Leticia Cotrim da Cunha

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0415198949492913
  • Última atualização do currículo em 10/12/2018


possui graduação em Oceanografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1993), mestrado em Geociências (Geoquímica) pela Universidade Federal Fluminense (1996) e doutorado em Oceanologia (Geoquímica Orgânica) pela Université de Perpignan (França, 2000). Desde junho de 2012 é Professor Adjunto da Faculdade de Oceanografia da UERJ, onde vem atuando na área de pesquisa sobre a acidificação dos oceanos e seus efeitos na biogeoquímica de zonas costeiras.Atua como Lead Author do WGI da Sexta Comunicação do IPCC (AR6), e no passado atuou como expert reviewer dos relatórios AR4 e AR5 do Painel Intergovernamental para Mudanças Climáticas (IPCC). É co-líder do Grupo Brasileiro de Pesquisa em Acidificação dos Oceanos (Brazilian Ocean Acidification Research Group - BROA - www.broa.furg.br) e representante no Brasil do programa internacional SOLAS (Surface Ocean Lower Atmosphere Study - www.solas-int.org) desde janeiro de 2014. Entre dezembro/2015 e julho/2017 foi co-líder da Rede Latino-americana de Acidificação dos Oceanos (LAOCA - www.laoca.cl). Faz parte do comitê científico do projeto PIRATA (Prediction and Research Moored Array in the Atlantic) e co-lidera a sub-rede Oceanos da Rede Clima. Foi editora associada do periódico Biogesciences (A1 Qualis CAPES Geociências) entre 2011 e 2017, e revisora de periódico para o BJAST, Dynamics of Atmospheres and Oceans, Scientific Reports, JBCS, e revisora para projetos de fomento do National Scientific Foundation (NSF ? EUA, em 2002, 2009 e 2014). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Leticia Cotrim da Cunha
Nome em citações bibliográficas
DA CUNHA, L. C.;CUNHA, L. C.;Cotrim da Cunha, Leticia;da Cunha, Leticia C.;da Cunha, Leticia Cotrim;Cotrim da Cunha, L.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Faculdade de Oceanografia.
Rua Sao Francisco Xavier, 524 - 4o. andar - Bloco E - sala 4008
Maracana
20550103 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 23340812
Fax: (21) 22340621


Formação acadêmica/titulação


1996 - 2000
Doutorado em Oceanologie.
Université de Perpignan - Via Domitia, UPVD, França.
Título: Caractérisation de la matière organique particulaire et dissoute dans un fleuve méditerranéen, le Tech., Ano de obtenção: 2000.
Orientador: Léon Serve.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Biomarkers; geoquímica orgânica; river ecosystem.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Química.
1994 - 1996
Mestrado em Geociências (Geoquímica).
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: Dinâmica de nutrientes e biomassa algal na Lagoa de Piratininga, Niterói, RJ:Efeitos da construcao de uma comporta,Ano de Obtenção: 1996.
Orientador: Júlio César de Faria Alvim Wasserman.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Biomassa Algal; Nutrientes; Variacao Sazonal.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Química.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Química / Especialidade: Interações Químico-Biológicas/Geológicas das Substâncias Químicas da Água do Mar.
1990 - 1993
Graduação em Oceanografia.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: Grain size distribution and mineralogy of inner-shelf sediments off Rio de Janeiro coast, SE Brazil.
Orientador: Luis Saavedra.




Formação Complementar


2014
Treinamento Pré-Antártico - TPA. (Carga horária: 65h).
Programa Antártico Brasileiro, PROANTAR, Brasil.
2015 - 2015
Extensão universitária em R - Software livre de estatística. (Carga horária: 16h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2011 - 2011
An introduction to Ocean Data View. (Carga horária: 5h).
GLOMAR/MARUM Universität Bremen, GLOMAR, Alemanha.
2010 - 2010
Statistical methods. (Carga horária: 20h).
GLOMAR/MARUM Universität Bremen, GLOMAR, Alemanha.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Surface Ocean Lower Atmosphere Study, SOLAS, Alemanha.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Representante SOLAS, Enquadramento Funcional: Representante Nacional - National Contact
Outras informações
http://solas-int.org/about/solas.html


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador - PELD Guanabara
Outras informações
PELD Baía de Guanabara - módulos Modelagem e Plâncton


Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador - Projetos Estarte e NAUTILUS
Outras informações
Projetos Estarte e Nautilus


Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Faculdade de Oceanografia Departamento de Oceanografia Química

Vínculo institucional

1993 - 1993
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: INICIACAO CIENTIFICA
Outras informações
Sedimentologia e mineralogia da área entre o Cabo Frio e o Cabo Búzios - RJ Orientador: Luiz Saavedra

Vínculo institucional

1992 - 1992
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: INICIACAO CIENTIFICA, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Projeto Cabiúnas (UERJ-UFRJ-PETROBRÁS) Orientador: Luis Melges

Vínculo institucional

1991 - 1991
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: INICIACAO CIENTIFICA
Outras informações
Biogeoquímica de Manguezais Orientador: Carlos Augusto Ramos e Silva

Atividades

10/2016 - Atual
Ensino, Oceanografia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em Oceanografia: Ocean Data View: Introdução ao programa de visualização e análise de dados oceanográficos - COD OCN00701
Ocean Data View: Introdução ao programa de visualização e análise de dados oceanográficos - COD OCN00701
12/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Oceanografia, .

11/2014 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Oceanografia, Faculdade de Oceanografia.

Atividade realizada
Comitê científico brasileiro do projeto PIRATA - Prediction and Moored Array in the Tropical Atlantic.
12/2013 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Oceanografia, Faculdade de Oceanografia.

Atividade realizada
Representacao no Brasil do programa internacional SOLAS (Surface Ocean Lower Atmosphere Study, www.solas-int.org)..
09/2013 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Oceanografia, Departamento de Oceanografia Química.

Cargo ou função
Coordenadora do Laboratório de Oceanografia Química - LABOQUI.
09/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Oceanografia, .

07/2013 - Atual
Ensino, Oceanografia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Participação na disciplina "Biogeoquímica Marinha Aplicada" - Modelos biogeoquímicos
11/2012 - Atual
Ensino, Oceanografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Análise de qualidade de água em estuários
Estágio Orientado
Geoquímica Marinha
Introducao à Físico-química de ambientes aquáticos
Oceanografia Química II
06/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Oceanografia, Departamento de Oceanografia Química.

06/1992 - 06/1993
Extensão universitária , Universidade do Estado do Rio de Janeiro, .

Atividade de extensão realizada
ESTAGIO NA AREA DE OCEANOGRAFIA GEOLOGICA - SEDIMENTOLOGIA // ANALISE TEXTURAL DOS SEDIMENTOS DE FUNDO DA PLATAFORMA CONTINENTAL // ENTRE O CABO FRIO E O CABO BUZIOS - RJ.
10/1991 - 01/1992
Pesquisa e desenvolvimento , Universidade do Estado do Rio de Janeiro, .


Universität Bremen, UNI BREMEM, Alemanha.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Associate Researcher, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

10/2010 - 05/2012
Ensino, Introductory course on Natural Sciences, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Introductory Course ?Natural Sciences for Social Scientists?, together with Dr. Philipp Assmy, Dr. Martina Löbl, and Dr. Ulrike Holzwarth, October 2010 and 2011, University of Bremen. Lecture title: ?Climate change?.
07/2010 - 05/2012
Ensino, GLOMAR - Seminar area B, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Monthly seminar for the PhD students from GLOMAR REsearch Area B (Coastal Ocean Processes). It includes scientific discussion on special topics, soft skills, and student mentoring.
06/2010 - 05/2012
Pesquisa e desenvolvimento , GLOMAR - Bremen International Graduate School for Marine Sciences, .


LICENCA MATERNIDADE - ELTERNZEIT, EZ, Alemanha.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Direito trabalhista - Alemanha, Enquadramento Funcional: Licenca, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Na Alemanha pode-se optar por até 14 meses de licenca maternidade (Elternzeit) remunerada.


Leibniz-Institut für Meereswissenschaften, IFM-GEOMAR, Alemanha.
Vínculo institucional

2006 - 2009
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2006 - 10/2010
Pesquisa e desenvolvimento , Marine Biogeochemie, .

08/2006 - 08/2008
Direção e administração, Marine Biogeochemie, .

Cargo ou função
Scientific coordination of the Cape Verde Ocean Observatory.

Max-Planck-Institut für Biogeochemie, MPI-BGC, Alemanha.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Post-doctoral researcher, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
CARBOOCEAN Integrated Project - EU-FP6 - Marine carbon sources and sinks assessment http://www.carboocean.org/ CARBOOCEAN IP aims at an accurate assessment of the marine carbon sources and sinks. Target is to reduce the present uncertainties in the quantification of net annual air-sea CO2 fluxes by a factor of 2 for the world ocean and by a factor of 4 for the Atlantic Ocean. The IP will deliver description, process oriented understanding and prediction of the marine carbon sources and sinks with special emphasis on the Atlantic and Southern Oceans on a time scale -200 to +200 years from now. Expected breakthroughs by CARBOOCEAN IP will be firm answers to the following as yet unresolved questions: How large are the Atlantic and Southern Ocean CO2 sinks precisely, i.e. how efficient is the downward transport of carbon in the deep-water production areas of the world ocean? What do European rivers and shelf seas contribute to the large scale CO2 sources and sinks pattern of the North Atlantic Ocean in relation to uptake within Western Europe? What are the key biogeochemical feedbacks that can affect ocean carbon uptake and how do they operate? What is the quantitative global and regional impact of such feedbacks when forced by climatic change in the next 200 years? CARBOOCEAN IP will answer these questions through basic research in a strategic combination of extensive large-scale observations, process studies and advanced computer models focusing on all quantitatively important aspects to the problem. The project is based on three elements - observations, process studies, and integrative modelling - equivalent to description, understanding and prediction: A marine carbon balance for the last 200 years based on high quality observations. A process-based understanding of the marine carbon cycle response to a change in forcing as derived from process studies in the field, i n the laboratory, and through modelling.

Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Post-doctoral researcher, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Dynamic Green Ocean Project (Max-Planck-Institut für Biogeochemie, Jena)

Vínculo institucional

2002 - 2004
Vínculo: Pesquisador Doutor (post-doc), Enquadramento Funcional: EU-Guest researcher (Marie-Curie fellow), Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Dynamic Green Ocean Project, financed through the Max-Planck-Society (Germany) and the European Union. My salary was paid through the Marie-Curie Host-Fellowship Programme (FP5).

Atividades

11/2002 - 08/2006
Pesquisa e desenvolvimento , BGC-Systems, .

01/2005 - 01/2005
Ensino, Global Change Forschungsfelder und Methoden, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminar on Biogeochemical Processes in the Coastal Ocean: nutrient budgets, greenhouse‐effect gases, and impact of human activity.

Université de Perpignan Via Domitia, UPDV, França.
Vínculo institucional

2000 - 2002
Vínculo: Professor Assistente, Enquadramento Funcional: Teaching and research assistant (ATER), Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Courses: Tutorials and practical lessons: Chemistry (2000-2001) Tutorials and practical lessons: Palaeontology, Petrology and Cartography (2001-2002). Public: undergraduate students (Natural Sciences)


Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 1996
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estudante de Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Aluna de mestrado do programa de pós graduacao em Geoquímica Ambiental


Prediction and Research Moored Array in the Atlantic, PIRATA, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Membro do comitê científico, Enquadramento Funcional: Comitê científico brasileiro
Outras informações
PIRATA is a program designed to study ocean-atmosphere interactions in the tropical Atlantic that affect regional climate variability on seasonal, interannual and longer time scales. The array was originally developed in the mid-1990s and has undergone expansions and enhancements since 2005 to improve its utility for describing, understanding, and predicting societally relevant climate fluctuations. PIRATA has been implemented through multi-national cooperation in support of CLIVAR, GOOS, GCOS, and GEOSS. Financial, technical and logistic support are provided by France (IRD in collaboration with Meteo-France, CNRS and IFREMER), Brazil (INPE and DHN) and the USA (NOAA). Data are freely available for research and operational applications via the World Wide Web and the Global Telecommunications System.


Grupo Brasileiro de Pesquisa em Acidificacao dos Oceanos, BROA, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Co-líder, Enquadramento Funcional: Co-líder do grupo de pesquisa
Outras informações
Rede BrOA: www.broa.furg.br Diretório nacional dos grupos de pesquisa: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1647270349305063


Red Latinoamericana de Acidificación de los Océanos, LAOCA, Chile.
Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: Co-líder, Enquadramento Funcional: Co-líder da rede LAOCA
Outras informações
Web page rede LAOCA: www.laoca.cl


GLobal Ocean Data Analysis Project, GLODAP, Alemanha.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Membro do grupo de referência, Enquadramento Funcional: Membro do grupo de referência
Outras informações
www.glodap.info GLODAP is the interior ocean data synthesis project of the International Ocean Carbon Coordination Project (IOCCP) which leads the GOOS panel for Biogeochemistry.


Rede Brasileira de Pesquisas sobre Mudanças Climáticas Globais ? Rede Clima, REDE CLIMA, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Coordenador da Sub-Rede Oceano, Enquadramento Funcional: Co-chair da sub-rede Oceanos
Outras informações
http://redeclima.ccst.inpe.br/subredes/oceanos/ Sub-rede Oceanos Os oceanos têm papel fundamental na regulação do clima, acumulando calor e contribuindo para a manutenção da vida no planeta. A sobrecarga térmica decorrente da queima de combustíveis fósseis é em parte absorvida pelos oceanos, resultando em efeitos indesejados, tanto nos ecossistemas marinhos, quanto nos continentes. Tal desequilíbrio aumenta, por exemplo, a frequência de ocorrência de eventos extremos, como secas e chuvas exageradas. O excesso de carbono nos oceanos gera também mais hidrogênio livre nas águas, acidificando-as, e isso dificulta a formação e a trajetória natural de evolução de algumas espécies de animais (ex.: corais), que precisam de um ambiente com níveis equilibrados de carbonato para se desenvolver. A sub-rede Oceanos atua em duas frentes básicas de ações de pesquisa. A primeira delas é baseada na observação e identificação de mudanças através de medições realizadas por sensores instalados em boias, em satélites e mesmo a partir de dados coletados em cruzeiros oceanográficos. A segunda é a modelagem matemática, que oferece possibilidades de investigação sobre os cenários futuros de interação entre oceanos, atmosfera e continentes. Estes estudos têm servido também para orientar políticas públicas. Consegue-se, por exemplo, observar o Atlântico tropical e fazer inferências sobre a ocorrência de inundações e até de casos de dengue em cidades costeiras, o que tem grande importância para órgãos como a Defesa Civil e para aqueles ligados à Saúde Pública.



Linhas de pesquisa


1.
Acidificação dos oceanos
2.
Dinâmica do sistema carbonato em ecossistemas marinhos
3.
Fluxos de CO2 oceano-atmosfera
4.
Co-líder do grupo de pesquisa BrOA - Brazilian Ocean Acidification Research (www.broa.furg.br)
5.
Coordenacao da Rede Latino-americana de Acidificacao dos Oceanos - LAOCA
6.
Biogeoquímica de ecossistemas costeiros
7.
Modelagem biogeoquímica dos oceanos
8.
Processos controladores do fluxo de carbono na interface contientne - oceano
9.
Séries temporais de observacoes oceanográficas (longo termo)


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Variabilidade interanual dos transportes meridionais através da rede transatlântica SAMOC (SAMBAR)
Descrição: A pesquisa proposta objetiva um melhor entendimento da variabilidade interanual do conteúdo de calor e dos transportes meridionais através 34.5S, seção zonal referida como SAMBA (do inglês South Atlantic Meridional Overturning Circulation (SAMOC) Basin-wide Array). Propõe-se investigar os impactos de mudanças globais no oceano e as respostas de mudanças na circulação do Atlântico Sul no clima regional e na estabilidade da circulação de revolvimento meridional (MOC). Para se alcançar os objetivos, as atividades incluirão: a compra e instalação de plataformas de observação no Atlântico Sul; a condução de cruzeiros anuais para o lançamento, serviços e telemetria de dados armazenados em instrumentos fundeados; a realização de amostragens de propriedades físicas e bioquímicas da coluna de água; a busca de dados auxiliares; e a análise de observações e resultados de experimentos modelos numéricos. Os resultados do projeto irão contribuir para um melhor entendimento do clima, em escalas regional e global, e para benefícios sociais e impactos econômicos mais imediatos uma vez que regiões costeiras do Brasil estão expostas e são altamente vulneráveis a mudanças na circulação do Atlântico. Leves mudanças nas correntes e propriedades termodinâmicas podem ter impactos dramáticos no clima regional, na elevação da superfície do mar, na geomorfologia da costa e nos ecossistemas costeiros. O melhor conhecimento dos processos de grande escala no Atlântico é essencial para o desenho apropriado de redes de observação costeira e políticas mais efetivas para o entendimento dos impactos das mudanças climáticas, e para medidas de mitigação, adaptação e proteção do meio ambiente. (AU).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Fluxos das formas voláteis de carbono (CO2 e COV) na interface água-ar num gradiente latitudinal de temperatura e nutrientes no Atlântico Sul: Revelando fatores direcionadores das mudanças globais
Descrição: O Atlântico sul é uma região de muito dinamismo, onde as instabilidades causadas pela interação entre as águas quentes da corrente do Brasil com as águas frias da corrente das Malvinas resultam em características de mesoescala muito distintas. Seja através do transecto ou mais localmente na costa fluminense, as variações de temperatura e nutrientes nos permitirá avaliar as interferencias do aquecimento das águas e o grau de eutrofização sobre a regulação das concentrações de CO2 e COV e avaliar os seus possíveis impactos sobre os fluxos de carbono..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Leticia Cotrim da Cunha - Integrante / Luana Queiroz Pinho - Integrante / Humberto Marotta - Coordenador / Vinicius Peruzzi de Oliveira - Integrante / Rodrigo Abuchacra - Integrante / Rosemary Vieira - Integrante / Thais Baptista da Rocha - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2015 - Atual
Primeiro diagnóstico das trocas de CO2 mar-atmosfera nos ambientes costeiros fluminenses
Descrição: Estudos sobre a dinâmica de nutrientes e carbono ecossistemas aquáticos costeiros nas áreas tropicais mostram um comportamento geralmente heterotrófico, ou seja, estas áreas agem como exportadoras de nutrientes e matéria orgânica para a plataforma continental adjacente, além de liberar CO2 para a atmosfera durante as trocas gasosas mar-ar. Apesar de seu papel no balanço global do carbono, ainda há muitas incertezas sobre os fatores que controlam a trocas de CO2 com a atmosfera, e sobre as quantidades de carbono envolvidas nestes processos. A equipe de Oceanografia Química da FAOC ? UERJ (LABOQUI e LAGOM) trabalha desde 2012 em estudos sobre o sistema carbonato marinho (pH, alcalinidade total, pCO2, e CO2total) e concentração de carbono orgânico dissolvido (DOC) em diversos ecossistemas do litoral fluminense para compreender o controle exercido pelos processos biogeoquímicos e a influência antropogênica nas trocas de CO2 mar-atmosfera nesta região. A atividade proposta permitirá a quantificação inédita dos fluxos anuais de CO2 mar-atmosfera no litoral fluminense. Os resultados permitirão ainda o estabelecimento de balanços de carbono nos ecossistemas estudados, além de servirem como base para a estimativa i) do estado de saturação dos íons carbonato, essenciais aos organismos que secretam estruturas de carbonato de cálcio; e ii) da fração do carbono antropogênico (emitido pela atividade humana para a atmosfera e absorvido pelos oceanos) dissolvido na água do mar. As análises de carbono inorgânico e orgânico dissolvidos e de alcalinidade total serão validadas com material certificado de referência, conforme recomendado pela comunidade científica internacional. Finalmente, os dados gerados pelo projeto são fundamentais para futuros estudos sobre o impacto da acidificação em águas costeiras fluminenses..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Leticia Cotrim da Cunha - Coordenador / Cassia de Oliveira Farias - Integrante / Hamacher, C. - Integrante.Financiador(es): FAPERJ - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1
2015 - Atual
Da Zona Costeira ao Oceano: Implementação de boas práticas na determinação do sistema CO2 marinho na plataforma continental brasileira
Descrição: Esta proposta envolve o estabelecimento de um programa de cooperação científica bilateral entre a equipe do LAGOM/LABOQUI (Laboratórios de Geoquímica Orgânica Marinha e Oceanografia Química) da Faculdade de Oceanografia (UERJ) e o Departamento de Oceanografia Química do Instituto Helmholtz de Pesquisa Oceanográfica (GEOMAR), na Alemanha. O projeto está inteiramente centrado na implementação de boas práticas para a determinação do sistema CO2 marinhos para o estudo da plataforma continental interna brasileira. O objetivo principal é capacitar pesquisadores brasileiros para operar sistemas autônomos de aquisição de dados de CO2 e adotar na UERJ todas as técnicas utilizadas internacionalmente para o sistema CO2 marinho. Por outro lado, pesquisadores alemães terão contato com ecossistemas marinhos tropicais, além de dividirem e aprimorarem a sua experiência sobre os fluxos de CO2 oceano ? atmosfera em regiões de plataforma tropical. Para estabelecer a cooperação bilateral, estão previstas atividades de intercâmbio acadêmico, através da visita de pesquisadores alemães à UERJ, e a participação da equipe do LAGOM/LABOQUI num workshop prático-teórico organizado pela equipe do GEOMAR em Kiel (incluído na proposta alemã enviada ao DFG concomitante a esta). Esta proposta integra pesquisadoras brasileiras com experiência em processos biológicos e químicos que controlam a dinâmica do carbono no oceano e os fluxos de CO2 e outros gases entre o oceano e a atmosfera, e o grupo do GEOMAR, altamente especializado em diferentes técnicas analíticas para o sistema CO2 marinho (discretas e contínuas). O principal resultado científico esperado é a capacitação de pessoal nos dois institutos para o estabelecimento de uma futura cooperação de longo prazo, visando a instalação de sistemas autônomos para CO2 em navios voluntários, cobrindo uma grande extensão da plataforma interna brasileira sob influência de grandes cidades, como o Rio de Janeiro até a região do Rio Amazonas e sua foz..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Leticia Cotrim da Cunha - Coordenador / Cassia de Oliveira Farias - Integrante / Gleyci A. O. Moser - Integrante / Claudia Hamacher - Integrante / Luana Queiroz Pinho - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Cooperação.Número de orientações: 1
2014 - Atual
Balanço das importações e exportações de material em suspensão e dissolvido nas águas da Baia de Guanabara: influência nos processos físico-biológicos
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
PELD Guanabara
Descrição: O PELD GUANABARA visa um melhor entendimento da estrutura e do funcionamento do ecossistema da Baia de Guanabara e de suas respostas aos impactos antrópicos e climáticos. Além da contribuição para ecologia marinha, este projeto também avaliará se as medidas mitigadoras que estão sendo tomadas para a Baia de Guanabara com o Programa de Despoluição serão suficientes para atender as exigências do comitê organizador da Olimpíada em 2016. Dentro dessa ótica, torna-se essencial que o elenco de variáveis bióticas e abióticas que serão introduzidas na pesquisa proposta seja analisado de maneira contínua ao longo de séries temporais suficientemente extensas. Somente uma pesquisa de longa duração permitirá alcançar um conhecimento suficiente da variabilidade dos sistemas e sua evolução frente às diversas agressões antrópicas, sejam elas de curto prazo (impacto agudo de poluentes, do tipo derrame), médio prazo (ação crônica dos efluentes domésticos e industriais), ou longo prazo (aquecimento global). Constitui assim um objetivo geral, estabelecer, por meio de estudo contínuo de longo prazo, e de experiências in situ e in vitro um prognóstico da tendência evolutiva desse ecossistema a partir da elaboração de uma base de dados relacional e de um modelo ecológico de previsão. Grupo de Trabalho: Manguezais - Líder: Prof. Mário L. G. Soares - FAOC - UERJ.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2018
NAUTILUS - Novas tecnologias autônomas na investigação e monitoramento das transformações da Água de Fundo Antártica no Mar de Weddell e Península Antártica: uma contribuição para o estudo de suas implicações à circulação oceânica e ao clima.
Descrição: No entorno do continente Antártico, em algumas regiões específicas, observa-se a mistura de águas superficiais oceânicas e de plataforma para resultar na formação da Água de Fundo Antártica (AFA) através de um complexo sistema acoplado de interações entre processos oceânicos, atmosféricos e de alguns componentes da criosfera. A produção e posterior exportação da AFA são partes integrantes do fechamento global da Circulação de Revolvimento Meridional (Meridional Overturning Circulation-MOC), caracterizando seu ramo profundo e atuando de maneira essencial na ventilação das camadas abissais do oceano mundial e na componente oceânica dos ciclos de carbono e nutrientes inorgânicos. Mais ainda, a importância da formação da AFA e da ventilação das camadas abissais no oceano Austral para o sistema climático da Terra está ilustrada pela influência direta em mudanças-chave nos padrões da circulação oceânica global e ciclo do carbono durante importantes transições climáticas do passado. O projeto NAUTILUS vem para contribuir com as iniciativas internacionais neste tema de extrema relevância global, através da observação sistemática da circulação oceânica e propriedades das massas de água em três pontos-chave ao longo da trajetória da AFA nos arredores da extremidade da Península Antártica: (i) o Estreito de Bransfield, (ii) o noroeste do mar de Weddell e (iii) o talude continental ao Norte-Nordeste das ilhas Shetland do Sul, particularmente da ilha Elefante.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (2) .
Integrantes: Leticia Cotrim da Cunha - Integrante / Rodrigo Kerr - Integrante / Ilana Wainer - Integrante / Rosane G. Ito - Integrante / Carlos A. E. Garcia - Integrante / José Luiz Lima de Azevedo - Integrante / Maurício Magalhaes Mata - Coordenador / Leopoldo Rota de Oliveira - Integrante / Alberto Piola - Integrante / Hartmut Hellmer - Integrante / Carlos C. C. Y. Fujita - Integrante / Karen Heywood - Integrante / Michel P. Meredith - Integrante / Alberto Naveira-Garabato - Integrante / Michael Schroeder - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1
2013 - 2017
Estarte-Sul

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Rodrigo Kerr Duarte Pereira em 19/11/2013.
Descrição: Este projeto tem por finalidade principal investigar os processos físicos e biogeoquímicos controladores das trocas de carbono na interface ar-mar na região de quebra de plataforma e talude continental da costa sul e sudeste brasileira (oceano Atlântico Sul), com ênfase no estudo dos aspectos relacionados à acidificação dos oceanos. Para tal, cruzeiros oceanográficos em épocas distintas do ano, previstos no âmbito do Projeto 'Avaliação da Distribuição e Abundância de Cetáceos no talude e plataforma externa do sudeste-sul do Brasil: uma abordagem ecossistêmica (TALUDE)', serão utilizados para a obtenção de amostras biológicas e medição de propriedades físicas e químicas da água do mar, necessários para a compreensão das trocas de carbono na região de estudo. O projeto proposto neste edital, denominado 'Estudo dos processos físicos e biogeoquímicos que controlam a troca de carbono na interface ar-mar e Acidificação das águas na Região de talude continental do Atlântico Sul (EstARte-Sul)', contribuirá para a consolidação e investigação de uma nova linha de pesquisa no Brasil ? área esta com destaque nas pesquisas científicas atuais das Ciências do Mar e foco internacional relativamente recente, iniciado somente a partir de 2004 . De forma resumida, o projeto introduzirá a linha de pesquisa 'Carbono Antropogênico e Acidificação dos Oceanos' no Instituto de Oceanografia da Universidade Federal do Rio Grande (IO/FURG), ampliando as áreas científicas de atuação da Instituição, tanto no que se refere aos avanços da ciência, quanto à renovação e inovação dos programas de graduação e pós-graduação, ou seja, incorporando assuntos estratégicos, multidisciplinares e de ampla relevância para as fronteiras do conhecimento científico atual. Ressalta-se que no último dia 10 de Maio, a concentração diária de CO2 atmosférico ultrapassou o valor de 400 ppm pela primeira vez na história recente. O projeto EstARte-Sul destina-se aos estudos localizados da dinâmica e monitoramento do sistema carbonato na região de talude continental da costa sul e sudeste do Brasil. Esta proposta constitui o ramo observacional do projeto EstARte (cuja proposta, do mesmo coordenador, foi submetida para avaliação ao Edital Universal MCTI/CNPq Nº14/2013) ? que visa a integração de centros brasileiros com foco nos estudos relacionados à compreensão das causas e efeitos da acidificação dos oceanos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (6) .
Integrantes: Leticia Cotrim da Cunha - Integrante / Cassia de Oliveira Farias - Integrante / Hamacher, C. - Integrante / Marcelo Friederichs Landim de Souza - Integrante / Rodrigo Kerr - Coordenador / Rosane G. Ito - Integrante / Paulo H. R. Calil - Integrante / Carlos Alberto Eiras Garcia - Integrante / Virginia Maria Tavano - Integrante / Carlos Rafael Borges Mendes - Integrante / Eduardo Resende Secchi - Integrante / Márcio Silva de Souza - Integrante / José Luiz Lima de Azevedo - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2013 - 2016
Investigação da propagação da onda de maré na Baía de Ilha Grande e sua influência na circulação e troca de águas com a Baía de Sepetiba
Descrição: A Costa Verde do Estado do Rio de Janeiro, parte Sul/Sudoeste do estado, é onde temos as baías de Sepetiba e Ilha Grande. A inclinação natural da região à pesca (comercial e esportiva) e ao turismo traz consigo uma exigência de preservação dos ecossistemas marinhos e costeiros (manguezais, costões rochosos, restinga, etc.). Por outro lado os grandes empreendimentos já existentes (terminais portuários ? GEBIG, MBR e ITAGUAÍ; estaleiro de grande porte: BRASFELS, o Distrito Industrial de Itaguaí) e a instalação de novos empreendimentos (Porto de LLX, Base Naval da Marinha do Brasil, Terminal Portuário da PETROBRÁS, etc...), são reconhecidos como atividades de grande interesse econômico e de importância para o Estado do Rio de Janeiro. O conhecimento da dinâmica marinha local e suas peculiaridades se faz necessário para que se alcance o desenvolvimento sustentável da região. Até o presente momento, vários autores analisaram a dinâmica dessa região, mas sempre baseados em série de dados relativamente curtas. A série de dados de correntometria mais longa analisada foi de 14 dias. O projeto visa o entendimento da propagação da onda de maré na Baía de Ilha Grande e sua conexão com a Baía de Sepetiba, aquisitando-se dados de altura do nível do mar e de correntes ao longo de 17 meses contínuos em seis estações maregráficas e uma estação de correntometria a serem implantadas na região. Esses dados serão processados, estabelecendo-se componentes harmônicas da maré e efetuando-se estudos de defasagem de altura e de tempo nas preamares e baixa-mares, além do regime de correntes geradas pela propagação da onda de maré. Em função das diferentes assinaturas químicas nas águas das duas baías, serão coletadas amostras d?água para avaliação de alcalinidade e carbono orgânico visando complementar com informações para a investigação das trocas de águas entre as duas baías..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2015
Análise histórica da contribuição das florestas de Mangue no sequestro de carbono em sistemas costeiros fluminenses
Descrição: Entre as várias fases do ciclo do carbono, a sedimentar representa a mais significativa forma de imobilização deste elemento por um período de tempo longo contribuindo para a efetiva diminuição do efeito estufa. A retirada do carbono atmosférico, pela conversão em matéria orgânica, e posterior aprisionamento nos sedimentos de ambientes costeiros representa metade do total retido no ambiente marinho. Nestas regiões os manguezais, sistemas altamente produtivos em termos de matéria orgânica, estão entre os sistemas florestais tropicais com maior concentração de carbono. O aprisionamento da matéria orgânica em sistemas costeiros adjacentes aos manguezais é um importante meio de estocar o carbono evitando-se que estas áreas sejam uma fonte para a atmosfera. Nossa compreensão dos processos que envolvem o fluxo de carbono e sua origem nas regiões costeiras ainda é inadequada para uma estimativa precisa da importância e papel dos ecossistemas costeiros na manutenção do ciclo do carbono. Dessa forma, o presente estudo tem por objetivo geral analisar os manguezais e ambientes costeiros adjacentes, no estado do Rio de Janeiro, a fim de determinar a importância deste ecossistema como fonte de carbono preservado nos sedimentos em um passado recente. Os resultados serão apresentados como identificação do papel dos manguezais fluminenses no sequestro de carbono nas últimas décadas. Para tanto, serão realizados nos manguezais e sistemas costeiros adjacentes testemunhos para determinação da concentração de matéria orgânica e razão isotópica em extratos de idades conhecidas. Espera-se dessa forma também contribuir, para as políticas de conservação, restauração e monitoramento dos remanescentes de manguezal do Estado do Rio de Janeiro, por aumentarmos o peso dos argumentos em prol da sua conservação junto aos tomadores de decisão, bem como para as políticas de mitigação dos efeitos do aquecimento global..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Sistema de Monitoramento Oceânico e Costeiro de Estado do Rio de Janeiro (SIMOC)
Descrição: Projeto FINEP - Chamada CT-INFRA 2013.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2015
O sistema carbonato marinho e fluxos de CO2 ar-mar no estuário do Rio Barra Grande (Vila Dois Rios, Ilha Grande, RJ)
Descrição: Estudos sobre a dinâmica de nutrientes e carbono ecossistemas aquáticos costeiros nas áreas tropicais mostram um comportamento geralmente heterotrófico, ou seja, estas áreas agem como exportadoras de nutrientes e matéria orgânica para a plataforma continental adjacente, além de liberar CO2 para a atmosfera durante as trocas gasosas mar-ar. Apesar de seu papel no balanço global do carbono, ainda há muitas incertezas sobre os fatores que controlam a trocas de CO2 com a atmosfera, e sobre as quantidades de carbono envolvidas nestes processos. Neste estudo pretende-se caracterizar os parâmetros do sistema carbonato marinho (pH, alcalinidade total, pCO2, fCO2 e CO2total) em escala espaçotemporal num estuário bordeado de manguezais com pouca influência antrópica (rio Barra Grande, Ilha Grande, RJ) para compreender os processos biogeoquímicos que controlam as trocas de CO2 mar-atmosfera neste ecossistema e também na plataforma continental adjacente. Além da caracterização do sistema carbonato, este estudo permitirá a quantificação inédita dos fluxos anuais de CO2 mar-atmosfera num ambiente estuarino na costa SE brasileira. Os resultados permitirão a modelagem biogeoquímica dos transportes de nutrientes e carbono entre o estuário e a zona costeira adjacente, segundo o modelo do programa internacional LOICZ (Land-Ocean Interactions in the Coastal Zone). A determinação das componentes do sistema carbonato no ecossistema servirá como base para a estimativa da fracão do carbono antropogênico (emitido pela atividade humana para a atmosfera e absorvido pelos oceanos) dissolvido na água do mar, o fator Revelle. Finalmente, os dados sobre carbono inorgânico dissolvido de origem natural e antropogênica na água gerados pelo estudo proposto são fundamentais para futuros estudos sobre o impacto da acidificação em águas costeiras..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Leticia Cotrim da Cunha - Coordenador / Cassia de Oliveira Farias - Integrante / Hamacher, C. - Integrante / Gleyci Moser - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 5
2008 - 2011
EURO-SITES - EU-FP7 Project.
Descrição: EuroSITES is a FP7 Collaborative Project (2008-2011) which is integrating and enhancing the 9 deep-ocean (water depth >1000m) observatories into a coherent network. The EuroSITES network is coordinated by the National Oceanography Centre, Southampton, UK and involves 13 Partners across Europe (7 member states) and the Cape Verde Islands. EuroSITES is building on the work of FP6 EUR-OCEANS (Work Package 2.1 'Observing Systems') to integrate and enhance the existing European open-ocean observational capacity to encompass the ocean interior, seafloor and subseafloor. EuroSITES is progressing fixed-point ocean infrastructure to a mature level. The diverse, high qulaity datasets of essential climate and ocean variables are key contributions to GMES MCS. Temperature and Salinity Data are already uploaded to the GTS as daily bulletins. In the near future delayed mode datasets (including more then 3 biogeochemical variables e.g. chlorophyll and nitrate) will be used in validation and reanalysis applications. Emerging Sensors: EuroSITES is also funding the research and development of sensors for other key ocean variables to enhance the long-term in situ monitoring capability. This includes pH, oxygen consumption and mesozooplankton. EuroSITES also funds seafloor missions including fluid flow and seismic studies as well as benthic biology monitoring. EuroSITES data will lead to a greater understanding of the impact of climate change and a changing ocean on mankind and ecosystems. Data are already used for products and services for society including modelling applications and for informing policy and industries..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2009
TENATSO - Tropical Eastern North Atlantic Time-Series Observatory
Descrição: TENATSO: A long-term observatory in the tropical northeast Atlantic. Observation is fundamental to understanding global climate change.TENATSO will support pre-operational atmosphere and ocean observation capability in the tropical Eastern North Atlantic Ocean, specifically at Cape Verde Islands (16°N, 24°W). The entire region, as many tropical areas, is data poor but plays a key role in air-sea interaction. Cape Verde is ideally located for both ocean and atmosphere observation. Being downwind of the Mauritanian upwelling, the Observatory will provide unique information linking biological productivity and atmospheric composition. The location is critical for climate and greenhouse gas studies and for investigating dust impacts on marine ecosystems.The co-location of ocean and atmospheric Observatories is unique. Additionally, this Action supports transfer of European technology/expertise to a developing country with strong ties to Europe. The ocean site will measure temperature, salinity, biological parameters, nutrients, dissolved carbon and oxygen, and include an oceanographic mooring for in-situ observations. Cape Verdean research vessel Islândia will be equipped to collect samples for marine parameters. The data will contribute to GEOSS. The atmospheric site will measure meteorological parameters, greenhouse and short-lived gases, and aerosols. Data links to the Global Atmospheric Watch (GAW) of the World Meteorological Organization (WMO) will be established. The Observatory will support research measurements by international investigators and projects. It will provide a valuable platform from which scientists can assess productivity variations associated with changes in upwelling and dust input, and greenhouse and short-lived gases. http://tenatso.ifm-geomar.de TENATSO activities at the ocean site are since 2009 mainly financed through research projects from the European Union (FP7), IFM-GEOMAR (Germany) and INDP (Cape Verde.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2009
CARBOOCEAN IP - EU-FP6
Descrição: Integrated Project CARBOOCEAN - Marine carbon sources and sinks assessment http://www.carboocean.org Changes in the Earth?s climate are the result of both internal variability within the climate system and external factors, such as anthropogenic emissions of long-lived greenhouse gases. Carbon dioxid (CO2) is the most important manageable driving agent for climate change. Greenhouse gases, such as CO2, have a lasting effect on our Earth since they tend to warm up the atmosphere. Since 1750, the atmospheric CO2 concentration has been rising steadily. Most of the observed warming over the last 50 years is attributed to the increase in greenhouse gas concentration. CO2 cycles among the atmosphere, the land, and the oceans. On a long term, around 50% of the anthropogenic CO2 emissions are being taken up by the oceans and the land. Since the ocean has the most significant overall potential as a sink for anthropogenic CO2, the correct quantification of this sink is a fundamental necessary condition for all realistic prognostic climate simulations. It is the main task of the CARBOOCEAN Consortium to determine the ocean?s quantitative role for uptake of CO2. This new scientific knowledge is essential to a quantitative risk/uncertainty judgment on the expected consequences of rising atmospheric CO2 concentrations. Based on this judgment, it will be possible to guide the development of appropriate mitigation actions, such as the management of CO2 emission reductions within a global context (e.g., Kyoto Protocol, 1997). The CARBOOCEAN Consortium consists of 47 international groups that have started an integrated research activity on the marine carbon cycle by 1 January 2005. The participating countries are Belgium, Denmark, France, Germany, Iceland, Morocco, the Netherlands, Norway, Poland, Spain, Sweden, Switzerland, United Kingdom and the USA. The project is funded by the European Commission with 14.5 million ? (2005-2009) within the 6th Framework Programme. My.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2001 - 2013
Dynamic Green Ocean Project
Descrição: This project brings together physical, chemical, biological and paleo-oceanographers with a common interest in modelling and its applications to Earth system problems, to develop a new, more comprehensive model of the oceanic compartment of the Earth system; with a view to improving our understanding of the functioning of the global ocean in the past, present and future. http://lgmacweb.env.uea.ac.uk/green_ocean/index.shtml.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Leticia Cotrim da Cunha - Integrante / Erik T. Buitenhuis - Integrante / Corinne Le Quéré - Coordenador / Xavier Giraud - Integrante / I. Colin Prentice - Integrante / Olivier Aumont - Integrante / Laurent Bopp - Integrante / Christine Klaas - Integrante / Karen E. Kohfeld - Integrante / Louis Legendre - Integrante / Manfredi Manizza - Integrante.
Número de produções C, T & A: 12
2000 - 2002
ORME - Observatoire Régional Méditeranéen sur l'Environnement
Descrição: ORME est un observatoire à long terme de l?environnement du Golfe du Lion : zone ayant la dimension d'une région ; zone représentant une unité fonctionnelle entre terre et mer. Il associe les sciences de la nature, les sciences de l'homme et les sciences de la société, et met en relation scientifiques, utilisateurs et décideurs, pour une gestion durable du patrimoine naturel. ORME est un programme soutenu par le CNRS, (Programme Environnement Vie et société, PEVS).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2010 - 2017
Periódico: Biogeosciences discussion (Online)
2010 - 2017
Periódico: Biogeosciences (Katlenburg-Lindau. Print)


Revisor de periódico


2005 - Atual
Periódico: Global Biogeochemical Cycles
2008 - Atual
Periódico: Biogeosciences discussion (Online)
2011 - Atual
Periódico: Estuaries and Coasts
2005 - 2006
Periódico: IPCC Fourth Assessment Report: Climate Change 2007 (AR4)
2011 - 2013
Periódico: IPCC Fifth Assessment Report Climate Change 2013
2013 - Atual
Periódico: Ocean Dynamics
2013 - Atual
Periódico: Journal of the Brazilian Chemical Society (Online)
2013 - Atual
Periódico: Brazilian Journal of Aquatic Science and Technology (Impresso)


Revisor de projeto de fomento


2016 - 2016
Agência de fomento: PIBIC-Universidade Federal do Ceará
2014 - 2014
Agência de fomento: The National Science Foundation
2009 - 2009
Agência de fomento: The National Science Foundation
2002 - 2002
Agência de fomento: The National Science Foundation
2013 - 2013
Agência de fomento: Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação da UESC


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Química.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Química/Especialidade: Interações Químico-Biológicas/Geológicas das Substâncias Químicas da Água do Mar.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Química/Especialidade: Propriedades Químicas da Água do Mar.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia/Especialidade: Geoquímica.
6.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Modelizacao em oceanografia quimica.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:17
Total de citações:543
Fator H:7
Cotrim da Cunha, Leticia  Data: 10/12/2018

SCOPUS
Total de trabalhos:11
Total de citações:343
da Cunha, L.C., Cotrim da Cunha, L.  Data: 18/11/2013

Artigos completos publicados em periódicos

1.
Kerr, Rodrigo2018Kerr, Rodrigo ; ORSELLI, I. B. M. ; LENCINA-AVILA, J. M. ; EIDT, R. T. ; Mendes, C.R.B. ; DA CUNHA, L. C. ; GOYET, C. ; MATA, M. M. ; TAVANO, V. M. . Carbonate system properties in the Gerlache Strait, Northern Antarctic Peninsula (February 2015): I. Sea-Air CO2 fluxes. DEEP-SEA RESEARCH PART II-TOPICAL STUDIES IN OCEANOGRAPHY, v. 1, p. 1, 2018.

2.
Kerr, Rodrigo2018Kerr, Rodrigo ; GOYET, C. ; DA CUNHA, L. C. ; ORSELLI, I. B. M. ; LENCINA-AVILA, J. M. ; BORGES, M. ; Mendes, C.R.B. ; MATA, M. M. ; TAVANO, V. M. . Carbonate system properties in the Gerlache Strait, Northern Antarctic Peninsula (February 2015): II. Anthropogenic CO 2 and Seawater Acidification. DEEP-SEA RESEARCH PART II-TOPICAL STUDIES IN OCEANOGRAPHY, v. 1, p. 1, 2018.

3.
Cotrim da Cunha, Leticia2018Cotrim da Cunha, Leticia; HAMACHER, C. ; Farias, C. O. ; KERR, RODRIGO ; MENDES, CARLOS RAFAEL B. ; MATA, M. M. . Contrasting end-summer distribution of organic carbon along the Gerlache Strait, Northern Antarctic Peninsula: Bio-physical interactions. DEEP-SEA RESEARCH PART II-TOPICAL STUDIES IN OCEANOGRAPHY, v. 149, p. 206-217, 2018.

4.
PERETTI, A. R.2018PERETTI, A. R. ; ALBERGARIA-BARBOSA, A. C. R. ; KERR, RODRIGO ; da Cunha, Leticia C. . Ocean acidification studies and the uncertainties relevance on measurements of marine carbonate system properties. BRAZILIAN JOURNAL OF OCEANOGRAPHY (ONLINE), v. 66, p. 234-242, 2018.

5.
SANTOS, G. C.2016SANTOS, G. C. ; Kerr, Rodrigo ; Azevedo, J.L.L. ; MENDES, CARLOS RAFAEL BORGES ; DA CUNHA, L. C. . Influence of Antarctic Intermediate Water on the deoxygenation of the Atlantic Ocean. DYNAMICS OF ATMOSPHERES AND OCEANS, v. 76, p. 72-82, 2016.

6.
Kerr, Rodrigo2016Kerr, Rodrigo ; DA CUNHA, L. C. ; KIKUCHI, R. K. P. ; HORTA, P. ; ITO, R. G. ; MULLER, M. N. ; ORSELLI, I. B. M. ; LENCINA-AVILA, J. M. ; de ORTE, M. R. ; SORDO, L. ; PINHEIRO, B. ; BONOU, F. K. ; SHUBERT, N. ; BERGSTROM, E. ; COPERTINO, M. S. . The Western South Atlantic Ocean in a High-CO2 World: Current Measurement Capabilities and Perspectives. Environmental Management, v. 57, p. 740-752, 2016.

7.
DA CUNHA, L. C.2013 DA CUNHA, L. C.; BUITENHUIS, E. T. . Riverine influence on the tropical Atlantic Ocean biogeochemistry. Biogeosciences, v. 10, p. 6357-6373, 2013.

8.
HATJE, V2013HATJE, V ; COSTA, M. F. ; DA CUNHA, L. C. . Oceanografia e Química: unindo conhecimentos em prol dos oceanos e da sociedade. Química Nova (Impresso), v. 36, p. 1497-1508, 2013.

9.
Cotrim da Cunha, Leticia2011Cotrim da Cunha, Leticia. Interactive comment on ?The combined impact of CO2-dependent parameterisations of Redfield and Rain ratios on ocean carbonate saturation? by K. F. Kvale et al.. Biogeosciences Discussion (Online), v. 8, p. C3887-C3889, 2011.

10.
Cotrim da Cunha, Leticia2009 Cotrim da Cunha, Leticia; Croot, Peter ; LaRoche, Julie . Influence of river discharge in the tropical and subtropical North Atlantic Ocean. Limnology and Oceanography, v. 54, p. 644-648, 2009.

11.
Vouve, Florence2009Vouve, Florence ; Cotrim da Cunha, Leticia ; Serve, Léon ; Vigo, Jean ; Salmon, Jean-Marie . Spatio-temporal variations of fluorescence properties of dissolved organic matter along the River Tet (Pyrenees-Orientales, France). Chemistry in Ecology (Print), v. 25, p. 435-452, 2009.

12.
Giraud, Xavier2008Giraud, Xavier ; Le Quéré, Corinne ; da Cunha, Leticia C. . Importance of coastal nutrient supply for global ocean biogeochemistry. Global Biogeochemical Cycles, v. 22, p. GB2025, 2008.

13.
Cotrim da Cunha, Leticia2007 Cotrim da Cunha, Leticia; Buitenhuis, Erik T. ; Le Quéré, Corinne ; Giraud, Xavier ; Ludwig, Wolfgang . Potential impact of changes in river nutrient supply on global ocean biogeochemistry. Global Biogeochemical Cycles, v. 21, p. GB4007, 2007.

14.
Quere, Corinne Le2005 Quere, Corinne Le ; Harrison, Sandy P. ; Colin Prentice, I. ; Buitenhuis, Erik T. ; Aumont, Olivier ; Bopp, Laurent ; Claustre, Herve ; Cotrim da Cunha, Leticia ; Geider, Richard ; Giraud, Xavier ; Klaas, Christine ; Kohfeld, Karen E. ; Legendre, Louis ; Manizza, Manfredi ; Platt, Trevor ; Rivkin, Richard B. ; Sathyendranath, Shubha ; Uitz, Julia ; Watson, Andy J. ; Wolf-Gladrow, Dieter . Ecosystem dynamics based on plankton functional types for global ocean biogeochemistry models. Global Change Biology (Print), v. 11, p. 051013014052005-???, 2005.

15.
DA CUNHA, L. C.;CUNHA, L. C.;Cotrim da Cunha, Leticia;da Cunha, Leticia C.;da Cunha, Leticia Cotrim;Cotrim da Cunha, L.2003DA CUNHA, L. C.; WASSERMAN, J.C. . Relationships between nutrients and macroalgal biomass in a brazilian coastal lagoon: the impact of a lock construction. Chemistry in Ecology (Print), Inglaterra, v. 19, n.4, p. 283-298, 2003.

16.
da Cunha, Leticia Cotrim2002da Cunha, Leticia Cotrim; Serve, Léon ; Blazi, Jean-Louis . Neutral sugars as biomarkers in the particulate organic matter of a French Mediterranean river. Organic Geochemistry, v. 33, p. 953-964, 2002.

17.
Cotrim da Cunha, Leticia2001 Cotrim da Cunha, Leticia; Serve, Léon ; Gadel, F. ; Blazi, Jean-Louis . Lignin-derived phenolic compounds in the particulate organic matter of a French Mediterranean river: seasonal and spatial variations. Organic Geochemistry, v. 32, p. 305-320, 2001.

18.
Gadel, F.2000Gadel, F. ; Serve, Léon ; Benedetti, Marc ; Cotrim da Cunha, Leticia ; Blazi, Jean-Louis . Biogeochemical characteristics of organic matter in the particulate and colloidal fractions downstream of the rio Negro and Solimoes rivers confluence. Agronomie (Paris. Print) (Cessou em 2004. Cont. ISSN 1774-0746 Agronomy for Sustainable Development), v. 20, p. 477-490, 2000.

19.
Cotrim da Cunha, Leticia2000Cotrim da Cunha, Leticia; Serve, Léon ; Gadel, F. ; Blazi, Jean-Louis . Characterisation of riverine particulate organic matter by pyrolysis-gas chromatography-mass spectrometry. Science of the Total Environment, v. 256, p. 191-204, 2000.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
Cotrim da Cunha, Leticia. La matière organique particulaire et dissoute fluviatile - Une étude dans un fleuve méditerranéen, le Tech (Pyrénées Orientales, France). Sarrebruck: Editions Universitaires Européenes, 2011.

Capítulos de livros publicados
1.
Wasserman, J. ; CUNHA, L. C. ; Carneiro, M. E. ; Knoppers, B. A. . The impact of a canal lock upon the water balance and the trophic state of Piratininga lagoon, state of Rio de Janeiro, Brazil.. In: Knoppers, B. A. ; Bidone, E. D. & Abrão, J. J. (Eds.). (Org.). Environmental Geochemistry of Coastal Lagoon Systems of Rio de Janeiro, Brazil.. 1ed.Niterói: Programa de Geoquimica Ambiental ? UFF/FINEP, 1999, v. 6, p. 169-177.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
DA CUNHA, L. C.; WALLACE, D. . An ocean-atmosphere observatory in the eastern tropical Atlantic Ocean: TENATSO. IMBER Update, www.imber.info, p. 14 - 16, 01 mar. 2007.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Cotrim da Cunha, Leticia; Hamacher, C. ; Farias, C. O. ; KERR, RODRIGO . INTERAÇÕES BIO-FÍSICAS NA DISTRIBUIÇÃO DE CARBONO ORGÂNICO DISSOLVIDO NO VERÃO (2015): O CASO DO ESTREITO DE GERLACHE. In: XVI Congresso Brasileiro de Geoquímica, 2017, Búzios (RJ). Anais XVI Congresso Brasileiro de Geoquímica, 2017.

2.
CUNHA, L. C.; Wasserman, J. . The effects of the construction of a canal lock in the Piratininga Lagoon, Niterói, RJ. In: 2. International Symposium on environmental Geochemistry in Tropical Countries, 1996, Cartagena. Anales: 2. International Symposium on environmental Geochemistry in Tropical Countries. Cartagena: INGEOMINAS - IDEAM, 1996. v. 94. p. 94-96.

3.
DA CUNHA, L. C.; Wasserman, J. . Variacao Temporal de Nutrientes e Biomassa Algal Na Lagoa de Piratininga, Niteroi, Rj.. In: V CONGRESSO BRASILEIRO DE GEOQUIMICA, 1995, Niterói. Livro de Resumos do V CONGRESSO BRASILEIRO DE GEOQUIMICA. NITEROI, RIO DE JANEIRO, 1995. p. 0-0.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ERBAS, T. ; SANTOS, R. A. C. ; ASSIS, C. A. M. ; NOGUEIRA, J. ; Cotrim da Cunha, Leticia . Relação alcalinidade total e salinidade nas águas superficiais da Baía de Guanabara. In: 26.a Semana de Iniciacao Científica da UERJ, 2017, Rio de Janeiro (RJ). Resumos 26a. SEMIC, 2017. p. 553-553.

2.
ALBERNAZ, D. R. ; da Cunha, Leticia Cotrim . ALCALINIDADE TOTAL E SUA VARIABILIDADE NA BAÍA DE GUANABARA: MISTURA OU PROCESSOS BIOGEOQUÍMICOS?. In: 16a. Semana de Graduacao da UERJ, 2017, Rio de Janeiro (RJ). Resumos 16a. Semana de Graduacao da UERJ, 2017. p. 83-83.

3.
Cotrim da Cunha, L.; COELHO, C. A. W. ; KERR, R. ; ORSELLI, IOLE B.M. . Surface total alkalinity, salinity and temperature: a study case in the South-western Atlantic Ocean. In: 4th International Symposium on the Ocean in a High-CO2 World, 2016, Hobart, Austrália. Abstracts, 2016.

4.
Cotrim da Cunha, Leticia; SOUZA, H. A. S. ; ARAUJO, M. P. ; Farias, C. O. ; HAMACHER, C. ; MOSER, G. A. O. . How eutrophic and pristine estuaries export acidic waters to the coastal ocean: a case study in SE Brazil. In: 4th International Symposium on the Ocean in a High-CO2 World, 2016, Hobart, Austrália. Abstracts, 2016.

5.
SANTOS, R. A. C. ; Cotrim da Cunha, Leticia ; Hamacher, C. ; Farias, C. O. ; KERR, RODRIGO . UTILIZAÇÃO APARENTE DO OXIGÊNIO E CONCENTRAÇÃO DE NUTRIENTES NA ÁGUA CENTRAL DO ATLÂNTICO SUL. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia 2016, 2016, Salvador, BA. Anais CBO2016, 2016. p. 31-31.

6.
COELHO, C. A. W. ; ERBAS, T. ; Cotrim da Cunha, Leticia . APLICAÇÃO DE FERRAMENTAS PARA RECONSTRUÇÃO DE DADOS DE ALCALINIDADE TOTAL NA SUPERFÍCIE DA PLATAFORMA S-SE BRASILEIRA: PRIMEIROS RESULTADOS. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia 2016, 2016, Salvador, BA. Anais CBO2016, 2016. p. 17-17.

7.
COELHO, C. A. W. ; Cotrim da Cunha, Leticia ; KERR, R. ; Farias, C. O. ; ORSELLI, I. B. M. . ALCALINIDADE TOTAL E SALINIDADE SUPERFICIAIS NA REGIÃO DA PLATAFORMA SUL E SUDESTE BRASILEIRA. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia 2016, 2016, Salvador, BA. Anais CBO2016, 2016. p. 22-22.

8.
NOGUEIRA, J. ; ALBERNAZ, D. R. ; ASSIS, C. A. M. ; COELHO, C. A. W. ; Cotrim da Cunha, Leticia . ALCALINIDADE TOTAL E SUA VARIABILIDADE NA BAÍA DE GUANABARA: MISTURA OU PROCESSOS BIOGEOQUÍMICOS?. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia 2016, 2016, Salvador, BA. Anais CBO2016, 2016. p. 31-31.

9.
SANTOS, R. A. C. ; PAIXAO, B. ; NOGUEIRA, J. ; ERBAS, T. ; Cotrim da Cunha, Leticia . Utilização aparente do oxigênio e concentração de nutrientes na água central do Atlantico Sul. In: 25a. Semana de Iniciacao científica da UERJ, 2016, Rio de Janeiro (RJ). Resumos 25a. SEMIC, 2016. p. 556-556.

10.
da Cunha, Leticia C.; COELHO, C. A. W. ; SANTOS, P. P. W. ; KEIM, R. A. ; SOUZA, H. A. S. ; ARAUJO, M. P. ; Farias, C. O. ; HAMACHER, C. . A snapshot of the marine CO2-system in three coastal ecosystems in SE Brazil. In: 3rd PICES International Symposium: Effects of Climate Change on the World?s Oceans, 2015, Santos. 3rd International Symposium Effects of Climate Change on the World?s Oceans - Book of Abstracts, 2015. v. 1. p. 177-177.

11.
KERR, R. ; DA CUNHA, L. C. ; KIKUCHI, R. . On the progress of the Brazilian Ocean Acidification Research Group: Two years of activities. In: 3rd PICES International Symposium: Effects of Climate Change on the World?s Oceans, 2015, Santos. 3rd International Symposium Effects of Climate Change on the World?s Oceans - Book of Abstracts, 2015. v. 1. p. 178-178.

12.
da Cunha, Leticia C.; KERR, R. ; Araújo, M. ; NOBRE, P. ; SOUZA, R. B. ; PEZZI, L. . The SW Atlantic Ocean: filling the observation gaps on ocean-atmosphere interactions. In: SOLAS Open Science Conference 2015, 2015, Kiel. SOLAS Open Science Conference Poster Abstracts, 2015.

13.
da Cunha, Leticia C.; SOUZA, H. A. S. ; ARAUJO, M. P. ; FARIAS, C. O. ; HAMACHER, C. . Acidification through eutrophication- an example from an urban coastal ecosystem in SE Brazil. In: SOLAS Open Science Conference 2015, 2015, Kiel. SOLAS Open Science Conference, 2015. p. 39-39.

14.
Cotrim da Cunha, Leticia; Buitenhuis, Erik T. . Assessing the role of large river plumes on sea-air CO2 fluxes. In: Workshop Brazil-Germany: Cooperation in Ocean Science and Technology - Research and Capacity Building, 2014, Fortaleza. Abstracts, 2014.

15.
TEIXEIRA, A. C. N. ; RAMOS, A. B. A. ; GOMES, D. S. ; KIRSTEN, F. V. ; VIANA, C. C. G. ; MAIA, A. P. ; FERNANDES, A. ; CUNHA, L. C. ; FERNANDEZ, M. A. S. ; FARIAS, C. O. ; HAMACHER, C. . LEVANTAMENTO FÍSICO-QUÍMICO NA LAGOA RODRIGO DE FREITAS, RIO DE JANEIRO, RJ. In: V Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2014, Itajaí. LIVRO DE PROGRAMAÇÃO - CBO'2014. Itajaí: AOCEANO, 2014. p. resumo 476.

16.
SANTOS, G. N. M. ; SOUZA, H. A. S. ; MORAES, M. C. M. ; GOMES, P. D. F. ; CUNHA, L. C. ; FERNANDES, A. ; FERNANDEZ, M. A. S. ; FARIAS, C. O. ; HAMACHER, C. . VARIAÇÃO TEMPORAL DE DADOS FÍSICO-QUÍMICOS DO CANAL DO JARDIM DE ALAH, LAGOA RODRIGO DE FREITAS, RIO DE JANEIRO. In: V Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2014, Itajaí. LIVRO DE PROGRAMAÇÃO - CBO'2014. Itajaí: AOCEANO, 2014. p. resumo 426.

17.
SOUZA, H. A. S. ; LEOPOLDO, R. V. S. ; KEIM, R. A. ; CUNHA, L. C. ; ARAUJO, M. P. ; FARIAS, C. O. ; HAMACHER, C. . VARIAÇÃO TEMPORAL DE NUTRIENTES E CLOROFILA-A EM UM ESTUÁRIO URBANO: CANAL DA JOATINGA, RIO DE JANEIRO. In: V Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2014, Itajaí. LIVRO DE PROGRAMAÇÃO - CBO'2014. Itajaí: AOCEANO, 2014. p. resumo 430.

18.
COELHO, C. A. W. ; SANTOS, P. P. W. ; PAIXAO, B. ; CUNHA, L. C. . SISTEMA CARBONATO E FLUXOS DE CO2 NO ESTUÁRIO DO RIO BARRA GRANDE (ILHA GRANDE, RJ). In: V Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2014, Itajaí. LIVRO DE PROGRAMAÇÃO - CBO'2014. Itajaí: AOCEANO, 2014. p. 275.

19.
da Cunha, Leticia C.; FERNANDES, A. M. ; SOARES, M. L. G. ; FILIPPO, A. M. ; Farias, C. O. ; Hamacher, C. ; MOSER, G. A. O. ; GUERRA, J. V. ; OLIVEIRA, E. N. ; SOUZA, L. S. . Long - term oceanographic observations on SE Brazilian inner shelf. In: Tropical Atlantic Variability/PIRATA - 19, 2014, Porto de Galinhas. Book of Abstracts, 2014.

20.
SOUZA, H. A. S. ; ARAUJO, M. P. ; LEOPOLDO, R. V. S. ; KEIM, R. A. ; CUNHA, L. C. ; FARIAS, C. O. ; HAMACHER, C. . VARIAÇÃO TEMPORAL DE NUTRIENTES E CLOROFILA-A EM UM ESTUÁRIO URBANO: CANAL DA JOATINGA, RIO DE JANEIRO. In: V Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2014, Itajaí. LIVRO DE PROGRAMAÇÃO - CBO'2014. Itajaí: AOCEANO, 2014. p. 900.

21.
KERR, R. ; da Cunha, Leticia C. ; SOUZA, M. F. L. ; WAINER, I. ; ITO, R. G. ; CALIL, P. H. R. ; GARCIA, C. A. E. . Activities of the Brazilian Ocean Acidification Research (BROA) group. In: 2nd international workshop of the Global Ocean Acidification Observing Network (GOA-ON), 2013, St Andrews. GOA-ON Workshop Booklet, 2013. p. 14-15.

22.
CALIL, P. H. R. ; da Cunha, Leticia C. . Evaluation of the Continental Shelf Pump in the Southwest Atlantic Ocean: Preliminary Model Results. In: 2013 Ocean Carbon and Biogeochemistry Summer Science Workshop, 2013, Woods Hole. Ocean Carbon and Biogeochemistry (OCB) Summer Workshop Poster Abstracts, 2013.

23.
VIANA, C. C. G. ; FERREIRA, C. L. ; DA CUNHA, L. C. . O SISTEMA CARBONATO MARINHO NO ESTUÁRIO DO RIO BARRA GRANDE, ILHA GRANDE, RJ. In: 24a UERJ sem Muros, 2013, Rio de Janeiro. Anais da 24a UERJ sem Muros, 2013. p. 231-231.

24.
Cotrim da Cunha, Leticia; KERR, R. . Brazilian Ocean Acidification Research (BROA). In: marinebrazil : Building the Marine Science - French Brazilian Meeting, 2013, Búzios. Resumos, 2013.

25.
da Cunha, Leticia Cotrim. PAPEL DA ZONA COSTEIRA BRASILEIRA NOS FLUXOS DE CO 2 MAR- ATMOSFERA E POSSÍVEIS EFEITOS DA ACIDIFICAÇÃO. In: III Workshop Brasileiro de Mudanças Climáticas em Zonas Costeiras, 2013, Florianópolis. Caderno de Resumos, 2013. p. 17.

26.
Cotrim da Cunha, Leticia. Fluxos de CO2 mar-atmosfera na região do Pré-Sal (Brasil). In: Congresso Brasileiro de Oceanografia 2012, 2012, Rio de Janeiro. 5º Congresso Brasileiro de Oceanografia - CBO'2012, 2012.

27.
Cotrim da Cunha, Leticia. What controls sea-air CO2 fluxes in a pristine tropical estuary?. In: GEOTRACES Latin American Workshop, 2012, Rio de Janeiro. GEOTRACES Latin American Workshop - Abstract Collection, 2012.

28.
DA CUNHA, L. C.; Farias, C. O. ; Hamacher, C. ; MOSER, G. A. O. ; Bastos, M. . Establishing long-term coastal ocean observations in SE Brazil. In: Oceans and Society: Blue Planet Symposium, 2012, Ilhabela, SP, Brasil. Abstracts & List of Participants, 2012.

29.
Uliana, E. ; Cotrim da Cunha, Leticia ; Schefuss, E. ; Mollenhauer, G. ; Versteegh, G. ; Hebbeln, D. . Testing a new temperature proxy in an eastern boundary current system (SE Pacific off Chile). In: 2nd Young Scientist Excellence Cluster Conference on Marine and Climate Research: Perspectives from Natural and Social Sciences., 2011, Bremen, Germany, 4-5 October. 2nd Young Scientist Excellence Cluster Conference on Marine and Climate Research: Perspectives from Natural and Social Sciences - Book of Abstracts, 2011. p. 65-65.

30.
Cotrim da Cunha, Leticia; Hebbeln, D. ; Jennerjahn, T, . Assessing organic carbon cycling in continental margins.. In: 3rd Bi-Annual Symposium, 2010, Kiel, Germany. Abstracts 3rd Bi-Annual Symposium, 2010.

31.
WALLACE, D. ; Körtzinger, Arne ; Cotrim da Cunha, Leticia ; Visbeck, Martin ; Santos, C. D. S. ; Melicio, O. ; Carpenter, L. ; Read, K. ; Faria, B. ; Mendes, L. . The tropical eastern north Atlantic time-series Observatory at Cape Verde (TENATSO). Status and initial results.. In: 2008 Ocean Sciences Meeting, March 2-7, 2008, Orlando, USA. 2008 Ocean Sciences Meeting March 2-7, 2008 · Orlando, Florida - From the Watershed to the Global Ocean - Meeting Abstracts, 2008. p. 428-428.

32.
WALLACE, D. ; Cotrim da Cunha, Leticia ; Körtzinger, Arne ; Visbeck, Martin ; Karstensen, Johannes ; Krahmann, G. ; Brandt, P. ; Santos, C. D. S. ; Melicio, O. ; Silva, Péricles ; Monteiro, Ivanice . The Tropical Eastern North Atlantic Observatory (TENATSO) at Cape Verde, a specific support action of the European Union. POSTER. In: 2nd International AMMA Conference 26-30 November 2007, 2007, Karlsruhe, Germany. AMMA 2nd International Conference: Joint with AMMA-Ocean / TACE / PIRATA Meeting. 2007. African Monsoon Multidisciplinary Analyses, 2007.

33.
DA CUNHA, L. C.; LE QUÉRÉ, C. ; BUITENHUIS, E. T. . Riverine influence on the tropical Atlantic Ocean biogeochemistry. POSTER. In: ASLO Summer Meeting, 19-24 June 2005, 2005, Santiago de Compostela, Spain. 2005 Summer Meeting Program - Special Session 87 The Biogeochemistry of the Tropical Atlantic Ocean, 2005.

34.
DA CUNHA, L. C.; LE QUÉRÉ, C. ; BUITENHUIS, E. T. ; GIRAUD, X. ; LUDWIG, W. . Impact of river sources of P, Si and Fe on coastal biogeochemistry. POSTER.. In: SOLAS Open Science Conference, 2004, Halifax, Canada, 13-16 October. SOLAS Open Science Conference Abstracts, 2004.

35.
DA CUNHA, L. C.; LE QUÉRÉ, C. ; GIRAUD, X. ; BUITENHUIS, E. T. . Influence of riverine inputs on oceanic biogeochemical cycles: 1st step. POSTER.. In: EGS AGU EUG Joint Assembly, 2003, Nice, France. EGS AGU EUG Joint Assembly - Abstract EAE03A10911, 2003.

36.
DA CUNHA, L. C.; Serve, Léon ; Gadel, F. ; BLAZI, J.-L. . Particulate organic carbon exports from a French Mediterranean river. POSTER.. In: 4th MTP Workshop MATER Project, 28-30 October, 1999, Perpignan. 4th MTP Workshop MATER Project, 1999. p. 100.

37.
CUNHA, L. C.; Wasserman, J. . A proposal for the management of a degraded coastal lagoon in SE Brazil.. In: ECO-INFORMA ?96 - Global Networks for Environmental Information (4-7 November 1996), 1996, Lake Buena Vista, Florida, USA. ECO-INFORMA ?96 - Global Networks for Environmental Information, 1996.

38.
Cotrim da Cunha, Leticia; Wasserman, J. . Propostas para o gerenciamento do sistema lagunar de Piratininga, Niterói, RJ. In: 3.a Reuniao especial da SBPC: Ecossistemas Costeiros, do conhecimento à gestao, 1996, Florianópolis. Livro de Resumos: 3.a Reuniao especial da SBPC: Ecossistemas Costeiros, do conhecimento à gestao, 1996. p. 404-404.

39.
PEREZ, M.A.P ; SANTOS, S.R.A ; DA CUNHA, L. C. ; Wasserman, J. . Variacao Temporal dos Fluxos de NH4+ -N e PO43- -P Nos Rios Arrozal e Jacare, Niteroi, Rj. In: CONGRESSO DA ASSOCIACAO BRASILEIRA DE QUIMICA, 1995, Salvador. Livro de Resumos do CONGRESSO DA ASSOCIACAO BRASILEIRA DE QUIMICA. SALVADOR, BAHIA, 1995. p. 0-0.

40.
LACERDA, L. D. ; Guerra, T. ; Castilhos, Z. C. ; Hatje, V. ; Canesin, F. P. ; DA CUNHA, L. C. . Heavy Metals Atmospheric Inputs From Energy Generation In Brazil. In: 10TH INTERNAT. CONFERENCE OF HEAVY METALS IN THE ENVIRONMENT, 1995, Hamburg. 10TH INTERNAT. CONFERENCE OF HEAVY METALS IN THE ENVIRONMENT. HAMBURGO, ALEMANHA, 1995. p. 0-0.

41.
DA CUNHA, L. C.; Wasserman, J. . Are Plants Filters Or Sources For Eutrophication In Coastal Lagoons?. In: XII International Symposium on Environmental Biogeochemistry, 1995, Rio de Janeiro. ABSTRACTS-XII INTERNAT.SYMPOSIUM ON ENVIRONMENTAL BIOGEOCHEMISTRY BIOSPHERE AND ATMOSPHERE CHANGES. RIO DE JANEIRO, 1995. p. 0-0.

42.
DA CUNHA, L. C.; Wasserman, J. ; PEREZ, M.A.P ; SANTOS, S.R.A ; VIANA, E.F.C. ; SOUZA, W.F.L. . Classificacao do Estado Trofico do Sistema Lagunar Piratininga-Itaipu,Niteroi, Rj, Atraves do Monitoramento de Nutrientes.. In: 18 REUNIAO ANUAL DA SOC. BRAS. DE QUIMICA, 1995, Caxambu. LIVRO DE RESUMOS DA 18 REUNIAO ANUAL DA SOC. BRAS. DE QUIMICA, 1995. p. 0-0.

43.
DA CUNHA, L. C.; Saavedra, L. . Analise Granulometrica dos Sedimentos de Fundo da Plataforma Continental Interna Entre O Cabo Frio e O Cabo Buzios. In: VI SEMANA NACIONAL DE OCEANOGRAFIA, 1993, Rio de Janeiro. LIVRO DE RESUMOS DE VI SEMANA NACIONAL DE OCEANOGRAFIA. RIO DE JANEIRO, 1993. p. 0-0.

44.
MELGES FIGUEIREDO, L. H. ; Hamacher, C. ; LIMA, A. L. S. ; AZEVEDO, L. A. C ; DA CUNHA, L. C. ; Farias, C. O. ; ARAUJO GUERRA, L. A. . Distribuicao de Hidrocarbonetos Na Agua e Em Sedimentos Marinhos Superficiais Na Regiao de Cabiunas, Macae, Rj.. In: VI SEMANA NACIONAL DE OCEANOGRAFIA, 1993, Rio de Janeiro. LIVRO DE RESUMOS DA VI SEMANA NACIONAL DE OCEANOGRAFIA. RIO DE JANEIRO, 1993. p. 0-0.

45.
ARAUJO GUERRA, L. A. ; AZEVEDO, L. A. C ; DA CUNHA, L. C. ; Farias, C. O. ; MELGES FIGUEIREDO, L. H. ; Hamacher, C. ; LIMA, A. L. S. . Avaliacao Preliminar das Concentracoes de Fenois e Sulfetos Na Agua do mar na regiao de Cabiunas, Rj.. In: VI SEMANA NACIONAL DE OCEANOGRAFIA, 1993, Rio de Janeiro. LIVRO DE RESUMOS DA VI SEMANA NACIONAL DE OCEANOGRAFIA. RIO DE JANEIRO, 1993. p. 0-0.

Artigos aceitos para publicação
1.
HATJE, V. ; Cotrim da Cunha, L. ; COSTA, M. F. . Mudanças globais, impactos antrópicos e o futuro dos oceanos. REVISTA VIRTUAL DE QUÍMICA, 2019.

Apresentações de Trabalho
1.
ASSAD, L. P. F. ; Cotrim da Cunha, L. ; PELLEGRINI, J. ; ARAUJO GUERRA, L. A. ; CASTRO, A. ; CLIMENT, C. C. . Desenvolvimento e integração de tecnologias espaciais e oceânicas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
Cotrim da Cunha, L.; Hamacher, C. ; Farias, C. O. ; KERR, RODRIGO . INTERAÇÕES BIO-FÍSICAS NA DISTRIBUIÇÃO DE CARBONO ORGÂNICO DISSOLVIDO NO VERÃO (2015): O CASO DO ESTREITO DE GERLACHE. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
Cotrim da Cunha, L.. GLODAP and carbon in the Tropical Atlantic. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
da Cunha, Leticia C.; SOARES, H. C. ; NOBRE, P. . A new breath for PIRATA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
da Cunha, Leticia Cotrim; COELHO, C. A. W. ; KERR, R. ; ORSELLI, I. B. . Surface total alkalinity, salinity and temperature: a study case in the South-western Atlantic Ocean. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
da Cunha, Leticia Cotrim; SOUZA, H. A. S. ; ARAUJO, M. P. ; Farias, C. O. ; HAMACHER, C. ; MOSER, G. A. O. . How eutrophic and pristine estuaries export acidic waters to the coastal ocean: a case study in SE Brazil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

7.
da Cunha, Leticia Cotrim. Os ecossistemas marinhos do Brasil e a acidificação dos oceanos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
DA CUNHA, L. C.; COELHO, C. A. W. ; SANTOS, P. P. W. ; KEIM, R. A. ; SOUZA, H. A. S. ; ARAUJO, M. P. ; FARIAS, C. O. ; HAMACHER, C. . A snapshot of the marine CO2-system in three coastal ecosystems in SE Brazil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
DA CUNHA, L. C.; Hamacher, C. ; Farias, C. O. . Península Antártica: distribuição espacial de carbono orgânico e composição C/N do material particulado. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
Cotrim da Cunha, Leticia; Buitenhuis, Erik T. . Assessing the role of large river plumes on sea-air CO2 fluxes. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
Cotrim da Cunha, Leticia; HAMACHER, C. ; Farias, C. O. . Water Quality in Jacarepaguá and Rodrigo de Freitas Lagoons. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
Cotrim da Cunha, Leticia. From open ocean to coastal zones: ocean acidification and its impacts. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
da Cunha, Leticia Cotrim. Papel da zona costeira brasileira nos fluxos de CO2 mar-atmosfera e possíveis efeitos da acidificação. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
da Cunha, Leticia Cotrim. What controls sea-air CO2 fluxes in a pristine tropical estuary?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

15.
Cotrim da Cunha, Leticia; BUITENHUIS, E. T. ; LE QUÉRÉ, C. ; GIRAUD, X. ; LUDWIG, W. . What happens to river carbon and nutrients inputs in the ocean? A model approach.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
WALLACE, D. ; Cotrim da Cunha, Leticia ; Körtzinger, Arne ; Visbeck, Martin ; Karstensen, Johannes ; Krahmann, G. ; Brandt, P. ; Santos, C. D. S. ; Melicio, O. ; Silva, Péricles ; Monteiro, Ivanice . The Tropical Eastern North Atlantic Time-Series Observatory at Cape Verde (TENATSO). Status and initial results from the ocean site.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
DA CUNHA, L. C.; PIs - TENATSO Project . TENATSO Observatório oceânico-atmosférico do Atlântico tropical nordeste. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
DA CUNHA, L. C.; LE QUÉRÉ, C. ; BUITENHUIS, E. T. . Regional impact of rivers on continental shelf biogeochemistry.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
Cotrim da Cunha, Leticia. Influence of river nutrients in the Tropical Atlantic Ocean. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
DA CUNHA, L. C.; GIRAUD, X. ; BUITENHUIS, E. T. ; LUDWIG, W. ; LE QUÉRÉ, C. . NUTRIENT SOURCES AND FATE IN THE COASTAL ZONE. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
Cotrim da Cunha, Leticia. Importance of rivers II. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
Cotrim da Cunha, Leticia. What about biomarkers?. 2002. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

23.
DA CUNHA, L. C.; Serve, Léon ; Vigo, Jean ; Salmon, Jean-Marie . A preliminary study of DOM fluorescence in a Mediterranean river.. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
Cotrim da Cunha, L.; COTOVICZ JR, L. ; SOARES, H. C. . National annual reports of 2017 and future activities. Kiel, Xiamen (DE, CN): SOLAS International Project Office, 2017 (Relatório anual de atividades - Projeto SOLAS).

2.
Cotrim da Cunha, L.; KERR, R. ; ORSELLI, IOLE B.M. ; SOUZA, R. B. . National annual reports of 2016 and future activities. Kiel, Xiamen (DE, CN): SOLAS International Project Office, 2016 (Relatório anual de atividades - Projeto SOLAS).

3.
da Cunha, Leticia C.; KERR, R. ; Araújo, M. ; Lefèvre, N. ; NORIEGA, C. ; BONOU, F. ; PERETTI, A. R. ; NOBRE, P. ; SOUZA, R. B. ; Pinheiro, B. . Annual Report for the Year 2014: SOLAS Brazil 2015 (Relatório anual de atividades - Projeto SOLAS).

4.
da Cunha, Leticia C.. SOLAS Brazil. Kiel: SOLAS Newsletter Issue 17 / Summer 2015, 2015 (Relatório de atividades SOLAS).

5.
KERR, R. ; DA CUNHA, L. C. ; KIKUCHI, R. . Joint BrOA (Brazilian Research on Ocean Acidification) and SOLAS (Surface Ocean Lower Atmosphere Study) Workshop. Sydney (BC), Canada: PICES Press, 2015 (Relatório final da Oficina "2015 Joint BrOA (Brazilian Research on Ocean Acidification) and).

6.
KERR, R. ; Cotrim da Cunha, Leticia ; ITO, R. G. . 2nd Report of the Brazilian Ocean Acidification Research Group 2014 (Relatório Anual - BrOA).

7.
Cotrim da Cunha, L.; KERR, R. ; ITO, R. G. ; BONOU, F. ; Pinheiro, B. ; Araújo, M. ; Souza, M.F.L. ; COTOVITZ JR, L. ; Knoppers, B. . Annual Report for the year 2013: SOLAS Brazil 2014 (Relatório anual de atividades - Projeto SOLAS).

8.
Cotrim da Cunha, L.. Interactive comment on ?Spatiotemporal variability and drivers of p CO 2 and air?sea CO 2 fluxes in the California Current System: an eddy-resolving modeling study? by G. Turi et al.. Copernicus - EGU Journals, 2013 (Editor comment - Biogeosciences Discussion).

9.
Cotrim da Cunha, Leticia. Comment on ?Understanding why the volume of suboxic waters does not increase under climate change in an Earth System Model? by A. Gnanadesikan & J. John.. Copernicus GmbH, 2012 (Editor comment - Biogeosciences Discussion).

10.
Cotrim da Cunha, Leticia. Interactive comment on ?Transformation of dissolved inorganic carbon (DIC) into particulate organic carbon (POC) in the lower Xijiang River, SE China: an isotopic approach? by H. G. Sun et al.. Göttingen: Copernicus GmbH, 2012 (Editor comment - Biogeosciences Discussion).

11.
KERR, R. ; Cotrim da Cunha, Leticia ; SOUZA, M. F. L. ; PERETTI, A. R. . Pesquisa Brasileira sobre a Acidificação dos Oceanos - BROA 2012 (Relatório final de Oficina "STUDYING OCEAN ACIDIFICATION AND ITS EFFECTS ON MARINE ECOSYSTEMS").


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
NOBRE, P. ; Hatje, V. ; GALLO, Y. ; Cotrim da Cunha, Leticia . Conheça o Navio Vital de Oliveira. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
NOBRE, P. ; Cotrim da Cunha, Leticia . Navio da Marinha cumpre mais uma missão em alto-mar. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
Cotrim da Cunha, Leticia; BASTOS, A. . Mulheres do mar - Mulheres desbravam profissões nas quais ainda são minoria. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
da Cunha, Leticia Cotrim. Estudo investiga como o excesso de carbono afeta a saúde dos oceanos. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

5.
HOMERO, V. ; Cotrim da Cunha, Leticia . Efeito estufa afeta também os oceanos. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
Cotrim da Cunha, Leticia; ARAUJO, M. P. ; MOSER, G. A. O. . Reporter ciência - TV UERJ - Projeto FORSA. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
da Cunha, Leticia C.; MUELLER, C. . Curiosidades e problemas dos oceanos estão em mostra inédita no Rio. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

8.
Cotrim da Cunha, Leticia. Acidificacao do oceanos, programa 'Comentario Geral', TV Brasil. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

Redes sociais, websites e blogs
1.
da Cunha, Leticia C.. Mares do Sul. 2015; Tema: Oceanografia e Clima. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
Cotrim da Cunha, L.. Introdução ao Ocean Data View. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
Cotrim da Cunha, Leticia. TESAT II: Introducao ao uso de software Ocean Data View para tratamento de dados oceanográficos. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
HOLZWARTH, U. ; Loebl, Martina ; Cotrim da Cunha, Leticia . Introductory Course: ?Natural Sciences for Social Scientists?. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
HOLZWARTH, U. ; Assmy, P. ; Cotrim da Cunha, Leticia . GLOMAR Introductory Course to Natural Sciences for Social Scientists. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
Cotrim da Cunha, Leticia; WALLACE, D. . Tropical Eastern North Atlantic Time-Series Observatory - TENATSO. 2007. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Brochura).

6.
Cotrim da Cunha, Leticia. Seminar Global Change Forschungsfelder und Methoden, Lecture: Biogeochemical Processes in the Coastal Ocean: nutrient budgets, greenhouse-effect gases, and impact of human activity.. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
DA CUNHA, L. C.. Biogeochemical processes in the coastal zone.. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
DA CUNHA, L. C.. Biogeochemical processes in the coastal zone. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

9.
DA CUNHA, L. C.. Organic matter biogeochemistry and molecular characterisation. Public: Master students in Biological Oceanology. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
DA CUNHA, L. C.. Organic matter biogeochemistry and molecular characterisation. Public: Master students in Biological Oceanology .. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

11.
DA CUNHA, L. C.. Organic matter biogeochemistry and molecular characterisation. Public: Master students in Biological Oceanology. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

12.
DA CUNHA, L. C.. Organic matter biogeochemistry and molecular characterisation.. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

13.
DA CUNHA, L. C.. Organic matter biogeochemistry and molecular characterisation.. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
RIOetc, Loja ; Print Love ; Cotrim da Cunha, L. . @RIODEJANEIRO. 2018. Fotografia.

2.
Cotrim da Cunha, L.. Feira Oriente. 2018. Fotografia.

3.
Cotrim da Cunha, Leticia. Concurso Cultural Mês da Mulher 2018 SRH UERJ. 2018. Fotografia.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
da Cunha, Leticia Cotrim; AGUILERA, O. A.; CARVALHO, C. R. A.. Participação em banca de Maria Isabela Nascimento de Oliveira. Determinação do efeito reservatório marinho nas datações de carbono 14 através do estudo de corais. 2018. Dissertação (Mestrado em Biologia Marinha) - Universidade Federal Fluminense.

2.
MAROTTA, H.; SOUZA, R. B.; ABRIL, G.; da Cunha, Leticia Cotrim. Participação em banca de Ludmila Caetano dos Santos. Controles sinérgicos da temperatura sobre o CO2 em mares do sul: heterogeneidade em uma Baía da Antártica. 2017. Dissertação (Mestrado em Geociências (Geoquímica)) - Universidade Federal Fluminense.

3.
GUIMARAES, J. R. D.; MACHADO, W. T. V.; DA CUNHA, L. C.; DORNELES, P. R.. Participação em banca de Renan thiago Laynes Longo. Dinâmica do mercúrio (Hg) em baías costeiras tropicais do estado do Rio de Janeiro - Aplicacao do mexilhao Perna perna (Linnaeus 1758) com espécie sentinela. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
SIMOES FILHO, F. F. L.; CRAPEZ, M. A. C.; Cotrim da Cunha, Leticia. Participação em banca de Angela Loureiro Goncalves da Silva. Registro da sedimentacao da costa continental da Ilha de Santa Catarian, SC, Brasil. 2016. Dissertação (Mestrado em Biologia Marinha) - Universidade Federal Fluminense.

5.
da Cunha, Leticia Cotrim; VIANNA, M.; Wasserman, J.. Participação em banca de Ricardo de Almeida Keim. AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA AGUA UTILIZANDO UMA ABORDAGEM EXPEDITA EM PERÍODO SECO E CHUVOSO EM MARÉ DE SIZÍGIA NO BAIXO CURSO DO RIO SÃO JOÃO ? RIO DE JANEIRO. 2015. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Biossistemas) - Universidade Federal Fluminense.

6.
KERR, R.; ITO, R. G.; MATA, M. M.; DA CUNHA, L. C.. Participação em banca de Iole Beatriz M. Orselli. DISTRIBUIÇÃO DO CARBONO ANTROPOGÊNICO E ACIDIFICAÇÃO OCEÂNICA NA REGIÃO DE QUEBRA DA PLATAFORMA CONTINENTAL DA PATAGÔNIA ARGENTINA. 2015. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

7.
KERR, R.; AZEVEDO, J. L. L.; da Cunha, Leticia Cotrim; MENDES, C. R. B.. Participação em banca de Guilherme Cordova Santos. Potenciais causas físicas e biológicas associadas à expansao das zonas de mínimo oxigênio dos oceanos Atlântico tropical e Pacífico equatorial. 2014. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

8.
SOUZA, M. F. L.; SILVA, D. M. L.; RIBEIRO, S. M. M. S.; Cotrim da Cunha, Leticia. Participação em banca de Adriadna Souza Santos. Concentracao de clorofila-a fracionada e nutrientes inorgânicos dissolvidos na Plataforma Continental da Bahia. 2013. Dissertação (Mestrado em Sistemas Aquáticos Tropicais) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

9.
Tenenbaum, D. R.; GUERRA, J. V.; Cotrim da Cunha, L.. Participação em banca de Mariana Chagas Braz. Distribuição espacial do nano e microfitoplâncton na Plataforma Continental do Rio de Janeiro (verão de 2011). 2013. Dissertação (Mestrado em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

10.
SOUZA, M. F. L.; SILVA, D. M. L.; RIBEIRO, S. M. M. S.; Cotrim da Cunha, Leticia. Participação em banca de Jorsanete Passos Cardoso Foeppel. Influência do aporte continental e processos de plataforma estreita na concentracao de nutrientes e biomassa fitoplanctônica. 2013. Dissertação (Mestrado em Sistemas Aquáticos Tropicais) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

Teses de doutorado
1.
GOYET, CATHERINE; TOURATIER, F.; Lefèvre, N.; DADOU, I.; COURP, T.; Cotrim da Cunha, Leticia. Participação em banca de Jannine Marquez Lencina Avila. Comparaison de l'état de l'acidification des océans entre deux régions de l'Océan Austral. 2018. Tese (Doutorado em École Doctorale 305 - Énergie Environnement - E2) - Université de Perpignan - Via Domitia.

2.
Knoppers, B. A.; ABRIL, G.; BORGES, A.; TURCQ, P.; MARINS, R.; MAROTTA, H.; MELLO, W. Z.; da Cunha, Leticia Cotrim. Participação em banca de Luiz Carlos Cotovicz Junior. CONCENTRAÇÕES E TROCAS ATMOSFÉRICAS DE DIÓXIDO DE CARBONO (CO2) E METANO (CH4) EM UM ESTUÁRIO TROPICAL EUTROFIZADO, BAÍA DE GUANABARA, RJ, BRASIL. 2016. Tese (Doutorado em Geociências (Geoquímica)) - Universidade Federal Fluminense.

3.
Evangelista, H.; ALBUQUERQUE, A. L. S.; CARVALHO, C. R. A.; DA CUNHA, L. C.. Participação em banca de Saulo Israel Barros Lamounier. Microanálise e geoquímica em testemunhos de corais como elementos de interpretação dos impactos das forçantes naturais e antrópicas sobre a costa do Brasil. 2015. Tese (Doutorado em Biologia (Biociências Nucleares)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
MOSER, G. A. O.; ARAUJO GUERRA, L. A.; MOREIRA, P.; da Cunha, Leticia Cotrim. Participação em banca de Caio César Ribeiro. Vórtices da Corrente das Agulhas e suas implicações na teia trófica planctônica e no transporte interoceânico do nano e microfitoplâncton. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
MOSER, G. A. O.; Manzi, M.; Fernandes, L. F.; Cotrim da Cunha, Leticia. Participação em banca de Domenica Teixeira de Lima. Flora Diatomológica Pelágica da Baía do Almirantado, Ilha Rei George, Antártica: Diversidade e Traços Funcionais. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduacao em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
ALVES, J. L. D.; ELIAS, R. N.; CATALDI, M.; BELEM, A. L.; Cotrim da Cunha, Leticia. Participação em banca de Lívia Maria Barbosa Sancho Álvares Mendonca Cabral. Avaliacao do potencial de ruptura do cenário RCP 8.5 do IPCC na circulacao termohalina do Oceano Atlântico. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Engenharia da COPPE - UFRJ) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
FERNANDES, A. M.; GUERRA, J. V.; da Cunha, Leticia Cotrim. Participação em banca de Fernanda da Silva Telles. Análise de meso e submesoescala na Bacia de Campos (RJ) e as possíveis interações físico-biológicas. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
MOSER, G. A. O.; Manzi, M.; da Cunha, Leticia Cotrim. Participação em banca de Raquel Neves Lopes Tavares. Produtividade primária nos distintos grupos pigmentares e frações de tamanho do fitoplâncton da Baía de Guanabara. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MOSER, G. A. O.; FERNANDES, A. M.; Cotrim da Cunha, L.; RAMOS, J. A. S.. Participação em banca de Felipe Augusto Vasconcelos de Miranda.Modelagem e implementação de banco de dados oceanográficos e imagens de microscopia do fitoplâncton da Baía de Guanabara - RJ. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
FARIAS, C. O.; HAMACHER, C.; ARAUJO, M. P.; Cotrim da Cunha, L.. Participação em banca de Raquel vidal dos Santos Leopoldo.Avaliação da contaminação por hidrocarbonetos alifáticos nos manguezais de Guaratiba e Macaé, RJ. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
FARIAS, C. O.; HAMACHER, C.; Cotrim da Cunha, L.. Participação em banca de Angélica Roberta Costa.Fluxo de nutrientes e carbono orgânico entre a Baía de Guanabara e a plataforma continental adjacente. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

4.
FARIAS, C. O.; da Cunha, Leticia C.. Participação em banca de Bruna Paixão.Qualidade da água ao longo da Baía de Guanabara durante um ciclo de maré. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

5.
ARAUJO, M. P.; DA CUNHA, L. C.; Farias, C. O.. Participação em banca de Ana Beatriz Azevedo Ramos.Fluxo de nutrientes dissolvidos no estuário do Rio Barra Grande (Vila Dois Rios, Ilha Grande, RJ). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
ARAUJO, M. P.; Cotrim da Cunha, Leticia. Participação em banca de Natalia de Castro Monção Ribeiro.Avaliação temporal da distribuição de hidrocarbonetos na região da Baía de Ilha Grande, RJ. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

7.
ARAUJO, M. P.; SCOFIELD, A.; da Cunha, Leticia C.. Participação em banca de Thayse Silva Alves.Estudo da geocronologia da matéria orgânica na Lagoa de Jacarepaguá, Rio de Janeiro - RJ: uso de hidrocarbonetos e esteróis como marcadores moleculares. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

8.
ARAUJO, M. P.; HERMS, F. W.; DA CUNHA, L. C.. Participação em banca de Helen Aparecida Soares de Souza.Análise temporal da qualidade da água de um canal sob forte influência antrópica: Canal da Joatinga, Rio de Janeiro. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

9.
ARAUJO, M. P.; DA CUNHA, L. C.. Participação em banca de Ana Beatriz Azevedo Ramos.Fluxo de nutrientes dissolvidos no estuário do Rio Barra Grande (Vila Dois Rios, Ilha Grande, RJ) - Parte I. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
Cotrim da Cunha, L.; KERR, R.; SOUZA, R. B.. Concurso para provimento do cargo de PROFESSOR ADJUNTO Edital no. 135/2014 PROCESSO: E-26/007/8812/2014. 2014. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
Farias, C. O.; Hamacher, C.; Cotrim da Cunha, Leticia. PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO ÁREA OCEANOGRAFIA QUÍMICA/POLUIÇÃO MARINHA. 2013. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
Farias, C. O.; Hamacher, C.; Cotrim da Cunha, Leticia. PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO ÁREA OCEANOGRAFIA QUÍMICA/ BIOGEOQUÍMICA MARINHA. 2013. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Outras participações
1.
BISI, T.; REIS, A. T.; GUERRA, J. V.; da Cunha, Leticia Cotrim. Comissão de seleção para Mestrado e Doutorado Acadêmicos em Oceanografia. 2018. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
Hamacher, C.; GUERRA, J. V.; Cotrim da Cunha, Leticia. Comissao para revalidacao acadêmica dos diplomas de graduacao e mestrado de José Juan Barrera Alba. 2013. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
GUERRA, J. V.; Cotrim da Cunha, Leticia. Comissao para admissao de alunos para a graduacao em Oceanografia via aproveitamento de estudos e transferências interna e externa. 2013. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IPCC AR6 WGI First Lead Author Meeting (LAM1).Lead Author, Chapter 5, WGI - AR6 IPCC. 2018. (Encontro).

2.
Ocean Acidification Regional Event. 2018. (Encontro).

3.
Workshop RIO 2018 Atlantic Interactions.Desenvolvimento e integração de tecnologias espaciais e oceânicas. 2018. (Simpósio).

4.
International Workshop on Marine & Atmospheric Sciences in West Africa. 2017. (Oficina).

5.
PIRATA 22 PIRATA Research Project 20 Years Conference: Contributing to the understanding and prediction of the Tropical Atlantic Climates. A new breath for PIRATA. 2017. (Congresso).

6.
PIRATA 22 Summer School.GLODAP and carbon in the Tropical Atlantic. 2017. (Oficina).

7.
XVI Congresso Brasileiro de Geoquímica. INTERAÇÕES BIO-FÍSICAS NA DISTRIBUIÇÃO DE CARBONO ORGÂNICO DISSOLVIDO NO VERÃO (2015): O CASO DO ESTREITO DE GERLACHE. 2017. (Congresso).

8.
4th International Symposium on the Ocean in a High-CO2 World.Surface total alkalinity, salinity and temperature: a study case in the South-western Atlantic Ocean. 2016. (Simpósio).

9.
Congresso Brasileiro de Oceanografia 2016. Mini-simpósio da Rede BrOA. 2016. (Congresso).

10.
3rd PICES International Symposium: Effects of Climate Change on the World?s Oceans.A snapshot of the marine CO2-system in three coastal ecosystems in SE Brazil. 2015. (Oficina).

11.
I Workshop NAUTILUS.Península Antártica: distribuição espacial de carbono orgânico e composição C/N do material particulado. 2015. (Oficina).

12.
Seminário Brasil-União Europeia de Pesquisa Marinha.From continent to ocean: Preparation of autonomous measurements of the CO2- dynamics from surface waters of the Amazon River to the coastal ocean off Brazil. 2015. (Seminário).

13.
SOLAS Open Science Conference 2015. Acidification through eutrophication- an example from an urban coastal ecosystem in SE Brazil. 2015. (Congresso).

14.
Tropical Atlantic Variability/PIRATA - 19.Session 5 : Physical - Biogeochemical Interactions. 2014. (Encontro).

15.
Workshop Brazil-Germany: Cooperation in Ocean science and Technology - Research and Capacity Building.Assessing the role of large river plumes on sea-air CO2 fluxes. 2014. (Oficina).

16.
Workshop Rio 2016: The Olympic Games and Sustainable Water Management.Water Quality in Jacarepaguá and Rodrigo de Freitas Lagoons. 2014. (Oficina).

17.
III Workshop Brasileiro de Mudanças Climáticas em Zonas Costeiras.PAPEL DA ZONA COSTEIRA BRASILEIRA NOS FLUXOS DE CO 2 MAR- ATMOSFERA E POSSÍVEIS EFEITOS DA ACIDIFICAÇÃO. 2013. (Oficina).

18.
Marine Brazil : ?Construir as Ciências do Mar?, Colóquio Brasil-França.Brazilian Ocean Acidification Research (BROA). 2013. (Simpósio).

19.
2012 ROMS/TOMS User Workshop. 2012. (Oficina).

20.
Congresso Brasileiro de Oceanografia 2012. Fluxos de CO2 mar-atmosfera na região do Pré-Sal (Brasil). POSTER. 2012. (Congresso).

21.
GEOTRACES Latin American Workshop.What controls sea-air CO2 fluxes in a pristine tropical estuary?. 2012. (Oficina).

22.
Oceans and Society: Blue Planet Symposium.Establishing long-term coastal ocean observations in SE Brazil. 2012. (Simpósio).

23.
Simpósio Interrelações Oceano-Continente no Cenário das Mudanças Globais. 2012. (Simpósio).

24.
The Rio Climate Challenge. 2012. (Encontro).

25.
Workshop Studying Ocean Acidification and its Effects on Marine Ecosystems.PESQUISA BRASILEIRA SOBRE A ACIDIFICAÇÃO DOS OCEANOS. 2012. (Oficina).

26.
3rd Bi-Annual Future Ocean Symposium.Assessing organic carbon cycling in continental margins. 2010. (Simpósio).

27.
3rd Workshop: "Coordination on German Activities at the Cape Verde Observatories".Scientific Occupation & Data of CVOO (2006 - present). 2010. (Oficina).

28.
Joint SOLAS/QUEST/ACCENT Cape Verde workshop. 2007. (Encontro).

29.
SOPRAN Kickoff Meeting, IFM-GEOMAR, Kiel, 15/16 March 2007.Cape Verde Time Series Station/TENATSO. 2007. (Encontro).

30.
2nd International SOLAS Summer School.Coastal Ocean Biogeochemistry. 2005. (Outra).

31.
Dynamic Green Ocean Project - Modelling ecosystem dynamics based on plankton functional types: recent advances and challenges. 2005. (Oficina).

32.
ASLO-TOS 2004 Ocean Research Conference. NUTRIENT SOURCES AND FATE IN THE COASTAL ZONE. 2004. (Congresso).

33.
Dynamic Green Ocean - 4thWorkshop. 2004. (Oficina).

34.
1st International SOLAS Summer School.Coastal Ocean Biogeochemistry. 2003. (Outra).

35.
Dynamic Green Ocean Project - Third Workshop.Importance of rivers. 2003. (Oficina).

36.
Dynamic Green Ocean Project - 2nd Workshop.What about biomarkers?. 2002. (Oficina).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Cotrim da Cunha, Leticia; KERR, R. ; KIKUCHI, R. . Mini-Simpósio BrOA - Congresso Brasileiro de Oceanografia 2016. 2016. (Congresso).

2.
DA CUNHA, L. C.; KERR, R. ; KIKUCHI, R. . Joint Brazilian Ocean Acidification Research and Surface Ocean-Lower Atmosphere Study (SOLAS) Workshop: biogeochemical-physical interactions and feedbacks between the ocean and atmosphere. 2015. (Congresso).

3.
da Cunha, Leticia C.. V Congresso Brasileiro de Oceanografia 2014 - membro da comissão avaliadora científica. 2014. (Congresso).

4.
Cotrim da Cunha, Leticia. IV Congresso Brasileiro de Oceanografia 2012 - membro da comissão avaliadora científica. 2012. (Congresso).

5.
Avagyan, A. ; Beckmann, B. ; Bouimetarhan, I. ; Cotrim da Cunha, Leticia ; Fedder, B. ; Fekete, N. ; GOVIN, A. ; Hollway, James ; HOLZWARTH, U. ; Korff, Lucia ; Loebl, Martina ; Patara, Lavinia ; Schmidt, Andreas ; Schulz, Isabelle ; Sonntag, Sebastian . 2nd Young Scientist EXCELLENCE CLUSTER CONFERENCE. 2011. (Congresso).

6.
WALLACE, D. ; Cotrim da Cunha, Leticia ; Zenk, Cordula ; Herzig, Peter ; Melicio, O. ; Santos, C. D. S. . ?Cape Verde Day? at IFM-GEOMAR. 2008. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Raquel Avelina da Conceição dos Santos. Dinâmica do carbono orgânico dissolvido na Península Antártica. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Luana Riscado. Uma análise do impacto do avanço da cunha salina para a qualidade e captação da água do Canal de São Francisco ? Itaguaí ? RJ. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Caio Cesar Ribeiro. Vórtices da Corrente das Agulhas e suas implicações na teia trófica planctônica e no transporte interoceânico do nano e microfitoplâncton. Início: 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduacao em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Coorientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
João Paulo Garcia. Fluxos de carbono inorgânico no canal da Joatinga, Rio de Janeiro. Início: 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Thiago Veloso Franklin. BIOGEOQUÍMICA MARINHA EM MASSAS D`ÁGUA PROFUNDAS NO ATLÂNTICO TROPICAL OESTE. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, CETREINA - UERJ. (Orientador).

2.
Jessica da Silva Nogueira. Estudo de Massas de Água no Atlântico Tropical Sudoeste. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, PIBIC/UERJ. (Orientador).

3.
Nathalia Vidal. Alcalinidade na camada de mistura do Atlântico subtropical. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).

4.
Diana Rocco Albernaz. Oxigênio dissolvido em massas de água profundas no Oceano Atlântico Tropical. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).

5.
Thais Erbas. Da Zona Costeira ao Oceano: Implementação de boas práticas na determinação do sistema CO2 marinho na plataforma continental brasileira. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

6.
Carlos Augusto Musetti de Assis. Processos biogeoquímicos e alcalinidade na Baía de Guanabara. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Ricardo de Almeida Keim. Novas ferramentas para mapear o estado da acidificação em ecossistemas marinhos ? COSFLUX. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Programa QUALITEC - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Cíntia de Albuquerque Wanderley Coelho. Alcalinidade total, salinidade e temperatura superficiais na região da plataforma sul e sudeste brasileira. 2015. Dissertação (Mestrado em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Raquel Avelina da Conceicao dos Santos. Utilização Aparente do Oxigênio e Concentração de Nutrientes na Água Central do Atlântico Sul. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, CETREINA - UERJ. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

2.
Juliano Lucas Souza de Abreu. Transferências de CO2 na interface água-atmosfera em lagos artificiais (barragens) brasileiros. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

3.
Thiago Machado. Foraminíferos planctônicos como proxies para avaliação do sistema carbonato durante o último máximo interglacial (~130ky - MIS 5e). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

4.
Cíntia de Albuquerque Wanderley Coelho. Sistema Carbonato Marinho em Ecossistemas Costeiros do Rio de Janeiro. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, PIBIC/UERJ. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

Iniciação científica
1.
Guilherme Malagutti de Castro. Ecossistemas costeiros fluminenses: fontes ou sumidouros de CO2?. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, CETREINA - UERJ. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

2.
Diana Rocco Albernaz. Ecossistemas costeiros fluminenses: fontes ou sumidouros de CO2?. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, CETREINA - UERJ. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

3.
Raquel Avelina da Conceicao dos Santos. O sistema carbonato no estuário do rio Barra Grande (Ilha Grande, RJ). 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, PIBIC/UERJ. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

4.
Jessica Nogueira. Ecossistemas costeiros fluminenses: fontes ou sumidouros de CO2 para a atmosfera?. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

5.
Carla Lourenço Ferreira. O sistema carbonato no estuário do Rio Barra Grande, RJ. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, CETREINA - UERJ. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

6.
Camila Caroline Guedes Viana. Fluxos de CO2 mar-atmosfera no estuário do Rio Barra Grande, RJ. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

7.
Bruno Sérgio Costa. Dinâmica do sistema carbonato em ecossistemas costeiros fluminenses. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, CETREINA - UERJ. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

8.
Pedro Paulo Weissmann Santos. Dinâmica do sistema carbonato em ecossistemas marinhos. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

9.
Bruna Paixao. Os ambientes costeiros do estado do Rio de Janeiro: fontes ou sumidouros de CO2 para a atmosfera?. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

Orientações de outra natureza
1.
Rafael Avelino da Conceição dos Santos. Estágio Supervisionado Técnico em Química - Instituto Federal do Rio de Janeiro. 2017. Orientação de outra natureza. (Técnico em Química) - Instituto Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

2.
Joao Paulo Lucca Morgado. Projeto TECLAC - UERJ. 2013. Orientação de outra natureza - Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro, CETREINA - UERJ. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

3.
Ricardo de Almeida Keim. Programa QUALITEC - Técnico de Nível Superior - Laboratório de Oceanografia Química. 2013. Orientação de outra natureza - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Programa QUALITEC - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

4.
Hendrick SABBE. ? L?importance des composés phénoliques dans les fractions humiques des sols. 1998. Orientação de outra natureza. (Maîtrise de Sciences de l?Environnement) - Université de Perpignan Via Domitia. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.

5.
Karolien CLAYES. ? Utilisation de l?osmose inverse pour la séparations de la fraction organique dissoute dans des échantillons d?eau. 1998. Orientação de outra natureza. (Maîtrise de Sciences de l?Environnement) - Université de Perpignan Via Domitia. Orientador: Leticia Cotrim da Cunha.



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos aceitos para publicação
1.
HATJE, V. ; Cotrim da Cunha, L. ; COSTA, M. F. . Mudanças globais, impactos antrópicos e o futuro dos oceanos. REVISTA VIRTUAL DE QUÍMICA, 2019.


Apresentações de Trabalho
1.
da Cunha, Leticia Cotrim. Os ecossistemas marinhos do Brasil e a acidificação dos oceanos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
da Cunha, Leticia Cotrim. Estudo investiga como o excesso de carbono afeta a saúde dos oceanos. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
Cotrim da Cunha, Leticia; BASTOS, A. . Mulheres do mar - Mulheres desbravam profissões nas quais ainda são minoria. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
Cotrim da Cunha, Leticia. Acidificacao do oceanos, programa 'Comentario Geral', TV Brasil. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

4.
HOMERO, V. ; Cotrim da Cunha, Leticia . Efeito estufa afeta também os oceanos. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Redes sociais, websites e blogs
1.
da Cunha, Leticia C.. Mares do Sul. 2015; Tema: Oceanografia e Clima. (Blog).



Outras informações relevantes


2012 - Treinamento em Operação no Analisador de Carbono Total TOC-LCSH Shimadzu (12 horas, outubro 2012, SINC do Brasil, n. 2843)
2014 - Embarque como Coordenadora Adjunta no NHO Cruzeiro do Sul (Marinha do Brasil), de 21/10 a 30/10/2014, para realização das coletas do projeto Estarte-Sul
2015 - Embarque como Coordenadora Adjunta no NPo Almirante Maximiano (Marinha do Brasil), de 1/2 a 27/2/2015, para realização das coletas do projeto NAUTILUS
2016 - Embarque como Coordenadora Adjunta no NPo Almirante Maximiano (Marinha do Brasil), de 06/02 a 06/03/2016, para realização das coletas do projeto NAUTILUS



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 13/12/2018 às 23:45:17