Alceu Joao Gregory

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3809236940503873
  • Última atualização do currículo em 27/09/2018


Possui doutorado em Língua e Literatura Alemã pela Universidade de São Paulo (2004). É Prof Assistente Doutor da UNESP, campus de Assis e integrante do grupo de pesquisa RELLIBRA (Relações Lingüísticas e Literárias Brasil-Alemanha) - site www.rellibra.com.br, credenciado na USP e no CNPq, onde partipa do projeto "Literatura Brasileira de expressão alemã" - site www.martiusstaden.org.br. Possui graduação em Letras: Língua e Literatura Alemã, Língua Portuguesa e Literaturas Portuguesa e Brasileira, Língua Latina e Literatura Latina pela universidade de São Paulo. Tem licenciatura em Língua e Literatura Alemã, Língua e Literaturas Protuguesa e Brasileira, também pela mesma universidade. Linhas de pesquisa: Diversidade cultural; interculturalidade; modernidade/pós-modernidade; vertentes do fantástico na literatura; novas estruturas sociais. Coordenador do projeto NOSSA CASA: UM OUTRO MUNDO - Trata-se de um campo experimental de uma nova proposta de organização social, política e econômica. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Alceu Joao Gregory
Nome em citações bibliográficas
GREGORY, A. J.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Paulista, Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão.
Av Dom Antônio, 2100
Pq Universitário
19806900 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (18) 33025800


Formação acadêmica/titulação


1996 - 2004
Doutorado em Língua e Literatura Alemã.
Universidade de São Paulo, FFLCH, Brasil.
Título: O romance "O Tigre Azul" como forma estética do pensamento histórico de Alfred Döblin, Ano de obtenção: 2004.
Orientador: Celeste Henriques Marques Ribeiro de Sousa.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Alfred Döblin, Teoria do Romance, Der blaue Tiger.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Setores de atividade: Educação Superior; Educação Média de Formação Geral.
1991 - 1993
Especialização em Licenciatura em Língua port e literaturas.
Uversidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: O curso não exigiu monografia.
1991 - 1993
Especialização em Licenciatura em Língua e Literat Alemã.
Universidade de Sao Paulo, USP, Brasil.
Título: O curso não exigiu monografia.
1991 - 1992
Especialização em Referendariat. (Carga Horária: 1800h).
Instituto Pedagógico Brasil-Alemanha, IPBA, Brasil.
Título: Bildergeschichte: Krieg und Frieden.
1992 - 1992
Aperfeiçoamento em Vorbereitung für das Große Deutsche Sprachdiplom.
Instituto Goethe São Paulo, GOETHE, Brasil.
Título: O curso não exigiu monografia. Ano de finalização: 1992.
1991 - 1991
Aperfeiçoamento em Kleines Deutsches Sprachdiplom.
Instituto Goethe, GOETHE, Brasil.
Título: O curso não exigiu monografia. Ano de finalização: 1991.
1986 - 1989
Graduação em Língua e Literatura Latina.
Universidade de São Paulo, FFLCH, Brasil.
Título: O curso não exigiu monografia.
1986 - 1989
Graduação em Língua e Literatura Alemã.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: O curso não exigiu monografia.
1986 - 1989
Graduação em Língua portuguesa e literaturas.
Universidade de São Paulo, FFLCH, Brasil.
Título: O curso não exigiu monografia.




Formação Complementar


2007 - 2007
Projektarbeit in Theorie und Praxis. (Carga horária: 145h).
Zentralstelle für das Auslandsschulwesen, ZFA, Alemanha.
2002 - 2002
Erlebte Landeskunde und Methodik/Didaktik. (Carga horária: 120h).
Goethe Institut Augsburg, GI, Alemanha.
1992 - 1992
Landeskundeseminar.
Goethe Institut Berlin, GI, Alemanha.
1991 - 1992
Extensão universitária em Referendariat. (Carga horária: 1750h).
Instituto Pedagógico Brasil-Alemanha, IPBA, Brasil.
1991 - 1992
Vorbereitung für das Große Deutsche Sprachdiplom. (Carga horária: 500h).
Instituto Goethe São Paulo, GOETHE, Brasil.
1989 - 1990
Mittelstufe II. (Carga horária: 182h).
Goethe Institut Boppard, GI, Alemanha.


Atuação Profissional



Escola Azarias Ribeiro, EECAR, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Escola Estadual Coronel Azarias Ribeiro, EE CEL AZARIAS, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Nossa Casa - Um Outro Mundo, NOSSA CASA, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Prof Doutor Assistente Líng e Lit Alemã, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

01/2016 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

Cargo ou função
Integrante da Comissão de Moradia Estudantil - Titular.
01/2016 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

Cargo ou função
Integrante da Comissão de Esportes da FCL - Titular.
01/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

08/2015 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

Cargo ou função
Responsável pela área de alemão - coordenador.
09/2014 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

Cargo ou função
Suplente do Conselho do Departamento de Letras Modernas.
06/2014 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

Cargo ou função
Representante docente suplente da comissão de moradia.
02/2014 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

Cargo ou função
Representante docente da Comissão Especial para Assuntos Esportivos.
02/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

08/2018 - 12/2018
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Literatura Alemã II - ¨60 h/a - Diurno
Literatura Alemã II - 60 h/a - Noturno
Língua Alemã VII - 60 h/a - Diurno
Língua Alemã VII - 60 h/a - Noturno
03/2018 - 07/2018
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Literatura Alemã I - 60h/a - Diurno
Iniciação à Língua Alemã - 10 h/a - Diurno
Iniciação à Língua Alemã - 10 h/a - Noturno
Literatura Alemã I - 60 h/a - Noturno
08/2017 - 12/2017
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Língua Alemã V - diurno - 60 h/a
Língua Alemã V - noturno - 60 h/a
Literatura Alemã II - diurno - 60 h/a
Literatura Alemã II - noturno - 60 h/a
Mestres da Literatura - diurno - 10 h/a
Mestres da Literatura - noturno - 10 h/a
Prática de Laboratório - diurno - 30 h/a e noturno - 30 h/a
03/2017 - 07/2017
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Língua Alemã IV - diurno - 60 h/a
Língua Alemã IV - noturno - 60 h/a
Literatura Alemã I - diurno - 60 h/a
Literatura Alemã I - noturno - 60 h/a
10/2016 - 02/2017
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Língua Alemã I - diurno - 60 h/a
Língua Alemã I - noturno - 60 h/a
Língua Alemã V - diurno - 60 h/a
Língua Alemã V - noturno - 60 h/a
11/2016 - 11/2016
Ensino, Letras, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
A Representação dos mitos literários do individualismo moderno na literatura de ontem e de hoje: 4 h/a diurno
03/2016 - 09/2016
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Língua Alemã II - diurno - 60 h/a
Língua Alemã II - noturno - 60 h/a
Laboratório Língua Alemã II - diurno - 30 h/a
Laboratório Língua Alemã II - noturno - 30 h/a
09/2015 - 01/2016
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Língua Alemã V - diurno - 60 h/a
Língua Alemã V - noturno - 60 h/a
Grandes Mestres da Literatura sec XIX - diurno - 10 h/a
Grandes Mestres da Literatura sec XIX - noturno - 10 h/a
Tradução, Léxico e Linguística Contrastiva - diurno - 2 h/a
Tradução, Léxico e Linguística Contrastiva - noturno - 2 h/a
04/2015 - 08/2015
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Língua Alemã IV - diurno - 60 h/a
Língua Alemã IV - noturno - 60 h/a
01/2015 - 03/2015
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Língua Alemã V - 40 h/a noturno
Língua Alemã V - 40 h/a diurno
11/2014 - 12/2014
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Grandes Mestres da Literatura - 10 h/a noturno
Grandes Mestres da Literatura - 10h/a diurno
Língua Alemã V - 20 h/a diurno
Língua Alemã V - 20 h/a noturno
08/2014 - 12/2014
Ensino, Letras, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
A Representação dos mitos literários do individualismo moderno na literatura de ontem e de hoje: 4 h/a diurno
02/2014 - 12/2014
Extensão universitária , Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

Atividade de extensão realizada
Responsável pelo curso de alemão para a terceira idade - UNATI.
01/2014 - 12/2014
Pesquisa e desenvolvimento , Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq), .

01/2014 - 12/2014
Extensão universitária , Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

Atividade de extensão realizada
Núcleo de Ensino: Ensino de Alemão na Escola Azarias Ribeiro.
01/2012 - 12/2014
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

02/2014 - 11/2014
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Iniciação à Língua Alemã - 10 h/a diurno
Iniciação à Língua Alemã - 10 h/a noturno
Literatura Alemã I - 60 h/a diurno
Literatura Alemã I - 60 h/a noturno
08/2012 - 08/2014
Direção e administração, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

Cargo ou função
Suplente do Conselho do Departamento de Letras Modernas.
08/2013 - 12/2013
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Literatura Alemã IV - Carga horária 60 h/a diurno; Literatura Alemã II - Carga horária 60 h/a diurno; Literatura Alemã IV carga horária 60 h/a noturno; Literatura Alemã II carga horária 60 h/a noturno
03/2013 - 12/2013
Extensão universitária , Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

Atividade de extensão realizada
UNATI - Responsável pelo curso de Alemão para a terceira idade.
01/2013 - 12/2013
Extensão universitária , Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

Atividade de extensão realizada
Núcleo de Ensino: Ensino de Alemão na Escola Azarias Ribeiro.
02/2013 - 06/2013
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Língua Alemã VI - carga horária 30 h/a - noturno
Literatura Alemã I - carga horária 60 h/a - noturno
Literatura Alemã I - carga horária 60 h/a - diurno
08/2012 - 12/2012
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Língua Alemã VII - carga horária 30 h/a - diurno
Língua Alemã VII - carga horária 30 h/a - noturno
Literatura Alemã II - carga horária 60 h/a - diurno
Literatura Alemã II - carga horária 60 h/a - noturno
02/2012 - 12/2012
Extensão universitária , Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

Atividade de extensão realizada
UNATI - Responsável pela área de alemão no curso de extensão língua estrangeira para a terceira idade..
02/2012 - 07/2012
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Língua Alemã VI - carga horária 30 h/a - diurno
Língua Alemã VI - carga horária 30 h/a - noturno
Literatura Alemã I - carga horária 60 h/a - diurno
Literatura Alemã I - carga horária 60 h/a - noturno
02/2012 - 06/2012
Extensão universitária , Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

Atividade de extensão realizada
CLDP - Supervisão e orientação de Língua Alemã junto ao Centro de Línguas e Desenvolvimento de Professores. O CLDP é um projeto de extensão colaborativo entre os Departamentos de Letras Modernas e o Departamento de Educação da FCL UNESP Assis..

Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Língua Alemã, Carga horária: 40

Atividades

05/2011 - 12/2011
Ensino, Letras - Alemão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Língua Alemã II - noturno - 4h/a/semanais
Língua Alemã III - noturno 4h/a/semanais
Prática de Ensino de Língua Alemã Estágio Supervisionado- noturno - 5h/a/ semanais

Colégio Imperatriz Leopoldina, CIL, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 2010
Vínculo: Professor de língua alemã, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.


Colégio Benjamin Constant, BC, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2006
Vínculo: Professor de língua alemã, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 15


Colégio Visconde de Porto Seguro, PS, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - 1992
Vínculo: Professor de língua alemã, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.



Linhas de pesquisa


1.
RELLIBRA (Relações Linguísticas Literárias Brasil-Alemanha): Literatura Brasileira de Expressão Alemã

Objetivo: O objetivo desta pesquisa coletiva é recuperar, por autor, a produção literária que se encontra no arquivo do Instituto Martius-Staden e, através da internet, colocá-la ao alcance dos leitores e pesquisadores interessados..
Palavras-chave: Imigração, Literatura, Memória, Identidade.
2.
Imigração Alemã e Ensino de Alemão como Língua Estrangeira
3.
O MITO DA MONOGAMIA E TENTATIVAS DE RUPTURA EM OBRAS LITERÁRIAS
4.
O diálogo intercultural. Obras da literatura alemã que refletem o encontro cultural europeu e sul-americano partindo da trilogia ?Amazonas? de Alfred Döblin.

Objetivo: Criar uma visão crítica sobre os processos de colonização, sobre o eurocentrismo e sobre a necessidade de dialogar com as diversas culturas..


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
O Mito da Monogamia e Tentativas de Ruptura em Obras Literárias
Descrição: Trata-se de um projeto de pesquisa individual para o triênio de 2016-2018. O foco desta pesquisa é o retrato da violência psicológica e física em obras literárias de um gênero contra outro. Sabemos como ao longo dos séculos o gênero masculino tem tentado impor ao gênero oposto a sua visão de mundo e podemos acompanhar em textos, desde os mais antigos, como os relatos bíblicos, onde se manifesta sobremodo a visão masculina, até o presente, os movimentos feministas, que procuram subverter os valores até então predominantes, a construção deste conflito, que parece, conforme estatísticas, não diminuiu o número de vítimas no que se refere à violência, tanto física quanto psicológica. Queremos acompanhar em algumas obras o desdobramento deste conflito e observar nas tramas construídas tentativas de ruptura ou não com a tradição, marcada pelo mito bíblico da monogamia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2015
O DIÁLOGO INTERCULTURAL. OBRAS DA LITERATURA ALEMÃ QUE REFLETEM O ENCONTRO CULTURAL EUROPEU E SUL-AMERICANO PARTINDO DA TRILOGIA AMAZONAS DE ALFRED DÖBLIN
Descrição: Trata-se do projeto individual RDIDP com financiamento interno à UNESP. Partindo da trilogia "Amazonas" de Alfred Döblin visamos focalizar o encontro cultural entre europeus e sul-americanos do ponto de vista literário. Pretendemos selecionar textos que enfatizam este encontro e encaminhar uma reflexão em torno da questão da interculturalidade. Queremos analisar estes textos a partir de uma reflexão sobre a manifestação do ?estranho? (Das Fremde) e seus diversos desdobramentos em textos literários. Dois alunos com iniciação científica ISB.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alceu Joao Gregory - Coordenador / Gabriel Falco Pereira - Integrante / YASMIN ZALEVSKI - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 2
1993 - Atual
RELLIBRA (Relações Literárias Brasil-Alemanha): Literatura Brasileira de Expressão Alemã
Descrição: Projeto de Pesquisa: Literatura Brasileira de Expressão Alemã Projeto do grupo de pesquisa RELLIBRA (Relações Linguísticas e Literárias Brasil-Alemanha). www.rellibra.com.br Credenciado na USP e no CNPq, Universidade de São Paulo - USP, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - FFLCH Departamento de Letras Modernas - DLM, Programa de Pós-Graduação em Língua e Literatura Alemã. Coordenação Geral: Profa. Dra. Celeste Ribeiro de Sousa.Trata-se de um projeto coletivo especial com financiamento do CNPQ e do Instituto Martius-Staden. A biblioteca e o arquivo do Instituto Martius-Staden em São Paulo contêm uma das maiores coleções de documentos sobre a imigração alemã no país. Entre esses documentos, sobressaem também as produções literárias criadas no Brasil em língua alemã: poesia, teatro e prosa (romances, novelas, contos). A par de brochuras, publicadas por várias editoras, há inúmeros textos (poemas, contos, narrativas curtas) que apareceram em jornais e ?anuários? ou almanaques, grande parte dos quais integra o acervo histórico do Instituto Martius-Staden. O objetivo desta pesquisa coletiva é recuperar, por autor, esta produção literária dispersa e, através da internet, colocá-la ao alcance dos leitores e pesquisadores interessados. Além dos textos originais em língua alemã, a pesquisa disponibiliza ?páginas?/capítulos em língua portuguesa: ?Dados biobibliográficos do autor?; ?Resumos comentados?; pelo menos uma ?Tradução? e ?Bibliografia crítica?. Afinal, este tipo de literatura pode alimentar pesquisas de vários matizes, além de poder ser compreendida como ?literatura pós-colonial brasileira?, a qual, por causa da barreira da língua em que está publicada, entre outros, tem sido, por assim dizer, até hoje silenciada..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2017 - 2017
UNATI
Descrição: Sub-projeto dentro de projetos especiais. Coordeno o Ensino de Língua Alemã voltado para a terceira idade . A Universidade aberta à Terceira Idade (UNATI) é um programa desenvolvido em diversas unidades da Universidade Estadual Paulista (UNESP). O programa UNATI de Assis é coordenado pelo Centro de Pesquisa e Psicologia Aplicada (CPPA) e visa oferecer a esse segmento da população uma oportunidade de usufruir serviços criados especificamente para atender alguma necessidade desta faixa etária..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alceu Joao Gregory - Coordenador / Marcella Martins - Integrante / Camilla Damacena - Integrante.
2016 - 2016
UNATI (Universidade Aberta à Terceira Idade
Descrição: Sub-projeto dentro de projetos especiais. Coordeno o Ensino de Língua Alemã voltado para a terceira idade . A Universidade aberta à Terceira Idade (UNATI) é um programa desenvolvido em diversas unidades da Universidade Estadual Paulista (UNESP). O programa UNATI de Assis é coordenado pelo Centro de Pesquisa e Psicologia Aplicada (CPPA) e visa oferecer a esse segmento da população uma oportunidade de usufruir serviços criados especificamente para atender alguma necessidade desta faixa etária..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alceu Joao Gregory - Coordenador / Fernanda Serigatto Vitta - Integrante / Francine Maschio - Integrante.Número de orientações: 2
2016 - 2016
UNATI (Universidade Aberta à Terceira Idade
Descrição: Sub-projeto dentro de projetos especiais. Coordeno o Ensino de Língua Alemã voltado para a terceira idade . A Universidade aberta à Terceira Idade (UNATI) é um programa desenvolvido em diversas unidades da Universidade Estadual Paulista (UNESP). O programa UNATI de Assis é coordenado pelo Centro de Pesquisa e Psicologia Aplicada (CPPA) e visa oferecer a esse segmento da população uma oportunidade de usufruir serviços criados especificamente para atender alguma necessidade desta faixa etária..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alceu Joao Gregory - Coordenador / Fernanda Serigatto Vitta - Integrante / Francine Maschio - Integrante.Número de orientações: 2
2015 - 2015
A Universidade Aberta à Terceira Idade (UNATI)
Descrição: Sub-projeto dentro de projetos especiais. Coordeno o Ensino de Língua Alemã voltado para a terceira idade . A Universidade aberta à Terceira Idade (UNATI) é um programa desenvolvido em diversas unidades da Universidade Estadual Paulista (UNESP). O programa UNATI de Assis é coordenado pelo Centro de Pesquisa e Psicologia Aplicada (CPPA) e visa oferecer a esse segmento da população uma oportunidade de usufruir serviços criados especificamente para atender alguma necessidade desta faixa etária..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alceu Joao Gregory - Coordenador / Thalita Sakita - Integrante / Francine Maschio - Integrante.
2014 - 2014
UNATI
Descrição: Sub-projeto dentro de projetos especiais. Coordeno o Ensino de Língua Alemã voltado para a terceira idade . A Universidade aberta à Terceira Idade (UNATI) é um programa desenvolvido em diversas unidades da Universidade Estadual Paulista (UNESP). O programa UNATI de Assis é coordenado pelo Centro de Pesquisa e Psicologia Aplicada (CPPA) e visa oferecer a esse segmento da população uma oportunidade de usufruir serviços criados especificamente para atender alguma necessidade desta faixa etária..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alceu Joao Gregory - Coordenador / Paulo Wundermann - Integrante / Amanda Andozia - Integrante.Número de orientações: 2
2013 - 2013
UNATI
Descrição: Sub-projeto dentro de projetos especiais. Coordeno o Ensino de Língua Alemã voltado para a terceira idade . A Universidade aberta à Terceira Idade (UNATI) é um programa desenvolvido em diversas unidades da Universidade Estadual Paulista (UNESP). O programa UNATI de Assis é coordenado pelo Centro de Pesquisa e Psicologia Aplicada (CPPA) e visa oferecer a esse segmento da população uma oportunidade de usufruir serviços criados especificamente para atender alguma necessidade desta faixa etária..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alceu Joao Gregory - Coordenador / Camila Cassimiro - Integrante.Número de orientações: 1
2012 - 2014
Acervo de Livros e Documentos de Imigrantes Alemães
Descrição: Trata-se de um projeto coletivo especial com financiamento interno à UNESP que visa à construção de um Acervo de Livros e Documentos de Imigrantes Alemães no Brasil. Estes materiais, em geral, encontram-se em acervos privados de famílias alemãs. Migram, sucessivamente, como herança patrimonial por várias gerações, terminando encaixotados em porões ou doados a bibliófilos, quando não, comercializados em sebos. Centro de Documentação e Apoio à Pesquisa - CEDAP - da FCL de Assis já possui acervos de livros e documentos em alemão, doados em caixas e que precisam de higienização, avaliação, listagem e disponibilização para outras pesquisas. Este trabalho pode ser feito por alunos, estagiários, bolsistas e/ou especialistas em alemão. A construção de um acervo, a exploração do potencial de pesquisa do mesmo e a divulgação dos resultados tendem a estimular a doação de outros materiais raros e realimentar este patrimônio cultural. Participo deste projeto como colaborador, auxiliando os alunos na organização do acervo, tradução de títulos e textos, bem como na busca de material junto à comunidade alemã de São José das Laranjeiras..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2012 - 2012
CLDP - Centro de Língua e Desenvolvimento de Professores
Descrição: Supervisão e orientação de Língua Alemã junto ao Centro de Línguas e Desenvolvimento de Professores. O CLDP é um projeto de extensão colaborativo entre os Departamentos de Letras Modernas e o Departamento de Educação da FCL UNESP Assis..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Alceu Joao Gregory - Coordenador / Gabriel Falco Pereira - Integrante / Olívia Reis Nhochi - Integrante / Samanta Souza de Oliveira - Integrante / Rita de Cássia dos Santos - Integrante / Diego Eduardo Almeida Ferreira - Integrante.Número de orientações: 4
2012 - 2012
UNATI
Descrição: Sub-projeto dentro de projetos especiais. Coordeno o Ensino de Língua Alemã voltado para a terceira idade . A Universidade aberta à Terceira Idade (UNATI) é um programa desenvolvido em diversas unidades da Universidade Estadual Paulista (UNESP). O programa UNATI de Assis é coordenado pelo Centro de Pesquisa e Psicologia Aplicada (CPPA) e visa oferecer a esse segmento da população uma oportunidade de usufruir serviços criados especificamente para atender alguma necessidade desta faixa etária..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alceu Joao Gregory - Coordenador / Camila Cassimiro - Integrante / Vasty da Silva Alexandre - Integrante.Número de orientações: 2
2012 - Atual
NOSSA CASA - UM OUTRO MUNDO
Descrição: O projeto NOSSA CASA dentro da linha do pensamento habermasiano pretende resistir às tendências de uma razão instrumental que busca até mesmo na esfera do ensino das universidades públicas articulá-las em função das necessidades mercadológicas. Tendo em vista o aviltamento do bem público, a corrupção que perpassa grande parte dos setores, a falta de credibilidade política, a sua subordinação frente ao interesse particular, o projeto propõe uma inversão: tornar o particular público. Nossa Casa não é uma escola, uma universidade, uma empresa etc. pública, mas é uma casa que se tornou pública sem interferência de nenhum órgão público. Por isso mesmo ela é autônoma e pode produzir conhecimento novo, já que enfoca os problemas a partir do espaço da célula máter da sociedade: a família..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alceu Joao Gregory - Coordenador / Sayne Quirino - Integrante / Jaqueline Cuba - Integrante.
2011 - 2011
Língua e Cultura Alemã no Ensino Fundamental
Descrição: Alunos de ensino fundamental, quatro horas aula semanais, curso optativo..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


2016 - 2017
Ensino de Alemão na Escola Azarias Ribeiro
Descrição: Trata-se de um projeto coletivo especial com financiamento interno à UNESP com uma bolsa. O projeto está cadastrado no Núcleo de Ensino da UNESP e se realiza em parceria com a Escola Coronel Azarias Ribeiro que está situada dentro de uma comunidade de colonização alemã. O ensino de língua alemã nesta escola pode ser visto como parte de um projeto de Resgate de Memórias com os alunos dos ensinos Fundamental e Médio. Outrossim, como nas escolas públicas o ensino de língua estrangeira se restringe via de regra ao espanhol e ao inglês, pretendemos oferecer uma opção a mais no leque das línguas estrangeiras ministradas na escola, tendo em vista a crescente importância do aprendizado de idiomas e da impossibilidade da maioria dos alunos de arcar com as despesas referentes ao aprendizado desse idioma..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alceu Joao Gregory - Coordenador / Rafael Porto Alegre - Integrante.Financiador(es): Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Bolsa.Número de orientações: 1
2016 - Atual
Ensino de Alemão na Escola Azarias Ribeiro
Descrição: Trata-se de um projeto coletivo especial com financiamento interno à UNESP com uma bolsa. O projeto está cadastrado no Núcleo de Ensino da UNESP e se realiza em parceria com a Escola Coronel Azarias Ribeiro que está situada dentro de uma comunidade de colonização alemã. O ensino de língua alemã nesta escola pode ser visto como parte de um projeto de Resgate de Memórias com os alunos dos ensinos Fundamental e Médio. Outrossim, como nas escolas públicas o ensino de língua estrangeira se restringe via de regra ao espanhol e ao inglês, pretendemos oferecer uma opção a mais no leque das línguas estrangeiras ministradas na escola, tendo em vista a crescente importância do aprendizado de idiomas e da impossibilidade da maioria dos alunos de arcar com as despesas referentes ao aprendizado desse idioma..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alceu Joao Gregory - Coordenador / Rafael Porto Alegre - Integrante.Financiador(es): Fundação para o Desenvolvimento da UNESP - Bolsa.Número de orientações: 1
2015 - 2015
Ensino de Alemão como Língua Estrangeira na Escola Azarias
Descrição: Trata-se de um projeto coletivo especial com financiamento interno à UNESP que cedeu duas bolsas. O projeto está cadastrado no Núcleo de Ensino da UNESP e se realiza em parceria com a Escola Coronel Azarias Ribeiro que está situada dentro de uma comunidade de colonização alemã. O ensino de língua alemã nesta escola pode ser visto como parte de um projeto de Resgate de Memórias com os alunos dos ensinos Fundamental e Médio. Outrossim, como nas escolas públicas o ensino de língua estrangeira se restringe via de regra ao espanhol e ao inglês, pretendemos oferecer uma opção a mais no leque das línguas estrangeiras ministradas na escola, tendo em vista a crescente importância do aprendizado de idiomas e da impossibilidade da maioria dos alunos de arcar com as despesas referentes ao aprendizado desse idioma..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alceu Joao Gregory - Coordenador / Rafael Porto Alegre - Integrante.Financiador(es): Fundação para o Desenvolvimento da UNESP - Bolsa.Número de orientações: 1
2014 - 2014
Ensino de Alemão como Língua Estrangeira na Escola Azarias
Descrição: Trata-se de um projeto coletivo especial com financiamento interno à UNESP que cedeu duas bolsas. O projeto está cadastrado no Núcleo de Ensino da UNESP e se realiza em parceria com a Escola Coronel Azarias Ribeiro que está situada dentro de uma comunidade de colonização alemã. O ensino de língua alemã nesta escola pode ser visto como parte de um projeto de Resgate de Memórias com os alunos dos ensinos Fundamental e Médio. Outrossim, como nas escolas públicas o ensino de língua estrangeira se restringe via de regra ao espanhol e ao inglês, pretendemos oferecer uma opção a mais no leque das línguas estrangeiras ministradas na escola, tendo em vista a crescente importância do aprendizado de idiomas e da impossibilidade da maioria dos alunos de arcar com as despesas referentes ao aprendizado desse idioma..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alceu Joao Gregory - Coordenador / Bruna Kaori - Integrante / Jessica Joaquim Mira - Integrante.Financiador(es): Fundação para o Desenvolvimento da UNESP - Bolsa.Número de orientações: 2
2013 - 2013
Ensino de Alemão como Língua Estrangeira na Escola Azarias
Descrição: Trata-se de um projeto coletivo especial com financiamento interno à UNESP que cedeu duas bolsas. O projeto está cadastrado no Núcleo de Ensino da UNESP e se realiza em parceria com a Escola Coronel Azarias Ribeiro que está situada dentro de uma comunidade de colonização alemã. O ensino de língua alemã nesta escola pode ser visto como parte de um projeto de Resgate de Memórias com os alunos dos ensinos Fundamental e Médio. Outrossim, como nas escolas públicas o ensino de língua estrangeira se restringe via de regra ao espanhol e ao inglês, pretendemos oferecer uma opção a mais no leque das línguas estrangeiras ministradas na escola, tendo em vista a crescente importância do aprendizado de idiomas e da impossibilidade da maioria dos alunos de arcar com as despesas referentes ao aprendizado desse idioma..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alceu Joao Gregory - Coordenador / Fernanda Serigatto Vitta - Integrante / Rafael Porto Alegre - Integrante.Financiador(es): Fundação para o Desenvolvimento da UNESP - Bolsa.Número de orientações: 2


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literaturas Estrangeiras Modernas/Especialidade: Literatura Alema.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Línguas Estrangeiras Modernas.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Comparada.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Direitos Humanos.


Idiomas


Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SciELO
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
Gregory, A. J.  Data: 05/09/2007

Outras
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
Gregory, A. J.  Data: 13/10/2010

Livros publicados/organizados ou edições
1.
GREGORY, A. J.; SOUSA, Celeste H. M. Ribeiro de . Alfred Döblin - A construção da obra épica e outros ensaios. 1. ed. Florianópolis: UFSC, 2017. v. 1000. 187p .

2.
GREGORY, A. J.. Da ficção à realidade - O sonho de uma sociedade justa na linha do tempo. 1. ed. São Paulo: All Print, 2012. v. 100. 86p .

3.
GREGORY, A. J.. Eu sou Judas. Voltei para mudar a história!. 1. ed. São Paulo: All Print, 2010. v. 1000. 126p .

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
GREGORY, A. J.. Interculturalidade - Dia mundial da justiça social. UNESPCIÊNCIA, São Paulo, p. 26 - 27, 15 fev. 2017.

2.
GREGORY, A. J.. Dia Mundial da Justiça Social. Diário de Marília -SP, Marília - SP, 20 fev. 2016.

3.
GREGORY, A. J.. 20 de Fevereiro, Dia Mundial da Justiça Social. Portal Regional, Dracena - SP, 20 fev. 2016.

4.
GREGORY, A. J.. Uma Casa Para Todos. Jornal Nosso Câmpus - Ano IX, Unesp - Assis, p. 4 - 5, 27 jul. 2015.

5.
GREGORY, A. J.; CAMOLEZE, Nayana . Estudantes da Unesp têm aula na praça da Catedral. Diário de Assis, Assis, p. 3 - 3, 03 jul. 2014.

6.
GREGORY, A. J.. Resenha critica do livro Retratos do Brasil. Linha D Agua da APLL, São Paulo, p. 111 - 112, 04 ago. 1997.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GREGORY, A. J.. O Fausto de Goethe como modelo de inspiração do projeto Nossa Casa. In: I Congresso da Associação Brasileira de Estudos Germanísticos ABEG, 2016, São Paulo. Anais do Iº Congresso da Associação Brasileira de Estudos Germanísticos. São Paulo: ABEG, 2015. v. 1. p. 139-146.

2.
GREGORY, A. J.; PORTO ALEGRE, R . Ensino de Alemão na Escola Azarias Ribeiro. In: IV SEMEAR, I Colóquio do GEPEES e Jornada do Núcleo de Ensino, 2016, Assis. IV SEMEAR, I Colóquio do GEPEES e Jornada do Núcleo de Ensino, 2016.

3.
GREGORY, A. J.. Mitologia ocidental versus mitologia indígena na trilogia Amazonas de Alfred Döblin. In: II Congresso Internacional Vertentes do Insólito Ficcional, 2015, Rio de Janeiro. Para onde os mitos nos levam?. Rio de Janeiro: Dialogarts, 2014. p. 20-27.

4.
GREGORY, A. J.. Crítica à sociedade moderna em O Defensor do Esterco. In: III Colóquio ?Vertentes do Fantástico na Literatura, 2013, Assis. III Colóquio ?Vertentes do Fantástico na Literatura ?. Assis: Unesp, 2013. p. 31-40.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
GREGORY, A. J.. Eros criativo - entre o mito e a realidade. In: II Congresso da Associação Brasileira de Estudos Germanísticos, 2017, Florianópolis. II Congresso da Associação Brasileira de Estudos Germanísticos. Florianópolis: ABEG, 2017. p. 52-52.

2.
GREGORY, A. J.. Uma releitura do mito da cidade perfeita apocalíptico e a projeção do seu duplo em Nossa Casa. In: XIII Seminário de Estudos Literários ?Literatura Comparada e Estudos Culturais: Intersecções? ? II Seminário Gêneros Híbridos da Modernidade ? II Simpósio Memória e Representação Literária, 2016, Assis. Projeções do Insólito nos Mitos Literários de Ontem e de Hoje. Assis: Unesp, 2016. p. 69-70.

3.
GREGORY, A. J.. O PROJETO NOSSA CASA COMO MODELO ENSINO/APRENDIZAGEM VOLTADO PARA ÉTICA E AUTONOMIA. In: IV SEMEAR, I Colóquio do GEPEES e Jornada do Núcleo de Ensino, 2016, Assis. IV SEMEAR, I Colóquio do GEPEES e Jornada do Núcleo de Ensino. Assis: Unesp, 2016.

4.
PORTO ALEGRE, R ; GREGORY, A. J. . ENSINO DE ALEMÃO NA ESCOLA CORONEL AZARIAS RIBEIRO. In: IV SEMEAR, I Colóquio do GEPEES e Jornada do Núcleo de Ensino, 2016, Assis. IV SEMEAR, I Colóquio do GEPEES e Jornada do Núcleo de Ensino. Assis: Unesp, 2016.

5.
GREGORY, A. J.. A FORMAÇÃO DO DUPLO NOS TEXTOS NARRATIVOS SAGRADOS DA CULTURA CRISTÃ E OS SEUS DESDOBRAMENTOS NA ATUALIDADE. In: III Congresso Internacional Vertentes do Insólito Ficcional, XV Painel Reflexões sobre o insólito na narrativa ficcional, 2016, Rio de Janeiro. Vertentes do Insolito Ficcional: Figuras da Ficcao Figuração ? processos de composição de personagens. Rio de Janeiro: SePEL, 2016. p. 60-60.

Apresentações de Trabalho
1.
GREGORY, A. J.. O caráter redentor da literatura - Alfred Döblin x Bakhtin. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
GREGORY, A. J.. Estratégias na Introdução de Vocabulário. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
GREGORY, A. J.. Eros criativo - entre o mito e a realidade. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
GREGORY, A. J.. Uma releitura do mito da cidade perfeita apocalíptico e a projeção do seu duplo em Nossa Casa. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
GREGORY, A. J.. O PROJETO NOSSA CASA COMO MODELO ENSINO/APRENDIZAGEM VOLTADO PARA ÉTICA E AUTONOMIA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
PORTO ALEGRE, R ; GREGORY, A. J. . ENSINO DE ALEMÃO NA ESCOLA CORONEL AZARIAS RIBEIRO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
GREGORY, A. J.. A formação do duplo nos textos narrativos sagrados da cultura cristã e os seus desdobramentos na atualidade,. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
GREGORY, A. J.. O mito fáustico como fonte de inspiração do projeto Nossa Casa: um outro mundo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
GREGORY, A. J.. Mitologia Ocidental versus Mitologia Indígena na obra O Tigre Azul de Alfred Döblin. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
GREGORY, A. J.. O crime contra a cultura indígena na trilogia Amazonas de Alfred Döblin. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
GREGORY, A. J.. Um outro mundo possível. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
GREGORY, A. J.. O Defensor do Esterco - Contos esclarecidos / Der Hüter des Misthaufens - Peter Rühmkorf. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
GREGORY, A. J.; Balsan, M. L. . Música como elemento didático na aula de alemão como língua estrangeira. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
SOUSA, Celeste H. M. Ribeiro de ; GREGORY, A. J. ; ECKL, Marlen ; CORREDOR, Jefferson . 'Artimanhas da propaganda no processo da imigração para o Brasil em 'A cada um seu paraíso' de Otto Grellert'.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
GREGORY, A. J.. A oposição à ideologia do Nazismo em Aktion. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
GREGORY, A. J. ; GREGORY, A. J. . Sobre Memória e Escrita da Imigração Alemã no Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
GREGORY, A. J.. Memória, Culinária e Identidade. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
GREGORY, A. J.. O confronto de culturas na obra 'O tigre azul' do escritor alemão Alfred Döblin. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
GREGORY, A. J.. Moderador e debatedor: 'Figurações da história na literatura brasileira de expressão alemã'. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
GREGORY, A. J.. O mito fáustico como fonte de inspiração do projeto Nossa Casa: um outro mundo. São Paulo: FCL - USP, 2015 (Resumo).

2.
GREGORY, A. J.. Outras terras, outros usos. São Paulo: Instituto Martius-Staden, 2015. (Tradução/Outra).

3.
GREGORY, A. J.. Mitologia Ocidental versus Mitologia Indígena na obra O Tigre Azul de Alfred Döblin. Rio de Janeiro: Dialogarts, 2014 (Resumo).

4.
GREGORY, A. J.. Das Verbrechen gegen die Indianer in Döblins Amanas-Trilogie. Curitiba: Quadrioffice Editora, 2014 (Resumo).

5.
GREGORY, A. J.. Um conto de natal, 2014. (Tradução/Outra).

6.
GREGORY, A. J.. O Defensor do Esterco - Contos esclarecidos / Der Hüter des Misthaufens - Peter Rühmkorf. Assis: Unesp - FCL Assis, 2013 (Resumo).

7.
GREGORY, A. J.. Música como elemento didático na aula de alemão como língua estrangeira. Assis: Unesp - FCL Assis, 2013 (Resumo).

8.
GREGORY, A. J.. A expiação. Um conto da colônia. São Paulo: Instituto Martius-Staden, 2013. (Tradução/Outra).

9.
GREGORY, A. J.. A aposição à ideologia do nazismo em Aktion. Assis: Unesp, 2012 (Resumo).

10.
GREGORY, A. J.. O Confronto de culturas na obra 'O Tigre Azul' de Alfred Döblin. Assis: Unesp, 2012 (Resumo).

11.
GREGORY, A. J.. A cada um seu paraíso. São Paulo: Instituto Martius-Staden, 2012. (Tradução/Outra).

12.
GREGORY, A. J.. Unidade apesar da diversidade. Expansão européia e consciência cultural européia. São Paulo: Scielo, 2007. (Tradução/Outra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre relatório trienal. 2017.

2.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre relatório anual. 2017.

3.
GREGORY, A. J.. 06 Pareceres Semana de Letras. 2017.

4.
GREGORY, A. J.. XXVIII Congresso de Iniciação Científica da Unesp. Avaliação de 10 painéis. 2016.

5.
GREGORY, A. J.. XXVII Congresso de Iniciação Científica da Unesp - Avaliação de 10 painéis. 2015.

6.
GREGORY, A. J.; Garcia, D. . Comissão Científica no IV Seminário de Ensino de Línguas Estrangeiras. 2014.

7.
GREGORY, A. J.; Elstermann, A. K. ; Ranke, Cristina . Comissão científica no II Encontro de Cultura e Língua Alemã de Assis. 2013.

8.
CAVALKANTI, C. ; Garcia, D. ; ANDRADE, C. ; GREGORY, A. J. . Comissão Científica no III Seminário de Ensino de Línguas Estrangeiras. 2013.

9.
GREGORY, A. J.; DOMINGOS, Norma ; TELLES, J. . Comissão científica no XXV Congresso de Iniciação Científica. 2013.

10.
GREGORY, A. J.. Comissão Científica no II Seminário de Ensino de Línguas Estrangeiras. 2012.

Trabalhos técnicos
1.
GREGORY, A. J.. Parecer relator ad hoc projeto de extensão ? Literatura Feminina Italiana no sec. XIX. 2016.

2.
GREGORY, A. J.. Parecer de relator departamental sobre relatório docente anual. 2016.

3.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre relatório anual. Relator departamental. 2016.

4.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre artigo para livro eletrônico do Núcleo de Ensino Unesp Assis. 2016.

5.
GREGORY, A. J.. XXVIII Congresso de Iniciação Científica - Avaliação de 10 painéis. 2016.

6.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre afastamento. 2015.

7.
GREGORY, A. J.. Parecer ad hoc sobre projeto de extensão - Língua Francesa na UNATI. 2015.

8.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre afastamento de docente. 2014.

9.
GREGORY, A. J.. Parecer (ad hoc 1) sobre o projeto de extensão 'Análise de viabilidade técnica de vias cicláveis. 2014.

10.
GREGORY, A. J.. Parecer (ad hoc II) sobre o projeto de extensão 'Núcleo de Estudos em Patrimônio'. 2014.

11.
GREGORY, A. J.. Parecer (ad hoc II) sobre o projeto de extensão 'Bairro Verde'. 2014.

12.
GREGORY, A. J.. Parecer emitido para o XXVI Congresso de Iniciação Científica sobre trabalho a ser apresentado (As ?Cartas da Alemanha? por Max Nordau (1890 ? 1895)). 2014.

13.
GREGORY, A. J.. Parecer emitido para o XXVI Congresso de Iniciação Científica sobre trabalho a ser apresentado. (Memória e salazarismo). 2014.

14.
GREGORY, A. J.. Parecer emitido como membro da comissão científica do IV SELES sobre trabalho a ser apresentado (O PIBID COMO RECUPERAÇÃO DE UM CONTEXTO EDUCACIONAL DEFICIENTE: REFLEXOS DA DEFASAGEM DO ENSINO REGULAR NO CEL). 2014.

15.
GREGORY, A. J.. Parecer emitido como membro da comissão científica do IV SELES sobre trabalho a ser apresentado (PIBID: DA TEORIA À PRÁTICA EXPERIÊNCIA DOCENTE DENTRO DA SALA DE AULA) a ser apresentado no IV SELES. 2014.

16.
GREGORY, A. J.. Parecer emitido como membro da comissão científica do IV SELES sobre trabalho a ser apresentado (CINEMA, LITERATURA E LÍNGUA ESTRANGEIRA: UMA ABORDAGEM DE ENSINO REFLEXIVA). 2014.

17.
GREGORY, A. J.. Parecer emitido como membro da comissão científica do IV SELES sobre trabalho a ser apresentado (?EM CADA LÍNGUA ESTÃO FINCADOS OUTROS OLHOS? ? HERTA MÜLLER SOBRE ALGUMAS PECULIARIDADES LINGUÍSTICAS). 2014.

18.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre relatório final do Evento Acadêmico Encontro de Estudos Hispânicos. 2013.

19.
GREGORY, A. J.. Parecer comissão científica: Mulheres e as injustiças das guerras em Os fuzis da Senhora Carrar (1937) e Mãe Coragem (1939), de Bertolt Brecht (1898-1956).. 2013.

20.
GREGORY, A. J.. Parecer comissão científica: O nonsense e o grotesco na poesia de Christian Morgentern. 2013.

21.
GREGORY, A. J.. Parecer comissão científica: CARÊNCIAS NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE LÍNGUA INGLESA EM FACE DO ENSINO PARA CRIANÇAS DE 6 A 10 ANOS: UMA AMOSTRAGEM DO PROBLEMA. 2013.

22.
GREGORY, A. J.. Parecer comissão científica: A ABORDAGEM COMUNICATIVA E A LÍNGUA JAPONESA NO CENTRO DE LÍNGUAS E DESENVOLVIMENTO DE PROFESSORES. 2013.

23.
GREGORY, A. J.. Parecer comissão científica: ÁLVARO LINS E A RECEPÇÃO CRÍTICA DE JACOB WASSERMANN NO BRASIL. 2013.

24.
GREGORY, A. J.. Parecer comissão científica: REFLEXÕES SOBRE O PROCESSO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE PORTUGUÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA. 2013.

25.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre afastamento de colega. 2013.

26.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre projeto de curso de Extensão Universitária ?Encontro de Estudos Hispânicos?. 2013.

27.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre projeto de extensão: Auxílio-reclusão: atendimento às famílias dos presos da comarca de Franca. 2013.

28.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre projeto de extensão - Contribuição da Tecnologia do DNA no Direito de Família: introduzindo novas metodologias nos processos de exumação para investigação de paternidade. 2013.

29.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre projeto de extensão - Economia para o ensino médio. 2013.

30.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre projeto de extensão - Inclusão Social do Portador de Deficiência pela Política Pública de Educação. 2013.

31.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre relatório de projeto de Curso Temático (Extensão Universitária) - GEB. GRIMM: ?EINE EINFÜHRUNG?. 2012.

32.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre relatório de projeto de Curso Temático (Extensão Universitária) - GEB. GRIMM: ?SCHNEEWITTCHEN?. 2012.

33.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre relatório de projeto de Curso Temático (Extensão Universitária) - GEB. GRIMM: ?TISCHLEIN DECK DICH?. 2012.

34.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre proposta de projeto de Curso Temático (Extensão Universitária)- GEB. GRIMM: ?STERNTALER?. 2012.

35.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre relatório de projeto de Curso Temático (Extensão Universitária) - BRÜDER GRIMM 'TISCHLEIN DECK DICH'. 2012.

36.
GREGORY, A. J.. Parecer comissão científica - A Pesquisa e a Tradução Literária como Contribuição para Formação do Professor de Língua Estrangeira. 2012.

37.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre relatório final do curso de extensão VISITANDO BERLIM. 2012.

38.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre relatório de projeto de curso de Extensão - GE. GRIMM - RUMPELSTILZCHEN. 2012.

39.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre proposta de projeto de Curso Temático (Extensão Universitária)- GEB. GRIMM: ?EINE EINFÜHRUNG'. 2012.

40.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre proposta de projeto de Curso Temático (Extensão Universitária)- GEB. GRIMM: ?SCHNEEWITTCHEN'. 2012.

41.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre proposta de projeto de Curso Temático (Extensão Universitária)- GEB. GRIMM: ?TISCHLEIN DECK DICH'. 2012.

42.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre proposta de projeto de Curso Temático (Extensão Universitária)- GEB. GRIMM: ?STERNTALER'. 2012.

43.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre proposta de projeto de Curso Temático (Extensão Universitária)- GEB. GRIMM: ?PRÄSENTATION DER SCHLUSSARBEITEN'. 2012.

44.
GREGORY, A. J.. Parecer sobre relatório de projeto de Curso Temático (Extensão Universitária) - GEB. GRIMM: PRÄSENTATION DER SCHLUSSARBEITEN. 2012.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
GREGORY, A. J.; SOUSA, Celeste H. M. Ribeiro de ; ECKL, Marlen ; CORREDOR, Jefferson . Figurações da história na literatura brasileira de expressão alemã. 2012. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

Redes sociais, websites e blogs
1.
GREGORY, A. J. ; GREGORY, Alceu João ; GREGORY, A. J. . A opoosição à ideologia do Nazismo em Aktion. 2012; Tema: Textos críticos à ideologia nazista. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
GREGORY, A. J.; Balsan, M. L. . Música como elemento didático na aula de alemão como língua estrangeira. 2013. .

2.
GREGORY, A. J.. A Literatura Alemã do século XIX. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila de Literatura Alemã II).

3.
GREGORY, A. J.. Cartaz: Cia Marie Teatro Apresenta - Marie. 2013. (Convite).

4.
GREGORY, A. J.. Convite: MARIE. 2013. (Convite).

5.
GREGORY, A. J.. Da Atualidade ao Expressionismo. 2012. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila de Literatura Alemã I).

6.
GREGORY, A. J.; FELIX, J. L. . Elaboração de Folder para o Ciclo de Cinema Alemão Fassbinder. 2012. (Folder).

7.
GREGORY, A. J.; FELIX, J. L. . Elaboração de Cartaz para o Mostra de Cinema Alemão - Mephisto. 2012. (Cartaz).

8.
GREGORY, A. J.; FELIX, J. L. . Elaboração de Cartaz para o Mostra de Cinema Alemão - O Triunfo da Vontade. 2012. (Cartaz).

9.
GREGORY, A. J.; FELIX, J. L. . Elaboração de cartaz para o Mostra de Cinema Alemão - Sissi. 2012. (Cartaz).

10.
GREGORY, A. J.; FELIX, J. L. . Elaboração de Cartaz para o Mostra de Cinema Alemão - Dr. Caligari. 2012. (Cartaz).

11.
GREGORY, A. J.; FELIX, J. L. . Elaboração de Cartaz para o Ciclo de Cinema Alemão Fassbinder. 2012. (Cartaz).

Demais trabalhos
1.
GREGORY, A. J.. Döblin e a representação do espaço brasileiro em seu romance Der blaue Tiger. 2003 (Comunicação) .

2.
GREGORY, A. J.. Como vêm as palavras à cabeça. 1991 (Palestra) .



Bancas




Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
GREGORY, A. J.; FELIX, J. L.; CARVALHO, K. C. H. P.. Concurso para contração de professor substituto. 2017. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
FELIX, J. L.; Ranke, Cristina; GREGORY, A. J.. Língua Alemã - Contratação de professor substituto. 2015. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
Elstermann, A. K.; FELIX, J. L.; GREGORY, A. J.. Literatura Alemã - Contratação de professor substituto. 2015. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

4.
GREGORY, A. J.; OLIVEIRA, Paulo; UPHOFF, D.. Emprego público de Professor Assistente Doutor. 2014. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

5.
GREGORY, A. J.; FELIX, J. L.; Ranke, Cristina. Contratação de Professor Substituto. 2014. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

6.
GREGORY, A. J.; FELIX, J. L.; Elstermann, A. K.. Concurso para a contratação de professor substituto. 2014. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

7.
Shioda, Cecília; GREGORY, A. J.; Zanota, Sérgio Augusto. Concurso público para professor substituto de Língua Japonesa. 2012. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

8.
GREGORY, A. J.; FELIX, J. L.; Ranke, Cristina. Concurso público para professor substituto de Língua Alemã III. 2012. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

9.
GREGORY, A. J.. Processo Seletivo Simplificado. 2011.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XIV SEL - SEMINÁRIO DE ESTUDOS LITERÁRIOS - LITERATURA PARA QUÊ?. 2018. (Seminário).

2.
XXXIV Semana de História - DEMOCRACIA e DIREITOS -trajetórias e perspectivas da Declaração Universal dos Direitos Humanos e da Constituição Cidadã. 2018. (Congresso).

3.
65° GEL - Grupo de Estudos Linguísticos. 2017. (Congresso).

4.
II Congresso da Associação Brasileira de Estudos Germanísticos. Eros criativo - entre o mito e a realidade. 2017. (Congresso).

5.
III Congresso Internacional Vertentes do Insólito Ficcional, XV Painel Reflexões sobre o insólito na narrativa ficcional. A forma ção do duplo nos textos narra tivos sagra dos da cultura cristã e os seus desdobram entos na atualidade. 2016. (Congresso).

6.
IV SEMEAR, I Colóquio do GEPEES e Jornada do Núcleo de Ensino.O PROJETO NOSSA CASA COMO MODELO ENSINO/APRENDIZAGEM VOLTADO PARA ÉTICA E AUTONOMIA. 2016. (Seminário).

7.
XIII Seminário de Estudos Literários ?Literatura Comparada e Estudos Culturais: Intersecções? ? II Seminário Gêneros Híbridos da Modernidade ? II Simpósio Memória e Representação Literária. UMA RELEITURA DO MITO DA CIDADE PERFEITA APOCALÍPTICO E A PROJEÇÃO DE SEU DUPLO EM NOSSA CASA. 2016. (Congresso).

8.
A inclusão social do negro no Brasil: Interlocuções entre academia e movimentos sociais. 2015. (Congresso).

9.
I Congresso da Associação Brasileira de Estudos Germanísticos. 2015. (Congresso).

10.
VI ciclo internacional de estudos antigos e medievais. 2015. (Congresso).

11.
Ditadura nunca mais. 2014. (Congresso).

12.
II Congresso Internacional Vertentes do Insólito Ficcional. 2014. (Congresso).

13.
VII Encontro do CEDAP - Culturas Indígenas e Identidades. 2014. (Encontro).

14.
XII FREPOP - Fórum de Educação Popular. 2014. (Outra).

15.
XV Congresso da Associação Latino-americana de Estudos Germanísticos (ALEG). 2014. (Congresso).

16.
II Encontro de Cultura e Língua Alemã de Assis. 2013. (Encontro).

17.
III Colóquio Vertentes do Fantástico. 2013. (Congresso).

18.
III Seminário de Ensino de Línguas Estrangeiras. 2013. (Seminário).

19.
Utilização da Ferramenta Webcef para Avaliação da Proficiência Oral em Língua Estrangeira. 2013. (Oficina).

20.
II Seminário de Ensino de Línguas Estrangeiras. 2012. (Seminário).

21.
UNESP e seus novos docentes. 2012. (Encontro).

22.
Vorbereitung der mündlichen DSD-Prufung: Projekte - Themen - Präsentationen.Projekten aus der Schulpraxis: Drei Bücher. 2010. (Seminário).

23.
Das Leben mit der Mauer - 20 Jahre Mauerfall. 2009. (Seminário).

24.
DSD-Workshop: Aufgaben- und Übungstypen im neuen DSD". 2008. (Seminário).

25.
Mündliche Prüfungen zum Sprachdiplom der Kultusministerkonferenz, Stufe C1.Stufe C1. 2008. (Outra).

26.
DSD-Seminar für Ortslehrkräfte an Sprachdiplomschulen. 2007. (Seminário).

27.
DSD-Workshop zu den neuen DSD-Prüfungen. 2007. (Outra).

28.
"Kurz und Gut macht Schule" - Como curta-metragens podem agitar uma sala de aula. 2006. (Seminário).

29.
VI Congresso Brasileiro de Professores de Alemão e I Congresso Latino-Americano de Professores de Alemão. 2006. (Oficina).

30.
.Concurso Público de Provas e Títulos. 2004. (Outra).

31.
. XI Congresso da Associação Latino-americana de Estudos Germanísticos. 2003. (Congresso).

32.
.Lieder und Musik im Unterricht. 2003. (Seminário).

33.
.Teilnahme am Lehrgang zum Deutschen Sprachdiplom der Kultusministerkonferenz (DSD der KMK). 2001. (Outra).

34.
.Freiarbeit: ein Weg in die Unabhängigkeit?. 1997. (Seminário).

35.
.Reden ist Silber - Medien sind Gold. 1996. (Seminário).

36.
.Einsatz der Schuldruckerei im Unterricht. 1995. (Seminário).

37.
.Schattenspiel II. 1994. (Seminário).

38.
.Vom Kinderbuch zum darstellenden Spiel. 1993. (Seminário).

39.
.Lesen im DaF-Unterricht II. 1993. (Seminário).

40.
. 2º Congresso Brasileiro de Professores de Alemão. 1991. (Congresso).

41.
.Einsatz von Bildern im kommunikativen Fremdsprachunterricht. 1990. (Seminário).

42.
.Wer? Wie? Was?. 1990. (Seminário).

43.
. Lehrer und Lerner im kommunikativen DaF-Unterricht. 1989. (Congresso).

44.
III Semana de Literatura Alemã.III Semana de Literatura Alemã. 1989. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
GREGORY, A. J.; MARQUES, F. C. A. ; BETELLA, G. K. . I Colóquio Cultura Popular e Tradição Oral: Implantação da Cordelteca Gonçalo Ferreira da Silva e I Exposição na Academia. 2014. (Exposição).

2.
GREGORY, A. J.; Elstermann, A. K. ; Ranke, Cristina ; Cecchetto, F. . ECLAA - II Encontro de Cultura e Língua Alemã de Assis. 2013. (Congresso).

3.
GREGORY, A. J.. Teatro: Von der Kindermörderin Marie Farrer - Bertold Brecht. 2013. (Outro).

4.
FELIX, J. L. ; GREGORY, A. J. . Mostra de Cinema Alemão II: Fassbinder. 2012. (Outro).

5.
FELIX, J. L. ; GREGORY, A. J. . Mostra de Cinema Alemão I. 2012. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Natalia Mendes. Questões sobre o mito da monogamia em "Breve Romance de Sonhos" de Artur Schnitzler. Início: 2014. Iniciação científica (Graduando em Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Orientador).

2.
Yasmin Zalewski. Olhando para o estranho. O embate de culturas na obra "Der blaue Tiger" de Alfred Döblin. Início: 2012. Iniciação científica (Graduando em Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Orientador).

3.
Gabriel Falco Pereira. Olhando para o estranho. O embate de culturas na obra ?Das Land ohne Tod? de Alfred Döblin.. Início: 2012. Iniciação científica (Graduando em Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Iniciação científica
1.
Beatriz Santos Barros. Autonomia na Escola e na Sociedade. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Ensino Médio) - Etec Pedro D'Arcádia Neto, Assis, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Alceu Joao Gregory.

2.
Lara Andreza Cavalcante Domingos. Autonomia na Escola e na Sociedade. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Ensino Médio) - Etec Pedro D'Arcádia Neto, Assis, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Alceu Joao Gregory.

3.
Rafael Porto Alegre. Música como ferramenta no ensino/aprendizagem de alemão. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

4.
Gabriel Falco Pereira. Olhando para o estranho. O embate de culturas na obra ?Das Land ohne Tod? de Alfred Döblin. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

5.
Yasmin Zalewski. Olhando para o estranho. O embate de culturas na obra "Der blaue Tiger" de Alfred Döblin. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

Orientações de outra natureza
1.
Marcella Martins. Ensino de Alemão para a Terceira Idade. 2017. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

2.
Camilla Damacena. Ensino de Alemão para a Terceira Idade. 2017. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

3.
Fernanda Serigatto Vitta. Ensino de Alemão para a Terceira Idade. 2016. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

4.
Rafael Porto Alegre. Ensino de Alemão na Escola Azarias Ribeiro. 2016. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

5.
Francine Machio. Ensino de Alemão para a Terceira Idade. 2016. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

6.
Kauê Pedroso Gonçalves. Ensino de Alemão como Língua Estrangeira. 2015. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

7.
Danilo Eder Pomari Junior. Ensino de Alemão como Língua Estrangeira. 2015. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

8.
Thalika Sakita. Ensino de Alemão na Terceira Idade. 2015. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

9.
Francine Maschio. Ensino de Alemão para a Terceira Idade. 2015. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

10.
Fernanda Serigatto Vitta. NÚCLEO DE ENSINO - Ensino de Alemão como Língua Estrangeira. 2014. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

11.
Bruna Kaori. NÚCLEO DE ENSINO - Ensino de Alemão como Língua Estrangeira. 2014. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

12.
Paulo Wundermann. UNATI - Ensino de Alemão como Língua Estrangeira para a Terceira Idade. 2014. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

13.
Amanda Andozia Gonçalves. UNATI - Ensino de Alemão como Língua Estrangeira para a Terceira Idade. 2014. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

14.
Camila Pádua Cassimiro. UNATI - Estragégias de ensino de língua estrangeira para a terceira idade. 2013. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

15.
Rafael Porto Alegre. NÚCLEO DE ENSINO - Ensino de Alemão como Língua Estrangeira. 2013. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

16.
Gabriel Falco Pereira. CLDP - Supervisão e orientação de Língua Alemã junto ao Centro de Línguas e Desenvolvimento de Professores.. 2012. Orientação de outra natureza - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

17.
Rita de Cássia R. dos Santos. CLDP - Supervisão e orientação de Língua Alemã junto ao Centro de Línguas e Desenvolvimento de Professores.. 2012. Orientação de outra natureza - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

18.
Olívia Reis Nhochi. CLDP - Supervisão e orientação de Língua Alemã junto ao Centro de Línguas e Desenvolvimento de Professores.. 2012. Orientação de outra natureza - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

19.
Samanta Souza de Oliveira. CLDP - Supervisão e orientação de Língua Alemã junto ao Centro de Línguas e Desenvolvimento de Professores.. 2012. Orientação de outra natureza - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

20.
Diego Eduardo Almeira Ferreira. CLDP - Supervisão e orientação de Língua Alemã junto ao Centro de Línguas e Desenvolvimento de Professores.. 2012. Orientação de outra natureza - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

21.
Camila Pádua Cassimiro. UNATI - Estratégias de Ensino de Língua Alemã para a terceira idade. 2012. Orientação de outra natureza - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

22.
Bárbara Kawamoto. UNATI - Estratégias de Ensino de Língua Alemã para a terceira idade. 2012. Orientação de outra natureza - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Alceu Joao Gregory.

23.
Beatriz Helena Deimling. Aula comunicativa no ensino de alemão. 2011. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Alceu Joao Gregory.

24.
Elisângela Redel. Aula comunicativa no ensino de alemão. 2011. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Alceu Joao Gregory.

25.
Franciele Maria Martiny. Aula comunicativa no ensino de alemão. 2011. Orientação de outra natureza. (Letras - Alemão) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Alceu Joao Gregory.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 13/11/2018 às 19:11:33