George Stanescu

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8514289744858328
  • Última atualização do currículo em 04/05/2018


Prof. George Stanescu possui mestrado (1981) e doutorado (1992) em engenharia mecânica pela Universidade Politécnica de Bucareste, Romênia. Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal do Paraná. Tem experiência na área de Engenharia Mecânica, Civil e Ambiental, com ênfase em Eficiência Energética e Analise de Sistemas. Atua principalmente nas áreas: termodinâmica irreversível de velocidade finita voltada para otimização de plantas industriais, eficiência energética em edifícios, desenvolvimento de tecnologias para aproveitamento de fontes alternativas e renováveis de energia, recuperação de energia desperdiçada, captura e remoção de dióxido de carbono, tecnologias de Tubo Ranque-Hilsch Vortex para resfriamento e separação de massa na indústria de petróleo e gás natural e para processos de secagem, refrigeração evaporativa. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
George Stanescu
Nome em citações bibliográficas
STANESCU, G.;STANESCU, GEORGE;G. Stanescu

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Departamento de Mecânica.
CENTRO POLITECNICO
JARDIM DAS AMERICAS
81531990 - Curitiba, PR - Brasil - Caixa-postal: 19011
Telefone: (41) 3613406
Ramal: 3406
Fax: (41) 3613129
URL da Homepage: www.demec.ufpr.br


Formação acadêmica/titulação


1986 - 1992
Doutorado em Mechanical Engineering.
Polytechnic University Of Bucharest, UPB, Romênia.
Título: Study of hermodynamic Irreversibility generation mechanisms for the thermal machines efficiency increase, Ano de obtenção: 1992.
Orientador: STOIAN PETRESCU.
Palavras-chave: IRREVERSIBLE THERMODYNAMICS; FREE PISTON THERMAL MACHINES; NONLINEAR DYNAMICS.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica / Especialidade: Aproveitamento da Energia.
Setores de atividade: Energia.
1976 - 1981
Mestrado em Mechanical Engineering.
Polytechnic University Of Bucharest, UPB, Romênia.
Título: STUDY OF A 400HP DIESEL ENGINE DESIGN AND OPTIMIZATION,Ano de Obtenção: 1981.
Orientador: NICOLAE APOSTOLESCU.
Bolsista do(a): Romanian Ministry Of Education, ME, Romênia.
Palavras-chave: THERMAL ENGINES; IRREVERSIBLE THERMODYNAMICS; ENERGY.
Grande área: Engenharias
Setores de atividade: Energia; Logística de Transporte, Armazenagem e Comunicações.


Pós-doutorado


2012 - 2013
Pós-Doutorado.
Technische Universität München, TUM, Alemanha.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Civil / Subárea: Heat transfer.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

01/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Setor Tecnologia, Departamento de Engenharia Mecânica.

01/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Setor Tecnologia, Departamento de Engenharia Mecânica.

Linhas de pesquisa
Evaporative cooling
01/1998 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Setor Tecnologia, Departamento de Engenharia Mecânica.

01/1998 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Setor Tecnologia, Departamento de Engenharia Mecânica.

Linhas de pesquisa
Cooling electronics
07/1997 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Setor de Tecnologia, Departamento de Mecânica.

07/1997 - Atual
Ensino, Engenharia Mecanica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
PROJETO FINAL DE ENGENHARIA AMBIENTAL
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM PLANTAS DE SECAGEM DE GRÃOS
GRADUAÇÃO III e IV
INFORMATICA
INTEGRAÇÃO I
TERMODINÂMICA
TERMODINÂMICA AMBIENTAL
07/1997 - Atual
Ensino, Programa Interdisciplinat de Pos Graduacao Em Enge, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
TERMODINÂMICA AVANÇADA
MÉTODOS NUMÉRICOS
01/1997 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Setor Tecnologia, Departamento de Engenharia Mecânica.


Duke University, DUKE, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1993 - 1994
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor visitante


University of Copenhagen, UK, Dinamarca.
Vínculo institucional

1994 - 1995
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: VISITING PROFESSOR


Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 1997
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor visitante, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

8/1995 - 7/1997
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Matemática, .

Linhas de pesquisa
Vortex tube refrigeration
8/1995 - 7/1997
Ensino, Matematica Aplicada, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metodos numericos
Termodinamica
8/1995 - 7/1997
Ensino, Matematica Aplicada, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Calculo numerico

Polytechnic University Of Bucharest, UPB, Romênia.
Vínculo institucional

1981 - 1993
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 14, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

8/1981 - 8/1993
Pesquisa e desenvolvimento , Mechanical Engineering Department, .

Linhas de pesquisa
Irreversible thermodynamics
8/1981 - 8/1993
Ensino, Mechanical Engineering, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Thermodynamics
8/1981 - 8/1993
Ensino, Mechanical Engineering, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Thermodynamics
Heat transfer
Thermal engines
8/1981 - 8/1993
Outras atividades técnico-científicas , Mechanical Engineering Department, Mechanical Engineering Department.

Atividade realizada
Scientific research.


Linhas de pesquisa


1.
Energy efficiency in buildings

Objetivo: Given the current problems related to energy shortages and environmental impacts it is important to achieve new ideas and practical concepts to use for reducing energy consumption in buildings..
Grande área: Engenharias
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Arquitetura e Urbanismo / Subárea: Projeto de Arquitetura e Urbanismo.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Arquitetura e Urbanismo / Subárea: Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo / Especialidade: Adequação Ambiental.
Setores de atividade: Construção de edifícios; Obras de infra-estrutura.
Palavras-chave: energy efficiency; Energy efficiency in buildings; emissions; built ambient.
2.
Employing the Constructal Law for ?better science?
3.
Finite-speed thermodynamics approach of irreversibility generation mechanisms to improve energy efficiency
4.
Cooling electronics
5.
Evaporative cooling
6.
Vortex Tube Equipped Systems for recovering the wasted pressure energy
7.
Irreversible thermodynamics
8.
Vortex tube refrigeration


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
OPTIMAL EARTH-AIR HEAT EXCHANGERS AT BUILDING AND DISTRICT SCALES IN TROPICAL
Descrição: Maintaining thermal comfort in buildings requires to use about 12% of the total energy consumption in industrialized countries (USA Energy Information Administration, 2005, 2011). For instance Brazil, one of the BRICS countries, underwent a major shift in the profile of electrical power demand last summer. The peak took place early afternoon instead of the late afternoon, early evening. The shift was caused by the operation of air conditioning systems in the hottest hours of the day. One of the current responses to the problems of rational use of energy in the housing sector may be provided by the use of Earth-Air Heat Exchangers (EAHEs). Among the air conditioning alternatives with the objective of replacing completely or partially electricity as a driver for thermal comfort, EAHEs stand as natural ways to improve the termal conditions of built environments and reduce the conventional energy consumption. In general, na EAHE is a system of fans and buried ducts. The fans blow the outside air in the ducts where the fluid exchanges heat with the surrounding soil, then leaves the outlet at a milder temperature. This is due to the Earth?s thermal inertia: during the summer, the heat is stored by the soil which plays the role of an infinite thermal reservoir. As a result, the overall soil temperature turns out to be higher than the outside air in winter. The flow of air through pipes buried underground allows to preheat the fluid thanks to the heat exchanges soil−pipes. The reverse process occurs during winter times: day by day the overall soil temperature will decrease due to the heat released to the atmosphere, making the soil when the summer is here, a good thermal reservoir cooler than the inlet (atmospheric) air..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (4) .

Integrantes: George Stanescu - Integrante / Luiz A O Rocha - Integrante / M Errera - Coordenador / Lorente Sylvie - Integrante.
Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 1
2014 - Atual
Estudo de compensadores passivos de tipo ?molas a gás? para instalação offshore de módulos pesados
Descrição: Não havia quase nenhum interesse prático até recentemente em sistemas termodinâmicos de tipo "mola de gás". Por isso, e em parte porque não havia solução analítica ou método numérico disponível para simular com bastante precisão ao longo de um período de tempo razoável o funcionamento desses sistemas, seu estudo tem sido negligenciado por um tempo (LaBudde e Greenspan, 1976, Shadwick et al., 1999). Durante as últimas décadas várias aplicações espaciais, industriais e domésticos e os avanços em métodos numéricos têm estimulado muito o interesse científico neste campo. Para entender melhor o funcionamento dos sistemas termodinâmicos oscilantes um modelo físico de pêndulo termodinâmico tem sido usado por Stanescu (1993) para estudar funcionamento de molas a gás e determinar suas performances. O estudo das pequenas oscilações do pêndulo termodinâmico contribuiu para dar forma a esta nova linha de pesquisa. Desenvolvimento e otimização de novas tecnologias para satisfazer o "critério L4" (low pollution, low cost, low losses and long life/ baixa poluição, baixo custo, baixas perdas e longa vida) fizeram surgir novos problemas relacionados com a ressonância de osciladores não lineares e a existência e a estabilidade dos ciclos limites de movimento. Devido às suas características de rigidez e amortecimento superiores, as molas a gás são agora empregadas para dispositivos ópticos de alta precisão ou equipamentos em nano-escala (Lee e Kim, 2006). Nos anos 80 utilizadas somente pela Renault em válvulas de motores de Formula I, as molas a gás são agora amplamente empregadas em motores para carros de corrida. Um dos muitos desafios da exploração de petróleo offshore é a prorrogação do prazo para instalação de módulos tamanho extra, operação que é frequentemente interrompida durante as tempestades e permanentemente prejudicada pelas grandes oscilações de barcaças utilizadas nestas operações. Comumente usado para aumentar a janela de tempo para essas operações são os compensadores passivos do tipo "mola a gás", cujo desempenho depende de sua rigidez e da massa do módulo instalado (Jackobson, 2008). O projeto proposto visa desenvolvimento de estudo sobre as oscilações livres e forçadas de molas a gás para entender melhor o funcionamento offshore de compensadores passivos pesados. Um estudo de sistemas termodinâmicos oscilantes será desenvolvido com base em um modelo físico de pêndulo termodinâmico. Resultados sobre as oscilações livres e forçadas de "molas a gás" dissipativas serão determinados levando em consideração vários mecanismo de redistribuição interna de energia como: a interação mecânica com velocidade finita entre um gás e um pistão que se móvel, a transferência de calor e de massa no interior do sistema e a dissipação de energia mecânica pelas forças de atrito..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: George Stanescu - Coordenador / Ruan Henrique COLOMBO - Integrante.

Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2011 - 2013
Eficiência Energética: o Edifício Público Brasileiro e a Sustentabilidade Urbana
Descrição: O projeto Eficiência Energética: o Edifício Público Brasileiro e a Sustentabilidade Urbana faz parte do programa NoPa - Novas Parcerias entre Brasil & Alemanha (Edital n° 026/2011 CAPES/DAAD/GIZ). O consórcio para desenvolvimento deste projeto é formado pela Universidade Federal do Paraná - UFPR, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - MP, o Centro Lucio Costa - IPHAN e a Technische Universität München - TUM da Alemanha e recebe recursos tanto por parte da CAPES como da DAAD e GIZ.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Doutorado: (2) .

Integrantes: George Stanescu - Integrante / Aloisio Leoni Schmid - Coordenador / Gerhard Hausladen - Integrante / Tobias Wagner - Integrante / Silvio Parucker - Integrante.
Financiador(es): CAPES - Centro Anhanguera de Promoção e Educação Social - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
2011 - Atual
ESTUDO DE TECNOLOGIAS DE JATO PARA DESENVOLVIMENTO DE EQUIPAMENTOS NA INDÚSTRIA DE PETRÓLEO
Descrição: Durante as últimas duas décadas, a necessidade de tecnologias menos poluentes, a custos reduzidos, com perdas menores e de longa vida útil (L4 criteria ? low pollution, low cost, low loss, and long life) justificou um interesse cada vez maior para desenvolvimento de tecnologias de jato. Com funcionamento baseado na redistribuição dinâmica de energia em escoamentos, as tecnologias de jato permitem transformações às vezes surpreendentes entre a energia interna, cinética e potencial do meio processado sem necessidade de componentes mecânicos em movimento. Como conseqüência, através desse tipo de transformações energéticas o equilíbrio termodinâmico é alterado com vista na obtenção de um determinado efeito útil em processos indústrias. Fazendo parte dessa nova geração de tecnologias de jato, o Tubo Vortex é ainda pouco conhecido no Brasil e o seu principio de funcionamento pelo efeito turbilhonador pouco estudado. Este projeto tem como principal objetivo o desenvolvimento de conhecimento relacionado ao funcionamento do Tubo Vortex e sua otimização quanto ao regime de funcionamento sub e supersônico. Baseado nos resultados experimentais a serem obtidos com os protótipos construídos, espera-se acrescentar o know-how em relação às tecnologias de jato e sua aplicabilidade na indústria de petróleo e gás. Espera-se também que através dos resultados deste projeto aumentara a compreensão em relação ao funcionamento de ejetores e outros dispositivos de interesse para a cadeia produtiva do petróleo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .

Integrantes: George Stanescu - Coordenador / Marcelo Risso Errera - Integrante / Fernando Tadeu Bóçon - Integrante.

Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 3
2009 - 2011
Construção de uma bancada para recuperação de vapores de combustível inflamáveis rejeitados para a atmosfera com a utilização do tubo vortex (Universal 2009 Proc. 480165/2009-2)
Descrição: O Tubo Vortex consiste de duas câmaras dentro de tubos cilíndricos de diâmetros diferentes. O ar comprimido é admitido através de um bocal gerando um vórtice forçado que se separa em duas correntes (quente e fria) de ar de sentidos contrários. Estas correntes são rejeitadas através das portas de saída nas extremidades dos tubos para a atmosfera. O tubo de maior diâmetro possui em sua extremidade uma válvula para controlar o fluxo de ar quente, enquanto que o tubo de diâmetro menor, por onde escoa o ar frio, é livre para a atmosfera. O presente trabalho tem por objetivo construir uma bancada que irá utilizar o lado frio do tubo vortex para condensar os vapores de combustível inflamáveis que seriam rejeitados para a atmosfera através em postos de serviço de abastecimento de combustível, indústrias químicas ou quaisquer outros sistemas que os contenham. Os vapores de combustível serão removidos do tanque através do respiro, coletados em um reservatório onde serão resfriados ao entrar em contato com uma serpentina por onde internamente escoará o ar frio oriundo do tubo vortex, e reintroduzidos novamente no tanque de combustível no estado líquido. Inicialmente, estima-se que será possível recuperar 20% dos vapores de combustível. Futuramente, com a otimização do tubo vortex e do dispositivo proposto, esta recuperação poderá alcançar de 70 a 80%..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: George Stanescu - Integrante / Luiz A O Rocha - Coordenador / Marcelo Risso Errera - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2008 - 2010
Desenvolvimento de queimadores e fornalhas para queima conjunta de Biomassa e Metano
Descrição: Uma proposta multi-institucional com o grupo GEANEX (Laboratório de Energia e Meio Ambiente) da UFPR e o grupo Laboratório de Engenharia Térmica e Ambiental (LETE) da Escola Politécnica a USP, sob os auspícios da Rede Nacional de Combustão, para desenvolvimento de queimadores e fornalhas para uso combinado de metano, ou bio-metano, com biomassa para oferecer qualidade operacional, energética e ambiental compatíveis com queima a gás natural para fornos de cerâmica vermelha ou revestimentos cerâmicos. Esta proposta tem duas grandes metas: 1) cofiring, a eliminação parcial da demanda de queima de metano (do gás natural ou do biogás) pela queima de biomassa com pirólise controlada (através do método conhecido na literatura como queima "downdraft" ou co-corrente); e 2) o uso de moderadas parcelas de gás natural ou biogás para pós-queima dos gases de exaustão da pirólise e combustão da biomassa. Esta tecnologia tem potencial para gerar baixas emissões de monóxido de carbono, quase nenhum material particulado, mínimo alcatrão e com flutuações moderadas de temperatura. Nesta proposta o gás natural ou biogás é queimado sequencialmente após a zona de pirólise da biomassa, numa região onde o monóxido de carbono e os voláteis queimam simultaneamente, concluindo a queima dos alcatrões e dos eventuais particulados, e ainda elevando a temperatura para níveis de interesse. Torna-se se assim um dispositivo híbrido de uso de (bio)metano, modulado, interruptível e de aplicação em vários segmentos industriais -- principalmente aplicações onde pode haver contato entre os gases de combustão com algum produto em processamento (cerâmica e revestimento), e que ainda viabiliza novos usos de uma fonte renovável de energia em grande escala. Este projeto é uma evolução conceitual e tecnológica da fornalha desenvolvida na UFPR para integração biomassa-gás natural para a agroindústria. Nesta proposta serão concebidas três fornalhas diferentes..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: George Stanescu - Integrante / Wiliam Alves Barbosa - Integrante / Marcelo Risso Errera - Coordenador.
2005 - 2007
AGROGÁS II/FINEP/CTPETRO/PETROBRÁS/TBG
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) .

Integrantes: George Stanescu - Coordenador.
2002 - 2004
AGROAS/FINEP/CTPETRO #0660/01 RedeGásEnergia #030
Descrição: O Programa AGROGÁS engloba o estudo das correntes térmicas inerentes ao processamento da soja (secagem, extração, refino, desodorização e hidrogenação), a viabilidade da substituição dos combustíveis atuais (lenha e óleo combustível) por gás natural (GN), capacitação de recursos humanos ligados a indústria da soja e estabelecimento de um centro de referência em eficiência energética e impacto ambiental associado ao processamento de soja e GN no Estado do Paraná. O presente projeto tem como objetivos os seguintes: a) Aumento da eficiência energética (exergética) do processamento da soja através da introdução do Gás Natural; b) Desenvolvimento de tecnologias para adaptação dos processos da agro-indústria para a utilização do GN; c) Implantação do Laboratório de Eficiência Exergética na Indústria da Soja - LEIS, para estudos de enfoque energético; d) Redução do Impacto Ambiental do processamento da soja através da introdução de um energético considerado "limpo"; e) Realizar análise de viabilidade técnico-econômica da conversão lenha/óleo para GN e possibilidade de Cogeração no processamento da soja; f) Capacitar recursos humanos de nível superior envolvido com GN e agro-indústria; e por fim contribuir para que o Governo Fe deral venha a atingir as metas a curto, médio e longo prazo de consumo nacional de GN. A metodologia consiste em: Levantamento da situação atual da tecnologia processamento da soja, desenvolvimento de aplicativos (softwares, ábacos) para estudos de viabilidade técnica-econômica do uso do GN, Implementação do Laboratório de Eficiência Exergética na Indústria da Soja - LEIS, estudo de Impacto Ambiental da adoção do uso de GN no processamento da soja, e oferta de cursos de extensão..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: George Stanescu - Integrante / M Errera - Coordenador / Silvana da Silva - Integrante / Wiliam Alves Barbosa - Integrante / Fábio Antônio Filipini - Integrante.
Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / Centro Tecnologico Petrobras - Cooperação / Rede Gas Energia - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 19 / Número de orientações: 1


Revisor de periódico


2014 - Atual
Periódico: Energy Conversion and Management
2017 - Atual
Periódico: ACTA SCIENTIARUM-TECHNOLOGY
2017 - Atual
Periódico: Proceedings of the Royal Society of London. Mathematical and Physical Scien


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica/Especialidade: Aproveitamento da Energia.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica/Especialidade: Termodinâmica.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Heat transfer.


Idiomas


Romeno
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
2STANESCU, GEORGE2017 STANESCU, GEORGE. Twice Optimized Evaporative Cooling System with Vortex Tube. DEFECT AND DIFFUSION FORUM, v. 370, p. 103-112, 2017.

2.
1PONS, VINICIUS2017PONS, VINICIUS ; STANESCU, GEORGE . Materiais com mudança de fase: análise de desempenho energético para o Brasil. PARC : PESQUISA EM ARQUITETURA E CONSTRUÇÃO, v. 8, p. 127, 2017.

3.
3STANESCU, G.;STANESCU, GEORGE;G. Stanescu2016STANESCU, G.; ERRERA, M. R. . Optimization of Continuos Mixed-flow Grain Dryers by Constructal Theory. Heat and Technology, v. 34, p. S151-S160, 2016.

4.
5STANESCU, GEORGE2013 STANESCU, GEORGE. Ranque-Hilsch Vortex Tube Potential for Water Desalination. Comparison of Four Thermo-Mechanical Models for Simulating Reactive Flow in Porous Materials, v. 336, p. 147-158, 2013.

5.
4STANESCU, GEORGE2013STANESCU, GEORGE. Constructal law and the design of pedestrian dynamics. Physics of Life Reviews (Print), v. -, p. ---, 2013.

6.
6PETRESCU, S.2013PETRESCU, S. ; COSTEA, M. ; BORIARU, N. ; FEIDT, M. ; DOBROVICESCU, A. ; G. Stanescu ; FLOREA, T. ; PETRE, C. ; LEONTIEV, C. ; BANCHES, E. . THERMODYNAMICS WITH FINITE SPEED (TFS) I. The main moments in the development of TFS. Aplication of the direct method to Otto and Diesel irreversible cycles. TERMOTEHNICA, v. 1, p. 5-18, 2013.

7.
7CASTIGLIONI, Gabriel2013CASTIGLIONI, Gabriel ; STANESCU, GEORGE ; ROCHA, Luiz Alberto Oliveira ; COSTA, JORGE ALBERTO VIEIRA . Analytical modeling and numerical optimization of the biosurfactants production in solid-state fermentation by Aspergillus fumigatus - doi: 10.4025/actascitechnol.v36i1.17818. ACTA SCIENTIARUM-TECHNOLOGY, v. 36, p. 61, 2013.

8.
8BISERNI, C.2007 BISERNI, C. ; ROCHA, L. A. O. ; STANESCU, G. ; LORENZINI, E. . Constructal H-shaped cavities according to Bejan´s theory. International Journal of Heat and Mass Transfer, v. 50, p. 2132-2138, 2007.

9.
9VARGAS, J. V. C.2001STANESCU, G.; VARGAS, J. V. C. ; R, F. ; CAMPOS, M. . A Numerical Model to Predict the Thermal and Psychrometric Response of Electronic Packages. Journal of Electronic Packaging, New York, v. 123, p. 200, 2001.

10.
10MALANCIOIU, O.1997MALANCIOIU, O. ; PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; COSTEA, M. ; MALANCIOIU, O. . THERMODYNAMIC CYCLES WITH THE HEAT SINK TEMPERATURE LOWER THAN THE AMBIENT TEMPERATURE. Construcția de mașini, Romania, v. XLIX, n.10, p. 15-17, 1997.

11.
13STANESCU, G.;STANESCU, GEORGE;G. Stanescu1996 STANESCU, G.; FOWLER, A. J. ; BEJAN, A. . The optimal spacing of cylinders in free-stream cross-flow forced convection. International Journal of Heat and Mass Transfer, USA, v. 39, n.2, p. 311-317, 1996.

12.
11HOMENTCOVSCHI, D.1996STANESCU, G.; HOMENTCOVSCHI, D. ; BEJAN, A. . Cooling of a two-dimensional space with one or more streams making one or more passes. International Journal of Heat and Fluid Flow, USA, v. 17, n.1, p. 78-88, 1996.

13.
14BEJAN, A.1995 STANESCU, G.; BEJAN, A. ; FOWLER, A. J. . The optimal spacing between horizontal cylinders in a fixed volume cooled by natural convection. International Journal of Heat and Mass Transfer, USA, v. 38, n.11, p. 2047-2055, 1995.

14.
12STANESCU, G.;STANESCU, GEORGE;G. Stanescu1994STANESCU, G.; HARMAN, C. M. ; PETRESCU, S. . STUDY OF NONLINEAR OSCILLATIONS OF THE THERMODYNAMIC PENDULUM. AES-THERMODYNAMICS AND DESIGN, ANALYSIS AND IMPROVEMENT OF ENERGY SYSTEMS, USA, v. 33, p. 305-312, 1994.

15.
15PETRESCU, S.1993PETRESCU, S. ; STANESCU, G. . A STRAIGHT METHOD TO STUDY IRREVERSIBLE PROCESSES WHICH DEVELOP IN THERMODYNAMIC CLOSED SYSTEMS. ENGINEERING THERMODYNAMICS REVIEW, Romania, v. 1, p. 69-84, 1993.

16.
19PETRESCU, S.1993PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; IORDACHE, R. ; CECIU-ANDRIAN ; DINU, R. . THE REVERSIBLE AND IRREVERSIBLE ADIABATIC THERMODYNAMIC PENDULUM IN THE HYPOTHESIS OF LARGE OSCILLATIONS. ENERGETICA REVIEW, Romania, v. 41, n.3, p. 116-122, 1993.

17.
16PETRESCU, S.1993PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; IORDACHE, R. . STUDY OF THE REVERSIBLE THERMODYNAMIC PENDULUM IN THE SMALL OSCILLATIONS HYPOTHESIS. ENERGETICA REVIEW, Romania, v. 41, n.2, p. 66-70, 1993.

18.
17PETRESCU, S.1993PETRESCU, S. ; STANESCU, G. . THE OPTIMIZATION CALCULATION OF THE SPARK IGNITION ENGINE THEORETICAL CYCLE WHICH DEVELOPS WITHIN FINITE TIME TAKING THE BURNING SPEED INTO CONSIDERATION. POLYTECHNIC UNIVERSITY SCIENTIFIC BULLETIN, Romania, v. 55, n.3-4, p. 92-102, 1993.

19.
18PETRESCU, S.1993PETRESCU, S. ; STANESCU, G. . THE OPTIMIZATION OF THE OTTO CYCLE WHICH DEVELOPS WITHIN FINITE TIME. POLYTECHNIC UNIVERSITY SCIENTIFIC BULLETIN, Romania, v. 55, n.1-2, p. 108-113, 1993.

20.
20PETRESCU, S.1992PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; R, I. . A CALCULATION AND OPTIMIZATION DIAGRAM OF THE STIRLING ENGINES. POLYTECHNIC UNIVERSITY SCIENTIFIC BULLETIN, Romania, v. 54, n.1-2, p. 145-151, 1992.

21.
21PETRESCU, S.1992PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; IORDACHE, R. . STUDY OF THE FINITE SPEED ADIABAT TAKING INTO ACCOUNT THE VISCOSITY OF THE WORKING MEDIUM AND THE INERTIA FORCES. POLYTECHNIC UNIVERSITY SCIENTIFIC BULLETIN, Romania, v. 54, n.3-4, p. 105-116, 1992.

22.
22PAPADOPOL, C.1986PAPADOPOL, C. ; RADUCANU, P. ; STANESCU, G. . ANNULAR HEATING FURNACE OPERATING AND FUEL CONSUMPTION LOWERING ANALYSIS. POLYTECHNIC UNIVERSITY SCIENTIFIC BULLETIN, Romania, v. VIII, p. 254-260, 1986.

23.
23PAPADOPOL, C.1986PAPADOPOL, C. ; RADUCANU, P. ; STANESCU, G. . THE WASTE HEATING GAS REGENERATION EFFECT ON THE CEMENTING FURNACE OPERATIONAL FACTORS. POLYTECHNIC UNIVERSITY SCIENTIFIC BULLETIN, Romania, v. IX, p. 42-48, 1986.

Capítulos de livros publicados
1.
G. Stanescu; ENE, B. ; VILAG, V. ; ANDREESCU, T. . Constructal approach on the feasibility of compressed air temperature control by vaporative cooling in gas turbine power plants. In: Academia Româna. (Org.). Constructal approach on the feasibility of compressed air temperature control by vaporative cooling in gas turbine power plants. 1ed.Bucharest: Pomanian Academy Publishing House, 2017, v. 1, p. 274-293.

2.
PETRESCU, S. ; COSTEA, M. ; PETRESCU, V. ; BORIARU, N. ; FEIDT, M. ; DOBROVICESCU, A. ; G. Stanescu ; FLOREA, T. ; STANCIU, C. ; LEONTIEV, C. ; BANCHES, E. . The main moments in the development of thermodynamics with finite speed. Application of the Direct Method to Otto and Diesel irreversible cycles.. In: Stoian Petrescu; Monica Costea; Michel Feidt; Ioan Ganea; Nicolae Boriaru. (Org.). Advanced Thermodynamics of Irreversible Processes with Finite Speed and Finite Dimensions. 1ed.Bucharest: AGIR Publishing House, 2015, v. 1, p. 32-57.

3.
SANTOS, E. D. ; C. Marques ; G. Stanescu ; Isoldi L. A. ; ROCHA, L. A. O. . Constructal Design of Vortex Tubes. In: Luiz A.O. Rocha; Sylvie Lorente; Adrian Bejan. (Org.). Constructal Law and the Unifying Principle of Design. 1ed.New York: Springer, 2013, v. 1, p. 259-274.

4.
G. Stanescu. A study of the large oscillations of the thermodynamic pendullum by the method of cubication. In: Adrian Bejan; Eden Mamut. (Org.). Thermodynamic Optimization of Complex Energy Systems. 1ed.Amsterdam: Kluwer Academic Publishers, 1999, v. 1, p. 445-452.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
STANESCU, GEORGE; DE OLIVEIRA CABRAL, CARLOS AUGUSTO . VORTEX TUBE EQUIPPED SYSTEM FOR REDUCING EMISSIONS OF HYDROCARBONS IN UNDERGROUND STORAGE TANKS. In: 24th ABCM International Congress of Mechanical Engineering, 2017. Procceedings of the 24th ABCM International Congress of Mechanical Engineering. v. 1.

2.
G. Stanescu; ERRERA, M. R. ; SCHMID, A. L. . Waste pressure energy recovering hybrid system for evaporative cooling. In: 12th International Conference on Heat Transfer, Fluid Mechanics and Thermodynamics, 2016, Malaga, Spain. Proceedings of the 12th International Conference on Heat Transfer, Fluid Mechanics and Thermodynamics. Malaga, Spain: Prof JP Meyer Editor Publisher: HEFAT, 2016. v. 1. p. 138-143.

3.
G. Stanescu; PONS, V. ; SCHMID, A. L. . Barreiras térmicas com mudança de fase para redução do consumo de energia no ambiente construído. In: XIII Encontro Nacional e IX Encontro Latinoamericano de Conforto no Ambiente Construído, 2015, Campinas. ANAIS DO ENCAC/ELACAC 2015, 2015.

4.
PARUCKER, S. ; SCHMID, A. L. ; G. Stanescu . Harmonizando eficiência energética e preservação do patrimônio arquitetônico: dois estudos de caso. In: XIII Encontro Nacional e IX Encontro Latinoamericano de Conforto no Ambiente Construído, 2015, Campinas. XIII Encontro Nacional e IX Encontro Latinoamericano de Conforto no Ambiente Construído, 2015.

5.
G. Stanescu; SCHMID, A. L. . Thermodynamic Approach on the Condensation Risk in Built Environment. In: 10th International Conference on Heat Transfer, Fluid Mechanics and Thermodynamics - HEFAT 2014, 2014, ORLANDO. Proceedings of the 10th International Conference on Heat Transfer, Fluid Mechanics and Thermodynamics, 2014. v. 1. p. 652-659.

6.
G. Stanescu; COLOMBO, R. H. . STUDY OF GAS SPRINGS EQUIPPED PASSIVE COMPENSATORS FOR OFFSHORE INSTALLATION OF HEAVY MODULES. In: 15th Brazilian Congress of Thermal Sciences and Engineering, 2014, Belem. Proceedings of the 15th Brazilian Congress of Thermal Sciences and Engineering. Belem: Wave Media/ Itarget Tecnologia, 2014.

7.
STANESCU, G.; CABRAL, C. A. O. ; SANTOS, M. C. . EXPERIMENTAL STUDY ON THE VORTEX TUBE POTENTIAL TO INCREASE AIR MOISTURE REMOVAL AND CARRYING CAPABILITY. In: 15th International Conference on Experimental Mechanics/ ICEM15, 2012, Porto. Proceedings of the 15th International Conference on Experimental Mechanics. Porto: EDIÇÔES INEGI, 2012.

8.
STANESCU, G.. KINETIC MODELING OF ENERGY SEPARATION PROCESS INTO A RANQUE-HILSCH VORTEX TUBE. In: 14th Brazilian Congress of Thermal Sciences and Engineering, 2012, Rio de Janeiro. Proceedings of ENCIT 2012. Rio de Janeiro: Copyright © 2012 by ABCM, 2012. v. -. p. ---.

9.
STANESCU, G.; SANTOS, D. D. S. . EXERGY AND ENVIRONMENTAL ANALYSIS OF A PETROLEUM PIPELINE TRANSPORTATION SYSTEM. In: 14th Brazilian Congress of Thermal Sciences and Engineering, 2012, Rio de Janeiro. Proceedings of ENCIT 2012. Rio de Janeiro: Copyright © 2012 by ABCM, 2012. v. -. p. ---.

10.
STANESCU, G.; ROCHA, L. A. O. . THERMODYNAMIC MODELING OF ENERGY SEPARATION PROCESS INTO A RANQUE-HILSCH VORTEX TUBE. In: 14th Brazilian Congress of Thermal Sciences and Engineering, 2012, Rio de Janeiro. Proceedings of ENCIT 2012. Rio de Janeiro: Copyright © 2012 by ABCM, 2012. v. -. p. ---.

11.
STANESCU, G.; ERRERA, M. R. . ENERGY RECOVERY STRATEGIES FOR CONTINUOUS MIXED-FLOW GRAIN DRYERS OPTIMIZATION. In: 21st Brazilian Congress of Mechanical Engineering, 2011, Natal, RN, Brazil. Proceedings of the 21st Brazilian Congress of Mechanical Engineering, 2011.

12.
Vanessa M. A. ; ERRERA, M. R. ; Machado K. S. ; GODOI, A. F. L. ; FROEHNER, S. J. ; STANESCU, G. ; KRIEGER FILHO, G. C. . TAR SAMPLING BY SOLID PHASE MICRO EXTRACTION IN BIOMASS COMBUSTION. In: 21st Brazilian Congress of Mechanical Engineering, 2011, Natal, RN, Brazil. Proceedings of COBEM 2011, 2011.

13.
C. Marques ; STANESCU, G. ; Souza J. A. ; Isoldi L. A. ; SANTOS, E. D. ; ROCHA, L. A. O. . GEOMETRICAL OPTIMIZATION OF A VORTEX TUBE GEOMETRY EMPLOYING CONSTRUCTAL DESIGN. In: Constructal Law Conference, 2011, Porto Alegre, RS. Constructal Law Conference Proceeedings, 2011.

14.
STANESCU, G.; ERRERA, M. R. . GRAIN DRYING FINITE TIME PROCESS OPTIMIZATION. In: 7th International Conference on Heat transfer, Fluid Mechanics & Thermodynamics/ HEFAT2010, 2010, Antalya. Proceedings of the 7th International Conference on Heat transfer, Fluid Mechanics & Thermodynamics, 2010.

15.
ERRERA, M. R. ; MARIN, C. A. ; STANESCU, G. . Mathematical modeling of the effect of urban fleet size on automotive vehicles emissions. In: 13º Congresso Brasileiro de Ciências Térmicas e Engenharias/ENCIT2010, 2010, Uberlândia. Anais do 13º Congresso Brasileiro de Ciências Térmicas e Engenharias, 2010.

16.
STANESCU, G.; ERRERA, M. R. ; ROCHA, L. A. O. . Energy recovering during gas pressure letdown process in natural gas pipelines transmission. In: COBEM 2009, 20th International Congress of Mechanical Engineering, 2009, Gramado, RS. Proceedings os the 20th International Congress of Mechanical Engineering, 2009.

17.
STANESCU, G.; ERRERA, M. R. ; ROCHA, L. A. O. . Exergy analysis of grain dryers with cogeneration or trigeneration. In: The 2nd International Exergy, Energy and Environment Symposium, 2005, Kos. Proceedings of the The 2nd International Exergy, Energy and Environment Symposium, 2005.

18.
Bacelo L R ; da Costa J A V ; ROCHA, L. A. O. ; STANESCU, G. . Otimização numérica da concentração de biomassa da cianobactéria SPIRULINA PLATENSIS em un sistema fechado e que utiliza como meio de cultivo a água da Lagoa Mangueira. In: 10th Brasilian Congress of Thermal Engineering and Sciences, 2004, Rio de Janeiro. Proceedings of the 10th Brasilian Congress of Thermal Engineering and Sciences. Rio de Janeiro, 2004.

19.
ERRERA, M. ; STANESCU, G. ; Balcewicz LV . EduCATHE: Computer aided thermoeconomic analysis educational software. In: 16th International Conference on Efficiency, Costs, Optimization, Simulation and Environmental Impact of Energy Systems, 2003, Copenhague. Proceedings of the 16th International Conference on Efficiency, Costs, Optimization, Simulation and Environmental Impact of Energy Systems. Lyngby, Denmark: IKON Ducument Services, 2003. v. 1. p. 743-749.

20.
STANESCU, G.; ERRERA, M. ; FILIPINI, F. A. ; CAMPOS, M. . Analise exergetica de plantas de secagem de graos com gaseificacao de residuos solidos. In: VI Congresso Ibero-Americano de Engenharia Mecânica - CIBEM 6, 2003, Coimbra. Anais do VI Congresso Ibero-Americano de Engenharia Mecânica - CIBEM 6. Coimbra: xxx, 2003. v. 2. p. 234-242.

21.
STANESCU, G.; FILIPINI, F. A. ; ERRERA, M. . Mathematical Modeling of Industrial Soybeans Dryers with Cogeneration or Trigeneration. In: 17th International Congress of Mechanical Engineering, COBEM2003, 2003, São Paulo. Proceedings of the 17th International Congress of Mechanical Engineering, COBEM2003. Rio de Janeiro, Brazil: The Brazilian Society of Mecahanical Sciences and Engineering, 2003. v. 1. p. 54-67.

22.
FILIPINI, F. A. ; STANESCU, G. ; ERRERA, M. . Exergy analysis of soybeans drying plants with cogeneration and trigeneration. In: 17th Intenational Congress of Mechanical Engineering, COBEM2003, 2003, São Paulo. Proceedings of the 17th International Congress of Mechanical Engineering, COBEM2003. Rio de Janeiro, Brazil: The Brazilian Society of Mechanicall Sciences and Engineering, 2003. v. 2. p. 32-42.

23.
DANTAS, J. D. ; STANESCU, G. ; VARGAS, J. V. C. . MODELAGEM MATEMÁTICA DO REGENERADOR EM UMA UNIDADE DE CRAQUEAMENTO CATALÍTICO. In: II Encontros dos Programas de Recursos Humanos, 2002, Curitiba, PR, 2002.

24.
SCHMID, A. L. ; STANESCU, G. ; DRUSZCZ, M. T. ; SILVA, S. . ANÁLISE DO DESEMPENHO TÉRMICO DE UM EDIFÍCIO DE APARTAMENTOS RESIDENCIAIS EM REGIÃO DE TEMPERATURAS ELEVADAS: OTIMIZAÇÃO DO SISTEMA DE VEDAÇÃO. In: VI Encontro Nacional sobre Conforto no Ambiente Construído - ENCAC2001, 2001, São Pedro, Campinas, São Paulo. ANAIS ENCAC2001, 2001.

25.
STANESCU, G.; COSTA, J. E. L. ; ANDRADE, C. . EXERGY ANALYSIS OF THE FIGUEIRA THERMAL POWER PLANT OPERATION. In: 8th Brazilian Congress of Thermal Engineering and Sciences, 2000, Porto Alegre, 2000.

26.
STANESCU, G.. SHAPE OPTIMIZATION OF A PELTIER HEAT PUMP WITH VARIABLE CROSS-SECTIONAL AREA. In: 8th Brazilian Congress of Thermal Engineering and Sciences, 2000, Porto Alegre, 2000.

27.
STANESCU, G.; ROCHA, L. A. O. ; COSTA, J. A. V. ; VARGAS, J. V. C. . STUDY OF A VORTEX - TUBE EQUIPPED COLUMN REACTOR FOR SOLID STATE FERMENTATION. In: 7TH BRAZILIAN CONGRESS OF ENGINEERING AND THERMAL SCIENCES, 1998, RIO DE JANEIRO, RJ, BRAZIL. Proceedings of the 7th brazilian congress of engineering and thermal sciences. Rio de Janeiro: ABCM - Brazilian Society of Mechanical Sciences, 1998. v. 1. p. 478-483.

28.
VARGAS, J. V. C. ; STANESCU, G. ; FLEMING, J. S. ; SILVA, J. M. M. ; BRANCO, O. H. G. . MAXIMUM SECOND LAW EFFICIENCY IN SOLAR EJECTOR REFRIGERATORS. In: ENCIT98 7TH BRAZILIAN CONGRESS OF ENGINEERING AND THERMAL SCIENCES, 1998, RIO DE JANEIRO/BRAZIL. Proceedings of the 7th Brasilian congress of Engineering and Thermal Sciences. Rio de Janeiro: ABCM - Brazilian Society of Mechanical Scieces, 1998. v. 1. p. 393-398.

29.
ROCHA, L. A. O. ; STANESCU, G. ; VARGAS, J. V. C. . A THEORETICAL AND EXPERIMENTAL STUDY OF THE VORTEX TUBE. In: XIV BRAZILIAN CONGRESS OF MECHANICAL ENGINEERING, 1997, BAURU, SP, BRAZIL. Proceedings of the 14th brazilian congress of mechanical engineering. Sao Paulo: ABCM - Brazilian Society of Mechanical Sciences, 1997. v. 1.

30.
STANESCU, G.. STUDY OF A CARNOT-LIKE CYCLE WITH VARIABLE FINITE SPEED. In: 3RD INTERNATIONAL THERMAL ENERGY & ENVIRONMENT CONGRESS ITEEC'97, 1997, MARRAKECH, MOROCCO. Proceedings of the 3rd International Congress on Thermal Energy and Environment, 1997. v. 1.

31.
STANESCU, G.. LIMIT CYCLES OF THE DISSIPATIVE THERMODYNAMIC PENDULUM. In: 6TH NATIONAL CONFERENCE OF ENGINEERING THERMODYNAMICS, 1996, IASI-CHISINAU, ROMANIA. Proceedings of the 6th Romanian Conference of Engineering Thermodynamics. Bucharest, Romania: Romanian Technical Publishing House, 1996. v. 1. p. 53-58.

32.
COSTEA, M. ; PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; DANESCU, R. . THERMAL AND DIMENSIONAL OPTIMIZATION OF A SOLAR STIRLING ENGINE CAVITY TYPE RECEIVER. In: FLORENCE WORLD ENERGY RESEARCH SYMPOSIUM FLOWERS'94, 1994, FLORENCE, ITALY. Proceedings of the Florence World Energy research Symposium. Florence, Italy, 1994. v. 1. p. 1075-1082.

33.
COSTEA, M. ; PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; DANESCU, R. . STUDY OF THE PERFORMANCES OF A CONCENTRATED SOLAR RADIATION RECEIVER FOR A SOLAR STIRLING ENGINE. In: 4TH NATIONAL CONFERENCE OF ENGINEERING THERMODYNAMICS, 1994, TIMISOARA, ROMANIA. Proceedings of the 4th Romanian Conference of Engineering Thermodynamics. Bucharest, Romania: Romanian Technical Publishing House, 1994. v. 4. p. 193-199.

34.
STANESCU, G.; PETRESCU, S. . STUDY OF THE CARNOT CYCLE WITH RADIATIVE HEAT SOURCES. In: 4TH NATIONAL CONFERENCE OF ENGINEERING THERMODYNAMICS, 1994, TIMISOARA, ROMANIA. Proceedings of the 4th Romanian Conference of Engineering Thermodynamics. Bucharest, Romania: Romanian Technical Publishing House, 1994. v. 1. p. 48-53.

35.
STANESCU, G.; PETRESCU, S. ; COSTEA, M. . THE GAS-SPRINGS COUPLING. THE THERMODYNAMIC PENDULUMS SERIES COUPLING. In: 4TH NATIONAL CONFERENCE OF ENGINEERING THERMODYNAMICS, 1994, TIMISOARA, ROMANIA. Proceeedings of the 4th Romanian Conference of Engineering Thermodynamics. Bucharest, Romania: Romanian Technical Publishing House, 1994. v. 1. p. 42-48.

36.
STANESCU, G.; PETRESCU, S. . THE STUDY OF SOME OSCILLATING SYSTEMS OF TYPE OF THERMODYNAMIC PENDULUM. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON ENERGY SYSTEMS AND ECOLOGY ENSEC'93, 1993, KRAKOW, POLAND. Proceedings of the International Conference on Energy Systems and Ecology, 1993. v. 1. p. 225-232.

37.
STANESCU, G.; PETRESCU, S. ; COSTEA, M. . THE STUDY FOR OPTIMIZATION OF THE CARNOT CYCLE WHICH DEVELOPS WITH FINITE SPEED. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON ENERGY SYSTEMS AND ECOLOGY ENSEC'93, 1993, KRAKOW, POLAND. Proceedings of the International Conference on Energy Systems and Ecology, 1993. v. 1. p. 269-276.

38.
PETRESCU, S. ; IORDACHE, R. ; STANESCU, G. ; COSTEA, M. . THE DIMENSIONAL OPTIMIZATION OF A CAVITY TYPE RECEIVER FOR A SOLAR STIRLING ENGINE TAKING INTO ACCOUNT THE INFLUENCE OF THE PRESSURE LOSSES, FINITE SPEED LOSSES, FRICTION LOSSES, AND THE CONVECTIVE HEAT TRANSFER. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON ENERGY SYSTEMS AND ECOLOGY ENSEC'93, 1993, KRAKOW, POLAND. Proceedings of the International Conference on Energy Systems and Ecology, 1993. v. 2. p. 891-898.

39.
PETRESCU, S. ; PETRESCU, V. ; STANESCU, G. ; COSTEA, M. . A COMPARISON BETWEEN OPTIMIZATION OF THERMAL MACHINES AND FUEL CELLS BASED ON A NEW EXPRESSION OF THE FIRST LAW OF THERMODYNAMICS FOR PROCESSES WITH FINITE SPEED. In: 1ST INTERNATIONAL THERMAL ENERGY CONGRESS ITEC'93, 1993, MARRAKECH, MOROCCO. Proceedings of the 1st International Thermal Energy Congress, 1993. v. 1. p. 654-657.

40.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; PETRESCU, V. ; COSTEA, M. . A DIRECT METHOD FOR OPTIMIZATION OF IRREVERSIBLE CYCLES USING A NEW EXPRESSION FOR THE FIRST LAW OF THERMODYNAMICS, FOR PROCESSES WITH FINITE SPEED. In: 1ST INTERNATIONAL THERMAL ENERGY CONGRESS ITEC'93, 1993, MARRAKECH, MOROCCO. Proceedings of the 1st International Thermal Energy Congress, 1993. v. 1. p. 650-653.

41.
STANESCU, G.; PETRESCU, S. . STUDY OF THE DOUBLE THERMODYNAMIC PENDULUM FORCED OSCILLATIONS. In: 3RD NATIONAL CONFERENCE OF ENGINEERING THERMODYNAMICS, 1993, BUCHAREST, ROMANIA. Proceedings of the 3rd Romanian Conference Of Engineering Thermodynamics. Bucharest, Romania: Romanian Technical Publishing House, 1993. v. 1. p. 150-153.

42.
STANESCU, G.; PETRESCU, S. ; COSTEA, M. . THE GAS-SPRINGS COUPLING. THE THERMODYNAMIC PENDULUMS PARALLEL COUPLING. In: 3RD NATIONAL CONFERENCE OF ENGINEERING THERMODYNAMICS, 1993, BUCHAREST, ROMANIA. Proceedings of the 3rd Romanian Conference of Engineering Thermodynamics. Bucharest, Romania: Romanian Techincal Publishing House, 1993. v. 1. p. 154-157.

43.
PETRESCU, S. ; IORDACHE, R. ; STANESCU, G. ; DOBROVICESCU, A. . THE FIRST LAW OF THERMODYNAMICS FOR CLOSED SYSTEMS, CONSIDERING THE IRREVERSIBILITIES GENERATED BY THE FRICTION PISTON-CYLINDER, THE THROTTLING OF THE WORKING FLUID AND THE FINITE SPEED OF THE MECHANICALINTERACTION. In: INTL. SYM. ON EFFICIENCY, COSTS, OPTIMIZATION AND SIMULATION OF ENERGYSYSTEMS ECOS'92, 1992, ZARAGOZA, SPAIN. Proceedings of the International Symposium on Efficiency, Costs, Optimization and Simulation of Energy Systems. New York, Estados Unidos: ASME - American Society of Mechanical Engineering, 1992. v. 1. p. 33-39.

44.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; IORDACHE, R. . IRREVERSIBILITY GENERATION MECHANISMS IN CASE OF THE POLYTROPIC THERMODYNAMIC OSCILLATOR. In: INTL. SYM. ON EFFICIENCY, COSTS, OPTIMIZATION AND SIMULATION OF ENERGYSYSTEMS ECOS'92, 1992, ZARAGOZA, SPAIN. Proceedings of the International Symposium on Efficiency, Costs, Optimization and Simulation of Energy Systems. New York, Estados Unidos: ASME - American Society of Mechanical Engineering, 1992. v. 1. p. 41-47.

45.
GRIGORIU, M. ; ARJOCU, S. ; VASILESCU, E. ; POPESCU, G. ; STANESCU, G. . THE AIR CONDITIONING PROCESSES STUDY FOR SOME APPLICATIONS. In: 1ST NATIONAL CONFERENCE OF ENGINEERING THERMODYNAMICS, 1992, BUCHAREST, ROMANIA. Proceedings of the 1st Romanian Conference of Engineering Thermodynamics. Bucharest, Romania: Romanian Technical Publishing House, 1992. v. 2. p. 180-192.

46.
STANESCU, G.; PETRESCU, S. ; IORDACHE, R. . THERMODYNAMIC ANALYSIS OF SOME METHODS FOR THERMAL ENERGY STORAGE. In: 1ST NATIONAL CONFERENCE OF ENGINEERING THERMODYNAMICS, 1992, BUCHAREST, ROMANIA. Proceedings of the 1st Romanian Conference of Engineering Thermodynamics. Bucharest, Romania: Romanian Technical Publishing House, 1992. v. 2. p. 50-55.

47.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. . NUMERICAL METHOD FOR DETERMINATION OF CHARACTERISTIC PARAMETERS OF THEORETICAL OTTO CYCLE TAKING INTO ACCOUNT THE FINITE SPEED OF PROCESSES. In: 1ST NATIONAL CONFERENCE OF ENGINEERING THERMODYNAMICS, 1992, BUCHAREST, ROMANIA. Proceedings of the 1st Romanian Conference of Engineering Thermodynamics. Bucharest, Romania: Romanian Technical Publishing House, 1992. v. 1. p. 78-83.

48.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. . OPTIMIZATION OF THE BRYTON CYCLE WITH FINITE SPEED. In: 1ST NATIONAL CONFERENCE OF ENGINEERING THERMODYNAMICS, 1992, BUCHAREST, ROMANIA. Proceedings of the 1st Romanian Conference of Engineering Thermodynamics. Bucharest, Romania: Romanian Technical Publishing House, 1991. v. 1. p. 72-77.

49.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; IORDACHE, R. . THE INFLUENCE OF THE NATURE OF WORKING FLUID ON THE BEHAVIOR OF ADIABATIC PENDULUM. In: 1ST NATIONAL CONFERENCE OF ENGINEERING THERMODYNAMICS, 1992, BUCHAREST, ROMANIA. Poceedings of the 1st Romanian Conference of Engineering Thermodynamics. Bucharest, Romania: Romanian Technical Publishing House, 1991. v. 1. p. 33-38.

50.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; IORDACHE, R. . THERMODYNAMIC OSCILLATORS. COMPARATIVE STUDY OF ADIABATIC AND ISOTHERMAL OSCILLATORS. In: 1ST NATIONAL CONFERENCE OF ENGINEERING THERMODYNAMICS, 1992, BUCHAREST, ROMANIA. Proceedings of the 1st Romanian Conference of Engineering Thermodynamics. Bucharest, Romania: Romanian Technical Publishing House, 1992. v. 1. p. 27-32.

51.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; IORDACHE, R. ; POPESCU, G. . NUMERICAL METHOD FOR OPTIMIZATION OF THE BRAYTON CYCLE. In: SYMPOSIUM OF THE ROMANIAN SOCIETY OF ENGINEERING AIDED BY COMPUTER SIAC'91, 1991, BUCHAREST, ROMANIA. Proceedings of the Romanian Society of Engineering Aided by Computer Symposium. Bucharest, Romania: Romanian Technical Publishing House, 1991. v. 1. p. 339-345.

52.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; IORDACHE, R. ; POPESCU, G. . THE INFLUENCE OF THE INCREASING PRESSURE COEFFICIENT DURING THE COMBUSTION PROCESS AND THE INITIAL TEMPERATURE ON THE OTTO CYCLE EFFICIENCY TAKING INTO ACCOUNT THE DEPENDENCE OF SPECIFIC HEATS OF THE WORKING FLUID ON THE TEMPERATURE. In: SYMPOSIUM OF THE ROMANIAN SOCIETY OF ENGINEERING AIDED BY COMPUTER SIAC'91, 1991, BUCHAREST, ROMANIA. Proceedings of the Romanian Society of Engineering Aided by Computer Symposium. Bucharest, Romania: Romanian Technical Publishing House, 1991. v. 1. p. 302-307.

53.
PETRESCU, S. ; IORDACHE, R. ; STANESCU, G. . THE DIMENSIONAL OPTIMIZATION OF A CONCENTRATED SOLAR RADIATION RECEIVER FOR A SOLAR STIRLING ENGINE TAKING INTO ACCOUNT THE INFLUENCE OF THE PRESSURE LOSSES AND CONVECTIVE HEAT TRANSFER. In: SYSMPOSIUM OF THE ROMANIAN SOCIETY OF ENGINEERING AIDED BY COMPUTER SIAC'91, 1991, BUCHAREST, ROMANIA. Proceedings of the Romanian Society of Engineering Aided by Computer Symposium. Bucharest, Romania: Romanian Technical Publishing House, 1991. v. 1. p. 5-12.

54.
PAPADOPOL, C. ; STANESCU, G. ; RADUCANU, P. . NUMERICAL METHOD FOR HEATING PATTERN ANALYSIS IN A PARALLELEPIPED-TYPE MACHINE COMPONENT. In: THERMODYNAMICS AND THERMAL MACHINES SYMPOSIUM, 1988, TIMISOARA, ROMANIA. Proceedings of Thermodynmics and Thermal Machines Symposium. Timisoara, Romania: Publishing House of the Polytechnic University of Timisoara, 1988. v. 1. p. 259-263.

55.
PAPADOPOL, C. ; RADUCANU, P. ; STANESCU, G. . THE WORKING CONDITIONS AND HEAT REGENERATION OPTIMIZATION FOR THE ANNULAR HEATING FURNACE CONSUMPTION LOWERING. In: THERMODYNAMICS AND THERMAL MACHINES SYMPOSIUM, 1988, TIMISOARA, ROMANIA. Proceedings of Thermodynamics and Themal Machines Symposium. Timisoara, Romania: Publishing House of the Polytechnic University of Timisoara, 1988. v. 1. p. 75-78.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Bacelo L R ; da Costa J A V ; ROCHA, L. A. O. ; STANESCU, G. . Numerical optimization of biomass concentration of the cyanobacterium SPIRULINA PLATENSIS in an open system using Mangueira Lagoon water as culture medium. In: International Symposium: CSSD, 2004, Ile des Embiez. Proceedings of the International Symposium: CSSD, 2004. v. 1. p. 36.

Apresentações de Trabalho
1.
G. Stanescu. Twice Optimized Evaporative Cooling System with Vortex Tube. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
STANESCU, G.. STUDY ON PUBLIC BUILDINGS´ THERMAL AND PSYCHOMETRIC BEHAVIOR. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
STANESCU, G.. TECHNOLOGIES FOR IMPROVING THE PUBLIC BUILDINGS´ ENERGY EFFICIENCY. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
STANESCU, G.; ERRERA, M. R. . Sistema de controle para aumento da eficiência energética em secadores de grãos a GN. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
ERRERA, M. ; STANESCU, G. ; FILIPINI, F. A. . Diagnostico energetico assistido por computador (CATHE). 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
DANTAS, J. D. ; STANESCU, G. ; VARGAS, J. V. C. . Geração de entropia por mecanismo quimico em unidades de craqueamento catalítico. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
JACOBS, A. L. S. ; ERRERA, M. ; STANESCU, G. . Desenvolvimento de sistemas de armazenamento de energia térmica para transformação de residuos pesados em sub-produtos. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
STANESCU, G.. Maquinas Termicas de Combustao externa. 2000. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
STANESCU, G.. Cogeracao utilizando gas natural. 2000. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
STANESCU, G.. Otimizacao termodinamica - analise termo-dinamica de sistemas complexos. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
STANESCU, G.. Energia e o nosso dia dia!. 2000. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
STANESCU, G.. Aspectos nao lineares no projeto de reatores de coluna equipados com tubo-Vortex para fermentacao semi-solida. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
STANESCU, G.. Geografia Emocional. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
STANESCU, G.. Dinamica nao-linear dos sistemas termodinamicos oscilantes. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
STANESCU, G.. Study of free and forced oscillations of a thermodynamic pendulum. 1995. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
G. Stanescu. ESTUDO DE UM SISTEMA HÍBRIDO COM TUBO VORTEX PARA RESFRIAMENTO EVAPORATIVO 2015 (TESE INÉDITA).

2.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; COSTEA, M. ; DANESCU, R. ; STOIAN, G. . Termodinamica Tehnica Avansata. Bucharest: Romanian Technical Publishing House, 1997. (Tradução/Livro).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
STANESCU, G.; ERRERA, M. R. . Diagnósticos energéticos para o uso final de energia térmica. 2004.

2.
STANESCU, G.; CAMPOS, M. ; ERRERA, M. . Analise das opcoes de conduta energetica a ser adota na empresa Sonoco do Brasil. 2001.

3.
STANESCU, G.; CAMPOS, M. ; ERRERA, M. . Analise das opcoes de conduta energetica a ser adotada na empresa Frigorifico Navirai. 2001.

4.
STANESCU, G.; CAMPOS, M. ; ERRERA, M. . Analise de conduta energetica a ser adotada na empresa Araupel. 2001.

5.
STANESCU, G.; ERRERA, M. . Pesquisa e desenvolvimento de aplicativo computacional para analise exergetica em plantas industriais.. 2001.

6.
SCHMID, A. L. ; STANESCU, G. ; DRUSZCZ, M. T. ; SILVA, S. . Estudo de possibilidades arquitectonicas de reducao de carga termica e aumento de conforto de um edificio residencial em Cuiaba, MT. 2001.

7.
STANESCU, G.; ERRERA, M. ; CAMPOS, M. . Avaliação energética e exergética da célula de combustível PC25TM-C. 2001.

8.
STANESCU, G.; VARGAS, J. V. C. ; ERRERA, M. ; CAMPOS, M. ; S JUNIOR, W. L. . Determinação de características térmicas de gabinetes com equipamentos geradores de calor e trocador de calor ar-ar. 2001.

9.
GRIGORIU, M. ; STANESCU, G. ; ARJOCU, S. . Study of some technical solution to increase by 8% the mass flow rate output of a SYBETRA plant for ammonia. 1988.

10.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; POPESCU, G. ; DOBROVICESCU, A. ; RADCENCO, V. . Study of concentrated solar receivers for free piston solar engines. 1986.

11.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; POPESCU, G. . Optimization of a 6V396 and 12V396 diesel engines heat exchangers to improve their functioning for extreme climate conditions. 1984.

12.
RADCENCO, V. ; STANESCU, G. ; PETRESCU, S. ; DOBROVICESCU, A. . Theoretical and experimental study oa a new method to produce drinking water by freezing sea water, by using solar energy. 1983.

Programas de computador sem registro
1.
ERRERA, M. R. ; FILIPINI, F. A. ; STANESCU, G. . Agrogas 1.4. 2004.

2.
STANESCU, G.; ERRERA, M. ; FILLIPINI, F. A. . AGROGÁS 1.21. 2003.

3.
ERRERA, M. ; STANESCU, G. . EduCathe. 2002.

4.
STANESCU, G.; ERRERA, M. . ANEX-software para analise exergetica de sistemas e processos industrais. 2001.

Produtos tecnológicos
1.
ERRERA, M. R. ; STANESCU, G. . Integrador de insumos energéticos para secagem de graõs. 2005.

2.
STANESCU, G.. Tunelo de vento. 2000.

3.
STANESCU, G.; CAMPOS, M. . Ambiente com temperatura e umidade controladas para medicao de caracteristicas termicas de varios tipos de shelters. 1999.

4.
STANESCU, G.; CAMPOS, M. . Gabinete referencia para analise e proposta de trocadores de calor em circuito fechado. 1999.

5.
STANESCU, G.. Estudo e otimizacao de paredes pre-fabricadas com coeficiente de transferencia de calor em funcao da direcao do gradiente de temperatura. 1999.

6.
STANESCU, G.; VARGAS, J. V. C. ; CAMPOS, M. . Abaco para especificacao de trocadores de calor tipo Nilko Metalurgica. 1999.

7.
STANESCU, G.. Reator de coluna equipado com tube-Vortex para fermentacao semi-solida. 1998.

8.
STANESCU, G.; CAMPOS, M. . Espaco (estufa) com temperatura e umidade controladas nas faixas 30 - 80 grau Celsius e 50 - 98 %, respetivamente. 1998.

9.
STANESCU, G.. Otimizacao de um sistema de refigeracao utilizando tubo Vortex. 1997.

10.
STANESCU, G.. Tunelo de vento para baixos numeros de Reynolds (estudos de resfriamento de equipamentos eletronicos). 1997.

11.
STANESCU, G.; BEJAN, A. . Low Reynolds wind tunnel. 1994.

12.
STANESCU, G.. Experimental device to study thermodynamic irreversibity into a heat regenerator of a free piston Stirling engine. 1993.

13.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; IORDACHE, R. ; RADCENCO, V. ; POPESCU, G. ; GRIGORIU, M. . INDUSTRIAL PROTOTIPE EQUIPMENT TO PRODUCE ICE CYLINDRICAL CAKES. 1990.

14.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; IORDACHE, R. ; POPESCU, G. ; TRIFAN, S. . CONCENTRATED SOLAR RECEIVERS FOR FREE PISTON SOLAR ENGINES. 1986.

Processos ou técnicas
1.
GRIGORIU, M. ; STANESCU, G. ; POPESCU, G. ; ARJOCU, S. . OPTIMIZATION OF THE FUNCTIONING OF SOME REFRIGERATING PLANTS WHEN USING NEW WORKING FLUIDS. 1991.

2.
GRIGORIU, M. ; STANESCU, G. ; ARJOCU, S. ; DOBROVICESCU, A. ; POPESCU, G. . TECHNICAL SOLUTIONS TO INCREASE BY 8% THE MASS FLOW RATE OUTPUT OF A SYBETRA PLANT FOR AMMONIA. 1988.

3.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; RADCENCO, V. ; POPESCU, G. . A NEW METHOD TO PRODUCE DRINKING WATER BY FREEZING SEA WATER, BY USING SOLAR ENERGY. 1983.

Trabalhos técnicos
1.
STANESCU, G.; ERRERA, M. R. . AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DO RESFRIAMENTO EVAPORATIVO DO AR NA ENTRADA DE CONDENSADORES DE SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO COM COMPRESSÃO DE VAPOR. 2005.

2.
STANESCU, G.; Gobbi E F ; ERRERA, M. R. . ESTRATÉGIA DE OPERAÇÃO DA UNIDADE DE BLENDAGEM PARA CO-PROCESSAMENTO DA INDÚSTRIA ESSENCIS ? SOLUÇÕES AMBIENTAIS. 2005.

3.
ERRERA, M. R. ; STANESCU, G. ; SANTANA, M. J. J. ; BARBOSA, W. A. . Relatório Final do Projeto Agrogás: Relatório final, conclusivo, contendo as análises de viabilidade técnica-econômica da conversão dos equipamentos existentes para uso de GN, e com relato completo da implementação do laboratório LE2IS. 2005.

4.
STANESCU, G.; ERRERA, M. R. ; NIKKEL, W. . Análise comparativa de conjuntos de esteiras transportadoras de bagagens em instalações aeroportuárias e esteiras transportadoras de pessoas e produtos. 2004.

5.
ERRERA, M. ; STANESCU, G. ; FILIPINI, F. A. ; BARBOSA, W. A. . Relatorio parcial sobre desenvolvimento de aplicativos para estudos de viabilidade tecnico-economica do uso de GN em toda cadeia produtiva da industria da soja. 2003.

6.
STANESCU, G.; CAMPOS, M. ; S JUNIOR, W. L. ; VARGAS, J. V. C. ; BARBOSA, W. A. . Caracterização térmica de trocadores de calor. 2002.

7.
STANESCU, G.; CAMPOS, M. ; VARGAS, J. V. C. . Teste de condutibilidade térmica de paredes compostas para gabinetes BRASILSAT. 2002.

8.
STANESCU, G.; ERRERA, M. ; BARBOSA, W. A. ; FILIPINI, F. A. . Relatório parcial sobre o levantamento da situação atual da tecnologia de processamento de soja, contendo a avaliação do potencial de integração de cogeração, associando unidade geradora de energia elétrica e vapor a GN nas plantas. 2002.

9.
STANESCU, G.; ERRERA, M. ; BARBOSA, W. A. ; FILIPINI, F. A. . Relatório contendo a melhor configuração de planta de cogeração em função de razão produtividade/consumo de GN. 2002.

10.
STANESCU, G.; VARGAS, J. V. C. ; CAMPOS, M. ; ERRERA, M. ; SCHMID, A. L. . Modelagem matemática e otimização de gabinetes da BRASILSAT para equipamentos de telecomunicações. 2001.

11.
VARGAS, J. V. C. ; STANESCU, G. ; CAMPOS, M. ; S JUNIOR, W. L. ; ERRERA, M. ; BARBOSA, W. A. . Caracterização térmica e mecânica de gabinetes para acondicionamento de equipamentos eletrônicos. 2001.

12.
STANESCU, G.; ERRERA, M. . Desenvolvimento tecnologico para cogeracao a gas natural na industria alimenticia. 2000.

13.
ERRERA, M. ; STANESCU, G. . Desenvolvimento tecnologico para introducao do gas natural no setor agro-industrial do Estado do Parana. 2000.

14.
STANESCU, G.. Estudo de funcionamento de celulas de combustivel para otimizacao da conversao direta de energia quimica em energia eletrica. 2000.

15.
STANESCU, G.; CAMPOS, M. ; VARGAS, J. V. C. . Medicao de caracteristicas termicas de varios tipos de paredes de shelters. 1999.

16.
CAMPOS, M. ; STANESCU, G. ; VARGAS, J. V. C. . Analise e proposta de trocadores de calor ar/agua para a retirada de calor de gabinetes para acondicionamento de equipamentos eletronicos sob condicoes ambientais variadas. 1999.

17.
STANESCU, G.; CAMPOS, M. ; VARGAS, J. V. C. . Ensaio experimental e analise de comportamento termico de trocadores de calor tipo Nilko Metalurgica para gabinetes de equipamentos eletronicos. 1999.

18.
CAMPOS, M. ; STANESCU, G. ; VARGAS, J. V. C. . Medicao de caracteristicas termicas de shelters de fabricacao da Nilko Metalurgia Ltda. 1999.

19.
STANESCU, G.; VARGAS, J. V. C. ; CAMPOS, M. ; S JUNIOR, W. L. . Ensaio experimental e analise de comportamento termico e psicrometrico de ciaxas de emenda para cabos oticos. 1998.

20.
STANESCU, G.; VARGAS, J. V. C. ; CAMPOS, M. ; S JUNIOR, W. L. . Analise experimental e modelgem teorica de sistemas de controle passivos (heat pipes em conveccao natural) e ativos/passivos (heat pipes em conveccao forcada) para remocao de calor de equipamentos eletronicos sob condicoes de funcionamento variadas. 1998.

21.
VARGAS, J. V. C. ; STANESCU, G. ; CAMPOS, M. ; S JUNIOR, W. L. . Modelagem teorica e analise experimental de sistemas passivos (PCM) de controle do regime termico. 1998.

22.
STANESCU, G.; VARGAS, J. V. C. ; CAMPOS, M. ; S JUNIOR, W. L. . Analise e modelagem teorica e experimental do comportamento termico e psicrometrico de gabinetes para acondicionamento de equipamentos eletronicos sob condicoes ambientais variadas. 1997.

23.
STANESCU, G.; ROCHA, L. A. O. ; VARGAS, J. V. C. . Otimizacao de um sistema de refrigeracao utilizando o tubo Vortex para aplicacao no processo de fermentacao na fase semi-solida na industria alimenticia. 1997.

24.
STANESCU, G.; PETRESCU, S. ; COSTEA, M. ; MALANCIOIU, O. . Thermodynamic oscillating systems - an improvement of the free piston thermal engines modeling.. 1993.

25.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; COSTEA, M. ; MALANCIOIU, O. . An approach of the irreversible processes that develop into closed and close/open/closed systems.. 1992.

26.
GRIGORIU, M. ; STANESCU, G. ; POPESCU, G. ; DOBROVICESCU, A. ; ARJOCU, S. . Theoretical and experimental optimizationof the functioning of some refrigerating plants when using new working fluids. 1991.

27.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; COSTEA, M. ; MALANCIOIU, O. ; PETRESCU, V. . Study of the fundamental mechanisms generating order from disorder. A first approach of thermodynamic irreversibility generation mechanisms.. 1991.

28.
PETRESCU, S. ; STANESCU, G. ; POPESCU, G. ; DOBROVICESCU, A. ; RADCENCO, V. . Designing and testing of an industrial proptype equipment to produce cylindrical ice cakes. 1990.


Demais tipos de produção técnica
1.
Veasquez J. A. ; STANESCU, G. . Programa Brasileiro de Formação em Motores e Combustíveis-PBFMCIX. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

2.
STANESCU, G.; Veasquez J. A. . Programa Brasileiro de Formação em Motores e Combustíveis - PBFMCVI. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
STANESCU, G.; FILIPINI, F. A. ; ERRERA, M. R. . CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA INDÙSTRIA. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

4.
STANESCU, G.; SIQUEIRA, C. . Programa Brasileiro de Formação em Motores e Combustíveis - PBFMCIV. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

5.
STANESCU, G.; SIQUEIRA, C. . Programa Brasileiro de Formação em Motores e Combustíveis - PBFMCIII. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

6.
STANESCU, G.; Gobbi E F . Especialização em Gestão e Engenharia Ambiental. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

7.
STANESCU, G.; SIQUEIRA, C. . Programa Brasileiro de Formação em Motores e Combustíveis - PBFMCII. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

8.
STANESCU, G.; SIQUEIRA, C. . Programa Brasileiro de Formação em Motores e Combustíveis - PBFMCI. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

9.
MALANCIOIU, O. ; GANEA, I. ; STANESCU, G. ; ARJOCU, S. ; APOSTOL, V. . Problems on fundamentals in engineering thermodynamics. 1993. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - livro didatico).

10.
MALANCIOIU, O. ; GANEA, I. ; STANESCU, G. ; POPESCU, G. ; DANESCU, R. . Problem book in thermodynamics. 1987. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - livro didatico).

11.
TRIFAN, S. ; STAN, N. ; ARHIP, A. ; STANESCU, G. . Engineering thermodynamics and thermal machines. 1985. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - livro didatico).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SCHMID, A. L.; G. Stanescu; SWINKA FILHO, V.. Participação em banca de Monalisa Coelho Martins. O TRATAMENTO DA RESISTÊNCIA TÉRMICA SUPERFICIAL NAS NORMAS TÉCNICAS BRASILEIRAS E SEU IMPACTO NO CONSUMO ENERGÉTICO ESTIMADO PARA EDIFÍCIOS. 2017. Dissertação (Mestrado em PPGECC) - Universidade Federal do Paraná.

2.
TAVARES, S. F.; SCHEER, S.; G. Stanescu; MATOS, J. L. M.. Participação em banca de Eloise de Oliveira. Contribuição para análise de ciclo de vida no ambiente construido visando a energia e o CO2 embutidos no sistema construtivo Wood Frame. 2016. Dissertação (Mestrado em PPGECC) - Universidade Federal do Paraná.

3.
FRANCO, A. T.; ERRERA, M. R.; NEGRAO, C. O. R.; G. Stanescu; JUNQUEIRA, S. L. M.. Participação em banca de Alan Lugarini de Souza. Arquitetura de redes de microcanais para resfriamento de chips eletrônicos. 2016. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

4.
SCHMID, A. L.; G. Stanescu; MENDES, N.. Participação em banca de Mariana Ribeiro Martins. Verificação computacional das recomendações da Norma NBR 15.220 - Parte 3/2005 para Conforto Térmico na Cidade de Curitiba. 2016. Dissertação (Mestrado em PPGECC) - Universidade Federal do Paraná.

5.
STANESCU, G.; ROCHA, L. A. O.. Participação em banca de Crístofer Hood Marques. Otimização Geométrica de um Tubo Vortex para Aplicação no reaproveitamento de Vapores de Combustíveis em Postos de Serviço. 2012. Dissertação (Mestrado em Modelagem Computacional) - Universidade Federal do Rio Grande.

6.
STANESCU, G.; ROCHA, L. A. O.. Participação em banca de Roselaine Neves Machado. Simulação numérica de uma Rede de Canais Vasculares Aplicada à Autocura de Materiais Compósitos. 2010. Dissertação (Mestrado em Modelagem Computacional) - Universidade Federal do Rio Grande.

7.
STANESCU, G.; ALEGRE, J. A. A. V.; MARIANI, V. C.. Participação em banca de Edson Akira Kague. Estudo experimental da combustão diesel-gás em motores de combustão interna. 2010. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

8.
STANESCU, G.; ERRERA, M. R.. Participação em banca de César Eduardo Figueroa Castañeda. Redes constructais de contatos metálicos em células fotovoltaicas. 2005. Dissertação (Mestrado em Programa Interdisciplinat de Pos Graduacao Em Enge) - Universidade Federal do Paraná.

9.
STANESCU, G.; ERRERA, M.; M A Paiva. Participação em banca de Valter Soeiro Coimbra Campos. Simulação numérica de formação de incrustação de coque de gasóleo pesado (GOP) em aquecedores tubulares. 2004. Dissertação (Mestrado em Programa Interdisciplinat de Pos Graduacao Em Enge) - Universidade Federal do Paraná.

10.
STANESCU, G.; ERRERA, M.; T P de Freitas Borges. Participação em banca de Alexandre Ferreira Lobo. Simulação de sistemas de aquecimento solar com materiais em mudança de fase (MMF) adaptados de resíduos pesados de refino do petróleo sob condiçoes transitórias de insolação e demanda. 2004. Dissertação (Mestrado em Programa Interdisciplinat de Pos Graduacao Em Enge) - Universidade Federal do Paraná.

11.
STANESCU, G.; ROCHA, L. A. O.; da Costa J A V. Participação em banca de Liane Rodgrigues Bacelo. Otimização numérica do cultivo da cianobactéria SPIRULINA PLATENSIS. 2004. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Ciência de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande.

12.
STANESCU, G.; VARGAS, J. V. C.. Participação em banca de Luiz Otávio Soranço Buzelin. Concepção e Desenvolvimento Teórico-Experimental de um Sistema de Refrigeração Inteligente. 2003. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Paraná.

13.
STANESCU, G.. Participação em banca de José Augusto Borgert Junior. Otimização Exergoeconômica de Ciclos de Absorção para Geração de Potência. 2003. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

14.
VARGAS, J. V. C.; STANESCU, G.; BIANCHI, M. V. A.. Participação em banca de Rudmar Serafim Matos. Otimização teórico-numérica e comparação de desempenho de trocadores de calor de tubos circulares e elípticos não aletados em convecção forçada. 2000. Dissertação (Mestrado em Programa Interdisciplinat de Pos Graduacao Em Enge) - Universidade Federal do Paraná.

Teses de doutorado
1.
ERRERA, M. R.; VICENTINI, P. C.; BESSA, M. R.; G. Stanescu; ABRANTES, R.; MANNICH, M.. Participação em banca de Luiz Carlos Daemme. Modelo para determinação de fatores de emissão em veículos leves de passageiros e motociclos. 2017. Tese (Doutorado em PPGERHA) - Universidade Federal do Paraná.

2.
ERRERA, M. R.; FERNANDES, C. V. S.; SILVA, D. A.; G. Stanescu; FERNANDES, F.. Participação em banca de Adelino Carlos Maccarini. DESENVOLVIMENTO METODOLÓGICO PARA CONVERSÃO ENERGÉTICA DE RESÍDUOS DE PLANTIOS FLORESTAIS E DE PODA DE ÁRVORES URBANAS. 2016. Tese (Doutorado em PPGERHA) - Universidade Federal do Paraná.

Qualificações de Doutorado
1.
ERRERA, M. R.; BESSA, M. R.; FERNANDES, C. V. S.; G. Stanescu; SILVA, D. A.. Participação em banca de Adelino Carlos Maccarini. Desenvolvimento metodológico para conversão energética de resíduos da silvicultura e de poda de árvores. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em PPGERHA) - Universidade Federal do Paraná.

2.
ERRERA, M. R.; PENTEADO NETO, R. A.; BESSA, M. R.; MANNICH, M.; G. Stanescu. Participação em banca de Luiz Carlos Daemme. Influência do uso de deferentes combustíveis e tecnologias automotivas nas emissões veiculares. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em PPGERHA) - Universidade Federal do Paraná.

3.
STANESCU, G.; VARGAS, J. V. C.; SATYANARAYANA, K. G.. Participação em banca de Valcineide Oliveira de Andrade Tanobe. Desenvolvimento de sorventes à base de espumas de poliuretanos flexíveis pós-consumidos para o setor de petróleo. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Programa Interdisciplinat de Pos Graduacao Em Enge) - Universidade Federal do Paraná.

4.
MARTIGNONI, W. P.; STANESCU, G.; KAMINSKI, M.. Participação em banca de Jeferson Avila Souza. Simulação numérica e otimização termodinâmica de tubos de elevação (risers) de unidades multipropósito de FCC para máxima produção de combustíveis. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Programa Interdisciplinat de Pos Graduacao Em Enge) - Universidade Federal do Paraná.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
G. Stanescu; BOCON, F. T.; CAMBRAIA, H. N.. Participação em banca de LORENO TISCHER FILHO.A influência de diversos fatores nas emissões de motores de combustão interna ? motores de ignição por compressão. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Paraná.

2.
BOCON, F. T.; G. Stanescu; CORDEIRO, R. S. C.. Participação em banca de Augusto Polidoro Neumann.Desenvolvimento de modelos de cálculos e implementação em programa de simulação dos parâmetros operacionais de caldeiras aquatubulares. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Paraná.

3.
ERRERA, M. R.; STANESCU, G.. Participação em banca de LEANDRO JOSÉ LEMES STIVAL.AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE UMA UNIDADE DE BIODIGESTÃO EM ESCALA REAL TRATANDO DEJETOS DA SUINOCULTURA. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Paraná.

4.
ERRERA, M. R.; STANESCU, G.. Participação em banca de VANESSA CAROLINE MONTEIRO.Modelagem matemática de propagação de erros em inventário de ciclo de vida. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Paraná.

5.
STANESCU, G.; BRAGA, M. C.. Participação em banca de Cesar Aparecido da Silva.Estudo de viabilidade técnico-econômica para o projeto de um biorreator alvealar visando o Aproveitamento de resíduos orgânicos biodegradáveis para geração de energia. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Transportes) - Universidade Federal do Paraná.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
STANESCU, G.; ZANOELO, E. F.; GOBBI, M. F.; ALMEIDA, R. C.; PALMIER, L. R.. Concurso público para o provimento na carreira de Magistério Superior na Universidade Federal do Paraná. 2013. Universidade Federal do Paraná.

2.
SOARES, H. M.; BOLLMANN, H. A.; GODOI, A. F. L.; PHILLIPI, L. S.; STANESCU, G.. Concurso publico para professor adjunto da Universidade Federal de Santa Catarina, Campus Araragua. 2010. Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
STANESCU, G.; VARGAS, J. V. C.. Concurso Público para a Carreira Docente da Universidade Federal do Paraná. 2009. Universidade Federal do Paraná.

4.
STANESCU, G.; CALDEIRA, M. V. W.; JADOSKI, S. O.; BIONE, N. C. P.. Concurso Público de Provas e Títulos para Provimento de Cargo de Professor de Ensino Superior Edital No 022-CESCAD/UNICENTRO de 16 de março de 2006. 2006. Universidade Estadual do Centro Oeste.

5.
STANESCU, G.; DIAS, N. L. C.; ERRERA, M. R.; CANEPARO, S. C.. Concurso Público para o provimento de cargo de Professor Adjunto. 2006. Universidade Federal do Paraná.

6.
PREVEDELLO, C. L.; DIAS, N. L. C.; STANESCU, G.; EIGER, S.; ROTUNNO, O.. Concurso Público de Provas e Títulos referente ao Edital no. 028/02 - PRHAE. 2002. Universidade Federal do Paraná.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
12th International Conference on Diffusion in Solids and Liquids. Twice Optimized Evaporative Cooling System with Vortex Tube. 2016. (Congresso).

2.
12th International Conference on Heat Transfer, Fluid Mechanics and Thermodynamics. Waste Pressure Energy Recovering Hybrid System for Evaporative Cooling. 2016. (Congresso).

3.
Encontro Latino-Americano de Edificações e Comunidades Sustentáveis.Chairman da sessão sobre eficiência energética e energia renovável. 2013. (Encontro).

4.
15th International Conference on Experimental Mechanics. Experimental study on the Vortex Tube potential to increase air moisture removal and carrying capability. 2012. (Congresso).

5.
8th International Conference on Diffusion in Solids and Liquids. Ranque-Hilsch Vortex Tube Potential for Water Desalination. 2012. (Congresso).

6.
Constructal Law Conference. CONSTRUCTAL DESIGN OF A VORTEX TUBE. 2011. (Congresso).

7.
7th International Conference on Heat Transfer, Fluid Mechanics and Thermodynamics. GRAIN DRYING FINITE TIME PROCESS OPTIMIZATION. 2010. (Congresso).

8.
1o Simpósio Internacional de grãos armazanados.1o Simpósio Internacional de grãos armazanados. 2005. (Simpósio).

9.
III Brazilian Soybean Congress. III Brazilian Soybean Congress. 2005. (Congresso).

10.
10th Brazilian Congress of Thermal Engineering and Sciences. ENCIT2004. 2004. (Congresso).

11.
III Brazilian Soybean Congress. III Brazilian Soybean Congress. 2004. (Congresso).

12.
17th International Congress of Mecahanical Engineering. COBEM2003. 2003. (Congresso).

13.
AGRISHOW2003.Feira Internacional de Tecnologia Agricola em Ação - AGRISHOW2003. 2003. (Encontro).

14.
Seminário de Secagem, Energia e Gás Natural.Seminário de Secagem, Energia e Gás Natural. 2003. (Seminário).

15.
VI Congresso Ibero-Americano de Engenharia Mecânica. CIBEM6. 2003. (Congresso).

16.
I Encontro de Ergonomia, Saúde e trabalho.I Encontro de Ergonomia, Saúde e trabalho. 2002. (Encontro).

17.
II Congresso Brasileiro de SOJA e Mercosoja 2002. II Congresso Brasileiro de SOJA, 03 - 06 de junho de 2002 em Foz de Iguaçu, PR, Brasil. 2002. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
OKIMOTO, M. L. L. R. ; STANESCU, G. ; HANNA, J. N. A. . 1o Encontro de ERGONOMIA, SAÚDE e TRABALHO. 2002. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
SILVIA LETÍCIA VACELKOSKI. ANÁLISE DO CONSUMO DE ENERGIA NA ETAPA PÓS-OPERACIONAL DO CICLO DE VIDA DE EDIFICAÇÕES. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em PPGECC) - Universidade Federal do Paraná. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Vinícius Pons. BARREIRAS TÉRMICAS COM MUDANÇA DE FASE PARA REDUÇÃO DO CONSUMO DE ENERGIA NO AMBIENTE CONSTRUÍDO. 2015. Dissertação (Mestrado em PPGECC) - Universidade Federal do Paraná, . Orientador: George Stanescu.

2.
Yuri Vasconcelos Silva. AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DE USO DE RESFRIAMENTO EVAPORATIVO PARA MANUTENÇÃO DO CONFORTO TÉRMICO EM AMBIENTES CONSTRUÍDOS. 2015. Dissertação (Mestrado em PPGECC) - Universidade Federal do Paraná, . Orientador: George Stanescu.

3.
Danniella Rosa. Avaliação e aproveitamento da água proveniente da queima de combustíveis fósseis e biocombustíveis em motores de combustão interna. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa Interdisciplinat de Pos Graduacao Em Enge) - Universidade Federal do Paraná, . Coorientador: George Stanescu.

4.
Carlos A. O. Cabral. Estudo do potencial da tecnologia do Tubo Vortex para a remoção de vapores de hidrocarbonetos do ar atmosférico. 2014. Dissertação (Mestrado em PPGEA) - Universidade Federal do Paraná, . Orientador: George Stanescu.

5.
Jairo Dolvim Dantas. Estudo da geração de entropia em processos industriais de craqueamento catalítico do petróleo. 2004. 86 f. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA) - Universidade Federal do Paraná, Agencia Nacional de Petroleo. Orientador: George Stanescu.

6.
Jocely Aparecida Burda. Estudo dos aspectos comportamentais no processo de mudança de tecnologia na indústria: Um estudo de caso no setor de gás natural. 2004. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA) - Universidade Federal do Paraná, Financiadora de Estudos e Projetos. Coorientador: George Stanescu.

7.
Leanderson Franco de Meira. Capacidade para o trabalho, fatores de risco para as doenças cardiovasculares e condiçoes de trabalho de trabalhadores de uma indústria metal-mecânica de Curitiba/PR. 2004. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA) - Universidade Federal do Paraná, . Coorientador: George Stanescu.

8.
Fábio Antônio Filipini. Modelagem, simuação e otimização de sistemas complexos com células de combustível. 2002. 125 f. Dissertação (Mestrado em Programa Interdisciplinat de Pos Graduacao Em Enge) - Universidade Federal do Paraná, Financiadora de Estudos e Projetos. Orientador: George Stanescu.

9.
MIHAIL DIACONESCU. STUDY AND DESIGN OF A FRIGORIFIC EQUIPMENT TO PRODUCE 50 KG ICE-CREAM/H. 1993. Dissertação (Mestrado em Mechanical Engineering) - Polytechnic University Of Bucharest, Romanian Ministry Of Education. Orientador: George Stanescu.

10.
EVELINA TEODORU. STUDY AND DESIGN OF A - 25 DEG. C FRIGORIFIC EQUIPMENT (ISOTHERMAL BOX) TO CONSERVE 500 DM3 OF ALIMENTS. 1993. Dissertação (Mestrado em Mechanical Engineering) - Polytechnic University Of Bucharest, Romanian Ministry Of Education. Orientador: George Stanescu.

11.
GABRIELA DIACONESCU. STUDY AND DESIGN OF A +4 DEG. C REFRIGERATOR (ISOTHERMAL BOX) BASED ON THE THERMOELECTRIC EFFECT TO CONSERVE HUMAN ORGANS. 1992. Dissertação (Mestrado em Mechanical Engineering) - Polytechnic University Of Bucharest, Romanian Ministry Of Education. Orientador: George Stanescu.

12.
CARMEN BUCUR. STUDY OF A 140 KCAL/H REFRIGERATOR. 1991. Dissertação (Mestrado em Mechanical Engineering) - Polytechnic University Of Bucharest, Romanian Ministry Of Education. Orientador: George Stanescu.

Tese de doutorado
1.
Marcos Carvalho Campos. Modelagem, simulação e otimização numérica e experimental de sistemas de resfriamento de equipamentos eletrônicos e motores Stirling. 2004. Tese (Doutorado em Programa Interdisciplinat de Pos Graduacao Em Enge) - Universidade Federal do Paraná, . Coorientador: George Stanescu.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Jairo Dolvim Dantas. Estudo da viabilidade técnica e econômica do gás natural no transporte automotivo. 2002. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa brasileiro de formação em motores e combu) - Universidade Federal do Paraná, Programa brasileiro de formação em motores e combustíveis. Orientador: George Stanescu.

2.
Jairo Dolvim Dantas. Modelos matemáticos para simulação de desempenho de motores automotivos. 2001. 76 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Industria Automotiva) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
VINÍCIUS DE MORAIS ROCHA. ESTUDO SOBRE O POTENCIAL DO TUBO VÓRTEX PARA O CONTROLE DE TEMPERATURA. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

2.
LUCAS BELO SANTOS. ESTUDO DE OPORTUNIDADES PARA REDUÇÃO DE CONSUMO DE ENERGIA PARA CLIMATIZAÇÃO EM SHOPPING CENTERS. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

3.
LORENO TISCHER FILHO. A influência de diversos fatores nas emissões de motores de combustão interna ? motores de ignição por compressão. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

4.
ALBERT YUJI JAKUBIAK KUMATA. ESTUDO DA VIABILIDADE DA TECNOLOGIA DE COGERAÇÃO NO PARQUE INDUSTRIAL BRASILEIRO. Estudo de caso para indústrias alimentícias no Estado de Paraná. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

5.
Carlos Cabral. Estudo de um secador de ar atmosférico equipado com Tubo Vortex. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

6.
LUIZA SEBRÃO BONET. SISTEMA DE GERAÇÃO E COMBUSTÃO DE CDR COM TECNOLOGIA DE TUBO VORTEX PARA REMOÇÃO PÓS-COMBUSTÃO DE DIÓXIDO DE CARBONO. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

7.
TIAGO LUIS HAUS. Redução de impactos ambientais pela implementação de programas de inspeção e manutenção veicular. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

8.
Kasciandro Senem. Externalidades relacionadas com o transporte e consumo de combustíveis automotivos. Estudo de caso para a gasolina.. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

9.
Flávio Salmazo Neiva. Análise de motores de combustão interna superalimentados. Válvula seletora turbo/aspirado.. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

10.
VANICE HELEN NAKANO. Cáculo de externalidades no ciclo de vida da geração do bagaço cana-de-açúcar. Estudo de caso para a queima da palha na colheita da cana.. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

11.
Rafael Cabral Gonçalves. Análise da conformidade de plantas industriais aos limites máximos de emissão de poluentes e da implementação da Lei de eficiência Energética. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

12.
Cesar Aparecido da Silva. Estudo de viabilidade técnico-econômica para o projeto de um biorreator alvealar visando o aproveitamento de resíduos orgânicos biodegradáveis para geração de energia. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Transportes) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

Iniciação científica
1.
Ruan Henrique Colombo. Estudo de compensadores passivos com molas a gás para instalação offshore de módulos pesados. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná, Agencia Nacional de Petroleo. Orientador: George Stanescu.

2.
Giovana de Oliveira Lanaro. DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIA DO TUBO VORTEX PARA CADEIA PRODUTIVA DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná, Agencia Nacional de Petroleo. Orientador: George Stanescu.

3.
Danilo David de Souza Santos. EXERGY AND ENVIRONMENTAL ANALYSIS OF A PETROLEUM PIPELINE TRANSPORTATION SYSTEM. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná, Agencia Nacional de Petroleo. Orientador: George Stanescu.

4.
Andre Emerson. IV Competição SAE BRASIL AERODESIGN. 2002. 32 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

5.
André Luis dos Santos Jacobs. Participação da equipe ICARO'S DREAM do DEMEC/UFPR na III Competição SAE BRASIL AERODESIGN 2001 - 02 - 04 de novembro de 2001, São José dos Campos, SP, Brazil. 2001. 28 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

6.
Joao Carlos Soares Duarte. Estudo de otimizacao da geometria interna de uma parede com coeficiente de transferencia de calor em funcao da direcao do gradiente de temperatura para construcao civil.. 2000. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: George Stanescu.

7.
Lauber de Souza Martins. Dinamica nao linear e caos no funcionamento de maquinas termicas de pistoes livres. 2000. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

8.
Cristhian Jose Ferreira Terres. Celulas de combustiveis: uma solucao para energia do futuro!. 2000. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

9.
Eduardo Casagrande. Construcao e calibracao de um espaco com temperatura e umidade controladas dentro das faixas 15 grd.C< T < 40 grd.C e 50% < umidade relativa < 100%. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Parana Tesouro Nacional. Orientador: George Stanescu.

10.
Eldo Luis Pallu. Otimizacao da geometria dos bocais para entrada do ar no tubo Vortex. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: George Stanescu.

11.
Fabio Martins de Freitas. Estudo termo-economico de uma solucao otimizada para construcao de um gasoduto. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.

12.
Alexandre Marini Lopes. Dinamica nao linear e o caos no funcionamento de maquinas termicas com pistoes livres - Parte 1. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: George Stanescu.



Inovação



Projetos de pesquisa



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/01/2019 às 12:40:49