formação no jornalismo. 2018. Tese (Doutorado em Doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano) - Instituto de Psicologia USP.

2.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Sandro Henrique Ribeiro. Trabalho e mortificação: o humano, o desejo e o consumo. 2018 - PPG/Sociologia UFG.

3.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Lílian Brandão Bandeira. Pragmatismo, Razão Instrumental e Formação de Professores. 2017. Tese (Doutorado em doutorado) - Faculdade de Educação/UFG.

4.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Cristiano Aparecido da Costa. Música formação e estética em T. Adorno. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado) - Faculdade de Educação da UFG.

5.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Estelamaris Brant Scarel. Dilemas Inerentes ao Potencial Formativo Entre Conhecimento e Dialética Negativa. 2016. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

6.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Christine Garrido Marques. Políticas Muiltissetoriais e Integradas do Banco Mundial no Brasil: a infância como referência.. 2016. Tese (Doutorado em Doutorado) - Faculdade de Educação da UFG.

7.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Lívia Santos Brisolla. Educação, Indústria Cultural e Livro Didático. 2015. Tese (Doutorado em Educação Brasileira) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

8.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Luis César de Souza. Educação, cultura e torcidas organizadas: análise do potencial (de) formativo do futebol contemporâneo. 2014. Tese (Doutorado em Educação Brasileira) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

9.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Cristiane Souza Borzuk. O Fortalecimento das Explicações Naturais para os Fenômenos Sociais Ligados ao Crime. 2014. Tese (Doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano) - Universidade de São Paulo.

10.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Natássia Garcia Duarte de Oliveira. Teatro dialético em terras estranhas ? a (in)diferenciação entre sujeito e objeto na formação cultural. 2013. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

11.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Simei Araújo Silva. Indústria cultural, ideologia, literatura e infância. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado) - Faculdade de Educação da UFG.

12.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Patricia Medina. A relação homem-natureza e a fenomenologia do cuidar. 2011. Tese (Doutorado em doutorado) - Faculdade de Educação/UFG.

13.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Lais Leni Oliveira Lima. As muitas faces do trabalho que se realiza na Educação Infantil. 2010. Tese (Doutorado em Educação Brasileira) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

14.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Alceu Zóia. A comunidade indígena Terena do Norte do Mato Grosso: infância, identidade e educação. 2009. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

15.
Zanolla, Silvia Rosa Silva. Participação em banca de Jordana de Castro Balduino. De la vivencia al aprendizage - la escucha de una maestra a ninõs y ninãs en la educaión infantil: un estudo. 2009. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

16.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Mércia Rosana Chavier. Análise das necessidades formativas dos professores para a inclusão no ciclo i do Ensino Fundamental das escolas municipais de Goiãnia. 2006 - Faculdade de Educação/UFG.

Qualificações de Doutorado
1.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Estelamaris Brant Scarel. Dilemas Inerentes ao Potencial Formativo Entre Conhecimento e Dialética Negativa. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

2.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Lílian Brandão Bandeira. Formação humana, formação docente e razão instrumental. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

3.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Cristiano Aparecido da Costa. Música formação e estética em T. Adorno. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

4.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Lívia Brizolla. Livro Didático e Indústria Cultural. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

5.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Natássia Duarte Garcia Leite de Oliveira. Teoria crítica e teatro épico: identificação, estranhamento e (in) diferenciação entre sujeito e objeto na formação cultural. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Educação Brasileira) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

6.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Luis césar de Sousa. Educação, cultura e torcidas organizadas: análise do potencial (de) formativo do futebol contemporâneo. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

7.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Lúcia de Fátima Ribeiro. Ética, justiça e Educação no pensamento de Paul Ricoeur. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em doutorado) - Faculdade de Educação/UFG.

8.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Laís Leni Oliveira Lima. As muitas faces do trabalho que se realiza na educação infantil. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em doutorado) - Faculdade de Educação/UFG.

9.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Alceu Zoia. A comunidade indígena Terena: a infância e sua educação. 2009 - Faculdade de Educação/UFG.

Qualificações de Mestrado
1.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Alana G. Vieira Alvarenga da Costa. Ensino de filosofia nos cursos de pedagogia da UFG. 2018.

2.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Lucília Chaves de Oliveira. Formação cultural dos professores. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Educação) - PPGE/FE/UFG.

3.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Evailda Gontijo. Docência, formação e indústria cultural: um estudo a partir de cursos presenciais de pedagogia no sudeste goiano. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Educação Jataí) - UFG Jataí.

4.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Jussimária Almeida dos Santos. Educação, Saber e Infância: poissibilidades (de)formativas nas tramas da indústria cultural. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

5.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Rômulo Fabriciano Gonzaga Pinto. As contribuições da Educação Crítica para Emancipação do Sujeito Toxicônamo. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

6.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Nayara Guimarães Nogueira. Educação ou Barbárie: a concepção de violência em T. W. Adorno. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

7.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Odair José Gonçalves. As contribuições do pensamento de Adorno para repensar a educação hoje. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Goiás.

8.
FURTADO, R. M. M.; ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Rômulo Fabriciano Gonzaga Pinto. Possibilidades educativas para a emancipação do sujeito toxicômano. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Educação) - PPGE/FE/UFG.

9.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Erika M. Witeze. A Prova Brasil e o público-alvo da Educação Especial: um estudo sobre processos de inclusão/exclusão no municipio de Goiânia.. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Educação) - PPGE/FE/UFG.

10.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Nayara Guimarães Nogueira. A Concepção de Educação em T. W. Adorno. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Educação) - PPGE/FE/UFG.

11.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Mônica Bandeira Corrêa. Psicologia nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) de Gopiânia: atendimento psicossocial desenvolvido com pessoas idosas. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

12.
ZANOLLA, S. T. S.; FURTADO, R. M. M.; ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Jussimária Almeida dos Santos. Educação, Saber e Infância: possibilidades (de)formativas nas tramas da indústria cultural. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Educação) - PPGE/FE/UFG.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Lílian Brandão Bandeira. Corpo e indústria corporal: o caso das técnicas de embelezamento.. 2005. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-Graduação em Metodologia do Ensino Fundamental) - Universidade Federal de Goiás.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ZANOLLA. S. R. S. Participação em banca de Aurelia Caetano Carneiro.A indústria cultural e os contos de fadas. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
ZANOLLA. S. R. S. Concurso para professor de Psicologia Social. 2018. UFG Jataí.

Concurso público
1.
ZANOLLA. S. R. S. Concurso para professor substituto de Psicologia Organizacional. 2018. Faculdade de Educação da UFG.

2.
ZANOLLA. S. R. S. Presidente da Comissão Seleção da 17ª Turma de Doutorado do PPGE/FE/UFG. 2018. PPGE/FE/UFG.

3.
ZANOLLA. S. R. S. Concurso para professor substituto de Psicologia Organizacional. 2017. Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

4.
ZANOLLA. S. R. S. Banca de concurso para professor efetivo de Psicologia Social e Psicanálise. 2016. Universidade Federal de Goiás.

5.
ZANOLLA. S. R. S. Banca da 29ª Seleção de Mestrado da FE UFG. 2016. Universidade Federal de Goiás.

6.
ZANOLLA. S. R. S. Comissão de credenciamento de professores do PPGE/UFG. 2014. Universidade Federal de Goiás.

7.
ZANOLLA. S. R. S. Membro de banca de Concurso para professor efetivo da área de Arte e educação. 2010. Faculdade de Educação/UFG.

8.
ZANOLLA. S. R. S. Membro de Banca de Concurso para professor da área de Arte e educação. 2010. Faculdade de Educação/UFG.

9.
ZANOLLA. S. R. S. Presidente da banca de concurso para professor efetivo da área de Fundamentos do Serviço Social. 2009. Faculdade de Direito.

10.
Silvia Rosa Silva Zanolla; ZANOLLA. S. R. S. Membro de banca de concurso para professor assistente da área de psicologia e processos sociais. 2009. Universidade Federal de Goiás.

11.
ZANOLLA. S. R. S; BURGARELI, G.; MIRANDA, M. G.. Membro de banca e presidente de seleção Doutorado Inter. CAC, CAJ e IFG. 2009. Faculdade de Educação/UFG.

12.
ZANOLLA. S. R. S. Membro banca concurso professor efeivo de Fundamentos e metodologia em ciências humanas. 2009. Faculdade de Educação/UFG.

13.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da Banca de Seleção Docente Efetivo do Curso de Pedagogia da Universidade Federal de Goiás. 2008. Faculdade de Educação/UFG.

14.
ZANOLLA. S. R. S; BORGES, M. E.; ALVES, L. M.. Membro da Banca de Seleção Docente do Curso de Publicidade e Propaganda da Universidade Católica de Goiás. 2007. ucg.

15.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da Banca Examinadora do Processo Seletivo Simplificado para contratação de professor substituto para a área de Psicologia da Educação da Faculdade de Educação/UFG. 2006. Universidade Federal de Goiás.

16.
ZANOLLA. S. R. S. Componente de Banca Examinadora de Provas e Títulos do Cargo de Professor da Educação Superior da Faculdade de Educação da área de Psicologia da Universidade do Estado de Mato Grosso. 2006. Universidade do Estado de Mato Grosso.

17.
ZANOLLA. S. R. S. Presidente de Banca do Concurso de Docente na área de Psicologia da Educação, classe Assistente. 2006. Universidade Federal de Goiás.

18.
ZANOLLA. S. R. S. Componente de Banca Examinadora do Concurso Público para o cargo de Professor Assistente na área de Psicologia da Educação. 2005. Universidade Federal de Goiás.

19.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da Banca de seleção para professor substituto da disciplina Psicologia da Educação. 2004.

20.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da Banca de selação da 18º turma de mestrado. 2004.

21.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da Banca de seleção da 2º turma de Doutorado. 2004. Universidade Federal de Goiás.

22.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da banca de seleção para professor efetivo de Psicologia da Educação da UEG. 2003. Universidade Estadual de Goiás.

23.
ZANOLLA. S. R. S; LIPOVETSKI, Noêmia; LOUREIRO, Marcos Correa da Silva; SILVA, Lueli Nogueira Duarte e. Membro da Banca Examinadora do Concurso de Professor Assistente Psicologia. 2002. Universidade Federal de Goiás.

Outras participações
1.
ZANOLLA. S. R. S. Presidente da banca de seleção para bolsistas de mestrado e doutorado/FAPEG. 2018. PPGE/FE/UFG.

2.
ZANOLLA. S. R. S. Presidente da banca de seleção de bolsistas Capes/MEC. 2018. PPGE/FE/UFG.

3.
ZANOLLA. S. R. S. Presidente da Comissão de elaboração da resolução para alunos especiais do PPGE/FE/UFG. 2018. PPGE/FE/UFG.

4.
ZANOLLA. S. R. S. 31ª Seleção de Mestrado do PPGE/FE/UFG. 2017. Faculdade de Educação da UFG.

5.
ZANOLLA. S. R. S. Banca de Seleção de Doutorado. 2017. Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

6.
ZANOLLA. S. R. S. Banca de Seleção de Doutorado/PPGE-FE- UFG/2016. 2016. Faculdade de Educação da UFG.

7.
ZANOLLA. S. R. S. Banca de Seleção de Mestrado do PPGE/FE/UFG. 2015. Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

8.
ZANOLLA. S. R. S. Reconhecimento de Título Brasil/Portugal. 2014. Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

9.
ZANOLLA. S. R. S. 28ª Banca de Seleção de Mestrado. 2014. Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

10.
Zanolla, Silvia Rosa Silva; ZANOLLA. S. R. S. Seleção de Doutorado 13ª Turma de Doutorado. 2014. Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

11.
ZANOLLA. S. R. S. Seleção da 1ª Turma de Mestrado em Psicologia. 2014. Universidade Federal de Goiás.

12.
ZANOLLA. S. R. S. Banca de Mestrado Turma 2014/PPGE. 2014. Faculdade de Educação da UFG.

13.
ZANOLLA. S. R. S. Banca de Seleção de Doutorado/2013/FE/UFG. 2013. Universidade Federal de Goiás.

14.
ZANOLLA. S. R. S. Banca de seleção 27ª Turma de Mestrado/FE/UFG. 2013. Faculdade de Educação da UFG.

15.
ZANOLLA. S. R. S. Banca de Recredenciamento Docente/PPGE/2013. 2013. Faculdade de Educação da UFG.

16.
ZANOLLA. S. R. S. Banca de Qualificação Luis César Sousa. 2013. Faculdade de Educação da UFG.

17.
ZANOLLA. S. R. S. Banca 11ª Turma de Doutorado da Faculdade de Educação da UFG. 2012. Faculdade de Educação da UFG.

18.
ZANOLLA. S. R. S. Banca de avaliação e credenciamento de professores para a Pós-Graduaçãoo. 2012. Faculdade de Educação da UFG.

19.
ZANOLLA. S. R. S. Banca de qualificação de doutorado: Indústria cultural, educação e infância: literatura e possibilidades de novas experiências. 2012. Faculdade de Educação da UFG.

20.
ZANOLLA. S. R. S. Banca de Seleção de mestrado do PPGE/2012. 2012. Faculdade de Educação da UFG.

21.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da banca de qualificação de mestrado: Sobre as relações de autoridade e poder na docência: contextos (des) autorizados na formação. 2011. Faculdade de Educação/UFG.

22.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da banca de qualificação: Cultura corporal e educação - análise dos desafios e limites mà emancipação pela Educação Física Escolar. 2011. Faculdade de Educação/UFG.

23.
ZANOLLA. S. R. S. Membro de banca de qualificação: Educação e trabalho: interfaces entre ensino técnico eagropecuário e desenvolvimento sociopolítico. 2011. Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

24.
ZANOLLA. S. R. S. Membro dae banca de seleção de doutorado do PPGE/2011. 2011. Faculdade de Educação/UFG.

25.
ZANOLLA. S. R. S. Membro de banca de seleção de mestrado PPGR/2011. 2011. Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

26.
ZANOLLA. S. R. S. Banca de Processo Seletivo de Doutorado do PPGE/FE/UFG2011. 2011. Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

27.
ZANOLLA. S. R. S. Banca de Processo Seletivo do Mestrado PPGE/FE/UFG2011. 2011. Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

28.
ZANOLLA. S. R. S. Membro de banca de qualif. A constituição da subjetividade no contexto educacional: sublimação ou dessublimação. 2010. Faculdade de Educação/UFG.

29.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da banca de seleção de candidatos da 8ª turma do Doutorado. 2009. Faculdade de Educação/UFG.

30.
ZANOLLA. S. R. S. Membro de banca de qualificação de mestrado A concepção de educação de T. W. Adorno. 2009. Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

31.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da banca de qualificação de mestrado de Vanilde Alves Peres. 2009. Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

32.
ZANOLLA. S. R. S. Membro comissão de seleção do mestrado PPGE. 2009. Faculdade de Educação/UFG.

33.
ZANOLLA. S. R. S. Presidente da banca de reconhecimento de título: Uma proposta der atualização e aperfeiçoamento pedagógicopara o curso técnico em mecãnica do CEFETS. 2009. CEFET.

34.
ZANOLLA. S. R. S; BARBOSA, I. G.; BAPTISTA, R. J. T. Membro da banca examinadora do Exame de Qualificação da dissertação do mestrando João Martins Vieira Neto. 2008. Faculdade de Educação/UFG.

35.
ZANOLLA. S. R. S; MASCARENHAS, A. C. B.; ARAUJO, D. M. S. F.. Membro da banca examinadora do Exame de Qualificação da dissertação do mestrando Avimar Ferreira Junior. 2008. Universidade Federal de Goiás.

36.
ZANOLLA. S. R. S; MASCARENHAS, F.; COELHO, I, M.. Membro da banca examinadora do Exame de Qualificação da dissertação do mestranda Lílian Brandão Bandeira. 2008. Universidade Federal de Goiás.

37.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da comissão avaliadora da 22 turma do mestrado. 2008. Faculdade de Educação/UFG.

38.
ZANOLLA. S. R. S; SOUSA, S. M.; ROURE, S. A. de. Membro da banca examinadora do Exame de Qualificação da dissertação da mestranda Tatiana Cláudia Goulart. 2008. Universidade Federal de Goiás.

39.
ZANOLLA. S. R. S; MASCARENHAS, A. C. B.; EVANGELISTA, E. G. S.. Membro da banca examinadora do Exame de Qualificação da dissertaçao da mestranda Luciene Maria Bastos, aluna do Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação/UFG. 2007. Universidade Federal de Goiás.

40.
BARBOSA, I. G.; ZANOLLA. S. R. S. Membro da banca examinadora do Exame de Qualificação da dissertação da mestranda Gizela Bastos da Mota Almeida, aluna do Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da UFG. 2007. Universidade Federal de Goiás.

41.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da Comissão de Seleção da 21ª Turma do Curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculade de Educação/UFG. 2007. Universidade Federal de Goiás.

42.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da Comissão de Seleção da 5ª Turma do Curso de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Educação. 2006. Faculdade de Educação/UFG.

43.
ZANOLLA. S. R. S. Presidente de Comissão de Avaliação de Documentação para reconhecimento de título de Mestrado em Ciências da Educação Superior obtido na Universidade Internacional de Lisboa - Portugal. 2006. Universidade Federal de Goiás.

44.
ZANOLLA. S. R. S. Membro de Comissão de Avaliação de Documentação para reconhecimento de título de Mestrado em Ciências da Educação Superior obtido na Universidade Internacional de Lisboa - Portugal. 2006. Universidade Federal de Goiás.

45.
ZANOLLA. S. R. S. Membro Suplente de Comissão de Avaliação de Documentação para reconhecimento de título de Mestrado em Ciências da Educação Superior obtido na Universidade Internacional de Lisboa - Portugal. 2006. Universidade Federal de Goiás.

46.
ZANOLLA. S. R. S. Membro de Comissão de Avaliação de Documentação para reconhecimento de título em nível de Mestrado em Ciências da Educação Superior - Convênio entre Universidade Estadual de Goiás e Universidade de Havana-Cuba. 2006. Universidade Federal de Goiás.

47.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da Comissão de Seleção da 20ª Turma do Curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculade de Educação/UFG. 2006. Universidade Federal de Goiás.

48.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da Banca de Qualificação de Mestrado de Fernanda Ferreira Belo Rodrigues, aluna do Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculda de Educação/UFG. 2006. Universidade Federal de Goiás.

49.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da Banca de Qualificação de Mestrado de Maria Flora Costa, aluna do Programa de Pos-Graduação em Educação da Faculda de Educação/UFG. 2006. Universidade Federal de Goiás.

50.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da Banca de Qualificação de Marcos Antônio R. Moraes, aluno do Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação/UFG. 2006. Universidade Federal de Goiás.

51.
ZANOLLA. S. R. S. Presidente de banca do concurso de docente da UFGD na aplicação das provas de títulos, escrita e didática na área de Psicologia da Educação, classe Assistente.. 2006. Universidade Federal de Goiás.

52.
ZANOLLA. S. R. S. Presidente da Comissão de seleção da 19º turma de Mestrado em Educação. 2005. Universidade Federal de Goiás.

53.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da Comissão para eleição da Coordenação de Pós - Graduação. 2005. Universidade Federal de Goiás.

54.
ZANOLLA. S. R. S. Presidente de Banca Examinadora do Processo Seletivo Simplificado para contratação de dois professores substitutos para a área de Psicologia. 2005. Faculdade de Educação/UFG.

55.
ZANOLLA. S. R. S. Membro da Banca de Seleção da 3ª Turma de Doutorado. 2005. Universidade Federal de Goiás.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Semana de Planejamento da FE/UFG.Racionalidade Administrada e Adoecimento na universidade. 2018. (Seminário).

2.
46º Seminário do Núcleo de Estudos em Ciências Sociais (NEST).Racionalidade Administrada e Adoecimento na universidade. 2017. (Seminário).

3.
II Colóquio do NEVIDA: Adoecimento e relações de trabalho na universidade.Adoecimento, racionalidade e relações de trabalho na profissão docente. 2017. (Seminário).

4.
III CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE CULTURAS: INTERFACES DA LUSOFONIA.. Indústria cultural, infância e violência: vídeogame e formação de valores. 2017. (Congresso).

5.
III Simpósio de Psicologia Social da Faculdade de Psicologia de Jataí/Go.Psicologia social e educação: leitura crítica da violência a partir da pena de morte. 2017. (Seminário).

6.
NEVIDA: Colóquio Pós-Modernidade e Modernidade: bases conceituais, históricas e identificação.Pós-Modernidade e Modernidade: bases conceituais, históricas e identificação. 2017. (Encontro).

7.
Orientações para prevenção ao suicídio. 2017. (Exposição).

8.
Seminário de Teoria Crítica: violência e exclusão social.Educação, Cultura, Pena de Morte e Violência. 2017. (Seminário).

9.
XIV Seminário do PPGE/FE/UFG - Pesquisa na universidade pública: desafios da pós-graduação em educação.Debate sobre o trabalho: Práticas educativas na educação infantil - Milna Martins Arantes. 2017. (Seminário).

10.
XIV Seminário do PPGE/FE/UFG - Pesquisa na universidade pública: desafios da pós-graduação em educação.Debate sobre o trabalho:Intencionalidade e ação educativa em Sartre - Claudio Pires Viana. 2017. (Seminário).

11.
XXIII Simpósio da Faculdade de Educação- Sociedade Civil e Formação.Núcleo de Estudos em Educação, Violência, Infância , Diversidade e Arte: pesquisas e concepções. 2017. (Simpósio).

12.
8ª Edição Ludens: jogos e brincadeiras na matemática.Videogame, educação e Cultura. 2016. (Seminário).

13.
Ciclo de Debates: filosofia em rede.Sociedade, Saúde e Existência. 2016. (Seminário).

14.
Encontro do Núcleo de Educação, Violência, Infância, Diversidade e Arte - Nevida.Apresentação do texto: o Fim da Utopia. 2016. (Encontro).

15.
IX Ciclo de Debates dos Cursos de Licenciatura em Filosofia e História da do UFG.Poder, Cotidiano e Subjetividade na Rede Pública de Ensino em Goiás. 2016. (Seminário).

16.
Projeto: Educação, Tecnologia e Formação de Professores..Jogo Eletrônico e Infância: formação de valores e aprendizagens - LABIN. 2016. (Seminário).

17.
XIII CONPEEX: Ciência Alimentando o Brasil. Dos Complexos Subjetivos à Barbárie Social: sobre as (im)possibilidades de elaboração dos instintos agressivos a partir da perspectiva freudiana. 2016. (Congresso).

18.
XV jornada Pedagógica do Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia gia.Jogos Eletrônicos e Infância: desafios e perspectivas do educador nessa relação. 2016. (Seminário).

19.
Seminário: A Violência e Suas Múltiplas Faces.Psicologia, Tecnologia e Violência. 2015. (Seminário).

20.
XIX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VI Congresso Internacional de Ciências do Esporte. Futebol Mercadoria: da origem moderna à absorção pela Indústria cultural. 2015. (Congresso).

21.
Encontro de Pesquisa em Educação da Região Centro-Oeste (ANPED). Psicologia e Educação. 2014. (Congresso).

22.
III Seminário do NUPESE/FE/UFG.Tabus acerca da Pena de Morte: educação e ideologia. 2014. (Seminário).

23.
III Seminário do NUPESE/FE/UFG.Educação, Cultura e Violência. 2014. (Seminário).

24.
II Seminário do NUPEFIL.Tecnologia, Cultura e Conhecimento. 2014. (Seminário).

25.
IV Congresso Ibero Americano de Política e Administração da Educação/VII Congresso Luso-Brasileiro de Política e Administração da Educação. A GLOBALIZAÇÃO DA ECONÔMIA E OS DESAFIOS PARA A QUALIDADE DA EDUCAÇÃO CONTEMPORÂNEA: IMPACTOS E PERSPECTIVAS.. 2014. (Congresso).

26.
Semana de Planejamento da FE/UFG. 2014. (Encontro).

27.
Seminário de Psicologia Social - CAJ.Psicologia, Cultura e Violência. 2014. (Seminário).

28.
1º Salaõ Nacional de Pós-graduação da APG/UFG. O PNPG e a profissão do pesquisador. 2013. (Congresso).

29.
Ciclo de debates sobre Artes Pensar o Ver.Pensar o ver a Educação. 2013. (Seminário).

30.
Ciclo de palestra do GENTE/FE/UFG.Histórico da Escola de Frankfurt - origem e atualidade. 2013. (Encontro).

31.
Encontro da ANPED/2013. 2013. (Congresso).

32.
Seminário do PPGE/2013.Educação , cultura e torcidas organizadas: análise do potencial (de) formativo do futebol contemporãneo. 2013. (Seminário).

33.
Seminário do PPGE 2013/II.Interfaces eantre a Indústria cultural e o Livro didático. 2013. (Seminário).

34.
X Conpeex/UFG: Conhecimento e Riquezas. Indústria Cultural e pena de morte: processos subjetivos ideológicos de (de) formação cultural. 2013. (Congresso).

35.
XXI Simpósio da FE/UFG.Educação, cultura e torcidas organizadas: análise do potencial (de) formativo do futebol contemporâneo. 2013. (Simpósio).

36.
XXI Simpósio da FE/UFG/II. 2013. (Simpósio).

37.
A Escola de Frankfurt: Fundamentos (Grupo de estudos GENTE).A Escola de Frankfurt: Fundamentos. 2012. (Encontro).

38.
Anped Centro Oeste/2012. Trabalho, preconceito, consumo e desigualdade no contexto da atividade com recicláveis. 2012. (Congresso).

39.
Assembleia inaugural da Assoc. de Pós-Grad. da UFG.Dilemas da Pós-Graduação: do produtivismo à apatia política na universidade. 2012. (Encontro).

40.
Debate sobre o Plano nacional de Pós-graduação.O plano Nacional de Pós-Graduação em debate. 2012. (Encontro).

41.
IX Conpeex/2012. Educação, cultura e torcidas organizadas: potencial (de)formador do futebol. 2012. (Congresso).

42.
VIII Congresso Intern. de teoria crítica : desafios na era digital. Indústria cultural, educação e infância: literatura e possibilidades de novas experiências. 2012. (Congresso).

43.
Debate: capitalismo e construção da subjetividade.Capitalismo e constituição da subjetividade na perspectiva da teoria crítica frankfurtiana. 2011. (Seminário).

44.
Educação, cultura e tecnologia: leituras da Escola de Frankfurt.Conferência de abertura: A atualidade da Escola de Frankfurt. 2011. (Seminário).

45.
Palestra sobre o livro Admirável mundo novo.O Admirável mundo novo de Huxley. 2011. (Encontro).

46.
Trabalho, preconceito, consumo e desigualdade no contexto da atividade com reciclagem.Trabalho, preconceito, consumo e desigualdade no contexto da atividade com reciclagem. 2011. (Seminário).

47.
VIII COMPEEX/SBPC/Congresso de Pesquisa e Extensão/UFG. A configuração familiar dos trabalhadores com recicláveis de Goiânia ? uma reflexão sobre a familia enquanto instituição social em crise. 2011. (Congresso).

48.
VIII COMPEEX/SBPC/Congresso de Pesquisa e Extensão/UFG. EDUCAÇÃO ESCOLAR E TRABALHO NO CONTEXTO DOS TRABALHADORES COM RECICLÁVEIS. 2011. (Congresso).

49.
VIII COMPEEX/SBPC/Congresso de Pesquisa e Extensão/UFG. EDUCAÇÃO SOCIOAMBIENTAL E PRECONCEITO - UM ESTUDO SOBRE PROCESSOS IDENTIFICATÓRIOS NO CONTEXTO FAMILIAR DOS FILHOS DE TRABALHADORES COM MATERIAIS RECICLÁVEIS. 2011. (Congresso).

50.
XX Simpósio da Faculdade de educação da UFG.Psicologia educacional e educação - possibilidades de autonomia na relação entre aprendizagem e desenvolvimento. 2011. (Simpósio).

51.
XX Simpósio da Faculdade de Educação da UFG.(RE)SIGNIFICAÇÃO DO TRABALHO: PRECONCEITO, EDUCAÇÃO OU BARBÁRIE NO CONTEXTO DE CATADORES E RECICLÁDORES DE GOIÂNIA. 2011. (Simpósio).

52.
Conferência: Jornada de palestras da Faculdade de direito: Elementos jurídicos, psicológicos do direito do consumidor.Aspectos psicossociais da indústria da cultura. 2010. (Simpósio).

53.
Conferência X Encontro de Pesquisa em Educação da Anped Centro-oeste. Pós-modernidade e Educação Física. 2010. (Congresso).

54.
Conferencista I Seminário do Nucleo de Pesquisas e estudos Sociedade, Subjetividade e Educação.Fetichismo e infância - o mito da educação livremente mediada. 2010. (Seminário).

55.
Curso de Formação Política do DCE.Indústria cultural e ideologia. 2010. (Seminário).

56.
II Seminário de pesquisa da Universidade Federal de Goiás.Grupo de pesquisa Cultura e fundamentos da Educação. 2010. (Seminário).

57.
Palestra: Aula inalgural do curso de jornalismo da ALFA/2010.A relevância social da produção do conhecimento na universidade. 2010. (Outra).

58.
Seminário Intensivo de Estágio do Hospital das Clínicas da UFG.Psicologia da saúde, psicologia hospitalar e psicofiagnóstico. 2010. (Seminário).

59.
32ª Reunião da Anped. O videogame no crepúsculo da educação - a produção de sentido na interface com a comunicação. 2009. (Congresso).

60.
Conferencista II Ciclo de debates NAJUP/UFG.Consumismo: da produção à aceitação. 2009. (Seminário).

61.
Seminário de sociologia no ensino médio.Educação e barbárie. 2009. (Seminário).

62.
XV Simpósio de Estudos e Pesquisas da FE/UFG Formação, cultura e subjetividade.Eixo: Educação, trabalho e movimentos sociais. 2009. (Simpósio).

63.
9º Encontro de Pesquisa em educação da ANPED - Centro-Oeste.Teoria Crítica e Infância - divergências conceituais entre aprendizagem e desenvolvimento na psicologia educacional. 2008. (Encontro).

64.
Encontro de Pesquisa em Educação da Região Centro-Oeste (ANPED). Psicologia e Educação. 2008. (Congresso).

65.
I Encontro de Teoria Crítica e Educação.Teoria Crítica e Educação. 2008. (Encontro).

66.
II Simpósio de Psicologia da Saúde e Clínica. 2008. (Simpósio).

67.
IV Semana Nacional de Ciência e Tecnologia da UCG. 2008. (Outra).

68.
Semana da Psicologia da UCG. 2008. (Encontro).

69.
V Seminário de Pesquisa do Programa de Pós-graduação em Educação.Sessão de apresentação de trabalhos. 2008. (Seminário).

70.
59º REUNIÃO DA SBPC - Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.Jogos eletrônicos e massificação infantil - um estudo da concepção de infância na pespectiva da teoria crítica de Adorno. 2007. (Outra).

71.
Ciclo de debates CA Paulo Freire FE/UFG.O pragmatismo nas diretrizes curriculares do curso de |Pedagogia. 2007. (Encontro).

72.
IV Semana Nacional da Ciência e Tecnologia (VIII Fórum de pesquisa da UCG). 2007. (Outra).

73.
XV Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (II Congresso Internacional de Ciências do Esporte). Corpo Belo, indústria cultural e possibilidades crítico-formativas: primeiras aproximações.. 2007. (Congresso).

74.
Ciclo de debates em Educação Física UFG.Psicanálise e teoria crítica. 2006. (Encontro).

75.
Encontro Nacional de Pesquisadores em Educação Especial e Inclusiva dos Programas de Pós-Graduação das Instituições Federais de Ensino Superior.2ª Mesa Redonda do ncontro Nacional de Pesquisadores em Educação Especial e Inclusiva dos Programas de Pós-Graduação das Instituições Federais de Ensino Superior. 2006. (Encontro).

76.
Escola de frankfurt e formação.Teoria crítica e formação. 2006. (Seminário).

77.
Seminário Grupo de estudos Esporte e lazer UFG.Indústria cultural e teoria crítica. 2006. (Seminário).

78.
XV Simpósio de Estudos e Pesquisas da Faculdade de Educação da UFG. 2006. (Simpósio).

79.
ciclo de discussão de filmes do SER/UCG.Análise do filme "Terra e liberdade". 2005. (Outra).

80.
III Colóquio de Teoria Crítica e marxismo.Teoria Crítica e marxismo. 2005. (Outra).

81.
XIV Simpósio de Estudos e Pesquisas Educacionais. 2005. (Simpósio).

82.
II Colóquio de Teoria Crítica e marxismo.II Colóquio de Teoria Crítica e marxismo. 2004. (Outra).

83.
ciclo de discussão de filmes Fac Direito.Análise do filme Um tango em Paris. 2003. (Outra).

84.
VIII Encontro de Editores Científicos. 2001. (Encontro).

85.
X Simpósio de Estudos e Pesquisas Educacionais da Faculdade de Educação da UFG.X Simpósio de Estudos e Pesquisas Educacionais da Faculdade de Educação da UFG. 2001. (Simpósio).

86.
Seminário: Publicação de Periódicos Científicos.Seminário: Publicação de Periódicos Científicos. 2000. (Seminário).

87.
I Encontro Teoria Crítica e Psicologia.I Encontro Teoria Crítica e Psicologia. 1999. (Encontro).

88.
Seminário sobre a Escola de Frankfurt.Marcuse e a Escola de Frankfurt. 1999. (Seminário).

89.
III Semana Acadêmica do FIT / IFITEG.A cidadania e a crise dos paradigmas. 1998. (Oficina).

90.
Seminário Educação e Comunicação: Desafios para o Século XXI. 1998. (Seminário).

91.
VI Semana da Faculdade de Educação.VI Semana da Faculdade de Educação. 1997. (Oficina).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ZANOLLA. S. R. S. Educação contra a violência. 2018. (Congresso).

2.
ZANOLLA. S. R. S. Colóquio Pós-Modernidade e Modernidade: bases conceituais, históricas e identificação. 2017. (Congresso).

3.
ZANOLLA. S. R. S. II Colóquio Adoecimento, racionalidade e relações de trabalho na universidade. 2017. (Outro).

4.
ZANOLLA. S. R. S. XI Seminário do Programa de Pós-Graduação em Educação da FE/UFG. 2015. (Outro).

5.
ZANOLLA. S. R. S. Colóquio: Trabalho e adoecimento na universidade. 2015. (Outro).

6.
ZANOLLA. S. R. S. XXII Simpósio da Faculdade de Educação da UFG. 2015. (Congresso).

7.
ZANOLLA. S. R. S. XII ENCONTRO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO DA REGIÃO CENTRO-OESTE - REUNIÃO CIENTÍFICA REGIONAL DA ANPED,. 2014. (Congresso).

8.
ZANOLLA. S. R. S. IIIº Seminário do NUPESE: Sociedade, Subjetividade, Educação e Violência. 2014. (Congresso).

9.
ZANOLLA. S. R. S. I Seminário da Linha de Pesquisa Cultura e Processos Educacionais (PPGE) e II Seminário do NUPESE. 2012. (Outro).

10.
ZANOLLA. S. R. S. XXI Simpósio da Faculdade de Educação da UFG. 2012. (Congresso).

11.
ZANOLLA. S. R. S. Debate sobre o filme Lixo extraordinário. 2011. (Outro).

12.
ZANOLLA. S. R. S. Mostra de fotos Lixo extraordinário. 2011. (Exposição).

13.
ZANOLLA. S. R. S. Colóquio: Trabalho, Preconceito e desigualdade no contexto da atividade com recicláveis. 2011. (Outro).

14.
ZANOLLA. S. R. S. CIclo de debates sobre violência, trabalho e preconceito realizado com recicladores e catadores de Goiânia. 2011. (Outro).

15.
ZANOLLA. S. R. S. Oficina sobre violência, família, consumo, trabalho e preconceito. 2011. (Outro).

16.
MASCARENHAS, A. C. B. ; VERISSIMO, M. R. ; SOUSA, Luis César ; ZANOLLA. S. R. S . I Seminário Sociedade, Subjetividade e Educação/NUPESE. 2010. (Congresso).

17.
ZANOLLA. S. R. S. 9º Encontro de Pesquisa em Educação da ANPED - Centro-Oeste. 2008. (Congresso).

18.
ZANOLLA. S. R. S. XV Simpósio de Estudos e Pesquisas Educacionais da Faculdade de Educação da UFG. 2006. (Outro).

19.
ZANOLLA. S. R. S. I Colóquio de Teoria Crítica. 2005. (Outro).

20.
ZANOLLA. S. R. S. III Colóquio de Teoria Crítica: marxismo, psicanálise e educação. 2005. (Outro).

21.
ZANOLLA. S. R. S. II Colóquio de Teoria Crítica: Teoria Crítica e Marxismo. 2004. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Camila Pessoa de Sousa. Indústria cultural, arte e cinema. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Faculdade de Educação da UFG. (Orientador).

2.
Júlia da Silva Pontes. Indústria cultural e violência: programas jornalísticos sensacionalistas. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Faculdade de Educação da UFG. (Orientador).

3.
Elaine Regina da Silva. Educação prisional: preconceito, potencial formativo e ressocialização. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Faculdade de Educação da UFG. (Orientador).

4.
Murilo Wascheck. Bullyng e Educação. Início: 2015. Dissertação (Mestrado em mestrado) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás. (Coorientador).

5.
Rômulo Fabriciano Gonzaga Pinto. Possibilidades educativas para a emancipação do sujeito toxicômano. Início: 2015. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado em Educação) - PPGE/FE/UFG. (Coorientador).

6.
Nayara Guimarães Nogueira. Indústria Cultural e Educação. Início: 2014. Dissertação (Mestrado em mestrado) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás. (Coorientador).

7.
Jussimária Almeida dos Santos. Teoria Crítica e Educação. Início: 2014. Dissertação (Mestrado em mestrado) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

8.
Danilo Oliveira e Silva. Ideologia do compromisso social: Nexos da psicologia a partir do "cuidae da profissão". Início: 2013. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Jussimária Almeida dos Santos. racionalidade e adoecimento docente (a definir). Início: 2018. Tese (Doutorado em Mestrado em Educação) - PPGE/FE/UFG. (Orientador).

2.
Weber Mendes de Paula. Fundamentos da educação (a definir). Início: 2018. Tese (Doutorado em Mestrado em Educação) - PPGE/FE/UFG. (Orientador).

3.
Marcia Torres Pereira. Teoria crítica, arte e literatura infantil. Início: 2017. Tese (Doutorado em Doutorado) - Faculdade de Educação da UFG. (Orientador).

4.
Welma Alegna Terra. Racionalidade e adoecimento em teoria crítica. Início: 2017. Tese (Doutorado em Doutorado) - Faculdade de Educação da UFG. (Orientador).

5.
Maria Angélica Cezário. Teoria crítica e educação. Início: 2017. Tese (Doutorado em Doutorado) - Faculdade de Educação da UFG. (Orientador).

6.
Cristiano Costa. Teoria e prática musical em Adorno. Início: 2013. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

7.
Lílian Bandeira. Formação humana, formação docente e razão instrumental. Início: 2013. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

8.
Estelamaris Brant Scarel. Teoria crítica, ,etodologia e epistemologia: análise da dialética negativa de Adorno. Início: 2012. Tese (Doutorado em Educação Brasileira) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

9.
Livia Santos Brisolla. Indústria cultural e educação: o livro didático em questão. Início: 2012. Tese (Doutorado em Educação Brasileira) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

10.
Luis Cesar de Sousa. Análise do futebol como fenômeno cultural formativo. Início: 2009. Tese (Doutorado em doutorado) - Faculdade de Educação/UFG. (Orientador).

11.
Natassia Duarte Garcia Leite de Oliveira. subjetividade na educação corpórea do ator em cena contemporânea. Início: 2009. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

12.
Simei Araujo Silva. Representação da infância na literatura. Início: 2008. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Cristiano Aparecido Costa (Música e educação em Adorno). Início: 2018. PPGE/FE/UFG.

Iniciação científica
1.
Helena Barbosa dos Santos. Dos Complexos Infantis à Barbárie: um estudo sobre a origem e a elaboração dos instintos agressivos na perspectiva freudiana. Início: 2015. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Elcimar Bosco. Subprojeto: Dos Complexos Infantis à Barbárie: um estudo sobre a origem e a (carência de) elaboração de instintos agressivos. Início: 2014. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

3.
Elcimar Bosco. Jovens Talentos/CNPq. Início: 2013. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação da UFG. (Orientador).

4.
Letícia Lima. Jovens Talentos/CNPq. Início: 2013. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação da UFG. (Orientador).

5.
Alexandre Crispim Pires Doia. Industria cultural e pena de morte : processos subjetivos ideológicos de (de) formação cultural. Início: 2012. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação da UFG. (Orientador).

6.
Amanda C. Fonseca Palla. Educação, identificação e violência: processos subjetivos relativos à cultura da pena de morte na perspectiva da teoria crítica. Início: 2012. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação da UFG. (Orientador).

7.
Danilo Oliveira e Silva. Educação Contra a Violência e o Preconceito: estudo sobre a realidade educacional dos trabalhadores com recicláveis de Goiânia.. Início: 2011. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação/UFG. (Orientador).

8.
Amanda Palla. Organização familiar e escolar dos filhos de trabalhadores da coleta do material reciclável de Goiânia e adjacências: A constituição da identidade da criança mediada pelas relações de preconceito.. Início: 2010. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação/UFG, Universidade Federal de Goiás/ PROEC. (Orientador).

9.
Taísa Fidelis do Carmo. Auto-valorização do trabalho e identidade grupal - estudo sobre as relações sociais estabelecidas no contexto dos filhos dos trabalhadores com a coleta de recicláveis. Início: 2010. Iniciação científica (Graduando em psicologia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

10.
Camila Caire Craveiro. Trabalho e preconceito - representações acerca do trabalho de catadores de Goiânia e adjacências. Início: 2010. Iniciação científica (Graduando em psicologia) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

11.
Bruna Aquino Fonseca. A configuração familiar dos filhos de catadores de material reciclável de Goiânia - uma reflexão sobre a familia como instituição social em crise. Início: 2010. Iniciação científica (Graduando em psicologia) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Jakeline Damaceno. NUPESE/Simpósio da FE. Início: 2012. Orientação de outra natureza. Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás. Universidade Federal de Goiás/ PROEC. (Orientador).

2.
Danilo Oliveira e Silva. Danilo Oliveira/Bolsista do NUPESE. Início: 2011. Orientação de outra natureza. Faculdade de Educação/UFG. (Orientador).

3.
Camila caires Craveiro. Estudo socioambiental sobre preconceito, consumo e violência no contexto dos trabalhadores da coleta de material reciclável de Goiânia e adjacências. Início: 2010. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Goiás. CNPQ/ATP-3. (Orientador).

4.
Bruna Aquino Fonseca. Estudo socioambiental sobre preconceito, consumo e violência no contexto dos trabalhadores da coleta de material reciclável de Goiânia e adjacências. Início: 2010. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Goiás. CNPQ/ATP-3. (Orientador).

5.
Taisa Fidelis. Bolsista do Nucleo de pesquisas e estudos sociedade, subjetividade e educação (NUPESE). Início: 2009. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Goiás. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Nayara Guimarães Nogueira. Educação ou Barbárie: a concepção de violência em T. W. Adorno. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

2.
Rômulo Fabriciano Gonzaga Pinto. As contribuições da Educação Crítica para Emancipação do Sujeito Toxicônamo. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, . Coorientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

3.
Murilo de Camargo Wascheck. Cultura, Preconceito e Indivíduo: análise crítica do bulliyng escolar. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

4.
Jussimária Almeida dos Santos. Educação, Saber e Infância: poissibilidades (de)formativas nas tramas da indústria cultural. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Faculdade de Educação/UFG, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

5.
Danilo Oliveira e Silva. Ideologia do Compromisso Social e Formação: Análise das Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Psicologia. 2015. Dissertação (Mestrado em mestrado) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

6.
Márcia Ferreira Torres Pereira. Sobre as relações de autoridade e poder na docência: contextos (des) autorizados pela formação. 2011. Dissertação (Mestrado em mestrado) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

7.
Juliana Cherobino de Resende. Psicologia organizacional e educação profissional: os limites da aprendizagem para a emancipação na sociedade administrada. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

8.
Paola regina Carloni. A constituição da subjetividade no contexto educacional: sublimação ou dessublimação. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

9.
Anderson de Sousa Coelho. Avaliação escolar e a produção da submissão: análise crítica à luz de Theodor Wisengrund Adorno. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação Brasileira) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

10.
Vanilde Alves Peres. A concepção de educação em T. Adorno. 2009. Dissertação (Mestrado em mestrado) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, . Coorientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

11.
João Martins Vieira Neto. Educação Física e ação pragmática no contexto da indústria cultural. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Faculdade de Educação/UFG, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

12.
Avimar Ferreira Junior. Subjetividade e melancolia - aspectos culturais constitutivos do homem na sociedade moderna. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

13.
Lílian Brandão Bandeira. Corpo, mercado e educação na perspectiva da teoria crítica.. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

14.
Tatiana Claúdia Goulart. Autoridade e educação: limites e possibilidades de educação. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

15.
Marcos Antônio Ribeiro Moraes. Educação ou Barbárie: o contexto da interação entre sujeito e objeto.. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

16.
Maria Flora Ribeiro Costa. Teoria Crítica e Jornalismo - possibilidades "de" formativas da indústria cultural.. 2007. Dissertação (Mestrado em Jornalismo e Teoria Crítica) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

17.
Luciene Maria Bastos. Subjetividade no mundo contemporâneo: possibilidades e limites dos processos de emancipação.. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

18.
Maria Flora Ribeiro Costa. As (im) possibilidades formativas da comunicação. 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Faculdade de Educação/UFG, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

19.
Camila Passos Fleury. Indústria cultural e o sujeito do consumo: das determinações históricas à demanda de completude. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado em educação) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

20.
Luis César de Sousa. Ideologia Pós-moderna e Educação Física. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

21.
João Martins Neto. O pragmatismo e a Educação Física. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação Brasileira) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

22.
Tatiana Claúdia Goulart. Teoria crítica, autonomia e educação. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação Brasileira) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

23.
Avimar Ferreira Júnior. O suicídio em crianças e adolescentes. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação Brasileira) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

24.
Lílian Brandão Bandeira. Corpo, mercado e educação na perspectiva da teoria crítica. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

25.
Lenildes Ribeiro Silva Almeida. Educação e mundialização e totalitarismo. 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Faculdade de Educação/UFG, . Coorientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

Tese de doutorado
1.
Lílian Brandão Bandeira. Pragmatismo, Razão Instrumental e Formação de Professores. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado) - Faculdade de Educação da UFG, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

2.
Cristiano Aparecido da Costa. Educação, Estética, Música e Formação Humana, Contradições da Cultura luz da Teoria Adorniana. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado) - Faculdade de Educação da UFG, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

3.
Estelamaris Brant Scarel. Dilemas Inerentes ao Potencial Formativo Entre Conhecimento e Dialética Negativa. 2016. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

4.
Lívia Santos Brisolla. Educação, Indústria Cultural e Livro Didático. 2015. Tese (Doutorado em Educação Brasileira) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

5.
Luis César de Souza. Educação, cultura e torcidas organizadas: análise do potencial (de) formativo do futebol contemporâneo. 2014. Tese (Doutorado em Educação Brasileira) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

6.
Natásia Garcia Duarte de Oliveira. Teatro dialético em terras estranhas ? a (in)diferenciação entre sujeito e objeto na formação cultural. 2013. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

7.
Simei Araújo Silva. Indústria cultural, ideologia, literatura e infância. 2012. Tese (Doutorado em Educação Brasileira) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Floray Pereira da Silva. A relação professor-aluno sob a ótica psicanalítica. 1999. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Aprendizagem e Diferenças) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

2.
Ana Flávia Teodoro de M. Oliveira. A Pratica Fonoaudiológica vista sob a perspectiva Sócio-interracionista de Vigostsk. 1999. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Educação Infantil) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

3.
Anderson de Souza Coelho. Teoria Crítica e Educação em Geografia. 1998. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Brasileira) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Dalvasi R. Sena. Os desafios dos ciclos na Educação. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

2.
Ivanilde S Oliveira. A literatura na Educação Infantil. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

3.
José Papa Ferreira. Influências da família na aprendizagem. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

4.
Marlene Simão Oliveira. Arte na Educação Infantil. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

5.
Terezinha A. Oliveira. A escrita e a leitura na educação. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

6.
Ruth F. Carneiro. O Jogo e a Brincadeira na Educação Infantil. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

7.
Valdivina M. Silva. Alfabetização e Letramento. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

8.
Maria das Dores Silva. Avaliação Escolar. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

Iniciação científica
1.
Elcimar Bosco do Amaral. Dos Complexos Infantis à Barbárie: um estudo sobre a origem e a elaboração dos instintos agressivos na perspectiva freudiana. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

2.
Letícia Henriques Lima. Programa Jovens Talentos. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

3.
Alexandre Crispim. Indústria Cultural e pena de morte: processos subjetivos ideológicos de (de) formação cultural. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação da UFG, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

4.
Amanda Palla. Educação, identificação e violência: processos subjetivos relativos à cultura da pena de morte na perspectiva da teoria crítica. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação da UFG. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

5.
Taísa Fidelis do Carmo. Educação socioambiental e preconceito - estudo sobre processos identificatórios no contexto familiar dos filhos dos trabalhadores com recicláveis. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

6.
Camila Caires Craveiro. Trabalho e preconceito no contexto familiar dos trabalhadores com recicláveis de Goiânia e adjacências. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

7.
Danilo Oliveira Silva. Educação Contra a Violência e o Preconceito: estudo sobre o trabalho e a realidade educacional dos trabalhadores com recicláveis. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

8.
Bruna Aquino Fonseca. A configuração familiar dos filhos dos catadores de material reciclável de Goiânia - uma reflexão sobre a família enquanto instituição social em "crise". 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

9.
Wellington Roriz de Oliveira. Psicologia Educacional e Educação ? possibilidades de autonomia na relação entre aprendizagem e desenvolvimento. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

10.
Wellington Roriz Júnior. A pesquisa de iniciação científica (PIBIC) na área de humanas da UFG ? estudo sobre a concepção de teoria e prática na formação de alunos pesquisadores.. 2009. Iniciação Científica - Faculdade de Educação/UFG. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

11.
Aurélia Carneiro Caetano. A pesquisa de iniciação científica (PIBIC) na área de humanas da UFG - estudo sobre a concepção de teoria e prática na formação de alunos pesquisadores.. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Faculdade de Educação/UFG, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

12.
Aurélia Carneiro Caetano. Jogos eletrônicos e massificação infantil - um estudo da concepção de Infância na perspectiva da Teoria Crítica de Adorno.. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

13.
Bruno Morais Batista. Jogos eletrônicos e massificação infantil - um estudo da relação entre o conteúdo dos jogos eletrônicos com aspectos ideológicos do sistema capitalista. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Curso de Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

14.
Deize Teodora Marques. Jogos eletrônicos e massificação infantil - um estudo da concepção de Infância na perspectiva da Teoria Crítica de Adorno.. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

15.
Deize Teodora Marques. Indústria Cultural e Infância: os motivos pelos quais as crianças de 1º e 2º séries do Ensino Fundamental selecionam os jogos violentos de videogame. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás, Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

16.
Bruno Morais Batista. Jogos eletrônicos e massificação infantil ? um estudo da relação entre o conteúdo dos jogos violentos com os aspectos ideológicos do sistema capitalista à luz da teoria crítica. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Faculdade de Educação/UFG. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

17.
Luis César de Sousa. A influência do videogame na formação de crianças de 3ª a 4ª série ? um estudo do jogo eletrônico como mediação cultural. 1999. Iniciação Científica. (Graduando em Educação Física) - UFG/PROLICEN, Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

Orientações de outra natureza
1.
Helena Barbosa dos Santos. Dos complexos Subjetivos à Barbárie Social: sobre as (im)possibilidades de elaboração dos instintos agressivos a partir de uma perspectiva freudiana. 2017. Orientação de outra natureza - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

2.
Jakeline Damaceno. Estágio em Núcleo de Pesquisa/NUPESE. 2013. Orientação de outra natureza. (Pedagogia) - Faculdade de Educação da UFG. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

3.
Heitor Moreira de Oliveira. A Educação popular socioambiental como ação emancipadora no contexto das cooperativas de materiais Recicláveis. 2011. Orientação de outra natureza. (Direito) - Faculdade de DireitoUFG, CNPQ/ATP-3. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

4.
Camila Caires Craveiro. Trabalho e preconceito ? representações acerca do trabalho de catadores de. 2011. Orientação de outra natureza. (Psicologia) - Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás, CNPQ/ATP-3. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.

5.
Taísa Fidelis do Carmo. Núcleo de Estudos e Pesquisas Sociedade, Subjetividade e Educação/NUPESE. 2009. Orientação de outra natureza. (psicologia) - UFG/PROCOM, Universidade Federal de Goiás. Orientador: Silvia Rosa da Silva Zanolla.



Inovação



Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
SILVA, D. O ; ZANOLLA. S. R. S . Trabalho, preconceito, consumo e desigualdade no contexto da atividade com recicláveis. 2012. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Vídeo de curta duração).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ZANOLLA. S. R. S. Jogo Eletrônico e Infância: formação de valores e aprendizagens - LABIN. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).



Outras informações relevantes


Consultora ad doc da Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira/RBEP/INEP (07 /2011).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 10/12/2018 às 11:52:50