Mateus Fávaro Reis

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1558676400769398
  • Última atualização do currículo em 02/05/2018


Possui graduação em Farmácia (2001), História (2006), mestrado em História (2008) e doutorado em História (2012) pela Universidade Federal de Minas Gerais. Cursou pós-doutorado na Universidad de La Frontera, no Chile. Tem experiência na área de História das Américas, atuando principalmente nos seguintes temas: História Intelectual, História dos Intelectuais, História do Cone Sul, História dos Impressos, Hispano-americanismo, Indo-americanismo, Latino-americanismo, Pan-americanismo, Historiografia sobre povos indígenas do Chile e da Argentina, História e imagens. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mateus Fávaro Reis
Nome em citações bibliográficas
REIS, M. F.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Ouro Preto, Instituto de Ciências Humanas e Sociais.
Rua do Seminário, s/nº
Centro
35420000 - Mariana, MG - Brasil
Telefone: (31) 3135579427
URL da Homepage: http://www.ichs.ufop.br/


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2012
Doutorado em História.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: Políticas da leitura, leituras da política: uma história comparada sobre os debates político-culturais em, Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Kátia Gerab Baggio.
Palavras-chave: História do Uruguai; História do Chile; História dos Intelectuais e dos Impressos; "Marcha"; "Ercilla".
Grande área: Ciências Humanas
2006 - 2008
Mestrado em História.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: Americanismo(s) no Uruguai: os olhares entrecruzados dos intelectuais sobre a América Latina e os Estados Unidos (1917-1969),Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Kátia Gerab Baggio.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Emilio Frugoni; José G. Antuña; Carlos Quijano; Intelectuais; Uruguai; Latino-americanismo.
Grande área: Ciências Humanas
2002 - 2005
Graduação em História.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
1997 - 2000
Graduação em Farmácia.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.


Pós-doutorado


2016 - 2017
Pós-Doutorado.
Universidad de La Frontera, U.FRONTERA, Chile.
Grande área: Ciências Humanas


Atuação Profissional



Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

07/2013 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, .

Cargo ou função
Representante Titular do Departamento de História no Comitê Cultura e Arte - PROEXT.
06/2013 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de Historia.

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante.

Instituto Federal Minas Gerais, IFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2013
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor de ensino médio e tecnológico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, CEFET/MG, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor de ensino médio, Carga horária: 40


Faculdade Pitágoras - Campus Betim, FPB, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 5


Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais, FHEMIG, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2007
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Analista da Saúde - Farmacêutico Hospitalar, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2013 - 2014
Bartolomé Mitre no imaginário argentino: As permanências de um projeto político identificadas na coleções populares distribuídas entre 1900 e 1920
Descrição: Visando compreender a singularidade das manifestações do nacionalismo argentino, o presente estudo busca articular como ocorreu tal processo, a partir da leitura das obras de Bartolomé Mitre e sua permanência na sociedade argentina. O presente projeto busca analisar como a comunidade científica argentina retoma Bartolomé Mitre enquanto político e intelectual. Em paralelo, busca compreender a permanência do pensamento de Mitre na construção da sociedade e da nação argentina. Por fim, a tentativa de se situar diante dos atuais debates sobre identidade nacional, nacionalidade e nacionalismo..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Mateus Fávaro Reis - Coordenador.
2013 - Atual
Identidade e alteridade no Chile: historiografia, ensaios e fotografias sobre os indígenas (1860-1910)
Descrição: O objetivo principal do projeto consiste em abordar o debate a respeito do lugar dos indígenas para a formação do Estado Nacional chileno, empreendidos entre o discurso histórico, os ensaios e as fotografias que foram produzidas no período selecionado. Mais do que um trabalho propriamente sobre a história da historiografia chilena, essa pesquisa enfatiza a necessidade de ver em perspectiva o discurso histórico em relação a outros campos de conhecimento responsáveis pela interpretação do conjunto social..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Mateus Fávaro Reis - Coordenador.
2013 - Atual
O Brasil em Marcha e Ercilla: a participação dos brasileiros na construção do latino-americanismo e da integração regional no semanário Marcha, do Uruguai, e Ercilla, do Chile
Descrição: Os objetivos centrais da pesquisa consistem em analisar a importância dos impressos para a elaboração de redes intelectuais e políticas latino-americanistas, particularmente no Uruguai e no Chile, entre as décadas de 1930 e 1970. Para tanto, enfatiza-se o lugar do Brasil e dos brasileiros tanto como tema quanto como artífices do semanário "Marcha", da revista mensal homônima e da editora "Biblioteca de Marcha", bem como da revista "Ercilla"..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Mateus Fávaro Reis - Coordenador.


Membro de corpo editorial


2014 - Atual
Periódico: Revista Eletrônica da ANPHLAC


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2000
Trabalho premiado na IX Semana de Iniciação Científica, Universidade Federal de Minas Gerais.
1999
Melhor Painel do Setor de Química Orgânica, Sociedade Brasileira de Química.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
REIS, M. F.2015REIS, M. F.. É preciso escolher: o papel desempenhado pelas revistas 'Marcha' e 'Ercilla' no debate político do Uruguai e do Chile durante a primeira metade da década de 1970. Dimensões: Revista de História da UFES, v. n. 35, p. 416-442, 2015.

2.
REIS, M. F.2015REIS, M. F.; SOARES, G. P. . Apresentação. Revista Eletrônica da ANPHLAC, v. 1, p. 1-5, 2015.

3.
REIS, M. F.2013REIS, M. F.. O lugar de Acción e Marcha na construção do latino-americanismo no Uruguai (1932-1945). Temporalidades, v. 5, p. 75-96, 2013.

4.
REIS, M. F.2013REIS, M. F.. Latino-americanismo e pan-americanismo no Uruguai do entreguerras: Entre utopias e distopias. Revista Eletrônica da ANPHLAC, v. XIII, p. 198-224, 2013.

5.
REIS, M. F.2012 REIS, M. F.. Imprensa de opinião ou de informação no Uruguai e no Chile. Um falso dilema?. Orbis Tertius (En línea), v. 1, p. 1-8, 2012.

6.
REIS, M. F.2008 REIS, M. F.. O debate intelectual uruguaio sobre a América Latina e os Estados Unidos do Pós-Segunda Guerra: entre democracias e revoluções. História Revista (UFG), v. 13, p. 461-482, 2008.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
REIS, M. F.. Americanismo(s) no Uruguai: Os olhares entrecruzados dos intelectuais sobre a América Latina e os Estados Unidos (1917-1969). 1ª. ed. São Paulo: Alameda, 2014. 347p .

Capítulos de livros publicados
1.
REIS, M. F.. Exílio, mercado editorial e circulação de ideias em Ercilla e Marcha: uma história comparada. In: César Zamorano Díaz. (Org.). Escrituras en tránsito. Revistas y redes culturales en América Latina. 1ed.Santiago: Cuarto Propio, 2017, v. , p. 83-91.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
REIS, M. F.. Algunas reflexiones sobre el exilio en los periódicos Ercilla y Marcha, entre las décadas de 1930 y 1970. In: III Jornadas de Trabajo Exilios Políticos del Cono Sur en el siglo XX, 2016, Santiago. Ponencias III Jornadas, 2016, 2016.

2.
REIS, M. F.. Una interpretación sobre la construcción de la idea de América Latina por medio de las fotografías, charges y caricaturas publicadas en las páginas del semanario 'Marcha' de Uruguay (1939-1974). In: III Jornadas de Estudios de América Latina y el Caribe. América Latina: escenarios en disputa, 2016, Buenos Aires. CULTURA, ARTE Y POLÍTICA EN AMÉRICA LATINA. Buenos Aires: Instituto de Estudios de América Latina y el Caribe, 2016. p. 206-213.

3.
REIS, M. F.. NO ES CHISTE: UMA ANÁLISE SOBRE AS CARICATURAS E CHARGES QUE CRITICARAM A ASCENSÃO DO MILITARISMO NA AMÉRICA LATINA POR MEIO DO SEMANÁRIO URUGUAIO MARCHA. In: VII Simpósio Nacional de História Cultural HISTÓRIA CULTURAL: ESCRITAS, CIRCULAÇÃO, LEITURAS E RECEPÇÕES, 2015, São Paulo. Anais do VII Simpósio Nacional de História Cultural - Escrita, circulação, leituras e recepções, 2014.

4.
REIS, M. F.. Si, somos latinoamericanos: o papel dos semanários 'Ercilla' e 'Marcha' para a construção do conceito de América Latina no Chile e no Uruguai (1939-1974). In: Simpósio Internacional Pensar e Repensar a América Latina, 2015, São Paulo. Anais Simpósio Internacional "Pensar e Repensar a América Latina". São Paulo: ECA/USP, 2014. p. 834-847.

5.
REIS, M. F.. Identidades e alteridades no Chile: historiografia, ensaios e fotografias sobre os indígenas (1860-1910). In: XXVIII Simpósio Nacional de História, 2015, Florianópolis. Anais Eletrônicos, 2015. v. 1. p. 1-16.

6.
REIS, M. F.. O Chile dos apristas: exílio, mercado editorial e atuação política (1930-1945). In: II Jornadas de Trabajo: Exilios Políticos del Cono Sur en el siglo XX, 2014, Montevidéu. Ponencias II Jornadas, 2014, 2014.

7.
REIS, M. F.. O olhar fotográfico sobre os indígenas argentinos e chilenos na segunda metade do século XIX: a construção de imaginários sobre a alteridade mapuche em perspectiva transnacional. In: XI Encontro Internacional da ANPHLAC, 2014, Niterói-RJ. Anais do XI Encontro Internacional da ANPHLAC, 2014.

8.
REIS, M. F.. Exílio, memórias e testemunho: para ler 'Visto y vivido en Chile', de Luis Alberto Sánchez. In: XXVII Simpósio Nacional de HIstória, 2013, Natal. Anais eletrônicos, 2013.

9.
REIS, M. F.. Olhares ao Norte: o debate intelectual sobre o México no Uruguai (1922-1928). In: VII Encontro Internacional da ANPHLAC, 2006, Campinas. Anais Eletrônicos do VII Encontro Internacional da ANPHLAC, 2006.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
REIS, M. F.. Marcha e Ercilla: novas coordenadas dos mercados editoriais no Uruguai e no Chile (1928-1974). In: IX Encontro Internacional da ANPHLAC, 2010, Goiânia. IX Encontro Internacional da ANPHLAC. Programação e caderno de resumos.. Goiânia: ANPHLAC, 2010. p. 101-102.

2.
REIS, M. F.. De Montevidéu a Moscou: a viagem de Emilio Frugoni à União Soviética, 1944-1946. In: VIII Encontro Internacional da ANPHLAC, 2008, Vitória. Programação e caderno de resumos. Vitória: ANPHLAC, 2008. p. 52.

3.
REIS, M. F.. "La sensibilidad americana" ou "El nuevo acento": as identidades latino-americanas e os projetos de integração continental na perspectiva uruguaia (1925-1938). In: XXIV Simpósio Nacional de História, 2007, São Leopoldo. História e Multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos. São Leopoldo: Oikos-ANPUH, 2007. v. 1. p. 397-397.

4.
REIS, M. F.. Síntese de potencial agente antineoplásico direcionado para células hipóxicas: complexo de platina com diaminoaçúcar contendo o grupo 3,5-dinitrobenzoíla. In: I Semana do Conhecimento da UFMG - IX Semana de Iniciação Científica, 2000, Belo Horizonte. Anais da I Semana do Conhecimento da UFMG [e] IX Semana de Iniciação Científica. Belo Horizonte: UFMG, 2000. v. 1. p. 128.

5.
REIS, M. F.; ALVES, R. J ; FARACO, A. A. G. . Síntese de intermediários para a obtenção de lactamas macrocíclicas a partir de carboidratos. In: 22a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 1999, Poços de Caldas - MG. 22a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 1999. p. QO049.

6.
REIS, M. F.. Síntese de Tetrazóis a partir de D-Galactose. In: VIII Semana de Iniciação Científica - I Semana dé Pós-Graduação, 1999, Belo Horizonte. Anais da VIII Semana de Iniciação Científica [e] I Semana de pós-Graduação: Pesquisa e Sociedade. Belo Horizonte: UFMG, 1999. v. 1. p. 134.

Apresentações de Trabalho
1.
REIS, M. F.. Ercilla: un proyecto editorial para toda América. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
REIS, M. F.. O debate político-cultural sobre reformismo, revolução e democracia, no Uruguai e no Chile dos anos 60, por meio dos semanários Marcha e Ercilla. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
REIS, M. F.. Exilio, mercado editorial y circulación de ideas en Marcha y Ercilla: una historia comparada. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
REIS, M. F.. Una historia comparada de la producción de imágenes sobre pueblos indígenas durante el siglo XIX en Brasil y en Chile. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
REIS, M. F.. Polémicas transfronterizas: los desafíos enfrentados por proyectos editoriales en Chile y Uruguay frente a la expansión de la industria libresca argentina (1934-1970). 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
REIS, M. F.. Algunas reflexiones sobre el exilio en los periódicos Ercilla y Marcha, entre las décadas de 1930 y 1970. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
REIS, M. F.. Una interpretación sobre la construcción de la idea de América Latina por medio de las fotografías, charges y caricaturas publicadas en las páginas del semanario Marcha de Uruguay (1939-1974). 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
REIS, M. F.. Identidades e alteridades no Chile: historiografia, ensaios e fotografias sobre os indígenas (1860-1910). 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
REIS, M. F.. Revisar el pasado para construir el futuro: cultura histórica artiguista en el semanario 'Marcha'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
REIS, M. F.. Mundos em Conexão: Exílio e Produção Editorial no Cone Sul (1930-1970). 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
REIS, M. F.. Identidade e alteridade no Chile: historiografia, ensaios e fotografias sobre os indígenas (1860-1910). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
REIS, M. F.. O olhar fotográfico sobre os indígenas argentinos e chilenos na segunda metade do século XIX: a construção de imaginários sobre a alteridade mapuche em perspectiva transnacional. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
REIS, M. F.. Ensaios, historiografia e fotografias sobre os indígenas chilenos (1859-1907). 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
REIS, M. F.. Golpe Militar, 50 anos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

15.
REIS, M. F.. O Chile dos apristas: exílio, mercado editorial e atuação política (1930-1945). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
REIS, M. F.. No es chiste: uma análise sobre as caricaturas e charges que criticaram a ascensão do militarismo na América Latina por meio do semanário uruguaio 'Marcha'. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
REIS, M. F.. Si, somo latinoamericanos: o papel dos semanários 'Ercilla' e 'Marcha' para a construção do conceito de América Latina no Chile e no Uruguai (1939-1974). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
REIS, M. F.. Exílio, memórias e testemunho: para ler 'Visto y vivido en Chile', de Luis Alberto Sánchez. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
REIS, M. F.. Elegir es preciso: la trayectoria de la revista 'Ercilla' durante el gobierno de la Unidad Popular. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
REIS, M. F.. Revisar o passado para construir o futuro no Uruguai: o ideário artiguista no semanário 'Marcha'. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
REIS, M. F.. A construção dos ?outros?: ensaios e fotografias sobre os indígenas chilenos durante as últimas décadas do século XIX. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
REIS, M. F.. Histórias cruzadas: exílio, mercado editorial e circulação de ideias no Chile e no Uruguai de meados do século XX. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
REIS, M. F.. Ensaios sobre a cultura popular no Chile (1890-1940). 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
REIS, M. F.. O Brasil em 'Marcha'. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

25.
REIS, M. F.. Imprensa de opinião ou imprensa de informação no Uruguai e no Chile (1932-1945): um falso dilema?. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
REIS, M. F.. Marcha e Ercilla: novas coordenadas dos mercados editoriais no Uruguai e no Chile (1928-1974). 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
REIS, M. F.. De Montevidéu a Moscou: a viagem de Emilio Frugoni à União Soviética, 1944-1946. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
REIS, M. F.. Americanismo, americanismos: el debate intelectual sobre América Latina y los Estados Unidos en Uruguay, 1917-1969. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
REIS, M. F.. (Re)imaginar a nação: narrativas em busca da identidade uruguaia (1870-1930). 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
REIS, M. F.; ALVES, ; ALVES, R. B. ; ALVES, R. J ; FARACO, A. A. G. ; PRADO, M. A. F. ; PRADO, R. F. ; SOUZA FILHO, J. D. . Síntese de intermediários para obtenção de lactamas macrocíclicas a partir de carboidratos. 1999. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
REIS, M. F.. Parecer AD HOC Revista Eletrônica História da Historiografia. 2015.

2.
REIS, M. F.. Parecer AD HOC Revista Temporalidades. 2014.

3.
REIS, M. F.. Parecer AD HOC Revista Cadernos de História. 2014.

4.
REIS, M. F.. Parecer AD HOC Revista Varia Historia. 2014.

5.
REIS, M. F.. Parecer AD HOC Revista Eletrônica da Anphlac. 2014.

6.
REIS, M. F.. Parecer AD HOC Revista Eletrônica da Anphlac. 2013.

7.
REIS, M. F.. Parecer AD HOC Revista Cadernos de História. 2013.


Demais tipos de produção técnica
1.
REIS, M. F.. Semana da Anistia 2015. 2015. (Comentarista do filme "Repare Bem").

2.
REIS, M. F.. As revistas e o espaço público: formação de leitores, crítica cultural e política. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
REIS, M. F.. Os intelectuais e a política na América Hispânica: em busca das identidades latino-americanas (1890-1930). 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Demais trabalhos
1.
REIS, M. F.. A cidade moderna movida à lenha: um estudo sobre a tradição e a modernidade de Belo Horizonte por meio das formas de energia utilizadas por sua população, 1897-1926. 2003 (Monografia) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
REIS, M. F.; Costa, A. V.; FERNANDES, L. E. O.. Participação em banca de Lídia Maria de Abreu Generoso. "O povo colonizado não está sozinho": Terceiro Mundo, anti-imperialismo e revolução nas páginas da revista Tricontinental (1967-1976). 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

2.
BAGGIO, K. G.; RANGEL, M. M.; REIS, M. F.. Participação em banca de Andrezza Kelly Lisboa. Aproximações e distanciamentos entre o Brasil e as Américas nas revistas do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro entre 1889 e 1894. 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

3.
AZEVEDO, C. S.; FERNANDES, L. E. O.; REIS, M. F.. Participação em banca de Matheus Carletti Xavier. The Freedmen's Bureau e a Ampliação da Cidadania nos Estados Unidos (1865-1872). 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

4.
AGGIO, A.; PINHEIRO, M. S.; REIS, M. F.. Participação em banca de Elvis de Almeida Diana. Educação e Cidadania Política em José Pedro Varela: a Reforma Vareliana como instrumento de democracia e progresso no Uruguai(1865-1881). 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

5.
PRADO, M. L. C.; BAGGIO, K. G.; Costa, A. V.; REIS, M. F.. Participação em banca de Thiago Henrique Oliveira Prates. O mundo não acaba no Malecón: exílio, intelectuais e dissidência política nas revistas "Encuentro de la Cultura Cubana" e "Revista Hispano-Cubana" (1996-2002). 2015. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
FREITAS NETO, J. A.; FERNANDES, L. E. O.; REIS, M. F.. Participação em banca de Fernanda Luiza Teixeira Lima. Batalhas pela memória: verdade, reparação e justiça nas narrativas historiográficas e fílmicas sobre a ditadura chilena (1973-2015). 2015. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

7.
Costa, A. V.; BRANDAO, P. C.; REIS, M. F.. Participação em banca de Ângelo Anderson Andrade Coimbra. O conflito armado e a violência no Peru sob a ótica da Comisión de la Verdad y Reconciliación Informe Final (1980-2003). 2015. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

8.
FERNANDES, L. E. O.; FREITAS NETO, J. A.; REIS, M. F.. Participação em banca de Fernanda Bastos Barbosa. De herói a tirano: as interpretações do Porfiriato entre os anos de 1902 e 1920. 2014. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Teses de doutorado
1.
BAGGIO, K. G.; CAPELATO, M. H.; DUTRA, E. R. F.; Costa, A. V.; REIS, M. F.. Participação em banca de Helaine Nolasco Queiroz. O dilema cosmopolita versus nacional nas vanguardas latino-americanas: uma comparação entre a revista Martín Fierro e a Revista de Antropofagia (1924-1929). 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Qualificações de Doutorado
1.
BAGGIO, K. G.; Costa, A. V.; REIS, M. F.. Participação em banca de Helaine Nolasco Queiroz. O dilema nacional versus cosmopolita na vanguarda latino-americana: uma comparação entre a revista Martín Fierro e a Revista de Antropofagia (1924-1929). 2016. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Qualificações de Mestrado
1.
FERNANDES, L. E. O.; RANGEL, M. M.; REIS, M. F.. Participação em banca de Andrezza Kelly L. F. Pinto. Aproximações Intelectuais entre Brasil e América Hispânica- IHGB (1889-1894). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

2.
FERNANDES, L. E. O.; ARAUJO, V. L.; REIS, M. F.. Participação em banca de Atahualpa Yupanqui Lobo Chamorro. A escrita da história do Inca Garcilaso de la Vega e a imagem Inca de. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

3.
GONCALVES, A. L.; FERNANDES, L. E. O.; REIS, M. F.. Participação em banca de Matheus Carletti Xavier. The Freedmen's Bureau e a ampliação da cidadania norte-americana. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

4.
MOTTA, R. P. S.; Costa, A. V.; REIS, M. F.. Participação em banca de Raphael Coelho Neto. Éxílio, Intelectuais e Literatura de Resistência Política nas revistas "Literatura Chilena en el Exilio/Literatura Chilena, Creación y Crítica" e "Araucaria de Chile". 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
SILVEIRA, M. A.; FERNANDES, L. E. O.; REIS, M. F.. Participação em banca de Fernanda Luiza Teixeira Lima. Escrever o passado, pensar o presente: historiadores e a batalha pela memória através da historiografia. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

6.
Costa, A. V.; BAGGIO, K. G.; REIS, M. F.. Participação em banca de Thiago Henrique Oliveira Prates. Outra Cuba: exílio intelectual e dissidência política nas revistas Encuentro de la Cultura Cubana e Revista Hispano Cubana (1996-2009). 2014. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
Costa, A. V.; BAGGIO, K. G.; REIS, M. F.. Participação em banca de Flávia Schettino Marques Gomes. Vencer o Morir: a Guerra do Pacífico, o Combate Naval de Iquique e a construção do nacionalismo chileno nas páginas do jornal "El Mercurio de Valparaíso" (1879-1884). 2014. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

8.
ABREU, M.; REIS, M. F.. Participação em banca de Fernanda Bastos Barbosa. PORFIRIO DÍAZ, SENHOR DO MÉXICO. As representações do Porfiriato em escritores mexicanos da primeira e segunda fase revolucionária (1912-1921). 2013. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
REIS, M. F.; DIAS, N. V.. Participação em banca de Flávia Schettino Marques Gomes. Guerra doi Pacífico: o combate naval de Iquique e a construção do nacionalismo chileno nas páginas do jornal El Mercurio de Valparaiso - maio de 1879.. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em História e Culturas Políticas) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
DIAS, N. V.; REIS, M. F.. Participação em banca de Raphael Coelho Neto. Culturas Políticas de esquerda na América Latina nos anos 1920: revolução e libertação nacional em José Carlos Mariátegui, Haya de la Torre e Julio Antonio Mella. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em História e Culturas Políticas) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
REIS, M. F.; MITRE, A.; Costa, A. V.. Participação em banca de Poliana Vasconcelos Xavier. O pensamento social e político de Manuel González Prada. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em História e Culturas Políticas) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
REIS, M. F.; MITRE, A.; Costa, A. V.. Participação em banca de Natália Cristina C. Martino. Desafios da democracia latino-americana: populismo na Venezuela. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em História e Culturas Políticas) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
REIS, M. F.; KALIL, L. G.. Participação em banca de Nathália Alves Louzada Boaventura.Epopeia do povo mexicano: o papel do Movimento Muralista e do governo na busca pela definição da identidade nacional mexicana nas décadas de 1920 e 1930. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

2.
QUELER, J.; REIS, M. F.. Participação em banca de Lucas Sales Furtado.Que história norte-americana conhecemos? Uma análise dos manuais de história dos Estados Unidos editados no Brasil (1960-1990). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

3.
REIS, M. F.. Participação em banca de Viviane Pereira da Silva.Imprensa e Revolução Sandinista: apreensões acerca do processo revolucionário através de "Cuadernos Políticos". 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
MITRE, A.; REIS, M. F.. Participação em banca de Thiago Henrique Oliveira Prates.O exílio intelectual cubano na revista "Encuentro de la Cultura Cubana". 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
REIS, M. F.. Processo Seletivo Simplificado - Professor Temporário, edital nº 029/2011. 2012. Instituto Federal Minas Gerais.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II Jornadas de trabajo sobre Exilios Políticos del Cono Sur en el Siglo XX: Agendas, problemas y perspectivas conceptuales.O Chile dos apristas: exílio, mercado editorial e atuação política (1930-1945). 2014. (Outra).

2.
Simpósio Internacional Pensar e Repensar a América Latina.Si, somo latinoamericanos: o papel dos semanários "Ercilla" e "Marcha" para a construção do conceito de América Latina no Chile e no Uruguai (1939-1974). 2014. (Simpósio).

3.
VII Simpósio Nacional de História Cultural: Escritas, Circulação, Leituras e Recepções.No es chiste: uma análise sobre as caricaturas e charges que criticaram a ascensão do militarismo na América Latina por meio do semanário uruguaio "Marcha". 2014. (Simpósio).

4.
A cuarenta años del golpe de Estado en Chile: usos y abusos en en la memoria.Elegir es preciso: la trayectoria de la revista "Ercilla" durante el gobierno de la Unidad Popular. 2013. (Seminário).

5.
I Congresso Latino-Americano da Sharp: A Cidade das Letras. A construção dos ?outros?: ensaios e fotografias sobre os indígenas chilenos durante as últimas décadas do século XIX. 2013. (Congresso).

6.
Iº Colóquio NEHM/PRONEM: variedades do discurso histórico.Revisar o passado para construir o futuro no Uruguai: o ideário artiguista no semanário "Marcha". 2013. (Outra).

7.
XXVII Simpósio Nacional de História.Exílio, memórias e testemunho: para ler "Visto y vivido en Chile", de Luis Alberto Sánchez. 2013. (Simpósio).

8.
I Encontro de pesquisa em História da UFMG.Ensaios sobre a cultura popular no Chile (1890-1940). 2012. (Encontro).

9.
X Encontro Internacional da Anphlac. O Brasil em "Marcha". 2012. (Congresso).

10.
IX Encontro Internacional da Anphlac. "Marcha" e "Ercilla": novas coordenadas dos mercados editoriais no Uruguai e no Chile (1928-1974). 2010. (Congresso).

11.
VIII Encontro Internacional da ANPHLAC.De Montevidéu a Moscou: a viagem de Emilio Frugoni à União Soviética, 1944-1946. 2008. (Encontro).

12.
XXIV Simpósio Nacional de História."La sensibilidad americana" ou "El nuevo acento": as identidades latino-americanas e os projetos de integração continental na perspectiva uruguaia (1925-1938). 2007. (Simpósio).

13.
VII ENCONTRO INTERNACIONAL DA ANPHLAC.Olhares ao norte: o debate intelectual sobre o México no Uruguai, entre 1922 e 1928. 2006. (Encontro).

14.
I Semana do Conhecimento da UFMG - IX Semana de Iniciação Científica.Síntese de potencial agente antineoplásico direcionado para células hipóxicas: complexo de platina com diaminoaçúcar contendo o grupo 3,5-dinitrobenzoíla. 2000. (Outra).

15.
22 Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química.Síntese de intermediários para obtenção de lactamas macrocíclicas a partir de carboidratos. 1999. (Encontro).

16.
VIII Semana de Iniciação Científica - I Semana dé Pós-Graduação.Síntese de Tetrazóis a partir de D-Galactose. 1999. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MOLLO, H. ; ABREU, M. ; RANGEL, M. ; REIS, M. F. ; MACHADO, R. . 8º Seminário Brasileiro de História da Historiografia. 2014. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Marcos Vinícius Gontijo Alves. Juan Rulfo, um intérprete da Revolução: capo, cidade e modernização no México pós-revolucionário (1945-1979). Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. (Orientador).

2.
NADIA MILUSHKA LÓPEZ SONCCO. Alternativas a la modernidad capitalista en el Perú. Intelectuales, regionalismo e ideas federalistas en Puno (Perú, 1915-1921). Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Lídia Maria de Abreu Generoso. "Esta gran humanidad há dicho ì Basta! ":percursos tricontinentais de insurgência e resistência tracejados pela Organização de Solidariedade dos povos de África, Ásia e América Latina (1963-2016). Início: 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. (Orientador).

2.
Liliana Mendoza Ortiz. Reparación simbólica en procesos de paz enmarcados dentro de la justicia transicional latinoamericana. Início: 2017. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Iasmin do Prado Gomes. O papel dos exilados brasileiros para a construção de redes intelectuais latino-americanas por meio dos semanários "Marcha" e "Ercilla", no Uruguai e no Chile (1964-1974). Início: 2018 - Universidade Federal de Ouro Preto, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. (Orientador).

2.
Patrick Vitaliano Carvalho Morenghi. O debate sobre o processo de radicação indígena, colonização e imigração no sul do Chile (1885-1930). Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, PROGRAMA DE INICIAÇÃO À PESQUISA DA UFOP. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Lídia Maria de Abreu Generoso. "O povo colonizado não está sozinho": Terceiro Mundo, anti-imperialismo e revolução nas páginas da revista "Tricontinental" (1967-1976). 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Mateus Fávaro Reis.

2.
Andrezza Kelly Lisboa Fernandes Pinto. Aproximações e distanciamentos entre o Brasil e a as Américas nas revistas do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, entre 1889 e 1894. 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Mateus Fávaro Reis.

3.
Lídia Maria de Abreu Generoso. Terceiro Mundo, anti-imperialismo, revolução e socialismo nas páginas da revista Tricontinental (1967-1975). 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mateus Fávaro Reis.

4.
Matheus Carletti Xavier. The Freedmen s Bureau e a questão da ampliação da cidadania norte-americana. 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, . Orientador: Mateus Fávaro Reis.

5.
Andrezza Kelly Lisboa Fernandes Pinto. INTELECTUAIS DO IHGB E DIÁLOGOS LATINO-AMERICANOS. 2015. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Mateus Fávaro Reis.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
MATHEUS DE FREITAS VIEIRA. HAITIANISMO: OS IMPACTOS DE UMA REVOLUÇÃO NEGRA NO MUNDO ATLÂNTICO. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Mateus Fávaro Reis.

Iniciação científica
1.
Mark de Soldi Matzner. Identidade e alteridade no Chile: historiografia, ensaios e fotografias sobre as populações indígenas (1860-1910). 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, PROGRAMA DE INICIAÇÃO À PESQUISA DA UFOP. Orientador: Mateus Fávaro Reis.

2.
Lucas Bezerra Motta Camara. O Brasil em. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal de Ouro Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Mateus Fávaro Reis.

3.
Rodrigo Gonçalves Benevenuto. Bartolomé Mitre no imaginário argentino: as permanências de um projeto político identificados nas coleções populares distribuídas entre 1900-1920. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, PROGRAMA DE INICIAÇÃO À PESQUISA DA UFOP. Orientador: Mateus Fávaro Reis.

4.
João Pedro Marcelino Camilo de Souza. Identidade e Alteridade no Chile: historiografia, ensaios e fotografias sobre os indígenas (1860-1910). 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mateus Fávaro Reis.

5.
Juan Lopes Moraes. O Brasil em Marcha: a participação dos brasileiros na construção do latino-americanismo e da integração regional no semanário Marcha do Uruguai (1939-1974). 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, PROGRAMA DE INICIAÇÃO À PESQUISA DA UFOP. Orientador: Mateus Fávaro Reis.

6.
Júlio César de Gouvêa. O Brasil em Marcha: a participação dos brasileiros na construção do latino-americanismo e da integração regional no semanário Marcha do Uruguai (1939-1974). 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Mateus Fávaro Reis.

7.
Mark De Soldi Matzner. Identidade e Alteridade no Chile: historiografia, ensaios e fotografias sobre os indígenas (1860-1910). 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Mateus Fávaro Reis.



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
REIS, M. F.. As revistas e o espaço público: formação de leitores, crítica cultural e política. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MOLLO, H. ; ABREU, M. ; RANGEL, M. ; REIS, M. F. ; MACHADO, R. . 8º Seminário Brasileiro de História da Historiografia. 2014. (Congresso).



Outras informações relevantes


Pesquisador da Biblioteca Nacional do Chile e da Biblioteca Nacional do Uruguai (2006-2012). 
Membro do Núcleo de Estudos em História da Historiografia, a partir de 2013 (UFOP).
Membro do Projeto Coleção Brasiliana: escritos e leituras da Nação (1931-1941), entre 2006 e 2012 (UFMG).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/11/2018 às 19:34:12