Sidney de Carvalho Nogueira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9171224058305522
  • Última atualização do currículo em 11/01/2019


Professor e pesquisador da UFRPE. Doutor em Ciência da Computação pela UFPE. Pós-Doutorado pela Universidade de York. Sua principal linha de pesquisa tem sido a aplicação de métodos formais para verificação e teste de software. Atualmente também tem pesquisado sobre métodos e ferramentas voltados para robótica. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Sidney de Carvalho Nogueira
Nome em citações bibliográficas
NOGUEIRA, S. C.;NOGUEIRA, SIDNEY;NOGUEIRA, SIDNEY DE CARVALHO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UNIVERSIDADE FEDREAL RURAL DE PERNAMBUCO, Sede.
Rua Dom Manoel de Medeiro s/n, DEINFO, Sala 12
Dois Irmãos
52171900 - Recife, PE - Brasil
Telefone: (81) 33206485


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2011
Doutorado em Ciências da Computação.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: Test Generation and Compositional Conformance Verification from Input-Output CSP Models, Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Augusto Cezar Alves de Sampaio.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
2004 - 2006
Mestrado em Ciências da Computação.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: Geração Automática de Casos de Teste,Ano de Obtenção: 2006.
Orientador: Augusto Cezar Alves Sampaio.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: geração automática de testes; teste de software; teste de conformidade; CSP.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Desenvolvimento de Programas (Software).
1998 - 2003
Graduação em Ciências da Computação.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2014 - 2015
Pós-Doutorado.
University of York, YORK, Inglaterra.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra


Formação Complementar


2002 - 2003
PIT (Programa de Imersão Tecnológica). (Carga horária: 552h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2000 - 2002
PCT (Programa de Capacitação Tecnológica). (Carga horária: 520h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

05/2013 - Atual
Ensino, Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teste de Software - 60h
06/2014 - 08/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, UNIVERSIDADE FEDREAL RURAL DE PERNAMBUCO, Sede.

Cargo ou função
Titular do Colegiado de Coordenação Didática do Curso de Licenciatura Plena em Computação.
03/2014 - 08/2014
Direção e administração, UNIVERSIDADE FEDREAL RURAL DE PERNAMBUCO, Sede.

Cargo ou função
Supervisão da Área de Engenharia de Sistemas de Software.
02/2013 - 08/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, UNIVERSIDADE FEDREAL RURAL DE PERNAMBUCO, Sede.

Cargo ou função
Representante do DEINFO junto ao Comitê Assessor de Monitoria dos Departamentos Acadêmicos.
03/2012 - 08/2014
Ensino, Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução a Programação II - 60h
09/2012 - 06/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, UNIVERSIDADE FEDREAL RURAL DE PERNAMBUCO, Sede.

Cargo ou função
Membro da Comissão de Infra-estrutura.
02/2013 - 04/2014
Direção e administração, UNIVERSIDADE FEDREAL RURAL DE PERNAMBUCO, Sede.

Cargo ou função
Representante no DEINFO do Comitê Assessor de Monitoria dos Departamentos Acadêmico.
11/2011 - 02/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, UNIVERSIDADE FEDREAL RURAL DE PERNAMBUCO, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Reestruturação das Disciplinas Externas.
07/2013 - 12/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, UNIVERSIDADE FEDREAL RURAL DE PERNAMBUCO, Sede.

Cargo ou função
Membro da Comissão do Concurso da Área de Informática - Edital 36-2013.
04/2011 - 12/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, UNIVERSIDADE FEDREAL RURAL DE PERNAMBUCO, Sede.

Cargo ou função
Membro do Colegiado de Coordenação Didática do Curso de Licenciatura em Computação.
08/2011 - 11/2012
Ensino, Licenciatura em Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Projeto de Desenvolvimento de Software - 60h
03/2011 - 04/2012
Ensino, Licenciatura em Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Prática de Ensino de Programação - 60h
03/2011 - 07/2011
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Informática - 45h
03/2011 - 07/2011
Ensino, Licenciatura em Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Elementos de Informática - 30h

Serviço Federal de Processamento de Dados, SERPRO, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Analista de Desenvolvimento de Sistemas, Carga horária: 40


Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador/Doutorando, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Pesquisador Colaborador do Projeto de Pesquisa LINHAS DE PRODUTOS DE GERAÇÃO, SELEÇÃO, PRIORIZAÇÃO E PROCESSAMENTO DE TESTES (subprojeto do INES), com duração de maio/2009 até abril/2011.

Vínculo institucional

2005 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador Mestrando/Doutorando, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
UFPE/UFCG/Motorola, pesquisador enquanto mestrando e doutorando (bolsista), do grupo de pesquisa BTCRD (BTC Research Development) do BTC (Brazilian Test Center of Motorola) sediado em Recife-PE.

Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Líder Técnico, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Líder Técnico (bolsista) do projeto de pesquisa pesquisa BTCRD (BTC Research Development) do BTC (Brazilian Test Center of Motorola) sediado em Recife-PE. Responsável por acompanhar atividades de pesquisa dos colaboradores do projeto.

Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Bolsita de Pré-Mestrado, Enquadramento Funcional: Estudante Líder, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estudante líder (bolsa de pré-mestrado) de equipe de Messaging (Cin-STP). Responsável por representar os estudantes do time de GSM Messaging do Cin-STP, responsável técnico pela definição de novas soluções para automação e coordenador das atividades de execução de testes manuais e automatização de testes para aparelhos GSM da Motorola.

Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Estudante Residente do PIT, Enquadramento Funcional: Engenheiro de Testes, Carga horária: 20
Outras informações
Novembro de 2002 a Maio de 2003 Engenheiro de testes (bolsista) integrante da equipe fixa de GSM Messaging (Cin-STP). Responsável por projetar, manter e executar testes de software (na fase de integração) para aplicações de envio/recebimento/processamento de mensagens S.M.S, E.M.S, W.A.P, etc; em celulares da Motorola. PIT - Programa de Imersão Tecnológica

Vínculo institucional

1999 - 2000
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20


Mobile Software And Technology, MOBILE, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Estagio, Enquadramento Funcional: Engenheiro de Software, Carga horária: 30
Outras informações
Mobile S/A Recife, BRASIL. Tel. +55 81 3271 6200 Engenheiro de software (estágio) integrante da equipe de Indexação e Busca. Responsável pela manutenção, melhoramentos e otimizações nas ferramentas de processamento semântico (Editor de Categorias, Editor de Perguntas, Sugestor de Categorias, Sugestor de Perguntas, etc). Clientes de maior projeção: Globo.com e IBEST.

Atividades

05/2001 - 11/2002
Estágios , Iel Pe, .

Estágio realizado
Engeheiro de Software.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Desenvolvimento de um Arcabouço para Verificação de Refinamento de Modelos UML comportamentais
Descrição: Durante o processo de desenvolvimento de sistemas, sejam eles de hardware ou software, as fases de análise e projeto têm um papel crucial por definir a arquitetura do sistema que será construído. Nestas fases os modelos evoluem, de forma que um modelo mais abstrato é refinado repetidamente até chegar em um modelo concreto, ou seja, mais próximo da implementação. Durante esta evolução é importante garantir que propriedades dos modelos mais abstratos ainda existam nos modelos mais concretos. Em geral, esta abordagem de verificação é feita de forma empírica, baseada principalmente na experiência dos projetistas, o que a torna bastante propícia a erros. A propagação destes erros pode tornar suas correções bastante custosas. Portanto, detecção de problemas ainda nesta fase é crucial para reduzir custos com manutenções. Assim, este projeto propõe um arcabouço integrado para análise de refinamento de modelos UML comportamentais. A estratégia, baseada em MDE - Model Driven Engineering (Engenharia Dirigida a Modelos), é composicional, no sentido de que a análise de sistemas complexos reutiliza verificações de componentes destes sistemas. Como entrada para a estratégia utilizamos modelos de análise e projeto de sistemas que utilizam a linguagem UML. Tal linguagem é semiformal e sua semântica é definida em linguagem natural e através do uso de meta-modelos, também semiformais. O framework proposto integra e estende, significativamente, uma pesquisa anterior que propõe uma estratégia de análise de propriedades de sistemas modelados em UML, como também semânticas para os seus diagramas. Este projeto envolve as seguintes contribuições: (i) definição de uma noções de refinamentos de diagramas comportamentais da UML, que será a base para permitir uma análise formal dos refinamento de modelos UML; (ii) tradução de diagramas comportamentais de UML para CSP (Communicating Sequential Processes), permitindo o reuso de uma estratégia de análise desenvolvida anteriormente, só que agora explorando aspectos de refinamento; (iii) um arcabouço que integra ferramenta de modelagem e ferramentas formais de forma a verificar automaticamente refinamentos de modelos diagramáticos; (iv) realização de estudos empíricos para analisar as vantagens comparativas da abordagem proposta com os atuais processos de validação de modelos. Ao final do projeto, espera-se entregar tecnologias que permitam a construção de sistemas mais seguros e com maior qualidade devido ao suporte ferramental para validação de suas arquiteturas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Sidney de Carvalho Nogueira - Coordenador / Lucas Albertins de Lima - Integrante / Wallace Santana de Lima - Integrante.
2015 - Atual
Verificação automática de robôs educacionais
Descrição: Robótica educacional provê um ambiente de aprendizagem que fornece apoio ao ensino de lógica de programação, gera a melhor compreensão de conceitos computacionais abstratos e aumenta a motivação e o interesse. Ambientes de programação de robôs virtuais permitem visualizar a simulação do comportamento de robôs dentro de um ambiente virtual, eliminando a necessidade de robôs físicos durante a fase de desenvolvimento da lógica do robô. Atualmente, a única forma de verificar o funcionamento de um robô virtual é simular o programa passo a passo e observar o seu comportamento. Por ser um processo manual tem alto custo e está passível de erros. Não existem formas triviais de verificar automaticamente um robô virtual. Este projeto busca desenvolver e avaliar potencial didático-pedagógico de ferramentas de ensino para robótica apoiadas em teorias e ferramentas de verificação de modelos. Em complemento, investiga como o ensino de robótica apoiado por ambientes de simulação é beneficiado com a adoção destas ferramentas. Entre as contribuições esperadas estão uma abordagem automática de verificação de robôs baseada em modelos, a implementação de ferramentas para ensino que automatizam a abordagem (ex: sistema de julgamento online para robôs virtuais), e a avaliação da eficácia no uso destas ferramentas através de experimentos de ensino com alunos de cursos superiores de computação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Sidney de Carvalho Nogueira - Coordenador / Taciana Pontual Falcão - Integrante / Itamar Carneiro Oliveira de Moraes - Integrante / Iverson Luís Pereira - Integrante / Emanuel Leite Oliveira da Silva - Integrante.
2012 - 2015
Modelagem e Análise Composicional de Sistemas de Sistemas com Aplicações na Indústria Aeronáutica

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Augusto Cezar Alves Sampaio em 09/10/2015.
Descrição: Colaborador do projeto, coordenado por Augusto Cesar Alves de Sampaio. Propomos um processo para modelagem e análise formal de propriedades de Sistemas de Sistemas (SoS, Systems of Sytems), com ênfase em aplicações na área de aviação e na arquitetura IMA (Integrated Modular Avionics) em particular. Utilizamos a linguagem SysML para descrever requisitos e os modelos de análise e projeto (design) de um SoS. SysML é uma linguagem semiformal cuja semântica é definida em linguagem natural e através do uso de meta-modelos, também semiformais. Por um lado, uma notação semiformal (e gráfica) conquista uma adoção ampla e rápida pela indústria devido a sua simplicidade e facilidade de aprendizado. Por outro lado, ambiguidades nos modelos podem induzir a erros de implementação. Por sua vez, usualmente há resistência, no ambiente industrial, com relação à adoção de uma notação formal, mesmo com a promessa de especificações formais serem livres de ambiguidades e poderem ser analisadas de forma rigorosa com auxílio de ferramentas. No processo proposto, o modelo em SysML é traduzido (automaticamente) para um modelo descrito na linguagem formal Circus, que integra a álgebra de processos CSP, para expressar os aspectos reativos, a linguagem baseada em modelos Z, para expressar os aspectos de dados e a linguagem de comandos guardados de Dijkstra, fazendo de Circus não apenas uma linguagem de especificação, mas também de programação. Desta forma, esperamos produzir uma solução em que a notação gráfica continua disponível, porém com os benefícios adicionais oferecidos pela notação formal Circus. Como segunda etapa do processo proposto, o modelo Circus será analisado com o objetivo de se garantir a preservação de propriedades de interesse. Isto permitirá, inicialmente, verificar a consistência, tanto individual, como integrada, dos diagramas SysML do sistema. Um outro aspecto da análise é o desenvolvimento de uma estratégia que garanta, por construção, a ausência de deadlock no SoS, a partir da verificação da ausência de deadlock em seus componentes. O desafio desta análise é escalabilidade. Finalmente, o escopo do projeto inclui uma avaliação, em um ambiente industrial, com o apoio da Embraer, da eficácia dos métodos de modelagem e análise propostos, através da aplicação da abordagem proposta em um estudo de caso real relacionado a sistemas IMA...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (4) .
Integrantes: Sidney de Carvalho Nogueira - Integrante / Augusto Cesar Alves de Sampaio - Coordenador / Alexandre Cabral Mota - Integrante / Ana Cavalcanti - Integrante / Juliano Manabu Iyoda - Integrante / Márcio Lopes Cornélio - Integrante / Lucas Albertins de Lima - Integrante / Joabe Bezerra de Jesus Júnior - Integrante / Gustavo Henrique Porto de Carvalho - Integrante / Marcel Vinicius Medeiros Oliveira - Integrante / José Dihego da Silva Oliveira - Integrante / Pedro Ribeiro Goncalves Antonino - Integrante.
2009 - 2011
Processo Integrado de Avaliação, Seleção e Geração Automática de Casos de Teste (Projeto de Pesquisa CIn-Motorola)
Descrição: No contexto de uma cooperação já existente entre a Motorola do Brasil e o Centro de Informática (CIn) da UFPE , o objetivo mais amplo deste projeto é contribuir com todo o processo de testes da Motorola, incluindo os seguintes objetivos mais específicos. 1. Documentação de requisitos. A documentação é feita usando linguagem natural, o que pode dificultar a geração/seleção efetiva de casos de teste; uma linguagem padronizada (mesmo que expressa na forma de uma linguagem natural) é fundamental para um processo sistematizado de geração/seleção de casos de testes. 2. Seleção de casos de teste. É feita a partir dos documentos de requisitos. Um dos problemas encontrados refere-se a casos de testes redundantes; o problema complementar é a ausência de casos de testes que cubram algumas funcionalidades ou caminhos do código. Outra dificuldade é avaliar a qualidade de um suíte de testes. Finalmente, não existe um procedimento bem definido para seleção de casos de teste, o que poderia tornar possível a identificação efetiva de testes com potencial para revelar erros importantes na aplicação e com cobertura adequada. 3. Requisitos documentados como teste. A documentação de requisitos é, muitas vezes, incompleta e embutida nos testes desenvolvidos, o que torna difícil uma visualização das funcionalidades gerais da aplicação. A geração/atualização de requisitos (já em uma linguagem padronizada) a partir de casos de testes é um outro importante objetivo desta iniciativa. 4. Avaliação de Suíte de Testes e Resultados. Técnicas e ferramentas que permitam analisar parâmetros como cobertura e confiabilidade são primordiais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Metodologia e Técnicas da Computação/Especialidade: Engenharia de Software.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Métodos Formais.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2003
BRAVO, Motorola Brasil.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
NOGUEIRA, SIDNEY2014 NOGUEIRA, SIDNEY; SAMPAIO, AUGUSTO ; MOTA, ALEXANDRE . Test generation from state based use case models. Formal Aspects of Computing (Internet), v. 26, p. 441-490, 2014.

2.
SAMPAIO, AUGUSTO2014 SAMPAIO, AUGUSTO ; NOGUEIRA, SIDNEY ; MOTA, ALEXANDRE ; ISOBE, YOSHINAO . Sound and mechanised compositional verification of input-output conformance. Software Testing, Verification & Reliability, v. 24, p. 289-319, 2014.

Capítulos de livros publicados
1.
Gibson-Robinson, Thomas ; Broadfoot, Guy ; Carvalho, Gustavo ; Hopcroft, Philippa ; Lowe, Gavin ; NOGUEIRA, SIDNEY ; O Halloran, Colin ; SAMPAIO, AUGUSTO . FDR: From Theory to Industrial Application. Lecture Notes in Computer Science. 1ed.: Springer International Publishing, 2017, v. , p. 65-87.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ALMEIDA, R. G. ; NOGUEIRA, S. C. ; SAMPAIO, AUGUSTO . Automatic Test Case Generation for Concurrent Features from Natural Language Descriptions. In: XXI Brazilian Symposium on Formal Methods (SBMF 2018), 2018, Salvador. Proceedings of XXI Brazilian Symposium on Formal Methods (SBMF 2018), 2018.

2.
ARAUJO, RAFAEL PEREIRA DE ; MOTA, ALEXANDRE CABRAL ; NOGUEIRA, SIDNEY DE CARVALHO . Probabilistic Analysis Applied to Cleaning Robots. In: 2017 IEEE International Conference on Information Reuse and Integration (IRI), 2017, San Diego. 2017 IEEE International Conference on Information Reuse and Integration (IRI), 2017. p. 275.

3.
CAVALCANTI, A. ; HIERONS, R. M. ; NOGUEIRA, S. C. ; SAMPAIO, A. C. A. . A Suspension-trace Semantics for CSP. In: 10th Symposium on Theoretical Aspects of Software Engineering, 2016, Shangai. Proceedings of the 10th Symposium on Theoretical Aspects of Software Engineering, 2016.

4.
NOGUEIRA, S. C.; FALCAO, T. P. ; MOTA, A. C. ; SILVA, E. L. O. ; MORAES, I. C. O. ; PEREIRA, I. L. . An Approach for Verifying Educational Robots. In: XIX Brazilian Symposion on Formal Methods, 2016, Natal. XIX Brazilian Symposion on Formal Methods, 2016.

5.
NOGUEIRA, S. C.; ARAUJO, H. L. S. ; ARAUJO, R. B. S. ; IYODA, J. M. ; SAMPAIO, A. . Automatic Generation of Test Cases and Test Purposes from Natural Language. In: XVIII Brazilian Symposium on Formal Methods, 2015, Belo Horizonte, Brazil. Formal Methods: Foundations and Applications: 18th Brazilian Symposium, SBMF 2015, 2015. p. 145-161.

6.
NOGUEIRA, S. C.; SAMPAIO, A. C. A. ; MOTA, A. C. . Compositional Verification of Input-Output Conformance via CSP Refinement Checking. In: International Conference on Formal Engineering Methods, 2009, Rio de Janeiro. Formal Methods and Software Engineering. Heidelberg: Springer Berlin, 2009. v. 5885. p. 20-48.

7.
NOGUEIRA, S. C.; SAMPAIO, A. C. A. ; MOTA, A. C. . Guided Test Generation from CSP Models. In: 5th International Colloquium on Theoretical Aspects of Computing, 2008, Istambul. Theoretical Aspects of Computing - ICTAC 2008. Springer Berlin / Heidelberg: Lecture Notes in Computer Science, 2008. v. 5160. p. 258-273.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, E. L. O. ; MORAES, I. C. O. ; PEREIRA, I. L. ; FALCAO, T. P. ; NOGUEIRA, S. C. . Ambiente para Avaliação Automática de Robôs Virtuais: uma Forma de Apoio à Aprendizagem de Robótica. In: II Congresso sobre Tecnologias na Educação, 2017, Mamanguape, PB. Anais do II Congresso sobre Tecnologias na Educação, 2017.

2.
LIMA, R. M. M. ; NOGUEIRA, S. C. ; MELO, J. C. B. . Estruturando Raciocínio Lógico através do Ensino de Conceitos de Programação. In: XI Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRPE, 2011, Recife. Anais do XI JEPEX, 2011.

3.
NOGUEIRA, S. C.; CARTAXO, E. G. ; Torres D. G. ; Aranha, E. H. S. ; Marques, R. M. . Model Based Test Generation An Industrial Experience. In: SAST 2007 - 1st Brazilian Workshop on Systematic and Automated Software Testing, 2007, João Pessoa. SAST 2007 - 1st Brazilian Workshop on Systematic and Automated Software Testing, 2007.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, E. L. O. ; MORAES, I. C. O. ; PEREIRA, I. L. ; NOGUEIRA, S. C. ; FALCAO, T. P. . Uma Abordagem Para Verificação Automática de Robôs Educacionais. In: XVI Jornada de Ensino Pesquisa e Extensão, 2016, Recife. Anais do XVI Jornada de Ensino Pesquisa e Extensão, 2016.

2.
LIMA, R. M. M. ; NOGUEIRA, S. C. . Estruturando o Raciocínio Lógico Através da Robótica. In: Encontro de Práticas Formativas na Docência - ENPRAD 2012, 2012, Natal. Anais do I ENPRAD, 2012.

3.
NOGUEIRA, S. C.; CARVALHO, Francisco de Assis Tenório de . Classificação Hierárquica/Piramidal de Objetos Simbólicos. In: VII Congresso de Iniciação Científica, 2000, Recife. Anais Pibic, 2000. v. I. p. 27-27.

Resumos publicados em anais de congressos (artigos)
1.
NOGUEIRA, S. C.;NOGUEIRA, SIDNEY;NOGUEIRA, SIDNEY DE CARVALHO2001NOGUEIRA, S. C.; FRERY, Alejandro ; ARAUJO, Matheus Cabral de ; BARROS, Paulo Goncalves de ; ALMEIDA, Hedlena Maria de . Utilizando Java em Transformações de Domínio Seno para Imagens. Encontro Regional de Matemática Pura e Aplicada, Recife, p. 30-30, 2001.

Artigos aceitos para publicação
1.
NOGUEIRA, SIDNEY; ARAUJO, HUGO ; ARAUJO, RENATA ; IYODA, JULIANO ; SAMPAIO, AUGUSTO . Test case generation, selection and coverage from natural language. SCIENCE OF COMPUTER PROGRAMMING, 2019.

Apresentações de Trabalho
1.
NOGUEIRA, S. C.. Guided Test Generation from CSP Models. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
NOGUEIRA, S. C.. Geração Automática de Casos de Teste Dirigida por Propósitos. 2006. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
NOGUEIRA, S. C.. Abstract Test Generation Tool (ATG). 2007.


Demais tipos de produção técnica
1.
NOGUEIRA, S. C.. Introdução a Testes de Software. 2004. .

2.
NOGUEIRA, S. C.; SAMPAIO, A. . Improving Test Execution with Automation. 2003. (Monografia).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SCHUENEMANN, C. T. L. L.; NOGUEIRA, S. C.; SOUZA, F. F.. Participação em banca de Vicente de Paulo Batista. Um Estudo sobre a Aderência das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica ao Correio Eletrônico Proposto no Decreto 8.135/2013. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Universidade Federal de Pernambuco.

2.
VASCONSELOS, A. M. L.; IYODA, J. M.; NOGUEIRA, S. C.. Participação em banca de Robert Gomes Melo. Um Framework e uma Ferramenta para Automação de Testes. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Universidade Federal de Pernambuco.

3.
SAMPAIO, A. C. A.; MOTA, A. C.; NOGUEIRA, S. C.. Participação em banca de Fabio Soares dos Santos. Um verificador de modelos para Circus em K. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Universidade Federal de Pernambuco.

4.
MOTA, A. C.; IYODA, J. M.; NOGUEIRA, S. C.. Participação em banca de Kamilla Rafaelle Fernandes Cardoso. FINDOS - Uma Ferramenta para Identificação Automática de Unidades de Rastreamento. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Universidade Federal de Pernambuco.

Qualificações de Doutorado
1.
BRAGA, R. T. V.; LUCREDIO, D.; NOGUEIRA, S. C.. Participação em banca de Mauricio Rêgo Mota da Rocha. Redução de Testes Gerados a partir de Modelos Formais Extraídos de Diagramas UML. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciencia da Computacao) - Universidade de São Paulo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
CABRAL, G. G.; CYSNEIROS FILHO, G. A.; NOGUEIRA, S. C.. Professor Substituto. 2012. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Outras participações
1.
DEZOTTI, C. H.; NOBREGA, O. O.; NOGUEIRA, S. C.. Avaliador do Relatório Parcial da Versão (Oral e Escrita) do PIBIC/PIC 2015-2016. 2016. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

2.
LIMA, J. P. S. M.; MARINHO, M. L. M.; NOGUEIRA, S. C.. Avaliador do Relatório Parcial da Versão (Oral e Escrita) do PIBIC/PIC 2015-2016. 2016. Universidade Federal Rural de Pernambuco.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
2017 IEEE International Conference on Information Reuse and Integration (IRI). Probabilistic Analysis Applied to Cleaning Robots. 2017. (Congresso).

2.
II Congresso sobre Tecnologias na Educação. Ambiente para Avaliação Automática de Robôs Virtuais: uma Forma de Apoio à Aprendizagem de Robótica. 2017. (Congresso).

3.
XIX Brazilian Symposion on Formal Methods. An Approach for Verifying Educational Robots. 2016. (Congresso).

4.
SBMF 2015. Automatic Generation of Test Cases and Test Purposes from Natural Language. 2015. (Congresso).

5.
11th International Conference on Formal Engineering Methods. Compositional Verification of Input-Output Conformance via CSP Refinement Checking. 2009. (Congresso).

6.
5th International Colloquium on Theoretical Aspects of Computing. Guided Test Generation from CSP Models. 2008. (Congresso).

7.
Brazilian Symposium on Formal Methods. 2008. (Simpósio).

8.
1st Brazilian Workshop on Systematic and Automated Software Testing.Model Based Test Generation - An Industrial Experience. 2007. (Oficina).

9.
2nd Pernambuco School on Software Engineering - Testing. 2007. (Outra).

10.
TAROT (Training And Research On Testing) Summer School.Guided Test Generation from CSP Models. 2007. (Outra).

11.
XXI Simpósio Brasileiro de Engenharia de Software. 2007. (Simpósio).

12.
Brazilian Symposium on Formal Methods. 2006. (Simpósio).

13.
I Encontro Brasileiro de Testes de Software (EBTS 2006).Geração Automática de Casos de Teste Dirigida por Propósitos. 2006. (Encontro).

14.
Pernambuco School on Software Engineering: Refinement. 2004. (Outra).

15.
Simpósio Brasileiro de Métodos Formais. 2004. (Simpósio).

16.
VI Workshop de Métodos Formais. 2003. (Oficina).

17.
Encontro Regional de Matemática Aplicada e Computacional.Framework Java para Aplicações de Transformação de Domínio. 2001. (Encontro).

18.
VII Congresso de Iniciação Científica.Classificação Hierárquica/Piramidal de Objetos Simbólicos. 1999. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CARVALHO, G. H. P. ; NOGUEIRA, S. C. ; LIMA, L. A. . XX Simpósio Brasileiro de Métodos Formais - SBMF 2017. 2017. (Congresso).

2.
NOGUEIRA, S. C.; MOTA, A. C. ; SAMPAIO, A. C. A. ; Marques, R. M. ; Aranha, E. H. S. ; CAVALCANTI, A. ; BERTOLINI, C. ; BORBA, P. H. M. ; WOODCOCK, J. . Second Pernambuco School on Software Engineering (PSSE 2007). 2007. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Rafaela Gonçalves de Almeida. Test Case Generation for Concurrent Features Described in Natural Language. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Informática Aplicada) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Rafael Pereira de Araújo. Probabilistic Analysis Applied to Robots. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Universidade Federal de Pernambuco, . Coorientador: Sidney de Carvalho Nogueira.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Iverson Luis Pereira. Uma Abordagem para Tradução de uma Linguagem de Programação de Robôs para um Modelo Formal. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciência da Computação) - Universidade Federal Rural de Pernambuco. Orientador: Sidney de Carvalho Nogueira.

2.
Larissa Karollyne de Melo Ferreira. Avaliação empírica de uma ferramenta de testes baseada em modelos no processo de criação de testes. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Sistema de Informação) - Universidade Federal Rural de Pernambuco. Orientador: Sidney de Carvalho Nogueira.

Iniciação científica
1.
Hugo Leonardo da Silva Araújo. Ferramenta de suporte à geração de casos de teste a partir de modelos CSP. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência da Computação) - Universidade Federal de Pernambuco. Orientador: Sidney de Carvalho Nogueira.

Orientações de outra natureza
1.
Rafael Santos Barbosa. Ensino de Lógico por meio de desenvolvimento de jogos educacionais. 2013. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Computação) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sidney de Carvalho Nogueira.

2.
Roberto Márcio Mota de Lima. Uso de Robótica para ensino de programação de forma multidisciplinar. 2012. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Computação) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sidney de Carvalho Nogueira.

3.
Roberto Márcio Mota de Lima. Estruturando Raciocínio Lógico através do Ensino de Conceitos de Programação. 2011. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Computação) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sidney de Carvalho Nogueira.



Inovação



Projetos de pesquisa


Outras informações relevantes


Certificado em Testes, nível Foundation, pelo ISTQB (International Testing Qualification Board), em Dezembro/2009.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 6:31:39