Rodrigo Yoiti Tsukahara

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7602310105303724
  • Última atualização do currículo em 25/06/2018


Possui graduação em Agronomia (2002), mestrado em Fitotecnica / Sistemas Suporte à Decisão (2004) e doutorado em Fitotecnia / Modelagem (2016) pela Universidade Estadual de Londrina. Atualmente é Pesquisador em Agrometeorologia na Fundação ABC - Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário. Tem experiência em Agrometeorologia, atuando principalmente nas seguintes linhas de pesquisa: climatologia, agrometeorologia (água no solo, doenças em plantas, insetos e plantas daninhas, produtividade e qualidade de grãos), meteorologia, instrumentação agrometeorológica, sensoriamento remoto, sistemas de suporte à decisão, experimentação agrícola, estatística e modelagem, geoestatística. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Rodrigo Yoiti Tsukahara
Nome em citações bibliográficas
TSUKAHARA, R. Y.;Tsukahara, Rodrigo Yoiti;TSUKAHARA, RODRIGO Y.

Endereço


Endereço Profissional
Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária, Fundação Abc.
Rodovia PR 151, Km 288
Centro
84165130 - Castro, PR - Brasil - Caixa-postal: 1003
Telefone: (42) 32338647
Fax: (42) 32338600
URL da Homepage: http://sma.fundacaoabc.org.br/


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2016
Doutorado em Agronomia.
Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
Título: Momento de colheita e tratamento fungicida na sanidade e produtividade de híbridos de milho em diferentes ambientes, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Ines Cristina de Batista Fonseca.
Coorientador: Marcelo Augusto de Aguiar e Silva.
Palavras-chave: Zea mays; maturação fisiológica; grãos ardidos; micotoxinas; precipitação.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Probabilidade e Estatística.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitossanidade.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados.
2002 - 2004
Mestrado em Agronomia.
Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
Título: Sistema de suporte à tomada de decisão para o manejo fitossanitário dos Campos Gerais do Paraná.,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: Ana Maria Ribeiro Arruda.
Coorientador: Paulo Henrique Caramori.
Palavras-chave: suporte à tomada de decisão; Estações agrometeorológicas automáticas; modelos epidemiológicos; Erysiphe graminis; Puccinia recondita; Campos Gerais-PR.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitossanidade.
Setores de atividade: Produção Vegetal; Desenvolvimento Rural; Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
2011 - 2011
Especialização em Tecnologia Agrícola e Irrigação. (Carga Horária: 160h).
Galilee International Management Institute, GALILEE, Israel.
Título: Irrigação por sistemas pressurizados.
Orientador: Yoram Krontal.
Bolsista do(a): Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária, FABC, Brasil.
1997 - 2002
Graduação em Agronomia.
Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
Título: Manejo da sangria da seringueira em presença e ausência de estimulação hormonal.
Orientador: Dr Celso Jamil Marur- IAPAR.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
Hidrologia e Monitoramento de Pequenas Bacias Rurais. (Carga horária: 20h).
Instituto Agronômico do Paraná, IAPAR, Brasil.
2016 - 2016
Biophysical Modelling Assessment Framework (BIOMA). (Carga horária: 40h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2014 - 2014
Meta-análise na Fitopatologia. (Carga horária: 4h).
Sociedade Brasileira de Fitopatologia, SBF, Brasil.
2013 - 2013
Técnicas de Apresentação e Oratória. (Carga horária: 12h).
Faculdade Sociesc de Curitiba, FSC, Brasil.
2011 - 2011
Calibração de Sensores Meteorológicos. (Carga horária: 40h).
Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, CPTEC, Brasil.
2011 - 2011
Tópicos avançados em modelagem estatística. (Carga horária: 4h).
Sociedade Brasileira de Agrometeorologia, SBA, Brasil.
2011 - 2011
Uso, Manejo e Conservação de Solos e Água. (Carga horária: 20h).
Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural, EMATER/PR, Brasil.
2009 - 2009
Utilização do DSSAT para a Tomada de Decisão. (Carga horária: 40h).
Instituto Agronômico do Paraná, IAPAR, Brasil.
2008 - 2008
Modeling Applications for Decision Support. (Carga horária: 24h).
Universidade de Passo Fundo, UPF, Brasil.
2006 - 2006
Elaboração de mapas usando o Surfer. (Carga horária: 72h).
Instituto Agronômico de Campinas, IAC, Brasil.
2006 - 2006
WMO/CGMS Virtual laboratory high profile training. (Carga horária: 20h).
World Meteorological Organzation, WMO, Suiça.
1998 - 2001
Extensão universitária em Bolsista PIBIC / CNPq. (Carga horária: 768h).
Instituto Agronômico do Paraná, IAPAR, Brasil.
1997 - 2001
Extensão universitária em Universidade Solidária - Projeto Pé Vermelho. (Carga horária: 650h).
Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
1998 - 1998
Estágio Voluntário. (Carga horária: 350h).
Instituto Florestal do Estado de São Paulo, IF, Brasil.
1997 - 1998
Extensão universitária em Estágio voluntário. (Carga horária: 180h).
Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Tecnológico SIMEPAR, SIMEPAR, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor Técnico, Carga horária: 4
Outras informações
Assessora técnicamente o Instituto Tecnológico SIMEPAR, para o desenvolvimento de um sistema agrometeorológico de abrangência nacional denominado SISDAGRO, cujo responsabilidade de operação será o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).


Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária, FUNDAÇÃO ABC, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - Atual
Vínculo: Coordenador Agrometeorologia, Enquadramento Funcional: Coordenador de Pesquisa Senior, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

01/2003 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Fundação Abc, .

5/2002 - 12/2002
Serviços técnicos especializados , Fundação Abc, Castro.

Serviço realizado
Instrumentação agrometeorológica; Sistemas de suporte à decisão.


Linhas de pesquisa


1.
Agrometeorologia
2.
Climatologia
3.
Meteorologia
4.
Estatística e Modelagem
5.
Instrumentação agrometeorológica
6.
Sensoriamento remoto
7.
Sistemas de Suporte à Decisão


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Manejo conservacionista do solo e da água e indicadores ambientais multiescala sob diferentes sistemas de produção agropecuária nos Campos Gerais do Paraná
Descrição: Objetivos Gerais: Mensurar as perdas de solo, água e nutrientes em megaparcelas sob plantio direto e em macroparcelas com uso de dejetos líquidos bovinos, na região dos campos gerais do estado do Paraná, incluindo avaliação de bioindicadores da qualidade do solo e com isto gerar conhecimento multi­escala para elaboração dos critérios técnicos para a implementação de práticas de controle de erosão hídrica, correta aplicação de dejetos e qualidade ambiental adequados aos tipos de solo e aos sistemas de manejo e cultivo específicos desta região em uma rede de pesquisa interinstitucional. 2.5. Objetivo Específico: ­ Monitorar os aspectos hidrossedimentológicos em megaparcelas e bacia de ordem zero, com e sem o uso de terraços, em diferentes condições de manejo do solo e adubação orgânica. ­ Avaliar a qualidade da água na bacia hidrográfica a jusante; ­ Avaliar indicadores biológicos em megaparcelas sob plantio direto na região dos campos gerais do Paraná; ­ Avaliar as perdas de solo, água e nutrientes em macroparcelas com doses de dejeto líquido bovino de longo prazo (dez anos) em solos de textura argilosa e arenosa sob plantio direto ­ Avaliar as populações (abundância, riqueza específica) de minhocas em megaparcelas sob Plantio Direto na região dos campos gerais do estado do Paraná; ­ Relacionar as populações de minhocas com a qualidade física e química do solo em megaparcelas sob Plantio Direto na região dos campos gerais do estado do Paraná; ­ Realizar uma classificação do Plantio Direto nas megaparcelas da região dos campos gerais do estado do Paraná, usando as populações de minhocas; ­ Calcular o GISQ (usando metodologia modificada) nas megaparcelas sob plantio direto na região dos campos gerais do estado do Paraná; ­ Realizar a difusão dos resultados para agricultores, pesquisadores, técnicos e alunos visando o uso das minhocas como bioindicadores da qualidade do solo....
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - 2017
Pagamentos por serviços ambientais para melhorar a qualidade da água
Descrição: O Estado do Paraná foi pioneiro na década de 70 por adotar a microbacia hidrográfica como uma forma integrada de intervenção e de gestão do solo e dos recursos hídricos. Nas décadas seguintes, novas técnicas conservacionistas foram desenvolvidas (vegetativas, edáficas e mecânicas), com destaque para a manutenção da cobertura do solo, adubação verde, rotação de culturas, correção do solo, plantio em nível (sistema de plantio direto ? SPD) e o terraceamento agrícola. Contudo, em função talvez dos próprios benefícios resultantes da adoção destas boas práticas agrícolas ao longo das últimas décadas, observa­se atualmente uma tendência contrária aos princípios conservacionistas de solo e água nas principais regiões agropecuárias e florestais do Paraná. Pressionados pelo processo de globalização da economia (principalmente sobre as commodities agrícolas), o agronegócio priorizou a busca pelo aumento da rentabilidade por unidade de área, a intensificação e expansão do uso do solo, a diversificação e verticalização das propriedades, o aumento da capacidade operacional de máquinas e implementos. Soma­se ainda o significativo aumento de passivos ambientais em função da expansão da indústria, da agroindústria e do descontrole na gestão territorial sobre o processo de urbanização, que quando associados a outras questões de escala nacional (instabilidade político­ econômica, falta de infraestrutura de transporte e logística, desinvestimento em pesquisas científicas e tecnológicas, estabelecimento de políticas públicas equivocadas quanto à gestão territorial, o desequilíbrio entre a produtividade dos recursos e o desenvolvimento social e por fim a inoperância do sistema fiscalizador), agravam ainda mais a sustentabilidade deste modelo de crescimento econômico, geopolítico, social e ambiental. Entre os principais problemas ambientais no Estado do Paraná, destaca­-se a degradação amCbuirerínctualol dosSsisistetmema daesCauqruráíctuiclosLeatdteasv(RegodertiagçoãYoonitaitTivsuak,ahmarpa)liados pela mudança no uso e cobertura do solo (urbano, industrial e agrosilvipastoril). Os impactos podem ser facilmente observados a partir de observações sobre a disponibilidade e a qualidade dos recursos hídricos. Quanto as fontes de degradação, destacam­se as ?pontuais?, que são aquelas caracterizadas pelos efluentes domésticos e industriais, e as fontes ?difusas?, compostas por resíduos provenientes da agricultura e por escoamento superficial (urbano e rural). Neste ponto, torna­se essencial a compreensão dos processos de desagregação, transporte e sedimentação do solo, principalmente quando considerado o aumento na frequência de eventos meteorológicos extremos, tais como chuvas de alta erosividade acompanhadas de temporais, seja em áreas urbanas, industriais ou agrícolas. Juntamente com a água, podem ser carreados partículas de areia, silte, argila, assim como elementos químicos e outras substâncias nocivas ao meio ambiente. No presente estudo, deu­se atenção especial ao elemento P (fósforo), devido a características como disponibilidade, biodisponibilidade, adsorção em argila e relação com o processo de eutrofização, assim como a sua ampla utilização pela agricultura, pecuária, indústria e áreas urbanas. Outro ponto importante é que não há t.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2017
Projeto Ambiental ABC
Descrição: O Projeto Ambiental ABC, dentro do Plano de Trabalho 1, tem como objetivos principais: i) a definição dos critérios para proposição da malha de amostragem de água nos rios que compõem as bacias hidrográficas do Alto Tibagi e Cinzas, ii) o georreferenciamento estes pontos para fins de acompanhamento e amostragens em escala mensal, iii) a determinação da concentração dos principais nutrientes, iii) a concentração de agroquímicos, iv) a determinação dos principais parâmetros físico-hídricos nas amostras mensais de água, v) a caracterização da paisagem e do uso da terra, com o objetivo de elaborar um diagnóstico local e regional, para posteriormente elaborar estratégias sócio-ambientais nas áreas urbanas e rurais de abrangência das Cooperativas ABC. Estas atividades tiveram início em Julho/2013 e possuem como meta o cumprimento de todas as resoluções ambientais vigentes, fato este que demonstra tanto o compromisso com a comunidade local e com os órgãos fiscalizadores, quanto o interesse em desenvolver estratégias sócio-ambientais sustentáveis, mas baseadas nos resultados deste plano de trabalho 1..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Aplicações do Sensoriamento Remoto para o Monitoramento Agrícola
Descrição: Este projeto de pesquisa tem como objetivo o desenvolvimento e a operacionalização de uma plataforma web integrado a um sistema matemático-espectral, além de um Sistema de Informação Geográfica (SIG), capaz de monitorar por meio de informações provenientes de sensoriamento remoto o ciclo evolutivo de diferentes áreas agrícolas, bem como fornecer estimativas de qualidade dos resultados de produtividade agrícola em forma de mapas e gráficos para toda região de interesse da Fundação ABC, que abrange boa parte da região central e sudeste do estado do Paraná e extremo sul de São Paulo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2018
Manejo Integrado do Mofo Branco - Estudo Observacional e Experimentos de Longa Duração
Descrição: O projeto MIMB teve como objetivos principais a identificação dos parâmetros de solo, planta, atmosfera e manejo que influenciam a epidemiologia do mofo-branco, assim como reconhecer os padrões de comportamento, com vistas ao desenvolvimento de um sistema para quantificação de risco do mofo branco em cultivos de soja e feijão, na região de atuação das Cooperativas AgroIndustriais Arapoti, Batavo e Castrolanda. Foram monitoradas 32 fazendas ao longo das 3 últimas safras, distribuídas em função da climatologia regional. Em cada fazenda foram selecionados e monitorados 3 talhões com histórico de mofo-branco, onde 400m2 foram divididos em parcelas com e sem aplicação de fungicidas específicos, para a coleta sistemática de 12 sub-amostras e posterior quantificação de macro e micronutrientes, pH, textura, condutividade hidráulica, resistência a penetração, atividade microbiológica e número de escleródios no solo, variáveis fitotécnicas do talhão e das culturas rotacionadas, parâmetros epidemiológicos do mofo branco, caracterização morfológica, genética e viabilidade dos escleródios coletados, além da aplicação de um questionário técnico relacionado ao histórico de produção. Soma-se ainda a utilização de 59 estações agrometeorológicas para realização das análises estatísticas multivariadas e técnicas computacionais. Os resultados preliminares do Estudo Observacional demonstram : i) a dispersão regional do mofo branco, ii) a identificação das principais variáveis agrometeorológicas, iii) o reconhecimento de alguns padrões de manejo adotados regionalmente, iv) o potencial de dano do mofo branco, relativo ao controle químico. Os resultados dos Experimentos de Longa Duração (total de 36 experimentos = 3 locais, 2 sistemas de produção, 5 tratamentos fungicida, 3 tratamentos biológicos, 6 anos) foram publicados apenas internamente..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2017
Manejo Fitossanitário e Pré-colheita do Milho, Trigo e Soja
Descrição: O milho (Zea mays L.), em função de seu potencial produtivo, composição química e valor nutritivo, constitui um dos mais importantes cereais cultivados no mundo. Em razão de sua multiplicidade de aplicações, quer na alimentação humana, quer na alimentação animal, assume papel socioeconômico relevante, além de constituir-se em matéria-prima indispensável e impulsionadora de complexos industriais diversificados (Dowswell et al., 1996; Reis e Casa, 1996). Dada a sua significativa importância no cenário de crescimento econômico mundial, observa-se nos últimos anos um grande investimento de recursos financeiros e humanos, nos principais centros de pesquisa, para o aperfeiçoamento das práticas agrícolas relacionadas à produção, colheita, transporte, armazenamento e conservação de grãos de milho, com especial destaque ao melhoramento genético com enfoque no rendimento, tolerância à doenças/pragas e melhoria das qualidades nutricionais. Entretanto, mesmo com a redução das perdas de produtividade de milho em função da adoção destas tecnologias citadas anteriormente, ainda observa-se o descaso por parte do produtor, assistente técnico e até mesmo da pesquisa, com algumas práticas de manejo simples, como por exemplo, o planejamento da semeadura das culturas de verão em função do período denominado de ponto de maturação fisiológica. Diante da ocorrência de condições meteorológicas adversas ao período de pré-colheita do milho, observa-se freqüentemente a decisão por atrasar a colheita do milho para beneficiar a colheita do feijão ou soja, fato este que resulta em perdas até maiores do que a incidência de algum fator abiótico (aspectos nutricionais do solo e planta, ocorrência de veranicos, excesso de chuva ou geadas) ou biótico (doenças de colmo e folhas, podridões de espiga, pragas ou mato-competição)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2014
Modelagem agrometeorológica do pico populacional de percevejos em soja
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2012
Simulação dos Impactos das Mudanças Climáticas Globais sobre os Setores de Agropecuária, Floresta e Energia - SIMCAFE
Descrição: Estruturação de uma rede interinstitucional e multidisciplinar de pesquisa em Mudanças Climáticas, com enfoque nos impactos sócio-econômicos e ambientais sobre os setores agropecuário, florestal e energético. Para tanto, a proposta prioriza a organização e consistência de um banco de dados para estudos em mudanças climáticas, a avaliação de metodologias e processos estatísticos e computacionais, o desenvolvimento de modelos agrometeorológicos, florestais e hidrológicos para a análise probabilística de eventos climáticos desfavoráveis aos processos produtivos, tanto em escala de tempo histórica quanto em escala de previsão climática, considerando os cenários previstos pelo IPCC. Finalmente, será desenvolvido um sistema de informações geográficas em ambiente web, além da quantificação econômica dos impactos de cada cenário climático simulado, subsidiando as políticas agrícolas e as estratégias econômicas para o crescimento sustentável dos setores agropecuário, florestal e energético. Valor: R$ 877.830,00..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Software para simulação de cenários agroclimáticos brasileiros
Descrição: Descrição: R$ 15.046,00 - Processo 471380/2009-1- Edital MCT/CNPq 14/2009 - CNPq/Universal. O desenvolvimento de modelos para simulação de séries climáticas diárias é de grande importância em avaliações de sistemas agronômicos e hidrológicos, uma vez que estes sistemas geralmente requerem entrada de dados climáticos diários. Modelos de simulação de séries climáticas, normalmente são baseados em distribuições probabilísticas e são dependentes da ocorrência, ou não, de precipitação pluviométrica. Considerando que estas distribuições de probabilidade são parametrizadas sobre um período base estático, o objetivo desta pesquisa é o desenvolvimento de um software que possibilite a simulação de cenários agroclimáticos para as condições brasileiras, baseado na parametrização dinâmica das distribuições de probabilidade, decorrente da retroalimentação de dados. O software será desenvolvido na linguagem de programação Borland C++ Builder, compatível com a plataforma Windows e adequada ao gerenciamento de banco de dados. A metodologia a ser utilizada levará em consideração o movimento no tempo de um tamanho pré-fixado do período base, fazendo com que os parâmetros das distribuições sejam constantemente estimados durante a simulação. Os modelos probabilísticos para simular a ocorrência de precipitação pluviométrica e os valores diários para as variáveis climáticas estudadas, serão descritos segundo pesquisas conduzidas anteriormente. Para a verificação da eficiência da metodologia utilizada, será realizado um teste de confronto com a metodologia convencional, que simula dados climáticos diários através da utilização dos parâmetros constantes das distribuições de probabilidade. A validação da simulação será efetuada por meio de testes estatísticos para verificação de diferenças entre as distribuições de probabilidade das séries simuladas e históricas, sendo que os dados do período desta última não serão utilizados no desenvolvimento dos modelos....
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Sistema de monitoramento e difusão de avisos e alertas agrometeorológicos em apoio à agricultura familiar
Descrição: Devido à grande operacionalidade e aplicabilidade, este sistema promoverá o desenvolvimento e recuperação da agricultura familiar, uma vez que além do acompanhamento diário das condições meteorológicas vigentes, os alertas agrometeorológicos contribuirão para determinar com precisão o melhor momento de aplicação de defensivos e isto proporcionará expressiva redução de custos com agroquímicos, implementos agrícolas e mão-de-obra. Outro grande benefício ao agricultor é que com a redução do número de práticas agrícolas, ele e sua família terão aumento da qualidade de vida e possibilidade de recuperação dos prejuízos. O uso racional e moderado de agrotóxicos proposto neste trabalho também contribuirá para a produção de alimentos mais saudáveis aos consumidores e beneficiará o meio ambiente, pois o uso indiscriminado de agrotóxicos causa grande poluição no ar, solo, água e produtos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Modelos agrometeorológicos para a estimativa do ponto de silagem em milho
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Efeitos de fatores climáticos nas fases do ciclo biológico de Phakopsora pachyrhizi em soja
Descrição: Em experimentos conduzidos em laboratório, câmara-de-crescimento e no campo serão realizados ensaios para quantificar os efeitos dos fatores climáticos (temperatura, umidade relativa do ar, luz e radiação solar) e suas interações, nas fases do ciclo biológico de Phakopsora pachyrhizi. (Germinação de uredosporos, crescimento do tubo germinativo, período de incubação, período latente, período infeccioso, potencial de esporulação, viabilidade de uredosporos e produção de teliosporos). No campo, será gerado o gradiente da intensidade da radiação solar pelo uso de coberturas com sombrites. Na área experimental serão quantificados os fatores climáticos estudados procurando relacioná-los com os dados obtidos em laboratório..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Ferramenta computacional para simulação de cenários agroclimáticos no Estado do Paraná
Descrição: R$ 12.661,00 - Protocolo 15.188 - Chamada 14/2008 - Fundação Araucária. Função: Coordenador Geral. RESUMO: O desenvolvimento de modelos para simulação de séries climáticas diárias é de grande importância em avaliações de sistemas agronômicos e hidrológicos, uma vez que estes sistemas geralmente requerem entrada de dados climáticos diários. Modelos de simulação de séries climáticas, normalmente são baseados em distribuições probabilísticas e são dependentes da ocorrência, ou não, de precipitação pluviométrica. Considerando que estas distribuições de probabilidade são parametrizadas sobre um período base estático, o objetivo desta pesquisa é o desenvolvimento de uma ferramenta computacional que possibilite a simulação de cenários agroclimáticos no Estados do Paraná, baseado na parametrização dinâmica das distribuições de probabilidade, decorrente da retroalimentação de dados. O software será desenvolvido na linguagem de programação Borland C++ Builder, compatível com a plataforma Windows e adequada ao gerenciamento de banco de dados. A metodologia a ser utilizada levará em consideração o movimento no tempo de um tamanho pré-fixado do período base, fazendo com que os parâmetros das distribuições sejam constantemente estimados durante a simulação. Os modelos probabilísticos para simular a ocorrência de precipitação pluviométrica e os valores diários para as variáveis climáticas estudadas, serão descritos segundo pesquisas conduzidas anteriormente. Para a verificação da eficiência da metodologia utilizada, será realizado um teste de confronto com a metodologia convencional, que simula dados climáticos diários através da utilização dos parâmetros constantes das distribuições de probabilidade. A validação da simulação será efetuada por meio de testes estatísticos para verificação de diferenças entre as distribuições de probabilidade das séries simuladas e históricas, sendo que os dados do período desta última não serão utilizados no desenvolvimento dos modelos....
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Rodrigo Yoiti Tsukahara - Integrante / Jorim Sousa das Virgens Filho - Coordenador / Maysa de Lima Leite - Integrante.Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2008 - 2011
Mapeamento de Riscos e Monitoramento para Ferrugem Alaranjada (Puccinia kuehnii) da cana de açúcar
Descrição: De acordo com as diretrizes do Edital CNPq/MAPA/DAS NO 064/2008, o presente Projeto de pesquisa científica e tecnológica e inovação apresenta como tema a Defesa Agropecuária na área de Vigilância e Sanidade Vegetal. Dentre as demandas listadas no Anexo I do Edital, os temas aos quais o projeto se direciona estão vinculados à área de Sanidade Vegetal, mais especificamente Estratégias de prevenção, monitoramento, ocorrência, epidemiologia, controle e erradicação da ferrugem alaranjada (Puccinia kuehnii) da cana e também o Desenvolvimento de métodos quantitativos e modelagem para avaliação de impactos econômicos da ferrugem alaranjada (Puccinia kuehnii) da cana. A metodologia para se atingir tais demandas serão direcionadas a quatro grandes áreas: i) avaliação da suscetibilidade/resistência á P. kuehnii das cultivares de cana de açúcar utilizadas no Brasil; ii) levantamento de zonas de risco de epidemias de ferrugem alaranjada no Brasil, em função de características climáticas ótimas para a ocorrência da doença; iii) desenvolvimento de kits de diagnóstico afim de diferenciar sintomas provocados por P. kuehnii daqueles provocados por P. melanocephala; iv) Testes de eficiência e qualidade de produtos fungicidas que possam ser utilizados emergencialmente e testes de eficiência e qualidade de métodos de pulverização..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2011
SINSOJA
Descrição: Esse projeto tem como objetivos realizar uma revisão bibliográfica, propor uma alternativa de linguagem de programação para o sistema e definir uma modelagem baseada na tecnologia de agentes inteligentes em um ambiente de desenvolvimento alternativo, para o Sistema de Apoio à Decisão (SAD) intitulado SINSOJA Sistema Inteligente de Estimativa de Doenças da Soja, baseado em Redes Neurais Artificiais, o qual tem por finalidade estimar por meio de variáveis climáticas, a influência destas, no surgimento e desenvolvimento de doenças na cultura da soja da região dos Campos Gerais do Paraná..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Desenvolvimento e Implementação de um sistema de alerta de risco de infecção e manejo para doenças provocadas por Sclerotinia sclerotiorum
Descrição: O objetivo do projeto é melhorar o sistema de manejo para doenças provocaas por Sclerotinia sclerotiorum em áreas de soja e feijão em duas principais linhas de ação relacionadas ao monitoramento agrometeorológico: Desenvolver, implementar e disponibilizar um sistema de alerta de infeção para o fungo, tendo com interface os mapas de zona de risco. Realizar testes de eficiência de biocontroladores para Sclerotiinia sclerotiorum sob condições de campo em diferentes situações de stress hídrico..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Estimativa da evapotranspiração via sensoriamento remoto para fins de manejo de irrigação
Descrição: Através deste projeto de pesquisa viabilizado pela parceria entre o Departamento de Meteorologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro e a Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária, pretende-se contribuir para avanços significativos na aplicação do sensoriamento remoto na estimativa da evapotranspiração para fins de manejo de irrigação na região de Castro-PR. Nesse sentido, visa-se a transferência de tecnologia e conhecimento para a Fundação ABC, no que diz respeito à estimativa da evapotranspiração, através da capacitação de seus agrônomos e técnicos. Por fim, almeja-se promover meios para que a gestão dos recursos hídricos na região seja eficiente, tendo como foco o setor agrícola..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Mapeamento preditivo de solos:um estudo com redes neurais artificiais
Descrição: Chamada de Projetos nº. 15/2007 Edital Universal MCT/CNPq Métodos de levantamentos de solos tradicionais são bastante criticados por serem de caráter eminentemente qualitativo. Em resposta a essas críticas, tem-se desenvolvido modelos quantitativos para descrever, classificar e estudar a distribuição de solos na paisagem. A presente pesquisa tem por objetivo avaliar a eficácia de técnicas de inteligência artificial, especificamente de Redes Neurais Artificiais, para predição, em nível detalhado, de classes de solos em microbacias na região Central do Paraná, utilizando sensores remotos orbitais e aéreos, atributos do terreno e informações auxiliares como fontes de dados. Este estudo possibilitará minimizar a subjetividade dos levantamentos de solos tradicionais, aumentando a acuracidade dos mesmos e tornando os mapeamentos mais acessíveis quanto a custos e tempo de realização..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2010
SINTRIGO
Descrição: Um dos maiores problemas que afetam a produtividade do trigo na região dos Campos Gerais do Paraná é a ocorrência de doenças, que são fortemente influenciadas pelas condições climáticas locais, com destaque para a temperatura e a duração do período de molhamento por orvalho sobre a superfície foliar. Atualmente o uso de estações agrometeorológicas automáticas de baixo custo possibilita o monitoramento e armazenamento de inúmeras variáveis ambientais em escala temporal de alta freqüência, gerando desta forma informações essenciais para a aplicação de técnicas estatísticas que objetivam o reconhecimento de padrões de comportamento para determinado conjunto de informações. Entretanto, dada a enorme capacidade de mutação genética natural dos próprios fenômenos biológicos, os genes que conferem resistência das plantas a certas doenças ou pragas tendem a se modificar constantemente, fazendo com que a pesquisa seja obrigada a re-calibrar seus modelos matemáticos que representam as condições climáticas favoráveis ou não para a ocorrência de determinada doença, demandando disponibilidade de tempo e também de recursos. Diante deste contexto, a presente pesquisa tem por objetivo: Objetivos: A modelagem de um Sistema de Apoio à Decisão (SAD) baseado em Redes Neurais Artificiais (RNAs), capaz de estimar por meio de variáveis climáticas, a influencia destas, no surgimento e desenvolvimento de doenças na cultura do trigo da região dos Campos Gerais do Paraná. Questões norteadoras: Como estimar a doenças do trigo por meio de variáveis climáticas? Como obter resultados parciais a partir de RNAs previamente treinadas? Hipóteses a serem avaliadas: Reconhecimento de padrões de comportamento de variáveis climáticas na estimativa de doenças do trigo. Sistema de Alerta, cujo objetivo seja o desenvolvimento de um sistema de monitoramento on-line de doenças do trigo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2010
Sistema de Monitoramento Agrometeorológico de Cultivos SMA-C
Descrição: Com a modernização da agricultura, a propriedade agrícola passou a ser gerida como empresa, exigindo do agricultor tomar decisões rápidas e acertadas para obter produtividades máximas e estáveis, com menor custo de produção e impacto ambiental. A tomada de decisão exige informações atualizadas durante o ciclo de cultivo, principalmente das condições meteorológicas, que é o fator mais importante na definição do rendimento e da sua variabilidade ao longo dos anos. O Sistema de Monitoramento Agrometeorológico do Paraná (SMA) e sua versão regionalizada na região dos Campos Gerais (SMAabc) usam dados de estações meteorológicas distribuídas estrategicamente em regiões de importância agrícola para fornecer informações úteis à tomada de decisão de ordem operacional e para aferir a produção esperada de determinado cultivo em uma região. Apesar de eficiente, o SMA necessita de atualizações para melhorar seu desempenho, expandir sua capacidade de predição e automatizar sua operação. O presente projeto terá como produto final um novo aplicativo computacional, denominado SMA-C, a ser desenvolvido para monitorar cultivos de importância econômica e social. Sempre que for possível, o sistema será desenvolvido com software livre, banco de dados co-orporativos e linguagens de programação próprias para internet. O SMA-C será operado em ambiente WEB considerando uma rede virtual de estações meteorológicas, obtida a partir da interpolação de dados de estações reais, com densidade flexível de acordo com as necessidades de resolução da área de aplicação. O SMA-C será instalado em servidores do Iapar e da Fundação ABC para disponibilizar resultados aos usuários via Internet em forma de boletins agrometeorológicos, ilustrados por tabe-las, gráficos e mapas produzidos pelo aplicativo. O aplicativo SMA-C poderá ser aperfeiçoado e expandido com facilidade para considerar fatores adicionais, por ser desenvolvido com uma estrutura modular..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2009
Regionalização do Balanço Hídrico no Paraná Utilizando Sensoriamento Remoto e Informações da Rede Estadual de Estações Meteorológicas de Superfície
Descrição: Este projeto foca a região dos Campos Gerais do Paraná. Os objetivos são a melhoria da rede de coleta de dados meteorológicos por meio de estações telemétricas, de forma a permitir a implantação de um modelo de balanço hídrico regional. Serão utilizadas imagens de radar e satélite para mapear as áreas de chuva com resolução de 1km2. O modelo SEBAL será empregado para estimar a evapotranspiração regional. O modelo SIMBA (simulação de balanço de água) será utilizado para gerar o balanço hídrico diário. Os resultados serão validados em áreas pilotos onde serão feitas medições detalhadas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2009
Produção Integrada de Trigo - PIT
Descrição: A difusão da agricultura intensiva e a conseqüente concentração de resíduos em áreas limitadas tiveram significativo impacto ambiental, causando muitos problemas como: exaustão da camada arável do solo, contaminação do solo e da água, aumento dos custos de produção e êxodo rural. Neste contexto a implementação do projeto Produção Integrada de Trigo (PIT) nas diferentes regiões produtoras do Brasil, visa a obtenção de produtos com qualidade certificada, protegendo os recurso naturais e incrementando a competitividade da cadeia produtiva. O projeto será desenvolvido a partir da formação de um Comitê Gestor que promoverá as discussões para orientar as atividades nas diferentes áreas. As normativas PIT serão elaboradas a partir do conhecimento e tecnologia disponível nas diferentes áreas: manejo do solo, correção/fertilização, manejo de plantas daninhas, semeadura, tratos culturais, manejo integrado de pragas e doenças. O manejo de solo deverá enfatizar o uso de plantio direto, rotação de culturas e uso de culturas de cobertura, para garantir um aporte de carbono no solo, proteção contra erosão e controle cultural de algumas pragas e doenças. O programa de fertilidade deverá definir as doses de fertilizantes (micro e macronutrientes) para otimizar as produções sem que haja excesso ou falta de nutrientes. No manejo de plantas daninhas, será dada ênfase no manejo dos princípios ativos dos herbicidas, de forma a maximizar o potencial de controle e evitar o desenvolvimento de plantas resistentes. O manejo integrado de pragas e doenças é um dos aspectos mais relevantes na PIT, a racionalização do uso de produtos químicos deve ser baseada no monitoramento das pragas/patógenos e nas informações geradas nos sistemas de previsão da ocorrência de doenças. A validação dessas práticas pelos parceiros participantes do projeto, amparados por resultados de trabalhos de pesquisa gerados nas instituições de pesquisa e nas unidades experimentais das cooperativas participantes....
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2007
PMNeural - DPMF
Descrição: O orvalho é dificilmente medido em estações meteorológicas convencionais, e sendo de grande importância para o estudo de sistemas de monitoramento e prevenção de doenças. Para este propósito foi desenvolvido em 2005 um Sistema de Apoio à Decisão (SAD) - PMNeural, baseado em Redes Neurais Artificiais (RNA), para tratamento de variáveis climáticas que influenciam o molhamento foliar por orvalho na cultura do trigo na região dos Campos Gerais do Paraná. Este sistema originalmente classifica o molhamento foliar em forma de índices, diante disto, a presente pesquisa tem por: Objetivos: " Desenvolver um módulo para o SAD PMNeural, para estimar a duração do período de molhamento foliar (DPMF)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2008
Simulador computacional para geração de séries diárias de dados de vento
Descrição: O fator "energia" pode ser considerado como um dos "inputs" básicos da vida humana. De maneira geral, observa-se que a maior quantidade utilizada no dia a dia é proveniente de combustíveis fósseis e carvão vegetal, sendo que estas fontes vêm sendo exaurídas em uma velocidade acentuada nos últimos anos. Preocupados com estes problemas, diversos países têm incentivado o desenvolvimento de fontes alternativas de energia como a solar, a eólica e outras, que são limpas, não poluem a atmosfera, nem destroem o meio ambiente. Segundo a Organização Mundial de Meteorologia, em países como Dinamarca, Holanda, França e Estados Unidos já existem sistemas para aproveitamento da energia dos ventos para produção de eletricidade, que podem variar de menos de um quilowatt a alguns megawatts de potência, para fornecer energia para diversas finalidades entre elas, a indústria, atividades agrícolas e uso doméstico. Dentro deste contexto, a Agrocomputação, ramo do conhecimento que aplica técnicas computacionais nas áreas de Ciências Agrárias e Ambientais, vem prover de instrumental tecnológico a comunidade acadêmica-científica, no sentido de promover e incrementar o desenvolvimento sustentável dos agroecossistemas brasileiros. Em particular, a técnica de simulação computacional tem sido muito utilizada no desenvolvimento de metodologias que possibilitem a otimização de programas de pesquisa, com a finalidade de difundir e promover racionalmente o crescimento sócio econômico regional. O presente Projeto de Pesquisa tem como objetivos gerais :a-) Determinar os modelos probabilísticos para a simulação de dados diários de vento;b-) Desenvolver uma ferramenta computacional que possibilite a geração de dados diário de vento;c-)Verificar e validar a eficiência da simulação, comparando dados reais com simulados, utilizando para tanto procedimentos estatísticos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2006
Modelagem e simulação do sistema de produção de trigo/ Relações Solo-Água-Planta-Atmosfera
Descrição: Modelagem e simulação de sistemas de produção de trigo/Relações Solo-Água-Planta-Atmosfera O projeto visa a modelagem do processo de transferência de água no sistema solo-planta-atmosfera, via cálculos de balanço hídrico, como parte de um projeto nacional, liderado pela Embrapa-Trigo, que visa modelar o sistema plantio direto com objetivo entender melhor os fatores de produção do trigo e de seu efeito combinado sobre o rendimento final da cultura. O produto final do projeto é um aplicativo de computador, com a possibilidade de aperfeiçoamento contínuo. O módulo de balanço hídrico (MBH) a ser desenvolvido contempla variáveis dos três subsistemas interligados, se destaca como fundamental para o desenvolvimento de modelos de simulação de crescimento e desenvolvimento de culturas, e sua posterior utilização em avaliações de estratégias de manejo e em estudos sobre potencialidades regionais, particularmente quando relacionadas com o cultivo de trigo no Brasil. Portanto, o MBH servirá para quantificar estresses da planta, causados tanto por deficiência como por excesso de água na zona radicular, que podem afetar negativamente os rendimentos das culturas. A avaliação do MBH no Rio Grande do Sul, sul e norte do Paraná e Cerrado visa determinar a necessidade de adequação dos métodos usados para simular os diferentes processos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2008
Simulação do sistemas de produção de trigo
Descrição: O crescimento e o desenvolvimento das plantas inclusive o trigo depende de vários fatores. Usando como base o potencial genético de cada cultivar de trigo, fatores do ambiente condicionam a capacidade da planta em expressar o rendimento final de grãos. Estes fatores (constituídos pelo solo, como supridor de nutrientes e água, pelo clima e pela incidência de doenças, pragas e plantas daninhas), geralmente, são estudados isoladamente o que não permite determinar o efeito da interação entre os fatores. Dessa forma, o produtor de trigo passa a ser o combinador final das variáveis sem que possa antever, controlar ou monitorar o desenvolvimento das plantas em relação aos fatores especificamente presentes na lavoura. Diante desse contexto, objetiva-se, no presente projeto, desenvolver modelos matemáticos mecanísticos ou empíricos que predizem o comportamento da planta, dos rendimentos físicos e econômicos e auxiliam na análise de alternativas de manejo considerando os principais fatores que determinam o desenvolvimento, o crescimento e a produção de trigo. Estes modelos serão reunidos em um aplicativo para computador estruturado na forma de módulos e que terão acessibilidade via Internet. Os modelos de simulação serão propostos assumindo o ambiente proporcionado pelo sistema plantio direto e envolverão os seguintes fatores: a) crescimento e desenvolvimento de plantas de trigo, b) disponibilidade de água no solo, a partir de cálculos diários de balanço hídrico, c) disponibilidade de nitrogênio (N) em relação à presença de palha, teores de matéria orgânica e de nitrato no solo, e outros fatores relacionados com a liberação de N, d) incidência e avanço de pragas (insetos, doenças e plantas daninhas) e seus efeitos no desenvolvimento e rendimento das plantas; e e) custo de produção. Os diversos fatores serão desenvolvidos em módulos independentes mas serão inter-relacionados para a simulação dos resultados finais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2005
ModFerSoja - Determinação de áreas e épocas de risco para ocorrência da ferrugem da soja utilizando modelo de simulação de epidemias e zoneamento agroclimático
Descrição: Projeto aprovado em resposta ao Edital Universal 2003 do CNPq, Processo 474540/03-0, modalidade APQ, Comite acessor AG. Determinação de áreas e épocas de risco para ocorrência da ferrugem da soja utilizando modelo de simulação de epidemias e zoneamento agroclimático. Bolsa Produtividade nível 2C, Processo 308845/03-0, modalidade PQ, Comite acessor AG de 01/3/2004 a 28/2/2007. A ferrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi) foi recentemente introduzida no Brasil e representa um risco potencial para a cultura em função dos altos danos já relatados em outros países. Dados de favorabilidade à ocorrência da doença, relatados na literatura, serão utilizados para construção de mapas de risco de ocorrência de epidemias no Paraná, utilizando-se dados históricos de estações climáticas do IAPAR (temperatura e umidade relativa). O projeto visa também acoplar ao modelo de crescimento da cultura - SOYGRO - equações que simulem o efeito da ferrugem asiática na redução da área foliar fotossintetizante da cultura, fazendo sua verificação, validação e análise de sensibilidade. As avaliações do modelo serão realizadas utilizado-se dados obtidos em estudos de campo, onde será feito o acompanhamento do desenvolvimento da doença em plantios de soja em diferentes épocas e locais. Após a avaliação do modelo, o mesmo será utilizado para verificar a capacidade de prever epidemias. Com esse projeto espera-se contribuir para o desenvolvimento da cadeia produtiva, por meio da elaboração de sistemas de apoio à agricultura de precisão e sistemas de alerta de epidemias, via pesquisa inter e multidisciplinar; criando um mapeamento de áreas de risco para epidemias de ferrugem da soja baseado em dados de rede de estações agrometeorológicas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2018 - Atual
Inovação Tecnológico do Grupo ABC
Descrição: A Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária foi a primeira fundação de pesquisa privada e sem fins lucrativos do país (23/Outubro/1984), concebida por um grupo de imigrantes holandeses, assistentes técnicos e pesquisadores, atualmente mantida pelos agricultores associados das Cooperativas Agroindustriais Arapoti, Batavo e Castrolanda (Cooperativas ABC), situadas nos Campos Gerais e Norte Pioneiro do Paraná e Mesorregião de Itapetininga no Estado de São Paulo. O contexto histórico associado ao nível organizacional e hierárquico estabelecido entre a pesquisa regional (Fundação ABC), os assistentes técnicos, os agricultores e as Cooperativas ABC resultou no desenvolvimento de importantes tecnologias como o plantio direto na palha, a rotação de cultivos, o terraceamento agrícola, o manejo da fertilidade dos solos, o controle de plantas daninhas, pragas e doenças, a agricultura de precisão, o uso dos sistemas de informações geográficas e o desenvolvimento de um banco de dados agronômico, ainda nas décadas de 80 e 90. Na década seguinte, o avanço da instrumentação para a pesquisa, o aumento da capacidade de aquisição, processamento e armazenamento das informações, o avanço das tecnologias de informação e comunicação, das geotecnologias e dos métodos científicos, estatísticos e computacionais, permitiu a obtenção de informações detalhadas do ambiente, em tempo real, com diferentes escalas espaço-temporais. Desde então, estes avanços tecnológicos impulsionaram ganhos significativos de eficiência e produtividade, redução dos custos de produção e dos impactos ao ambiente, além de favorecerem a disruptura dos modelos de negócio pré-estabelecidos na área industrial. Novas tendências conceituais como ?Indústria 4.0? e ?cidades inteligentes? passaram a ser referencia para outros setores da economia, incluindo o agronegócio brasileiro. Surge assim os conceitos de ?sustainable intensification? e ?smart farming? dentro dos setores de agricultura, pecuária e floresta, impulsionados pelo aumento da conectividade no ambiente rural. Da porteira para fora, observou-se uma significativa expansão da cobertura pelas empresas de telefonia móvel e também do serviço de internet banda larga via satélite. Da porteira para dentro, com foco na distribuição espacial dos talhões, podem ser consideradas promissoras as tecnologias de redes LPWAN (Low Power Wide Area Network) denominadas LoRa® ou sigfox®, que permitem a comunicação de longo alcance (2-15km) com baixo consumo de energia. A maior disponibilidade de informações com qualidade, estruturadas e organizadas em diferentes níveis da cadeia de produção, disponíveis numa pequena fração de tempo, quando aplicadas dentro do contexto da internet das coisas, right data, data science, inteligência artificial (data mining, árvores de decisão, redes neurais ou aprendizado de máquinas), podem e devem resultar em significativa geração de conhecimento útil para os processos de tomada de decisão, com consequente intensificação da produção por unidade de área ou unidade de tempo. Por sua vez, o uso de protocolos baseados em blockchain tendem a melhorar a integridade dos processos de fluxo de informações, aumentar a transparência e a rastreabilidade das informações para o usuário, fornecedor e consumidor final. Equitativamente a transformação digital também chegou aos institutos brasileiros de pesquisa, desenvolvimento e inovação, sejam eles públicos ou privados. Diante de tantas tecnologias disponíveis, faz-se necessário o investimento em sensores, equipamentos, laboratórios digitais, telemetria, processamento, automação, logística e em plataformas que integrem as informações e viabilizem a gestão de cada etapa da produção e transferência do conhecimento. Desta forma, este projeto de inovação tecnológica aplicado ao Grupo ABC (inovaABC) tem como objetivo principal a adoção de tecnologias digitais e.
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2007 - 2010
Aporte Tecnológico ao Grupo ABC
Descrição: O aporte tecnológico ao Grupo ABC, da forma como está descrito nesta proposta financiada pela FINEP através de recursos reembolsáveis, visa de forma geral criar e/ou aperfeiçoar tecnologias e serviços para o agronegócio da região, buscando os benefícios econômicos e ambientais ao produtor rural e consequentemente ao sistema cooperativo..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Rodrigo Yoiti Tsukahara - Coordenador / Paulo Henrique Caramori - Integrante / Rogério Teixeira de Faria - Integrante / Fabiano Freitas Silva - Integrante / Adriana Micheli - Integrante / Ademir Pedroso - Integrante.Financiador(es): Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária - Auxílio financeiro.


Projetos de desenvolvimento


2012 - Atual
Sistema AgroDetecta
Descrição: O monitoramento e previsibilidade dos parâmetros físico-hídricos do solo, do desenvolvimento das plantas, das condições atmosféricas favoráveis para a realização de boas práticas agrícolas em um determinado local ou região, são essenciais para a realização de uma agricultura sustentável. Apesar da existência de um grande número de ferramentas com esta finalidade, tanto a nível nacional quanto a nível global, apenas o Sistema AgroDetecta - desenvolvido pela Fundação ABC e BASF Brasil ? possui soluções para integrar informações provenientes de diversas áreas do conhecimento. A solução AgroDetecta, disponível desde Dezembro/2012 para o agricultor brasileiro, assistentes técnicos, revendas e cooperativas é composto por: i) informações geo-físicas (altimetria, classificação de solos, estradas), ii) 300 estações meteorológicas automáticas (temperatura e umidade do ar, temperatura e umidade do solo, radiação solar, precipitação, velocidade e direção do vento, molhamento foliar e pressão atmosférica), iii) acopladas a uma grade regular com 15km de resolução (15.565 estações virtuais), onde atua um modelo regional de previsão de tempo com horizonte de projeção para 11 dias), iv) informações agronômicas cadastradas desde o plantio até a colheita para cada talhão da fazenda, totalizando aproximadamente 120.000 hectares (data de semeadura, cultivares, adubação, agroquímicos, fertilizantes foliares - doses e produtos utilizados, data de colheita e produtividade), v) modelos matemáticos para desenvolvimento de plantas, vi) modelos matemáticos para ocorrência de doenças em soja, milho, feijão, algodão e trigo, vii) armadilhas fotográficas automáticas para identificação de picos populacionais de insetos-praga. A integração destas ferramentas, modelos, estimativas em um sistema on-line, que disponibiliza informações e/ou sugestões no formato de mapas, relatórios, tabelas e gráficos, resultou na redução significativa do grau de incerteza durante os processos de tomada de decisão, aumento da eficiência operacional na propriedades agrícolas, redução dos custos de produção e dos impactos negativos ao meio-ambiente..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Mestrado acadêmico: (9) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Rodrigo Yoiti Tsukahara - Coordenador / Edson Giovanni Kochinski - Integrante / José Prestes Neto - Integrante / Antonio do Nascimento Oliveira - Integrante / Juscelino Izidoro de oliveira - Integrante.
2011 - 2013
Manejo Integrado do Mofo Branco - MIMB
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2008 - 2009
Monitoramento da ferrugem asiatica da soja na região de atuação da Cooperativa Agraria
Descrição: Esse projeto tem como objetivo monitorar a incidëncia e desenvolvimento da epidemia de ferrugem asi[atica da soja na regiáo de atua;áo da Cooperativa Agraria..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2007 - 2017
Sistema de Monitoramento Agrometeorológico do Grupo ABC - smaABC
Descrição: O monitoramento das condições agrometeorológicas para a realização das principais práticas agrícolas da região é essencial para a compreensão da variabilidade espaço-temporal sobre o rendimento das culturas de interesse econômico na região do Grupo ABC. Esta ferramenta pode gerar informações seguras para que a tomada de decisão seja realizada de forma técnica, econômica, e em tempo hábil para a intervenção no sistema. Com a geração de novas ferramentas, calibração de modelos epidemiológicos, e modelos de produtividade, inseridos dentro do contexto de abertura de novas áreas de atuação das cooperativas, faz-se necessária a atualização do sistema de monitoramento agrometeorológico dos Campos Gerais (smaCG). O novo sistema, denominado de Sistema de Monitoramento Agrometeorológico do Grupo ABC (smaABC), será contemplado pela implementação de mais estações meteorológicas automáticas completas e telemetria por sistema GRRS. Após processamento de rotina (validação, correção dos dados meteorológicos e inclusão em banco de dados) o smaABC fornecerá informações sobre plantio, pulverizações, colheita, transporte e armazenamento, que serão interpretadas e traduzidas pelos especialistas de cada área, e posteriormente disponibilizadas na forma de textos, tabelas, gráficos ou mapas para os usuários finais (cooperados, assistentes técnicos, pesquisadores e cooperativas). Uma interface na internet também será disponibilizada, a fim de se facilitar o acesso às informações de tempo e clima..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2003 - 2007
Sistema de Monitoramento Agrometeorológico dos Campos Gerais - smaCG
Descrição: Este projeto visa definir e esclarecer as bases para o desenvolvimento e atualização do sistema de monitoramento agrometeorológico do Grupo ABC, assim como a implementação da rede de estações agrometeorológicas automáticas interativas na área de atuação das cooperativas. Desta forma, o sistema fornecerá ao produtor cooperado, ao assistente técnico, aos pesquisadores e cooperativas, informações sobre as condições ambientais para o planejamento e realização de suas práticas agrícolas de forma mais segura e eficiente..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.


Revisor de periódico


2008 - Atual
Periódico: Bragantia (São Paulo)
2012 - Atual
Periódico: Engenharia Agrícola (Impresso)
2017 - Atual
Periódico: Agrometeoros


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Agrometeorologia/Especialidade: Modelagem agrometeorológica.
2.
Grande área: Outros / Área: Ciências Ambientais / Subárea: Sistemas de informação geográfica.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia/Especialidade: Fisiologia de Plantas Cultivadas.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Engenharia Agrícola / Subárea: Engenharia de Água e Solo/Especialidade: Irrigação e Drenagem.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia/Especialidade: Meteorologia Aplicada.
6.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Agrometeorologia/Especialidade: Instrumentação Agrometeorógica.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2014
Melhor Programa de Stewarship / Sistema AgroDetecta, Agrow Awards.
2013
Produz Brasil - Alianças Estratégicas no Agronegócio, Editora Racar com o apoio da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo.
2011
Menção Honrosa - Influência do espaçamento entre inhas da cultura antecessora sobre a disponibilidade de água no solo, Associação de Plantio Direto no Cerrado.
2010
II Ciclo de Atualização Agropecuária da 33a EFAPI (Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Ponta Grossa), Universidade Estadual de Ponta Grossa.
2008
XV CBMET - Utilização de dados observacionais e de previsão de tempo (Modelo ETA40) para o monitoramento e previsão de doenças foliares na cultura da soja., Sociedade Brasileira de Meteorologia - XV Congresso Brasileiro de Meteorologia.
2005
Mostra Internacional de Tecnologias para o Agronegócio - 7ª Rural Tech (Sistema para zoneamento de áreas de risco de epidemias). Londrina Tecnópolis, Sociedade Rural do Paraná.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
TSUKAHARA, RODRIGO Y.2016TSUKAHARA, RODRIGO Y.; OLIVEIRA, A. N. ; OLIVEIRA JUNIOR, J. I. ; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. ; CARNEIRO, A. S. ; FISCHER, P. H. ; ROSA, M. B. ; ROSA, G. B. ; SILVA, A. P. ; MAINARDES, S. G. ; SANTOS, A. C. . Pesquisa e divulgação técnica de informações agrometeorológicas aos associados das cooperativas ABC. Agrometeoros, v. 24, p. 71-85, 2016.

2.
Tsukahara, Rodrigo Yoiti2016Tsukahara, Rodrigo Yoiti; FONSECA, INÊS CRISTINA DE BATISTA ; SILVA, MARCELO AUGUSTO DE AGUIAR E ; KOCHINSKI, EDSON GIOVANNI ; PRESTES NETO, JOSÉ ; SUYAMA, JULIANA TAMIE . Produtividade de soja em consequência do atraso da colheita e de condições ambientais. PESQUISA AGROPECUÁRIA BRASILEIRA (ONLINE), v. 51, p. 905-915, 2016.

3.
VIRGENS FILHO, J. S.2013VIRGENS FILHO, J. S. ; OLIVEIRA, Rafael Barreira ; LEITE, Maysa de Lima ; TSUKAHARA, R. Y. . Desempenho dos modelos CLIGEN, LARS-WG e PGECLIMA_R na simulação de séries diárias de temperatura máxima do ar para localidades do estado do Paraná. Engenharia Agrícola (Impresso), v. 33, p. 538-547, 2013.

4.
Araujo, Marla Alessandra2011Araujo, Marla Alessandra ; Souza, Jorge Luiz Moretti de ; Tsukahara, Rodrigo Yoiti . Modelos agro-meteorológicos na estimativa da produtividade da cultura da soja na região de Ponta Grossa, Estado do Paraná. Acta Scientiarum. Agronomy (Online), v. 33, p. 23-31, 2011.

5.
TSUKAHARA, R. Y.;Tsukahara, Rodrigo Yoiti;TSUKAHARA, RODRIGO Y.2008TSUKAHARA, R. Y.; Hikishima, M. ; CANTERI, M. G. . Relações entre o clima e o progresso da ferrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi) em duas micro-regiões do Estado do Paraná. SEMINA. CIÊNCIAS AGRÁRIAS (ONLINE), v. 29, p. 47-52, 2008.

6.
CANTERI, Marcelo Giovanetti2007CANTERI, Marcelo Giovanetti ; GODOY, C. V. ; PONTE, E. M. Del ; TSUKAHARA, R. Y. . Emprego da tecnologia da informação para simulação de epidemias e zoneamento agroclimático aplicáveis no controle de doenças de plantas. Summa Phytopathologica (Impresso), v. 33, p. 121-124, 2007.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
Molin, Rudimar ; Carvalho, I. Q. de ; Bavoso, L. B. ; Pauletti, V. ; Schipanski, C. A. ; GIMENEZ, L. M. ; TSUKAHARA, R. Y. ; Filho, E. I. L. . Arranjo de Plantas de Milho (Zea mays) para produção de grãos. 1. ed. Castro: Kugler, 2009. v. 2000. 210p .

Capítulos de livros publicados
1.
CANTERI, Marcelo Giovanetti ; Silva, O. C. da ; TSUKAHARA, R. Y. . Ambiente e doenças fúngicas. In: Maristella Dalla Pria; Olavo Corrêa da Silva. (Org.). Cultura do feijão: doenças e controle. 1ed.Ponta Grossa: UEPG, 2010, v. 1, p. 133-148.

2.
NICOLINI, F. ; TSUKAHARA, R. Y. . Critérios baseados em sistemas de aviso: Modelo baseado em unidades de calor. In: Erlei de Melo Reis. (Org.). Critérios indicadores do momento para aplicação de fungicidas visando ao controle de doenças em soja e trigo. 1ed.Passo Fundo: Aldeia Norte, 2009, v. 1, p. 1-147.

3.
CANTERI, Marcelo Giovanetti ; TSUKAHARA, R. Y. . Decision Support System for the Control of Asian Soybean Rust. In: Viviana Palmieri. (Org.). Success stories in the use of information and communication. 1ed.San Jose, Costa Rica: IICA Headquarters, 2007, v. 1, p. 19-26.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. . Contra o tempo. Revista Cultivar Máquinas, Pelotas - RS, p. 18 - 21, 01 ago. 2012.

2.
Silva, O. C. da ; CAMPOS, A. C. ; GALLO, P. ; SILVA, F. R. ; CARNEIRO, E. ; TSUKAHARA, R. Y. . Manejo de Doenças Foliares da Soja. Revista Plantio Direto, Passo Fundo-RS, p. 33 - 39, 01 jul. 2004.

3.
CANTERI, Marcelo Giovanetti ; CARAMORI, Paulo Henrique ; TSUKAHARA, R. Y. . Mapas de Risco da Ferrugem Asiática da Soja no Estado do Paraná. Cultivar Grandes Culturas, Pelotas - RS, p. 24 - 25, 15 dez. 2003.

4.
CANTERI, Marcelo Giovanetti ; CARAMORI, Paulo Henrique ; TSUKAHARA, R. Y. ; FARIA, Rogério Teixeira de ; GODOY, C. V. . A system to map risk of nfection by Phakopsora pachyrhizi for Parana State, Brazil. Phytopathology, Phytopathology.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
TSUKAHARA, R. Y.; PRESTES NETO, J. ; KOCHINSKI, E. G. . Manejo integrado de mofo branco: estudo observacional e resultados preliminares. In: 47º Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2014, Londrina - PR. Anais do 47º Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2014.

2.
Pavan, W. ; Fernandes, J. M. C. ; LAZARETTI, A. ; TOEBE, J. ; BAVARESCO, J. L. B. ; TSUKAHARA, R. Y. . An integrative modeling framework to evaluate wheat production systems: Fusarium head blight. In: International Environmental Modelling and Software Society, 2014, San Diego. Proceedings of the 7th International Congress on Environmental Modelling and Software, 2014. v. 1.

3.
TSUKAHARA, R. Y.; OLIVEIRA, A. N. ; PRESTES NETO, J. ; KOCHINSKI, E. G. . Aplicação do índice de temperatura e umidade na bacia leiteira dos campos gerais do Paraná e sul de São Paulo. In: XVIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2013, Belém - PA. Anais do XVIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2013.

4.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. ; OLIVEIRA, A. N. . Efeito do momento de colheita sobre os componentes de produção e qualidade da soja. In: XVIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2013, Belém - PA. Anais do XVIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2013.

5.
KOCHINSKI, E. G. ; TSUKAHARA, R. Y. ; PRESTES NETO, J. ; SCHIEBELBEIN, L. M. ; OLIVEIRA, A. N. . Propriedades físico-hídricas e disponibilidades de água às plantas, em diferentes métodos de praparo do solo. In: XVIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2013, Belém - PA. Anais do XVIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2013.

6.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. . Efeito do momento de colheita sobre os componentes de produção e qualidade da soja. In: XL Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2012, Londrina - PR. Anais do XL Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2012.

7.
FILHO, J. S. das V. ; FELIX, R. P. ; LEITE, M. de L. ; TSUKAHARA, R. Y. . PGECLIMA_R: Gerador estocástico para simulação de cenários climáticos brasileiros. I Desenvolvimento do Gerenciador do Banco de Dados Climáticos. In: XVII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2011, Vitória - ES. Anais do XVIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2011. v. 1.

8.
FILHO, J. S. das V. ; OLIVEIRA, P. M. ; LEITE, M. de L. ; TSUKAHARA, R. Y. . PGECLIMA_R: Gerador estocástico para simulação de cenários climáticos brasileiros. II Automação da Análise Estatística e Validação dos Dados Simulados. In: XVIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2011, Vitória - ES. Anais do XVIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2011. v. 1.

9.
PAIVA, C. M. ; TSUKAHARA, R. Y. ; FRANCA, G. B. ; NICACIO, R. M. . Estimativa da evapotranspiração via sensoriamento remoto para fins de manejo de irrigação. In: XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2011, Curitiba - PR. Anais do XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2011.

10.
KOCHINSKI, E. G. ; TSUKAHARA, R. Y. ; FIALHO, W. M. . Efeito do atraso na colheita sobre os componentes de produçãode milho. In: XVII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2011, Guarapari - ES. Anais do XVII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2011.

11.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; FIALHO, W. M. . Uso de modelos epidemiológicos para controle de doenças foliares no trigo. In: XVII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2011, Guarapari - ES. Anais do XVII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2011.

12.
FIALHO, W. M. ; TSUKAHARA, R. Y. . Relação entre a precipitação e o índice oscilação sul (IOS) com a produtividade de soja em Ponta Grossa - PR. In: XVII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2011, Guarapari - ES. Anais do XVII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2011.

13.
FARIA, Rogério Teixeira de ; TSUKAHARA, R. Y. ; ESPERANCINI, M. S. T. ; SILVA, F. F. . SMA, an agrometeorological system for crop monitoring. In: Joint International Agricultural Conference, 2009, Wageningen. Book of abstracts. Wageningen: Wageningen Academic Publishers, 2009. p. 152-152.

14.
CANTERI, Marcelo Giovanetti ; PONTE, E. M. Del ; GODOY, C. V. ; TSUKAHARA, R. Y. . Emprego da tecnologia da informação para simulação de epidemias e zoneamento agroclimático aplicáveis no controle de doenças de plantas. In: XXX Congresso Paulista de Fitopatologia, 2007, Jaboticabal. XXX Congresso Paulista de Fitopatologia. Jaboticabal: Summa Phytopathologica. v. 33. p. 121-124.

15.
CANTERI, Marcelo Giovanetti ; TSUKAHARA, R. Y. . Monitoramento de variáveis ambientais para o controle da ferrugem asiática da soja. In: XL Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2007, Maringá. XL Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Brasília: Fitopatologia Brasileira, 2007. v. 32. p. 65-66.

16.
CANTERI, Marcelo Giovanetti ; TSUKAHARA, R. Y. ; GODOY, C. V. . Sistema especialista para auxílio à tomada de decisão para controle da ferrugem asiática da soja. In: 6º Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2007, São Pedro. Anais do 6 Congresso Brasileiro de Agroinformática. Campinas: Anais do 6 Congresso Brasileiro de Agroinformática. v. 1.

17.
MARQUARDT, F. ; TSUKAHARA, R. Y. ; CANTERI, Marcelo Giovanetti . Sistema de previsão do tempo para suporte à tomada de decisão no manejo fitossanitário. In: 6º Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2007, São Pedro. 6º Congresso Brasileiro de Agroinformática. Campinas: Anais do 6 Congresso Brasileiro de Agroinformática. v. 1.

18.
DEPPE, F ; CARAMORI, Paulo Henrique ; FARIA, Rogério Teixeira de ; TSUKAHARA, R. Y. . Regionalização agrometeorológica de alta resolução do Paraná utilizando rede de estações de superfície e estimativas por satélite e radar. In: Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2007, Aracaju, SE. Anais XV Congresso Brasileiro de Agrometeorologia. Campinas: Sociedade Brasileira de Agrometeorologia, 2007.

19.
TSUKAHARA, R. Y.; OLIVEIRA, Dagoberto Marcio de ; CARAMORI, Paulo Henrique ; FARIAS, Rogério Teixeira de . Controle das principais doenças fúngicas do trigo em função do monitoramento das variáveis ambientais, nos Campos Gerais do Paraná.. In: V Congresso Brasileiro de Agroinformática & II Simpósio Brasileiro de Tecnologia da Informação no Agronegócio Cooperativo, 2005, Londrina. Anais do V Congresso Brasileiro de Agroinformática e II Simpósio Brasileiro de Tecnologia da Informação no Agronegócio Cooperativo, 2005.

20.
TSUKAHARA, R. Y.; BARBOSA, Flavio das Neves ; CARAMORI, Paulo Henrique . Influência da orientação das linhas de cultivo sobre as características fitotécnicas do milho, nos Campos Gerais do Paraná. In: XIV Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2005, Campinas. Anais do XIV Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2005.

21.
CANTERI, Marcelo Giovanetti ; CARAMORI, Paulo Henrique ; TSUKAHARA, R. Y. ; GODOY, C. V. . A system to map risk of infection by Phakopsora pachyrhizi for Parana State, Brazil. In: 2005 APS Annual Meeting, 2005, Austin, Texas. 2005 APS Annual Meeting. Austin, Texas: American Phytopathological Society, 2005. v. 95. p. 16-16.

22.
MATHIAS, I. M. ; GUIMARAES, A. M. ; DIAS, A. H. ; CATANEO, A. ; TSUKAHARA, R. Y. . Avaliação de Redes Neurais Artificiais na estimativa da duração do período de molhamento foliar por orvalho na cultura do trigo. In: V Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2005, Londrina. V Congresso Brasileiro de Agroinformática. Londrina: V Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2005.

23.
GONCALVES, D. L. ; DUCHINSKI, M. V. ; MATHIAS, I. M. ; TSUKAHARA, R. Y. . Sistema inteligente para tratamento de dados de molhamento foliar por orvalho na cultura do trigo - PMNeural. In: V Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2005, Londrina. V Congresso Brasileiro de Agroinformática. Londrina: V Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2005.

24.
PONTE, E. M. Del ; Fernandes, J. M. C. ; Pavan, W. ; TSUKAHARA, R. Y. . Predicting Fusarium head blight outbreaks in southern Brazilian wheat-growing areas. In: 2005 APS Annual Meeting, 2005, Austin, Texas. 2005 APS Annual Meeting. Austin, Texas: Phytopathology, 2005. v. 95. p. 23-23.

25.
TSUKAHARA, R. Y.; CARAMORI, Paulo Henrique ; CAVIGLIONE, João Henrique ; MARTORANO, Lucieta Guerreiro ; STRAUCH, Julia ; GALDINO, Jonas . Análise climática da região dos Campos Gerais do Paraná. In: XIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2003, Santa Maria. Anais do XIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2003. v. 2. p. 1119-1120.

26.
TSUKAHARA, R. Y.; CANTERI, Marcelo Giovaneti ; CARAMORI, Paulo Henrique ; CLEMENTE, Miguel Ângelo . Monitoramento Agrometeorológico para avaliação da infecção e desenvolvimento de doenças fitopatológicas nos Campos Gerais do Paraná através do programa Arc Epidemic. In: XIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2003, Santa Maria. Anais do XIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2003. v. 1. p. 641-642.

27.
TSUKAHARA, R. Y.; CANTERI, Marcelo Giovaneti ; CARAMORI, Paulo Henrique . Avaliação de riscos climáticos para a agricultura - Software ARC EPIDEMIC, módulo epidemias. In: IV Congresso da Sociedade Brasileira de Informática Aplicada à Agropecuária e a Agroindústria, 2003, Porto Seguro. Anais do IV Congresso da Sociedade Brasileira de Informática Aplicada à Agropecuária e a Agroindústria, 2003.

28.
CANTERI, Marcelo Giovanetti ; TSUKAHARA, R. Y. ; CARAMORI, Paulo Henrique . Arc Epidemic - Sistema Georreferenciado para elaboração de mapas de zona de risco de epidemias no estado do Paraná. In: Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2003, Uberlândia MG. Anais do XXXVI Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2003.

29.
TSUKAHARA, R. Y.; MARUR, C. J. . Manejo da sangria de seringueira em presença e ausência de estimulação hormonal.. In: IX Seminário do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC, 2001, Londrina. ANAIS, 2001.

30.
SOUZA, J. R. P. ; FONSECA, É. P. ; TSUKAHARA, R. Y. ; VIANI, R. A. G. ; SARIDAKIS, G. P. ; MOURA, A. P. R. ; CHAVES, A. T. . EDUCAÇÃO AMBIENTAL DE CRIANÇAS COM PROBLEMAS DE APRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENTAL POR ACADÊMICOS DO CURSO DE AGRONOMIA DA UEL.. In: XVIII SEUR - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, 2000, Santa Maria. RESUMOS - XVIII SEUR - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, 2000. v. 1. p. 30-30.

31.
MARUR, C. J. ; STENZEL, N. M. C. ; TSUKAHARA, R. Y. . Efeito do fotoperíodo na produção de frutos de maracujá amarelo na entressafra, no Noroeste e Norte do Estado do Paraná.. In: XVI Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2000, Fortaleza - CE, 2000.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
TSUKAHARA, R. Y.; Filho, E. I. L. ; BARTH, G. ; POVH, F. P. ; FREITAS, D. R. . Monitoramento da qualidade da água nas bacias hidrográficas do Alto Tibagi e Cinzas. In: XX Reunião Brasileira de Manejo e Conservação de Água e Solo, 2016, Foz do Iguacú. Anais do XX Reunião Brasileira de Manejo e Conservação de Água e Solo, 2016.

2.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; SUYAMA, J. T. . Efeito do momento da dessecação da aveia e aplicação de nitrogênio sobre os componentes de produção do milho. In: XXXIV Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa de Aveia, 2014, Castro - PR. Anais do XXXIV Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa de Aveia, 2014.

3.
OLIVEIRA, J. I. ; ROSA, M. B. ; TSUKAHARA, R. Y. ; PETROF, A. ; BUENO, G. ; MAINARDES, S. G. ; OLIVEIRA, A. N. ; BOITO, B. L. L. . Integração da linguagem R em Sistemas de Monitoramento Agrometeorológico visando a simulação. In: IX Congresso Brasileiro de AgroInformática, 2013, Cuiabá - MT. Anais do IX Congresso Brasileiro de AgroInformática, 2013.

4.
PETROF, A. ; BUENO, G. ; OLIVEIRA, A. N. ; MAINARDES, S. G. ; BOITO, B. L. L. ; TSUKAHARA, R. Y. ; ROSA, M. B. ; OLIVEIRA, J. I. . Sistema de Monitoramento Agrometeorológico do Grupo ABC - smaABC. In: IX Congresso Brasileiro de AgroInformática, 2013, Cuiabá - MT. Anais do IX Congresso Brasileiro de AgroInformática, 2013.

5.
KLOSOWSKI, E. S. ; OLIVEIRA, T. M. M. ; TSUTSUMI, C. Y. ; BUSNELLO, A. ; CARAMORI, Paulo Henrique ; FILHO, J. S. das V. ; TSUKAHARA, R. Y. ; SANGALI, C. P. . Estimativas para o declínio da produção de leite no município de Palotina-PR frente as mudanças climáticas globais. In: II Congresso Brasileiro de Produção Animal Sustentável, 2012, Chapecó - SC. Anais do II Congresso Brasileiro de Produção Animal Sustentável. Concórdia - SC, 2012. v. 1. p. 203-206.

6.
OLIVEIRA, T. M. M. ; KLOSOWSKI, E. S. ; BUSNELLO, A. ; TSUTSUMI, C. Y. ; CARAMORI, Paulo Henrique ; FILHO, J. S. das V. ; TSUKAHARA, R. Y. ; SANGALI, C. P. . Impacto das mudanças climáticas globais sobre o declínio da produção de leite no município de Cascavel-PR. In: XXII Congresso Brasileiro de Zootecnia, 2012, Cuiabá - MT. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Zootecnia, 2012. v. 1. p. 1-3.

7.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; EULEUTERIO, M. D. ; WAURECK, A. . Influência do espaçamento entrelinhas da cultura antecessora sobre a disponibilidade de água no solo e aspectos fitotécnicos na cultura do Trigo (Triticum aestivum L.). In: 11 Encontro de Plantio Direto no Cerrado e 2 Simposio Internacional de Plantio Direto e Meio Ambiente, 2011, Uberlândia. 11 Encontro de Plantio Direto no Cerrado e 2 Simposio Internacional de Plantio Direto e Meio Ambiente. Uberlândia, 2011.

8.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; BARTH, G. ; WAURECK, A. ; EULEUTERIO, M. D. . Efeito da aplicação de gesso e nitrogênio sobre a velocidade de infiltração básica e componentes de produção de milho sob sistema plantio direto. In: 11 Encontro de Plantio Direto no Cerrado e 2 Simposio Internacional de Plantio Direto e Meio Ambiente, 2011, Uberlândia. 11 Encontro de Plantio Direto no Cerrado e 2 Simposio Internacional de Plantio Direto e Meio Ambiente. Uberlândia, 2011.

9.
Fernandes, J. M. C. ; LAZZARETTI, A. ; Pavan, W. ; TSUKAHARA, R. Y. . Information architecture for crop growth simulation model applications. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON INFORMATION AND COMMUNICATION TECHNOLOGIES IN AGRICULTURE, FOOD AND ENVIRONMENT, 2011, Skiathos. Proceedings, 2011. v. 1. p. 251-258.

10.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito do intervalo e volume de irrigação sobre o manejo fitossanitário na cultura do trigo. In: XXXIX Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2010, Vitória. XXXIX Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2010.

11.
JENSEN, T. ; TSUKAHARA, R. Y. ; CARAMORI, Paulo Henrique . Utilização de Redes Neurais Artificiais para Preenchimento de Falhas em Séries Horárias de Dados Meteorológicos. In: XVI CBMET - Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2010, Belem. XVI CBMET - Congresso Brasileiro de Meteorologia. Belem, 2010.

12.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito da redução da área foliar e re-aplicação de nitrogênio sobre os componentes de produção em milho. In: XXVII Congresso Nacional de Milho e Sorgo, 2008, Londrina. Anais - XXVII Congresso Nacional de Milho e Sorgo, 2008.

13.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito da redução da área foliar e espaçamento entrelinhas sobre os componentes de produção em milho. In: XXVII Congresso Nacional de Milho e Sorgo, 2008, Londrina. Anais - XXVII Congresso Nacional de Milho e Sorgo, 2008.

14.
TSUKAHARA, R. Y.; MARQUARDT, F. ; Guia, C. V. F. da . Utilização de dados observacionais e de previsão de tempo (Modelo ETA40) para o monitoramento e previsão de doenças foliares na cultura da soja.. In: XV Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2008, São Paulo. ANAIS - XV Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2008.

15.
TSUKAHARA, R. Y.. Controle das principais doenças foliares do feijão através do uso de estações agrometeorológicas automáticas. In: XV Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2007, Aracaju. Anais - XV Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2007.

16.
TSUKAHARA, R. Y.. Controle da ferriugem asiática da soja (Phakopsora pachyrhizi) em função do monitoramento das variáveis ambientais, nos Campos Gerais do Paraná. In: XIV Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2005, Campinas. Anais - XIV Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2005.

17.
MARTORANO, Lucieta Guerreiro ; CARAMORI, Paulo Henrique ; TSUKAHARA, R. Y. ; FARIA, Rogério Teixeira de . A agrometeorologia como suporte na adoção de técnicas de agricultura de precisão na região de Campos Gerais. In: XIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2003, Santa Maria, RS. XIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2003. Santa Maria, RS: Sociedade Brasileira de Agrometeorologia, 2003. p. 403-404.

18.
CANTERI, Marcelo Giovanetti ; GODOY, C. V. ; TSUKAHARA, R. Y. ; CARAMORI, Paulo Henrique ; FARIA, Rogério Teixeira de . Estimativa de épocas e regiões favoráveis à ocorrência de infecções por patógenos foliares no estado do Paraná. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2003, Uberlândia - MG. Anais do XXXVI Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Piracicaba: Sociedade Brasileira de Fitopatologia, 2003. v. 28. p. 383-383.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
TSUKAHARA, R. Y.; PRESTES NETO, J. ; KOCHINSKI, E. G. ; OLIVEIRA, A. N. ; OLIVEIRA JUNIOR, J. I. . Manejo integrado do mofo branco: estudo observacional. In: 48 Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2015, São Pedro. Anais do 48 Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2015.

2.
Fernandes, J. M. C. ; LAZARETTI, A. ; Pavan, W. ; TSUKAHARA, R. Y. ; CUNHA, G. R. da ; PASINATO, A. ; DEL PONTE, E. ; SPOLTI, P. ; RADIN, B. ; MATZENAUER, R. ; PANDOLFO, C. ; FARIA, Rogério Teixeira de ; CARAMORI, Paulo Henrique . Assessing impact of climate variability/change on yield and Fusarium head blight of wheat in Brazil. In: 4th International Symposium on Fusarium Head Blight, 2012, Nanjing. Proceedings of the 4th International Symposium on Fusarium Head Blight, 2012.

3.
NICOLINI, F. ; REIS, E. M. ; TSUKAHARA, R. Y. . Sistema de aviso da ferrugem da soja: modelo baseado em unidades de calor. In: XLII Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2009, Rio de Janeiro. Anais - XLII Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2009. v. 34. p. 370-370.

4.
TSUKAHARA, R. Y.; HIKISHIMA, M. ; CANTERI, Marcelo Giovanetti . Influência do clima no progresso da ferrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi) sob condições de campo. In: XL Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2007, Maringá. XL Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Brasília: Fitopatologia Brasileira, 2007. v. 32. p. 115-115.

5.
TSUKAHARA, R. Y.; OLIVEIRA, Dagoberto Marcio de ; CANTERI, Marcelo Giovaneti ; CARAMORI, Paulo Henrique . Controle da ferrugem asiática da soja através da utilização de estações agrometeorológicas de baixo custo nos Campos Gerais do Paraná. In: IV Congresso Brasileiro de Soja, 2006, Londrina. Resumos do IV Congresso Brasileiro de Soja, 2006. p. 1-202.

6.
CANTERI, Marcelo Giovanetti ; GODOY, C. V. ; TSUKAHARA, R. Y. ; Silva, O. C. da . Estimativa de épocas e regiões favoráveis à ocorrência de infecções por patógenos foliares no estado do Paraná. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2003, Uberlândia. XXXVI Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Brasília, DF: Revista Brasileira de Fitopatologia. v. 28. p. 383-383.

7.
MARUR, C. J. ; ANDROCIOLI FILHO, A. ; TSUKAHARA, R. Y. ; MORAIS, H. . Assimilação de CO2 em diferentes espaçamentos do caffeiro IAPAR 59. In: II SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 2001, Vitória - ES. II SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 2001. p. 11-11.

Apresentações de Trabalho
1.
POVH, F. P. ; TSUKAHARA, R. Y. . Applied Research: Farmer/Cooperative/Research Interaction to improve Decision-making. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
TSUKAHARA, R. Y.; POVH, F. P. . ABC Foundation and Cooperatives: Perspective of Information Tecnologies in Agriculture. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
TSUKAHARA, R. Y.; POVH, F. P. . Equipment and techniques for agro-environmental monitoring, pests alert and site-specific management. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
TSUKAHARA, R. Y.. Integration of meteorological, geografical and computer tools applied in disease and pest management in Brazil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
TSUKAHARA, R. Y.. Integração de tecnologias para o monitoramento de cultivos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. ; OLIVEIRA, A. N. ; OLIVEIRA JUNIOR, J. I. ; Fernandes, J. M. C. . Modelos epidemiológicos para monitoramento da brusone do trigo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
TSUKAHARA, R. Y.. Integração de ferramentas agrometeorológicas, geotecnológicas e computacionais para o manejo de doenças e pragas no Grupo ABC. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
TSUKAHARA, R. Y.. Integração de ferramentas agrometeorológicas e geotecnológicas em sistemas de apoio à decisão. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
TSUKAHARA, R. Y.. Experiência prática e trabalhos desenvolvidos pela Fundação ABC na Área de Agrometeorologia. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
TSUKAHARA, R. Y.. Sistema de Monitoramento Agrometeorológico do Grupo ABC (smaABC). 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
TSUKAHARA, R. Y.. Análises Econômicas dos Impactos das Mudanças Climáticas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
TSUKAHARA, R. Y.. A prática da extensão na agrometeorologia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
TSUKAHARA, R. Y.. Efeito do momento de colheita sobre os componentes de produção e qualidade da soja. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
TSUKAHARA, R. Y.. Efeito do momento de colheita sobre os componentes de produção e qualidade da soja. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; FIALHO, W. M. . Estratégias para o controle de doenças foliares em trigo e seus impactos sobre a qualidade da farinha. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
KOCHINSKI, E. G. ; TSUKAHARA, R. Y. ; FIALHO, W. M. . Efeito do atraso na colheita sobre a produção de milho. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
FIALHO, W. M. ; TSUKAHARA, R. Y. ; KOCHINSKI, E. G. . Relação entre a precipitação e o índice de oscilação Sul (IOS) e a produtividade de soja em Ponta Grossa-PR. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
PAIVA, C. M. ; TSUKAHARA, R. Y. ; FRANCA, G. B. ; NICACIO, R. M. . Estimativa da evapotranspiração via sensoriamento remoto para fins de manejo de irrigação. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

19.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; FIALHO, W. M. . Uso de modelos epidemiológicos para controle de doenças foliares no trigo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
FARIA, Rogério Teixeira de ; TSUKAHARA, R. Y. . SMA, an agrometeorological system for crop monitoring. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
TSUKAHARA, R. Y.; MARQUARDT, F. ; Guia, C. V. F. da . Utilização de dados observacionais e de previsão de tempo (Modelo ETA40) para o monitoramento e previsão de doenças foliares na cultura da soja.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
TSUKAHARA, R. Y.. Monitoramento Climático para controle de doenças em plantas. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
TSUKAHARA, R. Y.. Utilização de informações meteorológicas na agropecuária - Visão de uma instituição de pesquisa agropecuária aplicada. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
TSUKAHARA, R. Y.; OLIVEIRA, J. I. ; OLIVEIRA, A. N. ; PRESTES NETO, J. ; Filho, E. I. L. . Sistema AgroDetecta. 2012.

2.
PETROF, A. ; BUENO, G. ; TSUKAHARA, R. Y. . Sistema de monitoramento e previsão da incidência de mofo branco em soja e feijão. 2011.

3.
FERRAZ, T. ; TSUKAHARA, R. Y. ; PETROF, A. . Sistema de previsão de risco de incêndios florestais. 2010.

4.
TSUKAHARA, R. Y.; JENSEN, T. ; MATHIAS, I. M. . SINCODAM - Sistema neural para correção de dados meteorológicas através da aplicação de redes neurais artificiais. 2009.

5.
TSUKAHARA, R. Y.. Sistema de Monitomamento Agrometeorológico do Grupo ABC - smaABC. 2008.

6.
MATHIAS, I. M. ; TSUKAHARA, R. Y. ; WELESLEY, J. . SINSOJA - Sistema Inteligente Neural para estimativa de doenças em soja. 2008.

7.
POETA, O. ; TSUKAHARA, R. Y. ; MARQUARDT, F. . SPDH - Sistema de previsão de dados horários. 2008.

8.
GUIMARAES, A. M. ; TSUKAHARA, R. Y. . TempoHoral. 2007.

9.
TSUKAHARA, R. Y.; MARQUARDT, F. ; CANTERI, Marcelo Giovanetti . Sistema de previsão de dados meteorológicos horários. 2007.

10.
MATHIAS, I. M. ; TSUKAHARA, R. Y. ; WELESLEY, J. . SINTRIGO - Sistema Inteligente Neural para Estimativa de Doenças em Trigo. 2007.

11.
TSUKAHARA, R. Y.; PETROF, A. . Sistema de Apoio a Decisão para o manejo de Doenças - SADD. 2007.

12.
MATHIAS, I. M. ; TSUKAHARA, R. Y. . PMNeural. 2006.

13.
TSUKAHARA, R. Y.; CANTERI, Marcelo Giovanetti ; CARAMORI, Paulo Henrique ; CLEMENTE, Miguel Ângelo . ARC Epidemic - Avaliação de Riscos Climáticos, Módulo Epidemias. 2003.

14.
TSUKAHARA, R. Y.; CARAMORI, Paulo Henrique ; FARIA, Rogério Teixeira de ; CLEMENTE, Miguel Ângelo . Sistema de Monitoramento Agrometeorológico dos Campos Gerais - smaCG. 2002.

Trabalhos técnicos
1.
TSUKAHARA, R. Y.; PRESTES NETO, J. ; BARTH, G. . EFEITO DA UMIDADE DO SOLO SOBRE PERDAS N EM COBERTURA. 2014.

2.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. . EFEITO DO ATRASO NA COLHEITA SOBRE A QUALIDADE INDUSTRIAL DO TRIGO. 2013.

3.
TSUKAHARA, R. Y.; PRESTES NETO, J. ; KOCHINSKI, E. G. . ESTIMATIVA DO RESIDUAL DE FUNGICIDAS EM TRIGO ATRAVÉS DE REGISTROS AGROMETEOROLÓGICOS. 2013.

4.
TSUKAHARA, R. Y.; PRESTES NETO, J. ; KOCHINSKI, E. G. . EFEITO DA UMIDADE DO SOLO SOBRE A GERMINAÇÃO CARPOGÊNICA E MICELIOGÊNICA DA SCLEROTINIA SCLEROTIORUM EM SOJA. 2013.

5.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. . VALIDACAO DE MODELOS PARA PREVISÃO DA BRUSONE DO TRIGO. 2013.

6.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. . VALIDACAO DE MODELOS PARA PREVISÃO DA GIBERELA DO TRIGO. 2013.

7.
TSUKAHARA, R. Y.; PRESTES NETO, J. ; KOCHINSKI, E. G. ; OLIVEIRA, A. N. . VARIABILIDADE DO ÍNDICE DE TEMPERATURA E UMIDADE SOBRE A REGIÃO DE ATUAÇÃO DAS COOPERATIVAS ABC. 2012.

8.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. . EFEITO DO ATRASO NA COLHEITA SOBRE A QUALIDADE INDUSTRIAL DO TRIGO. 2012.

9.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. . ESTIMATIVA DO RESIDUAL DE FUNGICIDAS EM SOJA ATRAVÉS DE REGISTROS AGROMETEOROLÓGICOS. 2012.

10.
TSUKAHARA, R. Y.; PRESTES NETO, J. ; KOCHINSKI, E. G. . ESTIMATIVA DO RESIDUAL DE FUNGICIDAS EM MILHO ATRAVÉS DE REGISTROS AGROMETEOROLÓGICOS. 2012.

11.
TSUKAHARA, R. Y.; PRESTES NETO, J. ; KOCHINSKI, E. G. . VALIDAÇÃO DE MODELOS EPIDEMIOLÓGICOS PARA MOFO BRANCO EM SOJA. 2012.

12.
TSUKAHARA, R. Y.; PRESTES NETO, J. ; KOCHINSKI, E. G. . VALIDAÇÃO DE MODELOS EPIDEMIOLÓGICOS PARA MOFO BRANCO EM FEIJÃO. 2012.

13.
TSUKAHARA, R. Y.; PRESTES NETO, J. ; KOCHINSKI, E. G. . ESTIMATIVA DO PICO POPULACIONAL DO PERCEVEJO MARROM DA SOJA ATRAVÉS DE SOMA TÉRMICA. 2012.

14.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. . EFEITO DO ATRASO NA COLHEITA SOBRE O NUMERO DE QUEDA DO TRIGO. 2011.

15.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. . EFEITO DA APLICAÇÃO DE AMINOACIDOS SOB CONDICAO DE GEADA. 2011.

16.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. . EFEITO DO USO DE FITORREGULADORES SOBRE ALFA AMILASE. 2011.

17.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. . TENACIDADE DE FUNGICIDAS EM TRIGO. 2011.

18.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. . VALIDAÇÃO DO MODELO PROPHY PARA REQUEIMA DA BATATA. 2011.

19.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. . EFEITO DO DOBRAMENTO DE ESPIGA SOBRE A QUALIDADE E PRODUTIVIDADE DO MILHO. 2011.

20.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; PRESTES NETO, J. . EFEITO DO ATRASO NA COLHEITA DA SOJA SOBRE A PRODUÇÃO E QUALIDADE. 2011.

21.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. ; STRACK, M. . VARIAÇÃO DA TEMPERATURA DURANTE A ESTABILIDADE AEROBICA EM SILAGEM DE MILHO. 2011.

22.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito do atraso do momento de colheita sobre os componentes qualitativos de produção de milho. 2010.

23.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Avaliação de modelos agrometeorológicos para estimativa de Sclerotinia Sclerotiorum na cultura de feijão. 2010.

24.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Avaliação de modelos agrometeorológicos para estimativa de Sclerotinia Sclerotiorum na cultura da soja. 2010.

25.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito do espaçamento, população e arquitetura de plantas de soja sobre o desenvolvimento da Sclerotinia Sclerotiorum. 2010.

26.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Modelagem do ponto de silagem para os principais híbridos de milho cultivados no Grupo ABC. 2010.

27.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Identificação do pico populacional de Euschistus heros na cultura da soja através de modelos agrometeorológicos. 2010.

28.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Identificação do pico populacional de Piezodorus guildinii na cultura da soja através de modelos agrometeorológicos. 2010.

29.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Análise de agrupamento de cultivares de soja em função da duração do período de florescimento. 2010.

30.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Análise de agrupamento de cultivares de feijão em função da duração do período de florescimento. 2010.

31.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Avaliação de sensores capacitivos para determinação da umidade do solo. 2010.

32.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito do volume e distribuição da precipitação no período maturação fisiológica-colheita sobre os componentes qualitativos de produção de milho. 2010.

33.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito do intervalo e lâmina de irrigação sobre a tenacidade de fungicidas em soja. 2010.

34.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Avaliação de modelos epidemiológicos para controle da Phytophthora infestans em batata. 2010.

35.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito do volume e distribuição da precipitação sobre a evolução de Colletotrichum lindemuthianum em feijão. 2010.

36.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito do momento da dessecação da aveia sobre a disponibilidade de água para desenvolvimento do milho. 2010.

37.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito do volume e distribuição da precipitação sobre a qualidade industrial do trigo. 2010.

38.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Avaliação do momento de aplicação de aminoácidos com enfoque na tolerância de trigo a incidência de geadas. 2010.

39.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Determinação do período residual de fungicidas foliares em trigo através das condições ambientais observadas. 2010.

40.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Identificação do período duplo anel espigueta terminal em diferentes genótipos de trigo. 2010.

41.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito do atraso do momento de colheita sobre os componentes qualitativos de produção de trigo. 2010.

42.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Análise de agrupamento de cultivares de trigo em função da duração do período de florescimento. 2010.

43.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Validação de modelos epidemiológicos para estimativa de Gibberella zeae em trigo. 2010.

44.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Validação de modelos epidemiológicos para estimativa de Pyricularia grisea em trigo. 2010.

45.
TSUKAHARA, R. Y.; GALLO, P. ; KOCHINSKI, E. G. . Desenvolvimento de um modelo epidemiológico para mofo branco em soja e feijão. 2009.

46.
TSUKAHARA, R. Y.; GALLO, P. ; KOCHINSKI, E. G. . Quantificação dos danos em produtividade de feijão e soja provenientes do desenvolvimento de mofo branco sobre a região dos Campos Gerais do Paraná. 2009.

47.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito da desfolha por granizo em milho. 2009.

48.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito da desfolha por granizo em feijão. 2009.

49.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Avaliação de metodologia baseadas em balanço hídrico para manejo de irrigação em milho. 2009.

50.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Determinação do período residual de fungicidas em feijão através das condições ambientais observadas. 2009.

51.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Validação de modelos epidemiológicos para estimativa de Gibberella zeae em trigo. 2009.

52.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Validação de modelos epidemiológicos para estimativa de Pyricularia grisea em trigo. 2009.

53.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito da retenção de anteras e número de aplicações de fungicida sobre o controle da Gibberela zeae em trigo. 2009.

54.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Análise de agrupamento de cultivares de trigo em função da duração do período de florescimento. 2009.

55.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito das condições ambientais sobre a germinação pré-colheita em trigo. 2009.

56.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito da chuva ácida sobre os principais componentes qualitativos e quantitativos da produção de trigo. 2009.

57.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito da desfolha por granizo em soja. 2009.

58.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Validação de modelos epidemiológicos para controle da brusone em trigo. 2008.

59.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Caracterização do número de horas de desconforto térmico para bovinos leiteiros em Castro-PR. 2008.

60.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Influência das condições ambientais sobre o período residual dos fungicidas. 2008.

61.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito do volume e do intervalo de precipitação sobre a eficiência de fungicidas em trigo. 2008.

62.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Desenvolvimento de modelos epidemiológicos para o desenvolvimento de manchas foliares do trigo. 2008.


Demais tipos de produção técnica
1.
TSUKAHARA, R. Y.. Monitoramento climático de doenças de plantas; Uso de agrotóxicos; Experiência prática da Fundação ABC e divulgação das informações agrometeorológicas aos produtores. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
TSUKAHARA, R. Y.; Silva, O. C. da . Influência da umidade e temperatura do solo sobre parâmetros epidemiológicos do mofo branco nas culturas da soja e do feijão irrigados. 2008. (Relatório de pesquisa).

3.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito da irrigação e espaçamento entrelinhas sobre o período de emergência floração na cultura do milho. 2008. (Relatório de pesquisa).

4.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Determinação do momento de controle da ferrugem asiática da soja através da favorabilidade climática. 2008. (Relatório de pesquisa).

5.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Utilização de tensiometria para identificação do momento de controle do mofo branco na cultura da soja. 2008. (Relatório de pesquisa).

6.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Determinação do período residual de fungicidas através das condições ambientais. 2008. (Relatório de pesquisa).

7.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Quantificação do estresse térmico animal para bovinos de leite sobre a região de atuação do Grupo ABC. 2008. (Relatório de pesquisa).

8.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito do espaçamento entrelinhas do milho sobre a velocidade de emergência e qualidade de semeadura da cultura do trigo. 2008. (Relatório de pesquisa).

9.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Estimativa do período residual de fungicidas em trigo em função da severidade e das condições ambientais. 2008. (Relatório de pesquisa).

10.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Avaliação da tenacidade de fungicidas em trigo em função do tempo e da intensidade da precipitação. 2008. (Relatório de pesquisa).

11.
TSUKAHARA, R. Y.; Fernandes, J. M. C. ; KOCHINSKI, E. G. . Validação de modelos epidemiológicos para estimativa de risco de incidência de brusone em trigo. 2008. (Relatório de pesquisa).

12.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Estimativa do período residual de fungicidas em trigo através de modelos agrometeorológicos. 2007. (Relatório de pesquisa).

13.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito da época de semeadura e espaçamento do milho sobre os aspectos fitotécnicos do trigo. 2007. (Relatório de pesquisa).

14.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Efeito da orientação das linhas de semeadura e espaçamento da cultura anterior sobre os componentes de produção do trigo. 2007. (Relatório de pesquisa).

15.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Determinação do momento de aplicação de fungicidas em trigo através de modelos agrometeorológicos em Arapoti-PR. 2007. (Relatório de pesquisa).

16.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Determinação do momento de aplicação de fungicidas em trigo através de modelos agrometeorológicos em Ponta Grossa-PR. 2007. (Relatório de pesquisa).

17.
TSUKAHARA, R. Y.; KOCHINSKI, E. G. . Determinação do momento de aplicação de fungicidas em trigo através de modelos agrometeorológicos em Carambeí-PR. 2007. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
TSUKAHARA, R. Y.; VIRGENS FILHO, JORIM S. DAS. Participação em banca de Alana Deduck Cicilinski. Elaboração e aplicação de um índice de qualidade da água em consonância com a legislação brasileira. 2018. Dissertação (Mestrado em Saneamento Ambiental e Recursos Hídricos) - Universidade Estadual de Ponta Grossa.

2.
TSUKAHARA, R. Y.; VIRGENS FILHO, JORIM S. DAS. Participação em banca de Cirilo de Freitas Netto. Projeções de perda do solo no Estado do Paraná ao longo do século XXI, por meio da Simulação da Erosividade em Cenários de Mudanças Climáticas. 2017. Dissertação (Mestrado em Saneamento Ambiental e Recursos Hídricos) - Universidade Estadual de Ponta Grossa.

3.
TSUKAHARA, R. Y.; REZENDE, R.; BESPALHOK FILHO, J. C.; Souza, Jorge Luiz Moretti de. Participação em banca de Karla Regina Piekarski. Produtividade de soja e milho estimadas com o modelo AquaCrop na região dos Campos Gerais. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal do Paraná.

Teses de doutorado
1.
TSUKAHARA, R. Y.; CONCEICAO, M. A. F.; SANTOS, I.; DURAES, M. F.. Participação em banca de Daniela Jerszurki. Dinâmica da água no continuum solo-planta-atmosfera: tópicos em evapotranspiração de referência e disponibilidade de água às plantas. 2016. Tese (Doutorado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
TSUKAHARA, R. Y.; MATHIAS, I. M.. Participação em banca de Jones Wellesley Ferrari.Redes neurais artificiais aplicadas ao tratamento de dados agrometeorológicos e da ferrugem asiática da soja. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Informática) - Universidade Estadual de Ponta Grossa.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XV Encontro Nacional de Micotoxinas. 2014. (Encontro).

2.
III Reunião Paranaense de Ciência do Solo. 2013. (Outra).

3.
III Simpósio de Geoestatística. 2013. (Simpósio).

4.
Planet under Pressure Conference. 2012. (Outra).

5.
XI Congreso Argentino de Meteorologia. 2012. (Congresso).

6.
Joint International Agricultural Conference. SMA, an agrometeorological system for crop monitoring. 2009. (Congresso).

7.
Workshop Internacional: Modeling Applications for Decision Support in Agriculture. 2008. (Outra).

8.
XV Congresso Brasileiro de Meteorologia. Utilização de dados observacionais e de previsão de tempo (Modelo ETA40) para o monitoramento e previsão de doenças foliares na cultura da soja.. 2008. (Congresso).

9.
XXVII Congresso Nacional de Milho e Sorgo. Efeito da Redução da Área Foliar e Reaplicação de Nitrogênio sobre os Componentes de Produção em Milho. 2008. (Congresso).

10.
XV Congresso Brasileiro de Agrometeorologia. Controle das principais doenças foliares do feijoeiro através do uso de estações agrometeorológicas automáticas. 2007. (Congresso).

11.
IV Congresso Brasileiro de Soja. Controle da ferrugem asiática da soja através da utilização de estações agrometeorológicas. 2006. (Congresso).

12.
Riscos Climáticos e Estiagem no Paraná. 2006. (Seminário).

13.
WMO/CGMS Virtual Laboratory High Profile Training Event. 2006. (Outra).

14.
3º Simpósio Internacional de Agricultura de Precisão. 2005. (Simpósio).

15.
V Congresso Brasileiro de Agroinformática. Controle das principais doenças foliares do trigo em função do monitoramento das variáveis ambientais. 2005. (Congresso).

16.
V Congresso Brasileiro de Agroinformática. Sistemas de Apoio à Decisão na Proteção de Plantas - Estudo de caso da Fundação ABC. 2005. (Congresso).

17.
XIV Congresso Brasileiro de Agrometeorologia. Controle da ferrugem asiática da soja (Phakopsora pachyrhizi) em função do monitoramento das variáveis ambientais, nos Campos Gerais do Paraná. 2005. (Congresso).

18.
XIV Congresso Brasileiro de Agrometeorologia. Influência da orientação das linhas de cultivo sobre as características fitotécnicas do milho, nos Campos Gerais do Paraná. 2005. (Congresso).

19.
XIV Congresso Brasileiro de Agrometeorologia. Controle das principais doenças fúngicas do trigo em função do monitoramento das variáveis ambientais, nos Campos Gerais do Paraná. 2005. (Congresso).

20.
Congresso Brasileiro de Agricultura de Precisão. 2004. (Congresso).

21.
Improving Climatic Risk management for dryland cropping in two regions of South America. Improving Climatic Risk management for dryland cropping in two regions of South America. 2004. (Congresso).

22.
IV Congresso da Sociedade Brasileira de Informática Aplicada à Agropecuária e à Agroindústria. Avaliação de riscos climáticos para a Agricultura - Software Arc Epidemic, Módulo Epidemias. 2003. (Congresso).

23.
XIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia. Análise climática da região de Campos Gerais, PR. 2003. (Congresso).

24.
III Simpósio de Recursos Genéticos para a América Latina e Caribe.III Simpósio de Recursos Genéticos para a América Latina e caribe - SIRGEALC. 2001. (Simpósio).

25.
II Seminário Técnico do Trigo.II Seminário Técnico do Trigo; XVI Reunião da Comissão Centro Sul Brasileira de Pesquisa de Trigo. 2001. (Seminário).

26.
IX Seminário do Programa Institucuional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC. IX Seminário do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC. 2001. (Congresso).

27.
IV MOstra Acadêmica dos TRabalhos de Agronomia.IV Mostra Acadêmica dos Trabalhos de Agronomia. 2000. (Outra).

28.
Palestra sobre Manejo de Café pos-geada..Palestra sobre Manejo de Café pos Geada. 2000. (Outra).

29.
VIII Seminário do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC. VIII Seminário do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC. 2000. (Congresso).

30.
III MOstra Acadêmica dos Trabalhos de Agronomia. III Mostra Acadêmica de Trabalhos de Agronomia. 1999. (Congresso).

31.
III SEminário Internaci9nal sobre Biotecnologia na Agroindústria Cafeeira.III Seminário Internacional sobre Biotecnologia na Agroindústria Cafeeira.. 1999. (Seminário).

32.
I Ciclo de Palestras de Agronomia.I Ciclo de Palestras de Agronomia. 1998. (Outra).

33.
II MOstra Acadêmica dos Trabalhos de Agronomia.II Mostra Acadêmica dos Trabalhos da Agronomia. 1998. (Outra).

34.
III Encontro Regional dos Estudantes de Agronomia.III - Encontro Regional dos Estudantes de Agronomia. 1997. (Encontro).

35.
I Mostra Acadêmica dos Trabalhos da Agronomia.I Mostra Acadêmica de Trabalhos da Agronomia. 1997. (Outra).

36.
XVII CONGRESSO BRASILEIRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS. XVII Congresso Brasileiro de Iniciação Científica em Ciências Agrárias. 1997. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Dagoberto Marcio de Oliveira. Controle de doenças em trigo através de modelos epidemiológicos. 2005. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Agronomia) - Universidade Estadual de Ponta Grossa. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Tiago Ferraz. Desenvolvimento de índices fisiologicos para identificação de estresses em plantas cultivadas. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Sistema de Informação) - Instituto Educacional de Castro, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

2.
Alex Petrof da Silva. Desenvolvimento web do Sistema de Monitoramento Agrometeorológico do Grupo ABC. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Sistema de Informação) - Instituto Educacional de Castro, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

3.
Gustavo Bueno. Sistema de Gerenciamento de Gráficos Agrometeorológicos. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Sistema de Informação) - Instituto Educacional de Castro, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

4.
Edson Giovanni Kochinski. Efeito da redução da área foliar, reaplicação de N e espaçamento entrelinha na cultura do milho sobre os componentes de produção. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnico em Agropecuária) - Colégio Agrícola Olegário Macedo, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

5.
Lineu Fernando Canha. Sistema para automatização da coleta de dados agrometeorológicos. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Sistema de Informação) - Instituto Educacional de Castro, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

6.
Cristina Keiko Shibata. Estimativa da duração do período de molhamento foliar em trigo na região dos Campos Gerais do Paraná. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

Iniciação científica
1.
Maria Denize Euleutério. Efeito da mudanças climátias globais sobre a ferrugem asiática da soja. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

2.
Ariadne Waureck. Efeito da mudanças climátias globais sobre a duração do período de molhamento foliar. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

3.
Marcos de Jesus Pristo. Análise das previsões do modelo ETA 5km na região de atuação da Fundação ABC. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Meteorologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

4.
Franscielly Marquardt. Utilização de dados observacionais e de previsão de tempo (Modelo ETA40) para o monitoramento e previsão de doenças foliares na cultura da soja. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

5.
Osni Teodoro. Sistema de previsão de dados horários. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia da Computação) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

Orientações de outra natureza
1.
Marina Senger. Efeito da época de dessecação de aveia e aplicação de N sobre a cultura do milho. 2010. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

2.
Junior Valenga. Determinação do pico populacional do percevejo marrom na soja. 2009. Orientação de outra natureza. (Agronegócio) - Instituto Educacional de Castro, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

3.
Thomas Jensen. SINCODAM - Sistema neural para correção de dados meteorológicas através da aplicação de redes neurais artificiais. 2009. Orientação de outra natureza. (Engenharia da Computação) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

4.
Caroline Vidal Ferreira da Guia. Avaliação da acurácia dos principais modelos regionais de previsão do tempo. 2008. Orientação de outra natureza. (Meteorologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

5.
Luciano Loman. Instrumentação agrometeorológica. 2006. Orientação de outra natureza. (Ciência da Computação) - Universidade Federal de São Carlos. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

6.
Zaul Luenenberg. Avaliação dos modelos epidemiológicos para desenvolvimento da antracnose em feijão. 2006. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

7.
Camila Morgado. Avaliação dos modelos epidemiológicos para desenvolvimento de mancha angular no feijoeiro. 2006. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

8.
Alexandre Bechuate. Validação de modelos epidemiológicos para desenvolvimento da brusone do trigo. 2005. Orientação de outra natureza. (Técnico em Agropecuária) - Colégio Agrícola Instituto Cristão, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

9.
Ligia Kowata. Avaliação de modelos epidemiológicos para previsão da ferrugem asiática da soja. 2005. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Paraná, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

10.
Luciano Bora. Utilização de estações agrometeorológicas de baixo custo para controle de doenças em trigo. 2004. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

11.
Leila Vriesman. Desenvolvimento de um banco de dados meteorológico horário - TEMPHORAL. 2004. Orientação de outra natureza. (Engenharia da Computação) - Universidade Estadual de Ponta Grossa. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

12.
Flávio das Neves Barbosa. Quantificação do número de dias trabalháveis para a região dos Campos Gerais do Paraná. 2003. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, Fundação ABC para Assistência e Divulgação Técnica Agropecuária. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.

13.
Rodrigo Koriama. Determinação da temperatura basal para novos híbridos de milho cultivados nos Campos Gerais do Paraná. 2003. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Rodrigo Yoiti Tsukahara.



Inovação



Programa de computador sem registro
1.
TSUKAHARA, R. Y.; OLIVEIRA, J. I. ; OLIVEIRA, A. N. ; PRESTES NETO, J. ; Filho, E. I. L. . Sistema AgroDetecta. 2012.



Outras informações relevantes


Estágio - Instituto Agronômico do Paraná, Bolsista PIBIC/CNPq entre Junho/1998 e Junho/2001, na área de Ecofisiologia Vegetal, desenvovendo atividades de pesquisa em: (1) Efeito do fotoperíodo sobre a produção de maracujá-amarelo no Norte do Paraná, (2) Avaliação do potencial hídrico em variedade de laranja folha murcha conduzida sobre diferentes coberturas de solo, (3) Avaliação de diferentes genótipos de feijão em relação à tolerância ao estresse hídrico, (4) Determinação das taxas de fotossíntese em diferentes arranjos de plantas de café, (5) Manejo e sangria da seringueira em diferentes intervalos de corte e níveis de estimulação hormonal.

Estágio Voluntário - Estação Experimental e Ecológica de Assis - Instituto Florestal de São Paulo, entre Dezembro/1997 e Março/1998, desenvolvendo atividades relacionadas ao manejo de áreas degradadas e educação ambiental.

Estágio obrigatório - Universidade Estadual de Londrina entre Março/1998 - Agosto/2001, no projeto de extensão coordenado pelo Centro de Ciências Agrárias, Depto. de Agromonia, denominado de "Pé Vermelho", cujos objetivos foram (1) ministrar aulas de plantas medicinais e ecologia, (2) produção de mudas de espécies nativas para alunos do ensino fundamental das escolas municipais de São Jerônimo da Serra - PR e (3) fornecer assistência técnica aos produtores rurais do assentamento Paulo Freire. Este projeto foi financiado pelo projeto Universidade Solidária do Governo Ferderal.

Estágio obrigatório - Universidade Estadual de Londrina, entre Maio/1997 -Maio/1998, sob orientação dos professores Marco Antônio Machado e Carmen Esther Santos Grumadas em projeto de pesquisa para determinação da dose de benzocaína diluída em álcool para anestesia de carpas (Cyprinus carpi).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/12/2018 às 15:28:52