Silvio Vaz Junior

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4215345921118082
  • Última atualização do currículo em 17/12/2018


Bacharel em Química com atribuições tecnológicas (Universidade Federal de Uberlândia), Mestre em Físico-Química e Doutor em Química Analítica (Universidade de São Paulo), e Doutor em Química (Universidade de Coimbra, Portugal). Foi fundador e sócio-diretor de duas empresas de análises e consultoria química (Solução Ambiental e Hidrolisis). Atualmente, é pesquisador (nível A) da Embrapa. Possui experiência em diversas áreas da Química, atuando nos seguintes temas: química analítica e ambiental; química renovável; química verde; e química agrícola. É coordenador de projetos de P&D em rede no âmbito nacional e internacional. É autor, co-autor e editor de artigos, livros e capítulos publicados no Brasil e estrangeiro, como os livros Analytical Techniques and Methods for Biomass (2016), Biomass and Green Chemistry - Building a Renewable Pathway (2018) e Analytical Chemistry Applied to Emerging Pollutants (2018) - publicados pela editora Springer Nature. É membro das principais associações nacionais e mundiais relacionadas às Ciências Químicas. É o atual presidente do ACS Brazil Chapter da American Chemical Society. É líder do grupo de pesquisa Embrapa/CNPq em química renovável. É vencedor de duas edições do Prêmio Kurt Politzer (categoria Empresa Nascente 2008 e categoria Pesquisador 2011) da Associação Brasileira da Indústria Química. É membro da Carbon Pricing Leadership Coalition/World Bank. É credenciado junto ao programa de pós-graduação em Agroquímica da Universidade Federal de Viçosa. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Silvio Vaz Junior
Nome em citações bibliográficas
VAZ-JUNIOR, S.;Sílvio Vaz Jr;VAZ, SÍLVIO;VAZ JR, SÍLVIO;VAZ JR., SÍLVIO;JUNIOR, SILVIO VAZ;VAZ JÚNIOR, S.

Endereço


Endereço Profissional
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Centro Nacional de Pesquisa em Agroenergia.
Parque Estação Biológica, W3 Norte
Asa Norte
70770901 - Brasília, DF - Brasil
Telefone: (61) 34482315
Fax: (61) 34481589
URL da Homepage: www.cnpae.embrapa.br


Formação acadêmica/titulação


2005 - 2010
Doutorado em Química (Química Analítica).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Estudo da Sorção do Antibiótico Oxitetraciclina a Solos e Ácidos Húmicos e Avaliação dos Mecanismos de Interação Envolvidos, Ano de obtenção: 2010.
Orientador: Ladislau Martin Neto.
Palavras-chave: Ácidos Húmicos; Análise Instrumental; Mecanismos de interação; Química Ambiental; Tetraciclinas.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Analítica / Especialidade: Instrumentação Analítica.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Analítica / Especialidade: Separação.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária, Produção Florestal, Pesca e Aqüicultura.
2002 - 2004
Mestrado em Físico-Química.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Composto Modelo de Armazenamento de Manganês em Sementes de Trigo: Síntese do Composto de Ácido Fítico e Manganês e sua Caracterização por Técnicas Espectroscópicas,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: Prof. Dr. Ubirajara Pereira Rodrigues Filho.
Palavras-chave: EPR; manganese storage compounds; Phytate; wheat; XPS; Electrochemistry.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Nutrição e Alimentação.
1996 - 2002
Graduação em Bacharelado em Química (c/ atrib. tecnológicas).
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
Título: Estudo da Especiação Química do Ligante Dipeptídico Carnosina com Vanádio - Possível Aplicação Biológica.
Orientador: Prof. Dr. Luis A. Pavanin-BRA; Prof. Dr. Alfredo Mederos-ESP.
Bolsista do(a): Agencia Española de Cooperación Internacional, AECI, Espanha.




Formação Complementar


2018 - 2018
Fundamentals of Global Energy Business. (Carga horária: 15h).
University of Colorado, UC, Estados Unidos.
2018 - 2018
Melhoramento Genético e Controle Zootécnico de Rebanhos Leiteiros. (Carga horária: 5h).
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
2017 - 2017
Sistema Eletrônico de Informação. (Carga horária: 20h).
Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.
2017 - 2017
Nanomaterial Design Guided by the Principles of Green Chemistry. (Carga horária: 1h).
American Chemical Society, ACS, Estados Unidos.
2017 - 2017
Global Evolution of Toxicity Testing and Assessment of Chemical Risk.... (Carga horária: 1h).
American Chemical Society, ACS, Estados Unidos.
2016 - 2016
Environmental Molecular Diagnostics - New Tools for Better Decision. (Carga horária: 3h).
U.S. Interstate Technology Regulatory Council, ITRC, Estados Unidos.
2016 - 2016
Greening the Economy: Lessons from Scandinavia. (Carga horária: 20h).
Lund University, LUND, Suécia.
2016 - 2016
"Boas Práticas que Formam Bons Autores. (Carga horária: 2h).
Springer Nature, SPRINGER NATURE, Alemanha.
2016 - 2016
Doutoramento em Química.
Universidade de Coimbra, UC, Portugal.
2015 - 2015
Potenciostato/Galvanostato 128N. (Carga horária: 16h).
Metrohm Pensalab Instrumentacão Analitica, METROHM, Brasil.
2015 - 2015
Microactivitity-EFFi (catalytic screening). (Carga horária: 21h).
Process Integral Development Eng & Tech, PID ENG & TECH, Espanha.
2012 - 2015
English Language - Advanced Level. (Carga horária: 155h).
Education First Research Unit - University of Cambridge, EF-UC, Inglaterra.
2014 - 2014
Intraempreendedorismo. (Carga horária: 24h).
Embrapa Agroenergia, CNPAE, Brasil.
2014 - 2014
Mass Spectrometry for Low MW Applications. (Carga horária: 16h).
Bruker Daltonik GmbH, BRUKER, Alemanha.
2014 - 2014
English Composition I: Achieving Expertise. (Carga horária: 96h).
Duke University, DUKE, Estados Unidos.
2013 - 2013
Running Prodctive Meetings. (Carga horária: 3h).
American Chemical Society, ACS, Estados Unidos.
2012 - 2012
Liderança de Equipes. (Carga horária: 60h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2012 - 2012
English Language - Course of Conversation. (Carga horária: 46h).
Fisk Centro de Ensino, FISK, Brasil.
2012 - 2012
Projetos Estratégicos. (Carga horária: 50h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2010 - 2010
Noções de Segurança e Sistema de Qualidade em Labs. (Carga horária: 12h).
Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, CENARGEN, Brasil.
2010 - 2010
Toxicologia para Químicos. (Carga horária: 9h).
Conselho Regional de Química IV Região, CRQ-IV, Brasil.
2009 - 2009
Primeira Empresa Inovadora (PRIME/Finep). (Carga horária: 30h).
Financiadora de Estudos e Projetos, FINEP, Brasil.
2008 - 2008
Estratégia de Busca e Redação de Patentes. (Carga horária: 8h).
EMBRAPA, CNPDIA, Brasil.
2003 - 2003
Preparación, Identificación y Aplicaciones de Zeól. (Carga horária: 56h).
Universidad de Cádiz, UCA, Espanha.
2000 - 2000
Extensão universitária em Metales y Problemas Medioambientales. (Carga horária: 72h).
Universidad de La Laguna, ULL, Espanha.


Atuação Profissional



Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40

Atividades

08/2018 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro Nacional de Pesquisa em Agroenergia, .

Cargo ou função
Membro titular eleito do Comitê Local de Inovação da Embrapa Agroenergia..
10/2011 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Centro Nacional de Pesquisa em Agroenergia, Centro Nacional de Pesquisa em Agroenergia.

Atividade realizada
Editor de publicações técnicas.
10/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Nacional de Pesquisa em Agroenergia, .

05/2015 - 10/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Gabinete da Presidência, .

Cargo ou função
Supervisor III.
10/2011 - 04/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro Nacional de Pesquisa em Agroenergia, .

Cargo ou função
Assessor da chefia adjunta de P&D.

Hidrolisis Avaliações Analíticas e Novos Processos Ltda, HIDROLISIS, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Proprietário, Enquadramento Funcional: Sócio-diretor
Outras informações
Químico responsável.

Atividades

08/2007 - 10/2010
Direção e administração, Diretoria, .

Cargo ou função
Cargo administrativo.
08/2007 - 10/2010
Pesquisa e desenvolvimento , Diretoria, .

08/2007 - 10/2010
Serviços técnicos especializados , Diretoria, .

Serviço realizado
Prestação de Serviços para PETROBRAS: Análise Ecotoxicológica, Consultoria e Assessoria em Serviços de Segurança, Meio Ambiente e Saúde, Elaboração e Execução de Planos de Meio Ambiente, Serviços de Assessoria para Obtenção de Licenças Ambientais..

Solução Ambiental Análises e Consultoria Ltda., SAAC, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2007
Vínculo: Proprietário, Enquadramento Funcional: Proprietário
Outras informações
Químico responsável.

Atividades

04/2004 - 07/2007
Direção e administração, Diretoria, .

Cargo ou função
Sócio-diretor.
04/2004 - 07/2007
Pesquisa e desenvolvimento , Diretoria, .

04/2004 - 07/2007
Serviços técnicos especializados , Diretoria, .

Serviço realizado
Pareceres Técnicos.
04/2004 - 07/2007
Outras atividades técnico-científicas , Diretoria, Diretoria.

Atividade realizada
Estudos técnico científicos em contaminação ambiental e em toxicologia de alimentos.

American Chemical Society, ACS, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Chairman Brazil Chapter/ACS, Enquadramento Funcional: Chairman Brazil Chapter/American Chemical Soc, Carga horária: 10

Vínculo institucional

2016 - 2018
Vínculo: Membro associado, Enquadramento Funcional: Vice-chairman ACS Brazil Chapter, Carga horária: 10


Conselho Regional de Química IV Região, CRQ-IV, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Perito


Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Especialista Externo para Avaliação de OCPs


Associação Brasileira de Indústria Química, ABIQUIM, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Assessor, Enquadramento Funcional: Membro comissão de tecnologia, Carga horária: 2


Carbon Pricing Leadership Coalition-World Bank, CPLC-WB, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro inernacional, Carga horária: 10


Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Co-orientador PG Agroquímica, Enquadramento Funcional: Co-orientador de doutorado PG Agroquímica, Carga horária: 10



Linhas de pesquisa


1.
Química Analítica - cromatografia, eletroquímica, espectroscopia, desenvolvimento e validação

Objetivo: Desenvolvimento e validação de métodos analíticos diversos..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Ensaios de Materiais e de Produtos; Análise de Qualidade; Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
Palavras-chave: Cromatografia Gasosa; desenvolvimento da química; Eletroquímica; especiação química; ESPECTROSCOPIA.
2.
Química Ambiental - derivados de petróleo, pesticidas, nitrosaminas, etc. (ar, água, solo)

Objetivo: Determinação de contaminantes diversos por técnicas cromatográficas. Avaliação técnica de rejeitos industriais..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
Palavras-chave: Chemical Pollution; Cromatografia Gasosa; derivados de petróleo; desenvolvimento da química; Environmental Evaluation; poluição ambiental.
3.
Obtenção de Etanol Ligninocelulósico

Objetivo: Projeto para aumento da eficiência da hidrólise enzimática por meio de maior especificidade das enzimas, principalmente para a catálise da hidrólise da hemicelulose, levando ao fornecimento não só do processo automatizado nos moldes de turn key às usinas, como também das enzimas/preparados enzimáticos, os quais deverão ser produzidas na região central de São Paulo ? espera-se um rendimento para o processo de 250 L etanol/ton biomassa, e a um custo de produção altamente competitivo..
Palavras-chave: Etanol; Biocombustíveis; Hidrólise Enzimática; Redução de Poluentes.
4.
Novas Tecnologias de Descontaminação de Águas e Solos

Objetivo: 1. Remediação Eletroquímica "in situ" de Contaminantes Inorgânicos em Solos e Águas Subterrâneas: aplicação na descontaminação de solos e águas subterrâneas impactados pela presença de metais oriundos de atividades industriais, como Pb, Cu, Mn, Hg e Zn. São utilizadas 2 técnicas: remediação eletrocinética e ferro zero valente, com uma eficiência dos processos acima de 90 %, principalmente para o último caso. Estes projetos contam com a parceria com pesquisadores da Universidad de Vigo, na Espanha, e com empresas de geologia e metalurgia. 2. Processos Oxidativos Avançados para Hidrocarbonetos do Petróleo em Águas Subterrâneas: estes processos aplicam-se a águas subterrâneas abaixo de áreas de postos de venda e armazenamento de combustíveis derivados do petróleo com ocorrência de vazamento em seus tanques e contaminação por BTEX e PAHs. Utiliza-se como processo oxidativo o Fenton melhorado, com o ataque aos hidrocarbonetos por meio do radical hidroxila gerado a partir da exposição dos reagentes químicos a comprimentos de onda no Ultravioleta e Visível. O processo pode também ser implantado ?in situ?, por meio da instalação de pequenos reatores e sistema de bombeamento. A eficiência do método é superior a 90% e pode ser estendido a resíduos de pesticidas e antibióticos..
Palavras-chave: Eletroquímica; fotoquímica; Meio ambiente; poluição ambiental; Processos de Descontaminação.
5.
Química verde
6.
Química analítica
7.
Química renovável
8.
Biorrefinarias


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Desenvolvimento de Suportes para Liberação Controlada de Agroquímicos a partir de Nano-carbonatos Oriundos da Captura de CO2 (Projeto AgriCarbono)
Descrição: Utilização do CO2 emitido pela queima de combustível fóssil em usinas termoelétricas para a produção de suportes multicamadas para a liberação de agroquímicos diversos, como semioquímicos, fertilizantes e antibiótico. Espera-se que os resultados obtidos possam vir a ser utilizados para o aproveitamento do CO2 gerado em usinas de cana-de-açúcar durante a produção do etanol..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / Leonardo Valadares - Integrante / Washington Magalhães - Integrante / Maria Carolina Blassioli-Moraes - Integrante / Miguel Borges - Integrante / Raul A. Laumann - Integrante / Simone Fávaro - Integrante / Rossano Gambeta - Integrante.
Financiador(es): Eletrobrás CGTEE - Cooperação.
2018 - Atual
Desenvolvimento de Suportes para Liberação Controlada de Agroquímicos a partir de Nano-carbonatos Oriundos da Captura de CO2 (Projeto AgriCarbono)
Descrição: Utilização do CO2 emitido pela queima de combustível fóssil em usinas termoelétricas para a produção de suportes multicamadas para a liberação de agroquímicos diversos, como semioquímicos, fertilizantes e antibiótico. Espera-se que os resultados obtidos possam vir a ser utilizados para o aproveitamento do CO2 gerado em usinas de cana-de-açúcar durante a produção do etanol..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / Leonardo Valadares - Integrante / Washington Magalhães - Integrante / Maria Carolina Blassioli Moraes - Integrante / Simone Palma Fávaro - Integrante / Miguel Borges - Integrante / Raul A. Laumann - Integrante / ROSANA DO CARMO NASCIMENTO GUIDUCCI - Integrante.
Financiador(es): Eletrobras - Auxílio financeiro.
2014 - 2015
Aproveitamento do Potencial de Ligninas para a Obtenção de Produtos Químicos Renováveis (LIGNORENOV)
Descrição: Desenvolvimento de substitutos de petroquímicos a partir de lignina residual da indústria de celulose e papel..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / Itânia Soares Pinheiro - Integrante / Clenilson Rodrigues - Integrante / DASCIANA DE SOUZA RODRIGUES - Integrante / JOSE DILCIO ROCHA - Integrante / PATRICIA VERARDI ABDELNUR - Integrante / Gilmar Santos - Integrante / Emerson Léo Schultz - Integrante / Leonardo Valadares - Integrante.
Financiador(es): Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - Auxílio financeiro.
2014 - Atual
Biorrefinaria da lignina aplicada à indústria de polpa celulósica kraft
Descrição: Desenvolvimento de novos produtos e materiais a partir de lignina kraft..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) .

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Integrante / Jorge Luiz Colodette - Coordenador / Eveline Soares - Integrante / Marcela de Freitas Andrade - Integrante.
Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2013 - 2016
Produção, Caracterização e Utilização de Biocarvão como Condicionador de Solo em Sistemas Florestais e de Produção de Mudas (BIOCARVÃO)
Descrição: Avaliar o potencial de obtenção de biocarvão dos resíduos provenientes do processamento da madeira nos estados de Mato Grosso, Rondônia e Acre, sua utilização como substrato de mudas de espécies florestais e produção a campo de espécies florestais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) .

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Integrante / HENRIQUE NERY CIPRIANI - Integrante / MARCELO CARAUTA M M DE MORAES - Integrante / ANDERSON FERREIRA - Integrante / ANDRE LUIS ROSSONI - Integrante / BEATA EMOKE MADARI - Integrante / CLAUDIA MARIA BRANCO DE F MAIA - Integrante / CORNELIO ALBERTO ZOLIN - Integrante / DIEGO BARBOSA ALVES ANTONIO - Integrante / EDUARDO DA SILVA MATOS - Integrante / ETELVINO HENRIQUE NOVOTNY - Integrante / FABIANA ABREU DE REZENDE - Coordenador.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
2012 - 2016
Aproveitamento da D-xilose do Bagaço de Cana-de-açúcar para Obtenção de Compostos Químicos Renováveis de Alto Valor (C5-AGREGA)
Descrição: Desenvolvimento de moléculas bloco-construtoras substitutas de petroquímicos a partir de matéria-prima renovável (bagaço de cana-de-açúcar)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / Clenilson Rodrigues - Integrante / DASCIANA DE SOUZA RODRIGUES - Integrante / PATRICIA VERARDI ABDELNUR - Integrante / João Ricardo de Almeida - Integrante / Silvia Belem - Integrante / Sarita Cândido - Integrante / Jaciane Lutz Ienczak - Integrante / Gustavo Saavedra - Integrante / Antonio Maria Bonomi - Integrante / Paulo Marcos Donate - Integrante.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
2012 - 2015
Rotas tecnológicas para a produção sustentável de etanol de celulose (ETANOL 2G)
Descrição: Propor um processo sustentável integrado de produção de etanol para as matérias primas estudadas considerando as melhores condições de pré-­tratamento, hidrólise enzimática, fermentação e aproveitamento de resíduos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) .

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Integrante / Mônica Caramez Triches Damaso - Integrante / Clenilson Rodrigues - Integrante / DASCIANA DE SOUZA RODRIGUES - Integrante / PATRICIA VERARDI ABDELNUR - Integrante / João Ricardo de Almeida - Integrante / Emerson Léo Schultz - Integrante / Leonardo Valadares - Integrante / CRISTIANE SANCHEZ FARINAS - Integrante / CRISTINA MARIA MONTEIRO MACHADO - Integrante / ROSSANO GAMBETTA - Integrante / SILVIA BELEM GONÇALVES - Coordenador.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.


Projetos de desenvolvimento


2018 - Atual
Development of Green Molecules from Lignucellulosic Biomass for Renewable Chemistry (GreenMol Project)
Descrição: The GreenMol Project is dedicated to the development of building block, intermediate and end use molecules derived from lignocellulosic biomass to promote a full valorization of agroindustrial residues. The targetmolecules are levulinic acid from cellulose, xylose fatty acid esters from hemicellulose, and a molecular nanosupport for controlled release of bioactive molecules from lignin. These molecules should have a highvalue potential, which will be obtained by means chemocatalytic, enzymatic and physicochemical routes. Raw materials to be used are agroindustrial residues as beet and sugarcane bagasse and woodymaterials from eucalyptus from paper and pulp industry..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / Elżbieta Skrzyńska - Integrante / Philip M. Grande - Integrante / Holger Klose - Integrante / Maria Del Pilar Menendez Rodriguez - Integrante / Marília Folegatti - Integrante.
Financiador(es): União Européia-ERANET-LAC - Auxílio financeiro.
2018 - Atual
Desenvolvimento de Suportes para Liberação Controlada de Agroquímicos a partir de Nano-carbonatos Oriundos da Captura de CO2 (Projeto AgriCarbono)
Descrição: Utilização do CO2 emitido pela queima de combustível fóssil em usinas termoelétricas para a produção de suportes multicamadas para a liberação de agroquímicos diversos, como semioquímicos, fertilizantes e antibiótico. Espera-se que os resultados obtidos possam vir a ser utilizados para o aproveitamento do CO2 gerado em usinas de cana-de-açúcar durante a produção do etanol..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / Leonardo Valadares - Integrante / Washington Magalhães - Integrante / Maria Carolina Blassioli Moraes - Integrante / Simone Palma Fávaro - Integrante / Miguel Borges - Integrante / Raul A. Laumann - Integrante / ROSANA DO CARMO NASCIMENTO GUIDUCCI - Integrante.
Financiador(es): Eletrobras CGTEE - Auxílio financeiro.
2016 - Atual
Identificação de frações de lignina Kraft e derivados com atividades antifúngicas
Descrição: A lignina é a substância natural aromática mais abundante na natureza, sendo encontrada nos vegetais, após o seu isolamento e purificação é chamada de lignina técnica. São vários os processos conhecidos para a obtenção de lignina, sendo que apenas as ligninas oriundas dos processos sulfito-ácido e Kraft têm sucesso comercial. Tradicionalmente, a separação de componentes da madeira é associada com a fabricação de papel, através da deslignificação da biomassa. Durante este processo, são gerados subprodutos, como a lignina. No Brasil, 95 % da lignina vem do processo Kraft, somos o quarto maior produtor mundial de celulose e não temos nenhuma empresa usando o sistema sulfito-ácido. A lignina do licor negro é utilizada atualmente para gerar energia e suprir aproximadamente 60% da demanda energética de uma típica indústria de celulose. Todavia, existe sobra desta lignina que é usada para gerar energia elétrica e disponibilizada no grid nacional, principalmente devido ao aumento de escala das indústrias nacionais de papel e celulose. Isto suscita uma demanda por outros usos de uma pequena fração desta lignina Kraft em aplicações de valor agregado para aumentar a rentabilidade da agroindústria florestal. Muitas são as aplicações conhecidas dos lignosulfonatos oriundos do processo sulfito-ácido, todavia, a lignina Kraft ainda tem poucas aplicações. Dentre as propriedades e aplicações da lignina já conhecidas, temos: ação antibacteriana e antiparasitária; antiviral; embalagens alimentícias ou preservação de produtos de madeira, resinas fenólicas, tintas, ração animal, fertilizante de liberação lenta, entre outras. As aplicações de lignina na área de proteção de culturas envolvem a sua utilização como estabilizadores e dispersantes de agroquímicos sintéticos. As ligninas modificadas obtidas por polimerização oxidativa mediada por lacase podem ser aplicadas como fonte de matéria prima para a síntese de polímeros, ligantes para compósitos de madeira, complexos quelantes, revestimentos, tintas e templates para complexos poliméricos, ácido p-hidro benzoico, detergente, e tinta de cabelo, entre tantas outras aplicações. Um entrave para o emprego das enzimas lacase é o seu alto custo, assim, a imobilização em um substrato é um desenvolvimento desejável por permitir a reutilização da enzima diversas vezes. Principalmente se a atividade da enzima não for excessivamente reduzida. A celulose nanoestruturada pode ser uma boa opção de substrato por ter baixo custo, facilidade de produção por desfibrilação mecânica, renovável e ser biodegradável. A lignina Kraft é muito mais oxidada e apresenta baixo peso molecular, assim, algumas aplicações podem ser propostas para estas frações moleculares. Outras aplicações necessitam de uma oligomerização, o que pode ser conseguido com a enzima lacase se o tempo de reação for maior. Este projeto propõe algumas aplicações de maior valor agregado para garantir aumento da rentabilidade da cadeia de celulose e papel. Para tanto obteremos frações de lignina por variação sucessiva do pH a partir do licor negro proveniente do processo Kraft de polpação de madeira de eucalipto. Estas frações serão purificadas e testadas como produtos com potencial ação antifúngica e apenas preliminarmente como antitumoral e antimutagênico, através de ensaios in vitro. Outra aplicação será o uso de enzima lacase comercial suportada em filme de celulose nanofibrilada para modificação de frações de lignina..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Integrante / Washington Magalhães - Coordenador / ALVARO FIGUEREDO DOS SANTOS - Integrante / Daniela Morais Leme - Integrante / FABRICIO AUGUSTO HANSEL - Integrante / KRISLE DA SILVA - Integrante / SIMONE APARECIDA SOPCHAKI - Integrante / Sheila Maria Brochado Winnischofer - Integrante / TIELIDY ANGELINA DE MORAIS DE LIMA - Integrante.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
2009 - 2010
Desenvolvimento de Método para Avaliação de Risco de Efluentes Hospitalares
Descrição: Elaboração de metodologia analítica, envolvendo medidas "in situ", para o monitoramento de efluente hospitalares, de modo a se avaliar o risco dos mesmos ao meio ambiente e à saúde pública..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / Rodrigo Rosolen - Integrante.
Financiador(es): Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo - Remuneração.
2009 - 2010
Desenvolvimento de Produto Inorgânico Oriundo de Calcário Calcítico para Tratamento de Resíduos de Mineração de Ouro e de Minerais Sulfetados
Descrição: Estudo de resíduos minerais carbonatados e sua aplicação em despoluição ambiental também de atividades minerais..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / Rodrigo Rosolen - Integrante.
Financiador(es): Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo - Remuneração.
2009 - 2009
Estudo e Melhoria da Qualidade de Aguardante Artesanal
Descrição: Avaliação da qualidade físico-química de aguardente artesanal fabricada em São Carlos/SP para o estabelecimento de estratégias de melhoria da qualidade do produto final..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / Rodrigo Rosolen - Integrante.
2008 - 2010
Desenvolvimento de Processo de Obtenção do Etanol Ligninocelulósico da Biomassa de Can-de-Açúcar, com Enfoque na Palha (LIGNOETANOL) - Iberoeka IBK 08-564
Descrição: O Projeto visa o desenvolvimento de processo inovador de obtenção do etanol de segunda geração a partir da biomassa da cana-de-açúcar, com enfoque na palha residual, utilizando-se catálise enzimática em etapa de Sacarificação e Fermentação Simultâneas e organismos fermentadores geneticamente melhorados..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / Mercedes Ballesteros - Integrante / Francisco Girio - Integrante / Maria da Conceição Loureiro Dias - Integrante.
Financiador(es): Programa Ibero-Americano de Ciencia y Tecnologia para el Desarrollo - Auxílio financeiro.
2008 - 2010
Sistema Automatizado para el Monitoreo y Evaluación de la Calidad de las Aguas Naturales, Minerales y Mineromedicinales (MONITOREO) - Iberoeka IBK 07-535
Descrição: El proyecto va a desarrollar un sistema automatizado para el monitoreo, evaluación y supervisión de la calidad de las aguas naturales, minerales y mineromedicinales para diferentes usos. Evaluar el efecto de la actividad humana y del régimen de lluvia en la calidad de las aguas naturales. Específicos: Determinar las regularidades hidrogeoquímicas y matemáticas que permitan desarrollar un sistema automatizado para la evaluación y supervisión de la calidad del agua (composición química, índices de calidad y otros indicadores hidrogeoquímicos) de las aguas naturales, minerales y mineromedicinales. Chequear en forma sistemática las propiedades de los recursos hídricos objeto de estudio del proyecto, con el fin de que los mismos posean las características que exigen las normas establecidas para el uso a que están destinadas (aguas potables, minerales o minerales envasadas), y sirvan de base para la elaboración de una metodología al respecto..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador.
Financiador(es): Programa de Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento - Cooperação.
2008 - 2009
Remediação Eletrocinética de Solos Contaminados por Metais Tóxicos
Descrição: O Projeto visou à aplicação da técnica eletroquímica da Remediação Eletrocinética, adaptada e melhorada para as condições de solo do Brasil, como método inovador de descontaminação de áreas impactadas por metais tóxicos (ex.: chumbo) oriundos de fontes industriais..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2007 - 2010
Desenvolvimento de Processo de Obtenção de Etanol Ligninocelulósico da Biomassa de Cana-de-Açúcar
Descrição: O Projeto visou o desenvolvimento de processo inovador de obtenção do etanol de segunda geração a partir da biomassa da cana-de-açúcar, utilizando-se catálise enzimática em etapa de Sacarificação e Fermentação Simultâneas..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / Regiane Travensolo - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - Auxílio financeiro.


Outros Projetos


2017 - 2017
Workshop Internacional em Química Renovável
Descrição: O desenvolvimento econômico das diferentes cadeias agroindustriais faz parte da agenda de P&D&I e de comércio da maioria dos países desenvolvidos e em desenvolvimento, como o Brasil, mobilizando grandes quantias de recursos e esforços públicos e privados. Tais recursos e esforços são destinados, na maioria dos casos, a agregar valor às cadeias produtivas e torna-las sustentáveis. No caso do Brasil, que é um dos principais países produtores de biomassa agroindustrial para alimentos, fibras e biocombustíveis, entre outros usos, o investimento na exploração completa desse potencial é de grande relevância para a manutenção de um cenário econômico atraente e ambientalmente menos impactante, seguindo acordos internacionais recentemente assinados, como o Acordo de Paris. Ademais, a promoção de uma economia baseada em recursos biológicos renováveis, ou bioeconomia, vem tomando cada vez mais proporção e relevância no século XXI, sendo esperado que o Brasil tenha papel preponderante nesta tendência global, ao lado de países desenvolvidos, como os EUA, Alemanha, França, Bélgica, etc..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / José Dilcio Rocha - Integrante / Peter Rudolf Seidl - Integrante / SILVIA BELEM GONÇALVES - Integrante / Claudio Mota - Integrante / Cátia Ornelas - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.
2016 - Atual
Grupo de Pesquisa e Inovação em Química Renovável (Embrapa/CNPq)
Descrição: Os objetivos do Grupo são: ? Promoção do aproveitamento integral da biomassa agroindustrial pela química; ? Avanço no conhecimento de processos sustentáveis de conversão, com a redução na geração de resíduos e aumento de economia energética e atômica; ? Desenvolvimento de compostos químicos substitutos de petroquímicos e derivados de fontes renováveis; ? Avanço no conhecimento analítico da constituição de matérias-primas renováveis e no impacto ambiental de seus produtos e processos; ? Promoção da interação com outros grupos e redes nacionais e internacionais no tema, por meio de projetos de P&D&I e eventos técnico-científicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (2) .

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / José Dilcio Rocha - Integrante / Peter Rudolf Seidl - Integrante / DASCIANA DE SOUZA RODRIGUES - Integrante / Sarita Cândido - Integrante / Paulo Coutinho - Integrante / Paulo Marcos Donate - Integrante / Jorge Luiz Colodette - Integrante / SILVIA BELEM GONÇALVES - Integrante / Ana Elisa B. Matias - Integrante / Washington Magalhães - Integrante / Claudio Mota - Integrante / Robert Wojcieszak - Integrante / Joaquim Seabra - Integrante.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
2013 - 2013
II Simpósio Nacional de Biorrefinarias (SNBr)
Descrição: Evento técnico-científico para a discussão das oportunidades e desafios para as biorrefinarias no Brasil e no mundo - segunda edição..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / Mônica Caramez Triches Damaso - Integrante / José Manuel Cabral - Integrante / José Dilcio Rocha - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2011 - 2011
I Simpósio Nacional de Biorrefinarias (SNBr)
Descrição: Evento técnico-científico para a discussão das oportunidades e desafios para as biorrefinarias no Brasil e no mundo..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / Mônica Caramez Triches Damaso - Integrante / José Manuel Cabral - Integrante / José Dilcio Rocha - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2010 - 2014
Sociedade Ibero-americana para o Desenvolvimento das Biorrefinarias (SIADEB)
Descrição: Contribuir para a identificação, desenvolvimento e intercâmbio de conhecimentos técnico-científicos multidisciplinares, atualmente dispersos e sem massa crítica, na região Ibero-Americana com vistas ao aumento da sustentabilidade econômica e ambiental das agro-indústrias e das indústrias florestais, por assimilação dos conceitos emergentes das Biorrefinarias que permitem o aproveitamento e valorização de resíduos, subprodutos e efluentes para a obtenção de novos compostos químicos, materiais e energia..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Integrante / Francisco Girio - Coordenador / Maria Das Graças Almeida Felipe - Integrante / Luciane Sene - Integrante / Claudinei Andreoli - Integrante / Carolina Parra Fuentes - Integrante / Carlos Martín Medina - Integrante / Eulogio Castro Galiano - Integrante / Idania Valdez Vazquez - Integrante / Helena Nunes Pereira - Integrante / Alexis Ferrer Ocando - Integrante / Luis Duarte - Integrante / Florbela Carvalheiro - Integrante.
Financiador(es): Programa Ibero-Americano de Ciencia y Tecnologia para el Desarrollo - Auxílio financeiro.
2007 - Atual
HIDROLISIS Avaliações Analíticas e Novos Processos Ltda.
Descrição: Empresa constituída em 07/2007 em São Carlos/SP e incubada durante 3 anos na incubadora CEDIN. Escopo de atuação: análises químicas, desenvolvimento de produtos e processos de aproveitamento de resíduos industriais, consultoria..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador.
2004 - 2007
SOLUÇÃO AMBIENTAL Análises e Consultoria Ltda.
Descrição: Empresa criada em 2004 em São Carlos/SP cujo escopo de atuação era: análise e monitoramento de poluentes ambientais diversos e desenvolvimento de processos de despoluição..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.

Integrantes: Silvio Vaz Junior - Coordenador / Maria Olímpia de Oliveira Rezende - Integrante.


Membro de corpo editorial


2014 - Atual
Periódico: Advances in Recycling & Waste Management
2013 - Atual
Periódico: Chemical and Biological Technologies in Agriculture
2013 - Atual
Periódico: Pure and Applied Chemistry (Online)
2012 - Atual
Periódico: Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater


Revisor de periódico


2013 - Atual
Periódico: Environmental Toxicology and Chemistry
2013 - Atual
Periódico: Química Nova (Impresso)
2013 - Atual
Periódico: Pure and Applied Chemistry (Online)
2013 - Atual
Periódico: Fuel
2014 - Atual
Periódico: Journal AWWA
2014 - Atual
Periódico: Journal of Agricultural and Food Chemistry
2014 - Atual
Periódico: RSC Advances: an international journal to further the chemical sciences
2014 - Atual
Periódico: Bioprocess and Biosystems Engineering (Print)
2015 - Atual
Periódico: Biomass & Bioenergy
2015 - Atual
Periódico: Fuel Processing Technology
2014 - Atual
Periódico: Chemical and Biological Technologies in Agriculture
2016 - Atual
Periódico: Current Chromatography
2016 - Atual
Periódico: Microbial Biotechnology (Online)
2017 - Atual
Periódico: JOURNAL OF MOLECULAR LIQUIDS
2018 - Atual
Periódico: Open Chemistry
2018 - Atual
Periódico: SCIENCE OF THE TOTAL ENVIRONMENT
2018 - Atual
Periódico: CADERNOS DE CIÊNCIA & TECNOLOGIA


Revisor de projeto de fomento


2017 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal
2014 - Atual
Agência de fomento: Agencia Nacional de Promoción Científica y Tecnológica
2013 - Atual
Agência de fomento: Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social
2010 - Atual
Agência de fomento: Programa Iberoamericano de Ciencia y Tecnología para el Desarrollo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Analítica/Especialidade: Análise de Traços e Química Ambiental.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Verde.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Analítica.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Analítica/Especialidade: Química Tecnológica.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2011
Prêmio Kurt Politzer de Tecnologia 2011 (primeiro lugar na categoria pesquisador), Associação Brasileira da Indústria Química (ABIQUIM).
2008
Prêmio de Tecnologia 2008 - primeiro lugar Empresa Nascente (HIDROLISIS), Associação Brasileira da Indústria Química.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:24
Total de citações:58
Fator H:3
Vaz Jr, Silvio  Data: 18/10/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
VAZ JR., SÍLVIO2017VAZ JR., SÍLVIO. Towards a Renewable Brazilian Chemistry from Vegetal Biomass. Revista Virtual de Química, v. 9, p. 238-247, 2017.

2.
KLEIN, BRUNO C.2017KLEIN, BRUNO C. ; SILVA, JEAN F.L. ; JUNQUEIRA, TASSIA L. ; RABELO, SARITA C. ; ARRUDA, PRISCILA V. ; IENCZAK, JACIANE L. ; MANTELATTO, PAULO E. ; PRADELLA, JOSÉ G.C. ; JUNIOR, SILVIO VAZ ; BONOMI, ANTONIO . Process development and techno-economic analysis of bio-based succinic acid derived from pentoses integrated to a sugarcane biorefinery. Biofuels Bioproducts & Biorefining-Biofpr, v. 1, p. 1, 2017.

3.
SILVA, J. F. L.2017SILVA, J. F. L. ; SELICANI, M. A. ; JUNQUEIRA, T. L. ; KLEIN, B. C. ; VAZ JÚNIOR, S. ; BONOMI, A. . Integrated furfural and first generation bioethanol production: process simulation and techno-economic analysis. BRAZILIAN JOURNAL OF CHEMICAL ENGINEERING (ONLINE), v. 34, p. 623-634, 2017.

4.
VAZ JR, SÍLVIO2016VAZ JR, SÍLVIO. Sorption behavior of the oxytetracycline antibiotic to two Brazilian soils. Chemical and Biological Technologies in Agriculture, v. 3, p. 6, 2016.

5.
VAZ JR, SÍLVIO2015VAZ JR, SÍLVIO. An Analytical Chemist's View of Lignocellulosic Biomass. Bioresources (Raleigh, N.C), v. 10, p. 3815-3817, 2015.

6.
VAZ JR, SÍLVIO2015VAZ JR, SÍLVIO; DONATE, P. M. . Microwave-Assisted Green Production of Furfural from D-xylose of Sugarcane Bagasse. Bioresources (Raleigh, N.C), v. 10, p. 8168-8180, 2015.

7.
VAZ, SÍLVIO2015VAZ, SÍLVIO; LOPES, WILSON TADEU ; MARTIN-NETO, LADISLAU . Study of molecular interactions between humic acid from Brazilian soil and the antibiotic oxytetracycline. Environmental Technology & Innovation, v. 4, p. 260-267, 2015.

8.
VAZ JR, SÍLVIO2015VAZ JR, SÍLVIO. Chromatographic Method to Determine the Sorption of the Antibiotic Oxytetracycline to Tropical Soils. Journal of Environmental Analytical Chemistry, v. 2, p. 1-4, 2015.

9.
VAZ-JUNIOR, S.2014VAZ-JUNIOR, S.. Preface - 2nd Brazilian Symposium on Biorefineries (II SNBr). Pure and Applied Chemistry (Online), v. 86, p. 819-820, 2014.

10.
VAZ-JUNIOR, S.2014VAZ-JUNIOR, S.. Perspectives for the Brazilian residual biomass in renewable chemistry. Pure and Applied Chemistry (Online), v. 86, p. 833-842, 2014.

11.
VAZ-JUNIOR, S.2014VAZ-JUNIOR, S.; PINHEIRO, I. S. . Análise química da biomassa - uma revisão das técnicas e aplicações. Química Nova (Online), v. 37, p. 709-715, 2014.

12.
VAZ JR, SÍLVIO2014VAZ JR, SÍLVIO. Analytical techniques for the chemical analysis of plant biomass and biomass products. Analytical Methods, v. 6, p. 8094-8105, 2014.

13.
VAZ, SÍLVIO2014VAZ, SÍLVIO. A renewable chemistry linked to the Brazilian biofuel production. Chemical and Biological Technologies in Agriculture, v. 1, p. 13, 2014.

14.
VAZ-JUNIOR, S.2013VAZ-JUNIOR, S.. Biorefineries: More than Biofuels. Brasil Energy, v. 1, p. 50, 2013.

15.
VAZ-JUNIOR, S.2013VAZ-JUNIOR, S.. Interação da Matério Orgânica do Solo com o Antibiótico Oxitetraciclina. Polluting Engineering (edição brasileira), v. 1, p. 51-54, 2013.

16.
VAZ-JUNIOR, S.2012VAZ-JUNIOR, S.. As Biorrefinarias como Oportunidade de Agregar Valor à Biomassa. Agroenergia em Revista, v. 1, p. 11-12, 2012.

17.
VAZ-JUNIOR, S.2011VAZ-JUNIOR, S.. A criação da Sociedade Ibero-americana para o Desenvolvimento das Biorrefinarias. Revista de Química Industrial, v. 731, p. 3-4, 2011.

18.
VAZ-JUNIOR, S.2010VAZ-JUNIOR, S.. Aplicando as Técnicas Analíticas Instrumentais em Controle de Qualidade e em Química Ambiental. Metrologia & Instrumentação, v. 210, p. 74-82, 2010.

19.
RODRIGUES FILHO, U. P.2005 RODRIGUES FILHO, U. P. ; VAZ-JUNIOR, S. ; SCARPELLINI, M. ; SCHNEIDER, J. F. ; MCGARVEY, B. R. ; LANDERS, R. ; FELICISSIMO, M. P. ; CARDOSO, D. R. ; ANDERSEN, M. L. . Heterometallic Manganese/Zinc-Phytate Complex as a Model Compound for Metal Storage in Wheat Grains. JOURNAL OF INORGANIC BIOCHEMISTRY, v. 99, p. 1973-1982, 2005.

20.
ARMAS, María Tereza2002ARMAS, María Tereza ; Alfredo Mederos ; BARAN, Enrique J ; Sixto Domínguez ; Pedro Gili ; HERNÁNDEZMOLINA, Rita ; Mary Lorena Araujo ; Vito Lubes ; Felipe Brito ; VAZ-JUNIOR, S. . SPECIATION IN OXOVANADIUM(IV)-CARNOSINE SYSTEM. Polyhedron, Holanda, v. 21, n.972, p. 1513-1521, 2002.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
VAZ JR., SÍLVIO. Biomass and Green Chemistry - Building a Renewable Pathway. 1. ed. Cham: Springer Nature, 2018. v. 1. 252p .

2.
VAZ JR., SÍLVIO. Analytical Chemistry Applied to Emerging Pollutants. 1. ed. Cham: Springer Nature, 2018. v. 1. 122p .

3.
VAZ JR, SÍLVIO. Analytical Techniques and Methods for Biomass. 1. ed. Cham: Springer Nature, 2016. v. 1. 280p .

4.
VAZ-JUNIOR, S.. Análise Química da Biomassa. 1. ed. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2015. v. 1. 146p .

5.
VAZ-JUNIOR, S.. Biomassa para Química Verde. 1. ed. Brasilia-DF: Embrapa, 2013. v. 1. 181p .

6.
VAZ-JUNIOR, S.. Quimica Analitica Ambiental. 1. ed. Brasilia: Embrapa, 2013. v. 1. 147p .

7.
VAZ-JUNIOR, S.; PINHEIRO, I. S. . Química Analítica Aplicada à Agroenergia (E-book). 1. ed. Brasília: Embrapa, 2013. v. 1. 97p .

8.
VAZ-JUNIOR, S.; PINHEIRO, I. S. . Química Analítica Aplicada à Agroenergia. 1. ed. Brasília/DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2012. v. 1. 97p .

9.
VAZ-JUNIOR, S.. Biorrefinarias: Cenários e Perspectivas. 1. ed. Brasília/DF: Embrapa, 2011. v. 1. 176p .

Capítulos de livros publicados
1.
VAZ JR., SÍLVIO. Biomass and the Green Chemistry Principles. In: Sílvio Vaz Jr.. (Org.). Biomass and Green Chemistry - Building a Renewable Pathway. 1ed.Cham: Springer Nature, 2018, v. 1, p. 1-9.

2.
VAZ JR., SÍLVIO; KAMM, B. ; MOTA, C. ; DOMINE, M. ; DAMASO, M. C. T. ; DONATE, P. M. ; SHELDON, R. . Glossary of Green Terms. In: Sílvio Vaz Jr.. (Org.). Biomass and Green Chemistry - Building a Renewable Pathway. 1ed.Cham: Springer Nature, 2018, v. 1, p. 221-252.

3.
VAZ JR., SÍLVIO. What Are Emerging Pollutants (EPs) and Their Fate on the Environment. In: Sílvio Vaz Júnior. (Org.). Analytical Chemistry Applied to Emerging Pollutants. 1ed.Cham: Springer Nature, 2018, v. 1, p. 1-13.

4.
VAZ JR, SÍLVIO. Fundamental Aspects of Analytical Chemistry for Environmental Analysis. In: Sílvio Vaz Júnior. (Org.). Analytical Chemistry Applied to Emerging Pollutants. 1ed.Cham: Springer Nature, 2018, v. 1, p. 15-36.

5.
VAZ JR, SÍLVIO. Analytical Techniques. In: Sílvio Vaz Júnior. (Org.). Analytical Chemistry Applied to Emerging Pollutants. 1ed.Cham: Springer Nature, 2018, v. 1, p. 37-78.

6.
VAZ JR., SÍLVIO. The Main Environmental Matrices: Air, Soil, and Water. In: Sílvio Vaz Júnior. (Org.). Analytical Chemistry Applied to Emerging Pollutants. 1ed.Cham: Springer Nature, 2018, v. 1, p. 79-102.

7.
VAZ JR, SÍLVIO. Degradation Processes of EPs. In: Sílvio Vaz Júnior. (Org.). Analytical Chemistry Applied to Emerging Pollutants. 1ed.Cham: Springer Nature, 2018, v. 1, p. 103-113.

8.
VAZ JR, SÍLVIO. General Remarks and Conclusions. In: Sílvio Vaz Júnior. (Org.). Analytical Chemistry Applied to Emerging Pollutants. 1ed.Cham: Springer Nature, 2018, v. 1, p. 115-117.

9.
VAZ JR, SÍLVIO. Index (backmatter). In: Sílvio Vaz Júnior. (Org.). Analytical Chemistry Applied to Emerging Pollutants. 1ed.Cham: Springer Nature, 2018, v. 1, p. 119-122.

10.
VAZ, SÍLVIO. Sugarcane-Biorefinery. Advances in Biochemical Engineering/Biotechnology. 1ed.: Springer Berlin Heidelberg, 2017, v. , p. 1-.

11.
VAZ JR, SÍLVIO. The Use of Analytical Chemistry to Understand Biomass. In: Sílvio Vaz Jr.. (Org.). Analytical Techniques and Methods for Biomass. 1ed.New York: Springer Nature, 2016, v. 1, p. 1-13.

12.
VAZ-JUNIOR, S.; DODSON, J. R. . Application of Analytical Chemistry in the Production of Liquid Biofuels. In: A. Domingos Padula; et al.. (Org.). Liquid Biofuels: Emergence, Development and Prospects. 1ed.Londres: Springer-Verlag London, 2014, v. 27, p. 173-188.

13.
VAZ-JUNIOR, S.. Estratégias tecnológicas para biorrefinarias de cana-de-açúcar. In: SANTOS, F.; COLODETTE, J.; DE QUEIROZ, J. H.. (Org.). BIOENERGIA & BIORREFINARIA - Cana-de-açúcar & Espécies Florestais. 1ed.Viçosa: Editora da Universidade Federal de Viçosa, 2013, v. 1, p. 251-267.

14.
VAZ-JUNIOR, S.. Processos Químicos Cataliticos. In: Silvio Vaz Jr.. (Org.). Biomassa para Química Verde. 1ed.Brasilia-DF: Embrapa, 2013, v. 1, p. 87-108.

15.
VAZ-JUNIOR, S.. Potencialidades da Biomassa para a Química Verde. In: Silvio Vaz Jr.. (Org.). Biomassa para Química Verde. 1ed.Brasilia-DF: Embrapa, 2013, v. 1, p. 169-181.

16.
VAZ-JUNIOR, S.. O Potencial e a Importância das Biorrefinarias para o Brasil. In: Sílvio Vaz Júnior. (Org.). Biorrefinarias: Cenários e Perspectivas. 1ed.Brasília/DF: Embrapa, 2011, v. 1, p. 17-25.

17.
VAZ-JUNIOR, S.; DAMASO, M. C. T. . Conclusões do Simpósio e Perspectivas para as Biorrefinarias no Brasil. In: Sílvio Vaz Júnior. (Org.). Biorrefinarias: Cenários e Perspectivas. 1ed.Brasília/DF: Embrapa, 2011, v. 1, p. 169-175.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
VAZ JR, SÍLVIO. As biorrefinarias e o aproveitamento integral do potencial da biomassa. Canal - Jornal da Bioenergia, Goiânia/GO, 29 ago. 2016.

2.
VAZ-JUNIOR, S.. Lignocellulosic Residues for Biorefineries. Advances in Recycling & Waste, Los Angeles, p. 1 - 1, 27 out. 2015.

3.
VAZ-JUNIOR, S.. Glossary on Renewable Chemistry. Chemistry International, Boston, MA, USA, p. 15 - 15, 01 jul. 2014.

4.
VAZ-JUNIOR, S.. Brazilian Symposium on Biorefineries. Chemistry International, Estados Unidos, p. 31 - 31, 01 mar. 2014.

5.
VAZ-JUNIOR, S.. Perspectivas sobre o Aproveitamento de Coprodutos e Resíduos de Cadeias Agroenergéticas como Estratégia de Valoração da Biomassa. Biomassa & Bioenergia, p. 30 - 32, 01 out. 2012.

6.
VAZ-JUNIOR, S.. Contribuições da Química ao Desenvolvimento Científico e Econômico. Agroenergético, Brasília/DF, p. 12 - 12, 06 jul. 2011.

7.
VAZ-JUNIOR, S.. Avaliação Analítica da Qualidade de Biocombustíveis. Canal - Jornal da Bioenergia, Goiania/GO, p. 24 - 25, 01 jul. 2008.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
HASSEMER, M. J. ; BLASSIOLI-MORAES, M. C. ; BORGES, M. ; LAUMANN, R. A. ; BEMQUERER, M. ; COSTA, E. S. ; VAZ-JUNIOR, S. ; MAGALHAES, D. M. ; MICHEREFF, M. F. F. . O USO DE NANOPARTÍCULAS PARA A LIBERAÇÃO CONTROLADA DE SEMIOQUÍMICOS DE INSETOS E PLANTAS. In: IX Workshop de Nanotecnologia Aplicada ao Agronegócio, 2017, São Carlos/SP. ANAIS DO IX WORKSHOP DE NANOTECNOLOGIA APLICADA AO AGRONEGÓCIO. São Carlos: Embrapa Instrumentação, 2017. v. 1. p. 466-470.

2.
VAZ-JUNIOR, S.. Biorrefinarias no Brasil: Cenários e Perspectivas. In: I Simpósio Nacional de Biorrefinarias, 2011, Brasília. Biorrefinarias no Brasil: Cenários e Perspectivas. Brasília: Embrapa, 2011. v. 1.

3.
VAZ-JUNIOR, S.. ? Development of Security Plan of Waters for the African Continent Against Chemical Contamination. In: Campus de Excelencia, 2007, Fuerteventura. Campus de Excelencia 2007: Africa - from the Beginning to the Future, 2007.

4.
VAZ-JUNIOR, S.; Alfredo Mederos ; Enrique J. Baran ; Felipe Brito ; Ma. Teresa Armas ; Mary Lorena Araujo ; Pedro Gili ; Sixto Domínguez ; Vito Lubes . SPECIATION IN THE CARNOSINE-OXOVANADIUM(IV) SYSTEM. In: XII Italian-Spanish Congress on Thermodynamics of Metal Complexes, 2001, Parma. ISMEC 2001. Parma: Università di Parma, 2001. v. 1. p. 12-14.

5.
VAZ-JUNIOR, S.; Alfredo Mederos ; Ma. Teresa Armas ; Felipe Brito . SPECIATION IN THE OXOVANADIUM(IV)-GLUTATHIONE SYSTEMS. In: Meeting on Chemistry of Metals in Medicine, 2001, Dublin. COST D8. Dublin: Royal College of Surgeons in Ireland, 2001.

6.
VAZ-JUNIOR, S.; PAVANIN, Luis Alferdo ; SILVEIRA, Elisângela P ; AMAGUSHI, Amélia . ESTUDO DA ATIVIDADE ANTITUMORAL DO COMPOSTO CIS-[RuCl2(NH3)4]Cl EM CÉLULAS CANCERÍGENAS. In: XLI Congresso Brasileiro de Química, 2001, Porto Alegre. Anais do XLI Congresso Brasileiro de Química. Porto Alegre: EDUFRG, 2001. v. 1.

7.
VAZ-JUNIOR, S.; ARMAS, María Teresa ; PAVANIN, Luis Alfredo ; MEDEROS, Alferdo . ESPECIAÇÃO QUÍMICA DE COMPOSTOS DE CARNOSINA E VO2+. In: XIV ENCONTRO REGIONAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUÍMICA, 2000, Uberlândia. Anais do XIV ENCONTRO REGIONAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUÍMICA. Uberlândia: ADUFU, 2000.

8.
VAZ-JUNIOR, S.. Importancia Metabólita de los Metales. In: Programa de Cooperación Universitaria/ALE 2000, 2000, La Laguna. Programa de Cooperación Universitaria/ALE 2000, 2000.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MATIAS, A. E. B. ; COSTA, E. S. ; CAMPANHA, R. B. ; PINHEIRO, I. S. ; VAZ JR, SÍLVIO . Caracterização química de resíduos de pinus e eucalipto da indústria de papel e celulose. In: II Encontro de Pesquisa e Inovação da Embrapa Agroenergia, 2015, Brasília. Anais - II Encontro de Pesquisa e Inovação da Embrapa Agroenergia. Brasília: Embrapa, 2015. v. 1. p. 127-129.

2.
VAZ-JUNIOR, S.. DEVELOPMENT OF SECURITY PLAN OF WATERS FOR THE AFRICAN CONTINENT AGAINST CHEMICAL CONTAMINATIONS. In: Campus de Excelencia 2007, 2007, Fuerteventura, Espanha. Campus de Excelencia 2007, 2007.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MATIAS, A. E. B. ; JUNIOR, SILVIO VAZ . AVALIAÇÃO DA FORMAÇÃO DE ANTIOXIDANTES OBTIDOS PELA HIDROGENÓLISE DE LIGNINA COM CATALISADORES METÁLICOS. In: XXVI Congresso Iberoamericano de Catálise, 2018, Coimbra. Livro de Atas do XXVI Congresso Iberoamericano de Catálise. Lisboa: Sociedade Portuguesa de Química, 2018. v. 1. p. 692-692.

2.
VAZ-JUNIOR, S.; SCARPELLINI, M. ; FELICISSIMO, M. P. ; CARDOSO, D. R. ; LANDERS, R. ; ANDERSEN, M. L. ; Ubiralara P. Rodrigues-Filho . MANGANESE PHYTATE IN WHEAT SEEDS AND MODEL COMPOUNDS. In: V Brazilian Meeting on Chemistry of Food and Beverages, 2004, São Carlos/SP. Proceeding of V Brazilian Meeting on Chemistry of Food and Beverages, 2004.

3.
VAZ-JUNIOR, S.; LANDGRAF, M. D. ; REZENDE, M. O. O. . DETERMINAÇÃO DA CONTAMINAÇÃO DE ÁGUAS E SOLOS DO ESTADO DE SÃO PAULO POR HIDROCARBONETOS POLIAROMÁTICOS (PAHs) E DERIVADOS DO BENZENO (BTEX). In: VIII Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia, 2004, Florianópolis. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia, 2004. v. 1. p. 12-12.

4.
VAZ-JUNIOR, S.; RUIZ, J. L. ; ANDRADE, L. M. . UTILIZAÇÃO DE PRODUTOS ZEOLÍTICOS NA DESCONTAMINAÇÃO DE AMÔNIO DE ÁGUAS MARINHAS E RESIDENCIAIS. In: XIV Encontro Regional da Socidade Brasileira de Química - Araraquara/Ribeirão Preto/São Carlos, 2003, São Carlos, SP. XIV Encontro Regional: "Perspectivas de Desenvolvimento da Química na REgião". São Carlos: Gráfica e Editora Suprema, 2003. v. 1. p. 41-41.

5.
VAZ-JUNIOR, S.; Ubiralara P. Rodrigues-Filho ; RUIZ, J. L. ; Lidiane Maria Andrade . Utilização de Produtos Zeolíticos na Descontaminação de Amônio de Águas Marinhas e Residenciais. In: XIV Encontro Regional da Sociedade Brasileira de Química, 2003, São Carlos. Anais do XIV Encontro Regional da Sociedade Brasileira de Química, 2003.

6.
VAZ-JUNIOR, S.; PAVANIN, Luis Alferdo . SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO DO COMPOSTO CIS-[RuCl2(NH3)4]Cl. In: III Seminário de Iniciação Científica, 1999, Uberlândia. Anais do III Seminário de Iniciação Científica. Uberlândia: EDUFU, 1999.

Artigos aceitos para publicação
1.
VAZ JR, SÍLVIO. Rumo a uma Química Renovável Brasileira a partir da Biomassa Vegetal. Revista Virtual de Química, 2017.

2.
KLEIN, B. C. ; SILVA, J. F. L. ; JUNQUEIRA, T. ; RABELO, S. C. ; ARRUDA, P. V. ; IENCZAK, J. L. ; MANTELATTO, P. E. ; PRADELLA, J. G. C. ; VAZ JR., SÍLVIO ; BONOMI, A. M. . Process development and techno-economic analysis of biobased succinic acid derived from pentoses integrated to a sugarcane biorefinery. BIOFUELS, BIOPRODUCTS AND BIOREFINING, 2017.

3.
VAZ-JUNIOR, S.; SILVA, W. T. L. ; MARTIN NETO, L. . Study of Molecular Interactions between Humic Acid from Brazilian Soil and the Antibiotic Oxytetracycline. Environmental Technology & Innovation, 2015.

4.
VAZ-JUNIOR, S.; DONATE, P. M. . Application of Microwave Technology to Produce a Furfural Building-Block Molecule from D-xylose. Bioresources (Raleigh, N.C), 2015.

5.
VAZ-JUNIOR, S.; PINHEIRO, I. S. . ANÁLISE QUÍMICA DA BIOMASSA ? UMA REVISÃO DAS TÉCNICAS E APLICAÇÕES. Química Nova (Online), 2014.

6.
VAZ-JUNIOR, S.. Perspectives for the Brazilian Residual Biomass in Renewable Chemistry. Pure and Applied Chemistry (Print), 2014.

7.
VAZ-JUNIOR, S.. Analytical Techniques for Chemical Analysis of Plant Biomass and their Products. Analytical Methods (Print), 2014.

8.
VAZ-JUNIOR, S.. A Renewable Chemistry Linked to the Brazilian Biofuel Production. Chemical and Biological Technologies in Agriculture, 2014.

Apresentações de Trabalho
1.
BARBOSA, B. M. ; COLODETTE, J. L. ; SIQUEIRA, H. F. ; SILVA, C. M. S. ; VAZ JR, SÍLVIO . IMPROVEMENT OF EUCALYPTUS PELLETS BY ADDITION OF KRAFT LIGNIN AND CORN RESIDUE. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
SILVA, J. F. L. ; JUNQUEIRA, T. ; KLEIN, B. ; VAZ JR, SÍLVIO ; BONOMI, A. ; MACIEL FILHO, R. . Impact of heat integration in a biorefinery producing ethanol, electricity and furfural from sugarcane. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
VAZ JR., SÍLVIO. Renewable Chemistry ? An Opportunity for Brazilian Biomass. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
VAZ JR, SÍLVIO. Biomassa para Química Verde. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Sílvio Vaz Jr. Biorrefinarias e o Aproveitamento do Potencial da Biomassa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
KIKUCHI, D. ; SILVA, W. R. ; VAZ-JUNIOR, S. ; DONATE, P. M. . Aproveitamento da D-xilose do Bagaço de Cana-de-açúcar para a Obtenção de Compostos Químicos Renováveis. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
VAZ-JUNIOR, S.. Biorrefinarias e química renovável: estratégias para o avanço da bioeconomia. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
VAZ-JUNIOR, S.. Biorefineries and Green Chemistry in Brazil - status quo and R&D. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
Sílvio Vaz Jr. Química renovável integrada à produção brasileira de biocombustíveis. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
VAZ-JUNIOR, S.. Introdução ao conceito de biorrefinarias. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
VAZ-JUNIOR, S.. A química verde sob a visão de estratégias em P&D&I da Embrapa Agroenergia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
VAZ-JUNIOR, S.. Moderação de mesa de discussão sobre bioprodutos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
VAZ-JUNIOR, S.. Strategies to Use Biomass in Renewable Chemistry - A Brazilian Perspective. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
VAZ-JUNIOR, S.. Strategies to Use Biomass in Renewable Chemistry - A Brazilian Perspective. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
VAZ-JUNIOR, S.. Química Renovável a partir de Coprodutos e Resíduos da Biomassa Agroindustrial. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
VAZ-JUNIOR, S.. The Efforts of Embrapa Agroenergy on Biorefineries and Green Chemistry. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
VAZ-JUNIOR, S.. The Use of Lignin for Bio-products Production. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
VAZ-JUNIOR, S.. O Uso da Biomassa em Biorrefinarias e a Busca por uma Química Renovável Brasileira. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
VAZ-JUNIOR, S.. Biorrefinarias ? o que precisamos fazer para transformar em realidade o potencial brasileiro em biomassa.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
VAZ-JUNIOR, S.. Coprodutos e Resíduos de Biomassa como Matérias-primas para Produtos Químicos. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
VAZ-JUNIOR, S.. Pesquisa e desenvolvimento tecnológico na Embrapa Agroenergia. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
VAZ-JUNIOR, S.. Aprovechamiento de la Lignina para la Obtención de Productos Químicos Renovables y Sustentables. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
VAZ-JUNIOR, S.. Estudo da Interação de Ácidos Húmicos Extraídos de Solo com o Antibiótico Oxitetraciclina. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
VAZ JR., SÍLVIO; BLASSIOLI-MORAES, M. C. ; COSTA, E. S. ; BORGES, M. ; LAUMANN, R. A. ; COLODETTE, J. L. . Estudo da Aplicação de Lignina Kraft em Formulação de Liberação Controlada para Manejo Integrado de Pragas. Brasília: Embrapa Agroenergia, 2018 (Boletim Embrapa de Pesquisa e Desenvolvimento).

2.
VAZ JR., SÍLVIO; SANTORO, D. C. J. ; NASCIMENTO, V. M. ; RABELO, S. C. . Pré-tratamento com Ácido Diluído do Bagaço de Cana-de-açúcar para a Máxima Recuperação de Xilose. Brasília: Embrapa, 2017 (Boletim Embrapa de Pesquisa e Desenvolvimento).

3.
VAZ JR., SÍLVIO; DONATE, P. M. ; SILVA, W. R. ; KIKUCHI, D. K. ; SOUZA, V. S. . Hidrogenação Seletiva de D-xilose a Xilitol Utilizando Catalisadores de Paládio Suportados em Compósito Nanoestuturado de Carbono. Brasília: Embrapa, 2017 (Boletim Embrapa de Pesquisa e Desenvolvimento).

4.
VAZ JR, SÍLVIO. A Química Verde como uma Oportunidade para a Biomassa Brasileira 2016 (Artigo de divulgação na mídia).

5.
VAZ-JUNIOR, S.; BONOMI, A. M. ; JUNQUEIRA, T. ; SILVA, J. F. L. . Avaliação de Cenários-Base: Determinação dos Potenciais Industrial e Econômico de Rotas de Conversão a partir da Xilose do Bagaço de Cana-de-açúcar. Brasília/DF: Embrapa Agroenergia, 2016 (Boletim Embrapa de Pesquisa e Desenvolvimento).

6.
VAZ JR, SÍLVIO. Green Chemistry and Agriculture in Brazil. Washington, DC: American Chemical Society, 2015 (Artigo de divulgação na mídia).

7.
VAZ-JUNIOR, S.. Estratégias para o Uso de Biomassa em Química Renovável. Brasília: Embrapa, 2012 (Série Documentos Embrapa).

8.
VAZ-JUNIOR, S.. Uso dos Coprodutos e Resíduos de Biomassa para Obtenção de Produtos Químicos Renováveis. Brasília/DF: Embrapa Agroenergia, 2011 (Circular técnica).

9.
VAZ-JUNIOR, S.. Análise Química Instrumental e sua Aplicação em Controle de Qualidade de Biocombustíveis. Brasília/DF: Embrapa Agroenergia, 2011 (Circular técnica).

10.
VAZ-JUNIOR, S.. Contribuições da Química ao Desenvolvimento Científico e Econômico. Brasília: Embrapa Agroenergia, 2011 (Artigo de divulgação na mídia).

11.
VAZ-JUNIOR, S.. Coprodutos e Resíduos de Biomassa como Matérias-Primas de Produtos Químicos. Brasília/DF: Embrapa, 2010 (Artigo de divulgação na mídia).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
VAZ-JUNIOR, S.. Assessor técnico do gabinete da presidência da Embrapa. 2015.

2.
VAZ-JUNIOR, S.. Consultoria ad hoc para trabalhos do II Congresso Ibero-americano de Biorrefinarias. 2013.

3.
VAZ-JUNIOR, S.. Consultoria ad hoc para projetos de P&D&I da Fundação de Pesquisa do Estado do Amazonas. 2012.

4.
VAZ-JUNIOR, S.. Assesor científico da Chefia Adjunta de P&D da Embrapa Agroenergia. 2011.

5.
VAZ-JUNIOR, S.. Análise de Risco Químico de Derivados de Petróleo em Água Subterrânea e Solo. 2009.

6.
VAZ-JUNIOR, S.. Assessoria para a Produção de Aguardente de Mel. 2009.

7.
VAZ-JUNIOR, S.. Avaliação-Testemunha do Processo PRO-13661 DICOR/INMETRO (Especialista Externo do INMETRO). 2009.

8.
LEME, P.S. ; VAZ-JUNIOR, S. . CÓRREGO DA ÁGUA QUENTE: ASPECTOS GEOTÉNICOS, HIDROGEOLÓLGICOS, DIAGNÓSTICO SOBRE AS CONDIÇÕES E PROPOSTAS DE RECUPERAÇÃO. 2007.

9.
MARTINS, G. ; VAZ-JUNIOR, S. . AVALIAÇÃO DE PASSIVO AMBIENTAL EM ÁREA COM SUSPEITA DE CONTAMINAÇÃO POR ÓLEOS PARAFINICOS E DIESEL (ECOTRAY SOLUÇÕES AMBIENTAIS LTDA.). 2006.

10.
VAZ-JUNIOR, S.. Determinação de PAHs e BTEX. 2004.

Produtos tecnológicos
1.
VAZ JR., SÍLVIO; DONATE, P. M. . Ácido levulínico. 2017.

2.
VAZ JR., SÍLVIO; VAZ, P. A. ; IENCZAK, J. . Ácido succínico. 2017.

3.
VAZ JR., SÍLVIO; DONATE, P. M. . Furfural. 2017.

4.
VAZ JR., SÍLVIO; DONATE, P. M. . Xilitol. 2017.

5.
VAZ JR., SÍLVIO; SOARES, E. ; MORAES, M. C. B. ; COLODETTE, J. . Formulação agroquímica de liberação controlada. 2017.

6.
VAZ JR., SÍLVIO; RODRIGUES, D. S. . Ácido xilônico. 2017.

7.
VAZ-JUNIOR, S.. Sistema Eletrocinético de Extração de Metais Tóxicos. 2008.

8.
VAZ-JUNIOR, S.. Detergente Biodegradável. 2002.

Processos ou técnicas
1.
VAZ JR., SÍLVIO; DONATE, P. M. . Processo de obtenção de ácido levulínico a partir do bagaço de cana-de-açúcar. 2017.

2.
VAZ JR., SÍLVIO; VAZ, P. A. ; IENCZAK, J. . Processo de obtenção de ácido succínico a partir do bagaço de cana-de-açúcar. 2017.

3.
VAZ JR., SÍLVIO; MORAES, M. C. B. ; WANDRE, M. ; SOARES, E. ; COLODETTE, J. . Formulação de liberação lenta para o controle de pragas à base de lignina kraft e semioquímico. 2017.

4.
VAZ JR., SÍLVIO; DONATE, P. M. . Processo de obtenção de furfural a partir do bagaço de cana-de-açúcar. 2017.

5.
VAZ JR., SÍLVIO; DONATE, P. M. . Processo de obtenção de xilitol a partir do bagaço de cana-de-açúcar. 2017.

6.
VAZ JR., SÍLVIO; RODRIGUES, D. S. ; ALMEIDA, R. M. ; GONCALVES, S. B. ; PACHECO, T. F. ; CARVALHO, W. B. . Síntese enzimática de ácido xilônico. 2017.

7.
VAZ-JUNIOR, S.; DANESE, P. T. F. . Desenvolvimento de Sistema de Preaparo e Aplicação de Ferro Zero Valente em Águas Subterrâneas. 2010.

8.
VAZ JR., SÍLVIO; DANESE, P. T. F. . Processo de remediação por ferro zero valente (FZV) para tratamento de íons metálicos tóxicos em água subterrânea. 2010.

9.
VAZ JR., SÍLVIO. Processo de remediação eletrocinética para tratamento de Pb em solos. 2009.

Trabalhos técnicos
1.
VAZ JR, SÍLVIO. Relatório Final do Projeto C5-AGREGA. 2017.

2.
VAZ JR, SÍLVIO; SOUZA, D. T. . Roadmap Tecnológico do Projeto C5-AGREGA. 2016.

3.
Sílvio Vaz Jr. Avaliação de Equivalência Química de Ingredientes Ativos de Agroquímicos. 2015.

4.
VAZ-JUNIOR, S.. Desenvolvimento de Método para Avaliação de Risco de Efluentes Hospitalares. 2010.

5.
VAZ JR, SÍLVIO. Desenvolvimento de Produto Inorgânico Oriundo de Calcário Calcítico para Tratamento de Resíduos de Mineração de Ouro e de Minerais Sulfetados. 2010.

6.
VAZ-JUNIOR, S.. Avaliação-Testemunha dos Processos PRO-6213/6214 DICOR/INMETRO (Especialista Externo do INMETRO). 2009.

7.
VAZ-JUNIOR, S.. Avaliação-Testemunha do Processo PRO-11271 DICOR/INMETRO (Especialista Externo do INMETRO). 2009.

8.
VAZ-JUNIOR, S.. Plano de Negócios (Proposta Detalhada). 2009.

9.
VAZ-JUNIOR, S.. Auditoria do Processo 13923 OCP DICOR/INMETRO (Especialista externo do INMETRO). 2009.

10.
VAZ JR, SÍLVIO. Estudo e Melhoria da Qualidade de Aguardante Artesanal. 2009.

11.
VAZ-JUNIOR, S.; XAVIER, M.G. . PROPOSTAS DE NOVAS TECNOLOGIAS DE TRATAMENTO DE ESGOTO PARA FINS AGRÍCOLAS PARA IMPLANTAÇÃO EM ETE. 2007.

12.
VAZ-JUNIOR, S.. 058/SRBR/SBBR/2006 - CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA MONITORAR A QUALIDADE E A VAZÃO DOS CORPOS HÍDRICOS DO AEROPORTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ? PRESIDENTE JUSCELINO KUBITSCHEK, EM BRASÍLIA-DF, BEM COMO EMITIR PARECER SOBRE AS ANÁLISES E COMPORTAMENTOS DOS CORPOS HÍDRICOS NO QUE TANGE A VAZÃO. 2007.

13.
VAZ-JUNIOR, S.. DESCONTAMINAÇÃO DE ÁGUA SUBTERRÂNEA CONTAMINADA COM BTEX POR PROCESSOS OXIDATIVOS AVANÇADOS. 2007.

14.
VAZ-JUNIOR, S.. COMPLEMENTAÇÃO DE ANÁLISE DETALHADA E REAVALIAÇÃO DO RISCO QUÍMICO NA ÁREA DO AUTO POSTO DALLAS CENTER EM ARARAQUARA/SP. 2007.

15.
VAZ-JUNIOR, S.. ANÁLISE DE CAVA PARA REMOÇÃO DE TANQUES DE COMBUSTÍVEL. 2007.

16.
VAZ-JUNIOR, S.. 08.456/07 - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO COMPARATIVO DOS RESULTADOS ANALÍTICOS OBTIDOS COM OS PADRÕES DE QUALIDADE (NACIONAIS E INTERNACIONAIS), NO CÓRREGO DOS MENINOS (MONTANTE E JUSANTE DO LANÇAMENTO DO EFLUENTE FINAL) E NOS. 2007.

17.
VAZ-JUNIOR, S.; REZENDE, M. O. O. . 1270/06 ? CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E BIOLÓGICAS DE LODO GERADO NAS ESTAÇÔES DE TRATAMENTO DE ESGOTOS OPERADAS PELA USEG. 2006.

18.
VAZ-JUNIOR, S.. Produção de Detergentes. 2002.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
VAZ-JUNIOR, S.. Liberação lenta de bioprodutos para manejo integrado de pragas agrícolas. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
VAZ JR., SÍLVIO; MORAES, M. C. B. . Lignina para liberação lenta para o controle de pragas. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
Sílvio Vaz Jr. Evento mostra como Rio pode diversificar produção química. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
VAZ JR, SÍLVIO. Biorrefinaria - diversidade e riqueza florestais. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
VAZ-JUNIOR, S.. Redução da dependência de petroquímicos demanda tecnologias inovadoras. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
VAZ JR, SÍLVIO. Países iberoamericanos investem em biorrefinarias. 2011. (Programa de rádio ou TV/Comentário).


Demais tipos de produção técnica
1.
VAZ-JUNIOR, S.. Introdução à Química Renovável. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
VAZ JR., SÍLVIO. Biomass and Green Chemistry - Building a Renewable Pathway. 2017. (Editoração/Livro).

3.
Sílvio Vaz Jr. Introdução à Química Renovável. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
VAZ-JUNIOR, S.. Analytical Techniques and Methods for Biomass. 2016. (Editoração/Livro).

5.
VAZ-JUNIOR, S.; RODRIGUES, C. ; RODRIGUES, D. S. ; ALMEIDA, J. R. ; COLODETTE, J. L. ; VALADARES, L. ; ABDELNUR, P. V. ; DONATE, P. M. ; BELEM, S. ; ZUIN, V. . Chemical and Biological Technologies in Agriculture. 2014. (Editoração/Periódico).

6.
VAZ-JUNIOR, S.. Biomassa para Química Verde. 2013. (Editoração/Livro).

7.
VAZ-JUNIOR, S.. Pure and Applied Chemistry. 2013. (Editoração/Periódico).

8.
VAZ-JUNIOR, S.. Biorrefinarias: Cenários e Perspectivas. 2011. (Editoração/Livro).

9.
VAZ-JUNIOR, S.. REMEDIAÇÃO ELETROCINÉTICA DE SOLOS CONTAMINADOS POR METAIS PESADOS. 2009. (Relatório de pesquisa).

10.
AMBIENTE, C. T. M. ; VAZ-JUNIOR, S. . Cartilha de Meio Ambiente - Conselho Regional de Química IV. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Documento técnico).

11.
VAZ-JUNIOR, S.. Avaliação Analítica da Qualidade dos Biocombustíveis. 2008. (Artigo técnico).

12.
Comissão Técnica de Meio Ambiente - CRQ IV ; VAZ-JUNIOR, S. . Cartilha de Meio Ambiente. 2008. (Artigo técnico).

13.
VAZ-JUNIOR, S.. MANUAL DE OPERACIÓN DEL MONITOR COMPUTADORIZADO MLC2000. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Tradução de Manual de Operações).

Demais trabalhos
1.
VAZ-JUNIOR, S.. Saneamento Ambiental. 2004 (Aulas para Curso de Pós-Graduação Lato Sensu) .

2.
VAZ-JUNIOR, S.. Síntese e Caracterização de Complexos de Ácido Fítico e Mn(II). 2003 (Apresentação de Seminário) .

3.
VAZ-JUNIOR, S.. "Sintese e Caracterização de Compostos de Ácido Fítico e Manganês(II)". 2003 (Apresentação de Seminário) .



Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 VAZ JR, SÍLVIO. Sistema Eletrocinético de Extração de Chumbo em Solos para Análises Laboratoriais. 2017, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR10201702437, título: "Sistema Eletrocinético de Extração de Chumbo em Solos para Análises Laboratoriais" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 12/11/2017Instituição(ões) financiadora(s): Fapesp.

2.
 VAZ-JUNIOR, S.. MÉTODO DE REMEDIAÇÃO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS IMPACTADAS POR ÍONS METÁLICOS UTILIZANDO FERRO ZERO-VALENTE. 2018, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020180032224, título: "MÉTODO DE REMEDIAÇÃO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS IMPACTADAS POR ÍONS METÁLICOS UTILIZANDO FERRO ZERO-VALENTE" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 16/10/2018Instituição(ões) financiadora(s): HIDROLISIS.

3.
 JUNIOR, SILVIO VAZ. Método Físico-Químico de Determinação da Sorção de Antibióticos Tetraciclínicos a Solos. 2018, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020180712438, título: "Método Físico-Químico de Determinação da Sorção de Antibióticos Tetraciclínicos a Solos" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 16/10/2018Instituição(ões) financiadora(s): Universidade de São Paulo.


Marca registrada
1.
 VAZ-JUNIOR, S.. SNBr. 2011, Brasil.
Patente: Marca Registrada de Serviço. Número do registro: 906432278, título: "SNBr" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
DONATE, P. M.; GALLO, J. M. R.; VAZ-JUNIOR, S.; OLIVI, P.. Participação em banca de Wesley Romário da Silva. Preparação e Aplicação de Catalisadores Heterogêneos Suportados em Compósitos Nanoestruturados de Carbono. 2017. Dissertação (Mestrado em Quimica - Universidade de São Paulo/FFCLRP) - Universidade de São Paulo.

2.
ROCHA, J.D.; VAZ-JUNIOR, S.; CALDEIRA, R.. Participação em banca de Vicente Alves Pimenta Junior. Biodiesel: Uso, Limitações e Implicações Técnicas Devido à sua Degradabilidade. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Agroenergia - MPAgro) - Fundação Getúlio Vargas - Escola de Economia de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
COLODETTE, J.; VAZ JR., SÍLVIO; REIS, E. L.; DEMUNER, A. J.; CABRAL, C. P. T.. Participação em banca de Bianca Moreira Barbosa. Aplicações de Xilanas e Ligninas Extraídas de Biomassas Lignocelulósicas para Obtenção de Bioprodutos. 2017. Tese (Doutorado em Agroquímica) - Universidade Federal de Viçosa.

Qualificações de Doutorado
1.
VAZ JR., SÍLVIO; LEITE, L. F.; SECCHI, A. R.; ORLEANS, L. F.; SEIDL, P.. Participação em banca de Adriana Karla Goulart. Banco de Dados das Tecnologias de Pré-tratamento, Hidrólise e Conversão das Biomassas Lignocelulósicas. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ACHEMA 2018 ? World Forum and Leading Show for the Process Industry. IMPROVEMENT OF EUCALYPTUS PELLETS BY ADDITION OF KRAFT LIGNIN AND CORN RESIDUE. 2018. (Feira).

2.
Construindo Caminhos para o Avanço da Bioeconomia Brasileira - Desafios em Biomassa, Bioprodutos e Energia Renovável.Bioinsumos e Bioprodutos. 2018. (Oficina).

3.
IX Semana da Química da Universidade Federal do Cerá.Usos da Biomassa na Química Verde. 2018. (Encontro).

4.
1st Meeting Interst. - Strategic Approach to International Chemicals Management (SAICM). 2017. (Oficina).

5.
Green chemistry and White biotechnology: Industry of the future.Opportunities for collaboration with Embrapa Agroenergy. 2017. (Simpósio).

6.
VII Encontro da Escola Brasileira de Química Verde.Renewable Chemistry ? An Opportunity for Brazilian Biomass. 2017. (Encontro).

7.
ACS/SBQ Skill Workshop for Young Brazilian Scientists and Engineers.O ACS Brazil Chapter. 2016. (Oficina).

8.
ACS Brazil Chapter Lauching Event.ACS Brazil Chapter Lauching Event. 2016. (Encontro).

9.
III Encontro Regional SBQ-DF.Introdução à Química Renovável. 2016. (Encontro).

10.
International Exhibition-Congress for Chemical and Process Industry in Brazil (TeQ). Biorefinary in Brazil. 2016. (Congresso).

11.
ACS Brazil Chapter Pre-Lauching Event.Workshop - New Trends in Chemistry. 2015. (Seminário).

12.
Biorrefinarias - Novas tecnologias.Biomassa para Química Verde. 2015. (Encontro).

13.
IV Bioprospectar.Biorrefinarias e o Aproveitamento do Potencial da Biomassa. 2015. (Seminário).

14.
XXVIII Congresso Brasileiro de Microbiologia. Biorrefinarias e Química Renovável: Estratégias para o Avanço da Bioeconomia. 2015. (Congresso).

15.
IV Encontro da Escola Brasileira de Química Verde.Governança de Projetos Baseados em Biomassa. 2014. (Encontro).

16.
2nd Iberoamerican Congress on Biorefineries. Biotechnological solutions and bioproducts. 2013. (Congresso).

17.
Bio-Energy Conference of Americas (BECA).Strategies to Use Biomass in Green Chemistry ? A Brazilian Perspective. 2013. (Simpósio).

18.
Encontro Avançado de Biorrefinarias.Introdução ao Conceito de Biorrefinaria. 2013. (Encontro).

19.
XXXVI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química. A visão de química verde sob a estratégia de P&D da Embrapa Agroenergia. 2013. (Congresso).

20.
2ª Conferência de Gerenciamento de Resíduos e Efluentes.Química Renovável a partir de Coprodutos e Resíduos da Biomassa Agroindustrial. 2012. (Outra).

21.
4 Seminário Petrobras de Biocombustíveis e Biotecnologias.Coprodutos e Resíduos de Biomassa como Matérias-primas para Produtos Químicos. 2012. (Seminário).

22.
4th International IUPAC Conference on Green Chemistry. xxx. 2012. (Congresso).

23.
Primero Congreso Iberoamericano sobre Biorrefinerias. Palestra. 2012. (Congresso).

24.
Segundo Encontro da Escola Brasileira de Química Verde.The Efforts of Embrapa Agrienergy on Biorefineries and Green Chemistry. 2012. (Encontro).

25.
Seminário ABIQUIM de Tecnologia.O Uso da Biomassa em Biorrefinarias e a Busca por uma Química Renovável Brasileira. 2012. (Seminário).

26.
Seminário do Setor Químico do Brasil.Biorrefinarias ? o que precisamos fazer para transformar em realidade o potencial brasileiro em biomassa.. 2012. (Seminário).

27.
V Seminar on Pulp and Paper.The Use of Lignin for Bio-products Production. 2012. (Seminário).

28.
4 Simpósio Nacional de Biocombustíveis (BIOCOM).Pesquisa e desenvolvimento tecnológico. 2011. (Simpósio).

29.
Encontro sobre Metabolômica. 2011. (Encontro).

30.
III Seminário Internacional de Biorefinerías.Aprovechamiento de la Lignina para la Obtención de Productos Químicos Renovables y Sustentables. 2011. (Seminário).

31.
I Simpósio Nacional de Avaliação de Ciclo de Vida em Sistemas Energéticos.Panoramas e Perspectivas do ACV. 2011. (Simpósio).

32.
I Simpósio Nacional de Biorrefinarias.Palestra de abertura (coordenador do evento). 2011. (Simpósio).

33.
XVI Encontro Nacional da Indústria Químicas.Recebimento de premiação - primeiro lugar na categoria pesquisador. 2011. (Encontro).

34.
Workshop Internacional LNEG "As Biorrefinarias da Biomassa para Biocombustíveis".Criação e Acreditação de Organismo Certificador de Produto (OCP) no Brasil para a Certificação de Biocombustíveis. 2010. (Simpósio).

35.
II Encontro de Empreendedores Residentes e Associados ao Programa Incubadora de Empresas de São Carlos/CEDIN.HIDROLISIS - Apresentação Institucional. 2009. (Encontro).

36.
II Encontro de Empreendedores Residentes e Associados ao Programa Incubadora de Empresas de São Carlos/CEDIN. 2009. (Encontro).

37.
Jornada Científica - Embrapa São Carlos.Estudo da Interação de Ácidos Húmnicos Extraídos de Solo com o Antibiótico Oxitetraciclina. 2009. (Simpósio).

38.
Primeira Empresa Inovadora (PRIME/Finep).Treinamento Presencial. 2009. (Outra).

39.
Workshop Instrumentação e Automação Agrícola e Agroindustrial na Cadeia Cana-Etanol.. 2009. (Simpósio).

40.
X Encontro Internacional de Energia.Representante do CIESP-São Carlos. 2009. (Encontro).

41.
Bioenergia e Desenvolvimento Tecnológico.Bioenergia e Desenvolvimento Tecnológico. 2008. (Seminário).

42.
Encontro Nacional da Indústria Química.Recebimento de Prêmio de Tecnologia (Empresa Nascente). 2008. (Encontro).

43.
II Fórum Brasil-Alemanha de Biotecnologia / Biolatina 2008. Obtention of Ethanol by Enzymatic Catalysis of the Biomass of Sugar Cane. 2008. (Congresso).

44.
Workshop de Instrumentação e Automação Agrícola e Agroindustrial na Cadeia Cana-Etanol. 2008. (Simpósio).

45.
Workshop sobre Bioenergia. 2008. (Seminário).

46.
Campus de Excelencia.Development of Security Plan of Waters for the African Continent Against Chemical Contamination. 2007. (Encontro).

47.
Campus de Excelencia 2007.Development of the Security against Chemical Contamination of the Water for the African Continent. 2007. (Encontro).

48.
2a. Conferência Anual ICTR: Resíduos Sólidos Urbanos. 2004. (Encontro).

49.
V Brasilian Meeting on Chemistry of Food and Beverages.V Brasilian Meeting on Chemistry of Food and Beverages. 2004. (Encontro).

50.
VIII Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia. VIII Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia. 2004. (Congresso).

51.
XIV Encontro Regional da Sociedade Brasileira de Química. XIV Encontro Regional da Sociedade Brasileira de Química. 2003. (Congresso).

52.
Programa de Cooperación Universitaria/ALE 2000.Curso de Metales y Problemas Medio Ambientales. 2000. (Oficina).

53.
XL Congresso Brasileiro de Química. XL Congresso Brasileiro de Química. 2000. (Congresso).

54.
Ciclo de Seminários do DEQUI. 1999. (Seminário).

55.
III Seminário de Iniciação Científica.III Seminário de Iniciação Científica FAPEMIG/UFU. 1999. (Seminário).

56.
I Jornada Científica de Química.I Jornada Científica de Química. 1999. (Simpósio).

57.
I Jornada Científica de Química.Mini-curso de Obtenção de Pastas Celulósicas. 1999. (Oficina).

58.
Ciclo de Semi9nários do DEQUI. 1997. (Seminário).

59.
Ciclo de Seminários do DEQUI. 1997. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VAZ JR., SÍLVIO; GONCALVES, S. B. ; ROCHA, J.D. ; CHIES, V. ; BARBOSA, P. . Workshop Internacional em Química Renovável. 2017. (Outro).

2.
VAZ-JUNIOR, S.; BARBOSA, P. . ACS Brazil Chapter - Lauching Event. 2016. (Outro).

3.
VAZ-JUNIOR, S.; CABRAL, J.M. ; ROCHA, J.D. ; DAMASO, M. C. T. . II Simpósio Nacional de Biorrefinarias. 2013. (Outro).

4.
VAZ-JUNIOR, S.. I Simpósio Nacional de Biorrefinarias. 2011. (Outro).

5.
VAZ-JUNIOR, S.. Programa de Banimento de Gases Hidroclofluorcarbonos. 2009. (Outro).

6.
VAZ-JUNIOR, S.. Aspectos da Avaliação do Passivo Ambiental Industrial. 2009. (Outro).

7.
VAZ-JUNIOR, S.; Travensolo, R. ; Girio, F. ; Ballesteros, M. . Reunião de Trabalho: Projeto LIGNOETANOL - Red Iberoeka/CYTED. 2008. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Tese de doutorado
1.
Robisnéia Adriana Ribeiro. Biorrefinaria de Lignina Kraft. Início: 2015. Tese (Doutorado em Pós-graduação em Agroquímica) - Universidade Federal de Viçosa, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Coorientador).


Orientações e supervisões concluídas
Tese de doutorado
1.
Bianca Moreira Barbosa. Aplicações de Xilanas e Ligninas Extraídas de Biomassas Lignocelulósicas para Obtenção de Bioprodutos. 2017. Tese (Doutorado em Pós-graduação em Agroquímica) - Universidade Federal de Viçosa, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Silvio Vaz Junior.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Juliana Gomes. 2016. Embrapa Agroenergia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Silvio Vaz Junior.

2.
Ana Elisa Barreto Matias. 2016. Embrapa Agroenergia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Silvio Vaz Junior.

3.
Ana Elisa Barreto Matias. 2015. Embrapa Agroenergia, Bnaco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Silvio Vaz Junior.

4.
Eveline Soares. 2014. Embrapa Agroenergia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Silvio Vaz Junior.

Iniciação científica
1.
Vítor dos Santos de Souza. Desenvolvimento de rotas de conversão de xilose em produtos químicos renováveis. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Química) - Universidade de São Paulo, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Orientador: Silvio Vaz Junior.

2.
Daiane Letícia Quirino de Souza. Escalonamento de processo de purificação de licor hemicelulósico. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Química) - Universidade Estadual de Campinas, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Orientador: Silvio Vaz Junior.

3.
Danielle Kikuchi. Catálise para conversão de biomassa. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Química Com Atribuições Tecnológicas) - Universidade de São Paulo, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Orientador: Silvio Vaz Junior.

4.
Jean Felipe Leal Silva. Simulação de processos de produção de derivados de D-xilose. 2015. Iniciação Científica - Embrapa Agroenergia, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Orientador: Silvio Vaz Junior.

5.
Marco Aurélio Selicani. Simulação computacional de processos de conversão de pentose. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Campinas, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Orientador: Silvio Vaz Junior.

6.
Aline Guerta. Levantamento do Cenário de Mercado dos Biocmbustíveis. 2010. Iniciação Científica - Hidrolisis Avaliações Analíticas e Novos Processos Ltda, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Silvio Vaz Junior.

7.
Rodrigo Mattiazo Rosolino. Bolsa Treinamento Técnico - Nível 1/FAPESP. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Química c/ Atrib. Tecnológ - UFSCAR) - Hidrolisis Avaliações Analíticas e Novos Processos Ltda, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Silvio Vaz Junior.

Orientações de outra natureza
1.
Regiane de Fátima Travensolo. Adaptação do Processo de Hidrólise Enzimática Aplicado à Biomassa de Cevada para a Biomassa de Cana-de-Açúcar, Visando Aumento na Produtividade do Etanol Brasileiro. 2010. Orientação de outra natureza - Hidrolisis Avaliações Analíticas e Novos Processos Ltda, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Silvio Vaz Junior.

2.
Rodrigo Mattiazo Rosolino. Adaptação do Processo de Hidrólise Enzimática Aplicado à Biomassa de Cevada para a Biomassa de Cana-de-Açúcar, Visando Aumento na Produtividade do Etanol Brasileiro. 2010. Orientação de outra natureza - Hidrolisis Avaliações Analíticas e Novos Processos Ltda, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Silvio Vaz Junior.

3.
Ana Suelen Troiano. Plano de Marketing para O Mercado de Etanol de Segunda Geração. 2010. Orientação de outra natureza - Hidrolisis Avaliações Analíticas e Novos Processos Ltda, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Silvio Vaz Junior.

4.
Juliana Vieira Alberice. Adaptação do Processo de Hidrólise Enzimática Aplicado à Biomassa de Cevada para a Biomassa de Cana-de-Açúcar, Visando Aumento na Produtividade do Etanol Brasileiro. 2009. Orientação de outra natureza - Hidrolisis Avaliações Analíticas e Novos Processos Ltda, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Silvio Vaz Junior.

5.
Guilherme Muniz MIziara. Adaptação do Processo de Hidrólise Enzimática Aplicado à Biomassa de Cevada para a Biomassa de Cana-de-Açúcar, Visando Aumento na Produtividade do Etanol Brasileiro. 2009. Orientação de outra natureza - Hidrolisis Avaliações Analíticas e Novos Processos Ltda. Orientador: Silvio Vaz Junior.

6.
Tatiana Pereira da Silva. Adaptação do Processo de Hidrólise Enzimática Aplicado à Biomassa de Cevada para a Biomassa de Cana-de-Açúcar, Visando Aumento na Produtividade do Etanol Brasileiro. 2008. Orientação de outra natureza - Hidrolisis Avaliações Analíticas e Novos Processos Ltda, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Silvio Vaz Junior.



Inovação



Patente
1.
 VAZ-JUNIOR, S.. MÉTODO DE REMEDIAÇÃO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS IMPACTADAS POR ÍONS METÁLICOS UTILIZANDO FERRO ZERO-VALENTE. 2018, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020180032224, título: "MÉTODO DE REMEDIAÇÃO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS IMPACTADAS POR ÍONS METÁLICOS UTILIZANDO FERRO ZERO-VALENTE" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 16/10/2018Instituição(ões) financiadora(s): HIDROLISIS.

2.
 JUNIOR, SILVIO VAZ. Método Físico-Químico de Determinação da Sorção de Antibióticos Tetraciclínicos a Solos. 2018, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020180712438, título: "Método Físico-Químico de Determinação da Sorção de Antibióticos Tetraciclínicos a Solos" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 16/10/2018Instituição(ões) financiadora(s): Universidade de São Paulo.

3.
 VAZ JR, SÍLVIO. Sistema Eletrocinético de Extração de Chumbo em Solos para Análises Laboratoriais. 2017, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR10201702437, título: "Sistema Eletrocinético de Extração de Chumbo em Solos para Análises Laboratoriais" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 12/11/2017Instituição(ões) financiadora(s): Fapesp.


Marca registrada
1.
 VAZ-JUNIOR, S.. SNBr. 2011, Brasil.
Patente: Marca Registrada de Serviço. Número do registro: 906432278, título: "SNBr" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial.


Produto tecnológico
1.
VAZ JR., SÍLVIO; DONATE, P. M. . Ácido levulínico. 2017.

2.
VAZ JR., SÍLVIO; VAZ, P. A. ; IENCZAK, J. . Ácido succínico. 2017.

3.
VAZ JR., SÍLVIO; DONATE, P. M. . Furfural. 2017.

4.
VAZ JR., SÍLVIO; DONATE, P. M. . Xilitol. 2017.

5.
VAZ JR., SÍLVIO; SOARES, E. ; MORAES, M. C. B. ; COLODETTE, J. . Formulação agroquímica de liberação controlada. 2017.

6.
VAZ JR., SÍLVIO; RODRIGUES, D. S. . Ácido xilônico. 2017.


Processos ou técnicas
1.
VAZ JR., SÍLVIO; DONATE, P. M. . Processo de obtenção de ácido levulínico a partir do bagaço de cana-de-açúcar. 2017.

2.
VAZ JR., SÍLVIO; VAZ, P. A. ; IENCZAK, J. . Processo de obtenção de ácido succínico a partir do bagaço de cana-de-açúcar. 2017.

3.
VAZ JR., SÍLVIO; MORAES, M. C. B. ; WANDRE, M. ; SOARES, E. ; COLODETTE, J. . Formulação de liberação lenta para o controle de pragas à base de lignina kraft e semioquímico. 2017.

4.
VAZ JR., SÍLVIO; DONATE, P. M. . Processo de obtenção de furfural a partir do bagaço de cana-de-açúcar. 2017.

5.
VAZ JR., SÍLVIO; DONATE, P. M. . Processo de obtenção de xilitol a partir do bagaço de cana-de-açúcar. 2017.

6.
VAZ JR., SÍLVIO. Processo de remediação eletrocinética para tratamento de Pb em solos. 2009.

7.
VAZ JR., SÍLVIO; DANESE, P. T. F. . Processo de remediação por ferro zero valente (FZV) para tratamento de íons metálicos tóxicos em água subterrânea. 2010.

8.
VAZ JR., SÍLVIO; RODRIGUES, D. S. ; ALMEIDA, R. M. ; GONCALVES, S. B. ; PACHECO, T. F. ; CARVALHO, W. B. . Síntese enzimática de ácido xilônico. 2017.


Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico

Outros projetos


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
VAZ-JUNIOR, S.2014VAZ-JUNIOR, S.. Preface - 2nd Brazilian Symposium on Biorefineries (II SNBr). Pure and Applied Chemistry (Online), v. 86, p. 819-820, 2014.

2.
VAZ-JUNIOR, S.2014VAZ-JUNIOR, S.. Perspectives for the Brazilian residual biomass in renewable chemistry. Pure and Applied Chemistry (Online), v. 86, p. 833-842, 2014.

Artigos aceitos para publicação
1.
VAZ JR, SÍLVIO. Rumo a uma Química Renovável Brasileira a partir da Biomassa Vegetal. Revista Virtual de Química, 2017.


Apresentações de Trabalho
1.
VAZ-JUNIOR, S.. Estudo da Interação de Ácidos Húmicos Extraídos de Solo com o Antibiótico Oxitetraciclina. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
VAZ-JUNIOR, S.. Strategies to Use Biomass in Renewable Chemistry - A Brazilian Perspective. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
VAZ-JUNIOR, S.. The Efforts of Embrapa Agroenergy on Biorefineries and Green Chemistry. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
VAZ-JUNIOR, S.. The Use of Lignin for Bio-products Production. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
VAZ-JUNIOR, S.. Introdução ao conceito de biorrefinarias. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
VAZ-JUNIOR, S.. A química verde sob a visão de estratégias em P&D&I da Embrapa Agroenergia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
VAZ-JUNIOR, S.. Moderação de mesa de discussão sobre bioprodutos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
VAZ-JUNIOR, S.. Biorefineries and Green Chemistry in Brazil - status quo and R&D. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
VAZ JR, SÍLVIO. Biomassa para Química Verde. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
Sílvio Vaz Jr. Biorrefinarias e o Aproveitamento do Potencial da Biomassa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
VAZ-JUNIOR, S.. Liberação lenta de bioprodutos para manejo integrado de pragas agrícolas. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).



Outras informações relevantes


1) Coordenador do Grupo de Meio Ambiente do Centro das Indústrias do estado de São Paulo (CIESP - Regional São Carlos; 2009 - 2010);

2) Membro da "Union of Pure and Applied Chemistry" (IUPAC; 2008 - atual);

3) Avaliador de projetos para o Programa Iberoamericano de Ciencia y Tecnología para el Desarrollo (CYTED; 2010 - atual);

4) Membro-fundador da Sociedade Iberoamericana para o Desenvolvimento das Biorrefinarias (SIADEB; 2010 - atual); 

5) Aprovado em primeiro lugar em concurso para pesquisador "A" da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária na área de química analítica aplicada a processos e produtos da biomassa (2010);

6) Assessor da chefia adjunta de P&D da Embrapa Agronergia - Supervisor II (2011 - 2012);

7) Membro da "American Chemical Society" (ACS, 2012 - atual);

8) Membro da comissão de tecnologia da Associação Brasileira da Indústria Química (ABIQUIM; 2013 - atual);

9) Membro suplente do Comitê Técnico Interno (CTI) da Embrapa Agroenergia (2013 - 2015);

10) Assessor técnico do gabinete da presidência da Embrapa - Supervisor III (2015 - 2015);

11) Membro da "International Association of Environmental Analytical Chemistry" (IAEAC, 2015 - atual);

12) Grau de Doutor português em Química conferido pela Universidade de Coimbra (Português) em 2016, segundo o registro de número 24/2016 junto à Reitoria da UC;

13) Pesquisador associado ao grupo de pesquisa CNPq "Desenvolvimento de Plataformas de Fracionamento Físico-químico de Biomassas Lignocelulósicas e Recuperação/purificação de Correntes de Processos Químicos e Biotecnológicos" do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM);

14) Pesquisador associado ao grupo de pesquisa CNPq "Laboratório de Síntese e Estudos de Produtos Naturais" da Universidade de São Paulo (USP).

15) Membro titular do Comitê Local de Inovação da Embrapa Agroenergia (2018 - atual). 

16) Doze missões internacionais como pesquisador da Embrapa entre 2011 e 2018.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/02/2019 às 11:32:13