Caio José Carlos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8973680430342234
  • Última atualização do currículo em 06/12/2018


É graduado em Ciências Biológicas (Bacharelado) pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Mestre em Oceanografia Biológica pela Fundação Universidade Federal do Rio Grande (FURG) e Doutor em Biologia Animal pela Universidade Federal do Rio Grande Sul (UFRGS). Desde 2000 (e antes disso, ainda como estudante na graduação) vem realizando, com a colaboração de cientistas brasileiros/as e estrangeiros/as, estudos voltados à sistemática (incluindo-se taxonomia), biogeografia e conservação de aves aquáticas, especialmente as costeiras e marinhas (i.e., Procellariiformes, Pelecaniformes, Suliformes et Charadriiformes). Também teve a oportunidade de desenvolver, mesmo que rapidamente, pesquisas sobre aves da Floresta Atlântica e Caatinga, algumas das quais ameaçadas de extinção. Foi colaborador, entre 2006-2008, do Instituto de Oceanografia da FURG, atuando junto à curadoria da coleção científica de aves dessa instituição; entre 2008-2009, foi pesquisador da Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis), onde coordenou projetos sobre ecologia e conservação de aves costeiras migratórias; entre 2008-2017, foi representante, no Brasil, da Royal Naval Birdwatching Society e membro do Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos (CBRO). Em 2015, atuou como Professor Substituto junto ao Departamento de Zoologia da UFRGS; e, atualmente, é pesquisador/docente do Programa de Pós-graduação em Biologia Animal desse mesmo departamento. É, desde 2014, pesquisador colaborador da coleção ornitológica do Museu de Ciências Naturais, do Centro de Estudos Costeiros, Limnológicos e Marinhos, UFRGS. Além duma afeição inerente pela ornitologia, também se interessa pela oceanografia biológica, por anatomia/morfologia (especialmente osteologia e miologia) de animais marinhos, pela cladística per se e por história e filosofia da ciência (particularmente da sistemática biológica), mas sempre sob o compromisso da construção de uma ciência/educação libertadora mais humana e humanizada. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Caio José Carlos
Nome em citações bibliográficas
CARLOS, CAIO J.;CARLOS, C. J.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Instituto de Biociências, Laboratório de Sistemática e Ecologia de Aves e Mamíferos Marinhos.
Avenida Bento Gonçalves 9500, Prédio 43435, Sala 216
Agronomia
91501970 - Porto Alegre, RS - Brasil
Telefone: (51) 3308954
Fax: (51) 3308771
URL da Homepage: https://www.ufrgs.br/ppgban/


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2015
Doutorado em Biologia Animal.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Relações filogenéticas do "clado das aves aquáticas", com ênfase nas "aves totipalmadas" (Natatores aut Aequornithes), Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Ignacio Benites Moreno.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Aves Marinhas; Aves Aquáticas; Taxonomia; Cladística.
Grande área: Ciências Biológicas
2004 - 2006
Mestrado em Oceanografia Biológica.
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Título: As aves Procellariiformes do Brasil: catálogo, distribuição geográfica e padrão sazonal das ocorrências,Ano de Obtenção: 2006.
Orientador: Carolus Maria Vooren.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Aves Marinhas; Procellariiformes; Biogeografia.
Grande área: Ciências Biológicas
1997 - 2000
Graduação em Bacharelado Em Ciências Biológicas.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: Padrões de distribuição das espécies das famílias Furnariidae, Dendrocolaptidae e Formicariidae (Aves, Passeriformes) na Região da Caatinga.
Orientador: José Maria Cardoso da Silva.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2017
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Morfologia dos Grupos Recentes.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Taxonomia de aves costeiras e marinhas.
2016 - 2017
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Morfologia dos Grupos Recentes.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Taxonomia de Odontoceti.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador pós-doutorando, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Membro da equipe executora do projeto "Tetrápodes marinhos e costeiros do litoral norte e médio do Rio Grande do Sul: reabilitação, conservação e pesquisa"

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador pós-doutorando
Outras informações
Membro da equipe executora do projeto "A fauna de odontocetos do Sul e Sudeste do Brasil, biogeografia e taxonomia: subsídios para a conservação (renovação)"

Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Membro da equipe executora do projeto "Morfometria craniana de golfinhos-nariz-de-garrafa, Tursiops truncatus (Montagu, 1821) (Mammalia: Cetacea) no litoral norte do Rio Grande do Sul, Brasil"

Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Pesquisador pós-doutorando, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2010 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutorando, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Aluno regularmente matriculado no Programa de Pós-graduação em Biologia Animal (nível doutorado) da UFRGS

Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Membro da equipe executora do projeto " A fauna de odontocetos no Brasil, biogeografia e taxonomia: subsídios para a conservação"

Atividades

08/2017 - Atual
Ensino, Biologia Animal, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Sistemática Filogenética (BAN00017)
3/2017 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Zoologia de Chordata II (BIO04005)
Ornitologia e Mastozoologia (BIO04019)
2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Biociências, Centro de Estudos Costeiros, Limnológicos e Marinhos.

2014 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Centro de Estudos Costeiros Limnologicos e Marinhos, Centro de Estudos Costeiros Limnologicos e Marinhos.

Atividade realizada
Colaborador científico junto à coleção ornitológica do Museu de Ciências Naturais.
09/2010 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Biociências, Instituto de Biociências.

Atividade realizada
Aluno regularmente matriculado no Programa de Pós-graduação em Biologia Animal (nível) doutorado da UFRGS.
2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Biociências, Departamento de Zoologia.

10/2015 - 12/2015
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Chordata I (BIO04024)
Invertebrados I (BIO04024)
Zoologia de Chordata I (BIO04004)
Zoologia de Invertebrados I (BIO04002)
Zoologia de Invertebrados II (BIO04003)

Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos, CBRO, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2017
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Membro do Núcleo Central
Outras informações
O "Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos - CBRO" pretende ser um fórum, orientado e crítico, para a discussão e divulgação dos dados que interferem no conhecimento da distribuição das aves do Brasil. Pretende servir como órgão de atualização do conhecimento da distribuição das aves brasileiras, chamando a atenção especificamente para os muitos erros disseminados na literatura. Considerando que muitas dessas informações carecem de uma avaliação e complementação permanentes, o CBRO criou um mecanismo dinâmico para consolidar e disseminar os seus resultados, na forma de um periódico integrado a um site na Internet


Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos, AQUASIS, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Sócio Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador/Ornitólogo

Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Sócio Efetivo, Enquadramento Funcional: Pesquisador/Ornitólogo, Carga horária: 40
Outras informações
Membro do Programa de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade/Aquasis. O referido programa tem os seguintes objetivos: (1) conhecer a biologia das espécies animais quanto a sua taxonomia, distribuição geográfica e ecologia; e (2) promover a conservação das paisagens naturais, considerando-se o contexto sócio-econômico das áreas estudadas.

Atividades

2008 - 2010
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade, .


Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20
Outras informações
Membro da equipe executora do projeto de pesquisa intitulado "Curadoria da Coleção de Aves Marinhas do Laboratório de Elasmobrânquios e Aves Marinhas - FURG".

Atividades

2007 - 2008
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Oceanografia - FURG, .


Royal Naval Birdwatching Society, RNBWS, Grã-Bretanha.
Vínculo institucional

2007 - 2017
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Representante no Brasil/América do Sul, Carga horária: 20
Outras informações
A RNBWS é uma sociedade vinculada à Marinha Real Britânica (?Royal Navy?), que tem o objetivo principal de promover a troca de idéias e informações sobre a observação de aves marinhas entre os membros da sociedade, e oferecer consultoria acerca das melhores oportunidades para o desenvolvimento dessa atividade. Além disso, a sociedade tem coordenado os esforços de de seus membros, a fim de que os dados obtidos também possam servir para pesquisas científicas

Atividades

12/2007 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Grupo de representantes, Grupo de representantes.

Atividade realizada
Divulgar no Brasil, e demais países da América do Sul, as atividades da RNBWS e manter os membros dessa sociedade informados sobre variados temas (pesquisa, conservação, etc.) envolvendo as aves marinhas na região sob minha responsabilidade.

Écologie Sans Frontière (Université de Sherbrooke), ESF, Canadá.
Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assistente de Campo, Carga horária: 40

Atividades

05/2002 - 06/2002
Serviços técnicos especializados , Écologie Sans Frontière (Université de Sherbrooke), .

Serviço realizado
Auxílio e supervisão de pequenos projetos sobre ecologia e conservação da biodiversidade em ecossistemas fragmentados na floresta Atlântica, durante curso de campo promovido pela Université de Sherbrooke (Canadá) e Universidade Federal de Pernambuco.

Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Colaborador, Carga horária: 2

Vínculo institucional

1998 - 2000
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estágiário, Carga horária: 20

Vínculo institucional

1998 - 1998
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

Atividades

01/2001 - 03/2001
Ensino, Bacharelado Em Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Professor colaborador na disciplina "Sistemática e Biogeografia", do Departamento de Zoologia, Centro de Ciências Biológicas, Universidade Federal de Pernambuco, ministrando 26h-aula.
12/1998 - 12/2000
Estágios , Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Zoologia.

Estágio realizado
Estudos sobre os padrões de distribuição das aves na região da Caatinga, sob orientação do Prof. Dr. José Maria Cardoso da Silva.
07/1998 - 12/1998
Estágios , Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Micologia.

Estágio realizado
Estudo sobre a capacidade que alguns fungos filamentosos têm de produzir a enzima inulinase.


Linhas de pesquisa


1.
Taxonomia de aves costeiro-marinhas
2.
Curadoria de coleções biológicas
3.
Migração de aves costeiro-marinhas
4.
Conservação de aves costeiro-marinhas
5.
Sistemática de Odontoceti
6.
Anatomia/morfologia de Tetrapoda
7.
Cladística
8.
Taxonomia de aves costeiro-marinhas
9.
Migração de aves costeiro-marinhas
10.
Conservação de aves costeiro-marinhas
11.
Oceanografia biológica


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
O vintage é o novo moderno: filogenia fenotípica de aves marinhas
Descrição: Este projeto visa propor hipóteses de relações filogenéticas, a partir da análise de caracteres fenotípicos, para grupos selecionados de aves aquáticas, a saber: albatrozes, petréis, pinguins, pelicanos, fragatas, atobás e afins (Natatores ou Aequornithes) e gaivotas, gaivotas-rapineiras e afins (Charadriiformes). É inegável que anatomia e morfologia estabeleceram os alicerces de nosso conhecimento atual acerca das relações filogenéticas no clado Aves. Mas, por diversos motivos, especialmente pelo esgotamento da sistemática gradista, a demora na adoção do método cladístico; e, mais recentemente, o rápido desenvolvimento das técnicas da genética molecular, em ornitologia, os estudos anatômico-morfológicos foram relegados a um segundo plano. Surpreendentemente, anatomia e morfologia ganharam novo fôlego neste milênio, particularmente depois da publicação de um dos estudos mais abrangentes sobre as relações filogenéticas do clado Aves (LIVEZEY; ZUSI, Bulletin of Carnegie Museum of Natural History, v. 37, p. 1-556, 2006 e LIVEZEY; ZUSI, Zoological Journal of the Linnean Society, v. 149, p. 1-95, 2007). A argumentação aqui construída é feita, não no sentido de destratar outros campos de pesquisa, tas como a genética molecular, mas no de fazer uma apologia, respaldada por ampla literatura, do resgate, modernização e potenciais dessa ?nova? anatomia/morfologia no contexto da ornitologia. Vale lembrar que, pelos motivos citados acima, há, com efeito, um déficit de profissionais com treinamento em anatomia e morfologia de aves; portanto, a formação de tais profissionais torna-se uma prioridade para este campo da zoologia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Caio José Carlos - Coordenador / Thamara Salvagni - Integrante.
Número de produções C, T & A: 3
2017 - Atual
Anatomia funcional e ecologia alimentar de aves aquáticas brasileiras
Descrição: No clado Aves, o papel funcional das estruturas esqueléticas e musculares associadas com a movimentação do bico (Rostrum) é relativamente pouco investigado; não obstante, diversos pesquisadores vêm chamando a atenção para a importância de se desenvolver estudos anatamo-morfológicos dessas estruturas no contexto da ecologia alimentar das espécies, principalmente no da captura de presas. É preciso, portanto, dar mais atenção às pesquisas anatamo-morfológicas do crânio, para, dessa forma, ter uma melhor compreensão da história de vida e evolução das espécies. Isso posto, este projeto de pesquisa pretende desenvolver estudos comparativos sobre morfologia funcional do aparato mandibular para grupos selecionados de aves aquáticas, a saber: albatrozes, petréis, fragatas, atobás, biguás (Natatores ou Aequornithes), gaivotas, gaivotas-rapineiras, trinta-réis, maçaricos e batuíras (Charadriiformes). Em paralelo, serão conduzidos estudos sobre a ecologia alimentar de alguma espécies dos grupos imediatamente acima. Dessa forma, pretende-se integrar os dados sobre anatomia e morfologia com informações sobre a ecologia das espécies estudadas. Vale lembrar, ainda, que existe um deficit de profissionais com treinamento em anatomia e morfologia de aves; portanto, a formação de tais profissionais torna-se uma prioridade para este campo da zoologia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Caio José Carlos - Coordenador / Mariana Scain Mazzochi - Integrante / Gabriela Haubert - Integrante / Gabriela de Souza Pinto Arnoso - Integrante / Oscar Mauricio Aldana Ardila - Integrante / Maria João Veloso da Costa Ramos Pereira - Integrante.
Número de produções C, T & A: 3
2016 - Atual
Integrando múltiplas linhas de evidência para esclarecer a história evolutiva da população isolada do golfinho-pintado-do-Atlântico no Brasil: implicações taxonômicas e conservação

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ignacio Maria Benites Moreno em 13/09/2017.
Descrição: O golfinho-pintado-do-Atlântico, Stenella frontalis, é endêmico das águas tropicais, subtropicais e temperadas do Oceano Atlântico. Os objetivos deste projeto são: (1) proporcionar uma visão ampla da estrutura genética ao longo da distribuição da espécie, através da análise do ADN mitocondrial; (2) numa escala menor, examinar a estrutura populacional da espécie no Brasil, Caribe e ilhas oceânicas do Atlântico Norte, utilizando-se de marcadores moleculares que cobrem todo genoma; (3) investigar os requerimentos ambientais de cada ?cluster? recuperado nas análises genéticas; (4) finalizar análises morfológicas que já estão sendo conduzidas com espécimes do Brasil, Caribe e Atlântico Norte; (5) avaliar o status taxonômico da população isolada de Stenella frontalis, que ocorre no sudeste/sul do Brasil.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Caio José Carlos - Integrante / Ignacio Benites Moreno - Coordenador / Nelson Jurandi Rosa Fagundes - Integrante / Karina Bohrer do Amaral - Integrante / Elisa Berlitz Ilha - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2016 - Atual
Uma volta no curso da espiral: revisitando a sistemática de Delphinidae (Mammalia: Cetacea)
Descrição: Delphinidae, com 38 espécies, responde por 50% da riqueza espécies de Odontoceti, ou "baleias dentadas". Os seguintes gêneros são frequentemente alocados em Delphinidae: Sousa, Stenella, Lagenodelphis, Tursiops, Delphinus, Lissodelphis, Cephalorhynchus, Steno, Sotalia, Feresa, Peponocephala, Globicephala, Pseudorca, Grampus, Ornicus e Orcaella. Delphinidae foi originalmente proposta no século XIV; e, desde então, seu estatuto como "grupo natural" foi repetidamente reconhecido, tanto do ponto de vista gradista quanto pelo cladista.A análise cladista mais abrangente, publicada em 1999, baseou-se na sequencia completa do gene mitocondrial Citocromo b (LEDUC et al., 1999, Marine Mammal Science, 15:619-648). Esse estudo propôs uma classificação em que a família é dividida em cinco subfamílias: Delphininae, Lissodelphininae, Stenoninae, Globicephalinae e Orcininae, com Lagenorhynchus albirostris e Leucopleurus acutus consideradas como incerta esedis na família. Desde então, vários trabalho, todos baseados em marcadores moleculares, abordaram as relações filogenéticas dede Delphinidae, mas os resultados mostraram-se bastante incongruentes. Delphininae, em particular, foi o grupo com os maiores conflitos entre as diferentes hipóteses. A única hipótese de relações filogenéticas para Delphinidae baseada em caracteres fenotípicos com abrangência similar aos trabalhos moleculares é uma tese de doutorado não publicada (MORENO, 2008, Relações filogenéticas entre os golfinhos da família Delphinidae). Nessa análise, o grupo estudado foi composto por, pelo menos, uma espécie de cada um dos 17 gêneros de Delphinidae, totalizando 34 terminais. Considerando-se as espécies do "grupo externo", o trabalho compreendeu 43 terminais. A hipótese de Moreno (2008) é um misto de congruências e conflitos com as hipóteses moleculares, sendo as diferenças mais significativas as referentes aos membros atribuídos a Lissodelphis, Stenella e Lagenorhynchus, incluindo-se a posição filogenética de Leucopleurusacutus. Diante de todas as incongruências entre as hipóteses de relações filogenéticas para Delphinidae, esta proposta pretende (1) propor uma nova hipótese de relações filogenéticas das espécies viventes de Delphinidae, com base em caracteres fenotípicos; e (2), efetuar uma revisão da classificação dos membros dessa família, a partir da aplicação do princípio da iluminação recíproca de Willi Henning. Segundo esse princípio, uma determinada hipótese (i.e., cladograma) é avaliada a partir do seu grau de concordância com outras hipóteses geradas a partir de outros tipos de evidência. Dessa forma, cladogramas congruentes no sentido de apresentarem as mesmas, ou quase as mesmas, relações de parentescos têm um maior poder explanatórios. A iluminação recíproca é o processo pelo qual os "erros perceptuais" são identificados e corrigidos. Nas análises baseadas na evidência fenotípica, boa parte de tais erros está, certamente, no processo de delineação dos caracteres. Nesse sentido, os 147 caracteres do crânio, do complexo periótico-timpânico e da anatomia e coloração externas delineados por Moreno (2008), serão revisados seguindo-se uma lógica mais objetiva (SERENO, 2007, Cladistics, 23: 565-587). A análise desta proposta incluirá, pelo menos, os mesmos 43 terminais utilizados por Moreno (2008). Neste projeto, serão empregadas as análises de parcimônia com pesos iguais e com pesos (ou ajustes) implícitos. Optou-se por incluir a análise com pesos implícitos porque, geralmente, ela resulta em cladogramas mais bem resolvidos. Uma possível reclassificação das Delphinidae será elaborada a partir da comparação da hipótese final gerada neste trabalho com aquelas propostas por outros autores.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Tetrápodes marinhos e costeiros do litoral norte e médio do Rio Grande do Sul: reabilitação, conservação e pesquisa
Descrição: Este projeto visa: 1. Atender adequadamente os espécimes da fauna marinha e costeira que foram afetados por atividades antrópicas e são encontrados no litoral norte e médio do RS e, posteriormente, encaminhados para o Setor de Reabilitação de Animais Silvestres e Marinhos (CERAM) do CECLIMAR/IB/UFRGS; 2. Ampliar o conhecimento técnico e científico sobre as espécies marinhas que ocorrem na região costeira do litoral norte e médio do RS, através de colaborações com outras instituições, desenvolvendo e subsidiando projetos de pesquisa; e, 3. Divulgar a fauna marinha e costeira à população local e de veranistas, através da educação ambiental, visando que as medidas de conservação efetivamente sejam alcançadas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
A fauna de odontocetos do Sul e Sudeste do Brasil, biogeografia e taxonomia: subsídios para a conservação (renovação)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ignacio Maria Benites Moreno em 13/09/2017.
Descrição: Projeto de pesquisa que visa refinar os padrões de distribuição e os padrões evolutivos e biogeográficos de odontocetos no Atlântico Sul Ocidental em uma região biogeográfica de transição entre duas biotas, assim como o status taxonômico de pelo menos três espécies de delfinídeos utilizando morfometria/morfologia craniana e marcadores moleculares, assim como seus padrões de distribuição e biogeografia (Tursiops sp., Stenella frontalis, Delphinus spp.,),caracterizando a diversidade de odontocetos na região e dar continuidade às coletas de biópsias de pequenos cetáceos ao longo da costa Brasileira para estruturar um banco de tecidos para estudos genético-populacionais e de gordura para estudos dos níveis de contaminantes dos golfinhos.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Caio José Carlos - Integrante / Salvatore Siciliano - Integrante / Ignacio Benites Moreno - Coordenador / Janaína Carrion Wickert - Integrante / Karina Bohrer do Amaral - Integrante / Elisa Berlitz Ilha - Integrante / Vanessa Lehnen Heissler - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2012 - Atual
Morfometria craniana de golfinhos-nariz-de-garrafa, Tursiops truncatus (Montagu, 1821) (Mammalia: Cetacea) no litoral norte do Rio Grande do Sul, Brasil

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ignacio Maria Benites Moreno em 13/09/2017.
Descrição: O objetivo deste estudo é investigar e clarificar, ´por meio das técnicas de morfometria tradicional e geométrica, a taxonomia dos golfinhos do gênero Tursiops no Sul do Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2013
A fauna de odontocetos do Sul e Sudeste do Brasil, biogeografia e taxonomia: subsídios para a conservação

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ignacio Maria Benites Moreno em 01/03/2016.
Descrição: Projeto de pesquisa que visa refinar os padrões de distribuição geográfia e evolutivos e biogeográficos de odontocetos no Atlântico Sul Ocidental em uma região biogeográfica de transição entre duas biotas, assim como o status taxonômico de pelo menos três espécies de delfinídeos utilizando morfometria/morfologia craniana e marcadores moleculares, assim como seus padrões de distribuição e biogeografia (Tursiops sp., Stenella frontalis, Delphinus spp.),caracterizando a diversidade de odontocetos na região e dar continuidade às coletas de biópsias de pequenos cetáceos ao longo da costa Brasileira para estruturar um banco de tecidos para estudos genético-populacionais e de gordura para estudos dos níveis de contaminantes dos golfinhos.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2012
Biologia reprodutiva de 'Haematopus palliatus' nas dunas de Cidreira, litoral norte do Rio Grande do Sul
Descrição: 'Haematopus palliatus' desenvolve o seu ciclo de vida em ambientes costeiros e depende da boa qualidade destes para sobreviver. É monogâmico e territorialista durante a estação reprodutiva, que no sul do Brasil ocorre de outubro a fevereiro. No Brasil, as informações sobre a nidificação da espécie são restritas. H. palliatus não é ameaçado de extinção em nível mundial, mas nos EUA, é considerado ameaçado em 13 estados, e classificado como de grande preocupação conservacionista . As principais ameaças à essa espécie são mudanças climáticas globais, urbanização costeira, poluentes, influência humana e de animais domésticos. As maiores concentrações de 'H. palliatus' do Brasil estão no RS. O litoral norte desse estado é o que teve a paisagem costeira mais afetada pela ocupação humana, com 79% das praias urbanizadas. Nas dunas móveis de Cidreira, um dos poucos ambientes de dunas no litoral norte do RS que ainda não foram impactados severamente, foram registradas altas densidades dessas aves ao final do período reprodutivo. O presente projeto visa um estudo sobre a biologia reprodutiva de H. palliatus na área de dunas da praia de Cidreira, que tem potencial para abrigar uma expressiva população reprodutiva da espécie. Estão sendo realizadas expedições à área desde agosto de 2010, visando registrar o número de pares reprodutivos da espécie e o estabelecimento de territórios destes pares. Pretende-se monitorar a reprodução da espécie, estimar o sucesso reprodutivo dessa população local e, através da marcação individual, monitorar os movimentos de dispersão dos jovens pela costa.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Conservação de aves limícolas migratórias e o cultivo de camarões no Nordeste do Brasil [Migratory shorebird conservation and shrimp farming in NE Brazil]
Descrição: Estudos recentes têm mostrado que muitas das populações de aves limícolas (batuíras e maçaricos) migratórias estão em declínio, sendo a perda e/ou degradação do habitat um dos fatores responsáveis por isso. Manguezais e ecossistemas associados encontrados ao longo da costa brasileira oferecem recursos alimentares e abrigo para aves limícolas neárticas e, dessa forma, são importantes locais de acondicionamento e/ou invernada dentro do ?Corredor Migratório do Atlântico Ocidental?. Nos últimos 10 anos, habitats costeiros críticos no NE do Brasil vêm sendo ameaçados pela construção desenfreada de fazendas de camarão. A fragmentação dos ecossistemas nessa região pode criar um ?gargalo migratório? de 1.000 km na rota utilizada pelas aves neárticas. O objetivo deste projeto, realizado pela AQUASIS em parceria com UFC, é promover a conservação das aves limícolas e de seus habitats no NE do Brasil, através do incremento do conhecimento técnico/científico sobre sua biologia e, ao mesmo tempo, avaliar os impactos causados pela carcinocultura nos habitats intermareais. Nesse sentido, um programa de pesquisa foi elaborado a fim de quantificar a abundância sazonal e a diversidade de aves limícolas e de suas presas em diferentes habitats em dois locais da costa cearense. Concomitantemente com a pesquisa ornitológica, um esforço de mapeamento da zona costeira do Ceará e partes do Piauí e Rio Grande do Norte será conduzido com intuito de quantificar a área ocupada atualmente pelas fazendas de camarão, bem como a quantidade de habitats (e.g. salgados, manguezais) que foi perdida para esses empreendimentos. Os dados obtidos serão essenciais, porque irão prover informações conclusivas a respeito dos impactos da carcinocultura sobre os habitats das aves limícolas no NE do Brasil. Além disso, constituirão a base científica para a formulação de um futuro plano de conservação para essas aves e seus habitats nessa porção crítica do ?Corredor Migratório do Atlântico Ocidental?.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Caio José Carlos - Coordenador / Carmem Elisa Fedrizzi - Integrante / Weber Girão - Integrante / Alberto Alves Campos - Integrante / Antônio Jeovah de Andrade Meireles - Integrante / Helena Matthews-Cascon - Integrante / Carlos Augusto Oliveira de Meirelles - Integrante / Cristiane Xerez Barroso - Integrante / Luis Ernesto Arruda Bezerra - Integrante / Soraya Guimarães Rabay Nogueira - Integrante / Paulo Roberto Lopes Thiers - Integrante / Antônio Alex Luz Lopes - Integrante / Fernando Henrique Teófilo de Abreu - Integrante / Ítala Farias Dias - Integrante / Ana Karla Araújo Moreira - Integrante / Sandra Vieira Paiva - Integrante / Felipe de Vasconcelos Silva - Integrante / Felipe Bezerra Ribeiro - Integrante / Rafael Guimarães Gomes Silva - Integrante / Hilton de Castro Galvão-Filho - Integrante.Financiador(es): Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos - Outra / Universidade Federal do Ceará - Cooperação / US Fish and Wildlife Service (Neotropical Migratory Bird Conservation Act) - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 6
2008 - 2008
Refúgio de vida silvestre do peixe-boi marinho
Descrição: Na divisa dos estados do Ceará e Piauí estão localizados dois complexos estuarinos de extrema importância biológica. Além de abrigar populações remanescentes de espécies "Criticamente em Perigo de Extinção", como o peixe-boi marinho ("Trichechus manatus"), são ainda em importantes pontos de parada, alimentação e reprodução para aves costeiras residentes e migratórias do Corredor Migratório do Atlântico Ocidental (?Western Hemisphere Atlantic Flyway?). A região é listada em levantamentos estaduais, regionais (ZEE Delta do Parnaíba) e nacionais (Avaliação de Áreas Críticas para a Conservação da Biodiversidade, Ministério do Meio Ambiente) como prioritária para a conservação e criação de Unidades de Conservação. As instituições parceiras deste projeto (i.e. Aquasis, APA Delta do Parnaíba; CMA/Projeto Peixe-boi [ICMBio] e Univ. Federal do Ceará) realizaram pedido formal para criação da Unidade junto à DIREC/Ibama em 2005. No ano seguinte, após uma viagem de campo para vistoria da área proposta, as autoridades ambientais competentes reconheceram a importância da região e a necessidade de criação de uma Unidade de Conservação de Proteção Integral. A categoria sugerida foi o ?Refúgio de Vida Silvestre?, mas as mesmas autoridades sugeriram a realização de estudos complementares e produtos cartográficos. Nesse sentido, o projeto se fundamenta na realização dos estudos necessários para viabilizar a criação da UC, a qual irá proteger um importante patrimônio biológico brasileiro.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2011
Bibliografia das aves marinhas brasileiras
Descrição: A costa do Brasil ocupa aproximadamente 8.000 km da costa atlântica da América do Sul, desde a foz do Rio Oiapoque até a barra do Arroio Chuí. Essa costa, em conjunto com as 200 milhas náuticas da Zona Econômica Exclusiva, a qual se estende mais ao leste para incluir os entornos do Atol das Rocas, Arquipélagos de Fernando de Noronha e São Pedro e São Paulo e as ilhas de Trindade e Martim Vaz, formam a ?Zona Costeiro-Marinha? brasileira (ZCM). A fauna de aves marinhas da ZCM brasileira inclui espécies residentes (i.e., que nidificam em território nacional) e visitantes que nidificam em outras regiões. Neste projeto, as aves marinhas consideradas são as Sphenisciformes (pinguins), Procellariiformes (albatrozes e petréis), Pelecaniformes (pelicanos, atobás, fragatas, etc.) e Charadriiformes (gaivotas [Laridae], gaivotas-rapineiras [Stercorariidae], trinta-réis [Sternidae], pomba-antártica [Chionidae]). A bibliografia produzida no Brasil sobre as aves incluídas nos grupos listados acima será compilada no estilo do ?Zoological Records? (1864-) e organizada em um banco de dados informatizado. Essas informações serão disponibilizadas (em formato ?.PDF? e ?.DOC?) em um sítio-web. Todos os pesquisadores e demais interessados nas aves marinhas brasileiras poderão acessar os arquivos e salvá-los em seu computador pessoal. Os dados serão atualizados periodicamente e espera-se que a uma primeira versão já esteja disponível dentro de aproximadamente seis meses, contados a partir de setembro de 2007.
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2008
Curadoria da Coleção de Aves Marinhas do Laboratório de Elasmobrânquios e Aves Marinhas - FURG.
Descrição: O acervo da coleção de aves marinhas do Laboratório de Elasmobrânquios e Aves Marinhas inclui, principalmente, exemplares taxidermizados de diversas espécies de pingüins (Ordem Sphenisciformes), albatrozes e petréis (Ordem Procellariiformes), gaivotas, trinta-réis, maçaricos e batuíras (Ordem Charadriiformes); algumas delas raras no Brasil. O material provém, em sua maior parte, de coletas realizadas durante cruzeiros de pesquisa ao largo da costa do Rio Grande do Sul, e em monitoramentos de praias. Atualmente a coleção figura entre as mais importantes do Brasil, no que se refere às aves Procellariiformes. Diversos estudos taxonômicos, biogeográficos e ecológicos poderão ser realizados mediante o exame dos espécimes, o que possibilitará o desenvolvimento da ciência e, também, a formação de recursos humanos. A disponibilizarão do material desta coleção depende diretamente das condições de manutenção e organização dos exemplares. Dentro desse contexto, este projeto tem como objetivo, organizar e manter o material dessa coleção. Todos os dados do acervo também serão inseridos em um banco de dados informatizado. A partir de requerimento formal, pesquisadores e estudantes de instituições nacionais e internacionais terão acesso irrestrito aos espécimes.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Caio José Carlos - Integrante / Carmem Elisa Fedrizzi - Integrante / Carolus Maria Vooren - Coordenador / Suzana Paz Martins - Integrante / Michele Santa Catarina Brodt - Integrante / Paula Lima Canabarro - Integrante / Luara Azevedo Lopez - Integrante / Camilla Bonatto Bellini - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Rio Grande - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 5


Projetos de extensão


2017 - Atual
Manual de albatrozes e petréis da Região Sul do Brasil

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ignacio Maria Benites Moreno em 31/05/2017.
Descrição: O Projeto ?Manual de albatrozes e petréis da Região Sul do Brasil? visa aprimorar e enriquecer o conhecimento acerca dessas aves marinhas que ocorrem na costa brasileira. Tendo em vista que muitas dessas espécies estão, atualmente, ameaçadas de extinção, o manual fornecerá subsídios para seu reconhecimento e conservação. As ações a serem implementadas neste projeto visam gerar um material de divulgação científica físico e digital, atualizado e enriquecido acerca dos albatrozes e petréis (ordem Procellariiformes) do Sul do Brasil. O material disponibilizará conhecimento acerca das espécies ocorrentes na região, que são bastante desconhecidas pela população no geral e que, de fato, precisam de atenção tendo em vista que, na grande maioria, são ameaçadas de extinção.
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Caio José Carlos - Integrante / Ignacio Benites Moreno - Coordenador / Jéssica Guimarães Alvarenga - Integrante.


Outros Projetos


2016 - Atual
Livro paradidático sobre conservação de aves marinhas para crianças no ensino fundamental

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Jéssica Guimarães Alvarenga em 24/08/2016.
Descrição: Nas últimas décadas, a intensificação dos impactos antrópicos aumentaram o risco de extinção de espécies de aves marinhas, especialmente de albatrozes (Procellariiformes: Diomedeidae). Os principais fatores causadores de mortalidade dessas aves são a poluição dos oceanos por resíduos sólidos e a captura incidental em pescarias com espinhéis. Os albatrozes se mostram adequados focos de experiências pedagógicas em conteúdos escolares, notadamente por dois motivos: 1) seus papeis como predadoras de topo de cadeia trófica e adaptações para a vida no mar os fazem excelentes objetos de estudo no desenvolvimento de raciocínios em torno de ecologia e evolução e 2) os problemas relativos ao meio ambiente passaram a ser presença obrigatória nas aulas de ciências; e, assim, trazem os conteúdos mais próximos ao cotidiano dos educandos. Dessa forma, o ensino de educação ambiental nas escolas com foco em aves marinhas se torna uma enriquecedora estratégia para desenvolver conscientização sobre essa problemática ambiental, permitindo apontar para as relações recíprocas entre sociedade e ambiente. O projeto tem como objetivo a construção de um livro paradidático ricamente ilustrado como ferramenta no ensino de educação ambiental para crianças do Ensino Fundamental. Ao instigarmos os educandos a ter uma relação mais próxima com a natureza, por meio dessas aves, podemos desenvolver neles uma visão mais crítica sobre a conservação da biodiversidade, sobre nossos estilos de vida e também na identificação de potenciais ameaças a qualquer ecossistema. Desse modo, a ferramenta paradidática pretende fazer com que a criança compreenda a natureza como um todo dinâmico, sendo parte integrante, dependente e agente transformador do mundo em que vive.
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2015 - Atual
Periódico: Check List (São Paulo. Online)


Revisor de periódico


2005 - Atual
Periódico: Bulletin of the British Ornithologists' Club
2008 - Atual
Periódico: Biota Neotropica
2010 - Atual
Periódico: Boletín de la Sociedad Zoológica del Uruguay
2011 - Atual
Periódico: Iheringia. Série Zoologia (Impresso)
2011 - Atual
Periódico: Cotinga (Sandy)
2011 - Atual
Periódico: Check List (São Paulo. Online)
2013 - Atual
Periódico: Journal of Threatened Taxa
2013 - Atual
Periódico: Biotemas (UFSC)
2013 - Atual
Periódico: International Journal of Marine Science
2013 - Atual
Periódico: Papéis Avulsos de Zoologia (USP.Museu de Zoologia. Impresso)
2015 - Atual
Periódico: Revista de Biologia Tropical
2008 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ornitologia
2016 - Atual
Periódico: The Wilson Journal of Ornithology
2017 - Atual
Periódico: ARQUIVOS DO INSTITUTO BIOLÓGICO (IMPRESSO)
2018 - Atual
Periódico: ORNITHOLOGIA (CEMAVE/IBAMA. IMPRESSO)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Ornitologia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Taxonomia de aves costeiro-marinhas.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Migração de aves costeiro-marinhas.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Conservação de aves costeiro-marinhas.
5.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Oceanografia Biológica.
6.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Curadoria de coleções biológicas.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Latim
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2016
Segundo melhor trabalho na categoria apresentação oral (Um livro paradidático sobre conservação de aves marinhas para crianças no ensino fundamental), V Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha.
2008
The Captain Simpson Scholarship, Royal Naval Birdwatching Society, Reino Unido.
2005
American Ornithologists' Union Student Membership Awards, American Ornithologists' Union, EUA.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:13
Total de citações:45
Fator H:5
Carlos, Caio J  Data: 06/12/2018

SCOPUS
Total de trabalhos:23
Total de citações:79
Carlos, C. J.; Carlos, Caio José  Data: 26/11/2018

Outras
Total de trabalhos:49
Total de citações:344
Carlos, C. J.; Carlos, Caio J; Caio J. Carlos - http://scholar.google.com.br/citations?user=ZtrKcFUAAAAJ&hl=pt-BR  Data: 31/10/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
DAUDT, NICHOLAS W.2018DAUDT, NICHOLAS W. ; PEREIRA, ALICE ; TAVARES, MAURÍCIO ; CARLOS, CAIO J. . South Polar Skua Catharacta maccormicki in the state of Rio Grande do Sul, south Brazil. COTINGA (SANDY), v. 40, p. 44-49, 2018.

2.
CARLOS, CAIO J.2017CARLOS, CAIO J.; ALVARENGA, JÉSSICA G. ; MAZZOCHI, MARIANA S. . Osteology of the feeding apparatus of Magnificent Frigatebird Fregata magnificens and Brown Booby Sula leucogaster (Aves: Suliformes). PAPÉIS AVULSOS DE ZOOLOGIA (ONLINE), v. 57, p. 265-274, 2017.

3.
CARLOS, CAIO J.2017CARLOS, CAIO J.. Reflections on the Phylogenetic Position and Generic Status of Abbott's Booby 'Papasula abbotti' (Aves, Sulidae). ENTOMOLOGY, ORNITHOLOGY & HERPETOLOGY, v. 06, p. 205, 2017.

4.
CARLOS, CAIO J.2017CARLOS, CAIO J.; DAUDT, NICHOLAS W. ; GROUW, HEIN VAN ; NEVES, TATIANA . The second and third documented records of Antarctic Tern Sterna vittata in Brazil. BULLETIN OF THE BRITISH ORNITHOLOGISTS' CLUB, v. 137, p. 320-324, 2017.

5.
CARLOS, CAIO J.2016CARLOS, CAIO J.. How many genera of Stercorariidae are there?. Revista Brasileira de Ornitologia, v. 24, p. 191-195, 2016.

6.
NUSS, ANDRESSA2016NUSS, ANDRESSA ; CARLOS, CAIO J. ; MORENO, IGNACIO B. ; FAGUNDES, NELSON J. R. . Population Genetic Structure of the Magnificent Frigatebird Fregata magnificens (Aves, Suliformes) Breeding Colonies in the Western Atlantic Ocean. Plos One, v. 11, p. e0149834, 2016.

7.
FEDRIZZI, CARMEM E.2016FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. ; CAMPOS, ALBERTO A. . Annual patterns of abundance of Nearctic shorebirds and their prey at two estuarine sites in Ceará, NE Brazil, 2008-2009. Wader Study, v. 123, p. 122-135, 2016.

8.
PEREIRA, ALICE2016PEREIRA, ALICE ; DAUDT, NICHOLAS W. ; NUSS, ANDRESSA ; TAVARES, MAURÍCIO ; CARLOS, CAIO J. . The first confirmed record of the White-capped Albatross Thalassarche steadi in Brazil. Revista Brasileira de Ornitologia, v. 24, p. 286-289, 2016.

9.
CARLOS, CAIO J.2016CARLOS, CAIO J.; VOISIN, JEAN-FRANÇOIS ; GROUW, HEIN VAN ; MORENO, IGNACIO B. . A neotype designation for the Ascension Frigatebird Fregata aquila (Aves: Fregatidae). ZOOLOGIA (CURITIBA. ONLINE), v. 33, p. e20160111, 2016.

10.
FRAINER, GUILHERME2015FRAINER, GUILHERME ; DAUDT, NICHOLAS W. ; CARLOS, CAIO J. . Aberrantly plumaged White-chinned Petrels Procellaria aequinoctialis in the Brazilian waters, south-west Atlantic Ocean. MARINE BIODIVERSITY RECORDS, v. 8, p. e103, 2015.

11.
CARLOS, CAIO J.2013CARLOS, CAIO J.; VOISIN, JEAN-FRANÇOIS . The type locality of the South American Tern, Sterna hirundinacea (Aves: Charadriiformes: Sternidae), with designation of a lectotype. Zoologia, v. 30, p. 356-358, 2013.

12.
CARLOS, CAIO J.2013CARLOS, CAIO J.; FEDRIZZI, CARMEM E. . History, distribution, and seasonal abundance of the Least Tern Sternula antillarum (Aves: Charadriiformes: Sternidae) in Brazil. Zoologia (Curitiba): an international journal for zoology, v. 30, p. 135-142, 2013.

13.
CARLOS, CAIO J.2012CARLOS, CAIO J.; VOISIN, JEAN-FRANÇOIS ; ROSELAAR, CORNELIS S. . A replacement name for Charadrius leschenaultii crassirostris (Severtzov, 1873), a subspecies of Greater Sand Plover. BULLETIN OF THE BRITISH ORNITHOLOGISTS' CLUB, v. 132, p. 63-65, 2012.

14.
CARLOS, CAIO J.2011CARLOS, CAIO J.; VOISIN, JEAN-FRANÇOIS . Charadrius wilsonia brasiliensis Grantsau & Lima, 2008, is a junior synonym of Charadrius crassirostris Spix, 1825. BULLETIN OF THE BRITISH ORNITHOLOGISTS' CLUB, v. 131, p. 165-170, 2011.

15.
CARLOS, CAIO J.2010CARLOS, CAIO J.; STRAUBE, FERNANDO C. ; PACHECO, JOSÉ FERNANDO . Conceitos e definições sobre documentação de registros ornitológicos e critérios para a elaboração de listas de aves para os estados brasileiros. Revista Brasileira de Ornitologia, v. 18, p. 355-361, 2010.

16.
LIMA, LUCIANO M.2010LIMA, LUCIANO M. ; SCHUNCK, FÁBIO ; SICILIANO, SALVATORE ; CARLOS, CAIO J. ; RENNÓ, BRUNO ; FONSECA-NETO, FRANCISCO PEDRO ; FEDRIZZI, CARMEM E. ; ALBANO, CIRO ; MOURA, JAÍLSON F. . Distribuição, abundância e sazonalidade de Leucophaeus atricilla (Charadriiformes: Laridae) no Brasil. Revista Brasileira de Ornitologia, v. 18, p. 199-206, 2010.

17.
FEDRIZZI, CARMEM E.2009FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. . Aves, Charadriiformes, Scolopacidae, Calidris fuscicollis (Vieillot, 1819) (White-rumped Sandpiper): documented records for the states of Piauí and Ceará in north-eastern Brazil. CHECK LIST, JOURNAL OF SPICIES LIST AND DISTRIBUTION, v. 5, p. 471-474, 2009.

18.
CARLOS, CAIO J.2009CARLOS, CAIO J.; CAMPOS, ALBERTO A. ; GIRÃO, WEBER ; ALBANO, CIRO . Threatened terns in north-east Brazil. Sea Swallow, v. 58, p. 47-50, 2009.

19.
CARLOS, CAIO J.2009CARLOS, CAIO J.. Seabird diversity in Brazil: A review. Sea Swallow, v. 58, p. 17-46, 2009.

20.
FEDRIZZI, CARMEM E.2009FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. ; AZEVEDO-JÚNIOR, SEVERINO M. . Seasonal occurrence of Common Sterna hirundo and 'Cayenne' Terns S. sandvicensis eurygnathus in a tropical estuarine complex of northeast Brazil. Seabird, v. 22, p. 48-53, 2009.

21.
CARLOS, CAIO J.2009CARLOS, CAIO J.; VOISIN, JEAN-FRANÇOIS . A few remarks on the proposed amendment of the International Code of Zoological Nomenclature to expand and refine methods of publication. ZOOTAXA, v. 2189, p. 67-68, 2009.

22.
CARLOS, CAIO J.2008CARLOS, CAIO J.; VOISIN, JEAN-FRANÇOIS . Identifying giant petrels, Macronectes giganteus and M. halli, in the field and in the hand. Seabird, v. 21, p. 1-15, 2008.

23.
GIRÃO, WEBER2008GIRÃO, WEBER ; ALBANO, CIRO ; CAMPOS, ALBERTO A. ; BRITO, PAULO THIERES P. ; CARLOS, CAIO J. . Registros documentados de cinco novos trinta-réis (Charadriiformes: Sternidae) no estado do Ceará, nordeste do Brasil. Revista Brasileira de Ornitologia, v. 16, p. 252-255, 2008.

24.
CARLOS, CAIO J.2008CARLOS, CAIO J.. A critical look at the alleged Brazilian records of the Indian Yellow-nosed Albatross Thalassarche carteri, with comments on mollymawk identification in Brazil (Procellariiformes: Diomedeidae). Revista Brasileira de Ornitologia, v. 16, p. 99-106, 2008.

25.
CARLOS, CAIO J.2008CARLOS, CAIO J.; VOISIN, JEAN-FRANÇOIS . Diomedea melanophris Temminck, 1828 (currently Thalassarche melanophris; Aves, Procellariiformes): proposed conservation of original spelling. BULLETIN OF ZOOLOGICAL NOMENCLATURE, v. 65, p. 129-131, 2008.

26.
CARLOS, CAIO J.2007CARLOS, CAIO J.. [Review of] Albatrosses, petrels and shearwaters of the world. Revista Brasileira de Ornitologia, v. 15, p. 621-622, 2007.

27.
DÉNES, FRANCISCO V.2007DÉNES, FRANCISCO V. ; CARLOS, CAIO J. ; SILVEIRA, LUÍS FÁBIO . The albatrosses of the genus Diomedea Linnaeus, 1758 (Procellariiformes: Diomedeidae) in Brazil. Revista Brasileira de Ornitologia, v. 15, p. 543-550, 2007.

28.
FEDRIZZI, CARMEM E.2007FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. ; VASKE-JÚNIOR, TEODORO ; BUGONI, LEANDRO ; VIANA, DANIELLE L. ; VÉRAS, DRÁUSIO P. . Western Reef-Heron Egretta gularis in Brazil (Ciconiiformes: Ardeidae). Revista Brasileira de Ornitologia, v. 15, p. 481-483, 2007.

29.
COLABUONO, FERNANDA I.2006COLABUONO, FERNANDA I. ; FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. . A Black-browed Albatross Thalassarche melanophris consumes a Tern Sterna sp.. MARINE ORNITHOLOGY, v. 34, p. 167-168, 2006.

30.
CARLOS, CAIO J.2006CARLOS, CAIO J.; SILVA, WEBER . A história do gavião-de-penacho, Spizaetus ornatus, na floresta Atlântica do nordeste do Brasil. Revista Brasileira de Ornitologia, v. 14, p. 405-409, 2006.

31.
CARLOS, CAIO J.2005CARLOS, CAIO J.; FEDRIZZI, CARMEM E. ; AZEVEDO-JÚNIOR, SEVERINO M. . Notes on some seabirds of Pernambuco state, north-east Brazil. BULLETIN OF THE BRITISH ORNITHOLOGISTS' CLUB, v. 125, p. 140-147, 2005.

32.
CARLOS, CAIO J.2005CARLOS, CAIO J.; VOISIN, JEAN-FRANÇOIS ; VOOREN, CAROLUS M. . Records of Southern Giant Petrel Macronectes giganteus solanderi and Northern Giant Petrel M. halli off southern Brazil. BULLETIN OF THE BRITISH ORNITHOLOGISTS' CLUB, v. 125, p. 288-292, 2005.

33.
CARLOS, CAIO J.2005CARLOS, CAIO J.. A supposed early specimen of Mantled Hawk Leucopternis polionotus from Rio Grande do Sul, southern Brazil. COTINGA (SANDY), v. 24, p. 116, 2005.

34.
CARLOS, CAIO J.2005CARLOS, CAIO J.. Notes on the specimen record of the Broad-billed Prion Pachyptila vittata from Rio Grande do Sul, south Brazil. Revista Brasileira de Ornitologia, v. 13, p. 124-125, 2005.

35.
SOUSA, MARCELO C.2005SOUSA, MARCELO C. ; FRAGA, ROQUE T. ; CARLOS, CAIO J. . Seabird records from Alagoas and Sergipe states, north-east Brazil. COTINGA (SANDY), v. 24, p. 112-114, 2005.

36.
BARNETT, JUAN MAZAR2005BARNETT, JUAN MAZAR ; CARLOS, CAIO J. ; RODA, SÔNIA A. . Renewed hope for the threatened avian endemics of northeastern Brazil. BIODIVERSITY AND CONSERVATION, v. 14, p. 2265-2274, 2005.

37.
CARLOS, CAIO J.2004CARLOS, CAIO J.; TRIMBLE, JEREMIAH ; FEDRIZZI, CARMEM E. . A specimen of Cape Petrel Daption capense from north-east Brazil. BULLETIN OF THE BRITISH ORNITHOLOGISTS' CLUB, v. 124, p. 287-290, 2004.

38.
CARLOS, CAIO J.2004CARLOS, CAIO J.; COLABUONO, FERNANDA I. ; VOOREN, CAROLUS M. . Notes on the Northern Royal Albatross Diomedea sanfordi in south Brazil. Revista Brasileira de Ornitologia, v. 12, p. 166-167, 2004.

39.
RODA, SÔNIA A.2003RODA, SÔNIA A. ; CARLOS, CAIO J. . On a nest of Yellow-chinned Spinetail (Certhiaxis cinnamomea, Passeriformes, Furnariidae) built with bites of wire. LUNDIANA (UFMG), v. 4, p. 69-70, 2003.

40.
RODA, SÔNIA A.2003RODA, SÔNIA A. ; CARLOS, CAIO J. . New records for some poorly know birds of the Atlantic forest in north-east Brazil. COTINGA (SANDY), v. 20, p. 17-20, 2003.

41.
RODA, SÔNIA A.2003RODA, SÔNIA A. ; CARLOS, CAIO J. ; RODRIGUES, ROBERTA C. . New and noteworthy records for some endemic and threatened birds of the Atlantic forest of north-eastern Brazil. BULLETIN OF THE BRITISH ORNITHOLOGISTS' CLUB, v. 123, p. 227-236, 2003.

42.
MAZAR-BARNETT, JUAN2003MAZAR-BARNETT, JUAN ; CARLOS, CAIO J. ; RODA, SÔNIA A. . A new site for Alagoas endemics. COTINGA (SANDY), v. 20, p. 13, 2003.

Capítulos de livros publicados
1.
CARLOS, CAIO J.. Plataforma Sul. In: VALENTE, RENATA M.; SILVA, JOSÉ MARIA C.; STRAUBE, FERNANDO C.; NASCIMENTO, JOÃO LUIZ X.. (Org.). Conservação de aves migratórias neárticas no Brasil. 1ed.Belém, PA: Conservação Internacional do Brasil, 2011, v. 1, p. 313-316.

2.
FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. . Planície Costeira Central do Rio Grande do Sul. In: VALENTE, RENATA M.; SILVA, JOSÉ MARIA C.; STRAUBE, FERNANDO C.; NASCIMENTO, JOÃO LUIZ X.. (Org.). Conservação de aves migratórias neárticas no Brasil. 1ed.Belém, PA: Conservação Internacional do Brasil, 2011, v. 1, p. 331-334.

3.
FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. . Planície Costeira Sul do Rio Grande do Sul. In: VALENTE, RENATA M.; SILVA, JOSÉ MARIA C.; STRAUBE, FERNANDO C.; NASCIMENTO, JOÃO LUIZ X.. (Org.). Conservação de aves migratórias neárticas no Brasil. 1ed.Belém, PA: Conservação Internacional do Brasil, 2011, v. 1, p. 364-367.

4.
RODA, SÔNIA A. ; CARLOS, CAIO J. . Composição e sensitividade da avifauna dos brejos de altitude do estado de Pernambuco. In: PÔRTO, KÁTIA C.; CABRAL, JAIME J. S.; TABARELLI, MARCELO. (Org.). Brejos de altitude em Pernambuco e Paraíba: história natural, ecologia e conservação. 1ed.Brasília, DF: Ministério do Meio Ambiente, 2003, v. 1, p. 203-219.

5.
SILVA, JOSÉ MARIA C. ; SOUZA, MANUELLA A. ; BIEBER, ANA GABRIELA D. ; CARLOS, CAIO J. . Aves da Caatinga:'status', uso do habitat e sensitividade. In: LEAL, INARA R.; TABARELLI, MARCELO; SILVA, JOSÉ MARIA C.. (Org.). Ecologia e conservação da Caatinga. 1ed.Recife, PE: Editora Universitária da Universidade Federal de Pernambuco, 2003, v. 1, p. 237-272.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
COLABUONO, FERNANDA I. ; FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. . Asas dentro do azul. Sicentific American Brasil (Ed. Especial Oceanos), São Paulo, SP, p. 6 - 15, 01 set. 2009.

2.
CARLOS, CAIO J.; GIRÃO, WEBER ; CAMPOS, ALBERTO A. ; ALBANO, CIRO . Reducing threats to wintering terns in Brazil. Seabird Group (UK) Newsletter, Reino Unido, , v. 108, p. 2 - 4, 01 jun. 2008.

3.
CARLOS, CAIO J.. Brief overview of albatrosses and petrels incidental catch in Brazil. Royal Naval Birdwatching Society?Bulletin, Reino Unido, , v. 157, p. 10 - 17, 01 maio 2008.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SALVAGNI, THAMARA ; CARLOS, CAIO J. ; DAUDT, NICHOLAS W. ; MORENO, IGNACIO B. ; PEREIRA, ALICE ; TAVARES, M. ; WICKERT, JANAÍNA C. . Coleção ornitológica do Museu de Ciências Naturais da UFRGS. In: Desenvolvimento do Litoral Norte em Debate, 2018, Osório, RS. Desenvolvimento do Litoral Norte em Debate. Tramandaí, RS: UFRGS, 2018.

2.
CAMARGO, YURI R. R. ; SANTOS, BÁRBARA ; CARLOS, CAIO J. ; RIGON, CAMILA T. ; GASS, CAROLINE M. ; DORNELES ; ILHA, E. B. ; SANTOS, MAURÍCIO L. ; SERPA ; CALABREZZI, ROSSANDRA F. ; SIMAS, TANUSA P. ; MORENO, IGNACIO B. . A (sócio) biodiversidade de vertebrados da Barra do Rio Tramandaí. In: Desenvolvimento do Litoral Norte em Debate, 2018, Osório, RS. Desenvolvimento do Litoral Norte em Debate. Tramandaí, RS: UFRGS, 2018.

3.
SALVAGNI, THAMARA ; AMORIM, DEREK B. ; BRUSCO, GIULIANO M. ; CARLOS, CAIO J. ; DAUDT, NICHOLAS W. ; PEREIRA, ALICE ; TAVARES, M. . Recuperação de aves costeiras e marinhas anilhadas encontradas no Litoral Norte e Médio Leste do Rio Grande do Sul, Brasil. In: Desenvolvimento do Litoral Norte em Debate, 2018, Osório, RS. Desenvolvimento do Litoral Norte em Debate. Tramandaí, RS: UFRGS, 2018.

4.
MAZZOCHI, MARIANA S. ; CARLOS, CAIO J. . Osteologia do aparato alimentar de Fulmarini (Procellariiformes). In: VI Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha, 2018, Osório, RS. VI Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha: Há 10 anos difundindo a Sabedoria Marinha. Tramandaí, RS: Diretório Acadêmico da Biologia Marinha, 2018. p. 22.

5.
MAZZOCHI, MARIANA S. ; CARLOS, CAIO J. . Trilhando uma filogenia fenotípica de Fregatidae (Suliformes). In: VI Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha, 2018, Osório, RS. VI Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha: Há 10 anos difundindo a Sabedoria Marinha. Tramandaí, RS: Diretório Acadêmico da Biologia Marinha, 2018. p. 21.

6.
ARNOSO, GABRIELA S. P. ; CARLOS, CAIO J. . Formação do crânio e mandíbula em uma ave marinha: Fregata magnifices (Suliformes). In: VI Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha, 2018, Osório, RS. VI Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha: Há 10 anos difundindo a Sabedoria Marinha. Tramandaí, RS: Diretório Acadêmico da Biologia Marinha, 2018. p. 4.

7.
PALUDO, PATRÍCIA ; PETZHOLD, ERIKA S. ; ZUCATTI, BÁRBARA ; RAMOS PEREIRA, MARIA JOÃO V. C. ; CARLOS, CAIO J. . Blitz das Aves: Lista da avifauna do Perau de Janeiro, Arvorezinha, Rio Grande do Sul, Brasil. In: XXV Congresso Brasileiro de Ornitologia, 2018, João Pessoa, PR. XXV Congresso Brasileiro de Ornitologia. João Pessoa, PR: UFPB & Sociedade Brasileira de Ornitologia, 2018.

8.
MAZZOCHI, MARIANA S. ; CARLOS, CAIO J. . Trilhando uma filogenia fenotípica de Fregatidae (Suliformes). In: XXV Congresso Brasileiro de Ornitologia, 2018, João Pessoa, PR. XXV Congresso Brasileiro de Ornitologia. João Pessoa, PR: UFPR & Sociedade Brasileira de Ornitologia, 2018.

9.
MAZZOCHI, MARIANA S. ; CARLOS, CAIO J. . Osteologia do aparato alimentar de Fulmarini (Aves, Procellariiformes). In: XIII Jornada de Iniciação Científica - Meio Ambiente FZB/FEPAM, 2017, Porto Alegre, RS. XIII Jornada de Iniciação Científica - Meio Ambiente FZB/FEPAM. Porto Alegre, RS: Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul, 2017.

10.
FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. . Aves limícolas no Parque Nacional da Lagoa de Peixe, RS, Brasil - dieta e correlação entre abundância de aves e suas presas [Shorebirds at Lagoa do Peixe National Park, RS, Brazil - diet and the relation between abundance of birds and their prey]. In: 7th Meeting of the Western Hemisphere Shorebird Group (WHSG), 2017, Paracas, Peru. Abstract Book: 7th Meeting of the Western Hemisphere Shorebird Group (WHSG). Lima, Peru: CORBIDI, 2017.

11.
ALVARENGA, JÉSSICA G. ; CARLOS, CAIO J. . Osteologia do aparato alimentar de Fregata magnificens e Sula leucogaster (Aves, Suliformes). In: V Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha, 2016, Tramandaí e Osório, RS. V Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha: A conservação e a gestão da biodiversidade marinha. Tramandaí, RS: Diretório Acadêmico da Biologia Marinha, 2016. p. 14.

12.
ALVARENGA, JÉSSICA G. ; PAES NETO, VOLTAIRE D. ; CARLOS, CAIO J. . Um livro paradidático sobre conservação de aves marinhas para crianças no ensino fundamental. In: V Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha, 2016, Tramandaí e Osório, RS. V Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha: A conservação e a gestão da biodiversidade marinha. Tramandaí, RS: Diretório Acadêmico da Biologia Marinha, 2016. p. 15.

13.
NUSS, ANDRESSA ; CARLOS, CAIO J. ; MORENO, IGNACIO B. ; FAGUNDES, NELSON J. R. . Population genetic structure of Fregata magnificens (Aves, Suliformes) breeding colonies in the Western Atlantic Ocean. In: Evolution 2015, 2015, Guarujá, SP. Evolution 2015. Guarujá, SP: Soc. Std. Evol., Amer. Soc. Nat. e Soc. Syst. Biols., 2015.

14.
MORAIS, BRUNA ; DAUDT, NICHOLAS W. ; CARLOS, CAIO J. . Osteologia craniana de Phoebetria fusca (Aves, Procellariiformes): uma análise preliminar. In: IV Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha, 2014, Tramandaí e Imbé, RS. IV Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha: Livro de resumos. Tramandaí, RS: Diretório Acadêmico da Biologia Marinha, 2014. p. 31.

15.
NUSS, ANDRESSA ; CARLOS, CAIO J. ; MORENO, IGNACIO B. ; FAGUNDES, NELSON J. R. . Estrutura genética populacional de Fregata magnificens (Aves, Suliformes). In: XXX Congresso Brasileiro de Zoologia, 2014, Porto Alegre, RS. XXX Congresso Brasileiro de Zoologia: Caderno de Resumos. Porto Alegre, RS: Sociedade Brasileira de Zoologia, 2014. p. 80.

16.
NUSS, ANDRESSA ; CARLOS, CAIO J. ; FAGUNDES, NELSON J. R. ; MORENO, IGNACIO B. ; MALABARBA, LUIZ ROBERTO . Mitochondrial DNA sequences suggest close genetic affinity between South and Northern Atlantic Magnificent Frigatebird Fregata magnificens (AVES: PELECANIFORMES) populations. In: 58º Congresso Brasileiro de Genética, 2012, Foz do Iguaçu, PR. Resumos do 58º Congresso Brasileiro de Genética. Ribeirão Preto, SP: Sociedade Brasileira de Genética, 2012. p. 165-165.

17.
SANABRIA, JOSÉ ANTÔNIO F. ; BRUSCO, GIULIANO M. ; FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. ; MORENO, IGNACIO B. ; BORGES-MARTINS, MÁRCIO . Abundance of American Oystercatcher (Haematopus palliatus) on the coast of Rio Grande do Sul, southern Brazil, during post-breeding seasons of 2010 and 2011. In: 4th meeting of the Western Hemisphere Shorebird Group, 2011, Burnaby, Canadá. Western Hemisphere Shorebird Group Program Booklet. Burnaby, Canadá: Simon Fraser University, 2011. p. 121-123.

18.
SANABRIA, JOSÉ ANTÔNIO F. ; CARLOS, CAIO J. ; FEDRIZZI, CARMEM E. . Breeding biology of American Oystercatcher (Haematopus palliatus) in a dunefield of Rio Grande do Sul, southern Brazil. In: 4th meeting of the Western Hemisphere Shorebird Group, 2011, Burnaby, Canadá. 4th meeting of the Western Hemisphere Shorebird Group Program Booklet. Burnaby, Canadá: Simon Fraser University, 2011. p. 123-123.

19.
FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. . Observations of Red Knots (Calidris canutus rufa) in south and north-east Brazil. In: III Meeting of the Western Hemisphere Shorebirds Group, 2009, Mazatlán, Mexico. III Meeting of the Western Hemisphere Shorebirds Group Conference Booklet. Mazatlán, Mexico: Western Hemisphere Shorebirds Group, 2009. p. 52-52.

20.
FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. . Observations of Red Knots Calidris canutus rufa in south and north-east Brazil. In: Third Meeting of the Western Hemisphere Shorebird Group, 2009, Mazatlán, Mexico. Wader Study Group Bulletin, 2009. v. 116. p. 132-132.

21.
LOPEZ, LUARA A. ; BRODT, MICHELE S. C. ; BELLINI, CAMILLA B. ; FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. ; VOOREN, CAROLUS M. . Muda das penas de vôo em Sterna hirundo, S . hirundinacea e Thalasseus (sandvicensis) eurygnathus (Aves: Sternidae). In: XXVII Congresso Brasileiro de Zoologia, 2008, Curitiba, PR. Anais do XXVII Congresso Brasileiro de Zoologia (CD-ROM). Curitiba, PR: Universidade Federal do Paraná e Sociedade Brasileira de Zoologia, 2008.

22.
CARLOS, CAIO J.; COLABUONO, FERNANDA I. ; SOTO, JULES MARCELO R. . Chewing lice (Insecta: Phthiraptera) from albatrosses and petrels in Brazil. In: Fourth International Albatross and Petrel Conference, 2008, Cidade do Cabo, África do Sul. Fourth International Albatross and Petrel Conference: Programme and abstracts. Cidade do Cabo, África do Sul: Conservation and Restoration Initiatives, 2008. p. 32-32.

23.
FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. ; VOOREN, CAROLUS M. . Observações sobre Calidris canutus rufa e outras aves limícolas (Charadriiformes) na costa do Rio Grande do Sul, Brasil, abril-maio 2005. In: XV Congresso Brasileiro de Ornitologia, 2007, Porto Alegre, RS. Programação e resumos do XV Congresso Brasileiro de Ornitologia. Porto Alegre, RS: EDIPUCRS, 2007. v. 1. p. 49-49.

24.
LOPEZ, LUARA A. ; FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. ; VOOREN, CAROLUS M. . Muda de plumagem em Thalasseus (sandvicensis) eurygnathus (Aves: Charadriiformes) no sul do Brasil: um estudo a partir de espécimes taxidermizados. In: XIX Semana Nacional de Oceanografia, 2007, Rio Grande, RS. Anais da XIX Semana Nacional de Oceanografia (CD-ROM). Rio Grande, RS: Centro Acadêmico Livre de Oceanografia e Fundação Universidade Federal do Rio Grande, 2007.

25.
BRODT, MICHELE S. C. ; FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. ; VOOREN, CAROLUS M. . Muda de plumagem em Sterna hirundo (Aves: Charadriiformes) no sul do Brasil: um estudo a partir de espécimes taxidermizados. In: XIX Semana Nacional de Oceanografia, 2007, Rio Grande, RS. Anais de Resumos da XIX Semana Nacional de Oceanografia (CD-ROM). Rio Grande, RS: Centro Acadêmico Livre de Oceanografia e Fundação Universidade Federal do Rio Grande, 2007.

26.
BELLINI, CAMILLA B. ; FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. ; VOOREN, CAROLUS M. . Muda de plumagem em Sterna hirundinacea (Aves: Charadriiformes) no sul do Brasil: um estudo com espécimes taxidermizados. In: XIX Semana Nacional de Oceanografia, 2007, Rio Grande, RS. Anais da XIX Semana Nacional de Oceanografia (CD-ROM). Rio Grande, RS: Centro Acadêmico Livre de Oceanografia e Fundação Universidade Federal do Rio Grande, 2007.

27.
BELLINI, CAMILLA B. ; LOPEZ, LUARA A. ; BRODT, MICHELE S. C. ; FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. ; VOOREN, CAROLUS M. . Muda das penas de vôo em Sterna hirundo, S. hirundinacea e Thalasseus (sandvicensis) eurygnathus (Aves: Charadriiformes) no Rio Grande do Sul. In: VI Mostra de Produção Universitária da FURG (XVI Congresso de Iniciação Científica), 2007, Rio Grande, RS. Anais da VI Mostra de Produção Universitária da Fundação Universidade Federal do Rio Grange (CD-ROM). Rio Grande, RS: Fundação Universidade Federal do Rio Grande, 2007.

28.
BARQUETE, VIVIANE ; FEDRIZZI, CARMEM E. ; COLABUONO, FERNANDA I. ; CARLOS, CAIO J. . Beached Procellariiformes in southern Brazil. In: XI Reunión Argentina de Ornitología, 2005, Buenos Aires, Argentina. Librom de Resúmenes - XI Reunión Argentina de Ornitologia. Buenos Aires, Argentina: Aves Argentinas?Asociación Ornitológica del Plata, 2005. p. 62-62.

29.
DÉNES, FRANCISCO V. ; CARLOS, CAIO J. ; SILVEIRA, LUÍS FÁBIO . Re-identificação de albatrozes do gênero Diomedea das coleções do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (MZUSP), da Fundação Universidade Federal do Rio Grande (FURG) e do Museu Oceanográfico do Vale do Itajaí (MOVI). In: XIII Congresso Brasileiro de Ornitologia, 2005, Belém, PA. XIII Congresso Brasileiro de Ornitologia. Ornitologia na Amazônia: ciência aplicada ao conhecimento e à conservação da biodiversidade. Belém, PA: Museu Paraense Emílio Goeldi/Universidade Federal do Pará, 2005. p. 218-218.

30.
CARLOS, CAIO J.; SILVA, WEBER . História e status atual do gavião-de-penacho Spizaetus ornatus no Centro de Endemismo Pernambuco, nordeste do Brasil. In: XII Congresso Brasileiro de Ornitologia, 2004, Blumenau, SC. Resumos do XII Congresso Brasileiro de Ornitologia. Blumenau, SC: Universidade Regional de Blumenau, 2004. p. 186-186.

31.
CARLOS, CAIO J.; VOOREN, CAROLUS M. . Incidental capture of Diomedea sanfordi by tuna longline in South Brazil. In: Third International Albatross and Petrel Conference, 2004, Montevidéu, Uruguai. Third International Albatross and Petrels Conference (Livro de resumos). Montevidéu, Uruguai: Aves Uruguay-GUPECA, 2004. p. 67-68.

32.
CARLOS, CAIO J.; VOISIN, JEAN-FRANÇOIS ; VOOREN, CAROLUS M. . O petrel-gigante das ilhas Falkland e Gough, Macronectes giganteus solanderi Mathews, 1912, no Brasil. In: XII Congresso Brasileiro de Ornitologia, 2004, Blumenau, SC. Resumos do XII Congresso Brasileiro de Ornitologia. Blumenau, SC: Universidade Regional de Blumenau, 2004. p. 187-187.

33.
FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. ; AZEVEDO-JÚNIOR, SEVERINO M. . On some seabirds of Pernambuco coast, northeastern Brazil. In: 27th Annual Meeting of The Waterbird Society, 2003, Cuiabá, MT. Proceedings of the 27th Annual Meeting of The Waterbird Society. São Carlos, SP: Universidade Federal de São Carlos, 2003. p. 44-45.

34.
FERNANDES, AMARO C. A. ; CARLOS, CAIO J. ; CASTELETI, CARLOS HENRIQUE M. ; MORAIS, DAVID ANDERSON L. ; SOUZA, MANUELLA A. . Influência da densidade populacional no aumento da biomassa de alevinos de tilápia-do-Nilo (Oreochromis niloticus). In: XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2002, Itajaí, SC. Anais do XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia: A Zoologia e os Ecossistemas Costeiros. Itajaí, SC e Curitiba, PR: Universidade do Vale do Itajaí e Sociedade Brasileira de Zoologia, 2002. p. 370-371.

35.
CARLOS, CAIO J.; SILVA, JOSÉ MARIA C. . Padrões de distribuição das espécies das famílias Furnariidae e Dendrocolaptidae (Aves, Passeriformes) na Região da Caatinga. In: VIII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pernambuco, 2000, Recife, PE. Anais do VIII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pernambuco. Recife, PE: Editora Universitária da Universidade Federal de Pernambuco, 2000. p. 83-83.

36.
COIMBRA, JOÃO PAULO ; CARLOS, CAIO J. ; SOUZA-MOTTA, CRISTINA MARIA . Caracterização de fungos filamentosos quanto a capacidade de produzir inulinase. In: VI Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pernambuco, 1998, Recife, PE. Anais do VI Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pernambuco. Recife, PE: Editora Universitária da Universidade Federal de Pernambuco, 1998. p. 192-192.

Apresentações de Trabalho
1.
CARLOS, CAIO J.. Ecossistemas marinhos e suas aves. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
CARLOS, CAIO J.. Padrões de distribuição geográfica de albatrozes e petréis em mares brasileiros e países adjacentes. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
CARLOS, CAIO J.. Biodiversidade de aves marinhas no Rio Grande do Sul. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
CARLOS, CAIO J.; VOOREN, CAROLUS M. . Incidental capture of Diomedea sanfordi by tuna longline in South Brazil. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
CARLOS, CAIO J.; SILVA, WEBER . História e status atual do gavião-de-penacho Spizaetus ornatus no Centro de Endemismo Pernambuco, nordeste do Brasil. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
CARLOS, CAIO J.; VOISIN, JEAN-FRANÇOIS ; VOOREN, CAROLUS M. . O petrel-gigante das ilhas Falkland e Gough, Macronectes giganteus solanderi Mathews, 1912, no Brasil. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
CARLOS, CAIO J.; SILVA, JOSÉ MARIA C. . Padrões de distribuição das espécies das famílias Furnariidae e Dendrocolaptidae (Aves, Passeriformes) na Região da Caatinga. 2000. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
CARLOS, CAIO J.; FEDRIZZI, CARMEM E. . Apresentação/Foreword: aves do ambiente costeiro-marinho Brasileiro [Revista Brasileira de Ornitologia, Volume 19(4): 461-553]. São Paulo, SP, Brasil, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
CARLOS, CAIO J.. Apresentação: aves do ambiente costeiro-marinho Brasileiro [Revista Brasileira de Ornitologia, Volume 18(3): 144-266]. São Paulo, SP, Brasil, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
CARLOS, CAIO J.. Avifauna (EIA/RIMA - Central Eólica Mundaú, Ceará). 2009.

2.
CARLOS, CAIO J.. Avifauna (EIA/RIMA Central Eólica Flexeiras, Ceará). 2009.

3.
CARLOS, CAIO J.. Avifauna (EIA/RIMA Central Eólica GuaiIrú, Ceará). 2009.

4.
CARLOS, CAIO J.. Avifauna (EIA/RIMA Central Eólica Trairí #1). 2009.

5.
CARLOS, CAIO J.. Avifauna (EIA/RIMA Central Eólica Trairí #2). 2009.

Trabalhos técnicos
1.
CARLOS, CAIO J.. Change the English name of 'Pachyptila desolata' - Proposal (444) to South American Classification Committee. 2010.

2.
CARLOS, CAIO J.. Revisor científico da XIX Semana Nacional de Oceanografia, Rio Grande, Rio Grande do Sul. 2007.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CARLOS, CAIO J.. Conserving migratory shorebird habitats in Northeast Brazil. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
CARLOS, CAIO J.; FEDRIZZI, CARMEM E. . Revista Brasileira de Ornitologia, Volume 19(4): 461-553. 2011. (Editoração/Periódico).

2.
CARLOS, CAIO J.. Revista Brasileira de Ornitologia, Volume 18(3): 139-266. 2010. (Editoração/Periódico).

3.

4.
CARLOS, CAIO J.; FEDRIZZI, CARMEM E. ; CAMPOS, ALBERTO A. ; MATTHEWS-CASCON, HELENA ; MEIRELLES, CARLOS AUGUSTO O. ; BARROSO, CRISTIANE X. ; MEIRELES, ANTÔNIO JEOVAH A. ; LOPES, ANTÔNIO ALEX L. . Migratory shorebird conservation and shrimp farming in NE Brazil: 2008-2009 annual performance report. 2009. (Relatório de pesquisa).

5.
CAMPOS, ALBERTO A. ; CHOI, KATHERINE F. ; AMÂNCIO, ANTÔNIO CARLOS ; CAMPOS, THAÍS M. ; MEIRELLES, ANA CAROLINA O. ; CARLOS, CAIO J. ; GIRÃO, WEBER ; ALBANO, CIRO ; SALLES, RODRIGO ; KOBAYASHI, ROBERTO K. ; BRITO, PAULO THIERES P. ; FERNANDES, MÁRCIO LUIZ B. ; ERTHAL, SILMARA ; SEVERO, MAGNUS M. ; SILVA, HELENO F. ; NORMANDE, IRAN C. ; CLARO, PATRÍCIA P. ; SOUZA, EDUARDO G. A. ; MEIRELES, ANTÔNIO JEOVAH A. . Refúgio de Vida Silvestre Peixe-boi Marinho: estudos socioambientais complementares e consolidação da proposta de criação de unidade de conservação. 2008. (Relatório de pesquisa).

6.
FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. ; CANABARRO, PAULA L. . Introdução à taxidermia. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
FEDRIZZI, CARMEM E. ; CARLOS, CAIO J. . Taxidermia de aves: emprego, técnicas e importância para a ornitologia. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
BARRETO, ANDRÉ S.; CARLOS, CAIO J.; FORNEL, RODRIGO. Participação em banca de Sophie Maillard Von Eye. Morfologia do neurocrânio de golfinhos (Cetartyodactyla: Delphinidae) do Atlântico Sul Ocidental: uma abordagem funcional. 2017. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
CARLOS, CAIO J.; DIAS, RAFAEL A.; MAHLER-JUNIOR, JAN KAREL F.. Participação em banca de Danielle Franco. Estrutura da comunidade de aves nos Campos de Cima da Serra, Rio Grande do Sul, Brasil: apoio a planos de ação em unidades de conservação. 2017. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Teses de doutorado
1.
CARLOS, CAIO J.; MAURICIO, GIOVANNI N.; MORENO, IGNACIO B.. Participação em banca de Ismael Franz. Filogenia de Elaeniinae (Aves: Passeriformes: Tyrannidae). 2018. Tese (Doutorado em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
BORGES-MARTINS, MÁRCIO; CARLOS, CAIO J.; COZZUOL, MÁRIO A.. Participação em banca de Janaína Carrion Wickert. Relações filogenéticas da subfamília Delphininae (Delphinidae: Cetartiodactyla). 2018. Tese (Doutorado em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Qualificações de Doutorado
1.
CARLOS, CAIO J.; CARVALHO, TIAGO P.; MALABARBA, LUIZ ROBERTO. Participação em banca de Guilherme Laizola Frainer Correa. The epicranal complex of the Humpback Dolphin Sousa plumbea (Cuvier, 1929) and sound production asymmetry in dolphins [sic]. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
BORGES-MARTINS, MÁRCIO; CARLOS, CAIO J.; FORNEL, RODRIGO. Participação em banca de Janaína Carrion Wickert. Sexual dimorphism in boottlenose dolphins, genus Tursiops, in the southwestern Atlantic Ocean. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
CARLOS, CAIO J.; CARVALHO, TIAGO P.; MORENO, IGNACIO B.. Participação em banca de Ismael Franz. Species limits in tyrant-flycatchers (Aves: Passeriformes: Tyrannidae): the Tawny-crowned Pygmy-Tyrant (Euscarthmus meloryphus) complex. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
CARLOS, CAIO J.; MAHLER-JUNIOR, JAN KAREL F.. Participação em banca de Amanda Perin Marcon. Efeitos das alterações climáticas na população de uma colônia de aves aquáticas gregárias (Aves: Pelecaniformes) no sul do Brasil. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Inventariamento e Monitoramento de Fauna) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CARLOS, CAIO J.; NETTO-FERREIRA, ANDRÉ LUIZ. Participação em banca de Filipe Ferreira da Silveira.Fauna digital do Rio Grande do Sul. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
CARLOS, CAIO J.; STREHL, LETÍCIA. Participação em banca de Hosana Maria Fonseca Piccardi.O Ensino de Ciências na Educação de Jovens e Adultos em duas escolas da rede pública de ensino em Porto Alegre, RS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
CARLOS, CAIO J.; NUNES, GUILHERME T.. Participação em banca de Bruna Santos de Barros.Variabilidade genética em pardela-de-capuz Pterodroma incerta (Schlegel, 1863) (Aves: Procellariidae) no Rio Grande do Sul, sul do Brasil. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
CARLOS, CAIO J.; DENUNCIO, PABLO. Participação em banca de Gabriela Haubert.Dieta e sobreposição de nicho trófico entre duas espécies simpátricas de albatrozes (Thalassarche spp.), no limite norte da convergência subtropical, sul do Brasil. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

5.
CARLOS, CAIO J.; FETTUCCIA, DANIELA C.. Participação em banca de Paola Giannini Foletto dos Santos.Morfologia pós-craniana do golfinho-nariz-de-garaffa Tursiops spp. Gervais, 1855 [sic] (Cetartiodactyla: Delphinidae) no sul do Brasil. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

6.
CARLOS, CAIO J.; BUGONI, LEANDRO. Participação em banca de Nicholas Winterle Daudt.Proporção e dimorfismo sexual da pardela-de-capuz Pterodroma incerta (Schlegel, 1863) (Procellariidae) no litoral do Rio Grande do Sul, sul do Brasil. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
BIANCHI, FILIPE M.; CARLOS, CAIO J.; FAGUNDES, NELSON J. R.. Comissão do processo seletivo 2018/1, nível mestrado, do Programa de Pós Graduação em Biologia Animal. 2018. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
BIANCHI, FILIPE M.; CARLOS, CAIO J.; MOREIRA, GILSON R. P.. Comissão do processo seletivo 2017/2, nível mestrado, do Programa de Pós Graduação em Biologia Animal. 2017. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
BIANCHI, FILIPE M.; BORGES-MARTINS, MÁRCIO; CARLOS, CAIO J.. XXIV Salão de Iniciação Científica UFRGS. 2017. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
BERTONI, RICARDO S.; CARLOS, CAIO J.; MAHLER-JUNIOR, JAN KAREL F.. XII Jornada de Iniciação Científica - Meio Ambiente. 2016. Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul.

5.
CARLOS, CAIO J.; ROMANOWSKI, HELENA P.. Uso do hábitat em escala fina e padrões de movimento da baleia-franca-austral Eubalena australis (Desmoulins, 1822) emTorres, Rio Grande do Sul. 2013. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

6.
CARLOS, CAIO J.; MORENO, IGNACIO B.. Variabilidade genética de Gubernatrix cristata (Viellot, 1817) (Aves, Passeriformes, Thraupidae) mantidos em cativeiro por criadores amadores no Estado do Rio Grande do Sul. 2013. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XXIX Salão de iniciação científica.Comissão Julgadora da Sessão "Sistemática Zoológica". 2017. (Outra).

2.
UFRGS Portas abertas 2016. Golfinhos do Rio Grande do Sul: quem são eles e seus aspectos biológicos. 2016. (Exposição).

3.
1º Workshop de reavaliação da lista de fauna ameaçada de extinção do Rio Grande do Sul.Participante do Grupo de Trabalho 'Aves'. 2012. (Oficina).

4.
III Simpósio Acadêmico de Biologia Marinha.Padrões de distribuição geográfica de albatrozes e petréis em mares brasileiros e países adjacentes. 2012. (Simpósio).

5.
Ciclo de palestras PET-Biologia/PUCRS: Desvendando a biodiversidade marinha no Rio Grande do Sul.Biodiversidade de aves marinhas. 2011. (Outra).

6.
III Workshop do Nordeste: Pesquisa e conservação de Sotalia guianensis. 2009. (Oficina).

7.
Oficina de para revisão da lista nacional das espécies de aves ameaçadas de extinção.Membro do grupo de trabalho sobre aves da zona costeiro-marinha do Brasil. 2008. (Oficina).

8.
Primeira reunião do comitê para a conservação e o manejo das aves marinhas costeiras, Insulares não Procellariiformes e limícolas ameaçadas de extinção (ICMBio/MMA).Aves marinhas da costa do Rio Grande do Sul; banco de dados sobre aves marinhas brasileiras; ?Sterna d. dougalli?. 2008. (Oficina).

9.
Atlantic flyway migratory birds and shrimp farming workshop.Membro do grupo de trabalho: 'Shorebirds'. 2007. (Oficina).

10.
III International Albatross and Petrel Conference. III International Albatross and Petrel Conference. 2004. (Congresso).

11.
XII Congresso Brasileiro de Ornitologia. XII Congresso Brasileiro de Ornitologia. 2004. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IRONS, DAVID B. ; JODICE, PATRICK G. R. ; RATCLIFFE, NORMAN ; YORIO, PABLO ; SYDEMAN, WILLIAM J. ; WHEELER, JENNIFER ; O'HARA, PATRICK D. ; CROXALL, JOHN P. ; HATCH, SCOTT A. ; CARLOS, CAIO J. ; MORGAN, KEN ; DE ARMOND, MARISCHAL . Primeira Conferência Mundial Sobre Aves Marinhas [1st World Seabird Conference], Vitória, Colúmbia Britânica, Canadá. 2010. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Oscar Mauricio Aldana Ardila. Ecologia alimentar do flamingo-chileno Phoenicopterus chilensis (Aves: Phoenicopteridae) em uma laguna do extremo sul do Brasil. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Yuri Roberto Roxo de Camargo. Avaliação de impactos socioambientais da construção de pontes sobre o estuário do rio Tramandaí. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

3.
Thamara Salvagni. Relações filogenéticas de Puffinus (lato sensu) e Calonectris (Aves: Procellariiformes), com base em caracteres fenotípicos. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

4.
Gabriela Haubert. Ecologia alimentar do biguá Nannopterum brasilianus (Aves: Phalacrocoracidae) em um estuário subtropical do sul do Brasil. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Roxiris Auxiliadora Azuaje Rodriguez. Estrutura populacional de Sterna hirundinacea Lesson, 1831 (Aves: Charadriiformes) e as implicações para sua conservação. Início: 2018. Tese (Doutorado em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Jonas Rafael Rodrigues Rosoni. Caboclinho-de-chapéu-cinzento Sporophila cinnamomea (Aves: Passeriformes) o que faz no Pampa e para onde vai? História natural, com ênfase em biologia reprodutiva, distribuição e migração. Início: 2018. Tese (Doutorado em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Gabriela de Souza Pinto Arnoso. Osteologia do aparato alimentar em trinta-réis, Sternula, Sterna e Thalasseus (Aves: Charadriiformes. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

2.
Lenara Gaziero. Uma chave de identificação para as pardelas (Calonectris, Ardenna et Puffinus, Aves: Procellariiformes) do sul do Brasil. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

3.
Mariana Scain Mazzochi. Osteologia do aparato mandibular em FulmarinI (Aves: Procellariiformes). Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Yuri Roberto Roxo de Camargo. Diagnóstico ambiental do estuário do rio Tramandaí, sul do Brasil. 2018. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Inventariamento e Monitoramento de Fauna) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Caio José Carlos.

2.
Carla Josiane Terres. Migração e conservação do maçarico-do-papo-vermelho Calidris canutus (Aves: Charadriiformes) no Brasil. 2018. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Inventariamento e Monitoramento de Fauna) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Caio José Carlos.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Gabriel Matte de Oliveira. Um guia de identificação ilustrado para as aves costeiras e marinhas do Litoral Norte do Rio Grande do Sul. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Atuariais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Caio José Carlos.

2.
Henrique Cardoso Delfino. O Guardião dos Campos: um estudo sobre o comportamento do quero-quero (Vanellus chillensis) no Sul do Brasil. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Caio José Carlos.

3.
Jéssica Guimarães Alvarenga. Avifauna da Cadeia Vitória-Trindade: história, diversidade e conservação. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Caio José Carlos.

Iniciação científica
1.
Gabriela de Souza Pinto Arnoso. Formação do crânio e mandíbula em Fregata magnificens (Aves: Suliformes). 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Caio José Carlos.

2.
Jéssica Guimarães Alvarenga. Osteologia do aparato alimentar de Fregata magnificens e Sula leucogaster (Aves: Suliformes). 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Caio José Carlos.

Orientações de outra natureza
1.
Bruna Morais. Osteologia craniana de Phoebetria fusca (Aves, Procellariiformes): uma análise preliminar. 2014. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Caio José Carlos.



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
CARLOS, CAIO J.. Biodiversidade de aves marinhas no Rio Grande do Sul. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
CARLOS, CAIO J.. Padrões de distribuição geográfica de albatrozes e petréis em mares brasileiros e países adjacentes. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
CARLOS, CAIO J.. Ecossistemas marinhos e suas aves. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CARLOS, CAIO J.. Conserving migratory shorebird habitats in Northeast Brazil. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).



Outras informações relevantes


1 - Membro do British Ornithologists' Club, Reino Unido, desde 2001;
2 - Anilhador Sênior do Centro de Pesquisas para Conservação de Aves Silvestres (CEMAVE), desde 2004;
3 - Integrante do 'Comitê para a Conservação e Manejo das Aves Marinhas Costeiras, Insulares não-Procellariiformes e Limícolas Ameaçadas de Extinção', Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio);
4 - Financiamentos recebidos (excluindo-se bolsas CNPq e CAPES):
 4.1 - US$125.934,00 do 'Neotropical Migratory Bird Conservation Act', U.S. Fish and Wildlife Service, EUA;
 4.2 - GBP$3.000,00 do 'Captain Simpson Scholarship', Royal Naval Birdwatching Society, Reino Unido.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 11/12/2018 às 8:03:23