Paulo André Niederle

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3985133612947371
  • Última atualização do currículo em 15/12/2018


Professor do Departamento de Sociologia e dos Programas de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS) e em Desenvolvimento Rural (PGDR) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Doutor em Ciências Sociais (CPDA/UFRRJ, 2011) com doutorado-sanduíche pelo CIRAD-Montpellier (UMR Innovation) / Universidade de Lyon II. Engenheiro Agrônomo (FAEM/UFPEL, 2005) e Mestre em Desenvolvimento Rural (PGDR/UFRGS, 2007). Vice-Presidente da Associação Latino-Americana de Sociologia Rural (ALASRU). Atualmente é coordenador do Observatório das Agriculturas Familiares Latino-Americanas (AFLA-UFRGS-UNILA). Participa do Grupo de Estudos e Pesquisa em Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural (GEPAD-UFRGS). É membro do Grupo de Trabalho sobre Segurança Alimentar da CLACSO/FAO, representante da América Latina no Research Committee on Agriculture and Food (RC 40) da International Sociological Association (ISA), membro do Grupo de Investigadores em Políticas Públicas para a Agricultura Familiar (GIPPAF) da REAF-Mercosul, pesquisador da Red Políticas Públicas na América Latina (Red PP-AL). Possui experiência nas áreas de sociologia econômica, sociologia das instituições, sociologia rural e economia institucional, tendo atuado principalmente nos seguintes temas: instituições e desenvolvimento, dinâmica da agricultura familiar, mercados agroalimentares, convenções de qualidade, instituições e regulação econômica e redes alimentares alternativas. As publicações podem ser acessadas em www.researchgate.net/profile/Paulo_Niederle (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Paulo André Niederle
Nome em citações bibliográficas
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Campus do Vale
Agronomia
91509900 - Porto Alegre, RS - Brasil
Telefone: (51) 33086956


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2011
Doutorado em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade.
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.
com período sanduíche em Université Lumiere Lyon 2 (Orientador: Claire Delfosse).
Título: Compromissos para a qualidade: projetos de indicação geográfica para vinhos no Brasil e na França, Ano de obtenção: 2011.
Orientador: John Wilkinson.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Desenvolvimento rural; Mercados; Qualidade dos alimentos; Agricultura familiar.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Rural.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Desenvolvimento.
Setores de atividade: Desenvolvimento Rural.
2005 - 2006
Mestrado em Desenvolvimento Rural.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Mercantilização, estilos de agricultura e estratégias reprodutivas dos agricultores familiares de Salvador das Missões, RS.,Ano de Obtenção: 2007.
Orientador: Sérgio Schneider.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Agricultura familiar; Estilos de Agricultura; Mercantilização; Desenvolvimento rural.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Desenvolvimento.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
Setores de atividade: Desenvolvimento Rural.
2003 interrompida
Graduação interrompida em 2005 em Economia.
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Ano de interrupção: 2005
1999 - 2004
Graduação em Agronomia.
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Título: Políticas públicas e reprodução social na pesca artesanal.
Orientador: Flávio Sacco dos Anjos.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2009 - 2009
Indicação Geográfica para Produtos Agropecuários. (Carga horária: 40h).
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, MAPA, Brasil.
2007 - 2007
Desenvolvimento Territorial. (Carga horária: 100h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2006 - 2006
Lingua Francesa. (Carga horária: 20h).
Instituto Cervantes, IC, Brasil.
2005 - 2005
Introdução à Análise de Regressão. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2004 - 2004
Curso de Inglês Instrumental. (Carga horária: 104h).
Americanbras Instituto de Idiomas Ltda, IDIOMAS, Brasil.
2003 - 2003
II Curso de Economia Política e Agricultura.
Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil, FEAB, Brasil.
2003 - 2003
O pensamento de Marx e a esquerda pós-Marx. (Carga horária: 40h).
Instituto Mário Alves, IMA, Brasil.
2002 - 2002
II Curso de Economia Política e Agricultura. (Carga horária: 80h).
Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil, FEAB, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor do Departamento de Sociologia e dos programas de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS) e em Desenvolvimento Rural (PGDR)

Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Mestrado, Enquadramento Funcional: Mestrado

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 4323 Sociologia Rural
08/2018 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 4066 Sociologia Econômica
05/2018 - Atual
Direção e administração, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Coordenador Adjunto do Programa de Pós-graduação em Sociologia (PPGS-UFRGS).
05/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Sociologia (PPGS).
03/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Representante Docente no Conselho da Unidade - CONSUNI / IFCH / UFRGS.
02/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Ciências Sociais.

3/2005 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Econômicas, Centro de Estudos e Pesquisas Econômicas.

05/2018 - 07/2018
Ensino, Sociologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia das Instituições
03/2018 - 07/2018
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 4323 Sociologia Rural
03/2018 - 07/2018
Ensino, Desenvolvimento Rural, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
DER 110 - Desenvolvimento Rural I
06/2016 - 05/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.

Cargo ou função
Membro da Comissão de Pós-Graduação - PGDR/UFRGS.
08/2017 - 12/2017
Ensino, Desenvolvimento Rural, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
DER 334 Abordagens contemporâneas sobre o Sistema Agroalimentar
08/2017 - 12/2017
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia Rural
03/2017 - 08/2017
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia Rural
03/2017 - 08/2017
Ensino, Desenvolvimento Rural, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Desenvolvimento Rural I
03/2017 - 08/2017
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Sociologia
09/2016 - 02/2017
Ensino, Políticas Públicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM04074 Políticas de Desenvolvimento Rural
08/2016 - 02/2017
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 4023 Sociologia Rural
09/2016 - 12/2016
Ensino, Sociologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
PPGS - Sociologia das Instituições
05/2016 - 07/2016
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Sociologia
03/2016 - 07/2016
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 4023 Sociologia Rural
03/2016 - 07/2016
Ensino, Desenvolvimento Rural, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
DER 110 - Desenvolvimento Rural I
03/2016 - 07/2016
Ensino, Desenvolvimento Rural, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
DER 334 Abordagens contemporâneas sobre o Sistema Agroalimentar
08/2015 - 12/2015
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 4023 Sociologia Rural
08/2015 - 12/2015
Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 4023 Sociologia Rural
08/2015 - 12/2015
Ensino, Políticas Públicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM04074 Políticas de Desenvolvimento Rural
03/2015 - 07/2015
Ensino, Desenvolvimento Rural, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
DER 110 - Desenvolvimento Rural I
DER 315 - Tópico Especial: Qualidades, normas e certificações nos mercados alimentares
03/2015 - 07/2015
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 4023 Sociologia Rural
03/2015 - 07/2015
Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 4023 Sociologia Rural
03/2015 - 07/2015
Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 4023 Sociologia Rural
03/2015 - 07/2015
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 4066 Sociologia Econômica
08/2014 - 12/2014
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 4023 Sociologia Rural
08/2014 - 12/2014
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 4066 Sociologia Econômica
08/2014 - 12/2014
Ensino, Planejamento e Gestão Para O Desenvolvimento Rural, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
DERAD 101 - Teorias do Desenvolvimento
02/2014 - 07/2014
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 04002 - Introdução à Sociologia A
02/2014 - 07/2014
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 04023 Sociologia Rural C
02/2014 - 07/2014
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HUM 04002 - Introdução à sociologia A
3/2005 - 2/2007
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências Econômicas, Faculdade de Ciências Econômicas.

Atividade realizada
Mestrado em Desenvolvimento Rural - PGDR.

Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

10/2012 - 02/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Programa de Pós-graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento - PPGMADE, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado de Curso - PPGMADE.
05/2012 - 02/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comitê Setorial de Pesquisa, .

Cargo ou função
Membro efetivo do Comitê Setorial de Pesquisa - Setor de Ciências Agrárias UFPR.
03/2012 - 02/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Núcleo Docente Estruturante - Curso de Agronomia, .

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante do curso de Agronomia.
09/2011 - 02/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Colegiado do Curso de Agronomia, .

Cargo ou função
Representante do Departamento de Economia Rural e Extensão no Colegiado de Curso de Agronomia (Suplente).
06/2011 - 02/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comitê Setorial de Extensão - Setor de Ciências Agrárias, .

Cargo ou função
Representante do Departamento de Economia Rural e Extensão junto ao Comitê Setorial de Extensão (Suplente).
08/2013 - 12/2013
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
AE 002 - Extensão Rural
AE 020 - Política Agrária
08/2013 - 12/2013
Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
AE 037 - Desenvolvimento e Extensão Rural
08/2013 - 11/2013
Ensino, Políticas Públicas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
PPU 747 - Sociologia Econômica (Tópicos Especiais em Políticas Públicas)
02/2012 - 09/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CEPE, .

Cargo ou função
Conselheiro Representante do Setor de Ciências Agrárias (Suplente).
04/2013 - 07/2013
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
AE 002 - Extensão Rural
AE 020 - Política Agrária
04/2013 - 07/2013
Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
AE 037 - Desenvolvimento e Extensão Rural
11/2012 - 02/2013
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
AE 002- Extensão Rural
AE 020 - Política Agrária
11/2012 - 02/2013
Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
AE 020 - Política Agrária
11/2012 - 02/2013
Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
AE 037 - Desenvolvimento e Extensão Rural
08/2012 - 11/2012
Ensino, Meio Ambiente e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
MAD 707 - Agricultura, Desenvolvimento Rural e Sustentabilidade
03/2012 - 10/2012
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
AE 002 Extensão Rural
AE 020 Política Agrária
07/2011 - 12/2011
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
AE 002 - Extensão Rural
AE 020 - Política Agrária
07/2011 - 12/2011
Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
AE 037 - Desenvolvimento e Extensão Rural
02/2011 - 06/2011
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
AE 020 - Política Agrária
AE002 - Extensão Rural

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2011
Vínculo: Doutorando, Enquadramento Funcional: Estudante

Atividades

03/2008 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Curso de Pós-graduação em desenvolvimento, agricultura e sociedade, .


Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, IPEA, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 40


La Recherche Agronomique pour le Développement, CIRAD, França.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Pesquisador visitante, Enquadramento Funcional: Doutorando, Carga horária: 40
Outras informações
Realização de atividades de pesquisa junto à UMR Inovation (CIRAD, INRA, SupAgro) - equipe MarQualTer (Construction sociale des marchés, qualités et développement territorial). O trabalho, sob tutoria do Dr. Jean-Marc Touzard, esteve relacionado à realização de um estudo comparativo (Brasil/França) sobre os mecanismos de qualificação de produtos agroalimentares com foco nas Indicações Geográficas de origem para vinhos.

Atividades

11/2009 - 07/2010
Estágios , UMR Inovation (CIRAD, INRA, SupAgro), .

Estágio realizado
Estágio de Doutorado..

Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2005
Vínculo: Participação em projetos, Enquadramento Funcional: Estudante, Carga horária: 0

Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Bolsista Iniciação Tecnológica, Enquadramento Funcional: Estudante Bolsista, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista de Iniciação Tecnológica e Industrial (processo n° 180983/2004-0 - CNPq) na área de Sociologia Rural. Projeto: Agricultura Familiar, Desenvolvimento Local e Pluriatividade no Rio Grande do Sul: a emegência de uma nova ruralidade, executado em parceria UFPEL/UFRGS coordenado pelos professores Flávio Sacco dos Anjos e Sérgio Schneider.

Vínculo institucional

1999 - 2004
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 0

Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Bolsista Iniciação Científica, Enquadramento Funcional: Estudante - Bolsista Iniciação Científica, Carga horária: 12
Outras informações
Bolsista Iniciação Científica (Processo n° 109012/2000-3 / CNPq) junto ao Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Pelotas. Orientador: Prof. Dr. Sérgio Roberto Martins.

Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Coordenação Geral - DCE UFPEL, Enquadramento Funcional: Coordenador Geral, Carga horária: 6
Outras informações
Coordenador Geral do Diretório Central dos Estudantes, órgão de representação estudantil junto aos conselhos, comissões e administração da Universidade Federal de Pelotas e à sociedade em geral.

Atividades

2/2003 - 03/2005
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Departmento de Ciências Sociais Agrárias.

8/2001 - 7/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Universitário, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Universitário da Instituição.
02/2000 - 02/2001
Direção e administração, Diretório Central dos Estudantes, .

Cargo ou função
Coordenador Geral DCE UFPEL.
2/2000 - 2/2000
Estágios , Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Departmento de Ciências Sociais Agrárias.

Estágio realizado
Estágio de vivência interdisciplinar em assentamentos de reforma agrária e pequenas propriedades.

Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil, FEAB, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Coordenador, Enquadramento Funcional: Coordenador, Carga horária: 20
Outras informações
Coordenador Nacional da Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil, responsável pela organização de atividades de capacitação dos estudantes de agronomia em todo país, além do estabelecimento de relações com entidades dos mais diversos setores (agrário, educacional, etc), públicas e privadas, com o intuíto de fortalecer projetos e ações voltadas à formação dos engenheiros agrônomos.

Atividades

10/2001 - 10/2002
Direção e administração, Coordenação Nacional, .

Cargo ou função
Coordenador Nacional da Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil.


Linhas de pesquisa


1.
A dinâmica da agricultura familiar e do mundo rural

Objetivo: Compreender processos de reprodução social, economia e gestao das unidades familiares de producao, as transformações da realidade agrária e rural do país, especialmente do Brasil meridional, onde é marcante a presença desta forma de produção.Trata-se de introduzir novos conceitos como o da agricultura a tempo parcial e, mais recentemente, da pluriatividade, enquanto que, no segundo caso, busca-se abordar aspectos do que vem sendo chamado "multifuncionalidade" da agricultura e do rural..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Rural.
Setores de atividade: Desenvolvimento Rural.
2.
Mediações político-culturais, estruturas produtivas e formas sociais do mundo rural.

Objetivo: Analisa a diversidade e a heterogeneidade das formações sociais agrárias. Investiga as associações entre os processos sociais e as transformações do padrão técnico agrícola, as mudanças produtivas, a forma de utilização da terra, as relações intersetoriais e a estrutura de ocupações e processos de trabalho em ambientes agrários. Estuda as formas sociais de produção e as relações sociais de trabalho existentes no espaço rural. Enfatiza as mediações políticas, ideológicas e culturais, os atores e os sujeitos sociais proponentes, as organizações sindicais, os movimentos sociais, as organizações e instituições públicas e privadas. Investiga as transformações nas relações sociais, étnicas, raciais e culturais decorrentes de processos de exclusão e marginalização. Analisa as alterações dos processos sucessórios e de transferência patrimonial e as rupturas dos padrões de reciprocidade e sociabilidade no mundo rural..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Rural.
Setores de atividade: Desenvolvimento Rural.
3.
Modos de vida rurais e diversificação das formas sociais familiares

Objetivo: Esta linha analisa as formas sociais de organização do trabalho e da produção nos espaços rurais os aspectos sociológicos e econômicos relacionados às estratégias de diversificação dos modos de vivência dos agricultores familiares. O objetivo principal consiste em compreender os modos de reprodução das famílias e suas relações com o processo global de mercantilização social e econômica..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia.
Setores de atividade: Desenvolvimento Rural.
4.
Sociedade e Economia

Objetivo: Estudo dos fenômenos socioeconômicos observados nas sociedades contemporâneas, considerando a relação entre ações econômicas e ações sócio-político-culturais, integrando áreas do conhecimento como a sociologia da firma, dos mercados, das finanças e do trabalho. Temas de interesse principais são a como formação e estruturação de mercados; desenvolvimento, globalização e cadeias produtivas; Estado e atividade econômica; inovação, ciência e tecnologia; agência, redes e interesses; sociologia do empreendedorismo; relações universidade-empresa..
Grande área: Ciências Humanas
Palavras-chave: Mercados.
5.
Sociedade, Ruralidade e Ambiente

Objetivo: Estudo dos processos e das relações sociais do rural contemporâneo. Análise das transformações, dinâmicas, impactos e as relações socioambientais na perspectiva da complexidade e alteridade social. Investigação sobre políticas públicas e processo de desenvolvimento rural e territorial, analisando as formas de interação entre organizações, instituições, atores sociais e incorporando a problemática ambiental..
Grande área: Ciências Humanas
Palavras-chave: Agricultura; Rural.
6.
Instituições, mercados e regulação

Objetivo: Esta linha de pesquisa está associada a trabalhos envolvendo as temáticas do desenvolvimento, das instituições e da construção dos mercados agroalimentares. Os temas de pesquisa constituem-se de: instituições, convenções e mudança institucional; sistema agroalimentar; mercados, micro e pequenas empresas, cooperativas; inovação, governança; confiança; regulação econômica, práticas dos consumidores e direitos de propriedade intelectual..
Grande área: Ciências Humanas
Palavras-chave: Mercados; Instituições; Valores.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Estrutura e funcionamento dos Organismos de Avaliação da Conformidade Orgânica no Rio Grande do Sul
Descrição: O objetivo deste projeto é analisar a construção das estruturas organizacionais e o funcionamento dos Organismos de Avaliação da Conformidade Orgânica no Rio Grande do Sul: Ecovida, Litoral Norte, Coceargs e Rama. O foco reside na análise dos processos de isomorfismo institucional, buscando averiguar em que medida o modelo de certificação participativa criado pela Rede Ecovida de Agroecologia, que serviu de base para a construção da legislação nacional sobre o tema, foi incorporado e adaptado pelas demais organizações de avaliação da conformidade. A hipótese de pesquisa sugere um processo de adaptação das estruturas organizacionais e modus operandi de cada OPAC a diferentes contextos sociais, inclusive da própria Ecovida. Isto seria possível em virtude da flexibilidade do quadro institucional brasileiro que regula os mecanismos de certificação orgânica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Coordenador / Maiz Bortolomiol - Integrante / Claire Dorville - Integrante / Sylvaine Lemeilleur - Integrante.
2018 - Atual
Construção política de mercados alimentares e a produção de dispositivos institucionais e sociotécnicos nos repertórios de ação dos movimentos sociais
Descrição: Os movimentos sociais se tornaram atores protagonistas da reestruturação do sistema agroalimentar. Isto não se deve apenas à crítica que eles sustentam à oligopolização e financeirização dos mercados alimentares. Cada vez mais, o repertório de ação dos movimentos também inclui a construção de novos formatos organizacionais e institucionais de mercados. A partir de um diálogo com abordagens da sociologia da agricultura, da sociologia econômica e das teorias dos movimentos sociais, este projeto de pesquisa tem como objetivo compreender como diferentes movimentos sociais agem na construção social e política de mercados alimentares ?alternativos?, assim compreendidos aqueles espaços que valorizam alimentos locais, orgânicos, artesanais, saudáveis, ecológicos etc. Mais especificamente, o foco volta-se para o modo como esses atores coletivos desenham dispositivos institucionais e sociotécnicos (normas, regras, índices, certificados, selos etc.) com vistas a desenvolver práticas econômicas diferentes daquelas que predominam nos mercados controlados pelos atores dominantes no sistema agroalimentar. Ou seja, além de analisar a ação performativa dos dispositivos sobre a ação econômica, busca-se apreender a ?política? que orienta os movimentos sociais a construí-los. Associado a isto emerge uma questão acerca da convergência entre os diferentes dispositivos e, por conseguinte, entre as diferentes políticas. Nossa hipótese geral sustenta um processo de ?convergência divergente?, ou seja, embora os movimentos apresentem um discurso similar no que tange à defesa de ?mercados cívicos?, os quais colocam em primeiro plano uma ideia de ?democracia alimentar?, os dispositivos criados não apenas são diferenciados como, em alguns casos, operam com lógicas conflitantes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Coordenador / Maycon Noremberg Schubert - Integrante / Sérgio Schneider - Integrante / Marcelo Antônio Conterato - Integrante / Alessandra Matte - Integrante / Estevan Muñoz - Integrante / Maiz Bortolomiol - Integrante / Etho Nascimento - Integrante / Daniela Oliveira - Integrante / Alexander Cenci - Integrante / Elcio Nascimento - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2017 - Atual
Os processos de transferência de políticas públicas para a Agricultura Familiar no Mercosul: a atuação da Reunião Especializada sobre Agricultura Familiar (REAF) na disseminação de ideias, instrumentos e programas
Descrição: O projeto de pesquisa objetiva analisar os processos de transferência de políticas públicas para a agricultura familiar no Mercosul, mediados pela Reunião Especializada sobre Agricultura Familiar (REAF). Por meio de pesquisa documental, entrevistas semiestruturadas e observação direta, a pesquisa busca analisar o modo como o tema das políticas para a agricultura familiar entrou na agenda do Mercosul; investigar o modo como a noção de agricultura familiar é interpretada e se manifesta em instrumentos de ação pública nos diferentes países que participam do Bloco, avaliando a influência brasileira neste processo; mapear os temas e questões em pauta na REAF; selecionar e investigar em profundidade o modo como alguns instrumentos e políticas públicas são transferidos; e discutir e problematizar teórica e metodologicamente a abordagem de transferência de políticas públicas a partir desta experiência sul-americana..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Marcelo Antônio Conterato - Integrante / Catia Grisa - Coordenador / Valdemar João Wesz Junior - Integrante / Jairo Bolter - Integrante / JAQUELINE MALLMANN HAAS - Integrante / Regis da Cunha Belem - Integrante / SILVIA LIMA DE AQUINO - Integrante.
2017 - Atual
MARQUETS - Mercados Alimentares: Redes, Qualidades e Estratégias Territoriais
Descrição: O objetivo geral do projeto consiste em analisar processos de construção social de mercados alimentares com vistas a identificar fatores que favorecem/bloqueiam a formação de novos nexos entre as práticas de produção e consumo. Dentre os objetivos específicos destaca-se: (a) Discussão das principais abordagens teóricas sobre mercados alimentares; (b) Mapeamento das diferentes redes de abastecimento e comercialização; (c) Construção de alternativas metodológicas para análise de mercados; (d) Identificação dos atores sociais e dispositivos sociotécnicos; (e) Análise do arranjo institucional, incluindo padrões e standards qualitativos; (f) Compreensão das interfaces entre mercados e políticas públicas; (g) Análise de práticas territorializadas de produção e consumo. A premissa geral de pesquisa sugere que a construção de novas redes envolvendo atores sociais relativamente dispersos e heterogêneos vem dinamizando práticas inovadoras de produção, distribuição, abastecimento e consumo alimentar. Estas práticas se ancoram em múltiplos valores sociais (qualidades), dispositivos técnicos (selos, certificados, infraestrutura) e arranjos institucionais (normas, leis, padrões). A crescente circulação dos atores em diferentes redes parece potencializar a interconexão entre estas práticas, gerando novos nexos entre dispositivos e instituições. Em virtude disso, formam-se mercados cada vez mais interconectados e híbridos, o que implica, do ponto de vista analítico, em construir novas abordagens e metodologias para compreender esta realidade emergente. Ao mesmo tempo, a dinâmica destes mercados também exige repensar os mecanismos de ação pública para a promoção de novos modelos de produção e consumo alimentar..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Coordenador / Maycon Noremberg Schubert - Integrante / Sérgio Schneider - Integrante / Marcelo Antônio Conterato - Integrante / Marcio Gazolla - Integrante / Alex Leonardi - Integrante / Abel Cassol - Integrante / Natália Brasil - Integrante / Estevan Muñoz - Integrante / Caio Dorigon - Integrante / Lorena Castellanos - Integrante / Bruna Gewer - Integrante / Maiz Bortolomiol - Integrante / Zenicleia Deggerone - Integrante / Etho Nascimento - Integrante.
2017 - Atual
Sociologia dos mercados agroalimentares - problematizacao teorica e estudos de caso
Descrição: O tema central deste projeto de pesquisa é estudo das características e do modo de funcionamento dos mercados agroalimentares do Brasil, com especial enfoque sobre a agricultura familiar, embora isto não implique deixar de analisar outros grupos sociais. O objetivo geral deste projeto é o de contribuir para fomentar e ampliar o estudo dos mercados e suas características, assim como entender quem são os atores principais que os promovem, suas dinâmicas de operação, o modo de funcionamento e as interfaces micro e macro sociais. A sociologia dos mercados agroalimentares visa compreender as práticas, processos e modos de ação de atores individuais e coletivos na construção de interações mercantis e trocas econômicas de produtos, serviços e mercadorias no espaço rural, envolvendo ou não alimentos. A elaboração desta sociologia dos mercados agroalimentares se dará em duas frentes distintas, porém absolutamente complementares e interdependentes. Por um lado, como ponto de partida, analisar-se-á as práticas e os processos empíricos de funcionamento dos mercados. Vamos investigar, mapear e descrever os mercados realmente existentes, que são os espaços sociais e físicos em que as trocas e o intercâmbio de produtos, serviços e mercadorias ocorre. Pretendemos estudar as feiras de produtores e consumidores, em seus mais diferentes tipos, estilos e tamanhos, com o objetivo de construir um repertório de casos e experiências reais, que já existem a muito tempo como tal. De outro lado, nosso objetivo será o de elaborar um entendimento mais amplo e aprofundado sobre os elementos comuns a estes casos, buscando construir tipologias..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Maycon Noremberg Schubert - Integrante / Sérgio Schneider - Coordenador / Marcelo Antônio Conterato - Integrante / Catia Grisa - Integrante / Marcio Gazolla - Integrante / Fabiano Escher - Integrante / Abel Cassol - Integrante / Natália Brasil - Integrante / Zenicleia Angelita Deggerone - Integrante / Gustavo Pinto da Silva - Integrante.
2017 - Atual
Reconfiguration of global food markets: the meaning of leading monocultures in Brazil and Russia
Descrição: Since the end of the nineteenth century, Russian and Brazilian agricultures have seen a substantial reconfiguration. For several decades, this process was related to the State intention to make agricultural production subsidiary of an economic growth strategy that focused on industrialization, urbanization, and modernization. This project impacted profoundly peasant practices, communities? organization, and all rural landscape in both contexts. In this project we compare Brazilian and Russian agrarian dynamics, searching for similarities and differences in the strategies both countries have adopted to take part in global food markets. In order to do so, we concentrate our attention on the production and exportation of soy and wheat. Despite the fact that these commodities are not representatives of the whole economy of these countries, it allows us to compare the some of the most important strategies both countries have developed in international trade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
A construcao de mercados institucionais para a agricultura familiar no Brasil e na Colômbia: atores, instituições, praticas e processos de autonomia

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Catia Grisa em 25/10/2017.
Descrição: O objetivo geral deste projeto é articular atividades de pesquisa, extensão e capacitação de recursos humanos com foco em experiências de compras públicas da agricultura familiar no Brasil e na Colômbia, com a finalidade de compreender as instituições construídas, os atores envolvidos, as práticas em jogo, e os processos de construção de autonomia. Os objetivos específicos compreender: iInvestigar o modo como as compras locais e da agricultura familiar foram incorporadas nos instrumentos de compras públicas e realizar um inventário dos mecanismos existentes, explicitando suas respectivas regras e normas; analisar o processo de construção social dos mercados institucionais no Brasil (Rio Grande do Sul) e na Colômbia (Antioquia), identificando os atores sociais envolvidos, as regras locais instituídas e a governança estabelecida para a promoção da SAN e da autonomia em relação aos instrumentos governamentais; verificar o modo como as compras públicas da agricultura familiar têm incorporado e tratado as práticas agroecológicas e orgânicas locais;apacitação em SAN e desenvolvimento rural para pesquisadores, gestores públicos, agricultores familicares, organizações consumidoras, extensionistas rurais e demais mediadores sociais; intercâmbio e trocas de aprendizados entre gestores públicos, agricultores familiares, organizações consumidoras, extensionistas rurais e demais mediadores sociais brasileiros e colombianos por meio de Rotas de aprendizagem..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (4) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Cátia Grisa - Coordenador / Sérgio Schneider - Integrante / Eric Sabourin - Integrante / Cesar Enrique Ortiz Guerrero - Integrante / Mireya Eugenia Valencia Perafan - Integrante / Neidy Clavijo Ponce - Integrante / José Anibal Quintero Hernández - Integrante / Patricia Elena Giraldo Calderón - Integrante / Jenifer Cristine Medeiros - Integrante / Claudia Patricia Zuluaga Salazar - Integrante / Rafael Zavala Gomez Del Campo - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2015 - Atual
IDAE - Institutionnalisations des agroécologies
Descrição: Ce projet de recherche se donne pour objectif d?explorer les différentes voies d'institutionnalisation des agroécologies. Nous chercherons à analyser à la fois le processus de recomposition des rapports entre propositions agroécologiques, la manière dont les différentes formes d'agroécologie se stabilisent à travers des supports institutionnels divers et, in fine, les effets que ces dynamiques d'institutionnalisation ont sur les pratiques agroécologiques. Nous chercherons à identifier en particulier les formes de coexistence ou d'hybridation entre agroécologies et agriculture(s) conventionnelle(s).Le travail sera structuré autour de six groupes de tâches (WP). Dans le premier WP, l?analyse des institutionnalisations des agroécologies en France, Brésil et Argentine sera à la fois mise en contexte et généralisée par une analyse des processus à l?échelle globale, en regardant comment circulent les différentes propositions agroécologiques. Puis, nous analyserons dans chacun des trois pays les dimensions politiques (WP 2) et économiques (WP 3) des institutionnalisations des agroécologies, avant de regarder comment elles se traduisent par une recomposition des savoirs (WP 4). Enfin, un dernier groupe de tâches reposant en partie sur les recherches menées dans les précédents WP sera consacré à l?analyse des hybridations, coexistences et confrontations, entre les agroécologies et l?agriculture conventionnelle (WP 5). Un WP de coordination (WP 0) se chargera d?assurer les relations entre les différents WP et partenaires pour produire des études de synthèse..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (7) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Claire Cerdan - Integrante / Xavier Arnauld de Sartre - Coordenador / Stéphane Fournier - Integrante / Frédéric Goulet - Integrante / Ronan Le Velly - Integrante / Philippe Bonnal - Integrante / Julien Blanc - Integrante / Stéphane Bellon - Integrante / Eve Fouilleux - Integrante / Aquiles Simoes - Integrante / Roberto Cittadini - Integrante.
2014 - 2017
Normatizar em nome de qual desenvolvimento? A construção dos mecanismos de regulação nos novos mercados alimentares
Descrição: O foco deste projeto reside sobre a análise dos processos de normatização a partir das transformações recentes do sistema alimentar e, mais precisamente, de um conjunto específico de mercados alimentares emergentes (orgânicos, tradicionais e indicações geográficas).O objetivo geral da pesquisa consiste em analisar a construção social das normas e padrões que são institucionalizados como parâmetros socialmente legitimados para a construção de novos mercados alimentares (orgânicos, tradicionais e de indicação geográfica). A partir deste desdobram-se ainda os seguintes objetivos específicos: 1. Identificar as regras e padrões que têm sido incorporados como padrão institucional legítimo em diferentes mercados alimentares. 2. Identificar os fóruns onde têm sido negociadas as regras e padrões que definem a configuração de novos mercados alimentares. 3. Compreender o posicionamento de diferentes atores no interior desses fóruns e as justificativas que eles produzem com vistas a legitimar diferentes interesses, ideias e valores. 4. Analisar como as justificativas produzidas por esses atores associam-se a distintos referenciais de desenvolvimento; 5. Comparar em que medida as normas e padrões que se tornaram prevalecentes em cada mercado são sinérgicas e confluem para um referencial de desenvolvimento comum..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Coordenador / Maycon Noremberg Schubert - Integrante / Guilherme Francisco Waterloo Radomsky - Integrante / Flávia Charão Marques - Integrante / Fabiana Thomé da Cruz - Integrante / Felipe José Comunello - Integrante / Alessandra Matte - Integrante / Abel Perissinato Cassol - Integrante / Potira Viegas Preiss - Integrante / Arthur M. B. Gomes - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2014 - 2017
Experiências vividas, construídas e compartilhadas em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional: o papel das compras públicas no Brasil e em Angola
Descrição: Experiências vividas, construídas e compartilhadas em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional: o papel das compras públicas no Brasil e em Angola Acrônimo: BRASSAN (Brasil e Angola em prol da Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional) ste projeto, sob o título Experiências vividas, construídas e compartilhadas em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional: o papel das compras públicas no Brasil e em Angola, expressa o entendimento de que este tema se configura como sendo atual pelo enfoque social, político e econômico ao qual está vinculado - e necessário, sobretudo, considerando as ciências capazes de garantir uma análise complexa e completa sobre esta abordagem. Neste sentido, a compreensão da Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (SSAN) ultrapassa os limites da ação e se apresenta como um campo fértil para refletir e problematizar dimensões como: Compras institucionais com foco no Programa de Aquisição de Alimentos/PAA (no Brasil) e o Programa de Aquisição dos Produtos do Agricultor /PAPAGRO (em Angola); A relação entre a produção e o consumo de alimentos saudáveis; Sistema Agroalimentar com ênfase no abastecimento e comercialização; Agroecologia; Tecnologias sociais compartilhadas no processo produtivo de alimentos; Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA); Gênero e geração; Definição, implementação e acesso às políticas públicas; Agrobiodiversidade; Desenvolvimento e social, entre outros..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Cátia Grisa - Integrante / Sérgio Schneider - Integrante / Osvaldo Heller da Silva - Integrante / Islandia Bezerra - Coordenador / Julian Perez-Cassarino - Integrante / Laeticia Medeiros Jalil - Integrante / Silvia do Amaral Rigon - Integrante / Antonio Joaquim de Assis Zeferino Calundungo - Integrante / José Maria Katiavala - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2013 - 2016
Instituições, mercados agroalimentares e direitos de propriedade intelectual: as Indicações Geográficas como ferramentas de desenvolvimento

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) John Wilkinson em 27/03/2014.
Descrição: O objetivo da pesquisa consiste em analisar o processo de institucionalização das IGs no contexto brasileiro, particularmente no que tange ao modo como esse mecanismo vem sendo utilizado na reorganização dos mercados agroalimentares e aos efeitos que elas ensejam enquanto mecanismos de desenvolvimento econômico. Por um lado, a análise focaliza as articulações entre os acordos internacionais de propriedade intelectual, a construção de um sistema nacional de IGs e a constituição de normas e convenções sociais específicas a cada território. Por outro, a pesquisa enfatiza o modo como a construção de um sistema de regras específico a cada território e produto condiciona a (re)produção de trajetórias técnicas e estruturas organizacionais que afetam diferentes variáveis geralmente referidas para analisar as relações entre as IGs e o fenômeno do desenvolvimento: agregação de valor aos produtos; acesso a novos mercados; melhoria da performance técnica dos processos produtivos; geração e distribuição de renda; melhoria dos padrões de qualidade de vida e bem-estar da população; proteção e valorização do patrimônio natural e imaterial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / John Wilkinson - Coordenador / Gilberto Mascarenhas - Integrante / Valdir Frigo Denardim - Integrante / Marcos Paulo Fuck - Integrante / Ricardo Bernardes - Integrante / Kelly Lisandra Bruch - Integrante / Andre Luis Funke - Integrante / Luis Claudio de Oliveira Dupin - Integrante / Adriana de Carvalho Pinto Vieira - Integrante / João Ricardo Ferreira Lima - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2013 - 2016
Construção de Mercados e Políticas Alimentares no Brasil atores, práticas e processos

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Sergio Schneider em 18/11/2013.
Descrição: Este projeto de pesquisa busca estudar os processos de construção social de mercados por agricultores familiares tendo como foco central de análise as políticas alimentares, notadamente o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). O objetivo geral da pesquisa consiste em analisar a articulação dos produtores e consumidores de alimentos mediante a formação do mercado institucional da alimentação escolar e verificar qual é o papel do poder público como apoiador e articulador deste processo. Este objetivo geral desdobra-se em outros objetivos mais específicos, a saber: analisar experiências selecionadas de como agricultores familiares passaram a fornecer produtos agroalimentares para o Programa Nacional de Alimentação Escolar em nível local; estudar os dispositivos legais e os instrumentos normativos através dos quais os mediadores e o gestores do PNAE executam os processos de aquisição de produtos dos agricultores familiares para a alimentação de escolares; identificar os atores-chave na construção dos mercados institucionais que participam do abastecimento dos mercados locais e das compras públicas; analisar possíveis restrições ou limites de oferta para os mercados institucionais relacionados a aspectos produtivos (sazonalidade da produção), organizacionais ou à logística de abastecimento (embalagem, transporte, armazenagem, etc)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Sérgio Schneider - Coordenador / Marcelo Conterato - Integrante / Catia Grisa - Integrante / Islandia Bezerra - Integrante / Walter Belik - Integrante / Nerize Laurentino Ramos - Integrante / Cynthia Carvalho - Integrante / Thelma Luchese Cheung - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2012 - 2013
A institucionalização da agroecologia e os novos mercados para a agricultura familiar no Vale do Ribeira - PR
Descrição: A construção dos circuitos de comércio exige uma nova arquitetura institucional que envolve diferentes atores e organizações sociais. Como a teoria sociológica contemporânea tem se esforçado em revelar, o funcionamento dos mercados é claramente o resultado das mãos visíveis de atores sociais que articulam redes e dispositivos institucionais para possibilitar a efetividade das transações econômicas. O foco da pesquisa consiste no estudo da constituição destas redes e dispositivos, objetivando compreender como estes novos mercados emergem e se consolidam, qual o formato específico que assumem e as conseqüências de sua institucionalização para a organização dos sistemas agroecológicos no território do Vale do Ribeira. Em outras palavras, a pesquisa focaliza as mudanças nas práticas, processos e formas de organização quem vêm sendo arquitetadas a partir da nova estratégia de desenvolvimento pensada para o território, destacando o papel de diferentes atores nas mudanças que estão em curso relacionadas à construção de novos mercados para os produtos orgânicos e agroecológicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Coordenador / Valter Roberto Schaffrath - Integrante / Luciano de Almeida - Integrante / Fabiane Machado Vezzani - Integrante / Manoel Lesama - Integrante / Valdir Frigo Denardim - Integrante / José Luis Cerveira - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 17 / Número de orientações: 10
2012 - 2013
Avaliação do Programa Territórios da Cidadania a partir da análise das ações implementadas no território Paraná Centro, PR
Descrição: O objetivo geral da pesquisa é avaliar as dinâmicas e os atores do Território da Cidadania Paraná Centro, analisando se e como a forma de gestão proposta por este Programa no território indicado constitui uma nova forma de governança que articula as políticas públicas, canaliza as demandas prioritárias das populações e dá espaço para um processo de participação popular mais efetiva. Deste derivam os seguintes objetivos específicos: compreender a configuração do território e a constituição do colegiado territorial enquanto instância de concertação social; estimar as necessidades e demandas da população do território em geral e verificar como elas são percebidas e manifestadas; analisar as ações implementadas no território como resultado da coordenação entre setores e níveis de governo; verificar as percepções dos diferentes atores locais sobre as vantagens e limites dos Territórios da Cidadania como nova forma de governança; elaborar e propor um modelo básico de avaliação para os demais territórios..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Coordenador / Alfio Brandenburg - Integrante / Osvaldo Heller da Silva - Integrante / Angela Duarte Damasceno Ferreira - Integrante / Jean-Paul Billaud - Integrante / Islandia Bezerra - Integrante / Jorge Luis Fávaro - Integrante / Kauê Barreiros Correa Pessoa Guimarães - Integrante.Financiador(es): Food and Agricultural Organization of the United Nations - Cooperação.
2011 - 2014
Processos e políticas para o desenvolvimento rural em transição: estudo das mudanças sociotécnicas, da segurança alimentar e do papel das instituições no Brasil e na Holanda
Descrição: A presente proposta tem como objetivo geral estudar os processos sociais e suas interfaces com as políticas públicas de desenvolvimento rural que tomaram lugar no Brasil e na Holanda na décadas recentes. Para o caso brasileiro, pretende-se investigar em que medida a melhoria recente dos indicadores sociais e econômicos, relacionadas à pobreza e à desigualdade no meio rural do Brasil, está relacionada a estes processos em curso, notadamente ao papel das políticas públicas. No caso da Holanda, as questões se voltam para o conhecimento de como, de fato, as políticas e as ações desenhadas e implementadas pelo Estado conseguem chegar ao seu destino e influir nas condições de trabalho e produção. Neste sentido, o tema central deste projeto de pesquisa são os processos de mudança que ocorrem no meio rural e as políticas públicas de desenvolvimento rural. Trata-se de um projeto de pesquisa que mobilizará equipes do lado brasileiro e holandês e trabalhará numa perspectiva comparativa. A pesquisa pretende ampliar e aprofundar o processo de cooperação acadêmica em curso nos últimos quatro anos, que vem ocorrendo através do apoio da CAPES (Edital CGCI nº 020/2006) mediante a cooperação da UFRGS com a Universidade de Wageningen, através da agregação do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA), da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, que se associa ao presente projeto. O projeto contempla três eixos de investigação, que são Alimentação e Sustentabilidade: mudanças no comportamento de consumo e políticas de segurança alimentar; Transições Sociotécnicas: produção de novidades na agricultura, aprendizagem social e governança na transição sociotécnica e Políticas Públicas de Desenvolvimento Rural: atores, políticas e impactos multidimensionais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (5) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Sérgio Schneider - Integrante / Paulo Dabdab Waquil - Coordenador / Fabio Kesses Dal Soglio - Integrante / Nelson G. Delgado - Integrante / Claudia Job Schmidt - Integrante / Jan Douwe Van der Ploeg - Integrante / Eduardo Ernesto Filippi - Integrante / Cees Leeuwis - Integrante / Flávia Charão Marques - Integrante / Han Wiskerke - Integrante / Petra Derkzen - Integrante / Henk Oostindie - Integrante / Dirk Roep - Integrante / Renato Sérgio Jamil Maluf - Integrante / Leonilde Servolo Medeiros - Integrante / Maria José Teixeira Carneiro - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cooperação.
2010 - 2011
Análise dos dados do novo Censo Agropecuário, 2006
Descrição: Projeto de cooperação técnica entre o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e o Programa de Pós-Graducação em Desenvolvimento Rural (PGDR-UFRRGS) para análise dos dados do Censo Agropecuário de 2006. Dentre os subjetos envolvidos, estive vinculado àquele concernindo ao estudo o perfil da agroindústria rural no Brasil..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Sérgio Schneider - Coordenador / Marcelo Conterato - Integrante / Marcelino de Souza - Integrante / Paulo Dabdab Waquil - Integrante / Leonardo Xavier - Integrante / Marcio Gazolla - Integrante.Financiador(es): Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - Bolsa.
2008 - 2011
Pluralité des signes de qualité et ajustements institutionnels en France et au brésil: contributions pour la production de politiques de développement rural durable
Descrição: O projeto associa equipes francesas e brasileiras reconhecidas por seus trabalhos sobre as estratégias de valorização de produtos agrícolas e desenvolvimento territorial. A partir de uma perspectiva comparada entre os dois países, as equipes propõem uma reflexão sobre a evolução dos sinais de qualidade dentro de cada país. Trata-se de analisar os níveis de convergência ou divergência entre os diferentes modelos de qualificação formais e informais já ativos. O projeto privilegia uma abordagem multidisciplinar, associando as ciências jurídicas, humanas e agrárias e procura identificar com as políticas públicas podem agir na valorização dos produtos locais e estímulo ao desenvolvimento territorial..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (8) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / John Wilkinson - Coordenador / Claire Delfosse - Integrante / Denis Sautier - Integrante / Delphine Vitrolles - Integrante / Gilberto Mascarenhas - Integrante / Claire Cerdan - Integrante / Wilson Schmidt - Integrante / Luiz Otávio Pimentel - Integrante / Pierina German Casteli - Integrante / Carla Bellas Arouca - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2007 - 2011
Indicações geográficas e construção social da qualidade no mercado vitivinícola da Serra Gaúcha
Descrição: Projeto vínculado ao desenvolvimento da tese de doutoramento. Seu objetivo é a análise da construção da qualidade no mercado vitivinícola na região serrana do Rio Grande do Sul. Mais especificamente, trata-se de analisar o processo de implementações de indicações de procedência geográfica para vinhos: atores envolvidos, normas e convenções de qualidade, mecanismos de regulação, relações entre produtores e consumidores, impacto sobre o desenvolvimento territorial rural e sobre sobre a cadeia de valor etc..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2007
Emprego e Renda no Meio Rural: estudos sobre estratégias de redução da vulnerabilidade social e diversificação econômica.
Descrição: Esta pesquisa pretende dar continuidade a um conjunto de esforços de investigação que vêm sendo conduzidos no âmbito do Grupo de Pesquisa em Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural (GEPAD), sediado junto ao Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural da UFRGS, inscrito no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq. Estas pesquisas iniciaram-se no ano de 2000, envolvendo professores, pesquisadores, alunos de graduação (PIBIC), mestrado e doutorado mas que até o momento estão confinados à realidade e às condições do Estado do Rio Grande do Sul. Pretende-se expandir para os demais Estados do Sul do Brasil estas experiências (Santa Catarina e Paraná) e incorporar a região Nordeste do Brasil (no caso o Estado do Rio Grande do Norte) nas investigações. Assim, o objetivo geral deste projeto consiste em realizar estudos e investigações comparativas sobre as dinâmicas locais e territoriais da agricultura familiar focalizando as atividades não-agrícolas desempenhadas por membros das famílias rurais dentro ou fora da unidade produtiva como estratégia para viabilizar a geração de ocupações e rendas e, desse modo, garantir sua reprodução social. Neste sentido, buscar-se-á analisar e discutir o processo de diversificação das estratégias econômicas e produtivas que ocorrem em contextos agrários onde a presença da agricultura familiar é hegemônica e avaliar seus possíveis impactos no desenvolvimento local e territorial das regiões rurais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Sérgio Schneider - Coordenador / Marcelo Antônio Conterato - Integrante / Miguel Angelo Perondi - Integrante / Marcio Mello - Integrante / Emanoel Marcio Nunes - Integrante / Catia Grisa - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2006 - 2007
Rurbano: Fase IV - Estudos de caso sobre pluriatividade e diversificação dos modos de vida rurais no Brasil
Descrição: O objetivo geral do projeto consiste em identificar o potencial da pluriatividade na diversificação das áreas rurais, e analisar as transformações estruturais do mundo do trabalho e nas famílias, em algumas regiões do Sul do Brasil. Em termos específicos, os estudos de caso buscam: (a) caracterizar a evolução da estrutura ocupacional em termos da participação econômica setorial na geração de emprego; (b) analisar a dinâmica da pluriatividade nas famílias rurais e identificar seus determinantes; (c) estudar o crescimento da flexibilização e a informalização do trabalho rural bem como suas repercussões sobre os níveis de ocupação; (d) identificar os efeitos das mudanças nas relações de trabalho sobre os processos produtivos e a sociabilidade das famílias..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Sérgio Schneider - Coordenador / Marcelo Antônio Conterato - Integrante / Marcelino de Souza - Integrante.Financiador(es): Ministério do Desenvolvimento Agrário - Auxílio financeiro / Núcleo de Estudos Agrários e Desenvolvimento Rural - Auxílio financeiro.
2004 - 2006
Desenvolvimento territorial e segurança alimentar
Descrição: Este projeto de pesquisa expressa os esforços de uma equipe multidisciplinar que vêm sendo realizados no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural, da UFRGS, e representando uma iniciativa que congrega sociólogos, economistas e antropólogos interessados na problemática dos processos sócio-econômicos e étnico-políticos que ocorrem nos ambientes rurais do Rio Grande do Sul. O projeto que materializa o esforço de constituição de uma equipe de pesquisa sobre o tema das desigualdades sociais e da pobreza no meio rural. Objetivos: Primeiro, pretende-se dar continuidade ao trabalho de classificação e identificação das regiões que apresentam os indicadores mais notáveis de desigualdade. Pretende-se analisar a relação destes indicadores com a formação histórica de determinadas categorias sociais, como os agricultores familiares, os remanescentes de quilombos e sociedades indígenas. O segundo eixo desta pesquisa pretende explorar justamente as dimensões étnicas e culturais que marcam a presença das categorias sociais que podem ser identificadas como sociedades tradicionais. Neste caso, a referência empírica recai sobre grupos de comunidades indígenas, remanescentes de quilombos e os "caboclos", cujas estratégias de organização social e reprodução econômica e cultural raramente tem sido tratadas em estudos e investigações pelas ciências sociais. Finalmente, o terceiro eixo deste projeto tentará concentrar esforços sobre as formas de intervenção do Estado e o papel das políticas públicas no combate a exclusão social e redução das desigualdades sociais. Tais iniciativas vêm se expandido no período, bastando citar como exemplo a ampla divulgação em torno do anunciado programa federal "Fome Zero" bem como iniciativas de alcance regional como o programa governamental gaúcho do RS RURAL. Neste caso, nosso propósito consistirá em analisar as políticas públicas sob a ótica de seus impactos e conseqüências sobre as populações consideradas pobres..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Flávio Sacco dos Anjos - Integrante / Cátia Grisa - Integrante / Sérgio Schneider - Coordenador / Guilherme Francisco Waterloo Radomsky - Integrante / Ana Müller - Integrante / Leonardo Koppe - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Cooperação / Ministério do Desenvolvimento Social - Cooperação.
2004 - 2005
Quando o mar não esta para peixe: estratégias de reprodução social dos pescadores artesanais de Pelotas, RS
Descrição: Projeto financiado pelo CNPq, desenvolvido junto ao Departamento de Ciências Sociais Agrárias - UFPEL sob coordenação do Prof. Dr. Flávio Sacco dos Anjos. Visa analisar as estratégias de reprodução social dos pescadores artesanais no munícipio de Pelotas, RS. Para tanto são utilizadas metodologias quantitativas e qualitativas, buscando-se desvendar aspectos relativos a busca ao exercício da pluriatividade, estutura de oportunidades, cadeia produtiva da pesca, mercado de trabalho, etc..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Flávio Sacco dos Anjos - Coordenador / Cátia Grisa - Integrante / Evandro Pedro Schneider - Integrante / Maycon Noremberg Schubert - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 7
2004 - 2004
Agricultura familiar, desenvolvimento local e pluriatividade no Rio Grande do Sul: a emergência de uma nova ruralidade
Descrição: Projeto financiado pelo CNPq (520885/01-5-NV), iniciado em janeiro de 2002, no âmbito do Edital-Chamada para Apresentação de Projetos de Ciência e Tecnologia em Apoio à Agricultura Familiar ? 2001. O projeto é coordenado pelos professores Sergio Schneider (PGDR/UFRGS) e Flávio Sacco dos Anjos (UFPEL/PPGA), tendo como objetivo analisar a dinâmica de desenvolvimento da agricultura familiar no Rio Grande do Sul. A ênfase recaí no estudo das transformações ocupacionais que vêm afetando o mercado de trabalho rural no Rio Grande do Sul, sobretudo a busca ao recurso à Pluriatividade. A pesquisa utiliza-se de fontes primárias, ontidas a partir de questionários estruturas e entrevistas semi-estruturadas, fontes secundárias (IBGE, FEE, STN, etc). A amostra foi compasta de agricultores familiares de quatro municípios, quais sejam, salvador das Missões, Morro Redondo, Três Palmeiras e Veranópolis. O Banco de Dados foi análisado em SPSS e EXCEL..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Flávio Sacco dos Anjos - Coordenador / Cátia Grisa - Integrante / Vânia Lionço - Integrante / Nádia Velleda Caldas - Integrante / Sérgio Schneider - Integrante / Marcelo Conterato - Integrante / Guilherme Francisco Waterloo Radomsky - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 14
2000 - 2001
Respostas agronômicas da alface e tomateiro em cultivo sem solo sob diferentes soluções nutritivas numa perspectiva sustentável
Descrição: Projeto desenvolvido junto ao Departamento de Fitotecnia da FAEM / UFPEL, financiado pelo CNPq e coordenado pelo Prof. Dr. Sérgio Roberto Martins. Visa alcançar, a paritr do cultivo em ambientes protegidos, resultados que permitam melhorar as condições de produção de determinadas culturas, com vistas a auxiliar na construção de um modelo de produção mais sustentável, com menor utilização de insumos externos e poluentes..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Angelo S. Lopes - Integrante / Heloísa S. Fernandes - Integrante / Sérgio Roberto Martins - Coordenador / Francisco Omar de Menezer Junior - Integrante / Ricardo Diel - Integrante / Marcia Nicola - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1


Projetos de extensão


2012 - Atual
Feiras de Produtos Orgânicos: apoio ao desenvolvimento de agriculturas de base ecológica
Descrição: Trata-se de projeto relacionado à viabilização de estratégias de comercialização de produtos orgânicos com venda direta aos consumidores através da realização de feiras livres. Para isso são realizadas ações para criar e fortalecer a organização dos agricultores, capacitar estes para o planejamento individual e coletivo da produção com vista à comercialização, e assessorar a criação e realização de pontos de comercialização em feiras. O projeto também propõe criar estratégias de articulação da extensão com o ensino e a pesquisa, atuando com com quatro instituições parceiras: o Instituto Federal do Paraná, a Rede Ecovida de Agroecologia, a Associação para o Desenvolvimento da Agroecologia (AOPA) e a Associação dos Consumidores de Produtos Orgânicos do Paraná (ACOPA)..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (13) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Coordenador / Valter Roberto Schaffrath - Integrante / Luciano de Almeida - Integrante / Carolina Vincenzi Mergen - Integrante / Maria Otávia B. LoureirO - Integrante / André Gabardo - Integrante / Ivana Iwamura - Integrante / Kauê Barreiros Correa Pessoa Guimarães - Integrante.
2011 - 2012
Capacitação de produtores agroecológicos nos municípios de Rio Branco do Sul e Colombo
Descrição: O projeto visa capacitar os agricultores para que desenvolvam uma agricultura de base ecológica em substituição às práticas convencionais de uso intensivo de insumos químicos. Essa capacitação inclui a organização dos agricultores e o planejamento da produção de modo a viabilizar e potencializar estratégias de comercialização coletivas. O projeto visa também ampliar o número de feiras livres buscando novos de espaços de venda direta. Ao mesmo tempo, procura-se intermediar contatos com organizações que possam viabilizar novos locais de comercialização, tais como o Instituto Federal do Paraná (IFPR), UFPR, EMATER, e as prefeituras municipais..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Moisés Chiamenti - Integrante / Luciano de Almeida - Coordenador / Carolina Vincenzi Mergen - Integrante / André Gabardo - Integrante / Ivana Iwamura - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Paraná - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2011 - Atual
NEPEA - Núcleo Interdisciplinar de Ensino, Pesquisa e Extensão em Agroecologia
Descrição: O Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa e Extensão em Agroecologia da UFPR tem por objetivo agregar e produzir técnicas, práticas e propostas compatíveis aos princípios agroecológicos, através de uma abordagem participativa entre professores, pesquisadores, alunos de graduação e pós-graduação, técnicos extensionistas e agricultores, buscando a valorização e a troca de experiências, conhecimentos e saberes. Além disso, busca a integração com instituições e organizações envolvidas com a temática agroecológica das regiões do Primeiro Planalto e Litoral do Paraná..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Luciano de Almeida - Integrante / Fabiane Machado Vezzani - Coordenador / Manoel Lesama - Integrante / José Luis Cerveira - Integrante / Celina Wisniewiski - Integrante.
2004 - 2004
Projeto de cooperação técnica FAO TCP/BRA/2905 em Desenvolvimento Rural e Segurança Alimentar
Descrição: Participação como pesquisador em projeto registrado no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Pelotas sob o número 23110.005650/2004-31, vinculado ao acordo de cooperação técnica FAO TCP/BRA/2905 firmado entre a Fundação de Apoio Universitário, o Departamento de Ciências Sociais Agrárias da Universidade Federal de Pelotas e a Fundação da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Desenvolvimento, com o propósito de realizar um programa de estudos, cujos objetivos específicos são: contribuir de forma direta e específica à formulação de Planos de Ação de CONSADs, na região Sul e, facilitar a ação e os investimentos das diversas instâncias de governo como suporte à implementação do Projeto Fome Zero. Para atingir estes objetivos estão previstas as seguintes atividades: a) montagem/adaptação de uma metodologia de referência que identifique, caracterize e classifique, em ordem de prioridade para o PFZ, projetos intermunicipais e locais de desenvolvimento (PIDs), no contexto dos Consórcios de Segurança Alimentar e Desenvolvimento Local - CONSADs; b) apoio aos esforços do governo de colocar em prática uma metodologia que seja operacionalmente viável e reaplicável em outros CONSADs; e, c) prova desta metodologia, colocando-a em prática na área de atuação, CONSAD Missões (RS), CONSAD Campos de Lages (SC) e CONSAD Pitanga (PR)..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Flávio Sacco dos Anjos - Coordenador / Cátia Grisa - Integrante / Evandro Pedro Schneider - Integrante / Nádia Velleda Caldas - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal de Pelotas - Cooperação / Ministério do Desenvolvimento Social - Cooperação.


Projetos de desenvolvimento


2018 - Atual
Observatório das Agriculturas Familiares Latino-Americanas
Descrição: O Observatório AFLA é um uma parceira de longa duração estabelecida entre UFRGS e UNILA para analisar as dinâmicas sociais, políticas, econômicas e culturais que caracterizam as agriculturas familiares na América Latina. Além de colaborar com o trabalho de organizações governamentais e multilaterais que tem empreendido um esforço coletivo de qualificação das políticas públicas voltadas a esses grupos,as ações do Observatório também voltam-se a construção de subsídios que podem lançar luz sobre os debates acadêmicos acerca do futuro da agricultura e do meio rural nos países latino-americanos. São objetivos principais do Observatório: (a) Consolidar um espaço de referência para as discussões sobre as agriculturas familiares e desenvolvimento rural na América Latina; (b) Implementar projetos de pesquisa e desenvolvimento sobre as agriculturas familiares latinoamericanas; (c) Constituir canais de diálogo e iniciativas de pesquisa em rede com pesquisadores de outras universidades e centros de pesquisa brasileiros e latino-americanos; (d) Subsidiar as ações de governos, organizações sociais e instituições multilaterais no que diz respeito à construção de políticas diferenciadas de desenvolvimento rural. O Observatório conta com uma equipe multidisciplinar que envolve, atualmente, cerca de 15 pesquisadores de ambas as universidades, além de alunos de graduação e pós-graduação..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Coordenador / Marcelo Antônio Conterato - Integrante / Catia Grisa - Integrante / Valdemar João Wesz Junior - Integrante / Flávia Charão Marques - Integrante / Jairo Bolter - Integrante / Maiz Bortolomiol - Integrante / JAQUELINE MALLMANN HAAS - Integrante / Regis da Cunha Belem - Integrante / SILVIA LIMA DE AQUINO - Integrante / Silvia Zimmermann - Integrante.


Outros Projetos


2002 - 2002
Estágio de Vivência Interdisciplinar em Assentamentos de Reforma Agrária e Pequenas Propriedades
Descrição: Estágios Interdisciplinares de Vivência vêm sendo realizados há alguns anos na região sul do Rio Grande do Sul. Coordenadas pelo Departamento de Ciências Sociais Agrárias, prof. Manoel Medieta Araújo, as atividades buscam inserir estudantes de graduação em realidades representativas da situação agrária local, para, a partir de discussões e experiências próprias, buscar encontrar alternativas para estreitar os vínculos da universidade com este público o que, não raro, tem resultado em projetos de pesquisa e extensão neste sentido..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Paulo André Niederle - Integrante / Alisson Vicente Zarnott - Integrante / Jacir João Chies - Integrante / Manoel Medieta Araújo - Coordenador.


Membro de corpo editorial


2018 - Atual
Periódico: MUNDO AGRARIO (LA PLATA)
2017 - Atual
Periódico: REVISTA DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL (IMPRESSO)
2016 - 2018
Periódico: Sociologias (UFRGS. Impresso)
2015 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Tecnologia Agropecuária
2011 - Atual
Periódico: Extensão Rural (Santa Maria)
2008 - 2009
Periódico: Revista IDEAS


Revisor de periódico


2009 - Atual
Periódico: Revista de Economia e Sociologia Rural (Impresso)
2010 - Atual
Periódico: African Journal of Business Management
2011 - Atual
Periódico: Revista de Economia Agrícola (Impresso)
2011 - Atual
Periódico: Global Journal of Economics and Finance
2011 - Atual
Periódico: Revista Paranaense de Desenvolvimento
2011 - Atual
Periódico: The International Journal of Conflict Management
2011 - Atual
Periódico: Extensão Rural (Santa Maria)
2012 - Atual
Periódico: Propriedade Intelectual e Desenvolvimento
2012 - Atual
Periódico: Ciência Rural (UFSM. Impresso)
2012 - Atual
Periódico: Perspectivas Rurales
2012 - Atual
Periódico: Cuadernos de Desarrollo Rural
2013 - Atual
Periódico: Revista IDEAS
2013 - Atual
Periódico: Acta Amazonica (Impresso)
2013 - Atual
Periódico: Informações Econômicas (Impresso)
2013 - Atual
Periódico: Desenvolvimento e Meio Ambiente (UFPR)
2013 - Atual
Periódico: NORUS - Novos Rumos Sociológicos
2013 - Atual
Periódico: Journal of Rural Social Sciences
2013 - Atual
Periódico: Revista Pós Ciências Sociais
2013 - Atual
Periódico: Ensaios FEE (Impresso)
2013 - Atual
Periódico: Revista Iberoamericana de Economía Ecológica
2014 - Atual
Periódico: Sociologias (UFRGS. Impresso)
2014 - Atual
Periódico: Mundo Agrario (La Plata)
2016 - Atual
Periódico: Journal of Rural Studies
2014 - Atual
Periódico: Journal of Rural Studies
2014 - Atual
Periódico: Desenvolvimento Regional em debate
2014 - Atual
Periódico: História Econômica & História de Empresas
2015 - Atual
Periódico: Política & Sociedade (Impresso)
2014 - Atual
Periódico: Raizes (UFPB)
2014 - Atual
Periódico: VertigO: la revue electronique en sciences de l'environnement
2015 - Atual
Periódico: Ambiente e Sociedade (Campinas)
2018 - Atual
Periódico: THE JOURNAL OF PEASANT STUDIES (ONLINE)


Revisor de projeto de fomento


2017 - Atual
Agência de fomento: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
2016 - 2016
Agência de fomento: Fundação Rondônia de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecn


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Econômica.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Teoria Econômica/Especialidade: Economia Institucional.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Teoria Econômica/Especialidade: Economia das Convenções.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Rural.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Desenvolvimento.
6.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Extensão Rural.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2018
Prêmio SOBER de Melhor Dissertação de Mestrado em Sociologia Rural (Aluno orientado: Pedro Frizo), Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural.
2018
Destaque - Salão de Iniciação Científica da UFRGS (Aluno orientado: Maiz Bortolomiol), UFRGS.
2016
Destaque - Salão de Iniciação Científica da UFRGS (Aluno Orientado: Alexsander Sausen), UFRGS.
2013
Professor homenageado pela turma de formandos em Agronomia 2013/1, Faculdade de Agronomia, Universidade Federal do Paraná - UFPR.
2004
Destaque - Trabalho apresentado na seção de Sociologia Rural do XVI Salão de Iniciação Científica da UFRGS, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
NIEDERLE, Paulo André2018NIEDERLE, Paulo André; SCHNEIDER, Evandro Pedro . L?inclusion d?éco-conditionnalités dans les indications géographiques brésiliennes. Enjeux et contradictions. BRESIL(S), v. 13, p. 5, 2018.

2.
NIEDERLE, Paulo André2018NIEDERLE, Paulo André; SCHNEIDER, Thaís ; SCHUBERT, Maycon Noremberg . Comida relacional: produção de sentidos e sociabilidades nas práticas alimentares da Quinta da Videira. Revista Theomai (En línea), v. 38, p. 138-149, 2018.

3.
SABOURIN, Eric2018SABOURIN, Eric ; LE COQ, JEAN-FRANÇOIS ; FRÉGUIN-GRESH, SANDRINE ; MARZIN, JACQUES ; BONIN, MURIEL ; PATROUILLEAU, MARIA MERCEDES ; VÁZQUEZ, LUIS L. ; NIEDERLE, PAULO . Public policies to support agroecology in Latin America and the Caribbean. Perspective - Cirad, v. 45, p. 1-4, 2018.

4.
SOUSA, Diego N.2018SOUSA, Diego N. ; NIEDERLE, Paulo André . A produção científica brasileira sobre o que se entende por inclusão produtiva: um recorte temporal entre 2005 a 2016. Revista Desenvolvimento Social, v. 23, p. 15-32, 2018.

5.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ2017NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; MASCARENHAS, Gilberto ; WILKINSON, John . Governança e Institucionalização das indicações geográficas no Brasil. REVISTA DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL (IMPRESSO), v. 55, p. 85-102, 2017.

6.
ESCOBAR, Marianela Z.2017ESCOBAR, Marianela Z. ; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ . Calidad de los alimentos, estandarización y ferias del agricultor en Costa Rica. PERSPECTIVAS RURALES, v. 15, p. 8, 2017.

7.
NIEDERLE, Paulo André2017 NIEDERLE, Paulo André. A pluralist and pragmatist critique of food regime?s genealogy: varieties of social orders in Brazilian agriculture. JOURNAL OF PEASANT STUDIES, p. 1-23, 2017.

8.
NIEDERLE, Paulo André2017NIEDERLE, Paulo André. A institucionalização da agricultura familiar no Mercosul: da definição normativa aos sistemas nacionais de registro. NOVOS CADERNOS NAEA, v. 20, p. 67-94, 2017.

9.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ2017NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Mercados como ordens sociais: uma alternativa pluralista aos dualismos da Sociologia da Agricultura. RAIZES (UFPB), v. 37, p. 88-101, 2017.

10.
NIEDERLE, Paulo André2017NIEDERLE, Paulo André; RADOMSKY, Guilherme Francisco Waterloo . Quem governa por dispositivos? A produção das normas e padrões para os alimentos orgânicos no Brasil. TOMO (UFS), v. 30, p. 227-265, 2017.

11.
SOLDERA, Denis2016SOLDERA, Denis ; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ . O meio do campo em disputa e as implicações da 'nova' classe média rural na ação pública. Redes (Santa Cruz do Sul. Impresso), v. 21, p. 93-116, 2016.

12.
SCHNEIDER, Thaís2016SCHNEIDER, Thaís ; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ ; LIMA, Myrian R. V. . Agricultura urbana como crítica e alternativa: práticas comunicativas em torno da alimentação no contexto de crises socioambientais. Razón y Palabra, v. 20, p. 734-769, 2016.

13.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ2016NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Mercados como arenas de luta por reconhecimento: disputas morais na construção dos dispositivos de qualificação dos alimentos. Política & Sociedade (Impresso), v. 15, p. 97-130, 2016.

14.
CHECHI, Leticia A.2016CHECHI, Leticia A. ; SCHULTZ, Glauco ; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ . Erva-mate, tradição e inovação: um estudo a partir dos Sistemas Agroalimentares Localizados. Eutopía: Revista de Desarrollo Económico Territorial, v. 10, p. 79-93, 2016.

15.
MAZON, M. S.2016MAZON, M. S. ; NIEDERLE, Paulo André . Apresentação do dossiê Sociologia dos Mercados. Política & Sociedade (Impresso), v. 15, p. 7-10, 2016.

16.
NIEDERLE, Paulo André2016NIEDERLE, Paulo André. A construção da Reunião Especializada sobre Agricultura Familiar (REAF) do Mercosul: sociogênese de uma plataforma de diálogos entre Governos e Movimentos Sociais. Estudos Sociedade e Agricultura (UFRRJ), v. 24, p. 569-603, 2016.

17.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2016NIEDERLE, Paulo André; BRUCH, Kelly Lissandra ; VIEIRA, Adriana Carvalho Pinto . Reconfiguraçoes institucionais nos mercados agroalimentares: a construçao dos Regulamentos de Uso das Indicaçoes Geográficas para vinhos no Brasil. Mundo Agrario (La Plata), v. 17, p. e033, 2016.

18.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2015NIEDERLE, Paulo André. Indicações geográficas para vinhos no Brasil e na França: os novos compromissos valorativos frente ao mercado global. Agroalimentaria (Caracas), v. 21, p. 123-143, 2015.

19.
LOOSE, Eloisa B.2014LOOSE, Eloisa B. ; NIEDERLE, Paulo André . Representações sobre ruralidade no Brasil: uma análise do programa Globo Rural. Campo - Território, v. 9, p. 695-714, 2014.

20.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2014NIEDERLE, Paulo André. A agricultura familiar entre o setorial e o territorial? Novos referenciais para as políticas de desenvolvimento rural no Brasil. Perspectivas Rurales Pobreza y Nueva Ruralidad, v. 12, p. 11-35, 2014.

21.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2014NIEDERLE, Paulo André. Políticas de valor nos mercados alimentares: movimentos sociais econômicos e a reconstrução das trajetórias sociais dos alimentos agroecológicos. Século XXI - Revista de Ciências Sociais, v. 4, p. 162-189, 2014.

22.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2014NIEDERLE, Paulo André. Desenvolvimento, instituições e mercados alimentares: os usos das indicações geográficas. Desenvolvimento Regional em debate, v. 4, p. 21-43, 2014.

23.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2014NIEDERLE, Paulo André. Os agricultores ecologistas nos mercados para alimentos orgânicos: contramovimentos e novos circuitos de comércio. Sustentabilidade em Debate, v. 5, p. 79-96, 2014.

24.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ2014NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; FIALHO, MARCO ANTÔNIO VERARDI ; CONTERATO, Marcelo Antônio . A pesquisa sobre agricultura familiar no Brasil - aprendizagens, esquecimentos e novidades. Revista de Economia e Sociologia Rural (Impresso), v. 52, p. 9-24, 2014.

25.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2013NIEDERLE, Paulo André; GRISA, Catia . Ideias e valores: a análise da ação pública a partir das interfaces entre a abordagem cognitiva e a economia das convenções. Política & Sociedade (Online), v. 12, p. 97-136, 2013.

26.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2013NIEDERLE, Paulo André. Economia das Convenções: subsídios para uma sociologia das instituições econômicas. Ensaios FEE (Impresso), v. 34, p. 439-470, 2013.

27.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2013NIEDERLE, Paulo André; AGUIAR, Miriam . Indicações geográficas, tipicidade e produtos localizados: os novos compromissos valorativos na vitivinicultura do Vale dos Vinhedos. Revista de Economia Agrícola (Impresso), v. 59, p. 21-37, 2013.

28.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2013NIEDERLE, Paulo André; GELAIN, Julia. . Geographical indications in Brazilian food markets: quality conventions, institutionalization and path dependence. JOURNAL OF RURAL SOCIAL SCIENCES, v. 28, p. 26-53, 2013.

29.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2013NIEDERLE, Paulo André. Construção social de mercados e novos regimes de responsabilização no sistema agroalimentar. Revista Agriculturas (Impresso), v. 10, p. 4-7, 2013.

30.
GAZOLLA, Marcio2012GAZOLLA, Marcio ; NIEDERLE, Paulo André ; WAQUIL, Paulo D. . Agregação de valor nas agroindústrias rurais: uma análise com base nos dados do censo agropecuário. Revista Paranaense de Desenvolvimento, v. 122, p. 241-262, 2012.

31.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2012NIEDERLE, Paulo André. O mercado vitivinícola e a reorganização do sistema de indicações geográficas na região do Languedoc, França. Organizações Rurais e Agroindustriais (UFLA), v. 14, p. 155-173, 2012.

32.
SCHUBERT, Maycon Noremberg2011SCHUBERT, Maycon Noremberg ; NIEDERLE, Paulo André . A competitividade do cooperativismo de pequeno porte no sistema agroindustrial do leite no oeste catarinense. Revista IDEAS, v. 5, p. 187-215, 2011.

33.
SCHNEIDER, Sérgio2010 SCHNEIDER, Sérgio ; NIEDERLE, Paulo André . Resistance strategies and diversification of rural livelihoods: the construction of autonomy among Brazilian family farmers. Journal of Peasant Studies, v. 37, p. 379-405, 2010.

34.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2010NIEDERLE, Paulo André; VITROLLES, Delphine . Indicações Geográficas e qualificação no setor vitivinícola brasileiro. Estudos Sociedade e Agricultura (UFRJ), v. 18, p. 5-55, 2010.

35.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2010NIEDERLE, Paulo André; VITROLLES, Delphine . Geographical indications and qualification in the Brazilian wine production.. Estudos Sociedade e Agricultura (UFRRJ), v. 5, p. 3, 2010.

36.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2009NIEDERLE, Paulo André; WESZ Jr., Valdemar J. . A agroindústria familiar na região Missões: construção de autonomia e diversificação dos meios de vida. Redes (Santa Cruz do Sul), v. 14, p. 75-102, 2009.

37.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2009NIEDERLE, Paulo André. Delimitando as fronteiras entre mercados convencionais e alternativos para a agricultura familiar. Extensão Rural (Santa Maria), v. 16, p. 5-38, 2009.

38.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2008NIEDERLE, Paulo André; GRISA, Catia . Diversificação dos meios de vida e acesso a atores e ativos: uma abordagem sobre a dinâmica de desenvolvimento local da agricultura familiar. Cuadernos de Desarrollo Rural, v. 5, p. 41-70, 2008.

39.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2008NIEDERLE, Paulo André. Modernidade e pós-modernidade na teoria pós-fordista. Ciências Sociais Aplicadas em Revista (Cascavel), v. 8, p. 7-23, 2008.

40.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2008NIEDERLE, Paulo André; RADOMSKY, Guilherme F.W. . Social actors, markets and reciprocity: convergences between the New Economic Sociology and the 'paradigm of the gift'. Teoria & Sociedade (UFMG), v. 4, p. 3, 2008.

41.
WESZ Jr., Valdemar J.2007WESZ Jr., Valdemar J. ; NIEDERLE, Paulo André . Agroindustrialização e agricultura familiar: novas dinâmicas de desenvolvimento rural na Região das Missões, RS.. Geo UERJ, v. 17, p. 88-108, 2007.

42.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2007NIEDERLE, Paulo André; RADOMSKY, Guilherme F.W. . Atores sociais, mercados e reciprocidade: convergências entre a nova sociologia econômica e o "paradigma da dádiva". Teoria & Sociedade (UFMG), v. 15, p. 146-177, 2007.

43.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2006NIEDERLE, Paulo André; GRISA, Cátia . Transformações sócio-produtivas na pesca artesanal do estuário da Lagoa dos Patos, RS. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, Rio Grande, v. 16, p. 85-106, 2006.

44.
NIEDERLE, Paulo André;NIEDERLE, PAULO ANDRÉ;NIEDERLE, PAULO2006NIEDERLE, Paulo André. Mercantilização, Diversidade e Estilos de Agricultura. Raizes (UFPB), v. 25, p. 37-47, 2006.

45.
ANJOS, Flávio Sacco dos2004ANJOS, Flávio Sacco dos ; NIEDERLE, Paulo André ; CALDAS, Nádia Velleda . Pluriatividade e Pesca Artesanal: o caso da colônia Z 3 em Pelotas, RS.. Sociedade em Debate (UCPel), Pelotas, v. 10, n.3, p. 7-33, 2004.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
NIEDERLE, PAULO; WESZ Jr., Valdemar J. . As novas ordens alimentares. 1. ed. Porto Alegre: UFRGS, 2018. v. 1. 432p .

2.
SABOURIN, Eric (Org.) ; PATROUILLEAU, Maria M. (Org.) ; Le COQ, Jean François (Org.) ; VASQUEZ, Luis (Org.) ; NIEDERLE, Paulo André (Org.) . Políticas públicas a favor de la agroecología em América Latina y El Caribe. 1. ed. Porto Alegre: Evangraf, Red PP-AL, FAO, 2017. v. 1. 412p .

3.
WILKINSON, John (Org.) ; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ (Org.) ; MASCARENHAS, Gilberto (Org.) . O Sabor da Origem: produtos territorializados na nova dinâmica dos mercados alimentares. 1. ed. Porto Alegre: Escritos, 2016. v. 1. 374p .

4.
NIEDERLE, Paulo André; RADOMSKY, Guilherme Francisco Waterloo (Org.) . Introdução às teorias do desenvolvimento. 1. ed. Porto Alegre: UFRGS, 2016. v. 1. 128p .

5.
CAVALCANTI, Josefa Salete B. (Org.) ; WANDERLEY, Maria de Nazaré Baudel (Org.) ; NIEDERLE, Paulo André (Org.) . Participação, Território e Cidadania: um olhar sobre a política de desenvolvimento territorial no Brasil. 1. ed. Recife: UFPE, 2014. v. 500. 439p .

6.
CAVALCANTI, Josefa Salete B. (Org.) ; NIEDERLE, Paulo André (Org.) ; RAYNAUT, Claude (Org.) ; FERREIRA, Angela D. D. (Org.) . Lá no território: um olhar cidadão sobre o programa territórios da cidadania. 1. ed. Recife: UFPE, 2014. v. 1. 205p .

7.
NIEDERLE, Paulo André; CONTERATO, Marcelo Antônio (Org.) ; FIALHO, Marco Antonio V. (Org.) . Revista de Economia e Sociologia Rural - Número Especial Agricultura Familiar. 1. ed. Brasília: Sober, 2014. v. 1.

8.
NIEDERLE, Paulo André. Indicações Geográficas: qualidade e origem nos mercados alimentares. 1. ed. Porto Alegre: UFRGS, 2013. v. 1. 296p .

9.
NIEDERLE, Paulo André; ALMEIDA, Luciano (Org.) ; VEZZANI, Fabiane Machado (Org.) . Agroecologia: práticas, mercados e políticas para uma nova agricultura. 1. ed. Curitiba: Kayrós, UFPR, 2013. v. 1. 394p .

10.
NIEDERLE, Paulo André; PETERSEN, Paulo (Org.) . Dossiê Construção Social de Mercados - Revista Agriculturas. 10. ed. Rio de Janeiro: ASPTA, 2013. v. 1. 40p .

11.
CONTERATO, Marcelo (Org.) ; NIEDERLE, Paulo André (Org.) ; TRICHES, Rozane M. (Org.) ; MARQUES, Flavia C. (Org.) ; SCHULTZ, Glauco (Org.) . Mercados e agricultura familiar: interfaces, conexões e conflitos. 1. ed. Porto Alegre: Via Sapiens, 2013. v. 1. 358p .

Capítulos de livros publicados
1.
NIEDERLE, Paulo André. Afinal, que inclusão produtiva? A contribuição dos novos mercados alimentares. In: Guilherme Costa Delgado, Bergamasco, Sonia Maria Pessoa Pereira. (Org.). Agricultura familiar brasileira: desafios e perspectivas de futuro. 1ed.Brasília: NEAD, 2017, v. 1, p. 166-194.

2.
NIEDERLE, Paulo André; SILVA, Fernanda N. . As Indicações Geográficas e os novos mercados para os vinhos brasileiros. In: Marcio Gazolla; Sergio Schneider. (Org.). Cadeias curtas e redes agroalimentares alternativas: negócios e mercados da agricultura familiar. 1ed.Porto Alegre: UFRGS, 2017, v. 1, p. 219-240.

3.
SABOURIN, Eric ; NIEDERLE, Paulo André . Agricultura familiar na América Latina: das políticas agrícolas diferenciadas aos instrumentos de promoção da soberania e segurança alimentar e nutricional e da agroecologia. In: Renato Maluf, Georges Flexor. (Org.). Questões agrárias, agrícolas e rurais: conjunturas e políticas públicas. 1ed.Rio de Janeiro: e-papers, 2017, v. 1, p. 268-284.

4.
SCHMIDT, Claudia J. ; NIEDERLE, Paulo André ; AVILA, Mário ; SABOURIN, Eric ; PETERSEN, Paulo ; SILVEIRA, Luciano ; ASSIS, William ; PALM, Juliano ; FERNANDES, Gabriel. . La experiencia brasileña de construcción de políticas públicas en favor de la Agroecología. In: Eric Sabourin, Maria Mercedes Patrouilleau, Jean François Le Coq, Luis Vasquez, Paulo Andre Niederle. (Org.). Políticas públicas a favor de la agroecología en América Latina y El Caribe. 1ed.Porto Alegre: FAO, 2017, v. 1, p. 73-122.

5.
SABOURIN, Eric ; VASQUEZ, Luis ; Le COQ, Jean François ; PATROUILLEAU, Maria M. ; NIEDERLE, Paulo André . Análisis comparativo en escala regional. In: Eric Sabourin, Maria Mercedes Patrouilleau, Jean François Le Coq, Luis Vasquez, Paulo Andre Niederle. (Org.). Políticas públicas a favor de la agroecología en América Latina y El Caribe. 1ed.Port Alegre: Red PP-AL, FAO, 2017, v. 1, p. 351-396.

6.
MATTE, Alessandra ; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ ; SCHNEIDER, Sérgio . Introdução. In: Programa Fidamercosur-CLAEH, GEPAD-UFRGS. (Org.). Experiências inovadoras na agricultura familiar brasileira: atores, práticas e processos para o desenvolvimento rural. 1ed.Montevidéu: CLAEH, 2017, v. 1, p. 10-13.

7.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Vales da Uva Goethe: do vinho comum ao território singular. In: Programa Fidamercosur-CLAEH, GEPAD-UFRGS. (Org.). Experiências inovadoras na agricultura familiar brasileira: atores, práticas e processos para o desenvolvimento rural. 1ed.Montevidéu: CLAEH, 2017, v. 1, p. 71-75.

8.
NIEDERLE, Paulo André; MARQUES, Flavia C. . Produção ecológica de alimentos e mudanças institucionais: implicações para a construção de novos mercados. In: Flávia Charão Marques, Marcelo Antônio Conterato, Sergio Schneider. (Org.). Construção de mercados e agricultura familiar: desafios para o desenvolvimento rural. 1ed.Porto Alegre: UFRGS, 2016, v. 1, p. 275-310.

9.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; MASCARENHAS, Gilberto ; WILKINSON, John . Atores e Espaços de Governança das Indicações Geográficas no Brasil. In: John Wilkinson; Paulo Niederle; Gilberto Mascarenhas. (Org.). O Sabor da Origem: produtos territorializados na nova dinâmica dos mercados alimentares. 1ed.Porto Alegre: Escritos, 2016, v. 1, p. 107-140.

10.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; VIEIRA, Adriana C. P. ; BRUCH, Kelly L. . Vinhos do Brasil: A Tipicidade Territorial entre Tradições e Inovações. In: John Wilkinson; Paulo Niederle; Gilberto Mascarenhas. (Org.). O Sabor da Origem: produtos territorializados na nova dinâmica dos mercados alimentares. 1ed.Porto Alegre: Escritos, 2016, v. 1, p. 161-212.

11.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; SCHNEIDER, Evandro Pedro . Valores Ecológicos e Qualificação de Produtos Territorializados. In: John Wilkinson; Paulo Niederle; Gilberto Mascarenhas. (Org.). O Sabor da Origem: produtos territorializados na nova dinâmica dos mercados alimentares. 1ed.Porto Alegre: Escritos, 2016, v. 1, p. 343-370.

12.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; WILKINSON, John ; MASCARENHAS, Gilberto . Introdução. In: John Wilkinson; Paulo Niederle; Gilberto Mascarenhas. (Org.). O Sabor da Origem: produtos territorializados na nova dinâmica dos mercados alimentares. 1ed.Porto Alegre: Escritos, 2016, v. 1, p. 11-19.

13.
PIVOTO, D. ; CARUSO, C. O. ; NIEDERLE, Paulo André . Schumpeter e a teoria do desenvolvimento econômico. In: Paulo Andre Niederle; Guilherme Francisco Waterloo Radomsky. (Org.). Introdução às teorias do desenvolvimento. 1ed.Porto Alegre: UFRGS, 2016, v. 1, p. 17-28.

14.
CASSOL, Abel ; NIEDERLE, Paulo André . Celso Furtado e a economia política do desenvolvimento Latinoamericano. In: Paulo André Niederle; Guilherme Francisco Waterloo Radomsky. (Org.). Introdução às teorias do desenvolvimento. 1ed.Porto Alegre: UFRGS, 2016, v. 1, p. 29-38.

15.
NIEDERLE, Paulo André; CARDONA, J. C. L. R. ; FREITAS, T. D. . Hirschman e a economia do desenvolvimento. In: Paulo André Niederle; Guilherme Francisco Waterloo Radomsky. (Org.). Introdução às teorias do desenvolvimento. 1ed.Porto Alegre: UFRGS, 2016, v. 1, p. 39-50.

16.
FREITAS, T. D. ; CASSOL, Abel ; CONCEICAO, A. F. ; NIEDERLE, Paulo André . Sen e o desenvolvimento como liberdade. In: Paulo André Niederle; Guilherme Francisco Waterloo Radomsky. (Org.). Introdução às teorias do desenvolvimento. 1ed.Porto Alegre: UFRGS, 2016, v. 1, p. 51-64.

17.
NIEDERLE, Paulo André; PIVOTO, D. ; SOUZA, D. B. . Desenvolvimento, teoria evolucionária e mudança institucional. In: Paulo André Niederle; Guilherme Francisco Waterloo Radomsky. (Org.). Introdução às teorias do desenvolvimento. 1ed.Porto Alegre: UFRGS, 2016, v. 1, p. 65-76.

18.
NIEDERLE, Paulo André; RADOMSKY, Guilherme Francisco Waterloo ; VENDRUSCOLO, R. ; VARGAS, F. ; ARANDA, Y. P. C. ; FREITAS, G. R. . Estado, desenvolvimento e neodesenvolvimentismo. In: Paulo André Niederle; Guilherme Francisco Waterloo Radomsky. (Org.). Introdução às teorias do desenvolvimento. 1ed.Porto Alegre: UFRGS, 2016, v. 1, p. 77-94.

19.
RADOMSKY, Guilherme F.W. ; NIEDERLE, Paulo André ; SCHNEIDER, Sérgio . Participatory systems of certification and alternative marketing networks: the case os Ecovida Agroecology Network in South Brazil. In: Paul Hebinck, Jan Douwe van der Ploeg, Sergio Schneider. (Org.). Rural Development and the Construction of New Markets. 1ed.The Hague: Routledge, 2015, v. 1, p. 79-98.

20.
NIEDERLE, Paulo André. A institucionalização de um mercado para produtos com indicações geográficas no Brasil: uma abordagem sociológica. In: Adriana Carvalho Pinto Vieira, Kelly Lissandra Bruch. (Org.). Indicação Geográfica, Signos Coletivos e Desenvolvimento. 1ed.São Paulo: IBPI, 2015, v. 1, p. 74-95.

21.
VEZZANI, Fabiane Machado ; NIEDERLE, Paulo André ; ALMEIDA, Luciano ; CERVEIRA, José Luis . Implantação e consolidação de um Núcleo de Agroecologia na UFPR para qualificar professores e alunos de graduação e pós-graduação, e técnicos extensionistas das instituições parceiras. In: Hur Ben Corrêa da Silva; Denise Cidade Cavalcanti; Alexandra Ferreira Pedroso. (Org.). Pesquisa e extensão para a agricultura familiar: no âmbito da política nacional de assistência técnica e extensão rural. 1ed.Brasília: MDA, 2015, v. 1, p. 265-271.

22.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. A agrobiodiversidade como recurso estratégico nos novos mercados agroalimentares. In: Juliana Santilli, Patrícia Goulart Bustamante, Rosa Lía Barbieri. (Org.). Agrobiodiversidade. 1ed.Brasília: Embrapa, 2015, v. 1, p. 51-80.

23.
WAQUIL, Paulo D. ; GAZOLLA, Marcio ; NIEDERLE, Paulo André ; BLUME, Roni ; BASTIAN, Lillian ; SANTOS, Francis dos ; CONCHA, Monica . O perfil da agroindústria rural no Brasil: uma análise com base nos dados do Censo Agropecuário 2006. In: Sergio Schneider; Brancolina Ferreira; Fabio Alves. (Org.). Aspectos Multidimensionais da Agricultura Brasileira: diferentes visões do Censo Agropecuário 2006. 1ed.Brasília: IPEA, 2014, v. , p. 183-210.

24.
CAVALCANTI, Josefa Salete B. ; NIEDERLE, Paulo André ; WANDERLEY, Maria de Nazaré Baudel ; RAYNAUT, Claude . Introdução. In: Josefa Salete Barbosa Cavalcanti, Maria de Nazareth Baudel Wanderley, Paulo André Niederle. (Org.). Participação, Território e Cidadania: um olhar sobre a política de desenvolvimento territorial no Brasil. 1ed.Recife: UFPE, 2014, v. 1, p. 29-40.

25.
NIEDERLE, Paulo André. Política local e a trama das relações de poder no desenvolvimento territorial. In: Josefa Salete Barbosa Cavalcanti, Maria de Nazareth Baudel Wanderley, Paulo André Niederle. (Org.). Participação, Território e Cidadania: um olhar sobre a política de desenvolvimento territorial no Brasil. 1ed.Recife: UFPE, 2014, v. 1, p. 101-132.

26.
NIEDERLE, Paulo André; SILVA, Osvaldo H. ; FERREIRA, Angela D. D. ; BEZERRA, Islândia ; SILVA, LETÍCIA C. ; MENIM, Emanuel ; LOUREIRO, Matia O. B. ; AMARAL, Gilmar M. ; DINIZ, Priscila R. ; PEREZ-CASSARINO, Julian . Dinâmicas sociais no Território Paraná Centro-PR. In: Josefa Salete Barbosa Cavalcanti, Maria de Nazareth Baudel Wanderley, Paulo André Niederle. (Org.). Participação, Território e Cidadania: um olhar sobre a política de desenvolvimento territorial no Brasil. 1ed.Recife: UFPE, 2014, v. 1, p. 235-322.

27.
WANDERLEY, Maria de Nazaré Baudel ; CAVALCANTI, Josefa Salete B. ; NIEDERLE, Paulo André . Olhares cruzados sobre os Territórios Sertão do São Francisco e Paraná Centro. In: Josefa Salete Barbosa Cavalcanti, Maria de Nazareth Baudel Wanderley, Paulo André Niederle. (Org.). Participação, Território e Cidadania: um olhar sobre a política de desenvolvimento territorial no Brasil. 1ed.Recife: UFPE, 2014, v. 1, p. 323-336.

28.
NIEDERLE, Paulo André. Desenvolvimento, instituições e mercados agroalimentares: os usos das Indicações Geográficas. In: Valdir Roque Dallabrida. (Org.). Desenvolvimento territorial: políticas públicas brasileiras, experiências internacionais e a indicação geográfica como referência. 1ed.São Paulo: LiberArs, 2014, v. 1, p. 237-264.

29.
NIEDERLE, Paulo André; ESCHER, Fabiano ; CONTERATO, Marcelo Antônio . Estilos de agricultura: capturando a diversidade do rural contemporâneo. In: Marcelo Antônio Conterato; Guilherme Francisco W. Radomsky; Sergio Schneider. (Org.). Pesquisa em desenvolvimento rural: aportes teóricos e proposições metodológicas. 1ed.Porto Alegre: UFRGS, 2014, v. 1, p. 205-226.

30.
NIEDERLE, Paulo André; SCHUBERT, Maycon Noremberg ; SCHNEIDER, Sérgio . Agricultura familiar, desenvolvimento rural e um modelo de mercados múltiplos. In: Sheila Doula; Ana Louise Fiúza; Erly Cardoso Teixeira; Janderson dos Reis; André Luis Lima. (Org.). A agricultura familiar em face das transformações na dinâmica recente dos mercados. 1ed.Viçosa: Suprema, 2014, v. 1, p. 43-68.

31.
NIEDERLE, Paulo André. A institucionalização das indicações geográficas no Brasil. In: Flávio Sacco dos Anjos; Nadia Velleda Caldas. (Org.). Para além da qualidade : trajetórias de valorização de produtos agroalimentares. 1ed.Chapecó: Argos, 2014, v. 1, p. 87-126.

32.
NIEDERLE, Paulo André. Indicações geográficas e processos de qualificação nos mercados agroalimentares. In: Paulo Andre Niederle. (Org.). Indicações Geográficas: qualidade e origem nos mercados alimentares. 1ed.Porto Alegre: UFRGS, 2013, v. 1, p. 23-53.

33.
NIEDERLE, Paulo André. Introdução. In: Paulo Andre Niederle. (Org.). Indicações Geográficas: qualidade e origem nos mercados alimentares. 1ed.Porto Alegre: UFRGS, 2013, v. 1, p. 15-21.

34.
NIEDERLE, Paulo André; ALMEIDA, Luciano ; VEZZANI, Fabiane Machado . Introdução. In: Paulo Andre Niederle; Luciano de Almeida; Faniane Machado Vezzani. (Org.). Agroecologia: práticas, mercados e políticas para uma nova agricultura. 1ed.Curitiba: Kayrós, UFPR, 2013, v. 1, p. 13-20.

35.
NIEDERLE, Paulo André; ALMEIDA, Luciano . A nova arquitetura dos mercados para produtos orgânicos: o debate da convencionalização. In: Paulo Andre Niederle; Luciano de Almeida; Faniane Machado Vezzani. (Org.). Agroecologia: práticas, mercados e políticas para uma nova agricultura. 1ed.Curitiba: Kayrós, UFPR, 2013, v. 1, p. 23-67.

36.
BETTI, Patrícia ; FENIMAN, Eduardo ; SCHNEIDER, Thaís ; NIEDERLE, Paulo André . O consumo politizado como resposta à crise socioambiental: as justificativas sociais da compra de produtos orgânicos em feiras-livres de Curitiba. In: Paulo Andre Niederle; Luciano de Almeida; Faniane Machado Vezzani. (Org.). Agroecologia: práticas, mercados e políticas para uma nova agricultura. 1ed.Curitiba: Kayrós, UFPR, 2013, v. 1, p. 267-294.

37.
CONTERATO, Marcelo ; NIEDERLE, Paulo André ; RADOMSKY, Guilherme F.W. ; SCHNEIDER, Sérgio . Mercantilização e mercados: a construção da diversidade da agricultura na ruralidade contemporânea. In: Schneider, Sergio; Gazolla, Marcio. (Org.). Os atores do desenvolvimento rural: praticas produtivas e processos sociais emergentes. 1ed.Porto Alegre: UFRGS, 2011, v. 1, p. 67-90.

38.
SCHNEIDER, Sérgio ; NIEDERLE, Paulo André . Estratégias de articulação aos mercados da agricultura familiar. In: Manzanal, Mabel; Neinam, Guillermo. (Org.). Las agriculturas familiares del Mercosur: trayectorias, amenazas y desafíos. Buenos Aires: Ediciones Ciccus, 2010, v. 1, p. 209-225.

39.
NIEDERLE, Paulo André; GILBERT, Hélène . Une stratégie des territoires du vin face aux mutations du marché viti-vinicole mondial : la redéfinition des terroirs. In: Delfosse, Claire. (Org.). La mode du terroir et les produits alimentaires. 1ed.Paris: Ed. Boutiques de l´Histoire, 2010, v. 1, p. 141-182.

40.
SCHNEIDER, Sérgio ; NIEDERLE, Paulo André . Agricultura familiar e teoria social: a diversidade das formas familiares de produção na agricultura. In: Fábio Gelape Faleiro; Austeclinio Lopes de Farias Neto. (Org.). Savanas: Desafios e Estratégias para o Equilíbrio entre Sociedade, Agronegócio e Recursos Naturais. 1ed.Planaltina, DF: Embrapa Cerrados, 2008, v. , p. 989-1014.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
NIEDERLE, PAULO. A soja pode acabar com a economia gaúcha (e com muito mais). Sul21, 29 jun. 2018.

2.
NIEDERLE, Paulo André. Cortes no orçamento para a agricultura familiar. Sul21, Porto Alegre, p. 1, 10 nov. 2017.

3.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; SCHNEIDER, Sérgio . Desafios e perspectivas da agricultura na Rússia pós-soviética. https://www.sul21.com.br/jornal/desafios-e-perspectivas-da-agricultura-na-russia-pos-sovietica/, Porto Alegre, p. 1, 26 out. 2017.

4.
NIEDERLE, Paulo André. O movimento terroirista do Brasil. Jornal O Estado de São Paulo, São Paulo, 27 nov. 2014.

5.
NIEDERLE, Paulo André. O que beber quer dizer?. Winexperts - www.winexperts.terra.com.br, 17 jan. 2009.

6.
NIEDERLE, Paulo André. Como dar valor ao vinho? Indicações geográficas e qualificação social. Winexperts - www.winexperts.terra.com.br, 29 out. 2008.

7.
NIEDERLE, Paulo André. Um negócio da China. Winexperts - www.winexperts.terra.com.br, 21 set. 2008.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SCHMIDT, Claudia J. ; GUENEAU, Stéphane ; SABOURIN, Eric ; NIEDERLE, PAULO . La construction des politiques publiques en faveur de l?agroécologie au Brésil. In: Colloque Societé Française de Économie Rurale SFER, 2018, Montpellier. Anais.... Montpellier: SFER, 2018. v. 1. p. 1-18.

2.
NIEDERLE, PAULO. A ascensão da coalizão liberal-conservadora e o fim do pacto político pela agricultura familiar no Brasil. In: Congresso Brasileiro de Economia, Administração e Sociologia Rural, 2018, Campinas. Anais... Brasília: Sober, 2018. v. 1. p. 1.

3.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; KURAKIN, Alexander ; NIKULIN, Alexander ; SCHNEIDER, Sérgio . Soy's King and Wheat's Queen: The meaning of leading monocultures in agrarian change in Brazil and Russia. In: 6th International Conference of the BRICS Initiative for Critical Agrarian Studies, 2018, Brasília. Anais... Brasília: UnB, 2018. v. 1. p. 1-28.

4.
FRIZO, Pedro ; NIEDERLE, PAULO . A produção do ?desenvolvimento sustentável? na Amazônia brasileira: uma análise das estratégias de engajamento e enquadramento interpretativo das ONGs. In: 6th International Conference of the BRICS Initiative for Critical Agrarian Studies, 2018, Brasília. Anais... Brasília: UnB, 2018. v. 1. p. 1.

5.
MUNOZ, Estevan ; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ . Agricultura orgânica e agroecologia: convergências, rupturas e re-conexões necessárias em face da hegemonia do agronegócio. In: Congresso da Associação Latino-Americana de Sociologia Rural, 2018, Montevideu. Anais... Montevideu: Alasru, 2018. v. 1.

6.
FRIZO, Pedro ; NIEDERLE, PAULO . O ?Campo Políticoambiental? como categoria analítica para a investigação da governança coletiva dos bens comuns no contexto rural. In: Congresso da Associação Latino-Americana de Sociologia Rural, 2018. Anais... Montevideu: Alasru, 2018. v. 1.

7.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; GRISA, Catia ; PICOLOTtO, Everton L. ; SOLDERA, Denis . Narrative disputes on family farming public policies in Brazil: conservative attacks and civic countermovements. In: BICAS - BRICS Initiative for Critical Agrarian Studies Conference, 4, 2017, Moscou. Anais, 2017. v. 1. p. 1-23.

8.
BOURSCHEID, Andreia ; SAUSEN, A. ; TIMM, F. ; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ . As Qualidades das Agroindustrias Rurais Familiares Gaúchas. In: ENCONTRO DE ECONOMIA GAÚCHA, 8, 2016, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: PUC, 2016. v. 1. p. 1-20.

9.
SOLDERA, Denis ; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ . O meio do campo em disputa e as implicações da 'nova' classe média rural na ação pública. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 2016, Maceió. Anais... Brasília: Sober, 2016. v. 1. p. 1-20.

10.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Agricultura Familiar no Mercosul: da definição normativa aos Sistemas Nacionais de Registro. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 2016, Maceió. Anais... Brasília: Sober, 2016. v. 1. p. 1-20.

11.
SOUSA, Diego N. ; KATO, H. C. A. ; MILAGRES, C. S. F. ; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ . Transferência de tecnologia e estratégias de comercialização do pescado da agricultura familiar para a alimentação escolar: a experiência da Embrapa no estado do Tocantins. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 2016, Maceió. Anais... Brasília: Sober, 2016. v. 1. p. 1-20.

12.
SCHNEIDER, Evandro Pedro ; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ . A incorporação de valores socioambientais nas indicações geográficas brasileiras. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 2016, Maceió. Anais... Brasília: Sober, 2016. v. 1. p. 1-20.

13.
NIEDERLE, Paulo André; SILVA, Osvaldo H. ; FERREIRA, Angela D. D. . O desenvolvimento rural à prova dos limites institucionais da ação pública: as políticas territoriais no Paraná Centro. In: CONGRESSO DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 53, 2015, João Pessoa. Anais.... Brasília: Sober, 2015. v. 1. p. 1-20.

14.
NIEDERLE, Paulo André. Os mercados como arenas de luta por reconhecimento: as disputas morais em torno da construção dos dispositivos de qualificação dos alimentos. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SOCIOLOGIA, 17, 2015, Porto Alegre. Anais... Rio de Janeiro: SBS, 2015. v. 1. p. 1-20.

15.
NIEDERLE, Paulo André; RAULET, Mégane . Agricultura familiar e mercados para produtos orgânicos: o desafio de integrar novos circuitos de comércio. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 2014, Goiânia. Anais... Goiânia: UFG/SOBER, 2014. v. 1. p. 1-20.

16.
DINIZ, Priscila R. ; BEZERRA, Islândia ; NIEDERLE, Paulo André . Conexões ecológicas em rede: a experiência da alimentação escolar na Lapa-PR. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 2014, Goiânia. Anais... Goiânia: UFG/SOBER, 2014. v. 1. p. 1-20.

17.
NIEDERLE, Paulo André. Para além da certificação: a produção social da confiança nos mercados para produtos agroecológicos no Brasil. In: CONGRESSO DA ALASRU, 9., 2014, Cidade do México. Anais... Cidade do México: ALASRU, 2014. v. 1.

18.
NIEDERLE, Paulo André. A institucionalização de um mercado para produtos com Indicações Geográficas no Brasil. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SOCIOLOGIA, 16, 2013, Salvador. Anais... Rio de Janeiro: SBS, 2013. v. 1.

19.
FREITAS, Maria Fernanda ; NIEDERLE, Paulo André . Agricultura familiar e políticas de redução da pobreza rural: o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) no município de Tunas do Paraná, PR. In: SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 2012, Vitória. Anais. Brasília: Sober, 2012. v. 1. p. 1-20.

20.
CORADIN, Cristiane ; NIEDERLE, Paulo André . O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) nas comunidades quilombolas: dimensões econômicas e sociais da construção de autonomia na agricultura do Vale do Ribeira, PR. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 2012, Vitória. Anais. Brasília: Sober, 2012. v. 1. p. 1-20.

21.
LOUREIRO, Maria Otávia B. ; IWAMURA, Ivana ; MERGEN, Carolina V. ; NIEDERLE, Paulo André ; ALMEIDA, Luciano . Feiras livres e mercados institucionais: a Rede Ecovida e a construção de circuitos de comercialização para produtos agroecológicos. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 2012, Vitória. Anais. Brasília: Sober, 2012. v. 1. p. 1-20.

22.
NIEDERLE, Paulo André; AGUIAR, Miriam . Geographical indications in the Brazilian wine production: markets, values and quality disputes. In: WORLD CONGRESS OF RURAL SOCIOLOGY, 13, 2012, Lisboa. Proceddings. Liboa: IRSA, 2012. v. 1.

23.
NIEDERLE, Paulo André; IWAMURA, Ivana ; MERGEN, Carolina V. ; LOUREIRO, Maria Otávia B. ; ALMEIDA, Luciano . O consumidor político como ator social no mercado de produtos orgânicos: uma análise do perfil dos consumidores das feiras agroecológicas de Curitiba. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE SOCIOLOGIA & POLÍTICA, 4, 2012, Curitiba. Anais... Curitiba: UFPR, 2012. v. 1. p. 1-20.

24.
NIEDERLE, Paulo André; GAZOLLA, Marcio ; WAQUIL, Paulo D. ; SANTOS, Francis dos ; BASTIAN, Lillian . Os mercardos e canais de comercialização para os produtos da agroindústria rural no Brasil: um comparativo macrorregional. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 49, 2011, Belo Horizonte. Anais.... Brasília: SOBER, 2011. v. 1. p. 1-22.

25.
NIEDERLE, Paulo André. O novo mundo é aqui: as transformações no mercado vitivinícola e a reorganização do sistema de indicações geográficas no Languedoc, França. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 49, 2011, Belo Horizonte. Anai.... Brasília: SOBER, 2011. v. 1.

26.
BASTIAN, Lillian ; SANTOS, Francis dos ; BLUME, Roni ; GAZOLLA, Marcio ; NIEDERLE, Paulo André . Perfil produtivo da agroindústria rural nas regiões brasileiras: uma análise a partir dos dados do Censo Agropecuário de 2006. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 49, 2011, Belo Horizonte. Anais.... Brasília: Sober, 2011. v. 1.

27.
NIEDERLE, Paulo André. Indicações geográficas, inovação e tipicidade: uma ?dessingularização? dos terroirs vitivinícolas?. In: REUNIÃO DE ANTROPOLOGIA DO MERCOSUL, 9, 2011, Curitiba. Anais.... Curitiba: ABA, 2011. v. 1.

28.
NIEDERLE, Paulo André. As metamorfoses dos sistemas de Indicação Geográfica no Brasil e na França: a singularidade dos terroirs vitivinícolas à prova dos mercados globais. In: ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS, 35, 2011, Caxambu. Anais.... São Paulo: ANPOCS, 2011. v. 1.

29.
MERGEN, Carolina V. ; ALMEIDA, Luciano ; NIEDERLE, Paulo André . As feiras diretas e seus efeitos à diversificação produtiva em agriculturas de base ecológica. In: SEMINÁRIO SOBRE SUSTENTABILIDADE, 6, 2011, Curitiba. Anais.... Curitiba: FAE, 2011. v. 1.

30.
LOUREIRO, Maria Otávia B. ; CAPISTRANO, Milena O. ; NIEDERLE, Paulo André ; ALMEIDA, Luciano . O Programa de Aquisição de Alimentos no Vale do Ribeira-PR: elementos para discussão. In: SEMINÁRIO SOBRE SUSTENTABILIDADE, 6, 2011, Curitiba. Anais.... Curitiba: FAE, 2011. v. 1.

31.
NIEDERLE, Paulo André. A incorporação do conceito de Indicação Geográfica na vitivinicultura brasileira. In: CONGRESSO DE ESTUDOS RURAIS, IV, 2010, Aveiro. Livro de Actas.... Aveiro, Portugal: SPER, 2010. v. 1. p. 1317-1324.

32.
ROCHA, Betty ; GRISA, Catia ; NIEDERLE, Paulo André . Quand le "publique" et le "privé" se rencontrent dans la frontière: analyse d'une experience de dévéloppement dans l'Amazonie brésilienne. In: IINTERNATIONAL SYMPOSIUM INNOVATION & SUSTAINABLE DEVELOPMENT IN AGRICULTURE AND FOOD, 2010, Montpellier. Proccedings.... Montpellier: CIRAD, 2010. v. 1.

33.
NIEDERLE, Paulo André. As Associações de Produtores no desenvolvimento do setor vitivinícola da Serra Gaúcha: um projeto de qualificação e uma necessidade de diversificação. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 48, 2010, Campo Grande. Anais... Brasília: Sober, 2010. v. 1. p. 1-21.

34.
NIEDERLE, Paulo André; CRUZ, Fabiana Thomé da . O que muda quando a tradição se torna fast food? As reações dos consumidores italianos e franceses aos hamburgers ?McParmegiano- Reggiano? e ?Quick Hallal?. In: ENCONTRO NACIONAL DA ANPPAS, 5, 2010, Florianópolis. Anais.... Florianópolis: ANPPAS, 2010. v. 1.

35.
NIEDERLE, Paulo André. Revisitando o conceito de produção simples de mercadorias. In: ENCONTRO NACIONAL DE GEOGRAFIA AGRÁRIA, 19, 2009, São Paulo. Anais.... São Paulo: USP, 2009. v. 1.

36.
GRISA, Cátia ; NIEDERLE, Paulo André . Redes sociais de reciprocidade e trabalho: importância atual para os agricultures familiares no sul do Brasil. In: CONGRESO ARGENTINO Y LATINOAMERICANO DE ANTROPOLOGÍA RURAL, 4, 2009, Mar del Plata. Anais.... Buenos Aires: INTA, 2009. v. 1.

37.
NIEDERLE, Paulo André. Terra, trabalho e família: as metamorfoses nas lógicas (re)produtivas dos agricultores familiares de Salvador das Missões, RS. In: CONGRESO ARGENTINO Y LATINOAMERICANO DE ANTROPOLOGÍA RURAL, 4, 2009, Mar del Plata. Anais.... Buenos Aires: INTA, 2009. v. 1.

38.
GRISA, Catia ; NIEDERLE, Paulo André . O enraizamento estrutural e político de um ?mercado institucional?: as redes e as instituições do Programa de Aquisição de Alimentos. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE SOCIOLOGIA ECONÔMICA, 1, 2009, Florianópolis. Anais.... Florianópolis: UFSC, 2009.

39.
NIEDERLE, Paulo André. Controvérsias sobre a noção de indicações geográficas enquanto instrumento de desenvolvimento territorial: a experiência do Vale dos Vinhedos em questão. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 47, 2009, Porto Alegre. Anais.... Brasília: SOBER, 2009. v. 1.

40.
NIEDERLE, Paulo André; WESZ Jr., Valdemar J. . A agroindústria familiar na região Missões: construção de autonomia e diversificação dos meios de vida. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 47, 2009, Porto Alegre. Anais.... Brasília: SOBER, 2009. v. 1.

41.
NIEDERLE, Paulo André; SCHUBERT, Maycon Noremberg . Concorrentes, híbridos e relacionais: os novos e velhos mercados da agricultura familiar frente ao desenvolvimento de uma economia de qualidades. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 47, 2009, Porto Alegre. Anais.... Brasília: SOBER, 2009. v. 1.

42.
SCHUBERT, Maycon Noremberg ; NIEDERLE, Paulo André . Estratégias competitivas do cooperativismo na cadeia produtiva do leite: o caso da Ascooper, SC. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 47, 2009, Porto Alegre. Anais.... Brasília: SOBER, 2009. v. 1.

43.
NIEDERLE, Paulo André. Indicações geográficas e formas de qualificação no mercado de vinhos: o caso do Vale dos Vinhedos. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SOCIOLOGIA, 14, 2009, Rio de Janeiro. Anais.... Rio de Janeiro: SBS, 2009.

44.
NIEDERLE, Paulo André; SCHNEIDER, Sérgio . As estratégias da transição: práticas e processos de diversificação produtiva na agricultura familiar de Salvador das Missões, RS. In: IV ENCONTRO DE ECONOMIA GAUCHA, 2008, Porto Alegre. Anais.... Porto Alegre: FEE; PUC-RS, 2008.

45.
NIEDERLE, Paulo André; WESZ Jr., Valdemar J. . Possibilidades e limites da agroindustrialização à diversificação dos meios de vida na agricultura familiar: evidências a partir da região Missões-RS. In: II COLÓQUIO AGRICULTURA FAMILIAR E DESENVOLVIMENTO RURAL, 2008, Porto Alegre. Anais.... Porto Alegre: Edurgs, 2008. v. 1.

46.
NIEDERLE, Paulo André. Ciência, poder e produção social da natureza. In: III ENCONTRO SOBRE SUSTENTABILIDADE, 2008, Curitiba. Anais.... Curitiba: FAE Centro Universitário, 2008. v. 1.

47.
MÜLLER, Ana ; GRISA, Catia ; NIEDERLE, Paulo André . Desenvolvimento, políticas públicas para o meio ambiente e conflitos sócioambientais. In: III SEMINÁRIO SOBRE SUSTENTABILIDADE, 2008, Curitiba. Anais.... Curitiba: FAE Centro Universitário, 2008. v. 1.

48.
NIEDERLE, Paulo André; SCHNEIDER, Sérgio . A pluriatividade na agricultura familiar: estratégia diferencial de distintos estilos de agricultura. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 2007, Londrina. Anais do XLV Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, 2007. v. 1. p. 1-22.

49.
NIEDERLE, Paulo André; GRISA, Cátia . Mercados, agricultores familiares e redes sociais de reciprocidade. In: VII REUNIÃO DE ANTROPOLOGIA DO MERCOSUL, 2007, Porto Alegre. Anais da VII Reunião de Antropologia do Mercosul. Porto Alegre: PPGAS/UFRGS, 2007.

50.
SCHNEIDER, Sérgio ; NIEDERLE, Paulo André . From resistance to reaction: styles of farming and rural livelihood of family farms in the South of Brazil. In: XXIInd Congress of the European Society for Rural Sociology, 2007, Wageningen. Proceedinggs of XXIInd Congress of the European Society for Rural Sociology. Wageningen, The Netherlands: ESRS, 2007.

51.
NIEDERLE, Paulo André; SCHNEIDER, Sérgio . Transformações nas formas de mobilização do trabalho agrícola decorrentes da crescente mercantilização da agricultura na região Missões, RS. In: II ENCONTRO DA REDE DE ESTUDOS RURAIS, 2007, Rio de Janeiro. Anais do II Encontro da Rede de Estudos Rurais, 2007.

52.
WESZ Jr., Valdemar J. ; NIEDERLE, Paulo André . Agricultores familiares, agroindústrias e desenvolvimento rural na região Missões, RS.. In: V JORNADAS INTERDISCIPLINARIAS DE ESTUDIOS AGRARIOS Y AGROINDUSTRIALES, 2007, Buenos Aires. Anais..., 2007. v. 1.

53.
NIEDERLE, Paulo André; ANJOS, Flávio Sacco dos ; GRISA, Cátia ; CALDAS, Nádia Velleda ; SCHNEIDER, Evandro Pedro . Pluriatividade e Pesca Artesanal: o caso da Colônia Z3 em Pelotas, RS. In: XLIII Congresso da Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural, 2005, Ribeirão Preto. Anais do XLIII Congresso da Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural, 2005.

54.
NIEDERLE, Paulo André; GRISA, Cátia . Uma análise das transformações no universo social da pesca artesanal do estuário da Laguna dos Patos, RS.. In: Primeira Jornada de Economia Regional Comparada, 2005, Porto Alegre. Anais da Primeira Jornada de Economia Regional Comparada. Porto Alegre: FEE, 2005.

55.
NIEDERLE, Paulo André; ANJOS, Flávio Sacco dos . A pluriatividade como estratégia de reprodução na pesca artesanal: o caso da Colônia Z3 - Pelotas, RS.. In: I Colóquio Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural, 2005, Porto Alegre. Anais do I Colóquio Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural. Porto Alegre: UFRGS/PGDR, 2005.

56.
ANJOS, Flávio Sacco dos ; NIEDERLE, Paulo André ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; GRISA, Cátia ; CALDAS, Nádia Velleda ; LIONÇO, Vânia . Agricultura familiar e pluriatividade na região das missões. In: II Encontro de Economia Gaúcha, 2004, Porto Alegre. Anais do II Encontro de Economia Gaúcha, 2004.

57.
ANJOS, Flávio Sacco dos ; CALDAS, Nádia Velleda ; GRISA, Cátia ; NIEDERLE, Paulo André ; SCHNEIDER, Evandro Pedro . Abrindo a caixa-verde: um estudo sobre a importância econômica do autoconsumo na agricultura familiar meridional. In: XLII Congresso da Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural, 2004, Cuiabá. Anais do XLII Congresso da Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural, 2004.

58.
ANJOS, Flávio Sacco dos ; LIONÇO, Vânia ; CALDAS, Nádia Velleda ; GRISA, Cátia ; NIEDERLE, Paulo André ; SCHNEIDER, Evandro Pedro . A pluriatividade e suas manifestações na região missioneira gaúcha. In: XLII Congresso da Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural, 2004, Cuiabá. Anais do XLII Congresso da Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural, 2004.

59.
CORTES, Fernando Pacheco ; ANJOS, Flávio Sacco dos ; CALDAS, Nádia Velleda ; NIEDERLE, Paulo André ; GRISA, Cátia ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; SCHUBERT, Maycon Noremberg . A pluriatividade na agricultura familiar no município de Morro Redondo, RS. In: II Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional, 2004, Santa Cruz do Sul. Anais do II Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional, 2004.

60.
ANJOS, Flávio Sacco dos ; NIEDERLE, Paulo André ; GRISA, Cátia ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; SCHUBERT, Maycon Noremberg ; CALDAS, Nádia Velleda ; SANTOS, João Armando Neves dos . A pluriatividade como estratégia de reprodução social na pesca artesanal: um estudo da Colônia de Pescadores Z 3 em Pelotas, RS. In: II Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional, 2004, Santa cruz do Sul. Anais do II Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional, 2004.

61.
ANJOS, Flávio Sacco dos ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; NIEDERLE, Paulo André ; SANTOS, João Armando Neves dos ; GRISA, Cátia ; CALDAS, Nádia Velleda ; SCHUBERT, Maycon Noremberg . Análise do índice de nível de vida na agricultura familiar em quatro regiões da geografia gaúcha. In: II Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional, 2004, Santa Cruz do Sul. Anais do II Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional, 2004.

62.
ANJOS, Flávio Sacco dos ; CALDAS, Nádia Velleda ; GRISA, Cátia ; NIEDERLE, Paulo André ; SANTOS, João Armando Neves dos ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; SCHUBERT, Maycon Noremberg . Abrindo a caixa-verde: estudo sobre a importância econômica do autoconsumo na agricultura familiar meridional. In: II Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional, 2004, Santa Cruz do Sul. Anais do II Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional, 2004.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Novos mercados, velhas políticas: a institucionalização das indicações geográficas para produtos agroalimentares no Brasil. In: ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS, 40, 2016, Caxambu. Anais... São Paulo: ANPOCS, 2016. v. 1.

2.
NIEDERLE, Paulo André. Is the Geographical Indication a tool for territorial development in the Brazilian context? Critical issues for the institutionalization of a GI system in a developing country. In: CONGRESS OF THE EUROPEAN SOCIETY FOR RURAL SOCIOLOGY, 25, 2013, Florença (IT). Procedings. Pisa: ESRS / SISMONDI, 2013. v. 1. p. 341-342.

3.
BRAGA, Priscila C. ; TEIXEIRA, Cristina F. ; NIEDERLE, Paulo André . Cooperafloresta e agrofloresta: espaços de resistências e construção de autonomia. In: Encontro Nacional da Anppas, 6, 2012, Belém. Anais... Belém: ANPPAS, 2012. v. 1.

4.
JASINSKI, Felipe G. ; CHIAMENTI, Moisés ; NIEDERLE, Paulo André . Projetos de Agroecologia: a construção de autonomia em espaços de mediação. In: SIMPÓSIO DE AGROECOLOGIA E DESENVOLVIMENTO RURAL, 1, 2011, São Carlos. Anais.... São Carlos: UFSCAR, 2011. v. 1.

5.
GRISA, Cátia ; NIEDERLE, Paulo André . Agricultura familiar em Salvador das Missões-RS: uma análise a partir da abordagem dos sistemas agrários, 2005, São Luiz Gonzaga. I Congresso Internacional de Desenvolvimento Rural e Agroindústria Familiar. São Luiz Gonzaga: UERGS, 2005.

6.
NIEDERLE, Paulo André; GRISA, Cátia . Evolução e diferenciação na pesca da Lagoa dos Patos: uma análise a partir do referencial de sistemas agrários, 2005, São Luiz Gonzaga. I Congresso Internacional de Desenvolvimento Rural e Agroindústria Familiar. São Luiz Gonzaga: UERGS, 2005.

7.
NIEDERLE, Paulo André; GRISA, Cátia ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; SCHUBERT, Maycon Noremberg ; CALDAS, Nádia Velleda ; ANJOS, Flávio Sacco dos . Um cenário desafiador: o impacto das políticas públicas na pesca artesanal da colônia Z3, Pelotas, RS.. In: XIII Congresso de Iniciação Científica, 2004, Pelotas. Anais do XIII Congresso de Iniciação Científica, 2004.

8.
NIEDERLE, Paulo André; GOMES, Mario Conill . Analise da viabilidade econômica da implantação de fabrica de gelo na colônia de pescadores Z 3, Pelotas, RS.. In: XIII Congresso de Iniciação Científica, 2004, Pelotas. Anais do XIII Congresso de Iniciação Científica, 2004.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
NIEDERLE, Paulo André; WILKINSON, John ; MASCARENHAS, Gilberto . Navigating between Modernization and Patrimonialization: The Institutionalization of Geographical Indications in Brazil. In: ISA World Congress of Sociology, 19, 2018, Toronto. Procedings... Toronto: ISA, 2018. v. 1.

2.
BORTOLOMIOL, Maiz ; NIEDERLE, Paulo André . O perfil e as motivações dos consumidores da feira de orgânicos do shopping Iguatemi, Porto Alegre. In: Salão UFRGS 2017: SIC - XXIX SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRGS, 2017, Porto Alegre. Anais.., 2017. v. 1.

3.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. A trajetória da reunião especializada sobre agricultura familiar do Mercosul: dez anos de diálogos entre governos e movimentos sociais. In: COLÓQUIO IBÉRICO DE ESTUDOS RURAIS, 11, 2016, Vila Real. Anais... Vila Real: UTAD, 2016. v. 1. p. 236-236.

4.
BOURSCHEID, Andreia ; NIEDERLE, Paulo André . As qualidades das agroindústrias rurais familiares gaúchas: um estudo de caso na Expointer 2015. In: Salão UFRGS 2016: SIC - XXVIII SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRGS, 2016, Porto Alegre. Anais.., 2016. v. 1.

5.
SAUSEN, A. ; NIEDERLE, Paulo André . Potencialidades e limites das Indicações Geográficas como mecanismo de valorização dos recursos naturais: o caso da Carne do Pampa Gaúcho da Campanha Meridional. In: Salão UFRGS 2016: SIC - XXVIII SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRGS, 2016, Porto Alegre. Anais.., 2016. v. 1.

6.
GOMES, Arthur ; NIEDERLE, Paulo André . Instituicionalização das Indicações Geográficas para Vinhos no Sul do Brasil. In: Salão UFRGS 2015: SIC - XXVII SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRGS, 2015, Porto Alegre. Anais.., 2015. v. 1.

7.
NIEDERLE, Paulo André. New actors and new values in the Ecovida Agroecology Network: the institutionalization of the organic food markets and the metamorphosis of the agroecological movement in Brazil. In: CONGRESSO INTERNACIONAL SISTEMAS AGROALIMENTARES LOCALIZADOS, 6, 2013, Florianópolis. Anais... Florianópolis: UFSC, 2013. v. 1. p. 1.

8.
MERGEN, Carolina V. ; NIEDERLE, Paulo André . A institucionalização da agroecologia e os novos mercados para a agricultura familiar no Vale do Ribeira - PR. In: SEMANA INTEGRADA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, 5, 2013, Curitiba. Anais... Curitiba: UFPR, 2013. v. 2. p. 398-398.

9.
NIEDERLE, Paulo André; SCHAFFATH, Valter R. ; ALMEIDA, Luciano . New actors and new values in the agroecologic movement: the institutionalization of the organic food markets and the metamorphosis of the ecovida agroecology network in the south Brazil. In: WORLD CONGRESS OF RURAL SOCIOLOGY, 13, 2012, Lisboa. Proceddings. Liboa: IRSA, 2012. v. 1.

10.
IWAMURA, Ivana ; NIEDERLE, Paulo André . A influência dos mercados institucionais na construção de circuitos de comercialização para produtos orgânicos. In: EVENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 20, 2012, Curitiba. Livro de Resumos. Curitiba: UFPR, 2012. v. 1. p. 14-14.

11.
NIEDERLE, Paulo André. As indicações geográficas e o problema da valoração nas trocas de mercado. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS NO BRASIL, 2008, Florianópolis. Anais..., 2008.

12.
NIEDERLE, Paulo André; ANJOS, Flávio Sacco dos ; GRISA, Cátia ; CALDAS, Nádia Velleda . Pluriatividade e Pesca Artesanal: O caso da Colônia Z-3 em Pelotas, RS. In: I Encontro de Ciências Sociais da Região sul, 2005, Pelotas, 2005.

13.
ANJOS, Flávio Sacco dos ; NIEDERLE, Paulo André ; GRISA, Cátia ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; CALDAS, Nádia Velleda ; LIONÇO, Vânia . Agricultura familiar e pluriatividade na região das missões. In: II Encontro de Economia Gaúcha, 2004, Porto Alegre. Caderno de Resumos do II Encontro de Economia Gaúcha, 2004. p. 30-31.

14.
SCHUBERT, Maycon Noremberg ; GRISA, Cátia ; NIEDERLE, Paulo André ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; CALDAS, Nádia Velleda ; ANJOS, Flávio Sacco dos . Educação e atividades não-agrícolas no meio rural gaúcho. In: II Fórum Mundial de Educação, 2004, Porto Alegre, 2004.

15.
NIEDERLE, Paulo André; GRISA, Cátia ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; SCHUBERT, Maycon Noremberg ; CALDAS, Nádia Velleda ; ANJOS, Flávio Sacco dos . Quando o mar não está pra peixe: estratégias de reprodução social dos pescadores artesanais na colônia Z 3 em Pelotas, RS. In: XIX Jornada Acadêmica Interada, 2004, Santa Maria. Anais da XIX Jornada Acadêmica Interada, 2004.

16.
GRISA, Cátia ; NIEDERLE, Paulo André ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; SCHUBERT, Maycon Noremberg ; CALDAS, Nádia Velleda ; SANTOS, João Armando Neves dos ; ANJOS, Flávio Sacco dos . Agricultura Familiar, Pluriatividade e Território. In: XIII Congresso de Iniciação Científica, 2004, Pelotas. Anais do XIII Congresso de Iniciação Científica, 2004.

17.
SCHNEIDER, Evandro Pedro ; SCHUBERT, Maycon Noremberg ; NIEDERLE, Paulo André ; GRISA, Cátia ; SANTOS, João Armando Neves dos ; CALDAS, Nádia Velleda ; ANJOS, Flávio Sacco dos . Importância da previdência social frente às condições de vida da agricultura familiar em quatro regiões do Rio Grande do Sul. In: XVI Salão de Iniciação Científica e XIII Feira de iniciação Científica da UFRGS, 2004, Porto Alegre. Anais do XVI Salão de Iniciação Científica. Porto Alegre: Editora da Universidade, 2004. p. 787-787.

18.
NIEDERLE, Paulo André; GRISA, Cátia ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; SCHUBERT, Maycon Noremberg ; CALDAS, Nádia Velleda ; SANTOS, João Armando Neves dos ; ANJOS, Flávio Sacco dos . Trabalho e renda na pesca artesanal: a pluriatividade na colônia Z 3 em Pelotas, RS.. In: XVI Salão de Iniciação Científica, 2004, Porto Alegre. Livro de resumos / XVI Salão de Iniciação Científica e XIII Feira de Iniciação Científica da UFRGS. Porto Alegre: Editora da Universidade, 2004. p. 788-788.

19.
SCHUBERT, Maycon Noremberg ; ANJOS, Flávio Sacco dos ; NIEDERLE, Paulo André ; GRISA, Cátia ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; SANTOS, João Armando Neves dos . Agricultura familiar e condições de vida em quatro regiões da geografia gaúcha. In: XIX Jornada Acadêmica Integrada, 2004, Santa Maria. Anais da XIX Jornada Acadêmica Integrada, 2004.

20.
GRISA, Cátia ; NIEDERLE, Paulo André ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; SCHUBERT, Maycon Noremberg ; CALDAS, Nádia Velleda ; ANJOS, Flávio Sacco dos . Caracterização da agricultura familiar em quatro municípios gaúchos. In: XIII Congresso de Iniciação Científica, 2004, Pelotas. Anais do XIII Congresso de Iniciação Científica, 2004.

21.
LOPES, Angelo s. ; MENEZES JUNIOR, Francisco O.G. ; NICOLA, Marcia C. ; NIEDERLE, Paulo André ; FERNANDES, Heloísa S. ; MENDEZ, Marta E.G. ; MARTINS, Sérgio R. . Desenvolvimento da Alface sob Cultivo Organopônico. In: 10° Congresso de Iniciação Científica UFPEL / UCPEL, 2001, Pelotas. Caderno de Resumos do 10° Congresso de Iniciação Científica UFPEL/UCPEL, 2011. v. 2. p. 392-885.

Artigos aceitos para publicação
1.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; GRISA, Catia ; PICOLOTTO, Everton ; SOLDERA, Denis . Narrative disputes on family farming public policies in Brazil: conservative attacks and restricted countermovements. LATIN AMERICAN RESEARCH REVIEW, 2019.

2.
LAMINE, Claire ; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ ; OLLIVIER, G.uillaume . Alliances et controverses dans la mise en politique de l?agroécologie au Brésil et en France. NATURES SCIENCES SOCIÉTÉS, 2018.

3.
FRIZO, Pedro ; NIEDERLE, PAULO . Determinações do Estado sobre os moldes de ocupação e apropriação da terra: a ?presença ausente? do INCRA na emergência da pecuária extensiva no sul do Amazonas. REVISTA TERCEIRA MARGEM AMAZÔNIA, 2018.

4.
GRISA, Catia ; NIEDERLE, PAULO . Difusão, convergência e tradução nas políticas de compras públicas da agricultura familiar no âmbito da REAF Mercosul. MUNDOS PLURALES: REVISTA LATINOAMERICANA DE POLÍTICAS Y ACCIÓN PÚBLICA, 2018.

5.
SOUSA, Diego N. ; NIEDERLE, PAULO ; MARQUES, Flavia C. ; FREITAS, Alexandre . Inovação e inclusão produtiva na agricultura familiar do Tocantins. Grifos (UNOESC), 2018.

6.
MUNOZ, Estevan ; NIEDERLE, PAULO . Críticas cívicas ao regime alimentar corporativo: mercados para alimentos agroecológicos da reforma agrária no sul do Brasil. GEO UERJ, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. A complexa dinâmica dos mercados agroalimentares no Brasil: das velhas estratégias neoextrativistas às novas práticas de consumo. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Redes de Abastecimento, Comércio e Consumo. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
NIEDERLE, PAULO. A Reunião Especializada sobre Agricultura Familiar (REAF Mercosul) e as políticas públicas para agricultura familiar na região. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
NIEDERLE, PAULO. Reflexiones en torno a las cadenas cortas y largas de comercialización. Sus retos y sus efectos territoriales. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Globalização da Agricultura, dos Alimentos e do Trabalho. Que Sociologia nós fazemos? Interfaces com contextos locais, nacionais e globais.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
NIEDERLE, Paulo André. Mercados como ordens sociais: uma alternativa aos dualismos da sociologia da agricultura. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
NIEDERLE, Paulo André. Situação atual e perspectivas para a agricultura familiar no Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
NIEDERLE, Paulo André. A Agricultura Familiar e as contradições do modelo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Del acceso al Mercado a la construcción de los mercados: políticas públicas para la agroecología y la seguridad alimentaria en Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Economia na Agricultura. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Novos mercados agroalimentares e inclusão produtiva: desafios apra o desenvolvimento territorial. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Transições no sistema agroalimentar. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
NIEDERLE, Paulo André. Novos mercados, velhas políticas: a institucionalização das Indicações Geográficas no Brasil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
NIEDERLE, Paulo André. Perspectivas da transição agroecológica em assentamentos rurais. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

15.
NIEDERLE, Paulo André. Agroecologia, agricultura familiar e produção de alimentos em um cenário de mudanças climáticas. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

16.
NIEDERLE, Paulo André. Agricultura familiar, agroindústrias rurais e novos mercados alimentares. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

17.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Desafios para a construção de uma nova geração de políticas públicas de desenvolvimento rural sustentável. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
NIEDERLE, Paulo André. Agricultura familiar e mercados para produtos orgânicos: o desafio de integrar novos circuitos de comércio. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
NIEDERLE, Paulo André. Sustentabilidade e produção de alimentos orgânicos: o novo mercado para as agroindústrias. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
NIEDERLE, Paulo André. Sustentabilidade da produção de alimentos orgânicos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
NIEDERLE, Paulo André. Inovações nos sistemas de comercialização. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
NIEDERLE, Paulo André. O novo mercado para as agroindústrias. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
NIEDERLE, Paulo André. Valorização de produtos locais e patrimônio cultural. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
NIEDERLE, Paulo André. O consumidor político como ator social no mercado de produtos orgânicos: uma análise do perfil dos consumidores das feiras agroecológicas de Curitiba. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

25.
NIEDERLE, Paulo André. Novos Mercados para Produtos de Qualidade Específica: oportunidades e desafios para a agricultura familiar. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
NIEDERLE, Paulo André. Um olhar crítico sobre o Programa Territórios da Cidadania: avanços, limites e desafios. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
NIEDERLE, Paulo André. Indicações geográficas, inovação e tipicidade: uma ?dessingularização? dos terroirs vitivinícolas?. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

28.
NIEDERLE, Paulo André. Os mercados e canais de comercialização para os produtos da agroindústria rural no Brasil: um comparativo macrorregional. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

29.
NIEDERLE, Paulo André. ?O novo mundo é aqui?: as transformações no mercado vitivinícola e a reorganização do sistema de indicações geográficas no Languedoc, França. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

30.
NIEDERLE, Paulo André. O potencial dos produtos da erva-mate nos diversos mercados e o potencial de promoção comercial das indicações geográficas. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
NIEDERLE, Paulo André. O poder da distinção: visões acadêmico-científicas sobre sinais distintivos de mercado. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
NIEDERLE, Paulo André. As metamorfoses dos sistemas de Indicação Geográfica no Brasil e na França: a singularidade dos terroirs vitivinícolas à prova dos mercados globais. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

33.
NIEDERLE, Paulo André. Quand le « publique » et le « privé » se rencontrent dans la frontière: analyse d?une expérience de développement dans l?amazonie brésilienne. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

34.
NIEDERLE, Paulo André. Indications géographiques et qualité territoriale dans le secteur viti-vinicole au Brésil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
NIEDERLE, Paulo André. O enraizamento estrutural e político de um ?mercado institucional?: as redes e as instituições do Programa de Aquisição de Alimentos. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

36.
NIEDERLE, Paulo André. Controvérsias sobre a noção de Indicações Geográficas enquanto instrumento de desenvolvimento territorial: a experiência do Vale dos Vinhedos em questão. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

37.
NIEDERLE, Paulo André. A agroindustria familiar na região Missões: construção de autonomia e diversificação dos meios de vida. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

38.
NIEDERLE, Paulo André. Concorrentes, hibridos e relacionais: os novos e velhos mercados da agricultura familiar frente ao desenvolvimento de uma economia de qualidades. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

39.
NIEDERLE, Paulo André. Indicações geográficas e formas de qualificação no mercado de vinhos: o caso do Vale dos Vinhedos. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

40.
NIEDERLE, Paulo André. As estratégias da transição: práticas e processos de diversificação produtiva na agricultura familiar de Salvador das Missões, RS. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

41.
NIEDERLE, Paulo André. Ciência, poder e produção social da natureza. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

42.
MÜLLER, Ana ; GRISA, Catia ; NIEDERLE, Paulo André . Desenvolvimento, políticas públicas para o meio ambiente e conflitos sócioambientais. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

43.
NIEDERLE, Paulo André; SCHNEIDER, Sérgio . A pluriatividade na agricultura familiar: estratégia diferencial de distintos estilos de agricultura. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

44.
NIEDERLE, Paulo André; SCHNEIDER, Sérgio . Transformações nas formas de mobilização do trabalho agrícola decorrentes da crescente mercantilização da agricultura na região Missões, RS.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

45.
NIEDERLE, Paulo André. Agricultores Familiares, Agroindustriais e Desenvolvimento Rural na Região Missões, RS. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

46.
NIEDERLE, Paulo André. Universidade e Formação Profissional. In: XXXVII Semana Academica da Agronomia. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

47.
NIEDERLE, Paulo André; ANJOS, Flávio Sacco dos ; GRISA, Cátia ; CALDAS, Nádia Velleda ; SCHNEIDER, Evandro Pedro . Pluriatividade e Pesca Artesanal: o caso da Colônia Z3 em Pelotas, RS. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

48.
NIEDERLE, Paulo André. Universidade e Desenvolvimento Agrário. In: X Encontro Regional dos Estudantes de Agronomia. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

49.
NIEDERLE, Paulo André; GRISA, Cátia ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; ANJOS, Flávio Sacco dos ; CALDAS, Nádia Velleda ; LIONÇO, Vânia . Agricultura familiar e pluriatividade na região das missões. 2004. (Apresentação de Trabalho/Outra).

50.
NIEDERLE, Paulo André. Agricultura Familiar, Pluriatividade e Território. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

51.
NIEDERLE, Paulo André; GRISA, Cátia ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; SCHUBERT, Maycon Noremberg ; CALDAS, Nádia Velleda ; SANTOS, João Armando Neves dos ; ANJOS, Flávio Sacco dos . Trabalho e renda na pesca artesanal: a pluriatividade na colônia Z 3 em Pelotas, RS. 2004. (Apresentação de Trabalho/Outra).

52.
NIEDERLE, Paulo André; ANJOS, Flávio Sacco dos . Quando o mar não esta pra peixe: estratégias de reprodução social dos pescadores artesanais na colônia Z 3 em Pelotas, RS.. 2004. (Apresentação de Trabalho/Outra).

53.
NIEDERLE, Paulo André; ANJOS, Flávio Sacco dos ; GRISA, Cátia ; SCHUBERT, Maycon Noremberg ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; CALDAS, Nádia Velleda . A pluriatividade como estratégia de reprodução social na pesca artesanal: um estudo da colônia de pescadores Z 3 em Pelotas, RS.. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
SABOURIN, Eric ; PATROUILLEAU, Maria M. ; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ ; Le COQ, Jean François ; VASQUEZ, Luis . Políticas públicas a favor de la agroecología en América Latina. Rio de Janeiro: ASPTA, 2017 (Produção bibliográfica).

2.
NIEDERLE, Paulo André; ZIMMERMANN, Silvia . Do acesso à construção de mercados: políticas públicas para agroecologia e segurança alimentar e nutricional no Brasil. Montevideo: REAF, 2017 (Produção bibliográfica).

3.
NIEDERLE, Paulo André. A construção da Reunião Especializada sobre Agricultura Familiar do Mercosul (REAF): uma década de diálogos políticos para o desenho, formulação e implementação de políticas públicas. Montevidéu: REAF/FAO, 2015 (Produção bibliográfica).

4.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. REAF Mercosur: una década de coproducción de políticas públicas entre el estado y la sociedad civil. Santiago: FAO, 2015 (Produção bibliográfica).

5.
NIEDERLE, Paulo André. Terroir e tipicidade: dois conceitos-chave para as indicações Geográficas. Porto Alegre: UFRGS, 2013. (Tradução/Artigo).

6.
NIEDERLE, Paulo André. A contribuição da sociologia econômica para compreender o significado da 'qualidade' nos mercados alimentares. Porto Alegre: UFRGS, 2013. (Tradução/Artigo).

7.
WAQUIL, Paulo D. ; GAZOLLA, Marcio ; NIEDERLE, Paulo André ; BLUME, Roni ; BASTIAN, Lillian ; SANTOS, Francis dos . O Perfil da Agroindústria Rural no Brasil: uma análise com base nos dados do Censo Agropecuário de 2006. Porto Alegre: IPEA, 2012 (Relatório de pesquisa).

8.
NIEDERLE, Paulo André. A coreografia do campesinato na sociedade contemporânea. CS Online, Juiz de Fora: UFJF, v. 2, n. 5, dez. 2008 2008 (Resenha do livro: PLOEG, J. D. van der. Camponeses e Impérios Alimentares. Porto Alegre: UFRGS).

9.
SCHNEIDER, Sérgio ; MATTEI, Lauro ; SOUZA, M. ; CONTERATO, Marcelo Antônio ; NIEDERLE, Paulo André ; PRIEB, Rita . Estudos de caso sobre pluriatividade e diversificação dos modos de vida em áreas rurais no Brasil 2007 (Relatório de pesquisa).

10.
NIEDERLE, Paulo André. Mercantilização, Estilos de Agricultura e Estratégias Reprodutivas dos Agricultores Familiares de Salvador das Missões, RS. Porto Alegre: UFRGS, 2007 (Dissertação de Mestrado).

11.
ANJOS, Flávio Sacco dos ; CALDAS, Nádia Velleda ; GRISA, Cátia ; SCHNEIDER, Evandro Pedro ; NIEDERLE, Paulo André . Informe Final da Região Sul - CONSAD Missões - 2005 2004 (Relatório de pesquisa).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Parecer pa Journal of Peasant Studies. 2018.

2.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Parecer para revista Desenvolvimento e Meio Ambiente. 2018.

3.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Parecer para Revista Desenvolvimento e Meio Ambiente. 2016.

4.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Parecer para Journal of Rural Studies. 2016.

5.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Parecer para Revista Política & Sociedade. 2016.

6.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista Ambiente e Sociedade. 2015.

7.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Parecer para revista Mundo Agrário. 2015.

8.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Parecer para revista Ensaios FEE. 2015.

9.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para revista Política & Sociedade. 2015.

10.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para 53 Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural. 2015.

11.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista Sociologias. 2014.

12.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para 52 Congresso de Economia, Administração e Sociologia Rural. 2014.

13.
NIEDERLE, Paulo André. Parece para Revista Mundo Agrário. 2014.

14.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Journal of Rural Studies. 2014.

15.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para projetos financiados pela Comissión Sectorial de Investigación Científica da Universidad de la República - Uruguai. 2014.

16.
NIEDERLE, Paulo André. Parece para Revista Desenvolvimento Regional em Debate. 2014.

17.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista História Econômica & História de Empresas. 2014.

18.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista de Economia e Sociologia Rural. 2014.

19.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Parecer para Revista VertigO. 2014.

20.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para revista Raízes. 2014.

21.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista IDeAS. 2013.

22.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista de Economia Agrícola. 2013.

23.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista Acta Amazônica. 2013.

24.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista Informações Econômicas. 2013.

25.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista Desenvolvimento e Meio Ambiente. 2013.

26.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista NORUS - Novos Rumos Sociológicos. 2013.

27.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista de Economia e Sociologia Rural. 2013.

28.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Journal of Rural Social Sciences. 2013.

29.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista Ensaios FEE. 2013.

30.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista Pós Ciências Sociais. 2013.

31.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista Iberoamericana de Economía Ecológica. 2013.

32.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para 51 Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural. 2013.

33.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista de Extensão Rural. 2012.

34.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista Propriedade Intelectual e Desenvolvimento. 2012.

35.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista Ciência Rural. 2012.

36.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para 50 Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, 2012. 2012.

37.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista Perspectivas Rurales. 2012.

38.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista Food Geography. 2012.

39.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista Cuadernos de Desarollo Rural. 2012.

40.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista de Economia e Sociologia Rural. 2012.

41.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista de Economia Agrícola. 2011.

42.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista Paranaense de Desenvolvimento. 2011.

43.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para International Journal of Conflict Management. 2011.

44.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para XLIX Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, 2011. 2011.

45.
NIEDERLE, Paulo André. Paracer para Global Journal of Finance and Economics. 2010.

46.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para Revista de Economia e Sociologia Rural. 2010.

47.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para African Journal of Business Management. 2010.

48.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para XLVIII Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, 2010. 2010.

49.
NIEDERLE, Paulo André. Parecer para XLVII Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, 2009. 2009.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
NIEDERLE, Paulo André. Dia Mundial da Alimentação: especialista fala sobre desenvolvimento rural. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Poderíamos financiar a produção agroecológica a juro zero. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
NIEDERLE, PAULO. Coordenador Científico Adjunto do 56 Congresso Brasileiro de Economia, Administração e Sociologia Rural. 2018. (Coordenação).

2.
NIEDERLE, PAULO. Coordenação do GT Desafíos y Alternativas de la Agricultura Familiar no X Congresso da ALASRU, Montevideo. 2018. (Coordenação de Grupo de Trabalho).

3.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Coordenação do GT Agricultura Familiar e Ruralidades do 56 Congresso da SOBER. 2017. (Coordenação de Grupo de Trabalho).

4.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Coordenação do GT Agricultura Familiar e Ruralidades do 55 Congresso da SOBER. 2016. (Coordenação de Grupo de Trabalho).

5.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Coordenação do GT Mercados Agroalimentares e Reconfigurações Socieconômicas nos Territórios Rurais do 6 Encontro da Rede de Estudos Rurais. 2016. (Coordenação de Grupo de Trabalho).

6.
NIEDERLE, Paulo André. Coordenação do GT Agricultura Familiar e Ruralidades do 53 Congresso da SOBER. 2015. (Coordenador de Grupo de Trabalho).

7.
NIEDERLE, Paulo André. Coordenação do GT Agricultura Familiar e Ruralidades do 52 Congresso da SOBER. 2014. (Coordenação de Grupo de Trabalho).

8.
NIEDERLE, Paulo André; MENASCHE, Renata ; GRISA, Catia . Coordenação do GT O rural contemporâneo a partir das práticas: do trabalho e da produção, da alimentação e do consumo do IV EICS - Encontro Internacional de Ciências Sociais. 2014. (Coordenação de Grupo de Trabalho).

9.
NIEDERLE, Paulo André. Audiência Pública na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio (CDEIC) da Câmara dos Deputados para debater Projeto de Lei 1973/2011 sobre Indicações Geográficas. 2012. (Audiência Pública).

10.
WAQUIL, Paulo D. ; BLUME, Roni ; GAZOLLA, Marcio ; NIEDERLE, Paulo André ; BASTIAN, Lillian ; SANTOS, Francis dos ; CONCHA, Monica . O Perfil da Agroindústria Rural no Brasil: uma análise baseada nos dados do Censo Agropecuário 2006. 2011. (Relatório de pesquisa).

11.
NIEDERLE, Paulo André. Aulas ministradas na disciplina de "Tópicos em Agroecossistemas: Indicação Geográfica - valorização dos produtos de origem e desenvolvimento territorial - PGA 1100-001" do Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas da UFSC. 2011. (Colaboração em Disciplina).

12.
NIEDERLE, Paulo André. Debatedor no GT Ruralidade e Meio Ambiente do III SEMINÁRIO NACIONAL DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA. 2011. (Debatedor).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MARQUES, Paulo E. M.; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; PALMIERI, Maria. Participação em banca de Manuela Silva Silveira. Qualidade dos alimentos e sua construção social: o Sistema de Inspeção Municipal e as feiras dos produtores na aglomeração urbana de Piracicaba (SP). 2018. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada Interunidades) - Universidade de São Paulo.

2.
DIAS, Marcelo F. P.; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; MAEHLER, Alisson. Participação em banca de Luciana Rochedo Spencer dos Santos. Fatores Multiníveis Condicionantes da Trajetória Inovadora da Produção Vitivinícola na Campanha Gaúcha. 2017. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais) - Universidade Federal de Pelotas.

3.
TAVOLARO, Sergio B.; ROSA, Marcelo; NIEDERLE, Paulo André. Participação em banca de Manuela Correa Leda. As fissuras do sistema mundial da carne: movimentos e controvérsias. 2017. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de Brasília.

4.
MAYER, Ricardo; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; PICOLOTtO, Everton L.. Participação em banca de Jéssica Maria Rosa Lucion. A gramática por trás do selo: agroecologia e processos de certificação participativos. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Santa Maria.

5.
PEREZ-CASSARINO, Julian; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; DAROLT, Moacir. Participação em banca de Mary Stela Bischof. A construção social de mercados nos centros de comercialização permanente da agricultura familiar do Estado do Paraná. 2016. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná.

6.
DIAS, Guilherme A.; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; SILVA, Brivaldo A. M.. Participação em banca de Elaine de Lima Rocha. Propriedade intelectual por Indicação Geográfica: o caso da cachaça do Brejo paraibano. 2016. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal da Paraíba.

7.
PAULA, Nilson M.; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; SHIMA, Walter T.. Participação em banca de Luzia Bucco Coelho. Políticas públicas e agricultura familiar: uma análise dos impactos do PRONAF no desenvolvimento rural do território do Cantuquiriguaçu ? PR. 2015. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná.

8.
GARCIA, Sandro R.; NIEDERLE, Paulo André; FONTELLA, Matheus. Participação em banca de Rodrigo Foresta Wolffenbuttel. Sustentabilidade e Ação Socioeconômica: a rede produtiva do plástico verde. 2015. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

9.
CONTERATO, Marcelo Antônio; NIEDERLE, Paulo André; GRISA, Cátia; SCHNEIDER, Sérgio. Participação em banca de Vanderlei Frank Thies. Agricultura Familiar e Mercados Institucionais: o Caso do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) na COOPERSOL e na COOPOVEC ? RS. 2015. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

10.
FROEHLICH, José M.; NIEDERLE, Paulo André; DIESEL, Vivien. Participação em banca de Nathalia Lima Pinto. Arroz à moda da casa? A construção da primeira Denominação de Origem brasileira. 2014. Dissertação (Mestrado em Extensão Rural) - Universidade Federal de Santa Maria.

11.
NIEDERLE, Paulo André; VECHIO, Myrian del.; BEZERRA, Islândia; SILVESTRIN, Celssi B.. Participação em banca de Thais Cristina Schneider. Comunicação, meio ambiente e alimentação: a construção de sentidos a partir de uma experiência de agricultura urbana em Curitiba (PR). 2014. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná.

12.
NIEDERLE, Paulo André; LESAMA, Manoel; ANDRIGUETTO FILHO, José M.. Participação em banca de Eduardo Feniman. Hortas curitibanas: as representações simbólicas do cultivo de alimentos na cidade. 2014. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná.

13.
SCHNEIDER, Sérgio; NIEDERLE, Paulo André; GARCIA, Sandro R.; CRUZ, Fabiana Thomé da. Participação em banca de Abel Perinazzo Cassol. Redes agroalimentares alternativas: mercados, interação social e a construção da confiança. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

14.
SCHMIDT, Claudia J.; NIEDERLE, Paulo André; LEITE, Sergio P.. Participação em banca de Pedro Campeão Ferreira. Entre a estrutura e a ação: as interações enter os produtores e circuitos mercantis no assentamento Francisco Julião. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

15.
NIEDERLE, Paulo André; BROCHIER, Stéphane; MEHINAGIC, Emira. Participação em banca de Mégane Raulet. Valorization strategies for family agriculture products in the South of Brazil: from traditional to agro-ecological production. 2013. Dissertação (Mestrado em Food Identity) - Ecole Supérieure d'Agriculture.

16.
VALDUGA, Alice T.; RESTELLO, Rozane M.; NIEDERLE, Paulo André; VENQUIARUTO, Luciana D.; BUDKE, Jean C.. Participação em banca de Lezita Zalamena Schmitt. A agroecologia no cenário da agricultura familiar na microrregião de Santa Rosa - RS. 2013. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões.

17.
ALMEIDA, Luciano; NIEDERLE, Paulo André; SCHAFFATH, Valter R.. Participação em banca de Pollyana Andrea Born. A adoção da identidade quilombola pelas comunidades negras de Terra Seca e Ribeirão Grande (Barra do Turvo ? SP) como estratégia para enfrentar conflitos pelo uso da terra. 2012. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná.

18.
WISNIEWISKI, Celina; NIEDERLE, Paulo André; SILVA, Ivan Crespo. Participação em banca de Daniele Martin Sandri. Diversidade ecológica em agroflorestas no Vale do Ribeira com foco em espécies alimentares. 2012. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná.

19.
SCHNEIDER, Sérgio; SCHULTZ, Glauco; MELLO, Marcio; NIEDERLE, Paulo André. Participação em banca de Maristela Scarabelot. A construção de cadeias agroalimentares curtas em Nova Veneza, SC. 2012. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Teses de doutorado
1.
WAQUIL, Paulo D.; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; TOURRAND, Jean-François; VENTURA, Flaminia; ETGES, Virginia. Participação em banca de Rafaela Vendruscolo. Instituições e críticas na fumicultura do Rio Grande do Sul: mudanças e reafirmações institucionais. 2017. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
CONTERATO, Marcelo Antônio; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; BRUSTOLIN, Cíndia; OLIVEIRA, Osvaldo M.. Participação em banca de Celia Jaqueline Sanz Rodriguez. As formas de fazer agricultura e os modos de ser agricultor em municípios da região central do Estado do Espírito Santo. 2017. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
CARNEIRO, Marcelo D. S.; SOUZA FILHO, Benedito; GUENEAU, Stéphane; SANTOS, Itaan J. P.; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Participação em banca de Evaristo José de Lima Neto. A implantação de normas sanitáiras e a disputa entre diferentes convenções de qualidade no mercado de leite na microrregião de Imperatriz - MA. 2017. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

4.
SOUZA, Renato S.; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; SCHNEIDER, Sérgio; FROEHLICH, José M.; GUIMARAES, Gisele M.. Participação em banca de Gustavo Pinto da Silva. A construção social dos circuitos curtos de comercialização e consumo: a emergência de novas institucionalidades. 2016. Tese (Doutorado em Extensão Rural) - Universidade Federal de Santa Maria.

5.
DEWES, H.; PADILHA, A. C.; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; BRUCH, Kelly L.; SOUZA, M.. Participação em banca de Renata Gonçalves Rodrigues. Enoturimo, turismo enogastronõmico e Slow Food: experiências na Serra Gaúcha - RS, Brasil. 2016. Tese (Doutorado em Agronegócios) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

6.
SCHNEIDER, Sérgio; SCHMIDT, Claudia J.; BRANDENBURG, Alfio; NIEDERLE, Paulo André; RADOMSKY, Guilherme Francisco Waterloo. Participação em banca de Daniela Oliveira. Produção de conhecimentos e inovações na transição agroecológica: o caso da agricultura ecológica de Ipê e Antônio Prado - RS. 2014. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

7.
ANJOS, Flávio Sacco dos; GRISA, Catia; NIEDERLE, Paulo André; WIZNIEWSKY, José G.. Participação em banca de Nicolau de Lima Bussons. O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF), novos rumos para o desenvolvimento rural? O caso da mesorregião noroeste cearense. 2014. Tese (Doutorado em Sistemas de Produção Agrícola Familiar) - Universidade Federal de Pelotas.

8.
BRANDENBURG, Alfio; NIEDERLE, Paulo André; FAVARETO, Arilson; SILVA, Osvaldo H.; MOURA, Rosa. Participação em banca de Anael Pinheiro de Ulhoa Cintra. Os pequenos municípios no Paraná: permanências e mudanças (Censos 2000-2010). 2013. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal do Paraná.

9.
SILVA, Osvaldo H.; NIEDERLE, Paulo André; PICOLOTtO, Everton L.; CERVEIRA, José Luis; SILVA, Angelo J.. Participação em banca de Jonas José Seminotti. Os agricultores familiares e a representação políticas do SUTRAF na Região Alto Uruguai do RS. 2013. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal do Paraná.

10.
ANJOS, Flávio Sacco dos; FROEHLICH, José M.; NIEDERLE, Paulo André; GRISA, Cátia. Participação em banca de Fernanda Novo da Silva. Identidade, território e desenvolvimento: o caso da vitivinicultura na Campanha Gaúcha, RS. 2013. Tese (Doutorado em Sistemas de Produção Agrícola Familiar) - Universidade Federal de Pelotas.

Qualificações de Doutorado
1.
SCHMIDT, Claudia J.; CARNEIRO, Maria J.; NIEDERLE, PAULO. Participação em banca de Juliano Palm. Transições ecológicas em sistemas agri-alimentares: interações, conflitos e contradições a partir da Região Serrana Fluminense. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Curso de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

2.
CATTANI, Antonio; NIEDERLE, Paulo André; LEITE, Elaine. Participação em banca de Stefan Hubert. Persistência da desigualdade, poder e (in) justiça tributária: Um estudo sobre o Imposto Sobre Grandes Fortunas no Brasil. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
MALUF, Renato S. J.; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; WILKINSON, John. Participação em banca de Lidiane Fernandes da Luz. Cardápios, paisagens e políticas do abastecimento alimentar no semiárido baiano ? diversidades e interações entre sistemas alimentares. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

4.
BRUMER, Anita; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; GARCIA, Sandro R.. Participação em banca de Graziela Castro Pandolfo. Assalariamento e parceria na agricultura familiar produtora de tabaco. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

5.
LOPES, Fernando D.; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; NASCIMENTO, Luis. F. M.. Participação em banca de Ana Clara Aparecida Alves de Souza. Habilidades Sociais como geradoras de Inovação Social no Campo da Alimentação: a agricultura urbana ativista. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Administração) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

6.
SCHABBACH, Letícia M.; LIMA, Luciana L.; NOLL, Maria I. S.; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Participação em banca de Lizandro Lui. Consórcios públicos no estado do Rio Grande do Sul: uma abordagem sociológica. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

7.
CONTERATO, Marcelo Antônio; NIEDERLE, Paulo André; SCHNEIDER, Sérgio; SCHNEIDER, Evandro Pedro. Participação em banca de Vanderlei Franck Thies. Estilos de agricultura e desenvolvimento rural no noroeste gaúcho: uma análise longitudinal. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

8.
RADOMSKY, Guilherme Francisco Waterloo; NIEDERLE, Paulo André; COMUNELLO, Felipe. Participação em banca de Jéssica Maria Rosa Lucion. Mercantilização e singularização no setor de orgânicos no Brasil: trajetórias e processos de qualificação no caso da banana orgânica. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

9.
WAQUIL, Paulo D.; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; MARQUES, Flavia C.; ABREU, Lucimar. Participação em banca de Lillian Bastian. Transição no regime sociotécnico alimentício: o processo de convencionalização de orgânicos. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

10.
GEHLEN, Ivaldo; NIEDERLE, Paulo André; MOCELIN, Daniel; BRACAGIOLI, Alberto. Participação em banca de Otto Colpari Cruz. A nova vida econômica indígena: os laços sociais e culturais na formação do cooperativismo de crédito das comunidades indígenas no Equador. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

11.
CONTERATO, Marcelo Antônio; NIEDERLE, Paulo André; RADOMSKY, Guilherme F.W.; BRUSTOLIN, Cíndia; MARTINS, Osvaldo O.. Participação em banca de Celia Jaqueline Sanz Rodriguez. ?Aqui tem de tudo?: a construção da heterogeneidade das formas familiares de trabalho e produção no estado do Espírito Santo. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

12.
CONTERATO, Marcelo Antônio; WAQUIL, Paulo D.; SCHNEIDER, Sérgio; NIEDERLE, Paulo André; CRUZ, Fabiana Thomé da; BORBA, Marcos F. S.. Participação em banca de Alessandra Matte. Os mercados da pecuária familiar no sul do Rio Grande do Sul, Brasil. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

13.
SCHULTZ, Glauco; NIEDERLE, Paulo André; SOUZA, Renato S.; SILVA, Rosimeri F. C.. Participação em banca de Camila Marques Viana da Silva. Acesso a mercados e dinâmica organizacional das organizações da agricultura familiar. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

14.
SCHNEIDER, Sérgio; NIEDERLE, Paulo André; GARCIA, Sandro R.; CONCEICAO, Otávio A. C.. Participação em banca de Abel Perinazzo Cassol. Instituições sociais e mercados alimentares: barganha, preços, qualidade e consumo em feiras livres. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

15.
SOUZA, Renato S.; GUIMARAES, Gisele M.; SCHULTZ, Glauco; NIEDERLE, Paulo André; ANESE, Rogério R.. Participação em banca de Gustavo Pinto da Silva. A construção social dos mercados agroalimentares de circuito curto em Santiago: uma análise a partir da abordagem institucional ampla. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Extensão Rural) - Universidade Federal de Santa Maria.

16.
SCHNEIDER, Sérgio; NIEDERLE, Paulo André; SILVEIRA, Ada C. M.; MADRA, Renan L. M.. Participação em banca de Ariane Fernandes da Conceição. Internet pra quê? Construção de capacidades informacionais para o desenvolvimento rural. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

17.
SANT'ANA JUNIOR, Horácio A.; NIEDERLE, Paulo André; GUENEAU, Stéphane. Participação em banca de Cinthia Regina Nunes Reis. A qualidade como saída e como problema: a exigência de certificação na cadeia agroalimentar da fruticultura do Vale do São Francisco. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

18.
CARNEIRO, Marcelo D. S.; NIEDERLE, Paulo André; GUENEAU, Stéphane. Participação em banca de Evaristo José de Lima Neto. A implantação de normas sanitárias e a construção de uma convenção de qualidade no mercado do leite na microrregião de Imperatriz-MA. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

19.
FANTINI, Alfredo C.; NIEDERLE, Paulo André; PERONI, Nivaldo; SIMINSKI, Alexandre. Participação em banca de Adriano Martinho de Souza. Promoção do uso e conservação de paisagens ervateiras no Planalto Norte Catarinense. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Recursos Genéticos Vegetais) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Qualificações de Mestrado
1.
GARCIA, Sandro R.; NIEDERLE, Paulo André; RUFONI, Janaina. Participação em banca de Bruno Fu Petry. Inovação, território e cooperação: o Parque Tecnológico de São Leopoldo. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
GARCIA, Sandro R.; NIEDERLE, Paulo André; LIMA, Luciana L.. Participação em banca de Figueiredo Artur Muinge. Construção sociopolítica do acesso a infraestruturas tecnológicas: a experiência do Zenit Parque da UFRGS. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
MARQUES, Paulo E. Moruzzi; NIEDERLE, Paulo André. Participação em banca de Manuela Silva Silveira. Qualidade dos Alimentos e sua construção social: foco nas relações de proximidade entre produtor - consumidor. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia aplicada - Interunidades ESALQ-CENA) - Universidade de São Paulo.

4.
DIAS, Guilherme A.; NIEDERLE, Paulo André; SILVA, Brivaldo A. M.. Participação em banca de Elaine de Lima Rocha. Proteção à propriedade intelectual por indicação geográfica: o caso da cachaça do Brejo Paraibano. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Administração) - Universidade Federal da Paraíba.

5.
GARCIA, Sandro R.; NIEDERLE, Paulo André. Participação em banca de Luiz Eduardo da Silva Amaro. Consumo de literatura de autoajuda: estudo sociológico de survey online entre alunos de Administração. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

6.
NIEDERLE, Paulo André; DEL VECHIO, Myrian; LIMA, José Edmilson S.. Participação em banca de Thais Cristina Schneider. Alimentação, meio ambiente e comunicação: sentidos gerados a partir de uma experiência de agricultura urbana em Curitiba. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná.

7.
NIEDERLE, Paulo André; FLORIANI, Nicolas; DAROLT, Moacir. Participação em banca de Eduardo Henrique Feniman. Hortas Curitibanas: a agricultura urbana no município de Curitiba e suas representações. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná.

8.
BEZERRA, Islândia; NIEDERLE, Paulo André; AMARAL, Silvia R.. Participação em banca de Priscila Reis Diniz. Reconexões ecológicas em rede: o PNAE no município da Lapa, PR. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL) - Universidade Federal do Paraná.

9.
LESAMA, Manoel; NIEDERLE, Paulo André; DENARDIM, Valdir, F.. Participação em banca de Tatiana Cristina Guimarães Kaminski. A formação do gênero profissional agrofloresteiro em um coletivo de trabalho: estudo de caso no grupo Gralha Azul, município de Morretes - PR. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná.

10.
ALMEIDA, Luciano; NIEDERLE, Paulo André; SCHAFFATH, Valter R.. Participação em banca de Pollyana Andre Born. A percepção dos agricultores familiares de Barra do Turvo - SP sobre a situação dominial da terra. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná.

11.
TEIXEIRA, Cristina F.; NIEDERLE, Paulo André; PICOLOTTO, Everton. Participação em banca de Priscila Cazarin Braga. Cooperafloresta e movimento agroeclógico: espaços de construção de resistência e autonomia. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
GARCIA, Sandro R.; NIEDERLE, Paulo André; ROESE, Mauro. Participação em banca de Luiz Felipe Seibert.Produção de cerveja artesanal caseira na cidade de Feliz: motivação dos produtores. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
RADOMSKY, Guilherme F.W.; NIEDERLE, Paulo André; CONTI, Irio. Participação em banca de Marina Petrasi Guhnón.Segurança alimentar e nutricional no contexto das comunidades tradicionais: o caso do quilombo da Casca, no Rio Grande do Sul. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
RADOMSKY, Guilherme Francisco Waterloo; NIEDERLE, PAULO ANDRÉ; ALMEIDA, Jalcione. Participação em banca de Lucas Woltmann Figueiró.Conservação ambiental e políticas públicas: Uma análise do Projeto de Conservação das Pastagens Naturais do Cone Sul na América do Sul.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
NIEDERLE, Paulo André; CONTI, Irio; BOLTER, Jairo. Participação em banca de Bruno Aramis da Rosa.Alimentação escolar e segurança alimentar: percepção dos alunos de Arroio do Meio sobre alimentação escolar. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

5.
NIEDERLE, Paulo André; RADOMSKY, Guilherme Francisco Waterloo; CONTERATO, Marcelo Antônio. Participação em banca de Tatiana de Almeida.Desafios institucionais e organizacionais para a execução do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) da agricultura familiar: o caso do município de Gravataí-RS. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

6.
NIEDERLE, Paulo André; ALMEIDA, Luciano; BIASI, Luiz A.. Participação em banca de Thiago Ruppenthal Bobato.Mercado mundial de vinhos e a inserção brasileira. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Paraná.

7.
NIEDERLE, Paulo André; FÁVARO, Jorge; FUCK, Marcos Paulo. Participação em banca de Guilherme Briski.Diagnóstico da cadeia produtiva das plantas medicinais, aromáticas e condimentares do estado do paraná e as políticas públicas do setor. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Paraná.

8.
NIEDERLE, Paulo André; ALMEIDA, Luciano; SCHAFFATH, Valter R.. Participação em banca de Ivana Emy Iwamura.O perfil dos consumidores e suas motivações para a compra em feiras orgânicas de Curitiba. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Paraná.

9.
SILVA, Osvaldo H.; NIEDERLE, Paulo André; WESTPHAL, Ezequiel. Participação em banca de Maria Otávia Bataglin Loureiro.A cooperativa como estratégia ao desenvolvimento territorial rural de pequenos municípios: o caso de Nova tebas - PR". 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

10.
NIEDERLE, Paulo André; GUIMARÃES, Vania Di Addario; CANZIANI, José R. F.. Participação em banca de Carolina Schaffer.Seguro agrícola e Proagro: distinção dos programas como instrumentos de mitigação de riscos inerentes à agricultura. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Paraná.

11.
GUIMARÃES, Vania Di Addario; NIEDERLE, Paulo André; CANZIANI, José R. F.. Participação em banca de Rodrigo Grochoski.Current Brazilian market of micronutrients and the economic effect of foliar application of micronutrients in sugarcane. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Paraná.

12.
CERVEIRA, José Luis; NIEDERLE, Paulo André; SILVA, Rafael B.. Participação em banca de Kauê Barreiros Correa Pessoa Guimarães.Ourinhos, a terra continua roxa para quem? A agricultura familiar frente ao processo de modernização agrícola. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
SANTOS, Anadalvo J.; NIEDERLE, Paulo André; PIRES, Paulo de Tarso de L.; DENARDIM, Valdir, F.; SCHAFFATH, Valter R.. Participação em Banca de Concurso Público para Professor Adjunto em Desenvolvimento e Extensão Rural. 2014. Universidade Federal do Paraná.

2.
LIMA, Luciana L.; NIEDERLE, Paulo André; PASSIANI, Enio. Participação em Banca de Seleção Pública para o cargo de Professor Substituto do Departamento de Sociologia da UFRGS (Área: Sociologia Geral). 2014. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
ALMEIDA, Luciano; NIEDERLE, Paulo André; SCHAFFATH, Valter R.. Participação em banca de Concurso Público para o cargo de Professor Substituto de Extensão Rural - Departamento de Economia Rural e Extensão / Universidade Federal do Paraná. 2013. Universidade Federal do Paraná.

4.
SANTOS, Ivo L.; PIRES, Paulo de Tarso de L.; NIEDERLE, Paulo André. Participação em banca de Concurso Público para o cargo de Professor Substituto de Legislação Agrária - Departamento de Economia Rural e Extensão / Universidade Federal do Paraná. 2011. Universidade Federal do Paraná.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BICAS - BRICS Initiative for Critical Agrarian Studies Conference, 4. Narrative disputes on family farming public policies in Brazil: conservative attacks and civic countermovements. 2017. (Congresso).

2.
CONGRESSO BRASILEIRO DE SOCIOLOGIA. Globalização da Agricultura, dos Alimentos e do Trabalho. Que Sociologia nós fazemos? Interfaces com contextos locais, nacionais e globais.. 2017. (Congresso).

3.
CONGRESSO BRASILEIRO DE SOCIOLOGIA, 17. Os mercados como arenas de luta por reconhecimento: as disputas morais em torno da construção dos dispositivos de qualificação dos alimentos. 2015. (Congresso).

4.
CONGRESSO DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 53. O desenvolvimento rural à prova dos limites institucionais da ação pública: as políticas territoriais no Paraná Centro. 2015. (Congresso).

5.
I SEMINÁRIO BRASSAN: Brasil - Angola, o que pode ser compartilhado?.Compras públicas no Brasil e Angola: avanços e limites na sua operacionalização. 2015. (Seminário).

6.
CONGRESSO DA ALASRU, 9. Para além da certificação: a produção social da confiança nos mercados para produtos agroecológicos no Brasil. 2014. (Congresso).

7.
CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL. Agricultura familiar e políticas de redução da pobreza rural: o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) no município de Tunas do Paraná, PR. 2012. (Congresso).

8.
REDE DE ESTUDOS RURAIS.Indicações geográficas e patrimônio imaterial. 2012. (Encontro).

9.
SEMINÁRIO NACIONAL DE SOCIOLOGIA & POLÍTICA.O consumidor político como ator social no mercado de produtos orgânicos: uma análise do perfil dos consumidores das feiras agroecológicas de Curitiba. 2012. (Seminário).

10.
CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 49. O novo mundo é aqui: as transformações no mercado vitivinícola e a reorganização do sistema de indicações geográficas no Languedoc, França. 2011. (Congresso).

11.
ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS, 35.As metamorfoses dos sistemas de Indicação Geográfica no Brasil e na França: a singularidade dos terroirs vitivinícolas à prova dos mercados globais. 2011. (Encontro).

12.
CONGRESSO DE ESTUDOS RURAIS, IV. A incorporação do conceito de Indicação Geográfica na vitivinicultura brasileira. 2010. (Congresso).

13.
IINTERNATIONAL SYMPOSIUM INNOVATION & SUSTAINABLE DEVELOPMENT IN AGRICULTURE AND FOOD.Quand le « publique » et le « privé » se rencontrent dans la frontière: analyse d?une expérience de développement dans l?amazonie brésilienne. 2010. (Simpósio).

14.
IV SEMINAIRE PAPPET - PROSPECTIVE, AGRICULTURES, POLITIQUES PUBLIQUES ET TERRITOIRES.Indications géographiques et qualité territoriale dans le secteur viti-vinicole au Brésil. 2010. (Seminário).

15.
3ème JOURNÉES INRA - SFER - CIRAD DE RECHERCHES EN SCIENCES SOCIALES. 2009. (Seminário).

16.
CONGRESSO BRASILEIRO DE SOCIOLOGIA. Indicações geográficas e formas de qualificação no mercado de vinhos: o caso do Vale dos Vinhedos. 2009. (Congresso).

17.
SEMINÁRIO INTERNACIONAL SEGURANÇA ALIMENTAR E SEGURANÇA ENERGÉTICA. 2009. (Seminário).

18.
XLII CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL. Controvérsias sobre a noção de Indicações Geográficas enquanto instrumento de desenvolvimento territorial: a experiência do Vale dos Vinhedos em questão. 2009. (Congresso).

19.
XXVIII INTERNATIONAL CONGRESS OF THE LATIN AMERICAN STUDIES ASSOCIATION. 2009. (Congresso).

20.
II COLÓQUIO AGRICULTURA FAMILIAR E DESENVOLVIMENTO RURAL.Possibilidades e limites da agroindustrialização à diversificação dos meios de vida na agricultura familiar: evidências a partir da região Missões/RS. 2008. (Seminário).

21.
III SEMINÁRIO SOBRE SUSTENTABILIDADE.Desenvolvimento, políticas públicas para o meio ambiente e conflitos sócioambientais. 2008. (Seminário).

22.
II SIMPÓSIO DE SEGURANÇA ALIMENTAR. 2008. (Simpósio).

23.
IV ENCONTRO DE ECONOMIA GAUCHA.As estratégias da transição: práticas e processos de diversificação produtiva na agricultura familiar de Salvador das Missões, RS. 2008. (Encontro).

24.
SEMINÁRIO INTERNACIONAL DESAFIOS ATUAIS DAS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA O MEIO RURAL: SUSTENTABILIDADE, AGRICULTURA E SEGURANÇA ALIMENTAR. 2008. (Seminário).

25.
SEMINÁRIO INTERNACIONAL INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS NO BRASIL.As indicações geográficas e o problema da valoração nas trocas de mercado. 2008. (Seminário).

26.
II ENCONTRO DA REDE DE ESTUDOS RURAIS.Transformações nas formas de mobilização do trabalho agrícola decorrentes da crescente mercantilização da agriculturana região Missões, RS.. 2007. (Encontro).

27.
XLV CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL. A pluriatividade na agricultura familiar: estratégia diferencial de distintos estilos de agricultura. 2007. (Congresso).

28.
XLII CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL. 2006. (Congresso).

29.
I CONGRESSO INTERNACIONAL DE DESENVOLVIMENTO RURAL E AGROINDÚSTRIA FAMILIAR. 2005. (Congresso).

30.
XXV CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO LATINO-AMERICANA DE SOCIOLOGIA. 2005. (Congresso).

31.
II ENCONTRO DE ECONOMIA GAÚCHA. 2004. (Encontro).

32.
XLII CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL. 2004. (Congresso).

33.
XLV CONGRESSO NACIONAL DOS ESTUDANTES DE AGRONOMIA. 2002. (Congresso).

34.
XXXIV SEMANA ACADÊMICA DA AGRONOMIA - FAEM/UFPEL. 2002. (Outra).

35.
I ENCONTRO NACIONAL DE UNIVERSITÁRIOS: A TERRA E UM PROJETO PARA O BRASIL. 2001. (Encontro).

36.
XLIV CONGRESSO NACIONAL DOS ESTUDANTES DE AGRONOMIA. 2001. (Congresso).

37.
I SEMINÁRIO DE ARROZ PRÉ-GERMINADO E RIZIPISCICULTURA. 2000. (Seminário).

38.
I SEMINÁRIO DE CONTROLE ALTERNATIVO DE PRAGAS E DOENÇAS. 2000. (Seminário).

39.
IV SEMINÁRIO INTERDISCIPLINAR DE ESTÁGIOS. 2000. (Seminário).

40.
XLIII CONGRESSO NACIONAL DOS ESTUDANTES DE AGRONOMIA. 2000. (Congresso).

41.
III ENCONTRO LATINO-AMERICANO DE TOXICOLOGIA E MEIO AMBIENTE. 1999. (Encontro).

42.
III SEMINÁRIO INTERDISCIPLINAR DE ESTÁGIOS. 1999. (Seminário).

43.
I SIMPÓSIO DE DESENVOLVIMENTO, SUSTENTABILIDADE E EXTENSÃO RURAL NO RS. 1999. (Simpósio).

44.
SEMINÁRIO NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS. 1999. (Seminário).

45.
SEMINÁRIO PLANTIO DIRETO, SITUAÇÃO ATUAL E PERSPECTIVAS FUTURAS. 1999. (Seminário).

46.
XXXII SEMANA ACADÊMICA DA AGRONOMIA E MINICURSO DE CULTIVO DE HORTALIÇAS EM AMBIENTES PROTEGIDOS. 1999. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SCHNEIDER, Sérgio ; PREISS, Potira ; NIEDERLE, PAULO . III Conferência Agricultura e Alimentação em Sociedades Urbanizadas - AGRIURB. 2018. (Congresso).

2.
NIEDERLE, Paulo André; SCHNEIDER, Sérgio ; GRISA, Catia ; MARQUES, Flavia C. ; CONTERATO, Marcelo Antônio ; CRUZ, Fabiana Thomé da . IV Colóquio Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural. 2014. (Congresso).

3.
NIEDERLE, Paulo André. II Seminário Internacional de Indicação Geográfica. 2010. (Congresso).

4.
NIEDERLE, Paulo André. IV Encontro Nacional de Estudos do Consumo. 2008. (Congresso).

5.
NIEDERLE, Paulo André. XXXV Semana Acadêmica da Agronomia: Agricultura familiar e a inserção da agronomia no desenvolvimento rural regional. 2004. (Outro).

6.
NIEDERLE, Paulo André. 45° Congresso dos Estudantes de Agronomia do Brasil. 2002. (Congresso).

7.
NIEDERLE, Paulo André. XXXIV Semana Acadêmica da Agronomia. 2002. (Outro).

8.
NIEDERLE, Paulo André. V Seminário Interdisciplinar de Estágios. 2002. (Outro).

9.
NIEDERLE, Paulo André. 42° Congresso Nacional dos Estudantes de Agronomia. 1999. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Bruna Gewehr. Mercado de cervejas artesanais no Rio Grande do Sul. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Elcio Costa do Nascimento. Construção de mercados locais. Início: 2018. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

2.
Alejandro Maldonado Fermín. A construção social do mercado de segurança privada. Início: 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

3.
Daniela de Oliveira. Mercados e economia solidária. Início: 2017. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

4.
Etho Roberio Medeiros Nascimento. Construção de mercados para a pecuária. Início: 2017. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

5.
Diego Neves de Souza. Agricultura familiar, mercados e inclusão produtiva. Início: 2016. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

6.
Estevan Munoz. Mercados de insumos para agroecologia. Início: 2015. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Maiz Bortolomiol. Agroecologia e políticas públicas. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Mirian Fabiane Strate. Práticas alimentares, resistência cotidiana e a construção de novos mercados agroalimentares no Vale do Taquari, Rio Grande do Sul. 2018. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Coorientador: Paulo André Niederle.

2.
Pedro Frizo. Os fundamentos institucionais para o gerenciamento dos bens comuns na Amazônia Central. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Paulo André Niederle.

3.
Denis Soldera. A instabilidade do referencial de políticas públicas para a agricultura familiar no Brasil: uma análise das narrativas dualistas. 2017. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Paulo André Niederle.

4.
Thaís Cristina Schneider. Comunicação, meio ambiente e alimentação: a construção de sentidos a partir de uma experiência de agricultura urbana em Curitiba (PR). 2014. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná, . Orientador: Paulo André Niederle.

5.
Eduardo Feniman. Hortas curitibanas: as representações simbólicas do cultivo de alimentos na cidade. 2014. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Paulo André Niederle.

6.
Mégane Raulet. Valorization strategies for family agriculture products in the South of Brazil: from traditional to agro-ecological production. 2013. Dissertação (Mestrado em Food Identity) - Ecole Supérieure d'Agriculture, . Coorientador: Paulo André Niederle.

7.
Priscila Cazarin Braga. Cooperafloresta: resistência e autonomia na construção do sujeito agroflorestal. 2012. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Paulo André Niederle.

Tese de doutorado
1.
Otto Colpari Cruz. Negociantes del crédito: los lazos sociales y culturales de la mercantilización rural en el cooperativismo de crédito indígena del Ecuador.. 2017. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Paulo André Niederle.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Evandro Pedro Schneider. 2015. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Paulo André Niederle.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Wagner Massote Magalhães. Agricultura e floresta: integração agroecológica a partir de instrumentos governamentais. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão Florestal) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.

2.
Diego Nogueira da Silva. Agroecologia e gestão florestal em assentamentos de reforma agrária. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão Florestal) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.

3.
Maria Fernanda Lopes de Freitas. Agricultura familiar e políticas de redução da pobreza rural: uma análise do perfil dos agricultores participantes do PAA no município de Tunas do Paraná, Vale do Ribeira - PR. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Desenvolvimento Regional) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Bruno Sangaletti. Abandono da atividade leiteira no município de Tentente Portela. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Planejamento e Gestão Para O Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Paulo André Niederle.

2.
Dianefer Zilles. Importância da fruticultura para as comunidades rurais do município de Liberato Salzano/RS. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Planejamento e Gestão Para O Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Paulo André Niederle.

3.
Leandro Schwanz Bartz. Introdução da mecanização no cultivo de fumo no Rio Grande do Sul. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Planejamento e Gestão Para O Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Paulo André Niederle.

4.
Ronaldo Panisson Scariot. Sucessão familiar rural: desafios e alternativas para gerar renda. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Paulo André Niederle.

5.
Sidnei Strelow Hall. Mercados institucionais e as cooperativas: o caso da cooperativa Sul Ecologica. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Paulo André Niederle.

6.
Marcos Aurélio Almeida Sá. Feira do produtor de Osório - RS: fixação do homem no campo e autofinanciamento.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Paulo André Niederle.

7.
Bruno Aramis da Rosa. Alimentação escolar e segurança alimentar: percepção dos alunos de Arroio do Meio sobre alimentação escolar. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Paulo André Niederle.

8.
Tatiana Almeida. Análise da implementação do programa de aquisição de alimentos no município de Gravataí/RS: problemas e impactos locais. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Paulo André Niederle.

9.
Tatiana de Almeida. Desafios institucionais e organizacionais para a execução do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) da agricultura familiar: o caso do município de Gravataí-RS. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Paulo André Niederle.

10.
Thiago Ruppenthal Bobato. Mercado mundial de vinhos e a inserção brasileira. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.

11.
Ivana Emy Iwamura. O perfil dos consumidores e suas motivações para a compra em feiras orgânicas de Curitiba. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.

12.
Guilherme Briski. Diagnóstico da cadeia produtiva das plantas medicinais, aromáticas e condimentares do estado do paraná e as políticas públicas do setor. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.

13.
Carolina Schaffer. Seguro Rural no Brasil. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.

14.
Ambrosio Ramos Ivatiuk. Logística e Armazenamento na Produção de Grãos no Brasil.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.

Iniciação científica
1.
Alexssander Sausen. Indicações Geográficas para produtos alimentares no Rio Grande do Sul: o patrimônio imaterial como recurso estratégico do desenvolvimento territorial. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Paulo André Niederle.

2.
Andréia Bourscheid. Normatizar em nome de qual desenvolvimento? A construção dos mecanismos de regulação nos novos mercados alimentares. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Paulo André Niederle.

3.
Arthur Maia Baby Gomes. Indicações Geográficas no Rio Grande do Sul: história e patrimônio alimentar. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Paulo André Niederle.

4.
Felipe Ricardo Jasinski. Novos mercados para a agricultura familiar no Vale do Ribeira. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Paraná, Fundação Araucária. Orientador: Paulo André Niederle.

5.
Ivana Emy Iwamura. A institucionalização da agroecologia e os novos mercados para a agricultura familiar no Vale do Ribeira - PR. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Paraná, Fundação Araucária. Orientador: Paulo André Niederle.

6.
Carolina Vincenzi Mergen. A institucionalização da agroecologia e os novos mercados para a agricultura familiar no Vale do Ribeira - PR. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Paulo André Niederle.

Orientações de outra natureza
1.
Lucia Palmioli. Sviluppo rurale e politiche publiche in Brasile. 2016. Orientação de outra natureza - Universidade de Pisa. Orientador: Paulo André Niederle.

2.
Tatiana de Almeida. Estágio de Conclusão de Curso de graduação em Políticas Públicas. 2014. Orientação de outra natureza. (Políticas Públicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Paulo André Niederle.

3.
Marcelo Palazin. Monitoria da disciplina de Extensão Rural. 2013. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.

4.
Leandro Braz Camilo. Feiras de Produtos Orgânicos: apoio ao desenvolvimento de agriculturas de base ecológica. 2013. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Paraná, Fundação Araucária. Orientador: Paulo André Niederle.

5.
Ingrid Iunzkovzki. Feiras de Produtos Orgânicos: apoio ao desenvolvimento de agriculturas de base ecológica. 2013. Orientação de outra natureza. (Zootecnia) - Universidade Federal do Paraná, Fundação Araucária. Orientador: Paulo André Niederle.

6.
Carolina Vincenzi Mergen. Monitoria da Disciplina de Extensão Rural. 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.

7.
Jhulia Gelain. Monitoria da Disciplina de Política Agrária. 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.

8.
Karla R. Pietarski. Feiras de Produtos Orgânicos: apoio ao desenvolvimento de agriculturas de base ecológica. 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.

9.
André Alves de Albuquerque Gabardo. Feiras de Produtos Orgânicos: apoio ao desenvolvimento de Agriculturas de Base Ecológica. 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.

10.
Kauê Pessoa. Feiras de Produtos Orgânicos: apoio ao desenvolvimento de agriculturas de base ecológica. 2012. Orientação de outra natureza. (Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.

11.
Marianne Mathilde Valérie Cuvilliez. Agroecologia e desenvolvimento rural no sul do Brasil.. 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.

12.
Felipe Ricardo Jasinski. Monitoria da disciplina de Extensão Rural. 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Paulo André Niederle.



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
NIEDERLE, PAULO; WESZ Jr., Valdemar J. . As novas ordens alimentares. 1. ed. Porto Alegre: UFRGS, 2018. v. 1. 432p .


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
NIEDERLE, Paulo André. Dia Mundial da Alimentação: especialista fala sobre desenvolvimento rural. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
NIEDERLE, PAULO ANDRÉ. Poderíamos financiar a produção agroecológica a juro zero. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/12/2018 às 6:39:34