Daniela Sachs

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8688452245478539
  • Última atualização do currículo em 13/11/2018


Graduada em Farmácia Bioquímica pela Universidade de Ribeirão Preto (1994) e Doutora em Ciências (área de concentração-Farmacologia) pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (2004). Realizou pós-doutorado no Departamento de Bioquímica e Imunologia do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Minas Gerais e no Departamento de Farmacologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo com bolsa concedida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento (CNPq) e Fundação de Pesquisas Científicas de Ribeirão Preto (FUNPEC), respectivamente. Atualmente é Professora (adjunto II) do Instituto de Física e Química da Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI). Atualmente é Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Materiais para Engenharia e é membro da Rede Mineira de Química- RQ-MG. Recentemente desenvolve pesquisas que tem como foco o estudo fenômenos biológicos relacionados à ciência dos biomateriais tais como: biocompatibilidade, adesão e proliferação celular. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Daniela Sachs
Nome em citações bibliográficas
SACHS, D;Sachs, Daniela;DANIELA, SACHS

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Itajubá, Instituto de Física e Química -IFQ.
Av. BPS, 1303 - Campus Prof. José Rodrigues Seabra
Pinheirinho
37500903 - Itajubá, MG - Brasil - Caixa-postal: 486
Telefone: (35) 26291635
Ramal: 1635
Fax: (35) 36291140
URL da Homepage: www.unifei.edu.br


Formação acadêmica/titulação


1999 - 2004
Doutorado em Ciências (área de concentração -Farmacologia).
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, FMRP-USP, Brasil.
Título: Aspectos Moleculares Envolvidos na Indução, Desenvolvimento e Bloqueio da Hipernocicepção Mecânica Persistente, Ano de obtenção: 2004.
Orientador: Sérgio Henrique Ferreira.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Hipernocicepção persistente; Neurônio aferente primário nociceptivo; Canais de sódio resistentes à tetrodotoxina; Canais de potássio sensíveis ao ATP; Óxido nírtico.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Farmacologia da Dor.
Setores de atividade: Fabricação de Produtos Farmacêuticos.
1996 - 1999
Mestrado em Ciências (área de concentração-Farmacologia).
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, FMRP-USP, Brasil.
Título: Estudo da Hiperalgesia Persistente Induzida por Interleucina-1beta, Interleucina-8 e Fator de Necrose Tumoral-alfa,Ano de Obtenção: 1999.
Orientador: Fernando de Queiróz Cunha.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Interleucina-1beta; Interleucina -8; Fator de Necrose tumoral-alfa; Hiperalgesia Persistente.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Fabricação de Produtos Farmacêuticos.
1995 - 1996
Aperfeiçoamento em Programa de Aprimoramento Profissional.
Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, HC-FMRP-USP, Brasil. Ano de finalização: 1996.
Bolsista do(a): Fundação do Desenvolvimento Administrativo, FUNDAP, Brasil.
1989 - 1994
Graduação em Farmácia Bioquímica.
Universidade de Ribeirão Preto, UNAERP, Brasil.


Pós-doutorado


2008 - 2009
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
2006 - 2008
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia.
2004 - 2006
Pós-Doutorado.
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, FMRP-USP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Pesquisas Cientìficas de Ribeirão Preto, FUNPEC- RP, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Farmacologia da Dor / Especialidade: Dor Inflamatória.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Itajubá, UNIFEI, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Professor Adjunto III, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade de Ribeirão Preto, UNAERP, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 12

Atividades

2/1994 - 6/1994
Estágios , Unaerp, Laboratório de Análises Clínicas.

Estágio realizado
Estágio Extra-Curricular Supervisionado (55 horas).
2/1994 - 6/1994
Estágios , Unaerp, Laboratório de Análises Clínicas.

Estágio realizado
Estágio no laboratório de Análises Clíncas (375 horas).

Instituto Adolfo Lutz, IAL, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 12

Atividades

7/1994 - 11/1994
Estágios , Laboratório I de Ribeirão Preto, Setor de Imunologia e Microbilologia.

Estágio realizado
Área de sorologia (261 horas).


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Estudo Da Citotoxicidade, Genotoxicidade E Potencial Antimicrobiano In Vitro De Complexos De Inclusão Utilizando Beta-Ciclodextrina E Quinolonas
Descrição: Uma das consequências mais terríveis da evolução Darwiniana é o surgimento de resistência a antimicrobianos, que está se tornando uma séria ameaça para a sociedade moderna. Nas décadas seguintes a introdução dos primeiros antimicrobianos (40, 50 e 60 do século passado), uma grande quantidade de novos compostos foram produzidas e rapidamente utilizados na prática clínica. Entretanto, nas décadas seguintes houve um declínio na produção destes compostos. Tento em mente que a resistência aos antimicrobianos é um dos maiores desafios do século 21 para a medicina moderna, pesquisas que visam o desenvolvimento de novas substâncias com potencial efeito contra bactérias patogênicas, são necessárias. Dessa maneira, uma das abordagens propostas no presente projeto é a melhoria da atividade biológica de fluoroquinolonas atualmente utilizadas em clínica médica. Para isso serão introduzidas unidades terpênicas nas aminas livres presentes nos antibióticos fluoroquinolônicos cipro, gati-, moxi- e gemifloxacina. Recentemente, as ciclodextrinas têm sido utilizadas no desenvolvimento de novos sistemas terapêuticos com a finalidade de aumentar a incorporação de fármaco, estabilizá-lo, modelar a liberação e até vetorizá-lo para determinada população celular. Portanto, o desenvolvimento de sistemas supramoleculares envolvendo a -ciclodextrina com matrizes poliméricas e as moléculas hóspedes com potencial farmacêutico, no caso os novos derivados floroquinôlonicos podem representar uma excelente ferramenta para a terapêutica de doenças microbianas. Ainda no contexto do desenvolvimento de novos fármacos é importante ressaltar que testes de citotoxicidade e genotoxicidade também são essenciais para o seu desenvolvimento que devem ser realizados nas etapas iniciais desse desenvolvimento a fim de prognosticar potencial atividade citotóxica e genotóxica desses compostos. Portanto, também serão avaliadas a citotoxicidade e genotoxicidade dos sistemas supramoleculares envolvendo a -ciclodextrina com matrizes poliméricas e as moléculas hóspedes com potencial farmacêutico, no caso os novos derivados floroquinôlonicos. Por fim, e não mesmos importante será a avaliação da atividade antimicrobiana dos sistemas supramoleculares envolvendo a -ciclodextrina com matrizes poliméricas associados a novos derivados floroquinôlonicos. Em suma presente projeto visa o estudo da citotoxicidade, genotoxicidade e atividade antimicrobiana in-vitro de compostos de inclusão formados entre novos derivados fluoroquinôlonicos e ciclodextrinas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Daniela Sachs - Coordenador / FREDERICO BARROS DE SOUSA - Integrante / Mauricio Frota Saraiva - Integrante.
2014 - Atual
AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIINFLAMATÓRIA DE FÁRMACOS ASSOCIADOS A POLÍMEROS BIODEGRADÁVEIS FUNCIONALIZADOS COM LIGANTE DA SELECTINA-E EM MODELO DE ARTRITE INDUZIDA POR ANTÍGENO
Descrição: A artrite reumatóide (AR) é uma doença autoimune inflamatória e crônica que afeta as articulações do corpo e sua prevalência mundial varia de 0,3% a 1,0%. No Brasil, um estudo de 2004 mostrou prevalência de 0,46%, representando quase um milhão de pessoas com artrite reumatóide. Segundo Página 1 de 5dados de internação hospitalar do SUS, houve 19.978 internações devido a artrite reumatóide e outras poliartropatias inflamatórias, totalizando um gasto de R$13.830.164,88, dos quais R$12.215.908,93 referentes a serviços hospitalares e R$1.614.255,95 referentes a serviços profissionais, no ano de 2011. O gasto mundial anual com o seu tratamento é de aproximadamente U$16 bilhões, incluindo as despesas sócio-econômicas diretas e custos indiretos. O tratamento medicamentoso do paciente com artrite reumatóide varia de acordo com o estágio da doença, sua atividade e gravidade, devendo ser mais agressivo o tratamento quanto mais agressiva for a doença. Atualmente, existem cinco classes de medicamentos que apresentam efeitos benéficos: analgésicos, antiinflamatórios não esteroides (AINE), corticosteróides, fármacos antirreumáticos modificadores da doença (Disease Modifying Antirheumatoid Drugs - DMARD) e terapia alvo com agentes biológicos (Brasil, 2006; Malottki et al., 2011). Entretanto, apesar de décadas de pesquisas farmacêuticas e clínicas, ainda há muitas necessidades não contempladas no tratamento artrite reumatóide. O desenvolvimento de nanofármacos a serem empregadas como alternativas na terapia da artrite reumatóide tem sido alvo de muitos estudos (para revisão Rubinstein & Weinberg, 2012). De fato, o interesse pela nanotecnologia vem crescendo rapidamente, principalmente com relação a sua aplicação na vetorização de fármacos. A utilização de sistemas coloidais nanoestruturados constitui uma alternativa que visa alterar a biodistribuição de fármacos após sua administração por diferentes vias. O sistema de liberação vetorizado, além de carrear o fármaco seletivamente até seu sítio de ação, previne a degradação ou inativação do fármaco durante o seu trânsito e protege o corpo de reações adversas devido à distribuição inapropriada do fármaco (Banker et al., 1996). Além disso, o entendimento mais aprofundado do efeito dessas nanopartículas na resposta inflamatória presente na patogênese da artrite reumatóide poderá ampliar e contribuir para o desenvolvimento de novos fármacos para a terapêutica dessa doença. Dessa forma, e neste contexto, o presente trabalho visa avaliar a atividade antiinflamatória de fármacos associados a polímeros biodegradáveis funcionalizados com ligante da selectina-E em modelo de artrite induzida por antígeno..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Daniela Sachs - Coordenador / Vanessa Carla Furtado Mosqueira - Integrante / Gwenaelle Elza Nathalie Pound-Lana - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2012 - Atual
UTILIZAÇÃO DA ROTA OLEOQUÍMICA PARA A SÍNTESE SUSTENTÁVEL DE ARCABOUÇOS MOLECULARES PARA A ENGENHARIA DE TECIDOS BIOLÓGICOS
Descrição: Descrição: O desenvolvimento de arcabouços moleculares para a engenharia de tecidos biológicos a partir de óleos vegetais atrai a atenção de Pesquisadores do Centro de Estudos e Inovação em Materiais Biofuncionais Avançados (CEIMBA) da UNIFEI devido ao fato desses materiais possuírem propriedades físico-químicas diferenciadas daqueles de origem petroquímica. O objetivo desse trabalho é o estudo da relação estrutura química-atividade biológica de arcabouços moleculares obtidos a partir de polióis derivados do óleo de oliva. As propriedades físico-químicas dos arcabouços moleculares obtidos serão estudadas através de análises dinâmico-mecânicas (DMTA), termogravimétricas (TGA), calorimetria exploratória diferencial (DSC), testes de inchamento, difratometria de raios-X, microscopia eletrônica de varredura (MEV), porosimetria de mercúrio e potencial zeta. As propriedades bioquímicas dos arcabouços moleculares obtidos serão caracterizadas através de técnicas in-vitro envolvendo ensaios de citotoxicidade, hemocompatibilidade (trombogenicidade, sorção proteica, adesão plaquetária) e imunotoxicidade. Palavras-Chave: Engenharia de Tecidos Biológicos, Polímeros Verdes, Óleo de Oliva, Biocompatibilidade, Biodegradabilidade. . Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: Alvaro Antonio Alencar de Queiroz - Coordenador / Daniela Sachs - Integrante / Pedro Santoni Mota - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2011
CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DO ISOLAMENTO DE CABOS DE POTÊNCIA
Descrição: Trata-se de um convênio celebrado entre o LABORATÓRIO DE ALTA TENSÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ (LAT-EFEI) e o CENTRO DE ESTUDOS E INOVAÇÃO EM MATERIAIS BIOFUNCIONAIS AVANÇADOS (CEIMATBioAv) da UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ (UNIFEI) tem como objetivo desenvolver e apoiar projetos de pesquisa científica e tecnológica cooperativos, a serem estabelecidos entre pesquisadores do CEIMATBioAv e LAT-EFEI. O projeto de pesquisa deverá ser financiado pelo LAT-EFEI e co-financiado pela UNIFEI através de sua fundação FUPAI. O presente contrato deverá incentivar a difusão do conhecimento e a pesquisa científica ou tecnológica entre o LAT-EFEI e o CEIMATBioAv, cujos resultados apresentem potencial de aplicação no mercado. As questões relacionadas com a qualidade de energia elétrica representam, efetivamente, desafios crescentes para o setor de engenharia elétrica. No que se refere ao fornecimento de energia elétrica com qualidade e confiabilidade, um dos problemas consiste na descontinuidade não programada do suprimento devido à ocorrência de falhas em componentes diversos da instalação, particularmente aqueles relativos a defeitos na isolação nos cabos de potência. Nesse contexto, uma das principais causas da degradação da isolação de cabos de potência é o fenômeno conhecido por arborescência (water tress) que provoca o envelhecimento precoce dos cabos elétricos, podendo ocasionar o rompimento do material dielétrico. Nesse sentido, este projeto de pesquisa apresenta uma estratégia metodológica voltada para o diagnóstico do estado operacional da isolação de cabos elétricos a partir da caracterização físico-química através de técnicas que envolvem a espectroscopia vibracional (infravermelho por transformadas de Fourier FTIR), análise das propriedades térmicas (calorimetria exploratória diferencial-DSC e análise termogravimétrica-TGA), microscopia eletrônica de varredura (MEV) para análise da microestrutura dos revestimentos e intumescimento em água..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Daniela Sachs - Integrante / Demétrio Artur Werner Soares - Integrante / Maria Elena Leyva González - Integrante / Alvaro Antonio Alencar de Queiroz - Coordenador / Élcio Rogério Barrak - Integrante / Rossano Gimenes - Integrante.Financiador(es): Fundação de Pesquisa e Assessoramento à Indústria - Auxílio financeiro.
2011 - Atual
CARACTERIZAÇÃO FÍSICA E BIOLÓGICA DE NANOCOMPÓSITOS DE PRATA
Descrição: Descrição: Este convênio celebrado entre a empresa LM FARMA e a UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ UNIFEI tem como objetivo desenvolver e apoiar projetos de pesquisa científica e tecnológica cooperativos, a serem estabelecidos entre pesquisadores do CENTRO DE ESTUDOS E INOVALaboratório de Biomateriais da UNIFEI e a empresa LM FARMA. O projeto de pesquisa deverá ser financiado pela LM FARMA e co-financiado pela UNIFEI através de sua fundação FAPEPE. O projeto de pesquisa deverá criar conhecimento científico e/ou tecnológico na área do tema BIOCOMPÓSITOS DE PRATA, material utilizado no tratamento de feridas. O projeto de pesquisa deverá incentivar a difusão do conhecimento e a implantação de projetos inovadores de pesquisa científica ou tecnológica entre a empresa LM Farma e a Unifei, cujos resultados apresentem potencial de aplicação no mercado. O projeto prevê caracterizações físico-químicas avançadas e Bioquímicas de produtos da empresa e seus similares no mercado nacional/internacional, com os objetivos de se conhecer e expandir o conhecimento científico-tecnológico do produto Curativo de Prata ora gerado relativamente aos existentes no mercado. O objetivo geral do projeto envolve a avaliação das propriedades bioativas e biocompatíveis de membranas poliméricas contendo prata. A prata possui um efeito oligodinâmico, tal que, os íons prata são capazes de causar inibição no crescimento bacteriano. A dissolução das nanopartículas de prata sobre as feridas acelera o processo de cicatrização minimizando os efeitos infecciosos e inflamatórios. O íon de prata causa precipitação de proteínas e age diretamente na membrana citoplasmática da célula bacteriana, exercendo ação bacteriana imediata e ação bacteriostática residual pela liberação de pequenas quantidades de prata iônica. A principal vertente do projeto é contribuir diretamente para evidenciar o estado da arte da apropriação, utilização e desenvolvimento de tecnologias de cuidado na área de tratamento de feridas.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Alvaro Antonio Alencar de Queiroz - Coordenador / Élcio Rogério Barrak - Integrante / Maria Elena Leyva - Integrante / Daniela Sachs - Integrante / Demétrio A. W. Soares - Integrante. Financiador(es): LM Farma Indústria e Comércio - Auxílio financeiro..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Daniela Sachs - Integrante / Demétrio Artur Werner Soares - Integrante / Maria Elena Leyva González - Integrante / Alvaro Antonio Alencar de Queiroz - Coordenador / Élcio Rogério Barrak - Integrante.


Membro de comitê de assessoramento


2012 - 2016
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Farmacologia Geral.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Farmacologia Geral/Especialidade: Farmacologia do Processo Inflamatório.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Farmacologia da Dor/Especialidade: Dor Inflamatória.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2018
Vencedora do Prêmio Itajubense de Ciência e Tecnologia 2018, na categoria de Pesquisadora Destaque 2018., Universidade Federal de Itajubá e Prefeitura de Itajubá, MG.
2005
Prêmio de Excelência e Pesquisa para Controle da Dor., da Associação Internacional para Estudo da Dor (IASP).
2003
Melhor Painel do Setor de Farmacologia da Inflamação e da Dor no XXXV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, Sociedade Brasileira de Farmacologia e Terapêutica Experimental (SBFTE).
2002
Melhor Painel do Setor de Farmacologia da Inflamação e da Dor no XXXIV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, Sociedade Brasileira de Farmacologia e Terapêutica Experimental (SBFTE).
1994
Diploma de Honra ao Mérito, como melhor aluna da VIII Turma de Farmácia Bioquímica, Universida de Ribeirão Preto - UNAERP.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:21
Total de citações:1122
Fator H:18
Sachs Daniela  Data: 04/09/2014

SCOPUS
Total de trabalhos:23
Total de citações:1209
Sachs Daniela  Data: 04/09/2002

Artigos completos publicados em periódicos

1.
CLAUDNEY, MENDONÇA2018CLAUDNEY, MENDONÇA ; ADHIMAR, OLIVEIRA ; DANIELA, SACHS ; PATRICIA, CAPELLATO ; VANDER, RIBEIRO ; MATEUS, JUNQUEIRA ; MIRIAN, MELO ; GILBERT, SILVA . A New Method to Recycle Stainless-Steel Duplex UNS S31803 Chips. Metals, v. 8, p. 546, 2018.

2.
DE SALES PEREIRA MENDONÇA, CLAUDINEY2018DE SALES PEREIRA MENDONÇA, CLAUDINEY ; DOS SANTOS RIBEIRO, VANDER ALKMIN ; JUNQUEIRA, MATEUS MORAIS ; Sachs, Daniela ; OLIVEIRA, LEONARDO ALBERGARIA ; MELO, MÍRIAN DE LOURDES NORONHA MOTTA ; SILVA, GILBERT . Recycling Chips of Stainless Steel by High Energy Ball Milling. MATERIALS SCIENCE FORUM (ONLINE), v. 930, p. 454-459, 2018.

3.
FARIA, MÔNICA HUGUENIN DE ARAÚJO2018FARIA, MÔNICA HUGUENIN DE ARAÚJO ; DIAS, ALEXANDRE NOGUEIRA OTTOBONI ; OLIVEIRA, LEONARDO ALBERGARIA ; MENDONÇA, CLAUDINEY DE SALES PEREIRA ; KUFFNER, BRUNA HORTA BASTOS ; Sachs, Daniela ; SILVA, GILBERT . Microstructural and mechanical analysis of 316L SS/ β-TCP composites produced though the powder metallurgy route. REM - International Engineering Journal, v. 71, p. 605-611, 2018.

4.
KUFFNER, BRUNA HORTA BASTOS2017KUFFNER, BRUNA HORTA BASTOS ; FACCI, ANDREIA DITZEL ; Sachs, Daniela ; SILVA, GILBERT . Study of the microstructure and mechanical properties of beta tricalcium phosphate-based composites with alumina addition produced by powder metallurgy. REM - International Engineering Journal, v. 70, p. 459-464, 2017.

5.
Costa, Vivian V.2015Costa, Vivian V. ; AMARAL, FLAVIO A. ; Coelho, Fernanda M. ; QUEIROZ-JUNIOR, CELSO M. ; MALAGOLI, BRUNA G. ; GOMES, JOSE HUGO S. ; Lopes, Fernando ; SILVEIRA, KÁTIA D. ; Sachs, Daniela ; Fagundes, Caio T. ; TAVARES, LÍVIA D. ; Pinho, Vanessa ; SILVA, TARCILIA A. ; Teixeira, Mauro M. ; BRAGA, FERNÃO C. ; Souza, Danielle G. . Lithothamnion muelleri Treatment Ameliorates Inflammatory and Hypernociceptive Responses in Antigen-Induced Arthritis in Mice. Plos One, v. 10, p. e0118356, 2015.

6.
Amaral, Flávio A.2012Amaral, Flávio A. ; Costa, Vivian V. ; Tavares, Livia D. ; Sachs, Daniela ; Coelho, Fernanda M. ; Fagundes, Caio T. ; Soriani, Frederico M. ; Silveira, Tatiana N. ; Cunha, Larissa D. ; Zamboni, Dario S. ; Quesniaux, Valerie ; Peres, Raphael S. ; Cunha, Thiago M. ; Cunha, Fernando Q. ; Ryffel, Bernhard ; Souza, Daniele G. ; Teixeira, Mauro M. . NLRP3 inflammasome-mediated neutrophil recruitment and hypernociception depend on leukotriene B4 in a murine model of gout. Arthritis and Rheumatism, v. 64, p. 474-484, 2012.

7.
SEVERIN, INDIA C.2012SEVERIN, INDIA C. ; SOARES, ADRIANO ; HANTSON, JENNIFER ; TEIXEIRA, MAURO ; Sachs, Daniela ; VALOGNES, DELPHINE ; SCHEER, ALEXANDER ; SCHWARZ, MATTHIAS K. ; WELLS, TIMOTHY N. C. ; PROUDFOOT, AMANDA E. I. ; SHAW, JEFFREY . Glycosaminoglycan analogs as a novel anti-inflammatory strategy. Frontiers in Immunology (Online), v. 3, p. 1, 2012.

8.
Sachs, Daniela2011Sachs, Daniela; Coelho, Fernanda M ; Costa, Vívian V ; Lopes, Fernando ; Pinho, Vanessa ; Amaral, Flávio A ; Silva, Tarcília A ; Teixeira, Antônio L ; Souza, Daniele G ; Teixeira, Mauro M . Cooperative role of tumour necrosis factor-?, interleukin-1? and neutrophils in a novel behavioural model that concomitantly demonstrates articular inflammation and hypernociception in mice. British Journal of Pharmacology, v. 162, p. 72-83, 2011.

9.
CUNHA, T. M.2010CUNHA, T. M. ; Roman-Campos, D. ; LOTUFO, C. M. ; Duarte, H. L. ; Souza, G. R. ; Verri, W. A. ; FUNEZ, M. I. ; Dias, Q. M. ; Schivo, I. R. ; Domingues, A. C. ; Sachs, D. ; Chiavegatto, S. ; Teixeira, M. M. ; Hothersall, J. S. ; Cruz, J. S. ; CUNHA, F. Q. ; FERREIRA, S. H. ; SACHS, D . Morphine peripheral analgesia depends on activation of the PI3K /AKT/nNOS/NO/KATP signaling pathway. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, v. 107, p. 4442-4447, 2010.

10.
Barichello, Tatiana2010Barichello, Tatiana ; dos Santos, Ivonete ; Savi, Geovana D. ; Simões, Lutiana R. ; Silvestre, Tiago ; Comim, Clarissa M. ; Sachs, Daniela ; Teixeira, Mauro M. ; Teixeira, Antonio L. ; Quevedo, João . TNF-?, IL-1?, IL-6, and cinc-1 levels in rat brain after meningitis induced by Streptococcus pneumoniae. Journal of Neuroimmunology (Print), v. 221, p. 42-45, 2010.

11.
Barichello, Tatiana2010Barichello, Tatiana ; dos Santos, Ivonete ; Savi, Geovana D. ; Simões, Lutiana R. ; Generoso, Jaqueline S. ; Comim, Clarissa M. ; Sachs, Daniela ; Teixeira, Antonio L. ; Quevedo, João . Depressive-like-behavior and proinflamatory interleukine levels in the brain of rats submitted to pneumococcal meningitis. Brain Research Bulletin, v. 82, p. 243-246, 2010.

12.
da Silveira, K. D.2010da Silveira, K. D. ; COELHO, F. M. ; VIEIRA, A. T. ; SACHS, D. ; Barroso, L. C. ; COSTA, V. V. ; Bretas, T. L. B. ; Bader, M. ; de Sousa, L. P. ; da Silva, T. A. ; dos Santos, R. A. S. ; Simoes e Silva, A. C. ; Teixeira, M. M. . Anti-Inflammatory Effects of the Activation of the Angiotensin-(1-7) Receptor, Mas, in Experimental Models of Arthritis. The Journal of Immunology (1950), v. 185, p. 5569-5576, 2010.

13.
Villarreal, Cristiane Flora2009 Villarreal, Cristiane Flora ; Sachs, Daniela ; Funez, Mani Indiana ; Parada, Carlos Amílcar ; de Queiroz Cunha, Fernando ; Ferreira, Sérgio Henrique . The peripheral pro-nociceptive state induced by repetitive inflammatory stimuli involves continuous activation of protein kinase A and protein kinase C epsilon and its NaV1.8 sodium channel functional regulation in the primary sensory neuron. Biochemical Pharmacology, v. 77, p. 867-877, 2009.

14.
Rodrigues, David Henrique2009Rodrigues, David Henrique ; SACHS, D ; Teixeira, Antonio Lucio . Mechanical hypernociception in experimental autoimmune encephalomyelitis. Arquivos de Neuro-Psiquiatria, v. 67, p. 78-81, 2009.

15.
SACHS, D2009SACHS, D; Villarreal, CF ; Cunha, FQ ; Parada, CA ; Ferreira, SH . The role of PKA and PKCε pathways in prostaglandin E2-mediated hypernociception. British Journal of Pharmacology, v. 156, p. 826-834, 2009.

16.
Souza, D. G.2009Souza, D. G. ; Fagundes, C. T. ; Sousa, L. P. ; Amaral, F. A. ; Souza, R. S. ; Souza, A. L. ; Kroon, E. G. ; SACHS, D. ; CUNHA, F. Q. ; Bukin, E. ; Atrasheuskaya, A. ; Ignatyev, G. ; Teixeira, M. M. . Essential role of platelet-activating factor receptor in the pathogenesis of Dengue virus infection. PNAS. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, p. 1-6, 2009.

17.
Barichello, Tatiana2009Barichello, Tatiana ; dos Santos, Ivonete ; Savi, Geovana D. ; Florentino, Anelise F. ; Silvestre, Cintia ; Comim, Clarissa M. ; Feier, Gustavo ; Sachs, Daniela ; Teixeira, Mauro M. ; Teixeira, Antonio L. . Tumor necrosis factor alpha (TNF-?) levels in the brain and cerebrospinal fluid after meningitis induced by Streptococcus pneumoniae. Neuroscience Letters (Print), v. 467, p. 217-219, 2009.

18.
SACHS, D2008SACHS, D; TEIXEIRA, A . Up-regulation of chemokines and their receptors may contribute to pain in multiple sclerosis. Medical Hypotheses, v. 71, p. 466-467, 2008.

19.
FUNEZ, M. I.2008FUNEZ, M. I. ; Ferrari, L. F. ; Duarte, D. B. ; SACHS, D. ; CUNHA, F. Q. ; LORENZETTI, B. B. ; PARADA, C. A. ; FERREIRA, S. H. . Inaugural Article: Teleantagonism: A pharmacodynamic property of the primary nociceptive neuron. PNAS. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, v. 105, p. 19038-19043, 2008.

20.
Amaral, F. A.2008Amaral, F. A. ; SACHS, D. ; COSTA, V. V. ; Fagundes, C. T. ; CISALPINO, D. ; CUNHA, T. M. ; FERREIRA, S. H. ; CUNHA, F. Q. ; Silva, T. A. ; NICOLI, J. R. ; VIEIRA, L. Q. ; Souza, D. G. ; Teixeira, M. M. . Commensal microbiota is fundamental for the development of inflammatory pain. PNAS. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, v. 105, p. 2193-2197, 2008.

21.
Coelho, Fernanda M.2008Coelho, Fernanda M. ; Pinho, Vanessa ; Amaral, Flávio A. ; Sachs, Daniela ; Costa, Vívian V. ; Rodrigues, David H. ; Vieira, Angélica T. ; Silva, Tarcília A. ; Souza, Daniele G. ; Bertini, Riccardo ; Teixeira, Antônio L. ; Teixeira, Mauro M. . The chemokine receptors CXCR1/CXCR2 modulate antigen-induced arthritis by regulating adhesion of neutrophils to the synovial microvasculature. Arthritis and Rheumatism, v. 58, p. 2329-2337, 2008.

22.
BRITO, G. A. C.2006BRITO, G. A. C. ; SACHS, D ; VALE, M. L. ; CUNHA, F. Q. ; LOTUFO, C. M. ; FERREIRA, S. H. ; RIBEIRO, R. A. . Peripheral antinociceptive effect of pertussisPeripheral antinociceptive effect of pertussis toxin: activation of the arginine⁄NO⁄cGMP⁄PKG⁄ATP-sensitive K+ channel pathway. European Journal of Neuroscience, v. 24, p. 1175-1181, 2006.

23.
VILLARREAL, C2005VILLARREAL, C ; SACHS, D ; DEQUEIROZCUNHA, F ; PARADA, C ; FERREIRA, S . The role of Na1.8 sodium channel in the maintenance of chronic inflammatory hypernociception. Neuroscience Letters, Ireland, v. 386, p. 72-77, 2005.

24.
Vale, Mariana L2004Vale, Mariana L ; Benevides, Verônica M ; Sachs, Daniela ; Brito, Gerly A C ; Rocha, Francisco A C ; Poole, Stephen ; Ferreira, Sérgio H ; Cunha, Fernando Q ; Ribeiro, Ronaldo A . Antihyperalgesic effect of pentoxifylline on experimental inflammatory pain. British Journal of Pharmacology, Inglaterra, v. 143, p. 833-844, 2004.

25.
SACHS, D.2004 SACHS, D.; CUNHA, F. Q. ; FERREIRA, S. H. . Peripheral analgesic blockade of hypernociception: Activation of arginine/NO/cGMP/protein kinase G/ATP-sensitive K+ channel pathway. PNAS. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, United States of America, v. 101, p. 3680-3685, 2004.

26.
Cunha, Joice Maria2003Cunha, Joice Maria ; Sachs, Daniela ; Canetti, Claudio Azevedo ; Poole, Stephen ; Ferreira, Sérgio Henrique ; Cunha, Fernando Queiroz . The critical role of leukotriene B 4 in antigen-induced mechanical hyperalgesia in immunised rats. British Journal of Pharmacology, v. 139, p. 1135-1145, 2003.

27.
SACHS, D2002SACHS, D; CUNHA, F. Q. ; POOLE, S. ; FERREIRA, S. H. . Tumour necrosis factor-?, interleukin-1? and interleukin-8 induce persistent mechanical nociceptor hypersensitivity. Pain (Amsterdam), Estados Unidos, v. 96, p. 89-97, 2002.

Capítulos de livros publicados
1.
OLIVEIRA, L. F. ; Kuffner BHB ; DANIELA, SACHS ; GILBERT, SILVA ; Rodrigues G . ESTUDO DA INFLUÊNCIA DA ADIÇÃO DE CARBETO DE VANÁDIO NA MOAGEM E NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DO AÇO AISI 52100, PRODUZIDO POR METALURGIA DO PÓ. In: MARCIA REGINA WERNER SCHNEIDER ABDALA. (Org.). Ciência e Engenharia de Materiais. 1ed.Belo Horizonte: Atena editora, 2018, v. 2, p. 1-11.

2.
FERREIRA, S. H. ; SACHS, D ; CUNHA, F. Q. ; LORENZETTI, B. B. . Persistent Hyperalgesia and cytokines. In: Saadé N.E.; Apkarin A V; Jabbur S J. (Org.). Pain and Neuroimmune Interactions. New York: Kluwer academia/Plenum Publishers, 2000, v. , p. 3-8.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MEDEIROS, R. M. L. ; SACHS, D ; RODRIGUES, R. R. . O papel da ultravioleta C na desinfecção. Revista Hospitais Brasil, São Paulo, p. 42 - 42, 01 set. 2015.

2.
RODRIGUES, R. R. ; MEDEIROS, R. M. L. ; SACHS, D . Uso do Ultra Violeta (UV-C) na Desinfecção Hospitalar. Revista Administrador Hospitalar, Ribeirão Preto, 20 jul. 2015.

3.
SACHS, D; MEDEIROS, R. M. L. ; RODRIGUES, R. R. . Tecnologia de Sistemas Ultravioleta (UV) no combate às bactérias resistentes em ambientes hospitalares. NATURALE, Itajubá, p. 10 - 11, 31 maio 2015.

4.
SACHS, D. BIODIVERSIDADE BRASILEIRA COMO FONTE DE NOVOS FITOTERÁPICOS. Naturale, p. 16 - 17.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GARCIA, G. M. P. ; REZENDE JUNIOR, M. F. ; SACHS, D . Relatos de um mini curso de biotecnologia a partir das perspectivas da Alfabetização Científica. In: IV Encontro Nacional de Ensino de Biologia, 2012, Goiânia. Anais do IV ENEBIO, 2012. p. 1-13.

2.
GARCIA, G. M. P. ; SACHS, D ; REZENDE JUNIOR, M. F. . Um mini curso de biotecnologia para alunos da 3ª série do ensino médio. In: Congresso de Práticas Educacionais: Gestão Escolar e Projetos Especiais, 2012, Belo Horizonte. Anais do I Congresso de Práticas Educacionais: Gestão Escolar e Projetos Especiais, 2012. v. 1. p. 1-7.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
PEREIRA, A. C. ; COSTA, A. A. M. ; QUEIROZ, A. A. A. ; DANIELA, SACHS . Evaluation of the cytotoxicity of bioreabsorbable polymer matrices of different molecular weight. In: 23º Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais ? CBECIMAT -2018 no período de 04 a 08 de novembro de 2018, 2018, Foz do Iguaçu. Anais do 23º Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais ? CBECIMAT -2018, 2018.

2.
PATRICIA, CAPELLATO ; ALMEIDA, J. A. M. ; Kuffner BHB ; GILBERT, SILVA ; DANIELA, SACHS . Analysis of the influence of two deagglomeration processes on the particle size of β-TCP obtained via solid state reaction. In: 10 Congresso Latino-Americano de órgãos artificiais e biomateriais, 2018, João Pessoa. Livro de resumos do 10 Congresso Latino-Americano de órgãos artificiais e biomateriais. João Pessoa: SOCIEDADE ? SLABO, 2018. v. 1. p. 83-83.

3.
SILVA, L. G. ; RIBEIRO, G. C. ; PEREIRA, A. C. ; QUEIROZ, A. A. A. ; DANIELA, SACHS . Evaluation of antimicrobial effect and Tetracycline release of poly(epsilon-caprolactone) obtained by iodine polymerization. In: 23º Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais ? CBECIMAT -2018 no período de 04 a 08 de novembro de 2018, em Foz do Iguaçu, PR, Brasil., 2018, Foz do Iguaçu. Anais do 23º Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais ? CBECIMAT -2018 no período de 04 a 08 de novembro de 2018, em Foz do Iguaçu, PR, Brasil., 2018.

4.
NOVAES, P. A. A. ; SACHS, D ; de Queiroz AAA ; PEREIRA, A. C. ; COSTA, A. A. M. . In vitro degradation of polymer blends scaffolds (poly-epsilon-caprolactone, PCL) of high and low molecular weight associated with tetracycline and hydroxyapatite. In: XV Brazilian MATERIAL RESEARCH SOCIETY Meeting, 2016, Campinas. Program Book XV Brazilian MATERIAL RESEARCH SOCIETY Meeting, 2016. v. 1. p. R25-R25.

5.
Novaes PAA ; SACHS, D ; QUEIROZ, A. A. A. ; PEREIRA, A. C. ; COSTA, A. A. M. . Estudo da Biodegradação in-vitro de Blendas de PCL associadas a hidroxiapatita e tetraciclina. In: 22 Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais, 2016, Natal. Anais do Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais, 2016. v. 1. p. 1-1.

6.
Oliveira LF ; Kuffner BHB ; Silva G ; Rodrigues G ; SACHS, D . Estudo da influência da adição de carbeto de vanádio na moagem e nas propriedades mecânicas aço AISI 52100, produzido por metalurgia do pó. In: 22 Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais, 2016, Natal. Anais do 22 Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais, 2016. v. 1.

7.
Figueiredo HC ; MENDONCA, C. S. P. ; Ciacco PS ; SACHS, D ; MELO, M. L. N. M. . Influência da formação da fase sigma nas propriedades mecânicas e magnéticas de um aço inoxidável duplex. In: 22 Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais, 2016, Natal. Anais do 22 Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais, 2016. v. 1. p. 1-1.

8.
MENDONCA, C. S. P. ; SACHS, D ; MELO, M. L. N. M. ; Silva G . PRODUÇÃO DE UM AÇO INOXIDAVEL DUPLEX POR METALURGIA DO PÓ.. In: 22 Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais, 2016, Natal. Anais do 22 Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais, 2016. v. 1. p. 1-1.

9.
PARADA, C. A. ; VILLARREAL, C. F. ; SACHS, D ; CUNHA, F. Q. ; FERREIRA, S. H. . Acute PGE2 treatment induces a permanent NaV1.8 mRNA up regulation asssociated with persistent (chronic) hypernociception. In: 11th World Congress on Pain, 2005, Sydney. ABSTRACTS: 11th World Congress on Pain. Seatle, WA , USA: IASP PRESS, 2005.

10.
VALE, M. L. ; SACHS, D ; BENEVIDES, V. M. ; SILVA NETO, V. L. ; FERREIRA, S. H. ; BRITO, G. A. C. ; CUNHA, F. Q. ; RIBEIRO, R. A. . Efeito da Pentoxifilina na Hiperalgesia Mecânica em Pata de Rato Induzida por Diversos Estímulos. In: I Simpósio Internacional SBED, 2004, Fortaleza. Livro de resumos do I Simpósio Internacional SBED, 2004.

11.
VALE, M. L. ; SACHS, D ; BENEVIDES, M. V. ; SILVA NETO, V. L. ; FERREIRA, S. H. ; BRITO, G. A. C. ; CUNHA, F. Q. ; RIBEIRO, R. A. . Efeito da Pentoxifilina na Hiperalgesia Mecânica em Pata de Rato Induzida por Diversos Estímulos. In: I Simpósio Internacional SBED - IASP, VIII Simpósio Norte Nordeste de DOR , Joint Meenting of IASP Council, 2003, Fortaleza. Livro de Resumos do I Simpósio Internacional SBED - IASP, VIII Simpósio Norte Nordeste de DOR , Joint Meenting of IASP Council, 2003.

12.
SACHS, D; SCHINO, I. R. S. ; ROSA, S. R. ; CUNHA, F. Q. ; FERREIRA, S. H. . Papel da Proteinoquinase G (PKG) na Antinocicepção Periférica Induzida por Dipirona, SNAP ou GMPC. In: XXXV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2003, Águas de Lindóia. Livro de Resumos do XXXIV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2003.

13.
SACHS, D; SCHINO, I. R. S. ; ROSA, S. R. ; CUNHA, F. Q. ; FERREIRA, S. H. . Mecanismos Moleculares Envolvidos no Bloqueio da Hipernocicepção Persistente (HMP). In: XXXV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2003, Águas de Lindóia. Livro de Resumos do XXXV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2003.

14.
VALE, M. L. ; SACHS, D ; FERREIRA, S. H. ; CUNHA, F. Q. ; RIBEIRO, R. A. ; ROCHA, F. A. C. . Efeito antinociceptivo da pentoxifilina (PTX) em modelos experimentais. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2002, Águas de Lindóia. Livro de resumos do XXXIV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2002. p. 114-114.

15.
SACHS, D; SCHINO, I. R. S. ; ROSA, S. R. ; CUNHA, F. Q. ; FERREIRA, S. H. . Participação da 3',5'-adenosina-monofosfato cíclico (AMPc) na indução e manutenção da hipersensibilidade nociceptiva persistente (HNMP). In: XXXIV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2002, Águas de Lindóia. Livro de Resumo do XXXIV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2002.

16.
VALE, M. L. ; SACHS, D ; FERREIRA, S. H. ; RIBEIRO, R. A. ; CUNHA, F. Q. . Efeito da pentoxifilina (PTX) na hiperalgesia mecânica (HM) em patas de rato induzida por diversos estímulos. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2002, Águas de Lindóia. Livro de resumos da XXXIV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2002. v. 1. p. 125-125.

17.
SACHS, D; BRITO, G. A. C. ; SCHINO, I. R. S. ; ROSA, S. R. ; RIBEIRO, R. A. ; CUNHA, F. Q. ; FERREIRA, S. H. . Toxina Pertussis (PTX) Causa Antinocicepção Via Ativação de Proteinoquinase C e Ativação de Canais de K+ Sensíveis ao ATP. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2002, Águas de Lindóia. Livro de resumos do XXXIV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2002.

18.
SACHS, D; SCHINO, I. R. S. ; ROSA, S. R. ; CUNHA, F. Q. ; FERREIRA, S. H. . Participação da Proteínoquinase Dependente de AMP Cíclico e Proteínoquinase C na Hipersensibilidade Nociceptiva Persistente. In: XVI - Reunião anual da Federação de Sociedades de Biologia experimental - FeSBE, 2001, Caxambu, Minas Gerais, 2001.

19.
SACHS, D; CUNHA, J. M. ; CANETTI, C. A. ; FERREIRA, S. H. ; CUNHA, F. Q. . Caracterização dos Mediadores Envolvidos na Hiperalgesia Induzida por Ovalbumina. In: XVI- latinamerican Congress of Pharmacology, XXXII - Brazilian Congress of pharmacology and Experimental Therapeutics, II - Iberoamerican Congress of Pharmacology, VII - Interamerican Congress of Clinical Pharmacology and Therapeutics, 2000, Águas de Lindóia, São Paulo, 2000.

20.
SACHS, D; FERREIRA, S. H. ; CUNHA, F. Q. . Papel do fator de Nercrose tumoral-alfa, Interleucina-1beta e Interleucina-8 no desenvolvimento da hiperalgesia persistente. In: XIV - Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia experimental - FeSBE, 1999, Caxambu, Minas Gerais. Livro de resumos da XIV - Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia experimental - FeSBE, 1999.

21.
FALCÃO, B. A. A. ; SARAIVA, S. N. R. ; FALCÃO, J. L. A. A. ; SACHS, D ; CUNHA, F. Q. ; LIMA, A. A. M. ; RIBEIRO, R. A. ; BRITO, G. A. C. . Efeito Analgésico da Toxina Pertussis e da Toxina Pertussis Mutante na Hiperalgésias em Patas de Ratos. In: XIII - Reunião anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental - FeSBE, 1998, Caxambu, Minas Gerais, 1998.

22.
SACHS, D; CUNHA, F. Q. ; FERREIRA, S. H. . Papel da Interleucina -1beta no desenvolvimento da hiperalgesia persistente. In: XIII - Reunião anual da Federação de Sociedades de Biologia experimental - FeSBE, 1998, caxambu, Minas Gerais. livro de Resumo da XIII - Reunião anual da Federação de Sociedades de Biologia experimental - FeSBE, 1998.

23.
FUNEZ, M. I. ; CUNHA, J. M. ; VEIGA, F. H. ; MANGILI, O. C. ; SACHS, D ; CUNHA, F. Q. ; FERREIRA, S. H. ; LORENZETTI, B. B. . Migração de Leucócitos Induzida pelo Veneno de Loxosceles Intermédia (aranha Marrom): Efeito de diferentes tratamentos. In: XIII - Reunião anual da Federação de Sociedades de Biologia experimental - FeSBE, 1997, Caxambu, Minas Gerais, 1997.

24.
SACHS, D; MARTINEZ, R. ; MACHADO, A. A. ; FIGUEIREDO, J. F. C. . Investigação Sorológica de Amebíase em pacientes Infectados pelo vírus da Imunodeficiência Humana (HIV-1).. In: XXXII- Congresso Brasileiro de Medicina Tropical, 1996, Goiânia - GO. XXXII- Congresso Brasileiro de Medicina Tropical, 1996.

Artigos aceitos para publicação
1.
FARIA, M. H. A. ; DIAS, A. N. O. ; OLIVEIRA, L. A. ; MENDONCA, C. S. P. ; Kuffner BHB ; SACHS, D ; SILVA, G. . Microstructural and mechanical analysis of 316L SS/ β-TCP composites produced though the powder metallurgy route. Revista da Escola de Minas (Impresso), 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
SILVA, L. G. ; RIBEIRO, G. C. ; PEREIRA, A. C. ; QUEIROZ, A. A. A. ; DANIELA, SACHS . Evaluation of antimicrobial effect and Tetracycline release of poly(epsilon-caprolactone) obtained by iodine polymerization. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
PEREIRA, A. C. ; MOURONER, A. A. M. C. ; QUEIROZ, A. A. A. ; DANIELA, SACHS . Evaluation of the cytotoxicity of bioreabsorbable polymer matrices of different molecular weight. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
PATRICIA, CAPELLATO ; ALMEIDA, J. A. M. ; Kuffner BHB ; GILBERT, SILVA ; DANIELA, SACHS . Analysis of the influence of two deagglomeration processes on the particle size of β-TCP obtained via solid state reaction. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
NOVAES, P. A. A. ; COSTA, A. A. M. ; QUEIROZ, A. A. A. ; SACHS, D ; PEREIRA, A. C. . Estudo da Biodegradação in-vitro de Blendas de PCL associadas a hidroxiapatita e tetraciclina In: 22 Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
Kuffner BHB ; SACHS, D ; Rodrigues G ; Silva G ; OLIVEIRA, L. F. . Estudo da influência da adição de carbeto de vanádio na moagem e nas propriedades mecânicas aço AISI 52100, produzido por metalurgia do pó In: 22 Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
NOVAES, P. A. A. ; COSTA, A. A. M. ; QUEIROZ, A. A. A. ; SACHS, D ; PEREIRA, A. C. . In vitro degradation of polymer blends scaffolds (poly-epsilon-caprolactone, PCL) of high and low molecular weight associated with tetracycline and hydroxyapatite In: XV Brazilian MATERIAL RESEARCH SOCIETY Meeting, 2016. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
SACHS, D. Aspectos Moleculares da dor Inflamatória aguda e crônica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
SACHS, D. Caracterização Farmacológica de plantas Brasileiras. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
Novaes PAA ; PEREIRA, A. C. ; de Queiroz AAA ; SACHS, D . In vitro degradation study of bioactive PCL composites. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
SILVA, P. V. ; SOUSA, F. B. ; SACHS, D . Avaliação da Atividade Antimicrobiana de Compostos de Inclusão Formados entre Sulfadiazina de Sódio e Ciclodextrinas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
RODRIGUES, R. R. ; SOUSA, F. B. ; SACHS, D . Avaliação Da Atividade Antimicrobiana De Complexo De Inclusão De Ciprofloxacina Com Β-Ciclodextrina. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
FALCÃO, B. A. A. ; SARAIVA, S. N. R. ; FALCÃO, J. L. A. A. ; SACHS, D ; CUNHA, F. Q. ; LIMA, A. A. M. ; RIBEIRO, R. A. ; BRITO, G. A. C. . Efeito Analgésico da Toxina Pertussis e da Toxina Pertussis Mutante na Hiperalgésias em Patas de Ratos. 1998. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Demais tipos de produção técnica
1.
SACHS, D. DOL - Dor on Line. 2000. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Boletim Mensal).

Demais trabalhos
1.
CUNHA, J. M. ; SACHS, D ; FERREIRA, S. H. ; CUNHA, F. Q. ; CANETTI, C. A. . Role of Inflammtory Mediators on Ovalbumin-Induced Nociceptive Mechanical Hypersensitivity in Previously Immunised Rats. 2002 (Comunicação Oral) .

2.
SACHS, D. Dor on Line. 2000 (boletim mensal) .



Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 de Queiroz AAA ; HIGA, O. Z. ; Sachs, Daniela ; PEREIRA, A. C. ; MOURONER, A. A. M. C. ; SILVA, F. M. . 'PROCESSO DE POLIMERIZAÇÃO EM MASSA PARA OBETNÇÃO DE POLÍMERO BIODEGRADÁVEL E SEU ARCABOUÇO COM CARACTERÍSTICAS BIOCOMPATÍVEIS, ANTIMICROBIANAS E BACTERIOSTÁTICAS. 2014, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020140177035, título: "'PROCESSO DE POLIMERIZAÇÃO EM MASSA PARA OBETNÇÃO DE POLÍMERO BIODEGRADÁVEL E SEU ARCABOUÇO COM CARACTERÍSTICAS BIOCOMPATÍVEIS, ANTIMICROBIANAS E BACTERIOSTÁTICAS" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 18/07/2014; Concessão: 18/07/2014.

2.
 QUEIROZ, A. A. A. ; SACHS, D ; BRESSIANI, J. C. ; BRESSIANI, A. H. A. ; KAIRALLA, E. C. ; PEREIRA, A. C. . PROCESSO DE MODIFICAÇÃO DA INTERFACE DE BIOCERÂMICA COM POLI (Ɛ-CAPROLACTONA) DE TOPOLOGIA ESTRELADA PARA OBTENÇÃO DE NANOCOMPÓSITO BIOCOMPATÍVEL, BIODEGRADÁVEL E BIOREABSORVÍVEL. 2015, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020150170181, título: "PROCESSO DE MODIFICAÇÃO DA INTERFACE DE BIOCERÂMICA COM POLI (Ɛ-CAPROLACTONA) DE TOPOLOGIA ESTRELADA PARA OBTENÇÃO DE NANOCOMPÓSITO BIOCOMPATÍVEL, BIODEGRADÁVEL E BIOREABSORVÍVEL" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 16/07/2015

3.
 SACHS, D; PEREIRA, A. C. ; GONZALEZ, M. E. L. ; SILVA, A. O. . NANOFIBRAS ELETROFIADAS DE POLIGLICEROL ARBORESCENTE COMO SISTEMA TRANSPORTADOR DE NEUROLÉPTICOS E SEUS DERIVADOS. 2015, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020150316739, título: "NANOFIBRAS ELETROFIADAS DE POLIGLICEROL ARBORESCENTE COMO SISTEMA TRANSPORTADOR DE NEUROLÉPTICOS E SEUS DERIVADOS" , Instituição de registro: Universidade Federal de Itajubá. Depósito: 17/12/2015

4.
 SACHS, D; PEREIRA, A. C. ; Gonzaléz MEL ; PASSOS, 1. E. D. . PROCESSO DE OBTENÇÃO DE ARCABOUÇO MOLECULAR ELETROFIADO DE POLIGLICEROL ARBORESCENTE BIOFUNCIONAL. 2015, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020150316771, título: "PROCESSO DE OBTENÇÃO DE ARCABOUÇO MOLECULAR ELETROFIADO DE POLIGLICEROL ARBORESCENTE BIOFUNCIONAL" , Instituição de registro: Universidade Federal de Itajubá. Depósito: 17/12/2015

5.
 SACHS, D; de Queiroz AAA ; PEREIRA, A. C. ; RIBEIRO, G. C. . POLIGLICEROL DENDRÍTICO DERIVADO DO GLICEROL IMOBILIZADO COM ANTI-INFLAMATÓRIO NÃO HORMONAL, CORTICOIDE E MEDICAMENTO MODIFICADOR DO CURSO DA DOENÇA SINTÉTICO PARA TRATAMENTO DA ARTRITE REUMATOIDE. 2017, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020170136981, título: "POLIGLICEROL DENDRÍTICO DERIVADO DO GLICEROL IMOBILIZADO COM ANTI-INFLAMATÓRIO NÃO HORMONAL, CORTICOIDE E MEDICAMENTO MODIFICADOR DO CURSO DA DOENÇA SINTÉTICO PARA TRATAMENTO DA ARTRITE REUMATOIDE" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 23/06/2017

6.
 SARAIVA, M. F. ; SACHS, D ; RIBEIRO, C. A. ; PEREIRA, A. C. ; NOVAES, P. A. A. . FLUOROQUINOLONAS TERPENICAS INÉDITAS COM ATIVIDADE ANTIMICROBIANA. 2018, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR10201801423, título: "FLUOROQUINOLONAS TERPENICAS INÉDITAS COM ATIVIDADE ANTIMICROBIANA" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 12/07/2018Instituição(ões) financiadora(s): FAPEMIG - Fundação de Amparo à Pesquisa de MG.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Sachs, Daniela. Participação em banca de Renata Mendes Moura. Avaliação do Potencial Citotóxico e Antitumoral do Dendrímero de Poliglicerol Salicilado em diferentes Linhagens Celulares. 2011. Dissertação (Mestrado em Materiais Para Engenharia) - Universidade Federal de Itajubá.

2.
Sachs, Daniela. Participação em banca de Cássia Mara Borges Tangerino. Síntese e aplicação de Partículas de Vidro Alumino-boro-silicato em resinas Fotocuráveis. 2010. Dissertação (Mestrado em Materiais Para Engenharia) - Universidade Federal de Itajubá.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
Carvalho ACM; Grassi M; SACHS, D. Participou como Membro Titular da banca de dissertação. 2009. Universidade Federal de Itajubá.

2.
SACHS, D. Atuou como avaliadora no 13º SIICUSP- Simpósio Internacional de Iniciação Cientifica da Universidade de São Paulo ? Área Biológicas. 2005. Universidade de São Paulo.

3.
SACHS, D. Participou como Membro Titular do Exame Geral de Qualificação de Mestrado no Departamento de Imunologia Básica e Aplicada. 2004. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XXXIV Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental.Persistent hyperalgesia and cytokines. 2002. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SACHS, D; PERES, M. L. ; MOURA FILHO, F. . II Workshop de Materiais para Engenharia. 2014. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
MAYARA RIBEIRO MASSELI. PRODUÇÃO DO BIOCOMPÓSITO CERÂMICO HIDROXIAPATITA/ALUMINA PARA APLICAÇÃO BIOMÉDICA. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Materiais Para Engenharia) - Universidade Federal de Itajubá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
BRUNA HORTA BASTOS KUFFNE. PRODUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE UM BIOCOMPÓSITO DE AÇO INOX 316L COM β-TCP UTILIZANDO A TÉCNICA DE GRADAÇÃO FUNCIONAL (FGM). Início: 2015. Tese (Doutorado em Materiais Para Engenharia) - Universidade Federal de Itajubá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Coorientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
LAUREN CAROLINE LIMA COSTA. DESENVOLVIMENTO DE UMA SEQUÊNCIA DIDÁTICA SOBRE GENÉTICA COM USO DAS TDIC PARA A ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA. 2016. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ensino de Ciências) - Universidade Federal de Itajubá, . Coorientador: Daniela Sachs.

2.
GILZA CARLA RIBEIRO. Estudo da Hemocompatibilidade de Conjugados dos Dendrímeros de Poliglicerol com Fármacos para Tratamento da Artrite Reumatoide. 2016. Dissertação (Mestrado em Materiais Para Engenharia) - Universidade Federal de Itajubá, . Orientador: Daniela Sachs.

3.
Priscila Veloso da Silva. Avaliação da Atividade Antimicrobiana de Compostos de Inclusão Formados Entre Sulfadiazina de Sódio e Ciclodextrinas. 2015. Dissertação (Mestrado em Materiais Para Engenharia) - Universidade Federal de Itajubá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Daniela Sachs.

4.
Pollyanna Marcondes Freitas Leite. Representaçõe sociais de morte no ensino médio: construindo material de apoio pedagógico com uso de Tic.. 2014. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ensino de Ciências) - Universidade Federal de Itajubá, . Coorientador: Daniela Sachs.

5.
Gisele Maria Pedro Garcia. Biotecnologia no ensino médio e os indicadores de alfabetização científica.. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ensino de Ciências) - Universidade Federal de Itajubá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Daniela Sachs.

6.
Ana Angélica Martins Costa. Aspectos funcionais e biocompatibilidade da blenda de poli(epsilon-caprolactona) associada a hidroxiapatita e tetraciclina no modelo de falha óssea na calvária do rato. 2013. Dissertação (Mestrado em Materiais Para Engenharia) - Universidade Federal de Itajubá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Daniela Sachs.

7.
Lidiane Gomes da Silva. Caracterização físico química e avaliação da liberação in-vitro dos conjugados poli(ε-caprolactona)/tetraciclina e poli(ε-caprolactona)/ácido acetilsalicílico.. 2012. Dissertação (Mestrado em Materiais Para Engenharia) - Universidade Federal de Itajubá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Daniela Sachs.

Tese de doutorado
1.
ANA ANGÉLICA MARTINS COSTA MOURONER. ESTUDO IN VIVO DA BIOCOMPATIBILIDADE E DEGRADAÇÃO DE BLENDAS DE POLI (ε- CAPROLACTONA) ASSOCIADA OU NÃO A HIDROXIAPATITA E TETRACICLINA. 2017. Tese (Doutorado em Materiais Para Engenharia) - Universidade Federal de Itajubá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Daniela Sachs.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Maria Aparecida Prezoto. Design Instrucional Aplicado Ao Curso Virtual: Projeto Político-Pedagógico Escolar. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Design Instrucional para EaD Virtual: Tecnologias,) - Universidade Federal de Itajubá. Orientador: Daniela Sachs.

2.
Karin Rumiko Kagi. Design instrucional aplicado ao curso virtual ?Capacitação para comunicadores do Instituto Federal de São Paulo - IFSP. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Design Instrucional para EaD Virtual: Tecnologias,) - Universidade Federal de Itajubá. Orientador: Daniela Sachs.

3.
Nauraína Jurema dos Santos Lima. DESIGN INSTRUCIONAL VIRTUAL DO CURSO ESCRAVIDÃO NO BRASIL. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Design Instrucional para EaD Virtual: Tecnologias,) - Universidade Federal de Itajubá. Orientador: Daniela Sachs.

4.
Marcos Benedito Martins de Oliveira. DESIGN INSTRUCIONAL DO CURSO VIRTUAL: ?A Informática e seus Recursos. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Design Instrucional para EaD Virtual: Tecnologias,) - Universidade Federal de Itajubá. Orientador: Daniela Sachs.

5.
Rosmeri Silva de Almeida. DESIGN INSTRUCIONAL DO CURSO VIRTUAL: MEIO AMBIENTE E CIDADANIA. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Design Instrucional para EaD Virtual: Tecnologias,) - Universidade Federal de Itajubá. Orientador: Daniela Sachs.

6.
Patrícia Rodrigues Carvalho dos Reis. CURSO VIRTUAL NOÇÕES BÁSICAS DE EQUOTERAPIA. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Design Instrucional para EaD Virtual: Tecnologias,) - Universidade Federal de Itajubá. Orientador: Daniela Sachs.

7.
Vanderci Aparecida Lustosa Janussi. DESIGN INSTRUCIONAL DO CURSO DOCÊNCIA EM SALA DE ALFABETIZAÇÃO. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Design Instrucional para EaD Virtual: Tecnologias,) - Universidade Federal de Itajubá. Orientador: Daniela Sachs.

8.
Rosana Conceição Toricelli. : DESIGN INSTRUCIONAL VIRTUAL DO CURSO Principais Ecossistemas Brasileiros. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Design Instrucional para EaD Virtual: Tecnologias,) - Universidade Federal de Itajubá. Orientador: Daniela Sachs.

Iniciação científica
1.
Ana Laura Tavares. Avaliação Da Atividade Antiinflamatória De Fármacos Associados A Polímeros Em Modelo De Artrite Induzida Por Antígeno. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Química) - Universidade Federal de Itajubá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Daniela Sachs.

2.
Pedro Augusto de Andrade Novaes. Avaliação Da Atividade Antiinflamatória De Fármacos Associados A Polímeros Em Modelo De Artrite Induzida Por Antígeno. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Química) - Universidade Federal de Itajubá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Daniela Sachs.

3.
Pedro Augusto de Andrade Novaes. ESTUDO DA CITOTOXICIDADE, GENOTOXICIDADE E POTENCIAL ANTIMICROBIANO IN VITRO DE COMPLEXOS DE INCLUSÃO UTILIZANDO -CICLODEXTRINA E QUINOLONAS. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Química) - Universidade Federal de Itajubá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Daniela Sachs.

4.
Pedro Augusto de Andrade Novaes. Estudo da Biodegradação in vitro de compósitos de PCL bioativos. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Química) - Universidade Federal de Itajubá. Orientador: Daniela Sachs.

5.
Pedro Augusto de Andrade Novaes. Estudo da Biodegradação in vitro de compósitos de PCL bioativos:Estudo da degradação em pH alcalino e degradação enzimática. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Química) - Universidade Federal de Itajubá. Orientador: Daniela Sachs.

6.
Camila Costa de Oliveira. Caracterização Físico-Química do Isolamento de Cabos de Potência: Envelhecimento do Isolador por Absorção de Água. 2013. Iniciação Científica - Universidade Federal de Itajubá. Orientador: Daniela Sachs.

7.
Andreia Ditzel Facci. ESTUDO COMPARATIVO DA ABSORÇÃO PROTÉICA E ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DE COBERTURAS COMERCIAIS COM PRATA PARA O TRATAMENTO DE FERIDAS. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Itajubá, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Daniela Sachs.

8.
Rodrigo Sales dos Santos. Estudo da degradação Acelerada em Meio Alcalino de Matrizes para Engenharia de Tecidos Confeccionada com Poli(ε-Caprolactona) de Baixo Peso Molecular.. 2013. Iniciação Científica - Universidade Federal de Itajubá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Daniela Sachs.

9.
Talita Silva Belo. Biocompatibilidade in vivo de compósitos de pcl bioativos: avaliação do processo inflamatório e de parâmetros bioquímicos. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Bioprocessos) - Universidade Federal de Itajubá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Daniela Sachs.

10.
Leonardo Garcia Dettori. Estudo da biocompatibilidade In-vitro de compósitos de PCL bioativos. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Bioprocessos) - Universidade Federal de Itajubá. Orientador: Daniela Sachs.

11.
Rodrigo Sales dos Santos. CARACTERIZAÇÃO FÍSICA DE BIOCOMPÓSITOS DE PRATA: ABSORÇÃO DE EXSUDATO E ANÁLISE DA LIBERAÇÃO DA PRATA. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Hídrica) - Universidade Federal de Itajubá, LMFarma - FFAPEPE. Orientador: Daniela Sachs.



Inovação



Patente
1.
 QUEIROZ, A. A. A. ; SACHS, D ; BRESSIANI, J. C. ; BRESSIANI, A. H. A. ; KAIRALLA, E. C. ; PEREIRA, A. C. . PROCESSO DE MODIFICAÇÃO DA INTERFACE DE BIOCERÂMICA COM POLI (Ɛ-CAPROLACTONA) DE TOPOLOGIA ESTRELADA PARA OBTENÇÃO DE NANOCOMPÓSITO BIOCOMPATÍVEL, BIODEGRADÁVEL E BIOREABSORVÍVEL. 2015, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020150170181, título: "PROCESSO DE MODIFICAÇÃO DA INTERFACE DE BIOCERÂMICA COM POLI (Ɛ-CAPROLACTONA) DE TOPOLOGIA ESTRELADA PARA OBTENÇÃO DE NANOCOMPÓSITO BIOCOMPATÍVEL, BIODEGRADÁVEL E BIOREABSORVÍVEL" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 16/07/2015

2.
 SACHS, D; de Queiroz AAA ; PEREIRA, A. C. ; RIBEIRO, G. C. . POLIGLICEROL DENDRÍTICO DERIVADO DO GLICEROL IMOBILIZADO COM ANTI-INFLAMATÓRIO NÃO HORMONAL, CORTICOIDE E MEDICAMENTO MODIFICADOR DO CURSO DA DOENÇA SINTÉTICO PARA TRATAMENTO DA ARTRITE REUMATOIDE. 2017, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020170136981, título: "POLIGLICEROL DENDRÍTICO DERIVADO DO GLICEROL IMOBILIZADO COM ANTI-INFLAMATÓRIO NÃO HORMONAL, CORTICOIDE E MEDICAMENTO MODIFICADOR DO CURSO DA DOENÇA SINTÉTICO PARA TRATAMENTO DA ARTRITE REUMATOIDE" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 23/06/2017

3.
 SARAIVA, M. F. ; SACHS, D ; RIBEIRO, C. A. ; PEREIRA, A. C. ; NOVAES, P. A. A. . FLUOROQUINOLONAS TERPENICAS INÉDITAS COM ATIVIDADE ANTIMICROBIANA. 2018, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR10201801423, título: "FLUOROQUINOLONAS TERPENICAS INÉDITAS COM ATIVIDADE ANTIMICROBIANA" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 12/07/2018Instituição(ões) financiadora(s): FAPEMIG - Fundação de Amparo à Pesquisa de MG.



Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
RODRIGUES, R. R. ; MEDEIROS, R. M. L. ; SACHS, D . Uso do Ultra Violeta (UV-C) na Desinfecção Hospitalar. Revista Administrador Hospitalar, Ribeirão Preto, 20 jul. 2015.

2.
MEDEIROS, R. M. L. ; SACHS, D ; RODRIGUES, R. R. . O papel da ultravioleta C na desinfecção. Revista Hospitais Brasil, São Paulo, p. 42 - 42, 01 set. 2015.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/11/2018 às 5:58:30