Erico de Campos Dianese

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2503998782869167
  • Última atualização do currículo em 27/11/2018


Possui graduação em Engenharia Florestal , mestrado e doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Brasília (em 2001, 2004 e 2009 respectivamente). Fez parte do doutorado na Universidade de Wageningen, Holanda, trabalhando em projeto de doutorado sanduíche com bolsa CAPES. Os temas da dissertação de mestrado e da tese de doutorado foram voltados a estudos de isolados virais e da interação com genes de resistência em diferentes culturas. Participou de um projeto de pós-doutorado financiado pelo Programa Nacional de Pós-Doutorado/CAPES (2009 a 2011) cujo tema foi relacionado com a análise das interações patógeno/hospedeira visando o desenvolvimento de estratégias para o controle de vírus em plantas. Atualmente é professor adjunto no Setor de Fitossanidade da Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás (2011 até o presente) ministrando aulas nas disciplinas: Patologia Florestal 1 e 2 e Fitopatologia 1 e 2 para os cursos de Graduação em Engenharia Florestal e Agronomia e Virologia Vegetal para a Pós-graduação em Agronomia. Orienta alunos de iniciação científica em projetos envolvidos com Virologia Vegetal e Patologia Florestal e está vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Agronomia desde 2012, orientando alunos de mestrado e doutorado e supervisionando pós-doutorandos. Tem experiência na área de Fitopatologia e Microbiologia, com ênfase em Virologia Vegetal, atuando principalmente em temas relacionados à análise da diversidade e detecção viral, sequenciamento genético, análise de sintomas e análise molecular da resistência genética a vírus. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Erico de Campos Dianese
Nome em citações bibliográficas
DIANESE, E. C.;Dianese, Érico C.;Dianese, É. C.;DIANESE, ERICO DE CAMPOS;DIANESE, ÉRICO DE CAMPOS;DE CAMPOS DIANESE, ÉRICO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Goiás, Escola de Agronomia, Departamento de Fitossanitário.
UFG Câmpus 2, Rodovia Goiânia / Nova Veneza, Km 0
Escola de Agronomia
74690900 - Goiânia, GO - Brasil - Caixa-postal: 131
Telefone: (062) 35211532
URL da Homepage: http://www.agro.ufg.br/


Formação acadêmica/titulação


2005 - 2009
Doutorado em Fitopatologia.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
com período sanduíche em Wageningen University and Research Center (Orientador: Rob Goldbach).
Título: Estratégias para o desenvolvimento de resistência ampla e durável em Solanum (secção Lycopersicon) a Potyvirus e Tospovirus, Ano de obtenção: 2009.
Orientador: Renato de Oliveira Resende.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Virologia vegetal; Seqüenciamento; Tospovirus; PepYMV; Solanum Lycopersicum.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitossanidade / Especialidade: Fitopatologia.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia / Especialidade: Melhoramento Vegetal.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal; Produção Vegetal.
2002 - 2004
Mestrado em Fitopatologia.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: Variabilidade genética de isolados do Grapevine leafroll-associated virus-3 originários de videiras do Vale do São Francisco: análise da proteína do capsídeo e da região 3? da polimerase viral.,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: Cláudia Renata Fernandes Martins.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: GLRaV-3; Virologia vegetal; Viticultura; Vale do São Francisco; PCR; Seqüenciamento.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitossanidade / Especialidade: Fitopatologia.
Setores de atividade: Produção Vegetal.
1995 - 2001
Graduação em Engenharia Florestal.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: Diversidade da fauna urbana de cupins de Brasília, D.F. (Insecta: Isoptera).
Orientador: Reginaldo Constantino.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2009 - 2011
Pós-Doutorado.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia / Especialidade: Melhoramento Vegetal.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitossanidade / Especialidade: Fitopatologia.


Formação Complementar


2017 - 2017
Introdução ao uso do software EndNote. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2010 - 2010
Aplicações e Fundamentos da qPCR. (Carga horária: 24h).
EMBRAPA/Centro Nacional de Recursos Genéticos e Biotecnologia, CENARGEN, Brasil.
2003 - 2003
Marcadores Moleculares Aplicados à Fitopatologia. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
1999 - 1999
Prevenção e Combate à Incêndios Florestais. (Carga horária: 16h).
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

02/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Escola de Agronomia, Setor Fitossanitário.

08/2012 - Atual
Ensino, Agronomia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Vírus Fitopatogênicos
05/2012 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola de Agronomia, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Permanente de Assuntos Internacionais.
04/2012 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola de Agronomia, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Acompanhamento do Planejamento Estratégico da EA 2012/2014.
02/2012 - Atual
Direção e administração, Escola de Agronomia, .

Cargo ou função
Coordenador do Laboratório Didático de Fitopatologia.
02/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Escola de Agronomia, .

02/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Escola de Agronomia, .

02/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Escola de Agronomia, .

10/2011 - Atual
Direção e administração, Escola de Agronomia, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Diretor.
09/2011 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Escola de Agronomia, Setor Fitossanitário.

08/2011 - Atual
Ensino, Graduação em Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Patologia Florestal I
Patologia Florestal II
08/2011 - Atual
Ensino, Graduação em Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fitopatologia I
Fitopatologia II

Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Pesquisador Colaborador, Carga horária: 40
Outras informações
Contribuição junto ao Departamento de Fitopatologia como Docente

Atividades

2010 - Atual
Ensino, Fitopatologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Técnicas Moleculares em Fitopatologia
Virologia Vegetal Avançada
2010 - Atual
Ensino, Biologia e Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Virologia
Pesquisa em Virologia

UDF Centro Universitário, UDF, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 12

Atividades

02/2011 - 04/2011
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Genética
02/2011 - 04/2011
Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Genética
02/2011 - 04/2011
Ensino, Farmácia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Genética

Embrapa Hortaliças, CNPH, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Consultor Externo, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 40
Outras informações
Levantamento de pragas quarentenárias em hortaliças.

Atividades

08/2004 - 12/2004
Serviços técnicos especializados , Centro Nacional de Pesquisa em Hortaliças - CNPH, .

Serviço realizado
Levantamento de pragas quarentenárias em hortaliças..

Coordenação de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e do Parnaíba, CODEVASF, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor

Atividades

2001 - 2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, Sensoreamento Remoto, .

Cargo ou função
Consultor externo.


Linhas de pesquisa


1.
Diagnose de Doenças de Plantas
2.
Identificação e caracterização de genótipos de tomateiro resistentes a doenças
3.
Identificação e monitoramento de doenças que afetam a produção florestal em Goiás
4.
Virologia Vegetal - Caracterização de vírus presentes em espécies agronômicas e florestais
5.
Manejo fitossanitário da cultura da soja e da cana-de-açúcar no estado de Goiás


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Caracterização biológica e molecular de um isolado de bean rugose mosaic virus (brmv) de goiás e busca por acessos de feijoeiro resistentes a esse vírus
Descrição: A doença conhecida como mosaico-em-desenho em plantas de feijoeiro foi primeiramente relatada no estado de São Paulo e posteriormente no Distrito Federal, Paraná, Minas Gerais e Goiás. O agente causal da doença foi denominado ?vírus do mosaico-em-desenho?. Porém, por ter sintomatologia similar à doença causada por Bean rugose mosaic virus (BRMV), Lin et al. (1981) propuseram que o ?vírus do mosaico-em-desenho? seria uma estirpe do BRMV alocando-o na nova concepção baseada nos cinco serogrupos que organizam o gênero Comovirus. Foram reportadas perdas acima de 50% em várias lavouras do norte, nordeste e sudeste do Paraná. Um levantamento realizado no Distrito Federal e nos estados de Goiás e Minas Gerais no período de 1992 a 1994 deixa evidente a disseminação deste vírus no Cerrado, mesmo com baixa porcentagem de plantas infectadas na maioria das lavouras amostradas. Contudo a importância desta doença aumenta, principalmente em condições que propiciam a infecção de plantas jovens ou quando há a presença de outros vírus no plantio. Se cultivos sucessivos forem realizados, a continuidade do ciclo da doença pode ser promovida, em razão da transmissão eficiente do vírus por insetos vetores e da existência de hospedeiros alternativos. Em se tratando especificamente do BRMV, informações que tratam de seu genoma são limitadas, isto é, não houveram estudos relacionados à investigação de seu genoma, excetuando-se o trabalho de Souto et al. (2002), que conseguiu sequenciar parcialmente os nucleotídeos de um isolado de BRMV. Em 2013, em uma área de produção em Goiás, um isolado de BRMV foi obtido de plantas de feijão-vagem da cultivar ?Pérola.? As plantas apresentavam sintomas típicos dessa virose: mosaico severo, deformação foliar e bolhosidades. Após análise do material via microscopia eletrônica de transmissão, foi possível observar inclusões cristalinas típicas de comovírus. Por se tratar de uma cultivar resistente aos demais comovírus, é possível afirmar que este isolado é da espécie BRMV. As informações sobre BRMV são escassas tanto em suas propriedades biológicas quanto moleculares. Assim sendo, este trabalho tem por objetivo elucidar molecularmente e biologicamente este isolado de BRMV, o que contribuirá para o estabelecimento de estratégias para obtenção de plantas resistentes ao vírus e para estudos de comparação das informações geradas sobre isolados brasileiros de comovírus..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Erico de Campos Dianese - Coordenador / Josias Corrêa de Faria - Integrante / Daniella Vieira Cândida - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2013 - Atual
Levantamento das condições fitossanitárias e mapeamento das áreas de produção de eucalipto no estado de Goiás
Descrição: Em 2010, a área ocupada por plantios de Eucalyptus e Pinus no Brasil totalizou mais de 6,5 milhões de hectares, sendo 73% correspondente a área de plantios de Eucalyptus e 27,0% a plantios de Pinus. No período compreendido entre os anos de 2005 a 2010 a área plantada com eucalipto e pinus apresentou crescimento acumulado de 23,0%, ou 3,5% ao ano. Para a economia brasileira e para a sociedade em geral, o setor florestal contribui com uma parcela importante da geração de produtos, tributos, divisas, empregos e renda. Assim, justifica-se a preocupação com os fatores que afetam negativamente a produção florestal. No caso do eucalipto, uma ampla gama de patógenos e insetos podem contribuir para diminuir significativamente o seu desenvolvimento e produtividade. No Brasil ocorrem doenças fúngicas, bacterianas e problemas causados por nematóides e insetos nativos ou exóticos afetando o eucalipto e também outras espécies arbóreas, como o mogno afrigano (Khaya ivorensis). A ação destes afeta a produção destas espécies arbóreas nos viveiros e também no campo. No Estado de Goiás, novos plantios são formados a cada ano, em áreas previamente destinadas à agricultura ou pastagens. Plantios comerciais ocorrem há vários anos, mas pequenos produtores modificaram o foco de produção. Essa substituição está sendo realizada sem um monitoramento adequado e sem estudos prévios da área. O desconhecimento das condições dos solos e das espécies e clones exóticos plantados, principalmente pelos pequenos produtores, leva a uma situação de insegurança por parte daqueles que pretendem se iniciar no meio de produção florestal. Um levantamento das espécies e clones utilizados, bem como um mapeamento da distribuição destes plantios permitirá que recomendações a respeito de espécies e clones mais adequados para determinadas regiões sejam realizados. Ao mesmo tempo um levantamento e diagnóstico das doenças e pragas associadas a tanto a plantios de eucalipto quanto de outras espécies arbóreas exóticas permitirá o controle mais eficaz e economicamente viável. Os resultados advindos desse projeto resultarão no aumento da produção florestal do Estado e potencialmente o colocará entre os mais importantes para o setor no país..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Erico de Campos Dianese - Coordenador / Marcos Gomes da Cunha - Integrante / Adriana Teramoto - Integrante / Renata Alves de Aguiar - Integrante / Jaqueline Magalhães Pereira - Integrante / Fábio Venturoli - Integrante / Francine Neves Calil - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 3
2013 - Atual
Análise da resistência a tospovírus mediada pelo gene Sw-5 em tomateiro
Descrição: Os tospovírus (família Bunyaviridae) são responsáveis pela doença conhecida como ?vira-cabeça-do-tomateiro? que há tempos causa perdas anuais significativas em cultivos de tomates de mesa e de processamento. Espécies desse gênero possuem distribuição mundial e apresentam grande diversidade de espécies infectando uma vasta gama de hospedeiros. Isolados de Tospovirus são responsáveis por grandes perdas nas principais regiões produtoras do mundo. No Brasil os prejuízos são estimados em milhares de dólares anualmente. Devido à importância econômica das perdas causadas por tospovírus, a resistência genética tem sido o foco das pesquisas voltadas ao manejo dessas viroses. O gene Sw-5, primeiramente identificado em S. peruvianum, demonstrou ser mais estável e menos isolado-específico, conferindo resistência ampla a todos os tospovírus que infectam tomate. Assim, o presente projeto tem como objetivos: 1) Detectar novas fontes de resistências em linhagens elite de tomateiros e a presença de análogos deste gene em diferentes acessos; 2) Analisar o nível de expressão do gene Sw-5 em diferentes tecidos; 3) Caracterizar o modo de ação de novas fontes de resistência. Como primeira etapa, o gene Sw-5 e análogos do mesmo serão buscados em diferentes fundos genéticos de tomateiro, provenientes do programa de melhoramento do grupo CVR Plant Breeding Ltda. A seguir, a resistência a tospovírus também será detectada através da inoculação mecânica do material com um isolado viral predominante da região. Após este levantamento, as características de expressão deste gene serão estudadas através de métodos quantitativos que medirão a expressão do gene Sw-5 através da indução por vírus e a análise da mesma em diferentes tecidos da planta. Plantas que apresentarem resistência ao vírus serão analisadas, para verificar se o comportamento do gene Sw-5 é o mesmo em materiais de diferentes backgrounds. A influência do ambiente na expressão do gene Sw-5, principalmente a temperatura, já foi reportada mas ainda não-confirmada através de métodos quantitativos. Esses resultados serão buscados através do uso de técnicas de inoculação mecânica em casas de vegetação, PCR, sequenciamento e PCR em tempo real. Materiais selvagens previamente analisados e que tiveram a resistência confirmada, terão a região correspondente a região promotora do gene Sw-5 sequenciada, buscando-se analisar a evolução do gene..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Erico de Campos Dianese - Coordenador / Marcos Gomes da Cunha - Integrante / Cirano José Ulhoa - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 2
2009 - 2011
Estudo da interação patógeno/hospedeira visando o desenvolvimento de estratégias para o controle de vírus em plantas
Descrição: As atividades de pesquisa do presente projeto estarão focadas em dois gêneros importantes de vírus que afetam vegetais. Isolados de espécies de Tospovirus e Begomovirus têm sido responsáveis por danos significativos em várias culturas, notadamente em hortaliças, especialmente na cultura de tomate e pimentão nas principais regiões produtoras do mundo.O sucesso das estratégias de controle está baseado na ação de amplo espectro dos genes de resistência em genótipos resistentes, em contrapartida, a velocidade de adaptação dos genótipos virais via mutação e/ou recombinação gera variabilidade viral capaz de superar um dado gene de resistência. O entendimento dos mecanismos de resistência (interação entre genes do hospedeiro/genes virais), assim como, as interações de sinergismo e antagonismo entre diferentes vírus que infectam tomate e pimentão são partes essenciais do processo. Esse entendimento permite aos programas de controle antecipar-se ao aparecimento de isolados que superam as resistências incorporadas em genótipos superiores, garantindo a durabilidade e estabilidade das estratégias utilizadas para obtenção de genótipos resistentes.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2011
Viroses de Hortaliças Causadas por Vírus Transmitidos por Mosca-Branca (Begomovirus, Crinivirus) e Tripes (Tospovírus)
Descrição: O Projeto visa o estudo conjunto e desenvolvimento de estratégias de controle de vírus de Hortaliças como Begomovirus, Crinivirus e Tospovírus. Promoverá a atuação conjunta de grupos de pesquisa brasileiros e espanhois na caracterização da diversidade viral, epidemiologia viral e busca de resistência genética a esses patógenos em diversas hortaliças.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Erico de Campos Dianese - Integrante / Renato de Oliveira Resende - Coordenador.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2008 - 2011
Estudo da Interação Vírus/Hospedeiro Como Estratégia de Controle/Tratamento de Infecções que Causam Problemas de Saúde Humana, Animal e Vegetal - PRONEX FAP-DF 2008
Descrição: O Grupo em Virologia, o qual será o núcleo de excelência para apresentação e nucleação do presente projeto tem como principal objetivo o estudo de vírus de plantas com reflexo imediato no desenvolvimento de medidas de controle desses patógenos. Atualmente o grupo é uma referência nacional, e principalmente regional, no estudo de interação vírus/planta/vetor, conhecimento da diversidade genética desses patógenos, produção de plantas resistentes a vírus e nos últimos anos vem concentrando suas pesquisas no estudo dos processos de interação vírus/vetor e vírus/hospedeiro. Com a política do Ministério de Ciências e Tecnologia de descentralização, fortalecimento e consolidação de Núcleos de Excelência em diferentes regiões do país, vimos a oportunidade de concretizar a instalação do Núcleo de Excelência em Interações Vírus/Hospedeiro, agregando os grupos de pesquisa com interesses em comum, a competência científica já comprovada e a infra-estrutura (notadamente a área de microscopia ótica e eletrônica) instalada no Distrito Federal, principalmente na Universidade de Brasília, Sistema Embrapa de Pesquisa e Universidade Católica de Brasília. O núcleo é formado por professores e pesquisadores com diferentes especializações que vem interagindo de maneira formal e informal ao longo da última década. O ponto de convergência é o desenvolvimento de ferramenta de controle de doenças causadas por vírus de importância para o Brasil. A dengue, em humanos, e o vira-cabeça e geminivirose em pimenteira/tomateiro foram eleitos os patossistemas-alvo, devido à grande importância destas doenças em todo o Brasil, e certamente por ser de altíssima prioridade para o Distrito Federal. Um ponto forte da equipe é a possibilidade de integração entre os trabalhos na área de virologia humana, vegetal e de insetos. Portanto, o Núcleo de Excelência no Estudo das Interações Vírus/Hospedeiro enfoca de forma abrangente o estudo das relações de patógenos virais em diferentes modelos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Erico de Campos Dianese - Integrante / Renato de Oliveira Resende - Coordenador / Alice K. Inoue-Nagata - Integrante / Richard Kormelink - Integrante / Leonardo Silva Boiteux - Integrante / Enrique Moriones - Integrante / M S Santos - Integrante / Tatsuya Nagata - Integrante / Eliot W Kitajima - Integrante / Bergmann Morais Ribeiro - Integrante / Jaime M Santana - Integrante / Sonia Nair Bao - Integrante / Berbard Maigret - Integrante / Carlos Roberto Felix - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
Genes e mecanismos de resistência envolvidos na produção de variedades de tomate e pimentão resistentes a tospovirus e begomovirus
Descrição: Tospovirus e Begomovirus têm sido responsáveis por significativos prejuízos em várias culturas, principalmente hortaliças como na cultura de tomate e pimentão nas principais regiões produtoras do mundo. O sucesso dos programas está baseado na ação de amplo espectro dos genes de resistência em genótipos de tomate e a velocidade de adaptação dos genótipos virais via mutação e/ou recombinação, gerando variabilidade viral capaz de superar um dado gene de resistência. O projeto visa estudar a estabilidade de genes de resistência à espécies de tospovirus (Ex, Sw-5 em tomate e Tsw em Capsicum), muitas vezes superadas por isolados mutantes e também por sinergismo viral. O entendimento desses mecanismos de superação de resistência é essencial para o uso de estratégias mais eficientes de resistência genética.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Erico de Campos Dianese - Integrante / Renato de Oliveira Resende - Coordenador / Alice K. Inoue-Nagata - Integrante / Leonardo Silva Boiteux - Integrante / Enrique Moriones - Integrante.Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
Determinantes Virais Envolvidos nas Interações de Espécies de Tospovirus com os Genes de Resistência Tsw em Capsicum e Sw-5 em Tomate - Edital Universal 2007
Descrição: O projeto visa realizar estudos de complementação de genes, inoculando simultaneamente isolados não virulentos de TSWV e co-infectando via inoculação com vetor PVX expressando distintos genes do isolado espanhol (TSWV mutante) que quebra a resistência do gene Sw-5 em tomate. Visa também elucidar os mecanismos de quebra de resistência e determinar os genes virais envolvidos nesse processo. Em espécies de Capsicum, visa a caracterização do gene de avirulência de TSWV elicitor da reação de hipersensibilidade em Capsicum chinense 'PI159236'. O entendimento dos mecanismos de resistência (interação entre genes do hospedeiro/genes virais) é parte essencial do processo e os resultados serão importantes na geração de conhecimento científico via publicações e formação de recursos humanos em pós graduação no nível de doutorado.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Erico de Campos Dianese - Integrante / Renato de Oliveira Resende - Coordenador / Alice K. Inoue-Nagata - Integrante / Marie Esther Noronha Fonseca - Integrante / Richard Kormelink - Integrante / Leonardo Silva Boiteux - Integrante / Enrique Moriones - Integrante / Mariana Hallwass - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2008 - Atual
Cooperação Empresa/Universidade - Wageningen University / De Ruiter Seeds / UnB - Assessing the Tsw-mediated resistance in Sweet Pepper: towards improved durability of tospovirus resistance
Descrição: O Projeto visa a caracterização dos genes e mecasnismos de resistência envolvidos na interação tospovirus e espécies de Capsicum. Visa o sequenciamento dos genes envolvidos nessa interação, a caracterização de isolados virais que superam a resistência, a interação entre genes virais e genes de resistência. Desenvolvimento de estratégias de controle de topsovirus em Capsicum.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Especialização: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Erico de Campos Dianese - Integrante / Renato de Oliveira Resende - Coordenador / Rob Goldbach - Integrante / Richard Kormelink - Integrante / Hans van der Heuvel - Integrante.Financiador(es): Ministério da Ciência e Tecnologia Holandês - Auxílio financeiro / Wageningen University and Research Center - Cooperação / De Ruiter Seeds - Auxílio financeiro.


Revisor de periódico


2012 - Atual
Periódico: Pesquisa Agropecuária Tropical (Impresso)
2014 - Atual
Periódico: Tropical Plant Pathology (Impresso)
2016 - Atual
Periódico: Heringeriana
2017 - Atual
Periódico: Revista Ciência Agronômica (UFC. Online)
2017 - Atual
Periódico: Revista Árvore (on-line)
2017 - Atual
Periódico: Journal of Plant Diseases and Protection
2017 - Atual
Periódico: BRAGANTIA


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos/Especialidade: Virologia.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitossanidade/Especialidade: Fitopatologia.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Entomologia.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende PoucoLê Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2010
Tese de Doutorado selecionada para representar o Departamento de Fitopatologia da UnB nos Prêmios CAPES de Teses/2010, UnB.
2009
Prêmio Rob Goldbach como melhor Trabalho de Recém Doutor do XX Encontro Nacional de Virologia, Sociedade Brasileira de Virologia.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:15
Total de citações:51
Fator H:4
Dianese, Érico C  Data: 09/03/2018

SCOPUS
Total de trabalhos:13
Total de citações:71
DIANESE, É.C.; Dianese, Érico de Campos; Dianese, Érico C.  Data: 09/03/2018

Outras
Total de trabalhos:20
Total de citações:76
Érico de Campos Dianese  Data: 26/09/2016

Artigos completos publicados em periódicos

1.
MARTINS, SAMUEL JULIO2018MARTINS, SAMUEL JULIO ; ROCHA, GEISIANE ALVES ; DE MELO, HYRANDIR CABRAL ; DE CASTRO GEORG, RAPHAELA ; ULHÔA, CIRANO JOSÉ ; DE CAMPOS DIANESE, ÉRICO ; OSHIQUIRI, LETICIA HARUMI ; DA CUNHA, MARCOS GOMES ; DA ROCHA, MARA RÚBIA ; DE ARAÚJO, LEILA GARCÊS ; VAZ, KARINA SANTANA ; DUNLAP, CHRISTOPHER A. . Plant-associated bacteria mitigate drought stress in soybean. Environmental Science and Pollution Research, v. -, p. 1-11, 2018.

2.
MACEDO, M. A.2017MACEDO, M. A. ; BARRETO, S. S. ; COSTA, T. M. ; ROCHA, G. A. ; DIANESE, E. C. ; GILBERTSON, R. L. ; INOUE-NAGATA, A. K. . First report of Tomato severe rugose virus, a tomato-infecting begomovirus, in soybean plants in Brazil. PLANT DISEASE, v. -, p. -, 2017.

3.
OLIVEIRA, RENATA M.2017OLIVEIRA, RENATA M. ; DIANESE, E. C. ; Lima, Mirtes F. ; RESENDE, RENATO O. ; INOUE-NAGATA, A. K. ; BOITEUX, Leonardo S. . Sources of resistance to Potato virus Y and Pepper yellow mosaic virus in Solanum (section Lycopersicon) germplasm. EUROPEAN JOURNAL OF PLANT PATHOLOGY, v. epub, p. 1-9, 2017.

4.
CARRER FILHO, R.2016CARRER FILHO, R. ; DIAS, V. D. ; OLIVEIRA, R. M. ; DIANESE, E. C. ; BOITEUX, L. S. ; CUNHA, M. G. . Detecção simultânea de fatores de resistência à murcha de fusário do tomateiro por meio de PCR multiplex. Pesquisa Agropecuária Brasileira (Online), v. 51, p. 925-932, 2016.

5.
CARRER FILHO, R.2016CARRER FILHO, R. ; OLIVEIRA, R. M. ; DIAS, V. D. ; ROCHA, G. A. ; DIANESE, E. C. ; CUNHA, M. G. . Selection of tomato accessions resistant to Verticilium wilt1. Pesquisa Agropecuaria Tropical (Online), v. 46, p. 429-433, 2016.

6.
CARRER FILHO, R.2015CARRER FILHO, R. ; DIANESE, E. C. ; CUNHA, M. G. . Aspectos moleculares da interação Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici e o tomateiro. Revisao Anual de Patologia de Plantas, v. 23, p. 110-127, 2015.

7.
OLIVEIRA, R. M.2015OLIVEIRA, R. M. ; CUNHA, M. G. ; FONSECA, M. E. N. ; BOITEUX, L. S. ; DIANESE, E. C. . Análise de fatores de resistência a Tospovirus em acessos de Solanum (secção Lycopersicon)1. Pesquisa Agropecuária Tropical (Online), v. 45, p. 340-347, 2015.

8.
FILHO, R. C.2015FILHO, R. C. ; DIANESE, E. C. ; CUNHA, M. G. . Supressão da murcha de fusário em tomateiro por rizobactérias do gênero Bacillus1. Pesquisa Agropecuária Tropical (Online), v. 45, p. 356-363, 2015.

9.
CARRER FILHO, RENATO2015CARRER FILHO, RENATO ; OLIVEIRA, RENATA MARIA ; DIAS, VANESSA DUARTE ; BOITEUX, LEONARDO SILVA ; DIANESE, ÉRICO DE CAMPOS ; CUNHA, MARCOS GOMES DA . Fontes de resistência múltipla à murcha de fusário em tomateiro. Pesquisa Agropecuária Brasileira (Online), v. 50, p. 1225-1231, 2015.

10.
HALLWASS, MARIANA2014 HALLWASS, MARIANA ; DE OLIVEIRA, ATHOS SILVA ; DIANESE, ERICO DE CAMPOS ; LOHUIS, DICK ; BOITEUX, LEONARDO SILVA ; INOUE-NAGATA, ALICE KAZUKO ; Resende, Renato O. ; Kormelink, Richard . The Tomato spotted wilt virus cell-to-cell movement protein (NS M ) triggers a hypersensitive response in Sw-5 containing resistant tomato lines and Nicotiana benthamiana transformed with the functional Sw-5b resistance gene copy. Molecular Plant Pathology, v. -, p. n/a-n/a, 2014.

11.
PEREIRA-CARVALHO, R. C.2014PEREIRA-CARVALHO, R. C. ; TOBAR, L. L. M. ; DIANESE, E. C. ; FONSECA, M. E. N. ; BOITEUX, L. S. . Melhoramento genético do tomateiro para resistência a doenças de etiologia viral: avanços e perspectivas. Revisao Anual de Patologia de Plantas, v. 22, p. 280-361, 2014.

12.
Dianese, É. C.2011 Dianese, É. C.; FONSECA, M. E. N. ; INOUE-NAGATA, A. K. ; RESENDE, R. O. ; Boiteux, L. S. . Search in Solanum (section Lycopersicon) germplasm for sources of broad-spectrum resistance to four Tospovirus species. Euphytica (Wageningen), v. 1, p. 1, 2011.

13.
DIANESE, E. C.;Dianese, Érico C.;Dianese, É. C.;DIANESE, ERICO DE CAMPOS;DIANESE, ÉRICO DE CAMPOS;DE CAMPOS DIANESE, ÉRICO2009 DIANESE, E. C.; Fonseca, Maria Esther N. ; Goldbach, Rob ; Kormelink, Richard ; Inoue-Nagata, Alice K. ; Resende, Renato O. ; Boiteux, Leonardo S. . Development of a locus-specific, co-dominant SCAR marker for assisted-selection of the Sw-5 (Tospovirus resistance) gene cluster in a wide range of tomato accessions. Molecular Breeding, p. 1-7, 2009.

14.
Dianese, Érico C.2008Dianese, Érico C.; Resende, Renato O. ; Inoue-Nagata, Alice K. . Alta incidência de Pepper yellow mosaic virus em tomateiro em região produtora no Distrito Federal. Tropical Plant Pathology (Impresso), v. 33, p. 67-68, 2008.

15.
Fajardo, Thor V.M.2007Fajardo, Thor V.M. ; Dianese, Érico C. ; Eiras, Marcelo ; Cerqueira, Daniela M. ; Lopes, Daniela B. ; Ferreira, Marisa A.S.V. ; Martins, Cláudia R.F. . Variability of the coat protein gene of Grapevine leafroll-associated virus 3 in Brazil. Fitopatologia Brasileira (Impresso) (Cessou em 2007. Cont. ISSN 1982-5676 Tropical Plant Pathology (Impresso)), v. 32, p. 335-340, 2007.

16.
Dianese, Érico de C.2005Dianese, Érico de C. ; Ramalho, Eduardo D. ; Cerqueira, Daniela M. ; Lopes, Daniela B. ; Fajardo, Thor V.M. ; Ferreira, Marisa A.S.V. ; Martins, Cláudia R.F. ; DIANESE, E. C. . Variability of the 3' terminal of the polymerase gene of Grapevine leafroll-associated virus 3 isolates from Vale do São Francisco, Brazil. Fitopatologia Brasileira (Impresso) (Cessou em 2007. Cont. ISSN 1982-5676 Tropical Plant Pathology (Impresso)), v. 30, p. 173-176, 2005.

17.
CONSTANTINO, R.2001CONSTANTINO, R. ; DIANESE, E. C. . The Urban Temite Fauna of Brasília, Brazil.. Sociobiology, California, v. 38, n.3A, p. 323-326, 2001.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
MEDEIROS, R. B. ; RESENDE, R. O. ; PEREIRA-CARVALHO, R. C. ; DIANESE, E. C. ; COSTA, C. L. ; SGRO, J. . Virologia Vegetal: Conceitos, Fundamentos, Classificação e Controle. 1. ed. Brasília: Editora UnB, 2015. v. 1. 765p .

Capítulos de livros publicados
1.
EIRAS, M. ; DIANESE, E. C. ; PEREIRA-CARVALHO, R. C. . Capítulo 7: Resistência Genética de Plantas a Vírus. In: Leandro José Dallagnol. (Org.). Resistência Genética de Plantas a Patógenos. 1ed.Pelotas: UFPel, 2018, v. 1, p. 296-347.

2.
DIANESE, J. C. ; DIANESE, E. C. . Fungos do Vale do São Francisco: capital ecológico a ser explorado.. In: Aristóteles Fernandes de Melo. (Org.). Zoneamento Ecológico-Econômico do Vale do São Francisco: Estudos Básicos.. 1ed.Brasília/DF: CODEVASF, 2001, v. 1, p. 115-137.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
BOITEUX, L. ; FONSECA, M. E. N. ; DIANESE, E. C. ; MENDES, F. . Tomate: Adeus ao vira-cabeça - A resistencia que faltava. Jornal de Brasília - Suplemento Tudo Campo, Brasília-DF, p. 1 - 4, 13 ago. 2010.

2.
DIANESE, E. C.; BOITEUX, L.S. ; FONSECA, M. E. N. ; LOPES, C. A. . Pesquisa vai gerar tomates resistentes. AGROCIM - CENTRO DE INTELIGÊNCIA EM MERCADOS, 16 jul. 2010.

3.
DIANESE, E. C.; ESTEVES, M. ; FONSECA, M. E. N. ; BOITEUX, L.S. ; LOPES, C. A. . Descoberta vai ajudar o desenvolvimento de variedades de tomate resistentes. Notícias Embrapa Hortaliças, 13 jul. 2010.

4.
ESTEVES, M. ; DIANESE, E. C. ; FONSECA, M. E. N. ; BOITEUX, L.S. . Descoberta vai gerar tomates resistentes ao vira-cabeça. Hortinforme, Embrapa Hortaliças, 01 maio 2010.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
DIANESE, E. C.; BOITEUX, L.S. ; INOUE-NAGATA, A. K. ; RESENDE, R. O. . Identificação de novas fontes de resistência ao Pepper yellow mosaic virus em espécies selvagens de Solanum (Secção Lycopersicon). In: 48o Congresso Brasileiro de Olericultura, 2008, Maringá - PR. Horticultura Brasileira. Campinas: Associação Brasileira de Horticultura, 2008. v. 26. p. S4855-S4861.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, T. M. R. ; DIANESE, E. C. ; ALBERNAZ-GODINHO, K. C. ; CZEPAK, C. ; CUNHA, M. G. . Molecular identification of Helicoverpa armigera (Lepidoptera: Noctuidae) through qPCR. In: XXVII Congresso Brasileiro de Entomologia e o X Congresso Latino-Americano de Entomologia, 2018, Gramado - RS. Anais do XXVII Congresso Brasileiro e X Congresso Latino-Americano de Entomologia, 2018.

2.
SOUZA, S. O. ; CUNHA, M. G. ; DIANESE, E. C. . Fungos associados a manchas foliares em eucalipto cultivado em Goiás. In: 3° Congresso Brasileiro Florestal no Cerrado, 2017, Goiânia. Anais do 3° Congresso Brasileiro Florestal no Cerrado, 2017.

3.
ROCHA, G. A. ; DIANESE, E. C. . Nucleic acid extraction of tree species from the brazilian cerrado for virus infection diagnosis. In: 50° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2017, Uberlândia. Anais do 50° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2017.

4.
ROCHA, G. A. ; DIANESE, E. C. . Detecção de begomovirus em Cardiopetalum calophyllum, espécie arbórea nativa do cerrado brasileiro. In: 50° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2017, Uberlândia. Anais do 50° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2017.

5.
MARTINS, T. V. ; SOUZA, S. O. ; JESUS, J. M. I. ; DIANESE, E. C. . Ocorrência de Fusarium sp. em mudas de mogno africano (Khaya senegalensis) no estado de Goiás. In: 50° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2017, Uberlândia. Anais do 50° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2017.

6.
MARTINS, T. V. ; CUNHA, M. G. ; DIANESE, E. C. . Métodos mecânicos de controle do cancro do córtex do mogno africano causado por Lasiodiplodia theobromae. In: 50° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2017, Uberlândia. Anais do 50° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2017.

7.
MONTEIRO, J. B. M. ; DIANESE, E. C. . Montagem de uma plataforma de clonagem para utilização na construção de clones infecciosos de Bean rugose mosaic virus (BRMV). In: Congresso de Pesquisa Ensino e Extensão, 2017, Goiânia. Anais do CONPEEX 2017, 2017.

8.
MARTINS, T. V. ; ROCHA, G. A. ; CUNHA, M. G. ; DIANESE, E. C. . Um método mais eficiente para extração de RNA total para detecção de Sugarcane yellow leaf virus (SCYLV) em amostras sintomáricas de cana. In: Congresso de Pesquisa Ensino e Extenção, 2017, Goiânia. Anais do CONPEEX 2017, 2017.

9.
MARTINS, T. V. ; CUNHA, M. G. ; DIANESE, E. C. . Desenvolvimento de métodos de controle do cancro do mogno africano (Khaya ivorensis) em árvores sintomáticas. In: Congresso de Pesquisa Ensino e Extenção, 2017, Goiânia. Anais do CONPEEX 2017, 2017.

10.
CRISPIM, B. C. F. ; ABREU, A. G. ; DIANESE, E. C. ; RANGEL, P. H. N. . Desenvolvimento de uma Coleção Nuclear Base de Arroz. In: Seminário Jovens Talentos, 2017, Santo Antônio de Goiás. Coletânea dos resumos apresentados. Goiânia: Embrapa Arroz e Feijão, 2017. v. 11. p. 79.

11.
COLOMBARI FILHO, J. M. ; CRISPIM, B. C. F. ; DIANESE, E. C. ; ABREU, A. G. ; RANGEL, P. H. N. . Contribuição de fontes de resistência à brusone em cultivares brasileiras de arroz de terras altas. In: Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas, 2017, Foz do Iguaçú. Melhoramento de plantas: Projetando o futuro. Foz do Iguaçú: SBMP, 2017. v. 9. p. 226.

12.
CRISPIM, B. C. F. ; ABREU, A. G. ; COLOMBARI FILHO, J. M. ; GUIMARAES, E. P. ; DIANESE, E. C. ; RANGEL, P. H. N. . Participação de germoplasma do Ciat na base genética de cultivares de arroz irrigado do Brasil. In: Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado, 2017, Gramado. Intensificação sustentável: anais. Gramado: Sosbai, 2017. v. 10.

13.
ANDRE, J. L. ; SOUZA, S. O. ; SOUSA, R. C. B. ; DIANESE, E. C. . Identificação de fungos fitopatogênicos que ocorrem em áreas de produção florestal do Estado de Goiás (GO). In: 13° Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2016, Goiânia. Anais do 13° Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2016.

14.
WEBBER, T. V. ; MARTINS, T. V. ; DIANESE, E. C. . Técnicas de controle do cancro e avaliação da influência do patógeno nas propriedades anatômicas do mogno africano (Khaya ivorensis). In: 13° Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2016, Goiânia. Anais do 13° Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2016.

15.
SOUZA, S. O. ; SOUSA, R. C. B. ; ANDRE, J. L. ; DIANESE, E. C. . Fungos causadores de mancha foliar identificados na área de produção de eucaliptos da empresa Anglo American em Niquelândia, Goiás. In: 13° Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2016, Goiânia. Anais do 13° Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2016.

16.
OLIVEIRA, R. M. ; DIANESE, E. C. . Detecção de isolados de tospovírus e desenho de primers para análise da expressão do gene de resistência Sw-5 em tomateiro. In: 13° Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2016, Goiânia. Anais do 13° Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2016.

17.
ROCHA, G. A. ; DIANESE, E. C. . Begomovírus em cultivares de soja de áreas de produção de Goiás. In: 13° Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2016, Goiânia. Anais do 13° Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2016.

18.
ANDRE, J. L. ; SOUSA, R. C. B. ; DIANESE, E. C. . Identificação taxonômica e Molecular de Fungos fitopatogênicos que ocorrem em áreas de produção de Eucalyptus spp. do Estado de Goiás. In: CONPEEX 2015, 2015, Goiânia. CONPEEX 2015, 2015.

19.
CRISPIM, B. C. F. ; MELLO, R. N. ; ABREU, A. G. ; DIANESE, E. C. ; RANGEL, P. H. N. . Reação de fontes de resistência internacionais a isolados brasileiros de Magnaporthe oryzae. In: Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2015, São Pedro, SP. Anais do Congresso Brasileiro de Fitopatologia 2015, 2015.

20.
CANDIDA, D. V. ; FARIA, J. C. ; DIANESE, E. C. . Identification of resistance to Bean rugose mosaic virus (BRMV) in accesses of common bean germplasm. In: Congresso Brasileiro de Virologia, 2015, Florianópolis, SC. Anais do Congresso Brasileiro de Virologia, 2015.

21.
WEBBER, T. V. ; SILVA, J. P. ; SILVA, K. L. M. E. ; DIANESE, E. C. . Identificação de fitopatógenos em plantios de Eucalyptus spp. do estado de Goiás. In: 2° Congresso Florestal no Cerrado & 4° Simpósio sobre eucaliptocultura, 2015, Goiânia. Anais do 2° Congresso Florestal no Cerrado, 2015. v. -. p. ---.

22.
ANDRE, J. L. ; SOUZA, S. O. ; SOUSA, R. C. B. ; DIANESE, E. C. . Isolamento de Fungos Fitopatogênicos de Eucaliptus sp. sintomáticos de um plantio comercial de Niquelândia, Goiás, Brasil. In: CONPEEX 2014, 2014, Goiânia. CONPEEX 2015, 2014.

23.
DIAS, V. D. ; OLIVEIRA, R. M. ; LIMA, L. B. A. ; DIANESE, E. C. ; CUNHA, M. G. . Detecção pela técnica de PCR de Raquitismo das soqueiras e escaldadura das folhas a partir de folhas de cana-de-açúcar. In: 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2013, Ouro Preto. Anais do 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Viçosa: UFV, 2013.

24.
LIMA, L. B. A. ; OLIVEIRA, R. M. ; DIAS, V. D. ; FILHO, R. C. ; CUNHA, M. G. ; DIANESE, E. C. . Identificação de acessos de tomate resistentes a Verticilium dahliae raça 1. In: 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2013, Ouro Preto. Anais do 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Viçosa: UFV, 2013.

25.
DIONIZIO, A. F. ; LIMA, N. L. ; FILHO, R. C. ; DIANESE, E. C. . Influência de captana na germinação de sementes de mogno e barú. In: 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2013, Ouro Preto. Anais do 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Viçosa: UFV, 2013.

26.
CARVALHO, P. H. ; TSAI, H. M. ; VILLELA, D. H. ; BORGES, L. G. ; LIMA, L. B. A. ; FILHO, R. C. ; DIANESE, E. C. ; CUNHA, M. G. . Ocorrência de Rhizoctonia sp. em Adenium obesum no estado de Goiás, Brasil. In: 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2013, Ouro Preto. Anais do 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Viçosa: UFV, 2013.

27.
FILHO, R. C. ; DIANESE, E. C. ; CUNHA, M. G. . Produção de metabólitos antimicrobianos por rhizobacterias. In: 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2013, Ouro Preto. Anais do 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Viçosa: UFV, 2013.

28.
MENEZES, P. H. ; VILLELA, D. H. ; SANTOS, V. T. ; BORGES, L. G. ; OLIVEIRA, R. M. ; LIMA, L. B. A. ; DIAS, V. D. ; FILHO, R. C. ; DIANESE, E. C. ; CUNHA, M. G. . Reação de acessos de tomateiro às raças fisiológicas de Fusarium oxysporum f.sp. lycopersici. In: 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2013, Ouro Preto. Anais do 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Viçosa: UFV, 2013.

29.
OLIVEIRA, R. M. ; DIAS, V. D. ; INOUE-NAGATA, A. K. ; BOITEUX, L. S. ; FREITAS, M. L. ; DIANESE, E. C. . Confirmação de fontes de resistência múltipla a Potato virus Y e Pepper yellow mosaic virus em acessos de espécies selvagens de Solanum (secção Lycopersicon). In: 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2013, Ouro Preto. Anais do 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Viçosa: UFV, 2013.

30.
FILHO, R. C. ; DIANESE, E. C. ; CUNHA, M. G. . Biocontrole de Enfermidades do Tomateiro por Rhizobactérias. In: 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2013, Ouro Preto. Anais do 46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Viçosa: UFV, 2013. v. -. p. ---.

31.
DIAS, V. D. ; DIANESE, E. C. ; MORAIS, D. S. ; RIBEIRO, A. G. ; BATAUS, L. A. M. ; CUNHA, M. G. . Comparação e otimização de métodos de diagnose por PCR do Raquitismo da Soqueira em cana-de-açúcar. In: Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2012, Manaus. Tropical Plant Pathology (Suplemento). Viçosa: Sociedade Brasileira de Fitopatologia, 2012. v. 38.

32.
NOGUEIRA, I. ; VIEIRA, B. G. ; PEREIRA-CARVALHO, R. C. ; DIANESE, E. C. ; RESENDE, R. O. ; BOITEUX, L.S. ; FONSECA, M. E. N. . Detecção de Tomato chlorosis virus (Crinivirus, Closteroviridae) em tomateiro no Distrito Federal. In: XLIV Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2011, Bento Gonçalves. Tropical Plant Pathology (suplemento). Brasília: Brazilian Phytopathological Society, 2011. v. 36. p. 1107-1107.

33.
DIANESE, E. C.; FONSECA, M. E. N. ; PIÑON, M. ; COSTA, A. F. ; RESENDE, R. O. ; BOITEUX, L.S. . Application of a functional marker derived from the Sw-5 gene in accessions from tomato breeding programs conducted in the Americas, Europe, and Middle-East. In: Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2010, Cuiabá. Tropical Plant Pathology (suplemento). Brasíli: Brazilian Phytopathological Society, 2010. v. 35. p. S211.

34.
DIANESE, E. C.; RESENDE, R. O. ; INOUE-NAGATA, A. K. ; BOITEUX, L.S. . New sources of resistance in Solanum (section Lycopersicon) to Tospovirus and Potyvirus species. In: XXI Encontro Nacional de Virologia, 2010, Gramado. Virus Reviews and Research. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Virologia, 2010. v. 15. p. 282.

35.
DIANESE, E. C.; FONSECA, M. E. N. ; GOLDBACH, R. ; KORMELINK, R. ; RESENDE, R. O. ; INOUE-NAGATA, A. K. ; BOITEUX, L.S. . Seleção assistida via marcador co-dominante para resistência a tospovírus (gene Sw-5b) em uma ampla gama de acessos de tomateiro. In: XLII Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2009, Rio de Janeiro. Tropical Plant Pathology (Impresso). Lavras: Brazilian Phytopathological Society, 2009. v. 34. p. S276.

36.
DIANESE, E. C.; RESENDE, R. O. ; INOUE-NAGATA, A. K. ; BOITEUX, L.S. . Acessos de Solanum spp. (secção Lycopersicon) com resistência múltipla ao complexo de espécies neotropicais de tospovírus. In: XLII Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2009, Rio de Janeiro. Tropical Plant Pathology (Suplemento). Lavras: Brazilian Phytopathological Society, 2009. v. 34. p. S276.

37.
DIANESE, E. C.; BOITEUX, L.S. ; FONSECA, M. E. N. ; INOUE-NAGATA, A. K. ; KORMELINK, R. ; GOLDBACH, R. ; RESENDE, R. O. . Validation of a transgenic Nicotiana benthamiana system for determination of the viral avirulent gene involved in Sw-5 mediated resistance. In: XX Encontro Nacional de Virologia, 2009, Brasília. Virus: Reviews and Research (Supplement 1). Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Virologia, 2009. v. 14. p. 195-196.

38.
DIANESE, E. C.; FONSECA, M. E. N. ; KORMELINK, R. ; GOLDBACH, R. ; INOUE-NAGATA, A. K. ; BOITEUX, L.S. ; RESENDE, R. O. . Strategies for the development of broad and durable resistance in Solanum (section Lycopersicon) against Potyvirus and Tospovirus. In: XX Encontro Nacional de Virologia, 2009, Brasília. Virus: Reviews and Research (Supplement 1). Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Virologia, 2009. v. 14. p. 220-221.

39.
DIANESE, E. C.; FONSECA, M. E. N. ; GOLDBACH, R. ; KORMELINK, R. ; INOUE-NAGATA, A. K. ; BOITEUX, L.S. ; RESENDE, R. O. . Development of a locus-specific, co-dominant SCAR marker for assisted selection of the Sw-5 (Tospovirus resistance) gene cluster in a wide range of tomato accessions. In: International Symposium on Thysanoptera and Tospoviruses, 2009, Queensland. Journal of Insect Science. Wisconsin: University of Wisconsin Libraries, 2009. v. 10. p. 12.

40.
DIANESE, E. C.; FONSECA, M. E. N. ; BOITEUX, L. ; GOLDBACH, R. ; KORMELINK, R. ; RESENDE, R. O. . Efficient markers to analyse tospovirus-resistance mediated by the Sw-5 gene. In: 1st Joint Retreat of the PhD Students in Experimental Plant Sciences, 2008, Wageningen. 1st Joint Retreat of the PhD Students in Experimental Plant Sciences - Book of Abstracts, 2008. p. 39.

41.
DIANESE, E. C.; RESENDE, R. O. ; INOUE-NAGATA, A. K. . Detecção de isolados de tomate de Pepper yellow mosaic virus em região produtora do Distrito Federal. In: XXXIX Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2006, Salvador, BA. Fitopatologia Brasileira (Suplemento). Brasília, DF: Sociedade Brasileira de Fitopatologia, 2006. v. 31. p. S 222-S 222.

42.
DIANESE, E. C.; RAMALHO, E. D. ; CERQUEIRA, D. M. ; LOPES, D. M. ; FAJARDO, T. V. M. ; FERREIRA, M. A. S. V. ; MARTINS, C. R. F. . Grapevine Leafroll Associated Virus 3 Genetic Variability in Brazil. In: IX International Plant Virus Epidemiology Symposium, 2005, Lima. IX International Plant Virus Epidemiology Symposium - Applying Epidemiological Research to IMprove Virus Disease Management - Program Abstracts, 2005. p. 55-55.

43.
DIANESE, E. C.; LOPES, D. B. ; FERREIRA, M. A. S. V. ; FAJARDO, T. V. M. ; MARTINS, C. R. F. . Variabilidade genética do gene do capsídeo de isolados de Grapevine leafroll-associated virus-3 provenientes do Submédio do Vale do São Francisco.. In: XXXVII Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2004, Gramado - Rio Grande do Sul. Fitopatologia Brasileira (Suplemento). Brasília: Sociedade Brasileira de Fitopatologia, 2004. v. 29. p. S51-S52.

44.
DIANESE, E. C.; RAMALHO, E. D. ; MORRIS, M. L. M. ; FERREIRA, M. A. S. V. ; FAJARDO, T. V. M. ; MARTINS, C. R. F. . Variabilidade de parte do gene da polimerase de isolados de Grapevine leafroll-associated virus 3 provenientes do submédio do Vale do São Francisco.. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2003, Uberlândia/MG. Fitopatologia Brasileira. Brasília/DF: Sociedade Brasileira de Fitopatologia, 2003. v. 28 Sup. p. S248-S258.

45.
RAMALHO, E. D. ; FERREIRA, M. A. S. V. ; DIANESE, E. C. ; MARTINS, C. R. F. . Detecção molecular de Grapevine leafroll-associated Virus-3 (GLRaV-3) em amostras de videira originárias do submédio do Vale do São Francisco. In: 9o Congresso de Iniciação Científica da Universidade de Brasília, 2003, Brasília/DF. Anais do 9o Congresso de Iniciação Científica da Universidade de Brasília. Brasília: UnB, 2003.

46.
DIANESE, E. C.; CONSTANTINO, R. . Padrões de Diversidade de Térmitas (Isóptera) em Fragmentos Históricos de Cerrado em Rondônia.. In: 6o Congresso de Iniciação Científica da Universidade de Brasília, 2000, Brasília. Anais do 6o Congresso de Iniciação Científica da Universidade de Brasília. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2000. p. 102.

47.
DIANESE, E. C.; CONSTANTINO, R. . A Fauna de Cupins da Área Urbana de Brasília - DF (Insecta: Isoptera).. In: XXIII Congresso Brasileiro de Zoologia, 2000, Cuiabá, MT. XXIII Congresso Brasileiro de Zoologia - Programa e Resumos. Cuiabá, MT, 2000. p. 196.

48.
DIANESE, E. C.; CALDERON, R.A. ; CONSTANTINO, R. . Efeitos da Fragmentação do Cerrado Sobre as Comunidades de Térmitas (Isoptera): Evidências de Fragmentos Históricos. In: 52a Reunião Anual da SBPC, 2000, Brasília. 52a Reunião Anual da SBPC - 7a Jornada Nacional de Iniciação Científica, 2000.

49.
DIANESE, E. C.; CONSTANTINO, R. . Diversidade e Importância Econômica da Fauna de Cupins da Área Urbana de Brasília ? DF (Insecta: Isoptera).. In: 5o Congresso de Iniciação Científica da Universidade de Brasília, 1999, Brasília. Anais do 5o Congresso de Iniciação Científica da Universidade de Brasília. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1999. p. 97.

Apresentações de Trabalho
1.
ANDRE, J. L. ; SOUZA, S. O. ; SOUSA, R. C. B. ; DIANESE, E. C. . Identificação molecular de fungos fitopatogênicos que ocorrem em áreas de produção de eucalyptus spp. do Estado de Goiás. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
OLIVEIRA, R. M. ; DIAS, V. D. ; INOUE-NAGATA, A. K. ; BOITEUX, L. S. ; FREITAS, M. L. ; DIANESE, E. C. . Confirmação de fontes de resistência múltipla a Potato virus Y e Pepper yellow mosaic virus em acessos de espécies selvagens de Solanum (secção Lycopersicon). 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
DIANESE, E. C.; FONSECA, M. E. N. ; KORMELINK, R. ; GOLDBACH, R. ; BOITEUX, L.S. ; INOUE-NAGATA, A. K. ; RESENDE, R. O. . Resistência ampla a Potyvirus e Tospovirus em Solanum (secção Lycopersicon), desenvolvimento de marcador molecular e análise de determinantes virais na interação entre tospovírus e o gene de resistência Sw-5. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
DIANESE, E. C.; BOITEUX, L.S. ; FONSECA, M. E. N. ; INOUE-NAGATA, A. K. ; KORMELINK, R. ; GOLDBACH, R. ; RESENDE, R. O. . Validation of a transgenic Nicotiana benthamiana system for determination of the viral avirulent gene involved in Sw-5 mediated resistance. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
DIANESE, E. C.; FONSECA, M. E. N. ; KORMELINK, R. ; GOLDBACH, R. ; INOUE-NAGATA, A. K. ; BOITEUX, L.S. ; RESENDE, R. O. . Strategies for the development of broad and durable resistance in Solanum (section Lycopersicon) against Potyvirus and Tospovirus. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
DIANESE, E. C.. Revista Árvore, 2 trabalhos. 2018.

2.
DIANESE, E. C.. Revista Ciência Agronômica, 1 trabalho. 2017.

3.
DIANESE, E. C.. Bragantia, 1 trabalho. 2017.

4.
DIANESE, E. C.. Journal of Plant Diseases and Protection, 1 trabalho. 2017.

5.
DIANESE, E. C.. Heringeriana, 2 trabalhos. 2016.

6.
DIANESE, E. C.. Tropical Plant Pathology, 1 trabalho. 2014.

7.
DIANESE, E. C.. Pesquisa Agropecuária Tropical, 2 trabalhos. 2012.

8.
DIANESE, J. C. ; DIANESE, E. C. . Prospecção Bibliográfica Referente aos Fungos do Vale do São Francisco. 2001.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
DIANESE, E. C.; DAUD, R. D. ; COSTA, A. . Participação no programa 'Faz o Quê' da TV UFG. 2012. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica
1.
DIANESE, E. C.. Manejo de Doenças em Cultivos Protegidos. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
PEREIRA-CARVALHO, R. C. ; DIANESE, E. C. ; FARIAS, P. ; VIEIRA, B. G. . Técnicas para detecção de vírus. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
PEREIRA-CARVALHO, R. C. ; DIANESE, E. C. ; FARIAS, P. ; VIEIRA, B. G. . Melhoramento molecular de plantas visando resistência a vírus. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
DIANESE, E. C.; CUNHA, M. G.; ALBUQUERQUE, L. C.; FARIA, J. C.. Participação em banca de Geisiane Alves Rocha. Begomovírus em áreas de cerrado: de herbáceas cultivadas a arbóreas selvagens. 2017. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

2.
ALBUQUERQUE, L. C.; INOUE-NAGATA, A. K.; DIANESE, E. C.. Participação em banca de Thayssa Monize Rosa de Oliveira. Diversidade genética e evolução de begomovírus em tomateiro. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Olericultura) - Instituto Federal Goiano - Campus Morrinhos.

3.
LOBO JUNIOR, M.; Ferreira, A. W.; CUNHA, M. G.; SILVA, S. P.; DIANESE, E. C.. Participação em banca de Lidianne Lemes Silva Abud. Diversidade de Fusarium spp. causadores de podridão radicular do feijoeiro comum. 2015. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

4.
FILIPPI, M. C. C.; DIANESE, E. C.; LOBO, V. L. S.; VIEIRA, B. A. H.; ARAUJO, L. G.. Participação em banca de Bárbara Estevam de Melo Martins. Caracterização de isolados bacterianos antagonistas a Magnaporthe oryzae. 2015. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

5.
DIANESE, E. C.; PEREIRA-CARVALHO, R. C.; NOVAES, E.. Participação em banca de Renata Maria de Oliveira. Análises da Resistência Genética à Tospovirus e Potyvirus em Acessos de Solanum (Secção Lyvopersicon). 2014. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

6.
BOITEUX, L.S.; RESENDE, R. O.; DIANESE, E. C.; PEREIRA-CARVALHO, R. C.. Participação em banca de Mariana Resende Machado. Eficiência de novas fontes de resistência em tomateiro contra diferentes espécies de Begomovírus bipartidos e localização cromossômica do locus tcm-1. 2013.

7.
BOITEUX, L.S.; RESENDE, R. O.; DIANESE, E. C.; RIBEIRO, S. G.. Participação em banca de Daniela Damasceno Xavier. Estudos com o locus Ty-1 do tomateiro e busca por novos marcadores moleculares para tolerância a Tomato severe rugose virus. 2013.

8.
CUNHA, M. G.; DIANESE, E. C.; BATAUS, L. A. M.; ARAUJO, L. G.. Participação em banca de Vanessa Duarte Dias. Otimização da detecção de Raquitismo da Soqueira e Escaldadura das Folhas em Cana-de-açúcar utilizando PCR. 2012. Dissertação (Mestrado em Agronomia (Produção Vegetal)) - Universidade Federal de Goiás.

9.
DAMIN, V.; FERNANDES, P. M.; LIMA, M. L. P.; DIANESE, E. C.. Participação em banca de Camila de Souza Queiroz. Níquel, outros micronutrientes e silício e a ferrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi) na cultura da soja (Glycine max). 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

Teses de doutorado
1.
LOBO JUNIOR, M.; PINHEIRO, P. V.; DEL-PONTE, E. M.; COELHO, A. S. G.; DIANESE, E. C.. Participação em banca de Renan da Silva Macedo. Modelagem da dinâmica populacional de patógenos radiculares do feijoeiro comum. 2018. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

2.
DIANESE, E. C.; TERAMOTO, A.; FILIPPI, M. C. C.; MELLO, R. N.; FERREIRA, P. T. O.. Participação em banca de Renata Maria de Oliveira. Estudos de fontes de resistência genética e induzida a dois complexos virais do tomateiro. 2018. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

3.
EIRAS, M.; RESENDE, R. O.; NOVELLI, V. M.; FRANCO, D. A. S.; HARAKAVA, R.; SAMPAIO, R. M.; TREVIZAN, A. C.; DIANESE, E. C.. Participação em banca de Danielle Gobatto. Chrysanthemum stunt viroid: diversidade genética, hospedeiras alternativas, interações viroide-hospedeiro e estudo do impacto na produção do crisântemo. 2018. Tese (Doutorado em Sanidade,Segurança Alimentar e Ambiental no Agronegócio) - Instituto Biológico.

4.
DIANESE, E. C.; DIAS, V. D.; FILIPPI, M. C. C.; INOUE-NAGATA, A. K.; CARRER FILHO, R.; FARIA, J. C.. Participação em banca de Daniella Vieira Cândida. Caracterização de um isolado de Bean rugose mosaic virus e busca por fontes de resistência em Phaseolus vulgaris. 2017. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

5.
CUNHA, M. G.; DIANESE, E. C.; PONTES, N. C.; REIS, A. J.; MARTINS, S. J.; CARRER FILHO, R.. Participação em banca de Vanessa Duarte Dias. Detecção com técnicas moleculares de Leifsonia xyli subsp. xyli e Xanthomonas albilineans em cana-de-açúcar. 2016. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

6.
Dianese, É. C.; Ferreira, A. W.; Nascimento, A. R.; Neves, D. M. S.; Macagnan, D.. Participação em banca de Renato Carrer Filho. Detecção de Resistência a Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici e Biocontrole da Murcha de Fusario em Tomateiro com Bacillus sp.. 2014. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

7.
CUNHA, M. G.; CARNEIRO, L. C.; AGUIAR, R. A.; DIANESE, E. C.; MEYER, M. C.. Participação em banca de Riccely Ávila Garcia. Caracterização biológica e fisiológica de populações de Sclerotinia sclerotiorum e avaliação de resistência genética em cultivares de soja. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

Qualificações de Doutorado
1.
DIANESE, E. C.; FARIA, J. C.; ARAUJO, L. G.. Participação em banca de Renata Maria de Oliveira. Análise da expressão do gene Sw-5 em tomateiro. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

2.
DIANESE, E. C.; FILHO, R. C.; OLIVEIRA, V. C.. Participação em banca de Daniella Vieira Cândida. Caracterização biológica e molecular de um isolado de Bean rugose mosaic virus (BRMV) de Goiás e busca por acessos de feijoeiro resistentes a esse vírus. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

3.
DIANESE, E. C.; RODRIGUES, A. R.; TERAMOTO, A.. Participação em banca de Renato Carrer Filho. Identificação de acessos de tomate resistentes às raças fisiológicas de Fusarium oxysporum fsp lycopersici. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

4.
Dianese, É. C.; TERAMOTO, A.; Costa, R. B.. Participação em banca de Vanessa Duarte Dias. Detecção com técnicas moleculares de Leifsonia xyli subsp. xyli e Xanthomonas albilineans em cana-de-açúcar. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

Qualificações de Mestrado
1.
FERREIRA, M. E.; MIZIARA, F.; DIANESE, E. C.. Participação em banca de Cassiomar Rodrigues Lopes. Expansão da silvicultura no bioma cerrado: uma análise temporal para o período 1995-2011. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Agronegócio) - Universidade Federal de Goiás.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
CASTELO BRANCO FILHO, J. C.; DIANESE, E. C.; PRADO, C.C.. Participação em banca de Martha Guedis Lobo. Implantação de um projeto de educação e promoção da saúde em escolas da Inglaterra. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em V Curso de Pós-Graduação em Educ. e Prom. da Saúde) - Universidade de Brasília.

2.
CASTELO BRANCO FILHO, J. C.; DIANESE, E. C.; OLIVEIRA, M. S.. Participação em banca de Márcia Cristina da Silva. Hipotireodismo na Gravidez. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em V Curso de Pós-Graduação em Educ. e Prom. da Saúde) - Universidade de Brasília.

3.
CASTELO BRANCO FILHO, J. C.; DIANESE, E. C.; OLIVEIRA, M. S.. Participação em banca de Dianamy Nacácio de Andrade. Endometriose: Análise das reportagens jornalísticas do jornal Correio Braziliense entre 2005 e 2010. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em V Curso de Pós-Graduação em Educ. e Prom. da Saúde) - Universidade de Brasília.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
DIANESE, E. C.; ARAUJO, L. G.; NICOLLI, C. P.. Participação em banca de Tulio Veríssimo Martins.Defesa de TCC: Indutores de resistência como alternativas no controle de Sugarcane mosaic virus em cana-de-açúcar. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.

2.
DIANESE, E. C.; FERNANDES, P. M.; OLIVEIRA, M. F.. Participação em banca de Tulio Veríssimo Martins.Defesa de Relatório de Estágio Curricular Obrigatório. 2018.

3.
DIANESE, E. C.; REIS, C. F.; SETTE JUNIOR, C. R.. Participação em banca de Thaís Vieira Webber.Controle do Cancro e Avaliação da Influência do Patógeno nas Propriedades da Madeira de Khaya ivorensis. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás.

4.
DIANESE, E. C.; TERAMOTO, A.; OLIVEIRA, R. M.. Participação em banca de Rodrigo Carlos Batista de Sousa.Fungos Fitopatogênicos em Povoamentos de Eucaliptos Clonais no Município de Niquelândia-GO. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás.

5.
CUNHA, M. G.; TERAMOTO, A.; DIANESE, E. C.. Participação em banca de Rodolfo Costa Santos.Defesa de Relatório de Estágio Curricular Obrigatório. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
BORGES, J. D.; OLIVEIRA, S. S.; BARBOSA, F. R.; DIANESE, E. C.. Membro suplente da Comissão Examinadora do Processo Seletivo Simplificado para Contratação de Professor Substituto. Área: Entomologia. 2018. Universidade Federal de Goiás.

2.
ROCHA, M. R.; ARAUJO, L. G.; DIANESE, E. C.. Processo Seletivo Simplificado para Seleção de Professor Auxiliar/Substituto, área: Fitopatologia. 2015. Universidade Federal de Goiás.

3.
CUNHA, M. G.; ROCHA, M. R.; DIANESE, E. C.. Processo Seletivo Simplificado para Seleção de Professor Auxiliar/Substituto, área: Fitopatologia. 2012. Universidade Federal de Goiás.

Outras participações
1.
DIANESE, E. C.. Comissão julgadora do XV Encontro do Talento Estudantil. 2010. EMBRAPA/Centro Nacional de Recursos Genéticos e Biotecnologia.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II Seminário Helicoverpa armigera uma experiência em Goiás e no mundo. 2018. (Seminário).

2.
3° Congresso Brasileiro Florestal no Cerrado. Fungos associados a manchas foliares em eucalipto cultivado em Goiás. 2017. (Congresso).

3.
50° Congresso Brasileiro de Fitopatologia. NUCLEIC ACID EXTRACTION OF TREE SPECIES FROM THE BRAZILIAN CERRADO FOR VIRUS INFECTION DIAGNOSIS. 2017. (Congresso).

4.
VII Jornada Científica da Pós-Graduação na Escola de Agronomia da UFG. -. 2017. (Congresso).

5.
46° Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Influência de captana na germinação de sementes de mogno e barú. 2013. (Congresso).

6.
Workshop em Virologia Vegetal - Rede EstRESCe - Pró Centro-Oeste de Pesquisa. 2013. (Outra).

7.
6º Congresso Brasileiro de Tomate Industrial. 2012. (Congresso).

8.
V Jornada Científica da Pós-Graduação na EA. 2012. (Outra).

9.
XLIV Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Detecção de Tomato chlorosis virus (Crinivirus, Closteroviridae) em tomateiro no Distrito Federal. 2011. (Congresso).

10.
XXI Encontro Nacional de Virologia. New sources of resistance in Solanum (section Lycopersicon) to Tospovirus and Potyvirus species. 2010. (Congresso).

11.
XLII Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Seleção assistida via marcador co-dominante para resistência a tospovírus (gene Sw-5b) em uma ampla gama de acessos de tomateiro / Acessos de Solanum spp. (secção Lycopersicon) com resistência múltipla ao complexo de espécies neotropicais de tospovírus. 2009. (Congresso).

12.
XX Encontro Nacional de Virologia. Validation of a transgenic Nicotiana benthamiana system for determination of the viral avirulent gene involved in Sw-5 mediated resistance / Strategies for the development of broad and durable resistance in Solanum.... 2009. (Congresso).

13.
1st Joint Retreat of the PhD Students in Experimental Plant Sciences. Efficient markers to analyse tospovirus-resistance mediated by the Sw-5 gene. 2008. (Congresso).

14.
Eucarpia Meeting - Workgroup Tomato. 2008. (Congresso).

15.
5th International Geminivirus Symposium & 3rd International ssDNA Comparative Virology Workshop. 2007. (Simpósio).

16.
XXXIX Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Detecção de isolados de tomate de Pepper yellow mosaic virus em região produtora do Distrito Federal.. 2006. (Congresso).

17.
XVI Encontro Nacional de Virologia.New Strains of Grapevine Leafroll-Associated Virus 3 Isolates From Brazil. 2005. (Simpósio).

18.
XXXVIII Congresso Brasileiro de Fitopatologia. 2005. (Congresso).

19.
XXXVII Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Variabilidade genética do gene do capsídeo de isolados de Grapevine leafroll-associated virus-3 provenientes do submédio do Vale do São Francisco.. 2004. (Congresso).

20.
XXXVI Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Variabilidade de parte do gene da polimerase de isolados de Grapevine leafroll-associated virus 3 provenientes do submédio do Vale do São Francisco.. 2003. (Congresso).

21.
I Seminário de Zoneamento Ecológico Econômico do Vale do São Francisco.. 2001. (Seminário).

22.
52a Reunião Anual da SBPC. Efeitos da Fragmentação do Cerrado Sobre as Comunidades de Térmitas (Isoptera): Evidências de Fragmentos Históricos. 2000. (Congresso).

23.
6o Congresso de Iniciação Científica da Universidade de Brasília. Padrões de Diversidade de Térmitas (Isóptera) em Fragmentos Históricos de Cerrado em Rondônia.. 2000. (Congresso).

24.
XXIII Congresso Brasileiro de Zoologia. A Fauna de Cupins da Área Urbana de Brasília ? DF (Insecta: Isoptera). 2000. (Congresso).

25.
5o Congresso de Iniciação Científica da Universidade de Brasília. Diversidade e Importância Econômica da Faunda de Cupins da Área Urbana de Brasília - DF (Insecta: Isoptera). 1999. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
DIANESE, E. C.. 3º Congresso Brasileiro Florestal no Cerrado. 2017. (Congresso).

2.
DIANESE, E. C.. VIII Reunião Brasileira Sobre Indução de Resistência em Plantas a Patógenos. 2016. (Congresso).

3.
DIANESE, E. C.. XXVII Congresso Brasileiro de Virologia e XI Encontro de Virologia do Mercosul. 2016. (Congresso).

4.
DIANESE, E. C.. V Jornada Científica da Pós-Graduação na EA. 2012. (Outro).

5.
DIANESE, E. C.. 5th International Geminivirus Symposium & 3rd International ssDNA Comparative Virology Workshop. 2007. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Márcia Araújo Fonseca. Sem título. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

2.
Rafael Ferreira Silvério. Sem título. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás. (Coorientador).

Tese de doutorado
1.
Geisiane Alves Rocha. Sem título. Início: 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Bruna Carla Fagundes Crispim. Identificação e incorporação de genes para resistência durável à brusone (Magnaporthe oryzae) em arroz cultivado no Brasil. Início: 2015. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Sarah de Oliveira e Souza. USO DE DIFERENTES HERBICIDAS APLICADOS ISOLADOS OU EM MISTURA EM PRÉ E PÓS EMERGÊNCIA DAS PLANTAS DANINHAS QUE PODEM INTERFERIR NO AMBIENTE FLORESTAL. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Ruth Hevellyn Paiva Perné Vilas Boas. DETECÇÃO E IDENTIFICAÇÃO DE FITOVÍRUS EM ESPÉCIES ARBÓREAS DO CERRADO. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Lucas Cedro Temponi. Supervisão de Monitoria da disciplina de Patologia Florestal 1. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Goiás. UFG. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Geisiane Alves da Rocha. Begomovírus em áreas de cerrado: de herbáceas cultivadas a arbóreas selvagens. 2017. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Erico de Campos Dianese.

2.
Renata Maria de Oliveira. Análises da Resistência Genética a Tospovirus e Potyvirus em Acessos de Solanum (Secção Lyvopersicon). 2014. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Erico de Campos Dianese.

3.
Vanessa Duarte Dias. Otimização da detecção de Raquitismo da Soqueira e Escaldadura das Folhas em Cana-de-açúcar utilizando PCR. 2012. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Erico de Campos Dianese.

Tese de doutorado
1.
Renata Maria de Oliveira. Estudos de fontes de resistência genética e induzida a dois complexos virais do tomateiro. 2018. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Erico de Campos Dianese.

2.
Daniella Vieira Cândida. Caracterização de um isolado de Bean rugose mosaic vírus (BRMV) e busca por fontes de resistência em Phaseolus vulgaris. 2017. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Erico de Campos Dianese.

3.
Vanessa Duarte Dias. Detecção com técnicas moleculares de Leifsonia xyli subsp. xyli e Xanthomonas albilineans em cana-de-açúcar. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Erico de Campos Dianese.

4.
Renato Carrer Filho. Identificação de acessos de tomate resistentes às raças fisiológicas de fusarium oxysporum fsp lycopersici. 2014. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Erico de Campos Dianese.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Daniel Diego Costa Carvalho. 2014. Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás. Erico de Campos Dianese.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Marcílio José de Oliveira Júnior. Mosca-branca, vetor da geminivirus e do crinivirus no tomateiro. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tomate para processamento industrial) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Erico de Campos Dianese.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Tulio Veríssimo Martins. Indutores de resistência no manejo de Sugarcane mosaic virus em cana-de-açúcar. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Erico de Campos Dianese.

2.
Rodrigo Carlos Batista de Sousa. Fungos Fitopatogênicos em Povoamentos de Eucaliptos Clonais no Município de Niquelândia-GO. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Apoio à Pesquisa. Orientador: Erico de Campos Dianese.

3.
Thaís Vieira Webber. Controle do Cancro e Avaliação da Influência do Patógeno nas Propriedades da Madeira de Khaya ivorensis. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás. Orientador: Erico de Campos Dianese.

4.
Eduardo Dias Ramalho. Detecção Molecular de Grapevine Leafroll associated Virus 3 (GLRaV-3) em Amostras Originárias do Submédio do Vale do São Francisco.. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biologia) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Erico de Campos Dianese.

Iniciação científica
1.
Jennifer Borges de Menezes Monteiro. INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA NA EXPRESSÃO DO GENE SW-5 EM CULTIVARES DE TOMATEIROS RESISTENTES A ESPÉCIES DE ORTHOTOSPOVIRUS. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Erico de Campos Dianese.

2.
Tulio Veríssimo Martins. DETECÇÃO, OBTENÇÃO E MANUTENÇÃO DE UM ISOLADO VIRAL FITOPATOGÊNICO EM CANA-DE-AÇÚCAR NO ESTADO DE GOIÁS. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Erico de Campos Dianese.

3.
Jennifer Borges de Menezes Monteiro. Montagem de uma plataforma de clonagem para utilização na construção de clones infecciosos de Bean rugose mosaic virus (BRMV). 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Erico de Campos Dianese.

4.
Túlio Veríssimo Martins. Desenvolvimento de métodos de controle do cancro do mogno africano (Khaya ivorensis) em árvores sintomáticas. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás. Orientador: Erico de Campos Dianese.

5.
Sarah de Oliveira e Souza. Identificação de fungos fitopatogênicos que ocorrem em áreas de produção florestal do Estado de Goiás (GO). 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Erico de Campos Dianese.

6.
Jéssica Leite André. Identificação taxômica e molecular de fungos fitopatogênicos que ocorrem em áreas de produção de Eucalyptus spp. do estado de Goiás. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Erico de Campos Dianese.

7.
Thaís Vieira Webber. Desenvolvimento de métodos de controle do cancro do mogno africano (Khaya ivorensis) em árvores sintomáticas. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Erico de Campos Dianese.

8.
Rodrigo Carlos Batista de Sousa. Mapeamento das áreas de produção de eucalipto no estado de Goiás. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Erico de Campos Dianese.

9.
Jéssica Leite André. Levantamento das condições fitossanitárias e mapeamento das áreas de produção de eucalipto no estado de Goiás. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Erico de Campos Dianese.

10.
Thaís Vieira Webber. Mapeamento de áreas de produção de Eucalyptus spp. do Estado de Goiás (GO). 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Erico de Campos Dianese.

11.
Ketley Ludymila Melo e Silva. Caracterização de espécies de fungos de áreas de produção de Eucalyptus spp. do Estado de Goiás (GO). 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Erico de Campos Dianese.

12.
Jaqueline Pinheiro da Silva. Identificação de fitopatógenos em plantios de Eucalyptus spp. do Estado de Goiás (GO). 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Erico de Campos Dianese.

Orientações de outra natureza
1.
Gustavo Henrique Silva Peixoto. Supervisão de estágio curricular não-obrigatório. 2018. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Estadual de Goiás. Orientador: Erico de Campos Dianese.

2.
Tulio Veríssimo Martins. Supervisão de estágio curricular obrigatório. 2018. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Erico de Campos Dianese.

3.
Sarah de Oliveira e Souza. Supervisão de estágio Curricular Obrigatório. 2017. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Erico de Campos Dianese.

4.
Rodrigo Carlos Batista de Sousa. A biodiversidade da região de Barro Alto e Niquelândia, Estado de Goiás. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Apoio à Pesquisa. Orientador: Erico de Campos Dianese.

5.
Sarah de Oliveira e Souza. A biodiversidade da região de Barro Alto e Niquelândia, Estado de Goiás. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Apoio à Pesquisa. Orientador: Erico de Campos Dianese.

6.
Gesiane Ribeiro Guimarães. Acompanhamento de atividades em laboratório de virologia e micologia (com ênfase em virologia). 2010. Orientação de outra natureza. (Gestão Ambiental) - Instituto Federal Goiano. Orientador: Erico de Campos Dianese.

7.
Flávio de Oliveira Rosa. Acompanhamento de atividades em laboratório de virologia e micologia (com ênfase em virologia). 2010. Orientação de outra natureza. (Gestão Ambiental) - Instituto Federal Goiano. Orientador: Erico de Campos Dianese.

8.
Vânia Severo. Acompanhamento de atividades em laboratório de virologia e micologia (com ênfase em virologia). 2010. Orientação de outra natureza. (Gestão Ambiental) - Instituto Federal Goiano. Orientador: Erico de Campos Dianese.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
DIANESE, E. C.; DAUD, R. D. ; COSTA, A. . Participação no programa 'Faz o Quê' da TV UFG. 2012. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).



Outras informações relevantes


- Experiência am sala de aula:
Disciplina: Estágio em docência
Carga Horária: 40 horas
Professor responsável: Renato de Oliveira Resende
Instituição: Universidade de Brasília

- Monitoria:
Disciplina: Incêndios Florestais
Carga Horária: 64 horas
Professor Responsável: Prof. Nilton César Fiedler
Instituição: Universidade de Brasília

- Contribuição junto ao Departamento de Fitopatologia da UnB:
Disciplinas:
Introdução à Virologia: 30 horas
Pesquisa em Virologia: 60 horas
Virologia Vegetal Avançada: 60 horas

- Conhecimentos de Informática, incluindo-se:

Windows 98/XP/Vista, Microsoft Office, Corel DRAW, PhotoPaint, Firefox, Internet Explorer, Outlook Express, Frontpage Express

 Montagem de rede e configuração para Internet.

 Montagem e manutenção de computadores.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/01/2019 às 14:54:50